Page 1

O รlbum de Viseu Parรก

Hamilton Brito

2018


Foto da capa superior: Frente da Cidade (1951). Fonte: Museu do Índio. Foto da capa inferior: Frente da cidade (2015). Autor: Raimundo Gonçalves.

O Álbum de Viseu – Pará

Hamilton Brito.

2018


1

Um pouco do município de Viseu As terras pertencentes ao município de Viseu foram descobertas por volta de 24 de junho de 1531 pelo português Diogo Leite, como nos conta o historiador Adolfo Varnhagen. Diogo Leite deu nome a uma enseada, a qual chamou Abra de Diogo Leite, que ainda é dúvida dos historiadores a localização dessa abra: uns afirmam que se localiza na foz do rio Gurupi, enquanto outros dizem que era no rio Turiaçu. Fato é que Diogo Leite chegou à foz do Gurupi e retornou para não atravessar a linha de jurisdição portuguesa. As terras viseuenses pertenciam à Capitania do Gurupi, que fora doada a Gaspar de Sousa através da Carta Régia de 9 de fevereiro de 1622, como recompensa por sua luta contra os franceses. Gaspar de Sousa, porém, morreu sem escolher o lugar na Capitania que seria povoada. Tempos depois, já em abril de 1627, o então governado do Maranhão Francisco Coelho de Carvalho ao ir de São Luís para Belém, ao adentrar no rio Gurupi, encantou-se com o lugar e resolveu fundar a primeira povoação entre os rios Turiaçu e Caeté. A povoação recebeu o nome de Vera Cruz e era motivo de orgulho para Francisco Coelho de Carvalho, a ponto de o mesmo ter doado Vera Cruz junto com a Capitania do Gurupi a seu filho, Feliciano Coelho de Carvalho. A ação de doação a Feliciano foi contestada por Álvaro de Sousa, herdeiro de Gaspar de Sousa, que questionou junto à Corte de Madri o seu direito nas terras, o que de fato foi confirmado pela Corte. Álvaro de Sousa resolveu fundar outra povoação, chamada Sousa do Caeté nas terras onde está Bragança, e a Feliciano Coelho de Carvalho foram doadas as terras dos Camutás (atual Cametá). Vera Cruz não teve o desenvolvimento esperado, tendo a sede da Capitania sido transferida do Gurupi para o Caeté. Ainda em 1751, foram fundadas mais duas povoações em Viseu por ordem do Governador Francisco Xavier de Mendonça Furtado: Serzedelo (que desapareceu) e Piriá (atual São José do Piriá). Em 1758, foram criadas as freguesias de Nossa Senhora da Conceição de Viseu, freguesia do Gurupi e freguesia do Piriá e em janeiro de 1781, o governador do Pará envia a Portugal um ofício falando sobre a existência da povoação de Viseu. Apesar disso, tanto Viseu quanto São José do Piriá têm suas origens remontadas ainda a 1613 quando os franceses chegaram aqui. Viseu, no século XIX principalmente, foi palco de importantes eventos, sobretudo ligados à exploração do ouro na região, bem como no combate aos quilombos da área (os quilombos começaram a surgir em 1702). Por volta de 1761, há relatos de quilombos nas margens do rio Piriá e em 1784, as notícias dos quilombos se espalham até o rio Gurupi e arredores da atual cidade de Viseu. Tanto o Pará quanto o Maranhão faziam inúmeras diligências no Gurupi em busca de eliminar os negros fugitivos. Além dos negros, havia os índios, que viviam em constantes conflitos com os negros e os brancos. Uma das tribos mais temidas era a dos índios Urubu-Kaapor, que só teve sua pacificação concluída em 1928. No século XIX, houve também importantes batalhas da Guerra da Cabanagem em Viseu, tendo a cidade sido tomada pelas forças do governo do Pará e Maranhão para evitar que o Maranhão fosse invadido pelo rio Gurupi. As tropas invadiram a cidade e conseguiram expulsar os cabanos do lugar. Já em 1874, iniciou um outro movimento, desta vez de intenso anti-lusitanismo, onde portugueses eram espancados pelos moradores, pois os lusitanos dominavam o comércio de retalhos no Pará. Ao longo dos séculos, houve inúmeras expedições por Viseu na tentativa de fazer levantamentos acerca do potencial aurífero da região. Algumas dessas expedições ocorreram em 1854 pelos engenheiros ingleses Jorge Henrique Crammer e Augusto Schrammer, em 1872 pelo engenheiro alemão Guilherme von Dodt, em 1895 por Miguel Arrojado Lisboa, em 1915 por Jayme Calheiros (esta foi para fazer uma publicação dos municípios do Pará – Álbum Commercial e Chorographico do Pará), em 1919 por Jorge Hurley (que foi promotor em Viseu e publicou importantíssimos livros sobre nosso município de Viseu), em 1934 e 1935 vieram Pedro de Moura pelo Serviço Geológico e os geólogos Glycon de Paiva Teixeira, Henrique Capper Alves de Souza e Sylvio Fróes Abreu pelo Serviço de Fomento da Produção Mineral. E muitos outros, sendo que todos deixaram registros muito valiosos acerca da vida em Viseu, o que permite traçar a vivência naqueles tempos. Antes, porém, em 1856, a Lei Provincial n° 301 de 22 de dezembro elevou a freguesia à categoria de Vila e em seguida Município. Em 1892, a Lei n° 28 de 30 de julho de 1892 criou a Comarca do município de Viseu. Finalmente, através da Lei n° 324 de 6 de julho de 1895, a Vila de Viseu foi elevada á categoria de cidade.


