Page 1


GENTE

SKATE

Curti bastante ver um talento no Skate como capa do Opa! acho que poderiam falar mais sobre esse esporte que cada vez mais conquista mais adeptos. IURI – POA

BOA

MATHEUS FREITAS

freitasmatheus33@gmail.com

PARTIDO PIRATA BR

Sobre a entrevista com um dos integrantes do Partido Pirata gostaria de opinar que num país como o nosso, onde os políticos não convencem mais ninguém, é questão de tempo para esses jovens se corromperem - é o ambiente que faz isso, o idealismo fica do lado de fora dos gabinetes. MAURÍCIO – POA

THALES FEIJÓ

thalesfeijo@hotmail.com

ALÔ, ALÔ MARCIANO

Com essa oferta para pessoas que gostariam morar em Marte sugiro que envie pra lá nosso Congresso, Câmara, Presidência e afins. A experiência seria bem interessante para eles lá, mas O melhor seria pra nós aqui. A solução é alugar o Brasil! VÂNIA – POA

CAMILA FREITAS

freitas.csiqueira@gmail.com

WILLIAM ANTHONY

william.anthony@acad.pucrs.br

“Todas as religiões são verdadeiras, porque elas são verdadeiras nos corações de todos aqueles que acreditam nelas”, Papa Francisco

GRAZIELLA SILVA grazi.nove@gmail.com

ANUNCIE: CONTEÚDO SEGMENTADO ALIADO À PLATAFORMAS MULTIMÍDIA + http://goo.gl/9KN9YD João Arthur Moraes comercial@jornalopa.com.br (51) 9282.0994 OPA COMUNICAÇÃO LTDA CNPJ: 12040043/0001-80

SEIS POR MEIA DÚZIA

Com a saída de Marco Feliciano da presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, Jair Bolsonaro pretende assumir o cargo. #ParaQueEuQueroDescer.

Publicação mensal dirigida ao público universitário de Porto Alegre e Região Metropolitana E-mail: contato@jornalopa.com.br Twitter: @jornalopa Facebook.com/jornalopa Edição: Tuio Moraes > tuiomoraes@jornalopa.com.br Revisão: Leci e Luiz Erni Moraes


A REDENĂ‡ĂƒO DO WHATSAPP

E O CARGO COM MAIOR NĂšMERO

Aplicativos de envio de mensagem online, como o nosso WatsApp de todo dia, viraram uma dor de cabeça na vida das operadoras de telefonia celular. Um estudo divulgado no início de janeiro mostrou que a receita de SMS das operadoras globais caiu pela metade pela primeira vez, no ano passado, atingindo US$ 104 bilhþes, uma baixa de 4% na comparação com 2012. A responsåvel pela pesquisa atribui a queda à popularização dos serviços de mensagem instantânea como WhatsApp, Line Messenger e We Chat no mundo, o que poderå levar a uma queda de 20% nas receitas com SMS atÊ 2017. Para não perder a pose, as operadoras lançam pacotes de mensagens ilimitadas – quase no desespero.

DE

PSICOPATAS

VAI PARA....

Uma pesquisa realizada por psicĂłlogas da Universidade de Oxford mostrou que os diretores executivos (CEOs) sĂŁo lĂ­deres em psicopatias.. ProďŹ ssĂľes com maior % de psicopatas 1. Ceo 2. Advogado 3. Apresentador de rĂĄdio e tv 4. Vendedor 5. CirurgiĂŁo 6. Jornalista 7. Policial 8. Pastor 9. Chefe de cozinha 10. FuncionĂĄrio pĂşblico

US$ 4,1 milhĂľes

este ĂŠ o patrimĂ´nio do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela.

FIEIS DE CARTEIRINHA

A Igreja Internacional da Graça de Deus acaba de lançar, em parceria com o Bradesco, um cartão que permite fazer pagamentos em atÊ 40 dias sem juros no comercio em geral e, ao mesmo tempo, pagar o dízimo para a Igreja liderada pelo religioso R. R. Soares.

Cursos presenciais e a distância: t Administração t Criação e Coordenação de Moda t Enfermagem t EstÊtica t Guia de Turismo t Informåtica t Logística t Marketing t Meio Ambiente

t Podologia t Qualidade t Recursos Humanos t Segurança do Trabalho t Transaçþes Imobiliårias t Especialização TÊcnica em Enfermagem do Trabalho t Especialização TÊcnica em Enfermagem em Serviços de Urgência e Emergência

'BDVMEBEF4FOBD1PSUP"MFHSFt Fone: 3022.1044 Senac Canoas t'POF Senac Floresta t'POF 4FOBD*OGPSNĂˆUJDBt'POF Senac Passo D'Areia t'POF

*

O melhor ensino a distância do país: ead.senac.br

/senacrsoficial

@senacrs

senacrs.com.br/tecnicos

MATRĂ?CULAS ABERTAS

*Desconto vĂĄlido apenas para cursos presenciais.

