Issuu on Google+

páginas 16, 17 e 18

DESAFIO AOS LEITORES

Joaquim Dâmaso

AS PRIORIDADES DO CONCELHO DE OURÉM

ELEITORES EXIGEM O PRESIDENTE RESPONDE Publicidade

REGIÃO DE LEIRIA

UMJORNAL JORNALCOMPLETO COMPLETO UM pág. 03 pág. 06 pág. 10 pág. 19 pág. 25 pág. 30 pág. 32 pág. 35 pág. 37 pág. 39 pág. 42 pág. 44 pág. 47 pág. 49

Semanário 8 de Janeiro de 2010 Sexta-feira Ano LXXIV • N. 3799

> PRAÇA PÚBLICA > ABERTURA > LEIRIA > REGIÃO > NEGÓCIOS > DESPORTO > CULTURAS > BRUXINHA > TV > SAÚDE > EMPREGO > IMOBILIÁRIO > CLASSIFICADOS > NECROLOGIA

1,10 Euro

(IVA 5% incluído)

FUNDADOR

José Baptista dos Santos DIRECTOR

Francisco Rebelo dos Santos DIRECTOR EXECUTIVO

João Carreira

PORTE PAGO

| 2 4 4 81 8 819 9 95 950 5 0 Te T Telefone e le e fo o ne e · 244 8 812 12 8 895 95 5 Fax · Rua D. Carlos I, 2-4 · 2 415-405 Leiria - Gare · Apar t. 102 · 2 416 -759 Leiria · w w w.regiaodeleiria.pt |

A “MODA” DAS SEPARAÇÕES E OS ENLACES QUE JÁ DURAM HÁ MEIO SÉCULO

CASAMENTOS & DIVÓRCIOS páginas 6,7 e 8

DIRECTOR POR UMA EDIÇÃO D. António Marto Bispo de Leiria-Fátima

F Editorial 1. “Seja bem vindo a esta classe, senhor bispo! Sinta-se em sua casa”. Assim fui acolhido ao entrar nas instalações do REGIÃO DE LEIRIA. Palavras confortantes para quem encarava com algum receio esta experiência nova de dirigir um jornal, mesmo que apenas por uma edição. O convite foi feito como sinal de reconhecimento à Igreja pela sua responsabilidade social própria sem temer o confronto de ideias ou de interesses particulares. Aceitei a proposta como gesto de reconhecimento >>> continua na página 5

Ano Novo Primeiros quatro bebés de 2010 são todos meninas

Política Sócrates e ministros percorrem distrito no fim-de-semana

Leiria Autarquia aprova plano de combate à corrupção

página 11

última

página 13


2

clubedoleitor frases da

D

Região de Leiria

Escreva-nos para:

8 | Janeiro | 2010

REGIÃO DE LEIRIA - Clube do Leitor, Rua D. Carlos I, 2-4, 2415-405 Leiria Gare. Ou então use o email: clubedoleitor@regiaodeleiria.pt. As cartas, fotos ou artigos remetidos a esta secção, incluindo as enviadas por e-mail, devem vir identificadas com o nome e contacto do autor. O REGIÃO DE LEIRIA reserva-se o direito de seleccionar e eventualmente reduzir os originais. Não se devolvem os originais dos textos, nem fotos.

foto-denúncia

semana

r Assistimos hoje a uma poderosa operação de branqueamento do fascismo”

Jerónimo de Sousa

secretário-geral do PCP, em Peniche, por ocasião do 50º aniversário da fuga de presos políticos do Forte de Peniche

Candidato-me [à concelhia do PSD de Leiria] para limpar aquilo que os outros sujaram”

José António Silva

presidente da Comissão Política Concelhia do PSD de Leiria

SMS

962 108 739

O REGIÃO DE LEIRIA dedica agora este espaço à opinião mais “espontânea” e mais célere dos leitores. Agora pode enviar as suas opiniões por SMS para o número de telemóvel 962 108 739. A mensagem deve incluir o nome e a localidade, sendo publicada no site e na edição seguinte. É que a sua opinião… conta!

“Já é tempo de reparar a Estrada Nacional que atravessa a freguesia de Amor, Leiria. As obras parecem ter acabado há muito, mas o piso está cada vez pior”.

Circular em algumas ruas da velha Leiria nesta altura do ano oferece os seus perigos, dado o péssimo estado de conservação dos imóveis. Veja-se este exemplo, na Rua Mestre de Avis, em Leiria. O imóvel, junto à Praça Rodrigues Lobo, está identificado e até tem protecção, mas quem passa no local verifica que não é suficiente. Recentemente, pedaços da parede voltaram a cair na via pública.

