Page 1

INFORMAÇÕES ÚTEIS PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA

13 de fevereiro de 2012 - ano 1 - n° 17

GRÁTIS!

Edição quinzenal - Tiragem: 20 mil exemplares

Os blocos de rua estão de volta a Beagá p.6 Alivie os efeitos da ressaca do Carnaval Belo Horizonte oferece internet gratuita p.16


2 Contos e Causos

O princípio do vácuo

Joseph Newton*

rá e atrairá tudo o que você almeja. Enquanto você estiver material ou emocionalmente carre-

você está enviando duas mensagens para o seu cérebro e para a vida. A primeira: você não confia no amanhã. E a segunda: você acredita que o novo e o melhor não são para você, já que se contenta em guardar coisas velhas e inúteis. Desfaça-se do que perdeu a cor e o brilho e deixe entrar o novo em sua casa e dentro de você! Lembre-se: as pessoas são solitárias porque constroem paredes ao invés de pontes.

*Texto adaptado.

• JORNALISMO

“Qualquer indivíduo é mais importante do que a Via Láctea.” Nelson Rodrigues

TRILHOS URBANOS

Os bens precisam circular. Limpe as gavetas, os guarda-roupas, o quartinho lá do fundo, a garagem. Doe o que você não usa mais. A atitude de guardar um monte de coisas inúteis amarra sua vida. Não são os objetos guardados que emperram seu caminho, mas o significado da atitude de guardar. Quando se guarda, considera-se a possibilidade da falta, da carência. É acreditar que amanhã poderá faltar e você não terá meios de prover suas necessidades. Com essa postura,

Expediente

Frases!

“Quando nada acontece, há um milagre que não estamos vendo.” Guimarães Rosa

gado de coisas velhas e inúteis, não haverá espaço aberto para novas oportunidades. Foto: Stephanie Berghaeuser

Você tem o hábito de juntar objetos inúteis no momento, acreditando que um dia (não sabe quando) poderá precisar deles? Você tem o hábito de juntar dinheiro só para não gastá-lo, pois no futuro poderá fazer falta? Você tem o hábito de guardar roupas, sapatos, móveis, utensílios domésticos e outros tipos de equipamentos que já não usa há um bom tempo? E dentro de você? Você tem o hábito de guardar mágoas, ressentimentos, raivas e medos? Não faça isso. É preciso criar um espaço, um vazio, para que as coisas novas cheguem em sua vida. É preciso eliminar o que é inútil em você e na sua vida para que a prosperidade venha. É a força desse vazio que absorve-

“O sorriso enriquece os recebedores sem empobrecer os doadores.” Mário Quintana

Produção e Edição: Partnersnet Comunicação Empresarial Editor: Dino Sávio – DRT/MG 3033 SUBEditorA: Ana Carolina Bicalho Redação: Ana Carolina Bicalho Colaboraram nesta edição: Isabella Magalhães, Tiago Oliveira e Hugo Carvalho Foto capa: IGOR MAROTTI Revisão: Letícia Pimentel PROJETO GRÁFICO: Leandro godinho E melISSA perete Diagramação: LEANDRO GODINHO Assistente de Marketing: André Sávio Tiragem: 20 mil exemplares

• envie sua sugestão

E-mail: LEITOR@jornaltrilhosurbanos.com.br SIGA-NOS NO TWITTER: @jtrilhosurbanos

• CONTATO

“Felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente.” Érico Veríssimo

Edição 17 l 13 de fevereiro de 2012

Endereço: Av. Contorno, 6888, Bloco B, 1º andar Lourdes - BELO HORIZONTE - MG - cep 30110-041 Telefone: (31) 3029-6853

• ANUNCIE CONOSCO

Departamento Comercial Telefone: (31) 3029-6853 E-mail: comercial@jornaltrilhosurbanos.com.br


3 Capa

Beagá tem Carnaval?

Tem sim, senhor Belo Horizonte resgata tradição dos blocos de rua e das marchinhas de Carnaval turais da capital. Acredite: pelo menos 30 blocos surgiram em Beagá nos últimos anos. Alguns promovem a festa nas semanas que antecedem o Carnaval. Outros lideram o cortejo de foliões durante os quatro dias dedicados a Momo. A volta do Carnaval de rua foi inspirada pelo movi-

mento político-cultural Praia da Estação, que tem a ideia de ocupar a cidade e transformá-la. Esse movimento começou em 2010, após um decreto municipal que proibia a realização de eventos na praça. Indignado com a restrição da lei, um grupo de pessoas organizou um

protesto bem-humorado, que reuniu centenas de banhistas no local. A Praia da Estação ganhou repercussão nacional e se transformou em um evento constante em sábados de sol na capital. O que começou como uma brincadeira de amigos ganhou força com pequenos grupos que

pipocaram nos bairros de Beagá, reunindo centenas de foliões.

