Issuu on Google+

FARRUQUITO FAZ ESPETÁCULO

BAILARINO ESPANHOL TRAZ SHOW DE FLAMENCO AO GUAIRÃO NESSA QUARTA, AO LADO DE KARIME AMAYA PÁG. 11 ANIMAÇÃO NO CINEMA

CURITIBA

‘Uma História de Amor e Fúria’ passa PELA HISTÓRIA NACIONAL PÁG. 13

Segunda-feira, 8 de abril de 2013 Edição nº 476, ano 2

‘O CLUBE DOS 27 ANOS’

MÍN: 15°C MÁX: 21°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

sleet

thunder

part sunny/

thunder

www.readmetro.com | leitor.ctb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metroctb showers sunny showers

hazy

showers

CORITIBA VENCE FORA

Time ainda sonha com o segundo turno PÁG. 15

windy

Vida de Amy Winehouse INAUGURA SÉRIE DE HQS PÁG. 13

Mortalidade por câncer sobe 31% no Paraná Alerta. Hoje, Dia Mundial de Combate ao Câncer, dados do Inca mostram que Estado tem 113,7 óbitos por 100 mil habitantes, a terceira mais alta taxa do país. Em Curitiba, são 122 por 100 mil. Câncer de pulmão resulta no maior número de mortes PÁG. 03

Apesar de jogo sem brilho, Coxa bateu o Toledo por 2 x 0 | MAURO BIANCHI/ ESPECIAL PARA AGÊNCIA GAZETA DO POVO

PMs acusados de massacre no Carandiru vão a júri

Passagens aéreas já estão 14,4% mais baratas neste ano

Vinte anos depois, 26 policiais militares começam a ser julgados hoje pela morte de 15 presos do primeiro andar do pavilhão 9 da penitenciária. Ato todo, 79 homens serão julgados PÁG. 06

China repreende Coreia do Norte

Depois de uma alta de 12% em dezembro, efeito sazonal força queda nos valores PÁG. 10

“Nenhum país deve ter permissão de jogar uma região no caos”, disse o presidente Xi Jinping PÁG. 07


1 FOCO

Municípios

Novo presidente

O prefeito de Nova Olímpia, no Noroeste do Estado, Luiz Lázaro Sorvos (PDT), assume hoje a presidência da AMP (Associação dos Municípios do Paraná). Eleito por consenso, ele tem como principal bandeira o pagamento pelo Governo do Estado de 100% do transporte escolar nos municípios.

Cotações Dólar - 1,43% (R$ 1,98) Bovespa + 0,73% (55.051 pts) Euro + 0,52% (R$ 2,61) Selic (7,25%)

Salário mínimo (R$ 678)

|02|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Paraná quer tirar gastos de universidades da LRF Finanças. Primeira tentativa junto à Secretária do Tesouro Nacional foi negada. Agora, a ideia é trabalhar por composição política O Paraná está tentando, junto ao Governo Federal, retirar os gastos com pessoal das universidades estaduais da base de cálculo da LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal). Ao Metro, o secretário-chefe da Casa Civil, Reinhold Stephanes, disse que os gastos com salários nas instituições podem prejudicar a futura aprovação de empréstimos estaduais. Stephanes cita o recente financiamento de R$ 700 milhões junto ao Banco Mundial, aprovado com ressalvas pela STN (Secretaria do Tesouro Nacional). “Eles aceitaram um entendimento do Tribunal de Contas do Estado, mas já avisaram que não vão aceitar de volta. Por isso temos que mudar o cálculo – é o que os outros Estados já fazem, mas porque não têm as instituições ”, explicou.

“O Paraná nunca se enquadrou nos critérios do governo federal e, desse jeito, nunca terá chance de se enquadrar.” REINHOLD STEPHANES, CASA CIVIL

O assunto já foi tratado, na semana passada, pelo secretário estadual da Fazenda, Luiz Carlos Hauly, na STN, sem sucesso. “Não houve negociação. Terá que ser feito de outra forma”, conta ele. A solução, diz Stephanes, seria através de uma mudança na lei ou pela edição de uma Medida Provisória – o que, segundo ele, resolveria o caso “em cinco minutos”. Para isso, no entanto, seria necessário o consentimento do Governo Federal. “O governa-

Prejuízo por falta de limpeza | DIVULGAÇÃO/CÂMARA MUNICIPAL

to um pedido formal ao responsável. O projeto de lei estava marcado para ser votado no mês passado, mas o próprio autor pediu a sua retirada por três sessões para realizar mudanças. METRO CURITIBA

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.ctb@metrojornal.com.br 041/3069-9189 COMERCIAL: 041/3069-9200

O jornal Metro circula em 23 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

THIAGO MACHADO METRO CURITIBA

Empréstimos podem não sair, diz secretário | RODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBA

Câmara. Comércio de animais será discutido

Urbanismo. Lei pode tirar desconto de IPTU por má conservação Os vereadores de Curitiba votarão hoje, em primeiro turno, o projeto de lei do parlamentar Serginho do Posto (PSDB) que retira o desconto do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) dos proprietários que não mantenham as áreas dos seus imóveis bem cuidadas. Perderiam o direito ao benefício de 6%, oferecido pela prefeitura nos pagamentos à vista, aqueles que não cumpram normas de limpeza, drenagem, calçamento e vedação dos imóveis. A medida vale para todos os terrenos, com ou sem casas construídas. A regra determina, no entanto, que antes da retirada do desconto seja fei-

dor vai pedir uma audiência à presidente e vai levar o assunto. Precisamos de boa vontade política”, fala. O Paraná mantém sete instituições de ensino superior, que custaram no ano passado R$ 1,2 bilhão. É a maior rede brasileira, a frente de São Paulo, com três universidades. “Nós não queremos quebrar a lei, só que, quando ela foi feita, não levou em conta nossas peculiaridades”, diz Stephanes. “O Paraná não vai se enquadrar no teto federal de gastos com pessoal, nunca se enquadrou, e nunca terá possibilidade de se enquadrar. A razão é simples: sustentamos as universidades que são responsabilidade da União”, defende.

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara de Vereadores discute hoje a legislação de proteção dos animais. A reunião começa às 14h30, no plenário, com participação de representantes da prefeitura e do CRMV-PR (Conselho Regional de Medicina Veterinária). O presidente do conselho, Alexander Biondo, promete apresentar aos vereadores uma proposta de alteração da lei municipal referente à comercialização de animais de estimação. Ele também vai participar do debate sobre a criação de uma legislação específica sobre acumuladores – a ideia veio depois que um incêndio matou cerca de 40 cães em um imóvel no Boqueirão, em março deste ano. METRO CURITIBA

Educação

Prazo de concurso termina amanhã Termina amanhã o prazo de inscrição no concurso que vai selecionar 13.771 professores para a rede estadual. O edital está disponível em www.pucpr.br/concursos/ seap2013/. METRO CURITIBA Trabalho

CRMV-PR vai propor nova regra para comércio | RODRIGO F. LEAL/METRO CURITIBA

“A ideia é aproximar a acumulação aos maustratos, dissociando-a da proteção aos animais”. VEREADOR BRUNO PESSUTI (PSC), PRES. DA COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

EXPEDIENTE

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145). Diretor de Redação: Fábio Cunha (MTB: 22.269). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini. Diretora Financeira: Sara Velloso. Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Metro Curitiba. Gerente Executivo: Rodrigo Afonso. Editora-Executiva: Martha Feldens (MTB: 071). Editor de Arte: Antonio Virgili. Grupo Bandeirantes de Comunicação Curitiba - Diretor Geral: André Aguera. Grupo J. Malucelli - Presidente: Joel Malucelli.

