Page 1

E X A LLIEVI Newsflash ANO 9 - NÚMERO 38 - 24 JUNHO 2020

Eventos atuais religiosas e periódica social da Confederação Mundial dos Ex-Alunos de Dom Bosco Edição português (traduções: Nisaury Ventura)

150 anos Carlo Gastini

Michal Hort

Francesco Muceo

Antonio Pires

Pietro Gribaudi

com Don Bosco Taboada Lago

Giuseppe Castelli Gonzalez Torres

Felice Masera

Arturo Poesio


M ENSAGEM DO R EITOR -M OR

EIS OS NOMES DOS NOVOS DELEGADOS DO REITOR-MOR PARA A FAMÍLIA SALESIANA (FS) (ANS - Roma)

Em comunicado oficial, o P. Ángel Fernández Artime, Reitor-Mor da Congregação Salesiana e 'Pai e Centro de Unidade da Família Salesiana', difundiu os nomes dos novos Delegados do Reitor-Mor para aqueles Grupos da FS que preveem animação espiritual direta pelos Filhos de Dom Bosco. Segue o texto do comunicado.

Don Joan Lluís Playà

Queridos irmãos sdb, queridos membros da Família Salesiana. Cumprimento a todos com cordialidade e afeto. Após a celebração do CG28 dos sdb, ocorrem naturalmente mudanças nos mais diversos serviços. Um deles é o do Secretariado do Reitor-Mor para a Família Salesiana. Sobre isso, quero comunicar a toda a Família Salesiana do mundo quem serão os Delegados do ReitorMor para os grupos que contemplam uma animação espiritual direta da nossa parte. Os Delegados do Reitor-Mor são:

• À Padre Joan Lluís Playà, Delegado do Reitor-Mor para o Secretariado da Família Salesiana, que continuará a ser também o Assistente Eclesiástico das VDB (Voluntárias de Dom Bosco) e dos CDB (Voluntários com Dom Bosco).

Padre Joan Lluís já é muito conhecido tendo trabalhado nesse campo nos anos anteriores. Lembramonos dele também como um bom coordenador da equipe dos Dias de Espiritualidade Salesiana.

Signor Duc (Domingos) Nam Nguyen

• À O Irmão salesiano Duc (Domingos) Nam Nguyen, coadjutor salesiano vietnamita, será o Delegado do Reitor-Mor para acompanhar a Associação dos Salesianos Cooperadores e Delegado do Reitor-Mor para acompanhar os Ex-Alunos e Ex-Alunas de Dom Bosco.

Capa: Os Presidentes da Confederação Mundial dos Antigos Alunos de Dom Bosco, desde o fundador Carlo Gastini (1870) até ao actual Michal Hort eslovaco.

2

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org


M ENSAGEM DO R EITOR -M OR

Domenico conhece muito bem o contexto europeu e italiano e é naturalmente uma referência da cultura asiática. Minha intenção é não europeizar nem ocidentalizar a animação da Família Salesiana, mas torná-la mais universal, e oferecer também o grande valor da vocação do Salesiano coadjutor no que lhe é próprio, incluída a animação na Família Salesiana, particularmente de dois dos seus grupos compostos majoritariamente por leigos. • À Padre Alejandro Guevara, atualmente Delegado da Família Salesiana na Inspetoria Maria Auxiliadora, com sede em Sevilha (Espanha), será o Delegado do Reitor-Mor como Animador Espiritual da Associação de Maria Auxiliadora, acompanhando antes de tudo a ADMA PRIMÁRIA de Turim e, de aí, a toda a Associação no mundo salesiano. Seu local de vida e de animação será justamente Valdocco e a partir dali.

• à Também fará parte do Secretariado, o Padre Pier Luigi Cameroni, Postulador-Geral da Causa dos Santos, para enriquecer a Família Salesiana com a sensibilidade e a perspectiva do caminho da santidade salesiana a que todos somos chamados.

Don Alejandro Guevara

Agradeço muito vivamente a estes quatro irmãos pela disponibilidade e generosidade com que aceitaram estes encargos; agradeço igualmente ao Padre Eusébio Muñoz, ao Padre Giuseppe Casti e ao Padre Raphael Jayapalan pelo serviço responsável e qualificado desempenhado no sexênio anterior em favor da nossa Família; e espero, nos próximos anos, tanto a continuidade de uma animação viva e bela de toda a Família Salesiana, como aquela novidade que a Igreja e o carisma de Dom Bosco nos pedem hoje. Como todo o afeto, saúda-os,

Ángel Fernández Artime, SDB Reitor-Mor

www.exallievi.org

Don Pier Luigi Cameroni

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

3


O D ELEGADO M UNDIAL

IRMÃO DOMINIC NAM NOMEADO DELEGADO MUNDIAL PARA ASC E EX-ALUNOS DO DOM BOSCO O Ir. Domenico (47 anos, nascido em Ho Chi Minh City) fez a sua primeira profissão em Bathon, Ho Chi Minh City (1998) e passou a sua formação inicial tanto no Vietname (pós-noviciado Dalat) como nas Filipinas (FIS - Cebu: formação prática; FIN - Paranaque: dois anos para os Irmãos Salesianos) e continuou a sua especialização e missão em Itália (Veneza Mestre, Vaticano: 2006-2016). Após seu retorno ao Vietnã, em 2016, foi responsável pelo Mai-Sen TVET (Centro de Formação Profissional: Especialização em Restaurantes-Hotel) na cidade de Ho Chi Minh, residente na comunidade de Ben Cat. Na província do Vietnã-Mongólia foi também Coordenador do (62) Irmãos Salesianos e chefe da Comissão Organizadora do 7º Congresso do EAO dos Irmãos Salesianos (K'Long, agosto de 2018). No passado mês de Fevereiro-Março participou como Delegado da Província do Vietname-Mongólia no 28º Capítulo Geral (Valdocco, Turim).

Primeira entrevista com o irmão Dominic Nam (Nguyen Duc Nam) Ho Chi Minh - 6 de Junho de 2020

Como se sentiu quando o Reitor-Mor o chamou para este serviço de animação da Família Salesiana? «O meu primeiro sentimento é o de recordar a minha experiência quando fiz a primeira profissão: “Porquê eu? Senhor!”. Desde esse primeiro momento, já dediquei totalmente a minha vida aos jovens e ao serviço da Congregação. Naturalmente, como ser humano, vejo esta tarefa como um desafio, mas ao mesmo tempo é uma oportunidade para mim de ver a grandeza e a maravilha que Deus está a fazer na nossa Congregação. O desafio é grande, mas a graça de Deus é muito maior. A leitura de hoje reforça-me: a viúva meteu duas pequenas moedas, mas Jesus disse aos seus discípulos, esta pobre viúva meteu mais do que todas as outras que contribuíram para o tesouro. Portanto, “o que nós damos” é importante. Deus, por favor, ensina-me a dar tudo, mesmo o pouco que eu tenho».

4

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org


O D ELEGADO M UNDIAL

Como foi a sua participação no CG28 - alguns insights - uma consciência mais profunda, sentimentos? «A minha experiência do Capítulo Geral 28 ainda está fresca na minha memória. Vi, vivi na riqueza da nossa Congregação com a presença dos confrades de todos os cantos do mundo, com cores diferentes, línguas diferentes, culturas diferentes e origens diferentes. Mas nós somos um em Dom Bosco, no espírito salesiano. O Espírito Santo está trabalhando em todas as nossas presenças em benefício dos jovens pobres. Esta é verdadeiramente a “obra-prima” que o Espírito Santo deu à Igreja e aos jovens através de Dom Bosco. Foi tão significativo celebrar o Capítulo Geral em Valdocco para estudar o tema: “que tipo de Salesianos para os jovens de hoje”. O nosso amado Papa Francisco convidou também todos e cada um de nós a fazer uma “opção Valdocco”, a voltar à fonte original para colher a água mais pura e refrescar o nosso compromisso com Deus e com os jovens». O seu sonho sobre os Salesianos Cooperadores e os ex-alunos de Dom Bosco? «O meu sonho com a família salesiana é continuar a crescer mais - sendo uma grande árvore - para que muitos mais jovens pobres se refugiem. Gostaria de levar as palavras do Papa na sua mensagem aos participantes do Capítulo Geral 28 para expressar o meu desejo a todos os Salesianos Cooperadores e aos ex-alunos de Dom Bosco. “Aqueles que ontem e hoje se encontraram com Dom Bosco e com os Salesianos não são meros destinatários ou destinatários finais de uma estratégia planeada com antecedência, mas protagonistas vivos do oratório ainda por cumprir”. Através deles e com eles o Senhor nos mostra a sua vontade e os seus sonhos”. Poderíamos chamar-lhes co-fundadores das vossas casas, onde o salesiano será um perito em suscitar e valorizar este tipo de dinâmicas, sem se colocar como seu mestre nem sequer se sentir assim. Uma unidade, que nos recorda que somos “uma Igreja que avança” e nos mobiliza para isso: uma Igreja capaz de deixar ir as zonas de conforto, segura e, em algumas ocasiões, privilegiada, para encontrar no último a típica fertilidade do Reino de Deus”. Tenhamos coragem para ir contra a corrente e para sermos luz, sal e fermento para o mundo». Fonte: AustraLasia

www.exallievi.org

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

5


O D ELEGADO M UNDIAL

MENSAGEM DE DESPEDIDA “JUBILEU - HORA DE ACORDAR” Com o coração cheio de gratidão

Com o coração cheio de gratidão e imensa alegria me despeço após ter servido por 4 anos (2016-2020) a Associação Mundial dos Ex-alunos, como Delegado Mundial.

Foi uma oportunidade dada por Deus para visitar e animar as Federações dos Ex-alunos de todo o mundo. Sou grato ao Rev. Pe. Ángel Artime Fernández, SDB, Reitor-Mor, por esta oportunidade singular, ao Presidente, Sr. Michal Hort, aos Membros da presidência, aos colaboradores leigos em Roma e aos Delegados e Presidentes dos vários países e regiões por sua amizade e colaboração na melhoria da qualidade da Confederação em todo o mundo. Ano Jubilar: de volta às raízes, para voar com asas

Celebramos os 150 anos de nossa existência como Ex-alunos de Dom Bosco. É uma chamada para o despertar. Voltamos às nossas raízes para buscar inspiração e força para voar. A origem do Movimento

6

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org

dos Ex-Alunos remonta à iniciativa de um pequeno grupo de ex-alunos do primeiro Oratório de Valdocco, Turim. Liderados pelo encadernador Carlo Gastini, este Grupo foi a Dom Bosco no dia de seu onomástico, 24 de junho de 1870, para expressar sua gratidão e oferecer-lhe como presente algumas “tazzine” (xícaras para café).

Dom Bosco amava seus alunos e eles o amavam. Depois de concluírem seus estudos no Oratório os acompanhava, acolhia, orientava, advertia quando necessário e ficava preocupado com seu bem-estar, sobretudo, com a vida espiritual:

«Com a sua presença, vocês me asseguram que os princípios de nossa religião que eu ensinei a vocês estão firmemente estabelecidos em seus corações e que são as diretrizes para suas vidas» (MB XVII, p. 173-174). Dom Bosco lembrou-se também dos ausentes e, como um pai amoroso, disse: «Nem todos voltaram, mas quando os en-


O D ELEGADO M UNDIAL

contrarem, digam a eles que Dom Bosco os ama sempre». Meus Sonhos - Futuro da Federação de Ex-Alunos

Ao deixar a missão de Delegado Mundial e passá-la ao Irmão Dominic Nguyen Duc Nam, SDB, passo a ele também meus sonhos: • Sonho com uma Confederação de Ex-alunos que se transforma numa força formidável na Família Salesiana, tornando-se um farol de luz na Igreja e na sociedade. • Sonho com Uniões Locais de ex-alunos em todas as instituições, centros juvenis e paróquias com o registro formal de seus membros. A presença de uma unidade ativa de ex-alunos é um sinal de que o espírito de Dom Bosco realmente tocou seus corações, provocando gratidão. • Sonho com jovens Ex-alunos que, mesmo depois de saírem das casas salesianas encontrem orientação, esperança e direção na vida, através da organização e formação de unidades de jovens ex-alunos em todas as províncias e países. • Sonho com uma situação em que, Inspetores (Provinciais), Delegados e Presidentes, estejam comprometidos juntos com a causa dos ex-alunos, alcançando o maior número possível, sem se acomodarem com apenas poucos grupos, compostos por alguns ex-alunos que vivem uma vida confortável.

• Sonho para que as Federações de Ex-alunos se tornem sal de seu país e iluminem o mundo por meio de projetos sociais concretos, proporcionando aos mais pobres e marginalizados a possibilidade de experimentar os valores da dignidade, amor, liberdade e justiça. • Sonho que os ex-alunos de religiões diferentes possam viver em harmonia e a promovam na sociedade. A Associação forma um só grupo na Família Salesiana, composto por pessoas de todas as religiões. • Sonho com uma Presidência Mundial ativamente envolvida com tempo, energia e dinheiro, motivando todas as Federações nacionais e inspetoriais (provinciais) a se comprometerem, através de seu compromisso social e político, com a transformação da sociedade baseada nos valores de Cristo. Temos um caminho a percorrer

Concluindo, quero dizer que organizar e animar a Associação de Ex-Alunos não é fácil. Mas, podemos encontrar motivação nas palavras de Santa Teresa de Calcutá: «Quando você não conseguir correr rápido, corra devagar; uando você não conseguir correr, ande; quando não conseguir andar, use a bengala; mas nunca, nunca pare». Eu acho que o desafio é exatamente entender que o sucesso nem sempre é vencer, mas nunca desanimar. Pe. Jayapalan Raphael SDB Delegado Mundial dos Ex-Alunos (2016-2020)

www.exallievi.org

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

7


S AUDAÇÃO DO P RESIDENTE

7 PERGUNTAS DIRIGIDAS AO PRESIDENTE DA CONFEDERAÇÃO MUNDIAL Qual é a realidade atual da Confederação Mundial? «Eu usaria a palavra "constantemente crescendo"; como você deve se lembrar, nosso maior desafio em 2015 foi entrar em contato não apenas com os 100.000 exalunos registrados, mas com ex-alunos e amigos de Dom Bosco em todo o mundo.

