Page 1

Essa é a primeira edição da Série Literária Guerreiros Visionários. Quem é o culpado por nascerem em nosso meio pessoas com problemas físicos e espirituais? Deus ou o homem? Nesta série podemos entender que Deus tem grandes propósitos para a vida de cada um de nós, mesmo se formos defeituosos em nosso físico. Cabe a nós obedecermos a voz de Deus que todo dia nos chama! A história dos Guerreiros Visionários é muito reveladora e mostra claramente como é que Deus escolhe uma pessoa para ser uma grande vencedora. Na trama temos diversos homens e mulheres que nasceram com alguns problemas físicos e outros até graves demais e foram vistos pela sociedade como verdadeiras aberrações e desprezadas pelos homens malvados. Porém, Deus nunca os desprezou, pois queria usar aqueles que são fracos aos olhos do homem para mostrar a força de seu poder! Mostra também o ódio do homem pelas criações de Deus e muito mais. Ótima leitura a todos! Creio que este livro e esta série vai abrir os olhos de muitas pessoas. Sejam abençoados!


EPISÓDIO 1 – O PODER DA CRIAÇÃO

Num passado bem distante a terra estava em densas trevas, pois as pessoas não reconheciam a luz de Deus. O Espírito de Deus passeava em volta das trevas, porém ninguém O convidava para entrar. O homem não estava mais respeitando as criações de Deus, ele com sua astúcia aprisionava boa parte dos seres viventes para extingui-los do planeta. Em uma terra bem distante dali nascem crianças com alterações genéticas, onde possuíam características de animais. Seus pais sabendo disso escondem seus filhos em diversos lugares tais como campinas, desertos, florestas, topo de árvores, perto de oceanos. Os pais cuidam dos seus filhos até que guerreiros ímpios executam eles. Os filhos já crescidos fogem como podem. Foram excluídos da humanidade e visto como aberrações.

Cada criança abominada pela sociedade aprende técnicas de luta e começam a perceber suas habilidades especiais. Se tornam adolescentes e iniciam a busca pela sua razão de vida que até então não se achara. Gigama era uma adolescente que vivia na água, sua pele era bem dura e escamar. Não tinha muita velocidade em razão da concha que nascera em suas costas. Seu corpo era muito úmido por causa da corrente de água que fluía em conjunto com sua pele. A guerreira contempla um pergaminho boiando no mar e logo toma posse. Ela abre e contempla algo poderoso pairando por sobre as águas, era o Espírito de Deus. Gigama não sabia o que era, mas queria conhecer. O Espírito diz: O homem não te perdoa, mas Eu te perdoo e aceito. Gigama se prostra diante a Ele.


Enquanto isso no deserto, Cuirasson, um adolescente vaga procurando conhecer a verdadeira razão de sua vida. Ele era diferente em razão de uma carapaça cheia de escamas nas suas costas que o protegia de ataques inimigos. Sua pele era dura e grossa com pequenos espinhos. O guerreiro avista algo extraordinário se movendo por sobre o deserto, era o Espírito de Luz. Deus diz ao guerreiro: Eu sou o mesmo, no passado, no presente e no futuro. Cuirasson não estava acreditando naquela voz sobrenatural. O Espírito diz: Eu sei que o homem te desprezou e te abandonou, mas Eu não desisti de você. Imediatamente o jovem se prostrou. Ele declara: Não importa o meu passado. Façate a tua vontade.

Na floresta havia uma adolescente que se chamava Gigave. Ela possuía potentes pés em forma de patas fazendo-a ser bem rápida para atacar seus adversários. Em suas costas existiam pequenas asas que serviam para ajudar seu equilíbrio. Gigave corre em direção da árvore em treinamento e tropeça se machucando no chão. Ela chora e fica se perguntando o porquê de tanto sofrimento. Neste momento uma mão iluminada brilha a sua frente e diz: Levante desse chão! Deus diz a ela: Seu passado por mim foi esquecido, o seu futuro está em minhas mãos, Eu nunca desisti de você. Gigave se rendeu e adorou a Deus sorrindo de alegria. Ela diz: Finalmente encontrei meu propósito de vida.

Nesta mesma floresta, em uma árvore vivia Oison, um adolescente muito inteligente. O jovem possuía nadadeiras com estilo de peixes-voadores que o ajudava a planar em até 100 metros de altura. Ele pode voar rápido e permanecer imóvel no ar, gostava de meditar pendurado em árvores. Em sonho uma voz diz: Até quando viverás nesta prisão? Eu já te perdoei, agora faça a sua parte. Cumpra a minha missão. Reúna-se com os meus escolhidos e lute para trazer a liberdade aos que se encontram presos pelos ímpios homens. Ele acorda atemorizado. Ele diz para si mesmo: O futuro não perdoa prisioneiros do passado. Com isso todos avançam rumo as cidades onde permanecia em cárceres muitos filhos de Deus e seres viventes.

EPISÓDIO 2 – INIMIGOS POR TODOS OS LADOS E O PODER DOS GUERREIROS


Todos os guerreiros escolhidos por Deus chegam nas cidades e com a direção do Espírito de Deus procuram os lugares onde estavam os animais presos juntos com os filhos de Deus. Cuirasson usa o seu sensor terrestre tentando encontrar movimentos dos inimigos, até que ele percebe um local com muita aglomeração de pessoas. Ele avança rumo ao local. Enquanto Cuirasson vasculha o ambiente, os outros guerreiros buscam por outros esconderijos. Cuirasson encontra a prisão embaixo da arquibancada, quando aparecem dois guerreiros guardiões. E Cuirasson e os dois guerreiros começam a conversar:

-Cuirasson pergunta: Quais são os seus objetivos? -Eles respondem: Apenas fazer todas as criações de Deus sofrerem. -Cuirasson diz: Eu não vou permitir! -Os dois guerreiros inimigos respondem: Não sabe o risco que está correndo, garoto! -Cuirasson revoltado diz: Venham todos!

Com isso, nove guerreiros inimigos avançam com suas armas cortantes e Cuirasson os enfrentam com sua presa e defende-se com a sua carapaça. Ele é golpeado e lançado na parede, mas a carapaça amortece o impacto. Cuirasson dispara seus espinhos não obtendo êxito. Os nove guerreiros cúmplices avançam e a carapaça espinhosa protege Cuirasson, um inimigo é rápido e atinge o seu peito com sua arma ferindo-o gravemente. Revoltado, Cuirasson usa sua presa bem treinada do deserto e fere rapidamente quatro inimigos de uma vez só. Todos ficaram impressionados com tamanha velocidade. Os outros restantes avançam e arremessa o guerreiro visionário longe. Praticamente ele fica sem forças para lutar. Os que restaram avançam para matar Cuirasson, mas ele fere a todos com a sua carapaça de espinho. Ele não consegue mais se levantar por causa dos seus ferimentos. Os dois guerreiros descem ao local da luta para aniquilar o guerreiro visionário. Será o seu fim?

Gigama e os outros guerreiros chegam ao local onde estariam escondidos os inimigos, uma floresta enorme. Eles decidem se separar pela floresta para encontrar os prisioneiros inocentes. Gigama caminha pelas trilhas da floresta e sem perceber é presa em teias de aranha bem resistentes no chão. Com isso aparecem também dois guerreiros líderes e seus cúmplices. Queriam estilhaçar a guerreira por ordens de seu chefe por ela ser muito forte e bem treinada. E eles começam a dialogar com a guerreira visionária:


-Gigama diz: Peço a vocês que devolvam os animais e soltem os prisioneiros. Não quero lutar com vocês. -Eles respondem: Como assim não quer lutar? -Gigama exclama: Seus ataques não farão nenhum efeito em mim. Se vocês querem lutar mesmo assim, que venham! -Os dois respondem: Ataquem-na!

Os nove inimigos golpeiam Gigama que é solta da teia, todavia não sofrera nenhum dano, estava revestida de sua armadura de água. Eles avançam rumo a ela e a água de seu casco começa a sair protegendo-a. Todos atacam-na por todos os lados, mas a defesa não se quebrava de modo algum. Gigama usa uma forte corrente de água carregando todos eles, os líderes Rana e Nata sobem numa árvore. Com isso, Gigama aprisiona os nove inimigos na água derramada na floresta. Os líderes inimigos ficaram impressionados com tamanha força. Os dois se preparam para lutar. Rana utiliza sua teia especial para aprisioná-la, contudo a água não permitia. Nata utiliza sua técnica de 5 golpes de punho focalizado arremessando a guerreira longe. Ela se levanta e diz: Suas técnicas nunca me afetarão. Rana revoltado diz: Vamos ver!

Eles avançam em direção a ela, porém Rana tem os seus pés presos na água. Nata salta e escapa da armadilha. Gigama usa sua água para tentar aprisionar Nata, porém ele resiste com seu punho e golpeia Gigama novamente que perde a sua defesa. Rana escapa. Gigama prepara uma nova técnica, as águas se formam em duas ondas na direção deles, porém eles escapam do seu ataque velozmente. A guerreira começa a ficar sem energia. Rana avança para atacá-la, porém a água o arremessa fortemente numa árvore.

-Nata exclama: Impossível! Como conseguiu atacar sem energia? -Gigama se levanta e diz: É a fé, nosso poder especial. Eu estou com Deus, agora sou realmente forte! -Nata diz: Não vou permitir que solte os prisioneiros! -Gigama exclama: Eu vim aqui para acabar com as suas perversidades! Arte Guerreira – Técnica Fusão de Água!


Nata tenta escapar deste poderoso ataque, porém a água o engole afogando-o no chão. Gigama finalmente derrota e impressiona a todos os prisioneiros que estavam ali.

Enquanto isso em outro lugar, Gigave chega rapidamente no centro da floresta e encontra um guerreiro inimigo que carregava dentro de um barril, uma pessoa e um animal. De repente uma bomba explode perto da guerreira e ela vai parar longe, se ferindo. Ela se levanta. Então os cinco cúmplices guerreiros aparecem e junto com eles, seu líder chamado Kill. Gigave tenta convencer ele a soltar, porém ele não aceita nenhum argumento. Gigave parte para o combate e avança com sua velocidade e os cinco guerreiros lançam armas explosivas atingindo Gigave. Ela não desiste de lutar e aumenta a sua velocidade derrotando três deles, porém em suas costas explode uma bomba ferindo-a gravemente. Kill aprisiona a guerreira em outro barril.

Oison, outro guerreiro visionário dispara em direção ao seu inimigo que estava escondido entre as árvores, quando é golpeado pelas costas. Oison perguntava pelos prisioneiros e o inimigo responde que nada sabia. Apenas sabia que estavam espalhados pela floresta. Pamo, o guerreiro inimigo avança com o seu punho e continua a golpear Oison. Sem opções o guerreiro visionário utiliza sua incrível velocidade para combate, porém não era o suficiente. Pamo o fere com seus punhos e o arremessa fortemente no solo. O inimigo conhecia bem a floresta e por isso conseguiu discernir os ataques de Oison. O guerreiro visionário não consegue se levantar, pois partes de seu corpo estavam quebradas. Ele pergunta sobre os seus companheiros, porém não responde o seu adversário. Os quatro guerreiros visionários enfrentam grandes desafios e uns até correm risco de vida.

Dentro da floresta havia um templo onde era ensinado a Palavra de Deus, porém era muito bem escondido para que os inimigos não a pudessem destruir. O líder espiritual sai do templo e pede aos seus discípulos para vigiar o templo. Em seguida, ele avança para a densa floresta, era conhecido como “Guerreiro da Luz”. Ele sentiu o toque de Deus, entendendo que alguns escolhidos estariam em perigo, com isso ele os buscava encontrar para salvá-los. Gigama abre o pergaminho sagrado que carregava no seu casco. Estava escrito: Haja luz e houve luz. Ela não sabia como usar, pois era nova na fé. O pergaminho brilha fortemente e as trevas são dissipadas do lugar. Com isso as prisões são abertas e alguns servos de Deus são livres junto com seus animais. Gigave e Oison são capturados pelo inimigo e Cuirasson corre risco de vida. O Guerreiro da Luz se aproxima. O que ele fará?


EPISÓDIO 3 – CONECTANDO A FÉ, A LUZ DE DEUS RESPLANDECE

O pergaminho sagrado é aberto e uma forte luz começa a brilhar através dele. Gigama era novata na fé, porém já sabia como orar. Ela fechou seus olhos e pediu direção a Deus. Depois meditou bem naquele pergaminho e clamou a Deus por luz naquele lugar. Em outro lugar da floresta, Gigave e Oison são levados em cativeiro pelos inimigos, pois não conseguiram derrotá-los. O Guerreiro da Luz avança apressadamente a fim de salvar Cuirasson que estava ferido e correndo risco de vida. As pessoas que estavam aprisionadas se reúnem em oração pedindo uma resposta, uma ajuda de Deus. Gigama se conecta mais em Deus e diz: Quando nossa mente se conecta a Deus, a sua luz brilha em nosso interior.

Enquanto isso, Zober e Prestio os dois líderes inimigos correm na direção de Cuirasson para matálo, porém o Guerreiro da Luz chega ao seu encontro e defende-o. E assim eles começam a dialogar:

-Guerreiro da Luz diz: Pensaram mesmo que prevaleceriam contra os ungidos de Deus? -Zober responde: Nós não deixaremos essas pessoas presas escaparem! -Guerreiro da Luz diz: O que essas pessoas fizeram de errado? Vocês nos odeiam por que vivemos na Justiça? -Prestio responde: Vivemos na injustiça. Odiamos a Luz! -Guerreiro da Luz pergunta para Cuirasson: Garoto, você sofreu grandes cortes. Vou te proteger, procure não se esforçar muito. Não vou abandonar meus companheiros de fé!

