Issuu on Google+

Sábado | 4 de Fevereiro de 2012

EDIÇÃO Nº 1143

SÁBADO, 4 DE FEVEREIRO DE 2012

1

Circ ulaç ão: Região do Alto Jac uí - R$ 2,50

ERS 506 não está incluída no plano de obras do Governo do Estado O

Governo do Es tado do RS divul gou esta semana o Plano de Obras Rodoviárias 2012 a 2014, obras que devem ser i niciadas e concluí das, entre aces sos municipais, li gações regionais , duplicações e obras já em andament o. Dos acess os munici pais, a meta é de concluir 77 dos 104 que serão inici ados , com investi mento de R$ 469 mil hões . Nas l igações regionai s devem ser concluí das

19 obras , no val or de R$ 259 mi lhões, e em duplicações oi to obras serão iniciadas e destas três concluídas , num invest iment o de R$ 498 mi lhões em 205 quilômetros. Das obras que es tão em andamento, 10 devem ser concluí das, num trajet o de 58 quil ômetros, no valor estim ado em R $ 130 m ilhões. No documento estão todas as rodovi as ERS que serão cont empladas com i nício ou conclusão de obras ,

de interess e regional, além dos pedági os comunitários. O que chama a atenção é que, ao cont rário do que os políticos eventualmente afirmam, a ERS 506, trecho ent re Ibirubá e Santa B árbara do Sul, não faz parte do plano. A questão já rendeu viagens , visitas , discursos e votos, mas a verdade é que, ao que tudo i ndica, os moradores de Alfredo Brenner e Santo Antônio do Bom Reti ro não verão o sonho da pavimentação real izado tão cedo.

Ibirubá assina convênio para calçamento Próximo passo será a contratação da empresa e liberação para início da obra

O

Município de I bir u bá fi r mou convênio com a Caixa Federal re fe rente a projeto de calça mento poliédrico, da localidade de Linha Duas até o a terro sa nitá rio. Os c ustos se rã o cobe rtos com emenda parla me ntar protoc olada pelo de p uta d o Lu iz C a rlo s Heinze (R$ 97,5 mil), com contrapartida de R$ 6.144,08. O ato ocorre u à s 17h do dia 27, se xta-feira, no

g a bine te d o pr e fe ito Carlos Jandre y, com a p re s en ç a d o g e re n te Vanderlei Luz e de autorida des locais. Também foi confirmada pavimentação da Avenida Brasil, altura da Ascoprel até a esc ola. A obra foi orç ada e m R$ 196.400,00, re cursos do g ov e rn o f e de r al via biliza dos atravé s de e m en da do de p uta do On yx L or e nz o ni. A c ontrapartida do município será de R$ 67.836,24.

Acesso ao Bairr o Hermany será beneficiado


Sábado | 4 de Fevereiro de 2012 2

OPINIÃO

CNJ, Ficha Limpa e mensalão na pauta do STF para 2012 Najla Passos, no Carta Maior O STF abriu seus trabalhos em sessão solene realizada às 10h, nesta quarta (1). Já na primeira sessão de julgamento está uma questão bastante controversa: a atribuição do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para apurar denúncias de irregularidades cometidas por magistrados. Mas a pauta da corte máxima do país para 2012 tem outras matérias p ol êmi cas . O ju lg amen to da constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa e o dos acusados pelo chamado “mensalão do PT” estão entre elas. Já o do “mensalão do PSDB” permanece empacado. O presid ente do STF, minis tro Cezar Peluso, cient e da p olêmica q ue marcará o j u l ga men t o da t ard e, ab riu o a no l egis lativ o ressaltando o bom desempen ho da Jus tiça nos último s anos , co m especial d estaque para a atuação d o CN J. “Emb ora as t arefas fiscalizató rias chamem mais a atenção da sociedad e, a atuação do CNJ como orientador da política n acional tem sid o decisiva para o s prog ressos do j udiciário, especialmente em u m paí s co ntinental como o no sso, com t antas di ferenças region ais”, afirmou. Para não antecipar o v oto aguard ado p ara o julgamento , d estacou que a corte máxima tem sido permeáv el à opinião púb lica, mas sem ser sub serviente a ela. Como exemplo , ci tou a aprovação da u nião civil h omossexual que, seg undo ele, “cont rariou a opin ião de cerca de 5 0% da s o cied ad e b ras il eira”. E , tam bém, o p osicionament o contrário do Tribun al à v alid ade da Lei da Ficha Limpa para as e le iç õe s d e 2 0 10 , d ec is ão b as tan t e criticada pela socied ade.

A s discussões em torno das atribu ições do CNJ para inst au rar p ro ces sos d isciplinares contra juízes se to rnaram p úb li cas em ago st o do an o pas sad o , q uando a As sociação do s Magi strados Brasi leiros (AMB) q ues tionou no STF as in ves tigações já em curso no órgão . E m setembro , a corregedora Eli ana Calmon acirrou a p olêmica declaran do qu e a restrição do pod er de investigação do CNJ iria favo recer a at uação do s “ban didos escon dido s atrás das togas”. E m d ez emb ro , n o fin al d o an o l eg isl at ivo , o mini stro Marco A urélio Mello, em decisão indiv idual, conced eu limin ar restringind o os poderes d o Co nselho . Pela l imi nar, o CNJ só poderá i nv esti gar j uí zes ap ós as correged orias terem concluíd o su as inv es tigações. O go verno Dilma, por meio da A dvogacia G eral da U nião , ingressou com um mandado de s egu rança na corte para derrubar limin ar concedida p elo ministro, se po sicionando favorável ao controle externo do ju diciário. D ia 3 1 de jan eiro a Ordem d os Adv ogados do Brasil (OAB) pro mo veu um ato pú blico em favor do CNJ. Particip aram ex-ministros, juristas, p olíticos e 1 5 co nselheiros d o CNJ. O presidente da OA B, O phir Cav alcanti, defen deu a ampla at uação do órgão n a investigação do s magi strados “q ue não honram a toga”. Seg u nd o el e, 38 d o s 6 5 pre si den tes e co rreg ed ores do s tribu nais d e Ju st iça estaduais e fed erais são o u foram alvos de investigações d o CNJ . N esta quarta um grupo de senadores protocolou no STF ped ido de direito à sustentação oral na sessão que julgará o