Agora, depois de cinco anos, posso dizer que é difícil. Ter em mente e no coração milhões de ex-alunos que passaram pelas mãos de mais de 14.000 Salesianos em mais de 3.000 escolas e outras 4.000 óperas em todo o mundo é uma coisa, mas organizá-las é outra. Mas estamos trabalhando. Constantemente.

Com a ajuda de Dom Bosco, com nossa equipe, com a ajuda da família Salesiana; todos os dias, mais e mais ex-alunos e amigos de Dom Bosco estão descobrindo e aprofundando sua identidade, servindo aos outros. Usando suas habilidades, talentos e profissionalismo no dia a dia em suas comunidades locais e situações da vida. Porque é isso que Dom Bosco quis dizer quando disse para ajudar um ao outro. E é isso que está escrito em nossa oração promessa e deve ser a realidade do dia a dia para nós. Ou melhor - nosso plano de vida».

8

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org

Nestes anos da Presidência, entre as muitas realidades que você encontrou, quais permaneceram em seu coração? «Todos eles; tudo... cada um por uma razão diferente; A "velha” Europa, com história forte, atividades ricas e influência real na sociedade e tradição econômica e política, mas também por lutas para falar com os jovens; a "Nova" Europa para uma energia incrível, sem limites, mas sem sistema e processos para ser sustentável; África pela abordagem natural para ajudar os mais pobres e a liberdade de vida, mas lutando pelos instrumentos e comunicação básicos; Ásia pelo incrível crescimento, energia e capacidades, mas sem influência sobre as fronteiras da região; e América Latina, pelo bem disseminado conhecimento de Dom Bosco e Ex-alunos no dia a dia com alegria, mas sem as possibilidades de reforçar as estruturas e o sistema operacional; Isso é o que ficou em minha mente e a presidência mundial deve ter como objetivo e equilibrar. Especialmente por meio de iniciativas como o compartilhamento de "melhores práticas" por meio de nosso site global, revista e rede de mídia própria.

Descobrindo as diferenças que inspiram a melhoria».

Como está indo a implementação da programação que você fez com o seu


S AUDAÇÃO DO P RESIDENTE

Confederação Mondiale de Ex-Alunos de Dom Bosco

Conselho Mundial? «Está indo muito bem; especialmente no ano do jubileu, mas mais sobre isso, mais tarde. Estamos alcançando a meta de transferir a presidência e confederação mundial para o século XXI.

Para ser uma estrutura de apoio ao nosso movimento - novamente com a citação: "que é o ex-aluno do século XXI?" o que somos bons, como Presidência, é esclarecer, inspirar e inovar; inspirar as estruturas e líderes nacionais e locais, através de programação, crescimento sustentável, pensamento de projeto. O que eu não estou satisfeito e o que sentimos falta é de uma comunicação boa e capilar com os Ex-alunos e Amigos de Dom Bosco; é nisso que precisamos trabalhar mais.

Mas existem três coisas mais importantes para cada realidade de ex-aluno em todo o mundo: plano estratégico, listas dos exalunos com base em suas habilidades de trabalho e lista de projetos; E neste momento também quero mencionar a importância de nossa equipe de presidência: entre membros eleitos, cooperados, gerentes de projetos e especialistas, somos mais de 30 pessoas! Embora sejam todos voluntários (eles têm

Via Tiburtina, 994 00156 - Roma (RM) Italia

+421 915 966 549 office@exallievi.org www.exallievi.org

seus empregos e famílias), eles trabalham todos os dias em sua posição e, por isso, sou imensamente grato a todos eles».

Perspectivas e Esperanças - Movimento Salesiano «Quais são as perspectivas do movimento Salesiano? Bem, eu entendo a palavra "Movimento Salesiano" de duas maneiras. O primeiro é "movimento Salesiano" como sinônimo da família Salesiana. E aqui a idéia é o círculo "mágico" da família Salesiana; O que isso significa?

Muito simples: os Salesianos crescem os jovens, ensinam-lhes sobre os grupos da família salesiana. Os jovens escolhem sua vocação, seja para os SDBs, fmas, cooperadores ou ex-alunos... e das famílias dos ex-alunos crescem novos membros do movimento Salesiano, novos jovens para ir aos oratórios, para serem atendidos pelos SDBs, FMAs etc.

Acho que temos que trabalhar nessa maneira de ver o Movimento salesiano.

Por outro lado, entendo o "movimento Salesiano" são os leigos que amam Dom Bosco, mas não se sentem parte dos grupos da família salesiana. Parece-me muito como os "Amigos de Dom Bosco", como estão escritos no estatuto da Confederação Mundial dos Ex-Alunos e Amigos de Dom Bosco.

www.exallievi.org

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

9


S AUDAÇÃO DO P RESIDENTE

Carlo Gastini

Michal Hort

Mas ambas as formas de entender o "Movimento Salesiano" têm uma coisa em comum - integrar no movimento salesiano as vocações de antigos alunos com grupos religiosos e ajudar-se mutuamente: leigos que servem grupos religiosos como profissionais e que recebem em troca o serviço espiritual de grupos religiosos para fazer o bem a eles e às suas famílias».

2015 Novo Estatuto Mundial

Alguns adultos pensam que alguns jovens são passivos, indiferentes, tão desconfiados e desanimados que nem sonham e planejam mais. O que você acha? «Bem, eu realmente não concordo com essas frases; sempre houve e haverá um conceito de "brecha de geração", as estruturas institucionais são geralmente administradas pelos idosos, os jovens geralmente não estão interessados nas formas tradicionais de fazer as coisas; os jovens são sempre rebeldes, os jovens são sempre o motor da mudança e do progresso - de uma maneira boa e também ruim! Eles sempre são líderes das revoluções boas e até más. Mas não precisamos nos preocupar com nenhum desses clichês sociais (mesmo que sejam verdadeiros), porque temos um exemplo extraordinário de Dom Bosco e seu vademecum para jovens.

10

Sua profundidade e amor sempre atraíram os jovens e foram inspiração para eles. EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org

É disso que eles mais precisam. Como Dom Bosco fez». Seu sentimento por este 150º aniversário de nós, Ex-alunos. «O 150º aniversário; É um presente para nós. Nós podemos olhar para trás. Podemos lembrar coisas boas e inspiradoras do passado. Podemos nos inspirar em 150 anos de história e tradição. É enorme. É impressionante. É lindo. Trouxe muitas ótimas idéias. Gostaria de listar alguns que a Confederação Mundial está promovendo e desenvolvendo. Tudo começa com o "ano do jubileu" (junho de 2019 a junho de 2020) com o qual concordamos com toda a equipe da Presidência durante a reunião da presidência na Colômbia em 2018. Concordamos em nos preparar para um ano de comemorações (junho de 2020 - junho de 2021), que nos levará à próxima assembléia geral em 2021. Primeiro, concordamos com o lema do nosso aniversário (inspirado nos SDBs): "Que é o ex-aluno do século XXI?" ou "Que é o ex-aluno para os próximos anos?" Para entender profundamente, preparamos um questionário. Questionário com um grande Q. Simples, com poucas perguntas, mas muito detalhado. E nós espalhamos para nossos grupos de interesse. Quem são eles? Bem, não apenas os exalunos. Fomos muito mais longe. Enviamos o questionário para atender a


S AUDAÇÃO DO P RESIDENTE

todos os líderes dos grupos da família Salesiana! Para entender como nossa "família" nos vê. Para ter uma opinião de fora. E recebemos um feedback bonito. Este questionário é importante também para outros objetivos: com base nas respostas, prepararemos as propostas de modificação de nosso estatuto mundial, a fim de torná-lo atual para os ex-alunos de hoje e para o século XXI. Juntamente com isso, há outras iniciativas relacionadas ao aniversário a ser mencionado. Estamos preparando o compêndio / coleção de 150 melhores práticas / projetos executados por ex-alunos e compêndio de 150 perfis de grandes ex-alunos a serem inspirados. E continuamos. Queremos sublinhar o nosso fundador - Carlo Gastini. Preparamos um livro sobre ele, estamos discutindo para instalar sua estátua em Valdocco, queremos iniciar o processo de beatificação. Outro livro preparado é sobre nosso exaluno beatificado por Alberto Marvelli, da Itália. Através deste livro, queremos que os Ex-alunos saibam o que significa Bom Cristiano e Honesto Cidadão na vida real. Para não esquecer nossa iniciativa principal - "as xícaras"; vamos renovar o presente que os primeiros ex-alunos deram a Dom Bosco em 24 de junho de 1870. Eles deram a ele um coração de prata e o conjunto de xícaras de café.

Depois de 150 anos, em 24 de junho de 2020, daremos 150 conjuntos de xícaras de café (juntamente com café de ex-alunos) aos ex-alunos de hoje - começando com Don Artime e o Papa. O dinheiro que ganhamos com esses conjuntos de xícaras de café, vamos distribuir para 4 projetos de educação (um em cada continente) para os ex-alunos do setor cafeeiro (Dom Bosco em sua juventude era barista) - é por isso o café. E o próprio Dom Bosco está nos ajudando com nossas celebrações - porque a estréia para 2020 é a mesma que o nosso lema "Bons Cristãos e Cidadãos Honestos". Obrigado, Dom Bosco!» E no final? «A mensagem mais importante a dar, as palavras mais importantes a dizer - são sempre as mesmas: sejam Bons Cristãos e Cidadãos Honestos. Explicação: Use os talentos que Deus nos deu, as educações que recebemos de Dom Bosco e as habilidades e capacidades de nossa vida profissional para servir.

Bangkok

Servir a outros ex-alunos, à família Salesiana e à comunidade em que vivemos. Isso significa ser ex-aluno de Dom Bosco. Buscar santidade em nossas vidas cotidianas, em nossas famílias, em nossos trabalhos... em nossa vida profissional, pessoal e pastoral». Pierluigi Lazzarini www.exallievi.org

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

11


E DITORIAL

150 ANOS! “Com Dom Bosco e com os tempos” Carissimos Antigos Alunos,

150 anos! Quanto tempo? Muito, se pensarmos nas mudanças que ocorreram em nossa sociedade. Um grande pensador diz: «O tempo não espera por ninguém. Ontem é história. Amanhã é um mistério. Hoje é um presente, por isso é chamado de “presente”». As celebrações de aniversário não são apenas comemorações, mas um crescimento nos valores que o passado transmitiu. Em Turim, em 29 de abril de 2012, o então Reitor-Mor P. Pascual Chávez, em seu discurso por ocasião do Centenário da Confederação Mundial, afirmou que «as Associações de Ex-Alunos e Ex-Alunas não foram fundadas por Dom Bosco, nem pelos Salesianos. Eles nasceram de um sentimento de gratidão vivida e compartilhada. A gratidão é o primeiro resultado de uma boa educação, porque continua a ser “uma coisa do coração”. Uma resposta espontânea ao coração de Deus que não poupou nem mesmo seu próprio Filho para nos salvar; ao coração de Dom Bosco, que prometeu a seus filhos que até o último suspiro de sua vida seria para eles». A Associação de Ex-Alunos não tinha um "fundador" diretamente. Como Dom Ceria também escreve, nasceu «com a força das coisas que derivam a origem e a vida de causas naturais e espontâneas» (Anais I, 715).

Quem conheceu esse padre de modesta constituição física permaneceu fascinado pela grande estatura do personagem, tanto que queria ficar perto dele para compartilhar sua missão educacional voltada para os jovens. Assim, nasceu espontaneamente a Associação de Ex-Alunos, que, agradecidos pela educação recebida, assumiram um compromisso de vida para testemunhar diariamente, dia após dia, como alguém poderia ser “bons cristãos e cidadãos honestos”.

É bonito e estimulante notar que o nome dado aos Exalunos das Casas Salesianas não é o de Ex-alunos "salesianos", mas o nome de ex-alunos “de Dom Bosco”. Ex-alunos “de” Dom Bosco (não ex-alunos daquele salesiano ou da Casa Salesiana). É por isso que estamos organizados em todo o mundo, nacional, regional, local. Acompanhado para crescer em ambientes educacionais acolhedores e ao mesmo tempo exigentes, onde a alegria de estar juntos não é isenta de responsabilidade pelo meio ambiente, professores e colegas de classe. O ex-aluno promove a amizade, numa atmosfera de cordialidade salesiana, e não despreza os meios tradicionais de nutrir uma alegria saudável: simpatia, canto, música.

12

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org


E DITORIAL

O primeiro periódico: "Federação"

Isso nos permite não nos fechar, mas nos abrir aos simpatizantes que poderão se juntar ao nosso trabalho. Por outro lado, Dom Bosco não discutia sobre os jovens, era grande entre eles: desafiava-os, provocava-os, aceitava-os, fazia com que se sentissem importantes. Onde quer que se vá, percebe a presença viva de Dom Bosco no mundo de hoje, através de seus filhos. Em nome e sob o impulso do santo de Valdocco, ocorre o "internacionalismo" originado de seu projeto, que “não tem limites” porque é sustentado por uma mentalidade aberta e sem limites. Rostos de inúmeros jovens, de todos os continentes, sempre alegres e alegres da vida. O chamado para lembrar vai além da narrativa. O caminho, por sua natureza, ocorre envolto em uma miríade de eventos e concatenações. 150 anos! O aniversário significativo está registrando várias iniciativas, apesar da pandemia trágica causada pelo Covid-19. Peculiar é a indicação de um Ano Jubilar: de 24 de junho de 2020 a 24 de junho de 2021. O Jubileu como um momento de revisão do caminho percorrido e a ser percorrido. Também um momento de reconciliação com Deus e com os irmãos. Educar com o coração de Dom Bosco é reavivar na própria experiência educacional as crenças e o estilo de Dom Bosco, que costumava admoestar: «Lembre-se de que a educação é uma coisa do coração e que somente Deus é seu mestre, e nós não poderemos fazer nada se Deus não nos ensinar a arte e não nos der as chaves».

