Infomir 807

Page 1

MIR Publicação do Ministério Internacional da Restauração Nº 807 13 de Setembro de 2015

TEMA 2015: Restaurando o Altar para legitimar uma Colheita Fiel

ROSH HASHANÁ Arrependimento sincero

“Então no sétimo mês, farás soar fortemente a trombeta, no dia da expiação fareis passar a trombeta por toda a vossa terra.” (Levítico 25:9)


02

ATUALIDADES

CLASSE DE NOIVOS

Uma etapa importante antes do Altar Casar e formar uma família abençoada por Deus é o sonho de muitas pessoas. Um sonho que se inicia quando um homem e uma mulher se encontram, se conhecem e decidem se unir em matrimônio. Esse período de conhecimento, porém, antes do tão esperado ‘sim’ no Altar, é um momento muito importante, no qual os noivos devem investir tempo no relacionamento em santidade, fortalecendo os princípios de Deus em suas vidas. Para tanto, a Classe de Noivos do MIR se apresenta como uma poderosa ferramenta que proporcionará aos nubentes direcionamento em diversas áreas ao abordar palestras com temas tão importantes: As Cinco Linguagens do Amor, Comunicação, Finanças, Cerimonial, Cartório, Aliança, Saúde do Casal, Filhos: Herança do Senhor, Relacionamento com os Sogros, Santidade, Sacerdócio. “São 12 ministrações de grande importância para o futuro casamento. Vale ressaltar que a Classe vem para trazer confronto aos noivos, para saber onde eles estão alicerçados e se esse relacionamento é de fato para casar, pois é melhor terminar um noivado do que um casamento, visto que a Palavra nos ensina em Malaquias 2:16 que o Senhor odeia o divórcio”, disse o Pastor Marteonez Filho, Líder da Classe de Noivos. A Classe de Noivos é organizada pela Rede da Família, sob a liderança dos Apóstolos Júnior e Cláudia Ayub, tem a duração de três meses e se destina a casais que não vivem juntos. A inscrição ocorre mediante a bênção dos pais dos nubentes, Pastores e discipuladores para que tudo seja

construído na luz. E a diretriz do Apóstolo Renê Terra Nova é que todos os noivos, discípulos do MIR, concluam a Classe de Noivos antes de casar. Então, se você está noivo, participe da próxima Classe que terá início dia 26 de Setembro. Envie e-mail para classedenoivos@hotmail.com e aguarde a ficha de inscrição. Com certeza, seu casamento vai agradecer! Mais informações com Daniela Melo pelos números 98115.5128 e 3087.2745.


ATUALIDADES

Feliz Aniversário | O MIR parabeniza todos os líderes e discípulos que fazem aniversário nesta semana, em especial, Pastora Francieme Costa (13/09) e Apóstola Ester Amazonas (17/09). “Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.” (João 14:21)

Oportunidade

O Departamento de Comunicação do MIR está selecionando profissionais para as vagas de Designer Gráfico e Jornalista. Os interessados devem deixar CV (com foto), na Administração do MIR, em horário comercial. Pré-requisito: Nível Superior na área de interesse.

03


04

ESTUDO PARA OS 12

Gerando uma Nação Santa

Parte 3

Texto: “Sede santos, porque Eu sou Santo.” (I Pedro 1:16) Verdade Central: Santidade deve ser o desejo de todo aquele que nasceu de novo. Esta é a nossa vocação: a santidade, sem a qual ninguém verá a Deus (Hebreus 12:14). Um povo santo deve gerar uma Nação Santa. Introdução: Diante de tantos desafios e esforços naturais que não funcionam, numa época em que as clínicas de autoajuda estão ampliando suas tendas para tentar minimizar a problemática de tantos doentes sociais e muito se gasta para encontrar soluções para um caráter tratado e curado socialmente, vemos que só nos resta uma saída: “Sede santos, porque Eu sou Santo.” (I Pedro 1:16). A santidade é o nosso legado! Povo santo e Nação Santa são os endereços que a Bíblia traz para que o líder não erre a rota que o Senhor está indicando para gerarmos um povo e, consequentemente, uma Nação. Não é muito fácil, porém não é impossível, pois o Senhor não nos entregaria uma meta para que nós errássemos e Ele mesmo nos punisse por isso. Se Ele disse que é possível ser santo assim como Ele é, assim será. Não podemos transgredir os decretos que são santos para um povo que tem a essência da vida do Autor dessa chamada extremamente profética. Nos estudos anteriores, vimos que uma Nação Santa é gerada por um povo que já tem esse perfil, que conhece a Palavra e tem a visão correta de quem é Deus. A Bíblia afirma que somos um povo santo (I Pedro 2:9,10). É privilégio para nós, que nascemos de novo, recebermos das mãos do Senhor essa confiança. Cristo em nós, esperança da glória (Colossenses 1:27).

