Page 1

Ano 01 * Número 002 * Dezembro de 2011

Órgão Oficial das Assembleias de Deus, Min. Templo Central em Maracanaú

Centenas de Vidas se Rendem a Cristo na Cruzada Boa Semente

Congregação em Destaque: Alto da Mangueira

Uma das congregações que mais tem crescido em nosso ministério esteve em festa nesse mês de outubro. Foram 14 dias de celebração pela reinauguração das novas instalações do templo, realização de congressos de crianças, senhoras, mocidade e a celebração do 34º aniversário de seu dirigente. pag. 14 O ciclo de cruzadas evangelísticas para esse ano já está quase em seu término, faltam apenas mais três nesse mês de dezembro, mas os frutos desse abençoado trabalho já começam a surgir. Confira o que Deus tem feito nesse período e como vidas têm sido transformadas e libertas pelo Senhor Jesus na cidade de Maracanaú. pag. 03

DEMADEM em Ação NESTA EDIÇÃO

O Departamento de Missões da Assembleia de Deus em Maracanaú (DEMADEM) tem trabalhado arduamente no alcance de vidas para Cristo por todo o nosso Estado. Confira mais na página 13.

Julgando Motivos...................................02 Cruzada Boa Semente............................03 Tanque de Betesda.................................04 Tesouro em Vasos de Barro....................05 Não Se Queixe do Trabalho...................05 Deleite Espiritual...................................06 O Preparo de Deus Para a Família.........07 Jovens Proclamadores do Evangelho.....08 Ministérios que Louvam a Deus............09 Diagnosticando o Divórcio....................10 Compaixão pelos Povos.........................11 O Agir de Deus.......................................11 38 Anos de Júbilo Celeste......................12 Confraternização da Juventude..............12 DEMADEM em missões pelo Ceará.....13 Congregação em Destaque.....................14 Em que Cremos......................................15 Treinamento de Professores EBD..........16 Curso de Capelania Cristã......................16


2

Informativo Boa Semente

Dezembro de 2011

EXPEDIENTE

EDITORIAL inquestionável o crescimento do número de evangélicos no Brasil. O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) comprova que os evangélicos, entre as diversas denominações, já são mais de 15% da população brasileira, de acordo com pesquisa do órgão. Há outras pesquisas independentes e projeções de sites e institutos cristãos que questionam esse dado, apontando um crescimento muito maior, algo em torno de 40%. Controvérsias a parte, o contingente populacional que se declara evangélico só aumenta a cada ano. Prova maior é o crescente interesse e atenção dedicada ao segmento por parte dos poderes públicos e da mídia. Preocupados em agradar pastores e cristãos em geral, câmaras legislativas e representantes do executivo propõem projetos como datas comemorativas e eventos para os evangélicos. Quanto à mídia (televisão, rádio, jornal, revistas e internet), espaços para tratar dos evangélicos são cada vez mais comum, fato que ficou comprovado com o centenário das Assembléias de Deus neste ano que recebeu cobertura de todas as redes de TV do país. Esse olhar mais atento não se dá à toa, pois mídia e poder público estão interessados nas tendências da população. Pode-se falar hoje de uma influência evangélica no país. Refletir sobre esse crescimento explosivo nos leva a vários caminhos. Podemos ser tomados de uma imensa euforia. Podemos nos entrincheirar ainda mais, alegando que denominação X ou movimento Y é o que mais cresce, cada um procurando defender o seu quinhão. Podemos nos orgulhar. Mas podemos também nos perguntar pela qualidade. Será que também estamos crescendo qualitativamente? O Senhor nos mandou: Ide e fazei discípulos de todas as nações (Mt 28.19). Quando assim falou, Ele não estava preocupado em quantidade.

É

Informativo Boa Semente Ano 01 - Órgão Oficial das Assembleias de Deus, Ministério Templo Central em Maracanaú Rua Capitão Valdemar de Lima, 65 Centro - Maracanaú - CE CEP 61900-140 Pastor Presidente: João Gonçalves Mendes EQUIPE EDITORIAL Editor e revisor: Josué Batista Lima Redator e diagramador: Manoel Aleksandre Filho

COLABORADORES João Gonçalves Mendes Antônio Sérgio Costa Lima Adonias Ângelo Barros Antônio Carlos G. de Lyra Arnaldo da Silva Francinildo Coura Pr. Sóstenes Fernandes Eziongeber Vieira de Lima

Dentro desse contexto de crescimento, a AD Maracanaú é um emblema. Através de intenso trabalho de evangelização, seja por meio da Cruzada Boa Semente ou de outras ações evangelísticas, a Assembléia de Deus liderada pelo Pr. João Gonçalves cresce em ritmo acelerado. Entretanto, a qualidade não tem sido esquecida. Paralelamente à evangelização, está sendo feito um trabalho de discipulado na sede e nas congregações. Além disso, há diversas ações voltadas para o ensino da Palavra e preparo de novos obreiros e mestres. Este é um exemplo a ser seguido por pastores e denominaPb. Josué Batista ções evangélicas de todo o País. Não ter receio de investir no Editor do IBS Reino de Deus, promovendo ações que venham levar inúmeras vidas aos pés de Cristo, mas sem esquecer de cuidar delas para firmá-las na fé. Este é caminho a ser seguido para um crescimento quantitativo e qualitativo.

PALAVRA PASTORAL notável a existência de aparente contradição nos textos de Mateus 7:1 e João 7:24, pois neste o Senhor diz: "Não julgueis segundo a aparência, mas julgai pela reta justiça". No outro o Senhor adverte: "Não julgueis para que não sejais julgados". É também digno de apreciação o fato de o Senhor oferecer diferentes respostas a interesses aparentemente iguais, como por exemplo: dois homens lhe perguntaram: Mestre onde moras? (João 1:38). Outro ousadamente lhe diz: Mestre, seguir-te- ei por onde quer que andares. (Mateus 8:19). A este o Senhor responde: "As raposas tem covis, e as aves dos céus ninhos, mas o filho do homem não tem onde reclinar a cabeça". Ao outro o Senhor diz: "Vinde e vede", então eles foram e viram onde morava e ficaram com ele aquele dia; e era já quase a hora décima (16 horas). Observe-se também a aparente desarmonia no que se refere a pratica da: pregação, oração, jejum e socorro aos pobres; pois o Senhor que, de modo imperativo, nos ensina estas coisas reprovou e denunciou publicamente a muitos que pregavam, oravam, jejuavam, e davam

É

CONTATO http://www.admaracanau.org

Julgando Motivos esmolas naqueles dias. Aleluia! As aparentes contradições aqui aludidas são efetivamente elucidativas, pois nos ensinam que podemos até enganar aos homens, porém a Deus não se engana que, de fato, os juízos de Deus são terríveis e que o Justo Juiz não se deixa escarnecer. Vejamos alguns exemplos: Primeiro - O presente de Merodaque Baladã. No texto de segundo reis 20:12-18 nos fala de boas atitudes do rei da Babilônia, congratulando-se com o rei de Judá pela sua cura milagrosa, enquanto Deus mostra ao profeta Isaías suas más intenções, pois seus embaixadores não passavam de espiões militares. Assim nos diz o verso 13: "E Ezequias lhes deu ouvidos; e lhes mostrou toda a casa de seu tesouro, a prata, o ouro, as especiarias e os melhores ungüentos, e a sua casa de armas, e tudo quanto se achou nos seus tesouros; coisa nenhuma houve que não lhes mostrasse, nem em sua casa, nem em todo o seu domínio". Segundo - Generosidade de Judas Escariotes: No texto de João 12:4-6 vemos o dramático apelo de Judas em defesa dos pobres, que ao ser refutado por Cristo, João o denuncia dizendo: "Ora, ele disse isto, não

www.admaracanau.org

pelo cuidado que tivesse dos pobres, mas porque era ladrão e tinha a bolsa, e tirava o que ali se lançava". Estes e muitos outros argumentos escriturísticos nos convencem de que para Deus não basta fazer, realizar ou executar alguma obra, é preciso ter motivos legítimos, tais como: amor verdadeiro; santa piedade e fé não fingida. É lamentável saber que muitos líderes cristãos estejam agindo como se fossem dono do rebanho de Cristo, pois, não tendo em consideração a vontade do Senhor, agem como se Deus não existisse. Amados obreiros do Senhor que nós estejamos cientes de que Jesus Cristo, Juiz dos vivos e dos mortos, julgará com justiça todos os motivos de nossos atos, conforme está escrito no texto de Romanos 2:16, "no dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens por Jesus Cristo". Pr. João Gonçalves Mendes Pastor presidente da Assembleia de Deus, Ministério Templo Central, em Maracanaú.


