Page 1

1


Homeland translations

TRUE New Species 2


Valorizem o nosso trabalho. Assinem a nossa campanha para ter os livros da Laurann Dohner no Brasil divulguem e compartilhem. Amamos os NE e merecemos ter cada um em nossa casa. http://www.avaaz.org/po/petition/Queremos_os_Livros_da_Esc ritora_Laurann_Dohner_no_Brasil/

Curtam a Fan Page no Facebook: Novas EspÊcies – Laurann Dohner. https://www.facebook.com/NovasEspeciesLaurann Dohner?bookmark_t=page Grupo Oficial no Facebook: Laurann Dohner Escritora. https://www.facebook.com/groups/Lauranndohner escritora/?bookmark_t=group

3


Laurann Döhner Livro 11 da série novas espécies.

Homeland Traduções: REVISÃO e TRADUÇÃO: Rita Nunes Sônia Porto FORMATAÇÃO e DISTRIBUIÇÃO: Bianca Serdin Lia Martins

Boa Leitura! Sinopse: Jeanie ama um nova espécie e está disposta a pagar por esse amor com dor, lágrimas e desgosto. Ela vai fazer tudo para manter 710 vivo, mas não quer que ele saiba o quanto ela sofreu por ele. Ele é a razão da sua missão de libertar outros como ele. True tem uma nova vida trabalhando na NSO resgatando seu povo. Uma boa vida, até que ele encontra morrendo a mulher que o traiu. True devia se sentir satisfeito porque finalmente ela vai pagar por seus crimes, mas ela afirma ser uma vítima também. Ele ainda está irresistivelmente atraído pela única humana que tocou seu coração e o fez desejá-la. Quando ele segura sua mão para oferecer conforto, seu instinto é lutar contra todos para protegêla.

Dedicatória 4


Mr. Dohnner, eu não poderia fazer o que eu faço sem você. Você abre minhas portas, sempre me faz rir, me apóia em tudo, e eu sou completamente apaixonada por você. Obrigado pelos melhores vinte e quatro anos de minha vida. Também gostaria de expressar minha sincera gratidão a todos os que se apaixonaram por Novas Espécies. Você fez meus sonhos realidade por finalmente poder compartilhar com todos.

Prólogo Novo México Centro de Pesquisa Drackwood Jeanie sufocou um grito de angústia e lutou contra as lágrimas. Era horrível de ver que o homem por quem ela era obcecada tinha sido torturado. Ela iria acabar matando os dois, se não seguisse seu instinto de se apressara para vir em seu auxílio. __ Eu sabia que você gostava muito de um deles. __uma voz assustadoramente familiar riu da porta do escritório do laboratório. Jeanie sentiu todo o sangue fugir de seu rosto quando ela se virou, horrorizada que ele conseguiu abrir a porta sem fazer barulho. Dean Polanitis dirigia toda a instalação. Aos quarenta e cinco anos, ele era jovem para o trabalho, mas o que lhe faltava em idade, ele sobrava em crueldade. Ele não tinha mais de 1,73 m de altura, mas ele ainda era extremamente intimidante pelos anos de treinamento militar e por levantar pesos. Seu corpo era musculoso, denso e fisicamente apto. Seus normalmente maçantes olhos verdes estavam anormalmente intensos e seus lábios finos estavam torcidos em um sorriso raro que deixou Jeanie gelada por dentro.

5


__ Eu não sei do que você está falando. __ela mentiu. Ele apontou para um lugar nas grandes prateleiras, numa das paredes. __ Eu instalei uma câmera escondida neste escritório para monitorar cada movimento seu desde a semana passada, depois que eu notei o seu interesse nesse assunto. Eu recebi informações de que você já tentou protegêlo de ser agredido pelos guardas. Foi o que disseram, então, depois de analisar as fitas de sua cela, percebi que ele olha para você da mesma maneira. __ele fechou a porta atrás de si. __ Você realmente achou que eu não suspeitaria de você? Eu não perco nada do que se passa dentro da minha casa. Eu sei que você se importa com ele. Você parar de trabalha cada vez que ele está lá fora, e eu conheço a linguagem do corpo. __seu olhar correu por toda a extensão de seu corpo antes de retornar ao seu rosto. __ Você é fácil de ler quando não sabe que está sob vigilância. Ela balançou a cabeça. __ Ele é apenas mais um número, __ela murmurou, rezando para ele acreditar na mentira. Um arrepio percorreu sua espinha pela forma como ele afirmou que a instalação era sua casa. Era um lugar infernal, quem poderia considerar como a própria casa? Isso só reforçou sua crença na pura maldade de seu chefe. __ Eu sou apenas uma boa pessoa. Desculpe-me por ter um pouquinho de compaixão. Isso é provavelmente o que os guardas informaram se eu disse ou fiz algo para impedi-los de serem abusivos. Alguns desses empurrões podem ser só muito mal-intencionados, só para se divertirem. As sobrancelhas de seu chefe se arquearam. __ Sério? Isso é tudo o que é? E as suas reações ao ver 710 ensangüentado para testar as propriedades curativas das novas drogas? __ Eu não gosto de ver qualquer um deles sofrer. Eu tenho um coração. Isto é tudo. Eu odeio ver alguém com dor, mas eu entendo o quão importante a pesquisa é. Disseram-me que ele está em testes para avanços médicos que poderiam estimular os gatilhos do corpo para curar feridas abertas mais rapidamente. __ela olhou de volta para a janela. O homem que amava tentava proteger-se contra oito pervertidos, homens armados com a intenção de causar-lhe sérios danos, enquanto correntes o mantinham preso. Ele era forte o suficiente para desequilibrá-los e para evitar alguns golpes, mas não todos eles. O sangue escorria dos ferimentos em seus braços e peito. Um dos guardas bateu-lhe com um chicote e ela virou-se para seu chefe rapidamente, antes que os joelhos dela se dobrassem. __ É brutal e eu não estou aqui para esse tipo de merda. Processe-me. Dean Polanitis riu cruelmente. __ O dinheiro não é o que eu quero de você. __seu sorriso morreu. __ Eu vou dar a ordem de matar 710 hoje. Queremos 6


ver como esses animais são capazes de caçar presas e seu número lá fora está sangrando muito bem. Vamos drogar alguns dos machos, deixá-los dopados e loucos por uma briga, então vamos enviá-los para segui-lo. Eles nem vão perceber que ele é um deles. Ele não vai correr muito rápido já que meus meninos bateram bem nele. Seu coração quase parou. __ Ele está em excelente condição física e é inteligente. Seria um desperdício de recursos matá-lo. Mas você é quem sabe. __ela conseguiu manter a voz firme de alguma forma. Dentro ela choramingou, não! Ele deu um passo na direção dela, bloqueando a porta e qualquer chance de fuga. __ Você é boa, Jeanie. __ É Ms. Shiver para você, muito obrigado. __ela tentou manter a voz firme. Fraqueza seria considerada como uma falha por um nojento como Polanitis e iria fazer dela uma vítima aos olhos dele. Seria um erro que não podia dar-se ao luxo de fazer, se não fosse capaz de blefar, não conseguiria sair dessa situação. Muitos funcionários tinham desaparecido, e nunca mais se ouviu falar deles. Christie tinha desaparecido apenas semanas após Jeanie ter começado a trabalhar lá. A mulher estava certamente morta. Elas não tinham sido amigas, na verdade Jeanie tinha detestado a outra técnica de laboratório, mas ela a fez perceber o quão perigoso o trabalho na Pesquisas Drackwood poderia ser. Ela não queria morrer também. __ Estou aqui para fazer um trabalho e sou bem paga para isso. Nunca se esqueça disso. Ele moveu-se ainda mais perto. __ Jeanie, você e eu vamos fazer um acordo. __ele agarrou seu cotovelo. Ela engasgou, tentando fugir, mas seus dedos apertavam. O terror inundou-a instantaneamente. Dean Polanitis estava no comando e ele controlava os funcionários com medo. Ninguém se atreveria a impedi-lo de matá-la se ele decidisse que ela não era mais digna de confiança. Ele poderia chamá-la para um exercício de treinamento e seria o fim dela. “Ele suspeita que eu esteja tentando fechar este lugar? Será que ele sabe que eu estou contrabandeando provas?” A paranóia a fez tomar uma série de precauções, ela tinha certeza que ela não tinha deixado vestígios. Ela não poderia libertar os homens e mulheres presos no interior da instalação, se ela morresse. Eles nunca teriam outra chance de liberdade. __ Você se preocupa com aquela coisa. __ Polanitis resmungou. __ Você não pode nem transar com ele porque ele nunca tem a oportunidade de estar sozinho, mas você quer. __seu olhar severo passou pelo corpo dela e 7


depois voltar para seu rosto. Ele empurrou-a para mais perto do telefone no final da sua mesa e pegou o fone. __ Estou indo chamar a segurança e dizer para eles matá-lo, Jeanie. Ele tinha que estar mentindo. As cobaias valiam muito dinheiro e eram a base para a empresa em que trabalhavam. Custar-lhe-ia o seu trabalho. Mesmo Polanitis deve responder a alguém. Ela obrigou-se a relaxar. __ Tudo bem. Polanitis baixou o queixo para estudar seu rosto mais de perto. __ Você acha que está me enganando? Você devia ver como ficou pálida. __ele virou a cabeça e apertou o número zero, em seguida, mais quatro números no telefone. Ele segurou o receptor entre eles, para ambos serem capazes de ouvir. __ Segurança, Mickie falando. __ É Polanitis. Quero número 710 imediatamente tirado de seus testes de drogas atuais. Vamos usá-lo num exercício hoje à noite como presa e testar essa nova droga que altera a mente. Deve ser divertido de assistir, ele sendo caçado até a morte. Um dos médicos vem me insistindo para que esse teste seja feito. Pegue 710 e leve para o composto exterior e coloque-o numa cela lá. __ Sim senhor. __Mickie aquiesceu. Seu coração batia enquanto seu chefe a puxou para ficar de frente para a janela. Uma nova equipe de segurança caminhou para fora. Eles falaram com alguns dos homens que atacavam 710 e o espancamento parou. A segunda equipe agarrou as correntes que prendiam 710 nos pulsos e tornozelos, deixando pouco mais de 1,80m para mantê-lo entre eles e fora de seu alcance. Eles o arrastaram para longe do edifício. A única coisa localizada nessa direção era uma estrutura de concreto, onde ela tinha ouvido que eles tinham cremado alguns corpos, quando as experiências com drogas tinham matado as cobaias. Também havia rumores de que eles faziam testes ultrasecretos lá, coisa que ela não conseguiu ninguém para falar. Os poucos funcionários que sabiam o que rolou lá, haviam apelidado o lugar de “inferno". __ Veja-o pela última vez. __sussurrou Polanitis ao lado de sua orelha. __ Quer dar adeus? Oh, isso é certo. Ele não pode vê-la atrás do vidro fumê.

8


Ele realmente planejava matar 710. Pânico e horror lutaram dentro dela. A raiva ganhou enquanto os segundos passavam. Polanitis tinha um complexo de deus e sua crueldade a fez querer arranhar-lhe os olhos. Ela se virou, olhando para ele. __ Você é um filho da puta. Por que você está fazendo isso? Você não precisa de teste de assassinato. Você poderia facilmente fazê-los caçar um animal se você precisa ver suas habilidades como rastreadores. Não é rentável mandar para o lixo um espécime valioso. É apenas malicioso. Ele empurrou o peito dele contra o dela. Jeanie tentou se afastar, mas a mesa a impedia, ele se inclinou para frente e prendeu-a contra a madeira implacavelmente. Seu olhar se estreitou e se fixou no dela. __ 710 é um animal. Isto não tem nada a ver com o quão bom são os seus sentidos. A nova droga que estamos testando vai fazê-lo matar sua própria espécie. Precisamos de uma defesa contra os loucos que apóiam e defendem desses bastardos, que estão colocando em risco todos aqui com suas idéias sobre estes animais merecem direitos humanos. Todos nós já tivemos de olhar sobre nossos ombros desde que Mercile caiu. Recuso-me a ter este lugar fechado. É brilhante, transformá-los e obrigá-los a matar uns aos outros. Eles podem perder todos os seus recursos lutando entre si em vez de tentar impedir-nos de terminando nosso trabalho. Imaginem drogar alguns desses animais e colocá-los em Homeland. Teriam que acolhê-los, sem suspeitar que eles estariam prestes a morrer. Ela ficou horrorizada. Era um plano brilhante de uma forma doente, errada se o medicamento funcionasse. Eles planejavam usar as espécies capturadas para matar os outros NE. A NSO prenderia pessoas como Polanitis quando fossem descobertos. Seu objetivo era ajudá-los nisso. Ela estremeceu. “Preciso avisá-los!” __ Eu quero algo de você... se quiser que 710 viva. Acho que podemos fazer uma troca. A sensação de mal estar resolveu seu estômago. __ Por quê? __ Não vamos jogar. Você tenta esconder isso, mas é muito mole. Eu soube no momento em que a conheci. __seu tom tornou-se duro. __ Eu vou mantê-lo, até mesmo parar de machucá-lo, durante o tempo em que você fizer o que eu digo. Ele vive se for boazinha. __ O que você quer que eu faça? __ela não tinha idéia da razão dele chantageá-la. Ela não tinha dinheiro ou um trabalho de alta prioridade que tivesse acesso a qualquer informação que pudesse obter. Ela recolhia amostras 9


das cobaias para o laboratório. Nem sequer permitiam que ela soubesse o que eles testavam, para ou por que, ou os resultados. Ele recuou, seu olhar astuto avaliou seu corpo. __ Você está em boas condições de saúde, é jovens e não é casada. Eu verifiquei o arquivo e você mora sozinha. Ela não gostava dele examinando sua vida pessoal ou seu corpo, mas ele tinha um interesse específico nela. __ Então? __ Nós não fomos capazes de conseguir acesso a muitas das fêmeas após Mercile incendiar. Os poucos que fomos capazes de transportar antes de serem atingidos não são suficientes para que possamos para fazer nosso trabalho. “Essa conversa não está indo a um lugar bom.” Seu coração disparou, apavorada, ele falava dos artigos que ela tinha lido sobre a notícia. Rumores de que Mercile teria forçado a nova espécie a se submeter a experimentos de melhoramento. É claro que, se fosse com 710, não seria um pesadelo para ela. Ele não faria isso ser um abuso se ele estivesse emparelhado com ela e ela começasse a passar mais tempo com ele. O conceito de ter relações sexuais com ele não era desagradável, mas as condições seriam péssimas. Tinham que ser observados, monitorados, médicos cavariam todos os aspectos do que aconteceu entre eles. Polanitis pigarreou. __ É uma droga em que estamos trabalhando para alguns investidores e precisamos de um funcionário para se envolver no projeto. Parte dela estava decepcionada. __ Que tipo de drogas? __ Isso não importa. Jeanie não concordou. __ Quem? __ Isso não é da sua conta. Tudo o que você precisa saber é que alguém está nos pagando um monte de dinheiro para especificamente modificar uma droga que as Indústrias Mercile inventaram para usar nos machos cobaias. Agora eles querem uma versão da droga que tem como alvo as mulheres humanas. Não podemos ter certeza de que vai funcionar sem um teste real. Ela tentou ver o sentido de suas palavras. __ Alguém contratou a Drackwood para alterar um medicamento para ser usado em seres humanos? Um que foi projetado especificamente para ser usada apenas em 10


novas espécies? Que droga? Pensei toda a pesquisa feita sobre eles era para beneficiar os humanos. Essa é a razão estúpida que eles dão para justificar a merda horrível que eles fazem para essas pobres pessoas. Isso não faz sentido. __ Nunca chame-os assim. __ele agarrou seus braços e a sacudiu. __ São cobaias de teste. Não me deixe nunca ouvi-la proferir essas palavras novamente. Eles são animais de laboratório e nada mais. O medo silenciou suas objeções sobre como ela via os novas espécies. As únicas drogas que eram testadas neles eram para a cura avançada de lesões traumáticas, mas alguns dos médicos tinha alguns projetos que ela não tinha acesso. Aqueles eram os que a assustava mais. Eles não poderiam ser boa coisa, já que eram tão sigilosos. __ Você se ofereceu para ser o nosso elo até a cobaia. Ela balançou a cabeça, horrorizada. __ Não. __ Eu não estou pedindo. __ele deu-lhe outra sacudida brutal. __ Vou manter seu animal de estimação favorito vivo se você cumprir. __suas feições endureceram enquanto seus lábios torciam num sorriso feio de escárnio. __ Não é que você tenha uma escolha. É só que nós discutimos o que aconteceria se você desaparecesse. A última coisa que precisamos é de uma investigação polícial. A bile subiu até sua garganta com as implicações do que ele queria dizer. __ O que você quer dizer com isso? __ Isso significa que nós temos que permitir-lhe ir para casa para que seus vizinhos não denunciem sua falta. Você irá aparecer no trabalho todos os dias e nunca dizer a ninguém o que está sendo feito para você. __ele soltou os braços dela e agarrou sua garganta, inclinando-se o suficiente para olhar em seus olhos. __ Você pode ser morta a qualquer momento. Lembre-se que se você fugir vai ser encontrada. __ele girou em torno dela até que foi forçada a olhar para fora pela janela. __ E ele vai morrer. Eu, pessoalmente, vou estripar o filho da puta e tornar tão doloroso quanto possível. Ele vai sofrer por horas antes de morrer. A porta de seu escritório se abriu e por uma fração de segundo, Jeanie tinha esperança de que ela estaria salvo. O Dr. Brask entrou, fechando a porta atrás de si. Sua mão enluvada subiu, a seringa presa entre os dedos era fácil de detectar. __ Ela concordou? 11


__ Eu não pedi. __Polanitis bufou. __ Dê-lhe a injeção. Jeanie queria gritar, mas o aperto em sua garganta era forte até que ela não conseguia respirar. Seu chefe abruptamente empurrou-a para baixo, seu peso sobre ela, até que ela foi esmagada entre ele e a mesa. __ E se ela for à polícia? __a voz de Dr. Brask abaixou. __ Eu pensei que você ia pagar um extra ou algo para testarmos esses novos lotes. __ Nós não temos orçamento para essa besteira. Apenas levante sua saia e espete-lhe a bunda com a agulha já. A cadela não ousaria ser estúpida o suficiente para me trair. __ele soltou-a o suficiente para ela sugar o ar tão necessário. __ Você seria? Diga a ele que você sabe que seria a última coisa que você faria. __ Por favor. __ela implorou, com medo do que eles estavam prestes a fazer com ela. __ Cale a boca. __Polanitis ordenou, apertando sua garganta novamente. __ Ela é o seu novo objeto de teste. Jeanie lutou, em pânico, ela não conseguia respirar com o peso em suas costas. Sua saia foi levantada e a dor espalhou por sua nádega esquerda quando a penetrou sua pele. Polanitis depois a soltou e se afastou. Ela inspirou ar e girou, empurrando a saia para baixo. Ela olhou para os dois homens, colocando distância entre ela e eles, o quanto o pequeno escritório permitia. Se sentiu melhor. __ O que você me deu? __ela olhou para o Dr. Brask. __ O que era isso? Ele sorriu. __ Deve ter efeito imediato. __ O que deveria? O que você me deu? __sua voz se elevou em pânico. Jeanie gritou quando um choque de dor aguda apunhalou da cabeça aos dedos dos pés, comparável à vez em que ela tocou acidentalmente um cabo danificado conectado a uma tomada elétrica. Seus joelhos se dobraram e ela caiu no chão. Seu estômago se agitou, sua cabeça começou a latejar com sinais de que uma enxaqueca iminente começou, e ela começou a suar. Era como se alguém tivesse derramado gasolina sobre sua pele e acendeu um fósforo. Ela se contorcia no tapete fino, enrolado em uma bola, sofrendo uma sensação de queimação forte sobre cada centímetro de seu corpo.

12


__ Isso não é bom. __o Dr. Brask suspirou. __ Vamos esperar até que a droga deixe seu sistema e diminuir a dosagem na próxima. Essa não era a resposta que eu queria. __ Ela é toda sua. __Dean Polanitis riu. __ Tragam uma maca e vamos transferi-la para o seu laboratório para que você possa acompanhar os resultados. Jeanie rezou para desmaiar. A agonia que ela sofria foi pior do que qualquer coisa que ela poderia imaginar possível. Ela esqueceu-se dos dois homens na sala, perdida na dor como se sua pele estivesse coberta de bolhas e seu corpo fervesse.

*****

710 passeava por sua cela, preocupado porque algo diferente tinha acontecido. Ele não tinha certeza do que estava acontecendo, mas isso não poda ser bom. Ele tinha estado lutando contra os guardas para impedi-los de mutilá-lo de forma permanente quando tudo tinha cessado. Diferentes guardas levaram-no para o edifício externo. Ele sabia o que isso significava, já que os guardas zombavam dele de vez em quando se passavam naquela localização, assegurando-lhe que isso significaria o término de sua vida. A marcha terminou abruptamente, quando um dos homens abriu e falou em seu dispositivo de comunicação. Eles devolveram-no à sua cela, informando-o de que ele estaria participando de um novo teste de drogas para aumentar a inteligência. “Será que eles só queriam me assustar? Fazer-me pensar que eu iria morrer?” Os jogos mentais dos seres humanos o deixavam chateado. A porta da cela apitou, indicando que alguém iria entrar. Ele virou a cabeça para ver o ser humano que entrava com facilidade dentro de sua cela. Polanitis era um monstro com olhos mortiços e uma constituição média. O homem sorriu e se aproximou, mas parou no outro lado da marcação da área de segurança, fora do alcance de suas correntes. O macho cruzou os braços sobre o peito. __ Eu queria compartilhar algo com você, 710. Eu observo tudo, você sabe. Eu vejo o jeito que você olha fixamente para a técnica Shiver. Ela é uma coisinha quente, não é? 710 ficou tenso, mas manteve suas emoções escondidas. A pequena morena sempre teve a atenção dele. Seu toque era suave cada vez que ela tirou sangue e ela olhou para ele atentamente, com grandes olhos castanhos, como 13


se ele fosse uma pessoa real. Ela era a única técnica que já tinha mostrado bondade. Polanitis parecia convencido. __ Ela deixa seu pau duro, não é? Nós estamos trabalhando em uma nova fórmula da droga de criação para atender as nossas necessidades atuais. É perfeito, estou disposto a mandá-la para você para experiências de reprodução, se você for um bom garoto. __ele sorriu. __ Você pode começar a transar com ela. 710 parou de respirar, prendendo o ar dentro de seus pulmões. Ele sabia o que a droga de reprodução fazia com os machos. Causava uma dor insuportável e um desejo avassalador de montar uma fêmea. Ele tinha sido submetido à isso uma vez quando ele era muito mais jovem. Os pesadelos continuavam a incomodá-lo, com o tempo sua mente tinha se fragmentado sob a dor. Ele não sabia se tinha feito mal a alguém, enquanto sob a influência da droga, não mantivera nenhuma memória de suas ações, mas era possível que ele tivesse machucado uma fêmea. __ A técnica Shiver está atualmente trabalhando com o Dr. Brask para aperfeiçoar a fórmula para diminuir os efeitos colaterais violentos e dolorosos. Eu sei que você gostaria de montar aquele pequeno corpo quente. Temos certeza que você não iria machucá-la já que você fica tão manso quando ela está por perto. A raiva encheu 710 quando ele desviou o olhar de Polanitis. Seu estômago saltou e os alimentos que tinha recentemente ingerido ameaçou subir quando ele percebeu que ela deve ter propositadamente tentado ganhar sua atenção, esperando que ele não fosse machucá-la em qualquer circunstância. A sensação de traição queimou dentro de seu peito, apesar de saber que não era uma emoção razoável. Ela era humana, afinal de contas, o seu inimigo. Ele deveria ter pensado melhor antes de pensar que ela seria diferente. __ Não deve demorar muito até encontrar a dose certa e eu, pessoalmente, vou acompanhá-la até sua cela. Em troca, você vai parar de atacar os guardas. __ Dean Polanitis estreitou seu olhar, seu tom revelava sua raiva. __ Você entende o que estou dizendo? Eu perdi dois homens de bem que eu confiava, graças a sua última explosão. Não é fácil encontrar substitutos. Você vai fazer tudo o que eu digo. 710 encontrou o olhar do monstro, desejando que as correntes lhe permitiu atravessar a sala e arrancar o seu pescoço. Ele queria matar o homem antes, mas agora tornou-se uma necessidade absoluta. __ Eu não vou montar nenhuma mulher. 14


A expressão de Polanitis não era mais de prazer. __ Claro que sim. Aqui está o negócio. Você para de machucar minhas equipes de segurança e eu vou mandá-la aqui para você. Nós vamos soltar as correntes o suficiente para que você possa alcançá-la depois de ter-la sozinha. Você não gostaria disso? Um grunhido saiu de 710. A droga de reprodução iria deixá-lo louco e uma imagem surgiu em sua cabeça, a técnica Shiver como um cadáver ensanguentado no chão de sua cela. Ele a atacando assim que ela entrava na sua cela depois de ter sido drogado. Por mais que ele odiava o que ela tinha feito, ela não merecia uma morte brutal. __ Eu vou matá-la. __ Eu não acredito nisso. A presunção no rosto do homem enfureceu 710 suficiente para blefar. __ Mande-a para cá e eu sou um animal que mata. Eu posso ficar sem comer por um tempo quando você me punir por sua morte. __ Você realmente a mataria? __ Sim. Ela é um de vocês e gostaria de aproveitar para me vingar contra todos daqui. Polanitis jurou violentamente. __ Eu julguei mal. Você vai fazer o que eu quero ou morrer. Pare de atacar meus homens e não cause quaisquer lesões mais quando movê-lo para um dos laboratórios para realizar testes para uma nova experiência. Você também vai responder a cada uma das perguntas que fizerem a você. Você não vale nada se não concordar e isso vai significar que eu terei que matá-lo. Foi a vez de 710 sorrir. __ Você vai fazer isso de qualquer maneira. O pescoço e rosto do homem ficaram vermelhos. __ Eu odeio vocês, malditos animais. Você vai se comportar como um cão bem treinado. Você me entende? Se o médico responsável por este projeto pedir-lhe qualquer coisa, você diz a ele o que ele quer saber. Você vai parar de agredir os meus rapazes, também, ou eu vou trazer uma das suas mulheres aqui e puni-la toda vez que você me desafiar. Eu vou curvá-la sobre aquela mesa no canto e então você vai me assistir machucá-la e depois eu vou chamar alguns dos guardas para fazer o mesmo. Será que você se preocupa com isso? 710 rosnou com raiva, entendendo a ameaça. __ Não machuque a fêmea. 15


A expressão presunçosa voltou ao rosto Polanitis. __ Pare de quebrar os braços de meus homens, ou terei que drogá-lo. Precisamos de resultados para enviar para os meus chefes, mas você está me causando dor de cabeça. É um grande risco de segurança quando eu tenho que contratar desconhecidos para substituí-los e temos de pagar suborno para suas famílias. Eu vou ter que matar todos os animais daqui se formos delatados. Estou sendo claro? Você vai ser responsável pela morte de cada um de sua maldita espécie. A única razão pela qual você ainda está respirando é porque você é uma alavanca para algo que eu quero. __ Sim. __710 rosnou. __ Não sei o que "preso" ou "alavancagem" significam, mas entendi o contexto da ameaça. __ Então, nós temos um acordo? Isso ia contra tudo o que ele acreditava. Concordar voluntariamente em fazer qualquer coisa que os seres humanos exigiam, mas ele não tinha outras opções. A ameaça não era vazia. Ele se recusou a ser responsável pela fêmea que seria prejudicada. __ Sim. Polanitis andou até a porta. __ Bom. 710 não disse nada. A porta trancou e ele caminhou até seu tapete no chão. Ele sentou-se e fechou a olhos. A dor o acertou. A técnica Shiver tinha encontrado um ponto fraco em seu coração, mas não aconteceria novamente. Ele cuidou da fêmea, no entanto, ela não merecia nada além de seu desgosto e desprezo.

Capítulo Um Dakota do Sul, no ano seguinte Centro de Pesquisas Cornas Jeanie tinha sido dispensada do trabalho por estar doente, mas não tinha feito isso. Ela correu para a outra porta, olhou-se no pequeno monitor de vídeo para ver o que estava do outro lado da porta de metal espessa e usou a arma de choque na fechadura eletrônica. O som de clique foi mais alto do que ela gostaria quando os milhares de volts de eletricidade atingiram o dispositivo de leitura. O cheiro de fios queimados era fraco e quase instantâneo. Ela desligou 16


a arma de choque e esperou alguns segundos para se certificar das luzes acesas e se o bloqueio permaneceu desligado. Não ligou de volta e ela olhou para o relógio, vendo que tinha apenas cinco minutos. O tempo estava se esgotando. Ela correu pelo corredor e fritou outro sensor de leitura. Ela estava com medo de ser pega, mas não dava a mínima para o que eles fariam com ela. Ela tinha que proteger os homens e mulheres trancados dentro das celas. Sua arma de choque deu um curto nos leitores evitando que a segurança entrasse nas celas. Ela já tinha desativado o computador principal do edifício. Outro funcionário podia usar códigos para enviar gás por todas as celas, mas não conseguiriam fazê-lo do computador principal. Ele estava offline, graças a uma caneca de café quente que ela tinha derramado no interior da CPU. Faíscas tinham saltado fora, além de alguns ruídos de estalo, e ela temia que pudesse pegar fogo. Ele tinha apagado e se recusou a ligar quando ela tinha tentado, só para ter certeza que não foi uma interrupção temporária. Um alarme soou nos alto-falantes localizados perto do elevador. Luzes de emergência vermelhas brilharam quando o grito dela subiu de tom. “Droga.” Olhou para o relógio. O ataque tinha começado dois minutos mais cedo e ela ainda tinha mais um andar para ir. Eletrocutou outro leitor de sensor, girou e correu de volta para o elevador para chamá-lo até seu andar. Sua mão tremia quando ela passou seu crachá de funcionário para ter acesso e empurrou a arma de choque dentro do bolso de seu jaleco. Dois seguranças já estavam dentro do elevador quando este abriu. Eles pareciam chateados e pior, desesperados. Ela deu um passo para dentro do espaço confinado com eles. __ Nós estamos indo para baixo. __afirmou um deles. __ O que você está fazendo? Você sabe do protocolo. Você é supostamente para acertar as saídas de emergência, para os túneis. Ela balançou a cabeça. __ Eu tenho que destruir as amostras de sangue, numa sala de armazenamento no primeiro lugar. O Dr. Meckler foi extremamente claro sobre certificar-se de que era meu dever fazer isso se os alarmes tocassem. O que está acontecendo? __ Estamos sendo invadidos. __o segundo deu um grunhido. __ Odeio policiais. Faça rápido, enquanto nós matamos as cobaias. O sistema de backup falhou por isso temos que matá-los um por um. Se esconda nas escadas depois. Não seja pega. Você sabe que é uma sentença de morte. Ela assentiu com a cabeça, mas interiormente amaldiçoando. O elevador apitou e abriu no piso inferior. Um dos guardas apertou o botão para 17


mantê-lo aberto, usavam isso muitas vezes para mover cobaias drogadas em macas. Ele olhou para o outro homem. __ Isso vai nos avisar se alguém chamar a maldita coisa para outro andar. Eu pretendo usar a escada oculta e ir embora antes da polícia encontrar-nos. O segundo homem olhou para a parede falsa perto do final do corredor. Todos os funcionários sabiam onde eram as saídas de emergência. As escadarias levariam a um antigo sistema de esgoto, não utilizado que seguia para fora em algum lugar longe do edifício. Ela virou-se. __ Deixe-me ajudar. Dê-me uma arma. Os aqui embaixo são os mais perigosos e eles já viram os rostos da maioria dos funcionários. Eles poderiam identificar todos nós. Um dos guardas hesitou. __ Há quinze deles aqui. Os teclados de porta são todos lentos para abrir. __Jeanie mentiu. __ Vamos... Quanto tempo vai demorar para que os policiais substituam as fechaduras de cartão chave do elevador? Não podemos deixar que essas cobaias sobrevivam. Quer ver seu rosto estampado em noticiário da noite até que toda a sua família e amigos saibam que você trabalha aqui? Nós estaremos ferrados de sete maneiras, com todos os policiais nos caçando. Não há porque escapar se vamos ser pegos a longo prazo. O guarda à sua esquerda pegou uma de suas armas de fogo. __ Tome, tiros na cabeça. __ Eu sei o que fazer. __seu estômago ainda se virou, lembrando-se da palestra da pessoa que tinha treinado-a sobre a forma mais eficaz para matar um ser humano inocente, como se fossem mariposas ou criaturas que eram meros aborrecimentos. __ Usar dois tiros para se certificar de que eles morreram. __ Nós não temos tempo para essa merda ou balas suficientes. Só não erre a mira. Os guardas se moveram na frente dela. Um deles puxou o cartão-chave para fora e passou-o através do leitor de sensor. A porta buzinou e o homem estendeu a mão para a maçaneta da porta. Ele pretendia matar todas as cobaias. Ele levantou a arma para atirar a mulher desamparada acorrentada contra a parede oposta. 18


A bile subiu na garganta de Jeanie quando ela levantou a arma. Não disparar não era uma opção. Ele ia assassinar alguém que ela considerava um amigo. Ele nem sequer olhou para ela. Ela agarrou a arma com ambas as mãos para firmar sua pontaria e puxou o gatilho. Ela gritou de horror quando o sangue salpicou o batente da porta. Matar alguém era dez vezes pior do que qualquer coisa que ela já tinha imaginado. A angústia quase a paralisou, mas o movimento no canto de sua visão chamou sua atenção. O segundo guarda se virou, seu olhar caindo para seu colega caído. Ele empalideceu, seus olhos se arregalaram quando ele ergueu o queixo para. A raiva torceu seu rosto, eles entreolharam. Ele proferiu uma palavra que ela não conseguia entender em seu sobrecarregado estado de emoção. Ele levantou o braço, ele ia matá-la. Ela apontou a arma, mas suas mãos tremiam mais que antes e ela perdeu a cabeça quando ela disparou, mas a bala atingiu o ombro. Ele caiu para trás com um grito de dor e caiu de bunda no chão. A parede onde ele bateu o manteve sentado. O olhar em seu rosto prometeu a morte quando ele levantou o braço sangrado e atirou novamente. Ela disparou duas vezes. Uma bala acertou sua garganta e a outra seu coração. Os sons ensurdecedores cessaram, mas os ouvidos de Jeanie ainda tiniam. Os alarmes ainda estavam tocando. Sangue vazava do peito do homem, seus olhos permaneceram abertos, mas ele não piscou. Seu olhar assustador não tinha mais foco. Ela sabia, sem necessidade de verificar que ele já não tinha pulso. Ela ficou de pé, não tendo certeza se ela ia vomitar ou desmaiar. Ambos pareciam opções de acordo com a realidade do que ela tinha feito. Dormência envolvia sua mente. “Chocada Provavelmente”, ela racionalizou. Ela baixou os braços, mas conseguiu manter a posse da arma, apesar da vontade de atirála longe. Uma agonia atravessou sua cintura com o movimento. Ela olhou para baixo. Seu casaco branco estava vermelho logo acima do quadril e se espalhava mais abaixo, enquanto observava. Demorou alguns segundos para entender que ela tinha levado um tiro. O guarda tinha conseguido atingi-la do lado antes dela matá-lo. Ela jogou a arma com uma mão e apertou a palma da mão sobre a ferida. A dor piorou, mas ela precisava aplicar pressão. Pontinhos dançavam diante de seus olhos e ela se inclinou para o lado. Seu ombro bateu na parede, mantendo-a na vertical. Ela piscou algumas vezes, mas não mudou o ponto de vista de seu sangue pingando no chão de ladrilhos perto de seus pés. As sirenes estridentes dos alto-falantes a lembrou de que mais guardas poderiam chegar a qualquer momento. A empresa empregava dezenas de homens no turno do dia. As portas do elevador atrás dela fecharam. Ela virou-se. Isso significava que alguém tinha conseguido chamar o elevador. Podia ser de ajuda, mas provavelmente seria mais guardas de segurança que vinham matar as cobaias. Levaria um tempo para a polícia para invadir os sistemas de 19


segurança, uma vez que ela tinha sido incapaz de roubar outro crachá do funcionário para frustrar seu contato. O roubo teria sido imediatamente notado e os códigos alterados, tornando-se inútil. Obrigou-se a mover-se, apesar da dor constante. Ela alcançou o primeiro corpo. O guarda morto manteve a porta do quarto aberta. Ela estendeu a mão e agarrou-o. Ele não era um homem grande, mas seu peso morto era difícil para arrastar. Ela conseguiu puxá-lo para longe o suficiente para que ele não bloqueasse a porta. Seu olhar focou na mulher acorrentada à parede. Ela apareceu chocada quando seu olhar escuro fixou-se em Jeanie. __ Está tudo bem, 433. __Jeanie gemeu, segurando seu ferimento. __ Você matou. __ela sussurrou. Jeanie assentiu. __ A ajuda está chegando. Tenho que trancar a porta de novo e desativar o sensor. Certifique-se que os seguranças não possam matálos antes que a polícia chegue aqui. Não tenha medo dos estrangeiros quando eles chegarem. Eles estão vindo para libertá-los. Ela fechou a porta e ela apitou quando o bloqueio encaixou. Jeanie puxou arma de choque para fora do bolso e eletrocutou o leitor sensor que poderia desbloquear a porta novamente. O cheiro de fios queimados e as faíscas saindo assegurou-lhe que estava frito. Ela teve que passar por cima do corpo do guarda para alcançar a cela seguinte. O quarto girou quando a tontura tomou conta dela. Ela virou a cabeça, olhando para a tela do elevador, que voltava para baixo. Ela se moveu mais rápido, sentindo-se doente, como se fosse desmaiar. Percebeu que ela nunca conseguiria queimar todos os leitores antes do elevador se abrir novamente. Talvez fosse a polícia, mas ela não estava disposta a arriscar a vida dos homens e mulheres presos dentro daquelas salas, se não fosse. Ela olhou para todo o sangue manchando suas roupas. Seria um milagre se ela não entrasse em colapso antes de chegar a próxima cela. __ Merda. __o desespero a levou a pensar em uma solução. Seu olhar se desviou do visor do elevador para as caixas elétricas na parede ao lado. Ambos tinham fechaduras eletrônicas para impedir que alguém adulterasse os disjuntores dentro, mas as capas não eram à prova de balas. Pelo menos ela esperava que não. Suas pernas cederam e ela escorregou para o chão ao lado do corpo do segundo guarda ela tinha matado. A outra arma ainda repousava dentro de um dos dois coldres de ombro que ele usava. Os guardas sempre usavam várias armas. Ela jogou a que ela tinha usado, não tenho certeza se ela ainda tinha balas. A arma de choque escorregou de seus dedos em seu bolso e ela puxou a 20


arma. Ela deslizou do coldre e ela forçou as pernas a se moverem, ficando de joelhos. Sua visão turvou e a tontura a atingiu novamente. Ela engoliu em seco e usou as duas mãos para levantar o peso da arma e mirar. O som era muito alto, mas continuou no metal e as luzes piscaram. Ela fez uma pausa, segurando a respiração, até a escuridão total a cercar. As luzes de emergência mal iluminaram o corredor, mas um olhar para a cela mais próxima com o leitor sem danos mostrou que estava inativo. __ Graças a Deus. __ela respirou, percebendo as portas ficariam bloqueadas durante a falha de energia. Ela Não tinha certeza até então se as salvaguardas nas portas eram uma parte do sistema de backup de emergência ou não. Ela agachou-se até que sentou-se sobre os calcanhares, abaixou a arma para seu colo, enquanto olhava para o elevador que não fora afetado pela queda de energia. Abriria a qualquer momento e ela iria enfrentar quem quer que estivesse descendo. Os guardas iria matá-la, assim que percebessem o que ela tinha feito. Os policiais iriam prendê-la até que descobriram quem era ela. Ela rezou pelo último. As portas do elevador se abriram e luzes brilhantes a cegaram. __ Largue a arma. __um homem gritou. Ela não podia ver seus rostos, mas não tinha força para lutar de qualquer maneira. A arma caiu de seus dedos. As luzes se aproximaram e a dor explodiu no lado de sua face. A força jogou-a para trás. Ela bateu no chão duro e um gemido escapou de seus lábios. Alguém agarrou-a bruscamente pelo braço e rolou-a sobre seu estômago. Seu rosto foi pressionado dolorosamente contra o chão quando alguém agarrou um punhado de seu cabelo e seus braços foram empurrou para trás por outra pessoa. A agonia do ferimento a bala a fez gritar. Uma bota pisou forte sobre sua bunda, moendo seus quadris contra o chão. __ Segure essa cadela. __um estranho exigia. Dor lancinante inundou-a. Quem quer que estivesse segurando seu cabelo, estava esmagando seu rosto contra o chão implacavelmente. A bota na bunda dela segurou-a com tanta força que ela se perguntou se seus quadris iriam quebrar com a pressão. As algemas que estavam sendo colocadas em seus pulsos foram apertados até o insuportável. Lágrimas quentes escorriam pelo seu rosto. Ela teria gritado novamente, mas a dor tornou-se muito intensa. Ficou difícil até mesmo respirar. __ Alguém atirou na caixa de eletricidade. __afirmou um homem. __ A cadela burra provavelmente pensou que ela parar o elevador. Vamos abrir essas portas. Tenho a sensação de que estão vivos 21


rapazes. Vamos resgatá-los. Precisamos avançar rápido. Nós não queremos que aqui aconteça como nas instalações de testes em Michigan no ano passado. Pode ter um mecanismo de destruição. Jeanie focou na palavra Resgate. Eles não eram os guardas que trabalhavam na instalação. Os homens segurando-a eram policiais. O fato de que eles não atiraram nela já era uma prova secundária da identidade deles. Ela conseguiu sugar mais ar, dando um suspiro de alívio. “Eles não vão me matar.” Um estalo soou alto. Alguma fumaça encheu a área, mas não era sufocante, apenas um ligeiro sabor na sua boca e um cheiro acre. Ela só ficou lá, esperando, descansando. Seus olhos se fecharam, mantê-los abertos parecia impossível. A bota na bunda dela mudou um pouco, mas isso não aliviou o peso que a segurava no chão. __ Estamos aqui para salvá-los. __uma voz masculina calmante afirmou. __ Trabalhamos para que as pessoas como vocês sejam libertadas de instalações de teste como estas. Nós vamos levá-los daqui para junto de sua própria espécie. __ Olá. __disse uma voz mais profunda. Seu tom era mais calmo. __ Eu sou como vocês. Vejam? Viemos para salvá-los. Vocês estão livres agora. Estes humanos conosco são bons, trabalham com nossa espécie. Nós vamos levá-los para um lugar seguro. Precisamos tirá-los daqui. Ninguém jamais vai prendê-los de novo. Ela ouviu o mesmo discurso várias vezes enquanto eles tiravam as cobaias das celas e punham no corredor. Todos os quinze daquele andar tinham sobrevivido. Ela esperava que os do piso acima também tivessem tido a mesma sorte e que ninguém tivesse conseguido romper as suas portas das celas. Os policiais foram usando alguns pequenos artefatos explosivos, algo que os guardas das instalações não têm acesso. __ Espere. __uma voz suave, feminina protestou. __ Saia de cima dela. Técnica Shiver? Uma mão suave tirou o cabelo do rosto de Jeanie. Ela forçou os olhos a abrirem. Foi difícil focar, a dor e o frio que atormentavam seu corpo estava piorando. Um par de olhos escuros e familiares olharam para ela e ela tentou sorrir para 433. A outra mulher caiu de joelhos ao lado de Jeanie, tão perto do chão que seus rostos estavam a centímetros de distância. Jeanie abriu a boca para assegurar que tudo ia ficar bem, querendo dizer que 433 podia confiar em seus salvadores, mas nada saiu. Ela não conseguia falar. Sua garganta estava seca demais e a exaustão tomou conta dela. 433 22


passou o polegar ao longo de sua bochecha, rosnou, erguendo a cabeça. O som se aprofundou ameaçador. __ Ela nos ajudou. Solte-a! __ Ela não é sua preocupação. __o homem falou em voz baixa, mas seu tom de voz era firme. __ Por favor, se afaste da prisioneira. O polegar deixou o rosto de Jeanie e 433 levantou-se, rosnando. __ Saia de cima dela! Ela matou-os para salvar-me. Sinto cheiro de seu sangue e ela está machucada. Ela precisa de um médico. __ Esqueça isso. Deixe a cadela morrer. __o mesmo homem afirmou. 433 se aproximou e Jeanie não podia mover a cabeça o suficiente para ver o que estava acontecendo, mas o peso na bunda dela desapareceu de repente. Um homem resmungou. Outro rosnado soou muito mais profundo. __ O que está acontecendo? __a voz irada pertencia ao homem que tinha falado aos homens e mulheres que tinham sido resgatados, afirmando ser um deles. __ Ela salvou minha vida. O guarda no chão veio para me matar, mas ela atirou nele primeiro. Ela disse que a ajuda estava chegando e ela teve que desativar as fechaduras das portas para nos proteger. Ela ficou ferida, mas os seus homens estão machucando-a mais. Ela sempre foi gentil com o nosso povo. Ela parou um guarda que ia me montar no último mês. 433 soou irritada e frenética. __ Ajude-a, por favor. Ela está ferida. Cheiro seu sangue. __ Faça o que ela diz. __a voz profunda ordenou. __ Consiga ajuda para a fêmea humana. Nós vamos resolver isso mais tarde. __ Ela é uma funcionária daqui. __alguém puxou o casaco. __ Aqui está o seu cartão com a foto dela. Ela é um deles. __um homem declarou. __ Jeanie Shiver - Técnica. Um rosnado profundo soou e as mãos ásperas que prendiam suas mãos e cabelos foram embora. Alguém agarrou seus braços e ela gemeu quando foi gentilmente virada de lado. A dor a fez gritar. Ela fechou os olhos e sentiu a escuridão chegando. “E estou morrendo.” __ Olhe para mim. __uma voz profunda rosnou. 23


Jeanie forçou seus olhos a abrirem novamente. Mais luzes foram acesas até que o corredor estava agora bem iluminado. 710 olhou para ela. Seu olhar escuro estava furioso, mas ela viu o reconhecimento lá. Ele se lembrou dela. Ela estudou-o. Ele estava um pouco diferente do que ela se lembrava, seu cabelo loiro havia crescido mais. Ele usava roupas negras e seu colete tinha NSO escrito em branco. Significava que ele estava com a Organização de novas espécies. Ela teve a prova de que 710 e os outros tinham sobrevivido ao ataque de resgate que ela ajudou a criar nas instalações de testes, mas nunca tinha pensado que ela iria vê-lo em pessoa novamente. __ Shiver. __ele murmurou, sua voz soando dura, mas suave ao mesmo tempo. Ela piscou para ele, segurando seu olhar, passando a língua sobre os lábios secos. Ela tentou falar, mas nada saiu. Seu nariz queimou quando inalou e um rosnado assustador saiu dos lábios dele enquanto olhava para alguém atrás dela. __ Seus homens atiraram nela? __ Ela estava assim quando a encontramos. Havia dois agentes de segurança mortos também baleados. __o homem que falou suspirou. __ Parecia que eles se voltaram uns contra os outros. __ Consiga ajuda para ela agora! __710 rosnou. __ Ela está morrendo. __ Tudo bem. Medico: venha para o subsolo. Temos um ferido gravemente. Outro homem bufou. __ Que a cadela morra. Eles, obviamente, atiraram uns nos outros para evitar serem capturados para interrogatório. Pra quê salvá-la para matá-la mais tarde. 710, obviamente, discordou. __ Tire essas algemas. Jeanie gemeu quando alguém tocou-lhe e a dor desceu do ombro para baixo no seu lado ferido, quando o metal foi removido de seus pulsos. Doeu se mover, mas ela queria tocar 710 apenas mais uma vez. Sabia que não ia sobreviver, apesar da intervenção médica. Um olhar para a poça de sangue e ela foi suficiente para convencê-la do fato sombrio. Ela estendeu a mão e cobriu a mão dele que estava no chão quando ele se agachou perto dela. Seu rosto estava a apenas alguns centímetros do dela. Ela fechou os dedos em torno da volta de seu punho. Sentiu-o muito quente, e ela estava tão fria. Agarrou-se firmemente o quanto possível. Ele 24


olhou para o contato, mas não fugiu de seu toque. Ela estava com medo que ele o fizesse. O sangue embebia sua mão, manchando a dele também. Ela meio que esperava que ele para ficasse chateado. Ela só desejava tocá-lo. Ela estava com medo de morrer sozinha. Ele levantou o olhar para o dela. Ele virou a mão e apertou com força os dedos dela. Gratidão a encheu, ele se importa o suficiente para tentar dar-lhe algum conforto. Ela lambeu os lábios novamente, desesperada para conseguir falar. __ Eu tentei salvar todos. Será que eles conseguiram? Será que todos eles sobreviveram? Ele piscou. __ Eles conseguiram. Nenhuma espécie morreu. Lágrimas cegaram-na, mas ela piscou desesperada para manter o foco. Ela conseguiu salvar todos os homens e mulheres presos dentro do edifício. Ela tinha pagado um preço alto, mas ela conhecia os riscos, quando chegou para trabalhar naquela manhã. Por isso, muitos deles, todas aquelas vidas eram mais importantes do que a dela. Ela fechou os olhos e uma sensação de paz veio, bloqueando um pouco a dor. __ Shiver! __ele rosnou o nome dela. __ Abra os olhos. Não conseguiu resistir ao pedido e olhou para ele novamente. Ele se aproximou até seu hálito quente tocar seus lábios. Ela respirou, se esforçando para manter seus pulmões funcionando. A perda de sangue estava fazendo seu corpo entrar em choque. Ela sorriu, tentando... querendo transmitir a ele que estava tudo bem. __ Não morra. __ele murmurou. Ele desviou o olhar. __ Mais rápido! Seu tom se aprofundou. __ Aqui. __ Mexam-se! __um homem gritou e algo pesado caiu no chão atrás dela. O casaco que ela usava foi aberto com rapidez, o tecido rasgou e ela não pôde evitar o choro quando as mãos enluvadas exploraram seu ferimento agora exposto. __ Você vai ficar bem. __disse 710, chamando sua atenção. __ Apenas fique comigo.__ele quase esmagou sua mão com a dele, como se ele pudesse forçar a questão segurando-a com mais força. __ Merda. __disse o médico praguejando. __ Salve-a. __rosnou 710. 25


__ Está ruim. __o médico respondeu. __ Jed, venha aqui. Abra o kit e inicie uma IV. Sua boca se abriu. Ela não tinha energia para dizer a 710 qualquer das coisas que ela sempre quis se alguma vez tivesse estado sozinha com ele, sem o risco de ser ouvida por Dean Polanitis ou as pessoas que trabalhavam para ele. Era importante que 710 entendesse como ele mudou sua vida e a fez realizar seu objetivo que era salvar sua espécie. Ele era a motivação que lhe tinha dado a coragem de enfrentar seus medos. Nem um dia se passou desde que ela tinha posto os olhos sobre ele, sem que ele não houvesse preenchido seus pensamentos ou assombrado seus sonhos. __ Shiver. __disse ele um pouco mais alto. __ Fica comigo. A escuridão tomou conta dela.

Capítulo Dois Tim Oberto olhou furioso para sua xícara de chá. __ Pode crer que esteve perto de permitir que ela morresse. Trey Roberts, seu segundo em comando, limpou a garganta. __ Senhor, como a equipe devia saber que ela iria virar uma fêmea resgatada? A mulher em questão era uma funcionária. Quantos novas espécies foram assassinados por suas mãos? Sinto muito se a fêmea nova espécie ficou angustiada, mas os funcionários desses infernos não são nossa prioridade. Nós imediatamente conseguimos ajuda médica para aquela mulher assim que a situação explodiu. Ela vai ficar boa. __ Ela quase não conseguiu! __Tim gritou. __ Eu sei que é o seu trabalho defender os seus homens, mas nós dois sabemos que eles foderam tudo. Justice vai ferrar minha bunda porque vocês perturbaram uma de suas fêmeas. Ela atacou um dos nossos homens, tentando defender essa funcionária. Ela pediu ajuda para a mulher ferida, ou não, antes de jogá-lo numa parede para fazê-lo tirar a bota da bunda da funcionária? __ Ela pediu. __ admitiu um membro da equipe. __ Mas que inferno, a cadela tinha uma arma quando chegamos o andar. Ela sentou-se lá e nos

26


defrontamos com uma arma e é uma sorte que não abrimos fogo e explodimos a cabeça dela. Eu teria atirado se ela fosse um homem. As portas se abriram e Tim encolheu-se quando Justice Norton e uma dúzia de grandes homens novas espécies pisaram na sala. Tim reconheceu que Justice estava com raiva pelo estreitamento de seus olhos felinos e pelo fato de que seus lábios se separaram o suficiente para revelar seus caninos afiados. Tim esperou Justice caminhar para mais perto. __ Qual é a sua diretiva? __Justice rosnou. Tim endireitou os ombros e encontrou o olhar aquecido de Justice Norton. __ Ajudar no resgate de todos Novas Espécies. Justice concordou com a cabeça. __ Você é a nossa equipe. O governo atribuiu-o para nos ajudar, mas você responde ao NSO em primeiro lugar, Tim. __Justice rosnou. __ Isso significa “todos” novas espécies. Quando uma fêmea Espécies exigiu atenção médica para um ser humano, deveria ter sido dado o que ela queria. Primeiro contato é muito importante. Ela acha que sua equipe é tão ruim quanto os humanos que a mantiveram em cativeiro. É verdade que a humana já tinha sido baleada quando seus homens agrediramna e algemaram-na, quase deixando-a sangrar até a morte no chão? Tim estremeceu enquanto seu olhar deslocava-se para Trey. __ É mesmo? Trey suspirou, abordando Justice. __ Eu estava um andar acima, mas falei com o líder da equipe e parece que sim, senhor. Ela sofria de um ferimento à bala e segurava uma arma no colo. Dois guardas de segurança estavam mortos no chão ao lado dela. A equipe achou que tinham matado uns aos outros para impedir-nos de conseguir qualquer informação se eles fossem presos. __ A fêmea espécie... __rosnou Justice. __ ...disse que a humana foi espancada pela equipe. Ela jura que o rosto da humana estava sangrando e ferido só depois que eles chegaram. Isso é verdade? Alguém bateu na humana? Trey pigarreou. __ Eu perguntei-lhes sobre tudo o que aconteceu. Um dos homens bateu-lhe com a coronha de seu rifle de assalto para derrubála. Seu rosto ficou machucado, e ela ficou no chão. Outro rosnado soou e um dos machos novas espécies se adiantou. Na verdade era um filho da mãe grande de dois metros, ombros e peito largos. Seus bíceps tensos esticavam a manga da camiseta preta no 27


limite. Cabelo loiro brilhante caia sobre seus ombros e seus olhos castanhoescuros se estreitaram com raiva, fixos em Trey. Tim ficou tenso, esperando uma luta, já que ele estava ciente que esse nova espécie, a quem eles haviam resgatado em uma missão anterior, ainda estava aprendendo a controlar seu temperamento. O dia já tinha sido uma foda total e ele não queria que piorasse. __ Ela é uma pequena humana que já estava sangrando. Não havia nenhum motivo para sua equipe ser áspera usar algemas. Uma criança pequena poderia ter lidado com ela nessas condições. Ela estava impotente. __ Eu não teria deixado acontecer, mas eu não estava lá para controlar a situação. __Trey murmurou. __ Eu já repreendi os idiotas. Tim se aproximou para ficar entre eles. Eram suas equipes, era sua bagunça. __ Entendo que você está chateado, é verdade. __ Chateado? __rosnou True. __ Ninguém deve abusar de uma fêmea, seja espécie ou humana. É por isso que eu não queria ser forçado a ficar para trás, quando a equipe encontra uma situação. Eu não teria permitido acontecer, mas ela já estava no chão quando a equipe permitiu-me sair do elevador. Eu não sabia que ela estava ferida. O cheiro do sangue dos guardas mortos e os explosivos usados para abrir as portas mascararam o cheiro dela. Um dos homens de Tim bufou. __ Ela trabalha para Mercile ou qualquer que seja o nome da empresa que eles estão usando agora. Quem se importa? Quantos de sua espécie ela ajudou a matar? Sem desrespeito, senhor. True virou a cabeça na direção de Chris, o membro da equipe que tinha falado. __ Nós não abusamos de fêmeas. Eu não me importo se elas trabalham para o nosso inimigo. Ela é uma criatura indefesa. __ Ela trabalha para uma empresa que é um desdobramento do Mercile. __Tim lembrou a todos, enviando a Chris um olhar duro para silenciar o idiota. O cara era novo, tinha uma má atitude, mas ele lidaria com ele mais tarde. Ele se concentrou no nova espécie de novo. __ Seu bem-estar não era a nossa prioridade. Isso seria salvar Novas espécies. Sinto muito se sua mulher ficou chateada, Justice. A verdade permanece a mesma, apesar de tudo. A humana não era uma vítima inocente que atacamos. Ela trabalhou para Cornas, que todos sabemos é Mercile com um novo nome, e ela é tão culpada como o inferno segundo a Nova Lei Espécies. O crachá preso ao casaco tinha seu nome e foto. Para não falar que ela foi encontrada perto das portas onde as pessoas estavam em gaiolas, no mesmo andar onde mais de uma dúzia de sua espécie estavam sendo mantidos. Essa mulher vai passar o resto de sua vida na 28


prisão ou vai conseguir a pena de morte. Eles vão decidir seu destino no Fuller, já que ela será transferida para lá. True rosnou. __ Ela não vai ser morta por nós. Justice o acalmou. __ Nós não toleramos qualquer abate de fêmeas, Tim, embora às vezes não possa ser evitado quando estão entre os médicos mais cruéis que estamos certos, mataram dos nossos ou se não tivéssemos escolha, porque eles abriram fogo contra nós. Nossa fêmea disse que a humana a salvou de um estupro no mês passado e novamente quando matou os guardas que iam matar a todos antes que a força-tarefa os resgatasse. Alguém desativou os bloqueios das portas das celas, fritando os circuitos com uma arma de choque. Ela tinha um daqueles em seu bolso quando os médicos tiraram sua roupa e nossa fêmea disse que a humana alegou que ela desativou os bloqueios para mantê-los seguros. Nenhum dos nossos morreu porque os guardas não conseguiram acessar suas celas. True assentiu. __ Descobrimos marcas de balas em algumas das portas. Os idiotas construíram essas celas para manter nosso povo prisioneiro, mas fizeram a prova de arrombamento também. Os guardas iam matar os espécies se esses bloqueios não tivessem sido destruídos. Quantas vidas La salvou? Tim ignorou o pulsar em sua testa, um sinal de uma dor de cabeça monstro que se aproximava. Sua equipe cometeu alguns erros, mas eles eram justificados. __ Alguém derramou café na CPU do computador principal. Nós tiramos impressões da mulher do punho da cafeteira dentro da sala do computador. Por que ela faria isso se ela é tão santa? Os dados não podem ser restaurados. Ela fritou a maldita coisa. Ela cobriu a bunda de Mercile quando fez isso. Não há registros, nenhuma prova real de que a instalação de testes pertencia a eles. Eles alugaram o prédio de uma empresa de fachada e estamos acertando um beco sem saída em rastrear o dinheiro que financiou. Esses arquivos eram nossa única esperança de cimentar a prova diretamente contra a Mercile. Justice fez uma careta. __ Eu não sei por que ela fez isso. __ele se virou e olhou para o médico da equipe. __ Qual é a condição atual da humana? __ Acabei de falar com o velho Dr. Harris. Ela vai viver. Vai se recuperar com o tempo, eles pararam o sangramento. Ouvi dizer que ela teve uma transfusão de sangue e novas drogas de cura. As lesões causadas ao seu rosto não são fatais. Ela está machucada, mas na maior parte é apenas doloroso.

29


Justice encarou Tim. __ Interrogue-a, mas faça com respeito. Ela, obviamente, salvou alguns dos nossos. Tenha isso em mente. Descubra por que ela fez tudo isso e se ela estava protegendo Mercile quando fritou os computadores. Ofereça-lhe algo, se isso é o que é preciso para obter mais provas contra esses bastardos. True se aproximou. __ Eu quero estar lá. Justice estudou-o. __ Por quê? __ Ela trabalhou no Novo México, no ano passado. Justice pareceu surpreso com essa notícia. __ Você sabia quem era ela? True assentiu. __ Ela era gentil. Justice fez uma careta. __ Houve experiências entre vocês dois? __ Não. __True fechou a cara. __ Eu nunca a montei, se é isso que você está perguntando. Justice pareceu aceitar isso. __ Como ela era? __ Ela não nos tratava como se fôssemos animais. Ela se esgueirava e nos dava doces e medicação para a dor para os feridos. Ela parecia se importar com a gente. Justice inclinou a cabeça e franziu a testa. __ Você se preocupava com ela? __ Eu nunca tentei atacá-la... eu até poderia ter feito, mas então eu soube que ela estava trabalhando com os médicos no desenvolvimento de drogas. __ Como você descobriu isso? True hesitou. __ Polanitis acreditava que eu me preocupava com ela já que ela tinha mostrado bondade, então achou que eu a montaria de bom grado e não a machucaria. Ele me informou que eles estavam trabalhando em um novo medicamento de reprodução. __ Merda. __Tiger praguejou. __ Você provavelmente teria matado-a se você concordasse.

30


__ Você disse que não montou-a? Não há vergonha nenhuma em admitir que se você o fez. __Justice estudou-o. Ele não parecia com raiva, mais curioso do que qualquer outra coisa. __ Não. Eu disse a Polanitis que eu a mataria se ela entrasse na minha cela. Que eu nunca montaria a fêmea. Ele queria a minha palavra de que eu pararia de atacar os guardas e que eu me submetesse aos médicos encarregados dos testes da outra droga em mim, respondendo às suas perguntas. Disse que era algo que eles estavam trabalhando para melhorar a inteligência ou a memória. __ele mudou de posição, aparecendo desconfortável. __ Eu não concordei com seus termos, então ele ameaçou estuprar uma fêmea da espécie na minha frente e depois deixar os guardas fazerem o mesmo, até que eu concordasse. __sua voz se transformou em um grunhido. __ Eu concordei para proteger a fêmea do perigo. Eu não iria infligir ferimentos aos humanos, mas eu não fiquei manso também. __ Por que ele acreditava que você seria capaz de transar com a mulher enquanto drogado e não matá-la? __Tim estava curioso também. True olhou para ele, seu rosto ficou um pouco vermelho. __ Eu gostava dela, mas isso mudou quando eu percebi que ela provavelmente tinha sido boa para ganhar a minha confiança. Eu acredito que ele pensou que eu poderia lutar contra meus instintos enquanto drogado. Eu nunca mais a vi depois da visita Polanitis, o que foi bom, pois eu poderia ter feito algum mal à fêmea por conta de seu engano. __sua mandíbula se apertou. __ Eu não teria matado Shiver, no entanto. Foi apenas uma ameaça que fiz para mantê-la fora da minha cela. Ela não merecia morrer. Ela poderia ter sido gentil só para enganar-me, mas ela ajudou alguns dos nossos presos em Drackwood. Justice franziu os lábios em desgosto. __ Eu realmente odeio aquele filho da puta do Polanitis. Lembro-me dele ano passado. __ Polanitis ofereceu fêmeas humanas para você montar como recompensa por bom comportamento? __Brass rosnou. __ Eu nunca ouvi sobre isso antes. Justice apontou os outros espécies em silêncio. __ Ele ofereceu outras fêmeas humanas para você? __ Não. __rosnou True. __ Eu nunca tinha montado humanas ou qualquer outra, para teste reprodução.

31


Justice concordou com a cabeça. __ Você pode estar no interrogatório da fêmea já que você a conhece. Pode ser uma vantagem. __ele se virou para Tim. __ True está no comando. Ele vai dizer se achar que está muito intenso. Tim não estava feliz, mas aquelas eram ordens, e não um pedido. __ Tudo bem. Quando devemos começar? Justiça hesitou. __ Nós vamos mantê-la drogada até que ela esteja melhor e só vamos acordá-la quando ela estiver forte suficiente para suportar o interrogatório. __ Parece bom. __Tim odiava esperar tanto tempo, mas Justice mandava. Seria um desperdício de sua respiração discutir.

*****

True entrou na ala médica e caminhou pelo corredor para os quartos dos pacientes. O macho da espécie que guardava a porta olhou para ele de onde estava sentado antes de deixar seu olhar voltar a ler no seu leitor digital. __ Nenhuma mudança. __ele murmurou. __ Obrigado, Jericó. O homem resmungou. True parou ao lado da cama e segurou suas mãos enquanto estudava a contusão escura e o corte na bochecha da fêmea. Estava se curando, a cor amarelada era melhor do que o vermelho e roxo de quando a ferida era recente. A pele dela estava muito pálida para o seu gosto. Olhou para o monitor, vendo que seu batimento cardíaco estava constante. Ela sobreviveria, mas foi por pouco. Soaram passos atrás dele e ele se virou, obrigando-se a relaxar em uma postura mais acessível. Paul sorriu quando entrou no quarto, contornou a cama com um novo saco de fluidos. __ Ela está indo muito bem, é verdade. Eu estava realmente preocupado quando o Dr. Harris aplicou a droga de cura, mas ela agüentou como um campeão. Eu tinha certeza que iria matá-la. __ Por que aplicaram se era perigoso?

32


O homem trocou os sacos, verificando se o escalpe estava firme no braço e encontrou seu olhar. __ Cara, eu estou chocado por ela ainda estar viva tendo sido trazida para cá. Ela deveria ter sido levada para o hospital especializado em traumas mais próximo, mas por alguma razão a equipe da força-tarefa decidiu trazê-la para cá. O fato de que seu médico a manteve respirando por tanto tempo foi muita sorte. Dar-lhe a droga era a única coisa que Harris poderia pensar em fazer. Ela acelera o processo de cicatrização e a humana estava uma bagunça. Ele supôs que não tinha nada a perder, pois ela não era tão importante. O homem olhou para o braço onde a agulha foi inserida. __ É uma coisa boa que ela tem um coração forte. Essa merda é muito forte para os seres humanos. Eu duvido que ele arriscasse se ela fosse mais velha. É como despejar enormes quantidades de adrenalina direto na corrente sanguínea. Isso perturbou True. Ele não tinha sido autorizado a viajar no helicóptero com Shiver quando eles a trouxeram para cá. Ele havia sido designado para lidar com os espécies recém-libertados. O protocolo ditava que ele devia ficar com eles durante a sua transferência para a reserva. Ele tinha pegado um helicóptero para Homeland, logo que ele teve certeza de que eles estavam instalados. Demorou horas infernais até que ele descobriu que a mulher estava viva. Sua atenção voltou para ela. Shiver aparecia muito frágil e pequena na grande cama de hospital projetado para uso dos espécie. __ Harris vai mantê-la tão drogado que ela não vai acordar se é isso que você está esperando. É melhor mantê-la nocauteada, já que não têm idéia de como ela vai reagir emocionalmente quando despertar. Como eu disse, essa merda é difícil para os seres humanos. Queremos manter a freqüência cardíaca tão lenta quanto possível e a sedação pesada ajuda com isso. __ Como ela come? __ele cerrou os dentes. Ela já era tão pequena... __ Não se preocupe. Nós vamos ter certeza que ela receba o que precisa para ficar bem. A comida não é o mais importante para ela agora. Ela tem recebido nutrientes através da IV. __ele se afastou da cama. __ É verdade o boato de que ela vai ser transferida para Fuller quando estiver estável? A ideia não lhe caiu bem. __ Eu não estou certo. __ Eu só espero que eles tenham uma boa equipe médica. __Paul circulou a cama e levantou o lençol. Ele removeu o curativo, revelando sua ferida. 33


True reprimiu um grunhido de raiva ao ver seu estômago pálido e a ferida vermelha do o lado do quadril. Havia contusões feias dos dois lados do seu quadril. O vestido cobria de suas costelas para cima, mas se o enfermeiro puxasse o lençol mais baixo seu sexo seria exposto já que era óbvio que ela estava nua da cintura para baixo. O impulso de proteger o impressionou de tão forte, incitando-o a mandar o enfermeiro embora, mas ele resistiu. Ela continuava coberta, mas colocaria um fim nisso se o enfermeiro ousasse descer o lençol mais alguns centímetros. __ Vou fazer um novo curativo, mas Harris está realmente curioso para saber como a droga funciona em nós. Ele precisa ver isso primeiro. Droga. Essa merda é incrível. Olhe para isso. __Paul apontou para os grampos. __ Eu acho que podemos removê-los. A pele parece já ter fechado. Faz apenas cerca de doze horas, mas olhando parece que ela se feriu a pelo menos duas semanas. Eu acho que a droga trabalhar mais rápido em humanos que em vocês. Vou chamar Harris. Ele pode querer diminuir a dose. Isto é tão excitante... ser capaz de, finalmente, testar em seres humanos com a dosagem total. Ninguém queria fazer isso antes. True cobriu a barriga dela com o lençol depois que o enfermeiro colocou gaze sobre sua incisão e deixou a sala para procurar o médico. Ele irritou-se por estarem usando Shiver como cobaia. Ele hesitou, lutando para ouvir qualquer som de passos se aproximando, então cuidadosamente tomou a mão delicada entre as dele. Parecia totalmente sem vida, mas quente. Ele foi gentil quando acariciou os dedos, memórias de encontrá-la sangrando e morrendo no chão encheram seus pensamentos. Houve vezes desde que ele ganhou a liberdade, que ele imaginou como reagiria quando a técnica Shiver fosse localizada e presa. O sentimento de traição que ele havia sentido permanecia. Ela pode não ter sido sua mulher, mas seus motivos para ser gentil com ele eram suspeitos, depois que ela trabalhou com Polanitis. Era tudo para levá-lo a se importa com ela para que ela pudesse ser montada com segurança por um espécie? Ele queria respostas. Ele colocou a mão dela sobre a cama e se afastou. A raiva que ele pensou que sentiria ao vê-la mais uma vez não veio à tona. Teria sido fácil fingir que ele só queria interrogá-la se ela sobrevivesse, mas ele se orgulhava de ser brutalmente honesto. True só queria que ela abrisse os olhos e ficasse bem. Ele se preocupava demais com Shiver e sua morte causar-lhe-ia dor. Ela provavelmente seria enviada para a prisão Fuller. Não havia como negar que ela trabalhou para o inimigo. Os seres humanos que dirigiam o lugar a colocariam numa gaiola e a justiça seria feita. Ela aprenderia o que era confinamento, desespero de nunca ganhar a liberdade, e sofreria por seus crimes contra os Espécies. A memória do passado se formou dentro de sua mente... 34


Shiver entrando em sua cela com um sorriso no rosto em forma de coração. Ela sempre se certificava de não demonstrar nada diante da câmera antes de entrar. O kit na mão indicava por que ela viera. Eles levavam muitos frascos de sangue depois de injetar drogas em seu corpo. __ Oi. __ela sussurrou. __ Sinto muito por isso. __Shiver colocou o kit sobre a mesa e suas correntes se ativaram, puxando-o com força contra a parede. Ela não fez isso, então significava que um guarda do lado de fora observava seus movimentos. __ Eu vou fazer isso rápido. Ela vestiu luvas enquanto destampava a agulha e se aproximava com a seringa. Um algodão embebido em álcool estava entre seus dedos e ela chegou perto dele. Com os dentes ela rasgou um dedo da luva de látex. A cabeça dela nem sequer chegava ao seu ombro quando ela parou a poucos centímetros de distância. Limpou o interior do seu braço perto cotovelo. Ela levantou a cabeça e estudou seu rosto, prestando muita atenção na sua mandíbula. __ Eu sinto muito. Você está bem? Ela referia-se à contusão lá. Ele não respondeu, raramente fazia. Seus dedos quentes seguraram seu braço com tanta delicadeza... que ele quase perdeu a cabeça enquanto ela acariciava sua pele suavemente com esse único dedo nu. Ela lhe disse uma vez que rasgar o látex tornava mais fácil sentir suas veias... mas elas eram muito proeminentes. Às vezes, ele fingia ser possível que ela só queria tocá-lo, pele com pele. O corpo dela bloqueou a câmera, então ele era o único a ver suas ações. A agulha foi inserida no seu braço com tanto cuidado que ele mal sentiu. Os outros apenas enfiavam rudemente as agulhas, parecendo desfrutar de infligir dor . __ Eu trouxe analgésicos para você. É seguro tomá-los. __ela sussurrou. Ela soltou seu braço e tocou na frente da própria blusa. Ele não conseguia desviar o olhar do pescoço dela e mais embaixo a pele branca cremosa e a curva superior de seus seios enquanto ela tirava algo escondido de lá. Ela estendeu a mão e deslizou um pequeno pacote de plástico contra a palma de sua mão. Ele fechou os dedos ao redor do objeto. Ela retirou a agulha e tampou-a, colocando dentro do bolso da frente do jaleco. Colocou um pequeno pedaço de gaze quadrada no local da punção. Shiver olhou para ele, se fixando no seu olhar. __ Essas pílulas são minhas, consegui na consulta odontológica. Eu peguei escondido. Basta tomar um de cada vez com um pouco de água, dois se você tiver muita dor. Eles vão ajudar a tirar um pouco do desconforto. __ os olhos dela desceram para o queixo inchado novamente, em seguida, para as 35


costelas machucadas. Lágrimas surgiram em seus olhos, mas ela piscou tentando segurá-las. __ Não desista, 710. Eu prometo que não vai durar para sempre. Basta manter a calma e não lute com eles. Ele ficou confuso. Ele sempre se curava. A dor iria desaparecer até os guardas infligirem mais danos. Nada mudava em sua vida, especialmente o sofrimento que os guardas rotineiramente infligiam nele. Ele olhou para baixo em seu corpo para estudar o próprio peito, certo de que tinha experimentado contusões piores que o roxo que agora aparecia em sua pele. Ela não devia se alarmar por sua aparência ou se preocupar que ele faria algo que pudesse provocar uma resposta mortal dos guardas, enquanto ele estivesse impotente acorrentado. Sua vida não era uma existência feliz, mas ele só atacaria se ele tivesse a chance de ganhar a luta. Ocorreu-lhe que ela estava muito perto de seu corpo. Ele poderia atacála e causar muitos danos. Seus músculos ficaram tensos enquanto ele mentalmente revisava suas fraquezas. Uma cabeçada e podia quebrar o nariz ou causar lesões faciais. Ela estava perto o suficiente para morder. Sua carne era vulnerável. Ele resistiu, incapaz de machucar Shiver. Ele não queria derramar seu sangue ou ouvi-la gritar. Seu peito doeu, imaginando ver terror em seu olhar quando ela olhou para ele, em vez do calor que sempre vislumbrou. Ela se afastou e ele observou-a sair com segurança com seu kit. As correntes soltaram-se e ele foi mancando para a pia. A câmera permaneceu em suas costas quando ele estudou os comprimidos brancos dentro do pequeno saco transparente. Ele removeu dois, hesitou antes de engoli-los, inclinou-se e tomou um gole de água da pia para engoli-los. Era um risco de tomar medicamentos, mas ele confiava Shiver por alguma razão desconhecida. Ele escondeu o saco no punho, caminhando para a esteira. Deitou-se de lado e empurrou o saco debaixo da esteira, permanecendo oculto, já que não se moveu. Tudo doía, mas aos poucos a dor diminuiu. Ela não havia mentido para ele. Por que ela se importava se ele sofria? Por que ela se arriscou dandolhe as pílulas? Ele tinha certeza de que os guardas não sabiam sobre isso. Ela teve o cuidado de dar-lhe as pílulas escondido da câmera. Ele já tinha testemunhado que ela não parecia amigável com os guardas. Uma vez o mantiveram propositadamente acorrentado à parede por vários dias enquanto o espancavam por ele ter ferido um deles tentando se defender. Ele foi pendurado ali, impotente para se defender. Ela entrou na cela e quando viu suas condições, gritou para o guarda perto da porta para chamar um médico. Quando este se recusou, ela empurrou o homem e puxou o rádio de seu cinto, exigindo que um viesse até sua cela. O guarda empurrou-a bruscamente para o corredor em frente à porta fechada. Um médico teve que vir e...

36


~

__ Você tem que ver isso. __a voz de Paul dissipou as lembranças de True enquanto o enfermeiro voltou com o médico. True virou-se para olhar os dois homens. Ele deveria sair, mas queria ouvir o que Harris tinha a dizer. O médico se aproximou da cama, puxou o lençol e levantou a gaze. __ Uau. Neste ritmo, ela deve estar totalmente curada dentro de alguns dias. É um verdadeiro avanço que podemos usar a nosso favor. __ Isso é o que eu estava dizendo. __Paul sorriu. __ Você sabe o que isso significa? __ Nós vamos manter isso em segredo, __o Dr. Harris retrucou, lançando um olhar para Paul. __ Mercile criou a droga e qualquer indício de que eles criaram uma droga milagrosa daria a eles respaldo sobre o que eles fizeram para os Nova Espécies, diriam que foi benéfica para a humanidade. Isso não pode acontecer. __ Eles destruíram seus registros para esconder evidências de que eles fizeram aos novas espécies. Será que a fórmula da droga não está ser perdida para eles? Eles não podem reclamar direitos a propriedade se eles não têm provas de que foi criado em seus laboratórios. Nós não compartilhamos exatamente as informações de como conseguimos a fórmula daqueles bastardos. __ Quem sabe onde os arquivos de backup estão escondidos? Eu não estou disposto a arriscar. Vou mandar algumas amostras para um amigo de confiança no FDA se tudo continuar a correr bem. Eles podem testar em humanos e levar o crédito pela criação. Ninguém ganha a briga com o FDA. __ Como ela está? __True não se importava com a droga, apenas o seu prognóstico. Harris empurrou os óculos para cima do nariz e deu de ombros. __ Ela está indo muito bem até agora. Não tem risco de ter um ataque cardíaco. Eu meio que esperava que acontecesse por agora, mas faz apenas doze horas. É uma droga poderosa. True se alarmou. __ Pare de dar a ela. Ela já não está em perigo de morte, correto? 37


Harris fez uma careta. __ Isso pode ajudar os seres humanos, True. Vamos aprender muito se a mantermos drogada. __ Sua vida é mais importante do que um teste. __ Ela trabalha para Mercile. True rosnou, seu temperamento esquentou. __ E daí? __ Eu não vou perder o sono por estar testando nela. Eles não davam a mínima se matavam novas espécies. O mínimo que ela pode fazer é ajudarnos a descobrir se é possível curar completamente com a mesma dosagem da droga que eles usavam em vocês. Poderia ser usado nos soldados se eles forem feridos. __ Pare de drogá-la. __ Vou discutir o assunto come Justice. __Harris sacudiu a cabeça, virando-se. __ Tenho certeza que ele vai concordar comigo. Vale a pena os riscos. True avançou, impedindo o médico de sair da sala. __ Pare de drogá-la. Ele rosnou. __ Ela não é uma cobaia. A vida dela não é sua para brincar com ela. __ Ela pertence à NSO agora. Eu não sei por que você está tão chateado com isso. Eles usaram você como cobaia, assim quem se importa se fizermos o mesmo? Será que a Mercile sempre pediu sua permissão para injetar drogas em você? Ela já estaria morta se não fosse pelo que temos feito até agora. __ Nós não somos eles. Pare de dar-lhe a droga, Harris. __ele cerrou os punhos, pronto para atacar o macho se ele se recusasse. __ Acalme-se! __ Você pode matá-la! __ele olhou por cima da cabeça do homem para o enfermeiro. __ Um de vocês vai fazer o que eu disse ou vocês dois vão precisar de assistência médica. Assim vão pode testar a droga em si mesmos... se vocês sentirem que os riscos são aceitáveis. __ Foda-se. __Paul murmurou. __ Ele quer dizer, o Dr. Harris. Eles são realmente protetores com as mulheres. __ Você não tem autoridade aqui. __Harris disse.

38


True rosnou, dando ao homem um olhar frio. __ Pare de dar-lhe o medicamento de cura. __ Faça o que ele diz. __Jericho falou atrás dele. __ Nós não matamos mulheres. Eu não estava ciente de que ela não precisava mais da droga para sobreviver ou dos danos que poderia causar ao seu corpo, se ela continuasse recebendo o medicamento. __ Nem um de vocês tem qualquer conhecimento médico. __Harris protestou. __ Eu não estou sendo cruel, maldição. Isso poderia ajudar companheiros humanos se eles fossem feridos. Eu prefiro testá-lo nela que em alguém que amamos. __ Eu me importo se ela morrer. __disse asperamente True. Jericho parou ao lado dele. __ Eu tenho uma audição excelente e ouvi os riscos. Eles não valem a pena. True deu ao macho um olhar agradecido por apoiá-lo antes de virar a cabeça e rosnar para o médico. __ Ela pertence à NSO agora. Você foi quem disse. Faça o que nós dizemos. Pare de dar-lhe a droga. __ Você trabalha para nós. __a voz de Jericho se aprofundou. __ Isso é uma ordem. __ Eu o farei. __Paul removeu o saco que tinha acabado de pendurar. __ Eu vou pegar soro fisiológico normal. Não vamos brigar. Eu não quero meu traseiro chutado. __ele murmurou. O enfermeiro correu e fugiu do quarto. __ Vou chamar Justice. __ Faça isso. True não estava preocupado com a ameaça de Harris. __ Diga a ele que você poderia tê-la matado. Eu tenho certeza de que ele não ficará feliz. O médico saiu do quarto e True relaxou, olhando para o homem primata, Jericho. __ Obrigado.

39


O outro homem deu de ombros. __ Meu trabalho é protegê-la e mantêla segura. Eu falharia se ela morresse. __ele olhou para a cama. __ Ouvi dizer que ela já trabalhou onde foram realizados testes. __ Ela trabalhou. __ Você quer que ela sobreviva para experimentar o sofrimento que você viveu diariamente? Fuller é controlado por humanos. Ela vai aprender a se arrepender de tudo que fez. __ Ela não era como os outros técnicos. __ele estudou Shiver, resistindo à vontade de chegar mais perto. __ Como assim? True hesitou. __ Ela não era insensível ou cruel. __ Um técnico educado? True encolheu os ombros. __ Ela era diferente. __ Diferente como? As perguntas começaram a irritá-lo, mas ele estava em dívida com o homem. Encarou-o, cruzando os braços sobre o peito. __ Ela me deu analgésicos escondido dos guardas algumas vezes depois que eu sofri espancamentos. Ela também furtivamente nos dava doces, dizendo que era Natal. Eu não sabia o que isso significava naquele tempo, mas eu gostava da doçura dela. Ninguém nunca tinha me dado um presente antes. Os olhos do outro macho se arregalaram, revelando mais do vermelho na íris. __ O que ela queria em troca? True olhou para ela. __ Ela nunca pediu nada. __ Estranho. A Mercile nunca fez nada sem um motivo. __ Sim. __ Ela escapou quando foram resgatados? __ Ela não estava lá. Revi as declarações tiradas de todos os funcionários que foram capturados. Ela estava doente naquele dia. __ Isso foi lamentável. 40


__ Não para ela. __ True não pode mais ficar do outro lado do quarto e deixou cair os braços para os lados, aproximando-se tremendo. __ Ela ficou livre para trabalhar em outro lugar onde nosso povo era mantido. __ Ela foi finalmente capturada. “E quase morta”. Ele ficou em silêncio. __ Eu vou voltar para o salão. __Jericho parou perto da porta. __ Você pode querer esconder suas emoções melhor. Ele girou. __ O que isso significa? O homem levantou a cabeça, olhando para ele. __ Você devia estar cheio de raiva, mas isso não é o que eu vejo quando você olha para ela. Ela é pequena e bonita, apesar da contusão. Não se esqueça de quem ela é e de onde ela vem. Isso não é uma mulher, acredite. __Seus lábios se curvaram em um sorriso. __ Você tem que manter isso em mente todo o tempo para ter certeza de que ela não atacá-lo quando der as costas. Você deseja montá-la. __ Eu não sei. __seu temperamento queimava. O primata teve a coragem de sorrir abertamente. __ Os seres humanos têm um ditado que é apropriado no momento. Você protesta muito fortemente. Isso significa que a sua raiva vem de saber que o que eu digo é certo. __ele saiu do quarto. True esbravejou. Ele não queria Shiver. “Talvez uma vez...” admitiu. Isso mudou quando ele soube que ela tinha um motivo para ser gentil. Polanitis tinha tentado usar o seu carinho pela fêmea para forçá-lo a concordar em participar em experimentos de melhoramento genético. O pensamento do que teria acontecido se tivessem sido bem sucedidos foi o suficiente para esfriar o seu desejo. Ela era humana e ele poderia tê-la engravidado. Ele não sabia que era possível naquela época, mas as conseqüências teriam sido horríveis. A Mercile teria criado inúmeros espécies crianças se descobrissem que humanos e espécies poderiam produzir, expondo seus filhos ao inferno que seus pais havia sofrido nas mãos deles. Seus punhos cerraram e ele teve que engolir um grito de raiva. Shiver tentou fazê-lo montá-la e ele quis, essa fraqueza causava-lhe uma profunda vergonha.

41


Capítulo Três Jeanie abriu os olhos, olhando confusa para os trilhos da cama nos dois lados do colchão em que ela estava deitada. Era um choque estar viva. A decoração familiar de um quarto de hospital assegurou-lhe que ela não tinha morrido. A dor incômoda do lado quando ela moveu-se também era uma prova. Ela tentou tocar seu rosto, mas seu braço parou com um solavanco e algo beliscou-lhe o pulso. Ela olhou as algemas que a prendiam nos trilhos da cama. A confusão veio à tona instantaneamente. __ Olá? __sua voz saiu seca e áspera. Ela engoliu em seco, desejando poder beber água. Um homem de cabelos brancos, ostentando um par de óculos apareceu e olhou para ela, franzindo a testa. __ Olá. Eu sou o Dr. Harris. Você está na NSO Homeland no sul da Califórnia, Sra. Shiver. __ Água. __ela resmungou. Ele desapareceu por alguns segundos e depois reapareceu com um copo e um canudo. Ele abaixou até a boca e ela bebeu o líquido em temperatura ambiente. Molhou sua língua e garganta, acalmando e afastando a dor. Ele puxou de volta. __ Não muito de uma vez. Você pode ter um pouco mais depois. __ Obrigada. __ Como você se sente, Sra. Shiver? Ela engoliu em seco. __ É Shy -ver. É assim que se pronuncia. Ele piscou. __ Tudo bem. Você vai viver, mas vai desejar o contrário até ao final do dia, mas fiz meu trabalho. Vou enviar uma enfermeira para ajudá-la tomar um banho e se vestir. A NSO quer respostas. Você será escoltada para o andar inferior onde seu interrogatório começará. Jeanie engoliu surpresa com suas palavras e atitude fria. __ Por que estou algemada?