Município traça diagnóstico A vice-prefeita e secretária municipal do Trabalho e Emprego, Mirian Gonçalves, apresenta amanhã, na sessão da Câmara de Vereadores, as ações implantadas pela pasta e seus resultados nesses primeiros meses de gestão. METRO CURITIBA

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Santa Cecília, 802, Pilarzinho, CEP: 80820-070, Curitiba. Tel.: 041/3069-9200 O jornal Metro é impresso na Gráfica RBS – Zero Hora Editora Jornalística S/A. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

Taxa de mortalidade por câncer tem alta de 31% no Estado Alerta. No Dia Mundial de Combate ao Câncer, dados do Inca mostram que o Paraná registra 113,7 óbitos por 100 mil habitantes. Em Curitiba são 122 por 100 mil Em dez anos, a taxa de mortalidade por câncer deu um salto de 31% no Paraná. Entre os anos 2000 e 2010, ela passou de 86,7 por 100 mil habitantes para 113,7 por 100 mil, ocupando a terceira posição no ranking nacional, conforme dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer). A quantidade de óbitos passou de 8.252 para 11.855, o que significa um aumento de 43% em apenas uma década. Curitiba segue pelo mesmo caminho e também está no terceiro lugar entre as capitais com mais alto índice. A taxa de mortalidade subiu 18%, de 103,1 por 100 mil habitantes para 122 por 100 mil, também de acordo com o Inca. Em números absolutos de óbitos, o crescimento ficou em 30% – de 1.633 para 2.130. O câncer que mais mata é o de pulmão. Foram 1.518 óbitos registrados no Paraná em 2010 – 48% a mais que no ano 2000, quando houve 1.025. Em Curitiba, onde 20,2% da população são fumantes (o segundo mais alto índice entre as capitais, conforme levantamento mais recente do Ministério da Saúde, de abril de 2012), o câncer de pulmão fez 260 vítimas em 2010. No ano 2000, foram 189 – 37,5% menos. “A cura desse tipo de câncer é mais difícil porque, geralmente, são tumores mais agressivos e acabam sendo descobertos tardiamente porque os sintomas demoram a aparecer. Quando descobre, a

“De 80% a 90% dos cânceres são causados por fatores como estilo de vida, má alimentação e até mesmo o estresse, que baixa a imunidade. Junta-se a isso a genética.”

Câncer de pulmão é o que mais mata, aponta Inca | RODRIGO BOERIN/FOTOARENA

Evolução Veja em quanto subiram os óbitos entre os quatro tipos de câncer que mais matam.

48%

DE PULMÃO, TRAQUEIA E BRÔNQUIOS

61%

CÂNCER DE PRÓSTATA

86% CÂNCER DE CÓLON, RETO E ÂNUS

12%

DE ESTÔMAGO

CAMILA CASTRO METRO CURITIBA

Leucemia tem cura de 80% em crianças A cura dos casos de leucemia em crianças chega a 80%, segundo o hematologista Eurípides Ferreira, responsável pelo serviço de TMO (Transplante de Medula Óssea) do Hospital Pequeno Príncipe. “Houve uma modificação grande no tratamento da leucemia”, aponta ele. Por outro lado, o ganho em tecnologia ainda não ajudou a melhorar a taxa de cura

3.338

crianças e adolescentes foram atendidos com tratamento de quimioterapia no Pequeno Príncipe em 2012. em caso de tumor no sistema nervoso central, o principal tipo de câncer que acomete as crianças. “Os resultados

Sem acordo. Motoristas e cobradores ameaçam entrar em greve hoje Motoristas e cobradores do transporte coletivo de Curitiba e região metropolitana ameaçam entrar em greve hoje. De acordo com o Sindimoc, sindicato que representa a categoria, apenas uma empresa cumpriu o acordo que teria sido feito com os trabalhadores quanto à negociação salarial. Por isso, o sindicato manteve o indicativo de greve. “A paralisação poderá ocorrer logo após as assembleias com os trabalhadores das

JORGE FUKUSHIMA, ONCOLOGISTA

evolução é muito rápida. Em alguns casos, o diagnóstico evolui para óbito em três meses”, explica o oncologista do hospital Angelina Caron, Jorge Fukushima. Na avaliação dele, o aumento no número de mortes decorre, especialmente, do aumento do diagnóstico da doença e do número de casos – o Inca estima mais de 31 mil novos casos nesse ano no Paraná e 5.500 em Curitiba –, além da própria organização dos dados pelo instituto nacional. “Não podemos ficar presos às estatísticas, mas elas servem de alerta. A prevenção ainda é a melhor saída”, diz Fukushima. E, para prevenir, as dicas do médico são evitar os fatores de risco, como tabagismo, hábitos alimentares ruins, consumo de bebida alcoolica em excesso, sedentarismo, obesidade e exposição excessiva ao sol, por exemplo.

Só uma empresa concedeu aumento salarial, diz sindicato | MAURILIO CHELI/SMCS

já não são tão satisfatórios. Ficam em torno de 30% a 50%”, conta o médico. No entanto, ele salienta que cada caso é um caso e a cura da doença depende de uma série de fatores, incluindo o tipo de tumor e o estágio da doença. “Não é caso de pânico. Não existe uma receita de bolo. Há a necessidade de se ter uma sequência de análises”, pondera. METRO CURITIBA

Pequeno Príncipe é referência | RODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBA

empresas que não tenham cumprido o acordo”, coloca em seu site. As assembleias estavam marcadas para acontecer na madrugada de hoje, logo no início das atividades da categoria, em frente às garagens das empresas que não cumpriram o acordo, deixando de realizar na íntegra o pagamento dos funcionários, com o aumento salarial e o retroativo à data base, segundo o Sindimoc. METRO CURITIBA

Bope. Suspeito de assalto é morto após troca de tiros Um assaltante foi morto por policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais) na tarde de ontem após troca de tiros na rua Fernando Moreira, no Centro de Curitiba. Segundo a Polícia Militar, o homem e outros dois bandidos tentaram assaltar um pedestre, na rua Brigadeiro Franco, que teria reagido e acabou baleado na perna. Em seguida, os assaltantes fugiram, cada um para um lado. Um deles foi cercado na

Fernando Moreira por um micro-onibus do Canil do Bope que passava na região. Segundo a PM, os policiais foram recebidos com tiros, revidaram e o homem foi baleado, morrendo no local. O assaltante estava com uma pistola calibre 40, de uso restrito. De acordo com a PM, o segundo assaltante, menor de idade, foi detido ainda no Centro. Até as 20h de ontem, o terceiro ainda estava foragido. METRO CURITIBA

Crime. Ônibus é incendiado em São José dos Pinhais Após levar o dinheiro das passagens de um ônibus do transporte urbano de São José dos Pinhais, na região metropolitana, bandidos atearam fogo no veículo, que ficou completamente destruído. O caso aconteceu por volta das 22h de sábado, no bairro Jardim Itália. Não houve feridos. As informações são da Delegacia de Polícia Civil

da cidade, que está investigando o caso. Segundo ela, até as 17h30 de ontem, ninguém havia sido preso. De acordo com informações da Polícia Militar, três homens que estavam num Gol branco interceptaram o ônibus. Eles mandaram os passageiros descerem e, então, atearam fogo no veículo. Depois, fugiram. METRO CURITIBA


|04|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Campus Rebouças começa a funcionar até o fim do ano UFPR. Obras do novo campus estão em fase avançada, segundo o reitor Zaki Akel. Primeiro bloco deve ser inaugurado nos próximos meses A obra do campus Rebouças da UFPR (Universidade Federal do Paraná) – no histórico edifício Teixeira Soares, antiga sede da extinta Rede Ferroviária Federal (RFFSA) – está em ritmo acelerado e ele deve iniciar seu funcionamento até o fim do ano, segundo o reitor Zaki Akel Sobrinho. “Estamos realizando as obras em três etapas. O bloco A deve ser inaugurado até a metade do ano. A revitalização do edifício Teixeira Soares está em fase avançada. E o bloco B, que terá nove andares, já tem três erguidos”, enumera o reitor. A universidade irá transferir todo o setor de Educação (Pedagogia e licenciaturas) e os cursos de Turismo e Psicologia para o novo campus. “Os alunos de Psicologia vão sair do prédio histórico da praça Santos Andrade e terão espaço privilegiado para as clínicias de dependentes”, destaca Akel. O reitor afirma ainda que, por ser uma obra de grande porte, existem ca-

Drogas. Atendimento em dois CAPs passa a ser 24h Entrou em vigor no sábado o novo horário de funcionamento dos CAPs (Centros de Atenção Psicossocial de Curitiba) Álcool e Drogas do Portão e Cajuru. Eles vão atender 24h, todos os dias da semana. De acordo com a prefeitura, os dois são as primeiras unidades de atendimento a adultos usuários de álcool e drogas a funcionar em período integral. No Portão, ele é voltado a crianças e adolescentes. O prefeito Gustavo Fruet visitou a unidade no sábado e garantiu que vai ampliar a estrutura dos CAPs. Ao todo, serão 21 vagas para acolhimento noturno no serviço de saúde mental, sendo 12 no Cajuru e nove no Portão. Cada um deles registra média mensal de 200 atendimentos. METRO CURITIBA

Obras em 3 etapas

“Além de ser um marco na história da universidade, o campus vai revitalizar uma região da cidade que estava depreciada nos últimos anos.”

