Issuu on Google+

Amor Incondicional a Dois

1


2

Amor Incondicional a Dois


Amor Incondicional a Dois

3


4

Amor Incondicional a Dois


Amor Incondicional a Dois

5

Amor Incondicional ..............................................................08 Refletindo ..............................................................................09 O que é amor incondicional? ..............................................10 Entendendo o amor ...............................................................11 Um pouco sobre os meus erros e acertos ..............................13 Não façam anuncio que está carente .....................................14 Não se envolva antes do tempo ............................................17 É Preciso Abdicar Por Amor .................................................18 Não existe distância ou tempo para o amor ..........................20 Leve a Sério os Seus Relacionamentos ................................22 Quem Ama Sabe o Que Quer! ..............................................23 Não existem almas gêmeas ...................................................26 Sem apoio não há amor .........................................................28 Casamento apenas de paixão: perigo a vista ........................31 Vale à pena esperar ...............................................................33 Resistência é uma prova de amor .........................................35 Seu problema é pequeno .......................................................38 Convivendo com o estilo de vida ..........................................40 A Desconfiança é uma Virtude ..............................................42 Amai em todo o tempo .........................................................45 A persistência é uma virtude de poucos ...............................47 A verdade tem que prevalecer ..............................................49 É preciso viver as características do amor ............................51 Dedicação é tudo ...................................................................53 Não se prenda ao passado ....................................................57 Quanto vale o amor ..............................................................59 Vencendo o medo .................................................................62 Encontrando a pessoa certa enquanto há tempo ...................65


6

Amor Incondicional a Dois

Não abandone Jesus ..............................................................68 Os filhos não devem ser um empecilho ................................70 Uma nova família .................................................................72 Quem ama cuida ...................................................................75 Quem ama continua amando ................................................78 No amor incondicional não existe ditadura ..........................81 Eis aqui uma nova família ....................................................83 O ciúme: Um mal no relacionamento ...................................86 Não se paga com a mesma moeda ........................................89 Infidelidade, condenação divina ...........................................92 Matar gera apenas dor ...........................................................94 Cure as feridas antes de relacionar .......................................97 Epílogo ................................................................................100 Agradecimento ....................................................................101 Ficha Técnica ......................................................................102


Amor Incondicional a Dois

7

Introdução É possível ter um amor incondicional a dois ao se falar de relacionamento? Afirmo que sim, principalmente por parte de pessoas que não são compulsivas, pois são pessoas que age com cuidado um com o outro. Desde muito cedo venho prestando atenção no comportamento e atitudes das pessoas que vivem um relacionamento. Essas pesquisas vêm muito antes de eu me casar. São questionamentos que, muitas vezes, mudam totalmente o curso da vida de um ser humano. Uma vez que este ser age com compulsividade, ele se torna incapaz de suportar pequenas lutas do dia-a-dia que todo ser humano tem que passar. São pessoas que vivem à mercê de ideologias machistas ou feministas, na qual o que prevalece é a própria razão ou o próprio eu. Além da compulsividade, muitos seres humanos hoje querem viver uma vida sem fé em Deus, o que as transformam em pessoas que se dizem estarem cem por cento certas. São pessoas que querem descrever seu próprio conceito sobre o universo e sobre si próprias, e uma pessoa com uma vida longe da fé tem pouca chance de amar de verdade. São pessoas que dizem ter um relacionamento bem estabelecido e quando não derem certo se separam. Para termos amor temos que ter uma base, e a maior base de um ser humano com relação ao amor é estabelecer um relacionamento com Deus. Neste livro, você terá a oportunidade de ler várias histórias de relacionamentos e analisar em qual você se encaixa. Em cada história narrada você receberá um conselho e terá a oportunidade de segui-lo ou não, lembrando que seguir esses conselhos é dar o primeiro passo para ser feliz e ter um amor incondicional a dois. Muitas histórias narradas são histórias reais, mas com personagens diferentes para que a identidade dos mesmos seja preservada. São histórias de frustrações por ação compulsiva, de amor, verdade e superação. Com certeza, vale a pena ler e se amar de verdade.


8

Amor Incondicional a Dois

Amor Incondicional Nos dias atuais o que mais ouço falar é sobre a falta de amor, separação, inimizade e, até mesmo, a morte. Esses assuntos acabam ferindo nossos corações e nos deixando desacreditados no amor. Isso é normal quando se vê tantas coisas que deturpam o amor. Mas o que fazer diante de tais episódios? Lutar para que haja mudanças ou ficar de braços cruzados? É evidente que é preciso lutar para que haja mudança. Mas quais são os primeiros passos para que essa geração de dedique ao amor? A resposta é bem simples, é preciso primeiramente conhecer a Deus e Sua palavra.


Amor Incondicional a Dois

9

Refletindo Comece a pensar, neste momento, numa humanidade corrupta, sem amor, sem compaixão, cheia de pecado. Pensou? Agora imagine um rapaz que vivia no melhor lugar para se estar, com todo poder de mandar e desmandar, e que, acima de tudo, poderia escolher o que queria da sua vida. Conseguiu imaginar? Agora imagine o pai desse rapaz que uma vez pede ao seu filho para ir para aquela sociedade sem compaixão e morresse por ela. Esse filho poderia ter dito não, não é mesmo? Pois é, mas ele disse ao seu pai: - Sim, pai, eu vou! O mais estranho nesta história é que parece que o pai desse rapaz não tinha amor por seu filho, mas por incrível que pareça ele o amava sim, mas Ele amava aquela sociedade desde a fundação do mundo e o único que poderia mudar a situação daquela sociedade seria a morte de Seu filho. Você deve estar se perguntando: mas para que eu preciso saber de uma história tão louca como essa? Eu te respondo. Não é louca. Estou narrando a história de Deus e seu filho Jesus. E, com certeza, para falar de amor e relacionamento é preciso falar primeiramente de Jesus, pois Ele foi a maior referência de amor já existente em todo o tempo e, certamente, nos dará respostas que antes talvez você não houvesse encontrado. Agora, comece a meditar em você, alguém que erra toda hora, erra e erra muito, e no coração só há maldade. Você pode até dizer que não é essa pessoa, mas afirmo que sim, essa é você. Quando alguém faz algo desonesto contigo o que vem de imediato na sua mente? Aposto que é: “- Que vontade de bater nesse cara! A hora dele ainda vai chegar!” Agora pergunto: O que passou no seu coração? Com certeza, foi maldade, vontade de vingança, não adianta nos esquivarmos, pois esse é o nosso instinto, a sorte de alguns é que eles conseguem pensar e administrar seus instintos selvagens. Mas Jesus foi diferente, Ele se entregou por todos nós sem pensar em maldade ou até mesmo em dar o troco. Jesus Cristo é, certamente, a maior referência de amor incondicional.


10

Amor Incondicional a Dois

O que é amor incondicional? Você sabe o que é amor incondicional? Amor incondicional é absoluto, integral, irrestrito, entrega total. Deus é uma prova real que seu amor é incondicional e que ninguém tem amor maior que Ele. Em relatos na Bíblia Sagrada, no livro de João, capítulo 3, versículo 16: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna”. Em Romanos, capítulo 5, versículo 6: “Porque Cristo, estando nós ainda fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios”. O amor foi tão grande que Ele morreu pelos ímpios. Você sabe o que quer dizer ímpios? Parece uma palavra simples, mas não é. Ímpios quer dizer que Ele morreu para os hereges e os ateus, ou seja, aqueles que sequer acreditam no seu amor. Acredito que seria muito fácil já entrar falando sobre o amor incondicional, mas para entender o amor incondicional é necessário que aprendamos de onde vem a essência deste amor, de onde ele foi extraído. Jesus era cem por cento sobrenatural. Quando Ele veio à terra se fez cem por cento humano para sentir as dores deste mundo, mostrando do que era capaz para salvar essa humanidade incrédula. Ainda como cem por cento humano se entregou à morte, dando a maior prova de amor que já existiu. E você seria capaz de dar provas de amor por alguém?


Amor Incondicional a Dois

11

Entendendo o amor Antes de entrar definitivamente no assunto amor incondicional entre casais é preciso entender ainda mais sobre o amor e dar respostas a alguns questionamentos: Como está seu coração? Você ama ao seu próximo? Respeita as pessoas a sua volta? É solidário quando é preciso? O amor é algo muito puro. É preciso viver o amor dia após dia. Se você fala que ama alguém, mas não tem amor ao seu próximo, acredito que esse amor seja um equívoco. Se você desrespeita as pessoas à sua volta e é, muita das vezes, inconveniente, tenho certeza que um dia você poderá fazer a mesma coisa com quem você diz que ama hoje. Se você tem doze pães, se alimenta com oito e não dá um para alimentar o faminto de rua, tenho certeza que seu coração está cheio de exclusivismo, você só pensa em si mesmo, certamente quando você se desentender com a pessoa que você diz que ama poderá deixar essa pessoa sem o pão de cada dia para satisfazer suas próprias vontades. Pesquisando o Dr. Larousse, ele diz que o amor é um sentimento que predispõe as pessoas a desejarem o bem de outrem, ou de algum episódio: amor ao próximo. Interesse, gosto muito vivo manifestado por alguém, por uma categoria de coisas, por uma determinada fonte de prazer ou de satisfação. Relação amorosa: não estou interessado nos seus amores passados. Ainda analisando palavras no Dr. Larousse, pesquisei a palavra incondicional e encontrei descrito que incondicional é quem não admite ou não conjetura condições; imperativo, absoluto, incondicionado. Sem limites, sem restrições. Jesus Cristo quando se interessou em salvar esta humanidade cruel teve esse sentimento que predispõe para o bem, mesmo que tal sentimento não fosse retribuído. O sentimento de amor, vindo de Cristo, se juntou ao incondicional, um amor tão forte que em nenhum momento determinou condições ou restrições para que viesse fazer o que estava no Seu coração. No princípio das dores do Mestre Jesus, Judas, um dos doze dos discípulos, chegou ao monte Getsêmani, onde Jesus


12

Amor Incondicional a Dois

orava, junto com Ele, uma multidão com espada e bastão, já com um beijo entregou Jesus. Antes de chegar a Getsêmani, Judas havia feito um acordo de entregá-Lo por trinta moedas de prata. Imagine se Jesus quisesse usar do seu poder! Pois é, posso imaginar o que está pensando! Se Ele quisesse venceria aqueles homens sem muitos esforços, mas o propósito de demonstrar o amor sem limites a nós não estava concluído. Ao ser levado perante o sinédrio, homens da Lei tentaram fazer um julgamento dEle, tentando colocar palavras na boca dEle, sem Ele ao menos abrir a boca. A única frase que Ele disse é: “São vocês que dizem”. Nada além disso. Imagine se Ele quisesse usar os poderes de um Deus naquele momento de aflições! Com certeza, teria deixado aqueles “religiosos” assustados, mas Ele sabia que ainda não era chegado a hora. Depois de Judas trair Jesus, o próximo a decepcioná-lo foi Pedro, negando o conhecer por três vezes. Jesus apanhou muito, foi julgado pelo povo que preferiu soltar um bandido que salvá-Lo. Uma cruz pesada levou até um lugar chamado Golgota e, com cravos nas mãos e nos pés, O crucificaram. Ele morreu naquela cruz por amor a nós. Com certeza, essa é a maior demonstração de amor incondicional e é impossível alguém demonstrar tanto amor como Ele demonstrou. Você deve estar pensando que não tem capacidade para demonstrar amor da forma que Jesus demonstrou. E é verdade. Você não conseguiria, somos humanos. Não é esse o nosso objetivo, mas termos referência para amarmos com verdade, carinho e responsabilidade. Jesus é uma fonte de referências, pois Ele é amor e para ter amor é preciso estar firmado nos propósitos dEle. Jesus é, para nós, a demonstração de resistência, e a vida dEle nos leva a acreditar que, por mais que nossos problemas sejam difíceis, jamais chegarão aos problemas que Ele passou aqui na terra.


Amor Incondicional a Dois

13

Um pouco sobre os meus erros e acertos Comecei a ter minhas paqueras por volta dos 15 anos. Na época, eu era uma pessoa muito tímida e sem noção das coisas. Ficava “bobado” com qualquer garota e elas me faziam de “besta”. Quando comecei a namorar acredito que meu coração amava demais, acreditava que amar era suficiente, mas minhas namoradas tinham-me como um jogo, como se o amor fosse uma carta de baralho, no qual nunca se sabia que carta poderia sair. O amor não é um jogo e quando ele é tratado como jogo o coração pode ficar com “feridas” difíceis de serem curadas. Meu coração foi enganado várias vezes com falsas promessas. Convivi com pessoas que, antes do relacionamento se firmar, já queriam impor condições, queriam mostrar que elas mandavam no relacionamento. E relacionamento à base de condições nunca dá certo. Acredito que se estivesse me envolvido com essas pessoas a ponto de me casar, hoje seria uma pessoa infeliz. Afinal, teria que suportar algumas condições por elas determinadas se, caso, quisesse viver junto com uma delas. Num relacionamento o casal precisa ter seus pesos iguais, ninguém manda, ninguém tem razão. É preciso que ambos cedam de forma que seja bom para os dois. Nem sempre estarei com a razão, nem sempre ela vai estar com a razão. Graças a Deus, fui felizardo ao encontrar uma pessoa maravilhosa. Uma mulher que realmente sabe o significado de dizer: Eu Te Amo! Ao contrário das meninas que tive algum tipo de relacionamento, minha esposa sempre demonstra o que realmente sente sem me impor condições, sem me impor o que devo ou não devo fazer. Nós demonstramos gestos de carinho um ao outro sem pensar no “troco”, e as coisas acontecem automaticamente, sempre temos vantagens em viver assim. Deus deu-me realmente um presente e, com certeza, posso declamar na maior sinceridade a frase dita pela esposa do rei Salomão, descrita na Bíblia Sagrada: “Beija-me ela com os beijos de sua boca; porque melhor é o teu amor do que o vinho”. Fernanda dos Santos Liberato Couzaqueviti, minha esposa, a escolhida de Deus para minha vida.


14

Amor Incondicional a Dois

Não façam anúncio que está carente Existem pescadores à procura de um “peixe fácil” para pegá-lo com “qualquer isca”. Maíra era uma jovem muito bonita e com um futuro promissor pela frente. Durante a adolescência ficou com alguns rapazes devido à fase e a moda do momento. Depois de ter passado por esta fase, namorou um rapaz durante oito meses, não deu certo e o namoro acabou. Depois de passar um mês sem beijar a boca de alguém, Maíra posta em uma página na rede social “coração vazio à procura de namorado”. A princípio não aconteceu nada, apenas rolou umas piadinhas sem graça. Uma semana depois apareceu Vagner. Um rapaz de olhos verdes, alto e cheio de lábia. Maíra logo ficou apaixonada pelo cara. Vagner sentiu que ela tinha se agradado dele e imediatamente fez vários elogios para ela. Em menos de uma semana os dois estavam juntos. Ela vivia igual um grude com ele, e ele estava gostando desta ideia. Um mês depois ele queria levá-la para cama. Ela dizia que não, pois os pais ficariam furiosos e que também tinha aprendido com os princípios cristãos que essa não era a hora. Naquele momento, ele sossegou e disse que concordava com ela, mas na hora do namoro sempre queria passar a mão nas partes íntimas dela para tentar despertar o seu desejo. Dois meses se passaram e Vagner volta a atacar. Pede a Maíra que lhe dê uma prova de amor. “Descabeçada” da vida o chamou para ir à casa de uma amiga, que por sua vez não estava em casa. Lá, Maíra perguntou para ele se a prova de amor que ela tinha que dar era “fazendo amor” com ele. Imediatamente ele disse que sim. Naquela noite, aconteceu o que não deveria ter acontecido. Um mês depois Maíra começa a sentir muito enjoo. Sem nenhuma desconfiança do que poderia ter acontecido, ela vai a um posto médico. Ao chegar lá, o médico diz que ela não tem nada. Saindo dali o tormento de enjoos continua até mais um


Amor Incondicional a Dois

15

mês. Novamente, Maíra vai ao médico, ele a escuta e logo em seguida diz: - “Maíra, vamos fazer um exame, você deve estar grávida”. Quando ouviu isso do médico ela se desesperou. A mãe que estava junto dela virou uma “fera”. Não deu outra, três horas depois, com o exame em mãos, o que não era novidade para o médico se tornou realidade para Maíra. Ela estava realmente grávida. Meio sem noção, ela foi contar para Vagner. Ao receber a notícia, imediatamente ele pede para que ela tire o bebê. Ela disse que não e que queria que ele se casasse e assumisse o filho. Ele disse que não se casaria e que Maíra teria que tirar a criança. Sem muito sucesso, Maíra volta para casa sem esperança. No dia seguinte, Maíra retorna à casa da avó de Vagner, onde ele morava. Ao chegar lá, a avó falou que o neto havia embarcado no avião, às 11h00, para os Estados Unidos e que essa viagem não teria volta, pois ele voltaria a morar com o pai. Resumo da história: Vagner conseguiu o que queria com Maíra, mas não era homem o suficiente para assumir responsabilidades. Maíra, hoje, tem um filho que, na sua identidade, tem apenas o nome da mãe, pois o pai não assumiu o filho e sumiu “do mapa”. Tempos depois, Maíra descobriu que Vagner tinha entrado na rede social de um amigo e a viu. Por achá-la muito atraente, clicou na foto e de cara viu no status dela o anúncio de carência. Imediatamente, ele falou para si mesmo que ela seria um “peixe fácil” e que com qualquer “isca a pegava”. Conversando com um amigo que a contou a história, ela pôde concordar com o discurso de Vagner, pois realmente ela foi um “peixe” muito fácil para ele. O ser humano precisa aprender que o amor em uma vida a dois acontece naturalmente. As pessoas têm que parar com essa história de dizer para “deus e o mundo” que estão solteiras. Esses anúncios podem causar estragos que têm a possibilidade de existirem para sempre num coração. O coração pode ficar tão ferido que pode haver desconfiança até mesmo de um amor verdadeiro. Para encontrar um amor incondicional a dois não é preciso


16

Amor Incondicional a Dois

anunciar que está só, a vida por si só nos apresenta a pessoa certa. É claro que não podemos ficar apenas dentro de casa esperando que aconteça o milagre. Maíra sofre até hoje com o ocorrido. Atualmente, ela se pergunta: - “Porque fui entregar meu corpo para um desconhecido?”. Maíra errou feio. Aproveito a oportunidade para chamar sua atenção: se você é pai ou mãe cuide dos seus filhos, esteja mais com eles. Se você é uma jovem que está pensando em entregar seu corpo para satisfação física do seu namorado, não o faça. O mesmo poder que ele tem para te jogar “contra a parede” você também tem. Diga para ele que se te ama ele vai esperar o tempo certo. Deus não quer que nos entreguemos às paixões passageiras. Deus sempre quis tratar em nós a vida a dois e mostrar que podemos ter relacionamentos verdadeiros. Deus sempre quis combater a promiscuidade, mostrando que podemos viver momentos únicos e abençoados por Ele.


Amor Incondicional a Dois

17

Não se envolva antes do tempo O intelectual tem que vir antes, depois o sexual, pois o sexual se consegue trabalhar, mas o intelectual é muito mais complicado. Há alguns anos o sexo na vida de um casal era algo muito especial, não era tão banal como nos dias de atuais. Hoje em dia as pessoas querem fazer um “teste drive”, ou, às vezes, nem se conhecem e na primeira noite já se envolvem. Essa é uma realidade tanto fora do cristianismo, quanto dentro do cristianismo, infelizmente. Antigamente, os animais é que ficavam no cio. Hoje, não. Os seres humanos também estão “loucos” à procura de satisfazer o corpo físico. Muitas vezes vários casais escolhem a pessoa errada porque as carícias em cima da cama vêm antes das outras coisas. O envolvimento sexual antes do compromisso de um casamento é tão grave que as mentes, muitas vezes, podem ficar nevoadas. Num país cheio de neve, tudo para. As pessoas não trabalham. Da mesma forma é o ser humano. O ser humano tende a tomar decisões incorretas. Uma vez envolvidos intimamente, o ser humano não tem mente para progredir, projetar o futuro, e quando se casa a “bagunça é completa”. É bom lembrar que incompatibilidade íntima nunca foi citada como o principal motivo para pessoas se separarem. O intelectual tem que vir antes, depois o sexual, pois o sexual se consegue trabalhar, mas o intelectual é muito mais complicado. Valorize-se, se preserve. Um amor incondicional a dois precisa esperar o tempo certo.


