Anuário de Sustentabilidade do Sistema Sucroenergético - Guia de Compras - 2021 - AsAA21

Page 1

Opiniões www.RevistaOpinioes.com.br

2021

ISSN: 2177-6504

anuário de sustentabilidade do sistema sucroenergético

&

Guia de Compras das empresas fornecedoras


Foto: Acervo ATVOS Foto: Acervo Mailson Pignata


2021 Anuário de Sustentabilidade do sistema sucroenergético e Guia de Compras das empresas fornecedoras


🔊

IMPORTANTE • IMPORTANT • WICHTIG • First of all, before any action, please touch in the flag of your language. • Tout d'abord, avant toute action, veuillez toucher le drapeau de votre langue. • Primero, antes de realizar cualquier acción, toque la bandera de su idioma. • Bitte berühren sie vor jeder aktion die flagge ihrer sprache. Para que obtenha o melhor aproveitamento dos recursos que a Plataforma Digital Multimídia da Revista Opiniões pode lhe oferecer, solicitamos que • assista ao video abaixo. Nele estão contidos alguns recursos que lhe serão úteis neste momento. Ao acionar o play, o video abaixo será iniciado. Ao chegar no final, o video das instruções será iniciado novamente, para en cerra-lo acione o Play e ligue o som do video ao lado. Assista ao show.

Plataforma Digital Multimídia da Revista Opiniões

Copyright: Europa Technologies, Data SIO, NOAA, NGA, U.S. Navy, GEBCO, INEGI, MapLink, Tele Atlas, US Dept of State Geographer and Google. •Autorized by: Google Cloud Support - 19/Sep/2020

instruções



Aplicação da logomarca Centerquimica Logo completa

24

HORAS

24

HORAS

Foto: Acervo ATVOS Participantes

Foto: Acervo Mailson Pignata


ESG BANNWART

SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE FROTAS

TELEMETRIA AVANÇADA + VIDEOMONITORAMENTO

Nós temos a fórmula

One-color Timken Orange, P


Foto: Acervo ATVOS Foto: Acervo Mailson Pignata


Editorial de abertura

2021


a virada de chave 🔊

Não é de hoje que a humanidade vem sendo alertada sobre as consequências e os impactos da ação antrópica no que se refere à perenidade do planeta e à prosperidade das gerações futuras. Há décadas, acordos internacionais e sucessivos encontros de cúpulas globais têm alertado para a necessidade de reação imediata, com propostas que, na sua essência, provocam governos para que revisem suas políticas públicas, convocam empresas e instituições para se unirem no estabelecimento de iniciativas mais sustentáveis e clamam para que membros da sociedade civil e indivíduos revisitem seus hábitos e comportamentos perante o planeta. Segundo o recente relatório do IPCC – Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (2021), o aquecimento global, inequivocamente, tem a influência humana e ultrapassará 1,5 °C antes do meio do século, antecipando que a chance de se evitar a catástrofe anunciada está numa ambiciosa e imediata meta de redução de emissões. Na mesma esteira, a Organização das Nações Unidas (ONU) propôs, em 2015, uma Agenda Global Sustentável e definiu diretrizes que estabeleceram os chamados Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Portanto, a se julgar pelo que estamos testemunhando atualmente, tudo indica que a virada de chave não tem mais volta, e o momento é para ontem. Basta observar, por exemplo, o movimento no setor privado: empresas e corporações estão indo muito além das publicações tradicionais de relatórios de sustentabilidade e passam a incorporar estratégias e compromissos públicos em suas agendas de longo prazo, pautados, sobretudo, em iniciativas que fomentam uma economia de baixo carbono. Não se limitando a esse fato, temas como mudança climática e preocupações socioambientais vêm ganhando escala no discurso das principais autoridades globais, especialmente às vésperas da COP26 (26ª Conferência das Nações Unidas), que deverá estruturar a implementação do Acordo de Paris, dito o maior compromisso multilateral para clima em anos, além de trazer, como uma das principais pautas, a criação de soluções para o funcionamento do mercado regulado de carbono. O fluxo financeiro global também tem tomado nossos rumos, investidores e fundos condicionam, cada vez mais, a destinação de seus recursos às empresas e aos projetos que atrelam ao seu plano de negócio e à sua estratégia operacional as métricas e os parâmetros ESG, sigla em inglês para Environment (Ambiente), Social (Social) e Governance (Governança). O próprio termo ESG vem sendo estampado cada dia com maior frequência nos principais noticiários corporativos e tem se tornado pauta constante na rotina de líderes e executivos, inclusive no nosso setor. Mas, diante de todo esse cenário, quais são as oportunidades que surgem para o Brasil e qual é o papel que nosso setor assume nesse contexto? Numa avaliação macro, é sabido que a matriz energética brasileira é única no mundo, majoritariamente oriunda de fontes renováveis; o País detém o maior patrimônio ambiental do globo, rica disponibilidade de recursos naturais e ampla diversidade de espécies e tem nas atividades do agronegócio a principal mola propulsora de sua economia, já os biocombustíveis aqui produzidos são responsáveis por 25% da produção mundial (IEA, 2020). Ou seja, o Brasil possui amplo acesso às ferramentas necessárias para capitalizar as oportunidades de desenvolver setores capazes de liderar o movimento de descarbonização, sem citar o potencial latente de se tornar peça central nas relações comerciais globais, sobretudo nos mercados de carbono. E é diante desse movimento que o setor sucroenergético precisa se projetar como protagonista da mudança, ativamente, reconhecendo com seriedade seu papel na transição energética que o mundo impõe. Precisamos não somente estar presentes, mas adotar postura ativa em fóruns e debates internacionais, influenciar o reordenamento de prioridades e a renovação de valores corporativos. O setor possui vantagem competitiva na agenda sustentável, somos parte de um negócio que sempre foi desafiado ao longo dos anos, tendo atravessado – e superado – inúmeras crises e incertezas na nossa história, e, mesmo assim, fomos hábeis para gerar inúmeros ciclos de evolução. A adoção de tecnologia de ponta e a automação agroindustrial nunca colaboraram tanto para o desempenho e a prosperidade do nosso negócio. Somos geradores de emprego, atuamos para o desenvolvimento de comunidades e investimos constantemente na busca por soluções mais sustentáveis, a exemplo dos crescentes investimentos em biogás e etanol de segunda geração. Não restam dúvidas da geração de valor para a sociedade. Estamos diante de uma oportunidade única, e é preciso tomar posse do assento preferencial que o cenário global nos oferece.


Luis Andrade

Gerente de Relações Institucionais da BP Bunge Bioenergia


o combustível do futuro, hoje 🔊

Os conceitos de vida moderna são quase tão efêmeros quanto a vida propriamente dita. Diferentemente de tempos passados, o comportamento das pessoas e as alterações nas necessidades de consumo acontecem com muita velocidade dentro de uma mesma geração, tamanha a quantidade de informações difundidas em tempo quase real. Há quase dois anos, o mundo passa por uma reprogramação social, econômica e sanitária. Pessoas se adaptaram ao distanciamento, reinventaram formas de estar perto e repensaram o que querem para o futuro. Nos negócios, encontros intercontinentais sem deslocamento físico e o on-line invadiram o mercado para dar espaço às vivências familiares. Nesse tempo, enquanto o mundo se reinventava, o setor de biocombustíveis incorporou à sua matriz um novo modelo de produção, atraído pela grande oferta de milho de segunda safra na região Centro-Oeste do País. O etanol de milho se consolidou como uma importante estratégia na verticalização da produção primária, transformando excedentes exportados da produção de milho de segunda safra em empregos, impostos e riquezas, por meio de vultosos investimentos sustentáveis para a produção de biocombustível, alimentos e bioenergia. Com inovação, tecnologia e alta performance, o setor desfruta de sua capacidade máxima instalada ao longo dos últimos anos, com importante contribuição na oferta de etanol hidratado e anidro, sobretudo no período de entressafra da produção de etanol de cana-de-açúcar. Na safra 2019/2020, que terminou em abril de 2020, logo após o início da pandemia, o Brasil produziu 1,63 bilhão de litros de etanol de milho, volume que já era considerado expressivo em comparação com a safra anterior, que foi de 790 milhões de litros. Nesta safra, que se encerrará em abril de 2022, serão produzidos 3,5 bilhões de litros de etanol de milho. Ou seja, mais que o dobro da safra pré-pandemia. Esse salto decorre no início da operação de usinas instaladas principalmente na região central do Brasil. Além, é claro, da transformação de usinas que, antes, produziam apenas etanol de cana-de-açúcar para produção do biocombustível a partir do milho. As chamadas usinas flex. A tendência do setor é continuar em expansão, com perspectivas de atingir a produção de 8 bilhões de litros de etanol na safra 2028/2029. Esse volume pode até parecer pequeno quando comparado ao volume de etanol de cana produzido no País, cerca de 30 bilhões de litros, mas já é considerado muito expressivo por alguns aspectos relevantes. Primeiramente, podemos citar a perenidade da produção. O etanol de milho é produzido ao longo de todo o ano, isso porque o milho pode ser estocado nas usinas e processado conforme a demanda, garantindo o abastecimento do mercado, independentemente de safra. Segundo estudos, analisando a pegada de carbono do etanol de milho no Brasil em dois cenários distintos, é calculada em 18 e 25,5g CO2-eq/MJ. Representam uma redução de mais de 70% em comparação à gasolina e são significantemente menores que o etanol de milho norte-americano. As principais razões são o uso de biomassa de eucalipto como fonte de energia e o ciclo de produção do milho de segunda safra, otimizando recursos naturais, insumos e operações agrícolas na rotação da cultura da soja em uma mesma safra. De forma indireta, a expansão da área de eucalipto para geração de energia aumenta os estoques de carbono quando comparado a outras culturas. A oferta constante de farelos de milho (grãos de destilarias) para a dieta de suínos, aves e até pets ainda exerce papel fundamental na intensificação da bovinocultura. Em um círculo virtuoso, o insumo atua como indutor da diminuição do ciclo pecuário, aumentando o número de animais por área e possibilitando a liberação de pastagens de baixa produtividade para o cultivo de grãos, evitando, assim, o avanço sobre novas áreas de produção. Por fim, as usinas ainda produzem óleo vegetal e bioenergia, que, além de movimentar a própria indústria, ainda gera excedente que vai para as centrais de distribuição. Temos o privilégio de sermos autossuficientes na produção de um biocombustível limpo, com uma rede de abastecimento consolidada, com grande geração de riquezas e contribuições ao meio ambiente e à saúde pública; por meio da mitigação de emissões, melhoramos a qualidade do ar. Voltando ao começo do artigo, quando falamos de vida moderna, revisão de conceitos e novos padrões de convivência, as mudanças estão nos fazendo repensar o que queremos e como queremos consumir, e isso está mudando o modo de produzir. A cadeia produtiva do etanol, de milho e de cana-de-açúcar, está cada vez mais moderna, produtiva e sustentável, agregando valor social, ambiental e econômico em todas as etapas produtivas para atender justamente às novas demandas. O combustível do futuro já existe, ele é renovável, altamente produtivo, gera renda e ainda contribui para a descarbonização do planeta. E você já conhece.


Guilherme Linares Nolasco Presidente da União Nacional de Etanol de Milho – Unem


geração de valor 🔊

A agenda ESG vem ganhando cada vez mais relevância nas organizações com o fortalecimento de iniciativas para minimizar os impactos ambientais dentro das estratégias de desenvolvimento econômico dos negócios. Na Tereos, a sustentabilidade faz parte da estratégia do nosso negócio e está no centro de tudo que fazemos. A partir de um desempenho sustentável, geramos valor para nossos investidores, clientes, fornecedores, colaboradores, parceiros e comunidade, a começar pela nossa principal matéria-prima, a cana-de-açúcar, que atua na lógica da economia circular e permite seu aproveitamento ao máximo. Os coprodutos e resíduos do nosso recurso natural são utilizados na fertilização de solos, na cogeração de energia limpa e até na composição de alimentação animal. Além disso, em cada etapa do processo produtivo, contamos com práticas sustentáveis no campo e na indústria para otimização de recursos, diminuição de resíduos, gestão do consumo de energia e água, além de promover iniciativas para mitigar as emissões de gases do efeito estufa (GEEs). Outra contribuição importante está na promoção da descarbonização, um tema que vem ganhando cada vez mais relevância dentro das discussões sobre sustentabilidade. E, nessa frente, a cana nos dá o etanol e a biomassa usada para cogeração de energia. O etanol, inclusive, desponta como uma das principais fontes renováveis do mundo, e o Brasil é líder mundial em produção do biocombustível – de acordo com dados da Unica, em 2020, foram produzidos 32,5 bilhões de litros no País. Na Tereos, a produção da safra 2020/2021 foi de 730 milhões de litros. O biocombustível conta com 90% menos emissão de GEEs se comparado à gasolina e possui papel fundamental na descarbonização do planeta. Esse processo se iniciou em 2003, com a fabricação dos primeiros veículos flex, e se fortalece agora com outras possibilidades de utilização da fonte renovável, como na geração de hidrogênio verde, que mostra grande potencial em contribuir para a geração de energia limpa. Além disso, nossas usinas são certificadas pelo RenovaBio, maior programa para redução de carbono da matriz energética e de transportes brasileira. O grupo Tereos é, atualmente, o que mais emite CBios/m³ do setor sucroenergético. Já a cogeração a partir da biomassa da cana também é uma alternativa para obtenção de energia limpa, renovável e com baixo carbono. Na safra 2020/2021, a Tereos exportou 1150 GWh, equivalente ao abastecimento das residências de uma cidade de cerca de 2 milhões de pessoas durante um ano. Esse segmento da companhia conquistou, recentemente, uma importante certificação com reconhecimento internacional, que reforça a origem sustentável da energia produzida. O I-REC garante que a energia produzida em nossas unidades é proveniente de fontes renováveis, além de possibilitar a geração de créditos que podem ser comercializados. Assim, além de fortalecer os valores ESG da Tereos, de clientes e parceiros, a certificação contribui para potencializar resultados financeiros. Estamos fortalecendo, ano após ano, nossa presença na economia global como um agente da transformação energética, nos colocando em uma posição estratégica para impulsionarmos nossas ações de sustentabilidade por meio de nossas decisões financeiras. A companhia foi a mais ativa do setor sucroenergético na captação de dívidas verdes durante a safra 2020/2021. Nesse cenário, destacamos o Green Loan de US$ 105 milhões, realizado em junho de 2020 e considerado o primeiro financiamento sustentável do setor sucroenergético brasileiro, e a nossa primeira debênture de infraestrutura e a maior da companhia no mercado de capitais, realizada em junho deste ano, no valor de R$ 480 milhões. A estratégia verde da companhia é permeada por um processo de transformação digital que visa otimizar e impulsionar ganhos da operação, melhorar a segurança e eficiência dos processos, além de auxiliar na tomada de decisão mais estratégica. A transformação contempla a adoção de novas tecnologias no campo e na indústria, assim como gestão da mudança de mindset dentro da Tereos, trazendo funcionários, clientes e parceiros como principais aliados frente aos desafios de impulsionar o desenvolvimento econômico do negócio aliado às metas sustentáveis.


Pierre Louis Joseph Santoul

Presidente da Tereos Brasil


Renata Fernandes Vieira Camargo

Coordenadora de Sustentabilidade da Unica


desconstruindo preconceitos Falar em sustentabilidade no setor sucroenergético não se trata apenas de divulgar investimentos em recuperação de vegetação nativa, redução de consumo de água, melhor aproveitamento de subprodutos e de eficiência energética. Assim como em todo o agronegócio brasileiro, trata-se de um trabalho de desconstrução de preconceitos. Dizem que “não basta ser sustentável, é necessário parecer ser”, mas, quando se trata do setor sucroenergético, essa máxima vai além do ser e do parecer ser. Na prática, o que se observa é um esforço constante de comunicação, afinal, estamos falando de um setor com mais de quinhentos anos de história em território nacional. Nos últimos 15 anos, o setor sucroenergético paulista eliminou, voluntária e antecipadamente, a queima da palha da cana-de-açúcar como método agrícola, substituindo a colheita manual com o uso do fogo pela colheita mecanizada sem o uso do fogo. Nessa nova dinâmica, os focos de incêndio representam prejuízos ambientais e econômicos reais a serem evitados e combatidos. No entanto, ainda hoje, os incêndios, muitos deles originados nas beiras de rodovia em função de bitucas de cigarro ou garrafas de vidro lançadas por motoristas – que funcionam como lentes –, são atribuídos equivocamente às usinas e aos fornecedores de cana. O caso da eliminação da queima nos mostra como é difícil “parecer ser”. Nesse contexto, o mercado financeiro introduziu um novo paradigma para a qualificação das empresas e segmentos econômicos: o ESG. Atualmente, é impossível falar em sustentabilidade sem mencionar os critérios ESG (Environmental, Social and Governance). Aí, você se pergunta: o conceito de sustentabilidade já não incorpora os critérios ESG? Na verdade, o olhar trazido pelos critérios ESG pode ser considerado uma evolução do famoso tripé da sustentabilidade. Agora, as empresas passam a ter indicadores utilizados pelo mercado financeiro para reconhecer as suas práticas de sustentabilidade, garantindo acesso a melhores linhas de financiamento, por exemplo. De maneira resumida, o mercado financeiro passou a buscar indicadores ambientais, sociais e corporativos para identificar o “parecer ser”, permitindo a qualificação diferenciada e o reconhecimento de quem realmente é sustentável. Apesar de ainda não existir um selo ESG para qualificação de investimentos, existem instrumentos que orientam para essa qualificação. O índice S&P da B3 é um bom exemplo de como o mercado financeiro reconhece tais iniciativas nas mais diversas cadeias produtivas. No caso do setor sucroenergético, no entanto, por se tratar de um setor extremamente heterogêneo, com usinas familiares de capital fechado e também com grupos multinacionais de capital aberto, seria injusto limitar a qualificação de uma empresa como ESG exclusivamente pela sua participação na lista S&P da B3. Assim, o reconhecimento do “parecer ser” do setor sucroenergético deve ser verificado pelas certificações e pelos programas setoriais, a exemplo do RenovaBio, do Etanol Mais Verde, do Bonsucro, ou pela própria aderência aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS). Produzir alimento e energia limpa e renovável tem sido o compromisso do setor sucroenergético brasileiro. O aproveitamento dos subprodutos da cana-de-açúcar para produção de energia elétrica e biogás, a fertirrigação com vinhaça, bem como os investimentos realizados em recuperação e proteção do meio ambiente, em requalificação de mão de obra e adoção de melhores práticas de governança, também são indicadores importantes que garantem a sustentabilidade do setor sucroenergético. Apenas no estado de São Paulo, nos últimos 15 anos, foram plantadas mais de 46 milhões de mudas de vegetação nativa, mais de 200 mil hectares de matas ciliares protegidas, redução de consumo de água de 5 m³/tonelada de cana processada nos anos 1990 para 0,87 m³/t em 2019, mais de 400 mil trabalhadores requalificados, sem deixar de mencionar os 22,6 mil GWh de energia elétrica produzidos a partir do bagaço da cana-de-açúcar em 2020. Ser sustentável é o que move a inovação no setor sucroenergético; agora, o maior desafio é garantir esse reconhecimento, demonstrando que, muito além do “parecer ser” e das frases de impacto, a sustentabilidade do setor é algo que se pratica diariamente, com o comprometimento de todos, seja nas cidades, no campo ou na indústria.

🔊


Rosmary Delboni

CEO da Techsocial Tecnologia e Consultoria


quando "inventamos" a sustentabilidade Grande parte de minha vida profissional foi dedicada às questões sociais do relacionamento entre empresa e trabalhador. Na época, a palavra sustentabilidade nem era usada para definir o tripé dos interesses econômicos-ambientais-sociais. O aprendizado foi intenso. Naquele período, a relação entre empresa e trabalhador era estigmatizada e conflituosa, especialmente com relação ao trabalho rural, no corte da cana. E a precariedade, natural das condições desse trabalho, contribuía para acentuar os conflitos sociais. O cenário se comprometeu ainda mais com a regulamentação de suspensão de queimadas: se, por um lado, isso era maravilhoso pela perspectiva ambiental e social, não haveria mais fuligens, sujeiras e diminuição do impacto nas populações próximas aos canaviais, por outro, não poderia haver corte manual. Essa foi uma das condições que a gente constata: nada é tão ruim que não possa piorar. Trabalhar no corte da cana queimada é difícil: trabalho árduo, sujeito às intempéries, mas, ainda assim, era um trabalho, e o que fazer sem ele? Como direcionar milhares de trabalhadores que, sem qualificação, tinham no corte da cana uma opção de subsistência? Nesse contexto, comecei uma trajetória riquíssima, tanto pelos desafios que se apresentavam naquele período, quanto pelas possibilidades de ação, principalmente em razão da capacidade de influência que tivemos numa das maiores empresas do setor. Entendo que uma grande contribuição em responsabilidade social empresarial foi atuar na base do problema. O propósito era tentar transformar a vida daquelas pessoas, quebrar o ciclo: profissionais em condições precárias de trabalho por falta de capacitação, resultado da falta de condições de educação e formação recebida e, na sequência, para os filhos, gerando mais profissionais sem quase nenhuma qualificação. Era óbvio que a base da solução estava na educação e na formação profissional. Mas estávamos em uma empresa, precisávamos agir de forma responsável com todos, onde se incluíam os interesses dos próprios sócios investidores. Começamos a construir um programa consistente de responsabilidade social: necessidades da empresa, como negócio versus necessidades das pessoas e suas expectativas. Com a mecanização da lavoura, não havendo mais queimadas, naturalmente seriam necessários operadores de máquinas e mecânicos. Claro que, em quantidades infinitamente menores, mas já havia uma esperança ali. Também importante considerar que o sonho de 9 entre 10 trabalhadores rurais era mudar para a indústria. Mas, para qualquer função na indústria, era necessário ao menos ensino fundamental. Montamos, então, um dos maiores programas de qualificação e educação continuada do setor. Um levantamento apurado do quadro profissional requerido para a setor como um todo, com requisitos mínimos de formação e competências x mapeamento das condições atuais das pessoas que estavam em risco de desemprego por eliminação da função exercida. O resultado comparativo dessas matrizes nos levou ao mapa de necessidades de formação profissional e educação continuada. Tão importante quanto trabalhar no desenvolvimento dos pais, trabalhadores adultos, seria oferecer oportunidade de educação aos seus filhos, por meio de um grande programa de inclusão. O plano estruturado foi apresentado e contou com parceria de redes de apoio aos trabalhadores, assim como das empresas. Em menos de 3 anos de início do programa, os resultados foram comprovados: taxa zero de analfabetismo na população com mais de 18 anos; sim, havia analfabetismo, em uma das regiões mais ricas do Brasil; milhares de pessoas foram capacitadas profissionalmente e, senão absorvidas pela própria empresa, estavam aptas ao mercado de trabalho setorial. Não nos permitimos colocar limites no sonho: chegamos ao ponto de montar um curso de MBA dentro da própria usina. O empenho dos funcionários e o apoio dos acionistas foram fundamentais. Escrever este artigo foi uma experiência maravilhosa. Muitos que viveram essa época irão reviver a emoção das vitórias daquele momento. Ter vivido a mecanização da colheita de um sistema tão grande quanto o sucroenergético, inventando soluções quando, às vezes, não tinha em quem, nem no que se basear, trabalhando de forma realmente ativa para mudar o rumo da vida, não somente do trabalhador, mas dos seus filhos e dos que viriam nas gerações seguintes. Isso vale a vida! Eu me lembro de um caso muito expressivo, que foi capa de um grande jornal nacional na época. Um nosso cortador de cana conseguiu chegar ao nível universitário; ele cursou Ciências da Computação. Tirá-lo da roça e colocá-lo plenamente adaptado e à vontade, como programador do departamento de TI, foi um grande prêmio, tanto para ele como para nós. Para quem viveu o caso, foi uma história inspiradora. Tive um imenso privilégio de vivenciar essa experiência: é possível fazer negócios viáveis economicamente com responsabilidade social e, por meio disso, oferecer oportunidades de transformar a vida de pessoas e contribuir efetivamente para uma sociedade melhor, mais justa e mais próspera.

