Page 1


Introdução

Esta publicação é um testemunho do trabalho realizado e uma homenagem da nossa Biblioteca Escolar a todos os alunos, professores e outros convidados que aceitaram o desafio de participar na celebração do mês de outubro como Mês Internacional das Bibliotecas Escolares, este ano subordinado à temática: Biblioteca Escolar, uma porta para a vida! Foram muitos e variados os trabalhos desenvolvidos ao longo do mês e que envolveram os alunos dos diversos níveis de escolaridade, desde a educação pré-escolar até ao ensino secundário, nas várias escolas do nosso Agrupamento. As páginas seguintes, organizadas por ciclos de escolaridade, constituem uma pequena reportagem sobre o envolvimento e entusiasmo que cada grupo colocou nos trabalhos que realizou. Sob a forma de desenho, cartaz, texto, palestra ou outras sessões, todos procuraram realçar quão importante é a biblioteca escolar na preparação para a vida e no caminho para alcançar o sucesso escolar. A Biblioteca Escolar congratula-se com o grau de participação e de interação conseguidos e com a qualidade dos trabalhos produzidos.

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

2


I - Os trabalhos nos Jardins de Infância JARDIM DE INFÂNCIA DE SOUTELO DE AGUIAR:

No âmbito do dia das bibliotecas, 28 de outubro, as crianças do JI de Soutelo falaram das Bibliotecas, dos livros e decidiram registar as suas ideias num livro que eles ilustraram /decoraram, com os seus desenhos.

Para se lembrarem de como ler e os livros são importantes, cada menino/a fez um separador onde colou um poema que todos ouviram nesse dia - “Os livros” de José Jorge Letria. No final do dia levaram os separadores de livros para casa. Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

3


JARDIM DE INFÂNCIA DE TOURENCINHO: Elaboração de um trabalho para a Biblioteca… outubro 2013

JARDIM DE INFÂNCIA DE COVAS: Os livros são especiais Covas é uma aldeia do concelho de Vila Pouca de Aguiar que fica localizada numa região bastante fria, onde o castanheiro é a árvore predominante. Com o objetivo de celebrar o Dia das Bibliotecas, os meninos do Jardim de Infância de Covas uniram esforços e, dado o interesse que manifestam por este recurso de aprendizagem e de entretenimento, empenharam-se na elaboração de um cartaz colorido com frases alusivas ao pensamento que têm sobre os livros e sua importância.

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

4


JARDIM DE INFÂNCIA DE TELÕES: Com a ajuda do professor Luís Rito, os alunos do JI de Telões celebraram o Dia da Biblioteca Escolar usando a ferramenta PREZI para fazerem uma apresentação interativa a que se pode ter acesso através da seguinte ligação: http://prezi.com/20dloaaoqaw6/?utm_campaign=share&utm_medium=copy

Nota: Esta apresentação inclui um vídeo com uma história animada: Os fantásticos livros voadores do Sr. Lessmore

JARDIM DE INFÂNCIA DE CAMPO DE JALES:

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

5


JARDIM DE INFÂNCIA DE VILA POUCA DE AGUIAR (Sala Amarela): A professora perguntou: -Imaginem que eram um livro! Qual o tema que gostariam de tratar? Estas foram as respostas: Se eu fosse um livro gostaria de falar do Batman, Eu gostava de contar histórias de do homem aranha do faísca e do homem de Princesas (Beatriz) ferro

Eu gostava de falar sobre o homem aranha, Eu gostava de ser um livro que sobre o Faísca e sobre o homem de ferro contasse histórias sobre (Carlos) princesas (Carolina)

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

6


Eu gostaria de ser um livro de histórias de fadas e princesas (Clara)

Eu gostava de falar do mar, dos barcos. Também gostava de contar coisas sobre os aviões, motas e carros (Guilherme)

Eu gostava de falar de sereias(Diana)

Eu gostava de falar de princesas(Maria)

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

7


Eu gostaria de ser um livro que contasse histórias de terror, de bruxas e de princesas (Iris)