ProďŹ ssĂľes com menor % de psicopatas 1. Cuidador de idosos 2. Enfermeiro 3. Terapeuta 4. ArtesĂŁo 5. Esteticista 6. VoluntĂĄrio 7. Professor 8. Artista 9. MĂŠdico 10. Contador


PODE SER COCA, EM CÁPSULA

Lembram daqueles filmes de ficção cientifica em que bastasse engolir uma cápsula que você já estava alimentado? Pois bem, se depender da bam-bam-bam Coca-Cola em breve faremos o refrigerante em casa apenas comprando cápsulas no mercado. É que a multinacional comprou a Green Mountain, empresa que produz máquinas e cápsulas para produção de café e bebidas quentes. Os próximos passos serão a criação e lançamento, em outubro, de uma máquina de bebidas frias. E será nessas novas máquinas que as futuras cápsulas de refrigerante da Coca-Cola poderão ser feitas.

#PARTIU FESTIVAIS

No mês de abril a Costa Oeste Americana se transforma em um ambiente de muita música e alto astral. Festivais de música agitam o lugar que reúne pessoas de todas as tribos e de todos os países. Estamos falando do Coachella Music and Arts Festival, do Indian Wells Arts Festival, e da Big Sur International Marathon. Para você que pilhou a CI, empresa de intercâmbio, preparou um roteiro exclusivo para quem quer embarcar pelo tour mais descolado dos Estados Unidos. O Indian Wells Arts Festival ocorre de 4 a 6 de abril. Mais de 200 artistas premiados transformam a magnífica praça de Palm Springs num grande espaço de cor, com centenas de peças de arte one-of-a-kind disponíveis para compra. As ofertas incluem pintura, desenho, cerâmica, vidro, fotografia, escultura, jóias, vestuário e utensílios artesanais. O Coachella Music and Arts Festival acontece nos dois finais de semana de 11 a 20 de abril. O mega evento conta com muitos gêneros de música, incluindo rock alternativo, hip hop e música eletrônica, assim como grande arte escultural. Além disso, conta com vários palcos e tendas de set-up em todo o terreno. Já em 27 de abril, é a vez dos esportistas participarem da Big Sur International Marathon, uma prova de seis horas por uma estrada de 90 milhas da costa central da Califórnia. + www.ci.com.br

COM O BLOCO NA RUA

Jornal Opa! te deixa por dentro da programação e estrutura do evento organizado pelo projeto Cidade Baixa em Alta

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo. É nesse contexto que, buscando uma boa colocação profissional, as pessoas procuram uma capacitação rápida, voltada para a parte prática e, ao mesmo tempo, adequada à atribulada rotina do dia a dia. Pensando nessa realidade, o Senac disponibiliza uma ótima opção: os cursos técnicos a distância. As vantagens são diversas. Além do custo benefício, possuem um valor menor se comparados aos cursos presenciais, com aulas que acontecem em ambientes virtuais. A modalidade EAD também permite a flexibilização dos horários de estudos. Na questão da qualificação técnica, o destaque é o alto índice de empregabilidade. Uma das vantagens é justamente essa: a inserção no mercado de trabalho mesmo antes do término do curso. Vale ressaltar que 84% dos alunos dos cursos técnicos do Senac estão inseridos no mercado logo após a conclusão da capacitação. Atualmente, o Senac trabalha com 237 polos espalhados pelo país e oferece os cursos técnicos de Transações Imobiliárias, Meio Ambiente, Segurança do Trabalho, Administração, Logística, Marketing, Recursos Humanos e Qualidade. A previsão é de que sete mil alunos se matriculem neste ano.

BIGMAC ABAIXO O ano de 2013 não foi bom para o Mc Donald´s. Diante de resultados financeiros fracos, a rede de fast food admitiu que está perdendo relevância diante dos clientes. “O segredo vai ser, realmente, restabelecer a confiança dos clientes. Isso quer dizer que precisamos comprovar que o nosso menu é realmente relevante”, disse Don Thompson, presidente do McDonald, em uma teleconferência nos EUA. FOTO: GUSTAVO VARA

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DOS BLOCOS DE RUA: Data: 08 de fevereiro, sábado. Bloco: Panela do Samba Horário: 16h Data: 09 de fevereiro, domingo. Bloco: Areal do Futuro Horário: 16h Data: 15 de fevereiro, sábado. Bloco: Galo de Porto Horário: 16h

