Issuu on Google+

ALFENAS, QUARTA-FEIRA, 07 DE MAIO DE 2014 - EDIÇÃO Nº 2978 Venício Scatolino

É possível encontrar vários cães abandonados pelas ruas da cidade

Proteção aos animais terá atenção especial em Audiência Pública Basta uma curta caminhada pelas ruas de Alfenas que se percebe o grande número de cães abandonados, sujando e disseminando muitas doenças. Este tema e tantos outros em relação à defesa dos animais serão debatidos na Câmara Municipal de Alfenas, amanhã, quinta-feira, dia 8, às 14 horas. Autoridades e ONGs PÁG. 7 foram convidadas.

Começa a vacinação contra a aftosa CIDADE - PÁG. 7

Sistema elétrico rebaixa lago de Peixoto Reprodução Valdir Cezário

Peixoto, que sempre manteve alto nível de água, agora vai baixar

Para o Dia das Mães

Crescimento nas vendas O atacante Flávio Torres (atrás) fez sua estreia no Esporte Clube Chapadão

Venício Scatolino

Chapadão empata em Madre Com cinco estreias, o Esporte Clube Chapadão empatou no domingo, dia 4, com o Madre de Deus Esporte Clube em zero a zero. A partida foi válida pela rodada de ida da fase quartas de final e disputada no estádio Bernardão, em Madre de Deus de Minas. O time de Alfenas colocou em campo quatro estreantes: Diney, Rafinha, Léo

Mineiro e Flávio Torres, além do goleiro Flávio Moranga que, ano passado havia defendido as cores do Chapadão. No próximo domingo, dia das mães, as duas equipes voltam a se enfrentar em Alfenas. O vencedor do confronto passará para a fase semifinal da Copa Regional de Futebol Amador.

ESPORTE - PÁG. 11

Procura por perfumes já é grande no comércio

Academinas promove eventos no mês do seu aniversário - PÁG. 10

Alfenas é uma cidade com um rico comércio, oferecendo muitas promoções para os consumidores. O produto mais procurado para as mamães ainda são as roupas, cerca de 38%. O perfume também é outra importante opção entre os consumidores, ficando em segundo lugar. E a cada ano, cresce o comércio eletrônico. Dia das mães será no domingo, 11 de maio.

CIDADE - PÁG. 3

O reservatório de Peixoto, ou Mascarenhas de Moraes, poderá ter o nível de água rebaixado em até 13 metros nos próximos meses. O motivo alegado pelo comunicado de Furnas à Prefeitura de Delfinópolis é a necessidade de manter o reservatório de Furnas mais cheio. Mas o prefeito da cidade, Pedro Paulo Pinto, acredita que a medida vá também ajudar na manutenção de outros reservatórios. Há ainda a considerar a Copa do Mundo de futebol. O prefeito faz uma lista de problemas que o rebaixamento do lago vai causar ao município.

CIDADE - PÁG. 5

Justiça Eleitoral recruta mesários CIDADE - PÁG. 3

Opinião................................2 Cidade...........................3 a 7 Polícia...........................8 e 9 Esporte............................10 e 11 Geral..................................12 Nesta edição: 12 páginas


Alfenas, quarta-feira, 07 de maio de 2014

2

Editorial

Assunto que não se esgota Ao contrário da própria água, que é um bem finito, o assunto sobre a possível falta dela não se esgota. Agora mesmo chega-nos a notícia, confirmada pelo prefeito de Delfinópolis, que o lago de Peixoto poderá baixar 13 metros nos próximos meses. Não é de se admirar. Se o nível de água sobe em algum lugar, em outro ele tem que abaixar. É a lei da compensação. Neste caso, o lago de Furnas é o que está subindo. Como é grande e regulador de outras usinas, parece lógico que ele seja mantido com uma cota razoável. O problema é que os municípios que estão pertos dos reservatórios que ficam abaixo vão sofrer com o esvaziamento. Ao que parece, o governo quer manter a caixa d´água representada pelo reservatório de Furnas, de forma que pelo resto deste ano e também no ano que vem o abastecimento de energia elétrica fique, ainda que teoricamente, garantido. Não podemos descartar a possibilidade de esta reserva ser também por causa da Copa do Mundo de futebol. Estádios vão gastar muita energia elétrica. E ainda tem os gastos em meios de hospedagem, restaurantes, postos e combustíveis, aeroportos e uma série de estabelecimentos cuja demanda vai subir. E não é pouco. Por estas e por outras é que há tanta gente contra a Copa, embora agora seja uma grande bobagem protestar. Faltando poucos dias para começar a disputa, ninguém em sã consciência acredita que haja uma maneira de impedi-la. Aliás, seria um contracenso depois de tanta preparação. Além disso, a maioria absoluta dos brasileiros quer mesmo é torcer pela seleção canarinho. Afinal, cada um de nós merece um pouco de esperança e alegria. Voltando à região, no caso de Peixoto os prefeitos já contabilizam os prejuízos. Serão muitos, mas o pior deles é a perda de qualidade de vida das populações que vivem nestes municípios. Também não se pode desconsiderar a questão econômica, com as perdas na agricultura, pecuária e turismo, principalmente. Mais uma vez a crise energética esbarra na falta de planejamento governamental. Há anos o sistema de geração e transmissão de energia elétrica vem dando sinais de esgotamento. O próprio governo, que previu e ajudou o país a crescer, não previu que a demanda por energia cresceria a níveis estratosféricos. Falamos apenas de energia elétrica, mas não podemos nos esquecer do abastecimento de água. Muitos municípios dependem dos lagos para captação da água a ser distribuída à população. Talvez a possível falta de água devesse ter ainda mais atenção que a possível falta de energia. Não seria fácil, mas viver sem energia até é possível. Já viver sem água, não dá mesmo.

Angústia no sol do meio dia (*) Juarez Alvarenga Na vida, os sentimentos são heterogêneos, dependendo do tempo e das situações. Sob o céu do meio dia as angústias tornam-se hegemônica em nosso comportamento. A vida do meio dia se estagna dentro dos sonhos sem poder de reação sobre a realidade. Tudo se passa com restrição de nosso espaço, sem coordenação de continuidade de nossas lutas. É de frieza contemplativa que nossos planos sucumbem. Meio dia é um buraco nas estradas que impede de chegar à rodoviária dos acertos. Esta hora do dia é de sepultação da alegria e consagração do imobilismo. O homem do meio dia é agente parasitário de sua própria história. As barreiras se elevam e se fortifica, impedindo os caminhantes de atingirem metas palpáveis do outro lado

Impresso em offset, na Arte Gráfica Atenas Ltda *** As idéias e os conceitos emitidos em artigos assinados não representam necessariamente a opinião deste jornal, sendo de exclusiva responsabilidade dos autores ***

lantes no restante do dia. Em qualquer caminhada humana existem as horas críticas. Sucumbir o enfrentar com sutileza é que nos resta. Se ao meio dia a vida se angustia, à meia noite os sonhos nos captam para servir de impulso, capaz com sua força, contornar o momento crítico do meio dia. As angústias diurnas não devem ser obstáculos que nos impedem de enfrentarmos nossos sonhos com realidade necessária. Aprenda que a vida é um todo e que as partes destes todo não têm o poder de estagnar nossos sonhos. E para acelerar suas realizações basta substituirmos as angústias do meio dia pela inteligência restante de todo o dia. (*) Advogado e escritor, Coqueiral-MG. e-mail: juarezlalvarenga@ig.com.br

CRÔNICA BÍBLICA MOZAR DE SOUZA, Psicólogo, Psicopedagogo e Professor

1 Coríntios. 13:4-7

e-mail: pastormozar@hotmail.com - Novo telefone: 9924-4547

Véu do amor ou véu da dor! Hoje, o que mais se vê na televisão ou que se ouve no dia-a-dia são assuntos de violência, abandono, preconceito, descaso social e matança que envolve pai, mãe, padrasto, madrasta, marido e esposa; não se pode esquecer de alguns filhos que contribuem no derramamento de sangue dos pais. Quando o assunto matrimônio não há diferença. Gente que se casa num véu lindíssimo de amor, sonhando com um casamento como um ninho eterno de felicidade; contudo, em pouco tempo, tudo muda. O romantismo é transformado em brutalidade, o amor vira ódio, o encantamento vira desprezo, a alegria vira tristeza, a liberdade vira uma jaula de ciúme e o sonho de felicidade vira terrível pesadelo. A principal razão de tanto conflito conjugal trata-se de pessoas que tiveram um romance envernizado. Com o tempo, o verniz descasca e o que sobra é só azedume. Uma tintura de amor não resiste às tempestades da vida. Muitos cônjuges, infelizmente, são pessoas que cresceram em famí-

lias desajustadas, com pouca atenção e carinho dos pais; na infância foram marcados pelo sentimento de rejeição. Ninguém pode oferecer algo que nunca teve. Tornam-se adultos, mas com feridas não cicatrizadas no inconsciente. Eles acabam reproduzindo os desarranjos de amargura e angústia um no outro e também nos filhos. Um convívio impossível, pois o lar torna-se um ambiente de competição, humilhação e de muita agressividade. Produzindo filhos negligentes, inacessíveis, problemáticos e bloqueados para a vida. Inúmeras vidas conjugais hoje jamais poderão estabelecer um parâmetro de limite; porque há uma busca infinita de domínio, uma atitude constante de manter um ou outro num estado de domínio. Dá-se o nome fictício desse procedimento de amor patológico, fictício porque nunca foi amor. Alguns pesquisadores dizem que o medo do isolamento é a essência desse comportamento doentio. Uma tentativa frustrada de fugir da solidão interior; por isso, sufoca e mata a

outra parte. Apóstolo Paulo nos diz: “Que o amor é paciente, é benigno, o amor não arde em ciúme, não se ufana, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus próprios interesses, não se exaspera e não se ressente do mal”. Aqui o Apóstolo personaliza o amor, naturalmente, como uma pessoa age num estado de lucidez. Um quadro que sugere uma descrição do próprio Cristo. O amor desdobra-se em três elementos: intimidade, alegria e compromisso. Desses três elementos identificam-se sete características do amor divino: amizade, paciência, romantismo, companheirismo, gratidão, perdão e renúncia. Não existe tintura de amor. Amor é sempre amor porque flui do coração de Deus. Paulo disse: “o verdadeiro amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera e tudo suporta”. O amor que vem do alto jamais acaba, por isso, amor que não é amor nunca saiu do coração de Deus. VÉU DO AMOR OU VÉU DA DOR!!