Armadilhas na Estrada dos Guilhermes Nos últimos anos, e por motivos de ordem profissional, tenho-me deparado com uma situação que se tem vindo a repetir com alguma frequência, já que diariamente percorro cerca de 30 quilómetros para chegar ao meu local de trabalho, mas até aqui nada de novo, pois não é a distância que me preocupa, mas sim uma parte do percurso que faço, mais concretamente a Estrada dos Guilhermes em direcção à Zona Industrial. Este é um percurso muito “sinuoso”, por

entre buracos eternamente abertos, que aparentemente foram “tapados com alcatrão”, mas que após uma pequena chuva se tornam em autênticas armadilhas, contribuindo para danos não só nos pneus do carro, mas igualmente nas sus-

pensões. Aliado a esta situação, verifica-se ainda a falta de iluminação, isto porque, e após uma passagem de nível com guarda, ficamos completamente entregues ao nosso sentido de orientação, já que a ausência de iluminação e de marcação na estrada deixa aos condutores o livre arbítrio de decidir qual a faixa mais adequada. Porém, é importante denotar que existe traçado em dois locais desta estrada, sendo estes, respectivamente, a ponte que passa por cima da A8 e o acesso à

mesma, factor este que me leva a supor que neste percurso o único traçado importante e digno de registo será o acesso à A8, menosprezando assim uma entrada num concelho dedicado à indústria. Perante as minhas peripécias neste traçado, deixo aqui esta chamada de atenção para que neste novo ano que agora iniciou, alguém de direito pense neste assunto e consiga encontrar uma solução! Leitor devidamente identificado Porto de Mós

MD

Monte Real, Leiria

“A Câmara de Leiria desfez a obra feita no Largo Cónego Maia e repôs duas faixas para a circulação automóvel. Mas o caos permanece. Os condutores teimam em estacionar onde é proibido na Rua Capitão Mouzinho de Albuquerque”.

Cristina Lopes Leiria

p Cantinho dos bichos O cão na fotografia ao lado desapareceu na Estrada da Estação, em Leiria, há cerca de dois meses. De raça indefinida e de porte médio, tem pêlo curto e castanho e é assustadiço. Possui chip pelo que os donos agradecem quaisquer informações sobre o seu paradeiro junto da Associação Protectora de Animais da Marinha Grande, através dos telefones 919 737 733, 962 327 765 ou 965 361 249.

Suécia “vai ter” Alta Velocidade A propósito do artigo “Os suecos são uns desgraçados: não têm TGV!”, publicado na edição de 31 Dezembro de 2009 por José Vitorino Guerra, foi com alguma estranheza e indignação que li sobre um assunto que claramente o autor não domina e aumenta o ruído mentiroso em tor-

no duma questão bastante sensível que é a discussão sobre a Alta velocidade em Portugal. Se o direito à livre opinião é inegável, o mesmo já não acontece quando falsas informações são veiculadas. A Suécia terá num futuro próximo composições

de Alta Velocidade. Existe já uma rede de pendulares que circula a velocidades medias de 200 km/h, mas neste momento, e já desde 2005, que circula em testes o Gröna Tåget (Comboio Verde) com velocidades a rondar os 300 km/h. Ao autor deste artigo, resta-me responder que

uma rápida pesquisa pelo Google seria suficiente para evitar estes erros, a menos que houvesse uma intenção política de intoxicar a informação, situação na qual não quero acreditar devido à sua gravidade. Rodrigo Cruz Dourado Lisboa

A minha derradeira homenagem Foi com profunda tristeza que, no dia 26 de Dezembro, participámos nas cerimónias fúnebres pelo senhor Manuel Crespo dos Santos, na capela de Moita da Roda, Souto da Carpalhosa, Leiria, que faleceu aos 72 anos de idade no Hospital de Santo André, vítima de doença prolongada. As cerimónias foram celebradas com missa de cor-

po presente pelos padres, seus conterrâneos, Vergílio e Barreirinhas, que fizeram questão de darem os seus testemunhos acerca da figura de Manuel (...). O segundo testemunho coube ao responsável da comissão da capela local, que afirmou que o Manuel foi um dos primeiros na comissão que idealizou e concretizou a construção da referida capela e que a comuni-

dade local lhe devia gratidão por vários motivos. (...) Ficou provado que Manuel Crespo dos Santos era de facto uma pessoa de fino trato e socialmente colaborador nas obras sociais da localidade. Que ao longo da sua vida manteve sempre os mesmos ideais: espírito de fraternidade e solidariedade com o próximo, que nos foram incutidos na Escola Católica do Souto da