1

Bloco A: Com salas de aula e biblioteca prontas, será a primeira etapa concluída. O acervo literário e a mobília estão sendo adquiridos. A ideia é ocupar o prédio até o fim do ano.

ZAKI AKEL SOBRINHO, REITOR DA UFPR

2

Edifício Teixeira Soares: prédio da antiga ferroviária, com a fachada tombada pelo patrimônio histórico. A revitalização requer cuidados especiais. Está em processo acelerado de restauro.

racterísticas específicas que atrasaram o planejamento. “É mais fácil erguer um prédio novo do que restaurar um espaço. Temos que ter cuidado com a demolição de certas áreas, por questões de segurança”, diz.

3

Bloco B: terá 9 andares e só deve ser concluído em junho de 2014. Até agora, três andares foram erguidos. Com restaurante universitário, auditórios, quadras esportivas, áreas de lazer e de convivência, o novo campus vai abrigar os cursos do setor de Educação (Pedagogia e licenciaturas), além dos alunos de Turismo e Psicologia.

Campus Cabral

Outro projeto da UFPR em andamento envolve a construção de um novo prédio no Campus Cabral, onde já funcionam os cursos de Comunicação Social. Eles dividirão espaço com os alunos de Artes e Design. “A expectativa é que o edital saia ainda esse ano, com a primeira fase de licitações. O novo setor já está funcionando”, afirma o reitor. METRO CURITIBA

Em fase de acabamento, bloco A já tem biblioteca e salas de aula mobiliadas | RODRIGO FÉLIX LEAL / METRO CURITIBA

Saúde. Unidade Camargo vai funcionar até as 22h A partir de hoje, a Unidade de Saúde Camargo, no Cajuru, passa a funcionar até as 22h e a atender na Estratégia Saúde da Família. Ela é a primeira das nove unidades que terão horário estendido. Os usuários terão acesso a consultas pré-agendadas e não programadas, vacinas, curativos, consultas de enfermagem, entre outros procedimentos. “Agora, em vez de recorrer às unidades de atendimento 24 horas, essa população vai poder ir ao médico com horário programado e todas as vantagens que esse tipo de serviço oferece”, comenta o diretor de Atenção Primária à Saúde, Paulo Poli Neto. A unidade é referência para 23 mil moradores. No período noturno, terá pelo menos dois médicos e três enfermeiros. Terá ainda Equipe de Saúde, que é formada por médico, enfermeiro, auxiliar de enfermagem e agente co-

A primeira das nove que terão horário estendido | EVERSON BRESSAN/SMCS

munitário de saúde, sendo responsável pelo acompanhamento de um determinado número de famílias, visando à facilitação do acesso delas ao sistema de saúde. Até o fim de maio, diz a prefeitura, também passarão a atender até as 22h as unidades Bairro Alto, Bairro Novo, Eucaliptos, Oswaldo Cruz, Nossa Senhora da Luz, Ouvidor Pardinho, Concórdia e Vila Guaíra. METRO CURITIBA

Escola Filhos da Gaviões vence em Paranaguá A escola de samba Filhos da Gaviões venceu ontem o Carnaval Fora de Época de Paranaguá, no litoral do Estado. No grupo de acesso, ganhou a Leão da Estradinha. As cinco escolas desfilaram no sábado, acompanhadas por 20 mil pessoas, conforme a Fundação Municipal do Turismo. | OSVALDO CAPETTA


|06|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Cerca de mil pessoas participam da Caminhada Agita Mundo, em São Paulo | J. DURAN MACHFEE/FUTURA PRESS

Governo Federal amplia ação contra o tabagismo O ministro da Saúde Alexandre Padilha assinou na manhã de ontem portaria que amplia de 3 mil para 30 mil as UBS (Unidades Básicas de Saúde) que oferecem tratamento para viciados em tabaco. A medida foi anunciada no parque Ibirapuera, em evento de comemoração ao Dia Mundial da Atividade Física, e faz parte do PNCT (Programa Nacional Contra o Tabagismo). Segundo Padilha, a ampliação do atendimento tem como meta reduzir, até

2022, de 15% para 9% a proporção de fumantes na população adulta do país. Para isso, o ministro prometeu investir R$ 60 milhões no programa, que oferece atendimento psicológico e medicamentos para fumantes. Para receber a verba federal, as prefeituras devem cadastrar suas UBS no programa durante o mês de abril. Até o momento, cerca de 5 mil municípios manifestaram interesse em ter o tratamento. Desde o início do PNCT, em 2005, 304 mil pessoas pa-

raram de fumar. No ano passado, 175 mil foram atendidas em 1.559 municípios. Caminhada Agita Mundo Antes de anunciar a ampliação do tratamento contra o tabagismo, o ministro da Saúde Alexandre Padilha participou da 12ª Caminhada Agita Mundo, que reuniu cerca de mil pessoas. Também participaram do evento o governador de São Paulo Geraldo Alckmin e o secretário municipal da Saúde José de Filippi Júnior. METRO

26 PMs vão a júri por mortes no Carandiru Massacre. Grupo de policiais será julgado por 15 assassinatos no primeiro andar do pavilhão 9. Ao todo, 79 serão julgados Mais de 20 anos após a morte de 111 presos no pavilhão 9 da penitenciária do Carandiru, em São Paulo, começa hoje o julgamento de 26 policiais militares envolvidos no caso. O grupo atuou no primeiro andar do pavilhão 9, onde 15 detentos morreram. O “massacre do Carandiru”, como ficou conhecido, aconteceu no dia 2 de outubro de 1992, quando uma rebelião motivou a entrada da PM no presídio. O julgamento foi dividido em quatro etapas. Ao todo, 79 policiais vão a júri popular, acusados pelas mortes. Durante o julgamento, que deve durar pelo menos 10 dias, a acusação tentará provar que os 26 policiais efetuaram disparos contra os 15 presos. O promotor Fernando Pereira da Silva afirmou que espera que seja um julgamento técnico, e não ideológico. “Nosso maior desafio é conseguir desconstruir

111

é o número de detentos que foram mortos durante o massacre. A maioria (73) morreu no segundo andar. a ideia de que bandido bom é bandido morto. Esses policiais agiram de forma covarde e não deram chance de defesa”. Além disso, a promotoria pretende explorar a ligação entre o massacre e o surgimento do PCC (facção criminosa que atua nos presídios de São Paulo), no ano seguinte. “Não há dúvida de que o massacre tenha motivado a criação dessa facção”, afirma Silva. Já a defesa vai argumentar que o Instituto de Criminalística de São Paulo não realizou, durante todo esse tempo, a perícia nas armas e que o exame de balística não foi con-

SP. Óleo atinge três praias de Caraguatatuba O vazamento de óleo em uma das redes do píer do Terminal Aquaviário Almirante Barroso da Petrobras na sexta-feira chegou ontem a Caraguatatuba. Segundo a Cetesb, o combustível atingiu três praias movimentadas (Massaguaçu, Cocanha e Capricórnio), cerca de 10 km de distância da origem do incidente. Em São Sebastião, nove praias do centro e do norte foram afetadas. Segundo a Cetesb, o vazamento já foi controlado, mas ainda é preciso remover as manchas de óleo que se espalharam pela orla. A Capitania dos Portos informou que uma equipe de 300 pessoas e 37 embarcações está concentrada em duas praias, Cigarras e Enseada, para realizar a limpeza. Ainda não há uma estimativa da quantidade de

Equipes trabalham para evitar que óleo se alastre | RICARDO HIAR/FOLHAPRESS

combustível que vazou. O vazamento, segundo a Petrobras, teve início com problema em uma válvula durante a realização de teste em uma das redes que havia passado por reparo. A dimensão dos danos ainda não foi estabelecida. METRO

cluído. Segundo a advogada responsável pela defesa, Ieda Ribeiro de Souza, sem a balística não há como apontar qual policial realmente atirou contra os detentos. “Nem todo mundo matou” diz Ieda. Desde 1992, apenas o comandante da operação, coronel Ubiratan Guimarães, foi julgado. Condenado, em 2001 a 632 anos de prisão, ele recorreu e foi absolvido em 2006 pelo órgão especial do Tribunal de Justiça de São Paulo. Ubiratan foi morto em setembro de 2006 com um tiro na barriga, em seu apartamento. Datafolha Pesquisa Datafolha divulgada ontem, mostra que apenas 10% da população acreditam na prisão dos policiais acusados. MÁRCIO ALVES METRO SÃO PAULO