Dr. MOZAR DE SOUZA

Jornal dos Lagos Publicação da UNIFENAS. Órgão oficial de publicações de editais do Fórum de Alfenas. EDITOR: Valdir Cezário - Reg. 6.321 - DRT-MG EDITORAÇÃO GRÁFICA: Paulo Henrique Corsini REDAÇÃO E PUBLICIDADE: Rua Bias Fortes, 191 - Centro CEP: 37.130-000 - ALFENAS-MG TELEFAX: 35 3299-3878 PUBLICIDADE (fone): 35 3299-3892. Home page: www.jornaldoslagos.com.br e-mail: jlagos@unifenas.br

da estrada. As derrotas se projetam no espaço, dificultando o desmoronamento dos obstáculos que impedem a vida de saltar, pois o mesmo fica impregnado no ponto parasitário do começo da caminhada. Meio dia colecionamos desafios não enfrentados e entregamos nossos objetivos para os visionários sem horizontes. Ainda bem que existe o restante do dia dos sonhos com ações, de metas com objetivos e de vitórias com lutas. A instantaneidade do meio dia é um momento do restante do dia que sobra para congratularmos nossos sonhos com a realidade. A paralisia do meio dia, que nos cega para a realidade, é exaltada pelo restante do dia com grandeza e valentia. Ultrapassar a instantaneidade do meio dia é dar sobressaltos mirabo-

CRP-MG 04.32025

Psicólogo Comportamental CONTATO COM O PSICÓLOGO: (35) 9924-4547 CONSULTÓRIO: Centro Multiprofissional Introcaso Rua Coronel Pedro Corrêa, 445 - centro Tels. (35) 3297-2020 // 3292-2899 Alfenas - Minas Gerais

Motivos para consulta psicológica: > Desejo de mudanças na vida. > Síndrome de pânico, solidão, estresse. > Ansiedade, depressão, angústia. > Falta de motivação, indecisão. > Dificuldade conjugal, e com os filhos. > Baixa estima, infelicidade, desânimo > Fraco desempenho no trabalho e sexual


quarta-feira, 07 de maio de 2014

SINE OFERECE VAGAS

33

NO DIA DAS MÃES

Roupa é a preferência

Atualização - 06/05/2014 -ATENDENTE DE BALCÃO DE PADARIA -ATENDENTE DE BALCÃO DE SORVETERIA -BARMAM -CARTAZISTA -COBRADOR EXTERNO -DEDETIZADOR

-GARÇOM OU GARÇONETE -GERENTE DE RECURSOS HUMANOS -INSTALADOR DE CORTINAS -MARCENEIRO -MECÂNICO DE VEÍCULO A DIESEL -MECÂNICO DE AUTOS (EXP. INJEÇÃO ELETRÔNICA / CNH B ) -MOTORISTA DE CAMINHÃO -PROMOTOR DE VENDAS -TOPÓGRAFO (CNH-B) -VENDEDOR DE MÓVEIS -VENDEDOR PRACISTA (ALARMES/CERCAS ELÉTRICAS) -VENDEDOR PRACISTA (VENDA DE EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS) -VENDEDOR DE CONSÓRCIO DE VEÍCULOS OBS: Temos vagas para portadores de necessidades especiais.

Rua Manoel Pedro Rodrigues - 126 - Centro Alfenas MG - Fone: 35 3698-1757 Horário: 8 às 11hs/13 às 17hs

Vagas

Cidade

Açougueiro

1

Alfenas

Ajudante de soldador

1

Alfenas

Assistente técnico

1

Alfenas

Atendente

1

Alfenas

Auxiliar administrativo

2

Alfenas

Aux. de consultório odontológico 1

Alfenas

Auxiliar de cozinha

1

Alfenas

Auxiliar de doceira

1

Alfenas

Auxiliar de limpeza

1

Alfenas

Auxiliar de logística

1

Alfenas

Babá

1

Alfenas

Balconista de padaria

1

Alfenas

Churrasqueiro

1

Alfenas

Cobrador externo

1

Alfenas

Cozinheiro (a)

1

Alfenas

Encarregada de limpeza

1

Alfenas

Fonoaudiólogo (a)

1

Alfenas

Mecânico de autos

1

Alfenas

Motorista (CNH B)

1

Alfenas

Motorista (CNH D)

1

Alfenas

Operador de máquina de bordar 1

Alfenas

Plantonista

Reportagem local

A

-ELETRICISTA DE AUTOS -ESTOQUISTA (CNH-A) -FARMACÊUTICO (A)

Cargo

Marilson Ottoni

1

Alfenas

Port.de necessidades especiais 1

Alfenas

Professor (a) de informática

1

Alfenas

(degustador de café)

1

Alfenas

Tosador (a)

2

Alfenas

Supervisor de produção

1

Alfenas

Técnico em cafeicultura

Vendedor (a)

2

Alfenas

Vendedor externo

1

Alfenas

pesquisa de opinião do consumidor para o Dia das Mães, realizada pela área de Estudos Econômicos da Federação do Comércio de Minas Gerais (MG), aponta que 66,5% dos entrevistados pretendem presentear a mãe. E entre os produtos mais procurados estão roupas, preferência de 38% dos consumidores, perfumes (para 10,2%) e em terceiro lugar, bijuterias e acessórios, preferência de 8,3% dos pesquisados. A pesquisa revela ainda que os principais estímulos que levam os consumidores às compras são as promoções (43,6%), em seguida os preços baixos (27,1%) e a necessidade de um determinado produto (8,4%). Também foi apontado que o atendimento diferenciado, as condições de pagamento e crédito são fatores que os estimulam ao consumo. Em Alfenas, a expectativa dos comerciantes é positiva. A gerente de uma das principais perfumarias da cidade, Dulce Helena de Souza, vive o quinto Dias das Mães na loja e confirma que esta é uma data muito positiva para o comércio. “Apenas no Natal as pessoas compram mais. Estamos esperando um aumento de 20% nas vendas em relação ao ano passado. De 2012 para 2013 o crescimento foi de 15%”, comemora a gerente. Rica em floriculturas, Alfenas também oferece

Fotos: Venício Scatolino

Dulce Helena de Souza acredita em 20% de aumento nas vendas muitas opções entre as flores como presente, inclusive, montando também cestas de café da manhã. Mesmo que haja certo otimismo entre os comerciantes, neste ano, o consumidor está mais cauteloso, pois ao serem questionados se pretendem se endividar no próximo Dia das Mães, a maioria (91%) afirmou que não. “Entre os pesquisados, 17,1% preferem usar cartão de crédito para comprar. O pagamento em uma só parcela representou 15,6% das respostas e 14% preferem pagar à vista no cartão de débito”, destaca o econo-

Perfumes também estão entre os preferidos para presentar as mães no próximo domingo mista da Fecomercio MG, Gabriel de Andrade Ivo. Outra opção cada vez mais procurada entre os consumidores são as vendas do comércio eletrônico, que devem crescer 15% no Dia das Mães deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com a E-bit, empresa especializada em informações do setor. A expectativa é de que a data movimente R$ 1,16 bilhão. De acordo com a E-bit, itens de moda e acessórios devem ser os mais procurados, seguidos por eletrodomésticos. Na sequência, estão as cate-

gorias de cosméticos e perfumaria, telefonia e informática. Apesar da perspectiva de crescimento de

vendas, a E-bit acredita que os consumidores estão mais cautelosos e devem buscar produtos de preço mais baixo. Com isso, o tíquete médio das compras de Dia das Mães no comércio eletrônico tende a ser menor. “Existe o receio do aumento na taxa de desemprego, além de uma expectativa de baixo crescimento da economia”, comenta em nota o diretor executivo da E-bit, Pedro Guasti.