caso. Caso o pedido seja aceito, o senador Pedro Taques (PDT-MT ), que é procurador da Justiça Federal, defenderá a independência do CNJ durante o julgamento. “Inúmeros são os benefícios advindos da atividade deste órgão desde que implantado, ben efícios que não seriam possíveis caso ainda tivéssemos um modelo que conta exclusivamente com as Corregedorias dos Tribunais”, alegam os senadores no documento protocolado no STF. A conclu são da votação d a Lei d a Ficha Limpa, q ue proíbe a candid atura d e pol ítico s condenados p ela Ju stiça o u qu e ren unciam ao cargo para escapar de con denaçõ es, também é agu ardada para est e an o . E m 2 0 10 , a d e cis ão s ob re a consti tucionalidade da lei de in iciativ a pop ular foi ad iad a dev ida ao empate dos vot os dos dez min istros que est avam no STF, desfalcado pela aposentado ria d a ex-min istra Ellen Gracie. N o d ia 19 /12 o Tribunal deu p osse à primeira ministra in dicada à corte pel a presidenta D ilma Rouss eff: a gaúcha Ros a Weber, origin ária do Tribunal Superio r do T rabalho (TST). Co m a po sse, a cort e se recompôs numericamente para con cluir o ju lgamento da Lei da Fich a L impa, que poderá pro vocar impactos nas elei ções mun icip ais de 2012 e já conta com pelo menos dois votos favo ráveis: o do relator, ministro Lu iz Fux , e o d o ministro Joaqu im Barbosa. O julg amento do mens alão do PT , qu e tramita na corte desde 2005, é outro tema controvers o aguardad o p ara a pauta des te início de ano. No final do ano ju diciário de 2011 , 1 9 de dezembro , o relator, minis tro Joaqu im Barbosa, en camin hou aos

coleg as relatório preliminar, de 12 2 págin as , s ob re a açã o p en al co n tr a o “mensalão do PT ”. O relatório foi concluíd o s ob re a press ão d e seu s p róprio s pares, que temiam q ue o processo prescrev ess e. Já o “mensalão tucan o”, crime pelo qual 1 5 pessoas s ão rés, começa 20 12 sem a mes ma p erspectiva. A denúncia contra o tu cano Edu ardo Azeredo, exgovernador de Minas, foi encaminh ada à corte em 200 7, mas só foi aceita em 2 009. O STF passou 20 11 com o processo estagnado, s em localizar duas test emunh aschaves q ue já hav iam pres tado depoimen to as instâncias inferiores do Jud iciário e à espera de laudo da Polícia Federal sobre ass inat ura de Azeredo em recibo por rep ass e de R$ 4,5 mil hões de empresa de Marcos Valério, princi pal acus ado de operar o esquema de corrupção. * Quinta-feira o STF retomou o julgamento e manteve os poderes do CNJ de investigar e punir magistrados com suspeita de conduta irregular. Seis ministros foram favoráveis à decisão (Gilmar Mendes, Ayres Britto, Rosa W eber, Cármen Lúcia, Dias Toffoli e Joaquim Barbosa), rejeitando a tese da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) em reduzir os poderes do Conselho através de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (A DI). A Suprema Corte também manteve o entendimento do CNJ que impede sessões sigilosas de julgamento de juízes suspeitos, além de confirmar que qualquer cidadão poderá denunciar magistrad os.

Charge

Memória Viva

Evento realizado pelo Visão Regional em 1995, o Flores do Colibri. Nas fotos Bibiana Bam mesberger e Ana C laudia Bi rkan

Deixe secar primeiro Conta m que Car ly le, o c élebre hi storia dor escocês, qua ndo ai nda era mui to moço, tev e uma questão basta nte gr ave com um dos seus compa nheiros. Um dia , senti ndose i nsultado, decl arou que i a i med ia tamente exig ir sa ti sfações daquel e que o ha vi a ofendido. Um vel ho p rofessor, i nformado do ca so, aproxi mouse de Ca rlyle e d isse: - Meu ca ro amig o. Tenho longa experi ên ci a de vi da e conheço as consequ ên ci as tri stes dos atos impetu osos. Um insul to é como a l ama que cai em nossa bl usa. A l ama pode ser reti ra da facil mente, c om uma si mpl es escova , qua ndo já está seca. D eixe secar pri mei ro. Não sej a apressado. Espere até que se a cal me e verá como tudo será resolvido facilmente. Ca rlyle a cei tou o c onsel ho do professor e o resul ta do foi tão fel iz que n o dia segu inte o c ol ega que o insul ta ra vei o pedir descul pas. Nenhuma resoluçã o sadi a pode ser tomada com ímpeto. Às vezes, numa ação impensada, numa rea çã o violenta , podemos comprometer séc ulos e sécul os de nossa s exi stência s. Alg uns segund os de i nvi gi lâ nci a, p er mi ti ndo q ue um pequeno a to de vi nga nça se externe, pode g er ar um compromi sso imenso pa ra o futu ro, a tra vés da Lei de Ca usa e Efei to, que prev ê a colhei ta obrig atóri a d e tud o aq uil o que pl antamos.

Coluna do Élbio el.bito@globo.com

J.L. PUBLICIDADES LTDA. CGC/MF 93.393.783/0001- 00

Val e a pena esp er ar. Val e a pena o esforço de conter u m i mp ulso naqu el e momento em que o nervosismo p roc ura reina r. Contar a té dez. Tomar um banho frio. Faz er uma ora ção, pedindo au xíl io a Deus. Pa rar tudo que es tamos fa zendo e refl etir par a nã o reag ir sem p en sar. Val e a pena o esforço. Val e a pena ter c al ma . Se a lg um dia v oc ê for v ítima de uma violência , não revide. Quando r eceber i njúr ias, nã o proc ure se defend er a tac ando. Se for cal unia do, não ac umule ódi o e ressenti men to em sua alma. Sa bemos que é di fí ci l compreender, perdoar, ai nda, mas prec isa mos começa r, precisamos desenv ol ver esta v ir tude em nossos c oraç ões. Os ma iores b en efi ci ados com i sso seremos nós mesmos, poi s d ei xar emos de ser d ep ósi tos de senti men tos i mpuros, desequ ili bra dos, que insi stem em nos faz er i nfeli zes. Deixe seca r pri mei ro.

