Jornal "O Mocho" - edição junho 2022

Page 1

JORNAL DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANAS DE SENHORIM

Nº 50, Ano XXII

junho 2022

de Quíio r tó a r o b a L e Atividad 7 mica Aberto —

Canoagem e Stand Paddle—10 Up

P. 2

Leitura ” — a r u t i a Le Semana d 4 a Par” - 1

Prémio “No poupar está o ganho” - 6 5


O MOCHO

junho 2022

Sumário   

 

 

  

    

 

3— Editorial 4— Celebração do 25 de Abril 7— Atividade “Laboratório de Química Aberto” 10—Canoagem e Stand Up Paddle 11—10º ano do Curso Profissional Técnico de Desporto no Andebol4kids 12—”Os conselhos das mães do concelho” 14—Semana da Leitura—Festival Elos— ”Ao encontro de Saramago” 16—Concurso de Leitura em voz alta e “Leitura a Par” 18— Castelos de Portugal—7º ano 21—Caminhada Saudável 23—Dia Internacional da Diversidade Cultural—Painel da UEEA 24—Workshop “Gestão do tempo e produtividade” 25—Destaques do Desporto escolar— Multiatividades 26—Programa “Escola Missão Continente” —EB1 Feira 28—Visita de Estudo - alunos do 11º A 29—Visita à Serra da Estrela 33—Olimpíadas da Química 35—Exposição/Feira dos Minerais e Fósseis 36—DAC—8ºano—”Evolução dos meios de comunicação—evolução do telefone” 37—DAC—10º e 11º ano—”Literacia digital” 38—Exposição Itinerante “O Futuro é amanhã” 40– Dia Mundial da língua Portuguesa 42—Dia da União Europeia

 

  

       

  

 

2

44—Certificados do projeto eTwinning “TWIN TV” 46—Cruz Peregrina e ícone da Nossa Senhora - Símbolo da Jornada Mundial da Juventude 48—Participação de soldados do concelho na 1ª Guerra Mundial 51—“Estranhões e Bizarrocos e outros seres sem exemplo” invadem a EB1 da Lapa do Lobo 52– Visita de Cortesia do IAVE 53– Homenagem à Mãe - EB1 da Lapa do Lobo 57– Clube de Ciência Viva 59– Selo de Ouro Digital 60– Jogos de Tabuleiros Matemáticos - 2º Ciclo 62– Olimpíadas da Física 63—Recolha alimentar 64– Recolha de Plástico mole 65—Prémio “No poupar está o ganho” 66— Academia Digital para Pais 67- “Último dia de aulas” EB1 Feira 68– Clube de Ciência—Bioplástico 70– Oficina de formação “Dove—eu confiante” 72—"Santos Populares” 2º D- EB1 Feira 73— Projeto Eco-Códigos 76—DAC—7ºano—”Vamos mudar o mundo” 81— Projeto Eco-Escolas 82—Exposições


O MOCHO

junho 2022

mandam os famosos “trabalhos de casa”.

EDITORIAL

Repetir e treinar para fazer melhor. A rotina de vir para a escola, parece muito básica,

António Cunha, Diretor

mas é fundamental. Obriga a levantar, sair E aí está mais um final de ano. O de casa (às vezes, apanhar transporte), tempo parece que anda acelerado, mas ago- entrar nas aulas, fazer trabalhos, correr no ra com a Pandemia, parece que anda mais! recreio (ou nas aulas de EF), brincar com Repentinamente, estamos a acabar aulas, amigos, socializar, etc. A ausência desta atividades, publicar pautas, entregar pré- rotina básica, durante largos meses, origimios de mérito e diplomas, a fechar um ano nou perdas cuja reparação, decerto, não letivo e a preparar já outro. estará resolvida e, nalguns casos, dificilNeste final de ano, fomos tendo boas mente o será tão cedo. A escola, enquanto notícias, a melhor delas todas foi a da situa- referência de ensino e integradora de aprenção de saúde / Covid19, que nos foi permi- dizagens, continuou a existir em todo este tindo aligeirar as medidas de contingência período, mantendo os alunos conectados e, desta forma, desenvolver atividades com as aprendizagens e com os colegas. diversas como competições desportivas, Durante este final de ano, um passo em visitas de estudo, sarau, enfim... Natural- frente foi dado para atenuar estes aspetos, mente, todos esperamos que os próximos com o contributo de toda a comunidade anos não nos tragam o “amargo de boca” de educativa. situações como a que atravessámos, que

O trabalho de todos nós – escola,

nos obriguem de novo a alterar esta rotina professores, amigos, familiares – deverá básica, que é a de vir para a escola. manter-se, nos próximos anos, para asseguHá rotinas más (geralmente queixa- rar que estes jovens se tornem adultos felimo-nos das rotinas, porque fazemos sempre zes, realizados e emocionalmente estáveis. a mesma coisa) mas as rotinas são necessárias. São elas que nos permitem, exatamente pela repetição de procedimentos, ganhar confiança numa determinada tarefa e fazêla melhor. É por essa razão que, por exemplo, os professores do 1.ºCEB (e outros)

3


O MOCHO

junho 2022

çã Sabias que na noite de 24 para 25 de Abril de 1974, os militares que integravam o MFA (movimento das forças armadas), desencadearam um golpe de estado em Portugal, que pôs fim a 48 anos de ditadura, permitindo restaurar a democracia e recuperar a liberdade? Para celebrar os valores democráticos recuperados com o 25 de abril de 1974, foram organizadas aqui na Escola, algumas atividades: - exposição de trabalhos dos alunos do 6º ano de escolaridade; - leitura de textos pelo Rafael Lopes, do 9ºC, na Rádio Escola, sobre os acontecimentos marcantes da revolução de abril e transmissão de músicas; 

Pedipaper “Corrida pela Liberdade”, no qual vão participar os alunos do 9ºB e do 8ºC, no dia 29 de abril;

Concurso SMS (Saber Mais Sobre), no site socrative student, que decorreu durante o mês de abri, onde todos os alunos puderam participar.