Carpalhosa que ambos frequentámos. Quanto a mim, resta-me recordar o Manuel, com a certeza de que ele terá merecido um bom lugar para além do tempo, e retirar dele o exemplo, a forma calma e serena que ele sempre demonstrou ao longo da sua doença grave, durante alguns anos. Luís de Jesus Sobreira Moita da Roda, Leiria


3

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

praçapública Telegrama

Cortar a direito

Atitudes exemplares

Regionalizar Fiquei satisfeito por ter ouvido o primeiro-ministro a anunciar que o PS pretende avançar com a regionalização do país, mas com recurso ao referendo. Só não se compreende porque é que a legitimidade do Governo serve para sustentar a legislação dos casamentos entre pessoas do mesmo género e não serve para a regionalização. E escrevo novamente sobre este tema porque acompanhei nas últimas semanas o trabalho efectuado pelo Governo Civil de Leiria, após os dias de tempestade que se abateram sobre o Oeste. Não poderia deixar de elogiar o senhor Governador e o adjunto Jorge Sobral, que acompanhou de muito perto todas as situações de “calamidade”, comprovando que a proximidade do poder é possível, fácil e desejável, nesta e em muitas outras situações. Pena é que a regionalização

tenha sido apenas matéria de discussão eleitoral e que nunca os partidos tenham chegado a um acordo político que evite a discussão bairrista junto da opinião pública. Seria fundamental que a nossa “região”, Leiria e Oeste, se preparasse convenientemente para este debate que irá surgir ainda em 2010, demonstrando capacidade de organização e maturidade política, dando um exemplo de competitividade ao país. O importante será conseguir congregar as principais instituições da região, e abrir o debate à população. Nada seria pior do que termos um mapa feito a régua e esquadro por alguém da Capital.

José Parreira

Portugal 3D José Manuel Silva www.campolavrado.blogspot.com

Com a revolução do 25 de Abril de 1974, Portugal confrontou-se com três desafios – democratização, descolonização e desenvolvimento. Volvidas 3 décadas, a política portuguesa contínua sob o signo do 3D, agora – desemprego, défice (contas públicas) e dívida (externa). O desafio é claro, responder com soluções aos 3D, sob pena de o país continuar a patinar num ciclo de empobrecimento, que ninguém sabe onde poderá chegar, nem quais as consequências. Para ultrapassar as dificuldades são necessárias soluções políticas, mas a dimensão do problema, não hipotecar o futuro do país, não pode ser deixado apenas aos políticos, é tarefa de todos.

assessor autárquico jparreira@oestedigital.pt

sido incansável e, no espaço de poucos dias, veio três vezes ao Oeste para reunir cara a cara com os clientes naturais do seu ministério: os agricultores. Juntam-se também neste processo os autarcas. A serenidade e a firmeza com que têm reagido às adversidades trazidas pelo temporal de má memória contribuíram para a resolução muito mais rápida dos problemas sentidos pelas respectivas comunidades. Não se assistiu a discursos lamechas e a aproveitamento político-partidário sem sentido. Tal como a pronta acção dos bombeiros, conclui-se que todos estiveram à altura desta crise. Assim faz sentido a Paulo Ribeiro política. jornalista paulo.ribeiro@alvorada.pt

Amanhã será outro dia

Eu penso que...

Aparição de final de ano Na minha vida andei poucas vezes de comboio. Morei a maior parte dela numa aldeia na serra onde o comboio não passaIrene Cordeiro va, mais tarde fui estudar para professora Coimbra e fazia as minhas viairenecordeiropereira@hotmail.com gens no Expresso da Rodoviária Nacional. Um dia, logo no início da minha vida de estudante, resolvi vir de Coimbra para Leiria de com...para boio, convencida que, se o autocarro demorava uma hora de Leimim foi ria a Coimbra, demoraria menos quase de comboio. Nem perguntei nada mágico, a ninguém, meti-me no comboio aquele e pedi à minha mãe para me escomboio, perar em Leiria daí a uma hora. Ela desesperava em Leiria, (não aquelas luzes nas havia telemóveis nessa altura) e eu perdida algures nuns campos carruaà espera duma ligação vinda não gens onde sei donde. Demorei três horas a por certo chegar a Leiria. Andei mais uma vez de comiriam pesboio, nos tempos da EXPO 98, soas na com os meus filhos para os fazer direcção experimentar um meio de transde festan- porte diferente. ças... No entanto, no meu imaginário, o comboio foi sempre um meio de transporte místico, e foi com muita pena que não o utilizei