A euforia tomou conta dos inimigos e eles partem para atacar o Guerreiro da Luz, mas o seu escudo de fé o defendia todos os ataques. Assim começam a travar uma grande luta. Zober com sua presa tenta feri-lo, porém o grande escudo de fé o defendia perfeitamente. Cuirasson sofreu graves cortes e com isso mal conseguia se erguer do chão. O Guerreiro da Luz conseguia acompanhar cada golpe inimigo, ele era muito inteligente. Ele usa a sua espada de luz e arremessa os dois inimigos contra a parede. Prestio usa seu punho para absorver a energia do guerreiro, mas ele se desvia rapidamente


sempre protegendo Cuirasson. O guerreiro ungido toma a sua espada e com sua forte luz atinge os dois líderes inimigos. Eles se surpreendem com tamanho poder. Eles lançam armas sem efeito algum contra o escudo dele. Sem muitas opções, o Guerreiro da Luz usa sua técnica de Mil Cortes da Espada da Luz atingindo fortemente os inimigos. Porém, a energia não foi o suficiente para derrotar Zober que se manteve de pé. O inimigo arremessa algumas armas cortantes pequenas na direção de Cuirasson, mas o Guerreiro da luz entra na frente tomando dano em seu lugar. Ele não resiste e cai. Será este o fim deles? Zober anda em sua direção.

Gigama se prepara e põe sua mão direita no pergaminho e invoca ao SENHOR que imediatamente desce com poderosa luz em todas as partes da floresta e ao redor dissipando todas as trevas e todo mal que ali estava. Todas as prisões são abertas e as pessoas junto com seus animais livres da escuridão. Gigave e Oison inconscientes são levados por inimigos que saem da floresta e somem do lugar. Gigama se prostra diante a tanto poder gerado pelo Deus de toda a terra. A luz que as pessoas tanto pediram desceu salvando a todos. Esta grandiosa luz chega ao ambiente onde o Guerreiro da Luz estava ferido e o lugar é totalmente iluminado. Zober é lançado no chão e as pessoas dali são soltas.

Um tigre branco sai de dentro da prisão e corre na direção de Zober e o agarra prendendo ele no chão. O inimigo golpeia a fera e ele a larga. O companheiro e treinador do tigre monitora todos os movimentos do animal. O tigre salta muito alto e agarra o pescoço de Zober arranhando-o com suas fortes garras. Zober o arremessa na parede. O animal ruge e avança e com suas garras ferindo gravemente o guerreiro inimigo que se choca na parede e morre. Graças a fé de Gigama todas as pessoas que estavam presas foram libertas. Todos os inimigos foram derrotados e outros fugiram da floresta. As trevas jamais prevalecem sobre a luz diz o grande Guerreiro da Luz.

Todas as prisões foram abertas em razão do impacto criado pelo Espírito de Deus. Gigama provou que a conexão com Deus produz a poderosa luz que liberta e transforma. Infelizmente, Gigave e Oison são levados por inimigos. O que será que eles querem deles? Cuirasson sofre com seus ferimentos, mas é levado as pressas para o seu habitat no deserto para ser tratado. Gigama entrega o pergaminho da luz nas mãos do guerreiro ungido e ele muito agradece a ela. Todos voltam para o seu lar natural e começam novos treinamentos, pois mais inimigos poderiam encontrar. Será que o guerreiro da luz os ajudará?


Episódio 4 – O treinamento de Gigama

No templo escondido da floresta onde habitava o Guerreiro da Luz estava ocorrendo uma reunião. Diversos discípulos do guerreiro ungido ali estavam e o Líder programou-os para treinar o seu povo. O primeiro guerreiro a ser selecionado era Vergil, conhecido como guerreiro da água, ele foi escolhido para treinar Gigama. Todos os guerreiros reunidos receberam os pergaminhos sagrados e outros diferentes para ensino de técnicas. Com isso todos são liberados, Vergil se movimenta rumo à cidade onde habitava Gigama. Depois de uma incansável caminhada pelos gigantes mares, ele finalmente encontra a guerreira Gigama que estava treinando na água. Gigama pergunta a ele: Quem é você e o que você está fazendo em minha aldeia? O guerreiro responde: Eu sou Vergil, o Guerreiro da água, eu vim aqui a pedido de seu Líder espiritual, sou seu novo treinador.

-Gigama pergunta: Por que eu tenho que ser treinada? -Vergil responde: Bom, você é a Guerreira escolhida para este estilo de treinamento. -Gigama indaga: Como assim?!? -Vergil diz: Você é muito especial para Deus. Ele quer te usar muito a favor de seu povo.

Depois de concordar, a guerreira começa o seu treinamento sendo orientada por Vergil. Primeiro com o seu esforço e empenho ela mostrou para ele a enorme quantidade de energia que possuía. Ele ficou impressionado com aqueles movimentos. Em seguida, Vergil a ensina como deve ser o treinamento. O guerreiro explicou sobre o firmamento que estava sob o mar e que ela deveria se concentrar com fé para separar as águas entre as águas do oceano. Ela boquiaberta diz: Mas, isso é impossível! Ele repreende e diz: Nada é impossível! Apenas foque-se em seu treino! Gigama com sua enorme energia não consegue de primeira separar a água. Ela tenta mais duas vezes e nada acontece. Então, ela pensa em alguma estratégia e usa sua nova técnica chamada Impacto Aquático causando fortes tremores de água e em seguida tenta dividir as águas. Mesmo assim não consegue. Vergil se impressiona com o tamanho de sua força e anima-a.

Vergil decide pausar o treino para descansar e tomar água fresca. Então, eles foram para um lago ali perto. Sem perceber esbarram numa espécie de serpente enorme que estava no oceano, despertando a sua fúria. Não tinha como fugir dali e sem muitas opções, Gigama enfrenta a criatura. Vergil também ajuda no combate. Com a sua enorme quantidade de água, Gigama desfere ataques na


criatura, mas a água não faz efeito algum, a criatura com sua cauda arremessa Gigama para trás. Vergil usa seus punhos de água, todavia a serpente morde o seu braço e o lança no mar. Gigama continua a usar seus golpes com a água, mas nada disso afeta a serpente, pois ela estava protegida por água. Vergil persiste com seus golpes, a serpente chamada Seadra atinge-o com sua enorme cauda. Gigama prepara seu próximo ataque e usa sua mais forte técnica causando um forte impacto no lago, mesmo assim a criatura fica sem danos. Com sua cauda a serpente tenta ferir Gigama, porém Vergil salta e salva ela do ataque. O guerreiro da água arremessa sua enorme esfera de água e nenhum efeito sofre o monstro. Gigama estava um pouco cansada em razão do treinamento, Vergil diz: Eu sou responsável pela sua vida! Eu vou derrotá-lo. O guerreiro avança com seus punhos de água e acerta criticamente o pescoço da criatura e ela o morde levando para o fundo do mar. Vergil consegue escapar e sobe rapidamente a superfície, e a fera o persegue. Os dois saem do fundo, Gigama aproveita a oportunidade e usa seu soco combinado com a água e derruba o animal que não resiste. A serpente é desfeita em água diante aos olhos deles, impressionantemente.

Depois de derrotar a criatura marinha com seu forte soco de água, Gigama avista um guerreiro flutuando na água. Vergil rapidamente toma aquele guerreiro ferido e o leva para uma caverna ali perto para cuidar dele. O nome dele era Taitiko. Ele acorda e começa a voltar a sua consciência. Gigama pergunta o que acontecera com ele. O menino então explica a sua história. A sua família tinha sido atacada por uma serpente enorme que fora invocada por inimigos da região. A família foi totalmente exterminada, sendo que ele sobrevivera pela sua capacidade de nadar. Seu corpo tinha pequenas escamas e possuía fortes barbatanas para facilitar seu mergulho e nado mais rapidamente. Ele fugiu de sua região destruída pela criatura, nadou tanto que se cansou no meio do oceano. Neste meio tempo ele havia orado a Deus pedindo uma última chance e Ele respondeu fazendo um grande milagre acontecer, eles encontraram e salvaram o menino a tempo. Ele agradeceu muito a eles.

Taitiko decide treinar com Gigama e também em morar em sua aldeia. Ela concorda e eles voltam para o seu treinamento. Vergil ensina a Taitiko a base de como separar as águas entre as águas. Taitiko tenta pela primeira vez e quase consegue. Gigama mais uma vez tenta e nada acontece e começa a esmorecer. O novo guerreiro Taitiko usa sua barbatana especial e lentamente consegue separar as águas do oceano com muita perfeição. Vergil e Gigama se surpreendem com o talento e fé do menino. Gigama pergunta ao seu treinador: Por que tenho que aprender a usar a separação de águas? Ele responde: O Guerreiro da Luz me falou que uma grande revolução está chegando e esta técnica nos ajudará muito. Gigama, a sua missão é proteger o nosso povo, as suas habilidades são muito úteis. Entende agora a importância? Gigama sorridente diz: Entendi! Com isso ela continua a treinar duro para conseguir aprimorar bem as técnicas do guerreiro da água. Será que ela conseguirá da próxima vez?


EPISÓDIO 5 – O TREINAMENTO CONTINUA – AS GRANDES DISPUTAS

Gigama continua treinando duro na aldeia da água a Técnica de separação de água. Enquanto isso, no templo onde habitava o líder espiritual, outro guerreiro é convocado para treinar Cuirasson que vivia no deserto. O seu nome era Nubian. O Guerreiro da Luz diz a ele: Cuirasson terá que mostrar a sua força e resistência. Quero que você o prepare bem o ensinando as técnicas descritas neste pergaminho. Em seguida, Nubian, conhecido como “Guerreiro da terra”, recebe pergaminhos sagrados. Com isso, ele dispara rumo ao deserto procurar por Cuirasson e treiná-lo. Nubian deveria engalfinhar com Cuirasson, ou seja, brigar para ver como é a sua força. O Guerreiro da terra chega ao deserto sorrateiramente. Ele não queria brigar com Cuirasson, por isso ele invocou um de seus animais da terra bem treinado chamado “monocro”, uma espécie de rinoceronte bem divertido.

Ali bem perto numa floresta chamada “Armada” dois adolescentes irmãos disputam uma luta para ver quem era o melhor. Um se chamava Bear e outro Saru. Eles eram uma ameaça para aquela região, pois os seus temperamentos eram destrutivos para a aldeia. Eles carregavam em seu corpo alterações ursídeas, isto é, eles possuíam a força de um urso. Tinham essas características porque seu pai escolheu um mal caminho para eles. Antigamente, nesta floresta havia dois ursos famintos que destruíam tudo que viam pela frente. O pai deles decidiu matar os ursos que estavam alterados. Sem chances de derrotá-los, ele preferiu unir eles a seus dois filhos com uma técnica de medicina. Os animais foram adormecidos e ele separou seus DNAs transferindo-os e juntando a seus filhos. O pai de Bear e Saru morre e eles crescem sendo amaldiçoados pela aldeia. Eles não sabiam que tinham essa deficiência genética. Bear e Saru começam a luta! Por mais que Saru tentasse várias vezes vencer o irmão nunca conseguia. Bear derrota Saru.

No deserto, Cuirasson estava descansando, quando o monocro invocado pelo Nubian avança na direção dele. O guerreiro agarra o chifre desse rinoceronte e o arremessa longe. A criatura se levanta. E assim começa a disputa entre Cuirasson e monocro. Cuirasson usa seus golpes de punho, porém o animal tinha uma pele bem dura. O rinoceronte arremessa o guerreiro longe. Monocro avança na direção dele com seu chifre, Cuirasson agarra seu chifre e o arremessa forte no solo. A criatura não sofre nenhum ferimento. O animal pisa no solo causando impactos e dispara na direção de Cuirasson que revida com seu punho. Em seguida o guerreiro prepara sua técnica de mudança de pele, com isso espinhos enormes revestem sua pele tornando-a mais dura. Cuirasson com seu punho cheio de espinho começa a ferir a criatura que revida com seu corpo. O monocro salta sobre o guerreiro, mas ele se protege com sua carapaça de espinhos. O animal com sua força quebra boa


parte da defesa dele. Cuirasson continua a lutar. Apenas ataques físicos diretamente na pele do animal não estavam dando certo e assim procurava um ponto fraco. Os movimentos no animal aumentavam cada vez mais. Monocro dispara na direção de Cuirasson, o animal salta com força total para prensar ele no chão com o seu corpo, mas astutamente Cuirasson usa sua carapaça protetora ferindo-o e levantando-o. Na oportunidade por baixo do animal, ele dá um forte golpe de punho espinhoso derrubando a criatura. Quase sem energia, Cuirasson vence a disputa. Neste momento, monocro desaparece e Nubian aparece rapidamente. E assim começam a conversar:

-Cuirasson pergunta: Quem é você? -O Guerreiro da terra responde: Meu nome é Nubian. -Cuirasson diz: O que está fazendo aqui neste deserto? -Nubian diz: Eu vim aqui para te treinar. Fui enviado pelo Guerreiro da Luz, nosso Líder espiritual. -Cuirasson continua a perguntar: Foi você que invocou aquele rinoceronte? -Nubian responde: Sim. Gostei muito de suas técnicas e de sua força. -Cuirasson gargalhando diz: Nada fácil derrotá-lo foi uma disputa difícil, mas consegui sobreviver. -Nubian diz: Pelos seus movimentos consegui ver a sua grande capacidade como Guerreiro Visionário.

No oceano, Gigama persevera em seu treinamento junto a Vergil, seu treinador e seu novo amigo Taitiko. Não estava sendo nada fácil para ela, pois seu organismo começara a ficar esgotado. Gigama olha para Taitiko e o desafia para uma disputa. Taitiko não entendia qual era o motivo. Vergil aprova a luta e explica para o guerreiro que essa era uma das formas de Gigama aprender a técnica. O treinador diz: Talvez, ela não consiga aprender sozinha, mas lutando contigo, com certeza descobrirá uma maneira de aprender esta técnica. Taitiko concorda e diz: Tudo bem, vamos lutar. Eu não vou facilitar as coisas para você. Gigama se prepara para a disputa. No ar uma ave enorme de rapina sobrevoa o oceano e junto com esta ave bem treinada, tinha o guerreiro chamado Grino, ele enxergava de longe os seus oponentes. Ele e sua ave foram enviados para observar os movimentos da guerreira Gigama. O que será que ele estava tramando? Será que Grino queria atacar a guerreira?


