Page 1

cmyk

R$ 2,50

07 a 13 de junho de 2013

Edição nº9 - Ano 1

Acesse nosso site:

Cultura

Educação

Esportes

Geral

Meio Ambiente

Polícia

Botucatu terá projeto voltado para vulnerabilidade social Luiz Fernando

ESPECIAL

B8 Francisco Marins: milhões de livros em quinze idiomas

CIDADE

A7 Andarilhos invadem casa desocupada no Bairro Alto

Estiveram reunidos na sede da Guarda Civil Municipal (GCM) o secretário municipal de Segurança Pública e Direitos Humanos, delegado Adjair de Campos e o presidente do Conselho de Segurança (CONSEG), Clóvis de Almeida Martins, onde iniciaram estudos e pesquisas para conceber um novo projeto de caráter social e preventivo para pessoas em situação de vulnerabilidade. Primeiro Caderno Página 6

DESTAQUE

A8

Reverendo Aldo Quintão celebra 1ª missa anglicana

Política

Região

Saúde

Social

Turismo

Valéria Cuter

Cidade

www.acontecebotucatu.com.br

Diariamente na internet. Semanalmente nas bancas

Diretor responsável: Quico Cuter

Acidentes com motos lideram ranking de ocorrências policiais Para o capitão José Semensati Júnior, comandante da 1ª Companhia de Polícia Militar de Botucatu, a maioria dos acidentes são ocasionados em razão da imprudência e imperícia dos condutores de motocicletas, principalmente em cruzamento de vias. Segundo Caderno – Capa

ESPORTE

B6 Botucatuense vai disputar Mundial de Atletismo

CIDADE

B7

Antigo Hospital Sorocabana volta a funcionar


A2

cmyk

Opinião

07 a 13 de junho de 2013

dedo na

ferida Quico Cuter

Acorda Botucatu! O boi está voando!

Antes de qualquer coisa vamos deixar claro que o deputado estadual Pedro Tobias (PSDB) está coberto de razão em pleitear a criação de 60 vagas do curso de Medicina para Bauru. É esse o papel que lhe cabe como representante daquela cidade na Assembléia Legislativa e junto ao governo do Estado. Não está preocupado com Botucatu, embora tenha conquistado aqui preciosos votos que ajudaram sua reeleição. Como não temos um representante legítimo que contraponha as argumentações de Tobias, ficamos na dependência da boa vontade de parlamentares de outras regiões. É o preço que pagamos pela falta de um deputado da terra que defenda nossos interesses cotidianos no parlamento. E pelo andar da carruagem a criação das vagas para Bauru já é fato consumado. Só falta oficializar. Vão dar um jeito de arrumar verbas, esperem pra ver! O que me deixa inconformado é que desde a sua criação há 50 anos, a Faculdade de Medicina de Botucatu que em 13 Departamentos de ensino forma, anualmente, 90 médicos em seu curso de graduação desde 1963, têm estrutura física para aumentar as vagas no curso de Medicina. Por isso, a criação de vagas em Bauru foi uma ducha de água fria para quem ama e quer o bem da Cidade. Sabemos de antemão o que isso pode significar, futuramente. Ou alguém acredita que Bauru vai se contentar com as “míseras” 60 vagas que estão sendo criadas? Só um analfabeto político para engolir isso. Querem criar vagas para Bauru? Ótimo! Que assim seja, amém! É um direito legítimo. Mas, carambolas, fazem 50 anos que estamos com as mesmas 90 vagas. E nós governador, não merecemos mais vagas? O engraçado é que esse assunto de Bauru querer “tirar” a Faculdade de Medicina de Botucatu já vem de longa data. Seria uma utopia pensar nisso se a situação não fosse política. No jogo político, como dizia nosso saudoso Progresso Garcia a gente só não vê boi voar. Gente, vamos acordar! O boi está voando! Alto! O deputado Pedro Tobias nunca escondeu de ninguém sua intenção de instalar uma Faculdade de Medicina em Bauru, mas ninguém acreditou que conseguiria já que a Faculdade de Botucatu está a 100 quilômetros de Bauru, menos de uma hora de viagem. Tá aí a resposta. Deu o primeiro e grande passo. E a criação dessas vagas foram discutidas com diretores da Unesp de Botucatu, Silvana Artioli Shellini e Carlos Peraçoli, vice-reitora Mariuza Cunha Rudge, representando o reitor Júlio Cézar Durigan; prefeito de Bauru Rodrigo Agostinho e sua vice Estela Almagro; deputado Pedro Tobias e com o próprio governador Geraldo Alckmin, que não descarta a “possibilidade” de Bauru ter o curso de Medicina. Se o assunto envolvia Botucatu, que ficará privada dessas vagas, por que então não convidaram o prefeito João Cury para debater o assunto? Está claro como água, gente! O pior cego é aquele que não quer ver! Na quinta-feira, dia 13 de junho, acontece na Câmara Municipal, uma Audiência Pública, por iniciativa dos vereadores Lelo Pagani (PT), Josey de Lara Carvalho (PR), Fernando Carmoni (PSDB) e Izaias Colino (PSDB) para que o assunto seja debatido com pessoas ligadas a diferentes segmentos sociais de Botucatu. Acho que só uma manifestação em massa poderia convencer o governador a mudar de idéia. Por isso, a audiência é importante, mas acho que é tarde demais. Não quero ser pessimista, mas a Inês é morta! Espero estar errado. Adoraria constatar que falei demais. E sabem o que é pior? Pessoas do alto escalão da Unesp alegam que a criação de cursos em Bauru irá fortalecer a Universidade, mas não vai enfraquecer Botucatu. Cômico, se não fosse trágico. A criação dos cursos em Bauru é apenas o primeiro passo e abre uma perspectiva “nublada” para nossa Faculdade de Medicina. Podemos ficar outros 50 anos com as mesmas 90 vagas. Ao passo que Bauru...Acorda Cidade! Olha o boi!

Quanto podem estes rostos enrugados darem de exemplo a nós, menos enrugados

Padre Delair Cuerva Presidente e Fundador da ASFA, CCHC Capelania Católica do Hospital das Clínicas

A idade que chega... O tempo passa e passa rápido... Gosto sempre de dizer isso! Já notou? Gosto de ver as rugas de nossos irmãos e irmãs que se preocupam com seus cremes anti rugas e muitas cirurgias plásticas para esconder sua idade... E gosto de “pegar no pé” destas pessoas e dizer que de nada adianta isso, pois a somatória de seus dias, meses e anos estão aí diante do RG amarelando de cada um... Acho lindo ver aqueles rostinhos enrugados e perceber neles uma grande certeza: fizeram de tudo para serem felizes e fazer felizes suas famílias. Muita gente não gosta quando chamo de “véinho ou véinha”; mas amo chamar estes seres da geração experiência assim e costumo dizer que este é um termo carinhoso para lembrar aqueles que

tiveram seus rostos e mãos manchados pelo tempo e pelo trabalho; pelas dores e pelos sofrimentos de toda uma vida entregue ao desejo de ver este mundo mais fraterno e feliz. Como é bom ouvir Roberto Carlos a dizer cantando “Meu querido, meu velho, meu amigo” e perceber nesta poesia cantada que se deve sim amar o irmão de rugas no rosto e mãos trêmulas, pois olhar para ele ou ela é ter a certeza do imediatismo que existe diante de nossas vidas em se fazer o que somente nós podemos fazer... Pois... O tempo passa! Toda vez que me aproximo de um “veinho ou veinha” me emociono ao perceber quanto deve ter sofrido para poder chegar a esta tenra idade. Quantas lições estes têm a nos ensinar?

Ana Vieira

Quanto são mestres na arte de viver? Quantos são execrados por um salário vergonhoso de aposentadoria depois de fazerem a história ter algo a ser lembrado? Quanto podem estes rostos enrugados darem de exemplo a nós, menos enrugados, para podermos acertar onde não acertaram e melhorar o que deve ser melhorado. É bonito ver o zelo de alguns filhos pelos seus; mas é triste notar aqueles que jogam os seus ao fundo de suas mansões e lhes dão um final de vida relegado ao esquecimento e abandono. Mas há também aqueles “turrões” que preferem se isolar em seus mundinhos arcaicos de pensamento de dó e de pesar. Há aqueles que preferem viver num mundinho

por eles criado e que querem toda atenção voltada a eles esquecendo que não são o centro do mundo e que têm que aprender a viver em sociedade lembrando-se de seus deveres e atuações que ainda são pertinentes. Lógico... Onde há ser humano há também o erro, mas devemos aprender que todos, digo todos, ainda temos muito a fazer enquanto estivermos aqui usando o ar doado pelo ser maior que rege este mundo. Nada de “jogar a toalha”... Nada de esmorecer... Nada de ficar somente olhando quantas rugas e “pés de galinha” nos chegaram... Vamos seguir avante com um beijo de Jesus, pelos lábios de Maria e no abraço de São José... Sempre envelhecendo a cada dia...

Como sempre e em todo lugar, o que faz as coisas mudarem é a perspectiva com que se observa.