2

Viseu possuía em 2017, segundo a estimativa do IBGE, 59.735 habitantes. No último censo ocorrido (2010), havia 56.716 habitantes, dos quais 18.397 pessoas vivendo na zona urbana (desse total, 12.290 viviam na sede do município) e 38.319 na zona rural, sendo a densidade demográfica igual a 11,54 hab./km2 e cerca de 29.817 homens e 26.899 mulheres. Atualmente, o município conta com 4 Distritos: Viseu (sede), São José do Gurupi, Fernandes Belo e São José do Piriá (maior em extensão e em número de comunidades). Alguns pontos turísticos são as praias de Apeú Salvador, Jabotitiua, Lombo Branco, Taperebateua, além das de água doce em diversas outras vilas. Há inúmeros igarapés (Biteua, Rio Goiás, Rio da Prata, por exemplo). A Serra do Piriá se destaca por ser o ponto mais elevado do município, além de possuir uma gruta que é, segundo geólogos da Universidade Federal do Pará, a única do mundo com bauxita fosfatada. Este álbum foi pensado e planejado para servir para futuras gerações como fonte de pesquisa iconográfica do município de Viseu. Infelizmente, até hoje não havia no município nenhuma referência a respeito de iconografias municipais. É uma ideia nova, ousada porém de fundamental importância para que a memória, a história e a cultura de Viseu sejam preservada por gerações. As fotos foram encontradas em diversos sites, bem como do arquivo pessoal do organizador este álbum. Algumas pessoas também fizeram doações para que o álbum fosse enriquecido. Revistas, jornais antigos também foram objetos de buscas pelas imagens, sobretudo das mais antigas. Agradeço a todos que contribuíram para que este álbum fosse produzido. Infelizmente, nem todas as fotos foi possível determinar o ano e o autor. Agradeço a todos aqueles que contribuíram direta ou indiretamente para que este álbum fosse feito, através da doação de fotos. Abaixo, temos a lista completa de todas as vilas, vilarejos, comunidades e povoados que compõem o município de Viseu, separados por cada um dos quatro distritos, de acordo com dados do Censo de 2010 (IBGE), dados da Prefeitura de Viseu, Ministério da Educação e Tribunal Regional Eleitoral do Pará. Comunidade, Vila, Povoado

Distrito pertencente

Comunidade, Vila, Povoado

Distrito pertencente

Comunidade, Vila, Povoado

Distrito pertencente

4 Bocas

Fernandes Belo

Emboraizinho

São José do Piriá

Piquiateua

São José do Piriá

Açaiteua

Fernandes Belo

Estirão do Anta

Viseu

Piquioira

São José do Piriá

Acará I

São José do Piriá

Estiva

São José do Piriá

Pirateua

Viseu

Acará II

São José do Piriá

Faveiro

São José do Piriá

Pitorozinho

São José do Piriá

Algore

Fernandes Belo

Fazenda Real

Viseu

Poeirão

Fernandes Belo

Anajateua

Sâo José do Piriá

Fazendinha

Viseu

Pombal

Viseu

Anciada

São José do Gurupi

Fermiana

São José do Piriá

Rosa

São José do Piriá

Angelim

Fernandes Belo

Fernandes Belo

Fernandes Belo

Rua Nova

São José do Piriá

Aningal

São José do Gurupi

Furacão

São José do Piriá

Samaúma

Viseu

Apeú

Fernandes Belo

Gemedor

Viseu

Santa Maria

São José do Piriá

Apeuzinho

Fernandes Belo

Giz Emaús

Fernandes Belo

Santa Maria de Viseu

Viseu

Araraquara

São José do Piriá

Igarapé de Areia

São José do Gurupi

Santa Maria do Açaizal

São José do Piriá

Arari

São José do Piriá

Igarapé de Pedra

São José do Piriá

Santa Maria do Mocambo

Viseu

Areia do Aneles

São José do Piriá

Ilha Dantas

Viseu

Santa Rosa

Viseu

Bacuri

Viseu

Ilha Grande

Fernandes Belo

Santa Rosa

Viseu

Barracão

São José do Gurupi

Inaiquara

São José do Piriá

Santa Terezinha São José do Piriá

Barracão

São José do Piriá

Itabiri

Viseu

Santana

Viseu

Basilia

São José do Piriá

Itaçu

São José do Piriá

Santo André

São José do Piriá

Biteua

Viseu

Itacupim

Viseu

Santo Antônio

São José do Gurupi


3

Bom Jardim

Fernandes Belo

Itambá

São José do Piriá

Santo Inácio

Bombom

Viseu

Itapuriteua

Viseu

São Benedito do Pimenta Viseu

Bonito

São José do Piriá

Jabotitiua

Viseu

São Domingos do Peritoró

São José do Gurupi

Braço do Meio

São José do Gurupi

Jaçamim

Viseu

São José do Gurupi

São José do Gurupi

Braço Grande

São José do Piriá

Japim

São José do Piriá

São José do Piriá São José do Piriá

Braço Verde

Fernandes Belo

Jaraquara

São José do Gurupi

São Miguel

São José do Piriá

Buçuquara

Viseu

Jiboia

Viseu

São Pedro

São José do Piriá

Cabeceira (Ponto Chic)