CG C/ICMS 064/0031110

Registrada sob nº 02 Livro B, fl. 1 e 2 no Cartório de Regi stro Civil de Pessoas Jurídicas/Ibirubá

Ibirubá: Rua Ser afim Fagundes, 1084 Fone: (54) 3324-1723 E-mail: visao@jor nalvr.com.br Tapera: Rua Duque de Caxias, 460 Fone: (54) 3385-2925 E-mail: jintegra@gmail.com Circ ulaçã o se manal aos sá bado s em Ibirub á, Qu inze de No vembro e Fo rtal eza d os Val os. Os cad erno s Social e Classi fi cado s circul am ta mbém em Tap era, Sel bach, La goa do sTrês Can to s, Victor Graeff e C olora do. Impr ess ão:Ci a da Arte - CNPJ 92.10 7.978/00 01-75 Rua Al bino Bre ndle r, 14 6. Fone : (55) 33 31-03 18 – Ijuí/R S Re pre sentante comerci al e m Po rto Al egre : Pere ira d e Souza & Ci a. Ltda. Exem plar avulso: R$ 2 ,5 0 Tir agem: 2.00 0 e xempla res Jorn al fil iad o à Adjo ri Con ceitos assin ados n ão traduze m n ecessaria mente a op ini ão do jorn al e são de intei ra resp onsab ili dad e de se us au to res. Prime ir a e diçã o em 29/03 /1 989 / Circ ulaç ão ininterr upta des de 15 /0 4/199 0 Diagram ação: Raque l Ba lin C or rêa


GERAL

Prefeitos participam do lançamento da 13ª Expodireto O

prefeito em exercí cio de Victor Graeff Sadi Menegaz, o prefeito de Lagoa dos Três Cantos e presidente da Amaja Ernor Weber, acompanhado do chefe de Gabinete Edio Schrader, participaram do l anç am ento da 13ª Expodireto Cotrijal, que ocorreu dia 30, na Sociedade Libanes a, em Porto Alegre. A cerimônia iniciou às

12h30min, logo após a coletiva para imprensa concedida pel o pre si dent e da Cotrijal Nei César M ânica. Mânica falou sobre a satisfação da Cotrijal em realizar a 13ª edição da feira. “Estamos t rabalhando para realizar uma grande expos ição no mês de março. Temos a confirmação de delegações de 70 países , o que torna a Expodireto Cotrijal uma feira cada vez mais in-

ternacional”, disse Mânica. Ele também destacou a importância da nova área do parque em que o Pavil hã o Inte rnaci onal (International Point) estará localizado, dos avanços tecnol ógi cos e dos mais diversos lançamentos que acontecerão durante a feira. “Preocupados sim , com medo, não! Temos a oportunidade para most rar a pujança do agronegócio e

para is s o te mos a Expodire to, que é do cooperat ivismo e do Rio Grande do Sul”, completou o presidente, Ao final foi servido almoço de confraternização a todos os convidados. O prefeito trescantense Ernor Weber afirmou que a Expodireto é um dos maiores eventos do agronegócio brasileiro, o qual ajuda a impulsionar a economia da região.

Prazo para escolas aderir ao ensino integral vai até dia 15 O

coordenador da Bancada Gaúcha no Congres so Nacional, deputado federal Paulo Pimenta (PT), i nformou esta sem ana que es colas públicas urbanas, prés elecionadas pelo Ministério da Educação (MEC) para oferecer ensino i ntegral nest e ano, têm prazo até 15 de fevereiro para aderir ao programa Mais Educação. Fazem parte do rol a EMEF Santa Teresinha (Ibirubá) e a EMEF Presidente Costa e Silva (Tapera). Detalhes dessa ação do governo federal direcionada às prefeituras foram tratados em audiência com o secretárioexecutivo do Ministério da Educação, José Henrique Paim. Pimenta explica que o Programa Mais Educação aument a a oferta educat iva nas escolas públicas por meio de

atividades optativas , como acom panhamento pedagógico, meio ambiente, esporte e lazer, direitos humanos , cultura e artes, cultura digital, prevenção e promoção da saúde, educomunicação, educação científica e educação econômica. Para o desenvolvimento de cada atividade, o governo federal repas sa recurs os para ressarcimento de monit ores, mat eriai s de cons umo e de apoio segundo as atividades. Adesão — Para as escolas pré-s elecionadas, o acesso ao Si mec ocorre por m eio de senha, fornecida pelo Fundo Nacional de Desenvolvi ment o da Educação (FNDE). Ao aderir, além de informar quant os es tudantes serão at endidos , o gestor escolar pode relacionar até seis ativi dades .

Canil de Ibirubá: agora vai

Grande número de cães no centro da cidade, nas últimas s emanas

Nova licitação para construção do canil municipal será aberta segunda-feira, dia 6 AReportagem do Jornal VR foi solicitada várias vezes segunda-feira para re gistrar a passagem de uma matilha de c ã es p ela cida de . Os c ães eram atra ídos por uma ca dela no cio. A presidente da Ong M i Au Jud a, Jo se an e Kronhardt - a quem sempre c aem as c obranças -

relatou que se fosse dedicar-se somente à causa voluntária pelos animais teria de de ixar de trabalhar. Mesmo assim, ela se prontificou a fazer o possível. Na Vigilância Sanitária o responsável disse que qua lque r providência a se r tomada deveria partir da Prefeitura, que

de veria ter o setor de controle de zoonoses. Por fim, contatou-se a se cretaria geral da prefeitura, onde foi informado que houve processo de lic itaçã o para construção do c anil municipa l, cancelado, porém, devido ao valor da concorrência . Na próxima segunda-feira, dia 6, será

aberto novo processo de licita ção (carta convite 005/2012). A c omunidade já está cansada de esperar solução para o problema e acompanha há tempos a polêmica envolvendo os anima is de rua , geralmente aba ndona dos e, nã o ra ro , vítim as de maus tratos.