Professora, escritora e poeta

Para os que arriscam Quem não arrisca não petisca. Às vezes, é melhor. Petiscar tem um quê de superfície que profundidade gastronômica alguma altera. Assim é. Comem-se pequenas quantidades de comida bem confeccionada, quando se petisca. São iguarias, das quais nos aproximamos sem nos aproximarmos realmente: sim, como-te, diz-se àquela porção fumegante que acabou de pousar na mesa posta. Mas um pouco, e só de vez em quando. Já pensou, se gosto tanto que não quero comer outra coisa? Já pensou, se de tudo o que tiver de comer daqui em diante me surgir a imagem fantasmagórica de uma delícia dessas? Já pensou, se for crescendo a vontade de te transformar, ó petisco, em refeição, e de te ter à minha mesa em todas as ocasiões? Pior: e se de repente me afundo numa espécie estranha

Redação: Quico Cuter Administração: Valéria Cuter Comercial: Carlos Denadai Colunistas: Enza Denadai, David Devidé Repórter: Luiz Fernando Assinatura: Carol 3815-5339

de nostalgia do que eu poderia ter transformado em refeição e mantive na prateleira das distrações? Não, não: melhor não arriscar. É que petisco não é alimento: é satisfação primária. Agrada-se o paladar e esquecem-se as entranhas. Elas que digiram como melhor puderem, depois. Para isso existem: digerir sem incomodar. O problema são as úlceras, um dia, talvez, quem sabe... essas feridas abertas na superfície do estômago, todos os petiscos do mundo convergindo para a fragilidade das paredes, abrindo frinchas que se convertem em chagas. Anti-ácido tampona, mas não resolve. O que é preciso é parar de petiscar e se alimentar de forma correta, diz o médico num meneio de cabeça. Que pode ser qualquer coisa, a rigor, para isso temos um supermercado de ideologias alimentares à escolha, e como somos seres da mo-

Rua Reverendo Francisco Lotufo, 748 Contatos: fone/fax (14) 3813-2505 / 9798-8673 email: acontecebotucatu@hotmail.com site: www.acontecebotucatu.com.br Diagramação e impressão: Gráfica Diagrama (contato@graficadiagrama.com.br)

dernidade nem é preciso que nos formatemos em lugar algum. Coma tudo cru, ou tudo cozido, ou só proteína, ou nada de animal, ou só um pouco, ou tudo líquido, ou todas as cores no prato, ou jejue de vez em quando que é bom. Ou então inverta tudo e se alimente só de luz. Para a alma, deve ser o melhor. É capaz de ser bom para diminuir a extensão da sombra, ou dar-lhe um pouco de claridade. Não é preciso acabar com ela, e nem é aconselhável. Como diz Clarice, era capaz de que nos a co st u m á sse m o s co m a felicidade, e quando felizes somos egoístas. Eu gosto muito da minha sombra, não quero perder-me dela nem que ela vá atormentar outras criaturas. Agora, bom mesmo é uma mesa de bar na Plaza Mayor de Madrid: começa-se pelos petiscos, que eles chamam de “tapas”, e depois vai-se aos pratos principais. En-

tre tortillas e porções de jamon serrano, entre mejillones e angulas al ajillo, tecem-se os primórdios da refeição, o início do prazer de degustar. Como se fosse um ensaio. Como se se dessem os primeiros passos na direção daquilo que vale a pena ser vivido. Pode até demorar horas, que seres ibéricos gostam de demorar-se à mesa, e são horas de ordem e rigor, disposição e entrega. Raros são os que se ficam pelos petiscos: em algum momento, pedem-se as matérias que dão substância ao corpo e à alma. Num acordo tácito, os convivas tilintam os copos, esse som festivo que anuncia a existência e o reconhecimento do que não é matéria. Nessas mesas de amigos, nessas ocasiões tão únicas em que os olhos se encontram e a vida se divide, as travessas crescem, e as refeições se completam. Dessa forma, sem medo de errar, é bom de arriscar, é bom de petiscar, e é bom de se alimentar. E haja apetite!

Tiragem 2000 exemplares semanais Circulação sexta-feira Assinatura semestral R$ 70,00. Ligue: 3815-5339 As colunas e matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores

Publicações de balancetes, atas, editais, abandono de emprego, comunicados da Cetesb, extravio de notas e demais publicidades legais.


Divulgação

A3

Rose Ielo pede informações sobre repasses financeiros Vereadora Rose Ielo (PT) solicita ao Poder Executivo, a possibilidade de encaminhar cópias dos projetos a que se referem aos repasses financeiros de cada fundo municipal e convênio demonstrado na planilha entregue na última audiência pública de prestação de contas. “Há necessidade de maior compreensão quanto à aplicação dos recursos e seus respectivos projetos sociais e educacionais para bem informar a população”, justificou a parlamentar petista.

política 07 a 13 de junho de 2013

Audiência Pública vai debater vagas do curso de Medicina para a Unesp Idéia surgiu depois que foi aventada a possibilidade de o governo criar o curso de Medicina para Bauru Na quinta-feira, dia 13 de junho, acontece na Câmara Municipal, uma Audiência Pública com o intuito de debater sobre a viabilidade do aumento da quantidade de vagas oferecidas no curso de graduação da Faculdade de Medicina de Botucatu – Campus

da Unesp de Rubião Junior. Isso porque, com 50 anos de fundação, a Faculdade de Medicina de Botucatu mantém as suas 90 vagas por ano. O evento acontece em atendimento ao contido no Requerimento nº 613, de autoria dos vereadores Lelo Pagani,

Josey de Lara Carvalho (PR), Fernando Carmoni (PSDB) e Izaias Colino (PSDB) sendo que a audiência será presidida pelo vereador Lelo Pagani e aberta à participação da comunidade local. A idéia da audiência surgiu depois que foi aventada a possibilidade de o governo do Estado criar 60 vagas para o curso de Medicina para Bauru e isso movimentando d i fe re nte s s eto re s d a sociedade botucatuense.

Sobrevivência

O projeto da criação dos cursos para Bauru é do deputado estadual Pedro Tobias (PSDB) que tem seu reduto eleitoral naquela região e é ligado ao governador Geraldo Alckmin. Isso porque, com 50 anos de fundação, a Faculdade de Medicina de Botucatu mantém as suas 90 vagas por ano. Esse assunto já foi discutido com os diretores da Unesp de Botucatu, Silvana Artioli Shellini e Carlos Peraçoli, vice-

Divulgação

Deputado Pedro Tobias quer levar o curso de Medicina para Bauru

-reitora Mariuza Cunha Rudge; prefeito de Bauru Rodrigo Agostinho e sua vice Estela Almagro; deputado Pedro Tobias

e com o próprio governador Geraldo Alckmin, que não descarta a possibilidade de Bauru ter seu curso de Medicina.

Folha de serviços

Vereadores querem regras para a Educação Ambiental

Eugênio Monteferrante Netto recebe homenagem da Câmara Municipal Quico Cuter

Divulgação

Izaias Colino e Valmir Reis vereadores do PSDB e PPS, respectivamente, buscam informações sobre a possibilidade de se criar uma lei municipal que determine o regramento da Educação Ambiental, a ser ministrada na cidade. Requerimento é direcionado ao secretário de Meio Ambiente, Perseu Mariani, e à secretária de Educação, Alessandra Lucchesi de Oliveira. “Trata-se de um tema deveras importante tendo em vista que a sua preservação implica na sobrevivência de todos e a política de Educação Ambiental deve se basear nos princípios e objetivos de Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA), do Programa Nacional de Educação Ambiental (ProNEA) e da Política Estadual do Meio Ambiente”, enumera Colino. Reis explana que educação Ambiental se consegue com processo permanente

Reis: “Preservação implica na sobrevivência de todos”

de aprendizagem e formação individual e coletiva para reflexão e construção de valores, saberes, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências, visando à melhoria da qualidade de vida e uma relação sustentável da sociedade humana com o ambiente que a integra e como parte do processo educativo mais amplo. “Um dos papeis do legislativo é contribuir com

a evolução legislativa, por isso meu pedido por estabelecimento de regras para a educação ambiental a ser ministrada em nosso município, disse Reis. “Todos têm o direito à Educação Ambiental e cabe ao Poder Público definir e implementá-la, no âmbito de suas respectivas competências, nos termos da Constituição Federal e da Constituição do Estado de São Paulo”, acrescenta.

A Spaipa Indústria Brasileira de Bebidas S/A (Franquia da Coca Cola) contrata para Botucatu

Vendedor

Requisitos: Ensino Superior Cursando ou Completo. CNH B.

Supervisor Comercial

Requisitos: Nível Superior Completo (cursos focados na área de negócio; Desejável experiência na área de vendas (segmento do varejo); Vivência como gestor de equipe de vendas; Domínio de informática – pacote Office. CNH: B. OBS: Informamos que temos vagas para pessoas com deficiência. Os interessados devem enviar o currículo por e-mail para vplaschinsky@spaipa.com.br informando o título da vaga. Maiores informações (14) 2105-2698 – falar com Virginia.

Monteferrante foi sepultado com a bandeira do município

O velório do arquiteto, ex-vice-prefeito e ex-vereador Eugênio Monteferrante Netto realizado no Complexo Funerário Orlando Panhozi, recebeu um grande número de pessoas. Ele estava internado no Hospital das Clínicas de Botucatu e faleceu na noite desta segunda-feira

(4). Deixa uma extensa folha de serviços prestados à Cidade. Na manhã desta terça-feira (4) vereadores, ex-vereadores e funcionários da Câmara Municipal, juntamente com parentes e amigos fizeram uma homenagem a Monteferrante, colocando a bandeira do

município em seu caixão. Durante a homenagem foi citado que entre outras coisas Monteferrante é autor do logotipo da Câmara Municipal, desenho da bandeira do município, desenho arquitetônico do Cemitério Portal das Cruzes e do projeto do Jardim Paraíso.


A4

cmyk

07 a 13 de junho de 2013

Social

Muito agito no aniversário da amiga Nerci Minha particular amiga Nerci de Oliveira, reuniu parentes e amigos íntimos em sua casa no Jardim Itamarati para comemorar mais um aniversário. O resultado foi pra lá de bom. As fotos falam melhor que as palavras.

Câmara sedia solenidade para para comemorar o Dia da Itália Com a presença do presidente do Clube Brasil Itália, Domingos Scarpelini e outros descendentes de italianos, a Câmara Municipal de Botucatu realizou o cerimonial de comemoração ao Dia Nacional da Itália. Data foi escolhida por representar o referendo de 1946 quando o povo italiano escolheu o governo que queria ter deixando para trás anos de monarquia e opressão.


A5 cmyk

“Garota Acontece da semana”

Social

07 a 13 de junho de 2013

Casamento de Débora e Wellington Nada resiste ao amor. Essa frase se encaixa perfeitamente ao casal Débora e Wellington. Ambos terão uma vida inteira pela frente para florir o amor que os uniu. Parabéns!!!!!!!!!!