POR WILLIAM ANTHONY

Com eventos de 08 de fevereiro a 15 de março, o Carnaval da Cidade Baixa deverá atrair cerca de 85 mil pessoas em oito blocos de rua. A folia é organizada pelo projeto Cidade Baixa em Alta, que conta atualmente com 60 associados. Os apoiadores, mensalmente, contribuem com valores que são revertidos para a viabilidade das ações no bairro. Além disso, a associação conta com ajuda do poder público para liberações de ruas, concretização de projetos e auxílio na segurança dos eventos e limpeza. Historicamente o Carnaval de Porto Alegre surgiu no bairro mais boêmio da cidade. Os blocos sempre existiram na região e, pelo segundo ano consecutivo, o projeto busca divulgar e auxiliar na estrutura e organização desta importante e significativa festa para a sociedade. O grupo é formado por comerciantes locais e tem como objetivo trazer de volta ao bairro toda cultura, entretenimento, música e diversão. Somente a Cidade Baixa, com sua cena eclética, proporciona isso para a Capital. O ideal do grupo administrado por Tiago Faccio - também diretor de projetos como o Woodoo Lounge Bar, Clube Silêncio e Woodoo Oficina Web – está focado na realização de diversas iniciativas em benefício de todos que frequentam, moram ou trabalham na região. “O projeto surgiu quando o bairro passava por um momento muito complexo. Comerciantes, frequentadores e moradores não se entendiam. Isso estava fazendo com que a Cidade Baixa perdesse investimentos e atratividade”, contou Faccio em palestra do programa TEDx. Anteriormente, os blocos do Carnaval da Cidade Baixa atingiam público entre 800 e 2000 pessoas. Após a iniciativa este número passou para 12 mil. “O fato

Cursos Técnicos EAD: qualificação rápida com alto índice de empregabilidade

Data: 16 de fevereiro, domingo. Bloco: Constelação & Os filhos do Cumpadi Washington + Do Jeito Que Tá Vai Horário: 16h Data: 22 de fevereiro, sábado. Bloco: Maria do Bairro Horário: 16h Data: 23 de fevereiro, domingo. Bloco: Império da Lã Horário: 16h

mais marcante é o crescimento de foliões em cada saída de bloco. Durante anos fui ao Rio de Janeiro participar do carnaval de rua. Sempre achei a festa fantástica e sentia falta de um evento deste porte em Porto Alegre. Não tem como não ficar contagiado. O fato de ver gente nova e mais velha, todos com o propósito de diversão e em sintonia é completamente inexplicável”, afirma o organizador. Em 2014 o evento contará com equipe maior, cadastramento de vendedores ambulantes (a maior parte da estrutura é paga com o valor arrecadado na venda de bebidas), segurança pública e privada, banheiros químicos, equipe de limpeza após os eventos e diversos produtores. A expectativa é que a festa seja muito bem organizada e planejada para que todos aproveitem da melhor forma. “Basta chegar com sua fantasia e alegria, comprar os produtos credenciados e assim auxiliar para a realização de mais festas no bairro”, convida Tiago Faccio. Distribuída em oito blocos, a festividade ainda premiará as melhores fantasias e dará diversos brindes, tudo regado a muito boa música. A maioria das concentrações ocorrerá na Av. João Alfredo e no largo Zumbi dos Palmares. Para evitar transtornos aos moradores o horário será entre 16h e 22h.

Data: 01 de março, sábado. Bloco: Rua do Perdão Horário: 16h Data: 08 de março, sábado. Bloco: Bloco do Isopor Horário: 16h Data: 15 de março, sábado. Bloco: Turucutá Horário: 16h

A estrutura contará ainda com a participação da Secretaria Municipal da Saúde, que prestará auxílio médico aos foliões, tudo para proporcionar bem estar aos participantes, artistas e moradores da região. O objetivo do projeto é não deixar a data passar batida. Algumas pessoas aguardam o ano todo pela data, muitas vezes sendo a única oportunidade para alegria e diversão. “Mundialmente a cultura brasileira é conhecida pelo carnaval. Nossa meta é que ele seja amplo, organizado e cada vez melhor. O evento é para todos e democrático. O que queremos é contar com o bom senso de todas as partes”, enfatiza Faccio.


Após dois anos do fim do mundo, 2014 finalmente chegou. Para os amantes de futebol é a chance de ver a tão esperada Copa do Mundo no Brasil. Já para os cinéfilos de plantão será o ano das continuações. Muitas sequências serão lançadas. Mas o ano também será marcado por novidades (boas e ruins), como: 2014 sem animação da Pixar, Angelina Jolie interpretando a vilã Malévola na nova versão da Disney para o conto da “Bela Adormecida” e dose dupla de Hércules. O semideus da mitologia grega chega aos cinemas em dois épicos. Um estrelado por Kellan Lutz e outro por Dwayne Johnson.

