__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Jo達o Marcos Rosa

Harpia


Jo達o Marcos Rosa

Harpia

Brasil 2010


A harpia em seus domínios, na Floresta Nacional de Carajás, Pará l The harpy eagle in its area in the Carajás National Forest, Pará

6


7


8


Originalmente, as harpias habitavam as florestas tropicais entre o sul do México e o norte da Argentina. Nos vales da Floresta Nacional de Carajás, a espécie ainda se mantém em equilíbrio l Originally the harpy eagle inhabited the tropical forests from southern Mexico to northern Argentina. This species is still living in balance in the Carajás National Forest valleys

9


O olhar vigilante da fêmea varre o dossel no entorno do ninho. Com apenas 2 meses, o filhote de harpia ainda é muito vulnerável. O papo cheio revela que ele acabou de ser alimentado. Carajás, Pará l The female’s watchful eyes scan the canopy in the vicinity of the nest. Only two months old, the nestling is still very vulnerable. The full crop shows that it has just been fed. Carajás, Pará

10


11


Pesquisador maneja filhote que receberĂĄ radiotransmissor via satĂŠlite. Reserva Florestal de Imataca, Venezuela l Researcher manipulating nestling which will have a satellite radio transmitter implanted. Imataca Reserve Forest, Venezuela

12


13


14


Ativa durante o dia, a harpia também caça presas de hábitos crepusculares, como gambás, mucuras e juparás. Carajás, Pará l Active during the day the harpy also hunts night preys such as skunks, opossums, and kinkajous. Carajás, Pará

15


16


A harpia constrói seus ninhos em árvores emergentes, com alturas entre 35 e 50 m. As maiores árvores oferecem forquilhas com tamanho suficiente para sustentar estruturas que podem chegar a 3 m de diâmetro. Carajás, Pará l The harpy builds its nest in 35 to 50-meter tall growing trees (115 to 164 feet). The largest trees offer them forks large enough to support structures as big as 3m diameter (9.8 feet). Carajás, Pará

17


18


Harpia Fotos Photos Jo찾o Marcos Rosa Textos Texts Frederico Drumond T창nia Sanaiotti Roberto Azeredo

19


Mensagem do Presidente O compromisso com a sustentabilidade é um dos principais focos da Vale. Somos atualmente uma das empresas brasileiras que mais colabora com a preservação da biodiversidade do Brasil, integrando nossas atividades operacionais com a busca contínua pela conservação e recuperação dos ecossistemas das áreas onde atuamos. Temos, por isso, muito orgulho de fazer parte de um projeto tão importante e nobre quanto o da preservação da harpia (gavião-real), uma das maiores e mais belas aves de rapina do mundo. Em parceria com o Instituto Chico Mendes para Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e com o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), a Vale monitorou durante oito meses dois ninhos de harpia encontrados na Floresta Nacional de Carajás, trabalho que resultou na publicação deste livro, com informações e fotos inéditas sobre uma espécie tão importante para a biodiversidade brasileira. Espero que as lindas imagens que embelezam as páginas deste livro contribuam para estimular a conscientização ambiental e demonstrem que podemos e devemos nos empenhar para conservar e proteger o meio em que vivemos.

Roger Agnelli Diretor - Presidente da Vale

20


Message from the CEO Commitment to sustainability is a key focus of Vale. By integrating our operational activities with conservation and restoration of the ecosystems of the areas where we are settled into, we became one of the Brazilian companies which contribute the most to the preservation of Brazil’s biodiversity. Therefore, we are very proud of being part in such an important and noble project: the preservation of the harpy eagle, one of the largest and most beautiful birds of prey in the world. In partnership with Chico Mendes Institute for Biodiversity Conservation (ICMBio) and National Institute for Amazonian Research (INPA), during eight months Vale monitored two harpy nests found in the Carajås National Forest. As a result, this book is coming out with pictures not published before and with information on a species which is very important to the Brazilian biodiversity. I hope the images which beautify the pages in this book help stimulate environmental awareness. I also expect it to be evidence of our ability and obligation to preserve and protect our environment.