Michele Alcantara

Profissão: modelo Estado civil: solteira Um hobby: ir a praia e tomar sol Filme que marcou: Alma de Princesa Cantora preferida: Paula Fernandes Um time do coração: Santos Maior ídolo: Jesus Cristo Uma tristeza: morar longe de meus pais Um refugio: orar a Deus Esporte favorito: jogar volei Comida preferida: comida japonesa Maior sonho: ser atriz de TV

Brasil Ride Warm Up atrai um grande número de pessoas Não faltou emoção, adrenalina e gente bonita na Brasil Ride Warm Up, uma das principais provas no cenário do mountain bike nacional, com mais de 400 inscritos. Além das trilhas exuberantes da cuesta a Praça da Catedral ficou multicolorida com a presença de pessoas representando vários estados brasileiros, que vieram conhecer a terra dos bons ares e boas escolas.


Divulgação

A6

Segurança 07 a 13 de junho de 2013

Adolescente armado assalta farmácia

Um caso de roubo à mão armada cometido contra a farmácia Coração de Jesus, na Rua Brás de Assis, na Vila dos Lavradores, está sendo investigado pela equipe especializada da Delegacia de Investigações Gerais (DIG). Os policiais militares Lofiego e Clayton deslocaram-se até o local do fato, onde a vítima informou que um indivíduo de cor branca, aparentemente adolescente, com aparelho nos dentes, adentrou à farmácia armado com um revólver anunciou assalto e mediante ameaça veio a subtrair a quantia de R$230,00 reais em dinheiro e fugiu tomando rumo ignorado.

Botucatu terá projeto voltado para vulnerabilidade social O objetivo dessa iniciativa é atender as pessoas mais fragilizadas da sociedade

Estiveram reunidos na sede da Guarda Civil Municipal (GCM) o secretário municipal de Segurança Pública e Direitos Humanos, delegado Adjair de Campos e o presidente do Conselho de Segurança (CONSEG), Clóvis de Almeida Martins, onde iniciaram estudos e

pesquisas para conceber um novo projeto de caráter social e preventivo para pessoas em situação de vulnerabilidade. “O objetivo é atender as pessoas mais fragilizadas da sociedade, tais como idosos, vítimas de violência doméstica, desnutrição,

condições precárias de moradia, sem família e emprego, e em outras situações de risco. O projeto que entrará em execução no segundo semestre terá a participação de outras secretárias da prefeitura e outras entidades da sociedade civil”, explica Adjair de Campos. “Estamos buscando uma parceria moderna, integradora e conseqüen-

te entre o setor público e privado, porque nenhum dos dois resolverá sozinho o desafio. “É preciso que os dirigentes, tanto das organizações privadas quanto dos organismos públicos de assistência social, tenham essa visão mais ampla de população carente e entendam a multifatoriedade do risco social”, complementou Martins.

Luiz Fernando

Adjair de Campos e Clóvis Martins encabeçam o projeto

Denúncias

CDs e DVDs

Polícia apreende produtos ilícitos no Camelódromo

Luiz Fernando

Fiscalização flagra comércio ilegal de fogos de artifícios

Valéria Cuter

Foram apreendidos mais de 13 mil undiades entre CDs e DVDs oriundos do Paraguai

Uma operação das Forças de Segurança de Botucatu, envolvendo a Polícia Militar (PM), Polícia Civil e Guarda Civil Municipal (GCM) foi realizada na tarde desta terça-feira (4) no Centro Comercial Popular “Ângelo Garrido Fernandes”, conhecido como “Camelódromo”, que fica na Rua Curuzu, região central

da cidade. Durante a operação foram apreendidos mais de 13 mil mídias entre CDs e DVDs oriundos do Paraguai, de diferentes títulos, que não tinham nota fiscal exigido pela legislação federal, tratando-se de crime contra os direitos autorais. As barracas que estavam fechadas foram arromba-

das para averiguação. Na ação atuaram 30 homens que fizeram uma varredura nas barracas. A operação foi realizada em razão do acúmulo de denúncias e planejada pelo comandante da 1ª Companhia da PM, capitão José Semensati Júnior; delegado José Sérgio Palmieri Júnior; e o inspetor da GCM Leandro Destro.

Quadrilha

Idosos são roubados e agredidos no Santa Elisa Um casal de idosos, com 63 e 54 anos, respectivamente passou por momentos de pânico nas mãos de cinco marginais que invadiram a residência na noite desta quarta-feira (5), dois deles armados com revólveres e anunciaram o assalto. O crime aconteceu por volta das 20h30, na Avenida Dois, região do Jardim Santa Elisa. Os marginais renderam o homem no quintal onde recebeu voz de assalto sendo obrigado a entrar na casa e entregar aos ladrões a quantia de R$ 2.050,00, um relógio de pulso, roupas e diversas bijuterias. Antes de fugir o grupo amarrou,

Valéria Cuter

Foram vistoriados três estabelecimentos alvos de denúncias

Numa operação realizada nesta quarta-feira (5) pela Guarda Civil Municipal (GCM), Polícia Civil e Setor de Fiscalização da Prefeitura Municipal, visando verificar as condições dos comércios que vendem fogos de artifícios, foram vistoriados três estabelecimentos alvos de denúncias, sendo que em um deles na Rua Amando de Barros nada foi localizado.

Já no segundo local, na Cohab I, foi apreendido uma quantidade considerável de fogos, porém a que mais impressionou os agentes foi em uma loja comercial na Vila dos Lavradores, onde foi localizada uma quantidade enorme de fogos de artifícios, ressaltando que nos dois últimos casos os comércios não tinham autorização da Prefeitura e muito menos

da Polícia Civil que emite alvará para armazenagem e comércio de determinadas classes de fogos de artifícios. Os fatos foram encaminhados as centrais judiciárias da Policia Civil, das respectivas áreas, onde foram lavrados boletins de ocorrências e apreendidos os materiais. A operação contou com 06 viaturas e 12 policiais.

Peçonhenta

Cascavel é capturada em cozinha de residência

amordaçou e agrediu fisicamente o casal. A Polícia Militar esteve no local e realizou um cerco pelas imediações do crime, mas nenhum dos cinco assaltantes foi localizado e o caso foi entregue para a

equipe do delegado Celso Olindo (foto), titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG). “Já temos as características físicas dos assaltantes que estão sendo procurados”, destacou Olindo.

Atendendo solicitação feita via 199 à guarnição do Grupo de Patrulhamento Ambiental (GPA), formada pelos Guardas Civis Municipais Carlos e Amâncio se deslocou até a Rua Um, nº 401, Quadra 23, no Bairro Alvorada da Barra, para fazer a captura de uma cobra cascavel que foi localizada na cozinha da residência de um senhor chamado Rodrigo. Depois de fazer a cap-

Divulgação

Serpente é uma das mais mortíferas do reino selvagem

tura da cascavel, que é uma das mais perigosas e mortíferas serpentes venenosas do reino selvagem, os agentes fizeram o encaminhamento ao Centro de Estudos e Venenos e Animais Peçonhentos (Cevap) da

Unesp de Botucatu, na Fazenda Lageado, onde ficou aos cuidados dos biólogos responsáveis pelo local para ser tratada. Deverá permanecer por, pelo menos, 60 dias sob observação antes de ser devolvida à natureza.


Divulgação

FSS distribui peças da Campanha do Agasalho

O Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Botucatu realiza nesta sexta-feira e sábado (7 e 8) a distribuição das peças de roupas arrecadadas na Campanha do Agasalho 2013. As doações podem ser retiradas 14 pontos distribuídos estrategicamente pela Cidade, das 8 às 16 horas. Este ano, a campanha teve como foco principal a arrecadação de roupas infantis com o tema “Frio não é brincadeira. Lembre-se das crianças. Roupas de adulto não servem para elas”. Em 2012 a Campanha do Agasalho arrecadou 111.419 peças de roupa, cobertores e outros itens, beneficiando diretamente 1.379 famílias, ou seja, aproximadamente 5.500 pessoas em Botucatu.

A7

Cidade

07 a 13 de junho de 2013

Andarilhos invadem casa desocupada no Bairro Alto Luiz Fernando

É fator comum essas pessoas que vivem rua ocuparem imóveis desocupados

Esse imóvel com piscina, pertence a um senhor de 78 anos de idade e está à venda Equipe do Centro de Atendimento ao Migrante Itinerante e Mendicância (Camim), sob coordenação da assistente social Neide Aparecida Zonta e apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) esteve visitando um imóvel na Rua Capitão José Paes de Almeida, No Bairro alto, onde um grupo de andarilhos havia invadido. O imóvel com piscina pertence a um senhor de 78 anos de idade e está à venda.

“Este não é um caso isolado. Essas pessoas que moram na rua ou estão na rua quando percebem que um imóvel está desocupado ou abandonado passam a usar, principalmente, para dormir e nós temos que ficar em constante alerta para resgatá-los e encaminhá-los ao Camim onde são assistidos. Porém, a maioria retorna às ruas”, revela Neide Zonta, adiantando o munícipe deve acionar

a assistência social do Camim (3882-8444) sempre que perceber que um imóvel foi invadido. As praças também são ponto de encontro dessas pessoas que são chamadas de “andantes”, principalmente a Emílio Pedutti (Bosque), Coronel Moura (Paratodos) e as das igrejas Coração de Jesus, na Vila dos Lavradores, Menino Deus, no Bairro Alto e Santa Terezinha no Lavapés. Eles conseguem dinheiro pedindo esmola na rua. “A maioria dessas pessoas que permanece em

Assembleia

Jardim Eldorado

Sindicato busca reajuste com a Prefeitura na Justiça

Na noite de quarta-feira (5) o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Botucatu (SISPUMB) realizou a derradeira assembleia para discutir o percentual de reajuste salarial proposto pela Prefeitura para 2013. A proposta apresentada ao sindicado foi um aumento de 2% sobre os atuais salários e mais R$ 20,00 sobre o valor do vale compras alimentos, que passaria de R$ 430,00 para R$ 450,00. A proposta ficou aquém do pretendido pelo sindicato que pleiteava 6,94% e as perdas salariais dos últimos três anos de 15%. Estiveram nessa assembleia apenas 64 dos 2.200 funcionários da Prefeitura. Como na primeira chamada não houve quórum suficiente (50% mais um), foi realizada a segunda chamada e como manda o estatuto feito a votação com os trabalhadores que estavam presentes e a proposta do Executivo não foi aceita. Como a possibilidade de se deflagrar uma greve

praças da Cidade tem família em Botucatu. Por isso, nosso trabalho consiste em buscar fortalecer os vínculos familiares, mas na grande maioria das vezes acabam retornando e são levados ao Camim, onde se alimentam e, em alguns casos, pernoitam”, conta. “Só mesmo aqueles que chegam de fora, ficam alguns dias antes de retornarem às suas cidades de origem”, complementa. Diariamente o Camim recebe cerca de 16 pessoas flutuantes entre homens (11) e mulheres (5).