Rio. Suspeitos de roubar alemães são presos Quatro suspeitos de assaltar turistas alemães em uma van na Estrada das Paineiras, no Rio de Janeiro, foram presos ontem por agentes da Deat (Delegacia Especial de Apoio ao Turismo). Três são menores de idade e moradores das comunidades Ladeira dos Guararapes e Cerro Corá, no Cosme Velho, zona sul do Rio. Dois jovens são procurados por suspeita de participação. Segundo o delegado Alexandre Braga, titular da Deat, eles tentavam revender os bens roubados no Facebook. Os jovens são estudantes e com vida estruturada, o que surpreendeu a polícia e os pais. METRO RIO


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

China repreende Coreia do Norte por provocar ‘caos’ Tensão na península. Aliado de Pyongyang, o governo chinês tem se irritado com a retórica belicista do país vizinho Reagindo às pressões para que intervenha na escalada belicista entre as Coreias, o presidente da China, “enquadrou” Pyongyang. Sem mencionar explicitamente a Coreia do Norte, Xi Jinping disse que nenhum país deve provocar o “caos” na Ásia. Falando na abertura de um fórum econômico para o continente, Xi Jinpingtambém alertou para “os novos desafios e ameaças tradicionais e não tradicionais à segurança” da região. A China é o maior aliado de Pyongyang e, segundo analistas, quem deve intermediar uma solução para o conflito entre as Coreias. No sábado, os Estados Unidos anunciaram o adiamento de um teste de míssil intercontinental, agendado há meses em uma base da Força Aérea na Califórnia.

“Queremos evitar qualquer equívoco ou erro de cálculo, tendo em conta as recentes tensões na península coreana”, explicou um funcionário norte-americano. Ainda assim, o Departamento de Defesa dos EUA reforçou os sistemas antimísseis. “Não podemos correr o risco” de que a Coreia do Norte não vá dar início a uma ofensiva, disse o general Martin Dempsey à agência Associated Press. A maioria dos analistas não acredita que Pyongyang fará um ataque “Mas, ao assumirmos que a Coreia do Norte é um ator irracional, os outros envolvidos podem responder de forma irracional”, pondera Thomas Konig, coordenador do Programa para a China no Conselho Europeu de Relações Exteriores. METRO

|07|◊◊

Chile

Investigadores exumam corpo do poeta Pablo Neruda Especialistas chilenos começaram a exumar o corpo do poeta Pablo Neruda, morto em 1973. O objetivo é confirmar a causa da morte do escritor. Há suspeita de que Neruda tenha sido envenenado pela ditadura chilena. METRO

Guantánamo

Cão do exército norte-coreano morde boneco com o rosto do ministro da Defesa da Coreia do Sul | KCNA/REUTERS

Seul prevê teste de mísseis O governo da Coreia do Sul disse acreditar que Pyongyang vá realizar um teste de mísseis ainda esta semana. Para Seul, a orientação da Coreia do Norte aos funcionários do complexo industrial de Kaesong é um indi-

cativo da iminência do teste. Na sexta-feira, o governo norte-coreano recomendou que todos os trabalhadores deixem o local até a próxima quarta, 10 de abril. Na data, é celebrado o aniversário de Kim Il-Sung,

avô de Kim Jong-un e fundador do regime comunista. Pyongyang também disse que não vai garantir a segurança das embaixadas após quarta-feira. O Brasil ainda mantém seu embaixador no país. METRO

Greve de fome foi motivada pela troca de direção A greve de fome na prisão norte-americana de Guantánamo começou após a troca do diretor da unidade, segundo relato de um dos advogados dos presos ao jornal “O Estado de S. Paulo”. O protesto já dura 58 dias e envolve 130 detidos. METRO


|08|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Bar temático de Curitiba vira febre e conquista outros Estados Empreendedorismo. Empresários viajam para o exterior, investem em estudos de diferentes culturas e histórias e trazem elementos que criam conceitos e já fazem parte do perfil da capital. Em todo o país, eles são sondados para abrir filiais Eles surgiram na década de 1990. Foram inspirados em culturas e gastronomias variadas, em símbolos e histórias dos mais diferentes países. Ganharam um toque brasileiro e conquistaram seu lugar em Curitiba. Os bares temáticos são hoje uma febre e despertam interesse não só de quem busca diversão e boa comida, mas de empresários de todo o Brasil.

Bem além de um tema, os empreendedores que optaram por investir no ramo estabeleceram conceitos. Muitos começaram do nada: tinham apenas um sonho e a vontade de fazer algo diferente. Eles viajaram e identificaram os traços mais importantes em cada cultura. Como tudo era novidade, foi preciso estudar, pesquisar e, claro, arriscar. Os empresários investiram para criar padrão de

60

estabelecimentos trazem a culinária, a música e a cultura de outros países para a capital, segundo a Abrabar-PR. atendimento, cardápio, som, decoração e preço que agradasse o curitibano. Assim, eles descobriram o que dizem ser a fórmula do sucesso: qua-

lidade no serviço, novidades e atendimento personalizado. Essa receita começou a ser vista na região do Batel, se espalhou para outros bairros e deu tão certo que hoje já são, pelo menos, 60 estabelecimentos no ramo, segundo estimativa da Abrabar-PR (Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas). “Vêm empresários de outras cidades do Paraná e outros estados aprender com os empresários

daqui para levar franquias”, conta o presidente da entidade, Fábio Aguayo. A variedade impressiona: mexicano, americano, basco, tailandês, irlandês, árabe, oriental, além do sertanejo, samba, rock, forró, futebol e tantos outros, agradando todos os públicos e bolsos. “De uns anos para cá, os empresários têm sido criativos, têm investido em projetos, em marketing, lançado

coisas diferentes e o resultado que vemos é a diversidade. Eles montam modelos que são aprovados pelo crivo exigente do curitibano e viram referência em todo o País”, avalia Marcelo Woellner Pereira, presidente da Abrasel-PR (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes). CAMILA CASTRO METRO CURITIBA

Woods

Taj

Taco El Pancho

Bruno Pissolo é sócio e diretor-artístico

Giocondo Villanova Neto é o proprietário

Gustavo Haas é o proprietário

Inaugurado em 2005. “Somos do interior e ouvimos sertanejo desde crianças. Não havia aqui um lugar com conforto e qualidade nesse estilo musical para frequentarmos. A ideia surgiu daquela brincadeira “Vamos abrir um bar?”, durante um churrasco entre amigos. Era também o início do sertanejo universtiário, o que nos ajudou. Mas nós também ajudamos porque abrimos as portas para o público jovem da grande cidade ouvir um estilo de música que era, até então, voltado para o interior ou a zona rural. Grandes nomes nacionais passam pela casa, que também lança sucessos”.

Inaugurado em 2004. “Viajamos para a Europa e tivemos a ideia de abrir um bar temático da região da Indochina, que possui elementos como a religiosidade e a energia dos budas os símbolos, os insensos e uma culinária gostosa de se trabalhar, com seus ingredientes peculiares que estão na moda há 20 anos em todo o mundo. ‘Abrasileiramos’ um pouco o cardápio e o atendimento, que é essencial, para agradar os clientes e tudo caiu como uma luva. O cliente viaja para uma outra região no momento em que está no bar”.

Inaugurado em 1994. “Viajei para os EUA em 1993, me apaixonei pela culinária mexicana de fronteira e trouxe o conceito pra cá. A primeira ideia era fazer um fast food de comida mexicana, que começou com muita vontade, inventividade e pouco dinheiro. A família ajudou nesse começo. Em 1997, percebemos que o lugar tinha um potencial para a noite e crescemos no mesmo ambiente. Fizemos um local temático, com decoração, cardápio, bebida, música, enfim tudo para que as pessoas pudessem se transportar para outra época, para um outro lugar. Miramos numa coisa e acertamos outra”.

Expansão: “Estamos em Curitiba, Maringá, Foz do Iguaçu, Cascavel, Balneário Camboriú e São Paulo. Ano que vem iremos para Belo Horizonte, Campo Grande e Cuiabá”.

Expansão: “Temos uma casa em Balneário Camboriú, abrimos uma em Foz do Iguaçu e agora em Maringá. Ainda temos planos de expansão para as cidades de Joinville, São Paulo, Rio de Janeiro e também para Brasília”.

Expansão: “Existe uma demanda para abrirmos em outras cidades do Paraná e também em outros estados”.