Roger Agnelli President & CEO

21


22


23


Coordenação editorial e fotos l Publisher and photos João Marcos Rosa Textos l Texts Frederico Drumond Martins Roberto Azeredo Tânia M. Sanaiotti Design l Graphic design Flávia Guimarães Produção executiva l Executive production Nitro Imagens Assistência editorial l Editorial assistant Ana Paula Carvalhais Daniel Barcelos Assistentes de fotografia l Photographic assistants Marcus Canuto Olivier Jaudoin Copidesque e revisão l Copydesk and proofreading Letícia Féres Tradução l English version Ana Luiza Libânio Dantas

R788h

Rosa, João Marcos Harpia / João Marcos Rosa (fotos). Textos de Frederico Drumond, Tânia Sanaiotti, Roberto Azeredo. Belo Horizonte: Nitro, 2010. 144 p., principalmente fotografias (coloridas). Texto em português, com tradução paralela em inglês. ISBN: 978-85-62658-01-3 1. Harpia – Fauna silvestre. 2. Biodiversidade – Pesquisa – Conservação. I. Título. II. Drumond, Frederico. III. Sanaiotti, Tânia. IV. Azeredo, Roberto. CDD: 598.2 CDU: 598.2

Informação bibliográfica deste livro, conforme a NBR 6023:2002 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT): ROSA, João Marcos. Harpia. Belo Horizonte: Nitro, 2010. 144 p. ISBN 978-8562658-01-3.

24


O Gaviรฃo-Real na floresta nacional de Carajรกs The Harpy Eagle in Carajรกs National Forest

24 A majestosa harpia no Brasil The Majestic Harpy in Brazil

58 O homem e as harpias Men and Harpies

90 sobre o autor About the autor

138 agradecimentos acknowledgmentS

144

25


26


27


28


29


30


Apesar do grande porte – pode alcançar 2,2 m – a harpia demonstra graça e habilidade na chegada ao ninho. Carajás, Pará l Despite its large size that can reach 2.2 m (7.2 feet) the harpy shows grace and skill when landing at the nest. Carajás, Pará

31


Na pequena clareira em meio à floresta, o alojamento às margens do rio Águas Claras é um dos principais pontos de apoio para os pesquisadores. Eles aproveitam essas estruturas, que foram construídas inicialmente para abrigar equipes de prospecção mineral. Carajás, Pará l In the small clearing amid the forest, the housing by the Águas Claras River serves as one of the main bases for the researchers. They fully utilize the structure, which has initially been built to house mineral exploration teams. Carajás, Pará

32


33


Aos 4 meses de idade, o filhote do ninho localizado no Igarapé Bahia já exibe seu penacho. Carajás, Pará l In the nest in Igarapé Bahia, the four-month old nestling already displays its plumage. Carajás, Pará

34


35


O macho busca materiais que servem tanto para fazer a manutenção do ninho quanto para cortejar a fêmea no período de acasalamento. Carajás, Pará l The male looks for material, which is used for nest maintenance, as well as to court the female during mating. Carajás, Pará

36


37


38

Escaladores especializados, como Olivier Jaudoin, ensinam os pesquisadores a alcançar e trabalhar no dossel utilizando técnicas verticais. Carajás, Pará l Specialized climbers, such as Olivier Jaudoin, teach researchers how to reach and work in the canopy. Carajás, Pará


Observada de um helicóptero, a Floresta Nacional de Carajás causa a impressão de ser uma superfície impenetrável l Watched from a helicopter, the Carajás National Forest seems to be an impenetrable surface

39


40


Detalhes de uma pena de filhote, coletada sob a árvore do ninho Águas Claras. Carajás, Pará l Detail from a nestling’s feather picked under the tree where the Águas Claras nest is located. Carajás, Pará