O cinema brasileiro, ao contrário do norte-americano, não terá tantas continuações. Pelo contrário, vem com uma variedade de filmes. O foco maior ainda será em comédias e dramas, mas também há biografias, suspense e a mais nova aposta do mercado brasileiro: animações. Confira os principais lançamentos. Alemão (14 de março), S.O.S – Mulheres ao mar (21 de março), Entre Nós (21 de março), Não Pare na Pista – A Melhor História de Paulo Coelho (4 de abril), Copa de Elite (18 de abril), Os Homens São de Marte...E É pra lá que Eu Vou (25 de abri), Praia do Futuro (1º de maio), O Vendedor de Passados (9 de maio), Isolados (23 de maio), Tim Lopes – História de Arcanjo (6 de junho), Nautilus (4 de julho), A Esperança é a Última que Morre (1º de agosto), Tim Maia (1º de agosto), Acorda Brasil (28 de novembro), Trinta (24 de outubro) e Os Caras de Pau (26 de dezembro).

Os filmes que irão concorrer ao prêmio de cinema mais cobiçado do mundo começam a aparecer por aqui no Brasil. Os longas Alabama Monroe (indicado a melhor filme estrangeiro), A Menina que Roubava Livros (melhor trilha sonora), Frozen – Uma Aventura Congelante (melhor animação) e O Lobo de Wall Street (melhor filme) já estrearam durante o mês de janeiro. O próximo da lista é um dos campeões de indicações: Trapaça. A comédia, protagonizada por Christian Bale (o eterno Batman), a vencedora do Oscar de melhor atriz de 2013, Jeniffer Lawrence (novamente disputando esse ano como melhor atriz coadjuvante) e Amy Adams, concorre em dez categorias. Único filme que também alcançou essa marca foi a ficção científica Gravidade, mas o longa já havia estreado em 2013. Trapaça estreia dia 7 de fevereiro. No mesmo dia ocorre o lançamento de Walt nos Bastidores de Mary Poppins (melhor trilha sonora).

Se no Brasil ainda é novidade produzir animações, o mesmo não se pode falar dos EUA e dos principais países da indústria cinematográfica. Mas os fãs da Pixar ficarão órfãos durante 2014. Se o estúdio não vai lançar nenhum filme, a Disney e a DreamWorks vem com os principais lançamentos do ano (continuações, óbvio). A primeira aposta em Aviões 2 – Heróis do Fogo ao Resgate (12 de setembro) e a segunda lança Como Treinar Seu Dragão 2 (20 de junho).

Confira outros lançamentos:

Uma Aventura Lego (7 de fevereiro), As Aventuras de Peabody e Sherman (28 de fevereiro), Tinkerbell – Fadas e Piratas (7 de março), Rio 2 (28 de março), The BoxTrolls (10 de outubro) e Big Hero 6 (7 de novembro).

Confira outros lançamentos que estão concorrendo ao Oscar 2014.

14 de fevereiro: Ela (melhor filme), Nebraska (melhor filme), Philomena (melhor filme). 21 de fevereiro: 12 Anos de Escravidão (nove indicações), Clube de Compras Dallas (melhor filme), Inside Llewy Davis – Balada de um Homem Comum (melhor fotografia), O Grande Herói (melhor edição de som). 28 de fevereiro: Mandela (melhor canção original). 7 de março: Até o Fim (melhor edição de som).


Saindo do eixo “super herói”, mas seguindo no gênero de ação e aventura, veja as principais estreias desse ano.

Hércules (7 de fevereiro), Caçadores de Obras Primas (14 de fevereiro), Robocop (21 de fevereiro), 300 – A Ascensão do Império (7 de março), Need for Speed – O Filme (14 de março), Noé (21 de março), Godzilla (16 de maio), No Limite do Amanhã (30 de maio), Transformers: A Era da Extinção (18 de julho), O Destino de Júpiter (8 de agosto), Os Mercenários 3 (22 de agosto), Hécules: The Thracian Wars (5 de setembro), Jogos Vorazes – A Esperança: Parte 1 (14 de novembro) e O Hobbit: Lá e de Volta Outra Vez (19 de dezembro).

Outros lançamentos:

Ninfomaníaca – Parte 2 (março de 2014, ainda sem data definitiva), Versos de Um Crime (7 de março), Tudo por um Furo (28 de fevereiro), The Grand Budapest Hotel (4 de abril), Transcendence (18 de abril), Fading Gigolo (25 de abril), Muppets 2 – Procurados e Amados (16 de abril), Malévola (30 de maio), O Teorema Zero (27 de junho), Debi & Lóide 2 (14 de novembro) e Exodus (25 de dezembro).