18

Amor Incondicional a Dois

É preciso abdicar por amor Toda regra dura leva o ser humano a inadimplir, gerando decepções profundas. Amanda e Abraão formam um casal muito especial que conhecemos. O que mais me chama a atenção neste casal é a forma que ambos vivem. Eles vivem constantemente brigando, e sempre por impor condições do que acha certo ou errado. Abraão diz amar muito a Amanda, mas por não ter motivações para esse relacionamento, devido às brigas, Abraão quando vê uma mulher bonita, seus olhos dão num “volta num quarteirão”. Abraão se acha dono da verdade e Amanda também. Por isso, nunca chegam a uma conclusão. Amanda sofre com muitos assuntos são armazenados, sem a existência de uma solução. Muitas vezes, Abraão se chateia com algum assunto e se afasta de Amanda e só volta a falar com ela no momento do sexo, pois ele é fiel no ato físico e sente necessidade de trocar carícias. O importuno desta história é que Abraão comete infidelidade com sua namorada constantemente, desejando outras mulheres. Analisando a vida do casal, cheguei à conclusão que para Abraão e Amanda se casarem e ser felizes é preciso mudar muitas coisas, e a mudança tem que acontecer de ambas as partes, pois os dois precisam esquecer o egoísmo e agir com a razão. Ambos precisam aprender que abdicar pode ser uma forma de achar uma razão. Ambos precisam entender que “terminar por cima da carne seca” não fará ninguém mais homem ou mulher, apenas demonstrará a falta de compreensão e amor de um pelo outro. O meu conselho para quem inicia um relacionamento, e logo no namoro há imposição de regras, que descarte logo, pois existe uma grande chance de ser uma “ruína” o seu futuro com essa pessoa. Outro conselho é que jamais vale a pena “empacar” a vida dos outros, pois o grande amor da sua vida pode estar passando “pela estrada” e você poderá não perceber por estar numa “rua sem saída”. Precisei “apanhar” muito na vida para entender que o


Amor Incondicional a Dois

19

amor é muito mais do que estética, sexo ou prazer. Deus fezme entender que no amor tem que existir um encaixe perfeito. Quando você manda fazer uma cópia de uma chave para abrir sua casa, e ela fica um ponto diferente, você conseguirá abri-la? Pois é. Assim, Deus fez-me entender que para abrir a porta a chave tem que ser perfeita. Cuidado com as escolhas. Não pense que depois de casado você mudará a pessoa que você diz que ama, pois não vai. Como diz um ditado popular muito famoso: “pau que nasce torno, nunca se endireita”.


20

Amor Incondicional a Dois

Não existe distância ou tempo para o amor O amor incondicional a dois não deixa ser influenciado por terceiros, não vê distância, nem conta o tempo. Com o amor faz-se respeito recíproco, criam-se planos, expectativas e, o mais importante, ainda se constrói uma admiração intensa pelo outro, além de um desejo constante de estar ao lado fazendo sempre o melhor. Foi isso que aconteceu com minha irmã Thaís. Desde bem criança, meus pais e amigos diziam brincando que a Thaís iria namorar com “Fulano”. Os anos se passaram e um belo dia o que era apenas uma brincadeira, acabou se tornando realidade. Thaís e “Fulano” começaram a namorar e admirar um ao outro, traçar planos e até mesmo dizia um para o outro que se amavam. Minha irmã se “jogou de cabeça” neste relacionamento, fez igual àquelas crianças que se jogam dentro de uma piscina cheia de águas. O que Thaís não sabia é que a “piscina do amor” estava fazia e, ao se jogar, ela se machucaria. O “Fulano”, por influência da família, estava se preparando para ir para o Rio de Janeiro, para se tornar um militar. Foi ao Rio de Janeiro, fez as provas, e, num primeiro momento, não tinha passado. Ao pedir para que visse novamente os resultados, o nome dele estava na lista dos aprovados. Assim, ele foi para o Rio, passou por todas as fases e se tornou um fuzileiro. Nada contra alguém querer ser um militar, o que me deixou intrigado foi o fato de que quando ele foi para o Rio de Janeiro, os sentimentos dele para com minha irmã começou a fracassar. Segundo ele pelo fato de estar longe. Para minha irmã, o fato de estar longe não implicava em nada, afinal ela o amava. Dentro deste tempo que ele estava no Rio, eles terminaram uma vez e depois voltaram, mas teve uma vez que minha irmã não aguentou o descaso e as reclamações pelo fato da distância, e os dois terminaram. O interessante é que já contemplei vida de soldados da marinha, exército e aeronáutica, e em nenhum momento a distância


Amor Incondicional a Dois

21

os fizeram se separar de um grande amor, muito pelo contrário, a alegria de uma chegada, de um novo encontro era muito grande entre o casal. “Fulano” sempre disse palavras doces da boca pra fora, nunca soube o que é amor de verdade. Quem diz que ama, ama de longe, de perto, na saudade, na solidão, ama-se até que um dia a distância fique apenas na lembrança. “Fulano” preferiu satisfazer as vontades carnais do seu próprio corpo e, em muitos, momentos deixou ser influenciado por terceiros. Posso descrever que tenho alguma admiração por ele, afinal não levou o relacionamento adiante quando viu que poderia trair a confiança de minha irmã, fez com que ela desgostasse dele. Quando o amor brotar no seu coração e a pessoa que você sente amor começar a ser influenciada por outros, seja ela quem for, é preciso analisar se vale a pena ir em frente. Uma pessoa que é facilmente influenciada consegue enganar a si mesmo, desacreditando das suas próprias formas de pensar. O amor incondicional a dois não deixa ser influenciado por terceiros, ele vive de acordo com o objetivo central do casal.


22

Amor Incondicional a Dois

Leve a sério os seus relacionamentos Não coloque em jogo seu coração numa noite de curtição Um dia Jeferson me confessou: “Essa era uma menina certa para eu casar, mas na época só queria curtir”. Jeferson, entre a fase da adolescência para a adulta, não queria compromisso com ninguém, queria apenas beijar na boca e pronto. E nessas idas e voltas ele conheceu Yasmim, uma menina muito bonita e de um caráter indiscutível. Na onda da adolescência, Jeferson começou a conversar com Yasmim apenas como grandes amigos. Logo depois, começou a sentir vontade de ficar com ela e, com persistência, conseguiu. Depois de ter ficado com Yasmim, Jeferson começou a se esquivar, pois não queria nada além de beijar na boca dela. Yasmim acreditava que poderia surgir um amor por parte de Jeferson, mas isso não aconteceu. Já em sua fase adulta, Jeferson começa a namorar sério, mas sem sucesso, pois não havia encontrado a pessoa certa. Ele lamenta por não ter tido um relacionamento sério com Yasmim. Segundo ele, ela agora está namorando sério com um rapaz e viu que perdeu a chance de ser feliz. Nós temos que aprender desde cedo que um amor incondicional a dois é algo primordial, e para que isso seja uma realidade nós não podemos ficar perdendo nosso tempo empatando a vida dos outros. Você pode ficar com várias mulheres ou vários homens e ser feliz agora, mas no futuro garanto que não. A escolha é simples, pare de ficar com várias pessoas ao mesmo tempo para se satisfazer por um momento e fique apenas com uma pessoa e seja feliz por uma vida inteira. Procure namorar sério, quem sabe você não encontra sua felicidade antes que imagina. Ficar, beijar na boca podem até ser bons, mas, na maioria das vezes, depois de ficar, achamos que já cumprimos com nossa obrigação e acabamos nos afastando de pessoas que podem ser um encaixe perfeito para um amor incondicional a dois.


Amor Incondicional a Dois

23

Quem ama sabe o que quer! Quem se ama não se entrega a um amor “bandido”. Quando o coração pulsa forte e acelerado, tenha certeza, é o amor que veio para ficar. É uma química perfeita que desprende um processo de contrafação no metabolismo, agenciando a ativação dos hormônios e outras substâncias que, por sua vez, despertam sentimentos mais profundos. Pode haver rejeição por parte externa, mas pela interna não. O coração sempre chamará e pulsará mais forte em busca do verdadeiro amor. Um dia, Yone foi a uma conferência de Photoshop na cidade de São Paulo, procurando aperfeiçoamento no tratamento de imagens. Ao chegar a São Paulo, já estava atrasada para a palestra. Deixou as bolsas imediatamente no quarto do hotel e logo pediu um táxi. Durante a viagem ao prédio que estava acontecendo a conferência, uma pessoa fez sinal para o táxi, e ele parou. Ao parar, um rapaz entrou e, juntos, pararam no mesmo lugar. Ambos subiram no mesmo elevador, pararam no mesmo andar e foram para o mesmo evento. No momento em que o rapaz entrou no táxi, Yone ficou com o coração pulsando forte, ficou empolgada ao ver o rapaz bonito. Na conferência, Yone não tirou os olhos do rapaz. Ao perceber que ela olhava muito para ele, ele também começou a olhar para ela e sorrir. Se perguntar a Yone o que ela aprendeu naquela palestra, pode ter certeza que foram poucas coisas. No intervalo, ambos chegaram perto um do outro e começaram a conversar. O rapaz se apresenta para Yone. Agora, Yone fica sabendo que o nome dele é Molk e que ele poderia ser o encaixe perfeito para a vida dela. Conversa vai, conversa vem, e os dois perceberam que tinham tudo em comum, o grande problema era que um morava no Rio de Janeiro e o outro ali em São Paulo. Yone ficou com receio de se envolver com Molk, mas depois da palestra não teve jeito, eles trocaram beijos e pegaram o contato um do outro. Quando Yone estava longe de Molk ela vivia no telefone


24

Amor Incondicional a Dois

com ele. Depois de muitas conversas, Molk foi ao Rio de Janeiro e pediu aos pais de Yone para que eles pudessem namorar. A mãe gostou, porém o pai não, pois Molk morava muito longe, mas aceitou em respeito ao amor. Molk vinha à casa de Yone de quinze em quinze dias. O namoro teve dois anos de duração. Dentro desses dois anos Yone teve algumas propostas de pessoas bonitas esteticamente, e até mesmo de beleza interior perfeita, mas ela já tinha certeza do que queria. Ela chegou a receber proposta de pessoas bonitas por dentro, e por fora e também com muito dinheiro, mas ela preferiu dizer que o amor dela por Molk não tinha preço. Durante os dois anos de namoro de Yone com Molk, ambos puderam se conhecer melhor. Nos finais de semana que Molk vinha à casa de Yone, ela não ficava pensando na química, na atração física, mas no que o futuro a reservava junto de seu grande amor. Por muitas vezes Yone foi criticada, mas em nenhum momento deixou ser influenciada. Soube escutar o que era bom e o que não era. Soube analisar se no futuro aquele determinado erro de Molk ela suportaria, da mesma forma Molk. Yone e Molk têm sete anos de casados, têm três filhos e vivem um amor incondicional sem medo de serem felizes. O pai de Yone, que antes tinha medo da filha se relacionar com Molk, aprendeu que quando o amor chega de verdade ele sabe o que quer. Vale a pena lembrar que Yone teve primeiro um encanto, mas o encanto não foi mais forte na forma física a ponto dela se perder para a satisfação “carnal”. Ela soube escutar a emoção e, ao mesmo tempo, a razão. Se ela agisse apenas com a emoção, talvez ela não tivesse conhecido o grande amor de sua vida. Uma pessoa que age apenas com a emoção pode trazer dentro de si um intenso sentimento acompanhado de afobação psicológica e isso não é bom. Se o amor chegar, o primeiro passo é ter os “pés no chão”. Segundo, antes de deixar que esse amor entre, analise e veja se será correspondido. Uma vez que você permita que o amor more dentro de você, no outro coração tem que existir o mesmo sentimento. Se apenas o seu coração amar, você poderá sofrer


Amor Incondicional a Dois

25

por alguém que não te ama e que poderá te fazer mal. Se o amor chegar, namore, conheça seu parceiro e perceba se no casamento esse amor poderá ser incondicional. Caso você perceba que o futuro poderá ser “doloroso” por determinada situação, não leve o relacionamento adiante. Saiba entender o tempo certo para o amor na sua vida, porque quem se ama não se entrega a um amor “bandido”.


26

Amor Incondicional a Dois

Não existem almas gêmeas O amor a dois não vem pronto, se constrói, dia após dia Muitos se declaram um para o outro dizendo que são almas gêmeas um do outro. Muitos dizem que querem encontrar a alma gêmea, mas existe alma gêmea? Segundo os princípios cristãos que a Bíblia nos ensina, em momento algum ela diz que existe um cônjuge específico escolhido para cada pessoa. Vale a pena lembrar que é muito difícil entender os planos de Deus para a vida do ser humano. Apesar de Deus conhecer desde o ventre de nossa mãe, que Ele sabe quantos fios de cabelos existem em nossas cabeças, qual serão nossas escolhas, sendo elas escolhas para o bem ou para o mal. As sagradas escrituras dizem que nós temos o livre arbítrio para fazermos o que almejarmos, se escolhemos errado, não é culpa de Deus. A Bíblia diz em Provérbios 3:5-6 “Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas”, ou seja, temos que entregar nossas pedidos a Deus, e confiar nEle, pois quando há o direcionar de Deus, tudo dá certo. Temos que entender que direcionamento de Deus não nos leva à aflição. Afinal, Deus instituiu a família, Ele ama a família. Temos que entender que direcionamento de Deus é aquele que nos faz entender o caráter de uma pessoa, entender se nela existe o mal ou o bem, nos faz ver o futuro, ainda no presente, o sentido, a alegria ou a tristeza. Se você conhece alguém e esse alguém apresenta características negativas, não é de Deus. Existem pessoas que pedem a Deus um sinal e neste sinal pedem coisas tolas. - “Deus, a primeira pessoa que eu ver de camisa vermelha é a escolhida do Senhor”. Vai para Vinte e Cinco de Março, em São Paulo, e vê vinte pessoas com a camisa vermelha, e depois se volta para Deus dizendo que desta forma fica difícil.


Amor Incondicional a Dois

27

Quando o ser humano parar de exercitar a fé tolamente ele será menos vulnerável. Se você pede ajuda a Deus, não peça sinal óbvio, determinando tempo a Deus, pois você poderá se enfiar numa bela cilada. E não espere uma alma gêmea, pois ela não existe. Quando uma pessoa quer uma alma gêmea é porque ela quer alguém que seja perfeito, e alguém perfeito é impossível. Para se ter uma ideia, os filhos que nascem numa mesma placenta, gêmeos no mesmo dia, psicologicamente falando, são muito diferentes. Segundo estudos, um tende a ser mais pacífico, o outro tende a ser mais agressivo, um tende a ser mais estudioso, o outro não, e muitas outras coisas. O amor a dois não vem pronto, se constrói, dia após dia.


28

Amor Incondicional a Dois

Sem apoio não há amor Quem ama não interfere, ajuda a seguir em frente Quando for namorar alguém, namore alguém que lhe anime, alguém que lhe dê apoio, pois existirão momentos em sua vida que o apoio será fundamental. Apoiar é uma forma de amar. Apoiar é uma forma de se importar com o outro. Numa pesquisa que fiz ao “Dr. Aurélio”, ele diz que apoiar é proteger, dar mais forças e prestar auxílio mútuo. Um dia, Sandra, judoca profissional na época, uma das primeiras brasileiras a lutar judô no Brasil, conheceu Alceo. Alceo ficou encantado com a beleza de Sandra e mediatamente se aproximou dela. Dois meses depois, o pai de Sandra faleceu. E Alceo, que era louco para namorar a Sandra, fez todos os “corres” que precisava para que acontecesse o enterro, emprestou dinheiro e deu seu ombro amigo para ela chorar. Uma semana depois, Alceo se aproxima de Sandra e, com carinho, pede para que ela o namorasse. Ainda muito abalada e com sentimentos de que devia alguma coisa a ele, resolveu aceitar. No início, tudo era muito bom. Era amorzinho para lá, amorzinho para cá. Até que um dia Sandra resolve voltar a treinar judô. De imediato, ele ficou enciumado, mas deixou-a voltar à rotina de treinos. No mês seguinte, estava para acontecer um campeonato estadual, e Sandra iria participar. Depois de muitos treinos, a treinadora chegou à conclusão que ela precisava ter uma aula mais tática com um instrutor homem. Sandra concordou e, em seguida, foi comunicar a Alceo. Ele ficou muito furioso, disse que não concordava e que ela já estava passando da hora de parar com o judô. Sandra ficou muito triste, chorou muito, mas Alceo fingiu que nada aconteceu. No dia seguinte, Alceo chega dizendo que iria ajudar Sandra, ela estranhou, mas escutou o que ele tinha a dizer. Ele disse que iria falar com um amigo dele e que a ajudaria muito. Na conversa Sandra acreditou na ajuda do namorado, afinal, o


Amor Incondicional a Dois

29

nome do amigo dele era conhecido por ela e sabia do potencial dele. Começam-se os treinos com o novo instrutor. Nas primeiras aulas, ele pediu para que Sandra demonstrasse o que sabia. Com olhar atento aos golpes, o instrutor disse que ela estava preparada e que não precisava da ajuda dele. Apenas a aconselhou que prosseguisse no mesmo ritmo. Sem nenhuma desconfiança, ela continuou os treinos até o dia da competição. No dia da competição, ela perdeu no primeiro round. Procurou pelo namorado naquela noite e ele não estava presente, só foi encontrá-lo no outro dia. Mas, antes do encontro com namorado, ela teve um encontro com o instrutor que havia falado a ela que não precisava melhorar os golpes. Ele foi até ela pedir perdão, pois tinha agido de má fé. Ele disse que Alceo o pagou uma boa quantia em dinheiro para que ele não lhe ensinasse o melhoramento dos golpes a ela. Sandra se frustrou e saiu do judô, afinal, ela tinha passado por uma vergonha muito grande. Mas antes de anunciar sua saída do judô, ela terminou o namoro com Alceo. Ela passou a perceber que Alceo só a apoiou na hora que ela estava mal, pensando em ter algo mais íntimo com ela. Além disso, ela chegou à conclusão que o futuro poderia lhe reservar muitas tristezas se continuasse com Alceo. Jesus nos ensina que devemos caminhar juntos para que se um cair o outro ajude a levantar. Jesus nos ensina que para amar não é preciso mudar o conceito de vida de ninguém. Alceo fez como Judas, o Iscariote, se vendeu às próprias vontades, satisfazendo o próprio ego. Que bom que Sandra não continuou cega de amor por Alceo, afinal, existia amor no coração dela, mas não existia amor verdadeiro no coração de Alceo. Alceo acabou com a carreira esportiva de Sandra. Alceo matou um sonho. Alceo matou a força e determinação que Sandra tinha. Ainda bem que Sandra não desistiu da vida, abandonou o judô, mas não abandonou o esporte. Ela cursou a faculdade de educação física e, hoje, é proprietária de uma grande academia. Segue a vida bem casada e feliz no esporte, mas sem o judô.


