Page 1


PIADA PRONTA

GENTE

JORGE DA BORRACHARIA! SHOW a matéria deste talentoso ar sta gaúcho, Cris Pereira. Parabéns Cris, parabéns Opa! MARINA - CANOAS

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS PRESIDIDA POR QUEM? Somente no país da piada pronta se elege um político homofóbico e racista – provado através de postagens do próprio nas redes sociais – para ser presidente Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara. O pastor Marco Feliciano (PSC) foi eleito, recebeu onze votos, e está gerando protestos Brasil afora. #RirPraNãoChorar

PASSAGEM DE ÔNIBUS É um absurdo aumentarem a passagem de ônibus. Enfrentamos diariamente ônibus lotados, atrasados e ainda deveremos pagar mais por isso. Quando é que teremos um verdadeiro TRANSPORTE PÚBLICO? PAULA - POA

BOA

DIEGO FELIPE WEILER

diegofelipeweiler@facebook.com

MATHEUS FREITAS

freitasmatheus33@gmail.com

CINEMA BRASILEIRO O cinema brasileiro está crescendo com qualidade, mas grande parte dele está nas mãos da Globo que insiste em colocar o es lo de suas novelas na tela grande. MÁRIO - POA TARCILA MENDES

freitas.tarcila@hotmail.com

FREDERICO TARASUK

fredotarasuk@facebook.com

VIDA URGENTE

Fundação Thiago de Moraes Gonzaga

Sou Boa no Volante: Vida Urgente no mês da Mulher O Dia Internacional da Mulher significa mais do que um dia de homenagens às mulheres. Um dia onde nós mães, educadoras, empresárias, donas de casa, profissionais liberais devemos fazer uma reflexão sobre o nosso papel na mudança para um mundo mais amoroso e sem violência. Para a Fundação Thiago de Moraes Gonzaga, as mulheres são as grandes aliadas na busca por um trânsito mais humano. Ao contrário do ditado “mulher ao volante, perigo constante”, as esta s cas mostram que a direção feminina é mais consciente e segura. No Rio Grande do Sul, de todas as infrações registradas cerca de 14% foram come das por mulheres e em acidentes graves ou com ví mas fatais, 13% têm mulheres ao volante. Mas por que as mulheres são mais responsáveis ou prudentes no trânsito? Confesso que não tenho certeza se é uma questão de gênero, mas penso que porque nós temos o dom de gerar e carregar uma vida, isso nos torna

mais apegadas e cuidadosas a ela. Pois temos a consciência de que o que circulam em nossas ruas e avenidas não são máquinas, são vidas. Esther Grossi descreve belamente este sen mento na exposição “Sou Boa no Volante”, da Fundação Thiago Gonzaga: “Aprendi a dirigir para conduzir meus filhos quando eram pequenos. Portanto, para mim, dirigir está associado a prazer e a compromisso. Meu carro carregado dos filhos era como um enorme corpo grávido, onde nha que estar garan da proteção e não risco”. Nós mulheres temos um grande desafio pela frente, o de mul plicar este sen mento que trazemos conosco, de valorização e preservação da vida, aos nossos filhos, maridos, companheiros; para que o compromisso com a VIDA seja de todos nós.

Diza Gonzaga – Presidente da Fundação Thiago de Moraes Gonzaga

MATHEUS MAIA BECK

matheusbeck@uol.com.br

OPA COMUNICAÇÃO LDTA CNPJ: 12040043/0001-80 Qual a sua opinião sobre a proibição da venda de cigarros de cravo e menta no Brasil? A justiça acredita que a indústria tabagista usa o sabor para seduzir os jovens a provar o cigarro. Será? “ridículo quem quiser fumar vai fumar de outro sabor mesmo” Luciana Munhoz Guimaraes - Via Facebook “Não adianta proibir, muito menos aumentar (abusivamente) o preço dos cigarros. Não é o sabor ou o “aroma” que “seduz”/induz alguém a fumar. É uma questão de escolha. Ou pode ser um vício decorrente de algum problema.” Pree de Priscila - Via Facebook “FUMAR VAO FUMAR DE MENTA CRAVO.... NAO TEM Q SER PROIBIDA A VENDA!” Elisangela Sventnickas - Via Facebook