4


O MOCHO

junho 2022

5


O MOCHO

junho 2022

O 25 de abril de 1974 permitiu restaurar a democracia em Portugal. A partir deste dia, passou a existir liberdade política e de expressão. Os presos políticos foram libertados e os exilados puderam regressar a Portugal. Formaram-se vários partidos políticos e prepararam-se eleições livres. Foi elaborada uma nova Constituição. O aluno do 9ºC, Rafael Lopes, participou no programa de Rádio- Escola, lendo textos alusivos aos acontecimentos ocorridos na noite de 24 e no dia 25 de abril de 1974 e foram transmitidas músicas. Para comemorar de forma saudável a restauração da liberdade e da democracia, os alunos do 9ºB e do 8ºC participaram com entusiamo, no peddipaper “A corrida pela liberdade” seguindo o lema dos atenienses do século V a.c. - “mente sã em corpo são.” A Professora Isabel Sampaio

6


O MOCHO

junho 2022

Atividade Laboratório de Química Aberto Ao longo do 2º período, as alunas da disciplina de Química, do 12º A, desenvolveram uma atividade de Projeto Laboratorial. Pesquisaram experiências, realizaram ensaios e planificaram as demonstrações a fazer. No dia 13 de maio decorreram as sessões de Laboratório Aberto para as turmas do 6º ano, nas quais estas alunas mostraram o seu trabalho e fenómenos químicos espetaculares. Os colegas mais novos tiveram a oportunidade de participar em algumas etapas das experiências e divertiram-se bastante. Parabéns às meninas de Química do 12ºA pelo seu excelente desempenho!!

7


O MOCHO

junho 2022

8


O MOCHO

junho 2022

9


O MOCHO

junho 2022

No dia 5 de Maio, os alunos do Curso Técnico de Desporto do 10°/11° e Curso Técnico de Animação Turística participaram uma atividade de Canoagem e Stand Up Paddle na Barragem de Aguieira.

10


O MOCHO

junho 2022

10º do Curso Profissional de Técnico de Desporto no Andebol4kids No âmbito do projeto “Andebol4Kids”, decorreu no dia 14 de maio 2022, em Nelas, no relvado do Estádio Municipal, a 3ª fase deste evento que contou com a participação de duas equipas masculinas e duas femininas dos concelhos de Nelas, Mortágua, Tondela e Carregal do Sal. Para ajudar neste evento foi convidada a turma do 10º Curso Profissional de Técnico de Desporto, ficando nas mesas a contar os golos das equipas. O Concelho de Nelas fez-se representar, nesta fase, por quatro equipas compostas por alunos do 3º e 4º anos do 1º CEB dos Agrupamentos de Escolas de Canas de Senhorim e de Nelas, inscritos na disciplina de Atividade Física e Desportiva, e apuradas na 2ª fase, Torneio Interturmas, que ocorreu em abril passado. As equipas que saírem vencedoras desta 3ª fase e nos restantes grupos competitivos, asseguram a sua participação na 4ª e última fase deste projeto, a realizar em Castro Daire, no próximo dia 28 de maio de 2022. Organizado pelo Município de Nelas, em parceria com a Associação de Andebol de Viseu e com os Agrupamentos de Escolas do Concelho, o Projeto teve como objetivo fomentar e promover a divulgação e desenvolvimento da modalidade de Andebol no 1º CEB, na vertente de iniciação e formação. Equipas Participantes Femininas: Agrupamento de Canas de Senhorim – Equipa do Fojo 4.ºanos (G/H) Agrupamento de Nelas – Equipa de Santar 3.º/4.º anos (B) Masculinas: Agrupamento de Canas de Senhorim – Equipa do 3.º/4.º anos de Aguieira, Lapa do Lobo e Vale Madeiros Agrupamento de Nelas - Centro Escolar 4.º ano (A)

11


O MOCHO

junho 2022

"Os Conselhos das Mães do Concelho" em colaboração com a CLDS Nos dias 3, 4 e 5 de maio, a equipa do CLDS Nelas 4You esteve presente nas turmas do 5º ano, para dinamizar a atividade "Os Conselhos das Mães do Concelho". Os alunos partilharam os conselhos das respetivas mães em pequenos bilhetes decorativos. O resultado desta atividade está em vídeo, partilhado na nossa página de Facebook e na página do CLDS. Aqui ficam alguns exemplos.

12


O MOCHO

junho 2022

13


O MOCHO

junho 2022

Semana da Leitura Festival Literário Elos “Ao encontro de Saramago” A nossa Semana da Leitura, que coincide com o Festival Literário Elos “Ao encontro de Saramago”, realizou-se de 26 a 30 de abril, apresentou um programa diverso, onde marcaram presença varia-

dos autores, como Pedro Chagas Freitas, Pedro Seromenho, Lúcia Morgado e Violante Saramago, filha de José Saramago.

14


O MOCHO

junho 2022

A 6.º edição do Festival Elos é uma organização da Rede de Bibliotecas de Nelas, representada pelo Município de Nelas, Fundação Lapa do Lobo e Agrupamentos de Escolas de Nelas e de Canas de Senhorim, assumindo-se como uma festa do livro e da leitura. No ano em que se assinala o Centenário de Saramago, o Trigo Limpo do Teatro ACERT protagonizou o espetáculo "A Ilha Desconhecida", baseado num conto do autor, e o espetáculo Músico Literário “20 Dizer”, que explora a musicalidade das palavras e a simplicidade de dar voz a seduções emotivas, convidando à participação do público. Os alunos dos Jardins de Infância participaram na Oficina do Óscar “Aqui Vamos Nós” e na apresentação do livro "Beijinhos", e os alunos do 2º Ciclo, assistiram à Trupe de Histórias da Companhia Zum Zum. Durante esta semana, decorreu, ainda, a final do Concurso de Leitura em Voz Alta e a entrega de prémios do Leitura a Par - Leitura em Família. Aos livros foi associada também a caminhada “Nos trilhos da leitura”, num percurso pelas Caldas da Felgueira, que conjugou leitura, património natural e edificado.