Para os fãs de quadrinhos que gostam de ver seus heróis nas telonas o ano está cheio de atrações (há os mais céticos que detestam qualquer tipo de adaptação; para esses, 2014 será péssimo). Há o recomeço da franquia das Tartarugas Ninjas e o novo lançamento da Marvel, que irá mostrar o “lado espacial” da editora, até então pouco explorado no cinema e, para não fugir do clichê, mais continuações. Veja aí: Capitão América 2 – O Soldado Infernal (11 de abril), O Espetacular Homem – Aranha 2 – A Ameaça de Electro (1º de maio), X – Men: Dias de um Futuro Esquecido (23 de maio), Guardiões da Galáxia (1º de agosto) e Tartarugas Ninjas (15 de agosto).


> ANDRÉ LACERDA PSICANALISTA

P

ara tentar explicar a onda de “rolezinhos” que tomou conta do Brasil conversamos com o psicanalista André Lacerda, para saber se o pai da psicanálise, Sigmund Freud, explica mais essa. POR TUIO MORAES JORNAL OPA! - Freud explica o fenômeno dos rolezinhos? ANDRÉ - Certamente Freud, ou seja o surgimento da psicanálise, proporcionou várias explicações para vários fenômenos do desenvolvimento humano. Acho que essa questão dos rolezinhos é bem mais uma onda proporcionada por nichos das redes sociais, do que um fenômeno socio cultural. A facilidade de comunicação e principalmente a facilidade de aglutinação de afins é um aspecto interessante de observar. Sem querer formar juízo de valor, penso que o fenômeno rolezinhos me parece mais uma questão de marcar um território que é de natureza elitista. Não sei se isso é coerente. Não seria como invadir um restaurante vegetariano e exigir que seja servido churrasco mal passado??? JORNAL OPA! - Pode se dizer que os rolezinhos vêm da mesma necessidade de protestar que levou tanta gente às ruas no ano passado? ANDRÉ - Penso que o evento iniciado no ano passado surgiu do anseio popular (obviamente impulsionado grupos específicos como intelectuais, políticos e organizações socio políticas, etc) objetivando uma melhor condição de vida através da exigência de melhores serviços públicos. Ao meu juízo, tudo legítimo e de certa forma foi um chamamento ao povo em geral, que via de regra estava adormecido. Acho que os rolezinhos não tem nada a ver com os protestos do ano passado. JORNAL OPA! – Os protestos ano passado influenciou os atos em shoppings hoje?

FREUD

EXPLICA OS

ROLEZINHOS

?

ANDRÉ - Acho que a única coisa que possa relacionar os rolezinhos aos protestos do ano passado, é a forma como são marcados os encontros, ou seja, a interação através das redes sociais. JORNAL OPA! - Essa recusa dos shoppings em relação aos rolezinhos, dadas os motivos dos lojistas para isso, pode ser considerado preconceito? ANDRÉ - Penso que a recusa dos shoppings tem mais a ver com o receio a atitudes muitas vezes agressivas dos chamados rolezinhos. Preconceito??? Medo???Não sei... eu já vi num shopping de Porto Alegre uma moça ter seu rosto lambuzado de sorvete porque alguém do grupo de rolezinhos à preconceituou como “patricinha”. JORNAL OPA! - Pesquisas apontam que jovens

da Classe C são os maiores consumidores do país, então porque os shoppings coíbem a entrada deles? ANDRÉ - Respondo com uma pergunta: Os jovens de classe C frequentam os shoppings pelo Brasil com efetiva rotina na última década. Porque agora, com o chamado fenômeno rolezinhos estão sendo coibidas as entradas? Não será porque entre jovens classe C que se agrupam em rolezinhos para um simples passeio no shopping, estão se infiltrando os mesmos oportunistas, baderneiros e saqueadores que mancharam o patriotismo representativo dos protestos de Junho e que inclusive recentemente andam até matando jornalistas? É nisso, que ao meu juízo temos que pensar, enquanto cidadãos, pais, jornalistas e jovens de todas as classes sociais.