Nubian entrega nas mãos de Cuirasson um pergaminho sagrado. Como treinador de Cuirasson, Nubian, o Guerreiro da terra ensina ele como usar a Técnica Porção Seca, com ela Cuirasson poderá suportar as fraquezas contra a água. Deus determinou que houvesse uma porção seca junto às águas debaixo do céu. Se Cuirasson não souber dominar esta técnica morreria diante aos inimigos que vivem e usam golpes com água. Saru e Bear decidem se separar, Saru vai para as aldeias do deserto e Bear vai para as cidades dominadas por adversários do povo de Deus. Cuirasson começa o seu treinamento, Gigama e Taitiko disputam em uma batalha, os irmãos Saru e Bear se dividem. O que acontecerá com todos eles?

EPISÓDIO 6 – A LUTA MAIS DIFÍCIL DE GIGAMA

A grande batalha está para começar, Gigama se prepara para enfrentar o veloz Taitiko. No deserto, Cuirasson inicia seu treinamento. Deveria com sua força e energia secar o solo mais ainda, assim ele conseguiria resistência contra a água. Ele tenta pela primeira vez e quase consegue dominar. Gastou muita energia, Cuirasson tenta mais uma vez e o seu rendimento físico cai. Nubian diz: Quer descansar? Ele responde firmemente: Sem chances! Eu vou continuar! Ali bem perto deles, surge um guerreiro chamado Nedel, ele se esconde na areia, foi enviado para observar o treinamento de Cuirasson e seus movimentos. Agora Gigama e Cuirasson estão sendo espionados. O que será que esses guerreiros estrangeiros queriam fazer? Cuirasson continua treinando seus movimentos. Uma vez ele aprendendo esta técnica poderia facilmente se juntar a guerreira Gigama em pleno oceano em equipe.

A batalha no oceano começa. Gigama ativa sua enorme quantidade de água reserva que revestia por completo o seu corpo. Taitiko avança e usa seus golpes de punho, porém a água defendia a guerreira. Taitiko aumenta sua velocidade e começa a quebrar a defesa automática de Gigama. Ele nada rápido, aparece na frente de Gigama e com seu punho a atinge surpreendendo o seu treinador Vergil. Gigama utiliza sua técnica de impacto na água, não fazendo efeito algum no guerreiro. Taitiko prepara seu ataque e usa sua técnica de rede aquática prendendo Gigama como se fosse um peixe. Sem saída, Taitiko aproveita para golpear a guerreira arremessando ela no ar. Neste momento mesmo presa a rede, Gigama ao alto começa a preparar a sua técnica. Com fé, Gigama usa a Técnica Separação de Água, rasgando as redes e dividindo diversas partes do oceano que atingem Taitiko com força. Ela impressiona o guerreiro e o líder Vergil aplaude a visionária. Finalmente ela conseguiu dominar a difícil técnica.


Enquanto isso, Cuirasson enfrenta a dificuldade de aprender a técnica proposta por Nubian. Porém, o guerreiro visionário do deserto fica sem energia. Com isso, o guerreiro misterioso Nedel avança na direção de Cuirasson, porém é barrado rapidamente por Nubian. Nedel era um guerreiro que violou a sua aliança com Deus e com seu povo, não querendo se arrepender se afastou do templo do Senhor. O treinador de Cuirasson então começa a dialogar com este guerreiro inimigo:

Nubian pergunta: Quem é você? O inimigo responde: Sou Nedel, guerreiro estrangeiro, ex-servo do Deus Vivo. Os dois ficam desacreditados diante a aquela situação. Nubian pergunta: Como você está vivendo neste mundo sem a presença de Deus? Ele responde: Uma vida não muito boa. Cuirasson declara: Viver sem o nosso Deus é impossível! Nedel diz: Ficar firme para mim nunca foi fácil. Por isso me afastei. Eu escolhi as facilidades. Nubian diz: Cada pessoa faz o que quiser de sua vida, mas a sua escolha determinará o seu destino. Ainda há tempo de se arrepender! Nedel diz: Quem me impedirá de destruí-los?

Com isso Nedel avança na direção de Cuirasson, porém Nubian o enfrenta. Com sua espada especial Nubian consegue acertar o inimigo. Porém, Nedel dispara várias agulhas que saiam de sua boca para tentá-lo ferir, algumas o atingem, porém outras não. Algumas tinham veneno e dessa vez ele não foi atingido com veneno. Nubian avança com sua espada e golpeia o inimigo. Nedel novamente dispara diversas agulhas que acertam em cheio no guerreiro da terra. Ele começa a perder as suas forças devido ao veneno de algumas agulhas. Cuirasson tentava ajudá-lo, porém seu treinador queria continuar a luta. Nubian mesmo sem forças corre na direção de Nedel e perfura o seu peito com sua espada. Nubian arranca a espada e Nedel morre. O guerreiro da terra diz para Cuirasson se esforçar e aprender aquela técnica e que foi uma enorme honra treinar um guerreiro visionário. Em seguida, ele não resiste ao veneno em seu corpo e morre.


Gigama e Taitiko continuam a se enfrentar. Taitiko sem tempo a perder procura quebrar a forte quantidade de água que cercava Gigama. Ele mergulha na água e por baixo de Gigama aparece e a golpeia lançando-a longe. Gigama se levanta e começa a preparar uma técnica, porém estava sem nenhuma energia. Taitiko aproveita e usa mais uma vez sua técnica de rede aquática capturando-a de novo. Ele aproveita e atinge ela com seus punhos de água. Gigama novamente aplica sua técnica de separação de água e novamente as redes são rasgadas. A guerreira começa a ficar esgotada. A luta parece chegar ao fim. Taitiko desaparece na água e atinge velozmente a guerreira com seus ataques físicos. Gigama usa seu impacto na água, ele salta e avança em sua direção e com um forte golpe a lança para longe. Taitiko corre para derrotar Gigama, porém ela usa seus últimos ataques e o corpo dele é aprisionado na água. Com sua especialidade em nado, ele escapa e mergulha. Sem saber o que fazer Gigama fica confusa. Taitiko aparece velozmente na sua frente e dá um golpe focalizado arremessando-a para trás. Para não se ferir muito, Vergil segura-a, com isso não houve danos críticos nela.

Grino, o guerreiro que sobrevoava o local onde batalhavam, fica impactado com tamanha força. O guerreiro estrangeiro desce numa velocidade extraordinária para atacar a guerreira Gigama, porém Taitiko é mais rápido pela água e defende-a. Sem entender a razão do ataque, Vergil começa a conversar contra o guerreiro adversário:

Vergil pergunta: Qual é o seu nome? O adversário responde: Meu nome é Grino, sou um dos ex-servos do Deus que vocês servem. Vergil diz: Se viver com Deus já é difícil como conseguirá sem Ele? Grino responde: Não sou de negar a minha vontade. Taitiko diz: Quem consegue vencer sem a direção de Deus? Grino diz: O dom que recebi veio de Deus. Quem vai tirar o que eu ganhei?

O inimigo resiste tudo o que os servos de Deus diziam. Grino queria lutar e destruir a guerreira Gigama por pura inveja de poder. Taitiko diz ao treinador: Vergil, cuide de Gigama, ela está muito cansada. Eu o enfrento. Grino, infelizmente preferiu enfrentar o povo de Deus. Cuirasson chora no


deserto pela morte de seu treinador Nubian, o que será que ele vai fazer agora? E Taitiko terá chances contra o veloz guerreiro inimigo Grino?

EPISÓDIO 7: A REVOLUÇÃO COMEÇA – O PLANO PARA DESTRUIR O TEMPLO

Taitiko se prepara para combater contra Grino e Cuirasson se levanta do seu pranto pela morte de seu treinador Nubian. Logo em seguida, ele o sepulta ali mesmo no deserto. Com isso, Cuirasson se dirige a floresta onde estava o templo. Vários guerreiros inimigos começam a se infiltrar na gigante floresta procurando pelos líderes espirituais e seus discípulos. O povo de Deus é muito odiado pelos filhos das trevas. O objetivo do inimigo era destruir o templo de Deus escondido na floresta. Taitiko desaparece na água e por trás de Grino lhe dá um golpe que é defendido velozmente pelo inimigo. Grino possuía uma grande habilidade de visão, conseguia enxergar bem mais avançado que o homem natural e tinha extrema velocidade. Taitiko se perguntava como Grino se afastou do povo de Deus mesmo tendo tamanha habilidade. Ele e Grino começam a conversar:

Grino diz: Eu queria crescer, queria mais poder e por isso me afastei de Deus. Taitiko diz: Crescer sem a direção de Deus. Isso é loucura! Grino diz: O dom de Deus era maravilhoso, mas eu decidi algo maior neste mundo. Taitiko diz: Ferir pessoas inocentes? É isso que você quer? Grino diz: Apenas troquei de exército. Vocês servos de Deus atrapalham os nossos planos. Taitiko exclama: Ainda que não aceite mais a Deus por causa da sua cobiça. Eu nunca trocarei o meu Deus por nada neste mundo!

Taitiko avança na direção do inimigo, porém ele prevê seus ataques. Grino arremessa seus zubs que eram pequenos ferros cortantes em formato de letra Z, Taitiko mergulha e rapidamente atinge Grino pelas costas com seu punho. Taitiko se concentra e produz com fé uma enorme quantidade de energia igualando a de Gigama, energia essa que crescia as ondas do oceano, sua técnica era chamada de “Crescimento”. O guerreiro aquático consegue uma velocidade impressionante atingindo alguns golpes em Grino que não conseguia mais prever com a mesma facilidade. Taitiko mergulha e ataca o inimigo que revida com seu punho. A energia de Taitiko cessa e ele se desgasta, Grino avança e tenta golpeá-lo, mas sua pele molhada o protege, mesmo assim o impacto do golpe o leva para longe. Depois, Grino avança na direção dele, mas Taitiko mergulha enganando-o.


Taitiko lança alguma de suas zubs no inimigo ele se desvia de todas, porém zubs de água vem junto e atinge ele em cheio. Mesmo sendo atingido, Grino não se fere. O inimigo revela uma de suas estratégias, a sua técnica Visão Crescida, onde o seu grau de visão aumenta até três vezes a mais, assim como sua velocidade. Grino dispara na direção de Taitiko que inevitavelmente é golpeado várias vezes. Mesmo assim a pele de Taitiko é trocada, pois ela é revestida de pequenas escamas lisas. O guerreiro de Deus se revolta contra aquela situação e se conecta em Deus buscando novamente o seu verdadeiro poder de Crescimento. Taitiko gera uma extraordinária quantidade de energia espiritual e sua verdadeira forma aparece, a sua deficiência com características de peixe. Grino não conseguia entender de onde saia tanta energia. Taitiko mergulha na água e Grino já não conseguia decifrar seus golpes. O guerreiro de Deus dá um forte golpe no inimigo lançando-o longe. Taitiko desaparece na água e por cima tenta dar um forte golpe de punho atingindo a água e acertando o adversário. Grino não consegue derrotá-lo. O inimigo sacrifica uma enorme quantidade de seu sangue na água e invoca do fundo do mar, a serpente Seadra. E foge do local deixando a grande fera dos mares para destruir Taitiko, Gigama e Vergil.

Cuirasson chega à entrada da floresta e sente que algo estranho estava para acontecer. Eram ao todo, cinco inimigos que invadiram a floresta para destruir o templo de Deus. De repente, uma extrema cortina de gás de fumaça é expelida em boa parte da floresta. O Guerreiro da Luz avista o perigo e convoca a todos os seus discípulos e seus companheiros a vigiarem o templo e ficarem atentos a qualquer ataque. Nippo, o chefe inimigo começa a preparar um sacrifício humano. Ele toma cruelmente um de seus cúmplices e o mata em holocausto para os espíritos da natureza. O perverso guerreiro invoca uma enorme espécie de serpente cheia de gramas em seu corpo. O nome da serpente era Nivyu. A criatura começa a destruir a floresta e vai rumo ao templo.

Com tantas ameaças aos Guerreiros Visionários, será que eles sobreviverão a estes graves ataques? A serpente do oceano avança na direção de Taitiko para engoli-lo, ele estava no modo peixe e a serpente na floresta procura destruir o templo. Vergil não conseguia ajudar Gigama em seus ferimentos, preocupando o seu amigo guerreiro. Os guerreiros companheiros do Guerreiro da Luz são: Guerreiro de Deus, Guerreiro do Céu e Guerreiro do Espírito. Os perigos estão crescendo, os guerreiros visionários sendo ameaçados e o templo está para ser destruído. A revolução estava começando, a luz enfrentando as trevas. Nesta luta quem será o vencedor?

EPISÓDIO 8- DESASTRE TOTAL – A DESTRUIÇÃO DO TEMPLO


Os guerreiros visionários estavam sendo atacados e perseguidos por inimigos. No oceano, Taitiko se prepara para enfrentar Seadra, a serpente do oceano. No modo peixe, sua verdadeira forma, Taitiko utiliza a sua força extrema para derrotar a criatura. A serpente avança para engolir o guerreiro, mas ele mergulha, e com um forte golpe de punho nas costas a derruba. Ela se ergue e com sua cauda tenta golpear Taitiko, porém ele segura sua cauda e arremessa de volta. Taitiko agarra a criatura e salta levando-a junto e chocando-a na água. Em seguida, prepara uma enorme quantidade de água e arremessa na serpente. Ela lança água em Taitiko, ele se esquiva e com um forte soco derruba-a. A criatura ainda se mexia e tentava golpeá-lo com a cauda. O guerreiro ungido toma a sua espada e fere o enorme animal do oceano matando-o. O modo peixe de Taitiko é desativado e desesperado tenta ajudar Gigama, sua companheira de equipe.

Agora na floresta, os guerreiros consagrados por Deus se preparam para lutar contra a serpente revestida de folhas. O Guerreiro da Luz decidiu enfrentá-la e ordena que seus companheiros procurem por mais inimigos espalhados pela floresta. Ele utiliza sua espada iluminada para cortar a serpente, ela se esquiva e com sua cauda o arremessa para trás. A criatura dispara folhas cortantes no guerreiro que se defende com seu escudo de fé. O Guerreiro da Luz avança e penetra sua espada na serpente, prendendo-a no chão. Aparentemente estava morta. Todavia ela se move e lança o guerreiro da luz numa árvore. A criatura estava sendo consumida pela luz da espada, o guerreiro salta nela e arranca sua espada. Ele sem perceber estava cheio de folhas em seu corpo que o envenenou. As folhas desta serpente além de cortantes, eram extremamente venenosas.