Sábado | 4 de Fevereiro de 2012

3

Cursos do Instituto Federal qualificam mão de obra

Ascom IFRS - Enquanto muita gente se diverte em viagens e pas seios de férias, há quem fique com a cabeça nos livros. São alunos dos cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), que aproveitaram esta época do ano e se preparam para o concorrido mercado de trabalho. Cerca de 25 alunos mantiveram o foco de aprimorar o conhecimento entre os di as 9 e 27 de janeiro. Assim, trocaram out ros com prom is s os para estar no mês de janeiro em uma sala de aula e no laboratório de mecânic a se profi ss ionalizando em três modalidades de cursos oferecidos, ambos voltados para a área metal-mecânica: Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico, Metrologia Mecânica e

Soldagem Mig-Mag. Foram 8 horas /aula por dia, pela parte da tarde e noite, somando um total de 40 horas/aula para cada curso. Ainiciativa é uma proposta do governo federal, juntamente com os Ins titutos de Educação, Ciência e Tecnol ogia, para qualificar a mão de obra da população. O professor Cláudio Al miron, coordenador dos cursos, diz que os cursos da modali dade FIC mostram-se eficientes, “pois pulverizam o conhecimento técnico, perm itindo que alunos possam atuar em áreas específicas em tempo relativamente curto”. A al una Raquel St and Rodrigues diz-se feliz por ter conseguido adquirir um bom conhecimento em uma instituição de qualidade, s em custo.


Sábado | 4 de Fevereiro de 2012 4

IBIRUBÁ

Mudança de servidores gera reclamações na Creche Central

P

ais de al unos da Cre che C ent ral de Ibi rubá ques tionaram esta semana as mudanças internas por que a es cola passou há alguns dias. Muitos ficaram des gostos os com a saída da diretora Carmem Vargas , que trabal hava no educandário desde ant es mesmo dele abri r oficialmente. Um a mãe relat ou à Report agem: “Foi uma pena que ela saiu, pois nela sabíamos que podí amos confiar e (com ela) deixávamos

as crianças s em nos preocupar. Já era conhecida de todos e fazia bem o seu trabalho”. Um grupo de pais esteve com o prefeit o C arlos Jandrey para tentar reverter a sit uação, o que não foi possí vel devido a mudanças no quadro de funcionári os, com os novos concursados . C arm e m s e rá transferida para a Es cola Alfr edo B renner, onde ocup ará o c ar go de supervi sora.

Prefeitura remove árvores no Bairro Floresta Quinta-feira denúncia deu conta que uma equipe da Prefeitura estaria retirando árvores nativas na Rua Rui Barbosa, altos do Bairro Floresta. A Reportagem foi até o local e cons tatou o fato. No Departam ent o de Mei o Ambiente, porém, o fis cal informou que havia licença para o trabalho. “A Prefeitura s olicitou a licença, pois algumas árvores estavam dificultando a passagem das pessoas no passeio público”. Após a retirada das árvores será feita a terraplanagem, afirmou o servidor.

Trabalho foi f eito por equipe da Prefeitura dia 2

BM: 190 ou 3324-1148 Bombeiros: 193

AS S CUR TA RODEIO – Desde ontem o CTG Rancho dos Tropeiros pro mo ve a 2 3ª Fest a Campeira na Sociedade Hípica, paralelo a Rua Pedro Rebelato, acesso a Asfuca. O evento vai até domingo. IFRS – O Instituto Federal divul gou esta semana as regras para o preenchimento de vagas remanescentes no s cu rso s de Eletrotécnica, Técnico em Mecân ica , Su p erio r d e Tecnologia em Produção de Grãos e L icenciatu ra em Matemática, A s inscrições, gratuitas, podem ser feitas até d ia 1 2 n o s it e www.ibirubá.ifrs.edu.br. 3ª IDADE - A contece amanhã no Ginásio Ass is de Souza Roque o baile de carnaval da terceira idade. Promovida pelo Grupo Conviver, a atividade inicia às 13h30min. OAB – Dia 24 a Subseção de Ibirubá recebeu o presidente da Comissão de Defesa e Assistência das Prerrogativas Profissionais da Seccional do Estado do RS da OAB, Marcelo Machado Bertolucci, e Tiago Araújo, do Tribunal de Ética e Disciplina. O encontro ocorreu no salão d o jú ri do Fóru m da Co marca d e Ibirubá.

Dez provérbios ou ditados populares que podem influenciar suas finanças P.Alves/InfoMoney – Quem nunca usou um provérbio ou ditado popular para justificar uma atitude, dar algum conselho ou até mesmo para consolar uma pessoa? Pois saiba que muitas destas frases podem influenciar, e muito, na maneira como você lida com suas finanças pessoais e investimentos. Alguns podem justificar erros, outros podem dar bons conselhos e até ajudar na definição de metas. Sabedoria popular Abaixo estão listados alguns ditados e provérbios e suas possíveis implicações para o seu planejamento financeiro: “Todas as lindas flores e os suculentos frutos do futuro dependem das sementes plantadas hoje” – O provérbio chinês pode ensinar que, para um futuro financeiro tranquilo, é importante começar o planejamento desde cedo. Atitudes e decisões tomadas hoje podem significar o sucesso – ou o fracasso – de suas finanças daqui a alguns anos. “Sofre muito menos quem aprende à custa dos erros alheios” – O ditado popular indica que os erros dos outros podem nos ensinar, e muito, quando o assunto é dinheiro. O investidor que colocou todo o dinheiro numa única aplicação – e perdeu tudo – pode servir de exemplo de o que não se deve fazer e da importância da diversificação quando o assunto é investimento. Aquele consumidor que se afundou em dívidas no cartão e no cheque especial também é outro exemplo que não deve ser seguido. “Prepar a-te para o que quiseres ser” – O provérbio