São José do Piriá

João Grande

Viseu

São Raimundo

São José do Piriá

Cacoal do Peritoró

São José do Piriá

Jutaí

São José do Piriá

Sapucaia

São José do Gurupi

Caetecoeira

Viseu

Km 74-PA-MA Vila Nazaré

São José do Piriá

Sarnambi

Fernandes Belo

Cajueiro

São José do Piriá

Km 83-PA-MA

São José do Piriá

Seringa

Fernandes Belo

Camaleão

São José do Gurupi

Laguinho

São José do Piriá

Serraria

São José do Gurupi

Campo Alegre

São José do Piriá

Levada

São José do Piriá

Sete Barracas

São José do Piriá

São José do Piriá

Limondeua

Viseu

Taboca

São José do Piriá

São José do Piriá

Mamau

São José do Piriá

Taboquinha

São José do Piriá

Canoas de Baixo São José do Piriá

Manoel Porfírio

São José do Piriá

Tamanduá

São José do Piriá

Canoas de Cima

São José do Piriá

Maranhãozinho

Viseu

Tamixira

São José do Piriá

Caranã de Basilia

Fernandes Belo

Maratauna

Viseu

Taperebateua

Viseu

Caranã de Viseu São José do Piriá

Mariana

São José do Gurupi

Tatajuba

São José do Piriá

Carrapatinho

São José do Piriá

Mariana Velha

São José do Gurupi

Tauari

São José do Piriá

Cedral

Viseu

Mirim

Viseu

Taxi

São José do Piriá

Cedro

São José do Piriá

Monte Ermon

São José do Piriá

Timbozal

São José do Piriá

Centrão

São José do Piriá

Monte Moriá

São José do Piriá

Toledo

Viseu

Centro Alegre

São José do Piriá

Mucuracá

São José do Piriá

Travessa Estrada Nova

São José do Gurupi

Centro Novo

Viseu

Nova Esperança do Peritoró São José do Piriá

Travessa Sapucaia

São José do Gurupi

Centro Velho

São José do Piriá

Olho D’água

São José do Piriá

Travessa Sapucaia II

São José do Gurupi

Chapada

Viseu

Outeiro

São José do Piriá

Trindade

Viseu

Cibrasa

São José do Piriá

Paca

São José do Gurupi

Tucundeua

Fernandes Belo

Colônia Açaizal

São José do Gurupi

Pacu

São José do Gurupi

Vai Quem Quer

São José do Piriá

Colônia do Machado - Vila Verde

Viseu

Padre Josimo

São José do Piriá

Vila Cardoso

São José do Piriá

Vila Leal

Viseu

Campo do Porreis Canoa Queimada

Viseu

Coqueiro

Fernandes Belo

Parada Santa Rosa

São José do Gurupi

Corrêa

São José do Piriá

Paxibal

São José do Piriá

Vila Nova

São José do Gurupi

Cristal

São José do Piriá

Pedrão

São José do Piriá

Vila Nova

São José do Piriá


4

Cujubim

São José do Piriá

Peritoró de Cima

São José do Piriá

Vila Nova do Juçaral

São José do Piriá

Cumaru

São José do Piriá

Peritoró Grande

São José do Piriá

Vila Nova do Piquiá

São José do Piriá

Curupaiti

São José do Piriá

Piqui

Viseu

Viseu

Viseu

Curva

São José do Piriá

Piquiá

São José do Piriá

Algumas Curiosidades viseuenses.  A Vila de Fernandes Belo era conhecida pelo nome de Quitéria.  A Vila de São José do Piriá era conhecida pelo nome de Piabas, tendo sido fundada em 1751 pelo Governador do Pará Francisco Xavier de Mendonça Furtado. Mas as origens desta comunidade remontam a 1613 quando os franceses e portugueses chegaram pelos rios Piriá e Gurupi, tendo sido construído um forte no rio Piriá.  A praia de Taperebateua possuiu os nomes de Caeira e depois Perpétuo Socorro.  Em 1886, a Vila de Curupaiti aparecia nos mapas com o nome de Capoeira.  Em 1878 e 1886, a praia de Apeú aparecia nos mapas com o nome de praia do Guapehú.  Em 1878 e 1890, a praia de Itacupim aparecia nos mapas com o nome de Morro do Tacupy.  Em 1751, o Governador Francisco Xavier de Mendonça Furtado fundou a povoação de Serzedelo, que desapareceu no século XIX.  O processo de miscigenação entre negros e índios em Viseu começou por volta de 1818, com a aproximação entre estes dois grupos nos trabalhos nas minas.  Houve exploração de seringais em Viseu no final do século XIX e início do século XX, tendo perdido espaço para a exploração do ouro.  Entre 1860 e 1861, foram construídas duas igrejas em Viseu: de São Sebastião e São Benedito, ambas em madeira que foram destruídas com o tempo. A de São Sebastião, posteriormente, foi reconstruída em alvenaria e, por volta da década de 1980, desabou.  Em 1930, os únicos telégrafos que funcionavam no Pará eram os de São José do Gurupi e Viseu, chegando aqui o Tenente Ismaelino de Castro (durante a Revolução de 30), para se comunicar com o Maranhão, tendo sido preso em outubro de 1930.  Viseu foi ocupada pelas tropas da Província do Maranhão em 1836 durante a Guerra da Cabanagem, dado o medo daquela Província de ser invadida pelos cabanos através do rio Gurupi.  O Decreto do Governo Imperial n° 9435 de 6 de junho de 1885 determinou que o telégrafo seria construído em Viseu e não mais em Fortaleza (Ceará).  A gruta da Serra do Piriá é a única no mundo que possui bauxita fosfatada, como nos relata o Geólogo da Universidade Federal do Pará, Roberto Vizeu, no seu artigo As Grutas Bauxíticas da Serra do Piriá-PA.  Em 1825, ocorreu o fenômeno da Pororoca no rio Gurupi, fato registrado por Miguel Arrojado Lisboa.  Em 1955, um Projeto de Lei da Câmara dos Deputados em Brasília autorizou o Poder Executivo a estender a Estrada de Ferro Belém-Bragança até Viseu, tendo sido o mesmo arquivado sem nem ter sido apreciado.  Havia a pena de morte entre os negros quilombolas do Gurupi.


