Page 1

MACAPÁ-AP, SÁBADO, 29 DE MARÇO DE 2014 - ANO XXVII

Começa a tramitar novo projeto de regras A proposta institui regras para a criação e o desmembramento. C1

GEA e sindicato: negociações

•DOMINGO E SEGUNDA R$ 2,50 •TERÇA A SÁBADO R$ 1,50

SEM LICENÇA Show de Jorge e Mateus pode não acontecer

NOVOS MUNICÍPIOS

AGÊNCIA AMAPÁ

* FUNDADO EM 04 DE FEVEREIRO DE 1987

SÔNIA BRAGA

Prêmio de honra do Cinema Ibero-Americano

Prêmios serão entregues em uma festa de gala em 5 de abril. C3

Local anunciado para o show já está reservado para evento de som automotivo. B4

Anglo: tragédia completa um ano sem conclusão Mesmo após ter passado um ano após o acidente no Porto de Santana, ocorrido em 28 de março de 2013, as investigações que apon-

tam as causas do ocorrido ainda não foram concluídas. O acidente deixou quatro pessoas mortas e duas desaparecidas e a Polícia Civil

instaurou inquérito para apurar o que teria causado a tragédia. Quatro pessoas morreram e duas permanecem desaparecidas. nB1 JORNAL DO DIA

EDUCAÇÃO

Governo e Sinsepeap retornam com negociações O objetivo do GEA é tentar dialogar com a categoria para que se chegue a um acordo de percentual de reajuste salarial coerente com as condições financeiras do Executivo. nB4

NOVA UNIÃO

Simão Melo em treinamento no Rio de Janeiro Simão está no Rio de Janeiro e foi um dos escolhidos para treinar em uma das principais academias do mundo. nC2

DIVULGAÇÃO

A CAPITANIA encerrou um laudo administrativo apontando as condições do porto no momento do acidente

CULTURA

Bispo Dom Pedro lança livro em Macapá sobre reflexões Lançado nesta sexta feira, 28, o livro “A palavra que liberta- contos e parábolas para compreender melhor o evangelho” de autoria de Dom Pedro José Conti, Bis-

po da Diocese de Macapá, o lançamento aconteceu às 16 horas na Paulinas livraria. Na oportunidade houve uma tarde de autógrafos para os apreciadores. nC3

ERICH MACIAS

CURSO deverá ser implantado na estadual

SIMÃO e Cigano: treinamento

ENSINO SUPERIOR

Legislativo discute curso de medicina na UEAP

MMA

Amapaense recebe convite para treinar nos EUA O lutador Jimmy Nascimento foi convidado pela academia Lotus Clube de Nova York para passar de seis meses a um ano no país para treinar. nC2

NESTA EDIÇÃO CADERNO A............................4Pag. CADERNO B............................4Pag. CADERNO C............................4Pag. CLASSIDIA..............................8Pag.

DIVULGAÇÃO

DOM PEDRO: lançamento do livro é mais uma oportunidade de encontro com Deus DIVULGAÇÃO

Comissão busca a verdade sobre o Golpe Militar no AP A Ditadura Militar em Macapá, segundo relatos, afirmam que em 1974, a população era assolada por uma espécie de terrorismo psicológico que existia na cidade de Macapá. nB3

Esse foi um dos temas postos em discussão na audiência pública proposta pelos deputados estaduais Jaci Amanajás e Manoel Brasil que tratou sobre a implantação do curso. nB2

PRECISA DE UM TÁXI? COVEN - 3222-5200 COOPTÁXI - 3223-2777 MARCO ZERO - 3223-2639

NA INTERNET: www.jdia.com.br - REDAÇÃO: 3217.1117 - COMERCIAL: jdcomercial@jdia.com.br 3217.1100 - DISTRIBUIÇÃO: 3217.1111 - ATENDIMENTO: 3217.1110


A2

Opinião

Macapá-AP, sábado, 29 de março de 2014

Poucas & Boas

• PROSSEGUE hoje e

amanhã, na Praça Barão do Rio Branco, o Festival AutoShow promovido pelas concessionárias de automóveis do Grupo Ápice Empreendimentos. Estão à disposição da clientela dezenas de veículos novos e seminovos das marcas Fiat, Ford, Renault, Nissan e Honda, alem das multimarcas. É uma oportunidade imperdível para a troca do seu usado num zerinho com preços honestos e taxas de juros diferenciadas. O carro usado dado como entrada é supervalorizada.

• TAMBEM no Festival

AutoShow, ao fechar o negócio o cliente tem várias vantagens como a entrada facilitada nos cartões de crédito e outras a escolha: ou uma TV de 32 polegadas para assistir aos jogos da Copa do Mundo,

mas se preferir pode optar por acessórios no valor de R$ 1 mil reais ou mesmo pedir um desconto no preço do carro no mesmo valor. Ofertas validas para carros novos e seminovos.

• PREFEITURA de Maca-

pá com ampla campanha para o pagamento do IPTU de 2014. Se o contribuinte quiser um bom desconto pode optar pela quitação em cota única com 20% ou então, no sistema parcelado. Se o munícipe tiver alguma dúvida sobre dívidas dos anos anteriores, basta buscar ajuda na internet pelo site www.macapa.ap.gov.br acessando serviços, IPTU, depois clique em imobiliário e visualize os débitos.

• ONTEM pela manhã a

próprio site da PMM se poderá imprimir o competente Documento de Arrecadação Municipal (DAM), com o código de barras e pagar nos bancos credenciados. Mas quaisquer outras dúvidas basta comparecer a PMM na Central do Contribuinte ou então no SuperFácil do seu bairro.

turma de garis da Prefeitura de Macapá foi distribuída por vários bairros da cidade. Aproveitaram o “veranico” dos últimos dois dias para implementarem as limpezas de praças e logradouros públicos. Destaques para os serviços na Rodovia Tancredo Neves e Rua Adilson Pinto Pereira, na Zona Norte e canteiro central da Rua Claudomiro de Moraes, na Zona Sul.

Jornalista

Twitter @leandromazzini

JUSTIÇA AMERICANA RECHAÇOU ‘JEITINHO’ DA PETROBRAS

N

uma manobra jurídica nos Estados Unidos, na tentativa de ganhar tempo e trazer para a Justiça brasileira o processo litigioso da compra bilionária da refinaria de Pasadena (Texas), a Petrobras levou um tombo judicial na Justiça americana. Na justificativa da petição, a estatal alegou ser empre-

eleitor de que ainda têm melhores condições do que os outros, que pretendem a mesma coisa, para continuar gerenciando os interesses estaduais. Ambiente próprio para abrigar várias tendências e para motivar alguns a entrar na disputa e, quem sabe durante a campanha, convencer um número de eleitores que lhe dê condi-

A quantidade de candidatos é o aspecto mais interessante nesse momento pré-eleitoral. ções de se firmar como um escolhido de confiança e que inove os procedimentos, dando melhores condições de vida para este povo que vive a partir da margem esquerda do Rio Amazonas. A quantidade de candidatos é o aspecto mais interessante nesse momento pré-eleitoral. O normal é que esses candidatos se agrupem e o eleitor possa identificar quem está representando a situação, quem é a oposição e, a indisfarçada terceira via ou quarta via. No momento, a consta-

Ipsis Litteris

Memória

‘O tribunal decidiu que a Transcor satisfez seu ônus de alegar ‘alguns fatos’, disse o juiz, sobre a cláusula acordada pela Petrobras para compra dos outros 50% da refinaria

A Coluna revelou esta semana documentos da Astra Oil (Transcor) e da corte americana que comprovaram que a Petrobras sabia da cláusula de compra total da refinaria.

tação de que existem dez pretendentes - ou mais -, ao cargo de Governador do Estado pode ser avaliada como natural, considerando a oportunidade que a conjuntura política oferece. Em outro momento, um cenário equivalente, favoreceria, eleitoralmente, àquele que estivesse no exercício do cargo de governador, mas considerando todas as circunstâncias, inclusive aquelas que decidiram a escolha eleitoral anterior, não é possível assegurar, pois, nem mesmo o histórico eleitoral contribui para qualquer aspecto garantidor. O que se nota, no momento, é uma oposição forte, que não precisou lançar mão de qualquer artifício para alterara a realidade ou mostra-la pelo lado dentro ou do lado protegido pela ‘tal’ nuvem do poder. E a população, apesar do número de pré-candidatos a governador já anunciados, claramente avalia que ainda há espaço para mais candidatos para, então, alinhar-se e dar a palavra final sobre o que entende ser melhor para o Estado do Amapá e seu povo.

O futuro ministro das Relações Institucionais, deputado Ricardo Berzoini (PT-SP), se livrou de um pepino no Congresso enviado pelo Planalto. É relator da PEC da cláusula de barreira – ideia original do ex-presidente Lula para exterminar os partidos nanicos do quadro nacional. A PEC 322/09 tramita em regime especial na CCJ da Câmara.

Barreira

Berzoini devolveu ontem a relatoria à Mesa da CCJ tão logo soube que substituiria Ideli Salvatti. A PEC estabelece que só terão ‘funcionamento parlamentar integral os partidos que obtiverem 1% dos votos válidos, obtidos em eleição para a Câmara e distribuídos em um terço dos Estados, com mínimo de meio por cento dos votos em cada um deles’.

Perdeu, madame

Um número chama a atenção nos arquivos do Departamento de Recuperação de Ativos do Ministério da Justiça, que lida com crimes do colarinho branco e repatriação de dinheiro. Estão bloqueados US$ 150 milhões em pedras preciosas em paraísos fiscais.

Reza Forte

Depois de Barack Obama, quem visitou ontem o Papa Francisco no Vaticano foi o presidente da Grécia, Karolos Papoulias. Fizeram oração juntos pela economia do país.

Pito

A direção do SBT deu puxão de orelhas em Rachel Sheherazade, alvo do MPF em ação da deputada Jandira Feghali, por comentários considerados ofensivos aos comunistas.

Êpa, ÊPa

O presidente do Conselho de Enfermagem seção Espírito Santo, Antonio José Coutinho, distribuiu informes aos aliados com dicas para a tentativa de reeleição, no pleito mês que vem. As eleições para os Conselhos Regionais vão determinar a composição do Conselho Federal, que conta com R$ 70 milhões de orçamento anual.

