Issuu on Google+

guia > CENTRO DRAGÃO DO MAR DE ARTE E CULTURA > ESCOLA DE ARTES E OFÍCIOS THOMAZ POMPEU SOBRINHO > CENTRO CULTURAL BOM JARDIM

DragãodoMar

novembro2012

EXEMPLAR GRATUITO

INSTITUTO

ESPECIAL

Nós que amávamos tanto a Revolução SEMINÁRIO • LANÇAMENTO DE LIVRO • DOCUMENTÁRIO UMA NOITE EM 68 • EXPOSIÇÃO MARIGHELLA

EXPOSIÇÃO SALVADOR DALÍ . SESI BONECOS. FERNANDO CATATAU.

CÉU. JENECI. ZÉLIA DUNCAN

Guia Dragão do Mar

1


guia

novembro2012

INSTITUTO

DragãodoMar

> CENTRO DRAGÃO DO MAR DE ARTE E CULTURA > ESCOLA DE ARTES E OFÍCIOS THOMAZ POMPEU SOBRINHO > CENTRO CULTURAL BOM JARDIM palavra do presidente > Quando pensamos na criação do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, mais do que um equipamento de grande porte, imaginamos um Centro de formação, criação e difusão cultural. Neste novembro de 2012, exatamente no período em que se comemora a Semana Nacional da Cultura, o CDMAC inicia um novo momento da sua existência, quando faremos um esforço concentrado para atingirmos estes sonhados objetivos estratégicos. Dia 7 de novembro lançaremos um ambicioso projeto de formação em arte, com a retomada do centro de formação básica em cultura e a criação dos laboratórios de formação avançada. Neste mês, apresentaremos também uma programação na qual se inclui a tarefa de criar e difundir. O leque de opções culturais que oferecemos neste guia nos deixa certos de que o público vai ter agora a riqueza e a diversidade de ofertas culturais dignas dos melhores centros culturais do mundo. Começamos por dialogar com os cearenses e convidá-los e refletir sobre a ideia de Revolução dos anos 60 até os dias de hoje. Seminário, lançamentos de livro, documentário e um show, especialmente formatado pela equipe do Dragão, marcam este primeiro ciclo temático. Uma exposição de rara beleza traz o clássico Salvador Dalí numa das suas intervenções mais inventivas de sua carreira: são 105 litogravuras que ilustram a Bíblia sagrada, a partir de um perspectiva freudiana. Ao visitar esta mostra entendi porque Dalí influenciou profundamente Lacan. Com uma espetacular oferta de shows culturais – Céu, Catatau, Jeneci, Paula Tesser – e um colóquio inspirador sobre a juventude, completamos um menu cultural que vai comover e inquietar nosso público. É o começo. É uma mostra do que vamos buscar que se traduz numa das frases mais impactantes de 68: a beleza estética será convulsiva. Ou não será nada. É isso aí. O Dragão entrou em ebulição. > Paulo Linhares

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ Governador Cid Ferreira Gomes Secretário da Cultura Francisco José Pinheiro INSTITUTO DE ARTE E CULTURA DO CEARÁ Presidência Paulo Linhares paulolinhares@dragaodomar.org.br Diretoria de Planejamento e Gestão Maninha Morais maninhamorais@dragaodomar.org.br

EXPEDIENTE

Diretoria de Formação e Criação Bete Jaguaribe betejaguaribe@dragaodomar.org.br

Jornalista Responsável Luciana Vasconcelos (MTE CE2177JP)

Diretoria de Ação Cultural Isabel Andrade isabelandrade@dragaodomar.org.br

Projeto Gráfico, Edição e Diagramação Denise de Castro e Darwin Marinho

Diretoria Administrativa Financeira Valéria Sales valeriasales@dragaodomar.org.br

Textos Henriette de Salvi

Diretoria de Museus Valéria Laena laena@dragaodomar.org.br

Tiragem: 30.000

Ouvidora Samara Dias ouvidoria@dragaodomar.org.br

O Guia do Dragão do Mar é distribuído gratuitamente. Venda Proibida. * Programação sujeita a alteração


sumário

Nós que amávamos tanto a Revolução dia D da cultura

Centro Dragão do Mar

4

21

24

planetário

20 teatro

22 múltiplas linguagens

música

6

14 cinema

dança e literatura

Especial

28

23 dia a dia

32 EXPOSIÇÃO BÍBLIA SAGRADA

Escola de Artes e Ofícios

36

Centro Cultural Bom Jardim

38

Exposição Salvador Dalí

18


CENTRO

DRAGÃO DO MAR FOTO: DAVI PINHEIRO

DE ARTE E CULTURA

H

á 14 anos imerso no cenário cultural do Brasil, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura encanta, educa, entretém e inquieta os olhares para as múltiplas formas e expressões artísticas. Destaca-se como um ancoradouro das ideias e da criação cultural do Ceará, como a moradia dos bens culturais do nosso Estado e como difusor das artes e das culturas do país e do mundo. O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura é um equipamento do Governo do Estado, vinculado à Secretaria da Cultura e gerido pelo Instituto de Arte e Cultura do Ceará (IACC), também responsável pela gestão do Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ) e da Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho (EAO).

Estátua do Dragão do Mar Obra de Murilo Sá Toledo, a estátua do Dragão do Mar é uma homenagem a Francisco José do Nascimento, Chico da Matilde, o Dragão do Mar, jangadeiro herói que mudou o destino da história abolicionista no Ceará. Repetindo a frase “Ninguém embarca!”, Chico da Matilde, em ação de protesto, paralisou o porto de Fortaleza, impedindo a saída de escravos no Ceará, fazendo da província a pioneira na abolição da escravatura no Brasil. 4

Guia Dragão do Mar


Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura Dragão do Mar Educativo Planetário Agendamento

Informações: (85) 3488.8639

Museus Agendamentos

Os museus do CDMAC oferecem como atividade permanente o atendimento especializado ao público escolar, idosos, turistas e outros grupos, com agendamento prévio. O agendamento pode ser feito pelo telefone (85) 3488.8604 ou pelo e-mail: agendamento@dragaodomar.org.br. O serviço funciona de segunda a sexta, das 8h às 18h. Horários de funcionamento

O Memorial da Cultura Cearense (MCC) e o Museu de Arte Contemporânea (MAC) funcionam de terça a quinta, das 9h às 19h (acesso até às 18h30), sexta a domingo e feriados, das 14h às 21h (acesso até às 20h30).

Cursos

Técnico em Dança Informações pelo telefone: (85) 3219.0968

Bilheteria

Horários da programação fixa – como Domingo Musical, Quinta com Dança e Teatro da Terça – a bilheteria do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura abre com duas horas de antecedência dos espetáculos. Para as sessões no Planetário, a bilheteria abre às 16h. Para espetáculos e shows de produção externa, as bilheterias funcionam de acordo com a demanda de cada produção. No caso de eventos de grande porte, geralmente, é feita a venda antecipada de ingressos. Não trabalhamos com reserva de ingressos, lugares marcados e cartões de crédito ou débito. Estudantes, menores de 12 anos, maiores de 60 anos, portadores de deficiência e professores da rede pública de ensino têm direito à meia-entrada. É indispensável a apresentação de um documento que comprove o direito à meia-entrada, com exceção dos portadores de deficiência. Não será permitida a entrada de pessoas sem camisa ou vestindo roupas de banho, levando animais (à exceção dos casos previstos na Lei nº 11.126, que regulamenta o uso de cães-guia) ou portando alimentos e bebidas, nas salas de exposições, planetário, teatro e auditórios. O Centro Dragão do Mar possui estrutura adequada para receber portadores de deficiência. Esta programação está disponível para consulta também em Braille. Crianças menores de 10 anos somente poderão ingressar e permanecer nos locais de apresentação ou exibição quando devidamente acompanhadas dos pais ou responsáveis (Estatuto da Criança e do Adolescente - Art.75).

Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura

Rua Dragão do Mar, 81 - Praia de Iracema 60060-390 Fortaleza - CE Tel. 55 85 3488.8600 / 55 85 3488.8608

Horário de Funcionamento

De terça a quinta, das 8h às 22h, sexta a domingo e feriados, 8h às 23h www.dragaodomar.org.br www.twitter.com/_dragaodomar www.facebook.com/dragaodomar Ouvidoria Dragão do Mar Rua Dragão do Mar, 81 - Praia de Iracema 60060-390 Fortaleza - CE ouvidoria@dragaodomar.org.br Guia Dragão do Mar

5


Matéria de Capa

CICLO TEMÁTICO DE NOVEMBRO

Nós que amávamos tanto a revolução

“Vem, vamos embora, que esperar não é saber. Quem sabe faz a hora, não espera acontecer.” Os versos de Geraldo Vandré marcaram o ano de 1968 no Brasil. Lançada quatro anos depois da instauração da ditadura militar, a música surgiu como um grito de libertação que expressava grande descontentamento com a violenta repressão policial que se espalhava pelo país. Estudantes se organizaram em passeatas, manifestações e festivais para gritar pela retomada de seus direitos civis. A morte do estudante Edson Luís, em 28 de março, durante um protesto, foi o estopim para que cada consciência despertasse sobre a necessidade de atitudes significativas para combater o regime ditatorial. Em 26 de junho, 100 mil pessoas se reuniram numa marcha histórica. A chamada Passeata dos Cem Mil levou às ruas do Rio de Janeiro uma multidão contra a repressão e o autoritarismo, na reivindicação pela redemocratização e pelo fim da censura. Era tempo de reunir coragem para lutar por ideais que tomavam as ruas também em outras partes do mundo. E lá vinham eles, unidos, ávidos por liberdade de expressão. A resistência pela democracia resultou em prisões, torturas, exílios e no decreto do AI-5 (Ato Institucional nº 5), série de decretos que dava poderes extraordinários ao presidente e suspendia garantias constitucionais aos cidadãos. Por outro lado, fazia também emergir demonstrações fortes da democracia que a juventude brasileira tanto queria. Começava ali um movimento que seguiria por 20 anos, até que conquista do direito ao voto fosse obtida, com a realização da campanha pelas “Diretas Já”, em 1984. Toda essa efervescência social abriu espaços para uma série de lançamentos de produtos na área cultural, quando a arte tornou-se instrumento de manifestação política e transformação, imbuída de, muitas vezes disfarçada, forte crítica social. As mais diversas linguagens traziam em seu escopo elementos que tentavam driblar os agentes fiscais do governo. Foi nesse contexto, em meio aos festivais, que emergiu o Tropicalismo, quando artistas passaram a mesclar elementos tradicionais da cultura nacional, inovações 6

Guia Dragão do Mar


estéticas, sonoras, e letras com abordagens libertárias e ideológicas. Destacaram-se neste período personagens que viriam a mudar os rumos da música popular brasileira e influenciar as gerações seguintes, ícones como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Os Mutantes, Torquato Neto, Tom Zé, Jorge Ben, Gal Costa e Maria Bethânia. Para resgatar todo esse contexto de luta que marcou a história do Brasil e suscitou uma rica produção cultural no país, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura apresenta neste mês de novembro o ciclo temático “Nós que Amávamos Tanto a Revolução”. A partir de uma programação diversificada, você é nosso convidado a passear pelo passado.