Frisona, uma serva de Deus chega ao local onde o Guerreiro da Luz estava. Ele diz para ela não se preocupar com os seus ferimentos e ir ajudar os seus companheiros a vencerem os inimigos do povo de Deus. Diversos inimigos começam a invadir a floresta lutando contra os guerreiros que guardavam o templo. Porém, alguns conseguiam entrar por outros setores dele. Frisona chega ao local onde estavam os guerreiros lutando e toma o seu instrumento e usa sua técnica de zumbido atacando a audição de seus oponentes. Com isso, eles fogem do lugar. Ela era uma adoradora de Deus e tinha o dom de emitir sons de diversos timbres e estilos. O Guerreiro da Luz desmaia e fica inconsciente.

Dentro do templo, uma nova serpente é invocada. Ela descontrolada rastejava destruindo tudo que estava na frente. Os guerreiros que enfrentavam os inimigos, encontraram seu líder espiritual já morto, o Guerreiro da Luz estava com seu corpo totalmente envenenado. Ele salva o seu povo da terrível serpente revestida de folhas. O templo começa a se desfigurar, caindo de pedaço em pedaço, a serpente maldita destruía todos os objetos que se encontravam dentro do templo. Taitiko começa a


ajudar Gigama em seus ferimentos, ele usa sua pele para tentar passar energia para ela, tentando reanimá-la. Sua pele continha vitamina que ajudavam na regeneração. Ele fecha seus olhos e se conecta em Deus. Gigama sentia algo em seu corpo, era o próprio poder de Deus dando vigor a ela. Taitiko se levanta e agradece a Deus pela cura de Gigama.

O templo desmorona e desaba com grandes ruínas soterrando os inimigos e a serpente deles. O povo de Deus chora e os guerreiros pranteiam pelos desastres ocorridos. Frisona lamenta a perda do líder espiritual do povo. Gigama estava se sentindo muito bem e com isso abraça Taitiko. Os inimigos são derrotados e o templo é totalmente destruído. Vergil, Taitiko e Gigama voltam para a floresta de onde o guerreiro da água veio. Porém, Taitiko no meio do caminho desmaia esgotado de tanto usar sua energia espiritual e física. Vergil, o guerreiro da água percebe que ele estava com muita febre e que precisava ser levado imediatamente para ser atendido pelos médicos do povo de Deus. O templo foi destruído, o líder do povo de Deus morre e Taitiko está enfermo. O que o povo fará agora? Quem será o novo líder substituto? E Taitiko conseguirá suportar a enfermidade?

EPISÓDIO 9 – A MUDANÇA DO POVO DE DEUS

Depois de viverem grandes desafios e ter passado por tamanhos desastres e destruição, o povo de Deus se reúne com os guerreiros discípulos da Luz. Eles estavam se preparando para se transferirem para outro ambiente. E pediam e clamavam pela direção e agir de Deus. Em seguida, Vergil com Taitiko e Gigama chegam ao local arruinado. Ele estava preocupado com Taitiko que é atendido por Onário, um servo de Deus que sabia muito sobre funções do corpo. Ele analisa a Taitiko. Antes de tudo, pede pelo agir de Deus no seu interior. O guerreiro Taitiko fica inconsciente. O povo se desespera. Uns disseram que era o fim dele. Porém, Onário os repreende dizendo: É no fim onde tudo parece perdido que Deus começa a operar. O poder de Deus vai além de nosso alcance.

Onário analisa as funções vitais de Taitiko e diz para todos: Acalmem-se! Ele está bem, só está repousando, seu corpo está muito esgotado. Gigama recebe a direção de Deus de levar todo o povo para onde habitava. Ela convida todo o povo a morar em sua grande ilha chamada “Canal do Oceano”, pois lá é bem espaçoso e tinha muitos alimentos e suprimentos para todos. Os guerreiros consagrados e os servos de Deus concordam em se mudar para lá. Cuirasson também estava no meio do povo, antes do templo ter sido destruído. Ele diz a todos: O templo destruído não é uma perda, mas o início de nossa grande vitória. Se destruíram o templo, levantaremos outro bem maior para Glória do nosso Deus!


O povo animado pela intrepidez dos guerreiros começa a caminhar junto com todos os guerreiros rumo a cidade de Gigama. A guerreira estava carregando Taitiko num casco gigante bem resistente e revestido de água em suas costas para ajudá-lo em sua recuperação. Os inimigos que fugiram se reúnem em seu esconderijo secreto numa caverna enorme chamada “Caverna do Fim”. Eles preparam um novo plano para dessa vez conseguir executar todos os guerreiros visionários que ainda existiam. Dois deles eram Gigama e Cuirasson. Nippo e seus cúmplices não suportavam os servos de Deus e faziam de tudo para pôr um fim neles. Depois da ajuda de Gigama o povo finalmente chega ao Canal do oceano, a ilha de Gigama.

Todo o povo se muda para o habitat de Gigama. Taitiko se recupera e seu organismo volta a funcionar perfeitamente. Ele abraça a Gigama e agradece bastante a ela por ter ajudado a se recuperar. Gigama estava com uma sensação diferente dentro de si, estava sentindo muito amor pelo guerreiro, porém ele não sabia. Os inimigos do povo de Deus continuavam a praticar maldades executando mais pessoas inocentes e matando mais animais, ou seja, destruindo as criações de Deus. É iniciado na aldeia de Gigama um novo plano de treinamento, onde homens e mulheres aprenderiam a guerrear, pois sabiam que os adversários voltariam novamente. Porém, precisam de bastante armamento de guerra.

Gigama, Taitiko e Cuirasson são enviados para uma cidade perto do deserto, onde Cuirasson treinara. O objetivo deles era adquirir novas armas para o treinamento do povo de Deus. Enquanto os Guerreiros Visionários procuravam por armas, os guerreiros consagrados se reúnem a fim de levantar um novo líder espiritual para dirigir todo o povo. Os guerreiros chegam ao mercado em meio ao deserto. E ali começam a comprar utensílios, armas e equipamentos de batalha. Ficavam admirados pela diversidade do arsenal que ali tinha.

EPISÓDIO 10 – A EXPANSÃO DO POVO DE DEUS E A MORTE DE CUIRASON


Os guerreiros visionários compram diversas armas neste mercado no meio do deserto. Os guerreiros compraram todas as primeiras armas já produzidas para batalhas. O povo de Deus começa a crescer por todas as regiões ao redor do oceano e isso preocupava Nippo, o chefe inimigo que queria aniquilar todos os guerreiros visionários. Os visionários saem do mercado e começam a voltar para a aldeia de Gigama. Cuirasson conhecia bem o deserto, ele começou a captar sinais de inimigos, porém não sabia onde estavam. Os guerreiros avançam e logo em frente se deparam com Saru, o jovem que havia se separado de seu irmão Bear na floresta. O garoto estava ferido e corria risco de morte, havia sido atacado brutalmente por guerreiros bandidos. Cuirasson corre para ajudá-lo. Quando ele chega perto do menino diversas armas são disparas na direção dele . Será que ele escapará?

O povo de Deus recebe nova liderança, todos pensavam que era um homem-forte e sábio que comandaria, porém foi escolhida a guerreira Nadia, a guerreira do ar. Ela era uma mulher que contava com o poder de Deus, capaz de expandir fortes ventos contra os inimigos do Senhor Deus. A guerreira tinha uma filha chamada Cana. Sua filha não aceitava a fé da mãe, era muito formosa, considerada uma das mais bonitas e atraentes da região, todavia era vazia do Espírito de Deus. Nadia dá direção ao povo e com isso a aldeia cresce e ali já projetam a construção de um novo templo para abrigar as autoridades de Deus. No deserto as armas avançam com velocidade, mas Cuirasson protege Saru com sua carapaça resistente.

Os inimigos aparecem, eram dois. O gigante chamado Pansi e Mochimo, o usuário de armas. Cuirasson e o gigante começam a conversar:

Cuirasson diz: Por que vocês feriram este garoto inocente? Pansi responde: Foi uma armadilha para atrair vocês. Cuirasson diz: Por que está querendo nos destruir? O gigante responde: Vocês são uma ameaça para nós. Nosso plano é matar a todos! Não aceitamos ver o crescimento e a prosperidade deste povo. Cuirasson diz: Quanto mais próximo estivermos de nossa fé em Deus mais estaremos aptos ao nosso crescimento. O inimigo diz: Não adianta me explicar isso. Minha missão precisa ser cumprida!


E com isso o gigante se prepara para atacá-lo. Cuirasson entrega o jovem nas mãos de Taitiko e se prepara para o combate. O guerreiro visionário usa sua Técnica de Expansão de espinhos fazendo o seu corpo ficar revestido. Cuirasson avança sobre o gigante que se defende facilmente de seus ataques. Neste momento, o inimigo Mochimo foge do local, o gigante queria derrotá-los sozinho. O gigante come uma pílula de vitamina e fica mais musculoso e forte. Cuirasson não retrocede. Ele avança na direção do adversário confrontando-o, mas ele quebra todos os espinhos do guerreiro. O gigante soca o chão tremendo-o e golpeia fortemente Cuirasson arremessando ele em árvores secas. O guerreiro visionário pede uma espada para Taitiko e ele lança em suas mãos. Cuirasson reveste sua pele de espinhos e corre para ferir o gigante que é ferido com alguns golpes de espada. Todavia, o gigante toma a sua segunda pílula obtendo força tripla. O adversário avança e agarra Cuirasson pelo pescoço enforcando-o. O gigante derruba Cuirasson no chão e pisa nele com fúria. Porém, os espinhos de suas costas perfuram o pé do inimigo atingindo seu corpo. O gigante não desistiu de matá-lo. Cuirasson não tinha mais energia para lutar. Pela última vez avança sobre o gigante, porém é derrubado no chão. Pansi toma a sua espada e o fere no coração matando-o. Saru acorda e diz para os guerreiros: Por que vocês são assim? Sempre buscando ajudar o próximo? Com isso ele é tomado pelo espírito escondido em seu corpo. Com a sua força sobrenatural o menino transformado pelo ódio dispara na direção do gigante e mesmo assim não o conseguia superar. Pansi, não tem piedade e dá um soco bem forte no pequeno garoto arremessando-o com brutalidade nas árvores.

Enquanto isso na aldeia de Gigama, Cana visita os diversos lugares que lá tinha. A filha de Nadia se encontra num bar com “amigos” e começa a beber vinho. Cana era sempre alertada pela sua mãe sobre as trevas, mas ela sempre resistia. Logo, em seguida gastava todo o seu dinheiro com jogos de carta. Este ambiente negativo que ela estava não era próximo do Canal do Oceano onde estava o povo de Deus, justamente para não contaminar o povo santo. Ela visitava este lugar porque namorava um guerreiro que também não aceitava a verdadeira fé. Ele se chamava Lúcio, era plantador de cana-de-açúcar, era dono do bar que a jovem visitava. Cana namorava este guerreiro mesmo contrariando a concepção da própria mãe, uma grande mulher de Deus.

O guerreiro adversário Pansi toma sua terceira pílula de alimentos. Ele fica brutalmente forte e dispara na direção de Gigama para matá-la também. Saru mesmo sendo incrédulo por consideração a Cuirasson morre batalhando. O guerreiro visionário Cuirasson também não resiste à brutalidade e também é morto. Gigama fica sem reação diante a este desastre, será o fim da guerreira visionária? Nadia, a guerreira do ar fica preocupada com a demora dos guerreiros visionários. Ela convoca dois guerreiros treinadores do deserto e os enviam para observar o que acontecera. Será que Gigama conseguirá lutar?


EPISÓDIO 11 – DEUS ORDENA O AJUNTAMENTO DAS ÁGUAS – A FÉ DOS VISIONÁRIOS

O gigante inimigo avança na direção para massacrar a guerreira visionária, porém Taitiko a defende. O guerreiro visionário estava todo cheio de marcas misteriosas em seu corpo, o que será estas marcas? Taitiko se prepara para combater o gigante, pois Gigama ainda estava abalada. O guerreiro se concentra e produz uma extraordinária quantidade de energia impressionando o gigante. Mesmo o deserto limitando alguns golpes de Taitiko, ele se move rapidamente, porém não consegue golpear o adversário. O gigante tenta usar seu punho impactante, mas Taitiko se desvia rápido. O guerreiro visionário estava usando o seu modo crescimento. Taitiko avança com velocidade e desfere vários golpes no gigante, mas o inimigo revida com um soco forte arremessando o visionário na areia. A energia de crescimento se acaba. O gigante pisa em Taitiko e o levanta e em seguida o arremessa longe.

Mesmo sem a mesma força o guerreiro visionário avança na direção do inimigo, conseguindo por baixo levantá-lo e no alto Taitiko derruba o gigante no chão. Pansi se levanta e com seu punho impactante no solo atinge o visionário. O gigante pisa em Taitiko e dá vários golpes fortes em seu tórax e no rosto, derramando muito sangue. Taitiko fica inconsciente e Gigama fica desesperada. Chorando ela diz para ele: Taitiko me perdoa por ter te atrapalhado. Conte com a minha ajuda agora, não permitirei que morra sem que eu não faça nada. Ela se desprende de seu casco e pela primeira vez toma a sua espada para defender Taitiko e avança sobre o gigante. Com sua espada ela perfura o seu peito, mas o gigante persiste e com seu punho lança a guerreira para trás. Taitiko não tinha condições de lutar, Gigama também perderá para o gigante?

O gigante golpeia Gigama fortemente, o inimigo com a espada de Gigama tenta feri-la, mas ela se defende com outra. Gigama utiliza sua técnica de regeneração e a água purificadora do casco começa a ajudar na restauração das feridas de Taitiko. A guerreira empresta um pouco de seus suprimentos para ele voltar a ter forças. Ela empresta o seu casco também e o guerreiro abre-o derramando toda a água na areia seca do deserto, pois ele teve uma ideia. Taitiko usa a sua fé na palavra do Espírito de Deus ensinada a ele e consegue o ajuntamento de águas mesmo em meio ao deserto. Gigama sorri para ele. O gigante dispara para golpear a visionária, porém ela se defende. Gigama se aproxima do gigante para acertá-lo com sua espada, ela o fere pelas costas, mas o seu punho a acerta arremessando a visionária no ajuntamento das águas.