30

Amor Incondicional a Dois

Para se ter um amor incondicional a dois é preciso entender um ao outro. É preciso entender que não se estipula regras a alguém que já tem seus planos traçados. Se sentir atraído por alguém que já tem os planos traçados, não atrapalhe a progressão desses planos. Ame sem interferir. Ame sem máscara. E se alguém tentar te iludir seja esperto, descarte logo, mesmo que essa pessoa seja um “deus grego” ou uma “deusa grega”. Ame-se antes de se entregar.


Amor Incondicional a Dois

31

Casamento apenas de paixão: perigo à vista A paixão é uma admiração repentina que contém amor, mas um amor que é como vento forte que vem e se espalha rapidamente Não vale a pena começar um relacionamento apenas pelas paixões. Vale a pena ir à busca do sentimento mais nobre que pode sustentar qualquer relacionamento. Vale a pena ir à busca do amor verdadeiro. Com o tempo, você perceberá que amar incondicionalmente, com responsabilidade e comprometimento, é mais vantajoso do que se entregar a uma paixão passageira. Isaias foi morar fora do estado, e lá, num passe de mágica, se apaixonou por uma garota. Ele dizia que fora amor à primeira vista. E eu, imediatamente, pensei que era paixão à primeira vista e não amor. O tempo passou. Depois de seis meses de namoro, o casal resolve se casar e me convida para ser padrinho de casamento. Como amigo aceitei o convite. Isaias e Joana não viram os defeitos um do outro, não viram de onde vinham, porque haviam se apaixonado tão repentinamente. Como casar com alguém que vem de outro estado, de outro país, no qual não existe referência alguma sobre a pessoa? Você deve estar se perguntando: mas não posso casar com pessoa de outra cidade, estado ou país? Claro que pode. O problema é que em seis meses não é possível que alguém conheça um ao outro, sendo os dois de lugares diferentes. Com apenas um mês de noivado, Isaias se casa com Joana. Isaias sai de sua cidade de origem e vai morar na cidade de sua esposa. Ao se casar, o casal inicia a vida junto na casa dos pais da noiva. E, com menos de um ano de casados, eles se separam. Mas qual foi o motivo da separação? Segundo Isaias, os dois não tinham privacidade um com o outro e ficavam impossibilitados de terem relações íntimas. Mas o burburinho da questão é que Isaias foi pego traindo Joana com outra menina da cidade. Ambos erraram, mas quem errou mais foi ela, que não procurou saber com quem estava se casando. Ao ler a Bíblia Sagrada, o melhor manual para o ser hu-


32

Amor Incondicional a Dois

mano, em Filipenses 4:8 diz “tudo que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo que é justo, tudo que é puro, tudo que é amável, tudo que é de boa fama, se há alguma virtude, se há algum louvor, nisso pensai”, característica que Joana não se importou em descobrir de Isaias. Não se pode dizer que haverá um amor incondicional a dois em um casal que se descobre apenas pelas paixões, beleza, estética ou ação, e que não as transforma em amor de verdade. Antes de dizer um “sim” na igreja, diga um “sim” para o caráter, para a responsabilidade, o afeto, o amor e a compreensão. Dizendo um “sim” para essas questões você poderá dizer um “sim” para o amor. No contrário, você apenas dirá um “sim” para uma paixão que logo se acabará.


Amor Incondicional a Dois

33

Vale a pena esperar O sexo faz parte ao se relacionar com alguém, mas existem muitas coisas que precisam ser analisadas antes de um casamento Kleber e Marta formava um casal que seguia os preceitos bíblicos com muito rigor, mas no namoro sempre sentiam um desejo muito grande um pelo outro. Desejo esse que não era um desejo de carinho e amor, mas uma atração física incontrolável. “Quando o fogo pegava”, Kleber corria para a sua casa para não cometer pecado. Foi um ano de namoro. Os dois já não se aguentavam mais, e diziam um para o outro que se amavam, mas na realidade apenas “pensavam naquilo”. O “fogo” era tanto que Kleber e Marta não tiveram a oportunidade de se conhecer da forma certa. Conhecer como se portavam os pensamentos, os sentimentos e os planos se, caso, se casassem um dia. Sem pensar em nada disso, Kleber pede Marta em casamento, ela louca por “sexo” aceitou na hora e fez altas declarações de amor. No dia do casamento, antes da festa terminar, o casal já tinha sumido. Viajaram sem falar com ninguém, nem ao menos com pai ou mãe. Deixou sob a responsabilidade de uma irmã levar os presentes para a casa deles e sumiram para a lua de mel. Durante os três primeiros meses foi só lua de mel, mas depois deste tempo começaram a surgir coisas que ambos não conheciam um do outro. Era meia suja jogada na sala, toalha molhada em cima da cama. Marta não gostava de pentear o cabelo antes das 10h00, Kleber não gostava de ajudar a esposa na limpeza da casa. Marta não tinha planos, queria ficar apenas dentro de casa, e todos os planos que Kleber compartilhava com ela, entravam num ouvido e saía no outro. O casal já estava fervendo como um vulcão, próximo a entrar em erupção. Quando Kleber chegava do serviço ambos não queriam nem falar um com o outro. O que nos chama a atenção é que o sexo não é tudo. O


34

Amor Incondicional a Dois

sexo faz parte ao se relacionar com alguém, mas existem muitas coisas que precisam ser analisadas antes de um casamento. Satisfação física não é o suficiente para que alguém diga: “ Eu te amo e sempre te amarei”. Quando for namorar alguém não se baseie apenas na satisfação sexual que seu parceiro vai te dar, analise todas as outras probabilidades para ser feliz. Se você pensa que vai mudar essa pessoa que você diz que ama, não se engane, pois a regra é clara, se você não pode ser feliz com a pessoa como ela é agora, não se case, pois ela poderá estragar o rumo da sua vida. Mais um conselho: a química pode “acender o fogo”, mas o bom caráter pode mantê-lo aceso. Veja bem se a pessoa com quem você se relaciona é humilde a ponto de fazer as coisas certas não pensando que o mais importante é o conforto pessoal. Veja também se ela é bondosa, analise o que ela faz para o próximo. Veja se ela é fiel e responsável a ponto de um dia você deixar o seu cartão de crédito nas mãos dela e ela não o usar sem antes comunicá-lo. Kleber e Marta sofreram muito, quase se separaram. Chegaram à conclusão que antes de se casar eles deveriam se conhecer, esquecendo-se do “fogo que os acendia”. Kleber me disse que eles aprenderam uma lição que vão levar para o resto da vida e que vão ensinar aos filhos que virão. Com muita busca por respostas, deixando suas próprias vontades, o casal conseguiu superar as dificuldades, mas existem muitos que não conseguem. Lembre-se: o amor incondicional a dois não é um ato inconsciente.


Amor Incondicional a Dois

35

Resistência é uma prova de amor O desejo carnal só é bom quando desfrutamos com fidelidade Um dos versículos que mais se colocam em convites de casamentos é o Cantares de Salomão 8:7, que diz: “as muitas águas não poderiam apagar este amor, nem os rios afogá-los; ainda que alguém desse toda a fazenda de sua casa por este amor, certamente a desprezariam”. Desprezariam mesmo? Para viver um amor incondicional a dois é preciso viver esse versículo na essência, é preciso que essas palavras doces se tornem reais, e não brincadeira. Se você é um leitor que está se preparando para casar, analise bem se seu amor é de verdade para que amanhã ou depois você não desonre Deus. Márcio e Ana Luiza se casaram, e no convite de casamento esse versículo estava em destaque. A cerimônia deste casamento foi o acontecimento mais lindo que alguém poderia ver. As pessoas saíram dali admiradas e felizes com os votos de cumplicidades que ambos fizeram um para com o outro. Foi um sonho realizado, tanto dos pais, quanto da filha que muito queria se casar. Os primeiros anos foram maravilhosos, era amorzinho para lá, amorzinho para cá, uma união de se admirar. Já há dois anos em casa, sem trabalhar, Ana Luiza arruma um emprego, Márcio não gosta muito da ideia, afinal, o que ele ganhava dava para sustentar a casa, mas ela foi trabalhar assim mesmo. De repente, Márcio fica doente e começa depender um pouco mais da esposa, apesar de receber um pouco do governo, pois estava parado, não dava para sustentar a casa, ou seja, as muitas águas começaram a jorrar. O problema de Márcio foi ficando mais complicado, como “rios fundos”, onde pode se afogar tão facilmente. Meses depois, o governo para de beneficiá-lo, e Ana Luiza começa a ficar nervosa com a situação. Um belo dia, Ana Luiza chega à empresa para trabalhar chorando, desesperada com as “lutas” que estavam acontecendo. Seu patrão vê a situação e não perde a oportunidade. Oferece


36

Amor Incondicional a Dois

para aquela empregada que saísse com ele, pois a pagaria um pouco mais pelo favor feito a ele. Naquele dia, ela ficou brava, mas como não tinha outra opção de trabalho, continuou a trabalhar naquela empresa. Ana Luiza não contou o que havia acontecido para o marido. Uma semana depois, Ana Luiza não resistiu à nova proposta e foi para um motel com o patrão. Começou a trair o marido e a ser beneficiada em partes, com dinheiro que recebia a mais do patrão. Márcio não imaginava que isso estava acontecendo entre eles. O tempo foi passando e Márcio foi se curando. Um dia, já com sua saúde bem estabelecida, ele resolve fazer uma surpresa para a esposa, fazendo uma visita a ela em seu serviço, afinal, ele voltaria a trabalhar e queria mostrar a ela que as coisas melhorariam. Ao chegar à empresa, Márcio vai direto à sala de sua esposa, ao chegar lá, a encontra junto com o chefe, o qual estava lhe fazendo carícias. Ele toma um baita susto. Naquele momento, ele ficou desesperado querendo quebrar tudo, mas a consciência pesou e ele saiu e foi de volta para casa. Logo à noite, Ana Luiza chegou, ele a esperava de malas prontas. Quando ela foi conversar, ele disse o final do versículo: - “...ainda que alguém desse toda a fazenda de sua casa por este amor, certamente a desprezariam, cadê mulher?. Você mentiu pra mim e estou indo embora”. Naquele dia, foi o fim de mais uma história de amor. Nós, seres humanos, estamos sujeitos a tudo. E temos que entender o tempo de Deus em nossas vidas. Ana deixou que as águas viessem e a profundidade do rio afogasse o amor que ela sentia por Márcio. Ana Luiza não soube suportar os dilemas da vida e perdeu muito. Foi despedida da empresa, pois o patrão queria apenas “sexo”. Teve que fechar a casa e ir morar com a mãe, pois ficou mal falada na cidade e não conseguia emprego. Márcio se casou dois anos depois, trabalhou mais cinco anos e foi promovido gerente geral da empresa onde trabalhava, comprou uma casa bonita naquela região e outra na praia, sem contar o carro que comprou para a sua esposa. Ana Luiza chora até hoje de arrependimento por não


Amor Incondicional a Dois

37

suportar e esperar em Deus as coisas acontecerem. Mesmo que tudo parece terminar, que não terá mais solução, acredite, suporte um pouco mais, Deus pode estar querendo te surpreender. Nós temos que ser francos com nós mesmos se o erro vale a pena. Por mais que satisfaçamos nossas vontades e desejos, ferimos pessoas e a nós mesmos. E onde há feridas não há lugar para um amor incondicional. O nosso manual de vida diz que é para resistir ao inimigo e ele fugirá de nós, ou seja, permanecer vivendo uma vida de integridade, sem se vender por paixões fajutas. Se Ana Luiza tivesse resistido aos problemas e também às propostas do inimigo (o patrão), hoje, ela poderia estar vivendo junto de Márcio, desfrutando do melhor que a vida o reservou.


38

Amor Incondicional a Dois

Seu problema é pequeno Não existe problema grande mediante a força do amor Conversando com uma mulher que eu admiro muito, pude entender o que é amar de verdade. Pude entender que quando o amor é de verdade ele é mais forte que a morte. Muitas pessoas dizem que ama, mas por qualquer coisa quer se divorciar. Muita gente diz que ama, mas não suporta o marido ou a mulher com uma pequena dor de cabeça. Estou convicto que o amor incondicional a dois não é para qualquer pessoa. Margareth é uma pessoa que vive sorrindo, quando você olha para ela sente uma paz tão grande que dá até para pensarmos que ela tem uma vida muito boa, com casa na praia, muito dinheiro no banco e um marido que manda flores para ela todos os dias. Margareth é um exemplo de vida para muita gente. Há oito anos ela vive cuidando do marido, o senhor Djalma, que sofreu um AVC. O Djalma não fala, vive deitado em cima de uma cama e o médico disse para ela que a situação dele não tem mais jeito. Ela me disse que quando ele teve o AVC o médico disse que ele teria pouco tempo de vida, mas pela insistência dela, ele continua vivo até hoje. Margareth nos conta que não entende porque as pessoas se separam hoje em dia. “Eu cuido do meu marido há oito anos, ele usa fraldas, mas nunca vou abandoná-lo, estarei sempre ao lado dele, meu amor por ele é para sempre”. Quando ela me disse isso, me emocionei de verdade. Margareth também me conta que um dia um homem a procurou falando que ele não estava satisfeito com o casamento que vivia, e que há muito tempo ele a admirava. Não satisfeito com apenas a admiração por ela ele a convidou para sair para conversarem como amigos. Ela aceitou. Chegando ao encontro ele disse que queria algo a mais com ela, pois o marido dela era um morto vivo. Ela lhe disse “ele pode ser um marido morto para você, mas para mim ele continua vivo, e coloque-se no seu lugar, pois eu não seria capaz de traí-lo, é bom que o senhor saiba que


Amor Incondicional a Dois

39

não estou feliz com suas declarações e o senhor me respeite”. Naquele momento, a noite acabou para aquele homem que teve vergonha. Depois do ocorrido, esse, que era amigo dela, nunca mais quis falar com ela. Margareth diz que quando o marido teve o AVC, ela esteve junto com ele. As dores que ele sente são como se ela as sentisse. O desejo sexual que ela tinha, acabou naquele dia, nunca mais ela sentiu desejo de fazer “sexo”. O amor falou mais alto. Esta é uma lição de moral para nós. Às vezes, temos um problema tão pequeno, mas inconsciente achamos que a melhor forma de acabar com ele é nos separando, e não é assim que deve ser a nossa conduta. Nós temos que parar de achar que temos problemas grandes. Se você parar para pensar nos problemas e nos dramas que as pessoas vivem lá fora, com certeza você vai preferir ficar com o seu problema. Não seja insensato, pois você pode jogar sua felicidade no lixo. E felicidade não é como um eletro que deu defeito você joga fora e depois compra um novo não.


40

Amor Incondicional a Dois

Convivendo com o estilo de vida É mais fácil distinguir os erros do outro do que reconhecer quais são as nossas dificuldades Robson e Rayane eram recém-casados e ambos tinham mania de dizer que estão certos e que o errado é o oposto. A acusação era uma constante. Robson acusa Rayane de não cuidar bem dele. Rayane responde que ele é que a deixa de lado e vai cuidar do que ele pensa ser importante. O mais “engraçado” é que as acusações um ao outro já aconteciam quando estavam solteiros. Sempre queriam culpar um ao outro, mas nunca chegavam a uma conclusão. Robson havia herdado do pai a vontade de ser feliz e acreditava que a felicidade estava em dar uma vida melhor para Rayane. Rayane já era ao contrário disso, por ser uma pessoa carente, ela acreditava que estar junto independente das dificuldades financeiras que era o importante. Esse impasse entre os dois fazia com que eles vivessem em “pé de guerra” o tempo todo. Além das atitudes já herdadas de pai e mãe, os dois desenvolviam novas atitudes e manias. Isso estava crescendo, tomando um rumo absurdo na vida do casal. Um dia, Robson chegou uma hora depois do que havia combinado de chegar. Imediatamente, Rayane começou a discutir com ele. A discutição foi feia. Rayane jogou tudo que sentia na “cara” de Robson. Sabiamente, Robson ficou calado, apenas escutando. Depois dela desabafar, Robson perguntou: “Quem está com a razão”? Ela tentou se esquivar, mas parou e pediu desculpas. Naquela noite Robson teve uma conversa legal com Rayane. Falou para ela o porquê da sua luta e a ouviu bastante, e dentro desta conversa começaram a desenvolver um relacionamento de confiança e respeito. Ambos começaram a valorizar um ao outro. Um dia Robson sedia, outra Rayane sedia e o amor começou cada dia ficar mais forte. Infelizmente, é comum que as pessoas se queixem de


Amor Incondicional a Dois

41

casamentos ou namoros que não duram, e envolvimentos superficiais. Porém, é preciso reparar quem falhou ou falha na relação. É mais fácil distinguir os erros do outro do que reconhecer quais são as nossas dificuldades. Os psicólogos costumam dizer que muitas vezes a pessoa não suporta alguma atitude do companheiro e acaba brigando demasiadamente por isso. Temos que pensar que cada um tem seu estilo, e isso nada mais é do que característica de uma personalidade que, com certeza, é diferente uma da outra. Dizer que o outro está errado em algo surge da dificuldade em lidar com as diferenças e de, muitas vezes, não tolerar algo ou alguma ação do companheiro, e isso é muito ruim para o crescimento de uma relação. Jesus, quando nos amou, nos amou por completo. Ele sabia muito bem que temos muitos erros, mas existe algo em nós que é muito mais importante do que os erros. Se alguém ama, procura entender e com “bandeira de paz” ajuda o companheiro a lidar com algo que possa ser prejudicial à vida conjugal. Para vivermos um amor incondicional a dois temos que acreditar na capacidade que temos de mudança, mesmo que seja remota.