As negociações mantidas entre o Ministério da Agricultura e as organizações sócioprofissionais hortofrutícolas oestinas têm sido exemplares e espelham um elevado grau cívico que, infelizmente, não é frequente no país. Assolada por um temporal que destruiu grande parte do sector produtivo hortícola em vários concelhos do Oeste, os apoios do Estado e a celeridade que o Governo pretende imprimir neste processo provam que é possível conciliar diferentes pontos de vista quando está em causa o interesse público. A concessão de um apoio a fundo perdido que cobre metade dos prejuízos e a concessão de uma linha de crédito com dois anos de carência e juros próximos do zero foram propostas muito bem recebidas pelos produtores agrícolas. O ministro António Serrano tem

amiúde, sobretudo em viagens longas, ao estrangeiro, ao estilo de Expresso do Oriente. Tanta conversa de comboios a propósito de quê? Perguntará o leitor. Para falar do TGV? Não!! Estava eu posta em sossego, na última noite do ano, no Alentejo profundo, algures num monte da Serra do Caldeirão, quando ouço um barulho estranho. Vou à janela e avisto ao longe o comboio a passar, com as luzes das carruagens acesas. Fiquei extasiada, mesmo! Se calhar não compreenderão tanto êxtase, se calhar têm o comboio perto da porta, como aconteceu a quem estava comigo à porta de quem passa o comboio, mas para mim foi quase mágico, aquele comboio, aquelas luzes nas carruagens onde por certo iriam pessoas na direcção de festanças e brindes de fim de ano, no meio dos escuros e silenciosos montes alentejanos. Foi quase uma aparição, tenho falado nisso várias vezes, para gozo de alguém. Por vezes, estamos tão habituados às coisas e às pessoas que lhes desapercebemos os encantos, as rotinas ocupam os espaços destes.

Ganhar e perder

Susana Carvalho professora scsusanacarvalho@gmail.com

Não cabe à oposição pôr em prática as promessas dos que agora governam. A cada um o seu papel, quem ganhou, bem ou mal, deve governar.

Com repetidas promessas de mudança, Leiria e algumas freguesias acordaram no dia 12 de Outubro do ano passado sob governo socialista. No caso da minha freguesia, Marrazes, uma maioria relativa do PS, mais 303 votos que o PSD, levou a presidente eleita a optar por estabelecer uma coligação com a CDU. No passado dia 29 de Dezembro realizou-se a primeira Assembleia de Freguesia ordinária. Foi extraordinária. Para além do executivo ter demonstrado um desconhecimento total da realidade da freguesia, foi preocupante a percepção da incapacidade demonstrada, uma vez que, em dois meses, não conseguiram, sequer, determinar com exactidão a situação financeira da junta, matéria bem conhecida da, agora, oposição. Acresce que tentaram apresentar e discutir documentos que ferem princípios do POCAL, por isso ilegais. A dimensão de Marrazes não permite umas simples “contas de merceeiro”, não se pode confundir a gestão da autarquia com meras contas de Deve e Haver. Ou tão simplesmente ter sido eleito na esperança de dispor de um

saco de dinheiro que se fosse gastando à medida do necessário. Os Marrazes merecem uma gestão capaz, moderna e profissional, com visão de futuro, e que continue a encontrar as verbas necessárias para o que está a ser feito e para o que ainda terá que fazerse. Não é natural que os próprios deputados de freguesia do PS e elementos do público conotados com esse partido viessem pedir, no fim, à oposição que ajudasse o executivo para que consigam governar. É aqui que as escolhas, cerne da democracia, se reflectem. As eleições não são só ganhar ou perder, são muito mais do que isso. Não cabe à oposição fazer o que os que ganharam as eleições não conseguem fazer. Não cabe à oposição pôr em prática as promessas dos que agora governam. A cada um o seu papel, quem ganhou, bem ou mal, deve governar. Quem perdeu deve fazer oposição, construtiva, mas oposição! E é cumprindo o seu papel que a oposição “ajuda” a governar. Os eleitores cá estarão, daqui a quatro anos, para julgar.


