Page 1

EDIÇÃO ANUAL | Nº 06 | DEZEMBRO DE 2017 Orquestra Jovem de Nova Mutum Associação Cultural e Social de Nova Mutum DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

MÚSICA & CIDADANIA

8 anos produzindo talentos...


FAZEMOS PARTE DA RIQUEZA DO BRASIL: NOSSO ESTADO É AGRO; NOSSA CIDADE É AGRO; NOSSA ORQUESTRA (OJNM) TAMBÉM É AGRO...


Mensagem do Presidente Mantenedor Master

2

OJNM


Nossa Diretoria

2016-2017

Luiz Divino da Silva

Edileudo Ramalho de Lucena

Inês Mocellin da Silva

Juarez Jose Brugnago

Magarida de Oliveira Costa

Presidente

Vice-Presidente

Diretora Financeira

Vice-Diretor Financeiro

Primeira Secretária

Paula Del Moro Segunda Secretária

Cesar Roberto Boni

Alcindo Uggeri

Alaor Antonio Zancanaro

Silvino Rupolo

Diretor Jurídico

Conselheiro Consultivo

Conselheiro Consultivo

Conselheiro Consultivo

Vera Lúcia Grodzicki

José Rodrigues Dias

Adailton Nogueira

Leandro Félix Pereira

Graciele Fantinato V. Uggeri

Suplente Conselho Consultivo

Suplente Conselho Consultivo

Conselho Fiscal

Conselho Fiscal

Conselho Fiscal

Jimmy Anderson Huppes

Celso Tonello

Zulmiro Bonfé

Carmem Regina Casagrande

Neusa Lúcia Pivetta Tissiani

Suplente Conselho Fiscal

Suplente Conselho Fiscal

Suplente Conselho Fiscal

Suplente Conselho Fiscal

Suplente Conselho Fiscal

Edmar de Souza Nascimento

Mario Alberto Ribeiro

Vicente Luiz Costa Beber

Diretor Executivo

Conselheiro

Conselheiro

Nelson Piga

Rafael Sidney de Sousa Feltrin

Diretor de Marketing

Diretor de Marketing

Orquestra Jovem de Nova Mutum

5


Indice

2 4 7 9 10 13 14 15 16 17 18 19

6

OJNM

Mensagem do presidente Nossa diretoria

TEMPORADA 2017 “Canções do Brasil” “Temas Marcantes do Século XX” “Da Raiz ao Clássico” “Sopros In Jazz” “Desenhos Animados” Nossos frutos Construindo um futuro através da música Música do interior OJNM: Em meio ao agronegócio que movimenta a economia do país, um projeto transformador da realidade social

26

Nossa equipe

27 28 29 30 31 32 33 35 36

Ela rege Ela reage Ela é a “cara” da Orquestra O tom da simplicidade na sublime arte musical Somando com a equipe Batuques de superação Acreditar, agir e conar! Música: a prova viva da transformação Talento Genético! Nos palcos da gestão: Maestro e Líder O importante equilíbrio entre o amor à causa e a razão

40 46 52 54 58 61 63 64

Nossa inspiração Virou notícia O som que levantou o público Eles ouviram nosso som Nós tiramos o chapéu para eles Além do silencio Destaque 2017 Balanço social e nanceiro 2016


Temporada 2017

Orquestra Jovem de Nova Mutum

7


OJNM 2017

Cada término de temporada é sempre uma reexão. Fazer uma análise do trabalho apresentado e buscar aprendizado com erros e acertos é, sobre tudo, uma forma de continuar crescendo. E não é apenas o nosso trabalho que esperamos crescer, mas também novas oportunidades na vida de nossas crianças. Olhar estes rostinhos agora e ter mais segurança no futuro, é o que nos faz acreditar que todo esforço valeu a pena. A cada ano que encerramos e nos preparamos para um novo ano, somos tomados por um sentimento lindo, que vai além do “muito obrigado”, ultrapassa gentilezas, e, vale mais do que qualquer interesse: a GRATIDÃO.

8

OJNM

Pois temos a total convicção que não chegamos até aqui sozinhos, tudo dependeu da dedicação de cada integrante do projeto e aluno, do apoio dos pais e da comunidade e muito especialmente, a conança e parceria de nossos mantenedores. Nossa GRATIDÃO a todos!


Temporada 2017

TEMPORADA

20 7 1

A TEMPORADA 2017 cou marcada por momentos emocionantes. A temporada começou com o Concerto de Vozes, apresentado pelo Coral Jovem/Adulto da Orquestra Jovem de Nova Mutum (OJNM) e a Classe de Musicalização em Coral. O Espetáculo trouxe duas novidades da temporada: o formato Solidário, com o apoio do movimento “Banco de Leite” e a bilheteria. “Canções do Brasil”, apresentou um repertório com Música Popular Brasileira e abriu a TEMPORADA 2017 com chave de

ouro. O sucesso do evento começou antes mesmo de sua realização, bastaram dois dias para que os ingressos se esgotassem. O Concerto foi realizado em duas sessões na sede da escola, na sala Hilda Strenger Ribeiro. O momento mais emocionante do espetáculo foi uma surpresa para as mães, onde alunos da escola, se reuniram no palco externo e apresentaram uma linda homenagem pelo Dia das Mães. Foi tanta emoção, que o público não conteve as lágrimas.

Orquestra Jovem de Nova Mutum

9


OJNM 2017

Os oito anos de atividades da Escola de Música OJNM cou marcado pelo amor da comunidade mutuense ao projeto e ao município. Foi no aniversário de 29 anos de Nova Mutum, que a OJNM fez seu grande espetáculo da TEMPORADA 2017, comemorando seu aniversário e abrindo as festividades em homenagem a cidade. Um evento para a família, que foi assistido por mais de 2000 pessoas.

10

OJNM


Temporada 2017

O Concerto mais emocionante do ano apresentou o espetáculo “Temas Marcantes do Século XX”, subindo ao palco cerca de 250 músicos (professores, instrutores, alunos e ex-alunos), que apresentaram uma performance digna de muitos aplausos. O evento realizado com o apoio municipal, aconteceu em frente ao Ginásio Lauro Immichi. A estrutura de palco, som e iluminação foi a mesma que atendeu ao show nacional do Padre Fábio de Mello e, possibilitou que o espetáculo fosse ainda mais emocionante.

Orquestra Jovem de Nova Mutum

11


OJNM 2017

12

OJNM


Temporada 2017

A apresentação é um dos momentos mais importantes do processo de aprendizagem. Nas apresentações por naipes os alunos têm uma experiência emocionante, onde eles precisam vencer desaos e encarar as diculdades do conteúdo abordado em cada aula até o momento da performance. Um momento de reexão que naturalmente vai direcionando para que eles se desenvolvam musicalmente.

No Concerto “Da Raiz ao Clássico”, apresentado pela Orquestra de Cordas e Orquestra de Viola Caipira da OJNM, essa reexão foi passada ao público como uma performance estimulante audível e visual, um espetáculo de sucesso absoluto, que levantou o público.

Orquestra Jovem de Nova Mutum

13


OJNM 2017

O Jazz, um estilo musical de história centenária, com origem em diversos ritmos e melodias afro-americanos, ganhou uma interpretação empolgante, em uma noite de Jazz, durante o Concerto de Sopros da Orquestra Jovem de Nova Mutum. E se por um lado o Jazz é capaz de empolgar e encantar, por outro lado, para mais emoção na noite, a abertura do espetáculo cou por conta da conança e o talento daqueles que pouco sabem sobre o jazz, mas já demonstram anidade com a música mesmo tão pequenos. O concerto iniciou, para alegria e orgulho dos pais, com as turmas de musicalização auta doce.

Com os alunos mais experientes, o show cou ainda melhor, surpreendendo o público a cada interpretação. O espetáculo “Sopros In Jazz” apresentou uma programação de alto nível com a mistura contagiante do Jazz e temas animados que levantaram o público.

14

OJNM


Temporada 2017

O Concerto de Percussão foi um sucesso! Diferente de todos os outros da TEMPORADA 2017, o espetáculo chamou atenção pelos atrativos: talento das crianças; sonoridade dos instrumentos e tema escolhido. O repertório “Desenhos Animados”, os alunos fantasiados de seus personagens preferidos e o palco com uma divertida decoração, contribuíram para a emoção do momento e fazer do concerto um verdadeiro espetáculo.

Orquestra Jovem de Nova Mutum

15


OJNM 2017

Construindo um futuro atravĂŠs da mĂşsica Nossos Frutos...

Mantenedores Platinum

16

Orquestra Jovem de Nova Mutum


Nossos frutos

Um jovem instrumentista que combina a maturidade de um artista experiente com a potencialidade de um estudante que embarca no sonho de uma carreira global. Carlos Augusto Soupinski Batistella, é graduando de licenciatura em música com habilitação em auta transversal. O acadêmico fez parte da primeira turma da Orquestra Jovem de Nova Mutum em 2009, aos 16 anos. Hoje com 23, está concluindo a faculdade de música, na cidade de São João Del Rei, em Minas Gerais. Para chegar onde chegou, o jovem contou com o apoio familiar e de importantes pessoas que encontrou ao longo de seu caminho, mas principalmente, com sua determinação. Carlos Augusto ou Carlinhos, como é chamado pelos amigos, ingressou no mundo da música já na auta, mas a escolha aconteceu por acaso. Convencido pela mãe Margarida, sua grande parceira e apoiadora, a entrar no projeto, no dia da inscrição entre as várias opções de instrumentos, intuitivamente optou pela auta, sem jamais imaginar que daí por diante, não largaria mais o instrumento. É fato que demorou se acostumar, mas jamais pensou em desistir.

“No começo achava o instrumento um pouco “estranho”. Quando decidi que era a auta que eu queria aprender, aí 'entrei de cabeça'. Mas até me acostumar, nem me passou pela cabeça desistir. ” Além da mãe, Carlinhos encontrou outros grandes incentivadores que contribuíram para seu futuro na música, como o maestro Murilo Alves, seu primeiro professor no projeto, e o músico e professor José Evangelista, que conheceu fazendo uma ocina de música em Cuiabá. Com o objetivo de ser autista de uma orquestra prossional e professor universitário, Carlinhos ouviu os conselhos do professor José Evangelista e foi estudar em Brasília para se preparar e ingressar na Universidad e Federal de São João Del Rei, em Minas Gerais. E, bastou seis meses para que isso acontecesse.