Justiça Eleitoral recruta mesários Da Redação

A

partir do dia 17 de maio, a Justiça Eleitoral começa o recrutamento de pessoas interessadas em trabalhar nas eleições de outubro, na função de mesário. Os cartórios eleitorais vão entrar em contato com os eleitores que tiverem interesse em participar o programa Mesário Voluntário, criado há dez anos. Interessados podem se inscrever no site do Tribunal Regional Eleitoral de Minas - www.tre-mg.gov. br ou ir pessoalmente a um cartório. Somente em Minas serão necessários 190 mil mesários paras as eleições de outubro. Eles vão atuar em 351 zonas

eleitorais. Se não houver voluntários suficientes, a Justiça Eleitoral vai convocar outros eleitores para a função. A recusa em participar, neste caso, só pode ser feita em caso de impedimento legal. Nas últimas eleições, realizadas em 2012, 75% dos mesários eram voluntários. Quem trabalha como voluntário pode se ausentar de seu local de trabalho pelo dobro de dias trabalhados tanto no treinamento para atuar quanto no dia das eleições. O mesário voluntário também recebe auxílio-alimentação por turno trabalho. O trabalho também serve de critério de desempate em concursos

públicos. Não podem trabalhar como mesários os candidatos, seus cônjuges e parentes de até segundo grau, integrantes de diretório de partidos políticos

em função executiva, policiais, funcionários em cargos de confiança no Executivo, trabalhadores da Justiça Eleitoral e menores de 18 anos.


44

quarta-feira, quarta-feira,07 07de demaio maiode de2014 2014


Alfenas, quarta-feira, 07 de maio de 2014

5

Lago de Peixoto será rebaixado Majô de Souza Da Redação

O

lago de hidrelétrica Mascarenhas de Moraes, também chamada de Peixoto, deverá ser rebaixado em até 13 metros nos próximos seis meses. A determinação é do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico). A Prefeitura de Delfinópolis (a 218km de Alfenas) já recebeu o comunicado de Furnas, em que a empresa pede a adoção de medidas para evitar transtornos à população. Até a tarde de segunda-feira, dia 5, a Prefeitura de Ibiraci, onde fica a sede da usina, ainda não havia sido comunicada. Segundo informações extraoficiais, a Prefeitura de São João Batista do Glória teria recebido uma comunicação, mas as de Passos e Cássia não. Mesmo assim, uma

Fotos: Reprodução

reunião seria realizada ontem, terça, em Passos, com todos os prefeitos da Ameg (Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande) e o assunto seria discutido. Com o rebaixamento, o nível da represa - que faz parte do sistema Rio Grande - poderá baixar de 666,12 metros em relação ao nível do mar para 653,12 metros. O motivo alegado é a necessidade de recuperação do lago de Furnas. O lago de Furnas é bem maior, com 1.440 quilômetros quadrados de área inundada, e regula o nível de outros reservatórios. Peixoto tem área de 250 quilômetros quadrados. Para uma comparação, no dia 1º de maio, o volume útil de Furnas era de 29,11%, enquanto o de Mascarenhas Moraes estava em 76,03%.

O lago da hidrelétrica Mascarenhas de Moraes deverá ser rebaixado em até 13 metros

Problemas à vista O prefeito de Delfinópolis, Pedro Paulo Pinto (PMDB), só vê problemas com a baixa do lago de Peixoto. A principal delas é com o esgoto. Segundo ele, a Copasa iniciou o processo para tratamento de esgoto, mas as obras estão paradas. “Com o esvaziamento da represa, este esgoto não tratado ficará a céu aberto, com risco de muitas doenças para a população e para os turistas. É assustador, porque vai afetar muitas vidas. Podem ocorrer epidemias.” Pedro Paulo acredita que além de ajudar a subir o nível do lago de Furnas, o esvaziamento também vai servir para manter o nível de outras usinas como Estreito e Marimbondo, por exemplo. Quanto ao turismo, o prefeito afirma que mais de 700 ranchos ficarão no seco. “Há grandes empreendimentos aqui. Até o Neymar já comprou terreno e agora isto”, reclama. A agropecuária é outra preocupação. Pedro Paulo

Pedro Paulo Pinto, prefeito de Delfinópolis, acredita que o esvaziamento da represa afastará o turismo e ranchos ficarão no seco acredita que a redução será entre 30% e 40% na agricultura. “A piscicultura vai acabar, porque os criatórios ficam nos braços e estes braços vão secar. E mais: muito gado vai atolar na lama.” O município é grande produtor de banana, sendo boa parte transportada por balsa. Esta travessia também será prejudicada.

A balsa liga Delfinópolis a Cássia. Furnas se comprometeu a construir um novo atracadouro, já que o atual vai ficar muito longe da água. “Pessoas, veículos e produção vão ter de andar bastante até chegar ao embarque”, supõe. Para completar a lista de problemas, ele acredita que a receita do município em royalties e compensa-

ção financeira pelas terras alagadas e pela geração de energia vá diminuir. “Se o lago seca, gera menos energia e se gera menos, o recurso repassado é menor.” O prefeito reclama ainda que o comunicado chegou em 29 de abril e o rebaixamento já começou a ser colocado em prática. O secretário executivo da Alago (Associação dos Municípios do Lago de Furnas), Fausto Costa, acredita que há um terceiro motivo para esvaziar Peixoto e fazer subir o nível de Furnas: há necessidade de uma boa reserva de água para geração de energia elétrica durante a Copa do Mundo. “Furnas é um lago maior, regulador de outras hidrelétricas que ficam mais abaixo. De nada adiantaria manter estes reservatórios altos e o de Furnas baixo. Se Furnas ficar vazio, as outras também não vão gerar muita energia”, explica. Mas, ressalta, “de qualquer forma, os municípios daquela região vão sofrer e a economia será prejudicada.”

A bela paisagem do lago de Peixoto está prestes da mudar

Outros reservatórios A redução da vazão que é a água que passa pelas turbinas para gerar energia - também ocorrerá em outros reservatórios do país, mas a autorização depende da Agência Nacional das Águas e do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), segundo informações do jornal o Estado de São Paulo. A medida já acontece em Sobradinho e Três Marias, devendo ser ampliada para outras bacias.

A ideia é segurar o armazenamento até o final de novembro quando, em tese, recomeça o período chuvoso. Sem as medidas, os reservatórios vão chegar ao fim do ano com níveis baixos, prejudicando o abastecimento em 2015. Mesmo assim, o ONS descarta cortes de energia e racionamento. Mas explica que se as condições climáticas se agravarem, poderá propor medidas adicionais para garantir o fornecimento de energia elétrica.


quarta-feira, 07 de maio de 2014

6

Em Paraguaçu

CENA DA CIDADE Fotos: Venício Scatolino

Elefantas vão para SP Foto: Reprodução EPTV/Michel Diogo

Da Redação

A

s elefantas Gueda e Maya, que há três anos vivem numa fazenda em Paraguaçu, vão para um zoológico em São Paulo.

Incrível como ainda há pessoas que acham queimada a solução para acabar com o mato. Pensam no que é mais fácil e que cinza é fertilizante. Sem se preocuparem, ateiam fogo perto de residências seja de dia...

Elas pertenciam a um circo, que foi impedido de levá-las para um espetáculo na Bahia, por causa da proibição de animais em circos em todo o país. Com isto, elas ficaram aos cuidados do advogado Giuliano Vettori. Segundo ele, as elefantas irão para a instituição Mundo dos Elefantes. Juntas, elas comem 400 quilos de comida por dia, entre capim, cana, cenouras e outros le-

As duas elefantas ganharão um novo lar em São Paulo gumes. Cada uma pesa aproximadamente oito toneladas. A transferência ainda não tem data marcada. Enquanto isto, elas continuam na fazenda, onde

já estão adaptadas. Elas ficam soltas numa parte do dia e seus passeios são monitorados. O fazendeiro afirma que gasta R$ 8 mil por mês para alimentar os animais.

Professores da rede estadual paralisam atividades em maio Da Redação

D

... seja de noite. A queimada, além dos danos ambientais, causam danos à saúde, especialmente para quem tem doenças respiratórias. Com certeza há outras soluções menos agressivas. As lentes do fotógrafo do Jornal dos Lagos já flagraram vários crimes ambientais desta natureza. Essa prática se torna comum principalmente quando aumenta a estiagem e o clima é seco.

Para que serve um sofá jogado fora? Se for descartado perto de uma rodovia, pode ser usado por alguém que esteja esperando ônibus ou uma carona. Aí pode-se, literalmente, esperar sentado!

urante assembleia estadual realizada quinta-feira, dia 24 de abril, em Belo Horizonte, trabalhadores na educação decidiram paralisar totalmente as atividades no dia 25 de maio, quando permanecem com indicativo de greve. A movimentação deverá ocorrer em todas as regiões do Estado. Os educadores definiram ainda um calendário de ações para os próximos dias e votaram as propostas que serão incluídas na pauta de reivindicações, já apresentada ao governo em janeiro deste ano. A categoria cobra, principalmente, a abertura das negociações. De acordo com o Sind-Ute/MG, durante a mobilização em Belo Horizonte foi feito o lançamento da 15ª Semana Nacional da Educação, promovida pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), com a realização de ato público em defesa e promoção de uma educação pública de qualidade, com a participação de vários representantes de Confederação, da Central Única dos Trabalhadores, movimentos sociais, enti-

CALENDÁRIO DE ATIVIDADES: 1º, 2 e 3/05 - Ações do 5º Encontro de Movimentos Sociais, em Belo Horizonte. 15/05 - Assembleia Estadual com paralisação total de atividades e indicativo de greve. 24/05 - Plenária Estadual dos Funcionários da educação. dades sindicais, estudantis e do funcionalismo público estadual e municipal. No auditório do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea/MG), o Conselho Geral do Sind-UTE/MG se reuniu e na oportunidade foram feitos relatos das atividades realizadas em cada região do Estado, além de debate e apresentação das propostas que foram submetidas à aprovação, na parte da tarde, da Assembleia Estadual. A coordenadora-geral do Sind-UTE/MG, defendeu a radicalização do movimento, como forma de pressão para que o governo receba os representantes da categoria e abra, com urgência, as negociações. “O governo já informou que não haverá reajuste neste ano. A progressão na carreira, que conquistamos em 2013 não foi paga até agora e não há previsão

ANA incentiva tratamento de esgoto Da Redação

E

stão abertas até o dia 4 de junho as inscrições de municípios interessados em tratar o esgoto, dentro do Prodes (Programa de Despoluição de Bacias Hidrográficas). Este ano são destinados R$ 27 milhões para empreendimentos que ampliem o tratamento.