alemão mostra que, para conquistar um objetivo, é importante se preparar, inclusive financeiramente para isso. Sem planejamento, o sonho pode virar pesadelo na hora de arcar com os custos dele. “Antes tarde do que nunca” – Esse ditado vale para aqueles que adiaram a decisão de poupar e investir e que, agora, acham que não dá mais tempo para isso. É claro que, quando se trata de dinheiro, é melhor o refrão “Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje”, no entanto, se o amanhã já chegou, “Antes tarde do que nunca” para começar a planejar. “Aqui se faz, aqui se paga” – Esse ditado é indicado para aqueles consumidores compulsivos, que compram sem pensar, usam e abusam do cartão de crédito e dos parcelamentos. Lembrese: uma hora as contas chegam! É importante estar preparado para elas. “De grão em grão, a galinha enche o papo” - Ditado indicado para aqueles que acreditam que, para investir, é preciso ter muito dinheiro. Atualmente, existem aplicações voltadas para os pequenos investidores que, com pequenas quantias, desde que investidas periodicamente, podem formar uma grande reserva financeira, afinal, “de moeda em moeda se faz uma fortuna”. “Cautela nunca é demais” – Ditado popular indicado para aqueles investidores que ficam de olho apenas na rentabilidade de determinadas aplicações e se esquecem do risco. Mesmo os mais agressivos, com maior apetite de risco, devem ter cautela e colocar em sua carteira ativos mais conservadores, que lhes garantam uma

reserva em épocas mais turbulentas do mercado. “Dize-me com quem andas e eu te direi quem és” – Esse ditado indica, para os investidores, um comportamento que deve ser evitado: o comportamento de manada. Entrar em determinada aplicação – ou sair dela - só porque todos estão fazendo o mesmo pode significar mais prejuízos do que ganhos. Seja por investir em algo que não condiz com seu perfil e objetivos, seja por amargar perdas por resgatar determinado investimento antes da hora só porque os outros fizeram isso. Lembre-se: o investidor é único e tem objetivos únicos e pessoais. “Não conte com o ovo dentro da galinha” – Para os investidores, este ditado serve para ensinar que não dá para contar com o retorno de uma determinada aplicação antes do final do prazo dela. Como se diz no mundo das finanças, “rentabilidade passada não é garantia de ganhos futuros”. No planejamento, o ditado ajuda aqueles que, antes mesmo de receberem um dinheiro extra (como o décimo terceiro, férias, restituição de imposto de renda), já gastam o valor, sem nenhum planejamento. Lembre-se: imprevistos acontecem e o montante pode ser menor que o esperado ou fazer falta mais para frente! “Quem espera sempre alcança” / “Quem tem pressa come cru” – Os dois ditados, com mesmo sentido, indicam que, seja no planejamento das contas ou nos investimentos, a pressa atrapalha. Manter a calma, quando se trata de dinheiro, pode significar melhores resultados e menos dores de cabeça no futuro. Pense nisso!


EDUCAÇÃO

Sábado | 4 de Fevereiro de 2012

5

Creches retomam atividades A

s escolas infantis de Ibirubá aten deram em janeiro conforme a dem anda, depois de levantamento de estrut ura necessária e número de crianças que realm ent e necessitavam do serviço, para aqueles pais que não tinham onde e com quem deixar seus filhos. Esta semana então as at ividades voltaram ao normal. Desde quinta-feira as creches voltaram a atender. Alguns professores tiraram férias em janeiro, outros o farão em fevereiro e os demais ainda em março. Está em fas e de conclusão a Escola de Educação Infantil Proinfância, no Bairro Hermany, com ajardinamento da empresa Natura Jardins, e nos próximos dias haverá processo licitatório para aquisição de móveis . A inauguração do educandário está prevista para março. Também marcando o reinício das atividades, na manhã de quinta ocorreu a reinauguração da EMEI Alice Fleck, no Escola Alice Fleck foi ampliada Bairro Jardim. Participaram do ato o prefeit o Carlos Jandrey (PP), a Secretária de Educação Jussara Rodrigues, demais autoridades e profes sores. A escola foi ampli ada em duas salas, sendo uma delas amplo espaço destinado também ao lazer das cri anças.

Recomeçaram aulas da Escola Pequeno Polegar

Profes sores com o cartaz da Escola dos Sonhos

QUINZE - Findas as férias coletivas das funcionárias, professoras e auxiliares de ensino do educandário e inaugurada as novas i nst al aç õe s , quart a reiniciaram as aulas na EMEI Pequeno Polegar Profª Gerarda Michels Prante. Antes os profes sores ti veram reuniões pedagógicas, organizaram o trabalho e as turmas. Os pais dos alunos que frequentarão a pré-escola níveis A e B a partir de março devem comparecer à escola para definir os turnos de aula. Mais informações pel o fone 3322-1088.


QUINZE DE NOVEMBRO QUINZE QUI NZE GEIER - Quinze de Novembro receberá nes te domingo o 3º Encontro da Família Geier, dos descendent es de Robert o e Berta Geier e de suas 13 filhas e quatro filhos (a partir das 8h30min, no Clube 25 de Julho). A programação tem m ensagem religiosa às 10h30min, almoço (R$ 16) e apresentações artísticas, brincadeiras e sorteio de brindes à tarde. Mai s i nformações pelo fone 3322-1056. PROGRESSO – A área onde s erá construído o novo prédio da Es cola P rogres s o es tá se ndo terrapl anado com m áquinas da Prefeitura e uma escavadeira de es teiras contrat ada. O trabalho tem coordenação dos departamentos de Obras e de Planejament o. O prédi o terá quas e mi l met ros quadrados, sete salas de a ula ( inc l uindo de informática e atendimento es pecializado), bloco administrativo, refeitório, sala de múltiplo uso e páti o coberto. O proj eto arquit et ônico é de M arcelo Muller. ENERGIA –Faltará luz da RGE dia 8, das 12h30min às 18h30min, na Rua Área Industrial (nº 021 ao 624), Rua das Palmeiras (102 ao 162), R ua D uque de

