Issuu on Google+

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUSTテ的AS

Bibliotecas Escolares Relatテウrio anual de atividades Ano letivo de 2010/2011

Jテコlia Martins e Otテュlia Cancela


Sumário

Considerações prévias .................................................................................................................................. 3 Plano Anual de Atividades da BE ................................................................................................................ 4 Ações concretizadas ................................................................................................................................. 4 Ações não concretizadas ........................................................................................................................ 10 Requisição para leitura domiciliária ........................................................................................................... 11 Requisição para sala de aula ....................................................................................................................... 12 Fundo documental ...................................................................................................................................... 13 Gestão financeira ........................................................................................................................................ 13 Balanço das ações de melhoria propostas para 2010/2011 .................................................................... 14 Conclusões ................................................................................................................................................. 15 Aspetos positivos................................................................................................................................ 15 Aspetos a melhorar: ............................................................................................................................ 16 Considerações finais ................................................................................................................................... 17 Ações a implementar em 2011/2012 .......................................................................................................... 18 Anexos.................................................................................................................................................... 19

2


Considerações prévias Como referimos no plano de ação (PA) das BE, documento que serve de orientação e enquadramento a todas as intervenções a levar a cabo, tendo por base os objetivos e a missão da biblioteca escolar, os objetivos e metas estabelecidas pelo PE, priorizadas no PAA, tomando como referência o Modelo de Avaliação (MABE), a nossa ação abrangeu todos os domínios de intervenção (A, B, C, D), com especial relevância para o Domínio B – Leitura e literacia

3


Plano Anual de Atividades da BE

Ações concretizadas

Domínio A

Ações desenvolvidas

Observações

 Elaboração de guiões de utilização e de desdobráveis

sobre

regras

de

funcionamento  Visitas guiadas à BE – Distribuição de Concretizadas para todas as turmas e desdobráveis

sobre

regras

de grupos do Agrupamento, exceto do

funcionamento e serviço para professores JI PEV, por falta de transporte

Apoio ao desenvolvimento curricular

e alunos  Sessões calendarizadas para requisição Algumas sessões trimestrais não domiciliária com o envolvimento dos foram cumpridas por falta de docentes de EA, FC e/ou LP (EB2,3) e os disponibilidade das turmas docentes titulares de turma (EB1)

avaliadas no âmbito do Roteiro PAA

 Apoio aos projetos no âmbito disciplinar Com sessões na BE, através da ou interdisciplinar

disponibilização de materiais e recursos bibliográficos, da ferramenta My delicious-no blogue-

 Criação e divulgação de listas de recursos e por e-mail, para coordenadores e para apoio ao plano OPTE, ACD, ACND

docentes

 Participação regular em reuniões de Sempre que pertinente, formal e diretores de turma e docentes titulares de informalmente, adequando-se a turma para articular com os PCT

resposta da BE às necessidades de cada PCT

 Preparação pedagógicos

de

novas

maletas/baús

De acordo com propostas dos grupos, como veículo de divulgação de novidades, temáticas e/ou comemorações e efemérides

4




Articulação com o trabalho de AP fomentando a utilização contextualizada das TIC

 Apoio regular na zona de informática e multimédia

Mesmo com falta de recursos os  Articulação com as TIC – PTE

grupos do 4º ano de todas as escolas das EB1s usufruíram de sessões de sensibilização Internet Segura

Em articulação com o PTE,  Produção e divulgação de guiões de produziram-se os guiões que foram pesquisa de informação únicos para todo divulgados a todos os alunos da o Agrupamento

escola sede1.