Eu gostava de falar do Mário e do Zorro (João Miguel)

Se eu fosse um livro gostaria de contar coisas sobre piratas. Também gostava de falar de tesouros, bruxas e do homem aranha (João Pedro)

Eu gostava de ser um livro de histórias de princesas (Mariana)

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

8


Se eu fosse um livro gostava de contar coisas sobre o trovão, monstros, bruxas e também sobre o Faísca (Gonçalo)

Se fosse um livro gostava de contar coisas sobre Little people (Gabriel)

Eu gostava de falar de Sereias(Inês P)

Eu queria ser um livro que falasse do Spiderman, do Mário e do Superhomem(Lucas)

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

9


Eu gostava de falar de fadas e princesas

Eu gostava de ser um livro de histórias de fadas (Lara)

JARDIM DE INFÂNCIA DE VILA POUCA DE AGUIAR (Sala Azul):

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

10


JARDIM DE INFÂNCIA DE VILA POUCA DE AGUIAR (Sala Vermelha): Houve muito empenho na criação de bonitos marcadores de livros….

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

11


JARDIM DE INFÂNCIA DE VILA POUCA DE AGUIAR (Sala Verde):

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

12


II – Histórias com movimento - nas turmas do 1º Ciclo Foi com muita expectativa e curiosidade que os alunos do 1º Ciclo receberam a dinamizadora da Biblioteca Municipal, Cristina Santos que, habituada a estas lides, soube motivar e captar, com extrema facilidade, a atenção dos mais pequenos para uma história muito movimentada. Assim, ouviram atentamente a história “ A Menina que odiava os livros”, ora interagindo, ora mostrando

surpresa

com

o

desenrolar

dos

acontecimentos até que, finalmente, suspiraram pelo final feliz. No final da sessão tiveram ainda oportunidade de fazer o jogo do bingo baseado nas personagens das diversas histórias.

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

13


De regresso à sala de aula, os alunos do 4º B deram continuidade à história que ouviram e criaram vários textos e ilustrações.

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

14


III -Formação de Utilizadores

Como

é

habitual,

aproveitámos o mês de outubro para realizar a primeira sessão de" Formação de Utilizadores" para os novos alunos. Além de conhecerem o espaço, viram um slide-show

para

melhor

compreensão das regras de utilização

dos

espaços

funcionais. A professora bibliotecária realizou também sessões no auditório da escola sede para os alunos do 2º Ciclo. Aí, os alunos ouviram uma canção reportada ao ato de ler e puderam interagir através da proposta de um “brainstorming”. Seguidamente, a docente deu-lhes a conhecer as potencialidades do blogue da BE e as vantagens da sua utilização.

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

15


IV- Palestras Palestra com o jornalista Agostinho Chaves No Dia Nacional das Bibliotecas Escolares, 28 de outubro, convidámos o nosso amigo Agostinho Chaves, jornalista e diretor do jornal Mensagens Aguiarenses para nos vir falar sobre a sua experiência de vida no que concerne à leitura e à utilização de bibliotecas. Durante 2 sessões, uma dirigida a alunos do 9º Ano e outra para alunos do 8º Ano, o nosso convidado mostrou claramente a importância da biblioteca como uma porta para a vida e excelente fonte de conhecimento e de desenvolvimento intelectual. Com palavras sentidas, relatou quão difícil era no seu tempo de estudante, quando não havia bibliotecas escolares, ter acesso a livros ou revistas e quão importantes foram, na sua geração, as bibliotecas

itinerantes

da

Fundação

Calouste Gulbenkian que visitavam as localidades permitindo às pessoas lerem livros de bons autores ainda que a escolha não fosse livre e dependesse da faixa etária dos leitores. Com um dom de comunicação que lhe é próprio, realçou o seu interesse pela banda desenhada e mostrou um perfeito conhecimento deste género literário conseguindo cativar muito bem a atenção e empatia de todos os participantes.