A

nossa trajetória teve início em 2012, quando decidimos o conceito com que iríamos trabalhar e demos o start no desenvolvimento da plataforma online. Assim que ela foi ao ar, iniciamos o processo de pré-lançamento, cadastrando hotéis parceiros. Na época, alcançamos o número de 100 estabelecimentos e, consecutivamente, lançamos o portal INNHOLDER.COM. Assim, criamos um projeto prioneiro no Brasil e que tem por objetivo estabelecer uma rede de negociação e aproximação entre hóspede e estabelecimentos (hotéis, pousadas, resorts e hostels), baseado no sistema Your Choice, Your Price, a partir do qual o usuário realiza a busca da hospedagem, incluindo datas e destino, e, com base no valor original da diária, faz uma oferta/ lance apontando quanto deseja desembolsar pela estadia. Nesse modelo, o gerenciamento das propostas recebidas é realizado diretamente pelos estabelecimentos hoteleiros, através da área administrativa online e por comunicação via e-mail, tudo gerido pela própria inteligência do sistema. Há, também, uma equipe comercial que atua offline e está sempre à disposição para esclarecer eventuais dúvidas dos interessados no serviço. Para chegar a esse resultado, passamos por diversos processos de amadurecimento da ideia. Entre eles a Incubação na Raiar da PUC-RS, que auxiliou na parte de planejamento e governança, assim como nas metas e relacionamentos para o crescimento constante da nossa empresa. Com a ideia de oferecer um serviço diferenciado para o turista brasileiro, muito planejamento, testes, estudo de mercado e benchmarking foram necessários para encontrar as oportunidades certas e a escolha do conceito Your Choice, Your Price – que mostra-se vantajoso para ambas as partes. No portal, o hotel pode fazer divulgação sem custos, gerar fluxo financeiro e reduzir o número de quartos vagos. Enquanto o cliente tem a liberdade de apresentar ofertas frente ao preço da estadia, que pode gerar descontos consideráveis. Em média, vemos descon-

r e u q ê c o v o t Quan ? a i r á i d a l e p r paga tos girando em torno de 35%, mas já tivemos casos de redução de 80%. Isso varia conforme duração e temporada da hospedagem. Acreditamos que a inversão da precificação do produto seja o grande diferencial da InnHolder no segmento de e-commerce, uma vez que passamos essa ação para o cliente final, identificando a intenção de compra e aumentando o número de vendas. No caso do mercado de viagens, fomentando o turismo e garantindo a rentabilização da cadeia local de serviços, produtos e receptivos. Com amplo alcance de usuários, atualmente a nossa plataforma conta com mais de 300 estabelecimentos hoteleiros cadastrados, sendo a maioria nacional e um parceiro uruguaio, e mais de 700 clientes ativos. Para 2014 a expectativa é alcançar a marca de mil

estabelecimentos hoteleiros e 10 mil novos clientes, além de trabalhar no desenvolvimento contíno da ferramenta, aplicando os conceitos de negociação já concebidos em outras áreas do turismo. Já em 2015, temos como objetivo o cadastramento de hotéis no exterior.

+ www.innholder.com

*Sócios da InnHolder – Felipe Zart Broecker, Francisco Kaminski de Almeida e Leandro Guerreiro. (Atualmente, sete pessoas estão envolvidas diretamente no projeto).


Foto: Denise Pires Fotografias

O preconceito contra a música gospel, principalmente contra o rock, caiu por terra abaixo na medida em que grandes gravadoras aderiram a esse mercado. O número de ouvintes cresceu gradativamente. Só em 2010, segundo a gravadora MK Music (gravadora gospel), o faturamento girava em torno de 1 bilhão ao mês. E não é só o público que cresce, o número de cantores evangélicos que gravam CD, cresce a cada ano. Segundo a Revista Veja, em 2012 o mercado gospel tinha 128 gravadoras, entre as principais a Central Gospel. Tudo isso se deve não apenas ao fato das novas gravadoras aderirem ao mercado, mas também ao aumento de templos e fiéis, que segundo pesquisas do IBGE teve um crescimento de 61% e a baixa incidência de pirataria entre os cristãos. O mercado gospel tem sido chamado por muitos de “explosão gospel”, estando ele em 2° lugar, perdendo apenas para o sertanejo. Entre os artistas mais conhecidos e que mais vendem discos, está a banda paulista Oficina G3, que depois de anos no mercado, com nove álbuns lançados, vem conquistando seu espaço. A Banda Resgate, que depois de vinte anos na estrada, teve seu auge após sua entrada no cast da gravadora Sony Music e o cantor PG que foi integrante da Banda Oficina G3 de 1998 a 2003 e hoje segue carreira solo, tendo lançado em 2012 o seu quinto CD.

Após 7 anos na estrada, a Banda de pop rock cristão Salvare se prepara para lançar seu primeiro DVD.

