Issuu on Google+


“É um homem sábio o que conhece a seu próprio filho.” (William Shakespeare)

Meu Herói!!! 02] Meninas

da Recepção


Ser pai... O coração vai amolecendo e se entregado a paixão do filho nos pequenos e mais importantes momentos...A primeira vez que o bebê chuta, a duvida “Será menino ou menina?” e a descoberta, o barulho veloz do coraçãozinho, as emoções em cada ultra-som... Enfim, as emoções de se descobrir, preparar e aprender a ser pai são muitas! E depois de todas as emoções ser se descobrir pai vem os momentos de crescimento do filho, a adolescência, as paixões, as birras, as broncas... Quem não estava preparado acaba aprendendo e crescendo junto com os filhos, na verdade

mesmo para quem já se dizia preparado acaba se deparando com uma situação nova em que não esperava. E então o que é ser pai? É se manter o espaço de herói do seu filho, é participar das alegrias, derrotas e sonhos...Um pai precisa também dar as broncas para que seja ensinado o caminho correto e que mais na frente o filho não aprenda de forma dolorosa que a vida ensina. Ser pai é tudo de bom!!! Nós aqui homenageamos todos os pais, que estão presentes e os que se foram cedo demais...

A constituição Federal Diz: “A Família é a base da Sociedade”

Meninas da Recepção[03


04] Meninas

da Recepção


“Ser pai é ensinar os caminhos corretos a serem percorridos ao longo do tempo.” Meninas da Recepção[05


História do dia dos pais Já comemoramos tanto!!! Todos os anos a publicidade e o mercado trazem novidades, correria para comprar o presente, desejar um feliz dia não só aos nossos próprios pais, mas aos maridos, amigos, primos, tios... Mas você já parou para pensar como surgiu a data especial? Vasculhando as histórias, dizem que: O primeiro a comemorar o Dia dos Pais foi um jovem com o nome de Elmesu, há mais de 4.000 anos na Babilônia. Como foi a comemoração? Bem, a história conta que o jovem esculpiu em argila um cartão... Inspirador!!!

06] Meninas

da Recepção

Porém o primeiro dia dos pais comemorado foi em Washington na data de julho de 1910. Os pais vivos eram homenageados com rosas vermelhas e os falecidos com rosas brancas. A notícia se espalhou e a comemoração começou a ser realizada em outras cidades. Em 1972 foi proclamado o segundo domingo de julho para o dia dos pais. A comemoração no Brasil chegou em 1953, o incentivo veio do jornal O Globo do Rio de Janeiro, a data com o passar do tempo foi para o segundo domingo de agosto (Ok! Foi por motivos comerciais)


“Ser pai é oferecer amor, carinho, respeito, educação, segurança e lazer.” Meninas da Recepção[00


“Ser pai é participar das dificuldades, sonhos, alegrias e realizações.”

08] Meninas

da Recepção


“Ser pai e estar presente nos momentos, marcar a histĂłria de vida dos filhos.â€?


As datas e os países: Inglaterra, Colômbia e Argentina: Terceiro domingo de junho Rússia: 23 de fevereiro. Itália, Espanha e Portugal: 19 de março Austrália: Segundo domingo de Setembro

10] Meninas

da Recepção


Depoimento Quando eu soube da notícia do menino que ia chegar, não fiquei muito abalado, isso porque sou muito tranquilo, já a minha namorada ficou abaladíssima e pensava em mil e uma situações diferentes de coisas ruins que poderiam acontecer. Mas o que me preocupava era o aspecto financeiro, pois, era um adolescente de 19 anos e não tinha uma renda razoável. Então vinham as perguntas que creio eu, afetam todos que tem filho cedo, “como vou sustentar essa criança?“, “eu queria morar sozinho com ele, mas quem vai pagar o aluguel?”. Por sorte, eu consegui um trabalho bem rápido e aluguei uma casinha pra morar com o filho e namorada, mas não deu muito certo e nos separamos. É muito difícil para o casal que tem filho cedo sair de casa e viver sozinho, primeiro que não são formados e não tem renda, segundo que é um “choque”, pois, eu mesmo que era acostumado a sair todo final de semana, passei a me depara com uma realidade totalmente diferente, isso desgasta o

relacionamento e tem que ter muito amor e otimismo para superar. Hoje em dia me divirto muito com meu filho de quase 5 anos, tenho 24 anos, tenho a guarda dele e moro sozinho (que é bem raro de acontecer), e também recebi a notícia que vou ser pai novamente de uma ex-namorada minha e vai ser menina.

Gustavo Costa Ribeiro Soares

Meninas da Recepção[11



Especial Dia dos Pais