Vimos também que é necessário demonstrar a santidade através da vida pessoal, cada filho de Deus sendo santo na linguagem e no comportamento. No âmbito pessoal, nossas atitudes devem ser santas, sem esperar pelo outro. Cada um será aplaudido pelo Pai por ter se comportado de forma condigna a uma vida modelo para os fiéis. Nesta semana, veremos que é possível gerar uma Nação Santa através do coletivo, da atuação na comunidade. 3. Gerando uma Nação Santa através do coletivo Precisamos de um povo, de indivíduos e da nossa coletividade imergidos na proposta da santidade. Se cada um ajudar o outro, fazendo a sua parte no individual, somando e ajudando o seu próximo, teremos, com certeza, uma resposta no coletivo. Hei de ver a nossa comunidade aprovada na santidade, não só como indivíduo, mas no coletivo também. Somaremos os nossos esforços e, com graça, teremos da parte de Deus uma resposta que agrade a todos. Deus é o Pai da santidade, gerou filhos para a santidade e esse projeto não repousará apenas em alguns. Todos serão partícipes da mesma essência, pois assim como é a primícia será toda a sua totalidade. 3.1 Coletivos na comunidade A comunidade não é feita de isolamentos. Somos coletivos para cantar, dançar, cultuar... Porém, essa coletividade depende da unidade para que as respostas venham do Trono e, assim, sejamos aprovados por Aquele que nos assiste.


ESTUDO PARA OS 12

Creio na citação de um teólogo: Somos os artistas e Deus é a plateia que nos assiste. Deus está nos assistindo. A nossa comunidade de fé deverá, na sua espontaneidade, buscar a face do Pai e todos devem estar tão introspectivos que aqueles que nos assistem virão e nos aprovarão. Creio que muito mais do que trabalhar para Deus, devemos perguntar para Ele se estamos sendo aprovados no que estamos fazendo. Uma comunidade santa é aquela na qual todos estão comprometidos com o Pai, em que o pecado não domina as pessoas, em que o caráter de Deus está impresso visivelmente nas pessoas que chamam pelo Nome Santo. Creio que os sinais, prodígios, maravilhas e grandes milagres estarão sempre diante dos nossos olhos. Vejo que, com o passar do tempo, a pergunta que fazemos é: Se depender da vida que tenho hoje para a glória de Deus se manifestar em meio ao povo, quanto por cento da presença do Santo de Israel será lançada sobre o povo? No individual, já temos uma resposta parcial de como Deus vai Se revelar sobre a nossa gente. Lembre-se do

05

“Creio que muito mais do que trabalhar para Deus, devemos perguntar para Ele se estamos sendo aprovados no que estamos fazendo” decreto: “Santificai-vos, porque amanhã o Senhor fará maravilhas no meio de vós.” (Josué 3:5). Note que a chamada de santidade no coletivo é tão imprescindível quando no individual. Nossa resposta deverá ser: Eis-me aqui, Senhor, pode me usar neste tempo para ser exatamente o que o Senhor quer que eu seja. Sou santo e convivo em meio a um povo que é santo.


06

ROSH HASHANÁ

ROSH HASHANÁ Arrependimento sincero

“Então no sétimo mês, farás soar fortemente a trombeta, no dia da expiação fareis passar a trombeta por toda a vossa terra.” (Levítico 25:9)

O dia 14 de Setembro de 2015 do nosso calendário coincide com a celebração do Ano Novo do Calendário Judaico – Rosh Hashaná, entrando assim no ano de 5776. O Rosh Hashaná (Ano Novo) é comemorado no primeiro dia sagrado do Outono e, conforme Levítico 23:24, é o Dia do Soprar da Trombeta (Shofar). Essa festa tem como marco principal a celebração da entrada do ano novo civil. Ao mesmo tempo, nesse primeiro dia do ano, várias trombetas são tocadas, pois é tempo de haver julgamento e o nome das pessoas deve estar escrito no Livro da Vida. Dessa forma, há uma consciência plena de que esse dia representa uma busca nacional para que a Nação bem como os indivíduos sejam absolvidos por Deus e tenham um próximo ano abençoado. O tocar das trombetas ou shofar é imprescindível, e isso por conta de todo o seu significado. O som do shofar é uma chamada de alerta e despertar para