42

Amor Incondicional a Dois

A Desconfiança é uma Virtude Maldito é o ser humano que confia no outro ser humano e não deposita essa confiança em Deus Pietro conhece uma bela menina. O nome dela é Larissa. Pietro e Larissa eram da mesma religião. Todas as quartas-feiras e domingos eles se viam e conversavam como grandes amigos. Muitas pessoas até faziam piadas dizendo que eles namoravam. Na realidade, eram apenas amigos mesmo. Tempos se passaram. E o que era apenas uma história fantasiada pelos amigos se tornou uma realidade. O relacionamento dos dois se tornou referência, muitos os admiravam e se viam como eles. Depois de dois anos de namoro, Pietro pede a mão de Larissa em casamento, sem muito pensar. Larissa aceitou no mesmo instante. Larissa ficou muito feliz, afinal, era o sonho da vida dela formar uma família com Pietro. Depois de seis meses de noivado aconteceu o casamento. Foi um casamento para ninguém colocar defeito, pois foi como dos contos de fada. Foi o mais comentado no bairro. Depois de casados, ambos procuraram não cair na rotina e, por um bom tempo, conseguiram. Pietro começa a trabalhar mais que antes de se casar. Larissa também. A rotina começou a sufocar o casal, principalmente por parte de Pietro, pois queria tanto trabalhar para terminar a construção de sua casa. Além do carinho que Pietro sentia por Larissa, ele também admirava muito Magno, um amigo no qual ele confiava muito. Quando Pietro estava em casa, Magno ia para lá e, juntos, conversavam muito, cantavam e se alegravam. Larissa, Pietro e Magno em muitos lugares estavam juntos, era como se naquele relacionamento existisse a terceira pessoa. Pietro além de fazer sua rotina normal de trabalho, começou a fazer um curso de idioma. Sua esposa Larissa começa a sair do trabalho mais cedo, antes dá uma passadinha na casa da mãe e logo após vai para casa aguardar o maridão com jantinha pronta. Pietro está muito feliz com o casamento. Diz para todos


Amor Incondicional a Dois

43

os parentes e amigos que Larissa é a mulher mais perfeita do mundo. Alguns amigos tiram sarro dele dizendo que ele está sendo enganado. Alguns dias na semana Pietro chega em casa e encontra Magno o esperando para conversarem alguma coisa, muitas vezes, relacionado à música para cantar na igreja. Pietro não via maldade nenhuma em encontrar seu amigo sozinho com Larissa. Foram mais ou menos seis meses que Magno não saía da casa do casal. Nos quatro primeiros meses as coisas estavam normais, nada até então anormal acontecendo. Dos quatro meses para frente Pietro começa a chegar em casa e encontrar Larissa ainda fazendo janta, teve dia que ele a encontrar começando a fazer o jantar. Pietro fica cabreiro com aquilo, mas nunca exagera nas perguntas com sua esposa, afinal, ele estava chegando tarde e imaginava que ela ficava mais tempo na casa da mãe. Um dia de sexta-feira, Pietro vai para o curso de idioma, chegando lá a coordenadora do curso diz que a professora não iria, pois teve que sair às pressas com o filho para o hospital, o qual havia ficado doente. Pietro corre a uma floricultura, compra um buquê de rosas vermelhas, passa numa loja de chocolates e compra uma cesta recheada de chocolates e segue para casa para fazer uma surpresa à esposa. Ao chegar em casa ele encontra a porta aberta, para que a surpresa fosse maior, ele entrou em silêncio e saiu procurando Larissa pela casa. Encontrou tudo aberto, mas o quarto estava fechado. Ao abrir a porta do quarto, encontra aquele que era o seu melhor amigo tendo relação sexual com a esposa. Pietro sofreu muito naquele momento, mas não fez nada além de pedir para que os dois sumissem da frente dele. Por muito tempo, as mágoas ficaram no coração de Pietro. Mas um dia ele assumiu a responsabilidade, depois de ler a Bíblia Sagrada em Jeremias 17:5: “Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR!”. Pietro entendeu que Deus há muito tempo queria que ele entendesse que aquela palavra não fora dita apenas para


44

Amor Incondicional a Dois

Jeremias. Deus fez Pietro entender que não devemos colocar a nossa esperança nos homens, mas em Deus. Homens não são confiáveis. Hoje em dia vemos muitas pessoas decepcionadas, com depressão porque alguém o traiu, o enganou. Este é um retrato claro de pessoas que confiam em homens. Deus nos ensina a amar o próximo e não a confiar neles. Quando Pietro entendeu isso, ficou pronto para amar novamente, mas uma nova pessoa. O amor incondicional a dois exige que sejamos cuidadosos com nossos cônjuges. Para vivermos esse amor é preciso termos consciência de que no mundo não podemos confiar em ninguém. Não podemos dar brecha para o inimigo. Podemos ser amigos de alguém? Claro que sim, mas a amizade não pode jamais ocupar o tempo vago existente numa relação de um casal.


Amor Incondicional a Dois

45

Amai em todo o tempo Amai na tristeza, na aflição e na doença, pois o Amor é uma força sobrenatural que traz cura Quando estava escrevendo este livro, vi um vídeo postado por Adelso Freire dizendo “vê se não reclama”. O vídeo é de Jaky e Mauro. No dia vinte e três de dezembro de dois mil e onze, Jaky, esposa de Mauro, foi internada com muitas dores e falta de ar, devido a um câncer de pulmão e na coluna cervical. Uma doença que o casal luta há um ano contra ela. Eles postaram o vídeo dizendo que foi uma forma espontânea de agradecer a todas as pessoas que vêm intercedendo por eles. Pedindo também que Deus fortaleça as pessoas que passam por problemas semelhantes e também por outros tão complexos quanto o deles. O que mais me chamou a atenção é que Jaky e Mauro (vocalista da Oficina G3) passaram o natal juntos e num hospital. Mauro em todo tempo demonstra o amor e o carinho que tem pela esposa. Infelizmente, já contemplei histórias diferentes, de pessoas que tinham suas esposas ou seu marido nesta situação, mas que nestas horas estavam comemorando, se fartando. Quem tem um amor incondicional vai comemorar o que? Quem tem um amor incondicional não vê uma condição para que ambos não estejam juntos. Quando o líder religioso fala que você terá que estar na doença com seu cônjuge e você confirma que sim, você não está apenas prometendo algo diante das testemunhas presentes, mas diante de Deus. Amai em todo o tempo. Se Mauro ama Jaky a ponto de deixar todos os festejos por aí é porque ele acredita que juntos conseguirão vencer. Quando alguém fica doente, ele fica doente no corpo e na parte sentimental. Se o sentimental não estiver favorável à pessoa acamada, com certeza, afetará o corpo, dificultando a cura daquela determinada doença. Ame em todo o tempo, não deixe o desespero vir à tona. Dê forças a quem você ama, pois saindo do momento de caos


46

Amor Incondicional a Dois

a relação sairá ainda mais fortalecida. O dom de amar é um dom proveniente de Deus, não tenha medo de amar. Amar em todo tempo é um dos segredos para ter um amor incondicional a dois. Todo ser humano tem que cumpri as leis. Se ele cumpre as leis de acordo com o que ela rege, com certeza essa pessoa será livre para viver uma vida tranquila. Da mesma forma é no amor, pois temos leis fundamentais, se vivermos de acordo com essas leis, com certeza existirá um amor incondicional a dois.


Amor Incondicional a Dois

47

A persistência é uma virtude de poucos Quem acredita no amor sempre alcança a alegria de ser feliz Flávia era uma menina de muitos sonhos, queria um futuro brilhante. Desde criança sonhava em ser uma enfermeira. Estudou até o ensino médio em escolas públicas e, logo após, fez vestibular em uma universidade federal e conseguiu passar. Fez o curso de enfermagem. E pelo seu destaque nos seus estágios, Flávia conseguiu se empregar rapidamente no hospital onde ela já antes prestava serviços. Com seis meses já trabalhando naquele hospital, ela conheceu Artur, um rapaz que tinha levado uma pancada na cabeça e tinha perdido parte da sua memória. Artur só conseguia lembrar-se de coisas quando criança, os acontecimentos recentes ele não conseguia lembrar. Flávia ficou responsável por cuidar de Artur, um paciente que o que se sabia dele era exclusivamente o primeiro nome, que, por incrível que pareça, eles encontraram num crachá de identificação, mas que não continha o nome da empresa ou entidade que trabalhava. Flávia ficou encantada com Artur, afinal, ele era um rapaz bonito e sua face transmitia uma paz jamais vista antes. Em um dos momentos com Flávia, Artur pediu para que ela cuidasse dele e não o abandonasse. E assim foi feito, ela o ajudava muito, sempre tentando agradá-lo, sem ao menos conhecer. Numa daquelas noites ele sofreu uma dor de cabeça muito forte, que colocou os médicos numa correria. Depois de muito sufoco, conseguiram supostamente salvar o paciente. No dia seguinte, Flávia chega para o plantão e os médicos a avisam-na sobre o ocorrido. Ao chegar ao quarto de Artur ela vai logo falando com ele, mas algo ainda mais grave acontece, ele não consegue mais se lembrar dela e tem medo dela. Alguns dias se passaram e Artur começou a lembrar de Flávia, o que a deixou muito feliz. Por estar num hospital público e Artur não conseguir se recuperar com rapidez, os médicos resolveram que não poderiam mais


48

Amor Incondicional a Dois

continuar com Artur no hospital, e que ele tinha que ser transferido para uma clínica psiquiátrica. Flávia ficou muito brava, não queria deixar, disse que arrumaria outra solução. Os médicos deram para ela 24 horas para que desse uma resposta. Flávia tinha uma casa que seu pai havia comprado com muito esforço para ela morar quando se casasse. Brigou com tudo e com todos e pediu para que os médicos levassem Artur para essa casa. E assim foi feito. Flávia cuidou de Artur durante 10 anos. Sua memória foi voltando aos poucos, como uma construção de um prédio à moda antiga. Um belo dia, ele teve um pesadelo através do qual, no outro dia, ele se lembrou de tudo e de todos. Artur não era o nome dele, o nome dele era Gabriel. Artur era um nome que estava no crachá que ele havia achado na rua, e que por acaso o guardou no bolso. A família de Gabriel já havia procurado pelo seu filho em toda a cidade de São Paulo, mas como durante dez anos ele passou como Artur, ninguém o encontrou. Artur é filho de um grande empresário, dono de muitos prédios na grande São Paulo, seu pai trabalha no ramo de engenharia, por questão do dinheiro ele foi assaltado com uma pancada na cabeça e os ladrões levaram sua carteira com todos os documentos. Por acaso, ele foi encontrado por uma ambulância que passara na rua e viu ele bem vestido e jogado, e isso chamou a atenção do motorista daquela ambulância. Quando Gabriel se lembrou de tudo, ele ficou louco de vontade de procurar sua família e também para apresentar a mulher que salvara a sua vida. Junto dos cuidados de Flávia, nascia um grande amor que acreditava que um dia ele voltaria em si e se casaria com ela. Depois de muitos momentos de alegria, passou mais um ano e Flávia se casou com Gabriel. O amor incondicional a dois exige persistência e esperança. Não saia do foco, continue, lute e ganhe essa, seja vitorioso. Se alguém pode lutar por 10 anos para ter alguém para amar, porque você não pode lutar pelo seu casamento, lutar pelo amor sem condições mesquinhas. Ame, mas ame de verdade.


Amor Incondicional a Dois

49

A verdade tem que prevalecer No amor incondicional a dois a verdade é fundamental e a mentira que é insuportável Cintia e Eduardo começam a namorar. Eduardo, como um homem que se preze por seu caráter, foi à casa dos pais de Cintia pedir autorização para que eles namorassem. Por ser um rapaz extrovertido e que demonstrava um caráter verdadeiro, os pais de Cintia aprovaram o namoro da filha. Durante o relacionamento, os dois conversavam muito. Sempre falavam de projetos do presente e do futuro. Com relação ao seu passado, era algo que Eduardo fazia questão que não tocasse no assunto. Sempre que ela tocava no assunto ele ficava nervoso. Cintia acreditava na existência de algum rastro que ele tinha deixado para trás, afinal aquilo o atingia nitidamente. Em uma dessas conversas do dia-a-dia, Cintia resolveu contar sobre uma desilusão amorosa que teve no passado. Achou por bem que Eduardo ficasse sabendo. Ao contar a história ele entendeu numa boa, não ficou bravo, não teve nenhuma reação, apenas ficou meio calado. Cintia perguntou por que ele estava tão calado, mas ele desconversou e entrou em outro assunto. Um belo dia Eduardo chega para Cintia e fala que quer se casar com ela. Ela, apaixonada por ele, aceita. Passam-se dois meses e chega a data do casamento. Tudo estava preparado para ser a festa do ano. É claro, se não existisse nenhum empecilho. Quando Cintia estava no salão, chega uma mulher com uma criança no colo, querendo falar com ela. A dona do salão falou o nome da pessoa que a procurava, e Cintia disse que não a conhecia, mas que mesmo assim iria atendê-la. Ao encontrar com ela, a mulher disse a ela que há três anos Eduardo teve um filho com ela, e que havia deixado ela e o filho sem nenhuma perspectiva de vida. O choque foi muito grande para Cintia, as lágrimas começaram a rolar na mesma hora. Foi um dos momentos mais terríveis da vida de Cintia. Ela não sabia o que fazer, ficou


50

Amor Incondicional a Dois

muito furiosa, mas, em um momento, conseguiu se concentrar e suportou aquele momento. Voltou para dentro do salão e pediu para que continuasse a arrumação do cabelo. A dona do salão perguntou se ela tinha certeza, afinal, ela estava chorando muito, mas ela disse que sim. Sem falar uma palavra do que estava acontecendo, ela foi ser a estrela daquela noite. Ao chegar ao altar, depois de ter toda aquela cerimônia bonita, ao perguntar a Cintia se ela aceitava Eduardo como legítimo esposo, ela disse que não. Ela disse que não o queria, pois ele mentiu para ela. Ela contou na frente de todos os convidados sobre o filho que ele havia deixado para trás, e que até aquele momento ela não sabia. Realmente, aquele casamento ficou na história, e felizmente quem ganhou foi a verdade. As pessoas, hoje em dia, se casam com pessoas erradas porque ambas não põem todas as cartas na mesa. Imagine se Cintia se casasse com Eduardo! Será que ele seria um bom marido para ela? Imagino que não, pois existem verdades que precisam ser ditas, mesmo que doa. Todo mundo tem direito de não falar sobre como foi um namoro ou relacionamentos passados, mas quando esse relacionamento termina com a existência de “rastro” que jamais será apagado, é preciso que os próximos relacionamentos saibam da verdade. No amor incondicional a dois a verdade é fundamental e a mentira que é insuportável.


Amor Incondicional a Dois

51

É preciso viver as características do amor Antes perder em palavras do que perder a felicidade de um amor que é promessa de Deus A Bíblia nos narra, em I Coríntios 13.4-8, que “o amor é paciente, é bondoso, não inveja, não se vangloria, não se orgulha, não maltrata, não procura seus próprios interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta, o amor nunca falha.” Os versículos descritos na Bíblia Sagrada nos ensinam muitas coisas para vivermos um amor incondicional a dois. Muitas pessoas leem esses versículos mais pela forma poética que ele foi descrito, mas viver isso como uma realidade muitos não conseguem. Vejo que hoje em dia as pessoas apenas pensam em dizer palavras doces para receberem algo em troca, mas muitas vezes não sabem o que estão dizendo. São palavras jogadas ao vento que fazem pessoas se entregarem às falsas paixões. Priscila e Roberto formam um dos casais que, aparentemente, são perfeitos. Em muitos momentos dizem “eu te amo!”, Roberto manda flores à Priscila, vivem momentos de alegria, mas em outros momentos presenciei atitudes desagradáveis. Presenciei más atitudes, palavras obscenas, conflitos de até jogar coisas um no outro. Nesta história, existe algo que nos chama muito a atenção, pois não existe necessidade que uma discussão de um casal seja presenciada por terceiros e, em segundo lugar, as palavras e atitudes “amargas” ficam como marcas e feridas incuráveis. É mais fácil você se lembrar de algo ruim que alguém fez contigo, do que se lembrar de algo bom. Muitas vezes a mente se fecha e o coração só sabe ressuscitar as coisas ruins. Hoje em dia a maioria dos casais vai a uma cerimônia de casamento não para se alegrar com os noivos ali no altar, mas para a festa que virá mais tarde. Quantas vezes o pastor, bispo ou padre não relatou sobre os versos de I Coríntios 13.4-8? Deus é tão maravilhoso que deixou seus ensinamentos, mas muitas


52

Amor Incondicional a Dois

vezes nós não queremos ajuda, queremos fazer do nosso jeito, e muita vezes o final é trágico. A Bíblia fala que o amor não maltrata, não procura seus próprios interesses e não se ira facilmente. Por que Priscila e Roberto não praticam essas palavras? Você deve estar, neste momento, criticando, pois o versículo não termina assim, não é verdade? Concordo plenamente contigo, sei que mais adiante nos diz que o amor não guarda rancor, tudo sofre, tudo crê, tudo suporta e nunca falha. A Bíblia está querendo nos dizer que esse rancor não é um rancor de feridas, mas de verdades que muitas vezes têm que ser ditas um para o outro para que haja crescimento num relacionamento, e que nem sempre querem aceitar. Esse rancor é o lado pacífico de nossos corações, que não gera tristeza contínua em nossos corações. E dizer que o amor tudo sofre, tudo crê, tudo suporta e nunca falha é o mesmo que dizer as palavras de um pastor, padre ou bispo que dizem: você promete respeitar, amar, honrar, na alegria, na tristeza, na bonança, na pobreza, até que a morte os separe? E tão prontamente dizemos sim. Para vivermos um amor de verdade é preciso ser pessoas responsáveis pelos nossos atos e promessas que fazemos diante de Deus e da sociedade. Priscila e Roberto estão juntos, espero que eles corrijam, o mais breve possível, os seus comportamentos, pois um dia isso pode cansar um ao outro. Se você é assim, pare de sofrer e viva os ensinamentos de Deus, não siga seus próprios interesses. Antes perder em palavras do que perder a felicidade de um amor que é promessa de Deus.


Amor Incondicional a Dois

53

Dedicação é tudo A vida conjugal não pode ser uma repetição monótona e mecânica de atos No amor incondicional a dois não existem condições, mas exige dedicação um para com o outro. Edmundo ficou casado com Fátima durante muito tempo de sua vida. Quando os dois se casaram eles quase não tinham bens materiais. O intuito de Edmundo era ter uma mulher que, além do amor, pudesse auxiliar no crescimento de sua vida financeira, e Fátima era a mulher perfeita para isso. Casaram-se e se amaram intensamente. Juntos planejavam tudo que haveria de acontecer nos próximos anos, e a cada novo ano o que eles haviam colocado no papel sempre se tornava realidade. Eles realmente se amavam e trabalhavam juntos para que o futuro dos dois fosse melhor financeiramente. Um dia Edmundo chega em casa dizendo que havia saído da empresa onde trabalhava e que iria montar uma pequena empresa de fabricação de peças para indústria de mármore e granito. Fátima ficou preocupada, pois já estava acostumada com a vida tranquila. E o passo que Edmundo estava dando poderia afetar financeiramente a vida dos dois. Realmente no início a vida dos dois ficou de “ponta cabeça”, o dinheiro entrava apenas para o básico. Fátima ficou desesperada, com medo do que o futuro os reservava. Foram dois anos de muitas lutas, mas finalmente venceram. A vida financeira do casal estava dando certo. Nesse meio termo que Edmundo lutava pelo crescimento da empresa, ele não estava dando a atenção devida à Fátima. Ele sempre dizia para Fátima que isso era apenas uma questão de tempo e ela sempre entendia. Os anos se passaram e o financeiro daquele casal melhorou. Logo no início da melhora Edmundo fez algumas viagens com Fátima, e, em uma dessas viagens, ela ficou grávida, trazendo da bagagem mais um motivo para sorrir. Fátima teve o bebê, foi um dos momentos mais feliz da


54

Amor Incondicional a Dois

vida do casal. Neste mesmo momento, Edmundo transforma a pequena empresa de fabricação de peças para mármore numa grande empresa de fabricação de máquina, também na área do mármore e granito. A empresa cresceu bastante a ponto de ser reconhecida nacionalmente e, à medida que a empresa iria crescendo, Edmundo abandonava mais os valores familiares. Muitos dizem que um homem com dinheiro não precisa ir à busca de mulher, elas veem sozinhas, o que não é uma mentira, é uma verdade. Edmundo ficou famoso como o homem da grana, o grande empresário. Sempre que ia às festas empresariais lá tinha muitas mulheres com uma beleza peculiar. E Edmundo ia nestas festas sozinho, sem a esposa. Depois de tanta sedução por parte das mulheres, um dia Edmundo caiu. Edmundo fez “sexo” com outra mulher. Fez “sexo” com uma mulher que ele mal conhecia. Seu ego dizia que ele não está errado, afinal, a mulher já estava fazendo cobranças demais e ele não estava aguentando mais. Agora, ele tinha a esposa como a chata e feia. Edmundo achava que ele era o gostosão e que a mulher que escolheu para viver a vida inteira já não servia mais para ele. Edmundo tinha seus relacionamentos extraconjugais, mas continuava casado com Fátima. Um belo dia Fabiana, uma das mulheres com que ele saía de vez em quando o colocou contra a parede, falando que ela queria que ele se separasse da mulher para se casar com ela. Edmundo começou a desenvolver um sentimento por Fabiana e até chegou a pensar em se separar de Fátima. Fabiana era proprietária de um salão de beleza. Edmundo sempre passava por lá para levá-la ao apartamento para ter relações íntimas. Um dia, Edmundo chegou e Fabiana não estava no salão. De repente, ele escutou a voz dela na loja vizinha. Ele começou a escutar a conversa que estava rolando entre Fabiana e a menina da loja ao lado. Fabiana dizia que iria fazer a cabeça de Edmundo para que se separasse da esposa e depois se casasse com ela. A amiga argumentou perguntando se ela não iria se arrepender em se tratando das relações íntimas, e ela respondia que iria casar com ele pelo dinheiro e que satisfação


Amor Incondicional a Dois

55

na intimidade ela procurava em outro. Edmundo sai do salão sem falar nada com Fabiana. Fabiana liga para Edmundo e ele já não mais a atende. Fabiana se irrita com a situação perdendo a cabeça e liga para dona Fátima contando tudo o que o marido fazia com ela. Ao chegar em casa Fátima pergunta a Edmundo se era verdade o que havia escutado. Depois de muita insistência, ele confirma. Já com as malas prontas Fátima sai de casa e pede o divórcio. Hoje, Edmundo e Fátima não estão mais juntos. Depois de errar muito, hoje Edmundo procurou seguir a Deus, coisa que antes não se importava. Ele sentiu na pele que quem o amava de verdade era a esposa. Edmundo disse que hoje passa um filme de arrependimento na cabeça, mas a probabilidade de acerto é remota, afinal, ele machucou muito a ex-esposa. Fátima o perdoou, mas não quer mais estar casada com Edmundo. Depois desta triste história, podemos afirmar que uma das piores coisas que podem acontecer no casamento é a desvalorização de si mesmo e do outro por meio da infidelidade, da agressividade e da indiferença. Há muitas pessoas infelizes no casamento porque não sabem o valor que têm, ou porque não são valorizadas pela pessoa que ama. A grande verdade é que algumas pessoas não sabem valorizar o cônjuge que têm e só percebem o valor dele quando o perdem. Em um amor incondicional a dois tem que haver dedicação de ambos em todo o tempo. O dia-a-dia não pode jamais atrapalhar que um deixe de agradar ao outro. Fátima foi forte, resistiu ao “vento” da dificuldade financeira. Fátima levou a sério o juramento que fez perante o altar do Senhor, mas Edmundo não. Na tristeza, na doença, na pobreza, nas dificuldades ele foi bem, afinal, ele precisava de Fátima como escada, depois que subiu colocou “elevador”. Hoje, Edmundo está arrependido, mas Fátima não quer saber mais dele. Fátima parece ter decorado a lei dos profetas do versículo da Bíblia Sagrada em Mateus 5:31 que diz: - “Também foi dito: Qualquer que deixar sua mulher, dê-lhe carta de divórcio”. Ela está errada? Eticamente não, afinal, ela sofreu tudo com ele e ele a abandonou buscando fora os prazeres da carne.