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

16


Depois de fazer um historial da evolução desta forma de escrita (demonstrada em vários exemplares que mostrou) e de descrever alguns heróis e características da banda desenhada, estas exemplificadas nalguns “cartoons” habilidosamente criados no quadro, o nosso orador lançou um desafio aos alunos. Individualmente ou em grupo foram convidados a criar um “cartoon”, uma prancha ou uma história mais completa, em banda desenhada, com a promessa de verem o melhor trabalho publicado no jornal Mensagens Aguiarenses. O entusiasmo foi enorme, nomeadamente entre os alunos do 9º A, sempre prontos a desafios! Estamos certos de que vários alunos irão aproveitar esta oportunidade para mostrar a sua imaginação e dotes artísticos. Estamos curiosos! Resta-nos uma palavra de agradecimento ao senhor Agostinho Chaves, não só pelo seu trabalho e dedicação mas também pelas ofertas que fez à nossa Biblioteca de uma coleção com heróis da banda desenhada e de outras obras centradas na História de Portugal. *********

Palestra com o professor Albertino Sousa A Monografia do Concelho de Vila Pouca de Aguiar No dia 25 de outubro, no auditório da Escola Secundária e integrado na celebração do mês das Bibliotecas Escolares, o professor Albertino Sousa, como coordenador da equipa que elaborou A Monografia do Concelho de Vila Pouca de Aguiar,, fez uma apresentação da obra a alunos do 11º e 12º Anos. Com uma descrição mais ou menos pormenorizada do conteúdo de cada capítulo e da identificação dos respetivos autores, vários deles professores do nosso agrupamento de escolas, o professor Albertino mostrou como esta obra é uma excelente porta para o Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

17


conhecimento da história do nosso concelho, do seu património, das suas gentes e da sua cultura. É uma edição da Câmara Municipal, agora também acessível na nossa biblioteca.

*********

Palestra com a Professora Assunção Anes Morais No mês das bibliotecas escolares, motivados pela recente publicação da professora Assunção Anes Morais, “ Padre Avelino – Memórias do pároco de S. Martinho”, também autora do livro “Entre quem é!” e de outros textos literários, convidámo-la para nos falar sobre a sua experiência de escrita e de leitura. Numa palestra que decorreu no auditório da escola secundária e perante os alunos atentos das turmas B e C do 10º Ano, a professora Assunção

contou

como

adquiriu o gosto pelos livros, pela leitura e pela escrita e como, desde a sua passagem pela Associação de Estudantes na Universidade Católica, em Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

18


Braga, se tornou uma admiradora e estudiosa de Miguel Torga, motivo dos seus contactos com o Padre Avelino, pároco, colega de caça e vizinho do escritor, em S. Martinho de Anta. Realçou a importância dos incentivos e do treino para a aquisição do gosto pela leitura e pela literatura e a influência que, sobre si, exerceram vários dos

seus

professores,

nomeadamente com a criação de bibliotecas de turma. Relativamente à sua prática de escrita, salientou o seu hábito de ler, reler e corrigir antes de atingir o produto final, método que vivamente aconselhou a todos os alunos presentes. Numa troca de opiniões, a professora confessou acreditar que um bom trabalho escrito será sempre mais um fruto de “transpiração” do que de inspiração. *********

Sessão com a professora Cecília Ribeiro No

dia

25

de

outubro,

os

protagonistas da BE foram os alunos do 7º ano e a turma C do 8º ano. A profª

Cecília

Ribeiro,

uma

das

professoras do Agrupamento que este ano presta apoio às nossas Bibliotecas, partilhou com os alunos a sua opinião sobre este espaço. Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

19


A porta abriu-se devagarinho …. porque a Biblioteca é um local de silêncio onde todos têm o direito de sonhar com os olhos abertos, sem serem interrompidos!

A professora abriu, também, a porta ao escritor José Fanha, um amante de Bibliotecas, e partilhou com os alunos alguns excertos do “Manifesto Anti Leitura” deste autor, onde se pode ler o seguinte aviso: “A leitura prejudica seriamente a IGNORÂNCIA”.

Após a partilha de experiências, a professora sugeriu que se decretasse uma nova lei na Biblioteca:

a LEI-TURA!!!

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

20


V- Biblioteca Escolar – Uma porta para a vida! Textos criados pelos alunos no âmbito da celebração do Mês da Biblioteca Escolar:

Aquele mundo que é só nosso…. Observo novamente a porta e sinto que algo me chama. Será o riso do menino em “A Aia”, o barulho do caldeirão borbulhante em “Harry Potter” ou até mesmo as despedidas dos inúmeros marinheiros, antes de seguirem rumo à descoberta em “Os Lusíadas”? Deixo-me levar e perco-me neste mar de palavras e emoções suportados apenas por duas simples folhas de cartão. Fonte:: http://janellemccullochlibraryofdesign.blogspot.p

Sou interrompida por pequenos sussurros e

pelo arranhar de lápis nas folhas. Reparo como tudo é tão delicado aqui dentro, como todos têm o cuidado de não “acordar” os restantes visitantes neste mundo à parte que contrasta com o ruído e agitação dos outros espaços. Afinal, não é mesmo para isso que a biblioteca serve? Margarida Fontoura Matias, nº 10, 9.ºA

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

21


A biblioteca escolar Fernando Pessoa escreveu um dia: “Ai que prazer/ Não cumprir um dever,/ Ter um livro para ler/ E não o fazer!”. Na verdade, todos temos essa liberdade. No entanto, não acredito que sejamos capazes de resistir a um bom livro. Sabem porquê? Porque existe a biblioteca escolar e, graças a ela, todos temos bons livros para ler, quer sejamos pobres ou ricos, bons ou maus alunos, mais cultos ou mais ignorantes. Já alguma vez tinham pensado nisto? A biblioteca escolar é, não só um local de aprendizagem e de trabalho, mas também um espaço de lazer e de igualdade de oportunidades. Se antes esta era vista apenas como um local de silêncio, quase como um templo sagrado, só destinado a alguns, hoje a nossa biblioteca é um local de onde pulsa a vida e a descoberta, repleto de livros, revistas, jornais, filmes e computadores. É, também, um local de livre acesso a qualquer um, onde se podem passar bons momentos de lazer e também de trabalho. Pensa bem: quando foi a última vez que foste à tua biblioteca escolar? E, se entraste lá, o que foste realmente fazer? Tens utilizado, de facto, todas as ferramentas que ela te proporciona? Deixa-me adivinhar, não gostas de ler, não é? Se assim é, aconselho-te a dares uma nova oportunidade à nossa biblioteca e, deste modo, à leitura. Se calhar, leste um romance e não gostaste. No entanto, por que é que não tentas ler um livro de poesia? Dizer “eu não gosto de ler”, é como dizer que não gostas de carne. Podes até não gostar de frango, mas isso não implica que não gostes de todos os tipos de carne, certo? Na verdade, mesmo aqueles que gostam de ler, não gostam de todos os livros que existem. Se pensas que ler “é maçada”, é porque ainda não descobriste o tipo de livros de que gostas. Então, não desistas! Com tanta variedade de livros que a nossa biblioteca escolar possui, é só escolher. Não te esqueças deste cantinho que, apesar dos tempos difíceis que o país atravessa,

te

pode

proporcionar

bons

momentos de sonho e liberdade. Vá lá! É só subir as escadas! Aproveita!

Isabel Moreira, nº13, 12.ºA Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

22


Dia Nacional das Bibliotecas Escolares As bibliotecas são como as prendas do Natal. Caixas cobertas como embrulhos de mil cores e fechadas com um grande laço, brilhante. O que todos desejam... é o elas que contêm. Normalmente são: um brinquedo, um comboio, um urso de peluche e, para os mais graúdos, um ipad ou um computador. Mas, no caso das bibliotecas, temos um tesouro muito maior e mais variado. Um autêntico arco-íris de livros, uns de capa grossa, outros de capa fina, uns roxos, outros amarelos, mas todos com um mundo diferente a descobrir! É estranho... mas a biblioteca é também um resguardo do mundo! Quando estamos lá, parece que entramos num mundo mágico. Abrimos a porta e invade-nos imediatamente uma onda de emoções. Sentamo-nos e parece : que nos isolamos do mundo para vivermos num outro – o mundo e a vida das personagens dos livros. Então, somos outros! Somos ricos! Fonte http://media-cache-

ak0.pinimg.com/originals/29/ea/4d/29ea4dcf078c06841e3ca6a7273f192f.jpg

Laura Leal da Costa, nº8, 9.ºA

A Importância das bibliotecas na nossa vida As bibliotecas são uma peça indispensável na nossa vida. Precisamos tanto delas como precisamos de alguém para nos ajudar a crescer. O tempo passa, as coisas mudam, as pessoas crescem e as bibliotecas vão ficando cada vez mais esquecidas nas nossas vidas, mas, apesar de tudo, estão sempre lá, repletas de conhecimento e de magia, fontes de sonho e de sabedoria. São os livros, os contos, as fábulas e os mitos mais fantásticos de sempre! E são os jornais e as revistas os computadores e a internet a mostrarem-nos o mundo sempre presente. Eu vejo a biblioteca da minha escola como um amigo que pode não ter o mais belo aspeto exterior, mas que tem, seguramente, enormes valores interiores que todos devemos descobrir. Sara Alves Ferreira, nº17, 9º A, Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

23


Dia Internacional das Bibliotecas A biblioteca é como mil portas abertas para a nossa imaginação. É uma rosa com milhares de pétalas coloridas em que cada uma delas conta uma história sem fim. É um anjo que nos guia e nos ajuda a superar as nossas dificuldades. Ir á biblioteca é como ser uma gota que cai no oceano e explora o seu fundo onde se guardam mistérios fantásticos. É o chilrear de um pássaro… Bem, biblioteca não é só um edifício onde alunos e professores entram, param para estudar e partem melancolicamente. A biblioteca é o que nos alimenta o nosso maior desejo: a vontade de sermos perfeitos! A biblioteca é o paraíso da sabedoria! Ana Sofia, nº2, 9º A

A Biblioteca No meio de todo o frenesim e de toda a confusão, habituais em qualquer escola, conforta-me saber que existe um pequeno lugar onde reina a calma, a serenidade e a tranquilidade. A BE, lugar de conhecimento, desempenha um papel crucial na obtenção de bons resultados escolares. Sendo assim, podemos descrever este espaço como “um amigo”, “um amante” do verdadeiro conhecimento, pois brota incessantemente de cada canto o saber e a cultura. De facto, a BE é um lugar místico que abarca diversos mundos, desde a literatura à política, da lógica à ética, à história e às estórias… Este espaço convida-nos a encontrarmo-nos connosco próprios e a alicerçarmos aí o nosso sentido crítico e sentido de responsabilidade. A BE ajuda-nos a crescer intelectualmente e a desenvolver a nossa personalidade, numa Fonte da imagem: http://weheartit.com/entry/70686399

atitude de respeito e de princípios. Gil Magalhães, nº 10 -12.º B

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

24


A BIBLIOTECA A biblioteca é como um navio que passa por todo o mundo e traz histórias que nos envolvem a alma e nos fazem viajar. Sem a biblioteca é como se a minha imaginação ficasse presa e impedida de voar. Sem ela, as pessoas não se poderiam envolver num livro diferente em cada dia e ter outra personalidade, ao lê-lo. Ler livros é conhecer terras, pessoas e sítios que podem até nunca ter existido. Não há melhor lugar para imaginar e viajar do que numa biblioteca!

Oriana Pimenta – 9º A, nº 14

Aquela máquina do tempo Biblioteca - uma palavra com tanto significado que me lembra todos os livros lidos e todos os momentos ali passados. Lá podemos estudar, pesquisar, resolver os nossos trabalhos de casa, ver filmes, e aceder à internet - tudo de forma silenciosa. Há tantos tipos de livros e de maneiras de entrar num mundo novo, de descobrir personagens e fazer novos amigos! Lendo, podemos conhecer, pessoas famosas e locais distintos que nunca antes vimos. Podemos fazer viagens no tempo e no

Fonte: Paulo Galindro in http://pintarriscos.blogspot.p t

espaço, sem destino. Por todos estes motivos a biblioteca é um lugar fantástico, acolhedor, tranquilo, onde impera o silêncio e se torna mais fértil a nossa imaginação! Ana Isabel Oliveira, Nº 1, 9.ºA Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

25


A Biblioteca As bibliotecas fazem parte da nossa cultura, da nossa história, sendo um dos principais legados deixados pelos nossos antepassados, sem o qual não conheceríamos o que foi o nosso mundo. Por este motivo, algumas bibliotecas mundiais são hoje verdadeiros tesouros e considerados monumentos da humanidade. A biblioteca da minha escola, à sua escala, também tem um papel muito importante na cultura dos alunos. Porém, o seu principal papel é o de proporcionar àqueles que a frequentam momentos de estudo tranquilo sendo possível esclarecer dúvidas com professores, através dos livros ou dos computadores. A nossa biblioteca está equipada com imensa informação que se distribui pelas revistas, jornais, filmes, documentários e internet aí existentes. Apresenta, ainda, uma vasta coleção de livros de escritores mais recentes que nos ajudam a passar agradáveis momentos. A biblioteca é, assim, um local imprescindível em cada escola. Alexandra Teixeira, Nº 4, 12.ºA

A biblioteca – o sítio ideal para crescer! A biblioteca começa por ser uma sala, nada mais do que isso. No entanto, este espaço tem um leque variado de significados e proporciona imensos sentimentos e sensações a quem o frequenta. É o sítio ideal para crescer. Fonte da imagem: http://data1.whicdn.com/images/15741113 /book_large.jpg

Com a calma e serenidade que ali encontramos, é possível sentirmo-nos num mundo diferente e cheio de surpresas - o mundo dos livros.

Através da leitura, adquirimos novos conhecimentos, viajamos para lugares distantes no tempo e no espaço, conhecemos pessoas e modos de vida distintos e vivemos emoções especiais e marcantes. Lendo, concretizamos muitos dos nossos sonhos, dando uso à nossa imaginação. Lendo, crescemos em sabedoria e experiência, o que nos ajuda a encarar, mais facilmente, os obstáculos com que nos vamos deparando no percurso da nossa vida. É por tudo isto que a Biblioteca é mais do que uma sala de aula. É um espaço cheio de magia, que todos devemos frequentar e desfrutar. Margarida Borges, nº 15 -12.º B Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

26


Biblioteca – Uma fonte de conhecimento Se abrirmos o dicionário e procurarmos a palavra “biblioteca”, encontrarmos a seguinte definição – “coleção de livros possuídos por um particular ou destinados à leitura do público; estante, sala ou edifício onde se encontram os livros arrumados”. Mas biblioteca é só isto? Um espaço cheio de livros organizados por temas, autores e categorias? Não será muito mais? Claro que sim, cada biblioteca é um espaço à parte do resto do mundo, cheio de histórias de amor, de guerra e de paz, de drama que nos faz inundar os olhos de lágrimas, de personagens que nos acompanham e, por vezes, nos invadem a alma, marcando-nos de tal forma que continuam a conviver connosco, mesmo depois de fecharmos o livro. Biblioteca é, na verdade, um espaço repleto de livros recheados de sabedoria e conselhos, de imagens e ilustrações, de frases sonantes e profundas. É um espaço silencioso marcado pelas palavras felizes ou “magoadas”, fortes ou inseguras dos heróis de cada história. Biblioteca

é

uma

fonte

de

alimentação para a alma, local onde se cura a ignorância, onde se mata a sede de conhecimento, um dos pilares da instrução e da construção do nosso ser. É, também, um museu com muitas obras expostas, no entanto, neste museu especial, as obras podem ser tocadas, folheadas e até podem