Seminário “A Ideia de Revolução” Com o objetivo de possibilitar a reflexão e a produção de conhecimento sobre importantes marcos políticos e culturais do Brasil nesse período, o Seminário “A Ideia de Revolução”, traz Marcelo Ridenti, professor titular de Socio­logia da Unicamp, para abordar questões referentes ao discurso revolucionário que caracterizou a década de 60. Ridenti vai discutir as relações entre cultura e política. Tendo contribuído sensivelmente para a historiografia da produção intelectual e artística da esquerda brasileira das décadas de 1960 e 1970, é autor de algumas das mais importantes obras na área, entre elas: “Brasilidade Revolucionária”, “Em Busca do Povo Brasileiro” e “O Fantasma da Revolução Brasileira”. Dia 14 de novembro, às 19h, no Auditório. Acesso Livre.

Guia Dragão do Mar

7


Matéria de Capa

CICLO TEMÁTICO DE NOVEMBRO

Nós que amávamos tanto a revolução

Uma noite em 68

“É proibido proibir!” Numa produção exclusiva do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, o público terá a oportunidade de reviver ou conhecer a atmosfera do ano de 1968, através da música. Fernando Catatau e Céu comandam um espetáculo com releituras de clássicos de protesto da música brasileira da década. Soledad Brandão, Paula Tesser e Vitoriano também participam da festa, com a apresentação de músicas que embalaram os movimentos revolucionários. “Nos anos 60 tivemos explosões culturais que atingiram todos os campos: dança, teatro, música... Diante desse contexto, acredito que no show podemos trabalhar com diferentes linguagens, pensando nas músicas como performances, no corpo como um objeto de protesto, um figurino trabalhado no contexto da época e por aí vai”, adianta Soledad. “Vamos trazer à tona toda essa experiência não vivida por nós nesse período, mas que com certeza é sentida, já que tais artes e ações perpassaram esses anos e chegaram até aqui, nos influenciando”, completa a atriz. Dia 14 de novembro, às 21h, no Anfiteatro. Ingressos: R$ 10,00/5,00 FOTO: DIEGO CIARLARIELLO

8

Guia Dragão do Mar


Matéria de Capa DIVULGAÇÃO

Semana Marighella

“É preciso não ter medo. É preciso ter a coragem de dizer.” Mais do que dizer, Carlos Marighella lutou. O militante que se considerava apenas um “mulato baiano” tornou-se um símbolo da guerrilha no Brasil. Deputado federal ao lado de Jorge Amado, poeta do amor e da luta, estrategista de renome, Marighella combateu a ditadura militar no Brasil com coragem e doçura. Escreveu o “Manual do Guerrilheiro Urbano” e provou na prática a bravura de herói ao ser brutalmente torturado e ainda assim nada revelar. Levou tiros, viveu na clandestinidade, participou do sequestro ao embaixador Charles Elbrick e foi calado definitivamente numa emboscada armada na capital paulista, alvejado por policiais do Departamento de Ordem Política e Social (Dops). A trajetória do homem que chegou a ser declarado inimigo público número 1 do Brasil é finalmente contada em palavras e imagens. Entre 21 e 23 de novembro, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura apresenta a Semana Marighella, promovendo uma série de atividades em homenagem a este importante símbolo de resistência. Guia Dragão do Mar

9


Matéria de Capa

Semana Marighella

Exposição Marighella

“Acima de tudo, um herói do povo brasileiro”. Com curadoria do pesquisador Vladimir Sachetta, a exposição, que já passou pelo Memorial da Resistência em São Paulo, traça o perfil e a trajetória de Carlos Marighella, através de imagens de arquivo, iconografia variada e depoimentos. Sachetta conta que desde a Anistia de 1979 e, em especial a partir da volta de Clara Charf de um exílio de quase 10 anos em Cuba, a memória de Carlos Marighella vem sendo celebrada de inúmeras maneiras. As exposições, pequenas e com poucos recursos na virada para os anos 1980, foram crescendo e tiveram sua culminância em 2011, por ocasião do seu centenário de nascimento, com a montagem realizada no Memorial da Resistência de São Paulo. “Clara, companheira de Marighella desde os tempos da Assembleia Constituinte de 1946, e seu filho Carlos Augusto, o Carlinhos, foram os grandes incentivadores dessas ações”, revela.

Terrorista “Discordo veementemente do qualificativo terrorista. Marighella foi um revolucionário, valente e corajoso, que enfrentou de armas na mão os agentes do Estado – estes sim os terroristas que torturavam, matavam e desapareciam com os corpos dos militantes políticos”, declara Sachetta. Para ele, o melhor é chamar Marighella de guerrilheiro, pelos mais de 30 anos de experiência política dentro do Partido Comunista (PCB) antes de optar pelo caminho armado para derrubar a ditadura militar. 10

Guia Dragão do Mar


O curador diz que o “homem Marighella” era composto de várias facetas: poeta, apreciador de música popular brasileira, militante comunista, leitor compulsivo, jornalista. “Filho de um imigrante italiano e de uma negra descendente de escravos haussás, o que por si só já indica um DNA especial, ele foi, acima de tudo, um herói do povo brasileiro”, conclui. Abertura dia 21 de novembro, às 19h, no Espaço Multiuso. Acesso Livre.

Debate e Exibição do Documentário “Marighella”

“Ele não veio ao mundo a passeio” Isa Grinspum foi somente sobrinha do tio Carlos durante um tempo. Ao descobrir que Carlos Marighella, o tio carinhoso e divertido que “aparecia e desaparecia” era o guerrilheiro que lutava contra a ditadura militar, já considerado inimigo público número 1, a admiração cresceu. “Venho pensando nesse documentário há muitos anos. Fiz um primeiro roteiro em 1986, mas não consegui recursos para o filme. Com a proximidade do centenário de Marighella – que, se vivo, completaria 100 anos em cinco de dezembro do ano passado – achei que havia chegado a hora”, lembra Grinspum, diretora do documentário “Marighella”. Com poucas imagens, ela optou por “desenhar o retrato” do militante através de depoimentos de quem o conheceu. “Esses depoimentos geraram um material denso e extraordinário, relatos profundamente íntimos e humanos. Assim, se por um lado eu não tinha imagens e documentos de CM, tinha muitas verdades sobre ele. Verdades filtradas pela memória, mas sempre verdades”, aponta. Durante o processo surpresas que devem prender o público. Marighella participou como protagonista de alguns momentos cruciais da política brasileira. Mas seu nome foi por muito tempo maldito, sinônimo de bandido, assassino. Minha vontade de jogar um pouco de luz sobre essa figura polêmica e misteriosa deu origem ao filme”, avisa. “Marighella era um baiano indignado com as desigualdades sociais e culturais, ao mesmo tempo em que era muito bem-humorado, muito ativo e muito livre, no sentido de procurar diferentes maneiras de se expressar, e de estar aberto às transformações da sociedade”, observa Isa Grinspum. “O fato é que ele não veio ao mundo a passeio”, define.  Com trilha original composta pelo maestro Marco Antônio Guimarães, um dos criadores do Grupo Uakti, o documentário conta ainda com a composição da canção-tema do filme, feita por Mano Brown, que criou o vibrante rap “Marighella – Mil Faces de um Homem Leal”. O clipe desse rap foi o vencedor do VMB 2012, como Melhor Clipe do Ano, e já teve mais de três milhões de acessos no Youtube. O resultado a diretora classifica como “extraordinário”. Dia 23 de novembro, às 19h, no Teatro Dragão do Mar. Acesso Livre.

Guia Dragão do Mar

11


Matéria de Capa

Semana Marighella

Lançamento do livro “Marighella: o guerrilheiro que incendiou o mundo” Dando sequência à programação em homenagem a Marighella, o Dragão do Mar promoverá o lançamento da biografia de Carlos Marighella, “Marighella: o guerrilheiro que incendiou o mundo”, de Mário Magalhães (Companhia das Letras, 2012), com a presença do autor do livro. Depois de nove anos de apuração, o premiado jornalista, por muitos anos repórter especial e ombudsman da Folha de São Paulo, narra a obra e a militância do mitológico personagem. Dia 22 de novembro, às 19h30, no Teatro Dragão do Mar. Acesso Livre.

Mário Magalhães nasceu no Rio de Janeiro na primeira semana de abril de 1964. Formou-se em Jornalismo na Escola de Comunicação da UFRJ. Trabalhou nos jornais O Globo, O Estado de S. Paulo,  Tribuna da Imprensa e Folha de S. Paulo, diário do qual foi repórter especial, colunista e ombudsman. Recebeu mais de 20 prêmios, entre eles: Every Human Has Rights Media Awards, Lorenzo Natali Prize, Prêmio Anamatra (Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho), Medalha Chico Mendes de Direitos Humanos, Prêmio Vladimir Herzog de Direitos Humanos e Anistia, Prêmio AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros), Grande Prêmio Esso de Jornalismo, Prêmio Folha de Reportagem, Prêmio Direitos Humanos-RS e Prêmio Dom Hélder Câmara de Imprensa (da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

12

Guia Dragão do Mar


“É legítimo amar ou odiar Marighella, mas é praticamente impossível ficar indiferente à sua vida apaixonante”. Bate-papo com o jornalista Mário Magalhães, autor do livro “Marighella - O guerrilheiro que incendiou o mundo”. Guia Dragão do Mar A ideia de contar a vida de Marighella vem de muito tempo? Mário Magalhães Vem de 2003, quando eu abandonei o jornalismo diário para mergulhar no projeto. A biografia é resultado de nove anos de trabalho, dos quais cinco anos e nove meses em dedicação exclusiva. Eu queria contar a vida trepidante. Não vislumbrei personagem mais fascinante do que Carlos Marighella. Hoje tenho certeza de que estava certo. GDM Qual foi sua maior surpresa durante os nove anos de pesquisas e entrevistas? Mário Magalhães Eu seria injusto se destacasse uma surpresa maior. Elas foram muitas, como o livro conta, com novidades e viradas de tirar o fôlego. GDM O Marighella poeta era fundamental na composição do Marighella guerrilheiro? Mário Magalhães Marighella foi poeta desde a juventude. Nascido em 1911, ficou famoso na Bahia em 1929, ao responder em versos uma prova de física. Em 1932, tornou-se odiado pelo interventor estadual ao compor um poema contra ele. Em 1966, já caçado pela ditadura militar, compôs, imprimiu e distribuiu clandestinamente um livro de poemas, em boa parte eróticos. Descobri poemas inéditos dele, apreendidos pela polícia paulista em 1939. Já guerrilheiro, pouco antes de morrer, em 1969, Marighella sugeriu a uma companheira o que fazer diante das dificuldades: “Responda sempre com poesia”. GDM Em sua opinião Marighella pode ser considerado um herói nacional? Mário Magalhães Não creio que o desafio de um biógrafo seja julgar o biografado, e sim fornecer elementos para que o leitor tire as próprias conclusões. Para o ex-presidente Lula, Marighella é um herói nacional. Para o deputado Jair Bolsonaro, configura algo como a encarnação do demônio. A biografia talvez ajude cada um a formar juízo.  GDM Qual sua expectativa em torno do livro? Mário Magalhães O livro foi escrito como um romance: tem drama, humor, ação, aventura, amores, ideias, história e muitas histórias. A diferença é que tudo nele é escrupulosamente real. Tanto pela mídia como pelo público, está sendo recebido com grande generosidade e entusiasmo. GDM Há planos para traduções e filmagem? Mário Magalhães Já há proposta de tradução para o alemão e sondagens para compra de direitos para o cinema. Marighella é muito brasileiro, mas se trata de um personagem de projeção mundial. É a hora de todos conhecerem sua história espetacular, goste-se ou não dela. É legítimo amar ou odiar Marighella, mas é praticamente impossível ficar indiferente à sua vida apaixonante.  