42


Ele hesitou, mas em vez de responder, ofereceu-lhe mais alguns goles de água. Ela aceitou. __ Você sabe o que NSO significa? __ Sim. Novas Espécies Organização. __ela se mexeu na cama um pouco para se sentir confortável. __ Entendo que é onde eu estou. __ela olhou para baixo. __ Eu estou bem? A bala não fazer nenhum dano grave? Ele pareceu procurar as palavras por um momento. __ Você vai se curar muito bem, mas vai ficar com uma cicatriz. Tivemos que operar para remover a bala e você sofreu hemorragia interna. Precisou de uma transfusão de sangue, mas não tingiu nada vital. __ele fez uma pausa. __ Esperamos sensibilidade no local da ferida por um tempo. __ Obrigada. __ela ficou chocada por a lesão não ser pior. Ela viu um lampejo de emoção nos olhos dele e finalmente descobriu o que era. Por alguma razão o cara tinha pena dela. Ela queria perguntar o que estava errado, mas ele virou-se abruptamente e se afastou. __ A enfermeira está aqui. __ele disse e saiu do quarto. Uma alta mulher Novas Espécies entrou. Ela franziu o cenho quando seus olhares se encontraram, mas se aproximou da cama, agarrou o trilho lateral e abaixou-o. __ Sente-se. Você precisa tomar banho e vestir roupas limpas. __seu tom era gelado. __ Você fede medicamentos. __seu olhar azul permaneceu estreitado, de maneira hostil. __ Seu cabelo precisa ser lavado também. __ela tirou uma chave do bolso e abriu as algemas. __ Olá. __Jeanie sorriu, feliz por encontrar uma Nova Espécie livre, apesar de não parecer mútuo. A dor do lado diminuiu sua alegria, quando ela forçou seu corpo na posição vertical. __ Oh. Isso dói. __ela ternamente tocou o vestido por cima do ferimento, sentindo um curativo grosso sob o tecido fino. __ Ser baleada provoca dor. __a enfermeira deu um passo atrás. __ Você precisa de ajuda para se levantar? Jeanie empurrou as pernas sobre a borda da cama e percebeu o quanto seus pés estavam longe do chão. __ Estas camas são muito altas. __ Elas foram projetadas para Espécies. __a enfermeira avançou, seu toque era suave quando ela envolveu a cintura de Jeanie e cuidadosamente ajudou-a a ficar numa posição ereta. 43


Jeanie esperava ter tonturas, mas ela se sentia surpreendentemente bem. A enfermeira soltou-a depois de alguns segundos, aparentemente confiante de que ela não iria cair. __ Siga-me. __ Qual o seu nome? A mulher rosnou. __ Eu não quero confraternizar com você. Doeu, mas Jeanie tentou não permitir isso ferisse seus sentimentos. Afinal de contas, ela trabalhou em dois lugares onde haviam abusado de novas espécies. Não importava o motivo para ela estar lá, alguma animosidade poderia permanecer. Era isso ou a mulher simplesmente não gosta de humanos em geral. Ela não pressionou por respostas para descobrir a causa exata. O banheiro no canto da sala estava equipado com uma pia, um chuveiro e um vaso sanitário. Ela corou ao usar o último, sabendo que era provavelmente o protocolo para uma enfermeira permanecer presente no caso dela desmaiar ou precisar de ajuda. A enfermeira ligou a água no chuveiro, inclinou-se e pegou um conjunto de vestidos limpos do gabinete debaixo da pia. __ Você coloca um com a abertura na parte de trás e um no com a abertura na parte da frente, para mantê-la completamente coberta. __a mulher fez uma pausa. __ Ninguém gostaria de sua bunda sendo expostas nessas coisas, quando estão fora da cama. __ Obrigada. __ela queria dizer mais, mas o olhar severo no rosto da nova espécie fez sua boca calar enquanto ela tirava o vestido fino depois de desatá-lo nas suas costas. __ Eu vou ficar no caso de você precisar de ajuda. __a mulher colocou as mãos na cintura e inclinou-se contra a porta. Jeanie entrou no chuveiro aberto. O curativo cobria aproximadamente 10 cm logo abaixo da cintura. A película de plástico cobria toda a coisa, então ela não hesitou em entrar sob a água. fechou os olhos, suspirando de alívio quando o calor envolveu-a da cabeça aos pés. Estar viva e num chuveiro parecia um presente. 710 passou por sua cabeça enquanto ela estava lá. Ela sonhava em vê-lo novamente, tentando imaginar o que ela diria, ou ele, depois que ele descobrisse o trabalho que tinha feito para ajudá-lo e à sua espécie. Era rezou 44


para ele estar amigável depois do que tinha sofrido. Ela sempre se lembrava dos momentos infernais, quando ele tinha sido espancado e acorrentado. A esperança que ele estivesse lá e que quisesse falar com ela novamente a encheu, mas ela empurrou-a de volta. Ela pode estar em Homeland, mas isso não significava que ele vivia lá ou que ele iria procurá-la. Ele podia viver na Reserva. Ele tinha sido um enorme impacto na vida dela, mas ela foi só outro empregado para ele. Deu um passo para trás, pegando o xampu na prateleira embutida na parede do chuveiro. __ Esfregue bem. __incentivou a enfermeira. Jeanie olhou para ela. __ Eu pretendo. __ Você realmente fede. Ela estremeceu, olhando para longe. O olfato da outra mulher seria muito sensível, novas espécies eram conhecidos por sua fraqueza. Esperava que ela não tivesse cheirado mal para 710, mas se estava coberta de sangue não teria passado despercebida. Jeanie esfregou seu cabelo, em seguida, lavou o resto do corpo com sabonete. Eles haviam abastecido o banheiro com de qualidade, prova de que esse não era um hospital padrão. A água quente parou quando ela desligou e aceitou as toalhas que a mulher que tinha colocado mais perto. __ Eu preciso de um novo curativo? __ Não. Parece que o plástico manteve-o seco. Apenas passe delicadamente com a toalha. __ Obrigada. Você sabe quem estará nesta reunião que estou indo? __ Eu não tenho idéia. __a enfermeira retirou-se pela porta. __ Dois machos esperam no corredor. Você não quer deixá-los impacientes para obterem as respostas que procuram. Jeanie assentiu, correndo. “É claro que eles querem falar comigo. Alguns dos funcionários devem ter escapou usando as saídas de emergência. É imperativo rastreá-los antes que eles fujam do país.” Ela estava tão ansiosa para ver alguns dos aprisionados. Jim Booth em Cornas não tinha sido tão horrível como Dean Polanitis em Drackwood, mas ele estava perto. Ambas as instalações de pesquisa eram parceiras das Indústrias Mercile e deviam ter acesso aos novas espécie antes de terem sido fechadas. Os vestidos finos não fizeram muito para mantê-la quente, mas ela estava coberta até os tornozelos. __ Eu não poderia usar chinelos? __ela olhou 45


para a enfermeira com esperança. __ Podemos ir pelo menos fundos? Eu me sinto um pouco indecente. __ Vai ter que ser assim. __a mulher acenou com a mão pelo corpo dela. __ A maioria deles são do meu tamanho ou maior. Eles não caberiam. Siga-me. __ Que tal um par de meias ou até mesmo aquelas coisas como sapatilhas de papel? Meus pés estão frios. Jeanie traduziu o rosnado baixo como um não. Ela suspirou, deixando o banheiro. Dois grandes Nova Espécie vestindo uniformes pretos cumprimentaram-na assim que saiu pela porta. Eles lembraram 710, enquanto ela olhava para as letras brancas em suas camisetas. Estes seres não usavam coletes. Ela estudou seus rostos, desapontada que ele não era um deles. O primata era um cara bonito, com olhos castanhos únicos, os tons vermelhos neles eram fascinantes. A ligeira remodelação do nariz e a musculatura da parte superior de seu corpo deu-lhe uma indicação de que ele poderia ter DNA de gorila. Ela tinha ouvido que eles existiam, mas eram raros. Ele era o primeiro que ela já tinha visto. Ela olhou para o outro. Ele tinha olhos felinos bonitos e cabelo vermelho com mechas. Não sorriu para ela, suas expressão era sombrias. Jeanie estava desapontada que eles não eram mais amigável. O com os olhos avermelhados ofereceu-lhe o braço. __ Eu sou Jericho. Você pode segurar em mim. Diga-me se você sentir qualquer fraqueza. __ Nós não queremos que você caia no chão. Meu nome é Flame e eu não sou um médico, então eu não quero que você sangre no meu relógio. __ele olhou para a enfermeira. __ Você vem com a gente, Midnigth? __ Não. Isso fez com que o felino franzisse a testa. __ E se ela começar a sangrar ou algo assim? __ Traga ela de volta aqui. __a mulher partiu. Jeanie hesitou antes de enrolar os dedos ao redor do antebraço musculoso oferecido. Jericó era muito quente, fazendo-a tremer. __ Eu não vou machucá-la. __sua voz era rouca, um pouco assustadora e profunda. 46


__ Não é isso. É que tomei um banho longo e frio. Eu só não sabia o quanto estava com frio, até tocar você. Jericho olhou para o outro. __ Arrume um cobertor. Flame atravessou a sala e escancarou um armário. Tirou um cobertor e aproximou-se por trás dela, mas fez uma pausa. __ O que eu faço com isso? Envolvo em torno dela e um de nós a carrega? Você deveria fazer isso. Ela parece frágil. __ Por que eu? __Jericho rosnou baixo. __ Você é mais fraco do que eu e menos inclinado a esmagar acidentalmente coisas. __ Eu não. Jeanie soltou seu braço e virou. __ Eu posso andar. Posso ficar com isso? Flame entregou o cobertor. Ela envolveu-o em torno dela como um xale e pegou o braço de Jericho novamente. Ela agarrou o material no peito para manter o cobertor fechado na frente e não escorregar pelos ombros. Ajudou um pouco, mas ela ainda desejava roupas reais. Seus pés descalços no chão frio não estavam ajudando a esquentá-la muito. __ Obrigado. Eu estou pronta para ir. Flame os seguiu. Jericho caminhou lentamente ao seu lado e ela apreciou isso. Ele era muito alto perto dela, com as pernas muito longas. O corredor estava claro. Entraram numa grande área com mesas, um longo balcão, e ela vislumbrou edifícios através das janelas ao longo de uma comprida parede. A curiosidade sobre Homeland a fez esticar o pescoço para ver mais, mas eles chegaram a um elevador muito cedo para identificar qualquer coisa que interessasse. As portas se abriram e um cara alto estava dentro, vestindo o mesmo uniforme que os nova espécie que a acompanhava, exceto que ele era totalmente humano. Ela estudou as feições de perto para ter certeza. Ele franziu a testa e examinou-a bem. __ Olá, Sra. Shiver. Sou Trey Roberts. Eu sou um dos líderes da equipe da força-tarefa aqui em Homeland. __ele olhou para Flame. __ Eu estava checando para ver por que estavam demorando tanto. Ele pronunciou seu nome errado, mas ela não corrigiu-o. Era uma ocorrência comum em sua vida. Tinha visto alguns dos membros da forçatarefa na televisão em clipes de notícias breves, mas eles geralmente 47


escondiam seus rostos com as abas dos bonés puxados baixo em suas testas e usavam óculos espelhados para esconder seus olhos. Ele era um cara atraente em seus vinte e tantos anos, talvez trinta e poucos anos, mas a maneira como ele olhou para ela, de maneira hostil a fez se perguntar porquê. __ Ela tomava banho. __Flame cruzou os braços sobre o peito. __ Eu vejo. Seu cabelo está molhado. __Trey olhou para o cobertor, arqueando uma sobrancelha. __ Ela estava com frio. __Jericho anunciou. __ Bem, nós não podemos ter isso. __Trey suspirou. __ Não se esqueça que ela não é uma convidada aqui. __ele dirigiu um olhar aguçado para as mãos dela, curvadas em torno do antebraço de Jericho. __ Onde estão as algemas? O primata rosnou. __ Elas não eram necessáris. __ Ainda é o meu trabalho seguir o protocolo. __ Nós não estamos usando armas que ela pudesse roubar e ela não teve acesso a qualquer coisa afiada. Você acredita que ela é fisicamente capaz de pôr em perigo a nós? __ele parecia ofendido. __ Não. Esqueça o que eu disse. __Trey pareceu exasperado quando ele deu-lhe toda a sua atenção. __ Vamos acabar com isso. Você tem um monte de perguntas a responder. __ Eu tenho uma pergunta. Por que eu deveria estar algemada, em primeiro lugar? Você sabe quem eu sou, já que disse meu nome. Sua boca se apertou em uma linha fina antes dele indicar com a cabeça o elevador aberto. __ Você não é a única que vai fazer perguntas. Vamos. Jericho guiou-a para dentro. Sentia-se pequena em comparação com os três grandes homens que compartilham o elevador. Trey Roberts olhou para ela de uma forma que a fez baixar seu olhar para o chão, um sentimento de apreensão apertou seu estômago. Alguma coisa estava errada, mas não sabia o quê. O medo avançou por sua espinha, mas não devia haver uma razão para isso, mas o medo ainda permaneceu. Ela se sentiu isolada, até um pouco nervosa junto com aqueles novas espécies livres. 48


Tinha sido um sonho para ela salvá-los das celas e levá-los para a NOS, mas ela tinha tratado os perigosos. Eles mataram seres humanos quando tiveram oportunidade, mas tinha justificativa. A diferença entre imaginar estar ao lado deles, quando estivessem livres e realmente estar parecia uma razão lógica para que ela se sentisse um pouco paranóica. Ela tentou negar a causa de seu mal-estar. As portas do elevador se abriram e ela vislumbrou uma grande sala sem janelas, com algumas vigas grossas para suportar o enorme espaço. Jericho moveu-se e gentilmente a puxou para frente até que ela teve uma visão do outro lado da sala. Três quartos do lugar tinham grades divididas por paredes, cada confinamento era semelhante às celas de prisão, mas com mobília de quarto mais agradável. Seu olhar permaneceu neles, feliz por ver que eles estavam vazios. Uma cadeira foi colocada no centro da grande sala com uma luz brilhante acesa em cima. Ela foi levada lá e Jericho instruiu. __ Sente-se. Ela sentou-se, olhando para os três enquanto eles a cercavam. O clima era sombrio, assim como seus rostos e aquela sensação desconfortável cresceu dez vezes pior dentro de Jeanie. Ela esperava para ser levada para um escritório ou pelo menos numa sala real com cadeiras, talvez uma mesa e uma janela. Em vez disso, ela estava em um escuro ambiente úmido que a deixou se perguntando se alguma coisa se escondia nos cantos invisíveis. Ela abraçou a cintura e sentou-se encolhida na cadeira, enquanto seu olhar se desviava para que a escuridão. __ O que está acontecendo? Que lugar é esse? Por eu estou aqui? Ela ouviu um baque surdo e virou a cabeça. Dois grandes homens saíram das sombras a sua esquerda e se aproximaram. Um movimento a sua direita a fez virar a cabeça. O cabelo loiro de 710 de quase brilhava quando ele entrou no círculo de luz. Ela não podia ver seu rosto, mas ela sabia que era ele. Um humano estava ao lado dele. O olhar de Jeanie permaneceu em 710, até que um homem de uniforme se colocou entre eles, bloqueando sua vista. Ele era humano também. __ Novas Espécies ficam chateados quando ouvem mulheres gritarem. Este lugar tem paredes reforçadas e o som é silenciado. __ Devagar, Chris. __Trey Roberts lançou-lhe um olhar irritado. A ameaça implícita afundou lentamente e ela engoliu em seco, o medo crescendo aos trancos e barrancos. __ O quê? Esperava que não tivesse ouvido direito. 49


O humano com uniforme que estava ao lado de 710 se aproximou e se agachou, invadindo seu espaço e as mãos dele agarraram os lados da cadeira. Ele franziu o cenho. __ Eu sou Jordan. __o homem devia ter uns trinta e poucos anos e tinha os olhos cinzentos gelados. __ Você tem sorte de estar viva, Jeanie. Ela assentiu com a cabeça. __ Eu sei. Seu olhar se lançou para 710. Ele ficou cerca de oito metros atrás do homem agachado em frente a ela. Seus braços estavam cruzados sobre o peito e seu queixo abaixado, mantendo seu rosto escondido nas sombras. Jordan moveu a cabeça de um modo que escondia completamente 710 de seus olhos. __ Olhos aqui mesmo, Jeanie. Olhe para mim. Ela fez o que ele pediu, olhando para as íris cinza frias. __ O que estava nos computadores principais na Pesquisa Cornas? Ela hesitou. __ Todos os arquivos sobre as experiências que estavam realizando. __ Você derramou café no computador. Ela assentiu com a cabeça. __ Sim. __ Por quê? Ela lambeu os lábios secos, desejando mais água. __ Eles instalaram distribuidores de gás venenoso dentro de cada cela dos novas espécies. Eu sabia que eles iam matá-los se eu não inutilizasse o computador. Qualquer pessoa da segurança poderia ter acessado a programa e ativado de qualquer terminal de computador. Jordan franziu o cenho. __ Nós não encontramos nenhum distribuidores de veneno. A segurança foi negligente, se alguma forma. __ Verifique os alarmes de incêndio em cada um dos quartos, onde os novas espécies eram mantidos. Falei com o cara que instalou. Ele pensou que era muito inteligente e que ninguém encontraria lá. __ela engoliu. __ Eu acho que ele estava certo, se vocês não encontraram. A única coisa em que eu pude pensar num curto tempo era derramar café no computador principal e fritá50


lo. Eu não podia arriscar e apenas desligá-lo, alguém podia notar. Tinha que ser algo que não poderiam corrigir a tempo. Eu pensei sobre isso, mas destruílo teria feito muito barulho. Eu pensei em abrir e remover algumas peças, mas não foi informaram do ataque até a noite anterior. Eu não podia voltar para o trabalho naquela noite ou chegar cedo para o meu turno. Eles teriam suspeitado. Eu só tinha cerca de dois minutos para danificar o computador e chegar aos andares mais baixos para lidar com o leitor de cartão. Não houve tempo suficiente, já que eu não fui de desativar o elevador. Jordan não pareceu convencido. __ Como você sabia que íamos atacar? Sua pergunta a deixou perplexa por alguns segundos. Perguntou-se se o agente que atuou com ela tinha quebrado regras ao avisá-la primeiro. Não importava, no final, apesar de tudo. Ela não ia mentir para a NSO. __ Eu li o texto por volta das nove da noite anterior, especificando que eu estaria doente no dia seguinte. Ele não escreveu com todas as letras, mas estava implícito que Cornas finalmente seria invadida logo após o turno da manhã. Jordan piscou. __ Quem te avisou? Ela franziu a testa, preocupada, pois ele já deveria saber essa informação. __ O agente Terry Brice. __ Sério? Ela assentiu com a cabeça. __ Você pode ligar e verificar com ele. __ Eu o farei. __Jordan se inclinou mais perto, olhando profundamente nos olhos dela. __ Quem é o agente Terry Brice? Jeanie ficou boquiaberta. __ Você não sabe quem é o agente que lidou com este caso? Eu tenho trabalhado com ele desde o ano passado. Ele foi designado para me ajudar a fechar Drackwood no Novo México, e agora Cornas. __ Ela se mexeu na cadeira, olhando em torno de Jordan para 710. __ Diga a ele. Você esteve lá, 710. Jordan levantou-se e uma de suas mãos segurou-lhe o queixo, quase empurrando a cabeça para cima até que seus olhares se encontraram. __ Não se dirija a ele nunca diretamente. Você me entende? Eu estou lidando com você. __ Jordan. __Trey Roberts deu um passo adiante. __ Pare um pouco. 51


__ Fique fora disso. __o cara cuspiu. __ Eu faço esse trabalho porque você é muito mole. __ Foda-se. __Trey deu mais um passo mais perto. __ Eu só não acho que a abordagem pesada seja necessária. Duvido que Tim aprovaria se ele estivesse aqui. __ Fui designado para lidar com seu interrogatório e acusação. Pare de interferir. __ele se inclinou ainda mais perto, olhando para Jeanie. __ Eu quero respostas, Sra. Shiver. __a mão de Jordan machucava, onde ele apertava sua mandíbula. __ Eu entendo. Por favor, solte-me. __ela estendeu a mão para segurar os pulsos dele com as duas mãos, na tentativa de libertar seu rosto. O cobertor que ela mantinha ao redor dos ombros caiu sobre o encosto da cadeira e em seu colo. A pessoa que tinha ameaçado fazê-la gritar agarrou os pulsos dela, puxando-a de volta na cadeira até que sua coluna pressionada contra a cadeira de metal. Ela não tinha visto ou ouvido ele vir por atrás dela da escuridão. A dor esfaqueou seu lado ferido com os movimentos bruscos quando seus braços eram puxados para trás. Eles não iam algemá-la de novo, mas não era necessário com seu agarre apertado. Ela virou a cabeça e olhou para ele. O uniforme com NSO escrito nele, obviamente, significava que ele era outro membro da força-tarefa. __ Olhe para mim. __Jordan duramente exigiu. __ Eu não estou com humor para jogos, Sra. Shiver. Eu não vou jogar. Ela olhou para ele, confusa. __ Eu... __ Isso não foi uma resposta. Talvez você não entenda a sua situação. __ele se inclinou, olhando para ela. __ Sua bunda pertence à NSO agora. Você não vai conseguir um advogado, ou um júri de seus pares, ou quaisquer direitos legais. Você vai responder a verdade para minhas perguntas ou eu vou fazer você fazer isso. Uma maneira vai ser indolor, mas a alternativa não vai ser se eu decidir que você está mentindo. __ele se agachou, agarrou sua cadeira nas laterais novamente para equilibrar o seu peso, e ficou perto de seu rosto, até que seus olhos estavam no mesmo nível. __ Eu não dou a mínima se você tem seios. Você não é melhor do que um terrorista para mim. Jeanie ficou de boca aberta. Uma terrorista? Que diabos estava acontecendo? Ela estava muito atordoada para formar palavras, provavelmente uma coisa boa, já que o homem fazendo ameaças parecia querer bater nela. 52


__ Eu gosto dos novas espécies. Eu chamo alguns deles de meus melhores amigos. __ele se inclinou ainda mais perto até que ela pudesse identificar o odor de menta em seu hálito. __ Todo dia eu estou disposto a morrer na linha pelo dever de protegê-los. __ele olhou para seu peito com um sorriso antes de segurar seu olhar. __ Eu gostaria mais que tudo destruir todos os babacas que os atormentavam e os tratava como merda. Isso me irrita e fazme ver vermelho. Isso significa que eu não hesitaria em tirar um pouco de sangue, se você não parar de brincar comigo. O que diabos estava no computador principal que você estava protegendo? __ele respirou. __ Responda-me. __ Eu estava protegendo os novas espécies. Há realmente distribuidores de gás escondidos dentro dos alarmes de incêndio em todas as celas. __as lágrimas encheram seus olhos, mas ela piscou tentando segurá-las. __ Mande alguém verificar. Eles vão encontrar. Eu não sei que tipo de veneno eles usaram, mas diga para serem cuidadosos. Uma das mãos dele levantou e ele gentilmente segurou seu lado. Seu polegar pressionado contra o curativo, esfregando-o através do vestido. __ Você sabe o quanto isso vai doer se eu aplicar pressão? Vai abrir a ferida novamente. Eu verifiquei sua papeleta e eles removeram os grampos. Você precisa que eu pergunte novamente? __ Foda-se, Jordan. __Trey Roberts resmungou. __ Vá devagar, porra. __ Eu disse que ficar de fora, Trey. Você não tem esse trabalho, porque tem linhas que você não cruza. A informação é tudo o que importa e não temos tempo para delicadezas para tirar a informação dela. Ou cala a boca ou eu vou mandar escoltar você para fora. Você não é meu chefe e hoje não tem autoridade para me dizer como lidar com esta situação. __ele encarou Jeanie. __ Ninguém vai salvar você. __ Oh meu Deus. __ela estava apavorada quando percebeu que de alguma forma ele não sabia o que ela tinha feito para a ONS. Ele a tratava como se ela fosse uma criminosa em vez de uma informante. Ele se referia à ela como ameaça. __ Você precisa encontrar o agente Terry Brice. Entrei em contato com a NSO ano passado, quando fui designado para os andares inferiores em Drackwood e vi que eles tinham Novas Espécies lá. Deixei uma mensagem e um número de telefone na linha que eu vi no site do ONS sobre qualquer informação que alguém tivesse sobre novas espécies ou pessoas sendo procurado por crimes contra eles. No dia seguinte, recebi um telefonema de volta dele. Ela estava falando rápido, mas o medo a na direção sem balbuciar. Eles precisavam acreditar nela. __ Ele voou naquela noite e eu 53


o conheci. Eu compartilhei informações e contrabandeei para fora provas para ajudá-lo a obter uma garantia de que aquele lugar devia ser pesquisado. Jordan levantou a cabeça. __ Sério? Conte-me mais. Ele não a estava machucando. Isso tinha que ser um bom sinal. O agente Brice disse-me que ficando lá era como eu poderia ajudar mais. Disse que sabia que eu estava dizendo a verdade e que poderiam obter um mandado de busca para a instalação do Novo México se reunisse evidências. Eu finalmente consegui provas suficientes e ele foi capaz de libertá-los. Eu fiz isso na Pesquisas Cornas também. Ele me enviou para lá. __ Como é que ele sabia sobre Cornas? __ Ele tinha um informante, mas a pessoa estava com muito medo de contrabandear qualquer coisa. Eu não sei o nome dela. Ele disse que não poderia me dizer isso porque ela estaria em perigo. Ele temia que eu pudesse delatá-la acidentalmente. __ Que tipo de informações e provas que você deu a este agente? __ Ele queria fotos, mas isso era impossível. Eles tomam nossas bolsas e revistavam antes de entrar e sair do prédio. Eles tinham uma política de nãocelular então qualquer coisa que pudesse tirar fotos ou gravar imagens foi mantida na recepção, onde não tínhamos acesso durante os nossos turnos. Eu tive às vezes que manchar minha roupa com sangue de novas espécies que eu tinha tirado para que pudesse dar a ele para testar. __ela relaxou um pouco. __ Às vezes, eram amostras de saliva de um de novas espécies ou amostras de cabelo. Eu também roubei algumas pílulas de teste, que consegui levar para fora, escondendo dentro do meu sutiã. __ Cabelo? __ Sim. Eu cortava uma mecha de algum lugar que não seria notado. Foi difícil de fazer, mas ocasionalmente havia um ferido drogado inconsciente, que eu podia chegar perto quando ficávamos sozinhos. Eu usava o meu cabelo em um rabo de cavalo. Foi fácil esconder alguns dos seus cabelos junto com o meu, quando a cor era semelhante. Os guardas nunca verificaram isso. Eles só passavam um scanner sobre minha cabeça. __ Então você chegava perto de algum bastardo nocauteado e pegava amostras do corpo? Jeanie não tinha certeza de como responder a isso. Parecia horrível quando ele colocava dessa maneira. 54


O agente Brice disse que eles poderiam fazer o teste de DNA de sangue e saliva. Amostras de cabelo podem ser usadas para testar drogas e produtos químicos. Ele precisava provar que aqueles Novas Espécies estavam lá. Eu nunca fiz mal a nenhum deles. Nunca! Eu não faria isso. __ Foda-se. __Chris bufou atrás dela, seu aperto em seus pulsos aumentaram. __ Nós queremos perguntar de onde ela tirou e oque? Sua cadela doente. Você estava molestando-os quando não podiam se defender? Jeanie virou a cabeça, olhando para ele, horrorizada. __ Não! Cortei da nuca. O que há errado com você? Eu disse que misturava-os com o meu próprio cabelo. Ewww! Eu não tirei pêlos pubianos. Novas espécies nem têm. Jordan segurou seu queixo novamente e dolorosamente virou a cabeça para encará-lo. Seus dedos cravaram em sua pele o suficiente para fazê-la gritar. __ Cale-se, Chris. Como você sabe Sra. Shiver? Ela olhou para ele, além do medo. __ Você está me machucando. __ Vai ficar pior. Responda à pergunta. Como você sabe que eles não têm pelos púbicos se você não molestava os Novas Espécies? __ Todo mundo sabe disso. Eles também têm presas e alguns calos nas mãos e nas pontas dos dedos. __ Você pode ver isso, mesmo vestidos. __ Eu estava dentro e fora do centro de tratamento, onde eles mantiveram algumas das novas espécies de feridos. Eu ajudei trocá-los de cama quando estavam fortemente drogados. Eu não os molestei ou fiz nada mal. Eu não estaria aqui se eu tivesse feito. Eles teriam me matado. __ Não se estivessem drogados. Ela tentou tirar seu rosto das mãos dele, mas o homem atrás dela a manteve imóvel na cadeira dos ombros para baixo. __ Eles teriam me cheirado sobre eles quando acordassem se eu tivesse tocado de forma errada. Eu não sou estúpida. Ela tentou se acalmar, mas ele realmente estava abusando, acusando-a de coisas horríveis de forma implícita. __ Você sabe o que eu poderia fazer com você agora, se eu fosse uma nova espécie? __ela apertou os dentes e respirou calmante. __ Eu poderia morder seu rosto e arranca seus lábios ou quebrar alguns ossos com minha testa. Eu estava tão perto deles o tempo todo 55


quando eu tinha que pegar amostras. Nenhum deles me machucou, porque perceberam que nunca iria machucá-los. Eu dei-lhes minha confiança e eles me deram a deles em troca. Eles sabiam que eu me importava. Um rosnado raivoso ecoou ao redor da sala, impossível dela perceber de qual direção veio. Quando ela percebeu, Jordan foi empurrado longe do caminho e seu 710 estava no lugar. Suas íris escuras de mogno eram claramente visíveis na luz do teto quando ele se agachou, olhando para ela. Linhas de Raiva em torno de sua boca davam uma pista do seu mau humor. __ Você admite que você ganhou nossa confiança para usar contra nós? __ Deixe-me lidar com isso. __Jordan agarrou o ombro de 710. __ Eu vou lidar com ela. 710 mostrou os caninos e rosnou. __ Para trás. Ela é minha. Jordan soltou-o, dando um passo para o lado. __ Tudo bem. Jeanie franziu o cenho. __ Eu nunca usei nada contra você. __ Por que ganhar a nossa confiança? Por que nos fazer sentir como se você se importasse? __ Eu queria que você soubesse que eu estava por perto. Eu não podia dizer exatamente o que eu estava lá para tentar libertá-lo. Havia câmeras por toda parte e se eu nunca sussurrei esse fato para você, porque e se eu dissesse e você deixasse escapar para os guardas por raiva ou dissesse para outro nova espécie para dar-lhes esperança? Eu não podia arriscar. Nossas vidas estavam em jogo. __ Precisamos descobrir o que estava naquele computador. __declarou Jordan. __ Concentre-se nisso. __ Cale a boca, Jordan. __710 rosnou. __ Não interfira. __ele se inclinou mais perto. __ Você quer derramar meu sangue agora? __seu olhar caiu sobre seus lábios e ele revelou seus caninos afiados novamente. __ Você precisa de um lembrete de quem tem a mordida pior? Feriu os sentimentos de Jeanie, ver a amargura de 710. __ Você iria ganhar. __ela não achava que ele usaria seus dentes sobre ela. Ele poderia ter feito enquanto ele estava acorrentado em Drackwood e ele nunca o fez. __ Eu não quero seu sangue, 710. Eu nunca o quis. 56


__ Qual era o propósito de ganhar a nossa confiança? __ Eu disse a você. __ O que Polanitis esperava ganhar? Que tipo de informações você estava tentando descobrir de nós? Em qual ângulo? __ Não havia nenhum. Eu só queria que você tivesse esperança e não desistisse naquele inferno. Eu queria para todos de vocês. Eu estava lutando por você, você sabendo ou não. __ Há arquivos de backup do que você destruiu? __ Eu não sei. __ela caiu na cadeira, desanimada com a sua falta de confiança em sua palavra. __ Isso estava muito acima do meu nível de acesso. Eu só fritei o computador para manter os novas espécies vivos até a SWAT chegar. __ela olhou em seus olhos bonitos. __ Eu estou te dizendo a verdade. Eu estava trabalhando com o agente Terry Brice. Você precisa encontrá-lo e esclarecer isso. Eu estava trabalhando para a NSO este tempo todo. O membro da equipe que ainda segurava-lhe os pulsos bufou. __ Senhora, pare agora, enquanto ainda pode. Você está cavando um buraco maior e vai acabar enterrada dentro. Ela não se deu ao trabalho de olhar para ele, em vez disso manteve seu foco em 710. Ele levantou-se e recuou. __ Assuma Jordan. Eu não quero perder a minha paciência e estou a ponto de perdê-la. Jeanie queria acordar do pesadelo, mas não era um sonho ruim. 710 pensava o pior dela e não importava que fosse esclarecido com o tempo. O agente Brice iria ouvir sobre sua prisão e acertaria as coisas. Ainda doía. O membro da equipe força-tarefa se agachou na frente dela novamente. __ Ajude-nos a comprovar a ligação da Mercile Industries com a Pesquisas Cornas ou você vai ser enviado para Fuller. Os imbecis que dirigem aquele lugar vão fazer você desejar ter cooperado com a gente. Eles não são muito agradáveis para os prisioneiros do que os seus colegas de trabalho tratadam novas espécies. Você vai ser trancado dentro de uma cela de seis por cinco com barras nas paredes. Você nunca verá a luz do dia ou ter um momento de privacidade. Eles nem sequer têm janelas lá. Lágrimas quentes ameaçaram cair, mas ela recusou-se a chorar. __ O que é Fuller? 57


__ É uma prisão para criminosos que cometem crimes contra os novas espécies. Faz uma prisão normal parecer férias nas Bahamas. Você nunca vai sair de lá até que você esteja em um saco preto a caminho para a funerária de escolha da sua família. Nenhum tribunal, sem liberdade condicional, e sem visitas de ninguém. __ele sorriu, mas não alcançou seus olhos frios. __ Sem telefonemas. Sem contato com o mundo exterior. Sem televisão, rádio ou internet. Você vai passar o resto de sua vida sofrendo como os Novas Espécies têm sofrido. Dê-me todas as informações que eu quero ou você estará na próxima viagem para lá. __ Ligue para o agente Terry Brice. Por favor? Ele vai dizer-lhe quem eu sou e isso será esclarecido. Seu número é... Ele segurou seu lado novamente, seu polegar pressionado contra sua ferida o suficiente para fazê-la gritar. __ Não há nenhum maldito agente Brice. Pare de foder comigo. __ Chega! __710 rosnou. __ Pare, Jordan. __Trey Roberts ordenado. __ Não existe? __ela deixou escapar, inclinando-se mais perto de Jordan, com raiva e com dor. __ Ele me visitou muitas vezes e estou cansada dessa merda. Encontre-o. Basta ligar para o seu celular. Eu sei o número de cor. Eu estava com muito medo anotá-la no caso de meu apartamento ser revistado novamente. __ Novamente? __ Eles fazem isso com os funcionários. Eles revistam nossas casas, nossos carros e até mesmo verificam nossos registros telefônicos para ver com quem entramos em contato. Eu tenho certeza que eles colocam escutas em nossas casas e linhas telefônicas para que ouvir cada palavra que dizemos. Eu encontrei alguns no meu apartamento uma vez, pelo menos eu acho que eram escutas. Eu não ousei tocá-los. Eu sempre fui muito cuidadosa ou eu nunca teria sobrevivido tanto tempo. Eles teriam me matado se suspeitassem que eu trabalhava com a ONS. Trey Roberts entrou na luz. __ Ela parece tão sincera e indignada. __ele virou a cabeça e olhou para 710. __ Ela está dizendo a verdade ou é a melhor mentirosa que eu já vi. Eu conheci agentes da CIA com menos talento para mentir enquanto estavam disfarçados.

58


__ Isso é tão estúpido. __protestou ela. __ Basta encontrar o agente Terry Brice. Trey deu alguns passos mais perto e suspirou. __ Não há nenhum Terry Brice. Jordan está tendo um momento difícil acreditando na sua história, porque não faz sentido. A equipe da SWAT não invadiu aquele prédio. Nós fizemos. A ONS não precisa de um juiz para obter um mandado de busca. Achamos que novas espécies estão detidos em algum lugar, mesmo que seja só suspeitas e podemos reunir pelo menos quatro equipes dentro de uma hora para invadir qualquer lugar por mais distante que seja. Sua mente apagou por um segundo, tentando ver o sentido do que ele disse. Não fazia. __ Temos três helicópteros à nossa disposição o tempo todo, que podem estar no ar dentro em uma hora com nossas equipes totalmente preparadas para invadir um local. Nós já fizemos isso e eu tenho que admitir que sempre fico um pouco impressionado com o tempo de resposta. Não temos de seguir a lei ao pé da letra. Novas espécies estão isentos dessa burocracia quando se trata de recuperar outros. __ele levantou uma mão e levantou um dedo. __ Seu primeiro erro foi dizer que contatou a linha de contato. Se você tivesse feito, teríamos arrasado Drackwood, um tijolo de cada vez para procurar em cada centímetro novas espécies. __outro dedo subiu. __ Seu segundo erro foi dizer o nome deste suposto agente porque eu treinei cada membro da força-tarefa que estão envolvidos com os novas espécies. Não há tal pessoa. Você não pode afirmar quem ele ou se é de outra agência porque somos muito criteriosos quando se trata da NSO. Nada acontece sem a nossa aprovação e conhecimento. Uma ordem prioritária dessa natureza de qualquer agência externa seria relatada ao meu chefe imediato e todas as informações que envolve Novas Espécies seriam passadas diretamente a ele. Se tal chamada foi feita eu saberia. Teríamos invadido Drackwood da forma que fizemos em Cornas. Tivemos a dica e estávamos lá em quatro horas. Jeanie acreditou nele. Ela ignorou a dor latejante do lado que Jordan tinha causado e olhou para Trey Roberts em transe. __ Eu não entendo. Ele tinha um distintivo e sabia todas as informações que eu dei à NSO. Ele tinha o número do celular descartável que eu comprei. Ninguém tinha, exceto onde eu deixei a mensagem. __ Jesus Cristo. __Jordan bufou. __ Ela vai levar este jogo até o fim. Vamos ligar para a Fuller para arranjar a viagem antes que eu perca a paciência. Eu nunca machuquei uma mulher na minha vida, mas estou tentado 59


a fazê-lo pela primeira vez. __ Eu estou tentando ajudá-la, acredite ou não. __Trey sussurrou. __ Temos ordens para não machucá-la, mas isso não vale para a Fuller. Faça um acordo com a gente ou eles vão interrogar você. Novas Espécies não machucam mulheres, mas nós não somos tão melindrosos. Você vai ser só um número na prisão. __ Eu estou te dizendo a verdade. Eu juro. __o desespero encheu-a. __ Eu entendo isso, não faz sentido se o que você disse é verdade, mas é assim que aconteceu. Ele disse que era um agente, tinha um crachá, e eu pensei que estava trabalhando para a NSO. Eu queria libertar esses Novas Espécies. __ Eu posso quebrá-la. __Jordan jurou. __ Dê-me cinco minutos a sós com ela. __ De jeito nenhum. __respondeu Trey. __ Eu não vou permitir que isso aconteça. Você já estava muito áspero com ela. É uma coisa fazer ameaças para criar medo, mas outra bem diferente é agredi-la. Todos aqui estão de acordo que você vá dar um volta. __ Eu vou ligar para a Fuller e agendar... __Jordan avisou antes de virar seu olhar irritado para Jeanie. __ Tchau, querida. Estes são os últimos rostos amigos que você vai ver. Eu sugiro que você olhe muito para qualquer janela da van, já que será algo além de paredes. __ Isso não será preciso. __710 chamou a atenção dela. __ Dean Polanitis está lá, então você terá algo para ver todo dia. Estou certo de que ele ficará feliz em vê-la, já que ambos terão muito papo para por em dia. Essa informação foi um golpe emocional para Jeanie. Só ouvir o nome Dean Polanitis, a fez suar frio de terror. Eles estavam levando-a para onde ele estava preso. Ela teria que vê-lo novamente. Todos os pesadelos, as noites sem dormir e ansiedade constante pela possibilidade dele escapar, tudo aquilo retornou. Dean Polanitis iria matá-la, não importaria como. Ele devia saber que ela era a razão pela qual ele tinha sido preso e Drackwood fechada. Flashes das coisas horríveis que ele fez a ela causaram um ataque de pânico. Ela estava de volta àquele quarto de laboratório horrível, presa a uma maca, vendo seu sorriso cruel ao vê-la ser injetada com drogas. A dor que ela sofria parecia divertir o Dr. Brask. Ele estaria naquela prisão também. Jeanie não pôde evitar estar pirando, reconheceu os sinais quando ela começou a ofegar. Ela lutou com o homem que segurava-lhe os pulsos atrás das costas, não se importando se ele quebrasse seus braços. Ela só precisava fugir, para encontrar um canto escuro e se enrolar em uma bola. 60


__ Não! Não! __ela saiu, jogando a cabeça para trás.

Capítulo Quatro True se afastou, irritado por ter sido tão completamente enganado por Jeanie Shiver no passado. Era uma desculpa pobre, dizer que ele era prisioneiro naquele momento, o ponto mais baixo de sua vida. A conexão que sentira com ela tinha sido uma mentira, um truque da parte dela. Era um frio consolo que os conspiradores seriam mantidos tão perto e tão longe. Polanitis era mau e Shiver era tão culpada quanto o homem. Parecia justo que ela sofresse o mesmo destino. É verdade que só queria sair do porão, ficar longe dela e do passado. Ele havia dado três passos quando ela gritou e seus gritos continuaram. Ele girou, viu-a jogada fora da cadeira. Chris tinha feito isso, suas mãos indo para seu nariz sangrando enquanto ele praguejava. Trey e Jordan reagiram, tentando agarrá-la, mas ela rolou, arranhando o que estivesse no caminho e ficando em pé. Ela balançou a instável perto de Jericho. True ficou tenso quando o macho tentou segurá-la pelos quadris. Ela gritou novamente e suas mãos se fecharam em punhos, batendo freneticamente no peito do homem. True chegou mais perto, sabendo que o homem poderia contê-la. Ela levantou seu joelho e o primata rosnou pego de surpresa. True estremeceu, percebendo que ela acertou um golpe direto, o macho soltou-a e caiu para trás segurando a parte da frente da calça. Ele poderia ter golpeado a fêmea, mas ele sabia que o homem propositadamente resistiu em bater numa fêmea. Ela era pequena o suficiente para ser morta com um golpe. Chris se recuperou primeiro, o sangue corria por todo o rosto e as mãos também estavam sujas quando ele correu atrás dela, com a clara intenção de enfrenta Shiver. A raiva torceu o rosto do homem e True rosnou. Com certeza o macho faria um grande dano. __ Não! __ele correu para frente, movendo-se mais rápido do que o humano. Ele enganchou um braço ao redor das costelas dela e tirou-a fora do caminho, quando o membro da força-tarefa ignorou sua ordem. O outro macho quase roçou seu lado a caminho de bater no chão, quando True levou-a além de seu alcance. True levantou Jeanie em seus braços enquanto ela gritava de novo. Suas pernas chutaram violentamente e seus punhos se debateram no ar. Ele olhou 61


ao redor, à procura de algum lugar para levá-la onde ela não pudesse se machucar se ele a soltasse. Não havia nenhum lugar. Ela resistiu em seus braços e foi difícil manter a pressão nela sem machucá-la. Ele simplesmente caiu no chão sentado, a bunda dela em seu colo. Um rosnado escapou de seus lábios enquanto ele ajustava o controle sobre ela e conseguiu passar os braços sobre os seios dela abraçando-a contra seu peito, uma mão segurou-a colada a ele. Sua outra mão segurou seu cabelo molhado perto da base da nuca, ele inclinou para a frente, olhando para ela enquanto conseguia impedi-la de jogar a cabeça. __ Basta! __ele rugiu. __ Pare. __ele fez uma careta quando um de seus pés bateu no concreto, mas ele protegeu a cabeça do mesmo destino. Ela se acalmou em seus braços e parou de lutar. O modo como ela olhou para ele, com terror puro foi algo que ele esperava nunca mais ver. Ele inalou, quase engasgando com o cheiro do seu medo. Tinha que ser um emoção muito forte para ele sentir o cheiro, o que lhe garantiu a sinceridade de sua resposta. Um ser humano não poderia fingir esses tipos de reações físicas extremas que podem ser captados pelos sentidos espécie. A rápida respiração dela lhe lembrava o perigo de ela ter um ataque cardíaco. Talvez a droga que tinha-lhe sido dada causou algum tipo de dano? Ela arfava aparentemente incapaz de recuperar o fôlego. Ele limpou a garganta, suavizou o tom. __ Calma. Inspire e expire. Devagar. Ela olhou-o nos olhos, como se fosse sua tábua de salvação, mas respondeu lambendo os lábios, obviamente tentando fazer como ele instruiu. __ Chamem o maldito médico! __Trey gritou. __ Agora! __ Eu vou ficar bem. __Jericho rosnou baixo sentando-se, mas manteve uma mão sobre a virilha num gesto de proteção. __ Dói como o inferno, mas me dê um minuto. __ Não é para você. A fêmea está em perigo. __Flame manteve distância. __ Eu posso sentir o cheiro dela. __ A cadela é uma louca. __disse Chris num murmúrio, levantando-se até sentar. Ele cuspiu do lado perto de True. __ Eu acho que ela quebrou meu nariz quando jogou a cabeça para trás, eu provavelmente a teria pego se True não tivesse interferido. __ Você bateu no chão duro. __Flame apontou. __ Isso parece doloroso. __ Foda-se. __o humano ficou no chão e olhou as palmas das mãos. __ Ótimo. Elas estão sangrando também. 62


__ Como você sabe? Elas já estavam cobertas de sangue. __ Cale a boca, Flame. __ Desligue um pouco. __Trey exigiu, olhando para True. __ Ela está bem? __ele virou-se para olhar para Jordan. __ Eu disse para você maneirar, porra. Ela não é ex-militar ou algum bandido. Mulheres desestabilizam sob muita pressão. Espero que esteja orgulhoso de si mesmo. True baixou a cabeça, olhando nos olhos que tremiam. Ela ainda olhou para ele, as pupilas dilatadas. Ele esperou. A respiração dela parecendo desacelerar para um ritmo mais normal. __ Por favo. __Shiver sussurrou, agora mole em seus braços. __ Não deixe que ele chegue perto de mim. Ele franziu a testa, lançando um olhar para Chris. O homem poderia ter machucado-a se ele tivesse conseguido pegá-la. Ela não era páreo para o seu corpo muito mais pesado sobre ela no chão de concreto, poderia ter causado ferimentos. __ Ele não vai tocar em você. __ Eu não posso agüentar. Ele franziu o cenho, se perguntando se ela estava tendo flashbacks de quando tinha sido presa. Ele silenciosamente jurou que Chris seria retirado de quaisquer coisas que envolvessem mulheres até que tivesse uma melhor formação. Ela nunca deveria ter sido tratada com tal descaso. A experiência de quase-morte tinha deixado-a traumatizada. __ Você não vai ser machucada. Basta manter a respiração lenta e constante. O elevador se abriu e Midnigth correu para frente. Ela olhou a cena com uma expressão sombria e aproximou-se dele rapidamente com uma seringa. Ele ajustou os braços para levantar Shiver um pouco mais em direção a enfermeira, para dar-lhe acesso livre a fêmea. Midnigth agachou-se. __ Isso vai mantê-la realmente calma. __Midnight prometeu, passando um algodão embebido em álcool na coxa de Shiver e suavemente inseriu a agulha. __ É de ação rápida. Não vai desmaiá-la, mas ela não vai causar mais problemas. Você quer levá-la ou devo pedir para Paul trazer uma cadeira de rodas? Ela não será capaz de andar em poucos segundos. Vai deixá-la um 63


pouco sonolento e muito grogue. Não haverá mais planos de fuga formando em seu cérebro. __ Eu vou levá-la. __True não estava disposto a entregá-la a qualquer um dos outros machos. A fêmea assentiu e puxou os vestidos que envolviam Shiver, colocando m pouco do tecido entre seu antebraço e coxas. __Midnigth inclinou-se. __ Você não vai querer mantê-la exposta. Ela está nua sob o vestido. Ele rangeu os dentes de raiva. Ninguém tinha mencionado isso. Na penumbra da sala onde ele agora sentou-se não dava para ver seu corpo exposto muito claramente mas os outros machos era outra história. Jericho parecia alheio enquanto ele se recuperava de ter suas bolas esmagadas, mas Flame não tinha desculpa. Ele olhou para o macho. Flame ergueu os braços. __ Eu não vi nada. Minha audição é grande, mas os meus olhos estavam totalmente cegos para o fato de... __ Parabéns. __Midnight murmurou, virando-se para o homem ruivo. __ Você parece tão humano... __ Obrigado. __ Isso não foi um elogio. __ela olhou para True. __ Siga-me. Vamos levá-la para se acomodar na cama. __ela se endireitou. __ Ela está sendo transferida para Fuller. __Trey chegou mais perto. __ O Dr. Harris deu luz verde que ela possa ser levada a eles depois do que aconteceu aqui. Seu novo médico vai manter um olhar atento sobre ela nas próximas semanas. Vai levar cerca de uma hora para enviar uma van. Converse com ela e veja se você pode conseguir respostas reais. Ela não podia nem agüentar Jordan ser um idiota. Eu não quero nem pensar como ela vai agüentar ficar lá. Um movimento nos braços fez True olhar para baixo. Shiver mexeu uma das mãos livre entre seus corpos e se agarrou sua camiseta. Ele ficou tenso, esperando que ela fosse agarrá-lo e tentar lutar. Ela não o fez. Seus olhos se arregalaram quando ela olhou para ele. __ Por favor, não deixe que ele me mate. __suas palavras soaram um pouco arrastadas. __ Ele não vai. __True definitivamente ia uma conversa com Tim Oberto sobre Chris. 64


__ Ninguém aqui vai. __Trey jurou também. __ Nós apenas planejávamos assustá-la para termos algumas respostas, mas Jordan foi longe demais. Eu juro que teria pisado nele se ele tentasse bater em você. As lágrimas encheram seus olhos e True odiou vê-las. Ela parecia tão frágil e fraca naquele momento. Ele resistiu à vontade de enxugar as lágrimas que deslizavam dos cantos dos seus olhos. Uma pousou em seu braço nu, onde ele ainda mantinha sua cabeça, elas continuaram caindo e deslizando por sua pele. __ Eu fiz isso por você. Eu te salvei. __as palavras de Shiver estavam arrastadas. __ Eu ... mal para você. __ Talvez eu tenha lhe dado muito. __avaliou Midnigth. O Dr. Harris estava falando com Justice então eu peguei um dos sedativos do seu gabinete. Eu só injetei nela metade, mas acho que pode ter sido muito forte. __ Ela está em perigo de overdose? __a preocupação imediata pela segurança dela atormentou True. __ Não. Ela pode dormir ou ficar extremamente grogue. Ele balançou a cabeça bruscamente. __ Tudo bem então. __ Não está. __Shiver soltou sua camiseta e levantou a mão, os dedos roçando-lhe o queixo. __ Nunca vai ficar bem de novo. __ Vamos colocá-la na cama até a van chega. Eles podem levá-la na maca e tudo mais. __Midnight disse olhando ao redor, caminhando em direção ao elevador. True ergueu o queixo fora do alcance de Shiver. Seus dedos acariciando-o faziam coisas estranhas ao seu corpo e ele se recusou a deixá-la chegar até ele. Flame se aproximou e estendeu a mão, segurando a parte superior braço. Jericho recuperou-se o suficiente para passar para o outro lado, fazendo o mesmo. Os machos ajudaram-no a ficar em pé para que ele não tivesse que soltar a fêmea. Ele deu um aceno rápido agradecendo e seguiu Midnight. __ Eu acordei gritando.

65


True ficou parado, olhando para ela. Suas lágrimas deslizaram por seu rosto quando ela piscou para ele. Sentiu um aperto no peito. Ele odiava vê-la tão desolada. __ Ele me machucou muito, mais que a você, mas eu sobrevivi. __ Você está bem agora. __ele queria tranqüilizá-la. __ Eu não estou. Ataques de pânico estúpidos. __sua mão levantou e ela colocou em seu pescoço. __ Pensei que tinham passado, não tive um em meses. “Ela sofre de ataques de pânico?” Ele franziu a testa, olhando seu rosto. __ Por favor, não deixe que ele chegue perto de mim. __ Chris não terá permissão de chegar perto de você. __ Polanitis. __ela murmurou, fechando os olhos. __ Ele vai me matar se tiver uma chance. Cada músculo em seu corpo enrijeceu. __ O quê? Seus olhos se abriram, brilhando com novas lágrimas. __ Ele vai ficar com tanta raiva. Não deixe que ele chegue perto de mim. Eu serei morta. A raiva subiu e queimou-o. __ Seu amigo ficará feliz em vê-la. Os olhos dela se arregalaram e os lábios entreabriram-se. __ O quê? __ Seu amigo ficará feliz em vê-la. __repetiu ele. Ela estremeceu em seus braços e virou a cabeça, escondendo o rosto contra seu peito. __ Você cheira bem. Seu pau se contorceu e ele rangeu os dentes, caminhando novamente em direção ao elevador. Midnigth esperou, mantendo as portas abertas. Ela torceu o nariz quando apertou o botão para o andar acima deles, se inseriu o código para ativar o elevador. __ Ela precisa de outro banho. Acho que você a assustou. Você conseguiu a informação que precisava? O cheiro de seu medo é forte. __ Ela não tem cheiro ruim. 66


Midnigth deu de ombros. __ Para mim é. É enjoativo. Ele inalou, odiando o modo como sua metade inferior ainda se contorcia. A excitação não era bem-vinda, nem era o desejo de passar seu nariz ao longo da garganta de Shiver. Ele queria cobri-la com seu corpo até ela se sentisse protegida e o cheiro do medo desaparecesse de sua pele. A vontade de lambê-la para sentir seu sabor o irritava. Ele tinha instintos animais, ele reconhecia, mas não se aliava com a parte racional dele. Shiver virou a cabeça, olhando para ele novamente. __ Você não respondeu minha pergunta. Você recebeu a informação da mulher? __Midnight pisou quando as portas do elevador se abriram, eles caminharam de volta para os quartos dos pacientes. __ Não. Ela vai ser enviada para Fuller. Eles vão tentar obter informações que aqui não puderam. __ Aquele lugar me dá arrepios. __Midnight apontou para a cama. __ Basta colocar seu sobre isso e eu vou dar-lhe um banho de esponja. Fique aí até que eu volte. Eu vou mudar sua roupa também. Tenho que encontrar alguma roupa sem esse cheiro que caiba nela. __ Os humanos não vão notar como ela cheira. __ Mas eu vou e eu sou quem vai tomar conta dela até que a van chegue. Ela não deve ser deixada sozinha. Estarei de volta logo. True colocou-a suavemente na cama e tentou deixá-la, mas ela agarrou sua camiseta com as duas mãos. Ela puxou ficando mais próxima até que sua boca estava muito perto da dela. Ele respirava através da boca em vez de seu nariz, supondo que ele ia sentir o cheiro ainda mais tentador agora que estava tão de perto. Ele olhou para ela, surpreso ao ver o medo nos seus olhos novamente. __ Por favor, proteja-me. Eu fiz por você. Ele estendeu a mão e acariciou sua bochecha. Sua pele era macia, até demais. Ele queria acariciá-la. __ Você está drogada, mas segura. __ Eu ouvi. Não me mande para onde Polanitis está. __ela choramingou. __ Eu estarei morta se o fizer. 67


__ Você não vai ser morta. Nós não fazemos isso às mulheres. Ela lutou para se sentar e ele se afastou um pouco, olhando para ela enquanto ela parecia lutar contra a droga em seu sistema. Seu olhar aguçou um pouco quando ela olhou ao redor freneticamente. __ Esconda-me. __ Jeanie. Usar seu primeiro nome parecia apropriado naquele momento e estranho ao mesmo tempo. __ Mentiras não vão fazê-los voltar atrás. Ela pegou a mão dele com as dela, agarrando-se a ele. __ Eu te salvei. __ Você já disse isso. __ Você não acredita em mim. __lágrimas deslizaram por suas bochechas. __ Como você pode fazer isso comigo depois do que eu tenho feito? __ Você... __ Eles iam matá-lo. Levá-lo para o inferno. __ela baixou a voz para um sussurro. __ Eu fui pega chorando por você. Não podia deixar os guardas matá-lo. Ele teria nos matado então eu fiz o negócio. Eu mantive-o vivo quando podia ter apenas fugido. Eu não podia ir embora, porque eu não podia deixá-lo lá. __ela olhou ao redor, um olhar desesperado, antes de olhar para ele novamente. __ Você precisa se acalmar. __a droga estava deixando-a instável e irracional. Ela balbuciou um disparate. __ Calma? __sua voz se elevou. __ Você sabe o que ele fez comigo? O que eu sofri? Como eu chorei e ... A voz dela sumiu e ela franziu a testa, deixando cair sua atenção em suas mãos entrelaçadas. __ Eu não devia dizer isso. Você não pode imaginar. Ele se inclinou mais perto, em alerta. __ O que não posso saber? Jeanie? Diga-me. __ela poderia dizer algo importante que poderia ajudar a encontrar os outros. Ela franziu a testa, absorta com as mãos. Seus dedos exploraram a curva de seus dedos. __ O quê? __ Diga-me o que eu não posso imaginar. 68


Seus movimentos pararam, mas depois ela se agarrou a ele novamente. __ Eu permiti a ele fazer coisas em mim. True empinou, endireitando sua posição dobrada. Precisou de muito controle para não tirar a mão de seu alcance. Seus lábios se separaram quando ele reprimiu um grunhido. Ele não queria ouvir todos os detalhes de como ela ferrou Espécies, ele incluído. Era um ponto sensível do seu orgulho. Ele também temia que ela fosse confessar que Polanitis era mais para ela do que um colega de trabalho. A idéia enojava e enfurecia-o ao mesmo tempo. __ Não fique com raiva de mim. Eles me machucaram tanto 710... __ela sussurrou. __ Mas isso nos manteve vivos. Foi assim que eu sobrevivi. __ela ergueu o queixo, seu olhar desfocado, nublado das drogas. Ela sorriu para ele então. __ Você está livre. Isso é tudo que importa. Eu suportei por uma razão. Olhe para você... Agachou-se, estudando-a. Ele tinha visto alguns dos força-tarefa humanos bêbados. Isso é o que ela lembrou-lhe com aquele olhar vago e como ela caiu um pouco, onde ela estava sentada. Ela estava vulnerável naquele momento. Os seres humanos baixavam a guarda após o consumo demasiado de bebidas alcoólicas e conversamos muito livremente. Suas palavras fizeram pouco sentido, mas ela estava muito indisposta para mentir. __ Polanitis machucou-a? Novas lágrimas brilhavam em seus lindos olhos. __ Eu aceitei o negócio. Eles mudaram suas drogas. Não mais espancamentos. __prendeu a respiração, suas palavras mexeram com sua memória. __ Ele deixá-lo ser morto. __sua voz baixou para um sussurro. __ Novas drogas destinadas a transformar Novas Espécies em assassinos de novas espécies. Eu disse ao agente Brice para avisar a NSO sobre elas. __ela cravou suas unhas em sua mão quando ela se agarrou a ele com mais força. __ Eu aceitei o negócio e ele devolveu você para sua cela. __ela assentiu, suas lágrimas pararam, e focou-se em sua mão novamente. Sua espera diminuiu como ela acariciou seu polegar, traçando a superfície calejada. __ Eu não culpo você por pelo aprimoramento 710. Foi minha escolha. Eu não me arrependo de tudo que sofri, porque você saiu vivo. Não foi culpa sua. Estávamos ambos presos. “Aprimoramento.” A palavra o levou de volta no tempo, em sua cela quando Polanitis ameaçou estuprar uma mulher, se ele não cumprisse com as suas exigências. Ele usou esse termo em seguida, dizendo-lhe que é o que ele era. 69


__ Influência. __ele sussurrou, esperando que ela dissesse mais. Ela assentiu com a cabeça e caiu para o lado, mas se recusou a libertar sua mão enquanto ela se enrolava em uma bola. Seu os olhos fecharam quando ela bocejou. __ Jeanie! __ele rosnou o nome dela. __ Influência? Diga-me sobre isso. É importante. Ela puxou a mão contra o peito, pressionando-a ao lado de seus seios, cobertos apenas pelo tecido fino. Nos nós dos dedos sentiu o calor deles. __ Eu não podia deixá-lo morrer. Eu deixei-os fazer o que quisessem em mim, desde que ele mantivesse-o vivo. __ O que eles fizeram com você? Ela enrolou-se em uma bola apertada. __ Diga-me. __ele exigiu, seu tom mais duro do que ele pretendia. Seus olhos se abriram quando ela estremeceu aparentemente assustada. Seu olhar desfocado procurou e encontrou o seu rosto. __ O que Polanitis fez em você que me manteve vivo? A dor gravada em suas feições delicadas atingiu-o. __ Qualquer coisa. Eu disse ao agente Brice, esperando que ele apressasse a fuga para nos ajudar. __um pequeno gemido passou seus lábios. __ Polanitis me machucou 710. Eu quis morrer algumas vezes, mas eu sabia que não podia desistir até que você estivesse livre. __ela inspirou de forma irregular, quase um soluço. __ Você me deu a coragem para ir a esse lugar novo, onde o agente Brice me enviou. Eu tinha que salvar os outros. Sua mão livre agarrou-a, a raiva crescente com o que ele suspeitava. __ Será que ele montou você contra a sua vontade? Ela fechou os olhos, seu rosto se transformou na cama. __ Jeanie, olhe para mim! Ela o fez e ele quase desejava que ela não tivesse feito, pela angústia que viu no seu rosto. Ele identificou os sinais de sofrimento puro. A suspeita 70


do que aquele monstro foi capaz de fazer, as ameaças que ele tinha feito a True sobre Espécies femininos, levou-o a achar que ele fez em Jeanie. “Será que o estupro foi um homem, ou os guardas, um humano?”__ Jeanie. __ele rosnou. __ Você foi estuprada com violência? Ela não olhou para ele. __ Tanta dor. Ele gentilmente estendeu a mão e segurou-lhe o queixo, virando a cabeça. A ligeira vermelhidão do toque áspero de Jordan o irritou. Precisou de todo seu controle para ficar para trás quando o força-tarefa a interrogava usando essas táticas, mas que ele achou que nenhum dano real seria feito a ela. Ele se arrependeu, já que o homem tinha deixado marcas fracas. Ela não lutou quando ele se inclinou para olhar atentamente para ela, em seus olhos vidrados. __ O que Polanitis fez em você? __ Testes. __ela sussurrou. __ Injeções. Eu gritei. Minha pele estava em chamas e... tanta dor. __sua voz falhou e ela virou o rosto. Ele se permitiu, sofrer com suas revelações. Havia apenas uma droga dada a espécies com aquele efeito colateral. Ele firmou os joelhos para manter-se de pé quando eles ameaçaram dobrar. Sua mente correu pensando nas razões pelas quais eles dariam essa droga à Jeanie, era horrível. Ela teria morrido daquela droga. Não era possível. Parecia mais viável que ela só estava confusa, falando de um homem com a reação à droga de melhoramento. Jeanie tinha sido submetida a um homem enlouquecido sob efeito de drogas que teriam enviado-o a um frenesi para ter relações sexuais com uma mulher? Ele se recusou a compartilhar sexo com ela, mas outros concordaram? Teria sido violento já que ela era humana, um alvo para sua raiva. As imagens do que ela teria sofrido foram revoltantes. Como ela poderia ter sobrevivido? __ Você concordou em ajudá-los com as experiências com drogas de criação para me salvar no dia em que me mandaram para a construção externa, onde um espécie não havia retornado. Não foi? __ Sim. Ele fechou os olhos, fervendo. Esse dia nunca fez sentido para ele, mas o que ela disse agora fazia. Ela sempre foi gentil, mas que ela iria permitir que um monstro para prejudicá-la para salvar sua vida? Ele abriu os olhos, mas dela estavam fechados. 71


__ Jeanie? Conte-me mais sobre esse dia. Ela não falou. __ Jeanie? __ Ela está fora do ar. __Midnight afirmou atrás dele. __ Eu dei a ela muito sedativo. Ela não vai acordar por horas. Ele virou a cabeça, surpreso, ela estava bem atrás dele. __ Você está muito decidido a acreditar nela. Eu ouvi parte da conversa. __Midnigth ajustou a pilha de roupas nos braços e estendeu a mão para descansar uma de suas mãos na curva do braço de True, dando-lhe um aperto reconfortante. __ Ela seria incapaz de mentir, enquanto está tão drogada. Eu acho que o mistério está resolvido. Você tem a sua resposta agora, sobre por que eles o levaram de volta para sua cela e mudaram os testes com drogas para outro. Ela fez um acordo com um humano para salvar sua vida. __ela segurou seu olhar. __ Eu me lembro o quanto você disse que estava incomodado quando falamos depois que foram libertados. __ Por que ela faria isso? Midnigth deu de ombros. __ Eu não tenho certeza. Nós cedemos a alguns pedidos da Mercile quando eles ameaçaram outros espécies. __ela fez uma pausa. __ Ela é humana. Será que ela se importa o suficiente com um de nós para fazer o mesmo? Ele virou a cabeça, observando o sono de Shiver. __ De qualquer maneira, ela não parece ser um humano insensível, é verdade. Eu vi suas expressões. Ela suportou o que foi feito, mas ela está danificada. Ele soltou a mão de Shiver e levantou-se. Midnigth soltou-o, quando ele saiu de perto. __ Danificada? __Você nunca se recuperou totalmente de ser forçado. __ela declarou em voz baixa. __ Você está pensando que eu me recuperei? Apenas algumas fêmeas foram resgatadas de Drackwood. Uma em cada dez homens. Nem mesmo a Mercile seria estúpida o suficiente para enviar uma de nós para que fossem feitos muitos testes com drogas de melhoramento genético, assim como fizeram com os homens. Nós não teríamos sobrevivido por muito tempo. __Midnight estendeu a mão e afastou uma mecha de cabelo de Jeanie fora de seu rosto. 72


__ Pobre humana. Ela não parece forte ou resistente suficiente para sobreviver, não é? Ele teve que se afastar da cama. __ Eles não iriam colocar uma humana, à mercê de um dos nossos machos drogado. Midnigth suspirou. __ Ela não teria lutado com o macho para proteger seu corpo se ela também estivesse drogada. Pode ser como ela sobreviveu. Nem todos os machos conversam com outras pessoas sobre o que aconteceu com eles durante o cativeiro. __ela deu um passo para longe da cama também, segurando seu olhar. __ Especialmente se uma humana foi levada até eles. Eles podem não reter a memória de quem ou o que ela era. Ninguém gosta de discutir as coisas, se não são as melhores lembranças para compartilhar. Os machos estavam loucos de dor e foi terrível para nós, mulheres. Nunca soubemos se iríamos sobreviver. __ela fez uma careta. __ Ela descreveu exatamente o tipo de reação que os machos tinham quando eram testados com a droga de reprodução. Merda. Eles realmente deram para ela. Flashbacks encheram sua mente, de um tempo em sua vida que ele tinha sido usado em testes. __ Eles não o fariam. Nenhum ser humano poderia sobreviver àquela droga. Eu sei disso porque eu fui drogado. Ela não poderia ter resistido à dor. Seu corpo é muito frágil. Seu coração teria parado. __ Soa como se o fizeram. __Midnight protestou. __ Faz sentido que eles drogarem ela também. Ela ficou fora de si com a necessidade de fazer sexo, excitada, e um macho não iria matá-la se ela não tentou lutar contra ele. Ele estaria mais interessado em montá-la ela estava preparada para ele. __ela estendeu a mão e acariciou a cabeça de Jeanie. __ A dor da droga já seria insuportável, portanto, qualquer tratamento áspero do macho não poderia ter sido muito pior. O Humor de True explodiu. Ele não concordou com a avaliação de Midnigth. A Lógica dizia que se ela tivesse sido drogada, os machos provavelmente não tinha sido. Ele nunca tinha ouvido falar de ambas as partes sendo drogadas ao mesmo tempo. Isso significaria que o macho tinha estado totalmente no controle de suas ações, mas ainda concordou com o experimento. Isso também explicava por que ela não foi morta. O homem deve ter tomado cuidado de não infligir danos na indefesa fêmea drogada. Polanitis deve ter feito um acordo com outros machos e eles concordaram. Sua raiva cresceu até que ele começou a suar e não conseguia nem falar. __ Quem é este agente Brice? __Midnight olhou para ele, parecendo notar como ele estava perto de bater em alguma coisa e esfregou o braço 73


dele. Foi um gesto para acalmá-lo. __ Ela mencionou-o algumas vezes, disse que o avisou sobre uma droga que iria transformar Espécies em assassinos de Espécies. Isso é o que eu ouvi você não? Você acha que essa é a droga que foi usada em Moon? Ele atacou todos. Ela também disse que Brice ia ajudar. O que é um mandado? Sentiu gratidão por ela ter mudado o rumo da conversa para um tópico mais seguro, sabia que era de propósito. __ Ela disse que ele era um agente que trabalhava para a NSO e exigiu provas de que espécies existiam quando ela localizou-os. Um mandado é uma palavra humana para a lei deles que permite buscas e prisões. Midnigth virou-se, jogando as roupas em um cesto, e sentou-se na cadeira. __ Você não acredita nela __ Não. __ Ela está tão drogada que eu acredito nela. Esta pessoa existe. __ Tem certeza de que ela não pode estar manipulando a gente? __ Eu trabalho com um médico. Você deve ouvir o que os homens dizem quando você injeta essas coisas. __ela revirou os olhos e, em seguida, sorriu. __ Book fica de pau duro para a Dra. Trisha cada vez que a vê e confessou que às vezes se machuca de propósito, quando ela está aqui apenas para sentir seu toque. Slade o mataria se soubesse. Você acha que ele admitiria isso se tivesse uma escolha? Ele negou com a cabeça. __ Flame chorou como um bebê dois meses atrás, quando ele estava dopado após ser ferido quando o seu ombro foi deslocado durante o treinamento, divagou sobre uma humana. Ele tem uma queda por ela, mas ele é teimoso demais para ir atrás do que ele quer. Ele descobriu que ela quase foi morta por algum humano que ela confiava e ele não quer que ela tenha que lidar com as besteiras que suportamos de nossos inimigos. Ele se importa muito e não quer arriscar causar-lhe qualquer dificuldade emocional. __ Amanda. __True tinha ouvido a história, mas era difícil acreditar que Flame pudesse derramar lágrimas. __ Sim. Esse é o nome. __Midnight se inclinou para frente, sua voz baixando. __ Fury? Ele mantém um par de calcinhas de Ellie no bolso de seu uniforme. Ele gosta de cheirá-las quando sente falta dela, jura que o impede de correr para casa e irritar todo mundo, porque ele negligenciaria seus 74


deveres para ir enterrar o nariz em seu colo. O cheiro acalma-o e ele se sente mais perto dela. Isso é o que ele confessou quando ficou louco na sala de parto quando Salvation nasceu. O Doutor o sedou para impedi-lo de nos machucar, cada vez que sua companheira gritava de dor. Ele queria que todos sofressem como ela sofria. __Midnigth sorriu. __ Eu acho que os humanos chamam isso de amor ao extremo, mas você não vai nunca repetir isso. Ele bateria em quem o fizesse. Eles estão acasalados a mais tempo. Eu acho que o perfume de uma fêmea é um vício que só piora à medida que o tempo passa. Faz-me parcialmente alarmada, mas às vezes curiosa para ver como seria ter um homem viciado em me cheirar. True olhou para Jeanie, em seguida, de volta à Midnigth. __ Você está acasalada ao mais jovem Dr. Harris. __havia dois Drs. Harris, um mais jovem e um mais velho. __ Ele chama disso, mas não é um acasalamento real. Ele não é Espécies. Eu digo que para mim, também é, porque não quero ferir seus sentimentos. __ Ellie e a Dra. Trisha não são espécies, mas elas estão acasaladas. Ela mordeu o lábio, hesitou, e suspirou. __ Nossos homens fazem o acasalamento, é verdade. Eles são os únicos com os instintos fortes para cimentar o vínculo. As fêmeas humanas são submissas o suficiente para permitir que isso aconteça. Os machos humanos não são dominantes o suficiente para uma fêmea espécie. Eu tenho sentimentos muito fortes pelo meu humano e ele geralmente me faz feliz, mas não há distância entre nós. Você entendeu? Ele não está em sintonia com minhas necessidades da maneira como um companheiro estaria. Eu estou bem com isso por enquanto, mas isso não significa que eu não tenho momentos de inveja de companheiros de reais. Eu posso garantir que ele nunca vai levar o meu cheiro com ele e não precisa correr para casa para me montar apenas porque passou algumas horas. __ Por quê? __ Ele não tem o nosso forte impulso sexual. __ela parou. __ Os seres humanos podem suportar o toque de outros depois que eles estão acasalados. Espécies não podem, porque outras fêmeas cheiram mal depois que eles têm um vínculo. __ Seu companheiro procura outras mulheres? __True parecia horrorizado. __ Você o vê engessado? O medo é uma forte motivação para ele ser leal a mim, já que eu o deixei ter certeza de que eu sentiria o cheiro dela nele, 75


mesmo que ele tomasse banho depois. __ela deu uns passos. __ Isso é o suficiente na minha vida. Não quero discutir isso. Diga-me tudo o que a humana disse sobre este tal agente Brice. Estive lendo romances de mistério. Eu gosto de descobrir pistas. True rosnou. __ Vão transferi-la para Fuller. __ Vai ser difícil fazer-lhe mais perguntas quando ela acordar, se ela já não estiver mais aqui. Nós precisamos dessas respostas para descobrir mais. Ele se aproximou da cama. Polanitis vivia em Fuller e ficou claro que ele foi o responsável pelo que tinha acontecido com Jeanie. __ Eu não vou permitir que eles a levem para perto daquele monstro, Polanitis. __ Não vai ser a sua decisão. Você precisa dividir o que descobrimos com Justice. True rosnou, sentia uma algo quente dentro de seu peito. Ele não gostou da idéia de que sua vida e futuro estavam nas mãos de outro homem. __ Harris liberou-a de seus cuidados para que eles pudessem transferi-la para Fuller, correto? __ Sim. Ela vai precisar de exames regulares, mas qualquer médico pode fazer. Nós não guardamos prisioneiros humanos aqui depois que eles estão fora de perigo. __ Você está certa de que ela não vai sofrer uma overdose com o sedativo que você deu a ela? __ Ela vai acordar bem em algumas horas. Nós já saberíamos se ela tivesse uma reação adversa. Ele pegou Jeanie em seus braços, embalando-a suavemente contra seu peito e se virou. __ Diga a eles que ela está comigo. Ela vai ficar em Homeland. As sobrancelhas de Midnight arquearam. __ Eu não acho que isso vai funcionar. Ele rosnou. __ Eu vou lutar com qualquer um que tentar levá-la de mim. Ela é minha para proteger. __ É preciso esclarecer isso com Justice.

76


__ Eu não vou. Assumo total responsabilidade por ela. Dê-me cinco minutos antes de fazer a chamada para informá-los que eu levei-a comigo. Ela estará segura comigo. __ Nos dormitórios dos homens? __ Sim. __ True, seja razoável. __Midnight disse. __ Assim que eles souberem o que está acontecendo, e que não vamos enviá-la para Fuller a coisa vai complicar. Eu estou certa que Justice, Fury e Slade ficarão felizes de vir aqui para discutir isso com você se você está preocupado em não deixá-la sozinha. Eu não permitirei que ninguém a leve até você voltar, se você preferir ir até os escritórios. Eu sou sua amiga e pode confiar em mim para protegê-la. __ Ela passou por muita coisa. Eu só quero que ela acorde em algum lugar seguro. A espécie fêmea balançou a cabeça. __ Eu acho que ela vai se sentir mais segura se você devolvê-la à cama e eu for o primeiro rosto que ela veja. Eu não era muito gentil com ela, mas isso é porque eu acreditava que ela era o nosso inimigo. __ Eu entendo de outra forma. Diga a eles que ela está comigo.__ele andou para frente, o desejo de levá-la para casa era demasiado avassalador para resistir. __ Ela vai ficar no meu quarto até que não esteja em perigo de ser enviada para Fuller. __ Eu quero ajudá-lo a descobrir tudo. Ele parou na porta. __ Compartilhe o que descobrimos com o nosso povo. Eu vou falar com ela quando não estiver drogada e conseguir mais detalhes. Obrigado por sua ajuda. __ Espere! __Midnight pegou um cobertor e cobriu Jeanie com ele. __ Ela esfria com facilidade.

Capítulo Cinco

77


Olhares espantados seguiram True, quando ele entrou no dormitório dos homens com uma mulher nos braços. O cobertor enrolado em volta dela escondia a maior parte do seu corpo, mas era óbvio que era uma mulher com o corpo pequeno e longos cabelos que caiam sobre o braço dele. Os machos assistindo o canal de esportes na TV viraram a cabeça, e olharam todos de boca aberta para ele. __ Ela está bem. __ele gritou. __ Ela só está sedada. Book olhou para ele. __ Quem é ela e por que está com você? __ Ela é humana. Darkness saiu do banheiro e interrompeu. __ O que está acontecendo? True virou-se para olhar para ele. __ Esta é a técnica de laboratório Jeanie Shiver. __ Ela é a humana que a equipe da força-tarefa queria que eu interrogasse? Eu disse que não faria isso. Leve-a de volta ao médico. Eu não mudei de idéia. __seu nariz ardeu e ele rosnou. __ Ela cheira como se você a tivesse aterrorizado o suficiente sem mim. Eu não tenho estômago para ameaçar uma mulher. __ Não é por isso que eu estou com ela. Eles iam transferi-la para Fuller. Eu não vou permitir isso. __ Por quê? Book deu alguns passos mais perto, abertamente curioso. __ Ela não é minha inimiga e ela não é como os humanos que vivem lá. __ A segurança permitiu-lhe ficar com ela? __Darkness levantou uma sobrancelha e não parecia convencido. __ O que você fez? Eu conheço o protocolo. __ Eu a tirei de sua cama na ala médica. __True ficou tenso, preparando-se para lutar contra qualquer um que interferisse. __ Ela não estava segura lá. A força-tarefa pediu uma van para levá-la para Fuller. __ Justice aprovou isso? __ Não. True mostrou seus dentes afiados. __ Eu não pedi. Ele não tem qualquer influência sobre o que acontece com ela. Ela é minha para proteger.

78


__ Ela é sua companheira? __Book deu um passo atrás. __ Ela concordou com isso? __ Ela não é minha companheira, mas eu devo a ela a minha vida. Darkness se aproximou dele, mas parou um metro de distância, sua confusão era clara. __ Sobre o que você está falando? Eu li seus arquivos quando me pediram para interrogá-la. Ela trabalhou para duas empresas de pesquisas suspeitas de serem subsidiárias das Indústrias Mercile. Um dos lugares onde foram mantidos. __ Sim. Ela salvou minha vida no Novo México. Eu ainda não descobri o que está acontecendo, mas eu acredito que ela estava lá para ajudando a salvar as vidas dos Espécies. Darkness balançou a cabeça. __ Ela era um funcionário valorizado e, obviamente, de confiança do alto escalão para trabalhar em ambas as instalações. __ Ela tirou sangue de mim, mas não era um médico ou um funcionário de alto escalão. __True rosnou, zangado com o homem que estava muito perto. __ Há um humano fingindo trabalhar para a NSO que a usou. Ela acreditava que estava ajudando-nos através dele. É por isso que ela estava em Cornas onde foi capturada. Ela acreditou que estava ajudando nossa espécie, dando a ele informações. __ Que humano? __ Eu não sei. Eu preciso descobrir isso. Ele alegou ser um agente e mandou-a para o último local. __ Você tem provas? __Darkness recuou um passo, mas retirou o celular do bolso de seu jeans. __ Vamos lidar com isso de uma maneira racional. Vou ligar para Tim Oberto e Trey Roberts. __ Ela me disse isso enquanto estava drogada. __ Não há nenhuma prova, então. __o homem colocou o celular perto do ouvido. __ Não faça isso. __exigiu True. __ Ouça-me primeiro antes que você comece a envolvê-los. __ Eles já estão envolvidos. Eles trabalham para nós, lidam com os humanos. 79


__ Eu não os quero perto dela. Eles não acreditaram no que ela disse, mas eu acredito. __ Ele está muito atraído por ela. __Book sussurrou. __ Olha como ele está tenso e na postura proteção. Não chegue perto dela novamente, Darkness. True rosnou, virando a cabeça para lançar um olhar raivoso ao homem. __ Isto não é sobre atração. É sobre uma dívida. Devo-lhe o suficiente para permitir-lhe provar sua inocência. Ela não pode fazer isso da Fuller. Book levantou ambas as mãos, palmas para frente. __ Ela cheira bem. Eu entendo totalmente o desejo de levá-la com você. Eu estive lá também. Ela é frágil, tão fácil de simplesmente pegar e levá-la junto, e você provavelmente imagina que ela vai acordar feliz por estar nua em sua cama. Eu estaria tentado a fazer o mesmo. Eu tenho essa fantasia, mas eu tenho certeza de que a fêmea iria gritar e não ficaria tão impressionada como gostaríamos com a visão de um homem excitado, pronto para atacá-la e compartilhar sexo. __ Cale a boca, Book. __Darkness suspirou. __ Você não está ajudando. __ Tudo bem. __o homem deu de ombros. __ Eu estava tentando ser prático. __ Qual a relevância? __rosnou True. __ Não importa agora. __Darkness chamou sua atenção. __ Você não pode simplesmente roubar uma fêmea da ala médica e trazê-la para cá. Temos regras e regulamentos. Você acredita no que ela disse e acha que ela foi enganada por outro humano? Esse é o resumo de tudo? Ele ficou aliviado que alguém tivesse escutado. __ Sim. __ Faça isso por meio de canais apropriados. Vamos devolvê-la à ala médica e colocar um dos nossos homens na porta para ter certeza que ela continuará lá. Você e eu vamos sentar com Justice, Fury e Slade para discutir este assunto. Ele avaliou. __ E se eles não acreditarem nela? __ Você deve estar de acordo com as decisões deles. 80


__ Não vou. __ estava perdendo a paciência novamente. __ Não quando se trata dela. Ela salvou minha vida. __ Eu entendo que você acredita no que ela disse. __Darkness abaixou o telefone e ele colocou de volta para seu bolso. __ Esta não é a maneira de lidar com esse problema. Você não compreende como suas ações são erradas. As portas do elevador se abriram e Flirt saiu. O homem fez uma pausa. __ O que está acontecendo? __seu nariz ardeu. __ Quem é a mulher? Por que ela está tão quieta? True ficou grato ao ver o macho. __ Diga a eles que não sou irracional. __ Tudo bem. __Flirt deu de ombros, olhando para Darkness. __ Ele não é irracional. __ele olhou para True. __ Por que você tem uma mulher inconsciente nos braços? Eu estou tentando não julgar, mas ela tem cheiro de medo. Você quis assustá-la o suficiente para que ela desmaiasse e agora você está dando uma de homem das cavernas para levá-la para seu quarto e beijar melhor? __ Não. __ele cerrou os dentes, tentando acalmar seu temperamento que aquecia rapidamente. __ Eu não roubei-a para sexo. Por que você acha isso? __ Hum... A mulher seminua que você está segurando, ela não está exatamente nos dizendo que ela quer estar aqui. __ Flirt riu. __ Ela é quente, né? __ Ela é a técnica de laboratório Jeanie Shiver. __rosnou True. A expressão de Flirt ficou séria. __ O quê? __suas narinas inflaram quando ele inalou rapidamente avançando, tentando conseguir um melhor anglo para olhar para ela. Sua mão subiu como se ele planejasse remover o cobertor para vê-la melhor. True em advertência. __ Não toque nela. Os olhos felinos e azuis de Flirt estreitaram. __ Ela cheira diferente. Eu quero ver seu rosto. __ É ela. __ Deixe-me vê-la. Você achou que eu iria machucá-la? __ele parecia indignado. __ O que está errado com ela? O que você fez? __sua voz ficou rouca. __ Dê ela para mim. 81


Darkness ficou entre elas. Parem! Vocês vão machucá-la. __ O que você fez? __ Flirt rugiu. __ Eu vou matar você, se você a machucou. __ele estendeu os braços. __ Entregue-a suavemente para mim. __ O que está acontecendo? __Darkness olhou para os dois. __ Estou protegendo-a. __True afirmou para Flirt. __ Eles queriam mandá-la para Fuller. Eu não vou permitir isso. __ A prisão humana? __Flirt acalmou o suficiente para falar em um tom normal. __ Ela não pertence àquele lugar. __ Eu sei. __concordou True. __ Eu estava levando-a para minha casa para mantê-la segura. Os machos acreditam que eu vou machucá-la ou montála. Eu nunca lhe causaria dano. __ O que está errado com ela? __Flirt se aproximou. __ Ela está sedada. Vai acordar em algumas horas. Darkness suspirou. __ Você também estava nas instalações do Novo México, Flirt. Você sabia conhecia a humana, não é? __ Sim. __Flirt assentiu. __ Ela não é má. Não é irracional querer impedi-la de ser enviado para uma prisão. Leve-a para cima, True. Eu vou ajudar a mantê-la segura. Não tente impedi-lo, Darkness. Vou lutar para protegê-la. __ Que diabos? __Book engasgou. __ Todo mundo precisa se acalmar. __Darkness ordenou. __ Eu não vou brigar com ninguém. Só estou tentando descobrir o que está acontecendo. __ Ela é Jeanie Shiver. __Flirt rosnou. __ Eu morreria para protegê-la. __ele virou a cabeça, estudando TrueVerdadeiro. __ Estamos de acordo? Não vamos deixá-los chegar perto dela. Eu roubei-a para impedir isso. Flirt encarou Darkness. __ Eu a teria roubado também, se eu soubesse que ela estava em perigo, que seria enviada para a prisão. Vamos levá-la para cima.

82


Darkness recuou. __ Por que ela é tão importante para você? True, disse ela salvou sua vida. Eu só quero entender o que está acontecendo e por que vocês dois estão prontos para atacar os outros em defesa da human. Flirt estendeu a mão e agarrou a cintura de sua camiseta, tirou-a pela cabeça e jogou-a no chão. As cicatrizes que cobriam o peito, barriga e costas. Elas eram grossas em alguns lugares, linhas finas em outros. __ Isto é o que aconteceu comigo quando se mudaram da Mercile para Drackwood. O abuso aumentou até que eu quase morri, muitas vezes. Jeanie Shiver me mantinha vivo sentada em minha cama durante o pior da dor e me contava histórias que me fizeram lutar para manter a respiração só para ouvir o final delas. __ele fez uma pausa, seus olhos se encheram de lágrimas. __ Um dos guardas foi longe demais antes de sermos libertados. __sua mão esfregou as cicatrizes mais espessas perto da barriga. __ Ele quase me eviscerou, com uma faca. O médico não queria operar para me salvar, reclamando que eu não valia o seu tempo. A operação levaria horas. Shiver envergonhou o macho. Ela discutiu com ele até que ele concordou, e ela ficou comigo para certificar-se de que ele não iria quebrar a sua palavra. Eu mataria para proteger essa mulher. Eu ainda estava me recuperando na cama quando a NSO chegou. Eu não teria sobrevivido o suficiente para estar aqui se não fosse por ela. Darkness abaixou a cabeça, balançando severamente. __ Eu entendo. __ele segurou se fixou no seu olhar novamente. __ Leve-a para sua casa. Eu não tenho nenhuma idéia do que eles vão fazer, mas você tem o meu apoio. __ele olhou para Flirt. __ Eu respeito uma dívida de vida. Ajude-o a mantê-la aqui até que tudo esteja certo. Vou fazer o meu melhor para transmitir por que vale a pena quebrar algumas regras. Eu não sou bom em seguir cegamente todas as regras e espero que eles também não. __ Obrigado. __True balançou a cabeça e afastou-se. Apertou o botão para chamar o elevador. __ Você tem certeza que ela está bem? Ela esta tão mole... True não gostava de Flirt tão perto nem da forma como o homem olhava com carinho para a fêmea. __ Ela está muito drogada, mas tudo bem. __ Entregue-a para mim. __ele abriu os braços. __ Eu vou levá-la. __ Você não vai tocá-la. __alertou True. 83


Flirt rosnou baixo. __ Ela não pertence a você. Ela salvou minha vida. __ Ela salvou a minha também. Eles olharam um para o outro até que as portas se abriram. True entrou, mantendo-se no canto, longe do macho quanto possível no espaço pequeno. Flirt se recusou a desistir facilmente. __ Devemos levá-la para minha casa. Ela vai ficar feliz em me ver quando acordar. O ciúme enfureceu True. __ Você não tem certeza disso. __ Ela passou muito tempo comigo. __Flirt estufou o peito. __ Eu era ferido com mais freqüência que você. Eles me quebravam para testar as drogas que supostamente regeneravam ossos quebrados. Eu a fazia rir. E você? __ Ela me pediu para ajudá-la, não você. __ Eu não sabia que ela estava aqui, ou teria ido até ela. As portas se abriram no terceiro andar. Thue saiu e caminhou para o apartamento dele. Ele puxou seu cartão chave para fora do bolso da frente calça, inclinando-se um pouco para trás para equilibrar o peso dela em seus braços, enquanto ele tentava ignorar o macho que estava muito perto de Shiver. __ Você pode guardar a porta. __ Eu acho que ela se sentiria mais segura se acordasse olhando para o meu rosto. __Flirt protestou. True rosnou. __ Ela é minha para proteger. __ Ela é minha também. Um pensamento horrível o acometeu. __ Será que você concordou com o acordo de Polanitis? Você quis montá-la? __ele não tinha certeza o que faria se o homem disse não. Ele queria matá-lo se tivesse certeza. __ Não! __Flirt rosnou. __ E você? Polanitis lhe ofereceu um acordo para montá-la? __ele rosnou de novo, suas mãos em punho. __ Foi assim que ele descontou a raiva dela? Deixando você machucá-la? 84


__ Eu nunca a toquei. __ele lutou contra a vontade de socar o homem no rosto, mas não o fez por causa de Shiver descansando contra seu peito. Ele teria que colocá-la no chão e fora do caminho primeiro, para lutar com o homem. __ O que você sabe de Polanitis? __ Ele entrou na sala da clínica poucos dias antes de sermos resgatados. Ela estava lá comigo e ele exigiu que ela fosse com ele. Ela disse que estava ocupada, mas ele agarrou seu braço. Ele estava furioso. Eu queria matá-lo quando ele a arrastou para fora, mas eles me haviam acorrentado. Golpeou-a no rosto antes de obrigá-la a ir com ele. Ela voltou algumas horas mais tarde, com hematomas nos braços. Ela se recusou a me dizer como eles foram parar lá, mas eu pensei que ele tinha feito isso. Você está me dizendo que ele ofereceu-a para nossos homens montá-la como castigo? True sentiu uma sensação de esfaqueamento no peito. Doeu a confirmação da razão porque Shiver temia Polanitis. Ele tinha sido encarregado de Drackwood, portanto, responsável por tudo o que tinha sido feito a ela. Ele estava convencido agora que ela tinha sido forçada a experimentos de melhoramento genético. __ Parece que sim. Flirt rosnou. __ Quem aceitou? Eu quero seus nomes. __ Eu não sei. Eu não toquei-a. Flirt fechou os olhos e virou-se. __ Pergunte a ela ou eu o farei. Eu quero saber se algum dos nossos homens feriu-a. __ele inspirou algumas vezes de forma irregular. __ Eles vão pagar se o fizessem. Ela era gentil com todos eles, trazia remédios quando estávamos feridos. Eu estava lá e vi muitas vezes sua interação com a nossa espécie. Ela não merecia isso. __ele virou-se lentamente, abriu os olhos, e estudou True. __ Você sabe disso, certo? Ela não era como os outros. __ Eu sei. __ Ela tinha coração. __ Eu sei. __ Eu vi a dor em seus olhos, muitas vezes, quando estávamos feridos. Ela se preocupava com a gente. 85


__ Eu sei disso também. __ Ela estava com medo. Perguntei-lhe uma vez por que ela trabalhava para eles. __ele enfiou os polegares nos passantes de sua calça jeans. __ Sabe o que ela disse? __ O quê? True realmente queria a resposta. __ Eles a matariam se ela saísse e ela não estaria lá para nos ajudar. Ela sussurrou para mim e acreditei em cada palavra. Estava tão presa como estávamos. True tinha ouvido o suficiente. Ele passou o cartão e abriu a porta. __ Não permita que ninguém entre. Ela estará segura aqui. __ Não deve feri-la de nenhuma forma, True. __a ameaça pairava no ar. __ Nós vamos fazer a NSO entender que ela não era como os outros humanos e deve ganhar sua liberdade. Ela merece isso por tudo que ela fez. Seu sangue fervia. __ Você acha que eu iria causar-lhe dor de alguma forma? Flirt hesitou, estudando-o de perto. __ Eu vou matar você, se você causar. __ Mate Polanitis. Ele é responsável por ela ter sido machucada em Drackwood. Eu acho que ela foi usada na criação drogas. O choque fez o outro macho arregalar os olhos. __ Ela admitiu que tivessem feito isso com ela. É por isso que eu me recuso a permitir que ela seja enviada para Fuller. Ele está lá. __ Filho da puta. __rosnou Flirt. __ Parece que ela fez um acordo e permitiu que fosse usada em testes de medicamentos para salvar a minha vida. Isso foi o que impediu de me matarem naquele dia em que eles estavam me levando para o edifício externo e é por isso que ela vai ficar em minha casa. Não me insulte novamente. Eu quebraria meus próprios dedos antes de colocar um sobre ela, que fosse causar dor. __ele entrou e fechou a porta com o pé. Um olhar rápido por sua casa lhe assegurou que ele precisava limpar o local antes de Jeanie acordar. Ele trabalhou em várias diligências e seus uniformes estavam espalhados pelo chão. Ele lentamente puxou o cobertor de seu corpo, já não se preocupando em ocultar sua nudez. Ela parecia em paz 86


em seu sono sob efeito da droga quando ele embalou-a nos braços, levando-a para o quarto. A cama não foi feita, mas os lençóis estavam meio limpos já que ele tinha trocado no dia anterior. Ele puxou o lençol de cima e gentilmente estendeu-a na cama. Ela pareceu minúscula no centro de sua cama quando ele tirou os braços de debaixo dela e ajeitou as batas do hospital sobre as coxas pálidas. Era uma tentação remover aquele material que ele odiava e deixá-la dormir sem roupas, mas ela poderia se assustar se acordasse nua. Ele saiu de cima da cama e puxou as cobertas até o peito dela. Acariciou sua pele macia ao longo do lado do rosto dela com um dedo. Ela não estava fria, mas ele caminhou até o termostato, fez uma pausa, debatendo o que seria uma temperatura confortável para ela. Ele decidiu que seriam vinte e oito graus. Seria quente para ele, mas não queria que ela se resfriasse. True rapidamente saiu do quarto para arrumar a sala de estar e lavar os pratos. Quinze minutos mais tarde, ele retornou. Ela dormia na mesma posição. Ele hesitou antes de levantar de pegar uma cadeira, levou-a para o lado da cama e sentou-se. Ele permaneceria lá até que ela acordasse. Era importante que ela não tivesse medo. Ele queria ser a primeira coisa que ela visse, queria garantir-lhe que ela estava segura.