DESTAQUE

M

3

Informativo Boa Semente

Dezembro de 2011

Mais de Mil Pessoas Convertidas a Cristo

ais um ciclo de Cruzadas de Evangelismo e Discipulado Boa Semente está por findar-se e muitas têm sido as maravilhas realizadas por Deus no meio do seu povo. Como já sabemos sempre são realizadas dezoito cruzadas por ano em Maracanaú, distribuídas em períodos de três noites por mês, sempre nos meses entre julho e dezembro. Já transcorreram-se quinze cruzadas, tendo a última sido realizada no campo de futebol do conj. Novo Maracanaú onde 120 pessoas aceitaram a Jesus como Salvador de suas vidas. Como de hábito, a participação interessada de nosso povo foi um dos fatores determinantes

para o sucesso da mesma. Só temos a agradecer a Deus pelas bençãos derramadas em nosso meio. Estamos felizes por contarmos com membros de uma igreja local que se sentem motivados a realizar a obra de missões. Isto é um fato inquestionável de que a unção do Espírito Santo tem levado nosso ministério a um despertamento genuíno, nos capacitando a produzir os frutos esperados pelo Senhor Jesus, o autor da Grande Comissão. Até o presente momento alcançamos cerca de 1200 conversões ao Senhor Jesus e cremos que alcançaremos mais de 300 almas nas cruzadas desse mês de dezembro que

www.admaracanau.org

ocorrerá no campo do Boa Vista nos dias 12, 13 e 14. A cantora Beatriz Andrade já tem presença confirmada. Louvamos a Deus por ele ter provido os meios possíveis para mantermos a estrutura que um evento desse porte exige. A cada ciclo são distribuídos 235 mil panfletos e cerca de 2 mil bíblias. Esse detalhe mais os custos estruturais exige o investimento da ordem de R$ 100 mil. Mas é exatamente assim que pensamos, não como gastos e sim como investimento no Reino de Deus. Que alegria é para nós presenciarmos as maravilhas de Deus na conversão de centenas nessas cruzadas. E isso não tem preço. Ao Senhor a glória!


Informativo Boa Semente

4

Dezembro de 2011

Tanque de Betesda: Queres Ficar São?

C

aminhando pelo lado árabe das ruas da Cidade Velha de Jerusalém muitas coisas chamam a atenção do viajante: O colorido das lojas de tapetes árabes, o cheiro forte do suco de romã vendido a dez shekels (NIS 10), as procissões compostas pelos grupos de peregrinos que se dirigem à Igreja do Santo Sepulcro (alguns levando uma cruz, não muito pesada, mas uma cruz!) e caminham pelas estações da Via Dolorosa. No lado judeu da Cidade Velha dezenas de lojinhas vendendo os principais suvenirs de Jerusalém: menorás (candelabros) e kipás - para quem não sabe o kipá é aquele pequeno chapéu usado no alto da cabeça dos judeus; seu uso diz respeito ao temor a Deus, pois a Divina Presença está sempre acima de nós, e foi estabelecido no Talmude há muito tempo. Para quem crê a cidade de Jerusalém é um ambiente de catarse. Ali está o Muro Ocidental, conhecido como Muro das Lamentações, que é uma parte do Muro do Templo, no Templo de Herodes. É um lugar sagrado do judaísmo. Um ponto de contato do Eterno com o seu povo na sua Santa Cidade. As escavações aqui e ali apontam para um fato narrado nas Escrituras, como o Túnel de Ezequias (II Rs 20.20); num outro momento falaremos sobre isso. Ali também foi o lugar em que o Senhor Jesus viveu sua paixão e morte. O Mestre Galileu que exerceu um profícuo ministério na região em torno do Mar da Galiléia, vem à Jerusalém, onde os grandes eventos da nação de Israel ocorrem. Em minhas caminhadas por Jerusalém um lugar foi muito marcante para mim. Perto da Porta de Santo Estêvão, também conhecida como Porta dos Leões, está a Basílica de Santa Ana. À frente da Basílica uma grande escavação, indicando que ali já fora um balneário, uma piscina, um tanque: O Tanque de Bestesda! No capítulo 5, do Evangelho de João podemos ler: "Em Jerusalém, perto da porta das Ovelhas, há um tanque, chamado Betesda na língua dos hebreus, o qual tem cinco pórticos. Neles ficava

uma grande multidão de doentes, cegos, mancos e paralíticos, deitados... Estava ali um homem enfermo havia trinta e oito anos. Vendo-o deitado e sabendo que vivia assim havia muito tempo, Jesus lhe perguntou: Queres ficar são?" (Jo 5.16) Muita gente já questionou a legitimidade da narrativa do Evangelho de João, bem como suas descrições e os discursos nele contidos. Este documento já foi acusado de ser carregado de influência grega (começando pelo Logos, que era Deus e estava com Deus), já foi proposto que os dados existentes no mesmo não poderiam ser levados muito a sério. Na melhor das hipóteses, seria um documento puramente teológico sem qualquer embasamento histórico. A precisão em que o Evangelho de João fala de lugares e de situações, inclusive sem qualquer paralelo nos sinóticos, é digna de nota. Entretanto, críticos afirmavam que este acontecimento, bem como outros registrados neste Evangelho, não passavam de ficção, afinal, não havia indícios arqueológicos ou em qualquer fonte extra-bíblica da existência do tal Poço de Betesda. Embora a tradição afirmasse que ali teria sido o Poço de Betesda muitos contestavam. Entretanto, cuidadosas escavações no século XX trouxeram à luz as piscinas da época de Jesus. Eram duas piscinas separadas por um pórtico, ou alpendre, totalizando assim os cinco alpendres citados pelo Evangelho. Tempos depois um Rolo de Cobre descoberto nas Cavernas de Qumran trazia a citação de um lugar denominado Bethesdataym (Casa dos Dois Derramamentos), uma variante de Betesda e aludia às suas cisternas. Diante do Poço de Betesda meu coração bate mais forte. Visualizo o Senhor em diálogo com o enfermo. Porém, uma coisa que me intriga muito mais do que as picuinhas arqueológicas é a pergunta de Jesus feita ao homem paralítico: Queres ficar são? Não seria uma pergunta sem propósito para um homem doente há 38 anos? A pergunta não é descabida quando entendemos que a ação de Cristo está ligada ao desejo humano, à vontade do homem. O cego de Jericó grita por Jesus, e o Mestre pergunta: O que queres que eu te faça? (Lc 18.41). Não são todos que desejam emergir de um processo de adoecimento. Isto porque existem ganhos aparentes, vantagens efêmeras decorrentes da manutenção do sofrimento. Desde a forma como se é visto: um coitado, um necessitado, alguém que desperta a compaixão alheia... como

www.admaracanau.org

também a forma como o homem se vê: dependente, não responsável por si... Ainda hoje há muitos doentes que não querem abrir mão de sua doença para não perderem o benefício eventual do INSS. É a vontade de que o benefício temporário tornese permanente à custa de uma enfermidade, que precisa ser real, ainda que de fato, tenha se tornado imaginária! Muitas vezes não se consegue sair das compulsões, dos medos, das reações desproporcionais, dos mecanismos de defesa, do processo em geral de adoecimento, porque não se quer perder os lucros passageiros decorrentes da dor. Queres ficar são? É preciso abrir mão dos ganhos aparentes, é preciso mudar; é preciso querer para que haja a cura. É preciso deixar de lado a vantagem ou o benefício (seja este do INSS ou de outra fonte) que se está tirando disso. É preciso querer ficar são !!! Mas enfermidades não são apenas do corpo. São também da alma, do espírito. É preciso querer ficar são. A história de Zaqueu é paradigmática para ilustrar esta verdade. Um publicano desonesto, que enriqueceu por suas práticas ilícitas tornouse marginalizado pela sociedade por sua conduta detestável, e também ficou à margem de um relacionamento com Deus. Um doente, uma alma mendicante. Mas como abrir mão de todas as vantagens adquiridas com aquele tipo de vida? Ficar são significaria abrir mão do dinheiro fácil desonestamente conquistado. Não há como ficar são sem encarar as perdas decorrentes do fim dos benefícios do adoecimento! Zaqueu decide que ficar são vale a pena, e todas as efêmeras vantagens decorrentes de sua vida doentia poderiam ser deixadas para trás. Vai então procurar Jesus! Ao encontrar com o Senhor, Zaqueu abre mão dos seus bens (desonestamente conquistados) e decide restituir com folga aos que por ele foram prejudicados... Agora ele está são e Jesus sorri, pois veio "buscar e salvar o que se havia perdido" (Lc 19.1-10). Infelizmente, nem todos querem ficar sãos, como Zaqueu; os benefícios da enfermidade falam mais forte, as estruturas já se acomodaram e se adequaram ao sofrimento, à dor, à solidão espiritual. Em Betesda, ouvi de novo Jesus indagando: "Queres ficar são?" Eziongeber Vieira de Lima Pb. IEADTC


Dezembro de 2011

Informativo Boa Semente

Tesouro em Vasos de Barro

D

aniel foi levado cativo juntamente com outros jovens de Judá especialmente escolhidos dentre os nobres, de boa aparência, sem defeitos físicos e sábios em ciência e entendidos em conhecimento para que pudessem viver dentro do palácio do rei a fim de que fossem ensinados na ciência e na língua dos caldeus. Observando esse contexto, vemos o agir extraordinário de Deus através da vida de Daniel que, como um estadista, serviu a três diferentes regimes com integridade, tornandose uma ferramenta especial a seu serviço. Nabucodonosor nomeou Daniel a governador de toda a província da Babilônia, como também principal governador dos sábios de Babilônia após interpretar o seu sonho. O rei Belsazar mandou que lhe vestissem de púrpura, e que lhe pusessem uma cadeia de ouro ao pescoço, e proclamassem que Daniel seria o terceiro dominador do reino, depois de ouvir a interpretação das palavras escritas na parede. Depois disso, Dario, ao assumir o trono o constituiu em um dos três príncipes, vindo a se destacar dos demais. É no versículo 3 do capítulo 6 que encontramos a explicação para todo esse sucesso, quando o texto diz: (“... porque nele havia um espírito excelente, e o rei pensava constituí-lo sobre todo o reino”). Embora Daniel pertencesse à linhagem real e dos nobres, não foi isso que o fez crescer e alcançar tão elevada posição em terra estranha. Há outro motivo bem mais elevado, mais sublime. Percebia-se claramente em Daniel uma marca que o diferenciava. A expressão “espírito excelente” se refere tanto ao seu próprio caráter, como faz uma referência à presença do Espírito de Deus. Os sábios e magos babilônicos invocavam a espíritos estranhos e se tornaram ineficientes diante da sabedoria de Daniel. No capitulo 1 e versículo 17 vemos como Deus investiu em Daniel quando diz: “E Daniel tornou-se entendido em