Guia Dragão do Mar

13


Dragão indica DIVULGAÇÃO

No Dragão, todo dia é dia D, mas para marcar o período em que tradicionalmente se comemora a Semana Nacional da Cultura, o equipamento reunirá artistas de todas as linguagens para celebrar da melhor maneira: uma grande festa. Além de participar de um importante momento de integração com nova gestão do Instituto Dragão do Mar, os profissionais da área poderão conhecer o porvir do equipamento, novidades que são como um presente para o segmento e prometem causar uma verdadeira ebulição de novas práticas culturais no Estado, contemplando toda a comunidade alencarina e os milhares de turistas que nos prestigiam anualmente. Neste dia serão lançados os novos editais de ocupação para 2013, desenvolvidos em parcerias com artistas locais das diversas linguagens. Para ver concretizado o desejo dos artistas cearenses, será realizado ainda o lançamento das Escolas de Formação. E as novidades não param. Para quem já estava com saudade de assistir aos melhores filmes de arte, uma boa notícia. Durante o encontro será celebrada a assinatura de convênio com a Fundação Joaquim Nabuco, instituição referência na administração de cinemas de arte no Brasil. Melhorias na infraestrutura também integram a pauta, com apresentação do plano para revitalização integral do Centro Dragão do Mar. Para fechar a noite com chave de ouro e anunciar o ciclo temático de novembro, os músicos cearenses Moacir Bedê, Fábio Amaral e Natasha Faria animam a noite com o espetáculo “Canção do Exílio”. O encontro marca, definitivamente, uma “virada cultural” no Ceará. Isso é que é ter motivos para comemorar!

Show Canção do Exílio no lançamento da programação do Dragão do Mar/2013, com Natasha Faria, Moacir Bedê e Fábio Amaral.

Dia 7 de novembro, às 19h30, no Hall Teatro Dragão do Mar. Acesso Livre.

14

Guia Dragão do Mar

Tome Nota >>> O Dia Nacional da Cultura, comemorado no dia 5 de novembro, foi criado em 15 de maio de 1970, através da Lei nº 5.579, como homenagem ao nascimento de Rui Barbosa, personagem importante da ciência e da cultura no Brasil, com vasta produção. Além de intelectual, jurista, político e jornalista, foi presidente da Academia Brasileira de Letras.


Dragão indica

Dalí: Bíblia Sagrada

MARINA CAVALCANTE

“Creio que sou um pintor bastante medíocre no que produzo. O que considero genial é minha visão”. O catalão Salvador Dalí é o autor da exposição que reúne 105 litografias realizadas entre 1963 e 1969. A mostra contempla uma série do artista surrealista para ilustrar a Bíblia Sagrada, publicada pela Rizzoli Edições, Milão (Itália) e editada por Giuseppe Albaretto. A exposição chega com toda a genialidade de Dalí em uma ampla variedade de imagens cristãs, baseadas nos mitos clássicos, além de textos e histórias que mostram o uso dos conceitos freudianos, inclusive sua interpretação da teoria da relatividade, que inclui a quarta dimensão - transcendendo o tempo e o espaço. Dalí nasceu em 11 de maio de 1904, nove meses e dez dias depois da morte de seu irmão Salvador Galo. O pintor começou sua aprendizagem artística ilustrando os contos infantis de sua irmã, Ana María. Iniciou sua formação em desenho, pintura e gravura com seu mestre da Escola Municipal Juan Núñez. Se aperfeiçoou e realizou inúmeras gravuras e ilustrou, mediante técnicas de obra gráfica, o Quijote de Cervantes (Dom Quixote), La Vida es Sueño de Calderón, La Divina Comedia de Dante ou la Sagrada Biblia. A partir de 1922, durante seus estudos de Belas Artes, alojado na Residência de estudantes de Madrid, Dalí leu muitas das publicações de Freud, o que levou o pintor à uma dinâmica de autointerpretação que aplicou não só aos seus sonhos, mas também a qualquer acontecimento da vida. Escreveu sua autobiografia A vida secreta de Salvador Dalí (1942) e Diário de um Gênio (1964), revelando um emaranhado de acontecimentos baseados em feitos verdadeiros e outros fictícios. Desde então, se escreveram inúmeras biografias sobre Dalí, que tentam desvendar o personagem que Dalí criou e separando o homem da lenda. Dia 7 de novembro, às 19h, no Museu de Arte Contemporânea – MAC Acesso Livre. Guia Dragão do Mar

15


MEMORIAL DA

CULTURA CEARENSE

Pontos de Vista

[Salas 1 e 2] Mostra que reúne trabalhos de fotógrafos cearenses, em comemoração aos 173 anos da invenção da Fotografia. São ensaios com múltiplos temas e estéticas, revelando olhares da produção local contemporânea.

Até 18 de novembro

16

Guia Dragão do Mar

MARINA CAVALCANTE


Exposições MARINA CAVALCANTE

Brinquedo - A Arte do Movimento [Salas 3 e 4] A exposição estimula a memória e ativa a sensibilidade. Os brinquedos expostos pertenciam a Coleção Macao Goes e hoje fazem parte do acervo do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.

Vaqueiros [Salas 5 e 6] Exposição lúdica, de caráter didático, percorre o universo do vaqueiro a partir da ocupação do território cearense pela pecuária até a atualidade. Utiliza cenografia, imagens e objetos ligados ao cotidiano do vaqueiro. Visitação de terça a quinta, das 09h às 19h (acesso até às 18h30), sexta a domingo e feriados, das 14h às 21h (acesso até às 20h30)

Visitas Mediadas às exposições do MCC O Núcleo Educativo do Memorial da Cultura Cearense vem implementando três tipos de visitas mediadas. São elas: Visita simples – Caracteriza-se por ser uma mediação com o caráter mais informativo, destinada a grupos não agendados e a turistas. Duração em média de 30 minutos. Visita reflexiva – Caracteriza-se por ser uma mediação problematizadora, formadora, que instiga o visitante a pensar de forma crítica sobre os objetos museológicos. Duração em média 1h e 30 minutos. Visita Ampliada – Caracteriza-se por ser uma mediação mais prolongada. Além de ter como ponto central a reflexão, nessa visita, atividades de Arte-Educação são vivenciadas. Por exemplo: oficinas de: contação de histórias, origami, teatro de fantoches e caixa mágica.

Projeto “Museu Vai à Escola” O Núcleo Educativo do MCC realiza visitas às escolas do entorno do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e outras instituições escolares que tenham interesses em participar do Projeto Museu Vai à Escola, que tem como um de seus objetivos, promover o conhecimento através da reflexão. O Núcleo realiza oficinas de Arte-Educação relacionadas às exposições do MCC, estas podem ser realizadas tanto no MCC, quanto na escola.

Memorial recebe professores O Memorial da Cultura Cearense disponibiliza este horário para encontro com professores das instituições de ensino público e privado com o intuito de refletir e planejar ações educativas para as exposições do museu. O objetivo é que haja uma maior aproximação entre o espaço escolar e o museu, privilegiando o diálogo entre os dois espaços e ampliando o aproveitamento do museu enquanto espaço educacional. Agendamento de participação através do telefone (85) 3488.8621 e pelo email educativomcc@dragaodomar.org.br. Parceiro

Parceiro

Patrocínio Patrocínio

A tinta que o aprovou. Brasil aprovou. A tinta que o Brasil

Guia Dragão do Mar

17


MUSEU DE

ARTE

CONTEMPORÂNEA Salvador Dalí, Bíblia Sagrada Abertura no dia 8 de novembro, às 19h, no Museu de Arte Contemporânea. Acesso livre

18

Guia Dragão do Mar


Exposições Ecos Híbridos Artistas: Alexandre Sequeira (PA), Eustáquio Neves (MG), Luiz Carlos Felizardo (RS), Pedro David (MG), Rogério Reis (RJ) Curadoria: Georgia Quintas

A exposição coletiva Ecos Híbridos traz o trabalho de cinco fotógrafos brasileiros que contam suas histórias por distintas percepções, discursos e particularidades visuais. Os ensaios presentes nesta exposição propõem investigações que se dilatam no sentido de construir a imagem pelo mergulho provocado – não apenas pelo fazer – sobretudo pela postura de vivenciar intensamente a experiência fotográfica. Permanece em cartaz até 2 de dezembro. Aos sábados e domingos o MAC oferece visita guiada ao público, às 17 horas. Informações na recepção.

Ações Educativas DIVULGAÇÃO

Jornada de Criação A Jornada de Criação é um encontro entre artistas e público interessado para trocas de experiências, vivências e reflexão acerca da produção em arte contemporânea. Em novembro o evento convida o artista Nino Cais (SP) para um processo de leitura de portifólios e fala com artista. O artista Nino Cais está na 30° Bienal de São Paulo “A iminência das poéticas”. Os trabalhos de Nino Cais partem do universo doméstico. O interesse pelo banal e pelo decorativo e a tentativa de extrair poesia de utensílios comuns são uma constante em suas criações. De 19 a 22 de novembro no Museu de Arte Contemporânea – MAC Leitura de portifólio: incrições de artistas e público interessado por email educativomac@dragaodomar.org.br. Enviar currículo e carta de intenção. Resultado dos inscritos dia 16 de novembro, no site do Centro Dragão do Mar. Conversa com o artista: dia 22 de novembro no Auditório do CDMAC

Biblioteca de Artes Visuais Leonilson Espaço especializado em artes visuais com cerca de dois mil livros nas áreas de Fotografia, Design, Museologia, História da Arte, Arquitetura e Urbanismo, Moda e Arte Contemporânea. Serviço gratuito, de terça a quinta, das 9h às 12h e 14h às 18h e sexta, das Projeto de Aquisição de Mobiliário para a Reserva Técnica e Adequação do 14h às 18h Espaço Museológico do MAC contemplado pelo Programa PETROBRAS 2005 / 2006 Projeto de Aquisição de Mobiliário para aCULTURALPatrocínio Reserva Técnica e Adequação do Espaço Museológico do MAC contemplado pelo Patrocínio Programa PETROBRAS CULTURAL 2005/2006

Guia Dragão do Mar

19


PLANETÁRIO MARINA CAVALCANTE

RUBENS DE AZEVEDO

O Planetário Rubens de Azevedo é um espaço de entretenimento e formação pedagógica de caráter transdisciplinar em Astronomia.

Átomos e Anti-átomos: do cosmo ao micro, da alquimia à medicina O Professor Dr. Claudio Lenz César vem ao CDMAC para falar sobre o Bóson de Higgs. Ex-aluno e ex-professor da antiga Escola Técnica no Ceará, Lenz participou da equipe que, na Suíça, conseguiu um feito inédito: fabricar milhares de partículas de antihidrogênio e controlá-las em laboratório. Por suas pesquisas, Lenz foi considerado um dos 50 brasileiros mais influentes em sua área de estudo.

Dia 14 de novembro, às 19h, no Teatro Dragão do Mar. Inscrições: www.dragaodomar.org.br/planetario

Sessões do Planetário Ingressos: R$ 8,00/4,00

O ABC do Sistema Solar Crianças fazem uma viagem pelo Sistema Solar em uma nave imaginária. Durante a viagem elas aprendem sobre a mitologia das constelações e as lendas astronômicas. 30min.