***** Darkness calmamente esperou até que os dois entrassem nos dormitórios dos homens, antes de seguir seu caminho. Justice, Fury e Tim Oberto não parecia tão chateados como ele esperava. Uma equipe da força-tarefa composta por seis humanos reuniam-se do lado de fora das portas principais, parecendo estarem em alerta máximo, pela tensa linguagem corporal. __ Eu esperei você chegar, pelo menos, cinco minutos. __Justice piscou, sua expressão era calma. __ Nós temos uma situação. __ Estou ciente. True roubou da ala médica a humana e levou-a para seu apartamento. __Darkness colocou as mãos nos quadris. __ Flirt está guardando a porta para evitar que você mande pegá-la de volta. Fury levantou uma sobrancelha. __ Por quê? Darkness hesitou, avaliando cuidadosamente suas palavras. __ Por causa do que ela fez por eles em Drackwood. Reli todo o seu arquivo enquanto eu esperava para mostrar tudo a você e nenhum Espécie falou mal dela. Eles foram realmente lisonjeiros em suas declarações. Você sabia disso? 87


Tim praguejou. __ Não importa se ela era boa para alguém. Ela precisa ser enviada para Fuller. Ela recusou-se a cooperar com a equipe que interrogou-a. True está fora de si para fazer essa merda. __ele ergueu o braço e passou a palma da mão sobre sua careca em sinal de frustração. __ Você deveria ter estado lá e conseguido as informações que precisávamos Darkness. Ele acenou com a cabeça. __ Provavelmente, mas eu me recuso a aterrorizar mulheres. Eu não tenho acesso ao que foi dito durante seu interrogatório, já que ninguém se preocupou em atualizar essa informação. Seria agradável de ler. __ele franziu a testa. __ Os homens da sua equipe são ineficientes. Tim. __ Simplesmente aconteceu. Eles não tiveram tempo para digitar transcrições da gravação e enviá-las para os arquivos de dados. __ Já faz mais de uma hora. __Darkness se dirigiu a Justice. __ Os machos têm uma dívida de vida com a humana. Você leu declarações deles quando foram libertados de Drackwood, contando tudo o que tinham suportado lá? __ Não. __ Você devia, antes de forçar a questão. Ela está segura e tem dois machos que a guardam. Ela não andará livremente em Homeland. Eu vou garantir pessoalmente isso. Ela não é uma ameaça e é melhor ficar onde ela está. Se você precisa de um macho extra na porta de True, eu ofereço meus serviços como guarda. __ele olhou em direção do homem que esperava perto dos elevadores. __ Dagger? Venha aqui e conte. O homem se aproximou. __ Agora? Darkness acenou afirmativamente. __ Eu estava em Drackwood. A técnica de laboratório Shiver nunca fez mal a qualquer espécie de lá e eu falei com a maior parte deles. Darkness me mandou fazer contato com os Espécies disponíveis na reserva que eu pudesse encontrar por telefone e eu entrevistei brevemente os daqui. Ninguém tinha nada de ruim a dizer sobre ela. Eles realmente estavam alarmados que ela tinha sido levada em custódia e perguntaram sobre seu bem-estar. __ele fez uma pausa. __ Um grande número deles se ofereceu para testemunhar em seu favor, se ela estiver enfrentando a lei dos Espécies. Dois deles, ambas fêmeas, queriam deixar a Reserva para vir aqui e estar com ela. Elas ficaram preocupadas que ela ficasse assustada. Elas estão aborrecidas.

88


__ Eu também liguei para a Reserva e ouvi alguns relatos. __Darkness acrescentou. __ Eu conversei com alguns dos espécies recém-libertados. Eles falaram muito bem de Shiver. Uma fêmea está muito irada com o tratamento que ela está tendo. __ele olhou para Tim. __ Você realmente precisa conversar com alguns dos membros de sua equipe. É inaceitável que a humano quase morreu quando foi presa e que seus ferimentos já graves foram amplificados pelo tratamento áspero. __ Eu já ferrei suas bundas. __Tim bufou. __ E Justice ferrou a minha. Nós não vamos matá-la. __ Isso soa bizarro. __Midnight declarou, saindo da cozinha com uma taça de sorvete. __ Eu fiquei com fome enquanto esperávamos. __ela parou ao lado de Darkness. __ Oi. __ela acenou sua colher para Justice, Fury e Tim. __ O que você está fazendo aqui? __Fury franziu o cenho. __ Você deveria estar de plantão no centro médico. __ Eu sou a voz feminina da razão e é minha pausa para o almoço. __ela deixou cair a colher dentro da taça. __ Eu não gostava da humana quando foi trazida para cá. __ela encolheu os ombros. __ Então, ela ficou toda dopada e começou a falar para True. Coisas realmente interessantes. Eu mudei de idéia sobre não gostar dela o suficiente para vir aqui para falar coisas com algum sentido para todos, antes que muitos egos masculinos se choquem. __ O que foi dito? __Justice se apoiou contra a parte de trás do sofá, sua postura era relaxada. Midnight colocou a taça uma mesa próxima. __ Ela teve o que parecia ser um ataque de pânico no fim do interrogatrio no porão. O velho Dr. Harris estava em seu escritório, então eu tive que lidar com a situação. Pensei que meia dose do sedativo que damos para nossos homens quando estão fora de controle seria bom, mas parece que eu deveria ter usado menos. __ela estremeceu quando olhou para Fury. __ Lembre-se quando Ellie estava em trabalho de parto? A mesma coisa que lhe foi dada para acalmá-lo. Foi assim que ela reagiu. Ela mal fazia sentido, mas algumas das coisas que ela disse fizeram. __ Eu não vejo por que isso importa. __Tim expôs. __ Esta Jeanie Shiver é... __ Chega! __Justice exigiu, afastando-se do sofá para se endireitar. __ Esta humana é importante ao nosso povo e eu quero entender por que. __ele acenou para Midnight. __ Continue. 89


__ Ela descreveu os efeitos da droga de melhoramento genético. As mãos de Justice se fecharam em punhos. __ O que significa isso? Midnight hesitou. __ Por alguma razão, parece que a Drackwood desejava testar a droga em um ser humano fêmea. Ela aparentemente concordou em ser cobaia e permitiu-lhes usá-la, para salvar a vida de True. __ Ele disse que nunca montou-a. __Justice franziu o cenho. __ Ele mentiu para mim? Ela balançou a cabeça. __ Não. Nós não temos idéia se outros machos montaram-na. Eu pensei nisso, desde que True levou-a. Um espécie com a droga teria matado um ser humano. Eles não são fortes o suficiente para sobreviver a um espécie fora de controle de luxúria. Havia apenas algumas fêmeas em Drackwood. __ela ficou em silêncio, olhando sombriamente para Justice. __ Foda-se. __ele assobiou. __ Mesmo um macho que odiasse os seres humanos teria sentido pena vendo-a sofrer, especialmente se ela inspirou a qualquer um deles qualquer tipo afeição, mesmo se tivesse sido drogado antes. Fury rosnou. __ Teria sido tentador apenas matá-la para acabar com o seu sofrimento, mas alguns podem ter escolhido montar, já que ela os tratava bem. Ou alguns podem ter sido incapaz de resistir, se não tivessem tido acesso a uma fêmea por um longo tempo. Darkness suspirou. __ Ela é atraente e todos em Drackwood pareciam gostar dela. Nós teríamos feito o mesmo com nossas fêmeas para aliviar a dor da droga. Eles teriam tido cuidado para não machucá-la se ela disse algo a eles. Isso explicaria por que ela não foi morta. Midnigth chamou a atenção. __ Ela continuou falando sobre um agente Brice e o que ela respondeu a algumas das perguntas é verdade. Nunca entendi por que as pessoas em Drackwood mudaram de idéia sobre matar True. Você sabe que eu falo muitas vezes com os espécies recém-libertados. Eu ajudei True se adaptar à vida como um homem livre. Eu conheço bem sua história bem e ela se encaixa. __ela fez uma pausa, como se considerando seus pensamentos antes continuar. __ Estou intrigada, Justice. Parece que há um ser humano com um distintivo que a convenceu que ela estava realmente trabalhando para ajudar os espécies a ganhar liberdade. Eu acredito nela quando ela diz que ele existe. Fury mudou sua postura. __ Você tem certeza de que ela estava sendo honesta? 90


Ela olhou para suas calças. __ Você quer esvaziar o seu bolso esquerdo para mostrar a todos o que você guarda lá? Eu já sei, e eu sei por que você sente a necessidade de manter o cheiro de Ellie perto o tempo todo. __ela sorriu enquanto seu olhar se fixava no seu. __ Só um forte sedativo nos obrigaria a fazer declarações honestas sobre coisas que normalmente não partilharíamos. A cor manchou suas bochechas e ele rosnou. __ Entendi. Justice olhou para ele e cheirou o ar. __ Devo perguntar? __ Não. __Fury pigarreou. __ O sedativo é forte suficiente para que alguém deixe escapar informações verdadeiras. Acredite em mim. __ O que tem no bolso? __ Nada que seja de sua conta, Tim. __Fury lançou a Midnigth um olhar de advertência. __ Ela falou muito? __ Sim. Ela tentou responder as perguntas com sinceridade quando a levaram para o porão, mas ninguém acreditou. True confia nela agora. Devemos esperar até que ela acorde para obter mais respostas, descobrir quem é este ser humano e descobrir como ela foi usada por ele. Ela olhou para Tim. __ Eu estive pensando sobre isso. É possível que haja outro site lá fora que imite o nosso? Talvez ela viu e contatou este humano, pensando que fosse nós. Não seria a primeira vez que alguém tentou mexer com Espécies. Ela olhou para Justice. __ Como é que nós localizamos os lugares onde ela trabalhou? Ele olhou para Tim. __ Diga a ela. __ A linha de ajuda. Pagamos um milhão e meio pela informação sobre Cornas. __ Então, alguém lucrou com o resgate? Midnight expôs. __ Está vendo? __ Foi ela. __Tim acusou. __ Isso torna as coisas piores. Fury franziu o cenho. __ Você sabe que foi assim com certeza? 91


__ Não. Recebemos um pacote do correio com a prova de que alguém teve acesso a espécies não enumeradas em nosso banco de dados de DNA três dias antes de invadirmos Cornas. Não havia impressões digitais ou qualquer maneira de rastrear de onde o pacote veio. Ele continha sacos de amostras seladas com DNA de espécies com uma nota digitada. Dizia que iríamos ser contatados em breve e a quantidade de dinheiro queria para a divulgação do local onde poderíamos recuperá-los. Logo depois da meia-noite soubemos da localização e do número da conta bancária estrangeira por uma voz computadorizada na linha de apoio. Nós pagamos e eles nos mandaram por email onde encontrar nossa espécie presa no subterrâneo da Pesquisas Cornas. Quatro horas mais tarde, encontramos. __ele fez uma pausa. __ Eu tenho certeza que uma denúncia anônima com pagamento em dinheiro também aconteceu no resgate em Drackwood. Você não vê? Ela tem que ser a pessoa que fez isso. Essa cadela tem chantageado a NSO. Eu tenho certeza que pagamos mais de um milhão naquele resgate também. __ Outro homem está envolvido. Midnight afirmou. __ Ele usa o nome de Brice. __ Tudo indica que eles são parceiros. __Tim virou-se, apontando para sua equipe no exterior através das grandes janelas. __ Eu estou indo interrogála eu mesmo neste momento e descobrir com quem ela estava trabalhando. __ Vamos pegar esses dois bastardos e pegar o dinheiro de volta. __ele acenou para Justice. __ Eles podem saber de mais locais onde novas espécies estão sendo mantidos. Estou preocupado que as invasões que fizemos causem pânico e em outros locais podem matar todos os sobreviventes. O tempo é essencial. Quando os seis humanos correram para dentro do prédio, Midnigth rosnou, ficando na frente de Tim. __ Pare. Você não está me ouvindo. Ela acredita que estava ajudando, não nos usando para ficar ric. Ela não se encaixa. __ Você tem certeza? Eu não. Pagamos uma porrada de dinheiro e mais vidas poderiam ser salvas. Eu não me importo se ela percebeu que seu parceiro nos estava tirando dinheiro. Ela sabe quem ele é e ambos sabiam como encontrar Drackwood e Cornas. Há muita coisa em jogo para dar a alguém o benefício da dúvida. __ Tim disse e fez sinal para seus homens novamente. __ No andar de cima temos que pegar a preisioneira. Justice interveio. __ Não siga essa ordem. __ele olhou para Tim. __ Eu compreendo a difícil situação em que está, mas você não vai enviar sua equipe até que consigamos mais informações. 92


__ Ela poderia saber onde outras espécies estão sendo escravizados. __o rosto de Tim avermelhou de raiva. __ Eles podem estar sofrendo agora. Quanto mais rápido nós fizermos ela falar, mais rápido podemos chegar até eles. __ Ela pode ter outro ataque de pânico. __Midnight protestou. __ Eu acredito que ela foi usada pelo humano. E True também. __ Basta! __gritou Darkness, sua voz arrepiante. Ele esperou até ter a atenção de todos. __ Ninguém conseguirá chegar perto da mulher sem ter que matar Flirt e True. Eles não vão permitir que você pegue-a sem uma luta até a morte. Você não me ouviu sobre a dívida de vida? __ele segurou o olhar de Justice. __ Eu não vou permitir que isso aconteça. Eles estão fazendo o que eles acreditam que é certo. Deixe-os fazer-lhe perguntas, ou eu vou, mas isso se tornou uma questão Espécies. __ele virou o olhar frio para Tim. __ Tire seus machos de nosso dormitório. Eu gosto de alguns deles, mas isso não significa que eu não vou chutar suas bundas se tentarem chegar àquelas escadas ou o elevador. __ele olhou para cada membro da força-tarefa. __ Você quer me ouvir Tim? Deixe. Os humanos concordando, retirando-se para a porta. Darkness não se importou que Tim parecesse furioso. __ Você deveria ir com eles. __ Não me ameace. __ Chame de um aviso amigável. A fêmea fica aqui. Vou colher suas respostas. Você quer saber se ela estava ciente da chantagem e quem e o macho. Eu vou encontrar uma maneira. Justice concordou com a cabeça. __ Darkness vai lidar com este assunto. Tim engasgou. __ Ela é humana, portanto, minha responsabilidade. É o meu trabalho... __ Sigam minhas ordens. __reiterou Justice. __ Eu entendo que você está com raiva, porque vê as coisas de outro ângulo, mas Darkness está certo. Isto tornou-se um assunto de espécies, a fêmea em questão se refugiou sob este teto. __ Ela foi raptada do centro médico! __Tim lembrou.

93


"Na verdade ajudada. __Midnight disse. __ Ela pediu a True para escondêla. Ela queria sair de lá, mas ficou claro que queria a ajuda dele. É seqüestro, se você pediu para ir para outro lugar? __ Não. __respondeu Darkness. __ Ele escondeu-a em seu apartamento. __ Eu não tenho certeza de em que quarto ele está mantendo-a. __Dagger sorriu. __ Eu considero que está escondida. Ele está apenas fazendo o que ela pediu, então não pode ser seqüestro. __ Maldição. __Tim estava arrasado. __ Isto não é um jogo. Você está abrigando uma fugitiva de minha equipe e de mim. Eu sei que os espécies têm um ponto cego quando se trata de qualquer coisa com uma vagina, mas esta cadela conseguiu tirar da ONS milhões de dólares em um esquema de chantagem enquanto Novas Espécies sofriam. Deixe-me fazer o meu trabalho. __ Nós vamos lidar com isso, Tim. Por que você não vai rever os detalhes de tudo que descobrimos sobre Drackwood? Isso seria muito útil. __Justice sugeriu. __ Filho da... __ Pare. __Justice rosnou. __ Eu não tenho um ponto cego só porque ela é mulher. Eu entendo que você acha que estamos mais propensos a acreditar nela, porque ela é mulher, mas você sabe o que me convence a permitir que Espécies lidem com este problema? Eles se preocupam com ela. Nós não somos idiotas. Alguns deles são do sexo feminino, passaram um tempo com ela durante seu cativeiro, e eles respondem por ela. Isso é o que me motiva a sair pela porta, enquanto ela está lá em cima. Vá fazer o seu trabalho, reveja os detalhes do que descobrimos sobre Drackwood. Você será notificado assim que descobrimos qualquer nova informação com que você poça trabalhar. Vá. __ele apontou para a porta. __ Vou me lembrar que você é tão apaixonado porque você se importa, em vez de jogá-lo no chão pelo insulto que você acabou de me fazer. Tim saiu pisando fundo, onde seus homens esperavam. Justice assistiu ele sair, franzindo a testa. __ Obrigado por me fazer o relatório. __Darkness inclinou a cabeça em agradecimento. __ Ele está tentando fazer o seu trabalho da melhor forma. __Justice fez uma pausa. __ O Regulamento determina que os seres humanos sejam problema dele, mas eu vou desconsiderar. Lidaremos com este assunto. Eu confio em você para me manter informado o tempo todo e ela é de sua 94


responsabilidade. Não deve ir a lugar nenhum sem um homem ao seu lado e não pode fazer contato com o exterior. __ Entendido. Justice virou, mas fez uma pausa, olhando para trás. Um lento sorriso curvou seus lábios. __ Eu estou contente em vê-lo se envolver. Você tem estado um pouco distante. __ Eu gosto de True. __ Assim como eu você sabe que isso poderia ter sido evitado se tivesse sido o único a questioná-la. Você é muito bom nisso. __ Eu me recuso a torturar as mulheres. O sorriso desapareceu dos lábios de Justice. __ Eu nunca disse que você tinha que fazê-lo. Você tem habilidades que nos falta. Eu duvido que você tivesse que recorrer à violência física para convencer uma mulher a falar. Darkness ergueu o queixo, a raiva brilhando em seus olhos. __ Não. __ Você está ciente do que aconteceu quando a força-tarefa descobriu a fêmea em Cornas, você admitiu ler todos os arquivos disponíveis de Jeanie Shiver. Você não teria permitido que ela fosse machucada pelos homens se você estivesse em cena. __ Eu me recuso a deixar o espaço da NSO com as equipes de recuperação. Você nunca vai me ver em um combate Justice. __Darkness baixou para um sussurro para ter certeza de que não dava para ouvir no resto do cômodo. __ Eu vi a morte o suficiente, eles me transformaram numa máquina de matar. Eu não tenho certeza se eu poderia manter o foco, se tivesse que fazer tudo de novo. Fury pigarreou. __ Midnigth? Dagger? Por favor, podem nos dar licença? Os dois desapareceram no corredor para a biblioteca. Justice quebrou o silêncio. __ Eu entendo seus medos, mas... __ Eu não estou com medo. Eu sou o que todos temem. __Darkness soltou um suspiro de frustração. __ Nosso povo mantém distância de mim. 95


__ Você teria lidado com a situação de Jeanie Shiver melhor do que a equipe de Tim. Os humanos fiquem muito emocionais em nossa defesa. Eles acreditam que ainda somos muito ingênuos ou coração mole. Ninguém poderia acusá-lo disso. Você vai pelo menos, considerar tratar quaisquer futuros interrogatórios com fêmeas trazidas para cá? Você pode entregá-las para outra pessoa lidar, se você se sentir desconfortável, mas eu dormiria melhor à noite sabendo que você foi o único responsável pela obtenção de informações delas. Fury chamou atenção Trevas. __ Você lidou com essa situação muito bem. Justice é sábio e eu acredito que você não está se dando crédito suficiente. Você não é um monstro. Você é um sobrevivente que tinha que fazer o impensável, mas também faz de você o melhor para o trabalho. Os humanos treinaram você para conseguir informações de outros humanos. Você entende que mulheres e homens não são iguais e devem ser tratados de forma diferente. A equipe de Tim não faz essa distinção. Sem tortura ou abuso a ser aplicado em mulheres a menos que sejam militares, eles são condicionados a suportar gatilhos emocionais. __ Eu vou considerar isso. __Darkness se afastou deles, xingando baixinho, deixando claro que ele não estava satisfeito. Justice sorriu novamente. __ Bom. Faça isso e deixe-me saber quando você tomar uma decisão. Por enquanto você está no comando da situação de Jeanie Shiver. Apenas certifique-se de True não ficar no caminho. Ele parece muito apegado a ela. Fury assentiu. __ Eu não era racional quando se tratava de Ellie. Darkness olhou para ele. __ Eu não entendo. __ Ela trabalhou para Mercile onde fui mantido, da mesma forma como esta mulher fez com True. Eu queria odiá-la no começo, mas essas emoções mudaram rapidamente. Eu fui de querer estrangulá-la ao desejo de levá-la nua para minha cama. Levei um tempo para perceber que eu a queria como companheira. __ Eu vou prestar atenção nos sinais. __Darkness fez uma pausa. __ Pode haver um problema com isso. Flirt parece igualmente protetor com ela. __ Certifique-se de que eles não lutem. __Justice deu a Darkness um olhar duro e, em seguida, olhou para Fury. __ Vamos ir acalmar o temperamento de Tim. Ele tem o direito de sentir raiva, mas ele precisa aprender a expressá-la melhor. 96


__ Eu voto para fazermos um corpo a corpo com ele. Justice riu. __ Não me tente, Fury. Tim é um pai com uma filha acasalada com um Nova Espécie. Não podemos empurrar esse tipo de complicação no seu caminho. Becca não iria apreciar que nós colocássemos seus homens uns contra os outros.

Capítulo Seis Jeanie sabia que precisava para acordar. Algo importante tinha acontecido, sua mente se esforçou para lembre-se. Ela conseguiu forçar os olhos abertos contra a tentação de voltar a dormir, olhou em um teto branco. Ela piscou algumas vezes. __ Jeanie. __uma voz masculina falou asperamente. A cama moveu um pouco e ela olhou naquela direção. O rosto familiar levou um momento para identificar e, com ele, as lembranças voltaram quando ela olhou para 710. Ele estava inclinado para frente em uma cadeira, os cotovelos apoiados nos joelhos, o queixo descansando em seus punhos erguidos. Seus olhos castanho-escuros pareciam quase negros na luz fraca. Ela olhou ao redor, surpresa ao descobrir que não estava numa cama de hospital. __ Onde estou? __seu coração batia num ritmo acelerado com o medo batendo nela. __ Isto não pode ser uma prisão. __ela olhou para ele novamente. __ É um quarto. __ É o meu. Eu me recusei a permitir que eles a transferissem para Fuller. Ela tentou juntar o que tinha acontecido, já que ela tinha entendido que estavam enviando-a para o mesmo lugar onde Dean Polanitis estava. O constrangimento tomou conta dela. __ Eu ataquei pessoas, não foi? __ Você fez sangrar o nariz de um humano com a parte de trás de sua cabeça e acertou uma joelhada em Jericó... onde dói mais. Os dois estão bem. Ela engoliu em seco. __ Jericho é um dos grandes com os olhos avermelhados, certo?

97


__ É ele. __ Eu sinto muito. Ele era bom para mim. __sua culpa veio à tona, como tinha sido uma idiota. Ela moveu seus braços, feliz de não ter os pulsos algemados enquanto se sentava. __ Eu não tive a intenção de assustar. Preciso me desculpar com ele. Ele se inclinou para trás. __ Não há nada que se desculpar. Você estava aterrorizada e reagiu de acordo. Ela abraçou o peito, pensando muito. __ Eu não me lembro de nada depois disso. __o olhar dela segurou o seu. __ Será que eu ataquei você também? __ficaria horrorizada se ela o fez. __ Nâo. Eu te peguei antes que mais danos acontecessem, uma enfermeira lhe deu um sedativo. __ele explicou por que ela tinha um ponto em branco em sua memória. __ Eu não estava mentindo. Eu trabalhei para o agente Terry Brice. Ele é real. __ Eu sei que você acredita nisso. __ Eu o conheci. Ele está tem em torno de cinqüenta anos, com sobrepeso e transpira muito. Ele ligou e veio me ver um dia depois que entrei em contato com a linha de apoio da NSO. Ele me mostrou um distintivo. Por favor, acredite em mim. __ Eu faço. __ Obrigada, 710. __ela sentiu imensa gratidão. __ Eu tenho outro nome agora, True. Por favor, use-o. __ Eu gostei. __ela mordeu o lábio inferior, estudando-o. __ Por que você escolheu? Posso perguntar? __ Eu vi muitos como eu tentarem se encaixar depois que foram libertados, agindo diferente do que eles realmente eram. Eu queria permanecer fiel a minha natureza. Parecia apropriado. __ Isso é lindo. __ele estava tão pensativo... não tinha falado com ela muito em Drackwood mas ele sempre pareceu muito inteligente. Ela se preocupou mais com ele todo o tempo que eles tiveram qualquer 98


interação. Houve atração e algo mais profundo. __ Eu acho que você tem um nome bonito, True. __ Conte-me mais sobre este homem. __ O que você quer saber? Ele voou algumas vezes nas poucas semanas e continuamos em contato através do telefone celular descartável. Ele me deixava mensagens de texto e eu tinha que esconder isso. Eu ligava ou eu verificava no telefone para descobrir onde nós deveríamos nos reunir na próxima. __ Por que escondê-lo? __ Tanto Drackwood quanto Cornas invadiram nossa privacidade de todas as maneiras imagináveis e eu estou certa que a segurança monitorava nossas conversas telefônicas, mesmo quando não estávamos no trabalho. É por isso que tive usava um celular descartável. Paguei em dinheiro por ele e antes de ir. Eu colocava-o dentro de um saco plástico selado enterrado em um parque perto de casa para que ele não tocasse. Eu comprei o mesmo modelo de telefone do meu celular pessoal que é só encaixar na bateria. Dessa forma, eu podia carregá-lo sem que ninguém notasse que eu tinha um carregador sobressalente se eu não tivesse um segundo telefone. __ Por que um parque? __ Eu fingia ir correr e isso me dava uma razão para sair à noite. Era mais fácil me certificar de que não fui seguida. Eu descansava e bebia água ao longo de uma das trilhas, agia como se fosse esticar os músculos, mas eu na realidade pegava o telefone para verificar se havia novos textos. __ Inteligente. __ Eu estava com medo de ser pega. É uma grande motivação. __um pensamento a atingiu. __ Eu posso dizer-lhe onde meu último telefone celular está enterrado. Esses textos estão ainda nele. Eu não tive tempo para apagar nada. Deixei meu celular pessoal no meu apartamento no dia em que comecei a trabalhar, mas posso dar-lhe o meu endereço. A polícia pode ir lá e pegá-lo e carregar a bateria quando desenterrá-lo. O celular vai provar que ele existe, certo? __ Nós sabemos onde você mora. Sim, poderia provar a sua existência. __ Eu não entendo. Como ele poderia saber coisas sobre a NSO se ele não era funcionário daqui? Ele mandou-me mensagens duas vezes para me dizer quando os resgates estavam prestes a acontecer. Drackwood e Cornas 99


teriam esvaziado os prédios se eles tivessem qualquer indícios do que estava prestes a acontecer. Tivemos exercícios sobre esses tipos de coisas. __ O que você quer dizer? Ela deslizou as mãos em seu colo, entrelaçando os dedos. __ Drackwood e Cornas tinham protocolos em vigor para determinados eventos. Faziam-nos praticar. __ Como o quê? Ela desviou o olhar. Doeu olhar para ele e ter que explicar como os seres humanos poderiam ser horríveis. __ Fomos orientados a destruir provas em caso de violação, matar os novas espécies e fugir pelas saídas secretas para evitar a prisão. Eles não queriam que qualquer um de nós fosse pego, já que poderíamos identificar os outros funcionários. __ela fez uma pausa, esperando para ver se ele ficou com raiva. O silêncio reinou, mas ela não se sentia valente o suficiente para olhar para ele para ver sua expressão. Ela manteve o foco em suas mãos. __ Eles também tinham treinos no caso de ser necessário mover para outros locais. A segurança estimava que pudéssemos limpar uma instalação em uma hora. __ Como? __ Drogariam todos os novas espécies e transferi-los-ia nas macas em caminhões pela doca de carregamento. Eu não sabia de outras atribuições dadas aos funcionários, mas presumi que teriam alguns deles treinados para destruir qualquer evidência de que estivéramos lá. Meu melhor palpite é que eles explodiriam o edifício ou queimariam. __ Onde os levariamr? __ Eu não tenho idéia. __ela virou a cabeça e ergueu o olhar. Ele não parecia com raiva, apenas curioso. __ Nunca me disseram. Era informação que eu não tinha acesso. Minhas atribuições eram viajar dentro dos caminhões com os novas espécies drogados e monitorá-los para ter certeza de que estavam inconsciente. A segurança comandava os treinos e nem sequer nos dizia quanto tempo levaria para chegar ao outro local. __ Há realmente gás venenoso escondida dentro os alarmes de incêndio em Cornas?

100


__ Sim. __ela assentiu com a cabeça. __ Tive a sorte de almoçar ao mesmo tempo em que o cara que fez isso. Ele era alguém que eu não tinha visto antes, então eu sentei ao lado dele, esperando para saber por que ele estava lá. Ele se gabou sobre isso. __ela fez uma careta. __ Ele parecia orgulhoso do fato de que ele tinha acabado de instalar algo tão horrível. Eu disse ao agente Brice que seu primeiro nome era Ron. Eu não tenho certeza se ele mentiu sobre isso ou não, pois ele só tinha um crachá de visitante com números nele. Ele se recusou a me dizer seu sobrenome. Tentei descobrir em que outros lugares ele trabalhou, mas ele pareceu suspeitar então eu disse que tinha que voltar a trabalhar. Tive medo de que meu interesse fosse relatado se eu permanecesse por mais tempo. __ Foi por isso que você destruiu o computador principal? __ Ron disse-me que iria configurar nele e o gás mataria qualquer um que respirasse em menos de um minuto. Ele se gabava de como a segurança poderia acionar a partir de seus terminais de computador, que estavam ligados ao principal. Eu tinha que impedi-lo.

__ Qual é a sua ligação com 712? Ela não pôde deixar de sorrir. __ Eu cuidei dele muitas vezes quando ele estava na clínica. Ele está indo bem, certo? O agente Brice disse que ele estava. O pavor veio em seguida, quando True rosnou, suas feições endurecimento em uma máscara de raiva. __ Oh, não. O agente Brice mentiu? Ele não sobreviveu? __as lágrimas encheram seus olhos. __ Aquele desgraçado jurou-me que 712 foi resgatado e estava totalmente recuperado de seus ferimentos. Um dos guardas enfiou uma faca em seu estômago. __ Ele está bem. Você se preocupa com ele? __ Claro. Eu me preocupo com todos eles. __o alívio tomou conta dela. __ Eu fiquei realmente preocupado quando o agente Brice disse que Drackwood estava prestes a ser invadida, porque alguns deles estavam sendo mantidos na área médica naquele momento. Os médicos de plantão poderiam facilmente ter matado 712 e 754 mortos. Ambos estavam acorrentados em suas camas, totalmente indefesos. Todos os feridos Novas Espécies tinham maior risco de serem assassinados. __ Ela está bem.

101


__Graças a Deus. Eles fizeram uma cirurgia exploratória em seus ovários. Isso foi o que o gráfico que li dizia, mas eu acho que eles estavam realmente tentando colher alguns de seus óvulos, tentando descobrir por que nenhuma das mulheres ficava grávida. Os médicos eram bastardos doentes. __ Prenderam o Dr. Brask, não é? Por favor, me diga que o filho da puta não está correndo livre. Ele é um pesadelo. O agente Brice me prometeu que ele foi pego, mas, obviamente, eu não posso confiar em nada do que ele disse. __ Ele é um prisioneiro em Fuller. __ Bom. True se inclinou mais perto. __ Será que todos os espécies já montaram você? Ela foi pega de surpresa com a pergunta. __ Não. Por que você me pergunta isso? Ele hesitou. __ Você me disse o que Polanitis fez com você.

Seu estômago soltou. __ O quê? __esperava que tivesse ouvido errado. __ Ele forçou você a participar e experimentos de melhoramento genético. Por favor, diga-me os números dos machos envolvidos. Ela encolheu-se horrorizada, por ele acreditar que ela tinha tido relações sexuais com múltiplos Nova Espécies em Drackwood. Estava alarmada. Ele sabia sobre os testes de drogas que ela sofreu. A única maneira dele conseguir essa informação seria se ela mesma tivesse dito. Sua mente ficou em branco ao tentar encontrar qualquer memória de tê-lo feito. __ Jeanie. __ele murmurou. __ Olhe para mim. Ela recusou-se, em pânico por dentro. “Eu não devia ter lhe dito nada sobre o que foi feito em mim. Ele deve ter muitas perguntas agora. Ele pode descobrir o que eu fiz para ele”. A última coisa que ela queria era que ele se sentisse responsável. Toda a culpa era de Polanitis. Aquele filho da puta que tinha chantageado-a usando True para mantê-la na linha. __ Você estava fortemente sedada após o ataque de pânico e apavorada por descobrir que veria Polanitis. Você não desmaiou imediatamente, em vez disso contou como a droga de reprodução machucou você. 102


Ela apertou os olhos fechados e abraçou sua cintura com força suficiente para machucar seu lado ferido. __ Pare. Eu Não quero falar sobre isso. __ Eu faço. Ela não tinha certeza de como responder. Seu objetivo era protegê-lo de saber a verdade. __ Por favor, True. Eu não quero falar sobre o passado. Você disse que eu estava balbuciando e drogada. Isso se deve ser o motivo. Vamos mudar de assunto. __ Nós não vamos mudar de assunto. __ele rosnou. Ela empurrou e olhou para ele, perturbada por que o pedido era assustador. Seu belo rosto pairava ainda mais perto dela, poucos centímetros os separavam. Apesar de seus olhos parecerem pretos com o tumulto, ele não parecia mal. Ele apenas olhou com raiva. __ Será que alguém montou você? Diga-me a verdade ou eu chamo Midnigth para trazer outro sedativo. Não me faça ter que usar drogas em você para que possa obter respostas, Jeanie. Eu odiaria fazer isso, mas eu preciso saber. __ Não. Ele estudou-a. __ Essa é a verdade? __ Sim. __ela segurou seu olhar. __ Eu juro. __ Me injetaram a droga de reprodução. Sofri agonia insuportável, até que fiquei insano. Eu não me lembro do que foi feito em mim ou se eu fiz mal a alguém. Você provavelmente sofreu o mesmo destino. Os homens poderiam ter montado você sem que você se lembrasse. __sua voz ficou rouca. __ Eu vou descobrir, mesmo que eu tenha que falar com todos os homens que vieram de Drackwood. O sangue drenou de seu rosto enquanto ela se recordou dos horrores quando Polanitis forçava-a a visitar o Dr. Brask. Ela nunca se esqueceria de como era ser amarrada a uma maca ou ser injetada. A dor, humilhação e terror que se seguia tinham assombrado muitas de suas noites. Ela tinha pesadelos em que estava de volta dentro daquela sala, gritando enquanto seu corpo se contorcia de dor excruciante. 103


__ Jeanie? Ela fechou os olhos, concentrando-se. __ Eu tenho certeza que eu teria sabido se isso acontecesse. Eu quero dizer, todos os músculos doíam de me debater e eu tinha hematomas nos pulsos e tornozelos das restrições, mas nada indicava que eu tinha sido agredida sexualmente. __ela olhou para ele. __ Eram apenas Polanitis e Brask na sala. Eu não acho que apaguei. Eu saberia se eles tivessem feito mais... Eles pareciam mais interessados em diluir a droga suficiente para obter os efeitos que eles queriam. Meu palpite é que eles estavam tentando fazê-la de modo que não fosse doloroso para tomar, mas ainda causassem os sintomas físicos de... __ela parou, corou. Fazer uma mulher excessivamente com vontade de implorar por sexo. Apenas a combinação certa para causar desejo irracional, sem debilitar o usuário. Foi horrível no começo, mas aos poucos não era tão doloroso. Esqueci algumas memórias do que estava sendo feito em mim enquanto os testes avançavam. __ Você não tem a nossa capacidade de detectar cheiro de um macho em você. Ela mordeu o lábio, tentando pensar em uma maneira de explicar com delicadeza, sem constrangimento, como ela sabia. Ela decidiu ser apenas franca. __ Eu tinha que tomar banho depois. Eu sempre estava encharcada de suor. Eu não fui... __ Você não sabe se isso aconteceu no começo. O calor aqueceu suas bochechas e ela baixou o olhar. __ Eu não concordo. Eu não tive namorado ou qualquer pessoa em mais de um ano, no momento e eu tenho certeza que eu teria sabido se eu tivesse sido estuprada. Eu não estava ferida lá ou qualquer coisa. __ Eles poderiam ter sido gentis. Náuseas ameaçaram subir pensando na possibilidade, mas ia contra tudo o que sabia sobre seu chefe. __ Dean Polanitis não sabia o significado da palavra. Ele era um bastardo brutal que gostava de infligir terror e humilhação em todos ao seu redor. Ele teria me dito que ele ia fazer se ele planejava me estuprar. Ele também não teria feito quando eu estava desmaiada. Isso teria sido muito humano para alguém tão cruel. Ele estudou-a enquanto parecia considerar as palavras dela. __ Ele ofereceu para... 104


Os choques continuavam chegando. __ O que você quer dizer com isso? __ Ele disse que eu poderia montar você se eu não prejudicasse mais dos guardas. Ele parecia preocupado que a contratação de novos guardas para substituir aumentasse o risco das atividades da Drackwood serem descobertas. Ela ficou boquiaberta. Nenhuma palavra lhe veio à mente. Dean Polanitis tinha sido mal-intencionado, uma desagradável pessoa, mas oferecer permitir que alguém tivesse relações sexuais com ela ultrapassou o âmbito do mal que acreditava que ele era capaz de cometer. __ Eu me recusei. Ela baixou o olhar para seu peito, tentando encontrar o que dizer. __ Você nunca poderia ser cruel. Ele limpou a garganta. __ Parece que este agente enganou você, sobre trabalhar para a NSO. Não existe tal pessoa afiliada com a gente. Recebi informações enquanto você dormia que ele cobrou dinheiro para dizer sobre Drackwood e Cornas. Uma sensação aguda no peito tinha que ser causada por traição e desgosto depois de tudo, ela tinha sido usada para extorquir a NSO. Ela estudou seu rosto. __ Tem certeza? __ Tenho. __ele se endireitou na cadeira e ergueu um telefone celular do criado-mudo. Ele virou a tela para ela depois de usar o dedo indicador para manipular o dispositivo. __ Está vendo? Pagamos um milhão de dólares para a localização de Drackwood e um milhão e meio para a localização de Cornas. Este que se dizia agente, embolsou o dinheiro. Enviou-nos anonimamente amostras de sangue, cabelo, saliva e cortes de unha que foram testados. Determinou-se que eles pertenciam a espécies que não estavam em nosso banco de dados atual. Todo aquele que foi libertado tem amostras colhidas e testadas para comparação. __ Por que se comparam? Ele hesitou. __ Alguns espécies têm desejo por família. Nós encontramos alguns que têm o mesmo marcadores biológicos. Também nos ajuda a determinar se as dicas são reais ou não. Nós podemos testar para ver se eles são Espécies, se é alguém que já recuperamos ou não. Recebemos ligações de montes de seres humanos que dizem ter conhecimento de onde os espécies estão sendo mantidos em cativeiro, na esperança de que vamos 105


pagar-lhes dinheiro. Comparamos para podermos determinar a sua informação é real. __ Eu poderia matar Brice. __ela estava lívida. __ Aquele filho da puta. __ Alguns acreditam que você sabia o que ele estava fazendo. Foi uma bofetada no rosto e machucou. __ Eu não! __ Você recebeu qualquer dinheiro? Os homens da força-tarefa estão verificando suas finanças. __ Não da maneira que você pensa. __ela realmente queria que True acreditasse nela. __ A única vez que ele me ajudou financeiramente foi quando eu me mudei para Dakota do Sul. Eu tive que alugar um caminhão para mover minhas coisas e precisava dinheiro suficiente para dar entrada no meu apartamento. Eu não podia pagar o aluguel do primeiro e do último mês, porque eu não tinha planejado ir para lá, até que ele me contou sobre Cornas. Alguém tinha que provar que novas espécies estavam lá para que ele pudesse mandar libertar. __ Quanto dinheiro você aceitou? __ele não parecia feliz. __ Ele me deu dois mil dólares. True ficou em pé, andando pela sala. Jeanie observou-o, preocupada se ele pensaria o pior. __ Eu só aceitei o dinheiro porque não tinha dinheiro para mudar. Eu juro que eu não sabia que ele exigiu dinheiro da pela informação que eu dei. Ele parou, olhou para ela. __ Tudo bem. Vou transmitir isso para os membros da força-tarefa. __ Será que o agente Brice deu-lhe os nomes dos funcionários da Cornas? Quantos deles foram presos? __ Só você. Não foi-nos dada nenhuma lista de nomes de funcionários. Ela empurrou o lençol, tentando sair da cama. __ Você tem uma caneta e papel? Eu quero escrever os nomes. Eles vão tentar fugir do país. True impediu. __ Deite-se. Você está curando. Trarei alguma coisa para escrever. 106


__ Obrigado. __ela cobriu as pernas e recostou-se contra a sua cabeceira acolchoada. True caminhou até a porta do quarto, mas depois parou, virando-se para encará-la. __ Você também deve escrever uma lista de contatos pessoais para que possamos notificá-los de onde você está. Tenho certeza de que seus entes queridos estão preocupados. __ Ninguém vai notar minha falta por um bom tempo. Ele inclinou a cabeça, franzindo a testa. __ E quanto ao homem em sua vida? Ele deve estar desesperado, tentando descobrir seu paradeiro. __ Você quer dizer um namorado? Eu não tenho. Ele deu um passo mais perto. __ Por que não? Ela baixou o olhar para o seu peito novamente. __ Eu só não tenho. __ Jeanie? Responda-me.

Seu olhar levantou até o seu. __ Eu simplesmente não tenho. Não podemos deixar por isso mesmo? __ Não. Você é uma mulher atraente. Deve haver um homem em sua vida. Ela olhou em volta, mas voltou-se para ele, suas bochechas aqueceram de vergonha. Se sentiu exultante que ele achava ela era atraente. Esse sentimento desvaneceu-se rapidamente. Ele poderia ter dito porque é educado. __ Eu apenas pensei que era mais seguro. Eu estava vivendo uma mentira, incapaz de confiar em ninguém, pois poderiam me pegar e matar. Um namorado poderia ter sido alguém plantado por meus chefes para ver se eu era confiável ou não. Eu também não queria um colega de trabalho, nem pensar ter laços estreitos com alguém que poderia ter ferido um espécie ou algo assim. Eles gostavam de fazer ameaças de matar as pessoas que se preocupavam, como se estivessem traindo as cláusulas de confidencialidade. Ela fez uma pausa. __ Eu me distanciei dos meus amigos e familiares para protegê-los. Eles só ouviam falar de mim em aniversários ou Natal. Eu sabia que não eram ameaças vazias depois... __ela simplesmente não podia dizer. 107


__ Eles a obrigaram a se tornar uma cobaia. __ele adivinhou. __ Sim. __ela sussurrou. __ Depois disso eu não tinha dúvidas sobre o quão mal esses bastardos poderiam ser. __ Eu já volto. Ele saiu da sala. Um olhar para o criado-mudo assegurou-lhe que ele tinha pegado o telefone celular. Ela realmente queria ligar para o agente Brice. Ele tinha um monte de explicações a dar e ela tinha muito que dizer a ele. Ele tinha mentido e que tinha usado-a. Ela continuou encolhida em sua cama. Um olhar varrendo toda a sala revelou que não apresentavam muitas lembranças ou itens pessoais. Lembrava mais um quarto de hotel do que uma casa. Isso a deixou triste. Ela desejava que houvesse lembranças em suas paredes, ou pelo menos algumas fotos de amigos para indicar que ele tinha um monte de pessoas em sua vida.

Thue desligou o telefone e apertou os dentes em frustração. A equipe de força-tarefa parecia desconfiado da história de Jeanie. Trey tinha escutado-o e até Tim veio no telefone alguns minutos para a conversa. O macho novamente exigiu que ela voltasse para sua custódia. Não ia acontecer. Um leve ruído no outro cômodo deixou-o alerta nos movimentos de Jeanie. Ele caminhou até a porta e olhou para dentro. Ela saiu da cama, tinha atravessado o quarto e ficou na frente de sua cômoda. __ O que você está fazendo? Ela saltou e virou-se, os olhos arregalados. A suspeita veio a tona, que ela poderia estar procurando por uma arma. Ele queria confiar nela, mas se recusava a ser feito de bobo de novo. __ Eu não queria incomodá-lo, mas eu estava esperando que você me emprestasse algumas de suas roupas. __ Por quê? Ela acenou com a mão na frente de seu corpo. __ Eu não sou uma grande fã desses vestidos. Eles são desconfortáveis e eles não têm mais nada para e u usar no hospital.

108


__ Há camisetas na gaveta de cima. Você pode pegar uma. __a idéia de sua roupa contra a pele nua criou uma reação estranha, algo como posse. Ele não gostou nem um pouco, mas se recusou a negar seu conforto. __ Você tem boxers ou shorts com cordão? __ Terceiro gaveta para baixo. __ Obrigado. __ela pareceu emocionalmente rasgada. __ Eu odeio que isto esteja assim estranho entre nós. Imaginei que as coisas seriam diferentes se nos víssemos outra vez. A curiosidade se tornou muito forte para resistir. __ Como assim? __ Nunca passou pela minha cabeça que você pensaria que eu era um dos maus. __ Você é do sexo feminino.__esperava que um pouco de humor aliviasse tensão. __ Você sabe o que quero dizer. __ela suspirou. __ Obrigada por, pelo menos, me dar o benefício da dúvida, por me trazer aqui em vez de permitir que me levassem para a prisão. Ele deu um passo cauteloso para mais perto, depois outro, antes de chegar a um impasse. __ Você nunca me prejudicou ou a quaisquer outras pessoas com quem falei de Drackwood. Fuller é um mau lugar para as mulheres. Uma foi morta há alguns meses. Eu me recuso a permitir que você seja colocada em perigo. __ Assassinada? Quer dizer executada? __ Não por nós. __ele lamentou o medo que identificou em seu rosto. __ Os guardas lá permitem que os presos façam um pouco de exercício, por vezes, andar entre as gaiolas. A porta da cela da fêmea não estava trancada por engano e ela foi atacada por outros prisioneiros quando eles libertaram alguns dos machos. Os guardas não foram capazes de salvá-la. Ela deu um passo para trás e esbarrou em sua cômoda. __ Isso é horrível. Eles a espancaram até a morte? __ Você não quer que os detalhes. __ Obrigado por acreditar em mim. Tenho medo de Polanitis. Ele deve saber que eu sou a razão de todos em Drackwood estarem presos. Eu nunca 109


disse que estava doente, exceto no dia do ataque. Ele faria qualquer coisa para se vingar. True sentiu-se grato ela não questioná-lo ainda mais sobre o ser humano que foi morto. __ Eu quero acredite em tudo que você diz. Ela se encolheu. __ É difícil confiar em mim. Eu entendo. Ele não gostou de ver a infelicidade no rosto dela. __ Você pode mudar suas roupas no banheiro. __seu olhar percorreu o corpo dela, demorando um pouco demais em suas bem torneadas e atraentes, pernas. __ Eu quero que você fique confortável. Ela virou-se. A cômoda era alta e ela teve que ficar na ponta dos pés para olhar dentro, quando abriu a gaveta de cima. Ele foi imediatamente para seu auxílio. O torso de True pressionou contra suas costas quando ele chegou perto, sua mão roçando a dela quando ele agarrou uma camiseta. Jeanie sugou o ar, virando a cabeça em sua direção para olhar no rosto dele. Ele estudou-a. __ Eu não vou machucar você. __ Eu sei. Ela tinha um cheiro doce. O cheiro persistente de seu medo fazia um inferno na sua libido. Seria fácil envolver um braço em volta da cintura, levantá-la do chão e levá-la para a cama, a poucos passos de distância. Ele tornou-se consciente da diferença de tamanho. Ele nunca tinha montado uma humana, mas queria. O marrom dourado de seus olhos era absolutamente lindo. Seu olhar baixou para os lábios entreabertos dela. A vontade era de beijá-los, saber como seu corpo responderia às curvas suaves de seu traseiro tocando levemente suas coxas. A roupa de hospital que ela usava era fina, fácil de tirar. Ele agarrou a camiseta e puxou-a para fora da gaveta. __ Vá para o banheiro para se trocar. Feche a porta. __ele conseguiu sair quando colocou um pouco de espaço entre eles. A forma como sua voz ficou rouca não ajudava. __ Você está bem? __ Sim. Eu mal consegui dormir nos últimos dois dias. __ele se recusou a admitir seu mau humor não era resultado de cansaço. Ele queria Jeanie. Ela provavelmente se assustaria se ele tentasse montá-la. 110


__ Vá agora. __ordenou ele, seu controle escorregando. Cheirava muito bem, estava muito perto e seu pau crescia mais dolorido a cada segundo que passava. Ela iria notar se ele não a levasse para longe dele. Ele empurrou a camiseta para ela. __ Pegue isso. É muito macio e uma das minhas favoritas. __ E quanto a boxers? Ou calções? __ Você vai estar na cama se recuperando de seus ferimentos. Você não precisa deles e a camiseta chegará até seus joelhos. __ela estaria nua da cintura para baixo por baixo da camiseta. Sua imaginação foi lá. Flame tinha dito que ela raspou a maioria dos pêlos de seu sexo. Ele nunca teve o desejo de explorar a anatomia de uma fêmea humana, mas Jeanie era diferente. Não havia um centímetro de sua que ele não gostaria de memorizar por tocar e provar. __ Vá em frente. Preciso tirar meu uniforme. Ela aceitou a camiseta. Ele virou as costas, caso ela notasse a forma como o material de suas calças se esforçava para conter sua ereção. Ele queria que ela em outro quarto longe desse. Ele agarrou a parte inferior de sua camiseta, sabendo que se ela notasse como ele estava iria motivá-la para fugir. A porta fechou antes de ele puxá-la sobre a cabeça e jogá-la num canto. Ele olhou para a porta do banheiro praguejou em voz baixa. “Eu tenho que protegê-la, mas que vai mantê-la a salvo de mim?”

Capítulo Sete Jeanie estudou seu reflexo no espelho enquanto removia as batas do hospital. Contusões ainda marcavam um lado de seu rosto e seu queixo, mas as cores estavam erradas. Eles deviam ser preto e azul, não amarelo 111


esverdeado. O curativo cobria seu abdômen de um lado, gaze coberta por algo que parecia plástico transparente. Estava feio, mas ela temia que o que estava embaixo parecesse pior. Ela hesitou antes de puxar cuidadosamente as bordas do adesivo, foi um pouco doloroso quando ela o afastou da pele. Ela deixou cair o curativo no lixo ao lado do vaso sanitário. O ferimento da bala não era um buraco. Era uma linha vermelha de duas polegadas com pequenos pontos feitos por grampos. Eles não se preocuparam com pontos. Ela passou a ponta do dedo sobre a linha irregular que marcava sua pele, atordoada. Ela não tinha examinado seu ferimento antes, mas não havia uma grande quantidade de sangue. Alguma coisa estava errada. Onde deveria ter um buraco sangrento, tinha apenas uma linha de incisão praticamente curada. Seus joelhos estavam enfraquecidos e ela balançou, tentando se manter em pé. Um pequeno ruído escapou de seus lábios separados enquanto tentava descobrir como isso era possível. __ Jeanie? __a voz de True parecia assustada do outro lado da porta. __ Você está bem? Ela se lançou para a camiseta que tinha posto em cima do balcão, pegou-a e enfiou-a sobre a cabeça. __ Sim. Não. Eu não sei. Ele abriu a porta antes que ela conseguisse puxar a camiseta até suas coxas. Ela deu-lhe as costas, numa tentativa de manter seu pudor. A ação rápida deixou-a tonta e ela quase tropeçou nos próprios pés. Um braço grande e sólido envolvido em torno de sua caixa torácica para segurá-la e ele usou seu corpo para sustentá-la. __ Jeanie? O que há de errado? Ela não virou a cabeça para olhar para ele, mas encontrou seu olhar no espelho. __ Quanto tempo eu estive desacordada? __ Eu não entendo. Você desmaiou? __ Não! Levei um tiro! Eu senti a dor, vi o sangue, mas eu removi o curativo... Eu estava em coma ou algo assim? Ele ficou em silêncio o suficiente para fazê-la encará-lo. Ela notou que ele estava sem camisa. Ela não podia deixar de olhar para toda aquela pele bronzeada. Os músculos bem definidos de seus braços eram imponentes e fascinantes ao mesmo tempo. __ Respire fundo e acalme-se. __ele exigiu. 112


__ Acabei de ver onde eu fui baleada. Está quase curado. Como isso é possível? Quando eu fui baleada? Quantos dias eu passei desacordada no hospital? True moveu-se segurando os quadris dela com um braço e com sua mão livre tirou os cabelos de seu rosto. __ Deram-lhe drogas desenvolvidas na Mercile. A mesma coisa que eles usavam em Espécies para nos ajudar a curar rápido. Ela ficou feliz por ele a estar segurando quando essa informação foi registrada por seu cérebro. __ A FDA não proibiu? __tinha lido sobre isso nos jornais. Quando tornou-se conhecido que as Indústrias Mercile tinham usado métodos ilegais para produzir alguns medicamentos inovadores, abusando dos novas espécies, cada produto que tinha sido criado estava sob extensa investigação. Os resultados foram apavorantes quando encontraram evidência de que testes clínicos em humanos haviam terminado em mortes, algo que Mercile tinha conseguido encobrir até hoje. __ Essas drogas são perigosas, não são? Um músculo ao longo de sua mandíbula saltou. __ Você estava em estado crítico e os médicos sentiram que não tinham nada a perder. Você respondeu bem à droga de cura, mas logo que você estava fora de perigo pararam de ministrar. __ Quando fui baleada? __ Ontem de manhã. __ Isso é impossível. __ela alcançou entre eles, pressionando a palma da mão sobre a ferida. __ Eu fui operada antes. Isto parece ter pelo menos duas semanas. Deveria estar recente e precisar de pontos ou alguma coisa assim, mas nem sequer precisa de curativo. Eu... Sua mente apagou, tentando superar pensamentos conflitantes. Não devia ser possível, mas ela viu as provas. “Quais danos não haviam sido feitos a seus órgãos internos pelas drogas? Que tipo de efeitos colaterais em longo prazo ela teria sido exposta?” Ela tentou se lembrar dos detalhes exatos de como as pessoas envolvidas nos estudos das drogas morreram, mas não conseguiu. True rosnou e se inclinou, pegando-a nos braços. Ela não protestou quando ele a levou para o quarto. 113


__ O Dr. Harris deveria ter explicado tudo para você. __ele gentilmente agachou depositando-a na cama. Ela sustentou seu olhar. __ Você está bem. A droga ajudou a curar mais rapidamente. Você teria morrido sem ela. Um detalhe veio à tona. __ Algumas dessas pobres pessoas tiveram convulsões saram os medicamentos produzidos por Mercile. __ Eu não sabia que você estava sendo tratada com aquelas drogas, soube quando já estava feito. Fiz o Dr. Harris parar, logo que descobri os riscos. Algo delas ainda está em seu sistema, assim a cura está em andamento. Nós usamos regularmente quando estamos feridos. Foi decepcionante. __ Vocês propositadamente usam as drogas da Mercile?

__ Usamos para melhorar nosso desempenho. __ele encolheu os ombros. __ Atuam de forma benéfica nos espécies, mas aparentemente são fortes demais para os humanos. Ela tocou o próprio rosto. __ Estou me curando num ritmo acelerado. __ Sim. Depois você vai se curar normalmente, quando as drogas saírem completamente do seu sistema. __ele estendeu a mão e tomou a sua, segurando-a delicadamente. __ É por isso que você precisa ter calma e descansar bastante. Não se preocupe com nada. O estresse é ruim para a sua recuperação. Ela não pôde evitar o riso amargo. __ Certo. Não me estressar. Eu só descobri que eu estive trabalhando para um idiota que me usou para ferrar a NSO e eu quase fui enviada para a prisão. Eu fui considerada uma má pessoa pelos caras da força-tarefa, mas tudo o que eu queria fazer era salvar as pessoas. __a realidade da situação abateu sobre ela. __ Você não está certo se você pode confiar em mim. __ela abaixou a cabeça, não querendo que ele visse suas lágrimas. Era embaraçoso parecer tão fraca, diante do que ele tinha sobrevivido. __ Jeanie... A maneira como ele disse seu nome com aquela voz sexy, rouca, fez com que ela olhasse para ele. Ele soltou a mão dela, que se perguntou se ele 114


estaria desgostoso com suas lágrimas. Ele fez o inesperado, sentando-se na borda da cama e se inclinando até seus rostos estarem a centímetros de distância. Ela se esqueceu de como respirar. Não havia correntes que prendessem os braços ele acima de sua cabeça agora, nada impedindo-o de fazer qualquer coisa que quisesse. Ele cheirou quando ele inclinou-se, aparentemente interessado em seu pescoço, deslizando o nariz por ele. Ela ficou muito quieta, sem saber quais eram suas intenções. __ É verdade? __ela sussurrou, sua respiração afiada. Ele recuou um pouco para olhar em seus olhos. __ Você não está excitada. Eu costumava sentir o cheiro em você quando estávamos tão perto. Jeanie engoliu atordoada. Suas bochechas aqueceram. __ O quê? __ela realmente esperava que estivesse desmaiada e tendo um pesadelo. “Acorde!” Nada mudou quando ele piscou os olhos, o marrom atraente de seus olhos revelaram manchas escuras, quando ela olhava profundamente neles. __ Eu tenho pensado muito sobre nossas interações no passado e se você ainda reagiria da mesma forma, agora que não estou mais preso. Ela não tinha palavras. __ Eu não tinha certeza se era o controle ou meu corpo que você achava atraente. __ Eu... __ela engoliu em seco novamente. __ Controle? Eu não entendo. __ela não queria falar sobre seu corpo... semi nu e muito perto dela. __ Algumas pessoas sentem excitação sexual, quando têm domínio físico sobre outra pessoa. Você poderia fazer qualquer coisa comigo, sem conseqüências. Foi por isso que você ficava excitada? __ Eu odiava vê-lo preso. Não passava um dia que eu não quisesse você fora delas. __isso foi honesto. Ele franziu o cenho. Ela olhou para seu peito largo, os músculos perfeitamente definidos de seu peito, no escuro dos seus mamilos duros. Ela engoliu em seco, incapaz de não olhar para baixo para o seu tanquinho que quase implorava para ser tocado. Ela rapidamente olhou para cima, mas seu rubor intensificou quando ela percebeu que ele percebeu. __ Era o meu corpo que provocava essa reação em você?

115


Ela desviou o olhar e desejou que um buraco se abrisse para que ela pudesse desaparecer. Ele estava perto demais, a mão ao lado de seu quadril, a cabeceira da cama atrás dela, e seu corpo bloqueando sua saída para o lado. __ Jeanie? O rosnado agudo assustou e ela virou para olhar para o rosto dele. Ele apareceu um pouco irritado. __ O quê? __ Eu quero respostas e você é a único que pode dá-las para mim. Não brinque humana. Responda. Por que eu cheirava sua excitação quando estávamos perto um do outro? O desejo de tocá-lo tornou-se tão forte que ela segurou as próprias mãos para parar com a ação. Tantas coisas horríveis tinham sido feitas para ele durante sua vida que ela achava que ele merecia respostas a todas as suas perguntas. Mesmo que fosse desconfortável e embaraçoso para ela. __ Eu não vou te machucar. __ Eu acredito nisso. É só que eu não esperava essa conversa. __ela parou, sentindo um pouco de culpa. __ Não é um tema fácil, sabe? __ Responda-me. __ele exigiu, suavizando o tom. __ Eu sempre fui atraída por você. __admitiu ela, baixando o olhar para seu pescoço. Ele fez com que admitir seus segredos fosse um pouco mais fácil. __ Nós não conseguíamos passar muito tempo juntos, mas eu senti atração por você. Não faz muito sentido, mas é assim que eu me sentia. __ Você queria que eu tocasse em você? Ela assentiu com a cabeça, abaixando o queixo, mas depois virou a cabeça, ou estaria olhando para seus mamilos. __ Sim. __ Será que você sentia a mesma atração por outros espécies do sexo masculino? __ Não! Era só você. __ela levantou a cabeça, segurando seu olhar. __ Por que eu? Eu preciso saber. 116


__ Oh inferno. __ela estava envergonhada. __ Você quer mesmo discutir isso? __ Quero. __ Eu só gostava de você. Você é atraente, é verdade. Você não me assustava rosnando quando eu tinha que coletar sangue. Eu só... gostei de você. __ Mas você não gosta mais? Eu não assusto você. Eu não cheiro medo. __ Oh. __ela fechou os olhos, percebendo que ele não ia deixar o assunto passar até ela estar completamente humilhada por apaziguar sua curiosidade. Ela tinha certeza que ele não entendia como era difícil para ela sentir-se atraída por um homem que tinha estado nesse pesadelo. Parecia algo tão errado... um pouco perverso mesmo. __ Jeanie? Ele tinha perdido a paciência, avaliou pelo seu grunhido irritado. Ela abriu os olhos para olhar para ele sentindo-se miserável. __ O que você quer de mim, 710? Um pedido de desculpas? Estou completamente envergonhada por você saber como eu respondi a você. Ele recuou, com os lábios pressionados em uma linha fina. __ Meu nome é True. __ Desculpe-me. Eu costumava pensar em você pelo número. __ Isso envergonha você, ter sido atraída por mim? __sua voz ficou rouca e ele parecia irritado. __ Por um animal? __ Você não é isso. __ela parou e gentilmente colocou a mão na frente do peito dele entre seus mamilos, para evitar tocá-los. Ele estava muito quente, a pele sedosa, uma massa sólida de músculo por baixo da pele. Precisou de muita força de vontade para não explorar mais dele. Ela adoraria passar a palma da mão sobre as ondas de músculos abdominais salientes do seu estômago. __ Você estava trancado dentro daquele lugar infernal e foi errado em tantos níveis sentir-me atraída por você lá. Não por causa de sua genética, mas porque você era vítima o suficiente. 117


Seu olhar se estreitou. __ Eu já não cheiro a excitação em você. Por que isso? Ele, aparentemente, achou um insulto que ela não mostrasse quaisquer sinais físicos que ainda considerava-o sexy. Seu corpo tenso relaxou quando ela respirou fundo algumas vezes. Por mais que ela o visse como uma pessoa, havia grandes diferenças entre os espécies e os humanos. True estava pensando que ela o via como menos do que algo puramente notável. Ela respirava pelo nariz, amava como ele cheirava. Ela estudou os lábios firmes. Eles eram generosamente cheios, uma característica da espécie que ela tinha fantasiado muitas vezes. Só de pensar o que sentiria com aquela boca contra a sua... sentiu uma agitação em seu ventre e seus mamilos endureceram. Ela examinou os olhos dele em seguida. Esse tom de marrom havia se tornado sua cor favorita após conhecê-lo. Tudo sobre ele era fascinante. Suas narinas... ela estudou seu nariz. Era mais largo do que um nariz humano, um pouco mais plano, e combinava perfeitamente com suas outras características. Rugas leves se formaram sobre seu nariz quando ele cheirou, era bonito. Ele tinha as maçãs do rosto fortes, um queixo quadrado, e tudo nele era masculino na sua opinião. Não havia nada de menino nele. Rotulá-lo de bonito parecia um eufemismo. Algumas pessoas achavam os Novas Espécies duros demais, mas ela não concordava. __ Eu tenho tentado lutar com o que eu sinto quando você está perto de mim, True. __ela estava orgulhosa por dizer seu novo nome. Era algo que ela teria que ficar repetindo dentro de sua cabeça, para que não o chamasse acidentalmente de 710 novamente. __ Eu não estou agora. __ Como posso sentir o cheiro? __o rosnado baixo que retumbou dele e as leves vibrações sob sua mão eram sexy, mas um pouco assustadoras ao mesmo tempo. Ela não tinha certeza se o rosnado era de raiva, mas rapidamente descartou a ideia, quando ele inclinou-se mais perto. Ela viu intensidade em seus olhos quando ela estudou-os, Jeanie se perguntou se ele iria beijá-la. Ele inclinou a cabeça para um lado e cheirou seu pescoço em vez disso. Arrepios do tipo bom irromperam por seus braços quando seu hálito quente provocou a pele sensível sob sua orelha. Um especial de TV que ela tinha visto na TV a cabo passou pela sua mente. Ela inclinou o rosto para lhe dar livre acesso a sua garganta e reconhecer o seu domínio, da forma como tinha visto os lobos fazem. Ele poderia morder com seus afiados caninos, se ele planejava tirar sangue. True tinha exibido alguns traços de comportamento animal em Drackwood, ás vezes lembrava um lobo. A graciosidade de seus movimentos eram semelhantes àquelas criaturas orgulhosas, ele costuma rosnar para expressar seus sentimentos, e olhar tudo ao seu redor com cautela. Ele pode 118


ser um humano, mas ela seria tola se esquecesse sua outra herança genética. Jeanie deu-lhe sua absoluta confiança, liberando-se de todo o medo. “Ele não vai me machucar. Ele poderia ter feito quando estávamos dentro da sua cela, mas ele não o fez. Relaxe. Respire. Deus, ele acabou de me lamber?” A molhada e quente língua deslizou sobre a pele dela tão rápido que não teve certeza se isso realmente aconteceu. Outro rosnado baixo soou dele. Ela queria olhar para ele, ver sua expressão, mas não queria que ele parasse o que estava fazendo. Seu polegar se moveu, acariciando sua pele sedosa. Ele apertou o peito mais firme contra sua mão, parecendo incentivá-la a continuar. Ela avançou a palma da mão e com o polegar tocou seu mamilo tenso, roçando a ponta. Ela hesitou quando ele inspirou profundamente. __ Jeanie. Sua respiração aumentou e sua voz soou rouca. __ Sim? __ela mal conseguia sussurrar. __ Vá se trancar no banheiro. Essa era a última coisa que ela esperava ouvir dele com eles quase pressionados um contra o outro, sentados na cama dele. Ele não se afastou, não removeu os braços de cada lado dela, mantendo-a presa entre seu corpo e na cabeceira da cama. Sua freqüência cardíaca aumentou, mas ela não estava com medo. Ele querer colocar uma porta entre eles indicava que ela estava em algum tipo de perigo, mas ela não acreditava nisso. __ Por quê? A ponta de seu nariz roçou a garganta dela. __ Vá. Ela teria que deslizar até a cabeceira da cama e tentar sair sem tocar nele para atender essa ordem. __ True? Por quê? Ele lentamente levantou a cabeça e ela encontrou seu olhar. O marrom de seus olhos parecia mais escuro, mas podia ser porque seus olhos eram maiores do que o normal. 119


__ Eu quero você. Os lábios dela se separaram, mas as palavras não saíram. Ela não estava exatamente surpresa com esse anúncio depois da conversa que tiveram. Isso explicava por que ele tinha sido tão inflexível para descobrir por que ela tinha sentido-se atraída por ele no passado. Ele tinha acabado de admitir que a atração era mútua. “Isso é uma coisa boa, certo?” Um olhar para sua expressão a deixou com dúvidas. Ela se esforçou para encontrar a melhor maneira de perguntar o que havia de errado com ele ser atraído por ela. __ Vou tomá-la se você não fugir de mim agora. “Tomar-me como? Oh! Ele quer dizer sexo. Ele vai me tomar... puta merda! Ele quer dizer isso.” Imagens dele inclinando-se para ela e deitando-a encheram seus pensamentos. Ele deixou-a em pânico para fugir... Ela queria True, queria há muito tempo. Ele estava bem ali na frente dela e ela lamentou sua perda depois que ele tinha sido libertado de Drackwood, certa de que nunca mais o veria. Muitas noites solitárias e sonhos sobre ele a tinham deixado com uma tonelada de arrependimento. Ela teria dado qualquer coisa para ter cinco minutos a sós com ele. “Estamos no quarto dele. Não há câmeras. Nenhum guarda para entrar neste quarto e ferir qualquer um de nós por estarmos quebrando todas as regras. Não há regras.” A única coisa que a impediu de pedir-lhe para beijá-la foi o próximo pensamento que veio-lhe à cabeça. “Vai ser apenas sexo para ele e nada mais.” Ele abruptamente rolou para fora da cama, colocando espaço entre eles. Ele virou para a parede ao lado da porta, suas mãos estavam em punhos do lado do seu corpo. __ Vá para o banheiro. Chuveiro. Você precisa lavar esse perfume agora. Ela não se moveu. Ele rosnou as palavras, mas ela entendeu cada uma. Parte dela queria fugir para o banheiro e trancar a porta como ele tinha sugerido. Seria mais inteligente e mais seguro, mas seu coração estava mais preocupado que ela nunca soubesse como seria seu toque. “Eu não posso perder o que eu nunca tive.” Seu lado lógico afirmou. “Claro, isso é besteira.” Sua outra parte protestou. “Será apenas mais um lamento para adicionar a uma longa lista, se eu fugir desta oportunidade.” Os dedos dele se flexionaram. __ Você me ouviu? Afaste-se, Jeanie. 120


Ela moveu-se, ficando de joelhos. O colchão era grande e um pouco mais firme do que ela gostava, mas era a cama dele. __ True? Ele virou a cabeça em sua direção. Era impossível ignorar a forma como seus lábios se separaram e seus caninos afiados foram revelados em um grunhido silencioso. Ele parecia chateado, mas o instinto lhe assegurou que não era raiva a emoção por trás de sua posição de combate. Frustração também poderia conduzir qualquer homem a querer esmurrar uma parede. “É isso. Não pode voltar atrás se você abrir a boca. Fale agora ou se odeie mais tarde por ser uma covarde, por não fazer a única coisa que mais quis na vida. Eu sempre disse que eu pagaria qualquer preço para ficar com ele mesmo uma vez.” __ Venha aqui. __ela levantou a mão, ignorou que tremia um pouco, e estendeu a mão para ele. Ele virou-se lentamente e deu um passo, depois outro, como que atraído por ela por algo magnético que ele não podia negar. Ela olhou pelo corpo todo dele enquanto ele andava. True era um homem grande, com enormes músculos volumosos e uma grande estatura. Um pouco de incerteza atingiu-a quando ela considerou que sabia muito pouco sobre como os novas espécies, faziam sexo. Alguns dos funcionários com quem tinha trabalhado tinha insinuado que os machos preferiam o estilo cachorrinho e as fêmeas eram ásperas. Ele tinha partes humanas, provavelmente maior do que a média também. Ele teria que ter cuidadoso ou poderia parti-la em dois. True aproximou-se de Jeanie tremendo. Estava muito perto de perder o controle e entendeu que ela estava concordando em compartilhar sexo. Ele começou a suar com a perspectiva de realmente vê-la nua e sob ele. Ele fez uma pausa, estudando-a ajoelhar-se no meio de sua cama. Ela parecia tão humana e pequena. “Frágil.” Ela fez um som estranho e ele focou o rosto dela. Ele percebeu que seus lábios se curvaram para cima nos cantos. Era um sinal de diversão. __ O que é engraçado? __ Nada. __ela falou tão baixinho que ele teve que se esforçar para ter certeza de que ele a ouviu corretamente. Ele não acreditou nela. __ Você sorriu. Por quê? 121


__ Um... __ela lambeu os lábios. __ Eu só percebi que você pode realmente fazer o que a maioria dos homens só brinca. __ Eu não entendo. Sua expressão ficou séria. __ Não é nada. Venha aqui. __ela mexeu os dedos, o que implicava que ele devia apertar a mão dela. Ele não se moveu. __ O que posso fazer que outros machos fazem por brincadeira? Jeanie mordeu o lábio inferior. __ Isso não importa. __ Não brinque humana. __isso frustrou-lhe, ela sempre evitou as perguntas, as fêmeas da espécie não. __ Você pode me quebrar. Ele não viu o medo nos olhos dela ou sentiu o cheiro quando ele cheirou o ar. O cheiro muito doce dela tinha se transformado em algo mais tentador. Não importa o quão poderoso um homem é ele pode ficar de joelhos pelo cheiro de excitação que emanava forte fora de uma mulher, especialmente um como True que queria tanto uma mulher como ele queria Jeanie. Seu olhar abaixou para a parte inferior da camiseta que ela tinha emprestado. Ela escondia suas pernas. Essa barreira fina foi a única razão por ele ainda não ter se lançado para ela e colocado a boca entre suas coxas para descobrir se seu gosto era tão bom quanto seu cheiro. Seus sentimentos de proteção para com o deixaram em xeque. Ela declarou que estava preocupada que ele iria causar-lhe danos. __ Eu não danificarei você. __ele não conseguiu esconder que considerava um insulto sua palavra estar sendo questionada. Tudo dentro dele queria protegê-la, mas ele se recusou a revelar essa fraqueza. __ Eu prometi que não o faria. Sua mão estendida caiu sobre seu ventre. __ Não foi isso que eu quis dizer. __ Você acredita que eu vou quebrar seu pescoço ou suas costas. __ele prendeu a respiração pela sensação da mão dela em sua pele nua. __ Para quebrar alguém implica que... __ Não! __seu rosto ficou rosado. __ Não neste caso. É um ditado humano. __ela falou apressada. __ Os homens se gabam de ser capaz de 122


quebrar uma mulher quando fazem sexo. Não é... hum, não é sobre realmente quebrar nada nesse caso. Oh inferno. Por favor, esqueça o que eu disse. Foi uma piada de mau gosto, mas estou nervosa. Eu costumo falar demais quando estou. Sua irritação desapareceu. __ Por quê? __ Eu não sei. Eu sempre fico... Ele deu mais um passo mais perto, querendo ser mais claro com a questão. __ Por que ficar na minha cama, se você não tiver certeza de saber se você gostaria de ser tocada? __ Eu quero você. __ela mordeu o lábio inferior novamente. Esse gesto ela tinha feito muitas vezes ele percebeu e tomou nota mentalmente. Era uma maneira de ler suas emoções quando se sentisse incerto de uma situação. __ Eu não estou convencido. __ele odiava admitir isso. Nesse ponto, ele estava disposto a ignorar quase qualquer coisa para aliviar a dor na virilha. Seu pau estava inchado e preso em uma posição desconfortável dentro das calças. Em outro tempo, ele teria tomado a fêmea na frente dele acreditando no que ela disse, mas Jeanie era diferente. Ela não sabia que quando ele começasse nada o impediria de possuí-la em todos os sentidos possíveis. Ele era obstinado, mas não quando se tratava dela. Seu desejo por ela o dominou, deixando-o com de não conseguir controlar seus instintos quando tivesse o primeiro gosto dela. Ele lutou contra a névoa de luxúria, lembrando-se do que aconteceria se ele não conseguisse parar de se ela pedisse. Surpreendentemente, o desejo principal era protegê-la de qualquer coisa, mesmo si mesmo, isso o ajudou a aliviar a necessidade de atacar. __ Eu nunca fiz isso antes. É por isso que estou nervosa, mas eu quero você, True. Eu juro. __ Você nunca compartilhou sexo? __ele cambaleou para trás horrorizado, quase tropeçando nos próprios pés. Isso explicaria que ela não tinha sido utilizada em experimentos reais de criação. Ela disse que não tinha namorado por um longo tempo antes de servir de cobaia. Os humanos não eram tão simples sobre a sexualidade como os Espécies. Ele havia dito que causou dor a uma fêmea quando montou-a pela primeira vez. Jeanie iria sangrar e provavelmente derramar muitas lágrimas. Seu pau amoleceu. Ele não podia fazer isso com ela. Ele não faria isso. __ Compartilhei. __seu olhar abaixou. 123


__ Você está mentindo. Ela olhou para ele. __ Eu não sou virgem. Eu quis dizer que nunca estive nesta situação antes. __ela estendeu a mão para ele novamente. __ Mas eu quero, porque é com você. True sabia que deveria virar e deixar o quarto. Os dois compartilhando sexo era uma má idéia. Ele simplesmente não conseguia resistir a ela. Seus pés não se afastaram dela, invés disso ele se aproximava. __ É porque eu sou um Especie. __ele adivinhou. __ Não. Isso não importa para mim. Eu nunca fiz sexo com um cara a menos que nós tivéssemos contato por um longo tempo antes da primeira relação. Você sabe, precisava que conhecêssemos bem um ao outro em primeiro lugar. Perguntas sem resposta o bombardearam. Por que ela iria fazer uma exceção para ele se precisava gastar esse tempo com um homem antes de compartilhar o sexo? Era uma exigência humana? Ele decidiu esperar para descobrir esse mistério. Jeanie estava disposta e em sua cama. Era o principal. Ele parou na beira da cama e pegou a mão que ela gentilmente oferecia. Ela era suave e delicada. Seu perfume encheu o nariz dele, fazendo-o ficar duro mais uma vez. Ele não queria falar mais, mas eles precisavam trocar mais algumas palavras. Forçou-se a falar enquanto olhava profundamente em seus olhos. __ Eu faço ruídos que os humanos não fazem, mas eu vou ser gentil e ir devagar. __ele já sabia que ia ser a coisa mais difícil que ele já tinha feito. Era difícil ter que usar a cabeça em seus ombros quando a inferior exigia ser libertada de suas calças, mas era importante Jeanie não se assustar com o inesperado. __ Vou até montar você de frente para mim. Eu sei que os humanos desfrutam do contato visual. Eu vi alguns vídeos com os humanos compartilhando sexo e eu vou tentar fazer o que fariam. Jeanie estendeu a mão livre e agarrou-lhe o ombro. Ela usou-o para ficar em pé na cama. True ergueu o queixo para continuar olhando em seus olhos. Ela colocou as mãos em sua mandíbula e ele soltou a dela. A sensação de seus dedos acariciando-o era o céu. Seu toque era delicado e hesitante, mas incrível. Ela se inclinou mais perto, o foco em seus lábios. __ Agora você é o nervoso falando demais. Eu não tenho medo e eu sei exatamente o que você é, True. Esqueça tudo o que você já viu os humanos fazendo em vídeos. Eu odeio essas coisas e eles raramente mostram qualquer 124


coisa que eu quero feito em mim. Eu não me importaria se você fosse mais suave do que o normal, no entanto. Você é muito forte e eu já tenho hematomas suficientes. A lembrança de que ela tinha levado um tiro quebrou o último fio de sua contenção. Ela podia ter morrido e ele nunca teria sido capaz de tocá-la como sempre quis. Ele rosnou, passou os braços em torno das costas dela com cuidado, e puxou-a para mais perto. A camiseta de algodão não era suficiente para impedi-lo de sentir a pele dos seios esmagados contra seu peito. Levantou-a, afastou-se da cama até que ela já não estava sobre ela, e, lentamente, se agachou até que os pés dela tocaram o chão. Tinha-lhe dado permissão para ignorar tudo o que ele havia aprendido sobre sexo humano. Ele havia planejado beijar a boca, mas aqueles não eram os únicos lábios que ele queria provar. Ele decidiu que seria mais tarde. Ele se inclinou para frente, com cuidado com a lesão no seu estômago, ele sua caixa torácica devagar o suficiente para fazê-la perder o equilíbrio e deitar-se na cama macia onde seu peso foi amortecido. True envolveu os dedos ao redor dos joelhos, abrindo ao mesmo tempo em que levantava as pernas dela até a posição que ele queria. A camiseta estava enrolada na barriga dela, deixando-a completamente nua da cintura para baixo, dando-lhe uma visão clara do sexo, que ele tinha fantasiando tantas vezes. A pequena faixa de pelos bem aparados, que cobriam seu sexo, formavam um padrão, era intrigante. Ela removeu a maioria dos pelos, não que ele fosse perguntar como tinha sido feito no momento. Tinha lido que alguns humanos utilizados aparelhos de barbear, enquanto alguns usavam cera para remover pêlos indesejados. Ele abriu mais suas coxas, apesar de vê-la tensa, ela não lutou ou protestou. Ele olhou para cima para encontrá-la olhando para ele com os olhos arregalados, os lábios entreabertos. Ele sorriu, sabendo que ele a surpreendeu. Ele voltou seu foco para sua vagina. Ela era pequena nessa área. Parte dele esperava que ela fosse maior de alguma forma, mas a fenda de seu sexo não parecia poder acomodar a espessura do seu pau. Ele estudou anatomia, fêmeas foram projetadas para esticar em torno do sexo masculino, mas parecia duvidoso que fosse possível. __ True? Ela parecia um pouco assustada. Ele suava frio de ansiedade, com medo de machucá-la ou dele simplesmente não se encaixar dentro dela quando chegasse a hora de montá-la. Inclinou-se para distraí-la. Ela estava molhada, prova de sua excitação, não só provocava seu nariz, mas também seu pau. “Os

humanos precisam de palavras.” Ele reprimiu um grunhido, frustrado por 125


quase esquecer essa parte. Ele salivava por ter sua boca enterrada entre suas coxas para revestir sua língua com o sabor de Jeanie, mas ela tinha necessidades emocionais que tinham que ser observadas. Ele forçou seu olhar para encontrar o dela. __ Você é tão linda para mim. Tão delicada como uma rosa e tão sexy... __ele murmurou, surpreso com o quanto ele quis dizer essas palavras. __ Seu cheiro me deixa tão duro. Ele interiormente estremeceu com o tom cru, mas não podia ser ajudado. Foi um milagre ele poder até mesmo pensar ou manter um pingo de humanidade, quando seus instintos pediam-lhe para lambê-la até que ela gritasse seu nome depois que ele a obrigasse a gozar o mais rápido possível. O resultado deixaria sua boceta encharcada e preparado para ele curvá-la no colchão, e montá-la. Só de imaginar qual seria a sensação de esfregar a coroa de seu pênis contra sua quente e molhada boceta, tinha vontade de rasgar a frente de suas calças em vez de se preocupar em abrir os fechos. __ Você está bem? __a voz dela tremeu e ele viu flash de incerteza em seus olhos. Ele não queria alarmá-la, compartilhando o quão perto ele sentia de se descontrolar. Ele nunca quis uma fêmea assim antes. Quando eles aplicavam as drogas de cio ele ficava enlouquecido, mas não era essa a causa do que estava acontecendo com ele agora. Jeanie parecia afetá-lo naturalmente de modo semelhante. __ Eu quero você tanto que dói. __confessou ele enquanto lutava para falar com uma voz mais calma. __ Apenas relaxe e eu vou fazer você se sentir bem. __ Eu confio em você. Essas três palavras, ditas com tanta convicção o humilharam. Seus belos olhos olharam para ele com sinceridade. Ele levou um momento para encontrar forças para lutar contra seus impulsos, e focar em sua boceta novamente. Jeanie era tão atraente que ele não conseguia olhar para ela o suficiente. Ele lentamente se inclinou sobre ela, usando suas pernas para empurrá-la para o centro do colchão. Seu corpo facilmente deslizou pelos lençóis até os quadris dele pressionarem contra o lado da cama. Ele abriu a boca e lambeu os lábios e abaixou a cabeça entre as pernas dela. Sua língua bateu em seu clitóris e seu gosto delicioso enfraqueceu sua determinação. Ele selou os lábios ao redor do feixe de nervos, pressionou com força, e chupou.

126


O gemido de Jeanie e a forma como seus quadris empurraram assegurou-lhe que tinha encontrado o ponto certo. Ele deslizou a língua onde ela precisava estar, aplicou pressão e libertou seus joelhos. Passou os dedos em torno de suas coxas, segurou-a no lugar para que ela não pudesse se mexer e desfazer a ligação. Ela era o seu prazer e ele queria ter certeza de que ela o queria tanto quanto ele a ela.