5

Matriz de Viseu (ca. 1957). Matriz em Viseu (Década de 1970).

Praça e comércio da cidade (década de 1970).

Antiga Usina de Eletricidade (ca. Década de 1970).

Antigo Matadouro (ca. Década de 1980/1990).


6

Década de 1930 Círio em Viseu (ca. Década de 1970)

Antiga Prefeitura (década de 1980).

Praça da cidade (ca. Década de 1970).

Praça Madre Zariffe Salles (ca. Década de 1970).

Trapiche da cidade (ca. 1963).

Antiga Unidade de Saúde da cidade.


7

Usina de eletricidade (1957). Fonte: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (IBGE). Cidade em 1957. Fonte: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (IBGE)

Antiga Unidade Mista de Saúde.

Praça Madre Zariffe (década de 1990).

Antiga Prefeitura (década de 1980).

Trapiche da cidade (ca. 1963)

Praça da Matriz (década de 1970).

.


8

2004 2016 Centro São Lucas (2004) e em 2016. Ambas as fotos de Hamilton Brito.

Antigo Prédio da Telepará (década de 1990).

Avenida Major Olímpio (décadas de 1950/1960).

Pessoas reunidas no antigo coreto da praça (década de 1970).

Cais de Arrimo (1981).

BR-308 (década de 1960).

Casa Oficial dos Prefeitos (1981).


9

Escola Umbelino Ferreira (1981).

Rio Gurupi. Museu do Índio (1955).

Embarcação no rio Gurupi. Museu do Índio (1955).

Praça de Fernandes Belo (1997).

Inauguração do Trapiche. Jornal O Liberal (1947).

Frente parcial da cidade (2004). Foto: Hamilton Brito

Frente da cidade (década de 1970) sem o cais de arrimo. Foto cedida por Luís Carlos dos Santos.

Inauguração do Mercado de Curupaiti pelo prefeito Carlos Cardoso (década de 1980). Foto cedida por: Luís Carlos dos Santos


10

Embarcação no rio Gurupi. Museu do Índio (1955).

Índio Urubu em Viseu. Museu do Índio (1955).

Mercado do Curupaiti (1981).

Igreja Matriz (1999).

Pessoas do Médio e Alto Gurupi em Viseu. Museu do Índio (1955)

Mercado do bairro do Mangueirão (1981).


11

Frente da cidade de Viseu. Museu do รndio (1955).

Praรงa da Matriz (1992). Foto cedida por Raimundo Gonรงalves.

Praรงa da matriz em 1999.


12

Praça Madre Zariffe entre as décadas de 1980 e 1990. Foto cedida por Luís Carlos dos Santos.

Frente da cidade (2012). Autor desconhecido.

Rua da vila de Limondeua(início dos anos 2000).


13

Rua Lauro Sodré. Fonte: Jornal A Província do Pará (1994).

Rua Lauro Sodré. Hamilton Brito (2016).

Rua São Benedito. Jornal A Província do Pará (1994).


14

Frente da cidade (1979). Autor desconhecido.

Praça da matriz (1975). Autor desconhecido.

Missa em Ação de Graças na posse do prefeito Adriano Gonçalves, na igreja de São Sebastião (1973).


15

Chegada dos Padres Barnabitas a Viseu (fevereiro de 1904). Fonte: Odete Nogueira.

Pescadores no rio Gurupi. Souza Araújo (1921).

Batelão no rio Gurupi. Souza Araújo (1921).

Batelão no rio Gurupi. Souza Araújo (1921).

Pescadores no rio Gurupi. Souza Araújo (1921).

Vista da cidade (2003). Informativo da Prefeitura de Viseu.


16

Inauguração do Centro Integrado de Apoio a Cidadania (2003), atual Prefeitura de Viseu.

Vista do Posto Fiscal, Mercado e igreja Matriz (década de 1970). Foto cedida por Luís Carlos dos Santos.

Serviço de coleta de lixo na cidade (bairro do Alto) em 1997. Fonte: Prefeitura de Viseu.


17

Imagem da frente da cidade. Rádio Santa Terezinha FM (2014).

Vista parcial do bairro do Mangueirão. Rádio Santa Terezinha (2014).

Cenóbio Horeb. Fábio Soares (2014)

Serra do Piriá. Fábio Soares (2015).

Serra do Piriá. Fábio Soares (2015).

Pedra do Gurupi. Fábio Soares (2015).


18

Vista parcial da cidade em direção da APEVI. Alfredo Santos (2008).

Vista do trapiche da cidade. Alfredo Santos (2014).

Vista do cais de arrimo. Alfredo Santos (2014).


19

Avenida Justo Chermont (2014). Kleiton Santiago.

Jovem do Centro São Lucas. Foto cedida por Raimundo Gonçalves.

Jovem do Centro São Lucas. Foto cedida por Raimundo Gonçalves.

Entardecer na cidade de Viseu. Alfredo Santos (2015).


20

Vista da cidade. Alfredo Santos (2015).