Segundo o estudante, na universidade o principal desao foi conciliar todas as disciplinas ao estudo individual da auta. “É como quando você treina em uma academia. Quanto mais você treina melhor você ca. Mas se car sem treinar um tempo, o rendimento cai”. O motivo de ter escolhido esta universidade, foi para ter aulas com o renomado musicista, Antonio Carlos Guimarães. Na faculdade, por intermédio do professor, o estudante pode trocar experiências com autistas várias partes do mundo. Determinado e focado nos estudos, Carlos sabe que é preciso se preparar mais para alcançar seu sonho de se tornar um autista conhecido internacionalmente. Seu objetivo neste momento é concluir a faculdade e car até 2018 estudando com Antonio Carlos e, só então partir para um mestrado.

“Eu me sinto realizado na música, mas não estou satisfeito com meu nível. O nível dos autistas que encaram um mestrado é muito alto, e eu preciso chegar lá preparado”, conclui o universitário.

Orquestra Jovem de Nova Mutum

17


OJNM 2017

MĂşsica do interior...

Mantenedores Platinum

18

OJNM


Um Brasil que dá certo

OJNM: Em meio ao agronegócio que movimenta a economia do país, um projeto transformador da realidade social Na riqueza que sustenta o país e o mundo, a música leva oportunidades por um caminho social Quem já passou por aqui descobriu uma terra valiosa e se surpreendeu não apenas pelo potencial do agronegócio, mas por um projeto social inspirador, que atua para a transformação positiva da sociedade: a Escola de Música Orquestra Jovem de Nova Mutum (OJNM). Esta riqueza, que tanto encanta quem conhece a cidade, diferente da agricultura, não nasceu da terra, mas de um sonho, que graças a ajuda de pessoas que não mediram esforços e a conança da comunidade foi realizado. Com o apoio das mãos amigas e a importante parceria de empresas mantenedoras, o projeto cresceu! Mas ninguém imaginou tamanha proporção. O voo foi tão alto, que saiu dos arredores do Estado. Hoje, Nova Mutum também é conhecida

nacionalmente e internacionalmente, por sua Orquestra Jovem. Em abril de 2014, a OJNM se apresentou em São Paulo, para homenagear a artista sonhadora e idealizadora do projeto, D. Hilda Strenger Ribeiro (in memorian). Esposa do colonizador de Nova Mutum, José Aparecido Ribeiro (in memorian), alimentou o sonho de um dia existir em Nova Mutum um projeto social musical com crianças, e, com anco se dedicou a isto. O sonho se realizou em 2009, mas D. Hilda só viu pessoalmente o resultado de seu trabalho, cinco anos mais tarde, nesta homenagem que reuniu mais de 35 integrantes da Escola de Música.

(Apresentação da OJNM, em São Paulo, com D. Hilda Strenger Ribeiro)

Conhecido como celeiro do país, com o agronegócio consolidado, Mato Grosso é terreno fértil para as indústrias. Localizado na Região Centro-Oeste, o Estado é líder nacional na lavoura de soja e milho que abastece o Brasil e o mundo. É também o maior produtor de algodão e detentor do maior rebanho de bovinos do país. Fazendo parte desta riqueza, está a cidade de Nova Mutum. Localizada no médio norte de Mato Grosso, o município possui mais de 42 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geograa e Estatística (IBGE). Com a economia impulsionada pelo agronegócio, a cidade por diversas vezes ganhou destaque no cenário nacional e até mesmo internacional.

Orquestra Jovem de Nova Mutum

19


Música do interior

Pelos quatro cantos do Brasil, jovens que começaram sua carreira musical, ainda crianças no projeto, hoje são prossionais que vivem da música e tem orgulho em carregar o nome da OJNM.

transformação social. São quase 450 jovens envolvidos. Nos recônditos, um Brasil que dá certo.”, palavras de Pe. Fabio de Melo. A frase do líder religioso foi postada em seu Instagram como legenda de uma self que ele tirou com parte da OJNM quando veio a Nova Mutum para um show nas festividades de aniversário do município deste ano. Em poucos minutos a postagem já tinha mais de 60 mil curtidas e centenas de comentários elogiando o projeto

Muito além do país, o projeto atravessou fronteiras e ganhou prestigio internacional ao realizar o 1º Festival de Música Orquestral da Orquestra Sinfônica Jovem de Nova Mutum (OSJNM). O evento reuniu musicistas renomados da Bulgária, Alemanha e Venezuela, o que atraiu músicos e estudantes de música de toda parte do país, até um “Com a orquestra norte-americano. O Festival movimentou o jovem de Nova município e lotou os Mutum, MT, hotéis. Foram mais de um projeto lindo vinte apresentações entre que oferece a arte concertos e recitais em como instrumento diversas partes da cidade.

de transformação social. São quase 450 jovens envolvidos. Nos recônditos, um Brasil que dá certo.”

Por estar localizada em uma região de auto potencial tecnológico no segmento do agronegócio, a Escola de Música Orquestra Jovem de Nova Mutum também está integrada ao Circuito Tecnológico, programa desenvolvido pelo Estado em parceria com o Sebrae-MT. A Escola é destino turístico de referência do programa e, já recebeu turistas alemães, chineses, americanos e de diversas partes do mundo. E quem conhece a OJNM de perto, não dispensa palavras de encantamento. “Com a orquestra jovem de Nova Mutum, MT, um projeto lindo que oferece a arte como instrumento de

(Sele feita por Pe. Fabio de Melo com a OJNM, postada em seu Instagram)

20

OJNM


Um Brasil que dá certo

Atualmente o projeto atende mais de 400 alunos no contraturno escolar. Um trabalho com emocionantes exemplos onde a criança pode ser a propagadora da cidadania. Em um Estado de riquezas que brotam da terra, a música entra como eixo condutor em políticas de inclusão social,

assumindo o papel de transformadora da realidade social.

“Eu sou um apaixonado por música clássica. Sou admirador de alguns nomes como Tchikovsky. Ouvir este tipo de música me inspira e me tranquiliza. Estou admirado com o talento de vocês e a estrutura da Escola de Música. Parabéns a todos os envolvidos neste projeto”. Fala do Pr. Claudio Duarte

(Pr. Cláudio Duarte, na sala Hilda Strenger Ribeiro, em visita a Escola de Música OJNM)

O Pr. Cláudio Duarte, também visitou a Escola de Música, na oportunidade em que esteve ministrando uma palestra, que fez parte da programação de 29º aniversário da cidade. Ele conheceu além da estrutura física, o trabalho desenvolvido dentro do projeto e fez elogios pelo que viu e ouviu.

Orquestra Jovem de Nova Mutum

25


Nossa equipe...

Mantenedor Exclusive

26

OJNM


Nossa equipe

Ela rege Ela reage Ela é a “cara” da Orquestra Nascida de uma família com dom artístico, Mariane Azevedo, carrega no sangue o seu talento. A menina de voz encantadora que conheceu a música ainda na barriga da mãe, herdou da família o amor pela música e mesmo com tanto talento nato, a jovem sempre correu atrás de seus sonhos com muita luta e dedicação. Dona de um currículo com muitos apreços, Mari já se apresentou ao lado do cantor Ivan Lins, cantando e tocando contrabaixo. Dentro da Escola de Música OJNM, a jovem é inspiração para seus alunos. Como professora de contrabaixo, ela já colhe suas

sementes plantadas. Mari também é professora de Coral e nos concertos da OJNM e ela quem rege a Orquestra de Vozes. A jovem do interior de Mato Grosso, que nasceu com o brilho artístico é a “cara” do projeto, não apenas pela beleza física que a sobreleva, mas pelo trabalho que exerce dentro da escola. Mari entrou no projeto aos 13 anos e logo se evidenciou, passando de aluna para instrutora. Com maestria a jovem vai trilhando seu próprio futuro, aperfeiçoando o dom que Deus lhe deu em busca de seus sonhos.

Orquestra Jovem de Nova Mutum

27


OJNM 2017

O tom da simplicidade na sublime arte musical Na simplicidade de quem gosta de aproveitar as coisas boas vida, o jovem Jonas Gomes de Souza Rosa, encontrou seu caminho valioso através da música. O instrutor de trompa, trompete, auta doce e práticas de ensaio da Escola de Música é um verdadeiro talento na arte musical. Sua história na música começou quando ainda era criança e de, lá para cá, foi despontando cada vez mais. Tornando se um trompista aclamado na região, com participações na Orquestra do Estado de Mato Grosso. O jeito pitoresco de conciliar o prossional

28

OJNM

com o pessoal, são virtudes cativantes de Jonas. Em sala de aula o instrutor é inspirador para os alunos, mas é quando entra em cena nas apresentações, que ele mais se destaca. Declarado um apaixonado pela trompa, Jonas também impressiona em suas atuações com o trompete. E as habilidades não param por aí! Muito além do talento com os instrumentos de sopros e longe do comodismo, o jovem trompista concilia seu tempo como instrutor do projeto, estudando música e aprendendo novos instrumentos.


Nossa equipe

Somando com a equipe De bolsistas a contratados, uma conquista pela dedicação de um trabalho que faz a diferença e soma com o desenvolvimento do projeto. O reconhecimento é em referência a atuação dos jovens, Gabriel Brusso, instrutor de violino, teoria e prática instrumental e, Gabriel Souza, instrutor auta transversal, ensaios de naipe e teoria. O dois iniciaram na música na Escola de Música – OJNM e não demorou muito para que eles se destacassem. Logo foram convidados a fazer parte do projeto como bolsistas, de alunos passaram a ser instrutores. “Ouvir música é relaxante, é remédio para nossas dores, serve de impulso para nossa alegria quando nos sentimos como tal. Basta escolher a música certa, na hora certa e pronto, adeus mundo! Pelo menos é assim que me sinto quando coloco meus fones de ouvido, quando pego no meu instrumento, como se nada mais importasse. E meus problemas que as vezes aparecem, de repente desaparecem. ”, dene música em sua vida, o instrutor Gabriel Brusso.Já para Gabriel Souza a música tem

responsabilidade em seu desenvolvimento pessoal e prossional.“A música me abriu várias portas, não só prossionalmente falando, mas também no conhecimento artístico e no meu desenvolvimento pessoal. ” Os dois ainda são muito jovens, mas já deslumbram um futuro por meio da música e falam com carinho da oportunidade que encontraram dentro

da Escola de Música. “A escola me proporcionou a experiência de poder ministrar aulas, ser parte de uma orquestra e, poder crescer prossionalmente e principalmente como pessoa. Pretendo fazer um curso superior relacionado a música e possivelmente dar aulas no futuro”, fala com carinho e convicção Gabriel Brusso. “Sem a Escola de Música não seria possível eu ter chegado até aqui. Foi por este projeto que eu me encontrei como pessoa e no meio artístico”, declara Gabriel Souza. E sobre a gratidão que eles sentem pela OJNM, é certo que vai muito além da música. “Amizades que z aqui, desde a época que eu ainda era só um aluno, ainda levo até hoje. E acredito que serão inesquecíveis”, realça Gabriel, instrutor de violino. “Muito além do que aprendemos, tem os amigos que zemos e acolhida que recebemos. Isso levaremos pra toda vida”, reconhece o instrutor de auta.