4 PRAÇA PÚBLICA | OPINIÃO

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

Tempo incerto DIRECÇÃO Director Francisco Rebelo dos Santos (C.P. TE nº 421) francisco.santos@regiaodeleiria.pt

Director Executivo João Carreira (C.P. nº 3139) joao.carreira@regiaodeleiria.pt

REDACÇÃO Editor Coordenador João Paulo Silva (C.P. nº 3299) (joao.silva@regiaodeleiria.pt)

Redacção: Carlos S. Almeida (C.P. nº 2830), Cláudio Garcia (C.P. 5104), Manuel Leiria (C.P. nº 4159), Marina Guerra (C.P. nº 8516), Mário Rui Nicolau (C.P. nº 4997), Martine Rainho (C.P. nº 2609), Paula Sofia Luz (C.P. nº 2579) e Sandra Mesquita Ferreira (C.P. nº 8858).

Fotografia: Joaquim Dâmaso (C.P. nº 5613). Correspondentes locais: Armindo Vieira (C.P. nº 6771) e Artur Ledesma (C.P. nº 2140).

Colaboradores e Cronistas Carlos André, Feliciano Barreiras Duarte, Edgar de Carvalho, Helena Vasconcelos, Irene Cordeiro, João Paulo Marques, João Paulo Pedrosa, José Manuel Silva, José Parreira, Leonel Pontes, Olímpio Pereira, Paulo Ribeiro, Pedro Neto, Sérgio Claro, Sílvia Alves (editora d’A Bruxinha), Sílvia de Oliveira e Susana Carvalho.

DEPARTAMENTO COMERCIAL Directora: Alda Moreira alda.moreira@regiaodeleiria.pt publicidade@regiaodeleiria.pt

Gestores de Cliente: Ana Paula Gomes, António Cardoso, João Agrela, Lúcia Alves, Luís Vieira, Margarida Cordeiro, Maria do Carmo Rebelo e Sandra Nicolau.

DEPARTAMENTO GRÁFICO Coordenadora: Cristina Silva Paginação: Carlos Alberto Cardoso, Eduarda

Fim de festa O país está em crise, uma crise profund a que , pa ra além dos dados José Vitorino Guerra preocupantes revelados pelos indicadores económicos, ameaça os alicerces do regime democrático. Tem-se vindo a perder a dignidade institucional, o bom senso, o pudor cívico e a ética republicana, uma pretensa mezinha moral que nunca passou disso mesmo. A vida política está cheia de sombras e de há muito se ultrapassou o limite do que parecia ser tolerável. Os vícios do regime podem acabar por torná-lo demasiado putrefacto para uma qualquer regeneração. Nos últimos séculos, o país foi assistindo a sucessivos colapsos políticos e institucionais, à esquerda e à direita, quase sempre pautados por uma profunda crise económicosocial e ameaça de bancarrota, que ditaram a morte do regime então

vigente e, após alguns sobressaltos, muitas vezes traumáticos e violentos, o nascimento da crença numa nova esperança redentora da vida pública e da sociedade. De há muito que a regeneração faz parte da mitologia política nacional. No século XVIII, o Marquês de Pombal quis regenerar a monarquia, reformar a sociedade e fomentar a economia, assim como Passos Manuel e Fontes Pereira de Melo, no século XIX. O rei D. Carlos, desacreditado pelo défice e pelos empréstimos à Casa Real, acabou assassinado a tiro numa rua de Lisboa, em 1908. A 1ª República prometeu a salvação no jacobinismo e no anticlericalismo. Sidónio Pais, o “presidente-rei”, quis reformar o regime republicano através de um presidencialismo autoritário, fardado e legitimado pelo sufrágio universal. Morreu, em 1918, a tiros de revólver. Salazar domesticou os militares do golpe de “28 de Maio de 1926”, coveiros da 1ª República, e impôs uma

nova ordem política, a ditadura corporativa e o Estado Novo. Sabe-se como as coisas terminaram, depois da luta e do sofrimento de milhares de cidadãos e de uma guerra prolongada em África. A generalidade dos portugueses que saudaram o “25 de Abril” e, também, o “25 de Novembro”, acreditava que a liberdade e a democracia, a par da adesão à C.E.E., seriam o início da ruptura definitiva com os atavismos do passado e uma conquista duradoura da cidadania, do progresso e do desenvolvimento. Todavia, a esperança começa a dar lugar à descrença na capacidade do actual regime para concretizar esses objectivos. Nos últimos anos, a corrupção, o tráfico de influências e a promiscuidade dos negócios com a máquina do Estado não pararam de crescer, num caldo cultural desfavorável a uma vivência democrática. A prática política parece orientar-se, cada vez mais, pelo velho ditame