Em colaboração com o representante  Prémio Nobel do Civismo

do conselho de diretores de turma no NPIQ e coordenadora pedagógica do 2.º e 3.º ciclos

1

Divulgados aos alunos e professores acompanhantes do 5º, 6º e 7º em sessões realizadas pelas coordenadoras da BE e PTE; e aos alunos do 8º e 9º pelos docentes da EA e TIC 5


Domínio

Ações desenvolvidas

Observações

B  Mês

Internacional

das

Bibliotecas As turmas do 3º e 4º anos de todas as

Escolares

EB1 realizaram debates sobre a BE (sua importância, funcionalidade e organização e regras de funcionamento) e criaram cartazes, expostos nas bibliotecas, como sensibilização à utilização da BE

Leitura e literacia

Exposição na BE/CRE  Hora do Conto/Hora do Conto dos 272

Relatório (Anexo1)

 Requisição para leitura domiciliária

Para todos os alunos do Agrupamento, tanto em sessões calendarizadas como em horário livre, incluindo o pré-escolar do CE QV.3 As crianças dos outros jardins usufruíram das Leituras em Vai e Vem com os livros da biblioteca de turma

 Conversas com… escritores

Contámos com a presença de três escritores, abrangendo crianças, jovens e adultos4 com a dinamização das suas obras, quer pelos grupos quer pelo próprio escritor

 Leitor +

Distinguiu os melhores leitores da BE/CRE

2

Todos os trabalhos gráficos realizados, quer em sala de aula, quer em articulação com as famílias, fizeram parte da exposição, promovida pelo Clube Europeu, para a comemoração do Dia da Europa. 3 No CE QV só se deu início à requisição para leitura domiciliária em Janeiro, pois durante o primeiro período foi necessário organizar e dinamizar dos espaços (BE nova e pela 1ª vez) aumentar o fundo documental e seu tratamento. Nas outras EB1 os 1ºs anos também só iniciaram o processo no mês de Janeiro depois de familiarizados com a escola e com a dinâmica da BE. 4 Um escritor no JI PEV – Pedro Mésseder, 1 no CE QV – Ana Saldanha e 1 na EB2,3 – Daniela Alves Cunha para as duas turmas do curso noturnos, dinamizada em parceria com a coordenadora do EFA B3, para pais, familiares e outros convidados 6


 Livro do mês

Dinamizada na BE/CRE, de acordo com obras e calendário prévio (Anexo 2), com entrega de prémios aos alunos que mais se evidenciaram, anunciados no blogue

 Semana da Leitura/Maratona da Leitura

A Semana da Leitura foi dinamizada em todas as escolas do Agrupamento com atividades de leitura e com a participação de alguns familiares. A 4.ª ed. da Maratona da Leitura foi avaliada no âmbito do Roteiro PAA

 Li, gostei e recomendo

(Anexo 3)5

 PNL – Divulgação, acompanhamento,

(Anexo 4)

avaliação e adesão a algumas atividades propostas  Feira do livro

Participação no Concurso Nacional de Leitura e Faça lá um poema.6

Evento realizado em datas diferentes, na BE/CRE, no JI PEV e na BE da CE QV – avaliado no âmbito do Roteiro PAA

 “Quem doa um livro abre um sorriso”

Decorreu paralelamente à feira do livro usado na EB de Santiago e contou com a participação ativa dos EE de educação na doação de um número significativo de livros7

5

Prevista para os alunos do 3º ciclo, também foi dinamizada com os alunos do 2º e 3º ano das várias escolas, numa dimensão adaptada. Além das apresentações orais em sessões de grande grupo os alunos do 2º ano da EB de Santiago produziram registos de opinião lidos em voz alta para todos os colegas. 6 No 1º concurso participaram alunos do 3º ciclo, tendo três participado na 2ª fase distrital; no segundo todos os alunos do 3º e 4º anos da EB PEV e EB de Santiago, tendo um aluno do 4º A da EB PEV obtido o primeiro prémio a nível nacional 7 Alguns dos livros não vendidos na feira serão enviados para Moçambique no âmbito da Campanha de livros para Angoche, a que aderimos 7