🔊


Edilberto Bannwart

Presidente da ESG - Bannwart Consulting


os desafios do clima e da água Neste texto, serão abordados os efeitos do clima para as operações industriais do setor sucroenergético, sendo mais específico para riscos, cada vez maiores, em decorrência da falta de água. Isso, através de uma abordagem objetiva e prática, de como devemos gerenciar nossos recursos hídricos, de forma que sejam, de fato, sustentáveis, através de mais estudos técnicos e ferramentas com previsibilidades cada vez mais rápidas/digitais e confiáveis para tomadas de decisão. Pois bem, para as operações industriais de usinas, contamos com recursos hídricos naturais e diferentes formas de armazenamentos, através de barramentos com lagos artificiais ou mesmo naturais, que são alimentados por rios e nascentes, e estes, pelas águas subterrâneas, e estas, pelas águas meteóricas/chuvas, que, por sua vez, são condicionadas pelos fatores climáticos, que estão em constantes mudanças. Para se ter o direito do uso desses recursos hídricos, temos que respeitar os processos legais para a obtenção de outorgas que, quando concedidas pelos departamentos estaduais ou federais, devem também obedecer aos critérios e limites para a exploração, sejam em captações superficiais, diretamente nos rios ou barramentos e das águas subterrâneas, através de poços instalados em aquíferos livres/freáticos ou confinados. A indisponibilidade hídrica está ligada a dois fatores principais: 1) os reabastecimentos (a partir do clima/chuvas) e 2) às explorações não oficiais de poços. Como sabemos, são as chuvas que reabastecem nossos sistemas, mais diretamente os rios e lagos, e as águas subterrâneas. Aqui, temos diferenças importantes que merecem atenção, pois as chuvas recarregam os rios e lagos mais rapidamente do que recarregam os aquíferos, com tempos de residência muito menores. Em relação às águas subterrâneas, os tempos de residência são infinitamente maiores, especialmente nos aquíferos confinados, como é o caso do aquífero Guarani. Já os aquíferos livres/freáticos, que são condicionados pela força da gravidade, os tempos de residência são menores em relação aos confinados, porém maiores que os rios e lagos. Para se ter uma ideia da importância desses aquíferos, quando falamos da idade das águas subterrâneas, a exemplo do aquífero Guarani, temos tempos de formação de 5 mil anos na região de Bebedouro, 500 mil anos na região de Araçatuba e até 800 mil anos na região de Lins. A taxa de renovação desse aquífero é lenta, e a área de recarga do Guarani é de apenas 10% (Prof. Dr. Didier Gastmans). Por isso é tão fundamental um cuidado na exploração desse aquífero. O conhecimento técnico e a gestão dos parâmetros hidrológicos, hidrogeológicos e hidroquímicos da região de uma unidade industrial não devem ser negligenciados, sob o risco da falta de água para as operações, no médio prazo. Há pontos importantes sobre o manejo adequado dessas fontes de água, em relação às captações, sendo: 1) Em barramentos: o monitoramento da qualidade da água, em função das atividades antrópicas existentes à montante, como esgotos ou efluentes não tratados de outras atividades, medição da vazão, sistema de segurança com vertedouros e drenos de fundo e estabilidade geotécnica do barramento. 2) Em poços de águas subterrâneas: o monitoramento de qualidade da água; o conhecimento de possíveis fontes de contaminação da água subterrânea na zona de influência da captação dos poços, a limpeza química e física a cada 2 anos, medição dos níveis estáticos e dinâmicos da água subterrânea ao longo do tempo. Estima-se que há, no Brasil, mais de 2,5 milhões de poços tubulares profundos, conhecidos popularmente como poços “artesianos” e “semiartesianos”, sendo que 88% deles não estão cadastrados oficialmente (Prof. Dr. Ricardo Hirata). Os departamentos estaduais são os gestores que devem autorizar a instalação e exploração das águas subterrâneas. Esses órgãos não têm como avaliar com precisão as reais condições hidrogeológicas e hidráulicas numa determinada bacia hidrográfica, em função da clandestinidade. Dessa forma, fica difícil uma unidade industrial saber, de fato, quais são as condições ideais e limites para a exploração, além daquelas autorizadas pelos órgãos. Cabe aqui o alerta para o risco de indisponibilidade de águas de poços, com a redução gradativa das vazões, como já se tem observado em diversos poços monitorados por pesquisadores, setor público ou pelo próprio setor privado.

🔊


atuando localmente, engajando globalmente 🔊

Há nove anos morando no interior dos Estados Unidos, Missouri (St, Louis), nunca tinha visto a venda de garapa por aqui. Semana passada, isso mudou. Apareceu um novo quiosque, no shopping central da cidade: quiosque de garapa. A expectativa com esse novo espaço encontrou, na realidade, uma garapa aguada e cara. Mas o que chamou atenção foi o enorme banner listando inúmeros benefícios da garapa para a saúde. A chamada para o produto, de forma inteligente, atraiu, com sucesso, os passantes que, em geral, desconheciam a bebida. A reflexão para nós, brasileiros, é quase natural ao vermos um posicionamento de marketing diferencial transformando uma commodity em especiaria ligada à saúde e ao meio ambiente. A fila era razoável. O desafio de melhor posicionamento e engajamento é grande, antigo e, claro, não apenas ligado a esse produto ou a esse setor, mas, de modo geral, a toda a nossa produção – brasileira. Por estarmos diretamente ligados ao setor sucroalcooleiro, temos bom conhecimento das soluções existentes no Brasil para desafios globais – como mudanças climáticas, fome zero e outros objetivos dos desenvolvimentos sustentáveis (ODS). O desafio é também uma oportunidade, e cabe a nós, do setor, garantir que essas questões sejam discutidas em foros globais – com participação das diversas partes interessadas e prestação de serviços – reforçando a confiança do mercado global em nossos produtos e serviços. Nesse sentido, uma das principais conferências globais rapidamente se aproxima. Trata-se da Conferência das Partes, ligada ao clima (COP26). Nas duas primeiras semanas de novembro, governos, empresários, negociadores e cidadãos do mundo estarão em Glascow, UK, debatendo e negociando como mitigar, adaptar e financiar soluções referentes a emissões climáticas. Temas transversais como meio ambiente, energia, inovação, ciências, perdas e assuntos do gênero serão debatidos diariamente. E, nesse cenário, além da participação do setor nessas discussões, é fundamental também o engajamento na discussão on-line. A análise de impacto, gerenciamento e mitigação das mudanças climáticas em cada negócio hoje é base para a decisão de investimentos. O alto risco incremental na produção, distribuição e potencial impacto social e ambiental exige uma avaliação criteriosa e transparente. Nesse sentido, a discussão sobre esse assunto, e engajamento de partes interessadas, mais que nunca, é fundamental para o sucesso de qualquer empreitada. Com uma alta demanda de informação e engajamento sobre os nossos negócios no mundo inteiro, é interessante considerarmos, estrategicamente, oportunidades de somarmos nossas ações e soluções às campanhas globais mais significativas. É hora de agirmos localmente sim e, ao mesmo tempo, garantirmos um posicionamento global para nossas soluções para os desafios globais. Esse posicionamento aumenta a visibilidade e o valor do nosso negócio. Seguem duas oportunidades como exemplo: • Race To Zero (Corrida para o Zero): É uma campanha global para mostrar liderança e suporte de negócios, cidades, regiões e investidores por uma sociedade que seja carbono net zero em 2050. Essa coalizão representa, hoje, 25% das emissões globais de CO2 e cerca de 50% GDP. São 733 cidades, 31 regiões, 120 países, 3.067 empresas, 173 dos maiores investidores trabalhando por uma recuperação sustentável, resiliente, zero carbono, que previna futuros desafios, crie empregos decentes e suporte um crescimento sustentável. Todos podem participar e não há custo. Link para acesso: https://racetozero.unfccc.int • ClimateShot – Transforming Agricultural Innovation for People, Nature and Climate (Transformando a inovação agrícola para pessoas, natureza e clima). Essa campanha foi iniciada em conjunto pelo CGIAR, Research Program on Climate Change, Agriculture and Food Security (CCAFS), e Reino Unido para reforçar o movimento “Agenda Ação para uma Agricultura inovadora” (Action Agenda for Agricultural Innovation) e será lançada na COP26, salientando bons exemplos de inovação agrícola. Também é uma campanha gratuita, aberta para submissões com casos de sucesso, vídeos e fotos, até 12 de novembro. Link para acesso: https://www.climateshot.earth Em setembro, vimos pouquíssima presença do setor na United Nations Food Systems Summit (Conferência de Sistemas Alimentares), deixando de trazer informações relevantes e significativas como base para políticas e critérios no mercado internacional. Na COP26, agora em novembro, essa presença é fundamental. O engajamento global permite a ação local reforçando nossas comunidades. Que possamos avançar nesse engajamento juntos, como setor.


Gabriela Procópio Burian

Líder Global de Parcerias da Bayer


a sustentabilidade desconhecida 🔊

Está cada mais vez evidente a necessidade de se promoverem mudanças na matriz energética mundial para uma matriz energética renovável e limpa. As mudanças climáticas estão cada vez mais acentuadas, podendo afetar gravemente a agricultura, principalmente a produção de alimentos, tornando áreas produtivas em improdutivas, diminuindo, assim, a disponibilidade de alimento, o que seria muito impactante, pois, segundo a ONU (2019), a população mundial, em 2050, será superior a 9,5 bilhões de pessoas, o que exigirá uma maior oferta de alimentos ao mundo. Para aqueles que ainda não acreditavam nas mudanças climáticas, o ano de 2021 deu uma pequena amostra dos impactos que elas podem causar. Presenciamos, neste ano, secas prolongadas, geadas e incêndios que trouxeram grandes prejuízos econômicos para o setor sucroenergético, bem como prejuízos sociais e ambientais para toda a sociedade. Nesse contexto, o setor sucroenergético tem todos os requisitos para ser protagonista, visto a importância da sua matriz energética renovável para mitigação das mudanças climáticas, sendo uma grande oportunidade para se consagrar como um setor sustentável e indispensável para ajudar o Brasil e o mundo, a cumprir suas metas de redução de emissões de GEE (Gases de Efeito Estufa), bem como melhorar a imagem do setor sucroenergético perante a sociedade. Sociedade que, na maioria das vezes, desconhece a sustentabilidade do setor sucroenergético, pois ainda associam o setor a práticas socioambientais inadequadas que ocorreram no passado. Nas últimas décadas, as usinas sucroenergéticas passaram a ter uma nova atitude frente aos problemas socioambientais, motivadas não somente por fortes regulamentações e pressões externas de clientes, mas também por uma maior conscientização dos empresários do setor que passaram a entender que o setor sucroenergético é extremamente dependente dos recursos naturais e dos serviços ecossistêmicos. Precisamos ter solos saudáveis para ter uma boa produtividade, precisamos de água limpa e em abundância para irrigação e processos industriais. Com essa mudança de conceito, o setor passou a desenvolver e implantar tecnologias que permitiram uma melhor conservação do solo, melhor reaproveitamento dos resíduos, a redução do consumo de água e das emissões de CO2 e, ao mesmo tempo, passou a preservar a biodiversidade e conferir condições seguras e saudáveis de trabalho. Podemos afirmar que ocorreu, no setor, uma evolução da sustentabilidade ao longo do tempo e que hoje pode ser exemplo para o mundo de como ter uma produção de energia e alimento, em equilíbrio com as vertentes econômica, social e ambiental do desenvolvimento sustentável. Apesar de ser notório que o setor forneça contribuições nas áreas econômicas, sociais e ambientais, como geração de empregos, melhoria na qualidade de vida local, redução das emissões de GEE, a maioria da sociedade desconhece esses benefícios devido à má comunicação existente no setor. O setor sucroenergético ainda é muito conservador quando se fala em comunicação. Tanto em relação à comunicação interna, para seus colaboradores, como à comunicação externa, para todos seus stakeholders. O que percebemos em muitas usinas é que os próprios colaboradores desconhecem as ações de sustentabilidade realizadas nas usinas onde trabalham. A comunicação interna realizada com agilidade e transparência faz com que os colaboradores se sintam valorizados e parte do negócio, fazendo com que eles sejam o maior veículo de propaganda positiva da empresa, auxiliando, dessa forma, a desmistificar a imagem negativa do setor perante a sociedade. Já com relação à comunicação externa, é possível observar a mudança de postura das associações ligadas ao setor, que estão intensificando as ações de comunicação em nível nacional e internacional, mas observam-se poucas comunicações externas individuais das usinas. Somente as comunicações realizadas pelas associações não são suficientes para ter o alcance que se deseja, sendo as ações individuais das usinas de extrema importância para fortalecer o diálogo e o engajamento com a sociedade do seu entorno. A comunicação tem grande influência na imagem do setor e pode despertar empatia e estabelecer uma relação de confiança com a sociedade, mas pode também ser um enorme problema se não for realizada adequadamente. Dessa forma, se faz necessária a articulação do setor para desenvolver uma estratégia conjunta de comunicação, para mostrar ao Brasil e ao mundo a sua importância, seu potencial e, principalmente, a sua sustentabilidade.


Olivia Pinheiro Merlin

Gerente de Meio Ambiente da Usina Lins e Coordenadora do Comitê Ambiental da UDOP


Foto: Acervo ATVOS Foto: Acervo Mailson Pignata


Relatórios de Empresas do sistema Sucroenergético

2021


Um futuro mais sustentável e mais humano A busca pelas melhores práticas de gestão e governança, sob a ótica do impacto social e ambiental faz parte do DNA da Adecoagro, uma das principais produtoras de alimentos e energia renovável da América do Sul. Atuando a partir de um modelo circular de eficiência e sustentabilidade, a Adecoagro está presente no Brasil com três unidades e operações responsáveis pela produção e comercialização de etanol, açúcar e com a cogeração e venda de energia elétrica no Mato Grosso do Sul e Minas Gerais. A Companhia busca o equilíbrio permanente entre suas atividades e o meio ambiente, bem como o desenvolvimento das comunidades locais e a saúde e segurança de sua gente. Seu modelo de desenvolvimento sustentável possui foco nas pessoas, permitindo que cresçam e se desenvolvam na empresa. Valores de transparência, confiança, eficiência, inovação e sustentabilidade norteiam a cultura organizacional marcada pelo trabalho, pelo esforço e pela proximidade com o outro.

Usina Ivinhema-MS

Construir um mundo mais humano

O processo de construção de um ambiente que valoriza a diversidade é contínuo dentro da Adecoagro. A empresa mantém seu olhar atento e pauta suas atividades para integrar e potencializar as diferenças, recriar possibilidades e estimular o crescimento através das características individuais de cada colaborador. A empresa entende que a pluralidade proporciona a possibilidade de criar um ambiente que inspire pessoas a contribuir do seu próprio jeito. E por acreditar que o respeito pelas pessoas gera uma sociedade melhor, a Adecoagro conta com uma série de programas para potencializar o desenvolvimento de seus colaboradores como os programas para Gestão de Competências, Capacitar, Geração de Líderes, desenvolvimento de Jovens Talentos e qualidade de vida - Pra Você!

Programa Capacitar: estratégia para desenvolver talentos internos


Com o Multi – Programa de Inclusão da Adecoagro, criado em 2014, a Companhia busca construir um espaço de trabalho inclusivo e livre de qualquer forma de preconceito e discriminação a partir de cinco frentes de atuação: Pessoa com Deficiência Atrair, reter e desenvolver pessoas com deficiência física, visual, auditiva, intelectual e psicossocial que atendam aos perfis dos cargos da Adecoagro. Equidade de gênero Ampliar o número de mulheres nas operações por meio de ações afirmativas que promovam igualdade de oportunidades, respeito, proteção de violências e empoderamento das mulheres. Gerações e Experiências Promover o equilíbrio entre as gerações e experiências, ter estratégias concretas de gestão do conhecimento. LGBTQIA+ Propiciar um ambiente de trabalho inclusivo, livre de discriminação por orientação sexual e identidade de gênero em que as pessoas possam ter oportunidades igualitárias. Raça e Etnia Estruturar ações afirmativas e indicadores focados em raça e etnia para que a população negra possa ter mais empregabilidade e oportunidades de desenvolvimento. O trabalho desenvolvido pelo Pilar Equidade do Gênero do Programa Multi, tal como as ações do Programa de Qualidade de Vida Pra Você! e do Programa Proteger, conferiram à Adecoagro o Selo Social “Empresa Amiga da Mulher”, concedido pela Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para Mulheres do Mato Grosso do Sul. Entre os objetivos das iniciativas está a promoção da igualdade de oportunidades, respeito, proteção de violências e empoderamento das mulheres.

Adecoagro recebe Selo Social "Empresa Amiga da Mulher"

ONU Mulheres A busca pelo aprimoramento da promoção de práticas e valores, que visam a igualdade de gênero no setor sucroenergético levaram a Adecoagro a assinar, em 2019, os Princípios de Empoderamento das Mulheres, da ONU Mulheres. O documento é um conjunto de considerações que ajudam a comunidade empresarial a incorporar em seus negócios valores e práticas que visem à equidade de gênero e ao empoderamento de mulheres.

Meio Ambiente

A Companhia atua como agente transformador nas comunidades em que está inserida, valorizando a mão de obra local e desenvolvendo, a partir de treinamentos permanentes, seus colaboradores. A partir do conhecimento e da inovação em diferentes áreas, sempre pautados pelo propósito de melhorar a eficiência, a Adecoagro implementa boas práticas fazendo o uso racional de recursos e investindo na conservação da biodiversidade. As ações para o desenvolvimento de alternativas que promovam a preservação dos ecossistemas são parte dos esforços da Adecoagro em suas práticas ambientalmente sustentáveis. A companhia desenvolveu e segue um Plano de Gestão Ambiental - PGA, desenhado em sintonia com as diretrizes estabelecidas na legislação ambiental em vigor, para guiar as estratégias e ações necessárias para o monitoramento e/ou controle dos possíveis impactos ambientais decorrentes do modelo de produção. “Estamos em constante aprendizado, em sintonia com a sociedade e sempre buscando o desenvolvimento de ambiente interno e externo igualitários. Nossas ações são guiadas e desenvolvidas a partir de uma sólida base: a do respeito ao próximo e ao meio ambiente. A partir dessa premissa, elaboramos programas para integrar e potencializar as diferenças, recriar possibilidades e estimular o crescimento de cada pessoa, bem como investimos em práticas ambientalmente sustentáveis em toda a cadeia de valor”, destaca Leonardo Berridi, Vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios da Adecoagro no Brasil.


Aqui não tem Agora também para adensamento de 4 ruas em espaçamento alternado.

www.fcntecnologia.com.br +55 19 99604-0736 • +55 19 98159-0609 Rua Antonio Frederico Ozanan, 2293 13417-160 - Piracicaba - SP


milagre, tem tecnologia ! O que pode ser mais agradável para um produtor do que ouvir a seguinte frase: " Você pode dobrar a sua produção e baixar seus custos pela metade " Essa é a solução ideal para áreas com produtividade abaixo de 60 toneladas por hectare. A lógica é muito simples. A operação é aplicada em ruas alternadas. O equipamento faz o corte da cana de ambas as ruas e empurra a cana cortada para as duas ruas laterais. O trabalho a ser feito pela colhedora passa a ser: cortar da rua que ainda está de pé e recolher, na mesma operação, a cana já cortada pelo equipamento CORT-I-CANA, que recebeu o apelido muito próprio de "engordador de rua".

🔊

Esta operação reduz o trabalho da colhedora pela metade, colocando o dobro da cana no elevador. Outra vantagem: para fazer o posicionamento de retorno, a colhedora passa a ter um raio de curva 3 vezes maior, reduzindo o número de manobras, o tempo, a complexidade dos movimentos e o pisoteio. Em função da sua produtividade, um "engordador " atende a duas colheitaderas. Assim, seu uso dobra ou triplica a massa de cana colhida. O CORT-I-CANA, copia o relevo do solo – independente da ação do operador – permitindo corte bem rasos, e auxilia na abertura de aceiros de colheita evitando o esmagamento da cana. O TCH limite para adensamento passa a depender da capabilidade da colhedora, pois a mesma passará a enfrentar um canavial com TCH dobrado. O uso de tratores com piloto automático facilitará sobremaneira a operação em áreas georeferenciadas. Temos agora também uma opção para o adensamento de 4 ruas em espaço alternado. O que você acha da ideia de ligar agora para a FCN e pedir uma visita? Se desejar se adiantar, solicite o envio de uma Planilha de Pay-back pelo e-mail Felix@fcntecnologia.com.br. Agora, aperte o botão do Play da página ao lado e assista ao vídeo que mostra a CORT-I-CANA em ação. Aguardamos seu contato.




é preciso pensar nas gerações que vão usar os recursos que você deixou para trás.

Navegue pelo nosso ebook que vai te guiar, com ajuda de especialistas no assunto, para trabalhar a sustentabilidade aliada à produtividade.

jacto.com


2dcb.com.br






Rentabilidade com sustentabilidade O Grupo Delta Sucroenergia, com suas três unidades localizadas no Triângulo Mineiro, está entre as principais empresas do setor sucroenergético. Responsável por abastecer o mercado nacional e internacional com açúcar, etanol e energia, a corporação tem como identidade a rentabilidade com sustentabilidade. A proximidade entre as unidades permite o compartilhamento da área cultivada. Além de produção em terras próprias, a cana-de-açúcar processada também é adquirida de parceiros e fornecedores avaliados com os critérios socioambientais. Já a produção de energia em forma de alimento, combustível e eletricidade na maior turbina a vapor já fabricada para o setor sucroenergético nacional, contribui com as fontes renováveis a serem oferecidas no mercado, preservando o meio ambiente e o bem-estar social. “Temos colocado a sustentabilidade como elemento central em nossa atuação. Entendemos que para obtermos resultados econômico-financeiros adequados é essencial fabricar produtos sustentáveis, incentivar a gestão em questões de governança, manter os cuidados com o meio ambiente e com as comunidades”, Robert Lyra, presidente da Usina Delta.

RPPN Aldeia

O grupo mantém a Reserva Particular do Patrimônio Natural-RPPN, denominada como RPPN Aldeia. Com 7.341 hectares, área equivalente a mais de 8 mil campos de futebol, está 100% preservada e composta por uma densa vegetação nativa e com a fauna típica do Cerrado. De uso sustentável, tem como objetivo conservar a diversidade biológica representativa da região do vale médio-superior do rio São Francisco. É a região que concentra áreas prioritárias para a conservação de biodiversidade do Cerrado e da Caatinga. Está localizada no norte de Minas Gerais, próximo do Parque Estadual Serra das Araras no município de Chapada Gaúcha, onde a base da economia é a agricultura extensiva, com a produção e exportação de grãos. Além de contribuir para o ecossistema local, esta Unidade de Conservação-UC, fomenta o ecoturismo e movimenta a economia do setor por se tratar de uma área de preservação. O seu uso é restrito a atividades de pesquisa científica e a visitação com objetivos turísticos, recreativos e educacionais.



É importante destacarmos a participação da Delta Sucroenergia em eventos locais que contribuem com as tradições do sertão, como o “Encontro dos Povos do Grande Sertão Veredas”. Realizada pela prefeitura da cidade, tem o intuito de conservar os costumes dos povos sertanejos. A RPPN Aldeia possui um sistema de alerta 24 horas por dia. Sua estrutura é composta de tratores, caminhões-pipa, caminhonete e brigadistas treinados pelo Instituto Estadual de Florestas-IEF, para combate aos focos de incêndio na Reserva e região.

Recursos hídricos

A cidade de Chapada Gaúcha está localizada em área susceptível à desertificação do estado de Minas Gerais, ou seja, é classificada como subúmida seca e apresenta escassez de água superficial para a população. Com isso, as veredas presentes na RPPN Aldeia é uma importante fonte de recursos hídricos, funcionando como nascentes de cursos d’água de grande valor estético-paisagístico nas áreas de cerrado.

Fauna

O monitoramento da mastofauna já identificou espécies como veado-campeiro, mão-pelada, jaratataca, raposa, onwça-parda, cateto, lobo-guará e gato-palheiro, estes últimos ameaçados de extinção. Já o monitoramento da herpetofauna registrou os anfíbios sapo-ferreiro, sapo-cururu e rã-manteiga, e, os répteis calango-verde, cascavel e papa-vento-cinza, entre outros. Do monitoramento da ornitofauna, destacamos a presença de gavião-cabloco, papagaio-verdadeiro, pica-pau-do-campo, coruja-do-campo, arara-canindé, entre outras.