Luiz Fernando

Trabalhadores presentes na assembléia decidiram impetrar ação

foi descartada por falta de adesão, foi sugerido pelo advogado do sindicato, Marco Colenci, que se impetrasse uma ação coletiva na Justiça contra a Prefeitura. A sugestão foi colocada em votação e aprovada pela unanimidade dos 64 trabalhadores presentes. Presidente do sindicato, José Manuel Leme, não poupou críticas à baixa adesão da assembléia. “Enquanto tivermos funcionários que se acovardam e têm medo de lutar pelos seus direitos a situação não irá mudar. Posso garantir que o sindicato está fazendo a parte

que lhe cabe, na defesa dos direitos trabalhistas. Mas, não é justo que 100 decidam por 2.200”, colocou. Sobre a ação a ser impetrada na Justiça o advogado Marco Colenci foi taxativo. “Vamos aguardar uma semana ou pouco mais, para ver se a proposta do Executivo será encaminhada à Câmara Municipal. Pelo capítulo VI, artigo 31, da Lei Complementar nº 993, o prefeito “poderá” encaminhar o reajuste para ser apreciado pelos vereadores, mas não é obrigado a fazer isso e pode conceder o reajuste através de decreto”, explicou Colenci.

Botucatu confirma o 2º caso autóctone de dengue na cidade A Vigilância Ambiental em Saúde (VAS) recebeu no início deste mês de junho, do Instituto Adolpho Lutz, a confirmação do segundo caso autóctone de dengue, ou seja, contraído dentro do município de Botucatu. Trata-se de um homem de 33 anos, morador do Jardim Eldorado, região Norte da Cidade. Segundo a Vigilância Ambiental, todas as ações de controle da doença nas mediações da residência deste paciente foram tomadas, não sendo encontrado qualquer outro caso ou mesmo foco do mosquito transmissor (aedes aegypti). O primeiro caso autóctone de dengue deste ano, em Botucatu, foi confirmado no final de abril passado, no qual a vítima tratava-se de uma mulher de 57 anos moradora do Jardim Itamaraty, também

Divulgação

O aedes aegypti é mosquito que transmite a doença

região Norte. Até o momento foram notificados em Botucatu 128 casos suspeitos de dengue: dois positivos autóctones e 19 importados. Outros dois casos suspeitos ainda aguardam resultado laboratorial. Segundo o supervisor de Serviços de Saúde Ambiental e Animal, Valdinei Moraes Campanucci da Silva, a VAS orienta

a população a manter os cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue, pois os últimos dias foram de chuvas intensas. “É muito importante que as pessoas realizem uma inspeção em seu quintal para ver se há algum recipiente acumulando água parada. A atenção deve ser redobrada”, argumenta.


A8

cmyk

Destaque

07 a 13 de junho de 2013

Reverendo Aldo Quintão celebra primeira missa anglicana em Botucatu Conhecido no Brasil inteiro é o religioso que mais faz casamento no Brasil: cerca de 300 por ano

O reverendo Aldo Quintão, da Igreja Anglicana, esteve em Botucatu nesta quinta-feira (6) para celebrar a 1ª Missa Anglicana da cidade. A cerimônia religiosa aconteceu na sede da Igreja Anglicana de Botucatu, na Rua João Lumina Júnior (antiga Rua 12), na Cohab I , às 19h30. Pela manhã Quintão visitou os meios de comunicação da Cidade para falar sobre a igreja Anglicana e os motivos que fez com que deixasse a católica onde era frade. A doutrina da Anglicana é parecida com a da católica e a principais divergências estão relacionadas ao aborto, casamento, homossexualidade e uso de preservativo. Por não ter se adap-

tado e não concordar com alguns preceitos da Igreja Católica, abandonou a batina e casou-se. Em 1998, ordenou-se padre anglicano e passou a ser conhecido no Brasil inteiro e é o religioso que mais faz casamento no Brasil: cerca de 300 por ano. Seus cultos são transmitidos ao vivo pela internet e despertam fiéis em muitas regiões do país, porque fala tudo o que pensa. Assim, sua personalidade serviu para consolidar a fama de ser um religioso polêmico e mostra isso em suas entrevistas.

Vocação

Quando eu tinha uns 10, 11 anos, pensava em ser padre. Achava bacana todo mundo reunido na

igreja, rezando, falando das suas lutas, das suas alegrias, incertezas, vitórias, derrotas. Aos 16 anos juntei um dinheiro, comprei meu enxoval e no mesmo ano pedi minha entrada no seminário Nossa Senhora do Carmo de Itu (SP). Fui fazer o colegial, que a gente chamava de seminário menor, e ao final, no ano de 1981, fui para o Nordeste, onde fiquei dois anos estudando, e mais dois em Curitiba. Depois, fui para São Paulo. Eu já era então um frade e, assim, realizei meu sonho de poder ser um religioso.

Mudança

Senti, aos 24 anos, que algumas coisas que eu pregava e dizia não eram condizentes com a realidade da sociedade e nem com aquilo que eu pensava. Comecei a lidar com muitas pessoas e vi seu sofrimento. Vi que elas, muitas vezes, vinham de outras cidades, não

eram casadas e não tinham como fazer o casamento, só viviam juntas, não conseguiam contingenciar o número de filhos, sustentar a família numerosa... De repente, eu representava uma instituição que não dava espaço para essas pessoas, que não podiam participar da Igreja. Já esta, por sua vez, não pode limitar o número de filhos, porque a ciência não é bem vista por ela, nem o estudo das células-tronco... Isso tudo não estava batendo com o que pensava. Então, deixei a Igreja e fiquei com minha vida de professor, ministrando aula nos colégios Pio XII e São Luís dos Jesuítas, em SP. Tive sucesso social e econômico, mas voltou a me dar um vazio na vida. Podia viajar nos fins de semana para descansar, mas não era aquilo o que eu queria.

Anglicana

Comecei a namorar a Ana Paula, minha primeira namorada. Também fui o primeiro namorado dela. Depois de quatro anos, em 1988, nós nos casamos. Em 1989, tivemos nosso primeiro e único filho, Leonardo. Continuei trabalhando na educação. Eu estava muito bem na minha vida familiar, mas continuava com aquele vazio. Não poderia voltar a igreja católica, porque ela não admite padres casados. Aí, eu conheci a Igreja Anglicana. Passei a estudar a teologia anglicana e pedi para fazer parte do clero.

Diferenças

Descobri esse jeito de ser de uma igreja que acolhe, que ama e que não é punitiva. Encontrei um Deus que não persegue, que não fica vigiando, mas amando, cuidando e zelando, e comecei a falar disso para as pessoas, sem grandes teologias e filosofias, porque o mundo não precisa disso. Podemos ter acesso a tudo, mas isso não garante nossa felicidade. Nós precisamos é de amor, carinho, um local onde possamos ter paz, harmonia, acolhimento, como minha casa, onde eu vivia quando era criança. Dividíamos o pão, o arroz e o feijão da mesma forma que dividíamos o amor, o perdão e a reconciliação. O bem-estar está dentro da gente quando estamos com este Deus maravilhoso.

Aborto

Se você perguntar para qualquer pessoa e, em es-

Fotos Divulgação

pecial, para qualquer mulher, ninguém é a favor do aborto. O aborto não é maravilhoso, fantástico, gostoso. É igual quando você vai fazer um tratamento dentário. Quem é que gosta de ir ao dentista, de ter um dente obturado ou fazer um canal? Mas é uma situação que, às vezes, é necessária para a saúde. A questão do aborto pertence à área de saúde pública. É absurda a quantidade de mulheres que morrem neste país por causa dos abortos clandestinos. Então, descriminalizar o aborto não é uma questão de fé e de Igreja, mas de saúde pública.

dos e fiéis desiludidos com outras religiões. O mundo moderno é marcado por uma sociedade plural. Na minha leitura do Evangelho, todo mundo tem o direito de ser feliz. Aqui, as pessoas sentem que as diferenças são respeitadas. Já fiz mais de 3.000 casamentos, 90% em São Paulo. Casei evangélicos, hindus, judeus, muçulmanos, grávidas, desquitadas e por aí vai. Casamento gay? Farei assim que a lei permitir.

Homossexualismo

Sou a favor da descriminalização. Por exemplo, sou a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo. Estou falando como cidadão, como uma pessoa civil. Agora, se a Igreja quer pregar que não haja a união, tudo bem. Conheço jovens, homens e mulheres, que foram expulsos de casa pelos pais porque eram homossexuais. Eles vão lutar, trabalhar, construir uma vida, ter seus bens patrimoniais e, de repente, se eles morrerem, a herança deles fica para quem os colocou para fora de casa, para quem não quis ser pai ou mãe deles, para quem tratou aqueles seres humanos como aberrações. Então, que eles tenham o direito de dizer para quem eles vão deixar aquilo que eles amealharam em uma vida de lutas, seja seu companheiro ou sua companheira. É uma questão civil e de amor também. Hoje, a ciência já mostra que ser homossexual não é ser doente. Muitas vezes, a pessoa nasceu assim. Eu duvido que Jesus Cristo diria: “Não quero você, não aceito você”.

