Issuu on Google+

A Voz da Ilha

Jornal da parÓQuia de nossa senhora aparecida - rua 10, 46 - ilha dos araÚJos - gov. valadares/mg - www.paroquiadailha.com.br

Ano XLVI - nº 765 - Governador Valadares - Abril/ 2014- Distribuição gratuita

“Se com Ele morremos com Ele ressuscitamos.” (2Tm 2,8.11)

Entregou-Se ao sacrifício O Cordeiro redentor, E corre sangue divino Das fontes da salvação, Onde se pode lavar Todo o pecado do mundo. Cruz fiel e redentora, Árvore nobre, gloriosa! Nenhuma outra nos deu Tal ramagem, flor e fruto. Doces cravos, doce lenho, Doce fruto sustentais! Árvore santa, gloriosa, Abranda tua dureza, Dobra a força dos teus ramos Na morte do Redentor, Sustenta, compadecida, O Corpo do Homem-Deus. Porto feliz preparaste Para o mundo naufragado E pagaste por inteiro O preço da redenção, Pois o sangue do Cordeiro Resgatou as nossas culpas.

LEIA NESTA EDIÇÃO:

PROGRAMA DA SEMANA SANTA Página 03

Elevemos jubilosos À Santíssima Trindade O louvor que Lhe devemos Pela nossa salvação, Ao eterno Pai, ao Filho E ao Espírito de amor. Amém!


A Voz da Ilha

2

agenda PAROQUIAL

palavradopároco Queridos amigos, leitores e leitoras, patrocinadores, que as bênçãos de Deus e o olhar terno da Mãe Aparecida cheguem a vocês juntamente com o nosso Jornal A Voz da Ilha deste mês de abril. Queremos que ele leve a todos, informações, formação catequética e evangelizadora, como também, os nosso votos de uma Feliz e Santa Páscoa

com Jesus Ressuscitado e as pessoas de boa vontade . Para isto, sirvamo-nos também da reflexão abaixo do Cardeal D. Orani João Tempesta.

Fraternalmente, Pe.

ABRIL/ Maio 2014 Dia 02 - Missa às 19:30h e após a Missa reunião do Conselho de Pastorais – assuntos: Semana Santa e festa de Maio Dia 03 – Às 19:30h Reunião da Equipe de Liturgia (Semana Santa)

Paulo

Creio na Ressurreição A cada ano, celebramos a Páscoa do Senhor cheios de júbilo e esperança! Da Páscoa, o acontecimento central da nossa fé, deriva toda a concepção de nossa existência. Ela nos leva a perguntar que importância damos à ressurreição do Senhor em nosso destino pessoal, em nossa ressurreição no “último dia”. Pois o próprio Jesus, por intermédio de são João, nos diz: “Esta é a vontade daquele que me enviou: que eu não perca nenhum daqueles que ele me deu, mas o ressuscite no último dia” (Jo 6,39). O Senhor venceu a morte por si mesmo, mas a venceu potencialmente também por nós. Essa vitória se refere à totalidade da pessoa humana. A exemplo de Cristo, também nós ressurgiremos. Iniciamos, com a vida nova batismal, a vida de conversão até a contemplação de Deus na visão beatífica e a ressurreição final. Novo destino nos é assegurado! A ressurreição de Cristo será a nossa! São Paulo nos alerta: “Não queremos deixar-vos na ignorância a respeito dos mortos, para não ficardes tristes como os outros que não têm esperança. Com efeito, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, cremos também que Deus, por meio de Jesus, levará com ele os que adormeceram” (1Ts

4,13-14). É verdadeiramente um anúncio extraordinário! A nossa experiência diria: inconcebível e impossível. A nossa fé, por sua vez, assegura-nos: está certíssimo. Mas como a ressurreição de Cristo comporta a nossa? A explicação de são Paulo aponta para a união existente entre a cabeça do corpo místico e seus membros. Segundo ele, quem sustentar que os membros desse corpo não ressurgem deverá fazer o mesmo em relação à cabeça, que é Cristo. Ora, para toda a concepção cristã do plano da salvação, isso é impossível. Tal afirmação do apóstolo não poderia ser mais explícita e categórica (cf. 1Cor 15,12-19). É por isso que nós, discípulos do Senhor ressuscitado, ousamos dizer no final da recitação do Credo: “Creio na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém”! Oremos: “Ó Deus, olhai com bondade o vosso povo e concedei aos que renovastes pelos vossos sacramentos a graça de chegar um dia à glória da ressurreição da carne. Por Cristo, nosso Senhor. Amém” (missa do sábado na oitava da Páscoa). D. Orani João Tempesta, O. Cist. Cardeal Arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro

Diretor responsável: Padre Paulo Roberto Carlos Fernandes Coordenação geral: Maria Lúcia Cotta Soares Diagramação e Impressão: Inforgraf (3275-5444) Jornal da Paróquia Nossa Senhora Aparecida – Ilha - 3275-1720 Av. Paranaíba, n° 256 – Ilha dos Araújos – Site: www.paroquiadailha.com.br E-mail: paroquia@paroquiadailha.com.br

Dr. Geraldo M. Mourão CRF/MG - 4729

Dr. Marcos V. Mourão CRF/MG - 4610

Abril/ 2014

Dr. Thiago M. Miranda CRF/MG - 15083

Artigos Odontológicos

www.dentalibituruna.com.br

F: 3271-7195

Dia 04- Primeira sexta feira do mês – Missa do Coração de Jesus às 6h - Às 19:30h Via Sacra na Rua 12 Dias 05/06/07 – Preparação para a Vida Matrimonial Dia 06 - Na Missa das 19:30h - Rito da entrega da Bíblia aos jovens do Catecumenato Crismal Dia 12 - Reunião dos Coroinhas das 9:30h às 12h (Celebração Penitencial) Dia 13 - Na Missa das 9h Rito da entrega da Cruz às crianças do catecumenato Eucarístico Dia 07 - Às 19:30h - Celebração Penitencial e absolvição individual para os Ministros da Eucaristia CONFISSÕES INDIVIDUAIS: Dia 10 –(Quinta feira) À tarde das 15h às 17h e à noite das 19:30h às 22h Dia 11¬- (sexta feira) De manhã das 10 às 12h das 15h às 17h De 13 a 20 - Semana Santa (ver programação na pág. ?) Dia 30 - Às 19:30h Celebração de Envio dos Coordenadores e pessoas de boa vontade que irão trabalhar nas barraquinhas de Maio MAIO Dia 02 – ÀS 19:30h Missa do Coração de Jesus ( 1ª SEXTA FEIRA) – Início das Barraquinhas