nós, mas é opcional para cada pessoa se vai ou não se arrepender e se aproximar mais de Deus. O significado Messiânico do Rosh Hashaná 1. O tocar das trombetas é um sinal do retorno de Cristo e um memorial da graça de Deus quando Ele substituiu um cordeiro para ser sacrificado no lugar de Isaque (Gênesis 22). 2. Isaque é uma figura de Cristo. 3. Assim como Abraão ofereceu o seu filho no altar, Deus ofereceu Seu Filho no Calvário (Hebreus 11:17-19). 4. Trombetas eram usadas para dar um sinal de guerra. Jesus é o Comandante deste Exército de Deus. Os judeus estavam buscando um libertador político que destruísse o exército romano. Jesus veio para destruir as obras do diabo e o pecado no coração dos homens. Ele triunfou na Cruz (Colossenses 2:15).


ROSH HASHANÁ

5. Essa Festa ministra ao cristão sobre batalha espiritual (Efésios 6). 6. Arrependimento é a chamada do Messias para a Terra. “Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.” (Mateus 3:2) A Festa das Trombetas pode e deve ser um tempo muito especial para os crentes em Cristo, pois mediante o arrependimento, os pecados são perdoados. O sopro do Shofar é um chamado ao despertar do povo para o arrependimento. É momento de reflexão, é uma oportunidade de ajuste de comportamento, é tempo de arrependimento sincero.

07

Neste ano, quando se aproxima a Festa dos Tabernáculos sob o tema ‘Reforma’, devemos entender que Yeshua venceu, e você, como filho de Deus que não se deixa contaminar, que está todo o tempo com a confissão em dia, e que não se deixa levar pelas investidas do inimigo, vencerá também. Que a santidade, a fidelidade, o óleo novo da unção, a retidão, a justiça e o amor sejam características marcantes na sua vida, que entrará num novo começo assim como estamos entrando num novo ano! Shaná Tová! Feliz Ano Novo!


08

ESTUDO PARA AS CÉLULAS

Uma família curada “Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha. E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia. E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.” (Mateus 7:24-28) A cura na família é manifestada de várias formas. No estudo passado, aprendemos que a primeira delas é a casa sólida, mas não apenas isso. Uma família curada suporta chuvas fortes, rios que transbordam e ventos impetuosos. E é sobre este assunto que trataremos agora. 2. Suporta a chuva forte No texto de Mateus 7:15-28, Jesus disse que a casa sólida suporta a chuva forte que cairá sobre ela. Pode ser uma tempestade, mas a casa estará firme, sustentada na Rocha. Jesus considera prudente o homem que consegue manter-se firme diante da chuva. Você sabe a que chuva o Senhor estava referindo-Se? Àquelas chuvas que destroem tudo que encontram pela frente. O que Ele estava dizendo era que se a casa estivesse na Rocha, poderia vir chuva forte, mas ela não seria abalada, antes, ficaria de pé por ser uma casa estável, formosa, harmônica, perfeita e completa. E esse é o projeto dEle para a sua casa, basta que você creia, tome posse e viva a Palavra.

Parte 2

3. Suporta os rios que transbordam Jesus disse que se a sua casa estiver na Rocha, os rios podem encher e vir sobre ela, mas ela permanecerá saudável, você estará guardado. Os rios não conseguem submergir a fé, o sacerdócio, o ministério, a família que está firmada na Rocha. Os rios não podem submergir as palavras do nosso Senhor Jesus. Uma família curada suporta os rios que transbordam. Porém, há algo pior que chuva forte e rios que transbordam: o vento impetuoso. 4. Suporta o vento impetuoso Jesus disse que a família curada suporta os ventos impetuosos que vêm contra ela querendo abalar as suas estruturas. Pode soprar o vento que for que a casa permanece de pé, porque Deus não permite que seja abalada. Aqui há uma curiosidade. As pessoas já sabiam que a família curada teria a casa sólida, suportaria a chuva forte, os rios que transbordam, os ventos impetuosos, mas Jesus dá um nome para quem vence todas essas etapas. Ele chamou de homem prudente. Homem prudente x Homem imprudente O homem prudente é o homem curado. A cura interior permite que você seja prudente em tudo o que você faz. A pessoa não age com precipitação, tolice. As pessoas olham e veem que ali está um líder equilibrado.