41


A população local ajuda a encontrar e a monitorar ninhos. Estes folheiros de jaborandi auxiliam os pesquisadores em campo, buscando novos ninhos enquanto trabalham na floresta. Carajás, Pará l The local people help find and monitor nests. In the field these jaborandi reapers assist researchers looking for new nests while working in the forest. Carajás, Pará

42


A presa levada pelo macho alimentará o filhote de apenas um mês e a fêmea. Durante os dois primeiros meses a mãe permanece sempre próxima ao ninho, e somente o macho caça. Carajás, Pará l The prey taken by the male will feed the female and the one-month-old nestling. Until the nestling reaches two months of age the mother remains close to the nest and only the male hunts. Carajás, Pará

43


A fêmea é cerca de um terço maior do que o macho e pesa até 10 kg. Sem ultrapassar os 6 kg, o macho adulto é mais ágil e caça com mais facilidade l The female harpy weighs 10 kg (22 lbs.) and is about one-third larger than the male. Not more than 6 kg (13.2 lbs.), the adult male is more agile and a better hunter

44


45


Alunos da escola Jorge Amado, no entorno da Floresta Nacional de Carajás, participam de uma palestra sobre harpias. Os pesquisadores buscam na educação ambiental uma ferramenta capaz de sensibilizar as comunidades e torná-las parceiras do projeto. Carajás, Pará l Students at the Jorge Amado School in the vicinity of the Carajás National Forest participate in a class about the harpy eagle. Researchers use environmental education as tool to have the community sympathize with the project and become partners in it. Carajás, Pará

46


Apreendido pela equipe do ICMBio na casa de um agricultor, esse indivíduo passa por processo de reabilitação na Fundação Zoobotânica de Carajás. Ele está sendo preparado para, quando for devolvido à natureza, levar consigo um radiotransmissor l After being seized in a farmer’s house by the ICMBio team this animal is going through rehabilitation process at the Carajás Zoobotanica Foundation. It is being prepared to carry a radio transmitter when it returns to the wild

47


48


O avanço das fronteiras agropecuárias é uma das maiores ameaças à espécie. Na imagem, observa-se a pastagem avançando até o rio Parauapebas, fronteira natural da Floresta Nacional de Carajás l The expansion of farming is one of the biggest threats to the species. In the picture, there is a pasture land moving towards the Parauapebas River, natural border of the Carajás National Forest

49


Imponente, a maior ave de rapina das AmĂŠricas observa a floresta do alto de uma castanheira l The largest bird of prey of the Americas looks imposingly at the forest from the top of a chestnut tree

50


51


52


Na perna deste macho pode-se ver um ferimento. Provavelmente foi causado por uma presa durante a caçada. Carajás, Pará l On this male’s leg there is an injury which was probably caused by a prey during the hunt. Carajás, Pará

53


Em um instante raramente documentado, esta fêmea retorna ao ninho com um primata entre as garras. Com 2 meses de idade, o filhote é alimentado com maior frequência e, por isso, ganha peso rapidamente. Carajás, Pará l In this rarely documented moment the female returns to its nest carrying a primate in its claws. When two months old the nestling is more frequently fed; therefore, it quickly gains weight. Carajás, Pará

54


55


A bióloga Helena Aguiar coleta dados sobre a alimentação da espécie. Sua tese de mestrado, realizada em Parintins, mostrou que 99% das espécies predadas eram arborícolas. Os bugios (à direita) fazem parte dessa dieta l The biologist Helena Aguiar collects data on the eating habits of the species. Her master’s thesis, written in Parintins, argues 99 percent of the harpy’s prey is arboreal. On the right side of the picture, the howler monkey, also known as Bugio, is part of its diet

56


57


58


Um adulto leva galhos verdes para conservar o ninho fresco e confortรกvel para seu filhote. Carajรกs, Parรก l An adult takes green branches to maintain the nest cool and comfortable for its nestling. Carajรกs, Parรก