Capítulo Oito

Jeanie arranhava os lençóis, se debatia de olhos fechados. True tinha suas coxas aberta e seguras contra os lençóis, enquanto sua boca sugava seu clitóris. Tão forte e gostoso que quase machucava. Ele chupou, puxando o broto carnudo com a boca e toda vez que ela estava perto de gozar, ele soltava, deixando-a louca. A ponta da língua dele deslizou por seu clitóris em um movimento ascendente, lembrando-se de como ela gostava de comer sorvete. Ele mudou para um novo padrão, lambendo de um lado para outro. Ou ele estava fazendo isso para atormentá-la com prazer ou tentava descobrir o que ela gostava, tentando tudo o que ele conseguia pensar e ver como ela reagiria. Ela gemeu, contraiu os quadris, mas não podia se mover muito. Suas mãos eram macias, mas firmes, não deixado-a sair do lugar. Algo sobre estar tão completamente à sua mercê fez seu desejo ainda mais potente. Ela arfava, sentindo o suor escorrer por sua pele, e arqueou as costas. Tornouse muito intenso, mas ela não podia fechar as pernas. Ele era muito forte. Jeanie teve dois parceiros sexuais em sua vida, mas que nenhum deles a fez sentir quase dor consumindo-a pela necessidade de gozar. True estava inspirado. __ Por favor. __ela estendeu a mão freneticamente, precisando tocálo. Seus dedos roçaram o cabelo na parte de trás da cabeça dele e ela quase puxou a mão de volta. Teve medo de que pudesse cravar as unhas em seu couro cabeludo, já que tinha feito isso com sua roupa de cama. Em vez disso, agarrou alguns fios sedosos e suplicou novamente: __ Por favor, True. Ele rosnou e as vibrações quase a fizeram gozar. Todo o seu corpo tremia com a força do êxtase provocado por sua boca, que se espalhava rapidamente, direto para seu cérebro. Ela gritou, sem se o que ela disse fazia sentido. Ela não se importava. Seu mundo inteiro estava centrado na ponta da língua de True, que realizada círculos apertados sobre o ponto mais sensível do seu corpo. Jeanie gritou novamente com outra explosão de prazer, seus 127


músculos vaginais tremiam enquanto ela sobrevivia a um segundo clímax, chocada por ele poder fazê-la gozar duas vezes tão rápido. __ Pare. __ela implorou, incapaz de agüentar mais. Seu clitóris pulsava hipersensível. True evitou tocá-lo novamente, mas sua língua explorou mais abaixo, traçando sobre a abertura de seu sexo. Ela soltou seu cabelo, já que seu corpo começava relaxar. __ Você é tão doce. __ele gemeu. __ Eu quero mais. __esse foi o único aviso antes de sua língua penetrar sua vagina. Ela gemeu com a agradável sensação. Ele retirou-se quase completamente e soltou suas coxas. Jeanie achou que ele fosse subir e ajustar seu corpo sobre o dela para encontrar seu próprio orgasmo. Seria emocionante, ela queria saber como seria a sensação de estar unida com True. Toda a fantasia que ela tinha feito a cerca de tê-lo dentro dela iria finalmente tornar-se realidade. Ela abriu os olhos, olhando para ele, que levantou a cabeça, então ela teve que soltar o cabelo. A expressão do seu rosto a fez pensar. Ela teria jurado que ele ficou furioso. __ O que está errado? Será que eu puxei seu cabelo? Eu não queria... __ Você é apertada. __ Isso é uma coisa ruim? “A maioria dos caras preferem assim, certo?” Fazia um tempo desde que ela tinha tido relações sexuais as coisas poderiam ter mudado. __ E agora... estou tão duro que poderia ser usado como britadeira para quebrar concreto. __ele virou a cabeça, desviando o olhar, e ela notou que seus dedos estavam brancos de tanto apertar a borda do colchão. __ Eu também vou precisar cortar minhas calças. Meu pau está preso entre o tecido e minha coxa. Preciso comprar um tamanho maior para acomodá-lo se você ficar aqui por muito tempo. Seu senso de humor foi inesperado e ela sorriu, sentindo-se extremamente alegre depois dele ter acabado de dar-lhe o melhor orgasmo de sua vida. Demorou, mas se esforçou para se mover quando o que ela realmente queria era fundir-se à sua cama, mas sentou-se. Seus lábios estavam entreabertos, revelando as pontas de seus caninos afiados. Incrível ele não ter acidentalmente mordido-a com eles, algo que ela não tinha pensado até aquele segundo. __ Eu vou ajudá-lo a sair delas. Sua cabeça se ergueu. __ Não me toque. 128


Seu humor desapareceu substituído pela preocupação. __ Você está bem? __ Não. Jeanie pensou que ele estivesse brincando, mas ela estava errada. Era a dor, não a raiva, que fazia-o soar áspero. __ Oh wow, True. __ela não podia dar uma olhada no seu colo, pois ele estava de joelhos ao lado da cama. Ela arrastou-se para o outro lado, escorregou e se aproximou dele. __ Fique longe. Ela fez uma pausa, estudando seu corpo. Ele estava de joelhos, com os quadris pressionados contra a cama. Ele ainda manteve um aperto de morte na beira do colchão. __ Vamos abrir suas calças e puxá-las para baixo até você estar livre. __ Basta você ir ao banheiro e fechar a porta. “O que há com ele por me querer no banheiro?” __ Eu não vou deixálo lidar com isso sozinho. Ele fechou os olhos. __ Eu preciso que você fique longe de mim por pelo menos dez minutos. Os sentimentos de Jeanie estariam feridos se ela achasse que ele estava dizendo isso por ser mau, mas não era isso. __ Por quê? __ Meu corpo vai relaxar sem você aqui e eu vou ser capaz de tirar minhas calças, então. __ É sério, hum... você está preso? __ela tentou descobrir como. Devia ser tão simples como ela havia sugerido. __ Por favor. __ele murmurou. __ Vá tomar um banho. __ Não. __ela aproximou-se um pouco. __ Eu vou ajudar você. Você pode desencostar um pouco? Deixe-me ver o problema e tenho certeza que posso pensar em alguma coisa. __Jeanie esperava ver como o pênis dele ficou 129


preso. __ Ou você pode me dizer onde estão as tesouras. Eu posso cortar a costura do lado. __ Não. Basta ir para outro cômodo. A campainha tocou. Jeanie se assustou com o barulho repentino, mas a reação de True foi muito pior. Ele rosnou quando sua cabeça se ergueu, os olhos bem abertos para olhar na direção da sala de estar. __ Foda-se! __ Você não pode ir atender. Eu devo atender? Eu vou dizer-lhes que você está ocupado ou tomando banho. __ela duvidava que ele queria que alguém soubesse o que o tinha incapacitado. __ A menos que você queira que eu conte-lhes a verdade, assim eles poderão ajudá-lo. __ Não! Ignore-os. __ E se é importante? __ Vá para o chuveiro. __ Porra, você é teimoso. Você me deixaria se eu tivesse torcido um ligamento? __ela lamentou as últimas palavras. __ Desculpe. Foi mau, o trocadilho não foi intencional. Isso é ridículo. Nós passamos do ponto do constrangimento. Deixe-me ver o problema para podermos encontrar uma solução. __ Não. A campainha tocou novamente, seguido de um punho batendo na madeira. Jeanie soltou um suspiro frustrado. __ True... Um grande estrondo veio do outro cômodo. Ela se virou, percebendo que o que ela tinha ouvido era a porta da frente sendo aberta a força. Poucos passos rápidos e ela estava na sala. Dois Novas Espécies invadiram o apartamento, mas o primeiro que passou pela porta mandou o segundo parar com um gesto da mão. Foi o segundo parado dentro da sala que chamou sua atenção. Seu cabelo estava longo, até os ombros, mas ela nunca confundiria esses maliciosos e brilhantes olhos azuis. Ele usava calça jeans preta e uma camiseta justa, mostrando seu monte de músculos. __ 712? 130


__ Shiver. __ele confirmou que eles se conheciam, sua boca curvandose num sorriso. __ Onde está True? __o outro homem olhou em volta com um olhar severo em seu rosto até que ele fixou sua atenção em Jeanie. __ O que você fez com ele? __ Nada! __ela olhou ele e 712. __ Ele está... __ Você o machucou? __o felino rosnou, revelando os caninos afiados. __ Ela não faria isso, Tiger. __712 tentou contornar o cara. Tiger empurrou-o de volta. __ Fique fora disso. Eu lhe disse para esperar lá fora. __ele foi indo para frente. __ O que você fez com True? Um baque veio de trás dela e ela virou-se para olhar True apoiando-se fortemente contra o batente da porta do quarto, com apenas a cabeça e parte do peito a mostra. Ele estava usando a parede para esconder o resto dele. O olhar furioso e sua expressão dura eram claros. __ Saia da minha casa! Tiger parou de avançar. __ Por que você não atendeu a porta? Por que você está escondendo o resto do seu corpo? __ Saia da minha casa. O nova espécie de uniforme franziu o cenho. __ Ela te machucou, não foi? O que você está escondendo? Ela apunhalou-o? __ele cheirou o ar antes de suas sobrancelhas se ergueram. __ Merda. Você está nu. Eu interrompi vocês compartilharem sexo. __ O quê? __712 empurrou Tiger para tirá-lo do caminho. __ Você tocou nela? __suas narinas inflaram e seu rosto bonito estava torcido em uma expressão muito semelhante a um enfurecido True. __ Você disse você não faria. __ Saiam da minha casa. __True olhou para ela. __ Vem cá, Jeanie. __ela não tinha certeza do que fazer. Parte dela queria falar com 712, mas True estava obviamente numa situação embaraçosa e ele não queria que os outros homens descobrissem. Tiger e 712 poderiam levá-la de volta para a prisão. Ela recuou para o quarto e True bateu a porta fechando. Ele praguejou quando inclinou sua cabeça para cima e com a palma da mão embalou 131


suavemente seu rosto. Dedos fortes seguraram seu rosto até que ambos estavam se olhando. __ Entra no banheiro. Eu vou lidar com isso. __ Você acha que eles vieram para me levar para aquele lugar horrível? __ Eu não vou permitir que isso aconteça. __ Obrigado. __ela tentou olhar para baixo, mas ele continuou segurando-a. __ Eu vou deixar você ir e você vai correr para o banheiro. Tranque a porta e fique lá até que eu dizer que é seguro. Faça agora. __ Tudo bem. Ele virou-a antes de soltá-la. __ Vá. Ela correu em direção ao banheiro, e antes de entrar a porta do quarto se abriu. Um grito ficou preso na garganta de Jeanie quando girou para ver quem tinha aberto. 712 olhou pelo quarto todo até encontrá-la e ficou olhando para a camiseta que ela usava, que chegava no meio das suas coxa, expondo a maior parte de suas pernas. __ Como você pôde? __ele invadiu o quarto. Na Drackwood ela tinha feito tudo para mantê-lo vivo, dando-lhe esperança para continuar lutando apesar de toda a dor que sofria. Ele gostava de suas histórias, os contos de fadas ou apenas narrações de algo que ela tinha visto num filme. Isso o ajudou a passar o tempo, enquanto seus ferimentos curavam. __ Saia! __True grunhiu, ficando entre ela e 712. __ Não fale com ela desse jeito. __ Eu estou falando com você! __712 empurrou True com força no peito. __ Ela não é sua. O homem tropeçou, mas ficou de pé. __ Eu discordo. __ Chega! __Tiger ordenou da porta. __ Flirt, volte para o corredor agora. Eu vou lidar com isso.

132


__ Ela salvou minha vida. Flirt se mexeu. __ Eu só vou sair se ela for comigo. Eles estavam discutindo por causa dela. Jeanie abriu a boca para dizerlhes para parar, mas eles continuaram a troca de palavras ásperas antes que ela pudesse dizer algo. Ficou claro que 712 usava o nome de Flirt. __ Nunca. __rosnou True. O lábio superior de Flirt levantou o suficiente para mostrar os caninos afiados. __ Ela devia ser minha! __ Basta! __Tiger repetiu, empurrando-os para ficar entre eles. __ Ninguém vai lutar. Volte para o corredor, Flirt. True, você não deveria tocá-la. __ Ele já o fez. __Flirt recuou. __ Nenhuma fêmea cheira tão forte sexo a menos que um macho tenha ajudado. Olhe a frente de suas calças. Ele não merece uma mulher se ele é incapaz de manter a descendência até ele montála. Tiger olhou para o corpo de True, então olhou para 712. __ Porra, Flirt, fique frio. Todos nós já ficamos um pouco animados às vezes, mas ninguém quer mostrar. Os machos têm orgulho. Jeanie se arrastou ao longo da parede para ver melhor True e confirmar suas suspeitas do que eles falavam. Uma grande mancha úmida manchava a frente de suas calças, perto da virilha. “Não me admira que ele não me deixou ver o que estava errado com ele. Não ficou preso em suas calças. Ele mentiu. Merda!” Ela olhou para o rosto dele e ele estava corado, um sinal de mortificação. __ Deixe ele em paz. __ela exigiu. Ela olhou fixamente para 712. __ Flirt? É assim que você é chamado agora? __ Não fale com ele. __True ordenou. Uma parte dela sabia que deveria ficar quieta, mas outra parte estava enfurecida porque estavam tentando humilhar alguém que a salvou de ir para a prisão. True é um bom homem. __ Sou Flirt agora, Shiver. __seu tom se suavizou quando seu olhar azul encontrou o dela. __ Venha aqui. Vou levá-la para minha casa. Você não precisa ficar com esse homem, merece um muito melhor. 133


__ Não! __berrou True. Jeanie engasgou quando True agarrou Tiger e atirou-o para fora do caminho. O grande Nova Espécie foi arremessado por alguns metros, caindo esparramado no tapete de barriga para baixo. Seu olhar levantou a tempo de testemunhar True e Flirt em combate. Ambos se chocaram contra a parede perto da porta com força suficiente para fazer um grande buraco no gesso. __ Fodam-se. __o cara no tapete gemeu. __ Segurança. Venham até a casa de True agora. Ela não tinha certeza se ele usou um rádio ou um telefone celular para pedir ajuda. Não conseguia desviar o olhar dos dois novas espécies trocando socos. O som era horrível quando os punhos e chocavam com a carne. True tinha Flirt preso na parede danificada. Sua bunda e parte de suas costas estava dentro do buraco que tinham criado, mas seus braços estavam livres para bater de volta. __ Parem com isso! __ela percebeu ser a única a gritar. Eles a ignoraram. Flirt conseguiu soltar seu corpo e empurrou True longe. Ele tropeçou, mas recuperou o equilíbrio. Flirt derrubou pedaços da parede no tapete quando ele se endireitou. Eles rosnaram um para o outro e se lançaram a frente ao mesmo tempo. Seus corpos bateram com força, agarraram com as mãos rasgando a carne. Sangue vermelho vivo apareceu em suas peles. Jeanie tinha que acabar com a luta, não importava se fosse perigoso. Flirt agarrou a garganta de True tentando sufocá-lo. True respondeu dobrando o braço, jogando-o para frente com toda a força para trás batendo o antebraço no rosto de seu adversário. A cabeça do felino tremeu e sangue explodiu do seu nariz. __ Pare! __ela correu para frente, mas uma mão agarrou seu tornozelo. O ar escapou de seus pulmões quando ela caiu de barriga no tapete. Demorou alguns segundos para recuperar o fôlego. Usou os braços para empurrar o peito do chão e olhar por cima do ombro, ignorando a dor surda provocada pelo impacto com o chão. Tiger tinha segurado-a. __ Não! __ele avisou. __ Fique longe deles. Ela, desesperada tentou chutá-lo e ficar livre de seu domínio. __ Me deixe ir. __ Você vai se machucar.

134


Ela não se importa. True e Flirt tinham se separado o suficiente para trocar socos novamente. Sangue cobria os braços de ambos onde tinham agarrado um ao outro e sangue também correu pelo rosto de Flirt. Seu nariz parecia quebrado. Dos lábios partidos de True escorria o vermelho brilhante que manchava dos lábios até o queixo. Os sons de golpes acertando carne a fez estremecer. __ Faça-os parar. __ela pediu, olhando longe da luta, incapaz de ver mais. Seu olhar fixou-se em Tiger. __ Faça alguma coisa. __ Eu estou fazendo. Estou mantendo-a seguro até a ajuda... __ele fez uma pausa, inclinando a cabeça, como se ouvisse alguma coisa. __ Chega. Quatro novas espécies entraram no quarto. Dois deles usavam uniformes, os outros dois não. O grande macho loiro em um par de boxers pretos agarrou Flirt quando ele cambaleou para trás depois que o punho de True bateu no seu peito. O nova espécie passou os braços em torno de Flirt por trás e levantou-o do chão. Um dos agentes de segurança uniformizado agarrou as pernas, suspendendo-o. Ele se esforçou, mas não conseguiu se soltar. O outro nova espécie usando bermuda e uma regata impediu True de atacar Flirt novamente, agarrando seu braço, girando em torno dele e empurrando-o contra uma parede. O outro uniformizado Nova Espécie ajudou a manter True preso lá enquanto sussurrava palavras para ele que ela não podia ouvir. __ Nunca se fique entre machos agressivos. __Tiger soltou seu tornozelo. __ Especialmente se você é o motivo da briga. __ele sentou-se. __ Você é uma encrenqueira, Jeanie Shiver. __ Isso não é minha culpa. __ela desviou o olhar para ver True. Os dois novas espécies a impediam de ver muito, mas ele não parecia estar tentando se libertar. Ela ia se mover, mas hesitou quando um estrondo chegou aos seus ouvidos. Jeanie não pode identificar, nunca tinha ouvido falar antes. Um homem alto de cabelos negros entrou na sala, era a fonte do som. Um arrepio subiu pela espinha dela enquanto o estudava. O nova espécie parou de fazer o barulho perturbador, mas isso não o fez menos temível. Ele era bonito, mas havia algo de sinistro nele. Ela sentia que a vibração que emanava dele gritava "predador" e "perigo". A sala ficou estranhamente silenciosa e os pelos de seus braços ergueram. O Espécie de cabelos escuros lentamente avaliou a sala com um olhar gelado até que se fixou nela. Ele franziu a testa... não parecia um bom sinal... ele se virou e começou a andar mais perto Flirt. Ele parou a poucos passos. 135


__ Que bom que chegou rápido, Darkness. Você assumiu a responsabilidade por isso. Lide com isso. __ Tiger ficou em pé e parou ao lado de Jeanie, oferecendo-lhe uma mão. __ Permita-me ajudar-lhe. Jeanie colocou a mão na dele, usando a outra para manter a camiseta no lugar e não expor o fato de não usar nada por baixo, enquanto ele a puxava em pé. Sua ferida curada deu um puxão interno, mas ela duvidava que algum dano tivesse ocorrido. Sentia as pernas um pouco instáveis, mas seguraram seu peso. Tiger soltou-a. Darkness ignorou Tiger, dirigindo-se ao nova espécie que segurava Flirt. __ Coloque-o no chão. Os machos depositaram o fardo sobre o tapete e se afastaram. Jeanie notou que ninguém fez contato visual com Darkness, pareciam desconfortáveis perto dele. Flirt ficou em pé e colocou a mão sobre o nariz sangrando, tentando parar o sangue. __ Vá para o Centro Médico. __Darkness ordenou. Flirt não se mexeu. __ Eu vou, se eu puder levá-la comigo. __ Ela fica aqui. __True soou irritado. __ Ela não é a sua. __Flirt disse. Ele começou a circular em torno de Darkness para chegar até True. Darkness fez aquele perturbador, ronco baixo. Flirt parou, voltando para onde ele estava antes. Soltou o nariz para limpar o sangue, limpando a mão na lateral da calça. __ Ele não a reclamou. Ela salvou minha vida, também, Darkness. __ Ela é minha para proteger. __a raiva de True parecia estar aumentando, a julgar pelo seu grunhido áspero. __ Ele não pode tê-la. Eu vou matá-lo se ele tenta levá-la. Darkness lentamente se virou, seu olhar assustador encontrou Jeanie. A sensação de medo formou um caroço dentro de seu estômago e ela deu um passo para trás. O cara era inquietante. __ Soltem-me. __exigiu True. __ Jeanie? Vinha aqui. Ela teria feito isso, se seus pés não estivessem colados no chão, enquanto Darkness olhava para ela sem piscar. Seu coração batia rápido e sua boca estava seca. Não havia nada que ela queria mais do que correr até True e 136


se esconder atrás dele, queria sentir-se segura, coisa que não sentia naquele momento. __ Espécies não devem matar uns aos outros. __Darkness fez uma pausa. __ Decida agora antes que um deles morra. Você pode ficar com True, ir com Flirt, ou eu vou levá-la de volta para o Centro Médico e guardas serão atribuídos para cuidar de você. Responda-me agora. Perdemos gente suficiente do nosso povo por causa de humanos e eu me recuso a permitir que isso aconteça novamente. __ True. __ela conseguiu se mover. Ele se virou e ela conseguiu respirar normalmente de novo. __ Você ouviu a mulher. __Darkness calmamente disse. __ Ela escolheu True. Flirt vá para o Centro Médico. Você está banido daqui enquanto ela estiver aqui. Não haverá mais luta ou terão que se ver comigo. Eu odiaria matar outro de nossos homens, mas eu vou fazer isso. Estou sendo claro? Nenhuma fêmea que quer outro macho vale a perda de sua vida. Flirt recusou-se a olhar para ela enquanto acenava com a cabeça, girou sobre os calcanhares e marchou para fora da sala. Jeanie observou-o ir, cheio de tristeza. Eles tinha sido próximos uma vez, ela se sentia responsável de alguma forma por deixá-lo triste. Não fazia qualquer sentido ele atacar True. Será que ele achava que ela estava em perigo? Ela podia entender seu desejo de protegê-la depois dela ter feito o mesmo para por ele na Drackwood. Darkness atravessou a sala e os duas espécies soltaram True e saíram do caminho. __ Quer que faça os documentos e enviem para cá? __ True não respondeu. Darkness permaneceu em silêncio por pelo menos meio minuto. __ Descubra isso e não se esqueça que precisamos de respostas do que as mulheres. Você deve saber todos os fatos antes de tomar uma decisão. Eu odiaria vê-lo ferido. __ Eu entendo. __reconheceu True. __ Ótimo. __ele virou a cabeça, estudando a parede danificada. __ Por favor, pergunte primeiro antes de remodelar sua casa. Vou avisar alguém de que você precisa de alguns painéis de madeira para reparar a parede, a menos 137


que você estivesse querendo abrir espaço. Você pode querer que alguém venha dar uma olhada antes de mexer, o dano pode ser estrutural. __ Isso não é divertido. __Tiger balançou a cabeça. __ Eu vou pedir para um engenheiro civil vir dar uma olhada nisso. Nesse meio tempo, você deve mudar-se para um dos apartamentos vazios no corredor. A porta da frente está destruída, você não será capaz de fechá-la. __ Vamos. __Darkness ordenou. __ Vamos para fora. O casal precisa de algum tempo a sós para conversar. __dirigiu um olhar aguçado para True. __ Conversem. Precisamos de respostas. É possível que mais espécies estejam lá fora, em cativeiro. Isso tem prioridade sobre suas necessidades físicas. O ser humano para quem ela alega ter trabalhado para sabia dos dois locais. Não se esqueça disso. __ Eu não vou. __True circulou em torno do homem, foi até Jeanie e ficou ao seu lado. __ Espero as informações muito em breve. __Darkness insistiu e partiu. True observou os homens deixarem sua casa e ouviu-os tentar fechar a porta quebrada da frente, sem muito sucesso. Toda a raiva sobre Flirt tentar roubar Jeanie foi drenada, deixando apenas remorso. Humilhação e vergonha eram emoções que ele conhecia muito bem depois de sobreviver à Mercile. O pessoal tinha saído, mas tinham destruído qualquer sentimento de orgulho de macho que True possuía, pior foi ter Jeanie como testemunha desses momentos. Ele precisava se desculpar. O silêncio na sala era desconfortável, mas ele não tinha certeza de como explicar por que tinha mentido. Seu erro foi esfregar os quadris de encontro à cama. Já ele a fez gritar seu nome, ele queria ouvi-lo novamente. Ficou aliviado por saber que ele não seria aquele que teria que fazê-la sentir dor de ser montada pela primeira vez. Porém, também tinha sido decepcionante saber que outros machos a haviam tocado. Ciúme não era uma emoção agradável, mas ele sentia. A raiva, a possessividade e a determinação o levaram a ter certeza de que ele era o homem que deu-lhe mais prazer. Ele evitou a montagem dela até que fosse tarde demais. __ Você está bem? Você está sangrando. Você tem um kit de primeiros socorros? Precisou de muita força interior para virar e olhar nos olhos dela. Ele temia ver pena, mas em vez disso, ela olhou-o com preocupação. __ Eu sinto muito. __essas palavras eram difíceis de dizer. 138


__ Por quê? __ela olhou para seus braços sangrando. __ Precisamos limpar e enfaixar os arranhões. Unhas são sujas e eles aparecem bastante profundos. O kit de primeiros socorros está no banheiro ou você o mantêm na cozinha? Ele estendeu a mão, incapaz de resistir a tocá-la. __ Eu não deveria ter mentido para você, mas não queria admitir que perdi o controle. Faz um longo tempo desde que eu tive uma fêmea e eu me esfreguei contra a cama, na tentativa de me segurar até que você estivesse preparada para ser montada. O estímulo e a emoção foi muito grande. __ Estou realmente lisonjeada. __seus lábios curvaram para cima, numa sugestão de sorriso. __ Ninguém jamais tinha perdido o controle por minha causa antes. Isso é uma coisa incrível. Ele queria acreditar que ela não estava apenas querendo ser gentil. Jeanie tinha um coração mole. __ Não foi uma mentira absoluta, minhas calças não seriam fácil de sair até que eu tivesse alguns minutos para me recuperar. A cor rosa coloriu suas bochechas, mas ela falou. __ Por quê? O fato de que você estava, hum, molhado deve significar que não estava tão apertada... hum... __ Machos Caninos tendem a inchar na base de seus paus. Eu estava apertado entre as calças e minha coxa, e... __era difícil explicar a um humano, especialmente ela. __ Seria doloroso se eu tivesse que forçá-lo até que o inchaço diminuísse, a menos que eu rasgasse o material. Você estar fora de vista teria me ajudado a amolecer. Ela recebeu bem essa informação, não fez mais perguntas difíceis. __ Precisamos tratar seus ferimentos. Onde está o kit de primeiros socorros? __ Na cozinha, embaixo da pia. __ Eu vou buscar. Ele odiava deixá-la ir. __ Eu vou tomar banho primeiro. Eu preciso... __ele se recusou-se a dizer-lhe que tinha sêmen na coxa e na frente de suas calças. __ Ficar limpo. Lavar o sangue e vai me ajudar a curar mais rapidamente. __ Você quer que eu espere ou devo entrar lá enquanto você estiver no chuveiro? 139


Seu pau começou a endurecer só de imaginá-la no chuveiro com ele. __ Você é bem-vinda a tomar banho comigo. Seus lábios se separaram. __ Oh. Ok. Ele estremeceu. __ Isso não é o que você quis dizer, não é? __ Eu adoraria tomar banho com você. Ele procurou seus olhos, vendo sinceridade. __ Vá pegar o kit e espere por mim no quarto. Vou me apressar. Jeanie parecia pronta para discutir, mas em vez disso parecia repensar e balançou a cabeça concordando. Ele observou-a saindo do quarto. Olhou a frente de suas calças e queria uivar de frustração, girou e rapidamente entrou no chuveiro e ligou a água. Jogou as calças no canto. A água não estava tão quente como ele gostava, mas estava com pressa de lavar a evidência de sua falta de controle. Abaixou a cabeça, olhos fechados, e respirou profundamente tentando se acalmar. Era sua responsabilidade conseguir respostas de Jeanie, mas ele queria mais do que fazer o seu dever. Não conseguiu compartilhar sexo com sucesso na primeira tentativa e lutou com outro homem na frente dela. Esse não era o seu dia.

Capítulo Nove As mãos de Jeanie não estavam muito firmes quando ela terminou de passar a gaze em torno do braço de True. Ele usava uma calça de moletom cinza e nada mais. Seu peito e braços expostos eram uma grande distração. Cada gota de água de seu cabelo úmido chamava sua atenção. O desejo de passar os dedos por sua pele bronzeada era quase impossível de resistir. “Pare com isso. Ele está machucado. Pare de pensar em sexo. Concentre-se no que você está fazendo.” Os arranhões profundos estavam limpos e enfaixados. Ele não se queixou ou fez um som enquanto ela limpa suavemente as feridas. Não estava surpresa, a sensação de queimação do anti-séptico era inofensivo em comparação com a dor extrema que tinha sofrido nas mãos de funcionários da Drackwood e Indústrias Mercile. Ela colocou o esparadrapo dentro do kit e encarou-o.

140


__ Pronto. Você tem certeza que não quer que eu chame alguém para te dar medicação para a dor? Vai ficar com alguns hematomas. __ela olhou para as marcas vermelhas que ele sofreu durante a luta. __ Eu sei que você é forte, mas não há necessidade de que você fique desconfortável quando uma pílula vai ajudar. __ Eu estou bem. Ela se lembrou de outro momento em que ela havia oferecido medicação para dor. Ele estava acorrentado em sua cela depois de ter sofrido uma surra brutal. Ficara abalada quando ouviu que ele tinha sido ferido. Seu primeiro instinto foi de ir vê-lo, mas teria levantado suspeitas se ela exigisse uma escolta para o seu quarto. Em vez disso, ela teve que ir para casa e se preocupar a noite toda que ele pudesse morrer. Na manhã seguinte, tinha contrabandeado pílulas para dor de seu dentista e levado para ele. Viu o que tinha sido feito a ele, tinha sido horrível, mas a raiva por aqueles que tinham feito, a manteve calma o suficiente para evitar desmoronar na frente da câmera do canto. __ No que você está pensando? __ele inclinou a cabeça um pouco, olhando para ela com curiosidade. __ Você está mais pálida do que de costume. Ela não estava disposta a compartilhar a memória. __ Posso perguntar por que você lutou com 712? Quero dizer, Flirt. Vocês dois não se dão bem? __ Ele quer você e isso não vai acontecer. __ Você quer dizer que ele quer me proteger. Eu só não entendo por que ele pensou que você iria me machucar. Sei que você não o faria... Vocês nunca conversam? True encontrou seu olhar e seus olhos se estreitaram. __ Ele quer montar você. Tudo o que quer é levá-la para sua casa e para sua cama. Ele a surpreendeu. __ Eu não penso assim. __ Ele quer. __ Eu passei muito tempo com ele em Drackwood. Ele nunca indicou que estava atraído por mim dessa maneira. Nós éramos amigos, no máximo. __ Os espécies não eram amigos dos funcionários.

141


Ela conseguia entender por que ele iria protestar contra esse conceito. __ Eu não era exatamente como os outros funcionários. Nós conversávamos muito e isso o manteve distraído, enquanto ele se curava de seus ferimentos. Quando eu não estava pegando, eu ia ao centro de tratamento. Eles eram sempre insuficientes e apreciavam ajuda. __ Ele quer que você. Ela decidiu não discutir com True. Ele pode estar certo, mas ela duvidava. Flirt pode sentir-se protetor com ela depois das vezes que ele a tinha visto desafiar os médicos e tratar adequadamente seus ferimentos. __ Eu odeio que vocês tenham brigado. __ Eu não queria causar-lhe angústia. __ele ajeitou a cabeça. __ Você podia ter se machucado. __ela estudou as ataduras e as contusões se formando em seu torso. __ Ou pior. True estendeu a mão e apertou a dela. __ Nós precisamos conversar. Sente-se. Ela gostava da sensação de seus dedos quentes envolvidos nela. Sentouse a sua esquerda. O peso dele no colchão a fazia escorregar pro lado dele, precisou forçar seus pés no chão para impedir que deslizasse contra o quadril dele. __ A equipe da força-tarefa e Darkness precisam de respostas. Eu acredito que há um ser humano lá fora que usou você, mas eles querem a prova. __ Eu nunca excluiu os textos do telefone celular. Eu estava muito ocupado lendo as mensagens e digitando respostas para me preocupar com qualquer outra coisa, além de certificar-me de que ninguém se aproximasse de mim e visse o que eu estava fazendo. Eu tinha que colocar o celular de volta para o saco e enterrá-lo o mais rápido que pudesse. __ Onde ele está? Ela descreveu a área de seu apartamento, onde ela enterrou-o num canteiro de flores ao lado de algumas pedras. __ Eu sou a única que sabe onde escondi. Eu nem sequer disse ao Agente Brice e ele nunca perguntou. __ Nós vamos enviar alguém para recuperá-lo.

142


__ Ótimo. __ele deu-lhe esperança de que a sua história seria fundamentada. __ Vamos precisar de uma descrição detalhada deste homem. __ Eu posso te dar isso. Eu também preciso fazer a lista de funcionários da Cornas. Você tem certeza de que ninguém mais foi preso? Ele correu a ponta de seu polegar sobre a mão dela. __ Só você. Os dois homens com você estavam mortos. Seu intestino torceu com a lembrança de ter que matá-los, mas ela se recusou a desmoronar. Em vez disso, focou no fato de que todos tinham usado as saídas de emergência para escapar. __ Merda. Todos eles fugiram? __ Sim. __ Mas eles não levaram nenhum nova espécie com eles, certo? Todos eles foram contabilizados? Eles sobreviveram? __ela deu a quantidade de novas espécies em Cornas. Ele acenou com a cabeça. __ Nossas equipes tiveram que dinamitar as portas com explosivos para abrir e chegar ao nível mais baixo. A Segurança tentou alcançá-los, mas não conseguiu. Havia marcas de bala nas portas e parecia que tentaram usar um dos eixos de emergência para tentar soltar as dobradiças de uma porta. Eles falharam. O alívio foi imenso. __ Graças a Deus. __ Você desabilitou um andar inteiro de fechaduras com uma arma de choque. Por quê? __ Eu vi um mau funcionamento do fechamento da porta elétrica no laboratório de hematologia. __ Laboratório de Hematologia? __ É onde eram processados todos os exames de sangue. Levei uma amostra lá uma vez e encontrei dois dos caras do suporte técnico que trabalhavam na porta. Um dos agentes de segurança estava fazendo rondas e pegou o cartão de identificação para passar e acidentalmente apertou o botão de sua arma de choque do cinto. Sua outra mão estava tocando o teclado. O choque que recebeu foi suficiente para alcançar o teclado e fritar os circuitos internos. Levou meia hora para substituir a fechadura e abrir a porta. __ ela fez uma pausa. __ Eu percebi que poderia usar uma arma de choque para desativar as portas se fosse necessário e ele foi. 143


True continuou a acariciá-la. __ Você precisa ser completamente honesta comigo, Jeanie. Eu não odiarei você ou ficarei com raiva se você souber mais do que você alegou. Eu sei que o dinheiro, para os humanos, é muito importante e que você pode ter a necessidade de reter a localização de outros espécies para conseguir dinheiro da NSO. Eu não posso te ajudar se você não me disser a verdade absoluta. A força-tarefa humana vai descobrir tudo, eles sempre o fazem, é o momento para ser honesta. Ele deslizou para fora da cama de joelhos no tapete, ficando ao nível dos olhos dela. __ Não importa o quão ruim você pensa que é ou mesmo se você acreditar que eu vou ficar enfurecido com os detalhes, eu vou te proteger. Você entendeu? __ele levantou a mão segurando a dela e levou-a aos lábios. O beijo que ele roçou no seu polegar foi leve como uma pluma. __ Eu vou te perdoar. Apenas confesse qualquer coisa ruim que você fez agora. Eu lhe dou minha palavra de que não vou permitir que ninguém a leve para a prisão. __ Eu não vou mentir para você True. __ela disse cada palavra com cuidado. Doeu ser questionada novamente depois de estar íntima dele, mas ela entendeu por que ele teria dúvidas. Foi tocante saber que ele faria a oferta de ajuda mesmo se ela fizesse parte nas coisas horríveis feitas a ele e outros novas espécies. __ Tudo o que eu tenho feito desde que descobri o que realmente estavam fazendo em Drackwood nesses sub-níveis tem sido tentar libertar Novas Espécies. Nunca foi sobre dinheiro. __ Tudo bem. __ Eu realmente pensei que estava trabalhando para alguém que representava a NSO. Eu não tinha idéia de que ele não era quem dizia ser. Confiei nele porque ele tinha um distintivo e tudo o que ele me disse parecia razoável no momento. Ele colocou sua mão sobre a cama, libertando-a. __ Eu vou pegar papel e eu quero que você escreva todos os nomes das pessoas que você pode se lembrar de Cornas. Também preciso de uma descrição do tal agente. Nós vamos encontrá-lo e descobrir se ele sabe a localização de outros espécies. Ele falou de outro trabalho que ele teria para você? Um novo lugar? Mencionou outras instalações médicas onde experiências com espécies estariam sendo realizadas? Ela balançou a cabeça. __ Só depois de Drackwood ser tirado do ar. __ Eu já volto. Ele levantou-se e saiu do quarto.

144


Jeanie perdeu o calor do seu toque. Não demorou mais de um minuto para voltar com um caderno e uma caneta. Passou-os. Ela murmurou. __ Obrigado. __e abriu a tampa da caneta para começar escrever. __ Eu vou fazer algumas ligações. Vou estar na sala ao lado. Algumas medidas precisam ser tomadas. Ela assentiu com a cabeça, sem olhar para cima e começou escrever a lista ordenadamente para ter certeza de que era legível para qualquer um que lesse. Sua mente vagou enquanto escrevia, pensando no que ela tinha feito que causou sentimento de culpa. Ela não tinha certeza se True teria problemas com o que ela tinha feito para ajudar Novas Espécies nas Pesquisas Cornas. Quanto mais pensava sobre isso, mais ela decidiu contar a ele. Ele queria que ela fosse totalmente sincera sobre qualquer coisa ruim que ela tenha feito. Tinha sido inevitável. O som da voz dele podia ser ouvida da sala de estar, mas ela não conseguia distinguir as palavras. A lista foi concluída e uma descrição escrita do Agente Brice começava a ser descrito quando ele voltou para o quarto. Ela fechou o caderno e estendeu-o com a caneta. __ Aqui está. Ele aceitou. __ Eu vou passar isso para Flame. Ele está do lado de fora da minha porta. __ Para ter certeza de que eu não fuja? Ele hesitou. __ A porta não fecha completamente. Ninguém vai entrar na minha casa. Jeanie percebeu o nova espécie no corredor e True não queria admitir que eles acreditavam que ela iria tentar escapar. __ Você se lembra quando me disse para falar sobre qualquer coisa que eu tenha feito que poderia ter sido errado? Ele virou-se e deu alguns passos antes do que ela tinha falado. Ele parou com os ombros rígidos, e ele virou-se lentamente. A expressão em seu rosto não era feliz. __ O que você fez? __ Eu não me orgulhoso muito disso, mas eu não tive escolha.

145


Ele se aproximou. Sua freqüência cardíaca acelerou quando ele se abaixou, deixando cair o caderno e a caneta no chão para colocar suas mãos em cada lado da cama ao lado dos quadris dela. __ Diga-me. __ Eu não tive acesso à sala com o computador principal. Era acima do meu nível de segurança. Eu também sabia que tinha que ter uma arma de choque. Somente seguranças usavam. __ela ficou olhando em seus olhos, odiando ver a raiva e a suspeita lá. Ela não olhou para longe, porque queria que ele soubesse que ela não estava mentindo. __ Eu mal dormi na noite anterior ao ataque. Eu aprendi como ir para baixo porque eles me mantiveram lá um dia mais que o normal. Fui para casa por volta das oito e meia, troquei de roupa para ir correr. __ Vá em frente. Ela mordeu o lábio e suspirou. __ Os guardas olhavam monitores das câmeras numa seção que eu não tinha permissão para ir. Protocolo os faria enviar alguém para me questionar por estar lá, me impedindo de fazer o que eu tinha que fazer. Naquela manhã, quando cheguei eu disse que vi uma van branca suspeito passando lentamente por lá e que pensei ter visto-a antes. Eu sabia que eles iriam querer rever todas as fitas de segurança para conferir. Eles não podiam ver os corredores e olhar as gravações ao mesmo tempo. Havia apenas quatro monitores. Seus traços relaxaram um pouco. __ A mentira era necessária. Eu entendo. __ Não é isso. Vou chegar na parte que você pode não gostar. Sua boca torceu para baixo, mas ele não disse nada. __ Eles tinham um segurança bem jovem trabalhando. Ele tinha acabado de sair da escola e nós realmente não tínhamos vida trabalhando lá. Quero dizer, não era como se pudéssemos reclamar se eles nos mantivessem lá por 14 horas em vez de um turno de oito horas padrão. Nós todos vivíamos com medo de chatear alguém por dizer não. Isso significava que o nossa vida social sofreu e as únicas outras pessoas com quem convivíamos eram outros funcionários. Eu disse ao segurança eu estava um pouco assustada e esse garoto gostava de mim, ele com certeza não teve tempo para conhecer garotas sua própria idade. Ele tinha o que eu precisava. __ela odiou as lágrimas que encheram seus olhos e ela piscou para tentar contê-las. __ Você o matou para pegar sua arma de choque? 146


__ Não! __chocou-a que ele pensasse que ela fosse capaz de cometer um assassinato premeditado. Bem ela tinha matado dois guardas de segurança. Parte de sua mente continuava tentando protegê-la, permitindo que afundasse nas lembranças. __ Eu só enganei-o e o fiz pensar que eu gostava dele e chegar perto suficiente para pegar sua arma de choque e eu bati nele e roubei seu cartão. __ Isso é tudo? __ Sim. __ Bom. Eu estarei de volta logo. Precisamos ir para outro apartamento nesse corredor, ficaremos lá até que este seja reparado. __ ele olhou para seu corpo. __ Você também precisa de roupas. Eu não me importo de você vestindo minhas camisetas, mas eu não gosto de outros homens vendo suas pernas nuas. Temos uma loja de material e mantemos as roupas para os presentes ali. Não são muitas, já que gostam de fazer compras online, mas devem ter calças que podem caber em você. Ela observou-o sair do quarto e recostou um pouco na cama. Seus olhos se fecharam ao som de sua voz suave. O alívio por ele não estar com raiva que ela flertou com um garoto para usá-lo, não aliviava sua culpa. True desligou o telefone e acenou para Flame e estendeu o caderno. O macho aceitou, mas olhou para os braços enfaixados, franzindo a testa. __ Você deve ir ao médico. __ Jeanie cuidou dos ferimentos. __ele suspirou. __ Ela trabalhou para Mercile na equipe médica? __ Não, na Drackwood. __ Eu não entendo como você pode protegê-la. Ela parece boa o suficiente, mas eu não tenho certeza se eu poderia confiar numa mulher que trabalhava em um lugar assim. Não o preocupa o fato de que ela pode machucá-lo quando estiver dormindo? Você ficaria vulnerável compartilhando a cama com ela, você poderia nem perceber seus movimentos, você poderia nem acordar. A raiva esquentou, mas ele forçou-se a se acalmar. O homem não era malicioso, apenas curioso e desconfiado. 147


__ Ela não sabia que Espécies estavam mantidos lá até assumir o cargo. Eu acredito que ela fez o seu melhor para nos libertar. __ Eu ouvi o que ela disse sobre o agente. Você acha que ele existe? __ A equipe está mandando alguém para encontrar o celular que ela usou para se comunicar com ele. Provará sua inocência. O homem inclinou a cabeça, estudando-o. __ E se ele não puder ser encontrado? True sabia que Tim sugeriu que ela mentiu. O humano queria Jeanie de volta para sua custódia. __ Estou esperançoso de que ele será. __ Espero que eles achem logo. Ela parece ser um bom humano. __Flame hesitou. __ Está tenso aqui embaixo. Alguns dos homens estão nervosos por tê-la no dormitório. Eu queria avisá-lo. __ Ela não é uma ameaça para eles. __ Jericho disse isso, mas eles estão cientes do que ela fez com ele. Ele teve que colocar gelo nas bolas. Ela acertou-lhe com força suficiente para causar dor duradoura. __ Ela não queria. Ela estava com medo. Você a viu. Seus instintos assumiram o controle. __ Os humanos têm dessas coisas? __ Estou certo que têm. Flame pareceu pensativo. __ Eles são tão estranhos para mim. __ Os humanos? __ As fêmeas humanas. Elas não são tão resistentes como as nossas mulheres e não dizem o que pensam. Temos tudo em comum com as nossas mulheres e nada com as humanas. True não podia negar que Jeanie era diferente das Especies fêmeas. __ As diferenças podem ser muito boas. Flame suspirou. __ Eu vou levar isso para o elevador. Darkness está descendo. Tim não está feliz que você pegou a fêmea da ala Mádica. 148


__ Eu não me importo. __ Você terá que lidar com ele quando voltar a trabalhar, já que você não está cuidando da humana. Quanto tempo ela vai ficar com você? Fui designado para substituir Jericó, que vai trocar de turno comigo quando ele estiver se sentindo melhor. __ele baixou a voz, olhando para o corredor e depois sorriu. __ Eu não posso acreditar que a pequena humana acabou com ele. Ele nunca teria permitido que um dos machos chegasse tão perto. Todo mundo está provocando-o. Essa notícia não divertiu True. __ Ele está bravo com ela? __ Não! __Flame sacudiu a cabeça. __ Completamente o oposto. O ciúme passou por True tão quente como a ignição de um foguete. __ Ele está atraído por ela? __ Não. __Flame deu um passo atrás. __ Esse olhar é assustador, cara. Acalme-se. Se olhares pudessem matar, eu estaria exalando meu último suspiro no chão. Ele se sente mal por ela é o que eu quis dizer. Ele está se referindo a ela como “Pobre mulher apavorada”. Ele admira ela lutar em vez de desmaiar, como os outros fariam. Isto é tudo. Admiração e simpatia, mas não atração. Eu duvido que ele olhe para ela sem pestanejar depois do que ela fez com suas bolas. Esse não é o tipo de reação um macho quer nessa região. O elevador se abriu e Darkness saiu, caminhando na direção deles. True ficou tenso, esperando que o macho não o questionasse sobre a luta. Darkness parou e estendeu a mão. __ Será as notas dela? Flame passou a ele. __ Sim. __ Eu peço desculpas. True disse, não querendo dizer mais sobre o assunto. Darkness sorriu. __ Por chutar a bunda de Flirt? Sem problemas. Eu demorei um pouco para chegar, esperando que você o estragasse um pouco mais. __ele colocou caderno debaixo do braço. __ Os hematomas e o nariz quebrado vai torná-lo menos bonito. Ele está sempre me enchendo o saco sobre como eu preciso sorrir mais ou transar. True ficou surpreso. __ Eu ficaria feliz em acertá-lo novamente se ele vir atrás de Jeanie. 149


__ Ele não vai vir. __disse Darkness sombriamente. __ Eu o proibi de chegar perto das mulheres e sabe o que eu quero dizer com isso. Seu orgulho levou uma surra pior do que seus punhos quando ela escolheu você. Flame pigarreou. __ Ele está certo, entretanto. Você pode obter mais ofertas para compartilhar sexo de nossas fêmeas se você sorrir mais. Darkness virou a cabeça, em silêncio olhando o homem mais baixo. Flame baixou o olhar. __ Basta disso. Não me lembro de alguma vez ter visto uma mulher visitar você ou você ir para os dormitórios das mulheres. __ Cuide da sua vida. Flame balançou a cabeça, rapidamente se afastando. True quase teve pena de Flame, Darkness era muito intimidador para a maioria dos espécies. Seu passado foi mais áspero do que o da maioria e, portanto, eles estavam inquietos sobre como ele responde às provocações. True sufocou um gemido, sem saber se Flame ou era muito ingênuo ou apenas estava à procura de uma briga. __ Alguns machos humanos são atraídos por outros machos. É isso? Nenhum da nossa espécie se sentiu dessa forma ainda, mas há tão poucos de nós. Isso vai acontecer em algum momento. Ninguém iria provocálo, se é por isso que você não sorrir para nossas mulheres. Darkness rosnou, seus olhos escuros ficaram quase pretos. Flame afastou o suficiente para bater na parede. __ Sinto muito. __ Sinto-me atraído pelas fêmeas. É isso o que todo mundo pensa? Que eu gosto de homens em vez de mulheres? Flame manteve os lábios firmemente selados, mas assentiu. __ Foda-se. __Darkness lançou um olhar furioso a True. É isso que você pensa também? __ Eu não penso em você e sexo ao mesmo tempo. __isso pareceu apaziguar Darkness, porque ele olhou para Flame e chegou perto do macho até ficarem nariz com nariz. __ Você não devia falar comigo sobre o porquê de eu não estar com uma mulher quando você quer uma, mas não tem coragem de ir atrás dela. __ele rosnou. __ Mas, para aplacar sua curiosidade eu vou compartilhar um 150


segredo com você que é melhor não sair daqui. __ele fez uma pausa, seu peito ribombava. __ Não estou ansioso demais para permitir que alguém fique próximo a mim, considerando que a última fêmea que eu comi foi uma que eu tive que matar. Ele se afastou então, deixando os dois em silêncio atordoados. A porta do elevador se abriu, ele deu um passo dentro e a porta fechou. Momentos se passaram antes que Flame olhasse boquiaberto para um True horrorizado. __ Ele estava brincando comigo, né? True ponderou sobre a expressão que viu no rosto de Darkness. __ Eu não acredito que ele estivesse brincando. __ Merda. Eu o irritei, não foi? Eu não queria perturbá-lo. __ Você tem que lembrar que ele não é exatamente como nós, Flame. Nós todos fizemos o que tínhamos que, para sobreviver, enquanto éramos mantidos em cativeiro, mas esperavam muito mais dele. __pensamentos sobre Jeanie preencheram a mente de True. “E se Polanitis tivesse me drogado com a droga de reprodução e jogado-a na minha cela, soltando as correntes suficientes para eu alcançá-la, não importando para onde ela tentasse fugir?” A resposta era fácil. Ele teria machucado-a muito, talvez até matado-a e teria que viver o resto da vida com isso. __ Eu estou mudando-nos para o outro lado do corredor até minha casa ser reparada e vou levá-la para conseguir algumas roupas. __ Há apartamentos vazios abertos no final do corredor. Faça a sua escolha. Eu odeio escolher roupas, você se importa se eu ficar aqui enquanto você leva-a? Disseram-me para guardar a porta, não acompanhá-lo em toda parte. Eu poderia transferir suas roupas e objetos pessoais para a nova casa enquanto você está fora... __ Isso seria apreciado. Eu quero o que estiver desse mesmo lado. Eu gosto da vista. __ Claro. Eu também quero evitar ir lá pra cima. True não culpava o homem por querer evitar Darkness por um tempo. __ Eu vou dizer a ela que está indo embora agora.

Capítulo Dez 151


True sorriu para Jeanie quando ela fez um círculo lento na frente dele usando um par de leggings. Elas estavam enroladas nos tornozelos e ela enrolou a cintura algumas vezes para fazê-la estreita o suficiente para impedila de escorregar para baixo de seus quadris. O resultado era divertido, mas inquietante ao mesmo tempo. O excesso de tecido sobre a barriga sob a camiseta demasiado folgada deu-lhe uma ligeira aparência de gravidez. Sua mente ficou lá, imaginando como seria se ela estivesse carregando seu filho. Suspeitava que o sentimento dolorido em seu peito pudesse ser saudade, saudade de algo que não tinha. Ter uma companheira e criar uma vida com ela era algo que todo homem queria. Isso significaria que ele poderia manter Jeanie sempre. Ele empurrou os pensamentos distantes. __ Vamos. Você precisa da luz do sol, e precisamos pegar um pouco de roupa que caiba. As minhas são muito grandes. Flame vai levar minhas coisas para a nova casa enquanto nós amos fora. Ela ainda hesitou. __ Você tem certeza que não podem enviar coisas pra cá? Ele inalou, pegando o ligeiro vestígio de medo em seu doce perfume. Ele estendeu a mão. __ Confie em mim. Sair vai ser bom para você, pois eu não quero que você se sinta presa dentro da minha casa e você deve escolher o que quer usar. Caso contrário, eles vão apenas mandar qualquer coisa que acham que pode servir. Ela mordeu o lábio inferior. Ele suspirou. __ Você não quer ver alguma coisa de Homeland? Você não está curiosa? __ Sim. __o interesse finalmente despertou em seus olhos. __ Eu sempre quis que alguém me mostrasse fotos em artigos que cobrem novas espécies, mas eles nunca têm fotos. __ Nós não permitimos jornalistas em Pátria ou na reserva. É um risco de segurança, não podemos permitir que ninguém conheça as plantas de nossas ruas e edifícios no caso de alguém querer atacar. O espaço aéreo acima da NSO é zona de exclusão aérea. Também não podem subir em árvores e usar telescópios para olhar sobre nossas paredes e tirar fotografias ou fazer vídeos. Todas as conferências de imprensa são realizadas fora dos muros. __ Eles não têm seis metros de altura? 152


__ Muito mais na maioria dos lugares. __ Isso é muito alto. Ele puxou-lhe a mão, levando-a através da porta quebrada no corredor. Flame sorriu para ambos, mas se manteve em silencio e fora do caminho. Jeanie andou lentamente para ele se ajustar ao seu passo, mais curto. Falar parecia distraí-la e ele continuou a compartilhar informações que ela poderia achar interessante. __ Nós não permitimos que fotografem nossas fêmeas também. __ Eu sabia que isso. Eu só não sei por quê. __ Todos os homens que foram fotografados ou assistiram conferências de imprensa foram ameaçados de morte e receberam mensagens de ódio. Não queremos que nossas mulheres sejam submetidas a isso. __ Isso faz sentido. Ela o seguiu dentro do elevador e sorriu enquanto as portas se fecharam. Seu comportamento mudou quando chegaram ao piso principal. Os machos na grande sala comunitária que assistiam a uma grande televisão de tela plana se viraram para fixar a sua atenção nela, em vez do jogo. __ Está tudo bem. __ele murmurou, agarrando-a pela cintura e usando seu corpo para protegê-la de tantos olhares. Ele olhou ao redor da e puxou-a para as portas principais. Um dos homens levantou-se. __ True? Um momento? O primata tinha um histórico de não gostar de humanos. True parou, colocando Jeanie atrás dele para manter o macho longe dela. __ O que você quer? O homem rosnou. __ Eu não gosto dela aqui. Isso me ofende, o fato de ela estar sob o mesmo teto. Você está devolvendo-a para os humanos? É onde ela pertence, em vez de no final do corredor onde eu durmo. __ Recue. __alertou. __ Ela está comigo e permanecerá assim. Sentese, 861. O macho estufou o peito e cerrou os punhos. __ Ela é nosso inimigo. __ Não é meu. 153


__ Ela é perigosa e uma ameaça. True bufou. __ Você deveria ir falar com um desses médicos psiquiatras que nos fizeram ver depois que fomos libertados, se você está com medo de uma mulher. Isso ou você deve conversar com Fury, se você acha que você é incapaz de defender-se de alguém tão pequeno. 861 assobiou. __ Eu entendo que queira montá-la, mas mande-a de volta para sua cela depois. Você deveria sempre colocar seus brinquedos no lugar quando terminar de brincar com eles. True empurrou Jeanie mais atrás dele e soltou-a para ter as mãos livres. O macho pareceu pronto para atacar, e ele esperava fazê-lo sangrar pelas palavras insultantes. Ele olhou em volta para ver se havia quaisquer outras ameaças. Alguns dos homens que haviam sido libertados de um centro no Colorado estavam lá, mas eles ficaram para trás. Eles eram conhecidos por não gostar dos humanos, o tratamento que tinham sofrido durante o cativeiro tornou-os amargos. Book levantou-se e estendeu a mão, um puxão e ele tirou o cabo da TV da parede. __ Voltem para seus quartos. __Book exigiu com um grunhido suave. __ A fêmea está aqui com permissão de Darkness. Você não quer irritá-lo. __ele fez uma pausa. __ True é a menor de suas preocupações. True estava feliz que o homem não estava pronto para atacar, mas ainda o preocupava que os outros pudessem decidir brigar. Um deles podia contornar Book e ele para ir atrás de Jeanie. 861 se recusou a voltar para baixo. __ Eu não quero ela aqui. __ Talvez você devesse ir fazer coisas melhores com seu tempo do que molestar um ser humano indefeso. __Book aproximou-se de True, colocando seu corpo entre os machos e Jeanie também. __ Faça isso agora. Você não quer ir atrás de outro ser humano do jeito que você fez uma vez. Breeze e nossas mulheres não vão exatamente deixar você se esqueça disso, não é? Não é nenhuma surpresa que você tentar insultá-la para ter uma mulher em sua cama. __ Amante humana. __861 rosnou. __ Eu amo todas as mulheres. __Book rosnou de volta. __ Ciumento que você não pode montar uma? __ele sorriu, quase desafiando.

154


__ Minha audição aguçada não é apenas pegar ouvir programas de televisão. __um homem entrou no corredor da sala comunitária. __ É uma mulher. É rude insultar uma. True olhou identificando o homem como um de Drackwood. O homem virou para os sofás e depois para True, obviamente vendo. Ele apareceu atordoado antes que seus lábios se torcessem numa careta enquanto ele estudava 861 e seus dois companheiros. Ele trouxe um humano sob nosso teto. __um deles cuspiu. __ Ela é nosso inimigo. A única coisa para que elas são boas é para montar e jogar numa gaiola depois. Query alongou seu passo, ficou atrás dos três homens e agarrou o que tinha acabado de falar pela parte de trás do pescoço. Ele se inclinou para perto, colocando seus lábios junto ao ouvido. __ Eu vou arrancar o seu pau. __ameaçou. __ Então eu vou obrigá-lo a engolir e ver você sufocar até a morte, se você sequer pensar novamente em tocar essa fêmea. Você me entende? Suas palavras chocaram todos na sala. Ele sacudiu o homem asperamente e libertou-o, mostrando os dentes. __ É melhor você correr. Você sabe que eu tenho um temperamento horrível. Os três homens se entreolharam, obviamente assustados, e correram em direção à escada, descendo de dois em dois degraus. True relaxou e olhou para Jeanie. Ela empalideceu, mas não parecia com muito medo. Ele cheirou, sentindo que o cheiro dela não era excessivamente doce. Ele segurou o olhar de Query, em seguida, olhou para Book. __ Obrigado. Query encolheu os ombros. __ Aqueles três são perturbados. Nossas fêmeas os esnobam e isso só tende a torná-los mais irritadiços. True não sabia o que isso significava e deve ter mostrado em sua expressão. Book sorriu. __ 861, uma vez tentou atacar a companheira de Valiant. Breeze não levou na esportiva, já que ela gosta dela... então as fêmeas evitam compartilhar sexo com os três. Eles estão cheio de ódio. __ele ficou sério. __ Eles se recusaram a escolher nomes e meu palpite é que isso os ajuda a manter 155


a amargura. __ele sacudiu a cabeça em direção a Jeanie. __ Você trouxe-a para casa. Entendeu? Eu não iria deixá-lo fazer algo tolo como brigar com eles. Eles estão bem, mas eu deixaria perto deles um humano que me importa? Claro que não. True cerrou os dentes. __ Você acha que eles poderiam vir atrás dela na minha casa? __ Não depois disso. __sussurrou Query, esticando o pescoço para olhar para Jeanie. True se adiantou e olhou para o homem. __ O que você está olhando? Book pigarreou. __ Eu vou ter uma conversa com eles para ter certeza de que eles entendem o quão estúpido ir atrás de sua humana seria. Darkness também será informado sobre o comportamento deles. Onde você está levando-a? __ele cruzou os braços sobre o peito. __ Não me diga que você se rebelou com todo mundo e agora está levando-a para a custódia de Tim. __ Nunca. Ela precisa de roupas. __ Tudo bem. __Book virou. __ Eu estou indo lá em cima conversar com eles e encontrar Darkness. True virou-se para Jeanie, odiava ver a expressão de dor em seus olhos. __ Está tudo bem. __ Eu sabia que sair do seu apartamento não era uma boa idéia. Ele pegou a mão dela. __ Nem todos os espécies vivem no passado. Não permita que eles assustem você. Eles não ousariam prejudicá-la. “Eu vou matá-los se eles tentarem.” Ele silenciosamente jurou. __ Shiver. __disse Query. __ Eu esperava que pudesse ser você quando eu ouvi os rumores de que um humano de Drackwood estava aqui. Eu não conseguia entender por que um dos nossos homens protegeria qualquer um daqueles funcionários. True rosnou um aviso. Ele não gostou da forma como o homem tinha avançado ou o óbvio interesse que ele mostrou nela. Jeanie espiou através de True e viu 716. Ela conheceu o homem depois de uma surra que ele tinha tomado por se recusar a lutar com outro nova espécie. Os idiotas que treinavam ele tinha quebrado seus braços em vários lugares. Ela alimentou-o diariamente até que seus braços sararam e tinha conseguido passar doces para ele. 156


True soltou a mão dela e ficou entre eles. __ Ela não é nossa inimiga. __ Eu sei disso. Eu não saio por aí ameaçando ferir outros homens apenas para assustá-los. __sua expressão se suavizou. __ Olá, Shiver. __ele deu-lhe um sorriso caloroso. __ É bom vê-la novamente. Eu agora sou conhecido como Query. __ele riu. __ Sou muito curioso e achei que esse nome seria adequado. Ouvi dizer que foi baleada, Shiver. Você está bem? Emoções sufocaram-na ao vê-lo tão saudável e apto. __ Eu estou bem. Você está ótimo! Como estão os braços? Ele moveu ambos e fez punhos. Os músculos agrupados em seus braços nus eram claramente visíveis através da camiseta que ele usava. __ Ótimos, graças a você. __ele tentou dar um passo mais perto, mas True bloqueou seu caminho. Ele e olhou para ele, franziu a testa, mas pareceu decidir minimizar. __ Você me viciou em aveia e cookies. Nenhum dos que como agora tem o gosto tão bom quanto os que você me dava. O medo que sentira por True quase entrar em outra luta derreteu sob o elogio. __ O segredo é que eu coloco compota de maçã e canela na mistura antes de assá-los. Posso dar-lhe a receita. __ Eu gostaria muito. __ele virou-se para True. __ Ela está com você? __ Sim. Query franziu o cenho. __ De que maneira? Jeanie se moveu, agarrando a mão de True mais uma vez. Ela ficaria com o coração partido, se ele brigasse com Query como brigou com Flirt. __ Ele está me protegendo. __ela declarou rapidamente. __ Ele me salvou de ser enviada para a prisão. Query olhou para ela de cima. __ Vocês são um casal? Ela não tinha certeza de como responder. True a levou para sua casa e eles tinham ficado juntos, mas isso significava que eles estavam num relacionamento? Ela não tinha certeza. __ Somos. __afirmou True. Jeanie olhou para ele, mas ele parecia muito firme na intenção de poupá-la de qualquer atenção de Query. Ela olhou para Query para ver como ele iria receber a notícia. Seus traços tensos relaxaram. 157


__ Bom, ela me tratou bem e fez minha vida mais fácil, enquanto eu estava em Drackwood. Eu lutaria por ela, se você não tivesse boas intenções. True tentou soltar a mão dela, mas ela se agarrou a ele. __ Ele nunca me machucaria ou faria qualquer coisa ruim. __ela forçou um sorriso e propositadamente mudou de assunto. __ Eu gosto do seu nome. Os dois homens olharam um para o outro, mas Query finalmente voltou sua atenção para ela. __ Obrigado. Eu tenho tendência a fazer um monte de perguntas. __ele olhou para True. __ Eles estão cobrando porque ela trabalhou na Drackwood? True encolheu os ombros. __ Eu não sei. Ela também trabalhou na Cornas. Estou tentando encontrar provas de que ela estava nos dois locais para ajudar a nossa espécie. Query assentiu. __ Nós poderíamos reunir os que foram ajudados por ela de nossa unidade e colocá-los para depor sobre a bondade e coisas que ela fez para tornar nossa vida melhor. __ Poderia ser útil. __True hesitou. __ Um humano estava usando-a para reunir provas e recolher recompensas. Query assentiu. __ Eu posso contatar a todos e poderíamos montar uma equipe para encontrar esse humano. A maioria de nós trabalha com segurança e tem acesso a computadores. Esse humano tem que ter uma carteira de motorista ou alguma forma de identificação que poderemos acompanhar através de registros. O mundo lá fora nos dá acesso a seus bancos de dados. True assentiu. __ Eu pedi uma busca para a equipe da força-tarefa para este homem, mas eu gostaria que nós fizéssemos uma também. __ Considere feito. __concordou Query. __ Eu vou ligar para todos do meu turno e vamos debater. __ Você vai precisar das informações dela. __ Por que você não a leva para a biblioteca às sete horas? Deve ser grande o suficiente para caber todos e eles ficarão felizes de ver Shiver. __ Tudo bem. Query olhou para Jeanie, então de volta para True. __ Você pode querer mantê-la em sua casa até então.

158


Ainda há muita hostilidade em alguns dos nosso povo para qualquer humano associado às instalações de testes. Esses três homens são os principais exemplos. Nem todos nós tivemos alguma experiência positiva, eles não entendem por que nós lutamos para mantê-la segura. __ Eu vou levá-la para comer. __ Entendido. Evite grandes áreas com muitos de nossa espécie. __alertou Query. __ Eu iria com você, mas eu preciso me preparar para o trabalho. Fury fica irritado quando eu apareço sem uniforme e eu estou atrasado. True assentiu. __ Eu vou. Query colocou a mão dentro do bolso da frente e balançou um molho de chaves. __ O Carrinho dezenove é meu. Use-o e deixar as chaves sob o assento quando você acabar. Eu vou correr para a minha estação. Ela está sem sapatos e não deve andar muito longe. __ Eu pretendia carregá-la. Query olhou para Jeanie e riu. __ Com certeza ela não iria pedir para você. __ Não. Ela não pediria. __ele aceitou as chaves. __ Vejo você às sete. __Query sorriu para Jeanie novamente. __ É bom vê-la e eu adoraria a receita. __ Eu te dar. Vou escrevê-la na primeira oportunidade que tiver. Query virou e foi em direção ao elevador. Jeanie olhou para True. __ Eu posso esperar as roupas. Você quase se meteu em outra briga. __ Isso não importa. Nós estamos indo. __ele se inclinou um pouco, olhando em seus olhos. __ O quão perto você chegou dele? Ela olhou para Query que entrava no elevador antes de segurar o olhar de True. Lembrou de seu olhar quando ele tinha questionado-a sobre Flirt. Ocorreu-lhe por que ele perguntou. __ Cuidei dele quando foi ferido. Se você está perguntando se ele já mostrou interesse sexual em mim, a resposta é não.

159


Ele piscou. __ Tudo bem. Vamos. True levou-a para a luz do sol e soltou sua mão. Ela engasgou quando ele agarrou-a pela cintura com um braço, e com outro, enganchou atrás de seus joelhos e levantou-a nos braços. __ O chão está quente e seus pés são muito delicados para não se queimarem. Ela envolveu os braços em seus ombros largos. __ Obrigada, mas eu posso andar. __ Não há necessidade. __ele virou-se, caminhando até vários carrinhos de golfe estacionados na esquina do edifício. Cada um tinha números impressos do lado perto da roda dianteira. __ Eu não vou arriscar você se machucar. __ele gentilmente colocou-a no banco e circulou o carrinho. O assento era pequeno e eles acabaram pressionados juntos. Ela não se importava. True ligou o motor e o carrinho entrou em movimento. O tráfego consistia em alguns outros carros de golfe e um SUV. Alguns jipes estavam estacionados em frente a prédios e Novas Espécies caminhavam ao longo das calçadas. Não eram muitos, mas os que ela via virava-se para olhar enquanto passavam. __ É como uma pequena cidade. Há tanta grama e quase todos os tipos de veículos. __ Nós temos um bar aqui, onde nós dançamos. Isso a surpreendeu por algum motivo. Ela olhou para ele. __ Você dança? Ele olhou para ela. __ Sim. __ O quê? __ela estava muito curiosa. __ Musica. __ Eu quis dizer de que tipo? __ Algo com uma boa batida. É uma das melhores coisas que descobri desde que fui libertado. Ela ficou em silêncio, mentalmente tentando imaginar True em uma pista de dança. Ele era grande, musculoso, e as mulheres provavelmente gostariam de usar a desculpa da música e esfregar-se contra ele. O ciúme a fez levantar a cabeça quase perguntar quem havia lhe ensinado, se tinha sido rápida ou lenta a dança, e se levou a sexo. O carro desacelerou para uma 160


parada e Jeanie forçou sua atenção para fora. Eles haviam estacionado na frente de um grande edifício. As janelas estavam às escuras e as duas portas da frente estavam fechadas. Sem sinais declarados do que era. __ Edifício do refeitório. __informou ele, desligando o motor. __ Fique aí. Vou pegar você. Não se esqueça que o chão está quente. __ele levantou-a nos braços. __ Nós também temos uma pista de boliche aqui. Nossa raça aprecia esse esporte e temos até um cinema. Todo mundo gosta de assistir a filmes em uma tela grande. Jeanie colocou os braços ao redor de seu pescoço. Ela gostava de True segurando-a apertada contra o peito e notou novamente o quão bom ele cheirava. Se deu conta do que estava pensando e ela riu. __ O que é engraçado? __ele fez uma pausa, olhando para ela. __ Boliche eu nunca joguei, mas me pareceu engraçado chamar de esporte. Eu pensei que fosse um jogo. __ Assim é o futebol e beisebol, mas que é considerado um esporte. Ela sorriu. __ Você está absolutamente certo. __ Vou levá-la ao boliche em breve, para que você possa experimentar. __True começou a avançar novamente. As portas automatizadas se abriram quando eles se aproximaram. Ela piscou rapidamente para se ajustar ao interior mais escuro. Parecia ser um armazém com toneladas de prateleiras altas. Um Nova Espécie estava sentado atrás de uma mesa, usando um computador. Ele levantou a cabeça e pôs-se de pé quando True a levou direito a ele. Ele gentilmente coloco-a em pé. __ A fêmea precisa de roupas, objetos pessoais, e sapatos, se os tiver. O macho felino franziu o cenho. __ Ela é a única da Mercile? __ Ela é de Drackwood e não use esse tom. __alertou True. __ Você tem coisas para os Presentes em estoque ou não? Jeanie tinha ouvido esse termo antes e queria perguntar o que era um presente, mas absteve-se. O sombrio Nova Espécie atrás da mesa não parecia feliz em tê-la dentro de seu armazém. Ela ficou tensa, esperando que True não estivesse prestes a entrar em mais uma discussão com alguém por causa dela. A culpa parecia inevitável, porque ela sempre colocava True na posição de ter que defendê-la. Os dois homens olharam um para o outro. A tensão era palpável. 161


__ Está tudo bem se você não tem nada no meu tamanho. __ela sussurrou, desejando que True tivesse concordado em que ela ficasse em casa depois de tudo. __ Não. Você vai ter as coisas. __True não desviou o olhar do outro homem. __ Ela é uma convidada aqui, permanecendo em minha casa. O outro homem cedeu baixando seu olhar. __ Tudo bem. Quanto tempo ela vai ficar com você? __ Indefinidamente. O nova espécie olhou para o corpo de Jeanie, parecendo adivinhar seu tamanho. __ Qual é o perfume de sua preferência? __ Baunilha e coco para o cabelo. __ True respondeu instantaneamente. Chocava Jeanie que ele se lembrasse que tipo de shampoo e condicionador ela normalmente usava. Espécies tinham um ótimo olfato, mas ela havia tomado banho no hospital, usando os produtos de lá, antes dele levá-la para casa. Essa informação era do passado. __ Eu tenho isso. __confirmou o homem. __ Eu posso imaginar o tamanho dela. Eu vou fornecer-lhe, em duas semanas, mas você deve fazer uma lista de pedido. Os presentes fazem isso. __ele se afastou, desaparecendo por trás de uma prateleira alta. True se virou para ela e seu sorriso parecia forçado. __ Ele não vai demorar muito. __ O que é um Presente? __ela manteve a voz baixa. __ As pequenas espécies do sexo feminino. __ Por que elas se chamavam assim? Um músculo ao longo de sua mandíbula ficou tenso. __ Elas foram criadas pela Mercile para serem usadas como presentes para os investidores. __ Foram salvas pelas informações nos poucos registros que nós recuperamos. __ Privilégios para os investidores? O que significa isso? __seus belos olhos brilharam de raiva. 162


__ Elas foram propositadamente criadas menores e mais fracas para que não pudessem lutar e se defender. __ele hesitou. __ A Mercile foi financiada por alguns machos humanos ricos que gostavam de abusar sexualmente de mulheres. Os presentes tinham DNA animal e foram considerados como um bônus e eles pagavam um monte de dinheiro para ficar com elas. A maioria dos registros foram destruídos, tornando-se difícil descobrir de onde veio o dinheiro para que pudéssemos tentar resgatar as fêmeas. Jeanie olhou para ele enquanto absorvia suas palavras. Ela sentiu uma tontura e poderia ter caído se ele não tivesse segurado seus quadris. __ Oh meu Deus. __se enojou, imaginando algo tão terrível. __ Eu sinto muito. Eu deveria ter sido mais suave. Ela agarrou seus braços, feliz pelo apoio. __ Eu destruí o computador central em Cornas. __ela sentiu-se mal. __ Eu não sabia, True. Eu apaguei informações que poderiam ter ajudado a encontrar algumas delas? Ele a puxou contra seu corpo. __ Eu não sei. Ela se agarrou a ele e fechou os olhos. Suas mãos deslizaram até segurar seus ombros. Suas pernas pareciam se transformar em geléia. __ Eu só queria impedir os guardas de segurança de conseguir remanejar os Novas Espécies de Cornas. __ Está tudo bem. __ele descansou o queixo no topo da cabeça dela, passando os braços firmemente ao redor da cintura dela num abraço apertado. __ Você sentiu que não tinha escolha. Eu acredito nisso. Você fez o que achava que seria melhor. Você salvou suas vidas. “Mas a custa de quantos outros?” Essa pergunta a assombrava. Ela não se atreveu a fazê-la em voz alta. “Não me admira que a equipe da forçatarefa queira tanto saber o que havia nesses computadores e por que eles agiram como se o que eu fiz fosse uma coisa tão terrível. Ele poderia ter ajudado a encontrar algumas dessas mulheres.”

Capítulo Onze Jeanie odiava deixar True preocupado, mas ela simplesmente não tinha muito a dizer. O nova espécie no armazém se ofereceu para mostrar a ela onde tinha roupa no seu tamanho, mas ela não conseguiu sentir qualquer 163


interesse. Podiam dar-lhe sacos de farinha para usar e ela diria obrigado. Estava em choque. True esperou com ela até que ela tirou seus braços dele quando o outro cara retornou. Ela não queria que ele tivesse que se justificar por estar dandolhe conforto ou, eventualmente, entrar em outra briga. Os humanos que trabalharam para qualquer empresa associada às Indústrias Mercile eram odiados pelos Novas Espécies, e por boas razões e ela tinha acabado de descobrir mais uma. Ela estremeceu, pensando em como homens cruéis como Dean Polanitis gostariam de colocar as mãos em um presente Nova Espécie. Ela nunca tinha visto nenhum deles em Drackwood ou Cornas, mas de acordo com True, eles não eram mantidos no interior das instalações. O horror do que as mulheres deveriam sofrer a deixou em choque. Ela experimentou em primeira mão o quão horrível o teste da droga tinha sido em Drackwood, embora ela não tivesse sido agredida sexualmente. Imaginar anos de abuso sexual nas mãos de alguém atroz era um pesadelo. Ela preferia ser espancada e abusada verbalmente que ter algum maluco usando-a para satisfazer qualquer desvio sexual. True levou-a de volta para o carrinho de golfe e deixou-a lá para pegar meia dúzia de sacolas. Ela sentou-se sem se atrever a olhar para cima quando os veículos passavam. Ele rapidamente voltou e levou-os de volta para o dormitório. Desligou o motor. __ Você está bem? Obrigou-se a olhar para ele. __ Por que você me salvou? __ Eu não devia ter lhe contado sobre os presentes. Eu não sabia que ia incomodá-la tanto. Mercile fez isso há muito tempo. Duvido que em Cornas tivessem esse tipo de informações em seus computadores. __ E se eles tivessem? __ E se eles não tivessem? Você está chateada sem saber se há uma razão. Ela assentiu com a cabeça, tentando se agarrar a essa esperança. __ Tudo bem. __ Nós resgatamos algumas delas. A maioria estava morta há muito tempo quando chegamos. __ Mortas? 164


Ele franziu o cenho. __ Eu não devo dizer-lhe mais nada. __ Por favor? __ Elas não sobreviveram por muito tempo. Vamos para dentro. Ela saiu do carro antes que ele pudesse dar a volta. __ Eu posso andar. Ele rosnou não feliz, mas estendeu a mão para as sacolas. __ Mantenhase na grama. A calçada está quente. Ela não se importava se os pés queimassem, mas sabia que iria perturbá-lo, então se manteve na grama. Ele digitou o código e passou seu cartão para ter acesso ao dormitório. Lembrou de Drackwood e Cornas, com suas medidas de segurança. A sala comunitária estava vazia quando eles entraram no prédio. Ele a levou diretamente para os elevadores. Nenhuma palavra foi dita até que chegarem ao terceiro andar. Flame continuava no corredor, encostado a uma parede. Ele sorriu. __ Não demorou muito. Todas as suas coisas pessoais foram transferidas para a nova casa. __ele se endireitou e abriu a porta para eles. __ Eles vieram trazer o almoço. Eu coloquei na cozinha, espero que não se importe. __ele deu a True um cartão. __ Mesmo código. __ Obrigado. __True agarrou seu braço, conduzindo-a para dentro. __ Obrigada. __ela murmurou. __ Ela está bem? __Flame soou preocupado. __ Ela vai estar. Obrigado. Não deixe ninguém perturbar-nos. __ É isso aí. __Flame fechou a porta firmemente. Jeanie virou quando chegou ao centro da sala, observando True largar as sacolas no balcão entre a sala de estar e cozinha. Uma bandeja descansava em cima da mesa com dois pratos cobertos. __ Você come. Eu não estou com fome. __ Ele franziu o cenho. __ Precisa comer. __ Eu meio que perdi o apetite. Você se importa se eu vou deitar? Ela não esperou por uma resposta, apenas entrou no quarto. A cama era uma monstruosidade, muito maior do que a do seu antigo lugar. Ela fez uma pausa, 165


odiando ser a razão de eles terem que mudar. O colchão era na altura da cintura e ela teria que subir nele. A roupa de cama era azul brilhante era bonita, mas ela preferia a de True. __ Jeanie? Ela virou-se, olhando para ele, apoiando os braços no batente da porta. __Sim? Ele chegou mais perto. __ Diga-me como fazer você se sentir melhor. O olhar dela por seu corpo, parando sobre o peito largo, depois baixou até sua cintura estreita e estômago musculoso, o suor cobria seus músculos... as pernas eram longas. Ela olhou para o tapete, não ousando responder. Ele chegou mais perto até que ela teve que olhar para cima ou estaria olhando para sua virilha. Ela examinou seus lábios cheios, desejando que ele a beijasse. Isso iria distraí-la da dor e miséria. A angústia pelo que sabia agora era grande. __ Jeanie. __ele estendeu a mão e enrolou em torno de seu quadril. A outra colocou seus cabelos para trás e o polegar acariciou seu queixo. __ O que você precisa? __ De você. __ela deixou saiu. Ela surpreendeu a ambos, a julgar pelo modo como os olhos castanhos se arregalaram e suas bochechas coraram. True fez um som suave, animalesco... uma espécie de ronronado sexy. __ Eu estou esperando que você quis dizer o que eu acho que você disse. Foi um incentivo para ela, esticou as mãos e deslizou-as até seu peito. Ela desejou que a camiseta fosse tirada, desejou tocar a pele quente em vez do material macio esticado sobre seu corpo firme. Seus dedos enrolaram em torno de seu pescoço, segurando-o e forçando-o a abaixar a cabeça. Ele obedeceu e ela inclinou a cabeça um pouco, lambendo os lábios para umedecê-los. Levantou-se na ponta dos pés. __ Beije-me. Por favor? Ele não precisava ser solicitado duas vezes. Sua boca baixou e ela fechou os olhos. O primeiro toque em sua boca causou arrepios na espinha dela. Aqueles lábios firmes eram mais macios do que pareciam ser, quando encontraram os dela. Ele separou os lábios, sua língua deslizando dentro para explorar. A excitação surgiu e Jeanie se agarrou a ele. A mão segurando seu rosto deslizou para o quadril até que ambas as mãos a cercavam. Ele abriu os dedos.True rosnou e ela apertou-se ainda mais contra ele, beijando-o 166


freneticamente. Ele respondeu deslizando as mãos em torno de sua bunda e deu a cada bochecha um aperto provocante. Ela engasgou quando ele usou as mãos para levantá-la. Jeanie abriu as pernas e envolveu-as em torno de seus quadris enquanto ele andava para frente. Surpresa percebeu que invés de carregá-la para a cama, ela acabou sentado na beirada da cômoda. Era mais baixa do que a de seu antigo apartamento. Estavam quadril contra quadril. Seu pênis duro pressionavam contra sua vagina enquanto suas mãos deslizaram debaixo de sua bunda para abraçar seus quadris novamente. O beijo foi quebrado quando ele afastou a boca. Ela abriu os olhos frustrada. __ Não pare. __ela implorou. Seus olhos castanhos se estreitaram e sua respiração tornou-se tão errática quanto a dela. __ Eu não posso. __ele disse asperamente. Ele baixou a cabeça mais uma vez, quase beijando-a novamente, mas hesitou antes de tocar seus lábios. __ Eu preciso ir mais devagar ou vou te assustar. “Ele nunca deixa de me surpreender.” __ Não. Você não vai. Ele não parecia convencido quando estudou seus olhos, parecendo procurar respostas dentro deles. __ Não se reprima. __pediu ela. __ Eu sei que você não vai me machucar. Eu quero você, True. Ele olhou profundamente nos olhos dela. __ Eu sei o que você é quem você é, e eu quero você. __ela não podia ser mais clara. Ninguém precisou lembrá-la de que ele não era completamente humano e ela aceitou que ele provavelmente seria diferente dos amantes que ela teve. __ Tome-me. Beijou-a, invadindo sua boca com a língua. Seus olhos se fecharam para saborear as sensações. Ele agarrou seus quadris e puxou sua pélvis contra a dele, moendo seu pênis contra sua vagina. A sensação de solidez dele esfregando contra seu clitóris apesar de duas camadas de tecido ainda foi incrível, mas ela desejou que estivessem nus. Ela gemeu contra sua língua enquanto seus braços se curvaram ao redor de seus ombros e ela agarrou-o segurando a camiseta. Não rasgou não importando o quanto ela tentou, através do algodão alcançar sua pele com as unhas. True usou seu poder para mantê-la parada no lugar enquanto ele ondulou seus quadris, atormentando-a até que ela estava pronta para entrar em suas calças. Suas pernas se ajustaram melhor, envolvendo mais apertado em torno de sua cintura. Ele parou de se mover e ela queria gritar quando ele se afastou de sua boca. Ambos arquejaram. Ela abriu os olhos de novo, olhando para ele. __ Vamos. __ela soltou-o e inclinou-se um pouco para trás, apoiando as mãos sobre a cômoda. __ Oh! __ela engasgou quando ele rasgou sua camiseta em pedaços como se fosse papel e jogou atrás dele. A dele foi rasgada e as tiras para os lados, mostrando seu peito sexy. Ela estendeu a mão e tocou sua 167


pele, amando como era quente e firme debaixo de suas mãos. Ela adorou-o com o olhar e seu toque. Seus olhos baixaram para seus seios nus e ele ergueu-a até que ela não estava mais sentada mais na superfície da cômoda. Ele baixou a cabeça e ela agarrou seus ombros para manter o equilíbrio. Uma de suas mãos apalpou um peito enquanto sua boca cobria o outro. Ele lambeu suavemente provocandoa. Chupou seu mamilo, deixando seus dentes afiados rasparem sobre a ponta sensível. Ela gemeu quando ele chupou mais duro e ela apertou as pernas ao redor de sua cintura. A sensação de prazer foi direto para seu clitóris quando ele enterrou sua pélvis contra o vê de suas coxas. Ela estava quase gozando e ainda estava vestida. Ela gemeu e ondulou os quadris, agarrando-se a ele. Arqueando as costas tentou apertar mais seus quadris contra seu duro pênis ainda preso dentro de suas calças. Um grunhido saiu de sua garganta e a boca dele soltou seu peito. Sua cabeça levantou-se, seus os olhos se estreitaram. Ele parecia selvagem e sexy quando seus olhares se encontraram. __ Muito forte? __ele rosnou. Ela balançou a cabeça, com o corpo dolorido demais para perceber se ele estava agitado. Ele soltou seu peito e agarrou a parte de trás da sua bunda. Ela sentiu um puxão e ouviu o material rasgar. Ela olhou para baixo e viu que ele tinha rasgado suas calças. As mãos dele agarraram o material nas laterais das coxas e rasgou mais, até sua vagina esta nua. Um puxão mais forte e ele deixou-a completamente nua. True colocou-a de volta com a bunda sobre a cômoda, levou a mão entre seus corpos e segurou suas próprias calças rasgando a frente e libertando seu pau. Ela torceu o corpo suficiente para olhar no espaço limitado entre eles a olhar seu pênis. Ele parecia incrivelmente duro e pulsava um pouco com cada batimento cardíaco. Ela não podia desviar o olhar da carne grossa e rígida entre eles. Ele era tão lindo... Grande, mas ela esperava isso. Nada num macho Nova Espécie era pequeno. A cabeça de seu pênis era mais grossa do que o eixo, perfeitamente formado. __ Jeanie. __ele exigiu sua atenção com urgência, mal contida na voz rouca. Ela olhou para o rosto dele. __ Tem certeza? __ Sim. Sua boca desceu sobre a dela novamente. Um de seus braços enganchou ao redor dos quadris e ele a colocou em seu antebraço para proteger sua bunda da superfície dura. Ele usou a mão entre eles para ajustar seu pênis a sua boceta muito molhada. O choque do toque repentino fez sua vagina contrair os músculos, quando ele começou a enchê-la o prazer que sentiu a fez gritar contra a sua boca. Ele congelou, puxando longe do beijo. Seu olhar intenso procurou seus olhos, avaliando a reação dela. 168


__ Não pare. É tão bom que eu não posso deixar de ser vocal. __assegurou a ele. Ele rosnou e empurrou dentro dela mais profundamente, possuindo completamente seu corpo. Sua boca encontrou a dela novamente, beijando-a freneticamente enquanto ele contraia seus quadris, batendo dentro e fora forte e rápido. Jeanie gemeu de prazer e arrancou sua boca da dele, aterrorizada ela morder a língua. Suas pernas apertaram com mais força ao redor de sua cintura os braços apoiando nos ombros dele. Ele ajustou seu abraço até que ambas as mãos agarraram a bunda dela para segurá-la no lugar, enquanto ele continuou dirigindo-se dentro dela. Ela não sabia dizer se machucava ou se sentia tão bem que seus sentidos estavam sobrecarregados, ela só sabia que iria morrer se ele parasse. Seu pau parecia crescer e ficar mais grosso, como se estivesse inchando. Seu corpo tremia enquanto seus músculos ficavam tensos. Ele se moveu mais rápido e isso foi tudo que faltava para Jeanie. Ela gemeu mais alto quando o prazer rompeu através do corpo dela. Jeanie escondeu o rosto em seu ombro e gritou quando o clímax atingiu-a. Ele fez um barulho, uma combinação entre um grito e um gemido. Seu pênis definitivamente inchou dentro dela e ela sentiu que ele gozou também. Jatos fortes de seu sêmen banharam seu interior. Seus quadris se acalmaram, parando contra ela e seu grande corpo estremeceu. Ele estremeceu algumas vezes. __ Oh! Uau. __Jeanie arquejou. Ela lambeu a pele lesada dele e deu um beijo onde tinha deixado uma marca mordida na curva de seu pescoço. Ela não tinha rompido a pele, mas era perceptível o suficiente para perceber as marcas de seus dentes. __ Eu mordi você. Sinto muito. Ele riu suavemente. __ Eu gostei. Morda-me muitas vezes. __suas mãos soltaram sua bunda e ele passou os braços ao redor da cintura dela, abraçandoa com força contra seu corpo. Ele virou-se, ainda trancada dentro dela. Seu pau profundamente enterrado dentro de sua vagina repuxava a cada movimento de seu corpo enquanto ele andava. Ela choramingou algumas vezes por estar sensível daquele grande homem ainda estar dentro dela. Estava consciente de sua presença a cada passo que ele dava. Ele estendeu a mão para trás e forçou suas pernas mais elevadas quando ele se sentou na cama, ela estava em seu colo. Ele ergueu as mãos, segurando com ternura seu rosto entre elas. __ Eu nunca fiz sexo assim antes. __ele parecia chocado. __ Foi tão bom. Você está bem? __ele olhou entre seus corpos no local onde ela havia sido baleada. __ Foi incrível. __ela parou de falar para evitar dizer algo que se arrependeria. Tinha sido mais do que apenas sexo para Jeanie. A vontade de dizer a ele o quanto o amava, amara-o por tanto tempo, era muito tentador... 169


mas ela não queria fazer algo tão especial num momento estranho para True. Os homens não querem saber desse tipo de confissão depois do sexo, especialmente quando não sentem o mesmo pela mulher. Ele acariciou sua bochecha. __ Você estará segura se nós formos acasalados. __a esperança de que ele a amava voltou tão brilhante que nem sequer podia respirar. __ Eles não poderiam mandá-la longe de mim. É a melhor maneira que eu posso pensar para protegê-la. Devo-lhe minha vida e liberdade, Jeanie. É algo que estou disposto a fazer. A pontada de dor em seu coração foi tão forte que ela respirou fundo. __ O quê? __ Eu poderia acasalar-me com você, isso a pouparia de ir para a Fuller, independentemente do que a força-tarefa decida. Isso rasgou-a por dentro. Ele era um homem tão bom em oferecer para se casar com ela por motivos de honra, mas ela não podia aceitar. Não seria justo prendê-lo em um relacionamento só porque ele queria protegê-la por sentir que lhe devia a vida. Ela engoliu o nó de emoção que quase a sufocava, escolhendo cuidadosamente suas palavras. __ Isso é muito gentil da sua parte, True. Eu aprecio isso. __ele franziu o cenho. __ No entanto eu não posso aceitar. __ Por que não? __ele soltou seu rosto e segurou seus quadris. __ É um compromisso de vida para apenas compartilhar sexo com você. Desejava se livrar da dor amarga dentro do peito. __ Para me salvar? __ Sim. Jeanie lutou com sua moral. Ela daria tudo para passar o resto de sua vida com True, mas seria errado tirar proveito de seu senso de dever. Amá-lo significava que ela tinha que fazer o que era melhor para ele, independentemente do que a faria feliz. O medo de ele um dia lamentar essa decisão, ou pior, chegar a odiá-la por aceitar o que ele estava disposto a sacrificar, venceu. __ Eu quero que você queira acasalar comigo pelas razões certas, True. Ele apareceu atordoado. __ Você está recusando minha oferta? __ Quero que acasale comigo pelas razões certas. __ela reafirmou.