Com os seus segmentos de água, Gigama modela as águas em sua mão em formato de pequenas espadas e arremessa no enorme inimigo neutralizando-o. Ela avança em sua direção e por cima usa seu punho com água, mas ele revida com seu soco impactante arremessando-a no ar. A guerreira é esperta e no alto ordena o ajuntamento das águas se moverem conduzindo-as na direção do gigante. Ela diz: Técnica Impulso de Água. O gigante é lançado para o alto. Gigama toma a sua espada e corre na direção do oponente, quando ele se aproxima do solo, ela o fere profundamente, a espada penetra o seu corpo. Ela arranca a espada e o gigante desaba. Ele ainda consciente diz: Por que seguir a este Deus que não se pode ver? Ela diz: Por que o poder Dele me transformou e me mostrou que tenho algum valor.

Gigama fica esgotada e começa a cair para trás, mas Taitiko a toma em seus braços. O guerreiro desesperado diz: Gigama! Por favor, resista. A guerreira diz: Estou bem, só estou exausta e fraca. O guerreiro pergunta: Por que você se arriscou tanto a ponto de doar seus suprimentos para me ajudar? Seu casco foi destruído. Por que permitiu? Ela sorrindo diz: Taitiko me perdoa se errei. Tem algo para te contar que queria te contar antes. Taitiko preocupado diz: Por favor, me diga o que é? A guerreira fixa em seus olhos e diz: Taitiko, Eu te amo. Você é muito valioso para mim. Taitiko chora de tanta emoção, pois também a amava em secreto. Ele a abraça fortemente e beija os seus lábios e assim começam a viver o mais sincero e digno amor. Logo depois, os guerreiros enviados por Nadia chegam ao local e lamentam pela perca de Cuirasson.

EPISÓDIO 12 – OS NOVOS GUERREIROS VISIONÁRIOS

Taitiko e Gigama são chamados para a preparação de guerreiros consagrados para o novo templo que estava sendo construído no habitat da guerreira. A líder Nadia convoca outros dez guerreiros visionários para esta preparação. Estes novos guerreiros estavam vivendo em países bem distantes dali e foram chamados para o grande desafio de ajudar no templo. O nome dos dez novos guerreiros são: Sauá, Márcia, Rhine, Lagoste, Mure, Rhino, Danionela, Arã, Sama e Lepi. Todos eles nasceram com diversas deficiências físicas e genéticas sendo rejeitados pelas suas aldeias a ponto de homens cruéis tentarem os extinguir ainda na infância, mas eles conseguiram fugir. Foram para outras cidades onde encontraram servos de Deus que ensinavam sobre a eficácia do Espírito de Deus que transforma o interior do ser humano.


Sauá, era um guerreiro que carregava características de uma espécie de macaco. Seu apelido era Guigo. O guerreiro possuía uma das maiores famílias de sua cidade, porém extinta quando descobriram a seu respeito. Em todo tempo comia frutos, sementes, folhas e até insetos aumentando a sua energia. A sua habilidade especial era o seu salto capaz de pular em lugares altos. Márcia, era uma guerreira cega dos dois olhos, sua pele era muito branca e possuía uma grande mandíbula. O povo de sua cidade destruiu a sua grande casa quando notaram a sua diferença e ela foi parar embaixo do solo. Chorando muito, ela escavava até encontrar a superfície descobrindo suas habilidades. Possuía características de uma espécie de formiga, conseguia escavar e dominava espécies de formigas nunca vista antes pelas pessoas.

Rhine, era uma guerreira que possuía veneno por toda a sua pele, características de um sapo. Em razão de sua ameaça, quase fora morta pelos seus próprios pais. Com isso, foi vista como uma praga e amaldiçoada por toda a sociedade pela sua deficiência. Passado um bom tempo, ela conheceu o Espírito de Deus de alguns dos prisioneiros que falavam do poder da Luz. Ela mudou e sua pele fica venenosa apenas em caso de defesa. Lagoste, era um guerreiro que tinha muito cabelo e tinham pelos em abundância na sua pele. Possuía um leque em suas costas que o ajudava em sua locomoção e defesa. Ele vivia nos mares ao redor do Canal do Oceano. Possuía uma defesa de água natural que revestia o seu corpo idêntico ao de Taitiko.

Mure, era um guerreiro que teve em seu corpo um espírito maldito que se manifestava tentando destruir a sua cidade que ficava perto do Canal do Oceano. Com essa deformação atingindo uma cauda de energia destruía todos em sua volta. Quando voltava ao normal não entendia o que acontecera. Porém, Mure encontrou papiros sagrados escondidos em árvores. Ele creu no Espírito de Deus e houve luz em seu interior se tornando em um novo guerreiro. Conseguia saltar alto, tinha uma visão noturna avançada e forte olfato. Usava bambus como arma de guerra. Rhino, irmão de Sauá, era um guerreiro que possuía uma deficiência facial horrível. Seu nariz era arrebitado e com isso era desprezado por todos. O seu nariz deformado chamava a atenção dos outros, sendo sempre humilhado. Foi um dos primeiros a encontrar o Espírito da Luz quando caminhava pela floresta. Possuía uma espécie de alarme interno que o avisava de perigos e sua força agressiva era devastadora contra os inimigos.

Arã, era um guerreiro que possuía vidro em grande parte do corpo. Para amenizar os riscos de ferir alguém e ser destruído pela sua aldeia, ainda criança criara uma roupa de cor transparente resistente a cortes. Com essa roupa era capaz de se camuflar e se esconder. Sama, era um guerreiro dominado por vermes em seu organismo mais do que o normal, assim como Taitiko conseguia nadar rapidamente. Vivia no fundo do oceano. O guerreiro Lepi e a guerreira Danionela antes de se converterem a Luz eram inimigos. Danionela possuía grande velocidade na água que quase a


tornava invisível, utilizava como arma seu guarda-chuva. Lepi era o mais novo guerreiro e também o mais tímido. Sua especialidade era o nado e a sua técnica de prender seus inimigos com a água.

EPISÓDIO 13 – O PRIMEIRO TREINAMENTO – O GUERREIRO DA FLORESTA

Os guerreiros visionários se apresentam diante a Líder Nadia em sua casa. A líder seleciona o Guerreiro da Floresta chamado Yaoi. Ela apresenta ao treinador todos os guerreiros selecionados para o treinamento ali presentes. O guerreiro Yaoi agradece a Nadia pelo privilégio e de imediato é enviado para o mesmo deserto, onde Cuirasson havia se sacrificado. O Guerreiro da Floresta inicia o primeiro treinamento deles. Ele diz: Atenção guerreiros! Eu selecionei e escolhi técnicas bem difíceis de serem executadas no deserto. Portanto, o domínio delas dependerá exclusivamente da fé e do empenho de cada um. Quero deixar claro que há técnicas especiais para cada tipo de guerreiro. Conto com a obediência de todos ou seremos todos destruídos pelos nossos adversários.

Yaoi se concentra e seleciona a sua primeira técnica. Com seu papiro ele apresenta a ordenança de Deus: Produza a terra relva, ervas que deem semente e árvores frutíferas que deem fruto segundo a sua espécie, cuja semente esteja nele, sobre a terra. Os guerreiros ficavam admirados com tamanho poder. Yaoi, então utiliza a sua primeira técnica: Produção de relva. Mesmo em meio ao deserto seco, relvas começam a nascer sobre a terra quente impressionando a todos. E os guerreiros se deitavam sobre a linda relva que Deus criara ali. Logo em seguida, Yaoi pede a Deus o crescimento de ervas no meio das relvas e com isso diversas ervas que davam sementes cresciam. Taitiko pergunta ao treinador: Qual será o nosso treinamento? O guerreiro responde: Saberás agora.

O Guerreiro da Floresta diz aos visionários: Cada um deverá escolher uma erva aqui presente e colher uma semente dela, apenas uma semente. Depois de suas palavras, os visionários de imediato escolhem as suas ervas. Taitiko escolhe a erva alfazema que servia para a cura de tonturas e tosse, Gigama escolhe também a alfazema para curar dores de garganta e gota, Sauá escolhe alecrim para curar sarnas, Márcia escolhe manjerona que servia para torcicolos, Rhine também escolhe manjerona para curar reumatismo e resfriados, Lagoste escolhe losna para o combate da obesidade, Mure escolhe malva para dores intestinais, Rhino escolhe rosas específicas para tratamento de pele, Danionela escolhe hortelã para dores de dente, Sama escolhe uma erva diferente para pressão alta, Arã escolhe sabugueiro para tratamento de artrite e Lepi escolhe também a erva losna para náuseas.


Os guerreiros estavam famintos e ali não tinha alimentos. O treinador diz: Em hipótese alguma coma as suas sementes. Gigama pergunta: Mas senhor Yaoi o que comeremos? Com isso, o guerreiro da floresta utilizou outra técnica: Árvores Frutíferas. Através de sua fé na determinação de Deus nasceram-se ali árvores cheias de frutos para alimentar a todos. Ficaram paralisados com tamanha grandeza do Deus Vivo. Yaoi diz: Bom, vamos nos alimentar. Sauá, loucamente dispara e sobe nas árvores, pois era o seu alimento predileto: frutas e folhas. Os guerreiros descansam sobre a sombra das árvores e o lugar se torna glorioso. Agora como todos selecionaram as suas sementes, Yaoi já poderia começar o treinamento.

Depois de tantos feitos de Deus. O Guerreiro da Floresta chama os primeiros voluntários para o primeiro passo do treinamento, porém todos estavam dispostos e avançaram a frente. Yaoi diz: O treinamento é a técnica da semeação! Cada guerreiro escolherá uma parte do deserto para inserir a sua semente e usar a sua fé para fazê-las nascer. Sauá pergunta: A partir de quanto tempo demora para nascer? Yaoi responde: Vinte dias. Todos ficavam atemorizados. O Guerreiro da Floresta diz: Só há um jeito de conseguir mais rapidamente. Os guerreiros perguntam: Qual? Ele responde: Pela fé é possível reduzir o tempo de espera e assim produzir novos milagres. Não foi isso que vocês contemplaram? Agora vão e mostrem a sua confiança no nosso Deus. Com isso, partiram para diferentes partes do deserto.

EPISÓDIO 14 – A BASE DO DESERTO SE TORNA EM RELVA

Todos os guerreiros visionários procuram lugares diferentes no deserto para implantar suas sementes. Taitiko e Gigama implantam suas sementes nas dunas do deserto. Sauá e Márcia inserem em solo rochoso, onde era mais difícil de algo nascer, mas eles criam. Rhine e Lagoste semearam nas chamadas “Terras Baixas” que eram planícies. Mure e Rhino inseriram suas sementes perto de pequenos arbustos. Danionela e Arã semearam debaixo das rochas do deserto. E Sama e Lepi colocaram suas sementes em dunas onduladas. Com isso, usaram a técnica de semeação concentrando sua fé nos lugares escolhidos. Passou-se o dia e chegando a noite os guerreiros descansavam perto das sementes implantadas. De repente, os guerreiros são atacados pela manhãzinha, eles acordam no susto. Eram muitos inimigos, o treinador percebendo os ataques prepara suas habilidades.


Yaoi usa sua primeira técnica: Base de relva. Com suas mãos no chão ele pede a Deus a manifestação do poder de sua Luz. Com isso, as relvas que cresceram antes em partes do deserto se espalham por todo o território. Os inimigos tentaram destruir as plantações dos guerreiros, mas a relva formada, guardava as sementes protegidas no solo. Os guerreiros visionários se perguntavam: E agora? Como iremos colher? O Guerreiro da Floresta avança e convoca os visionários para que se aproximem dele. Eles obedecem e o treinador aplica mais uma técnica chamada: Quadrado Florestal. Com isso, todos os guerreiros visionários entraram no quadrado gigante, sendo assim salvos. Os adversários tentaram destruir a caixa revestida de folhas, mas era praticamente impossível.

Os inimigos não desistiram de tentar penetrar o quadrado gigante. Com suas lanças tentaram atingir os visionários, mas a proteção nada deixava ultrapassar. Os inimigos tentaram conversar com o seu chefe para enviar mais reforços, porém Yaoi é esperto e usa sua rede de folhas capturando a todos os inimigos presentes. Para derrotá-los, o Guerreiro da Floresta convoca o seu gigante sapo bem treinado chamado Venur para destruir de uma vez por todas os adversários com o seu impacto. As técnicas de Yaoi são desativadas e os guerreiros visionários ficaram admirados com tamanha fé, força e determinação. Os inimigos são levados para a aldeia de Gigama e eles voltam a treinar. Todos concentram e manifestam suas habilidades para ver das suas sementes nascerem as ervas.

Gigama e Taitiko usam as suas fontes de água para regar as suas sementes crendo que assim nasceriam mais rapidamente. Sauá não conseguia produzir nada, pois não tinha muitas habilidades, o seu desejo mesmo era comer a sua semente. Márcia por sua vez usava suas formigas que penetravam o solo e analisavam o estado da semente. Rhine usava seu veneno para proteger sua semente de ataques. Lagoste usava seu leque para ajeitar o solo e marcar o lugar onde ela estava. Mure usava seus bambus para fazer um ambiente agradável para o nascimento de sua erva. Rhino não podia fazer muita coisa, pois a sua força poderia destruir sua própria semente. Arã colocava vidros em volta do lugar onde estava a semente para ferir intrusos e supostos inimigos.

Sama era dominado por vermes em seu organismo e queria ser curado daquele problema e contava com a ajuda das ervas para seu tratamento. Lepi e Danionela usavam a água que possuíam para regar as suas sementes. E assim, o Guerreiro da Floresta contempla todos os esforços dos guerreiros. Estava para nascer as ervas para o próximo passo do treinamento. Yaoi diz aos guerreiros: O sucesso final da técnica dependerá do empenho de cada um. Eu ensinarei algumas habilidades medicinais que precisarão usar durante uma batalha. Mesmo com tantas dificuldades os guerreiros não cessam de se concentrar na semente.