de Napoleão, segundo o qual é mais fácil governar os homens pelos seus vícios privados do que pelas suas virtudes públicas. A economia estagnou na última década, o endividamento do Estado ameaça devorar-nos, o prestígio de diversos órgãos de soberania anda pelas ruas da amargura e pairam ameaças sobre a liberdade de imprensa. As condições para uma qualquer explosão social vão-se acumulando, a par do crescimento do desemprego e das desilusões. Historicamente nada disto é novo, mas nem por isso menos trágico, pois representa a incapacidade para construir o futuro e vencer os entraves estruturais do nosso atraso. Estamos, portanto, perante um crescente dilema: ou existe vontade e capacidade para mudar de vida e reformar o regime ou acabaremos por ver a democracia esboroar-se. E, depois, é só esperar por outra e necessariamente dolorosa regeneração.

Lopes, Margarida Côrte-Real e Vítor Pedrosa.

Projecto Gráfico defrank - Comunicação Editorial.

Impressão Imprejornal, S.A.

O que nos espera “Para além da curva da estrada”

Distribuição Vasp Tiragem média 15.000 exemplares por edição

Contactos Rua D. Carlos I, 2-4 Apartado 102 2415-405 Leiria-Gare Telefone: 244 819 950 - Fax: 244 828 905 www.regiaodeleiria.pt

Linha do Assinante Tel.: 808 201 933 assinaturas@regiaodeleiria.pt

Propriedade Empresa Jornalística Região de Leiria, Lda. Contribuinte Nº 500 096 805 Capital Social 250.000 euros Detentores de mais de 10% do capital: Sojormedia, SGPS, António Barroca Rodrigues e Joaquim Barroca Rodrigues. Depósito Legal Nº 44 731 - 91 Título registado no ICS sob o nº 100 512

GERÊNCIA Ângela Gil, Francisco Rebelo dos Santos e Pedro Costa.

DEPARTAMENTO FINANCEIRO Ângela Gil (Direcção), Catarina Branquinho, Celeste Pereira, Gabriela Alves, João Machado e Patrícia Santos. info@lenacomunicacao.pt

DEPARTAMENTO DE MARKETING Patrícia Duarte (Direcção), Susana Santos (Coordenação), Catarina Fonseca e Catarina Silva. marketing@lenacomunicacao.pt

DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS Nuno Silva (Direcção) e Sónia Vieira. drh@lenacomunicacao.pt

DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Tiago Fidalgo (Direcção) e Hugo Monteiro. dsi@lenacomunicacao.pt

UNIDADE DE PROJECTOS Lúcia Silva (Direcção) e Joana Baptista (Coordenação). projectos@lenacomunicacao.pt

Membro de: Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem Associação Portuguesa de Imprensa

No país das maravilhas...

Alinhavos

O opti m ismo move-nos, o editora da “Bruxinha” bruxinhadepapel@gmail.com pessimismo bloqueia-nos, o realismo protege-nos e não é fácil encontrar a dose certa de cada para orientar os nossos passos. Articular um plano é cada vez mais difícil em ciclos de nova sazonalidade: legislaturas e congeminações para as mudar. Somos algo ingénuos na escolha de quem governa, como se cada político dependesse apenas de si para chegar onde nos promete. Na sombra, se olhada com detalhe, descobrir-se-iam, por “quintas e quintais” de “gente bem”, muitos buracos de areia preenchidos com entulho. O Magalhães era uma excelente ideia, perdeu-se energia na distribuição que deveria ter sido aplicada na utilização, ainda não sabemos se continuará ou será apenas um nome de má memória. Portugal parará para ver o Papa em Fátima, depois continuará a fingir ser laico. Portugal parará para ver a bola. Sem degraus entre o patamar do triunfo e o fosso da derrota, depois dos louros ou dos leões voltará a ter problemas. Acreditamos sempre em algo, eu acredito nas crianças, mesmo Sílvia Alves