Vamos carnavalizar Belo Horizonte Na hora de levar o bloco à rua, não faltaram criatividade e bom-humor, a começar pela escolha dos nomes das novas agremiações: Mamá Foto: Flávia Mafra

Você é do tempo em que era preciso apenas uma turma de amigos, algumas latas e tambores, um bloco de rua caricato e marchinhas divertidas para fazer um bom Carnaval? A festa está de volta às ruas de Belo Horizonte, resgatada por uma nova geração de artistas, músicos e agitadores cul-

Blocos de rua, como o Peixoto, desfilam por Beagá antes e durante o Carnaval

INFORMAÇÕES ÚTEIS PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA


4 O retorno das marchinhas No ritmo do surdo, dos trompetes e da percussão, não há quem resista a cantarolar uma divertida marchinha. Em Beagá, elas se re-

novaram, e cada bloco criou seu próprio hino. O produtor e integrante do selo musical Queijo Elétrico, Fábio Gruppi, um dos organizadores do bloco Beijo Elétrico, explica: “A Marcha do beijo

exalta a Savassi, onde nós nos concentramos para fazer o desfile na sexta-feira de Carnaval. No refrão ‘venha me beijar’, queremos que todos cantem e falem do amor”. Como a Marcha do

“Em Beagá, as marchinhas se renovaram, e cada bloco criou seu próprio hino”

Foto: Flávia Mafra

na Vaca, Peixoto, Unidas dos Grandes Lábios, Tetê, a Santa, Podia Ser Pior, Alcova Libertina, Cacete de Agulha e Beijo Elétrico. Para a foliã Jana Macruz, uma das incentivadoras desse neocarnaval de Beagá, muitas turmas que desfilarão pelas ruas neste ano surgiram em 2010: “Criamos o movimento Vamos carnavalizar BH. Quem estava participando da organização chamou os amigos, e muita gente comprou esta bandeira de ‘vou passar o Carnaval em Beagá’”.

“O que começou como uma brincadeira de amigos ganhou força com pequenos grupos que pipocaram nos bairros de Beagá”

Bloco da Praia da Estação conduz centenas de foliões pelas ruas do centro

ÁRIO! USU , FALA

TRILHOS URBANOS

“Não tenho o costume de ficar em Beagá no Carnaval porque aqui nunca teve nada. Neste ano, já planejei acampar.”

“Não sabia que Beagá estava com programação para o Carnaval. Geralmente, vou para algum retiro espiritual nessa época.”

Priscila Novelo, estudante

Alexandre Silva do Amaral, estudante

Edição 17 l 13 de fevereiro de 2012


5 da família mineira e o gasto indevido de verba pública por um vereador da cidade. Neste ano, as marchinhas originais receberam ainda mais

destaque com a criação do Concurso de Marchinhas Mestre Jonas, que premiou Na coxinha da madrasta como o melhor hino do Carnaval 2012. Foto: Igor Marotti

beijo, o repertório do Carnaval terá músicas originais, exaltando temas que vão do frescor do manjericão às críticas contra o moralismo

Programe-se em fevereiro! Dia 14 (terça-feira)

Bloco do Pirulito: 18h

Rua dos Tamoios, 611, Centro Dia 16 (quinta-feira)

Bloco do Moreré: 18h

Praça Duque de Caxias, Santa Tereza Dia 17 (sexta-feira de Carnaval)

Beijo Elétrico: 18h

Rua Antônio de Albuquerque, 384, Praça da Savassi Dia 18 (sábado de Carnaval)

Então, brilha!: 9h

Rua Guaicurus, 660, Centro

Bloco do Approach: 14h

Avenida Brasil, 41, Santa Efigênia Dia 19 (domingo de Carnaval)

O bloco do Beijo Elétrico abre a folia na sexta-feira de Carnaval

Será que os blocos conseguirão se firmar? A burocracia e as exigências dos órgãos de segurança pública e do Ministério Público de Minas Gerais impossibilitaram a folia de um dos principais blocos da capital. O Santo Bando, tradicional grupo do bairro Santo Antônio, decidiu não realizar a festa, marcada para o último sábado, por não concordar com regras como o cercamento de ruas por onde o desfile passaria e a limitação de 3,5 mil participantes. Agora, fica a dúvida: os grupos de Beagá realmente conseguirão sair às ruas e retomar a tradição do Carnaval de rua na cidade?