Curativo

CONSELHO EDITORIAL Presidente:

Aldenor Benjamim dos Santos

CONSELHEIROS Haroldo Pinto Pereira Danieli Amanajás Scapin Carlos Augusto Tork de Oliveira José Arcângelo Pinto Pereira Janderson Carlos Nogueira Cantanhede Heloisa Figueiredo Pereira

Editado por Omega Publicidade Ltda. Rua Mato Grosso, 296 A - Bairro Pacoval CEP. 68.908-350 - Macapá-AP CNPJ 03.926.197/0001-82 Fundado em 4 de fevereiro de 1987 por Otaciano Bento Pereira(*1917 +2006) e Irene Pereira(*1923 +2011) 1º Presidente: Júlio Maria Pinto Pereira 1987 a 1991 - (*1954 +1994) 2º Presidente: José Arcangelo Pinto Pereira 1991 a 2003

Opinião .....................A2, A3 Geral ..........................A4 Geral ..........................B1,B2,B3 Polícia ........................B4

Endereços Redação, Administração, Publicidade e Oficinas: Rua Mato Grosso, 296 A Pacoval, Macapá (AP) - CEP 68.908-350 E-mails Pautas e contatos com a redação: jornaldodia@jdia.com.br Editor-Chefe: cantanhede@jdia.com.br Departamento Comercial: jdcomercial@jdia.com.br comercialjd.2011@gmail.com mariaruth@jdia.com.br JD na Internet: www.jdia.com.br VIA CELULAR: m.jdia.com.br Representante comercial Grupo Pereira de Souza – GPS Matriz Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2544.3070; Brasília/DF - Tel.: (61) 3226.6601; São Paulo/SP - Tel.: (11) 3259.6111; Belém/PA - Tel.: (91) 3244.4722

3º Presidente: Maria Inerine Pinto Pereira 2003 a 2005 Vacância do Cargo 2005 a 2012 4º Presidente: Haroldo Pinto Pereira 2013 Presidente Executivo: Haroldo Pinto Pereira haroldopereira@jdia.com.br Vice-Presidente e Diretora Comercial Juliane Pereira juliane.pereira@jdia.com.br Gerente Comercial: Paolo Oliveira paolo.oliveira@jdia.com.br Consultoria Jurídica: Juliane Pereira (OAB/AP 1320) Jakeline Morato Pereira de Souza (OAB/AP 1381) Editor-Chefe: Janderson Cantanhede cantanhede@jdia.com.br

ÍNDICE

Contatos: Fale com a redação (96) 3217-1117 (96) 3217-1108 Fale com o departamento comercial (96) 3217-1100 / 3217-1111 Geral (96) 3217-1110 Conceitos emitidos em colunas e artigos são de responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal. Os originais não são devolvidos, ainda que não publicados. Proibida a reprodução de matérias, fotos ou outras artes, total ou parcialmente, sem autorização prévia por escrito da empresa editora.

Acompanha o

caderno de ClasssiDia 8pág. Geral ...........................C1 Esporte ......................C2 Cultura .......................C3 Social ..........................C4

sa do governo brasileiro e o direito de escolher a jurisdição. Mas decisão de 3 de Fevereiro de 2011 da Corte Arbitral no Distrito de Nova York, determinou que o caso se mantivesse nos EUA porque o país tronou-se parte e foi atingido, por sediar a refinaria alvo do litígio. A Petrobras pagou no total US$ 1,2 bi.

Alívio

Nuvens do poder

A

POR LEANDRO MAZZINI

Jeitinho, aqui?

para o contribuinte que não precisa enfrentar as tradicionais filas, pois, no

Deputado Estadual o contrário do que mento de uma obrigação muitos teóricos ti- cívica, ou de continuidade nham na mente, as ou mudança. É um daquenotícias da Copa do Mun- les momentos que o sendo, que começa no dia 12 so comum não tem elede junho, não está supe- mentos para explicar. rando as notícias das eleiQuando as entranhas de ções nacionais e regionais uma administração são que serão realizadas no expostas ou dela são mosdia 5 de outubro. trados pontos que estaSão muitos os motivos que podem ser elencados para justificar o que está acontecendo. Mesmo dividindo o pleito eleitoral em dois, como didaticamente organiza a legislação, dá para perceber que a motivação é comum – há clara descon- vam protegidos pelas nufiança da população com vens do poder, o mais relação à oportunidade provável é que essa expopara continuação dos sição seja patrocinada por mandatos dos atuais go- agentes públicos que deivernantes, seja na Presi- xaram de ter o comprodência da República ou, misso de garantir a proteno caso do Amapá, no ção e passam a permitem Governo do Estado. que chegue à população o Com essa expectativa, a fio da meada que leva ao população se esforça para fato ou a coisa. passar confiança aos eleiNo Amapá há um claro tores, àqueles que, direta- desenho onde as linhas mente terão, como inte- mais fortes não identifigrantes da sociedade, a cam a continuidade da responsabilidade de defi- administração, ao contránir quem deve governar o rio, mostram a gigantesca Amapá de 2015 a 2018. dificuldades que os atuais Não é uma questão só administradores do Estade eleição, de cumpri- do terão para convencer o

ESPLANADA

Na sentença ao Termo de Apelação da estatal à Corte Arbitral americana, o juiz não perdoou o ‘jeitinho’ brasileiro de tentar resolver o rolo em que se metera a Petrobras.

• A FACILIDADE é tanta

Edinho Duarte

Editor: José Maria Baia - josemaria@jdia.com.br

Aos domingos Veículos ....................D1,D2,D3 Informe .....................D4

Edição número

8462

No ofício, sugere-se a publicação do edital, mas segundo a cartilha, não há norma interna que obrigue a publicação em jornais da convocação dos filiados

para regularizar situação e para alertar sobre a eleição. Quanto menos votos, mais chance de vitória.

O ‘Mais Bancos’

A Caixa e o Banco do Brasil – este de economia mista – cresceram e faturaram tanto nos últimos anos que o governo estuda transformar em novos bancos os setores de Habitação e Rural de ambos, respectivamente.

Patrulha

A Marinha recebeu as últimas duas lanchas-patrulhas para operações nos rios Negro e Amazonas. Foram construídas na Colômbia e integram agora o 9º Distrito Naval. São quatro para monitorar as fronteiras e combater tráfico de drogas e de animais na região.

Hermanos

O governo da Colômbia encomendou à Embraer os novos aviões KC390, cargueiros, desenvolvidos também para abastecer caças em pleno voo.

AeroMedo

Esse avião da Avianca que fez pouso forçado ontem em Brasília por problemas no trem de pouso é o Fokker 100, o mesmo modelo da TAM que caiu em São Paulo em 1996.

Ponto Final

Vovó Mafalda, consultora da Coluna, que é pateta mas não é boba, acha que esses ‘braços’ do BB e CEF são para aliviar o apetite de partidos por cargos.

Com Marcos Seabra, Maurício Nogueira e Adelina Vasconcelos www.colunaesplanada.com.br LM Comunicação Coluna Esplanada contato@colunaesplanada.com.br Caixa Postal 1980 – CEP 70254-970 – Brasília-DF


Macapรก-AP, sรกbado, 29 de marรงo de 2014

Balanรงo

A3


A4

Geral

Macapá-AP, sábado, 29 de março de 2014

Brasil Novo: ruas intrafegáveis, falta de iluminação e de policiamento JD NOS BAIRROS

ERICH MACIAS

Moradores afirmam que a falta de iluminação favorece o aumento da criminalidade Karina Rodrigues e Fábio Gomes Da Reportagem

M

oradores do bairro Brasil Novo, localizado na Zona Norte de Macapá, indignados com a falta de policiamento, a má iluminação das vias públicas, ruas esburacadas e alagadas consideram o bairro um dos piores da região com relação à infraestrutura e a criminalidade. Os moradores afirmam que a falta de iluminação favorece o aumento da criminalidade no local. O morador, Elias Ferreira, informa que para melhorar a situação da rua em que mora precisou comprar um refletor por conta própria e mandar colocar na via em que reside. “Eu tenho uma papelaria ao lado da minha residência, e para a segurança da minha casa e também dos meus clientes eu preferi colocar um refletor aqui, porque os assaltantes se aproveitam dessa escuridão para cometer crimes nas redondezas”, afirma. A falta de policiamento é outro ponto negativo do

bairro, segundo o técnico em refrigeração, Alex Lopes, ter um estabelecimento comercial no bairro é ter que lidar constantemente com a insegurança. “Estamos precisando de muitas melhorias, mas o aumento da criminalidade é o que mais nos preocupa, essa semana mesmo a casa que fica ao lado da minha loja de consertos de geladeiras foi invadida por assaltantes em pleno dia, isso aconteceu logo após o almoço. Eu tomo precauções para evitar assaltos, como fechar cedo a minha loja, ficar atento a movimentação estranha, mas fico muito inseguro com essa falta de policiamento, aqui nós temos uma unidade de policiamento, eles fazem o que podem, mas ainda é pouco perto da crescente onda de roubos e assaltos”, destaca. Alguns moradores indignados com a situação crítica das ruas intrafegáveis do bairro estão colocando para venda seus terrenos. “Como boa parte das ruas do bairro não são asfaltadas e não possuem esgoto, nesse período chuvoso, a água não tem para onde

MORADORES afirmam que a falta de iluminação favorece a criminalidade no local. Na foto abaixo, o presidente Julimar Nogueira

escoar, isso faz com que as vias fiquem intrafegáveis e nos impossibilite até mesmo de sair de casa. Por esse motivo eu e muitos moradores estamos colocando nossos lotes à venda, não temos as condições mínimas de viver nesse local”, explica o morador Daudy Pastana. Segundo o presidente da Associação dos moradores, comerciantes e amigos do Brasil Novo, loteamento Liberdade e Palmares (AMCABRALP), Julimar Nogueira, não faz noventa dias que foi feito

a operação tapa buraco e já se pode notar o grande número de buracos por todo o bairro. “Problemas de infraestrutura, posto de saúde que não oferece seus serviços com eficácia, problemas na UPC-unidade de policiamento comunitário- que são somente duas na zona norte, uma aqui no Brasil Novo e outra no Novo Horizonte, são alguns dos agravantes do local. Quando foi inaugurado o posto de policiamento comunitário até pensávamos que a quantidade de policiais iria su-

prir a necessidade da região, mas o que vemos hoje é uam quantidade pequena de policiais para um número elevado de criminalidade, que está crescendo cada vez mais” afirma Julimar. Várias ruas tem se tornado verdadeiras lagoas, ônibus, circulam com muita dificuldade, alternado constantemente sua rota por conta das ruas esburacadas, de acordo com o presidente já foram feitas reivindicações junto à prefeitura, porém nenhuma medida foi tomada para

solucionar os problemas. “Cerca de trinta dias atrás protocolamos um oficio direto ao prefeito, estamos aguardando resposta, no entanto já estivemos este mês com a CTMac com a Cristine Badine, reivindicando sinalização horizontal e vertical por que a última que o bairro recebeu foi em 2008, às ruas não possuem sinalização por isso o número de acidentes é alto, e queremos que seja feito a reposição das placas por que ninguém sabe as são as vias preferenciais”, finaliza Nogueira.