15


O MOCHO

junho 2022

Concurso de Leitura em Voz Alta No dia 29 de abril, decorreu a final do Concurso de Leitura em Voz Alta, no qual participaram 24 finalistas do 3.º ao 6.º ano. Durante decorreu também a entrega de prémios do Leitura a Par: Leitura em Família, a 44 participantes, cujo intuito é promover a leitura em família, reforçando laços e incentivando o convívio em torno das histórias e dos livros. Aqui ficam os resultados dos nossos alunos: 3º Ano Alexandra Almeida – Escola do Fojo - 1º prémio 4º Ano Sónia Marques – Escola Aguieira -1º prémio Pedro Muller - Escola Fojo - 3º prémio 5º Ano Leonor Batista – 5º A - 2º prémio 6º ano Salvador Tavares – 6º A - 1º prémio David Abreu – 6º B - 2º prémio

16


O MOCHO

junho 2022

Alunos premiados do projeto “Leitura a Par” com o preenchimento da caderneta da Leitura: Eva Cristóvão - EB1 Escola da Feira - 2º ano Bruno Borges - EB1 Escola da Feira - 2º ano Maria Rodrigues - EB1 Escola da Feira - 2º ano Leonor Fernandes - EB1 Escola da Feira - 2º ano Martim Cruz - EB1 Escola do Fojo - 3º ano Diana Ferreira - EB1 Escola da Aguieira - 4º ano Inês Silva - EB1 Escola da Aguieira - 2º ano Constança Freitas - EB1 Escola da Lapa do Lobo - 2º ano

17


O MOCHO

junho 2022

Castelos de Portugal – História – 7º ano Os castelos são autênticos marcos na formação de Portugal. Foram palco de épicas batalhas, derrotas e reconquistas pela soberania do território. Foi neste contexto da reconquista cristã e da formação do Reino de Portugal, que os alunos do 7º ano, na disciplina de História, construíram castelos medievais, com materiais recicláveis. Todos os trabalhos culminaram numa exposição no átrio da escola.

18


O MOCHO

junho 2022

19


O MOCHO

junho 2022

20


O MOCHO

junho 2022

Caminhada saudável No passado dia 8 de maio, a nossa escola rumou à Serra da Estrela para uma caminhada e convívio saudáveis. Porque o convívio em plena natureza é, realmente, um dos caminhos para desenvolver o respeito por esse bem extraordinário, de que dispomos, mas frequentemente

esquece-

mos. Participaram

profes-

sores, funcionários e familiares de uns e de outros! Sem Professores e Funcionários não há Escola. A aproximação entre uns e outros promove o reconhecimento de que esta ligação e respeito mútuos são imprescindíveis para que a Escola dê bons frutos. Com professores e funcionários perseguindo os mesmos objetivos, os alunos sentir-se-ão mais motivados e este deverá ser, sempre, o objetivo de qualquer escola. O sucesso das aprendizagens dos alunos também passa por aí. Tudo correu sem percalços e, finda a caminhada, aconteceu um segundo momento

de

convívio,

enquanto uns e outros repunham forças. Prof. de Educação Física João Mota

21


O MOCHO

junho 2022

22


O MOCHO

junho 2022

Atividades com Experiências Lúdicas da UEEA (Unidade de Ensino Estruturado para alunos com Perturbações do Espetro do Autismo)

Painel da UEEA – Dia internacional da diversidade cultural

23


O MOCHO

junho 2022

Workshop “Gestão de Tempo e Produtividade” Na passada sexta feira, dia 6 de maio, os alunos do 11ºA, acompanhados pelo Diretor de Turma, participaram na 1ª edição da FEJI, Feira de Empregabilidade Jovem do Interior, no Pavilhão Multiusos de Viseu, uma iniciativa da “INterioriza-te”. A turma do 11º A visitou os expositores presentes na Feira, onde os alunos assistiram ao Workshop Gestão de Tempo e Produtividade e à apresentação da empresa Deloitte.

24


O MOCHO

junho 2022

Multiatividades— Concentrações: Oliveira de Frades, Castro Daire e Viseu Classificações obtidas: Iniciados – 1º lugar Infantis – 2º lugar Juvenis – 3º lugar

25


O MOCHO

junho 2022

A turma do 1.ºB da Feira participou no programa Escola Missão Continente A turma do 1.ºB está a participar no programa Escola Missão Continente. Durante a 2.ª sessão e depois de ouvirem a história “O mistério da horta”, os alunos foram desafiados, a título voluntário, a preparar uma receita em família com pelo menos um dos alimentos/personagens da história que foi contada. Os 19 personagens incluídos na história são: beterraba, pimento, maçã, couve, cebola, ananás, banana, laranja, cereja, melancia, romã, tangerina, morango, alho francês, batata-doce, alho, cogumelo, cenoura e brócolo. A sessão tinha como objetivo promover a familiarização com os hortofrutícolas, através do aumento de conhecimentos sobre a importância do consumo dos mesmos.

(Estávamos a ouvir a história “O mistério da horta”)

26


O MOCHO

junho 2022

Estas foram algumas das receitas feitas em família com pelo menos um dos alimentos/ personagens da história que foi contada.

Gostámos muito da atividade e de fazer as receitas com as nossas famílias. Alunos do 1.ºB – EB1 da Feira

27


O MOCHO

junho 2022

Visita de Estudo dos alunos do 11ºA No dia 26 de abril, a turma do 11ºA participou numa visita de estudo a Coimbra, no âmbito do projeto de AFC intitulado “Conhecimento”. Os alunos, acompanhados pelos professores de Geografia, História e Filosofia, visitaram o Museu da Ciência da Universidade de Coimbra, o Pátio e o Paço da Escolas e, após almoço, percorreram os locais mais emblemáticos da Baixa coimbrã, terminando a sua caminhada no Parque Verde do Mondego.

28


O MOCHO

junho 2022

Visita à Serra da Estrela A visita à Serra da Estrela decorreu nos dias 29 e 30 de abril e enquadrou -se no projeto DAC do 12ºA e nos conteúdos de módulos / programa dos Cursos Profissionais do 11º ano dos Cursos Profissionais de Técnico de Desporto e de Técnico de Informação e Animação Turística. Os alunos usufruíram de várias caminhadas em diversos trilhos na Serra da Estrela, campismo e uma aula de iniciação ao ski.

29


O MOCHO

junho 2022

30


O MOCHO

junho 2022

31


O MOCHO

junho 2022

32


O MOCHO

junho 2022

Olimpíadas da Química Participação dos alunos do 8ºA e do 8º B (Bárbara, David e Santiago) nas semifinais das Olimpíadas de Química Júnior no Departamento de Química da FCTUC!