naquelas onde, no longo e sinuoso roteiro do mundo pobre, fraco e explorado, hoje, se semeia o medo e a revolta que hão-de estalar mais tarde. Será, espero, concedido o direito a duas pessoas decidirem a partilha da vida, da casa, do património, o futuro de Família. Copenhaga continuará a fracassar um pouco em cada dia com a ajuda de todos. Usamos, por exemplo, uma panóplia de carregadores de telemóveis, era tão funcional e sensato serem universais. Dúvidas? O Acordo Ortográfico por-nos-á, novamente, em desacordo sobre acertos inócuos e cedências inúteis. A minha filha escreverá os “factos”, o meu filho escreverá os “fatos”, eu escreverei pelo meio de uns e de outros e havemos de entender-nos. Certezas? O Natal voltará com luzes a encher as ruas e faremos compras como se o gesto no fim da linha fosse mais inocente que no seu princípio. Economia e ambiente: casamento em comunhão total. Entre parcimónia e desperdício o bom senso é a arma que nos resta. Sejamos razóaveis e, no entanto, sonhadores. O futuro constrói-se de ideias que não cabem inteiras no presente onde nascem.

A Imperial Na apresentação do livrinho que resultou destas crónicas que o ProfesJoão Paulo Marques sor Carlos André professor do Ensino teve a gentileza de Superior Politécnico fazer (a propósito, joao.paulo@ já compraram o livro?... francamente), referiu-se à angústia da escrita, fenómeno psíquico que leva a que o cronista esteja à beirinha de um ataque de nervos por ter de entregar a sua crónica e ainda nem sequer ter um tema para a fazer. Pois bem, ultimamente tenho sofrido disso. E o pior é que só posso atribuir este fenómeno a uma degeneração mental. É que, motivos para dizer mal não faltam. O problema é que, tal como a frase célebre que diz que excesso de informação é uma forma de desinformação, também o excesso de asneira acaba por ser absolutamente desmotivante para ser criticável. E aí, até um tipo relativamente despreocupado como eu, começa a dizer mal da vida. Mas vamos a assuntos sérios. Comecemos pelo TGV. A crónica do meu amigo Vitorino Guerra, na última do RL, disse tudo. A obra não me é simpática mas se vier exijo um apeadeiro à porta de minha casa. Assim se pensa o país das maravilhas. De forma imperial mas sem império! Infelizmente, estas ideias imperiais têm pouco que ver com a cervejola servida à pressão e acompanhada de uns democráticos tremoços. Passemos ao

orçamento de estado para 2010. Ah! É só para 2011. Ok. Seja como for este ano estamos lisos, portanto, o melhor mesmo é não haver orçamento. É mau porque nem sequer podemos dizer mal dele. Mas como à data em que escrevo isto ainda não se passou o Dia de Reis, pode ser que esses magos do longínquo oriente tragam alguma solução. A elevação nos debates da Assembleia da República, e mesmo aqui da nossa Assembleia Municipal, temse mantido ao nível: entre a cave e o rés-do-chão. No meu tempo dizia-se que era um exercício de educação cívica levar os alunos a assistir a uma sessão destas. Confesso que começo a ter algumas dúvidas mas, enfim, diz-se que a educação também já não é o que era. Por fim, gostava hoje de falar dos velhos do Restelo. Em 2010 vamos continuar a ter problemas com a saúde, com a educação, com a justiça, com a economia, com o emprego... mas há por aí uns importantões da economia e da política que, com algumas responsabilidades nalguns assuntos, resolveram começar a assobiar para o lado, a dizer que está tudo errado, que o país não vai a lado nenhum a não ser para o fundo... Eh! Pá. Emigrem. Para dizer mal estão cá os tipos como eu que não percebem nada da poda. Davam jeito era soluções. Se não houver, também não vale a pena bater no ceguinho. Venha mais uma imperial e uns tremoços.


OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 5

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

>>> Continuação da primeira página do valor da comunicação social para o mundo e para a Igreja, do seu contributo indispensável para a comunhão entre as pessoas e para o progresso da sociedade. E ainda para homenagear os comunicadores, em particular os jornalistas. Encarei a tarefa também como oportunidade de aprender, num momento em que o próprio Papa pede aos bispos e padres que saibam usar os meios de comunicação social. Foi gratificante trabalhar com o grupo de jovens jornalistas do REGIÃO DE LEIRIA, bem informados e atentos à vida da região. Considero bela esta profissão que permite pôr-nos em sintonia com o mundo e os destinos de muitas pessoas e leva a “pensar politicamente”, no sentido mais nobre do termo, isto é, a traduzir os grandes valores. Muito obrigado ao REGIÃO DE LEIRIA!