Orquestra Jovem de Nova Mutum

29


OJNM 2017

Batuques de superação Foi na percussão que ele descobriu seu talento e encontrou nos batuques um caminho para reconstruir sua vida. Atrás da bateria, Marcelo Rocha, instrutor de Percussão da Escola de Música – OJNM, protagoniza nas interpretações musicais e, à frente dos instrumentos de percussão é admirado e respeitado por seus alunos. Marcelo é exemplo de superação, coleciona vitórias na luta por seu futuro, na trajetória de altos e baixos a música sempre esteve ao seu lado e foi pelo caminho social que ele transformou

30

OJNM

sua vida e hoje transforma a vida de muitos jovens com o ensino musical. Pela história de superação deste garoto talentoso, que já foi contada na edição anterior da revista “Música e Cidadania”, é fácil visualizar um futuro de sucesso, não pela força nas diculdades superadas, mas pela perseverança que faz com que alcance grandes realizações.Marcelo é mais uma semente plantada pelo projeto que já rendeu frutos e continua produzindo novos frutos.


Nossa equipe

Acreditar, agir e con ar! Ouvir dizer que a música é uma arte transformadora é muito comum. São muitos os casos reais que comprovam o bem que a música traz na vida das pessoas. Mas para alguns a música vai muito além, é uma relação entre amor e vida. É o caso da jovem professora de violino e viola clássica, Karoline Knorst, que vê a música da seguinte forma: ou você faz parte dela, ou nem tanto. “A música signica amar, sentir, rir, chorar, enm... Viver! É incrível o poder que a música tem de mudar nosso humor, mudar algo que pensamos, relembrar o passado, trazer a esperança, etc. Se você souber ouvila, a música pode mudar a sua vida... se não, não vai fazer a mínima diferença. ” Mesmo tão jovem, Karoline acreditou na música como ponte para o sucesso pessoal e prossional. E foi por meio da Escola de Música que a professora conseguiu conciliar dois grandes sonhos. “Eu já tinha um sonho grande em cantar, tocava violão e gostava de escrever pequenas músicas (risos), mas não sabia como construir nem como direcionar. E tinha grande desejo por lecionar, ensinar crianças, sobre qualquer assunto. Na minha infância usava a minha irmã como aluna (risos). Quando surgiu a oportunidade de trabalhar como instrutora de música não pensei duas vezes, sabia que esse seria meu futuro e com muita satisfação. ” Conante e determinada, não demorou muito para que Karol crescesse no trabalho. Hoje além de professora, também é coordenadora na área pedagógica. Ela já sabe que está no caminho certo, mas almeja ir mais

longe. “Ainda estou construindo minha carreira, neste momento sou professora e coordenadora. Mas tenho grandes planos como professora e também gestora. Penso em construir minha carreira nestas duas vertentes.” A jovem fala com gratidão da Escola de Música, reconhecendo que foi pelo projeto que alcançou muito cedo seus objetivos e foi na escola que encontrou também importante apoio. “É graticante saber que aqui todos têm oportunidade de crescer e se tornar um prossional atuante em música como também professor. E ainda assim, se quiser construir carreira além disso, a escola também te dá essa oportunidade.

Aqui, todos acreditam no potencial um do outro e todos buscam se ajudar. Porque além de colegas de trabalhos somos amigos, tocamos juntos, partilhamos nossas vidas juntos.” Mas tudo o que alcançou teve uma inspiração maior. A professora de música, que descobriu seu amor pelar arte ainda criança, também é uma pessoa de Fé, e não por acaso, encontrou sua grande inspiração libertadora. “Outra coisa que me inspira na música, ela também é usada para elogiar e louvar meu Amado Jesus! Me afasta de tudo, me liberta. ”

Orquestra Jovem de Nova Mutum

31


OJNM 2017

Música: a prova viva da transformação A história da estudante de música, que abandonou o curso de Contabilidade, foi contada na 4ª edição da revista “Música & Cidadania”, Flavia Marques já enfrentou muitos desaos, porém com esforço e determinação zeramna seguir em frente. O conhecimento e talento adquirido nesses cinco anos de estudo proporcionaram a ela grandes oportunidades, além do trabalho na Orquestra Jovem de Nova Mutum, que atua como professora da classe de violoncelo, musicalização infantil e também é coordenadora na área pedagógica. Flavia sempre é convidada para tocar em eventos, e já participou várias vezes de concertos com a Orquestra Jovem de Mato Grosso. Apaixonada pela música, e principalmente pelo instrumento que toca, o violoncelo, Flavia virou inspiração até para os alunos dela. A história da Flávia só é mais uma prova de que a música, como todas as formas de arte, tem o poder de transformar as pessoas.

32

OJNM


Nossa equipe

Talento Genético! A expressão popular “talento está no sangue”, condiz muito bem para os irmãos Eginaldo da Silva Almeida e Eleilosn Silva de Almeida, que ainda na infância encontraram o caminho da carreira prossional. As anidades desta dupla ultrapassam o grau de parentesco. E se anidade tem a ver com sintonia, então se torna incontestável a harmonia na vida destes dois. Eginaldo é o mais velho, começou a estudar música aos 13 anos de idade, desde então a música passou a ter valores preciosos para ele. “A música é como um remédio em minha vida, me ajuda a encontrar o equilíbrio”, declara Eginaldo. Com muito esforço e dedicação, o irmão mais velho foi adquirindo bagagem e conhecimento para chegar cada vez

mais longe. Suas primeiras conquistas na música vieram ainda muito jovem, Eginaldo foi o primeiro aluno da Escola de Música Orquestra Jovem de Nova Mutum (OJNM), a ser contratado como instrutor pela instituição. E seus méritos foram cada vez maiores, além de professor, atualmente o jovem é também regente da Orquestra Infantojuvenil (OINM) e maestro adjunto da OJNM. “A Escola de Música OJNM me proporcionou todas as ferramentas para que eu pudesse conhecer, entender, aplicar e compartilhar os saberes musicais. Mas é preciso continuar sempre estudando, pesquisando, enfrentando novos desaos para continuar a crescer”, reconhece o professor.

Orquestra Jovem de Nova Mutum

33


OJNM 2017

Hereditário Inuenciado pelo ambiente familiar, Eleilson ingressou na música aos 9 anos de idade. E a exemplo de Eginaldo, despertou cedo o amor pela arte. Foi superando barreiras e expectativas, que ele cresceu prossionalmente, seu talento foi se destacando cada vez mais. Seguindo os passos do irmão mais velho, não demorou muito até passar de aluno para instrutor da Escola, chegando a atuar como Maestro da Orquestra Infantojuvenil (OINM), da Escola de Música. Além de professor de diversos instrumentos de sopros, Eleilson também é responsável pela diversidade cultural da escola. Como professor de viola caipira em uma instituição que trabalha com o ensino da música erudita, ele conseguiu que duas culturas tão diferentes se

34

OJNM

completassem. Graças ao trabalho deste do jovem professor, o público pode deslumbrar de um encantamento a mais nos concertos da OJNM. A viola caipira divide espaço com os instrumentos da música clássica e juntos dão um espetáculo na mais perfeita sintonia.

Plantando sementes... colhendo frutos na sua história. Muito mais que talento, os dois tem em comum a vontade e a dedicação para vencer. No currículo destes jovens, consta o peso da qualicação e da experiência que enaltece o projeto. Para seus alunos, Eginaldo e

Eleilson são inuencias que instiga algo maior, mais importante. Para a Escola de Música, a dupla representa toda a ecácia de uma semente plantada, que nos ensina: que qualquer um pode plantar inúmeras sementes; o importante é como estes frutos serão colhidos.


Nossa equipe

Nos palcos da gestão: Maestro e Líder Com a batuta, gestos, olhar e expressão facial, o Maestro Edmar Nascimento, diz muito sem falar nada. No palco com gestos ora tensos, ora leves, destaca a grandiosidade da obra musical, prendendo a atenção do público.

“Me sinto muito bem no palco. Porque eu me preparei para isto. A regência é uma realização da minha vida”. A orquestra é um grupo que exalta em alto e bom tom as virtudes da comunicação em um trabalho de equipe. Mas saindo do universo musical, Edmar também lidera as atividades cotidianas de uma instituição do terceiro setor. A gestão da Escola de Música, é uma das responsabilidades do maestro, como Coordenador Geral da instituição.

Como gestor Edmar lidera as equipes do pedagógico e administrativo, além disso, é voluntário no quadro da diretoria, onde foi eleito como Diretor Executivo. “O projeto cresceu muito rápido e tomou proporções maiores, foi pouco tempo para me preparar como gestor. Fazendo um comparativo, no palco é bem mais fácil, porque por toda minha vida eu me preparei para isso. Mas eu gosto de desao, por isso, assumi com responsabilidade a oportunidade que me deram. Considero satisfatório também”. Para lhe dar com os paralelos do dia-a-dia e encontrar a anação perfeita da liderança, é preciso uma preparação individual – do corpo à mente. Para isso, Edmar busca formação em capacitação pessoal e prossional. Com maestria, o maestro e líder, vai desenvolvendo suas funções.“O dia-a-dia é desao e o concerto é a realização”.

Orquestra Jovem de Nova Mutum

35


OJNM 2017

O importante equ entre o amor à ca A Assistente Social, Diovana da Rosa Azeredo, tem mais de vinte e cinco anos de experiência na área administrativa e nanceira. PósGraduada em Elaboração e Gestão em Projetos Sociais, há mais de cinco anos, ela dedica-se a Escola de Música. Prossional assídua, Diovana é Coordenadora Administrativa da Associação, respondendo pelos assuntos administrativos e nanceiros em geral. “Trabalhar na Associação Cultural e Social de Nova Mutum foi uma verdadeira surpresa para mim, pois quando estava em formação acadêmica nunca imaginei trabalhar no terceiro setor”, arma a coordenadora. Vista como uma companheira por todos, Diovana é exemplo de amor e dedicação pelo trabalho que o projeto exerce dentro da comunidade. “Me encanta o trabalho que é desenvolvido na Escola de Música, que inclui socialmente tantas crianças e adolescentes, todos tendo a mesma oportunidade de aprendizado musical. Ver o resultado deste trabalho nas apresentações e concertos é muito graticante”.