EPISÓDIO 15 – A DIVULGAÇÃO DO PODER DA LUZ

Nadia, a Líder espiritual do povo de Deus seleciona alguns servos de Deus no Canal do Oceano e parte para um lugar chamado “Rede das guerreiras”. O nome justamente é assim porque neste vilarejo só existem mulheres. No passado, diversos inimigos invadiram este lugar matando todos os guerreiros juntos com seus filhos, deixando apenas as mulheres. Algumas mães tentaram fugir, mas foram impedidas pelos inimigos. A guerreira Nadia visita o lugar a fim de divulgar a luz de Deus para aquelas mulheres, produzindo nelas esperança e expectativa de vida. Todas as mulheres desta região creram no poder da luz e boa parte foi selecionada para habitar na cidade de Gigama. As mulheres emprestavam o que tinham para Nadia em trocas de todos os benefícios oferecidos pela Líder.

Logo, após a seleção, Nadia volta para a aldeia do oceano, deixando alguns guerreiros neste lugar para proteger as mães. As mulheres selecionadas para habitar no Canal do Oceano eram jovens e formosas e nunca tinham visitado a cidade de Gigama. Nadia diz a todas as mulheres: Todas vocês são importantes e especiais para Deus. O nosso valor está dentro de nós. As jovens ficavam impactadas com suas palavras. As mães se despedem de suas filhas e no período de dois dias chegam ao Canal do Oceano. Nadia pergunta a elas: Quem aqui já guerreou alguma vez? Ninguém respondeu. A líder diz: Então, se preparem para grandes desafios!

No deserto, Yaoi usou a produção de relva onde estavam plantadas as sementes. O Guerreiro da Floresta diz a todos: Quem negar a Deus terá uma vida infrutífera. Márcia pergunta: Senhor, isso vale para a semente também, certo? Yaoi responde: Exatamente. Se negarem o poder do Espírito de Deus as sementes jamais crescerão. Já que ficariam alguns dias no deserto, os guerreiros visionários decidem construir uma habitação ali mesmo no deserto. Eles pedem a permissão ao seu treinador e com a sua permissão iniciam a obra. Yaoi permitiu isso por ser uma boa ideia, onde mostraria o espírito de equipe de cada guerreiro, além de aprimorar algumas de suas habilidades.


Gigama utiliza a sua água para saciar a sede dos guerreiros e Taitiko utiliza a sua água para regar as sementes de todos. Sauá colhia algumas frutas, sementes e folhas para suprimento dos guerreiros. Márcia usava suas fortes mandíbulas para cortar pedaços de madeira. Lagoste usava seu equipamento para demarcar o solo fazendo uma espécie de planta de casa. Mure usava seus bambus especiais para construir e formar as paredes da pequena habitação. Arã colocava diversos vidros no teto para ferir adversários que tentassem invadir por cima. Yaoi percebeu o empenho dos guerreiros e decidiu ajudar. O Guerreiro da Floresta formou uma gigante rede de folha que revestia a pequena casa feita dos bambus do guerreiro Mure. Os visionários ficavam admirados pelas suas técnicas.

O Guerreiro da Floresta percebe o nascimento de novas ervas e ordena que todos buscassem as suas ervas, pois estavam prontas. Rhine diz a todos: Se não estivéssemos nos esforçado nunca teríamos colhido nossas ervas tão rapidamente. Todos se alegram e levam as suas ervas até ao seu treinador. Yaoi recebe as ervas e guarda na casinha construída. Ele se une a todos e começam a orar agradecendo a Deus pela colheita. Terminada a oração, Yaoi diz: Amanhã de manhã, aprenderemos e estudaremos um pouco mais sobre técnicas medicinais. Os guerreiros ficaram ansiosos e todos descansam com segurança na casinha confortável.

EPISÓDIO 16 – A ESCOLA DOS GUERREIROS DE DEUS

Na aldeia onde Gigama habitava, a líder espiritual Nadia estava para inaugurar a escola dos guerreiros para ensinar e formar novos guerreiros de Deus. Os guerreiros visionários que estavam no deserto possuíam grande vantagem, pois Yaoi os ajudava com dedicação. Por causa de sua inteligência todos os guerreiros conseguem aprender suas próprias habilidades medicinais de acordo com a espécie de erva que escolheram. Nadia contata ao Guerreiro da Floresta através de papiros enviados por guerreiros mensageiros bem treinados. Ela o avisa sobre a inauguração de sua escola preparatória para novos guerreiros. Cerca de 200 estudantes dentre homens e mulheres foram escolhidos para serem ensinados sobre a verdadeira arte de combate. A líder espiritual visava preparar tanto o espiritual como o físico de seu povo, pois os inimigos poderiam atacar a cidade e com a escola muitos saberiam como reagir.


Yaoi começa a elaborar novas atividades para os guerreiros visionários. Ele abre um de seus pergaminhos sagrados e diz: Deus determinou que haja luzeiros no firmamento dos céus. Este luzeiro serve para alumiar toda a terra. Mure pergunta ao treinador: Por acaso esses luzeiros são o sol e a lua? O Guerreiro da Floresta responde: Que inteligência, Mure, isso mesmo. Yaoi diz a todos: Deus fez os luzeiros para separar a luz e as trevas e mostrar que devemos ser filhos de sua Luz. Arã pergunta: Senhor Yaoi, como poderemos ser filhos da Luz? O treinador responde: A luz de Deus se encontra no interior de cada um de nós. Basta sabermos como despertar essa força através de nossa fé. Quem tem o poder de ser chamado de filho de Deus tem autoridade para combater qualquer inimigo em qualquer situação.

Enquanto isso, Nadia trabalha duro para ensinar os estudantes de sua escola acadêmica de guerreiros. Contava com a ajuda de voluntários que ensinavam com dedicação também. A líder espiritual ensina toda a base para o fortalecimento espiritual aos estudantes: A criação dos céus, da terra e de todos os seres, a separação entre as trevas e a luz divina, o Espírito de Deus. Como eles eram muito novos, não era nada fácil convencê-los sobre a fé. Ela diz: A sua batalha contra o inimigo, com vitória ou derrota, o resultado dependerá de seu relacionamento com o Espírito de Deus. Nunca julguem ser fracos demais para vencer o inimigo, somos campeões, pois na luta não estamos sozinhos. Quem luta com Deus tem a vitória mesmo antes de lutar.

Yaoi utiliza uma técnica chamada “Rede de luzeiros”. Todo o deserto é tomado pela luz de Deus. O Guerreiro da Floresta queria mostrar como a presença de Deus era preciosa e todos se sentiam maravilhados. Yaoi diz aos guerreiros: Com a luz de Deus podemos consumir a nossa dor mesmo que ela esteja no fundo do coração. Com ela encontramos a nossa salvação e conseguimos mais sabedoria para aprimorar nossos talentos. Temos uma grande vantagem contra os nossos inimigos. Se todos estiverem em contato com Deus sempre poderão ir mais além de suas capacidades. Os luzeiros são desativados e os guerreiros visionários sorriam com grande alegria com essa experiência gloriosa. Ali bem perto, agentes espiões inimigos começam a observar os guerreiros analisando suas habilidades e movimentos procurando seus pontos fracos.

Gigama e Taitiko tiram um tempo para avivarem seu relacionamento. Os dois vão até uma rocha do deserto e ali se assentam para conversar. Gigama pergunta ao amado: O que você faria por amor a mim? Ele responde: Por sua causa eu ultrapasso os meus próprios limites. Eu te amo, demais! Ela emocionada diz: Tenho uma coisa para te contar, um dos meus sonhos. Taitiko diz: Sim e que sonho é esse? A guerreira responde: Ser uma voluntária na escola acadêmica de guerreiros. É tão lindo o trabalho de ensino. Taitiko segura em suas mãos e diz: Sim, este trabalho é maravilhoso. Gigama


diz a ele: Me ajude nesta carreira? Nunca conseguirei sozinha. Taitiko a abraça e sussurra: Que isso, minha amada. Não precisa chorar nem temer. Prometo te ajudar.

EPISÓDIO 17 – OS VOLUNTÁRIOS SÃO ESCOLHIDOS

Depois do árduo treinamento no deserto, todos os guerreiros visionários voltam à cidade onde todo o povo de Deus habitava. Todos os guerreiros visionários foram selecionados como voluntários para ajudar na preparação de novos guerreiros, recebendo salas com muitos estudantes. Gigama foi a que mais adorou a ideia, pois era o seu sonho. Os visionários escolhidos foram apresentados a cada turma e como Nadia determinou, deveriam respeitá-los com temor e tremor. Com isso, eles começam a treinar os seus alunos que ficam impressionados com suas habilidades especiais. Os visionários entregavam nas mãos de seus alunos, sementes para crescimento de ervas específicas. Cada voluntário apresentava e explicava sobre a sua erva e com isso semeavam as suas sementes, esperando até vinte dias para colherem das plantas. Assim termina o treinamento na academia de guerreiros nos seus primeiros dias.

Na saída, Taitiko se encontra com Gigama e diz para a sua amada: Vamos trabalhar juntos? A guerreira fica tão emocionada que não conseguia responder. Ele diz: Com você poderei ir mais além de minha capacidade. Gigama diz: Sim, vamos. O guerreiro, então sorri e se despede. Depois do término do treinamento, a líder espiritual Nadia fala que o Espírito de Deus é o mais importante objetivo na vida do guerreiro. Perto da academia de guerreiros, dois alunos são deixados para trás pelos seus colegas, já estava tarde e ainda não haviam voltado para os seus lares. Estavam sendo vigiados por um guerreiro espião que tramava raptá-los. Com isso, os alunos caem na armadilha do inimigo, uma espécie de teias resistentes, difíceis de serem cortadas. O guerreiro espião avança sobre eles para raptá-los, mas outro guerreiro aparece golpeando-o.

Este novo guerreiro era chamado de Milo, novo guerreiro consagrado por Nadia. Eles se enfrentam. O inimigo dispara milhares de fios de tecidos, mas Milo com sua velocidade se esquiva. Com sua espada ele corta as teias do inimigo, salvando os alunos. Milo pergunta ao adversário: Quais são as suas intenções para com estes dois estudantes inocentes? Porém, não é respondido. Em seguida o inimigo tenta escapar. Milo utiliza uma de suas técnicas: Produção de água. Tentava afundar o inimigo. Quando ele pensava que tinha o capturado, o vilão usou sua teia especial e andou sobre


fios em cima das águas fugindo da cidade. Milo pergunta a eles: Vocês estão bem? Os alunos respondem: Sim, obrigado! Em seguida voltam para os seus lares.

No dia seguinte todos os guerreiros voluntários e os guerreiros acadêmicos são convocados por Nadia. Ela explicou a diferença entre a luz e as trevas. Depois a líder espiritual determina a luz de Deus sobre todas as trevas que estavam ocultas e muitos foram livres do mal. Gigama é escolhida para um novo treinamento especial com Vergil, o guerreiro da água. Nadia entrega um novo pergaminho sagrado nas mãos do treinador. O guerreiro ensinará técnicas avançadas com nível de treinador. A guerreira se sentiu honrada. Taitiko aparece e ela chora. Gigama diz a ele: Sentirei muito a sua falta. Ele responde: Você é a escolhida. O que importa para mim é ver o seu crescimento. Com isso, ela beija os seus lábios e diz: Você é muito precioso para mim, prometo que não dou demorar, eu te amo! O guerreiro diz: Tudo bem. Nada é melhor do que trabalhar para o nosso Deus.

Depois de tanto se amarem, Gigama se despede de Taitiko e de todos da sua cidade e parte para o lugar chamado “Dedo do oceano”. Milo é escolhido para substituir a guerreira no treinamento de seus estudantes. Esse era o momento em que Gigama teria o privilégio de ficar mais forte e crescer, capacitando-se mais ainda. Toda a população é deixada e as atividades continuam, todos sabiam que quando Gigama voltasse, iriam ver uma nova guerreira, mais ativa, confiante e uma verdadeira treinadora. Milo conta para Nadia sobre o ataque inimigo e ela toma algumas medidas de segurança. Gigama foi escolhida para ser a nova treinadora, ela nem sabia disso, mas para isso, precisava provar a sua capacidade.

EPISÓDIO 18 – AMEAÇAS CONTRA O POVO DE DEUS

Gigama e o treinador Vergil, o Guerreiro da água, chegam ao lugar chamado “Dedo do oceano”. O objetivo da guerreira era aprender novas habilidades e aprender um pouco mais sobre a criação de Deus. Enquanto isso, crescem o número de estudantes na aldeia, onde Gigama habitava produzindo inveja aos inimigos do povo de Deus. Cana, a filha da líder Nadia se ausenta da aldeia. Sua mãe lhe avista e pergunta: Para onde você vai, minha filha? Ela responde: É algo muito pessoal, não posso te dizer. Nadia diz: Ainda estás a passar tempo com este seu namorado? Ela responde: Sim, mãe,


chega de me contestar! Eu quero ser livre, só isso. Nadia, sua mãe diz: Tudo bem minha filha, já me expressei a você várias vezes. Ensinei-te o caminho certo para um relacionamento feliz. A escolha é sua. Cana, então, sai da cidade e vai para a cidade onde Lúcio seu namorado habitava.

No Dedo do oceano, Vergil abre o pergaminho sagrado e mostra a determinação de Deus: Povoemse as águas de enxames de seres viventes. O guerreiro ensinaria a visionária como dominar os seres viventes para ajuda contra o inimigo. Gigama começa o treinamento recebendo alguns pergaminhos. Ela, então convoca seres viventes e várias tartaruguinhas sobem a superfície da água alegrando a guerreira. Vergil diz: Mantenha-se nesse ritmo! A guerreira tenta de novo e uma tartaruga enorme surge levantando-a. Incrível como ela conseguia se comunicar tão facilmente com os seres viventes. Vergil diz: Nestes pergaminhos que recebeste contém os passos a seguir para convocação de outras diferentes espécies de seres viventes da água. O sucesso dependerá de todos os seus esforços pelo seu objetivo.