Domínio

Ações desenvolvidas

Observações

 Semana da leitura/Maratona da leitura

Avaliadas no âmbito do Roteiro PAA

 Feira do livro

(ver pag. 7)

Projetos, parcerias e atividades livres e de abertura à comunidade

C

8

 Feira do livro usado

Foram eventos que envolveram todas as escolas do Agrupamento, com uma abertura alargada a toda a comunidade educativa e que congregaram e articularam com os diferentes Departamentos, com o NPIQ, com a Direção e com a Junta de Freguesia

 Concursos e passatempos

A BE/CRE promoveu: Livro do mês; Caça ao tesouro; Tu podes salvar o planeta

 Exposições temáticas culturais e no

Em consonância com o PAA

âmbito dos PCT desenvolvidos

2010/2011 as BE fomentaram

 Momentos culturais – organização e divulgação

actividades promotoras de vivencias no âmbito cultural e artístico, desenvolvendo valores de cidadania, com destaque para o ambiente, consumo e segurança9.

 Participação em encontros promovidos

As PB participaram: nas I jornadas

pela DREN, RBE, BAD, PNL, PTE

de BE promovidas pela CM da Maia, no encontro com Teresa Calçada em Valongo e reuniões concelhias, com a CIBE e a CM de Matosinhos; a coordenadora das BE participou em Braga no encontro BAD

8

9

Elevado número de livros doados pela comunidade educativa ao longo do ano e pelos livros abatidos da BE/CRE Recolha de bens para animais da Associação MIDAS; pilhas e rolhas usadas; colaboração com o Programa Tinteirinho e Fundação do Gil 8


Domínio

Ações desenvolvidas

Observações

D •

Gestão da BE

Registo, carimbagem, classificação,

Nas BE das EB, os documentos

cotação, e etiquetagem de acervo

adquiridos ou oferecidos só foram

documental

registados e carimbados

Manutenção e restauro dos materiais

Com a colaboração dos alunos do

(livro e não livro)

curso CEF Informática e do estagiário de CEF T1, Informática que renovaram-se algumas etiquetas das lombadas

Atualização do fundo documental

(Ver pág. 19)

(procura de novidades e novas aquisições) •

Melhoramento e manutenção do blogue

Ao longo deste ano, houve um investimento notório nas ferramentas da web 2.0, particularmente no blogue, enquanto potenciador de ações de marketing e plataforma de divulgação de informação e recursos educativos de diferentes curriculares e não curriculares. O aspeto visual foi alterado e passou a incorporar funcionalidade que o tornaram mais ágil e eficaz

9


Ações não concretizadas •

Pilha de livros – O concurso não foi reeditado pelos seus promotores

Ler para compreender/Maletas em movimento – Esta atividade deixou de ser proposta pelo departamento de línguas e culturas

Conclusão do documento com a política de desenvolvimento da coleção (PDC) – Não foi possível acabar o (PDC) face à multiplicidade de tarefas, sendo de destacar o maior investimento no catálogo concelhio

Apoio regular na zona de informática e multimédia – No 1º ciclo a utilização desta zona foi comprometida por falta de recursos materiais adequados às necessidades da atualidade, (o CE da Quinta do Vieira não dispõe de computadores nem de rede de Internet, nas outras escolas os computadores estão obsoletos e com sistemas operativos desatualizados)

Colaboração com o SABE de Matosinhos/ reuniões, ações de formação e atividades articuladas ou em parceria BE/BMFE – O SABE este ano ainda não se constituiu como um parceiro ativo e a BEFE não promoveu reuniões, nem formação, à exceção das ações para a construção do catálogo, onde só pode participar a coordenadora das BE