O amanhã dos ex-alunos está sendo moldado precisamente nesta animada salesianidade, que nos estimula a manter-nos sempre jovens de acordo com o lema testado: “Com Dom Bosco e com os tempos”. O Jubileu representa verdadeiramente uma ocasião para o revigoramento da fé e do testemunho dos cristãos, para a alegria interior e também para um júbilo que se manifesta externamente. Na ação de cuidar do terreno, deve haver sempre o mestre Dom Bosco com seu entusiasmo, sua experiência, sua pedagogia preventiva, seu exemplo contagioso. Desejo a todos um feliz Ano Jubilar! Pierluigi Lazzarini

www.exallievi.org

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

13


150 ANOS DE HISTÓRIA

150 ANOS DE HISTÓRIA DOS EX ALUNOS

O aniversário é uma oportunidade favorável para oferecer aos leitores uma visão geral dos escritos mais representativos. Uma escolha teve que ser feita para caracterizar os vários componentes. Somente dessa maneira a história pode se tornar “maestra”, somente se o estudo for realizado em profundidade. Os artigos e o léxico utilizado devem ser considerados adequados para o período em que foram escritos.

As origens

[Turim - Valdocco]

O oratório festivo estava sempre florescendo ao lado do hospício. O santo, não sendo mais capaz de lidar com isso pessoalmente, fez apenas breves aparições. Desde 1869, ele confiava a direção ao jovem padre Dom Giulio Barberis, uma alma sincera, tudo de Deus e de Dom Bosco, do qual sabia como afirmar a vasta ascendência moral entre os jovens. Catequistas e ex-alunos salesianos o ajudaram. Desses ex-alunos, o Oratório, com 24 anos de existência, já possuía um bom número.

O fato dos ex-alunos de faculdades religiosas permanecerem em relacionamento com seus educadores não era novo, mas era novo ingressar e treinar como tantos quadros de um grande exército que não conhece fronteiras. Não foi escrito erroneamente que esse era um fato novo na história da pedagogia. 14

[...] Em 1883, certo Agostino Semeria escreveu ao P. Rua da Ligúria: «Faz dezessete anos desde que saí deste oratório e ainda não o esqueci. Como posso esquecer as muitas curas amorosas que Dom Bosco nos ofereceu durante os anos de nossa inexperiência? Lembrando aqueles traços de bondade inefável, aquelas palavras afetuosas com as quais ele nos encorajava a virtude, aquela paciência com que tolerava nossos defeitos, aquela preocupação com nossa educação, sinto-me amolecida, comovida e não consigo conter as lágrimas dos meus olhos».

A mesma memória sempre presente e ativa é assim descrita pelo ex-aluno Professor Maranzana em seu discurso de 1893: «Os ex-alunos do Oratório, espalhados por todo o mundo, mas sempre unidos em uma afeição, fixam o olhar temeroso nisso asilo de amor e paz, lembre-se de seus antigos companheiros, os amados superiores, gravados de maneira indelével em seus corações a querida imagem da-

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org

quele anjo em forma humana, que era seu bom pai Dom Bosco».

[...] Por seu lado, Dom Bosco não deixou de dar aos seus ex-alunos sinais de afeto paterno, desde que tivesse a oportunidade de fazê-lo. Por esse motivo, ele frequentemente os convidava para o oratório e, se necessário, continuava sendo seu benfeitor. Quando vieram visitá-lo, ele os recebeu em comemoração; ele estava interessado em seu povo, sua família, seus assuntos; Ele os aconselhou, encorajou, advertiu, reforçando o fio das relações mútuas por todos os meios [...]. Quando ele foi para alguma cidade, onde sabia que havia ex-alunos, tentou informálos a tempo, expressando o desejo de vêlos e indicando o local de sua estadia.

[...] É claro que, no dia de sua festa, que geralmente é comemorada em 24 de junho, ele recebeu cartas de bons desejos e gratidão de ex-alunos, a quem nunca deixou de


150 ANOS DE HISTÓRIA

responder da maneira mais apropriada. E, precisamente por ocasião de sua festa, nasceu a idéia dos primeiros eventos coletivos. [...] Essas manifestações começaram em 1870.

Missa do Venerável reunida na sala em frente à sacristia, convidaram o Servo de Deus para passar um momento com eles. Isso não quer dizer o quanto a alma delicada do bom Pai desfrutou e como sua caridade ardente aproveitou a oportunidade para repetir aos seus queridos filhos sua grande advertência de preservar e espalhar o espírito do oratório nas famílias.

Alguns trabalhadores de Turim, que estiveram entre os primeiros alunos de Dom Bosco, propuseram celebrá-los também com a presença e os presentes do dia do nome. Era uma dúzia.

Com a difusão das notícias, a idéia se enraizou na força de coisas que derivam a origem e a vida de causas naturais e espontâneas. [...] Os estudantes que, ano após ano, terminavam o ginásio ou aprendiam sua arte, haviam deixado o oratório, quando Dom Bosco morreu, estavam espalhados por toda a Itália e também em países estrangeiros, liderados por seus negócios; mas a lembrança de sua juventude estava sempre unida à imagem do Pai afetuoso, que deixara um rastro indelével de si mesmos em sua existência.

Foi no nó Carlo Gastini, a quem o Venerável havia recebido entre os primeiros no oratório, desde 1847, e ele continuou a ir lá diariamente como encadernador. Seus companheiros, lembrando-se das mil provas de bondade, às quais também haviam sido preenchidos, lamentaram que, ao se aproximar do dia do nome de Dom Bosco, não pudessem mais contar a presença dele, pelo menos um agradecimento! - Você teve sorte, disseram eles a Gastini, porque você trabalha no oratório e continua sempre com Dom Bosco!

Nice - Altar de Dom Bosco

- Ouça! Gastini respondeu: e combinaram encontrar-se, junto com outros companheiros, em 24 de junho na igreja de Maria Auxiliadora para assistir à missa de Dom Bosco e, no corpo, apresentar-se a ele.

Naquele ano [1888, após a morte de Dom Bosco], o padre Rua continuou uma tradição e sancionou uma novidade, para a qual todo o mundo salesiano se parecia.

Aqueles que raciocinavam com mentalidade ultrapassada às vezes agradavam os Salesianos com o título de foliões. É verdade. Dom Bosco amava e fazia com que as belas festas fossem amadas em suas igrejas e faculdades: mas também é verdade que as festas, celebradas como ele usava e ensinava, produziam frutos de bênção e constituíam um elemento precioso

A festa do “Obrigado”

Assim que foi feito, em 24 de junho de 1870, um grande grupo de ex-alunos trouxe alegremente para o Santuário e, após da www.exallievi.org

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

15


150 ANOS DE HISTÓRIA

New Rochelle (USA)

de sua pedagogia. Dois emergiram sobretudo por sua ampla e anual repercussão, de modo a pertencer à tradição histórica da Sociedade: a solenidade de Maria Auxiliadora e o dia do nome de Dom Bosco. [...] Pareceria mais difícil, senão impossível, que as manifestações devotas e filiais sobrevivessem, o que, em nome de Dom Bosco, alegrou tanto os corações e fez muito bem aos jovens. Durante o ano de luto, essa celebração teria sido desafinada, mas poderia ser renovada, quando o rei da festa não estivesse mais lá.

Agora, os ex-alunos do oratório criaram uma maneira de perpetuar a manifestação, dando-lhe um caráter original e engenhoso, que Dom Rua aprovou, mesmo que ele não fosse a inspiração.

Quando o comitê se reuniu na casa paroquial de S. Agostino, onde Dom Felice Reviglio, o primeiro sacerdote feito por Dom Bosco, era pároco, ele estudou como eles poderiam, a partir de então, honrar a memória do inesquecível benfeitor e pai. Várias propostas foram exibidas: erigir um monumento para ele, fazer uma comemoração ou peregrinação a seu túmulo todos

16

os anos, realizar uma academia em 24 de junho, formar uma associação regular de todos os ex-alunos do oratório com sede em Turim.

Por fim, prevaleceu a opinião de que nada melhor poderia ser estabelecido do que continuar a demonstração anual de 24 de junho na pessoa de Don Rua com o título de "demonstração filial em memória de Dom João Bosco".

A ideia foi universalmente apreciada, de modo que em 1889, Dom Bosco e seu sucessor foram associados pela primeira vez em gratidão, antecipando a festa de São Miguel para combiná-la com a de Dom Bosco. «E tudo bem, disse Don Rua na academia, no dia 23.

Fico feliz que você não perca o uso de comemorar o dia do nome de Dom Bosco. É meu desejo agudo que sua memória seja sempre impressa em nossos corações, e estou encantado por compreender todas as circunstâncias que podem contribuir para tornar mais vívida a memória de suas virtudes».

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org

Os depoimentos

Aqui é bom dar a caneta a uma testemunha ocular, que ele descreve em uma correspondência muito particular (Carta de Dom Lazzero a Mons. Cagliero, Turim, 3 de julho de 1889):

«Na noite do dia 23, nem percebemos que Dom Bosco estava desaparecido. Os mesmos pensamentos nas leituras, as mesmas músicas e concertos das bandas Oratório e S. Benigno Canavese; a mesma competição de estrangeiros, os representantes dos oradores externos, da Società Operaia Cattolica di S. Gioachino e outros. Na manhã do dia 24, no horário habitual dos anos anteriores, os ex-alunos vieram em grande número, acompanhados de música, reunidos na sala de costume e fizeram um discurso de respeito ao Sr. Dom Rua, exatamente como foi feito para Dom Bosco. Após essa cerimônia, foram a Valsalice para a descoberta solene de uma bela placa de mármore, um ornamento gracioso para o túmulo de Dom Bosco, sua oferta para o ano de 1889. A academia em honra e memória de Dom Bosco na noite de 24


150 ANOS DE HISTÓRIA

de Florença, continuou: «Então uma semente foi lançada em minha alma, que mais tarde daria frutos». O fruto era duplo: o retorno à fé e a força para suportar grandes adversidades.

tinha um resultado imponente para o comportamento digno com que as composições ad hoc foram ouvidas, tanto pelos interiores quanto pelos inúmeros exteriores que compareceram». [...] Pouco a pouco surgiram associações locais, que se uniram para formar associações nacionais, até coordenarem e constituírem a grande associação internacional: um imenso exército, como dissemos, pronto para acionar, apenas aquela senha (o presidente internacional era anteriormente Masera, ex-aluno de Fossano; foi sucedido pelo advogado Poesio, ex-aluno do Oratório na época de Dom Bosco).

Admiramos sua compacidade e agilidade nos anos triunfais da beatificação e canonização de Dom Bosco. Em seguida, foram vistos ex-alunos ilustres que, apesar de conhecerem Dom Bosco apenas através de seus filhos, se levantaram em todo o mundo para celebrar o Santo da educação dos jovens. Um deles foi Carlo Delcroix, o grande mutilado da guerra, deputado ao Parlamento italiano e presidente da Associação Nacional dos Mutilados. Ele perdeu lutando contra os dois olhos e os dois antebraços; mas a inteligência é vívida e o espírito é muito elevado.

Então ele se lembrou: «Se me pergunto de que profundidade certas vozes surgiram dentro de mim, pareço ouvir os gritos e canções de quando tocamos e oramos com a mesma inocência, com a mesma felicidade. Naquela escola, eu aprendi as verdades que precisavam ser esquecidas, mas não apagadas pela violência dos jovens».

Poucos ex-alunos têm o dom de saber como vestir seus pensamentos com tais formas eleitas, mas o pensamento está em muitos, na verdade em muitos.

Carlo Delcroix Medalha de Valor Militar de Prata

Portanto, não é uma ampliação retórica dizer que a Associação dos Ex-alunos faz naturalmente parte da história da Sociedade Salesiana; mas se a Associação de hoje reina como vemos, isso se deve à virtude da semente germinada na atmosfera do oratório e sob a carícia do calor vivificante que emanava e emanava de Dom Bosco.

- (SAC. GIOVANNI BATTISTA LEMOYNE, Vita del Venerabile Servo di Dio Giovanni Bosco, Vol. secondo, cap, VII Per la Chiesa e per il Papa 1870-1871, Torino 24 maggio 1930). - (SAC. EUGENIO CERIA, Annali della Società Salesiana, dalle origini alla morte di S. Giovanni Bosco 1841-1888, Cap. XV pp. 162-163, Cap. LXVI pp. 712-719, Società Editrice Internazionale, ristampa novembre 1961). - (SAC. EUGENIO CERIA, Annali della Società Salesiana, vol. secondo, Il Rettorato di don Michele Rua, parte I dal 1888 al 1898, Cap. III pp. 22-24, Società Editrice Internazionale, ristampa aprile 1965).

Na presença das principais autoridades, ele exaltou o Santo em Milão com um carinho que o vibrou de toda a pessoa e com uma força persuasiva que sequestrou os ouvintes presentes e os ouvintes no rádio. Sua qualidade de ex-aluno o inspirou com uma estreia magnífica. «Minha estréia, ele começou, quer antes de tudo um ato de gratidão». E, sobre sua longa presença no Oratório Salesiano de Livorno e sobre sua vida colegiada na casa

www.exallievi.org

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

17


R EGIÕES

Eslováquia

SR. NIEL EVANGELISTA o novo conselheiro JEX para a Ásia-Oceania Pela Confederação Mundial de Ex-Alunos de Dom Bosco

Bratislava, 7 de abril de 2020 Após 3 anos de serviço comprometido e entusiasmado de Alberto Piedade (Timor Leste), à Confederação Mundial como Conselheiro JEX (Giovani Ex-allievi: Jovens Alunos), o Presidente Mundial dos Ex-Alunos de Dom Bosco Michal Hort, nomeou Niel Evangelista (Filipinas do Norte, 27 anos) como seu sucessor.