Vista aĂŠrea da cidade (2014). Autor desconhecido

Vista aĂŠrea da cidade (2014). Autor desconhecido


21

Vista aérea da cidade (2014). Autor desconhecido

Construção do Hospital das Bem-Aventuranças (década de 1990). Foto cedida por Raimundo Gonçalves.

Ca. 2015. Autor desconhecido

Assembleia de Deus (ca. 2014). Autor desconhecido.


22

Casarões antigos do Centro histórico. Hamilton Brito (2016).

Avenida Justo Chermont. Hamilton Brito (2016).

Avenida Major Olímpio. Hamilton Brito (2016).

Avenida Justo Chermont. Hamilton Brito (2016).

Construção do terminal de passageiros. Foto da Prefeitura de Viseu (2018).


23

Rio Gurupi. Hamilton Brito (2016).

Mirante D. Carlos Verzeletti (2017). Foto: Prefeitura de Viseu

Comemoração do dia do Trabalho (1995). Foto cedida por Raimundo Gonçalves.

Mirante D. Carlos em construção (2017). Autor desconhecido.


24

Cidade de Viseu em 2018. Av. Justo Chermont. Autor desconhecido. Círio da cidade (2007). Foto cedida por Raimundo Gonçalves.

Travessa Cônego Miguel próx. da rua 8 de Agosto. Hamilton Brito (2016).

Cidade de Viseu em 2018. Vista do trapiche. Autor desconhecido.


25

Travessa Cônego Miguel com Av. Justo Chermont. Hamilton Brito (2016).

Cidade de Viseu em 2018. Vista do trapiche. Autor desconhecido.

Entrada da cidade (2017). Foto: Carlos Pará. Construção do Hospital das Bem-Aventuranças. Foto cedida por Raimundo Gonçalves.

Orla da cidade em construção (2018). Autor desconhecido.


26

Jovens aprendizes no Centro de Artes Plásticas São Lucas. Revista Ver o Pará (1999).

Prefeito Adriano Gonçalves e alguns vereadores. Década de 1980. Autor desconhecido.

Cristo no rio Gurupi. Hamilton Brito (2016).

Vista parcial da cidade. Ano de 2009. Autor desconhecido.


27

Vila do Curupaiti. Hamilton Brito (2016)

Vila do Curupaiti. Hamilton Brito (2016)

Mercado da cidade. Hamilton Brito (2016)


28

Descendo para o trapiche Hamilton Brito (2016)

Samaúma: Festa de São Pedro. Raimundo Gonçalves (2015).

Frente da cidade. Gonçalves (2015).

Raimundo


29

João Grande. Gonçalves (2013).

Raimundo

Rua São Benedito. Raimundo Gonçalves (2016).

Ao fundo a praça Madre Zariffe vista do Cenóbio. Raimundo Gonçalves (2015).


30

Entrada da cidade. Raimundo Gonçalves (c. 2009?).

Entrada da cidade. Ivan Siqueira (2008).

Fachada do Hospital das BemAventuranças em construção (década de 1990). Foto cedida por Raimundo Gonçalves.


31

Hospital das Bem-Aventuranças. Hamilton Brito (2016).

Hospital das Bem-Aventuranças já concluído (ca. 2000). Autor desconhecido.

Igreja do bairro do Alto antes de desabar. Hamilton Brito (2004).


32

Igreja do bairro do Alto apĂłs desabar em 2012. Hamilton Brito (2016).

CĂ­rio de Viseu entre 1991 e 1993 (data e autor imprecisos).

Av. Justo Chermont com Tr. Tiradentes. Hamilton Brito (2004).


33

Ilha do Itacupim. Fรกbio Soares (ca. 2015).

Casa centenรกria na Tr. 3 de Maio com Av. Justo Chermont. Hamilton Brito (2016).

Avenida Justo Chermont (Centro Comercial). Hamilton Brito (2016).


34

Sobrado centenário na Av. Justo Chermont com Tr. Cônego Miguel. Hamilton Brito (2016).

Um lindo e centenário casarão da cidade na Av. Justo Chermont com Tr. 3 de Maio. Hamilton Brito (2016).

Rua Lauro Sodré. As casas da direita na foto são de 1951. Hamilton Brito (2016).


35

Rua Lauro Sodré. Estas casas são de 1951 (detalhe na foto acima). Hamilton Brito (2016).

Rua Lauro Sodré. Hamilton Brito (2016).

Rua Major Olímpio vista da Tr. Otávio Pinheiro. Hamilton Brito (2016).


36

Rua Major Olímpio próx. da Tr. Trincheira. Hamilton Brito (2016).

Rua Major Olímpio próx. da Tr. Tiradentes. Hamilton Brito (2016).

Tr. Manoel Luz. Hamilton Brito (2016).


37

Cais de arrimo. Hamilton Brito (2016).

Pessoas trabalhando na construção do Hospital das Bem-Aventuranças (década de 1990). Foto cedida por Raimundo Gonçalves.

Padre Luís na construção do Hospital das Bem-Aventuranças (década de 1990). Foto cedida por Raimundo Gonçalves.


38

Praça da matriz. Hamilton Brito (2016).

Praça do Hospital das Aventuranças. Hamilton (2016).

BemBrito

Santas Missões em Limondeua (1992). Foto cedida por Raimundo Gonçalves.


39

Atual prefeitura de Viseu. Hamilton Brito (2016).

Tr. Coronel AntĂ´nio Pedro. Hamilton Brito (2016).