Flora

De acordo com o mapa de áreas prioritárias para a conservação do Ministério do Meio Ambiente (2007), o município de Chapada Gaúcha está inserido em local de importância “muito alta” (região nordeste) e “extremamente alta” (região sudoeste) para a conservação da biodiversidade. Conforme a Fundação Biodiversitas (2005), a cidade de está inserida em região considerada de importância “extrema” e “muito alta” para a conservação da flora em Minas Gerais.


Conte com a tecnologia Timken para obter o máximo desempenho e produtividade na sua usina. Com os produtos de última geração da Timken®, você garante a máxima eficiência e confiabilidade em seus equipamentos desde o plantio à colheita, passando pelo processamento e produção de açúcar e álcool: • Rolamentos de rolos cônicos

• Mancais bipartidos

• Rolamentos de rolos cilíndricos

• Acoplamentos

• Rolamentos autocompensadores de rolos

• Mancais com rolamentos de esferas

• Mancais monobloco Timken® com rolamentos cônicos tipo E

• Correntes

• Mancais monobloco Timken® com rolamento autocompensadores de rolos

Stronger. By Design. www.timken.com

A Timken aplica seu know-how para melhorar a confiabilidade e o desempenho das máquinas das mais diversas indústrias em todo o mundo. A empresa desenvolve, produz e comercializa componentes mecânicos, como rolamentos, engrenagens, correntes, produtos de transmissão de potência, além de serviços.

Timken® é marca registrada da The Timken Company. I © 2021 The Timken Company

• Graxas e sistemas de lubrificação


FS + Milho = etanol, nutrição animal, óleo A FS iniciou suas atividades em 2017 com a ambição de revolucionar os segmentos de etanol, bioenergia e nutrição animal no Brasil. A empresa é a primeira usina de etanol do Brasil que utiliza 100% do milho na fabricação dos seus produtos: etanol, ingredientes para nutrição animal (DDGS), óleo do milho e energia elétrica, produzindo benefícios econômicos, sociais e ambientais na nova fronteira agrícola do Brasil. Os negócios da FS são conectados a uma nova energia. Agregamos benefícios socioambientais à cadeia produtiva de biocombustíveis e ampliamos a contribuição nacional para o esforço global de combate às mudanças climáticas, aumentando a oferta de fontes energéticas renováveis sem elevar a concentração de gases de efeito estufa (GEE) na atmosfera. Consolidamos uma companhia que tem ajuda a construir um futuro de baixo carbono, fornecendo à sociedade energia renovável e produtos para nutrição animal. A FS obteve, em 2020, a certificação para fazer parte do RenovaBio e emitir créditos de descarbonização (CBIOs), em 2021, assumiu seis compromissos de longo prazo com a sociedade (Compromisso de Sustentabilidade FS 2030). Esses compromissos têm metas correlacionadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Organizações das Nações Unidas e em linha com o Acordo de Paris. A empresa possui atualmente a melhor Nota de Eficiência Energético-Ambiental (NEEA) de etanol anidro e segunda melhor para o hidratado. Adicionalmente, a FS é também a única produtora de etanol de milho certificada com a divulgação de dados primários, que incluem a rastreabilidade das emissões agrícolas dos fornecedores de grãos e adere aos Princípios de Green Bonds, segundo avaliação da SITAWI.


e energia elétrica Esse ano anunciamos também a implementação de um sistema revolucionário e ainda pouco utilizado no mundo: o BECCS – Bioenergy with carbon capture and storage (Bioenergia com captura e estocagem de carbono). O BECCS da FS será instalado na unidade de Lucas do Rio Verde. O local de injeção do carbono será definido por meio de estudos geológicos e sísmicos dentro de um raio de 5km da fábrica e, posteriormente, monitorado ao longo do tempo de utilização. No mundo, existem hoje 18 projetos de bioenergia utilizando o BECCS. Além da primeira emissão realizada no mercado internacional, com a captação de U$ 550 milhões em emissões de Títulos Verdes, em dezembro de 2020 e adicionais US$ 50 milhões em janeiro de 2021, aderindo aos Princípios de Green Bonds, segundo avaliação da SITAWI. A empresa captou ainda R$ 530 milhões em emissões verdes no Brasil junto a duas instituições financeiras – Santander e Credit Suisse. O primeiro passo foi a emissão de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA), no valor de R$ 210 milhões, pelo Credit Suisse, em fevereiro de 2020. Depois, em junho, a FS realizou a emissão de R$ 140 milhões em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI), também com o Credit Suisse, e, por último, um empréstimo bilateral com o Santander no valor de R$ 180 milhões. Essas duas últimas, possuem juros atrelados às mesmas três metas sustentáveis: manter-se no ranking das top 10 de etanol anidro do RenovaBio; aumentar da transparência da divulgação de informações, por meio da obtenção do selo GRI - Global Reporting Initiative no seu relatório de sustentabilidade (todas já cumpridas pela FS); e a certificação da emissão em questão com base nos padrões do CBI - Climate Bonds Initiative. Essa certificação foi obtida em setembro de 2021.



SOLUÇÕES DE ARMAZENAGEM ÁGEIS, ECONÔMICAS E SUSTENTÁVEIS? Tópico, há mais de 40 anos líder em locação e venda de galpões lonados

Acesse topico.com.br e descubra porque a Tópico é líder em soluções flexíveis de armazenagem.


COM FOCO NO BEM-ESTAR DE COLABORADORES, COMUNIDADES E DO PLANETA, USINA JACAREZINHO INVESTE EM SAÚDE, SEGURANÇA E SUSTENTABILIDADE Mais de um ano e meio após a confirmação pelo Ministério da Saúde do primeiro caso de Covid-19 no Brasil, o cenário ainda é preocupante, mas o Grupo Maringá se adaptou rapidamente, superou os desafios e, mais do que manter suas atividades a todo vapor, conseguiu diversificar seus negócios, com o início das operações da Maringá Energia, a nova unidade de cogeração de energia paranaense. Focada no bem-estar de seus colaboradores e das comunidades das regiões onde estão instaladas suas unidades, a companhia investe em iniciativas relacionadas à saúde, segurança e sustentabilidade, que engloba projetos socioeconômicos e ambientais. Conheça um pouco mais sobre as ações desenvolvidas e apoiadas pelo Grupo Maringá em Jacarezinho (PR), onde operam a Usina Jacarezinho, produtora de açúcar e etanol, e a Maringá Energia.

Usina Jacarezinho toda decorada para comemorar o marco histórico de 2.000 dias sem incidentes com afastamento e a ação com os colaboradores

2.000 dias sem incidentes de trabalho Em 2021, a Usina Jacarezinho tem um motivo a mais para celebrar seus 75 anos: a conquista da marca histórica de 2.000 dias sem incidentes com afastamento, que foram comemorados com os colaboradores. Esse resultado é fruto de um trabalho de para fomentar a cultura de segurança, que envolve gestão, planejamento estratégico e estabelecimento de índice de incidentes. Hoje, compete ao gestor entregar a saúde e segurança, meio ambiente, produtividade, qualidade, prazo e custo. A empresa implementou ferramentas aliadas à tecnologia, auditorias e Normas Regulamentadoras e criou um comitê específico para as Regras de Ouro, além de realizar treinamentos periódicos em saúde e segurança do trabalho, primeiros socorros, combate a incêndios, campanhas de prevenção e Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT), entre outras medidas.

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL No período de estiagem, quando aumenta o risco de queimadas, a Usina Jacarezinho intensifica a campanha de conscientização para os riscos de incêndio nos canaviais. Neste ano, a empresa instalou placas com mensagens de alerta em locais estratégicos da região, fez anúncios em rádios locais e abriu canais para denúncias. Além disso, o trabalho para identificar focos de incêndio é diário e a equipe de 167 brigadistas, com caminhões de combate ao fogo e carros de apoio, está sempre pronta para atuar em emergências


Estamos alinhados às boas práticas de sustentabilidade. Nossa colheita é mecanizada e sem queima, investimos continuamente na modernização de nossos processos agrícola e industrial, e atuamos na preservação do meio ambiente no entorno de nossas usinas. Somos terminantemente contra as queimadas, informa o diretor de Operações da Usina Jacarezinho, Condurme Aizzo. Condurme Aizzo- Diretor de Operações Sucroenergético

BOM DE NOTA, BOM DE DANÇA Criado em 2019, o projeto Bom de Nota, Bom de Dança oferece, gratuitamente, aulas de balé e danças urbanas para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, matriculados na rede pública de ensino. As atividades semanais vão desde os primeiros passos à apresentação de um espetáculo de encerramento. O primeiro núcleo foi inaugurado na comunidade Aeroporto, próxima à Usina Jacarezinho. Com investimento de cerca de R$ 570 mil, que desde 2021 é 100% bancado pela empresa, o projeto já beneficiou mais de 150 estudantes.

Projeto Bom de Nota, Bom de Dança retoma as aulas presenciais em agosto

CAMPANHA DE COMBATE AO TABAGISMO Fator de risco para a Covid-19, o tabagismo foi tema de uma campanha da Usina Jacarezinho em 2020, voltada a colaboradores fumantes interessados em abandonar o uso do tabaco. Totalmente custeado pela empresa, o programa desenvolvido pelo Instituto Nacional de Câncer-INCA engloba reuniões em grupo semanais e consultas individualizadas, com dinâmicas e prescrições dos medicamentos. Até o momento, foram formadas três turmas, com 28 colaboradores, dos quais 24 abandonaram o vício.

Dra. Luciana Nishimoto. Médica do trabalho entrega o certificado de conclusão do programa de combate ao tabagismo ao funcionário Jerresson Costa

COGERAÇÃO DE ENERGIA Com investimentos de R$ 70 milhões, a Maringá Energia está focada na cogeração de energia limpa, produzida a partir do bagaço da cana-de-açúcar gerado na produção da Usina Jacarezinho. A capacidade de produção inicial é de 25 MWh de energia elétrica (120 mil MWh anual), sendo parte para consumo próprio e parte para exportação. O montante exportável daria tem capacidade de abastecer uma cidade com até 33 mil habitantes. A geração de energia limpa amplia a qualificação do Grupo Maringá como protagonista do desenvolvimento sustentável, por sua contribuição à matriz energética e ao meio ambiente.


MUNDO

CANAVIEIRO Está em busca de uma empresa que ofereça equipamentos para transporte canavieiro com qualidade, segurança e garanna de excelência?

LINHA

LEVE

LINHA

CONVENCIONAL

Então você está no lugar certo, na Sergomel. A empresa oferece variados pos de equipamentos para transporte canavieiro, fabricados com máxima eficiência e somente por profissionais competentes que seguem , à risca, todas as normas de segurança e um rigoroso sistema de qualidade para entregar aos clientes o melhor equipamento.

LINHA

MULTICARGAS LINHA

BASE TRANSPORTE

DE BIOMASSA


MUNDO

RODOVIÁRIO

MUNDO

CANAVIEIRO

MUNDO

FLORESTAL

DESCUBRA UM NOVO UNIVERSO! ACESSE:

WWW.SERGOMEL.COM.BR


c

A Usina Pitangueiras teve incríveis projetos ambientais no ano de 2020 e 2021. Com foco na sustentabilidade, você vai conhecer nossas alternativas que adotamos para melhorar nossos processos e a visão do setor sucroenergético como um todo. Afinal, preservar o Meio Ambiente é fundamental para manter os ciclos de vida no planeta Terra. A Semana do Meio Ambiente é uma das ações tradicionais dos Projetos Ambientais da Usina Pitangueiras, evento promovido anualmente.

DOAÇÃO DE MUDAS Todos os anos, não deixamos de estimular a conscientização ambiental. Entre os dias 01 a 05 de junho de 2020, respeitando os protocolos-Covid-19 e com o propósito sócio ambiental, a Usina Pitangueiras realizou a doação de mudas e uma interação com a comunidade através das redes sociais, seguido de um sorteio para promover a comemoração do Dia Mundial do Meio Ambiente. Foi publicado durante uma semana, um post por dia com uma dica/curiosidade sobre o tema meio ambiente. No dia em que comemoramos o Dia Mundial do Meio Ambiente, foi promovido um sorteio, com uma frase relacionado ao tema acompanhada da hashtag: #planteobemcomaUsinaPitangueiras

Programa Jovem Aprendiz Agrícola Porque acreditamos que é possível fazer a diferença na vida das pessoas, realizamos o Programa Jovem Aprendiz-Agrícola, que visa preparar e incentivar jovens para o mercado de trabalho. Em parceria com o Senar, o programa foi realizado para a comunidade da cidade de Pitangueiras. Iniciou em outubro de 2020 e finaliza em novembro de 2021 com um total de 1596 horas, contemplando temas como eletroeletrônica, lubrificação, transmissão, freio, hidráulica, manutenção básica, Intermediária e avançada.

www.usinapitangueiras.com.br


VINHAÇA LOCALIZADA Atualmente a Usina Pitangueiras tem investido em melhorias em suas frotas de dispersão de vinhaça e aplicação de subprodutos da indústria. Nos últimos três anos tivemos uma grande expansão de aplicação de vinhaça localizada. Hoje fazemos dispersão em praticamente 1/3 da área de moagem. Isso nos possibilitou o menor uso de adubos formulados e o maior uso de torta de filtro nas áreas com vinhaça, propiciando redução de custos nas operações. Como as aplicações são localizadas sobre as ruas de plantio da cultura, pode-se otimizar a dose de aplicação, gerando menos transtornos, menor possibilidade de empoçamento e consequentemente menores chances de proliferação de moscas. Estas melhorias no método de aplicação de vinhaça foram muito bem recebidas pelo grande número de parceiros agrícolas que utilizam este recurso. Um resultado melhor para nós e para o meio ambiente

Projeto “Ideias em Ação” O projeto tem como objetivo divulgar as ideias de melhorias implementadas, reconhecer os colaboradores idealizadores de cada inovação e assim, promover o engajamento. Aconteceram quatro edições durante o ano de 2020 e várias ideias foram apresentadas a bancada de jurados juntamente com seu idealizador, isso faz com que ele seja visto e mostre seu talento. Todos os projetos são valiosos, pois trouxeram melhorias para a empresa e ajudaram alcançar a excelência. Os vencedores ganharam um troféu, uma belíssima caneca térmica e um delicioso café da manhã com a presença da diretoria e gerência.

www.usinapitangueiras.com.br


Nosso cotidiano é a sustentabilidade CRÉDITO DE CARBONO: A Usina São Luiz investe em melhoramento dos processos e tecnologia, para garantir a redução de gás carbônico na atmosfera. Somos certificados Renovabio, Política Nacional de Biocombustíveis, desde o ano 2018, e através desta, geramos os créditos de carbono. MONITORAMENTO DA FAUNA: A fauna pode ser definida como o conjunto das espécies de animais que ocupam uma determinada região. É um dos componentes bióticos do ecossistema que melhor reflete a integridade do ambiente, atuando como um “termômetro” das condições ambientais. O estudo faunístico da Usina São Luiz, iniciou-se em 2002 por profissionais da Unicamp, Prof. Dr. Wesley Rodrigues Silva e os biólogos Paulo Roberto Manzani e Dra. Cristiane Patrícia Zaniratto. No último monitoramento, foram mapeadas 187 espécies diferentes, entre anfíbios, répteis, aves e mamíferos.Os resultados obtidos reafirmam a importância da recuperação de corredores ecológicos, cinturões de vegetação que ligam fragmentos florestais ou unidades de conservação que estejam separadas. O principal objetivo desses corredores é possibilitar o deslocamento da fauna entre as áreas isoladas, garantindo a troca genética entre as espécies.

QUEIMADAS: A Usina São Luiz realiza a colheita de cana crua em aproximadamente 100% da sua totalidade. Desde 2010, não é realizada a atividade de queima da palha, ressaltando que o prazo a extinção do emprego do fogo nos canaviais determina o ano de 2021 para área não mecanizada. Com a assinatura do protocolo, os signatários se comprometeram em adiantar o compromisso, optando por eliminar as queimadas no máximo em 2014. CONTROLE BIOLÓGICO: Várias são as espécies de insetos que causam prejuízo econômico aos produtores rurais e em razão disto são consideradas pragas. Para reduzir esses prejuízos de maneira tecnicamente correta, economicamente viável e segura para o meio ambiente, foi necessária a implantação de um programa de manejo integrado de pragas. A Usina São Luiz dispõe de um laboratório entomológico, desde 1981, para produção de Cotesia flavipes e uma biofábrica, desde 2006, para fabricação de Metarhizium anisopliae e Bauveria bassiana. O controle biológico é considerado, pela USL, uma alternativa importante para o manejo de pragas em sistemas agrícolas sustentáveis, visto que constitui um processo natural de regulação do número de indivíduos da população da praga por ação dos agentes de mortalidade biótica.



O controle biológico tem como principais vantagens a proteção da biodiversidade, menor risco de atingir organismos não-alvos e não deixar resíduos tóxicos em alimentos, água e solo. USO DA ÁGUA: Nós possuímos um circuito fechado de águas, garantindo otimização e redução do consumo dos processos produtivos, fabricação de açúcar, etanol e geração de energia. Além disso, desenvolvemos campanhas de conscientização do uso racional da água, envolvendo todos os colaboradores da empresa. GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS: O Programa 3R teve início em 2009, com o objetivo de elaborar um plano de gerenciamento de resíduos sólidos. Várias ações foram realizadas e continuam acontecendo para minimizar o impacto gerado por estes. • Artesanato natalino com materiais recicláveis; • Devolução de lâmpadas usadas para a reciclagem; • Coleta de pilhas e baterias para correta destinação; • Retirada dos sacos das lixeiras de lixo seco dos escritórios; • Intensificação da conscientização através do programa “Lixo no lixo”.

CORREDOR ECOLÓGICO: Corredor ecológico ou corredor de biodiversidade são áreas que unem os fragmentos florestais ou unidades de conservação, separados por interferência humana, como por exemplo, estradas, agricultura, atividade madeireira, etc. O objetivo do corredor ecológico é permitir o livre deslocamento de animais, a dispersão de sementes e o aumento da cobertura vegetal. Esse trânsito permite a recolonização de áreas degradadas, em um movimento que de uma só vez concilia a conservação da biodiversidade e o desenvolvimento ambiental na região. Os corredores ecológicos da Usina São Luiz estão sendo implantado de maneira a promover a ligação das Bacias do Rio Pardo, Rio Turvo e Rio Paranapanema. Exemplo evidente é demonstrado na imagem anexo onde foram conectadas as APP's dos reservatórios pertencentes as Fazendas Açude , São José, Fazenda Capato e Sítio Sebastião Turim que desaguam no Rio Pardo e esse por sua vez no Rio Turvo. Sucesso desse corredor ecológico é notório contemplado através das filmagens das Câmera De Trilha Bushnell Trophy Cam Hd, evidenciando a grande riqueza da biodiversidade, como destaque os felinos de grande e médio porte (onça-parda, gato mourisco, jaguatirica), tamanduá-bandeira e mirim, guaxinin entre outros.



Zilor 75 anos A energia que nos leva ao futuro

Evolução, solidez e compromisso com o crescimento sustentável Chegar à Safra de número 75 com a solidez de uma empresa que representa um dos principais nomes empresariais brasileiros do setor agroindustrial, que impulsiona o crescimento sustentável, enxerga nas pessoas a energia para o futuro e compartilha riquezas com as comunidades que a abraçam, é motivo de orgulho e celebração. As operações da Zilor impactam positivamente o meio ambiente e a sociedade, e se conectam às necessidades globais por energia limpa, combustível renovável e alimentos saudáveis.

Zilor Energia e Alimentos A Zilor Energia e Alimentos é uma multinacional brasileira do setor sucroenergético que atua na produção de açúcar, etanol, energia elétrica e ingredientes naturais para alimentação humana e nutrição animal, a partir da cana-de-açúcar. Com três unidades agroindustriais localizadas no estado de São Paulo (Lençóis Paulista, Macatuba e Quatá), a Companhia conta com aproximadamente 3,5 mil colaboradores e tem capacidade de processar 12 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por safra. O açúcar e o etanol produzidos pela Zilor são comercializados pela Copersucar, maior cooperativa brasileira e um dos maiores exportadores globais destes produtos, da qual a Zilor detém uma participação acionária de aproximadamente 12%. A energia elétrica produzida a partir da biomassa da cana-de-açúcar assegura 100% da necessidade energética para todas as unidades e o excedente é exportado para o Sistema Interligado Nacional (SIN), ampliando a presença de fontes renováveis na matriz energética nacional.

Diversificação como Estratégia de Negócio Um dos pilares estratégicos e de crescimento da Zilor é a unidade de negócio Biorigin. Especializada em biotecnologia para a produção de ingredientes naturais, a unidade é capaz de agregar valor com seu modelo de negócio e representa atualmente cerca de 30% da receita da Zilor. Fundada em 2003, a Biorigin produz ingredientes naturais para os mercados de alimentação humana (segmento Food) e nutrição animal (segmento Feed). Com operações industriais e de distribuição no Brasil e nos Estados Unidos, além de um centro de distribuição na Bélgica, a unidade de negócio da Zilor exporta cerca de 90% dos produtos, que atendem mais de 60 países.

Acesse o QR Code e saiba mais sobre nossas unidades

NÚMEROS ZILOR SAFRA 20/21 Ao longo desses 75 anos, a Zilor produziu muito mais do que Energia e Alimentos para a sociedade. O resultado da Saf ra 20/21 demonstra a resiliência e o comprometimento CRESCIMENTO DE

15%

FATURAMENTO

2,5

R$

COMPARADO À SAFRA 19/20

BILHÕES

ETANOL

29%

AÇÚCAR

5%

ENERGIA ELÉTRICA

PRODUÇÃO DA SAFRA 2020/2021

• 10MILHÕES de toneladas de cana-de-açúcar moída • 542MIL toneladas de açúcar • 35MIL toneladas de ingredientes naturais - Biorigin

BREAKDOWN DAS RECEITAS - SAFRA 20/21

35%

com a sustentabilidade do negócio, na entrega de resultados sólidos, e o impacto positivo para seus colaboradores, meio ambiente e sociedade.

30%

BIORIGIN

• 454MIL metros cúbicos de etanol • 521MIL mwh/ano de energia elétrica exportada


DESTAQUES ZILOR EVOLUÇÃO DA GESTÃO E RESULTADOS CONSISTENTES Marcada pela evolução da ef iciência operacional, suportada por ações de melhoria em governança e gestão nos últimos três anos, a Zilor vem alcançando novos patamares de produtividade e competitividade, assumindo seu papel de protagonista em mais uma página da sua história de 75 anos. RESULTADO PRIMEIRO TRIMESTRE DA SAFRA 21/22 - 1T22 Em constante evolução, a Zilor mantém a busca contínua por eficiência, inovação, produtividade e sustentabilidade e segue comprometida com o crescimento sustentável, por meio de diversas ações de melhoria operacional e disciplina na gestão de custos e despesas, que resultaram em expressivo crescimento da receita líquida e alavancagem da empresa, bem como o aumento da posição de caixa. FATURAMENTO

754,6

R$

MILHÕES

CRESCIMENTO DE

41%

COMPARADO AO T121 DA SAFRA 20/21

ZILOR LANÇA FIDC DE R$ 120 MILHÕES PARA PARCEIROS AGRÍCOLAS No primeiro trimestre da Safra 21/22, a Zilor evoluiu no ecossistema com os seus Parceiros Agrícolas, modelo inovador empregado há mais de 20 anos pela Companhia em cerca de 70% de suas áreas produtivas, e lançou o Programa de Financiamento de Parceiros Agrícolas, um programa pioneiro de fomento e financiamento viabilizado por meio de FIDC- Fundo de Investimento em Direitos Creditórios, com a captação de R$ 120 milhões. ZILOR VENCE LEILÃO DA ANEEL COM INVESTIMENTOS DE R$ 250 MILHÕES Com o objetivo de diversificar as fontes de geração de caixa e promover novos investimentos que contribuam para a sustentabilidade do negócio, a Zilor participou do leilão de energia nova A-3 e obteve o direito de comercialização de 169.068 MWh/ano, com o projeto UTE Barra Grande 2, com prazo de 20 anos, com início das operações em abril de 2024. Com investimento previsto de R$ 250,1 milhões, a serem realizados nos próximos três anos, o volume de energia vendido no leilão representa um crescimento de aproximadamente 30% na cogeração de energia atual da Companhia.