170


__ Você está dizendo que não? Você entende que vai ficar a salvo da lei Espécie como minha companheira? Eles nunca a mandariam para a prisão ou a puniriam por qualquer coisa que você fez no passado. Iria protegê-la. __ Estou dizendo que não quero que você faça isso para me salvar. True escondeu sua raiva e confusão. “Porque Jeanie recusava-se a ser minha companheira?” O pulsar surdo de dor de sua mordida parecia prova de que ela gostava de sexo, junto com suas outras reações. Ele tinha ouvido que fêmeas humanas às vezes fingiam orgasmos, mas ele estava certo de que não tinha sido o caso. Não fazia qualquer sentido. Ele poderia protegê-la e mostrou-lhe que ele seria um bom companheiro. “Talvez ela precise de mais provas.” Fêmeas poderiam ser teimosas. Ele rolou e prendeu Jeanie sob seu corpo, cuidado para não esmagá-la, usando os cotovelos para deixar o peito longe dela. Seus lindos olhos castanhos se arregalaram enquanto ele olhava para eles, mas não viu nenhum medo. __ Eu poderia convencê-la. __ ele não esperou por uma resposta. Se inclinou sobre ela, puxou-a pelos ombros e segurou-a no lugar enquanto ele penetrava dentro dela profundamente. Ele ficou lá, certificando-se de que ela pudesse tomá-lo sem dor. Um gemido suave e olhos quase fechados disseram a ele tudo o que ele precisava saber. Ele retirou-se até deixar quase completamente seu corpo, ajustou seus quadris, e lentamente empurrou em seu interior. O ajuste apertado de seus corpos era celestial e ele moveu seus quadris apenas o suficiente para ver a reação dela quando ele encontrou o ponto certo, as fêmeas um gostavam tanto... Ele tinha aprendido algumas coisas para agradar uma mulher desde que ganhou a liberdade. Fêmeas da Espécie exigiam satisfação dos machos quando os permitiam em suas camas ou eles não eram convidados novamente. Jeanie gemeu e suas unhas cravaram na pele dele. Levou muito esforço para silenciar um grunhido de satisfação quando ele começou a bombear dentro e fora dela, naquele ângulo... sua respiração aumentou e o suor cobriu sua pele enquanto ele lutava contra o próprio prazer para se concentrar apenas no dela. __ Nada é tão bom como estar em você. __confessou. __ Você é tão macia, úmida e apertada. __ele acelerou os movimentos de vai e vem de seus quadris, comprimindo-a contra o colchão enquanto lutava contra seu orgasmo. Ela era muito apertada e era surpreendentemente bom, mas muito poderoso. Ele precisava que ela entendesse o que ele ofereceu quando quis ser seu companheiro. __ Céu. __ele decidiu em voz alta. Se fosse um lugar na Terra, Jeanie era para ele esse lugar. Os olhos dela se fecharam e sua cabeça inclinou para trás, suas pernas se apertaram mais em torno de seus quadris. A sensação de dos seus calcanhares escavando sua bunda o estimulou a ir num 171


ritmo mais rápido, o atrito entre o seu eixo rígido e os músculos de sua vagina apertando-o levou-o para perto da insanidade. Ele queria perder-se nela, marcá-la em seu interior com seu sêmen e possuir-la para sempre. True. __ela gritou. Suas unhas cravaram na pele dele o suficiente para tirar sangue, a ligeira dor transformou-se em satisfação, ao saber que ela marcou-o de uma forma humana. Ele reverentemente esperava que ela deixasse cicatrizes. True olhou para baixo entre eles e assistiu com fascinação extasiada quando os mamilos dela ficaram duros, logo antes de sua boceta tremer e os músculos apertarem em torno de seu pênis. Os gritos dela quando gozou eram tudo o que faltava para quebrar seu controle. Ele rosnou, cerrando os dentes para evitar morder o ombro dela enquanto o desejo o atingia e, em seguida, perdeu a capacidade de pensar em tudo. Ele embalou-a da melhor maneira possível, quando empurrou com espasmos violentos e seu sêmen a encheu. Êxtase quente queimava se corpo indo direto para seu cérebro. Levou algum tempo para se recuperar. Ele não tinha certeza se meros segundos se passaram ou se foram minutos. Ele respirou o cheiro dela, sabendo que era o seu favorito. Ele estudou seu rosto relaxado e esperou os olhos de Jeanie se abrirem e sorriu pelo modo como ela olhou para ele. Ela parecia feliz e saciada. __ Eu seria um bom companheiro. __ele jurou. Ela soltou seus ombros e segurou seu rosto. __ Eu sei disso. __ Então você concorda. __ele estava feliz que o assunto foi resolvido. Tim e a equipe de força-tarefa não seriam capazes de argumentar que ela pertencia à sua guarda, ou que ela deveria ser processada sob a lei Espécies. __ Eu vou arrumar a papelada assim que o inchaço diminua. __seu pau continuava trancado dentro dela, isso dava a ele a chance de ficar abraçado com ela por mais tempo. Estava grato que ela não parecer desconfortável com o fato, já que ela não tentou empurrá-lo ou desembaraçar suas pernas de sua cintura. Ela mordeu o lábio, seu olhar estava nublando com um olhar que ele não gostava. __ Está resolvido. Pare de me dar desse jeito. __ Que jeito? __ Você parece em dúvida, mas eu não estou. __sua voz se aprofundou, mas ele não conseguia esconder sua raiva. __ Nós estamos indo a assinar os papéis que nos torna companheiros. 172


__ Não brinque comigo nem um minuto da minha vida e, em seguida, venha fazer exigências. Não é justo para nenhum de nós. Suas sobrancelhas se ergueram de surpresa, estava atordoado com as palavras e os traços de raiva ele identificou na voz dela. __ O quê? __ Você me ouviu. __ela colocou as mãos no peito dele e deu-lhe um leve empurrão. Eu sei que você é agressivo por natureza e eu estou bem com isso, mas não pode dar uma de valentão e decidir tudo. Ele se sentiu insultado. __ Tudo bem. __sua voz se suavizou. __ Fui muito dura, sei o que significa um companheiro. É casamento e é para toda a vida para novas espécies. Isso não é algo que deve ser decidido depois de sexo alucinante. Sua bajulação sobre suas habilidades sexuais acalmou o seu orgulho ferido. __ É o que precisa ser feito. __ E é por isso que eu não posso aceitar agora. Ela confundiu-o. __ O sexo entre nós é alucinante. Você acabou de dizer isso. __ É preciso mais do que sexo grandioso para fazer um bom relacionamento. __ Nós temos mais. Ela mordeu o lábio novamente. __ Vamos falar sobre isso mais tarde, ok? Eu não consigo pensar claramente agora, especialmente com você ainda dentro de mim e me tocando. __ela acariciou o peito dele em vez de empurrar. __ E não é justo. Jeanie deixava-o totalmente confuso. __ O que não é justo? __ Devemos tomar banho e nos preparar para essa reunião. É as sete, certo? Nós provavelmente deveríamos comer algo também. __ Temos horas antes de precisarmos sair. O que não é justo? Eu não entendo. __ Enquanto você está em cima de mim não é o melhor momento para me fazer perguntas que mudam a vida, certo? Deveríamos ser equilibrados e 173


discutir seriamente sobre o que vai acontecer no nosso futuro. Hormônios não deveriam fazer parte da decisão. Você me derrete, é verdade. Ele não tinha certeza do que isso significava, mas parecia bom. __ Isso é uma coisa boa? __ Sim. __ela sorriu. __ Ninguém nunca me fez sentir do jeito que você faz. __ela levantou a cabeça, olhou em seus olhos. __ Você é incrivelmente sexy. __ Eu sei como podemos passar as próximas horas. __seu amolecido pau começou a endurecer. Seus olhos se arregalaram e ela olhou entre seus corpos antes de olhar para ele novamente. __ Eu não sou completamente humano. __ele lembrou. __ Eu tenho um forte impulso sexual. Estou determinado a convencê-la a ser minha companheira. __ Você realmente não jogar limpo, não é? __ela deslizou as mãos sobre sua caixa torácica, em torno de suas costas, as unhas deslizando levemente por sua espinha. Ele resmungou baixinho, gostando. Desceram até que ela agarrou a curva da bunda dele e segurou ambas as faces. Uma mulher nunca tinha feito isso com ele antes, mas ele gostou da sensação dela agarrando-o lá, seus dedos cravando em seus músculos. Ela moveu as pernas um pouco, descansando seus tornozelos nas suas coxas e se moveu com ele para enterrar seu pau um pouco mais profundo dentro dela. Suas paredes vaginais espremeram-no e ele rosnou mais alto. __ Dois podem jogar este jogo. Ela arqueou as costas, empurrando seus mamilos contra seu peito. Nada de falar sobre acasalamento enquanto estamos tocando um ao outro. Certo? Ela estava tentando fazê-lo concordar. Sua boca se curvou num sorriso. Ela não era tão manipuladora como os seres humanos que ele tinha conhecido. Ele sorriu, satisfeito que ela estava se divertindo. Ela sorriu abertamente para ele e apertou sua bunda, comprimindo sua vagina contra ele. __ Horas, hein? Isso era para me assustar? Não conseguiu. __ Ótimo. __ele abaixou seus lábios até os dela e tomou posse de sua boca. Beijar Jeanie o fez esquecer tudo, mas aumentou a necessidade de se mover.

Capítulo Doze 174


Jeanie desejou ter um secador, mas True arqueou as sobrancelhas quando ela questionou se ele possuía um. __ Vou tomar isso como um não. __ É ruim para o cabelo. Ela não estava disposta a discutir com ele. Não havia nenhuma maneira que ela pudesse diplomaticamente ressaltar que ela não acreditava nisso. Pelo menos não sem mencionar que ele não era totalmente humano ou usar o argumento de que ela tinha um cachorro quando criança e tinha usado um secador de cabelo nele. Podia ser um assunto sensível que ela não queria abordar. Ela usou uma toalha para esfregar vigorosamente os fios molhados. As sacolas que tinham trazido da loja, continham um monte de camisetas e algumas leggings de algodão médias. Dois sutiãs brancos de material elástico concebidos para acomodar vários tamanhos de mamas. O único vestido que tinha sido incluído a fez bocejar quando ela puxou-o para fora. __ Eu gosto desse. Use-o. Jeanie franziu o cenho. __ Tem flores roxas e rosa brilhante nele todo. Acho que um satélite no espaço poderia me encontrar, True. __ela achou horrível. Lembrava algo que um deficiente visual havaiano pudesse comprar. __ É mais fácil para retirar voltarmos. __ É... __ela deixou-o cair na cama. __ Eu sei que não gostaria de usálo por muito tempo. Isso é certo. Ele sorriu. __ Use-o. __ Eu acho que vou com uma das camisetas cinza e as calças pretas. __ela procurou nas sacolas, mas não encontrou o que estava procurando. __ Aquele cara não me mandou calcinhas. __ A maioria dos homens não usa roupas baixo. Ele provavelmente não pensou que você não queria. Eu gosto de você sem elas. Ela sorriu. __ Menos para tirar mais tarde? __ Exatamente. __ele olhou para o relógio. __ Você deve se apressar. Nós não queremos nos atrasar. 175


__ Você que insistiu em comer e tomar banho separados. __ Você ainda está curando, Jeanie. Você precisa comer muitas vezes e eu sabia que não iria manter minhas mãos longe de você, se você tomasse banho comigo. O calor se espalhou por todo o corpo dela, lembrando-se das horas que passaram juntos na cama e como ele tinha dado-lhe comida. Ele não havia entendido que ela não podia comer quase tanto quanto ele, então ele argumentou um pouco quando ela disse que estava cheia. Ele era doce, mas ela não subestimou sua personalidade dominante. __ Eu me sinto surpreendentemente bem e curada, mas eu queria vê-lo molhado. Ela adorava a maneira como ele fazia ruídos sensuais quando seu olhar deslizou por seu corpo, quando ela deixou cair a toalha para se vestir. Nenhum homem jamais a fez se sentir tão querida ou tão sexy como True podia, apenas com seu olhar faminto. A intensidade por trás dele a fez se sentir especial e altamente desejável. __ Nós precisamos de sua ajuda para encontrar o agente. A declaração sombria matou seu humor provocador. Era fácil esquecer tudo de ruim quando ela passava um tempo com True. __ Certo. __ele também se lembrou dos momentos que estiveram juntos na presença de outros espécies. __ Eu só não quero que você brigue com mais ninguém para me defender. __ São espécies de Drackwood. Eles sabem quem é você, Jeanie. Não haverá qualquer agressão. __ Tenho certeza que para alguns deles não importa o quão bom eu fui para eles. Eles estavam presos contra a vontade e eu era uma parte disso. True se adiantou para acariciar suavemente sua bochecha. __ Você foi a parte que fez nosso cativeiro suportável. Não se esqueça disso. Não é sempre que há uma faísca que dá esperança para coisas melhores quando a vida é ruim. Você nos dava esperança. Nunca negue o quanto isso é importante. Ela olhou-o nos olhos, grata pelas amáveis palavras. __ Não vou. __sua mão caiu longe.

176


__ Não há nenhuma necessidade de se preocupar em ser prejudicado por alguém que está prestes a atender. Eu nunca permitirei que isso aconteça. __ Obrigado. Ele fez uma careta. __ Não faça isso. Eu não quero ou preciso de suas gracinhas. __ Tudo bem. Por que isso faz de você ficar com raiva? __ Vamos discutir isso mais tarde. Devemos ir. Eles estarão esperando e eu gosto de ser pontual. Ela o seguiu para fora do apartamento. O guarda era um que não tinha visto antes. Deu-lhe um aceno rápido antes de concordar com True . __ Onde você está levando-a? __ À biblioteca. Temos uma reunião. O nova espécie franziu o cenho. __ Ninguém me informou. True agarrou a mão dela e colocou seu corpo entre ela e o outro homem. __ Ela não é uma prisioneira e eu estou com ela. Eu pensei que era o turno de Jericho. __ Darkness me pediu para substituí-lo. Jeanie esperava que não tivesse ferido o primata suficiente para que ele não fosse capaz de voltar ao trabalho. Abriu a boca para perguntar, mas não o fez, com medo de que iria apenas piorar as coisas. True a guiou na frente dele e a manteve longe do outro nova espécie. O guarda tentou segui-los para dentro do elevador, mas True inpediu. __ Para trás. __ Eu deveria mantê-la à vista, se ela não está dentro de sua casa. __ Ela não é um perigo para ninguém. __rosnou True. As portas se fecharam, deixando o guarda do outro lado. Jeanie estudou True quando ele se virou. __ Talvez a gente não devesse deixar a sua casa. É totalmente compreensível que eles sejam desconfiados.

177


__ Minha palavra é tudo o que deveria importar e eu respondo por você. Ela engoliu o desejo de agradecê-lo mais uma vez por ter fé nela. Não parecia justo que ele tivesse que lidar com tanta animosidade em seu nome. Todos os sacrifícios que tinha feito tinha sido sua escolha. Ela podia ter se afastado quando Drackwood tinha sido tomada, mas o pensamento de não ajudar mais Novas Espécies, quando agente Brice tinha dito a ela sobre Cornas a deixou angustiada. Alguém precisava salvá-los e ela estava em posição para fazê-lo. Ela até considerou a possibilidade de que seu papel nunca fosse exposto publicamente. Algumas pessoas odiavam os nova espécie, formando organizações de protesto contra eles, discordando que fossem dados a eles direitos humanos e algumas igrejas ainda afirmavam que eram abominações. Ela estava disposta a suportar um julgamento tendencioso e preconceituoso, mas nunca tinha entrado passado pela sua cabeça que as pessoas que ela amava teriam que pagar também. True não deveria ter que defendê-la, ainda que ele o fizesse. Sua família seria provavelmente iria sofrer o mesmo destino, ser alvo de suas ações. __ O que você está pensando? __True tocou seu ombro, puxando-a de seus pensamentos. __ Você parece tão triste. Ela olhou para cima e, em seguida, apenas se aproximou e abraçouo. __ Isso não importa. Ele passou os braços em volta dela, puxando-a para mais perto. __ Eu me importo. Ela saiu de seus braços, quando as portas do elevador se abriram. __ Tem sido um longo dia. Eu estou bem. __ Eu não gosto de ver aquele olhar em seu rosto e você vai me dizer o que o colocou lá. Falaremos mais sobre isso mais tarde, em casa. __ele estudou-a intensamente. __ Negócio fechado. __esperava que ele esquecesse e deixasse o assunto morrer. Ela já se sentia culpada o suficiente por tudo o que ele tinha feito e não queria sobrecarregá-lo com seu tumulto emocional. Ele pegou sua mão e levou-a para a grande biblioteca. Prateleiras cheias de livros do chão ao teto. A bela lareira de pedra cinza ficava na parede de trás e uma mesa de conferência comprida, com cadeiras estofadas com pelúcia ficava no centro da sala. Novas Espécies ficaram em silêncio quando eles entraram e Jeanie ficou olhando para rostos familiares que ela nunca pensou que veria novamente. O sorriso veio imediatamente, apesar de sua insegurança 178


de que alguns deles poderiam não estar tão felizez em vê-la como ela estava ao vê-los. __ Vocês todos parecem tão grandes. __ela desabafou. Seu olhar ficou em uma mulher em particular e ela inconscientemente deu um passo na direção dela. __ Fique ao meu lado. __True disse ás suas costas. __ Ela está segura aqui. __afirmou um homem severamente antes de seu tom de voz suavizar. __ É bom vê-la, Shiver. Nós vamos ter que deixá-la saber os nossos novos nomes. Eu sou Jinx agora. Jeanie sorriu para o felino alto de cabelos negros. __ Você ainda é propenso a acidentes? O homem riu. __ Não exatamente. Eu escolhi o nome por outros motivos. Ela olhou para sua mão, descansando no encosto de uma cadeira. __ Como é? Ele soltou o material de pelúcia e flexionou os dedos, virando o punho até que ela pudesse ver a palma da sua mão. Uma cicatriz grossa marcava-a, causada por um ferimento a faca, que ele tinha sofrido quando um dos guardas tentou para matá-lo em retaliação por algo estúpido. Jinx tinha agarrado a lâmina para impedir que sua garganta fosse cortada. __ Ela funciona muito bem. __ele deu um passo mais perto. __ Você realmente infernizou aquele médico, insinuando que ele era incompetente, se não pudesse reparar o dano e que eu pudesse mover meus dedos. Um nó de emoção se formou em sua garganta, o que tornava impossível falar. Ela engoliu em seco. __ Eu ouvi que me planejavam me transferir para outro lugar, já que o médico acreditava que a perda de mobilidade da minha mão tornaria impossível para eu continuar a ser útil. Seria difícil melhorar a coordenação com drogas, se eu não tinha duas mãos para trabalhar. Jeanie não tinha conhecimento. __ Transferir para onde? Pesquisas Cornas? __ Não. Era um campo de extermínio de nossa espécie. Um dos funcionários quebrou sob interrogatório e deu até o local. __um músculo em 179


sua mandíbula se apertou e os olhos azul-escuros se estreitaram de raiva. __ Foram manipulados para explodir. Todos os quatorze espécies morreram antes que pudessem ser alcançados. __ Oh, Deus. __ela sussurrou, horrorizada. __ Você salvou minha vida. __Jinx concentrou seu olhar intenso sobre a dela. __ Agora nós vamos fazer o nosso melhor para salvar a sua, Shiver. __ Olá, Shiver. __uma fêmea se anunciou. Jeanie virou a cabeça e sorriu de novo. __ Você está ótima, 754. Você deixou o cabelo crescer. Você está tão bonita. __percebeu que se dirigiu a ela pelo número. __ Eu sinto muito. Eu não deveria ter chamado-a assim. Que nome você escolheu? __ Luna. __olhou para True. __ Posso abraçá-la? Não há necessidade de ser tão protetor e mantê-la do seu lado. Todo mundo aqui deve a ela pela bondade. Relaxe, True. Ela está entre amigos. Ela me salvou de ser montada a força. A lembrança desse incidente fez Jeanie estremecer. __ Foi muita sorte para nós duas que ele estava tão ocupado fazendo ameaças que ele não ouviu a porta ser aberta. True rosnou. __ O que você fez? Ela notou sua expressão de raiva e esperava que não fosse causada por suas ações. Ela se arrependia do que tinha feito naquele dia, ou algum dia. Ela sempre estava tentando ficar um passo à frente da equipe e descobrir maneiras de enganar ou manipulá-los a fazer o que era necessário para ajudar novas espécies. __ Eu abri a porta para ver como ela estava e vi-o de pé ao lado de sua cama, falando sobre o que planejava fazer com ela enquanto tirava o cinto. Eu usei uma comadre e peguei-o na parte de trás da cabeça. Ele não me viu chegando. Ele tinha desligado as câmeras na sala para se certificar que a segurança não pudesse vê-lo, mas também significava que não havia prova de que eu tinha estado lá. Eu fiz parecer como se tivesse escorregado e batido a cabeça na borda da mesa. Luna riu. __ Ela bateu com tanta força que ele precisou de quinze pontos. Ela estava chateada porque ele ia me machucar. Aprendi novos palavrões com Shiver. Ela também abriu suas calças para ficar claro para a equipe o que tinha planejado fazer comigo. Os médicos ficaram furiosos quando eles vieram e encontraram-no no chão, pois ele poderia ter arruinado o que tinham planejado para mim. Eu nunca o vi novamente. 180


__ Você pode tocá-la. __ True decidiu, soltando a mão dela. Luna era uns oito centímetros mais alta que Jeanie, a outra mulher lhe deu um abraço de urso apertado. A dor surda atravessou seu lado na lesão quase curada e ela gemeu. Luna soltou-a instantaneamente, se afastou, e franziu a testa. __ O que há de errado? Eu te machuquei? Eu esqueço como os seres humanos são frágeis. __ Não. É o meu lado. Ainda está dolorido. __ela tocou a camisa sobre o curativo. __ True aplicada um novo curativo depois do banho. A cabeça de Luna virou em direção de True e ela rosnou. __ Você a machucou? __ Não! __Jeanie negou imediatamente e pegou a mão da mulher para chamar a atenção dela. __ Eu fui baleado quando seus homens da força-tarefa chegaram na Pesquisas Cornas. Fui para lá depois de Drackwood. __ As equipes da força-tarefa atiraram em você? __Jinx engasgou. __ Não. __Jeanie balançou a cabeça negando. __ Foi um dos guardas de Cornas. Luna apertou a mão dela encorajando. __ Sente-se e conte-nos tudo. Precisamos saber todos os detalhes da sua situação, para que possamos descobrir como ajudar. Você precisa começar a falar. Jeanie sentou-se confortável com True de um lado dela e Luna, do outro. As portas duplas para a biblioteca se abriram e Flirt entrou. True levantou-se, com as mãos em punho. __ Calma. __Flirt suspirou. __ Eu sei que eu não deveria estar aqui porque Darkness me mandou ficar longe dela, mas vou ser razoável. Todos nós queremos ajudar Shiver sair dessa bagunça. Peço desculpas por cruzar a linha. Eu vim para ajudar e a parte mais importante é limpar sua barra para que ela não seja acusada de qualquer crime. __ Obrigada. __Jeanie prendeu a respiração, esperando para ver o que True faria. Ela não queria que eles brigassem de novo. Sua expressão dura se suavizou e ele sentou-se. __ Tudo bem. Seja de ajuda, mas sente-se longe. 181


Flirt tomou um assento vazio no fim da mesa. __ O que eu perdi? __ Jeanie está prestes a nos falar sobre o agente Brice, e como ela acreditava estar trabalhando com a NSO para libertar o nosso povo. __True assentiu para ela. __ Começe. Query calmamente pediu a todos para sentarem-se. Todo mundo fez e a sala ficou em silêncio. Jeanie olhou em volta para eles e soltou um suspiro reprimido. Não ia ser fácil detalhar seu trabalho, mas precisava ser feito. Ela só esperava que eles não a odiassem pelo tempo que ela demorou a dar a informação. Ela começou por dizer-lhes como tinha começado o trabalho em Drackwood e depois foi designado para os pisos inferiores. __ Foi quando eu vi pela primeira vez Novas Espécies lá e percebi o que estava realmente acontecendo. Dean Polanitis me levou num tour e logo que eu vi um de vocês... __ela reviveu a terrível memória. __ Eu acho que engasguei ou ele viu como eu estava horrorizado. Ele imediatamente me puxou para fora da sala para dizer-me o que iria acontecer a mim e todos os outros que me importava se eu dissesse a alguém o que eles estavam fazendo, ou que vocês estavam lá em baixo. Ele deixou claro que não tinha escrúpulos em matar quem traísse a empresa e as terríveis conseqüências de fazê-los serem presos. Alguns dos funcionários vieram até mim naquele dia para me assegurar de que outros funcionários haviam desaparecido. Eu acho que ele propositadamente pediulhes para falar comigo para realmente ter certeza de que eu entendi que a ameaça era real. Que os funcionários em quem tinha perdido a confiança tinham sido mortos. __ No entanto, ela ainda assumiu o risco de tentar nos ajudar. __afirmou True. __ Diga o que você fez. Ela lambeu os lábios, olhando para os rostos familiares. Era um milagre ver como estavam bronzeados e saudáveis alguns deles e foi maravilhoso saber que eles prosperaram. __ Eu comprei um celular descartável com dinheiro e... __ É um telefone celular que você pode comprar em qualquer loja e que não pode ser rastreado até o proprietário por registros financeiros ou qualquer outro meio. __afirmou Query. Alguns deles assentiram. __ Sim. Eu comprei um desses e usei o Wi-Fi de um café para procurar o website das novas espécies. __ela fez uma pausa, olhando para Query para ver se ele queria explicar mais. 182


Ele sorriu. __ Wi-Fi é um sinal de internet que qualquer pessoa pode usar se não for protegido por senha. Empresas humanas oferecem gratuitamente a seus clientes. Eles teriam protegida a identidade usando o endereço de internet. __ele acenou com a cabeça. __ Vá em frente. __ Encontrei um número de telefone no site, mas eu não sabia por quanto tempo eles me manteriam esperando e eu não tinha dinheiro suficiente para comprar muitos créditos para o telefone. Optei por deixar uma mensagem e um e-mail dando todos os detalhes sobre Drackwood. Deixei o número do telefone para que eles pudessem entrar em contato de volta. Eu disse a eles que teria que esconder-me de modo que trocaria texto até que pudéssemos estabelecer um tempo para conversar. __ Jeanie. __gostou que True apertasse sua perna contra a dela por baixo da mesa, num gesto reconfortante. __ Eu estava com muito medo para levar para casa o telefone naquela primeira noite, então eu escondi num parque local. É onde eu guardava. No dia seguinte, tinha um texto e um número de telefone direto para o agente Terry Brice. Eu liguei e ele marcou uma reunião. Voou para visitar-me de imediato e disse que eu precisaria coletar evidências suficientes para que um juiz concedesse um mandado de busca. __ Nós não precisamos disso. __Jinx afirmou. __ Eu não sabia, no momento. __ela segurou seu olhar. __ A nossa lei diz que você tem que mostrar que algo ilegal está acontecendo para obter um mandado de busca. O juiz emite um que dá o direito legal de entrar e procurar em um imóvel. __ Isso é verdade. __Luna concordou. __ Eu estudo as suas leis no meu tempo livre, já que eu quero ser o elo entre as questões jurídicas que surgem entre o nosso mundo e o dela. __ Ela deu um sorriso simpático a Jeanie. __ Suas leis não protegem ou ajudam as vítimas, mas parecem mais focados em ajudar os criminosos. Ela encolheu os ombros. __ Há algumas falhas. Eu não vou negar isso. __ela continuou com a história, explicando que o agente Brice queria que ela começasse a contrabandear evidências. __ Ele me mandou uma mensagem antes de Drackwood ser invadida para se certificar de que eu não fosse trabalhar na manhã seguinte. Chamei-o de volta e nós discutimos, porque eu queria estar lá para ajudar. __seu olhar se lançou para Luna e Flirt. __ Vocês dois estavam em perigo iminente, porque estavam sendo tratados na clínica. Eu estava aterrorizada, pois os médicos poderiam matá-lo antes que eles tentassem escapar. 183


__ Os médicos não estavam lá quando a NSO nos resgatou. __Luna informou. __ Eles estavam em uma reunião. As mãos de Jeanie tremiam tanto que ela segrou-as em cima da mesa. __ O agente Brice disse que eles estavam indo invadir Drackwood rápido e a equipe da SWAT poderia me confundir com um dos caras maus quando a merda batesse no ventilador. Eu não me importava. __ela olhou nos olhos de Luna. __ Eu estava disposta a arriscar, mas ele ameaçou me prender se eu deixasse meu apartamento. Ele disse que não ia permitir que eu estragasse a operação e tinham agentes observando o local pare me impedir de chegar a Drackwood. Foi uma situação horrível. Eu queria estar na clínica, quando eles chegassem para garantir que ninguém chegasse perto de qualquer um de vocês, mas ele me convenceu que você ia morrer com certeza se eu fizesse alguma coisa para entrar em Drackwood que estava prestes a ser invadido. Luna deu-lhe um aperto de mão suave. __ Eu entendo e acredito em você. Eu sei que você arriscaria sua vida para me ajudar. Esse guarda não poderia ter sido nocauteado. Ele era um homem grande e que ele poderia ter feito com você o que ele planejava fazer comigo para se vingar por golpeálo. Você é pequena o suficiente para ele ter matado-a com um golpe de seu bastão, você teria morrido se tivesse se levantado. __ Você arriscou muito. __True não pareceu feliz enquanto falava. __ Você teve sorte. Ela decidiu mudar de assunto rapidamente, porque não estava gostando de olhar em seus olhos enquanto ele olhava para ela nesse momento. Tinha a sensação de afundar, ele bravo por ela se colocar em perigo. __ O agente Brice veio visitar-me logo após Drackwood ser fechada para me dizer que ele tinha um informante em outro local, mas que estava com muito medo de contrabandear evidências. Ele tinha um jeito de me empregar lá, então eu concordei em ir. Havia Novas Espécies que precisavam de ajuda. __ Você foi enviada para facilitar a instalação de bombas? __Luna franziu a testa. __ Não. __respondeu Query por ela. __ Ela está falando das Pesquisas Cornas. Jeanie entrou em mais detalhes sobre como trabalhar em Cornas e finalmente parou. __ Eu disse ao agente Brice que tinha ficado em casa no dia da invasão. Eu até emprestei o carro de um vizinho de manhã para levar para o trabalho no caso da polícia estava me procurando. Eu fiz isso para que eles 184


não pudessem remanejar os nova espécies. __ela compartilhou todos os detalhes até que ela acordou em Homeland. __ Foi quando eu descobri que o agente Brice não trabalha para a NSO e que ele estava usando-me todo esse tempo. __ Você deixou de fora um detalhe importante. __True lançou-lhe um olhar aguçado. Ela virou para trás e olhou para ele, sabendo a quê ele se referiu. __ Eu acho que disse tudo. __ Diga o que aconteceu com você em Drackwood, o que você sofreu. Ela sentiu o rosto arder e o sangue escorrer. __ Isso é irrelevante. __ Eles devem saber tudo o que você já sofreu tentando nos libertar, Jeanie. __sua expressão severa não admitia discussão. __ Diga o que Polanitis fez com você. Ela baixou a voz. __ Não é necessário. __ É. __True ficou em pé tão rápido que sua cadeira caiu, batendo no chão com um estrondo. __ Polanitis ameaçou me matar se Jeanie não submeter-se a tomar drogas de criação. __ele se inclinou para frente, colocando as mãos sobre a superfície da mesa. __ Ela concordou e eu estou vivo. __ele lentamente examinou os rostos masculinos ao redor da mesa. __ Eu quero saber se algum de vocês a montou enquanto ela estava drogada, já que ela não se lembra. Vou até permitir-lhes viver tempo suficiente para tentar explicar-me como qualquer um de você poderia machucá-la dessa maneira. __ Merda. __Qhery levantou-se muito mais lento, o olhar fixo em True. __ Você está falando sério? __ Será que você montou-a? Ela foi drogada e ficou impotente. Ela não tem nenhuma memória. __ Foda-se, não! __ele balançou a cabeça em negação. __ Eu nunca toquei nela e você deve estar enganado. Eles não dariam essa merda a um ser humano. True rosnou. __ Não olhe para ela desse jeito. Eles fizeram, e eu quero saber se algum de vocês tocaram nela. __ Eu também! __Luna disse, seu tom foi áspero. __ Um homem teria que concordar em montá-la sem drogas em seu sistema, já que ela ainda está conosco. Ela não teria sobrevivido do contrário. Eu mal podia resistir a um 185


homem fora de controle e isso é só porque eu não estava lúcida o suficiente para lutar. A dor que ela teria sofrido pela droga de reprodução só teria incitado mais raiva e agressão dele. __ela olhou ao redor da mesa. __ Qual de vocês concordou em montá-la? Ninguém falou. __ Talvez se você não tivesse afirmado que ia matá-los... __Flirt calmamente anunciou. __...eles podiam estar mais dispostos a confessar. O Lábio superior de True estava levantado, mostrando seus caninos afiados. __ Eu lhes permitirei pedir desculpas a ela e explicar por que machucaram Jeanie, antes de eu usar minhas mãos para fazer justiça. Ela estava impotente. Você sabe o que a droga faz e não há nenhum modo de usar a própria vontade. Ela não concordou em ser montada. __ True, por favor. __implorou Jeanie. __ Isso não importa. Ele virou a cabeça para ela, os olhos arregalados. __ Eu me importo. Como você pode dizer isso? As lágrimas encheram seus olhos quando ela se levantou. Ela piscou rapidamente para clarear a visão. Suas pernas cambalearam, mas seus joelhos não cederam. Ela não podia olhar para ninguém, sentindo-se constrangida e horrorizada ao mesmo tempo. __ Eu disse a você que saberia com certeza se alguém tinha feito algo assim comigo, ok? __ Você não pode saber com certeza se o seu corpo foi usado, mas eles podem. Eles só lhe dariam a droga se fosse para usar em um experimento de criação. Eles precisariam de um macho, e eu quero saber quem montou você. Mais lágrimas encheram seus olhos e derramaram por suas bochechas. Ela estendeu a mão e enxugou-as, ainda olhando para ele. __ Se há uma coisa que todos nós sabemos nesta sala, é que Drackwood foi um pesadelo para todos nós. __sua voz falhou e ela teve que engolir antes de continuar. __ Eu não quero saber, True. Eu me preocupo com todos nesta sala e seria mais fácil pensar que era semelhante a situação que eu experimentei quando Polanitis veio atrás de mim, todo mundo tinha que concordar em fazer o que ele queria. Eu fiz um acordo com o diabo para salvar você, True. Eu nunca me arrependi e eu posso viver com isso, porque você está em pé na minha frente. Não tão importante, mas estou viva também. Talvez as coisas que eu sofri eu não me lembro, mas isso não importa. Nós sobrevivemos e isso é o que conta. 186


__ Não importa. __os olhos de True pareciam úmidos quando ele rapidamente piscou e estendeu a mão para segurar seu ombro com dedos gentis. __ Talvez eles fizeram isso para me salvar. Se tiver acontecido. __obrigou-se a olhar para os rostos ao redor da mesa enquanto ela lutava para se recompor. Ela descansou a mão sobre a de True. Apenas tocá-lo ajudou a encontrar forças. __ Isso não importa. Eu perdôo, se eles receberam tiveram uma escolha e nós todos concordamos que eu teria sido morta se tivesse sido dada à alguém drogado enquanto eu estava com aquela merda em mim. Estamos aqui para falar do agente Brice e tentar descobrir como encontrar o filho da puta. __ficou mais fácil para respirar quando ela se acalmou, e focou a raiva que sentia sobre o agente que a usou para extorquir dinheiro da NSO. __ Vamos lidar com isso. __ Eu nunca te toquei. __um dos homens afirmou. Ela olhou para ele, vendo a sinceridade em seu olhar verde-escuro. __ Vamos deixa lá. __ Eu também não. __outro homem pigarreou, dando a True um olhar cauteloso. __ Mas eu gostaria de ter concordado em levá-la para o meu tapete se me fosse dada a escolha entre matá-la e ter certeza que ela iria sobreviver. Jeanie estremeceu, olhando para True ao ver sua reação. Ele pareceu pálido e ainda com raiva. Seu peito expandido como ele inspirou profundamente e lentamente soltou. __ Qualquer um, apenas fale agora se Polanitis ofereceu Jeanie. Eu não vou buscar vingança. O silêncio reinou e Jeanie fechou os olhos, o alívio era tão grande que ela quase se engasgou novamente. Ela tinha certeza de que ninguém a havia molestado sexualmente, mas ela estava certa de que alguém iria confessar se não havia nada a dizer. True apertou seu ombro antes de puxar a mão. Ela o deixou ir, mas ele rapidamente envolveu seus dedos ao redor dela em vez disso, segurando-lhe a mão quando ele se endireitou na cadeira. Ela abriu os olhos quando ele fez sinal com a cabeça para ela tomar seu lugar também. Ela ficou grata e desmoronou na cadeira. __ Conte-nos sobre esse agente. __pediu Query. __ Dê-nos uma descrição detalhada. Nós temos acesso aos bancos de dados do mundo de fora. Podemos tentar encontrá-lo por meio de registros da DMV. Será que ele dirigia um carro? Será que ele tem um sotaque que pode indicar o estado em 187


que ele viveu? Podemos pegar todas as fotos que correspondem a descrição para que você olhe, até encontrar o certo. A tensão na sala pareceu dissipar. __ Ele é um homem caucasiano mais ou menos cinqüenta anos. Cerca de um metro e oitenta com uma construção pesada. Ele usava óculos, tinha olhos de castanhos, eu acho, já que as lentes eram coloridas, e ele tinha uma verruga no rosto. __ Ela apontou para seu rosto para mostrar-lhes a localização. __ Era careca no topo da cabeça. Seu cabelo era castanho com um monte de cinza. Dirigia um carro alugado para nossas reuniões, tinha adesivos das empresas, por isso foi fácil descobrir isso, mas ele usou diferentes empresas. __ Forte e musculoso? Ela olhou para Flirt. Ele pegou seu telefone pra mandar texto ou tomar notas. __ Não, ele estava fora de forma e tipo bufava se andava muito rápido. __ Bufou? __Luna se inclinou. __ Era um som animalesco? Talvez ele seja um espécie. Alguns de nós poderia passar por humano. __ Ele não é nova espécie. __Jeanie sorriu, divertida. __ Ele era um bolofo. Eu deveria ter dito que ele ofegava, porque ele ficou sem fôlego facilmente quando caminhava rápido e suava muito. Não ajudou em nada que ele usava camisas. Ele parecia um homem de negócios, sempre de terno, independentemente do tempo. Ela olhou para os homens na sala. __ Vocês não poderiam ficar assim, mesmo se realmente tentassem. Ele é muito mais velho. Ele nasceu muito antes da Mercile começar seus experimentos. O agente Brice definitivamente é humano. __ Ele teria que ser completamente humano pela descrição que você deu. Mercile mataram crianças com falhas e traços de espécies. __ Alguns de nós poderia se passar. __Luna protestou. __ Eu conheci dois que pareceram humanos, mas eles não eram tão velhos. Eles foram resgatados de onde Darkness veio. __ Dois. __Flirt balançou a cabeça. __ Eu me encontrei com os machos de que você fala, mas eles têm características físicas de Espécies independentemente da falta de características faciais. Mesmo aqueles podem ser vistos se você está à procura de pistas. __ele estendeu a mão e passou o dedo sobre sua bochecha e queixo. __ Os ossos não mentem. Jeanie estudou seu rosto, olhou para True, Query. Ele não tem ossos muito masculinos. __ O agente Brice não é nova espécie. Ele tem estrutura meio feminina. 188


Query riu. __ Feminino? __ Feminino. __ela sorriu para ele. __ Mais suave e você não pode mesmo ver as maçãs do rosto. __ Ele é macio. __um dos homens afirmou. __ Isso é o que ela quer dizer. Num ser humano do sexo feminino, a carne não é esticada sobre os ossos. Ela assentiu com a cabeça. __ Sim. __ Há algo mais feminino sobre ele? __Query ainda parecia divertido. __ Ele usava um anel de dedo mindinho da mão esquerda. Parecia um gato, acredite ou não. Isso se destacou para mim porque era meio estranho. Não muitos homens usariam aquilo. __ O que há de errado com um homem usando um anel de gato? __Flirt franziu o cenho. __ Os homens não costumam usar jóias com animais, a menos que eles sejam mais... __ela encolheu os ombros, tentando pensar em uma maneira de explicar. __ Um lobo ou uma pantera é considerado viril, mas não um gato de casa e isso é o que parecia para mim. Isso é mais típico de algo que uma mulher usaria. Elas tendem a comprar gatinhos, golfinho, ou jóias com cachorros. __ Então, os gatos não são viris? __os olhos azuis de Jinx brilharam com humor. __ Eu discordo. __ele se inclinou para trás em sua cadeira e flexionou os ombros, os cotovelos apoiados na cadeira, e apertou os grandes músculos dos braços para mostrar. __ Ninguém nunca me chamou de feminino. Jeanie riu. __ Eles não, mas... __ Mas? Termine o que ia dizer. __ Eu não quero ofendê-lo acidentalmente. Seu humor desapareceu. __ Eu sou feminino? Ela quase riu de novo com sua expressão horrorizada, era cômico. __ Não. Você não. É que, hum... se eu fosse dar um palpite... você não é nada semelhante a um gato doméstico. Você meio que me lembra uma pantera. É o 189


olhar predatório em seus olhos, o cabelo preto e a forma de seus olhos. Você tem essa vibração de perigo eminente. __ Predatório... __ele sorriu novamente. __ Eu gosto disso. Eu olho para você de uma maneira que faz você ter pensamentos sobre eu comê-la? Sua mente apagou, atordoada que ele disse isso. O calor penetrou nas suas bochechas com cada palavra, e a insinuação por trás delas. __ Acabou fazendo piadas e tentando ganhar seu interesse para compartilhar sexo com você? Não vai acontecer. __True soltou sua mão e inclinou-se para olhar para Jinx. __ Nós todos sabemos o que ela queria dizer com isso. Nós assustamos os humanos com nossa aparência, estudamos tudo sobre eles e eles ficam inquietos que não piscamos tanto quanto eles. Isso é sério. Tim Oberto quer Jeanie de volta para a força-tarefa para enfrentar lei Espécies. Acreditamos que no que ela diz, mas ele a vê como qualquer outro humano que trabalhou para Mercile. Ela é o inimigo dele. Eles planejavam mandá-la para Fuller. O humor de Jinx sumiu quando ele olhou para trás. __ Ela não pertence àquele lugar. Estive lá algumas vezes para a transferência de prisioneiros. Seu espírito seria esmagado em poucos dias. Os machos humanos iriam atormentá-la com palavras vis. Ela é muito gentil de sobreviver a esse abuso. __ Eu trabalho no departamento jurídico. __disse um macho perto do final da mesa. Jeanie se lembrava dele. Ele era um homem tímido, seu DNA de primata era claro, mas sua interação havia sido mínima. Ela não conseguia se lembrar de seu número e ele não disse o nome dele. Ele não tinha sido enviado para a clínica por muitas lesões, já que os médicos o usavam principalmente em testes de medicamentos para melhorias cognitivas. Eles não pediram que tirasse seu sangue mais de duas ou três vezes, mas ela tinha contrabandeado-lhe um cookie no Natal, junto com o resto dos Nova Espécies. Ele havia quebrado seu coração, sabendo que nunca em suas vidas haviam recebido um presente. Um cookie parecia tão trivial, mas eles eram pequenos e dava para esconder nos bolsos. Um monte de cookies cabia na sua lancheira, o suficiente para todos eles. __ Eu não sabia que era você quando recebi um número para o arquivo. A força-tarefa nem sempre nos dá nomes de quem eles trazem, papelada pode ser roubada e vazar para a imprensa. Nós já tivemos problemas assim no passado. Suas famílias humanas aparecem às portas, os seus amigos, e eles criam um pesadelo publicidade negativa para a NSO. __ele fez uma pausa, voltando sua atenção para True. __ A evidência de seu trabalho para as Pesquisas Cornas é avassaladora, mesmo que ela não estava usando o crachá de trabalho quando foi levada em custódia. Dados bancários ligam-na a Cornas e Drackwood. Tim estava desapontado com a falta de dinheiro que ela 190


recebeu por isso não há evidências de que ela obteve recursos do que foi pago ao informante que levou as equipes à ambos locais. __ele fez uma pausa, em seguida praguejou. __ Tim já escreveu um relatório ao conselho pedindo que ela seja encarcerado na Fuller. Mas ele acrescentou uma emenda, pedindo por sua morte se ele puder provar que ela está envolvida no resgate de milhões pagos para recuperar os Espécies. __ Morte? __rosnou True. Jeanie não estava zangada, estava assustada. Teve que se lembrar como respirar antes de sua mente funcionar novamente. “Pode a NSO proferir uma sentença de morte para mim se o agente Brice não for encontrado? Eu vou acabar me tornando o bode expiatório para todas as coisas que o idiota fez, ele armou para mim e eu pareço culpada como o inferno. Como eles vão me matar? Injeção letal? Um pelotão de fuzilamento? Quebrar meu pescoço? Ó Merda!” Ela olhou para True e o medo diminuiu quando ela olhou para sua expressão furiosa. “Ele não vai permitir que isso aconteça. E se ele não puder detê-los? E se eles enviarem uma equipe da SWAT até seu apartamento para me prender? Ele lutaria contra eles. Eu vou com eles de boa vontade antes de vê-lo ser morto para me proteger.” Ela se recusava a permitir que isso acontecesse. O macho primata deu um passo para trás e quase tropeçou na cadeira dela. Jeanie não o culpava por estar sendo afetado pela raiva de True. Ele assustava-a também, ele nunca olhou para ela da forma que fazia agora. O nova espécie endireitou os ombros, e calmamente olhou para True. Depois de alguns segundos ele parecia conter seu instinto de fugir do perigo. __ Morte. __ele confirmou. __ Tim acredita que foi extraordinariamente cruel saber que espécies estavam sendo abusadas, mas reter a informação ao mesmo tempo que continuou a ser informante anônimo para nos enviar provas e receber um pagamento mais elevado da NSO. __ele sacudiu a cabeça e olhou na direção de Jeanie. __ Tim ordenou a todos nós buscar mais provas que possa ligá-la ao informante dessa forma. __ Ela é inocente. __Jinx usou a mão para indicar ao nova espécie que devia sentar-se. __ Obrigado pela informação, mas não precisamos ouvir mais. Ninguém vai matar Shiver e ela não vai para a Fuller. __ Nós concordamos. __True encarou Jinx. __ Pare de perder um tempo precioso flertando com minha mulher. Precisamos rastrear esse agente Brice e forçá-lo a confessar que mentiu para Jeanie. __ Ela é a sua? __Jinx torceu o nariz, farejando o ar. __ Ela tem seu cheiro, mas ela não é sua companheira. __ele se levantou e se inclinou para 191


frente, as mãos em punhos. Os nós dos dedos achatados em cima da mesa quando ele apoiou seu peso com eles, colocando seu rosto a centímetros de True. __ Companheiros estão seguros. O que há de errado com você? Ela é boa o suficiente para levar para a sua cama, mas não para o seu coração? A boca de Jeanie se abriu com o ataque verbal flagrante contra True. Ela esperava que ele fisicamente retaliasse, mas sua resposta surpreendeu-a mais do que a súbita mudança de eventos. Ele recostou-se na cadeira e suspirou. __ Ela se recusou. Jinx franziu a testa, deslocando seu olhar para ela quando ele se endireitou. __ Por quê?

Capítulo Treze As portas duplas da biblioteca foram abertas e Jeanie virou, observando um grupo de Novas Espécies machos entraram na sala. Todos os cinco deles pararam, em pé quase ombro a ombro em linha reta, enquanto o do centro cruzou os braços sobre o peito. Ela o reconheceu imediatamente. Justice North fez uma careta. __ O que está acontecendo aqui? Jinx falou primeiro. __ Nós estamos tendo uma reunião com Shiver. O que você está fazendo aqui? Ele não respondeu de imediato, seu olhar localizou Jeanie. Ser alvo de seu olhar frio não foi a experiência mais agradável da sua vida. Justie North era tão poderoso quanto a forma que o mundo via os Novas Espécies. Ele participava de conferências de imprensa regularmente, até mesmo com o Presidente dos Estados Unidos, e ela sabia que seu futuro estava em suas mãos. Dizia-se que ele praticamente era Homeland e a Reserva. Sua palavra era lei. __ Você é a causa de todas as divergências entre o meu povo. __ela não tinha certeza de como responder e decidiu permanecer em silêncio. __ Ela não parece perigosa. __o homem de cabelos escuros a sua direita murmurou. __ Tim chamou-a de bomba-relógio, mas não há o suficiente dela para criar muitos danos se ela explodir.

192


__ Pare com isso, Jaded. __Darkness suspirou. __ Não é hora para piadas. True deixou sua cadeira e se moveu para uma posição que o colocou entre Jeanie e os outros homens, mas ela ainda podia vê-los. __ Por que você está aqui? Justice arqueou uma sobrancelha escura e seu sorriso desapareceu. __ Não sou bem-vindo? __ Claro que você é. __afirmou Luna rapidamente. __ Só estamos surpresos ao vê-lo. __ Por que você está aqui? __True não ia deixar passar. __ Não há necessidade de ser rude. __Darkness rosnou. __ Temos notícias e Justice queria ser quem compartilhasse. __ Relaxe, True. Baixem as armas. Ela está segura. Eu vim para informar que seu celular foi recuperado exatamente onde ela disse que estaria e os dados nele processados. __os braços de Justice caíram para os lados com o olhar fixo nela. __ As informações coincidem com o que você nos disse. __ Eu sabia que seria. __o tom ríspido de True suavizou. __ Ela não vai enfrentar a lei Espécies. __ O inferno que ela não vai. __Tim entrou na sala. Justice virou-se e suspirou. __ Por que você está aqui, Tim? __ Você desligou na minha cara. __Tim olhou ao redor da sala, sua atenção parou em Jeanie. __ Ela poderia facilmente ter usado um segundo telefone para fingir chamar o agente Brice. Isso é o que eu estava tentando dizer a você antes de você tão rudemente me cortar. Eu tenho que ser o advogado do diabo aqui. __ele avançou perto do líder Novas Espécies. __ Esses textos não provam coisa alguma, exceto que ela é inteligente o suficiente para pensar no futuro, caso ela fosse pega. __ Você foi capaz de rastrear o outro número? __Justice cruzou os braços sobre o peito novamente, esperando por uma resposta. __ É um beco sem saída. Chamamos isso e não tem nada. A empresa provedora não mantém registros e foi inútil. Ela destruir o segundo telefone ou removeu a bateria. __ele empurrou um dedo polegar em direção a Jeanie. __ Ela ainda está uma suspeita. 193


__ Ela não está mentindo. __True deu um passo adiante, mas parou. Ele enfrentou Tim. __ Ela é inteligente? __ Claro. Não seja um insulto. __ Não é. Eu estou dizendo que ela é brilhante, mas esse é o meu ponto. __Tim disparou de volta. __ Sua namorada é boa, mas eu sou melhor. Eu vou pregar a bunda dela na parede. True rosnou e arranhou as mãos, mas ele ainda se segurava. __ Tim. __Justice advertiu. __ Não ameace a fêmea. Darkness moveu-se entre True e Tim. __ Nós vamos discutir isso em outro lugar, se você tem preocupações, Tim. __ Eu tentei isso. Justice desligou na minha cara, então eu tinha que vir para cá. Não há tal coisa como coincidência, quando estamos falando de uma mulher que trabalhava em não um, mas dois desses buracos de merda que tivemos que pagar resgate para encontrar. __ele se inclinou para o lado o suficiente para olhar para True. __ Ela foi boa para você e salvou sua vida. Eu entendo como você gostaria de pagar essa dívida e protegê-la. Você, obviamente, tem sentimentos que vão além da gratidão. Eu até entendo isso. Inferno havia uma ex-atiradora do exército soviético que conheci, ela era tão quente que se podia fritar ovos sobre suas mamas, mas eu nunca esqueci quanto letal ela podia ser. __Tim fez uma pausa, baixando a voz. __ Eu só estou pedindo que você deixe-me fazer o meu trabalho. Não encontramos um agente Brice ou alguém se passando por ele, se é que ele existe. Eu não tenho que prender sua namorada, mas não vou comprar sua história até que eu tenha uma prova sólida. Minha prioridade é proteger todos vocês, apesar de me fazer parecer um idiota. Eu não tenho uma ligação sentimental com ela que pode influenciar meu julgamento. Você pode honestamente dizer o mesmo? As mãos de True se abriram. __ Não, mas eu acredito fortemente que você está errado. __ Eu espero que você esteja certo para o seu bem e o dela. Eu odeio ver alguém sem suas tripas, arrancadas por alguma mulher que o levou para um passeio. Vamos concordar em discordar e se comprometer. Ela pode viver com você, desde que seus movimentos e contato com os outros seja restrito, por outro lado, tenho que continuar o inquérito até estar completamente satisfeito de sua culpa ou inocência. __ Isso é justo. __Darkness olhou os dois homens. 194


True assentiu. __ Tudo bem. Não tente levá-la da minha casa. __ Então tome conta dela. Ela não deve ter nenhum contato com o exterior e manter um funcionário do lado de fora continua a ser a norma. __Tim enfiou os polegares nos bolsos da frente da calça cargo. __ Ouvi dizer que você está tentando ajudá-la a provar a sua história. Isso é verdade? __ Sim. Tim olhou ao redor da sala e para todos os novas espécies, sua expressão se suavizou, quase simpática. __ Eu fiz algumas chamadas desde que ela alegou ter contatado a ONS através do site. Não houve sites falsos da NSO quando Drackwood ainda existia. Meus técnicos não têm acesso a emails e mensagens que Homeland recebeu nos últimos tempos, já que Justice insistiu em ser o único espécie a cargo disso. Eles encaminharão para a minha equipe qualquer coisa que precisemos ver. Se ela enviou um e-mail ou deixou uma mensagem, se ela está dizendo a verdade, você pode ser capaz de encontrar para corroborar essa parte de sua história. É um tiro no escuro, mas você está muito empenhado e respeito isso. __ Obrigado. __True retomou seu assento. __ Foi diante de seus oficiai que assumi a execução do site, mas eu estou certo de que você tem backup de tudo que entrou ou saiu da conta de email vinculada ao site. O protocolo é sempre imprimir automaticamente todas as mensagens e comunicações para nós arquivarmos. __ele encolheu os ombros. __ Parece um inferno de papelada que olhar, mas é uma opção. Além disso, ela estava certa sobre os ocultos distribuidores de gás nos alarmes de incêndio em Cornas. A equipe descobriu-os bem onde ela disse. Eles poderiam ter sido disparados acidentalmente enquanto colhiam evidências e alguém podia ter sido morto. Eles foram desativados. __ Vamos para o meu escritório. __Justice sugeriu. __ Eu tenho outro assunto para discutir com você, Tim. O cara fez uma careta abertamente. __ Sim, claro. Vamos acabar logo com isso. Eu gosto de uma boa bronca antes de ir para casa. Eu só geralmente gosto de dar isso. Jeanie assistiu-os sair com sentimentos contraditórios. Ela não estava liberada ainda, mas não seria retirada da casa de True enviada para a prisão. Jinx sorriu abertamente para ela. __ Nós vamos encontrar o seu e-mail ou mensagem que você deixou. 195


__ Nós não cuidávamos do site na época. __Luna disse. __ É uma boa notícia. __ O que é bom sobre isso? __perguntou True, colocando os cotovelos sobre a mesa e apoiou o queixo nas mãos. __ Os seres humanos tiveram acesso a e-mails e mensagens recebidas. Estamos à procura de um ser humano. __Luna explicou. __ Ela está certa. __uma pitada de emoção soava na voz de Query. __ Temos todos os arquivos de todos os humanos que trabalharam para a NSO. É aí que devemos começar. É assim que o agente Brice se conecta a ela. Ele poderia ser o único que recebeu e respondeu e-mails dela ou talvez exista uma cópia da mensagem que saiu. Estão nos mesmos arquivos. __ Por que alguém faria isso se eles trabalhavam para nós? Luna respondeu a pergunta de True. __ Dinheiro. Eu sei que os humanos precisam de dinheiro e o conseguem trabalhando. Seria seu trabalho, quando Espécies assumiram a segurança do site. Trocar informações por dinheiro é um traço muito humano. Jinx rosnou. __ Vamos reunir-nos com a Segurança às primeiras horas da manhã e puxar os registros sobre humanos machos que trabalharam na NSO. Isso pode ser mais rápido do puxar os arquivos dos gabinetes de arquivos que contenham velhos e-mails e cópias de mensagens. __ele olhou para Jeanie. __ Você pode olhar para as fotos. Todos os funcionários têm fotos e informações em nossos computadores. __ Ela pode pesquisá-los até encontrar o homem certo. __Luna assentiu. __ Podemos ter sorte e Brice ser o nome real. Isso não seria ótimo? __ Eu duvido que ele fosse tão estúpido. __True se endireitou na cadeira. __ Pior ainda, e se o humano deu a informação para outra pessoa que não tem um registro? Nenhuma foto, nenhuma identificação? __ Não seja negativo. __retrucou Query. __ Tenhamos esperança. __ Eu só não quero que você fique muito animado que possamos resolver isso rapidamente. __True estudou Jeanie, olhando para baixo no seu lado. __ Eu nunca vou esquecer como você quase morreu. Amanhã pode ser um desafio, você precisa dormir. Muitos humanos trabalharam para a NSO e haverá uma grande quantidade de registros para revisão. __ele encontrou seu olhar. __ Eu vou pedir a Luna para escoltá-la para casa, eu vou estar lá em 196


poucos minutos. Eu preciso fazer algo primeiro. Você se importaria de levar Jeanie para o terceiro andar e esperar com ela até que eu volte, Luna? __ Eu adoraria. __Luna disse feliz. __ Eu vou fazer-lhe um lanche. Eu aprendi na aula básica de primeiros socorros que pessoas feridas precisam comer muitas vezes e beber líquidos. Venha comigo, Jeanie. __ela manobrou em torno da longa mesa. __ Seu nome é tão bonito. Posso chamá-la por ele, não posso? __ É claro. __Jeanie queria saber por que não era True a levá-la de volta para seu apartamento. Ele deu um sorriso duro. __ Vá. Eu estarei lá em breve. “Estou sendo dispensada.” Ela virou-se e forçou um sorriso por causa de Luna. A alta Nova espécie suavemente enganchou o braço no de Jeanie. __ Eu estou muito feliz que você está aqui. Nós podemos nos ver muitas vezes e vamos ser grandes amigas. Jeanie preocupava-se do por que True ficar para trás, mas Luna a distraiu. Calor genuíno curvou seus lábios. __ Eu realmente gosto disso. True correu para bloquear a saída para evitar que qualquer outra pessoa saisse da biblioteca. Ele olhou para ver o quão longe Jeanie estava no corredor, virou-se e fechou as portas. __ O que você está fazendo? __Jinx apontou para as portas. True silenciosamente estimava quanto tempo levaria até que as fêmeas estarem fora do alcance auditivo. __ Há algo mais que você queria discutir? Quatro. Três. Dois. Um. True não avisou o homem antes de seu punho fazer contato. Jinx gemeu dolorosamente enquanto tropeçava para trás, segurando o estômago. __o felino engasgou. __ Que diabos? __ É assim que eu me senti quando você perguntou na minha cara por que não acasalei com Jeanie. __rosnou True. __ Não é agradável ser atacado sem ver chegando. Jinx esfregou a barriga. __ Isso dói. True avançou empurrando o outro homem de volta com o seu peito. __ Não flerte com a minha mulher de novo ou desafie-me na frente dela. O felino ficou boquiaberto. __ Você poderia ter me batido quando eu disse e o irritei, em vez de esperar para retaliar. 197


__ Isso perturba Jeanie, ver-nos lutar. __ele deu a Flirt um olhar irritado. __ Fique longe de minha fêmea também. Flirt manteve distância. __ Ela fez sua escolha. Eu respeito isso. __ Ela não gosta de violência. __True olhou Jinx. __ É por isso que eu esperei até que ela se foi. Eu estou tentando provar que posso ser um bom companheiro, controlando meus instintos. __ Você quer dizer seu temperamento. Ele balançou a cabeça. __ Os instintos. Ela é minha. __ Então acasale com ela. __ Eu tentei. Ela não vai fazer isso. __se sentiu frustrado. __ Isso me deixa com raiva. Query sentou-se sobre a mesa. __ Os humanos precisam de mais tempo para pensar, quando se trata de compromisso pra sempre. Eu li que a maioria deles ouvem suas cabeças em vez de seus corações. Eles parecem pensar que cautela é a ordem, já que não confiam em seus instintos. __ Talvez o sexo seja ruim. __Jinx murmurou. True arremeteu,mas o outro homem pulou para fora do caminho, colocando alguns machos entre eles. __ Foi uma brincadeira! Calma. True rosnou, debatendo se ele deveria simplesmente atirar os dois homens de lado e socar Jinx. __ Merda. É isso? __Jinx empalideceu. __ Eu sinto muito. Eu esqueci que não foram utilizados na Mercile para experimentos de reprodução, só uma vez. Eu compartilhei sexo com algumas mulheres desde que você ficou livre. Ela é sua primeira humana? Eu posso lhe dar conselhos, se você precisar de algum. Eu compartilhei sexo com um monte delas, você só precisa ser mais gentil e tentar manter-se em silêncio. Os machos humanos não são vocais para mostrar sua apreciação, as fêmeas podem achar que é alarmante se rosnar. __ Cala a boca, Jinx. Você está perto de começar uma briga se você continuar falando sobre isso. __Query levantou-se e se aproximou de True lentamente. Ele parou a alguns metros de distância, com uma expressão sombria. __ É uma coisa humana. Não leve para o lado pessoal. Tenho certeza 198


que você fez todo o possível para mostrar a ela que você seria um bom companheiro. Eu pude ver como você se sente sobre ela. Basta dar-lhe um pouco mais de tempo e tenho certeza que ela vai concordar em assinar os papéis. Eu também vejo o jeito que ela olha para você e assim que faz Jinx. É por isso que ele está sendo um idiota. Ele está atraído por ela, mas é claro que você é seu macho. __ Não há necessidade de esfregar na minha cara. __Jinx saiu de trás dos machos e se sentou em uma cadeira dura. Ele franziu a testa e olhou True. __ Eu só quero ter certeza de que ela está protegida. Não importaria se encontrássemos o humano que a usou ou não se ela fosse uma companheira. A lei Espécie diz que ela estaria isenta de ser processada. Há uma chance de que ele não era um empregado fingindo ser esse agente. Ele poderia ter vendido as informações para alguém ou dado a um inimigo como vingança se sentiu-se menosprezado pela ONS. __ Eu tentei explicar por que ela deve ser minha companheira e como isso iria protegê-la. __ O que ela disse? __Query arqueou uma sobrancelha. __ Ela não disse que sim. Esse é o problema. É frustrante. __ele segurou o olhar de Jinx. __ Então, é abster-se de me desafiar e se alisar na frente dela, Jinx. __ Eu não me alisei! __ Você fez. __Flirt soltou os braços e estufou o peito. __ Olhe para os meus músculos. __uma mão levantou e ele mexeu os dedos. __ A mão funciona perfeitamente para tocar. __ele virou-a e abriu. __ Eu sei que ela trabalhou com os médicos e você tinha que ter certeza que ela lembrou-se de que já se preocupava com você. A maneira como você se inclinou sobre a mesa para encarar True foi só para parecer maior que ele, em uma tentativa de chamar a atenção dela. __ Eu vou quebrar a sua cara. __Jinx ameaçou. __ Continue me insultando e vamos lutar. __ Basta! __ Consulta olhou para eles. __ Pelo menos meu nome não é Flirt. __Jinx caçoou. __ Você é o único que se envaidece o suficiente para usar o título e você realmente lutou com ele na frente de Shiver.

199


__ Eu sou apenas amigável. Você é um desajeitado! Você deve ser o espécie mais descoordenado vivo. __ Eu escolhi meu nome, porque é má sorte me deixar com raiva. Você quer que eu prove isso? True pigarreou. __ Eu preciso voltar para Jeanie. __ele olhou ao redor da sala, olhando para todos os homens. __ Jeanie é minha. Eu não vou bater em você na frente dela, mas haverá represálias se você tentar me desafiar pelo seu interesse. __ele olhou diretamente para Jinx, e depois para Flirt. Fui claro? __ Perfeitamente. __respondeu Query. __ Vá para a sua mulher e seja paciente. True assentiu. __ Obrigada por ajudá-la. Nós vamos encontrá-lo logo após o primeiro turno começar. Ele girou, marchou até as portas duplas e abriu-as. Ele ouviu Flirt e Jinx trocarem mais uma rodada de insultos antes de um deles rosnar e uma cadeira cair no chão. Sentiu satisfação que eles sofreriam as conseqüências de serem atingidos várias vezes, já que a ele foi negado esse prazer. Jeanie notaria sangue em suas articulações se ele entrasse em outra luta. Seu humor desapareceu quando ele saiu do elevador no terceiro andar e viu o oficial no corredor. Ele caminhou pelo corredor, sem vontade de ter outra discussão com o macho. Ele precisava convencer Jeanie ser sua companheira. Seu futuro não poderia depender deles serem capaz de identificar o humano que fingiu ser um agente. Ela significava muito para ele. Havia uma chance de que ela quisesse retornar ao mundo humano se fosse inocentada de todas as acusações. Isso fez seu peito doer. Ele não podia perder Jeanie para sempre. Jeanie se sentou no sofá, quando ele fechou a porta atrás de si. Ele olhou em volta e inalou. Não havia nenhuma visão ou cheiro de Luna. __ Ela não ficou? __ Eu queria alguns minutos a sós com você. Ele ficou tenso, tornando-se automaticamente desconfiado e olhou para a parede, onde um telefone devia estar. Não havia um. Flame não havia transferido a linha ainda. A tensão drenou para fora dele quando aproximou-se dela, certo de que ela não tinha tentado entrar em contato com o mundo lá fora. __ Você está bem? Seu sorriso não alcançou seus olhos. __ Estou um pouco cansada. 200


__ Será que você quer comer? __ Não. Estou sem fome. Agachou-se, os joelhos se espalharam para deixá-la entre eles, e agarrou os lados do sofá com as coxas. __ Você precisa dormir. __ele olhou para baixo e desejou que ela precisasse de sexo em vez de sono. Seu pau endureceu em resposta ao seu perfume feminino e sua proximidade. __ Nós vamos para a cama. Ela estendeu a mão e sua palma pairou perto de seu rosto, mas ela não fez contato. __ Vamos. __ele insistiu. Seu toque era leve quando ela acariciou seu rosto. __ Você é tão bom para mim. “Eu gostaria de ser muito melhor.” Pensamentos de despi-la povoaram sua mente até que ele teve que colocar os joelhos no chão de tão justa que a frente de sua calça estava. A posição agachada não era confortável. __ Por que você estava triste antes? Vi sua a emoção. __ela desviou o olhar, obviamente descontente com o assunto. __ Jeanie? __sua voz ficou rouca. __ Não evite minhas perguntas. __ele se inclinou mais perto. __ Eu não vou a qualquer lugar ou permitir que afastar-se até que você seja honesta. Não morda seu lábio inferior. Você faz isso quando está indecisa, mas não há escolha. Fale. Ela encontrou seu olhar. __ Eu odeio que você sempre tem que me defender e que você tenha que brigar com outro Nova espécie. Você entrou numa briga com seu amigo por minha causa. Eu me sinto culpada, ok? Tudo que eu sempre quis para você era uma vida feliz, mas estou desandando tudo. O coração dela era doce. Gostava que fosse assim. __ Estou feliz e espécies machos são agressivos. Eu lutei antes e acontecerá novamente. Somos assim. Seus dedos deslizaram em seu cabelo. __ Tivemos que mudar para um novo apartamento. Exatamente quantas vezes você já teve que fazer isso antes de eu entrar na sua vida? A sensação de unhas arranhando levemente seu couro cabeludo o excitava ainda mais. Era um lembrete de como se sentia quando elas deslizavam para baixo em suas costas enquanto ele estava dentro dela. __ 201


Nunca, mas os homens não costumavam visitar-me. Nós nos encontramos lá embaixo ou em outros locais. Ele entrou na minha casa à procura briga e encontrou uma. __ Alguma vez você trocou socos com Flirt antes? __ Sim. Eu treino com muitos homens. __ Você sabe o que quero dizer. Nós resolvemos as divergências às vezes com gestos físicos. Está em nossa natureza. __um novo pensamento ocorreu-lhe, uma possível razão pela qual ela se recusava em ser sua companheira. __ Você está com medo de que eu a machuque? Eu nunca o faria. __ele olhou para baixo em seu corpo, horrorizado com a idéia. Havia um monte de maneiras que ele queria tocá-la, mas só seria para dar-lhe prazer. Ele olhou profundamente em seus olhos. __ Eu dou minha palavra. Mesmo furioso eu juro que nunca iria lhe causar dor. Sentou-se chegando perto o suficiente para que sua respiração profunda pressionasse seu peito contra o dela. __ Eu sei que, é verdade. Você tinha todas as razões do mundo para me atacár quando estávamos em Drackwood, mas você nunca o fez. Você poderia ter me machucado, se quisesse. Eu sempre ignorei os protocolos de segurança quando entrava em sua cela. Jeanie tinha a habilidade de derreter toda a frieza que ele que tinha construído dentro dele. __ Por que você confiava em mim, se você estava ciente do perigo? __ Eu só queria estar mais perto de você. __sua voz suavizou quando ela levantou a outra mão para colocá-la sobre seu coração. __ Eu não pude resistir. E não pode resistir nem quando ele fechou a distância entre eles e tomou posse de sua boca. Seus lábios macios se separaram em boas-vindas enquanto a beijava. Ele passou um braço em volta da cintura para puxá-la firmemente contra seu corpo. O desejo de levá-la para a cama dele era forte, mas ele resistiu, tentando ser lento. True deslizou seu polegar na parte de trás da calça dela, enganchou-o, e levantou-se do sofá apoiando com seu outro braço. Ela suspirou contra sua língua, mas não protestou. Ele não esperou mais e começou a rasgar as calças dela por suas pernas para libertá-la do material. Ele teve que se afastar do sofá para fazer isso, mas alcançou seu objetivo de deixá-la nua, ela ajudou agitando e chutando as pernas livres. 202


Ele se recusou a parar de beijá-la enquanto ele abaixava-a para as almofadas macias. Beijá-la era incrível, mas ele precisava de mais... quando ele se separou e engasgou no ar. Ele estudou suas feições coradas. Seus belos olhos se abriram e ela olhou para ele. __ Recoste-se. __ele exigiu. Ela fez isso, para sua alegria. Seu olhar baixou e ele odiou a camiseta solta cobrindo o colo. Suas pálidas coxas estavam expostas, mas ele queria ver cada centímetro de seu corpo notável. Esperava que ela não percebesse que seu toque não era tão suave como deveria ser quando ele agarrou o algodão e puxou. Seus braços subiram para ajudá-lo. True jogou a camiseta do lado e suas mãos agarraram suas coxas. Jeanie engasgou quando ele levantou, manipulando seu corpo facilmente, deslizando sua bunda para a borda do assento. Ele abriu suas pernas, expondo seu sexo para ele. Ela não estava molhada o suficiente para tomá-lo, mas estaria em breve. True desceu até seu rosto estar onde ele mais desejava. O som surpreso que ela fez deveria abrandá-lo, mas estava muito decidido pelo seu aroma. Ela era tudo de bom para ele... e sua boca se abriu e ele prendeu os lábios em torno de seu clitóris. Ele chupou, lambeu, e rosnou de prazer quando as mãos dela se emaranharam em seus cabelos. Ele não se importava se a chocou ou mesmo se ela tentou puxá-lo para longe... tinha que ter Jeanie. Gemidos suaves encheram seus ouvidos e ela acariciou-lhe em vez de tentar empurrá-lo. Ele se aninhou mais apertado, as coxas dela apertando um pouco contra suas bochechas. Divertia-o que ela acreditava que era forte o suficiente para distraí-lo. Ele rosnou de novo, mais alto, sabendo o que iria fazer no sensível feixe de nervos que ele acariciava. As fêmeas amavam isso e Jeanie respondeu esfregando sua vagina contra sua boca. True. __ela arquejou. __ Oh, sim. Deus. Não pare. Ele não ia. Nada poderia mantê-lo longe dela. Seu gosto enlouquecia-o, seu pau estava duro como pedra e o desejo de montá-la crescia mais forte a cada segundo que passava. Os dedos dela seguravam seus cabelos e ela respirou alto. Seu clitóris estava duro, inchado, e ele sabia que ela estava prestes a gozar. Ele aplicou mais pressão com a língua, esfregando furiosamente contra o local que ele sabia que ela gostava mais. Ele teve de agarrar seus quadris em vez de suas coxas quando ela começou a resistir quase escapando de suas carícias. Ele pressionou para baixo, prendendo-a debaixo dele e atacou-a com a ponta da língua. Jeanie gozou gritando seu nome e True apreciou cada tremor de seu corpo enquanto desacelerava suas lambidas, saboreando a forma que o prazer inundou seu corpo. Ele tinha dado a ela e agora era a vez dele. 203


Ele afastou-se levantando o suficiente para ver seu rosto. Seus lábios estavam entreabertos, os olhos fechados e o suor brilhando sobre seus lábios e testa. Jeanie estava tão atraente para ele, a cena mais sensual ele já tinha contemplado. Ele soltou seus quadris para segurar a frente de suas calças. Foi uma maravilha não precisar rasgar para deixar seu pênis livre. Ele saltou para fora assim que ele abaixou o ziper, sentia-se pesado e dolorido. As fêmeas precisavam de um pouco de tempo para se recuperar, mas ele simplesmente não conseguia dar-lhe qualquer tempo. A necessidade de estar dentro dela era muito forte. True pegou um de seus tornozelos e levantou-o, descansando a perna contra seu peito. Espalhou-a o suficiente para posicionar seus quadris. A ampla ponta do seu pau roçou a pele lisa da boceta molhada e ele empurrou, abrindo-a. Ela estava apertada, quente, e ele cerrou os dentes para conter um grito quando ele penetrou em seu acolhedor interior. Teria sido suficiente apenas entrar e sair dela, mas ele a penetrou com cuidado, deslizando um centímetro de cada vez, até que ele a encheu completamente. Ele ficou ali por um momento, os músculos dentro dela ainda trêmulos, e gostava dos ruídos suaves que ela fazia. __ Olhe para mim. Seus olhos se abriram e ela olhou para ele... o olhar de uma mulher ainda no auge da paixão. Ele retirou seu pau um pouco, amando como sua vagina parecia agarrar-se a ele, resistindo em libertá-lo. Ele retirou-se até que apenas a cabeça ficou dentro dela e num movimento rápido... enterrou-se profundamente dentro dela. Seus lábios se separaram e ela gemeu. Retirou-se lentamente, impulsionou para frente rapidamente, e manteve esse ritmo constante até que sua respiração ficou agitada. Ele sabia que ela estava prestes a gozar novamente. Os músculos de sua vagina apertaram-no quase dolorosamente. Seus quadris se moviam rápido contra ele, pedindo que se juntasse a ela. Ele estendeu a mão entre eles, deslizando até seu clitóris pressionando-o com os dedos. Jeanie gritou seu nome enquanto ele esfregavaa ali, sabendo que o estímulo adicional faria seu clímax mais poderoso. As unhas dela cravaram-se em seus braços enquanto ela se agarrava a ele. __ True. __ela implorou. __ Oh merda. Deus. Eu vou... Ele sabia exatamente o que sentia e o que ela queria dizer. Ele queria explodir, enchê-la com sua semente, chegar ao céu. Jeanie era dele. Seu céu na Terra, contido dentro do pequeno corpo feminino. Que ele encontrou enquanto batia seus quadris contra suas coxas separadas, compartilhando toda sua paixão violentamente. Ela parou de respirar, segurando o ar nos pulmões, os olhos fechados enquanto ela jogava a cabeça para trás. True viu seu rosto quando ela chgou ao orgasmo, sentia-a do lado de dentro, e se perdeu totalmente nela quando 204


seu próprio prazer tomou conta. Penetrou-a até que esvaziou tudo o que tinha dentro dela. __ Seja minha companheira. __ele arquejou. __ Diga sim. __Jeanie não respondeu. Demorou alguns segundos para perceber que ele rosnou frustrado. __ Jeanie? Diga que você vai ser minha companheira. __ Isso não é justo. __finalmente saiu. Seus olhos se abriram e ela franziu a testa. __ Não me pergunte isso depois de atordoar minha mente.

Capítulo Quatorze True andava entre a cozinha e a porta do quarto, mais do que ciente que Jeanie observava cada movimento seu. Sua recusa em aceitar ser sua companheira o frustrava e deixava-o irritado. Ele não podia entender por que ela não parava de dizer não. Ele fez uma pausa, pegando seu olhar. __ Eu poderia te fazer feliz. __ Eu sei que você poderia. Eu estou mais preocupada com o inverso. Sua resposta surpreendeu-o. __ Você já me faz feliz. Ela protegeu seu corpo com sua camiseta, cobrindo os seios e colo. __ Há muito mais para ser feliz, em longo prazo, True. Não devemos fazer esse tipo de compromisso ainda. Query o avisou que ela iria precisar de mais tempo e que os humanos tinham que pensar muito em vez de confiar em seus instintos. Ele tinha certeza de que queria Jeanie como sua companheira, mas ela obviamente tinha dúvidas. Era preciso paciência, mas ele não tinha essa habilidade quando gozava nela. Ele retomou a estimulação. Ajudava acalmar seu temperamento. __ Você vai furar o tapete. __alertou. Ele não sabia se isso era possível, mas não se importou. __ Você está chateado. Fale comigo. Por favor?

205


Ele parou. __ Você percebe que o humano que leu seu e-mail ou recebeu sua mensagem pode não ser aquele que fingia trabalhar para a NSO? Tim e suas equipes não vão deixar passar isso. Ele quer mandá-la para a prisão por algo que eu sei que você não fez. Você não vai sobreviver por muito tempo lá, Jeanie. É um lugar duro. O sexo que compartilhamos é muito bom e tudo que você tem a fazer é assinar os papéis para se tornar minha companheira. Isso fará de você um funcionário Nova Espécie, com os mesmos direitos e proteções que eu tenho. Jeanie desejava poder dizer que sim, mas era mais sábio esperar o que True sabia sobre relacionamentos? Ele sabia sobre sofrimento e dificuldades, ela podia apostar que ele tinha pouca ou nenhuma experiência com namoro. Sexo maravilhoso não era a melhor base para fundamentar um compromisso vitalício. Ela o amava, mas ele não estava apaixonado por ela. Gratidão por ter salvado sua vida, não era suficiente, nem a forte atração física que compartilhavam. Só o tempo iria dizer se ele poderia se apaixonar por ela. __ Eu não posso me tornar sua companheira só porque você quer me proteger. Eu realmente aprecio a oferta, True. O acasalamento é para sempre, então não é uma escolha a fazer até que nós dois estejamos absolutamente certos de que é pelas razões certas. Você é um homem maravilhoso por oferecer para fazer isso, mas não posso permitir que você faça esse sacrifício. Ele rosnou, respirando com dificuldade. __ Então você só vai aceitar que eu partilhe sexo com você? Isso é tudo que você quer de mim? __ Você faz parecer sujo. __seu temperamento estava inflamando. __ Como se trata apenas de sexo. Sua expressão escureceu e seus lábios repuxaram para trás para revelar seus dentes afiados. Ele abaixou-se e puxou-a em pé. A camiseta que ela estava usando com um puxão no chão entre eles, deixando-a exposta e vulnerável. Ele firmemente agarrou seu braço, mas não machucou-a, independentemente da raiva clara que ele expressava. __ O sexo entre nós é o melhor. Por que não é o suficiente para convencê-la de que eu seria o parceiro ideal para você? Você acredita Flirt ou Jinx seria melhor nisso do que eu sou? É essa a razão pela qual você me recusa? Talvez deseje compartilhar sexo com eles para comparar-nos antes que você possa tomar uma decisão? É essa a escolha que você fala? Ela se esqueceu que estava nua, e que ele se elevava sobre ela, olhando ameaçadoramente feroz. Suas acusações eram uma bofetada verbal. __ Eu não acredito que você disse isso. 206


__ Você não está negando isso. __ Eu não deveria ter que negar. Você está sendo completamente irracional. O que está errado com você? Como poderia ainda achar isso? Ele rosnou e deu um passo para trás, soltando-a. __ Você não quer se acasalar comigo e isso me deixa louco. __ Eu quero ser racional. __ Não posso ser, é isso que você está dizendo? Você acha que o meu lado animal me impede de ser racional? Você não se importa em ter um animal em sua cama, mas não como companheiro? __ Não coloque palavras na minha boca. __os sentimentos de Jeanie estavam destroçados. __ Você está fora de linha. Eu não considero você como um animal. Você é um homem. Ele se apoiou mais longe. __ Sou Espécie, Jeanie. Os seus homens humanos têm dentes afiados? Será que eles se parecem comigo? Você não me vê como o que eu sou? __ Eu vejo que você está sendo um idiota. Você está me insultando e isso está me irritando. Eu não poderia me importar menos sobre o seu DNA misturado ou seus dentes afiados. Desculpe-me por ter levado esta coisa de companheiro a sério e não saltar para algo que pode se arrepender no futuro. __ Arrependimento? __ Sim. Você sabe acordar um dia e perceber que se acasalar foi um erro. Poderia acontecer. Poderíamos acabar odiando um ao outro. Sua expressão fechada e toda a emoção desapareceram atrás de uma máscara fria. __ Eu tenho que fazer algo. Há um policial do lado de fora, se você precisar de alguma coisa. Ela não podia acreditar que ele planejava sair. __ Nós estamos discutindo e você está indo embora no meio da discussão? Suas mãos se apertaram dos lados. __ Sim. E está tomando cada gota do meu controle fazer isso. Preciso colocar espaço entre nós agora. Ele virou-se, caminhando em direção à porta da frente. Ela correu atrás dele e agarrou seu braço. Provavelmente não era a coisa mais inteligente a 207


fazer, mas ela não queria que ele saísse. Eles precisavam resolver as coisas e ela não entendia por que ele explodiu em fúria. __ True! Espere. Ele parou abruptamente e ela realmente bateu em suas costas. Ele virou a cabeça, olhando para ela. "Deixe-me ir, Jeanie. A gravidade do seu pedido não passou desapercebido por ela. A raiva brilhou em seus belos olhos e ele lançou-lhe um olhar mortal, mas ela não estava com medo. __ Eu não quero brigar com você. Por que está tão zangado? Ele parecia muito perturbado. __ Eu estou sendo irracional. Sinto muito. Eu não quero que você me odeie. Ele virou-se para encará-la, torcendo o pulso suficiente para quebrar a conexão com sua mão. __ Eu não posso. Estou confuso. Você só... __explodiu. Ele lentamente inalou então exalou, como se isso o acalmasse. __ Eu sei disso. Ninguém me afeta como você faz, Jeanie. Eu preciso de espaço para me acalmar e corrida me ajuda a pensar. Você continua se recusando a acasalar comigo. Dói. Eu vou estar de volta logo. Ele girou sobre os calcanhares e abriu a porta. Você não está de sapatos ou de camiseta. __ela tentou com um último esforço para mantê-lo no apartamento. __ Eu não preciso deles. __ele nem sequer olhou para trás antes de ir e a porta se fechou atrás dele.

*****

True tomou um gole de refrigerante e Darkness severamente o vigiou. __ Eu vim aqui para esfriar a cabeça. O homem suspirou. __ As fêmeas são complicadas. Eu sabia que alguma coisa tinha acontecido quando eu te vi entrar no bar tão pouco vestido. __ele olhou para o peito nu de True. __ Nós não necessitamos de sapatos ou camisas em casa, mas a maioria de nós prefere estar completamente vestido em público. __ Eu peço desculpas. __ele tomou outro gole e colocou na mesa. __ Eu deveria voltar. Eu fiz acusações que não deveria ter feito. __ Você tem dúvidas sobre a sua história? 208


__ Não. Estou inseguro. Eu só fui levado a fêmea uma vez na Mercile, nunca em Drackwood, depois que eles descobriram que tenho uma baixa contagem de espermatozóides. Minha experiência com fêmeas é limitada. Flirt e Jinx gostam da minha Jeanie e ambos foram freqüentemente usados em experimentos de reprodução e são muito amigáveis com as nossas mulheres, desde que foram libertados. Talvez se eu fosse mais qualificado eu poderia convencê-la a ser a minha companheira. __machucou seu orgulho admitir isso, mas Darkness era um homem com quem sentia confortável falando de seu problema. __ Eu permiti uma discussão com ela. Ele fez uma careta. __ Você não disse a ela essas coisas, não é? __ Eu perguntei se ela queria compartilhar sexo com Flirt e Jinx a fim de fazer uma escolha. __ Merda. __o homem se inclinou para trás em sua cadeira. __ Deixeme dizer uma coisa, True. Sou muito hábil. __ele olhou ao redor e, em seguida, sustentou o olhar e falou com sua voz baixa. __ Esta informação permanece entre nós. Você sabe que eu fui tirado da Mercile para outras experiências, porque eles queriam ver como agiríamos em um ambiente militar. Eu e um punhado de outros machos fomos enviados para sermos treinados pelo o que os humanos chamam de mercenários. Eles eram seres humanos sem coração, sem honra. Uma das coisas que aprendi, além de como matar por padrões humanos foi a forma de interrogar de forma eficaz as informações de um participante relutante. Eles trouxeram uma mulher que me mostrou as formas mais eficazes para obter informações de outras fêmeas. __ele fez uma pausa. __ Como aterrorizar uma mulher usando ameaças sexuais ou por sedução forçada. A verdadeira mágoa para o sexo masculino. __ Eles fizeram você machucar mulheres? __ Esta mulher... __seu tom se tornou rouco e ele baixou o olhar para sua bebida. __ Ela era mais fria do que o gelo no meu copo. Primeiro, ela me mostrou o que era capaz de fazer e então eu estava condenado a virar o jogo com o macho humano no comando. Tipo aluno superando o professor. __ele olhou para cima, em seguida, seus olhos escuros parecendo assombrados. __ Ela merecia isso pelas coisas cruéis que ela tinha feito comigo, mas me disseram para matá-la no final. __ Essa é a mulher que você falou? Darkness hesitou por um longo momento. __ O comandante encarregado do projeto havia contratado-a para ensina-me e os outros machos da espécie como usar o sexo contra as mulheres. Esse era o seu propósito e ela 209


fez bem o seu trabalho. Eu poderia forçar uma mulher a ficar disposta a me pedir para transar com ela até o final de minha formação e confessar até mesmo um crime que não cometera. O comandante então ordenou-me que usasse esse conhecimento para obter informações dela. Ela estava mentindo para o comandante e tramando alguma coisa ruim. Mercenários matam outros que traem a sua confiança. Eles exigiram que eu a matasse. __ Você fez isso? True não podia compreender tal ato, especialmente tirar a vida de uma mulher que ele tinha com quem ele partilhara sexo. __ Eu fiz. __Darkness confirmou. __ Seu plano teria prejudicado os outros machos da espécie. Eu protegi-os de serem usados por ela. __ele segurou seu olhar. __ Meu ponto é que eu seria um mau companheiro para qualquer mulher independente das minhas habilidades de sedução. Você tem coração, True. Eu não. O meu foi arrancado há muito tempo e danificado além do reparo. Isso é o que você tem para oferecer a sua fêmea. Vá para casa para ela e diga o quanto ela significa para você. Isso é o que as mulheres mais valorizam. True assistiu o homem ficar em pé, esquivando-se de outras espécies, ao sair do bar. Ele ficou de pé e seguiu-o para fora. Darkness se foi no momento em que chegou à rua. Ele correu de volta para o dormitório dos homens com planos para contar a Jeanie que ela era o seu coração. Ele podia melhorar suas habilidades como amante, mas ele não podia viver sem ela.