POR GRAZIELLA SILVA

C

om fortes solos de Guitarra e letras marcantes, o rock gospel vem conquistando cada vez mais público, especialmente o jovem. A palavra gospel que significa “evangelho”, nesse caso é marcada pelo apelo religioso, diferente do da década de 60 que seguia tendências musicais e acompanhava o movimento hippie. O rock vem buscando combinar a musicalidade e o ritmo com a temática de letras cristãs, espalhando assim o evangelho. O mercado da música cristã brasileira vem revelando uma nova vertente de músicos com grande potencial e de grande diversidade, quebrando assim paradigmas e preconceitos religiosos. Ao longo do tempo o rock ganhou seu espaço entre os evangélicos, tornando-se um dos estilos favoritos e alcançando públicos expressivos, através de algumas bandas e cantores, conquistando assim um espaço para shows, antes apenas reservados para bandas do meio secular (como são chamadas as músicas que não são gospel). A banda gaúcha Salvare é a prova disso. Segundo Adilson Rodrigues (guitarrista e líder da banda) a maior parte de seu público é da faixa etária entre 14 e 25 anos. A banda é formada por cinco integrantes que se conheceram através de um projeto em comum e que desejam levar suas canções além da igreja. Com apenas 7 anos na estrada, a banda acumula uma vasta experiência, com direito a participação no Jornal do Almoço, e no show da Festa Nacional da Música em Canela, além de dois discos lançados. De acordo com Adilson o primeiro trabalho, lançado em 2007 e intitulado “Nunca desista”, iniciou apenas como um registro da carreira de sucesso que

L E P S O G K

ROC EM ALTA a banda já vinha apresentando, mas, para sua surpresa, passou a ser o carro chefe do grupo que resultou em convites para diversos eventos: “Em uma visita a uma Feira Cristã em São Paulo, deixei uma demo do CD em algumas gravadoras e conseguimos um contrato com a CANZION BRASIL que nos rendeu uma boa exposição nacional”, declarou Adilson. Após assinar o contrato, a Salvare gravou o segundo álbum chamado “Vitória”. Hoje o grupo se prepara para lançar o terceiro trabalho e o primeiro DVD, com previsão para meados em março. Sem ter ainda nome definido, o álbum, que será gravado em estúdio, contará com a com pré-produção de Cau Netto (tecladista da banda Papas da Língua) e com imagens de Sandro Deher (Zeppelin Filmes), além da participação de vários artistas. O trabalho terá como tema principal a Justiça Social. A banda vem usando a internet como espaço para a divulgação de seu trabalho. Com diversas músicas na rede, eles tiveram o clipe da música “Essa Luz” lançado em sua conta no youtube. O clipe é dirigido por Cris Derois (Infiniti Produções) e tem produção de Sandro Deher (Zeppelin Filmes) e foi gravado no CAFF (Centro Administrativo Fernando Ferrari). Ele fala sobre momentos difíceis em que não se vê saída e prega a palavra do evangelho dizendo que a “luz no fim do túnel” é Jesus. O clipe conta com mais de cinco mil visualizações no canal do Youtube e hoje já faz parte da programação dos seus shows. O processo de composição do grupo não é feito da forma em que todos os membros da banda participam. “As composições são trazidas por todos os integrantes. A gente escuta e, se em comum acordo gostamos, mandamos para alguns arranja-

dores que já conhecem nosso estilo e assim segue”, diz Adilson. O Nome Salvare (do Italiano, Salvar) não é à toa. A banda, que é natural de Taquara, munícipio da região metropolitana de Porto Alegre e tem como integrantes: Adilson Rodrigues (guitarrista), Tiago Iuri Charão (guitarrista) Ederson Freitas (vocalista), Jonas Borba (baixista) e Otávio Rodrigues (Baterista), resolveu dar esse nome à banda devido ao fato dos membros serem parte integrante do Instituto Vitória (Instituição que trabalha na prevenção, desintoxicação, recuperação e inserção social de dependentes químico). Os integrantes encontraram no nome “Salvare” a oportunidade de expressar o que fazem: Salvar vidas. Todo o recurso arrecadado nos shows é doado para o Instituto Vitória para que mais pessoas tenham acesso ao tratamento de dependência química. Além da realização pessoal de poder animar e melhorar a vida das pessoas, que é definido por Adilson como sendo um dos maiores objetivos da banda, o grupo leva aos lugares onde se apresenta um trabalho de responsabilidade social, que além de angariar fundos para o instituto e espalhar a palavra do evangelho com suas canções, também leva oficinas de músicas. Seguindo seu intuito de levar a música e a palavra do evangelho a todos a banda segue uma rotina de shows, geralmente dentro de igrejas, junto com uma ministração ou testemunho do líder da banda. Além de festas em municípios e em eventos culturais, eles estão alcançando os objetivos principais da banda, que é levar a música gospel para o mundo.