Dialética jurídica do certo e do errado Elcio Ferreira

E

Bel. em Direito, Téc Judiciário e Professor

m razão do julgamento do “Mensalão”, Ação Penal 470, fico impressionado com os argumentos falhos e falta de respeitos à CF e as leis Infraconstitucionais, como se somente pinçando artigos, incisos, parágrafos e alíneas fosse possível criar e justificar uma tese nova aplicável ao Direito Penal e Processual Penal. O fato é que a exemplo do art. 93, IX da CF que não está restrito à sua interpretação somente nas suas letras mortas, mas sim, contextualizando dentro da norma constitucional vigente, Leis infraconstitucionais, Jurisprudências e hermenêutica, analogias etc... Onde o Juiz sim, poderá de seu “livre convencimento” decidir sobre fatos e atos julgados, desde de que dentro dos ditames da lei, usando todas as formas de interpretação das normas, e neste caso em especial, das leis penais, respeitando a Constituição Federal, principalmente quanto a inexistência no Brasil de “Tribunal de Exceção” (art. 5º … XXXVII – não haverá juízo ou tribunal de exceção), e cerceamentos dos direitos da ampla defesa e do contraditório (art. 5º … LV – aos litigantes, em processo judicial ou administrativo, e aos acusados em geral são assegurados o contraditório e ampla defesa, com os meios e recursos a ela inerentes), e, ainda,sem contar o juramento de defender e respeitar a Constituição Federal. Ora, como pode um Juiz querer fazer a sua própria justiça penal, aplicando somente suas próprias convicções pessoais, aos moldes da interpretação que lhe bem aprouver, e contrariando os ensinamentos dialéticos(ensino x aprendizagem) das Academias do Direito? Somente em nome da “moralidade” e da “ética”, tanto no Brasil quanto no mundo, isso é esdrúxulo aos princípios de interpretação das normas penais . Pri-

meiro, como o juiz pode ser ético, quando quebra o juramento de respeitar, honrar e defender a Constituição da República Federativa do Brasil e suas leis infraconstitucionais? E Quando não respeita as Leis Penais e Civis instituídas, e pior ainda, acha que pode sem qualquer hermenêutica, analogia ou jurisprudência, criar as suas próprias “LEIS” e parâmetros jurídicos procedimentais. Não se trata somente, de “fazer justiça” para mostrar as “Seriedades da Justiça Brasileira” tanto ao povo quanto à mídia nacional e internacional, e sim demonstrar cristalinamente que a justiça do Brasil é séria, que julga e condena os poderosos e os políticos corruptos, além é claro dos bandidos comuns, os pobres, os miseráveis da nação de forma “JUSTA”, dentro das Leis e da Ordem Constitucional. É sim, justo e democrático cumprir a CF e as Leis infraconstitucionais, para melhor controle coercitivo e organização do Estado em favor da sociedade. Os acadêmicos, juristas, juízes, advogados e outros operadores do Direito do Brasil e do Mundo, estão confusos com esses comportamentos despropositados e inusitado dos Tribunais Brasileiros, e os acadêmicos de direito coitados, esses, nem se fala, estão perdidos, desnorteados e confusos. Será que todos, vamos ter que rever conceitos, princípios de interpretação e de aplicação das normas, desta feita, sob uma nova ótica, propalada pelas cortes do direito sob essa dissonante pauta, estrábica e míope? Vamos voltar para os bancos da Acadêmia do Direito, para as Faculdades de Direito, porque, será que o que aprendemos não está correto mais? O correto é o que foi feito em termos processuais amplos na ação 470? Isso, tanto no aspecto ritualístico processual, quan-

to na aplicação das normas de execução penal? Os juízes de graus e instâncias do Brasil devem também proceder igual para o resto do país, inclusive com quebra das 1ªs instâncias para os crimes da mesma natureza da Ação Penal 470, devendo serem julgados os “corruptos” logo na última instância da jurisdição no 2º Grau, sem direito a qualquer recurso? Contrariando também as normas penais e aplicando seus livres entendimentos e convencimentos às leis penais, com as medidas e dosagens legalmente aplicáveis distorcidas? Que Justiça é essa? Um novo ordenamento jurídico constituído? Resta-nos então recorrer à OAB, aos Notáveis e respeitáveis renomados Juristas Penalistas, Civilistas e Constitucionalistas, e deles esperar pelo menos uma reação pró sociedade, antes que seja tarde. Antes que a Carta Magna, não seja somente rasgada como já o foi, mas, também que ela seja utilizada como papel higiênico nas excreções fisiologias jurídicas, esdrúxulas, descabidas, inconstitucionais, ilegais e absurdas, das decisões sob essa ótica, paridas no seio mater do Judiciário Brasileiro. isto sim, é o que é totalmente ilegal, imoral e antiético, atinge os mais humildes de forma dirigida por tabela. O pau que bate Chico, bate em Francisco, mas também no João, no Zé e no José. Com a “JUSTIÇA’ não se brinca e nem se finge ser justo, devemos buscar fazer JUSTIÇA para apaziguar a sociedade, para manter a ordem, para de forma igualitária, distribuir os Direitos e não, de forma exclusivista, discriminatória ou sectária política. É isso que se exige no Estado Democrático de Direitos. É isso que queremos. “JUSTIÇA EQUANIME À TODOS, COM IGUALDADE APLICADA ENTRE OS DESIGUAIS E NA MESMA MEDIDA, AOS IGUAIS”. Isso sim, é Ordem e Progresso, é ser uma República Federativa Democrática.


MACAPÁ-AP, SÁBADO, 29 de março de 2014

Geral

Suspensão de contrato de trabalho em caso de crise gera controvérsia em audiência B4 Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

50 ANOS

Projeto na AL

Legislativo discute implantação de curso de medicina na UEAP B2

Comissão busca a verdade sobre o Golpe Militar no Amapá B4

Acidente da Anglo: tragédia completa um ano e inquérito continua sem conclusão Acidente deixou quatro pessoas mortas e duas desaparecidas e a Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o que teria causado a tragédia Jéssica Alves

Da Reportagem

M

esmo após ter passado um ano após o acidente no Porto de Santana, ocorrido em 28 de março de 2013, as investigações que apontam as causas do ocorrido ainda não foram concluídas. O acidente deixou quatro pessoas mortas e duas desaparecidas e a Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o que teria causado a tragédia. Na época do ocorrido, a estrutura junto ao terminal portuário pertencia à mineradora Anglo American. Segundo informações da Polícia, caminhões, guindastes e minérios foram arrastados para dentro do

rio Amazonas. Seis pessoas que prestavam serviços para a mineradora foram vítimas do acidente, sendo que quatro morreram e duas permanecem desaparecidas. Segundo o delgado José Neto, da 1ª Delegacia Geral do Município de Santana, que é responsável pelo caso, pelos menos quinze pessoas já foram ouvidas em depoimentos, entre funcionários e a gerência da empresa Anglo. O inquérito já alcançou mais de mil laudas e agora aguarda a conclusão do laudo da Polícia Técnica Científica (Politec) para dar continuidade no caso. “Ouvimos quinze testemunhas e agora estamos aguardando o laudo definitivo da Politec, para comparar com o laudo divulgado pela própria Anglo e contestar ou concordar com tais informações”, informa, referindo-se a um laudo, baseado em estudos feitos por especialistas, contratados pela Anglo Ferrous, apontou que o desmoronamento ocorreu por causa da existência de “argila rara” e sensível, no caís. O documento apontou ainda, que a tragédia não poderia ser evitada. Mas segundo o delegado, o

laudo pericial feito pela Polícia Técnico Cientifica do Amapá disse o contrário e apontou negligência, por parte da Mineradora. ”Um novo laudo foi solicitado a POLITEC, para uma contraprova. Além disso, eles apresentaram novos documentos que agora os peritos estão analisando” informou o delegado. Seis pessoas (funcionários e terceirizados) morreram na tragédia do porto da Anglo Ferrous, sendo que duas vítimas até hoje não foram encontradas. As vítimas foram: Pedro Coelho Ribeiro (Anglo), Benedito Cláudio Lopes dos Santos (Anglo), Manoel Moraes de A. Souza (Anglo), Josmar Oliveira Abreu (Juvic), Eglisson Nazário dos Santos (AIS) e Maicon Clay Carvalho (SGS). As buscas pelos trabalhadores encerraram meses após o desabamento, em novembro de 2013, o que causou ainda mais a revolta por parte das famílias dos outros trabalhadores que não puderam localizar seus entes queridos. Punições De acordo com o comandante da Capitania dos Portos do Amapá, Lúcio Marques Ribeiro, a Capita-

nia encerrou um laudo administrativo apontando as condições das embarcações e do porto no momento do acidente. As informações ainda não foram divulgadas, e aguardam a conclusão do inquérito criminal. “No momento que ocorreu o acidente e a capitania dos portos abriu inquérito para apurar o que ocorreu ali, uma apuração de fatos administrativos com relação ao reflexo dos acidentes com relação às embarcações que estavam atracadas naquela área. Abrimos um inquérito, que concluímos, verificando as consequências nas embarcações”, explica. O comandante afirma ainda que algumas punições podem ocorrer, caso culpados sejam apontados pelo laudo criminal. “Além do pagamento de multas médias ou graves, caso os responsáveis sejam apontados, haverá a perda na licença da condução de embarcação ou de operação dos portos”, afirma. O delegado José Neto disse que é cedo para apontar em quais crimes os responsáveis poderão ser indiciados em caso de a culpa cair sobre a mineradora. A intenção é terminar as investigações em 15 dias

ERICH MACIAS

DE ACORDO com o comandante da Capitania dos Portos do Amapá, Lúcio Marques Ribeiro, a Capitania encerrou um laudo administrativo apontando as condições das embarcações e do porto no momento.

depois do recebimento do laudo trabalhado pela Politec, segundo o delegado. “Vamos ter mais fundamentadas as nossas conclusões sobre o acidente. Após isso, vamos encaminhar o inquérito ao Ministério Público do Amapá”, comentou o delegado.