36

Orquestra Jovem de Nova Mutum

Mas o amor e a experiência não afastam os desaos do trabalho. Por se tratar de uma instituição lantrópica, a captação de recursos é uma difícil tarefa, mas de fundamental importância, para a continuidade do projeto. “O maior desao é captar recursos nanceiros para manter este lindo projeto, pois é através de nossos patrocinadores e doadores que podemos dar continuidade nas atividades que são desenvolvidas pela Escola de Música”. Como prossional do terceiro setor, Diovana sabe que criatividade e conhecer a legislação são essenciais para ter sucesso na captação de recursos. Para ela, trabalhar em harmonia com a razão e o coração, a motiva a enfrentar as batalhas cotidianas. “A maior satisfação de um prossional é chegar ao nal do dia com o sentimento de dever cumprido, neste caso sempre com muito amor e dedicação, que nos remete a um novo amanhecer e saber que nosso esforço jamais será em vão”.


Nossa equipe

uilíbrio ausa e a razão Superação

“Há muito tempo a associação estava procurando alguém com o perl da Denize, e ela veio para assumir esse desao, e vem desenvolvendo um trabalho de excelência com muita dedicação. ” Estas são palavras da coordenadora, Diovana Azeredo, se referindo a parceira do administrativo, Denize Vitalli. Usamos esta “declaração” como referência do trabalho desenvolvido por Denize, que com muito esforço e competência construiu

uma história de garra, superação e determinação dentro da escola. Denize entrou na Escola de Música como zeladora e, como o nome do ocio diz, sempre fez tudo com muito zelo. Mas seu objetivo sempre esteve à frente. Com foco para tornar-se cada vez mais forte, ela manteve os olhos sempre abertos, para enxergar as oportunidades. E com curiosidade, sem deixar seus afazeres de lado, foi se aprofundando nos trabalhos administrativos. Não demorou muito para que seu potencial fosse percebido, e logo Denize assumiu um cargo Administrativo na escola. A ex-zeladora, agora responde pelo nanceiro da Associação Cultural e Social de Nova Mutum. Contando com o apoio incondicional da companheira e amiga Diovana, aprendeu os ofícios da área administrativa e está preparada para atender as demandas cotidianas. O trabalho em sintonia das duas prossionais reete no sucesso da gestão da organização. “Para que o trabalho possa uir é necessário, que estejamos em harmonia. Nós passamos mais tempos juntas, do que com a família em casa. Então, senão tiver sinergia entre a

gente, seria impossível desenvolver um bom trabalho”, destaca Denize. E a história de superação de Denize, ainda não terminou. Prestes a concluir o ensino superior em Gestão Pública, ela continua preparando seu processo evolutivo. “Estou me dedicando aos estudos para minha promoção pessoal e prossional. Além disso, este curso oferece muito das estratégias que uso no dia-a-dia”, arma. A estudante disse ainda que é preciso estar preparado e manter foco nos objetivos pessoais, para alcançar o sucesso pessoal e prossional e expressa gratidão e amor pelo que faz na Escola de Música. “Dentro do projeto eu cresci prossionalmente e pessoalmente. Já é uma grande realização. Mas por se tratar de um projeto social, ainda tem o lado que me deixa mais realizada, de poder ajudar o próximo abrindo um caminho de novas oportunidades e formando cidadãos”.

Orquestra Jovem de Nova Mutum

37


OJNM 2017

artista ao violino. Como intérprete ao violino possui extenso repertório de atividades não apenas como solista, mas também camerista e recitalista. Fundador da Sociedade Cultura Musical, mantém um programa de difusão cultural no Estado de Mato Grosso por meio de grupos distintos de música de câmara, apresentando se em programas do SESC e Secretaria de Cultura do Estado, além de projetos próprios. Como educador, foi coordenador de cordas do Instituto Ciranda Música e Cidadania (2009 – 2014) e professor substituto da Universidade Federal de Mato Grosso (2009 -2010).

Fernando Pereira Coordenador Pedagógico da OJNM, graduado e mestre em música pela Academia Nacional de Sophia (Bulgária), Fernando é educador e

Atualmente assessora o crescimento institucional dos programas Orquestra em Ação (Ji-paraná RO) e Orquestra Jovem de Nova Mutum (Nova Mutum – MT). Professor efetivo do SESIESCOLA Mato Grosso, desde 2015 Coordena o Programa Música na Escola

Paulo Sérgio Ferreira Professor de Violoncelo da OJNM -, iniciou seus estudos musicais ainda na infância, e na adolescência foi apresentado ao Violoncelo, tendo suas primeiras aulas com o violoncelista alemão, Thomas Gunter Jucksche, no estado do Paraná. Posteriormente participou de aulas com violoncelistas renomados, como por exemplo, o jovem solista, Richard Gonçalves, aluno do grande violoncelista Antônio Del Claro, e a jovem solista, Edvania Klebia. Participou de festivais como

38

OJNM

Música na estrada e Festival de música orquestral de Nova Mutum. Como músico participou de orquestras nos Estados de Mato Grosso e Rondônia, onde também já tendo atuado como solista. Além da música orquestral é apaixonado por rock, e desenvolve com sua banda um trabalho diferenciado, fazendo uma combinação extravagante entre violoncelo e guitarras. Atualmente cursa último período de licenciatura em música, e ministra aulas em Mato Grosso e Rondônia.

sistematizando estratégias e procedimentos educacionais inovadores, organizando currículos em sala de aula e seus reexos em atividades extracurriculares de formação de conjuntos instrumentais em cordas friccionadas, sopros, percussão, violão; além da prática de coral. Diretor do Instituto Boca de Arte, direciona a Camerata de Concerto com 20 integrantes entre alunos e professores, cujo trabalho vem se demonstrando de grande potencial artístico no Estado em apresentações pelos SESC instrumental e outros espaços culturais do Estado. Orientou mais de 50 alunos em todo o Estado que hoje ocupam os melhores rendimentos e maiores cargos no protagonismo musical de Mato Grosso.


Nossa equipe

Fabio dos Santos Moreira

Professor de Piano, Teoria Musical e Coral e da OJNM -, estudou clarinete na Universidade Livre de Música (ULM). No início de 2008 atuou como Segundo Clarinetista na Orquestra na Jovem de São José dos Campos (SP), regida pelo maestro, Marcello Stasi. Com o professor Eduardo Campos, estudou piano Erudito e Popular. Posteriormente estudou piano Erudito na escola “Maestro Fêgo Camargo”. Como correpetidor, atuou em Teatros e Auditórios de Taubaté (SP) e São José dos Campos com o violinista, Rosenilson Barbosa, de Caçapava (SP), interpretando peças de nível elevado. Participou também da

Academia Experimental de Artes na peça “Membra Jesu Nostri” de D.Buxtehude. Como solista participou do “Concerto Triplo” BWV 1044 (Johann Sebastian Bach) com a Camerata Zajdenbaum de Taubaté. De 2012 a 2015 integrou Duo de Piano e Violino com o violinista, Rosenilson Barbosa, com repertório do Barroco ao Romântico. Lecionou aulas de piano e teoria musical na “Academia Musical Monte Castelo”, em São José dos Campos e “Instituto Musical Sonata”, em Caçapava. Atualmente atua como correpetidor do “Duo de Músicas Italianas” com as sopranos, Vania Nascimento e Liliane Maciel.

Poliana Chaves Assessora de Comunicação da OJNM , graduada em Gestão em Comunicação em Marketing na Universidade Integrada de Tangará da Serra (UNITAS), cursou até o penúltimo semestre de Comunicação Social – Habilitação em Jornalismo, na Faculdade de Sinop (FASIPE). Como comunicadora, foi assessora de imprensa da Prefeitura Municipal de Santa Carmem – MT e da Secretaria de Assistência Social em Porto Estrela – MT. Como jornalista, foi âncora, apresentadora, repórter e editora chefe

em um grupo de comunicação (TV, Rádio, Site e Impresso) em Nova Mutum. Atualmente é assessora de comunicação na Escola de Música Orquestra Jovem de Nova Mutum, elaborando e monitorando o planejamento de marketing da instituição (publicidade e propaganda) marketing de relacionamento com alunos, colaboradores, diretores, mantenedores e imprensa. Interage com a mídia interna e externa para reforçar a imagem da instituição.

ZELANDO PELA OJNM Com papel importante de preservar e manter o bem-estar de todos, está nossa zeladora Sandra Luiza Schuweig. Não poderíamos deixar o agradecimento especial por todo trabalho árduo que ela tem feito para ajudar a manter a limpeza a ordem e a segurança.

Orquestra Jovem de Nova Mutum

39


OJNM 2017

Nossa inspiração...

Mantenedores Exclusive

40

OJNM


Nossa inspiração

Núcleo de Cordas VIOLA CLÁSSICA E VIOLINO

Classes vespertino

Classes matutino

VILONCELO

Classe matutino Classe vespertino

CONTRABAIXO

Classe matutino

Classe vespertino

Orquestra Jovem de Nova Mutum

41


OJNM 2017

Núcleo de Sopros MUSICALIZAÇÃO FLAUTA DOCE

Classe matutino Classe vespertino

FLAUTA TRANSVERSAL

Classe matutino

Classe vespertino

42

OJNM


Nossa inspiração

CLARINETE

OBOÉ

Classe vespertino

Classe vespertino

FAGOTE

Classe vespertino

SAXOFONE

TROMPETE

Classe vespertino

Classe vespertino

Orquestra Jovem de Nova Mutum

43


TUBA E TROMBONE

TROMPA

Classe matutino

Classe vespertino Trompa Vespertino

Classe matutino

~ Núcleo de percussão PERCUSSÃO

Trompa Vespertino

Classe matutino

44

OJNM


Nossa inspiração

Núcleo de Vozes MUSICALIZAÇÃO

Musicalização Coral Matutino

CORAL

Coral Matutino

Coral Vespertino

Núcleo de Viola Caipira

VIOLA CAIPIRA

Coral Matutino

Coral Vespertino

Orquestra Jovem de Nova Mutum

45


OJNM 2017

Virou notĂ­cia...