DESTAQUES SOCIOAMBIENTAIS (ESG) - SAFRA 20/21 PESSOAS 3.714 colaboradores, aumento de 8% nas contratações

RESÍDUOS 99,97% dos resíduos gerados nas operações agrícola e industrial são tratados, reutilizados ou reciclados

SAÚDE E SEGURANÇA Redução de 29% a taxa de acidente de trabalho com afastamento na safra 20/21

ENERGIA ELÉTRICA RENOVÁVEL 100% autossuficiente em energia elétrica. Exportação de energia limpa para abastecer uma cidade com 500 mil habitantes/ano

COMUNIDADES Cerca de R$ 2,2 milhões em investimentos nas comunidades do entorno

ÁGUA Meta até 2025 atingir um consumo de no máximo 0,99 metros cúbicos (m³) de água para cada tonelada de cana-de-açúcar moída

MEIO AMBIENTE Mais de R$ 13,7 milhões investidos nas comunidades do entorno

FAUNA E FLORA Áreas de preservação ambiental somam mais de 7 mil hectares

Para os próximos 75 anos A Zilor chega aos 75 anos com um bom equilíbrio entre o passado e o presente, com uma enorme energia latente e com olhos focados no futuro, sempre abertos para os aprendizados e transformações. Enxergamos no futuro a oportunidade de inovar, de fazer mais, de fazer melhor, de quebrar barreiras e de ser a dife-

rença que queremos para o mundo, por meio de energias renováveis e alimentos saudáveis. Seguimos em busca da prosperidade econômica, ambiental e social, na jornada rumo aos próximos 75 anos. E esse compromisso se renova diariamente, impulsionando e motivando as novas gerações.

Aponte a câmera do seu celular para o QR Code ao lado e saiba mais sobre os 75 anos da Zilor.

A energia que nos leva ao futuro




0 futuro é agora Acreditamos no futuro e investimos no crescimento econômico sustentado pelo respeito à sociedade e ao meio ambiente. Ao longo da nossa história, produzimos energia limpa, reaproveitamos resíduos, reflorestamos e realizamos ações que promovem o desenvolvimento e a melhoria da qualidade de vida das comunidades onde atuamos. Investimos em cuidados com a natureza, pois é nossa preocupação recuperar áreas degradadas e preservar a biodiversidade, promovendo impactos ambientais positivos e modificando o perfil socioeconômico no entorno de nossa unidade com a oferta de mais de 1.800 empregos diretos e indiretos. Para assegurar nosso compromisso de responsabilidade socioambiental, desenvolvemos ações e projetos que prezam pelo desenvolvimento sustentável do negócio e da comunidade. Iniciamos a safra 2021 com importantes desafios em todos os setores da companhia, sempre cumprindo e levando muito a sério os cuidados com a prevenção de COVID-19 que tem causado impactos na saúde física, mental e financeira de todos. Pensando nos efeitos negativos gerados pela pandemia, dentre eles a fome, nos solidarizamos com as

famílias carentes de Santa Vitória, Perdilândia e internos do Lar do Idoso Dionísio Souza Santos, e doamos aproximadamente 400 cestas básicas. Incentivamos os funcionários a participarem de ações que contribuam para o desenvolvimento local, oferecendo oportunidades para gerar mobilização social. Um exemplo disso foi a Campanha do Agasalho, realizada internamente em abril de 2021, que beneficiou crianças e familiares assistidos pela Pastoral da Criança de Santa Vitória. Para nós, uma empresa sustentável é uma empresa segura. Por isso, segurança é um valor inegociável. Pensando nisso, realizamos interna e externamente a campanha do Maio Amarelo, oportunidade em que trabalhamos a conscientização dos motoristas e pedestres em relação à boa conduta no trânsito. Foram feitas blitzes educativas e distribuídos os “dominós do trânsito SVAA”, um jogo didático para que família e condutor reforcem seus conhecimentos sobre as normas do trânsito de maneira divertida. Acreditamos que, com consciência e gentileza, podemos transformar o trânsito, evitando muitos acidentes e salvando vidas.


Tão importante quanto os aspectos sociais, são as iniciativas ambientais promovidas pela Santa Vitória Açúcar e Álcool (SVAA). Todos os anos, os incêndios agrícolas têm sido uma preocupação constante, principalmente nos meses de seca. Diante desse cenário, adotamos condutas valiosas e mantemos uma Brigada de Incêndio ativa, evitando que queimadas rurais se espalhem e atinjam famílias e comunidades circunvizinhas. De junho a setembro de 2021, trabalhamos o tema mediante uma campanha divulgada em outdoors, mídias sociais e internas, levando informações sobre como podemos prevenir, denunciar incêndios criminosos e ajudar a proteger a população e o meio ambiente. Em setembro, no Dia da Árvore, a Santa Vitória Açúcar e Álcool (SVAA), em parceria com a Prefeitura Municipal de Santa Vitória realizou o plantio de aproximadamente 160 mudas de ipês brancos no canteiro central da Rua Zeferino Justino Tavares, Bairro Jardim Europa.

Em razão das restrições relativas à pandemia de Covid-19, participaram ativamente da ação apenas alguns representantes da prefeitura e colaboradores da SVAA que, com engajamento e dedicação, plantaram as mudas cultivadas no viveiro mantido pela empresa. Além do plantio de mudas, a SVAA distribuiu sementes de crotalária aos colaboradores e integrantes das Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Pesca, Agricultura e Obras. O objetivo é incentivar que as pessoas cultivem a planta, conscientizando sobre a importância do meio ambiente e ajudando a prevenir a proliferação do mosquito Aedes Aegypti. Estes trabalhos consolidam parte importante da missão sustentável da empresa, estimulando a conscientização socioambiental, mostrando a importância do desenvolvimento das comunidades e conservação ambiental junto aos nossos stakeholders. Continuamos firmes no propósito de fazer do nosso planeta um lugar melhor a cada dia para a atual e futuras gerações.


Fotografia por Alpha Wedding Films

Imagem captada na uisa

Sustentabilidade no setor sucroenergético e de biorefinarias no ponto central da América Latina Desde o início da sedentariedade do homem, quando arte, cultura, religião e muitas outras práticas começaram a se desenvolver, o entendimento acerca das necessidades inerentes à sociedade se modifica de tempos em tempos. Na agricultura, após séculos de cultivos de subsistência, passando por três grandes revoluções, chegamos à afamada “Era digital”, “Agricultura 4.0”, “Agricultura digital”, dentre outros termos, utilizados para representar a ra rapidez e eficiência com que as mudanças acontecem. Tão marcante quanto a celeridade das mudanças, observa-se a preocupação com a sustentabilidade. Mas afinal, o que ela representa? Podemos pensar na sustentabilidade voltada a aspectos sociais; naquela que traz preocupações de teor financeiro e, talvez mais frequentemente, na sustentabilidade ambiental. Fato é que, de forma geral, a sustentabilidade deve ser entendida como a capacidade de atendermos às demandas pr presentes sem comprometermos às futuras, de curto, médio e longo prazo, nos mais amplos aspectos. E o Agronegócio tem mostrado isso! Especificamente no setor sucroenergético e de biorefinarias, com a missão de oferecer soluções eficazes no processamento sustentável de biomassa através de uma diversidade de bioprodutos e bioenergia renovável, em harmonia e respeito por funcionários, clientes, fornecedores, comunidade, meio ambiente e acionistas, a uisa se destaca. Com um ecossistema diversificado e representativo, com foco na inovação, melhoria contínua e o zelo pe pelas boas práticas ambientais, sociais e de governança (ESG), praticamos a ação de olhar para o futuro. E aqui, no ponto central da América Latina, no coração do Brasil, a uisa, através do Centro Biotecnológico da Cana (CBC), recentemente criado, demonstra preocupação e compromisso com a sustentabilidade. Com um time altamente qualificado e foco na pesquisa e desenvolvimento de bioinovações agroindustriais, o CBC trilha seu caminho em quatro principais linhas de atuação: boas práticas agronômicas, manejo integrado de pragas e doenças, manejo varietal e nutricional da cana e inovações industriais.

Através da utilização de ferramentas tecnológicas, bioprodutos (micro e macro organismos benéficos) e processos bem delineados com o melhor aproveitamento de nosso recurso humano, o centro garante a qualidade da produção da matéria-prima que dá origem a seus inúmeros produtos, como álcool, açúcares e saneantes: a cana-de-açúcar! Além disso, trabalhamos fortemente na geração de energia circular, ou seja, tr transformar nossos resíduos industriais em produtos de qualidade, reutilizáveis por nós ou outras cadeias produtivas, dentro do contexto da Química Verde e Tecnologias Climáticas. Destacam-se neste cenário a produção massal de organismos voltados ao controle biológico de pragas, sejam eles insetos, fungos ou bactérias; a produção de mudas pré-brotadas (MPB), que auxiliam na manutenção da sanidade vegetal da lavoura; a reforma de canavial e Meiosi com culturas de interesse agronômico, que visam melhorar a qualidade dos nossos solos; a produção de biogás e biofertilizantes a partir de resíduos como to torta de filtro e vinhaça, entre outros produtos e processos em desenvolvimento, que nos colocam em posição de vanguarda e destacam nosso compromisso com um mundo melhor. Ainda, praticamos diversas ações sociais prioritariamente direcionadas para as áreas de saúde, educação, esporte, cultura e geração de renda, de forma a contribuir para o desenvolvimento da comunidade do entorno que estamos inseridos, nas necessidades apontadas pelos indicadores sociais locais, em consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da OMS Gabriela Vieira Silva Bióloga, Engenheira Agrônoma, Doutora em Agronomia/Fitossanidade e Head do Centro Biotecnológico da Cana (CBC) na uisa


SUSTEN TABILIDADE como um pilar para o futuro!

Fotografia por Alpha Wedding Films

Viveiro de mudas uisa

Acesse nosso Relatório de Sustentabilidade

Passar pelo mundo impactando de forma positiva o futuro das próximas gerações, não comprometendo o planeta e criando um ambiente onde a tecnologia trabalhe para o desenvolvimento econômico, sendo sustentável, responsável se e com o crescimento social de todo o ambiente que nos envolve é o nosso maior orgulho. Isto é sustentabilidade, isto é, uisa.

Escaneie o QR Code com seu smartphone e seja redirecionado a página do nosso relatório ou acesse nosso site.

www.uisa.com.br

SOMOS


O reaparecimento de fauna nas áreas de cultivos de cana Na Vale do Paraná é realizado levantamento de fauna nas áreas de cultivo de cana, adotando-se como parâmetro a definição das sub-bacias hidrográficas nas quais estão as áreas de cultivos, fragmentos florestais, áreas de presrvação permanentes e reflorestamentos da unidade. O monitoramento consiste em levantamento anual que avalia e identifica o estado de conservação da diversidade biológica em determinadas áreas. O programa tem por objetivo acompanhar as possíveis alterações na fauna encontrada nas áreas de influência da usina. Nos levantamentos à campo a equipe é composta por quatro especialistas, sendo 1 biólogo para mastofauna (mamíferos), 1 biólogo para ictiofauna (peixes), 1 biólogo para herpetofauna (reptéis, anfíbios) e 1 biólogo para avifauna (aves), bem como ajudantes de campo. O primeiro levantamento de fauna foi realizado em 2006 no Estudo de Impacto Ambiental-EIA da unidade, em 2018 houve uma ampliação na industria e foi reiniciado os estudos. Em 2006 foi encontrado um número de fauna muito baixo, época na qual havia queimadas na região para colheita da cultura da cana-de-açúcar, nos levantamentos de 2018, 2019 e 2020 a colheita já era realizada de forma mecanizada, e de acordo com os levantamentos, os números de espécies aumentaram conforme mostra os gráficos abaixo:

Para o Gestor de Meio Ambiente Weslei Barroquela o reestabelecimento e aparecimento de fauna nas áreas de cultivo de cana é pertencente a gestão ambiental que a usina realiza em suas áreas de cultivo, trabalhando com a prevenção de incêndios florestais, com a mecanização da colheita livre do fogo, o que favorece as reduções das emissões atmosféricas, na segurança da comunidade e na preservação do meio ambiente. A Vale do Paraná adota uma série de medias de controle, gestão e prevenção de incêndios em suas áreas de cultivo, realizando a implantação de aceiros nas propriedades rurais, em áreas de preservação permanentes e fragmentos florestais. A empresa participa do Plano de Auxílio Mutuo-PAM com as usinas regionais, possui Plano de Prevenção de Incêndios-PPI, realiza manutenções preventivas nas maquinas agrícolas. A unidade possui uma frota de veículos com caminhões bombeiros e brigadistas treinados, realiza monitoramento via satélite e possui pontos de visualizações de inícios de incêndios. Outro fator de grande contribuição com a fauna, são os reflorestamentos implantados em áreas de preservação permanentes, as técnicas utilizadas com plantio de mudas e regeneração natural contribuem com o aparecimento da fauna, pois surge abrigo e alimentação para os animais silvestres.



ICTIOFAUNA Nº de espécies

24

HERPETOFAUNA Nº de espécies

25

19

AVEFAUNA Nº de espécies

27

141

21

16

MASTOFAUNA Nº de espécies

130

23

97

15

17

16

41 3

2 2006

2018

2019

2020

2006

2018

2019

2020

2006

2018

2019

2020

2006

2018

2019 2020


Na Intacta tem garantia de economia em Real Recuperação, repotencialização e otimização de rolamentos

ANTES

• • • • • • • • • •

DEPOIS

% : 80 : 100% a i om de o con bilida obr d •E a fi em on • C rantia a • G dito ré •C

Pagamento em Real, sem oscilação da cotação do Dólar Aumento substancial da vida útil do rolamento Atendimento em tempo real Rolamento de reposição emergencial Pioneirismo nessa tecnologia, quebrando todos os paradigmas do setor industrial brasileiro Independência do equipamento importado Manutenção inteligente na indústria 4G Mais de 40.000 rolamentos reformados Canal direto com dono e não com o distribuidor Atuamos nos setores sucroenergético, mineração, siderúrgico, celulose & papel, energia eólica, metalúrgico, automotivo, etc.

Exportamos para: Argentina, Paraguai, Bolivia, Honduras, Chile, Nicaragua, Perú, México, Venezuela e República Dominicana.

• 14 3641-0914 • 11 98272-0914 • fabrica@IntactaRolamentos.com.br • www.IntactaRolamentos.com.br

Manutenção inteligente é uma oportunidade real de lucro


Compromisso socioambiental reforçado Preservar, conservar, reciclar, reutilizar, educar, conscientizar e respeitar os recursos naturais e culturas tradicionais, de modo comprometido com a vida e com o bem-estar de todos, este é o lema do cotidiano na Alcoolvale. Temos como missão desenvolver e empreender o agronegócio da cana-de-açúcar com excelência e de forma sustentável. Nosso objetivo é a satisfação dos seus acionistas, colaboradores e clientes. Sendo assim, a preservação do meio ambiente é uma questão fundamental para a organização. Prova disso são as diversas ações planejadas, estruturadas e referendadas que desenvolvemos em favor da natureza. Com o Programa de Educação Ambiental (PEA), desenvolvemos iniciativas educativas, formuladas por meio de um processo participativo, visando capacitar e habilitar setores sociais, com ênfase nos públicos afetados pelo empreendimento, minimizando os impactos ambientais e sociais, buscando uma atuação efetiva na melhoria da qualidade ambiental e de vida de nossa região.

Combate e prevenção à Covid-19

A Alcoolvale segue rigorosamente todos os protocolos sanitários recomendados pelas autoridades de saúde. Entre as ações executadas estão a higienização dos ônibus de transporte dos colaboradores, a cada troca de turno, reabastecimento constante dos frascos de álcool dos veículos. Todos os colaboradores passam pelo monitoramento da temperatura corporal antes de os veículos saírem da cidade. O uso de máscaras por parte dos colaboradores durante o expediente é obrigatório dentro e fora da empresa, assim como a lavagem das mãos antes de entrar no restaurante. Os ambientes de trabalho são esterilizados com pulverização de álcool todos os dias. Os colaboradores do grupo de risco são monitorados, e há divulgação do boletim epidemiológico interno. Desde o início da pandemia, a Alcoolvale doou mais de 17.400 litros de álcool 70º a diversas entidades de municípios de Mato Grosso do Sul e do estado de São Paulo. Com as ações, a empresa reforça os seus laços com a comunidade, em solidariedade àqueles que fazem a diferença para atender pessoas vulneráveis, valorizando a vida.

Ações sociais

No início des 2021, a Alcoolvale entregou 48 cestas alimentícias a instituições assistenciais de Aparecida do Taboado (MS). Foram beneficiados o Lar Vicente Marques de Queiroz, que atende idosos, o Instituto Promocional Dom Afonso Maria Fusco e o Centro Espírita Joana D’Arc e Albergue Noturno. Na busca de profissionais para completar o seu quadro de colaboradores, em abril a empresa pediu a colaboração de entidades para a divulgação de vagas para pessoas com deficiência (PCDs). A APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), a Casa do Trabalhador, o Sesi, o Sindicato Rural e o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) foram contatados para reforçar o incentivo da empresa à inclusão social desse público. Em parceria com o Sesi e o Senai, no mês de maio a Alcoolvale iniciou a 5ª turma do Programa Jovem Aprendiz Industrial. Ao todo, dez alunos serão qualificados para o mercado de trabalho, sendo oito designados para a Indústria e dois para o setor Administrativo. Desde 2017, a empresa patrocina um projeto de equoterapia em Aparecida do Taboado. Em agosto, a enfermeira do trabalho e a psicóloga da Alcoolvale visitaram o Centro de Equoterapia Passo a Passo “Iná Cintra Cardoso” para acompanhar o tratamento dos participantes do programa durante a pandemia de Covid-19.

Doação de Cestas alimentícias



Reunião Jovem Aprendiz

Centro de Equoterapia

Ações ambientais

O Monitoramento de Emissões Atmosféricas é realizado pela Alcoolvale para a verificação do nível de óxido de nitrogênio e do material particulado lançado no ar pela empresa. Com o Programa de Mapeamento Sazonal são registrados e catalogados os espécimes de fauna e flora encontrados nas áreas de influência da organização. O Programa de Monitoramento das Águas Superficiais e Subterrâneas é executado para mostrar o uso correto e sustentável da fertirrigação, dos defensivos e de insumos agrícolas. Em celebração ao dia Mundial do Meio Ambiente, firmamos uma parceria com o Viveiro Pantanal. Disponibilizaçmos 100 mudas de árvores nativas para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente da prefeitura de Aparecida do Taboado, incentivando a arborização da cidade. Dentro do Plano de Gerenciamento de Resíduos, a empresa participou da ação itinerante anual realizada pelo Sindicato Rural de Produtores Rurais de Aparecida do Taboado, promovendo o descarte correto de embalagens recicláveis de agrotóxicos para a ATRA (Associação Treslagoensse de Revendas Agrícolas), que faz a destinação adequada o material. Assim, as necessidades de desenvolvimento da Alcoolvale seguem e respeitam diretrizes que mantenham os recursos naturais. Todas as ações operacionalizadas pela empresa levam em conta a preservação do meio ambiente.

Divulgação de vagas PCD

Plantio de mudas


Acelerar é poder mais

Seu solo pode mais. Entre em contato e saiba mais! 0800 00 84837 (VITER)


Foto: Acervo TEREOS ATVOS


Guia de Compras do sistema Sucroenergético

2021-2022

75


Guia de Compras Abastecimento

Aço Inox

Comboio

SL Equipamentos

16 3946-3080

www.slequipamentos.com.br

Abastecimento Equipamento Ionics

48 3333-8666

Abastecimento Tanque

Bombas Andrade

17 3321-5811

Bozza

11 2179-9966

Gascom

16 2105-3622

14 3623-9444 Impacto Implementos www.impactobrasil.com.br

LDA Tanques

19 3838-9595

Mepel

54 3337-3700

Sage Oil Vac Brasil

11 2631-6343

Sollus Agrícola

18 3421-1100

Acionamento Mecatrônico Sew-Eurodrive

0800 770-0496

Açofera

19 3451-9000

Açotubo

11 2413-2000

Águia Inox

54 3464-0191

Aperam

11 3818-1700

Arinox

11 2797-8000

Coppermetal

11 5547-8337

D&D Company

11 4072-4222

Elinox

11 2065-1400

Metalinox

11 2101-9000

NLMK

11 5694-2100

Uniweld

11 4035-8877

Villares

19 3303-8000

Acoplamento Acoplast

31 2566-5900

Alvenius

11 4613-6266

Antares

54 3218-6800

Brastrela

11 3868-6100

Combel

17 3223-1282

Copabo

11 3741-6650

DPE

16 3627-3529

Geremia Redutores

54 2105-3211

John Crane

11 3371-2500

Lamiflex Couplings

11 4615-6300

Martin Sprocket

19 3877-9400

Rexnord

51 3579-8080 One-color Timken Orange, Pantone® 151

Aço carbono Açotubo

11 2413-2000

NLMK

11 5694-2100

SSAB

11 3303-0800

Uniweld

11 4035-8877

Vallourec

31 3328-2121

Aço em geral Açobril

11 2207-6700

Jatinox

11 2060-0405

NLMK

11 5694-2100

São Joaquim

16 3810-1444

SSAB

11 3303-0800

Tubos Oliveira

11 3186-8000

Uniweld

11 4035-8877

76

11 5187-9200 Timken

www.timken.com

Torkflex

16 3211-2181

Vedacert

16 3947-4732

Visão

11 2602-6533

Vulkan do Brasil

11 4894-7300

Weg-Cestari

16 3244-1000

Acumulador de pressão Hydac

11 4393-6600

11 97559-6518 Solid Designer

www.soliddesigner.com.br


Opiniões Adesivo industrial

Análise do solo e água

Armo

16 3797-8900

Athenas

16 3202-1872

Henkel

11 3205-8955

SGS Brasil

11 3883-8800

Hennings

47 3036-5555

Techsolo

14 3269-7233

Adubadora

Análise química e ambiental

DMB

16 3946-1800

Athenas

16 3202-1872

Feldermann Forest

48 98419-2428

Mérieux NutriSciences

19 3417-4700

SGS Brasil

11 3883-8800

0800 772-2100 Jacto

www.jacto.com

14 98144-1403

Agricultura de precisão

Andaime 11 3201-7803 Priner

21 99381-2770

Agrosure

16 3877-5675

Agrosystem

16 3434-3800

AGTech Agrotecnologia

17 3305-5700

Athenas

16 3202-1872

Auteq

11 2107-1888

Falker

51 3092-6200

Geo Agri

16 3965-8220

Herbicat

17 3524-9797

Hexagon Agriculture

48 4009-2704

Horus Aeronaves

48 3029-7600

Anticorrosão

0800 772-2100

Alvenius

11 4613-6266

Reframax

31 3029-8002

Rust Engenharia

11 3140-1500

Jacto

14 98144-1403

Techsolo

14 3269-7233

Trimble

19 3113-7000

Verion

11 2093-4956

Visiona

12 2138-5801

www.jacto.com

Alimentador vibratório Fácil System

16 3014-3270

Inbras

11 4056-6644

Mavi

11 3577-6200

MVL Máquinas

11 4596-9220

www.priner.com.br

Anel - bronze 11 2436-2900 Italbronze

11 99639-8950

www.italbronze.com.br

Aplicação de insumos Monitoramento Hexagon Agriculture

48 4009-2704

Koppert

19 3124-3677

Verion

11 2093-4956

Aplicação de produtos Atendimento técnico

Alternador

19 3413-5066 19 3421-2080 31 3396-9694

Geraforte

www.geraforte.com

19 99773-2125 Biocane

www.biocane.com.br

77


Guia de Compras Arame D&D Company

11 4072-4222

Área de vivência Alfatek

17 3531-1075

Rodotrem

12 3687-1366

Usingá

44 3266-2125

APS Componentes

11 2870-1000

Atma

16 2105-4945

Authomathika

16 3513-4000

www.authomathika.com.br

Automatronic

47 3370-1403

Beckhoff

11 4126-3232

Bortolot

16 2105-0101

Bosch Rexroth

0800 704-5446

CNA

16 3965-1500

Compex

11 3900-9333

CS Compusoftware

18 3636-3800

Danfoss

11 2135-5400

Dimensional

19 3446-7400

DLG

16 3513-7400

Dynapar

11 3616-0150

Endress+Hauser

11 5033-4333

Fertron

16 3946-5899

Festo

11 5013-1600

Fives Lille

16 3947-9029

Armazenagem de biomassa

Fourteam Engenheiros

22 2733-1441

Combio

11 3030-0040

Haver & Boecker

19 2141-2000

Dujua

47 3534-5000

Helmut Mauell

11 2117-5353

E.M.G.