Publicação mensal dirigida ao público universitário de Porto Alegre e Região Metropolitana Correspondências: Rua Arabutan 724/302 Bairro Navegantes, Porto Alegre-RS CEP: 90240-470 E-mail: contato@jornalopa.com.br Twi er: @jornalopa Site: www.jornalopa.com.br Edição: Tuio Moraes > tuiomoraes@jornalopa.com.br Revisão: Leci e Luiz Erni Moraes

ANUNCIE: João Arthur Moraes comercial@jornalopa.com.br

(51) 9282.0994


CIGARRO SÓ NA RUA

A FIFA ordenou que todos os estádios que participarem da Copa das Confederações e da Copa do Mundo terão proibição ao consumo de cigarros.

CURSOS TÉCNICOS TAMBÉM PODERÃO SER FINANCIADOS PELO FIES Uma nova modalidade do FIES, programa de financiamento estudan l do governo federal, agora abrangerá alunos de cursos técnicos de nível médio e de formação inicial con nuada - cursos a distância não terão o bene cio.

#CHORA

Milhares de litros de uísque foram jogados pelo ralonum acidente em uma empresa de engarrafamento na cidade britânica de Dumbarton, na Escócia. A des laria Chivas Brothers disse, em nota, que o incidente ocorreu de noite durante a limpeza dos equipamentos.

TWITTER DO MINISTÉIRO DA DEFESA FAZ CAMPANHA PARA O BANANA KONG Poderia ser piada pronta essa. As vendas do jogo “Banana Kong”, para iPhone e iPad, cresceram 500% em dois dias. O mo vo? O tuíte postado no domingo por um funcionário do Ministério da Defesa, na conta do Twi er do próprio ministério, que dizia: “Alcancei 370 metros no Banana Kong. Obtenha-o na AppStore e tente fazer melhor”. Um dos donos da FDG Entertainment (produtora do jogo) parabenizou o Ministério da Defesa pela pontuação.

SENTADO NO TRONO LENDO A BÍBLIA, QUE MAL TEM ISSO? Polêmica no papel higiênico. Tudo aconteceu quando uma empresa finlandesa incluiu passagens da Bíblia nos rolinhos de papel higiênico da marca Lambi. A ideia era imprimir mensagens de amor no papel higiênico, para que as pessoas tivessem momentos inspiradores no banheiro, mas uma frase atribuída a Jesus Cristo entrou inadvertidamente na seleção: “Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração.”

MAIS IKES BATISTAS POR AÍ Segundo uma pesquisa,o número de bilionários brasileiros deve aumentar 157% nos próximos dez anos, de 53 em 2012 para 136 em 2022, fazendo com que o Brasil passe a ser o 6º país com o maior número de bilionários do mundo.


O MARAVILHOSO MUNDO DE OZ Clássico filme de 1939 terá o antes e o depois ainda este ano POR MATHEUS FREITAS