Após o acidente, a empresa anunciou em setembro de 2013 a venda das minas de ferro no Amapá por 136 milhões de dólares. A Zamin Ferrous comprou os ativos da empresa inglesa e ainda não concluiu as obras de recuperação da área portuária atingida.


B2

Dia-Dia

Macapá-AP, sábado, 29 de março de 2014

Legislativo discute implantação do curso de medicina na Universidade Estadual Caroline Mesquita Da Reportagem

A

carência de médicos nos hospitais públicos é um problema que atinge não só o Amapá, mas o Brasil inteiro. O Ministério da Saúde estabelece como parâmetro ideal de atenção à saúde da população a relação de 2,5 médicos para cada 1.000 habi-

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja@jdia.com.br

tantes. Contudo, no Amapá a média é de um médico para cada 680 pessoas. Esse foi um dos temas postos em discussão na audiência pública proposta pelos deputados estaduais Jaci Amanajás (Pros) e Manoel Brasil (Pen), que tratou sobre a implantação do curso de Medicina na Universidade Estadual do Amapá (UEAP), na manhã

de sexta-feira (28), na Assembléia Legislativa do Amapá (ALAP). O presidente da comissão, Jaci Amanajás, destacou que a UEAP possui até mais condições de oferecer um curso de medicina do que a Universidade Federal do Amapá, que dispõe o curso desde 2011. Para ele, as condições são totalmente favoráveis para implantar o curso na instituição devido a logística que o governo tem e pode ser utilizada pelos acadêmicos. “A Universidade Estadual do Amapá já tem uma estrutura boa porque há professores de medicina no Amapá e os acadêmicos poderão utilizar os hospitais públicos e laboratórios do governo para realizar a aulas práticas. A estrutura da Escola Técnica Graziela Reis de Souza pode ser utilizada para as aulas teóricas. Estamos desde o ano passado

estudando esta possibilidade e conversamos com o governador. Ele mostrou-se favorável a ideia. Realizamos esta audiência pública justamente para debater o assunto”, ressaltou o deputado Jaci Amanajás. Amanajás comenta que o governo federal inseriu o Programa Mais Médicos no Brasil, importando médicos de Cuba para trabalhar na rede de atenção básica dos municípios na tentativa de sanar este problema da ausência de profissionais, entretanto só esta medida não é suficiente. “E os nossos cidadãos que querem ser médicos? Eles serão obrigados a viajar para fazer o curso em outro Estado ou disputar vagas limitadíssimas na Unifap? Por que não aumentar o número de vagas aqui no Amapá com a implantação do curso de medicina na UEAP? Assim, nossos formandos

trabalhariam aqui e ajudariam nosso povo”, colocou Jaci Amanajás. As regiões Norte e Nordeste são as que mais sofrem com a ausência de médicos no Brasil. Em Macapá há 42 médicos cubanos, destes, 5 estão no Arquipélago do Bailique, com população de 15 mil habitantes. Anteriormente havia apenas um médico no Bailique para atender toda a demanda. Os outros 37 médicos cubanos estão distribuídos entre zona urbana e zona rural da cidade. O deputado Manoel Brasil diz que é preciso fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS) no Amapá. “Sou um dos pioneiros em medicina no Estado. Quando cheguei aqui não havia Unidade de Terapia Intensiva (UTI), eu tive a oportunidade de implantá-la, assim como a neurocirurgia, a cirurgia cardíaca e cateterismo. O curso de medicina da UEAP precisava ter uma iniciativa e ela já foi posta”, disse Brasil.

A reitora da Universidade Estadual do Amapá, Maria Lúcia Gomes, esclareceu embora a universidade seja estadual e a competência da autorização dos cursos caiba ao Conselho Estadual de Educação, o curso de medicina é peculiar. “Quem autoriza é o Ministério da Educação através da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (SERES). Assim é composta uma comissão que vai por meio do INEP autorizar e avaliar o curso. Eles colocam diretrizes que devem ser cumpridas até a afetiva autorização. Se conseguimos a aprovação do projeto, devemos ter no mínimo uns três anos para poder realizar a implantação”, explicou a reitora da UEAP. O projeto será posto em votação na próxima terça-feira, dia 1 de Abril. Porém, a proposta de lei é autorizativa e mesmo que seja aprovada ainda pode ser vetada pelo governador Camilo Capiberibe.


Geral

Macapá-AP, sábado, 29 de março de 2014

B3

Editor: Túlio Pantoja - tuliopantoja.com.br

Comissão busca a verdade sobre o Golpe Militar no AP Andréa Maciel

Da Reportagem

A

Comissão Estadual da Verdade do Amapá (CEV-AP) vem colhendo relatos de pessoas importantes no Estado, que estiveram presentes na época da Ditadura, a fim de descobrir os reais fatos que aconteceram nesse período. Nesta sexta feira (28), foi a vez de o senador João Capiberibe e a deputada federal Janete Capiberibe, darem seu testemunho. A Ditadura Militar em Macapá, segundo relatos de pessoas da época e a própria comissão da verdade, afirmam que em 1974, a população era assolada por uma espécie de terrorismo psicológico que existia na cidade de Macapá, também

houve pessoas presas e torturadas como relata Maria Benigna Oliveira do Nascimento Jucá, um dos membros da Comissão Estadual da Verdade no Amapá, pois seu pai, o senhor Claudio Carvalho do Nascimento chegou a ser preso logo no inicio do Golpe Militar. “Mesmo com uma idade avançada, meu pai será uma das pessoas que darão seus testemunhos sobre a realidade que nosso Estado viveu na época da ditadura militar, pois ele foi preso e interrogado, e seu relato é importante para o trabalho da Comissão da Verdade”, explica Jucá. O casal Capiberibe, relatou seus momentos de sofrimento, com destaque para o exilio e prisão de João Alberto Capiberibe e a época de fuga onde Janete Capiberibe encontrava-se gravida, estes afirmaram que atualmente ainda há pessoas que sofrem tortura, pois mesmo com o fim da ditadura esta prática ainda ocorre. “Hoje, a tortura semelhante a que sofremos

na ditadura, ainda é realidade de muitas pessoas, desta vez de forma sistemática, contra o povo brasileiro mais humilde”. Em Macapá os membros da comissão são Adervan Dias Lacerda, Dorival da Costa dos Santos, Jorge Wagner Costa Gomes, Luciano Del Castilo Silva, Maria Benigna Oliveira do Nascimento Jucá, Maura Leal da Silva, Raimundo José da Costa Queiroga; cujo objetivo é colher relatos das pessoas que vivenciaram esta época, e no final do prazo que lhes é imposto, de dois anos, a partir de sua instalação, realizar um relatório contendo tudo que foi apurado e entrega-lo a Comissão Nacional da Verdade (CNV), “e em função disso criaremos o Memorial da Verdade, pois é preciso que os jovens tomem conhecimento dessa época, não deixem que isso seja esquecido e principalmente, não permitam que aconteça novamente”, orienta Maria Benigna Oliveira do Nascimento Jucá.


B4

Geral

Macapá-AP, sábado, 29 de março de 2014 Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Show de Jorge e Mateus pode não acontecer Local anunciado para o evento já está reservado para uma festa de som automotivo, inclusive autorizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento

Fábio Gomes Da Redação

A

tração sertaneja reservada para acontecer no dia 3 de abril pode não ocorrer em Macapá. O motivo é a falta da licença da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (SEMDUH). Essa é o primeiro documento a ser retirado pelos organizadores de eventos. Para esta data, o local já foi reservado para um evento de som automotivo. Segundo informações do empresário Alexandre de Souza, a licença de funcionamento ainda não foi apresentada até o momento, o que pode acarretar uma série de prejuízos, além do local já estar reservado para fazer uma exposição de som automotivo

sob sua responsabilidade. O empresário relatou que o único documento apresentado pela organização do show sertanejo são os protocolos de solicitação. “Ele tem os protocolos, porém, esse documento qualquer pessoa tira. Até o empresário receber a licença definitiva do show é um longo caminho que dura no máximo trinta dias. E essa licença eu já tenho para realizar meu evento. A organização do show do Jorge e Mateus poderá tentar, mas no meio do caminho vão saber que essa data o espaço já está cedido para alguém, então será rejeitada a licença. Isso é falta de responsabilidade com os amapaenses e com um show que custa R$ 700 mil”, disse o empresário. De acordo com a autorização concedida ao empresário Alexandre de Souza, “a atividade proposta está autorizada de acordo com a lei complementar nº 027/2004 que dispõe sobre logradouros públicos e da autorização de seu uso. A lei complementar nº 029/204 dispõe sobre o uso e ocupação do solo urbano, devendo o licenciado cumprir com as condições indicadas. O trecho licenciado fica sob a responsabilidade de Alexandre Lima de Souza, para fins de realização do

DIVULGAÇÃO

FALTA de licença para a realização do show colocou o evento sertanejo em xeque mate em Macapá

evento Mega Sound, durante o dia 3 de abril de 2014. Endereço: Avenida Ivaldo Veras, entre Rodovia JK e Rua Victa Mota Dias, Sambódromo”, diz parte da autorização. O valor pago por Alexandre para a disponibilidade do local foi de R$ 2.668 mil. “Neste dia 3, quando a organização estiver anunciando o evento do Jorge e Mateus, estarei no mesmo local licenciado e acobertado pela lei para realizar o evento Mega Sound”, alertou.