- Horário de Missas: Quartas-feiras, Sábados, Domingos: 19h30/Domingo: 9h com crianças. - Adoração ao Santíssimo todas as Quintas-feiras às 15:30h. - Atendimento Paroquial (Secretaria): de Segunda à sexta-feira, das 8h às 18h. - Atendimento Pastoral: Terça-feira: Visita aos doentes / Quarta e quinta-feira, das 09 às 11h. - Sexta-feira: Confissão individual de 9h às 11h. - Às primeiras Sextas-feiras: Missa às 19:30h


Abril/ 2014

3

PROGRAMA DA SEMANA SANTA DIA 13 - DOMINGO DE RAMOS E DA PAIXÃO DO SENHOR – MISSAS às 9:00 e às 19:30 - (Pedimos a todos que tragam ramos para a bênção) Celebramos este domingo, fazendo memória da entrada de Jesus em Jerusalém e sendo aclamado pelas multidões, que em festa e empunhando ramos nas mãos aclamavam: “Hosana ao Filho de Davi, bendito o que vem em nome do Senhor.” Qual o sentido de nós repetirmos este gesto? - Como cristãos batizados e crismados, temos o direito e o dever de anunciar e testemunhar Jesus Cristo morto e ressuscitado todos os dias de nossas vidas. O ramo em nossa mão é sinal da Vitória de Cristo e também da nossa vitória nele, por ele e com ele, não apenas depois da morte, mas no dia a dia do nosso existir. DIA 14 – SEGUNDA-FEIRA – Manhã de espiritualidade e confissão para os padres. Às 19:30 RETIRO QUARESMAL – ATENDIMENTO DE CONFISSÃO INDIVIDUAL até às 22h ATENÇÃO: Todos os horários para confissão individual são reservados para o Sacramento da Confissão e não para direção espiritual. Uma confissão que foi bem preparada anteriormente ela é objetiva e rápida. Para fazer uma direção espiritual procure em outro horário, fora da Semana Santa. DIA 15 –TERÇA-FEIRA ÀS 19:30 -CELEBRAÇÃO PENITENCIAL COMUNITÁRIA DIA 16 – QUARTA-FEIRA – Às 19:30 CELEBRAÇÃO DAS SETE DORES DE NOSSA SENHORA (dentro da Missa) DIA 17 –QUINTA-FEIRA SANTA – Às 9:00 Missa do Crisma na Catedral. Qual o sentido desta Missa? - É também chamada a missa da unidade, porque o Bispo reúne em torno de si todos os sacerdotes e nesta ocasião eles fazem a renovação das promessas sacerdotais. Nesta missa o bispo abençoa os Santos Óleos que serão usados nos Sacramentos do batismo, Crisma, Ordem e Unção dos Enfermos. INÍCIO DO TRÍDUO PASCAL (O Tríduo Pascal é uma grande celebração única, que começa hoje e só termina com a Vigília do sábado. Ele é a

festa mais importante da Igreja.) Às 19:30 MISSA VESPERTINA DA CEIA DO SENHOR - Com a cerimônia do lava pés - Transladação do Santíssimo Sacramento – Vigília Qual o sentido desta celebração? – Aqui começa a celebração da Páscoa, pois sabendo que iria morrer, Jesus celebrou a última ceia com os seus apóstolos e nela ele institui os Sacramentos do Sacerdócio cristão e da Eucaristia. (simbolizados, um na bênção e partilha do pão e do vinho e o outro no lava-pés como serviço). Um não existe sem o outro e os dois juntos se tornam a vivência do mandamento novo que o Mestre deixou. -Terminada a Missa, o Santíssimo será levado para uma capela especial e os fiéis são convidados a entrar em Vigília de Adoração. HORÁRIO PARA A VIGÍLIA DE ADORAÇÃO De 21 às 22 – Apostolado da Oração e Pastoral do Dízimo De 22 às 23 – Vicentinos - Ministros da Eucaristia De 23 às 0:00 – Grupo Arrarai e Jovens em geral DIA 18 – SEXTA FEIRA SANTA (Dia de jejum e abstinência de carne e de vícios -Lembre-se do que diz o salmista no salmo 50: “Meu sacrifício é minha alma penitente, um coração arrependido, ó meu Deus não desprezais.” De 07 às 08 _ Clube de Mães e Grupos de reflexão De 08 às 09 _ Pastoral Familiar e Pastoral do Batismo De 09 às 10 _ Catequistas e Catequizandos do Pré Catecumento e Catecumento Eucarístico - Movimento Fé e Luz De 10 às 11 _ Catequistas e catequizandos da perseverança e Pré Crisma De 11 às 12 _ E.A.C e jovens do Catecumenato Crismal (Todas as pessoas da comunidade que não participam de nenhum destes grupos podem participar da adoração a qualquer hora.) (Atendimento de confissão individual das 8 às 12) Às 15 Horas – SOLENE AÇÃO LITÚRGICA DA MORTE DO SENHOR – Realizada em 4 momentos: 1- Liturgia da Palavra 2- Oração Universal 3Adoração e beijo da Cruz 4- Distribuição da Comunhão Eucarística