33


O MOCHO

junho 2022

34


O MOCHO

junho 2022

EXPOSIÇÃO/FEIRA MINERAIS E FÓSSEIS

35


O MOCHO

junho 2022

DAC do 8º ano, na disciplina de FQ "Evolução dos meios de comunicação - evolução do telefone"

36


O MOCHO

junho 2022

AFC “Literacia Digital” DAC – Literacia Digital (11ºano). Trabalho realizado pela aluna Beatriz Tavares, 11ºA, LH. Disciplina: Filosofia Tema: Experiência Estética Link: https://drive.google.com/file/d/1aDMi0MlVONafWLnBjPQ5g53OvuZohXob/view? usp=sharing

AFC “Literacia Digital” Trabalho feito pelos alunos Dinis Monteiro, Gonçalo Marques, José Amaral e Rodrigo Moreira, turma 10ºA. Disciplina: Filosofia. Tema: Direitos Humanos – Ética e Política. Subtema: Liberdade de Expressão e Regimes Ditatoriais. Link vídeo: https://drive.google.com/file/d/15J20pytpqOOL2Ub9OgZFFHiHNUQcRNqF/view?usp=sharing

37


O MOCHO

junho 2022

Exposição Itinerante “O Futuro é amanhã”

38


O MOCHO

junho 2022

39


O MOCHO

junho 2022

Dia Mundial da Língua Portuguesa No dia 5 de maio, comemorou-se o Dia Mundial da Língua Portuguesa, um idioma falado por mais de 265 milhões de pessoas. No sentido de celebrar a nossa Língua, a comunidade escolar foi convidada a participar nas Olimpíadas da Língua Portuguesa. https://quizizz.com/join?gc=34430605 - Escalão A (Ensino Básico) https://quizizz.com/join?gc=17653389 - Escalão B (Ensino Secundário)

40


O MOCHO

junho 2022

41


O MOCHO

junho 2022

O Dia da União Europeia

No passado dia 9 de maio, comemorou-se o «Dia de União Europeia», a multiculturalidade, a diversidade e a solidariedade que nos une e que nos permite vivermos em paz e com segurança dentro da Europa. Em memória deste dia digno de ser lembrado, a turma de Línguas e Humanidades do 11º ano, no âmbito da disciplina de Geografia A, construiu, preparou e realizou uma atividade interativa para os alunos do 7º ano. Esta visou, através de jogos, vídeos e apresentações, dar a entender a história da origem, consolidar os princípios, os países, os alargamentos e os tratados da União Europeia. De uma forma simples e concreta os alunos do 11º ano tentaram passar, da melhor forma, a importância da comemoração deste dia e toda a história subjacente a ele, ao qual os alunos do 7º ano responderam positivamente demonstrando que entenderam, ou melhor, perceberam os objetivos desta comemoração. Ainda que soe comum, esta apresentação diferenciou-se pela sua interatividade. Os alunos puderam analisar os mapas expostos, completar um jogo com os anos dos sucessivos alargamentos, identificando todas as bandeiras, montar puzzles sobre o território da Europa e União Europeia, visitar a banca da «zona euro» onde puderam manusear moedas e observar o respetivo mapa. Foram reunindo, assim, conhecimento para no fim chegarem ao Quizz final. A turma de Línguas e Humanidades

42


O MOCHO

junho 2022

43


O MOCHO

junho 2022

Certificados do Projeto eTWinning TWIN TV Entrega dos Certificados aos alunos participantes do 5º B e do 5º C Objetivos do projeto TWIN TV        

estabelecer um canal do aluno e fazer nele vários programas; ampliar o uso das ferramentas digitais nos ambientes de aprendizagem dos próprios alunos de forma mais consciente; aumentar a conscientização sobre o seu uso, fazer um usos consciente dentro do quadro das regras éticas da radiodifusão; preparar os alunos para emissões futuras; fazer com que os alunos assumam a liderança e interagiram com os seus parceiros, trabalhando em colaboração; cooperação entre três países: Turquia, Itália e Portugal; trabalho colaborativo entre 13 parceiros.

44


O MOCHO

junho 2022

45


O MOCHO

junho 2022

Cruz peregrina e o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani, símbolos da Jornada Mundial da Juventude No dia 22 de abril, o nosso Agrupamento recebeu a Cruz peregrina e o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani, símbolos da Jornada Mundial da Juventude. A Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que decorrerá, pela 1ª vez em Portugal (Lisboa/2023), é um encontro dos jovens de todo o mundo com o Papa, e conta com dois símbolos que a acompanham e representam: a Cruz peregrina e o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani. Nos meses que antecedem cada JMJ, os símbolos partem em peregrinação para serem anunciadores do Evangelho e convocarem os jovens a construir um mundo mais justo e solidário. A Cruz peregrina, feita em madeira, com 3,8 metros de altura, iniciou uma peregrinação que já a levou aos cinco continentes e a quase 90 países, tendo sido encarada como um verdadeiro sinal de fé e de esperança. O ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani, com 1,20 metros de altura e 80 centímetros de largura, acompanha a cruz peregrina e retrata a Virgem Maria com o Menino nos braços. O ícone original encontra-se na Basílica de Santa Maria Maior, em Roma, e é visitado pelo Papa Francisco que ali reza e deixa um ramo de flores, antes e depois de cada viagem apostólica. É antiga a tradição de levar este ícone em procissão pelas ruas de Roma, para afastar perigos e desgraças ou pôr fim a pestes.

46


O MOCHO

junho 2022

47


O MOCHO

junho 2022

A participação de soldados do Concelho de Nelas na Primeira Guerra Mundial (1914-1918) Os republicanos no poder em Portugal, desde 5 de outubro de 1910, consideraram que os portugueses deviam participar na 1ª Guerra Mundial ao lado dos Aliados, contra as Potências Centrais, porque as colónias portuguesas em África estavam a ser atacadas pelos alemães desde 1914; era preciso obter o reconhecimento internacional do novo regime político- a República; queriam combater em nome dos ideais democráticos e reafirmar a aliança entre Portugal e a Inglaterra. A pedido da Inglaterra, em 1916, os portugueses apresaram os navios alemães nos portos portugueses, o que levou a Alemanha a declarar guerra a Portugal, no dia 9 de março de 1916. Foram enviados soldados para Angola e Moçambique, uma vez que estes territórios faziam fronteira com colónias alemãs, e foi organizado o Corpo Expedicionário Português, que em 1917, foi para a frente de batalha, na Flandres francesa, com cerca de 55 mil homens. Entre esses homens estavam os do Concelho de Nelas. “As trincheiras”- pintura de Adriano de Sousa Lopes In https://memoriadarepublica.blogspot.com/2014/02/as-trincheiras-adriano-sousa-lopes.html

Com o objetivo de prestar homenagem aos ex-combatentes do Concelho de Nelas, a professora de História, Isabel Sampaio e os alunos do 9º ano de escolaridade, fizeram uma investigação histórica sobre a participação de soldados do Concelho de Nelas na Primeira Guerra Mundial, tendo para isso sido necessário: consultar as fontes históricas, nomeadamente os Boletins Individuais do Corpo Expedicionário Português (CEP), disponíveis online no Arquivo Histórico Militar; consultar os Registos Paroquiais de Batismo do Arquivo Distrital de Viseu (século XIX), agora já disponíveis online; encontrar familiares de ex-combatentes que ainda vivem nesta região e questioná-los sobre quem era e como era o homem, para além do militar.