Casamento

Todos são bem-vindos na igreja anglicana, inclusive gays assumidos, divorcia-

Polêmico

Não sou polêmico, não carrego bandeira, apenas defendo a humanidade, as pessoas. Não procuro usar do medo e da coerção para que a pessoa vá à igreja. Eu vou por amor a Deus, por temor, quero ter paz, viver bem e desejo que meu próximo também tenha paz. Seja ele rico, pobre, preto, branco, homem, mulher ou gay, todos têm o direito de estar com Deus. Cada um tem sua história de vida. Não adianta querer fazer da humanidade uma coisa homogênea, porque ela não é homogênea: é heterogênea, é plural! Existem pessoas que gostam de ir à igreja e ficar meia hora, 40 minutos, em absoluto silêncio; outras já gostam de guitarra; outras ainda preferem música clássica... Assim é a vida! Eu vivo na sociedade, e ela precisa de normas, de leis e regras, existem as convenções, mas elas não existem para amarrar as pessoas


cmyk

caderno Acesse nosso site:

www.acontecebotucatu.com.br Diretor responsável: Quico Cuter

2

07 a 13 de junho de 2013

Acidentes com motos lideram ranking de ocorrências policiais

O

Estão cadastrados na Ciretran cerca de 70 mil veículos, média de um para cada dois habitantes

balanço divulgado essa semana do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Dpvat) aponta que nos próximos seis meses 69% dos motociclistas podem sofrer algum acidente, com lesões leves, médias ou graves. São os acidentes de trânsito, principalmente, os que envolvem motocicletas que lideram as ocorrências policiais cotidianas. Botucatu não foge a regra e em média, são registrados oito acidentes todos os dias. Grande parte das vezes sem equipamentos de segurança, os motociclistas ficam mais vulneráveis aos acidentes de trânsito em relação aos motoristas de carro e 73% dos atendidos nos hospitais chegam com fraturas, ocupando 40% das vagas das internações. A maior parte dos motociclistas (40,6%) sofre lesões graves e a faixa etária mais afetada é 18 a 34 anos. Os acidentes em Botucatu são atendidos pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência

(SAMU), Polícia Militar (PM), Guarda Civil Municipal (GCM) e Corpo de Bombeiros. Não estão computados nessa estatística casos em que ocorrem acidentes e são resolvidos pelos próprios envolvidos. Com isso, os acidentes cotidianos são maiores do que os números divulgados ou registrados em Boletim de Ocorrência (BO). O agravante é que e, pelo menos, 60% deles têm envolvimento de motocicletas e resultam em vítimas, algumas graves. Vale lembrar que, estatisticamente, estão cadastrados na Ciretran de Botucatu algo em torno de 70 mil veículos circulando pela cidade, ou seja um veículo para cada dois habitantes. Isso sem contar os chamados veículos flutuantes, ou seja, aqueles que não são de Botucatu e apenas passam pela cidade ou permanecem por algumas horas ou poucos dias. Para o capitão José Semensati Júnior, comandante da 1ª Companhia de Polícia Militar de Botucatu,

a maioria dos acidentes são ocasionados em razão da imprudência e imperícia dos condutores de motocicletas, principalmente em cruzamento de vias. “Mesmo com as campanhas educativas, bloqueios policiais, além de um trabalho sincronizado da PM com o Departamento de Engenharia e Tráfego (DET), na colocação de placas de sinalização em pontos estratégicos e conflitantes, é necessário que haja conscientização por parte dos motoristas para diminuirmos o índice de acidentes de trânsito na cidade”, frisou o capitão da PM. O oficial revela que, embora o índice tenha caído, a PM vai

continuar realizando campanhas educativas, com a finalidade de orientar os condutores de carros e motocicletas. “Sabemos que não iremos zerar os acidentes de trânsito, mas poderemos buscar alternativas para diminuir ainda mais o índice de acidentes nas ruas da cidade”, enfocou. E isso, continua o oficial da PM, será feito com outras campanhas educativas, bloqueios e atuação DET na colocação de placas sinalizadoras em locais de risco. “Mas, além disso, é fundamental que haja participação efetiva dos condutores de veículos para que obedeçam as placas sinalizadoras e respeitem a lei vigente”, acres-

centou Semensati. Alerta o capitão da PM que, de uma maneira geral, o erro humano é responsável por mais de 90 % dos acidentes registrados e as causas mais comuns são: velocidade excessiva, dirigir sob efeito de álcool ou de outro tipo de droga, distância insuficiente em relação ao veiculo dianteiro, desrespeito à sinalização, imprudência e imperícia. “Em 2013 a Polícia Militar de Botucatu está atuando com duas viaturas direcionadas, exclusivamente, para o trânsito, exercido pelo belo trabalho dos policiais cabo Osvaldo e soldados Torrez, Márcio Oliveira e Lucas, assim diariamente está sendo desenvolvido “blits”, com apoio da Rondas Ostensivas com Auxílio de Motocicletas (ROCAM), para coibir os excessos e abusos cometidos pelos condutores, visando diminuição de acidentes de trânsito no nosso município”, frisa o capitão. Semensati entende que a moto será uma necessidade futura para o nosso trânsito. “Não somos contra a moto. Somos a favor que a moto seja regulamentada para servir à população como um todo. Moto nas ruas não pode ter a conotação de uma atividade radical”, ressaltou Semensati. “A moto é ágil, mas é frágil”, complementa.


Divulgação

B2

Vulcano já está na Galeria dos Diretores da FMVZ/Unesp

Na sala da Congregação da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp, câmpus de Botucatu, foi descerrada a fotografia do professor Luiz Carlos Vulcano, referente ao seu segundo mandato como diretor da unidade. Ele agradeceu o apoio da comunidade universitária durante a gestão encerrada no início de 2013. “Ninguém trabalha sozinho. Todos os resultados que temos vêm do esforço conjunto. Nosso corpo docente, técnico-administrativo e nossos alunos são excelentes e é isso que faz a FMVZ ser o que ela é. Eu agradeço a todos que sempre estiveram dispostos a arregaçar as mangas e trabalhar para levar o nome da FMVZ adiante”, disse.

Cidade

07 a 13 de junho de 2013

Fazenda apresenta balanço orçamentário do 1º quadrimestre A principal fonte de renda foi o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços O secretário municipal da Fazenda, Luiz Augusto Felippe, apresentou os números e informações relacionadas ao Orçamento Financeiro dos primeiros quatro meses deste ano, que fechou com uma arrecadação efetiva de R$ 100.775.385,88 (sem retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissio-

nais da Educação - Fundeb). O valor representa 39,38% sobre o montante previsto para este exercício que é de R$ 255.870.000,00. Fellipe ressaltou que as receitas mantiveram-se equilibradas no primeiro quadrimestre e a principal fonte de renda continua a ser o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que arrecadou até o momento

Novos usuários

Divulgação

Felippe disse que as receitas se mantiveram equilibradas

Na educação a atual Administração Municipal aplicou R$ 5.487.251,84.

A previsão até o final do ano é investir nesta área R$ 18.134.607,30. Na

saúde foram aplicados R$ 14.565.924,33 de um total de R$ 25.279.249,85 que se projeta para investir até o fim deste exercício. Na Audiência Pública também foi informado que, de janeiro a abril, Botucatu transferiu R$ 2.510.648,91, a título de subvenção, a entidades que atuam nas áreas da saúde, educação e social. O Poder Público ainda investiu no mesmo período R$ 9.526.756,50 em obras, com destaque para R$ 1.332.811,08 para a parte de pavimentação e recape de vias públicas.

Pesquisa

Educação recebe treinamento para gerenciamento escola

Divulgação

Aprendizado será aplicado nas respectivas unidades escolares

A Faculdade de Tecnologia (Fatec) de Botucatu, sediou a realização da capacitação dos novos usuários do software de gerenciamento escolar i-Educar, que estará em pleno funcionamento a partir do segundo semestre de 2013. De acordo com Luiz Enéias Cardoso, responsável pelo treinamento, 130 funcionários da Secretaria Municipal de Educação, entre eles, gestores escolares e auxiliares administrativos, que compareceram nos três dias de capacitação e disseminarão os conhecimentos em suas respectivas unidades escolares. O i-Educar é um software de gestão escolar onde centraliza as informações de um sistema

R$ 26.760.780,19 que representa 39,12% do total previsto para o ano (R$ 68,4 milhões). O Município ainda contabilizou as seguintes receitas: R$ 14.522.508,44 - Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA); R$ 12.178.001,30 – Fundo de Participação dos Municípios (FPM); R$ 6.133.129,89 – Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU); R$ 5.917.859,92 - Imposto Sobre Serviço (ISS); R$ 2.200.005,06 - Imposto Sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).

educacional municipal. Ele diminui a necessidade do uso de papel, a duplicidade de documentos, o tempo de atendimento ao cidadão e racionaliza o trabalho do servidor público. Cardoso diz que o novo sistema possibilitará controlar todo o cadastro de alunos. “Com seus dados pessoais, familiares e pedagógicos, funcionalidades como matrículas, transferências, emissão de certificados e diplomas, suspensões, quadro de horários e relatórios gerenciais são realizados de forma integrada. O sistema conta também com um módulo que permitirá a gestão de bibliotecas de cada unidade escolar ”, explicou.