(este é o momento mais importante do dia, esta celebração substitui a Missa, pois este é o único dia do ano em que não se celebra missa em lugar nenhum do mundo) OFERTA PARA A TERRA SANTA Traga a sua oferta para ajudar no cuidado dos lugares Sagrados na terra Santa – penso que você gostaria que o lugar onde Jesus nasceu, realizou milagres, celebrou a última Ceia, foi crucificado, sepultado, ressuscitou e subiu ao céu etc. estejam sempre bem cuidados e tratados com a dignidade e o respeito que merecem. Esta sua oferta se destina a este cuidado. DIA 19 -SÁBADO SANTO (Dia de silêncio e oração. A capela do Santíssimo estará aberta a partir das 6:00 para visita, oração pessoal e silenciosa até às 18:00 – Ainda não é Sábado de Aleluia e de festa. É sábado da expectativa, do silêncio da Igreja que aguarda pela Ressurreição do Senhor. O ALELUIA PASCAL será proclamado somente à noite, na celebração da Vigília Pascal. Ás 19:30 – SOLENE VIGÍLIA PASCAL – É a celebração mais especial da Igreja, onde cantamos: Entenda que esta celebração é muito mais do que uma missa; é a noite da nossa Páscoa Cristã. – Se quiser, venha de roupa branca ou clara festiva, recordando a nossa veste batismal). Após a Vigília, Confraternização de Páscoa, no pátio interno, para os que participaram da celebração. A celebração da vigília Pascal acontece em quatro momentos solenes, a saber: I MOMENTO: CELEBRAÇÃO DA LUZ OBS: TRAZER VELA COM PROTEÇÃO (poderão ser adquiridas no local da celebração) A comunidade vai se reunir na área atrás da igreja, onde vamos iniciar a liturgia com a acolhida, preparação do círio pascal e a bênção do fogo. - Em seguida, faremos a caminhada da luz com Círio Pascal para a igreja (símbolo do Cristo luz do mundo) aclamando: Eis a luz de Cristo: Demos graças a Deus! - Chegando à igreja entoaremos solenemente a proclamação da Páscoa.

pecial, começa-se com a proclamação da Palavra de Deus, desde a criação, passando pelos momentos mais importantes da história da salvação. São ao todo sete leituras do Primeiro Testamento, uma Epístola (carta) do Segundo Testamento, acompanhadas de um salmo responsorial e proclamação de um trecho do Evangelho. Para a nossa espiritualidade, vale a pena tomar a bíblia e já lê-los antecipadamente em casa, para ouvi-los com o coração bem aberto e feliz : (Seguem as citações) I LEITURA - (Gênesis, 1,1. 26-31) (Forma breve) - Acompanha-se o Salmo 104/103 II LEITURA - (Gênesis, 22,1-2.9-13.1518) (Forma breve) - Acompanha-se o Salmo 16/15 III LEITUA - (Êxodo 14,15-15,1) Acompanha-se o cântico do Ex 15. IV LEITURA– (Isaías 54,5-14) Acompanha-se o Salmo 30/29 V LEITURA – (Isaías 55,1-11) Acompanha-se o cântico de Is 12 VI LEITURA– (Baruc 3,9-15.32-44) Acompanha-se o Salmo 19/18B VII LEITURA (Ezequiel 36,16-28) Acompanha-se o Salmo 42/41 VIII LEITURAS – (Carta de Paulo aos Romanos 6,3-11) - Acompanha-se o Salmo 118/117 EVANGELHO -(Mc 16,1-7) III MOMENTO LITURGIA BATISMAL (Quando há batismo realiza-os neste momento, quando não há, faz-se a BÊNÇÃO DA ÁGUA E A RENOVAÇÃO DAS PROMESSAS BATISMAIS da comunidade presente e a aspersão com a água) IV MOMENTO LITURGIA EUCARÍSTICA Que segue normalmente como na missa com a apresentação das oferendas Dia 20 -DOMINGO DE PÁSCOA: Missa da catequese às 9:00 Batizados de crianças às 10:30 Missa da juventude e de toda a comunidade às 19:30

II MOMENTO: LITURGIA DA PALAVRA A liturgia da palavra nesta noite é es-

A TODOS DESEJAMOS UMA FELIZ E SANTA PÁSCOA!


4

cedescedes

A Voz da Ilha

Abril/ 2014

CENTRO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO SOCIAL DA ILHA - CRECHE DA ILHA

Conhecendo o Cedes... Conhecidos os fundamentos legais que regem as instituições sociais, entre elas o CEDES, hoje apresentamos a “Creche da Ilha” inserida nesse contexto. Funciona por meio de convênio com a Secretaria Municipal de Educação, em regime de gestão compartilhada, garantindo a continuidade do atendimento à educação infantil, exercida, com muito êxito, pela entidade, desde a sua fundação, e por muitos anos, até 2008, quando o município, após estudos e discussões, deu cumprimento à legislação de Ensino - Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional- nº 9.394/96 e outros documentos específicos, por meio de Convênio, criou condições para assumir esse nível de ensino ( creche e pré-escolar) cuja responsabilidade lhe é atribuída.

O convênio é um instrumento jurídico que possibilita a união de forças para execução de certos empreendimentos, onde as partes suprem suas carências, se complementam, para o alcance de objetivos comuns, dentro dos princípios de boa convivência, compromisso e respeito mútuo. Os convenentes tem estabelecidas sua competências ou obrigações, entre elas: à instituição compete ceder o prédio, espaços físicos, equipamentos e mobiliário , outros; zelar pelo bom funcionamento da entidade, gerenciando os diversos setores ou serviços; o convênio determina a contra partida do município: recursos financeiros pré-estabelecidos; recursos humanos (técnicos e especialistas de educação) e gerência pedagógica. No CEDES, as atividades de desenvolvimento social devem prepon-

derar sobre as demais, ampliando e diversificando, para alcançar as crianças, jovens, adultos e idosos, contribuindo para a melhoria das condições sociais das famílias. Para isso, precisa do apoio e colaboração da comunidade, através de promoções, doações diversas, parcerias e convênios com empresas e poder público, visando a captação de recursos financeiros. O estatuto da entidade determina seus objetivos e finalidades, bem como as atribuições da diretoria, conselheiros e assembléia geral, que precisam ser conhecidos para exercê-los em sua plenitude. Como prometido, em edição anterior deste jornal, apresentamos os membros conselheiros, integrantes da atual direção do CEDES, como a seguir:

Conselho Consultivo Titulares: Alda Assis Sá Aloysio Pimenta Ribeiro José Mauro da Silva Ivanilde Medeiros Grobério Suplentes: Selma Pires Maria Emília Coelho Elgita Coelho Lírio Maria da Glória Lopes

Conselho Fiscal Titulares: Eloysa Helena Costa Rosemary Nunes Leite Célia Barbosa Reis Maria Auxiliadora Braga Moreira Suplentes:Geraldo Guedes Metzker Márcia Brant Metzker Jairo Pereira Resende Vera Lúcia Cotta Cunha