Cana, a filha da líder Nadia, chega ao lugar onde Lúcio estava, em seu bar. Nada parava ela. Não tinha nenhuma pessoa no local, apenas Lúcio. A guerreira entra no bar e ele aparece. Lúcio diz a ela: Vamos aproveitar este momento, hoje não vou trabalhar, vamos expressar todo o nosso amor e prazer? Ela diz: Eu também terminei de estudar. Eles começam a se beijar. Lúcio pergunta: Sua mãe não contestou sua escolha? Ela responde: É uma escolha pessoal, eu decidi estar aqui. O guerreiro diz: Não consigo resistir a sua beleza. Sem hesitar ele passava as suas mãos por todo o corpo dela. Cana estava iludida por essa paixão. Com isso, ele se apossa dela e a carrega até uma rede de descanso grande. Ela diz: Quero passar o meu tempo aqui contigo. Aquele falso amor tomava conta da guerreira. Como resultado, Lúcio mantinha relações sexuais com ela. Mesmo sabendo que sexo fora do casamento era ilícito, ela insistia em se envolver e se entregar ao homem.

Os inimigos do povo de Deus tecem uma nova artimanha. Eles preparam uma rede enorme cheia de serpentes bem perto do oceano. O líder inimigo deste ataque chamado Balter diz: Lancem a rede! Os adversários jogam a enorme rede no oceano e as serpentes são soltas no mar e disparam em direção a cidade para destruí-la. Milo com sua excelente visão percebe os ataques e avisa rapidamente a líder Nadia. Ele encara as serpentes enquanto Nadia convoca guerreiros preparados para o combate. Taitiko chega ao local para ajudar no combate contra as criaturas. Milo usa sua técnica especial chamada “Produção de barreira de água” impedindo o avanço das serpentes sobre a cidade. Nadia e mais dois guerreiros de Deus aparecem no lado de fora da barreira. Agora teriam que enfrentar as serpentes.


Nadia, Taitiko e Milo não retrocedem e encaram as serpentes. Enquanto isso, os outros dois guerreiros avançam para tentar matar os inimigos. Gigama continua treinando e estudando sobre os seres viventes da água, tudo funcionava da maneira que ela determinava. Ela conseguia produzir uma excelente comunicação com os seres viventes, prova de que é a verdadeira escolhida de Deus. Vergil diz: Vamos voltar para a aldeia? Gigama muito feliz diz: Vamos! Eles ainda não sabem do imprevisto que estava ocorrendo no Canal do Oceano. Lúcio aproveitava o belo corpo de Cana e satisfazia os seus prazeres carnais. Os guerreiros avançam sobre as serpentes e os inimigos tentam fugir dos dois guerreiros de Deus. O que será que vai acontecer?

EPISÓDIO 19 – OS VOLUNTÁRIOS SALVAM OS ESTUDANTES

A líder espiritual Nadia se prepara para combater as serpentes, eram cerca de vinte serpentes. Taitiko e Milo também se preparam para o ataque. Milo avança na direção de uma das gigantes serpentes e tenta feri-la, mas ela o repreende. Com isso, perceberam que ataques corporais não fariam efeito algum. Milo utiliza sua rede aquática, porém a serpente cortava-a com seus fortes dentes. A serpente avança sobre Milo e o leva para dentro do mar, ele tenta escapar, mas não consegue e é engolido pela serpente. Taitiko e Nadia se desesperam. Taitiko usa sua nova técnica de rede triplicada, mas nenhuma foi capaz de capturar a criatura. Com sua cauda a serpente arremessa Taitiko no mar e outra serpente o engole. Será o fim deles? Nadia usa seu leque médio, sua arma especial e tenta acertar a criatura com rajadas de vento. A serpente permanece intacta e com sua fúria quebra a arma da líder que consegue escapar da sua boca.

Nadia parecia estar sem saída, sem chances de vencer. Gigama voltava para a cidade e começava a notar o extremo movimento das ondas. Com isso, ela avança mais rapidamente, algo errado estava acontecendo, pensou ela. Alguns guerreiros voluntários começam a sair da barreira para ajudar a líder. O primeiro a se preparar para o combate, era o guerreiro Lagoste, pois sabia como agir no oceano. Ele mergulha na água e tenta atacar por baixo, mas a serpente o avista e se defende. Nada adiantava contra as serpentes. Nadia chama sua tartaruga gigante e bem treinada. Com isso, ela ataca as serpentes. Blasto, a tartaruga gigante agarra os pescoços das serpentes que tinham engolido Milo e Taitiko. Eles são lançados para fora e são tomados pelos voluntários. O gigante Blasto conseguiu matar duas serpentes, mas havia muitos para combater. Será que conseguirá derrotá-las?


Lúcio, o parceiro de Cana ainda continuava com a atividade ilícita do pecado sexual com ela. Cana estava se sentindo muito mal. Lúcio pedia uma segunda vez para se relacionar com ela, porém foi repreendido e recusado. Cana disse para ele: Essas nossas relações não está me preenchendo, não me sinto feliz. Lúcio diz para ela: Mas, por quê? Não confia em mim? A guerreira diz: Estou sendo monitorada. É como se estivesse alguém me vigiando. Lúcio nervoso pergunta: Quem está te vigiando? Ela responde: Deus está me observando. Meus pais falaram sobre construir uma família, quero ser feliz, mas como estou fazendo agora não vai dar. O guerreiro fere-a e ela desmaia. Lúcio carrega Cana para o meio do deserto e a deixa ali mesmo.

Gigama finalmente chega ao local onde estava ocorrendo as lutas. Taitiko e Milo são levados para a aldeia para serem tratados. Nadia e Gigama se encontram e juntas se preparam para enfrentar as terríveis serpentes. Nadia mais uma vez chama duas tartarugas médias do oceano chamadas Warto e Blasto mergulha para descansar. As tartarugas médias disparam jatos de água para nocautear as serpentes. Elas conseguem agarrar uma serpente e conseguem derrotar a criatura com seu corpo. Nadia usa uma de suas espadas para ajudar as tartarugas. Três serpentes avançam sobre Gigama, mas com sua água ela se defende. As duas tartarugas disparam água para nocautear as criaturas, elas se enfurecem e atinge uma das tartarugas. Com seu corpo, Warto golpeia as serpentes e consegue derrotá-las.

Gigama prepara-se para chamar alguns dos seres viventes. O comportamento da guerreira Cana mudou e com isso foi recusada e rejeitada por Lúcio. Ela está desacordada no deserto será que sobreviverá aos ferimentos? Com seu leque destruído, Nadia ainda possui técnicas o suficiente para combater as serpentes que restaram? Os voluntários fazem de tudo para tratar dos ferimentos de Taitiko e Milo. Nadia diz a Gigama: Se não organizarmos uma estratégia rápida estaremos fadadas ao fracasso. O que faremos?

EPISÓDIO 20 – OS COMPANHEIROS DE NADIA

Gigama utiliza seus impulsos com a água e nada acontece. As serpentes avançam, Nadia salta e lança sua rede aquática capturando uma serpente e ferindo-a com sua espada. Todavia, ela escapa com sua força. Gigama convoca tartaruguinhas que atacam e perturbam as serpentes, Nadia utiliza sua espada e mata uma serpente. Outra serpente abocanha a líder, mas ela consegue se esquivar. Taitiko, então aparece e junto com sua amada Gigama luta contra as serpentes. O guerreiro


visionário pede para a líder repousar. Com isso, ele entra em contato com Deus que o preenche de forças. Com a energia do Espírito de Deus, ele derruba uma serpente e fere outras duas de maneira surpreendente. Taitiko diz a Gigama: Não te falei que iríamos trabalhar juntos? Com a ajuda de Gigama, Taitiko consegue mais agilidade derrotando mais duas serpentes e escapando dentro do estômago de uma das serpentes.

Gigama e seu amado Taitiko ficam exaustos. Rhino é incluído na luta contra as criaturas. Ele possuía uma força extrema e incontrolável. O guerreiro usa seus fortes golpes derrubando duas serpentes, elas avançam sobre ele, mas Rhino agarra uma e lança na outra. Uma serpente por baixo o envolve com sua cauda e engole-o. Nadia se desespera. Por mais que o guerreiro visionário tentasse escapar da serpente, não conseguia, seus esforços foram vãos. Ninguém podia fazer nada por ele. A criatura o lança para fora, ele não resiste e morre fatalmente. A líder Nadia chora e lamenta muito. Revoltada contra a situação, ela chama Warto, sua segunda tartaruga média e combate as serpentes restantes. Com sua espada ela fere as serpentes e as derrotam. A barreira formada por Milo é desativada e o povo é salvo de todo mal. Gigama, a companheira fiel de Taitiko o abraça e lamenta pela morte de Rhino. Depois de tanto prantearem, o guerreiro foi sepultado ali bem perto do “Canal do Oceano”. Nadia reorganiza a aldeia.

A líder espiritual Nadia após alguns dias nota o desaparecimento de sua filha, Cana. Ela envia alguns guerreiros para procurarem por ela. Nadia começa a criar formulários levantando novos guerreiros treinadores. Dentre os guerreiros visionários foram incluídos na lista: Gigama, Taitiko, Lagoste, Mure e Danionela. Nadia os convoca para uma reunião e diz a todos: Guerreiros visionários, eu, líder espiritual Nadia, conto com o apoio de todos vocês. O desempenho como treinador dependerá da comunhão com Deus de cada um. Todos devem trabalhar com coragem, força e fé para formar novos servos de Deus. Fornecerei a todos, missões que buscarão em cumprir e apresentarei guerreiros para treinar. Deus abençoe a todos! Todos ali creram na capacidade de Deus e dia após dia cresciam na aldeia. Cana é encontrada fora do Canal do oceano, bem longe dali. Será que sobreviverá?

Nadia é avisada sobre a sua filha. Imediatamente, ela envia três treinadores para a região. Taitiko, sua amada Gigama e Milo. Ninguém entendia como Cana foi parar no meio do deserto, ela estava com sérios ferimentos. Neste tempo, o um guerreiro de Deus é consagrado na aldeia de Gigama, seu nome é Staravio. Ele tinha o domínio sobre as aves que povoavam o céu. Os treinadores chega finalmente ao local onde estava Cana. Eles atendem-na e percebem que ela corre riscos de morte.


Taitiko coloca-a numa espécie de rede e amarra em suas costas. Imediatamente todos voltam para a aldeia. O novato guerreiro de Deus convoca os guerreiros visionários não treinadores para um novo treinamento de classe e de tipo bem avançado. Os trabalhadores da aldeia começam a construir um clube(templo) para abrigar o povo de Deus. Ali seriam realizadas diversas reuniões pelos líderes de extrema importância.

Os guerreiros visionários: Sauá, Marcia, Rhine, Arã e Lepi foram levados pelo guerreiro Staravio, o guerreiro dos céus, para um lugar denominado “Caminho do ar” para treinamento especial. Cana é levada por Taitiko em companhia de Milo e Gigama, além de outros guerreiros, rapidamente avançam para tentar salvar a vida da filha de Nadia. Em alguns lugares do Canal do oceano, estrangeiros começam a se incluir na cidade trazendo consigo práticas religiosas e muito vinho. Em lugares específicos da aldeia, alguns moradores já começam a se misturar com as técnicas de ioga, originária de deuses estranhos e outros começam a se embriagar com o vinho. Cana chega perto do lugar onde tinha tratamento, na cidade onde Nadia estava. Ainda há esperança para ela? Staravio chega ao lugar e começa os treinamentos.

EPISÓDIO 21 – A JORNADA DOS GUERREIROS VISIONÁRIOS

Quando Staravio chega ao lugar de treinamento, diversas aves de diferentes espécies se aproximam dele. O Guerreiro de Deus diz: Foi uma grande jornada. Vamos trabalhar duro! A primeira coisa que Staravio fez no lugar foi orar junto aos guerreiros visionários. Todos ali contemplavam os seres viventes que povoavam os céus e ficavam maravilhados. No deserto, a filha da líder é levada as pressas em estado grave. Tudo estava fluindo normalmente, quando surge diversas barreiras inimigas. Uma guerreira inimiga aparece, seu nome era Herminia. Ela usava barras de ferro como arma de combate. Milo se prepara para enfrentá-la, mas antes inicia uma conversa com ela. Ninguém, sabia, mas Herminia foi armada com a missão de executar a filha da Líder Nadia. A luta começa entre Milo e Herminia.

Herminia avança com suas barras e o combate começa. Milo também usa suas barras. A inimiga estava lhe dando muito trabalho, pois era mais ágil que ele. Por mais que Milo golpeasse Herminia, ela contra-atacava mais forte. Herminia usa sua barra elástica e o arremessa longe. Sem muita opção, Gigama se prepara para enfrentá-la. Mesmo em meio ao deserto, a guerreira queria lutar com


a água reserva em seu corpo. A inimiga avança e com suas barras tenta atingir Gigama, mas a água protetora a defendia dos ataques. A formação de água de Gigama acerta Herminia carregando-a contra a sua própria barreira. A inimiga persiste e com sua barra gigante tentava acertar Gigama, mas era inútil seus golpes contra a guerreira visionária. Gigama se prepara para derrotá-la.

Staravio convoca as aves que ali estavam presentes. Elas chegam bem perto dele. Em seguida, ele ordena que cada guerreiro escolhesse uma ave de espécie diferente. Sauá escolhe o sabiá colheira, que era uma ave que gostava dos meus alimentos preferidos dele: frutos e insetos. Marcia escolhe a ave mandarim, era cinza ou com listras negras, se alimentava de ervas diversas como almeirão e quando ficava em estresse tinha o costume de arrancar penas de seu corpo. Rhine escolheu o rouxinol, uma ave tímida, não gostava de aparecer muito. Arã escolhe o abelharuco, uma ave colorida de bela plumagem que gostava de se alimentar como o nome já diz, de abelhas e vespas. Lepi escolhe Lorys, uma das aves mais bonitas dali. Era mansa e bem colorida. Com isso, Staravio explica como será o treinamento.