56

Amor Incondicional a Dois

Você deve se perguntar, mas onde ficam os valores familiares? Respondo-te que os valores familiares vêm antes, os valores familiares não permitem a ação do “inimigo”. Deus uniu o homem e a mulher para viverem para sempre, mas para viver para sempre Ele exige que sejamos fiéis. Se um dia passou na sua cabeça, ou está passando na sua cabeça em ter um relacionamento extraconjugal, por favor, não faça isso. Seja verdadeiro, seja sincero, seja fiel. Hoje, você pode se satisfizer fisicamente, mas amanhã você poderá viver uma vida de desconfiança e desilusão amorosa. Além de afetar o amor que você está dando para o seu relacionamento, você poderá se transformar numa pessoa sem amor para com o próximo, e isso poderá afetar sua vida espiritual, financeira e familiar. Dedicação é tudo para vivermos um amor incondicional a dois. Dedique-se sem pensar em nada em troca, tenho certeza que haverá a dedicação de ambos. Seja romântico, se ela gostar de flores, mande flores, se ele gostar de chocolates, mande chocolates. O que não vale é deixar que a vida conjugal se torne uma rotinha.


Amor Incondicional a Dois

57

Não se prenda ao passado O passado traz uma bagagem que, muitas vezes, insiste em continuar junto do presente e do futuro de um ser humano Xaiane é louca de amor por Yoko, mas ao mesmo tempo tem medo de se casar com ele. Constantemente passa-se um filme na cabeça dela, no qual conta-se a história do casamento dos pais. Uma vez que os pais vivem juntos e separados ao mesmo tempo. Um casamento de vinte e seis anos, dos quais vinte dele são “fachada”. Xaiane nos conta que depois que os seus pais tiveram ela e seu irmão, o pai começou a ficar ausente. Depois desta ausência, a mãe descobriu que estava sendo traída. Por questão financeira, preferiu sustentar esse casamento. O pior desta história é que ele ainda sustenta a casa em parte, mas o bom e o melhor ficavam para a amante. Para deixar Xaiane ainda mais injuriada, o pai cobra muito de sua mãe, exigindo-a que faça o que ele quer, além das agressões físicas que ela presenciava, por vezes. “- Foi muito estranho, pois até meus seis anos meus pais eram pessoas muito boas, nos levavam para brincar, saíam com a gente, era um paizão, todas as pessoas o respeitavam. Sem motivo algum, o papai ficou agressivo e logo arrumou uma mulher para satisfazê-lo na ‘intimidade’, nunca soube porque ele fez isso”. O pior é que minha mãe sempre fala que homem não presta, é tudo igual e, de uma certa forma, eu fico preocupada se realmente ela não tem razão, afinal, eu presenciei isso a vida toda. Tenho muito medo que um dia Yoko faça isso comigo!”, disse Xaiane. Yoko é louco para se casar com Xaiane, mas ela sempre tem várias desculpas, sempre coloca vários obstáculos. O incrível é que Xaiane não quer perder Yoko, mas Yoko não está aguentando mais, o amor é grande, mas ele tem medo de estar perdendo tempo com a pessoa errada. Xaiane precisa se livrar do filme escrito pelos seus pais para não perder o grande amor de sua vida. Jesus, nas escrituras sagradas, sempre encoraja-nos a confiar nEle e a contar com


58

Amor Incondicional a Dois

Ele. Jesus também compreende que os seres humanos dependem dEle, mas que nós também podemos depender dos seres humanos. É preciso que Xaiane compreenda que Deus colocou Yoko para que ela dependa dele e que, com ele, ela poderá se curar de tudo o que viveu junto aos seus pais. Para que o amor incondicional a dois se torne uma realidade não podemos viver presos ao passado, principalmente se forem histórias que nos afastam do amor. Temos que ter consciência que nós podemos e somos capazes de fazer um futuro diferente, não olhando para trás, mas seguindo em frente. Aparentemente é muito fácil dizer para que deixes o passado de lado e viva o presente em direção ao futuro, mas realmente não é, pois o passado traz uma bagagem que, muitas vezes, insiste em continuar junto do presente e futuro de um ser humano. Xaiane precisa traçar uma nova linha de pensamentos, afinal, ela aprendeu características de dores com a mãe, e o desprezo com o pai, tendo assim uma característica egocêntrica de apego aos próprios interesses, de “defesa pessoal”, não por culpa própria, mas por culpa do que contemplou durante todo o seu tempo de vida. Como desenvolver essa nova linha de pensamento? Procurando referências positivas que tenha na bagagem o caráter como a principal qualidade. No ser humano é difícil se encontrar pessoas que nos inspirem a viver uma vida de relacionamentos saudáveis, mas é possível. Caso contrário, lembre-se de Jesus, Ele foi o que mais nos deu referência de como desenvolver nossos relacionamentos. Trace uma nova linha de pensamentos. Desenvolva uma nova pessoa. Uma pessoa não pensa no presente e que deseja ter um futuro de alegria e amor incondicional.


Amor Incondicional a Dois

59

Quanto vale o amor Pois errar e sair do erro com louvor são atitudes que devemos aplaudir de pé Esmeralda rebelou e saiu aos dezoito anos da companhia dos pais. Chegando à grande São Paulo foi à procura de emprego, mas por falta de qualificação profissional não conseguiu serviço algum. O tempo foi passando e as pequenas economias que ela tinha foram se acabando e, como consequência, quase ficou sem um lugar para morar. Já nas últimas, sem discernimento da vida e com egoísmo no peito, ela se envolveu no mundo do sexo ilícito, afinal, ela não queria mostrar aos pais que fracassou, voltando para casa. Esmeralda ficou três anos envolvida com o mundo do sexo ilícito. Um belo dia, encontrou um rapaz na rua que a chamou, ela acreditava que era mais um “programa”, mas não era. Aquele rapaz a chamou e deu um panfleto e disse que ela era muito importante para Jesus. Aquelas palavras mexeram muito com Esmeralda. Naquela noite, ela não conseguiu mais fazer nenhum outro “programa”. Saiu dali e foi para casa. Passou a noite toda chorando e com vergonha. Esmeralda estava se sentido como Adão no Jardim do Éden. Sentiu-se que estava nua diante de Deus e da sociedade. Arrependida de tudo o que fez e que causou a muitas famílias, ela se arrependeu e voltou para a casa dos pais. Chegando à casa dos pais ela foi muito sincera, não escondeu nada e pediu perdão por tudo o que tinha feito. Como amor de pai e mãe é algo incomparável, o perdão foi concedido. O que chama mais a atenção nesta história é que naquela mesma cidade vem morar Salatiel, o rapaz que a parou na rua, lhe deu o panfleto e falou aquelas palavras. Salatiel tinha sido transferido pela empresa que trabalhava para uma filial naquela cidade. Um belo dia, os dois se encontram na padaria, ela mais que depressa fala para ele que queria encontrá-lo, mas que depois daquela noite não sabia como achá-lo. Esmeralda agradeceu a Salatiel por tê-la levado a refletir no que estava fazendo e nas


60

Amor Incondicional a Dois

atitudes que estava tomando. Salatiel disse que foi Jesus quem o conduziu com as palavras. Depois de meia hora de conversa os dois foram para suas casas. Um mês depois os dois se encontram novamente. Os dois começam um relacionamento. Ao começar esse relacionamento, Salatiel foi criticado bruscamente por estar se envolvendo com uma garota que foi uma profissional do sexo ilícito, mas ele soube ouvir, não questionou, apenas seguiu com critério o que sentia. Salatiel entendeu que Esmeralda havia errada para satisfazer o ego, mas que no coração dela tudo o que ela havia feito não estava na essência da vida, ela realmente havia voltado às origens. Quando Salatiel foi apresentar Esmeralda para a família, todos eles questionaram, brigaram. Foi um dia de decepção. Apesar de o pai de Salatiel ser um grande líder religioso, parecia que ele tinha passado por cima daquele texto da Bíblia que fala sobre a “mulher adúltera”, o qual narra a história da mulher que deveria ser apedrejada pela lei de Moisés, e Jesus imediatamente questionou que aquele que não tivesse cometido pecado que atirasse a primeira pedra. Na ocasião, nem mesmo aqueles que a levaram diante do Jesus não tiveram a audácia de apedrejá-la. Jesus, com olhar de compaixão, disse à mulher que se ninguém a tinha condenado, que Ele também não a condenaria, mas que era para ela ir e não pecar mais, ou seja, não continuar cometendo os mesmos erros. Se Jesus não condenou aquela mulher, seria o pai de Salatiel capaz de condená-la? Salatiel ficou abalado com os pais. Chegou a pensar se compensaria pagar o preço para ter Esmeralda como esposa. A resposta dentro de si foi que ele deveria continuar com os planos de se casar com ela, pois quem estaria se casando com ela seria ele e não os pais. Salatiel e Esmeralda se casaram. Os pais de Salatiel não foram abençoar o casamento, mas ele não se entristeceu. Continuou firme e amando intensamente a esposa. Dois anos mais tarde, o irmão de Salatiel se casa. Casa-se sem saber se estava se casando porque amava ou porque queria desfrutar dos prazeres íntimos com a futura esposa. Os dois eram religiosos,


Amor Incondicional a Dois

61

frequentavam a mesma congregação, mas, infelizmente, foi um casamento que não durou nem um ano, afinal, a esposa o traiu, e o que era certo se tornou errado e humilhante para os pais de Salatiel. Depois que Salatiel se decepcionou com os pais, em momento algum ele forçou a sua convivência com Esmeralda. Em momento algum ele deixou de amar aos pais. Em um momento de tristeza e aflição, os pais de Salatiel refletiram muito e disseram um para o outro: “Precisamos ir à casa de nosso filho e pedir perdão a ele. Nós estamos errados em julgar Esmeralda, ela tem dado amor de verdade ao nosso filho. Enquanto a gente sofre por se basear apenas em religiosidade, nosso filho sofre por não ter o nosso amor”. Uma grande lição vem à tona: Valeu a pena pagar caro pelo amor. Hoje, Salatiel tem uma esposa maravilhosa, que o ama de verdade. Por saber esperar, tem de volta o amor dos pais e, para ficar completa a felicidade, ele tem um filhinho lindo proveniente de superação e amor que ambos vivem. Se o amor for verdadeiro, não importa o passado. A Bíblia Sagrada diz que quando Deus nos acolhe como filho Ele não se lembra de nossos pecados. Essa deveria ser uma realidade para nossas vidas, pois errar e sair do erro com louvor é uma atitude que devemos aplaudir de pé. Com certeza, por um amor incondicional a dois, verdadeiro, vale a pena pagar o preço, não importa o valor.


62

Amor Incondicional a Dois

Vencendo o medo Hoje, existem muitas pessoas que são águias, mas estão vivendo como galinha Narra-se uma história de um filhote de águia que foi parar num galinheiro de um fazendeiro em meio às galinhas. A águia cresceu junto dessas aves e nunca mais quis saber que era de outra família. Um certo dia, um homem passou na casa daquele fazendeiro e viu aquela águia no meio das galinhas e perguntou se ela voava. O fazendeiro respondeu que por mais que a mãe da águia estivesse feito “verão” chamando-a de volta para a família, ela nunca quis ir, preferiu ser galinha. Aquele homem injuriado com aquela história disse aquele fazendeiro que ele não podia manter aquela águia naquele galinheiro e que ele teria que levá-la para voar. O fazendeiro questionou, mas concordou com o homem e combinaram que no outro dia a levaria para o alto da montanha. Ao chegar ao alto da montanha para fazer aquela águia voar foi um verdadeiro sacrifício. A primeira tentativa foi frustrante. A segunda, pior ainda. A terceira, nem se fala. Foram seis vezes tentando levar a águia para o voo da liberdade, uma vez que seria levá-la de volta à sua vida normal. Quando chegou à sétima vez, ela conseguiu abrir as asas e voar para bem longe dali, vencendo o medo de ser o que ela realmente era. Vale a pena lembrar que nos dias de hoje existem muitas pessoas que são águias, mas estão vivendo como galinha. São pessoas que são capazes de amar e ser amadas, mas o medo as impedem de alcançar “voos altos”. Jamile é uma menina que foi adotada por Julk. E Julk é um homem frustrado na vida amorosa, vive em pé de guerra com a esposa. Para piorar, Jamile sempre viu nos pais que o amor não vale a pena e percebeu que estava sendo influenciada pela mídia cada vez mais, concordando que o amor na atualidade é passageiro. Mesmo que outras pessoas a tentasse ajudar, Jamile nun-


Amor Incondicional a Dois

63

ca queria essa ajuda. Ela tinha medo de que o “voo” fosse um fracasso e que poderia decepcionar as pessoas que estavam à sua volta ou até mesmo a pessoa com que ela iria se relacionar. Para Jamile se envolver com alguém ela sempre usava o “álcool” para que no dia seguinte não se lembrasse do que aconteceu e que, por consequência, não teria chance de levar para dentro do coração os sentimentos do amor. O grande detalhe da vida de Jamile é que no fundo, no fundo, ela tinha um amor escondido. Ela sabia que poderia ser como um águia. Ela sabia que poderia mostrar para os pais adotivos que o amor vale a pena. Em determinado tempo ela passou a assistir alguns filmes e novelas e começou a julgar as cenas: se existia razão para aquilo ou não. Por mais que ela estivesse com o coração sensível ao amor, ela se mantinha como “galinha”, como se fosse de outra espécie, uma classe da frustração, a qual, mais cedo ou mais tarde, poderia ser devorada pela revolta. Quando conversamos, Jamile queria esconder o que estava acontecendo no seu dia-a-dia. Ela simplesmente dizia que o amor não valia a pena. Quando eu a questionava, ela sempre me rebatia com histórias frustrantes. Foi algo realmente complicado, mas que foi possível haver cura. Jamile precisava de alguém que a pegasse e a tirasse da zona de conforto e a mostrasse que a vida é diferente. Após muitos diálogos ela confessou sobre os problemas que vivia dentro de casa, sobre o que via todos os dias e as influências que ela estava sofrendo através da mídia. Confessou também que no fundo ela gostaria que fosse diferente, que ela sentia que não estava agindo certo. Jamile tinha uma águia dentro dela, mas tinha medo de abrir as asas e voar e, em seguida, cair. Assim como a águia, Jamile não tinha ideia da força que tinha. Após muitas conversas, ela foi perdendo o medo. Perdendo o medo de se relacionar com as pessoas, perdendo o medo de amar ao próximo. E, enfim, perdendo o medo de amar e ser amada. Jesus disse em uma de suas passagens que era para aprendermos com Ele a ser mansos e humildes de coração. Jesus sempre quis que nós nos relacionássemos e que aprendêssemos


64

Amor Incondicional a Dois

com os passos dEle, que, com certeza, nós nos libertaríamos dos maus pensamentos. Jesus diz também que nós devemos ter a alegria completa que vem dEle, ou seja, um sentimento de amor, pois não há alegria sem o sentimento de amor. Depois que Jamile se libertou do medo, ela conheceu Staufer e se casou. Hoje, tem mais de oito anos de casada e fez os pais enxergar nela que o amor vale a pena. Entenderam que é possível viver um amor incondicional a dois.


Amor Incondicional a Dois

65

Encontrando a pessoa certa enquanto há tempo Se cometermos algo que coloque em jogo o nosso caráter, é bom saber que o caráter por mais difícil que seja a reconquista é possível, mas reconquistar o fôlego de vida é impossível. - “Eu era uma menina sem esperança com a vida, tinha um namorado que só me fazia sofrer e chorar todos os dias. Com ele, não tinha alegria nenhuma, pois era agressivo e me tratava muito mal, chegou até a querer me bater”, disse Virgínia. Virgínia sempre gostou de ler bons romances e acreditar naquelas belas histórias de amor, tanto dos livros, quanto do cinema, mas estava percebendo que estava “entrando numa fria”. Como ela mesma narrou, estava namorando uma pessoa que era o inverso do que ela pensava, mas por se envolver intimamente e temer a fúria dos pais religiosos ela preferiu levar a relação adiante. Um dia, Virgínia chegou em casa com umas marcas, o pai perguntou o que havia acontecido, mas ela preferiu omitir, o que na realidade era ato agressivo do namorado. O tempo passou e Virgínia começou a fazer faculdade, e na faculdade ela fez boas amizades, uma dessas foi a amizade de Irene que, por sua vez, apresentou um primo a ela. Virgínia e esse primo de Irene se tornaram grandes amigos. Foi uma amizade muito saudável e de muito respeito. Os anos foram passando e cada dia mais o primo de Irene, o Speak, foi gostando de Virgínia e criando dentro de si um sentimento diferente. Um belo dia, numa sessão de cinema, entre os amigos de faculdades, Speak resolveu se abrir e falar para Virgínia que ele a amava. Ela ficou muito surpresa com aquilo. E disse para ele que ela estava namorando e que não tinha a menor chance dos dois terem algum tipo de relacionamento amoroso. Speak disse que a respeitava, mas que só a deixava de amar no dia em que ela se casasse com outro. Após aquela sessão de cinema, Virgínia foi para casa.