Mantenedores Exclusive

46

OJNM


Virou notícia

Secretário de Estado Max Russi elogia Escola de Música de Nova Mutum

(Secretário Max Russi em discurso na cerimônia de inauguração do Sine e Procon de Nova Mutum.)

O grupo de Sopros da Escola de Música de Nova Mutum tocou o Hino Nacional na inauguração da sede própria do Sistema Nacional de Emprego (SINE) e Procon na cidade, em maio deste ano. Representantes de diversos seguimentos e autoridades políticas prestigiariam o evento, entre eles o secretário de Estado de Trabalho e Assistência Social, Max

Grupos da OJNM são sucesso em uma única noite em diversas apresentações A Escola de Música OJNM atendeu a três convites em uma única noite. Para o sucesso dos eventos foram divididos grupos para cada local. A Orquestra de Sopros e Viola Caipira representaram a Escola atendendo o convite para participar da cerimônia de abertura do 3º Congresso Universitário da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), realizado no salão paroquial da Paróquia Sagrada Família, para mais 300 pessoas.

(Grupo de Sopros da OJNM em apresentação no 3º Congresso Universitário da UNEMAT.)

Russi, que em seu discurso enalteceu o projeto. “Trabalhar as crianças, pensando nas próximas gerações. Parabéns por este trabalho que atende crianças e jovens. Pois assim, nós sabemos que eles estarão longe da violência. Este é um projeto que faz a diferença na comunidade”.

Faça Bonito: OJNM apoia Campanha 18 de Maio

(Alunos da Escola de Música OJNM participaram da caminhada da campanha “Faça Bonito”.)

As outras apresentações da escola foram em solenidades do Judiciário, a primeira foi na instalação da 3ª Vara da Comarca, no Fórum de Nova Mutum, onde um quarteto de cordas abriu o evento com o Hino Nacional. A última apresentação foi na abertura do Colégio de Presidentes da Ordem dos Advogados do Brasil, realizado no Quick Centro de Eventos, onde a Orquestra de Cordas emocionou o público.

A Escola de Música OJNM apoiou a campanha do “Dia Nacional da Luta Contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. Colaboradores, familiares e alunos estiveram envolvidos nas ações da campanha que teve como um símbolo uma or.

(Grupo de destaque de Cordas da OJNM participa de evento da OAB.)

“Ser ou estar mãe”: Mães de alunos se emocionam com palestra de diretora e coach da OJNM

(Mães de alunos da Escola de Música assistem palestra motivacional na sala Hilda Strenger Ribeiro.)

Em comemoração ao Dia das Mães uma palestra motivacional denominada “Ser ou Estar Mãe” foi oferecida as mães dos alunos da escola. Ministrada pela diretora da Associação Cultural e Social de Nova Mutum e coahc motivacional, Margarida de Oliveira Costa, a

palestrante levantou um assunto que emocionou e comoveu a plateia. A coach falou ainda do trabalho da escola, destacando atitudes de cidadania e a necessidade do envolvimento das mães nas atividades que seus lhos desenvolvem no projeto.

Orquestra Jovem de Nova Mutum

47


OJNM 2017

Camerata se apresenta em Lucas do Rio Verde e é aplaudida em evento da BRF O grupo, formado por professores da Escola de Música, apresentou canções de natal, já que o evento se tratava do lançamento de um produto comercializado em época natalina. O repertório causou admiração entre o público presente. (Camerata em apresentação de evento da One Foods em Lucas do Rio Verde-MT.)

Modelo de gestão que é exemplo e serve de inspiração Representantes da Secretaria de Cultura de Lucas do Rio Verde, visitaram a Escola de Música para conhecer o modelo de gestão desenvolvido no projeto. A objetivo era inspirar-se no modelo de gestão da OJNM, na tentativa de implantar um trabalho social com ensino da música no município, situação que já foi aconteceu algumas vezes, mas não obtiveram sucesso. (Representantes da Secretaria de Cultura de Lucas do Rio Verde em visita a escola.)

Flamboyan doa 80 camisetas para Escola de Música A Flamboyan, empresa do segmento de confecções e calçados, doou para a Escola de Música de Nova Mutum, oitenta camisetas que vão servir de uniformes para funcionários e colaboradores. As doações foram de grande importância para OJNM, os novos uniformes reforçaram a linguagem visual e a identidade da Instituição. Os parceiros da escola somam para o sucesso e continuidade deste projeto social. (Gerente da Flamboyan de Nova Mutum, Cleiton Ferreira dos Santos, entrega camisetas ao diretor da escola, Edmar Nascimento.)

Escola de Música é contemplada pelo Fundo Social da Sicredi A Escola de Música – Orquestra Jovem de Nova Mutum foi contemplada com aprovação de recursos do Fundo Social – Sicredi Ouro Verde MT 2017. O valor doado a Escola de Música foi de R$15.000,00. “Parabéns a cooperativa Sicredi pela preocupação com a comunidade. É por conta de parceiros como vocês, que nós conseguimos desenvolver o nosso trabalho que é de inclusão social e acesso a cidadania”, destacou o presidente da Associação, sr. Luiz Divino da Silva.

48

OJNM

(Presidente da Associação Cultural e Social de Nova Mutum, sr. Luiz Divino da Silva, na assinatura do Termo de Doação, juntamente com outros representantes de instituições contempladas e colaboradores da Cooperativa Sicredi.)


Virou notícia

OJNM recepciona Pe. Fábio de Melo com surpresa em sua chegada a Nova Mutum

(Alunos, instrutores, diretores da OJNM recepcionam Pe. Fábio de Melo no aeroporto municipal. O prefeito, Adriano Pivetta e outras autoridades municipais também estiveram presentes.)

Ainda no aeroporto municipal, o padre foi surpreendido com uma apresentação de música orquestral. O resultado foi um momento de muita emoção, não só para a visita, mas para todos que foram acompanhar a recepção. Pe. Fábio de Melo registrou o momento com uma self ao lado da OJNM. A foto foi publicada pela autoridade religiosa em sua página no Instagram e teve mais 64 mil curtidas.

Diretor da OJNM realiza treinamento baseado no best-seller “O Monge e o Executivo” O diretor executivo e maestro da Escola de Música – Orquestra Jovem de Nova Mutum, Edmar Nascimento, participou durante três dias de um treinamento de 40 horas, com técnicas baseadas no livro de liderança mais vendido no Brasil, “O Monge e o Executivo”. Em busca de novos conhecimentos que agregam valor para a Escola de Música, o maestro reconheceu no treinamento a oportunidade de melhorar ainda mais. (Maestro Edmar Nascimento – Foto: Kácio Henrique.)

Escola de Música – OJNM é contemplada como Ponto de Cultura Após a inscrição no Programa de Formação Sustentável da Escola no Edital de Seleção Pública "Rede de Pontos de Cultura da Política Nacional de Cultura Viva no estado de Mato Grosso", a Escola de Música foi contemplada como Ponto de Cultura do Estado e, foi beneciada com recurso de 60 mil reais da Secretaria de Cultura de Mato Grosso. A contemplação em favor da instituição foi recebida com muita surpresa e alegria por todos da Escola de Música. (Presidente da Associação Cultural e Social de Nova Mutum, Luiz Divino da Silva e o Coordenador Pedagógico da escola, Fernando Pereira, assinam 'Termo de Compromisso Cultural que formaliza Escola de Música OJNM como Ponto de Cultura'.)

Boas Ações - Del Moro Supermercados doa mais de dois mil a OJNM O Del Moro Supermercados escolheu a Escola de Música para doar mais de dois mil reais, depois de ceder espaço a uma feira de livros e receber o valor para ser doado a qualquer instituição social. A doação contribuiu para pagamentos e obrigações da escola. Ações como esta ajudam e dão mais sustentabilidade ao projeto. (A diretora nanceira da Associação Cultural e Social, Inês Mocellin, representou a instituição e recebeu das mãos de Paula Del Moro, também diretora da Associação, o cheque no valor de R$2.145,00.)

Orquestra Jovem de Nova Mutum

49


OJNM 2017

Professores passam por formação pedagógica Com foco no planejamento pedagógico, professores e instrutores da Escola de Música passaram por formação pedagógica continuada. A capacitação foi ministrada pelo coordenador pedagógico da escola, professor Fernando Pereira, e abordou procedimentos didáticos-pedagógicos aplicáveis no ensino da música e o planejamento das aulas práticas. (A capacitação foi realizada na sala, Hilda Strenger Ribeiro e teve duração de dois dias.)

Com Fanfarra da Apae OJNM participa das atividades da Semana Nacional da Pessoa com De ciência Em alusão a “Semana Nacional da Pessoa com Deciência Intelectual e Múltipla” o grupo especial de Sopros da OJNM participou de apresentações ao lado da Fanfarra da Apae. As performances foram apresentadas para funcionários da Prefeitura e Câmara Municipal. (Fanfarra da Apae e Grupo de Sopros da OJNM em apresentação em frente à Prefeitura Municipal.)

OJNM se apresenta nas festividades de 289 anos de Diamantino Orquestra Jovem de Nova Mutum (OJNM) realizou um Concerto na praça Delbray Christofoli, no município de Diamantino. O evento foi em comemoração as festividades de aniversário de 289 anos do município.

(OJNM realiza concerto nas festividades de aniversário de Diamantino.)

OJNM toca 'Marcha Nupcial' em casamento comunitário A Orquestra Jovem de Nova Mutum emocionou 30 casais que ocializaram união matrimonial em um casamento comunitário promovido pela Cooperativa Mutuense de Trabalho (COOMUSERV). A OJNM recepcionou os noivos entoando a 'Marcha Nupcial'. A solenidade nupcial com a presença da Orquestra surpreendeu os casais e o público presente. A emoção tomou conta dos noivos ao serem recepcionados com a marcha entoada pela OJNM.

50

OJNM

(OJNM recepciona casais com Marcha Nupcial em casamento comunitário realizado pela COOMUSER.)


Virou notícia

Momento Cívico: incentivando valores de patriotismo Com foco em sua nalidade educativa, inspirada nos princípios de valores que incentivam os alunos a se tornarem cidadãos conscientes do seu papel na sociedade, em setembro deste ano a Escola de Música incluiu em seu regimento o Momento Cívico, que será realizado periodicamente na primeira semana de cada mês.

