Page 1

LOUCA OBSESSÃO

REVIRAVOLTAS MARCAM O RETORNO DE ‘THE FOLLOWING’ PÁG. 15

Os agentes Ryan Hardy (Kevin Bacon) e Mike Weston (Shawn Ashmore) voltam a encarar o sinistro Joe Carroll (James Purefoy)

CAMPINAS Quinta-feira, 30 de janeiro de 2014 Edição nº 927, ano 4 MÍN: 20°C MÁX: 34°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

www.readmetro.com | leitor.camp@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrocps sunny

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

Morte de menor leva 5 PMs à prisão hazy

showers

Cerco. Policiais presos em Campinas são suspeitos de participação no assassinato de Joab Gama das Neves, de 17 anos. Ele teria sido a 1ª vítima da série de 11 execuções entre 12 e 13 de janeiro PÁG. 04

Nível da água do Atibaia está baixo | METRO CAMIPNAS

Desperdício de água pode gerar multa Vereador Tico Costa (SDD) quer que Sanasa penalize consumidor. Empresa não tem decisão PÁG 03

Discussão sobre subsídio à tarifa de ônibus só em julho Empresas querem reforço no caixa para compensar prejuízos com manutenção da tarifa PÁG 02

AO ALTO E AVANTE!

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

AS NOVAS ESTRIPULIAS DO ‘SUPERPAPA’ PÁG. 10 Policial chega à Delegacia Seccional, no Centro, após ser preso | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

Bugre só empata e Peixe atropela Timão

Paulista. Guarani não conseguiu sair do empate sem gols contra o Osasco pela Série A-2. Já o Santos fez 5 a 1 no Corinthians pelo Paulistão. São Paulo goleou PÁGS. 18 E 20


1 FOCO

Carona

Pedido de advertência

A ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) deverá ser advertida por ter pegado carona em helicóptero da Polícia Rodoviária Federal, usado para atender emergências médicas, em viagens por Santa Catarina. A punição foi sugerida ontem pelo conselheiro Horácio Pires, da Comissão de Ética Pública da Presidência da República.

Cotações Dólar + 0,30% (R$ 2,43) Bovespa - 0,59% (47.556 pts) Euro + 0,91% (R$ 3,33) Salário Selic (10,50% a.a.) mínimo (R$ 724)

|02|

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

FOCO

Discussão de reajuste em tarifa de ônibus é posta em banho-maria Transporte. Transurc reivindica aumento de 34% ou subsídio maior às concessionárias. Hoje, prefeitura repassa R$ 71,6 milhões anuais. Empresas pedem R$ R$ 105,3 milhões A Transurc (Associação das Empresas de Transporte Coletivo de Campinas) está reivindicando junto à prefeitura um reajuste de 34% na tarifa de ônibus, o que elevaria o preço praticado hoje, de R$ 3,00, para R$ 4,02. No entanto, conforme disse o prefeito Jonas Donizette (PSB) no final do ano passado, o reajuste será bancado pela prefeitura, para não onerar o bolso do usuário do transporte coletivo na cidade. Diante desse quadro, as empresas aguardam uma renegociação junto com a administração, reivindicando que o repasse feito às concessionárias, hoje de R$ 71,6 milhões ao ano, passe para R$ 105,3 milhões anuais. Para as empresas, esse aumento tem de ser negociado já, pois o custo mensal atual já está em R$ 34,4 milhões, enquanto que os R$ 25,6 milhões arrecadados com a cobrança da tarifa de R$ 3,00 mais o repasse atual de R$ 4,3 milhões mensais, somam R$ 29,9 milhões, ou seja, déficit de R$ 4,4 milhões mensais. O Metro apurou que, apesar da pressão das concessionárias, que pedem um aumento imediato, o

Transporte coletivo quer negociar reajuste | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

governo só pretende fazer um reajuste em julho, pois, em julho passado, quando Jonas optou por reduzir a tarifa de R$ 3,20 para R$ 3, em resposta aos protestos pelo alto valor do transporte coletivo, o subsídio dobrou, passando de R$ 36 milhões para os R$ 71,6 milhões atuais. Segundo fontes do Metro no Palácio dos Jequitibás, na

8,5 mi

de passageiros pagantes são transportados mensalmente pelo sistema de transporte coletivo de Campinas época em que o subsídio foi renegociado para abaixar a tarifa, o acordo foi que o

valor valeria por um ano. Dessa forma, não seria possível estabelecer um subsídio maior enquanto o vencimento do acerto atual não estivesse mais próximo. “A Transurc quer, mas vamos levar o assunto em banho-maria. Para nós, está muito cedo para conversarmos sobre aumento de subsídio”, disse a fonte do Metro. METRO CAMPINAS

URM. Licença ambiental vence em março A licença ambiental da área onde funciona a URM (Usina de Reciclagem de Materiais) vence em março e a Prefeitura de Campinas vai contratar uma consultoria em engenharia para elaboração de projeto básico de implantação do aterro e estudos ambientais para licenciamento ambiental da área localizada dentro do complexo do Aterro Delta A. O aviso de licitação foi publicado no ‘Diário Oficial’ de ontem e a entrega dos envelopes está prevista para o dia 2 de fevereiro. Não foi informado o valor a ser pago para a consultoria. A usina é responsável pelo recebimento de 400 caçambas diárias de resíduos de material de construção civil. Neste mês, a prefeitura começou a cobrar pelo depósito de entulho, concreto e tijolo no local. Uma caçamba que acondiciona cinco metros cúbicos paga R$ 31,65. A partir de 13 de junho, o m3 de resíduos custará 3,2144 UFICs – R$ 8,44 – e da caçamba com 5m3 serão cobrados R$ 42,20. De 10 de janeiro de 2015 em diante, o m3 de entulho valerá 4,0180 UFICs (R$ 10,55) e a caçamba com 5m3, R$ 52,75. METRO CAMPINAS

400

caçambas por dia entram diariamente na usina, que recebe material provenientes da construção civil

Oposição cobra explicações da IMA A bancada de oposição ao prefeito Jonas Donizette (PSB) cobrará na próxima segunda-feira, quando ocorre a primeira sessão do ano na Câmara de Vereadores, explicações sobre o suposto uso da máquina pública pelo presidente da IMA (Informática de Muni-

cípios Associados S/A), Fábio Pagani. Ele utilizou os serviços da advogada da empresa pública, Renata Felisberto, em uma ação de cunho privado. A audiência ocorreu durante o horário de trabalho da advogada na empresa pública. Renata também

se ausentou da IMA durante o expediente para defender uma ação trabalhista contra a Softex (Associação para a Promoção da Excelência do Software Brasileiro). Um dos parlamentares que vai cobrar um posicionamento do governo é Paulo Bufalo (PSOL). Ele irá pro-

tocolar um requerimento de informações. “Essa é só mais uma denúncia. Tenho recebido inúmeras reclamações de irregularidades dos funcionários da IMA e devemos até fazer uma diligência para ouvir os trabalhadores”, afirmou. Já o petista Angelo Barreto (PT) decla-

FALE COM A REDAÇÃO

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 019/3779-7421

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso

leitor.camp@metrojornal.com.br 019/3779-7518

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Metro Campinas. Editora-Executiva: Zezé de Lima (MTB: 16.231) Editor de Arte: Gustavo Moura. Gerente Comercial: Simone Monfardini Grupo Bandeirantes de Comunicação Campinas - Diretor Geral: Rodrigo V. P. O. Neves

rou que vai usar a tribuna porque é “grave quando o governo tem conhecimento dos problemas, mas não toma providências”. De acordo com a assessoria de imprensa da IMA, a advogada repôs as horas em que ficou fora da empresa. METRO CAMPINAS

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: avenida Engenheiro Antonio Francisco de Paula Souza, 2799, Jardim São Gabriel, CEP 13045-541, Campinas, SP. Tel.: 019/3779-7421. O jornal Metro é impresso na Log&Print Gráfica e Logística S.A.

A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

Falta d’água motiva pedido de multa por desperdício Pouco tempo. Com previsão de racionamento para abril, ofício pede à Sanasa que antecipe período de aplicação de multas A maior seca registrada nos últimos dez anos e a probabilidade iminente de racionamento de água a partir de abril motivaram o vereador Tico Costa (SDD) a enviar um ofício à diretoria da Sanasa – empresa de abastecimento de água e saneamento de Campinas –, pedindo que a lei 11.965/04, que prevê multa pelo uso abusivo de água em período de estiagem, seja antecipada e passe a vigorar de imediato. Segundo o texto da lei, sancionada em 2004, o período considerado de estiagem – que a Sanasa poderia aplicar a multa – é o de julho e agosto. Porém, a lei também diz que esse período pode ser definido anualmente, de acordo com a capacidade dos mananciais que abastecem o município. A multa é aplicada ape-

nas na segunda verificação de uso irregular. Na primeira, existe apenas uma advertência. Na seguinte, o valor a ser pago é correspondente ao triplo do quitado na última conta. Para que a multa seja aplicada a quem está utilizando água de forma abusiva, é necessário que haja denúncia para que a Sanasa, a partir daí, tome as devidas providências. “Existe a necessidade de fecharmos o cerco ao uso abusivo e desperdício da água. Seria importante aumentarmos a fiscalização”, afirma Costa. A Sanasa, por meio de sua assessoria de imprensa, informou que ainda não recebeu o ofício e que só irá emitir algum posicionamento sobre o assunto depois de recebido o documento.