Governo e Sinsepeap retornam à mesa de negociações ainda sem definição de reajuste

AGÊNCIA AMAPÁ

O

Governo do Estado voltou a se reunir com o Sindicatos dos Servidores Públicos em Educação do Amapá (Sinsepeap), na manhã desta sexta-feira, 28, no Palácio do Setentrião, para mais uma rodada de negociações pela data base. O objetivo do GEA é tentar dialogar com a categoria para que se chegue a um acordo de percentual de reajuste salarial coerente com as condições financeiras que o Estado vive hoje, em detrimento à crise econômica nacional. As informações são da Agência Amapá. O Governo ainda não estipulou nenhum percentual de reajuste este ano até o momento, mas, sinalizou que, caso conceda, ele será linear a todos os servidores, e esse percentual não deve ultrapassar o do acumulado dos últimos 12 meses do Índice de Preços ao Consumido Amplo (IPCA) até a data-base. O governo aguarda o fechamento do índice inflacionário de março para se posicionar quanto ao reajuste. “As dificuldades financei-

ras que o Estado vem enfrentando têm nos limitado para conceder um reajuste satisfatório a todas as categorias. No entanto, estamos trabalhando dentro das condições reais para que seja possível avançarmos nas negociações”, disse o governador Camilo Capiberibe. Nesse primeiro bimestre de 2014, o Amapá recebeu pelo repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE) - principal fonte de receita do Estado - valor menor do que o previsto para o período. Segundo a secretária de Estado da Receita (SRE), Jucinete Alencar, este é um dos fatores que vem impedindo o Executivo em oferece um reajuste dentro das condições apresentadas pelo Sinsepap. A entidade propôs no encontro três percentuais definido por instituições representativas do setor, para que o governo tome como base o reajuste da categoria, referente a perdas salarais, como o do Conselho Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), corresponden-

te a 8,32%; do Ministério da Educação (MEC), que estabelece as perdas em 8,32% e da Associação dos Governadores, fechado em 7,73%. As dificuldades para conceder o reajuste esperado, segundo o secretário de Estado do Planejamento, José Ramalho de Oliveira, são grandes, dentre elas, está em assegurar o comprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal. “Estamos trabalhando próximo ao limite prudente dos 46,55% com gasto de pessoal estipulado pela lei. Estimamos que esse percentual esteja hoje em 46,37%”, garante José Ramalho. O governador Camilo Capiberibe enfatizou que, embora o Estado encontre dificuldade para definir o reajuste, vários investimentos vêm sendo feitos para a melhoria da educação no Estado, e lembrou que, somados os reajustes concedidos desde o primeiro ano de gestão, o Executivo reparou em mais de 21% as perdas salariais, calculando os aumento feitos na data base entre 2011 e 2013.

Ronda Policial JOÃO BOLERO Da 99,1 FM

BLOG DO BOLERO

ESTATÍSTICA DAS MORTES VIOLENTAS DE 01.01 a 27.03.2014 1º ARMA DE FOGO: com 35 homicídios ( 1 acidental ou, culposo ) 25 em Macapá; 2 em Santana, 2 na Rodovia Duca Serra, 2 em Cupixi /Porto Grande; 1 em Oiapoque, 1 na BR210, 1 no Anauerapucu/ STN, 1 em Laranjal do Jari; 33 do sexo masculino 2 do sexo feminino. Obs.: No mesmo período do ano passado foram 26 homicídios, 21 em Macapá. 2º TRÂNSITO: com 24 óbitos 6 em Macapá; 4 na BR-156; 3 em Santana; 2 na Rodovia JK, 2 na Rodovia Duca Serra; 1 no Igarapé da Fortaleza (Santana), 1 em Calçoene, 1 na rodovia do Curiaú,1 na Rodovia Salvador Diniz (STN), 1 na Perimetral Norte/Porto Grande, 1 Rodovia AP-20, 1 em Laranjal do Jari; 11 de moto, 7 pedestres, 5 de bicicleta, 1 de carro; 19 do sexo masculino e 5 do sexo feminino Obs.: No mesmo período do ano passado foram 21 óbitos, 8 em Macapá. 3º ARMA BRANCA: com 23 homicídios 10 em Macapá; 3 em Santana; 2 no Distrito de Lourenço\Calçoene; 1 em Oiapoque, 1 na BR210, 1 em Maçaranduba\ Santana, 1 no Bailique, 1 no Distrito do Coração (MCP),1 em Ferreira Gomes, 1 em Porto Grande, 1 no Abacate da Pedreira (MCP); 20 do sexo masculino e 3 do sexo feminino. Obs.: No mesmo período do ano passado foram 20 homicídios, 7 em Macapá. 4º AFOGAMENTO: 17 óbitos 3 em Macapá; 2 em Ferreira Gomes, 2 em Jarilândia (Vitória do Jari); 1 no Rio Preto (Mazagão), 1 no Cunani (Calçoene), 1 em Aporema (Tartarugalzinho), 1 em Itaubal, 1 no Bailique /MCP, 1 em Porto Grande, 1 em Carapanatuba/MCP,1 no Rio Pedreira, 1 em Amapá, 1 na BR-156; 15 do sexo masculino e 2 do sexo feminino. Obs.: No mesmo período do ano passado 11 casos, 1 em Macapá.

5º SUICÍDIO: 15 casos 5 em Macapá; 5 em Santana; 1 em Laranjal do Jarí; 1 em Oiapoque, 1 no Distrito do Coração (MCP) , 1 Lourenço (Calçoene) , 1 em Tartarugalzinho; 13 por enforcamento, 1 por fogo, 1 por envenenamento; 12 do sexo masculino e 3 do sexo feminino. Obs.: No mesmo período do ano passado 16 casos, 7 em Macapá. 6º TRAUMATISMOS DIVERSOS: 10 óbitos 4 em Macapá; 3 em Porto Grande; 1 em Mazagão, 1 em Ferreira Gomes, 1 em Santana; 9 do sexo masculino e 1 do sexo feminino. Obs.: No mesmo período do ano passado 3 óbitos, 1 em Macapá. 7º PAULADA: 03 casos 1 Macapá, 1 em Carnou ( Calçoene), 1 em Oiapoque; 3 do sexo Masculino. Obs.: No mesmo período do ano passado 1 caso, 1 em Macapá. 8ª ASFIXIA: 2 óbitos ( 1 por homicídio e 1 por acidente de trabalho) 1 em Macapá e 1 no Distrito de Lourenço/Calçoene Ambos do sexo masculino. Obs.: No mesmo período do ano passado 5 mortes, 4 em Macapá. 9º LINHA DE PIPA: 01 óbito 1 em Santana; Sexo masculino. Obs.: No mesmo período do ano passado nenhum óbito. 10º POR CAUSA DESCONHECIDA: 01 óbito 1 na Rodovia AP-020. Sexo masculino. Obs.: No mesmo período do ano passado nenhuma morte. Macapá, 28 de março de 2014. AUTÔNOMO É VÍTIMA DE TENTATIVA DE HOMICÍDIO Deu entrada no H.E da Capital, por volta das 04h30min da tarde desta quinta-feira (27), o autônomo WENDERSON ARLON TELES OLIVEIRA (25), residente no bairro do Congós. Ele foi vítima de tentativa de homicídio e levou uma facada nas costas. Segundo ele, o cri-

me foi praticado pelos elementos “Gabrielzinho”, “Mezenga” e “Tufão”, que fugiram, tão logo praticaram o crime. O Wenderson, não sabe dizer porque do trio queria lhe matar. “ME ROUBA” É APREENDIDO COM UM SILUMACRO DE ARMA DE FOGO “ME ROUBA” que, apesar da pouca idade (14 anos), já tem várias passagens pelo CIP, voltou para aquele Órgão. Desta vez, ele foi apreendido com um simulacro de arma de fogo, que segundo alguns moradores do bairro Jesus de Nazaré, onde ele reside, vem praticando vários assaltos a transeuntes utilizando a referida arma. Ele foi apreendido no H.E, quando acabava de chegar naquela Casa de Saúde, com várias escoriações pelo corpo, logo após ser agredido por populares, quando tentava praticar mais um assalto. Foi uma Guarnição da PM, comandada pelo SGT João Paulo, que apreendeu o mesmo. CAPTURA EXECUTA MAIS QUATRO MANDADOS DE PRISÃO A equipe Captura da Polícia Civil, sob o comando do Delegado Newton Gomes, executou nesta quinta-feira (27), mais quatro mandados de prisão, e mandou para o IAPEN: -JONAS MIRA MORAIS (38), pelo crime de estelionato; -FAGNER DE SOUZA VIEIRA (29), pela Lei Maria da Penha; -OZIAS LACERDA PINHEIRO (21), por porte ilegal de arma de fogo; -PAULO HENRIQUE ALVES DA SILVA (21), por dirigir sem CNH e provocar acidente de trânsito. TRÊS MENORES SÃO APREENDIDOS LOGO APÓS ASSALTAREM UMA CRIANÇA DE 12 ANOS Três adolescentes, um de 15, em de 14 e outro de 13 anos, um deles, armado com uma faca, por volta das 07h20min da noite desta quinta-feira (27), abordaram o garoto de prenome Alex, de 12 anos, e lhe tomaram o boné. Esse assalto aconteceu na esquina da Rua Goiás com Av. Rio Grande do Norte, no bairro Pacoval. Só que, logo a seguir, passava naquele local, uma VTR do 6º Batalhão, comandada pelo SGT. W. Dias, que apreendeu o trio e entregou os mesmos na DEIAI.