O Programa paga pelo esgoto efetivamente tratado, em vez de financiar obras ou equipamentos, desde que cumpridas as metas de remoção de carga poluidora previstas em contrato. A iniciativa busca reduzir a poluição em bacias hidrográficas, principalmente as de São Francisco, Paraíba do Sul, Doce, Paranaíba e Piranhas-Açu.

Podem participar do Prodes os empreendimentos destinados ao tratamento de esgotos com capacidade inicial de tratamento de pelo menos 270kg de DBO (carga orgânica) por dia, cujos recursos para implantação da estação não venham da União. Podem se inscrever estações ainda não iniciadas ou em fase de

construção com até 70% do orçamento executado. Também podem participar empreendimentos com melhorias que aumentem a eficiência do tratamento de esgotos.

Para classificar os empreendimentos inscritos, a ANA vai considerar diversos fatores, entre os quais: o porte e a eficiência do processo

de tratamento empregado, a localização das estações em regiões que contavam com comitês de bacias instalados e em pleno funcionamento até 31 de dezembro de 2013 e a localização nas cinco bacias prioritárias definidas pela Agência em termos de qualidade das águas.

de data, as férias-prêmio foram suspensas sem justificativa, mesmo para os que estão se aposentando. O governo corta os direitos e se omite nas justificativas”, ressaltou. Beatriz Cerqueira citou ainda a questão dos milhares de servidores atingidos pela inconstitucionalidade do Artigo 7º da Lei 100. “A Secretaria de Estado de Educação (SEE) continua enviando mensagens para tranquilizar os servidores efetivados pela LC 100/07, como se a situação estivesse sobre controle. Mas, a realidade é que o governo não responde nada sobre o grande caos em que ele transformou a educação em Minas. Não diz como vai resolver a situação dos que estão em ajustamento funcional e sobre a previdência, entre outras questões que permanecem pendentes.” Ainda conforme a coordenadora-geral, o governo criou uma nova situação para os atingidos pela Lei 100 - o Código 20/ ADISTF, exposto nos contracheques deste mês. “O governo não dá garantia nenhuma de que irá resolver a questão, empurrando os trabalhadores ao limbo do serviço público estadual. Vamos manter a nossa posição de não transigir nos nossos direitos, sem a-brirmos mão do que defendemos ou negociarmos conquistas”, avaliou a direção estadual do sindicato.


quarta-feira, 07 de maio de 2014

7

Alfenas debate defesa de cães e outros animais Fotos: Venício Scatolino

Marilson Ottoni

Paulo Henrique Corsini

Reportagem local

Nosso principal objetivo é conscientizar através da educação, da posse responsável e mostrar a importância da castração nos animais”. Estas são as palavras da voluntária da Sociedade Alfenense de Educação para a Proteção dos Animais (Saepa), Paula Gonzaga. Ela e outras entidades de defesa dos animais foram convidadas pelo vereador Antônio Carlos da Silva (Dr. Batata/PSB) para a audiência promovida pelo Movimento Parlamentar em Defesa dos Animais - Sul de Minas (MPMDA). A audiência pública será realizada amanhã, quinta-feira, dia 8, às 14h, na Câmara Municipal de Alfenas. “Sempre me preocupei muito com os animais da nossa cidade; cães, gatos e também com os animais de grande porte, como cavalos. Por isso, represento na Câmara de Alfenas, o MPMDA, com a participação de vereadores de 15 cidades da região”, detalhou Dr. Batata, que acrescentou: “vamos debater o porquê de tantos cães nas ruas de Alfenas, a situação do canil municipal, alvo de muitas críticas, castração, implantação de chips em

O vereador Dr. Batata coordena a audiência e quer implantar o Conselho Municipal de Defesa dos Animais

Apenas no canil municipal de Alfenas são cerca de 60 cães. Nas ruas, a população tem que conviver com centenas, muitos doentes e de grande porte animais de grande porte, realização de feiras de adoção e a implantação do Conselho Municipal de Defesa e Proteção dos Animais”, afirmou o vereador. Segundo o coordenador da Vigilância em Saúde da Prefeitura de Alfenas, Wolmir Maida, o canil tem cerca de 60 cães, todos castrados, vacinados, tratados e disponíveis para adoção. “Renovamos, através de licitação, o convênio com uma clínica veterinária, responsável por tratar e castrar todos os cães. Destaco que recolhemos apenas animais em perigo, atropelados ou

machucados. Não temos uma carrocinha que recolhe animais nas ruas e não exterminamos os animais, o que é proibido por lei”, detalha o servidor público. Para Paula Gonzaga, que está na Saepa desde 2011, a situação dos animais de rua em Alfenas é lastimável. “Temos a lei 3.220/2000, que determina a castração gratuita, mas nunca foi aplicada. Há também a questão da responsabilidade do cidadão. Muitos “criam” seus cães na rua. Saem para trabalhar, soltam o animal, que só volta para casa à noite, com o dono. Ou seja,

durante todo o dia, o cão pode cruzar e serão mais cães nas ruas”. Segundo a defensora dos animais, há também muita preocupação com animais de grande porte, como os cavalos que trabalham em carroças pela cidade. “Já vi carroças recolhendo material à meia noite; imagine o quanto estes animais trabalharam durante todo o dia. Tem que ter uma regulamentação também para isto”. Outra preocupação de Paula Gonzaga é com os pet shops, principalmente, no tratamento dos pássaros, tanto os de criação

Bovinos e bubalinos devem ser vacinados contra a febre aftosa Venício Scatolino

Majô de Souza Reportagem local

C

omeçou ontem, sexta, a vacinação contra a febre aftosa. Todos os bovinos e bubalinos do estado de Minas Gerais devem ser vacinados. No jargão veterinário, animais “de mamando a caducando” precisam se imunizados. Assim como aconteceu na última campanha, em novembro do ano passado, os criadores não vão receber a carta-aviso de vacinação. Ela deve ser retirada na internet, no site www.ima.mg.gov.br. Boa parte das lojas também oferece como cortesia o documento. Segundo o chefe do escritório seccional do IMA (Instituto Mineiro de Agropecuária) em Alfenas, João Pedro Nogueira Alvarenga, as lojas já estão vendendo a vacina. “Depois que o produtor vacinar, deve levar a comprovação ao escritório para atualizar a situação dos animais.” Além de Alfenas, estão sob jurisdição

Para a protetora dos animais, Paula Gonzaga, da Saepa, a situação dos cães nas ruas de Alfenas é lastimável

como os de ornamentação. “Vejo patos, marrecos e outros pássaros presos, durante todo o dia, em gaiolas apertadas, no calor. Imagine o estresse

que estes bichos sofrem?”, questiona. Após o debate, todas as sugestões serão reunidas e podem se transformar em leis futuramente.

JORNAL DA PRAÇA CENTRO MUNICIPAL DE MÚSICA - O Centro Municipal de Música Professora Walda Tiso Veiga (Conservatório) comunica que as inscrições para o teste de aptidão musical estarão abertas de 12 a 30 de maio, das 8 às 20 horas. Os interessados deverão comparecer à rua Artur Bernardes, 639, e apresentar um documento pessoal. Se for menor, deverá ir acompanhado do pai ou responsável. FORRÓ DAS MÃES - A paróquia de São Sebastião e São Cristóvão vai realizar no próximo sábado, dia 10 de maio, véspera do dia das mães, o seu já tradicional Forró das Mães. O evento, desta vez, será realizado no salão do Alfenas Tênis Clube. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3292-7020, secretaria da paróquia, localizada na igreja matriz São Sebastião e São Cristóvão, no bairro Jardim Panorama. CONVITE - O Grupo Novo Dia de Alcoólicos Anônimos convida para as suas reuniões que acontecem às terças, quintas e sábados, no horário de 20 às 22 horas. “Se você tem ou conhece alguém que tenha problema com bebidas alcoólicas, talvez nós de A.A. possamos ajudá-los” é a mensagem do grupo. Alcoólicos Anônimos é uma irmandade de homens e mulheres que compartilham suas experiências, forças e esperanças, a fim de resolver seu problema comum e ajudar outros a se recuperarem do alcoolismo. O único requisito para ser membro é o desejo de parar de beber. Para ser membro do AA não há necessidade de pagar taxas ou mensalidades. O grupo é auto-suficiente. Não está ligado a nenhuma seita ou religião, nenhum movimento político, nenhuma organização ou instituição. Faça uma visita ao grupo, que fica na Rua Antônio Fernandes Salles, bairro Aparecida, em Alfenas. OFICINAS DE ORAÇÃO E VIDA - Oficinas de Oração e Vida na paróquia de São José e Dores de Alfenas já começaram: todas as segundas, a partir das 19 horas, sob a responsabilidade das guias Celina e Jeane (telefones: 3291-6300 e 3291-2166), no Centro de Pastoral Cristo Rei (avenida São José, 1005, centro). Também há oficinas às quintas-feiras, às 14 horas, com as guias Maria Conceição e Sebastiana (telefones: 3291-2987 e 9902-2324). Participe!