59


60


61


62


63


64


65


Em florestas alagadas, os igarapés formam os caminhos que levam aos ninhos. Nesse ambiente, as canoas são o único meio de transporte viável. Manacapuru, Amazonas l In flooded forests, the “igarapés” lead to the nests. In this environment, canoes are the only possible means of transportation. Manacapuru, Amazonas

66


67


O biólogo Benjamim da Luz analisa o primeiro ninho de harpia encontrado na Bahia. RPPN Estação Veracel, Porto Seguro l The biologist Benjamim da Luz analyzes the first harpy nest found in Bahia. Private Nature Reserve Estação Veracel, Porto Seguro

68


69


70


Parte de floresta de terra firme queimada em Parintins, Amazonas. Um dos maiores desafios dos pesquisadores Ê conseguir coletar dados sobre o habitat das harpias mais rapidamente do que a derrubada das matas l Part of a forest land burned in Parintins, Amazonas. Collecting data on the harpy’s habitat before the deforesting is one of the major challenges of researchers

71


Sob o olhar interessado da criança ribeirinha, a pesquisadora Tânia Sanaiotti observa um ninho em Parintins, Amazonas l Under the gaze of an interested riverside child Tania Sanaiotti observes a nest in Parintins, Amazonas

72


73


A cauda listrada indica que a presa capturada foi um quati (Nasua nasua). Bonito, Mato Grosso do Sul l The striped tail indicates that the prey captured was a coati (Nasua nasua). Bonito, Mato Grosso do Sul

74


75


Jaílson Santos, do ICMBio, e José Eduardo Mantovani, do INPE, rastreiam as duas harpias que levam radiotransmissores no Parque Nacional do Pau Brasil. Eunápolis, Bahia l Jaílson Santos from ICMBio and José Eduardo Mantovani from INPE track the two harpies which carry radio transmitters in the Pau Brazil National Park. Eunápolis, Bahia

76


O pesquisador Alexander Blanco maneja um filhote que, em solo, terรก suas medidas e amostras coletadas e receberรก um radiotransmissor. Reserva Florestal de Imataca, Venezuela l The researcher Alexander Blanco manipulating a nestling which will be measured, have samples collected, and have a radio transmitter implanted while landed on the ground. Imataca Forest Reserve, Venezuela

77


Ainda sem poder voar, a fêmea de 4 meses depende da caça dos pais para sua alimentação. Imataca, Venezuela l Still unable to fly, the four-month-old female depends on the parents’ hunting for food. Imataca, Venezuela

78


79


Cocar de penas de harpia: força e imponência fazem do gavião real uma criatura mítica, presente no imaginário dos povos indígenas amazônicos l Harpy feather Indian cockade: strength and grandeur make the harpy eagle a mythical creature present in the minds of Amazonian indigenous people

80


81


82


Mesmo com plumagem ainda juvenil, este filhote jĂĄ exibe sob as asas o padrĂŁo cinza e branco que identifica a espĂŠcie. Parintins, Amazonas l Still having juvenile plumage, this nestling already shows beneath its wings the standard colors gray and white that identify this species. Parintins, Amazonas

83


Esta harpia, reintroduzida no Parque Nacional do Pau Brasil, atingiu 2,1m de envergadura. A espĂŠcie pode chegar aos 2,2m l This harpy, after being reintroduced to the Pau Brazil National Park, reached a 2,1m (6.8 feet) wingspan. This species can reach 2,2m (7.2 feet)

84


1m

2m

10cm

85


86


Formado por pequenas penas, um disco facial amplia a audição das harpias l A facial disc composed of small feathers amplifies the harpy’s hearing

87


88


Observado por um filhote, o pesquisador procura um ponto de ancoragem para chegar ao ninho em seguranรงa. Parintins, Amazonas l Observed by a nestling, the researcher looks for an anchorage in order to safely reach the nest. Parintins, Amazonas