todas as visões e em todos os sonhos”. Isto o fez sobressair-se a todos sábios de sua época, pois, quando Daniel recebeu o reconhecimento do rei Dario, ele já beirava seus noventa anos. Mesmo depois de adquirir respeito e sucesso, ao ponto de despertar inveja dentro da corte, Daniel manteve-se fiel a Deus e ao seu compromisso firmado logo ao chegar a Babilônia, “não se contaminar com o manjar do rei”. Foi fiel aos três reis que serviu e continuou cumprindo seus votos a Deus e prestando-lhe sincera e contínua adoração. Obteve ainda o privilegio de conhecer muitos segredos de Deus através de sonhos e visões, algumas destas atinentes ao fim dos tempos. Toda essa excelência na vida de Daniel não foi resultado do acaso ou do destino, mas de uma vida integra, devota e sacrifical. Regada de oração e comunhão; compromissada com a verdade, com a lealdade e com a humildade. Esta postura resultou em sucesso espiritual, profissional e pessoal. Daniel conseguiu ser um excelente profissional como estadista, excelente servo como profeta e uma vida pessoal com excelência. No entanto, Daniel não passou de um vaso de barro, e toda a

Não Se Queixe do Trabalho!

T

enho ouvido algumas pessoas reclamarem do trabalho dizendo: “Se Adão não tivesse pecado eu não teria que acordar cedo e trabalhar todos os dias.” Será mesmo que não precisaríamos trabalhar? Os gregos cultivavam o culto ao ócio, e os romanos falavam com desprezo do trabalho que segundo eles era uma maldição para “classes inferiores”. A atitude dos Judeus em relação ao trabalho manual e os trabalhadores é bem diferente das outras civilizações. Todos os ensinamentos das Escrituras, assim como tudo o que os rabinos ensinavam, mostravam a necessidade e a nobreza do trabalho. O trabalho ocupava um lugar de destaque nos tempos de Jesus. O lavrador, o semeador, o pescador, o carpinteiro, e muitos outros trabalhadores, são citados nos evangelhos. Jesus pertencia a essa classe, era um deles, e conhecia suas vidas muito bem. O próprio Deus ordenara ao primeiro homem

que ganhasse o seu pão do suor do seu rosto, não penas como resultado do seu pecado, mas segundo a exegese rabínica, porque o trabalho colocaria o homem acima do nível dos animais. Os rabinos ensinavam que Adão, enquanto se achava ainda no paraíso, trabalhava e cultivava o solo por prazer. Os patriarcas, os profetas, e os primeiros reis de Israel, todos conheceram o trabalho bem de perto. Os rabinos e doutores da Lei trabalhavam para ganhar o sustento: o rabino

www.admaracanau.org

5

LIDERANÇA CRISTÃ excelência em sua vida era fruto da presença do Espírito de Deus. Essa atitude se repete na vida do Apóstolo Paulo quando disse: ‘‘Temos, porém, esse tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós’’ (II Co 4.7). Tudo que eu e você faça, conquiste ou possua, não pode ser motivo para esquecer que a excelência do poder sempre será dEle. Não permita que a vaidade e a soberba alicie seu coração substituindo a fragilidade do barro pela dureza do diamante. Belo, porém, inquebrantável. Brilhante, no entanto, frio. A matéria preferida de Deus sempre foi o barro, pois foi dele que Ele fez a sua obra prima, você e eu. Deus não mudou de idéia quanto a isso, Ele continua procurando homens e mulheres de barro. Há muita gente em nosso meio “diamantizada” ou talvez “cristalizada” e já não são mais depositárias do tesouro de Deus, portanto, tomaram a glória para si. A excelência da nossa vida deve-se exclusivamente à presença do Espírito Santo de Deus em nós. É sempre bom lembrar o que disse Paulo aos Filipenses 3.8: “E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por quem sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como refugo, para que possa ganhar a Cristo”. Paulo e Daniel foram homens que entenderam que o valor de seus ministérios não eram apenas eles, mas quem estava neles: a excelência do poder é de Deus.

Sóstenes Fernandes Pastor Presidente da Igreja em Independência/CE.

HISTÓRIA BÍBLICA Akiba era lenhador, Joshua queimava carvão, Jochanan sapateiro, Saul coveiro. Paulo era um trabalhador do evangelho, mas nem por isso desprezava ou fugia do trabalho cotidiano. “Nem jamais comemos o pão de homem algum de graça, mas com trabalho e fadiga, trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós” (II TS 3.8) O profeta Isaias descreve Jesus no capitulo 53 do seu livro como “homem de dores, experimentado nos trabalhos”, e aguardando o fruto do trabalho realizado “o trabalho da sua alma ele verá e ficará satisfeito”. Antes de reclamar ou queixar-se do trabalho lembre-se das palavras de Jesus: “O meu pai trabalha até agora, e eu trabalho também”. Francinildo Coura IEADTC


Informativo Boa Semente

6

DEVOCIONAL

O

Dezembro de 2011

Deleite Espiritual

bservando as águas tranqüilas límpidas de um rio perene, cujo leito raso de areia branca nos proporciona paz, e nos enleva espiritualmente na presença de Deus, nos sentimos alegres, porque na presença do Senhor há abundância de alegria (Sl.16.11); Do mesmo modo, assistindo a uma queda d’água precipitada das rochas, formando uma linda cachoeira e um lago, que nos convida a um banho refrescante e saudável, estimulando a curiosidade de observadores e banhistas, ao reconhecimento da natureza divina, como uma expressão do poder de Deus para deleite espiritual das suas criaturas. O salmista, porém, recomenda: “ Deleita-te, também, no Senhor, e Ele te concederá o que deseja o teu coração” (Sl.37.4). Esta recomendação é suficiente para quem deseja ir morar no Céu, e vive servindo ao Senhor com alegria (Dt.28.7;Sl 100.2), obedecendo seus mandamentos e não se deixando contaminar com os prazeres do mundo. Ainda que o rio seja tão grande quanto o Rio Amazonas ou São Francisco, suas águas corem tranqüilas e o barulho de uma grande cachoeira, como a de Sobradinho, nos deixa admirados com sua grandeza, mas nosso deleite não deve ser carnal, mas espiritual, porque tudo deve soar como a voz do Supremo Criador, E, se estamos descansando à beira de qualquer corrente d’água, com nossos olhos conectados ao coração, somos tomados por um prazer inigualável, que somente as almas viventes podem sentir. À beira-mar, olhando as águas azuis do oceano, e apreciando a beleza das ondas movidas pelos ventos, e a brancura das espumas que se espraiam na areia, nossos olhos brilham ao calmo reflexo dos raios de sol, como na claridade da lua, que no seu caminhar poético, nos convida ao deleite espiritual. Sentimos, então, a presença do Espírito de Deus e, sutilmente, nos encurvamos com reverencia e grande respeito ao nosso Criador e Pai da Eternidade. Mesmo num esboço tênue de adoração ao Senhor, podemos levantar a vista e contemplar a distante linha do horizonte, que parece unir o céu à terra, numa demonstração de que o infinito humano é limitado pelo vislumbre da sua capacidade, mesmo assim, quando estamos diante desse quadro, sentindo a presença do único Deus longânime e amoroso, que perdoa as fraquezas, e as maldades de um coração verdadeiramente arrependido; nesse momento, compreendemos que o seu amor é o único elo capaz de unir as almas num mesmo espírito, para a felicidade social das nações. Porém, e a nossa maior esperança está na sua vinda para buscar sua Igreja. Ora, se o nosso deleite espiritual, diante da criação divina é grande, imaginemos como será a nossa alegria quando entramos nas mansões celestiais, e passarmos a usufruir as maravilhosas delícias que nos foi preparada com grande amor pelo Príncipe da Paz! As grandezas das providências divinas são imensuráveis: Se olharmos atentamente para

cima sentiremos, com absoluta certeza, a grandeza do poder de Deus e seu amor por nós: O Sol, a lua, as estrelas, e as nuvens denunciam a bondade do Criador para com suas criaturas e a distinção divina entre os muitos sistemas planetários, privilegiando a nossa Terra, como o mais importante planeta do Sistema Solar, porque nele criou o homem à sua imagem e semelhança, para dominar o mundo; E, também, o equilíbrio da dinâmica universal e da cinemática cósmica, que sustentam todas as formas de vida, mantidas pelo mesmo Criador. Não é lindo isto? A grande importância da ação solar na vida humana, e de todos os seres, não se resume, apenas, à luz e ao calor que proporcionam o dia e a sazonalidade dos frutos; mas ao uso destes dois elementos, no processo de criação de riquezas e alimentos básicos, a partir dos frutos que alimentam e das sementes para

reprodução, bem como, para produzir a energia solar, já bastante utilizada no mundo moderno. Também podemos ver, da margem de um açude, que é possível avaliar a importância das chuvas que caem do céu, para a manutenção da vida dos peixes e demais seres viventes no mar, nos rios , nos lagos e lagoas, e até nos riachos. Estes fatores são providências divinas para nosso sustento; e as maravilhas de toda a natureza, para manutenção integral da vida, e deleite dos nossos olhos espirituais, como uma dádiva de Deus. Se a chuva molha a terra, fertiliza o solo e forma os mananciais de água para matar a sede; juntamente com a ação solar complementada pelos ventos, geram a produção de todos os alimentos necessários à continuação da vida material e espiritual; estes segredos não são fenômenos científicos, mas expressão do poder, do amor, e das misericórdias divinas, que a sabedoria humana jamais teve acesso e jamais terá, por ser inferior à sabedoria divina que é maior que todas as sabedorias humanas juntas. Conhecedoras de tudo isto, as pessoas conscientes de si mesmas e da grandeza de Deus, deleitam-se no Senhor por algum tempo; Muitas são inconstantes sob a justificativa de que as preocupações para satisfazer às necessidades geram incertezas, e, por falta de fé, querem explicação para os seus problemas sociais e econômicos, que demandam solução de continuidade indispensável a uma sobrevivência digna do amor de Cristo, e do reconhecimento fraternal da sociedade, para servir ao Senhor com alegria (Sl.100.2).