Alecrim é a mais nova esperança contra infartos Um famoso ingrediente de pratos e perfumes poderá no futuro ajudar o tratamento de vítimas de infarto do miocárdio, a parede do coração. Depois de misturar folhas de alecrim à ração de ratos infartados, pesquisadores do Câmpus de Botucatu constataram que o consumo da planta atenuou os efeitos dessa complicação. A pesquisa integrou a tese de doutorado de Bruna Paola Murino Rafacho,

defendida na Faculdade de Medicina (FM), que obteve o primeiro lugar o XI Congresso Brasileiro de Insuficiência Cardíaca, em Gramado (RS), no ano passado. “Nos baseamos em outros estudos sobre alecrim e decidimos testar seus benefícios para ratos induzidos a infarto”, explica Bruna, que foi orientada pelo professor Sérgio Paiva, do Departamento de Clínica Médica da FM. No trabalho, os ratos foram divididos em três

Divulgação

Pesquisadores misturaram folhas de alecrim à ração de ratos

grupos de oito animais. Dois grupos receberam ração com a folha do alecrim misturada em duas doses diferentes. No terceiro, o vegetal não fez parte do cardápio. “Após três meses, realizamos um

ecocardiograma e identificamos que os animais que comeram ração com alecrim de ambas as doses haviam apresentado atenuação nas alterações causadas pelo infarto”, esclarece.

60 anos

Unesp abre inscrição de curso de informática a idosos Estão abertas até a próxima terça-feira (4), as inscrições a pessoas maiores de 60 anos para o curso de extensão em informática com foco na internet e rede social. O treinamento tem a duração de um mês e é oferecido pelo Instituto de Biociências de Botucatu (IBB) e pela Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati) da Unesp. O curso tem 20 vagas em aberto com aulas no campus de Rubião Júnior da Unesp e ocorre toda

quarta-feira, das 14 às 17 horas. O conteúdo engloba desde noções de informática, uso do teclado e mouse para digitação e navegação na internet, práticas de segurança na internet e recebimento de e-mails. A ênfase será quanto ao Facebook, rede social com maior número de usuários no mundo. “Esta parcela da população tem procurado cada vez mais se conectar e interagir. Muitos buscam as redes sociais como forma de manter contato

Divulgação

Idosos têm procurado cada vez mais se conectar e interagir

com filhos e netos e reencontrar amigos”, reforça o professor Luciano Barbosa, vinculado ao Departamento de Bioestatística do IBB e responsável pelo

curso. Inscrições podem ser feitas no Departamento de Bioestatística pelo telefone (14) 38800086, das 8 às 11h30 e das 13h30 às 17 horas.


Divulgação

Família é mantida refém de bandidos em Itatinga Um caso de roubo foi registrado no 1º Distrito Policial de Itatinga pelos policiais militares cabo Marquizelle e soldado Santana, na Rua Pedro Di Pirro, Centro. Os policiais foram acionados pelo genro da vítima que estranhou o fato de a porta da casa estar aberta e ninguém atender seus telefonemas. Os policiais adentraram a casa e no quarto estava a vítima com sua família trancada. Dois indivíduos armados renderam a família quando entravam na garagem da casa. Da residência foram levados aproximadamente R$ 1.000,00 reais em espécie, celulares e dois revólveres pertencentes a vítima. Os indivíduos evadiram-se e a polícia tenta identificá-los.

PM de Bofete prende autor de estupro consumado

E

Exame de corpo de delito confirmou a violência sexual contra a mulher

m patrulhamento pela Rodovia Camilo Príncipe de Moraes, km 81 - zona rural de Bofete, a Polícia Militar com o sargento Cunha e soldado De Lima, efetuou a prisão em fragrante de um cidadão chamado André Amaro dos Santos, de 32 anos, que foi

indiciado como autor de um estupro cometido contra uma mulher de 37 anos de idade. Após denúncia de que o indiciado teria abusado sexualmente de sua própria cunhada a guarnição deslocou-se até o local do fato onde a vítima informou

Criminoso precoce

que o acusado teria invadido sua residência sob efeito de álcool e após agredi-la fisicamente com socos no rosto, arrastou-a a um terreno baldio que fica próximo ao local e passou a violentá-la sexualmente, tudo sob ameaça de morte caso a mesma delatasse o ato a alguém. Após consumar o ato o autor teria ido para sua casa e foi preso pela PM, sendo

encaminhado ao Distrito Policial, onde o delegado Lourenço Talamonte Neto ouviu a vítima fazendo seu encaminhamento para o exame de corpo de delito, onde foi confirmada a violência sexual e coletado material para exame pericial. “Com as evidências do crime sexual fiz a abertura do inquérito policial e solicitei a prisão temporária (por

B3

Região 07 a 13 de junho de 2013

Valéria Cuter

Delegado Lourenço Talamonte está presidindo o inquérito

prazo determinado) do acusado que acabou por confessar o crime contra a mulher. Estamos aguardando o resultado comprobatório dos exames para pedir a prisão

preventiva (sem previsão de prazo)”, explica o delegado, que determinou o recolhimento de Santos à Cadeia Pública de Itatinga, ficando a disposição da Justiça. Divulgação

Encapuzados

Menino de 11 anos é Dupla armada assalta flagrado traficando posto de gasolina em São Manuel em Pratânia FM Integração

Proprietário do Auto Posto Maion Ltda, que fica na Avenida Paulo Pimentel, região central da Cidade de Pratânia foi vítima de um assalto praticado por dois elementos armados, encapuzados e com “vestes escuras”. Declaração de testeMenino estava vendendo droga para um usuário de 23 anos

Um menino que ainda não completou 12 anos de idade foi apreendido em situação de traficância na Avenida Horácio Melão, região central de São Manuel, nas proximidades do campo poliesportivo, numa ação de patrulhamento ostensivo/ preventivo desencadeada pelos policiais militares cabo Correa e soldado Madeiri. Durante o trabalho os policiais se depararam com o menino que estava vendendo droga para um usuário de 23 anos de idade. Ambos, ao avistarem a viatura demonstraram nervosismo e começaram a caminhar.

Na abordagem foi localizada com a testemunha uma porção de maconha e com sindicado dentro de sua cueca 14 “parangas” de maconha (0,024 kg) e a quantia de R$ 15,00. Diante do fato o adolescente e o usuário foram encaminhados ao Plantão Policial, onde o delegado de plantão José Mário Toniato elaborou o Boletim de Ocorrência (BO) de tráfico de entorpecentes/ ato infracional, liberando o sindicado à sua genitora tendo em vista não ter completado 12 anos de idade e se tratar de criança.

munha prestada aos policiais militares Oliveira e Luis que estiveram no local destaca que os marginais invadiram o posto e mediante ameaça subtraíram R$ 600,00 em dinheiro e um telefone celular. Após o crime os marginais fugiram, a pé, sentido Rodovia

Roubou foi registrado na região central da Cidade

SP-255, João Mellão. Não foi observado pela teste-

munha se havia um veículo dando cobertura à fuga.

Flagrante

Homem é preso com espingarda calibre 32 adulterada em Itatinga Divulgação

Averiguado confirmou ter disparado tiro com a espingarda

Através de uma ação realizada pelos policiais militares Nazareth e Inoue, um cidadão de nome João Carlos de 57 anos de idade, foi preso em fragrante por crime de posse ilegal de arma de fogo, na Avenida São Bernardo - Centro de Itatinga. A prisão em flagrante foi decretada pela delegada Ana Paula Theodoro de Souza, A guarnição deslocou-se até a casa do acusado onde havia denúncia de

disparo de arma de fogo. No quarto os policiais encontraram uma espingarda calibre 32 municiada, com a numeração adulterada e dois cartuchos, sendo que um estava deflagrado. Ao ser questionado sobre o disparo o averiguado alegou que havia atirado para o ar com o intuito de “espantar” as pessoas que jogam pedras em sua casa. Ele prestou depoimento à delegada e foi recolhido à Cadeia Pública local. Divulgação

Patrulhamento

Ladrão se dá mal após furtar CD no centro de Conchas Na Rua Pará, região central da Cidade de Conchas o cabo Cassimiro e soldado Cardozo em patrulhamento prenderam

Oséias Alves dos Santos e o delegado Nelson Burin Neto, ratificou a prisão, determinando seu recolhimento à Cadeia Pública

(transitória) de Itatinga. Esse rapaz foi acusado de ter invadido um veículo VW/Fox, preto, com placas de São Paulo e subtrair do

seu interior um aparelho de DVD/CD. Ele foi localizado nas imediações do crime e confessou ser ele o autor do furto.

Furto ocorreu no interior de um VW Fox


B4

cmyk

Social

07 a 13 de junho de 2013

RUBENS DE ALMEIDA, AO LADO DA MULHER, ROSE, FESTEJA 64 ANOS Acostumado a organizar e coordenar algumas das ações sociais de grande repercussão na cidade, Rubens de Almeida, o Alemão, idealizou uma tarde em alto estilo para brindar seus 64 anos, na qual estiveram presentes altas figuras de nossa política local e regional, além de radialistas, empresários, jornalistas e amigos. Em vez dos tradicionais presentes de aniversário, Alemão solicitou e arrecadou quase uma centena e meia de cestas básicas para serem distribuídas a seus assistidos, superando em muito as 64 (uma para cada um de seus anos) esperadas. Esta é uma pessoa que dá orgulho de se ter como amigo. Ao final, comemoração dupla: o amigo de todas as horas, Donizeti Manzini, também aniversariante do mesmo dia, compartilhou o ‘Parabéns’ e o bolo.

bens - Alemão

O casal 1000 Ru

- de Almeida e

Alemão e Manzini cortando o bolo irmãmente

Rose

Os aniversariantes empolgados ao ouvirem o ‘Parabéns a Você’ O vice-prefeito Antonio Luiz Caldas Júnior e Daniela Silva ladeando o aniversariante

Alemão com o deputado federal Milton Monti e o prefeito de São Manuel, Marcos Monti

O prefeito João Cury Neto entre Alemão e Rose

O casal com a familia - Fernanda com José Semensati Neto, Franceli Carolina com Luna de Almeida Pires e Flávia Cristina com Ana Clara de Almeida Projante

Alemão com o casal Lucélia e Ednei Carreira

Aline, Vera e Donizeti Manzini, Alemão, prefeito João Cury Neto e Rose de Almeida


cmyk

Social

07 a 13 de junho de 2013

B5

ApparEnza l ApparEnza l ApparEnza l ApparEnza l ApparEnza l ApparEnza l ApparEnza