Reservatórios do sistema podem ficar sem água

Imagem do Rio Piracicaba antes da estiagem

| DIVULGAÇÃO/CONSÓRCIO PCJ

METRO CAMPINAS

92 dias 3 é o prazo que os reservatórios resistem, caso o volume de chuvas não aumente em Campinas, segundo o Consórcio PCJ, que abastece a região

vezes o valor da última conta de água é a multa para quem lavar calçadas no período de estiagem em Campinas

Rio Piracicaba, em janeiro, durante o período de seca. É possível ver a base da árvore no rio

| DIVULGAÇÃO/CONSÓRCIO PCJ

Mantendo-se os mesmos níveis de chuva registrados nos últimos meses, em 92 dias os reservatórios do Sistema Cantareira – que abastece a Grande São Paulo e também as regiões que recebem água das bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí – se esgotam. O alerta foi feito há uma semana pelo Consórcio PCJ – que reúne os municípios abastecidos pelos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí. Segundo o consórcio, o sistema operava ontem com 23% de sua capacidade. Além da preocupação com o racionamento, o período mais crítico deve ser durante a Copa do Mundo, o que afetaria também as seleções e os turistas hospedados nas áreas abastecidas. A Sanasa pretende começar uma campanha em cerca de 30 dias para alertar a população para a necessidade de economia de água. METRO CAMPINAS

Governador libera área para Servidores dos Correios novo acesso ao Pq. Ecológico entram em greve hoje O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), assinou ontem decreto liberando a área para o novo acesso ao Parque Ecológico, onde será construído o Teatro Municipal de Ópera Carlos Gomes. A informação foi dada ontem pelo governador ao prefeito em exercício Henrique Magalhães Teixeira durante visita dele ao Palácio dos Bandeirantes. De acordo com o decreto, a Prefeitura de Campinas poderá utilizar a área do Estado para realizar obras de prolongamento da avenida Manoel Affonso Ferreira, criando um novo acesso ao Parque Ecológico e beneficiando frequentadores do futuro teatro. Outra ini-

Parque irá sediar novo teatro municipal| THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

ciativa foi o envio do Termo de Cessão de Uso da área do parque à prefeitura para dar continuidade ao pro-

cesso que culminará na liberação de R$ 80 milhões por parte do Estado para a obra do teatro. METRO CAMPINAS

Os funcionários dos Correios entram em greve a partir de hoje em todo o território nacional. Na região de Campinas, cerca de 5 mil trabalhadores irão cruzar os braços, de acordo com o diretor do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios, Hernandes Nascimento. De acordo com a categoria, o movimento é uma resposta da categoria contra a privatização do seu plano de saúde, o Correios Saúde. Os sindicalistas afirmam que com a implementação do novo plano, os funcionários terão de arcar com despesas adicionais para manter a cobertura dos dependentes, além de pagar uma taxa mensal pa-

87

é o número de cidades que estão sob a cobertura do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios na região de Campinas ra os procedimentos médico. Atualmente a categoria paga apenas quando usa o serviço e tem ainda um desconto que varia entre 10% a 20%, dependendo do salário do funcionário. No caso de Campinas, o sindicato afirmou que, além da mudança do plano de saúde, os trabalhadores dos Correios têm de conviver com a insegurança em

razão dos assaltos. O diretor do sindicato da região de Campinas disse que a paralisação irá implicar na não entrega de correspondência e de encomendas. Outro lado A assessoria de imprensa dos Correios informou que todos os atuais benefícios estão garantidos, inclusive dependentes cadastrados, porcentagem de compartilhamento, entre outros. A empresa disse ainda que preparou um plano de contingência que irá garantir a entrega de cartas e encomendas, assim como o atendimento nas agências da empresa. METRO CAMPINAS


|04|

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

FOCO

5 PMs são presos suspeitos de envolvimento na chacina Fechando o cerco. Operação da cúpula da Polícia Civil de Campinas e da Corregedoria da Polícia Militar teve início por volta das 14h A Polícia Civil e a Corregedoria da PM (Polícia Militar) prendeu temporariamente ontem, em Campinas, cinco PMs (policiais militares) suspeitos de participação na morte de Joab Gama das Neves, de 17 anos, crime que a polícia acredita ter sido o primeiro da chacina ocorrida em Campinas entre a noite do dia 12 de janeiro e a madrugada do dia 13. No total, 11 pessoas morreram na região do Ouro Verde e uma – que a polícia acredita não ter sido executada pelo mesmo grupo – na região do Campo Grande. Durante a operação, foram apreendidas armas, um computador e cápsulas usadas que serão comparadas com as encontradas no corpo de Joab e de mortos na chacina. Uma moto, vista por testemunhas nos locais das execuções, era procurada no bairro São Bernardo. Os policiais acreditam que se a morte do adolescente for esclarecida, eles terão chegado também aos autores da chacina. Joab, que veio a morrer três dias depois de ser encontrado às 22h30 baleado na cabeça em uma calçada do bairro Parque das Indústrias,

As prisões

4 horas

Todas os presos são do 47º Batalhão da PM, instalado na região do Ouro Verde

foi o tempo necessário para que todos os mandados expedidos pela 5ª Vara Criminal de Campinas fossem cumpridos inicialmente não havia sido incluído na lista das vítimas da chacina, porque não havia sido feito boletim de ocorrência. Quando o boletim foi feito, os investigadores perceberam que as características da execução eram semelhantes às dos mortos na chacina e começaram a trabalhar com a hipótese de que ele teria sido a primeira das vítimas. As outras foram mortas em quatro bairros da mesma região, em um intervalo de três horas. Pelo BO, Joab teria sido ferido após tentar, junto com mais dois ladrões, um assalto a um posto de combustíveis no Ouro Verde – a família nega que ele tivesse envolvimento com roubos. A suposta tentativa de assalto levou para o posto policiais que fariam segurança privada na região. O encontro desses poli-

• Três policiais foram presos enquanto trabalhavam, dois deles no posto da PM do Aeroporto Internacional de Viracopos. Os outros dois foram presos nos bairros Jardim Aeroporto e Parque Santa Bárbara. • Todos os presos foram levados ontem para a Delegacia Seccional de Campinas. Depois eles seriam transferidos para o presídio da PM, Romão Gomes, em São Paulo. Viaturas saíram da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) para as cumprir mandados | THOMAZ/MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

ciais foi filmado pelas câmeras de monitoramento do estabelecimento. As imagens requisitadas pelos responsáveis pela investigação da chacina permitiram que dois fossem chamados para esclarecimentos e particpar de um reconhecimento, já que havia uma testemunha da morte de Joab. O PM que

aceitou fazer o reconhecimento, foi reconhecido e teria dado o nome dos outros quatro. O outro se negou a passar pelo reconhecimento da testemunha. A admissão da morte de Joab com a primeira da série levou a uma nova linha de trabalho: as mortes seriam um presta atenção nos

ladrões da região do Ouro Verde, que vinham intensificando os roubos na área cuja segurança era feita por esses PMs, provocando reclamações dos comerciantes. Arides Antes, apesar de a polícia trabalhar com a hipótese de guerra entre quadrilhas,

a principal linha de investigação apontava para a vingança do assassinato, no dia da chacina, por volta das 12h30, do cabo Arides Luiz dos Santos, durante outra tentativa de assalto a mais um posto de combustíveis da região, esse na avenida Ruy Rodriguez. METRO CAMPINAS

Suspeitos não reagiram ao cumprimento dos mandatos A operação para prender os suspeitos ontem foi decidida após a polícia ouvir dois PMs por mais de 9h anteontem. Eles foram identificados em imagens cedidas por um posto de combustíveis,

onde aconteceu uma reunião de PMs após uma tentativa de assalto. A logística foi montada e os trabalhos começaram por volta das 13h. Às 14h, as viaturas partiram da sede

da DIG (Delegacia de Investigações Gerais). Os homens se dividiram em cinco equipes para cumprir os mandados de prisão e de busca e apreensão. As equipes dos veícu-

los do Grupo Bandeirantes acompanharam toda a movimentação e presenciaram quatro prisões – em Viracopos, no Jardim Aeroporto e no Parque Santa Bárbara. Em nenhuma delas hou-

ve reação. No caso da prisão no Jardim Aeroporto, os policiais se confundiram, achando que o PM estava de folga. No entanto, ele estava trabalhando no Copom. Ele foi trazido até sua casa

em um carro do Copom, já sem farda. Quando chegou, os encarregados de sua prisão leram para ele o conteúdo dos mandados judiciais que tinham em mãos. METRO CAMPINAS

Polícia busca em rio pistola 380 perdida

Busca em córrego anteontem | DENNY CESARE/FUTURAPRESS

Ontem foi o dia de um trecho de 200 metros do rio Atibaia passar por um pente-fino de três horas, quando homens do Corpo de Bombeiros e policiais civis buscavam a arma de um PM (policial militar) que registrou BO (boletim de ocorrência) de extravio, afirmando ter perdido a sua pistola 380 durante uma pescaria no trecho. A força-tarefa, integrada também por peritos, contou com três mergulhado-

tem o trecho do rio Atibaia que foi vasculhado ontem porque seria onde o PM perdeu a sua arma, segundo BO

mou o dia em que o BO foi feito pelo policial. No entanto, fontes do Grupo Bandeirantes afirmam que foi logo após a chacina dos dias 12 e 13 de janeiro. O PM seria um dos suspeitos de participar das mortes.

res profissionais do Corpo de Bombeiros. No entanto, as buscas não deram em nada e foram encerradas pela polícia. A Polícia Civil não infor-

Gullit Anteontem, uma operação semelhante, e também frustrada, foi montada na tentativa de localizar em um córrego no bairro Recanto do Sol, onde ocorreram parte