48


O MOCHO

junho 2022

Ao longo deste ano letivo foi feita investigação, recolha de dados, redação de textos e elaboração de cartazes sobre os seguintes ex-combatentes: - de Aguieira (António Paes Lopes, Joaquim Figueiredo Ferreira e José de Sousa); - de Canas de Senhorim (Alberto Pinto Abrantes, Aníbal Borges, António Paes Rosa, Joaquim Augusto Paes, Aníbal Lopes de Oliveira, Evaristo Dias Pinto, João Roberto Pinto, Sebastião Mendes Lopes Andrade e Sebastião Francisco dos Santos); - de Carvalhal Redondo (João Paes Mendes, Joaquim de Abrantes, Lúcio Lopes Júnior, Manuel dos Santos Correia, Joaquim Marques Loio e Herculano Marques Gouveia); - da Lapa do Lobo (António Marques Esteves, Joaquim de Andrade, Cassiano Matias, António Paes Gonçalves, Alberto Marques Polónio, João Manuai, José de Almeida Mathias e Albano Ramos); - de Nelas (Carlos Viegas); -da Póvoa de Santo António (Manuel Figueiredo dos Santos e Fortunato de Figueiredo); - de Senhorim (Severino Cabral); - de Vale de Madeiros (Celestino Xavier, Capitão Arthur Homem Ribeiro, Sebastião Emídio Paes e António Rodrigues Póvoas). Povos de brilhantes civilizações antigas consideravam que mencionar/deixar escrito o nome das pessoas era uma forma de lhes assegurar a “imortalidade”. Estes homens, à exceção de Arthur Homem Ribeiro que morreu em combate em Angola, combateram em França, na Frente Ocidental, nas trincheiras, onde suportaram condições terríveis: a chuva frequente tornava aqueles buracos lamacentos; a fome, o frio, a falta de condições de higiene, o ataque dos ratos e o ataque da artilharia inimiga com novos meios de combate. A Professora Isabel Sampaio

49


O MOCHO

junho 2022

50


O MOCHO

junho 2022

Estranhões & Bizarrocos e outros seres sem exemplos invadem a EB1 da Lapa do Lobo Os alunos da EB1 da Lapa do Lobo resolveram, no terceiro período, explorar a obra de José Eduardo Agualusa, “Estranhões & Bizarrocos e outros seres sem exemplo”, no âmbito do projeto “Histórias e dramatizações”. Começaram por ler a história em voz alta e tornaram-se ilustradores, ilustrando algumas páginas e a capa do livro. Para trabalhar a educação artística, juntaram desperdícios (vários tipos de caixas, botões, tecidos, tampas de garrafas, etc.). Por fim, cada aluno desenhou um esboço da personagem que escolheu e construiu o Estranhão ou o Bizarroco apresentando-o à turma e referindo qual era o seu superpoder. Os alunos adoraram participar neste projeto.

51


O MOCHO

junho 2022

Visita de cortesia do IAVE No dia 3 de junho, deslocou-se ao nosso Agrupamento, em visita de cortesia, uma equipa do IAVE, com a presença do próprio diretor nacional, Dr. Luís Santos. Esta visita integrou-se num propósito de abertura do IAVE às escolas e de partilha de práticas, relativamente às provas/exames nacionais (seu propósito, construção, formas de potenciar os resultados devolvidos pelo IAVE, entre outros). Por outro lado, a deslocação específica ao nosso Agrupamento, prendeu-se com a Projeto PAR2, na qual o nosso Agrupamento está envolvido. Nesta visita, foram dadas a conhecer as instalações da escola sede e, durante a reunião informal, falou-se acerca das provas de aferição, relatórios RIPA e REPA (nomeadamente, aproveitamento da escola, professores e pais sobre os mesmos) e sobre a futura desmaterialização das provas e exames nacionais.

52


O MOCHO

junho 2022

Homenagem à Mãe pelos alunos da EB1 Lapa do Lobo A mãe dá carinho. A mãe é amiga. Ela dá miminho. A mãe é bela. Ela tem uma rosa no cabelo. Eu gosto da mãe.

A minha mãe dá-me carinho e é muito bela e airosa. Quando eu vou para a cama dáme um beijo e um abraço. Quando está no sofá, às vezes, a minha mãe dorme. Eu amo a minha mãe.

A minha mãe é amorosa, airosa e amiga. A mãe dá carinho. Ela é simpática. A minha mãe chama-se Jéssica e mora na Lapa. Eu amo a minha mãe.

53


O MOCHO

junho 2022

Leonor Tenreiro – 1.º ano A minha mãe dá-me muitos mimos. Ela é maravilhosa. No Dia da Mãe eu dei uma flor. Ela gostou muito e deu-me um abraço. A minha mãe adora-me. Ela é muito amiga. Eu adoro a minha mãe.

A minha mãe tem um vestido, um laço azul e um sapato amarelo. Ela é bonita e dá-me beijos. Eu amo a mãe.