Vacinas devem ser mantidas sob refrigeração do escritório os município de Serrania, Fama e Divisa Nova. A vacinação vai até o dia 31 de maio. A expectativa é que 24,15 milhões de bovinos e bubalinos, em 353 mil propriedades, sejam vacinados. A meta é imunizar 100% dos rebanhos.

A doença A febre aftosa é uma doença causada por vírus altamente contagio-

sa. Sua ocorrência causa grandes perdas econômicas, embora mortes não sejam comuns. Quando elas ocorrem, geralmente atingem animais mais jovens. A doença pode afetar bovinos, ovinos, caprinos, porcos e todos os ruminantes selvagens. Cavalos não são afetados. O contágio ocorre por contado direto com animais infectados, contado com secreções, vetores como homens e animais

domésticos, além de veículos e equipamentos contaminados. Entre os sintomas estão aparecimento de lesões na boca, língua, estômago, próximo ao casco e na pele, febre, falta de apetite, calafrios e redução da produção leiteira. O animal não consegue se movimentar e fica prostrado. De maneira geral, a recuperação começa entre oito e 15 dias após o aparecimento dos sintomas.

“JOVEM APRENDIZ ADM” - Para auxiliar as empresas de médio e grande porte a cumprir a Lei do Aprendiz - do Ministério do Trabalho e Emprego - que determina a contratação de um percentual de aprendizes segundo o número de funcionários - a Associação Dias Melhores, entidade sem fins lucrativos, promoverá a quarta turma de inclusão social por meio da qualificação profissional. A iniciativa resolve dois principais entraves no processo de contratação de aprendizes: atender as demandas dos empresários dispostos a cumprir a legislação e o mecanismo de inserção dos jovens de baixa renda, no mercado de trabalho desta comunidade. O curso de aprendizagem na formação de “Auxiliar de Escritório, em geral”, tem duração de 16 meses, quarenta vagas, turnos da manhã e tarde aos jovens de 14 a 22 anos. PREVISÃO DE INÍCIO CURSO - 01 de julho de 2014 Cadastramento na sede da Dias Melhores, Rua Presidente Artur Bernardes, nº 423, Centro. Telefone: (35)3292.4992.


quarta-feira, 07 de maio de 2014

8

Em Poço Fundo

Bandidos praticam arrastão Fotos: Toninho Rodrigues/Jornal de Poço Fundo

Editoria de Polícia

D

ois bandidos promoveram um verdadeiro arrastão na noite de domingo, dia 4, na zona rural de Poço Fundo (a 49km de Alfenas). Os dois homens promoveram uma série de roubos e ainda agrediram as vítimas. Quatro veículos foram tomados de assalto e um estabelecimento comercial também foi invadido. Segundo reportagem do Jornal de Poço Fundo, a sequência de crimes começou no bairro Facão. Os ladrões chegaram a uma residência e disseram que precisavam de ajuda, pois

estavam com um carro que apresentou defeito. O morador atendeu ao pedido e se tornou a primeira vítima. O homem chegou a ser agredido com uma coronhada na cabeça e teve roubado seu Fiat Uno, assim como documentos, cheques e cartões.

No caminho para o bairro Barreiro dos Francos, os assaltantes bloquearam o caminho de outro Fiat Uno, anunciando o roubo: levaram o motorista com eles até um bar de beira de estrada, onde roubaram celulares de clientes e do próprio comerciante. Todas as vítimas fo-

Os dois primeiros veículos tomados de assalto foram abandonados em frente a um estabelecimento comercial; já os documentos que se encontravam dentro de um dos carros foi dispensado pelos ladrões e recuperados pela vítima ram trancadas no estabelecimento. Os autores abandonaram o carro em que estavam e fugiram em um veículo Fiat Strada vermelha e ainda levaram as chaves de

outro carro que estava estacionado em frente ao estabelecimento. Durante a fuga, os ladrões jogaram fora documentos, cheques e cartões que retiraram

do primeiro veículo e que foram recuperados. Segundo ainda informações, a dupla ainda teria roubado outro Fiat Strada, com placas de Campestre, fugindo em

Jovem morre em acidente na BR 491

seguida cada um em uma caminhonete. A polícia fez rastreamento, mas até o momento não encontrou pista dos autores ou das duas caminhonetes. Jornal de Poço Fundo

André Coldibelli / EPTV

Editoria de Polícia

O carro caiu de um barranco de aproximadamente 30 metros, na rodovia BR 491

O

representante comercial Juliano Pavanelli Pereira, 33 anos, natural de Três Corações,

morreu em acidente na madrugada de sábado, dia 3, na rodovia BR 491, trecho entre Varginha e Três Corações. Segundo informações, o rapaz perdeu o controle do veículo ao fazer uma curva, saiu da pista, atravessou um canteiro às margens da rodovia e caiu de um barranco de aproximadamente 30 metros.

O representante Juliano Pavanelli morreu no local do acidente

Em seguida, o carro capotou até cair às margens do Rio Verde. A ví-

tima, que estava sozinha no carro, morreu no local. O corpo foi encaminhado

para o serviço funerário de Varginha (Informações G1).

As maritacas foram apreendidas e devem ser encaminhadas ao Ibama

Em Poço Fundo

Aposentada mantinha

PM entrega placas da Rede de Vizinhos maritacas em cativeiro Protegidos no Jardim São Carlos averiguação de uma deEditoria de Polícia

Reprodução/PM

Editoria de Polícia

D

urante reunião realizada no bairro Jardim São Carlos, policiais da 18ª Companhia Independente da Polícia Militar, com sede em Alfenas, procedeu a entrega das placas da Rede de Vizinhos Protegidos aos moradores que aderiram ao programa. A reunião contou com a presença do presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública da cidade, Osmar da Silva Bastos; o líder comunitário e representante do bairro, Miguel dos Reis Souza; e a Coordenadora de projetos da Secretaria Municipal de Defesa Social, Márcia Bem. A iniciativa da Polícia Militar foi enaltecida pelos moradores, que, com o que foi abordado, passaram a compreender melhor a corresponsabilidade em promover Segurança Pública, não só em

Vários moradores do bairro Jardim São Carlos aderiram ao programa Rede de Vizinhos Protegidos, idealizado pela PM de Minas Gerais parceria com a PM de Minas Gerais, mas também com os demais órgãos de Defesa Social. Dentre os temas tratados na reunião, foi destacada a importância do Conselho de Comunitário de Segurança Pública como entidade capaz de buscar soluções conjuntas para anseios comuns. Outro fator ressaltado foi sobre a importância em estimular a participação

do público através das lideranças comunitárias, como forma de canalizar os problemas do bairro ligados ao crime, medo do crime e desordens, tornando-as mediadoras dos moradores. Segundo os militares responsáveis pelo projeto, as placas são a materialização da existência da Rede no bairro e que auxiliam na sensação de segurança local, muito embora entendam que o mais relevante

é a aplicação das ações discutidas nas demais sub-redes do programa. Sob o comando do Major Adenisio Ferreira de Paula, a 18ª Companhia de PM Independente já implementou quatro redes no município de Alfenas e, atualmente, a Unidade Policial desenvolve o trabalho para implementação do programa no distrito de Córrego do Ouro, município de Campos Gerais.

C

inco maritacas que

eram mantidas em cativeiro irregularmente foram apreendidas pela Polícia Militar na tarde de sábado, dia 3, no bairro Mãe Rainha, no município de Poço Fundo. Os pássaros estavam na residência de uma aposentada de 58 anos, que afirmou cria-los desde pequenos, mas não apresentou documentos que a autorizasse a criação das maritacas. Segundo informações, os policiais encontraram os animais durante

núncia de ameaça, que teria sido feita por um dos moradores da casa contra um comerciante. Ao entrarem na moradia, os policiais flagraram as aves em cativeiro e, de acordo com a Lei Federal 9605/98, que trata de crimes ambientais, a polícia procedeu a apreensão das maritacas para futuro encaminhamento ao Ibama. A mulher foi liberada e deverá prestar depoimento na Delegacia de Polícia nos próximos dias. (Com informações do Jornal de Poço Fundo).