www.admaracanau.org

Todavia, o desenvolvimento humano, a partir da aplicação de novas tecnologias, oriundas de pesquisas científicas, nas quais os pesquisadores descobrem novas formas de sobrevivência, graças à inteligência e ao livrearbítrio concedido ao homem pelo Criador, os quais tem desviado as pessoas de regozijar na presença do Senhor, para sentimentos de alegria, em momentos especiais, como: o nascimento de um filho, a colação de grau, posse no primeiro emprego, recebimento do primeiro salário, casamento, compra de um imóvel para residir, etc. Nestes casos, devemos pensar na bondade do Senhor Jesus e nos deleitar Nele (Jó.22.26). Não obstante, todo o contentamento decorrente da auto-realização social, não deve substituir àquele concernente ao Deus Criador da nossa existência, ao qual devemos adorar na beleza da sua santidade (Sl.29.2) E, a propósito, precisamos meditar um pouco mais na grandeza e no segredo da criação da ‘vida’ por Elohim – o Deus Trino, e jamais aceitar hipóteses científicas, que não resistem antíteses diante da Criação Divina, a que se refere a Bíblia Sagrada, mas confiar no Senhor de todo o coração (Sl 37.5). Quando pensamos que um simples par de gametas formam um ovo tão minúsculo, que só pode ser visto com auxílio de um microscópio, e que nele está a vida completa de uma pessoa (corpo, espírito e alma), cujo desenvolvimento intra-uterino se conclui em apenas nove meses, quando o feto vem à luz, através do parto, e aquela nova criatura assume seu lugar no espaço físico-social, e passa a integrar a população do Universo. Agora a questão é: Se os cientistas não conseguem provar a criação da vida oriunda do nada, através das ciências. Eles devem ou não, aceitarem Jesus como Salvador de suas almas e Senhor de suas vidas? Até agora, nenhuma teoria conseguiu provar como foi criada a vida a partir do ‘nada’. A teoria do Big-Ben procura explicar a constituição do universo a partir da explosão de uma bolha que se formou com a junção de átomos que já existiam, e que estão em movimento gerando uma verdadeira expansão do universo. Também esse tipo de teoria não alegra ninguém, a não ser os próprios cientistas ateus. Mas nós que conhecemos a verdade e nos libertamos das teorias anticristãs, rogamos a Deus pela salvação de todos eles, e nos alegremos e regozijemo-nos pela Sabedoria Divina, como um grande deleite espiritual. Amém!

Arnaldo da Silva Professo Universitário IEAB/PE


Dezembro de 2011

Informativo Boa Semente

O Preparo de Deus para a Família Ele fez de minha boca uma espada afiada, na sombra de sua ele me escondeu;ele me tornou uma flecha polida e escondeu-me na sua aljava(Isaias 49.2).

O

versículo dois do capítulo quarenta nove de Isaias relata de forma profética o cuidado que Jesus receberia de Deus para cumprir seu projeto aqui na terra. Essa atenção é mostrada através de três coisas muito significativas que aconteceram no ministério de Jesus que foram: O preparo no falar, a proteção constante de Deus e a certeza de sua missão aqui na terra. Não há dúvida que esses fatores são elementos indispensáveis para serem observados no plano do relacionamento familiar. Isaias profeticamente diz: “... Ele fez de minha boca uma espada afiada...” (v.2).isso significa que Deus tinha equipado ou municiado Jesus de palavras que penetrariam o coração humano. Gosto muito de analisar uma passagem do novo Testamento que mostra o cumprimento dessa realidade. Trata-se de uma situação em que a multidão aplaude Jesus porque ensinava de uma forma diferente dos fariseus, pois pregava aquilo que vivia (Mateus 7:29).Com ajuda de Deus podemos tentar viver aquilo que pregamos aos nossos cônjuges, aos nossos filhos e na nossa comunidade. Veja que ilustração fantástica de ensino eficaz e que faz a diferença no nosso cristianismo de hoje: “Pai e filho se preparam para cruzar uma ponte pênsil. Ante o perigo da travessia, o pai adverte ao filho: Filho, tenha muito cuidado e preste bastante atenção onde coloca os pés, pois é muito perigoso cruzar esta ponte. O filho, com um olhar, que refletia mais estranheza que obediência, respondeu ao pai: - Pai me pergunto: quem de nós dois deve ser mais cuidadoso para pisar, já que a minha intenção é pisar exatamente no lugar que você pisar?” A ilustração acima nos ensina que temos que parar de fazer de conta que temos uma família infalível e perfeita , pois isso é uma utopia . A nossa autoridade está ligada exatamente a forma como reagimos as nossas falhas e o modo como aprendemos com nossos erros. Somos na realidade seres inacabados e em construção. Não adianta uma teologia sem atitudes que

dignificam a nossa prática do dia a dia. A experiência mostra que os pais que tentam conquistar a amizade do filho através de ações de perdão como pessoas falíveis e não como super homens conquistam respeito e confiança. As boas atitudes são como que antídotos para os maus hábitos e ajudam a formar a personalidade das crianças. Sejamos bons exemplos no trato e nas atitudes para com os nossos filhos! E assim falaremos com autoridade como uma espada afiada para a nossa família. A segunda profecia diz: “... Na sombra de sua mão ele me escondeu...” Essa palavra profética retrata o cuidado especial de Deus para com seu amado filho Jesus. Essa promessa de Deus se estende até nós e a nossa casa, que realidade fantástica! (salmo 127.1). É a sua manutenção infalível sobre nós. Essa certeza nos direciona e nos dá a convicção de crermos que nos momentos mais difíceis de nossas vidas ele nos cobrirá com sua penas e debaixo de suas asas estaremos seguros como diz um trecho conhecido do salmo 91( Salmo. 91.4). Será que podemos contar quantos livramentos Deus nos concedeu durante esse ano de 2011! Agradeçamos a Ele por sua provisão diária e bondosa. Com certeza Ele não nos deixou faltar nada, será que estamos agradecidos a Deus por sua fidelidade e amor? Reflitamos sobre a grandeza de sua proteção manifestada sobre nós. Por fim Deus lança seu filho que cumpre sua missão para com os homens: “...ele me tornou uma flecha polida...” Em uma tradução contemporânea diz: “Fez de

www.admaracanau.org

7

FAMÍLIA CRISTÃ mim sua flecha calibrada “. Quando uma flecha é lançada ela ,geralmente, tem velocidade e rumo certo. Isso é o que dá sentido a vida. Sabermos quem somos e o que queremos ser . Será que nossos filhos estão sabendo responder as perguntas básicas e importantes da vida que são: Quem sou eu? De onde venho e para onde vou? Na realidade somo filhos de Deus criados em Cristo para a boas obras que Ele mesmo nos preparou para que andássemos nelas (Ef 2:10). Assim como uma flecha quando é atirado tem uma missão de alcançar um alvo temos também uma missão especial aqui na terra que vai além de criarmos nossa família, sermos bons profissionais e bons ministros . A missão de cumprir a vontade soberana de Deus aqui na terra suplanta qualquer objetivo humano. E isso é feito através da transferência de exemplos de geração a geração. O meu exemplo de pai ou de marido vai transferir para a outra geração aquilo que Deus queria para o Mundo. A transferência de valores do reino através de princípios vai modelar o propósito de Deus para a humanidade. Cada pessoa lançada como flecha por Deus deveria ter um alvo específico a atingir. Se não lançarmos a nossas flechas, não atingiremos o alvo, ou seja, vamos atingir o nada e ficaremos frustrados. Vivemos em um mundo onde as pessoas não têm respostas para as perguntas fundamentais da vida. Uma pessoa mal resolvida, profissionalmente, e espiritualmente jamais gerará pessoas felizes para a sociedade. O conhecimento da vontade e do propósito de Deus é que dá o norte para nossa família. Como pais e defensores do lar cristão temos que aprender com os erros do passado para ensinarmos a nossa descendência os princípios e legados de Deus para o presente e para que nos futuro vejamos os filhos dos filhos e a paz sobre Israel (Salmo128.5).

Antônio Sérgio C. Lima Pastor Auxiliar IEADTC e Coordenador Ministério da Família.