66

Amor Incondicional a Dois

Ao chegar, encontrou o namorado. Os dois conversaram muito naquela noite e, em um triste momento, o rapaz usou de agressividade, agindo pelo impulso. Na mesma hora Virgínia terminou o relacionamento. Foi muita coincidência para o mesmo dia. Já no dia seguinte, Irene ficou sabendo e já queria que ela ficasse com o primo Speak, mas o próprio Speak disse que ela precisava primeiro curar os sentimentos e as mágoas para depois pensar no que fazer da vida amorosa. Passou-se um mês e Virgínia foi ao encontro de Speak e resolveu dizer para ele que há muito tempo ela já estava desenvolvendo dentro dela um sentimento muito puro por ele, que o amava e que queria tentar ser feliz com ele igual nas histórias dos livros e cinemas. Hoje, os dois estão quase se casando e certos que realmente amam um ao outro. Speak tem um respeito muito grande por Virgínia. Os dois sabem se comunicar um com o outro, sabem das qualidades e defeitos um do outro e, melhor, sabem que após casados vão saber lidar com a diferença um do outro. Virgínia foi corajosa e confessou aos pais que tinha errado ao se envolver intimamente com o namorado anterior e que por isso ela o tolerava, com medo que ele falasse para eles. O pai, sabiamente, falou para Virgínia: - “Filha, quem nunca errou? Se erramos temos que corrigir e prosseguirmos, e não colocar nossa vida ou felicidade em jogo”. Se em algum momento você errou e tem medo por algum motivo de confessar o seu erro e prosseguir, saiba que poderá estar colocando a sua vida em risco, pois nem todos têm um coração puro. Se Virgínia tivesse continuado o relacionamento, hoje ela poderia estar morta. A maldade dele estava além de uma crise de ciúmes. Para se ter uma ideia, ele começou a namorar uma menina, por ter muito ciúmes eles terminaram e, num triste dia, ele resolver se vingar e deu sete facadas nela. Quando estamos namorando somos livres para sair “de uma fria”. Mesmo que tenhamos cometido algo que coloque em jogo o nosso caráter, é bom saber que o caráter por mais difícil que seja a sua reconquista é possível, agora perder a vida é para


Amor Incondicional a Dois

67

sempre, não tem volta. Seja sábio nas suas escolhas. Não deixe que as chantagens te prendam a alguém. Se alguém diz alguma coisa da pessoa com que você está vivendo um relacionamento, procure ver se existe fundo de verdade, e se descobrir esse fundo de verdade “saia fora” imediatamente sem que ela perceba. Jesus, em suas palavras, dizia que existem caminhos que parecem perfeitos, mas que o final deles nos levaria à morte, ou seja, é preciso entender e saber se estamos fazendo a escolha certa, para que no futuro não soframos amargamente. Para vivermos um amor incondicional a dois só depende de nossas escolhas, uma vez que escolhemos errado, para sempre condenados ao ódio e à tristeza.


68

Amor Incondicional a Dois

Não abandone Jesus Quando o nosso espírito não está ligado a Jesus Cristo, os nossos relacionamentos aqui na terra, muitas vezes, são frustrantes Numa dessas semanas que ainda estava escrevendo esse livro, recebi no meu escritório uma “garota” que praticamente não conhecia. Depois de algumas frases que eu havia falado, ela começou a desabafar. Senti que ela precisava dizer o que sentia naquele momento a alguém. Ao questioná-la, me disse muitas verdades que um dia habitou no coração dela. Elaine conheceu Filk e começaram a namorar. Dentro deste namoro eles optaram por serem exemplos de vida, optaram por ter sempre Jesus no relacionamento. Se em qualquer momento eles sentissem atração física um pelo outro, imediatamente dobravam os joelhos e pediam perdão a Deus. O relacionamento foi ficando forte a cada novo dia, e junto do relacionamento a pressão psicológica das pessoas também. Muitos os criticavam. Diziam que eles não tinham santidade nenhuma com Deus, que tudo não passava de hipocrisia. Apesar de serem palavras ditas por poucas pessoas, isso começou a afetar a vida do casal. Afetou tanto que, por vezes, Filk quis se suicidar. Filk passou a ter depressão muito forte. Ele só queria ficar dentro de casa e, com amor e carinho, Elaine se desdobra para fazê-lo vencer as dificuldades e também a depressão. Parecia algo incurável. Um dia, sem querer estar na igreja, Elaine e Filk foram à igreja passar a virada de ano. Chegando lá, se sentiram mal e saíram. Filk já estava estagnado com falsas profecias e isso o ajudou a sair dali. Mas algo de ruim relacionado ao amor dos dois começou a acontecer. “Quando o nosso espírito não está ligado a Jesus Cristo, os nossos relacionamentos aqui na terra, muitas vezes, são frustrantes”, disse Elaine. Elaine disse com suas próprias palavras naquele dia que a partir do momento que eles resolveram abandonar o amor de Jesus e viver as malícias do mundo, o que eles sentiam um pelo


Amor Incondicional a Dois

69

outro começou a se dissipar. Não existia mais razão para que os dois estivessem juntos, e assim cada um foi viver a sua vida. Analisando esta história, pude chegar à conclusão que quando optamos por ter Deus num relacionamento é preciso que tenhamos a consciência que os amigos de Deus passam por dificuldades. Também precisamos entender que Deus é o centro dos nossos pensamentos. As pessoas em nossa volta não importam. Temos que ser criteriosos ao ouvir questionamentos ao nosso respeito. Quando Jó optou por ter Deus com ele o inimigo não ficou satisfeito e fez de tudo para atingi-lo, e de tanta persistência ele conseguiu. Filk hoje está bem, afinal, deixou o peso de busca pela santidade, mas como resultado não tem mais a pessoa que ele amava. Na conversa que tive com Elaine, senti que no coração dela ainda existe um sentimento por ele, mas que ela só consegue continuar amando se tiver Deus por perto, senão essa admiração é momentânea. Ela nos conta que quer voltar a seguir os passos de Jesus, mas que tem medo dos sentimentos do coração. Uma das coisas mais importante para se ter um amor incondicional a dois, principalmente nos dias de hoje, é ter uma vida cristã, independente de crença religiosab. Deus é o nosso auxílio. Se criticam por ter um amor embasado em Deus, quando te jogarem “pedras” com críticas sem lógica, junte-as para fazer um “castelo” para que os que vejam que com amor de Deus é possível viver um amor incondicional a dois.


70

Amor Incondicional a Dois

Os filhos não devem ser um empecilho Filho não é para ser tratado como louças que, por qualquer coisinha, se quebram. Sofia é mãe de três filhos. Um com doze, outro com quinze e outra com 18 anos. Sofia sempre cuidou muito bem dos filhos, afinal, ela queria ser diferente dos pais, que deixou muito a desejar. Para se ter uma ideia, Sofia tem dois irmãos presos por falta de ensinamentos dos pais. Os pais de Sofia colocaram os filhos no mundo, mas cuidar que é bom nada. E isso refletia na vida dela, fazendo com que lutasse para que isso acontecesse de forma contrária. Sofia é casada com Max. Um homem que a entende em todo o tempo. Um homem que está sempre procurando inovar para que o relacionamento continue evoluindo e não caia na rotina. O grande problema é que chegou um dia que Sofia não estava conseguindo estar junto com Max. Ela estava deixando o casamento em último caso e dando mais atenção aos filhos. Um dia Keila, a filha mais velha, chegou em casa dizendo que o namorado viria jantar. Só que Sofia não sabia que a filha estava com namorado. E isso era uma novidade para ela. Naquela tarde, Sofia ficou chocada, achando que a filha ainda era uma criança. Sofia quis proibir que o rapaz viesse pedi-la em namoro. Max, o pai, ouviu e, sem pensar em nada, falou para Sofia que o deixasse vir, afinal, ela não poderia pensar mal do cara sem conhecê-lo. Naquele dia, o rapaz veio conhecer a família, mas Max teve que dormir no sofá, até porque ele também permitiu que a filha namorasse. Sofia e Max ficaram sem se falar durante uma semana. Quando chegou no domingo, Max chamou Sofia para conversar e Max desabafou. Max contou para Sofia que há muito tempo ele não sabia o que era um amor de verdade entre os dois. Ele falou que já não aguentava mais o amor exagerado que ela tinha pelos filhos. Falou para ela que filho não é para ser tratado como louças que, por qualquer coisinha, se quebram. Max disse que os filhos são importantes sim, e que eles sabiam cuidar bem dos


Amor Incondicional a Dois

71

filhos, mas que o casamento dos dois também era importante. Depois de muita conversa Sofia chorou muito e pediu perdão a Max. Sofia passou a entender que os filhos são feitos para o mundo e que um dia eles sairão de casa, e quem vai ficar junto dela é o marido. Ela passou a entender que o casamento é para sempre e os filhos não. Serão para sempre filhos de Sofia e Max, mas não dentro do mesmo lar. A missão dos filhos é de dar prosseguimento a novas famílias. A Bíblia é bem clara em dizer que um dia os filhos sairão de casa “portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher”, ou seja, temos que ter consciência que nós casamos para vivermos juntos para sempre e que um dia o filho que colocamos no mundo fará o mesmo ritual. Para vivermos um amor incondicional a dois não podemos ter os nossos filhos como empecilho, mas como bênção. Se soubermos separar o nosso relacionamento de casal e o relacionamento que temos com nossos filhos, teremos um casamento abençoado. Hoje, Sofia e Max vivem em lua de mel. Mesmo com os filhos ainda em casa, eles sabem lidar com a educação deles e viverem ambos um para o outro. O casamento que poderia ir à ruína foi abençoado por Deus através da luz da Bíblia Sagrada.


72

Amor Incondicional a Dois

Uma nova família Para um casal ser feliz ele precisa desfrutar a liberdade de ser independente Olavo e Kassia decidem se casar. A felicidade era contagiante. Muitas pessoas se alegraram por ver que, aquele casal que sempre foi exemplo, estava se casando. Durante o namoro, Olavo e Kassia se comprometeram com Deus e com a sociedade de manter a castidade, ou seja, se comportar na abstinência de prazeres e de prática de atos sexuais. Comprometeram-se um para o outro que se um dia isso se aflorasse ao ponto de cogitar o acontecimento eles terminariam o relacionamento. Com muita força de vontade, conseguiram cumprir e respeitar os princípios bíblicos. Quando Olavo e Kassia se casaram a igreja ficou tão lotada que já não mais cabia gente dentro dela. Foi um casamento esplendoroso. Mesmo que houvesse defeito na cerimônia, a pureza que as pessoas viam nesse casal não os deixava ver. Realmente foi um casamento incrível. Durante o namoro, o casal teve tempo para se conhecer bem. Durante os três anos juntos eles tiveram tempo de planejar muitas coisas, mas, infelizmente, não planejaram uma casa para morar. Eles se basearam no caráter da mãe da noiva e foram morar com ela. Dentro da cerimônia do casamento eles escutaram o líder religioso ler as escrituras sagradas em Gênesis 2:24 que diz: - “Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher; e eles se tornarão uma só carne”, mas ainda naquele momento do casamento eles viram aquilo como uma linda poesia que se declama. Durante um ano e meio o caráter da sogra de Olavo foi muito bom, passando desta data ela começou a tomar algumas atitudes que começaram a afetar o relacionamento dos dois. Um dia ela dizia que já havia passado da hora dos dois arrumarem um filho, outro dia ela falava que a filha deveria pensar mais nela e deixar o marido se virar. No outro dia falava que Olavo estava trabalhando pouco e que ele tinha que arrumar um ser-


Amor Incondicional a Dois

73

viço extra para dar o melhor para Kassia. Todas essas conversas eram feitas com a filha. Sempre que Olavo chegava em casa Kassia tinha uma novidade para falar para ele que a mãe dizia. Kassia não dizia aquilo que ela ouvia para Olavo para haver brigas não, era simplesmente para mostrar que ambos eram cúmplices um do outro. A falta de carinho pelo genro por parte da sogra foi aumentando. Automaticamente, Olavo passou a ter raiva da sogra e isso começou a afetar a vida do casal. O relacionamento de Kassia e Olavo chegou a um ponto que a sogra estava comandando tudo, como se a filha ainda estivesse em casa. Um dia, Olavo não aguentou, falou que não suportava mais o que estava acontecendo e que iria voltar para casa dos pais. Naquela noite, foi algo desesperador para Kassia, afinal, ela o amava muito, mas não teve jeito, naquele dia Olavo voltou para casa dos pais. No dia seguinte, o pai de Olavo, um homem muito sábio, chamou o filho e perguntou o que havia acontecido. Depois de contar toda a história, o pai dele diz: “Filho, muitas vezes tentei falar com você, mas você achava que estava tudo certo, fui obrigado a me calar”. Seu Jandir, um homem abençoado por Deus e pai de Olavo, pediu que ele pegasse a Bíblia Sagrada, e juntos leram Gênesis 2:24 que diz: “Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher; e eles se tornarão uma só carne”. Depois de ler, fez toda uma explicação para o filho. Após conversarem sobre a leitura, ele disse ao filho que foi bem em tudo, exceto em morar com a sogra. Jandir disse ao filho que era para ele alugar uma casa e assumir a esposa de vez. Naquele dia, ele saiu da casa do pai, com um empréstimo de quatro aluguéis, alugou uma casa e foi até Kassia pedir perdão e chamá-la para morar longe de ambos os pais. Foi a transformação que eles precisavam. Com menos de um ano, Kássia e Olavo estavam morando em casa própria, com uma linda filha e muito felizes. É bom lembrar que muitas pessoas estão seguindo os preceitos bíblicos, mas em alguns momentos querem ler textos bíblicos como se fossem uma poesia qualquer. A Bíblia é fun-


74

Amor Incondicional a Dois

damental na vida de todo ser humano. Ela é um manual onde constam todas as instruções. E o versículo de Gênesis é muito profundo, quando fala em deixar é deixar literalmente para que possamos construir uma nova família. O primeiro passo, e um dos mais importantes no casamento, não é o unir-se, mas o deixar. Deixar pai e mãe é tão importante que ele vem em primeiro lugar no texto bíblico. Hoje, os grandes conselheiros matrimoniais confirmam a importância desse ato, e descobriram que muitos casais são infelizes, imaturos e até se separam por não conseguirem deixar pai e mãe. Temos que deixar no sentido físico, pois “quem casa quer casa!” Esse ditado é uma joia da sabedoria, pois a casa é uma extensão da mulher. Deixar no financeiro, pois o casal precisa ter independência financeira. Mesmo que viva em condições mais humildes do que as de sua família, precisa viver com o que tem, sem depender de ninguém. E deixar também no aspecto emocional, o que não quer dizer que seus familiares já eram, mas que agora vocês são prioridade um para o outro. Para viver um amor incondicional deixe pai e mãe. Não quer dizer que vocês não possam aceitar uma casa de presente deles, desde que não seja colada à deles, pode aceitar com certeza. Às vezes, seu pai ou sua mãe tem uma casa vazia em cima ou ao lado da dela e querem que você more lá. Não faça isso, se realmente seus pais te amam vão te dar a casa sim e vão permitir que vocês a aluguem para que também aluguem uma casa em outra localidade para morarem. Amor incondicional a dois só acontece longe de pai e mãe.


Amor Incondicional a Dois

75

Quem ama cuida Quem ama precisa amar primeiro a si mesmo. Precisa cuidar de si mesmo e, consequentemente, cuidar da pessoa que ama. Estava conversando com minha esposa sobre o seguinte questionamento: Porque os homens se chateiam com as mulheres esfriando o relacionamento? Por ela estar em contato com várias mulheres, ela me contou que o desleixo com a casa e até mesmo com o próprio corpo é o que tem levado muitos homens a se afastarem no relacionamento. Vale a pena ressaltar que, muitas vezes, são pessoas de caráter, mas que acabam adotando a falta de caráter por eles não se sentirem importantes. Lilia, quando se casou com Cabral, era considerada uma das mulheres mais linda da região. Era uma mulher muito caprichosa, cuidava da casa, das coisas do marido e da beleza, mas depois dos três anos de casados ela começou a se desleixar, começou a levar a vida de qualquer jeito. Cabral saía para trabalhar, dava do bom e do melhor para a Lilia e procurava não deixar o relacionamento cair na rotina, mas Lilia acreditava que ele era obrigado a fazer aquilo e que não estava fazendo nada demais. Em certos momentos, Cabral chegou em casa e precisava de uma roupa. Ela não tinha lavado, nem ao menos mandado para lavanderia. Outro dia, ele chegava e ela estava sentada na frente da TV, muitas vezes comendo, e a casa “de perna pro ar”. Por amar Lilia demais, Cabral não exagerava nas cobranças, até mesmo pelo fato de não querer brigas dentro de casa. Passou-se mais um ano e Lilia não era mais aquela mulher bonita. Lilia já não tinha responsabilidade de cuidar do marido e das coisas de casa, uma vez que ela quase não trabalhava, pois a profissão dela era tradutora de idiomas, e a empresa que ela trabalhava dependia pouco dela. O tempo foi passando e Cabral sempre cobrando uma atitude dela, mas ela não fazia praticamente nada para mudar, acreditando que pelo caráter do marido ele não a trairia.


76

Amor Incondicional a Dois

Realmente Cabral tinha um caráter indiscutível, mas a insatisfação era tão grande que ele contava para os amigos de trabalho que não aguentava mais aquela situação. E, nesses tempos, uma companheira de trabalho sempre escutava as reclamações dele. Todas as vezes que ele reclamava, ela sempre tentava dar umas palavras de conforto e, pouco a pouco, ele foi se encantando por ela. Um certo dia, essa colega de trabalho chegou para ele e perguntou se ele não queria sair com ela para irem a um barzinho e depois curtir uma noite “mais quente” num motel. Ela argumentou que não aguentava mais vê-lo naquela situação e que ele precisava de algo que preenchesse o vazio que estava sentindo. No primeiro momento ele ficou assustado e disse não. Passou mais uma semana e ela voltou a fazer o convite e, sem nenhum receio, ele aceitou. Cabral chegou em casa meio apreensivo, mal falou com Lilia e foi para o banho. Durante o banho, a consciência dele começou a falar alto, começou a mostrar para ele que não compensava tomar aquela atitude. Quando saiu do banheiro chamou Lilia e falou: “Lília, eu estava me arrumando para te trair pela primeira vez, pois eu não aguento mais ver as coisas do jeito que estão. Estou sempre me cuidando para você e você não se importa comigo. Se você acha que estou blefando, vai ao bar Grilk e lá você verá a mulher com quem eu iria me envolver. Não fale nada, apenas me escute! Não te traí, nem vou te trair, mas vá para você ver que é verdade o que estou dizendo e depois siga para casa da sua mãe e pense um pouco na sua vida. Reflita se o nosso amor compensa. Fique por lá pelo menos uns seis meses, depois a gente senta para conversar”. Lilia se desesperou, não acreditava no que estava acontecendo. Chorou muito. Para ver se realmente ele não estava blefando, foi até o bar Grilk e encontrou com a mulher. A mulher foi logo se desculpando dizendo que não havia feito nada, mas afirmou que eles iriam fazer. Lilia ficou arrasada. Lilia foi para a casa dos pais, mas os pais não quiseram aceitá-la. Correu para a casa de uma irmã e ela permitiu que ficasse por ali durante aquele tempo. Lilia começou a fazer uma


Amor Incondicional a Dois

77

terapia para tentar se entender e chegou à conclusão que ela estava profundamente errada. Aprendeu que quando o marido fazia alguma coisa boa, o melhor a se fazer era retribuí-lo, e não apenas sugá-lo, acreditando que era uma obrigação. Para que todos entendam melhor o que estava acontecendo, Lilia trabalhava quatro horas por dia na parte da manhã. Chegava em casa e não fazia absolutamente nada, deixava tudo de “perna pro ar”. Vale a pena lembrar que Cabral dava condições dela pagar lavanderia e uma diarista, mas ela não ligava para lavanderia pegar as roupas, nem para a diarista vir faxinar a casa. Cabral trabalhava das sete horas às dezenove. Quando chegava em casa, ele lavava as louças, fazia o jantar, limpava um pouco a casa e juntava algumas roupas para deixar na lavanderia no outro dia. A única coisa que a esposa estava fazendo era “amor” à noite, o restante ficava tudo para o “coitado”. E quando ela fazia as coisas ele fazia questão de ajudá-la, mas chegou uma hora que ela começou a deixar tudo por conta dele. Passaram-se os seis meses e Lilia voltou para casa para conversar com Cabral. Disse estar arrependida com o que fez. Disse ter confundido favor com obrigação e pediu muitas desculpas por ter o feito sofrer tanto. Ela confessou para Cabral que no primeiro momento ela pensou em abandonar o barco e ir para outro relacionamento, mas quando refletiu não viu razão para fazer isso. O perdão foi concedido e o amor foi renovado. Lilia passou a cuidar novamente do marido e também da estética. Um amor incondicional a dois não transporta obrigações. Um amor incondicional a dois vive todos os dias como se fosse o primeiro na questão do cuidado, e também vive como se fosse o último, na questão da intensidade desse amor. Quem ama precisa amar primeiro a si mesmo. Precisa cuidar de si mesmo e, consequentemente, cuidar da pessoa que ama. No relacionamento de Lilia e Cabral não existia cobranças, mas existia a invalidação da lei do amor. A lei que era quebrada é uma das leis fundamentais, que é quem ama cuida.