Alimentos que auxiliam a hipertrofia e perda de gordura

A VIOLÊNCIA JOGANDO CONTRA Cenas de vandalismo e de violência brutal mancharam a imagem do país do futebol, que vai ser sede, em 2014, da Copa do Mundo. POR ÉRIK PASTORIS Torcedores de Atlético-PR e Vasco se enfrentaram em uma rodada do Brasileirão na Arena Joinville e quatro deles ficaram feridos com gravidade. Seis torcedores foram detidos e serão indiciados por tentativa de homicídio. O 5x2 imposto pelo Atlético/PR sobre o Vasco ficou em segundo plano nesta partida. Pelas imagens chocantes e a importância do jogo na última rodada do Campeonato Brasileiro, a batalha campal protagonizada por torcidas de Atlético-PR e Vasco foram rapidamente destaque internacional e o principal assunto, mesmo com o tapetão envolvendo Portuguesa e Fluminense. Mas a falta de segurança não foi novidade nesta edição do Brasileirão, e as mortes ligadas ao futebol já chegaram ao número de 30 vítimas no ano que passou. Por pouco, não houve uma tragédia. As imagens mostradas pela TV e espalhadas em minutos por todo o mundo levaram ao desespero os atletas dos dois times. Rapazes eram pisoteados e linchados por rivais; outros, já desacordados, recebiam chutes no rosto e por todo o corpo. Houve também quem aplicasse golpes com barras de ferro em pessoas já caídas e sem condições de se defender. No ano de estreia das novas arenas, a organização pareceu não acompanhar os avanços em estrutura física de algumas das casas dos times do campeonato. Houve confusão, inclusive, em sede de Copa do Mundo. Por duas vezes, o Mané Garrincha apresentou confronto entre torcedores tanto dentro como fora do estádio, em jogos de Flamengo contra São Paulo e Vasco contra Corinthians. Os número são estarrecedores. Nos últimos dez anos, 42 torcedores morreram em conflitos dentro, no entorno ou nos acessos aos estádios de futebol. Os dados foram contabilizados e estudados pelo sociólogo e professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Universo, Maurício Murad, baseado em números fornecidos por jornais, revistas e rádios das principais cidades do país, entre os anos de 1999 e 2008. “Quando começamos a fazer o levantamento, o Brasil estava em terceiro lugar na comparação com outros países no número de óbitos. A ordem era Itália, Argentina e Brasil. Hoje, dez anos depois, o Brasil conquistou o primeiro lugar. É uma conquista trágica, perversa”, afirmou o professor.

Para construir massa muscular ou perder gordura, precisamos de uma variedade de proteínas, vegetais, carboidratos, frutas e gorduras boas. Proteínas, para construir ou manter massa muscular. Carboidratos, para fornecer energia adequada para o funcionamento do corpo e para os treinos. Gorduras, para auxiliar na liberação de hormônios anabólicos. Frutas e vegetais, para suprir nossa necessidade de vitaminas e minerais, que auxiliam nos processos da recuperação muscular e realizam a manutenção da nossa saúde. O problema é que a maioria das pessoas tem dificuldade para encontrar e consumir estes alimentos, seja por falta de tempo ou simplesmente por falta de informação. Com isto em mente, veja a seguir, mastigadinho, os 10 alimentos que você precisa para maximizar o ganho de massa muscular ou perda de gordura: Ovos inteiros: Grande fonte de proteína, com cerca de 6 gramas por ovo. A gema ainda possui vitaminas A,D e E. O colesterol presente no ovo, ao contrário do que a maioria das pessoas acreditam, pode auxiliar na produção do colesterol bom (HDL) e ainda maximizar a produção de testosterona. Salmão: Uma das melhores fontes de Omega-3 que para quem não sabe, é capaz de melhorar a saúde cardíaca e reduzir a inflamação nas juntas e tendões. De quebra ainda tem 20g de proteína a cada 100g de salmão. Brócolis: Rico em fito-nutrientes que combatem o câncer e índoles que diminuem o estrogênio (quanto mais controlado o estrogênio, mais testosterona). Ainda é rico em fibras e cálcio. Quinoa: O “rei dos grãos”. Possui mais fibras e proteínas do que arroz ou aveia, tem gosto melhor e ainda não tem glúten. Aveia: Reduz o colesterol, fonte de carboidratos de baixo índice glicêmico e fibras. Água: Tem um papel fundamental em quase todos os processos do corpo. A ingestão é essencial para garantir o funcionamento adequado do organismo, o que também impactará no treino. Juntando as peças: Tenha certeza de estar ingerindo esta gama de alimentos e você estará criando o ambiente anabólico perfeito para ganhar massa muscular ou perder gordura mantendo máximo possível de músculos. Para ficar por dentro de mais dicas e novidades, siga @flexnutrition no instagram e fique por dentro! Um abraço galera, bons treinos! Escrito por: Adriano Borges – Gerente Flexnutrition. Texto adaptado da web.


FEVEREIRO 2014  
FEVEREIRO 2014  

As grande estreias no cinema em 2014; >O rock também é gospel; >Freud e os rolezinhos; >Próximo a Copa do Mundo, aumenta a violência nos es...

Advertisement