(Alunos em Momento Cívico na área externa da Escola de Música)

OJNM realiza apresentação em palestra da juíza Selma Arruda A Escola de Música Orquestra Jovem de Nova Mutum marcou presença na palestra “Corrupção em debate o país que nós queremos”, abrindo o evento, ministrado pela juíza Selma Arruda. A participação da OJNM emocionou as autoridades e arrancou aplausos do público presente. nnnnnnnnnnnnnnnnnnnnn

Presidente da Associação Cultural e Social de Nova Mutum é homenageado pela COOMUSERV Sr. Luiz Divino da Silva, presidente da Associação Cultural e Social de Nova Mutum, foi homenageado com uma placa de reconhecimento ao seu prossionalismo e dedicação, pela Cooperativa Mutuense de Trabalho (COOMUSERV), em razão da participação da Orquestra Jovem de Nova Mutum (OJNM) no casamento comunitário realizado no último 26 de agosto, promovido pela COOMUSERV, com o apoio da Prefeitura Municipal e outras instituições.

Coral da OJNM faz apresentação em noite de homenagens do Programa “A União Faz a Vida” O Grupo de destaque do Coral da OJNM, realizou uma belíssima apresentação em uma noite de homenagens para prossionais da educação. O evento marcou o encerramento dos projetos do Programa “A União Faz a Vida” desenvolvidos em 2017. Acompanhados pelo piano o Coral emocionou o público com um repertório aplaudido e elogiado. (Apresentação Grupo do Coral da OJNM em noite de homenagens no encerramento dos projetos do Programa “A União Faz a Vida” 2017)

Orquestra Jovem de Nova Mutum

51


OJNM 2017

O som que levantou o pĂşblico...

Mantenedores Exclusive

52

OJNM


Regional

O som que levantou o público

Uma noite caracterizada por grandes momentos. Na noite do dia 3 de julho, em frente ao Ginásio Lauro Immichi, a Orquestra Jovem de Nova Mutum (OJNM) apresentou seu principal concerto de 2017, o espetáculo “Temas Marcantes do Século XX”. Um evento memorável por abrir as programações das festividades do aniversário de 29 anos do município e pelo ritmo marcante que levou o público ao delírio. Nem grandes nomes do mundo clássico, como a interpretação do compositor russo, Dimitri Shostakovich (1906-1975), ou qualquer outro grande sucesso do século XX interpretado no concerto, foi tão aclamado como a contagiante

música da cultura mato-grossense, o “rasqueado”. Em quase duas horas de show, o espetáculo impressionou cerca de três mil pessoas que prestigiavam o evento, com um repertório que foi do erudito ao popular rasqueado cuiabano. “Temas Marcantes do Século XX” começou cheio de emoção, já na abertura a junção de instrumentos musicais eruditos e a viola caipira garantiu um verdadeiro espetáculo tocando o “Tema da Vitória”, repertório que por diversas vezes marcou as manhãs de domingo dos brasileiros com as inesquecíveis corridas de Airton Senna na Fórmula 1. E se abertura foi tão empolgante, o melhor ainda estava por

vir. O momento mais marcante do espetáculo cou por conta da inspiração regional do rasqueado cuiabano. Um popurri musical da cultura mato-grossense fez todos levantarem e pedir “bis”. Atendendo aos pedidos, a OJNM repetiu o repertório aclamado que foi aclamado novamente. A empolgação subiu ao palco. Entusiasmados, os músicos vivenciaram uma performance contagiante com o público. Sob a regência do maestro, Edmar Nascimento, a emoção transitou do coração para a batuta e contagiou orquestra e plateia.

Patrimônio Cultural No nal de 2004, foi criada pela Assembleia Legislativa a Lei 8.203, que declarou o rasqueado como ritmo musical símbolo de Mato Grosso. O ritmo surgiu em Várzea Grande, em 1870, com o nal da guerra do Paraguai. Os refugiados da guerra e os prisioneiros da retomada de Corumbá, começaram a se integrar junto com os ribeirinhos mato-grossenses para o convívio do dia-

a-dia. Nessa interação de simbioses práticas, a viola-de-cocho e o violão paraguaio começaram a tocar uma nova música e, assim, nasceu o Rasqueado (mistura de siriri mato-grossense e polca paraguaia). O novo ritmo surgiu para a exaltação da volta à vida e para sepultar as lágrimas do grande conito que determinou o rumo da história latinoamericana. Orquestra Jovem de Nova Mutum

53


OJNM 2017

Eles ouviram nosso som...

Mantenedores PadrĂŁo

54

OJNM


Eles ouviram nosso som

E sempre de portas abertas, recebemos diversas visitas neste ano, o que nos enche de alegria. Poder receber os aplausos de pessoas que jamais imaginariam encontrar uma Orquestra em meio ao agronegócio... venha nos visitar VOCÊ TAMBÉM!

27/04 - A Escola de Música Orquestra Nova Mutum, a visita de executivos da SeedCorp | HO, que atua no mercado de sementes dentro e fora do país. A ocasião despertou grande interesse nos empresários em tornar a instituição, futura mantenedora do projeto social.

05/05 – Foi bastante movimentada e animada a visita dos alunos do 4º ano, da Escola Municipal 4 de Julho.

28/04 - A coordenadora de Projetos da Fundação André e Lucia Maggi (FALM), Lorraine Lopes Souza e a gerente de Projetos da Ink, Walquiria Felizardo, conheceram a escola e se emocionaram com a apresentação dos alunos.

17/05 – Representantes da O + Participações, grupo que representa as empresas do empresário, Otaviano Pivetta, visitaram a Escola de Música de Nova Mutum e foram recepcionados com imensa alegria e satisfação.

24/05 - representantes da ADAMA Agricultural Solutions Ltd, uma das principais empresas de proteção de culturas do mundo, conheceram a história, espaço físico que abriga o projeto e apreciaram apresentações instrumentais.

22/05 - A coordenadora de Projetos Especiais de Gestão, Elena Ferreira e mais dois representantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), visitaram a escola e analisaram o desenvolvimento técnico e social do projeto.

06/06 - A escola recebeu a visita do neto de D. Hilda Strenger Ribeiro (in memorian), o empresário Frederico Ribeiro Krakauer, um dos primeiros personagens responsável pela criação da OJNM.

14/06 - representantes da Secretaria de Cultura de Lucas do Rio Verde - MT, vieram conhecer de perto como é o trabalho e o modelo de gestão, desenvolvido dentro da Escola.

07/06 - Recebemos a visita de Elizeu Pareto, representante da TGA Sistemas, empresa de Tangará da Serra – MT, especializada em criação de software para Gestão Empresarial.

Orquestra Jovem de Nova Mutum

55


OJNM 2017

56

20/06 – O senhor Valdenir Palhares, visitou a escola e se emocionou ao ver seu nome em um dos painéis de registros da história do projeto.

21/06 – Especialista em Gamicação, Eurico de Aquino Gonçalves, conhece o projeto e propõe possibilidade de desenvolver game que atenda a instituição.

27/06 - Foi com admiração no olhar que o senhor, Zeno Albert, veterinário, residente em Cuiabá, visitou a Escola de Música.

03/07 - O diretor e proprietário do Grupo Estância Bahia, Sr. Maurício Cardoso Tonhá, juntamente com o leiloeiro, Sr. Adriano Barbosa e o gestor de Leilões, da Estância Bahia Leilões, Sr. Nilton de Paula, visitaram escola, em uma rápida passagem pela cidade.

04/07 - A primeira parada do Pr. Cláudio Duarte, em sua passagem por Nova Mutum, foi na Escola de Música. A visita, veio acompanhada pelo vice-prefeito, Leandro Félix, e foi recebida com muita alegria e admiração por alunos, professores e diretores.

16/07 - As estudantes Flávia Mendes e Larissa Kulp, que moram e estudam na Alemanha vieram ao Brasil de férias e escolheram como destino para visitar Nova Mutum. Na oportunidade as turistas conheceram a Escola de Música.

07/08 – O sr. José Francisco, colaborador do Grupo El Tejar, cou admirado com o trabalho desenvolvido dentro do projeto.

11/08 - O cantor internacional, Guilherme Silva, visitou a Escola de Música e emocionado expressou sentimento de alegria ao conhecer o projeto que oferece oportunidade através da música.

23/08 - cerca de 80 crianças da rede municipal de ensino estiveram visitando a Escola de Música. As crianças com idades entre 7 e 9 anos das escolas 4 de Julho e Cecília Meireles ampliaram seus conhecimentos musicais para um projeto que estava sendo desenvolvido dentro das escolas públicas.

25/08 - O promotor, Dr. Odonias França Oliveira, de Peixoto de Azevedo - MT, deu uma pausa em seu compromisso particular na cidade e foi conhecer o projeto.

04/09 – Os empresários de Mato Grosso do Sul, Ulisses Neumman Galvan e Ulisses Neumman Galvan Filho, pai e lho respectivamente, visitaram a escola e se emocionaram ao conhecer o projeto que prioriza a inclusão social.

08/09 - Em visita técnica a Nova Mutum, 25 alunos e o professor, Marco Antônio de Oliveira, do Instituto Federal de Rondônia (IFRO), campus de Cacoal, aproveitaram a oportunidade para uma excursão cultural.

OJNM


Eles ouviram nosso som

08/09 - Os supervisores de produção da Excelência, Ademir Schwingel e Jurandir Antonio Facin e, representantes da OneFoods BRF, Josmar Rodrigues, gerente de agropecuária e os técnicos em extensão rural, Jorge Luiz Matia Galli, Jhonatas Batáglia Favero e Ary Francisco Rubin Junior, acompanharam estudantes de Rondônia na visita a Escola de Música.

21/09 - O empresário, Otaviano Pivetta, demonstrou admiração ao conhecer a estrutura física e o trabalho desenvolvido pelo projeto.

17/10 - Agente de Relacionamento, Fabiula Tamara, a Gerente de Contas, Daniele Baldissera e a Coordenadora de Núcleo, Rosangela Goettems do Sicredi zeram uma visita técnica cumprindo exigência do Fundo Social - Sicredi Ouro Verde MT 2017.

19/10 - O governador do Rotary distrito 4440, Fernando Cesar Dalmolin, e sua esposa, Elci Maria Dalmolin, coordenadora distrital da Associação das Senhoras Rotarianas, juntamente com o presidente do Rotary da cidade, Maurício Medeiros, zeram uma agradável visita ao projeto.

20/10 - foi de imensa satisfação e alegria para todos Escola de Música receber a visita de representantes da empresa Autometal, uma das mantenedoras mais antigas, que acreditou no projeto. Ignácio Martinez Conde Barraza e Dermeval Sanchez, vieram de São Paulo, e assistiram ao Concerto de Percussão.