89


90


Em uma escola às margens do lago do Cururu, a bióloga Tânia Sanaiotti realiza mais uma palestra sobre as harpias. Envolver as populações locais na conservação da espécie é crucial para o sucesso do projeto. Manacapuru, Amazonas l In a school by Cururu Lake biologist Tania Sanaiotti holds one more lecture on the harpy eagle. Involving locals in conservation of species is crucial to the project’s success. Manacapuru, Amazonas

91


92


93


94


95


96


Técnicas de falcoaria são utilizadas para facilitar o manejo da espécie em cativeiro, a ponto de tornar os animais aptos aos procedimentos de inseminação artificial. O objetivo do trabalho desenvolvido na CRAX é a reintrodução em áreas naturais desses filhotes que nascerem. Contagem, Minas Gerais l Falconry techniques are used to help manipulating animals in captivity preparing them for artificial insemination procedures. CRAX’s goal is to reintroduce into nature the nestlings that are born. Contagem, Minas Gerais

97


98

As penas eriçadas da crista, em forma de coroa, são a origem do termo “gavião-real”. Carajás, Pará l The spiky crown-shaped crest feathers inspired the name “gavião-real” (royal eagle). Carajás, Pará


99


100

Uma imagem inédita: o momento da eclosão de um ovo de harpia. CRAX, Contagem, Minas Gerais l A never-seenbefore image: the hatch of a harpy’s egg. CRAX, Contagem, Minas Gerais


101


102


103


104

Fragmentos de penas são coletados para estudo genético da espécie. A ideia é relacionar diferenças e congruências entre populações de harpias da Mata Atlântica e da Amazônia. Museu de Ciências Naturais PUC Minas l In order to relate differences and consistencies between the harpy population in Amazon and in Atlantic rainforest, feather fragments are collected for genetic studies of the species. Museum of Natural Science, PUC Minas


O biólogo Áureo Banhos utiliza amostras coletadas em cativeiro e em ambiente selvagem. O pesquisador também se vale das coleções de museus para obter melhores parâmetros e variedade de indivíduos. Museu de Ciências Naturais PUC Minas l Biologist and researcher Áureo Banhos uses samples collected in captivity and in the wild. Banhos also draws on the museum collections in order to obtain better parameters and variety of individuals. Museum of Natural Sciences, PUC Minas

105


A preguiça (Bradypus variegatus) é uma das principais presas da harpia l The sloth (Bradypus variegatus) is one of the harpy’s main preys

106


O mico-de-cheiro (Saimiri vanzolinii) e outros mamíferos arborícolas também compõem a dieta do gavião-real l Black squirrel monkey (Saimiri vanzolinii) and other arboreal mammals are also part of the harpy’s diet

107


108


Ossos de presas são coletados pelos pesquisadores nos ninhos e no entorno das respectivas árvores. A análise dessas amostras é essencial para identificar as presas das harpias l Bones of eaten preys are collected by researchers in the nests and surrounding the respective trees. The analysis of these samples is essential to identify the harpy’s prey

109


O fragmento de ovo no bico da fêmea confirma que nesse dia nasceu mais um filhote de harpia. Carajás Pará l The fragment of egg in the female’s beak confirms another harpy nestling was born that day. Carajás Pará

110


Ainda frรกgil e desajeitado, o filhote jรก mostra suas garras em seu primeiro dia de vida. CRAX, Contagem, Minas Gerais l Still fragile and clumsy the nestling shows its claws on its first day of life. CRAX, Contagem, Minas Gerais

111


112


Nos momentos mais quentes do dia, a sombra da mãe é a única proteção para o filhote. Carajás, Pará l During the warmest moments of the Day, the mother’s shadow is comfort and protection for the nestling. Carajás, Pará

113


O nome “harpia” remonta à mitologia grega. Designava um ser híbrido: metade mulher, metade águia l The name Harpia harpyja refers to Greek mythology. It designated a hybrid being: half woman, half eagle