Fonte da imagem: http://data3.whicdn.com/images/80959125/large.jpg

ser levadas para casa. Por tudo isto, entra nesta porta, que separa o mundo que conheces daqueles que podes vir a descobrir. Visita a biblioteca da tua escola sempre que te apetecer viajar até ao conhecimento! Mónica de Jesus, nº 17- 12.º B Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

27


Alguns alunos decidiram comemorar o dia da Biblioteca Escolar (28 de outubro), fazendo pequenas entrevistas. Selecionámos uma do 7º e outra do 9º Ano:

Olá boa tarde! Estamos aqui hoje para falar sobre a nossa biblioteca escolar. O que achas da biblioteca escolar? Eu acho que a biblioteca escolar é muito boa, pois na biblioteca podemos ler, ir ao computador, requisitar livros e filmes, podemos estar com os nossos amigos no quentinho e estudar Costumas ir à biblioteca escolar? Sim claro. Agora até estamos na época dos testes e, assim, consigo estudar melhor com os meus amigos. Achas então muito importante a biblioteca escola. Porquê? Sim, acho, porque se não houvesse biblioteca escolar os alunos não tinham muito hábito de ler. Assim, como há, têm acesso a muitos livros e conseguem treinar a sua leitura e às vezes a sua escrita. Achas que devemos mudar alguma coisa na biblioteca? O espaço é bastante agradável, mas para ser perfeito poderia ter um mini bar dentro da biblioteca para não termos de sair de lá e esperar muito tempo no bar. - Concordo contigo. Muito obrigada e até amanhã. Encontramo-nos lá!

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

28


DIA NACIONAL DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES No Dia Nacional das Bibliotecas Escolares decidimos entrevistar a Dona Manuela (amiga da mãe do nosso colega Luís, do 9º A). Apesar de ser uma dona de casa tem muita cultura e interessa-se muito por bibliotecas e por livros. Registamos aqui as suas palavras:

Luís – Sempre gostou de bibliotecas? D. Manuela – Sim, sempre gostei. Luís – O que é que a biblioteca a faz lembrar? D. Manuela – Faz-me lembrar os meus tempos de criança. Luís – Acha que as bibliotecas são importantes hoje em dia? D. Manuela – Sim, acho as bibliotecas muito importantes, melhor, sempre achei muito importantes para os estudantes. Luís – Acha que o desenvolvimento da criança depende das bibliotecas? D. Manuela – Sim, depende da informação que lhe é passada sobre o gosto da leitura. Luís – Acha que a biblioteca ainda é utilizada hoje em dia? D. Manuela – Não tanto como antigamente, agora os jovens até já leem lá nos telemóveis e nessas coisas novas. Eu não acho isso bem, apoio a leitura pelos livros. Luís – Obrigado pelo seu tempo e pelas suas opiniões. De facto, as bibliotecas permitem-nos nadar num mar de palavras e descobrir novos mundos!

Filipe Fidalgo; Luís Alves; Inês Borges; Miguel Sanches, 9º A

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

29


VI Conclusão

Refletindo sobre tudo o que tentámos mostrar nesta publicação, somos levados a concluir que outubro, o Mês das Bibliotecas Escolares, foi muito enriquecedor. Com as tarefas realizadas, conseguiram-se não só importantes aprendizagens, mas também e sobretudo um enorme envolvimento de todos os participantes e colaboradores e uma salutar partilha de trabalhos, ideias e opiniões. Durante este mês a BE foi um tema de reflexão, um espaço de encontros, uma fonte de inspiração. A porta abriu-se! Dela brotou vida, animação, conhecimento, sabedoria!

A equipa da Biblioteca

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

30


Parabéns a todos pelo empenho! A porta continua aberta!

BE/CRE Biblioteca Escolar/Centro de Recursos Educativos

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

31

Outubro - Mês das Bibliotecas Escolares  

Trabalhos do Mês das Bibliotecas Escolares realizados no Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you