41 3641-7200

Zanella

41 2111-2300

Armazenagem Haver & Boecker

19 2141-2000

16 3173-8100 Metalúrgica Rio Grande

www.metalurgicariogrande.ind.br

Stolthaven

13 3295-9000

www.stolthaven.com.br

Ultracargo

11 3177-6215

Vopak

13 3295-1000

Artefato de borracha Anhembi Borrachas

11 2601-3311

Armo

16 3797-8900

Plant Rubber

16 3969-9777

Automação ABB

0800 014-9111 16 3042-3871

AEI Assistech

16 3945-9009

www.aeiautomacao.com

Lander

18 3323-7613

Mectrol

14 4009-0507

Metaltex

11 5683-5700

Metso Outotec

15 2102-1700

Neles

15 2102-9600

Novus

51 3323-3600

Pepperl+Fuchs

11 4007-1448

Peu Eletricidade

19 3437-3030

Ram Automação

14 3604-8000

Run Time

16 2105-6600

Salvi Casagrande

11 3327-0033

Saturno

51 3462-7415

Schmersal Brasil

15 3263-9800

Schneider

11 4501-3434

Servitel

16 2105-6464

AGTech Agrotecnologia

17 3305-5700

Servserth

16 3945-5964

Ahitech

16 3524-3900

SEW-Eurodrive

0800 770-0496

Alfa Laval

11 5188-6000

SGS Brasil

11 3883-8800

Andritz

41 2103-7601

Siembra Automação

19 3826-2599

Anton Paar

11 5906-9000

Sindustrial

14 3366-5200

78


Opiniões Smar

16 3946-3599

Sucroanalitica

16 3702-8873

SMC Brasil

11 4082-0600

Testato

31 3241-2817

Toledo do Brasil

0800 545-4122

11 97559-6518 Solid Designer

www.soliddesigner.com.br

SRS

16 3513-2500

Sucroanalitica

16 3702-8873

TGM

16 2105-2600

TMSA

51 2131-3333

Unidata

31 3528-9900

Valmet

41 3341-4444

World Controles

19 3833-3131 11 3585-1100

Yaskawa

16 3242-6600

Yokogawa

11 3513-1300

Yon Elétrica

18 3823-1614

www.yaskawa.com.br

Banco de fomento Banco do Brasil

0800 729-0722

BNDES

0800 702-6337

Bradesco

0800 704-8383

Caixa Econômica Federal

0800 726-0101

Itaú BBA

0800 728-0728

Banco de microorganismos e leveduras Fermentec

Big-Bag 14 3523-1322 AMBBAG

Automação

19 2105-6100

14 98226-1400

www.ambbag.com.br

Implementos rodoviário

Conteflex

75 2102-2660

WDS Pneumática

Haver & Boecker

19 2141-2000

Topack

19 3478-9900

51 3038-8700

Aviação executiva Embraer Agrícola

0800 772-8426

Lider Aviação

31 3490-4500

Biocida Alcolina

Avião agrícola

16 3951-5080

19 3413-5066

Comercialização

19 3421-2080

Aeroglobo

14 3814-3450

Aviopeças

11 2221-2665

Embraer Agrícola

0800 772-8426

Balança

19 99773-2125 Biocane

www.biocane.com.br

Coremal

11 4615-8142

DND Química

16 3943-5283

Balanças Jundiaí

11 4606-8400

Digi-Tron

41 3377-1577

Haver & Boecker

19 2141-2000

Mettler Toledo

11 4166-7400

Rinnert

47 3547-9100

OniBras

16 3969-4957

Saturno

51 3462-7415

Solenis

11 3089-9225

16 3946-9300 Engclarian

www.engclarian.com.br

79


Guia de Compras Biodefensivo Agrivalle Brasil

Bombeiro 19 3885-8899

Comboio Gascom

Biofertilizante Kimberlit

17 3279-1500

Microquimica Tradecorp

19 2137-8100

16 2105-3622

16 3946-3080 SL Equipamentos

www.slequipamentos.com.br

Biogás Paques

19 3429-0600

Sebigas-Cótica

51 3103-4442

Bombeiro Tanque

Bomba e motobomba Ajel Service

62 3295-3188

Anauger

11 4591-1661

Andritz

41 2103-7601

Atlas Copco

11 3478-8883

Bombas Beto

51 3562-3388

Bosch Rexroth

0800 704-5446

Bozza

11 2179-9966

11 2541-7145 Century do Brasil

www.centurydobrasil.com.br

Equipe Bombas

19 3417-4848

Fives Lille

16 3947-9029

Gascom

16 2105-3622

Helibombas

16 3333-5252

Hydac

11 4393-6600

Imbil

19 3843-9833

KSB

11 4596-8500

Lemasa

19 3936-8555

Linde Hydraulics

11 2281-7879

Mega Flux Bombas

11 5575-4160

Netzsch

47 3387-8222

ProMinent

11 4176-0722

16 3946-3080 SL Equipamentos

www.slequipamentos.com.br

Cabine

Climatizador Agroleite

17 3551-9090

Aral Cabines

54 3344-0022

Resfri Ar

54 3511-1111

Cabo de aço Okubo

16 3514-9966

Siva

11 4646-4646

Cabo elétrico Belden

11 4092-9000

Condumax

17 3279-3700

Cordeiro

11 4674-7400

Dimensional

19 3446-7400

General Cable

11 3457-0300

IPCE

11 2065-1100

Nambei

11 5056-8900

Peu Eletricidade

19 3437-3030

Wirex Cable

11 2191-9400

Cal 16 3946-3080 SL Equipamentos

www.slequipamentos.com.br

Sulzer

11 4589-2000

Tectrol - Dínamo

43 3305-2500

WEG

47 3276-4000

80

41 3603-8000 Caltec

www.caltec.com.br

Gecal

37 3323-5010


Opiniões Calcário

Caldeira

Peças de reposição 0800 008-4837

Calcário Itaú

www.viteragro.com.br

Calpar

42 3232-8700

Caldema

16 3946-2701

E-Machine

16 3511-9000

HPB

16 3513-4600

TKS

16 3942-2022

Zanini Serviços

16 3518-9090

Caldeiraria 41 3603-8000 Caltec

www.caltec.com.br

Arxo

47 2104-6700

Citrotec

16 3303-9796

Equipalcool

16 3513-8000

Gecal

37 3323-5010

FW

16 3041-6600

Geocal

11 4156-8999

Grundfos

11 4393-5533

JEA

11 4547-6000

Krieger

47 3231-1311

Perenne

11 3022-6989

Caldeira Andritz

41 2103-7601

Reframax

31 3029-8002

Arauterm

51 3406-6979

SGS Brasil

11 3883-8800

Caldebras

19 3493-6530

TKS

16 3942-2022

Caldema

16 3946-2701

Vemag

16 3511-1000

Zanini Serviços

16 3518-9090

ZBN

18 2102-9000

11 4431-3900

Caminhão e veículo

CBC

www.cbcsa.com.br

E-Machine

16 3511-9000

Engecass

47 3520-2500

Engetubo

19 3434-3433

Engevap

16 3513-8800

Equipalcool

16 3513-8000

Fimaco

47 3525-1000

Fives Lille

16 3947-9029

HPB

16 3513-4600

16 3173-8100 Metalúrgica Rio Grande

www.metalurgicariogrande.ind.br

Mitre Engenharia

16 3623-4021

Reverflux

18 3279-4257

Uttam

19 3302-8958

Valmet

41 3341-4444

Zanini Serviços

16 3518-9090

DAF

42 3122-8400

Ford

0800 703-3673

Foton

0800 799-2020

General Motors

11 4234-7700

Iveco

0800 702-3443

MAN Latin America

11 5582-5333

Mercedes-Benz

0800 970-9090

Mitsubishi

11 5694-2700

Scania

11 4344-7239

Toyota

0800 703-0260

Volkswagen

0800 770-1936

Volvo

41 3317-8111

Carga e descarga Caminhão

Stolthaven

13 3295-9000

www.stolthaven.com.br

81


Guia de Compras Carregador de cana 19 3412-1234 Motocana

19 98248-0330

www.motocana.com.br

Usicamp

44 3264-8500

Usingá

44 3266-2125

Bronze

19 2141-2000 19 3412-1234

Motocana

Reboque e semirreboque

Casquilho para moenda

Carregadora de fardos Haver & Boecker

Carroceria

19 98248-0330

www.motocana.com.br

11 2436-2900 Italbronze

www.italbronze.com.br

Cavalete automotivo Linha pesada

Carreta

Piso móvel

16 3333-5100 19 3496-1555

Carrocerias Bachiega

19 99309-7571

Truckvan

11 2635-1133

www.carroceriasbachiega.com.br

Carreta

Pulverizadora Agrimec

55 3222-7710

Coagril

35 3292-3931

Carreta Vinhaça Engcom

11 99639-8950

19 99645-1329

Fortech Equipamentos

16 99773-1759

www.fortechequipamentos.com.br

Centrífuga Alfa Laval

11 5188-6000

Big Tecnologia

19 3414-3836

Brumazi

16 3946-8777

E-Machine

16 3511-9000

Fives Lille

16 3947-9029

Flottweg

19 3836-5300

GEA Westfalia

19 3725-3100

Mausa

19 3124-3030

Multisteel

19 3546-9878

Silver Weibull

16 3202-8614 82 2121-2000

16 3969-4933

www.texas.com.br

TMA

www.tmamaquinas.com.br

Certificação 16 3663-8002 16 99324-7468

Unifibra

www.unifibra.com.br

82

16 3951-9393 Texas

16 99707-4254

Cotecna

ESG BANNWART ESG Bannwart

edybann@hotmail.com

11 3383-1800 17 98117-6490


Opiniões Geoambiente

12 3878-6400

Coremal

11 4615-8142

Lloyd’s Register – LRQA

11 3523-3940

DND Química

16 3943-5283

SGS Brasil

11 3883-8800

Vanzolini

11 3145-3700 16 3946-9300

Chapa de aço

Engclarian

Açobril

11 2207-6700

Elinox

11 2065-1400

Gasil

81 3471 8543

Intersteel

11 2067-3536

OniBras

16 3969-4957

Jatinox

11 2060-0405

Serquímica

16 2105-8222

NLMK

11 5694-2100

Solenis

11 3089-9225

SSAB

11 3303-0800

Sucroanalitica

16 3702-8873

AFC do Brasil

11 2152-7100

Brunnschweiler

14 3408-6500

Cobertura, amarração e fixação

Delta Ducon

11 3218-6666

Haver & Boecker

19 2141-2000

Powder

11 3218-6666

Ciclone

www.engclarian.com.br

JEA

11 4547-6000

Okubo

16 3514-9966

Coletor de dados 11 97559-6518

Compex

11 3900-9333

Solid Designer

www.soliddesigner.com.br

51 3094-9090 SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE FROTAS

Cilindro hidráulico

TELEMETRIA AVANÇADA + VIDEOMONITORAMENTO

51 99932-1369

Creare Sistemas

www.crearesistemas.com.br

SL Equipamentos

16 3946-3080

www.slequipamentos.com.br

Clarificante Alcolina

16 3951-5080

19 3413-5066 19 3421-2080 19 99773-2125 Biocane

Geoambiente

12 3878-6400

Hexagon Agriculture

48 4009-2704

Markanti

16 3941-3367

Colhedora de biomassa Dria

16 3969-4933

John Deere

0800 891-4031

Colhedora de cana E-Machine

16 3511-9000

www.biocane.com.br

19 98159-0609 41 3603-8000 Caltec

www.caltec.com.br

19 99604-0736 FCN

www.fcntecnologia.com.br

83


Guia de Compras 0800 772-2100

Hexagon Agriculture

48 4009-2704

Markanti

16 3941-3367 18 3622-2270

Jacto

14 98144-1403

Solinftec

John Deere

0800 891-4031

Condensador

www.jacto.com

Citrotec 16 3456-5400

16 3303-9796 82 2121-2000

Tracan

16 3951-9393

www.tracan.com.br

Texas

www.texas.com.br

Colhedora de cana Peças e serviços Agricorte

16 3363-4373

Bussola

16 3221-9000

Comanbor

16 2133-5500

John Deere

0800 891-4031

Lopes Tratores

16 3628-6622

Parker

12 4009-3500

Parkits

16 3969-4092

Plant Rubber

16 3969-9777

RLX

16 3101-1414

Serras Krüger

18 99801-3500

16 3946-3080 SL Equipamentos

www.slequipamentos.com.br

Construção industrial CHB Locações

11 2909-1757

Construtec

17 3343-1123 49 3566-9800

Construtora Fetz

64 3620-2900

Fourteam Engenheiros

22 2733-1441

JBR Engenharia

19 3629-0411

Protendit

17 3214-7200

Reframax

31 3029-8002

SGS Brasil

11 3883-8800

www.fetz.com.br

Consultoria açúcar e etanol 19 3435-3300

16 3456-5400 Tracan

www.tracan.com.br

Azevedo Engenharia

19 99605-7705

www.azevedoengenharia.com.br

Canaplan

19 3434-3099

Tratorag

19 3429-1444

Datagro

11 4133-3944

Unimil

19 2105-0800

Engcom

19 99645-1329

Engsugar

14 3316-6260

ERG Engenharia

31 2138-4712

Componente elétrico ABB

0800 014-9111

Fermentec

19 2105-6100

APS Componentes

11 2870-1000

Fives Lille

16 3947-9029

E-Machine

16 3511-9000

Fourteam Engenheiros

22 2733-1441

Secmil

12 3911-9496

Geoambiente

12 3878-6400

Steck

11 2248-7000

Iprosucar

19 3402-1100

JBR Engenharia

19 3629-0411

MBF Agribusiness

16 3946-6474

Computador de bordo Auteq

11 2107-1888

Sucrana

16 3209-2727

Herbicat

17 3524-9797

Sucroanalitica

16 3702-8873

84


Opiniões Engsugar

14 3316-6260

ERG Engenharia

31 2138-4712

Geopixel

12 3949-1991

Globaldox

16 3913-5656

Innovatech

19 3324-3019

MBF Agribusiness

16 3946-6474

PWC

11 3674-2000

Sucroanalitica

16 3702-8873

Vilage Marcas e Patentes

0800 703-9009

Visiona

12 2138-5801

Consultoria ambiental

Wiabiliza

11 5584-8570

BMA Ambiental

31 3649-1450

Delta Ducon

11 3218-6666

Consultoria industrial

Ecomax

11 4602-3900

ERG Engenharia

31 2138-4712

Consultoria agrícola Agrotools

11 3045-6636

Athenas

16 3202-1872

Cromai

11 2366-9406

ERG Engenharia

31 2138-4712

Geoambiente

12 3878-6400

Geopixel

12 3949-1991

MBF Agribusiness

16 3946-6474

Visiona

12 2138-5801

ESG BANNWART

17 98117-6490

ESG Bannwart

Alkaiós

16 3945-5499 19 3435-3300

Azevedo Engenharia

19 99605-7705

www.azevedoengenharia.com.br

Catena Engenharia

41 3336-1737

De Smet Empral

16 3209-1999

Fourteam Engenheiros

22 2733-1441

Engcom

19 99645-1329

Geoambiente

12 3878-6400

Engsugar

14 3316-6260

Geopixel

12 3949-1991

ERG Engenharia

31 2138-4712

Horizonte Ambiental

19 3645-1830

Fives Lille

16 3947-9029

Key Associados

11 4890-4111

Innovatech

19 3324-3019

KRAV

11 3661-9656

JBR Engenharia

19 3629-0411

Powder

11 3218-6666

JRE Inspeções e Ensaios

19 3454-1292

SGS Brasil

11 3883-8800

MBF Agribusiness

16 3946-6474

Spectrum

11 94357-3074

PAC

11 4728-3120

Visiona

12 2138-5801

Reframax

31 3029-8002

Sucroanalitica

16 3702-8873

edybann@hotmail.com

Consultoria de comercialização de energia

Controle de Pragas

Boven

11 2663-2910

Bio Controle

19 3936-8450

Koblitz

81 3221-2623

BioControl

16 3945-0384

Nova Energia

11 3124-4141

Koppert

19 3124-3677

Replace Consultoria

11 5505-6637

Trader

81 3198-9850

Conversor de frequência

Woodward

19 3708-4800

ABB

0800 014-9111

SEW-Eurodrive

0800 770-0496

Consultoria de negócios Agile Solutions

11 5501-6555

Claritas Investimentos

11 2131-4900

Eba Consultoria

14 3269-7211

11 3585-1100 Yaskawa

www.yaskawa.com.br

16 3242-6600

85


Guia de Compras Cooperativa

16 3946-3300 Copercana

www.copercana.com.br

Demuth

51 3562-8484

Haver & Boecker

19 2141-2000

IRBI

18 3631-5000

Techmaster

11 4414-1515

Valmet

41 3341-4444

Vulcatec

16 2133-8900

Correia transportadora Peças e serviços

Corda Okubo

16 3514-9966

Borpac

31 3311-2700

Continental ContiTech

0800 011-1572

Coroa - bronze 19 3493-9600 11 2436-2900 Italbronze

11 99639-8950

www.italbronze.com.br

Link Steel

www.linksteel.com.br

Martin Engineering

19 3709-7200

Corrente

Correia

Abrascort

41 2169-9999

Comanbor

16 2133-5500

FleckMulti

51 3038-6200

General Chains

19 3417-2800

Haver & Boecker

19 2141-2000

KMC

11 5548-4226

Abrascort

41 2169-9999

CBV

11 4418-8080

Cobra

16 3603-3333

Comanbor

16 2133-5500

Continental ContiTech

0800 011-1572

Conveybelts

11 3538-8307

Copabo

11 3741-6650

Gates

11 5105-8100

Haver & Boecker

19 2141-2000

Molyplast

16 3963-9000

Okubo

16 3514-9966

Suprir

16 2102-6500

Prolink

19 3423-4000

Rexnord

51 3579-8080

RUD

11 4723-4944

Siva

11 4646-4646

One-color Timken Orange, Pantone® 151

11 5187-9200 Timken

19 3493-9600 Link Steel

www.linksteel.com.br

www.timken.com

One-color Timken Orange, Pantone® 151

Correia transportadora

11 5187-9200 Timken

Borpac

31 3311-2700

CICAB

19 3464-9292

Cofaco

19 3026-8888

Cozedores

Continental ContiTech

0800 011-1572

Brumazi

16 3946-8777

Conveybelts

11 3538-8307

Fives Lille

16 3947-9029

Copabo

11 3741-6650

GBA

16 3251-9900

Correias Mercúrio

11 4588-6600

Planusi

16 3513-9900

86

www.timken.com


Opiniões Decantador

Desfibrador

Andritz

41 2103-7601

Brumazi

16 3946-8777

Brumazi

16 3946-8777

Dedini

19 3403-3222

Fives Lille

16 3947-9029

ESCO

31 3539-1200

Eutectic

16 3521-2350

Fernavan

16 3945-5231

Fives Lille

16 3947-9029

IRBI

18 3631-5000

Magíster

16 3513-7200

Moreno

16 3946-5000

19 3493-9600 Link Steel

www.linksteel.com.br

Defensivo Tanque Bozza

11 2179-9966

Gascom

16 2105-3622

LDA Tanques

19 3838-9595

Sollus Agrícola

18 3421-1100

Defensivo agrícola

Dessuperaquecedor 11 97559-6518 Solid Designer

www.soliddesigner.com.br

Adama

43 3371-9000

Alta Brasil

41 3071-9100

AMVAC do Brasil

16 99789-3688

Difusor

Basf

0800 019-2500

Brumazi

16 3946-8777

Bayer Cropscience

0800 011-5560

Dedini

19 3403-3222

Bio Soja

16 3810-8000

E-Machine

16 3511-9000

Dow Agrosciences

0800 772-2492

Fives Lille

16 3947-9029

19 3115-4400

19 3493-9600 Link Steel

FMC

www.linksteel.com.br

www.fmcagricola.com.br/cana

Uni-Systems 11 5185-4099

HELM do Brasil

www.helmdobrasil.com.br

16 3513-9808

Drone AGTech Agrotecnologia

17 3305-5700

Geo Agri

16 3965-8220

Horus Aeronaves

48 3029-7600

XMobots

16 99422-3022

IHARA

15 3235-7700

Koppert

19 3124-3677

Nufarm

0800 725-4011

Polim-Agri

43 3024-1008

Samaritá

19 3827-9100

Eixo

Sipcam Nichino

34 3319-5550

ADR Eixos

16 3965-3946

Sumitomo Chem

11 3287-9529

Estradeiro

16 3995-9899

Syngenta

11 5643-3322

Fazanaro

19 3493-9430

UPL do Brasil

19 3794-5600

General Chains

19 3417-2800

87


Guia de Compras Energia 19 3493-9600 Link Steel

www.linksteel.com.br

Comercialização Boven

11 2663-2910

Cemig

0800 721-0116

Magnus Hidráulica

11 2422-7944

CPFL Brasil

19 3795-3900

Prolink

19 3423-4000

Diferencial

21 2169-5900

11 4428-2888

Energisa Comercializadora

21 2122-6949

Koblitz

81 3221-2623

NC Energia

21 3235-8900

Nova Energia

11 3124-4141

Tractebel

48 3221-7000

Trader

81 3198-9850

Tec Tor

Eletromagnético Equipamentos Alphamag

19 3324-5094

CHB Locações

11 2909-1757

Inbras

11 4056-6644

Oximag

11 4435-3778

Energia

Controle e gerenciamento

Elevador

ABB

Brumazi

16 3946-8777

HMBL

19 3444-7763 Geraforte

0800 014-9111

31 3396-9694

www.geraforte.com

19 3493-9600 Link Steel

www.linksteel.com.br

Martin Sprocket

19 3877-9400

Mavi

11 3577-6200

Motrice SE

81 2122-2300

Smar

16 3946-3599

Sucroanalitica

16 3702-8873

Yokogawa

11 3513-1300

Energia 11 97559-6518

Equipamentos Aggreko

Solid Designer

www.soliddesigner.com.br

Techmaster

16 3383-3800

11 4414-1515

Embalagem Haver & Boecker

19 2141-2000

Neoplastic

11 4443-1000

SR Embalagens

17 3321-2222

Sucroanalitica

16 3702-8873

Empilhadeira

0800 437-2367

16 3384-4968 Bambozzi

16 3384-6141

Comercial Elétrica PJ

11 3649-9800

Dedini

19 3403-3222

Elétrica Neblina

11 3619-1600

www.bambozzi.com.br

Geraforte

31 3396-9694

Auxter

11 3602-6000

BMC - Hyundai

11 99687-8218

Motrice SE

81 2122-2300

Techmaster

11 4414-1515

SEL

19 3515-2000

Yale

11 4134-4700

Sindustrial

14 3366-5200

88

www.geraforte.com


Opiniões Siner

11 4181-6999

Stemac

0800 723-3800

Energia Gerador ABB

0800 014-9111

Aggreko

0800 437-2367

Ajel Service

62 3295-3188 16 3383-3800 16 3384-4968

Energia

Recuperação Atlas Copco

11 3478-8883

Bonfiglioli

11 4344-2323

Clyde Bergemann

19 3811-8080

Energia

Torre de iluminação Aggreko

0800 437-2367

Atlas Copco

11 3478-8883

Rodotrem

12 3687-1366 11 2173-8685

Bambozzi

16 3384-6141

Solaris

Cummins

0800 286-6467

Enfardadeira

E-Machine

16 3511-9000

www.bambozzi.com.br

31 3396-9694 Geraforte

Fio

Okubo

16 3514-9966

Tama Brasil

75 4009-2000

Engenharia e projeto

www.geraforte.com

Germek

19 3682-7070

Metalock

13 3226-4686

Motrice SE

81 2122-2300

Rodotrem

12 3687-1366

Solaris

11 2173-8685

Sotreq

0800 084-8585

Stemac

0800 723-3800

16 3042-3871 AEI Assistech

www.aeiautomacao.com

Authomathika

16 3513-4000

www.authomathika.com.br

19 3435-3300 Azevedo Engenharia

Energia

16 3945-9009

19 99605-7705

www.azevedoengenharia.com.br

Projetos Diferencial

21 2169-5900

Engevix

11 2106-0100

31 3396-9694 Geraforte

www.geraforte.com

Bortolot

16 2105-0101

Bosch Engenharia

19 3301-8101

Citrotec

16 3303-9796

De Smet Empral

16 3209-1999

DSJ Energia

16 3947-9830

Engcom

19 99645-1329

Engenovo

21 2223-0899

Engsugar

14 3316-6260

ETEC Engenharia

34 3334-6400

Motrice SE

81 2122-2300

Nova Energia

11 3124-4141

Replace Consultoria

11 5505-6637

SGS Brasil

11 3883-8800

Fermentec

19 2105-6100

Sucrana

16 3209-2727

Fives Lille

16 3947-9029

TMSA

51 2131-3333

Fourteam Engenheiros

22 2733-1441

89


Guia de Compras Aplicação da logomarca Centerquimica Logo completa

Haver & Boecker

19 2141-2000

Iprosucar