Siga a estrada de jolos amarelos que você encontrará a cidade das esmeraldas, foi o que disse a bruxa boa, Glinda, a Dorothy. Ela e seu cachorro, Totó, seguiram e, no meio caminho, encontraram um espantalho sem cérebro, um homem de lata (que queria um coração) e um leão covarde. Dorothy, junto com seus novos amigos, enfrentou alguns perigos no trajeto, mas, no fim, conseguiu encontrar o mágico de Oz, e, assim, voltou para sua casa, no Kansas. Mas a estrada de jolos amarelos permaneceu no mesmo lugar, para novas aventuras no maravilhoso mundo de Oz. E esse ano, a Disney e a Summer meEntertainment decidiram percorrer novamente o caminho de aventuras e encontrar a cidade das esmeraldas (entenda como cidade das esmeraldas os milhões de dólares que os filmes conseguirão ao redor do mundo com suas bilheterias) com seus novos lançamentos: Oz – Mágico e Poderoso e Dorothy of Oz, respec vamente. Em um dos principais lançamentos da Disney neste ano, Oz – Mágico e Poderoso, conheceremos a história de Oscar Diggs (James Franco), um mágico que é carregado da terra empoeirada do Kansas até o mundo de Oz. Oscar, assim como Dorothy, é levado para Oz por um tornado e, logo que chega, acredita que se deu bem, com toda a fama e fortuna ines mável de Oz. Mas ele encontra três bruxas, Theodora (Mila Kunis), Evanora (Rachel Weisz) e Glinda (Michelle Williams), que não estão nem um pouco convencidas de que ele é o grande fei ceiro que todos acreditam ser. O trailer oficial já foi lançado e nele podemos reparar em algumas semelhanças com o clássico de 1939, estrelado por Judy Garlan, como o início do

filme em preto e branco, ficando colorido somente quando Oscar chega a Oz, e a aparição da bruxa má numa cor na de fogo na cidade dos pequeninos Munchkins. O filme estreia no dia 8 de março e é dirigido por Sam Raimi (trilogia do Homem – Aranha). Já a Summer meEntertainment aposta no lançamento da animação musical Dorothy of Oz (Dorothy de Oz, numa tradução livre), que contará a história que se passa depois do filme original. Assim que Dorothy retorna de Oz, se depara com uma Kansas completamente devastada pelo tornado que a levou, mas antes que possa entender o que aconteceu, ela é chamada novamente para Oz, que está em perigo. Homem de lata, Espantalho e Leão foram capturados e a cidade das esmeraldas e todo o resto estão em decadência. Nessa nova aventura iremos nos deparar com um novo vilão, Jester (um bobo da corte), que acredita que todos devem estar sob seu comando e quer tomar conta do lugar. Mas este não é o único problema de Dorothy: ela ainda tem que lidar com uma maldição que pode destruir a estrada de jolos amarelos (para desespero de Hollywood, que pode perder uma grande fonte de dinheiro). Para salvar Oz, Dorothy contará com a ajuda de novos personagens, como um homem marshmallow, uma boneca chinesa e a coruja Wiser. A atriz indicado ao Globo de Ouro, Lea Michele (Glee) emprestará sua linda voz para Dorothy. O filme tem previsão de lançamento em agosto nos EUA (ainda sem data no Brasil) e é dirigido por Daniel St. Pierre.


MAIS OZ NO CINEMA Em 1985 foi lançado o longa metragem: “O Mundo Fantásco de Oz”. A história se passava seis meses após a original. Ao retornar de Oz, Dorothy vive falando de sua aventura para seus os, mas eles não acreditam nela e acabam internando-a em uma clínica para fazer um novo tratamento psiquiátrico através de eletricidade. Com a ajuda de uma menina que está no mesmo local, Dorothy consegue fugir, mas acaba caindo em uma correnteza e vai parar, novamente, em Oz, junto com sua galinha Bilina (que, “misteriosamente”, aprende a falar). Nessa aventura, a cidade das esmeraldas foi completamente destruída pelo rei Nomo e todos foram transformados em estátuas, inclusive o Homem de Lata e o Leão, já o Espantalho foi capturado. Dorothy parte em busca do rei Nomo e de seu amigo Espantalho, junto com o robô TikTok, que precisa de corda a todo o momento, e Jack cabeça de abóbora. Apesar de ser uma sequência da história original, a MGM (companhia que nha os direitos do primeiro filme) não autorizou essa con nuação, que foi lançada pela Disney. O filme é claramente inspirado em dois livros de L. Frank Baum: The Marvelous Land of Oz e Ozmaof Oz. Vale ressaltar que o livro “O Maravilhoso Mundo de Oz” é o primeiro de 14 volumes escritos pelo autor (ainda existem outros livros que não foram escritos por Frank). Apesar do filme não ter sido bem recebido pelos crí cos, que fizeram comentários como “é assustador para crianças (em referência a cena da princesa Mombi trocando de cabeças)”, o longa é considerado cult hoje em dia e foi indicado ao Oscar de melhores efeitos visuais.