A Conquista do Espaço Com Yuri Gagarin foi iniciada a corrida espacial. Tempos depois, um sonho se torna realidade, e a maior conquista alcançada foi levar o ser humano à lua com o pouso da missão Apolo 11. 40min.

Explorando o Universo Venha se aventurar numa fascinante viagem pelo universo com Galileu. Você conhecerá os segredos do céu e suas descobertas científicas para o progresso da ciência. 40min

Origens da Vida Mergulhando no desconhecido, e a partir das profundezas do oceano, descobriremos as origens da vida em nosso planeta. Através do tempo e espaço viajaremos até o nascimento das primeiras estrelas. 30min. Quinta e sexta 18h O ABC do Sistema Solar 19h Explorando o Universo 20h Origens da Vida

Sábado e domingo 17h O ABC do Sistema Solar 18h Explorando o Universo 19h A Conquista do Espaço 20h Origens da Vida

Noite das Estrelas Quando a lua está na fase quarto crescente, o Planetário Rubens de Azevedo disponibiliza telescópio para observação astronômica. O público observa crateras lunares, planetas, fenômenos astronômicos e outros objetos celestes.

Dias 24 e 25, às 19h, em frente ao Planetário Rubens de Azevedo. Acesso livre. 20

Guia Dragão do Mar


Dança e Literatura FOTOS: DIVULGAÇÃO

Quinta com Dança Só

[EDITAL]

Edisca Cia. de Dança – Direção: Dora Andrade Só expõe o comportamento de nossa solidão, os encontros e desencontros, as falas ininteligíveis, o ritmo descompassado dos desejos, as tensões, os cangaços, o flerte com a promessa de liquidação de nossa solitude. A solidão em Só encharca, povoa, solve e provoca. 50min

Dias 1, 8, 15 e 29, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 2,00 / 1,00. Classificação livre

Dragão do Mar Literário Raquelzinha: O Nordeste em Letras Palestrante e atriz: Soraia Falcão

Nesta edição do Dragão do Mar Literário, visualizaremos Rachel de Queiroz ainda menina, numa ótica nunca sentida pelos admiradores de sua obra. (Eu sou uma menina tão levada da breca, mas também muito prendada, aprendi a fazer crochê, tricô, bordado.) Aqui, iremos ter um momento intimista com a plateia e mostrar quão humana e moderna era essa menina levada da breca. Apresentaremos através da linguagem teatral, musical e audiovisual, as obras, O Quinze, As três Maria, e Dôra, Doralina. 60min.

Dia 17, às 19h, no Auditório. Acesso livre. Guia Dragão do Mar

21


Cinema DIVULGAÇÃO

Cineclube Dragão do Mar *Filmes da Programadora Brasil

Dia 03 Rocha que voa (foto) Direção: Eryk Rocha (2002 – 94min) Classificação livre Dia 10 Eles não usam Black-tie Direção: Leon Hirszman (1981 – 122min) Classificação: 14 anos

Dia 17 Bar Esperança o último que fecha Direção: Hugo Caravana (1983 – 119min) Classificação: 16 anos Dia 24 Um dia qualquer... Direção: Líbero Luxardo (1965 – 93min) Classificação: 14 anos

Todos os sábados, sempre às 16h, no Auditório. Acesso livre

Café com Tapioca O café da manhã de domingo seguido de um bom filme. Aos domingos, às 8h30, no Teatro Dragão do Mar

Cinema do Dragão - Fundação Joaquim Nabuco O convênio com a Fundação Joaquim Nabuco será assinado no dia 7 de novembro, nas comemorações do dia D da cultura. O cinema está sendo reformulado e em breve voltará ao seu funcionamento normal.

22

Guia Dragão do Mar


Teatro DIVULGAÇÃO

Sesi Bonecos do Mundo

O maior festival de teatro de bonecos do país trará 10 espetáculos, encenados por companhias nacionais e internacionais. Também fazem parte da programação a exposição de bonecos Autômatos e a performance Torres Andantes, ambas do grupo mineiro Giramundo; e o show Música de Brinquedo, da banda Pato Fu. Evento gratuito. Dias 17 e 18, a partir das 16h30, na Praça Verde. Acesso livre. Mais informações: www.sesibonecos.com.br

Teatro da Terça Otelo

[EDITAL]

Coletivo Cambada - Direção: João Andrade Joca Otelo se embasa na estética minialista e no conceito de jogo, onde os atores são os atletas das emoções. As regras do jogo são expostas e nada é escondido ao espectador. 120min Dias 6 e 13, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 2,00/ 1,00. Classificação 14 anos

Contação de Histórias [EDITAL] Nos Jardins de Primavera - Músicas e histórias com Tia Vera Direção: Vera Lúcia

Passeando pelos jardins de primavera Tia Vera ouviu muitas histórias do bicho Papão, histórias da bela Flôr a flor de primavera e muitas outras. 60min Dias 3, 10, 17 e 24, às 18h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Acesso livre.

Projeto Religare – CPBT 20 ANOS O vizinho do 203 – Cia. Teatral acontece – CTA - Direção: Almeida Júnior

Dois homens se conhecem em um banheiro público, estabelecem relações sexuais e desenvolvem um relacionamento após esse episódio.

Sobremesa – Grupo (In) Gestus - Direção: O Grupo

A peça propõe mostrar o cotidiano da família e é na sala de jantar que o enredo da peça se desenrola.

Cutícula –Grupo NHOC

Uma comédia que conta um pouco a vida de duas manicures: Cirlene, que não tem muita habilidade em sua profissão, e Toinha, que está sempre se renovando procurando novas técnicas. Dia 3, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Classificação livre. Acesso livre.

Teatro Adulto

Negro – o poeta em Nova York – Cia Palmas Produções Artísticas Direção: Francinice Campos Uma obra construída a partir das impressões de Garcia Lorca sobre Nova York. Dia 22, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Acesso livre. Guia Dragão do Mar

23


Música MPB Petrobras Vander Lee O cantor e compositor mineiro Vander Lee apresenta em Fortaleza um show de voz e violão onde o artista resgata os seus maiores sucessos, além de mostrar algumas canções do seu novo álbum intitulado Sambarroco. O show promete ao público momentos inesquecíveis regados a boa música, irreverência, sensibilidade e poesia. Show de abertura com Robston Medeiros. Dias 3 e 4, sábado às 21h e domingo às 20h, no Anfiteatro. Ingressos R$ 20,00/10,00.

Pra Ver a Banda Dia 04 Orquestra de Sopros da UECE Dia 11 Banda Filarmônica dos Inhamuns Dia 18 Banda de Música Professora Maria Gecilda - Aracoiaba Dia 18 Orquestra Jovem de Fortaleza Dia 25 Banda de Música Manoel Ferreira Lima do Colégio Militar do Corpo de Bombeiros do Ceará Sempre às 19h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Acesso livre.

Baile de Luxo

DIVULGAÇÃO

Show Marcelo Jeneci Marcelo Jeneci e seu estilo romântico ganham cada vez mais destaque no circuito nacional e internacional. Como multi-instrumentista, Jeneci traz arranjos por vezes mais delicados e modernos, e que encantam a quem assiste. O Luxo da Aldeia, o bloco mais “cool” do carnaval cearense, vai fazer todo mundo bailar ao som de releituras de canções de compositores e músicos cearenses de nascimento ou de coração. Dia 10, às 22h, na Praça Verde. Maiores informações: 3250.1004. Ingressos: 1º Lote Área Pista: R$ 30,00 / 15,00 ingressos vendidos apenas on line. Área Front Stage: R$ 80,00 / 40,00. Camarote 120,00 / 60,00. Ingressos à venda nas Lojas Oi do Iguatemi e da Santos Dumont. 24

Guia Dragão do Mar


Concertos Quarteto Cearense O Quarteto é um dos grupos da Orquestra de Câmara Eleazar de Carvalho com repertório que vai do barroco ao contemporâneo. 30min. Dia 10, às 19h, no Auditório. Acesso livre.

Orquestra Instituto Grupo Pão de Açúcar Recital Suíte Nordestina – Homenagem a Luiz Gonzaga

A Orquestra Instituto Grupo Pão de Açúcar é o resultado de nove anos do programa de Música do Instituto Pão de Açúcar, braço social do Grupo Pão Açúcar. Voltado para crianças e jovens de 12 a 21 anos, tem o objetivo de desenvolver o ser humano através da educação musical, resgatando cidadania e identidade cultural. 60min. Dia 30, às 19h, no Teatro Dragão do Mar. Acesso livre.

Série Depoimentos Zélia Duncan A Série Depoimentos é um talk-show em que o artista canta e conversa com o público, falando de sua trajetória profissional, suas histórias de vida, apresentando seus novos trabalhos e relembrando seus grandes sucessos. A convidada deste mês é Zélia Duncan. Na oportunidade a artista divide com o público suas histórias e canções, numa visita panorâmica à sua carreira. Dia 22, às 20h, no Anfiteatro. Ingressos R$ 20,00/10,00. Mais informações: www.seriedepoimentos.com.br DIVULGAÇÃO

Guia Dragão do Mar

25


Música Domingo Musical [EDITAL] Quarteto de Violões da UFC Show Choros e Valsas do Ceará Formado por alunos da Universidade Federal do Ceará, o Quarteto traz, em seu repertório, músicas de grandes violonistas cearenses: Nonato Luiz, Marco Túlio, Francisco Soares e Aleardo Freitas, entre outros. 60min. Dias 4 e 11, às 18h, no Auditório. Ingressos: R$ 2,00/ 1,00.

Grupo Doces Flautas Doces Show Do Brasil para o Nordeste – Gonzagão, cabra-da-peste!

O grupo de flautas doces do IFCE apresenta um show dividido em duas partes. Em seu primeiro ato, repertório seleto da música popular brasileira, contemplando autores como Tom Jobim, João Gilberto, Chico Buarque, Noel Rosa, Caetano Veloso e Edu Lobo, entre outros. O segundo ato se volta para a obra inestimável de Luiz Gonzaga, em reverência ao centenário desse gênio da música regional. 60min. Dias 18 e 25, às 18h, no Auditório. Ingressos: R$ 2,00/ 1,00.

Sons do Ceará

[EDITAL]

Bossambar Show Nova Bossa Nova No show o grupo reúne músicas próprias, fruto dessa influência e de estudos coletivos e mostra à comunidade o resultado desse processo, unindo o sofisticado, o clássico e o regional, na pretensão de continuar fomentando uma inusitada resistência em favor dos registros musicais que compõem a epopeia da música brasileira. 60min. Dias 23 e 30, às 19h30, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Acesso livre.

Fórum Harmônicas Brasil 2012 Fórum Harmônicas Brasil 2012 traz a Fortaleza a Troupe da Gaita Blues, rock, jazz, country, MPB, samba, tango, reggae, gospel, erudito, bossa nova, chorinho, xote, baião. Esses e muitos outros estilos podem ter o som da harmônica de boca – a popular gaita. Cinco shows vão animar as três noites do Fórum HarMônicas Brasil 2012. Entre as atrações, o grupo paranaense Troupe da Gaita, o catarinense Carlos May e Rodrigo BZ, multi-instrumentista e arte-educador paraense que integra com competência a cena artística de Fortaleza. Dia 23, 24 e 25, sexta e sábado às 21h, domingo às 20h, no Anfiteatro. Acesso livre.