Caxias (008 ao 523), Rua Ot to Sornberger Filho (102 ao 280), Rua PróMoradia (102 ao 153), Rua Tancredo Neves (102 ao 153), Avenida Al berto Schmidt (nº 678), Rua Carlos Gomes (301 ao 400) , Rua D uque de Caxias (133 ao 1043), Rua Gonçalves Di as (858 ao 1102) e Rua Rui Barbosa (957 ao 1159). EVENTOS – Já pode s er reti rado na recepção da Prefeitura o Cal endário de Eventos 2012, elaborado pel o Depart amento de Turism o, Cultura e Meio Ambiente. O calendário traz fotos de pais agens , pontos turísti cos e eventos locais . ÁGUA – Neste final de semana o Camping Aurora sedia o “Planeta Água”, prom ovido pel a Rádi o Studio 2. Os ingress os custam R$ 20 (hoje) e R$ 15 (domingo). Às 9h está prevista chegada de um helicóptero e de um avião anfíbio e a tarde reserva atividades de para-motor, paintball, jet sky, lanchas e brinquedos infláveis. Às 16h haverá recolhimento de lixo nas margens da barragem. Os shows iniciam a partir das 17h. No domingo a programação vai das 9h até o início da noite.

Exemplo: Quinze de Novembro incentiva separação do lixo

Q

uinze de Novembro novamente sai na frente com uma política pública importante para a melhoria da qualidade de vida da população. A comunidade local e os turis tas que estão na região esta época s ão incenti vados a colaborar com a coleta seletiva de lixo. O Departamento de Turis mo, Cultura e Meio Ambiente s ubstituiu as lixeiras da cidade, interior, dos condomínios e em alguns pontos estratégicos do município. Foram instaladas também placas orientando sobre a coleta s eletiva e a im portância de separar o lixo seco do orgânico. As lixeiras verdes recebem o material orgânico; as amarelas, os resíduos recicláveis. Lixeiras novas e placas educativas instruem s obre a coleta seletiva. A coleta seletiva já tem 10 anos no município

Parceria beneficia comunidade de Erno Whays Foi concluí do esta semana o calçamento na localidade de Es quina Erno Whays, divisa entre Quinze de Novembro e Ibirubá. Os trabalhos iniciaram em 2011 com a construção de uma parte do calçamento por Quinze de Novembro e depois Ibirubá prosseguiu. São mais de 200 metros

Inicia mais uma etapa do calçamento em Sete de Setembro

H

á algumas semanas foi dado termo de início de obra para a cons trução de mais 1.193 metros do calçamento que l iga Quinze de Novembro a Selbach. Estão s endo investidos R$167.976,60 em recurs os próprios. Esta etapa, diferentemente das já iniciadas, contempla o final do trecho de estrada pertencente ao município de Quinze de Novembro, em direção ao distrit o urbano. Outras três etapas já foram concluídas, no sentido da cidade até a localidade de Sete de Setembro. Esta etapa está

Sábado | 4 de Fevereiro de 2012 6

sendo realizada no sentido inverso às anteriores devido ao governo municipal es tar aguardando a liberação dos recursos da Consulta Popular 2009/2010, por parte da Secretaria de Des envolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, para dar seguimento às obras do calçamento. Devido à construção do calçamento, é necessária a atenção dos motoristas para rota alternativa, devidamente sinalizada para t ráfego até a obra ser liberada. (M.P.Scheffler/PMQN).

(mais de 1000m²) de calçamento poliédrico, da sede social até o campo de futebol do EC Gaúcho. O gerent e de Infraes trutura Jaqueson Kempf lembra que agora todas as localidades do interior de Quinze de Novembro possuem pavimentação em frente às sedes sociais . Calçamento tem 200 metros

Prefeito prestigia posse do novo presidente da AL Oprefeito Clair Kuhn esteve em Porto Alegre esta semana, onde partic ipou de re uni ão da Amaja, ocorrida na sede da Famurs, sobre as eleiç ões . Na t erç a el e prest igi ou a poss e da nova m es a diret ora da Assembleia Legislativa (AL), que este ano terá como presidente o deput ado Al exandre Pos tal (PMDB).

Registro O cantor e compositor t radi ci onal is t a Valdomiro Maicá esteve em Quinze de Novembro dia 27/1 e visitou o prefeito municipal. Natural de Tucunduva, ele é irmão do também cant or nativista Cenair Maicá. O primeiro CD saiu em 2005 (Raiz Missioneira).


POLICIAL/ESPORTE

Sábado | 4 de Fevereiro de 2012

7

ESPORTE

POLICIAL

BM registra mais um assalto no interior

Tumulto no Municipal de Ibirubá

Propriedade já sofreu quatro ataques

T

erça-feira houve mais uma ocorrência policial no interior do município, desta vez na localidade de Passo Bonito. O comunicante informou à BM que ouviu chamar seu nome e ao abrir a porta foi surpreendido por quatro homens encapuzados. Um deles apontou a arma para a sua cabeça. O cidadão teve os pés e as mãos amarradas e foi colocado no banheiro. Somente por volta das 2h de quinta-feira el e cons eguiu desamarrar-se e pedir ajuda. Foram levadas a carteira com documentos pessoais, celular, TV, rádio, carnes congeladas, uma bateria de t rator e uma máquina de cortar grama. O proprietário Wilmar Sperling, que não estava no local, afirmou que esta é a quarta vez que ocorre roubo em sua propri edade. Na sexta-feira, 28/1, haviam levado uma motosserra. Os meliantes chegaram ao local em um veículo, que não pode ser identificado.