MACAPÁ-AP, SÁBADO, 29 de março de 2014

Geral

SOCIEDADE

Lutador amapaense recebe convite para treinar nos Estados Unidos C2 Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Louvor e Adoração

Show gospel com a cantora Eyshila encerra a programação do “Amapá Mulher” C3

Acompanhado do governador Camilo Capiberibe, o ministro da Educação, José Henrique Paim, visitou a Escola Estadual Josefa Jucileide, inaugurada no último dia 10 C4

Começa a tramitar no Senado novo projeto com regras para criação de municípios ASCOM/AL

A proposta institui regras para a criação, a incorporação, a fusão e o desmembramento de municípios, regulamentando a previsão constitucional sobre o assunto Agência Senado

C

omeçou a tramitar no Senado novo projeto do senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) estabelecendo regras para a criação de municípios. A apresentação da proposta (PLS 104/2014) faz parte de acordo para resolver o impasse em relação a outro projeto de Mozarildo (PLS 98/2002), aprovado no Congresso, mas vetado pela presidente Dilma Rousseff. A proposta institui regras para a criação, a incorporação, a fusão e o

NOVO PROJETO do senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) estabelece regras para a criação de municípios

desmembramento de municípios, regulamentando a previsão constitucional sobre o assunto. Uma das demandas do governo é de que as regiões Sul e Sudeste sigam critérios mais rígidos do que as regiões Norte, Centro-Oeste e Nordeste. Para o autor, o projeto é importante, pois existem áreas do território nacional que se desenvolvem rapidamente e que “precisam ganhar autonomia administrativa, não podendo fi-

car sob a camisa de força, sendo geridos por um distrito sede menos dinâmico”. Ao apresentar o projeto à Mesa do Senado, na quarta-feira (26), o senador Mozarildo também apresentou um requerimento para que a matéria tramite em caráter de urgência. A expectativa do senador é de que o projeto seja aprovado no Senado já na próxima semana. – Espero que esse acordo funcione, que não haja nenhum imprevisto e que

possamos aprovar o projeto de maneira rápida – disse o senador. O exame do projeto começa pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde aguarda designação de relator. Regras Número mínimo de habitantes para o novo município, estudo de viabilidade e regras para a apresentação da proposta às assembleias estaduais estão entre as regras sugeridas no projeto.

A população mínima é de 5 mil habitantes para municípios na Região Norte, aumentando gradativamente conforme elevam-se as densidades das demais regiões, até chegar a um mínimo de 15 mil para novas cidades nas regiões Sul e Sudeste. Para o Centro-Oeste, a exigência é de 6,5 mil, enquanto que um novo município nordestino terá de ter, no mínimo, 8,5 mil habitantes. O requerimento para a criação de um novo município deve ser dirigido à assembleia legislativa estadual, subscrito por, no mínimo, 20% dos eleitores residentes na área geográfica que se pretenda emancipar, no caso da criação de município, ou na área geográfica que se pretenda desmembrar, no caso de desmembramento de município preexistente para integrar-se a outro. No caso de fusão ou incorporação de municípios, a exigência é de 3% dos eleitores residentes em cada um dos municípios envolvidos. O projeto também tenta garantir que o estudo de viabilidade do novo município seja feito por entidade competente e isenta, determinando que o estudo seja contratado pelo

governo estadual, e não pelo grupo diretamente interessado na separação ou aglutinação municipal. Mozarildo também destaca, em seu projeto, que os novos municípios devem receber parcela das dívidas dos municípios de origem, proporcional à infraestrutura legada à nova unidade. Veto Ao vetar o PLS 98/2022, a presidente Dilma Rousseff considerou que a medida poderia criar ônus excessivo aos cofres públicos. O temor era de que as regras favorecessem a criação de mais municípios, dando, por outro lado, pouco incentivo à fusão e incorporação. Na justificativa do PLS 104/2014, o autor registra que após o veto ao projeto anterior abriu-se um debate entre representantes do Legislativo e do Executivo com o objetivo de fazer “uma sintonia fina nas regras propostas”, e, assim, moderar os incentivos à criação e desmembramento e, ao mesmo tempo, facilitar e estimular a fusão e incorporação de municípios. Mozarildo afirma que o projeto apresentado agora é “o resultado de tal debate”.


C2

Esporte

Macapá-AP, sábado, 29 de março de 2014 Editor: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Lutador amapaense recebe convite para treinar nos Estados Unidos

A oportunidade surgiu após Jimmy Nascimento ter conquistado títulos nacionais e internacionais de MMA

ERICH MACIAS

Karina Rodrigues

Da reportagem

O

lutador Jimmy Nascimento foi convidado pela academia Lotus Clube de Nova York para passar de seis meses a um ano no país para intensificar seus treinamentos e futuramente assinar contrato com um dos eventos de MMA da América. O amapaense embarca neste domingo, 30, para São Paulo para providenciar os últimos preparativos da viagem, a expectativa é que no máximo em junho Jimmy já esteja treinando nos Estados Unidos. Segundo o Lutador, a oportunidade surgiu depois que ele venceu diversos campeonatos de repercussão nacional e internacional no ano de 2013. “Consegui conquistar muitos títulos no ano passado, fui vice-campeão

pan-americano, terceiro lugar no brasileiro, campeão paulista, do São Paulo Open, do Internacional Mercosul, que aconteceu na Argentina, venci também o Argentina Open, Criciúma Open e o Festival de verão de São Paulo e do Rio de Janeiro”, ressalta. “Meu objetivo é lutar na América, porque é onde se localiza o foco mundial da luta, prova disso é que o UFC, principal evento da modalidade, é de lá. Pretendo aperfeiçoar tanto o meu jiu-jitsu quanto o meu MMA. A expectativa é muito grande, pois esse é um sonho que estarei rea-

lizando e espero conseguir assinar o contrato com algum evento de MMA o mais rápido possível, até porque já recebi algumas propostas”, afirma. O atleta ficará uma curta temporada em São Paulo para conseguir o visto que permitirá sua entrada no país. “Já tirei o passaporte aqui no Amapá e agora estou indo pra São Paulo para conseguir o visto e no máximo em junho já estarei treinando na América. Primeiro passarei de seis meses a um ano, que é o tempo que a América provavelmente disponibilizará para que eu fique no país,

Paysandu tem dois contratos prestes a encerrar Futebol

D

ois jogadores do Paysandu têm contrato para serem encerrados ainda neste primeiro semestre. O meia Lineker tem acordo para ficar no clube até maio e o volante Vanderson, até junho. De acordo com Sergio Papellin, executivo de futebol do Paysandu, ainda não se sabe como ficará a situação desses jogadores. “Ainda não te-

mos nada decidido, temos até o fim do contrato para pensar”, disse Papellin. Com a chegada do técnico Mazzola Júnior, no fim de 2013, o volante não teve seu contrato renovado sob a alegação de que o jogador estava “velho”. Mas, depois de uma conversa com a diretoria, Vanderson acabou acertando um novo contrato para a judar a equipe no início desta temporada. “Ainda não conversei

com a diretoria, mas acho que é possivel que eu fique. Eu quero muito ficar, mas, como falei, isso não depende de mim. Se eu continuar no Paysandu, vou ficar muito feliz; mas, se eu sair, não sairei triste”, desabafou Vanderson. Assim como o volante, Lineker ainda não conversou com a diretoria. “Ninguém falou nada ainda, estou esperando uma posição deles”, contou o meia.

“Elias não é prioridade, mas oportunidade que não se deve perder”, diz Mano F1

O

Corinthians está abertamente de olho em Elias, tratado como “prioridade” pelo presidente Mário Gobbi. Mano Menezes vê a negociação de forma diferente. Questionado sobre o assunto, ele confirmou que vê necessidades maiores em outros setores do time, mas não diminuiu a importância do retorno do volante. “A prioridade ainda é em outras posições, embora eu sempre diga que determinados atletas são oportunidades que surgem e não se deve perder, mesmo você já tendo bons jogadores no setor”, disse o treinador, em entrevista coletiva.

Carente de opções, o Corinthians procura, preferencialmente, atacantes, laterais e zagueiros. Para volante, o time já tem os titulares Ralf e Guilherme, além de Bruno Henrique, que também esteve na equipe durante a maior parte do Paulista. Elias, além de atuar no meio-campo, ainda custaria mais do que o clube está disposto a gastar. Mesmo assim, Mano aprova a busca pelo reforço. Na visão do treinador, a qualidade que Elias oferece compensa os pontos negativos. O volante está vinculado ao Sporting, de Portugal, mas não atua desde o fim do ano passado, quando ainda estava no Flamengo. Elias, que fez história no Corinthians

de 2008 a 2010, está em litígio com o clube europeu, encostado no time B. O Sporting pede 4 milhões de euros (cerca de R$ 13 milhões) para negociar 50% dos direitos econômicos do jogador. O acordo precisa sair até o próximo dia 31, quando se encerra a janela de transferências e os brasileiros não poderão repatriar ninguém do exterior. Entre o Corinthians e Elias, tudo está acertado. O volante, incomodado com os meses de inatividade, topou reduzir sua pedida salarial e acompanha de perto as conversas entre o clube brasileiro e o Sporting, que estão sendo conduzidas por Edu Gaspar, gerente de futebol alvinegro.

ENTRE O Corinthians e Elias, tudo está acertado. O volante, incomodado com os meses de inatividade

SEGUNDO O Lutador Jimmy Nascimento, a oportunidade surgiu depois que ele venceu diversos campeonatos de repercussão nacional e internacional no ano de 2013

após isso retornarei para o Brasil ou irei para o México, porque tem que passar um tempo fora do país para poder conseguir renovar o visto”, explica. Há mais de 15 anos o atleta se dedica ao MMA, durante esses anos se aperfeiçoou em jiu-jitsu. De 51 lutas de sua carreira, ele conseguiu garantir 38 vitórias. “Comecei a ir aos eventos de MMA e quando vi as lutas falei para os meus amigos que eu podia ser melhor do que os competidores que estavam ali, os meus amigos tiravam graça porque eu

era muito magro, mas mesmo assim me senti motivado, atualmente os amigos falam que eu prometi que faria melhor que aqueles lutares e consegui. Comecei a lutar, me dei bem, e não parei mais, há três anos me mudei para São Paulo, então ficou melhor ainda, intensifiquei os treinos e tive uma maior facilidade para participar dos campeonatos nacionais”, comemora o atleta. “Sou um cara que represento o meu estado e levanto a bandeira com amor, eu me sinto emocionado de receber muitos

elogios e por ser reconhecido por pessoas de outros estados que valorizam o trabalho que a gente faz, mas infelizmente aqui no estado nós não recebemos apoio, recebemos apenas dos familiares e dos amigos, porque patrocínio é bem difícil e essa é causa de alguns atletas defenderem a bandeira de outros estados. Já me fizeram esse tipo de proposta, mas mesmo com todas as dificuldades eu não quis porque quero defender o Amapá e mostrar um pouco do meu estado através do esporte”, finaliza.