Recital

2º Recital da Duetos Escola de Música Direção: Juliana Saraiva

A Duetos Escola de Música, com o intuito permanente de promover e divulgar a cultura musical, apresenta seu segundo musical anual de alunos intitulado “Música, Câmera, Ação”. Em formato show os alunos terão experiência musical única, acompanhados por músicos profissionais, tendo a oportunidade de apresentar o conteúdo estudado nas aulas. 120min. Dia 18, às 19h, no Teatro Dragão do Mar. Acesso livre.

26

Guia Dragão do Mar


Festival Choro e Jazz Jericoacoara DIVULGAÇÃO

Em sua 4ª edição, o Festival Choro Jazz acontece do dia 29 de novembro ao dia 1º de dezembro, no Anfiteatro do Centro Dragão do Mar, em Fortaleza, e de 4 a 9 de dezembro, na Praça Principal de Jericoacoara. Serão mais de 30 atrações, entre espetáculos e oficinas, nas duas cidades. O programa segue a linha das edições anteriores e conta com a parceria do Festival de Imersão Educacional da Música Brasileira, California Brazil Camp, que chancela as oficinas. As atividades voltadas a músicos, estudantes de música e apreciadores da música têm vagas limitadas. Espetáculos gratuitos. As inscrições já estão abertas e todas as informações estão disponíveis no site do festival: www.chorojazz.com PROGRAMAÇÃO: Dia 29/11 21h - Tarcísio Sardinha (CE) e Moacir Bedê (CE) 22h30 - Arismar do Espírito Santo (SP) convida Vinícius Dorin (SP) Dia 30/11 21h - Maurício Carrilho (RJ) e Toninho Carrasqueira (SP) 22h30 - Guinga (RJ) e Gabrielle Mirabassi (Itália) Dia 01/12 21h - Alessandro Penezzi (SP) e Alexandre Ribeiro (SP) 22h30 - Duo Assad (Brasil) Local: Anfiteatro. Acesso livre. Guia Dragão do Mar

27


Múltiplas linguagens

ARTE PARA CRESCER FELIZ Chiquinho da Matilde, nome escolhido através do concurso ‘O Dragão te leva ao Beach Park’

Dragão das Crianças A programação infantil iniciada em outubro continua no mês de novembro, com atividades diversas nos finais de semana: > Oficinas de Arte em Quadrinhos, Mágica e Teatro, todos os sábados e domingos do mês, das 16h às 19h, na Praça Almirante Saldanha e Arena Dragão do Mar. > Apresentação do espetáculo “Os Jardins de Primavera Músicas e histórias” com Tia Vera Direção: Vera Lúcia. Aos sábados, dias 3, 10, 17 e 24, às 18h, no Espaço Rogaciano Leite. Passeando pelos jardins de primavera Tia Vera ouviu muitas histórias... do bicho Papão, histórias da bela Flôr, a flor de primavera, e muitas outras. 60min. Classificação livre. > Espetáculos infantis aos sábados, às 19h no Espaço Rogaciano Leite Filho. > Espetáculo musical “Ui, o príncipe”, do Grupo Gente Q Pensa, dia 17 de novembro às 18h, no Anfiteatro.

I Colóquio Internacional Diálogos Juvenis O CDMAC sediará a abertura do I Colóquio Internacional Diálogos Juvenis: diminuindo distâncias entre narradores e pesquisadores. O encontro visa promover, articular e fortalecer uma rede das redes de pesquisa, junto com o Observatório Jovem do Rio de Janeiro (UFF), e o Observatório da Juventude (UFMG), de práticas juvenis e de instituições que atuam no campo das juventudes. É uma realização do LAJUS – Laboratório das Juventudes (UFC). O professor José Machado Pais (ICS, Universidade de Lisboa) falará sobre “Aprendendo com os jovens a lidar com a sequencialidade: por uma metodologia interseccionista”. Após a fala do pesquisador, serão lançados os livros: “Sexualidades e Afectos Juvenis”, do Prof. Dr. José Machado Pais, e “Jovens na Política – Animação e Agenciamento do Voto em Campanhas Eleitorais”, da Profª. Drª. Danyelle Nilin Gonçalves. Dia 5 de novembro, às 18h, no Auditório. Informações: www.lajusufc.org/coloquio 28

Guia Dragão do Mar


FOTO: MARINA CAVALCANTE

Festival Internacional de Folclore do Ceará O festival reúne artistas e público, permitindo a troca de experiências, promovendo conexões e o conhecimento da diversidade cultural, celebrando a arte de cantar, dançar e interpretar com reflexão sobre as manifestações populares de todos os gêneros e categorias, sem limites nem preconceitos, com a diversidade de povos e culturas em movimento e a certeza de que é preciso estar sempre aberto ao novo, sem perder a essência da cultura tradicional popular. De 23 a 25, a partir das 18h, na Praça Verde. Acesso livre

IV Encontro Nietzsche – Schopenhauer Ecologia cinza, natureza agônica

Em vias de consolidação no calendário cultural da Região Nordeste, bem como no cenário filosófico nacional, O IV Encontro Nietzsche-Schopenhauer terá como tema: Ecologia cinza, natureza agônica. Propõe uma discussão acerca da relevância do pensamento dos dois filósofos para uma compreensão da problemática ambiental e ecológica, paradigmática em nossa época. De 20 a 23, às 14h, no Auditório. Credenciamento: dia 20, às 13h Inscrições: http://apoenafilosofia.org / Informações: 3366.7538

I Festival dos Corações da América Latina 2012 Município de Icapuí apresenta “Arte da Terra” Idealização: “Anjos da Terra” – Realização: Associação Caiçara, Artistas de Icapuí, O Time do Bem fica Dia 21 12h – Auditório: apresentação do evento pela Caiçara Cultural e Fundação Brasil Cidadão. 12h15 – Palestra ‘Desenvolvimento Cultural do Ceará’: Fabrício Vila Lima (Secult), Edvaldo Galdino (Britto Cultural), Padre Lopes (Embaixador da Luz de Icapuí), Descartes Gadelha (Embaixador Cultural Ceará) 13h – Salão ao Lado Livraria: Obras do Embaixador da Copa 2014 pela Fifa Romero Britto, Paula de Deus, Thomas Edward , Vlamir Sousa e o Time do Ceará. 13h às 20h - Varanda: Artesanatos de Icapuí e Convidados Especiais. 15h – Ateliê: Oficinas de Reciclagem e memorial de Icapuí. 16h – Praça Verde: Flor do Sol, Canoa Criança e Hinos do Planeta. 19h – Praça Verde: Ceará Capital do Planeta, Abraço Nordestino “Os Embaixadores, O Time e A Populart”. Programação completa: www.festivaldoscoraçoes.blogspot.com / (88) 9700.1875 Guia Dragão do Mar

29


Múltiplas linguagens Papos em Rede Organização: Leme Soluções e Estratégias Encontro sobre mídias sociais, comunicação digital e cibercultura. Tema do mês: Webdesign Dia 27, às 19h, no Auditório. Acesso livre

Sahaja Yoga A atividade é destinada a qualquer pessoa que deseje encontrar a sua verdadeira essência. Todas as sextas, às 16h, no Bosque da Praça Verde. Acesso livre

Tai Chi Chuan no Dragão do Mar Popularmente conhecido pelos movimentos lentos, suaves, circulares e longos, o Tai Chi Chuan é considerado por muitos como uma forma de meditação em movimento. Todas as terças e quintas, às 16h30, na Praça Verde. Acesso livre

Brincando e Pintando no Dragão do Mar Brincadeiras e atividades voltadas para o público infantil, orientadas por monitores. Dias 4, 11 e 25, das 16h às 19h, na Praça Verde. Acesso livre.

5º Grupo Escoteiro do Ar Pinto Martins Tem como meta o desenvolvimento do jovem, por meio de um sistema de valores que prioriza a honra, baseado na Promessa e na Lei escoteira, e através da prática do trabalho em equipe. Dias 3, 10 e 24, das 14h às 17h, no Bosque da Praça Verde. Acesso livre

Feira Dragão Arte Feira de artesanato, parceria entre Sebrae-CE e Sindicato dos Artesãos do Ceará (Siara-CE). De sexta a domingo, das 17h às 22h, ao lado do Espelho D’água. Acesso livre.

Planeta Hip Hop Grupos promovem exibições de dança e música hip hop. Todos os sábados, às 19h, na Arena Dragão do Mar. Acesso livre.

Noites Astrológicas Circuito de palestras astrológicas aliadas aos conhecimentos da mitologia. www.noitesastrologicas.xpg.com.br Dias 6 e 13, às 19h30, no Auditório. Acesso livre

Saúde In Natura Avaliação clínica multifocal, onde se faz a observação do estado de saúde e equilíbrio do corpo, visando um conceito de alimentação natural e qualidade de vida. Palestra com o tema “Por que usar plantas na prevenção da saúde?” com Midian Sales Pinheiro. Após a palestra os participantes poderão experimentar as terapias: Auriculoterapia: por meio das estruturas da orelha; Iridologia: por meio da íris; Quiropraxia: por meio do sistema neuromusculoesquelético; Reflexologia: por meio de pontos reflexológicos dos pés e das mãos; Shiatsu: por meio da pressão em pontos do corpo; Florais de Saint Germain: por meio da aplicação oral, tópica ou spray das essências das flores. Dia 16, às 14h, no Ateliê das Artes. Acesso livre. Inscrições: 85 3488.8608 ou www.dragaodomar.org.br

Encontro Cearense de Malabares O encontro reúne jovens iniciantes e profissionais que exercem a prática dos malabares. Dia 24, às 17h, na Praça Almirante Saldanha. Acesso livre 30

Guia Dragão do Mar


DIVULGAÇÃO

III Simpósio Mídia Nordeste “100 anos de Luiz Gonzaga: a cultura do Nordeste na Mídia” Conferência de Abertura: A Música de Luiz Gonzaga no Contexto da Cultura Brasileira com o pesquisador e músico José Miguel Wisnick. Abertura dia 21, às 19h, no Auditório do Dragão do Mar. Dias 22 e 23, debates com pesquisadores da área de cultura, a partir das 8h30

Eco Arte e Cultura O Eco Arte Cultura 2012 é um projeto do IHAB - Instituto Hidroambiental Águas do Brasil, que tem seu ponto culminante no evento que acontecerá no período de 29 de novembro a 2 de dezembro, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Apresentações de dança e música, feira de artesanato, mostra de vídeos, instalações, oficinas com produtos reciclados e exposição de fotografias ocorrerão ao mesmo tempo em estrutura montada na Praça Verde. O final do evento será marcado por apresentações, oficinas e intervenções artísticas específicas para o público infantil. Dias 29 e 30 de novembro e 1 e 2 de dezembro, a partir das 15h, na Praça Verde. Informações (85) 3262.1559.