19 3402-1100

Irriga Engenharia

62 3088-3881

JBR Engenharia

19 3629-0411

Ram Automação

14 3604-8000

Reunion

11 4156-6688

SGS Brasil

11 3883-8800

Smar

16 3946-3599

18 3631-1313 Centerquimica

www.centerquimica.com

DND Química

16 3943-5283

Fermentec

19 2105-6100 11 3533-5000

11 97559-6518 Solid Designer

www.soliddesigner.com.br

Sucrana

16 3209-2727

Welding

16 3513-8600

IFF

www.iff.com

LNF

54 2521-3124

Novozymes

41 3641-1000

Prozyn

11 3732-0000

EPI

Engrenagem ADDN

16 3946-3826

Fazanaro

19 3493-9430

General Chains

19 3417-2800

11 4617-9696 11 94788-8367 Aluga Solda

www.alugaasolda.com.br

19 3493-9600 Link Steel

Ansell

11 3356-3100

Armo

16 3797-8900

www.linksteel.com.br

Martin Sprocket

19 3877-9400

Prolink

19 3423-4000

SEW-Eurodrive

0800 770-0496

Zanini Renk

16 3518-9000

Zanini Serviços

16 3518-9090

Envasamento de produtos 13 3295-9000

Stolthaven

www.stolthaven.com.br

Enzima e levedura

14 3533-2200 Bracol

14 3511-1900

www.bracol.pro

Dimensional

19 3446-7400

Gigatudo by Distrinox EPI

16 3969-8080

Ideal Work

11 2188-0500

Iris Safety

11 2613-7506

Martineli Agrícola

16 2105-8000

Nexus

16 3945-5572

Unibrasil

17 3421-1780

Uniweld

11 4035-8877

X-5

11 3586-8700

Escavadeira 19 3413-5066 19 3421-2080 19 99773-2125 Biocane

www.biocane.com.br

90

Auxter

11 3602-6000

BMC - Hyundai

11 99687-8218

E-Machine

16 3511-9000

Êxito

81 3464-1111

Komatsu

11 4745-7000


Opiniões Sotreq

0800 084-8585

Tracbel

0800 200-1000

Volvo

41 3317-8111

XCMG

0800 770-8866

Estabilizante de solo Base Forte

41 3359-3880

BMA Ambiental

31 3649-1450

Etanol celulósico Processos Andritz

41 2103-7601

Clariant

11 5683-7233

Fourteam Engenheiros

22 2733-1441

Novozymes

41 3641-1000

Valmet

41 3341-4444

Evaporação Equipamento 16 3690-1000 Nós temos a fórmula

Homy Química

www.homyquimica.com.br

Oxnix

19 3838-8989

Esteira Antractor

19 3129-5150

Brumazi

16 3946-8777

Fragmaq

11 4056-8057

General Chains

19 3417-2800

HMBL

19 3444-7763

IRBI

18 3631-5000

Andritz

41 2103-7601

Brumazi

16 3946-8777

Citrotec

16 3303-9796

Dedini

19 3403-3222

E-Machine

16 3511-9000

Fives Lille

16 3947-9029

GBA

16 3251-9900

JW

16 3513-2000

19 3493-9600 Link Steel

www.linksteel.com.br

19 3493-9600

16 3173-8100

Link Steel

www.linksteel.com.br

Moreno

16 3946-5000

Prolink

19 3423-4000

Rexnord

51 3579-8080

Siembra Automação

19 3826-2599

Metalúrgica Rio Grande

www.metalurgicariogrande.ind.br

NG Metalúrgica

19 3429-7272

Planusi

16 3513-9900

11 97559-6518

11 97559-6518 Solid Designer

Solid Designer

www.soliddesigner.com.br

www.soliddesigner.com.br

Techmaster

11 4414-1515

Tecnometal

31 2122-2724

Estrutura metálica

TJA

16 3953-9696

Fábrica de açúcar

Manuseio e estocagem

Fourteam Engenheiros

22 2733-1441

Brumazi

16 3946-8777

JEA

11 4547-6000

Fives Lille

16 3947-9029

Reframax

31 3029-8002

Fourteam Engenheiros

22 2733-1441

91


Guia de Compras Aplicação da logomarca Centerquimica Logo completa

19 3493-9600 Link Steel

18 3631-1313 Centerquimica

www.linksteel.com.br

www.centerquimica.com

16 3173-8100 Metalúrgica Rio Grande

16 3946-9300 Engclarian

www.metalurgicariogrande.ind.br

www.engclarian.com.br

Faca Açokorte

11 4013-8080

Demuth

51 3562-8484

Duraface

19 3547-3539

Eutectic

16 3521-2350

Magíster

16 3513-7200

Fermentec

19 2105-6100

OniBras

16 3969-4957

Química Real

31 3057-2000

Solenis

11 3089-9225

Ferramenta elétrica

Fermentação Equipamentos

11 4617-9696

Brumazi

16 3946-8777

Dedini

19 3403-3222

JW

16 3513-2000

19 3493-9600 Link Steel

16 3173-8100 Metalúrgica Rio Grande

www.metalurgicariogrande.ind.br

16 3702-8873

Fermentação Produtos Agrária

16 3690-2200

Alcolina

16 3951-5080

Betabio

11 3848-2900

19 3413-5066 19 3421-2080 19 99773-2125 Biocane

www.biocane.com.br

92

Aluga Solda

www.alugaasolda.com.br

Fuzil

19 3641-5900

Gigatudo by Distrinox EPI

16 3969-8080

Rolimac

16 3979-7009

Ferramenta manual

www.linksteel.com.br

Sucroanalitica

11 94788-8367

Apex Tool Group

15 3238-3925

Belenus

19 3826-7000

Especifer

19 3936-9797

Fuzil

19 3641-5900

Gigatudo by Distrinox EPI

16 3969-8080

Rolimac

16 3979-7009

Fertilizante e corretivo Agrária

16 3690-2200

Agrichem

16 3969-9122

Agronelli

0800 940-0013

Agroplanta

16 3660-6500

Agrowiser

11 4044-4300

Allplant

17 3323-8393

AMVAC do Brasil

16 99789-3688

Axihum

16 3505-4584

Bio Soja

16 3810-8000


Opiniões Fertirrigação 0800 008-4837 Calcário Itaú

www.viteragro.com.br

Construtec

17 3343-1123

Irriga Engenharia

62 3088-3881

ProFibra

16 3343-1788

Filtragem Sistema 41 3603-8000

Delta Ducon

11 3218-6666

Laffi

11 4438-4040

Caltec

www.caltec.com.br

CMOC

13 3362-7000

Compass Minerals

11 3016-9600

62 3503-1155 Mecat

17 98110-3665

www.mecat.com.br

17 3324-1112 Fertec

17 99666-2989

Follyfertil

16 2138-8777

Gecal

37 3323-5010

Green Has

11 4561-6292

Heringer

19 3322-2200

Hinove

16 3322-7481

www.fertec.ind.br

11 2155-4500 ICL Brasil

Powder

11 3218-6666

Filtro Açofiltro

15 3225-3005

Acquasys

11 3628-1982

ACT

11 2893-9670

AFC do Brasil

11 2152-7100

Astefa

16 3942 5511

Astral

41 3346-2200

Bariontec

16 3368-1949

Bernauer

11 2666-3909

Comanbor

16 2133-5500

Kimberlit

17 3279-1500

Cummins

0800 286-6467

Microgeo

0800 878-3170

D&D Company

11 4072-4222

Microquimica Tradecorp

19 2137-8100

Dedini

19 3403-3222

Mosaic

11 4950-2600

Delta Ducon

11 3218-6666

Nutrigesso

0800 941-9228

E-Machine

16 3511-9000

Nutrivale

14 3269-7233

Equilíbrio

16 3946-2433

Plant Defender

19 2114-2800

Grupo Veco

19 3787-3700

Redi Fertilizantes

43 3398-1719

Hidrara

16 3508-1300

Samaritá

19 3827-9100

Hidro-Ambiental

19 3572-9999

Santa Clara

16 3620-3320

Hydac

11 4393-6600

Sementes Piraí

19 2106-0260

Imporcate

0800 721-3811

Supraphos

0800 646-5584

John Crane

11 3371-2500

Timac

51 3382-8700

Jotaflex

11 3308-6600

Ubyfol

34 3319-9500

Laffi

11 4438-4040

YARA

51 3230-1300

Magnus Hidráulica

11 2422-7944

Yoorin Fertilizantes

35 3729-1840

MCFIL

19 3826-8398

www.icl-group.com

93


Guia de Compras Galpão 62 3503-1155 Mecat

17 98110-3665

Fourteam Engenheiros

22 2733-1441

Rentank Macrogalpões

11 4138-9266 11 2344-1200

www.mecat.com.br

0800 120-1200

Neolíder

11 4393-6000

Parker

12 4009-3500

Petroserv

11 2940-1955

Powder

11 3218-6666

Prominas

16 3375-9119

Gás natural

ProMinent

11 4176-0722

GasBrasiliano

Reverflux

18 3279-4257

Stauff

11 4772-7200

Tecnoval

16 3944-9900

TMSA

51 2131-3333

VLC

19 3812-9119

Freio industrial

Tópico

www.topico.com.br

0800 773-6099

Gaxeta Anhembi Borrachas

11 2601-3311

Armo

16 3797-8900

CBV

11 4418-8080

Chesterton

11 3382-4900

Cofaco

19 3026-8888

Caldema

16 3946-2701

John Crane

11 3371-2500

SEW-Eurodrive

0800 770-0496

Luciane

11 4414-1700

Tec Tor

11 4428-2888

Parkits

16 3969-4092

Vulkan do Brasil

11 4894-7300

Real

19 3444-6737

Teadit

21 2132-2500

Fundição AmstedMaxion

12 2122-1400

Euroair

54 3227-2753

Ferrusi

16 3946-4766

Fundição Água Vermelha

16 3513-2300

Magíster

16 3513-7200

Metalcury

16 3969-8100

Metalúrgica Pérola

43 3532-3411

Moreno

16 3946-5000

Uniweld

11 4035-8877

ZBN

18 2102-9000

Fundição - bronze 11 2436-2900 11 99639-8950 Italbronze

www.italbronze.com.br

94

Geomembrana Maccaferri

11 4525-5000

Neoplastic

11 4443-1000

Georreferenciamento e topografia Agrotools

11 3045-6636

Altave

12 3913-5900

Engesat

41 3023-1617

ERG Engenharia

31 2138-4712

Geoambiente

12 3878-6400

Geopixel

12 3949-1991

Grupo WZ

19 3569-5100

Horus Aeronaves

48 3029-7600

Imagem - Esri

12 3946-8966

Leica Geosystems

16 3377-9969

OPT GIS

12 3302-4443

Sigma Sensors

12 3933-3291


Opiniões Soft Mapping

41 3276-2004

Magnus Hidráulica

11 2422-7944

Spectrum

11 94357-3074

Salvi Casagrande

11 3327-0033

Trimble

19 3113-7000

Tectrol - Dínamo

43 3305-2500

Visiona

12 2138-5801

Unimil

19 2105-0800

Imagem de satélite

Graxa industrial ITW Chemical

11 4785-2630

Klüber

11 4166-9000

Rolimac

16 3979-7009

Schaeffler

15 3335-1500

Guincho Brumazi

16 3946-8777

E-Machine

16 3511-9000

Feldermann Forest

48 98419-2428

Tracbel

0800 200-1000

Guindaste Bauma

15 3242-8080

Êxito

81 3464-1111

TKA Guindastes

54 3202-3000

Usicamp

44 3264-8500

XCMG

0800 770-8866

Guindaste - reforma 16 3946-3080 SL Equipamentos

www.slequipamentos.com.br

Habitáculo pressurizado 11 3201-7803 Priner

21 99381-2770

www.priner.com.br

Hidráulica

Equipamentos

Mapeamento Geoambiente

12 3878-6400

Geopixel

12 3949-1991

OPT GIS

12 3302-4443

Visiona

12 2138-5801

Implemento agrícola Agrimec

55 3222-7710

Agromatão

16 3382-7192

Almeida

16 3348-9000

Antoniosi

16 3384-8000

Baldan

16 3221-6575

BM Dumont

16 3944-1397

Bouwman

42 3234-1108

Budny

48 3432-0096

Civemasa

16 3382-8282

Coagril

35 3292-3931

DMB

16 3946-1800

Dria

16 3969-4933

Duraface

19 3547-3539

Eco Agro

17 3567-9600

GTS do Brasil

49 3241-7100

Ikeda

14 3408-1000

John Deere

0800 891-4031

Kuhn do Brasil

54 3316-6200

LS Mtron

47 3085-8101

Mecmaq

19 3417-4090

Mepel

54 3337-3700

Motocana

19 3412-1234

Pinheiro

19 3843-9250

Sollus Agrícola

18 3421-1100

Terraverde

19 3674-0000

Usicamp

44 3264-8500

Usingá

44 3266-2125

ACT

11 2893-9670

Hidrara

16 3508-1300

Implemento rodoviário

Hydac

11 4393-6600

AB Rodofort

19 3770-2200

Lander

18 3323-7613

Carmetal

54 3329 8500

95


Guia de Compras 19 3496-1555 Carrocerias Bachiega

19 99309-7571

Facchini

17 3426-2000

www.carroceriasbachiega.com.br

TransmiService

16 3946-4600

Welding

16 3513-8600

Instalação industrial Açúcar e etanol

16 3042-3871

14 3623-9444 Impacto Implementos

AEI Assistech

www.impactobrasil.com.br

www.aeiautomacao.com

LDA Tanques

19 3838-9595

Librelato

48 3467-2200

Mepel

54 3337-3700

Randon Implementos

54 3239-2000

Rodotrem

12 3687-1366

Sergomel

16 3513-2600

www.sergomel.com.br

Truckvan

11 2635-1133

16 3663-8002 16 99324-7468 Unifibra

16 99707-4254

www.unifibra.com.br

Usicamp

44 3264-8500

Authomathika

16 3513-4000

www.authomathika.com.br

Dedini

19 3403-3222

Ecomax

11 4602-3900

Fives Lille

16 3947-9029

GBA

16 3251-9900

JBR Engenharia

19 3629-0411

16 3173-8100 Metalúrgica Rio Grande

www.metalurgicariogrande.ind.br

Planusi

16 3513-9900

Instrumento de medição Contech

11 5035-0920

Endress+Hauser

11 5033-4333

Marrari

41 3332-9393

Metroval

19 2127-9400

19 3435-3300

Nivetec

11 2627-6600

19 99605-7705

Pd Instrumentos

11 4016-4600

Peu Eletricidade

19 3437-3030

ProMinent

11 4176-0722

Salvi Casagrande

11 3327-0033

Sigma Sensors

12 3933-3291

World Controles

19 3833-3131

Inspeção industrial Açúcar e etanol

Azevedo Engenharia

16 3945-9009

www.azevedoengenharia.com.br

DSJ Energia

16 3947-9830

Engcom

19 99645-1329

JRE Inspeções e Ensaios

19 3454-1292

JW

16 3513-2000

Perticarari

16 3235-9837 11 3201-7803

Inversor de frequência Bonfiglioli

11 4344-2323

Priner

21 99381-2770

Metaltex

11 5683-5700

Nord Drivesystems

11 2402-8855

SGS Brasil

11 3883-8800

Schmersal Brasil

15 3263-9800

SoldaDura

16 3524-4801

Tectrol - Dínamo

43 3305-2500

www.priner.com.br

96


Opiniões 11 3585-1100 Yaskawa

www.yaskawa.com.br

16 3242-6600

Inversor solar ABB

0800 014-9111

Fronius

11 3563-3800

WEG

47 3276-4000

Irrigação

Equipamentos Asperbras

18 3654-7000

Bermad

19 3573-8888

Engcom

19 99645-1329

Gascom

16 2105-3622

Germek

19 3682-7070

Hidro Sistemas

11 3744-4467

Irrigabrás

11 2842-6464 19 3186-9960

Joplas

19 99982-9382

Krebsfer

19 3119-4000

Lindsay

19 3814-1100

Netafim

16 2111-8001

ProFibra

16 3343-1788

www.joplas.com.br

16 3663-8002

Laboratório

Equipamentos Além Mar

11 3229-8344

Alpax

11 4057-9200

Anton Paar

11 5906-9000

Astro 34

11 3995-3450

Cetec

16 3993-9400

Cotergavi

11 3673-5020

Haver & Boecker

19 2141-2000

IRBI

18 3631-5000

Metrohm

11 3868-6599

PartnerLab

16 3624-7700

Pd Instrumentos

11 4016-4600

Pensalab

11 5180-8300

Presys

11 3056-1900

Quimis

11 4055-9900

Rezenflex

19 3412-1144

Salvi Casagrande

11 3327-0033

Sigma Sensors

12 3933-3291

Tecnal

19 2105-6161

Welding

16 3513-8600

Yon Elétrica

18 3823-1614

Leasing e locação JSL

11 2377-7000

Rodobens

11 2139-3000

Limpeza de tanques

16 99324-7468 Unifibra

16 99707-4254

www.stolthaven.com.br

www.unifibra.com.br

Valley

13 3295-9000

Stolthaven

34 3318-9000

Limpeza industrial

16 3343-1556 Vetro

16 99962-5625

BIODEGRADÁVEL

www.vetro.com.br

Isolamento térmico

16 3690-1000

Nós temos a fórmula

Homy Química

www.homyquimica.com.br

11 3201-7803 Priner

www.priner.com.br

21 99381-2770

Martin Engineering

19 3709-7200

OniBras

16 3969-4957

Reframax

31 3029-8002

97


Guia de Compras Logística e transporte Aguetoni Transportes

17 3330-2455 35 3694-9941

Expresso Nepomuceno

www.expressonepomuceno.com.br

35 99235-1514 35 98409-7969

Gafor

11 2107-3100

JSL

11 2377-7000

Logum

21 2517-5200 24

HORAS

16 3491-4684 16 3521-8420

Quadrante Logística 24

HORAS

19 3881-8644

Chesterton

11 3382-4900

Cobra

16 3603-3333

Comanbor

16 2133-5500

Coremal

11 4615-8142

Fuchs

11 4789-2311

Hennings

47 3036-5555

16 3690-1000 Nós temos a fórmula

Homy Química

www.homyquimica.com.br

www.quadrantelogistica.com

Raça

18 2104-5555

Rodobens

11 2139-3000

Rumo ALL

0800 701-2255

Stolthaven

Chemlub

13 3295-9000

www.stolthaven.com.br

Iconic

0800 704-2230

Iorga

11 4617-8555

Ipiranga

0800 025-3805

ITW Chemical

11 4785-2630

Klüber

11 4166-9000

Mobil

0300 789 3996

Petronas

0800 883-3200

Transespecialista

16 2105-7870

Platinum

11 3665-4000

Transvalco

16 3954-8400

Sil

11 4433-3753

Vopak

13 3295-1000

Lubrificante

Lona e manta Neoplastic

11 4443-1000

Okubo

16 3514-9966

Sansuy

11 2139-2888

Tanque

Bombas Andrade

17 3321-5811

Bozza

11 2179-9966

Gascom

16 2105-3622

16 3946-3080 SL Equipamentos

www.slequipamentos.com.br

14 3623-9444 Impacto Implementos www.impactobrasil.com.br

Lubrificante Purificação Filterlub

18 3641-3897

Lubrificante e Aditivo

LDA Tanques

19 3838-9595

Sage Oil Vac Brasil

11 2631-6343

Mancal Brastrela

11 3868-6100

Agecom

11 2149-8922

Cobra

16 3603-3333

Armo

16 3797-8900

CS Turbinas

16 3511-6000

Bardahl

11 4898-8600

Fazanaro

19 3493-9430

BR Petrobras

0800 728-9001

General Chains

19 3417-2800

Castrol

0800 704-0720

John Crane

11 3371-2500

98


Opiniões Manutenção 19 3493-9600 Link Steel

www.linksteel.com.br

Prolink

19 3423-4000

Rexnord

51 3579-8080

Rolimac

16 3979-7009

SNR

41 3627-8000

11 97559-6518 Solid Designer

www.soliddesigner.com.br

Vibração

Ajel Service

62 3295-3188

SEW-Eurodrive

0800 770-0496

Manutenção elétrica Metalock

13 3226-4686

Obo Bettermann

15 3335-1382

SGS Brasil

11 3883-8800

Manutenção hidráulica Lander

18 3323-7613

One-color Timken Orange, Pantone® 151

11 5187-9200 Timken

SL Equipamentos

www.timken.com

Visão

16 3946-3080

11 2602-6533

www.slequipamentos.com.br

Manutenção industrial

Mancal - bronze

16 3042-3871 11 2436-2900 Italbronze

11 99639-8950

www.italbronze.com.br

AEI Assistech

www.aeiautomacao.com

Ajel Service

62 3295-3188

Andritz

41 2103-7601

Mangueira Alvenius

11 4613-6266

Armo

16 3797-8900

16 3945-9009

16 3513-4000 Authomathika

www.authomathika.com.br

Borpac

31 3311-2700

Comanbor

16 2133-5500

16 3383-3800

Continental ContiTech

0800 011-1572

16 3384-4968

Contuflex

11 3070-0300

Copabo

11 3741-6650

Gates

Bambozzi

16 3384-6141

11 5105-8100

Big Tecnologia

19 3414-3836

Hennings

47 3036-5555

Catena Engenharia

41 3336-1737

Hidrara

16 3508-1300

CPFL Serviços

19 3795-3900

Magnus Hidráulica

11 2422-7944

Engetubo

19 3434-3433

Parker

12 4009-3500

Fertron

16 3946-5899

Petroserv

11 2940-1955

Fives Lille

16 3947-9029

Specma

41 3669-6569

Haver & Boecker

19 2141-2000

Tetralon

11 4081-7000

ICP Latin América

11 4496-4320

www.bambozzi.com.br

99


Guia de Compras Fives Lille 14 3641-0914 Intacta

11 98272-0914

www.intactarolamentos.com.br

Intecnial

54 2107-8000

Irmãos Passaúra

41 2141-7000

Magíster

16 3513-7200

Martin Engineering

19 3709-7200 11 3201-7803

Priner

21 99381-2770

PTI

11 5613-1000

Reframax

31 3029-8002

Servitel

16 2105-6464

SGS Brasil

11 3883-8800

Smar

16 3946-3599

Sucroanalitica

16 3702-8873

Sulcromo

51 2112-2600

Tec Tor

11 4428-2888

www.priner.com.br

82 2121-2000 16 3951-9393 Texas

www.texas.com.br

TransmiService

16 3946-4600

Valmet

41 3341-4444

Vulcatec

16 2133-8900

Welding

16 3513-8600

World Controles

19 3833-3131

ZBN

18 2102-9000

Haver & Boecker

19 2141-2000

JRE Inspeções e Ensaios

19 3454-1292

M&M Labtest

16 3434-4666

SEW-Eurodrive

0800 770-0496

SGS Brasil

11 3883-8800

Sucroanalitica

16 3702-8873

Techoleo

14 3269-7319

Tecnoval

16 3944-9900

Zanini Renk

16 3518-9000

Manutenção

Transformador de potência Ajel Service

62 3295-3188

Andritz

41 2103-7601

Authomathika

16 3513-4000

16 3384-4968 Bambozzi

16 3384-6141

SGS Brasil

11 3883-8800

www.bambozzi.com.br

Máquina agrícola Agrimec

55 3222-7710

Antoniosi

16 3384-8000

Haver & Boecker

19 2141-2000

John Deere

0800 891-4031

Terraverde

19 3674-0000

Máquina agrícola Locação

19 3435-3300 www.azevedoengenharia.com.br

100

19 98159-0609 FCN

19 99604-0736

www.fcntecnologia.com.br

Ouro Verde

41 3239-7000

Rodobens

11 2139-3000

Material rodante

www.authomathika.com.br

Azevedo Engenharia

62 3295-3188 16 3383-3800

Manutenção preditiva e preventiva Ajel Service

16 3947-9029

19 99605-7705

Antractor

19 3129-5150

Imporcate

0800 721-3811

ITM

11 4417-7772

ITR

11 3340-7555


Opiniões Lopes Tratores

16 3628-6622

Maktractor

62 3596-2624

16 3946-3080 SL Equipamentos

GBA

16 3251-9900

19 3493-9600 Link Steel

www.linksteel.com.br

www.slequipamentos.com.br

Medição

Mesa vibratória

Equipamentos

Mavi

11 3577-6200

MVL Máquinas

11 4596-9220

Contech

11 5035-0920

Cotergavi

11 3673-5020

Endress+Hauser

11 5033-4333

Magnus Hidráulica

11 2422-7944

Metroval

19 2127-9400

Mettler Toledo

11 4166-7400

Nivetec

11 2627-6600

Pd Instrumentos

11 4016-4600

Presys

11 3056-1900

Rezenflex

19 3412-1144

Salvi Casagrande

11 3327-0033

Sigma Sensors

12 3933-3291

Smar

16 3946-3599

Sulzer

11 4589-2000

Sucroanalitica

16 3702-8873

Tetralon

11 4081-7000

Torkflex

16 3211-2181

Medidor, transmissor de vazão e nível Anton Paar

11 5906-9000

Contech

11 5035-0920

Cotergavi

11 3673-5020