Informativo Boa Semente

8

AÇÃO JOVEM

Dezembro de 2011

Jovens Proclamadores do Evangelho

Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza. (1 Timóteo 4:12)

T

ornar-se um obreiro da obra do Senhor é um dos mais nobres e importantes desejos que um cristão pode despertar em seu coração. E quando esse desejo é confirmado pela Palavra de Deus e incentivado pela igreja ainda na juventude o resultado é o alcance e a transformação de vidas rendidas a Deus. E assim tem ocorrido no ministério da Assembleia de Deus em Maracanaú. Jovens tem despertado pelo trabalho na Seara do Mestre e crescido no conhecimento e na graça, proclamando o Evangelho de Jesus por todo o campo de nossa cidade e vizinhanças. O incentivo por parte da igreja é demonstrado com a dedicação de um culto público

dirigido inteiramente por nossos jovens no terceiro domingo de cada mês. Essa é a oportunidade que cada jovem tem de treinar e aperfeiçoar o talento que Deus lhe dá. Mas essa é somente uma etapa das ações que desenvolvemos com nossos jovens. Ações essas que se iniciam já no discipulado, quando ainda estão engatinhando na fé e transcorrem na prática da evangelização nas ruas de cada bairro no período que antecede a cada Cruzada Boa Semente. “Todo obreiro é ao mesmo tempo feito por Deus e por si mesmo. Se o obreiro é feito por Deus mas não se prepara,

Edna Fidelis Prega e louva (85) 86713489

Fabrício Ferreira dos Santos

jamais será um obreiro bem sucedido; porém, se ele se prepara e, todavia, não foi eleito por Deus, aí é ainda pior; não terá sucesso mesmo. O obreiro ideal, de sucesso (no sentido nobre, positivo da palavra), é aquele que se encontrou com as duas faces da obra – a face divina e a face humana.” (Elizeu Menezes, Obreiro, edição nº01, ano 19). Todo esse investimento em nossos jovens tem produzido frutos de qualidade, não só em nossa igreja Sede, mas por cada uma de nossas congregações. Contamos com uma safra de jovens ungidos e comprometidos com a obra do Senhor na ministração da Palavra, no ensino, no testemunho e no louvor. São todos eles obreiros preparados e disponíveis, sob a graça do Senhor, para o convite de qualquer igreja, bastando para isso , solicitá-los através do contato que segue nos quadros abaixo.

Mauro Sergio

Pregador

Pedro Emanuel

(85) 8774-9657 fabricioferreira.seliga@gmail.com

Pregador

(85) 8873-7167

(85) 8688-9042 pedro.e.carneiro@hotmail.com

mauro.avivamentopentecostal@gmail.com

Junai Alves

Uyrá Mesquita

Pregador

Pregador

(85) 8719-5339

(85)88778001 (85)33847096 uyradejesus@hotmail.com

Flailson de Lima Ferreira Pregador (85) 8827-9299 flailson_brasil@yahoo.com.br

Pregador

André Lucas Pregador e Cantor

Pregador (85) 85779369 flavioethamires@hotmail.com

Paulo Neto Pregador

(85) 8730-6265

(85) 8630-0894 lopesdepaulo@hotmail.com

Franklin Ferreira

Laécio Rodrigues

Miguel Alves Silva

Pregador

Pregador

Pregador

(85) 8746-5048 franklin.lefe2@hotmail.com

(85)8835-7535 (85)9126-6042

(85) 8681-9048 (85) 9690-8021 pregador_miguel@hotmail.com.br

laecio_rodrigues1312@hotmail.com

NOTÍCIA

Flávio Marcílio

Sancionada Lei que reconhece a Associação Beneficente Boa Semente como utilidade pública municipal.

O

prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, sancionou no dia 18 de outubro, a lei nº 1.731/2011, aprovada pela Câmara Municipal de Maracanaú, de autoria do Vereador José Valdemi Gomes Peixoto que reconhece a Associação Beneficente Boa Semente de Utilidade Pública Municipal. Tal associação é um projeto social da Assembléia de Deus em Maracanaú que atenderá a comunidade carente desse município e que, no presente momento, tem sede provisória funcionando na rua 64, nas dependências de uma www.admaracanau.org

de nossas congregações. Fundada em 14 de setembro de 2009, a ABBS vem a preencher um lacuna no campo da iniciativa social da igreja. Estamos diligenciando a aquisição de terreno para construção sede própria onde pretendemos construir um pólo para atendimento da população. Com a sanção dessa lei, nossos projetos caminham para uma etapa de realizações e muito trabalho em prol dos menos assistidos. Ao Senhor toda a glória!


Dezembro de 2011

Informativo Boa Semente

9

Ministérios que Louvam a Deus

O Ministério de Louvor Geração que Louva é uma banda formada por Misael, Rejane, Vânia e Lanna nos vocais, Rubens, Marcos Junior e Willian nos instrumentos. Após algumas mudanças no nome da banda e de muitos músicos terem passado pelo ministério, o grupo lança seu primeiro CD intitulado Eterna Redenção. A banda foi criada em meados de 2005 por alguns dos membros atuais, na época eram apenas Misael, Roney e Lanna nos vocais, Rubens, William e Junior na banda. Tempos depois chegou à formação que permanece até hoje com os primeiros integrantes e mais Rejane e Vânia, exceto Roney. Um fato importante nesse ministério é que todos são membros de uma mesma família. A história musical dos integrantes começa desde a geração anterior com pais e tios sempre trabalhando para o Senhor através da música, são cantores, músicos e compositores que integram a Família Lima que tem participação no CD na canção Milagre do amor composta por Rejane Lima, além desta, há mais 9 músicas, todas compostas por Rejane Lima e Misael Lima, canções inspiradas na palavra de Deus e na vida cristã. O álbum foi gravado no VR Audio Studio e produzido por William Santos, guitarrista da banda. Contatos com a banda: (85) 3371.4166/ 8634.8248 Email: geracaoqlouva@gmail.com VR Audio Studio: (85)8811.4541

Fulvia Lima é natural de São Paulo mas vive no Ceará desde a infância. Decidiu-se por Jesus Cristo ainda aos sete anos de idade e aos oito já louvava ao Senhor como destaque no conjunto de crianças. Mas foi aos 18 anos que recebeu o chamado para seu ministério de louvor, recebendo de Deus a promessa de que ela gravaria um CD. Tal promessa veio a cumprirse no ano de 2005 com o álbum intitulado Renovo. Apesar de muitas dificuldades que a impossibilitou de dedicar-se exclusivamente ao seu trabalho nunca desanimou e hoje sente-se renovada no Senhor e tem certeza de que o momento que Deus lhe reservara é o agora. Atualmente ela é mãe e serve ao Senhor na Assembleia de Deus, ministério Templo Central no campo de Maracanaú, sob a liderança do Pr. João Gonçalves Mendes, de quem recebe integral apoio. "Hoje, para a glória de Deus, sou uma cantora respeitada no ministério do qual faço parte. E Deus está cumprindo tudo o que me prometeu; apesar das lutas sempre vêm as vitórias. Nunca desisti de adorá-lo, sigo em frente levando a boa semente através do louvor, ganhando almas para o seu reino. Independente de qualquer coisa, adoro louvar ao meu Senhor", afirma Fulvia Lima.

O Pr. Sebastião Teixeira é natural do Paraná mas cresceu no interior do Mato Grosso, onde aceitou a Jesus, em 1989, e iniciou seu ministério de louvor. Em 2003 foi enviado pela Secretaria de Missões de Sinop/MT para o Ceará. Por aqui gravou seu primeiro CD, Porta para a Vida, em 2005. Tendo Agraciado por Deus com uma voz poderosa e o dom de compor suas próprias músicas gravou, em 2007, o álbum Deus é Fiel e, dois anos após, em 2009, o álbum intitulado Promessas. Seu próximo trabalho, Herói sem Medalha, deverá está disponível para os irmãos no fim desse mês de dezembro. Sua agenda de compromissos já o fez viajar por praticamente todo o Norte e Nordeste desse nosso país e agora tem também abraçado a região Sul. Além do trabalho de louvor com os Cds, o Pr. Sebastião Teixeira também já lançou dois DVDs de edificantes mensagens.

Contato - Fulvia Lima: · (85) 8620-6354 · (85) 9701-6196 cantora-fulvialima@hotmail.com

Contato - Sebastião Teixeira: · (85) 8638-0468 · (85) 9601-2521 prsebastiaotx@hotmail.com

Para falar de uma banda se faz necessário conhecer primeiro sua origem e história. Há exatamente 22 anos atrás nascia à Banda Ágape de Maracanaú, que já nos seus primeiros passos fazia missões nos quatro cantos desta cidade. Sendo a pioneira no seguimento religioso em Maracanaú, a banda Ágape historicamente é a primeira banda evangélica a ser criada nesse Município com data de fundação em 18 de dezembro de 1989, data oficial. Um sonho que não se perdeu com o tempo, mas que foi realizando-se de acordo com a necessidade da grande seara. Duas décadas se passaram e o sentimento de "Quem sua mão ao arado já pôs, constante precisa ser" (H.C) continua vivo. Hoje a Banda

Ágape de Maracanaú, com o quadro refeito por novos músicos, é consciente de suas responsabilidades!

www.admaracanau.org


Informativo Boa Semente

10

Dezembro de 2011

Diagnosticando o Divórcio e o Segundo Casamento FAMÍLIA CRISTÃ

V

amos iniciar uma série de ensaios sobre divórcio e segundo casamento definindo de forma clara os diversos posicionamentos sobre o assunto. Pedimos que não façam nenhum juízo antecipado antes de terminamos esse estudo. Hoje muitos pastores e igrejas vivem um dilema muito grande com relação ao entendimento e aplicação nos seus ministérios de tão controvertido tema. A primeira parte analisa duas das quatro passagens do novo testamento em que Jesus falou diretamente do assunto, de modo geral, sem a inclusão das exceções. As escolhas de versículos do novo testamento é feita porque acredita-se que a revelação de Deus se completa nas palavras de Jesus, a Bíblia vai sendo entendida do antigo para o novo testamento e se completa em Jesus Cristo dentro de uma unidade gradativa. No livro de Marcos, o evangelho mais antigo, não existe nenhuma dúvida sobre a regra geral acerca do divórcio e segundo casamento, por ser completa e terminal no versículo que diz: “Ele lhes disse: Quem repudiar sua mulher e casar com outra comete adultério contra aquela. E se ela repudiar seu marido e casar com outro comete adultério” (Mc 10.11-12). Esse texto mostra um detalhe importante: Um homem e uma mulher não podem se casar novamente. De acordo com o versículo 11, “Ele lhes disse: Quem repudiar sua mulher e casar com outra comete adultério contra aquela”, se um homem se casa de novo comete adultério contra sua primeira esposa. Existem alguns versículos em romanos importantes para nossa análise que dizem o seguinte: “Porque a mulher casada está ligada pela lei a seu marido enquanto ele viver; mas, se ele morrer, ela está livre da lei do marido. De sorte que,enquanto viver o marido , será chamada de adúltera, se for de outro homem; mas se ele morrer; ela está livre da lei , e assim não será adúltera se for de outro marido”( Rm 7.2-3).D.