«Com base na avaliação de todos os pedidos que o secretariado da Confederação Mundial recebeu, o Sr. Neil Allan C. Evangelista foi nomeado para o cargo de Conselheiro JEX na Ásia-Oceania. A nomeação do Sr. Neil Evangelista tem os seguintes objetivos: * Comunicação com o presidente JEX, toda a equipe JEX e o secretariado da Confederação Mundial. * Promoção de atividades JEX na e para a Ásia-Oceania: Escola de líderes, Serviço Voluntário Exallievi, Colocação de trabalho, etc... * # Ser proativo na criação de novas estratégias para os ex-alunos JEX (Jovens). 18

* # Crie grupos e representantes JEX em todas as federações. * # Comunicação sobre este projeto com todos os países membros da Confederação Mundial. * # Outras tarefas ou deveres aprovados por decisão do conselho executivo e da presidência mundial. Todos os membros da Presidência da Confederação Mundial de Ex-Alunos de Dom Bosco dão as boas-vindas ao Sr. Neil Evangelista em nossa equipe e desejam a ele tudo de bom em sua nova posição» Niel (27 anos) é professor da Escola Secundária Sênior da Xavier School San Juan desde junho de 2018 e atualmente ensina Justiça Social aos alunos das séries 11 e 12.

Como ex-aluno comprometido desde 2013, é membro do Conselho SYM (Movimento Juvenil Salesiano) e atua de várias maneiras entre os jovens ex-alunos de Dom Bosco. Como bósnio, formou-se na Academia Dom Bosco (Pampanga, Mabalacat) e na UST (Universidade de Santo Tomaso, Manila). Durante seus anos de universidade, ele

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org


R EGIÕES

também teve uma rica experiência profissional. O Delegado dos Ex-alunos de Dom Bosco, Pe. Ike Veloso, apresenta nosso novo Conselheiro Mundial para a ÁsiaOceania nos seguintes termos:

«Niel é muito aberto, entusiasmado e até mesmo muito feliz por servir aos jovens ex-alunos.

Ele é um ex-aluno muito ativo aqui na Província do Norte das Filipinas, serve como organizador principal do nosso programa mensal para os jovens ex-alunos "Uwi Ka Muna" ("Venha para casa, mesmo que por um tempo"). E o amor por Dom Bosco está claramente nele».

Niel compartilha seu primeiro sentimento após a consulta: «Eu nunca me imaginei trabalhando de perto com os jovens. Porém, minha experiência de estudar em uma escola salesiana abriu as portas - e eventualmente meu coração para os jovens. Até hoje, eu tenho no coração a preocupação pelos jovens e o desafio de se conectar e se relacionar com eles. Estou ansioso para trabalhar com os jowww.exallievi.org

vens salesianos da região Ásia-Oceania. A região da Ásia-Oceania é diversa e rica em cultura, história e identidade. Com essa riqueza diversificada, somos unificados por nossa fé e amor - o amor que constantemente recebemos de Deus e o amor que é compartilhado conosco por um garotinho que sonhava. Como Cristo e São João Bosco, que eram jovens e permaneceram com um coração jovem, os jovens de hoje são muito capazes de mudar o cenário da sociedade. Capacitar os jovens altamente capazes que temos hoje significa capacitá-los, viajando com eles.

Que nossos dons e esforços individuais sejam compartilhados e usados em conjunto, para que possamos alcançar mais jovens e continuar vivendo o sonho de nosso pai e amigo, Dom Bosco».

Parabenizamos Niel por sua nova responsabilidade em nossa região EAO e desejamos compartilhar sua experiência dinâmica de animação com as outras Federações de Ex-Alunos, onde os JEX ainda não está muito estabelecido.

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

19


R EGIÕES

Itália

COMO NOS PREPARAMOS PARA O 150º ANIVERSÁRIO DOS EX-ALUNOS DE DOM BOSCO?

Valdocco, Turim, 4 de Junho de 2020 Estamos prestes a celebrar o 150º Aniversário dos Ex-alunos de Dom Bosco no dia 24 de Junho de 2020. Nesse dia, em 1870, um dos primeiros Oratórios de Valdocco, Carlo Gastini com um pequeno grupo dos seus companheiros foi a Valdocco para felicitar o seu Pai e Professor pelo seu "Onomastico" no "Dia do Nome" - a Festa de São João Baptista. Agora, durante a actual pandemia, os Ex-alunos estão prestes a celebrar esta importante data. Como podemos ajudá-los a celebrá-la de forma significativa? Após a nomeação de um novo GEX ÁsiaOceania (Giovani Exallievi - Jovens Ex-alunos) o Conselheiro Geral, Neil Allan C. Evangelista (7 de Abril de 2020), acaba de enviar a sua primeira carta aos provinciais SDB do EAO, aos delegados provinciais e

20

locais para os Ex-alunos, bem como à liderança dos Ex-alunos. Escreve o Neil:

«...Em 7 de Abril de 2020 recebi a nomeação oficial pelo Presidente Mundial como "Conselheiro GEX na Ásia". Estou aqui para servir os Ex-alunos de Dom Bosco, especialmente o GEX nos 23 países da região da OEA. No meu serviço aos Exalunos de Dom Bosco, gostaria também de ter presente dois preciosos artigos da vossa "Regra de Vida" salesiana:

Artigo 5 das Constituições dos SDB "Os nossos ex-alunos são também membros (da Família Salesiana) em razão da educação que receberam e o vínculo é mais estreito quando se comprometem a participar ativamente da missão salesiana no mundo".

Artigo 39º do Regulamento Geral do SDB: "A comunidade deve manter uma relação

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org

de amizade com os ex-alunos, dando especial atenção aos mais jovens. Deve demonstrar um interesse real por eles e promover oportunidades de encontro, formação e colaboração. Deve encorajar e apoiar a Associação dos Ex-alunos de Dom Bosco e, através dela, tentar contactar aqueles que se distanciaram...”.

Por favor, ajude-me no meu serviço com o seu apoio e contacto com os seus Delegados. Terei todo o prazer em obter de vós mais contactos para a liderança dos vossos Ex-alunos Dom Bosco, incluindo os vossos delegados locais e provinciais...

Vamos garantir que os Ex-alunos de Don Bosco Oração - Promessa oficial seja traduzida para as nossas respectivas línguas EAO, e que encorajamos os nossos Ex-alunos a oferecê-la como humilde contribuição para o 150º aniversário dos Ex-alunos de Don Bosco em 24 de Junho de 2020».


R EGIÕES

ORAÇÃO - PROMESSA do Ex Aluno e da Ex Aluna de Dom Bosco Ó DEUS PAI, PELA MEDIAÇÃO DO VOSSO FILHO JESUS E PELA INTERCESSÃO DE SÃO JOÃO BOSCO ouvi as súplicas dos Ex-Alunos e Ex-Alunas de todo o Mundo. NÓS VOS AGRADECEMOS pelo tesouro educativo que recebemos, sob a guia iluminada dos Salesianosi, e que nos modelou a vida com a Sua espiritualidade. CONFIANTES VOS PEDIMOS - DAI-NOS FORÇA E CORAGEM para cumprir, na Igreja e na Sociedade a Vossa mensagem humana e cristã; - AJUDAI-NOS a ser a diventare “honestos cidadãos e bons cristãos”; - AJUDAI-NOS a viver a solidariedade e a caridade dentro e fora da Associação; - AUMENTAI a nossa Fé, Esperança e Caridade. NÓS VOS PROMETEMOS - EMPENHAR-NOS - EM COMBATER a injustiça e a exploração, a superficialidade e a indiferença; - Em DEFENDER, A TODO O CUSTO, através da ação política, econômica e social, os valores aprendidos do Seu ensinamento, sobretudo a vida, a liberdade e a verdade; - Em SER “sal da terra e luz do mundo”, com forte incidência na Sociedade e na Igreja. VELAI, NÓS VOS SUPLICAMOS pela Família Salesiana, pelos nossos entes queridos e por todos nós. Amém. (Estatuto 2015, art. 5,b) www.exallievi.org

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

21


A NIVERSÁRIOS

Itália

NO DIA 23 DE MAIO, HÁ 100 ANOS, FOI INAUGURADO UM MONUMENTO A DOM BOSCO EM TURIM

(ANS - Turim) Em 1º de setembro de 1911, no Congresso Internacional dos Ex-alunos, evento que contou com a participação de pessoas de 22 países, concretizou-se a ideia de erguer um Monumento a Dom Bosco, como manifestação de solene gratidão ao grande educador daqueles que se haviam beneficiado do seu carisma. A ideia era inaugurá-lo em 1915, em memória do Centenário de seu nascimento. Mas a I Guerra Mundial atrasou a inauguração, que portanto ocorreu em 23 de maio de 1920, na véspera da Festa de Maria Auxiliadora e da Solenidade de Pentecostes. A partir de amanhã fará 100 anos que acolhe fiéis e membros da Família Salesiana quando chegam em peregrinação à Casa-Mãe Salesiana, em Turim. No total, o bloco artístico mede 11,25 metros de comprimento, 15,65 metros de largura e 6,50 metros de altura. O monumento se compõe de uma pirâmide truncada e duas asas laterais que formam uma espécie de altar. No topo e no centro da pirâmide está o grupo principal formado pela figura do Santo, rodeado por quatro meninos; na base da escadaria está o

22

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org


A NIVERSÁRIOS

grupo da "Humanidade inclinada ao beijo da Cruz", na figura de uma mulher com véu a oferecer a um homem o crucifixo para beijar. As asas laterais são usadas para representar as devoções maiores de Dom Bosco: à direita, a "devoção à SS. Eucaristia" representada por um robusto operário em adoração, diante do qual uma mulher reza e uma mãe expressa a ternura da maternidade cristã; à esquerda, a "devoção à Virgem Auxiliadora": ali um altivo selvagem se prostra a Maria Auxiliadora, à qual duas devotas donzelas trazem flores. Em torno da pirâmide percorre-a um festão com motivo ornamental de frutas exóticas, que lembra o tema dos três altos-relevos colocados atrás e mostra algumas das principais áreas de ação dos Filhos de Dom Bosco na época do monumento: "os missionários salesianos entre os emigrantes italianos" no centro; "as escolas profissionais salesianas" à direita, e "as escolas agrícolas salesianas" à esquerda. Uma vez decidido, por unanimidade, erigir o monumento a Dom Bosco, no âmbito do Conselho de Administração da Federação Internacional de Antigos Alunos, foi criado um comité de promoção para a angariação de fundos e um comité executivo para or-

www.exallievi.org

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

23


A NIVERSÁRIOS

ganizar o concurso para a concepção de um monumento. Para a realização do monumento foi lançada uma campanha de arrecadação de fundos, que obteve especial sucesso. A quantia orçada era de £ 200.000, quantia logo alcançada pelas doações espontâneas, sendo que só a Cidade de Turim contribuiu com £ 20.000.

Foi então lançado o concurso internacional para a escolha do projeto.

Dentre os 59 candidatos, após várias seleções, saiu vencedor Gaetano Cellini, de Ravenna, porque se considerou que, melhor do que os demais concorrentes, havia captado o espírito de caridade que permeara toda a atividade do Santo.

A Inauguração foi majestosa: grande a participação do público, vivo e sincero o entusiasmo por parte de todos os presentes.

Para a ocasião, a Comissão Organizadora do evento mandou instalar um tal sistema de iluminação cenográfica que por ela se envolveu todo o Monumento, a Igreja de Maria Auxiliadora e o Oratório adjacente.

24

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org


A NIVERSÁRIOS

23 de Maio de 1920: Inauguração

www.exallievi.org

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

25


S OLIDARIEDADE - C OVID -19

Eslováquia

UM PRESENTE DOS EX-ALUNOS NA PANDEMIA:

DOAÇÃO DE MÁSCARAS PARA SEU PAÍS E PARA O MUNDO anos e uma menina de quatro anos também costuraram. Muitas máscaras foram confeccionadas à noite por jovens mães que tinham filhos para cuidar durante o dia. Uma enfermeira que trabalha na primeira linha da luta contra o Covid-19 e um paciente oncológico também participaram. Todos buscaram uma maneira de ajudar» – disse Katarína Pirohová, voluntária de Prešov.

(ANS - Bratislava) Os desafios do momento atual não deixaram indiferentes os Ex-alunos de Dom Bosco e os membros da Família Salesiana (FS), da Eslováquia. Uma das oportunidades que acharam para ajudar foi o projeto "Doemos uma máscara": o objetivo inicial era coletar 1.500 máscaras, 10 para cada ano de existência da instituição dos Ex-Alunos, criada em 24 de junho de 1870.

«Meu marido também começou a costurar, assim como minha filha mais velha: então houve disputa pela máquina de costura aqui em casa. Até meus filhos pequenos ajudaram a embalar. No final, virou uma produção em série e, acima de tudo, uma atividade familiar agradável. Recebemos muito de Deus, tínhamos que retribuir com alguma coisa» – conta Lenka Klingová.

Assim, voluntários de vários pontos da Eslováquia começaram a embalar máscaras individualmente, acrescentando instruções de uso e uma foto com as relíquias dos beatos eslovacos Titus Zeman SDB e Anka Kolesárová. Em diversas cidades do país, a ação também contou com a participação de outros membros da Família Salesiana. Em poucos dias a coleta alcançou quase o dobro da meta visada: 2.871 itens.