Exposição DIVULGAÇÃO

Emaranhados e Naturais Pinturas e desenhos de Solange Carvalho

O Centro Dragão do Mar apresenta a primeira exposição no Brasil da pintora Solange Carvalho, mineira que vive há três décadas em Paris. Emaranhados e Naturais reúne 15 telas e desenhos dos últimos anos. São várias sequências temáticas, todas elas inspiradas por elementos naturais. Ramos aquáticos, estilhaços de corais, corolas florais, fragmentos de raízes e gramíneas, fios de ferro em laços e espirais conquistam telas de grande dimensões. São “naturezas vivas” expandidas em contrastes e movimentos num espaço amplo e indefinido. A artista explora formas e texturas dos elementos, separando-os do seu contexto natural, para expressar sua vida plástica e densidade sensitiva. Em cartaz até 15 de novembro de 2012, no Espaço Multiuso Horário de funcionamento: Terça a quinta, das 9h às 19h (acesso até às 18h30) e sexta a domingo e feriados, das 14h às 21h (acesso até às 20h30), no Espaço Multiuso. Acesso livre. Guia Dragão do Mar

31


PROGRAMAÇÃO

dia a dia novembro2012

1 Quinta Tai Chi Chuan no Dragão do Mar 16h30 – Acesso livre – Praça Verde Planetário - O ABC do Sistema Solar 18h – R$ 8/ 4 – Planetário Planetário – Explorando o Universo 19h – R$ 8 / 4 – Planetário Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8 / 4 – Planetário Quinta com Dança – Só 20h – R$ 2 /1 – Teatro Dragão do Mar

2 Sexta Planetário - O ABC do Sistema Solar 18h – R$ 8 / 4 - Planetário Planetário – Explorando o Universo 19h – R$ 8 / 4 – Planetário Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8 / 4 – Planetário

MPB Petrobras – Vander Lee 21h – R$ 20 / 10 - Anfiteatro Teatro – Projeto Religare – CPBT 20 anos 20h – Acesso livre – Teatro Dragão do Mar

4 Domingo Café com Tapioca 8h30 - Teatro Dragão do Mar Brincando e Pintando no Dragão do Mar 16h – Acesso livre – Praça Verde Dragão das Crianças 16h – Acesso livre Planetário - O ABC do Sistema Solar 17h – R$ 8 / 4 – Planetário Domingo Musical – Quarteto de Violões da UFC 18h – R$ 2 / 1 - Auditório Planetário – Explorando o Universo 18h – R$ 8 / 4 - Planetário Pra Ver a Banda – Orquestra de Sopros da UECE 19h – Acesso livre – Espaço Rogaicano Leite Filho Planetário – A Conquista do Espaço 19h – R$ 8 / 4 – Planetário Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8 / 4 – Planetário MPB Petrobras – Vander Lee 20h – R$ 20 / 10 – Anfiteatro

5 Segunda I Colóquio Internacional Dialogos Juvenis 18h – Auditório

3 Sábado

6 Terça

Grupo Escoteiro do Ar Pinto Martins 14h – Acesso livre – Bosque Praça Verde Dragão das Crianças 16h – Acesso livre Cine Clube Dragão do Mar 16h – Acesso livre – Auditório Planetário - O ABC do Sistema Solar 17h – R$ 8 / 4 - Planetário Planetário – Explorando o Universo 18h – R$ 8 / 4 - Planetário Contação de Histórias – Nos Jardins de Primavera 18h – Acesso livre – Espaço Rogaciano Leite Filho Planetário – A Conquista do Espaço 19h – R$ 8 / 4 - Planetário Planeta Hip Hop 19h – Acesso livre – Arena Dragão do Mar Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8 / 4 – Planetário

Tai Chi Chuan no Dragão do Mar 16h30 – Acesso livre – Praça Verde Teatro da Terça – Otelo 20h – R$ 2/ 1 – Teatro Dragão do Mar

32

Guia Dragão do Mar

7 Quarta Dalí – Bíblia Sagrada 19h – Acesso livre – MAC Dia D da Cultura 19h30 – Acesso livre – Hall do Teatro Dragão do Mar

8 Quinta Tai Chi Chuan no Dragão do Mar 16h30 – Acesso livre – Praça Verde Planetário - O ABC do Sistema Solar 18h – R$ 8 / 4 - Planetário Planetário – Explorando o Universo 19h – R$ 8 / 4 – Planetário


Noites Astrológicas 19h30 – Acesso livre – Planetário Quinta com Dança – Só 20h – R$ 2 / 1 – Teatro Dragão do Mar Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8 / 4 – Planetário

9 Sexta Sahaja Yoga 16h – Acesso livre – Bosque da Praça Verde Planetário - O ABC do Sistema Solar 18h – R$ 8 / 4 - Planetário Planetário – Explorando o Universo 19h – R$ 8 / 4 – Planetário Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8 / 4 – Planetário

10 Sábado Grupo Escoteiro do Ar Pinto Martins 14h – Acesso livre – Bosque Praça Verde Dragão das Crianças 16h – Acesso livre Cine Clube Dragão do Mar 16h – Acesso livre – Auditório Planetário - O ABC do Sistema Solar 17h – R$ 8 / 4 – Planetário Planetário – Explorando o Universo 18h – R$ 8 / 4 – Planetário Contação de Histórias – Nos Jardins de Primavera 18h – Acesso livre – Espaço Rogaciano Leite Filho Concerto – Quarteto Cearense 19h – Acesso Livre – Auditório Planetário – A Conquista do Espaço 19h – R$ 8 / 4 – Planetário Planeta Hip Hop 19h – Acesso livre – Arena Dragão do Mar Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8 / 4 – Planetário Música – Show Marcelo Jeneci 22h – Praça Verde

11 Domingo Café com Tapioca 8h30 - Teatro Dragão do Mar Brincando e Pintando no Dragão do Mar 16h – Acesso livre – Praça Verde Dragão das Crianças 16h – Acesso livre Planetário - O ABC do Sistema Solar 17h – R$ 8 / 4 – Planetário Domingo Musical – Quarteto de Violões da UFC 18h – R$ 2 / 1 - Auditório

Planetário – Explorando o Universo 18h – R$ 8 / 4 – Planetário Pra Ver a Banda – Banda Filarmônica de Inhamuns 19h – Acesso livre – Espaço Rogaicano Leite Filho Planetário – A Conquista do Espaço 19h – R$ 8 / 4 – Planetário Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8 / 4 – Planetário

13 Terça Tai Chi Chuan no Dragão do Mar 16h30 – Acesso livre – Praça Verde Noites Astrológicas 19h30 – Acesso livre – Planetário Teatro da Terça – Otelo 20h – R$ 2 / 1 – Teatro Dragão do Mar

14 Quarta Seminário Idéia de Revolução 19h – Acesso livre – Auditório “Átomos e Anti-átomos: do cosmo ao micro, da alquimia à medicina” 19h – Acesso livre – Teatro Dragão do Mar Uma Noite em 68 21h – R$ 10 / 5 – Anfiteatro

15 Quinta Tai Chi Chuan no Dragão do Mar 16h30 – Acesso livre – Praça Verde Planetário - O ABC do Sistema Solar 18h – R$ 8 / 4 - Planetário Planetário – Explorando o Universo 19h – R$ 8 / 4 – Planetário Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8 / 4 – Planetário Quinta com Dança – Só 20h – R$ 2 / 1 – Teatro Dragão do Mar

16 Sexta Saúde in Natura 14h – Acesso livre – Ateliê de Artes Sahaja Yoga 16h – Acesso livre – Bosque da Praça Verde Planetário - O ABC do Sistema Solar 18h – R$ 8 / 4 - Planetário Planetário – Explorando o Universo 19h – R$ 8 / 4 – Planetário Sons do Ceará – Janio Silva 19h30 – Acesso livre – Espaço Rogaciano Leite Filho Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8 / 4 – Planetário Guia Dragão do Mar

33


17 Sábado

20 Terça

Dragão das Crianças 16h – Acesso livre Cine Clube Dragão do Mar 16h – Acesso livre – Auditório Sesi Bonecos 16h30 – Acesso livre – Praça Verde Planetário - O ABC do Sistema Solar 17h – R$ 8 / 4 – Planetário Planetário – Explorando o Universo 18h – R$ 8 / 4 – Planetário Contação de Histórias – Nos Jardins de Primavera 18h – Acesso livre – Espaço Rogaciano Leite Filho Ui, o príncipe 18h – Acesso livre – Anfiteatro Dragão do Mar Literário – Raquelzinha: O Nordeste em Letras 19h – Acesso livre – Auditório Planetário – A Conquista do Espaço 19h – R$ 8 / 4 - Planetário Planeta Hip Hop 19h – Acesso livre – Arena Dragão do Mar Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8 / 4 – Planetário

IV Encontro Nietzsche-Schopenhauer 14h – Acesso livre – Auditório Tai Chi Chuan no Dragão do Mar 16h30 – Acesso livre – Praça Verde

18 Domingo Café com Tapioca 8h30 - Teatro Dragão do Mar Dragão das Crianças 16h – Acesso livre Sesi Bonecos 16h30 – Acesso livre – Praça Verde Planetário - O ABC do Sistema Solar 17h – R$ 8 / 4 – Planetário Planetário – Explorando o Universo 18h – R$ 8 / 4 - Planetário Domingo Musical – Doces Flautas Doces 18h – R$ 2 / 1 - Auditório Pra Ver a Banda – Banda de Música Prof. Maria Gecilda 19h – Acesso livre – Espaço Rogaicano Leite Filho Música - 2º Recital da Duetos Escola de Música 19h – Acesso livre - Teatro Dragão do Mar Planetário – A Conquista do Espaço 19h – R$ 8 / 4 – Planetário Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8/ 4 - Planetário Pra Ver a Banda – Orquestra Jovem de Fortaleza 20h – Acesso livre – Espaço Rogaicano Leite Filho 34

Guia Dragão do Mar

21 Quarta IV Encontro Nietzsche-Schopenhauer 14h – Acesso livre – Auditório I Festival dos Corações da America Latina 2012 12h – Acesso livre – Espaços diversos III Simpósio Mídia Nordeste 19h - Auditório Abertura Exposição Marighella 19h – Acesso livre – Espaço Multiuso

22 Quinta IV Encontro Nietzsche-Schopenhauer 14h – Acesso livre – Auditório Tai Chi Chuan no Dragão do Mar 16h30 – Acesso livre – Praça Verde Planetário - O ABC do Sistema Solar 18h – R$ 8 / 4 - Planetário Planetário – Explorando o Universo 19h – R$ 8 / 4 – Planetário Lançamento Livro Marighella 19h30 – Acesso livre – Hall do Teatro Dragão do Mar Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8 / 4 – Planetário Teatro Adulto – Negros – O Poeta em Nova York 20h – Acesso livre – Teatro Dragão do Mar Série Depoimentos – Zélia Duncan 20h – R$ 20 / 10 – Anfiteatro

23 Sexta IV Encontro Nietzsche – Schopenhauer 14h – Acesso livre – Auditório Sahaja Yoga 16h – Acesso livre – Bosque da Praça Verde Festival Internacional de Folclore do Ceará 18h – Acesso livre – Praça Verde Planetário - O ABC do Sistema Solar 18h – R$ 8 / 4 - Planetário Planetário – Explorando o Universo 19h – R$ 8,00 / 4,00 – Planetário Documentário Marighella 19h – Acesso livre – Teatro Dragão do Mar Sons do Ceará – Bossambar 19h30 – Acesso livre – Espaço Rogaciano Leite Filho Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8,00 / 4,00 – Planetário Música - Fórum Harmônicas Brasil 2012 21h – Acesso livre – Anfiteatro


24 Sábado Grupo Escoteiro do Ar Pinto Martins 14h – Acesso livre – Bosque Praça Verde Dragão das Crianças 16h – Acesso livre Cine Clube Dragão do Mar 16h – Acesso livre – Auditório Planetário - O ABC do Sistema Solar 17h – R$ 8,00 / 4,00 – Planetário Encontro Cearense de Malabares no Dragão do Mar 17h – Acesso livre – Praça Almirante Saldanha Festival Internacional de Folclore do Ceará 18h – Acesso livre – Praça Verde Planetário – Explorando o Universo 18h – R$ 8 / 4 – Planetário Contação de Histórias – Nos Jardins de Primavera 18h – Acesso livre – Espaço Rogaciano Leite Filho Planetário – A Conquista do Espaço 19h – R$ 8 / 4 - Planetário Noites das Estrelas 19h – Acesso livre – Em frente ao Planetário Planeta Hip Hop 19h – Acesso livre – Arena Dragão do Mar Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8 / 4 – Planetário Música - Fórum Harmônicas Brasil 2012 21h – Acesso livre – Anfiteatro