O grande encontro – Cacete de Agulha, Bloco da Simone e Ala das Misses: 10h Avenida Brasil, Santa Efigênia

Alcova Libertina: 17h

Praça Duque de Caxias, Santa Tereza Dia 20 (segunda-feira de Carnaval)

Bloco Coletivo do Delírio: 11h

Rua Aimorés com Avenida Getúlio Vargas, Funcionários

Bloco do Grito: 16h

Praça João Pessoa, Funcionários

Bloco Genoveva: 10h

Rua Genoveva, Horto Dia 21 (terça-feira de Carnaval)

Bloco A Santê: 14h

Rua Mármore, Santa Tereza

“Eu me lembro de pular Carnaval no meu bairro, no bloco Presidiários do Ipiranga. Ia todo mundo fantasiado, caminhões desfilavam. Fico feliz que isso esteja voltando. É uma festa mais ‘família’ e tranquila.”

“Não gosto mais de Carnaval porque é muita bagunça. Sempre fujo da confusão e vou pra uma cachoeira com minha família.”

Ana Lúcia Linhares, comerciária

Luiz Cleive César, encarregado de obras

INFORMAÇÕES ÚTEIS PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA


6 Saúde

Caia na folia sem

ressaca

Foto: Boyan DimitrovShuttertock

Evite as dores de cabeça do consumo exagerado de álcool

Os efeitos da ressaca dependem da quantidade de álcool ingerida e do metabolismo de cada um

No Carnaval, os excessos com bebidas alcoólicas são comuns, e a consequência de tantos dias de festa é a famosa ressaca da Quarta-feira de Cinzas. A intensidade dos efeitos no corpo varia de acordo com o metabolismo de cada pessoa e a quantidade de bebida ingerida. Mas que atire a primeira pedra quem nunca sofreu com dor de cabeça, fraqueza, dificuldade de concentração, redução dos reflexos, inchaço, azia, enjoo e sensação de peso no estômago depois da bebida. O clínico geral Breno Figueiredo Gomes, presi-

dente da regional mineira da Sociedade Brasileira de Clínica Médica, alerta ainda para o desenvolvimento de pancreatite e hepatite alcoólica nos casos em que o consumo de álcool continue por vários dias. A memória e o desempenho psicomotor também ficam prejudicados, mesmo depois dos níveis da

“Quem se rende ao álcool deve ficar longe do volante e evitar banhos em mar, lagoas, rios e piscinas”

substância no sangue caírem para zero. Por isso, é preciso evitar atividades que exijam concentração e movimentos minuciosos. Quem se rende ao álcool deve ficar longe do volante e evitar banhos em mar, lagoas, rios e piscinas. Tomados os devidos cuidados para evitar acidentes, o folião pode seguir algumas dicas para manter o pique durante a maratona de festas. Mas lembre-se: não existem fórmulas mágicas para evitar completamente a ressaca. Se você beber muito, possivelmente pagará pelos excessos no outro dia.

Alivie a ressaca Antes

Durante

Coma alimentos gordurosos

Esses alimentos engraxam a camada interna do intestino, e o álcool leva mais tempo para ser absorvido pelo organismo.

Escolha as bebidas certas

Bebidas compostas principalmente por água e álcool, como vodka e gin, dão menos ressaca. O álcool é diurético e pode desidratar o organismo. Por isso, beba água durante a bebedeira e no dia seguinte.

Beba muita água Faça intervalos

Beba bebidas não alcoólicas entre os drinques para diluir o teor alcoólico no organismo.

Coma uma torrada O carbono da parte queimada da torrada pode filtrar as impurezas queimada no outro dia da bebida e ajuda a desintoxicar o corpo.

Depois

Prefira frutas e sucos Tome chás

TRILHOS URBANOS

Alimentos mais leves podem ajudar a aliviar a ressaca no outro dia, principalmente se tiver ocorrido vômito. Salsaparrilha, erva-picão, macela, boldo, erva-cidreira e chá verde são bons desintoxicantes.