Simão Melo em treinamento na Nova União do Rio de Janeiro Faixa Preta

S

imão Melo já escreveu seu nome no MMA amapaense, agora o atleta está tentando escrever um novo capitulo nessa jornada, Simão está no Rio de Janeiro e foi um dos escolhidos para treinar em uma das principais academias do mundo a Nova União. Andre Perdeneiras líder da Nova União tem em seu plantel de lutadores nomes como Francimar Bodão (UFC), Ronny Mark (UFC), Cachorrão (Bellator), Felipe Mostro (Bellator) e recentemente o ex-campeão do UFC Junior Cigano passou a fazer seus treinamentos

lá, fato que levou Dede a montar uma super equipe para treinamento, com isso a convocação foi para todo o brasil e mais de 20 atletas se inscreveram, onde um dos selecionados foi o amapaense Simão Melo. Em busca da realização de um sonho que é lutar o maior evento do mundo Simão está com projeto de continuar esses treinamentos, que serão bancados pela equipe Nova União, porem a parte pessoal do atleta terá que se bancada ou por patrocino do mesmo ou por ele próprio, assim Simão está correndo atrás de patrocínios que o ajudem a continuar esses treinamentos “Fui selecionado nessa peneira,

com atletas de todos o Brasil, os treinamentos são todos por conta da academia, já a questão de alimentação e estadia são por conta do atleta, estou tentando alguns contato para pode ficar e ainda quero transferir minha faculdade pra cá, faço o 4º semestre de direito e não pretendo deixar de lado isso” comentou o atleta Simão Melo. Caso algum empresário ou qualquer pessoa queira patrocinar esse excelente atleta, entre em contato pelo numero 96 91070710. Lembrando que os patrocinadores teram suas logomarcas divulgadas em TV, internet e outros meios de comunicação.


Diversão&Cultura

Macapá-AP, sábado, 29 de março de 2014

C3

Editora: Pablo Oliveira - pc.oliveira@jdia.com.br

Bispo de Macapá lança livro de reflexões Livro que é uma coletânea de sermões ou artigos que frequentemente são publicados Fábio Gomes

Da reportagem

L

ançado nesta sexta feira, 28, o livro “A palavra que liberta- contos e parábolas para compreender melhor o evangelho” de autoria de Dom Pedro José Conti, Bispo da Diocese de Macapá, o lançamento aconteceu às 16 horas na Paulinas livraria, localizada na Rua São José 1790, centro de Macapá, na oportunidade houve uma tarde de autógrafos para os apreciadores do sermão de Dom Pedro.

O livro que é uma coletânea de sermões ou artigos que frequentemente são publicados em vários veículos de comunicação da cidade de Macapá, além de Blogs e sites nacionais como o da Conferencia Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) atingindo ainda varias arquidioceses de toda a América Latina por meio de portais como a Agência de Informação Frei Tito para América Latina (Adital), Portal Ecclesia, Família Missionária entre outros. Dom Pedro falou deste momento como sendo mais uma oportunidade de poder ter um encontro com deus através de varias historinhas que simplificam o evangelho para os humildes “De fato fala do evangelho, eu escrevo para falar dos evangelhos, agora o fato da historinha serve um tanto para abrir,

como um tira gosto, a historinha é o ponto de partida é por meio de coisas simples que se inicia a conversa e se cria a expectativa de como vai acabar as histórias nessa hora é que se abra a discussão para o evangelho” afirma o Bispo salientando que é necessário ir além das historinhas “Espero que as pessoas não fiquem só nas historinhas, mas continuem a ler depois a matéria e acolham principalmente a palavra do Senhor” conclui Pedro Conti. Professora Zuma foi a primeira a receber o tão esperado autógrafo do autor e comenta a experiência “É muito especial está aqui para prestigiar o lançamento de um livro que traz um conforto para o nosso coração, sendo lançado por uma pessoa tão especial como é Dom Pedro José Conti, para-

Após vencer Oscar, Lupita Nyong’o enfrenta o preconceito de Hollywood

DIVULGAÇÃO

béns a ele” comenta a professora. Padre Fábio Pereira que é administrador paroquial da Igreja São José fala sobre o impacto do livro entre a comunidade católica macapaense “É marcante o lançamento do livro de nosso Bispo, é uma oportunidade de conhecer mais as reflexões que nosso bispo tem feito através de sites, de telejornais, alguns artigos que ele tem escrito e essas reflexões que ele faz, as próprias questões do evangelho com as historinhas que ele conta, esse livro traz justamente essa relação e nos leva de encontro com a pessoa de Jesus Cristo” diz Padre Fábio. Dom Pedro José Conti nasceu em Brescia na Itália no ano de 1949, estudou filosofia e teologia no seminário diocesano de Brescia em 1970, sendo or-

A

Cinema

A

atriz queniana Lupita Nyong’o, nascida no México quando os pais visitavam o país, brilhou muito no Oscar deste ano por sua beleza e pelo seu talento. A atriz deixou a premiação com a estatueta de melhor atriz coadjuvante por “12 Anos de Escravidão”, que também levou o prêmio de melhor filme. Com um currículo invejável, a atriz deveria estar sendo disputada a tapas pelos executivos dos estúdios, mas segundo reportagem do site The Hollywood Reporter, não é isso que está acontecendo. A atriz enfrenta dificuldades por ser negra. Após ganhar um Oscar, esperava-se que ela, antes do filme uma completa desconhecida, entrasse para a lista A de Hollywood, assim como aconteceu com Jennifer Lawrence, mas as coisas não são tão simples assim. Hollywood tem atores negros no alto escalão, como Eddie Murphy, Den-

zel Washington e Will Smith, mas não há nenhuma atriz negra com o status alcançado por Julia Roberts. Whoopi Goldberg chegou perto quando ganhou o Oscar de melhor atriz por “Ghost”, mas apesar desse momento, ela não conseguiu se sustentar no topo. Para complicar ainda mais as perspectivas de Noyong’o, ainda há o preconceito da indústria que costuma favorecer atrizes com a pele mais clara. “A Beyoncé seria quem ela é se ela não tivesse a cor que ela tem?”, questinou o agente de talentos Tracy Christian. “Com a pele mais clara, mais pessoas podem olhar para sua imagem e se identificar. No caso da Lupita, eu acho que ela tem dois anos e meio, três. Se ela encontrar uma franquia, como ‘Star Wars’ e ‘Identidade Bourne’, ou se for escalada por um diretor importante, ela brilhará”. Em uma entrevista para a revista “Essence”, a atriz disse que quando era mais nova, rezou para ter uma

pele mais clara. Ela via sua pele como um obstáculo a ser superado até que, inspirada pela modelo sudanesa Alek Wek, começou a se apreciar. “Eu espero que minha presença na tela leve outras meninas a admirarem sua própria beleza”, disse ela. O produtor executivo de “Dear White People”, filme com um protagonista negro, disse à reportagem que espera que Hollywood deixe o preconceito para trás. “Encontrei com Lupita algumas vezes e o que mais me fascinou foi o seu intelecto. Nyong’o já está provando que é mais do que um rostinho bonito, com um tipo de inteligência atrai diretores de primeira linha”, disse ela. “Todos gostariam de assinar com ela”, disse um agente de grandes filmes sobre a impressão que ela deixou em Hollywood. Agora, ela deve estar tendo encontros com Spielberg e Scorsese. O que ela deve fazer é apenas trabalhar com grandes diretores”.

atriz Sônia Braga, que estreou aos 14 anos na televisão e ficou mundialmente conhecida com o filme “O Beijo da Mulher-Aranha”, será homenageada pelo conjunto de sua carreira no primeiro Prêmio Platino do Cinema Ibero-Americano. Os organizadores do evento, que surge este ano com a intenção de ser uma janela para o melhor da produção cinematográfica latino-americana, decidiram conceder seu primeiro Prêmio de Honra a Sonia Braga, de 63 anos, “em reconhecimento a sua trajetória profissional”, de acordo com nota divulgada nesta quinta-feira. Os prêmios serão entregues em uma festa de gala no Teatro Anayansi, da Cidade do Panamá, em 5 de abril. “Participarei com grande orgulho (...) para receber o primeiro Platino de Honra”, declarou Sonia. “Saúdo os que tiveram a iniciativa de criar os prêmios Platino”, reforçou a atriz, classificando o evento como um “verdadeiro afago para o cinema latino, campeão nos festivais mais seletos, valorizado pelos críticos e admirado pelo público de todas as culturas”. Para os organizadores, “a carreira de Sonia Braga é um bom exemplo de trabalho e esforço reconhecido fora de seu país e um modelo a ser seguido pelos demais intérpretes e profissionais da nossa indústria”. A carreira internacional da atriz inclui “Rebelião em

Resumo das Novelas Malhação Segunda-feira, 31 de março – Palhares salva Antônio de um acidente com os carros, e o menino o chama de pai. Anita reconhece no motorista do carro o rosto de um de seus agressores. Antônio ajuda Sofia, que machucou a mão, e Ben se irrita com a situação. Gustavo é galanteador durante o encontro com Solange. Anita afirma a Júlia que seguirá com seu plano para descobrir todas as maldades feitas por Antônio. Sofia agradece Antônio, e Vera repreende Ben por ter levado a filha para fazer parkour. Gustavo pede que Fábio passe a noite fora de casa. Sofia pensa em terminar seu relacionamento com Ben. O time de futebol do Destaque perde para os visitantes, e Bárbara chama a atenção de Sidney e Ben, que discutem durante o jogo.