Como sinal de gratidão pela educação recebida, os Ex-alunos priorizaram os salesianos na entrega de máscaras. Mas também apoiaram projetos nas periferias: na comunidade cigana de Plavecký Štvrtok e na comunidade marginalizada de Nitra,

«Foi surpreendente ver a rapidez com que mulheres de todas as idades, profissões e status se mobilizaram. Uma senhora de 88

26

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org


S OLIDARIEDADE - C OVID -19

Orechov Dvor, onde atuam as Filhas de Maria Auxiliadora. Durante a distribuição, eles também lembraram dos amigos que vivem nos países mais afetados pelo coronavírus na Europa: quase 700 máscaras foram enviadas aos salesianos de Leão, Espanha; mais de 600 às comunidades salesianas de Costanta, na Romênia; um lote também foi enviado à Itália e algumas máscaras com o logotipo de Dom Bosco foram enviadas à Sede Central Salesiana, de Roma. «No início da pandemia, sabíamos que muitos Ex-alunos estavam ativamente envolvidos em suas comunidades, ajudando por exemplo os idosos nas compras, mas eu pensei em fazer alguma coisa juntos... O fato de que, no final, o número de máscaras foi quase o dobro do que tínhamos estabelecido como meta indica que nossos membros estão sempre prontos para ajudar os outros e são capazes de reagir rapidamente» – conclui o Presidente da Federação Nacional de Ex-Alunos e promotor da iniciativa, Róbert Mruk. Simona Hrabošová, Michal Nemcek

www.exallievi.org

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

27


S OLIDARIEDADE - C OVID -19

Itália

O CONFINAMENTO EM VALDOCCO É UMA GRAÇA ESPECIAL

(ANS - Turim)

PARA DEZENAS DE SALESIANOS

Embora já tenha passado mais de um mês da conclusão do Capítulo Geral 28 (CG28), 46 Inspetores e Delegados do CG28 ainda vivem, trabalham e fazem suas orações em Valdocco, onde precisaram ficar devido às restrições à movimentação causadas pela pandemia. A maioria deles são de países da Ásia e da Oceânia, como o P. Robinson Parappilly, Delegado Inspetorial da PapuaNova Guiné–Ilhas Salomão (PGS), que compartilha conosco sua experiência. De repente o senhor se viu como parte da comunidade de Valdocco. Como está sendo sua rotina na comunidade? «O período de isolamento representa um tempo de graça especial para cada um de nós, uma ocasião que nos permite passar muito tempo na Casa-Mãe dos Salesianos. Desde o cancelamento de nossos voos, os Inspetores da Índia estão ocupados em suas funções apostólicas e se mantêm em constante contato com os coirmãos das respectivas Inspetorias. Muitos procuram contribuir de várias maneiras com a comunidade. Oramos todos os dias por aqueles que sofrem e pelas pessoas afetadas pelo Covid19. Além disso, por volta do meio-dia, fazemos meia hora de leitura espiritual a partir das Memórias do Oratório de Dom Bosco. ‘Viajamos’ junto com Dom Bosco, refletindo sobre vários dos eventos que ocorreram durante seu tempo aqui em Val28

docco. À tarde, nos revezamos para limpar os porões dos edifícios Valdocco, os armazéns, os quartos, realizar manutenções, regar plantas e manter em ordem a Basílica de Maria Auxiliadora. Toda sexta-feira, das 8 às 17h, temos Adoração eucarística, na qual as diversas Inspetorias se revezam para estar presentes diante do SS. Sacramento e orar pelo mundo e por sua cura!». É possível viver o espírito ‘oratoriano’ de Valdocco em tempos de Covid-19? «O espírito oratoriano está muito vivo! À noite, pode-se dizer que existe um "clube recreativo" muito ativo, animado por jogos de baralho e programas de TV. Há quem recite a coroa da Divina Misericórdia e temos também tempo para a “boa-noite salesiana", as orações da noite, além de aulas para rever a reza da S. Missa

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org

em italiano, ministradas pelo P. Guillermo Basañes...». Como foi o retiro espiritual durante a Semana Santa? «Durante a Semana Santa a comunidade de Valdocco fez um retiro espiritual. Nesse período estivemos todos ocupados, ajudando a comunidade por meio de serviços diversos. Tivemos belas celebrações na Basílica de Maria Auxiliadora, tendo sempre o cuidado de manter as distâncias apropriadas». E a última novidade...? «Há alguns dias, fomos surpreendidos pela Federação de Ex-Alunos de Dom Bosco, de Macau (CIN): eles nos enviaram máscaras cirúrgicas, que em Turim não conseguíamos achar. Um presentão! Somos-lhes imensamente gratos». Fonte: AustraLasia


S OLIDARIEDADE - C OVID -19

A PANDEMIA NOS UNIU COMO NUNCA ANTES

Hong Kong

Ex-alunos DB motivação para a solidariedade

Hong Kong, China, 26 de abril de 2020 Nestes tempos de provação, nós, Ex-alunos Salesianos, não esquecemos nossos queridos superiores. Devemos muito a esses seguidores dedicados de Dom Bosco. Após a Segunda Guerra Mundial, numa época em que essa parte do mundo era pobre e o ensino médio não era um direito, mas um luxo, os Salesianos ajudaram a educar dezenas de milhares de jovens em Hong Kong e Macau. Muitos desses jovens vieram de ambientes onde a pobreza era a norma. Os Salesianos fizeram o possível para transformá-los em cidadãos retos e bons cristãos, treinando-os para participarem ativamente da vida da Igreja e da sociedade local.

Hoje, esses ex-alunos e seus irmãos mais novos formam um grupo devotado e dedicado. Eles desejam retribuir o amor, o cuidado e a educação que receberam de sua

alma mater e de seus mentores Salesianos. Em 2020, essa missão dos ex-alunos é especialmente verdadeira, quando a Família Salesiana em todo o mundo é duramente atingida pela pandemia do Covid-19 que assolou o mundo nos últimos meses.

Como ex-aluno da Escola de St. Louis e atual Presidente da Associação de Old Boys de St Louis, tenho o privilégio de trabalhar em conjunto com vários outros membros da Família Salesiana em Hong Kong e Macau, para mobilizar ex-alunos, alavancando nossa rede no mundo na comunidade empresarial, médicos e outros profissionais, para ajudar os salesianos, local e globalmente. A pandemia nos uniu como nunca antes, pois trabalhamos em estreita colaboração com a Província Salesiana da China na aquisição de equipamentos de emergência para os confrades Salesianos, além de professores e alunos das escolas locais: itens como máscaras cirúrgicas e desinfetantes para as mãos, que são indispensáveis para www.exallievi.org

conter a propagação do vírus. Ao mesmo tempo, os fundos foram transferidos para a Itália e a Espanha, e lotes de máscaras cirúrgicas foram enviados aos Salesianos de Roma, Milão e Índia para atender suas necessidades urgentes. Ao assumir o que é essencialmente uma tarefa mundana, também percebemos que somos chamados, como ex-alunos, a participar do grande trabalho de tornar realidade o sonho de Dom Bosco: enviar Salesianos para servir jovens chineses em solo chinês. Que Deus abençoe a todos, pela intercessão de nossa abençoada Mãe, Maria Auxiliadora, e de nosso amado amigo, Dom Bosco! Caso necessite de mais informações, não hesite em nos contatar. Que Deus abençoe a todos! Obrigado. Allen Chan Presidente de St. Louis Old Boys' Association

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

29


S OLIDARIEDADE - C OVID -19

Eslovênia

(ANS - Liubliana)

TOMAŽ VOVKO, EX-ALUNO DE DOM BOSCO: "Precisamos da sua ajuda e apoio"

O Dr. Tomaž Vovko, ex-aluno da escola salesiana "São Francisco de Sales", de Želimlje, que em sua época estava sempre envolvido ativamente em programas de animação salesiana, hoje é especialista em Infectologia e Medicina Intensiva, e trabalha numa clínica de doenças infecciosas no Centro Clínico Universitário de Ljubljana. Casado e pai de três filhos, ele atua na linha de frente, em contato com pacientes gravemente afetados pelo Covid-19.

Em entrevista concedida a ‘Don Bosko Slovenija’, ele falou sobre pandemia, tratamento, quarentena, e sugeriu novas modalidades para o trabalho educacional e pastoral.

«Vovko explicou que mutações de vírus acompanham a humanidade desde o início e, por este motivo, as várias teorias da conspiração que circulam entre as pessoas deveriam ser ignoradas».

Ao comentar seu trabalho na linha de frente com os doentes graves de COVID19, ele ressaltou a importância da comunicação: seja entre os doentes em isolamento e suas famílias como também por parte dos médicos, que precisam comunicar, com cuidado e humanidade, a piora, ou até a morte, de pacientes. Em relação às restrições impostas pelo novo coronavírus e ao confinamento, o ex-

30

aluno respondeu que «a medida é essencial para salvar vidas» e exemplificou citando as situações ocorridas no norte da Itália, na Espanha e nos Estados Unidos. «In Slovenia grazie a Dio limitando i contatti personali e sociali siamo stati in grado di aiutare chiunque ne avesse bisogno. Tutti dobbiamo essere grati per ogni vita salvata» ha affermato. Ele aguarda com demasiada cautela uma normalização parcial da situação, conduzindo a liturgias e ritos com segurança suficiente e sem contacto directo.

Como ex-aluno de Dom Bosco, o virologista também ofereceu conselhos para o trabalho pastoral da Família Salesiana: «Estamos passando por momentos difíceis, nos quais precisamos particularmente de sua ajuda.

Os jovens podem achar mais difícil adotar as restrições, pois os contatos sociais são

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org

importantes para o seu desenvolvimento. Mas como eles já fazem uso extensivo das plataformas de comunicação digital para a escola, também podem usá-las para encontrar os colegas na educação religiosa ou catecismo», observa ele. Nas próximas semanas, provavelmente, as "rígidas" restrições sofrerão uma gradual flexibilização e, considerando que durante o verão espera-se uma diminuição dos contágios, poderiam ser organizados Exercícios Espirituais e oratórios de verão "sob medida", ao ar livre e com contatos limitados, mantendo uma distância um pouco maior do que no passado.

«A adaptação de atividades neste sentido pode ser uma boa opção», sugere.

Após o verão, porém, chegará o outono: enquanto aguardamos os medicamentos ou vacinas, seria «razoável esperar as mesmas restrições de agora ou, talvez, ainda mais rigorosas».


S OLIDARIEDADE - C OVID -19

Espanha

EX-ALUNOS FAMOSOS ENVIAM MENSAGENS DE ENCORAJAMENTO À FAMÍLIA SALESIANA

Carlos Soler

Valência, Espanha - Maio de 2020

Durante estas semanas particularmente difíceis, mensagens de encorajamento de rostos conhecidos do esporte, música e entretenimento chegam às casas salesianas.

São ex-alunos que se tornaram famosos, como o jogador de futebol caribenho Carlos Soler e o diretor Paco Plaza, ex-alunos do Instituto "San Antonio Abad", de Valência; Vicente Bombai, da banda Bombai; músicos como Manu Tenorio, Neus Ferri e Rozalen.

A ginasta Almudena Cid e o ator José Mota também manifestaram proximidade à Família Salesiana e a todas as pessoas que trabalham nas Plataformas Sociais Salesianas.

www.exallievi.org

Francisco Plaza Trinidad

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

31


S OLIDARIEDADE - C OVID -19

Argentina

CUIDAR DE QUEM CUIDA DE NÓS:

VISEIRAS PARA CENTROS DE SAÚDE

Buenos Aires, Argentina - Maio de 2020

Na Obra Salesiana "Leão XIII", situada no bairro de Palermo, em Buenos Aires, professores, alunos e ex-alunos da área técnica utilizam suas impressoras 3D para produzir viseiras protetoras de plástico.

Eles contam com a orientação e colaboração do ex-aluno Santiago Arce, pneumologista. As viseiras são feitas com bioplástico, que serve como insumo para a impressão 3D.

De segunda-feira para cá, dia 4 de maio, já foram entregues 921 viseiras, em vários centros de saúde da cidade de Buenos Aires. Para mais informações, visite o site: https://porlosjovenes.org/emergenciacovid-19/

32

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org


S OLIDARIEDADE - C OVID -19

Peru

"Obras é que são amores, não as boas razões": SER CARIDOSO É ACHAR JESUS NOS POBRES

(ANS – Lima)

Há um ditado que é frequentemente citado em todo o mundo e que volt à mente em circunstâncias como a em que vivemos: "Obras é que são amores, não as boas razões". Nesse período de pandemia, as pessoas estão se tornando solidárias e os exemplos são muitos. Diversos jovens estão deixando o medo de lado, para saírem em busca de maneiras de ajudar. Médicos, enfermeiros, policiais e coletores de lixo são os heróis do nosso tempo. Mas não podemos esquecer aqueles que trabalham todos os dias na construção da Esperança em meio a esta situação tão difícil que muitas famílias estão enfrentando. Também os salesianos de todo o Peru realizam uma obra de caridade pelos mais necessitados, porque "obras é que são amor".

Lima, a capital, conta com mais de 10 milhões de habitantes. Suas ruas, que tanto de dia quanto de noite nunca se viram vazias, hoje parecem um deserto... Os salesianos servem principalmente naquelas áreas em que a necessidade leva os jovens a infringir a lei. Um pedaço de osso pode servir para fazer uma sopa que alimente mais de 80 crianças. Por isso um ex-aluno salesiano doou uma grande quantidade de ossos, visando ajudar a preparação desses caldos. Em Rímac, região mais antiga de Lima, situada aos pés de imponente colina, a pobreza se manifesta. Os salesianos estão também ali: a "Equipe de Assistência" da Fundação Dom Bosco trabalha com os jo-

Foto: Ayacucho

vens salesianos da casa de Rímac. «Eu não sabia, nem imaginava, que nessa colina viviam tantas pessoas», comentou, surpreso, o Sr. Miguel. Ali são preparadas as famosas “cachangas”, feitas com farinha e água, e assadas numa frigideira com um pouco de óleo. «E lá, na colina, muito perto do céu, comemos desse pão com eles», acrescenta. No porto de Callao, onde a vida é um milagre e o crime organizado, o tráfico e o consumo de drogas e a prostituição dominam, os salesianos não esquecem os pobres.

No "Bairro Frigorifico", com o apoio das mães da região, já identificaram as famílias mais vulneráveis: migrantes venezuelanos, idosos e crianças com menos de 13 anos; e distribuíram sacolas com alimentos suficientes para alguns dias. Em Ayacucho, a cidade das 33 igrejas, www.exallievi.org

"Berço da Liberdade na América", o diretor da casa salesiana, P. Domingo Yanqui e os Ex-alunos salesianos estão praticando o que aprenderam nas aulas salesianas: a solidariedade.