Martyn Lloyd-Jones dá a seguinte explicação: O apóstolo usa o tempo verbal perfeito(grego), o que nos dá o direito de traduzir assim esse texto:” A mulher que tem marido está permanentemente ligada pela lei a seu marido”. Ela continua ligada, está permanentemente ligada; essa é ênfase do tempo verbal. O que Paulo quer dizer é que, como já tinha dito no versículo primeiro, só a morte pode romper a relação. [1] No versículo 12, do mesmo capítulo, temos outra proibição: “E se ela repudiar seu marido e casar com outro comete adultério”, A mulher repudiada ainda está presa pela lei a seu primeiro marido, portanto não pode casar de novo, pois se casar novamente comete adultério, estando vivo o seu primeiro marido como diz o seguinte versículo de coríntios : “A mulher casada está ligada pela lei todo o tempo que o seu marido vive; mas, se falecer o seu marido fica livre para casar com quem quiser, contanto que seja no Senhor (1 Co 7.39). Está claro pelo texto acima sem exceção que tanto marido quanto a mulher que repudia o seu cônjuge comete adultério. Analisemos um versículo de Lucas que mostra, em negrito, um caso novo: “Quem repudiar sua mulher e se casar com outra comete adultério; e aquele que casa com a mulher repudiada pelo marido também comete adultério” (Lc 16.18). Veja que aquela pessoa que não tem nada a ver com situação se casar com a pessoa

4ª Confraternização de Senhoras no Planalto Benjamin

A

congregação do Planalto Benjamin realizou entre os dias 4 e 7 de novembro sua 4ª Confraternização de Senhoras e festa do círculo de oração que teve como

tema E esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé (Jo 5.4). As Filhas de Sião, nome do conjunto de senhoras do Planalto Benjamin, agradeceram a Deus pelo muito que ele tem realizado www.admaracanau.org

repudiada pelo marido, comete adultério. É claro que o texto está dizendo que não importa a situação em que aquela pessoa foi repudiada pelo seu marido. Resumindo os versículos analisados dentro do contexto de Lucas e marcos, podemos dizer que Deus: 1) Não permite que um homem repudie a sua mulher e case com outra (Mc 10.11-12). 2) Não permite que uma mulher que foi repudiada case com outro (Lc 16.18). 3) Não libera uma pessoa repudiada casar a segunda vez. Mas existem no novo testamento algumas passagens que apesar de Jesus não ter falado concordam com esse pensamento, como: “Todavia, aos casados mando não eu, mas o Senhor, que a mulher não se separe do marido. Se porém,se separar , que fique sem casar, ou que se reconcilie com o marido; e que o marido;Não deixe a mulher”(1 Co 7.10-11). “Porque a mulher casada está ligada pela lei a seu marido enquanto ele viver; mas, se ele morrer , ela está livre da lei do marido.De sorte que,enquanto viver o marido , será chamada de adúltera, se for de outro homem; mas se ele morrer; ela está livre da lei , e assim não será adúltera se for de outro marido”( Rm 7.2-3). [1]LL0YD-JONES, Martyn. Romanos: Exposição sobre os capítulos 7:1-8:4 – A lei: Sua funções e seus limites.São Paulo:PES,2001,p.38. (Continua no próximo número) onde iremos analisar a exceção a regra geral.

Que Deus nos abençoe!

Antônio Sérgio C. Lima Pastor Auxiliar IEADTC e Coordenador Ministério da Família.

ACONTECEU nessa congregação e em toda a nossa cidade. Grande foi a manifestação do poder de Deus em nosso meio onde o Senhor Jesus fez muitas maravilhas como a restauração e salvação de vidas. Nesses dias, todos os que se fizeram presentes à congregação do Planalto Benjamin puderam experimentar um verdadeiro pentecostes do céu. Só temos a agradecer ao Senhor por levantar mulheres valorosas que estão sempre intercedendo por nós e pela obra do Reino de Deus em nosso meio.


Informativo Boa Semente

Dezembro de 2011

EVANGELISMO

Compaixão pelos Povos

E apiedai-vos de alguns, usando de discernimento; E salvai alguns com temor, arrebatando-os do fogo, odiando até a túnica manchada da carne. (Judas 1:22-23)

A

realidade do mundo atual é bastante diferente do que a maioria das pessoas pensam. Vivemos em um mundo desigual sob o aspecto político, econômico e social, o qual requer de alguém que tenha a compreensão dessa conjuntura o mínimo de sentimento de misericórdia para uma ação rápida em favor dos menos assistidos social e espiritualmente. Sob a perspectiva espiritual do mundo atual, segundo o entendimento que se tem das Escrituras Sagradas, este se aproxima do caos. A corrupção generalizada traduzida na apropriação indevida daquilo que pertence ao povo, sob a guarda do Estado; a violência, fruto da disseminação indiscriminada das drogas (legais e ilegais), com a aquiescência das autoridades a quem competia prevenir e

TESTEMUNHOS Curada De Forte Depressão Minha filha Abnoan Silveira, entre 1992 a 1994, sofreu de uma forte depressão trazendo grande aflição para toda a família. Procuramos vários recursos da medicina, mas de nada adiantaram. Resolvi confiar no Senhor, pedi oração em muitas igrejas e fiz um voto afirmando que, se Deus curasse minha filha, eu escreveria um testemunho e o publicaria num jornal evangélico de grande circulação. Para a glória de Deus e por sua infinita misericórdia, minha filha foi curada. Eu e toda minha família somos profundamente gratos ao Senhor pela obra maravilhosa que Ele realizou para nós, pois é Seu todo o poder. Agradecemos também aos irmãos que nos ajudaram durante essa grande luta.

Egídia Silveira Riacho Santa Rosa / Morada Nova

11

combater; a imoralidade explicita nos órgãos de comunicação de massa; e a idolatria em suas formas tradicional e moderna, fazem com que a sociedade de forma geral sofra a consequências. O normal seria o levante maciço da população legalista contra os promotores desse estado de desordem, porém a Palavra de Deus propõe o contrário. Compaixão significa apiedar-se das pessoas tendo em vista suas dificuldades físicas e a sua situação espiritual. O Apóstolo Judas exorta em forma de doxologia, no final de sua epístola, a compaixão pelos duvidosos. São aqueles cristãos cheios de dúvidas intelectuais e morais, afetados pelos falsos mestres ou por possuírem uma fé nascente. A atitude acerca dessas pessoas não deve ser de desprezo ou condenação, mas de restauração da fé e da comunhão. Recomenda ainda salvar alguns “arrebatando-os do fogo” (Jd v. 23). Fogo, aqui, é o envolvimento de alguém em uma paixão sensual, drogas ou outro iminente perigo de morte, situação que requer o urgente exercício da misericórdia salvadora de Deus, como aconteceu com a família de Ló. Varões celestiais precisaram pegar pela mão de suas duas filhas e de sua mulher, arrebatando-as para fora de Sodoma, sendo o Senhor misericordioso (Gn 19.14-17). O Senhor Jesus também nos ensina a compaixão pelos desprotegidos e desprovidos de conhecimento. Certa ocasião, saindo Ele do barco, do outro lado do mar, viu uma multidão que era como ovelhas que não tinham pastor e compadeceu-se delas (Mc 6.34), suprindo sua necessidade espiritual, ensinando-lhes muitas coisas, e também as necessidades físicas,

multiplicando ali pães e peixes. O desafio da Igreja hodierna é fazer o combate contundente ao pecado dentro e fora do redil dos santos, mas de forma misericordiosa, tendo em vista salvar vidas que estão sendo levadas à destruição todos os dias. Evangelho que não contempla a salvação das pessoas não é o de Jesus. Retaliar contra os inimigos do Reino de Deus significa atender aos objetivos de Satanás e perder tempo na conquista dos reais propósitos para os quais fomos chamados. Isso não significa ser conivente com o pecado, mas amar o pecador. Estou seguro de que Deus tem levantado homens e mulheres comprometidos com a salvação e a edificação de vidas para integrarem o Seu Reino, mas há os que trabalham em sentido oposto, afastando as pessoas da fonte verdadeira que é Cristo Jesus. Tudo em nome de um zelo e conservadorismo destruidores. A justificação nos veio pela fé através de Jesus Cristo e agora nos convém praticá-la. A justiça que não contempla o próximo não é segundo a fé, mas segundo as obras. De acordo com as palavras de Davi: “Bem-aventurados aqueles a quem Deus imputa a justiça, mas sem as obras”. Adonias Angelo Barros Pastor presidente da igreja em Taíba e Coordenador do Ministério da Família.