Apresentado em Selbach projeto de prevenção de acidentes

R

epresentantes das Secretari as Municipais da Saúde e da Educação de Selbach, vereadores, integrantes da Amaja e da Brigada Militar reuniramse na Câmara M unicipal de Sel bach na última quinta-feira, 2, para assistir a apresentação do Projeto de Prevenção de Violências e Acidentes . O programa foi elaborado com base na Portaria nº 227, do Ministério da Saúde, a qual vis a prevenir acidentes de trânsito, quedas de idosos, violências diversas, entre outros temas, além de educar a população sobre esses assuntos. Com a criação desse projeto em 2011, o município foi beneficiado com recursos do Fundo Nacional da Saúde. Segundo dados da Brigada Militar, desde 2009, somente em Selbach ocorreram 32 acidentes de trânsito, dos quais 16 resultaram em les ões corporais e um em óbito. O Detran também apresentou números preocupantes, pois em apenas cinco anos, oito pes soas perderam a vida em acidentes ocorridos em trechos da ERS 223 e da ERS 402, rodovias que cortam o município. Conforme o fiscal municipal, Jorge Rogélson da Silva, para um local com baixa população, estes números impress ionam, pois estão bem acima da média nacional de vítimas. “Nossa cidade não possui um planejamento viário que torne a entrada e saída de veículos rápida e fácil”, disse Rogélson. O fis cal falou ainda sobre os dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), que comprovam que o custo médio de uma vítima que sofreu lesões em acidente de trânsito varia de R$ 645 para os que não precisam de internação e R$ 47.580 para os que se recuperam internados.

BRIGADA BRIGAD A MILITAR MILITAR PERTURBAÇÃO –A BM efetuou registro de pert urbação de s os s ego na R ua Goianésia à 0h30min do dia 28/1. Às 2h foi registrado exces so do som em uma residência da Rua Três de Outubro, onde foi orientada uma senhora. AGRESSÃO – Por volta das 4h40min do dia 28/1 a BM deslocou-se à Rua Serafim Fagundes , onde efet uou registro de agressão. A vítima informou ter s ido agredida de facão pelo seu marido. Ela foi levada ao hospital e inform ada sobre seus direitos . Às 7h outro caso na Rua Ido Weissheimer: a vítima foi agredida pelo marido, que quebrou objetos em casa. Ainda dia 28/1, 20h35mi n, a BM foi à Rua Diniz Dias, de onde conduziu um cidadão ao hospital para ser medicado. Ele informou ter sido agredido. MENOR - Dia 29/1, por volta das 4h, a BM foi solicitada na Rua do Comércio pelo proprietário de um bar. Um menor estava perturbando depois da recus a de vender bebida alcoólica. Por volta da 0h do dia 3 os PMs abordaram indivíduos que estavam bebendo na praça central. Entre eles havia

um menor de idade, que desacatou a guarnição e foi encam inhado à DP. PRISÃO – Foi preso dia 29/1 um indivíduo acusado de furto em residência na Rua General Câmara. Com ele foi encontrado um microondas e bebidas. Lavrado o flagrante, o ladrão foi levado ao Presídio de Espumoso. TRÂNSITO – A BM atendeu acidente de trânsito dia 29/1, às 23h20min na Rua Júlio Rosa entre um Ford Ka e um Fiesta. Um dos condutores estava embriagado, teve a carteira apreendida e foi autuado. Às 14h do dia 30/1 um Voyage e um Monza colidiram na Rua Sete de Setembro. O condutor do Monza não era habilit ado e foi autuado. Dia 31/1, 12h, um Gol e um caminhão chocaram-se na Rua Mauá. Enfim, perto das 15h de quinta-feira um Fusion e uma moto colidiram também na Mauá. BRIGA – Na Rua Paraíba, dia 31, 22h40min a BM lavrou um termo circunstanciado (TC) para dois casais que dis cutiam e se ameaçavam. Dia 2, 23h20min, compareceram à Brigada dois homens para registrar calúnia.

Conheça nosso site: www.jornalvr.com.br

Veteranos do Revelação vencer am o Bangu por 2 a 1

A

7ª rodada do Campeonato Mu nicipal de Ibirubá teve a ascen são de algumas equi pes mal colocadas na tabela no final de semana. A rodada ini ciou dia 27 com Es trela do Norte x Vila Nova, vitória de 1 a 0 para o Estrela na Aspirante, que passou da 5ª para a 4ª colocação. Na Principal o placar foi de 2 a 1 também para o Es trela, colocando a equipe no 2º l ugar. Sábado foi a vez de São J osé e Cristal entrar em campo. O empate de 2 a 2 deixou o São José em 5º e o Cristal em 6º na As pirante e o empate de 3 x 3 colocou o São Jos é em 7º e o Cristal em 8º na Principal. Domingo os jogos tiveram iní ci o pela manhã com a Veteranos . Jogaram Bangu e Revelação, que ganhou por 2 a 1 e foi para a 4ª colocação. O Bangu es tá em 2º. À tarde, na Principal o placar foi de 5 a 1 para o Revelação. Nesta categoria o Revelação está em 4º e o Bangu em 9º. O outro confronto foi entre Hermany x Atlético. Na Veteranos o At lético fez 3 a 1,

ficando em 1º lugar – o Hermany está em 6º. Pela As pirantes o Hermany venceu por 2 a 0 e segue na 3ª colocação, e o At lét ico na 7ª. Na Principal o Atlético venceu por 1 a 0, passando do 7º para 6º lugar, deixando o advers ário na 3ª colocação. A 8ª rodada começou quinta com São Jos é x Es trela do Norte e os torcedores devem ter s e arrependido de ir ao estádio. Na Aspirante tudo ocorreu bem, m as na Pri ncipal, decorrido s oment e o primeiro tempo, o árbi tro Marcos Fagundes recolheu a súm ula e retirou-se de cam po. Diz ele que está se retirando do campeonato. Na tarde de ontem houve reunião no DM D para tomar providências. A competi ção s eguiu ontem c om Fl ores tal x Hermany. Hoje entram em campo Cris tal x Bangu (M ódulo Es portivo) e Vila Nova x Revel ação (Francis co E. Trein), nas categorias As pirante e Principal. Pela Veteranos jogam Vila Nova x Revelação, no Estádi o Francis co Emílio Trein (Juvent ude).