Alfenas, quarta-feira, 07 de maio de 2014

9

Polícia Civil prende estelionatário

Foto: Polícia Civil

Rapaz tem várias passagens pela polícia e era procurado na região Denise Prado Editoria de Polícia

U

ma equipe de policiais da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil, com sede em Alfenas, prendeu na manhã de segunda-feira, dia 5, José Ângelo Azola, conhecido em toda a região por “Pezão”. De acordo com o delegado Márcio Bijalon, a prisão ocorreu após troca de informações entre as polícias de Itajubá e Alfenas, uma vez que havia um mandado de prisão preventiva expedido pelo Poder Judiciário de Itajubá em razão da prática do crime de estelionato, após

representação da Polícia Civil daquela cidade. José Azola foi preso em sua própria residência, por investigadores de Alfenas, que conseguiram recuperar parte das cabeças de gado que pertence a um sitiante de Itajubá, que havia caído no golpe. Assim como em outros golpes aplicados e encabeçados por ele, Azola se apresentou ao sitiante com nome falso e depois de “fechar negócio” pagou o gado adquirido com cheque falso no valor de R$ 60 mil. Segundo ainda o delegado, o preso será encaminhado para o presídio de Itajubá. A foto de José

Azola está sendo divulgada na imprensa e o delegado pede para que “caso alguém reconheça o autor, procure a Delegacia de Polícia de Alfenas para prestar queixa”.

Estelionatário Em julho do ano passado, uma equipe de agentes de Polícia Civil, comandada também pelo delegado Márcio Cavalcante Bijalon, cumpriu um mandado de busca e apreensão e outro de prisão preventiva, na residência de José Ângelo Serra Azola, que era investigado e apontado como membro de uma quadrilha que vinha atuando em Alfenas e região.

Segundo informações, José Ângelo estaria utilizando cheques de uma terceira pessoa, que teria perdido seus documentos, para efetuar compras com tais cheques que, ao final, se mostravam sem fundos. No decorrer das investigações, a polícia constatou que o acusado teria adquirido máquinas betoneiras, caminhões, antenas parabólicas e outros bens, sempre utilizando cheques de outras pessoas. Entre os bens adquiridos, estava uma residência em um bairro nobre de Alfenas, avaliada em torno de R$ 500 mil. Parte do valor foi pago com che-

José Ângelo Serra Azola é conhecido pela polícia, em toda a região, pela prática de crime de estelionato que de uma senhora que reside na cidade de Serrania e que foi devolvido por

falta de fundos. Na época, ele havia sido reconhecido pelas vítimas.

Suspeito de matar escrivão é preso no interior de SP Fotos: Reprodução

Editoria de Polícia

A

pontado como o responsável pelos tiros que mataram o escrivão da Polícia Civil Carlos Roberto de Carvalho Júnior, o Carlão, a polícia prendeu na sexta-feira, dia 2, Luan Edneicon da Silva, 25 anos, em São Pedro/ SP. Ele estava escondido em Piracicaba, interior paulista. A prisão ocorreu quando a polícia suspeitou das atitudes do rapaz que transitava pela cidade de São Pedro em um veículo, juntamente com outro jovem. Suspeita-se de que os dois

cometeriam um assalto naquele município, uma vez que durante a abordagem tentaram “dispensar” um revólver que foi apreendido. Na delegacia, Luan se apresentou usando o nome de seu irmão, mas o delegado Marcel Souza pediu a comparação das digitais do suspeito com as do documento e constatou a farsa. O rapaz vinha sendo procurado por participar no assassinato do escrivão da Polícia Civil. O outro jovem também tentou enganar a polícia com identidade falsa, mas acabou sendo descoberto.

Trata-se de Marcos Henrique de Paula, 23 anos, que também estava foragido e é apontado como autor de vários roubos e envolvimento com o tráfico de drogas. O rapaz já havia sido preso em Poço Fundo em meados de 2009. Ambos responderão a processo por porte ilegal de arma e falsidade ideológica em São Pedro (Informações Jornal de Poço Fundo).

O crime O escrivão da Polícia Civil de Machado morreu em setembro do ano passado, ao reagir a uma tentativa de assalto, no bairro Vila

Centenária. Carlão chegou a ser socorrido até o Hospital de Machado, mas não resistiu e morreu. Ele estava acompanhado de seu irmão, na Rua Beija Flor, quando o ladrão anunciou o assalto, na tentativa de roubar a camionete da família. A vítima tentou intervir dizendo que era policial, momento em que o autor efetuou três disparos. Um dos tiros acertou a cabeça do irmão dele, de raspão. Outro tiro acertou o peito do escrivão, na altura da axila, e a bala atingiu o coração. Ele chegou a ser socorrido,

Jovem afirma que não se lembra de ter atacado a ex-namorada Marilson Ottoni Editoria de Polícia

E

m entrevista coletiva, na tarde de segunda-feira, dia 6, a Polícia Civil de Alfenas apresentou o réu confesso Felipe de Oliveira Paiva de Lima, de 22 anos. No dia 25 de março, ele atacou a ex-namorada Karina Gonçalves de Al-meida, 22 anos, com mais de 20 facadas nos olhos, braços, ombro e rosto. O crime aconteceu na cidade e Alterosa (a 44km de Alfenas) e a jovem perdeu 98% da visão e os movimentos da mão esquerda. O jovem foi detido na quinta-feira, dia 1º de

Luan Edneicon da Silva se apresentou com o nome de seu irmão, mas a farsa foi descoberta e foi preso mas não resistiu ao ferimento. Acredita-se que a arma utilizada seria uma

Marcos Henrique também apresentou identidade falsa; é acusado de envolvimento em vários roubos pistola calibre 380, já que foi encontrado um projétil no local do crime. Venício Scatolino

Foto: Reprodução/EPTV

maio, durante uma blitz realizada próxima à cidade de Araguari, no Triângulo Mineiro. Felipe estava foragido há 37 dias. No momento da prisão, ele estava acompanhado de sua tia Cleonice Aparecida de Oliveira Terra, também indiciada no caso e que prestará o interrogatório nesta terça-feira, dia 6. Ela não está presa. Ao chegar à delegacia de Alfenas, Felipe Lima foi interrogado, confessou o crime, mas afirma não se lembrar do ataque. Durante sua apresentação à imprensa, o acusado não quis falar, mas se irritou quando sua tia foi citada

Karina Gonçalves perdeu 98% da visão de um dos olhos e os movimentos da mão esquerda e se sua atitude não foi covarde. O advogado de defesa também não quis falar. Felipe está preso no presídio de Alfenas e pode ir a júri popular, respondendo por tentativa de homicídio triplamente qualificado, por motivo torpe, fútil e sem direito de defesa da vítima. A pena para este crime pode variar entre quatro e oito anos.

Cinco meses O namoro de Felipe Lima e Karina Gonçalves de Almeida durou apenas cinco meses. O jovem de Alterosa não se conformou com o fim do namoro e teria feito várias ameaças à família, que conseguiu uma medida protetiva. Porém, após dois meses do fim do namoro, ele a atacou.

Felipe Lima não se lembra do ataque e se irritou durante a coletiva quando foi questionada a participação da tia


Alfenas, quarta-feira, 07 de maio de 2014

10

Academinas comemora cinco anos com torneios de tênis, corrida e caminhada Divulgação

Valdir Cezário Editoria de Esporte

A

Academinas Tênis & Fitnes está completando, neste mês de maio, cinco anos de atividades em Alfenas. E para comemorar a data, a empresária e professora de Educação Física Julieta Totti Guimarães, 33, proprietária da Academinas, programou uma série de eventos esportivos. A comemoração inclui dois torneios de tênis, além de corrida e caminhada de cinco quilômetros pelas ruas da cidade. “A ideia é reunir atletas da cidade e também da região e promover um dia de saúde e entretenimento”, afirma Totti. Ela conta também com o apoio de alguns parceiros, como Clube da Casa, Novo Rumo Chevrolet, Ankaras Agência de Viagens, Caixeta Construtora e Loteadora, ConstruCar, Lester Piercing e Tatuagem e MaxSeg. Juli Totti, como é mais conhecida, formou em Educação Física pela Universidade Gama Filho, do Rio de Janeiro, em 1003. Participou de mais de 15 cursos na área de tênis de campo. Jogou tênis profissional e, quando juvenil, foi a primeira colocada de São Paulo e terceira do Brasil. Juli Totti informa ainda que o evento será aberto ao público em geral e será realizado em três de finais de semana de comemorações. No dia 25 de maio,

Ao completar cinco anos, a Academinas promove uma série de atividades para seus alunos e também para a população de maneira em geral domingo, por exemplo, acontecem a Corrida e a Caminhada, com saída às 8 horas, da Praça Getúlio Vargas e a chegada está marcada para a Academinas, no bairro Jardim Aeroporto. Cerca de 70 pessoas estão sendo aguardadas para a corrida e a caminhada. Para participar, basta se inscrever, doando dois quilos de alimento não perecível. Como premiação destes eventos, haverá troféus para os cinco primeiros atletas de cada categoria que completarem o percurso e medalhas para todos os inscritos. “E, ao chegarem à Academinas, todos também serão brindados com as semifinais e

a grande final da Copa Academinas 5 Anos Clube da Casa de Tênis que estarão acontecendo no mesmo dia”, conta Juli Totti.

Tênis Com premiação inédita na cidade, a Copa Academinas 5 Anos Clube da Casa de Tênis reunirá os principais jogadores da região Sudeste do país e terá início no dia 24 de maio, sábado. Serão apenas 16 atletas de alto nível que vão em busca da primeira colocação numa competição de eliminatórias simples. As oitavas e quartas de final do torneio acontecem no sábado, dia 24, e as semifinais e final no domingo, dia 25 de maio.