Edição 17 l 13 de fevereiro de 2012


7 Comportamento

Vai viajar e não sabe o que fazer

com seu pet?

Lembre-se de seu animal de estimação ao planejar uma viagem Foto: Jenny Rollo

uma caixa apropriada para o transporte, porque a lei proíbe que o animal viaje solto no veículo. Essas normas valem para viagens de carro, ônibus e avião. Outra opção é deixar o bicho para trás. Se você decidir por deixá-lo em casa, pode pedir ajuda a algum parente ou vizinho. Há ainda clínicas veterinárias e pet shops que funcionam como hotéis. Segundo a veterinária Danielle Magalhães, professora do departamento de Medicina Veterinária Preventiva da UFMG, é importante ter boas referências desses locais: “O ambiente deve ser o mais seguro possível, especialmente em relação à fuga.

Levar o animal à viagem exige cuidados especiais

Foto: Guilherme Padilha

Chegou o Carnaval, você está de malas prontas, fantasias separadas, marchinha decorada e surge um problema: o que fazer com seu bicho de estimação durante a viagem da família? A decisão de levar ou não o animal depende do lugar para onde você vai, da espécie e do porte de seu bichinho. Se decidir levá-lo, é necessário que o proprietário tenha em mãos a carteira de vacinação atualizada e um atestado sanitário emitido por um veterinário do Conselho Regional de Medicina Veterinária do estado de origem do animal. Durante o trajeto, o bichinho deve ser acomodado em

“A decisão de levar ou não o animal na viagem depende do lugar para onde você vai, da espécie e do porte do pet”

Leve a cama e a ração para diminuir o estresse do animal, pois alguns ficam muito tristes ao serem separados do dono”. Em sua última viagem, o estudante Guilherme Padilha deixou seu cachorro em um ho-

tel de confiança, mas nem isso evitou que Otto apresentasse uma dermatite causada pelo calor e pela ausência do dono. “Os cachorros sentem saudades. Por melhor que seja o lugar, não é a casa deles”, conta.

Se viajar de carro com o animal... • pare a cada duas horas para o animal urinar e beber água; • viaje com o pet em jejum, a fim de evitar enjoos e vômitos; • leve a ração que o animal está acostumado a comer; • a viagem deve ser feita em veículo com ar-condicionado ou bem-ventilado; • confira se as portas estão fechadas e as janelas teladas.

Se deixá-lo aos cuidados de alguém... Quando viaja, Guilherme tem dificuldades para encontrar um local onde possa deixar Otto

• deixe água limpa e comida suficiente para o período da viagem; • verifique se o cuidador está deixando o animal sozinho por longos períodos.

INFORMAÇÕES ÚTEIS PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA


8 Oportunidades

CURSO

CURSO

Ação Social Técnica

Esporte para jovens

A Escola Profissional Tio Beijo está com inscrições abertas para o curso profissionalizante de operador de telemarketing. O curso é gratuito, com direito a lanche e vale-transporte. Inscrições: até 20/02 Início do curso: 27/02 Informações: 3385-2277

O Projeto Sada Vôlei Sesi oferece aulas gratuitas de vôlei para jovens de 7 a 17 anos. A iniciativa busca ensinar as técnicas de vôlei e a importância do esporte para crianças e jovens. Inscrições: até 17/02 - Informações: 3592-1181 Local: BR 381, km 436 - Betim (atrás do galpão das Casas Bahia)

TRABALHO Sine O Sine está com oportunidades de trabalho em Belo Horizonte e na Região Metropolitana.  EM CONTAGEM:

Agente comunitário de saúde Escolaridade: ensino fundamental completo Pré-requisito: sem experiência Salário: R$650

Vistoriador de sinistros Escolaridade: ensino médio completo Pré-requisito: seis meses de experiência Salário: R$1.800

Sine Contagem: Avenida José Faria da Rocha, 3.185, Eldorado  EM BELO HORIZONTE:

Porteiro

Estoquista

Escolaridade: ensino fundamental completo Pré-requisito: seis meses de experiência Salário: R$773

Escolaridade: ensino médio completo Pré-requisito: seis meses de experiência Salário: R$700

Sine BH Resolve: Rua dos Caetés, 342

TRILHOS URBANOS

Edição 17 l 13 de fevereiro de 2012


9 Meio Ambiente

Água não é vassoura Lavar a calçada com mangueira causa desperdício de dinheiro e água

“A cada 15 minutos de mangueira ligada, cerca de 280 litros de água são perdidos” Especialistas alertam para as consequências do desperdício: quanto mais água for gasta, mais o Governo terá que investir em tratamento de água e esgoto. Ou seja, o dinheiro que poderia ser empregado em outras áreas, como educação e saúde, acaba escoando ralo abaixo.