Além do Horizonte Kleber captura Tereza e William. Nilson afirma que não voltará para Tapiré com Selma e Rita. Júlia conta para Priscila que Flávio pedirá Heloísa em casamento. Álvaro reclama de Líder Jorge para Inês. Selma pede para Fátima organizar uma festa para ela e Rita. Kleber informa a Tereza que não trabalha mais para a Comunidade. William se encontra com Rafa na casa de Vó Tita. LC flagra Lili com Celina, Guto e André. William deixa o pingente de Marlon com Fátima. Lili engana LC e finge brigar com os cúmplices do ex-namorado. Fátima entrega o dossiê para William. Priscila agarra Marcelo em sua sala. Lili se aconselha com Marlon. Tereza chega à Comunidade, e LC fica furioso com as notícias que recebe.

DOM Pedro: oportunidade de encontro com Deus

denado padre em 12 de junho de 1976, em 1983 concluiu doutorado em engenharia eletrônica no politécnico de Milão. Chegou ao Brasil, no estado do Pará em 83, como missionário na diocese de Bragança, foi ainda para

Paragominas e em 1986, foi sagrado Bispo de Santíssima Conceição Do Araguaia. Em 20 de fevereiro de 2005 veio para Macapá sendo ordenado Bispo da Diocese de Macapá, onde atua desde então.

Sônia Braga vai receber prêmio de honra do Cinema Ibero-Americano Cinema

DISCURSO emocionado de Lupita Nyong’o levou o público às lágrimas no Oscar 2014

ERICH MACIAS

Joia Rara Franz proíbe Pérola de sair de casa sozinha. Serena resolve cantar no show em homenagem a Matilde. Manfred diz a Gertrude que sairá do país com Pérola. Matilde dá à luz um menino saudável. No meio do espetáculo, Serena sente as dores do parto e Arlindinho corre com ela para o hospital. Dália chega ao hospital, vê Ernest desacordado na cama e lhe diz que está grávida. Emocionado, Ernest desperta e os dois choram abraçados. Manfred pede que Marlene o ajude a pegar Pérola.

Em Família Helena elogia o talento de Benjamim. Murilo conta para André que deu um tempo com Sandra e que está interessado em Gisele. Luiza impede que Felipe beba durante a festa em Goiânia. Virgílio faz um discurso emocionado durante a exposição. Juliana se descontrola ao encontrar com Jairo na rua. O pai de Marina diminui a mesada da filha. Começa o recital de Laerte, Verônica e Leto na casa de repouso.

Milagro” (1985), dirigido por Robert Redford, e “Rookie - um profissional em perigo” (1990), de Clint Eastwood. Em 1985, seu papel em “O beijo da mulher-aranha”, de Héctor Babenco, valeu à atriz sua primeira indicação ao Globo de Ouro. Em 1989 e 1995, voltou a ser indicada às estatuetas por “Luar sobre pa-

rador”, de Paul Mazursky, e “Amazônia em chamas”, de John Frankenheimer. Depois de uma pausa no Brasil para rodar “Tieta do Agreste” (1996), ela voltou para os Estados Unidos, onde participou, em 1998, da minissérie “Four Corners” e de vários outros seriados, como “Sex and the City”, “Law & Order” e “CSI: Miami”. DIVULGAÇÃO

OS PRÊMIOS serão entregues em uma festa de gala no Teatro Anayansi, da Cidade do Panamá, em 5 de abril. “Participarei com grande orgulho (...) para receber o primeiro Platino de Honra”, declarou Sonia

Horóscopo Áries (21 mar. a 20 abr.) Diminua as atividades mecânicas, que exigem atenção continuada. Hoje você precisa voar, deixar a imaginação a solta e assim criar algo inspirador e comovente. Fazer um pequeno gesto de bem para quem precisa de verdade fará você se sentir melhor ainda! Touro (21 abr. a 20 mai.) Aposte nas reuniões em grupo, no trabalho de equipe, nas empreitadas realizadas a muitas mãos. Deixe o sentimento dar a direção. Você também precisa mais dos amigos hoje - arme um encontro informal que muita alegria irá lhe trazer. Entendimento no amor. Gêmeos (21 mai. a 20 jun.) Aqueles que sabem sintetizar as correntes, dar voz a anseios populares, traduzindo em arte o que der sentido e direção a expectativas coletivas terão um ótimo dia! Como você conta com todos os elementos a seu favor, mostre do que é capaz. Sucesso em uma meta. Câncer (21 jun. a 21 jul.) Um dia perfeito para você, quando as sincronicidades da vida se fazem revelar. Sonhos trazem dicas importantes, palpites e cismas devem ser seguidos. Viagens e estudos, relações com estrangeiros estão em destaque - organize a comunicação e registre tudo. Leão (22 jul. a 22 ago.) É com a fé que você vai convencer clientes e sócios que chegou a hora de investir pesado em atividades que tragam alivio e inspiração. Um ajuntamento momentâneo de astros no emotivo Peixes requer também compaixão e flexibilidade para com os outros. Virgem (23 ago. a 22 set.) Um parceiro com boas notícias revela novas possibilidades a você. Informações de um cliente ajudam você a entender melhor uma charada. Informações novas tornam tudo mais compreensível, ainda que o caminho da lógica tenha de ser deixado de lado por hoje.

Libra (23 set. a 22 out.) Preste atenção a sua saúde que está um tanto sensível hoje. Rotina caótica lhe fará mal - assim como excesso de álcool, ou substâncias de origem desconhecida. Dúvidas com convênio médico? insista e peça tudo por escrito. Preocupações domesticas em destaque. Escorpião (23 out. a 21 nov.) Magia, encantamento, criatividade - que boa ideia dar vazão a tudo isto na dança, na música ou em qualquer outra atividade artística! Se você ainda por cima trabalha com algo semelhante, este é seu dia. Bom entendimento com filhos, doação e devoção no amor. Sagitário (22 nov. a 21 dez.) O que mais você precisa hoje é recolhimento e informalidade, no lugar em que mais poderá se alimentar de sonhos, sentimentos delicados e liberdade para criar e imaginar. Um mundo melhor, uma viagem incrível, uma casa magica: tudo é tem para você sonhar. Capricórnio (22 dez. a 20 jan.) Com três astros juntos em Peixes, suas palavras terão o poder de abençoar ou de atormentar os outros. Portanto, escolha-as bem! Locomoção caótica, anote trajetos e percursos, cheque documentos e comprove informações. Aproximação no amor. Aquário (21 jan. a 19 fev.) Embora você não ligue pra dinheiro, é bom saber que hoje o astral favorece seus ganhos, abrindo portas novas ou reabrindo antigas. Faça por merecer, confiando no seu talento; organize seu currículo, mostre do que é capaz, seja pontual. O resto você já tem. Peixes (20 fev. a 20 mar.) Lua transita hoje em seu signo, trazendo para a linha de frente a necessidade de se cuidar e de se manter a salvo das negatividades, das pessoas agressivas e descuidadas. Cheque o que lhe disserem, pois há chance de fazer confusão com informações. Cuide da saúde de verdade.


Sociedade

LÚCIA THEREZA @luciathereza lucia.ghammachi@jdia.com.br

Macapá-AP, sábado, 29 de março de 2014

Diagramadora: Maraina Melo - maramiranda@jdia.com.br

TIM TIM

Presidente da CNI

Novo desembargador

O Editor Chefe do Jornal do Dia Janderson Cantanhede será o homenageado da coluna, troca de idade e recebe de amigos e familiares os votos de muitas felicidades, saúde e sucesso em sua vida. A colunista registra com parabéns !!

Charme e História

“Quero agradecer a todos que me apoiaram nesta caminhada e que não mediram esforços para que alcançássemos ao desembargo. Agradeço minha família, minha base firme, que tem tido um papel importante na minha trajetória profissional. Por fim, quero agradecer meus apoiadores que acreditam na seriedade e comprometimento do nosso trabalho.”, desembargador Carlos Tork nas redes sociais. A coluna registra com votos de muito sucesso profissional

A 226km do Rio de Janeiro, Paraty combina a exuberância da mata atlântica com um charme que só ela tem, seja por sua história, por conservar uma rusticidade autêntica ou por proporcionar o simples prazer de mergulhar em águas de cor verde-esmeralda junto a peixes coloridos e curiosos. Seus recantos e encantos podem ser conhecidos de barco, em um dos passeios com paradas em praias e ilhas, de carro, nos passeios ecológicos que levam a cachoeiras e alambiques, ou a pé, por trilhas que desbravam a mata atlântica e descortinam paisagens paradisíacas e quase intocadas. O centro histórico é um encanto só e merece ao menos uma tarde para ser percorrido calmamente, descobrindo cada cantinho, loja, ateliê, bar e café. Os casarões, com suas janelas e portas coloridas de madeira maciça, e as igrejas fazem viajar para tempos longínquos. A culinária é outro forte da cidade, com diversidade de cozinhas, estabelecimentos que priorizam o requinte dos pratos, clima aconchegante e decorações charmosas. Há opções para todos os gostos. Vendedores de doces caseiros estacionam seus carrinhos nas ruas de pedra, garantindo a sobremesa para aqueles que se permitem sentir um pouco mais do sabor da terra. Em 2003, nasceu a Festa Literária Internacional (Flip), que deu vazão à atmosfera intelectual do lugar e levou os turistas a redescobrirem a cidade, deixando em segundo plano o privilégio de estar à beira-mar. Realizado em julho, o evento lota a cidade e proporciona uma ferveção criativa nas ruelas de pedra irregular e casas de estilo colonial.

Dr Éden Paulo, Dra kennia Monassa, Dra Lorena Carvalho no Capital Steakhouse

N

a presença dos presidentes do Senado, Renan Calheiros, e da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, Andrade defendeu a aprovação dos projetos que estimulam a competitividade da economia brasileira, e a rejeição dos que representam retrocesso na construção de um ambiente de negócios mais propício. A agenda, elaborada com a inestimável colaboração das Federações e Associações da Indústria, trata de 134 propostas em tramitação no Senado e na Câmara, das quais 14 formam uma Pauta Mínima. “O funcionamento eficiente do setor privado pressupõe incentivos ao crescimento e aplicação de normas claras e estáveis, que tragam segurança jurídica ao empreendedor”, disse Robson Braga de Andrade.

Jornaldodia29032014