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

|08|◊◊ |09|◊◊

“Curitiba se transforma em um modelo de negócios, fugindo do eixo Rio-São Paulo. As ideias nascem aqui e ganham o Brasil.” MARCELO WOLLNER, PRES. DA ABRASEL-PR

“Vêm empresários de fora para aprender e fazer sociedade com os nossos empresários. É a migração do chamado bar-conceito.” Tudo começou no Batel | RODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBA

FÁBIO AGUAYO, PRES. DA ABRABAR-PR

Sheridans

CrossRoads

Elvis Costella American Bar

Gustavo Haas é o proprietário

Alessandro Reis é o proprietário

Mariana Pieta é a proprietária

Inaugurado em 2004. “Viajamos, fizemos pesquisas na Irlanda e na Ingalterra e trouxemos a ideia para cá com adaptações para o Brasil, como na culinária e no atendimento. Por exemplo: lá, as pessoas pedem a bebida e já pagam no balcão. Aqui no Brasil, é preciso ter garçons, fichas para pagar na saída. Começamos como um gastropub, com comida e bebida, mas acabamos migrando para um pub temático irlandês. E o pub irlandês é um pub de festa. Então, temos música ao vivo, como o rock, estilo musical que toca nos pubs irlandeses”.

Inaugurado em 1997. “O rock sempre foi um estilo que eu gostava. E também sempre gostei da noite. Frequentava locais que tocavam rock, mas sentia falta de um algo mais. Então, um amigo e eu resolvemos abrir o bar. Eu tinha 21 anos. Começamos pequeno, com local para 80 pessoas. Hoje, a capacidade é para 500. Houve o incêndio em 2001, quando perdemos tudo. Conseguimos reconstruir com apoio de clientes e parceiros. O rock tem muito disso: a identificação. Procuramos alternar misturando clássicos com rock mais atual, uma fórmula que tem dado super certo, que atrai público feminino e jovem também”.

Inaugurado em 2010. “Moramos sete anos nos EUA, em Hollywood, onde eu trabalhava com gastronomia e o Pércio (outro proprietário), com eventos. Queríamos trazer um pouco do que vivemos lá para Curitiba. Então, trouxemos a Calçada da Fama, peças originais, discos de ouro. Quisemos contar a história do glamour do cinema dos anos 1970, da música, do esporte, um apanhado geral da cultura norte-americana, de tudo que também nos influencia aqui. Tem que ter paixão, e não fazer um local só para ficar bonito”.

Expansão: “Os empresários vêm procurar nosso conhecimento, nossa experiência para abrir filiais em outros locais”.

Expansão: “Temos propostas para abrir em Londrina, São Paulo e Rio Grande do Sul”.

Expansão: “Houve um empresário de Santa Catarina que copiou tudo, cardápio, temática, mudou apenas o nome. Tem outros que querem abrir franquias, como em Brasília, de onde veio uma proposta”.


|10|

Empreendedorismo

BRUNO CAETANO BCAETANO@SEBRAESP.COM.BR

TIME DE VENDAS MOTIVADO FAZ MAIS GOLS No futebol, volta e meia vemos um time vencer outro considerado melhor. E, comumente, a explicação para feitos desse tipo está na vontade dos jogadores que, com garra, compensam a inferioridade técnica. Transportemos essa imagem para a equipe de vendas, os “centroavantes” das empresas, aqueles que entram em campo com a missão de fazer gols, ou seja, fechar os pedidos. Nessa hora, a motivação faz diferença no desempenho do profissional e, consequentemente, no resultado. A ferramenta mais usada para estimular a equipe de vendas é a comissão, verba variável paga conforme os negócios concretizados. Mas além da remuneração individual, o empresário pode direcionar um valor para ser distribuído por igual para o grupo inteiro, assim todos ganham com as vendas de todos. Esse sistema serve para ressaltar o espírito de equipe e estimula os melhores a ajudarem aqueles com produtividade menor. Outra maneira de incentivar os vendedores é determinar metas para cada um e mostrar à equipe quem está na frente. Cria-se assim uma competição positiva entre eles. No entanto, tais metas devem ser sempre possíveis senão viram um desestímulo. Estabelecer faixas de premiação também dá certo. A cada objetivo atingido, a porcentagem da comissão aumenta ou os funcionários são presenteados com viagens e aparelhos eletrônicos, por exemplo. Uma alternativa para as micro e pequenas empresas (MPEs), cujo caixa não permite grandes desembolsos, é dar um dia de folga. As recompensas devem ser distribuídas mensalmente, pois perderão força se demorarem muito para chegar.   Motivar os vendedores inclui ainda envolvê-los com a empresa. A liderança deve se aproximar dos liderados, orientando, dando apoio, incentivando o desenvolvimento pessoal e deixando claro aonde se quer chegar. Dar retorno (feedback) aos funcionários conta pontos. Elogie as conquistas. O reconhecimento é um grande incentivo para qualquer profissional.   Não se esqueça: a equipe precisa de condições e recursos adequados para trabalhar ou não terá vontade de se empenhar. Por fim, é importante que o empresário tenha controle das atividades de cada funcionário. Só assim ele terá como saber quem merece ser premiado. Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP e mestre e doutorando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. O Sebrae-SP é uma instituição dedicada a ajudar micro e pequenas empresas a se desenvolverem e se tornarem fortes. Saiba mais em www.sebraesp.com.br

Pesquisa. Brasileiro está mais seguro sobre emprego Os brasileiros sentem menos medo de perder o emprego agora do que sentiam no ano passado. De acordo com o IMD (Índice de Medo do Desemprego), medido pela CNI (Confederação Nacional da Indústria), o temor de ficar desempregado caiu 6,1% em relação a março de 2012. Na comparação com dezembro, quando foi realizado o último levantamento, a queda foi de 7,4%. Para o economista Marcelo Azevedo, da CNI, o resultado reflete “o que ocorre no mercado. O emprego formal e a renda dos trabalhadores

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Sensação reflete o mercado, diz economista | LETÍCIA MOREIRA/FOLHAPRESS

continuam crescendo.” O IMD é calculado desde 2003, quando foi fixado em 100 pontos. O de março ficou em 69 pontos. METRO

Passagens aéreas caíram 14,4% este ano Efeito sazonal. Expectativa é de preços mais baixos até o fim do mês que vem Depois de uma alta de mais de 12% em dezembro, segundo dados da FGV (Fundação Getúlio Vargas), o preço das passagens aéreas vem caindo. Em março, o recuo foi de 5,75%. O acumulado no primeiro trimestre já é de -14,4%. A Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas) afirma que a variação se deve ao efeito sazonal: em dezembro, as tarifas foram impulsionadas pelo Natal e Reveillon e pelas férias escolares. “Nós também tivemos uma recomposição das tarifas, que vinham caindo desde 2003”, afirma Adalberto Febeliano, consultor técnico da Abear. Segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o preço médio da passagem caiu mais de 50% entre 2003 e 2012. Paulo Picchetti, professor da FGV, explica que outro fator para a queda das tarifas a partir de janeiro foi a desaceleração da atividade econômica. “As pas-

20

VEJA A QUEDA: 12,58%

10

COMO COMPRAR MAIS BARATO:

0

-5,75% -10

-10,94%

-9,82% -14,4%

-20

DEZ/12

JAN/13

FEV/13

MAR/13 ACUMULADO DE 2013

Compre com antecedência mínima de 30 dias: quanto mais próxima da data do voo, mais cara é a passagem Fique atento aos horários: voos de madrugada ou no meio da tarde costumam ser mais baratos. Quem viaja no meio da semana (terça e quarta) ou aos sábados também tem mais chance de encontrar tarifas vantajosas Pesquise: há diversos sites que fazem pesquisa de preço nas companhias aéreas. Mas atenção: há taxa de administração caso a compra seja efetuada pelo site e não pelo portal da companhia aérea Preste atenção nas promoções: as empresas costumam lançar promoções relâmpago, inclusive, em alta temporada. A melhor maneira de se manter informado sobre elas é pelas redes sociais

FONTE: FGV (FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS)

sagens ficaram muito caras entre 2011 e 2012, o setor não conseguiu sustentar”, diz. A boa notícia para o consumidor é que, nas próximas semanas, viajar de avião pode sair barato. Abril

e maio são os “piores” meses para as companhias, e, por isso, há promoções. A Gol, por exemplo, está dando 20% na ida ou na volta para um grupo de cidades este mês. Já a Tam fez, no fim de semana, uma pro-

moção relâmpago, com descontos de até 90%. “Por enquanto, as tarifas devem ficar estáveis. Uma nova alta deve ocorrer nem junho”, prevê Priscila Godoy, economista da Consultoria Rosenberg. METRO