Fotos: sxc.hu

A velha mania de varrer a calçada e o quintal com jatos de mangueira não causa prejuízos apenas ao meio ambiente, mas também aos bolsos dos consumidores.A cada 15 minutos de mangueira ligada, cerca de 280 litros de água são perdidos. Se isso for feito pelo menos uma vez por semana, calcula-se que em um ano mais de 14 mil litros de água são jogados fora.

O descontrole no consumo de água deve ser combatido em qualquer situação

Dicas contra o desperdício • Antes de lavar a calçada ou o quintal, dê uma boa varrida para se livrar das folhas e outras sujeiras de maior tamanho. • Dê preferência ao uso de baldes ao da mangueira. • Aproveite a água que sobra da máquina de lavar. • Não lave a calçada em épocas de chuva.

INFORMAÇÕES ÚTEIS PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA


11 CBTU - METRÔ BH

Metrô de BH e CEMIG oferecem Os usuários do Metrô de Belo Horizonte que passaram pela Estação Eldorado, em janeiro, puderam conferir dicas de segurança da Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG). A blitz educativa serviu para disseminar a importância da segurança em relação à energia elétrica em casa, nas ruas ou em construções. A Campanha Externa de Prevenção de Acidentes com a População da CEMIG (Cepap) orientou os passageiros sobre o uso adequado e responsável da energia. Um estande foi montado, e atendentes esclareceram as dúvidas dos usuários do metrô. Cerca de cinco mil cartilhas educativas foram distribuídas para quem passou pelo local. A professora Cristiana Panta aprovou a iniciativa. “Achei a ação interessante, sou curiosa e por isso quis receber os folhetos. As pessoas precisam entender um pouco sobre os cuidados que devemos ter com a rede elétrica.” Para informar um grande número de pessoas sobre as ações de prevenção, a Cepap escolheu o Metrô para divulgação da campanha,

Fotos: Mara Rocha

dicas de segurança aos passageiros

Usuários do Metrô receberam mais de cinco mil cartilhas educativas

aproveitando o espaço da estação Eldorado, que recebe cerca de 34 mil pessoas diariamente. O usuário conferiu dicas sobre como se manter seguro ao estar próximo às subestações de distribuição, além de informações para evitar um choque elétrico. Não subir em postes, não jogar objetos nas linhas de transmissão, não soltar papagaios e não brincar com fogos de

artifício próximo à rede foram algumas das dicas repassadas para se ter mais segurança. Para o vigilante Paulo Roberto da Cruz, cada informação nova é de extrema importância. “Essas campanhas são muito válidas para esclarecer as dúvidas e educar a população. Sou usuário do Metrô e sempre participo dessas ações para ficar mais informado”, comenta.

Para o vigilante Paulo Roberto da Cruz, a campanha ajuda a esclarecer dúvidas e dá dicas de uso consciente

INFORMAÇÕES ÚTEIS PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA


12 CBTU - METRÔ BH

Inscrições abertas para o

Programa de Visitas do Metrô Foto: Suelen Moura

O Programa de Visitas do Metrô de Belo Horizonte está de portas abertas para receber os participantes de 2012. As inscrições estão disponíveis para os projetos Cidadão do Futuro, Estação 3ª Idade e Estação Sensorial. Crianças de escolas públicas e particulares, idosos e pessoas com necessidades especiais têm a oportunidade de aprender como utilizar corretamente o sistema, passear e conhecer os benefícios do Metrô.