NOVA GERAÇÃO DE OZ

Em 2007 foi lançada, em três episódios, a minissérie “Tin Man – A nova geração de Oz”, pelo canal Sci-Fi. Essa história não é um prelúdio ou uma con nuação do clássico.É simplesmente uma nova versão e é, sem dúvidas, a mais estranha e longe do original. A começar pelos personagens principais. Dorothy é conhecida apenas como DG (ZooeyDeschanel). O espantalho, não é um espantalho, é um homem chamado Glith, que teve metade do cérebro removido pela fei ceira Azkadellia. O homem de lata é Cain, um ex-policial que estava preso em uma armadura de lata e viu sua família ser morta pela fei ceira. E o leão não existe! Apenas Raw, um ser com poderes telepá cos, cuja espécie foi escravizada pela fei ceira. Em resumo, não existe nenhum dos personagens principais, apenas figuras inspiradas neles. E, além dos personagens, a história também está longe da original. DG é uma garçonete no Kansas quando um tornado (uma das poucas semelhanças) a leva para Oz (que aqui significa Outler Zone). Ao chegar a Oz, DG logo encontra Glitch e depois Cain e Raw juntam-se a ela. Além de tentar deter os planos da fei ceira Azkadellia (provavelmente inspirada na bruxa má do oeste), DG também tenta procurar respostas sobre seus pais verdadeiros.

Ele é o cara:

James Franco está participando de seu segundo prelúdio baseado em clássicos do cinema. Além de “Oz – Mágico e Poderoso”, ele protagonizou o filme “Planeta dos Macacos – A Origem”, em 2011, que conta a história que se passa antes do longa metragem lançado em 1968. Também em 2011, James Franco foi indicado ao Oscar de melhor ator pelo filme, baseado em fatos reais, “127 horas”, onde deu vida ao alpinista Aron Ralston.

Marvel e Oz: Desde 2008 a Marvel vem publicando histórias em quadrinhos do mágico de Oz. A primeira minissérie, em oito edições, recontava o clássico livro de L. Frank Baum. Até agora foram lançadas quatro minisséries, todas na ordem de publicação dos livros originais: O Maravilhoso mágico de Oz (1900 e HQ de 2008), The Marvelous Land of Oz (1904 e 2009), The Ozmaof Oz (1907 e 2010) e Dorothy andthewizard in Oz (1908 e 2011).


Comidas, dias ensolarados, animais de es mação, looks prébalada. Se você u liza o Facebook ou o Twi er, com toda a certeza já se deparou com fotos quadradinhas de alguma das quatro opções citadas acima. Trata-se do Instagram, uma rede social, e também aplica vo para celulares, que tem tornado a vida de muitas pessoas um livro cada vez mais aberto. O Instagram pode ser considerado a rede social do momento. No final do mês passado a empresa anunciou a marca de 100 milhões de usuários a vos, que postam cerca de 40 milhões de fotos todos os dias. Além do aumento no uso da ferramenta, esses números também refletem o quanto as pessoas têm exposto suas vidas na web. A estudante de Relações Públicas Amanda da Silveira Nascimento, 19, é uma dessas que abraçou o Instagram. Citada pelas amigas como viciada na rede, Amanda confessa que publica de 6 a 8 fotos por semana, mas se mostra cientedo crescimento da rede social: “Não me sen a muito exposta até poucos meses atrás, porque o Instagram não era tão popular como está agora. A exposição é algo que eu comecei a pensar nos úl mos dias, mas não acho que seja maior do que no Facebook ou Twi er, por exemplo.” O técnico em sistemas Wagner Flores, 20, é outro fã do aplica vo, porém se diz tranquilo em relação à superexposição. Não considera prejudicial à sua imagem as fotos que publica em sua página. “Gosto de fotografar momentos para recordação, mesmo. Evito o po de foto comprometedora ou clichê, como sushis, McDonald’s, essas coisas.” Daniel Jacobi Vasques, 23, estudante de Publicidade e Propaganda, também não se sente exposto, mas revela que muita gente tem extrapolado mesmo: “acho que algumas pessoas exageram, sim, na postagem de fotosnas hashtags, mas isso vai de cada um, se a pessoa está se sen ndo à vontade com o conteúdo que posta, OK. Quem não cur r, que deixe de seguir”.