ESTUDO PARA AS CÉLULAS

Há pessoas que não têm nenhuma expressão de liderança, mas que são prudentes. Também há pessoas que têm forte expressão de liderança, mas são imprudentes. Um exemplo: Hitler, mas poderíamos citar muitos outros como líderes de cidades, líderes de estados, líderes de 12 e de Células. Na realidade, imprudência revela caráter imaturo e doença de alma. Se você tem um líder imprudente sobre você, ore e jejue por ele. Mas e se o patriarca for imprudente? Ou a matriarca? A casa cai! Muitas casas caem porque o marido ou a esposa são imprudentes. Quem apanha com isso são os filhos. Eles sofrem a imprudência desses casais doentes. A palavra prudência significa harmonioso, que tem autocontrole. O homem que Jesus chama de prudente, que mantém a casa de pé, é um homem curado, que busca em Deus ajuda para manter sua família firmada na Rocha. Poucas vezes na vida vemos alguém dizendo conhecer uma pessoa prudente. Quantas vezes você já ouviu uma esposa dizer que o marido é prudente? Ou que a esposa é prudente? Jesus disse que se o homem não for prudente, a casa cai. Não adianta profetizar, fazer libertação, se não trilhar caminhos corretos, se não viver a Palavra, se não estiver firmado na Rocha. Precisamos desejar ser prudentes, curados. Mas o que o homem prudente faz? Ouve a Palavra e a pratica. O sacerdote curado e a sacerdotisa curada ouvem a Palavra e a praticam. Por onde passam, a

09

“Uma família curada suporta chuvas fortes, rios que transbordam e ventos impetuosos” glória de Deus os acompanha, pois não brincam com o que é sagrado. Jesus disse que o homem prudente é o que ouve e pratica as palavras de profecia, não possui iniquidade em sua vida, é limpo. O homem prudente que ouve e pratica a Palavra é saudável, completo, perfeito, harmônico, formoso, está firmado sobre a Rocha. Quando o cônjuge afirma que o outro é prudente, está dizendo que é saudável, perfeito enquanto gente, mesmo dentro das suas limitações. Existem dois diagnósticos para a família. Um para quem está na Rocha e outro para quem está na areia. O que está na areia é imprudente, instável. E não há nada mais terrível do que caminhar com uma pessoa instável, não consegue caminhar em aliança. Há famílias que estão firmadas na Rocha, outras firmadas na areia. Há sacerdotes que são prudentes, outros imprudentes. Jesus estava falando de estrutura, de gente que tem estrutura de rocha e de gente que tem estrutura de areia. Talvez, você esteja perguntando: Então, quem tem estrutura de areia nunca poderá se transformar em rocha? Mas Ele estava dando esse ensinamento para mostrar que é possível ter estrutura de areia e se transformar em rocha.


10

NOTÍCIAS

O êxito do 1º Impacto Nacional JUMP O 1º Impacto Nacional JUMP beneficiou mais de 700 famílias em Manaus e realizou atendimentos médicos, jurídicos e de estética

No dia em que se comemorou a Independência do Brasil, 7 de Setembro, mais de 700 famílias do bairro Alfredo Nascimento, Zona Leste da capital amazonense, foram beneficiadas com a entrega de cestas básicas e serviços de cidadania por meio do 1º Impacto Nacional JUMP, organizado pelo projeto Jovens em Unidade Multiplicando Poder (JUMP). A ação social aconteceu das 8h às 15h, na Escola Estadual Frei Mário Monacelli, localizada na Avenida Grande Circular II, e contou com a participação de mais de 500 voluntários, entre profissionais liberais e jovens de diversas Igrejas da cobertura do Ministério Internacional da Restauração (MIR), em Manaus. O maior registro de atendimento ocorreu no serviço médico, com uma média de 200 atendimentos na área de clínica geral, cardiologia, ginecologia e pediatria. Os serviços de estética como cortes de cabelo, manicure e pedicure atenderam mais de 150 pessoas, e no jurídico, os voluntários realizaram mais de 60 atendimentos na área familiar e de investigação de paternidade. Os moradores receberam também

doações de três mil peças de roupas, entre calçados e vestimentas, e mais de 400 cestas básicas de alimentos não perecíveis. Todas as doações e serviços prestados para os moradores foram organizados pelos próprios discípulos das Igrejas e de profissionais liberais engajados na causa social. A aposentada Francisca de Assis, 57, foi uma das beneficiadas na área médica. Ela conta que precisava de atendimentos para as dores que vinha sentido e aproveitou a oportunidade para receber encaminhamentos médicos e remédios. “Eu sinto muitas dores e não tinha condições de comprar remédio. Daí vim e tive essa oportunidade de ser atendida e levar alguns medicamentos”, conta. Quem também teve uma necessidade atendida foi a autônoma Maria do Socorro, 48, que recebeu orientações jurídicas para dar entrada ao processo de pensão alimentícia. “Há quatro meses, venho tentando dar entrada na questão alimentícia, mas hoje consegui ser bem orientada pelos advogados para proceder da melhor maneira”, relata.