Noites das Estrelas 19h – Acesso livre – Em frente ao Planetário Planetário – A Conquista do Espaço 19h – R$ 8 / 4 – Planetário Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8 / 4 - Planetário Música - Fórum Harmônicas Brasil 2012 20h – Acesso livre – Anfiteatro

27 Terça Tai Chi Chuan no Dragão do Mar 16h30 – Acesso livre – Praça Verde Papos em Rede 19h – Acesso livre - Auditório

29 Quinta Eco Arte e Cultura 15h – Acesso livre – Praça Verde Tai Chi Chuan no Dragão do Mar 16h30 – Acesso livre – Praça Verde Planetário - O ABC do Sistema Solar 18h – R$ 8,00 / 4,00 - Planetário Planetário – Explorando o Universo 19h – R$ 8,00 / 4,00 – Planetário Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8 / 4 – Planetário Quinta com Dança – Só 20h – R$ 2 / 1 – Teatro Dragão do Mar Música - Festival Choro e Jazz Jericoacoara 21h – Acesso livre – Anfiteatro

25 Domingo

30 Sexta

Café com Tapioca 8h30 - Teatro Dragão do Mar Brincando e Pintando no Dragão do Mar 16h – Acesso livre – Praça Verde Dragão das Crianças 16h – Acesso livre Planetário - O ABC do Sistema Solar 17h – R$ 8 / 4 – Planetário Planetário – Explorando o Universo 18h – R$ 8 / 4 - Planetário Domingo Musical – Doces Flautas Doces 18h – R$ 2 / 1 - Auditório Festival Internacional de Folclore do Ceará 18h – Acesso livre – Praça Verde Pra Ver a Banda – Banda de Música do Colégia Mulitar do Corpos de Bombeiros do Ceará 19h – Acesso livre – Espaço Rogaicano Leite Filho

Eco Arte e Cultura 15h – Acesso livre – Praça Verde Sahaja Yoga 16h – Acesso livre – Bosque da Praça Verde Planetário - O ABC do Sistema Solar 18h – R$ 8 / 4 - Planetário Planetário – Explorando o Universo 19h – R$ 8 / 4 – Planetário Recital – Orquestra Instituto Grupo Pão de Açúcar 19h – Acesso livre – Teatro Dragão do Mar Sons do Ceará – Bossambar 19h30 – Acesso livre – Espaço Rogaciano Leite Filho Planetário – Origens da Vida 20h – R$ 8 / 4 – Planetário Música - Festival Choro e Jazz Jericoacoara 21h – Acesso livre – Anfiteatro Guia Dragão do Mar 35


ESCOLA DE

ARTES E OFÍCIOS THOMAZ POMPEU SOBRINHO

FOTO: MARINA CAVALCANTE

DESTAQUE Laboratório de práticas de conservação em esculturas, telas e documentos

A

Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho, por meio do Núcleo de restauro e conservação de bens móveis e integrados, promove laboratórios de experimentação e conservação de bens patrimoniais móveis e integrados – esculturas, telas e documentos, para pessoas que desejam adquirir noções e habilidades básicas para a correta conservação de objetos e acervos pessoais. As pessoas interessadas em participar do laboratório devem trazer um objeto para a prática de conservação. A participação deverá ser agendada, previamente, pelo telefone: 3238.1244. Total de vagas: 10 vagas no turno da manhã e 10 vagas no turno da tarde. Dias 6 e 7, das 8h às 12h e de 13h30 às 17h30, na EAO.

Todos os eventos têm acesso livre e vagas limitadas

Av. Francisco Sá, 1801 – Jacarecanga 60010-450 • Fortaleza – CE Informações e agendamento de visitas: (85) 3238.1244 - eao@eao.org.br A EAO é gerida pelo Instituto de Arte e Cultura do Ceará (IACC), vinculado à Secretaria da Cultura do Governo do Estado do Ceará (SECULT). Acompanhe o cotidiano da EAOTPS pelo facebook: http://www.facebook.com/earteseoficios

36

Guia Dragão do Mar


FOTO: FRANCISCO FLOR

Exposição Exposição Patrimônio para Todos – Uma aventura através das memórias – ano IV Exposição de imagens fotográficas e audiovisuais que reúne o registro das comunidades pesquisadas pelo Projeto Patrimônio para Todos em Fortaleza e em 7 municípios do interior do Ceará, entre junho e agosto de 2012. Visitação até 30 de novembro de 2012, das 9h às 12h e das 14h às 17h, na EAO. Para agendar visita guiada, ligar para: 3238.1244.

Espaços Biblioteca Thomaz Pompeu Sobrinho

Disponibiliza um acervo de mais de 1,5 mil livros nas áreas de Artes, Arquitetura, Patrimônio Cultural, Ofícios Tradicionais e Literatura.

Ateliê de xilogravura

O ateliê de xilogravura da EAOTPS pode ser utilizado, mediante agendamento prévio, de segunda a sexta, para atividades de impressão. Para conhecer as normas de utilização e agendar horário, os interessados podem entrar em contato com a Escola, pelo telefone: 3238.1808.

Ilha Digital

Acesso a pesquisas online sem custo. Disponibiliza aos usuários serviços de impressão, digitalização e periodicamente ministra curso de informática básico. Acesso gratuito à internet.

Loja Artesanal

Produtos criados por meio dos Cursos da Escola. São xilogravuras, gravuras em metal, cadernos, bloco de notas, papéis artesanais e bordados. Os espaços da EAO funcionam de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30 Guia Dragão do Mar

37


CENTRO CULTURAL

Estimulando a formação artística e cidadã

I

naugurado em dezembro de 2006, o Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ) é um importante espaço de convivência da arte e formação. O equipamento tem como objetivo estimular a participação e o protagonismo da comunidade do Grande Bom Jardim nos eventos de caráter artístico, cultural e ações de formação. O CCBJ é gerido pelo Instituto de Arte e Cultura do Ceará (IACC), vinculado à Secretaria da Cultura (Secult) do Governo do Estado do Ceará. O CCBJ recebe projetos de Música, Teatro, Dança, Literatura, através dos e-mails: cristinagadelha@ccbj.org.br e cibele@ccbj.org.br Todos os eventos têm acesso livre Rua 3 corações, 400 – Bom Jardim 60545-110 Fortaleza - CE Informações: (85) 3497.5981 e 3497. 5991

Momento Cultural Va, Ve, Vi – Vaqueiro, verso e viola!

Chico Neto, Lucarocas e Caymã Moreira - Direção: Divanira Vieira O espetáculo convida o público a dar um passeio pela cultura nordestina, com figuras que ilustram o Vaqueiro, o Verso e a Viola, representados por Joel, responsável pela captação de imagens, por Chico Neto, que representará a figura do vaqueiro, Lucarocas, que simbolizará a figura do poeta e, por fim, Cayman Moreira, que marcará a representatividade do violeiro. 55 min Dia 8, às 15h, no Teatro Marcus Miranda. Acesso livre. Classificação livre

Festival Internacional de Folclore do Ceará Produção: Encena - Coordenação: Sheyla Fernandes

O festival contará com grupos de dança brasileiros e de outros países, destacando o Ceará. O evento visa promover e discutir questões relativas ao folclore. O principal motivo de contribuir com esse projeto é reforçar os valores á proteção da memória artística e cultural, além de viabilizar a promoção de programas que fomentem a formação, criação, produção e circulação das expressões culturais e artísticas, na oportunidade de reconhecimento nacional. Dia 23, 8h às 12h e das 14h às 18h, no Teatro Marcus Miranda. Acesso livre. Classificação livre 38

Guia Dragão do Mar

DIVULGAÇÃO

BOM JARDIM


Sexta com Dança DIVULGAÇÃO

Ritmo na rítmica Grupo Estácio Fic de Ginástica Rítmica - Direção: Barbara Agostine - Coreográfa: Renata Saldanha Espetáculo que mostra a viagem de uma garota a um mundo de sonhos que remetem ao universo do circo, ginástica e dança em um país fictício, chamado Elore. Neste sonho a garota – Nadejda – encontra seres encantados, que se movimentam de forma incrível, em diversos ritmos instrumentais. Quando esta acorda percebe que tudo não passou de um sonho, porém seu corpo aprendeu a realizar as incríveis proezas dos seres deste país. Espetáculo que alia beleza, habilidades atléticas, circo, ginástica e dança. Dias 9 e 16, às 19h, no Teatro Marcus Miranda. Acesso livre. Classificação livre

Arte Plural DIVULGAÇÃO

Carlinhos Perdigão

Show - O Nordeste e o Brasil em Luiz Gonzaga Coordenado pelo professor de língua portuguesa e músico Carlinhos Perdigão, o Projeto O Nordeste e o Brasil em Luiz Gonzaga objetiva prestar uma sincera homenagem – através de músicas, vídeos e performances teatrais-humorísticas – a este gênio da música popular brasileira. Assim, o artista cearense busca valorizar a formação histórica do Nordeste e do Brasil em uma aula-espetáculo a partir das compo sições seminais do Velho lua, que expressam com plenitude a alma e os anseios de nossa gente. 60min Dias 14 e 21, às 15h, no Teatro Marcus Miranda. Acesso livre. Classificação livre

Mostra Verbal

Furiosos da Rima - Direção: Douglas da Silva Grupo de rap da comunidade do Bom Jardim, com 13 anos de estrada. Revela em suas músicas os problemas sociais e culturais, como também belas trajetórias de vida. 50min Dias 17, às 18h, no Teatro Marcus Miranda. Acesso livre. Classificação livre

Rap em cena

JK, Stilo favela e Impacto feminino Com músicas autorais, onde retrata os problemas socioculturais da periferia de Fortaleza. 55min Dia 24, às 19h, na Praça Central. Acesso livre. Classificação livre Guia Dragão do Mar

39


CENTRO CULTURAL

Projeto Jardim de Gente O projeto Jardim de Gente, realizado pelo Instituto de Arte e Cultural do Ceará (IACC) desde 2007, por meio do Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ), promove oficinas e cursos gratuitos em arte e gestão cultural no Grande Bom Jardim. A iniciativa tem como objetivo estimular o desenvolvimento social e econômico na região, por meio da formação profissional e da produção autoral em cultura. Além do ensino das técnicas em diversas linguagens artísticas, o projeto também aborda o debate sobre uma visão crítica dos processos de expressão, criação e integração dos participantes no mercado. Todos os meses são abertas novas turmas para cerca de 20 cursos e oficinas. Os interessados em participar só precisam apresentar RG, CPF e comprovante de residência no Núcleo de Formação do CCBJ. Menores de idade devem comparecer acompanhados por um responsável. As formações programadas para novembro são nas seguintes áreas: Gestão Cultural, Gastronomia, Artes Cênicas, Artes Plásticas, Artes Digitais, Informática e Moda. PROJETO JARDIM DE GENTE

Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ) – Rua Três Corações, 400 – Bom Jardim Mais Informações: (85)3245-9036. www.fb.com/JardimdeGente

Sons e Tons Mostra Rock Bom Jardim Banda Prepúcio e Banda Ditants

A banda conta com um repertorio autoral e com algumas canções marcantes dos anos 90. 60min. Dia 17, às 19h, no Teatro Marcus Miranda. Acesso livre. Classificação livre.