O Agir de Deus Consolo Por Perda De Ente Querido Todos conhecem o grande sofrimento que eu e minha família passamos há onze atrás quando perdemos tragicamente nossa filha Elian Aguiar Mendes. Naquela época, meu esposo havia recebido o campo da AD Maracanaú para pastorear. Estávamos felizes e cientes da vontade de Deus para nós. No entanto, aprouve a Deus em sua inescrutável soberania, permitir que nossa filha querida fosse abruptamente tirada de nós. Como mãe, minha dor foi indescritível e fiquei à beira de perder minha sanidade mental. Por muito tempo, aquela ferida não sarava e achei que nunca fosse cicatrizar. O tempo foi passando e o Espírito Santo, o Consolador Divino, foi aplacando nossa dor, ungindo nossos corações com seu bálsamo de amor. Hoje, posso dizer que

www.admaracanau.org

estamos curados, embora que jamais nos esqueçamos de nossa querida Tanzinha (como a chamávamos carinhosamente). Conforta-nos ainda mais a esperança de revê-la um dia alegre e prazerosa nos braços do Pai para onde todos iremos, os que têm a sua fé no Senhor Jesus. Amado(a), se hoje você também está sofrendo, saiba que assim como fez por nós, o Senhor fará por ti, pois “Ele enxugará de nossos olhos toda lágrima...” Aproveitamos a oportunidade para expressarmos nossa gratidão a todos que foram solidários com a nossa dor e que moveram seus corações em oração para que recebéssemos o consolo por parte do Senhor. Deus continue abençoando a todos! Eliúde Aguiar Mendes Esposa do Pr. João Gonçalves Mendes


Informativo Boa Semente

12

ACONTECEU

Dezembro de 2011

38 Anos de Júbilo Celeste

O

conjunto de jovens Júbilo Celeste comemorou seu 38º aniversário com dois cultos festivos nos dias 28 e 29 de outubro. Durante a ocasião foi recordada toda sua trajetória histórica, memorando todos os que já compuseram sua diretoria. Na primeira noite do evento a mensagem ficou por conta do Pr. Gilvan Barbosa e a jovem Edna Fidelis encarregou-se de ministrar no segundo culto. O Júbilo Celeste é composto por mais de 70 jovens, entre moças e rapazes, coordenados diretamente pelo Pr. João Gonçalves e presididos pelo Ev. Daniel da Cruz. Durante esses 38 anos, muitas foram as gerações de jovens que o compuseram e que atualmente integram nosso corpo de obreiros e demais departamentos de nossa igreja. Louvamos ao Senhor pelas vidas abençoadas dessa geração que estão sempre dispostos a semear em boa terra e ganhar vidas para o Reino de Deus!

Confraternização da Juventude da Congregação da 64 Luiz Carlos da Igreja Sede, ministrou um abençoado Estudo Bíblico. À noite celebração do grande culto festivo de encerramento com a presença do Presidente da UMADEMA (Ev. Daniel da Cruz), Pr. Presidente do campo de Maracanaú (Pr. João Gonçalves Mendes) e Pr. Natanael de Umirim. E outros visitantes que nos alegraram com sua presença. Grupo de Coreografia Mãos de Adoração realizou uma apresentação teatral, baseado no que diz a Bíblia sobre o grande dia do arrebatamento. Em seguida o Pr. Natanael, preletor da noite, trouxe-nos uma mensagem de extrema sabedoria, sobre as qualidades das dez virgens, onde o mesmo detalhou a diferença entre as prudentes e as insensatas. No ato de conclusão duas almas voltaram-se para Cristo por meio da reconciliação. Agradecemos a Deus por mais essa oportunidade concedida, a Liderança da congregação Ev. Marcos da Cruz, e a todos os irmãos que nos ajudaram direta e indiretamente. Deus abençoe a todos!

N

o segundo sábado de novembro, dia 12, AD Rua 64, realizou a 11ª Confraternização da juventude Cântico de Sião, sobre Liderança dos irmãos Geraldo Alves e Gleyson de Sousa, e Coordenação dos irmãos Cláudio Venâncio e

Wagner Oliveira. A festa teve como tema MT 25: 6b – “Aí vem o Noivo, saí-lhe ao encontro”. Iniciando-se pela manhã com uma consagração e no termino foi servido um coffe break, para todos os presentes. Logo à tarde irmão

www.admaracanau.org

Wagner Oliveira Coordenador JUCS


Informativo Boa Semente

Dezembro de 2011

CAMPO MISSIONÁRIO

A

13

DEMADEM em Ação

Assembleia de Deus em Maracanaú é uma igreja missionária. A obra missionária no campo de Maracanaú vem sendo desenvolvida com muita motivação entre os irmãos que tem o desejo de ganhar almas para o reino de deus. O trabalho para o senhor vem sendo realizado pelo Departamento de Missões (DEMADEM) com muita dedicação de três formas: Cruzadas Boa Semente, evangelismo pessoal (em ruas, hospitais e presídios) e manutenção de obreiros pelo interior do Ceará. A Cruzada Boa Semente é um dos maiores trabalhos evangelísticos do ministério Templo Central e de toda a cidade de Maracanaú. A cidade é impactada com seis grandes cruzadas entre os meses de julho e dezembro com três noites de muitos louvores e poder de Deus. Curas, libertações, centenas de conversões e batismos com o Espirito Santo para a alegria do Senhor e vergonha do inimigo. E assim contribuímos para que Maracanaú continue sendo uma cidade avivada e bem evangelizada em nosso estado.

O evangelismo feito pela DEMADEM em madrugadas de sábados nas principais avenidas da cidade, delegacias, hospitais e em alguns pontos comerciais, tem o objetivo de mostrar ao pecador a verdade que liberta, a Palavra de Deus - conhecereis a verdade e a verdade vos libertará (JO 8:32). A DEMADEM está apoiando a casa de recuperação Vamos á Casa do Senhor, presidida pelo o Ir. Carlos Alberto de França Junior e seu vice Ir. Mário Firmino do Santo Filho. Levando o discipulado para preparação do batismo nas águas de nove jovens que lutam contra as drogas buscando a sua libertação através do Senhor Jesus. O Pb. Daniel da congregação do Piratininga abraçou a causa e se dispôs a investir na vida espiritual de jovens e senhores que estão buscando uma mudança de vida e fazer com que a sociedade reconheça que Jesus ainda hoje salva, cura, liberta e prepara o homem para ir morar no céu. Hoje em nosso campo temos nove obreiros adotados em diversos interiores do estado do Ceará: Pastor Sales,

em Baixil; Pastor Matusalem, em Arneiroz; Pastor Julis Feitosa, em Irá, distrito de Barros; Pastor Fernando Mendonça, em Cristais; Pastor Denovaldo, em Ematuba, distrito de Independéncia; Missionario Fabio, em Jaty; Missionário Fran (em transito) e Missionário Cicero e Missionaria Aldenora, em Barbalha. O Pastor Fernando Mendonça na cidade de Cristais já tem dobrado o numero de crentes e templos naquele lugar e tudo isso acontece por que Deus conhece o seu coração e o seu amor por cada ovelha perdida que se encontra fora do aprisco e assim ensina a cada uma delas a palavra da salvação. É com sua contribuição e oferta missionária que investimos no reino de Deus cumprindo o que o Senhor nos ordenou: “Ide por todo mundo e pregai o Evangelho a toda criatura (Mc 16:15). Agradecemos a Deus e ao nosso Pastor João Gonçalves Mendes pelo direcionamento que o Senhor tem lhe dado e nos apoiar nessa obra tão maravilhosa.

ACESSE NOSSO SITE: www.admaracanau.org www.admaracanau.org


Informativo Boa Semente

14

CONGREGAÇÃO EM DESTAQUE

A

Dezembro de 2011

Congregação do Alto da Mangueira

congregação do Alto da Mangueira foi fundada no ano de 1990 e, na época, seu dirigente era o Diácono José Francisco. De lá pra cá outros cinco dirigentes estiveram a frente do trabalho até que, no dia 23 de outubro de 2007, o irmão Tarcísio Moura da Silva assumiu a direção, recebendo a congregação com o número estimado em cerca de 200 pessoas, entre membros e congregados. Desde então Deus tem abençoado o trabalho de forma maravilhosa. Com o trabalho desenvolvido pela Cruzada Boa Semente, essa congregação tem recebido um número significativo de novos convertidos e hoje possui cerca de 430 crentes, entre membros e congregados. Sendo cerca de 350 crentes na congregação principal, e o restante dividido entre suas três sub-congregações (duas sub-congregações na Colônia e outra no Boa Vista). Além dos trabalhos nas sub-congregações

existe ainda um ponto de pregação que funciona todas as segundas-feira na Associação da Banda de Música de Maracanaú (ABAMAR), ocasião em que se reúnem cerca de 150 pessoas. A Escola Bíblica Dominical possui 90 alunos matriculados, distribuídos em seis salas de aula. O trabalho semanal é realizado em três cultos públicos que funcionam toda terçafeira, quinta-feira e Domingo. Às segundasfeira à tarde há o ciclo de oração, reunião onde Deus opera muitas maravilhas. O destaque entre os cultos se dá com o Culto da Vitória, realizado todas as terçasfeiras, sempre trazendo campanhas temáticas para a participação dos irmãos. Em média, a assistência desse culto gira em torno de 300 irmãos. Atualmente a congregação passou por uma reforma que teve início em junho de 2008 e sua

reinauguração se deu no dia 12 de outubro do corrente ano. Em celebração de agradecimento a Deus tivemos 14 dias de festejos com a realização de congressos de crianças, senhoras, mocidade e a celebração do 34º aniversário de seu dirigente. Muitas foram as conversões e batismos com o Espírito Santo. Os membros dessa congregação são muito diligentes na obra do Senhor, tanto que o seu principal diferencial está na ação de iniciar novos trabalhos. Como dito antes, ela tem recebido muitos crentes que se decidiram nas cruzadas Boa Semente, mas um número significativo de irmãos têm migrado de outros trabalhos atraídos pelo dinamismo que encontram por lá. Mensalmente, 10 famílias são mantidas com a doação de cestas básicas arrecadadas entre os irmãos. Somos gratos a Deus por podermos presenciar a ação da misericórdia dEle em nosso meio.