Gigama usa uma forte corrente de águas e afunda Herminia, ela desmaia e se afoga. Quando isso aconteceu, Cana abre os olhos e diz: É a primeira vez que alguém arrisca sua vida para me salvar. Todos se alegram. Com isso, eles avançam rumo o Canal do Oceano. Staravio convoca o seu pássaro conhecido como tangarazinho. Ele diz aos guerreiros: Quem conseguir treinar e preparar bem a sua ave escolhida terá o direito e privilégio de possuir o domínio de técnicas com aves. Por mais que o povo de Deus crescesse, muitos que criam em Deus estavam sendo executados. Não só seres humanos, mas outras espécies de aves e seres marinhos sendo abolidos(exterminados). A terra estava andando no caminho errado, mas outros guerreiros visionários estavam sendo separados pelo Espírito de Deus.

Uma guerreira consegue escapar das garras do inimigo do povo de Deus. Seu nome era Archa. A guerreira era rejeitada e humilhada por ter nascido com pequenas asas e corpo coberto de penas como ave. Assim como Gigave, ela era caçada como se fosse uma ameaça ao homem. Archa corre e escapa das mãos do inimigo e quando encontra um lugar seguro, desmaia. Trabalhadores da aldeia de Gigama, encontram a guerreira e levam-na para ser tratada. A primeira missão dos guerreiros visionários era encontrar alimentos tais como frutos, insetos para seus respectivos pássaros. O treinamento ensinará a valorizar a amizade com seu pássaro. Taitiko, Gigama e Milo chegam a cidade e Cana imediatamente é levada para o local de tratamento médico.


EPISÓDIO 22 – A RESSURREIÇÃO DA GUERREIRA CANA

A filha da líder espiritual, Nadia,, é socorrida pelos médicos da cidade. Cana, não estava respondendo, foi dada como morta. No campo onde treinavam os guerreiros visionários, Staravio volta depois de um passeio e todos cumprem a tarefa de alimentar suas aves. A companheira de Taitiko recebe a guerreira Archa em sua tenda e apressadamente a socorre. Enquanto isso, no lugar chamado “Boca do oceano”, Nestli, o segundo guerreiro da luz surge sendo perseguido por Philips, um líder inimigo do povo de Deus. Nestli sem muita escolha decide enfrentá-lo. Nadia fica desesperada ao ver que sua filha estava morta e chorava amargamente. Ela se ausenta do local de tratamento e se ajoelha em seu lar buscando em Deus uma solução, um milagre que só Ele poderia fazer. Archa acorda e volta a ter consciência e não entendia como foi parar ali.

Nestli com sua espada de luz confronta o inimigo. O Guerreiro da Luz usa a boca do oceano para revelar o poder da luz de Deus. Philips não resiste o seu resplendor, porém ainda persiste em lutar. Nestli, carrega novos pergaminhos sagrados que foram roubados pelos inimigos. Os pergaminhos continham muitas informações e explicações sobre o Deus Vivo. Por essa razão, Philips não aceitava que ele voltasse para a aldeia onde estava o povo de Deus. O Guerreiro da Luz exclama: Você pode até tentar, mas nunca conseguirá impedir os propósitos de Deus! Nestli avança e com sua espada revestida de luz penetra o inimigo e com seu poder o mata. Nadia orava com mais intensidade a Deus pela sua filha. Enquanto isso, os guerreiros visionários se preparam para outra missão com suas aves de treino.

Archa, a guerreira que havia sido socorrida por Gigama exclama: Não, acredito! Estou de volta ao meu povo! Gigama diz: Como? Não entendi? Ela indaga: Eu sou Archa, uma das guerreiras visionárias que estavam nas mãos dos inimigos. Todos se alegram pela boa notícia. Neste momento, o segundo guerreiro da luz chega a aldeia do oceano e os trabalhadores se impactam e se impressionam. Philips estava morto quando seus comparsas o levam para seu esconderijo. Taitiko, o companheiro de Gigama aparece e saúda a Nestli. O guerreiro da luz diz: Companheiro de Deus, onde se encontra a líder do povo santo? Taitiko rapidamente o leva ao encontro de Nadia. A líder contempla Nestli e o abraça forte e exclama: Oh Deus! Grata sou por me responder. Eis aqui o teu servo.


Staravio diz aos visionários: A próxima missão é treinar suas aves a formarem ninhos. Eu marquei seus lugares por todo este campo. Procurem seu lugar e ajude a sua ave a construir seu ninho. Com isso, os guerreiros visionários se espalham pela região. Nadia conta para Nestli a situação de dor que passava. O Guerreiro da Luz entrega todos os pergaminhos que carregava a ela e diz: Quando a boca de Deus fala até os mortos ressuscitam. A única forma dela voltar a viver é por meio do poder da luz de Deus. Com isso, Nestli intercede com toda intensidade por Cana e todos juntamente se colocam em espírito. Quanto mais oravam mais luz descia e o poder de Deus é derramado dentro da filha da líder, ressuscitando-a. Ali ficou bem claro o poder que tinha o Deus Todo-Poderoso, o Espírito de Deus.

A líder espiritual Nadia ficou impressionada com o poder de ressurreição vindo de Deus. Naquele momento de milagre, Cana abraça a sua mãe e se arrepende das práticas erradas que havia cometido. A filha da líder toma uma atitude e se volta para a luz de Deus sendo livre de todo mal. Nestli e Nadia começam a visitar os vilarejos, as cidades e locais espalhados por ali, propagando o poder de Deus e revelando tudo sobre a luz do Espírito. Muitos que estavam indo contra a vontade de Deus se arrependiam mediante os textos contidos nos pergaminhos sagrados. Depois de tanto se esforçarem, os guerreiros visionários finalmente acabam de terminar a formação do ninho.

EPISÓDIO 23 – O LANÇAMENTO DE ARMAS CONTRA O NOVO GUERREIRO

Inimigos começam a preparar armas para lançar sobre a aldeia, onde estava o povo de Deus para matar a todos. O líder inimigo que comandava o ataque se chamava Ninte. Ele usa sua técnica de guerra e começa a lançar diversas armas na direção da aldeia. Com isso, casas são destruídas, algumas pessoas feridas e o pânico toma conta do lugar. Milo avista o perigo e avisa a todos os Guerreiros que ali estavam. Os ataques promovem terror por toda a aldeia. Neste instante, o segundo Guerreiro da Luz surge e encontra o chefe inimigo frente a frente. Gigama e Taitiko começam a preparar defesas e barreiras com água para tentar impedir o avanço das armas. Milo prepara sua primeira técnica chamada “Lançamento de água”. A água do oceano se move e atinge rapidamente diversos adversários. Taitiko também usa seu lançamento de água para desviar as armas salvando a muitos.


Nestli, o Guerreiro da Luz avança sobre Ninte começando o combate. Com poder e autoridade, Nestli prepara seu ataque. Ele convoca algumas espécies de aves que povoavam o céu ali, atacando o líder inimigo e seus subordinados. As aves obedeciam ao Guerreiro da Luz que as controlavam facilmente. Com o pergaminho em mãos, ele o abre e diz: Sede fecundos, multipliquem as aves. Em razão da Palavra de Deus, diversas aves começam a surgir indo em direção a todos os inimigos golpeando-os com seu bico. Boa parte não resiste a tanto tormento e recua, mas Ninte com toda a sua fúria começa a feri-las com seus lançamentos de armas. Muitas aves são mortas. Taitiko não desiste e continua a disparar água com toda a sua força contra as armas restantes do inimigo.

As aves que sobraram, sobrevoavam e fugiam. Nestli convoca as tartaruguinhas do oceano junto com Gigama atrapalhando o líder inimigo. Quando o movimento diminui, Ninte com seu machado começa a repreender as tartaruguinhas. Nestli, prepara um novo ataque especial. O inimigo avança para o ferir, mas uma ave toma o dano em seu lugar. Com isso, inconformado, o Guerreiro da Luz usa sua técnica “Lançamento Certeiro da Luz” atingindo o inimigo em seu equipamento de guerra. De algum modo, Ninte conseguiu resistir. O inimigo novamente usa seu lançamento de armas, mas Gigama usa seus movimentos com a água defendendo-o. Mesmo assim, Ninte não desiste e avança na direção de Nestli para o matar.

O treinamento realizado no campo por Staravio termina e os guerreiros visionários recebem novos ataques, podendo usar as aves escolhidas como companheiras em seus combates. Com isso, eles voltam para a aldeia, não sabendo ainda da confusão que estava passando por lá. Na aldeia do oceano, Ninte fere o guerreiro da luz arremessando-o para trás. Em seguida, com seu machado tenta o matar, porém Nestli com sua espada se esquiva. Novamente, o guerreiro da luz dispara seu Lançamento de luz dissipando os ataques e os desejos malignos de Ninte. O guerreiro ungido diz: Haja luz! E imediatamente o inimigo é lançado por terra. A vitória é de Nestli que provou do poder do Espírito de Deus.

A aldeia é salva dos inimigos. A líder espiritual, Nadia, decide voltar para o seu habitat de origem, a aldeia do vento. Com isso, ela entrega o cargo nas mãos de Nestli, o Segundo Guerreiro da luz, pois era justo. Aqueles que fizeram treinamento na academia de guerreiros se preparam para uma grande competição na própria aldeia da água. Como Líder espiritual do povo de Deus, Nestli utiliza do poder da Palavra de Deus e determina: Pela bênção do Espírito de Deus. Sede fecundos, multiplicaivos e enchei as águas dos mares; e, na terra, se multipliquem as aves. Os dias se passam e todo o povo contempla a criação de Deus. Os peixes do mar e as aves do céu em grande abundância. O Guerreiro da Luz usa sua visão espiritual e começa a montar estratégias para vencer futuros adversários.


Com a voz de Deus os guerreiros visionários continuam a se desenvolver e conforme o tempo passa o povo de Deus cresce e se multiplica pela terra. O clamor de muitos homens e mulheres são ouvidos e assim Deus honra o seu povo. Todos os inimigos quando se deparavam com os visionários ficavam atemorizados com tamanho poder e autoridade. Os visionários conquistam mais terras e mais pessoas encontram a Luz de Deus. Mesmo com guerras difíceis, os guerreiros nunca desistiam de avançar com a divulgação do poder da Luz de Deus.

Novos visionários ainda eram desconhecidos pelos guerreiros de Deus, mas eles sabiam que corriam risco de vida, caso os seus inimigos soubessem. Por isso, eles se preparam para encontrar os novos visionários que foram escolhidos por Deus para revelar a todos eles o Propósito de Deus. A verdade precisava ser revelada para todos os novatos guerreiros, só assim saberiam como prosseguir em sua vida. Ser guerreiro visionário é cumprir os planos de Deus em sua vida!

O que achou da primeira temporada da Série Literária Guerreiros Visionários? Todos os que já leram esta série creio que foram edificados e ainda há muitas outras pessoas que serão abençoadas e edificadas. O meu desejo é que este livro digital chegue ao máximo de pessoas possíveis, pois o que tem faltado neste mundo são livros que ajudem a pessoa a se levantar na vida. Seja um guerreiro! Nunca desista de seus sonhos, clame pelo poder da Luz em sua vida e tenha visão em tudo que for fazer. Deus te abençoe e até a próxima temporada.


Achou legal a série literária que eu criei? Você pode não ser o meu patrocinador, mas você pode me ajudar! O livro digital é gratuito, mas caso você queira colaborar com o meu crescimento profissional basta depositar qualquer valor especial vindo do seu coração para a minha conta bancária abaixo:

Natanael Genoel (Escritor, Mangaratiba-RJ) Fundador da Página Coração na Palavra Bradesco Agência: 0886-9 Conta Poupança: 1000851-4


NATANAEL GENOEL é fundador da Página Coração na Palavra no Facebook que tem o objetivo de edificar vidas através de palavras inspiradas por Deus e dono do Blog Evangelístico da Página Coração na Palavra. Tem 20 anos e nasceu no município de Mangaratiba. Serve a Deus desde os seus 16 anos, onde o próprio Deus é o Autor de todas as suas obras e inspirações. Tem uma ampla experiência com a escrita: Especialista na construção de mensagens, estudos sobre a fé e Palavra de Deus e também na construção de histórias de filmes, séries e desenhos relacionadas a Bíblia. Tem capacidade para desenvolver letras de músicas, diversos textos de reflexão e produz vídeos onde fala sobre a Verdade que transforma a vida do homem. Possui habilidades para fazer lindas poesias e seu sonho é que os seus livros alcancem o máximo de pessoas possíveis. Para que isso aconteça, ele conta com futuros patrocinadores, auxiliares e parcerias.

Suas obras literárias cristãs podem ser lidas no site: www.coracaonapalavra.wordpress.com/

Eu, Natanael Genoel, nasci para escrever, não só histórias para séries ou filmes, letras de música e poesias, mas todo tipo de texto. Resumindo, consigo escrever qualquer espécie de texto, tudo relacionado a literatura e a escrita. Quero aproveitar a oportunidade para deixar ciente a minha proposta: Procuro patrocinadores, auxiliares ou empresários que queiram investir em minha carreira como escritor e produtor. Posso ser apenas um aprendiz, mas com certeza farei a total diferença no mercado, basta eu alcançar mais capacitação profissional e para isso conto com a ajuda de todos. Na minha cidade não encontro ninguém que possa me ajudar, fico no aguardo de futuros investidores.

Meus contatos: E-mail/Facebook: natan10@live.com Celular: (21) 9 7608-8099 Sou de Mangaratiba-RJ Deus abençoe a todos!


Meus futuros projetos: ➢ Minhas Poesias ➢ Mensagens do Blog Coração na Palavra ➢ Série literária Guerreiros Visionários Temporada 2 ➢ Minhas músicas ➢ Minhas redações argumentativas ➢ História de Filme: Deficiência Tecnológica ➢ Entre outros em que estou a pensar

Caso queira colaborar para o meu progresso com minhas obras literárias, fique a vontade:

Natanael Genoel (Escritor, Mangaratiba-RJ) Fundador da Página Coração na Palavra Bradesco Agência: 0886-9 Conta Poupança: 1000851-4

Guerreiros visionários  

Quem é o culpado por nascerem em nosso meio pessoas com problemas físicos e espirituais? Deus ou o homem? Nesta série podemos entender que D...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you