Música e descontração no 1º Chá “ Um Dedo De Prosa “ De 2014. Quinta-feira, 28 de março, p.passado, foi realizado mais uma edição do chá “Um Dedo de Prosa”. Dessa vez, o evento foi embalado pela voz da cantora Bellu Senna que brindou a todos com as mais belas canções da MPB, ( música popular brasileira). Enquanto dedilhava o seu vilão mágico, espalhava alegria e doces recordações entre os participantes. Ao início dos trabalhos, o Diretor/Presidente, Eduardo Antônio de Paiva, saudou e agradeceu a presença de todos. A seguir, fez um breve histórico do “Dia Internacional da Mulher”, numa homenagem especial às mulheres da comunidade local. Recordou a iniciativa do grupo “ELAS” responsáveis pela fundação e construção da Creche da Ilha. Prestou uma merecida homenagem à senhora Eny Gomes de Carvalho, à época, pertencente ao grupo “ELAS” e uma das incansáveis batalhadoras no vitorioso movimento pró construção da sede própria da creche. Foi sua 2ª Presidente. Eny relatou fatos e dificuldades enfrentados nos anos iniciais de funcionamento da creche e durante a sua gestão.

Fez referência à determinação e coragem de sua antecessora, Srª Maria Disney Silveira Neves, 1ª Presidente da entidade e coordenadora do projeto de construção da sua sede própria. Lembrou a competente atuação do jovem engenheiro, Jairo Peixoto, responsável pela elaboração e construção do lindo prédio, patrimônio da comunidade, destaque na rua 14, Ilha dos Araújos. Importante ressaltar a sua disponibidade, comprometimento e prazer em servir. Finalmente, nas palavras do Presidente e da Sª. Eny Gomes um reconhecimento, justo e sincero, aos feitos do grupo “ELAS” que, por meio de ações solidárias, legitimou o sonho de servir ao bem comum. E o Chá seguiu animado, com bate-papos, roda de amigos, comes e bebes e o esperado bingo. Durante o evento, no vai e vem das pessoas, um destaque para os colaboradores(as) e as conselheiras Célia Reis e Ma. Auxiliadora Braga (Dora), pela simpática acolhida aos convidados e êxito da promoção. Oportunamente, divulgaremos a data do próximo Chá. Participem!


Abril/ 2014

5

apostoladodaoração

O Papa Francisco dá novo “alento” ao Apostolado da Oração Talvez nem todos os nossos assinantes e leitores tenham se dado conta de que – depois de Deus – o Apostolado da Oração (AO) deve sua origem à Companhia de Jesus. Vocês têm um bom resumo da história em nosso Manual (p.9). O que nos interessa agora é perceber o que está por trás: um presente de Deus para o AO. Já é mais do que centenário o apoio espiritual dos jesuítas, os filhos de Santo Inácio de Loyola, ao AO. Lembremos como foi um deles, o Pe. Bartolomeu Taddei, a forte personalidade nos começos do culto ao Coração de Jesus em nossa pátria. Concretamente, ele foi inspirador e fundador incansável de centenas de grupos por este Brasil afora e o criador do nosso Mensageiro do Coração de Jesus. Vamos dar atenção ao presente que mencionei. No título deste artigo eu o indico como alento. Se recorrermos ao dicionário, encontraremos dois sinônimos de “alento”: “ânimo” e “coragem”. Qualquer um deles, utilizado no nível da fé, lembra a ação gratuita do Espírito Santo, que move a igreja e a encaminha para o Reino definitivo. Este presente foi dado recentemente, em primeiro lugar, para todo o povo de Deus. A eleição do Papa Francisco, no entanto, alegrou até os afastados e os distantes, todos indiscriminadamente, por surgir como sinal de novo enviado de Deus, para a humanidade. O AO, entretanto, tem um motivo particular para fazer dessa alegria geral, que poderia ser apenas passageira, um momento forte de acolhida de uma graça duradoura. Isso, na certa, trará novo alento, novo ânimo entre nós, em benefício da continuidade de toda a Associação no mundo inteiro. Por que lhes digo estas coi-

sas, há menos de um ano da Ascenção do Cardeal Jorge Mário à cadeira do apóstolo Pedro? Simplesmente porque ele, sendo jesuíta, escolheu o “pobrezinho” de Assis, São Francisco, para focalizar o autêntico e permanente valor do Evangelho de Jesus Cristo. Sou um jesuíta. Em nossa história familiar, nós, jesuítas, temos a grata recordação de que nosso fundador, Santo Inácio, no início de sua conversão a Jesus Cristo, teve em Francisco de Assis um modelo. Da imitação até exagerada de sua pobreza e despojamento, Inácio encontraria, pouco a pouco, as indicações evangélicas mais equilibradas para uma vida pessoal bem mais simples e doada à igreja. Foi também na mística de Francisco, todo entregue à contemplação, que Inácio aprendeu, praticou e nos ensinou a viver encontrando Deus, cada dia, em todas as coisas. E essa procura e descoberta são vividas pelo AO na experiência fiel do Oferecimento diário. Há dois traços importantes que “desenham” a escolha de vida mais evangélica do atual Papa, significada na decisão de ser chamado “Francisco”. Todos os seus gestos e as suas palavras já estão sinalizando para o que poderá ser a primeira “linha” de seu serviço de sucessor de São Pedro (“ministério petrino”): o pastoreio de uma Igreja mais pobre e para os pobres, sustentado

por muita oração. Será por isso que o Santo Padre Francisco se referiu, algum tempo atrás, a “classe média da santidade, da qual todos nós podemos fazer parte”? esta é uma das crenças maiores dos membros do AO: todos somos chamados à santidade, a todos o Coração de Jesus quer fazer santos. Assim rezamos: “Jesus, manso e humilde de coração, fazei nosso coração semelhante ao vosso!”. Nosso Papa ainda tem insistido em outro traço muito próprio dos membros do AO, compartilhado com todos os cristãos de verdade: “Viver uma relação intensa com Jesus, numa intimidade de diálogo e vida” (Homilia, na sua primeira visita, como Papa, à Basílica de São Paulo “fora dos muros”, em 14 de abril de 2013). Não será justamente esse modo de pensar e de agir do Papa Francisco que está alimentando a esperança de mudança de rumos para nossa igreja? É para você do AO, certamente tão necessitado de uma oração mais intima e ao mesmo tempo missionária, para além das “fronteiras” da igreja, não será esse o novo alento, o novo ânimo? Portanto, agradeçamos, desde já, esse presente que nos foi concedido. Pe. Paulo Lisboa, SJ Fonte: Manual do Coração de Jesus. 87ª ed., São Paulo: Loyola, 2012.