*****

A nudez de Jeanie tinha finalmente a incomodou e entrou no quarto para pegar uma das camisetas de True na cômoda. A camiseta estava mais para vestido curto do que um top. Depois de uma pesquisa rápida, ela encontrou shorts com cordão em uma gaveta de baixo e vestiu. Ela sentou-se cama, atordoada com a saída abrupta de True. Dói. Suas palavras continuavam martelando em sua cabeça. True a acusara de querer dormir com outros homens, a fim de compará-los, como se fosse uma competição sexual para decidir com quem ela queria estabelecer-se. Isso era ciúme irracional. Lentamente ocorreu-lhe que ele poderia sentir muito mais do que ela já suspeitava. “É possível que ele me ame?” Sua freqüência cardíaca aumentou. “Se encaixaria...” Ela realmente desejava que ele não tivesse saído. Eles precisavam sentar e discutir os seus sentimentos. A perspectiva dele corresponder ao seu amor a fez impaciente para ele voltar. Ela caminhou pelo quarto, finalmente, saiu do quarto, e entrou em sua cozinha para fazer um lanche. O tempo passando. “Onde ele foi correr? Em torno de toda a propriedade da Pátria?” Era muito grande. Ele tinha ido há quase uma 210


hora. Ela decidiu deitar-se até que ele voltasse. A campainha tocou. Ela correu para a porta, esperando que fosse ele. Ele não tinha levado seu cartão com ele e pode ter pensado que ela trancou a porta. Os altos Novas Espécies de pé tinham a mesma expressão sombria. __ Ms. Shiver, estes dois homens vieram vê-la. Ele se afastou e dois homens de uniforme bloquearam a porta. Ambos eram humanos, tinham uns vinte e tantos anos e eram grandes. __ O quê? __ Olá, Sra. Shiver. __aquele de cabelos escuros com os olhos castanhos mortais falou. __ Você está sendo transferida para a Fuller. Por favor, venha com a gente. __ Não lute. __o homem loiro avisou. __ Seria inútil. Ela tropeçou para trás, sacudindo a cabeça. __ Não. Eu não vou ser enviada para lá. __ela pegou na porta, tentando fechá-la. Um deles empurrou-a aberta, entrando no apartamento de True. __ Temos a papelada. Você vai ser transferida para Fuller imediatamente. __ Não! __ela pulou, tentando colocar o sofá entre ela e eles. __ True disse que eu poderia ficar aqui. __ela chamou a atenção do nova espécie. __ Onde está True verdade? Chame-o. __ Eu não sei onde ele está. __o macho da espécie ficou perto da porta. __ A papelada está em ordem. Não lute contra eles, fêmea. Você não vai ser prejudicada. Os dois humanos uniformizados se separaram, circulando o sofá para alcançá-la. O pânico alastrou através de Jeanie. __ Fique longe de mim. Eu estou vivendo com True. __ Ela não podia e não iria acreditar que ele tinha mudado de idéia só porque ela se recusou a acasalar-se. Ele não iria mandá-la para um lugar que ele disse que ela nunca iria sobreviver. __ Eu quero True. Encontrem True! __ela implorou freneticamente para o guarda nova espécie. __ Mantenha-os longe de mim até True voltar. Eu não acho que ele sabe sobre isso e ele não vai querer que eu vá. __ Espere. __o espécies ordenou, pegando seu celular. __ Deixe-me chamar o homem em primeiro lugar. O homem loiro enfiou a mão no colete e retirou uma arma. Jeanie assistiu com horror quando ele girou e atirou no policial. A arma fez um som suave. Uma pequena coisa vermelha estava 211


embutida no braço do nova espécie. Ele olhou para ela, seus olhos se arregalaram de surpresa e ele rosnou antes lançando-se para frente para cair sobre o tapete, de barriga para baixo. Jeanie estava atordoada, levou um segundo para processar o que tinha acontecido e lhe custou caro. O homem de cabelos escuros estava em cima dela antes que ela pudesse gritar. Um braço envolveu em torno de sua garganta em um estrangulamento e ele girou aplicando pressão suficiente para tornar a respiração impossível. Ela resistiu em seu terror. O loiro apontou a arma para ela. __ Não. __o que a segurava ordenou. __ Use a injeção. Temos ordens para levá-la até a Fuller viva. Eles querem interrogá-la e esses dardos são muito fortes para alguém do tamanho dela. Ela teria overdose. O aperto em torno de sua garganta diminuiu apenas para ela sugar o ar. As lágrimas encheram seus olhos enquanto ela arranhava o braço que segurava-a, mas não conseguiu fazê-lo soltá-la. O loiro empurrou a arma entre o colete e camisa, escondendo-a de forma eficaz. Ele enfiou a mão no bolso em sua coxa e pegou uma seringa. O loiro usou os dentes para arrancar a tampa e espetou a agulha no braço dela. Ela tentou gritar, mas o braço apertado em torno de sua garganta, efetivamente silenciou-a. __ Puxe aquele bastardo dentro e tranque a porta. Vamos sair fora pela. Há muitos deles no primeiro andar, alguns deles a conhecem e podem sentir o cheiro dela se tentarmos sair pelos fundos. Você sabe que eles podem farejar uma boceta a quilômetros de distância. O loiro só jogou a seringa no chão e caminhou de volta para a porta. Eles tinham drogado ou matado o guarda em sua porta. Ele agarrou o abatido Nova Espécie por um braço e arrastou para dentro do apartamento. As trancas fizeram um clique metálico macio quando ele fechou a porta. Jeanie caiu contra a pessoa que a segurava, seus pulmões tinham falta de oxigênio. Pintas dançavam diante dela e o desejo de lutar era forte, mas seus membros estavam muito pesados. O braço apertado em torno de sua garganta afrouxou quando ele soltou-a para prendê-lo ao redor de sua cintura. Ela tentou gritar, logo que pode respirar novamente, mas ela simplesmente caiu para frente. A única coisa impedindo-a de bater no chão era o homem segurando-a. __ O médico disse que a droga faria efeito rápido. __ele levantou Jeanie e jogou-a no sofá, se agachou e olhou em seus olhos. __ Ela está com a gente ainda, mas ela não deve ser capaz de se mover muito. Ela piscou, percebendo que mesmo acordada, seu corpo não respondia aos seus comandos. 212


Seus pulmões trabalharam e ela respirou, mas não conseguia sequer levantar a mão quando ele agarrou seu queixo, empurrando a cabeça dela até que ela olhou fixamente em seus olhos. __ Grite. __ele exigiu. Ela não podia nem abrir a boca, estava impotente. O homem de cabelos escuros a soltou sorrindo, aparentemente satisfeito da droga ser eficaz, e se endireitou. Ela pode ver quando ele tirou o colete para revelar um rolo apertado de corda de nylon fina. Ele abordou o loiro. __ Faremos isso rápido. Eu vou levá-la. Assim que nós estivermos na van vou escondê-la sob o banco na parte de trás. Você dirige. Nós praticamos isso. Apenas lembre-se, eles podem cheirar nervosismo e desconfiar de nós ou algo assim quando nos pararem no portão. Entendeu? Não exceda a velocidade até que nós estarmos do lado de fora. __ Eu não sou burro. __ Eu não disse que você era. __o homem de cabelos escuros jogou a corda. __ Vamos. Rápido e silencioso. Jeanie sentiu mal do estômago quando foi levantada e despejada não muito suavemente sobre o ombro do homem. Embora quase completamente curado, seu ferimento palpitava pela pressão brutal. Ele levou-a para o quarto de True e abriu o controle deslizante para a varanda. O loiro bateu contra ela quando passou por eles, seu esbarrão a fez deslizar um pouco. __ Não deixe ela cair. __brincou o loiro. __ Foda-se. Eu não arriscaria minha bunda por nada. Estamos sendo muito bem pagos e ele foi claro que não haveria nenhum dinheiro se a levássemos morta. Ele precisa obter informações importantes dela. A dormência cobriu Jeanie. Sua mente estava alerta, mas seu corpo parecia totalmente amortecido. “True!” Ela silenciosamente gritou seu nome. __ Vamos levá-la completa. Eu quero ser pago e, em seguida, ficar com alguém. Ela tinha que acreditar que True viria por ela. Jeanie rezou silenciosamente que ele chegasse em casa em breve e percebesse o que tinha acontecido. Aquele homem Tim tinha obviamente mentido para True e mandou seqüestrá-la para poder interrogá-la. “True vai me achar.” Tinha que acreditar nisso. 213


*****

O primeiro sinal de que algo estava errado foi quando True saiu do elevador. O guarda não estava no corredor e ele pegou o cheiro fraco de machos humanos. O cheiro de perfume não poderia ser negado. Não o que espécies machos usavam. Foi ofensivo. Ele tentou abrir a porta, mas estava trancada. Ele percebeu que não tinha pegado seu cartão de acesso. Bateu, mas não ouviu nada quando ele se esforçou para ouvir qualquer coisa. Ele recuou seu coração acelerando com medo, e chutou. Seu pé bateu ao lado da fechadura e a madeira lascou, depois quebrou abrindo. A visão de Slash no chão o enfureceu. Ele saltou sobre o homem e olhou ao redor. __ Jeanie? __uma busca rápida na casa revelou que ela não estava e a porta deslizante para a sacada estava escancarada. True correu para a varanda bem a tempo de ver um rosto humano desaparecer ao longo da borda da grade. Ele olhou chocado quando viu um segundo homem no chão abaixo. O mais próximo a ele tinha Jeanie pendurada no ombro. O terror encheu-o ao vê-la na precária posição e aparentando estar desmaiada. Ele deduziu que ela estava inconsciente. O macho podia ter caído e ela era incapaz de sequer se agarrar para evitar uma queda mortal. O braço levantado do humano segurando a corda e o pescoço do homem eram as únicas coisas que impediam Jeanie de deslizar para o chão. True uivou de raiva, incapaz de fazer qualquer outra coisa nos segundos que levou para avaliar a situação. Um homem loiro olhou para cima, com o rosto bem visível nas luzes provenientes do piso inferior e True memorizou seu rosto antes que o homem girou e correu sem o seu parceiro no crime. Ele segurou no corrimão com força e balançou sobre ele, seus pés encontraram o outro lado. Ele estava tentando a agarrar a corda, mas ele temeu que poderia derrubar o macho e fazer Jeanie ser arremessada no chão. Ele virou a cabeça, inclinou-se para trás, e julgou a distância até a varanda do segundo andar. Ele soltou o corrimão para saltar um andar inteiro. A sensação de queda foi desagradável, mas ele conseguiu pegar o trilho de metal para quebrar sua queda. Seus músculos estavam tensos, ele agarrou-se, olhou por cima do ombro, e viu o macho com Jeanie soltar a corda quando chegou ao quintal. True deixou-se cair e torceu no ar. A queda de seis metros poderia machucar, mas ele estava motivado suficiente pela raiva para ter medo de tentar. Ele tinha que salvar Jeanie. Felinos eram melhores para pousar em seus pés, sem causar ferimentos por causa de altura, mas a terra fofa amorteceu-o quando ele bateu no chão agachado. Seu olhar procurou e encontrou o homem que levava sua mulher. Suas mãos apoiaram-se no chão e ele empurrou-se com toda sua 214


força, lançando-se em direção ao macho. Ele queria atacá-lo, mas se recusou a arriscar que Jeanie fosse ferida se ele derrubasse o macho. Levantou-se em frente a ele, virando-se com um grunhido. Ambos os braços foram abertos amplamente para bloquear o macho de passar por ele. __ Solte-a! O homem chegou a um impasse chocante e para evitar apanhar deslizou Jeanie do ombro. True pulou e pegou-a antes que ela caísse no chão. Um olhar para o rosto dela lhe assegurou que estava viva, ele a olhou tomar duas respirações. Ele jogou a cabeça para trás e uivou de raiva. O macho humano cambaleou para trás, freneticamente à procura de uma fuga. “Não haverá nenhuma.” True dobrou-se e gentilmente baixou Jeanie no chão, esticando-a na grama. O humano virou-se e correu para salvar sua vida. Alguém caiu do balcão superior com um grunhido e True virou a cabeça na direção do barulho. Darkness apareceu, o olhar furioso em seu rosto era assustador, mesmo para True. __ Pegue o outro. Este é meu. __True apontou com a cabeça a direção da fuga do macho. __ Em que direção? __Darkness cheirou o ar e sua cabeça voltou-se para a direção que o loiro tomara. __ Não importa. Eu peguei seu cheiro humano. __e ele se foi um instante depois, correndo em perseguição. Mais três homens pousaram no chão, agachando-se nas posições, tendo seguido True pela varanda do andar de cima. Ele olhou para Book, Dagger, e Flirt. __ Cuidem de Jeanie. Ele sabia que ela estaria segura e eles conseguiriam socorro médico. Uma fração de segundo de indecisão rasgou-o, o forte desejo de permanecer ao seu lado ou o desejo ainda mais forte de se vingar do homem que se atreveu a tentar roubá-la dele. A Vingança venceu. Ela estava segura agora, podia encontrar o homem que podia vir atrás dela novamente. Um rosnado escapou de seus lábios entreabertos e ele se desligou. O homem nem sequer chegou à rua antes de True estar sobre ele. Ele pulou em suas costas, seus punhos batendo no homem. Ele se chocou contra a calçada, o humano se chocou com toda a força no concreto. Ossos rangeram. O humano parecia incapaz de fazer qualquer coisa além de lutar para respirar, quando True rolou com ele, levantando-se. O humano sugou ar e gritou. True não sentiu pena da agonia do homem que sofria com seus ferimentos. “Ele tocou Jeanie. Ele poderia ter matado-a se ela escorregasse do ombro caísse para a morte, quando ele decidiu levá-la para fora da varanda.” True se abaixou e cravou seus dedos no ombro do homem, erguendo-o em seus pés instáveis. O homem deu um soco, passando a centímetros do rosto de True, mas o punho deste encontrou seu caminho, 215


estilhaçando a mandíbula do macho. O nojento som de ossos quebrados e pele rasgando, mal foi registrado. Ele não queria apenas ferir o macho. Ele queria perfurá-lo novamente, desta vez na garganta. Ele sabia antes de olhar que o homem estava morto. O corpo caiu quando True soltou seu ombro. Ele olhou o homem morto por um momento, certificando-se que o bastardo nunca mais respirasse. Ele não o faria. Não havia nenhum sentimento de remorso ou mesmo culpa. Ele estava arrependido pelo macho não ter sofrido mais. Ele correu de volta para o dormitório. Os três homens estavam agachados em torno de Jeanie. Ele empurrou Book fora do caminho e acabou de joelhos, se debruçando sobre ela. Seus olhos estavam abertos e ela piscou. Seu nariz queimava enquanto ela respirava. __ Jeanie. __suas mãos tremiam quando ele cuidadosamente estendeu a mão para ela. __ Ela parece drogada ou algo assim. __Flirt sussurrou, claramente abalado também. __ Ela está acordada mas não pode se mover ou falar. O terror deslizou por True. Teve seu pescoço foi quebrado? Ele examinou seu rosto e pescoço para ver se estava ferido, mas não havia nenhum que pudesse ver. Seu olhar se fixou nela. __ Fale comigo. __ele implorou. __ Diga-me o que fizeram com você. Ela piscou, aterrorizada, mostrando em seus olhos arregalados. __ Ela pode piscar. Talvez ela possa ouvir e entender o que dizemos. __Book chegou mais perto. __ Não a mova. O medico está a caminho. Dagger cheirou e gentilmente pegou o braço dela. __ Não toque nela. __True rosnou, empurrando a mão do homem longe. __ Eu cheiro um pouco de sangue. __explicou Dagger. True agachou, examinando-lhe o braço. Ele viu o ferimento imediatamente. A que ele conhecia bem. Uma pequena mancha de sangue marcava o local da injeção. __ Eles a drogaram. Os homens correram ao redor do prédio e True esperava que eles tivessem trazido o Dr. Harris, mas um olhar revelou Jericho e Jinx que vinham em seu auxílio. O grande primata estava ligeiramente sem fôlego quando ele chegou perto. __ Slash foi drogado. Ele ainda está desmaiado. __ele tomou uma respiração profunda e restauradora antes de perguntar: __ Ela está bem? O que podemos fazer aqui? __ele virou a cabeça, olhando para a calçada. __ Entendo que um está morto? 216


__ Sim. Vá atrás do outro macho. Darkness está lá fora sozinho. __True instruíu. Book levantou-se. __ Quem está com Slash? __ Flame e alguns dos outros homens. Eles estão tentando acordá-lo, pois ele parece estar ileso exceto pelo dardo que eles atiraram nele. É mais rápido apenas que levá-lo. __respondeu Jericó e em seguida, virou-se para sustentar o olhar de True. __ Nós devemos fazer o mesmo. Cancelar o médico e levá-la lá nós mesmos. É mais rápido. Você quer que eu a leve? Eu pedi um dos machos para conseguir dois jipes. True estava agachado sobre Jeanie. Ela piscou para ele, o medo ainda aparente em seus olhos, mas ele sabia que era um apelo dirigido a ele. Ele esperava que o seu corpo e os outros machos bloqueassem sua visão da calçada. Ela odiava violência e ver um cadáver poderia causar-lhe mais trauma. __ Você pode me entender, Jeanie? Pisque duas vezes se você puder. __ela piscou duas vezes sucessivamente. __ Você se machucou? Uma para sim, duas para não. __ela piscou duas vezes. A imensa pressão em seu peito ficou mais leve e ele respirou mais fácil. __ Você é capaz se mover ou falar? __ela piscou duas vezes e ele odiou ver lágrimas em seus olhos. Ela deve se sentir impotente, uma emoção que ele entendia, pois ele lutou com ela também. Sua Jeanie tinha sido ferida e ele não estivera ali para protegê-la quando esses humanos tinham enfiado uma agulha em seu braço. __ Está tudo bem se eu levantá-la e levá-lo para um jipe? __ela piscou uma vez. Ele gentilmente colocou uma das mãos sob as coxas dela e com a outra ele segurou suas costas e pescoço, ele levantou-a nos braços. Mãos fortes agarraram-no sob seus braços e o ajudaram a levantar-se. Os outros espécies assistindo. Seu peso leve contra seu peito só aumentou a consciência de sua fragilidade. __ Vamos. __ele não parava de olhar para o rosto dela, à procura de qualquer sinal de alarme em seus olhos enquanto ele rapidamente caminhou ao redor do edifício. Dois jipes estavam esperando. Flame e outro homem já tinha o Slash no banco de trás de um dos veículos. Eles apoiaram o homem drogado entre seus corpos. Outro homem saltou para o banco do condutor e acelerou. Jericó tomou o assento do motorista do segundo Jipe. __ Eles estão nos esperando no Centro Medico. __ele tinha de alguma forma, conseguiu agarrar um dos microfones que os segurança usavam e estava entrando em contato com eles. Ele estendeu a mão e tocou o dispositivo. __ Estamos entrando com ela. 217


True ajuda de Jinx e Flirt enquanto subia no banco de trás do jipe. Dagger pulou atrás e usou a seção de carga para agachar-se, ficando atrás do assento. __ Acho melhor usar o cinto de segurança. Mexam-se, Jericó aperte o pedal do acelerador! O Jipe avançou quando o primata acelerou. True olhou Jeanie, que olhava fixamente para ele. __ Eu sinto muito. __ele murmurou. __ Eu não deveria ter deixado você. __a tristeza em seus olhos expressivos não podia ser negada. __ Mais rápido. __ exigiu, olhando para longe dela. Parecia demorar uma eternidade para chegar ao prédio. Houve uma enxurrada de atividades e o Dr. Harris mais velho e Darkness já estavam do lado de fora com uma maca. True ignorou enquanto saia do jipe com sua preciosa carga. __ Qual é o quarto? __ Três. __Midnight disse, com a voz mais profunda do que o normal, mostrando stress. __ Nós recuperamos a seringa e o dardo. Temos alguém tentando identificar que drogas foram dadas. Ele não deu a mínima. Ele só queria que desse tudo certo para Jeanie. Ele correu pelo corredor e deitou-a na cama da sala de exame três, com Dr. Harris e Paul seguindo de perto. __ Deixe, True. Nós vamos fazer de tudo para ela. Ainda vai levar horas para que a droga saia de seu sistema. __o Dr. Harris sacou uma pequena lanterna e se inclinou sobre Jeanie, estudando seus olhos. __ Foda-se. __ele não ia a lugar nenhum. O Dr. Harris murmurou uma maldição suave e segurou o pulso de Jeanie, tomando-lhe o pulso. __ Firme, mas lento. __anunciou após longos segundos. __ Eu vou ligá-la a um monitor. Sua respiração está lenta também. Eu vou precisar... True ficou atento a voz do homem enquanto ele andou ao redor da cama até a cabeça de Jeanie. Seu olhar buscou o seu e ele se inclinou para baixo. __ Eu vou ficar aqui. __ele murmurou. __ True? __uma mão suave tocou o braço dele. 218


Ele olhou para Breeze. __ Justice quer vê-lo. O outro homem não foi encontrado. __ela falou lentamente, suavemente, cada palavra com cuidado. __ Eu sei que você está muito chateado agora. Nós todos estamos. Você não pode fazer nada por ela aqui. Darkness vai ficar com ela, ok? Você viu o outro humano o suficiente para identificá-lo? Isso é importante. Precisamos de todos os que o viram. Quanto mais rápido nós o identificar, mais rápido acaba. Ele ficou tentado a dizer não, esperando que isso significasse que ele não precisava sair do lado de Jeanie. Ele queria pegar o bastardo, no entanto. __ Sim. Eu vi seu rosto. __ Mais detalhes estão chegando. __ela usou a mão livre para apontar para seu fone de ouvido. __ Achamos que eles vieram da prisão Fuller. Tivemos dois machos humanos aqui que foram checados no portão, foram os únicos estranhos. Estamos localizando a van, mas não eles. O humano que você pegou... __ela fez uma pausa e olhou para Jeanie antes de abaixar a voz. __ Hum... ele está impossível de identificar facilmente, pela foto tirada no local e enviado para a Segurança, muito dano facial. Temos imagens da vigilância e precisamos de você para identificar os homens que entram em Homeland, já que você viu os dois. __ Darkness permitiu que o outro homem escapasse? Breeze estremeceu. __ Eu não diria que ele permitiu. Ele está meio chateado, a julgar pelo que eu o ouvi reclamando na minha orelha. Um segundo ele tinha o cheiro, depois ele desapareceu após cruzar uma das nossas estradas. Ele e os outros homens que vieram ajudar não conseguiram pegar o cheiro de novo. Uma fúria assassina apertou seu peito novamente, quando ele olhou para Jeanie. Ela piscou para ele, mas seu medo havia diminuído. Ele se inclinou mais perto, olhando em seus lindos olhos. __ Você está bem? Ela piscou uma vez. __ Diga-me de novo para que eu possa ter certeza. Pisque duas vezes se você está realmente bem. Ela piscou duas vezes.

219


__ Eu preciso fazer uma coisa, mas eu vou estar de volta em breve. Pode ser? Um para sim, duas para não. Ela piscou uma vez. Ele não queria deixá-la. Isso ia contra seus instintos, mas o loiro estava lá fora livre. Ele precisava ser encontrado. Jeanie estaria em risco, até que ele fosse capturado. __ Eu tenho dezenas de homens no Centro Médico. __Breeze parecia ler sua mente. __ Eles estão preocupados com Slash e horrorizados que isso aconteceu. Ela está totalmente segura aqui, True. O humano seria rasgado se ele ousasse entrar neste prédio, e tentasse chegar até ela. Este é o lugar mais seguro em Homeland agora. Darkness está bem aqui também. Ele ergueu o olhar para a fêmea. Ela lhe deu um sorriso. __ Eu não vou sair do seu lado. Com cola, ok? Eu sei o quanto ela significa para você. Eu vou mijar nas calças mas não a deixo sozinha. Juro. __ Nossa! __o Dr. Harris murmurou. __ Vou entregar-lhe uma comadre no caso de você precisar. __ele estudou o monitor. __ Ela parece estável. Eu preciso de um exame de sangue completo. True olhou para Jeanie. __ Eu estarei de volta em breve. __ele deu um beijo em sua testa e ela fechou seus olhos. Ele se afastou antes que mudasse de idéia, lançou um olhar preocupado a Midnight. __ Como super cola. __ela jurou. __ A forte merda que gruda os dedos juntos quando você não é cuidadoso e arranca a pele quando você força para separar.

Capítulo Quinze __ Acalme-se. __ Fury exigiu, agarrando os braços de True e forçandoo a manter o seu olhar. __ Vamos encontrar o homem que fugiu e nós vamos descobrir por que eles tentaram levá-la. Justice entrou no quarto com apenas um par de boxers e seu cabelo não estava escovado. Ele rosnou. __ Como diabos isso aconteceu?

220


True empurrou Fury para fora do caminho. __ Tim está por trás disso. Eu vou matá-lo pelo que fizeram com ela. __ Eu não fiz isso! __Tim invadiu o quarto só de calças e botas desamarradas como se tivesse apenas enfiado-as. __ Eu estive aqui o tempo todo. Eu não me preocupei em ir para casa, invés disso, cai no meu sofá no escritório que usamos. Eu só acordei quando Flame veio me dizer o que estava acontecendo. Jantei com ele e eu bebi demais, por isso eu fiquei em Homeland. Eu não dirijo bêbado. True tentou alcançar o macho para bater nele por estar mentindo, mas Fury ficou entre eles. __ Pare. __ Tim está dizendo a verdade. __Flame disse atrás do humano. __ Ofereci para deixá-lo dormir no meu sofá, mas ele insistiu em dormir no escritório. Ele tomou quatro Bourbons no jantar e estava instável em seus pés. Eu escoltei-o para ele não cair. Eu decidi malhar no ginásio antes de dormir e foi quando ouvi o alerta de segurança. Tim estava exatamente onde eu o deixei. True encarou Flame, sabendo que ele falou com sinceridade. Ele virou o foco para Tim. O homem olhou-o todo desarrumado e seus olhos estavam vermelhos. O cheiro de álcool forte o alcançou. Tentou pensar racionalmente. __ Você não encomendou a qualquer um dos membros da força-tarefa pegar Jeanie? __ Não. __Tim tropeçou no meio de um sofá e desabou sobre ele, praguejando. __ Eu disse que não iria tentar levá-la e eu mantenho a minha palavra. __ele coçou a cabeça. __ Alguém, por favor, me dê café. Litros disso. __ele olhou para Justice. __ Não foram os meus homens que fizeram isso. Como diabos alguém passou pela segurança? Breeze correu para o quarto. __ Dois guardas humanos da Fuller, com papéis assinados e pela porta da frente às oito horas, afirmando que eles estavam aqui para pegar suprimentos médicos para a clínica de lá. Ninguém quis chamar o Dr. Harris essa hora só para verificar a ordem. Eles vêm uma vez por mês para reabastecer. Eles apenas vieram uma semana mais cedo e numa hora mais tarde do que o normal, mas Smiley não achou nada de errado. Eles tinham a papelada correta. Os guardas inspecionaram a van, mas não viam nada fora de ordem. Esse foi o único veículo que entrou esta noite. __ Ninguém os escoltou ao Centro Médico? __Fury rosnou. Breeze balançou a cabeça. __ Nós confiamos neles, sendo da Fuller. Os guardas humanos não eram os de sempre e Smiley sabia, mas ele pensou que 221


eles eram os trabalhadores do turno da noite. Ele sabe os dias de mudança. Eles não agiram de modo suspeito. __ Filho da puta. __Justice praguejou. __ Sabemos se o outro humano não está escondido em algum lugar em Homeland? Por que ele não foi localizado ainda? __ Cada espécie ainda está à procura, mas não encontraram nenhum vestígio dele. A van ainda está estacionado no Centro Médico, ele não pode ter ido longe. __Flame anunciou. __ Nós acordamos todos para alertá-los do que aconteceu. Nenhum dos nossos está ferido ou desaparecido. Todas os espécies foram contabilizados. __ Não há nenhuma maneira do humano poder sair de Homeland sem ser detectado. __Justice declarou. __ Será que é mesmo certo que eram da Fuller? E se eles roubaram uma van e uniformes? __Tim levantou-se, quase tropeçou em seus cadarços soltos a caminho para a mesa de Justice, e puxou o telefone. __ Eu vou ligar lá e verificar se eles deram falta de alguma coisa. __ Eles eram da Fuller. __Smiley se manteve perto da porta. __ Eu inspecionei a papelada toda. A van era a que eles sempre usam também. Tem um vazamento de óleo e eu sei-o bem. __ A papelada pode ter sido forjada. __Tim indicou. __ O odor não pode ser falsificado. __protestou Smiley. __ Nós fornecemos o papel e a tinta que eles usam. É tratado especialmente e classificados apenas para essa finalidade. Eles eram da Prisão Fuller com a papelada autêntica que foi recentemente impressa. A tinta estava fresca. Tim olhou de boca aberta para ele. __ Será que isso vai para papel e tinta da força tarefa também? __ Sim. __Justice suspirou, passando a mão pelo cabelo. __ Por que a Fuller enviaria dois machos para raptar a mulher? Tim bateu o telefone. __ Eles não estão respondendo. Eles deveriam estar. True queria uivar de raiva e mal se conteve. __ Tim? __Fury olhou para ele. __ Tem certeza que você não pediu para eles virem buscá-la? 222


__ Eu não sabia. Quer dizer, eu fiz no início, mas eu cancelei. __ E se eles não receberam a ordem de cancelar? __ Breeze mudou sua postura. __ Isso pode ser um erro. __ Eles não disseram que estavam aqui para pegar um prisioneiro. __reiterou Smiley. __ Apenas suprimentos médicos. Se foi uma falha de comunicação em relação a ordem de Tim, por que teriam mostrado papelada diferente no portão e afirmaram que eles estavam aqui para pegar suprimentos? __ Talvez eles tenham capturado o outro humano. __Fury pegou um dos rádios da Segurança. __ Eu vou pegar uma atualização da situação. Darkness invadiu a sala. __ Não foi um dos nossos. __ele ergueu a mão, mostrando sangue em suas juntas. __ Eu pensei que fosse nossos homens no início, quando eu ouvi que alguém tentou levá-la. Eles causaram um pouco de problemas com True sobre a Fêmea. Nenhum de nossos homens está envolvido. __ De quem você suspeita? __Brisa avançou para mais perto dele. __ Nossos números. __Darkness repetiu. __ Os que se recusaram a tomar nomes. __ Foi dois machos humanos, Darkness. __rosnou True. __ Eles a tocaram, machucaram-na. Eles estavam dentro minha casa. Apenas um escapou. Tim endireitou os ombros. __ Eu vou ser o idiota novamente e sugerir que talvez fosse algum tipo de tentativa de fuga da parte dela. __ Ele recuou atrás de Fury, encarando True por trás dele. __ Não me ataque, mas precisa ser dito. E se ela é culpada de usar novas espécies para conseguir resgate e seu parceiro subornou dois machos da Fuller para invadir Homeland para soltá-la? Outros que vivem no corredor não ouviram nada. Na minha experiência, as mulheres fazem um inferno de barulho se estão sendo seqüestradas. __ É algo a considerar. __Justice declarou calmamente, segurando o olhar de True. __ Nós não sabemos. True rosnou. __ Não. Você está errado. Ela foi drogada também. Ela vai nos dizer o que aconteceu quando conseguir. Eu não queria deixá-la, mas 223


o Dr. Harris disse que vai levar horas até que as drogas saiam de seu sistema. Temos de encontrar aqueles que tentaram fazer-lhe mal. O telefone tocou e Justice respondeu. Ele ouviu, agradeceu a alguém, e desligou. __ Slash está bem. Os médicos deram-lhe algo para neutralizar o sedativo. Ele foi capaz de dizer-lhes que os dois humanos chegaram ao dormitório para transferir Shiver para Fuller. Eles tinham papelada para ele, usavam uniformes, e parecia legítimo. __seu olhar deslizou para True. __ Ela protestou e repetidamente pediu-lhe para chamá-lo. Eles o tranqüilizaram quando ele pegou o telefone. Justice virou a cabeça para se fixar em Tim. __ Esqueça o seu cenário de tentativa de resgate. True está certo. Ela não era voluntária. Eles vieram para levá-la à força e vamos saber o que aconteceu quando Slash e Jeanie puder nos dizer. Talvez ela ouviu algo que eles disseram e vai apontar quem está por trás disso. Breeze limpou a garganta e franziu a testa para Tim. __ Você verificou se a Prisão Fuller cancelou seu pedido? Talvez eles não saibam que ela vai ficar aqui. Isso se encaixa. Se eles vieram aqui para pegar um prisioneiro, também, é claro que eles a queriam viva. Eu não entendo por que eles sedaram Slash fora, mas talvez o nosso homem ficou assustado quando a fêmea protestou. Eu não consigo vê-lo ali parado se ela começou a lutar e os humanos ficaram muito agressivos. Os guardas da Fuller carregam armas de dardos para lidar com prisioneiros indisciplinados. __ Os dardos usados na Fuller não são fortes o suficiente para derrubar um macho da espécie. __Darkness discordou dela. Ela não recuou. __ Obviamente, eles estão agora. Você não gastou muito tempo na Mercile, quando atingiu a maturidade e eles te mandaram embora, alguns dos técnicos contratados eram tão grandes quanto os nossos machos. Muitos desses homens são presos na Fuller agora. Os guardas mantêm dardos fortes para usar em humanos capturados quando eles se tornam agressivos. Eles devem ter uma nova fórmula que é forte o suficiente para nos desativar também. __ Faz sentido. __Flame concordou. __ À medida que se tornaram mais fortes os técnicos que usaram para nos controlar, as drogas foram alteradas para os homens de tamanho semelhantes e para os contratados pela forçatarefa. Eles podem precisar de drogas fortes como as administradas em nosso povo, para mantê-los controlados. O que quer que a Fuller tenha acesso agora, é forte suficiente para derrubar Slash.

224


Tim puxou o telefone e fez outra chamada. Segundos se passaram. __ A Fuller ainda não está respondendo. Mas que diabos? Eles deveriam atender. Ele desligou e fez outra chamada. __ Vou montar duas equipes para ir até lá. __ Eu vou com você. __afirmou True. __ Não. __Tim balançou a cabeça, em seguida, falou ao telefone. __ Trey? Monte duas equipes o mais rápido possível e pegue-me em Homeland. Parece que os guardas prisionais da Fuller tentaram seqüestrar Shiver e todo mundo aqui está em pé de guerra. Fuller está no escuro. Não consegui contatá-los para a confirmação sobre isso. __ele bateu o telefone no gancho e se virou. __ Eu vou colocar meu uniforme e esperar por eles no portão. Vamos ligar assim que ouabermos alguma coisa. True bloqueou a porta e lutou contra a vontade de socar o humano na face. __ Eu vou com você. Eu vou reconhecer o outro humano, quando eu o vir. Vou faz-lo pagar por tocar Jeanie. __ Não. __Justice ficou entre eles antes da violência poder entrar em erupção. __ Vamos todos, Tim. Ponto final. True não vai se acalmar até que saibamos por que sua mulher foi alvejada e eu quero saber o que diabos é que está acontecendo na Fuller. Eles disseram no portão que estavam aqui para pegar suprimentos médicos, mas, em seguida, disparou um dardo num dos meus machos e injetaram algo na fêmea. Algo está muito errado e eu estou indo para descobrir como isso poderia ser considerado aceitável por eles, porque todos nós sabemos que não é. Breeze agarrou o braço de True. __ Inspire e expire. Tenho certeza que você vai obter respostas em Fuller. Jeanie vai ser bem guardada e bem cuidada até você voltar. __ Existem maus humanos em Fuller. Por que eles querem tomar minha Jeanie? Uma mulher morreu ali. __ele lembrou. Sua boca se apertou em uma linha apertada. __ Eu tinha esquecido sobre isso. __ É tudo no que eu estou pensando. Eu só quero matar todos os humanos responsáveis por prejudicar a minha mulher e voltar para Jeanie o mais rápido possível. Breeze soltou-o. __ Você ouviu o homem. Movam suas bundas, mas cubram-nas primeiro, você saiu apressado da cama para fazer esta reunião. Vamos estar em dez minutos no portão principal. __ Sua voz diminuiu, ela olhou para o corpo de True. __ Pegue um uniforme 225


sobressalente e botas de seu armário. Nós vamos assustar a merda desses humanos para que eles nunca se esqueçam de protocolos adequados de novo.

Capítulo Dezesseis True não poderia sair do SUV rápido o suficiente quando pararam nos portões da Prisão Fuller. Sem sinais de identificação, mas paredes de concreto de grande altura cercavam a propriedade, com arame farpado ao longo da parte superior. Isso adicionava cinco metros na altura. Câmeras de segurança e luzes brilhantes davam a certeza de que qualquer presença era conhecida. Justice e Tim caminharam até a câmera diretamente na frente dos portões duplos e Tim apertou um botão para falar com o guarda responsável. A câmara moveu-se, ampliando-os. __ O que você quer? __era uma voz de homem que saiu do alto-falante. __ Tim Oberto com a Justiça do North. __Tim declarou. __ Abra. __ Sinto muito, mas não posso fazer isso. O diretor ordenou um bloqueio completo da instalação, senhor. Nós não podemos permitir a entrada ninguém. __ Diga a ele que estamos aqui, seu idiota! __Tim gritou. Ele virou a cabeça em direção a Justice. __ Desculpe. Ele deve ser novo. __ O diretor está atualmente em DC em uma conferência até amanhã, senhor. Você vai precisar ligar para seu celular e ele vai ter que me enviar uma mensagem para anular o bloqueio se ele concordar em deixá-lo entrar. __ Hum... porra... incrível. __Trey murmurou. Ele deu um passo mais perto. __ Ei, idiota, esse é Justice North, no caso de você não estar olhando para o monitor ou perdido a capacidade de ouvir meu chefe quando ele fala. Isso significa que ele está numa classificação mais elevada do que o diretor. Abra as malditas portas ou perder o seu emprego vai ser o menor dos seus problemas. Eu, pessoalmente, vou chutar o seu traseiro se você nos fizer esperar aqui por mais tempo. Os portões não abriram. Justice rosnou. __ Eu exijo que você nos deixe agora ou vamos arrombar os portões. __ele acenou para a equipe de novas 226


espécies que o rodeavam. Todos eles encararam a câmera. __ Você não vai gostar que isso aconteça. Isso vai nos irritar ainda mais. O burburinho era alto das fechaduras desengatando. True correu logo que abriram o suficiente para caber seu corpo completamente. As equipes seguiram-no, ficando perto agrupados. O pátio estava vazio, mas uma porta lateral para o grande edifício se abriu e um homem de uniforme correu para fora. Em poucos segundos outro macho humano o seguiu. Aquele usava calça, uma camisa e era um pouco mais velho do que o guarda. __ Pare aí mesmo. __o humano grisalho disse. __ Qual é o significado disto, Jeff? __Justice assumiu a liderança, enfrentando o macho mais baixo. __ Estamos sob bloqueio, Sr. North. Peço desculpas pela grosseria de Dill, mas não esperávamos você. __ Por que ninguém atendeu o telefone e quem ordenou o bloqueio? O humano permaneceu quieto. __ Responda-lhe! __Tim resmungou. O humano parecia pouco à vontade. __ Eu não tenho certeza. Essa ordem veio diretamente do diretor. É procedimento padrão desligar os telefones e cortar o contato com o mundo exterior. __ele bateu no seu bolso da frente. __ Nós só estamos autorizados a sair do alerta quando o diretor me ligar diretamente. True estava impaciente. __ Por que seus guardas tentaram pegar Jeanie? O homem empalideceu, olhando para ele. __ Hum... quem? __ Jeanie Shiver. __Tim disse. __ Eu expedi uma ordem de prisão para ela, mas depois cancelei. Parece que dois de seus homens entraram em Homeland sob falsos pretextos e tentaram levá-la à força. Foi um grande erro e agora o único guarda que temos sob custódia está morto e incapaz de responder a perguntas. Temos que ter o outro sob custódia e descobrir por que eles enganaram os guardas do portão em Homeland e descobrir quem os enviou. Jeff empalideceu ainda mais. __ Hum, bem... __ Este é o lugar onde o veículo que dirigiam estava estacionado. Smiley gritou do outro lado do pátio onde ele estava em uma vaga vazia. __ O 227


cheiro é igual ao dos machos humanos que entraram em Homeland. O óleo e os aromas de terra são os mesmos da van que ficou no Centro Médico. __ Enviamos uma equipe para pegar suprimentos médicos. e uma mulher prisioneira. Eu não sei o nome dela. Ela não tem um arquivo com o nome dela. __ Por que diabos os homens mentiram para os guardas do portão em Homeland, dizendo que foram pegar suprimentos médicos mas, em seguida, entram em dormitórios masculinos para recuperar um prisioneiro? __ Tim gritou. __ Eles sedaram um nova espécie para prendê-la. Jeff recuou alguns metros. __ Eu não sabia. Não pedi isso. Sou apenas assistente de diretor. __ele levantou as mãos em um gesto defensivo. __ Recebemos ordens oficiais para imprimir documentos para o transporte de um preso de alta prioridade e entrar em confinamento em preparação para receber esse prisioneiro transferido. True rosnou, pronto para rasgar o edifício e todos nele. Ele tinha jurado mantê-la segura. Deveria estar lá para protegê-la, mas ele falhou. __ Esse é o seu macho e ele está muito agitado. Seus guardas tentaram tirá-la de sua casa. Um deles foi morto durante essa tentativa. Agora, estamos aqui para pegar o outro. Leve-nos até ele. __Justice exigiu. __ O diretor disse... __ Eu não dou uma merda para o que o diretor disse! __Tim gritou. __ Justice North deu uma ordem. Leve-nos até o outro homem que estava na Pátria ou vamos lá nós mesmos buscá-lo. Era um grande patife. Eu pessoalmente vou vir aqui amanhã e inspecionar como você treina sua equipe. Vocês são um bando de idiotas. Cancelei o pedido de transferência. Jeff cuspiu. __ Não é minha culpa. True agarrou o homem antes que ele pudesse controlar o impulso, mas ele conseguiu não matar o homem. __ Onde está o homem? Parar de enrolar! __ True! __Fury rosnou. __ Pare. Ele soltou o humano com um empurrão e girou para o espécie. __ Por que eles querem Jeanie? Você sabe que uma mulher morreu aqui? Um movimento em sua visão periférica chamou sua atenção. Trey Roberts reagiu mais rápido do que ele, quando o guarda humano puxou uma arma na parte de trás de sua cintura e apontou-a para True. Trey impulsionou 228


a perna, batendo a bota no braço do homem. O guarda da Fuller gritou enquanto o osso estalou. __ FODA! __o cara gritou. __ Por que fez isso? Ai! Filho da puta! __ Você ia para matá-lo. __Trey acusou. __ O diretor disse que ninguém entra. __ele caiu de joelhos, segurando o braço danificado com a outra mão. __ Meus homens não vão deixar você entrar, disse para atirar se alguém tentar. __ Por que você faria isso, Dill? __Jeff ficou boquiaberto. __ Este é Justice North e a equipe força-tarefa. Há um grupo de novas espécies com eles. Diga aos seus homens para ficarem quietos. Eles não podem atirar neles. O ser humano ferido olhou para o assistente de diretor. __ Temos ordens para manter o edifício seguro. Sem ofensa, senhor, mas foda-se. __ Não houve transferência de prisioneiros de alta prioridade. Não há nenhum prisioneiro! Esta prisão pertence aos Novas Espécies. Justice North disse que o bloqueio acabou! __Jeff virou a cabeça e olhou para Tim. Ele parecia abalado. __ Dill está no controle dos outros guardas. Eu vou dizer-lhes para se retirar, mas eu não sei se eles vão me ouvir. __ Eles não vão fazer qualquer coisa que você diga. Você não passa de um empunhador de lápis e um beija bunda. __Dill chiou. Ele olhou para Trey. __ Você quebrou meu braço, babaca. True rosnou. __ Eles não iriam atirar em nós. É a nossa prisão. __ele avançou pelo edifício. Ele iria lá para pegar o guarda que tinha atacado Jeanie, mesmo que ele tinha que tivesse que passar pelos seres humanos que trabalhavam lá para encontrá-lo. __ Espere. __Justice exigiu. True ignorou, aumentando seu ritmo. __ Cubra-o! Tim gritou. A equipe da força-tarefa espalharam-se atrás de True. Ele ouviu o diretor assistente emitindo ordens para que os guardas dentro ficassem quietos, não atirassem. Ele chegou à porta fechada, mas ela estava trancada. Ele rosnou e sacudiu a tranca, mas ela não virou. __ Mova-se. __Trey insistiu. 229


Ele olhou para trás enquanto Trey puxou sua arma e apontou-a para a fechadura. True se afastou. A explosão foi alta quando o homem atirou na fechadura três vezes. True estendeu a mão para a porta, mas Trey balançou a cabeça. __ Deixe-me ir primeiro. Eu estou vestindo um colete Klevlar. Darkness abriu caminho para frente. __ Eu também. __ele não pediu antes de pegar um rifle de assalto de um dos membros da força-tarefa. __ Vamos juntos. Trey olhou para a arma. __ Você sabe como usar isso? Eu não acho que você já participou de missões. Darkness severamente assentiu. __ Infelizmente eu não sei como usálo. Eu nunca perco o que eu quero. Eu dei minha palavra que eu assumiria a responsabilidade pela fêmea, o que significa também garantir a segurança dela, recuperando o homem que tentou seqüestrá-la. __ Deveria haver mais dois guardas de plantão. __Trey trocou seu clipe por um novo. __ Esse é o protocolo, ter três guardas e um administrador em cada turno, mas quem sabe o que diabos está acontecendo aqui. Acho que joguei o maldito livro de regras pela janela hoje. __ele fez um movimento de mão para a sua equipe. __ Eles vão espalhar-se atrás de nós e cercar o prédio. Drkness sustentou o olhar de True. __ Fique atrás de mim. Se jogue no chão se acabar em uma batalha. Lembre-se que sua mulher vai esperar que você esteja lá quando ela acordar e você precisa estar vivo para fazer isso. True não gostava que eles fossem primeiro, mas o espécie tinha razão. __ Tudo bem. __ Na contagem. __Trey insistiu. __ Três, dois, um. __ele abriu a porta e correu para dentro com Darkness em seus calcanhares. True o seguiu e assim o fez o resto da equipe da força-tarefa. O interior era um longo corredor que levava a uma sala onde os prisioneiros eram processados. Eles passaram por algumas portas fechadas, que eram escritórios e armários de abastecimento. As duplas portas de metal que levaram para o interior da prisão apareceram à frente. Um guarda apareceu, bloqueando o acesso às portas. Ele estava pálido e sua arma tremia em sua mão. __ Pare! __ Levante-se. __Trey ordenou, sua arma apontada para a cabeça do humano. 230


O guarda abaixou a arma. __ Eu não vou morrer por causa de Dill. __ Quantos outros estão lá? __Darkness usou sua voz assustadora. __ Só Paul. Ele desapareceu, dizendo que algo estava seriamente errado, depois percebemos que toda a equipe força-tarefa estava aqui. Trey arrancou a arma da mão do guarda. __ Não brinca. Que diabos está acontecendo aqui? __ Esse não é um dos homens que estiveram na Pátria. __disse Smiley de trás deles. __ Eu ainda não o vi. __ Onde está o homem? __Darkness agarrou o guarda pela garganta apertando com uma mão e levantou-o até que ele ofegava. A ponta do fuzil de assalto cravado no lado do rosto do homem. __ Você têm quatro segundos antes de eu me decidir te estrangular ou abrir um buraco na sua cabeça. Uma dessas coisas vai acontecer se você não responder à minha pergunta. __ Eu não sei. __o guarda sufocada. __Apenas um voltou. Ele pegou o dinheiro e saiu sem explicar por que ele não tinha o prisioneiro. Disseram-nos para apenas pagar-lhe. Ele não ficou mais do que de cinco minutos. Eles foram contratados para trazer o prisioneiro aqui. Eu nem sequer sei o nome deles e nunca os vi antes. __ Que diabos? __Trey parecia perplexo. __ Eles eram subcontratados? __ Sim. Eu acho. __ Aqui. __Darkness baixou o homem e o empurrou para um dos membros da equipe. __ Vigie-o. True avançou na frente do grupo e abriu as portas, olhando para as gaiolas no longo quarto. Os humanos estavam trancados dentro. Ele caminhou para frente, olhando para baixo, procurando o cheiro do macho que tinha estado em sua casa. __ É você, 710? __Dean Polanitis gritou de sua cela. True girou e rosnou, enquanto olhava para o humano que lhe tinha causado tanta dor e miséria. Polanitis se empurrou contra as barras de sua jaula, olhando para True com um sorriso frio.

231


__ É você. Eu sabia. Você ainda está vivo. Finalmente colocou as patas na putinha que trabalhou na Drackwood? Eu sei que você tinha um fraquinho por ela. __Polanitis sorriu. __ Você rosnava e rosnava para todo mundo, até que ela entrou em sua cela. Então você era tão dócil como um filhote de cachorro, olhos fixou nela. True rosnou. __ Polanitis. __ Por que você não vem um pouco mais perto? Eu quero dar uma boa olhada num animal vestindo um uniforme. Os brancos ficavam melhores em você. __ Você parece melhor trancado dentro de uma gaiola vestindo laranja. __True respondeu. Dean Polanitis hesitou. __ As coisas podem estar melhores para você do que para mim, mas pelo menos eu não sou um animal. __ Ele riu. As mãos de True se fecharam e ele rosnou, mas ele virou a cabeça e conseguiu controlar sua raiva. Ele olhou para cima e observou calmamente Dean Polanitis, mas não tentou ir atrás dele. __ Eu vou te dizer a fórmula da droga de criação finalmente pronta, se você me tirar daqui. __Polanitis prometeu. __ Mandei um email com uma cópia para uma conta online, quando a vendi. Ele realmente queria ter acesso a essa droga depois de ler sobre ela. Ele estava obcecado com uma droga que iria usar em mulheres normais. Você pode dá-la a qualquer cadela por quem você é atraído e elas vão te implorar para fodê-las. __ele aumentou a voz abruptamente com raiva. __ Eu planejava usá-la eu mesmo até que eu acabei aqui. Darkness avançou um pouco. __ Você tem a fórmula exata da droga de reprodução para fêmeas humanas? __ As fêmeas humanas. __Polanitis imitou, bufando. __ Eu odeio a maneira como vocês seus merdas falam. Elas são todas cadelas, não são? Eu disse a todos aqui, eu estava disposto a fazer um acordo para sair, mas não deu certo, porque eles são muito estúpidos para entender o que eu estava oferecendo. Saberiam se tivessem tomado. Nós conseguimos regular a fórmula suficiente para que não aja dor para a mulher que usar, mas ela fica tão excitada que ela vai transar com sua perna enquanto implora para ser fodida. Sua expressão mudou de raiva para algo quase jovial. __ Você quer experimentar, homem leão? Deixe-me sair daqui e você pode ter a fórmula. Eu quero um perdão total e um milhão de dólares enviados para o país de minha escolha. Um sem extradição é claro. Aposto que você quer a 232


prova. E, como fazer a mistura, uma vez que seu químico colocar os ingredientes juntos, eu quero ver o seu amigo animal montar algumas mulheres, porque me irritou que ele não fez isso quando eu queria. Dê para a cadela Shiver. Eu sei que você a queria ela e sei que ela é a puta que deu a nossa localização para seus babacas. Ela não está aqui, então você deve tê-la trancado em outro lugar. Eu quero ver você transar com ela até que ela sangre. __ Nunca. __True jurou. __ Você sabe que quer a cadela. __Polanitis riu. __ Você pode pegála. Seu amigo leão poderia também. Inferno, todos os seus amigos com você. __ele olhou para os membros da equipe de força-tarefa. __ Ela não iria exatamente dizer não. A droga iria cuidar disso. Você deve tê-la visto com a droga. A única razão pela qual eu não transei com ela na época, porque Brask disse que não queria correr o risco de matá-la sem uma boa razão. Sua freqüência cardíaca estava muito alta e ele não tinha certeza se iria sobreviver a uma boa foda. Ele queria corrigir isso e queria um espécie para transar com ela. Quando ele encontrou a dosagem certa e fez com que fosse possível que ela engravidasse, ele queria fazer alguma cria para estudos. Ele me pediu para encontrar um animal que o faria de bom grado, sem tentar matá-la, quando ele atingiu essa fase do projeto. Nós finalmente aperfeiçoou a nossa fórmula e começamos com drogas para regular seu ciclo de ovulação para que pudéssemos injetar-lhe, mas fomos fechados antes que isso acontecesse. Estávamos tão perto... Polanitis olhou para True e continuou a ameaçá-lo. __ Você mentiu sobre ela, não é? Eu deveria ter empurrado-a para o seu quarto e deixá-lo solto das correntes. Você poderia ter fodido ela, certo? Apenas me diga. __ Eu nunca teria feito mal a ela. __ Eu sabia. __Polanitis jogou a cabeça para trás e gritou em frustração. __ Animais do caralho! Eu odeio todos vocês. __ele olhou para Darkness. __ Faça um acordo comigo. A fórmula funciona e eu sei que vocês bastardos querem. True se sentiu doente. O homem estava louco. __ Eu não tenho que fazer um acordo com você. __Darkness calmamente disse. __ Eu só preciso de gastar um pouco de tempo com você dentro de uma sala de interrogatório. __ele olhou para Trey. __ Faça isso acontecer. __ Considere feito. __Trey concordou. __ Descubra a quem ele vendeu. 233


__ Isso é um dado. __os espécies responderam. __ Você não pode fazer isso! __Polanitis gritou. __ Você só vai conseguir o que quer de mim se eu tiver todos os meus termos cumpridos. __ Vá, sua mulher precisa de você. __Darkness calmamente ordenou a True. __ Nós vamos ficar até que eu descubra o que ele sabe. __ Foda-se! Pare eles, Tony! Faça o seu maldito trabalho ou eu vou dizer-lhes o que você faz com as mulheres aqui. __Polanitis se enfureceu. True parou abruptamente e olhou para Polanitis, então para o guarda. __ O que você disse? Polanitis sorriu. __ Os guardas gostam de transar com mulheres internas. True rosnou e seu olhar fixou em Darkness. __ Os guardas devem ter trabalhado para Drackwood. Eles estupraram e mataram a última mulher presa. Eu... __ Eu cuido disso. Vá para casa para sua mulher. __ Você ouviu o que ele disse? __ Sim. __Darkness baixou a voz. __ Eu não tolero homens que machucam fêmeas. Permitam-me fazê-los sangrar. Vou fazê-los confessar todos os seus crimes. __True rosnou para o guarda, mas recuou, virou-se e caminhou pelo longo corredor entre as gaiolas e em seguida pela porta dupla. Ele não parou até que chutou a já danificada porta e saiu do prédio. Justice e Tim Oberto, ainda estavam conversando com Jeff. __ Este lugar é infernal. __rosnou True. __ Os guardas mataram o último prisioneiro do sexo feminino. __ O quê? __o cara humano engasgou. __ Não. A porta da sua cela de alguma forma não estava trancada e os prisioneiros a pegaram durante os exercícios. Os guardas estavam almoçando e não ouviram os gritos dela. Eles vieram para trancar os homens novamente e encontrou-a morta em sua cela.

234


__ Os guardas foram abusar sexualmente dela. Darkness vai ter a verdade. __True virou para Justice. __ Eu desejo retornar à Homeland. Jeanie pode ter acordado. Quero estar ao seu lado. __ Eu vou com você. __Tim declarou. __ Eu vou também. __Fury ofereceu enquanto andava até eles. __ Eu quero que o diretor me chame no momento em que ele retornar. Justice exigiu. __ Que tipo de lugar ele está dirigindo? Estou ordenando uma investigação completa e enviando os membros da força-tarefa para assumir até tudo estar resolvido. __ Eu concordo. __Tim suspirou. __ Minhas equipes no local vão ficar e eu vou enviar outros substituí-los de manhã para aliviá-los. __ele pegou o rádio, indo embora para informá-los sobre suas ordens. __ Eu não tenho nada a ver com isso. __Jeff protestou. __ Eu juro. __ Calma, Jeff. __Justice resmungou. __ Eu não tenho amor por alguém trancado lá dentro, afinal eles têm feito horrores para o meu povo, mas eles merecem um tratamento justo. Somos melhores do que eles. Deixamos humanos cobrar dos humanos porque acreditávamos que teriam compaixão. Parece que foi um erro. True se afastou. Ele parou perto de um SUV, abriu a porta, subiu e bateu com a porta. A outra porta se abriu e Fury tomou o assento ao lado dele. Justice e Tim entraram no SUV e eles voltaram para Homeland e para Jeanie.

Capítulo Dezessete True ajudou Jeanie sair do SUV quando chegaram ao dormitório. Ele agradeceu Breeze por levá-los do Centro Médico para casa antes de fechar a porta e pegou a mão de Jeanie. Foi um grande alívio finalmente estar de volta em casa. True usou seu cartão de segurança para levá-los para dentro do prédio. Eles não falam enquanto estavam no elevador até o terceiro andar. Nenhum guarda esperou no corredor dessa vez. Ela fez uma pausa, olhando para o que parecia ser uma nova porta que True abriu.

235


__ Eles arrumaram enquanto estávamos fora, mas ainda precisa de ser pintada. __ Por que ela precisou ser arrumada? __ Eu chutei-a quando não consegui entrar. __ele a puxou para dentro do apartamento e trancou a porta. __ Vamos tomar banho. Ele acendeu as luzes, enquanto andavam, também tirando o uniforme enquanto iam em direção ao quarto. Ele estava apenas com suas calças e botas quando eles entraram no banheiro. Ele ligou a água e endireitou-se, de frente para ela. __ Estou acasalando com você. Não vamos discutir. Ninguém vai levar você de mim, nunca. Vão trazer a papelada para tornar oficial na parte da manhã. Você vai assiná-la. Ela estava um pouco atordoada com o anúncio, mas eles dois tinham acabado de passar por um horrendo calvário. É realmente cortar toda a porcaria e resumir a prioridades depois de quase um perder o outro. __ Tudo bem. Ele arqueou as sobrancelhas surpreso. __ Você concorda? __ Você poderia ter lavado as mãos de ser o responsável pelo meu bemestar, mas em vez disso você arriscou sua vida lutando por mim. Você sente mais por mim do que apenas gratidão por eu ter salvou sua vida uma vez, não é? Ele estendeu o braço e as mãos grandes cercaram sua cintura. __ Sim. Ela estendeu a mão e segurou a curva de seus ombros. __ Você mudou minha vida, True. Acho que amei você a partir do momento que o conheci e você falou comigo. Eu não quero que você acasale comigo por gratidão. Eu preciso que você se importe comigo tanto quanto eu me importo com você. Sua boca se abriu e soltou-a. Seu olhar indicava que ela tinha surpreendido-o com sua confissão. “Maldição.” Ele não parecia muito feliz por ela ter dito que o amava. Ele não disse nada, mas a soltou e se afastou. Despiu-se e apenas entrou no chuveiro. Ela hesitou, sem saber o que fazer. Ele finalmente virou a cabeça, com uma expressão impassível. __ Eu vou sair num momento. 236


Não era um convite para se juntar a ele e seus ombros caíram. Ela realmente tinha feito asneira confessando quão profundo seus sentimentos eram. Ela baixou o olhar, lutando contra o desejo de fugir do banheiro, seu orgulho ferido. A porta do chuveiro abriu e True pegou uma toalha. __ Shower. Eu estarei esperando por você no quarto. Ele nem sequer se secou antes de ir. Ela fechou os olhos e silenciosamente praguejou. Novas espécies eram diferentes dos outros homens, mas algumas vezes eram os mesmos. Ela assustou-o, dizendo-lhe que o amava muito cedo. Ela esperava que ele não estivesse correndo pela porta da frente e correndo por sua vida do jeito que alguns humanos faria. Ela abriu os olhos e deu um passo sob o jato de água quente, absorvendo no seu cabelo e pele. Seria estranho, mas talvez se ela se desculpasse... Ela não deveria despejar sobre ele que o amava, tão cedo. Ela podia culpar tudo o que ela tinha passado, mas era algo ela queria confessar a muito tempo. Ela não iria culpar uma noite ruim por ter sido muito honesto com ele. Não demorou muito tempo para lavar os cabelos e esfregar a pele com sabonete líquido. Sua incisão estava completamente curada. Jeanie desligou a água, saiu do chuveiro e secou-se lentamente. Ela havia se esquecido de pegar alguma coisa para vestir quando ela tinha seguido True para o banheiro. Ele deixou-a com a escolha de se enrolar na toalha úmida, então abriu a porta do banheiro. Ela entrou no quarto e engasgou. As luzes estavam apagadas, mas velas acesas estavam em todo o quarto. Forravam a cômoda e ambas as mesinhas de cabeceira. Era um cenário romântico que nunca imaginaria. True no final da cama no centro da sala, ainda vestindo apenas uma toalha. Ele sorriu quando ela olhou para o rosto dele. __ O que é tudo isso? __ Estamos comemorando. Ela não sabia o que dizer. Ele andou mais perto, fazendo aquela coisa totalmente animal e sexy, ele olhou para ela com os lábios entreabertos e seus dentes afiados aparecendo. Um olhar definitivamente predatório, mas no bom sentido. Ela ainda estava confusa, mas muito consciente de seu recurso sexual. Ele parou diante dela e estendeu a mão para sua toalha. Ela olhou para baixo quando ele tirou-a e jogou-a de lado. __ O que você está fazendo? __ela não tentou cobrir-se, atordoada demais para fazer qualquer coisa, mas continuou olhando para ele. __ Eu estou indo acasalar você. __ele deixou cair a toalha. __ Estar completamente nu é a melhor maneira de fazer isso. 237


__ Você acendeu todas essas velas... __ela olhou para elas, então de volta para ele. __ Eu queria que fosse especial. __ Toda vez que estamos juntos e nus é especial para mim. True sorriu enquanto tomava as mãos dela na sua, fazendo-a ir em direção à cama, levando-a a ele. __ Eu estou feliz que concorde com isso. __ele parou e soltou-a. __ Suba na cama. Ela subiu no colchão e virou-se, olhando para ele fazer o mesmo. Seu corpo muito maior fez o colchão ceder e ela riu quando sua mão agarrou-a na cintura. Ele gentilmente empurrou-a para que ela rolasse de costas. Ela sorriu para ele quando ele subiu sobre seu corpo imobilizando-a com ele, tomando cuidado com seu ferimento. Seus olhares se encontraram. __ Sua ferida ainda doi? __ Não. Eu mal consigo notá-la agora. Essa droga que me foi dada é incrível. __ Você é minha companheira. __ele sussurrou. __ Eu sou. __ela concordou tão suavemente. Ele usou os cotovelos para manter seu peso corporal sem esmagála. Um de seus dedos traçou sua mandíbula, da orelha até o queixo. Seu olhar procurou o dela por um longo momento. Então ele abaixou seu rosto, não podia esperar mais um momento para se conectar com ela. Ela fechou os olhos e abriu os lábios em antecipação de seu beijo. A paixão que ele colocou nele nivelava-se ao de Jeanie. Ele era o oxigênio que estava faminta por respirar, seu corpo acendendo com falta dele, tudo nela necessitava de tê-lo dentro dela. Ela gemeu e abriu as coxas, envolvendo suas pernas em volta da cintura dele para instigá-lo a penetrá-la. Ela mexeu e contraiu seus quadris quando o desejo de ser tomada se transformou em uma necessidade quase dolorosa. O homem poderia magoá-la com apenas sua boca na dela. True quebrou o beijo e levantou a cabeça. __ Diga que me ama. Seus olhos se abriram e ela olhou para ele, atordoada que ele tivesse parado, e com o que ele tinha dito. __ O quê? Ele rosnou. __ É assim que eu pensei que eu iria ouvir essas palavras pela primeira vez de você. Diga-me de novo, Jeanie. 238


Ele sempre a surpreendia. __ Você não está chateado com o que eu disse no banheiro? Não é muito cedo? __ Chateado? __ele parecia confuso. __ Nunca. Eu quero que você diga isso novamente. Agora. __ Eu amo você, True. Ele não retribuir as palavras, mas em vez disso foi para sua boca. O beijo disse que mais do que palavras poderiam como ele usou seu corpo para mostrar a ela seus sentimentos. Seus quadris deslocaram-se, ele estava tão ansioso quanto ela estava. Ela gemeu contra sua língua quando seu pênis pressionou na entrada de sua boceta e penetrou dentro dela. Ele não foi tão gentil como a última vez. A paixão aqueceu cem vezes mais, depois de quase perderem um ao outro. True empurrou dentro e fora dela, levando-a ao prazer selvagem, atordoando-a com a incrível emoção que podia sentir vindo dele. Ela tirou sua da dele, temendo mordê-lo e cravou as unhas na pele dele, agarrando-se com mais força. Os sons que ele fazia a excitava mais, seus baixos grunhidos encheram a sala. Ela enrolou suas pernas mais altas em volta da cintura dele, perdida nas sensações enquanto tentava encontrá-lo a cada impulso. Havia um elemento frenético na sua vida amorosa, mas Jeanie não se importava. Ela estava bem ali com ele. Ela sentiu seu corpo enrijecer, seu estômago tremer, e então ela gritou quando um orgasmo violento devastou seu corpo. True rosnou, seus dentes beliscando um dos lados de seu pescoço, então ele enterrou seu rosto no ombro dela. Ele gemeu alto, empurrando dentro dela... pulso após pulso de seu sêmen quente inundou seu ventre, enquanto ele gozava dentro dela. Ele diminuiu os movimentos quando seu pau inchou, travando dentro dela. __ Jeanie. __ele murmurou. Ela acariciou as costas dele antes de passar os dedos pelo cabelo dele, brincando com os fios de seda. Ele era pesado em cima dela, mas ela gostava de seu peso prendendo-a para a cama. Ela pensou que ele tivesse dormido, mas ele finalmente levantou a cabeça do seu pescoço e apoiou o peso do corpo nos braços. Seus olhares se encontraram. __ Eu pertenço a você tanto quanto você pertence a mim. Eu sempre vou te proteger e cuidar de você. Quase a perdi de novo. Você não tem idéia de como teria me destruído se esses homens tivessem levado-a de mim. Eu farei tudo ao meu alcance para te fazer feliz. 239


Ela acreditou nele. __ Eu sei. Vou tentar ser a melhor companheira, fazendo você feliz. Eu vou cuidar de você também. Ele sorriu empurrando com um dedo sua franja para trás e arrastou para o lado de seu rosto. __ Você faz controle de natalidade de qualquer tipo? __ Sim. Fazia parte do trabalho todas as mulheres que trabalhavam com novas espécies. Olfato de vocês pode sentir a ovulação e alguns dos homens poderiam tornar-se agitado ou excessivamente agressivo se as mulheres ficassem em torno deles naquela época do mês. Tanto Drackwood e Cornas fornecia anticoncepcionais para todas as mulheres da equipe. Ela não se importava de ter uma conversa com ele sobre sua menstruação. __ Você cheira alguma mudança em mim? A injeção de anticoncepcional deve valer por mais um mês, antes de eu ter que tomar a próxima, mas eu estive sob muita pressão recentemente. Eu já ouvi que as mulheres podem sangrar, mesmo tomando se sofrem qualquer tipo de trauma emocional. Eu considero tudo o que aconteceu recentemente uma montanha russa de stress. __ Cruzamento funcionam entre os machos espécies e as fêmeas humanas. Há uma chance de que eu poder deixar você grávida, se você não tiver usando anticoncepcionais, mas eu tenho uma baixa contagem de espermatozóides. O Dr. Trisha disse que há coisas que eu poderia fazer para melhorar isso, mas eu não tinha uma companheira. Foi uma coisa boa ela estar deitada de costas. A notícia teria derrubadoa. __ Sério? __ Sim. Essa informação é altamente confidencial, mas você é minha companheira agora. Nossos médicos estão trabalhando para que nossas fêmeas também possam conceber, mas até agora só nossos homens podem continuar nossa raça. __ Por que as mulheres não podem conceber? __ Eles ainda estão tentando descobrir isso. A idéia de ter um bebê com True nunca tinha passado por sua cabeça, mas a imagem de uma menina ou menino com os seus olhos e seu cabelo bonito, de repente vieram à tona. Seus filhos seriam adoráveis. __ Eu sempre quis ter filhos um dia.

240


Ele sorriu. __ Bom. Eu não esperava que você quisesse tentar ter bebês logo, mas eu gostaria de tê-los em algum momento de nosso futuro. Será que você pensa sobre isso? __ Uma menina e um menino seria ótimo. Seu sorriso desapareceu. __ Elas só vão ser machos. __ Você não pode saber se é possível. __ Eu sei. __ele olhou para ela por um momento antes de continuar. __ Alguns dos casais acasalados tiveram bebês. Todos do sexo masculino e os médicos têm certeza que é por causa da nossa genética alterada. Podemos apenas criar o que somos. Eles vão ser como eu em vez de como você. __um toque de tristeza encheu seus olhos. __ Eu gostaria de ter uma pequena fêmea parecida com você, mas isso não vai acontecer. Eles serão sempre meninos. Ela tentou adivinhar o que ele deixou de fora. __ Você quer dizer que o seu DNA foi geneticamente codificado para dominar o processo de atribuição do gene no momento em que o óvulo é fertilizado? Ele sacudiu os ombros largos. __ Você pode discutir o assunto com alguém no Centro Médico, assim pode obter os detalhes técnicos. Como uma companheira, eles livremente dariam a informação. Tudo o que sei é que os homens só fazem bebês do sexo masculino, que se assemelham muito ao pai em todos os sentidos, até suas características específicas. A gravidez é mais rápida do que uma gravidez normal. “Sim, bom que eu esteja deitada.” __ O que exatamente isso significa? __ Fêmeas humanas têm uma gravidez de nove meses, mas companheiras dão a luz em cinco meses. Não deve ter sido uma grande surpresa. Novas espécies foram criados de ADN humano e animal. True foi misturado com o DNA canino. A gravidez canina dura cerca de nove semanas, se ela se lembrava corretamente. “Elefantes quase dois anos.” __ Estou feliz por você ser canino. Ele inclinou a cabeça, perplexo. __ Não importa. Piada particular. __ Você quer compartilhar?

241


__ Eu só... Eu acho que é ótimo que eu possa ter um bebê tão rápido. Existem complicações devido à acelerada gestação? __ Eles nasceram saudáveis e as companheiras estão bem. __ele continuou a tocar seu rosto e seus cabelos. __ Devemos passar algum tempo para conhecer melhor um ao outro primeiro, mas eu gostaria de ter um bebê com você. Jeanie se deixou absorver tudo. __ Eu gostaria de ter uma família com você um dia, True. __ Bom. Ela sorriu. __ Eu vou dar-lhe meia dúzia, se isso te faz feliz. Eu adoraria ter filhos. True sorriu. __ Meia dúzia? Ela riu. __ Tudo bem. Talvez seja demais, mas depois do sexo que nós tivemos, estou me sentindo generosa onde você está preocupado. True riu. __ Eu adoraria seis crianças com você. Meia dúzia parece bom para mim. __ele segurou seu rosto e deu-lhe um beijo rápido na boca. __ Gostaria de ter certeza que você nunca fique grávida se for perigoso. Eu não vou arriscar sua vida, Jeanie. Você é tudo para mim. Não era uma declaração de amor, mas True dizendo que ela era tudo para ele era tão bom... __ Você realmente mudou a minha vida, você sabe. __ Como? Tentou pensar nas palavras certas. __ Eu me senti atraída por você desde o momento em que nos conhecemos. Pensei em você o tempo todo, mesmo depois que foram libertados de Drackwood. __ Me senti atraído para você desde o início também. Você era tão doce e seu sorriso derreteu a frieza do meu coração. __ele sorriu. __ E você cheirava tão bem que eu queria tirar sua roupa e investigar cada perfume. Ela riu. __ Eu costumava estragar algumas das amostras de sangue que tirava de você, para que eles tivessem que me enviar de volta. Eu sinto muito. Sentia-me culpada quando tinha que tirar mais sangue, mas isso me dava a chance de vê-lo novamente.

242


Ele não parecia bravo. __ Você me tocou e chegou perto o suficiente para eu sentir o seu maravilhoso perfume. Valeu a pena uma pequena picada e um pouco derramamento de sangue. __ Parava o que estava fazendo para vê-lo cada vez que você era levado fora para treinar na zona norte. Eu odiava os testes de resistência quando batiam em você. Eu chorava. Ele mudou de posição, movendo-os de lado, ainda um em frente ao outro. Ela odiou a perda de conexão quando ele retirou lentamente seu pênis. O inchaço havia se dissipado. __ Eu odiava testes de resistência também. Ela queria dizer mais, decidiu ser honesta. __ Aproveitei quando você quebrou a perna daquele idiota. Você quebrou seu joelho quando o chutou. Eu o ouvi gritar por todo o caminho de meu escritório. Ele chorou quando o médico cuidou de sua perna. Eu fui até lá, fingindo estar atualizando resultados de testes, apenas para assisti-lo sofrer. True riu. __ Ele chorou? Ele era cruel. Ele gostava de me bater muito. Eu gostei, também, quando quebrei sua perna. Ele chegou muito perto e eu estava esperando uma oportunidade para fazer algum dano. __ Eu só queria te libertar. Ele se inclinou mais perto, estudando seu rosto. __ Por que você não tentou encontrar-me depois que eu fui levado para a NSO? __ Disseram-me que não queria me ver. O agente Brice jurou que ele te deu a minha mensagem. Agora, percebo que ele mentiu sobre isso. Ele mentiu sobre tudo e eu acreditei em tudo isso. A confusão nublou o rosto de True. __ Qual é a mensagem? Jeanie franziu o cenho. __ Eu estava tão preocupada com você depois do ataque que eu disse ao agente Brice eu planejei ir para Homeland para ter certeza que tinha chegado a salvo. Ele me disse que seria muito perigoso e que ele mandaria para mim um caminho mais seguro para vê-lo, por causa dos manifestantes no portão. No dia seguinte ele me mandou uma mensagem com algumas fotos de você usando jeans. Você estava fora de Homeland. Ele disse que ele tinha tirado para provar que você estava realmente vivo e bem, mas que você disse não querer ter nada a ver comigo.

243


O tom de True foi duro. __ Ele mentiu. Quero encontrar este idiota. Ninguém nunca mencionou seu nome para mim ou me deu uma mensagem. __ele se acalmou um pouco, mas ainda parecia irritado. __ Ele tinha fotos minhas ao ar livre, usando jeans? Ela assentiu com a cabeça. __ Parecia que você estava em algum tipo de parque. Você estava descalço, vestindo jeans e uma camiseta justa negra, de pé ao lado de uma loira Nova Espécie um pouco mais baixa que você. Não havia muita grama e árvores no fundo. Você estava sorrindo e parecia feliz. Foi três dias depois de Drackwood ser fechada. Um rosnado soou no fundo de sua garganta. __ Quem é este homem? Fomos levados para a Reserva primeiro. Essa foto deve ter sido tirada lá. Como ele conseguiu isso? É altamente seguro lá. Ele tem acesso a informações da linha vermelha aqui na Pátria e teve acesso para tirar fotos de mim na Reserva. __ E ele é um grande mentiroso e gordo e um idiota depravado, pois ele poderia ter obtido ajuda para o seu povo muito mais rápido do que ele me levou a acreditar. Ele continuou me dizendo que eu não tinha provas suficientes. Ele sempre precisava de mais. True rolou abruptamente, fixando Jeanie de costas com ele pairando sobre ela novamente. __ Quando encontrarmos este agente Brice, eu vou matá-lo com minhas próprias mãos depois que meu povo obter as informações de que eles precisam. __ Ele olhou para ela, sua raiva aparente. __ Por que você deixou-os usarem aquelas drogas em você para salvar-me? Deve ter sido difícil. Foi-me dada droga de reprodução uma vez. Foi uma das piores dores que eu já experimentei. __ Eu te amo. Eu não podia deixá-lo morrer. Polanitis disse que você seria poupado se eu concordasse em tomar os medicamentos e os deixar observar como eles me afetava. __ Como é que aquele monstro sabia que você tinha sentimentos por mim? __ Ele colocou uma câmera escondida dentro do meu escritório. Eu parei de trabalhar cada vez que eles trouxeram você para a área norte e me viu chorar às vezes. Foi um verdadeiro inferno observar você ser ferido para seus experimentos. Eu sabia quantas vidas poderia salvar, mas... __A emoção sufocou-a, lembrando todo o sofrimento que ele suportou. __ Me rasgou em pedaços assistir você ser machucado.

244


True acariciou sua bochecha com a sua. __ Você também sofreu quando eles testaram os medicamentos. Seus dedos roçaram a pele dele, esfregando onde pudesse tocar... aquela pele, que sempre foi mais quente que a dela. __ Isso não importa mais. Tudo o que importa é que nós dois estamos vivos e juntos aqui. __ Você teve dor por mim. __sua voz se aprofundou. __ Você sofreu para que eu pudesse viver. Eu nunca pensei que alguém poderia me amar, Jeanie. Vou dar-lhe tanto prazer para apagar as memórias da dor, se você me permitir... __ Eu te amo, True. __ela cobriu olhou em seus olhos. __ O passado não importa. O futuro com você mais do que compensa isso. Thue beijou seu nariz. __ Eu estou muito feliz por você ser minha companheira. Ela sorriu para ele. __ Eu também, True. Ele tomou posse de sua boca, beijando-a profundamente. Uma mão abaixou e a grande palma curvou-se em torno de seu peito... seu polegar circulou o mamilo tenso. Ela arqueou as costas para comprimir mais firmemente contra ele enquanto ajustava as pernas para envolver em torno das coxas dele. Ela queria-o novamente apesar de ter acabado de fazer amor. Nunca se cansava de True. A campainha tocou. True rosnou quando ele parou de beijá-la. __ Nós devemos ignorar isso. A campainha tocou novamente e alguém bateu com força algumas vezes, usando o punho. __ Parece importante. Você sabe o que aconteceu da última vez... __ Você está certa. Fique aqui. Ela estava relutante em deixá-lo ir, quando abriu as pernas e soltou os tornozelos da parte de trás das coxas dele. Ele levantou-se, virou-se e deslizou para fora da cama. Virou-se de lado, sorrindo ao vê-la excitada, por olhar seu companheiro muito nu. O olhar que ele lhe deu a aqueceu e mostrou o quanto ele estava odiando sair, mas, em seguida, virou-se, movendo-se em direção à porta. __ Uh... True? 245


Ele se virou e olhou para ela. __ O quê? __ Por mais que eu adore ver você nu, talvez você pode querer vestir algo antes de atender a porta. Ele sorriu. __ Você adora me ver nu? O olhar dela viajou lentamente por todo seu corpo. __ Oh sim. Ele caminhou até a cômoda enquanto a campainha tocou novamente. Ele rapidamente puxou um par de bermudas e deu-lhe um breve olhar antes de caminhar para fora do quarto. __ Não se vista. __ele gritou. __ Eu vou estar de volta logo. __ Rápido. __ela pediu, agarrando o lençol, já que ele deixou a porta do quarto aberta. Ela cobriu-se no caso de quem estava na porta, precisasse entrar. Ela só esperava que não fosse uma má notícia. Um olhar para o relógio assegurou-lhe que tinha que ser algo importante para alguém bater à porta no meio da noite. True a porta e abriu-a. Ele rosnou e mostrou os dentes quando ele olhou para Jinx. __ O que você quer? O nariz de Jinx enrugou-se quando ele inalou. __ Eu interrompi seu compartilhando de sexo com Shiver. O ciúme pelo interesse do macho ainda queimava. __ Ela é minha companheira. E sim, você nos interrompeu. O que você quer? __ Acalme-se. Eu sei que ela é sua. Ela concordou em casar com você? __ Sim. __ Você assinou os papéis? __ Ainda não, mas eu pretendo pedir que seja impresso na parte da manhã, em seguida, vamos assinar. __ Eu estou contente. __o macho não refletia qualquer alegria em seu rosto. __ O que você quer? É tarde. Minha companheira precisa dormir. 246


__ Nós todos sabemos o que aconteceu e estamos acordados desde os machos humanos tentaram levá-la. __ele fez uma pausa. __ Nós nos encontramos novamente na biblioteca enquanto esperávamos notícias de sua condição. Estamos muito feliz em saber que todas as drogas deixaram seu sistema. __ Ela está bem. Você veio fazer ameaças, porque eu não estava aqui para protegê-la? Eu não preciso de lembrete. __sentimento de culpa afloraram para a superfície. __ Eu acreditei que ela estava segura ou nunca teria deixado-a sozinha. Tenha a certeza de que não vai acontecer novamente. O outro homem fez uma careta. __ Não se recrimine, True. Ficamos todos chocados que ela foi atacada. Foi corajoso dos humanos esgueirarem-se para o dormitório e nós só agora descobrimos como eles conseguiram entrar. No início, acreditávamos que eles tinham quebrado uma janela no primeiro andar, mas não havia nenhuma quebrada. Foram os registros de computador que arquivam todas as entradas para o edifício que mostrou que eles usaram um cartão de segurança para entrar pela porta de trás, que é usada para a distribuição de alimentos e de abastecimento. Verdadeira rosnou. __ Somente Espécies têm acesso ao dormitório. __ E alguns da equipe da força-tarefa ainda não, mas nós descobriremos quem. __Jinx sussurrou. __ Você sabe o que isso significa? Seus ombros caíram quando a informação se estabeleceu em sua mente atordoada. Não era uma boa notícia, já que ele gostava dos membros com quem trabalhava. __ Eu sei. Eu sei que a maioria deles... __ Os consideramos como amigos, mas eles são suspeitos. Achei que você deveria saber imediatamente. Não confie neles, quando se trata de sua companheira. O cartão que eles usaram foi um velho emitido para a forçatarefa, quando eles controlavam as coisas aqui. Não foi desativado por algum motivo quando assumimos a segurança interna. Não há nenhuma maneira de saber quem usou, já que era um cartão de segurança geral e não foi atribuído a ninguém específico. __ Droga. __True correu os dedos pelos cabelos em frustração. __ Foram desativados ou eles ainda podem entrar nos dormitórios? __ Luna está vendo tudo sobre isso. Ela está no centro de controle agora, passando pelos sistemas de computador tentando encontrar outras irregularidades e erros em nossas medidas de segurança. Ela está fazendo cartões únicos para espécies, só eles poderão entrar nos dormitório, assim será duplo controle para certificar a segurança. O único ser humano com acesso é Jessie, a companheira de Justice. Sabemos que podemos confiar nela. 247


Ele concordou. __ Será que o cartão de Tim pode ter acesso? __ Não. Um homem permitiu-lhe entrar. Isso não vai acontecer novamente. Todos que vivem nos dormitórios não vão permitir humanos no interior, enquanto sua companheira está em perigo, mesmo os machos que têm convidados durante a noite. __ele fez uma pausa. __ Ela ainda está em perigo. Você percebe que, não é? Acho que desconfiaram que iríamos exibir os registros a ela, fotos do pessoal humano em Homeland e tentaram seqüestrá-la antes que ela pudesse reconhecer alguém. True estava muito preocupado com o bem-estar de Jeanie após seu trauma, para dar muita atenção para qualquer outra coisa. __ Merda. Essa é uma boa notícia. Ele rosnou para Jinx. __ Como você pode dizer isso? __ Eles devem temer que ela vai encontrar algo e aquele que finge ser o agente tem de estar em nossos registros. __ Você acha que é um membro da força-tarefa? __ Achamos. Eles sabiam como obter sua informação em primeiro lugar quando contatou Homeland sobre Drackwood e mesmo quando íamos atacar e os locais onde as experiências estavam sendo realizadas. Dois homens chegaram esta noite para seqüestrá-la. Ela reconheceu um deles como o humano que mentiu para ela? __ Não. Ela teria me dito. __ Então, são dois humanos cúmplices do suposto agente, agora um cúmplice sobrevivente. True tentou ser racional, mas era difícil com o seu temperamento em ebulição. __ Os guardas que estão sendo interrogados na Fuller são corruptos. Darkness ligou para nos informar que eles admitiram que eles aceitaram suborno de alguns dos prisioneiros. Eles nunca ousaram permitir que qualquer um deles escapasse por medo de que iria partilhar a localização com alguém do mundo exterior. Eles também estavam com medo de serem mortos em retaliação a todos os abusos que cometeram com eles. Eles deram a alguns deles comida extra e contrabandearam algum luxo ilegal, itens para eles usassem como dinheiro. Darkness não conseguiu interrogar todos os guardas, só os que estavam de plantão, mas esses têm interação com os 248


membros da equipe de força-tarefa regularmente. É sua teoria de que não era apenas o dinheiro que trocou de mãos. Os guardas poderiam ter trocado por informações com os prisioneiros e depois compartilhado o que aprenderam com o que fingi ser o agente. É assim que ele pode ter sabido sobre outros locais onde os espécies estavam sendo mantidos. __ Foi assim que ele sabia a localização de Cornas, onde ele enviou Jeanie. __adivinhou True. __ Isso é o que Darkness suspeita. __ E quanto a Polanitis? Darkness conseguiu obter informações dele? Jinx balançou a cabeça. __ Ainda não. O humano está louco e bateu com a cabeça contra as grades até que causou uma concussão. Ele está na enfermaria da prisão, tratando a lesão. Eles acreditam que ele vai se curar, mas ele fez isso de propósito, para salvar a si mesmo de ser questionado. Ele teme muito Darkness. __ Eu odeio esse humano. __True grunhiu, desejando a morte dele. Ele olhou para o corredor. __ Eu quero um oficial guardando a porta de novo. __ Já está feito. Perguntei-lhes se podia falar com você em particular. Há dois agora. Jericho se ofereceu e Flame. __ Ótimo. __ele estava certo de que poderia proteger Jeanie, mas queria ajuda, recusando-se a permitir que o seu orgulho afetasse seu julgamento e ignorasse o fato de que as chances de mantê-la segura seriam maiores com os guardas. __ Eu também vim perguntar se você pode levar sua companheira à Segurança para ver esses arquivos agora. Quanto mais tempo esperarmos, maior o risco deles fazerem outra tentativa de impedi-la. Tim não estava nessa reunião quando falamos do nosso plano, mas outras espécies estavam. Eles estavam com ele no jantar e eu não tenho certeza do o que ele pode ter ouvido no bar se eles discutiram esses planos. Os dentes de True cerraram e ele deu um aceno de cabeça. Ele estava furioso. __ É melhor não ser Tim. __ Sua filha está acasalada com um Espécie e assim é seu neto. Ele é um humano que eu confiaria, mas ele pode ter mencionado o que ele ouviu a um dos membros de sua equipe, sobre a sua companheira estar planejando ver fotos desses empregados. Ele poderia ter feito algumas ligações para membros 249


de sua equipe para atualizá-los sobre o que estava acontecendo, quando voltou para o escritório. __ Dê-me dez minutos e você pode me ajudar a levá-la até a Segurança. Você disse que Luna está no controle? __ Ela já está preparando os registros de empregados para visualização e irá incluir todos os que trabalham na força-tarefa. __ Vamos nos vestir rápido, mas eu preciso de alguns minutos para que ela saiba o que está acontecendo. Dez minutos. __True repetiu, fechando e trancando a porta. Jeanie se sentou na cama com o lençol puxado para cima para cobrir os seios. A visão dela era tentadora, mas sua vida estava em perigo. A necessidade de montá-la teria que esperar. Ele sentou-se num dos lados da cama e pegou a mão dela. __ Era Jinx. __ele odiava dar-lhe mais motivos para ter medo, mas ela precisava saber o que estava acontecendo. Ele rapidamente deu-lhe um resumo do que tinha sido dito e esperou que ela respondesse. __ Merda. __ela sussurrou, apertando os dedos com força. __ Essa foi a minha resposta também. __ Você trabalha com eles. __ela parecia preocupado ao vê-lo. __ Talvez não seja alguém da equipe da força-tarefa. __ É provável que seja. Faz todo sentido com o acesso que teve para realizar tudo isso. __ Eu sinto muito, True. Você considera-os amigos e eu não quero que você fique mal se um deles traiu sua confiança. __ A única pessoa em perigo é o macho ou machos responsáveis. O fato de terem usado Jeanie irritou, mas é ainda pior que pode ser alguém de confiança da NSO. Nós precisamos nos vestir e você precisa ver esses arquivos. __ Você acha que eles vão fazer mais uma tentativa de me pegar? __ É possível. Um dos homens responsáveis por levá-la ainda está foragido e o humano fingindo ser um agente ainda é desconhecido. Eles provaram a sua capacidade de ter acesso a Homeland. Você estará bem 250


guardada de agora em diante, Jeanie. Eu não vou deixá-la sozinho novamente. Sinto muito sobre isso. __ Você tem que poder ir correr sem medo de que algo aconteça a mim. Não peça desculpas. __ Eu devia ter estado aqui. __ele lamentaria enquanto vivesse. Os humanos poderiam ter apenas matado-a. Ele não mencionou isso, mas o pensamento partiu seu coração e não iria deixar sua mente. __ Não temos tempo para tomar banho? __seu sorriso parecia forçado. __ Eu ainda estou um pouco suada do sexo quente que nós compartilhamos. Sua tentativa de humor falhou. Ele apreciou, mas ele estava muito preocupado que os homens fora pudessem causar-lhe dano. __ Nós não podemos. Eu disse a Jinx que estaríamos prontos para ir em dez minutos e agora só temos cerca de dois. __ Tudo bem. __ela soltou sua mão. __ Vamos fazer isso.

Capítulo Dezoito Jeanie se mantinha perto de True verdade e firmemente agarrada a sua mão, quando eles deixaram o dormitório. Três Novos Espécies guardas os cercavam e se mantinham alerta para quaisquer sinais de problemas. Ela notou que Jinx manteve a mão na arma enquanto seu olhar disparava em todas as direções, à procura de qualquer sinal de perigo. Ela olhou True, vendo a mesma desconfiança nele. Eles estavam preocupados. Breeze estava sentada num jipe fora do edifício com o motor ligado. Jeanie sorriu para a mulher, feliz em vê-la novamente. Ela esteve presente no Centro Médico, contando piadas para aliviar a tensão até True voltar da Fuller. __ Eu fiz algumas chamadas. __Brisa anunciou. __ Alguns de nossos homens estão nos telhados com rifles para o caso de toparmos com algum problema no caminho. Eles vão ficar de olho em nós toda a viagem.

251


True rosnou e soltou a mão dela para colocar na sua arma na cintura. Ele empurrou-a mais perto, até que ela se sentiu como se agora fizesse parte de seu corpo. Estava escuro lá fora, o amanhecer ainda demoraria horas, um vento frio soprou seu cabelo no rosto. Seu companheiro apenas levantou-a quando ele chegou do lado do passageiro, que tinha a porta removida, e ela acabou sentada em seu colo. Ele a rodeou com os braços, mantendo-a muito perto. Os outros dois espécies sentaram no banco traseiro. __ Você acha que isso é necessário? __ela realmente não esperava, se inclinou para frente o suficiente para espiar para o motorista. __ Eu acho. __Breeze sorriu. __ Eu sou paranóica, no entanto. Eu realmente amo assistir filmes humanos e em um deles eu vi um grupo de bons rapazes serem atacado no caminho para a delegacia de polícia, enquanto escoltavam uma testemunha. Eu acho que os bandidos podem assistir aos mesmos filmes, como eu e roubar essa reviravolta na história. Agora nós temos atiradores no telhado se eles tentarem criar um obstáculo. __ Não a assuste. __True ordenou. Jeanie teve a reação oposta. Ela riu, divertindo-se. True estendeu a mão e agarrou-lhe o queixo, forçando-a a olhar para seu rosto sombrio. __ Isso não é engraçado. __ Não é. __ ela concordou e suspirou. __ É só que eu realmente gosto dela. __ Eu gosto de você também. __Breeze alegremente disse. __ Espere um pouco. Pode ficar difícil. Eu não estou tomando a rota que eles esperariam. Eu sempre quis fazer isso. Jeanie agarrou a barra acima de sua cabeça. True soltou seu queixo, mas seu outro braço continuou apertado em torno de sua cintura, como se fosse seu cinto de segurança. O Jipe decolou rapidamente e abruptamente desviou do outro lado da estrada e pulou no meio-fio. Quase jogou a do colo de True, mas ele continuou segurando-a quando as rodas pousaram na grama. __ Você vai dirigir pelo parque? __Jericho praguejou. __ Sim. __Breeze riu. __ Brilhante, não? Eles vão pensar que vamos usar as estradas, mas não vamos. Nossos rapazes podem ver dos telhados por isso estamos cobertos.

252


__ Você quer ligar os faróis? __Jinx empurrou sua cabeça entre os assentos da parte de trás. __ Você não bateu em nenhuma árvore, mas vê que tem uma diretamente em nosso caminho? Breeze virou a direção, enviando o Jipe para a direita antes de endireitar-lo. __ Eu vejo. Eu não sou cega, e não, eu não estou usando os faróis. Os humanos não têm a nossa visão noturna. O ponto é chegar lá sem eles saibam onde estamos. Agora cale-se e sente-se. Vou levar-nos lá antes... __ Os arbustos! __Flame gritou. __ Eu os vejo. __Breeze desviou para a esquerda. __ Isso não é divertido? __ Não, não. __resmungou True. __ Desmancha-prazeres. __Breeze riu. __ E sim, eu vejo o lago. __ela virou a roda. __ Nós não vamos dar um mergulho. Jeanie fechou os olhos e se apertou em Thue, grata que não podia ver nada na escuridão. O Jipe acelerou bateu e balançou sobre o terreno irregular, o vento frio batia contra sua pele, mas ela se sentia segura, apesar de tudo. __ Espera aí. Estamos deixando a grama para a estrada. __avisou Breeze. __ Lembre-me de dirigir na próxima vez. __Jinx resmungou. __ Devagar! __ Você perdeu seus novê-los de lã, gatinho? __Breeze riu. __ Isso é divertido! A sensação de estar no ar só durou um ou dois segundos antes que as rodas batessem na rua pavimentada novamente. True amparava-a enquanto eles eram jogados para o ar um pouco antes de baterem contra o assento. Ele rosnou. __ Droga, Breeze. Minha companheira não precisa ter ainda mais medo. __ Você não está preocupada em ser filmada, você está, Jeanie? __ Definitivamente, não. __ela concordou, mais preocupados se eles estariam envolvidos em um acidente de carro.

253


__ Está vendo? __Breeze riu. __ Eu sabia que isso ia distraí-la. Ok preparem-se! True rosnou novamente e seu corpo ficou tenso. As rodas gritaram em protesto quando o jipe fez uma parada repentina. __ Parece seguro. __Breeze desligou o motor. Jeanie abriu os olhos quando ela levantou o rosto do peito de True e olhou ao redor. Eles estavam em uma área bem iluminada, estacionados perto do meio-fio em frente a um prédio térreo. Dois novas espécies de uniformes com armas em punho franziram o cenho. __ Você é uma ameaça, Breeze. __um deles a acusou. __ Eu também te amo, rapaz de toga. Ele rosnou. __ Eu lhe disse para parar de me chamar assim! __ Seja agradável ou eu vou dizer “Olá” para a sua companheira. Eu perdi Bella enquanto vocês estavam na Reserva. Tenho certeza de que eu poderia encontrar uma bandeira em algum lugar no caminho e dizer-lhe como seria romântico reviver momentos memoráveis reencenando aquela noite, tirar umas fotos de recordação... __ Você não ousaria. Eu não vou posar para fotos. Breeze desceu do veículo e bufou. __ Você vai fazê-lo se a sua companheira pedir. Lembre-se, rapaz de toga. True tirou Jeanie do jipe e colocou-a de pé. Ela olhou para ele. __ O que eles estão falando? __ Eu não quero saber e você também não. __ele respondeu. Ele apertou a mão dela. __ Vamos para dentro antes de começar a lutar. Ela olhou para a mulher espécie enfrentando o muito mais alto homem espécie enquanto True a levava em direção ao prédio. __ Talvez devêssemos ficar por perto para garantir que isso não se transforme em violência. True olhou os dois e depois riu. __ Eles são como irmãos. Além disso, Breeze pode lidar com qualquer homem em uma briga e não seria Shadow, ela sente simpatia por ele. Ela nunca faz ameaças a menos que ela esteja disposta a realizar.