ESPORTE DE QUINZE CAMPO – Dia 1º, no compl emento da 6ª rodada, jogaram Santa Clara x Rio Grandense (0 x 1 Aspirante, 2 x 2 Pri ncipal ). Hoje a 7ª e últim a rodada traz GE Sede Aurora x Gaúcho (Sede Aurora), Progres so x EC 15 de Novembro (Pi c ada C af é) e R i o

Grandens e e x EC 7 de Se t em bro (Tr ave s s ão Baldus). Dom ingo jogam em Esquina Hetzel Floresta x Santa Clara. Todos os jogos são pel as categorias As pirant e e Pri ncipal. Terça-feira jogam os veteranos de Progresso x Rio Grandens e e EC 15 de

Novembro x Gaúcho, no Es tádio Ars ênio Iri ne u M aurer. CANASTRA – Desde o dia 30 est ão l iberadas as fichas para do Municipal de C anastra 2012. As inscrições e confirmação das equipes devem s er feit as até dia 10.


As escolas de educação básica de todo o país têm até dia 12 de março para participar da segunda etapa do Censo Escolar 2011. Se não o fizer a instituição pode ficar fora das estatísticas oficiais sobre o rendimento dos alunos, inclusive do Ideb.

JORNAL COM VISÃO DE FUTURO

A Petrobras concluiu a captação de recursos no exterior no valor de R$ 7 bilhões em uma demanda que superou R$ 2 5 bilhões, na maior operação do gênero já feita no mundo. Com a transação o total de recursos atraídos pelo Brasil soma R$ 13,075 bi.

SÁBADO, 4 DE FEVEREIRO DE 2012

Cavalgada Terra das Águas inicia sexta

C

avalari anos cruzarão o int erior de Quinze de Novembro no pró ximo final de semana, na 8ª Cavalgada Municipal Terra das Águas, promovida pelo Grupo de Cavalarianos Cavaleiros do Vento e pelo CTG Querência do Sul. O transporte e a alimentação dos animais es tarão por cont a dos part icipantes, que devem vestir a indumentária completa do gaúcho, de acordo com as normas do MTG. As ins crições custam R$ 50 (homens) e R$ 25 (m ulheres). Crianças até 12 anos não pagam. Mais informações com o coordenador Evandro Von Grafen (fone 9157-4321). As ati vidades iniciam na sexta, 10, com recepção em Picada Café (17h), seguida de jantar e tertúlia. No sábado a saída se dará às 8h30min, após a abertura oficial, em direção ao Pass o do Lagoão. Lá ocorre al moço na propriedade de Lothário Kaemerer. Às 16h os cavaleiros s e dirigem para o s al ão da Comunidade de Picada Café (jantar e tertúlia). Domingo ocorre o retorno. Após o almoço, no Esporte Cl ube 15 de Novembro, serão entregues os certificados.

O Jornal VR teve acesso esta semana a um relatório da arrecadação de tributos do Município de Ibirubá, que compara as receitas entre os anos de 2005-2007 e 2009-2011, confrontando, portanto, iguais períodos da atual e da admini stração anterior, do prefeito Mauri Heinrich (PMDB). O que chama a atenção é a evolução da arrecadação, bem maior na atual gestão, no comparativo. Os dados são repassados a cada bimestre pelo Executivo. Confira:

Chuvas previstas para os próximos dias devem amenizar situação das lavouras

I

nforme da Emater di vul gado quar ta revelou que o volume de chuvas registrado na s emana pass ada não atendeu às necess idades hídricas das l avouras gaúchas. Conforme a previ são da met eorologi a, entre os dias 2 e 9 o desl ocament o de uma frente fria pode provocar chuvas de volumes si gni ficativos na maior parte do Es tado, pri ncipal ment e na Met ade Sul, onde os tot ai s acum ulados poderão s uperar os

100 milímetros (mm). Nas regi ões Centro, Metropol itana e Serra do Sudes te os volume s de chuva devem os ci lar ent re 35mm e 50mm na maior parte das áreas , podendo chegar a 80mm em pont os isolados. Já no Noroes te do Es tado as chuvas s erão de fraca intensidade (entre 20mm e 35mm). Devido ao prolongado período de estiagem , o desenvol vim ento da cultura da soja está muito prej udicado. As lavouras que es-

Prefeitura arrecadou 40 milhões a mais que administração passada

tão na fas e de desenvolvi ment o veget ati vo apre sentam porte baixo. As que já es tão no período de floração encontram -s e em si tuação atípi ca, com formação de vagens e grãos de maneira desuniform e. Es sa sit uação ocorre principal mente nas cul tivares precoces . Nos m unicípi os onde vol tou a chover os produtores aproveit aram para replantar as áreas afetadas . Além diss o, devido à esti agem, os cam pos nati -

vos es tão muito secos , as plantas , amarel adas, com baixo valor nutritivo, apresentando um baixo vol ume de mas sa verde, insuficiente para atender as neces s idades nut ric ionai s dos a ni m ai s, c aus ando perda de peso dos rebanhos . As pas tagens cul tivadas, as sim como as lavouras de m ilho e s orgo des tinadas para a produção de si lagem, também apresentam baixa produção, tant o de mas sa verde quant o de grãos.

Ano 2005 2006 2007 TOTAL

Valor arrecadado R$ 18.840.485,20 R$ 20.715.105,81 R$ 21.128.900,94 R$ 60.684.491,95

Ano 2009 2010 2011 TOTAL

Valor arrecadado R$ 28.411.212,20 R$ 31.685.435,63 R$ 37.589.506,08 R$ 97.686.153,91

A diferença nos períodos é de R$ 37.001.661,96. Nos meses de novembro e dezembro de 2011 foram arrecadados R$ 7.724.938,17, o que corresponde a R$ 126.638,33 diários. Então, comprova-se que em novembro e dezembro do ano passado a Prefeitura de Ibirubá recolheu quase R$ 127 mil por dia. Frente a tantas demandas , buracos nas ruas, sujeira, falta de remédios, estradas mal cuidadas, a pergunta é inevitável: onde está indo todo ess e dinheiro?


Visão Regional, 4 de fevereiro de 2012