10


Requisição para leitura domiciliária

Escola

Ano de escolaridade/ função

Nº de alunos

Nº documentos requisitados Material

Material

livro

não livro

1.º

25

349

0

Básica

2.º

25

381

0

PEV

3.º

47

728

0

4.º

35

831

0

Docentes

7

19

0

Total

139

2308

0

1.º

51

265

0

2.º

48

620

0

Básica

3.º

45

907

0

Santiago

4.º

50

841

0

Docentes, outros

10

17

0

Total

204

2650

Em Março nem todos os grupos efetuaram requisições em todas as sessões em virtude da PB se encontrar de atestado e não haver recursos humanos para auxiliar no processo (a)

0

26

119

0

18

153

0

CE Quinta do

18

145

0

Vieira

22

302

0

Pré-escolar

45

21

0

Docentes, outros

6

52

0

Total

A requisição domiciliária só se iniciou-se em Janeiro em virtude de só nesta altura se reunirem as condições de espaço, materiais e acervo documental As crianças do Pré-escolar iniciaram em Maio

0 5.º

144

1563

252

6.º

147

687

82

7.º

112

491

51

Básica

8.º

91

272

12

Custóias

9.º

68

151

5

CEFs

35

40

1

EFA

48

26

7

Docentes - AO

52

117

17

Total

697

3347

Observações

427

Nota: As crianças do JI nº 2 de Custóias fizeram a requisição na biblioteca itinerante. As do JI de Santiago e as do JI PEV, fazem Leituras em Vai e Vem com os livros da biblioteca de sala.

11


Requisição para sala de aula Escola

Ano de escolaridade

Nº de livros

JI SANTIAGO Nº 2

Pré-escolar

38

Total

EB1/ JI PEV

38 1.º

7

2.º

3

3.º

14

4.º

9

Pré-escolar

38

1.º

20

2.º

20

3.º

26

4.º

12

Pré-escolar

38

Total

EB1/ JI Santiago

71

116

Total

EB1/JI Quinta do Vieira

11

18

6

7

Pré-escolar

36

Total

Básica Custóias

Total

78 5.º

34

6.º

5

7.º

2

8.º

2

9.º

3

CEF

-

EFA

1 47

12


Fundo documental Material Impresso adquirido Escola

Quantidade

Proveniência Oferta

Outra 19 Livros – PNL

Pré-escolar

1º Ciclo

12 Livros – Feira do livro 408 EE10

29 Livros – PNL

3 ME

8 Livros – Feira do livro

2 RBE

1 Periódico 11

32

451

43 Livros – PNL 2º Ciclo

2 Periódicos 12

208 3.º Ciclo

116 Aquisições Total BE/CRE

Material Impresso abatido

577 1060 139

Gestão financeira Mobiliário

Despesas

Receitas

94,38

Funcionamento/despesas correntes

1.250,75

Fundo documental

1.336,71

TOTAL

2.681,84

Verba proveniente do orçamento de escola

1.320,51

Verba proveniente do plano Nacional de Leitura

917,00

Verba proveniente de outras fontes de financiamento: feira do

444,33

livro, impressão, encadernação TOTAL

2.681,84

10

Ofertas significativas dos pais e das editoras principalmente para o CE da Quinta do Vieira e BE/CRE Visão Júnior para todas as BE do 1º ciclo 12 Visão Júnior e Quero Saber. 11

13


Balanço das ações de melhoria propostas para 2010/2011

AÇÕES PROPOSTAS

AVALIAÇÃO

Continuar as diligências no sentido de podermos contar com o SABE na reactivação dos serviços de apoio

Articular de forma mais efectiva com o PTE Reunir e/ou contactar periodicamente com as estruturas pedagógicas e outros docentes

Concluir da elaboração do documento PDC das BEs do Agrupamento Incentivar a equipa para acções de formação na área das BEs e das TIC Continuar a investir na melhoria das condições de trabalho

Elaborar um modelo de pesquisa de informação uniforme a adoptar em todas as escolas do Agrupamento Assinar revistas juvenis para as três BE do 1º ciclo Reorganização de algumas zonas de utilização da BE/CRE Redigir o Manual de procedimentos das BE Melhorar a articulação com as AC e ACND Aumentar o número de requisições domiciliárias nos 2º e 3º ciclos Envolver mais os docentes e os alunos nas propostas de actividades do PNL