Protegidos por máscaras e luvas, «levam sacolas de alimentos para as famílias que sinalizaram suas portas amarrando um pedaço de pano branco do lado de fora, para indicar que têm filhos e que não têm o de que comer» – conta o ex-aluno salesiano Alberto. Se "obras é que são amores e não as boas razões", nada poderia ter sido feito se os salesianos de ontem, e de hoje, não tivessem impregnado o coração do povo não somente de solidariedade mas, e sobretudo, de "caridade": porque «ser caridoso é achar o próprio Jesus nos pobres» – disse o Papa Francisco.

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

33


S OLIDARIEDADE - C OVID -19

Tailândia

A FAMÍLIA SALESIANA UNIDA NA LUTA CONTRA O COVID-19

Irmãs Servas do Imaculado Coração de Maria (SIHM)

Associação de Maria Auxiliadora (ADMA)

Filhas do Reisado de Maria (SQM)

Filhas do Reisado de Maria (DQM)

A luta contra o coronavírus, na Tailândia, registra importantes sucessos. O número de pessoas infectadas decresce e as estatísticas atualizadas até hoje, 7 de maio, relatam 2.992 casos confirmados e 55 mortes, com apenas algumas dezenas de casos novos nos últimos dez dias.

2020, convidando a população a ficar em casa e estabelecendo postos de controle entre cidades e províncias, além de proibir aglomerações. Muitas pessoas passam por dificuldades com esta situação e a Família Salesiana (FS) atua para ajudá-las: os Grupos (originários do carisma de Dom Bosco) trabalham lado a lado no apoio aos mais necessitados.

Para alcançar estes resultados, porém, o governo mantém rígidas restrições anticontágio, decretando o toque de recolher das 22:00 às 04:00, até o final de maio de

Salesianos de Dom Bosco, Filhas de Maria Auxiliadora, Irmãs Servas do Imaculado Coração de Maria, Irmãs do Reinado de Maria, Filhas do Reinado de Maria Imacu-

(ANS - Bangkok)

34

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org

Materiais essenciais para grandes necessidades

lada, Salesianas Cooperadoras, Associação Salesiana de Maria Auxiliadora e Ex-Alunos fazem parte desta aliança. Nos últimos dias, em 28 de abril, os Ex-Alunos do Instituto Hua Hin, juntamente com voluntários de outra associação, distribuíram 800 cestas básicas de alimentos para pessoas necessitadas. Dois dias depois, os salesianos da escola Sarasit Phithayalai, em conjunto com as irmãs FMA, da escola Narivooth, ambos em Banpong, distribuíram 215 cestas básicas de alimentos aos moradores da área de


S OLIDARIEDADE - C OVID -19

Rong Thoop. No dia 1º de maio, como parte do projeto "No mesmo barco", organizado pelo Escritório Inspetorial de Planejamento e Desenvolvimento (PDO), Salesianos e Exalunos distribuíram 130 pacotes de alimentos para pessoas que perderam o emprego, migrantes birmaneses, idosos e pessoas que moram sozinhas da região de Bangkapi e Phattanakarn, na capital, Bangkok.

Grupos Familiares Salesiano em acção

No mesmo dia, o próprio inspetor, P. John Bosco Dheparat Pitisant, levou alimentos para cerca de 500 famílias na região de Tha Kham Town. No sábado, 2 de maio de 2020, outra expedição da FS, da Tailândia, levou ajuda e socorro a 500 pessoas necessitadas (mas isoladas nos distritos centrais de Bangcoc), para as quais os religiosos e leigos no estilo de Dom Bosco prepararam e distribuíram alimentos.

Associação de Maria Auxiliadora (ADMA)

«Gostaria de expressar nossa gratidão a todos por ajudarem a aliviar o sofrimento do povo, em sintonia com as indicações do Papa e do Reitor-Mor, que nos convidam a ajudar as pessoas afetadas por essa pandemia» – disse o Inspetor Salesiano da Tailândia. «A FS não pode se ficar inerte e não sentir compaixão. Sejamos os primeiros a difundir solidariedade; e cultivemos um coração bem sensível às situações com que nos estamos defrontando». Mesmo que estas distribuições talvez representem apenas um pequeno contributo para as muitas necessidades dos pobres, têm um valor e um grande significado para os herdeiros do carisma de Dom Bosco, que estão e permanecem ao lado dos pobres na sociedade tailandesa.

Filhas do Reisado de Maria (SQM)

www.exallievi.org

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

35


S OLIDARIEDADE - C OVID -19

Índia

DEEP GURUNG: EX-ALUNO DE DOM BOSCO E LEIGO ENGAJADO: “Onde há vontade, se acha também um caminho”

Deep Gurung é um Ex-aluno de Dom Bosco, colaborador da "BOSCONET Índia" dos tempos do P. George Menamparampil, hoje ativo como Coordenador da Resposta Salesiana à Emergência Covid-19. Já Deep Gurung trabalha agora para a "Don Bosco Tech India", perto de Shillong, no estado indiano de Meghalaya, que nos conta: «Tudo o que sou, tudo o que sei e qualquer reputação que tenha alcançado até agora no trabalho social, é tudo graças a Dom Bosco. Fui aluno salesiano e, claro, levo comigo todos os seus ensinamentos: Ele é a minha inspiração. Mas, em tempos como estes, também me lembro de tudo quanto o P. George me en36

sinou enquanto trabalhava com ele na BoscoNet. Devido ao isolamento, a população rural é mais afetada do que a urbana. A ajuda às pessoas carentes nas áreas urbanas tem sido prestada por vários grupos. Mas são muitas as aldeias rurais que ficaram negligenciadas. Decidimos por isso chegar até às famílias mais carentes dessas zonas. Entramos assim em contato com as lideranças das Khasi Hills e obtivemos os dados de 300 famílias que precisavam de ajuda. Dividimos o trabalho em três fases e iniciamos o trabalho. Só na primeira fase atingimos e ajudamos 138 famílias; no final chegamos a todas as 300. Gostaríamos de agradecer em particular

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org

ao 'DB Tech India' e ao seu Diretor. P. George Mathew, por seu apoio, e ao Sr. Stelius, também ex-aluno da 'Don Bosco Tech' de Nongstoin, Meghalaya, que nos ajudou a identificar as famílias necessitadas e a distribuir o material de socorro. Como não havia como enviar o material da Capital por causa das restrições a viagens, Deus mandou em nossa ajuda o Sr. Stelius, que soube cuidar de toda a situação. Em todo este processo, dei-me conta de duas coisas: 1. quando se quer, também se acha um caminho; 2. se você quiser fazer alguma coisa de bom para a sociedade sem segundas intenções, vá em frente com coragem, mesmo que esteja sozinho: Deus lhe mandará toda a ajuda de que precisar. Foi o que me ensinou o P. George Menamparampil na BOSCONET.


S OLIDARIEDADE - C OVID -19

Chennai

www.exallievi.org

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

37


S OLIDARIEDADE - C OVID -19

Paraguai

SOLIDARIEDADE SALESIANA EM VILLARRICA Villarrica, Paraguai - Maio de 2020

A Família Salesiana do Paraguai organizou várias ações de solidariedade por todo o país, visando ajudar famílias vulneráveis durante o período de quarentena obrigatória.

Na cidade de Villarrica, os alunos do Centro Estudantil do Colégio Salesiano "Dom Bosco" se organizaram para arrecadar alimentos e distribuir lanches entre as crianças e os jovens de vários bairros, enquanto os professores organizaram um grande "almoço popular" para as famílias do bairro. Além disso, ex-alunos da faculdade ofereceram um almoço para 700 famílias. Crescem as atividades de solidariedade, sempre levando em conta a adoção das medidas de segurança sanitária adequadas.

38

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org


S OLIDARIEDADE - C OVID -19

Guatemala

A PAIXÃO PELA MEDICINA EM TEMPOS DE COVID-19 SEM ESQUECER DE SER EX-ALUNO DE DOM BOSCO: DR. VENANCIO DE LEÓN

e Ex-Alunas de Dom Bosco, que também presidiu a "Fundação Alberto Marvelli", administradora do "Centro de Formação Profissional Padre Bartolomé Ambrosio SDB". «Além de suas qualidades profissionais como médico, ex-aluno e pessoa, o Dr. Venâncio possui uma ótima formação salesiana e qualidade humana», escreveu o Raúl Vázquez. Ele vive estas características nesta pandemia como um verdadeiro profissional que teve formação salesiana.

(ANS - Cidade da Guatemala) Em mais de uma ocasião o Papa Francisco dedicou suas orações a todos os que trabalham pelos doentes, especialmente equipes médicas e profissionais de saúde que fazem todo o possível para ajudar os pacientes infectados pelo coronavírus.

«Recebi uma mensagem de um sacerdote de Bérgamo pedindo que rezasse pelos médicos de Bérgamo, Treviglio, Bréscia e Cremona, que trabalham no limite, dando suas vidas para ajudar os doentes, para salvar as vidas dos outros» – comentou o Papa. As histórias de médicos que dão suas vidas

para salvar doentes constituem uma realidade. É o caso do doutor Venâncio de León, ex-aluno de Dom Bosco. Em março, cerca de 50.000 telas digitais iluminaram as fachadas dos edifícios mais importantes de quase vinte cidades chinesas, lembrando os rostos dos profissionais de saúde que cuidavam de pacientes infectados pelo Covid-19. "Não há dúvida de que os profissionais da área de saúde são os grandes heróis desta história" – escreveu a jornalista Lea A, do "redEMC". O Dr. Venâncio é um desses heróis. No dia 24 de janeiro de 2019, o Dr. Venâncio encerrava seu mandato como Presidente da Associação Nacional de Ex-Alunos www.exallievi.org

«Atualmente, o Dr. Venâncio trabalha com pacientes infectados por Covid-19: deixa sua família para visitar pacientes num hospital que fica a 5 horas da capital, para depois voltar e fazer o mesmo no hospital que tem a responsabilidade nacional pelos infectados, explica Raúl Vásquez, diretor do “Centro Bartolomé Ambrosio SDB”. Muito sorridente, ele fala sempre de Dom Bosco, Artêmides Zatti, da Virgem Auxiliadora. É um médico que vive uma espiritualidade extraordinária e possui uma serenidade admirável».

Na Guatemala, os casos de Covid-19 aumentaram, chegando a 5.500 nos últimos dias. Mesmo diante dessa situação, o dr. Venâncio «é um médico que vive para servir os outros. Não é um médico rico. Seu trabalho é entre os mais pobres, os salesianos, os seminaristas, as pessoas que muitas vezes não podem pagar por seu serviço. Ele é ex-aluno de Dom Bosco e vive a educação salesiana que recebeu» afirma Vásquez.

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

39


S OLIDARIEDADE - C OVID -19

Indonésia

A PANDEMIA DO VÍRUS DA COROA COMEÇOU EM 2 DE MARÇO

Salesian Cooperators cosem máscaras

Distribuição de donativos às pessoas idosas

A pandemia do corona vírus na Indonésia começou em 2 de março de 2020, com a descoberta de 19 pacientes. Inúmeras regiões da Indonésia impuseram restrições sociais em larga escala (PSBB).

básicas da vida cotidiana, como compra de alimentos e medicamentos.

Quase todos os tipos de empresas, incluindo fábricas, foram forçados a fechar; todo o trabalho de escritório é feito em casa e também na educação, on-line. Como resultado, muitas pessoas foram demitidas do trabalho, as ruas de repente ficaram desertas. Existem apenas veículos de entrega de alimentos que transportam necessidades básicas, os únicos que podem dar a volta. Para aqueles cujas vidas dependem muito da renda diária, como trabalhadores, trabalhadores da construção civil, motoristas de transporte on-line, vendedores ambulantes, vendedores, essa pandemia tornou a vida realmente difícil, tirando deles a oportunidade de atender às necessidades 40

Muitas organizações sociais e grupos privados imediatamente se mobilizaram para ajudar essas pessoas e tentar removê-las das dificuldades econômicas e da fome.

Salesian Cooperators cosem máscaras

Eles distribuíram as necessidades básicas, máscaras e desinfetantes. Como parte da comunidade, os Salesianos e os cooperadores salesianos também trabalham em estreita colaboração com outras organizações para impedir a propagação da corona vírus. Os cooperadores salesianos se organizaram para fazer máscaras de pano; Os Amigos de Dom Bosco, juntamente com os paroquianos da Paróquia de San Joao Bosco, estão levantando fundos para comprar as necessidades básicas e distribuílas aos mais necessitados e diretamente afetados por esta pandemia. Continuamos orando para que os tempos difíceis desta pandemia do corona vírus termine em breve.

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

Amigos de Dom Bosco com os paroquianos da paróquia de São João Bosco preparam máscaras, desinfectantes e sabonetes

www.exallievi.org


S OLIDARIEDADE - C OVID -19

P. Joseph Ola SDB com os Amigos de Dom Bosco para recolher e distribuir donativos (bens de primeira necessidade) às famílias afectadas pela pandemia

Distribuição de donativos às famílias

Distribuição de donativos aos motoristas e aos prestadores de serviços de transporte em linha

www.exallievi.org

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

41


F ESTA DE M ARIA A UXILIADORA

Equador

AJUDA E MÃE, ROGAI POR NÓS Do Oriente Próximo ao pôr do sol das águas do Pacífico, Do extremo polar norte à Patagônia Argentina, Atravessando os Alpes brancos e até o Caminho de Santiago, Levantando poeira pelo Saara Africano até as margens do Nilo, Da Índia antiga andando pelo alto Nepal e China, Pelas planícies americanas, pelos Andes e pela selva amazônica, Pela boca de seus seguidores as boas novas já chegaram, A mãe do filho de Deus, também é mãe dos salesianos.

Não tenha medo da menor dúvida, o fundador condenou, Porque a companheira e amiga da Virgem Maria é do jornal sonhador, Todas as súplicas dirigidas a ela alcançam a misericórdia de Deus, Pois Ele confiava nela, e Maria nunca o decepcionou, Carregando em seu ventre seu filho que mais tarde foi o Redentor, A dor da mãe sofreu e o conforto humano nunca existiu, Ao pé de uma cruz de madeira até o fim, Cristo o amou, E com sua capa sagrada as lágrimas em seu rosto foram enxugadas. Aquela brava mulher judia cujo coração feriu pela dor, Ela foi a primeira a se tornar a ajuda do pecador, Os seguidores de Jesus Cristo pediram sua proteção, E por gerações os cristãos reivindicaram sua dedicação, Santa Maria, ajuda dos cristãos e mãe de Deus, A Virgem Ajuda de Dom Bosco, sua inspiração divina, Santa padroeira dos carentes, doce professora do educador, Refúgio do caminhante, abrigo e consolo pela aflição.