Grupo de visitantes do projeto Estação Sensorial, na plataforma do Metrô

Metrô acessível

Com a volta às aulas, as escolas que ficam próximas às estações podem se inscrever no programa Cidadão do Futuro, que busca ensinar as regras de utilização do transporte para as crianças. No colégio, os alunos participam de uma palestra, assistem a um vídeo e recebem material didático desen-

Os idosos e as pessoas com necessidades especiais não ficam fora dos projetos. O Estação Sensorial e o Estação 3ª Idade levam os participantes para um passeio pelo sistema. Eles têm a oportunidade de conhecer os equipamentos que facilitam o acesso às estações e que lhes proporcionam conforto aos se deslocarem pelo Metrô. Os grupos ainda visitam o Museu de Artes e Ofícios e a sede da CBTU-METRÔ BH. De acordo com a coordenadora do Programa de Visitas, Regina Abdo, é gratificante proporcionar um momento de conheci-

Foto: Mara Rocha

volvido para o público infantojuvenil. Um passeio pelo sistema completa a programação. As crianças ainda participam de concurso de redação ou desenho, nos quais retratam a contribuição do Metrô para a cidade. Os autores dos melhores trabalhos ganham um passeio na cabine do trem.

Programa Cidadão do Futuro: mais de 90 mil alunos atendidos

TRILHOS URBANOS

Edição 17 l 13 de fevereiro de 2012

mento e felicidade para os visitantes. “É importante abrir um espaço para as pessoas com necessidades especiais e idosos, mostrando que o Metrô é algo viável para suas vidas. Já as crianças, têm a oportunidade de aprender fora da escola.

É muito bom ver a alegria das pessoas durante as visitas.” Os interessados em participar dos projetos devem entrar em contato com a Coordenadoria de Atendimento ao Usuário, pelo telefone (31) 3250-3956. Fotos: Suelen Moura

Visite o Metrô na volta às aulas

Projeto Estação 3ª Idade já recebeu mais de 1.300 visitantes


13 CBTU - METRÔ BH

Metrô realiza

viagens extras na sexta de Carnaval serão aliadas do público, que se prepara para curtir a festa em outras cidades. A partir de 13 de fevereiro, o termi-

nal leste da estação São Gabriel passa a receber parte da demanda da rodoviária do Centro da cidade. Durante os 15 dias

de funcionamento, serão transferidas para o terminal do Metrô 31 linhas interestaduais com destino a cidades do Espírito

Santo, Nordeste do país, Brasília e os municípios de São João da Barra e Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro. Foto: Alessandra Araújo

A folia está garantida para as pessoas que viajarão no Carnaval. A rapidez e pontualidade do Metrô de Belo Horizonte

Horário especial para começar a folia: Para atender aos viajantes, o Metrô realizará uma operação especial durante o feriado prolongado. Entre os dias 17 e 22 de fevereiro, viagens extras estarão disponíveis. Na sexta (17), entre 23h e 0h, o embarque será permitido das Estações Eldorado, Lagoinha, São Gabriel e Vilarinho. Já a Estação Central recebe os passageiros até a 1h da manhã. Para atender aos desfiles de Carnaval, a Estação Central fica aberta até à 1h da manhã nos dias 18, 19, 20 e 21 de fevereiro.

Foto: Marcelo Faria

Serão transferidas para o terminal 31 linhas interestaduais

Rodoviária aprovada A operadora de telemarketing Luana Lopes e a estudante Beatriz Marques elogiaram a tranferência de parte da demanda para a es-

tação do Metrô. “A rodoviária está próxima à estação São Gabriel e permite acesso fácil a boa parte da cidade”, explica Luana. Já para

Beatriz, “os ônibus saem da estação para a rodovia com rapidez, deixando para trás problemas como engarrafamentos e confusões”.

Mais de 554 mil passageiros atendidos O número de pessoas que já utilizaram o terminal de São Gabriel como rodoviária já ultrapassa 554 mil passageiros. Ao todo, 13 operações espeA operadora de telemarketing Luana Lopes e a estudante Beatriz Marques

ciais foram realizadas desde o Natal e o Réveillon de 2009, início da transferência de linhas para a estação em feriados prolongados. Em todas as

ocasiões, a transferência de linhas para São Gabriel contribuiu para reduzir em 20% o fluxo de pessoas e veículos no hipercentro da capital.