Aniversariantes do mês Abril 04 – Eny Carvalho Gomes 05 – Maria Aurora Almeida

09 – Deniara F. Santos 24 – Lígia S. Ferreira

Parabéns! Felicidades!

Que as bênçãos e graças do S.C. de Jesus desçam sobre vocês hoje e sempre.

Zeladora – Maria da Glória de Assis

Pensamentos do Papa Francisco Selecionados por Dom Orlando Brandes 1. Eu sou o pecador. Fui escolhido por misericórdia. Deus olhou para mim com amor. Sou alguém olhado pelo Senhor. Deus tem paciência comigo. 2. Desejo uma igreja pobre, com os pobres, nas periferias. A igreja precisa curar as feridas, aquecer o coração dos fieis, estar próxima do povo e com os pobres e ser como o bom samaritano. 3. Deus nos ama por primeiro, com antecipação, ele chega antes, vem primeiro, está sempre antes, tem a iniciativa de vir à nossa procura. Deus nos procura antes que nós o procuremos. Deus antecede, precede, vem primeiro. Deixemonos amar, acreditemos no amor de Deus. 4. Entremos pela porta da fé. Abri as portas do coração a Jesus Cristo. Há portas fechadas para Deus e abertas para o shopping, o estádio de futebol, os motéis. Nossas casas não podem ter portas fechadas aos pobres. Jesus bater à nossa porta. As portas do inferno não vencerão. Jesus nos abriu as portas do Paraíso. 5. Os mandamentos de Deus são para o bem comum, para a paz social, para segurar a liberdade e os direitos, para livrar-nos do mal. São ideias nobres e elevados, são um hino ao amor. 6. Livremo-nos do veneno do vazio interior e da ilusão do consumismo. 7. A opção por Jesus Cristo requer desapego dos bens, fé na providencia do Pai, vigilância interior e esperança da salvação. 8. A alegria não vem das sensações, nem da moda, nem do divertimento, nem do sucesso. A alegria nasce do encontro com Deus e da amizade com os outros. 9. A misericórdia é o DNA de Deus. É o remédio para nossas feridas, é a resposta de Deus ao nosso pecado. Deus lava e apaga nossa culpa, nas recria. 10. Quem toca no pobre, no doente, no aflito, toca a carne do Cristo. Jesus se fez carne no pobre. 11. Salvemo-nos da curiosidade

doentia e da deusa lamentação. Sejamos profetas da alegria e da coragem, para superar a amargura, a lamúria e o desanimo. Coração ao alto, coragem, não tenhais medo! 12. A igreja deve despojar-se de vestes e revestir-se de Cristo Jesus, e estar a serviço do reino. Despojar-se da vaidade, do carreirismo, da mesmice e da mundanização. Prepotência, orgulho, mundanidade são ídolos, e especialmente o dinheiro, a aparência e a vaidade. 13. A falta de trabalho é pecado contra o reino. O desemprego faz a pessoa sentir-se sem dignidade. Onde não há trabalho, falta dignidade. O centro do mundo é o dinheiro, que é um ídolo e sacrifica vidas, gera o desemprego e a tragédia da crise econômica. É o dinheiro a raiz da exclusão dos anciãos e dos jovens. Somos vítimas da cultura do descarte. No centro da economia deve estar a pessoa, não o lucro. As bem-aventuranças são a nova sociedade. 14. Não deixeis que vos roubem a esperança. Vamos remar contra a corrente, ir adiante, procurar juntos as soluções, crer no diálogo, fazer-se próximo uns dos outros. Ter esperança é ser criativo, corajoso, audaz e esperto. 15. Jesus é nosso intercessor no céu, é nosso advogado e defensor. Ele nos atende, defende, guia, orienta, sustenta. O mal não vencerá. Deus é maior e mais forte. Seu reino não terá fim.

Notícia: Durante a reunião do Apos-

tolado da Oração, realizada no 1º domingo do mês de março, dia 02, foi eleita a nova Vice Presidente do AO: Maria de Lourdes Aranda. Nossos parabéns! Conte com nossas orações. Que o S.C. de Jesus derrame sobre Lourdes, todo o “alento” necessário para esta nova missão. Zeladora: Maria da Glória de Assis


A Voz da Ilha

6

Abril/ 2014

Juventude e Fé

JUVENTUDES DA ILHA Realizou-se nos dias 29 e 30 de março o 1º Encontro da turma do Catecumenato Crismal. A alegria tomou conta do nosso coração. Começamos no início da noite de sábado e terminamos no domingo antes do almoço. A juventude da Crisma pode experimentar nesse final de semana como é bacana “Viver com Cristo”. O texto iluminador foi a parábola do “Filho pródigo” (Lc 15,11-32). Nessa parábola, contada por Jesus, a largueza do coração do pai, chama atenção: “Quando ainda estava longe, o pai o avistou, e teve compaixão. Saiu correndo, o abraçou e o cobriu de beijos” (Lc 15-20). É assim, que Deus quer fazer com todos nós, acolher e curar as feridas. Iniciamos a noite com uma dinâmica, onde o destaque foi o chamado de Deus. Para que Deus chama? Ele chama cada um de nós para a vida e a felicidade. Num clima de descontração foi feito o bate papo sobre o Chamado de Deus. O Grupo Arrarai, contagiou a todos com a sua alegria. Em seguida a turma viu o filme “Amor incondicional”. O filme fez refletir sobre o incrível amor de Deus pelo ser humano. Na Igreja, os jovens fizeram uma adoração ao Santíssimo ao som da música “Só por ti Jesus, quero me consumir... me consumir de amor”. Muito lindo! Finalizando o sábado, aconteceu o Luau, animado pela banda do Grupo Arrarai. Em meio a almofadas, tapetes, lanches e guloseimas, a turma cantou, riu e se emocionou. Bem mais tarde, veio o descanso, ficando uma alegria no coração. O domingo iniciou com uma oração, refletindo sobre o Princípio e o fundamento da nossa fé, o