Luiz Roberto de Oliveira e Rubens de Almeida

Alemão e Rose com Aparecida e Natal Marioto

José Nelson Moreira, Alemão e Vanderlei dos Santos

Celso Vieira e Pasqual Barreti com Alemão

Edmundo Paganini, Alemão e Rabib Neder

A avó coruja Rose com Luna e Franceli Carolina

João Chavari e Edna com Carlos Winckler

Aline Manzini, Marcos Monti, Pasqual Barretti, Milton Monti, Donizeti e Vera Manzini

André, Uguaraci Gomes de Araujo, Antonio da Costa Neto e Celso Olindo

Beti Pereira, Kim Garcia, prefeito João Cury Neto e Solange Prearo

Francisco Martucci, Domingos Chavari Neto, José Antonio Foganholi e José Eduardo Godinho

Flávia e José Roberto Pereira com o herdeiro Bebeto Filho

Rose Fernandes e Valquiria Bazzo

Alemão e os ‘poderosos’ João Cury Neto, Milton Monti, Fernando Cury e Marcos Monti

Rose e Alemão com seu maior tesouro - os netos Ana Clara, Luna e Neto


Divulgação

B6

Futsal Sub-20 da AAB empata fora de casa

A equipe sub-20 da Associação Atlética Botucatuense (AAB) conseguiu um bom empate atuando em Dracena e conseguiu um bom empate: 3 a 3. Este foi o segundo compromisso da AAB pelo Campeonato Paulista do Interior e também o segundo empate. O jogo for marcado pela boa atuação dos goleiros, Matheus (AAB) e Vitor (Dracena), que impediram um placar mais elástico. Foram, inclusive, escolhidos os melhores jogadores em quadra por uma emissora de rádio local. O próximo compromisso do alvinegro botucatuense será no dia 13, às 17 horas, em Bebedouro, novamente fora de casa.

Esporte 07 a 13 de junho de 2013

Botucatuense conquista vaga para disputar o Mundial de Atletismo Máster Luiz Fernando

O

Mateus esteve na 12ª edição do Troféu Brasil Máster de Atletismo e conquistou duas medalhas

botucatuense Antônio Luis Pinto Mateus, de 50 anos de idade, obteve excelente desempenho na12ª edição do Troféu Brasil Máster de Atletismo, disputado entre os dias 1 e 2 de junho na pista do Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, no Ibirapuera, São Paulo. Competiram 635 atletas em diferentes modalidades representando vários estados brasileiros, sendo considerado este o maior evento

Goleadoras

interclubes do atletismo máster brasileiro. Treinado pela professora Silmara Izidoro Modesto e competindo na categoria 45 a 50 anos, Mateus conseguiu dois resultados expressivos e garantiu seu lugar no pódio. Foi medalha de prata nos 100m rasos e bronze nos 200m rasos. “O resultado foi muito bom, principalmente em razão de eu ter sofrido uma contusão, treinado pouco e competir com os melhores atletas do País”, disse Mateus, que

se prepara para o maior desafio de sua carreira no atletismo. “O resultado em São Paulo me credenciou para disputar o Campeonato Mundial de Máster que acontece no mês de outubro, em Porto Alegre/RS. Estou orgulhoso em representar minha Cidade e o meu país e a meta é subir no pódio. Vou treinar muito para isso”, disse o atleta que na 2ª quinzena de agosto volta ao Ibirapuera para competir no Festival

de Veteranos. Não bastasse isso, já está convocado pela professora Silmara Modesto para representar Botucatu nos Jogos Regionais deste ano, na prova dos 4X100, onde irá disputar com atletas bem mais jovens que ele.

Mateus competiu em São Paulo com os melhores atletas do País

Handebol feminino continua colecionando vitórias

Jogando em casa, no ginásio de esportes da Escola Municipal “Professor Luiz Tácito Virgínio dos Santos”, em Botucatu, em mais uma rodada da fase classificatória do campeonato da Associação Regional, a equipe de handebol adulto feminino enfrentou os selecionados da cidade de Itatinga e de Várzea Paulista. No primeiro jogo as botucatuenses venceram

as meninas de Itatinga pelo placar de 32 a 27 (14/13) com gols marcados por Gabriela Maceri (9), Coxinha (8), Jéssica (5), Raquel (3), Lara (3), Ana Paula (2), Ana Laura e Gabriela Vasconcelos. Na segunda partida, jogando contra Várzea Paulista, o selecionado local não encontrou dificuldades e também venceu. O placar da partida foi de 35 a 12

(17/06) com gols marcados por Raquel (8), Coxinha (8), Jéssica (7), Ana Laura (3), Lara (3), Ana Paula (2), Sarah (2), Gabriela Maceri e Gabriela Vasconcelos. Sob comando do técnico Professor José Nelson a equipe botucatuense contou com as atletas Raquel, Marie, Gabriela Vasconcelos, Gabriela Maceri, Sarah, Jéssica, Ana Laura, Renata, Lara, Ana Paula,

Divulgação

Coxinha, Marjorie, Natasha e Gabriela Barreiros. Vale lembrar que as equipes de handebol da cidade de Botucatu são formadas por atletas vindos dos Projetos Sociais desenvolvidos pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, e com parceria técnica da Associação Botucatuense de Handebol.

Nosso e-mail: zeairtonamorim@bol.com.br

=ASSOCIAÇÃO DOS BANCÁRIOS BOTUCATU= Nesta foto do século passado temos a imensa satisfação de recordar aquela domingueira futebolística em que envergando o tradicional uniforme futebolístico da SAT (Sociedade Amigos do Tanquinho) a moçada bancária daquela época, representando a equipe da ASSOCIAÇÃO DOS BANCÁRIOS DE BOTUCATU, posava assim alinhada: DE PÉ: CELSO TONIN – CARRIEL – ARTUR SIMÕES – PONICK – GUERRA – CHICO ROMANHOLI – MOACIR AMARAL – WILIAM GUERRA... ABAIXADOS: TEIXEIRINHA – PAULO CAPELLUPE – LALÁ BRADESCO – PAULO XIXA – CARLOS FAVARO... Alguns desses amigos já nos deixaram e descansam em Paz...

EPÍLOGO

“Eu tenho o físico de um atleta! Ou sumô não é esporte?”

NOSSO ESPORTE NOSSA GENTE

BOMBINHA era seu apelido na infância; quando amadureceu virou CANHÃO, pois era dono de um portentoso chute com ambas as “canetas”, um verdadeiro petardo que era o terror dos arqueiros da época. NARDÃO era nosso goleiro, negão alto, forte e marrudo não levava desaforo pra casa e suas “peripécias” na meta eram contadas em prosa e verso. Foi na decisão por pênaltis de um torneio lá no Pasto Véio que se enfrentaram pela primeira vez e tudo aconteceu: Bola na “marca do cal”, vem CANHÃO e pimba... Lança um bólido de pé direito que vai direto pegar na testa do NARDÃO que já havia dado uns “tapas no beiço” para acalmar os nervos; a redonda sobe e sai pela linha de fundo, NARDÃO rodopia e cai desmaiado. Após uns dez minutos de muita massagem e esfregação recobra os sentidos e ainda meio atordoado, mas sem perder a panca, lança lá: Com o NEGÃO aqui é assim mesmo, chutinho desses quando não dá para encaixar defendo de cabeça”... Durma-se com um barulho desses...


Divulgação

Botucatu já vacinou 23 mil contra a gripe

Em Botucatu, a 15ª Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe (Influenza), promovida pelo Ministério da Saúde em parceria com os governos estaduais e municipais, já imunizou mais de 23 mil pessoas, o que corresponde a aproximadamente 72% do público-alvo. A meta é imunizar no mínimo 80% dos grupos prioritários. A campanha é voltada às gestantes, aos idosos com 60 anos ou mais, às crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 2 anos, profissionais da saúde e povos indígenas. Neste ano, além dos grupos prioritários, foi dada abertura para vacinação de mulheres no período pós-parto (até 45 dias) e pessoas com doenças crônicas.

Botucatu inicia a campanha de vacinação contra a poliomielite Imunizadas pode ser feita de segunda a sexta-feira das 8 às 17 horas nas Unidades Básicas de Saúde Botucatu inicia nesse sábado a Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite (paralisia infantil), destinada às crianças com mais de seis meses e menos de 5 anos. Em Botucatu, a meta é imunizar 7.570 crianças nesta faixa etária. Para receber a dose da vacina, que será

aplicada em gotinhas, basta procurar a unidade de saúde mais próxima, levando a carteira de vacinação da criança. A Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite segue até dia 21 de junho. As crianças poderão ser imunizadas de segunda a sexta-feira, das

Geral

07 a 13 de junho de 2013

Receberão a vacina apenas as crianças maiores de seis meses

vírus da poliomielite ainda circula em países da África e da Ásia, é fundamental que todas as crianças menores de cinco anos sejam imunizadas. A poliomielite

é caracterizada por febre, mal-estar, cefaleia e pode causar paralisia. A vacina é segura e os efeitos colaterais são extremamente raros.

Lacuna

Mercado de trabalho

Organizadores comemoram sucesso de Ciclo de Palestras

Divulgação

Evento objetivou levar informações sobre temas diversos

O auditório da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA), na Fazenda Experimental Lageado, recebeu a primeira edição do ciclo de palestras Pró-líder Ação. Evento teve como objetivo levar informações sobre temas como liderança, inovação, motivação e gestão empresarial a estudantes, professores, servidores e todos os interessados em alcançar sucesso no mercado de trabalho. O Pró-líder Ação também foi concebido como uma oportunidade para aproximar a universidade

8 às 17 horas, em todas as Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Saúde da Família da Cidade. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde a novidade neste ano é a mudança da faixa etária abrangida pela campanha. Receberão as doses em gotas da vacina Sabin ape-

nas as crianças maiores de seis meses. Além da vacina contra a poliomielite, os pais ou responsáveis que levarem a caderneta de vacinação de seus filhos em algum dos postos poderão aproveitar para atualizar as doses de outros tipos de vacina que estejam em atraso. O Estado de São Paulo não registra nenhum caso de paralisia infantil desde 1988. No entanto, como o

Divulgação

B7

do mercado de trabalho, além de desenvolver habilidades de liderança para os profissionais participantes e preparar os jovens para a abordagem de mercado. O público de quase 80 participantes, formado principalmente estudantes da Unesp de Botucatu, mas com a participação de servidores técnico-administrativos, profissionais e estudantes da Unesp de Sorocaba, acompanharam as palestras e as mesas redondas que permitiram um debate mais aprofundado sobre os temas discutidos.