200m

das execuções, a arma que matou o cabo da PM Arides Luiz dos Santos. O revólver 38 usado no crime teria sido jogado no local, conforme apontou Gullit Fernandes de Oliveira, de 22 anos, que teria confessado ser o autor dos disparos na cabeça do PM , que tentou desarmar o bandido durante uma tentativa de assalto a um posto de combustíveis na região do Ouro Verde. METRO CAMPINAS


|06|

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

CIMCamp tem 10% das câmeras quebradas Monitoramento. Das 353 câmeras instaladas, 28 estão sem funcionar. Outros 19 equipamentos furtados não foram repostos O CIMCamp (Centro Integrado de Monitoramento) tem uma média de 10% de suas câmeras de monitoramento quebradas. Dos 353 equipamentos que estão instalados, 28 deles estão sem operação. Condições climáticas, como raios, vandalismo e acidentes são responsáveis pela retirada dos “big brothers” das ruas. O tempo de vida das câmeras também é responsável pela fragilidade. Elas foram adquiridas há oito anos. A quantidade de câmeras já foi maior e a cidade chegou a ter 374 equipamentos. Porém, 19 deles foram furtados durante a administração anterior e duas delas quebraram e tiveram perda total. Destas duas últimas,

R$ 1,5

milhão a CIMCamp terá neste ano para compra de novos equipamentos. No ano passado, foram R$ 100 mil umas foi jogada por um aluno de uma escola municipal dentro da caixa d’água do prédio escolar. “Trabalhamos com uma média de 10% de câmeras que precisam de conserto. Fazemos um esforço enorme para garantir manutenção rápida”, disse o diretor do centro, Nelson Ayres, que acrescentou ainda que, das 28 câmeras, 18 já estão na empresa e o restante está

esperando laudos dos problemas para serem enviadas para conserto. Não há prazo para que elas sejam reinstaladas. A CIMCamp não tem um estoque de equipamentos para substituir as peças quebradas. A reposição dos equipamentos furtados não foi feita no ano passado por falta de orçamento. “Em 2013, tínhamos apenas R$ 100 mil e, para este ano, foram destinados R$ 1,5 milhão para investimentos. Vamos adquirir novos equipamentos”, disse Ayres. A ampliação do monitoramento na cidade será feita em parceria com a iniciativa privada, como universidades e bancos, que terão equipamentos integrados no CIMCamp. METRO

Câmeras de monitoramento ajudam no combate à criminalidade | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS


CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

Festival de infrações Rio. Motorista confessa que falava ao celular no momento em que a caçamba do caminhão estava levantada e atingiu passarela O acidente na Linha Amarela, no Rio de Janeiro, poderia ter sido evitado se um festival de infrações de trânsito fosse coibido pela fiscalização. Ontem, o motorista do caminhão basculante, Luís Fernando Costa, de 31 anos, depôs à polícia e ad-

mitiu que falava ao celular no momento em que a caçamba, que estava levantada, bateu na passarela. Segundo o delegado Fábio Asty, o condutor, que ainda está internado, contou que conversava pelo celular desde o momento em que entrou

na via, cerca de 3 km antes do acidente, entre os acessos 4 e 5, no sentido Fundão. “Isso pode comprovar crime culposo. Indica falta de cuidado, o que chamamos de negligência. Não estava atento e não observou os retrovisores laterais, o que pode ter

ocasionado o fato de ele não ter visto a caçamba levantada”, afirmou o delegado. Além do celular, Luís Fernando trafegava na via expressa em horário proibido para veículos de transporte de carga e também dirigia em velocidade acima da permitida na pista da direita, que é de 80 km/h. O motorista contou que estava a 85 km/h, mas testemunhas dizem que ele poderia estar mais rápido. O motorista do caminhão pode ser indiciado por homicídio culposo (sem intenção de matar) e lesão corporal. O resultado da pe-

rícia que pode indicar se a alavanca para acionar a caçamba foi ou não acionada deve sair em dez dias. Luís Fernando também contou que a caixa de marcha passou por conserto na sexta-feira e, na segunda-feira, o veículo foi usado por um outro motorista. A polícia apura se o problema pode ter afetado o sistema que aciona a caçamba. A polícia ainda analisa as imagens das câmeras da Lamsa, concessionária que administra a Linha Amarela. Novas testemunhas serão chamadas para depor. METRO RIO

Número de mortes sobe para cinco

Polícia multou 111 veículos ontem |

MARCIO CASSOL/ FUTURA PRESS

Morreu às 6h de ontem a quinta vítima do acidente na Linha Amarela. Luiz Carlos Guimarães, de 60 anos, estava internado em coma no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, zona norte do Rio de Janeiro, após ter sofrido um traumatismo craniano e um edema (incha-

ço) cerebral. Guimarães estava no banco de trás de um Palio, que foi esmagado pela estrutura metálica. O motorista do ônibus foi transferido do hospital Salgado Filho para um hospital particular em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. METRO RIO

{BRASIL}

|07|◊◊

Um dia depois, 111 veículos são multados No dia seguinte ao acidente que deixou cinco mortos e quatro feridos, a Polícia Militar fez uma grande operação na Linha Amarela para coibir o transporte de caminhões de carga fora do horário permitido. Das 6h às 10h, 111 veículos foram multados (valor de R$ 85). Eles também tiveram que esperar o horário de liberação do tráfego, depois das 10h, para seguir viagem. Pelo que se viu, porém, a lei é desconhecida pelas autoridades. De acordo com um decreto municipal de outubro de 2013, os únicos autorizados a transitar em qualquer horário são os veículos de emergência, de fiscalização de trânsito e prestadores de serviço de utilidade pública, o que não justifica uma caminhonete da CET-Rio ter ficado presa na blitz. Sem ser muito claro, um policial, com a cópia do decreto na mão, tentava justificar, mas não conseguia esclarecer o porquê de ter parado o carro do órgão municipal. Os veículos de pequeno porte também foram parados. METRO


|08|

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Brasil é 8º no mundo com mais analfabetos adultos Ranking da Unesco. São 13,2 milhões de pessoas com idade acima de 15 anos que não sabem ler e escrever. País figura na lista das 41 nações que investiram 6% do PIB em educação Embora tenha um investimento de 6,4% do PIB em educação, aplicado R$ 106,6 bilhões na educação básica entre 2007 e 2012, o Brasil ainda ocupa a 8ª colocação no ranking mundial de analfabetos adultos, segundo levantamento da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) divulgado ontem. O relatório serve para alertar os 164 países que assinaram em 2000 um compromisso com seis metas que incluiem erradicar o analfabetismo; ampliar o acesso de crianças, jovens e adolescentes à escola; e melhorar a qualidade da educação. O prazo vence em 2015, mas nenhuma nação deverá cumprir 100% das metas. De um total de 774 mi-

“A baixa qualidade da educação significa que milhões de crianças não estão aprendendo sequer o básico. De 650 milhões de crianças em idade de frequentar a educação primária, pelo menos 250 milhões não estão aprendendo o básico de leitura e matemática” MARIA REBECA OTERO, COORDENADORA DE EDUCAÇÃO DA UNESCO NO BRASIL

lhões de pessoas que não sabem ler nem escrever, 72% estão concentrados em 10 países, incluindo o Brasil. No recorte regional, 38,5% dos analfabetos adultos na Amé-

rica Latina são brasileiros. A Unesco considera que o país ‘caminha lentamente’ no cumprimento da meta. São pelo menos 13,2 milhões de brasileiros com idade acima de 15 anos que não foram alfabetizadas. A meta do Brasil é ter um índice de analfabetismo de 6,7% até o ano que vem. O índice, porém, está em 8,7%. Esforço reconhecido O Brasil recebe elogio na política de financiamento da educação, pela exigência de frequência escolar como pré-requisito para rebecer o Bolsa-família, além da adoção de bônus para professores. O país também está na lista de 41 nações que investiram pelo menos 6% do PIB em educação. METRO BRASÍLIA

Ranking Confira países com o maior número de analfabetos com idade acima de 15 anos:

1º Índia 2º China 3º Paquistão 4º Bangadlesh 5º Nigéria 6º Etiópia 7º Egito 8º Brasil 9º Indonésia 10º República do Congo

Juiz diz que maconha é ‘recreativa’ e absolve réu Flagrado tentando entrar na penitenciária da Papuda, no Distrito Federal, em 30 de maio do ano passado, com 52 trouxas de maconha de estômago que seriam entregue a um detento, Marcus Vinicius Pereira Borges foi absolvido a partir de uma decisão inédita de um magistrado de Brasília. O juiz Frederico Ernesto Maciel, da 4ª Vara de Entorpecentes do Distrito Fe-

deral, considerou que o uso da substância tem função recreativa, de baixo poder nocivo. De acordo com ele, proibi-la seria inconstitucional por violar direitos de liberdade, igualdade e dignidade humana. O julgamento de Borges ocorreu em outubro do ano passado, mas voltou à discussão no último dia 16 quando o Ministério Público recorreu da decisão e o

caso voltou a ser discutido no tribunal. Na sentença, o juiz considerou uma discrepância proibir o uso da maconha e, ao mesmo tempo, permitir o consumo de cigarro e bebidas alcoólicas. Omissão da lei O magistrado afirmou que a portaria 344 de 1998, que regulamentou a Lei de Drogas, é omissa quanto os tipos de entorpecentes que têm restrição de uso. METRO

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

BRIZOLA NETO ACHA QUE LUPI FOI MESMO SUBORNADO. Ex-ministro do Tra-

“GENERICAMENTE, EU DESEJO MANTER A ALIANÇA.”

balho Brizola Neto não apenas acredita que são verdadeiras as denúncias contra seu antecessor Carlos Lupi, acusado de cobrar propina para obtenção de autorização de funcionamento de sindicatos, como adverte: mais revelações da máfia dos sindicatos, no Ministério do Trabalho, devem aparecer nas próximas semanas. O neto do engenheiro Leonel Brizola está enojado: “Lupi jogou o PDT no lixo”.

CID GOMES (PROS), GOVERNADOR DO CEARÁ, BATALHANDO UM MINISTÉRIO PARA CHAMAR DE SEU

ria R$ 2 bilhões ao ano. DINHEIRO DO BNDES NÃO É AUDITADO AQUI, NEM LÁ.

Os recursos do BNDES que financiam obras de empreiteiras brasileiras no exterior não são fiscalizadas no Brasil e nem nos países de destino. Por coincidência ou esperteza, os recursos têm sido oferecido a países subjugados por ditaduras longevas e governos acusados de corrupção, onde não há órgãos de controle. Nesses países, se há licitações públicas, não há imprensa livre que as denunciem, quando fraudadas..

Carlos Lupi | WILSON DIAS/AGENCIA BRASIL

EXTORSÃO. Brizola Neto acha inclusive que logo surgirão denúncias de vítimas de extorsão, gente que pagou para criar seu sindicato, mas não levou. DESCONTROLE. O “BrizoliPresidente Dilma Rousseff | PEDRO LADEIRA/FRAME/FOLHAPRES

Dilma em Portugal. Comissão arquiva ação Menos de 24 horas após apresentada, a Comissão de Ética Pública da Presidência arquivou ontem o pedido de investigação da viagem da comitiva presidencial para Lisboa, que não constava na agenda oficial. A denúncia foi feita pelo PSDB que pedia investigação de prática de improbidade administrativa da presidente Dilma Rousseff e ministros. Na justificativa para o arquivamento, o presidente do colegiado, Américo Lacombe, afirmou que a comissão não tem competência para investigar presidente da República. METRO BRASÍLIA

SEM CONTROLE. Nos países onde o BNDES financia obras não há órgãos como os brasileiros Tribunal de Contas da União e Ministério Público Federal.

nha” foi ministro entre maio de 2012 e março de 2013 e pôde ver o descontrole deixado por Lupi na criação de entidades sindicais.

VIGILÂNCIA. Após ler as no-

tas desta coluna sobre os empréstimos do BNDES, a senadora Ana Amélia (PP-RS) anunciou que vai exigir explicações.

ESQUEMA. Em entrevista

à revista IstoÉ, uma empresária contou haver subornado Lupi com R$ 200 mil. A máfia movimenta-

PODER SEM PUDOR

Teste da Promessa Respeitável cabo eleitoral e dono de um armazém de beira de estrada em Minas, seu Juca recebeu, certa vez, duas visitas simultâneas: os deputados Afonso Arinos (UDN) e Ovídeo Abreu (PSD), ambos interessados em conquistar seu apoio na reeleição. Juca fulminou:

- Vocês se lembram do que eu pedi na eleição passada? Os dois pigarrearam, coçaram a cabeça, desconversam e foram embora. Um freguês perguntou a Juca o que afinal eles haviam prometido. - Que eu me lembre, nada. Só queria ver o que eles diriam...

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


|10| Superpapa

1

1 . ALESSANDRO BIANCHI/REUTERS 2 . OSSERVATORE ROMANO/REUTERS 3 . TONY GENTILE/REUTERS

3

1

2

Sai da frente Super-Homem

Uma edifício perto do Vaticano, na Itália, amanheceu ontem com um grafite do papa argentino levantando voo na clássica posição do Super-Homem.

2

Papagaio dá o pé para o papa

O papa Francisco segura um papagaio entregue a ele por fiéis durante durante a audiência geral na Praça São Pedro, no Vaticano.

3

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

Um lenço para Francisco

Um cachecol jogado por um fiel é visto no rosto do papa Francisco, ontem, durante a mesma audiência geral na Praça de São Pedro, no Vaticano.

Celac termina com nota de apoio a Cuba Cúpula. Líderes de 33 países latino-americanos e caribenhos, incluindo a presidente Dilma Rousseff, se reuniram por dois dias em Havana e discutiram ‘liberdade política’ Líderes latino-americanos se comprometeram ontem, em Havana, a respeitar o direito de todos os países da região a escolher os seus próprios sistemas políticos. Trata-se de uma declaração notável principalmente por aceitar Cuba como o único Estado de partido único no hemisfério ocidental. Cuba sedia a reunião de cúpula da Celac (Comunidade de Estados da América Latina e do Caribe), que reúne os 33 países da região que concordaram na declaração de “respeitar plenamente o direito inalienável de cada Estado para escolher seu sistema político”. Eles também concordaram em “não intervir, direta ou in-

diretamente, nos assuntos internos de qualquer outro Estado e observar os princípios da soberania nacional”. A cúpula da Celac, que exclui os Estados Unidos e

Canadá, foi uma ideia do falecido presidente da Venezuela, Hugo Chávez. E foi criada como um contraponto à OEA (Organização dos Estados Americanos), com sede em Washington

Líderes regionais participam de uma sessão do encontro | A. ROQUE/REUTERS

e forte hegemonia norte-americana. O segundo encontro anual do organismo latino-americano e caribenho, que durou dois dias, foi concluído ontem na capital cubana. METRO


CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

Obama defende seu legado Estado da União. Discurso do presidente norte-americano ao Congresso dos EUA centrou foco no ‘Obamacare’ e apontou caminho para eleições de novembro O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deu a seus colegas do Partido Democrata um roteiro de campanha para as eleições parlamentares de novembro: desafiar os republicanos que criticam a lei de assistência médica a oferecer algo melhor. O presidente quase não mencionara a lei, conhecida como “Obamacare”, nos últimos dois discursos sobre o Estado da União. Desta vez, Obama defendeu sua política. Ele não mencionou os problemas do programa e a decepção dos que descobriram que o custo dos seus seguros aumentaram. Em vez disso, retratou o programa, elaborado para dar cobertura a milhões de norte-americanos não assegurados, como uma rede de proteção fundamental para evitar o desastre financeiro e médico das pessoas. Obama também se referiu ao ato que acaba com as injustiças de um sistema de

saúde que permitia que as mulheres pagassem mais do que homens e negava cobertura a pessoas doentes. “Isso é reforma de seguro médico, saber que, se algo acontecer, você não precisa perder tudo”, disse. Essas disputas podem determinar quem controlará o Senado dos EUA nos dois últimos anos de Obama na Casa Branca. Os republicanos precisam levar seis assentos para ganhar o controle da Casa. Eles devem manter o domínio na Câmara dos Deputados. Ao lidar diretamente com a lei, Obama ajuda mais os seus partidários do que se evitasse o tema, disse Robert Y. Shapiro, professor de ciência política da Universidade de Columbia. “Se ele não falar sobre isso, os republicanos de qualquer maneira vão. Ele não tem o poder de manter o assunto fora da pauta de discussões”, afirmou Shapiro. METRO

Frio. Tempestade de neve mata seis nos EUA Uma onda de frio instalou ontem o caos no sul dos EUA depois que uma rara tempestade de neve matou pelo menos seis pessoas, prendeu crianças em suas escolas, interrompeu estradas em vários estados e cancelou voos no aeroporto mais movimentado do mundo. Na terça e quarta, uma tempestade se abateu sobre uma região que se estende do Texas até a Geórgia, passando Ucrânia

Um dia depois de discurso, Obama sai em viagem pelo país | YURI GRIPAS/REUTERS

|11|◊◊

pelas Carolinas, pouco acostumada ao gelo e à neve. Pelo menos cinco mortes no Alabama e uma na Geórgia foram resultantes da tempestade. Empresas aéreas cancelaram milhares de voos nos aeroportos de Houston até Atlanta, cerca de 500 destes só no Hartsfield-Jackson Atlanta International Airport, o mais movimentado do mundo. METRO

Síria

País está à beira da guerra civil

Negociação de paz não avança

“Todo o mundo e toda a Ucrânia sabem que o país está à beira da guerra civil”, disse ontem no parlamento, em Kiev, o ex-presidente Leonid Kravchuv. Ele se referiu aos manifestantes que mantêm os protestos contra o governo e já tomaram os prédios de instituições administrativas no país. METRO

O mediador internacional Lakhdar Brahimi disse ontem que não espera resultado substancial na primeira rodada de negociações sobre a paz Síria, que termina amanhã. No entanto, Brahimi afirmou que tem expectativa de uma segunda rodada mais produtiva, na semana que vem. METRO


|12|

Crédito. Brasileiros reduzem o uso do cheque especial Mesmo com a elevação da Selic, a taxa média de juros cobrados do consumidor (com recursos livres, que excluem crédito habitacional e rural, entre outros) recuaram no mês passado. Entre novembro e dezembro, os juros médios caíram 0,5 ponto percentual, para 38% ao ano. Segundo o chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel, a queda ocorreu porque os brasileiros usaram o 13º salário para pagar crédito rotativo, como o cheque especial, que tem taxa de juros alta. Em dezembro, o saldo (R$ 20,154 bilhões) do cheque especial caiu 5,1%, em relação a novembro. Por se tratar de uma linha mais cara, o cheque tem peso importante na composição da taxa média. “É um efeito estatístico de composição. Você tira da sua amostra aquela parcela que tem a taxa de juros mais elevada”, explicou Maciel. Ao longo de 2013, a taxa média cobrada do consumidor subiu 4,1 pontos percentuais frente ao registrado no ano anterior, superando o aumento da Selic. No período, para conter pressões inflacionárias, o Banco Central elevou a taxa básica de juros de 7,25% para 10% ao ano, uma alta de 2,75 pontos percentuais. O destaque vai para o che-

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

que especial, cuja taxa subiu de 146,4% em novembro para 147,9% no mês passado, a maior desde junho de 2012 (156,7%). Ao longo de 2013, as taxas da linha mais cara de crédito subiram 9,9 pontos porcentuais. Apesar da alta no custo dos empréstimos, a inadimplência recuou no período. O calote caiu de 8,0%, em dezembro de 2012, para 6,7%, em dezembro do ano passado. Sobre novembro, houve uma pequena alta de 0,1 ponto percentual. METRO

BC dos EUA corta mais US$ 10 bi de estímulos Câmbio. Nova redução tende a pressionar dólar nos mercados emergentes. No Brasil, moeda norte-americana fechou em alta de 0,30% e renovou máxima em cinco meses

Bernanke passa amanhã o comando do Fed a Janet Yellen | GARY CAMERON/REUTERS

O Fed, o banco central dos Estados Unidos, decidiu ontem reduzir em mais US$ 10 bilhões os estímulos à economia americana. A partir de fevereiro, o Fed vai comprar US$ 65 bilhões por mês em títulos americanos, de US$ 75 bilhões anteriormente. Com a redução, o dólar tende a subir em outros mercados, incluindo emergentes, como o Brasil. À espera da decisão do Fed, a moeda norte-americana avançou ontem 0,30%, a R$ 2,4338 na venda, mas chegou a bater R$

2,4509 na máxima. É o maior valor de fechamento desde 21 de agosto de 2013, quando o dólar comercial fechou a R$ 2,451. Na semana, a moeda norte-americana tem alta acumulada de 1,49% e, no ano, já subiu 3,24%. “Com as notícias fracas que vêm vindo sobre o cenário interno e somando a ansiedade com o Fed, o pessoal já se prepara para o pior cenário”, afirmou à “Reuters” o gerente de câmbio da corretora Treviso, Reginaldo

Tesouro. Dívida Moedas comemorativas da pública pode alcançar Copa começam a ser vendidas até R$ 2,32 trilhões Depois de encerrar 2013 acima da barreira de R$ 2 trilhões e em nível recorde, a dívida pública federal deverá chegar ao fim de 2014 entre R$ 2,17 trilhões e R$ 2,32 trilhões. Os números foram divulgados ontem pelo Tesouro Nacional. Segundo o Plano Anual de Financiamento, o governo pretende continuar a melhorar a composição da dívida pública em 2014, mantendo a fatia de títulos prefixados (com taxas de juros fixas e definidas antecipadamente), vinculados à inflação, e reduzindo levemente a parcela da dívida corrigida por taxas flutuantes como a Selic (juros básicos da economia) e pelo

câmbio. A fatia dos títulos prefixados deverá encerrar o ano entre 40% e 44% da dívida pública. Atualmente, a participação está em 42%. A parcela corrigida por índices de preços deverá ficar entre 33% e 37%. Hoje, está em 34,5%, informou a “Agência Brasil”. A parcela da DPF vinculada a taxas flutuantes deverá encerrar 2014 entre 14% e 19%, contra os 19,1% registrados atualmente. Já a participação da dívida corrigida pelo câmbio, considerando a dívida pública externa, deverá encerrar o ano entre 3% e 5%. O percentual atual está em 4,3% METRO

O Banco Central liberou ontem a venda das moedas comemorativas da Copa do Mundo de 2014. As moedas podem custar de R$ 30, a de cuproníquel, a R$ 1.180, a de ouro. São nove modelos: uma de ouro, duas de prata e seis de cuproníquel (liga metálica que mistura cobre e níquel). Uma das moedas de prata traz o mascote oficial da Copa de 2014, o Fuleco, enquanto a outra faz uma homenagem às doze cidades-sede. Também deverá ser comercializada, a partir de março, uma cartela com o conjunto das seis moedas de cuproníquel. Elas vão compor a série “Jogadas do Futebol”, retratando lances típicos do esporte: a defesa do goleiro, a cabeçada, a matada no

peito, o passe, o drible e o gol. As moedas poderão ser adquiridas no site do Banco do Brasil (www.bb.com.br) ou nas representações regionais do Banco Central. Nas regionais do BC o pagamento deve ser feito em dinheiro. Nas compras pela internet, através de boleto ou, se o comprador for correntista do BB,

por meio de débito em conta. A tiragem inicial da moeda de prata será de 12 mil unidades, podendo chegar a 20 mil. O Banco Central fará, no máximo, cinco mil unidades da moeda de ouro. No total, até 20 mil unidades da moeda cuproníquel devem ser feitas. METRO

Com valor de face de R$ 10, moeda de ouro custa R$ 1.180 | REPRODUÇÃO/BC

Galhardo. A retirada dos estímulos dos EUA preocupa os países emergentes porque reduz a liquidez internacional. Para tentar conter a fuga de capital, os BCs dos emergentes começaram a subir suas taxas de juros. Na terça, a Turquia promoveu um forte ajuste, elevando suas duas principais taxas de juros: de 4,5% ao ano para 10% ao ano e de 7,75% ao ano para 12% ao ano. Ontem, foi a vez da África do Sul, que aumentou taxa de juros de 5% para 5,5%. A decisão foi unânime, por 10 a 0. Foi a primeira vez desde junho de 2011 que todos os membros da autoridade concordaram. Com os sinais de melhoras da economia dos EUA, o Fed começou a reduzir os estímulos em dezembro de 2013, quando cortou o programa mensal de compra de bônus de US$ 85 bilhões para US$ 75 bilhões. O presidente do Fed, Ben Bernanke, que passará amanhã o comando do banco central à atual vice da autoridade, Janet Yellen, encerrou sua última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) sem fazer qualquer mudança na outra grande política da autoridade monetária: o plano de manter os juros baixos por algum tempo. METRO

Supermercado. Conta fica 5,43% mais cara em 2013 A cesta de 35 produtos de largo consumo, analisada pela GfK a pedido da Associação Brasileira de Supermercados, apresentou alta de 0,14% em dezembro em comparação a novembro de 2013, passando de R$ 359,86 para R$ 360,35. Na comparação com dezembro de 2012, o indicador cresceu 5,43%. Os itens com as maiores altas em dezembro na comparação com novembro foram cebola (8,29%), tomate (7,07%) e farinha de mandioca (4,16%). Em 2013, esses itens variaram com queda de 16,91%, alta de 3,24% e aumento de 27,89%, respectivamente. Com as medidas do governo para conter a alta da inflação, a expectativa é de estabilidade nos preços neste ano. METRO


CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|13|◊◊

KEVIN WINTER/GETTY IMAGES

a lista de artistas produzidos pelos caras ficou gigantesca.

Perfil. Conheça Pharrell Williams, vencedor do Grammy de produtor do ano de 2013 que, além de ser um dos responsáveis pelo hit ‘Get Lucky’, do duo Daft Punk, é ‘culpado’ por alguns dos maiores sucessos da música americana na última década

? quem

Quais suas influências? Principalmente Michael Jackson. Mas ele já mencionou outros grandes nomes, como Stevie Wonder, Marvin Gaye e A Tribe Called Quest. Ritmos como o hip hop, soul e o R&B são suas maiores referências em seus trabalhos. Você fala tudo isso, mas Pharrell só tem um disco. Sim, é verdade. “In My Mind” foi lançado em 2006 e chegou ao top 10 das paradas americanas. Porém não há hits tão grudentos como os que ele criou para outros artistas. Ao que tudo indica, neste ano de 2014 ele tentará a sorte novamente com um novo álbum solo.

Pharrell Quem é esse cara? Pharrell Williams tem 40 anos e nasceu em Virginia, nos Estados Unidos. Desde a época do colégio dedica-se à música, seja como artista ou produtor. Com o tempo, seus pitacos e sua voz aguda tornaram-se fundamentais no meio artístico. De uns

anos para cá, a mão do artista/produtor vem sendo garantia de sucesso. Sabe o hit “Get Lucky”, do Daft Punk? Além de tê-lo produzido, ele também canta na música. Ele sempre fez sucesso? Nem sempre, mas foi rápido. Desde 1992 Pharrell dedi-

Pharrell na festa do Grammy, realizada domingo passado

cou seu trabalho à produção, sempre ao lado dos amigos Chad Hugo e Shay Haley, um grupo chamado Neptunes. O trio chegou a produzir nomes conhecidos, como Jay-Z, Ludacris e All Saints, mas foi em 2001 que estourou com “I’m a Slave 4 U”, lançado por Britney Spears. Desde então

Então Pharrell é bom em ser um grande parceiro? Sim! Quer ter um hit? Chame Pharrell e comece a contar o dinheiro. Snoop Dogg aprendeu a lição. Em 2003 convocou o amigo para cantar “Beautiful” (com clipe gravado no Rio de Janeiro). Chegou no top 10 americano. No ano seguinte repetiram a dupla, em “Drop it Like it’s Hot”, e conseguiram o número um. “Get Lucky” é seu maior su-

cesso como convidado? Não exatamente. A música do duo francês Daft Punk ganhou prêmios e mais prêmios e não sai dos nossos ouvidos, mas em 2013 seu maior lucro veio da participação em “Blurred Lines”, de Robin Thicke, que foi número um em diversas paradas pelo mundo. Quem mais já caiu em suas mãos? Como produtor, nomes de respeito cederam aos caprichos de Pharrell. E a lista é grande: Jay-Z, Beyoncé, Madonna, Kylie Minogue, Aloe Blacc, Mayer Hawthorne, Kendric Lamar, Frank Ocean, Gloria Estefan, Maroon 5… E por aí vai. E a vida pessoal, como vai? Pharrell se casou no ano passado com sua namorada de longa data, a modelo e designer Helen Lasichanh. Juntos eles têm um filho, Rocket Man Williams, de cinco anos. Boa pinta, no ano passado foi eleito Homem do Ano pela revista “GQ” e, em 2005, foi apontado como homem mais bem vestido do mundo pela “Esquire”. Veja uma galeria de vídeos de Pharrell no site do Metro Jornal www.metrojornal.com.br

2 CULTURA

Trent Reznor

Desculpas

Após o vocalista do Nine Inch Nails (foto) ter mandado pelo Twitter um “sincero f*se” aos produtores do Grammy, , por terem cortado a apresentação de sua banda, o produtor executivo do evento, Ken Ehrlich, lamentou o aborrecimento do músico e ressaltou que segurou a transmissão o máximo que pôde.


|14|

Teatro. ‘O Pequeno Príncipe’ vai ao Dom Pedro “O Pequeno Príncipe”, livro escrito pelo francês Antoine de Saint-Exupéry, completa 71 anos em abril. Icônica na literatura infanto-juvenil, a obra já foi traduzida para mais de 200 línguas e tem vendas expressivas nas livrarias. Inspirada na trama, a produtora campineira Arte & Manhas dá início, a partir de sábado, a uma curta temporada do espetáculo “As Aventuras de um Pequeno Príncipe” no Teatro Amil, no Shopping Dom Pedro. Tamires Faustino, atriz responsável pela adaptação para os palcos, diz que não mexeu no enredo de Saint-Exupéry. A peça apresenta a história do príncipe que viaja por vários planetas e tira de suas experiências muitos ensinamentos. “É uma trajetória cheia de personagens fantásticos. Espectadores experimentam algo novo, refletindo sobre a essência da vida juntamente com o principezinho”, conta. A companhia Arte & Manhas é especializada em espetáculos direcionados a crianças – são 16 peças no repertório. A peça fica em cartaz até o dia 23 de fevereiro. Há sessões aos sábados e domingos, sempre às 16h. Vendidos na bilheteria do teatro, os ingressos custam de R$ 15 a R$ 25. METRO CAMPINAS

300 mil

exemplares do livro são vendidos anualmente no Brasil

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

CULTURA

Voz da periferia, MC Guimê retorna à cidade Figurinha carimbada. Presença constante em Campinas, funkeiro explica origem de suas letras, evita falar sobre rolezinhos e diz que funk ostentação veio para revolucionar. Ele participa de show na região no sábado Trilha sonora dos rolezinhos, o funk ostentação – vertente que aborda em suas letras mulheres bonitas, bebidas de qualidade, carros importados e festas – invadiu os corredores dos shoppings, rompeu barreiras, ganhou espaço na mídia e virou febre entre os jovens brasileiros – não só da periferia. Seu principal representante, o MC Guimê, mesmo com uma agenda apertada – são cerca de 40 shows por mês e diversas participações em programas de televisão –, é figurinha carimbada em Campinas. No último dia 25, o funkeiro que completou 21 anos em dezembro marcou presença em um evento para adolescentes na Aldeia Santo Antonio, em Sousas. Na próxima sexta-feira, a partir das 22h, é, ao lado do grupo Turma do Pagode, uma das atrações de uma festa no Campinas Hall. A presença frequente na cidade deixa Guimê à vontade e rende elogios aos fãs campineiros. “Já fiz vários shows em Campinas. A região é muito legal. Os fãs são ‘pesados’”. Entoados pelos “rolezeiros” nos shoppings, os versos que remetem ao consumo de roupas de grife e cordões de ouro foram inspirados, segundo Guimê, em experiências pessoais dos funkeiros e em letras

501 mil

seguidores tem o jovem no Instagram, plataforma na qual coloca fotos de suas viagens, tatuagens e momentos de lazer

Tatuagens, brincos e cordões fazem parte do visual do MC, fã assíduo das redes sociais

de rappers estrangeiros. Promover uma ode aos artigos de luxo não é o único objetivo de Guimê. Sua atual música de trabalho, “País do Futebol”, gravada ao lado de Emicida, tem em sua introdução uma mensagem de incentivo aos garotos de periferia, classe que

“Com a entrada na mídia, o funk ostentação veio para revolucionar. Todo gênero tem suas mutações” MC GUIMÊ, FUNKEIRO

| DIVULGAÇÃO

“a sociedade inteira empurra para baixo”. “O principal objetivo é passar uma mensagem de não desistir dos sonhos nunca. A periferia sempre foi desacreditada, mas estamos aí para mostrar que de lá que vem os melhores jogadores, cantores e que podemos, sim,

acreditar em ter uma vida melhor”, afirma. Na crista da onda, o funkeiro criado pelo pai em Osasco, apenas com o necessário, conta que notou o salto de importância em sua carreira quando “não conseguia fazer coisas normais, como ir ao shopping e sair na rua”. Afastar a imagem de Guimê dos rolezinhos parece ser uma das preocupações atuais de seu staff. Os polêmicos passeios dos jovens da periferia nos “templos de consumo” são tema proibido nas entrevistas com o funkeiro, que atendeu ao Metro por e-mail. “Sobre isso, ele não fala de jeito nenhum”, avisou seu assessor de imprensa por telefone. Serviço Acompanhar o funk do MC Guimê na sexta-feira à noite, no Campinas Hall, pode custar de R$ 40 a R$ 100. A organização esclarece que o evento é destinado a maiores de idade. A abertura dos portões está prevista para as 22h. METRO CAMPINAS

Dorival Caymmy ganha tributo no domingo Ao longo de seus 60 anos de carreira, Dorival Caymmi assinou composições sobre os hábitos, costumes e tradições do povo baiano. Suas letras eram verdadeiras homenagens ao mar e à natureza. No próximo domingo – mesmo dia em que se celebra o dia de Iemanjá, figura sempre presente nas letras do compositor baiano –, às 16h, o cantor paulista Guga

Costa faz tributo ao centenário de Caymmi no teatro do Sesc Campinas. Costa batizou seu show como “Delírico – O Mundoceano” e tenta emplacar seu primeiro disco em cidades do estado de São Paulo. Seu trabalho, assim como o de Caymmi, tem o mar como grande inspiração. Os ingressos custam de R$ 2 a R$ 10. METRO CAMPINAS

Guga Costa segue estilo de compositor baiano | DIVULGAÇÃO


CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

TV. ‘The Following’ chega ao segundo ano com novos seguidores do temido Joe Carroll e Ryan Hardy determinado a solucionar os crimes por conta própria Muitas pontas soltas no final da primeira temporada de “The Following” começam a ser amarradas já no primeiro episódio do segundo ano da atração, que chega ao canal Warner amanhã, às 22h25. Nele, a série dá um salto de um ano e mostra Ryan Hardy (Kevin Bacon) longe da rotina policial e dedicado às salas de aula, às reuniões no Alcoólicos Anônimos e a uma vida saudável, com direito a corridas pelas ruas de Nova York. Porém, um ataque ao metrô deixa cinco mortos e uma mensagem direcionada a ele. Na verdade, a ação não chega a ser uma surpresa para Hardy. Sem esquecer das tragédias que vivenciou nos últimos tempos, ele tem se dedicado a entender ainda melhor o serial killer Joe Carroll (James Purefoy) e seus seguidores. E esse parece ser o novo ponto da tra-

|15|◊◊

Sede de vingança Kevin Bacon volta ao papel de Ryan Hardy na segunda temporada de ‘The Following’ | DIVULGAÇÃO

ma, a de um cara ferido por suas perdas que procura vingança ao seu modo. Apesar da morte de Carroll no final da primeira temporada, sua permanência na série parece um tanto óbvia, já que Purefoy tem um con-

trato de seis anos para o papel. O que fica no ar é a forma como o assassino volta à trama. Outro que continua na história é Mike Weston (Shawn Ashmore), que tenta recuperar a amizade e a par-

ceria de Hardy, mas logo percebe que terá um longo trabalho pela frente. Uma das novidades de “The Following” é a chegada de um assustador Sam Underwood (“Dexter” e “Homeland”) no papel dos gê-

meos Luke e Mark, e Connie Nielsen, sobrevivente do ataque ao metrô por quem Hardy demonstra uma atração imediata. Para você que está se perguntando se Claire Matthews (Natalie Zea) mor-

reu ou não morreu, a resposta também surge logo no começo da segunda temporada. Seja paciente. PAULO BORGIA METRO SÃO PAULO


|16|

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Na ponta do lápis

Magalhães Teixeira

MARCOS SILVESTRE MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

NÃO TE DÃO DESCONTO À VISTA? ENTÃO VÁ DE GENÉRICO, ORAS!

Cruzadas

Paixão na vida amorosa. Bem que a mãe de Mariazinha a alertou: “Quando for casar, minha filha, procure uma rapaz respeitoso, amoroso e trabalhador. Alto ou baixo, gordo ou magro, rico ou pobre, isto é o de menos.” Mas conselho de mãe existe para ser ignorado... Mariazinha encanou com o Juquinha. Tinha pretendentes bem melhores, mas ninguém servia para ela, só o Juquinha. Cioso disso, o rapaz se aproveitou desta irracional predileção e fez a moça sofrer um bocado até conseguir arrastá-lo ao altar.

Então paga, uai! Em sua vida de consumo, a dinâmica da paixão é a mesma: encanou, pagou o preço! Sempre que encasquetar com um produto específico, de uma certa marca, comprado especificamente naquela loja, daquele centro de compras específico, terá de pagar o quanto lhe pedem. Pior: se não lhe derem desconto à vista, você terá de engolir o preço cheio, porque a vantagem financeira de parcelar é ridiculamente pequena, e várias “parcelinhas” amontoadas atrapalham muito o controle do orçamento. Quer desconto? Este jogo pode ser bem diferente para quem estiver disposto a comprar um produto “genérico”. Não estou falando de genérico de segunda categoria, não! Estou sugerindo que, antes de sair pesquisando preços, você defina em termos gerais o que realmente quer: uma calça mais ou menos assim, que pode ser de tais e tais cores, que também pode ser desta, daquela ou daquela outra grife (talvez até sem grife!), e que pode ser comprada onde for, desde de que lhe façam o menor preço à vista.

Campinas iniciou a semana sob os olhos do saudoso José Roberto de Magalhães Teixeira. Pela primeira vez eleito como vice-prefeito da cidade, o filho de Magalhães Teixeira, Henrique, assumiu oficialmente o cargo de prefeito durante o período de férias de Jonas Donizette. Henrique, além de ganhar experiência e maturidade, pode nos fazer reviver os progressos e o bem-estar proporcionados por seu pai. LUIZ NICOLAU TEIXEIRA – CAMPINAS, SP

Ajuda a Cuba Por que nosso governo baba tanto por Cuba? Não sou contra empreendimentos em outros países, mas nossos portos não são de primeiro mundo, estão sucateados, sem infraestrutura. Que tal arrumar aqui primeiro para, em seguida, ajudar o próximo?

Paixão na vida de consumidor. Então você quer muito uma determinada calça da moda. Tudo bem, que mal há em andar bem vestido? Mas daí você diz que só vale se for especificamente daquele modelo assim-assado. E tem de ser preta. Ah, sim: também tem de ser exclusivamente daquela grife, comprada naquele shopping! Bem... você encanou com “aquela” calça! Só um probleminha: a loja está pedindo “os olhos da cara” e não dá desconto à vista. Você chora, ajoelha mas... “nesta aqui não dá para tirar nada!”.

BRAZ ARAÚJO – CAMPINAS, SP

Dilma em Lisboa Não acho que o caso de Dilma no restaurante de Lisboa mereça tanto destaque. Estão caçando pelo em ovo. HENRIQUE MARQUES FERNANDES – CAMPINAS, SP

Metro Pergunta

O que você acha dos serviços de internet oferecidos no Brasil?

Siga o Metro no Twitter: @Jornal_MetroCPS

@ma_libu

Sudoku

Acho que as operadores ainda deixam a desejar. O serviço ainda cai bastante por aqui. @vipurgato

Não tenho problemas com internet na minha casa. O serviço é bom, funciona numa velocidade aceitável. Dificilmente perco a conexão. @MaranhaoAntonio

Ainda está abaixo do ideal. Creio que receberemos muitas críticas nesse quesito durante a Copa do Mundo. Os estrangeiros vão reclamar.

Genérico! Toda vez que estiver procurando um produto genérico de qualidade, seu leque de opções de compra se ampliará, dando-lhe condições de comparar diferentes ofertas. Você fatalmente encontrará algo que lhe agradará bastante, pelo menor preço à vista! Em tempo: no segundo casamento Mariazinha soube ser flexível e escolheu-se “um bom genérico”: ela e Joãozinho estão casados (e felizes!) até hoje.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.camp@metrojornal.com.br

Economista com MBA em Finanças (USP), orientador de famílias e educador em empresas, é colunista da BANDNEWS FM e fundador da SOBREDinheiro. Diretor do site www.oplanodavirada.com.br, da EKNOWMIX Consultores Integrados e da TECHIS SA.

Horóscopo

Leitor fala

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Vivências em grupo auxiliarão o trabalho. Período especial para mais envolvimento diante de convívios sociais e retomada de amizades.

Momento para esclarecimentos em algum tipo de sociedade que possua. Na vida amorosa, decisões esclarecerão assuntos antigos.

Há tendências para mudanças nas relações de trabalho e na maneira de lidar com elas. Estudos e temas culturais tomarão empenho extra.  

Há tendências para se preocupar de maneira mais intensa com projetos no longo prazo. Cuide para não apressar algo para antes da hora.

Uma atenção especial à saúde e ao corpo será bem-vinda, seja de maneira preventiva ou para amenizar desgastes recentes.

Este é um momento de mais atenção para não se exceder no consumo ou em ambições materiais. Fase benéfica para parcerias.

Os temas culturais, estudos e que despertam o intelecto sempre fazem bem aos geminianos e preencherão positivamente este momento.

As divulgações e a expansão de contatos estarão favorecidas no trabalho. Também são boas as tendências para obter reconhecimento.

Com a Lua Nova em seu signo, um momento diferente diante de grupos e situações sociais marcará este período e mesmo as amizades.

Boas chances para revelações de antigos assuntos com quem tem vínculo afetivo. Evite interferir demais nos problemas de certas pessoas.

Assuntos importantes diante de familiares tomarão sua dedicação para esclarecimentos. Tenha mais cuidado ao expor certas opiniões.

Uma atenção especial com crenças, espiritualidade, terapias ou atividades que revigorem suas energias fará muito bem.


CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|17|◊◊

Lais teve ‘pequeno progresso’, diz médico Estável. Ex-ginasta passará por mais duas cirurgias hoje. Ela segue respirando com auxílio de aparelhos e sem mexer braços e pernas O quadro da atleta Lais Souza melhorou ontem. Após ser submetida a cirurgia para realinhar a coluna vertebral – ela deslocou a 3ª vértebra em acidente sofrido na madrugada de terça-feira (horário de Brasília) em Salt Lake City, nos EUA –, a ex-ginasta conseguiu mover os ombros. Ela, porém, continua respirando com o auxílio de aparelhos e não mexe pernas e braços. “Lais esta acordada, interagindo com todos ao seu redor e mentalmente muito forte para enfrentar a longa recuperação que terá pela frente”, afirmou, em comunicado, o médico do Comitê Olímpico Brasileiro, Antonio Marttos Júnior. “Hoje [ontem] ela apresentou um pequeno progresso do

“Ela ainda se encontra na fase aguda do trauma. Qualquer prognóstico definitivo necessita de tempo” ANTONIO MARTTOS JR., MÉDICO DO COB

quadro neurológico e conseguiu mexer e sustentar os ombros, o que não acontecia ontem (anteontem)”, afirmou. A ex-ginasta de 25 anos deve ser submetida hoje a duas outras cirurgias: uma traqueostomia (para facilitar a respiração) e uma gastrostomia (procedimento para fixação de sonda alimentar). “Estes procedimentos são simples e representam os pas-

ESPORTE

sos iniciais em seu processo de recuperação”, disse Marttos Júnior. Quase em Sochi Fora da ginástica artística desde 2012, Lais começou a trajetória no esqui aéreo no ano passado. Ela foi convidada pela CBDN (Confederação Brasileira de Desportos na Neve) para conhecer a modalidade. E, com pouco mais de seis meses, quase chegou aos Jogos Olímpicos de Inverno, em Sochi, na Rússia. Josi Santos, também ex-ginasta e companheira de Lais no esqui aéreo, conseguiu garantir sua vaga. MATHEUS ADAMI METRO SÃO PAULO

3 Um mês internado

Schumacher Médicos do Hospital de Grenoble, na França, local em que o heptacampeão da Fórmula 1 Michael Schumacher está internado, iniciaram os procedimentos para remover o ex-piloto do coma induzido. A informação é do jornal “L’Equipe”. O alemão completou ontem um mês internado.

Lais se machucou enquanto treinava nos Estados Unidos | DIVULGAÇÃO


|18|

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Na Vila, Peixe goleia o Timão no 1º clássico Anotou a placa? Mesmo sem Damião, Santos não dá chances e atropela o rival Corinthians por 5 a 1 no primeiro confronto entre as equipes no Campeonato Paulista. Derrota é a segunda seguida no Timão no torneio estadual O primeiro clássico paulista do ano deixou o torcedor santista ansioso pelo próximo embate, enquanto o corintiano se pergunta se poderá adiar o duelo seguinte. Na Vila Belmiro, o Peixe bateu o Timão por 5 a 1, pela 4ª rodada do Campeonato Paulista, e chegou à terceira vitória em quatro partidas no estadual. Já o Timão conheceu a segunda derrota seguida. No sábado, o alvinegro praiano recebe o Botafogo na Vila Belmiro. O clube da capital, por sua vez, enfrenta a Ponte Preta em Campinas. O jogo Não foi desta vez que o Santos contou com o atacante Leandro Damião. Nem precisou. Arouca, inspirado, marcou o primeiro e participou do segundo gol do Peixe, feito por Gabriel. Guilherme, ainda no 1º tempo, diminuiu para o Corinthians. Até então, apesar do resultado parcial, o jogo vinha equilibrado, com as equipes disputando a posse de bola. No 2º tempo, no entanto, o Peixe começou o baile. Thiago Ribeiro ampliou aos 2 minutos, em bom contra-ataque puxado por Arouca. O Timão lutava. Mas Bruno Peres tornou tudo mais difícil para o alvinegro da capital, que mostrou várias falhas defensivas. Frágil na zaga, o Corinthians levou o golpe final com Thiago Ribeiro. E ouviu o “olé” do torcedor santista. METRO

Paulistão 4ª rodada TERÇA-FEIRA

0

X

SÃO BERNARDO

1

AUDAX

ONTEM PAULISTA 1909 JU N D I AI

PAULISTA

2

X

3

X

1

X

1

X

1

X

5

X

6

X

MOGI MIRIM

OESTE

SANTOS

SÃO PAULO

ITUANO

3

A. SOROCABA

PORTUGUESA

LINENSE

3

2

BOTAFOGO

0

BRAGANTINO

1

COMERCIAL

1

CORINTHIANS

3

RIO CLARO

HOJE 19h30

X PALMEIRAS

PENAPOLENSE 21h

Arouca, à frente, comemora o gol que abriu a goleada santista na Vila Belmiro | LEANDRO MARTINS/FUTURA PRESS

X “Foi um grande jogo, um dos melhores da minha carreira. E olha que foi apenas o meu 3º jogo no ano. Estou feliz porque foi contra um rival da grandeza do Corinthians” AROUCA, VOLANTE DO SANTOS

5 1 • •

Aranha; Cicinho, Neto, Jubal e Mena (Bruno Peres); Alan Santos (Leandrinho ), Arouca e Cícero; Thiago Ribeiro, Jorge Eduardo e Gabriel (Stefano Yuri). Técnico: Oswaldo de Oliveira