78

Amor Incondicional a Dois

Quem ama continua amando Amor, fique tranquila, pois a tua beleza está guardada em meu coração para sempre Isaque e Cristiane é um casal que completou cinco anos de casados. Eles Viviam numa casa muito humilde, de madeira; tinha uma vida muito tranquila e feliz, e se amavam loucamente. Eram realmente felizes. Até que um dia aconteceu algo que mudou a vida daquele casal. Depois de um jantar, Isaque vai para sala e Cristiane fica na cozinha fazendo umas arrumações. De repente aconteceu um pequeno curto circuito e começou a pegar fogo, o fogo se alastrou rapidamente. Isaque se assusta ao ouvir a esposa gritando. Ao chegar à cozinha ele vê fogo para tudo quanto é lado e a esposa começando a se queimar, ele a socorre, mas, infelizmente, cai uma madeira sobre o rosto dela e a queima muito, o fogo também atinge os braços. O corpo de bombeiro chega para apagar o fogo e uma ambulância de emergência leva Cristiane para o hospital. No dia seguinte, Isaque vai ao hospital visitar a esposa. Ao encontrá-la, ela gritava: “Não vem aqui, eu não quero mais viver”. Isaque não obedece e chega perto dela e fala: “Cristiane, eu te amo e vou te amar para sempre”. Ela o questionou: “quando você vê o meu rosto você não vai me querer mais, além do mais eu estou cega, não vejo mais nada”. Ele a respondeu: “Amor, fique tranquila, pois a tua beleza está guardada em meu coração para sempre. Jamais vou te abandonar, estarei para sempre ao teu lado”. Cristiane teve queimaduras leves nos braços, que, posteriormente, poderiam ser curadas e não ficaria cicatriz, mas no rosto as queimaduras foram fortes, foi tão forte que a deixou cega. Os médicos disseram a Isaque que com o tempo ela poderia receber uma córnea nova e voltar a enxergar, só não garantiam a restauração do rosto. Isaque não se importou quanto tempo que teria que esperar para que a esposa voltasse a enxergar, pois isso seria muito


Amor Incondicional a Dois

79

importante para ela, além do mais, ela tinha perdido a alegria por estar cega, mas Isaque continuava com o mesmo carinho, ou até mesmo maior. Foram cinco anos de terapias intensivas e procura de um doador de córnea. Os médicos ficaram impressionados com o amor que Isaque tinha por Cristiane. Um médico cirurgião plástico ficou tão impressionado com a história de amor que Isaque tinha por Cristiane, que resolveu fazer o tratamento gratuito em sua clínica particular. Depois de ter passado cinco anos de tratamento intensivo, Cristiane conseguiu receber uma córnea compatível e volta a enxergar. Ainda meio apavorada com as marcas no rosto, segue mais um ano em tratamento na clínica particular do médico cirurgião plástico, que, com muito custo, consegue o milagre de reconstruir o rosto de Cristiane. Cristiane ficou muito feliz. O que aconteceu com o casal foi de extrema importância, pois eles aprenderam a estar ainda mais juntos e saber a diferença de quem diz que ama da boca para fora e de quem ama de verdade. O que Isaque fez foi lutar pela felicidade de Cristiane, e quem ama de verdade luta por isso, mesmo que seja difícil. Quem ama de verdade não abandona o outro na hora que mais precisa, ele auxilia. A história de Isaque é tão impressionante que ele arrumou um emprego noturno para que durante o dia ele estivesse junto da esposa cuidando dela em todo o tempo. Dando comida, arrumando a casa, dando banho, fazendo tudo o que ela precisava. Agora, eu pergunto: Quantas pessoas abandonando umas as outras, acreditando que tem um problema? Novamente, eu pergunto: “Que problema você tem? Você não tem problema algum, você tem é falta de amor, você tem é incapacidade de conviver, você quer ser o dono da razão, nunca quer ‘dar o braço a torcer’ ”. Se você quer ter um amor incondicional a dois, reflita sobre esta história e veja se realmente se você tem um problema. O problema pode estar em você e não na pessoa com que você se relaciona. Seja feliz, ame de verdade. Continue amando mesmo


80

Amor Incondicional a Dois

depois de um caos. Suporte, pois esta história poderia ser a sua. É na hora difícil que sabemos se o amor é verdadeiro ou é artificial.


Amor Incondicional a Dois

81

No amor incondicional não existe ditadura A alta medicação pode gerar graves problemas “Ele me trata mal. Ele pensa que só ele tem razão, nunca me dá. Hoje, tenho muita raiva, dá vontade de matá-lo”, expôs Brunela, revoltada com o casamento com Augusto”. Brunela já não suportava mais ver Augusto, mas não se separava porque tinha medo do que ele pudesse fazer contra si próprio, afinal, ele era um descontrolado. Brunela resolveu ir para a casa dos pais passar umas férias, como Augusto não tinha um bom relacionamento com os sogros não a acompanhou. Ela ficou lá mais de trinta dias, deixando até mesmo Augusto preocupado, afinal, ela não ligava nem ao menos para perguntar como ele estava. Vendo aquela situação, Augusto resolveu ir à casa dos pais de Brunela. Chegando lá, ela não estava. Ela tinha ido para a casa de uma amiga em outro estado e havia deixado um recado: “Augusto, não aguento mais você tentando me controlar e sempre dizendo que está com a razão. Vou dar um tempo para você pensar um pouco na sua vida. Que você busque um tratamento psicológico, pois você não tem domínio próprio, deixa ser influenciado por qualquer um. Caso você se trate e melhore, no tempo certo minha mãe ligará para mim”, finalizou Brunela a carta. Augusto se desesperou naquele momento. Foi correndo para a casa de um amigo que sempre o dava alguns conselhos. “Você disse que era para eu tratar minha mulher como se eu fosse dono dela, mas ela não aceitou e foi embora. E agora, o que eu faço da minha vida?” Imediatamente, o amigo responde, ironicamente: “Esquenta cabeça não, ela foi embora, mas você arruma outra!”. Decepcionado com o amigo, Augusto saiu dali e foi em busca de um psicólogo. No psicólogo, após contar toda a história, ele recebeu o conselho para ter domínio próprio. Se Augusto quisesse ser feliz não poderia ser influenciado por ninguém, pois isso estava gerando nele o altruísmo, um sentimento de desapego


82

Amor Incondicional a Dois

que poderia gerar consequência gravíssima no futuro. No tratamento, ele aprendeu que precisava desenvolver o dom de amar como é dito na Bíblia Sagrada em Romanos 13: 10: “o amor não faz mal ao próximo”. As atitudes de Augusto estavam matando o amor que a esposa sentia por ele, e, automaticamente, o amor dele por ela também. Augusto era uma pessoa que pensava que todas as suas escolhas geravam ganhos, mas que, na verdade, eram escolhas imaturas, que geravam perdas. Augusto era incapaz de se colocar no lugar de Brunela, por influência de amigos ele começava a desenvolver dentro de si um amor desinteressado no que pensava seu cônjuge. Desenvolvendo, assim, uma espécie de ditadura dentro de casa. Com três meses de terapia ele entendeu que deveria amar Brunela mesmo ela tendo defeitos. Aprendeu que mesmo que ela não tivesse razão ele teria que ouvi-la e se colocar no lugar dela. Augusto aprendeu a desenvolver um amor sem maldade, que não pensa em apenas levar vantagem. Hoje, Augusto e Brunela vivem uma bela história de amor, aprendendo um com o outro os mistérios da vida. Quem ama de verdade não procura os maus amigos para aconselhá-lo. O amigo de Augusto vivia os traumas de uma infância mal vivida junto à família, e por ser rude e não desenvolver atitudes de amor no coração queria passar e sua influência na vida de Augusto. Se Brunela não tivesse a audácia de sair de casa e forçar Augusto a se tratar, talvez hoje essa fosse mais uma história frustrante. Se você se sente incapaz de desenvolver o verdadeiro amor que é ensinado desde os tempos antigos pela bíblia sagrada, não tenha vergonha, procure um psicanalista ou psicólogo, aprenda com quem sabe, mas não busque qualquer receita por aí. Como todos já sabem “a alta medicação pode gerar graves problemas”.


Amor Incondicional a Dois

83

Eis aqui uma nova família O novo, quando usamos na forma correta vamos usar durante um bom tempo Como diz um dos mais antigos ditados populares: “Se conselho fosse bom a gente não dava, vendia”. Este é um ditado verdadeiro na vida do ser humano, pois este tende a viver segundo os seus próprios conhecimentos e não quer ouvir verdades que podem contribuir para o futuro de suas vidas. Péricles é um homem muito bom e que há dez anos vive ao lado de Núbia. Péricles é um homem que quer viver de acordo com os princípios que aprendera com seus pais. Ele quer ensinar aos filhos da mesma forma que seus pais o ensinaram. Quando Núbia corrige do jeito dela, ela é confrontada pelo marido dizendo que ela está ensinando errado. Apesar de Péricles ser uma pessoa muito generosa, que auxilia a esposa nos afazeres de casa, Núbia já não estava mais o suportando em casa. A vontade de Péricles era tão grande de ser parecido com os pais no modo de viver e de seus ensinamentos, que Núbia agradecia a Deus quando ele demorava a chegar em casa. Um dia, Núbia teve uma discutição feia com Péricles. Ela disse que iria voltar para casa dos pais e que era para ele procurar um psicólogo ou alguém para o ajudar, porque daquele jeito não dava mais. Ele chorou muito e dizia para ela ficar, pois ele iria mudar. Mas Núbia disse que não iria ficar, pois já havia prometido isso antes e não havia mudado. Núbia se foi, deixando o marido e os dois filhos. Ainda desesperado, Péricles sai à procura de um psicólogo. Ao chegar ao consultório do psicólogo, ele conta toda a história, e no primeiro momento o profissional não percebe nada demais em Péricles. O psicólogo percebeu que ele estava escondendo alguma coisa, mas naquele dia resolveu não sondar mais. Em mais uma sessão com o psicólogo ele perguntou se não tinha mais nada a dizer. E Péricles respondeu que não. Ele perguntou pela segunda vez. Ainda gaguejando, confessou como


84

Amor Incondicional a Dois

se comportava dentro de casa. O psicólogo percebeu que Núbia estava se sentindo sozinha, como se ela não tivesse razão em nada. Depois de confessar tudo, o profissional da psicologia pediu para que ele imaginasse tudo ao contrário, como se tudo isso estivesse acontecendo na vida dele. Imediatamente, Péricles quis desconversar falando da família de Núbia. O doutor pediu para que ele esquecesse a família dela e pensasse apenas nas atitudes. Péricles começou a se derramar em lágrimas, pois começou a perceber o quão cruel ele estava sendo. Ele percebeu que a mulher não precisava de carro do ano, salão de beleza, salão de estética para ser feliz. Ele percebeu que ela precisava ser ouvida e que ele precisava permitir que ela realmente fosse parte da vida dele. Na cerimônia de casamento, quando o religioso falou para o casal que ambos se tornariam uma nova família, Péricles deixou passar despercebido. O psicólogo fez com que ele entendesse que por mais que a família dele fosse um exemplo de vida, ele não poderia ficar focado no passado, e que Núbia precisava participar das decisões, das atitudes com os filhos, afinal a família não era apenas dele, mas do casal. Muitas vezes não damos o devido valor para o significado das palavras. Quando falamos de novo, nós estamos falando de algo que ainda não foi usado, o novo só vamos saber se é bom quando começamos a usar. Por experiência própria, o novo, quando usamos na forma correta, vamos usar durante um bom tempo. Para vivermos um amor incondicional a dois precisamos entender que quando casamos somos uma nova família, e sendo uma nova família, por mais que nossos pais sejam exemplos, temos que desenvolver novas formas, amando um ao outro, sabendo que o novo pode trazer surpresa bem mais agradável. Seguir tradições pode ser bom, mas concordar inconscientemente com elas pode trazer prejuízos eternos. Por sorte, Núbia amava Péricles e entendeu que ele tinha que procurar tratamento, mas em outros casos esse fato narrado poderia não ter um final feliz. Depois de dois meses de terapia, Núbia e Péricles voltam


Amor Incondicional a Dois

85

a viver juntos. Hoje, ele ainda está se cuidando, mas já percebe que a vida mudou muito. Péricles não mais idolatra os pais, mas os amam e tem um carinho muito grande por eles. Hoje, Núbia consegue desenvolver um bom diálogo com o marido e com os filhos e, assim, eles vivem um amor que promete ser eterno.


86

Amor Incondicional a Dois

O ciúme: Um mal no relacionamento O amor não se baseia em apenas palavras, mas em algo que vem de dentro do coração Muitos dizem que uma dose de ciúmes incrementa a relação, porém a lei de Deus é totalmente contrária a isso: “esta é a lei dos ciúmes, quando a mulher, em poder de seu marido, se desviar e for contaminada; ou quando sobre o homem vier o espírito de ciúmes, e tiver ciúmes de sua mulher, apresente a mulher perante o SENHOR, e o sacerdote nela execute toda esta lei. E o homem será livre da iniquidade, porém a mulher levará a sua iniquidade”, Nm 5:29-31. Sheila era dona de uma cafeteria. Uma pessoa íntegra que em nenhum momento deu motivos para que o marido Marcelo desconfiasse dela. Mesmo sem motivos, Marcelo “morria” de ciúmes de Sheila, mas não tinha coragem de comentar com a esposa. Sempre que ele queria demonstrar o que sentia se alcoolizava para tomar coragem. Por mais que Sheila o amasse, ela não estava suportando o que estava acontecendo entre eles. Era só Marcelo tomar umas doses de “álcool” que ficava revoltado e jogava tudo para fora. Isso foi acontecendo como uma rotina de vida. Para dar um basta nesta história, Sheila avisou para Marcelo que se ele continuasse bebendo ela se separaria dele. Sem muito discutir, ele concordou. O tempo foi passando e as coisas melhoraram muito, mas a melhora do relacionamento dos dois não estava agradando o pai de Marcelo, afinal, ele não queria que o filho ficasse casado com Sheila. Em poucas palavras o pai de Marcelo sempre jogava umas “conversa fora”, dizendo que o povo não tinha inveja do casamento deles, e que ele tinha que ver melhor esta situação. Marcelo começou a desenvolver em sua mente muitos episódios negativos em relação à esposa. O ciúme passou a ser até inconveniente. Muitas vezes ele chegava e a esposa estava atendendo um cliente, e se esse cliente tivesse uma aparência que se destacasse, ele logo perguntava por que ela estava tratando o


Amor Incondicional a Dois

87

cara tão bem, o que, de fato, não era uma verdade, afinal, Sheila tratava todos com igualdade. Realmente a mente de Marcelo já estava “inundada” pelo ciúme. Um dia, o pai de Marcelo o chama para dar uma volta. Era quase na hora do almoço, e mesmo sem almoçar ele saiu com o pai. Chegando num bairro distante de casa, os dois começam a beber uma cerveja e durante todo o tempo o pai ficava “enchendo a cabeça” de Marcelo que a mulher dele estaria o traindo. Marcelo bebeu a manhã e a tarde toda, já muito mal voltou para casa. Ao chegar em casa, Marcelo pegou um pedaço de madeira e foi para a Cafeteria de Sheila e começou a quebrar tudo e a gritar com ela. Cada madeirada que dava, ele ficava mais nervoso. Naquele momento, ele só sabia falar palavras absurdas a Sheila. Ela saiu no desespero, passou em casa, arrumou as malas e voltou a morar com a mãe. Analisando a atitude de Marcelo, seguindo critérios de meus amigos psicólogos, chegamos à conclusão que o ciúme é um sentimento desconfortável que nos desequilibra e enfraquece. Tomados pelo ciúme, sentimos que somos traídos por nós mesmos, afinal, sentimos o que não deveríamos sentir! O ciúme nos divide internamente. Enquanto um lado de nosso ser brada por atenção ao sentir-se excluído, outro lado nos reprova por esta mesma atitude. O ciúme ameaça destruir a ordem e a estabilização emocional de um relacionamento. Por amar demais Marcelo, Sheila pediu para que ele procurasse um psicólogo para fazer um tratamento, assim depois voltariam a se relacionar. Marcelo concordou e se confronta com a realidade em busca de evidências na terapia. Ele está à procura de ajuda para saber o porquê do ciúme obsessivo e entender o modo de funcionamento de seus pensamentos e fantasias. Além da terapia, Marcelo também procurou restabelecer um relacionamento com Deus, no qual há muito tempo ele não tinha. Além da ajuda na terapia, Marcelo começou a ler e a entender a vida de Jesus. Ele passou a olhar a vida de Jesus e como amava cada ser humano. A terapia e o amor de Jesus têm mudado a vida de Marcelo, e creio que, em breve, estará


88

Amor Incondicional a Dois

de volta ao amor de Sheila. Nós precisamos entender que cuidar da pessoa que amamos não é o mesmo que ciúmes. Muitos dizem que até Jesus tem ciúmes de nós. É claro que sim, mas eu traduziria o ciúme dEle como cuidado para com seus filhos. A Bíblia Sagrada não enfatiza e não nos mostra em momento algum que Deus tem ciúmes da gente de tal forma que Ele seria capaz tirar nosso livre árbitro. Ao contrário do ciúme que o ser humano tem desenvolvido, que é contra a visão de Deus. Muitos homens e mulheres estão se matando hoje em dia por causa desse tal ciúme, e que, muitas vezes, dizem que o matam porque amam. O amor não destrói, o amor constrói. O amor não vigia, o amor confia. O amor não se baseia em apenas palavras, mas em algo que vem de dentro do coração. O amor não confia em outras pessoas que não está no relacionamento, ele age de forma racional. Antes de ouvir alguém, ouça primeiro o seu coração. Se algo estiver errado, a tranquilidade por si só trará a verdade. Para vivermos um amor incondicional a dois precisamos deixar o ciúme e cuidar de quem amamos.