PS Pediátrico será entregue à população A re a b e r t u ra d o “Hospital do Bairro” (antigo Hospital Sorocabana) que abrigará o Pronto-Socorro Pediátrico denominado “Professor Dr. Antonio de Pádua Campana”, vai suprir uma lacuna que existe em Botucatu há muitos anos. A gestão será uma cooperação mútua entre Poder Público Municipal, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) e Fundação para o Desenvolvimento Médico Hospitalar (Famesp). O Pronto Socorro Pediátrico conta com sete consultórios; entradas independentes para os casos de emergência e

Divulgação

Unidade vai suprir uma lacuna que existe há muitos anos

sala de espera para aproximadamente 100 pessoas; salas de procedimentos/ enfermagem, observação e raio-x; corredores distintos para funcionários e pacientes (anti-sala); quartos para médicos plantonistas; cozinha; e sanitários adaptados. Ainda contará com

sete leitos de observação sob a supervisão do Departamento de Pediatria da FMB, que disponibilizará diariamente dois médicos de plantão 24 horas. Os pacientes com quadros menos complexos serão atendidos no novo PS Infantil e os mais graves en-

caminhados ao Hospital das Clínicas. Mas o antigo Hospital Sorocabana não irá abrigar apenas um Pronto-Socorro Pediátrico. No andar superior, onde já funcionam a parte de oftalmologia, ultrassonografia e raio-x, haverá um posto de coleta de exames, 14 leitos de retaguarda pediátrica, além de outros serviços, que gradativamente serão reabertos à população. “Estamos estudando a melhor forma de ocupar algumas alas e o centro cirúrgico”, diz o secretário municipal de Saúde, Claudio Lucas Miranda.

Grande performance

Alunos são premiados em Circuito Regional da Apae A cidade de Lençóis Paulista sediou mais uma etapa do Circuito Regional da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), competição paradesportiva para jovens e adultos com necessidades especiais, atendidos em instituições especializadas. Botucatu foi representada no evento por dez assistidos do Centro de Integração de Educação Especial para Jovens e Adultos (Cieeja) e dois alunos da E.E. “Nair Peres Sartori”. Todos foram acompanhados pela coordenadora Eunice Ruiz Pedro e pelo cuidador Cláudio Lisias Arvarado Correa.

Segundo o professor de Educação Física, Fábio Gasparini Martinson, que faz o treinamento e acompanhamento dos atletas, os alunos se saíram muito bem nas provas. “Todos tiveram uma excelente performance, principalmente se levarmos em conta que praticamente não houve tempo hábil para treiná-los adequadamente”, afirmou. Os atletas premiados foram: Elisabete Cristina da Silva (Cieeja) – terceiro lugar em arremesso de dardo; Jéssica Luiz Pires Dutra (Cieeja) – segundo lugar em corrida adaptada feminina com auxílio; e Wilson Tarso

Divulgação

Botucatu foi representada no evento por dez assistidos Cieeja

Kumati (cieeja) – segundo lugar em corrida adaptada masculina com auxílio. Além desses resultados, os dois alunos da escola Nair Peres Sartori, obtiveram a seguinte classificação: Leonardo Geiser

Barbosa Grande - quarto lugar em arremesso de pelota; e Alan Felipe da Silva Martins - quinto lugar em corrida para síndrome de down. Todos os demais receberam medalhas pela participação.


B8

cmyk

Destaque

07 a 13 de junho de 2013

Francisco Mar

ins

milhões de livros em quinze idiomas

D

escendente de tropeiros e plantadores de café, o escritor Francisco Marins nasceu em Pratânia a 23 de novembro de 1922. Ao longo de sua carreira literária vendeu mais de cinco milhões de livros, traduzidos em quinze idiomas e é o único escritor brasileiro a participar da coleção européia Delphin, que reúne os clássicos de literatura juvenil de todo o mundo. Aos 11 anos escreveu (a quatro mãos com Hernani Donato – amigo e escritor, que faleceu no ano passado) o romance infantil O Tesouro, publicada em capítulos no suplemento literário de um jornal dos Diários Associados. Desde então não parou mais e construiu um rico acervo de obras

literárias. É autor da série de livros infanto-juvenis sobre o sítio Taquara-Póca, assim como de romances de caráter histórico, tendo por cenário o interior do Brasil durante a época de seu desbravamento. Formulou a idéia de contar em seus livros sobre a vida do interior e, também, sobre a epopéia de integrar o território, as passadas sertanistas, as bandeiras, a lenda dos Martírios, bandeirismo, bandeiras fluviais, Expedição Langsdorff, etc. Hoje aos 90 anos de idade, com uma lucidez que impressiona e uma memória prodigiosa, é membro da Academia Paulista de Letras, dono da cadeira nº 33. Atuante na cultura da Cidade, com seu Convivium “Es-

paço Cultural Francisco Marins”, uma biblioteca com mais de 12.000 volumes (fundada em1984) destinada a estudiosos interessados em cultura, com amplo documentário histórico sobre a região. Criou o Clubinho Taquara-Póca, no Vale do Sol, Botucatu, destinado a incentivar a defesa da natureza, dos animais e do eco-sistema. Responsável pela divulgação em plano nacional do mito do curupira, um anão de cabelos compridos e vermelhos, protetor das matas e dos animais, cuja característica principal são os pés virados para trás para despistar seus perseguidores. Marins formou-se em 1946, pela Faculdade de Direito de São Paulo e,

Presidente da Academia Paulista de Letras em dois mandatos, presidente Emérito em 2003, dirigiu por 17 anos a revista Academia Paulista de Letras e incentivou a coleção de obras pela mesma editada. Representou a durante o curso jurídico foi diretor da Revista Arcádia e Presidente da Academia de Letras da mesma. Foram seus contemporâneos na Faculdade os futuros confrades da Academia: Israel Dias Novaes, Lygia Fagundes Telles, Leonardo Arroyo, Péricles Eugênio da Silva Ramos, Rubens Teixeira Scavone, Célio Debes, Paulo Bomfim e José Altino Machado. Difícil enumerar todas as obras de Francisco Marins e destacar sua importância na literatura brasileira e os prêmios e homenagens que recebeu. Seu estilo contribuiu para que se tornasse um dos escritores mais notáveis e lidos, não apenas por suas características regionais folclóricas, mas,

entidade em colóquios no Brasil e em Portugal sobre a reforma ortográfica da língua portuguesa, grupo Antonio Houaiss e em várias reuniões sobre estudos pela unificação do idioma, nas áreas de lusofonia.

principalmente, por bem retratar o homem brasileiro, em seus constantes desafios e confrontos de sobrevivência, afirmação e contato com a natureza. Sobre os livros de Marins já opinaram anteriormente de forma elogiosa os escritores e críticos: Jorge Amado e Zélia Gattai, Antonio Houaiss, Carlos Drumond de Andrade, Wilson Martins, Massaud Moisés, Lourenço Filho, Peregrino Junior, Valdemar Cavalcanti, Fábio Lucas, João Alves das Neves, Antonio D’Ellia, Leonardo Arroyo, Lúcia Sampaio Góes, Maria do Rosário Longo Moratti, Claudete Cameshi de Souza, entre outros. Série Taquara Póca - Nas Terras do Rei Café;

Grotão do Café Amarelo; Os Segredos de Taquara-Póca; O Coleira Preta; Gafanhotos em Taquara-Póca Série Vagalume - A Aldeia Sagrada; O Mistério dos Morros Dourados; A Montanha das Duas Cabeças; Em Busca do Diamante; Viagem ao Mundo Desconhecido; Canudos; O Sótão da Múmia. Série Roteiro dos Martírios - Expedição aos Martírios; Volta à Serra Misteriosa; O Bugre do Chapéu de Anta; Verde era o Coração da Montanha; Território dos Bravos Romances - Clarão na Serra; Grotão do Café Amarelo; ...E a Porteira Bateu!; Atalho Sem Fim; O curandeiro dos olhos em gaze

Marins também teve o sítio Taquara Póca transformado em peça teatral e participou no carnaval de rua de Botucatu sendo homenageado pela Escola de Samba Unidos de Última Hora/BTC, no carnaval de 1992. Com letra e música de Quico Cuter e o próprio Marins no carro alegórico que caracterizava o Sítio Taquara Póca, a escola foi campeã daquele ano.

Unidos nas terras do rei café É hora de confete e serpentina E muito samba no pé Chegaram Pierrot e Colombina Nas Terras do Rei Café No colorido das alegorias No ressoar dos tamborins Vamos conhecer as obras Do nosso Francisco Marins E o som da bateria Que não para um só instante Vai acabar qualquer dia Acordando o gigante

Ao mundo desconhecido, vou viajar No território dos bravos passar Com pioneiros no clarão da serra O café amarelo plantar Mas é em Taquara-Póca Que eu quero viver Com quem me sufoca De tanto prazer Quando o sol nasce na serra Canta alto o meu sabiá Nas matas dessa serra Do bugre e do Anhangá Onde vive o Curupira O bugio e o Boitatá Fotos David Devidé

Marins é o principal incentivador do Hospital do Câncer de Botucatu e tem trabalhado junto a diferentes autoridades e instituições para consolidação do projeto

Leia e assine

Ligue: 3815-5339

Ed 09  
Advertisement