O nome da minha mãe é Andreia e tem 36 anos. Ela é educadora de infância. A minha mãe sempre quis ser educadora e gosta muito dessa profissão. A comida preferida dela é Esparguete à Bolonhesa. Em casa ela não gosta de limpar, pois fica aborrecida de tirar tudo do lugar e colocar de novo lá. Nos tempos livres gosta de estar com a família, passear e ir às compras. Ela gostaria de visitar a França porque acha os monumentos bonitos. Também gostaria de visitar o México porque acha que as praias são bonitas. Se houvesse a possibilidade de ir ao passado ela não mudaria nada. A minha mãe gosta da vida dela. Constança Freitas – 2.º ano

54


O MOCHO

junho 2022

A minha mãe chama-se Liliana e tem 26 anos. A minha mãe, quando era da minha idade, era muito reguila. A comida preferida dela é Bacalhau à Brás. A atividade que a minha mãe não gosta de fazer em casa é passar a ferro. O que ela gosta de fazer nos tempos livres é passear. A minha mãe gostava de ir às Maldivas porque é um sítio muito bonito. Se houvesse uma máquina do tempo não mudava nada. Ela gosta da sua vida, mas podia ser melhor. Lara Pinto – 2.º ano

A minha mãe chama-se Vera e tem 38 anos. A minha mãe é doméstica, mas sempre sonhou ser professora. Não gosta de andar a pé e de limpar os vidros. O que ela mais gosta de fazer nos tempos livres é ver filmes. O país que ela gostaria de visitar é o Brasil porque adora o calor e o Carnaval. A minha mãe gosta de ter a vida que tem, mas poderia ser melhor. Carolina Santos – 3.º ano

A minha mãe chama-se Catarina e tem 36 anos. A profissão dela é trabalhar como baby-sitter e empregada doméstica, ela já quis ser educadora de infância. A comida preferida dela é batata frita, arroz, bife e salada, a atividade que ela não gosta de fazer é passar a roupa a ferro. Nos tempos livres gosta de cuidar das plantas. O país que ela gostaria de visitar era a Itália porque gostava de conhecer Veneza e os seus monumentos. A minha mãe gosta da vida dela, mas não se importava nada, nada de ganhar o Euromilhões. Inês Fernandes – 3.º ano A minha mãe chama-se Liliana e tem 29 anos. A comida favorita é Bacalhau à Brás. A profissão da minha mãe é lavar a roupa numa lavandaria. Ela não gosta nada de passar a ferro. Ela gosta da profissão dela e nunca pensou em ser mais nada. Ela gosta, nos tempos livres, de passear na Natureza. A minha mãe conheceu o meu pai na paragem de autocarro. A minha mãe gosta da vida dela, mas podia ser melhor. Lara Silva – 3.º ano

55


O MOCHO

junho 2022

A minha mãe chama-se Marisa e tem 26 anos. Ela trabalha como operária fabril. Quando tinha a minha idade, ela queria ser economista. A sua comida preferida é Batata a Murro. O que a minha mãe não gosta de fazer em casa é arrumar a casa. Nos tempos livres gosta de dormir e ver televisão. Os países que ela gostaria de visitar são o Brasil e França. Se pudesse voltar atrás no tempo, a minha mãe gostaria de ter estudado mais. A minha mãe gosta da vida dela. Mariana Sampaio – 3.º ano

A minha mãe chama-se Ana e tem 28 anos. A profissão dela é ser estofadora. A minha mãe gosta da sua profissão, mas quando era da minha idade queria ser bailarina. Ela adora Carne de Porco à Alentejana e em casa detesta passar a ferro. Nos tempos livres gosta de passear. A minha mãe gostava de ir visitar o Dubai, a França e os Estados Unidos da América porque todos estes países têm paisagens magníficas. Se houvesse uma máquina do tempo para voltar ao passado, ela não iria porque o que fez até hoje, voltaria a fazer. Ela gosta da vida que tem porque está completa. Tiago Pereira – 4.º ano

56


O MOCHO

junho 2022

Clube de Ciência Viva O nosso Agrupamento integrou, no presente ano letivo, a rede de “Clubes Ciência Viva na escola”. O Clube Ciência Viva funcionou na escola como espaço aberto de contacto com a ciência e a tecnologia, para a educação e para o acesso generalizado dos alunos a práticas científicas, promovendo o ensino experimental das ciências. Permitiu que os alunos realizassem trabalho prático e experimental, promoveu o convívio e trabalho colaborativo, sensibilizou os alunos para a importância das ciências na interpretação dos fenómenos do dia a dia e permitiu a ocupação dos tempos livres dos alunos através da concretização de atividades apelativas, com caráter formativo.

As atividades foram desenvolvidas por forma a trabalhar as temáticas “Sementes, Germinação e Crescimento” e a “Sustentabilidade”. Participaram, neste clube, alunos do 1º ciclo, 5.º, 7.º e do 8º ano. O clube funcionou em dois horários semanais sob a orientação das professoras Carla Matos, Daniela Canas, Graça Rocha e Telma Fernandes.

57


O MOCHO

junho 2022

58


O MOCHO

junho 2022

Selo de ouro de segurança digital ao Agrupamento Foi-nos atribuído o selo de ouro de segurança digital. Este selo é atribuído pela European Schoolnet, que é um serviço europeu de certificação e de apoio às escolas, que visa promover um ambiente seguro e enriquecedor e o acesso seguro às tecnologias digitais, como parte da experiência de ensino e aprendizagem. Por outro lado, este selo serve de "porta de entrada" a um conjunto de outros projetos e candidaturas (por exemplo, candidaturas a projetos de e-twinning e outros, no domínio da educação). Para esta certificação foi decisivo o desenvolvimento de atividades, pelos colegas, que tiveram em vista a promoção da segurança na utilização dos meios e tecnologias digitais. Para o manter, que tem a validade de 18 meses, será necessário manter este registo.

59


O MOCHO

junho 2022

“Jogos de Tabuleiro Matemáticos – 2.º Ciclo” No âmbito do projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular, desenvolvido por várias disciplinas, com o tema "Contos do Mundo", em que o objetivo fulcral era a interculturalidade, os alunos do 2.º Ciclo construíram, na disciplina de Matemática, diversos Jogos de Tabuleiro Matemáticos, usando materiais reutilizáveis. Foi bastante notório o entusiasmo e a dedicação dos alunos na realização desta atividade, pois os jogos que foram construídos com materiais muito diversificados, ficaram bastante apelativos e muito interessantes, tendo sido expostos no átrio do Pavilhão principal. Devido ao interesse demonstrado pelos alunos em aprender a jogar os vários Jogos de Tabuleiro, estes irão ficar na Biblioteca da Escola. Assim, de uma forma lúdica, os alunos estimularam e desenvolveram aprendizagens, como a comunicação verbal, o raciocínio lógico, a atenção, a concentração e a interação social, fortalecendo a curiosidade e o respeito pelo outro.