Amor Incondicional a Dois

89

Não se paga com a mesma moeda A traição é algo que separa o homem ou a mulher de Deus Jesus ensina em suas passagens bíblicas, segundo escreveu o médico Lucas, “que se alguém te ferir numa face, oferece-lhe também a outra”, parece ser difícil isso, mas é um ensinamento que Jesus deixou para nós. Esse ferir uma face não significa que isso possa acontecer fisicamente, mas um aconselhamento para que não “paguemos com a mesma moeda”. Caetano e Caroline são casados há quinze anos. Para Caroline, Caetano é tudo, um homem exemplo a ser seguido, o que ela não sabia é que ele se mostrava um homem justo e sabia muito bem esconder os vacilos que deu. Depois de cinco anos casados, uma moça bate à porta do casal querendo falar com Caetano. Sem desconfiar de nada, Caroline o chama e deixa os dois conversarem. Quando ele entra na casa, ela pergunta quem é a moça e ele diz que é uma companheira de trabalho. Durante um mês ela apareceu cinco vezes na porta da casa do casal, querendo falar com Caetano. No quinto dia, Caroline ficou curiosa e ficou no canto da janela escutando o que os dois conversavam. Caroline descobre que aquela era a amante de Caetano e que ele tinha um filho com ela, mas ele não estava pagando a pensão. Aquele descobrimento veio como uma bomba no casamento do casal. Foram oito meses de muita conversa, briga e pedido de perdão por parte de Caetano. Caroline acreditava que o casamento não poderia acabar antes de começar e deu uma nova chance a Caetano. Os anos se passaram, mas em momento algum a questão da traição tinha saído da mente de Caroline. Era como se a desconfiança fosse a maior companheira de Caroline. Num dia de turbulência, o casal procurou uma igreja, e neste dia eles se converteram a Jesus, tornando cristãos, afinal, antes não queriam nem saber de igreja. Um dia, Caetano deu uma vacilada e não pagou a pensão


90

Amor Incondicional a Dois

do seu filho que tinha fora do casamento, e a mãe do menino veio cobrá-lo novamente. Caroline ficou furiosa e Caetano agiu com agressividade com ela. Naquela noite, Caroline se transformou, dizendo na mente que iria o trair, tomando a atitude de “dar o troco”. Saindo de casa chorando, Caroline entra num ônibus, imediatamente o motorista viu aquilo e pediu para que ela se sentasse na frente, e ali ela se sentou. Durante a viagem ela não falou muita coisa do que havia acontecido, mas Caroline foi até o ponto final daquele ônibus. Ao chegar lá, ela desabafou, colocou tudo para fora. Imediatamente, aquele motorista consolou Caroline, dizendo que sofria a mesma coisa em casa. Depois daquele momento, ambos trocaram o telefone e ficaram de se falar. Um dia, à noite, ele ligou, e, sem muita conversa, a convenceu de levá-la a uma pousada e ficarem juntos. Naquela noite, ela deu o troco. Caroline entrou novamente em crise no casamento. Só queria saber de ter momentos íntimos com o amante. O marido começou a desconfiar, mas não falava nada, pois ela escondia-se na religião, dizendo que ia a uma irmã de oração. Essa loucura aconteceu durante um ano, e Caetano descobriu, mas como havia vacilado no passado, preferiu ficar quieto e fingir que nada tinha acontecido. Um dia, Caroline pediu o divórcio, dizendo não amava mais Caetano. Ele até concordou, mas no dia da audiência ele rasgou na frente do juiz os papéis da separação e disse que a amava e que não queria se separar dela. O fato chamou a atenção de toda aquela vizinhança e comunidade, o casal conseguiu voltar às boas, mas tiveram que se mudar daquela localidade. Considerado uma “bacia de água suja”, o casal está novamente junto. Mas será que eles são felizes mesmo? E a confiança, onde está? Devido a tudo o que aconteceu, acredito que esse casal vai viver o tempo todo desconfiando um do outro. A confiança é tudo, quando se perde muda todo o cenário. Antes de tudo, Caroline teria que saber com quem estava se casando, afinal, os pais dela não aprovava esse casamento. Quando os pais aconselhavam sobre o rapaz, eles queriam o melhor para a filha, mas a filha não deu a mínima.


Amor Incondicional a Dois

91

Depois aconteceu o que aconteceu, mas os pais já haviam avisado. Ao invés de ouvir a voz dos pais, preferiu sofrer as consequências, as quais mudaram o caráter de Caroline, afinal, ela envergonhou os princípios cristãos, se escondendo na religião e fazendo ato que nunca fora do seu caráter. Não pague com a mesma moeda. Sejam sábios, se os princípios familiares não convêm com o ocorrido, se separe. É muito triste falar e aconselhar para que haja uma separação, mas a atitude de traição é algo que separa o homem ou a mulher de Deus e, consequentemente, da vida conjugal. Para que fatos tristes como este não aconteça, seja sábio, escute o coração, mas também escute as outras pessoas, principalmente a voz de Deus, pois o nosso maior manual diz bem claro em Mateus 19, versículo 6 “...o que Deus ajuntou não o separe o homem”. Se for direcionamento de Deus, tenha certeza que tudo dará certo, mesmo que haja as dificuldades, saiba que Deus estará dando o auxílio. Amor incondicional a dois, não aceita a infidelidade. Alguém pode ter a crueldade de dizer que nesta frase há condição, sim. Há condição, mas são condições saudáveis de quem tem caráter humano e, acima de tudo, de Deus. Se você está pensando em se casar, ou estiver casado e fala para si mesmo que se não der certo você se separa, pare com isso, procure viver uma vida de caráter. Se você não tem caráter, procure, pois com certeza você encontrará. Se você é cristão de verdade, saiba que é inadmissível ser infiel. Pense que a infidelidade custou a vida do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Jesus poderia ter sido preso de qualquer outra forma, mas Ele queria mostrar para nós, seres humanos, quanto pode custar um momento de infidelidade.


92

Amor Incondicional a Dois

Infidelidade, condenação divina O amor incondicional a dois exige que sejamos leiais uns aos outros Traição, deslealdade, perfídia, perigosa, atenta intencionalmente contra a segurança da nação, essas são algumas das palavras que se encaixam à infidelidade. A Bíblia Sagrada nos relata que a traição é quando Satanás entra no corpo de alguém e manipula suas ideias. Em Lucas 22:3 diz que “entrou, porém, Satanás em Judas, que tinha por sobrenome Iscariotes, o qual era do número dos doze”. Judas deixou ser manipulado pelo inimigo e aceitou a traição. Quando ele foi até o encontro de Jesus no Monte das Oliveiras, com um beijo O entregou. Um beijo de morte e não de amor, um beijo de tristeza e não de alegria. Ironizo eu, quando você trai uma pessoa, você é comparado a Judas Iscariotes, você é uma ameaça. Muitos momentos de minha vida se passam dentro de um ônibus, onde vejo pessoas de várias etnias e raças. Durante esses momentos, escuto muitas coisas, coisas boas e ruins. O que mais me chama a atenção é a quantidade de pessoas sem caráter que encontro dentro desses coletivos. Muitas pessoas dizem descaradamente que estão traindo o marido ou a esposa. Dizem que traem porque os ideais não são iguais, dizem que traem, pois querem experimentar algo novo, dizem que traem para dar o troco, dizem que traem para satisfazer seu próprio corpo. O que me deixa triste é a falta de amor das pessoas. As pessoas deixam ser dominadas por Satanás (o inimigo) e se esquecem de Jesus. São como Judas que não pensam nas consequências vindouras. Preferem o Diabo em suas vidas a Jesus Cristo. A humanidade precisa deixar os sentimentos de prazer momentâneo. A humanidade precisa se entregar mais para vontade de Cristo em suas vidas. O nosso mundo está como está hoje por falta de amor que começa em casa. Que possamos respeitar para sermos respeitados, que possamos ouvir mais a voz de Jesus do que a do inimigo. Que


Amor Incondicional a Dois

93

possamos entregar nossas vidas nas mãos de Jesus para que Ele nos guie por caminhos certos. A Bíblia nos diz que o caminho largo leva à perdição, mas o caminho estreito nos leva à vida eterna. Que possamos andar por caminhos estreitos. O amor incondicional a dois exige que sejamos leiais uns aos outros.


94

Amor Incondicional a Dois

Matar gera apenas dor Relacionamento que começa errado não existe possibilidade de existir um amor incondicional Um dos fatos que mais me chamaram a atenção ao escrever este livro foi a violência familiar. Pode-se dizer que em muitos dos casos de brigas familiares que geram ferimento ou até mesmo morte procedem da falta de paciência e do autocontrole. O ser humano nos dias atuais não se preocupa com as consequências, simplesmente cometem suas promiscuidades sem pensar, sem se controlar. Usam e abusam dos seus cônjuges, tendo relações íntimas com vários parceiros, rebelando-se contra as leis do amor. O pecado, o erro dos humanos fez com que Deus se entristecesse, destruindo a cidade de Sodoma e Gomorra. Deus também destruiu toda a terra nos tempos de Noé pela falta de amor e princípios que havia na terra. E, hoje, como deverá estar o coração de Deus diante dos pecados de promiscuidades dos seres humanos? Acredito que Deus deve estar novamente magoado, afinal, Ele nos deixou belas histórias para que aprendêssemos, mas muitos não têm dado crédito. Leandro vive uma história extraconjugal e é líder espiritual em uma instituição religiosa. Como não bastasse queria ter uma terceira pessoa, fato que não aconteceu. Sunami é a esposa de Leandro e Lizla é a amante. Sunami sabe que Leandro tem um caso extra, mas quer resolver o assunto sem separação e mostrando que ela pode mais que Lizla. Um dia, à noite, Sunami vai a uma igreja e chegando lá encontra o orador falando sobre maldade no coração, mas ela não deu crédito. Saindo da igreja viu uns rapazes num beco escuro, sem medo algum entrou naquele beco e convenceu um dos rapazes a vender uma arma de fogo para ela. Quando Leandro saiu da casa de Lizla ele esqueceu o portão aberto, Sunami já estava na esquina esperando ele sair. Leandro passou perto de Sunami e nem percebeu a presença dela. Quando ele entrou no carro e saiu, Sunami entrou na casa de Lizla e sem falar uma


Amor Incondicional a Dois

95

palavra deu três tiros à queima roupa. Saindo dali jogou a arma do crime no rio de grande correnteza. Leandro chegou em casa e nem percebeu que Sunami não estava em casa, afinal, ele não mais dormia na mesma cama que ela. Ao saber da notícia da morte de Lizla, Leandro ficou meio assustado, mas dois meses depois já havia esquecido e começado um relacionamento com outra amante. Sunami já não dormia pelo peso que estava sobre ela, e Leandro não estava nem aí pela morte de Lizla. Quando Sunami descobriu que Leandro já estava se envolvendo com outra ela caiu em si e se perguntou: “o que eu fiz da minha vida, o que estou fazendo casada com esse homem? Bem que minha mãe falou que eu que o amava, mas ele não me amava”. Depois de um ano de pesadelo, Sunami foi à polícia e se entregou. Na época, a polícia acreditava não ter como descobrir quem cometera aquele crime, afinal, eles não encontravam a arma do crime. Ao se entregar, Sunami foi julgada e pegou apenas oito anos de prisão. Quanto ao marido, ele pouco se importou, tanto que ele levou a nova amante para morar dentro da casa que vivia Sunami. O que me assusta nesta história é saber que Sunami sabia do mau caráter que tinha Leandro, mas ela se achou capaz de mudá-lo. O crime que ela cometeu foi no desespero de ter o marido só para ela. Ela acreditava que matando Lizla o caminho ficaria livre para que ela desenvolvesse amor no coração de Leandro. Mas como desenvolver amor no coração do marido se ela não teve controle sobre si mesma? Como desenvolver amor se a atitude dela foi de maldade? “Amarás a teu próximo como a ti mesmo”. É assim que Deus nos ensina. Se Sunami cometeu essa atrocidade é porque faltava amor no coração e se falta amor no coração é impossível desenvolver amor por outra pessoa. Na verdade, podemos dizer que existia amor no coração de Sunami, mas ela não sabia como administrá-lo, não soube em nenhum momento desenvolver o autocontrole e a paciências. Agora Leandro só queria viver paixões, coisas passageiras e tê-la para mostrar para a sociedade que ele era um homem de


96

Amor Incondicional a Dois

bem. Leandro foi criado por pais separados desde os seus seis anos de idade, e tanto a mãe quanto o pai passavam para ele que a vida era para ser curtida e que o amor não existia. Essas frases foram desenvolvendo o caráter dele, e mudar esse caráter seria uma tarefa muito difícil. Eu sempre digo que nós seres humanos temos que parar de agir apenas por impulso. A construção do amor a dois tem que ser criteriosa, pois se durante o namoro existem coisas que podem afetar a vida conjugal no futuro é bom que não se case. Infelizmente, Sunami fez a escolha errada e de certa forma fez o juramento de ficar com Leandro para sempre, mas diante das circunstâncias ela teria que ter agido com paciência e se separado dele. Volto a dizer que as escrituras dizem em Mateus 5:31: “Também foi dito: Qualquer que deixar sua mulher, dê-lhe carta de divórcio”. Ela estaria errada? Não está, afinal, ele a abandonou buscando fora os prazeres da carne, cometendo assim adultério. Eu acredito que esta lei fora descrita nas escrituras de forma que o ser humano se torne íntegro e não cair no erro, pois Deus diz claramente que o que Deus ajuntou não separa o homem. Mas seria Deus que teria ajuntado Sunami a Leandro? Acredito que não. Ela agiu de acordo com suas próprias vontades. Sunami deveria ter pensando antes de se casar, pois hoje ela sofre sérias consequências. A separação seria justa, afinal, Leandro é uma “madeira que nasceu torta e que nunca iria se endireitar”. Se Sunami tivesse a virtude de suportar as dores, os infortúnios da rejeição, ela não estaria presa e condenada a oito anos de prisão. Melhor, se ela tivesse pensado antes de “embarcar neste barco furado” ela, hoje, poderia estar feliz, tendo para si um amor incondicional. Relacionamento que começa errado não existe possibilidade de existir um amor incondicional.


Amor Incondicional a Dois

97

Cure as feridas antes de se relacionar Os traumas do passado podem prejudicar pessoas que não merecem Maria se apaixonou por Afonso. Amou-o intensamente. Para Maria era Deus nos céus e Afonso na terra. Se alguém falasse algo que afligisse o estilo de vida de Afonso, Maria o defendia em todo o tempo. Era um amor intenso e sem medidas. Foi um amor muito intenso por parte de Maria, mas por parte de Afonso não foi o bastante para ser eterno. Na noite de aniversário de casamento, Maria descobre que Afonso a traía há seis meses. Foi algo que a deixou muito abalada. No primeiro momento ela quis até dar um fim na própria vida, mas o remédio que ela tomou foi fraco e ela conseguiu sobreviver. Maria foi vítima de ato insolente e isso a magoou muito. Foi tão forte que ela teve que viver à base de remédios controlados durante um ano. O coração de Maria ficou “em pedaços”, tornando, assim, uma tarefa muito difícil se reerguer. Em um determinado momento, Maria já se sentia melhor, mas não o bastante para encarar uma nova relação, mas ela queria assim mesmo. Um dia, teve a oportunidade de conversar com um rapaz que, no meio do jantar, já saiu desesperada, ela teve a sensação de estar com o ex-marido Afonso. Ela quis colocar em seus pensamentos que nenhum homem “presta” e a partir daí foi desgostando literalmente do amor. Um dia, tive a oportunidade de ouvir um pouco do que se passava na mentalidade de Maria. Ela jogou tudo para fora. Disse-me tudo que estava preso em seu interior. Naquele dia, pude perceber que estava diante de um caso muito sério e que eu poderia tentar ajudar a resolvê-lo, mas que após nossa conversa ela teria que procurar um profissional da psicologia. Eu a aconselhei a perdoar o ex-marido. Perdoando o ex-marido ela teria a oportunidade de começar a se curar. E o perdão seria simplesmente para ela se libertar do que a prendia e ela não teria que voltar a morar com ele, afinal, tinha perdido a confiança dele, o que é mais importante na vida a dois.


98

Amor Incondicional a Dois

Falei para ela procurar um psicólogo e se curar dos traumas vividos, antes de se envolver com alguém, pois não adiantaria nada satisfazer os desejos do corpo se a parte mental conjuntara revolta e repúdio. Ela me ouviu atentamente e disseme que procuraria um profissional. Hoje, Maria está curada. Pôde perceber que os seres humanos não são todos iguais. Aprendeu que as atitudes praticadas por um não serão, necessariamente, as do outro. Mudou o modo de pensar com relação a um amor que é de verdade e a outros que são por mero interesse. Maria é uma mulher muito rica, Afonso havia se casado com ela fazendo juras de amor, mas pensando nos bens que ele poderia desfrutar. Maria não soube analisar se o amor que ela sentia por Afonso era o mesmo que ele sentia por ela, simplesmente se entregou. Veio um questionamento na redação da revista que edito: o divorciado pode se casar? A resposta veio: depende da situação. Se a separação aconteceu de forma “infantil”, por coisas pequenas, é bom que não se case novamente até que tenha a certeza das atitudes que estão sendo tomadas, afinal, uma boa reflexão pode reconstruir um relacionamento que, para muitos, já passou da validade. Como já falei antes, casamento não é só sexo, temos que ser maduros o suficiente para não brincar de ser casado. No caso de divórcio por traição ou agressão física, como falei antes, o primeiro passo é procurar se curar internamente. Os traumas do passado podem prejudicar pessoas que não merecem. E um trauma ativo pode gerar mais traumas e se tornar algo irreversível. É possível viver um amor incondicional a dois mesmo depois da “dor”, mas antes procure a cura.


Amor Incondicional a Dois

99


Amor Incondicional a Dois

100

Epílogo Meu objetivo é mostrar para a sociedade que nós vivemos num mundo de descrença, mas que é preciso preservar o nosso caráter e termos amor para com o nosso cônjuge, e também mostrar aqueles que têm intenção de se relacionar e um dia se casar que podemos fazer a escolha certa. Ao montar uma matéria especial para a revista da qual sou editor, me deparei com dados que me deixaram assustado. E um desses dados era a quantidade de pessoas se divorciando, seguido por pessoas que abandonam o lar, agridem maridos e esposas, gerando até morte. Esses dados me deram mais motivação para que o livro surgisse, afinal, seria uma falta de amor da minha parte se vivesse esse amor, mas não o dividisse com a sociedade. Muito se fala de amor nesses últimos dias, mas de um amor passageiro que foge da vontade de Deus. As letras das músicas contrariam a vontade de Deus para o ser humano e ele próprio sofre com as consequências. Dados de outra matéria que fiz para a revista aponta que um filho sem a companhia do pai e da mãe vivendo todos os dias juntos tem a grande chance de se tornar um criminoso. Como seria bom se o ser humano se atentasse para esses dados tão alarmantes e vivesse uma vida de integridade, talvez o mundo fosse mais justo, os filhos menos rebeldes e a sociedade mais feliz. É uma pena que concordar com um bom conselho é mais difícil que seguir as paixões de um insensato coração.


Amor Incondicional a Dois

101

Agradecimento Primeiramente quero agradecer a Deus por me ter concedido essa maravilhosa bênção de escrever. Em seguida, agradeço a todas as pessoas que se dispuseram a contar suas histórias para mim. Eu sei que suas histórias auxiliarão muito a vida das pessoas. Quero agradecer, também, à minha esposa, Fernanda dos Santos Liberato Couzaquevite, que muito me deu forças e contribuiu para que finalizasse este livro. Quero também agradecer aqueles amigos que deram sugestões para que procurasse histórias que poderiam, de alguma forma, ajudá-los ou para servir de auxílio para outras pessoas. Não quero cometer erros citando nomes, afinal, posso cometer o erro de não citar o nome de alguma pessoa. Quero também agradecer à Néia Gava, que se propôs revisar o livro como se fosse uma obra dela. Ao Tiago Rocha que abraçou a ideia, publicando o livro pela Da Hora Editora.


Amor Incondicional a Dois

102

Ficha Técnica Copyright © 2013, Da Hora Editora. Escritor: Anderson Couzaqueviti Imagem da capa: Identidade Soluções Revisão: Néia Gava Arte e Impressão: Identidade Soluções Editora: Da Hora Editora Fica proibida a reprodução parcial ou total de qualquer parte do mesmo sem a autorização prévia do autor. Lembrando que a pirataria é crime e dá cadeia.


Amor Incondicional a Dois

103


104

Amor Incondicional a Dois


Amor incondicional a dois