“A rodoviária está próxima à estação São Gabriel e permite acesso fácil a boa parte da cidade”

Luana Lopes

INFORMAÇÕES ÚTEIS PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA


14 Divirta-se!

Palavras cruzadas

Receita

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br Litoral

Em + um

© Revistas COQUETEL 2012

Deus, em inglês Obrigado (gíria)

Reduto da vida familiar

Recurso frequente do asmático

Delícia de Abacaxi

Descrição de um fato

Seduzir; atrair B Ary Fontoura, ator (?) Seixas, cantor Alguma coisa

A sopa chamada de rala Instituto que realiza autópsias (sigla)

Flamengo (red.) Metal de alianças

Vogais de "seda" Avistei

Post-(?), adesivo para recados

Célula reprodutora feminina

Ingredientes: Doce • 1 abacaxi grande, em cubinhos • 3 colheres (sopa) de açúcar

Espécie de chocalho Inundado 201, em algarismos romanos

A maior artéria Imitação de latido

Componente da água do mar

O Universo Animal que ajuda a polícia em buscas

Decifra (um texto) Objetivo a ser alcançado

Novo; moderno Partida O dinheiro que entrou na conta bancária

Saudação dita ao telefone

Metro (símbolo)

Modo de preparo: Coloque o abacaxi e o açúcar em

Ângela Vieira, atriz brasileira

Você tem uma receita especial?

Arara, canário e águia

2/it. 3/god — iml. 4/meta. 5/aorta — óvulo. 6/cosmos. 9/creditado.

BANCO

Cobertura • 4 claras • 4 colheres (sopa) de açúcar • 1 lata de creme de leite, gelada e sem soro

O 3º signo do Zodíaco Delegacia (abrev.) D. Pedro (?), imperador do Brasil

15

Solução 5 ( $ * , ® 2 & & 2 6 $ 7 ( , & 5 $

1 9 8 $ 0 / ( 9 8 , $ $ / 8 $ * ' $ ( ' / 2

* 1 2 / 9 ( 5 ' $ % ( 5 $ 8 / $ ) / $ / 2 , 7 * 8 , = 2 2 5 7 $ 2 d & / & ® 2 ( 0 ( 2 6 ( 0 7 $ ' 2 $ 9 ( 6 ,

TRILHOS URBANOS

Creme • 1 lata de leite condensado • 4 gemas • Raspa de cascas de limão

Edição 17 l 13 de fevereiro de 2012

fogo alto. Quando ferver, abaixe. Cozinhe até obter um doce relativamente espesso. Reserve. Bata no liquidificador os ingredientes do creme. Depois, leve essa mistura ao fogo para engrossá-la. Reserve. Bata as claras em neve bem firme, acrescente o açúcar (uma colher de cada vez) e continue a bater até o ponto de suspiro. Tire da batedeira e adicione o creme de leite. Montagem: Em uma travessa funda, coloque o doce de abacaxi, em seguida o creme e, por último, o suspiro. Cubra-a com filme de PVA e leve à geladeira por, no mínimo, 12 horas.

Então mande-a para ser publicada nesta seção, incluindo seu nome, bairro e uma foto do prato, em boa resolução. E-mail: leitor@jornaltrilhosurbanos.com.br

Tirinha


15 Infantil

Caça-palavras Colorindo No Carnaval, as tradicionais marchinhas são parte essencial da festa. Resolva o caça-palavras e confira algumas canções que fazem a festa de gerações de foliões. Aurora Balancê Jardineira

Lata d’água Pastorinhas Turma do Funil

L

A

T

A

D

A

G

U

A

J

J

P

B

V

T

U

P

Z

C

H

R

H

D

A

I

A

R

I

U

M

V

W

B

J

X

W

R

B

P

V

V

X

R

O

H

S

J

V

W

D

Y

Y

P

N

O

A

M

P

R

Z

M

J

I

B

X

Y

L

V

B

E

A

U

O

V

V

N

S

L

F

E

H

A

M

B

D

A

I

A

E

G

K

F

K

H

L

U

L

S

O

R

Q

I

F

L

F

O

Y

A

E

N

A

O

F

D

R

A

H

Y

W

T

N

X

I

R

B

X

U

A

I

M

M

M

M

C

Q

U

A

Q

H

Y

N

A

O

Y

G

S

E

A

Q

C

O

I

T

P

I

G

P

A

S

T

O

R

I

N

H

A

S

Q

L

Curiosidades Soluço mais longo Cada soluço dura menos de um segundo e tem frequência regular de cinco a 25 vezes por minuto. A crise de soluço mais longa registrada pelo livro dos recordes durou 57 anos.

Tromba de elefante Ao contrário do que muitos pensam, o elefante não bebe água com a tromba. Essa parte do corpo é o nariz do animal e funciona como um canudo, que armazena até 10 litros de água.

Data do Carnaval A cada ano, os dias da folia caem em datas diferentes, porque o domingo de Carnaval deve ser sempre o sétimo domingo que antecede a Páscoa.