60


O MOCHO

junho 2022

61


O MOCHO

junho 2022

Olimpíadas da Física 2022 A Sociedade Portuguesa de Física (SPF) organiza anualmente as Olimpíadas Nacionais de Física. Após uma fase organizada por cada escola, os alunos selecionados passam por uma etapa regional e, os que forem apurados, por uma prova nacional. Os que ganharem a prova nacional são apurados para as Olimpíadas Internacionais (julho 2023, Japão) e Olimpíadas Iberoamericanas (em setembro 2023, local a definir) As Olimpíadas têm como objetivo incentivar e desenvolver o gosto pela Física nos alunos dos Ensinos Básico e Secundário, considerando o seu cada vez maior impacto em todos os ramos da Ciência e Tecnologia. No dia 23 de abril de 2022 as Delegações Regionais da SPF, na zona Norte, Centro, Sul, Madeira e Açores organizaram a fase regional das Olimpíadas da Física, constituída por uma prova teórica com questões objetivas e outra prática, cujos conteúdos podem incidir sobre qualquer matéria da componente de Física da disciplina de Físico e Química. Foi este o desafio que 3 alunos do 11º ano (a Adriana, a Luciana e o Henrique) da Escola Eng. Dionísio Augusto Cunha enfrentaram individualmente, assim como uma equipa de mais 3 alunos do 9º ano (a Inês, a Lara e o Lucas). De manhã, acompanhados pelo professor João Magalhães, saímos de Canas de Senhorim com destino ao Departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), tendo passado a manhã a realizar as provas e a tarde a conhecer a cidade de Coimbra. Após um almoço na Cantina Central, visitámos a zona da Universidade e o Museu Nacional Machado de Castro, um dos mais importantes museus de Belas-Artes de Portugal, seguido por uma caminhada pela Baixa da cidade. Assistimos depois à cerimónia de entrega de prémios, antecedida por uma breve apresentação sobre o Departamento de Física da Universidade de Coimbra (feita pela Diretora do Departamento e Presidente da Comissão Científica, Maria Constança M. P. da Providência S. e Costa). As Olimpíadas foram, assim, bastante interessantes e gratificantes, não apenas devido ao seu lado formativo, mas principalmente pela oportunidade de conhecer novas experiências e passar um dia atípico que, sem dúvida, foi benéfico no sentido de nos ter proporcionado uma nova perspetiva relativa ao percurso de aprendizagem e do conhecimento. Lucas F. Oliveira, 9º B

62


O MOCHO

junho 2022

Recolha Alimentar No âmbito da disciplina de Cidadania, os alunos do 7º ano recolheram bens alimentares para a comunidade de Canas de Senhorim, cuja distribuição será realizada pela Paróquia de Canas de Senhorim.

63


O MOCHO

junho 2022

Recolha de plástico mole Os alunos do 12º Física e os do 11º de Científicos monitorizaram a recolha de plástico mole nas suas habitações ao longo de 14 semanas e, após o devido tratamento matemático, já conseguem prever (e assim tentar atenuar) o plástico que consomem ao longo das suas vidas. E colocaram 14kg de plástico mole num volume de 100 litros (dezanove garrafões) que doutra forma ocupariam vários contentores.

64


O MOCHO

junho 2022

Projeto “NO POUPAR está o GANHO!” Prémio municipal - Turma vencedora – 6ºA No passado dia 14 de junho, a Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões promoveu a sessão de entrega de prémios do concurso final do projeto de educação financeira “No Poupar Está o Ganho”, no auditório do Centro Cultural de Carregal do Sal, promovido pelo Plano Nacional de Formação Financeira e desenvolvido pela Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, do Porto. Esta sessão contou com as intervenções, entre outros, do secretário executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho, do presidente da Câmara Municipal de Carregal do Sal, Paulo Catalino, e da diretora executiva da Fundação Cupertino de Miranda, Inês Abreu. Neste projeto participaram alunos de mais de 170 turmas, do 3.º ao 6.º ano, dos municípios da CIM Viseu Dão Lafões, que foram desafiados, a apresentar um trabalho final onde demonstrassem os conhecimentos e as competências adquiridas ao longo do ano, no que respeita à literacia financeira. Os alunos do 6.º A da nossa Escola foi um dos projetos premiados. Segundo a administradora executiva da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, Inês Abreu, "este é um momento especial, porque, graças à vontade da CIM em capacitar os seus alunos com ferramentas de literacia financeira, é a primeira vez que este projeto está na Região Centro. Este projeto tem-se afirmado como uma mais-valia para o território, na medida em que muito do nosso bem-estar depende da relação com o dinheiro e é este conhecimento que estamos a transmitir aos alunos de Viseu Dão Lafões.". Fonte: Nota imprensa CIM

65


O MOCHO

junho 2022

Programa Academia Digital para Pais No dia 31 de maio, decorreu a cerimónia da entrega dos certificados a todos os que participaram no projeto "Academia Digital para Pais - 2ª edição", que contou com a presença de todos os formadores, formandos e professores. O Programa Academia Digital para Pais deu a possibilidade aos pais e aos encarregados de educação, doa alunos do Ensino Básico, de frequentar ações de formação promotoras de competências digitais, de modo a que conseguissem acompanhar os seus educandos numa utilização segura das tecnologias digitais, das redes e da Internet.

66


O MOCHO

junho 2022

Último dia de aulas na EB1 Feira

67


O MOCHO

junho 2022

Clube da Ciência Produção de um bioplástico obtido a partir da caseína do leite, pelos alunos do 8ºB, no nosso Clube da Ciência!