Produzido e divulgado (ver pág. 5). Ficou agendado, em reunião de Departamento do 1º ciclo, a sua divulgação aos alunos do 4º ano para o próximo ano letivo

Cumprida (pág. 13)

Foram reorganizadas, tornando-as mais funcionais, e procedeu-se à reestruturação do fundo documental, de acordo com as indicações da RBE e tendo em conta a CDU Não concretizada por se aguardar indicações do grupo do catálogo concelhio Cumprido

• •

• • •

• • •

Foram estabelecidas diligências no sentido de podermos contar com o SABE, no entanto, o serviço continua inativo, muito embora, tenhamos conseguido reunir com a responsável da BMFE. Esta mostrou-se disposta a que se avance no sentido da sua reativação, no próximo ano, mas no que respeita ao tratamento documental do1º ciclo, alega falta de recursos humanos para o efeito A articulação com o PTE foi muito eficaz e permitiu não só responder a muitas das necessidades técnico-pedagógicas Reuniu-se e/ou contactou-se periodicamente e sempre que pertinente com as estruturas pedagógicas e outros docentes, tornando a articulação mais efectiva e eficaz. Os contactos informais estabelecidos com os docentes em geral também foram importantes e significativos Como referido pág. 10

A equipa está consciente da necessidade de participar em ações de formação na área das BE e das TIC, mas este ano letivo não houve oferta Foram reestruturados alguns espaços, aumentou o crédito horário dos docentes da equipa e foi afetada, a tempo parcial, mais uma AO à BE/CRE. No entanto, continua a ser necessário investir neste campo, mais propriamente na climatização dos espaços, compra e troca de alguns equipamentos imprescindíveis

O número de requisições para leitura domiciliária aumentou imenso, superando mesmo as expectativas, quer nos 2º e 3º ciclos (Anexo 5), como estabelecido, quer no 1º ciclo Maior envolvimento nas propostas de atividades do PNL; inquérito, maior número de horas, mais obras lidas, participação de alunos no Concurso Nacional de Leitura e, Faça lá um Poema

14


Conclusões

Descritas e avaliadas as ações previstas no PABE para o ano letivo que ora finda, feito o balanço das açoes previstas para 2010/2011 e tomando por base o Plano de Ação para o quadriénio 2009/2013, o Plano Anual de Atividades do Agrupamento, a implementação do Modelo de Avaliação das Bibliotecas Escolares da RBE13 e os registos de avaliação das atividades desenvolvidas, apresentam-se algumas conclusões:

Aspetos positivos 

Aumento do número de horas dos professores que constituem a equipa e a coincidência de um horário para reuniões



Bom trabalho da equipa das BE



A afetação, em tempo parcial, de outra AO à BE/CRE



A grande disponibilidade e colaboração dos docentes na dinamização das atividades programadas pelas BE



Ações de marketing concertadas e alargadas com a divulgação sistemática das atividades das BE e outras relacionadas com os vários projetos da escola, através do blogue, cartazes, convites, informações e correio electrónico



A franca cooperação e envolvimento da comunidade educativa com relevo para os pais e famílias no 1º ciclo na recolha de informação, confeção de adereços, construção de cenários, disponibilidade para apoiar o trabalho realizado pela e com a BE e para aumentar o acervo documental de cada BE



Interdisciplinaridade – abrangência de todas as áreas curriculares e de enriquecimento curricular (no 1º ciclo)



A participação ativa, autónoma e responsável de algumas turmas na concretização e avaliação dos seus projetos



O aumento da frequência dos alunos do terceiro ciclo em atividades livres e requisição domiciliária



Articulação entre diferentes níveis de ensino



A criatividade, a espontaneidade e a diversificação das formas de expressão utilizadas no desenvolvimento e na divulgação dos conhecimentos