254


Jeanie ficou de os olhos arregalados quando outro nova espécie usou seu cartão para passar no leitor e digitou números para abrir uma porta de aço. Ela ficou espantada com a quantidade de segurança que eles usaram. O interior era uma sala grande com um monte de computadores. Mais três novas espécies trabalhavam dentro, um deles era Luna. Ela se levantou e sorriu, acenando por sobre seu computador. __ Eu estou pronta para você olhar para os registros, Jeanie. Estes são os arquivos de funcionários de Homeland e todos têm fotos. Sente-se. Jeanie soltou True e se sentou. Luna se inclinou sobre ela e digitou comandos no teclado. __ Obrigada. __ Tirei todos os humanos do sexo feminino. Basta clicar no botão de seta para ir para o próximo registro. Sinto muito, mas há um monte deles. Homeland foi totalmente construído por seres humanos e cumprem muitas outras funções, existem muitos machos para que você olhar. Vai levar algum tempo. __Luna sorriu encorajadora. __ Eu vou estar bem ali. __ela apontou para outra mesa antes de indicar que True devia sentar ao lado de Jeanie. __ Esse é para você. Eu sabia que você ia querer ficar ao lado dela. True sentou-se e se aproximou. __ Eu espero que nós encontremos os bastardos. __ Eu também. Jinx e os outros machos novas espécies que tinham vindo com eles ficaram do fundo da sala. Jeanie voltou toda sua atenção para a tela para olhar para o primeiro arquivo de funcionários. Tinha a pessoa nome, cargo, uma foto, e um monte de outras informações com opções de clicar. Ela estudou o rosto e apertar o botão de seta. Ele não era o agente Brice ou o homem loiro que tinha vindo atrás dela no apartamento de True. Ela tinha que se lembrar que poderiam ter mudado a cor do cabelo e ter em mente que eles podem parecer diferentes nestas fotos. Ela estudou cuidadosamente cada face. Jinx trouxe a Jeanie uma xícara de café tempos depois. Ela lhe deu um sorriso de agradecimento e bebeu. True calmamente permaneceu ao lado dela. Ele estendeu a mão para esfregar suas costas. Ela apreciou o fato de que ele estava lá para lhe dar apoio moral. Os arquivos estavam na casa das centenas. Jeanie estava cansada de olhar para tantos rostos por quase uma hora, mas ela continuou. A próxima imagem apareceu quando ela bateu a seta e o rosto na tela a fez ofegar enquanto olhava para ele. 255


True se inclinou para ela. __ O que foi? __ É ele. __Jeanie olhou para a foto e seu olhar deslizou para o seu nome. Jerry Boris. __ É ele! __sua voz se elevou. __ esse é agente Brice! O movimento em sua visão periférica a levou a tirar o olhar do monitor. Cada Nova Espécie da sala estava ao redor dela. True estendeu a mão e agarrou sua coxa, apertando-a. __ Esse é o Diretor Jerry Boris. Ele foi encarregado de Homeland quando abriu. __um dos Nova Espécie rosnou. __ Oh homem. __Jinx disse. __ Você tem certeza, Flame? O ruivo Nova Espécie severamente assentiu enquanto puxou o celular do bolso de seu uniforme. __ Eu estou ligando para Justice e o Conselho. Eles queriam ser informados se o macho foi encontrado. Flame encarou Jeanie. __ Você está absolutamente certa de que ele é o cara? __ Sim. Estou cem por cento certa. Esse é o homem que me disse que seu nome era agente Terry Brice. Ele se encontrou comigo a cada duas semanas desde o início. Não há dúvida. Flame praguejou e se afastou enquanto discava. Ele entrou em uma sala fora do escritório principal e chutou a porta fechada. Jeanie olhou para o arquivo na tela e releu a informação. Tinha dados como um funcionário atual. Ela franziu o cenho. __ O que significa isso? __mostrou True do seu lado para poder melhor olhar para a tela. __ Ele ainda trabalha para vocês. __ela apontou para seu status atual. Luna se inclinou para frente, do outro lado de Jeanie e agarrou o mouse. Clicou em um link e ele abriu outra janela. Todos eles leram as informações. __ Ele é o diretor da Fuller. __rosnou True. __ Maldição. Não admira que enviasse uma equipe para seqüestrar você. Foi assim que eles conseguiram a papelada e acesso.

256


Jeanie recostou-se na cadeira, sentindo-se oprimida e perplexa. __ Eu não entendo. Se ele trabalha na Fuller, ele não estaria preocupado que eu fosse vê-lo se tivessem conseguido me levar até lá, que eu o reconhecesse? __ Eu acho que sei qual foi o ponto. __True disse duramente. __ Os humanos morrem, por vezes, na Fuller. Jericho retumbou. __ É por isso que eles tentaram levá-la para a Fuller. O homem deve ter ficado apavorado que ela fosse identificá-lo quando ouviu que ela iria olhar todos os arquivos dos empregados humanos. Eu me lembro dele. Ele não era um bom homem. Ela é a única testemunha que pode ligá-lo aos crimes ele cometeu. __seus olhos castanhos estranhos, com tons vermelhos fixaram-se nela. __ Você tem sorte que a tentativa falhou. __ Ele sabe todos os códigos de segurança e ele teria sido capaz de acessar o nosso sistema, quando ela contatou a NSO para denunciar Drackwood. __Luna rosnou. __ A força-tarefa sempre avisa a Fuller antes de invadir qualquer instalação no caso de capturar prisioneiros. Eles exigem a notificação prévia, para ter certeza de que eles têm pessoal extra na mão para processar a entrada de prisioneiros. __ Você pode bloqueá-lo de nossos sistemas de computador? __Jinx parecia chateado. Luna assentiu. __ Isso já foi feito. Eu tranquei o sistema quando suspeitei que pudesse ser um membro da força-tarefa por trás disso. Agora você só pode obter acesso direto aos computadores de dentro do Controle aqui na Pátria e do Controle do interior da Reserva. Os códigos são restritos apenas a novas espécies. Flame abriu a porta e olhou triste quando ele voltou para a sala grande. Seu olhar buscou True. __ Justice quer que você esteja no seu escritório em vinte minutos. Ele está se vestindo. Sua companheira está em perigo. Justice quer que mais segurança imediatamente seja atribuído a ela. Tenho SUVs vindo para nos levar lá. Jerry Boris já fez uma tentativa de seqüestrar sua companheira, True. Justice entrou em contato com Tim imediatamente para esclarecer a forçatarefa do que está acontecendo e para dar apoio. __seu foco deslizou para Luna. __ Mostre-lhe todos os membros da equipe da força-tarefa em curso neste momento, antes de sair. Temos que garantir que o macho restante que tentou sequestrá-la não é um dos homens de Tim. A porta da sala de controle abriu e Fury correu para dentro. Ele parecia chateado. Usava calça de moletom e uma camiseta, seu cabelo estava preso 257


em um rabo de cavalo. __ Eu estava correndo quando recebi o telefonema. Sua atenção se concentrou em Jeanie. __ Você tem certeza que o homem que dizia ser o agente é Jerry Boris é? Ela assentiu com a cabeça. __ É ele, sem dúvida. Fury jogou a cabeça para trás e soltou um uivo. Jeanie se encolheu na cadeira, assustada. O nova espécie parecia estar tendo um colapso. O som ensurdecedor morreu e seu queixo abaixou. Seu rosto tinha se transformado em uma visão assustadora. True saltou em pé, derrubando sua cadeira no processo. __ Não assuste minha companheira! Fury piscou algumas vezes e realmente se encolheu. __ Desculpe. __ele olhou para ela. __ Minha raiva não é dirigida a você. Eu sei quem é este imbecil. Ele trouxe problemas para minha companheira e eu, quando ele entrou em Homeland. Ele mandou minha Ellie para longe de mim por despeito, por ela não seguir suas ordens. Ela quase foi seqüestrada por um inimigo da NSO. Em seguida, ele tentou tirá-la da minha casa, por vingança por não ajudá-lo a retardar Espécies e tomar o controle de Homeland. Tiraram-no de sua posição e depois deram a prisão para ele dirijir. Eu não me importava, porque ele não estava mais aqui e eu pensei que era justo que os nossos inimigos tivessem que lidar com ele. __ele respirou de forma irregular. __ Eu quero arrancar-lhe a cabeça. __ Entre na fila. __disse True. __ Tenho certeza de que ele queria minha companheira na Fuller para que ele pudesse matá-la e impedir que o identificasse. Flame pigarreou. __ Tudo bem. Estamos todos de acordo que Jerry Boris é um homem que deve morrer de forma dolorosa e ele fez coisas más para ambas os espécies e companheiras. Justice quer nos ver em cerca de quinze minutos e Jeanie ainda precisa ver os rostos da equipe da força-tarefa, antes de permitir que eles venham ajudar a protegê-la. Temos que ter certeza de que nenhum deles vá trair a nossa confiança. __ele fez uma pausa. __ Luna, o tempo está passando. __ Eu si disso. __ela se inclinou, tocando em comandos no computador. Jeanie virou em seu assento e voltou, esfregando a perna de True que estava atrás dela. Um olhar assegurou-lhe que ele não estava com vontade de sentar-se. Em menos de um minuto Luna tinha aberto uma página de fotos em miniatura dos membros da força-tarefa.

258


__ Desculpe-me, mas estes são os mais novos com o sistema atualizado. Basta clicar em cada um deles e vai abrir a foto maior. Pressione a tecla de escape e elas vão fechar. Vá linha por linha para que você não perca nenhum rosto. Jeanie foi trabalhar. Havia apenas algumas dezenas de arquivos e ela estava feliz de informar que o idiota que a drogou não estava entre os membros da equipe. True e o outro Nova Espécie pareciam aliviados com a notícia. Ela também, pois sabia que True era amigo de alguns deles. Ela percebeu que tinha causado dificuldades suficientes, sem adicionar a perda de um amigo. True ficou ao seu lado quando eles deixaram o centro de controle. Mais Novas Espécies se reuniram do lado de fora e ela se sentiu um pouco sobrecarregada pelo esforço deles em protegê-la, não se acostumava em usar SUVs para uma curta distância até outro edifício. Ela estava iluminada por dentro.

*****

Tim Oberto se encontrou com eles apenas no interior. __ Estamos usando a sala de conferências. __ele apontou. __ O escritório de Justice não acomodaria todos. __ele olhou em volta para os espécies. __ Meus homens estarão aqui em cerca de cinco minutos, mas eu vou esperá-los lá fora. True olhou para o humano. __ Bom. Eu não confio neles ao redor da minha companheira. __ele percebeu que não estava sendo razoável, Jeanie tinha inocentado todos os membros, mas ele não estava a fim de acreditar que estava tudo bem, ela poderia ter sido assassinada. __ Droga! __Tim murmurou, mas não disse mais nada. True manteve Jeanie dentro do círculo de seus braços, alerta para as suas emoções uma vez que mais de vinte espécies homens cercaram-nos no momento em que entraram na grande sala. Justice, Fury, Slade, Jaded e Bestial se sentaram nas mesas em vez de nas cadeiras. Luna tinha chegado e ela parou perto de Jeanie. Ele estava grato pela presença da fêmea. Breeze também se juntou a eles, cobrindo as costas de Jeanie. O orgulho encheu sua alma, porque ele sabia que eles eram protetores com sua companheira. Justice severamente olhou para ele. __ Ela identificou Jerry Boris?

259


__ Sim. __Jeanie falou antes que True pudesse. Ele olhou para ela, vendo seu firme queixo. Não havia medo em seus traços delicados. Fazia-o orgulhoso. __ Esse é o mesmo cara que fingiu ser o agente Terry Brice. __ Filho da puta. __Tim rosnou. __ Eu deveria ter visto isso. __ Explique. __Slade exigiu. __ Jerry, Terry. Boris, Brice. Ele manteve os nomes perto o suficiente para que ele sempre respondesse se alguém falasse seu nome. É técnica de disfarce operacional padrão, menos confusão. Os primeiros nomes rimam por isso deveria ter chamado a atenção. Maldição, ele quase pôs as mãos sobre ela. __Tim recusou-se a sentar. __ Aquele desgraçado tem mais coragem do que eu jamais lhe dei crédito. Breeze bufou. __ Maldição? Seus homens o deixaram quase por as mãos sobre ela e levá-la a Fuller para matá-la. Se não tivéssemos impedido você acha que ela teria sobrevivido quanto tempo? __ Não. __Tim balançou a cabeça. __ Ele provavelmente a queria viva para descobrir o que ela nos disse até agora e por nenhuma outra razão. __ele mudou de posição o suficiente para olhar para Jeanie. __ Sinto muito, Sra. Shiver. Eu realmente sinto. Você deve achar que eu sou o maior idiota do mundo e eu não culpo você. Tem que entender que Jerry Boris fez você parecer culpada como o inferno. Ele estava numa posição para fazer tudo o que disse, mas nada que você disse pereceu ter sentido. Tenho certeza que a intenção dele era essa. Não posso me desculpar o suficiente, mas por favor, saibam que eu quero dizer isso. __ Ela não aceita o seu pedido de desculpas. __rosnou True. Jeanie olhou para ele, mas deve ter visto sua ira. Ele sente que ela não deve aceitar um pedido de desculpas depois de todo o sofrimento que ela tinha experimentado. Ele ficou grato por ela não discutir com ele. Sua companheira era muito sensível, mas faria sua decisão de parar de trabalhar para a força tarefa fácil. Ele pertencia à pátria em tempo integral e ver o rosto de Tim sempre iria trazer memórias ruins. Tiger entrou __ Eu tenho a informação. __ele olhou em volta, dirigindo o olhar para Justice. __ O Diretor Boris está realmente em uma conferência em Washington, DC. Era obrigatório para todos do alto escalão humano que tem relações com o ONS. O Senador Hills promove uma a cada seis meses para saber se estamos recebendo total cooperação deles. Boris está lá há dois dias, mas 260


descobrimos que ele mudou seu plano de vôo. Seu vôo original seria retorno para depois de amanhã, mas ele disse ter uma emergência familiar. __ Ele não tem família que eu saiba. __Tim resmungou. __ Bastardo mentiroso. Ele tinha uma esposa, mas ela morreu há muito tempo. __ O primeiro vôo de volta para cá sai às seis horas lá. Isso é três aqui. __finalizou Tiger. __ Ele está reservado nesse. Seu novo horário de vôo permite-lhe tempo para chegar à Fuller antes do segundo turno mudar. __ Eu quero que ele seja preso agora. Você sabe em qual hotel ele está? __Tim arrancou o celular. __ Eu vou prendê-lo lá. Alguém da Fuller poderia ter ligado para ele para lhe dar as notícias. O idiota pode tentar fugir. Eu tenho alguns amigos confiáveis em DC que vão fazer a prisão. Eu não vou deixar isso para qualquer policial. Jeanie ficou tensa, chamando a atenção de True. __ Você não pode fazer isso. __protestou ela. __ Por quê? __True de não gostaria da resposta. __ É mais seguro prendê-lo agora em vez de esperar até que ele chegue à Califórnia. Seus lindos olhos castanhos olharam para ele e ele podia ver sua angústia. __ E se há outros lá fora como eu? __ O que você quer dizer? __Justice não parecia mais feliz do que ele sentia. Jeanie puxou olhar do dele para olhar para o macho felino. __ Senhor North, ele mentiu para mim e me levou a trabalhar à paisana. Não poderia haver outras pessoas que estão na mesma situação que eu estava? __ela se inclinou contra True. __ Você não entende? Ele me usou e ele pode estar usando outras pessoas. __ Nós vamos ter Darkness forçando-o a nos dizer se ele sabe de quaisquer outros locais. __True estava certo, o macho poderia fazê-lo. Jeanie mordeu o lábio inferior. __ O que é Jeanie? __True sabia que ela queria dizer mais, mas não o fez. __ Não se reprima. Ela olhou para ele, depois para Justice. __ Você realmente acha que ele vai ser honesto sobre isso, se ele está usando outra pessoa como fez 261


comigo? Ou admitir para saber onde outras novas espécies estão sendo mantidas? __ Darkness pode ser muito persuasivo. __Justice assegurou. __ Você está disposto a fazer um acordo com ele que lhe permitirá sair livre? Eu sei o que Polanitis queria. Eles estavam discutindo na enfermaria quanto eu estava lá e ouvi um pouco. Um milhão de dólares, para ser enviado a um país sem extradição. Quem pode dizer que Brice não vai exigir o mesmo? Eu realmente não quero que o bastardo seja libertado, ele pode fazer a coisa toda novamente. Justice olhou para True, confuso. __ Você estava lá fora. Isso é o que ele pediu. Darkness não ficou satisfeito. Justiça concordou com a cabeça e deu a Jeanie um olhar suave. __ Nós não fazemos negócios. Nós quebramos ossos fazê-los falar. __ E o diretor da Prisão Fuller sabe que é assim que se opera certo? __Jeanie disse e True a deixou ficar de pé sozinha, já que ela parecia querer. __ Ele cuida da prisão, ele vive dentro... inferno, certo? Ele sabe disso melhor do que ninguém. Eu passei um tempo com Brice-Boris qualquer que seja o seu nome, e confie em mim, ele me enganou totalmente. Eu não acho que ele vai lhe dizer tudo o que sabe. Acho que ele vai fazer de tudo para salvar a sua própria pele o que significa deixar as pessoas como eu e os pobres Novas Espécies em qualquer lugar infernal. Brice queria ter certeza que eu não pudesse testemunhar contra ele. A última coisa que ele quer é mais pessoas apontando o dedo para ele ou mais crimes adicionados à lista, se há outros locais que ele conhece. Ele poderia ficar quieto só por despeito, para se vingar por ter sido preso. __ela olhou para True. __ Ele não tem nada a perder, pois ele sabe que está tudo acabado, já que ele está preso. Mas ele pode se vingar retendo o que ele sabe. __ Darkness pode ser persuasivo. __Fury afirmou. __ Eu não me importaria de passar algum tempo interrogando-o também. Jeanie suspirou. __ Ele não sabe que sabemos quem ele realmente ele é, certo? Eu não deveria ter visto esses arquivos ainda. E se o fizermos pensar que eu fiquei doente por causa da droga ou algo para atrasar isso? Daria tempo para rastrear onde ele esteve e descobrir mais antes dele ficar ciente de que ele foi identificado. Você pode rastrear seus telefonemas. Ele tem que achar que me assustei e ele pode tentar cobrir seu rastro. 262


__ Jeanie. __raspou True. __ Ele é muito perigoso para permitirmos que ele fique livre. Ele pode fugir do país. Ela se virou para encará-lo. __ E se ele resiste a prisão ou algo assim? E se ele atira e mata alguém? Este cara que não tem coração. Ele não podia ser capaz de fazer todas as coisas de merda que ele fez. Ele não vai sentir um pingo de piedade ou arrependimento por vidas perdidas. E se há outras pessoas que estão rezando todos os dias alguém para vir e resgatá-los? __ Você quer que a gente coloque-o em vigilância? __Tim moveu-se mais perto. Jeanie virou a cabeça, concentrando-se nele. __ Sim. __ Ele precisa ser levado em custódia. __True fechou a cara. __ Ele é um perigo para você. __ Espere um minuto. __Tim parecia estar considerando a idéia. __ Ela pode estar certa. __ele pegou o telefone celular. __ Nós poderíamos por escutas na sua casa, seu carro, monitorá-lo também, sem que ele saiba. Poderíamos descobrir se ele tem telefones escondidos. Sabemos que ele está fora da cidade. __ele ficou em silêncio, mas as engrenagens de sua mente ainda estavam girando, pelo olhar intenso de concentração em seu rosto. __ Sim. Eu gosto dessa idéia. __ele olhou para Jeanie. __ Eu decidi que realmente gosto de você. __ Tim, eu não... __ É um grande plano. __disse Tim, cortando Fury. __ Eu concordo que ele é um idiota e vingativo. Podemos entrar na sua casa e colocar escuta em quaisquer dispositivos de comunicação que encontramos. Qualquer coisa que ele fizer, nós vamos saber. Ele não teria levado essa merda com ele para DC. A segurança lá é rigorosa e ele passou por raios-X nos aeroportos. Eu sei que ele só levou bagagem de mão. É procedimento padrão. Ele teria deixado todos os celulares em casa, porque a segurança dele ficou a cargo do senador Hills. Ele teria que se preocupar com eles encontrarem os telefones e eles fazem verificação muitas vezes para se certificar de que ninguém entrou, enquanto ele estaria em reuniões. Isso inclui a verificação da sua bagagem. Jeanie sorriu, feliz. True não estava. Ele queria que o humano fosse onde ele não pudesse fazer qualquer dano. Tim não desistiu. __ Podemos plantar dispositivos em seus computadores no trabalho e em sua casa. Eu posso contatar a segurança no aeroporto. O chefe de segurança ali foi um dos meus rapazes. Tenho certeza 263


de que aquele bastardo do Boris tem um laptop, ele levou com ele e vai ser fácil de infectar com um programa fantasma. O scanner do aeroporto que ele tem que passar por poderia ter um problema e retardar tempo suficiente para que um dos meus técnicos tenha acesso ao seu computador. Ele só vai pensar que está preso na máquina até que eles supostamente “concertem” o defeito. Qualquer coisa que ele fizer, será transmitido para nós. Podemos ver cada maldito comando que ele fizer no teclado e ver o que ele vê. Nós podemos ter acesso a qualquer um de suas senhas e contas de e-mail que não conhecemos. Também irá dar-nos mais tempo para olhar o que ele tem feito. Quanto mais seguro ele se sentir, mais provável que se descuide. A Sra. Shiver está certa. Ele vai querer cobrir seus rastros e provavelmente criar novos protocolos para lidar com qualquer um com quem ele está trabalhando atualmente, em caso de sua prisão. Caso contrário, ele vai temer que entramos em contato com a NSO diretamente se eles não agirem com ele normalmente. __ Nós não temos sequer certeza se existem outros humanos que ele está enganando ou outros locais onde espécies estão sendo mantidos. __Flame afirmou. __ Nós sabemos que ele é uma ameaça direta para a companheira de True. __ Exatamente. __concordou True. __ Ele obteve dinheiro de nós duas vezes, usando-a para verificar onde novas espécies estão sendo mantidas e minha equipe ainda está em busca de outras transações que ele poderia ter comandado. __Tim franziu o cenho para True. A idéia dela é melhor do que apenas pegar ele. Eu tenho muita fé e Darkness, mas inferno, esse cara nada tem a perder. Ele não tem família para usar contra ele. Nós podemos mantê-la segura. Eu também gostaria de uma chance de ver onde ele esconde o seu dinheiro, para que possamos recuperálo. Ele vai criar um plano de fuga o que significa acesso a esse dinheiro. __ Ela não deveria estar em perigo. __True rosnou, não gostando da idéia. __ Por favor? __Jeanie virou em seus braços e olhou para ele. Ele olhou para ela e sabia que ele faria tudo diante da visão de suas lágrimas não derramadas, algo que o afetou fortemente. __ Eu só quero que você fique segura. __ Eu sei. Eu quero isso também, mas eu também quero ter certeza de que não há pessoas lá fora que poderiam ser salvas. Eu prefiro estar em risco por um pouco mais do que saber que me proteger custou vidas. __True reprimiu um grunhido e levantou a cabeça, olhando por cima dela para Tim. __ Faça isso. __ele olhou para Justice. __ Precisamos de um 264


plano melhor para mantê-la segura do que apenas mais oficiais. Eu quero que ela seja levada a um novo local onde é mais seguro e ele não tenha chance de descobrir onde ela está. Talvez a Reserva no meio da zona selvagem. Justice deslizou para fora da borda da mesa. __ Tiger? Qual é a sua sugestão? O macho felino franziu a testa, pensando. __ A casa ao lado da sua está vazia. O Diretor Boris, obviamente, tinha mais acesso aos nossos computadores do que sabíamos e pode ter mantido o controle sobre o que temos feito desde que assumimos Homeland. Ele vai suspeitar que vamos transferir o casal para a Reserva já que é o que fizemos no passado. Acho que devemos mantê-los aqui. __ Concordo. __Fury suspirou. __ Eu não gosto desse idiota correndo livre também. __ele segurou o olhar de True. __ Mas sua mulher nos mostrou pontos válidos e por isso Tim tem que fazer. Nós podemos mantê-la segura e dar a Boris espaço suficiente para enforcar-se, ao mesmo tempo. __ele sorriu para Tim. __ Será que disse direito? Enforcar a si mesmo? __ Sim. __Tim sorriu. __ Isso é o que nós estamos esperando que ele faça. Eu vou ter minhas equipes nele o mais rápido possível. Eu quero tomar emprestado um par de suas caras com bons narizes, quando entrar em sua casa. Eles podem encontrar coisas que não podem ser encontradas apenas com inspeções visuais. Nós temos que ser super cuidadosos para que ele não suspeite que nós estivemos lá e isso significa não tocar em nada. __ Certo. __Tiger apontou para a porta. __ Vamos reunir os seus homens juntos e atribuir funções, Tim. __ele olhou para Slade. __ Você pode resolver como manter o casal seguro. __ Não tem problema. __Slade sorriu quando olhou para Fury. __ Aproveite a unidade. Eu sei que você está indo com a equipe para a casa de Boris. O canino riu. __ Eu não perderia por nada no mundo. True soltou um suspiro frustrado e puxou Jeanie de volta a seus braços, abraçando-a ao seu corpo. Parecia que todos estavam felizes com o plano, mas ele não. Ele só queria mantê-la segura. __ Eu quero as atualizações detalhadas. __ele exigiu. Não era um pedido.

265


Justice ergueu uma sobrancelha, mas depois concordou. __ Eu entendo. Eu também, se fosse Jessie. Mantenha-o a par de tudo, Slade. __ Ok. __o macho concordou. __ Para tanto precisam estabelecer-se em um novo lar. As portas se abriram novamente e Jinx passeou pela sala de conferência, sorrindo. True não tinha notado que o macho tinha estado ausente da reunião até aquele momento. Ele deu uns passos em torno de alguns espécies até fazer uma pausa antes dele tirar o braço de trás das costas. Ele estendeu uma pasta de documentos com uma caneta presa nela. True olhou para ele e franziu a testa, então encontrou o olhar divertido do macho. __ Papéis de acasalamento. __disse Jinx e riu. __ Só assim você tem a garantia de que eu acredito que ela escolheu. Tanta coisa está acontecendo que eu sabia que não teria tempo para fazer a ligação. Eu, pessoalmente, os elaborei para você e imprimi. Vou levá-los para registro e não vou soltá-los até que estejam prontos. Um nó se formou dentro do peito de True. Significou muito que o homem tinha lidado com o problema. O silêncio se formou ao redor da sala. Ele olhou para os rostos de seus amigos e companheiros Espécies, vendo que sorriam, enquanto alguns pareciam com um pouco de inveja. Ele entendeu. __ Se você mudou de idéia... __Jinx brincou. Ele soltou Jeanie e pegou a pasta. Olhou para ela e ela sorriu para ele. Ele sorriu de volta. __ Nunca. Jeanie é minha companheira. Obrigado. __ Eu sou. __ela concordou. __ Onde é que eu assino? True pegou sua mão e levou-a para a mesa mais próxima e abriu a pasta. Ele assinou sem ler o documento, e ficou satisfeito quando Jeanie aceitou a caneta e assinou também. Eles eram companheiros já, mas agora se tornou oficial. __ Vamos comemorar com uma festa assim que ela estiver segura e Boris trancado dentro da Fuller. __Justice decretou. True olhou para o homem, cheio de gratidão. __ Nós apreciaremos isso. 266


Justice riu. __ Tenho a sensação de que o que você vai fazer em privado vai ser mais divertido. Tirem-nos aqui, Slade. Jinx aceitou a papelada com uma piscadela. __ Eu vou ter certeza de que seja arquivado. Seja feliz. Ele já era e seria mais quando Boris não fosse mais uma ameaça à sua companheira.

Capítulo Dezenove “Estou acasalada.” Jeanie sorriu e curvou-se contra True em seu colo no SUV. Ele insistiu que ela se sentasse lá enquanto outros novas espécies entraram no veículo para escoltá-los até onde eles estavam sendo movidos. O sol mal havia subido e ela olhou pela janela lateral, quando pararam. O Nova Espécie, vestindo o uniforme da NSO, caminhou até a porta do motorista. __Olá, Slade. __ Nós temos um novo casal. Eles ficarão na casa ao lado de Justice. Esta é Jeanie e você conhece True. O homem sorriu. __ Recebemos um telefonema que você estava vindo e que eles são recém-acasalados. __ Também foi dito que ela está em perigo? Todo humor deixou o rosto do homem. __ Sim. Eu mandei um oficial verificar a casa e ele passou um rádio de volta que tudo está bem. Vamos aumentar o patrulhamento. __ Bom. __Slade pisou no acelerador assim que o portão se abriu para deixá-los entrar. __ Estes são os chalés para casais acasalados e para alguns dos espécies com maiores responsabilidades. Jeanie olhou para as grandes casas. __ Chalés? Eles parecem ter mais de três mil metros quadrados. Minha versão de uma casa de campo e a sua são completamente diferentes. True capturou sua atenção com um olhar questionador. 267


__ Casas de campo são pequenas casas, bonitinhas, mas pequenas. Slade riu. __ Tudo é maior, com novas espécies. True riu. __ Tudo. “Homens.” Jeanie podia adivinhar onde as suas mentes estavam e decidiu, que em alguns aspectos, eram mais humanos do que admitiriam. Ela ficou em silêncio, até que chegaram numa calçada e pararam. True abriu a porta, tirando-a de seu colo e saiu atrás dela. Os outros novas espécies ficaram no SUV. __ Sua equipe de segurança está a caminho. Vão para dentro e relaxem. Alguém vai trazer a comida imediatamente e roupas dentro de uma hora. Estão recém-acasalados, aproveitem. A porta está destrancada. Justice ordenou um café da manhã de festa para vocês. __explicou Slade. __ Espere a campainha em cerca de dez minutos. Eles já tinham começado a preparar, então é uma questão de enviar alguém para entregar. Eles vão ser rápidos. True caminhou com Jeanie para a porta da frente. Ela olhou para a casa. Era pintada de um bonito rosa e era enorme. Qualquer apartamento em que ela já morou, provavelmente caberia na garagem. Ele torceu a maçaneta da porta e ela se abriu. Ela olhou para dentro. __ Uau. É totalmente mobilhada. __ Isso a surpreendeu. __ A companheira de Justice morou aqui por um tempo. Ela olhou para ele. __ Eles viviam separados após o acasalamento? Ele riu. __ Foi antes que eles acasalassem. Ele queria que ela ficasse perto. __ele sacudiu a cabeça. __ Sua casa é aquela. Ela olhou na direção que ele indicou e viu uma casa ainda maior. __ Essa é intimidante. __ Você não quer viver ao lado deles? __True franziu a testa. __ Eu quero que você seja feliz. __ Ele é o líder da NSO. Ele é como uma celebridade. Eu nunca pensei que eu seria vizinha de alguém tão conhecido, mas eu não me importo. É apenas um pouco estranho. 268


True surpreendeu-a rindo e abruptamente pegou-a nos braços. Ela colocou os braços em torno de seu pescoço. __ Eu sei do costume humano. Eu vou carregá-la para dentro. __ Isso é muito doce. __ela ficou tocada com o gesto. __ Obrigada. Ele entrou, virou-se e usou o pé para bater com a porta. Ele trocou seu peso suficiente para livrar sua mão e torcer as trancas. Seus olhares se encontraram. __ Você quer uma cerimônia de casamento? Poderíamos convidar sua família e amigos. Ela se imaginou telefonando para seus pais... Eles fariam uma tonelada de perguntas, principalmente começando com como ela conheceu True... Essa era a razão pela qual ela raramente ligava em situações perigosas, não seria divertido. Eles estariam com raiva que ela mentiu, e mantido tantos segredos. __ Talvez em alguns meses. __decidiu. __ Por agora, eu acho que nós temos o suficiente com essa coisa do Boris. __ Concordo. __ele virou-se, estudando a sala. Ela seguiu seu olhar. A sala era grande e inclui uma bela lareira. A cozinha e sala de jantar pareciam modernas e bem decoradas. __ Jeanie? __ela virou o rosto para olhar em seus olhos. __ Você está preocupada que sua família e amigos vão ter problemas com você ser acasalada a mim? __ Não. Acho que eles vão se surpreender já que eu nunca lhes disse nada sobre o que estava realmente acontecendo na minha vida, mas quando passar o choque de tudo o que eu tenho mantido em segredo e perceberem que sobrevivi a tudo, eles vão ficar bem com isso. Sempre me ensinaram a julgar as pessoas pela suas ações, em vez da aparência ou o tipo de educação que eles tiveram. Você ser Nova Espécie não vai importar. Você é uma pessoa incrível, True. __ Você mordeu seu lábio quando eu perguntei sobre o casamento. __ Não tem nada a ver com você. Eu prometo. Dizer-lhes que estamos juntos vai ser a parte fácil. Eles vão querer saber como nos conhecemos. Essa será a parte mais difícil. Isso me deixa ansiosa. Eles vão ficar furiosos quando eu disser-lhes que estava levando uma vida dupla e menti para eles sobre o 269


que eu estava fazendo para ganhar a vida e que era por isso que eu não podia vê-los com mais freqüência. Isso é algo que eu gostaria de evitar um pouco mais. __ Eu entendo. Temos um monte de estresse no momento. __ Exatamente. Não há pressa para lidar com eles. Ele deu um passo mais para dentro da sala e baixou-a nos pé. __ Fique aí. Vou pesquisar a casa. __ O guarda no portão disse que alguém já fez isso. Ele fez uma careta. __ Você é minha companheira. Sua segurança é o meu dever. Ela engoliu um protesto e apenas balançou a cabeça. True escancarou a porta do armário para investigar, desapareceu por alguns segundos para ver a cozinha, e então caminhou pelo corredor em direção ao que ela imaginou ser os quartos. __ Tenha cuidado. __ela gritou. Ela podia jurar que o ouvi rosnar e sorriu. Ele era bonito quando estava sendo paranóico e protetor. Ela tirou os sapatos, caminhou até o sofá e se sentou. Era confortável. A grande televisão chamou sua atenção e ela ansiava por ligá-la, isso era algo que tinha perdido desde estava com True. Ou não possuia uma ou tinha removido antes que ele a tinha levado para casa com ele. O controle remoto acenou, mas ela resistiu à tentação. __ Tudo está seguro. Ela se virou para ele e sorriu. __ Eu sabia que estaria. __ela deu um tapinha no sofá. __ Vem sentar-se ao meu lado. Tem sido uma longa noite, não é? Ele se aproximou, mas em vez de sentar, inclinou-se e levantou-a nos braços. __ Não, há uma grande cama no quarto. Você precisa dormir. Seu estômago roncou alto e ela corou um pouco, sabendo que ele não podia ter perdido deixado de ouvir. Ele olhou para ela. __ A comida em primeiro lugar. __ Eles disseram que estavam enviando alguma coisa. 270


A campainha tocou. Ela riu. __ Na hora. Ele gentilmente depositou-a de volta no sofá. __ Eu atendo. Você fica aí. Ela não protestou. Estava exausta e seu ferimento doía, mas ela não ia mencionar. True a colocaria deitada e a alimentaria com a mão, se ela contasse. O corpo de True a impedia de ver, mas ela ouvi-o trocar palavras suaves antes de fechar a porta e virou-se, segurando uma bandeja coberta. __ Café da manhã. Ele colocou-a em cima da mesa e levantou a tampa. Dois grandes pratos estavam lado a lado com suco e leite em recipientes próximos a cada um. Talheres e guardanapos estavam do outro lado. A visão de um grande bife, ovos mexidos e batatas fritas a fez ter água na boca. __ Faça a sua escolha, qual prato você quer? __True moveu a bandeja para que ela visse os pratos. __ Eles cozinharam enquanto estávamos a caminho. __ Você pode dizer só de olhar? __ Meu nariz me diz. Justice que era para acasalados, por isso eles cozinharam um pouco mais que o normal. __ Por quê? Sentou-se no chão ao lado dela, em vez de no sofá. __ Para não ofender. __ Você gosta de seus bifes quase crus. __lembrou-se que era assim com todos os novas espécies. __ Eu não me importo. Ele sorriu. __ Eles pensaram em você Jeanie, não sabiam que não se importaria. Está tudo bem. Estou muito feliz de comer. Eles provavelmente queriam garantir que você permitiria que montasse você e não queriam que você ficasse horrorizada assistindo sangue gotejar do meu garfo. Eles queriam evitar qualquer coisa que pudesse te chocar... Ela riu. __ Seria preciso muito mais do que isso para me dissuadir de ir para a cama com você.

271


Todo humor deixou seu rosto, enquanto olhava para ela. __ Coma, Jeanie. Ela sabia que seu olhar estava aquecido e esqueceu-se de comer. __ Você me quer. __ Sempre. __seu olhar baixou para seus seios. __ Muito. Coma rápido. __ Nós podemos colocar os pratos na geladeira e comer mais tarde. Não me importo em comer comida fria. __ Eu me importo se você está com fome e escolhe saciar minhas necessidades físicas em vez das suas. Coma, companheira. Ela pegou o garfo e a faca, pois ele parecia determinado a garantir que eles tomassem café da manhã antes de ir para a cama. Ela consumiu pelo menos metade do conteúdo do seu prato antes de finalmente parar. Ela nunca seria capaz de comer o que ele considerava uma refeição. O prato de True estava quase completamente vazio. Ela encontrou seu olhar. __ Estou satisfeita e totalmente pronta para ir para a cama quando você quiser. Ele largou os talheres e se levantou. __ Você quer dormir? Ela balançou a cabeça. __ Eu quero você. Esta é uma espécie de nossa lua de mel. Podemos dormir depois. Então, onde está esse quarto? __ela parou. __ Na verdade, existem dois. __ele deu a volta na mesa e parou quando seu peito quase tocou o dela e estendeu a mão. __ Deixe-me mostrar-lhe qual eu acho que você vai gostar mais. __ Mostre o caminho, gostoso. __ela tentou tirar a mão, mas ele agarrou seus quadris e segurou-a no lugar. Ele rosnou baixo, parecendo satisfeito com o apelido, levantou-a até que seus rostos estarem no mesmo nível. __ Envolva suas pernas em torno de mim. Ela colocou os braços ao redor de seu pescoço e as pernas ao redor de sua cintura. Ele caminhou lentamente, cada passo esfregando-os juntos... ele ficou olhando-a nos olhos.

272


__ Você está indo nos encostar numa parede? __não que ela se importasse. Ele riu. __ Eu não estou. __ele olhar para longe, em seguida, andou pelo corredor e entrou num quarto. Jeanie olhou ao redor, era um quarto bem mobiliado com uma enorme cama de dossel, alta do chão. Ela se virou para True e ele a beijou. Seus olhos se fecharam enquanto ela separava os lábios, gemendo contra sua língua. O deslizamento lento da língua talentosa provocando nela a promessa do que estava por vir, quando ela estivesse nua. Ela parou o beijo. __ Ponha-me na cama. Ele jogou-a e ela aterrissou no colchão macio com um salto. Ela riu. __ Está com pressa? __ Você está na cama. __ele sorriu, abaixou-se e arrancou uma das suas botas. Ele agarrou a cabeceira da cama com uma das mãos para firmar o equilíbrio. __ Agora você precisa ficar nua antes que eu rasgue sua roupa. Eu quero você Jeanie, muito. Ela sentou-se e pôs-se de joelhos, enquanto puxava a camiseta para fora de seu corpo. Ela jogou-a de lado. __ Eu quero você também. __suas calças eram fáceis de tirar, já que eram de strech. Atirou-se trás para movimentandose no centro da cama, tirando a calça pelas pernas. Ela apontou e jogou-as em True. Ele tirou a camiseta, e estava trabalhando no fecho suas calças, quando as dela bateram no seu peito. Ela riu quando sua cabeça se ergueu com surpresa. __ Depressa, cara lento... __ela se estendeu totalmente nua e soube que tinha toda sua atenção quando ele passou seu olhar sobre cada centímetro dela. Ela se virou, levantou para ficar nas mãos e joelhos, sorrindo. __ Você disse algo sobre montar. Eu imagino que esta é a posição certa para isso? Ele rosnou baixo e rapidamente tirou a roupa. Ele agarrou a borda da cama e se arrastou em direção a ela, parecendo um pouco selvagem e feroz com os seus dentes afiados aparecendo e um brilho voraz nos olhos. Ela gostava de vê-lo dessa forma, os músculos bem definidas e enormes... Ele a surpreendeu derrubando-a para o lado em vez de apenas se enrolar em torno de seu corpo, como ela esperava. __ Quais são...

273


Ele atacou, agarrando sua perna e virando ao seu redor na cama até que ele se agachou sobre ela. __ Eu não posso montar você até que você esteja realmente molhada. __um sorriso curvou seus lábios quando ele olhou para ela e separou suas coxas. __ Eu sei exatamente como fazer para chegar a isso. Abra-se para mim. Ela não corou quando atendeu seu pedido, atraindo os joelhos para cima, e separando-os para dar-lhe muito espaço quando ele abaixou seu rosto. Seus lábios roçaram um beijo sobre sua coxa, moveu-se para baixo e ela riu quando ele fazia cócegas com seu cabelo, que deslizaram sobre seu baixo ventre, quando ele abaixou o rosto para provocá-la. __ Você acha isso engraçado? __ele olhou para cima, ainda sorrindo. __ Seu cabelo. __explicou ela. __ Eu vou cortá-lo amanhã. __ Não! __seus dedos percorreu os fios soltos, puxando-os para longe de seu rosto. __ Eu gosto de você do jeito que é. Não mude nada. Uma sobrancelha arqueou e o sorriso desapareceu. __ Você quer mesmo dizer isso? __ Sim. __ Eu não a assusto em tudo? __ Não. __ Bom. Lembre-se disso. Ela abriu a boca para perguntar por que ela deveria, mas True enfiou as mãos sob seu traseiro, agarrou a bunda dela num aperto firme e seus ombros pressionaram contra suas coxas para forçá-las mais abertas. Sua boca era quente e molhada quando ele aninhou-a contra seu sexo e sua língua pressionou seu clitóris. Jeanie gemeu e esperava não puxar seu cabelo quando ela agarrou-os nas mãos. Sensações inundaram-na quando ele atacou. Não havia nada suave ou concurso na maneira como ele manipulou seu corpo. Resmungos escaparam dele, acrescentando vibrações na mistura. Ele chupou e segurou-a com firmeza, quando ela tentou escapar do prazer muito intenso. Seu nervos pareciam expostos, quando ele impiedosamente a obrigou a gozar. Ela gritou quando o clímax rápido e poderoso a atingiu. 274


True tirou sua boca e ela ficou mole, os olhos ainda fechados, recuperando-se da magnitude do que ele acabara de fazer com ela. Seus cabelos foram puxados de seus dedos relaxados e ela não pode sequer suspirar quando ele soltou seus quadris, virou-a sobre seu estômago e desceu sobre ela. As pernas dele estavam entre as dela espalhando-as para que ele ficaasse entre elas. __ Jeanie. __ele murmurou. Ele levantou-se por apenas um segundo, sua mão roçou seu traseiro quando ele alcançou entre eles para segurar seu pênis. A ponta grossa dele tocou a entrada da sua vagina e logo ele encheu-a, penetrando-a com força. Ela gemeu quando ele baixou seu peso sobre ela e os antebraços apoiados ao lado de seus braços, fixando-a completamente com ele. Moveu-se, dirigindo dentro e fora dela com força suficiente para bater fazer bater a cabeceira na parede. O prazer foi se construindo enquanto ajustava seus quadris para ser capaz de impulsionar em sua vagina, rápido e profundamente. A sensação de ser tomada era tão boa que ela não poderia dizer em palavras. Ela conseguiu mover suas mãos, agarrando os lençóis apenas para algo para se agarrar. Ela tentou corresponder aos seus movimentos, mas ele abriu mais as pernas, colocando mais peso sobre ela, mantendo-a imóvel. Havia algo muito sexy em saber que tudo o que podia fazer era sentir como True penetrava nela mais rápido, mais forte, e sua respiração irregular contra sua garganta era mais uma sensação que a excitava mais. Suas paredes vaginais se contraíram e ela sabia que ia gozar. __ Não pare. __ela implorou, sentindo como seu incrivelmente duro e grosso pau aumentava. Estava preocupada que ele não durasse tempo suficiente para que ela gozasse uma segunda vez. Uma dor aguda se irradiou de seu ombro, perto da curva do pescoço e a jogou sobre a borda do prazer e ela gozou com um grito, que o colchão abafou. True mordeu mais forte com seus dentes afiados. Sentiu que ele gozava também. Cada explosão de seu sêmen criava uma sensação de calor quando seus quadris retardaram... seu pênis travando dentro dela enquanto ele crescia, e ele ainda a segurava. Ele lambeu a área latejante e fez um som animalesco, cheio de emoção. Ela não podia identificá-la, mas ela gostou. __ Minha. __ele sussurrou. Demorou alguns segundos para Jeanie recuperar o fôlego e se recuperar. O peso de True ainda a prendia, mas ele apoiou os braços e se 275


manteve longe o suficiente para que ela não tivesse dificuldade em puxar o ar para dentro dos pulmões. __ Você me mordeu? __ela esticou o pescoço na tentativa de ver o que ele tinha feito, mas ele acariciou-a com sua boca, empurrando sua cabeça delicadamente contra a cama. __ Sim. Marquei-a, minha. Ela relaxou sob ele, deixando sua declaração revolver em seu cérebro nublado de sexo. Ela não se importava. Foi estranho ser mordida e ela sabia que ele tinha tirado sangue. Doeu um pouco menos quando correu sua língua quente e molhada sobre o local. __ Vai ter uma cicatriz? __ela não se importava, já que ele curou rapidamente. Ele riu e deu um beijo em seu pescoço. __ Talvez, mas não é ruim. Apenas... meus dentes fizeram uma marca. Haverá dois orifícios pequenos. Sua família vai se perguntar se você acasalou com um vampiro. __ Você tem meu ombro, não o meu pescoço. __ela sorriu e os dedos dele roçaram os seus, onde ela ainda apertava as mãos. __ Eu poderia morder seu pescoço. __ele beijou-a novamente. __ Sua coxa. Consigo pensar em uma centena de bons lugares para colocar minha marca em você. Você está com raiva? __ Eu estou acasalada com um nova espécie. __ela realmente se divertia. __ Não vá fazer xixi para marcar seu território, no entanto. Ao menos não dentro da casa. Estou ciente de que é um traço canino e... hum... mantenha isso no quintal, se a necessidade surgir. Ele riu aparentemente não insultado como ela temia. __ Ok. __ele levantou-se e virou sua cabeça o suficiente para vê-la. __ Eu não vou morder você de novo. Era o instinto de morder minha companheira e marcá-la. __ Sua expressão séria disse a ela mais do que palavras poderiam. __ Está tudo bem. Sério. Eu achei sexy e você só mordeu um pouquinho. Só uma vez, hein? Eu fiquei quente no segundo que você fez isso. Grande timing. Eu não acho que ia ser a mesma coisa... sexy, se você mordesse minha coxa e definitivamente não quando você está indo... lá embaixo em mim. Isso pode ser... ai... dolorido. 276


__ Eu queria provar seu sangue. Isso a incomodava um pouco. __ Com sede de sangue? __ Não. Eu conhecia o seu cheiro e seu gosto, mas não o do seu sangue. Agora eu conheço. __ Isso é importante? Ele hesitou. __ True? __ É apenas instintivo. Eu não sei por quê. Ela deixou que ficasse em seu cérebro. __ Está tudo bem. __ Eu não vou sempre me comportar ou pensar como você. Às vezes, eu poderia ser mais animal do que humano. __ Eu sei e eu aceito isso. Foi apenas uma pequena mordida. Existe alguma coisa mais que você queira saborear em mim? __ela sorriu. __ Só para me alertar? Ele balançou a cabeça, olhando-a fixamente. __ Mas eu não posso prometer que não vou pegar seu cabelo e passar alguns fios debaixo do meu nariz de tempos em tempos. Eu adoro a como ele cheira. __ Então... como é o gosto do meu sangue? __ Ótimo. __ele sorriu. __ Eu sei que nunca vou esquecer. __ Então... se eu cortar minha perna quando raspá-las e você corta seu rosto quando se barbear, e nosso sangue se misturar na mesma toalha, você saberia qual seria o meu e qual o seu? __ Sim. Embora eu não raspe. Ela tinha esquecido a sua falta de pêlos faciais. __ Certo. Ele rolou para o lado, puxando-a com ele, e enrolou-se em volta dela. __ O sono... Você deve estar cansada.

277


__ Eu estou. __ela gostava estar enrolada em seu abraço apertado com ele ainda conectado a ela. Ele se aconchegou ainda mais perto. __ Eu te amo, Jeanie. As lágrimas encheram seus olhos. Ela realmente precisava ouvir as palavras e ele finalmente tinha dito-as. Melhor, no entanto, ela sabia que ele queria dizê-las. __ Eu também te amo. __ O sono. Eu estou aqui e você está segura.

*****

True acordou, de imediato, consciente de seu entorno. A respiração lenta e constante de Jeanie assegurou-lhe ela ainda dormia. O barulho que o acordou soou novamente, fraco e mal distinguível. Ele identificou-o como a função de vibração em seu telefone. Veio de suas calças descartados no outro lado da cama. Ele cuidadosamente soltou Jeanie e colocou parte do cobertor em torno de seu corpo para assegurar que ela ficou quente. Ela não se mexeu, prova de sua falta de sentidos aguçados ou apenas que ela era muito cansada. Um olhar para o relógio mostrou que eles dormiram durante seis horas. Ele deslizou para fora da cama, dobrando-se para recuperar suas calças, e saiu do quarto. A porta não fez um som quando ele fechou-a, caminhou pelo corredor até a sala quando ele pegou o telefone celular. Quatro textos o esperavam. Ele leu de quem eram e FEA a chamada. __ Olá, Darkness. __ Desculpem-me por incomodá-los. Eu queria mantê-lo informado sobre o que estava acontecendo. __ Você foi designado para me dar atualizações? Eu só vi os textos de Slade. __ A equipe entrou na casa de Boris e plantaram escutas com sucesso em todos os seus dispositivos elétricos. Ele não será capaz de tossir sem o nosso conhecimento sobre o assunto. Eles também instalram algumas câmeras de modo podemos vê-lo na maioria dos cômodos. Eles clonaram dois telefones celulares descartáveis que encontraram escondido em sua garagem e colocar um rastreador em seu carro. A tecnologia cara de Tim baixará todas as suas informações em seu computador. O humano voltou para casa há meia hora e o programa fantasma está instalado e funcionando. Ele se conectou a 278


duas contas de e-mail que não conheciam e que foram capazes de ver tudo o que ele fez como se estivéssemos de pé atrás dele. __ O que você descobriu? __ Ele está fingindo ser outras duas pessoas diferentes e estamos buscando todos os registros de transporte para ver se ele está voando, ou mesmo tomado um ônibus ou trem para todos os locais sob esses nomes. Estamos verificando agências de aluguel de automóveis também. Até agora não encontramos nada, mas sugere fortemente sua fêmea estava certa, ele está enganando outros humanos como fez com ela. __True cerrou os dentes, furioso. __ Você acha que há mais espécies lá fora, e ele sabe o local. __ Parece que sim.__Darkness retumbou dessa forma sinistra dele. __ Eu ainda acredito que eu posso torturá-lo e conseguir todas as informações dele, mas este é um bom plano no caso de eu não conseguir obter todas as informações que ele está escondendo. Podemos recuperar outras espécies. Liguei para a Fuller e deixei 'deslizar' para o assistente de diretor que a sua fêmea ficou tão traumatizada pela tentativa de seqüestro que ela precisou ser fortemente medicada e que os médicos planejam mantê-la assim durante alguns dias. Boris tem estado em contacto com Jeff e com certeza a notícia foi retransmitida para ele. Ele vai se sentir seguro um pouco mais, achando que sua identidade de agente Brice ainda é um segredo. __ Eu não gosto disso. Ele pode enviar mais humanos atrás de Jeanie. __ Sua mulher está segura, True. Tim tem uma van estacionada a duas quadras da casa dele e Boris está sob constante vigilância. Eles podem estar dentro de sua casa para prendê-lo em poucos minutos, se ele planejar algo contra ela. Até agora ele não mencionou sua companheira de qualquer forma, exceto para a conversa com o macho com quem ele trabalha. Boris jurou que era um erro que os homens foram enviados para buscá-la e ele tinha estado sob a falsa impressão de que ela era um funcionário de alto escalão da Mercile. Claro que ele mentiu para encobrir seus rastros, mas isso é tudo o que foi dito. True dobrou, puxando as calças ao usar o ombro para segurar o telefone contra sua orelha. __ Essa linha é seguro, correto? __ Ninguém sabe onde ela está exceto espécies e Tim. Ele disse que não iria transmitir essa informação a qualquer um em sua equipe. Ele não gostou porque ele confia neles, mas Justice ordenou-lhe que não. Quanto menos pessoas souberem, melhor. Sua segurança é primordial para todos. 279


Isso aliviou um pouco de medo de True. __ Quanto tempo você acha que vai demorar para rastrear essas duas novas identidades que você descobriu? __ Tim acredita que saberemos em um ou dois dias e estamos conscientes de tudo o que faz o que vai fornecer mais pistas. Segurem-se, eu vou desligar o telefone um minuto e verificar algo. True ouviu uma digitação no ouvido. Em poucos segundos Darkness estava no telefone novamente. __ Desculpe-me. Estou em contato com a Força Tarefa através do computador. Eles apenas retransmitiram que Boris tem ligado para uma conta bancária de uma dessas identidades e está transferindo fundos para Dubai. __ Onde é isso? __ No Golfo Pérsico. __ Onde é que... __ Do outro lado do mundo. __ Ele vai fugir? __ Parece que ele pretende, mas ele não vai chegar longe. Não se preocupe True. Não vamos permitir que ele escape. Ele vai pagar pelo que ele fez com sua companheira e nosso povo. Nós estamos em cima dele. Ele precisava acreditar que pode passar despercebido em Homeland e encontrar sua companheira, só que ele teria menos motivos amorosos. Ele queria colocar as mãos sobre a humana e torcer seu pescoço até seu último suspiro. True queria ter certeza de que Boris nunca poderia encontrar Jeanie novamente. __ Hum... roupas e material de higiene pessoal foram deixados fora da porta de sua casa. Eles não quiseram tocar a campainha no caso de você estava dormindo. Estávamos cientes de que você não conseguiu dormir a última noite. Faça uma chamada para a portaria da comunidade quando quiser suprimentos de comida entregue. Eles armazenam na geladeira até que esteja pronto para eles. Nós imaginamos que você poderia atacar o oficial que entrasse na casa para abastecer sua geladeira. __ Obrigado. Vou ligar para eles agora. Não conseguiu dormir muito também. Você estava interrogando os guardas da Fuller. 280


__ Eu fico bem sem dormir. __Darkness riu. __ Eu gosto de manter-me ocupado. __seu tom se tornou rouco. __ Além disso, eu teria tido pesadelos depois das coisas que eu descobri. __ Foi tão ruim assim? __ Vamos discutir isso mais tarde. Agora a sua companheira é a nossa prioridade. Como é que ela está se sentindo? __ Bem, Jeanie é corajosa. __ Você não rosnou, então eu suponho que você está mantendo seu temperamento sob controle porque ela está dormindo? __ Bom palpite. __ Volte para ela e descanse bastante. Aproveite a sua companheira e nos permita cuidar de tudo isso. Ela é a sua principal preocupação. __ Eu quero dez minutos a sós com aquele homem quando ele for preso. __Darkness não respondeu. __ Ele deve morrer pelo que fez. Sou voluntário para o serviço. __ Eu concordo com você, mas você não é o único espécie que foi prejudicado. Poderíamos ter que sortear quem fica com o prazer de matar aquele macho. __ Ele usou minha companheira e tentou seqüestrá-la. __ Fury afirma que tem rancor também. Talvez você possa dividi-lo como um peru. __Darkness riu. __ Essa é uma boa imagem, não é? True silenciosamente concordou. __ Chame a portaria quando quiser comida. Eu preciso fazer mais uma chamada. Eu envio mensagem se houver mais informações para compartilhar. "Obrigado." True desligou e abriu a porta da frente. Quatro caixas foram empilhadas na sombra da varanda. Ele olhou ao redor, mas não viu nenhum movimento. Levou apenas duas viagens para levá-las para dentro antes de trancar a porta novamente. A comida poderia esperar. Ele andou de volta para o corredor e tirou a calça, em seguida, voltou para a cama com Jeanie. Ela murmurou em seu sono, mas se virou para ele, aconchegando-se contra seu peito. Ele pegou uma mecha de seu cabelo e inalou. Sua companheira estava 281


segura em seus braços. Ele seguiria o conselho de Darkness, se preocuparia com o resto mais tarde. Seu pau agitou-se com a sensação dela contra ele, mas ele ignorou a vontade de fazer amor com sua companheira. Ela precisava dormir mais do que precisava dele. Ele relaxou, fechou os olhos e sua respiração desacelerou até que ele deixou-se levar pelo sono.

Capítulo Vinte Jeanie levantou-se da mesa, olhando para a refeição que ela tinha arrumado para o jantar. True estava ao telefone, já fazia algum tempo. Ela foi em busca dele, encontrando-o em seu quarto. Seu olhar encontrou o dela e ele fez um gesto de desculpas e acabou a conversa. __ O jantar está pronto. Eu fiz um assado e deixei o centro bem cru. Ele se aproximou dela e passou os braços ao redor da sua cintura. __ Você fez? __ Eu sei que você gosta de sua carne sangrenta. __ Você vai ser capaz de comê-lo? __ Eu vou cortar a superfície bem cozidos. __ela sorriu, envolvendo os braços em volta dele. __ Vem comer antes que fique frio. __ Minha companheira preparou uma refeição para mim. __ele sorriu. __ Eu me lembro de como cozinhar. Fazia um tempo. Eu vivia sozinha desde que me formei na faculdade e meus colegas de quarto só sabiam enfiar no microondas. Era chato cozinhar só para mim. Ele levantou-a do chão e caminhou pelo corredor. Ela levantou as pernas, envolvendo-as em torno de sua cintura. Seu pau duro preso dentro das calças esfregou contra sua vagina, mesmo vestida estava ciente de que ele estava excitado. __ Continue assim e podemos comer mais tarde.

282


__ Não. Nós dividiremos sexo depois. Estou ansioso para comer o que você fez para mim. __ele a obrigou a soltá-lo quando entraram na sala de jantar. Ele puxou sua cadeira. __ Sente-se, companheira. Ele sempre foi atencioso. Eles só estavam acasalados fazia pouco mais de um dia, mas ela tinha a sensação de que ele não seria um homem que parasse de dar-lhe um tratamento especial logo, se é que faria um dia. Ele cheirou, sorriu, e tomou a cadeira ao lado dela. Ela inclinou-se e começou a repartir comida em seu prato primeiro, então para ela própria. __ Isso está maravilhoso. __ele cortou a carne, deu uma mordida hesitante e gemeu de prazer enquanto ela olhava em seus olhos enquanto ele mastigava e engolia. __ Perfeito. __ Ótimo. Havia uma receita em uma das gavetas de alguém que morava aqui, então eu resolvi fazer. __ela cortou um pedaço de carne. __ Posso perguntar com quem você estava falando ao telefone? Você ficou por um bom tempo. __ Você é minha companheira. Você pode sempre pedir-me qualquer coisa. __ Eu pensei que poderia ser privada de negócios dos novas espécies. __ Você é Espécies agora. Não há informações de que você não possa saber, Jeanie. Era Darkness no telefone. Eles descobriram um padrão de Boris voando para Oregon nos últimos meses, usando um dos nomes que ele está usando. Eles foram capazes de localizar o aluguel do carro, onde ele gastou dinheiro e enviou um dos membros da força-tarefa lá para ver se eles usam sistemas de GPS nos carros para obter a localização exata de onde ele foi. Ela esqueceu a comida em seu prato. __ Então há outro lugar onde novas espécies estão sendo mantidos presos. __ Incerto, mas possível. __ Existem empresas de desenvolvimento de pesquisa na área? É aí que eu começaria procurar. __ Três. Eles estão tentando ver se alguma tinha relações com as Industrias Mercile. __ Você pode pesquisar os três? __ Nós poderíamos, mas não ao mesmo tempo. Estamos preocupados que, se um local for comprometido, os outros dois possam se mudar. Se 283


escolhermos errado, eles poderiam mover Espécies ou matá-los para nos impedir de resgatá-los. __ Porque vocês não podem invadir os três de uma vez? __ Nós não temos tantos homens treinados para fazê-lo sem trazer recursos de fora. Preferimos não correr esse risco. Eles não estão equipados para lidar com espécies capturadas ou os problemas que tivemos com outras instalações que os prendiam prisioneiro. É melhor investigar até estarmos certos de que um, se houver, pode estar envolvido com Mercile ou alguém que já foi um funcionário com acesso ao nosso povo. Ela assentiu com a cabeça. __ Eu entendo. __ Pode não ser uma empresa de pesquisa. Pode ser uma particular que possui um presente fêmea. É em uma área onde muitas pessoas ricas vivem. Jeanie nunca iria esquecer o que significava ser marcado com essa classificação. __ Você salvou alguns deles, certo? __ Sim. __ele tomou um gole de leite. __ Boris poderia estar lá por outros motivos. Não quero ser precipitado. Precisamos saber o que estamos lidando. __ E sobre as escutas telefônicas? Alguma coisa? __ Ele está falando com um homem humano, mas as conversas são muito breves. Nós não temos sido capazes de acompanhar as chamadas. Eles só dão horas e datas de reuniões antes de desligar. Todos os números além desses que Boris usa parecem ser indetectáveis. Tentamos ligar para um dos números de Boris contatados, planejando dizer que foi número errado, mas foi diretamente para o correio de voz. Era uma voz automatizada e não conseguimos identificar a localização. Eles montaram uma reunião para a próxima semana. Boris reservou um vôo para o Oregon, então estamos certos que o outro homem é dessa área. A equipe vai seguir Boris para descobrir quem o humano é, em seguida, seguir ele também. __ Isso é frustrante. __ Coma. __exortou Verdadeiro. Ela pegou a comida, mas seu apetite se foi. True comeu sua refeição suficiente para ter três porções. Estava feliz que ele parecia realmente gostar de sua comida. Ela estava nervosa enquanto preparava a refeição, sem saber se a carne estaria do seu gosto. 284


Seu telefone tocou e ambos olharam para o seu bolso da frente. Ele suspirou, retirou-o e olhou para ele. __ Eu preciso atender. __ Vá em frente. Ele empurrou para trás da mesa, levantou-se e caminhou alguns metros de distância. __ True. __ele ouviu e franziu o cenho. __ Por quê? O que eles querem? __ele fez uma pausa, seu olhar fixou em Jeanie. __ Não. __ele rosnou. __ Minha companheira não vai se encontrar com eles. __ Encontrar com quem? __ela ficou de pé, colocando o guardanapo ao lado de seu prato. Ele disse a quem estava no telefone para esperar e franziu o cenho para ela. __ Três agentes do FBI chegaram aos portões da frente e gostariam de falar com você. Ela agarrou as costas da cadeira, atordoada. __ Por quê? __ela não tinha idéia de por que os agentes apareceram pedindo para vê-la. __ Eles não disseram, mas Justice quer que você encontrar-se com eles para ver o que eles querem. Tim chegou a falar com eles, mas eles se recusaram a dar qualquer pista. __ É ele que está no telefone? Justice? __ Sim. __ Não pode colocá-lo em espera! __ela ficou horrorizada. __ Ele é o seu líder. Eu deveria falar com eles, se ele quiser. __ Eu não me importo com o que ele quer. Você é minha companheira e eu não quero você perto de outros humanos. Eles poderiam vim aqui para lhe fazer mal. __ Eles são agentes federais. Eu não tenho nenhuma idéia do que gostariam de conversar comigo, mas eu tenho certeza que eles são bons, True. Quero dizer, as principais investigações feitas por eles. Pode ser importante. Eu deveria falar com eles. Ele rosnou e levou o telefone de volta ao ouvido. __ Ela quer vê-los, mas eu vou com ela. Não confio neles. __ele ouviu e desligou. __ Vamos. Um SUV já foi enviado. Você não deixa meu lado, Jeanie. Você entendeu? __ Perfeitamente. 285


__ Justice e alguns outros estarão presentes. __ele olhou para ela. __ Você precisa de sapatos. Ela teria gostado de se transformar em algo mais profissional, mas só tinha as camisetas e calças de strech, eram as roupas mais bonitas que ela atualmente tinha. Seus pertences do seu apartamento eram para ser encaminhados pela equipe da força-tarefa que tinha ido para conferir sua história, mas eles ainda não tinha chegado. Ela colocou os sapatos e correu para o banheiro para escovar os dentes e arrumar o cabelo. True esperou por ela na porta da frente. __ Eu não gosto disso. __ Eu também não, mas você não está curioso? Eu estou. __ Não. Eu quero mantê-la longe de todo o mundo. __ Isso está acontecendo aqui em Homeland, certo? Nós não estamos saindo para ir atender em outro lugar, não é? __ Vai ser aqui. Você não está deixando território da NSO. __ Vamos, eu vou ficar bem. O caminho até o edifício de escritórios perto do portão da frente parecia demasiado curto para Jeanie. True manteve-a em seu colo e ela podia ver pelo aperto de sua mandíbula, que ele não estava feliz. Justice e Fury se encontraram com eles do lado de fora, quando o condutor estacionou em frente à porta lateral. __ Não responda a nenhuma pergunta sem olhar para mim primeiro. __exigiu Justice. __ Sinto usá-la desta forma, mas eles se recusaram a dar-nos uma pista de seu propósito. As perguntas que fizerem a você deve indicar por que eles estão aqui. Fury assentiu. __ Tim está sentado lá. Ele fez algumas ligações e nenhum dos seus contatos estava ciente que íamos ser visitado por agentes. É muito curioso. __ Fale devagar. __Justice acenou-lhes em direção ao prédio. __ Lembre-se de olhar para mim antes de responder. Liguei para o presidente, mas ele está fora do país e incapaz de atender chamadas.

286


“O Presidente dos Estados Unidos?” Ela ficou boquiaberta, com certeza é o que ele queria dizer. Ele confundia sua mente, ele pode ter alguém tão importante em sua lista de contatos telefônicos pessoais. Ele percebeu, no entanto, a gravidade da situação. Um nova espécie abriu a porta lateral. __ Eles estão na sala de conferências, ele murmurou baixo. __ Eles recusaram ofertas de café ou água. __Justice fez uma pausa, olhando para Jeanie. __ Eu sinto muito fazer com você, mas nos incomoda que eles façam segredo e queremos saber o porquê eles querem falar com você. Nós informamos que você é uma companheira, no caso deles estarem tentando montar um caso criminal humano contra você, mas não fomos capazes de reverter o pedido. __ Um processo criminal? __ela agarrou a mão de True. __ Eles lidam com o crime organizado e algumas das práticas de Drackwood ou Cornas, poderia ter capturado o interesse deles. É claro que como uma companheira, já não está sujeitas a leis humanas e está protegida por lei Espécies. Eles não podem prendê-la ou levá-la de Homeland. Eles não têm jurisdição para fazê-lo. Ela lamentou concordar em se encontrar com os agentes do FBI, mas já era tarde demais para voltar atrás. __ Você tem certeza sobre isso? Fury riu. __ Sim. Nós mostramos-lhes uma cópia de seus documentos de companheira como prova no caso deles não acreditarem em nós. Eles estão mais do que cientes de que eles estão aqui apenas para falar com você, e porque nós permitimos isso por educação. Ela sentiu um pouco menos de medo. __ Tudo bem. Eu entendi. Falar devagar, ver o que eles querem, e olhar para você antes de responder. __ela olhou para Justiça Norte. __ Eu posso fazer isso. __ Eu sabia que podia. Ela estava feliz que ele tinha fé nela, mas vacilou um pouco quando ela entrou numa pequena sala de conferência e viu os três homens vestidos com ternos. Eles estavam cuidadosamente vestidos, iam de trinta a quarenta e tantos anos e todos olhavam para ela com olhares sérios. __ Sra. Shiver. __falou o mais velho. __ Obrigado por ter concordado em se encontrar com a gente. Sou o Agente Especial Spears, este é Parques Agente Especial, Agente Especial Green. __ele apontou para os outros dois enquanto dizia seus nomes. 287


Ela sentou-se antes de qualquer outra pessoa, com as pernas ameaçando dobrar. __ Eu estou surpresa. __ela admitiu. __ Eu nem imagino porque estão aqui. __foi muito pior do que quando tinha sido parada por um policial e recebeu uma multa quando estava no final da adolescência. Os três agentes se sentaram em frente a ela, ainda olhando. Seus nervos estavam em frangalhos e ela se arrependeu de comer quando sua barriga pareceu retorcer. True sentou ao lado dela enquanto Fury tomou um assento no outro lado. Justice e Tim inclinaram-se contra a parede por trás dos agentes. Um dos agentes olhou para trás, franziu a testa, mas não disse nada quando ele encarou-a novamente. __ Estamos executando uma investigação da atividade criminosa na Pesquisa Cornas e esperando que você possa nos ajudar. __o Agente Especial Spears se inclinou. __ Você foi contadora lá e estamos esperando que você possa responder às nossas perguntas. " Ela se lembrou de olhar para Justice. Ele franziu a testa e balançou a cabeça. __ Eu não era um contador. Eu sou péssima em matemática, na verdade. Eu sou a última pessoa que deveria estar no comando de dinheiro. Eu mal posso equilibrar meu talão de cheques. O Agente Especial Spears fez uma careta. __ Nossas informações são de que era o seu cargo. __ Não era. __ Jeanie era um técnico de saúde. __confirmou True. __ Eu só pegava amostra de sangue. __explicou Jeanie. __ Nosso informante diz o contrário. Ela olhou para Justice, e viu sua carranca. Ele não assentir ou sacudir a cabeça, então ela virou para o agente. __ Eu não sei quem te disse isso, mas não é verdade. Você pode verificar meus registros fiscais. Minha ocupação está na lista e eu não os falsifiquei. Você também pode procurar os cursos que fiz na faculdade. Não é nenhum segredo. Tenho certificações que estão atualizados. Você pode verificar os demais. __ Você está dizendo que o nosso informante mentiu? __o Agente Especial Green franziu o cenho. __ Obviamente, já que ninguém no seu perfeito juízo iria me deixar perto de seu dinheiro. Inferno olhe no meu banco e veja as declarações dos 288


últimos anos. Eu fui multada regularmente por não prestar atenção ao meu saldo bancário. Ela parou, corou, e desejou não ter dito isso. __ Eu não faço cheques sem fundos de propósito. Eu pago o cheque especial e nunca é mais do que trinta dólares. Eu sempre pago as taxas para o banco por ter que cobri-los quando eu passo por cima. É por isso que eu tenho cheque especial. __ Entendo. __o Agente Especial Spears fez uma careta. __ Nós vamos ter que falar com o nosso informante novamente sobre esse assunto. Precisamos saber onde encontrá-la. __ele pegou dentro de sua jaqueta e retirou um dispositivo eletrônico. __ Eu preciso de um número e um endereço onde você pode ser encontrada. Justice se afastou da parede. __ Você pode contatá-la através de Homeland. __ Eu não acho que você entenda a importância de nossa investigação. Preciso ter acesso a ela. __ Eu não acho que você entende que ela é novas espécies. __ Ela parece humana para mim. __o Agente Especial Green murmurou. __ Ela é uma companheira e, portanto, ela é Espécies. Isso significa que você precisa passar por canais apropriados Espécies para ter contato com Jeanie. __ Fury cruzou os braços sobre o peito, olhando intimidador para eles. __ Isso seria o principal escritório em Homeland. Você não precisa de contato direto com ela por telefone ou um endereço físico já que ela vive em Homeland. __ E se ela for para a Reserva? Estamos cientes de que é impossível manter o controle de seu povo entre os dois locais. Você não mantém exatamente registros ou apresenta planos de vôo ou listas de passageiros com a FAA. __o Agente Spears olhou para ela, depois para Justice. __ Você pode, pelo menos, mantê-la aqui para que possamos entrevistá-la novamente em breve? Os olhos de Justice se estreitaram. __ É possível, mas não prometo nada. O Agente Especial Spears disse. __ Pesquisas Cornas tem sido associada a uma organização apoiada pelo crime organizado. Eles poderiam ter usado a empresa para lavar dinheiro. Se ela era a contadora e pode provar 289


para onde foram as transferências, ela pode estar em perigo. Eu acho que você deve concordar em permitir que nós a coloquemos em prisão preventiva. True levantou. __ Nunca. Jeanie não sai daqui. Justiça contornou a mesa, parando atrás de Jeanie. __ A Espécie Jeanie permanece em Homeland. Ela está segura aqui. __ Nós estamos falando sobre o crime organizado, Sr. North. Eles não são ser um bando de idiotas com uma agenda para causar um rebuliço na mídia para chamar a atenção para qualquer causa que eles decidiram, ou invadir os seus portões para atacar. Estamos falando de assassinos altamente qualificados que podem ou não pode decidir para silenciá-la, se ela pode ligálos a Cornas. No ano passado, eles mataram uma figura pública que tinha uma grande equipe de segurança depois que ele se recusou a permitir-lhes comprar uma grande quantidade de propriedade que seria utilizada para iniciar um monopólio do jogo. __ Estamos organizados e preparados para lidar com qualquer situação. Ela não vai com você. Ela não era um contador e True tem conhecimento em primeira mão que ela falou a verdade já que ela costumava tirar amostras do seu sangue. Eu posso ter dezenas de declarações de outros espécies que vão dizer a mesma coisa, já que ela tirou o sangue deles também. Seu informante está errado. __Justice lançou-lhes um olhar severo. __ Vocês perderam seu tempo vindo aqui, senhores. __ Nosso informante pode estar errado, mas essa é a informação que ele está dando. Ouvimo-lo e o cartel pode ter ouvido também. Ela poderia ser um alvo. __oAgente Especial Spears não estava pronto para desistir. __ Quem é seu informante? Os lábios do agente selaram hermeticamente. __ Deixa. __Justice ordenou. __ A entrevista acabou. __ele estendeu a mão e gentilmente segurou o braço de Jeanie, exortando-a a ficar de pé. Ela o fez, True se apoderou do outro, saindo pela porta afora. Ele fechou-a atrás deles e um fraco grito podia ser ouvido. Fury saiu e acenou para um dos oficiais novas espécies. __ Tome o prédio agora. __ele reentrou na sala com Justice e os três agentes. Jeanie estava confusa quando eles deixaram o prédio e foram empurrados em um SUV que esperava. __ Isso foi estranho. 290


__ Talvez o seu informante seja Jerry Boris. Ele quer que você seja removido da nossa proteção. __True levantando-a do assento e pegando-a no colo, envolvendo seus braços ao redor da cintura dela. Ela inclinou-se contra ele e estremeceu. __ E se a gente não tivesse acasalado? Será que eles poderiam obrigar-me a ir com eles? __ Estou incerto. __admitiu True. __ Isso não importa, porque somos companheiros e as leis que protege-nos, proteger-te. Você é Espécies e autoridades mundiais fora não têm o direito de tirar qualquer um de nós da ONS.

*****

Depois que voltaram para casa, Jeanie foi tomar um banho. True estava furioso, mas ele esperou até que ela começou a encher a banheira para ligar para Darkness, sabendo que sua audição humana não seria capaz de captar sons além da água corrente. Ele respondeu ao primeiro toque. __ Eu sabia que seria você, True. __ Foi uma manobra para levar Jeanie, não foi? __ Parece que sim. Recusaram-se a dar o nome do informante, mas nós suspeitamos quem ele é. __ Eu odeio aquele humano. Como ele foi capaz de dizer que era mentira o que sabendo sobre isso? __ Ele provavelmente ligou para os federais depois de saber que o seqüestro falhou. As agências do governo não funcionam tão rápido quanto a nossa força-tarefa. Eles podem ter levado todo esse tempo para vir aqui pedir para falar com Jeanie. __ Eles poderiam ter levado-a se ela não fosse minha companheira? __ Eles vieram com a papelada estabelecendo-a como uma testemunha hostil. Foi um documento do tribunal, assinado por um juiz, ordenando-nos a prisão preventiva dela em sua custódia por essas razões. Não se preocupe, no entanto, não é válido na ONS. É mais postura do que qualquer coisa. Ser Espécies torna nulo e sem efeito. Nenhum juiz humano tem autoridade aqui. Ele rosnou. __ O humano não vai parar até que leve Jeanie de mim. 291


__ Ele está atualmente em casa assistindo televisão. Posso vê-lo na tela do meu computador, True. Ele é na verdade, um homem chato. Ele pediu uma pizza para o jantar e tem evitado ir a Fuller já que alguns dos membros da equipe da força-tarefa assumiram o lugar dos seus guardas até que novos sejam contratados. A força-tarefa me ligou a seus ao servidor de lá para que eu possa manter um olho. __ Houve alguma chamadas do desconhecido suspeito do Oregon? __ Não, mas ele ligou para uma massagista e marcou um horário para amanhã de manhã, em sua casa. __ Ele limpou a garganta. __ Ela tem um registro para fins de prostituição, então eu não acho que é só massagem... Seja feliz, você não tem que observar a câmera em sua casa. Eu não estou ansioso para ver isso. Ele não é um humano bonito, a fêmea é atraente, vimos na verificação. Espero que ele pague-lhe um monte de dinheiro, porque ela vai merecer se conseguir fingir interesse nele. __ Ele paga para partilhar sexo? __ É uma coisa humana. __Darkness bufou. __ Talvez seja por isso que ele nos odeia. As fêmeas humanas se alinham em sua porta apenas na esperança de encontrar um de nós. Eu duvido que qualquer coisa este humano faça seja agradável e ele com certeza não poderia atrair uma fêmea com sua aparência. Ele está usando um par de boxers maltrapilhas que têm várias manchas e ele continua coçando o saco se ele tem pulgas. Quero me banhar, apenas de observá-lo. __ Jeanie está tomando banho. __ Vá se juntar a ela. Relaxe, True. Aproveite o tempo com sua companheira. Cuidamos disso até que você possa voltar para suas funções, quando isso acabar. Muitos homens teriam inveja de você pelo tempo que você tem para gastar com ela sem interrupção. Darkness tava certo. __ Tudo bem. Quero ser atualizado. __ Vou fazer. Oh merda! __Trevas rosnou. __ Estou enojado. __ O que aconteceu? __ Ele gosta de pornografia e apenas empurrou para baixo a bermuda. Essa mulher realmente merece um monte de dinheiro amanhã. Eu não vi algo tão pequeno desde que eu visitei a casa de Fury e seu filho decidiu que gostava de correr em torno de sua casa nu. A salvação é maior do que este 292


homem. Vá ficar com Jeanie. Eu vou me virar o monitor ou eu vou ficar doente. Ele acabou de cuspir na sua mão em vez de usar lubrificante. True desligou, fazendo uma careta. A vontade de estar perto de Jeanie cancelou tudo enquanto ele caminhava até o quarto, passando por ela para chegar ao banheiro. A visão dela despindo-se ao lado da banheira fumegante era atraente. __ Oi. __ela sorriu. __ Esta banheira é grande o suficiente para dois. Não entrar comigo? Ele ficou tentado, mas seu sorriso parecia um pouco forçado. __ Você está bem? __ Eu sou grande. __ Jeanie? __ Tudo bem. Eu fico pensando sobre esses agentes do FBI, ok? É uma espécie de intimidação, pensando que eles querem me levar. De onde eu venho, bem, eles conseguem o que querem. __ Não me importa o que eles pensam. __ Eu sei. __ela se endireitou, totalmente nua. __ Me assustou. Por que você não vem distrair-me? __seus braços levantaram quando ela estendeu a mão para ele. True estava do outro lado do banheiro, e num piscar de olhos, estava levantando Jeanie contra seu corpo até que seus rostos estarem no mesmo nível. __ Eu deveria ligar Justice e pedir-lhe para ele mandar prender o humano para que ele não possa tentar tirar você de mim novamente. É óbvio que ele é a pessoa que mentiu para os homens do governo. __ Não. Precisamos encontrar os outros Novas Espécies primeiro, True. __Jeanie lembrou. __ Não vale a pena o seu medo constante, Jeanie. Ela mordeu o lábio. __ Eu vivi coisa muito pior, True. Isto não é tão ruim assim. Pelo menos eu fui baleada ainda. __ela brincou. True rosnou. __ Ninguém vai chegar tão perto de você. __ Foi uma piada. Eu sei disso. Estou segura com você. Ele cheirou-a, o perfume que doce detectável. __ Eu posso farejar seu medo e isso está me deixando insano. Eu não suporto saber que você está com 293


medo. Meu instinto é protegê-la. Ele está me deixando louco. Você não deveria ter que viver com medo. Ela o abraçou mais apertado ao redor de seus ombros e levantou as pernas, envolvendo-as em torno de sua cintura. __ Precisamos continuar, True. É muito importante tentar encontrar os outros novas espécies. Eu vou ficar bem. Ele beijou sua testa. __ Eu quero protegê-lo e certificar-me que você não está com medo. __ Eu sei. E eu quero que eles sejam encontrados. Vale a pena experimentar o medo até que ele acabe. __ Eu não tenho tanta certeza. Você foi machucada para salvar a minha vida e depois que foi baleado proteger nosso povo. Você tem feito mais do que o suficiente para Espécies. Você merece ser feliz acima de tudo, Jeanie. __ Eu tenho você. __ela acariciou sua garganta com os lábios, roçando um beijo lá. Nunca estive mais feliz na minha vida. __ela olhou para ele. __ Você quer saber o que me deixaria em êxtase? __ Diga e é seu. __ Leve-me para o quarto. O banho pode esperar. Ele simplesmente se virou e foi para o quarto. Jeanie virou a cabeça em direção à cama. __ Lá. Faça amor comigo. Eu vou tocar em você para fazer você esquecer sua raiva e você pode distrair-me do meu medo. Sentou-se na cama com ela no colo. __ Eu gosto deste plano. __ Menos conversa e mais ação. Ele resmungou e estendeu a mão, enredando os dedos em seu cabelo para puxar os lábios para mais perto dele. Ela separou os lábios para ele e ele a beijou. Ele mal percebeu quando ela desembrulhou as pernas de sua cintura até que ela deu-lhe um empurrão súbito que o surpreendeu. Ele caiu de costas no colchão, olhando para ela surpreso. Jeanie levantou, apoiando as mãos no peito dele para ajustar as pernas sobre seus quadris, enquanto ela sorria para ele. __ Fique assim.

294


Uma sobrancelha arqueou, mas ele ficou quieto segurando Jeanie enquanto ela abaixava seu corpo até que seus quadris descansaram sobre a parte superior das coxas dele. Ela se levantou e estendeu a mão para a frente de suas calças, abrindo. __ Você quer me despir? __ Você pode dizer isso. __seu olhar correu até se encontrar com o dele, o humor aparecendo em seus olhos. __ Eu vou brincar com você neste momento. Ele gostava quando ela era travessa. __ Você quer me tocar até que eu perca meu controle? Ela riu. __ Você gosta de me dominar no quarto, estou mudando as coisas. Ele levantou seus quadris, levando-a com ele, para ajudar quando ela abriu sua calça e indicou que queria baixar o suficiente para libertar seu pau duro dos limites do material. Ele observou seu sorriso enquanto estudava seu sexo. Ele estava contente que ela gostava da visão dele nu. __ Coloque as mãos atrás da cabeça e mantenha lá. Ele hesitou, mas o fez. Alguns homens haviam conversado sobre sexo com os humanos e como eles pediam coisas estranhas. __ Eu não posso te tocar, se eu fizer isso. __ Esse é o ponto de partida agora. Eu vou tocar você. Ela agarrou a parte inferior de sua camiseta e empurrou. Ele arqueou as costas para ajudála. Ela parou quando ele estava nu até seus mamilos e ele rosnou quando ela se inclinou para frente, sua língua traçando o a ponta arredondada do mamilo esquerdo. Sua respiração estava quente, quando sua boca se fechou sobre seu mamilo e ele fechou os olhos enquanto ela chupava. Seus dentes passaram suavemente sobre a ponta, seu corpo instantaneamente respondeu. Seu pau estava preso entre seus corpos e se contorceu em antecipação do que estava por vir. As palmas das mãos abertas deslizaram sobre seu abdômen, a carícia diminuiu até uma de suas mãos envolveu seu eixo. Ele rosnou mais alto e seus quadris pressionaram contra ela. Jeanie soltou seu mamilo e soprou o ar sobre ele. Ele abriu os olhos, olhando para ela, ela sorriu para ele. __ Você gosta disso? Ele apenas acenou com a cabeça, incapaz de falar naquele momento. 295


__ Eu acho que você vai adorar isso, então. Ela desceu um pouco, sua boca beijando suas costelas. Sua língua saiu para lambê-lo, True tinha suas mãos em punhos acima da cabeça. Ele queria tocá-la muito. O desejo era quase impossível de resistir, mas ele se lembrou que deveria manter as mãos para cima. Ele queria rolá-la e chegar ao seu baixo ventre. Ele queria transar com sua companheira. Ele continuou olhando para ela, amou como ela sustentou olhar, quase como se ela o observava para avaliar sua reação. Ela não estava com medo quando um rosnado irrompeu assim que ela baixou os lábios e deu um beijo molhado em seu osso pélvico tão perto de seu pau que ele podia sentir seu hálito quente ventilando sobre ele. __ Você deveria ver o seu rosto. __ela sussurrou. __ Você é tão sexy quando você morde seu lábio inferior e me dá aquele olhar selvagem. Ele tentou decifrar suas feições no caso de ela confundiu desejo com raiva, algo que ele não queria. Ela se levantou um pouco, deslizou para baixo em suas coxas um pouco mais, e baixou a cabeça novamente. Jogou seu cabelo para um lado e ele se espalhou pelo seu quadril nu dele. A sensação era de um pouco de cócegas, mas ele não tinha vontade de rir quando a boca dela pairou tão perto de seu pau que ele se esqueceu de como respirar. Seus lábios se separaram e sua língua rosa deslizou para fora. A sensação dela lambendo a coroa de seu pênis o fez gemer e empurrar os quadris. Ela parou, olhando para ele surpresa. __ Você está bem? __ O que você está fazendo? __ele fez uma careta, surpreso que com o tom áspero que saiu dele. Seus dedos se curvaram mais apertado em torno de seu eixo.__ Chupando você. A mente dele ficou em branco. __ Sexo oral. __ Eu sei o que significa. __sentou-se um pouco, ajustando os braços para baixo para ser capaz de colocar os cotovelos na cama. __ Nós não discutimos isso. Seus lábios se curvaram para cima. __ Precisamos? Você faz em mim. É justo. __ Hum... __ele não conseguia falar com a boca de Jeanie tão perto de seu pau e ele estava mais do que ciente de onde ela o lambeu. Ele pulsava em sua mão, outra coisa que ele estava dolorosamente consciente. __ Isso não é uma boa idéia. 296


__ Por que não? __ela não parecia assustada, apenas confusa. __ Espécies homens ejaculam muito e você sabe que eu incho na base. __ Então eu vou brincar com você por um tempo. __ Você está tentando me matar. __ele deixou escapar. O que ele disse ficou registrado e ele queria gemer em arrependimento. Ele sabia que ela não estava realmente tentando matá-lo, mas se preocupava que ela achasse que ele estivesse acusando-a disso. __ Quero dizer, meu controle não é tão grande. Nunca fui testado assim antes. Sua cabeça se inclinou um pouco e seus olhos se estreitaram enquanto estudava seu rosto. __ Você está me dizendo que ninguém jamais ficou sobre você? Ninguém fez sexo oral em você? Ele podia sentir o calor correndo para seu rosto. Ela não escondeu que achava bizarro ou incomum. Era a última coisa que ele queria que Jeanie pensasse. Foi um pouco embaraçoso. __ Espécies fêmeas não fazem isso. Ela sorriu. __ Eu vou ser a sua primeira? Bem, descanse e desfrute. Tente não puxar o meu cabelo, ok? __ Jeanie. __avisou baixinho. __Eu não acho que isso é uma boa idéia. Ela lambeu os lábios. __ Eu acho que é uma ótima idéia. Eu só tenho que parar antes de você gozar. Entendi. Basta me avisar. Ele abriu a boca para protestar, mas ela baixou o rosto e tudo o que ele podia fazer era sugar o ar bruscamente quando o prazer surpreendeu-o quando ela o deslizou na boca. A sensação era diferente, altamente agradável, e ele desabou de costas com os olhos fechados enquanto ela se movia, acariciandoo com sua língua e lábios, enquanto aplicava sucção. __ Jeanie. __ele rosnou, agarrando a cama em vez dela. __ Oh. Você... eu... __ele não conseguiu formar palavras, as que saíram não fazia sentido. “Pare de tentar falar.” __ ordenou a si mesmo. Cada toque de sua boca ao longo de seu eixo era puro êxtase. A sensação de sua língua contra a parte superior do seu pau o fez querer uivar. Ele queria expressar o quanto gostou, mas era uma tortura ao mesmo tempo. Foi muito intenso, se sentiu muito bem e percebeu que ele estava prestes a explodir quando suas bolas apertaram. Ele queria enchê-la com sua semente, mas sabia que poderia machucá-la. Ele se abaixou e agarrou os ombros dela, esperando não usar muita força, para quebrar o contato entre eles. Ele rolou, prendendo-a debaixo dele e se moveu para baixo o suficiente para que os joelhos deslizassem para 297


fora da cama. Ele bateu forte no tapete, mas não se importou. Ela estava nua. Não havia nada para impedi-lo de amar sua companheira, ele alcançou entre eles e correu o polegar ao longo do seu sexo. Ela estava molhada e pronta. “Obrigado” __ele conseguiu pensar, sabendo que ele iria tomá-la de qualquer maneira, a necessidade de estar dentro dela era muito forte para que ele pudesse se conter. True estava feliz que não precisava fazer algo que ele acharia rude, como ter que movê-la para perto da mesa de cabeceira para pegar lubrificante, lubrificar seu pau para se certificar de que não houvesse desconforto. Ele recuou, olhando para o rosto dela, novamente ver se descobria medo. Ela apareceu um pouco atordoada, mas excitada. Ele virou-a de bruços. Um joelho empurrou suas pernas quando ele puxou-a sobre a borda do colchão até que foi dobrada na cintura sobre a cama e seu dolorosamente inchado pau nem sequer precisou de ajuda para encontrar o ponto certo, quando ele olhou para baixo e ajeitou os quadris para alinhar seus sexos. Ele penetrou-a. Ela estava molhada o suficiente para recebê-lo com um impulso. Sua vagina estava apertada e ele desejou não ter sido rude demais, mas ele não podia parar. Enrolou-se em volta dela, prendendo-a com força embaixo dele, mas certificando-se de que seu peso não tornasse sua respiração impossível. Seu gemido alto era o céu para os ouvidos dele, True começou a se mover. Não podia abrandar. Ele estava muito perto de gozar, completamente selvagem. Jeanie gemeu mais alto, com as mãos agarrando os antebraços dele, presa sob ele, e suas unhas se enterraram em sua pele. Não importava se ela o fizesse sangrar enquanto ela parecesse estar gostando do sexo. Sua vagina ficou mais quente e mais úmida, apertando-o enquanto ele furiosamente penetrava-a, True rosnou um aviso de que estava perto. Não foram ditas palavras, ele não poderia formá-las, mas ele esperava que ela soubesse o que ele estava tentando transmitir. Ela resistiu debaixo dele, gritando seu nome e ele rezou que fosse de prazer, e não de dor, porque isso foi o que o levou para o êxtase absoluto. Sua semente inundou-a enquanto ele jogava a cabeça para trás e ficava vazio de tudo o que tinha, dentro de sua companheira. True perdeu a noção do tempo enquanto lentamente se recuperava. Sua respiração se estabilizou e ele percebeu que Jeanie estava ofegante debaixo dele. __ Eu machuquei você? __ele estava com medo da resposta. Ela riu seu corpo tremendo um pouco. __ Uau! Lembrou-se de sua lesão. __ Seu estômago. Sinto muito. Sua cabeça virou-se e sorriu para ele. __ Estou bem. Muito bem. Isso foi oh meu deus que quente. 298


Ele estudou seus olhos, procurando sinais de dor, mas não viu nenhum. Ele levantou-se um pouco, desejando não estar preso dentro de seu corpo, e apenas se sentou sobre as pernas dobradas com ela no colo. Ele curvou-se o suficiente para dar uma olhada no seu ferimento para ver se a lesão se abriu. Sem sangue marcando sua pele. Ele relaxou, abraçando-a. __ Vamos esperar até que você esteja completamente curada para me fazer perder o controle da próxima vez. __ele apertou-a contra o peito, ela ergueu os braços e passou as mãos em torno de seus ombros, ela sorriu. __ Não vamos. Eu não me arrependo, nem um pouco. __ Eu fui muito rude e nem pensei que você poderia ficar ferida. Eu adoro tomá-la estilo cachorrinho. __ Eu adoro essa posição também. __ela riu. __ O amor é um eufemismo. Ele baixou a cabeça e enterrou o rosto contra seu pescoço, respirando seu perfume maravilhoso. Era um grande alívio que ela não foi machucada. Ele tinha perdido o controle, não tinha pensado em nada além de estar dentro dela. Parte dele se sentia como se tivesse negligenciado sua companheira. Seu bem-estar veio antes das necessidades dela. __ Podemos fazer isso de novo? __seu pedido surpreendeu-o e ele se enrijeceu. Ele levantou a cabeça para olhar para ela. __ Realmente... Você tem uma recuperação rápida. __ela soltou seus ombros e apontou para a cama. __ Talvez pudéssemos repetir... só que em cima da cama, desta vez, como fizemos antes. Jeanie era maravilhosa. Estava certo agora, de que não tinha sido muito rude ou machucado-a. __ Nós podemos fazer isso.