SANTOS

Walter; Diego Macedo, Gil, Paulo André e Uendel; Ralf, Guilherme, Rodriguinho (Douglas) e Danilo (Emerson Sheik ); Romarinho e Guerrero (Alexandre Pato). Técnico: Mano Menezes

CORINTHIANS

Gols. Arouca aos 12, Gabriel aos 22 e Guilherme aos 23 minutos do 1º tempo; T. Ribeiro aos 2 e aos 32 e B. Peres aos 17 minutos do 2º tempo . Arbitragem. Paulo Cesar de Oliveira

XV PIRACICABA

“A gente tem que melhorar, sabemos que não foi um bom jogo, que deixamos a desejar na marcação. O Santos foi muito superior e temos de reconhecer” DOUGLAS, MEIA DO CORINTHIANS

Ele voltou! Luis Fabiano comanda goleada tricolor Se a falta de gols de Luis Fabiano incomodava, ontem, no Morumbi, o camisa 9 foi à desforra. Na vitória por 6 a 3 sobre o Rio Claro, pela 4a rodada do Paulista, o Fabuloso foi às redes três vezes. E o centroavante precisou de apenas 28 minutos para fazer a trinca. O primeiro veio logo aos 11, de rebote. Cinco minutos depois, Ganso deu lindo passe para Osvaldo, que fez lançamento perfeito para Fabuloso driblar o goleiro. Por

último, Luis Fabiano aproveitou ótima jogada de Osvaldo. Mas ainda tinha mais. No 2o tempo, aos 11, Ademilson mandou a quarta bola para o fundo do gol. O Rio Claro diminuiu aos 25, em gol contra de Álvaro Pereira. Aos 35, Ewandro anotou o quinto. Léo Costa aproveitou falha coletiva do Tricolor e fez outro. André Luiz ainda fez o terceiro para os visitantes, mas, no final, Antonio Carlos completou a goleada. METRO

PONTE PRETA

CLASSIFICAÇÃO 1ª fase GRUPO A

P V GP SG

1º 2º 3º 4º 5º

9 4 4 3 2

SÃO PAULO COMERCIAL LINENSE PENAPOLENSE A. SOROCABA

3 1 1 1 0

12 5 3 1 5

6 -1 -1 -2 -4

GRUPO B

P V GP SG

1º 2º 3º 4º 5º

9 6 5 4 3

BOTAFOGO CORINTHIANS AUDAX ITUANO XV PIRACICABA

GRUPO C 1º 2º 3º 4º 5º

3 2 1 1 1

7 4 2 3 2

3 -3 0 0 -1

P V GP SG

SANTOS 10 3 8 6 SÃO BERNARDO 9 3 4 2 PONTE PRETA 3 1 1 0 PORTUGUESA 1 0 2 -3 PAULISTA 1 0 4 -4

GRUPO D

P V GP SG

1º 2º 3º 4º 5º

9 7 6 5 4

PALMEIRAS MOGI MIRIM BRAGANTINO OESTE RIO CLARO

3 2 2 1 1

Classificados para 2ª fase

8 7 5 4 4

6 -2 1 0 -3


CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|19|◊◊

Neymar podia negociar saída do Peixe desde 2011 Polêmica. Atacante divulga autorização do Santos que elimina hipótese de aliciamento O atacante Neymar divulgou ontem, por meio de seu site oficial, que estava autorizado pelo Santos a negociar com outros clubes desde 2011. O documento foi assinado em 8 de novembro – um dia antes da renovação de contrato até a Copa do Mundo de 2014 ser oficializada – pelo então presidente do Peixe, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro. Isso praticamente elimina a hipótese de o atleta ter sido aliciado pelo Barcelona, no entender do advogado do jogador, Marcos Motta. “A tese de ‘aliciamento’ é fulminada quando todas as partes estavam autorizadas a negociar. Sem mais. A chance do Neymar (e/ou Barcelona) ser sancionado pela Fifa é Zero (com maiúscula)”, escreveu Motta no Twitter. De acordo com o atual presidente, Odílio Rodrigues, o ofício foi uma exi-

Wellington será o substituto de Henrique hoje | LEANDRO MARTINS/FUTURA PRESS

gência do próprio Neymar. Além disso, o clube da Baixada Santista solicitou à Justiça ter acesso a todos os documentos selados pelo pai de Neymar, Neymar da Silva, e o Barcelona, para avaliar as condições do negócio e decidir os próximos passos. Investigação O Ministério Público Federal vai abrir investigação para apurar se Neymar da Silva Santos cometeu crime tributário. Ele é responsável pela N&N Sports, empresa que recebeu R$ 33 milhões (10 milhões de euros) do Barcelona em 2011 para garantir a preferência do jogador ao clube catalão em uma transferência. Depois que a negociação foi concluída, a N&N recebeu mais R$ 99 milhões (30 milhões de euros) do time espanhol. METRO

Palmeiras. Sem Henrique, time tenta manter 100%

Transferência de Neymar levantou suspeitas da Justiça | DAVID RAMOS/GETTY IMAGES

Único time com aproveitamento máximo no Campeonato Paulista – três vitórias em três jogos –, o Palmeiras tenta manter a campanha 100% hoje, diante da Penapolense. O duelo acontece às 19h30, no Pacaembu. Será o primeiro compromisso do Verdão sem o zagueiro Henrique. O capitão foi vendido para o Napoli, da Itália, por R$ 13,2 milhões. Na vaga do camisa 3 estará Wellington, formado no clube. O técnico Gilson Kleina deve mandar a campo a seguinte escalação: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Wellington e Juninho; Marcelo Olivei-

PALMERAS • •

PENAPOLENSE

Estádio. Pacaembu, às 19h30 Transmissão. Rádio Bandeirantes e Bradesco Esportes FM

ra, Wesley, Mazinho, Valdivia e Leandro; Alan Kardec. Reforço O Palmeiras acertou com o lateral-esquerdo Paulo Henrique, ex-Santos. Ele assinou até o fim do ano. METRO


|20|

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

ESPORTE

Guarani melhora, mas traz apenas um ponto Sem gols. Bugre faz bom segundo tempo, mas perde muitas chances novamente e não consegue mexer no placar em Bragança Paulista. Time está na zona de rebaixamento A torcida esperava a primeira vitória do Guarani diante do Grêmio Osasco. Viu o time evoluir, principalmente no segundo tempo, após a entrada dos atacantes Fernando e Roninho, mas o time não conseguiu balançar as redes. A equipe soma apenas um ponto em duas rodadas do Paulista da Série A-2 e está na 18ª posição. O primeiro tempo mostrou dois times sem criatividade. O Guarani, mesmo mais acertado do que na partida de estreia, não conseguia chegar com perigo ao gol adversário. Do lado do Grêmio Osasco, nada de sustos. Em uma das poucas chegadas, a bola passou pelos pés de Fumagalli, Fabinho e Medina, que tentou alcançar a cabeça de Giba, mas a

00 GUARANI

Equipe atacou bastante na segunda etapa |

bola saiu. Já no início do segundo tempo, o Osasco foi para ataque e teve duas chances claras. Em uma delas, exigiu grande defesa de Douglas. Se no primeiro jogo Medina driblou o goleiro e er-

FILIPE GRANADO/FUTURA PRESS

rou o alvo, desta vez foi Fernando que acabara de entrar e, com gol vazio, mandou pela linha de fundo a melhor oportunidade do Bugre até aquele momento, aos 12 minutos do segundo tempo. Na sequência, em cruzamento, um desvio da za-

G. OSASCO

ga fez a bola bater na trave do goleiro Jefferson. O técnico Márcio Fernandes coloca mais um atacante. Roninho entrou no jogo e na primeira chance bateu fraco para o gol. O volume de jogo bugrino foi maior, mas novamente as finalizações não foram boas o suficiente. O Guarani chegou a marcar, mas foi anotado impedimento de Fumagalli. O Bugre volta a jogar fora de casa, domingo, contra o São José, para tentar sair das últimas posições. METRO CAMPINAS

Ponte. Os onze definidos para tentar bater o XV Mesmo sem anunciar a escalação no último treino antes da partida contra o XV de Piracicaba, hoje, 21h, no estádio Barão de Serra Negra, os onze titulares estão praticamente definidos pelo técnico Sidney Moraes. O autor do gol da vitória diante do Audax, o jovem atacante Ademir, continua como opção no banco de reservas. A provável escalação da Macaca terá: Roberto; César, Gabriel e Diego Sacoman; Ferrugem, Bruno Silva, Alef, Adrianinho e Magal; Silvinho e Alemão. Isso porque o técnico quer mudar o menos possível para dar entrosamento ao time. O treinador da equipe quer um time mais compacto para superar os mandantes. Para exemplificar o modelo que procura, citou o Corinthians do ano retrasado, comandado por Tite. “Se o Corinthians ganhou tudo com o Sheik voltando, dando carrinho, o Danilo recompondo o meio de campo. Por que aqui não pode ser assim? Eu conver-

XV DE PIRACICABA

• •

PONTE PRETA

Estádio. Estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba, às 21h. Transmissão. PFC, Rádio Bandeirantes, AM 1.170

sei com os jogadores. Se não se adaptar, vai ficar ao meu lado no banco de reservas”, disse. A Ponte Preta tem um jogo a menos no Campeonato Paulista em virtude da partida adiada diante do Ituano, na estreia da competição, por um problema com o laudo do Corpo de Bombeiros na liberação do Majestoso. Até aqui, os campineiros somam três pontos e precisam vencer para não deixarem os primeiros colocados se distanciarem. A vitória também é importante porque no domingo o adversário no Majestoso é o forte Corinthians. METRO CAMPINAS


20140130_br_metro campinas  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you