Representantes do Grupo Bom Futuro

Elisandro Nascimento - Diretor Geral do Hospital Regional de Colíder - MT (HRCOL) e José Nilson - Diretor Financeiro (HRCOL)

Representantes da Universidade Estadual de Mato Grosso (UNEMAT)

O casal sr. Valdir Alves da Costa e a sra. Lázara Aparecida do Estado de Goiás

Volte

sempre!!! Pr. Valberto Santana

Maestro João Reis

Orquestra Jovem de Nova Mutum

57


OJNM 2017

Nós tiramos o chapéu para eles...

Mantenedores Padrão

58

OJNM


Nós tiramos o chapéu para eles

Adriano Xavier Pivetta

Gilberto Caneppele

Stella Winkler

Prefeito de Nova Mutum

Vice-Presidente da Sicredi Ouro Verde MT

Gerente da unidade de Nova Mutum

“Nossa Orquestra é hoje uma referência, é um projeto modelo que todos os municípios querem ter. Ela merece nosso apoio irrestrito e constante, pois atua na vida das crianças, jovens e também das famílias que ali participam. Como gestores públicos iremos sempre apoiar, incentivar e garantir que o projeto siga ampliando suas ações em nossa sociedade”,

“Por ser uma instituição nanceira da comunidade, o Sicredi abraça as causas que agregam valor social e cultural para os municípios em que atua. E a Orquestra Jovem de Nova Mutum é um dos exemplos de projetos que fazem a diferença, não somente para os alunos envolvidos, mas também para toda a comunidade. Além de proporcionar formação musical para as crianças e adolescentes participantes, que hoje podem enxergar um futuro na música, a OJNM traz uma oportunidade de acesso à cultura que não se imaginava em cidades interioranas, como Nova Mutum. Todo este movimento também cria um sentimento de orgulho na população e divulga uma imagem positiva do município nacionalmente. Isso é mérito das pessoas que idealizaram este projeto de grande valor, que atraiu o apoio do Sicredi e de outras empresas que acreditam nesta causa”,

“A BRF é uma das maiores companhias de alimentos do mundo, com mais de 30 marcas em seu portfólio, entre elas, Sadia, Perdigão, Qualy, Paty, Dánica, Bocatti e Vienissima. Seus produtos são comercializados em mais de 150 países, nos cinco continentes. Mais de 100 mil funcionários trabalham na companhia, que mantém mais de 50 fábricas em oito países (Argentina, Brasil, Emirados Árabes Unidos, Holanda, Malásia, Reino Unido, Tailândia e Turquia). Apoiar projetos como este incentivam o crescimento na educação e transformam pessoas. Esse é o nosso propósito, acreditar e cooperar para que ações de melhorias para a nossa comunidade tenham continuidade. É uma contribuição que estamos fazendo para o futuro do nosso país, visto que o amanhã do mesmo será formado pela geração de crianças e jovens de hoje. O nosso apoio só reforça o crescente compromisso da companhia de buscar uma vida mais equilibrada e com mais bem-estar, sobretudo para as comunidades em que atuamos”,

Eledir Pedro Techio Presidente da Sicredi Ouro Verde MT “Para nós do Sicredi, investir na comunidade é participar efetivamente e contribuir para que as pessoas tenham qualidade de vida. Neste propósito, temos orgulho de integrar projetos que são compatíveis com nossos valores, como a Orquestra Jovem de Nova Mutum. Levar lições de cidadania para crianças e adolescentes e cooperar para que eles se tornem prossionais mais atuantes na sociedade é um dos grandes trabalhos desenvolvidos pela OJNM. Os resultados desta atuação já podem ser vistos na comunidade e, temos certeza, serão ainda mais visíveis no futuro de Nova Mutum e da região. Parabenizamos a todos os envolvidos pelo trabalho e reforçamos nosso apoio para que a Orquestra continue desenvolvendo talentos e formando cidadãos”,

Arlindo De Azevedo Moura Diretor presidente Terra Santa Agro “Acredito que o futuro de nosso país está nas ações ecazes que tomarmos hoje na formação educacional, cultural e comportamental de nossas crianças, adolescentes e jovens. E a Orquestra Sinfônica Jovem de Nova Mutum vem atuando com excelência neste projeto para construção de uma sociedade melhor para todos”,

“O Grupo Autometal se sente muito feliz, com a parceria formada desde a sua fundação e com esse maravilhoso Projeto. Apenas relembrando, nós temos o orgulho de ter uma das salas de nossa escola, com o nome da minha mãe, a Sra. Ana Maria Barrasa Plaza de Martinez Conde (em memória): A sua alegria e emoção quando lhe disse que teria essa homenagem, à tenho registrado para sempre em minha memória. Lembro me quando o Frederico ligou, e disse que tinha um compromisso com sua avó de fundar essa “Escola com a sociedade de Nova Mutum”, e que contava comigo. Achei a ideia fantástica, e logo que isso se idealizou, não tive dúvidas, sabia que seria um “Sucesso”. O tempo foi passando e hoje nos tornamos contribuidores através da lei Rouanet, onde direcionamos 100% do valor disponível das empresas que pertencem ao Grupo Autometal Brasil. Somos fabricantes de autopeças, possuímos 12 plantas no Brasil, fornecemos para todas as montadoras do país e empregamos 4500 colaboradores. Também temos, a Autometal Agropecuária em Nova Mutum, onde estamos desde 1988, ano de emancipação de Nova Mutum coincidentemente. Sempre tivemos dentro de nossa cultura empresarial, a participação em projetos que envolvem a nossa comunidade, nos vários estados, municípios em que estamos radicados. Nova Mutum, com sua escola de Música, é sem dúvida, o projeto que tem nos dado as maiores alegrias, pelo que ela representa para a sociedade, e claro, pelo grande carinho que temos por essa Maravilhosa Comunidade ”,

Diandra Baggio Sucolotti Coordenadora de Marketing da Agro Baggio “A Agro Baggio incentiva e procura apoiar projetos que visam a educação, a cultura e o desenvolvimento social nas comunidades carentes deste país que depende de empresas como a nossa para continuarem ativos. Este maravilhoso projeto da Orquestra Jovem de Nova Mutum que iniciou no ano de 2009, onde tive a oportunidade de conhecer pessoalmente esta escola que capacita atualmente mais de 400 crianças e adolescentes a terem acesso a música, transformando-os em cidadãos melhores e com inúmeras oportunidades de crescimento. É graticante para nós juntamente da representante John Deere continuarmos engajados nesse belo projeto”,

Ignacio Martinez- Conde Barrasa Diretor da Autometal

Airton Pessi Presidente da Câmara de Nova Mutum “O que mais me impressiona na OJNM, além da competência dos professores, é a capacidade de toda equipe em 'vestir a camisa' por esse Projeto. Sempre senti que as lutas e desaos são também dos próprios mantenedores e colaboradores, que unidos estão fazendo a verdadeira transformação. Esse projeto é um orgulho para Nova Mutum! ”

Orquestra Jovem de Nova Mutum

59


OJNM 2017

Frederico Ribeiro Krakauer

Leandro Silva Gonzaga

Presidente do Grupo Mutum e JAR Empreendimentos

Sócio Diretor e Corretor de Algodão da UNICOT

“O Grupo Mutum e a JAR Empreendimentos são empresas que ajudaram na fundação da Orquestra Jovem de Nova Mutum. Tudo começou com o sonho de minha avó, Senhora Hilda Strenger Ribeiro, que amava a música e tinha o mesmo amor pela cidade de Nova Mutum.Minha avó sempre teve vontade de trazer para Nova Mutum projetos de música clássica e com o tempo eu vi essa possibilidade. E então, busquei ajuda das outras empresas, do governo e comunidade para transformar esse sonho em realidade.Hoje eu tenho maior orgulho de ter plantado essa semente que cresceu e se transformou em um grande projeto social, um exemplo para todas as cidades. Agradeço a todos, que assim como nós, abraçaram essa Orquestra e contribuem para levar música e conhecimento para essas crianças e ainda, transformar Nova Mutum em um exemplo para todo o Brasil”,

“A Equipe UNICOT tem orgulho de ter a oportunidade de investir em um projeto social sério e com resultados visíveis na sociedade de Nova Mutum, como a Orquestra Jovem de Nova Mutum. Acreditamos que o melhor caminho para atingir o sucesso é o estudo e trabalho árduo e o envolvimento em atividades sociais e culturais. Envolver os jovens com atividades saudáveis e motivantes é muito importante tanto para o desenvolvimento pessoal de cada um dos participantes do projeto quanto para o desenvolvimento social da cidade. Ficamos felizes de fazermos parte dessa inspiração. Esperamos que os participantes do projeto saibam aproveitar as oportunidades, tornando-se além de músicos, grandes cidadãos”,

Adriana Mascarenhas de Menezes Granja Coordenadora administrativa e recursos humanos Excelência Carnes Suínas “A Natural Pork é uma empresa genuinamente mutuense, onde há 20 anos, empregando mais de 900 funcionários, contribui para o desenvolvimento econômico e social de Nova Mutum. E por estarmos ligados a história deste município entendemos ser imprescindível a participação em projetos como a Orquestra Jovem, protagonizando o desenvolvimento social de nossa comunidade. Quando observamos o resultado e o alcance da Orquestra Jovem de Nova Mutum só podemos nos alegrar pela decisão de sermos parceiros e um dos mantenedores de um projeto tão importante para nossos jovens e para a sociedade mutuense. Entendemos que dar opor tunidade a nossos jovens, possibilitando seu desenvolvimento e interação cultural é a melhor resposta para amenizar os problemas sociais: ensinando o caminho do bem e da arte, que leva à disciplina e forma cidadãos”,

João Marcos Ferrari Diretor comercial Nortox “A Nortox, maior fabricante nacional de defensivos e que também atua nos segmentos de nutrição vegetal e sementes, integra o time de patrocinadores da Orquestra Jovem de Nova Mutum (OJNM). O projeto faz parte de um conjunto de ações que a Nortox realiza há anos nos setores da cultura, esporte, educação e meio ambiente. Algumas dessas ações já são reconhecidas e premiadas, como o Projeto Olho D'Água, que desde 2009 recuperou mais de 700 minas e nascentes nos estados do Paraná e Goiás. É uma satisfação muito grande, para nós da Nor tox, sermos patrocinadores de um projeto como a OJNM porque, além de estar ao lado do agricultor brasileiro, a empresa também tem esse legado de ações culturais e socioambientais em sua área de atuação”,

Roberto Araújo Silva Gerente da agência do Banco da Amazônia de Lucas do Rio Verde - MT “O Banco da Amazônia incentiva a cultura regional e fortalece as mais diversas ações de cunho social, esportivo, feiras e congressos. Assim, geramos oportunidades aos mais variados segmentos atuantes na Região Amazônica e contribuímos ainda mais para a inclusão social e a melhoria da qualidade de vida da população que “vive nesta terra e faz parte desse chão”, reforçando o nosso compromisso Institucional. Por isso, orgulhamo-nos de apoiar iniciativas como a Orquestra Jovem de Nova Mutum, que por meio da música, traz um rumo positivo de vida para muitas famílias”.