68


O MOCHO

junho 2022

69


O MOCHO

junho 2022

Oficina de Formação “Dove-Eu Confiante” A professora Carla Matos e a psicóloga Sandra Costa frequentaram a Oficina de Formação “Dove-Eu Confiante” para poderem aplicar uma série de workshops nas turmas do 8.º C e 9.º A. A modalidade de formação adotada permitiu perceber o impacto da aparência física na saúde mental dos jovens estudantes portugueses, que frequentam o 3.º ciclo do Ensino Básico. A aplicação do mesmo consistiu em 7 workshops de 45 minutos e visava o aprofundamento dos seguintes temas: ideias de beleza, pressões sobre a aparência, mensagens dos média, confronto com as comparações, conversas sobre o corpo, valorização da individualidade e promoção da mudança. Possibilitou ainda aos formandos adquirirem conhecimentos de saber-fazer prático em contexto escolar, através do desenvolvimento de competências de ação. O objetivo é favorecer as capacidades de ajustamento, de socialização e de tolerância para lidar com problemas, assim como o seu desenvolvimento pessoal. O tema da imagem corporal tem um impacto no bem-estar e na saúde mental dos adolescentes. Quanto mais a perceção da imagem corporal é positiva, mais confortáveis e satisfeitos se encontram os jovens, sobretudo na fase da puberdade, período em que ocorrem grandes mudanças físicas e adaptações psicológicas determinantes da vida futura. Daí, “sermos da opinião que é de extrema importância promover estes temas em alunos que frequentam o 3.º ciclo”, referiram as técnicas envolvidas no programa. Os alunos também se deixaram facilmente cativar, uma vez que se dá voz às suas preocupações e medos. Nas turmas verificou-se uma evolução positiva, nomeadamente da parte dos rapazes. Enquanto que as raparigas levaram este assunto com muita responsabilidade logo desde o início, verificou-se alguma “imaturidade” em abordar o tema da parte dos jovens do género masculino. Contudo, ao longo das sessões foi possível perceber um maior envolvimento nos temas e atividades propostas.

70


O MOCHO

junho 2022

É saudável que as pessoas se preocupem com o seu corpo e queiram ter um estilo de vida equilibrado, que as faça sentirem-se bem consigo próprias e com os outros. Contudo, sobretudo durante a adolescência, há alguns sinais que podem dar aos pais e professores algumas indicações de que, os jovens a seu cargo, estão exageradamente preocupados com a sua aparência, podendo conduzir a sentimentos de ansiedade ou stress. Por esses motivos, realça-se a importância de manter a aplicação deste tipo de programas na escola pelo que, poder-se-á, discutir essa possibilidade junto da direção do Agrupamento de Escolas de Canas de Senhorim para o próximo ano letivo 2022/23. Bibliografia CUF (2021). Adolescência e imagem corporal: papel das redes sociais. https://www.cuf.pt/mais-saude/adolescencia-eimagem-corporal-papel-das-redes-sociais

71


O MOCHO

junho 2022

Santos Populares – 2.º D da EB1 da Feira

72


O MOCHO

junho 2022

Projeto Eco-códigos O Eco-Código corresponde a um dos elementos do programa: o 7º passo da metodologia proposta. O Eco-Estudante deverá conseguir identificar um conjunto de atitudes e comportamentos conducentes à melhoria do ambiente na escola, em casa e na região. O Eco-Código deverá expressar uma declaração de objetivos, traduzidos por ações concretas, que todos os membros da comunidade deverão seguir, constituindo assim o código de conduta ambiental da escola. Todas as escolas candidatas à Bandeira Verde devem ter o seu Eco-Código divulgado na escola, preferencialmente no Regulamento Interno. A opção de apresentar o Eco-Código em forma de póster visa facilitar a comunicação e divulgação dos princípios que cada Eco-Escola se compromete a respeitar. Foram elaborados pelos alunos desta escola alguns eco códigos que estiveram expostos. Foi escolhido um trabalho elaborado pelo aluno do 5º B, Samuel Batista, para representar a nossa escola no concurso nacional dos Eco-códigos das escolas candidatas ao galardão Bandeira Verde neste ano letivo.

73


O MOCHO

junho 2022

74


O MOCHO

junho 2022

75


O MOCHO

junho 2022

DAC – 7.º Ano – “Vamos mudar o nosso mundo” Algumas atividades – 3.º período 

Para assinalar o centenário do nascimento de Saramago, os alunos do 7.º Ano participa-

ram na Exposição “Somos todos… Saramago” e na atividade “Ler por aí”. Os alunos elaboraram caricaturas e acrósticos sobre o autor e recolheram frases declarações, reflexões e observações de Saramago sobre problemas sociais, políticos e humanitários do nosso tempo.

No dia 29 de abril, os alunos leram por aí, em vários espaços públicos da comunidade,

pequenos textos e frases de Saramago e alguns acrósticos que elaboraram sobre o autor.

76


O MOCHO

junho 2022

77


O MOCHO

junho 2022

78


O MOCHO 

Para

junho 2022

celebrar

o

“Dia

Mundial da Terra” e promover a mudança de atitudes e de comportamentos face ao ambiente, os alunos participaram na ação de limpeza “CleanUp day” e num pedipaper. Durante estas atividades, realizaram uma prova de orientação, responderam a questões sobre os conteúdos das diferentes disciplinas, recolheram lixo no Parque da Urgeiriça e

depositaram-no, de

acordo com as regras de separação, nos respetivos ecopontos.

79


O MOCHO

junho 2022

Para terminar, realizaram um Pedipaper.

80


O MOCHO

junho 2022

Projeto Eco-escolas O Projeto Eco-escolas é um programa que pretende encorajar ações e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pelas escolas, no âmbito da Educação Ambiental para a Sustentabilidade. Com base nos resultados obtidos e identificação de uma auditoria ambiental na nossa escola, foram depois desenvolvidas várias atividades com o objetivo de tornar o nosso Agrupamento de Escolas mais ecológico e sustentável, o que nos valeu o reconhecimento com a bandeira da Eco-Escola no ano letivo 2020 /21 atribuída pela ABAE - Associação Bandeira Azul da Europa. É nosso compromisso dar continuidade a este projeto, implantando novas iniciativas capazes de mobilizar toda a comunidade académica, sensibilizando-a para a importância da proteção do meio ambiente quer na escola como no nosso dia a dia. Nesse sentido, foi comemorado, no passado dia 14 de junho, o Dia do Eco Escolas que foi englobado nas Jornadas Culturais de fim de ano letivo. Foram entregues, pelo Diretor do Agrupamento e pelo Representante da autarquia de Canas de Senhorim, uma oferta alusiva ao tema da reciclagem a cada aluno da turma do 5 º A, convidada para a cerimónia do hastear da bandeira do Eco Escolas.

81


O MOCHO

junho 2022

Exposições—Artes—7º ano

82


O MOCHO

junho 2022

83