Programa Boa Semente Em breve estará em funcionamento mais um canal entre as igrejas espalhadas em toda capital e cidades do interior do Ceará, a Rádio Templo Central FM. E a Assembléia de Deus, ministério Templo Central, em www.admaracanau.org

Maracanaú promoverá o programa Boa Semente que será transmitido diariamente a partir da segunda quinzena de dezembro de 2011. Mais notícias em breve. Aguardem...


Informativo Boa Semente

Dezembro de 2011

CREDO CONADEC

15

Em que Cremos...

C

redo é uma síntese das principais doutrinas, de caráter inegociável, de um segmento religioso. As Assembléias de Deus em todo o Brasil sistematizaram seus posicionamentos doutrinários com o objetivo de manter a pureza de sua doutrina e combater as heresias e inovações sem fundamento bíblico. É muito importante que todo cristão saiba em que crer, além do porque e das bases bíblicas de tais dogmas. No entanto, ser um cristão verdadeiro não é apenas possuir um conhecimento intelectual sobre Deus, a Bíblia e suas doutrinas; é, além disso, ter experimentado o novo nascimento e viver em santidade. Abaixo, para conhecimento de nossos leitores, transcrevemos o Credo adotado pela Assembléia de Deus do estado do Ceará, Ministério Templo Central. Credo Doutrinário Da Convenção Das Assembléias De Deus Do Estado Do Ceará CONADEC Cremos… 1. Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29). 2. Na inspiração verbal da Bílbia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão (2 Tm 3.14-17). 3. Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal dentre os mortos e sua ascensão vitoriosa aos céus (Is 7.14; Rm 8.34 e At 1.9). 4. Que Deus criou os céus, a terra, e estabeleceu os tempos e as estações, mantendo o funcionamento de toda a criação por sua própria Palavra e poder, sendo Jesus Cristo, seu unigênito Filho, o primado de toda a criação (Gn 1.1-26; Jo 1.15-17, 19; Hb 1.3; 11.3); 5. Que Deus, pela força da sua Palavra, criou o ser humano para habitar na terra, macho e fêmea, sendo da responsabilidade deste o povoamento do mundo, através da relação sexual entre o homem e a mulher, pelo casamento heterossexual, e que, biblicamente, qualquer prática sexual entre seres do mesmo sexo é antinatural e é abominada por Deus (Gn 1.26-28; Lv 18.22-24; Dt 23.17, 18; 1ª Tm 1.10);

10. Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus (Jo 3.3-8). 11. No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor (At 10.43; Rm 10.13; 3.24-26 e Hb 7.25; 5.9).

6. Que o casamento heterossexual é uma instituição criada por Deus, visando a reprodução humana, devendo ser respeitada, e repudiada qualquer atitude que leve ao seu desmerecimento, constituindo-se pecado, práticas sexuais extraconjugais (Gn 2.18-24; Mt 19.4-9; 1ª Co 6.12-20; Hb 13.4); 7. Que todas as autoridades legalmente constituídas provêm de Deus e que as leis humanas devem ser respeitadas e cumpridas por todos os cidadãos para que seja possível a vida em uma sociedade livre e democrática, desde que tais ordenações legais e humanas não contrariem as normas de conduta e de culto a Deus exaradas na Bíblia Sagrada, constituindo-se estas últimas em princípios de crença e consciência do cristão que devem ser protegidas legalmente (At 4.19-20; Rm 13.17; 1ª Pe 2.13-17,19-20; Constituição Federal, Art. 5º, VI); 8. Que a verdadeira adoração a Deus se dá através da submissão do crente à sua Palavra, por uma vida santa e irrepreensível na sociedade, e pela celebração de atos espirituais em forma de cultos, através de uma liturgia organizada, sendo os templos os locais mais adequados para tal fim, pela crença na afirmação bíblica da presença do próprio Jesus Cristo durante sua realização, devendo todos os praticantes do culto e demais pessoas que neles comparecerem ter comportamento digno e respeitoso, e ser evitada qualquer conduta que produza escândalo ou fira os princípios de santidade e fé (Ec 5.1; Jo 2.16; 1ª Co 14.26,40); 9. Na pecaminosidade do homem que o destituiu da glória de Deus, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode restaurálo a Deus (Rm 3.23 e At 3.19).

www.admaracanau.org

12. No batismo bíblico efetuado por imersão do corpo inteiro uma só vez em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo (Mt 28.19; Rm 6.1-6 e Cl 2.12). 13. Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus no Calvário, através do poder regenerador, inspirador e santificador do Espírito Santo, que nos capacita a viver como fiéis testemunhas do poder de Cristo (Hb 9.14 e 1Pd 1.15). 14. No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo, com a evidência inicial de falar em outras línguas, conforme a sua vontade (At 1.5; 2.4; 10.44-46; 19.1-7). 15. Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade (1 Co 12.1-12). 16. Na Segunda Vinda premilenial de Cristo, em duas fases distintas. Primeira – invisível ao mundo, para arrebatar a sua Igreja fiel da terra, antes da Grande Tribulação; segunda – visível e corporal, com sua Igreja glorificada, para reinar sobre o mundo durante mil anos (1Ts 4.16. 17; 1Co 15.51-54; Ap 20.4; Zc 14.5 e Jd 14). 17. Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo, para receber recompensa dos seus feitos em favor da causa de Cristo na terra (2Co 5.10). 18. No juízo vindouro que recompensará os fiéis e condenará os infiéis (Ap 20.11-15). 19. E na vida eterna de gozo e felicidade para os fiéis e de tristeza e tormento para os infiéis (Mt 25.46).


Informativo Boa Semente

16

EBD

Dezembro de 2011

Treinamento de Professores e Ação Social

T

odos aqueles que têm vocação para o ensino da Palavra de Deus, mais especificamente os professores da escola dominical desejam e precisam de um momento e local para estudos preparatórios. Este antigo sonho dos professores da AD Maracanaú transformou-se em realidade desde o dia 07 de maio de 2011, quando foi criado o Núcleo de Estudos para Professores da Escola Dominical. As reuniões do grupo aconteceram inicialmente nas salas anexas da congregação do Conjunto Timbó, passando posteriormente a se realizarem no Templo Sede. Por iniciativa do grupo de professores que compõem o Núcleo, foi promovida a Palestra

sobre Neemias, com o Pr. Sóstenes Fernandes (AD Independência), no dia 1º de outubro, e que contou com uma concorridíssima participação de mestres, líderes e obreiros em geral. Este evento também foi decisivo para despertar a atenção do campo para esse trabalho pioneiro, mas que ainda era pouco assistido. A partir de então, as reuniões semanais que acontecem aos sábados, das 17h às 19h, contam sempre com uma freqüência regular de 30 a 40 pessoas, entre professores e interessados no estudo da Palavra. O Projeto vem passando por diversas modificações e a cada dia fica melhor. Os organizadores continuamente têm procurado incentivar a participação dos professores de todo o campo com diversas ações motivadoras, como a confraternização pelo Dia do Professor (15 de outubro), o fornecimento de subsídios, trazendo convidados especiais e, recentemente, fornecendo um curso básico de teologia gratuito a quem interessar. Por esses motivos, o Núcleo passou a ser designado como Núcleo de Formação e Capacitação de Professores da Escola Bíblica (NFCPEB). Além de capacitar os professores que já atuam como efetivos, o Núcleo tem se destinado a formar uma nova geração de futuros ensinadores.

Mas não temos pensado apenas em nossa comunidade congregacional, nossa igreja também tem se preocupado com os mais carentes de nossa cidade. Por esse motivo, desde setembro que a direção de nossa Escola Bíblica Dominical tem incentivado seus alunos com a campanha de arrecadação de alimentos que são distribuídos entre os mais carentes de nossa região. Dezenas de cestas básicas têm sido arrecadadas e doadas. Somos agradecidos a Deus por ele nos suprir maravilhosamente de forma a podermos dividir com os nossos semelhantes.

Formação de Capelães Cristãos Voluntários

O

correu no dia 26 de outubro, na congregação do conj. Timbó, de 8 às 15h, o 2º curso de formação de capelães, onde formou-se uma turma com

42 alunos. O curso foi ministrado pelo Pr. Kennedy Passos, diretor do CETEB. O curso transcorreu em um clima de comunhão e de satisfação por parte dos alunos e seus idealizadores. A entrega dos diplomas, do Manual do Capelão e das credenciais ocorrerá no dia 2 de dezembro durante o culto de sextafeira em nossa igreja Sede. Louvamos a Deus por mais essa oportunidade que ele nos oferece de nos capacitarmos para a sua obra. Também agradeçemos ao CETEB, na pessoa do Pr. Kennedy, por mais uma vez se fazer presente em nossa cidade, dando-nos a oportunidade de qualificarmos pessoas

www.admaracanau.org

para o trabalho de capelania voluntária. Clayton Félix Coordenador local CETEB

Informativo Boa Semente 02  

Informativo Boa Semente, Órgão Oficial das Assembleias de Deus, Min. Templo Central em Maracanaú

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you