Fique atento às cobranças extras Em época de promoções, o consumidor deve redobrar a atenção. Para não perder receita, as companhias acabam cobrando por serviços que, no passado, eram gratuitos. Um exemplo é a tarifa para a escolha de assentos especiais. Localizados na

primeira fileira do avião ou nas saídas de emergência, eles são mais confortáveis. Tam, Gol e Azul cobram pela reserva do espaço. A prática, segundo o Idec (Instituto de Defesa do Consumidor), contraria a lei. Não há justa causa para a cobrança, uma vez que, an-

tigamente, esses assentos não tinham tarifa especial. Outro exemplo é a cobrança pelo serviço de bordo. Em voos com mais de uma hora e 15 minutos, a Gol já cobra pelas bebidas e alimentos. Em junho, a prática será estendida a todos os voos. METRO

Receita libera consulta a lotes residuais de 2008 a 2012 A Receita Federal libera, a partir das 9h de hoje, a consulta aos lotes residuais do Imposto de Renda de 2008 a 2012. Os lotes residuais se referem aos contribuintes que caíram na malha fina. A consulta poderá ser feita pelo site www.receita.fazenda.gov.br ou pelo telefone 146. Também é possível verificar o status da declaração pelos aplicativos da Receita Federal para smartphones e tablets. O pagamento das restituições está programado para o próximo dia 15, via depósito

Restituição será paga no próximo dia 15 | BIA ALVES/FOTOARENA

bancário. Serão mais de R$ 145,2 milhões, para um total de 64.321 constribuintes. A maioria deles (44.433)

caiu na malha fina no ano passado. A restituição virá já com a correção da Selic de 7,64 %. METRO COM AGÊNCIA

R$ 28

é o preço inicial cobrado pela Gol dos passageiros que querem viajar sem ninguém ao lado em voos Rio-São Paulo. É uma outra forma de a empresa obter receita.

iPhone. Justiça anula patente de gesto de desbloqueio O tribunal alemão de patentes considerou nula a patente europeia da Apple, que defendia o gesto horizontal do dedo para desbloquear a tela inicial do iPhone – contestado pelos concorrentes Samsung e Motorola. O tribunal afirmou na decisão que o gesto não é uma inovação tecnológica, e não pode ser objeto de uma patente. “A função facilita para o usuário, mas não resolve um problema técnico”, diz o comunicado do tribunal. METRO


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

|11|◊◊

Flamenco no Guairão ‘Abolengo’. Um dos grandes nomes da arte flamenca, bailarino espanhol Farruquito se apresenta nesta quarta-feira O Guairão (R. Cons. Laurindo, s/nº) será palco nessa quarta-feira de toda a sensualidade do flamenco espanhol. O bailarino Farruquito (Juan Fernández Montoya) faz apresentação única do espetáculo “Abolengo”, às 21h. Os ingressos ainda estão à venda e vão de R$70 a R$240. Para Farruquito, “Abolengo” (“linhagem”) é uma palavra que encerra um testemunho de respeito e agradecimento a seus antepassados. No espetáculo, duas das maiores famílias do baile flamenco – os Farruco e os Amaya – se encontram em dois de seus herdeiros. O dançarino é atualmente um dos grandes nomes da arte flamenca. Sua convidada especial, a mexicana Karime Amaya, é sobrinha-neta de Carmen Amaya, o maior fenômeno da dança flamenca do século 20. Em cinco episódios, a coreografia é inspirada na es-

Mais shows

Almir Sater, Gilberto Gil e Paralamas Sertanejo faz show em 19 de abril | DIVULGAÇÃO

Cantor se apresenta com Orquestra Sinfônica da Bahia em maio | DIVULGAÇÃO

Farruquito traz as raízes de duas linhagens do flamenco | DIVULGAÇÃO

tética dos anos 1950. Cantores, percussão, guitarra e violino acompanham o espetáculo em uma hora e

meia de puro flamenco. Mais informações sobre a bilheteria pelo 3304-7900. METRO CURITIBA

Banda toca no dia 11 de maio | MAURICIO VALLADARES

A agenda de shows do Teatro Guaíra segue movimentada até maio, e os ingressos já estão à venda. No dia 19 de abril, o instrumentista e compositor Almir Sater se apresenta com sua banda, trazendo o melhor da viola caipira. Gilberto Gil assume o palco do Guairão no dia 4 de maio, ao lado da Orquestra Sinfônica da Bahia. Em 11 de maio é a vez dos Paralamas do Sucesso comemorarem em show seus 30 anos de carreira. Os ingressos para as apresentações variam de R$30 a R$240 e podem ser comprados nas bilheterias ou pelo site www.tguaira. pr.gov.br. METRO CURITIBA

2 CULTURA

Ingressos esgotados

Maria Bethânia

Os ingressos para a apresentação de Maria Bethânia no Guairão, no dia 27 de abril, estão esgotados. A cantora apresenta o show “Carta de Amor”, uma releitura de compositores clássicos e contemporâneos.


|12|

Animais de estimação exóticos

Pets. Furão, iguana ou um jabuti podem também ser o melhor amigo do homem O melhor amigo do homem não precisa ser o cachorro ou o gato. Bichinhos diferentes também podem animar a casa. Às vezes um furão, um jabuti ou até mesmo uma iguana podem combinar mais com seu estilo de vida. O furão, por exemplo, é um animal muito simpático e curioso, o que torna qualquer ambiente mais descontraído. Mas, segundo o médico veterinário, Celso Martins Pinto, alguns cuidados são essenciais com esse bichinho agitado. “Não é aconselhável deixá-lo em liberdade sem vigilância, pois, por ser muito curioso e ágil, pode causar acidentes domésticos”, afirma Pinto. A iguana também está se tornando um animal adorado pelos brasileiros. Pode chegar a dois metros de comprimento e adora o colo das pessoas próximas. Segundo Celso Pinto, para a digestão e absorção de nutrientes, a iguana necessita de luz solar ou de lâmpadas adequadas para a emissão de luz e radiação ultravioleta dos tipos A e B. Para quem prefere animais mais calmos, o jabuti é uma ótima opção. Já é comum ver nos quintais das casas esse animal andando sem pressa. São fáceis de criar e são onívoros. Necessitam de áreas abertas para estimular seus exercícios e digestão, além de várias horas de sol por dia. As iguanas e jabutis devem ser adquiridos de lojas regularizadas pelo IBAMA, com nota fiscal de compra, e devem ser devidamente identificados também com microchip. METRO

Horóscopo

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Centro de Curitiba

Cruzadas

Top 3

1 Furão

É lamentável o estado em que se encontra o centro da cidade de Curitiba. Calçadas estreitas, sujas, tomadas por moradores de rua que se incumbem de utilizá-las como latrinas ao ar livre. A Praça Rui Barbosa, depois das seis da tarde, é tomada por usuários de drogas e traficantes, sempre intimidando e ameaçando as inúmeras pessoas que estudam e trabalham nas proximidades. Tudo acontece às vistas da Guarda Municipal, que possui um posto de atendimento no local. As últimas administrações da cidade trataram sempre a região com um certo descaso. Pois bem, o Centro não só é um dos bairros mais habitados da cidade, como também concentra grande parte da população dos demais bairros. Além disso, é lá que se hospedam quase todos os turistas que visitam a cidade. Espera-se, então, que a nova gestão da prefeitura dê uma atenção especial para essa importante região e mude o cenário deplorável em que ela se encontra atualmente. LUIS APARECIDO DA SILVA GOMES - CURITIBA

Serviços nas UPS

Conhecido também como ferret, é simpático, agitado e curioso.

Iguana

Leitor fala

Que bom que a prefeitura está oferecendo serviços nos bairros junto às UPS. É preciso que a cidadania chegue junto à segurança, para garantir o bem-estar dos moradores dessa regiões tão violentas. GUSTAVO ALMEIDA - CURITIBA

2

É exótico, exuberante e territorialista. Gosta de tomar sol várias horas por dia.

Metro pergunta

Sudoku

O preço de passagens aéreas caiu 14,4% desde janeiro deste ano. Isso vai estimular o turismo? Você já percebeu a diferença?

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metro

@guimagalhaesf

Barateza estimula qualquer coisa!

3

@heitorprata

Acho que vai estimular sim. Tenho visto os preços baixarem pra vários destinos, e já estou fazendo planos pra conhecer o Brasil.

Jabuti

É calmo e tranquilo. Convive bem com crianças e outros animais.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.ctb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

FOTOS: STOCKCHNG

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Áries (21/3 a 20/4) Tente voltar para a realidade antes que o

mundo lhe chame a atenção. O momento exige menos sonhos e mais contato com as pessoas e os seus relacionamentos.

Leão (23/7 a 22/8) Boas possibilidades de se confundir e passar por cima de algumas pessoas que não tem nada a ver com os seus objetivos. Fique mais ligado para evitar isso.