NOTÍCIAS PUBLICAÇÃO DO MINISTÉRIO INTERNACIONAL DA RESTAURAÇÃO - MIR Estrada da Ponta Negra, 5001 Sto. Agostinho, Manaus - Amazonas www.mir12.com.br | mir@mir12.com.br Presidente Ap. Renê de Araújo Terra Nova Vice-presidente Apa. Ana Marita Terra Nova Diretor Administrativo Pr. Régis Thadeu Vice-diretor Administrativo Pr. Cesar Costa Diretora Financeira Apa. Rosângela Matos Vice-diretora Financeira Pra. Anne Menezes Diretora de Comunicação Pra. Francieme de M. L. Costa Diretora de Ação Social Pra. Lucineide Pereira Alves

11

Redação e Edição de Textos Pra. Francieme de M. L. Costa Beatriz Teixeira Cléo Pinheiro Natacha Rocha Projeto Gráfico MaurícioNascimento.com Colaboração Alessandro Bandeira Diagramação Maiko Mendonça Fotos Arquivo MIR Jornalista Responsável Cléo Pinheiro (MTB 019) Informações (92) 3342.2693 CULTOS Cultos de Celebração Domingo, 17h e 19h30. Rede de Homens Segunda-feira (1ª semana do mês), às 19h Rede de Mulheres Terça-feira (1ª semana do mês), às 19h Rede da Família Toda Quarta, às 19h30 Rede de Crianças Todo Sábado, às 16h Rede Juvenil Todo Sábado, às 19h Shabat Sexta-feira, às 19h30 ATENDIMENTO MIR Administração 3233-3344 | 3233-1110 Escritório JUMP 3081-4993 ICEJ - Brasil 3233-4140 Atenção: As mídias e artigos assinados são de exclusiva respon­sabilidade dos anunciantes e escritores. O MIR não se responsabiliza sobre o conteúdo e veracidade de tais palavras e mídias (ou dos fatos). Como Instituição Religiosa, o MIR não veicula no seu periódico semanal o que possa ferir ou contrariar a Palavra de Deus e a fé cristã. Impressão: Gráfica Olitech 3237-3497

Dia 257 | 14 Set 2 Reis 20 Ezequiel 10 Lucas 6

ASSISTÊNCIA - Conforme os coordenadores do projeto e líderes do JUMP, Apóstolos José e Lene Monteiro, o objetivo foi levar apoio onde há ausência de serviços primordiais para as famílias da capital: “A intenção foi fazer com que a Igreja estivesse mais presente em áreas essenciais do cotidiano dos cidadãos de nossa cidade. Não teve a ver com política, só queríamos oferecer mais dignidade e exercer nosso civismo ao lado de tantas pessoas que necessitam de uma ajuda para comer, ser atendida por um médico, entre tantas outras maneiras de ajudar a quem precisa em nossa cidade”. NACIONAL – Nesse mesmo dia, diversas Igrejas da cobertura do MIR no Brasil também realizaram atividades solidárias em bairros carentes de suas cidades. Um verdadeiro mover social aliado ao Evangelho tomou conta da juventude que foi às ruas levar amor e a Palavra de Deus para milhares de famílias. A mobilização foi organizada junto aos líderes nacionais durante a quarta edição do Congresso Jump Sumaré, realizado em Agosto na Estância Árvore da Vida.

Dia 258 | 15 Set 2 Reis 21 Ezequiel 11 Lucas 7

Dia 259 | 16 Set 2 Reis 22 e 23 Ezequiel 12 Lucas 8

Dia 260 | 17 Set 2 Reis 24 e 25 Ezequiel 13 Lucas 9

Dia 261 | 18 Set 1 Crônicas 1 Ezequiel 14 Lucas 10

Dia 262 | 19 Set 1 Crônicas 2 Ezequiel 15 Lucas 11

Dia 263 | 20 Set 1 Crônicas 3 Ezequiel 16 Lucas 12