(foto: Mauri e Jocondo Del Moro - Mauri é o mais jovem lho do Jocondo fundador da empresa)

Mauri Del Moro Presidente Del Moro Supermercados

Demétrio Oliveira Representante da Nortox em Nova Mutum “É um projeto que constrói sonhos e cria oportunidades para centenas de jovens. A OJNM é o tipo de projeto com o qual todos ganham, os mantenedores porque realizam uma ação social e cultural valiosa, as crianças e jovens porque têm acesso a ensino de qualidade e abrem novos horizontes pessoais e prossionais, os patrocinadores porque veem os recursos sendo aplicados de forma a promover o ser humano e a cidade porque já alcançou projeção nacional com a iniciativa”,

60

OJNM

“O Del Moro Supermercados tem muito orgulho de ser um dos mantenedores da Escola de Música – Orquestra Jovem de Nova Mutum (OJNM). Fazer parte de um projeto social e cultural que desenvolve jovens, crianças e adolescentes de nossa região nos enche de esperança para um futuro mais promissor. A parceria entre o Del Moro e a OJNM demonstra como o setor privado e outros projetos sociais podem se utilizar de mecanismos de incentivos legais para fortalecer o fomento a diversas causas nobres. A música tem se mostrado um instrumento de reinserção social em Nova Mutum, e a OJNM é fundamental neste processo. Uma escola de música que oferece gratuitamente o ensino de diversos instrumentos de orquestra a crianças e adolescentes não pode ser chamada simplesmente de escola, mas de um projeto de ação de cidadania e inclusão social. Uma escola de música que oferece gratuitamente o ensino de diversos instrumentos de orquestra a crianças e adolescentes não pode ser chamada simplesmente de escola, mas de um projeto de ação de cidadania e inclusão social. Parabéns OJNM e agradecemos a oportunidade de nos permitir a aprender com vocês a cada ano."

(foto: vendedora Valdilene que trabalha no Grupo a 25 anos e o diretor Marco Antônio)

Marco Antônio Diretor Proton A PROTON fundada em 2014 com sede administrativa em RondonópolisMT e fabricação com parceiros no estado de São Paulo, é uma Marca de Fertilizantes Foliares especializada em produzir um conceito novo de Indutores de Resistência que se preocupa com a PROTEÇÃO e a PRODUTIVIDADE do Agricultor e vem para somar força com todo o manejo de controle de tecnologia de aplicação, manejo de pragas e doenças das principais culturas cultivadas em todo o território Nacional, aliado a um conceito de sustentabilidade e responsabilidade social. Agradecemos o Mato Grosso por nos receber de portas abertas em várias Regiões, como é o caso de Rondonópolis, Primavera, Lucas, Campo de Júlio e Nova Mutum. É com muito orgulho e muita honra que podemos acima de tudo, além de se preocupar com o Produtor, o Meio Ambiente, a PROTON tem o respeito com o Social, apoiando na medida do possível, Projetos Sociais e Culturais, assim como a COMUNIDADE TERAPÊUTICA DIVINA PROVIDÊNCIA em Rondonópolis e ORQUESTRA JOVEM DE NOVA MUTUM.


OJNM 2017

Além do silêncio...

Mantenedores Padrão

Orquestra Jovem de Nova Mutum

61


Além do silêncio

62

Acostumada ao silêncio, a aluna da escola municipal 4 de Julho, Sarah Victória Oliveira da Silva, de 9 anos, que tem deciência auditiva, pode sentir pela primeira vez o som de uma orquestra. Observando cada detalhe e sentindo a vibração dos instrumentos, ela cou encantada e emocionou todos a sua volta. Sarah veio até a Escola de Música acompanhada pela turma da escola regular e alguns professores. Foi a professora da menina, Rose Perondi, que conversou com o maestro, Edmar Nascimento, e pediu se Sarah, assim como seus amigos, poderia também sentir alegria dos sons dos instrumentos musicais. O maestro então convidou a professora para que acompanhasse Sarah bem

próximo dos músicos, até que ela pudesse tocar nos instrumentos e sentir o som de cada um deles. Então, o silêncio passou a ser acompanhado de sorrisos e gestos de alegria. “Eu me emociono! Ver a alegria no rostinho, com estes olhinhos curiosos e o jeito como ela se surpreende ao sentir cada som, me toca profundamente”, disse professora Rose, com os olhos marejados de lágrimas pela emoção do momento. “A música é uma arte para todos. Tudo o que ela é capaz de nos

Ter deciência auditiva não signica viver em um mundo de calmaria só porque nele não existem sons. A música pode ser sentida. “As pessoas que não escutam são sensíveis à vibração do ar causada pelos ruídos e têm uma percepção extra que as faz reconhecer ritmos”, explica o maestro.

A interação da música com a surdez já gerou grandes frutos no passado. O gênio e compositor alemão Ludwig van Beethoven, do século XIX, teve sérios problemas auditivos e cou surdo. Mas, ainda assim, conseguiu compor algumas das melhores obras-primas da história.

OJNM

proporcionar, como por exemplo, a emoção deste momento, são experiências incríveis e inesquecíveis que a música nos oferece”, falou emocionado o maestro.

A música é capaz de reproduzir, em sua forma real, a dor que dilacera a alma e o sorriso que inebria. Ludwig van Beethoven


Destaques 2017

EXPEDIENTE Presidente Luiz Divino da Silva Redação de textos Poliana Chaves Jornalista responsável MTB. 02112/MT Produção e revisão Poliana Chaves Assessora de Comunicação

Diovana Azeredo

Eleilson Silva de Almeida Eleito pela Coordenação Pedagógica da Escola de Música como o professor DESTAQUE 2017.

Coordenadora Administrativa

Denize Vitalli Financeiro

Fotos Poliana Chaves Kacio Henrique Everton Tibalde Arquivo OJNM Projeto grá co Perl Boas Ideias Diagramação Renê Reverson M. Rodrigues Tiragem 1.500 exemplares Impressão Grá ca Gráca Print

Rafaela Casarin Feltrin A aluna foi eleita DESTAQUE 2017 pela dedicação e desenvolvimento.

"O aluno é como uma pequena semente que deve ser plantada e cuidada para germinar e dar bons frutos. O professor é como o agricultor que vê na semente a esperança que proverá as necessidades da sociedade." (Luis Alves)

A Escola de Música Orquestra Jovem de Nova Mutum agradece a todos os colaboradores que participaram direta ou indiretamente da produção deste material. Bom mesmo é agradecer do fundo do coração a todos que acolheram o projeto com todo afeto, mantenedores, diretores, colaboradores, pais, alunos ou parceiros. Nossa GRATIDÃO ETERNA a vocês que acreditaram e acreditam neste trabalho. Muito obrigado!

Orquestra Jovem de Nova Mutum

63


Balanço social e financeiro 2016

OJNM 2017

1 - ORIGENS DOS RECURSOS (=) Recursos gerados

R$

910.414,74

(+) Doações pessoa física............................................. (+) Doaçoes pessoas jurídicas...................................... (+) Convênios............................................................. (+) Apresentações e eventos...................................... (+) Lei rouanet............................................................ (+) FMDCA Fundo Mun. Dos. Dtos da Crian. E Adoles.... (+) Outras receitas......................................................

R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$

23.100,00 361.142,90 300.000,00 2.000,00 170.000,00 52.277,43 54.171,84

(=) Aumento do passivo

R$

291.430,07

(+) Provisões trabalhistas e encargos........................... (+) Contas a pagar........................................................ (+) Convenios a apropriar................................................ (+) Supevit do exercício............................................... (=) SOMATORIO DE ORIGENS DE RECURSOS

R$ R$ R$ R$

10.013,87 2.978,98 236.639,34 41.797,88

R$ 1.201.844,81

2 - APLICAÇÕES DOS RECURSOS (=) Pagamento de despesas da associaçao

R$

713.711,66

(+) Folha de pagamento..................................................... R$ (+) Encargos sociais (INSS, PIS, IRRF e FGTS)................. R$ (+) Despesas administrativas............................................. R$ (+) Despesas nanceiras................................................... R$ (+) Despesas tributárias..................................................... R$

336.162,83 134.802,00 219.023,69 17.286,77 6.436,37

(=) Aumento do ativo

R$

488.133,15

(+) Aquisição de imobilizado.............................................. R$ (+) Convenios a receber..................................................... R$ (+) Despesas a apropriar.................................................... R$

48.800,70 436.639,34 2.693,11

(=) SOMATORIO DA APLICAÇÃO DOS RECURSOS

R$ 1.201.844,81

Disponibilidades no início do exercício................................ R$ Disponibilidades no nal do exercício.................................. R$

292.531,28 512.247,14

RESULTADO DE ORIGENS E APLICAÇÕES Aplicações + Disponibilidades no nal do período.............. R$ Origens + Disponibilidades início do perído........................ R$

64

OJNM

1.714.091,95 1.714.091,95


INFORMAÇÕES INSTITUCIONAIS Site www.orquestranovamutum.org.br E-mail comunicacao@orquestranovamutum.org.br

Endereço Avenida Mutum, 712 – N, Centro CEP 78.450-000 – Nova Mutum – MT (65) 3308-3667 / 99801-9004

Doações Sicredi Banco: 748 Agência: 0810 Conta Corrente: 13734-0

https://www.facebook.com/osjnm https://www.youtube.com/user/OSJNM www.instagram.com/escolademusicadenovamutum

Profile for Orquestra Jovem de Nova Mutum (OJNM)

Revista ojnm 21x27 completa web  

Uma das gratidões por esse projeto é a inclusão e os valores que se caminham ao rumo dessas crianças. Estes material tem o objetivo de most...

Revista ojnm 21x27 completa web  

Uma das gratidões por esse projeto é a inclusão e os valores que se caminham ao rumo dessas crianças. Estes material tem o objetivo de most...

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded