Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela gráfica Belo Horizonte Gráfica e Editora.

‘LOS MOMENTOS’ COM JULIETA

Galpão na Praça

‘Os Gigantes da Montanha’ estreia amanhã à noite PÁG. 19

Música no rodeio

Pedro Leopoldo recebe mais de 30 shows até domingo PÁG. 19

CANTORA MEXICANA É UMA DAS 50 ATRAÇÕES DO FESTIVAL CONEXÃO BH, QUE COMEÇA HOJE PÁG. 18

BELO HORIZONTE Quarta-feira, 29 de maio de 2013 Edição nº 408, ano 2 MÍN: 15°C MÁX: 26°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

sleet

thunder

part sunny/

thunder

www.readmetro.com | leitor.bh@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobh showers sunny showers

windy

Lei antifumo completa três anos sem punir infratores hazy

showers

Semana Mundial de Combate ao Tabaco. Câmara Municipal de BH promove audiência pública hoje para pressionar governo federal a regulamentar a norma, que ainda não é aplicada. Índice de mortes relacionadas ao cigarro dobrou nos últimos 30 anos em Minas PÁG. 03

PF nega uso de telemarketing em caso do boato Representantes da oposição ouvem do diretor-geral da Polícia Federal que não há provas de envolvimento de uma empresa no episódio dos saques em massa do Bolsa Família PÁG. 07

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Governo promete bancar queda na conta de energia

‘PÂNICO’ NO HORTO

Atleticanos esgotam máscaras para jogo contra o Tijuana PÁG.24 Brincadeira toma grandes proporções e PM anuncia que vai cadastrar todos os torcedores que quiserem entrar no estádio com o acessório

| EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Ministra afirma que cofres públicos garantirão a redução atual até que solução definitiva seja adotada PÁG. 06

Cruzeiro terá força máxima em busca de mais 6 pontos Time só volta a jogar em BH na quarta rodada. Desafio de hoje é no PR PÁG. 23


1

|02|

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

FOCO

Megaoperação termina com 138 presos em MG Em Belo Horizonte, homens foram abordados na rua | ALEX DE JESUS/O TEMPO/FOLHAPRESS

Maníaco do Anchieta

Julgamento O ex-bancário Pedro Meyer foi ouvido ontem no Fórum Lafayette, na capital. Ele é acusado de estuprar 16 mulheres. O juiz abriu prazo de cinco dias para os advogados do réu e acusação fazerem as alegações finais para, em seguida, a sentença ser proferida.

Em função do feriado do Corpus Christi, o Metro não será publicado amanhã, voltando a circular normalmente na sexta-feira, dia 31.

Cotações Dólar + 0,87% (R$ 2,07) Bovespa - 0,63% (56.036 pts) Euro - 0,07% (R$ 2,65) Selic (7,50%)

Salário mínimo (R$ 678)

Operação foi realizada em 14 cidades simultaneamente, como Uberaba | L. ADOLFO/FOLHAPRESS

Impacto. Modelo de ação será repetido ao menos uma vez por mês Uma megaoperação envolvendo polícias Civil e Militar, Ministério Público e Judiciário foi realizada ontem nos 14 municípios mineiros mais violentos e teve o saldo de 138 presos e o cumprimento de 251 mandados de busca e apreensão. A cúpula da Seds (Secretaria de Estado de Defesa Social) informou que o modelo de ação será feito ao menos uma vez por mês nas 14 cidades que respondem

por 80% dos crimes violentos em Minas: Contagem, Betim, Ribeirão das Neves, Vespasiano, Juiz de Fora, Uberaba, Divinópolis, Nova Serrana, Governador Valadares, Uberlândia, Montes Claros, Ipatinga e Sete Lagoas, além da capital. No caso de Belo Horizonte, por causa dos índices ainda mais elevados de violência, a promessa é de que as ações sejam realizadas com mais frequência.

Por fim, a Seds garantiu que vai entregar novas viaturas até agosto, além de fazer reposição de efetivos. Operação Impacto Dos 138 presos, 104 foram em decorrência de mandado de prisão e os outros 34 em flagrante. Ao todo, 15 adolescentes foram detidos, além de apreendidas 12 armas de fogo, quatro computadores, 20 veículos e R$ 1,4 mil em dinheiro. METRO BH

RÔMULO FERRAZ Secretário mineiro de Defesa Social acredita que modelo de operação é o futuro da segurança. Qual a importância da ação? Tem objetivo de não só conter crimes violentos, mas também aumentar a sensação de segurança. É uma operação qualificada: além de abordagem de rua, tam-

Qual o resultado? Começamos com esse processo de atuação em abril. Nos 20 primeiros dias de maio já foi registrado uma queda de cerca de 10% no número de crimes violentos em comparação ao mesmo período do mês anterior. Mais um

Acidente em BH. Atropelamento mata uma pessoa Um ônibus desgovernado destruiu uma árvore, um poste e ainda causou a morte de um pedestre, ontem, na região Oeste de Belo Horizonte. Uma pessoa ficou ferida com o acidente. A PM informou que o motorista da linha 4150 perdeu o controle do veículo e bateu no muro de uma casa, derrubando um transformador. Um homem morreu após ser atingido pelo material. METRO BH

bém há cumprimento de mandado de prisão.

Prédio das Torres Gêmeas é leiloado

Local ficou destruído após coletivo atingir muro de uma casa e uma árvore | ALEX DE JESUS/O TEMPO/FUTURA PRESS

FALE COM A REDAÇÃO leitor.bh@metrojornal.com.br /- COMERCIAL: /-

O jornal Metro circula em  países e tem alcance diário superior a  milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de  mil exemplares diários.

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: .). Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: .). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Metro Belo Horizonte. Gerente Executivo: Pedro Lara Resende. Editor-Executivo: Juvercy Júnior (MTB 12.331/MG). Editor de Arte: Cláudio Machado. Grupo Bandeirantes de Comunicação Minas. Diretor Geral: José Saad Duailibi. Diretor de Jornalismo: Júlio Prado.

O segundo prédio das Torres Gêmeas, na rua Clorita, no bairro Santa Tereza, região Leste da capital, foi leiloado ontem por R$ 3,1 milhões. O outro edifício havia sido leiloado em 2011 por R$ 2,6 milhões. Os prédios inacabados vêm sendo alvo de disputas judiciais depois que dezenas de sem-casa invadiram o local. METRO BH

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: avenida Raja Gabáglia, , São Bento, CEP: -, Belo Horizonte, MG. Tel.: /-. O jornal Metro é impresso na Belo Horizonte Gráfica e Editora. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. . exemplares


BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

Dia Sem Tabaco... e sem aplicação da lei antifumo Nenhuma multa em BH. Estado tem regras desde 2010, mas normas que proíbem cigarro em locais fechados não foram regulamentadas Mais de três anos já se passaram desde que a legislação contra o fumo em lugares coletivos fechados, públicos ou privados, entrou em vigor no Estado. Mas até esta semana, quando é comemorado o Dia Mundial Sem Tabaco, nenhum fumante ou estabelecimento foi multado em Belo Horizonte, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde. A ausência de fiscalização na capital, alega o órgão, se deve à falta de regulamentação da lei federal que entrou em vigor no ano passado e

se sobrepôs à legislação estadual de 2010, mas até hoje não foi regulamentada pelo Palácio do Planalto. Em nota, a secretaria informa ainda que as regras têm “caráter educativo” e se baseiam num “pacto social” por parte de fumantes e comerciantes. Outro impasse ocasionado pelas mudanças na lei foi a proibição dos fumódromos – áreas isoladas, arejadas ou com exaustores –, responsáveis por uma mudança de hábitos relativamente consolidada em bares e restaurantes. “Esse parado-

“A Abrasel não será a favor da lei se ela começar a penalizar somente o dono de bar e não os fumantes.” LUCAS PÊGO, DIRETOR ABRASEL-MG

xo causou prejuízos aos comerciantes, que investiram alto nas adaptações de locais apropriados para o uso do cigarro dentro dos estabelecimentos”, diz o diretor executivo da Abrasel-MG (Associação Brasileira de Bares

e Restaurantes), Lucas Pêgo. Em 30 anos, dobrou o número de mortes provocadas pelo tabaco em Minas, considerando os casos de câncer de boca, esôfago e pulmão, segundo o mais recente levantamento da Secretaria de Estado de Saúde. No caso das doenças pulmonares, o índice saltou de 3,88 para 9,83 a cada grupo de 100 mil habitantes. “O tabagismo passivo também é um dos fatores de risco para a ocorrência do câncer de pulmão”, explica o médico oncologista Alexandre Fonseca.

Audiência Apesar da pressão dos não fumantes, nem todo mundo cumpre a regra. A falta de regulamentação e fiscalização serão questionadas hoje – às vésperas do Dia Mundial Sem Tabaco, celebrado nesta sexta-feira – em audiência pública na Câmara Municipal de Belo Horizonte, às 13h30. “Esta reunião tem o objetivo de sinalizar um posicionamento da capital em favor da regulamentação”, diz o solicitante da audiência, vereador Tarcísio Caixeta (PT). METRO BH

Contra o cigarro Projetos de lei que envolvem o fumo em tramitação na Câmara Municipal: • PL 254/2013. Dispõe sobre a proibição de publicidade de cigarro dentro dos estabelecimentos. • PL 2073/2012. Proíbe fumar em praça pública ou portar acesos cachimbo, charuto, cigarrilha e cigarro.

Opinião

SIM

RODRIGO VILAÇA

Construtor Civil

“Não gosto de cigarro, do cheiro ou da fumaça. Lugar fechado com gente fumando me incomoda muito, e essas pessoas devem ser punidas.”

PUNIÇÃO OU CONSCIÊNCIA? Você é a favor da regulamentação da

NÃO

JOANA MORETZSOHN Estudante

“Acho sensato não fumar em local fechado, mas o uso do cigarro deve partir da consciência de cada um, e não ser passível de multa.”

O QUE FUNCIONA NO FERIADÃO DEFESA CIVIL Plantão funciona 24 horas por dia e o contato pode ser feito pelo telefone 199

LIMPEZA URBANA Haverá coleta de lixo normalmente. A varrição será suspensa na sexta-feira

TRANSPORTE Coletivos funcionam amanhã com quadro de domingos e feriados e, na sexta-feira, com quadro de dia atípico

BH RESOLVE Fechado

SAÚDE UPAs, Samu e Hospital Odilon Behrens funcionam normalmente. Os centros de saúde fecham amanhã e funcionam das 7h às 17h, com escala mínima, na sexta-feira

FEIRAS LIVRES Abertas das 7h às 13h, de amanhã a domingo

lei federal antifumo e da consequente fiscalização em bares, restaurantes e outros estabelecimentos mineiros?

Cigarro é proibido em locais fechados desde 2010 | RENATO STOCKLER/FOLHAPRESS

Balanço adaptado para crianças é inaugurado Um balanço adaptado para crianças que utilizam cadeiras de rodas foi inaugurado ontem no Parque Municipal Américo Renné Giannetti. O equipamento, que está na área dos brinquedos, foi doado pelo morador Ronan Honório e é o primeiro do parque para esse público. O brinquedo é feito de aço reforçado, suporta até 180 kg e pode ser usado por até duas pessoas. METRO BH

Brinquedo foi liberado ontem | ISABEL BALDONI/PREFEITURA/DIVULGAÇÃO

Obras do BRT

Interdição no Hipercentro muda de faixa A partir de hoje, a interdição de meia pista da rua dos Tupinambás, no Centro da capital, vai passar do lado direito para o lado esquerdo. O fechamento é para as obras do BRT e ocorre na altura do cruzamento com a avenida Paraná. Segundo a BHTrans, o local será sinalizado com faixas, e o trânsito, orientado por agentes. METRO BH


|04|

{ECONOMIA}

Tratamento oral de câncer será coberto por planos Saúde. ANS propõe inclusão de 80 novas coberturas obrigatórias para operadoras de saúde a partir de 2014. Consulta pública será realizada entre 7 de junho e 7 de julho A partir de 2014, os planos de saúde devem ser obrigados a cobrir o tratamento oral contra o câncer, aquele que pode ser feito em casa. Hoje, o procedimento se restringe aos ambulatórios. A mudança faz parte da revisão feita a cada dois anos do rol de procedimentos obrigatórios ofertados pelas operadoras. A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) lançou ontem uma consulta pública, propondo a inclusão de 80 novos procedimentos e a

ampliação da indicação de 30 itens já oferecidos. As sugestões podem ser enviadas entre 7 de junho e 7 de julho. Entre as propostas estão a inclusão da cobertura de uma nova técnica de radioterapia (IMRT) e 30 cirurgias por vídeo. Já as ampliações incluem o aumento do número de consultas com nutricionistas, psicólogos e fisioterapeutas e das indicações do uso do “Pet Scan”, para monitoramento do câncer. No caso do tratamento

contra o câncer, a cobertura deve abranger 36 medicamentos orais para 54 indicações. A oferta da droga oral é uma demanda antiga de pacientes, que recorrem hoje ao SUS ou à Justiça para ter acesso a medicamentos. Cada plano deverá estabelecer como será a distribuição dos remédios: direta; por convênios com farmácias privadas ou por reembolso. A operadora não poderá limitar a quantidade de medicamento. METRO

NOVAS COBERTURAS A PARTIR DE 2014 Principais propostas da ANS

PARA INCLUSÃO Nova técnica de radioterapia (IMRT) Cerca de 30 cirurgias por vídeos, como histerectomia, nefrectomia (retirada do rim), cistectomia (retirada da bexiga) Terapia imunobiológica subcutânea para artrite reumatoide Procedimentos odontológicos, tais como enxertos periodontais e testes em cariologia Radioablação de tumores hepáticos (técnica para retirada de tumores hepáticos) Exames laboratoriais para diagnóstico e acompanhamento de doenças autoimunes Consultas com fisioterapeutas para planejamento do tratamento 36 medicamentos orais para 54 indicações de tratamento contra o câncer

PARA AMPLIAÇÃO PET Scam passa de 3 (tumor pulmonar para células não pequenas, linfoma e câncer colorretal) para 8 indicações (módulos pulmonar solitário, câncer de mama mestastático, câncer de cabeça e pescoço, melanoma e câncer de esôfago) Mais indicações para uso de angiotomografia coronariana Mais indicações para o uso de estimulação cerebral profunda Aumento do número de consultas com nutricionistas para indicações como obesidade e sobrepeso Ampliação das indicações para consultas com psicólogos e fisioterapeutas

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

Na ponta do lápis

MARCOS SILVESTRE MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

ANTES DE ABRIR NEGÓCIO, JUNTE O CAPITAL CORRETO Uma respeitável bolada! Para montar seu negócio próprio, será sempre necessário um capital financeiro expressivo. A magnitude correta deste capital pode até variar conforme ramo e projeto, mas trata-se sempre de um dinheiro “pesado” para as possibilidades normais de uma simples pessoa física. Então, é preciso apurar na ponta do lápis o capital total necessário para se poder estabelecer por conta própria com segurança. Tal capital será, na realidade, a soma de outros quatro diferentes capitais: 1º) Capital de lançamento do negócio: o dinheiro necessário para custear as despesas desde a ideia inicial do negócio até efetiva sua inauguração, ou seja, até abrir as portas, 2º) Capital de equilíbrio do negócio: a reserva para bancar os naturais meses de vendas ainda fracas nos primeiros tempos, até que seu negócio se fortaleça e as receitas passem pelo menos a empatar com as despesas, eliminando a necessidade de injetar novas quantias no negócio todos os meses, 3º) Capital de sustentação pessoal do empreendedor: o dinheiro que irá bancar suas despesas enquanto seu negócio não decolar, até este poder começar a lhe pagar pro labore e lucros, e, enfim, 4º) Capital de giro do negócio: aquele montante de liquidez que sempre será necessário ter em mãos para poder fazer sua empresa – seu “business” – funcionar, financiando seu fluxo de caixa. Acumule antes. Vamos dizer que seu projeto de negócio próprio demande algo como R$ 300 mil, o suficiente para montar uma franquia na área de alimentação. É uma quantia expressiva, mas um bom plano de acumulação fará você chegar lá! Se começar hoje a aplicar R$ 3 mil por mês em uma aplicação financeira com perfil dinâmico, você conseguirá acumular esta quantia aproximadamente seis anos. Prazo maior = esforço menor. Se o seu horizonte de investimento for ainda maior, o esforço ficará inclusive mais acessível. Digamos que você queira realizar o sonho do negócio próprio, daqui a 15 anos, em sua aposentadoria. Bastarão R$ 1.200 mensais depositados em um bom plano de previdência privada dinâmico, por exemplo, para ter a quantia completa dos R$ 300 mil, inclusive atualizados pela inflação acumulada nestes 15 anos, para manter lá na frente o “poder de fogo” do dinheiro acumulado. Economista com MBA em Finanças (USP), orientador de famílias e educador em empresas, é colunista da BANDNEWS FM e fundador da SOBREDinheiro. Diretor do site www. oplanodavirada.com.br, da EKNOWMIX Consultores Integrados e da TECHIS SA.

Câmbio. Dólar sobe e fecha acima de R$ 2,07 O dólar fechou acima de R$ 2,07 pela primeira vez em cinco meses, após dados positivos dos Estados Unidos sugerirem que o Fed (banco central norte-americano) poderá diminuir seu programa de estímulo monetário nos próximos meses.

A moeda norte-americana fechou ontem em alta de 0,87%, para R$ 2,0741 na venda, segundo a “Reuters”. Este é o maior patamar de fechamento desde 18 de dezembro, quando estava em R$ 2,0890 no fim do dia. METRO


|06|

Vitrine

Dilma bancou o desconto maior Em janeiro, a presidente Dilma Rousseff fez um pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão para antecipar o desconto na conta de luz, em índices acima do anteriormente anunciado. Para atingir o desconto desejado, porém, foi preciso fazer um ajuste contábil. A participação do Tesouro na CDE (Conta de Desenvolvimento Energético) este ano passou de R$ 3,3 bilhões para R$ 8,4 bilhões. O aporte maior de recursos foi feito a partir da mudança no pagamento de dívidas da construção da hidrelétrica de Itaipu. O valor integral foi repassado repassado aos cofres públicos. Com direito a metade dos recursos gerados pela usina, o crédito da Eletrobras passou a ser depositado em títulos da dívida pública. A dívida de Itaipu soma R$ 15 bi e deve ser paga até 2023. METRO BRASÍLIA

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Desconto na conta de luz sob ameaça Promessa. Ministra afirma que governo bancará redução de tarifa caso MP que prevê os descontos perca validade na segunda-feira A MP (Medida Provisória) 605/2013 que garante o desconto de 20,2% na conta de luz dos consumidores residenciais e de 32% para indústria, agricultura, comércio e serviços está em um impasse legislativo e corre o risco de perder a validade na segunda-feira. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), cumpriu a promessa feita durante a sessão de votação da MP dos Portos - quando os senadores tiveram apenas 12 horas para votá-la - e se recusou a ler a MP, que permite o uso de recursos do Tesouro para compensar os descontos. O dinheiro seria retirado da CDE (Conta de Desenvolvimento Ener-

gético), fundo usado para financiar o setor elétrico. Até o fechamento desta edição, os líderes governistas ainda pressionavam Renan para fazer a leitura em plenário, o que habilitaria a MP a ser votada desde que os prazos de duas sessões fossem encurtados ou os senadores votassem em sessões extras na sexta (após o feriado) ou na segunda-feira. Caso contrário, o desconto na tarifa de energia elétrica voltaria aos 16,7% para consumidores residenciais e aos 28% para os setores industriais. O governo, porém, descarta o desconto menor. A ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, assegurou

que nenhum consumidor será prejudicado. “A população não precisa se preocupar. O governo tem os mecanismos para garantir essa redução da tarifa até encontrar a solução legislativa adequada”, disse. A MP entrou em vigor em 24 de janeiro e foi editada após a Cemig, a Copel (Companhia Paranaense de Energia) e a Cesp (Companhia Energética de São Paulo) anunciarem que não iriam renovar contratos de concessão, que perderão a validade entre 2013 e 2015. A recusa impediu que a quantidade de energia fosse suficiente para o desconto. A oferta somada das empresas que aceitaram antecipar a

Renan Calheiros sofreu pressão dos líderes governistas | UÉSLEI MARCELINO/FOLHAPRESS

renovação é de 15.301 megawatts, enquanto o necessário para cumprir a promessa do governo é de 25.452 megawatts, segundo o Ministério de Minas e Energia. Inflação O impacto do reajuste da conta provocaria um aumento da inflação num primeiro momento, calcu-

lado na diferença do desconto. O índice, contudo, poderia ser amenizado no médio prazo, uma vez que o incentivo do governo criou uma demanda artificial, que não foi provocada pela expansão do setor. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA


BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Polícia afasta uso de telemarketing em boato Bolsa Família. Beneficiários e funcionários da Caixa depõem. Hipótese de notícia falsa ter sido espalhada por ‘boca a boca’ ganha força A PF (Polícia Federal) segue empenhada em desvendar a origem do boato que provocou um corre-corre dos beneficários do Bolsa Família às agências bancárias. O uso de uma empresa de telemarketing para espalhar a informação falsa foi praticamente descartada. A investigação se concentra na coleta de depoimentos de beneficiados e funcionários da Caixa, em 12 Estados. Somente uma testemunha declarou até agora ter recebido a notícia por telefone. O uso da internet para espalhar o boato também perde força. “A impressão é a de que o boato foi boca a boca e, a partir dai, gerou-se o comentário via internet, e não o inverso. Além disso, a em-

200

beneficiados do Bolsa Família devem ser intimados para depor. Essas pessoas foram as primeiras a fazer os saques. presa de telemarketing não existe com o nome que foi divulgado”, afirmou o líder do PSDB na Câmara, deputado Carlos Sampaio (SP), após encontro com o diretor-geral da PF, Leandro Daiello. A cúpula da PF confirmou que recebeu na segunda-feira (20) a informação de que a Caixa havia antecipado a liberação para sexta-feira (17). O presidente da Caixa, Jorge Hereda, pe-

diu desculpas anteontem após admitir que a instituição errou ao informar que o dinheiro só foi colocado à disposição depois que o boato havia sido espalhado. “A presidente Dilma tem o dever de demitir, imediatamente, o presidente da Caixa”, defendeu o líder do MD, deputado Rubens Bueno (PR). “Não há dúvida de que o erro da Caixa, ao antecipar na surdina os pagamentos, contribuiu de maneira decisiva para a difusão do boato”, declarou. Ontem, a Caixa enviou a todos os 81 senadores um documento com explicações sobre o caso. Hereda deverá ser convidado a prestar esclarecimentos na próxima semana. METRO BRASÍLIA

920 mil beneficiados sacaram o valor em dois dias | MÁCIO FERREIRA/FUTURA PRESS

|07|◊◊

Aécio Neves espera que Dilma peça desculpas Na primeira entrevista como presidente do PSDB, o pré-candidato à presidência senador Aécio Neves afirmou ontem que a presidente Dilma Rousseff deveria pedir desculpas ao povo brasileiro, após a Caixa admitir ter mentido sobre a antecipação da liberação de recursos do Bolsa Família. “Esperamos até uma convocação de rede pública de televisão. Já que a presidente é tão afeita a essas convocações, que peça desculpas aos brasileiros tanto pelas acusações injustas e por aqueles que sofreram, segundo a presidente, um ato desumano”, afirmou o presidente do PSDB. O tucano também acusou o governo de utilizar órgãos públicos para atingir a oposição “Mais uma vez, o que nós assistimos nesse episódio da Caixa e repito, espero que as investigações da Polícia Federal continuem, foi mais uma vez uma instituição pública servindo a um governo, não ao Estado brasileiro”, declarou Aécio Neves. METRO BRASÍLIA


|08|

Israel adverte governo russo Nações ocidentais criticaram a decisão russa de enviar os mísseis à Síria. O governo israelense afirmou não haver indícios de que o arsenal tenha deixado a Rússia, mas advertiu: “Espero que não sejam enviados e, Deus não permita, se chegarem à Síria, nós saberemos o que fazer”, declarou o ministro da Defesa israelense, Moshe Yaalon. Israel, que faz fronteira com a Síria, é um dos países que mais temem o avanço da guerra. O Hezbollah, grupo radical libanês inimigo de Israel, já está lutando ao lado das tropas do ditador Bashar Al Assad. Ontem, representantes dos rebeldes sírios ameaçaram os integrantes do grupo libanês. “Se a agressão do Hezbollah ao território sírio não parar em 24 horas, tomaremos todas as medidas para caçá-los, até no inferno”, prometeu Salim Idriss em entrevista à rede de TV Al-Arabiya. METRO

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

Rússia reage e anuncia envio de mísseis à Síria Oriente Médio. Aliada do regime Assad mandará armas capazes de interceptar aeronaves tripuladas e mísseis guiados

Um dia após a União Europeia liberar o envio de armas aos rebeldes sírios – sem, no entanto, estabelecer nenhum plano para isso -– a Rússia reagiu. Aliado do ditador Bashar Al Assad, o governo de Moscou anunciou o envio de mísseis antiaéreos S-300 para a Síria. “Esse fornecimento é um fator estabilizador e pode evitar que algumas cabeças quentes explorem cenários que poderiam dar ao conflito um caráter internacional”, justificou o vice-chanceler russo, Sergei Ryabkov. Os S-300 podem interceptar aeronaves tripuladas e mísseis guiados, ampliando a resistência de Assad. O regime combate rebeldes há mais de dois anos, em um conflito que já se espalhou pelas nações vizinhas.

94 mil

pessoas já morreram na guerra da Síria, conforme grupos ligados à oposição. Para o Observatório Sírio de Direitos Humanos, o número pode ser ainda maior, chegando a 120 mil. para o regime sobre a nossa flexibilidade, caso ele se recuse a negociar”, explicou.

Soldados israelenses fazem treinamento contra ataques químicos, perto de Tel Aviv |

Moscou também acusou a União Europeia de “jogar lenha na fogueira” e “minar” as chances de paz em uma conferência prevista para o

mês que vem, em Genebra. O ministro de Relações Exteriores britânico, William Hague, disse que o fim do embargo visa pressionar

NIR ELIAS/REUTERS

o ditador sírio. “Nosso foco nas próximas semanas é a conferência de Genebra”, afirmou Hague. “Isso envia um sinal alto e claro

Tarde demais A oposição síria elogiou a iniciativa dos países europeus, mas criticou a demora para a decisão. “Definitivamente, é um passo positivo, mas tememos que seja muito pouco e muito tarde”, disse Louay Safi, porta-voz do principal partido de oposição da Coalizão Nacional da Síria. METRO


RODRIGO FÉLIX LEAL / METRO CURITIBA

BELO HORIZONTE Quarta-feira 29 de maio de 2013

leitor.bh@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobh

Vale a pena a empresa pagar a sua pós? É importante analisar a proposta do financiamento corporativo com cuidado PÁG. 14

Gabriel Gonçalves foi aprovado em cinco universidades, aos 15 anos

Cada vez mais alunos que não terminaram o Ensino Médio passam no vestibular PÁG. 10

JÁ NA FACULDADE


+

|10|

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

EDUCAÇÃO

RODRIGO FÉLIX LEAL / METRO CURITIBA

Gabriel Gonçalves, de 15 anos, passou em cinco universidades, mas preferiu terminar o ensino médio primeiro

ESPECIAL

Aprovados na adolescência

Vestibular. Jovens de 15 anos começam a pedir na Justiça o direito de cursar uma faculdade. Certificado de conclusão do ensino médio é indispensável por lei Ser aprovado no vestibular com pouca idade deixou de ser um feito exclusivo de adolescentes acima dos 16 ou 17 anos. Agora, com o auxílio da nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), até mesmo estudantes de 14 e 15 anos estão conseguindo uma vaga nas principais universidades do país. E não basta conseguir aprovação, o que eles querem é cursar - mesmo que para isso seja preciso ‘pular’ o ensino médio e pedir na Justiça o direito de ocupar a sua vaga. No Ceará, o jovem de 15 anos, Tiago Dirceu Galdino Saraiva, foi um que conseguiu uma vaga no curso de medicina da UFC (Universidade Federal do Ceará) e não deixou por menos. “Pedi autorização do Conselho de Educação do Estado

do Ceará no começo de janeiro e o parecer saiu no dia seguinte”, conta o garoto, que garantiu a chance de frequentar a universidade depois de realizar uma prova. “O teste era necessário para avaliar se eu tinha condições de pular o ensino médio. Fiz e passei. Agora, começo na faculdade em abril e não vou precisar concluir o segundo e o terceiro anos”, explica. Mas será que adolescentes desta faixa etária têm maturidade para assumir uma vida acadêmica? De acordo com Maria Irene Maluf, psicóloga especializada em educação, nem sempre. “Antes dos 16, há possibilidades raras de encontrar jovens que consigam reunir condições cognitivas e emocionais para esse salto”. Para ela, o avanço de séries pode ser prejudicial no

quesito socialização. “Quem entrou muito jovem poderá se decepcionar e se frustrar mais facilmente frente à dificuldade de socialização com os mais velhos”. Em um processo julgado a favor de uma estudante no início deste ano, o desembargador Sérgio Fernandes Martins, da 1ª Seção Cível do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), manifestou sua preocupação. “Registro minha preocupação, se realmente é saudável que uma adolescente de apenas 14 anos de idade ingresse em uma universidade, passando a conviver em um ambiente pensado, projetado e frequentado unicamente por adultos”, declarou Martins. Outra visão Mas na contramão dessa

corrente, há ainda quem não tenha tanta pressa em concluir os estudos, como é o caso de Gabriel Donato P. Gonçalves, de 15 anos - o garoto estuda no Colégio Senhora de Fátima, em Curitiba, e passou em cinco universidades. “Não recorri à Justiça porque não tenho pressa. Além disso, quero cursar uma universidade nos Estados Unidos”, conta o rapaz, que não vê utilidade em antecipar algo que virá naturalmente com o tempo. “Sei muito pouco do que o ensino médio ainda pode me oferecer e nem sei ao certo o que desejo cursar”. Para ele, adiantar essa etapa da vida seria um erro. ELIANE QUINALIA METRO SÃO PAULO

DIVULGAÇÃO

Brasil

Legislação

A Lei nº 9.394/96 não estabelece uma idade mínima para ingresso no ensino superior. Os únicos critérios estabelecidos pela Lei de Diretrizes e Bases são a conclusão do ensino médio e a aprovação do estudante em processo seletivo.

DIOGO L. M. DE MELO Doutor em direito civil e diretor do IASP (Instituto dos Advogados de SP)

Como a Justiça avalia se um aluno tem maturidade para cursar uma faculdade? O intuito não é avaliar a maturidade, mas a aptidão intelectual do estudante - o que não impede o juiz de realizar, ao menos, uma avaliação para checar sua maturidade. Então, não basta fazer o teste e passar no exame? Não. Para o ingresso na educação superior é necessário, por lei, concluir o

ensino médio e ser aprovado em um processo seletivo. Como a Justiça atua, então, quando o aluno tenta garantir uma vaga no superior? Em muitos casos, os juízes deferem uma liminar (“antecipação de tutela”) e dão um prazo para a obtenção do certificado de conclusão do ensino médio, permitindo que o aluno estude um período na escola e outro na Universidade. METRO

Sem medo

Vida universitária aos 14 anos ••••• Diferente de Gabriel, Nathaly G. Tenório, de 14 anos, não quis esperar o término do ensino médio para começar a faculdade. A jovem, que se preparava para o segundo ano, conseguiu na Justiça uma autorização para se matricular no curso de Artes Visuais da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). “Fiz o Enem como treineira e me inscrevi no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) para conseguir a vaga”, explica. Com a autorização, Nathaly conseguiu o certificado de conclusão do ensino médio - mesmo sem terminá-lo - e agora se prepara para a vida acadêmica. “Algumas pessoas me criticaram e disseram que vou perder uma bela fase, mas discordo. É meu direito. Eu consegui grau suficiente para ser aprovada num curso que reúne tudo que sempre quis”, diz a jovem, que acredita ser madura o bastante para o desafio. METRO

Nathaly Gomes Tenório, de 14 anos


BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

Escola e tecnologia de mãos dadas

{EDUCAÇÃO}

|11|◊◊

Futuro. Uso das novas mídias dentro da sala de aula e papéis do aluno e do professor no ambiente educacional têm gerado discussão entre especialistas da área da educação

SXCHU DIVULGAÇÃO

Não é de hoje que se discute o uso das novas tecnologias no ambiente escolar. Filhas do papel impresso, nossas instituições de ensino foram moldadas segundo a invenção de Gutemberg e assim funcionaram por séculos. Com a chegada das mídias digitais, iniciamos um processo de adaptação, constantemente em processo. Mas será que abraçamos da melhor forma essas ferramentas inovadoras? “Ainda estamos no início de um nova escola”, afirma Carlos Nepomuceno, que é Doutor em Ciência da Informação pela UFF/IBICT Instituto Brasileiro em Ciência e Tecnologia e consultor em estratégia no mundo digital. “É importante pensar o futuro, descobrir como colocar em prática, e principalmente perceber que o aluno não é só receptor de conhecimento, é um agente.” Segundo o estudioso, temos que aproveitar os benefícios oferecidos pelo mundo digital, que é mais volátil e permite a maior participação das pessoas. “Acho que o passo inicial é criar zonas de inovação, fazer experimentos aqui e ali e ir testando, assim como ocorreu com as urnas eletrônicas, anos atrás”, explica. Para ele, o professor tem um papel crucial no novo sistema. “O momento pede consciência; o educador deve se preparar para a mudança tecnológica cognitiva.” Educar: encontro de ideias

Nesta última semana, SP

“Atualmente, o professor deve ter o conhecimento do estudioso e a ética e rapidez do hacker” NELSON PRETTO, PROFESSOR E ATIVISTA

foi palco da 20ª edição da Educar Educador, uma feira internacional que reuniu mais de 12 mil pessoas, entre palestrantes e profissionais. Todos tinham um só objetivo: debater a escola. De acordo com Marcos Melo, ex-professor e diretor da Futuro Eventos, que promoveu a feira, o encontro foca a reflexão, mas também busca oferecer resultados práticos. “Falta comprometimento do governo, faltam novos processos didáticos e mão de obra qualificada. Temos de repensar isso para atingir a escola que queremos hoje e amanhã.” Um dos palestrantes da feira foi Nelson Pretto, professor e pesquisador da Faculdade de Educação da UFBA, que é defensor de uma transformação radical. “Precisamos trabalhar com práticas colaborativas. Para isso, é necessário uma imersão completa na cibercultura”, afirma. “Cabe ao professor se capacitar? Sim. Mas enquanto as políticas públicas não se mexerem, ele também não conseguirá sozinho. Os alunos hoje têm um jeito alt-tab [comando do teclado] de ser. Temos de acompanhá-los para chegar a uma educação cada vez mais plural”. METRO

Carlos Nepomuceno também participou da 20ª Educar ANDREIA NAOMI/DIVULGAÇÃO


|12|

{EDUCAÇÃO}

Cidadania: eles fazem a diferença

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com DIVULGAÇÃO/COLÉGIO VITAL BRAZIL

A aluna Giovana Gonçalves criou a função de “tutora”

DIVULGAÇÃO/COLÉGIO SANTO IVO

Boas ideias que nascem na escola Uma iniciativa de sucesso do Colégio Vital Brazil é o projeto Voluntário Tutor Acadêmico, que funciona dentro da própria escola, e foi sugerida por uma aluna. “Eu queria ajudar os novatos que estavam com problemas para acompanhar as aulas, aí fui passando de sala em sala perguntando quem queria

Pelo social. Mais do que formação, estudantes encontram na escola a chance de conhecer e

apoio”, diz Giovana Gonçalves Galo, do 2º ano. “No começo, fiquei nervosa e achava que não ia dar conta, mas tem sido muito legal e engrandecedor; o grupo foi aumentando e se tornou essa experiência maravilhosa, em que ajudo e também sou ajudada. É especial”, afirma a estudante. METRO

Saber se colocar no lugar do outro

modificar o contexto vigente

DIVULGAÇÃO/COLÉGIO VITAL BRAZIL

Estudantes do Santo Ivo são incentivados a participar de atividades solidárias

É cada vez maior o número de estudantes do Ensino Fundamental e Médio que se mostram engajados em frentes voluntárias iniciadas na própria escola. Muito mais do que assistencialismo, os projetos são desenvolvidos e articulados por jovens que aspiram a transformação da sociedade. Amparados pelas instituições, em sua maioria particulares, alunos privilegiados culturalmente se tornam verdadeiros agentes de mudança e aprendem a criar vínculos com quem precisa de auxílio e apoio afetivo. Para Myrna Ibrahim, que é diretora pedagógica do Colégio Santo Ivo, as escolas devem sempre incentivar seus alunos a perceberem que podem fazer diferença no mundo. “Os jovens precisam aprender que, além da preocupação com a escola, eles também têm um protagonismo em nossa sociedade”, diz Myrna. Atualmente, o Santo Ivo

faz três tipos de ações solidárias, sendo que a mais recente delas é a realização de aulas complementares para estudantes de uma escola pública próxima. Até aí parece um projeto normal, só que os responsáveis por essa tarefa são os próprios discentes do colégio particular, que contam com a ajuda de uma grande amiga: a tecnologia. “Decidimos em conjunto como abordar os assuntos, mas são eles quem escolhem como montar e apresentar os temas usando ferramentas que eles gostam e dominam”, afirma a diretora pedagógica. “A ideia é somar, ajudar quem está com dificuldades sem atrapalhar o que já está sendo passado na própria escola.” Ajudar é crescer

Uma das alunas envolvidas é Paula Brandão Mizukawa, do 3º ano do Ensino Médio. “Gosto de fazer parte desse projeto porque temos liberdade para montar a aula usando o

Não basta apenas doar algo. É o corpo a corpo que ensina o aluno, o fazer e o sentir. MYRNA IBRAHIM, DIRETORA PEDAGÓGICA

que quisermos e assim compartilhar informação”, diz. “É algo que nos ajuda a crescer mentalmente, socialmente. E os sorrisos que os alunos exibem quando chegamos na escola faz valer muito a pena”. O estudante do 1º ano do Ensino Médio, Dennys Tadeu Grzegorz, também compartilha do sentimento. “Como faço teatro, resolvi criei uma peça relacionada ao estudo de ciências que estavámos aplicando na escola. E os alunos de lá mostraram que sabiam tudo e ainda se divertiram”, conta. “Posso dizer que cresci tanto ou até mais do eles. E estarei na próxima atividade.” Outro colégio que também

fomenta a participação dos jovens em projetos sociais é o Vital Brazil. A aluna Giuliana Garcia Viggiano, do 2º ano do Ensino Médio, faz parte do grupo que organiza a festa junina da escola, cujo objetivo é arrecadar mantimentos para entidades de todo o tipo. “E nós trocamos os convites por uma lata de leite em pó para depois entregar para as pessoas que precisam”, afirma. “É uma atitude tão simples, mas tão importante. É bom saber que estou ajudando, que posso fazer isso”. Segundo a diretora pedagógica da instituição, Suely Nercessian Corradini, a ideia é mostrar para os estudantes que a vida vai muito além da formação acadêmica. “Trazemos para eles situações do dia a dia, para que tenham senso crítico e sensibilidade.” METRO WANISE MARTINEZ METRO SÃO PAULO

Alunos do Vital Brazil arrecadam mantimentos

Santo Ivo: estudantes montando os projetos

DIVULGAÇÃO/COLÉGIO SANTO IVO

Os jovens que escolhem participar de projetos solidários também são muito beneficiados. Eles aprendem a ter uma visão de mundo mais ampla, se colocando no lugar do outro e sabendo entender comportamentos diferentes. Em geral, os estudantes ficam mais pró-ativos e exercem um

melhor papel social. Alguns até passam a focar o envolvimento politico. Além disso, aprendem a valorizar as conquistas e as coisas que possuem. LISSANDRA CIANCIARUSO Psicóloga e psicopedagoga da OficinaPsi


|14|

{EDUCAÇÃO}

Ajuda

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

de risco Pós-graduação. Aceitar um financiamento corporativo exige atenção. Enquanto algumas empresas não exigem nada, outras solicitam que o contratado permaneça por dois anos na organização

Roseane Queiroz teve 50% da sua pós financiada pela empresa | ANDRÉ PORTO/ METRO

Conseguir financiamento corporativo para fazer uma pós-graduação ou curso de MBA (Master Business Administration) tem sido o sonho de muitos profissionais. Mas para que esse sonho não vire um pesadelo, é preciso refletir muito antes de fechar um contrato, afinal, o que ninguém quer é se sentir ‘preso’ a uma empresa. Segundo Jéssica Monteiro, headhunter da De Bernt Entschev Human Capital, muitas companhias do país têm financiado a pós-graduação de seus profissionais em troca da permanência deles na empresa por um período de até dois anos. “A medida é preventiva e tem como intuito não apenas reter o talento, mas permitir que ele use o conhecimento adquirido em prol da companhia”, explica. E esse não é o único problema. Dependendo da forma contratual estabelecida, tais empresas podem até exigir de volta o valor do investimento se o colaborador quiser se desligar de suas atividades. Por isso, antes de firmar um contrato, o ideal é que o empregado avalie bem o documento que irá fechar com a organização. “Ele

“A jurisprudência pode exigir que o empregado devolva o dinheiro do curso, se ele pedir demissão” MARIA LÚCIA BENHAME, ADVOGADA

precisa saber se conseguirá arcar com as despesas, caso opte pela mudança de emprego”, diz Jéssica, que garante que o ressarcimento pode ser feito tanto no ato da rescisão quanto posteriormente, dependendo do que for acordado. O que diz a lei Segundo Maria Lúcia Benhame, advogada trabalhista e sócia do escritório Benhame Sociedade de Advogados, como não existe uma lei própria que trate sobre o tema no Brasil, as empresas costumam adotar como base as leis 10.820/2003 e 10.953/2004, que regulam o pagamento de empréstimos consignados. “Elas determinam o desconto de, no máximo, 30% das verbas rescisórias para encerrar uma dívida”. E se o valor descontado não for o suficiente para qui-

tar o investimento, um novo acordo deve ser feito. “A empresa deverá negociar com o funcionário como a cobrança será realizada depois que ele se desligar da companhia”, explica a especialista. O outro lado Mas nem todo financiamento corporativo precisa ser um risco. Roseane Queiroz, de 27 anos, por exemplo, foi uma que enxergou a ajuda da empresa em que trabalha como uma verdadeira oportunidade. “O Nube se ofereceu para financiar 50% da minha pós em administração e aceitei no ato”, diz. Conforme relata, em seu contrato não havia nenhuma cláusula fixando um tempo mínimo de permanência como condição para a realização do curso. E, para ela, também não seria um impedimento se houvesse. “Eu não teria problema para cumprir essa cláusula contratual e, por iniciativa minha mesmo, acho que ficaria na empresa para retribuir o investimento que fizeram”. ELIANE QUINALIA METRO SÃO PAULO

A lei mudou É importante lembrar que, para efeito trabalhista, a bolsa de estudo fornecida pela empresa não entra na conta das férias, décimo terceiro e aviso-prévio do trabalhador. Além disso, desde 2011, não é permitido, por lei, que o financiamento de um curso ultrapasse 5% da remuneração do segurado sem sofrer contribuição previdenciária, ou seja, INSS e FGTS. ROSANIA DE LIMA COSTA

Advogada do Cenofisco (Centro de Orientação Fiscal)

“Avalie bem os documentos”, alerta a headhunter Jéssica Monteiro | DIVULGAÇÃO


16

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

EDUCAÇÃO

Fique de olho

POSITIVO INFORMÁTICA/DIVULGAÇÃO

Tecnologia educacional Promover interatividade é uma das metas do novo serviço

Educação na era digital. Aprimoramento profissional em apenas um clique e ferramentas high-tech na escola. É a tecnologia provendo interatividade e inovação ao antigo sistema Cursos profissionalizantes

Mais que uma plataforma de ensino on-line

de, Turismo e Hotelaria, Tecnologia, Design e Criação, Casa e Jardim, Moda e Educação e Inclusão Social. A duração é de até 20 horas e os preços variam Fã das novas mídias, o téc- de R$ 150 a R$ 600. O objetivo da inicianico da seleção masculina de vôlei, Bernardinho, está tiva é ajudar a dimilançando a eduK, a primei- nuir o déficit de mão de obra qualificada no país. ra instituição de ensino “Acredito que investir digital voltada exclusivano desenvolvimento humente para cursos profismano é uma causa a ser sionais de curta duração. abraçada”, diz BernardiSão 22 no total, entre Administração e Negócios, nho. Saiba mais: www. Gastronomia, Beleza e Saú- eduk.com METRO

Material escolar com cara de futuro

A Positivo Informática criou novas ferramentas para serem usadas na sala de aula que estimulam o aprendizado individualizado e auxiliam os professores na gestão de conteúdos. Feita com tecnologia de ponta, redes wi-fi e te-

las sensíveis ao toque, as plataformas e aplicativos visam colaborar com os métodos de ensino mais modernos e interativos. O Caderno Digital, por exemplo, será utilizado pelo aluno para produzir textos: ele escreve no ta-

blet ou no notebook, envia para o professor, recebe a correção e pode compartilhar com os colegas da turma. Isso também auxilia o educador, que acompanha melhor o desempenho dos discentes. METRO


2

|18|

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

Um dos principais eventos de música da cidade dá largada nesta noite com uma maratona de shows no Parque Municipal. Até domingo, Conexão BH terá mais de 50 atrações valorizando revelações da cena musical mineira e nacional. Programe-se! METRO BH

1

CULTURA

3

Lançamento

2 JOÃO SOUSA/DIVULGAÇÃO

SONY MUSIC/DIVULGAÇÃO

2

Poesia amazônica. Dona Onete

A paraense de 71 anos mostra sua energia nos palcos do Conexão. Ela é uma das atrações de sexta, quando cantará ao lado do paraense Luê e da mineira Janaína Moreno.

3

Pop latino. Julieta Venegas

A mexicana de 42 anos confirma o acento pop dançante e bem acabado que faz sua fama desde 1996. Seus cinco primeiros discos ganharam os principais prêmios do mercado fonográfico. A aproximação com os latino-americanos aconteceu em 2008, quando ela reuniu artistas como Marisa Monte, Gustavo Santaolalla e Juan Son na gravação do disco “MTV Unplugged”. Agora, Julieta divulga o álbum “Los Momentos”. Ela é convidada especial da sexta-feira.

A maratona de shows do Conexão BH começa hoje com abertura do Móveis Coloniais de Acaju, a partir das 19h, no Parque Municipal. A primeira noite do evento que traz revelações e artistas representativos da música brasileira levará ao público nomes como Garbo, Falcatrua, Pedro Morais, Fusile, Julgamento e Bona Fortuna. O Conexão BH é tão aguardado por propiciar experiências inéditas entre artistas num mesmo palco. Amanhã, por exemplo, o Maglore convida Wado. Na sexta, cantam lado a lado Julieta Venegas, Otto (foto), Fernanda Takai e Tulipa Ruiz. Ao todo, o evento terá mais de 50 atrações brasileiras e estrangeiras. Os ingressos estão à venda de R$ 15 (meia) a R$ 30 (inteira). Já o passaporte com direito a conferir todos os cinco dias de shows custa de R$ 50 (meia) a R$ 100 (inteira). Informações pelo sympla.com.br/conexaobh.

Se divirta no Conexão BH NATURA MUSICAL/DIVULGAÇÃO

Liderado pelo guitarrista Jerry Cantrell (foto), o Alice in Chains lançou ontem para pré-venda no iTunes o disco “The Devil Put Dinosaurs Here”. É o segundo álbum inédito desde a volta do grupo à ativa, em 2007, após a morte do vocalista Layne Staley, em 2002. O quarteto será um das atrações principais do Rock in Rio, em setembro.

1

Encontros que criam sonoridades inéditas. Artistas representativos

4

Duelo de MCs. Eliminatória

O Conexão BH dialoga com importantes movimentos artísticos que surgiram na cidade. Amanhã mesmo, ocorre a eliminatória mineira do Duelo de MCs nacional. A edição terá blocos carnavalescos e representantes de movimentos como Quarteirão Eletrônico, Quarteirão do Soul, Discoteca Pública e Feira de Vinis, além de promover mostras de graffiti e a exibição de vídeos.

4 PABLO BERNARDO/DIVULGAÇÃO


BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

|19|◊◊

Galpão estreia nova peça amanhã Fábula. ‘Os Gigantes da Montanha’ terá encenações gratuitas até domingo na Praça do Papa O Galpão estreia amanhã novo espetáculo baseado na fábula “Os Gigantes da Montanha”, do italiano Luigi Pirandello. Até domingo, serão quatro apresentações gratuitas na Praça do Papa, no Mangabeiras. A estreia contará com presença do ator Paulo

José, que dirigiu dois espetáculos da companhia mineira. Com cenário e figurino elaborados a partir de elementos das culturas italiana e mineira, a peça marca o reencontro dos atores com o diretor Gabriel Villela – que colaborou em “A Rua da Amargura” e

1

Programe-se para 4 shows no feriado e véspera: FOTOS: DIVULGAÇÃO

2 3

1

4

Scarcéus. Mineiros lançam DVD ‘Rock é pedra, amor é love!’

Grupo que mistura rock nacional com pop e country music toca hoje, às 22h, no Collins Pub (Savassi).

2

Dibigode e Irene Bertachini. Música independente no palco

A banda de música instrumental e a cantora se apresentam amanhã, às 22h, no Granfinos (Santa Efigênia).

3

Pedro Leopoldo Rodeio Show. Gusttavo Lima e mais 30 atrações

De hoje a domingo, a cidade recebe artistas como Fernando & Sorocaba, Sorriso Maroto, Péricles e Monobloco.

4

Raça Negra. Grupo de pagode comemora 30 anos de carreira

Com 25 discos lançados, a banda relembra seus sucessos em show hoje, às 22h, no Galopeira (Prado).

“Romeu e Julieta”. A fábula narra a história de uma companhia de teatro falida que tenta a sorte num vilarejo afastado. Lá, recebem uma oferta tentadora para que permaneçam para sempre no local – a contragosto de uma das atrizes. METRO BH

Quatro oportunidades: Peça será encenada na Praça do Papa de amanhã a sábado, às 20h, e no domingo, às 19h. Semana que vem a peça segue para o Parque Ecológico da Pampulha. Gratuito.

Destaque para os figurinos, cenários e maquiagem | GUTO MUNIZ/DIVULGAÇÃO


|20|

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES}

Segurança na Web é caso sério

Os invasores

Ministro Joaquim Barbosa

Cruzadas

çou semana passada o novo recurso “verificação de login”. Ao aderir ao sistema, toda as vezes que o usuário fizer o login em sua conta, terá de digitar, além de sua senha habitual, um código que é enviado via torpedo para o celular do dono da conta. O Google também oferece ferramentas para reforçar a segurança dos seus clientes, como alerta de atividade da conta no Gmail; eu na Web - que avisa o usuário quando seu nome é citado no site de buscas - e o alerta de phishing e malware (vírus) no Google Chrome. O mais importante é ficar atento e desconfiar de e-mails que peçam atualização de dados, evitando assim o phishing e o ataque de vírus. METRO

Aproveito este espaço para agradecer ao eminente ministro Joaquim Barbosa pelas palavras dirigidas a estudantes em referência ao poder Legislativo e Executivo. Continue assim, Sr. ministro, temos os mesmos pontos de vista com relação aos poderes em nosso país, mas infelizmente não possuímos espaço para estas afirmações. Estamos fartos de tantos “ajuntamentos” com finalidades espúrias. TITO PEDROSA - BELO HORIZONTE

Atenção. Para preservar os dados dos clientes, empresas reforçam a segurança na internet A preocupação com a segurança não é “privilégio” de quem vive nas metrópoles. No mundo virtual, os ataques de hackers às contas pessoais e de empresas são cada vez mais comuns. Apenas manter atualizado o antivírus não resolve completamente o problema, porque, na maioria dos casos, o mais comum é o computador ser invadido via phishing, um trocadilho com a palavra inglesa fishing, que quer dizer pescar. Funciona assim: o programa invasor manda um e-mail falso em nome de uma empresa e, literalmente, pesca todas as informações do usuário, senha de e-mail, dados pessoais e bancários. Para evitar essa situação, algumas empresas estão repensando seus sistemas de segurança. O Twitter lan-

Leitor fala

Transporte público Em referência a linha 8401 (Cachoeirinha/São José), na saída do bairro Cachoeirinha, o ônibus nunca cumpri seus horários. Todos já reclamaram e nada é feito, nem pela BHTrans, nem pelo dono da linha 8401. O ônibus que tem que sair do Cachoeirinha 6h45 chega no local de saída às 07h, o de 7h05 chega 7:15 e assim por diante. Acho que o órgão responsável pelo transporte deveria fiscalizar o que está ocorrendo, já que há tanta reclamação dos moradores em relação ao cumprimento do horário. Como se não bastasse, a maioria dos ônibus são velhos. ADRIANA SILVA - BELO HORIZONTE

Metro pergunta

Endividamento no Siga o Metro país atinge nível no Twitter: recorde. Por que as @jornal_metroBH famílias devem tanto? Sudoku @Luquinhasilva

Acho que falta planejamento de muitas famílias no Brasil. Gastam além do que podem e passam aperto depois. @cristianorodrigo

Os salários são muito baixos e não conseguem suprir os gastos básicos das famílias. @Gutoteixeira

Os salários são ruins demais no Brasil.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.bsb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Phishing é um dos principais responsáveis por ataques na Web | STCK.XCHNG

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

O momento favorece a retomada de amizades e o contato com pessoas especiais que estão distantes. Decisões importantes mudarão a forma de tratar a vida amorosa.

Mesmo percebendo diferenças junto a outras opiniões, seja paciente para não criar atritos e procure se portar paciente diante das relações. Momento para refletir.

O momento é importante para observar a forma como se expressa, evitando exagerar na maneira de expor assuntos às pessoas com quem tem vínculo afetivo.

O contato com o público tende a ser vivenciado com mais intensidade no trabalho, especialmente se você lida com eventos. Período para novos objetivos e responsabilidades.

Mudanças importantes são propensas no ambiente de trabalho e em algumas relações do meio profissional. Não deixe que críticas de alguns afetem seu rendimento.

Envolvimento com mais empenho a novas prioridades materiais e definição de pendências em assuntos financeiros. Reflexão sobre as coisas que você valoriza.

O momento é propício para quem está em viagens, estudos e contatos à distância. Em relacionamentos, bom momento para compartilhar gostos culturais.

As convivências sociais, os eventos e as festas tendem a proporcionar amizades, diversões e mesmo paqueras. Bom momento para variar o ritmo de sua rotina.

Dedicação a gostos excêntricos tende a se acentuar, especialmente diante dos momentos de lazer e com os seus hobbys. Interação com grupos e amigos especiais.

Período para mais cautela e com leve tendência a imprevistos nas finanças. Propensões para servir de ouvinte e lidar com confidências de forma mais intensa em suas relações.

A dedicação a assuntos domésticos tende a ser mais intensa para resolver pendências. Evite revirar lembranças que não façam bem ao lado das pessoas.

Bom momento para reflexão sobre alguns sacrifícios e gestos solidários que dedica a lugares e pessoas. Período para voltar energias para si mesmo, corpo e mente.