” o t s i r C m o c r e v “Vi

AMOR DE DEUS. A criação com suas cores, harmonia, beleza e sabedoria manifesta o amor de Deus. Rezamos o “Salmo 102”, e cada um foi convidado a Bendizer a Deus... Momento finalizando com um gesto Celebrativo: a corrente da amizade, de braços dados foi feita a oração que Cristo nos ensinou, o Pai-Nosso. O domingo seguiu animando e de muita reflexão. Como o ser humano corresponde ao amor de

Aviário da Ilha mercearia e sacolÃo Rua 12, 26 - 3275-1191

Deus? Nesse instante, foi visto as infidelidades, o pecado, que só quer nos afastar de Deus. No entanto, Deus vem em nosso auxílio e nos dá um bem maior na vida, Jesus Cristo, que vem nos ensinar e instituir a viver no amor de Deus. A manhã de domingo encerrou com o Pe. Paulo. A todos que participaram e trabalharam nesse encontro ficou a certeza de como é bom “Viver com Cristo”. Logo à noite todos se encontra-

TELE-JÓIAS - CONSERTOS Jairinho

3271-4044 / 9102-9374 E também Natura Pronta entrega Praça Itatiaia, 344 Apto. 201 - Ilha dos Araújos

ram na Santa Missa para o Rito de Entrada no Catecumenato Crismal. Diante da assembleia os jovens se comprometeram a fazer esse “Caminho com Jesus”, contando com o apoio e a oração dos pais e da comunidade. Ressoando em nossos ouvidos a canção “tudo é do Pai”, voltamos para casa, na alegria e na esperança de que Deus caminha com a gente. (Equipe do Catecumenato Crismal – 2014)


Abril/ 2014

7

Juventude e Fé Juventude e Fé Juventude e Fé e Fé Juventude e Fé Juventude e Fé Juventude e Fé Juventude e Fé Juventude e Fé Juventude e Fé ntude e Fé Juventude e Fé Juventude e Fé

Completado 1 ano de seu papado, nosso amado Papa Francisco já demonstrou em grandiosidade seu amor pelos jovens. De diversos conselhos que ele tem nos deixado, escolho seis para que nossa juventude possa enxergar de outra forma como devemos fazer para seguir fielmente a Cristo. 1) Ir contra a corrente: “Sim, jovens, ouvistes bem: ir contra a corrente. Isso fortalece o coração, já que “ir contra a corrente” requer coragem, e o Senhor nos dá essa coragem. Não há dificuldades, tribulações, incompreensões que possam nos meter medo se permanecermos unidos a Deus como os ramos estão unidos à videira, se não perdermos a amizade d’Ele, se lhe dermos cada vez mais espaço na nossa vida”. (Santa Missa dos crismandos em Roma – 28 de abril de 2013) 2) Apostar em grandes ideais: “Não enterrem os talentos! Apostem em grandes ideais, aqueles que alargam o coração, aqueles ideais de serviço que tornam fecun-

dos os seus talentos. A vida não é dada para que a conservemos para nós mesmos, mas para que a doemos. Queridos jovens, tenham uma grande alma! Não tenham medo de sonhar com coisas grandes!” (Catequese do dia 24/04/2013) 3) Estar com Deus em silêncio: “Aprendam a permanecer em silêncio diante d’Ele, a ler e meditar a Bíblia, especialmente os Evangelhos, a dialogar com Ele, todos os dias, para sentir a Sua presença de amizade e de amor”. (Mensagem aos jovens reunidos para a “Sexta Jornada dos Jovens” da Lituânia 28-30 de junho) 4) Fazer barulho: ... eu quero que se façam ouvir também, nas dioceses,

quero que saiam, quero que a Igreja saia pelas estradas, quero que nos defendamos de tudo o que é mundanismo, imobilismo, nos defendamos do que é comodidade, do que é clericalismo, de tudo aquilo que é viver fechados em nós mesmos”. (Discurso aos Jovens Argentinos durante a JMJ Rio 2013) 5) Aproximar-se da cruz de Cristo: “Queridos amigos, a Cruz de Cristo nos ensina a sermos como o Cireneu, aquele que ajuda Jesus a levar o madeiro pesado, como Maria e as outras mulheres, que não tiveram medo de acompanhar Jesus até o fim, com amor, com ternura. E você, como é? Como Pilatos, como o Cireneu, como Maria?” (Discurso aos Jovens durante a Viasacra, em Copacabana, durante a JMJ Rio 2013) 6) “Não tenham medo de ir e levar Cristo para todos os ambientes, até as periferias existenciais, incluindo quem parece mais distante, mais indiferente. O Senhor procura a todos, quer que todos sintam o calor da Sua misericórdia e do Seu amor”.

Pastoral Familiar

Família A todo momento novas questões são discutidas sobre FAMÍLIA, seja por políticos ou entidades sociais, problemas e posicionamentos, tem levado estas discussões muito além do que imaginávamos. Temos que ter um olhar mais amoroso e acolhedor frente a tantas intempéries. Uma particular atenção a Igreja tem dispensado sobre nossas famílias. Inúmeros trabalhos são realizados no objetivo de evangelizar, apoiar e acompanhar. A Pastoral Familiar, criada à

partir do Concílio Vaticano II, vem portanto confirmar uma abertura de suas portas às famílias. Tendo como objetivo abranger a todos desde o nascimento até o fim da vida a Pastoral Familiar faz um trabalho de relacionamento (articulação) entre as pastorais afim de ser uma PASTORAL ORGÂNICA. Em 2002 o Papa João Paulo II proclamou que “além da misericórdia de Deus não há nenhuma outra fonte de esperança para os seres humanos senão a FAMÍLIA.

(Homilia da Missa de encerramento da JMJ Rio 2013)

Avenida Brasil em frente à Rodoviária - Fone: 3275-5000 Rua Sete de Setembro, 3223 - Em frente ao Shopping - Fone: 3279-9000

www.evolucaoveiculos.com


A Voz da Ilha

8

dízimodízimodízimo

Abril/ 2014

PASTORAL DO DÍZIMO - INFORMA

Aniversariantes da Pastoral: • 04/05 – Marilene Pereira da Cunha • 05/04 – Alecsandra Maria Couto Campos

Atenção:

Reunião da pastoral do dízimo toda 2ª terça-feira do mês.