114


115


Ao contrário de outros pontos de pesquisa, nos quais o acesso aos ninhos só se faz por meio de trilhas ou rios, as diversas estradas que cruzam a Floresta Nacional de Carajás tornam o trabalho mais dinâmico e produtivo l The various roads in the Carajás National Forest make the work more dynamic and productive, as opposed to what occurs in other research areas where access to nests is only through trails or rivers

116


117


Com um hálux de até 7cm, a garra de uma harpia é maior do que a do urso-marrom americano l With its hallux up to 7cm long (2.75 in.) a harpy’s claw is bigger than that of a brown bear

118


Equipada com um radiotransmissor via satélite, esta harpia foi reintroduzida na natureza após passar 13 anos em cativeiro. Eunápolis, Bahia l This harpy transmitter, was reintroduced into nature after 13 years in captivity. Eunápolis, Bahia

119


120


121


122


Para aumentar o tempo de observação dos ninhos, a rotina dos pesquisadores começa cedo (p. 118) l In order to increase nest observation time, researchers’ routine begins early

A muralha verde dos vales de Carajás l The green wall of Carajás valleys

123


Aproveitando toda a sua envergadura, uma harpia se projeta do alto de uma castanheira. Carajรกs, Parรก l Benefitting from its wide wingspan the harpy protrudes from the top of a chestnut tree. Carajรกs, Parรก

124


125


126


A luz solar através da cortina de fumaça torna sépia a paisagem em Eldorado dos Carajás, Pará l Sunlight through the haze turns the landscape sepia in Eldorado dos Carajás, Pará

127


128


Típico amanhecer visto da plataforma de observação. Carajás, Pará l Typical dawn seen from the observation deck. Carajás, Pará

129


130


Emergentes na Flona Carajås as castanheiras (Bertholletia Excelsa) apresentam a arquitetura ideal para a construção dos ninhos l The emerging chestnut trees (Bertholletia Excelsa) have the ideal architecture for building nests

131


Populações tradicionais conservam lendas sobre a captura de crianças por harpias, uma das principais razões para o abate dessas aves l Traditional people keep legends alive, such as harpies capturing children; this is one of the main reasons for the killing of these birds

132


133


134


Os primeiros voos dos filhotes costumam acontecer entre os galhos da árvore do próprio ninho. Os machos, por serem mais leves, iniciam essas tentativas aos 5 meses, enquanto as fêmeas podem demorar até 7 meses para começar a sair do ninho. Carajás, Pará l The nestling’s first flight is normally between the branches of the tree where its nest is located. Because they are lighter than the females, males start these attempts when they are 5 months old while females may take up to 7 months to leave the nest. Carajás, Pará

135


Mutualismo: uma abelha colabora com a desobstrução das vias respiratórias da harpia. CRAX l Mutualism: a bee collaborates with the clearing of the harpy’s respiratory system. CRAX, Contagem, Minas Gerais

136


137


Aprendendo a voar e caçar, o filhote treina suas garras carregando a touceira de raízes. Carajás, Pará l Learning to fly and hunt the nestling exercises its claws carrying clump of roots. Carajás, Pará

138


139


140


141


142


De uma plataforma construída a 35m do solo, o fotógrafo João Marcos Rosa registra o cotidiano de um ninho. Carajás, Pará. (FOTO: Marcus Canuto / SOS Falconiformes) l From a 131.2 feet tall platform the photographer João Marcos Rosa records life in a nest. Carajás, Pará. (Photo: Marcus Canuto / SOS Falconiformes)

143


144


145


146

Profile for Nitro Imagens

Harpia  

Livro do fotógrafo João Marcos Rosa documentando a vida e hábitos de uma das mais poderosas aves de rapina do mundo: a harpia.

Harpia  

Livro do fotógrafo João Marcos Rosa documentando a vida e hábitos de uma das mais poderosas aves de rapina do mundo: a harpia.

Advertisement