Salesianos e salesianas, cooperadores e ex-alunos, E todos aqueles que deram sua ajuda, Sem hesitação, eles o proclamaram como Ajuda Humana, Porque seu amor é imenso e chegou para todos, E nestes tempos de doença, desemprego e pobreza, Sua proteção para você, clamamos Mãe Ajuda e Professora, Volte seu olhar doce e especial para o mundo salesiano, E que nenhum colaborador salesiano seja afetado pela pandemia. Ajuda e mãe, rogai por nós. Dr. Fredi Portilla Farfán (festa de María Auxiliadora, 2020)

42

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org


F ESTA DE M ARIA A UXILIADORA

Chile

CHAMADOS A FORMAR UMA GRANDE CORRENTE DE SALVAÇÃO (ANS - Santiago) Faz perto de cinco meses que a humanidade vive uma fase de incertezas causada pela pandemia do Covid-19, que infectou milhões de pessoas e causou milhares de mortes. Tempos difíceis estes, capazes de testar a fé de milhões de crentes. Em resposta, a Igreja decidiu entrar firmemente para os pátios digitais, para favorecer a comunhão com o povo de Deus que foi obrigado a ficar em casa por motivos de segurança. A Inspetoria Salesiana do Chile (CIL) transmitiu as celebrações da Quaresma, da Semana Santa e da Páscoa pelas redes sociais e continua a acompanhar a Família Salesiana (FS) por meio da rede. Domingo 24 de maio, ela fez uma celebração online por ocasião da Festa de Maria Auxiliadora, transmitida simultaneamente no Facebook e Youtube. O evento teve a participação digital de mais de 1.400 pessoas, que se conectaram para pedir, juntas, a intercessão de Maria SS. A Eucaristia no Santuário de Maria Auxiliadora, em Santiago, foi presidida elo P. Victor Mora, Diretor do Centro salesiano de Alameda, e concelebrada por salesianos da comunidade religiosa local. O Inspetor dos Salesianos do Chile, P. Car-

los Lira, em homilia transmitida pela comunidade do Teologado de Lo Cañas, falou da conexão entre Deus, sua Mãe e Nós.

«Em resumo, Deus é nosso Auxílio, Salvador de todos. Ele ajudou Maria para que pudesse ser Auxiliadora. Portanto, Nós também podemos ajudar os Outros. Consequentemente, entre Deus, Maria e Nós, se forma uma imensa e formidável corrente de ajuda, de salvação: nossa Ajuda (Deus), a Auxiliadora (Maria) e os Ajudantes (nós)... Quando nos aproximamos de Maria Auxiliadora, Ela nos recebe como Mãe e nos incentiva a ajudar os Outros».

A quarentena e as distâncias não impediram, assim, a presença de Grupos da Família Salesiana, que se encontraram online: Filhas de Maria Auxiliadora, Voluntárias de Dom Bosco, Salesianas Cooperadoras, Exalunas das Filhas de Maria Auxiliadora e Ex-

www.exallievi.org

alunas de Dom Bosco, membros da Associação de Maria Auxiliadora (ADMA), da Comunidade da Missão Dom Bosco, da Canção Nova, dos grupos Encontro dos Pais no Espírito (EPE) e Encontro das Mães no Espírito (EME) e dos retiros "Hogares Don Bosco" – todos se encarregaram de dar vida à Liturgia da Palavra, à Eucaristia e à Oração universal, demonstrando mais uma vez a grande diversidade de talentos e a comunhão de espírito da FS, no Chile. A Eucaristia se concluiu com um convite para participar da coleta online 2020, organizada pela Fundação Dom Bosco do Chile, que será realizada em junho para ajudar crianças, jovens e adultos em situações de rua. O registro e a transmissão da missa são fruto do trabalho conjunto da Família Salesiana, do setor de comunicação e do centro de multimídia "Caeteratolle".

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

43


B ONS CRISTÃOS E H ONESTOS CIDADÃOS

Itália

“ESTE É O LUGAR ONDE ELES SÃO FORMADOS BONS CRISTÃOS E HONESTOS CIDADÃOS”

«Temos orgulho de pertencer à grande Família Salesiana». Esta é a declaração de três ex-alunos (Roberto, Piero e Sandro) + 1 (Simonetta). De fato, após a última edição do "Ex Allievi Newsflash", assistimos ao depoimento de Roberto Buccione, visitante frequente do Oratório Salesiano de Cinecittà (Roma), e aqui estão as lembranças de dois de seus irmãos e da esposa de Sandro, presente no mesmo contexto oratoriano. terais que vinham diretamente da América, quem sabe quem dar ao nosso oratório.

Era nosso orgulho e nos vários campos romanos os carregamos um pouco inchados, atraindo inveja e muita admiração.

Quando me pediram para trazer minha experiência do oratório, imediatamente pensei em qual aspecto era mais importante aprofundar: o de um jovem adolescente que cresceu em um bairro em pleno desenvolvimento, Dom Bosco em Cinecittà; de um garoto que gostava de esportes, no meu caso, basquete, de um jovem cristão em treinamento, de um garoto cheio de energia que repetiu para sua mãe depois de ter feito sua lição de casa... "mas eu vou ao oratório".

Eu já disse isso milhares de vezes, muitas foram as tardes, domingos, longos verões ensolarados, que me viram percorrer os 400 metros entre casa e a porta do oratório. 44

Minha participação no oratório começou quando eu tinha 10 anos, entre 1964 e 1978.

No início, no bairro jovem, tudo em construção era a única válvula de alívio para jovens, a única possibilidade, além do gramado clássico, chutar a bola com uma rede de verdade, encontrar amigos e, para mim, bater na cesta ou, pelo menos, experimentá-la em horas e horas de jogo, de joelhos descascados, de óculos quebrados. E assim começaram os campeonatos, com minha equipe que, a única que acredito na Itália, apareceu em campo com nada menos que maravilhosos ternos: azul, de tecido raspado, as jaquetas com os botões e as calças largas embaixo dos botões la-

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org

Em muitos anos, posso dizer que sempre trazemos o nome de Dom Bosco de Cinecittà com orgulho e com bons resultados, tanto na cidade como na província, e às vezes em outras regiões... e sim, porque em algumas ocasiões, nós também fomos jogar as finais...

O oratório de jogos e atividades sociais e religiosas era um fermento. Tudo no tempo certo, sem forçar: missa, reuniões semanais com os muitos padres, treinamentos, catecismo.

O tédio não estava em casa, dentro dos muros do oratório, centenas de jovens se revezavam, alguém entrava e depois fugia, mas muitos entravam, ficavam e treinavam.

Sempre concordei com aqueles que disseram que somos todas as pessoas que conhecemos na vida, com quem conversamos, discutimos, raciocinamos, quem nos atin-


B ONS CRISTÃOS E H ONESTOS CIDADÃOS

Final nacional Don Bosco Cinecittà - Don Bosco Crocetta Turim

Etapas preliminares O Oratório em 1960

giu, às vezes feridos, quem indicou o certo, quem nos mostrou injustiça.

Aqui, eu tive meu mentor no oratório, cresci com ele durante anos, os anos de treinamento: uma pessoa especial que, infelizmente, faleceu em janeiro passado. Falo de Dom Lorenzo Scarfone, um padre único: duro o certo, doce o certo, terno e áspero.

Passei os anos de acampamentos nas escolas de verão com ele, conheci as "favelas"; sim, porque a um quilômetro de nós havia as favelas e Dom Lorenzo nos apresentou a eles, nos fez conversar com eles, visitar seus quartéis, encontrar os olhos das crianças, entender como poderíamos,

compartilhar humildemente algumas necessidades com elas.

Conheci muitos padres que nos apoiaram nas atividades do oratório, que nos acompanharam nas diversas iniciativas. Lembro-me de um jovem salesiano, P. Gerry Luce, que esteve conosco, creio por dois anos, entusiasmado e envolvente.

Com sotaque americano, ele primeiro usou audiovisuais em seus encontros, uma pessoa legal. Mas Dom Lorenzo, insisto, era único e, muito de quem eu sou, devo isso a ele. Com ele, tornei-me treinador dos meninos nos anos 60, o irmão mais velho deles, um

www.exallievi.org

exemplo humilde para a adolescência. E Dom Lorenzo, sempre lá para me aconselhar, me corrigir, me incentivar. Então ele foi para Madagascar como um missionário entre os menos.

O tempo passou, todos seguiram seu próprio caminho, as famílias absorveram toda energia, o oratório mudou ao longo dos anos, como tudo. De vez em quando eu passo na frente da porta e sempre vejo o que está escrito no topo da entrada, claramente visível...

“Este é o lugar onde são formados Bons Cristãos e Cidadãos Honestos” Piero Buccione

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

45


B ONS CRISTÃOS E H ONESTOS CIDADÃOS

ORATORIO DOM BOSCO CINECITTÀ discussão, que variaram do exemplo cristão de Dom Bosco a diferentes questões sociais, da solidariedade ao voluntariado, de relacionamento com colegas e com nossos pais.

Como meus irmãos Roberto e Piero, também comecei a frequentar o Oratório Salesiano Dom Bosco aos 10 anos.

O Centro da Juventude, naquele período (1976), foi um dos poucos locais de reunião do bairro e, após muitos anos, posso dizer que tive a sorte de ter uma estrutura para passar meu tempo livre depois da escola, praticar esportes, encontrar amigos que ainda frequento, tenho a oportunidade de seguir um caminho educacional cristão, me dando valores que me ajudaram na formação do meu caráter.

Tudo isso graças aos padres que seguiram a direção e administração do Centro e aos animadores voluntários que passaram seu tempo livre para organizar o nosso.

Como podemos esquecer pessoas como Dom Lorenzo Scarfone, Dom Vincenzo Ledda, Dom Franco Marsoner! Este último, em particular, sempre esteve presente em momentos pessoais importantes, tão boni46

tos quanto o meu casamento e os batismos dos meus filhos, e em momentos delicados, como as perdas de nossos pais, que também frequentavam o oratório como cooperadores salesianos. Ainda hoje, Dom Franco pode ser encontrado no pátio da Piazza Decemviri com suas inúmeras chaves, que ele gira como uma arma, sempre pronta para conversas pessoais e para animar os retornados do Oratório.

Como podemos esquecer as crianças mais velhas que, além de nos derem as primeiras noções básicas de vários esportes, organizaram torneios dentro do Centro e depois nos direcionaram para as das várias Federações do CONI, obtendo excelentes resultados; eles também cuidaram do nosso treinamento; de fato, além das sessões de treinamento, sempre havia reuniões espirituais ou, durante o verão, eles organizaram acampamentos escolares, onde nos ofereceram diferentes tópicos de

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org

Concluindo, o oratório é meu ponto de referência há muitos anos, desde o jogador de basquete até o treinador-educador; então, eu tinha além do ambiente familiar, outro lugar saudável para crescer e onde ajudar a criar meninos mais jovem que eu e, mais importante, conheci Simonetta, minha esposa com quem chegamos ao 25º ano de casamento, durante o qual ela me deu dois filhos maravilhosos, Alessio e Mattia. «Questionado, também quero compartilhar minha experiência oratoriana. Sou Simonetta, esposa de Sandro, e comecei a frequentar o oratório a partir dos 14 anos. Para nós, condenado, foi o espetáculo teatral "Siamo Gente di Festa", inspirado na vida de Dom Bosco. Sim, o oratório também era o seguinte: cantar, dançar e atuar, e é por isso que esse lugar teve uma grande atração no período da minha adolescência.

Os amigos que conheci ainda são amigos de hoje e o caráter de Dom Bosco, a quem descobri e aprendi a amar nos anos mais bonitos da minha vida, continua a ser um guia importante no meu trabalho de professora». Sandro Buccione e Simonetta Nardi


B ONS CRISTÃOS E H ONESTOS CIDADÃOS

Sandro premiado pelo mítico executivo e juiz de marcha de Galluccio

Simonetta numa actuação coral no Cinemateca Dom Bosco

www.exallievi.org

Representação do Marquês del Grillo

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

47


N OTÍCIA

Macau

INÍCIO DOS TRABALHOS DE RESTAURAÇÃO DO INSTITUTO SALESIANO uma revisão do planejamento, da implementação e do programa geral do projeto. Por fim, o terceiro momento abriu a cerimônia de inauguração. O projeto será realizado em duas etapas: a primeira prevê a demolição da antiga estrutura, construída na década de 1920, e a construção das novas estruturas para melhorar o ensino fundamental.

(ANS - Macau) O Instituto Salesiano de Macau, Casa-Mãe da Inspetoria Chinesa, foi confiado aos salesianos em 1906. Na época, a instituição funcionava como escola e orfanato e teve como primeiro Diretor o hoje São Luís Versiglia. Atualmente o local sedia uma escola de ensino fundamental e médio, e está sendo ampliado para poder proporcionar uma educação salesiana cada vez melhor e poder atender a um número maior de jovens de Macau. No dia 24 de maio de 2020, apesar do Covid-19, o decano da instituição, P. Joseph Chow Pak-Fai, conseguiu realizar a cerimônia de abertura das obras de expansão. Olhando para trás com gratidão, o P. Joseph expressou seus mais profundos agra48

decimentos a seu ex-supervisor, P. Pedro Ho Kuong-Ling, que, durante a comemoração do centenário da escola, em 2006, intuiu a necessidade urgente de um desenvolvimento transformador e inovador da educação escolar. «Sem a visão do P. Ho, este projeto talvez não estivesse se dando», afirmou.