Dízimo é confiança em Deus

(Sl 23)

Javé é o meu pastor. Nada me falta. Em verdes pastagens me faz repousar; para fontes tranquilas me conduz, e restaura minhas forças. Ele me guia por bons caminhos, por causa do seu nome. Embora eu caminhe por vale tenebroso, nenhum mal temerei, pois junto de mim está; seu bastão e seu cajado me deixam tranquilo. Diante de mim prepara a mesa, à frente dos meus opressores; unge minha cabeça com óleo, e minha taça transborda. Sim, felicidade e amor me acompanham todos os dias da minha vida. Minha morada é a casa de Javé, por dias sem fim.

As missas de responsabilidade da pastoral do dízimo acontecem todo 3° sábado e domingo do mês. Agende para não esquecer.

Se você deseja conhecer a pastoral venha participar conosco.

Dízimo, expressão de nosso amor ao nosso Deus, a nossa Igreja, a nossos irmãos na comunidade.

Faça esta experiência sendo Dizimista em sua comunidade! ANIVERSARIANTES COROINHAS Parabéns aos ANIVERSARIANTES COROINHAS, que Deus derrame sobre vocês muitas bênçãos pela intercessão de São Tarcísio e de São Domingos Sávio aumentando-lhes a piedade e o desejo sincero de Servi-lo sempre com alegria. D 10/04 – Maria Alice Lucca Viggiano D 12/04 – Anna Luiza Oliveira Barros

Fone: (33) 3271-1755 Av. Minas Gerais, 372 - Centro CEP:35010-150 - Gov. Valadares/MG


Abril/ 2014

9

ANIVERSARIANTES DIZIMISTAS - Abril 2014 A vocês, queridos e queridas dizimistas, parabéns e que as bênçãos Deus sejam abundantes em suas vidas! (Equipe da pastoral do dízimo)

01/04 - Selma Batista Pires

13/04 - José Teixeira Martins

02/04 - Ledia Maria Castro De Oliveira

14/04 - Leonardo Henrique C. Macedo

03/04 - Marilene Pereira Da Cunha

14/04 - Lea Lucia Maria Coelho Costa

03/04 - Juliana Oss Dos Santos

15/04 - Dayse Maria Gomes Ferraz

03/04 - Angelina Soares Da Silva

15/04 - Heliana Falci Mota

04/04 - Regina Cele Silva Xavier

17/04 - Tatiane Araújo

04/04 - Pedro Macedo

18/04 - Eunice Almeida Moreno

05/04 - Alecsandra Maria Couto Campos

19/04 - Arminda Santos Do Nascimento

05/04 - Maria Aurora De Almeida

20/04 - Geraldo Alberto Garajau 20/04 - Terezinha Dias Rezende 21/04 - Maria Da Glória C. De Magalhães 22/04 - Marilene Ribas De Aquino 22/04 - Maria Aparecida P. de C. Andrade 23/04 - Pe. Paulo R. C. Fernandes 23/04 - Rúbia Giorgiana P. de Freitas 23/04 - Ana Langier De Souza 23/04 - Maria Lucia Cotta Soares

05/04 - Sebastiana Rebelo De Aguiar 05/04 - Marília Valesca Damasio Agostini 06/04 - Fernando Silva Braga 09/04 - Ana Maria S. Negri 09/04 - Solange De Kássia Maia Machado 10/04 - Marco Polo Ferrari 11/04 - Vanilton Sena De Souza 11/04 - Izabela Da Silva Lobo 11/04 - Nilde Antunes Almeida 11/04 - Rosangela Maria Onério 12/04 - Anna Luiza Oliveira Barros 12/04 - Idercy Do Carmo M. Vilela 12/04 - Magno Maurício De Moraes 12/04 - Ana Paula Laender L. Rocha 13/04 - Maria Helena De Souza 13/04 - Maria De Lourdes Souza 13/04 - Juliana Fernandes Teixeira 13/04 - Meire Eloise Braga Fava

Veja no demonstrativo financeiro onde o seu dízimo está sendo aplicado e alegre-se por ajudar a realizar estes trabalhos a serviço da Igreja, da Comunidade e dos Irmãos menos favorecidos Muito bem servo bom e fiel, como foste fiel no pouco eu lhe confiarei mais (MT 25, 23)

23/04 - Antoniézio Alves De Souza 23/04 - Mauricio Ramos Freire 24/04 - Céa Godinho De Oliveira 24/04 - Ligia Soalheiro Ferreira 25/04 - Elisa Pereira De Souza 25/04 - José Luciano R. Lopes 25/04 - Heliomar Falci Mota Amaral 26/04 - Sergio Rodrigues Machado 26/04 - João Carlos Curtinhas 28/04 - Leonardo Magalhães Souza 30/04 - Sandra Pitanga

DENGUE SE VOCÊ AGIR, PODEMOS EVITAR.


A Voz da Ilha

10

Vicentinos em ação

Trabalho voluntário e amor ao próximo Os trabalhos voluntários ajudam as pessoas a viverem mais, afastam as doenças e produzem inúmeros benefícios, as pessoas, de acordo com estudos feitos na clínica Maye (EUA). Exercícios físicos, esportes, qualquer atividade para ocupar a mente, assim como por exemplo: leitura, música, dança, etc., são imprescindíveis para a saúde e bem estar. O corpo humano não foi feito para ficar parado. Precisa de energia, ou então ficará doente. Paralelamente ao desenvolvimento corporal, temos o espiritual, para nosso conforto e segurança.

A nossa relação com a Igreja é fundamental em nossas vidas. Por exemplo: é preciso evangelizar, assim estaremos trabalhando para uma sociedade mais fraterna, enquanto edificamos. Exercitar a caridade, acolher, dar esmola, são coisas que agradam a Deus, que nos recompensa ainda nesta vida e na outra. As pastorais da Igreja são oportunidades que temos para exercitarmos nossa fé. Aproveite a quaresma para reconstruir novas relações com a igreja, onde o melhor exercício é o amor ao próximo. Até a próxima... abraços fraternos... Confrade Élcio

Obrigado Eleonora e até breve A esta hora, você e sua família já estarão residindo em São Paulo, junto aos seus entes queridos. Já estamos com saudades das reuniões, visitas aos assistidos, eventos, bate-papos, enfim, de sua presença amorosa e amiga. A você, nossa prece de gratidão pelos serviços prestados aos assisti-

dos, à comunidade, com seu jeito peculiar de ser, simples e amoroso, sempre pronta a ajudar e acolher quem precisasse. Que Deus acompanhe e abençoe por intercessão de N. Senhora Aparecida. Breve regresso... abraços dos Vicentinos e da comunidade da Ilha. Com carinho... Confrade Élcio...