O acesso ao clube Academinas será aberto ao público em geral que queira prestigiar a Copa Academinas 5 Anos: “É uma ótima oportunidade dos fãs da modalidade assistirem a jogos de alta performance”, promete Juli Totti. A proprietária da Academinas conta também que nos finais de semana anteriores, dias 10, 11, 17 e 18 de maio, será promovido o torneio interno de tênis, com cerca de 50 atletas que vão disputar quatro categorias. “Este torneio será restrito a atletas da academia; os jogos poderão ser assistidos pelo público em geral”, lembra a professora. O campeão e o vice da primeira classe

terão vagas garantidas na Copa Academinas 5 Anos. “Este torneio também tem premiação com troféus e é realizado a cada dois meses na academia, com o objetivo de promover o esporte e a integração entre todos os atletas, que vão desde a categoria infantil até a feminino e veteranos”, completa Juli Totti.

Academinas A Academinas é um espaço voltado ao esporte e à prática do tênis. Com três quadras de tênis de saibro, o local ainda possui musculação,

lanchonete, estacionamento, sauna e estúdio de ginástica. Ocupa uma área de quatro mil metros quadrados e possui 430 metros quadrados de área construída, com arquitetura moderna, integrada à área verde e vista privilegiada da cidade de Alfenas. Inaugurada em maio de 2009 tem hoje dois professores de tênis, dois instrutores de musculação e personal. Aproximadamente 200 alunos entre tênis, musculação e ginástica frequentam a Academinas.

Cinquentão tem goleada e jogo equilibrado Editoria de Esportes

N

o domingo, dia 4,

dois jogos marcaram mais uma rodada da Copa Master, o Cinquentão, promovida e organizada pela Secretaria de Esportes e Juventude. As duas par-

tidas foram disputadas no estádio do Alfenense Futebol Clube, no período da manhã. Na primeira partida, às 8h30, goleada do América Futebol Clube sobre o Chapadense pelo placar de nove a zero. Wilson Roberto

marcou seis vezes, sendo acompanhado por Neilo, Luiz Carlos Rosa e Dominguinho. No segundo confronto da manhã, em partida mais equilibrada, o Alfenense Esporte Clube fez dois a zero sobre o APP, com gols de Juarez Mariano

e Luiz Carlos Bahia. No próximo domingo, dia 11, a partir das 8h30, no Alfenense, se enfrentam São Bento x Chapadense e no estádio Rachid B. Saliba, o Alfenense Esporte Clube jogará com o Venak Tecidos.

CLASSIFICAÇÃO COL. C L U B E S 1º Alfenense 2º São Bento

PG J V E D GP GC SG 05 3 1 2 0 03 01 02 04 2 1 1 0 04 01 03

3º América

04 3 1

1 1

10

02

08

4º APP 5º Venack Tecidos 6º Chapadense

04 3 1 04 3 1 00 2 0

1 1 1 1 0 2

03 02 00

02 04 12

01 -2 -12


quarta-feira, 07 de maio de 2014

11

Copa Regional de Futebol Amador

DESTAQUE PARA LÉO MINEIRO Chapadão estreia 5 jogadores e empata em Madre de Deus Fotos: Valdir Cezário

Valdir Cezário De Madre de Deus-MG

C

om cinco estreias e um time diferente do que vinha atuando, o Esporte Clube Chapadão empatou, no domingo, dia 4, com o Madre de Deus Esporte Clube, pelo jogo de ida da fase quartas de final da Copa Regional de Futebol Amador. O time de Alfenas foi a Madre de Deus de Minas (a 250km de Alfenas) e, no estádio Bernardão, não saiu do zero com os donos da casa. Para se classificar para a fase semifinal do certame, o Chapadão terá de vencer o mesmo Madre, em Alfenas, no próximo domingo, dia 11. A delegação do Chapadão chegou a Madre de Deus por volta de 13h20. Porém, o treinador Uarli Christi e o preparador físico Carlos Henrique, o Iti, só chegaram ao estádio poucos minutos antes do jogo começar, por volta de 15 horas. Tensos - mesmo porque ainda não se sabia a escalação da equipe e não havia nem uniformes para jogo e nem para aquecimento - alguns jogadores não concordaram com a demora da comissão técnica.

Estreias Jogadores que fariam a estreia nesta partida conheceram seus companheiros de clube pouco antes de entrarem em campo. Dentre eles, o zagueiro Diney (que jogou pelo Tricordiano), Léo Mineiro (do Villa Nova, de Nova Lima, e que cinco dias antes havia participado do jogo do Villa com o Bahia, na Arena Fonte Nova), Rafinha (Guarani de Divinópolis) e Flávio Torres (atacante do Villa Nova). O goleiro Flávio Moranga fez sua reestreia na equipe e já conhecia a maioria do grupo, pois atuou pelo próprio Chapadão ano passado.

Em Madre de Deus de Minas, Braitner (esq.) domina a bola no peito, observado pelo estreante Rafinha (centro) e Emerson, ambos do Chapadão tando à maneira do time de Christi jogar. O atacante Japinha, desta vez, foi deslocado para a ala direita, enquanto Leandro Bianchini começou o jogo como zagueiro. Em campo, a disputa pela bola foi acirrada, principalmente por causa das pequenas dimensões do gramado do estádio Bernardão. Os dois goleiros - Lilinho e Moranga - optaram pelas saídas de bolas com os pés, na tradicional ligação direta com o ataque. Tanto que, em 30 minutos de jogo, poucos chutes a gol e quase nenhum trabalho aos dois goleiros. Somente aos 32 minutos, o time de Alfenas mostrou sua nova versão: boa trama no ataque e Eduardo Mamão saiu livre, pela esquerda; ele chutou forte e a bola bateu na trave esquerda de Lilinho; na volta, Flávio Torres também executou o chute, mas a bola saiu à direita do gol. Na segunda etapa, o jogo também foi equilibrado. Porém, os donos da

casa voltaram mais acesos e logo aos 30 segundos, Rodriguinho obrigou o goleiro Moranga a fazer excelente defesa; em seguida, aos dois minutos, o zagueiro Diney deu espaço, Alessandro Cruzou e Rodriguinho chutou à queima-roupa: o goleiro Flávio Moranga fez defesa no reflexo. Estes dois lances assustaram a defensiva alfenense e o treinador Uarli Christi começou a se preocupar. Uma das preocupações de Christi foi dar mais mobilidade ao seu setor de ataque. Desta forma, tirou o meia Rafinha e colocou o ala Geancarlos; e transferiu Japinha para o setor ofensivo do seu time. E deu resultado, pois o Chapadão criou várias oportunidades. Léo Mineiro começou a se destacar ao puxar os contra-ataques e usar sua habilidade para explorar jogadas rápidas. Tanto que aos dez minutos, escapou pela direita e cruzou na área; Japinha resvalou de cabeça e quase Flávio Torres marcou, também de cabeça; a bola passou à esquerda do

gol de Lilinho. Com o decorrer do tempo, os dois times baixaram um pouco o ritmo. O Chapadão continuou na pressão, em busca do gol da vitória. Léo Mineiro continuou sendo o destaque e fez várias jogadas. Cobrou falta na área, aos 28 minutos, e Japinha cabeceou para fora. Depois, cobrou escanteio e Flávio Torres cabeceou para fora; chutou cruzado e a bola passou por toda a área, mas não encontrou ninguém; até que, aos 46 minutos, recebeu passe de Leonardo Tukinha e chutou forte: a bola passou rente à trave direita do goleiro Lilinho. E o jogo terminou com empate sem gols. Mesmo com algumas tentativas do treinador Uarli Christi, o ataque não funcionou: colocou Da Silva no lugar de Flávio Torres; pôs também Leonardo Tukinha na vaga de Japinha, mas a equipe não ganhou mais velocidade. E Rodrigo Terra substituiu a Eduardo Mamão para dar mais suporte ao setor de meio-campo.

MADRE DE DEUS 0 X 0 CHAPADÃO LOCAL: Estádio Bernardão, em Madre de Deus de Minas. DIA E HORA: domingo, dia 4 de maio, às 15h30. MOTIVO: jogo de ida da fase quartas de final da Copa Regional de Futebol Amador, promovida e organizada pela Liga Sul Mineira de Futebol, com sede em Varginha. ÁRBITRO: Filemon da Silva. AUXILIARES: Edivaldo Batista Ferreira e Thiago da Silva Sigiane. REPRESENTANTE: José Abel Bernardes Bueno. MADRE DE DEUS ESPORTE CLUBE: Lilinho, Ramon (Diego), Silvério, Cauê e Thaylor; Juninho (Lucas), Cleiton, Braitner e Alessandro; Rodriguinho e Chumbão. Treinador: Armando Rodrigues. ESPORTE CLUBE CHAPADÃO: Flávio Moranga, Japinha (Leonardo Tukinha), Diney , Leandro Bianchini e Alexandre Coelho; Eduardo Mamão (Rodrigo Terra), Rafinha (Jeancarlos), Élinton Cuecão e Emerson; Flávio Torres I(Da Silva) e Léo Mineiro. Treinador: Uarli Christi.