E para evitar esses deslizes no uso da ferramenta, o Jornal Opa! coloca aqui os 11 mandacmentos do Instagram, listados pelo site Huffington Post. É bom dar uma lida e ficar atento na hora de postar, para não cair no temido grupo dos #Instachatos:

01

Não roubarás a foto do próximo: é feio copiar a foto do coleguinha e não dar o devido crédito. Faça seu próprio conteúdo e respeite seus amigos ‘instagrâmicos’;

02

Evitarás o clichê: oferecer novidades aos seus seguidores é uma forma de se dar bem no Instagram. Isso não impede, porém, que, vez por outra, você retrate o seu gatinho, seu almoço ou os seus sapatos novos. Mas é bom não abusar;


03 Não postarás o que não queremos ver: pode parecer óbvio, mas não é recomendável publicar fotos pornográficas, de uso de drogas ou, mais prosaico, um flagrante seu ou de um amigo no banheiro;

04 Não floodarás a timeline alheia: tudo bem que você envie várias fotos sobre um mesmo tema em um mesmo dia, mas evite o flood (termo que define o exagero de posts de um usuário) na timeline dos outros;

05

Usarás hashtags com moderação: as hashtags são um instrumento importante para organizar suas fotos em categorias no Instagram. No entanto, elas devem ser bem elaboradas e relacionadas ao tema da foto;

06 Controlarás a vaidade: calma, o Instagram não é um espelho. É bom maneirar na postagem de fotos suas. Claro que uma ou outra pode cair bem, mas aquele clique maroto na frente do espelho do banheiro deve ser evitado (para bem dos seus seguidores);

07 Não clamarás por seguidores: ‘me segue que eu te sigo de volta’. Tão comum no Twitter, esse escambo de follows é execrado no Instagram. Melhor concentrar as forças em produzir um bom conteúdo;

08 Evitarás a superexposição da sua prole: ok, teu filho é mesmo lindo, mas precisamos ver 16 fotos dele por dia no nosso Instagram? Poste com moderação;

09 Não confundirás as coisas: gostar é gostar; seguir é seguir. Não é por que alguém curtiu a tua foto que ele deve, automaticamente, começar a te seguir;

10 Não farás piadas internas: os teus seguidores do Instagram esperam ver belas e surpreendentes imagens. Então, não perdeteu tempo postando fotos aleatórias que só fazem sentido para você e mais três amigos;

Alguns famosos também têm passado dos limites no uso da rede. Um dos casos mais recentes é o apresentador Gugu Liberato, que vem postando fotos bem engraçadas da sua vida pessoal e profissional. Vale a pena dar uma passadinha na página dele para conferir algumas dessas pérolas: www.instagram.com/guguliberato


A verdade sobre a Amizade Colorida O que acontece quando o sentimento de amizade se expande para o do amor? POR TUIO MORAES Com o obje vo de entender melhor os solteiros, o que eles buscam, querem e como se comportam em determinadas situações, o site de relacionamento ParPerfeito realizou uma pesquisa com 8,1 mil usuários sobre a polêmica amizade colorida. O que acontece quando a amizade se confunde com o amor? Quando existe uma conexão boa entre duas pessoas é fácil que esse sen mento se confunda. A enquete foi dividida em duas partes e a pergunta principal era “você já beijou seu melhor amigo (a)?”. A par r da resposta escolhida, sim ou não, os entrevistados veram que responder outras questões e o resultado apon tou que 66% dos usuários nunca beijaram seu melhor amigo (a).Além disso, 70% declararam que a principal causa para a situação não ter acontecido é porque não enxergavam o melhor amigo (a) com “outros olhos”. “Muitas pessoas já devem ter se ques onado sobre o po de sen mento que une duas