Sagitário (22/11 a 21/12) Dia sujeito a temas polêmicos e falta de segurança para dar os passos corretos. Procure ouvir mais as suas intuições. Elas poderão lhe mostrar o que é certo.

Touro (21/4 a 20/5) Espere menos das pessoas. O dia promete alguns empecilhos que poderão deixar as pessoas um pouco atordoadas. Não as culpe. Ao invés disso, cuide do que é seu.

Virgem (23/8 a 22/9) Dia ligado a decisões difíceis. A sua vontade de querer ajudar as pessoas pode tornar a sua visão um pouco turva. Procure melhorar o seu discernimento.

Capricórnio (22/12 a 20/1) Evite se conflitar com as pessoas.

Gêmeos (21/5 a 20/6) Romantismo. Sua cabeça pode estar

Libra (23/9 a 22/10) Possível desordem. As coisas podem ficar totalmente fora do lugar e um pouco difíceis de serem colocadas de volta. Procure não se estressar demais.

Aquário (21/1 a 19/2) Forte influência do mundo emocional sobre o seu destino. Algumas pessoas importantes para você podem não estar muito alinhadas com os seus pensamentos.

Câncer (21/6 a 22/7) Ganhos através dos familiares. Dia de se juntar com eles e garantir certas vantagens que só quem é da família pode mesmo compartilhar. Faça segredo disso.

Escorpião (23/10 a 21/11) Sentimentos contrastantes. Muitas

Peixes (20/2 a 20/3) Certas inovações que você pode estar pla-

cheia de ideias longínquas deixando você distante do que realmente está acontecendo no seu dia a dia. Trate de acordar.

dúvidas sobre qual caminho tomar. O dia pode estar confuso e a melhor opção pode ser esperar para ver como irá ficar.

Elas podem estar bem fora da realidade que só você está enxergando bem. Aprenda a sonhar um pouco mais com elas.

nejando podem estar na contramão de muita gente. Hoje as suas atitudes podem acabar não sendo muito bem aceitas.


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

Animação à brasileira

|13|◊◊

Literatura

Klester Cavalcanti autografa livro e faz palestra A UniBrasil (r. Konrad Adenauer, 442) recebe hoje, às 19h, o premiado jornalista e escritor Klester Cavalcanti para uma noite de autógrafos e palestra sobre o livro “Dias de Inferno na Síria – O Relato do Jornalista Brasileiro que Foi Preso e Torturado em Plena Guerra” (Benvirá). O encontro é gratuito e aberto à comunidade. METRO CURITIBA

Exposição

A Revolta da Balaiada é um dos momentos históricos apresentados em “Uma História de Amor e Fúria” | DIVULGAÇÃO

Nos cinemas. Como foco voltado ao público jovem, ‘Uma História de Amor e Fúria’ remonta momentos marcantes do Brasil com traços inspirados em graphic novels Desde adolescente, o cineasta e roteirista Luiz Bolognesi curte quadrinhos e graphic novels. Quando lançou “Bicho de Sete Cabeças”, em 2001, ao lado da mulher, Laís Bodanzky, ele se deu conta de que o sonho de fazer um lon-

ga de animação com traços neste estilo seria possível. “Ninguém acreditava que o filme ia dar certo. Era o primeiro da Laís como diretora, meu primeiro como roteirista. Falava sobre drogas, tinha um final pouco feliz… Todo

mundo disse que não ia dar em nada, mas explodiu. Aí que eu disse: dá pra fazer [um longa de animação]”, diz ele. “Uma História de Amor e Fúria”, que estreia hoje, inspira-se em Milo Manara e Moebius (1938-2012), para narrar a trajetória de um índio que, ao morrer, vira pássaro e protagoniza episódios da história do país ao lado de seu amor. O DNA é 100% nacional: 45 artistas brasileiros foram convocados para trabalhar no projeto, que optou pela ani-

45

artistas brasileiros se dedicaram durante seis anos aos mais de 25 mil desenhos usados no longa. mação tradicional em 2D. A qualidade dos desenhos e da movimentação dos personagens salta aos olhos. O longa tem ainda o reforço das vozes de Selton Mello, Camila Pitanga e Rodrigo Santoro nos

HQ se inspira na ‘maldição dos 27 anos’ Jimi Hendrix (1942-1970), Janis Joplin (1943-1970), Jim Morrison (1943-1971), Brian Jones (1942-1969), Kurt Cobain (1967-1994)… Não foram poucos os nomes de estrelas da música que morreram no auge de suas carreiras aos 27 anos. A mais recente delas é Amy Winehouse, morta em 2011, na sua casa, em Londres, vítima de overdose de drogas. E é essa personagem, no mínimo instigante, que inaugura a série “O

Clube dos 27”, da Conrad Editora, que vai retratar em formato HQ a vida de astros do rock desde a infância até a trágica morte. A história em quadrinhos de Amy começa com seu sofrimento pela separação dos pais e passa pela sua adolescência rebelde, mas sempre apaixonada pela música, principalmente pelo blues, jazz e soul. O material mostra as diversas fases da canto-

Amy Winehouse em quadrinho que a retrata no auge de sua carreira | DIVULGAÇÃO

ra. Em texto direto, estão lá o sucesso mundial, as conquistas e a ascensão com o disco “Back To Black” (2006), além da falta de equilíbrio para lidar com a fama. Depressões, drogas, alcoolismo e até brigas pesadas com seu ex-marido Blake Fielder estão presentes. Com texto assinado pelos jornalistas Christophe Goffette e Patrick Eudeline e desenho de Javi Fernandez, o livro foi publi-

cação na França, no final do ano passado. A previsão é que seja lançado um volume por ano – o próximo será o de Kurt Cobain, em 2014. METRO SÃO PAULO

“O CLUBE DOS 27 – AMY WINEHOUSE” EUDELINE, GOFFETTE, FERNANDEZ CONRAD, R$ 39,90, 48 PGS.

papéis protagonistas. Diferentemente da maior parte das animações nacionais, voltada para o público infantil, “Uma História de Amor e Fúria” tem como alvo os jovens. “Encanta-me essa abertura da juventude para o mundo. Tenho prazer de seguir o desafio de fazer filmes para eles que promovam reflexão”, conclui Bolognesi. AMANDA QUEIRÓS

Teatro curitibano é tema de mostra O hall da Secretaria de Estado da Cultura recebe, a partir de amanhã, às 17h, a exposição fotográfica “A Imagem do Teatro”, dedicada ao universo cênico da capital. A mostra gratuita reúne imagens feitas por Milla Jung, Chico Nogueira e Gilson Camargo sobre a cena teatral dos anos 1990. METRO CURITIBA

METRO SÃO PAULO

Vinho & Arte. Exposição de Poty no Guido Viaro Acontece amanhã no Museu Guido Viaro (Rua 15 de Novembro, 1.348) a abertura do evento “Diálogo entre Vinho & Arte”, que reúne a exposição do artista plástico Poty Lazzarotto e o lançamento de rótulos da Vinícola Araucária, entre eles o espumante “Poty” e o vinho tinto “Angustifólia”. Aberto ao público, o evento acontece às 19h. A mostra de Poty fica em exposição até 13 de abril, das 14h às

18h, e os visitantes podem degustar os vinhos enquanto apreciam as obras. Com o novo espumante, a vinícola – que cultiva suas uvas no Primeiro Planalto Paranaense – presta uma homenagem ao renomado artista curitibano, morto em 1998. “Diálogo entre Vinho & Arte” segue a proposta de vinícolas da Europa, Argentina e Chile, que mesclam gastronomia e arte. METRO CURITIBA


3 ESPORTE

Anderson Silva

“Eu tenho comigo aquela coisa da arte marcial. Na verdade, sou um artista marcial, não um lutador de MMA.” CAMPEÃO MUNDIAL DO PESO MÉDIO DO UFC, EM ENTREVISTA AO “LANCE!”

|14|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Castroneves assume a liderança da Indy No Alabama. Brasileiro liderou a prova até a volta 75, mas terminou em 3º. O plano para conseguir a quarta vitória no circuito do Alabama em quatro anos estava sendo bem executado pela Team Penske, equipe que conta com Will Power e Helio Castroneves. Helinho liderava o circuito até a volta 75 – eram 90 –, mas, com problemas com pneus, acabou perdendo a posição para Ryan Hunter-Reay, que cruzou a linha de chegada em primeiro lugar. Ainda assim, o brasileiro teve motivos para comemorar. Além de ter ido bem na segunda prova da temporada da Fórmula Indy – ele chegou em 3º –, assumiu a liderança do campeonato, com 81 pontos. Eterno vice? Quem não deve ter gostado

Pedala!