Av. ParĂĄ, no Conjunto da Cidade Nova. Hamilton Brito (2016).


40

Rua Nova, bairro do Alto. Hamilton Brito (2016).

Rua Nova, bairro do Alto. Hamilton Brito (2016).

Tr. Otรกvio Pinheiro com Rua Nova, bairro do Alto. Hamilton Brito (2016).


41

Tr. Vertente com Rua Nova, bairro do Alto. Hamilton Brito (2016).

Tr. Ulisses Tavares com Rua Nova, bairro do Alto. Hamilton Brito (2016).

Rua Principal da Cidade Nova. Foto batida prรณximo do Hospital das Bem-Aventuranรงas. Hamilton Brito (2016).


42

Rua descendo o Hospital das BemAventuranças. Hamilton Brito (2016).

Tr. Cônego Miguel. Hamilton Brito (2016).

Poço da Intendência na Tr. Cônego Miguel. Hamilton Brito (2016).


43

Rua São Benedito com Tr. Tiradentes. Hamilton Brito (2016).

São José do Gurupi (2015). Foto extraída de um vídeo da internet.

Tr. Tiradentes com rua São Benedito. Hamilton Brito (2004).


44

Praia de Taperebateua (2015). Autor desconhecido.

Terminal Rodoviรกrio no bairro do Alto. Hamilton Brito (2015).

Av. Justo Chermont. Hamilton Brito (2015).


45

Vista parcial da cidade (2015). Autor desconhecido.

Ilha do Itacupim (2015). Autor desconhecido.

Vista parcial da cidade (2015). Autor desconhecido.


46

Moradores de Curupaiti em frente ao posto de saúde recém inaugurado (10/07/1989).

Praia de Apeú Salvador (1999).

Praia de Apeú Salvador. Fábio Soares (2015).


47

Localidade de Samaúma. Fábio Soares (2015).

Travessa 3 de Maio entre rua São Benedito e Major Olímpio. Hamilton Brito (2016).

Escola sendo construída no lugar da antiga prefeitura. Hamilton Brito (2016).


48

Rua 13 de Maio, bairro da Invasão de Viseu. Coordenadas: 1°11'45,77"S; 46°8'9,60"W Hamilton Brito (2016).

Rua Nova próximo da Tr. Ulisses Tavares. Hamilton Brito (2016).

Av. Justo Chermont próximo da Assembleia. Hamilton Brito (2004).


49

Alunos do Centro São Lucas (década de 1990). Autor desconhecido.

Círio (2010) Foto cedida por Raimundo Gonçalves.

Adriano Gonçalves e Carlos Cardoso em Viseu (década de 1980). Foto cedida por Luís Carlos dos Santos.


50

Soldado do Exército em Viseu durante a eleição de 2004. Foto de Hamilton Brito.

Delegacia da cidade (2015). Autor desconhecido.

Boi-Bumbá na cidade. Raimundo Gonçalves (2015).


51

Entrada da cidade. Raimundo Gonçalves (2015).

Entrada da cidade próximo praça Madre Zarife. Raimundo Gonçalves (2015).

Praça Madre Zarife. Raimundo Gonçalves (2015).


52

Tr. Coronel AntĂ´nio Pedro. Hamilton Brito (2016).

Tr. Fernandes Belo com Rua Nova. Hamilton Brito (2016).

Vila de Fernandes Belo (2016). Autor desconhecido.


53

Av. Justo Chermont prรณximo da escola Pe. Luciano Calderara. Hamilton Brito (2016).

Frente da cidade de Viseu (2015). Foto: Rรกdio Santa Terezinha FM.

Frente da cidade de Viseu (2015). Foto: Rรกdio Santa Terezinha FM.


54

Barco no rio Gurupi (1955). Fonte: Museu do รndio.

Fรณrum em 2004 antes de ser incendiado em 2008. Foto de Hamilton Brito

Poรงo das Pedras. Hamilton Brito (2004).


55

Rua Nova. Hamilton Brito (2004).

Av. Major OlĂ­mpio. Hamilton Brito (2004).

Av. Justo Chermont. Hamilton Brito (2016).


56

Tr. Lourival Lima entre Rua Nova e Rua São Benedito. Hamilton Brito (2016).

Av. Major Olímpio. Hamilton Brito (2016).

Novo Fórum sendo construído na Av. Major Olímpio. Hamilton Brito (2016).


57

Av. Major OlĂ­mpio. Hamilton Brito (2016).

Vista do Trapiche. Hamilton Brito (2016).

Vista do Cristo. Hamilton Brito (2016).


58

Pe. Carlos Verzeletti visitando as obras do HBA (cedida de 1990). Foto cedida por Raimundo Gonçalves.

Orla sendo construída na cidade. Fábio Soares (2015).

Cais de arrimo vista para o porto do Mangueirão. Carlos Fernando Macedo (2011).


59

Porto do Tamixira (2015). Autor desconhecido.

Kombis escolares na praça da matriz. Início da década de 1990. Foto cedida por Luís Carlos dos Santos.

Palco de shows da praça da matriz. Hamilton Brito (2016).


60

Praรงa da matriz (2014). Autor desconhecido.

Feira da cidade. Hamilton Brito (2016).

Rua 08 de Agosto entre Tv. Tiradentes e Tv. 03 de Maio. Hamilton Brito (2016).


61

Tv. Cônego Miguel próximo Poço da Intendência. Hamilton Brito (2016).

Rua Nova. Hamilton Brito (2016).

Rua Nova. Hamilton Brito (2016).