Músculos do rosto A cada sílaba que o homem fala, 72 músculos entram em movimento. Para sorrir, são utilizados 14, e para beijar, 29 músculos. Respostas do Caça-palavras L

A

T

A

D

A

G

U

A

J

J

P

B

V

T

U

P

Z

C

H

R

H

D

A

I

A

R

I

U

M

V

W

B

J

X

W

R

B

P

V

V

X

R

O

H

S

J

V

W

D

Y

Y

P

N

O

A

M

P

R

Z

M

J

I

B

X

Y

L

V

B

E

A

U

O

V

V

N

S

L

F

E

H

A

M

B

D

A

I

A

E

G

K

F

K

H

L

U

L

S

O

R

Q

I

F

L

F

O

Y

A

E

N

A

O

F

D

R

A

H

Y

W

T

N

X

I

R

B

X

U

A

I

M

M

M

M

C

Q

U

A

Q

H

Y

N

A

O

Y

G

S

E

A

Q

C

O

I

T

P

I

G

P

A

S

T

O

R

I

N

H

A

S

Q

L

INFORMAÇÕES ÚTEIS PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA


16 Tecnologia

Internet gratuita para você Beagá oferece à população pontos de acesso sem custos à rede com espaços públicos de inclusão digital. Os telecentros possuem cerca de 20 computadores com banda larga. Nesses locais, ainda são oferecidos cursos profissionalizantes de informática básica. Os cidadãos ainda podem acessar os computadores dos Postos de Internet Municipal, ins-

“Beagá conquistou o título de município mais digital do país” talados em órgãos públicos, bibliotecas, centros culturais e ONGs. As Uni-

Foto: Divulgação PBH

Muita gente não sabe, mas em Belo Horizonte qualquer pessoa pode se conectar à internet sem gastar nada. O programa BH Digital, da Prefeitura, oferece acesso à rede em diversos pontos da capital. Com cobertura de rede sem fio em 54 locais, quem tiver um computador ou celular com placa Wi-Fi pode acessar a internet nos chamados hotspots ou pontos de conexão. Para utilizar o Wi-Fi, basta preencher um cadastro simples exibido automaticamente no momento do acesso, informando nome de usuário e senha. Já as pessoas que não têm aparelhos com dispositivos móveis contam

O telecentro da Vila Boa Esperança é um dos pontos de internet gratuita de Beagá dades Móveis de Inclusão Digital também são boas opções, porque circulam de bairro em bairro. Para saber sobre essas unidades, basta acessar o site da Prefeitura. Os pontos de internet

gratuita contribuíram para que Beagá conquistasse o título de município mais digital do país pelo Índice Brasil de Cidades Digitais, do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicação.

Confira alguns locais de acesso gratuito Hotspots: • Centro de Apoio Comunitário (CAC) Alto Vera Cruz • Centro de Recondicionamento de Computadores (CRC) • Prédio da Rua Espírito Santo, 605 • Praça da Liberdade • Praça Floriano Peixoto • Praça da Assembleia

Telecentros e PIMs:

• Praça da Estação • Praça Raul Soares • Parque das Mangabeiras • Parque Municipal • Sede da Prefeitura • Regionais Leste, Venda Nova e Norte • Rodoviária • BH Resolve • UPAs Norte e Venda Nova

• Estação Barreiro BH Bus (BHTrans) • Centro de Cultura de Belo Horizonte • Espaço BH Cidadania (CRAS Vila Santa Rita de Cássia) • Centro de Referência à População de Rua • Grupo de Pais dos Educandos do Ciame Flamengo • Associação Projeto Providência • Sede Regional Leste • Estação Venda Nova BH BUS • Biblioteca Regional São Cristóvão • Centro de Apoio à Família

Outros postos: www.portalpbh.pbh.gov.br

TRILHOS URBANOS

Edição 17 l 13 de fevereiro de 2012

U R B A N O S

Com as dicas desta edição, quem passar o Carnaval em Beagá pode preparar a fantasia e festejar. Tem outras sugestões para curtir a folia? Então, mande-nos pelo @JTrilhosUrbanos. Participe! Você também pode colaborar com as próximas edições. Envie receitas, sugestões de pauta, elogios, críticas etc. Ajude-nos a deixar o jornal com a sua cara!

Jornal Trilhos Urbanos 17  

Jornal Trilhos Urbanos 17

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you