13



A diversidade das propostas apresentadas



Respeito pelos interesses e necessidades dos utilizadores



Dinamizações ativas e participadas

http://www.rbe.min-edu.pt/np4/np4/?newsId=83&fileName=mabe.pdf

15




Rentabilização do uso das Maletas Pedagógicas



Assinatura de revistas juvenis para todas as BE (ver pág.13)



Grande adesão à Maratona da Leitura, atividade desenvolvida da em articulação com os vários departamentos, que compreendeu grandes momentos, com a apresentação, não só das obras trabalhadas em diferentes formas de expressão, mas também com leituras espontâneas. A colaboração da Junta de Freguesia possibilitou a deslocação das crianças do pré-escolar do JI PEV e o 3º e 4º do 1º ciclo do CE da Quinta do Vieira.



Aumento do acervo documental de boa qualidade, de conteúdos diversificados e em número satisfatório às solicitações



Disponibilização de 709 documentos da BE/CRE no catálogo concelhio

Aspetos a melhorar:

Uma hora diária de uma AO para apoio nas BE do 1º ciclo

Possibilitar a deslocação dos alunos para as diferentes escolas do Agrupamento para participar nas iniciativas a nível de Agrupamento e aquando a partilha e divulgação dos seus projetos

Melhoria dos serviços do catálogo WINLIB para permitir a informatização célere e eficaz do catálogo

16


Considerações finais Uma palavra de agradecimento à direção, às estruturas de coordenação e a todos os que, de uma forma ou de outra, contribuíram para a concretização da missão e dos objectivos das BE; em particular, à equipa com a qual trabalhámos, num clima de colaboração e camaradagem, às AO da BE, às duas colaboradoras da BE/CRE e à coordenadora do PTE. Conscientes de que todas as ações levadas a cabo, contribuíram para o crescimento de todos os envolvidos e que, futuramente, serão visíveis todos os benefícios advindos da rentabilização da BE como espaço privilegiado de aprendizagem, continuaremos a investir na articulação com todos os agentes direta ou indiretamente ligados à BE.

Nesse sentido, apresentam-se, a seguir, as ações prioritárias para o próximo ano

17


Ações a implementar em 2011/2012 •

Reunir e/ou contactar periodicamente com as estruturas pedagógicas, a direção e outros docentes

Realizar visitas guiadas para pais e EE dos alunos dos 1º e 5º anos de escolaridade

Promover ações, em articulação com as AC e ACND que desenvolvam as competências tecnológicas, digitais e de informação para todas as turmas do 5º ano

Calendarizar sessões de requisição para leitura domiciliária, com o departamento de língua portuguesa

Promover sessões de formação, de curta duração, em Ambientes digitais para a equipa, assistentes operacionais e colaboradoras da BE

Continuar a divulgar e a promover projetos e eventos do PNL

Adaptar os guiões de literacia da informação e divulgá-los em sessões de formação no próximo ano letivo a todos os alunos do 4º ano.

Continuar a contribuir para a construção do catálogo coletivo concelhio (aumentar a informatização do catálogo em 20% na BE/CRE e iniciar o processo nas BE do 1º ciclo)

Iniciar o processo de uniformização do código cromático da CDU nas BE do Agrupamento (classes 1, 2, 5, 6)

Dotar a BE do CEQV de equipamento informático (projetor de vídeo e computadores) e substituir os computadores da PEV por material mais atualizado

Adquirir 4 leitores de códigos de barras de etiquetas

Concluir a elaboração do documento PDC das BE do Agrupamento

Dar continuidade às diligencias que permitam às BE do 1.º ciclo dispor de áreas de utilização amplas, organizadas e equipadas de acordo com as normas da RBE

15 de Julho de 2011

As professoras bibliotecárias

_____________________________________ _____________________________________

18


Anexos

19


Plano Anual das BE