Abril/ 2014

amaiamai Informativo Amai Associação dos moradores e amigos da Ilha

GESTÃO EU AMO A ILHA Reuniâo da AMAI No ultimo dia 20, no Salão Paroquial da Igreja Nossa Senhora Aparecida aconteceu uma reunião da Amai, policia militar e a comunidade. A convocação foi através de uma faixa na entrada do bairro, anunciado neste jornal e também carro de som nas ruas do bairro. Estiveram representando a policia militar o capitão Souza Lima, Tenente Felipe e o Sargento Wlair que repassaram os dados da criminalidade do bairro e o que precisamos fazer juntos. Contamos com uma grande participação da comunidade. A reunião foi aberta pelo representante da AMAI Clero Junior que destacou ações da AMAI em favor da comunidade: 1. Calçadão O calçadão este excelente circuito de caminhada para a cidade e espaço de recepção dos visitantes de nossa cidade está com diversos buracos. Clero Júnior destacou que a AMAI já fez reinvindicações pessoais e por ofício de Requerimento junto a Secretaria Municipal de Obras com o objetivo de recuperação do calçadão e que a Secretaria não tem dado a devida resposta avalia que a um descaso com os pedidos.

2. Limpeza da Ilha Afirmou que tem tido uma excelente parceria com o Departamento de Limpeza que está mantendo a ilha e sua orla como há muitos anos não se via. Agradecemos a Secretaria em atender as nossas solicitações, mantendo nosso bairro com excelentes condições de capina, varrição, poda e recolhimento do lixo. Pedimos aos moradores que colaborem com a limpeza e fiscalização. Denunciem aqueles que jogam lixo e entulhos nas esquinas, em lotes vagos, e na orla. Informou o telefone do alo limpeza é 32757562 onde a população pode fazer denuncia e solicitar recolhimento de móveis velhos (sofás, guarda-roupas, etc.). 3. Segurança Pública Após orçamentos e estudos a primeira câmera em breve será instalada. Com isso a Rede de Vizinhança Protegida ganha força diminuindo a criminalidade no bairro. Convidamos aos moradores para serem líderes de quarteirão da Rede. Os líderes de quarteirão são responsáveis pelo grupo que estão atentos as ações suspeitas e ligando para a patrulha. Marque uma reunião de treinamento com seus vizinhos e a Amai 88054598.

Mestre e Especialista em Ortodontia COP. PUC-Minas

Aparelhos Fixos Aparelhos Removíveis Adultos e Crianças

CRO/MG 18634

Rua Peçanha, 374 - Sl 501/503 - Ed. Moisés Persiano - Centro

Tel.: (33) 3271-2866 / Cel.: 8824-2866

Visite nosso site: www.marceloxavierortodontia.com.br

Ballet Márcia Paiva Ballet Clássico/ Ballet Moderno (33) 3271-1696 / 9191-1441

Local: Colégio Lourdinas


Abril/ 2014

11

catequese Agenda da Catequese 04 – 19:30 horas - Reunião da Coordenação da Catequese 06 – 19 horas - Rito de Entrega da Bíblia – Catecumenato Crismal II 12 – 14 horas - Encontro no pátio da Igreja para recolher ramos - Responsabilidade do Catecumenato Crismal 13 – Rito de Entrega da Cruz – Catecumenato Crismal 13 – 9 horas - Rito de Entrega da Cruz Catecumenato Eucarístico 17/18/19 – Tríduo Pascal

Aconteceu na catequese

Dia 22 de março, os catequistas e jovens do Arrarai estiveram em formação com Pe Paulo. Com a iluminação do encontro de Jesus com a Samaritana, tivemos uma tarde emocionante.

“Senhor, dá-me dessa água, para que eu não tenha mais sede e nem tenha de vir aqui para tirá-la”. Com a participação dos catequizandos, catequistas e pais, Perseverança e Mini Jovem celebraram o Oficio Divino da Água- Água, presente de Deus.

Aniversariantes Abril

03 Gabriela Barbieri Leite 04 Fernanda Noemi Faúla Vicente 08 Giovanna Ferreira Marques 10 Gabriela de Freitas Meira de Alvarenga 10 Kayky Freire Cardoso 12 Anna Luiza Oliveira Barros 15 Ana Cristina Alcântara Jaegger Martins 15 Giovana Cabral Abelha 16 Laura Ferreira Pires Nascimento 17 Maria Izabel Rodrigues Fróes 17 Sofia Pereira de Carvalho Oliveira 18 Ana Luiza Muniz Feliciano 18 Matheus Alves de Oliveira 18 Pedro Antônio Barros 20 Danny Lopes Cruz Silva 20 Geraldo Magella de Carvalho Filho 21 Giovanna Andrade Santos 22 Pedro Philippe Coelho Costa 24 João Vittor Batista Magalhães 27 Pedro Victor de Oliveira Fernandes 27 Marina Dutra Colen dos Santos

Pais, suas palavras comovem mas seus exemplos arrastam. Agradecemos a presença de vocês! Rito de Entrada e Unção das crianças do Catecumenato Eucarístico, celebração muito emocionante. Ao chamar pelo nome respondam: “Eis-me aqui!” – É benção sobre benção!

CATEQUISTA E COLABORADORES 28 – Maria Aparecida Chaves Sant’Ana 30 – Sandra Pitanga 23 – Padre Paulo R. C. Fernandes

Parabéns, Felicidades!!

Que seu aniversário seja um dia de comemorações e muitas bênçãos para você. Feliz aniversário!

Unde-me, unge-me Senhor!


12

A Voz da Ilha

Abril/ 2014

Galeria Infantil

Divertindo! “A Palavra de Deus é viva, eficaz e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes; ela sonda os sentimentos e pensamentos mais íntimos” (Hb 4,12) Para as crianças e adolescentes que querem proclamar a Primeira Leitura na Missa de 9 horas: só escolheremos as que participam das para a leitura. Missas sempre, não chamaremos mais as que só aparecem no dia que são escolhidas

Labirinto siga e descubra


A voz da ilha abril 2014