pessoas na amizade. Fizemos essa pesquisa em diversos países e os resultados foram os mes mos. A maioria dos entrevistados afirmam que nunca veram uma amizade colorida. No entan to, entre aqueles que já passaram pela experiên cia, muitos disseram que, no final das contas, só restou a amizade e nada mais”, declara Claudio Gandelman, presidente do ParPerfeito. No Brasil as amizades coloridas veram o mesmo fim. 63% dos usuários, que respon deram “sim” na pergunta principal, afirmaram que valeu a pena beijar o melhor amigo (a), mas ficaram somente na amizade. O curioso é que ao serem ques onados sobre a reação dos amigos em comum, 53% dos entrevistados dis seram terem optado por não contar nada. “Não falar para os amigos próximos é um comporta mento natural quando não se sabe a reação ou as consequências que um ato pode ter”, finaliza Gandelman.

O Papa é argentino mas precisamos começar a trabalhar. As dicas iniciais são para você que tem o Neymar como referência quando o assunto é estilo. Você que curte um churros, uma pipoquinha e um sorvetinho italiano no centrão da cidade. Abuse da cor! Não é moda Restart, esses caras não usam mais isso. Boné aba reta é lei. Camiseta de time europeu dá um plus e nos pés, o incansável nike shox é a pedida, since 2003. Óculos escuro sempre. E daí que está em um ambiente fechado? Colorido e espelhado. Não esqueça! É isso tudo, #soquenao. E mês que vem a dica vai para as amantes do clássico e estiloso suplex.


O Papa é contra o casamento gay? Achei que ele fosse contra o casamento com argentinos.

*URGENTE! BRASIL SE TORNA O PAÍS MAIS ATEU DO MUNDO! @FilhoDoOCriador

@Deeercy Papa Francisco é argentino se fosse brasileiro seria Papa nicolau @FilhoDoOCriador

NÃO GOSTEI DESSE PAPA VOU XINGAR MUITO NO TWITTER @SeuElvis

Agora com o Papa Argentino, os padres cantores brasileiros, tão fazendo aula de tango.

Só tenho uma coisa pra falar sobre o papa argentino: não sabemos da missa a metade. Aliás, nenhum terço.

@FabioGuere

@Na_Igreja

Depois da escolha do papa argentino, esperamos um crescimento da igreja evangélica. @Na_Igreja

- Era uma vez um argentino, um alemão, um italiano e um brasileiro... - O que é isso, uma piada? - Não, um conclave. @tiodino

Natural o novo papa ser tão consciente sobre a pobreza. Já viram a merda em que tá a Argentina atualmente? @ulissesmattos

Os dois coroinhas de Francisco I. @Deeercy

Se o Papa fosse brasileiro já teria um adesivo na janela: “foi Deus que me deu” @microcontoscos

Papa Chico Bento XVI. @bethmoreno


‘ Hoje, ter uma casa noturna é para verdadeiros guerreiros ou para irresponsáveis’. Foi com essa frase e muitas outras que Fernando Nazer,, dono do Garagem Hermé ca, encerrou o legado das duas décadas de puro rock’n’roll. A velha casa da Barros Cassal tornou-se um marco por conseguir manter seu es lo em meio a grandes casas Pop. Por ali passaram grandes bandas do cenário gaúcho como: Replicantes, Ultramen, Júpiter Maçã, Graforréia Xilarmônica, Fernando Noronha, Cachorro Grande e várias outras deram inicio a suas carreiras. Porém, no dia 20 de fevereiro, Fernando publicou em nota na página deFacebook da casa o fim dos trabalhos da casa. Desde então os shows foram cancelados, os telefones desligados, o site desa vado e os perfis nas redes sociais sobrevivendo apenas de declarações de amigos, parceiros e freqüentadores incrédulos com o fim. A nota repercu u em toda a mídia porto alegrense e choveram homenagens e declarações de saudade por todos os lados. Grandes nomes, como o radialista Eron Dal Molin e Gabriel Boizinho, baterista da banda Cachorro Grande, se pronunciaram, lamentando a decisão. Dentre essas homenagens estava a de Juliano Fraga, que foi um parceiro da casa durante cinco anos. E foi com ele que buscamos sanar nossas dúvidas.