Dwyler

11 2682-6633

Endress+Hauser

11 5033-4333

Metroval

19 2127-9400

Nivetec

11 2627-6600

Petroserv

11 2940-1955

SEW-Eurodrive

0800 770-0496

Smar

16 3946-3599

Sucroanalitica

16 3702-8873

Willtec

11 4035-7500

World Controles

19 3833-3131

Mesa alimentadora Brumazi

16 3946-8777

Misturador e agitador Fácil System

16 3014-3270

Haver & Boecker

19 2141-2000

Mega Flux Bombas

11 5575-4160

11 97559-6518 Solid Designer

www.soliddesigner.com.br

Moenda

Equipamento Brumazi

16 3946-8777

Dedini

19 3403-3222

Dourados

16 3513-8500

E-Machine

16 3511-9000

ESCO

31 3539-1200

Eutectic

16 3521-2350

Fives Lille

16 3947-9029

Magíster

16 3513-7200

Moreno

16 3946-5000

Simisa

16 2105-1200

Tecnometal

31 2122-2724

Thermic

14 3283-8283

Turbimoendas

19 3425-1900

Uttam

19 3302-8958

Villares

19 3303-8000

ZBN

18 2102-9000

101


Guia de Compras Monitoramento

Motor

Equipamentos

ABB

0800 014-9111

AGR

65 3023-0083

Acoplast

31 2566-5900

Altave

12 3913-5900

Ajel Service

62 3295-3188

Bonfiglioli

11 4344-2323

Branco

41 3211-4040

Cummins

0800 286-6467

Dimensional

19 3446-7400

E-Machine

16 3511-9000

Imporcate

0800 721-3811

Jotaflex

11 3308-6600

Linde Hydraulics

11 2281-7879

Magnus Hidráulica

11 2422-7944

MVL Máquinas

11 4596-9220

MWM

11 3882-3200

Nord Drivesystems

11 2402-8855

SEW-Eurodrive

0800 770-0496

51 3094-9090 SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE FROTAS

TELEMETRIA AVANÇADA + VIDEOMONITORAMENTO

51 99932-1369

Creare Sistemas

www.crearesistemas.com.br

Haver & Boecker

19 2141-2000

Horus Aeronaves

48 3029-7600

Presys

11 3056-1900

Secmil

12 3911-9496

Sucroanalitica

16 3702-8873

TMSA

51 2131-3333

Montagem industrial 19 3435-3300 Azevedo Engenharia

19 99605-7705

16 3946-3080 SL Equipamentos

www.slequipamentos.com.br

Stemac

0800 723-3800

16 3303-9796

Tectrol - Dínamo

43 3305-2500

Engcom

19 99645-1329

WEG

47 3276-4000

Engevix

11 2106-0100

Irmãos Passaúra

41 2141-7000

Mafer

62 3353-7386

www.azevedoengenharia.com.br

Citrotec

Movimentação industrial Auxter

11 3602-6000

SGS Brasil

11 3883-8800

Techmaster

11 4414-1515

21 99381-2770

TMSA

51 2131-3333

Reframax

31 3029-8002

Reverflux

18 3279-4257

Muda de cana

SGS Brasil

11 3883-8800

Sindustrial

14 3366-5200

ZBN

18 2102-9000

11 3201-7803 Priner

www.priner.com.br

19 99707-1587

SBW do Brasil

19 3902-4041

Muda de eucalipto Agriflora

Motoniveladora Êxito

81 3464-1111

Sotreq

0800 084-8585

Volvo

41 3317-8111

XCMG

0800 770-8866

102

Explante

16 3322-6488 14 3267-2204

Angico's

www.mudasangicos.com.br


Opiniões Bela Vista

35 3832-1132

Bortoli

43 99979-0240

Brotale Florestal

67 99963-1983

Camará

16 3343-1668

16 3383-3800

Dacko

54 3375-1250

16 3384-4968

Du Campo

27 3273-1010

Duffatto

47 3654-0944

Emflora

27 3313-9000

Flora Sinop

66 3531-6691

Golden Tree

42 3624-1096

Mudas de Eucalipto

21 2641-0803

Multifloresta

14 3731-2556

Stemac

0800 723-3800

Planflora

49 3442-5433

Sucroanalitica

16 3702-8873

Plante Roots

62 3598-0878

TMSA

51 2131-3333

SBW do Brasil

19 3902-4041

Verion

11 2093-4956

Tecnoplanta

51 3482-1343

Willtec

11 4035-7500

Vasconcelos

16 3242-2975

Viveiro Pavão

16 3721-6977

Viveiro Schorr Flora

42 3522-8716

Viveiro Taquara

77 3611-0618

Muda - gel para plantio Evonik Degussa

11 3146-4100

Hydroplan

11 3322-7000

Polim-Agri

43 3024-1008

Painel de comando Controle

Bambozzi

16 3384-6141

www.bambozzi.com.br

Geraforte

31 3396-9694

www.geraforte.com

11 3585-1100 Yaskawa

16 3242-6600

Yokogawa

11 3513-1300

www.yaskawa.com.br

Parafusos, porcas, arruelas e buchas - bronze

11 2436-2900

Nutriente Italbronze

11 99639-8950

www.italbronze.com.br

19 3413-5066 19 3421-2080 19 99773-2125 Biocane

Aplicação da logomarca Centerquimica www.biocane.com.br Logo completa

18 3631-1313 Centerquimica

www.centerquimica.com

Peneira Açofiltro

15 3225-3005

Brumazi

16 3946-8777

Dedini

19 3403-3222

Demuth

51 3562-8484

Equilíbrio

16 3946-2433

Fácil System

16 3014-3270

Fernavan

16 3945-5231

19 2137-8100

Haver & Boecker

19 2141-2000

OniBras

16 3969-4957

Inbras

11 4056-6644

Sementes Piraí

19 2106-0260

JW

16 3513-2000

Solenis

11 3089-9225

MVL Máquinas

11 4596-9220

Stoller

19 3707-1200

Prominas

16 3375-9119

Microquimica Tradecorp

103


Guia de Compras Picador e triturador

Plano de saúde

Astec

31 3514-0600

Hapvida

Brumazi

16 3946-8777

Bruno

49 3541-3100

Dedini

19 3403-3222

Demuth

51 3562-8484

Fácil System

16 3014-3270

Fragmaq

11 4056-8057

Moreno

16 3946-5000

Pinheiro

19 3843-9250

Tecnometal

31 2122-2724

Zanella

41 2111-2300

Picador e triturador

Sermed

0800 018-3456

16 3945-1212

www.sermedsaude.com.br

Plantadora de cana Antoniosi

16 3384-8000

Civemasa

16 3382-8282

DMB

16 3946-1800

Duraface

19 3547-3539

Sollus Agrícola

18 3421-1100

Peças

Açokorte

11 4013-8080

Astec

31 3514-0600

Embremaq

19 3825-1873

Magíster

16 3513-7200

16 3969-4933 TMA

www.tmamaquinas.com.br

Plantio

Pintura industrial

Monitoramento

Pint Aplicadora

44 3264-4725 11 3201-7803

AGR

65 3023-0083

Geoambiente

12 3878-6400

Priner

21 99381-2770

Pneumático

Reframax

31 3029-8002

SGS Brasil

11 3883-8800

Ascoval

11 4208-1700

Bray Controls

19 3517-6161

Continental ContiTech

0800 011-1572

Cotergavi

11 3673-5020

PW Hidropneumática

19 3801-9500

Tectrol - Dínamo

43 3305-2500

www.priner.com.br

Pipa

Fabricação e reforma 16 3946-3080 SL Equipamentos

www.slequipamentos.com.br

Pistão hidráulico 16 3946-3080 SL Equipamentos

www.slequipamentos.com.br

104

Equipamento e acessório

Pneu Bridgestone Firestone

0800 016-1718

Comercial Rodrigues

21 3189-9700

Continental

11 4583-6161

Goodyear

0800 725-7638

Michelin

21 3621-4711

Pirelli

0800 728-7638

Titan

0800 723-2476

Trelleborg

11 2802-9266


Opiniões Pneu

Prensa de lodo

Reforma

Engenovo

21 2223-0899

GDA Pneus

17 3521-2713

Pneu Forte

16 3202-8604

Produção de vapor

Tecpolimer

11 3032-6480

Combio

11 3030-0040

Tipler

51 3097-2101

Engecass

47 3520-2500

Vipal

54 3242-1666

Mitre Engenharia

16 3623-4021

Pneu

Revenda

11 97559-6518

Alphapneus

16 3622-7300

Comercial Rodrigues

21 3189-9700

Copabo

11 3741-6650

D'Paschoal

0800 770-5053

Marchini do Brasil

16 2133-4949

Marini

54 3316-4100

Solid Designer

www.soliddesigner.com.br

Produto químico Amonex

11 4789-8989

Aratrop

16 3690-1100

Base Química

16 2101-1200

Ponte rolante 19 3413-5066

16 3383-3800

19 3421-2080

16 3384-4968 Bambozzi

16 3384-6141

Bauma

15 3242-8080

E-Machine

16 3511-9000

GH Pontes Rolantes

11 4409-0066

Mausa

19 3124-3030

Unimaq - Hovam

16 3209-4071

www.bambozzi.com.br

Precipitador eletrostático AFC do Brasil

CBC

11 2152-7100

19 99773-2125 Biocane

www.biocane.com.br

Boraquímica

11 3838-4444

Buckman

19 3864-5000

Aplicação da logomarca Centerquimica Logo completa

18 3631-1313 Centerquimica

www.centerquimica.com

DND Química

16 3943-5283

DuPont

11 4166-8000

11 4431-3900

www.cbcsa.com.br

Clyde Bergemann

19 3811-8080

Delta Ducon

11 3218-6666

HPB

16 3513-4600

Powder

11 3218-6666

16 3946-9300 Engclarian

www.engclarian.com.br

Hinove

Prensa E-Machine

16 3511-9000

Fragmaq

11 4056-8057

TMSA

51 2131-3333

16 3322-7481

16 3690-1000 Nós temos a fórmula

Homy Química

www.homyquimica.com.br

105


Guia de Compras 11 2155-4500 ICL Brasil

16 3946-9300 Engclarian

www.icl-group.com

www.engclarian.com.br

Kemira

11 2189-4900

Kurita

19 3827-8388

Lanxess

11 3741-2500

Miracema-Nuodex

19 3728-1000

Nalco Water

11 5644-6500

OniBras

16 3969-4957

Rezenflex

19 3412-1144

Sabará

19 3455-8900

Armo

16 3797-8900

Serquímica

16 2105-8222

Bardahl

11 4898-8600

Solenis

11 3089-9225

SuperQuímica

51 2103-4200

Unipar Carbocloro

11 3704-4200

OniBras

16 3969-4957

Phibro EPG

0800 722-8011

Química Real

31 3057-2000

Solenis

11 3089-9225

Produto químico Anticorrosivo Aplicação da logomarca Centerquimica Logo completa

18 3631-1313 Centerquimica

Produto químico

www.centerquimica.com

Alcalinizante Alcolina

Aplicação da logomarca Centerquimica Logo completa

16 3951-5080

16 3946-9300 Engclarian

18 3631-1313

www.engclarian.com.br

Centerquimica

www.centerquimica.com

Dryller

31 3286-8004

16 3690-1000 Nós temos a fórmula

16 3946-9300 Engclarian

www.engclarian.com.br

Miika Nacional

31 3151-7861

OniBras

16 3969-4957

ITW Chemical

11 4785-2630

Nalco Water

11 5644-6500

Rust Engenharia

11 3140-1500

Antiespumante e anti-incrustante

Antibiótico Buckman

www.homyquimica.com.br

Produto químico

Produto químico Aplicação da logomarca Centerquimica Logo completa

Homy Química

19 3864-5000

Alcolina

16 3951-5080

Aratrop

16 3690-1100

19 3413-5066

18 3631-1313

19 3421-2080

Centerquimica

www.centerquimica.com

Coremal

11 4615-8142

DND Química

16 3943-5283

106

19 99773-2125 Biocane

www.biocane.com.br


Opiniões Buckman

Aplicação da logomarca Centerquimica Logo completa

19 3864-5000

Produto químico Descolorante

18 3631-1313 Centerquimica

19 3413-5066

www.centerquimica.com

Coremal

11 4615-8142

Degani-Vaduz

11 2085-7777

DND Química

16 3943-5283

19 3421-2080 19 99773-2125 Biocane

Aplicação da logomarca Centerquimica www.biocane.com.br Logo completa

16 3946-9300

18 3631-1313 Centerquimica

Engclarian

www.centerquimica.com

www.engclarian.com.br

Miracema-Nuodex

19 3728-1000

Nalco Water

11 5644-6500

OniBras

16 3969-4957

Serquímica

16 2105-8222

Solenis

11 3089-9225

DND Química

16 3943-5283

16 3946-9300 Engclarian

www.engclarian.com.br

Produto químico

OniBras

16 3969-4957

Bactericida Aratrop

16 3690-1100

Produto químico

Desengraxante e desincrustante 19 3413-5066

Armo

Aplicação da logomarca Centerquimica Logo completa

16 3797-8900

19 3421-2080 19 99773-2125 Biocane

18 3631-1313 Centerquimica

Aplicação da logomarca Centerquimica www.biocane.com.br Logo completa

www.centerquimica.com

DND Química

16 3943-5283

18 3631-1313 Centerquimica

16 3946-9300

www.centerquimica.com

OniBras

16 3969-4957

Engclarian

www.engclarian.com.br

Produto químico Corante

Aplicação da logomarca Centerquimica Logo completa

BIODEGRADÁVEL

16 3690-1000

Nós temos a fórmula

18 3631-1313 www.centerquimica.com

Rezenflex

Homy Química

www.homyquimica.com.br

Centerquimica

19 3412-1144

ITW Chemical

11 4785-2630

Klüber

11 4166-9000

107


Guia de Compras Produto químico Dispersante Alcolina

Coremal

11 4615-8142

DND Química

16 3943-5283

16 3951-5080 16 3946-9300 19 3413-5066 19 3421-2080 19 99773-2125

Biocane

www.biocane.com.br

Buckman

Aplicação da logomarca Centerquimica Logo completa

19 3864-5000

18 3631-1313 Centerquimica

www.centerquimica.com

Coremal

11 4615-8142

DND Química

16 3943-5283

16 3946-9300 Engclarian

www.engclarian.com.br

Lanxess

11 3741-2500

Nalco Water

11 5644-6500

OniBras

16 3969-4957

Skills Química

14 3652-5156

Solenis

11 3089-9225

Produto químico Resina Armo

16 3797-8900

Coremal

11 4615-8142

16 3946-9300 Engclarian

www.engclarian.com.br

www.engclarian.com.br

OniBras

16 3969-4957

Solenis

11 3089-9225

Produto químico Perigoso - Emergência Suatrans

Engclarian

0800 707-7022

Grace

11 4197-7540

Nalco Water

11 5644-6500

Perfortex

19 3526-1100

Solenis

11 3089-9225

Projeto industrial 16 3042-3871

Produto químico

AEI Assistech

Polímero

16 3945-9009

www.aeiautomacao.com

19 3413-5066

Alkaiós

16 3945-5499

Asperbras

18 3654-7000

19 3421-2080 19 99773-2125 Biocane

www.authomathika.com.br

www.biocane.com.br

Buckman

Aplicação da logomarca Centerquimica Logo completa

Authomathika

19 3864-5000

19 3435-3300 Azevedo Engenharia

18 3631-1313 Centerquimica

www.centerquimica.com

108

16 3513-4000

19 99605-7705

www.azevedoengenharia.com.br

Brumazi

16 3946-8777

Catena Engenharia

41 3336-1737


Opiniões De Smet Empral

16 3209-1999

Engenovo

21 2223-0899

Engevix

11 2106-0100

Engsugar

14 3316-6260

ETEC Engenharia

34 3334-6400

Fives Lille

16 3947-9029

Haver & Boecker

19 2141-2000

Icon

48 3431-1800

Intecnial

54 2107-8000

JBR Engenharia

19 3629-0411

Mectrol

14 4009-0507

16 3173-8100 Metalúrgica Rio Grande

www.metalurgicariogrande.ind.br

NG Metalurgica

19 3429-7272

Procknor

11 3898-1511

Ram Automação

14 3604-8000

Reunion

11 4156-6688

Proteção contra incêndio Kit para combate Argus Engenharia

19 3826-6670

Dafo Brasil

31 3241-2817

Seive

31 3317-6393

16 3946-3080 SL Equipamentos

www.slequipamentos.com.br

Testato

31 3241-2817

Proteção contra incêndio Líquido gerador de espuma Argus Engenharia

19 3826-6670

Dafo Brasil

31 3241-2817

Miracema-Nuodex

19 3728-1000

Seive

31 3317-6393

16 3946-3080 11 97559-6518 Solid Designer

SL Equipamentos

www.slequipamentos.com.br

Testato

www.soliddesigner.com.br

Sucroanalitica

16 3702-8873

TMSA

51 2131-3333

Proteção contra incêndio

31 3241-2817

Proteção contra incêndio Máquinas e veículos Argus Engenharia

19 3826-6670

Dafo Brasil

31 3241-2817

Estradeiro

16 3995-9899

Seive

31 3317-6393

Sysmak

17 3011-7414

Testato

31 3241-2817

Alvenius

11 4613-6266

Argus Engenharia

19 3826-6670

Bombas Andrade

17 3321-5811

Bozza

11 2179-9966

CF Sistemas

16 3516-3800

Construtec

17 3343-1123

Dafo Brasil

31 3241-2817

Gascom

16 2105-3622

Monitoramento

Germek

19 3682-7070

Argus Engenharia

19 3826-6670

Reframax

31 3029-8002

Contech

11 5035-0920

Dafo Brasil

31 3241-2817

Geoambiente

12 3878-6400

Seive

31 3317-6393

Sintecsys

11 3109-1815

SL Equipamentos

16 3946-3080

www.slequipamentos.com.br

Proteção contra incêndio

Testato

31 3241-2817

Testato

31 3241-2817

Working on Fire

19 3246-1534

Working on Fire

19 3246-1534

109


Guia de Compras Pulverizador Bozza

11 2179-9966

Feldermann Forest

48 98419-2428

Gascom

16 2105-3622

Herbicat

17 3524-9797 0800 772-2100

Jacto

14 98144-1403

Martineli Agrícola

16 2105-8000

Matabi

11 5524-1663

Mepel

54 3337-3700

Spraying

11 2124-9500

Verion

11 2093-4956

www.jacto.com

Cotecna

11 3383-1800

Geoambiente

12 3878-6400

Goldensat

0800 580-3030

OnixSat

43 3374-3822

Panorama

12 3204-4686

Tracker

11 3506-5700

Recepção de cana

Sistema, preparo e extração 19 3435-3300 Azevedo Engenharia

19 99605-7705

www.azevedoengenharia.com.br

Brumazi

16 3946-8777

Redutor e motorredutor

Pulverizador

Peças e acessórios Herbicat

17 3524-9797

Matabi

11 5524-1663

Spraying

11 2124-9500

Teejet

11 4612-0049

Pulverizador

Tanque de polietileno

Acoplast

31 2566-5900

ADDN

16 3946-3826

Ajel Service

62 3295-3188

Bonfiglioli

11 4344-2323

Dana Brevini

19 3446-8600

E-Machine

16 3511-9000

Geremia Redutores

54 2105-3211

Magnus Hidráulica

11 2422-7944

Apoiotec

14 3262-2480

Mult Engrenagens

16 3942-8561

LDA Tanques

19 3838-9595

Nord Drivesystems

11 2402-8855

PTI

11 5613-1000

Pulverizador costal Apoiotec

14 3262-2480

Herbicat

17 3524-9797

Rexnord

51 3579-8080

SEW-Eurodrive

0800 770-0496

11 4403-9292

0800 772-2100 Jacto

www.jacto.com

14 98144-1403

Radiocomunicação

Sumitomo Redutores www.sumitomodrive.com

TGM

16 2105-2600

Torkflex

16 3211-2181

Avanzi

11 2101-4080

TransmiService

16 3946-4600

Celway Telecomunicações

16 3911-7700

Weg-Cestari

16 3244-1000

Grupo Ferrante

17 3279-1200

Zanini Renk

16 3518-9000

StockTotal

11 5182-8800

Tecnord

19 3412-1890

Rastreamento Autotrac

110

61 3307-7000

Refratário Menphis

19 3272-4420

Mercosul

16 2105-8987

Reframax

31 3029-8002


Opiniões Régua - bronze

11 3269-4700

NSK 11 2436-2900 Italbronze

11 99639-8950

www.italbronze.com.br

Reservatório

www.nsk.com.br

Platinum

11 3665-4000

Rolimac

16 3979-7009

Schaeffler

15 3335-1500

SKF

11 4448-8200

SNR

41 3627-8000

Fibra vidro/PRFV

One-color Timken Orange, Pantone® 151

16 3663-8002 16 99324-7468 Unifibra

16 99707-4254

www.unifibra.com.br

Timken

www.timken.com

Visão

11 2602-6533

Rolamento

Recuperação

Resíduo - gerenciamento Stolthaven

11 5187-9200

13 3295-9000

www.stolthaven.com.br

14 3641-0914 Intacta

11 98272-0914

www.intactarolamentos.com.br

Rolo e cilindro

Revestimento Alvenius

11 4613-6266

Armo

16 3797-8900

Chesterton

11 3382-4900

Engcom

19 99645-1329

Haver & Boecker

19 2141-2000

Henkel

11 3205-8955

Hennings

47 3036-5555

Reframax

31 3029-8002

RLX

16 3101-1414

Rust Engenharia

11 3140-1500

Uniweld

11 4035-8877

Rolamento Abrascort

41 2169-9999

Brastrela

11 3868-6100

Cobra

16 3603-3333

Copabo

11 3741-6650

JDF Centrífugas

19 2108-5013

Nachi

11 3284-9844

Cofaco

19 3026-8888

Hydac

11 4393-6600

RLX

16 3101-1414

Sulcromo

51 2112-2600

Techmaster

11 4414-1515

Tectrol - Dínamo

43 3305-2500

Sacaria para açúcar SR Embalagens

17 3321-2222

Secador Brumazi

16 3946-8777

E-Machine

16 3511-9000

Fácil System

16 3014-3270

Fives Lille

16 3947-9029

GBA

16 3251-9900

Mausa

19 3124-3030

Solid Designer

11 97559-6518

www.soliddesigner.com.br

111


Guia de Compras Sensor Mettler Toledo

11 4166-7400

Schmersal Brasil

15 3263-9800

Secmil

12 3911-9496

Sucroanalitica

16 3702-8873

Tecnord

19 3412-1890

World Controles

19 3833-3131

Separador de resíduos Flottweg

19 3836-5300

Servoacionamento SEW-Eurodrive

0800 770-0496

11 97559-6518 Solid Designer

www.soliddesigner.com.br

Silo Delta Ducon

11 3218-6666

Demuth

51 3562-8484

Dujua

47 3534-5000

Engecass

47 3520-2500

Haver & Boecker

19 2141-2000

19 3493-9600 Link Steel

www.linksteel.com.br

Powder

11 3218-6666

Software

Design, ERP, gestão e processos

Grupo ERRP

16 3623-0998

Hexagon Agriculture

48 4009-2704

Procenge

81 4009-2877

SAP

0800 888-9988

Sigma Sensors

12 3933-3291

Simova

12 3904-4343

Smar

16 3946-3599

Solinftec

18 3622-2270

Totvs

0800 709-8100

Veltec

3003-1199

Verion

11 2093-4956

Software

Gestão agrícola Agile Solutions

11 5501-6555

AGRO TI

16 3603-2720

Auteq

11 2107-1888

CHB Sistemas

16 3713-0200 51 3094-9090

SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE FROTAS

TELEMETRIA AVANÇADA + VIDEOMONITORAMENTO

Creare Sistemas

51 99932-1369

www.crearesistemas.com.br

CS Compusoftware

18 3636-3800

Enalta

16 3411-6060

GAtec

19 2106-0888

Hexagon Agriculture

48 4009-2704

TI Agro

11 4225-4091

Solda

Equipamentos e Consumíveis

AEVO

27 3024-7800

11 4617-9696

Agile Solutions

11 5501-6555

11 94788-8367

BlueCielo

11 3587-1224

Comlink

16 2101-4000

Aluga Solda

www.alugaasolda.com.br

16 3383-3800 51 3094-9090 SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE FROTAS