Capítulo Vinte e Um True ergueu-se, sem saber o que acordou-o. Virou a cabeça para olhar o relógio na mesa de cabeceira. Passava um pouco das quatro da manhã. Jeanie dormia pacificamente, enrolada em seus braços. Ele cuidadosamente retirou299


os e ficou de pé, e encontrou suas calças descartadas. O telefone celular no bolso não revelou novos textos. Ele franziu a testa, percebendo que essa não tinha sido a causa. Ele tentou ouvir qualquer barulho, mas não ouvi nada. Ele se virou, entrou no banheiro e usou-o. Um olhar para Jeanie na cama lhe assegurou ela dormia. Silenciosamente abriu uma gaveta da cômoda e pegou um par de bermudas. Ele vestiu-as rapidamente e decidiu fazer uma verificação de segurança em toda a casa. Não houve necessidade de acender as luzes. Sua visão noturna lhe permitiu ver tudo claramente. Entrou no quarto de hóspedes e olhou ao redor. Nada foi mexido. Moveu-se pelo corredor, parou no banheiro... livre, em seguida, foi até a sala de estar. Ele estava no caminho para a sala de jantar quando um toque suave chamou sua atenção. Ele balançou sua cabeça ao redor, identificando de onde o barulho tinha vindo. Levou poucos segundos para chegar a uma das janelas da frente e puxar para trás a cortina. True relaxou quando percebeu que uma árvore era a fonte quando o vento soprava, um ramo roçou os beirais acima da janela. Ele soltou a cortina e recuou. Um ligeiro ranger de metal o fez girar, seus instintos ainda em alerta. Poderia ser alguém de fora ou apenas a forte brisa fazendo mais sons, mas ele não quis voltar para a cama até que Tivesse certeza. Ele andou pelo corredor novamente, inalando os aromas ao seu redor. Nada parecia fora do lugar ou diferente. O aroma do jantar que Jeanie cozinhou, o cheiro dela e dele, e ele poderia até mesmo detectar os sais de banho que tinha usado antes. Ele parou em frente à porta do quarto, verificando. Ela dormia na mesma posição. “Um baque.” __ele rosnou baixo, espreitando o corredor e voltou para a sala de estar. Fez uma pausa lá e inalando novamente. Um cheiro estranho chegou ao seu nariz, algo que ele não podia definir. Cheirava a ar livre artificial. A ligeira coceira no nariz garantiu-lhe que o cheiro estava dentro, não era uma árvore de verdade, mas ele não pode definir o que era. Sua visão periférica detectou um movimento que chamou sua atenção. Sua freqüência cardíaca acelerou quando ele viu a porta do armário mover lentamente. Ele pegou o telefone, olhou e desejou que fosse uma arma. A tela se iluminou com seu toque e ele mandou uma mensagem de três palavras para Darkness: __ Envie ajuda agora. Ele enfiou o telefone no bolso e decidiu que não iria pegar a arma no quarto, ele ficou tenso, preparado para atacar qualquer um que saisse do armário. A porta parou de se mover e ele esforçou-se para ouvir os sons de respiração, mas nada aconteceu. Ele avançou, movendo-se furtivamente. Fez uma pausa e, em seguida, abriu a porta do armário, preparado para lutar. Seus olhos se adaptaram ao interior mais escuro, mas não viu nada. Ele estava vazio. Ele franziu a testa, mas, em seguida, uma leve brisa tocou sua pele. Seu olhar se levantou e deu um passo mais perto, olhando para o teto do armário. Um buraco quadrado estava aberto. O sótão estava escuro como 300


breu. Ele estava certo de que teria notado o painel de acesso ao sótão aberto quando ele fez mais cedo a inspeção. O perfume artificial de árvores estava mais forte nessa área. “Mas que diabos?” Um ligeiro ruído o assustou. Soava como alguém respirando profundamente. Ele virou a cabeça para uma forma escura que passou trás do sofá. Parecia humano, embora um pouco arredondado, vestido de preto, e usava óculos estranhos. Ele tinha visto antes na sede da força-tarefa. Ele se fixou nos óculos de visão noturna, que deu ao ser humano a capacidade de ver, bem, se não melhor, do que ele podia. Um uivo de raiva escapou de seus lábios quando ele se lançou para a ameaça. Quatro golpes afiados de dor atingiram seu peito quando ele chegou ao sofá, preparado para mergulhar para enfrentar o humano. Seu corpo não conseguiu fazer nada, ficando mole em vez disso, e ele se chocou com os móveis. Seu impulso levou-o para frente quando ele caiu no sofá. Ele rolou para o chão e lá ficou. Seu corpo estava pesado e ele não podia mover seus braços ou pernas. Ele gritou dentro de sua mente enquanto ele tentava combater as drogas. Jeanie estava em perigo. Sua companheira precisava dele. De alguma forma ele encontrou forças para se empurrar do chão. __ Filho da puta duro, não é? __a voz pertencia a um macho. Mais dois dardos afiados entraram em sua carne, nas costas perto de seus ombros. Ele desmoronou, mas conseguiu sugar mais uma golfada de ar. __ CORRA! __ele gritou a palavra antes de seu rosto ser esmagado no tapete. Tentou levantar-se novamente, lutando arduamente para ficar consciente. A companheira estava desprotegida. A droga no seu sistema o deixava tonto. Ele tentou remover os dardos, mas não conseguiu que seus braços se movessem novamente. Ele conseguiu abrir os olhos e viu de onde estava deitado no tapete, quando o humano com roupas escuras correu até a porta da frente e a abriu. Outra pessoa de preto entrou. __ Porra, é isso que vocês chamam de silêncio? __o outro homem reclamou, em tom suave. __ Eles provavelmente já ouviram vocês falarem todo o caminho até o portão.

301


__ Esses animais têm grande audição, mas não tão boa. Estamos dentro e é muito longe. Além disso, vamos estar muito longe antes que alguém saiba que estivemos aqui. __ E os malditos vizinhos? Eles podem ter ouvido. Se um deles mora ao lado, ele poderia ouvir algo. Vamos. Não temos tempo para discutir. Eu sabia que deveria ter sido o único entrar na casa. __ Como se você pudesse descer pela abertura sótão. Acalme o seu rabo. Você ouviu o nosso chefe. Ninguém sabe sobre esses túneis. Eles nunca esperariam que alguém fosse capaz de chegar tão longe dentro de Homeland. __ Vamos passar. Onde está a mulher? __ Eu não sei. O animal deve ter me ouvido rastejando lá em cima. Ele saiu e pegou-me logo depois que sai. Atirei nele seis dardos. Filho da puta forte. __ Mova-se e pare de tagarelar. Temos que pegar a cadela e dar o fora. Nós temos que levá-la e estar de volta dentro de dez minutos. Mantenham o plano. True observava impotente enquanto corriam em direção à parte de trás da casa pelo corredor, indo em direção a Jeanie. A porta bateu antes que eles estivessem fora de vista e ouviu madeira quebrar. Ele apagou. __ CORRA! O uivo perfurou seu sono. Jeanie acordou e saiu correndo pelo quarto escuro. Não havia dúvida do tom baixo ou rosnou. “True!” __ela passou a mão por trás dela, mas sua mão só encontrou lençóis quentes. Seu coração disparou. Ela estava instantaneamente com medo. As luzes se acenderam na casa ao lado. Ela podia ver vagamente através das cortinas e virou-se para ir nessa direção. Não tinha sido apenas um sonho. O som deve ter sido real. Por uma fração de segundo ela estava dividido entre correr lá fora para ver o que estava errado e fazendo exatamente o que ele tinha gritado para ela fazer. Ele não quis dizer para qualquer outra pessoa. A porta se fechou e ela ouviu vozes suaves. Ela deslizou para fora da cama e inclinou-se, agarrando a primeira coisa que encontrou no chão, uma camisa. Suas mãos tremiam quando colocou a camisa em cima de sua cabeça e puxou-a para baixo. Um estrondo soou ao fundo do corredor, quase como se algo tivesse caído. Perguntou-se o que estava acontecendo. Jeanie correu para a porta do quarto e fechou trancando. A porta era sólida, mas não iria impedir que alguém entrasse se chutasse. Ela freneticamente olhou para a cômoda na parede perto da porta e agarrou a borda traseira. O terror se fez mais forte do que o normal quando ela puxou com força e sentiu-a mover-se. Ela pulou para trás para não esmagar os dedos dos pés quando empurrou para frente. 302


Ela se virou, pegou a cadeira sólida do outro canto e levantou-a. Suas costas protestaram, mas ela deixou-a cair no espaço entre a porta e a cômoda, para preencher a lacuna. Não seria impedir ninguém de entrar, mas atrasaria. Ela recuou sem saber se devia tentar esconder-se ou sair pela janela. Um corpo batendo na porta do corredor decidiu por ela. Ela correu para o banheiro e fechou a porta, trancando-a também. A madeira lascou quando alguém jogou algo pesado como se tentassem entrar através da porta do quarto. __ Oh Deus. __ela acendeu a luz, desesperadamente procurando uma arma. Ela levou um tempo pensando quando alguém praguejou em voz alta, não True, ela percebeu que soou muito perto do corredor, alguém tinha conseguido abrir a porta o suficiente para ver o que estava bloqueando. Jeanie abriu a porta de vidro do chuveiro e pegou um frasco de xampu. Suas mãos tremiam enquanto ela lutava com a tampa e jogou-o no chão ao lado da porta aberta, derramando tudo. Estendeu a mão para a loção para o corpo, fazendo o mesmo. O condicionador estava muito longe, ela teria que pisar em cima do que derramou, então esperou, viu a janela e pulou. Suas mãos tremiam enquanto ela trabalhava na fechadura, mas finalmente conseguiu pegar e torcer. Ela empurrou forte e a janela abriu para fora. __ SOCORRO! __ela gritou enquanto tentava subir e sair. A porta do banheiro explodiu para dentro e ela gritou, raspando os joelhos e as mãos no processo, mas se empurrou para frente e caiu pela janela. Não tinha certeza de quão alta a queda foi, mas ela pousou na grama em um piscar de olhos. __ Ahhhh! __um cara gritou antes de um estrondo soar no banheiro. Vidro quebrado, seguido pelo que parecia ser um corpo pesado batendo em armários. Isso obrigou-a levantar-se ignorando a dor na perna quando ficou em pé. Ela olhou ao redor, sabendo que o quintal estava totalmente vedado com um muro de bloco, mas Justice North na casa do lado. Jeanie caminhou mancando até chegar mais próxima do muro. Sugou o ar e gritou novamente, no caso deles não ter ouvido-a quando gritou antes, gritou várias vezes. As luzes se acenderam para ela por cima do muro, garantindo-lhe que ela estava na direção certa. __ Puta! __alguém xingou por trás dela um segundo antes de um braço envolver sua cintura dela e puxou-a do chão. Ela lutou, tentando virar e arranhar o rosto. Seus dedos bateram em algum tipo de metal, como se ele estivesse usando um aparelho em sua testa. Sua outra mão deu-lhe um tapa na boca e apertou-a com tanta força na cintura que a fez gritar de dor. 303


__ Cale a boca ou eu vou quebrar seu pescoço. Pare de lutar. Vou leválo viva ou deixá-lo morta. __ele virou-a de frente rápido e apertou-a, ela perdeu a capacidade de respirar. Ele estava esmagando seu estômago e seu ferimento doeu como se ela tivesse acabado de ser baleado de novo. Agachouse, jogando-a no chão. __ Onde diabos é isso? Ela olhou para as luzes ao lado, mas não pode fazer nenhum som. Uma forma grande caiu ao lado deles. __ Canto direito do pátio lateral. Ele está escondido atrás do aparelho de ar-condicionado. __ Vamos sair daqui. Eles vão estar em todo este lugar. __ Eu vou matá-la. __o outro cara prometeu. __ Essa cadela despejou uma merda por todo o chão e eu acho que machuquei minha bunda quando escorreguei. Meu pé está todo fodido de passar por cima dessa coisa. __ Lamente mais tarde. Ele levantou-se, mas manteve a frente um pouco curvada, arrastando-a enquanto ela lutava para respirar. Sua mão se moveu enquanto ele corria apenas o suficiente para ela respirar um pouco. Rodearam a casa do lado direito do quintal onde era mais escuro. __ Bem aqui. __sussurrou o outro. __ Está escondido sob a grama falsificada que puseram sobre a tampa de uma caixa de ar condicionado. “O que ralava?” O cara segurando-a parou e sussurrou em seu ouvido. __ Um som e eu deixo seu cadáver. __ela acreditou nele. Seus olhos se ajustaram o suficiente para ver que o outro homem inclinou-se e afastou um pedaço da grama artificial perto da caixa do aparelho de ar condicionado. Ela viu lá o que parecia ser uma espécie de grade de drenagem. O homem levantou-a e reservou. __ Leve-a para baixo primeiro e eu vou ter certeza de colocar de volta. Eles não vão encontrar. Jeanie estava preocupada se eles estivessem certos. Ela caminhou ao redor do quintal uma vez e não percebeu que estava lá. O homem que a segurava se agachou novamente, obrigando-a a fazer o mesmo, com seu 304


pesado corpo dobrado contra ela. Ele a prendeu com as pernas e soltou sua cintura. Ela aproveitou e inspirou uma boa quantidade de ar para encher seus pulmões. Ela não terá a chance de gritar. Algo foi dolorosamente empurrado em sua boca e seu cabelo foi puxado quando ele amarrou a mordaça com força. Lágrimas de dor a cegaram enquanto piscava tentando segurá-las, então ele estava empurrando-a, forçando-a a rastejar em direção ao buraco. Suas mãos doíam, lembrando-lhe que ela tinha raspado-as. Era quase natural para tentar proteger-se ferir as palmas, mas depois lembrou-se do que True havia dito sobre seu sangue. Ela esperava que tivesse se ferido o suficiente para sangrar, mas estava escuro demais para ver. Ela esfregou as palmas em toda a grama falsa para se certificar que deixou seu cheiro tanto quanto possível, em seguida, no concreto até que o idiota atrás dela empurroua com força contra parte inferior das costas. Ela caiu de cabeça no buraco escuro. A queda foi terrível e ela ficou tensa, acreditando que ia bater a cabeça em mais concreto. Tudo o que pode fazer foi jogar os braços para frente tentando proteger o rosto e a cabeça. O choque veio quando ela caiu em água fria. Sua cabeça foi para baixo e ela bateu em alguma coisa dura alguns metros a baixo. A dor surpreendeu-a, deixando-a imóvel. O homem agarrou seu cabelo e a puxou para cima até que o ar atingiu seu rosto. Um braço em volta sua cintura e levantou-a, apertando sua cintura. Ela não podia ver nada. Era escuro como breu. Ela estava encharcada, tossindo e sufocando com a mordaça e entrou água em seu nariz. O cara segurando-a sacudiu-a com força e parou o ataque de tosse. Ele enganchou as pernas em seus quadris, a água chegava até suas coxas. __ Fique quieta. __ele falou, sem fôlego. Ela tentou gritar, mas a mordaça fez o som sair abafado, mais parecendo um gemido. Ele liberou uma mão e agarrou sua garganta. __ Eu ainda posso quebrar seu pescoço. Algo espirrou atrás do cara carregando-a e ele parou de andar. Em segundos alguém engasgou com o ar. __ Foda-se. Nós não estamos sendo pagos o suficiente. __o outro homem sussurrou. __ Diga-me. __o que a segurava resmungou. __ Você encobriu nossa rota de fuga? __ Sim. Eles nem devem ter idéia de como saímos de lá. O que a segurava arrastou-a através da água. Estava escuro demais para ver qualquer coisa e Jeanie só podia sentir terror e miséria. Ela estava encharcada e quase tudo doia. Ela não lutava, apenas tentava manter a respiração. A mordaça estava tão molhada que ameaçava sufocá-la, já que ela não podia cuspir a água. Eles pararam e ela foi levantada, as pernas nuas 305


rasparam contra o concreto e saiu do frio da água. Ele subiu ao seu lado, seu corpo batendo nela e agarrou seu cabelo. __ Levante. Ela não conseguia ver nada, nem sabia como ele podia. Ela lutou para ficar de pé e seu braço envolveu ao redor dela para levantá-la do chão novamente. Ele caminhou com ela na frente dele, com suas pernas esbarrando em coisas a cada passo. Ele parou e uma dobradiça de metal guinchou quando ele abriu algo e avançou. Segundos depois o guincho novamente, ele fechou um portão ou porta. Estava tão escuro que ela não podia dizer o que era. __ Quanto tempo mais? __o segundo homem perguntou logo atrás deles. __ Nós estamos em algum lugar sob a rua. Mantenha sua maldita voz baixa. As escadas estão à frente e há uma tranca nele. Nós não teremos que nos preocupar depois. Estaremos livres e seguro. __ Você tem certeza que eles não sabem sobre este lugar? __ Não. Isso é o que o chefe disse. Ele disse que roubaram os planos da construção e não tem nenhum indício que eles saibam, ou teriam ter instalado segurança. Nós fomos capazes de chegar até aqui encontrar nada além de alguns cadeados. Você quer levá-la? Ela está ficando pesada. __ Eu entrei na casa, porque você é muito grande para que você pudesse se certificar de que ela não nos atrasaria. Eles pararam e aquele segurando-a colocou-a em pé, mas não soltou-a. Se inclinou o suficiente para colocar os lábios perto de sua orelha. __ Ouça-me. Há um buraco dois pés na sua frente e há uma escada. Se você não fizer exatamente o que eu digo, você vai mergulhar cerca de trinta metros para a morte. Você me entendeu? Jeanie conseguiu assentir. __ Se você correr vai cair bem no maldito buraco. Você tem uma chance de sobreviver, por isso não faça nada estúpido. Eu vou deixar você ir, mas segure meu braço. __ Será que devemos acender uma luz? __o outro estava perto. __ Não. Assim é mais engraçado. Talvez ela caia. Somos pagos para ela levá-la viva ou morta. 306


__ O chefe prefere-a viva. Ele quer saber o que ela disse à NSO. __ Mas morta também é muito bom. __ Você é mau. O cara segurando-a bufou. __ Diga-me algo que eu não sei. Vire-se, princesa. É melhor ser muito inteligente ouça atentamente. Ela virou-se com muito cuidado quando ele a deixou ir, tentando não mover muito os pés. O chão estava frio e ela tinha certeza de que eles estavam em algum tipo de galeria de túneis, já que disseram que estavam sob as ruas. Um sistema de drenagem? Por que a ONS não sabe sobre isso? Não era um mistério que iriam contratar alguém para seqüestrá-la. Ela realmente queria viver, porque isso significava ficar cara-a-cara com o homem que mentiu e usou-a. Seu seqüestrador agarrou seu braço. __ Dê um passo para trás e lembre que é um buraco. Volte cerca de dez centímetros e você vai sentir o primeiro degrau. Os minutos seguintes foram aterrorizantes e ela cegamente seguiu as instruções de um homem que ela não confiava. A escada de metal era áspera, os degraus espaçados como ele dissera. A cada passo de seus pés descalços no centro do degrau, ela cuidadosamente descia o desconhecido. Era tão escuro, ela não poderia fazer nada. Seu pé finalmente tocou terra firme e ela desceu, ficou parado, apavorada demais para se mover. Ela estava em uma borda? O ar estava mais frio, mas ela não podia sentir o cheiro nada, além da água suja na mordaça. Tinha um gosto muito ruim. Compor uma lista de doenças que ela pudesse pegar de água estagnada ajudou distraí-la do perigo que a espreitava. __ Mova dois metros para a esquerda. __seu captor exigiu de cima. __ Caso contrário, eu vou pisar em você. Ela avançou lentamente para a esquerda, os pés cuidadosamente arrastando na superfície até ter certeza que ela não pisaria num vazio. O desgraçado riu divertido. Suas botas ecoavam bem alto quando ele caiu perto dela. Ele agarrou-a novamente. __ Certifique-se de selar a boa dela, lá em cima. __ Entendi. __algo de metal protestou batendo bem alto acima da cabeça dela.

307


Quem a conduzia empurrou-a de novo, forçando-a a andar na frente dele até que ele estendeu a mão e plantou a mão no topo de sua cabeça. __ Pare. Mantenha-se um pouco curvada, caso contrário, você vai bater com a cabeça no túnel. Ele fica estreito aqui até a próxima câmara. Uma luz fraca brilhava no túnel arredondado quando eles voltaram. Ela estava horrorizada por ter razão. Eles estavam em algum tipo de sistema de drenagem. A sujeira manchava o concreto, mas ao contrário da outra vez que ela se aventurou quando adolescente este não tinha sinais de grafite de qualquer tipo. O túnel terminou e ela olhou para a câmara aberta que estava a poucos metros de profundidade. Lanternas de acampamento tinham sido colocado no chão em torno do espaço e uma cadeira metálica colocada no centro. O idiota segurando seu braço ergueu a mão de sua cabeça e endireitando-a, pegando seu rosto. Ela virou a cabeça para olhá-lo e ele tirou óculos de visão noturna e empurrou para o topo de sua cabeça. Era o loiro que tentou raptá-la do apartamento de True. Ela estava certa que era o mesmo homem. Ele estava molhado, o cabelo grudado na cabeça e rosto, mas não havia dúvida quando ele franziu o cenho para ela. __ A cadeira. __ele empurrou o queixo. __ Caminhe até lá ou eu vou colocá-la lá. Ela levantou a mão e apontou para a mordaça, com muito medo que ele batesse nela, se ela tentasse removê-la. Ele balançou a cabeça. __ Isso é com o chefe. Ele a empurrou para frente, quase fazendo-a cair no chão. Ela recuperou o equilíbrio sem nenhuma ajuda dele e desabou na cadeira. A camiseta que ela usava estava colado a seu corpo. Ela estendeu a mão para puxar-la para cobrir seus joelhos, agradecida por estar usando uma camiseta de True, que era grande, o loiro agarrou seu pulso e colocou uma algema. Fechou um dos punhos para o lado da cadeira e deu um passo para trás. Ela virou a cabeça quando botas soaram e viu outro homem sair do túnel onde eles tinham acabado de sair. Ele arrancou seus óculos de visão noturna e franziu o cenho enquanto se aproximava e descia os degraus. __ Espero que esse cara se mostre em breve. Quero ser pago e sair daqui. Nós a entregamos. __ Eu quero mudar essas roupas molhadas. __o loiro praguejou e virouse, caminhando para um saco que tinha sido abandonada ao longo de uma parede. Agachou-se e abriu o zíper. Para desgosto de Jeanie, os homens começaram a despir-se. Ela fechou os olhos, recusando-se a assistir. Os ruídos 308


ecoaram na sala. Ela tentou esquecer que eles estavam no subsolo, algo que ela sempre tinha fobia, mas parecia um minúsculo problema comparado aos outros que ela enfrentaria. Ela foi seqüestrada e o homem que dizia ser o agente Brice estava aparentemente a caminho da sua localização. Parte de seu medo foi substituído pela raiva. As algemas eram um mero aborrecimento, já que a cadeira não foi aparafusada. “Eu vou levantar e usá-la para vencê-lo.” __ela silenciosamente prometeu. A imagem de fazer exatamente isso ajudou mantê-la calma.

*****

True acordou com um rugido de raiva. Sentou-se, empurrando o macho que pairava sobre ele. O Dr. Harris gritou mal desviando do soco que visava seu rosto. Uma mão forte agarrou a de True e impediu-o de tentar golpear o humano de novo. Justie estava agachado no chão da sala e mudou a posição para entrar em sua linha de visão. __ Calma. __Justice ordenou. __ Você foi drogado, mas encontramos você rápido o suficiente para combatê-la. Ficou desmaiado por cerca de quinze minutos. __ Jeanie. __ele virou a cabeça, viu a sala cheia de Espécies, mas ela não estava lá. Justice soltou seu punho e agarrou-lhe o ombro. __ Nós estamos procurando. Levaram-na neste momento, mas eles não podem ir longe, pois estamos em confinados desde que Darkness recebeu sua mensagem, ele enviou um alarme geral. Nada entra ou sai de Homeland. Temos todos acordados e a caça deles. Não há onde se possa esconder por muito tempo. O pesar atormentava True com a intensidade da mais pura agonia. Ele se soltou de Justice e tentou ficar em pé. A tontura o fez voltar sentado enquanto os rostos dos espécies ao seu redor turvaram. __ Eu disse que ele deveria ser levado ao centro médico. __o Dr. Harris protestou. __ Não temos certeza de que o que eles deram foi muito. Ele precisa ser monitorado por pelo menos doze horas. Ele... __ Não. __rosnou Justice. __ Saia, se você vai começar com isso de novo, Harris. Sem desrespeito, mas sua companheira foi seqüestrada. Nenhum de nós consideraria isso perdoável, se ele permanecer drogado enquanto ela está em perigo. 309


__ Sim, porque morrer de insuficiência cardíaca é muito melhor. Existem dezenas de vocês para procurá-la, por que ele precisa acompanhar? __ Porque ela é sua companheira. __Darkness declarou em um tom frio. __ Ele prefere morrer a não fazer tudo para recuperá-la. E ele é o único que pode ter a certeza absoluta que é o cheiro dela debaixo disso que está mascarando o odor dela. Justice perguntou: __Você está com a gente? Isso chamou a atenção de True. __ Sim, estou bem. O odor? __ O forte cheiro de árvores. __Darkness fungou. __ Cheira isso? Não é lá de fora. Não é um perfume natural. Os caçadores humanos usam sprays para mascarar seus aromas quando estão perseguindo presas na floresta ou escondidas nas árvores. É isso o que eles usaram aqui. True percebeu que era o que ele tinha cheirado na sala de estar e que poderia buscá-lo agora. Ele ficou mais irritado quando ele cheirou o ar. Ele queria levantar, mas temia ter outra tontura. Respirou fundo, esperando aliviar a tontura e tentou levantar-se, um pouco mais devagar dessa vez. Justice ajudou-o quando ele se endireitou e apertou suas mãos, puxando-o para cima. Ele estava instável, mas era macho suficiente para tentar superar os efeitos da droga, ainda que por orgulho. Ele ficou de pé e respirou profundamente várias vezes. Ajudou. __ Eu preciso encontrar Jeanie. __ele murmurou. Darkness sustentou o olhar dele enquanto se aproximava. __ Há sangue no banheiro. Você conhece o seu cheiro melhor do que ninguém. Diga-nos se é dela, se for capaz. A raiva e o medo percorreram True, a idéia de vê-la morta ou gravemente ferida o horrorizava. Ele deu um passo e tropeçou. Justice e Darkness foram segurar seus braços. Eles se inclinaram o suficiente para apoiá-lo e que o ajudaram a andar. Ficou mais fácil eles amparando-o pelo corredor. Mais Espécies estavam no quarto. A visão da porta destruída foi devastador para ele. __ Ela tentou mantê-los fora. __Darkness calmamente informou. __ Ela é inteligente. Ela moveu a cômoda e colocou uma cadeira entre ela e a porta. Isso retardou-os e eles tiveram que quebrar a cadeira para entrar.

310


__ Seja grato. __Justice murmurou. __ Minha companheira teria corrido para fora e lutado com eles. __ Eu disse para ela correr. __ela me ouviu. __ Ela tentou. __Darkness chutou um pouco da cadeira quebrada para fora do caminho. __ Ela é uma boa companheira por ouvi-lo e tentar seguir suas ordens. __ Você estava ao lado. __True deu um olhar acusador a Justice. __ Por que você demorou tanto tempo para chegar aqui? Ele fez uma careta. __ Nós acordamos quando ouvimos você gritar alguma coisa, mas não entendi o que você disse. Eu achei que você estava compartilhando sexo com sua companheira. Ouvimos, mas ficou silêncio então eu comecei a beijar Jessie. __ele fez uma pausa. __ Não ouvimos nada até Jeanie gritou por ajuda e um grande estrondo soou. Saltei da cama, mas levou alguns segundos para entrar na minha calça e pegar uma arma com Jessie. Corri e encontrei-o no chão. Ela já tinha sido levada quando entrei na casa. True baixou o olhar. __ Me desculpe. Eu sabia que você iria chegar aqui o mais rápido possível. Isso é minha culpa. Justice rosnou, parecendo discordar, mas não disse nada entrando no banheiro. Foi outra visão que o surpreendeu. A porta tinha sido arrombada e o chão estava coberto com a areia e pedaços quebrados de vidro temperado da porta do chuveiro. Alguém tinha obviamente deslizado através da substância gosmenta que cobria o chão. Os armários tinham um grande buraco onde alguém deve ter batido. __ Ela trancou a porta e montar uma armadilha para eles. Ela é talentosa. __Darkeness murmurou. __ Quando ele arrombou a porta escorregou e não só bateu, mas quebrou a porta do chuveiro. Perdeu o equilíbrio e bateu nos armários, deve ter sido um grande choque, há sangue onde ele colidiu. Não muito, mas um pouco. __ Não é o sangue de Jeanie. Seus pés são pequenos e estava descalça. __ A janela. __Justicea mostrou. __ Ela saiu por aqui. True recuperou seu equilíbrio para soltar-se deles e se aproximou da janela. A janela estava aberta e ele cheirou. Seus sentidos foram embotados, mas um pouco de sangue era visível no canto inferior da janela. Ele se inclinou e cheirou. O alívio veio instantaneamente. 311


__ Não é o dela. __ Tem certeza? Ele olhou para Darkness. __ Eu sei que não é o dela. __ Bom. Agora fareje o quadro. Eu o fiz e encontrei mais. É diferente. Eu não tinha certeza se era dela ou sangue masculino debaixo desse odor artificial. __ Este é o dela. __ele virou a cabeça, sentindo o outro lado. __ E aqui. É o sangue de Jeanie. __ É fraco. Ela provavelmente machucou suas mãos quando ela segurou para sair. __Justice recuou, levantou usando o rádio e falou nele. __ Mande nossos melhores batedores aqui. Nós temos sangue de um dos humanos e de uma companheira de um Espécie. True ficou tenso e, em seguida, pulou, quase estremecendo quando um de seus ombros bateu contra o chão. Ele acabou no quintal. Ele permaneceu abaixado, olhando para o chão procurando onde Jeanie e os machos tinham ido depois de saírem do banheiro. Ele cheirou, não pegando sangue imediatamente. Então ele sentiu, pertencia ao macho humano. Ele se inclinou mais perto, farejando. __ O que você encontrou? __Darkness subiu pela janela e se agachou, farejando também. __ Eu sinto. O homem deu um passo aqui e ele está sangrando. __ Precisamos de luzes acesas aqui! __Justice gritou. __ No quintal. True continuou farejando. __ Eu o perdi. __ Eu também. __Darkness franziu o cenho para ele. __ Ele deve ter sabido que estava sangrando e parou de alguma forma. __Darkness rosnou. __ Eles são espertos. True levantou-se e começou a circular a parede de tijolos que cercava o pátio. Ele cheirou, também à procura de evidência de onde eles foram. Darkness era sua sombra dele, fazendo o mesmo. __ Seria mais rápido se você começasse do outro lado.

312


__ Você estava drogado. Dois narizes e pares de olhos são melhores. Nós não queremos perder nada. True deveria ter se ofendido, mas o homem tinha razão. Ele não ia confiar em seus sentidos naquele momento, com a vida de Jeanie em perigo. O controle deslizante na parte de trás da casa se abriu e mais homens Correram para fora. Eram caninos e eles começaram ao longo da outra parede. Eles se reuniram perto do centro. __ Eu não entendo. __Darkness rosnou. __ Será que eles voam por cima do muro? __ True queria uivar de frustração. __ Talvez eles voltaram para dentro e saíram pela frente da porta ou do portão lateral. __ Você viu o bloqueio ainda no lugar e não foi tocado. Ele foi oxidado no lugar. __Justice argumentou. __ Além disso, eu fui o primeiro a chegar. Jessie queria vir, mas eu exigi que ficasse. Eles não saíram pela frente. Duas equipes chegaram meio minuto depois de mim. __ele balançou a cabeça. __ Tínhamos Espécies correndo para fora de suas casas. Eles não saíram assim. __ Os quintais? __Darkness saltou graciosamente, caindo nas bordas onde as paredes se ligavam. Ele olhou para fora, virou a cabeça e fez uma careta antes de olhar para baixo. __ Eu só vejo Espécies. Eles parecem estar procurando cada metro. __ Eu pedi para eles. __Justice rosnou. __ Como eles a tiram? Como conseguiram entrar em Homeland? __ É quase como se voaram para fora. __um dos espécies murmurou. __ Darkness? __Justice franziu o cenho para ele. __ É possível que de alguma forma sobrevoaram a Pátria e desceram? Talvez encontraram uma maneira de voar para fora também? Ele pulou, caindo no quintal. __ Eu estou pensando em mais opções, mas não. Ouviríamos o helicóptero e não há nenhuma maneira que eles terem usado planadores. __ Ele apontou para o morro atrás deles. __ Mesmo se eles tivessem conseguido subir até lá para usá-lo, não teriam a altura suficiente e nem como sair depois. __ Balões de ar? __Tiger entrou no quintal. __Isso é possível? 313


Escuridão bufou. __ Você sabe o quão grande que teria que ser para suportar o peso de três seres humanos? Teríamos visto e o radar teria pegado. De jeito nenhum eles conseguiriam entrar sem serem detectados. __ Algo menor? Darkness balançou a cabeça. __ Seria muito difícil de controlar com este vento sem motores para guiá-los e nós ouviríamos. Nós apenas não imaginamos como eles foram capazes de entrar ou sair. __ Então, para onde eles foram? __True estava frustrado e preocupado. Seu estômago revirou e ele não tinha certeza se eram as drogas. Ele girou, olhando para o quintal. __ O sótão. É aí que eles entraram em casa. __ele pulou para a frente, pronto para invadi-lo em busca de Jeanie, mas Tiger bloqueou seu caminho. __ Já olhei lá. Ele usou a saída de ar do lado da casa para entrar. __ Que lado da casa? __ O direito. __Justice apontou. __ Todas as casas têm. True foi em direção a essa área e olhou para o buraco na lateral da casa, perto do telhado. Enfureceu-lhe que não soubesse sobre isso antes ou ele teria tido a certeza de que ninguém poderia entrar dessa forma. Ele franziu a testa, enquanto olhava. __ Como é que um humano chegaria até lá? __ Talvez eles subiram no telhado e utilizaram uma corda? __Darkness disse e, em seguida, correu e depois pulou. Ele pousou no telhado. True estava atordoado. Foi um salto de seis metros. Espécies eram bons, mas isso era algo que ele não poderia ter feito. É claro que ele não era felino. Eles eram melhores do que os caninos. O homem agachou e facilmente escalou o azulejo até o pico do telhado, olhando ao redor. __ Não há nenhum sinal disso. Eu não vejo quaisquer perturbações aqui em cima. True abaixou o olhar para o buraco. Se um ser humano não tinha usado o telhado, ele precisaria de uma escada. Não havia nenhum sinal de uma. Ele caminhou para frente, pela grama. O ar-condicionado estava lá, mas não era alto o suficiente para ter sido útil para um homem que estava tentando ter 314


acesso à ventilação do sótão, a menos que alguém o impulsionou. Agachou-se, olhando para a grama artificial que tinha sido colocado ao redor da área para fazer parecer mais natural. Seu nariz se contraiu quando um leve aroma encheu suas narinas e ele rosnou, curvando-se e inclinou-se mais perto. __ Jeanie. __ O que é isso? __Tiger chegou mais perto com Justice em seus calcanhares. Um corpo pesado aterrissou atrás dele, Darknes tinha saltado do telhado. __ O sangue dela. Aqui. __True cheirou de novo e seguiu. Ele parou e recuou. Uma lacuna fraca na grama tornou-se perceptível. Ele estendeu a mão e enfiou os dedos nela, tocando o concreto. Ele levantou, vendo mais da sujeira que ele suspeitava, deveria estar lá. Ele rasgou-a para trás e olhou para uma grade de metal. __ Filho da puta. __Darkness resmungou. __ O que é isso? True lançou a relva artificial e se inclinou, fungando. Algum sangue estava do lado do furo. Ele virou a cabeça, olhando para o felino. __ Foi assim que eles saíram. __ O que é isso? __Justice soou furioso. __ Por que não sabemos sobre isso? É grande o suficiente para pessoas passarem. Foi assim que o humano escapou após sua primeira tentativa. É por isso que nunca o localizamos. Darkness praguejou e assentiu. __ Homeland foi construída como uma base militar, correto? __ Sim. __Justice ainda fez uma careta. __ Os humanos poderiam ter construído túneis subterrâneos ou poderia ser para a chuva escoar da colina acima. __ Eu não me importo com o que é. __True agarrou a grade de metal e levantou. Era pesada, mas saiu facilmente. Ele jogou para o lado. __ Eu vou atrás dela. Darkness agarrou seu braço. __ Espere. Precisamos de mais homens e lanternas. Nossa visão é boa, mas não haverá luz abaixo do solo. __ Foda-se. __Rosnou True. __ Eu preciso encontrar Jeanie. 315


__ Cinco minutos. __Justice prometeu, usando seu rádio para pedir o que eles precisam. __ Isso tem que sair em algum lugar. Tiger, vá encontrar alguém que sabe o que é e para onde vai. __ Ok! Tiger gritou, correndo em volta da casa. __ Eu estou indo atrás dela agora. __True não podia esperar. Jeanie estava sangrando e em perigo. Cada segundo podia contar. Darkness entrou em seu caminho. __ Ouça-me. Você ir correndo lá, batendo no escuro não vai ajudar. Eles poderiam matá-la. Precisamos ser inteligentes. Eu entendo que você quer encontrar sua companheira, mas você quer que ela viva, não é? Ele engoliu a raiva e se esforçou para ser razoável. __ Nós vamos atrás dela, mas precisamos fazê-lo da maneira certa. True cerrou os dentes. __ Tudo bem.

Capítulo Vinte e Dois Jeanie ouviu o raspar fraco de passos antes da luz num túnel oposto anunciar a chegada de Boris. Ela teve tempo para esfriar e avaliar a situação. Ele não sabia ao certo que ela tinha identificado-o. Por isso é que provavelmente ela ainda estava viva, e os dois bandidos que ele tinha contratado não tinham matado-a. Ela olhou para eles. Eles haviam trocado suas roupas molhadas e tinha empurrado tudo mais em o resto na mochila. Ambos tinham um olhar ansioso quando o entrou na câmara. Ele usava calça de moletom preta e uma camiseta preta, em vez do terno que ela estava acostumada a ver. Ela o reconheceria em qualquer lugar. O anel de gato ainda enfeitava seu dedo mindinho, enquanto olhava para ela, os óculos também no nariz. O suor escorria na testa e nas bochechas enquanto ele ofegava. __ Eu esqueci o tempo que levava para chegar aqui. __ Está com nosso dinheiro? 316


Jerry Boris olhou para o saco agarrado em sua mão e acenou com a cabeça, jogando-o em sua direção. __ Dez mil, assim como você pediu. Foi um insulto que sua vida valia tão pouco. Boris voltou sua atenção para ela e franziu a testa. __ O que está na sua boca? __ Uma mordaça. __ Eu vejo. __ Nós vamos sair fora daqui. __o loiro e abriu a bolsa, verificando dentro. Ele fechou-a e assentiu para o outro homem, em seguida, levantou-a e se endireitou. __ Aqui está. __ Espere! __Boris estava corado. __ O trabalho não está feito. __ Você disse que era entrar, pegá-la e trazê-la aqui. Aqui está ela. __o outro cara apontou para Jeanie. __ Esse era o trabalho. Vamos embora. Esses novas espécies vão nos encontrar. Queremos estar muito longe antes que isso aconteça. __ Eles não vão. __Boris voltou tirou uma pequena garrafa de água de um bolso de trás. Ele tomou um gole. __ Eu propositadamente removi todos os planos dos subterrâneos e de drenagem. É como eu tenho sido capaz de esgueirar-me dentro e fora da Pátria, sempre que a necessidade surgiu. Os bastardos provavelmente acham que é magia, suas ruas nunca inundar quando grandes tempestades caem aqui. Deu-me pleno acesso à maioria dos edifícios também. __ Tanto faz. __o loiro deu de ombros. __ Estamos fora. __ Eu preciso de alguém para cuidar dela. __ele olhou para o relógio. __ Eu tenho que estar de volta na cama antes de o sol nascer. O moreno bufou. __ É um vampiro, né? __ Não. __ele lançou um olhar para Jeanie. __ Eles plantaram escutas e câmeras na minha casa. Eu tive que fingir ir para a cama, mas eles vão ver que não saí dela até o sol nascer. Ela estava atordoada. Como ele sabia? 317


__ Você acha que eu não saberia se um monte de gente pisasse na minha casa? Eu nunca aspiro a poeira. Eu podia ver as suas pegadas e outras coisas mudadas nas prateleiras, não importa o quão cuidadoso eles foram. __ele fixou seu olhar sobre os dois homens. __ Eu tenho planos para obter uma grande quantidade de dinheiro por ela. Eu vou te pagar mais dez se você tomar conta dela por dois dias aqui, enquanto eu negocio. __ Não vale a pena. __o loiro deu um passo em direção ao túnel que Boris tinha usado. __ Eu acho que é apenas uma questão de tempo antes que eles descubram que estamos aqui. Eu tenho uma vida e pretendo viver. __ Cinquenta. __Boris tomou outro gole de água. __ Cada um. __ Foda-se. __o moreno fez uma pausa, estudando-o. __ Você acha que ela vale cem mil? Ela é uma puta. Nenhum cara vai pagar isso e nós estávamos na casa dele. É boa, mas ele não é rico. Seria mais barato se ele simplesmente recebesse uma nova namorada. Tenho certeza que não pagaria tanto por um pedaço de carne. __ Nós vamos fazer isso. __disse o loiro. __ Mas nós não estamos preparados para isso. Nós vamos ter que sair e voltar. Nós vamos precisar de comida, sacos de dormir, e eu quero mais munição. __ele pegou uma arma de trás dele. __ Não apenas dardos tranqüilizantes. Quero algum poder de fogo real. __ Eles vão ouvi-lo se você disparar uma arma. É por isso que eu te dei dardos. __ Os bastardos já saberiam que estamos aqui, se eu tiver que disparar neles. __ele cuspiu, sacudindo a cabeça em desgosto. Boris franziu o cenho. __ Tudo bem. Um dos dois vai, mas um fica. O loiro balançou a cabeça. __ Ele pode simplesmente pegar o dinheiro e não voltar. Seu parceiro virou para ele. __ Ou você pode. __ Vocês são uma equipe, não confiam um no outro? __Boris olhou enojado. __ Nós trabalhamos juntos, mas não somos amigos. __o loiro mudou sua postura. __ Além disso, eu quero escolher minha própria arma e não se esqueça, eu sei o quão perigosos esses bastardos são. Eu já perdi um homem 318


por causa dessa cadela. Vamos precisar de cerca de duas horas. Acho que você pode lidar com ela por esse tempo. É melhor ter o dinheiro. __ E nós queremos ser pagos amanhã. __exigiu seu parceiro. __ Eu disse estou sendo vigiado. __Boris protestou. __ Não é fácil conseguir esse dinheiro tão rápido. Eu posso conseguir para você amanhã à noite. Eu volto logo depois deles pensarem que estou na cama. __ Tudo bem. __o loiro se afastou seguido do outro homem. __ Duas horas. __Boris concordou. __ Apressem-se. Boris sorriu para Jeanie, aproximando-se, mas parou cerca de quatro metros de distância. __ Você nunca poderia seguir bem ordens. Eu lhe disse para não ir trabalhar naquele dia. Ouviu? Não. Olhe para a bagunça que você nos meteu. Os dedos dela se curvaram ao redor das algemas e ela queria bater com a cadeira nele, mas o som de botas ainda podia ser ouvido enquanto seus dois capangas partiam. Ela não podia arriscar que eles ouvissem quando ela batesse em Boris, não importa o quanto ela queria fazê-lo. Estendeu a mão livre, sentindo a parte de trás da mordaça. Foi amarrada no cabelo, e estava molhada e num emaranhado que ela tentou soltar. __ Não adiantaria gritar. Nós estamos a cerca de quarenta metros de profundidade, em um local que só tem ruas acima de nós. Ninguém vive nas proximidades e é a meio da noite. Nenhum desses bastardos loucos vão estar nas ruas, só vai me irritar. Usando a mão livre, ela trabalhou a mordaça, arrancando um pouco de seu cabelo no processo. Ela cuspiu para fora da boca e jogou a coisa de lado. Desejou poder escovar os dentes. Seu olhar buscou Boris. __ Foda-se, Brice. __ela decidiu não revelar ainda que sabia seu verdadeiro nome. Seu sorriso se alargou. __ Eu suponho que você sabe que não trabalho para a NSO, na recuperação dos perdidos. __ Você foi resgatar esses locais por dinheiro. __ Brilhante, não foi? __ele recuou e encostou-se à parede, baixando a água no chão. __ Vou aposentar-me muito em breve com um monte de dinheiro. Será que eles sabem quem eu realmente sou, ou era por causa da Fuller a razão de estarem bisbilhotando? 319


“Ele não sabe.” __ela decidiu se fazer de boba. __ Fuller? Por que isso faria diferença para você? Era a coisa certa a dizer, porque ele riu. __ Eu sou o diretor de lá. Surpresa! Eu deveria ter demitido alguns do pessoal lá. Eu sabia que eles estavam transando, mas eu não dei a mínima porque eu consegui as informações ouvindo os seguranças enquanto comiam. __ Foi assim que você descobriu sobre Cornas? Alguma vez você realmente teve uma planta lá ou foi que uma mentira também? Ele cruzou um tornozelo sobre o outro, ficando confortável. __ Na verdade, isso foi pura sorte. Um dos prisioneiros não gostava de seu tratamento na Fuller, e ela reclamou para mim. Eu lhe disse que não podia ajudar, a não ser que ela me desse. Sua irmã trabalhava na Mercile também, mas ela decidiu sair e ir para Cornas. A cadela foi presa com alguns desses animais, mas sua irmã não era tão gananciosa, e pegou o emprego em Cornas para continuar sua pesquisa sobre esses bastardos lá. Enviei você para confirmar se eles tinham alguns dos Espécies presos lá. O ódio encheu-a, mas ela esperava que ele lhe dissesse mais. __ Tem muitos como por aí? __ Não há ninguém como você, Jeanie. Você era tão malditamente crédula. __ele revirou os olhos e sua voz ficou aguda. __ Eu só quero salválos. __ele imitou-a. Ele balançou a cabeça. __ Benfeitora estúpida. Então você tinha que ir e transar com um deles. Você sabe quanto dinheiro me custou, espalhando suas pernas? Muito. Você deveria apenas ter sido transferida para minha prisão e teria sido o fim de tudo. Você teria escorregado e rachado a cabeça no chuveiro ou teria uma alergia alimentar que a mataria. __ Eu não sou alérgica a nada. __ Isso não é o que a autópsia teria dito. __ele se desencostou da parede. __ Está tudo bem. Eu vou fazer mais dois resgates e então estou me aposentando. Mas isso realmente me irrita, porque eu poderia ganhar muito mais deles por arruinarem minha vida. Esses animais pensaram que poderiam apenas me jogar para fora de Homeland e ficar com meu trabalho? Estou decepcionado, pois ainda não estava pronto pra desaparecer. Pena que eu não posso fazer esses bastardos sofrerem mais, mas eu vou realmente desfrutar destes últimos dias que me resta. De jeito nenhum eu vou sair sem ter certeza que vocês pagaram por isso.

320


__ Vocês? __ela sabia que ele planejava usá-la, mas quem era a outra pessoa? Ele acenou com a cabeça. __ Uma mulher espécie. Esses animais ficam loucos por causa de suas fêmeas. Eles farão qualquer coisa que eu peça para recuperá-la. Eu tenho meus homens espionando o local para certificar-se de tudo e contratei um investigador particular para manter um olho no gato gordo que a possui para ter certeza que ele planeja uma viagem prolongada. Vocês duas juntas vão valer muito dinheiro. Eu não percebi que eles tinham câmeras instaladas até que eu cometi alguns erros. Eles podem saber sobre uma das minhas contas assim eu preciso para engordar uma nova. __ Um presente? __seus olhos se estreitaram em suspeita. __ Você disse que era uma pequena nova espécie. __ A Mercile as chama assim. Você realmente fodeu meus planos, Jeanie. Estou muito zangado com isso. Ela reprimiu um comentário espertinho, olhando para ele. O desejo era forte para bater nele com a cadeira que estava acorrentada a ela, mas queria aprender mais em primeiro lugar. Ela tinha duas horas antes de seus capangas voltarem, mas ela esperava estar muito longe antes disso. __ Eu não tinha planejado me aposentar este ano, mas eu tinha que pegá-la para me certificar se não falou demais. Eles podem suspeitar de mim agora e chateados sobre o que aconteceu na prisão, mas eles não podem me pegar ainda. Eu tive que acelerar meu plano e vou ter que me contentar com a grana que fiz até agora e a que vou ganhar com vocês duas. __ O que o preocupa de eu ter contado para a NSO? __ela queria ver se ele confessava seu nome real. Ele apenas balançou a cabeça, sorrindo. Era irritante. __ Então, onde está este presente? __ Como se eu fosse te dizer. Vou negociar só quando tiver certeza que você não pode dizer-lhes sobre ela. Isso significa que você vai estar aqui por alguns dias. __ele riu. __ Não que você será capaz de dizer muita coisa. __ O que significa isso? __um arrepio percorreu-lhe a espinha. Ele passeou um pouco pelo túnel e finalmente olhou para ela. __ Você realmente acha que eu diria a você que sou o Diretor da Fuller e simplesmente deixar você ir embora daqui? Isso não vai acontecer. Eu quero que você saiba 321


que, fez da minha vida um inferno desde que foi presa. Eu tive medo de que eles me pegassem antes que eu pudesse embarcar em um vôo com destino a liberdade. Você tem que pagar por isso. Sua mão apertou a cadeia e ela se endireitou na cadeira. __ Eu não posso acreditar que você viria aqui. “Bem debaixo de Homeland.” __ele deu-lhe calafrios. “O cara é insano.” Ele riu, parecendo um louco. __ Você imagina o quanto eu gosto de estar debaixo de seus narizes, sem o seu conhecimento? Isso prova que eu sou superior. Justice North acabará por descobrir isso. Justiça para Justice. Perfeito, não é? __ Você é doido. O que você vai fazer comigo? __ Eles cheirariam uma bomba em você, mas veneno? Duvido. Pelo menos não no início. Eu só vou dizer a eles que você está drogada quando a troca é feita. Aqueles idiotas que acabaram de sair, vão ficar com a culpa por seqüestrarem você. Eu sei onde ambos vivem por isso é apenas uma questão de fazer uma parada para recuperar o dinheiro que eu vou ter que pagálos. Nenhum deles é inteligente o suficiente para armazená-lo em uma conta em algum paraíso fiscal ou até mesmo um cofre. Eles provavelmente escondem debaixo do colchão ou atrás de móveis. Ela observou-o, à espera de uma oportunidade. __ Você poderia dizer que aqueles idiotas o meu plano, mas eles não vão acreditar em você. Eu só vou dizer que você fez ameaças e disse o quão estúpidos eles eram de e que você poderia fazê-los virar contra mim. Isso faz com que seja ainda melhor. __ele riu. __ Ser advertido e ainda ser pego. Isso soa familiar, Jeanie? Ela apoiou os pés no chão, esperando que ele se aproximasse. Tudo o que tinha a fazer era esperar até que ele virasse um pouco. Ele não seria capaz de sair do caminho rápido o suficiente antes dela acertá-lo. Ele era homem, mas ela estava em melhor forma e tinha uma arma. Ela não viu uma nele. Ele era muito arrogante para pensar que ela atacaria. Era uma aposta que ela estava disposta a arriscar. __ Você é um idiota covarde. Ele fez uma pausa, olhando para ela. __ Você acha que seus preciosos novas espécies são melhores? Dá um tempo. Fazer acreditar foi muito fácil, mas sabe o quão fácil foi manipulá-los? Você tem credulidade em comum 322


com eles. Você não acreditaria no quão estúpidos alguns deles podem ser sobre honra e merda. Eles simplesmente colocam dinheiro em uma conta se você mostrar-lhes qualquer prova de que podem recuperar mais de sua espécie. __ Você não sabe nada sobre honra, não é? __ Não... Eu não tenho esse defeito. Ele parecia orgulhoso desse fato. Jeanie sentiu nojo. Jerry Boris piscou. __ Eles arruinaram minha vida. É justo que paguem por isso. Tive que criar uma nova vida, pretendo pegar um pouco do que eles levaram. Eu tinha uma coisa muito doce acontecendo até que você estragou tudo, tudo! Eu quase desejo que pudesse fazer-lhe algo realmente doloroso, mas que vai ter que ser um veneno de ação lenta e você vai precisar estar inconsciente. Pelo menos você vai ter alguns dias para meditar e sofrer, sabendo o seu destino. Eu sou mesquinho e vingativo, por sinal. __ Como você pode olhar em um espelho? __ela realmente precisava fazê-lo começar a andar de novo, mas queria ter mais informações antes de bater nele. __ Você sabia que essas novas espécies estavam sofrendo. Inferno, você sabia que eu estava sendo usada como cobaia para um teste de drogas, mas você deixou acontecer por meses. E o presente? Uma vida miserável também? Ela está sendo abusada? Que tipo de monstro a tem? O que ele faz para mantê-la viva? __ Eu não poderia me importar menos se alguns desses animais sofrem ou você. Era engraçado como os caras, na verdade. As pessoas estúpidas merecem. Arrastei-a para aquilo para ter mais dinheiro quando eu percebi que pagariam muito. Sinto muito que você não aproveitou as drogas que o seu chefe lhe deu, mas de quem é a culpa, Jeanie? Você escolheu ser abusada para salvar seu cão favorito. Você poderia ter evitado tudo isso e sair a qualquer tempo. __ Eu não podia. Eu tenho um coração. __ E ele vai te matar. Ele bufou e começou a andar, olhando para o relógio novamente. __ Eles precisa se apressar, maldição. Eu não gosto daqui e é melhor não se atrasarem. Por mais que eu gosto de dar a ONS alguma tristeza pelo que eles fizeram para mim, úmidos, locais escuros não são a minha praia. Eu vi ratos aqui.

323


__ O que a ONS já fez para você? Você é um daqueles idiotas que não gosta deles, porque eles são geneticamente melhorados? __ela propositalmente enrolou o lábio, zombando dele. __ Você com certeza não é. __ Eu estava no comando de Homeland! __ele se virou, furioso. __ Eu ajudei a fazer o que ele é hoje. Este lugar era o meu bebê e o que eles fizeram? Eu fui demitido e tudo se perdeu. A única razão que eu adquiri o emprego diretor de Fuller foi com chantagem. __ Chantagem? Ele sorriu. __ Sim. Eu descobri algo e usei. __ O que você descobriu? Ele deu de ombros. __ Eu descobri que eles podem ter filhos. Eu não disse ao senador Hills, mas eu deixei implícito que poderia fazer vazar um monte de coisas, se eu não tivesse a Fuller. Esse foi o custo para o meu silêncio. Boris sabia que Novas Espécies podia ter filhos. Isso significava que ele poderia ir para a imprensa. Ela se sentiu enojado pelas ramificações se as informações vazassem. Ele se inclinou mais perto. __ Como você acha que eu descobri onde estava hospedada? Eles me bloquearam pela porta dos fundos que eu tinha nos sistemas de computador, mas apenas no nível de segurança. Eles não classificam seus registros de estoque de suprimentos a ser encomendados para Homeland e Reserva. Fraldas, pré-natal vitaminas, e toda uma lista de outras coisas foram entregues. Muito fácil. Eles tinham roupas e alimentos entregues numa casa que antes era certo estar vazia quando tomaram conta de Homeland. __ Foi tão fácil de encontrá-la, Jeanie. Você pensou que eles poderiam protegê-la? É uma piada. Eu sou dez vezes mais esperto do que eles. __ Você está errado. __ela decidiu blefar. __ Alguns dos funcionários humanos têm bebês e não novas espécies. __ Eu teria dito o contrário. __ele bufou. __ Certo. Fury é casado com Ellie e eu sei onde ele mora. Que boceta teve seu bebê? A entrega de fraldas foi direto para eles. Você nunca mais apareceram na televisão, o que é bom porque eles fazem-me doente depois do que eles fizeram para mim, mas é porque ela está provavelmente uma vaca gorda depois do parto dos filhotes. 324


__ Você está errado. Eu conheci esse casal. __ela mentiu. __ Eu passei um pouco de tempo com eles. Eles não têm crianças. Ele deu um passo para frente e deu um tapa no rosto dela. Ela ficou atordoada, mas ele recuou antes que ela pudesse reagir e atacar em retaliação. __ Esses canais estão sob sua casa. Pelo menos um desses pirralhos gritou quando verifiquei. Quantos têm? Diga-me. __ Eu nunca vi um bebê aqui. __isso foi honesto. __ Eu aposto que você está errado sobre esse presente também. __ Eu tenho fotos dessa putinha do gato. Ele não ia dizer-lhe mais. Ela teve certeza quando ele se virou de costas para olhar para a túnel e olhou para o relógio. __ Aqueles lentos, idiotas e incompetentes. Duas horas. Eu realmente os odeio. Talvez eu não os mate. Vou apenas arrastá-los para a Fuller. Basta deixar as portas cãs celas desbloqueadas e espalhar um boato de que eles são informantes, e estão lá para coletar informações. Os prisioneiros iriam matálos na primeira maldita noite. Talvez eu pudesse plantar essa idéia com Jeff. Aquele idiota não pode nunca ficar de boca fechada. Ele é muito bonzinho. Jeanie subiu o mais silenciosamente possível, esperando que ele não virasse. __ E só por despeito, quando eu estiver longe e fora do alcance Novas Espécies, eu vou levá-los mais a merda. __ele riu. __ Você quer saber como as pessoas vão reagir quando eles descobrirem que humanas podem ter bebezinhos novas espécies? Os grupos anti-Novas Espécies vão ficar furiosos, já que acreditam que os Novas Espécies não podem se reproduzir e conseqüentemente acabariam um dia. Então saberiam que Novas Espécies nunca morreriam como uma raça já que estão produzindo pequenos animais com putas. Ela se esticou e deu um passo para o lado. Eles haviam acorrentado seu braço direito, o que ela usou balançando com toda sua força. A cadeira era um pouco mais pesada do que ela imaginou. Ela só fez um leve ruído quando as pernas derraparam no chão antes de partir para frente. Boris virou, mas já era tarde demais. Ele era maior, mas ela tinha a raiva do seu lado. 325


*****

True usou uma lanterna para olhar para baixo no buraco. Uma escada estava no fundo, parcialmente visível na água parada, mas parecia danificada. Tinha que ser uma queda de seis metros, mas ele não se importava. Jeanie estava lá embaixo. Ele deslizou seus pés sobre a borda e caiu no buraco. A água suavizou sua queda e ele permaneceu em pé. Ele inalou, não pegando nenhum cheiro de Jeanie, mas a água cheirava mal. Os machos caíram na água atrás dele com mais lanternas. __ Espere. __Darkness ordenou. __ Temos que ir calma e pegar eles de surpresa. Ele se controlou ao ouvir aquela ordem. Havia duas aberturas, mas True não tinha certeza de que caminho seguir. Um deles tinha uma grelha sobre ele, mas o outro não. Ele caminhou na água para a abertura e cheirou. Tudo o que ele pode cheirar era água estagnada e um cheiro de mofo. __ Por aqui. __Justice sussurrou. True moveu-se rapidamente para o lado oposto. Justice apontou o feixe de sua lanterna na parede interna do túnel. __ Sangue. É fraco, mas está lá. __ele abriu o portão. Ele chiou, mas não muito alto. True saiu da água e cheirou. __ É dela. Tiger riu. __ Ela é inteligente. Eu acho que ela está marcando propositadamente o caminho. Lágrimas encheram os olhos de True. __ Ela é tudo para mim. E se eles já a mataram? __ Eles teriam feito isso na casa e não se preocupariam em levá-la com eles. __Darkness disse asperamente. True cerrou os dentes, abafando um grunhido. __ Você não tem que apontar isso. __afirmou Justice. __ Ele precisa saber que eles querem-na viva. Isso é lógico, porque levá-la com eles iria apenas atrasá-los. __Darkness passou por True. __ Eu vou primeiro.

326


True queria protestar, mas o homem abriu os braços, bloqueando a passagem estreita. Ele teria que lutar com ele o que arruinaria o plano de deslocar-se e atacar de surpresa. O túnel terminava com uma placa metálica no chão. True tentou levantá-la, mas não abriu. A frustração o encheu. Ele olhou para a equipe de novas espécies. Darkness se agachou ao lado dele, estudando com sua lanterna. __ Merda. Deve haver um bloqueio no outro lado. __ele acenou para um dos homens. __ Nós viemos preparados. Dá-me o macaco que eu pedi pegar de um dos veículos. Levou muito tempo, para os nervos ansiosos de True, mas Darkness conseguiu forçar a borda da placa um pouco e depois abri-la. Ele agarrou a fechadura frágil e eles puxaram de volta. Uma escada foi ligada à parede por baixo da grelha. __ Aqui vamos nós. __Darkness suspirou. __ Eu odeio subterrâneo e parece que precisamos ir mais fundo. __ Saia do meu caminho. __True tentou descer primeiro. __ Calma. __ Minha companheira está lá embaixo. Sinto cheiro de seu sangue. Ela tocou a escada. Ela está lá. Meu olfato está muito melhor agora que estamos longe da água. __ Eu vou primeiro e você segue ordens ou você está espera aqui. __Darkness declarou com firmeza. Ele queria discutir, mas que só iria perder mais tempo. __ Então vá. Eles chegaram a um lugar onde se ramificou para dois túneis menores. Darkness fez uma pausa e olhou para True. __ Veja se você pode encontrá-la. Ele tinha de curvar-se para caber embaixo do teto baixo e cheirou. Ele não pegou o cheiro dela, mas ele usou sua lanterna para tentar detectar sangue nas paredes. __ Você pode fazer isso. __Tiger sussurrou. __ Ele precisa. __Darkness sussurrou de volta. 327


True ignorou e entrou no outro túnel. Foi tão baixo, mas ele sentiu o cheiro do sangue de Jeanie. __ Este aqui. __ele encontrou manchas numa das paredes, como se ela tivesse roçado a mão. Ele liderou o caminho até chegar a uma curva e ele viu a luz. Ele chegou a um impasse, suas orelhas se esforçaram. Darkness de repente, empurrou-se contra ele e ambos estavam ombro a ombro. A voz de Jeanie era fraca, junto com uma voz masculina. As palavras não eram distinguíveis, mas ele tinha certeza de que era ela. Darknes virou a cabeça e franziu o cenho para ele. __ Espere. __ele murmurou. Ele tirou o telefone e mandou uma mensagem. Ele olhou para cima e mostrou a para True e, em seguida, puxou outro aplicativo. Era um localizador. Darkness apontado para cima. __ Estão em torno do local. Sabemos onde estamos e por isso os nossos homens também. Ele não tinha certeza se ele tinha paciência. Ele podia ouvia Jeanie, ela estava falando, e algumas palavras filtravam. Seu tom implicava que ela estava com raiva. Outro homem tocou suas costas e ele virou a cabeça. O homem passou um rifle para frente. Darkness aceitou e se inclinou mais perto. __ Eu não vou perder a chance. Fique aqui e permita-me. Eu estou rastreando e vou esgueirar-me até alcançá-los. Eu fui treinado como um franco-atirador. __Darkness caiu e fez exatamente como ele tinha declarado. True sabia que deveria ficar parado, mas não pode resistir. Ele caiu de barriga e foi atrás do macho. O túnel à frente não era tão longo e as palavras de Jeanie ficaram claras. Ele não podia ver em torno de Darkness sem levantar-se, não queria revelar sua localização, se o fizesse. O choque percorreu seu sistema quando pode ouvir toda a conversa.

*****

A cadeira bateu no lado de Boris forte o suficiente para derrubálo. Jeanie conseguiu agarrar a cadeira quando se recuperou. Ela pegou na ponta arredondada da parte de trás do assento e no lado onde as algemas estavam trancadas no braço da cadeira. Ela levantou-a e esmagou-a sobre ele novamente. Ele gritou e levantou um braço, tentando proteger sua cabeça. Não foi eficaz quando ela usou as pernas da cadeira em sua barriga e no peito. Ele engasgou e ela bateu-lhe novamente. Boris rolou sobre seu estômago naquele momento e ela bateu nele de novo apenas como prevenção. 328


Muita raiva reprimida levou-a a acertá-lo mais algumas vezes até que ela estava fora do ar. Ela queria que a cadeira fosse mais pesada. Ela bateu a cadeira e chutou na lateral dele. Ele rolou, enrolando numa bola. Doía-lhe um pouco, mas ela chutou de novo, desta vez no peito, mas teve o efeito desejado. Ele acabou estatelado de costas. Ela virou uma pouco, usou suas últimas forças e levantou a cadeira. Ela fez com que as pernas ficassem em cada lado do pescoço, a barra que ligava uma perna a outra pressionava contra a garganta dele e ela inclinou-se, apoiando seu peso sobre o encosto. Jerry Boris, ou como ela tinha conhecido ele, Terry Brice, olhou para ela com os olhos arregalados enquanto seu rosto virou uma sombra feia de roxo. __ Não é possível respirar? __ela arfava. __ Eu sei como é isso. Tente ter algum idiota enfiando um pano sujo sobre a boca e o nariz. Isso é o que o seu tonto imbecil fez para mim. Ela aliviou-se um pouco que ele não morreu. Ele sugou o ar, mas sua cor não melhorou. Ela olhou para trás e levantou o pé, batendo-a sobre sua virilha. Ele gritou. __ Eu sei como é isso também. Não ser capaz de gritar, não é? Isso dói? __ela apertou suas bolas com um pouco de nojo, mas de jeito nenhum que ela ia deixar ele se levantar. Ele era muito maior que ela. “Além disso, eu não tenho nenhuma simpatia por você, idiota.” Jeanie olhou para o rosto dele, viu sua expressão aterrorizada e a forma com as mãos agarravam a barra apertando contra sua garganta. Ela aliviou um pouco de seu peso fora da cadeira até que ele conseguiu sugar mais ar. Ela pressionou para baixo novamente. __ Você e eu. __ela disse, recuperando o fôlego um pouco mais. __ Vamos ter uma conversa. Eu vou e você vai respirar quando eu disser que você pode. Ela esperou e deixou-o ter um pouco mais de ar. Não era sua intenção de matá-lo, mas ela estava determinada a obter respostas. Ele sabia onde estava um presente e ele a colocou no inferno, mas ela estava principalmente chateada que ele tinha permitido que True e os outros sofressem mais que o necessário, pois de divertia e queria ganhar mais dinheiro. __ Esses idiotas que você contratou para me enfiar dentro de um buraco e me deixe cair na água suja, o cheiro, uma mordaça suja na minha boca e você planejou envenenar-me. __ela lembrou. __ Eu poderia matálo. Entendeu? Esqueça o seu plano de aposentadoria. Esqueça sobre a 329


obtenção de um centavo da NSO. Você vai dizer-me onde é que o presente está ou eu vou te ver sufocar. Eu posso tirar um cochilo aqui. __ ela levantou o suficiente para deixá-lo respirar. Ele engasgou um pouco, mas ela deixou ele tomar algumas respirações. __ Sua vadia. __ele arquejou. Ela se inclinou, colocando seu peso sobre as costas da cadeira. __ Fodase, Jerry. É. Eu sei o seu nome. Eu vi sua foto quando eles me mostraram todos os homens que trabalhavam para a NSO. Diretor Jerry Boris. Você foi demitido porque você foi um idiota para a companheira de Fury. Ele disse que você quase a matou e tentou levá-la dele. Você simplesmente não pode deixar companheiros em paz, não é? Você me levou do meu e adivinhe? Eu estou furiosa. Foi gratificante quando ele parou de lutar, ele não duraria mais do que alguns segundos. Ele soltou a barra e tentou agarrar o tornozelo do pé descansando em sua virilha. Ela pisou, esmagando o lixo. Ele gritou e soltou. Ela abrandou a pressão. __ Onde é que está o presente, Jerry? Você vai me dizer ou eu vou torturar até você me dizer. Eu aprendi alguma coisa sobre isso, em Drackwood, vendo o que faziam para os pobres de Novas Espécies que você odeia tanto. Eu amo um deles e ele quase morreu lá dentro, sendo espancado e ferido, mas você não deu a mínima. Você só queria dinheiro. Adivinha o quê? Eu só quero você morto para me certificar de que não pode ferir ninguém. __ela tomou algumas respirações calmantes, tentando controlar seu temperamento. __ Mas eu vou deixar você viver se você me disser onde o presente está. __ Ela levantou-se, deixando-o respirar. Uma marca vermelha amassava a área carnuda da garganta, mas ela não se sentir mal com isso. Ele não merecia. __ Nunca. Suas sobrancelhas arquearam. __ Sério? __ Foda-se. Eu não vou dizer. A cadela gato vai morrer. __ele tossiu. __ Eu quero o dinheiro e eu vou dizer onde ela está se me deixar escapar. __ele virou a cabeça e torceu o corpo volumoso. Ele pegou Jeanie fora de equilíbrio e ela tropeçou enquanto a cadeira bateu nela, uma vez que ele era um cara grande. Duas grandes mãos agarraram seus quadris para evitar que ela caísse de bunda sobre o grande corpo dele. O terror a surpreendeu quando ela levantou a cabeça para ver que um de seus capangas tinha retornado. Ela estava indo para uma morte lenta e dolorosa.

330


True franziu o cenho. Ela olhou-o nos olhos, teve medo de que ele fosse um sonho. Seu belo olhar afastou-se dela para alguma coisa no chão. Ela seguiu-o, vendo Jerry Boris lutar para ficar de pé. Ele tossiu um pouco, mas conseguiu se levantar. Suas mãos se fecharam em punhos quando ele girou para o ataque. Darkness agarrou-o pela garganta e bateu-o contra uma parede. Levantou-o facilmente na ponta dos pés. __ Cadela do gato, né? __Darkness rosnou. __ Eu sou do tipo que gosta deles já sou felino também. Eu tomo como ofensa você dizendo que ela vai morrer. __ele virou a cabeça e segurou o olhar de Jeanie. __ Eu o peguei e ele vai falar. Jeanie estava em choque e, pior, ficou claro que tinham ouvido e visto o que ela estava fazendo para Boris. Ela caiu nos braços de True e outro nova espécie se agachou ao lado dela e retirou um pequeno kit de bolsos. __ Vou deixá-la livre. __Tiger deu um sorriso sombrio antes de voltar sua atenção para a algema anexando-a a cadeira. A sensação surreal a deixou sem palavras. Ela tinha perdido totalmente a noção e sua reação ao que ela tinha feito fez uma bola dentro do peito. Ela estava disposta a matar outra pessoa e podia ter feito se não tivessem chegado para detê-la. True e os outros novas espécies tinham que estar horrorizados quando chegaram e a viram usando uma cadeira de torturar alguém. Ela se sentia assim e ela era quem tinha feito. __ Você está segura. __True embalou-a em seus braços. __ Tirem-na daqui. __ordenou Darkness. __ Estou trabalhando nisso. __Tiger murmurou. __ Ou nós vamos ter que arrastar a cadeira com ela. __ Rápido. __Darkness sustentou o olhar de Jeanie novamente e parecia estudá-la. Ele franziu o cenho antes de mudar seu foco para True. __ Ela viu violência suficiente e sofreu o suficiente. Estou prestes a derramar sangue, se é isso o que é preciso para fazê-lo nos dizer onde o presente está. Vou fazê-lo confessar todos os seus crimes. __ Aqueles dois homens que trabalham para Boris estão voltando. __Jeanie conseguiu dizer. __Temos uma equipe aqui. __Justice apareceu. __ Eles não vão demorar a capturá-los. Estou com eles mapeando todo o sistema, uma vez que não estavam cientes de que até agora desse lugar. Eu me pergunto por que não estavam nas plantas que nos foi dadas. 331


Mesmo Jeanie pegou seu tom sarcástico e do jeito que ele olhou para Jerry Boris. Ela forçou-se a contar o que tinha descoberto. __ Ele acha Fury e Ellie têm um bebê. Ele esteve de olho em tudo o que tem sido entregue pela ONS e onde está sendo entregue. Foi assim que ele descobriu onde eu estava hospedada. Ele também esteve aqui em baixo das casas das pessoas para ouvir e ele ouviu um bebê chorando. __ela era cuidadosa ao repetir o que ele disse. __ Eu disse a ele que não era verdade, mas ele ameaçou contar a mídia que as espécies podem se reproduzir, só para causar problemas. Alguns poucos grunhidos soaram e ela olhou ao redor, notando pela primeira vez que mais de uma dúzia de Novas Espécies enchiam a câmara. Ela se inclinou para True. As algemas se abriram quando o felino foi capaz de arrombar a fechadura. Ela olhou para ele. __ Obrigada. Tiger empurrou a cadeira para longe e se levantou. __ Você é bemvindao. True pegou-a em seus braços e ela ergueu o queixo, quase com medo de olhar para ele. __ Eu sinto muito. __foi a única coisa que pode pensar para dizer. Levantou-a até que estivessem na mesma altura e ela não tinha escolha a não ser olhar em seus olhos. As lágrimas que brilhavam neles não foram uma surpresa. Ele deve estar mortificado com o que ela tinha feito quase tanto quanto ela. __ Por quê? __ Eu perdi a cabeça. Ele fungou. __ Cheira tão mal aqui, que eu posso entender. Tiger bufou. __ Ela não teve um acidente. Ela está falando sobre o que ela fez para Boris. True sorriu. __ Eu sei. Eu estava brincando. Eu queria vê-la sorrir. Estou orgulhoso de quão forte você é, Jeanie. Demonstrou força ao atacar Boris e tentar forçá-lo a falar sobre o presente. Sua boca ficou aberta. Suas palavras a surpreendeu. __ Estou quase arrependido de tirá-lo de perto de você. Você estava indo tão bem. Eu vou ter que treiná-la um pouco melhor que atente para 332


movimentos como esse. O fato de que você estava disposta a machucá-lo para forçá-lo a dizer onde um presente está apenas mostra o quanto de espécie há em você. Eu mataria por você, Jeanie. __ele inclinou-se e apertou a testa contra a dela. __ Nós vamos para casa para tomar um banho e eu vou montar você por trás. Ela ficou sem palavras enquanto colocava os braços em volta de seu pescoço. Ele riu. __ Logo depois que eu cuidar de seus ferimentos, que acho realmente difícil de ignorar, então eu não vou rasgar a garganta daquele humano. Eu posso ensiná-la a fazer isso com os dedos. É algo que deveria aprender no caso de alguém vir atrás de você novamente. Podemos usar esses bonecos de tamanho humano para você praticar. Você provavelmente vai preferir usar esses. Jeanie fungou, lutando contra o desejo de chorar. True não pareceu chateado ou chocado. __ Eu amo você. __ Eu também te amo. Embrulhe em torno de mim, cara. Eu realmente preciso sentir você agora. Eu duvido que vai querer colocar você no chão por uma semana ou duas. Ela abraçou o pescoço dele e enganchou suas pernas ao redor de sua cintura. Ele ajustou seu abraço e apertou-a firmemente e ela enterrou o rosto em seu pescoço. Ele se virou, indo para casa, e ela apenas se agarrou a ele.

Capítulo Vinte e Três __ Pato! Jeanie engasgou e mergulhou na cama. A almofada do sofá passou por ela, errando por centímetros. Ela caiu sobre o colchão com um salto e virou a cabeça, sorrindo para True. __ Isso não é engraçado. Ele sorriu quando entrou no quarto. __ Você está mais rápida. __ Isso porque você vive jogando os travesseiros em mim. Eu juro que eu vou me esconder na casa de um solteiro. 333


Ele agarrou a parte inferior de sua camiseta, arrancou-a por cima da sua cabeça e deixou-a cair no chão. __ Eu sou sério sobre o seu treinamento. Juro para sempre te proteger, mas eu aprendi que é melhor se você puder lutar apenas no caso de eu ser drogado de novo. __ Homeland está seguro. Os túneis foram mapeados e as entradas externas fechadas com sensores de alarme em torno de cada perímetro. Vamos saber imediatamente se alguém tentar passar pelos alarmes. Eu acho que vocês foram até o mar. Exageraram. __ Não há tal coisa quando a segurança de nossas companheiras está em jogo. Ela virou-se e sentou quando ele se inclinou, arrancando suas botas. __ O que está fazendo? __ Ficando nu. __ Eu gosto disso. __ela fugiu para a beira da cama. __ Eu nunca vou ficar cansada de ver você tirar suas roupas. Ele riu quando ele se endireitou, abrindo a frente de suas calças. __ Você está vestida demais. __ Por quê? __ela bateu os cílios. __ Você tem alguma coisa em mente? Talvez um banho? Ele empurrou para baixo as calças e se aproximou da cama. A maneira como ele caminhou mais perto era sexy e o fato de que ele estava ostentando uma ereção completa foi um bônus. Isso era outra coisa que ela nunca se cansaria de olhar. Ele estendeu a mão para ela e rosnou. __ Você está ainda vestida. __ Isso porque, uma vez que começar a beijar eu vou esquecer tudo o resto. Eu tenho algumas perguntas. Ele franziu o cenho. __ Justice disse que podemos manter a casa. Somos companheiros e precisamos do quarto. O dormitório não está adequado para companheiros. __ Eu sabia que diria isso. Jessie veio enquanto estava fora. Eu realmente gosto dela. Ela trouxe donuts.

334


__ Eu amo doces. __ele inclinou-se, empurrando-a de costas. __ Eu sei de algo que é ainda melhor. Você. __ele beijou seu pescoço quando ele a prendeu para baixo. __ E eu sei o que eu quero comer. Você. Jeanie riu e seus dedos deslizando em seu cabelo. __ Estou falando sério. __ Eu também. __ele levantou a cabeça, segurando seu olhar. __ Será que eles a encontraram? Sua expressão mudou e ela se arrependeu de perguntar. __ Ainda não. Boris se recusou a revelar a localização do presente e, acredite, Darkness foi persuasivo. __ Boris não tem nada a perder, exceto sua vida. Ele é um babaca. __ Ele nunca vai ser livre de novo. __ Eles o transferiram para Fuller? __la não tinha certeza de que era uma boa ideia, considerando que ele foi o diretor. __ Não. Darkness não usou nenhum de seus métodos de interrogatório mais perigosos ainda. Boris é muito mole e Darkness não quer correr o risco de matá-lo antes que ele diga o que precisamos. Mas ele não vai desistir até que ele responda ou Boris morre. __ Ótimo. __ela não se sentia nem um pouco de culpa. True abruptamente rolou, puxando-a para cima dele. __ Você quer que eu leve-a para onde ele está sendo mantidos e entregue-lhe uma cadeira para levar em sua cela e ver o que você pode tirar dele? Você foi feroz. Ela sentou-se, montando nele. __ Isso não é engraçado. Ele sentou-se, também, puxando-a contra ele. __ Eu sinto muito.__uma mão acariciou-lhe a espinha. __ Você estava tão sexy. Eu só não gostei do seu pé em seu pau. Eu sou o único homem que você deve tocar lá. Ela balançou a cabeça, acariciando os lados de seu rosto. __ Você tem um fetiche por pés e eu não sabia? __ela sorriu. Ele rosnou. __ Agora, isso não foi engraçado. Eu gosto de como você é gentil quando você me toca. Ela fugiu um pouco para trás e soltou seu rosto para chegar entre eles com as duas mãos. __ Como isso? __seus dedos enrolaram em torno da base 335


de seu pênis, seus polegares provocando a coroa. __ Você definitivamente gosta das minhas mãos. Ou você prefere a minha boca e língua lá embaixo? __ Você sabe que eu não tenho muito controle quando você faz isso. __ Eu sei. __ela sorriu. __ Pena que ainda estou vestida. __ Então tire a roupa ou eu vou fazer isso por você. __ Você vai rasgá-las. __ela soltou, fugiu de seu colo e começou a despir-se. __ Eu tenho poucas coisas até minhas coisas do meu apartamento chegar. __ Você está reclamando? __ Não. __ Eu não penso assim. __Ele estendeu-se de costas e sorriu enquanto ela tirou a roupa. Ela se arrastou até seu corpo e sentou-se em suas coxas. __ Você quer que eu aprenda autodefesa, mas você precisa aprender se controlar mais. __ Eu quero você muito, Jeanie. Agora não é o momento de usar a boca em mim. Eu quase perdi você de novo ontem. __ Eu estou bem. O olhar de True corria por seu corpo, aquele olhar faminto em seus olhos fazendo-a quente. __ Você está mais do que bem. Você está perfeita. Você faz meu sangue ferver e você me faz tão duro que eu mal consigo olhar para você. Jeanie subiu ainda mais no seu corpo e se inclinou para passar a língua sobre seu lábio inferior. __ Eu posso fazer algo sobre isso. __ela alcançou entre eles e fechou os dedos ao redor de sua ereção novamente. Ela moveu seus quadris e desceu até que os dois gemeram quando seus corpos se uniram. True agarrou seus quadris. Seus olhares se encontraram. __ Você me faz inteiro, Jeanie. Ela beijou True. __ Você me faz inteira também. True gemeu quando Jeanie começou a balançar lentamente seus quadris. __ Você é o meu céu. 336


Jeanie riu. __ Empatamos. Você acha que sou seu céu e eu acho que você é um deus. __ Deus, né? __suas mãos abaixaram para agarrar firmemente sua bunda enquanto ele empurrava os quadris para cima, afundando mais profundamente. __ Um deus do sexo. True riu. __ Eu tento para você, Jeanie. __ Tente movendo-se. Você está me torturando aqui. __ela ondulou os quadris. Ele empurrou para cima. Jeanie agarrou seus ombros e jogou a cabeça para trás. __ Mais. __ela gemeu. __ Bem aí. Mais rápido. __ Tão exigente. __ele rolou e prendeu-a sob ele. __ Esse é o objetivo, por favor. __ Você é o melhor. __ Então você está certa. Agora segure firme. __ Sempre.

****** Sobre Laurann Döhner Eu sou um full-time "supervisor in-house" (soa muito melhor do que a dona de casa simples ol '), mãe e escritor. Eu sou viciado em caramelo café gelado, a barra de chocolate ocasional (ou dois) e tentando chegar menos cinco horas de sono à noite. Gosto de escrever todos os tipos de histórias. Eu acho que a melhor parte sobre a escrita é o fato de que a vida real é sempre incerto, sempre jogando coisas para nós que não temos controle sobre, mas quando você escreve, você pode ter certeza que há sempre um final feliz. Eu amo que sobre a escrita. Gosto de sentar-se à minha 337


mesa do computador, coloquei meus fones de ouvido e ouvir música em alto volume para bloquear o mundo em torno de mim, então eu pode criar mundos na minha frente. Laurann recebe comentários de leitores. Você pode encontrar seus endereços de sites e e-mail em seu página autor bio em www.ellorascave.com . Conte-nos o que você pensa Agradecemos opiniões de leitores sobre os nossos livros de audição. Você pode enviar e-mail o autor diretamente ou você pode enviar um email para Service@ellorascave.com (ao entrar em contato Atendimento ao Cliente, não se esqueça de indicar o título do livro e autor).

ISBN 9781419939754 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS Página 223

Direitos de autor © 2013 Verdadeira Laurann Döhner Editado por Pamela Campbell Design da capa por Syneca CAPA Fotografia de Aleksandr Doodko / fotolia.com Publicação de livro eletrônico dezembro 2013 Os termos Romantica ® e Rapidinhas ® são marcas registradas da caverna de Ellora Publishing registrado. Com a exceção de citações usadas em comentários, este livro não pode ser reproduzida ou utilizada, no todo ou em parte, por quaisquer meios existentes sem autorização por escrito da editora, de Ellora caverna Publishing, Inc. ® 1056 Início Avenue, Akron OH 44310-3502. Aviso: A reprodução ou distribuição não autorizada do trabalho com direitos autorais é ilegal. Nenhuma parte deste livro pode ser digitalizado, enviado ou distribuídos através da Internet ou qualquer outro meio, eletrônico ou impresso, sem autorização do editor. Violação de direitos autorais Criminal, incluindo a violação, sem fins lucrativos, é investigado pelo FBI e é punível com até 5 anos em prisão federal e uma multa de US $ 250.000. (Http://www.fbi.gov/ipr/). Por favor, compra edições eletrônicas ou imprimir apenas autorizadas e não participam ou encorajar a pirataria eletrônica de material com direitos autorais. O seu apoio aos direitos do autor é apreciado. Este livro é uma obra de ficção e qualquer semelhança com pessoas, vivas ou mortas, ou lugares, eventos ou lugares é mera coincidência. O personagens são produções da imaginação do autor e usados de modo fictício.

338


O editor e autor (es) reconhecer o status de marca registrada e propriedade da marca de todas as marcas registradas, marcas de serviço e palavra marcas mencionadas neste livro. A editora não tem nenhum controle sobre, e não assume qualquer responsabilidade, autor ou sites de terceiros ou seu conteúdo. Descubra por si mesmo porque os leitores não se cansa de a editora múltipla premiado Gruta de Ellora. Não deixe de visitar CE na web em www.ellorascave.com para encontrar leitura erótica experiências que vão deixar você sem fôlego. Você também pode encontrar nossos livros em todos os grandes varejistas on-line (Barnes & Noble, Amazon Kindle, Sony, Kobo, Google, Apple iBookstore, All romance eBooks, e outros). www.ellorascave.com

339

True (Novas Espécies #11) Laurann Dohner  

Jeanie ama um Nova Espécie e está disposta a pagar pelo seu amor com dor, lágrimas e desgosto. Ela vai fazer de tudo para manter 710 viv...

True (Novas Espécies #11) Laurann Dohner  

Jeanie ama um Nova Espécie e está disposta a pagar pelo seu amor com dor, lágrimas e desgosto. Ela vai fazer de tudo para manter 710 viv...

Advertisement