62

Tv. Vertente com Rua Nova. Hamilton Brito (2016).

Rua Paralela à Praça São Benedito. Hamilton Brito (2016).

Rua São Hamilton (2016).

Benedito. Brito


63

Rua SĂŁo Benedito com a rua da igreja matriz. Hamilton Brito (2016).

Rua SĂŁo Benedito com a rua da igreja matriz. Hamilton Brito (2016).

Rua SĂŁo Benedito. Hamilton Brito (2016).


64

Tv. Fernandes Belo descendo pela rua SĂŁo Benedito Hamilton Brito (2016).

Rua SĂŁo Benedito com Tv. Fernandes Belo. Hamilton Brito (2016).

Rua 08 de Agosto com Tv. Fernandes Belo. Hamilton Brito (2016).


65

Trapiche da cidade (2014). Autor desconhecido.

Tv. Tiradentes entre rua SĂŁo Benedito e Av. Major OlĂ­mpio. Hamilton Brito (2016).

Tv. Lourival Lima com Rua Nova. Hamilton Brito (2016).


66

Rua Raimundo MagalhĂŁes. Hamilton Brito (2016).

Prospecto da cidade (2015). Autor desconhecido.

Av. Justo Chermont. Hamilton Brito (2014).


67

Prospecto da cidade de Viseu (1998). Autor desconhecido.

Escola Umbelino Ferreira tendo ao fundo o Mercado do Mangueirão. Foto: Natalia Gonçalves (2016).

Escola Padre Luciano Calderara. Hamilton Brito (2014).


68

Viseu 2012. Foto: Hamilton Brito.

Rua SĂŁo Benedito. Hamilton Brito (2014).


69

Banda de Música Municipal fundada em 1985 segundo profª. Odete Nogueira.

Celebração da festa de São Pedro (1990). Foto cedida por Raimundo Gonçalves.

São Lourenço de Basília. Kleiton Santiago (2015).


70

CaranĂŁ de BasĂ­lia. Kleiton Santiago (2015).

Boca da Cibrasa. Kleiton Santiago (2015).

Laguinho. Kleiton Santiago (2015).


71

Vila Cabeceira. Kleiton Santiago (2015).

Porto do MangueirĂŁo. Alfredo Santos (2010).

Trapiche da cidade. Alfredo Santos (2010).


72

Círio da cidade. Alfredo Santos (2010).

Círio da cidade. Alfredo Santos (2010).

Porto do Mangueirão. Alfredo Santos (2015).


73

Palco da praça da matriz. Alfredo Santos (2008).

SalĂŁo Paroquial. Alfredo Santos (2015).

Vila do Curupaiti (2015). Autor desconhecido.


74

Foto tirada na década de 1980 onde hoje é o Ginásio de Esportes.

Pessoas reunidas na praça da matriz em 1989 para comício de Jader Barbalho. Jornal O Liberal.

Apeú Salvador. Fábio Soares (2015).


75

Apeú Salvador vista pelo Google Maps (2016).

Foto tirada na década de 1980 onde hoje é o Ginásio de Esportes.

Jovens do Centro São Lucas preparando a obra “Chacina da Candelária”. Cedida por Raimundo Gonçalves.


76

Travessa Bruno Lisboa. Hamilton Brito (2004).

Vila de São José do Piriá. Kleiton Santiago (2016).


77

Vila de São José do Piriá. Kleiton Santiago (2016).

Vila de São José do Piriá. Kleiton Santiago (2016).

Comunidade de Santa Maria. Kleiton Santiago (2016)

Adriano Gonçalves, Antônio Pedro e outra pessoa. Ano de 1984. Mariano Antunes de Souza


78

Aรงaiteua (2013). Autor desconhecido

Aรงaiteua. Kleiton Santiago (2016).

Lateral da Av. Justo Chermont. Hamilton Brito (2016).


79

Rua 13 de Maio, na Invasão. Coordenadas: 1°11'44" S; 46°8'12"W. Hamilton Brito (2016).

Equipe de futebol de Viseu. Possivelmente entre as décadas de 1970/1980. Autor desconhecido.

Rua 13 de Maio, na Invasão. Coordenadas: 1°11'51,85"S; 46° 8'6,69"W. Hamilton Brito (2016).


80

Frente da cidade. Raimundo Gonçalves (2015).

Escola Angelina Oliveira Reis, na praia de Taperebateua. Macedo (2014).

Igreja de Açaiteua Construção (2013).

em


81

Igreja de Açaiteua já construída. Kleiton Santiago (2016).

Rua Nova próxima da Tv. Bruno Lisboa. Hamilton Brito (2014)

Tv. Manoel Luz com Rua São Benedito, no terreno da empresa Boa Esperança. Hamilton Brito (2014)


82

Terminal RodoviĂĄrio. Hamilton Brito (2004)

Missa da Posse do prefeito Alfredo Amin. Hamilton Brito (01/01/2005)

Rua SĂŁo Benedito com Tv. Bruno Lisboa. Hamilton Brito (2004).


83

Antiga prefeitura. Hamilton Brito (2004).

Viseu vista do CenĂłbio Horeb. Hamilton Brito (2008).

Viagem de Viseu Carutapera (MA) – 2015.

a


84

Vila de (2015).

Limondeua

Miguel Silva com uma índia Urubu na região do rio Gurupi. Miguel Silva chegou a Viseu na década de 1920 e ajudou na pacificação daqueles índios. Morreu sozinho, na pobreza em Maracaçumé (MA). Ano e autor da foto desconhecidos mas é provável que seja do início da década de 1930.