O P. Joseph também agradeceu a Maria SS. Auxiliadora por tornar a cerimônia possível, e ao atual supervisor, o P. Francis Hung Chi-Kong, por seu apoio e orações durante o projeto.

A Cerimônia teve três momentos. Inicialmente foi apresentada uma breve história da escola, enriquecida por uma sessão de fotos mostrando as mudanças, no prédio e estruturas da escola. Durante o segundo momento, foi mostrada

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org

Para sediar o ensino secundário, será erguida uma nova estrutura de sete andares, visando proporcionar uma educação mais completa. A segunda fase do projeto envolve a demolição da estrutura antiga do edifício da seção secundária e a construção de uma nova estrutura de quatro andares. A conclusão da obra está prevista para 2024.

Os ex-alunos do Instituto Salesiano estão fortemente envolvidos no atual trabalho educativo e pastoral de sua ‘Alma Mater’ e foram bem representados na cerimônia especial; um dos quatro noviços de 2019-2020 da Inspetoria chinesa estudou no Instituto Salesiano. «Esperamos que a renovação das estruturas físicas também incentive o crescimento da Comunidade Educativo-Pastoral do Instituto Salesiano de Macau» – comentaram os salesianos locais. Fonte: AustraLasia


N OTÍCIA

www.exallievi.org

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

49


E NTREVISTA

Filipinas

ANDRE LAUNIO, JOVEM OBSERVADOR NO CAPÍTULO GERAL 28 (ANS – Manila) Andre Launio é um jovem animador do Movimento Juvenil Salesiano (MJS) das Filipinas Norte (FIN), ex-aluno do Instituto Técnico Salesiano de Mandaluyong. Aos 22 anos foi selecionado para integrar o grupo dos 15 jovens de todo o mundo que participaram como observadores do Capítulo Geral 28 (CG28) da Congregação Salesiana. Aqui, ele relata sua experiência, contribuição e sonhos, relativos à Congregação e à Família Salesiana (FS). O que você gostaria se fizesse para a formação dos salesianos?

«Espero que a formação salesiana dê maior ênfase às preocupações cruciais que afetam diretamente os jovens de hoje.

50

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

Os salesianos deveriam acompanhar os tempos. Espero e rezo para que a formação fortaleça os futuros candidatos a serem firmes nos ensinamentos da Igreja e, ao mesmo tempo, a praticarem a cultura da inclusão na vida comunitária». Quais os seus sonhos para a missão compartilhada entre salesianos, leigos, jovens?

«Os salesianos sabem como ser guias importantes para os jovens, do ponto de vista acadêmico e espiritual. Eles são a personificação concreta do amor de Deus pelos jovens. Contudo, às vezes, não levam em conta o desejo inato dos jovens de estar a serviço de Deus e a capacidade dos jovens de fazer parte de sua missão.

Como disseram os jovens presentes no CG28: "Somos complementares à missão,

www.exallievi.org


E NTREVISTA

"Nós, jovens, somos complementares à missão, não uma parte separada da missão" não uma parte separada da missão". Eu sonho o momento em que os salesianos envolvam os jovens nos processos de tomada de decisões importantes e espero que a cultura do "salesiano de escrivaninha" seja definitivamente eliminada».

Qual foi sua experiência no CG28?

«A experiência que tive com meus companheiros de juventude de diferentes partes do mundo me fez entender o tamanho do impacto do trabalho de Dom Bosco.

No início, houve uma fase de conhecimento, mas logo em seguida nos sentimos realmente irmãos e irmãs, parte da Família de Dom Bosco.

A interação com eles ampliou meus horizontes. Ter conversado com eles me fez ser grato pelas coisas que vivo e das quais me beneficio, e me permitiu não fechar os

www.exallievi.org

olhos para as realidades que muitos irmãos e irmãs enfrentam». O que você espera do processo pós-capitular?

«O Capítulo Geral foi verdadeiramente maravilhoso e promissor. As ideias e intuições de cada Delegado souberam refletir fielmente as situações atuais dos salesianos de hoje.

O Capítulo preparou o caminho para que os salesianos enfrentem os problemas alarmantes que os jovens enfrentam hoje e ajudou os salesianos a serem relevantes no complexo, mas sempre humano, "mundo digital" dos jovens.

Espero e rezo para que todas as intuições possam ser implementadas com sucesso em todas as Inspetorias e em todas as comunidades, pátios, escolas, instituições...».

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

51


F AMÍLIA S ALESIANA

AGRADECIMENTO E NOMEAÇÃO DO P. EUSEBIO MUÑOZ como Procurador da Procuradoria Missionária Salesiana de Madri «Estou convencido de que o P. Joan Lluís nos garantirá a mais alta qualidade, realizando a importante tarefa que o Reitor-Mor lhe confiou. Como costumamos dizer na Espanha: “estamos em boas mãos”». Em mensagem a toda a Família Salesiana, ele também agradeceu a todos aqueles com quem compartilhou os 11 anos de serviço como Diretor da Comunidade "Dom Bosco", da Visitadoria da Universidade Pontifícia Salesiana (UPS) e os últimos seis anos com a Família Salesiana.

(ANS - Roma) No dia 8 de maio, o Reitor-Mor, P. Ángel Fernández Artime, agradeceu publicamente ao P. Eusebio Muñoz pelo serviço prestado nos últimos seis anos como Delegado do Reitor-Mor para a Família Salesiana e anunciou sua nomeação como Diretor e Procurador da ‘Procuradoria Missionária Salesiana de Madri’, Espanha. Em carta enviada aos Salesianos, o P. Juan Carlos Pérez Godoy, Conselheiro para a Região Mediterrânea, escreveu: «Em primeiro lugar, desejo afirmar que o Reitor-Mor nomeou, como Procurador da Procuradoria Salesiana de Madri, o P. Eusebio Muñoz Ruíz, até agora delegado do 52

«Este meu agradecimento não deve ser entendido como um gesto obrigatório e formal. Me fez muito bem participar do generoso trabalho de tantas pessoas e constatar a respoReitor-Mor da Família Salesiana». Este novo cargo como Procurador é, sem dú- sta permanente a Deus de nossos grupos. vida, de grande importância e relevância A gentileza que vocês tiveram para comigo e neste momento histórico. a generosidade com que me acompanharam Como disse um salesiano ao P. Eusebio, este tornaram o meu trabalho mais fácil e agracargo «exigirá muito trabalho do senhor, mas dável. O Senhor, através de vocês, foi geneacredito que poderá realizar o serviço com o roso comigo. Obrigado!», disse o P. Muñoz. afinco que o caracteriza, com a criatividade que esses novos tempos de pós-pandemia Nos últimos anos, o P. Muñoz foi um dos granexigem e com a identidade marcada pela Sa- des animadores da Família Salesiana, viajando por todo o mundo, animando e formando os lesianidade que o reveste». responsáveis da Família Salesiana em cada Em carta à Família Salesiana que o viu servir uma das Inspetorias das sete Regiões salenos últimos anos, o P. Muñoz agradeceu a sianas. todos os grupos, diretores e superiores dos ramos da Família Salesiana, convidando-os a Conclui seu sexênio doando à Congregação acompanhar o trabalho do novo Delegado do Salesiana um livro: "A Família Salesiana de Dom Bosco". Reitor-Mor, P. Joan Lluís Playà.

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

www.exallievi.org


F AMÍLIA S ALESIANA

JOAN LLUÍS PLAYÀ I MORERA novo Delegado Mundial para a Família Salesiana (ANS - Roma) Sexta-feira, 8 de maio, no final da sessão do Conselho Geral, o Reitor-Mor, P. Ángel Fernandez Artime, anunciou, em sua boanoite sobre o trabalho feito nesta última Sessão do Conselho, a nomeação do P. Joan Lluís Playà como novo Delegado Mundial para a Família Salesiana (FS). Nascido em Terrassa, Barcelona (Espanha) em 1947, ex-aluno da Casa Salesiana de Terrassa, entrou em 1966 para os Salesianos. Foi ordenado sacerdote em 1977. Estudou pedagogia, formação de adultos, teologia pastoral e teologia espiritual, laureando-se em Teologia Moral na Faculdade de Teologia de Barcelona. 1969-1972. Foi membro do Conselho das comunidades de Sant Vicenç dels Horts e Girona, formador dos Aspirantes e professor em Girona. 1975-1981. Responsável pelos estudos dos alunos na escola e na pastoral, professor e formador dos aspirantes. Animador de uma comunidade cristã num bairro marginal de Terrassa (Barcelona). 1981-1982. Assistente dos noviços em Terrassa (Barcelona). 1982-1988. Passou a membro do Conselho Inspetorial (Barcelona). 1988-1994. Diretor da Comunidade, professor e responsável pelo trabalho em Andorra.

1994-2000. Diretor da Comunidade, professor e chefe da Obra de Barcelona-Sarriá; e, de 1997 a 2000, Conselheiro Inspetorial (Barcelona). 2000-2006. No Conselho Inspetorial (Barcelona). 2000-2003. Como Vigário inspetorial e Responsável pelas escolas. 2003-2006. Vigário Inspetorial e Delegado para a formação. Já entre 2006 e 2014 esteve em Andorra e Barcelona-Rocafort. Conselheiro inspetorial, Delegado para a Pastoral Juvenil. Além disso, entre 2007-2010, atuou como Diretor da Comunidade, Professor e Responwww.exallievi.org

sável pelo Trabalho e Delegado Inspetorial para a Comunicação. 2011-2015 Assistente Regional das VDB. 2014-2015 Conselho Inspetorial (SMX): Conselheiro e Delegado para a FS. Chamado a Roma, Sede Central, pelo ReitorMor, foi de 2015 a 2020 Assistente Central das VDB e dos CDB, além de Secretário para a Região do Mediterrâneo.

Junto com a sua nova responsabilidade, o P. Playà continuará a ser o Assistente Central das VDB e dos CDB. O Reitor-Mor agradeceu ao P. Eusebio Muñoz, pelo seu serviço de Delegado Mundial da Família Salesiana, prestado na Congregação, desde 2014.

EX ALLIEVI Newsflash - 24 junho 2020

53


EX ALLIEVI Newsflash

Eventos atuais religiosas e periódica social da Confederação Mundial dos Ex-Alunos de Dom Bosco

Direção e Edição EXALLIEVI Newsflash Opera Salesiana Teresa Gerini Via Tiburtina, 994 - 00156 Roma (Italia) tel. (+39) 06.409.003 Internet: www.exallievi.org

Casa Geral Sede de los Salesianos Via Marsala, 42 - 00185 Roma (Itália) tel. (+39) 06.656.121 Quadro de distribuição Fax (+39) 06.656.12.556 Internet: www.sdb.org

Direção e Coordenação editorial Pierluigi Lazzarini newsflash@exallievi.org pierluigi.2208@tiscali.it

NÚMERO DE NOSSA CONTA

Name: Confederação dos Ex-alunos de Dom Bosco Bank: Lombard Bank Malta p.l.c. Address: Balzan, Malta IBAN: MT 08 LBMA 0500 0000 0000 0144 0520 986 SWIFT Code: LBMAMTMT Bank Account Number: 01440520986

Contribuintes para esta edição Don Ángel Fernández Artime SDB, Michal Hort, Piero Buccione, Sandro Buccione, Allen Chan, Fredi Portilla Farfàn, Simona Hrabošová, don Václav Klement SDB, Simonetta Nardi, Michal Nemcek, don Robinson Parappilly SDB, Sandra Pistilli, Gianfrancesco Romano, don Rosario Salerno SDB, Nisaury Ventura Fotos/Imagens e Fontes Archivio Agenzia ANS, AustraLasia,

A revista trimestral (italiano, inglês, espanhol, francês e português) está disponível no site oficial www.exallievi.org nestes prazos: 25 DE DEZEMBRO (Natal Sagrado); PÁSCOA DA RESSURREIÇÃO; 24 DE JUNHO (nascimento de ex-alunos); 5 DE OUTUBRO (Beato Alberto Marvelli)

Aviso de privacidade: processamos seus dados pessoais na extensão do seu nome, sobrenome e endereço de e-mail, com base no Artigo 6, seção 1, f) do GDPR (interesse legítimo em informar os membros da organização sobre eventos, notícias e atualizações relacionadas à nossa organização e a Família Salesiana) ou, conforme o caso, com base em seu consentimento, exclusivamente para o propósito determinado acima, ou seja, informar seus membros sobre eventos, notícias e atualizações sobre a organização e a Família Salesiana através de um boletim informativo. O controlador dos dados pessoais é a associação Confederazione Mondiale Ex Allievi Don Bosco com sede na Via Della Pisana 111, 00163 Roma, Itália [Via Tiburtina, 994 - 00156 Roma (Italia)], Identificação: 97066620580, e-mail office@exallievi.org, telefone No. 421 915 966 549 Os seus dados pessoais não são fornecidos a terceiros, não são transferidos para países terceiros ou organizações internacionais. Seus dados pessoais não fazem parte de uma tomada de decisão ou criação de perfil automatizada. O processamento de seus dados pessoais não é uma exigência legal ou contratual, nem um requisito necessário para celebrar um contrato; você não é obrigado a nos fornecer seus dados pessoais. Nós processaremos seus dados pessoais até que você exerça seu direito de se opor ao processamento / retirar seu consentimento. Caso deseje saber mais sobre o processamento, não hesite em nos contatar. Se você não deseja receber nossos boletins informativos, você tem o direito, a qualquer momento, sem quaisquer condições ou custos, de se opor ao processamento / retirar seu consentimento, enviando um e-mail para office@exallievi.org

Traduções

Ag. ANS - Sandra Pistilli

Ag. ANS - Sandra Pistilli

Ag. ANS - Nisaury Ventura

Ag. ANS - don Rosario Salerno

con Don Bosco

with Don Bosco

con Don Bosco

avec Don Bosco

150 anni

EDIÇÃO ITALIANA

150 years

EDIÇÃO EM INGLÊS

150 años

EDIÇÃO EM ESPANHOL

150 ans

EDIÇÃO FRANCESA

Profile for Past Pupils

NF 24 giugno 2020 POR  

NF 24 giugno 2020 POR  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded