Page 1

18 de maio de 2012 Edição 1087 • ANO XXXII www.operumo­lha­do.com.br

Angela Angela Barroso, Barroso,

Anibal Fernando vive!

a mãe

do do ano! ano!

Pág. 3

Chiquinho joga a toalha Pág. 12

O Perú vai a Silva Jardim e Saquarema

Uma capa para a garotada se divertir no banheiro

Págs. 4, 5 e 22

As mães de Armando Rozario, Arthur Veríssimo, Mércia Mariza, Sandro Peixoto e Alessandra Cruz no Dia das Mães

O MAIOR

JOR­NAL BÚZIOS Um jornal cego, surdo e mudo


A mãe do ano E

scolhemos nossa colunista Ângela Barroso para representar todas as mães de Búzios por motivo de justiça. Como presidenta da APAE, Ângela cuida de uma centena de crianças. Filhos de outras pessoas, que ela enxerga como se fossem seus. Ângela vive para a APAE. Dorme e acorda pensando nos seus filhos especiais. Crianças, jovens e adolescentes que precisam de carinho, atenção e respeito e que encontram tudo isso, na APAE de Búzios. Não é fácil ser presidenta de uma entidade como a APAE. Os problemas são muitos. Os amigos são poucos. A inveja imensa. Por sorte, e também por competência, Ângela conseguiu juntar ao seu lado, pessoas maravilhosas, que entendem a importância do seu trabalho. Pessoas que sempre que são procuradas, fazem questão de ajudar. Por causa da dedicação de Ângela, a APAE de Búzios é uma das melhores do Brasil e referência nacional. Cuidar de crianças é sempre difícil. Cuidar de crianças dos outros é mais difícil ainda. Cuidar e procurar gerar oportunidades para crianças excepcionais deve ser algo que poucas pessoas devem fazer bem. Ângela Barroso é uma dessas pessoas. A mulher vaidosa, que gosta de se vestir bem e de boas festas, que sabe se comportar como uma dama nos meios mais importantes da sociedade, é a mesma mulher que não titubeia quando precisa pegar uma criança especial no colo. Que não pensa duas vezes quando precisa ajudar na limpeza da sede da entidade que dirige tão bem. Por essas e outras que escolhemos a Ângela para representar as mães de Búzios. Quando soube da nossa idéia, ela topou sem muita queixa. O difícil foi convencê-la e posar apenas de biquíni. Mesmo sendo um biquíni da Adriana Fernandez.

Búzios nunca viu nada assim... Que coisa nojenta o jornal PRIMEIRA HORA e SEU DONO, o maior defensor da ocupação da Praia da Gorda e do Mangue de Pedra. No dia seguinte à intensa manifestação da sociedade organizada e revoltada na câmara de vereadores contra o projeto, além de não sair uma linha no jornal ainda sai propaganda de página inteira sobre o condomínio “no meio de uma reserva” !!! Só não diz que vai acabar, com as 221 casas que pretendem construir ali !!! Na mesma página inteira, no verso, propaganda da Península Imobiliária, o maior agressor que a cidade tem, sugestivo não ??? e na “Opinião” do jornaleco, matéria de José Dirceu, uma quadrilha... onde estão as pessoas que dizem defender a cidade e fazem parte do governo??? não dizem uma linha sobre mais esse absurdo. O silêncio dos bons é mau sinal, triste Búzios. Tristão

Quero utilizar deste importante meio de comunicação desta cidade para manifestar minha insatisfação em relação ao padre Ricardo White da paróquia de Santa Rita de Cássia. Esta manifestação é publica para que as autoridades competentes tomem conhecimento e façam esse sacerdote mudar suas atitudes antipáticas que só afastam os fieis de nossas igrejas. Pude presenciar a antipatia e o destrato que este sacerdote trata a s sua ovelhas, fui pedir uma informação no bazar da igreja onde fui muito bem atendido, mas quando falei da minha necessidade em conversar com o padre; logo uma senhora que estava no bazar me disse: Melhor não ir, ele está de mal humor, está nervoso. Fiquei espantando com a informação, mas fui ao encontro do padre, e chegando aos fundos da igreja de Santa Rita, presenciei uma cena nada Católica, o padre aos gritos com uma senhora que sem responder saiu e creio que não mais voltará a essa igreja enquanto esse padre aqui continuar. Cheguei em casa e comentei com minha caseira que também é católica, e disse que hoje são mais de 100 pessoas que já saCon­se­lho edi­to­rial íram da igreja devido Bri­git­te Bar­dot, Clau­dio Kuck, Ivald Gra­na­to, Jo­ mar Pe­rei­ra da Sil­va, Fi­no Quin­ta­ni­lha, Re­na­ta Des­ ao padre que está nesta champs, Ota­vi­nho, Umberto e Clau­dio Mo­dia­no, paróquia. Ele reclama Er­nes­to Za­bo­tinsky, Tra­ja­no Ri­bei­ro, Re­na­to Pa­co­ de crianças chorando, te, Jor­ge Te­des­co, Clau­dio Co­hen, Lau­ritz Lach­man, Gui­lher­me Araú­jo, Pe­dro Pau­lo Bul­cão, Pau­lo Ma­ ele não batiza, ele não ria­ni, Al­ber­to Fan­ti­ni, Ma­rie Anick e Jac­ques Mer­ casa ele só reza a Missa cier, Ara­guacy da Sil­va Mel­lo, Luis Ed­mun­do Cos­ta Lei­te, Mar­cos Pau­lo, Elie Sha­ye­vitz, Jo­nas Suas­su­na, e sem nenhum amor e Gló­ria Ma­ria, Ruy Castro, Heloisa Seixas, Márcio zelo católico. É hora d e Fortes, Luiz Fernando Pedroso, Lula Vieira, Antônio Pedro Figueira de Melo, Eduardo Modiano, Ancel­ ter a humildade e pedir mo Góis, Etevaldo Dias, Joaquim Ferreira, Thomas para sair, ele já está se Sastre, Adriana Salituro e Armando Ehrenfreund. achando o dono da paDi­re­tor Fun­da­do­res róquia. Estou reunindo Mar­ce­lo Lar­ti­gue Ma­rio Hen­ri­ques e Pe­dro Luis Lar­ti­gue reclamações para levar Editor Adjunto Janir Hollanda Ge­rên­cia de Ven­das ao bispo se alguém tiTráfego Publicidade Jor­na­lis­ta res­pon­sá­vel ver alguma reclamação, & Marketing Ltda. Hamber R. de Carvalho (21) 2532-1329 (reg. prof. 13.501 DRT/RJ) podem me enviar por (21) 9100-7612 Editor de fotografia email. Prometo manter Me­ce­nas Taxista João de Nair Umberto Mo­dia­no o anonimato dos fieis Re­pór­ter Sandro Peixoto que não agüentam mais Im­pres­são Mônica Casarin O Dia tanta opressão desse saAlessandra Cruz Denis Kuck Diretor de Distribuição cerdote desqualificado. Muchacho Bicho Doido João Marques Dante Silva - Proprietário de uma casa na Ferradura desde 2001, Freqüentador de Búzios desde 1988. Colaborei nas obras da Igreja de Santa Rita de Cássia

RECEPTIVO

2

Diagramação Caroline Moreira Marcela Silva

Depto. Jurídico Dr. Ulisses Tito da Costa

Diretora Comercial Alessandra Cruz O Pe­rú Mo­lha­do / Edi­to­ra Mi­ramar CNPJ: 02.886.214/0001-32 Rua Alfredo Silva, 226, casa 4 Cep 28 950-000 – Brava - Ar­ma­ção de Bú­zios –  RJ Celular/redação: (22) 8128-3781 / 9216-3361 / 2623-1422 Comercial: (22) 7814-2441 E-mail: operu­mo­lha­do@globo.com operumolhado@gmail.com Si­te: www.operu­mo­lha­do.com.br

(22) 2623-2100 18 de maio de 2012 – O Perú Molhado


Quem será o vice? M

Por Aníbal Fernando esmo Marcelo não me procurando mais, fingindo que não existo só porque eu morri, resolvi escrever minha opinião sobre a situação política em Cabo Frio e em Búzios. Nas duas cidades, existem um favorito e outros tantos correndo atrás. Em Cabo Frio, tudo indica que Alair Corrêa vai levar a eleição de lavada. Isso se a justiça o autorizar a concorrer. Alair por enquanto garante que será candidato e que nada lhe impede de não ser. O prefeito Marquinho Mendes não pode ser candidato e indicou o vereador Alfredo Gonçalves, que ainda não decolou e pelo jeito, não decola mais. A situação em Cabo Frio é a seguinte: Alair é o favorito e por fora correm Alfredo Gonçalves, Dr. Paulo César e Janio Mendes. A única maneira de derrotar Alair é juntado esse trio, mas todos querem ser cabeça de chapa, ou seja, ninguém abdica da vaga para ser o vice. Ninguém quer ser o Vasco da Gama. Enquanto a tríade não se entende, Alair segue na boa, sem ser importunado. O prefeito Marquinho Mendes, ao perceber a falta de densidade de seu candidato, já começou a se aproximar do Dr. Paulo Cesar que seria uma espécie de coringa do grupo, caso o nome de Alfredo não deslanche. Na minha modéstia opinião, Alair, apesar de liderar a corrida eleitoral hoje, já mostrou no passado que não é imbatível. Na última eleição, por exemplo, ele disputou uma eleição polarizada contra o Marquinho Mendes e perdeu. Meses antes do pleito, Alair tinha mais de 60% das intenções de votos. Mesmo sendo o prefeito, Marquinho apenas 12%. Como sabemos, no final deu Marquinho, que já foi vice de Alair e que só se elegeu com o apoio do mesmo. Alair perdeu para Marquinho principalmente nos bairros da periferia como Jardim Esperança, Unamar e Aquarius. O problema do prefeito Marquinho é não ter um nome forte para colocar a mão na cabeça, como Alair teve. Resta agora aos adversários de Alair, esperar a decisão do governador Sérgio Cabral. No final, será ele quem definirá o nome do candidato do governo, da máquina, afinal Alair tem o apoio do ex-governador Antony Garotinho, inimigo declarado de Cabral. Procurei o Timinho para saber sua opinião. Afinal, ele já foi vice-prefeito em Cabo Frio. Otime dos Santos de sua maneira simples disse que não acreditava numa união entre os adversários de Alair. “Minha pergunta é simples: quem terá a grandeza de retirar o nome em busca de um benefício maior para a cidade? Quem seria altruísta suficiente para abrir mão da candidatura? Quem seria o vice? Acho que eles não se juntarão. O melhor candidato seria Alfredo Gonçalves. O único, na minha opinião, que poderia trazer para Cabo Frio um pouco de renovação. Alair investiu em infra-estrutura, Marquinhos investiu no social e Alfredo poderia fazer um governo que fortalecesse os dois segmentos. Não vejo essa possibilidade com Janio nem com Dr. Paulo César”, lamentou Timinho. Em Búzios, a situação segue complicada. Agora, com a desistência do Chiquinho da Educação, a situação de Mirinho ficou um pouco mais tranquila. A vaga de Chiquinho pode acabar com Dr. André, a quem Chiquinho já declarou apoio, então teríamos Mirinho contra Dr. André, João Carrilho e Evandro. Mas as pesquisas já demonstraram que se tivermos 4 candidatos, Mirinho teria pouco mais de 35%, o suficiente para lhe manter no poder. Até o momento, não estou vendo- nem mesmo daqui de cima- nenhum movimento de aproximação entre os candidatos da oposição. Por enquanto é cada um por si, o que está propiciando ao prefeito Mirinho, noites tranquilas de sono. Difícil saber se a oposição vais seguir desunida para o abismo. Evandro não pode correr o risco de perder seu mandato. João Carrilho também não pode correr o risco de não reeleger seu filho Joãozinho. Toninho Branco deveria ser o elo da oposição. O ponto de união. Mas infelizmente hoje, ele não tem representação alguma. A oposição de Búzios está acéfala. O situação política de Búzios está estranha. Daqui de cima, parece que a

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado

Alair, fazendo campanha para Marquinhos em 2008

Dr. Paulo César , José Bonifácio, Mirinho e Janio Mendes fechando o acordo no Restaurante do Baiano

Mirinho magrinho, ainda no seu primeiro mandato Chiquinho da Educação, que por problemas de saúde, desistiu da campanha

cidade passou da pré-história (quando éramos distrito de Cabo Frio) para a decadência atual, sem passar pela civilização. Lembro que antes da emancipação (eu estava vivo na época) pensávamos em nomes como Luiza Brunet, Umberto Modiano e Marcos Paulo para a prefeitura. Por obra do destino, a população entregou o posto a dois

pescadores da cidade. Búzios precisava de um nome novo. Uma nova proposta administrativa. Búzios é uma cidade totalmente diferenciada das outras da região. Cheguei a pensar que o Chiquinho seria esse nome. Hoje vejo que não. Infelizmente não dá mais tempo de criar um novo nome. Pelo jeito, a cidade não vai mudar tão cedo.

3


Festa para todos Os dois Marcelos cara a cara: Marcelo Lartigue do Perú e Marcelo Zellão de Silva Jardim

Câmara de vereadores lotada para a festa de entrega de Titulo de Cidadão Silva-jardinense

O Da redação

município de Silva Jardim comemorou nesta terça-feira (8), 171 anos de emancipação político administrativa com muita festa. As comemorações começaram com desfile cívico das bandas musicais das escolas do município. Teve ainda shows gospel, e das bandas Skank, Cidade Negra, Aviões do Forró e dos cantores Belo e Michel Teló. Por decisão do prefeito Marcelo Zellão (PT), todos os shows aconteceram na nova Praça do Bairro de Nossa Senhora da Lapa, um dos bairros mais pobres da cidade, onde residem pessoas que jamais teriam como pagar para assistir a shows iguais. Antes de fechar a agenda musical, o prefeito, por respeito aos moradores fez uma pesquisa para saber o que o povo queria ouvir. O povo escolheu música gospel, rock, forró, pagode e sertanejo. Os shows evangélicos ( três ao todo) foram os mais concorridos e o que mais deram lucro aos barraqueiros. Silva Jardim é uma bela cidade. O Município está bem no pé da Serra, faz fronteira com as cidade de Friburgo e Cachoeira de Macacu. Têm ainda a Lagoa de Jurtunaíba, que fornece água para toda nossa região. São 40 Km de espelho d`água, com ilhas e praias. O município pode e deve explorar o turismo ecológico. O prefeito Zellão sonha em fazer um circuito turístico unindo a serra e o mar. Um corredor turístico que começa em Friburgo e acaba em Búzios. -Esse é meu sonho antigo. Pensava nisso desde que estava na Faculdade de Comunicação. Seria um corredor lindíssimo. Temos a Reserva do Poço das Antas, que é uma coisa linda. Não sei onde esse corredor começaria, mas sei que tem que acabar em Búzios, que é a jóia da coroa, a prima dona que só entra no último ato. Aqui em Silva Jardim os turistas poderiam ver micos leões-dourados, o respeito ao meio-ambiente, a lagoa, a pesca esportiva do tucunaré. Com isso, Búzios que tem uma excelente hotelaria, sairiam ganhando pois os turistas ficaram mais tempo na cidade. Acredito que o Estado tem que ser o indutor desta nova fronteira tu-

4

rística. Temos que parar de tratar as cidades de maneira isoladas. Nossas fronteiras são ilusórias. Não podemos ter um pólo desenvolvido e o resto pobre. Senão vamos importar pobreza, lamentou Zellão.

Armando o barraco Todo mundo gostou da festa. Menos os barraqueiros profissionais. Que saem pelas cidades do interior, atrás das datas festivas e montam aquelas imensas barracas com carnes secas penduradas. É que a cidade de Silva Jardim existe um moeda local, o Capivari, que só circula dentro do município. O problema é que os barraqueiros receberam um monte de Capivari e não tinham onde trocar, visto que iam embora num dia de feriado e o banco da Cidade (onde a moeda é trocada) estaria fechado. -Isso é muito bom, pois assim eles gastam o dinheiro na cidade. O Capivari é apenas a ponta de um projeto social que engloba outras frentes. É uma moeda social, idéia que copiamos de outras cidade e que junto outras ações de promoção social como o apoio ao primeiro emprego, de crédito e de financiamento, está mudando a realidade econômica da nossa cidade. O Capivari é apenas o outdoor de um projeto muito maior que envolve geração de emprego e renda. Queremos transformar nossas sociedade. Retirar as pessoas da dependência do Bolsa Família, oferecendo cursos, treinamento e empréstimos. Já temos ais de 800 financiamentos de microcrédito para pequenos produtores. O banco Capivari é para pobre. Quem tem dinheiro não precisa ir lá, declarou Zellão. Silva Jardim como qualquer cidade do interior do Brasil tem problemas econômicos e sociais. Já teve mais. Melhorou bastante depois da chegada de Zellão ao governo. Marcelo Zellão é um prefeito dedicado ao povo mais simples. Em Silva Jardim, a maioria das pessoas vivem da construção civil. Outra grade parcela, está empregada na prefeitura. Mais de 80% da população vive com menos de dois salários mínimos.

Réplicas de notas de Capivari, a moeda municipal que só circula na cidade

-Aqui não contratamos sem necessidade. Só contratamos quando existe necessidade. Quando abrimos mais um posto médico, ou uma nova escola, por exemplo. Desde que assumi, fiz o possível para gerar empregos fora da prefeitura. Nossas obras de infra-estrutura emprega muita gente. Estamos investindo como nunca e isso está dinamizando a economia local. Queremos ser indutores da economia pois a prefeitura não pode nem deve ser o maior empregador da cidade. Isso é uma loucura. Se a folha consumir demasiadamente, não sobre nada para investimentos, continuou o prefeito Zellão. Formado em Comunicação, funcionário concursado da Receita Federal e prefeito pela primeira vez da cidade de Silva Jardim, Marcelo Zellão espera a convenção do seu partido, o PT, para saber se vai ou não ser candidato a reeleição. Mas depois do que realizou nesse primeiro mandato, Zellão não deve ter a menor preocupação em relação a escolha de seu nome. Se faz de desentendido apenas para não descumprir a legislação eleitoral. Admirador de Búzios, Zellão tem uma carinho especial por nosso jornal. Por isso fomos até sua cidade cobrir as festividades pelos 171 anos de emancipação política administrativa. -Para mim é uma honra, uma verdadeira honra ter um jornal como O Perú Molhado em nossa cidade, cobrindo a nossa festa. Só por isso valeu a pena o investimento. O Perú Molhado é um ícone da região. Sempre vejo o Perú em destaque na coluna do Ancelmo Góis, no O Globo. Estou falando de coração. Receber o Perú Molhado em Silva Jardim é um orgulho. A pessoa sair de Búzios para vir a Silva Jardim. Isso demonstra que estamos no caminho certo. Nossa administração transformou a cidade, trouxe de volta a alta estima do povo da cidade, hoje os moradores voltaram a acreditar que a cidade pode dar certo. Quem não acredita em si, quem não acredita em sua cidade, não tem futuro, finalizou Zellão.

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado


Os personagens de Silva Jardim C Por Marcelo Lartigue

idade pequena geralmente é rica em personagens. Pessoas simples, que com suas características cativam pela originalidade. Cidade pequena é ideal para se descobrir coisas, jeitos e talentos. Gente como Marcelo da Conceição Rocha que reside em Silva Jardim há 12 anos. Antes de se instalar na cidade, ele era militar na base Aérea Naval de São Pedro e morava em Araruama. Findo o período militar, Marcelo trabalhou em algumas funerárias nas cidades de Araruama e Saquarema, sempre como funcionário. Em Silva Jardim, Marcelo resolveu virar empresário e abriu uma funerária (Funerária Nossa senhora da Fé), uma floricultura e uma Lan House. Marcelo comanda a funerária; a floricultura é da esposa Carla Cristina e na Lan House fica sob o comando do filho João Henrique. A Lan House surgiu por um motivo prosaico. Faleceu na cidade um cidadão inglês. A família queria assistir ao velório desde a Inglaterra e Marcelo resolveu instalar câmeras de vídeos e transmitir o velório ao vivo on-line. O enterro foi um enorme sucesso e surgiu a idéia de se transmitir velórios on-line. A Funerária Nossa Senhora da Fé, a única de Silva Jardim deve ser também a única do Brasil a oferecer esse tipo de serviço. Merece também destaque é Paulo Cesar Sodré de Souza, natural da cidade de São Gonçalo, e que há 5 anos trabalha montando barracas em festas nas cidades. Antes de trabalhar com barracas de churros, Paulo César trabalhava como montador de andaime no Estaleiro Mauá, em Niterói. Um dia, cai de um andaime e foi aposentado compulsoriamente. Paulo trabalha na Barraca do Russo e diz que os churros que produz são os mais saborosos do Brasil. Os churros do Russo são feitos com farinha de trigo, margarina e essência de baunilha. São várias as opções de recheios: chocolate, goiaba, doce de leite, chantilly, doce de abacaxi, bombom sonho de valsas, banana, rapadura e até de jiló. - O churro é um doce espanhol. Esse nosso churro começou na Urca e na Barra da Tijuca. A Xuxa não saia de lá, declarou Paulo Cesar, que já estava contando as horas para desmontar a barraca e partir para Arraial do Cabo, onde também haveria festa de emancipação. Em seguida, o calendário vai levá-lo para Vivenda das Pedras, Japeri e assim por diante. Antes de trabalhar em Silva Jardim, o Churro do Russo esteve presente no Festival da Lula em Arraial do Cabo e no Encontro de Motos em São Pedro da Aldeia. Os churros do Russo custam apenas 3 reais. Em Silva Jardim, a media diária foi de 300 churros por noite. Mas o doce espanhol não é o preferido das festas.Segundo Paulo Cesar, o povo gosta mesmo é de cachaça. - O povo prefere o alcoolismo. Por isso as barracas de caipifrutas vendem muito. Muita gente deixa de comer para poder beber. Mas os churros ainda são uma boa pedida. Principalmente para as crianças e para as mulheres. Só lamento as brigas que acontecem nas festas. Ainda bem que aqui a guarda municipal é boa. Mas só tem briga quando tem funk. Quando toca funk as mulheres se soltam e os namorados ficam brabos com que olha. A festa foi boa aqui, o que está atrapalhando é que a cidade tem sua própria moeda, o Capivari. Depois é difícil trocar. Eu não aceito porque não posso trocar em outro lugar. Mas a gente não se mete com o prefeito. Dizem que ele é Delegado Federal.

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado

Marcelo Rocha, o João Lisboa de Silva Jardim, com sua viatura funerária

Churros, churros e bebidas. Foi boa, muito boa a festa em Silva Jardim que teve até show de Michel Teló

5


Ah, minha mãe... Mãe de Santo (Por Mércia Mariza de Carvalho) - Comemorar o dia das mães é sempre um encon-

tro prazeroso, ainda que a data seja influenciada por um forte apelo comercial e consumista. O fato é que pais e filhos acabam se reencontrando e mantendo vivo um mínimo de vinculo afetivo, tenham os filhos constituído família ou não. No entanto, existe um tipo de mãe que quase nunca é mencionada nesta data pela mídia. É a nossa Mãe de Santo. Para quem não conhece, a Mãe de Santo é uma sacerdotisa que inicia os adeptos do Candomblé em sua caminhada espiritual. É, portanto, a mãe espiritual, aquela que nos concilia com nossos orixás, que nos ensina os fundamentos e que nos transmite através da tradição oral e no seu devido tempo os segredos e os rituais desta religião. Essa é uma mãe que também supre o papel de mãe biológica, pois nos orienta espiritualmente, acompanha nossas crises existenciais, as dificuldades e os processos de crescimento de cada um de seus filhos. E uma relação marcada pelo respeito, obediência e hierarquia, alias fundamento essencial do Candomblé. Portanto, a Iyalorixá ou Iyá (mãe) no dialeto Yorubá ou ainda Yalaorixá é uma sacerdotisa e chefe de um terreiro de Candomblé principalmente nas casas de linhagem Ketu. Muito embora nosso município reúna todos os elementos para a pratica desta religião, com sua natureza exuberante, alias aspecto primordial e fundamental de sua existência, alem de ser principal referencia da passagem de escravos em toda a região dos lagos, não só pelo trabalho, mas também pelo tráfico intenso, principalmente em Jose Gonçalves, seus poucos adeptos ainda encontram dificuldades em se colocar e se expressar para a sociedade, face ao patrulhamento religioso ainda existente. A festa de São Jorge já é um bom começo pois nos coloca em contato com nossas divindades, ainda que sob a ótica da Umbanda e empregando o mesmo artifício de séculos atrás, usados nas senzalas, onde se mascarava a pratica da religião com símbolos e ícones do catolicismo. Mas isso não importa, é apenas um detalhe que evita qualquer tipo de choque nesta pratica religiosa. As religiões de matriz africana não buscam em nenhum momento qualquer tipo de confronto para arrebanhar fiéis, na medida em que seu culto é direcionado para o conhecimento dos elementos essenciais da vida, ou seja: a agua, o fogo, o ar e a terra. Se há alguma disputa, essa é travada entre as comunidades ou os terreiros, que se preparam com suas danças, suas oferendas e seus rituais para agradar e reverenciar as energias que comandam estes elementos naturais. Trazer esta religião ao seu lugar em nosso município é tarefa de cada um de seus praticantes ou simpatizantes, bem como afastar de seus quadros os charlatães e aventureiros, aliás um mal que também existe em todas as praticas religiosas e que a historia e o dia a dia acabam denunciando e expurgando. O Candomblé nos ensina que a diversidade de praticas religiosas e o congraçamento de credos é o que nos leva ao equilíbrio espiritual para uma melhor convivência humana e que adeptos não se arrebanha nas adversidades, mas se conquista na pratica constante da caridade aos necessitados materialmente e espiritualmente. Nesse dia das mães nossas saudações a todas as mães de santo espalhadas pelo Brasil e que mantêm a tradição e a pratica do candomblé em nossas terras.

6

Mãe Stella do Gantois e sua netinha Stellinha

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado


www.havaianas.com.br

af_Buzios_24,5x39,5cm.indd 1

05/04/12 15:23


Madre Teresa

Por Arthur Veríssimo

“Amar, ser verdadeiro, deve custar – deve ser árduo – deve esvaziar-nos do ego”. “Um coração feliz é o resultado inevitável de um coração ardente de amor” “A vida é uma oportunidade, aproveite-a… A vida é beleza, admire-a... A vida é um desafio, enfrente-o... A vida é aventura, arrisque-a... A vida é um mistério, descubra-o...” Estas sábias palavras acompanhavam como mantra minha caminhada matinal pelas ruas de Kathmandu, capital do reino do Nepal. As construções medievais encontram-se espalhadas por todos os distritos. Conhecer as entranhas de Patan, Bhaktapur e Pashupatinath é um mergulho visceral no extra-sensorial Vale de Kathmandu. Stupas (templos budistas) tibetanas, monumentos, palácios, estátuas, templos hindus, casas de chá, vacas sagradas e uma imensidão de riquixás (bicicletas movidas a tração humana) emolduravam o cenário tendo ao fundo as sagradas montanhas do Himalaia. Para você ter uma idéia, das dez maiores montanhas do mundo, oito se encontram no Reino do Nepal. Passava alguns dias em Kathmandu depois de ter feito uma visita a Lumbini, vilarejo onde Sidharta Gautama (o Buda) nasceu. Desde quando havia partido do Brasil, a história se repetia incessantemente nos meus sonhos. Minha mãe Zezé Tavares, já falecida, manifestava-se dizendo em muitas versões para eu fazer uma visita a Madre Teresa de Calcutá. Para situá-lo, essa viagem desenrolava-se no século passado, no ano de 1995.

Madre Tereza de Calcutá com crianças pobres

Após mais uma noite em que mamãe docilmente pedia pela enésima vez para fazer uma visita à Ordem “As Missionárias da Caridade”, resolvi partir no dia seguinte para Calcutá. Imagine desembarcar na caótica capital de West Bengal sem saber se Madre Teresa encontrava-se na cidade, ou se estava em peregrinação pelo mundo. Minha sorte foi ter detectado uma espanhola que fazia trabalhos como voluntária juntamente com duas irmãs da congregação. Disse que Madre Teresa estava na cidade e onde a congregação se

8

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado


localizava. Peguei um táxi e me aventurei para Sudder Street, onde hotéis e Guest Houses disputam turistas de todas as partes do planeta. Diferença brutal do parque de diversões que é Kathmandu. A sujeira, poluição e miséria das ruas de Calcutá, por incrível que pareça, me conduziam a um oceano de tranqüilidade, humildade e compaixão. Estava “imerso no fluxo”. Durante cinco dias, precisamente às 4 horas da manhã, participei dos cultos religiosos na sede da congregação.

Hindus a caráter

A missa era ministrada por um padre que destilava simpatia por todos os poros. As irmãs da Ordem vestiam seus belíssimos saris brancos, por destacar a pureza, com frisos em azul, que é a cor da Virgem Maria, e acompanhavam rezando os salmos. Uma missionária destacou em uma conversa que os objetos pessoais de cada irmã se resumem em um par de sandálias, um pedaço de sabão, um conjunto de roupas íntimas, prato de esmalte, colchão, travesseiro, um par de lençóis e um balde de metal. O desapego completo dos bens materiais. Nos tempos atuais, “As Missionárias da Caridade” agregam três mil freiras e 400 irmãs, em 87 países, espalhadas por 160 cidades. No Brasil, temos sua representação na cidade do Rio de Janeiro. No último dia me dirigi ao padre e perguntei por onde andava Madre Teresa. Com seu imenso sorriso, apontou sutilmente próximo à porta de entrada uma senhora que se encontrava sentada no chão. Sim, caríssimo leitor, eu estava diante da presença iluminada de Madre Teresa. Meus lábios emudeceram e gentilmente estendi minha mão. Ela se apoiou e levantou-se suavemente e me abençoou. Perguntou de onde eu vinha e abri meu coração dizendo que estava ali por admiração a tudo que ela fizera e faria, e por uma série de sonhos em que minha mãe pedia para visitá-la. Ela colocou suas imensas mãos sobre a minha cabeça e algo transcendental conectou-se com meu espírito. Na noite seguinte sonhei novamente com minha mãe que sorria e brincava em um campo repleto de girassóis. Madre Teresa foi agraciada com o Nobel da Paz em outubro de 1979. Faleceu no dia cinco de setembro de 1997, aos 87 anos de idade, vítima de uma parada cardíaca. E no dia 19 de outubro de 2003, João Paulo II beatificou Madre Teresa em um dos processos mais rápidos da história. Madre Teresa nasceu na cidade de Skopje, na República da Macedônia, em 27 de agosto de 1910. A origem da mudança do nome para Teresa foi uma homenagem à monja francesa Teresa de Lisieux, mais conhecida como Santa Teresinha.

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado

Arthur Veríssimo peregrinando na Índia

9


Minha querida mãe HENRIETTE (1908-1985)

Por Armando Rozario*

*Repórter-fotográfico, Armando Rozário nasceu em Hong Kong em 1931. Começou a

trabalhar na agência European Picture Service em outubro de 1948. Já trabalhou na Asia, Africa, Europa e nas Américas. Com 60 anos de profissão, Armando Rozário é ex-colunista da Folha de São Paulo (Informática) e repórter-fotográfico de revistas brasileiras e estrangeiras. Atualmente colabora com o Perú Molhado na luta ecológica pelo preservação do Rio São João.

M

inhas primeiras lembranças da minha mãe Henriette remonta início de 1935, quando eu tinha apenas 3 anos de idade. Ela era uma bela senhora de descendência francesa e chinesa. Meu avô, um funcionário da alfândega, Adolphe Lucien Demée se casou com uma chinesa convertida em Macau, com o nome Melina Teresa Lee. Minha mãe Henriette era a caçula da família, ela nasceu em Shameen, China, em 1908, e faleceu em Vancouver, em 1985. Minha mãe sempre cuidou muito bem de mim em Hong Kong e em Macau até 1954, quando migrou para o Brasil. Eu a conheci novamente após um período de 30 anos, em Vancouver, em 1984, quando viajei para Los Angeles e Rochester, convidado pela Eastman Kodak para participar dos Jogos Olímpicos e visitar Rochester.

10

Foi uma reunião emocional, após uma ausência de 30 anos. Eu também conheci meus irmãos e irmãs e recordamos como vivemos em Hong Kong e Macau antes de migramos no exterior. Meu pai faleceu em 1974, e minha mãe estava muito triste porque eu não tinha tido a oportunidade de vê-lo desde 1954, vinte anos antes de falecer. Foi uma ocasião memorável em que eu compartilhei com minha mãe querida os dias em que eu tinha que levantar cedo de manhã para comprar leite de soja para a minha irmã Mariazinha, em Macau, em 1942.

Eu nunca poderia ter imaginado que era a última vez que eu iria conhecer a minha mãe. Ela faleceu em 1985, apenas um ano depois de eu ter conheci, depois de uma ausência de 30 anos! Eu nunca vou esquecer seu abraço e beijos, com lágrimas nos olhos, como eu disse adeus em Vancouver, em 1984. Meu pai e mãe lado a lado descansam no mesmo cemitério em Vancouver, Canadá. Meu último encontro com a minha mãe é o momento em que vai permanecer e residir em meus pensamentos para sempre!

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado


Filhos é o que não me faltam

Feliz Dias dos Pães* Por Sandro Peixoto

O

nomenclatura de ‘mãe’ nasceu bem antes que a de pai. O grunhido que evoluiu para a denominação conhecida e idolatrada mundo afora, nasceu antes por uma simples questão cultural. No início, quando ainda vivíamos em bandos no meio do mato, sem casamento, sem moradia fixa e sem qualquer traço de civilidade, a fecundação não estava associada ao macho. Os machos as atacava por trás e iam embora. Na maioria das vezes, nem dava para ver a cara do safado. As fêmeas engravidavam e pariam sozinhas. Como acontece até hoje com os leoas que vivem soltas nas savanas africanas, por exemplo. Os filhos têm apenas mãe. Pai não. Porém, mãe não é apenas quem gera. Quem dá a luz. Quem carrega no ventre. É depois que o filho nasce que se vê quem realmente é mãe. Ou quem apenas pariu. Quem apenas trouxe ao mundo. Algumas mães jogam os filhos no lixo após o parto. A maioria no entanto, cuida dos filhos até a velhice como se todos fossem eternas crianças. Mãe pode ser sinônimo de muitas coisas. A defesa do Botafogo no último jogo, por exemplo, ‘foi uma mãe’ para o ataque do Fluminense. A prefeitura de Búzios é outro exemplo de boa mãe. Alimenta um monte de filhos bastardos e nada cobra deles. Principalmente os empreiteiros que recebem atenção especial sempre. A preferência por alguns filhos andou gerando um pouco de inveja entre a prole. Mas como mamãe prefeitura tem tetas fartas, no final distribui leites e bifinhos para todos e todos calam a boca. Já a Prolagos, a Ampla, a Salineira e todas as companhias telefônicas são madrastas. Não demonstram o menor carinho, a menor atenção com seus filhos. Nem mesmo para aqueles que se comportam bem. A Ampla é a mais dura de todos. Deixa os filhos na mão justamente nos momentos em que mais precisam dela. A Prolagos por sua vez, cobra caro para matar a sede dos filhos e ainda por cima, suja tudo com seus rios de esgotos pelas praias. Eu sei o que é ser mãe. Sou pai e mãe do meu filho, que hoje tem 16 anos. Alguém pode até dizer que não estou dando criação certa a ele. Que deveria agir de outra maneira, etc e tal. Mas tento de todas as maneiras (e do meu jeito) fazer a coisa certa. Jamais ocuparei o espaço de sua verdadeira mãe. Nunca quis. Ao contrário. faço de tudo para que ele à ame e tenha por ela carinho e respeito. E que a distância não os separe. Afinal mãe existe apenas uma e por mais que eu me esforce, jamais poderia substituí-la. Neste Dia das Mães, quero mandar um abraço a todos os homens que criam sozinho seus filhos como se fosse uma mãe. * corruptela de pai e mãe.

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado

Por Alessandra da Cruz

U

m não é pouco, dois não é bom e três não é demais. Depois de estender a quantidade de filhos me dei conta de que não me encaixava mais no dito popular que diz que “um é pouco, dois é bom e três é demais” Quando iniciei a minha vida de mãe, achava que parir um, seria o suficiente para me realizar como Mãe, mas acabei me dando conta que meu coração e meu desejo não se realizavam em apenas um. E segui a engravidar por mais duas vezes. Na terceira gestação, a minha ginecologista me sugeriu ligar as trompas, como não entendi a mensagem e nem pensava como hoje, aceitei a sugestão e encerrei por ali. Como se deixasse adormecer a mãezona que existia dentro de mim, sem me dar conta de quanto seria infeliz se não tivesse mais filhos. Mas não sabia que iria conhecer e mais apaixonar pelo o Perú Molhado, e ai percebi que não deveria ter

ligado as trompas. E uma grande luta para reverter começou na minha vida, descobrir que ainda me faltam muitos filhos e decidi não parar mais, a cada semana queria parir, colocar pra fora, ver o rostinho, sentir o coração bater, ver o quanto é parecido comigo, ou com o pai , o quanto é frágil, o quanto é dependente, mas o que mais me fascina é a dor do parto, a certeza de que ela vai passar e logo terá a possibilidade de ter em minhas mãos um ser. Mas o melhor, e o que me realiza e me da prazer, é engravidar na sexta e quando chegar na outra sexta- feira parir mais um filho, sei que nem todos eram loiros de olhos azuis, tipo bebê Johnsons, mas a verdade que filhos para as mães são sempre lindos e perfeitos . Assim, venho satisfazendo o meu desejo de ser mãe e me realizando a cada semana, a cada edição do Perú que nasce é uma alegria única, é a realização de um amor fecundado com muito carinho. E percebi que no meu coração cabem muitos filhos.

No Dia das Mães, a Sapatilha Fashion dá de presente para quem levar este anúncio na nossa loja, desconto de 10% em dinheiro ou 5% no cartão na compra de um produto.

Travessa Oscar Lopes Campos, 63 loja 5 Centro – Armação de Búzios – RJ Entre a Rua das Pedras e a Turíbio de Farias Telefone: (22)2623-6102 www.sapatilhafashion.com.br Promoção válida até dia 13 de maio

11


12

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado


Esse filme eu já vi

Tem muita mosca no doce

O

s personagens são sempre os mesmos. Chegam à cidade cheios de boas intenções, idéias mirabolantes e soluções rápidas e perfeitas para todos os nossos problemas. Agridem a tudo e a todos, como se fossemos analfabetos em política e tudo que já fizemos pela cidade de nada valeu, pois somente eles têm o dom da verdade e conhecem todos os projetos de alcance social e que venham a privilegiar e mudar radicalmente a educação, a saúde, o planejamento, o meio ambiente, o turismo e todas as áreas de atuação da prefeitura. Evidente que, ao seu confirmar a desistência da candidatura de Chiquinho vinculada ao jornal local, essa já era esperada , na medida em que sua construção se deu em bases frágeis e como obra de um marketing solitário, elaborado a partir de suas próprias convicções. É lógico que numa disputa eleitoral, não há que se dispensar eventuais aliados, com certeza Chiquinho pode ser um desses. No entanto, como gato escaldado tem medo de água fria, é necessário que numa eventual aliança com Chiquinho, Mirinho venha a estabelecer regras bem claras de sua participação em nosso movimento político. Como membro de um partido político que tem historia, não medirei esforços para que uma eventual aceitação de Chiquinho seja precedida de uma retratação publica por todos os ataques que desferiu contra nosso atual prefeito e sua administração. Participar e partilhar de nossas propostas impõe necessariamente que Chiquinho calce sem exigências e restrições as sandálias da humildade, pois em nosso partido, temos verdadeiramente um comandante. Como na boa política, não temos inimigos e sim adversários, por isso mesmo devemos separar nossas convicções do respeito ao próximo, desejo o pronto restabelecimento de sua saúde, caso se confirme as noticias veiculadas na imprensa local.

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado

O empresário Ricardo Valdívia

13


Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas

Pelé e o secretário de Turismo Cristiano Marques com o novo carrinho da prefeitura

Vontade de Votar. Exatamente ás 3 e 20 da manha foi atendido o ultimo eleitor de Búzios que foi ao cartório eleitoral regularizar sua situação. O atendimento só não varou o dia, pois muitos eleitores foram vencidos pelo cansaço e pela irritação de ter que enfrentar a longa fila que se formou no cartório eleitoral. E ainda dizem que a população não se preocupa com as eleições. Coitado do câncer. Nem mesmo tendo tomado conhecimento de que possui câncer em sua garganta, Chiquinho da Educação deu trégua aos seus desafetos. Nessa quinta-feira gritou a valer em seu programa de rádio contra seus opositores. Desse jeito, periga até o câncer ir embora de Búzios por não agüentar o destempero de Chiquinho. Facebook e dependência química. A Universidade de Bergen na Noruega

14

Na praia da Urca, o Perú recomenda o melhor churros do Estado, feito por seu Antônio e Dona Nazaré

acaba de concluir estudos sobre a dependência de internautas ao facebook e o resultado é estarrecedor. Segundo os resultados preliminares deste estudo, as principais vítimas são as mulheres e os mais jovens. Pessoas tímidas, ansiosas e inseguras socialmente também são presas fáceis dessa dependência virtual que se assemelha e, em alguns casos, tem maior amplitude que a dependência química. Só falta mesmo a rapaziada se desesperar e na falta de um provedor ou de sinal na rede, quebrar o computador na porrada, fazer um pó e dar uma narigada ou enrolar o teclado e sair fumando um baseado virtual. Justa homenagem. No Próximo dia 25 de maio, a ALAB- Academia de Letras e Artes de Búzios, finalmente terá um imortal merecedor desta justa homenagem. Neste dia o embaixador Sergio Nogueira Lopes será declarado imortal.

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado


Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas • Notas

HUMOR

Caminhando rumo ao milhão. Nossa incansável correspondente em BH, Maria Elvira, convida a todos os seus amigos de Búzios, para participar do 4º evento promovido pela ACER - Associação das Caminhantes da Estrada Real e que vem realizando em Minas o Projeto “Árvore é Vida”, em parceria com a BPW - Brasil (Associação das Mulheres de Negócios e Profissionais) cuja meta ambiciosa é de plantar um milhão de árvores no Estado. Vamos torcer para que Maria Elvira divida um pouco desse um milhão de árvores com Búzios.

Os batafoguenses Eva e Francisco aceitando que o time voltou a ser o mesmo de sempre, um time perdedor

Não há vagas. Se você ou seus familiares tem a pretensão de bater as botas por esses dias, pode tirar o cavalinho da chuva. Trate de pegar uma senha e ir para o final da fila, pois no cemitério de Santana não há vagas. Quem tem pressa de guardar o esqueleto, só indo mesmo para o cemitério de Jardim Esperança. Dois apressadinhos já foram enterrados no bairro Cabo-Friense. Para essa merda ó caraio. Infelizmente grande parte dos motoristas que freqüentam a cidade ou aqui residem, ainda não entenderam que o pedestre tem a preferência sobre os carros quando há uma faixa de passagem pintada na via pública. Por outro lado, alguns pedestres ainda não entenderam que não podem atravessar displicente a via pública, fora da faixa de passagem, sob o risco de levarem uma porrada e tomarem o rumo do cemitério de Jardim Esperança. E o Perú acertou. Em suas notas da edição do dia 4 de maio, o barracão que o Perú anunciou que estava sendo construído na divisa de Cabo Frio com Búzios era mesmo para guardar material de obra para a construção de um novo pórtico. Quem ficou triste com esta notícia foram os militantes do meio ambiente que ficarão sem o posto de observação de uma ONG Neozelandesa para observar o comportamento da sianinha da praia ou Formicivora littoralis que ocorre na praia da gorda (mangue de pedra). Façam suas apostas. Não demora muito, só não sabemos em quanto tempo, estará funcionando a nova loteria esportiva em Búzios. A nova casa de apostas fica exatamente embaixo da sala de sessões da Câmara. Há quem diga que a novidade dessa nova loteria será o bolão que vai rolar para saber qual dos atuais vereadores volta para a Casa Legislativa.

2623-3731

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado

15


Dicas de Presentes Jogo de Chá. Golden Bread Porto da Barra

Quadro Everenice Tamanini. Atelier de Arte em Búzios Rua das Pedras, 294 - Loja 5

Viagra. Drogaria Rafah Praça Santos Dumont Restaurante Aquarium. (Filet Mignon ao funghi com legumes shop suey e pure)

Orla Bardot

Objetos Decorativos. Edno Decor Orla Bardot

Sapatos. Jelly Melissa. (22) 2623-6379

Relógios. Loja Tempvs (22) 2643-4104


Relógio e Óculos. Be in Touch. (22) 2623-4086

Cestas. Blue Marlin. Maison & Object. (22) 2623-0110 Tênis. Loja Sapatilha Fashion. (22) 2623-6102

Roupas Animale Rua das Pedras (22) 2623-2380

Chapéu Panamá. Cia Marítima Travessa Santana Maia (22) 2623-1922

Sapatilhas Moleca. Loja Sapatilha Fashion. (22) 2623-6102

Rosas Av. José Bento Ribeiro

iPad Loja da TIM Shopping Number One


Toninho Branco se casou Por Sandro Peixoto

N

a última terça-feira, casaram-se na Igreja Metodista da Rasa, Antonio Carlos Pereira da Cunha e Shirlei Denise Nogueira de Azevedo Coutinho. Toninho Branco e Shirlei Coutinho preferiram fazer um casamento simples. Bem ao estilo do noivo, que sempre foi uma pessoa simples, um filho de pescador que jamais esqueceu seu passado humilde de homem da terra. A igreja foi escolhida de propósito. Bem simples e sem as pompas dos novos templos da cidade. O casal chegou ao mesmo tempo na igreja e os poucos amigos presentes fizeram questão de parabenizar os pombinhos. O empresário Hugo Cecílio da empresa Boi Bom, foi convidado para ser o padrinho do enlace. Deixemos claro que o ex-prefeito preferiu fazer um casamento simples e por isso não convidou ninguém. Nem mesmo a sua família. Somente o Perú Molhado, intrometido que é, compareceu a festa. Nosso editor Marcelo Lartigue, o maior admirador de Toninho em nossa redação, não compareceu ao casamento por estar fora da cidade, mas prometeu ir no próximo.

Toninho Branco e Shirlei Coutinho fizeram uma pequena festa na Igreja Metodista da Rasa para receber a benção de Deus para suas vidas

O bolo com os dois pombinhos

O momento da comunhão

Fachada da Igreja Metodista da Rasa, um templo simples como o noivo

Hugo da Boi Bom e Marcela, padrinho dos noivos

18

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado


Coltan: O alto preço de nosso conforto

C

Por Hamber Carvalho omo se não bastasse os 13 milhões de seres humanos famintos e submetidos à condições sub-humanas no planeta, o continente africano mais uma vez é motivo de atenção de toda a humanidade por abrigar uma atividade econômica, subsidiada pelas grandes empresas transnacionais e pelo consumo moderno que escraviza, degrada e mata lentamente milhares de trabalhadores anualmente. Estamos nos referindo a exploração de dois minerais, a columbita e a tantalita utilizados na fabricação de celulares, televisores de plasma, computadores, maquinas fotográficas e demais do gênero, cuja existência e exploração se concentram na República Democrática do Congo, que detém 80% da produção mundial. Na exploração do coltan, como são conhecidos esses dois minerais, denominação formada pela junção de suas sílabas iniciais col+tan, é utilizada a mão de obra principalmente de crianças, prisioneiros de guerra e jovens camponeses, por serem mão de obra barata e cuja vitalidade consegue suportar as condições desumanas e insalubres de trabalho que muito nos lembra nossos mineiros na exploração de ouro em Serra Pelada. Devido a soterramentos constantes, hoje já se pode mensurar que para cada quilo de coltan extraído do subsolo no Congo, duas crianças perdem a vida. Segundo um relatório da Organização das Nações Unidas, países como Uganda, Ruanda e Burundi, que não possuem uma grama sequer de coltan em seus territórios, contrabandeia esses minerais do Congo devido ao seu alto preço e o repassam a empresas como Nokia , Alcatel, Apple, Nikon, Ericson e Bayer, dentre outras empresas, para assim, subsidiar a guerra naquela região. É logico que esse envolvimento é muito maior, na medida em que empresas do setor tecnológico, como Samsung, Motorola, Sony Ericsson, LG, Dell, HP, Sharp, Acer, Toshiba, Phillips, Microsoft, IBM, Intel, Canon, Panasonic, também utilizam estes minerais em seus produtos. Já existe nas redes sociais uma grande mobilização internacional de boicote pela redução na utilização de produtos eletrônicos que utilizem o coltan como matéria prima. Segundo os ativistas e internautas, é preciso que se faça uma corrente de denuncias contra os governos corruptos do continente africano que utilizam o coltan como objeto de exploração humana, concentração de riquezas e incentivo a guerra, como de hábito, incentivados pelas grandes potencias econômicas.

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado

Os aparelhos eletrônicos que existem para facilitar nossas vidas, usam metais raros e caros, o Coltan é um desses

Escravos na República Democrática do Congo, o país que tem a maior reserva mundial de Coltan e que dele depende para fechar suas contas

19


20

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado


Pimenta no c... dos outros é refresco

Histórias da cadela Pantera, maconheiros e Sérgio Cabral Filho

P

Por Janir Júnior imenta no cu dos outros é refresco. No fucinho do cachorro vira-lata é covardia. E nos olhos dos maconheiros é sacanagem. E desperdício, pois é de outra marola que eles ficam de olhos vermelhos. Em dois episódios, um na Rocinha e outro em Ipanema, no morro e no asfalto, a polícia carioca foi na favela atrás de bandido e sobrou para cadela, a galera que defende o jererê foi exercer sua livre expressão e acabou em bordoada a Marcha da Maconha realizada na orla carioca. Um policial militar que buscava bandidos e se sentiu ameaçado com os latidos da Pantera não teve dúvidas: sacou o spray de pimenta bem na fuça da cadelinha de seis anos, que dizem não fazer mal a ninguém. O registro fotográfico feito por Domingos Peixoto, de O Globo, flagra o exato momento do borrifo. A foto serviu como denúncia e certamente salvou o plantão de domingo do repórter escalado para acompanhar a incursão na favela. Estava garantida a matéria. Na sequência dos dias, Beltrame, homem forte na polícia carioca que futuramente veremos na política, condenou o ato, o PM prestou depoimento, o dono da Pantera não quis dar queixa na delegacia e a vida segue, com pimenta nos olhos e a pior cegueira: a do cego que não quer ver que é um ato boçal. Liberada pela justiça, a Marcha da Maconha levou a Ipanema milhares de defensores da planta. A caminhada seguiu até o Arpoador, com o bloco de sugestivo nome Planta na Mente fazendo paródias carnavalescas com trocadilhos com a erva. Além da descriminalização, uma das bandeiras verdes do movimento é a liberação do plantio. Apesar da recomendação dos organizadores de não queimar fumo durante a caminhada, alguns deram de ombro e deram um ‘doiszinho’. Mas não foi isso que causou a reação truculenta da polícia. Ao chegar à pedra do Arpoador, a rapeize demorou a se dispersar. Foi quando a polícia decidiu mostrar que “eu tenho a força, sou invencível, vamos amigos, unidos venceremos a semente do mal”. Sementes e Turma do Balão Mágico à parte, policiais do Batalhão de Choque usaram bombas de efeito moral, com fumaça, haja fumaça, pra tudo que é lado. Depois, mandou ver bala de borracha. Um dos participantes da Marcha foi atingido, três deram parte e um deles deu foi é mole. Tomou uma dura em plena DP e foi encontrada uma pequena quantidade de maconha. A polícia alega que jogaram lata de cerveja em uma viatura, os manifestantes dizem que foi apenas reação à ação da polícia e uma investigação vai apontar se houve abuso de autoridade. Mas mesmo em meio a fumaça que seja fica claro que sim. Não estive na Marcha da Maconha. Pode parecer desculpa de maconheiro enrustido, mas, não. Ouvi relatos de participantes, assisti aos vídeos e acompanhei pela imprensa. Não estive na Rocinha, mas a pimenta nos olhos da cadela Pantera fez arde os meus. Esfrego a vista e dou de cara com as fotos da farra do Cabral no luxuoso hotel Ritz, na bela Paris. Cabralzinho – o fabuloso pai deve estar com vergonha da cria – está na companhia de Cavendish, Sérgio Cortes (secretário de saúde do Rio), entre outros alegres gnomos com gorrinhos improvisados com guardanapos de pano. Eu vi gnomos. As relações Delta, Cachoeira, Demóstenes não merecem nem um parágrafo. Diria - ou latiria - a cadelinha Pantera: pimenta no cu dos outros é refresco, né, Cabral?!

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado

Passeata em favor da legalização da maconha

Policial no momento em que jogou spray de pimenta numa cadela rottweiller

MP pede instauração de inquérito para apurar conduta de PM que atirou spray de pimenta em cadela Pantera

RIO - A pedido do Ministério Público Estadual, a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) instaurou, na tarde desta segunda-feira, um inquérito para apurar a conduta do policial militar que a jogou spray de pimenta nos olhos da cadela Pantera na Favela da Rocinha, na manhã de domingo. O pedido foi feito pela Promotora de Justiça Christiane Monnerat, que tomou a decisão por considerar que a atitude pode ser caracterizada como maus tratos contra animais. Na avaliação da promotora, a ação do policial não pode ser considerada legítima defesa: — Em primeiro lugar, não se pode dizer que foi legítima defesa, e sim estado de necessidade, porque a cadela (chamada Pantera) não tem capacidade de raciocínio. Se estava sendo atacado, o policial tinha outras formas de evitar o perigo: ele poderia ter corrido, pedido ajuda a outra pessoa, subido em algum lugar... Já foi instaurado um inquérito e a pena, infelizmente, é pequena (detenção de três meses a um ano e multa). Mas o fato está sendo tratado como grave, porque ultimamente tem havido muitos casos de maus-tratos contra animais. Estamos atentos — disse Christiane Monnerat.

21


Saquarema não para de crescer Genilson Drumond e João Carrilho pai e João Carrilho Filho, foram convidados pelo deputado Paulo Melo para a inauguração da Praça do Bem Estar, dedicada a melhor Idade em Saquarema. A nova Praça tem piscina aquecida, e aparelhos ergométricos para os moradores. Na ocasião, Paulo Melo discursou e agradeceu os votos recebidos em Búzios graças ao apoio de João Carrilho, e que espera ter a mesma recepção no futuro

Mãe, mulher sublime, presente de Deus e exemplo de amor.

Parabéns pelo seu dia!

O secretário de Turismo de Saquarema Armandinho Ehrenfreund recepcionando os convidados

22

Av. J. B. Ribeiro Dantas, 815 - Salas 7 e 8 - Portal da Ferradura

(22) 2623-6393 / (22) 9235-2464 - semis-Búzios@uol.com.br

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado


Mangue de Pedra:

É no impasse que surge a solução

T

Por Evandro Oliveira enho acompanhado de perto toda essa discussão a respeito do Mangue de Pedra e posso afirmar sem errar que toda essa historia caminha para o mesmo desfecho do Breezes. Da mesma forma, acho ridícula e leviana a posição de alguns companheiros de mandato que para satisfazerem a vontade e a determinação do prefeito, alegam que o empreendimento está muito distante do mangue e que dessa forma não haveria contaminação. Como também entendo ser ridícula a afirmativa por parte ainda de alguns vereadores da situação e porta vozes do governo de que esta participação da sociedade tem motivação política. Como pode tanta asneira caber na cabeça destas pessoas? O cenário existente hoje é que os opositores não querem construção de espécie alguma e o governo aprova e quer as construções a qualquer custo. Nessa disputa, como ficam o proprietário e construtor, os próprios remanescentes do quilombo da Rasa e aqueles que já compraram unidades no empreendimento? Será que é assim mesmo, o direito de propriedade não pode mais ser exercido e a preferência sobre a ocupação da terra não é mais dos remanescentes dos quilombolas? Pela localização e tamanho da área entendo que se possa convergir para um entendimento entre o proprietário e construtor e os remanescentes de quilombolas. Também acredito que o desfecho possa ser técnico, na medida em que se pode evitar a infiltração do esgoto, através de sua armazenagem e coleta, o que implica num repasse destes valores para o preço dos imóveis. Quanto a densidade de ocupação, essa certamente deverá ser revista, sob pena de inviabilizar-se juridicamente o empreendimento. O certo é que outros empreendimentos desse porte e mais comprometedores de nosso meio ambiente estão a caminho. Como por exemplo, nas áreas alagadas e de brejos da Marina, a Fazenda Cunha Bueno e o entorno da Serra das Emerências. Como bons brasileiros, só nos preocupamos com o problema quando ele já esta consolidado e sua desconstituição desgasta nossas relações e apresentam resultados normalmente pífios. Trabalhamos em cima do incêndio e não de sua prevenção. É necessário que a população conheça todos os atores (e não são poucos) que participaram da concepção, articulação e montagem deste projeto de ocupação.

O Mangue de Pedra da Praia da Gorda, que está correndo risco por causa do condomínio Gran Riserva 95

rua

Se a sua outra casa ficar com ciúme, relaxe, também tem Domme no Rio. Nova Domme Búzios. Sua casa, merece. Decoração | móveis | Paisagismo | Gastronomia

Conheça

O restaurante com gostinho de Búzios

Domme Búzios: Av. José Bento Ribeiro Dantas, 2700, Manguinhos, Búzios. Tel.: 22 2623 4775 Domme Rio: Casashopping - Barra da Tijuca. Tel.: 21 3325 0094 | www.dommerio.com.br

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado

23


Cinema Cine Bardot -EU RECEBERIA AS PIORES NOTICIAS DOS SEUS LINDOS LÁ (BRASIL 2012) Drama 1h 40min. De: Beto Brant, Renato Ciasca. Com: Camila Pitanga, Gustavo Machado, Gero Camilo. Dias: Sábado 19:00 e Domingo 21:00. SEPARAÇÃO (Irã 2011) Drama 2h 03 min 14 anos. De: Asghar Farhadi. Com: Peyman Moadi, Leila Hatami, Sareh Bayat. Dias: Sexta 21:00 e Sábado 21:00 e Domingo 19:00. Ingresso: Inteira R$ 20,00 Meia R$ 10,00. Tel: 22 26231298 / www.viladomar.com/ cinebardot

Artes Plásticas Abigail V. Schlemm – Pinturas. Rua das Pedras 151. Vilmar Madruga – Atelier com exposição permanente da obra do artista. Porto da Barra. Tel.: 2623-7452 Anauê Mosaicos e Esculturas – Rua das Pedras, 266 – loja 04. Telefone: 2623-2225 Atelier Decor-Resina – Peças exclusivas em materiais nobres misturados com resina cristal. Rua Vila das Aroeiras, no 180. Tel.: (21) 9729-3795 Lula Moraes – Loteamento Pórtico de Búzios- lote 23, quadra 05. Atrás do Hospital Municipal. Bairro São José. 2623-5744. Atelier Flory Menezes - Rua das Pedras 168 lj 8 Búzios (2623-0264 - 9994-7831). www.florymenezesescultura.com Eduardo Sardi - Retratos artísticos, pinturas a óleo e pátinas - Vila Caranga, 32 - Telefone: 2623-4072 9223-0457 Julián Juaréz - artista plástico - Tel: 2633-7037 / 92096364. julian23artistaplastico@hotmail.com. Rua Nicolau Antônio Estevão, 68 • Alto da Boa Vista • Rasa. Sérgio Joppert - Pinturas e Desenhos. Rua Zaíras Street. Nº. 09 Baia Formosa - Lote 09. Quadra 05. sergiojoppert@hotmail.com. (21) 9559-0014 Eduardo Pieretti Atelier - Rua da creche Barbara Writh, Parque das Acácias. Tel: (22) 2623-6179 Atelier Maremato do André Cira - Tel 22 26291351 acira@wanadoo.fr Artista plástica Argina Seixas. Endereço: Centro Hípico de Búzios - Marina Porto. Horário de funcionamento: 10:00 às 18:00. Telefone contato: (22) 8843-6604 Ana Colombo - Na Galerida da Vimolagos

Comidas & Shows Sushi Jardin. Aberto de terça a domingo a partir das 18h La Spaghetteria da Mimi - Almoço executivo de quarta à segunda, das 12h ás 17h. O melhor lugar para sua festa. Praça Santos Dumont, 255. Tels: 2623-4764 / 2623-3000 / 2623-4439. Barceloneta - Todas as quartas feiras e sábados, a partir das 20,30h, presença do casal Kalu e Rodrigo, professores de música do Instituto Vila Lobos de Cabo Frio, tocando e cantando música popular brasileira ao som de guitarra classica e cavaquinho. Tel.: 2623-0035

Festival Curta Cabo Frio Lucy e Luiz Carlos Barreto receberão o Troféu Nelson Pereira dos Santos no dia 1º de setembro, na abertura do 6º Curta Cabo Frio. O casal será homenageado na 6° edição do Festival de Cinema Curta Cabo Frio. Todo ano o festival presta uma homenagem a um destaque do cinema brasileiro. E em 2012 a direção do festival escolheu o casal que há 50 anos fundou a LC BARRETO, uma das mais importantes produtoras de cinema do país. O festival acontece de 1º a 9 de setembro em Cabo Frio. As inscrições para o envio de curtas metragens já estão abertas. www.festivalcurtacabofrio.com.br

a m e n i C e d l a v i t Fes

Mundo Mix

Através da apresentação de curtas metragens brasileiros realizados por jovens diretores, premiados e que fizeram sucesso na última edição do Festival MixBrasil, é colocada discussão sobre a cultura da diversidade. Temas presentes nos filmes como a descoberta da paixão na adolescência, o relacionamento social com transexuais, sexualidade na terceira idade e diversas formas de amor, são introduzidos para debate medido por profissionais qualificados das áreas da psicopedagogia e da

Máscara Negra de Rene Brasil

Galeria Abigail Vasthi Rua das Pedras, 151 Tel.: 2623-2261 24

Três Vezes Por Semana de Cris Reque

produção audiovisual. Há três objetivos que buscam ser alcançados com a iniciativa, testada e bem sucedida em várias edições realizadas em cidades dos estados de São Paulo e Rio: - Debater a possibilidade de uma sociedade mais tolerante e plural, que aceita e valoriza as diferenças; - Formar público para cinema nacional de curta-metragem; - Despertar novos talentos na área do audio-visual.

Assunto De Família de Caru Alves de Souza

A Arte De Andar Pelas Ruas De Brasilia de Rafaela Camelo

20/5 | Cine Bardot | 18h 18 de maio de 2012 – O Perú Molhado


A mulher na política A proxima-se o período das convenções partidárias e aos poucos começa a movimentação de novos pré-candidatos para disputar uma das nove cadeiras na Câmara de Búzios. Tradicionalmente os cargos são disputados em sua maioria pelos homens, no entanto, para estas eleições começam a despontar alguns nomes femininos que prometem ir a luta para garantir seu espaço na política buziana. Miriam Tatagiba é uma dessas cidadãs que sempre esteve envolvida com a política, e agora, filiada ao PSB, espera a convenção do partido para submeter seu nome ao crivo dos companheiros. “Surgiu a oportunidade e vou aproveitar a minha experiência na política, acho que tenho muito a somar na política de Búzios”. Miriam é evangélica da igreja adventista de Cabo Frio, mas deixa claro que não é do tipo que assiste ao culto passivamente, sempre foi participativa. “Sempre me envolvi nos trabalhos sociais em todo o tema que fosse ligado a mulher. Como cidadã, como mãe e como mulher atuante, entendo que estou em condições de participar de qualquer disputa política na cidade e até postular uma vaga no legislativo. Ela caminha com João Carrilho em suas pretensões, e há muito tempo ela desenvolve trabalhos de alcance social em sua comunidade de militância. Miriam se sente segura em seus objetivos pois possui uma família sólida e é a partir desta convivência que extrai bons exemplos de vida para caminhar na política. Aprendi nestes últimos anos que em política não se deve prometer nada, pois se cria o vicio da troca do voto por favores. Tenho certeza que aqueles que me conhecem, sabem das minhas capacidades e quanto sou comprometida com as minhas obrigações e com a comunidade. É meu desejo que a Câmara tenha verdadeiramente uma voz feminina. Não vejo a política como uma maneira de satisfazer financeiramente quem quer que seja, pois o trabalho maior de um parlamentar ou de um político é o de conscientizar a população de seus direitos e de seus deveres. Miriam acredita que os bairros de José Gonçalves, onde reside, Tucuns, Cem Braças, Baia Formosa e São Jose precisam ter um representante na Câmara.

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado

25


A Perua Por Ângela Barroso

angelabarroso743@hotmail.com

Os chefs buzianos de carteirinha que estarão participando no próximo dia 26 de junho do 3º Almoço Beneficente da Apae, na Privilege, Orla Bardot

O casal Alba e o advogado Nelson Scher e Adriana Salituro e Clemente Magalhães prestigiando o jantar no Restaurante Chez Françoise em Geribá

Adriana Fernandez, Sonia Persiani, Adriana Salituro e Márcia Wagner no jantar gastronômico

O casal Davínea e Egídio Kiterman foram conferir as delícias da Padaria Golden Bread no Porto da Barra

Jacky da Mister Tours e Armando Ehrenfreund no Jantar Gastronômico assinado pelos chefs Maurice Alexis e Regis Ferey do Palace de L’Elysée no último sábado no Restaurante Chez Françoise

NOVA DATA “ALMOÇO BENEFICENTE” Em virtude do idealizador do Almoço Beneficente da APAE o chef Marcos Sodré ter assumido anteriormente compromisso, foi transferido para 16 de junho o Almoço que esse ano acontece na Privilege. Delicioso cardápio está sendo elaborado pelos chefs Marcos Sodré (Sawasdee) Ricardo Ferreira (SALT), Ricardo Wagner (Barceloneta), Fabiano Chaves (Ex-Captain’s), Richard Mckenna(Casa da Teca) e Sonia Persiani(Cigalon). Em breve os convites estarão à venda. BÚZIOS CARIOCOU I No último final de semana Búzios amanheceu em destaque por todo o país, com matéria super bacana da jornalista Joana Dale e fotos de Mônica Imbuzeiro na Revista de Domingo que acompanha o Jornal O Globo. “Três décadas após a chegada de argentinos e franceses, Búzios vive uma nova invasão. Agora são os brasileiros, principalmente cariocas, que estão escolhendo a cidade para morar. Segundo dado do IBGE, nos últimos dez anos cresceu 70% o número de habitantes naturais do Rio em Búzios”.

26

BÚZIOS CARIOCOU II CARIOCA, como se sabe, é um estado de espírito, como dizia o escritor e jornalista Fernando Sabino. Carioca não ama, se apaixona; Carioca quando chega a outro lugar, nego já sabe que é carioca só pelo jeito de andar! Carioca não pensa carioca faz e pronto, se der merda deu. Carioca não diz: “O que aconteceu? diz: “Qual foi? O carioca, todos sabem, é um cara nascido dois terços no Rio e outro terço em Minas, Ceará, Bahia, e São Paulo, sem falar em todos os outros Estados, sobretudo o maior deles o estado de espírito. BÚZIOS CARIOCOU III A Perua pergunta? Como será daqui pra frente essa convivência entre os novos moradores cariocas, principalmente os que estão chegando e os buzianos que aqui já fizeram sua morada?O que o carioca está trazendo de bom?Qual será daqui a alguns anos o resultado dessa nova “invasão” de moradores?O carioca é bem humorado, não é um conformista, sabe que a vida é aqui e agora, quer qualidade de vida, pois está cansado com a falta de segurança e neurotizado pelo trânsito. Ele quer mesmo é ser FELIZ pois já se apai-

xonou pela nossa pátria amada! MISTURA FINA Os cariocas, niteroiense, sergipanos, cearenses, paulistanos, italianos,franceses e brasiliense, que foram entrevistados pela Joana Dale e que escolheram Búzios para nova pátria: A arquiteta Karina kerr e o seu amado o designer Ricardo Amaral, o empresário Carlos Eugênio Braga do Grupo Anexo/ Primitivo/ Tangarás, o estilista Marco Rica, Maria e Paulo Bacellart, Wadi Abifadel,Silvia Consenza e Robert Sab, Leonor Venâncio, Angela Barroso, colunista social do jornal Peru Molhado e na capa o mais novo morador- celebridade, o chef italiano Danio Braga. E-MAIL DA AMIGA ROSE Barrosinha, Tive visita no findi e, hoje, o dia foi puxado. Acabei de ler a matéria da Revista de Domingo e fiquei muito feliz em ver o seu nome citado. Você é das pessoas do Estado do Rio de Janeiro que mais anos mora em Búzios. Buziana já, por total adoção. Já Presidente da APAE - em mais de um mandato e colunista “perua” do jornal que você tanto ama o “Perú Molhado”. Conheço o seu

poder de persuasão e imagino o coitado do Marco Rica querendo ficar em casa e você, com esse seu jeitinho, como fazia comigo e faz com os amigos, arrastando a gente pra ver a vida na pátria livre. Um beijo, querida. DIETA DA PRINCESA A Ediouro bateu um bolão ao editar o livro “Eu não consigo emagrecer” do Dr. Pierre Dukan. Várias mulheres buzianas um pouco “gordinhas” já estão fazendo do livro, o seu amigo de cabeceira pois querem voltar a entrar naquelas roupitas que já não cabem mais.Claro que as orientações para emagrecimento devem ser seguidas com acompanhamento médico, mais vale a conferida. Já já a Perua vai ler esse livro todinho! GAROTA- PROPAGANDA Mais do que sucesso nas livrarias, o que tem chamado a atenção no regime é sua principal garota-propaganda, a princesa Kate Middleton, mulher do príncipe William, herdeiro do trono inglês. A “dieta da princesa” conquistou uma legião de fãs em todo o mundo- a atriz Jennifer Aniston e a cantora Beyoncè entre elas.

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado


A história revisitada N Por Sandro Peixoto

um evento na Pousada Le Relais La Borie, a internacionalmente famosa promoter Aline Santana - durante um jantar em comemoração à derrota do ex-presidente francês Nicolas Sarkozy – informou que o ex-presidente Getúlio Vargas construiu o Solar do Peixe Vivo e lá morou durante um tempo. Como sabemos, o único ex-presidente que passou pro aquele imóvel foi Juscelino Kubistchek. Não a toa, existe uma estátua do mesmo sentado na Orla à frente. Enviamos um e-mail para Getúlio via Anibal Fernando (nosso correspondente no outro mundo) e o mesmo respondeu de imediato. Abaixo, a resposta de Getúlio.

Querida Aline, Lamento informar, porém jamais estive em Búzios. Sempre fui um homem trabalhador. Do povo. Com pouco tempo para diversão. Lamento muito nunca ter ido à Búzios. Durante meu primeiro mandato, entre 1930 e 1945, trabalhei muito. Foram 15 anos de muita luta e portanto, jamais tive tempo para sol e praia. Depois, no segundo mandato, entre 1951 e 1954, a coisa estava ainda mais complicada. A situação ficou tão feia que acabei dando um tiro no peito. Você lembra desta parte da historia ou fugiu da aula? O que mais me espanta nessa historia é que você também é gaúcha e portanto, deveria saber mais sobre mim. O fato, é que nem mesmo meu populismo me fez gostar de praia. De ficar na areia cercado de gente pobre tomando cerveja e falando de futebol e novela. Desculpe o trocadilho, mas essa nunca foi minha praia. Aline, da próxima vez que você for dar uma de historiadora, vá no Google e procure se interar mais das coisas. Não fica bem para o Rio Grande do Sul ter uma conterrânea falando besteiras. Ainda mais na frente de franceses, esse povo metido a besta. Quem gostava mesmo de Búzios era JK, que me substitui anos depois. Ele sim era um baita boêmio. Não podia ver uma guria que dava em cima. Nós gaúchos não somos assim. Somos mais reservados. Outra coisa: na minha época, Búzios não era famosa como agora. Nem tinha o charme da época do JK. O Aníbal de contou que hoje reside em Búzios um gaúcho macho de verdade. Parece que ele é quase prefeito da cidade. Manda e desmanda. Bate em todo mundo e ataca a até o judiciário. Se eu tivesse ao meu lado um macho como este jamais teria dado um tiro no coração. De fato eu sempre preferi um bom chimarrão ao lado de uma fogueira rodeada de amigos, ou mesmo, um bom churrasco de labareda, coisa rara hoje em dia entre os vivos. Aqui, fazemos quase toda semana o churrasco de labareda que é feito com fogo alto, com fortes labaredas, onde assamos um fino pedaço de carne espetado em um pau, que é rodado a cada meia hora. Não tem muita elaboração, mas garante o fim da fome e dá para matar um pouco a saudade. Agradeço ao meu amigo Aníbal Fernando pela oportunidade de esclarecer as coisas. Agradeço também ao Perú Molhado pelo espaço. Foi legal me comunicar com a terra novamente. Ao contrário do que vocês imaginam, aqui em baixo, para aonde mandam os políticos, é muito quente e chato.

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado

Getúlio Vargas e Aline Santana

Estátua de JK, prova maior que quem ficava no Solar do Peixe Vivo era ele

27


18 de maio de 2012 – O Perú Molhado


Simplesmente se foi... Por André Granado Nogueira Da Gama

Daniel Moreno,como era conhecido em Búzios, nos deixou no dia 5 de maio, após um breve período em que esteve hospitalizado sob os cuidados da sua família . Em seus anos dourados,viveu a vida intensamente, viajou e morou em diversos países, fez fama e fortuna, perdidas ao fim de sua jornada. Foi grande orgulho para famílha, teve diversas companheiras mas não teve um herdeiros. Nasceu em Andradina, SP, mas, após viajar pelo mundo, escolheu Buzios para viver, apaixonado pela natureza local e pelos amigos que fêz. Músico, poeta, deixou um disco com diversas músicas gravadas e muitas poesias.Na ocasião da emancipação de Búzios, apaixonado pela cidade que escolheu para viver quiz retribuir como presente fez um hino com letra e música em homenagem a cidade. “Uma pessoa de bem com a vida , alegre, engraçado e divertido”, assim os amigos, com unamidade o descrevem, deixa saudade e a lembrança dos momentos alegres e dos papos divertidos.

Homem sereno, dócil ,educado...... Se fazia notar não pela roupa bacana, Mas pela simplicidade, pela conversa mansa Positivo, alegre, incapaz de um ato desagradável, Fazia valer todo o tempo que a vida lhe concedeu, com muita Sabedoria, coisa que só quem é fora de série e tem muito Desprendimento consegue Gentil, sensível, amigo... Muito nos ensinou com o seu jeito manso, alheio a tanto egoísmo e Mesquinharia Diante das dificuldades, reagia com tranquilidade, pois tinha Muita fé... Adeus, vá com deus e esteja com deus... Obrigado por tudo, meu sogro querido Saudades e exemplos lhe farão presente todo tempo, na nossa Jornada..... Fez a diferença e deixou o seu nome na história, E simples como sempre foi, simplesmente se foi... Rubem basto castanha 25/04/1919 - 09/05/2012

Zé do Cachorro Quem também faleceu foi Zé Cachorro, que foi o grande cozinheiro do Restaurante Barbaridade, que ficava na Rua das pedras e pertencia ao também finado Armando. Esse restaurante depois pertenceu ai Isac Tillinger. Quando Isac comprou o restaurante, tinha apenas 68 quilos. Engordou comendo as delicias preparadas por Zé Cachorro. Depois Zé trabalhou em outras casas em Búzios e até abriu um restaurante em Cem Braças. Ultimamente estava empregado no Restaurante Mineiro Grill. Meses atrás passou mal e foi internado num hospital de Cabo Frio, onde veio falecer no inicio da semana.

Na última terça-feira, um jovem se enforcou na Praia do Canto. Conhecido como Chico na cidade, Ele era natural de Florianópolis a trabalhava como garçom. Ninguém sabe o real motivo de sua decisão, visto que no dia de sua morte, agia de maneira normal, ou seja, com alegria e descontração. Varias pessoas encontraram Chico naquele dia. Para um, reclamou que não teve tempo de transferir seu titulo de eleitor por falta de documentação. Um bom observador vai perceber nesse caso que Chico tinha planos para o futuro. Queria votar em outubro. Pode ser que até esse momento a idéia do suicídio não tivesse lhe ocorrido.Outras pessoas também o encontraram durante o dia. Até as 18 horas, Chico passeava pela Praça Santos Dumont e arredores. E do mesmo jeito segundo testemunhas. Alegre, brincalhão e despojado. Seu suicido abalou seus amigos. Alguns quando souberam do fato tentaram lhe reanimar. Tiraram o corda de seu pescoço e tudo. Mas de nada adiantou. Assim que os bombeiros chegaram constataram o óbito e o corpo ficou até as três da manhã a espera de um rabecão que veio de Cabo Frio.

DR. ROBERTO CAVALCANTE

OAB/RJ 165.690

DR. JOSÉ VIEIRA SANTOS

OAB/RJ 75.490

www.advogadosbuzios.jur.adv.br

2623-0321

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado

29


REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DO RIO DE JANEIRO Dr. ALBERT DANAN – Oficial e Tabelião Titular OFÍCIO ÚNICO DA COMARCA DE ARM. DOS BÚZIOS/RJ SERVIÇO DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS

PROCLAMAS DE CASAMENTOS Em meu Cartório estão afixados os Editais de Proclamas de Casamento:

BRAVA- TERRENO DE 1.500 M2, PRONTO PARA CONSTRUIR, BEM PERTINHO DA PRAIA, C/VIS­ TA ! PREÇO: 210.000,00 REAIS MARINA ÚLTIMOS TERRENOS COM MELHORES PREÇOS ! 600 M2 . APENAS: 100.000,00 REAIS OPORTUNIDADE ÚNICA! TARTARUGA TERRE­ NO DE 2.400 M2 COM PROJETO APROVADO E INICIADO. PREÇO: 450.000,00 REAIS TERRENO 12X35 M2 EM CONDOMINIO, COM PROJETO E CONSTRUÇÃO JÁ INICIADA. PROXI­ MO AO CENTRO. PREÇO: 280.000,00 REAIS MARINA- TERRENO DE 800 M2, MURADO, CIS­ TERNA, LUZ. PRONTO P/CONSTRUIR. BEIRA DO CANAL. PREÇO; 380.000,00 REAIS JOÃO FERNANDES: CASA COM 4 SUITES, SALAS DE ESTAR, JANTAR E TV, PISCINA, JARDIM, FINO ACABAMENTO. PREÇO: 1.100,000,00 REAIS ALTERNATIVA- CASA COM PISCINA, 2 SAUNAS, 3 SUITES, SALAS DE ESTAR, JANTAR, TV, DE­ CK, LOUNGE, GARAGEM, AREA DE SERVIÇO, COZ. PLANEJADA. PERFEITO ESTADO. PREÇO: 620.000,00 REAIS. PORTAL DA FERRADURA- CASA COM 2 QTOS, SALA, COZ, GARAGEM. BEM PERTINHO DO CENTRO. APENAS: 250.000,00 REAIS MANGUINHOS- CASA EM COND. COM 2 QUARTOS, BANHEIRO,SALA DE ESTAR , COZ. AMERICANA, JARDIM, BEM PERTINHO DO MAR. PREÇO: 350.000,00 REAIS CENTRO- CASA EM CONDOMINIO, TERRENO DE 500 M2 , COM 4 SUITES, COZINHA, VARAN­ DA, OTIMO ACABAMENTO. COND. C/ PISCINA, SAUNA, SALÃO. PREÇO: 800.000,00 REAIS

Tel/fax: (22) 2623-1329/4858 /Cel: (22) 9972-4080

Travessa dos Pescadores 314 - Centro - Armação dos Búzios - RJ fernandaimoveis@globo.com / betoimoveis@globo.com www.fernandaimoveisBúzios.com

1) FERRADURA- OPORTUNIDADE Casa c/ 03 qtos(01 suíte) salão, co­ zinha ampla, banheiros, terreno de 1.500m2 Valor: R$ 850.000,00. Cláudio Rafael Imóveis 2) FERRADURA -Casa com 04 suí­ tes, sendo 02 suítes externas, sala em 02 ambientes, cozinha equi­ pada, área de serviço, varandas, jardim, piscina, vista para o mar da Ferradura, Terreno com fren­ te para as duas ruas. Valor: R$ 1.400.000,00 3) CENTRO- Casa c/ 05 qtos (3suí­ te), salão, cozinha,banheiros, va­ randa, jardim, área, piscina, sau­ na. Valor: R$1.600.000,00 Cláudio Rafael Imóveis. 4) GERIBÁ.Casa 03 qtos,(01 suíte),sala , cozinha americana, 02banhs,varanda,churrasqueira Valor:R$360.000,00 Claudio Rafael Imóveis. 5) BAIA FORMOSA– Casa cond. c/ 03 qtos(01 suíte),sala, 02 ba­ nhs, cozinha americana,área serviço,varanda,Cond.c/ piscina,churrasqueira,01 vaga. Va­ lor: R$260.000,00. Cláudio Rafael imóveis 6) CENTRO-Aproximadamen­ te 100 mts da Rua das Pedras,

com 01 qto amplo,01 sala, 01 banheiro,Cozinha americana- Va­ lor: R$ 240.000,00. 7) JOÃO FERNANDES. Casa Con­ domínio c/ 04 qtos, sendo 03 suí­ tes, cond. c/ piscina, sauna. Valor: R$ 620.000,00. Cláudio Rafael Imóveis 8) MARINA- Casa composta de 05 quartos(03 suítes) 02 suítes no andar superior com vista, sala TV, sala de estar sala de jogos, cozinha completa, 02 banheiros, área de serviço, sauna, churras­ queira. 50mts do mar.Valor: R$ 900.000,00000,00. Cláudio Rafael Imóveis.

SERGIO ANTONIO DE SOUZA ARAUJO e ANA PAULA DE LIMA BONFIM; Brasileiros, solteiros. Ele, Cozinheiro, filho de: Sara de Souza Araujo. Ela, Caixa, filha de: Salomão José do Bonfim e Rosilene de Lima Bonfim, ambos residentes neste Município/RJ.

JEAN RENÉ VENERI e ADRIANA GONÇALVES DA SILVA; Solteiros. Ele, Frances, empresário, filho de: Joseph Veneri e Ginette Jacqueline Zandomenegui. Ela, Brasileira, depiladora, filha de: Gerson Benedito da Silva e Solange Gonçalves da Silva, ambos residentes neste Município/ RJ.

DENIS VARGAS DA COSTA e FERNANDA DOS SANTOS GOMES; Brasileiros, solteiros. Ele, Vendedor, filho de: Jansen Carvalho da Costa e Lucia Vargas da Costa. Ela, Cabeleireira, filha de: Luiz Fernando Mathias Gomes e Nilza Bernardes dos Santos, ambos residentes neste Município/ RJ.

LUIZ ALBERTO MACIEL ROSAS e MARIA DA GLORIA GONÇALVES DE SOUZA COUTINHO; Brasileiros, divorciados. Ele, Eletricista, filho de: Luiz Alberto Ferreira Rosas e Kilza Maciel Ferreira Rosas. Ela, Aux. serviços gerais, filha de: Manoel Gonçalves Netto e Elvira de Souza Luis, ambos residentes neste Município/ RJ.

Armação dos Búzios, 10 de maio de 2012.

Quem souber de algum impedimento, acuse-me Eu, Katharine Moreira Guimarães, Escrevente, a extraí. Nara Parada – Tabeliã Substituta

9) CENTRO –Loft composto de 01 quarto, sala, cozinha americana, banheiro, varanda, frente a Rua das Pedras.Valor: R$ 350.000,00 10) GERIBÁ -Casa bem equipada, composta de 04 quartos, sendo 01 suíte, sala de estar, sala de jan­ tar, cozinha, banheiros, varanda, jardim, churrasqueira, piscina.Va­ lor: R$ 880.000,00 Cláudio Rafael Imóveis.Email: contato@claudio­ rafaelimoveis.com.br.Estrada da Usina –Nº 19 –Loja G –Centro –Ar­ mação dos Búzios.Tels: (22) 26237540/ 9223-2678/ 7836-1109- ID: 10*13911

www.claudiorafaelimoveis.com.br

Preparem-se! Reserve já seu espaço: 2623-1422 Semana que vem tem especial Imobiliárias!

30

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado


Classificados d' O Perú Compra e Venda

2 Imóveis

1 - IMÓVEIS

Compra e Venda Sitio do Campinho : 4 lotes – 1.600m² cada – vendem-se junto ou separado – R$ 200.000 – cada - 22-2623-2056 9986-1646 - www.banbuimoveis.com.br - CRECI J 1.753 Centro : casa cond. 3 quartos - mobiliada - completa - R$ 380.000 - 22-26232056 - 9986-1646 - www.banbuimoveis. com.br - CRECI J 1.753 Ferradura : excepcional lote - vista total praia - plano c/ licença obras casa 235m² - R$ 300.000 - Telefax. 22-26232056 – 9986-1646 - www.banbuimoveis. com.br – CRECI J 1.753 Enseada do Albatroz : cãs nova, 4 suítes, vista/mar, mobiliada – R$ 820.000 - Telefax. 22-2623-2056 - 9986-1646 - www.banbuimoveis.com.br - CRECI J 1.753 Baia Formosa : casa cond. 3 suítes - terraço - área de lazer - R$ 330.000 - Telefax. 22-2623-2056 - 9986-1646 - www. banbuimoveis.com.br - CRECI J 1.753 Geribá : Casa 4 quartos (3 suítes) terreno c/ 700m² - vista lagoa - perto praia - R$ 510.000 - Telefax. 22-2623-2056 9986-1646 - www.banbuimoveis.com.br - CRECI J 1.753 Morro do Humaitá : Casa cond. 5 quartos - esplendida vista “Orla” – R$ 530.000 - Telefax. 22-2623-2056 – 99861646 - www.banbuimoveis.com.br – CRECI J 1.753 Parque das Acácias : casa 4 suítes – jardim – terreno de 450m² - R$ 460.000 - Telefax. 22-2623-2056 – 9986-1646 - www.banbuimoveis.com.br – CRECI J 1.753 Geribá : Lote 4.000m² no Cond. mais exclusivo da praia – vista deslumbrante c/ projeto casa – R$ 650.000 - Telefax. 22-2623-2056 – 9986-1646 - www.banbuimoveis.com.br – CRECI J 1.753 Sitio do Campinho : lote 4.000m² - vista mar - R$ 380.000 - Telefax. 22-26232056 - 9986-1646 - www.banbuimoveis. com.br - CRECI J 1.753 Geribá : Casa cond. perto/ praia - 5 suítes – decorada – completa - R$ 850.000 - Telefax. 22-2623-2056 - 9986-1646 - www.banbuimoveis.com.br – CRECI J 1.753 Para Locação Resi-dencial:Residência em condomínio, composta por 4 suítes, sala de estar e jantar,cozinha americana. Condomínio com piscina, quadra de esportes e salão. (22)2623-2467. www.celsoterra.com.br, cterra@celsoterra.com.br, Estrada daUsina

Aluguel

& 3 Negócios Empregos

Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Manguinhos: Espetacular residência.Amplo jardim, piscina, churrasqueira, vagas para muitos carros, sala de estar,sala de jantar, ampla cozinha, despensas, jardins internos, 6 suítes,escritório, varandas, dependências para caseiro e motorista. (22) 2623-2467. www.celsoterra.com.br, cterra@celsoterra.com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Geribá: Casa emcondomínio. 3 dormitórios, sala de estar e jantar, varanda, cozinha americana. Condomínioco piscina e sauna. Pertinho da famosa praia de Geribá! (22) 2623-2467. www.celsoterra.com. br, cterra@celsoterra.com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Ferradura: Para viver debem com a vida! Linda residência composta por 3 suítes, ampla sala, varanda,piscina, sauna, churrasqueira, dependências de empregada. Suíte independentepara hóspedes. Grande jardim. (22) 2623-2467. www.celsoterra.com.br,cterra@celsoterra.com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Praia Baia Formosa: Muitocharme nesta residência. Um único pavimento. 4 dormitórios sendo 1 suíte. Salade estar e jantar, cozinha, copa, varandão. Piscina, dependências paracaseiros, atelier, depósito. Garagem coberta. Pertinho da praia. (22)2623-2467. www.celsoterra.com.br, cterra@celsoterra.com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Condomínio na Ferradura: Lindoprojeto. 4 dormitórios sendo 3 suítes. Sala de estar e jantar, cozinha, dependênciaspara empregada, área de serviço. Condomínio com piscinas, saunas, sala dejogos, churrasqueira, quadra de tênis. Pagamento financiado pelo incorporador! (22)26232467. www.celsoterra.com.br, cterra@ celsoterra.com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Marina: Casa em condomínio.Frente para o mar! Sala, dois dormitórios sendo 1 suíte. (22) 2623-2467. www.celsoterra. com.br, cterra@celsoterra.com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Porto da Barra! As melhoresofertas em lojas para o seu comércio! Venha fazer parte deste empreendimento,bonito, sofisticado e único! Junte-se aos campeões! Lojas para locação, para osmais variados tipos de comércio, a partir de 30m2. (22) 2623-2467. www.celsoterra.com.br, cterra@celsoterra.com.br, Estrada daUsina Velha n.º 350, Centro, Armação dos Búzios, RJ. creci-rj J4485. Vendo. Casa em Itacaré (Bahia). Situa-

4 Veículos

da no nobre bairro da Cocha, a 100 metros da Praia da Concha e a 5 minutos do Centro e da Pituba. Casa com 2 suítes, 1 quarto, salão e deck. Cozinha ampla, área de serviço, garage, depósito e jardim. Dois lotes com 970M² cada. Contatos através do e-mail riccidw@hotmail. com ou Eloisa_urrutia@hotmail.com VENDE-SE 2 LOTES NA RASA COM 600m2 CADA, PRÓXIMO A PRAIA. CONTATO: 9916 4432 Excelente kitinete 30m², meia mobilia com parabolica, independente. Apenas R$ 320,00. Praia Rasa. Tel: (22) 97097520 / (22) 81433459

2 - ALUGUEL DE IMÓVEIS Alugo próximo à nova Agência do Banco do Brasil, imóvel para residência ou comércio de qualquer atividade em prédio co 160M de área construída. Tel(22) 9962-6777 Alugo em frente ao Shopping Nº1, Loja com 100M, com lavabo, banheiros Masc/Fem. Ideal para restaurante. Tel(22) 9907-8787 Alugo. Loja na Rua Manoel de Carvalho, Nº 70. Apenas R$1.100,00 mensais. Contrato de 5 anos. Tratar com o proprietário. Tel (22) 9962-6777

Lorelei escola de natação

Seleciona currículos de professores de educação física, com experiencia em hidroginástica e natação. Contatos na própria escola ou tel: 26231109 loreleinatacao.secretaria@ gmail.com

5 Casa & Bazar

Anuncie: (22) 2623-1422

*RECEPCIONISTA Sexo: Fem. 2º Grau, Inglês ou Espanhol, ótima informática, experiência em vendas e Receptivo. *GERENTE Sexo: Fem. e Masc. 2º Grau, Inglês ou Espanhol, ótima Informática, experiência em vendas e Receptivo. Ambos com referências e curriculos completos. Tel: 22-2623-0850 E-mail: curriculospousada@hotmail.com

Geribá Casa Búzios duplex 4 quartos, 02 suites, 01 banheiro, 2 vagas, possibilidade para mais 1 andar, vista da lagoa, Condomínio Lake Garden I (novo) , rua da Âncora, s/n Geribá a 100 m da praia. R$800.000,00. Tratar Vicente (21 ) 9966-3952

Anuncie no Períu 2623-1422

1 Imóveis

Pousada renovando seu quadro de funcionários, ontrata recepcionistas, garçons, arrumadeiras e auxiliar serviços gerais com habilitação. Salário compativel com a experiência. Enviar curriculo para empregobuzios2@globo.com

Experiente Gestor em Gastronomia Internacional oferece seus serviços a nível gerencial. Idiomas (21) 8225-9291

(22) 9764-2346 pzuzu@gmail.it Bairro Maria Joaquina - Rua da Paz - Casas novas com Habite-se e RGI. Mini-Condomínio sem taxa mensal - Entradas independentes. Sala, 2 Quartos, Cozinha e Banheiro com cerâmica até o teto e louça de cor. Janelas em vidro Blindex Estacionamento para 2 carros. Documentação perfeita - Preço R$ 106.000,00 - Sinal facilitado R$ 14.000,00. Restante com financiamento CEF - Renda Familiar R$ 2.300,00. Prestação mensal de R$ 650,00 em valores decrescentes. Tels 22 2623-3509 - 22 7834-0106 Nextel 131*371

18 de maio de 2012 – O Perú Molhado

31


Os livros que têm mais leitores que o Perú Molhado COLEÇÃO 100 MILHÕES DE LEITORES

Por apenas

19,

R$

90*

*Preço sugerido

www.ediouro.com.br

O Perú Molhado  

Edição 1087 - Especial Dia das Mães