GARAGEM FECHADA

Jornal Opa! – Como está a cena rock de Porto Alegre? Juliano - A cena Rock de Porto Alegre está parada pela falta de inicia va. Tanto de músicos, produtores quanto dos donos de bares. Além de uma grande dificuldade de se chegar ao grande público, principalmente falando em bandas com trabalho próprio. Essa dificuldade é fomentada principalmente pelas próprias bandas que não frequentam os shows das outras bandas gerando a “fama” e a realidade. A prova disso é que as bandas que mais frequentam shows das outras, são as que têm seus shows mais frequentados. Jornal Opa! – Pelo que acompanhamos, o Garagem sempre teve interesse em trazer as bandas pra tocar. Então o que pode ter contribuído pro Nazer resolver fechar o lugar? Juliano - Tinha sim, o Fernando sempre foi um entusiasta do pessoal que fazia seu próprio som. Além disso, tentava “educar” o pessoal por uma conduta mais profissional. O problema é que a grande maioria não aprendia. O problema do Garagem é que ele dependia muito do evento para levar pessoas ao bar. Ou seja, de quem es vesse produzindo e principalmente das bandas. E aí a falta de pro-a vidade das bandas pesava. O pessoal, às vezes, sequer divulgava pela internet o show, quanto mais convidar os amigos para o show. Como o próprio Fernando fala “o cara bota uma calça vermelha, sobe no palco e acha que é ar sta”. A falta de consciência por parte dos músicos pega bastante. Às vezes a banda não se leva a sério, às vezes os músicos se levam MUITO a sério. Mas quem leva a sério a ponto de se unir a outras pessoas sempre acaba “acontecendo”. Tinha um pessoal com uma tendência mais Sea le, que sempre rendia bom movimento no bar, mesmo que fossem as mesmas pes-

O SONHO HERMÉTICO ESQUECIDO NO

GARAGEM

Nodia20deFevereirochegaramaofimasatividadesdeumdosmaiores mitosnacenarockindependentedePortoAlegre,oGaragemHermética. POR TARCILA MENDES soas sempre. [...]O Fernando liberava para cada músico levar um acompanhante sem pagar. Ou seja, com 3 bandas, deveria ter no mínimo 30 pessoas no bar. Algumas vezes nha menos gente que isso, porque os músicos não se esforçavam para levar consigo uma pessoa que não precisasse pagar. Jornal Opa! - E tu achas que as ações recentes da Prefeitura (por causa do acidente em SM) veram peso na decisão de fechar o Garagem ? Juliano - O Garagem, desde que eu comecei a trabalhar com o Fernando, sempre fez esforço pra estar de acordo com essas exigências. Por isso, não acho que tenha

influenciado tanto. Determinante foi o descaso dos maiores interessados, músicos, produtores e fãs de rock O Garagem foi apenas mais um lugar que fechou suas portas na Capital gaúcha.A famosa casa de shows Madrigal e o Café Segredo também encerraram seus trabalhos. Recentemente, várias casas noturnas como: Beco203, Cabaret, Casa do Lado, Laika, S utgart, Art&Bar, Dublin e várias outras foram fechadas temporariamente pela Secretaria Municipal de Indústria e Comércio (Smic) em prol da segurança das casas, após o ocorrido em Santa Maria onde 241 jovens perderam a vida após um incêndio na boate Kiss.


MARÇO DE 2013  

Instagram: modernidade ou superexposição? O fechamento do Garagem Hermética Habemus Papam e também piada O Beisebol jogado no RS Coluna de D...

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you