RESULTADOS DA RODADA Domingo, dia 4, 15h15: -Madre de Deus E. Clube 0 x 0 Esporte Clube Chapadão, no estádio Bernardão, em Madre de Deus de Minas. -Cruzeiro Esporte Clube 3 x 0 Machado Esporte Clube, no estádio Mário Ribeiro Lima, em Guaranésia. Gols: Caio César, Edson da Silva e Rayatti de Brito. -Alpinópolis Futebol Clube 2 x 2 Athletic Clube/São João Del Rei, no estádio Benevenuto Augusto de Souza, em Alpinópolis. Gols: Luiz Paulo Vilela e Washington Arantes (Alpinópolis) e Carlos Eduardo e Fabio Ernesto (para o Alpinópolis). -Alterosa Futebol Clube 0 x 2 Três Pontas Atlético Clube, no Complexo Esportivo Lézio Siqueira Terra, em Alterosa. Gols: Leandro Batista e Yerkis Cunha.

O jogo A partida teve início por volta de 15h30 e a expectativa era de que os dois times pudessem proporcionar um bom espetáculo ao pequeno número de torcedores presente no estádio Bernardão. Pelo lado do Chapadão, as estreias pareciam que não iriam se encaixar, mas aos poucos os novos contratados foram se ajus-

Com a camisa do Chapadão, Léo Mineiro teve estreia destacada no Regional; jogador havia atuado pelo Villa NovaMG diante do Bahia, na Fonte Nova, cinco dias antes

PRÓXIMA RODADA Domingo, dia 11, 14h30: -Esporte Clube Chapadão x Madre de Deus E. Clube, em Alfenas.

O goleiro Flábio Moranga (atrás) retornou e o zagueiro Diney estreou

Caras novas: Rafinha (esq.) e Flávio Torres também apareceram

-Athletic Club x Alpinópolis F.C., em São João Del Rei. -Três Pontas Atlético Clube x Alterosa FC, em Três Pontas. -Machado Esporte Clube x Cruzeiro E. Clube, em Machado.


quarta-feira, 07 de maio de 2014

12

Faleceu Cidinho, o Tibúrcio

EDITAIS DE PROCLAMAS REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DE MINAS GERAIS

Fotos: Arquivo JL

Otávio Borba

REGISTRO CIVIL DE ALFENAS - MG

Repórter esportivo

CERTIDÃO DO EDITAL DE PROCLAMAS

F

aleceu na madrugada de domingo, dia 4, José Aparecido Tibúrcio. Ele era filho de Maria do Carmo Silva Tibúrcio e Benedito Tibúrcio, já falecidos. Natural de Alfenas, deixa o irmão João Bastita Tibúrcio, o “Chita Rodrigues Guarda”, além da viúva Ana Maria Aparecida Tibúrcio e os filhos Marcela e Matheus Tibúrcio. Conheci Cidinho ainda na infância. E juntamente com Fernando, Zico do Supermercado, Zé Branco, Marcelo Borba (falecido), Luizão, Fernando, Pedrinho Guanabara, Pralé, Waldirzinho, dentre outros, vestimos a camisa do Minas Gerais Futebol Clube, equipe que marcou época em Alfenas nos anos 70. Ele tinha 56 anos, conforme seu irmão João Batista, que nos passou as informações via fone da Gráfica Alfenense do amigo Jânio Carlos. Tibúrcio, como era mais conhecido, trabalhou por muitos anos de servente de pedreiro e até tentou ser pedreiro, mas não chegou a exercer tal

CERTIFICO que na data de 23 de abril de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: JOAQUIM ALVES DA SILVA e SONIA CRISTINA CANDIDA DOS SANTOS. Ele filho de Francisco da Silva e Maria de Jesus de Camargo; e ela filha de Manoel Candido dos Santos e Izabel Maria da Conceição e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 23 de abril de 2014. CERTIFICO que na data de 24 de abril de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: JEFERSON ANTÔNIO COSTA e VICENTINA ROSA FERRARI; ele filho de Antônio Reginaldo Costa e Maria do Carmo Costa; e ela filha de Messias Ferrari e Nilza Helena Rosa, e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 24 de abril de 2014.

Cidinho Tibúrcio, em suas variadas investidas pelas ruas da cidade: um símbolo de simplicidade e humildade se foi profissão, pois era um tanto quanto confuso no momento em que uma determinada obra lhe seria apresentada. Bem que o falecido Zé “Rendeiro” tentou graduar Tibúrcio a pedreiro, mas sem sucesso. Também jogou no Alfenense, categoria Júnior, na década de 70, tendo como treinador o médico Boaventura Passos Vinhas, o “Turinha”. Era um forte lateral direito, que às vezes corria mais que a bola e, justamente por isso, acabou não se firmando em nenhuma equipe, embora tivesse este desejo. Era torcedor

do Botafogo do Rio de Janeiro. Uma pessoa simples e que não fazia mal para ninguém, a não ser apenas para si, como na maioria daqueles que se entregam em noites mal dormidas e com a alimentação precária. Certa vez, participou da tradicional corrida de São Paulo, a São Silvestre, mas como ele mesmo afirmara, “sequer cheguei por último, pois me perdi no caminho”, contava e dava boas gargalhadas de si próprio e dos seus desatinos.

E, desatinado, andou por muito tempo. Se aposentou. Fraco e debilitado, foi se entregando até mesmo aos delírios que se tornaram constantes. As palavras “normal”, “chique dez” “tendeu”, “ a pancada é seca” e “eu junto” se tornaram tônicas em seus principais jargões para a graça e alegria, principalmente das crianças, adolescen-

tes e até mesmo adultos. Se fez conhecido pelos quatro cantos da cidade e onde tinha um boteco, lá chegava Tibúrcio e não faltava aquela alma bondosa que lhe pagava um gole ou um tira-gosto. E assim se foi Tibúrcio, normal dentre os normais e, quando queria, “louco” dentre os loucos. E a vida segue sua trajetória, com normalidade, e entre pancadas secas ou molhadas, estamos todos juntos, em um mundo com apenas uma certeza: normal ou não, entendendo ou não, todos se vão, chique ou brega, com ou sem delírio, abastado financeiramente ou bem pobre na acepção máxima da palavra. E que apenas Deus nos há de julgar.

À família de “Cidinho Tibúrcio” os nossos sentimentos e que o Senhor o receba em sua misericórdia. Ele foi sepultado no domingo, às 16 horas.

CERTIFICO que na data de 29 de abril de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: DIEGO CARVALHO CABRAL e CAMILA ALVES; ele filho de Leonardo José Cabral e Gisselle Pereira de Carvalho Cabral; e ela filha de Maria Helena Alves; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 29 de abril de 2014. CERTIFICO que na data de 30 de abril de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: MAILSON PONCIANO DO CARMO e KENIA ADRIANA DE LIMA; ele filho de Nilson do Carmo e Maria José Ponciano do Carmo; e ela filha de Paulo Sérgio de Lima e Marli de Souza Lima; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 30 de abril de 2014. CERTIFICO que na data de 30 de abril de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: ELISEU SILVA DOS SANTOS e MARIA SANDRA SANTOS DA SILVA; ele filho de Gerson Prado dos Santos e Rosalina Carmo Silva dos Santos; e ela filha de Jose Gomes da Silva e Maria Sônia Barbosa dos Santos; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 30 de abril de 2014. CERTIFICO que na data de 02 de maio de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: MARCELO COSTA VIEIRA e JACQUELINE TAVARES LADEIA; ele filho de Alberto José Vieira e Maria Madalena Costa Vieira; e ela filha de Silvio Ladeia e Oramita Pereira Tavares Ladeia; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 02 de maio de 2014. CERTIFICO que na data de 02 de maio de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: RODRIGO DOS REIS PEREIRA e MICHELE DE FÁTIMA ALVES DIAS; ele filho de Enio Carlos Pereira e Maria Aparecida Pereira; e ela filha de Saulo Merante Dias e Ely Aparecida Alves Dias; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 02 de maio de 2014. CERTIFICO que na data de 14 de abril de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: GILBERTO DE OLIVEIRA RIBEIRO JUNIOR e MARIA RITA DA SILVA; ele filho de Gilberto de Oliveira Ribeiro e Marcia da Silva Bissiguini; e ela filha de Vicente de Paula e Silva e Maria Augusta Silva; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 14 de abril de 2014. CERTIFICO que na data de 05 de maio de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: FIOVO HENRIQUE CARVALHO MARANHO e VALERIA DE OLIVEIRA RAMPASIO; ele filho Fiovo Maranho e Maria Elisa Carvalho Maranho; e ela filha de Irineu Rampasio e Laura Luiza de oliveira Rampasio; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 05 de maio de 2014. CERTIFICO que na data de 05 de maio de 2014, foi afixado no lugar de costume nesta serventia o EDITAL DE PROCLAMAS referente ao casamento de: GLEIKY ANDRADE LEMOS e ALINE MARQUES BERNARDES; ele filho de Washington Barbosa Lemos e Valmir Aparecida de Andrade Lemos; e ela filha de Jose Marcio Bernardes e Elizabete Marques Bernardes; e que será enviado à imprensa local para dar publicidade ao ato. Nada mais. O referido é verdade e dou fé. Alfenas-MG, 05 de maio de 2014. Alessandro Mesquita Oficial do Registro Civil


EDIÇÃO COMPLETA - JORNAL DOS LAGOS - 07 DE MAIO 2014