Santos ainda sonha com volta de Robinho O Peixe continua pensando no retorno de Robinho e deverá tentar novamente a contratação do atacante do Milan ao final da temporada europeia, em junho. Se der certo, será a terceira passagem do Rei das Pedaladas pelo time da Vila Belmiro. O Santos tentou a contratação do jogador nas duas últimas janelas. METRO Estreia Fonte Nova

Vitória estraga a festa do Bahia Scott Dixon e Helio Castroneves saúdam o piloto Ryan Hunter-Reay no pódio no Alabama | NICK LAHAM/GETTY IMAGES

nem um pouco da prova é o neozelândes Scott Dixon, que foi o segundo colocado pelo quarto ano consecutivo. Durante a semana, o piloto chegou a declarar que não aguentava mais chegar em segundo.

O conforto para Dixon, entretanto, é que ele assumiu a segunda posição no campeonato, com 69 pontos. Kanaan é o 15º Tony Kanaan, da KV Ra-

cing, não fez uma boa corrida e foi apenas o 15º colocado. Já Bia Figueiredo, da Dale Coyne, teve problemas com o carro e abandonou a 20 voltas do fim. METRO

A reinaguração da Arena Fonte Nova foi marcada pelo duelo entre os principais rivais baianos: Bahia x Vitória. Melhor para o rubro-negro, que goleou por 5 a 1, com gols de Renato Cajá, Maxi Biancucchi, Michel, Vander e Escudero. Zé Roberto descontou. METRO


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE ABRIL DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|15|◊◊

Coritiba volta a jogar bem e bate o Toledo

Paranaense. Com gols de Alex e Rafinha, Coxa venceu o Porco por 2x0. Marquinhos Santos diz que time ainda precisa evoluir

Jogando fora de casa, o Coritiba venceu ontem o Toledo por 2x0. O resultado deixou o time a cinco pontos do líder Atlético e reacendeu a esperança da conquista do segundo turno do Paranaense. “São cinco times disputando e nós somos um deles”, afirmou o técnico Marquinhos Santos. O treinador avaliou que o time fez uma boa atuação ontem, mas precisa melhorar. “Temos ainda que aprimorar a marcação sem a bola, mas tivemos um bom equilíbrio tático e emocional”, elogiou. Na próxima rodada, sábado, o time joga contra o Rio Branco em casa. O jogo O Coritiba começou a par-

0 2 • •

Ney; Negreti (Getterson), Rodrigo, Juninho e Fernandinho; Guego, Victor Júnior (Irineu), Cícero (Thiago Almeida) e Eurico; Fernandez Garcia e Safira Técnico: Rogério Perrô

TOLEDO

Vanderlei; Victor Ferraz; Leandro Almeida , Escudero e Patric; Willian, Gil (Guaraci), Zé Rafael (Luizinho) e Alex; Rafinha e Deivid (Arthur). Técnico: Marquinhos Santos

CORITIBA

Gols. Alex, aos 21’ do 1º T, Rafinha, aos 3’ do 2º T Arbitragem. Rogério Menon da Silva, com Moisés Aparecido de Souza e Márcio Lopes Guerra

tida com dificuldades. Logo aos 2’ Leandro Almeida falhou na zaga, mas Safira desperdiçou a ótima oportunidade de fazer o gol. Depois disso o jogo ficou equilibrado e, aos 21’, o Coritiba abriu o placar. Zé Rafael fez jogada individual e foi derrubado perto da área. Na cobrança, Alex acertou o ângulo, sem nenhuma chance para o goleiro Ney.

Foi o décimo gol do craque no Paranaense e ele continua como um dos artilheiros do campeonato. Logo no começo do 2º tempo, o Coritiba ampliou o placar. Rafinha recebeu de Alex pela direita e fuzilou no ângulo. THIAGO MACHADO METRO CURITIBA

Time voltou a sonhar com o segundo turno | MAURO BIANCHI/ESPECIAL PARA AGÊNCIA GAZETA DO POVO

Com tropeço do Londrina, Com gol de estreante, Atlético fica na liderança Paraná vence o JMalucelli Jogando em casa, o Londrina perdeu ontem para o Operário por 1x0, e quem comemorou o resultado foi o Atlético. Com o tropeço do adversário direto, o Furacão assumiu em definitivo a liderança do returno do Campeonato Paranaense. Faltando três rodadas para o fim do segundo turno, o Atlético tem um ponto de vantagem sobre o rival. AgoPARANAENSE 1º ATLÉTICO

P V GP SG 20 6 15 7

2º LONDRINA

19 6 11 7

3º JMALUCELLI

15 5 11 3

4º OPERÁRIO

15 4 15 8

5º CORITIBA

15 4 16 7

6º PARANÁ

12 3 9 0

7º CIANORTE

9 3 10 -3

8º TOLEDO

9 2 7 -2

9º RIO BRANCO

8 2 11 -1

10º ARAPONGAS

6 2 12 -6

11º PARANAVAÍ

5 1 5 -9

12º NACIONAL

1 0 2 -11

ra, joga contra o JMalucelli (Ecoestádio), Coritiba (ainda sem local definido, mas com mando) e o Operário (fora). O atacante do Atlético Douglas Coutinho virou, na última rodada, um dos artilheiros do campeonato com 10 gols e será presença garantida no próximo jogo. “Os dois gols (contra o Arapongas) foram jogadas coletivas. Eu não faria gol se 8ª rodada SÁBADO ATLÉTICO 2 X 1 ARAPONGAS ONTEM PARANÁ 1 PARANAVAÍ 2 TOLEDO 0 LONDRINA 0 RIO BRANCO 2

X X X X X

0 0 2 1 3

JMALUCELLI NACIONAL CORITIBA OPERÁRIO CIANORTE

12 mil

pessoas assistiram a Londrina x Operário, maior público da rodada.

a jogada não fosse trabalhada pelo time e finalizada pelo Edigar Junio”, disse ao site oficial do clube. Ele analisa que a equipe, que não perde há oito jogos, amadureceu. “Desde o começo do ano estamos evoluindo no aspecto tático e técnico. O grupo amadureceu muito com essa sequência boa de resultados e isso permanecerá até o fim”. METRO CURITIBA

Degola. Leão derrota o Rio Branco Na briga direta contra o rebaixamento, o Cianorte venceu ontem o Rio Branco, por 3x2 fora de casa, e se distanciou da zona da degola do Paranaense. Na soma dos dois turnos, o Leão tem agora 20 pontos, contra 18 do adversário do litoral. Na próxima rodada o Cianorte enfrenta o Toledo em casa. METRO CORITIBA

Em tarde de estreias, o Paraná Clube venceu ontem o JMalucelli por 1x0. Depois de 13 anos, a Vila Olímpica no Boqueirão voltou a receber jogos oficiais e a data ficou marcada pelo golaço do atacante Arthur, que, em seu primeiro jogo como profissional, definiu a vitória do Tricolor. O gol foi aos 30’ do 2º tempo, depois de um lençol no goleiro Fabrício. O jogo foi muito truncado, com poucas chances para ambos os lados. Só no 2º tempo as equipes se arriscaram mais e criaram jogadas de ataque. Sem chances reais no Paranaense, o técnico do Tricolor, Toninho Cecílio, usou a partida para testar alguns atletas, visando a estreia na Copa do Brasil. Além de Arthur, ganharam oportunidades o lateral-direito Neto e o zagueiro João Antônio, que foi improvisado como volante. O Tricolor volta a campo na quinta-feita para o jogo contra o São Bernardo, fora de casa, pela Copa do Brasil. O Jotinha, na briga por uma vaga na Série D, enfrenta o Atlético em casa, no domingo. METRO CURITIBA

Arthur veio do sub-20 e estreou com gol | DIVULGAÇÃO/PARANÁ CLUBE

1 o • •

Marcos; Neto (Alex Bruno), Anderson, Alex Alves e Gilton; João Antônio, Borges (Dudu) e Rubinho; Júlio César, Carlinhos (Arthur) e JJ Morales Técnico: Toninho Cecílio

PARANÁ

Fabrício; L. Silva , Tiago, Diego Alemão e Fabinho; Arthur (Fernando), Tiago Matos (Murici), Andrezinho e Willian (Bahia); Thomas e Bruno Batata Técnico: Sandro Forner

JMALUCELLI

Gol. Arthur, aos 30’ do 2º T Arbitragem. Fábio Filipus com Pedro Martinelli Christino e Diego Grubba Schitkovski



20130408_br_metro curitiba