Orla de Viseu em construção. Josebias Moura (2015).


85

Ponte do Curupaiti (década de 1970). Fonte: Governo do Pará

Atual BR-308 próximo ao Pimenta (década de 1970). Fonte: Governo do Pará.

Coletoria Estadual em Viseu (década de 1970). Ao fundo, vemos uma parte da antiga Igreja de São Sebastião. Fonte: Governo do Pará.


86

Mercado de Viseu em 1951 (foto à esquerda – Museu do Índio) e em 2014 (foto à direita – Alfredo Santos).

Mercado em 1955 visto de outro ângulo, mostrando a igreja matriz. Fonte: Museu do Índio.

Foto de Hamilton brito (2016)

Açaiteua (2016). Autor desconhecido.


87

Prefeito Waldemar Messias fazendo discurso em 1967. Foto cedida pela profª. Odete Nogueira.

Prefeito Waldemar Messias dirigindo o primeiro tratar comprado pela prefeitura de Viseu. Décadas de 1960/1970. Foto cedida pela profª. Odete Nogueira.

Antiga Serraria na Av. major Olímpio com rua Assis de Vasconcelos. Provavelmente década de 1930. Foto cedida pela profª. Odete Nogueira.


88

Rua Lauro Sodré próx. da casa dos padres. Provável que seja entre as décadas de 1930/1940. Foto cedida pela profª. Odete Nogueira.

Trapiche na década de 1960. Foto cedida pela profª. Odete Nogueira.

Poço das Pedras. Foto de Hamilton Brito (2016).


89

Vista parcial da cidade (2014). Autor: Alfredo Santos.

Frente da cidade (2015). Autor: Raimundo Gonçalves.

CasarĂŁo Antigo na Av. Justo Chermont. Hamilton Brito (2016).


90

Rua Nova na Prainha. Hamilton Brito (2016).

Av. Justo Chermont ao lado da Igreja matriz. Hamilton Brito (2016).

Desfile de 07 de setembro (início da década de 1980). Foto cedida pela profª Albaniza, por intermédio de Luís Roosevelt.

Padre Carlos Verzeletti na construção do Hospital das Bem Aventuranças (década de 1990). Foto cedida por Raimundo Gonçalves.


91

Desfile de 07 de setembro (início da década de 1980). Foto cedida pela profª Albaniza, por intermédio de Luís Roosevelt.

Moças em frente da igreja Matriz de Viseu (década de 1960 para trás). Foto cedida por Graci Macedo.

Agência do BanPará, onde funcionava a antiga delegacia de polícia da cidade. Foto de Hamilton Brito (2016). Antiga Sede Tupinambá, onde ocorriam grandes eventos da cidade. Foto de Hamilton Brito (2016).

Círio de Viseu (ano desconhecido). Foto cedida por Graci Macedo.


92

Dois rapazes na frente da casa do seu Zé Magalhães (ano desconhecido). Foto cedida por Graci Macedo. Círio de Viseu (ano desconhecido). Foto cedida por Graci Macedo.

Jogadores no antigo Campo do Brasil onde funciona a escola Pe. Luciano Calderara. Autor e ano desconhecidos. Pessoas na praça de Viseu (provável que seja da década de 1960 para trás). Foto cedida por Graci Macedo.

Construção do terminal de passageiros (2018). Foto: Prefeitura de Viseu.


93

Frente da cidade com a orla sendo construída (2018). Foto: Prefeitura de Viseu.

Construção da orla (2018). Foto: Prefeitura de Viseu

Campo de aviação (1984). Ele foi construído em 1952.


94

Desfile de 07 de Setembro (1973 ou 1974). Foto extraída do Facebook

Índios em Viseu com o auxiliar do Serviço de Proteção ao Índio, Leandro Cunha com sua mulher e seus 3 filhos. Fonte: Jornal Estado do Pará (1911).


95

Construção da Assembleia de Deus (2012). Foto extraída do Facebook.

Tr. 3 de Maio entre rua Major Olímpio e rua São Benedito. Hamilton Brito (2016).

Entrada da cidade. Kleiton Magalhães (2014).

Tr. 3 de Maio com rua Lauro Sodré descendo para a rua Maria Oliveira. Hamilton Brito (2016).


96

Praรงa da atual prefeitura na

Avenida Justo Chermont (2015).

Av. Justo Chermont com Tr. Tiradentes. Hamilton Brito (2016).

Praรงa da escola Mariano Antunes. Hamilton Brito (2016).


97

Tr. Fernandes Belo com Rua Nova. Hamilton Brito (2016).

Rua SĂŁo Benedito com a rua da igreja matriz. Hamilton Brito (2016).

Cidade de Viseu no Google Maps (2016).


98

Anos 1990. Foto cedida por Adenilton

Anos 1990. Foto cedida por Adenilton

Protesto de pescadores contra a Colônia dos pescadores nos anos 1990. Foto cedida por Adenilton

Círio de Viseu início dos anos 2000. Foto cedida por Adenilton

Círio de Viseu início dos anos 2000. Foto cedida por Adenilton

Anos 1990. Foto cedida por Adenilton


99

O Álbum de Viseu Pará  

Áĺbum de Viseu Pará como lembrança dos 123 anos de elevação à condição de cidade e 487 anos de descobrimento por Diogo Leite

O Álbum de Viseu Pará  

Áĺbum de Viseu Pará como lembrança dos 123 anos de elevação à condição de cidade e 487 anos de descobrimento por Diogo Leite

Advertisement