TELEMETRIA AVANÇADA + VIDEOMONITORAMENTO

Creare Sistemas

51 99932-1369

www.crearesistemas.com.br

16 3384-4968 Bambozzi

16 3384-6141

Comaso

16 3513-5230

www.bambozzi.com.br

CS Compusoftware

18 3636-3800

Magíster

16 3513-7200

Geoambiente

12 3878-6400

Martineli Agrícola

16 2105-8000

112


Opiniões Serflex

16 2105-0404

Uniweld

11 4035-8877

Tanque de água

Voestalpine Böhler Welding 11 5694-8377 14 3623-9444

Sonda oblíqua

Impacto Implementos

E-Machine

16 3511-9000

IRBI

18 3631-5000

Motocana

19 3412-1234

Soprador de fuligem Clyde Bergemann

19 3811-8080

Herom

16 2105-7200

Promoen

16 3513-2900

Sulfitação

Equipamento Brumazi

16 3946-8777

Engenovo

21 2223-0899

Simisa

16 2105-1200

Supressor de poeira BMA Ambiental

31 3649-1450

Tanque Águia Inox

54 3464-0191

Brumazi

16 3946-8777

Dedini

19 3403-3222

Fimaco

47 3525-1000

GBA

16 3251-9900

LDA Tanques

19 3838-9595

www.impactobrasil.com.br

16 3946-3080 SL Equipamentos

www.slequipamentos.com.br

Tela Açofiltro

15 3225-3005

Big Telas

19 3469-4411

Elof Hansson

11 3101-5257

Equilíbrio

16 3946-2433

Expametal

16 3797-5100

Haver & Boecker

19 2141-2000

Intertelas

19 3421-8975

Okubo

16 3514-9966

Permetal

11 2823-9200

Prominas

16 3375-9119

Solpack

19 3493-9900

Termocompressor 11 97559-6518 Solid Designer

www.soliddesigner.com.br

19 3493-9600 Link Steel

www.linksteel.com.br

Mega Flux Bombas

11 5575-4160

Sage Oil Vac Brasil

11 2631-6343

Stringal

11 4347-9088

Torre de destilação Peças e serviços Clark Solutions

11 3472-3333

E-Machine

16 3511-9000

JW

16 3513-2000

16 3663-8002 16 99324-7468 Unifibra

www.unifibra.com.br

16 99707-4254

16 3173-8100 Metalúrgica Rio Grande

www.metalurgicariogrande.ind.br

TKS

16 3942-2022

113


Guia de Compras Torre de resfriamento Alfaterm

11 4156-8930

16 3014-3270 22 2733-1441

Haver & Boecker

16 2141-2100

11 4397-9153

HMBL

19 3444-7763

CQI

16 3324-2874

Delta Ducon

11 3218-6666

E-Machine

16 3511-9000

Powder

11 3218-6666

Tecniplas

11 4528-0090

Vettor

11 4409-0310

Transbordo

19 3493-9600 Link Steel

www.linksteel.com.br

Moreno

16 3384-8000

Civemasa

16 3382-8282

E-Machine

16 3511-9000

Motocana

19 3412-1234 16 3946-3080

www.slequipamentos.com.br

11 97559-6518

44 3351-3500

www.soliddesigner.com.br

Techmaster

11 4414-1515

Tecnometal

31 2122-2724

TMSA

51 2131-3333

Transportador Componentes Brumazi

16 3946-8777

General Chains

19 3417-2800

Imepel

48 3433-4211

16 3969-4933

19 3493-9600 Link Steel

TMA

www.linksteel.com.br

www.tmamaquinas.com.br

Usingá

44 3266-2125

Transformador ABB

0800 014-9111

Adelco

11 4199-7500

Ajel Service

62 3295-3188

Romagnole

44 3233-8500

Soltran

11 2813-6222

Prolink

19 3423-4000

TMSA

51 2131-3333

Transportador

de Caneca, correia e correntes Dujua

47 3534-5000

E.M.G.

41 3641-7200

Haver & Boecker

19 2141-2000

Transmissor de vazão Hydac

11 4393-6600

Smar

16 3946-3599

Transportador Brumazi

114

16 3946-5000

Solid Designer

Antoniosi

Teston

Fácil System Fourteam Engenheiros

11 4397-9158

SL Equipamentos

51 3562-8484

11 4397-9133 Alpina

www.alpinaequipamentos.com.br

Demuth

16 3946-8777

19 3493-9600 Link Steel

www.linksteel.com.br

Martin Sprocket

19 3877-9400

TMSA

51 2131-3333

Zanella

41 2111-2300


Opiniões Transportador

Tratamento

Pneumático

Água - Produtos

Astral

41 3346-2200

Bernauer

11 2666-3909

Delta Ducon

11 3218-6666

Dynamic Air

11 4597-8000

Haver & Boecker

19 2141-2000

Powder

11 3218-6666

19 3413-5066 19 3421-2080 19 99773-2125 Biocane

www.biocane.com.br

Compass Minerals

11 3016-9600

Tratamento

Coremal

11 4615-8142

Água e efluentes - Equipamentos

DND Química

16 3943-5283

Acquasys

11 3628-1982

Filtrando

11 2595-1300

BMA Ambiental

31 3649-1450

OniBras

16 3969-4957

Engcom

19 99645-1329

Serquímica

16 2105-8222

Engenovo

21 2223-0899

EP Engenharia

11 2463-7700

Filtrando

11 2595-1300

Grundfos

11 4393-5533

Acquaquímica

51 3205-2233

Krieger

47 3231-1311

Alcolina

16 3951-5080

Mann+Hummel

11 3378-7500

Base Química

16 2101-1200

Tratamento

Água e efluentes - Produtos

19 3413-5066

16 3173-8100

19 3421-2080

Metalúrgica Rio Grande

19 99773-2125

www.metalurgicariogrande.ind.br

Paques

19 3429-0600

Perenne

11 3022-6989

ProMinent

11 4176-0722

SGS Brasil

11 3883-8800

Sigma Sensors

12 3933-3291

Sucroanalitica

16 3702-8873

Suez environnement

11 2166-3600

Tera

11 3963-6500

Biocane

www.biocane.com.br

BTA Aditivos

49 2020-0020

Buckman

19 3864-5000

Aplicação da logomarca Centerquimica Logo completa

18 3631-1313 Centerquimica

www.centerquimica.com

Degani-Vaduz

11 2085-7777

Dryller

31 3286-8004

16 3663-8002 16 99324-7468 16 3946-9300

16 99707-4254 Engclarian

Unifibra

www.engclarian.com.br

www.unifibra.com.br

Vibropac

11 2108-5600

Filtrando

11 2595-1300

Wasserlink

11 5581-0076

Hinove

16 3322-7481


Guia de Compras Kemira

11 2189-4900

KSB

11 4596-8500

Kurita

19 3827-8388

Miika Nacional

31 3151-7861

Nalco Water

11 5644-6500

OniBras

16 3969-4957

Sabará

19 3455-8900

Samaritá

19 3827-9100

Sucroanalitica

16 3702-8873

Suez Environnement

11 2166-3600

Veolia

11 3888-8800

Tratamento

16 3456-5400 Tracan

www.tracan.com.br

Tratorag

19 3429-1444

Trocador de calor Agapito

16 3946-2130

Alfa Laval

11 5188-6000

Ártica

19 3878-4800

Brunnschweiler

14 3408-6500

Caldema

16 3946-2701

Biológico

Lallemand Plant Care

34 3826-0400

www.cbcsa.com.br

Tratamento Térmico SoldaDura

16 3524-4801

Thermix

19 3881-5040

Trator Budny

48 3432-0096

E-Machine

16 3511-9000

John Deere

0800 891-4031

LS Mtron

47 3085-8101

Mahindra

11 3060-5700

Terraverde

19 3674-0000

16 3456-5400 Tracan

Delta Ducon

11 3218-6666

E-Machine

16 3511-9000

Evacon

11 4059-0059

Fourteam Engenheiros

22 2733-1441

FW

16 3041-6600

GEA Westfalia

19 3725-3100

Hydac

11 4393-6600

ICP Latin América

11 4496-4320

JDF Centrifugas

19 2108-5013

Powder

11 3218-6666

Tetralon

11 4081-7000

Torfer

11 5058-6118

Tranter

11 4617-6550

Tubal

11 4606-8800

Tubo e conexão

www.tracan.com.br

Valtra

CBC

11 4431-3900

11 4795-2000

Trator

Peças e serviços

Aços Motta

11 3385-8778

Açotubo

11 2413-2000

Alvenius

11 4613-6266

Aperam

11 3818-1700

AGS

16 3952-1683

Atlas Copco

11 3478-8883

ITR

11 3340-7555

Carbinox

11 4795-9000

John Deere

0800 891-4031

Comega

16 3969-9660

Lopes Tratores

16 3628-6622

Contuflex

11 3070-0300

Marini

54 3316-4100

D&D Company

11 4072-4222

Panegossi

16 3383-2000

Edra

19 3576-9300

19 3674-0000

Elinox

11 2065-1400

Terraverde

116


Opiniões Engcom

19 99645-1329

Fluxo Control

11 2436-3888

Franpar

16 2133-4383

InoxPira

19 3432-9838

Intersteel

11 2067-3536

Irrigabrás

11 2842-6464

Jatinox

11 2060-0405

JEA

11 4547-6000 19 3186-9960

Joplas

19 99982-9382

Neolíder

11 4393-6000

Omega Tubos

16 2138-4500

Petrofisa

41 3626-8800

Senior

11 4136-4514

SR Tubos

16 3946-4770

Stringal

11 4347-9088

Suprir

16 2102-6500

TCA

11 2065-6565

Tecniplas

11 4528-0090

Termomecânica

11 4366-9777

Tubos Ipiranga

11 4391-6000

Tubos Oliveira

11 3186-8000

Tubos Verola

16 3456-0404

Tuper

47 3631-5000

www.joplas.com.br

16 3343-1556 Vetro

16 99962-5625

Turbina

Manutenção Siemens

0800 011-9484

TGM

16 2105-2600

Turbimaq

19 3437-5700

Zanini Turbinas

16 98228-2403

Turbina

Peças de reposição Siemens

0800 011-9484

TGM

16 2105-2600

Turbimaq

19 3437-5700

Zanini Turbinas

16 98228-2403

Turbina Projetos Siemens

0800 011-9484

TGM

16 2105-2600

Turbimaq

19 3437-5700

Zanini Turbinas

16 98228-2403

Turbocompressor Cummins

0800 286-6467

MWM

11 3882-3200

11 97559-6518 Solid Designer

www.soliddesigner.com.br

www.vetro.com.br

Volvo

Turbina

Turbogerador

E-Machine

16 3511-9000

Engecass

47 3520-2500

NG Metalurgica

19 3429-7272

Siemens

0800 011-9484 82 2121-2000 16 3951-9393

Texas

ABB

41 3317-8111

0800 014-9111 82 2121-2000 16 3951-9393

Texas

www.texas.com.br

Usinagem

e Retífica de precisão

www.texas.com.br

TGM

16 2105-2600

Açokorte

11 4013-8080

Turbimaq

19 3437-5700

Estradeiro

16 3995-9899

Zanini Turbinas

16 98228-2403

Fundição Água Vermelha

16 3513-2300

117


Guia de Compras FW

16 3041-6600

Neolíder

11 4393-6000

TransmiService

16 3946-4600

Nicsa

11 5525-4122

Vemag

16 3511-1000

Parker

12 4009-3500

Zanini Renk

16 3518-9000

Planusi

16 3513-9900

Zanini Serviços

16 3518-9090

Promoen

16 3513-2900

ZBN

18 2102-9000

RTS Válvulas

11 2423-7322

SGS Brasil

11 3883-8800

SMV

19 2105-1266

Stauff

11 4772-7200

Suprir

16 2102-6500

Tecnord

19 3412-1890

Tecnoval

16 3944-9900

Tectrol - Dínamo

43 3305-2500

TJA

16 3953-9696

TMSA

51 2131-3333

Unival

11 2858-9000

Valeq

21 3101-1224

Vallair

11 2696-3411

Valmec

11 3186-5700

Valvugás

11 3604-8833

Verion

11 2093-4956

W.Burger

11 5525-4355

WM Válvulas

11 2116-3335

Zanardo

18 3117-1195

Válvula Aços Motta

11 3385-8778

ACT

11 2893-9670

AFC do Brasil

11 2152-7100

Alfa Laval

11 5188-6000

Alvenius

11 4613-6266

Argus Engenharia

19 3826-6670

Ascoval

11 4208-1700

Bermad

19 3573-8888

Bray Controls

19 3517-6161

Circor

19 3124-3124

Contech

11 5035-0920

Danfoss

11 2135-5400

Elof Hansson

11 3101-5257

E-Machine

16 3511-9000

Engeval

19 3543-8854

EXAL

19 3411-2171

Fácil System

16 3014-3270

Fluxo Control

11 2436-3888

Vaso de pressão

Foxwall

11 3454-0200

Andritz

41 2103-7601

Franpar

16 2133-4383

Brunnschweiler

14 3408-6500

Herbicat

17 3524-9797

Caldema

16 3946-2701

Herom

16 2105-7200

Hidro-Ambiental

19 3572-9999

Hydac

11 4393-6600

IMI Interativa

15 3235-9500

Interválvulas

16 3987-8700

KSB

11 4596-8500

21 3195-5350

11 4431-3900 CBC

www.cbcsa.com.br

Evacon

11 4059-0059

Fives Lille

16 3947-9029

JRE Inspeções e Ensaios

19 3454-1292

SGS Brasil

11 3883-8800

LESER

www.leser.com

Magnus Hidráulica

11 2422-7944

Moreno

16 3946-5000

Neles

15 2102-9600

118

11 97559-6518 Solid Designer

www.soliddesigner.com.br


Opiniões Ventilação e exaustão AFC do Brasil

11 2152-7100

Airblower Ventiladores

11 2816-2404

Alfaterm

11 4156-8930

Astral

41 3346-2200

Bernauer

11 2666-3909

Brunnschweiler

14 3408-6500

Delta Ducon

11 3218-6666

E-Machine

16 3511-9000

Equilíbrio

16 3946-2433

Euroair

54 3227-2753

HPB

16 3513-4600

Powder

11 3218-6666

Roster

54 3332-1313

Stringal

11 4347-9088

Tecnovento

11 4497-0671

Vinhaça

Concentração 11 4397-9133 11 4397-9153 Alpina

11 4397-9158

Citrotec

16 3303-9796

Dedini

19 3403-3222

JW

16 3513-2000

Valmet

41 3341-4444

www.alpinaequipamentos.com.br

Clique e acesse os Anuários de Sustentabilidade e os Guias de Compras anteriores

119


o ã ç i d a E c i a t é m i g r x e Pró roen c u S

120


o novo patamar do manejo no sistema sucroenergético A princípio parece que o manejo atual de uma cultura alcançou o ideal e que não há mais nada o que inventar. Até que alguém imagina algo diferente e se pergunta: "e se fizermos assim?" Pronto, tudo mudou. Lá vamos nós para um novo patamar. Nesta edição iremos convidar esta gente que pensa à frente do seu tempo, que nunca se acomoda de como faz seu trabalho, para contar "qual é a última novidade". Que tal mostrar a marca da sua empresa e os seus produtos nesta edição especial?

Lembre-se: quem é visto é lembrado!

Fechamento: 10 de Novembro de 2021

Opiniões

16 99773-2200 - Valdirene 16 99777-7654 - Lílian 16 99777-3242 - Priscila 16 3965-4600 - Geral

Confirme a Revista Opiniões no seu Plano de Marketing de 2021

121


o i r á u n tico A o é m g i r x ene ó r P cro Su

122


Opiniões www.RevistaOpinioes.com.br

ISSN: 2177-6504

2022

anuário de sustentabilidade do sistema sucroenergético

&

Guia de Compras das empresas fornecedoras

123



expediente Editora WDS Ltda e Editora VRDS Brasil Ltda: Rua Jerônimo Panazollo, 350 - 14096430, Ribeirão Preto, SP, Brasil - Pabx: +55 16 3965-4600 - e-Mail Geral: Opinioes@ RevistaOpinioes.com.br •Diretor Geral de Operações e Editor Chefe: William Domingues de Souza - Fone: 16 99777-7799 - WDS@RevistaOpinioes.com.br •Coordenadora Nacional de Marketing: Valdirene Ribeiro Souza - Fone: 16 99773-2200 - VRDS@RevistaOpinioes. com.br •Vendas: Lilian Restino - 16 99777-7654 - LR@RevistaOpinioes.com.br • Priscila Boniceli de Souza Rolo - Fone: 16 99777-3242- PRI@RevistaOpiniuoes.com.br •Jornalista Responsável: William Domingues de Souza - MTb35088 - jornalismo@RevistaOpinioes.com. br •Midia Social: Fernanda Silva - 16 3965-4600 - FS@RevistaOpinioes.com.br •Projetos Futuros: Julia Boniceli Rolo - 2604-2006 - JuliaBR@RevistaOpinioes.com.br •Projetos Avançados: Luisa Boniceli Rolo - 2304-2012 - LuisaBR@RevistaOpinioes.com.br •Consultoria Juridica: Jacilene Ribeiro Oliveira Pimenta - RibeiroLena@hotmail.com •Correspondente na Europa (Augsburg Alemanha): Sonia Liepold-Mai - Fone: +49 821 48-7507 sl-mai@T-online.de •Copydesk: Roseli Aparecida de Sousa - RAS@RevistaOpinioes.com.br •Edição Fotográfica: Priscila Boniceli de Souza Rolo - Fone: 16 99132-9231 - pboniceli@ gmail.com •Tratamento das Imagens: Douglas José de Almeira - douglas@saofranciscograf. com.br - 16 2101-4151 •Artigos: Os artigos refletem individualmente as opiniões pessoais sob a responsabilidade de seus próprios autores •Foto da Capa: Mailson Pignata - mailson@ aresproducoes.com.br - fone: 16 99213-2105 •Fotos das Ilustrações Geral do Anuário: Mailson Pignata - mailson@aresproducoes.com.br - fone: 16 99213-2105 •Fotode abertura do Guia de Compras: Acervo da Tereos •Fotos dos Articulistas: Acervo Pessoal dos Articulistas e de seus fotógrafos pessoais ou corporativos •Foto da Próxima edição: Mailson Pignata mailson@aresproducoes.com.br - fone: 16 99213-2105 •Expedição Revista Digital: 28.458 e-mails cadastrados •Cadastro para recebimento da Revista Digital: Cadastre-se no Site da Revista Opiniões através do serviço de Fale Conosco e receba as edições diretamente em seu computador ou celular •Portal: Estão disponíveis em nosso Site todos os artigos, de todos os articulistas, de todas as edições, de todas as divisões das publicações da Editora WDS, desde os seus respectivos lançamentos, com livre possibilidade para donwload •Auditoria de Veiculação e de Sistemas de controle: Liberada aos anunciantes a qualquer hora ou dia, sem prévio aviso, através de visita virtual e acesso remoto • Home-Page: www.RevistaOpinioes.com.br •South Asia Operation: Opinions Magazine-India: Specific publication on agricultural, industrial and strategic issues of Indian regional market. Editorial language: English. Advertising language: English and Hindi •Business Researcher: Marcelo Gonçalez - +91 9559 001 773 - MG@RevistaOpinioes.com. br •Marketing Researcher: Eliete Aparecida Alves Goncalez - +91 9580 824 411 - EG@ RevistaOpinioes.com.br •Chief Editor Assistant: Gabrielle Gonçalez - +91 9580 824 411 GG@RevistaOpinioes.com.br ISSN - International Standard Serial Number: 2177-6504 •Conselho Editorial da Revista Opiniões: Divisão Florestal: • Amantino Ramos de Freitas • Angélica Cássia Oliveira Carneiro, Cassinha • Antonio Paulo Mendes Galvão • Augusto Praxedes Neto • Caio Eduardo Zanardo • Celso Edmundo Bochetti Foelkel • Eduardo Mello • Edimar de Melo Cardoso • Fernando Campos Passos • Graziela Baptista Vidaurre Dambroz • João Fernando Borges • Joésio Deoclécio Pierin Siqueira • Jorge Roberto Malinovski • José Ricardo Paraiso Ferraz • Luiz Ernesto George Barrichelo • Maria José Brito Zakia • Mario Sant'Anna Junior • Mauro Quirino • Mauro Valdir Schumacher • Moacyr Fantini • Moacir José Sales Medrado • Nairam Félix de Barros • Nelson Barboza Leite • Roosevelt de Paula Almado • Sebastião Renato Valverde • Walter de Paula Lima Divisão Sucroenergética: • Carlos Eduardo Cavalcanti • Evaristo Eduardo de Miranda • Ismael Perina Junior • Jaime Finguerut • Jairo Menesis Balbo • José Geraldo Eugênio de França • Julio Maria M. Borges • Luiz Carlos Corrêa Carvalho, Caio • Manoel Vicente Fernandes Bertone • Marcos Guimarães Andrade Landell • Marcos Silveira Bernardes • Martinho Seiiti Ono • Nilson Zaramella Boeta • Paulo Adalberto Zanetti • Pedro Robério de Melo Nogueira • Plinio Mário Nastari • Raffaella Rossetto • Tadeu Luiz Colucci de Andrade


publicações

Opiniões