Amostras Musicais do Ceará Projeto MIRC

O Programa Mirc Rock Cearense faz parte do Projeto Amostras Musicais do Ceará, produzido pela equipe de rádio e televisão da Rede Virtual Inespec e transmitido na internet. Em parceria com o CCBJ, grava a 11ª edição com bandas de rock, além do bate-papo com convidados, debate de temáticas socioculturais e muita diversão. 4h. Dia 18, às 13h, no Teatro Marcus Miranda. Acesso livre. Classificação livre

Venha Ler

Consciência Negra

Facilitadora: Ana Paula Sales Novembro é o mês da consciência negra, portanto, este tema será abordado com a finalidade de desenvolver a cultura, a leitura e a criatividade literária das crianças. Dias 10, 17 e 24, de 09h às 11h e 14h às 16h, na Biblioteca. 40 Guia Dragão do Mar

ANDERSON PIRES

BOM JARDIM


Teatro em Pauta EX-CÊNTRICOS

Grupo Arte de Viver - Direção: Hemetério Segundo O espetáculo é a culminância do Projeto de Visibilidade Cultural do Grande Bom Jardim, uma ação pública do Governo do Estado do Ceará para o incentivo e a valorização da cultura da nossa gente. Trata das relações existentes entre loucura e sociedade, questionando a normalidade habitual e a vida cotidiana.70min. Dias 4, 11, 18 e 25, às 19hs, no Teatro Marcus Miranda. Acesso livre. Classificação 12 anos.

Mostra Religare Se o Sol Me Desse Bom Dia

Grupo arte Dramática Experimental – GADE – Francinice Campos Universo feminino reprimido pelo masculino. É real ou é sonho. Será vida? Figurino que segue nuances metrópoles de um pesadelo-real-sonho-realidade. O pólen da loucura. Morcegosvampiros. Vermelho-amarelo, seguindo o abstracionismo. 50min. Dia 28, às 15h, no Teatro Marcus Miranda. Acesso livre. Classificação 12 anos.

Consciência Negra Toque de Senzala – Associação Espirita de Umbanda São Miguel Direção Miguel Neto Além da apresentação artística, Miguel Neto conversa com a comunidade sobre a história do negro desde a sua chegada ao Brasil, o sofrimento e a solidão de viver em senzalas. Vai falar também da força, da luta pela sobrevivência de suas identidades, costumes, dialetos, culinária e dança. Dia 30, às 18h, na Praça Central. Acesso livre.

Teatro Infantil Fabulosa

Turma de Licenciatura em Teatro – IFCE Inspirado livremente nas fábulas de Esopo e La Fontaine, bem como as obras infantis de Chico Buarque, Judy Freudberg e Tony Geiss, “Fabulosa” conta a historia de um urubu e uma gaivota que foram amigos de infância e que se reencontram em meio a uma fuga das queimadas na floresta onde vivem. 60min. Dia 11, às 17h, no Teatro Marcus Miranda. Acesso livre. Classificação livre.

Mateus e Catirina – Quem Conta Seus Males Espanta

Grupo Pantim de Teatro – Boa Viagem / CE - Direção: Aristides Junior Mateus e Catirina resolvem virar contadores de histórias e entre confusões e muita diversão passeiam por outras tradições folclóricas através de lendas, cantos e provérbios, mesclando ainda atores e bonecos num empolgante espetáculo de cultura popular. 55min. Dia 25, às 18h, na Praça Central. Acesso livre. Classificação livre.

Lagarta Pintada Cristina Gadelha e Leticia Silva Atividades de pintura e desenho livre, jogos, cantigas de roda e brincadeiras da cultura tradicional popular, voltadas para o público infantil. Dias 4, 11, 18 e 25, às 16h, no Espaço Alternativo. Acesso Livre. Classificação Livre Guia Dragão do Mar

41


CENTRO CULTURAL

BOM JARDIM Exposição

Arte Urbana em Bloco

Curadoria: Emanuel Souza – a.k.a “O Centurião” A primeira exposição do Coletivo Bloco de Risco fora dos muros, composto por alunos do CMES - Dom Antônio de Almeida Lustosa em Fortaleza. Utilizando diversas técnicas como: pintura, estêncil, colagens, stiker’s, lambe-lambe, mais de 40 alunos desenvolveram este trabalho desde 2011. Visitação de segunda a sexta, das 14h às 18h, e sábados e domingos, das 16h às 20h

Cine Clube Bom Jardim Facilitadora: Angélica Rodrigues Exibição de filmes brasileiros (Programadora Brasil) graças à conquista do Edital + Cinema, projeto do Ministério da Cultura, Governo Federal, que beneficia os espaços culturais.

Dias: 03 e 17, às 16h Programa 248 - Cultura Negra Alma no Olho Dir.: Zozimo Bulbul; RJ, 1974, Documentário, PB, 12 min. Espaço Sagrado Dir.: Geraldo Sarno; BA, 1975, Documentário, Colorido, 17 min. Gato / Capoeira Dir.:Mario Cravo Neto; BA, 1979, Documentário, PB, 13 min. Ilê Aiyê / Angola Dir.:Orlando Senna; BA, 1985, Documentário, Colorido, 16 min. Negros de Cedro Dir.:Manfredo Caldas; DF, 1997, Documentário, Colorido, 17 min. Rio de Mulheres Dir.:cristina maure e Joana Oliveira; MG, 2009, Documentário, Colorido, 21 min.

Dias: 10 e 24, às 16h Programa 187 Uma Vida em Segredo Dir.: Suzana Amaral; São Paulo, SP; 2001, Ficção, Colorido, 98 min.; Censura: Livre

Dias: 04 e 18, às 15h Programa: 203 - Curta criança 3 - Classificação livre A Garrafa do Diabo Dir.: Fernando Coimbra; SP, 2009, Ficção, Colorido, 15 min. As Fadas da Areia Dir.:João Batista Melo; DF, 2008, Ficção, Colorido, 15 min. Contatos Siderais Antes do Colegial Dir.: Ale McHaddo; SP, 2009, Ficção, Colorido, 14 min. 42

Guia Dragão do Mar

O Avô do Jacaré Dir.: Christian Saghaard e Flavia Thompson; SP, 2009, Ficção, Colorido, 14min. O arol de Santo Agostinho Dir.: Marco Schiavon; RJ, 2006, Ficção, Colorido, 15 min. O Imaginante Quarto da Vovó Dir.: Marcela Arantes; SP, 2009, Ficção, Colorido, 16 min. Reisado Miudim Dir.: Petrus Cariry; CE, 2008, Ficção, Colorido, 13 min.

Dias: 11 e 25, às 15h Programa 205 - Curtas infantis 4 A Menina Espantalho Dir.: Cássio Pereira dos Santos; DF, 2008, Ficção, Colorido, 12 min. Águas de Romanza Dir.: Glaucia Soares e Patricia Baia; CE, 2002, Ficção, Colorido, 14 min. Emília Escreve um Diário Dir.: Tata Amaral; SP, 2007, Ficção, Colorido, 3 min. Ernesto no País do Futebol Dir.: André Queiroz e Thais Bologna; SP, 2009, Ficção, Colorido, 14 min. Guido e Gaspar Dir.: Márcio Schoenardie; RS, 2008, Ficção, Colorido, 14 min Histórias Curtas - As Férias de Lord Lucas Dir.: Tatiana Nequete; RS, 2008, Ficção, Colorido, 14 min. Histórias Curtas - Gol a Gol Dir.: Bruno Carvalho; RS, 2008, Ficção, Colorido, 11 min. O Céu de Iracema Dir.: Iziane Filgueiras Mascarenhas; CE, 2002, Ficção, Colorido, 10 min.


Projeto Visibilidade Cultural do Grande Bom Jardim

Bom Jardim Mostra Cultura Encerramento do Curso de Produção Cultural e Organização de Eventos Cadeira Na Calçada

O Povo atrás do Muro de Marconi Loures MG, 2007, Animação, Colorido, 7 min.

Direção: Edivânia Marques

Sempre na calçada da Comunidade São Francisco, a ação prioriza a participação e o protagonismo dos moradores, abordando temas como: cidadania, meio ambiente, mercado de trabalho e a troca mútua de gentilezas, a fim de encontrar soluções coletivas para problemas em comum. Dias 04 e 18, às 16h, na Comunidade São Francisco

Cine Clube – Itinerante Direção: Angélica Rodrigues

A fim de proporcionar diversão à comunidade, o cineclube itinerante leva para as praças do Grande Bom Jardim o melhor do cinema brasileiro. Sempre com exibição de um curta-metragem seguido de um longa. A pipoca é garantida! Programa: Animações para a primeira infância 2 A bruxinha Lili de Leonardo Copello. BA, 2008, Animação, Colorido, 5 min. Bartô de Luiz Botosso e Thiago Veiga.GO, 2006, Animação, Colorido, 7 min. Calango! de Alê Camargo DF, 2007, Animação, Colorido, 7 min. Docinhos de Frederico Pinto e José Maia. RS, 2002, Animação, Colorido, 7 min.

O Veado e a Onça de Raquel Pedreira - SP, 2006, Animação, Colorido, 13 min. O Vento de Pedro Pazelli - RJ, 2007, Animação, Colorido, 4 min Dias e locais das exibições: Dia 9 - Comunidade São Francisco - Rua Humuarama s/n, próximo ao Centro Cultural do Bom Jardim. Dia 16 - Praça do Santo Amaro - Av. Maria Júlia s/n, próximo à igreja do Santo Amaro Dia 23 - Praça da Santa Cecília - Rua Coronel João Correia s/n, próximo à delegacia do Bom Jardim. Dia 30 - Praça do Canindezinho - Av. Osório Paiva, próximo à Vila Olímpica. Sempre ás 18hs

Voz da Periferia O evento tem o intuito de trabalhar as linguagens urbanas e as manifestações artísticas desenvolvidas no bairro. Grupos musicais locais foram selecionados para os dois dias de apresentações, que conta ainda com torneio de basquete e mostra de hip-hop. O Cantor Chico César faz o show de encerramento que tem Sambas de Rodas como abertura. Dias 10 e 11, das 16hs às 21hs, na Praça do Sta Cecilia. Acesso livre. Classificação livre

Gilda e Gilberto de Érica Valle SP, 2003, Animação, Colorido, 8 min.

GENTE DA GENTE

DOUGLAS SILVA Morador do Bom Jardim

Douglas da Silva Tavares, 25 anos, nascido em São Paulo, foi criado desde os 2 anos no bairro Autran Nunes, onde começou sua jornada na cultura como treinador de futebol. Aos 13 anos de idade fazia parte da Liga Esportiva do Genibaú e ensinava crianças dos bairros mais próximos da área. Foi como rapper Mc, em 1999, que tornou-se mais conhecido. ‘Gôga da rima’ é morador do Bom jardim há oito anos. É fundador e foi integrante do grupo Estilo Favela e do projeto cultural BJBC (Bom Jardim Basquete Cultura) e “A Voz da Periferia”, onde trabalha voluntariamente. Atualmente, é mc do grupo Furiosos na rima com Karol (Emisária K), que este ano está lançando sua mixtape. Guia Dragão do Mar

43


44

Guia Drag達o do Mar


Guia Dragao do Mar - Novembro 2012