3

|22|

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

ESPORTE

Luiz Gustavo e Dante vivem impasse na Alemanha | GETTY IMAGES

CBF pode cortar dupla do Bayern Seleção. Apresentação começou ontem A Seleção que se apresentou ontem para a disputa da Copa das Confederações teve duas baixas que podem se tornar definitivas: o zagueiro Dante e o volante Luiz Gustavo, ambos do Bayern de Munique. A dupla ainda não foi liberada pelo clube, que no sábado disputa a final da Copa da Alemanha com o Stuttgart. Eles são esperados no Rio de Janeiro até amanhã. A Fifa estabelece que as Seleções têm de estar completas até sábado, data da partida. Assim, no entender da CBF, eles não poderiam disputar a final. Já o Bayern interpreta a norma de outra maneira: sábado seria o último dia em que os atletas estariam disponíveis nos clubes. No domingo, a Seleção faz o primeiro amistoso com

o grupo da competição: enfrenta a Inglaterra, no Maracanã. No dia 9, encara a França em Porto Alegre. Além da dupla, não se apresentaram ontem os jogadores de Fluminense (Diego Cavalieri, Jean, Fred) e Atlético (Réver e Bernard), que jogarão pela Libertadores ainda nesta semana. Liberados pela CBF, eles se apresentarão após as partidas. Ingressos A Fifa informou ontem que a venda de ingressos para a Copa do Mundo de 2014 deve ser iniciada no dia 20 de agosto. Os preços não foram divulgados, mas a tendência é que sejam semelhantes aos do Mundial da África do Sul, em 2010. Lá, o ingresso mais barato custou 20 dólares (cerca de R$ 40). METRO

Viagem-relâmpago

Neymar

O craque vai se apresentar ao Barcelona na segundafeira, um dia após o amistoso entre Brasil e Inglaterra. Um jato particular reservado pelo clube levará o atacante, que retorna no dia seguinte para acompanhar a delegação brasileira até Goiânia. Lá, o Brasil se preparará tanto para o amistoso contra a França (9 de junho, em Porto Alegre) como para a disputa da Copa das Confederações.

Ingressos já podem ser retirados Os torcedores que adquiriram os ingressos pela internet para os jogos da Copa das Confederações já podem retirá-los no Boulevard Shopping, na região Leste de Belo Horizonte, a partir de hoje. A troca ocorrerá no estande da Fifa, que está localizado no estacionamento G1. O atendimento será de 10h às 18h, todos os dias da semana, até o fim do torneio | RENATO COBUCCI/IMPRENSA MG


BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|23|◊◊

Força máxima para trazer seis pontos na bagagem Cruzeiro. Após estreia com goleada, técnico Marcelo Oliveira mira sequência de vitórias contra Atlético-PR e Botafogo no Brasileirão Melhor do que começar a campanha no Campeonato Brasileiro com uma goATLÉTICO-PR Weverton; Léo, Manoel, Cleberson e Pedro Botelho; Deivid, João Paulo, Felipe e Everton; Marcelo e Éderson. Técnico: Ricardo Drubscky

CRUZEIRO Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio; Leandro Guerreiro, Nilton, Diego Souza e Everton Ribeiro; Borges e Dagoberto. Técnico: Marcelo Oliveira • •

Estádio. Vila Olímpica, às 15h. Transmissão. BandNews FM 89.5, a partir das 14h40.

leada diante de sua torcida é voltar para casa com mais seis pontos na mala conquistados fora de casa. É esse o pensamento do técnico Marcelo Oliveira, que tem como meta vencer os dois jogos seguidos que o Cruzeiro tem longe de Belo Horizonte: hoje, às 15h, contra o Atlético-PR, e no sábado, às 16h20, contra o Botafogo. A Raposa terminou a preparação para o duelo contra o Furacão ontem, com um treino recreativo. Os atacantes Borges e Dagoberto não participaram da atividade, mas o treinador celeste garantiu que vai repetir, nas duas partidas, o mesmo time que entrou em campo nos dois últimos compro-

missos – goleadas por 4 a 0 sobre o Resende, pela Copa do Brasil, e por 5 a 0 contra o Goiás, pelo Brasileirão. As novidades podem aparecer no banco. Para o ataque, por exemplo, foram relacionados Ricardo Goulart, Anselmo Ramon, Lucca e Luan, que não havia participado da última convocação. “A depender das circunstâncias, um empate fora de casa pode ser satisfatório no Brasileirão, mas temos objetivos grandes e vamos a todo custo buscar essas vitórias”, destacou Oliveira. CRISTIANO MARTINS METRO BELO HORIZONTE

“Não tenho esse pensamento (de poupar titulares). Vamos fortes, com o melhor time e a melhor escalação nos dois jogos.” MARCELO OLIVEIRA, TÉCNICO DO CRUZEIRO

Treinador comandou último treino preparativo, ontem, em Belo Horizonte | WASHINGTON ALVES/VIPCOMM


|24|

BELO HORIZONTE, QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Estoque de máscaras acaba, e PM vai cadastrar torcedor Atlético. Brincadeira que surgiu nas redes sociais gera corrida às lojas e polêmica com autoridades, que chegaram cogitar proibição Uma ideia que começou mobilizando um pequeno grupo nas redes sociais e culminou em estoques esgotados e reunião de urgência da Polícia Militar. Foi assim a mobilização dos atleticanos para receber o Galo no estádio Independência amanhã – no jogo contra o Tijuana pela Libertadores –, usando a famosa máscara do filme “Pânico” em alusão ao mais novo coro da torcida alvinegra: “Caiu no Horto, tá morto”. No início da tarde, já era impossível encontrar o acessório nas lojas da região Central da cidade. “A procura maior começou hoje (ontem) mesmo, pela manhã. A gente tinha mais ou menos mil itens, um estoque que daria para uns dois meses. Fomos pegos de surpresa, acabou tudo”, relata João Lúcio Zeferino, gerente de uma casa de festas.

“O cadastro terá nome, endereço e CPF. Se for registrada ocorrência com um mascarado, todos serão chamados.” CEL. CARVALHO, COMANDANTE DA PM

“Seria uma pena proibir, estragaria a festa. A chance de acontecer alguma coisa existiria sem a máscara também.” MARIANO ZOLIS, 38, TORCEDOR DO GALO

O analista de sistemas Mariano Zolis, 38, comprou as últimas máscaras de uma das lojas. “Tinha gente levando dezenas de uma só vez. O vendedor disse que tinha recebido 300 máscaras na segunda-feira e mais mil

hoje (ontem). Quando chegou a minha vez, só tinha mais duas”, afirmou. Cadastro A PM chegou a cogitar a proibição das máscaras alegando que seria impossível identificar torcedores envolvidos em brigas ou atos criminosos. Em reunião convocada ontem à noite, porém, foi definido que haverá um cadastro prévio daqueles que quiserem usar o adereço. Apesar da provável lentidão nas entradas do estádio, o comandante de policiamento especializado da PM, coronel Antônio Carvalho, foi taxativo: “Quem fizer essa opção terá de aguardar o tempo necessário. Vamos cadastrar um por um”. CRISTIANO MARTINS METRO BELO HORIZONTE

Máscaras do filme “Pânico” sumiram das lojas em menos de dois dias | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Série B: Em casa, Coelho sofre a segunda derrota 24 AMÉRICA

Ronaldinho treina e diz que vai para o jogo Após ter levado uma bolada no olho no primeiro jogo contra o Tijuana-MEX e postado uma foto na internet com um tampão, o R10 treinou normalmente e garantiu que vai para o jogo amanhã. Outro que está à disposição do técnico Cuca é Richarlyson, afastado nos últimos jogos devido a uma infecção. Já Marcos Rocha e Diego Tardelli foram poupados do treino de ontem, mas também não eram tratados como dúvida pela comissão técnica. Por outro lado, o meia Morais e o volante Serginho estão fora dos planos: o primeiro rescindiu o contrato com o clube de forma amigável, e o segundo foi emprestado ao Criciúma | BRUNO CANTINI/ATLÉTICO/DIVULGAÇÃO

FIGUEIRENSE

Em mais uma noite em que nada deu certo, com direito a falhas fatais do goleiro Neneca e do zagueiro Vitor Hugo, o América sofreu ontem a segunda derrota em dois jogos pela Série B. Sob as vaias dos 682 pagantes que foram ao estádio Independência, os atletas do Coelho saíram de campo com uma derrota por 4 a 2 para o Figueirense. Os gols da equipe visitante foram marcados por Rafael Costa, Mayslon, Ricardinho e Douglas, enquanto Willians e Laércio descontaram para o time alviverde. No sábado, o Coelho tem nova pedreira pela frente: às 16h20, enfrenta o Palmeiras no estádio Novelli Júnior, em Itu (SP). O time paulista é o primeiro na tabela, com duas vitórias. METRO BH

Atletas do Figueira festejam gol no Independência | CRISTIANE MATTOS/FUTURA PRESS

20130529_br_metrobh  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you