Procurámos dar relevo a três assuntos: à família, ao desemprego e ao meio ambiente.”

Encarei a tarefa também como oportunidade de aprender, num momento em que o próprio Papa pede aos bispos e padres que saibam usar os meios de comunicação social.”

2. Os tempos que vivemos são de crise económica, social e política. Subjacente está uma “viragem epocal”, de grandes mudanças culturais em todos os âmbitos. É a globalização, por vezes sem cérebro e sem coração, cheia de incógnitas, de incertezas e de insegurança perante o futuro. A tendência mais natural é acentuar o negativo, caindo no pessimismo e num ambiente de depressão. No início de um Novo Ano, sem perder

o sentido do realismo, pareceu-me oportuno um “novo olhar” que desperte confiança, esperança e amor inteligente e criativo ao nosso mundo em crise. Procurámos dar relevo a três assuntos na ordem do dia que interpelam a sociedade: o desemprego, a família e o meio ambiente. Estão em causa a dignidade da pessoa, a estabilidade familiar, a qualidade de vida, a coesão social. Um novo olhar estimula-nos a valorizar quanto de positivo se pode e está a realizar através de novas formas de criatividade e de solidariedade a partir das potencialidades de indivíduos e grupos da sociedade civil. E leva-nos a exigir políticas sociais eficazes sobretudo neste “Ano Europeu do combate à Pobreza e à Exclusão Social”. Estamos todos na mesma barca. Sem solidariedade não há futuro! Para a primeira página trouxemos a notícia e as fotos dos primeiros bebés do ano e do casamento. São rostos de ternura e de esperança que nos convidam a esse “novo olhar”. São um apelo silencioso à nossa responsabilidade de construir um mundo mais digno do homem! São o corpo da pergunta que esteve presente ao prepararmos esta edição: “Que futuro queremos construir?” António Marto

a pergunta da semana

O que é preciso fazer para despoluir o Rio Lis?

Um estudo da Quercus demonstra que a qualidade da água do Rio Lis está a piorar.

Nuno Carvalho presidente da direcção da associação ambientalista Oikos

Manuel Cruz presidente da Junta de Freguesia de Cortes, Leiria

A Oikos monitoriza, desde 1990, a qualidade da água na bacia do Lis, em 14 pontos. As análises, de 2008 e 2009, revelam, ainda, muito má qualidade, mas revelam, também, que a situação tem vindo a melhorar. Para despoluir a Bacia do Lis é necessário concluir o Projecto Integrado de Despoluição da Bacia do Lis, em curso, mormente a rede de saneamento e, construção, com a máxima urgência, da Estação de Tratamento de Efluentes Suinícolas. Contudo, as infraestruturas não bastam, será necessário que todos os utentes, particulares e empresas, sejam ligados à rede. Primeiro, é necessário fazer um levantamento da rede de saneamento doméstico de modo a que seja conhecida, e criar incentivos às pessoas para que se liguem à rede e para que essa seja completada. A freguesia de Cortes devia ter condições especiais de ligação à rede, mesmo com isenção de taxas. Segundo, é preciso fazer um levantamento exaustivo de todos os pólos poluidores do rio, que não são difíceis de detectar, e criar condições e incentivar para que eles sejam também ligados a sistemas de tratamento de resíduos.

Faustino Guerra presidente da junta de Monte Real

Domingos Patacho presidente da Direcção do Núcleo Regional do Ribatejo e Estremadura da Quercus

É preciso fazer mais do que se tem feito até agora. Para resolver o problema da poluição no rio Lis, a solução tem que passar, e penso que não há outra alternativa, pela Estação de Tratamento de Efluentes Suinícolas (ETES) prevista para a freguesia de Amor. A situação já melhorou um pouco mas as descargas continuam. Acredito que a construção da ETES é o primeiro passo a dar.

Primeiro é preciso construir a ETES que ainda não avançou devido a alguns atrasos que têm surgido. A sua construção é fundamental para despoluir uma boa parte da bacia hidrográfica do Lis. Um segundo aspecto para completar esta despoluição será a aposta no saneamento e construção de esgotos nas freguesias. Grande parte da rede de saneamento já está feita mas ainda há casas que não possuem a ligação. Deve avançar-se com rapidez com a ETES e tentar aumentar a taxa de saneamento nas freguesias.


6

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

abertura

textos ∑ Marina Guerra fotografia ∑ Sérgio Claro e arquivo

números mais divórcios, menos casamentos

estórias uniões que duram há 25 e 50 anos Casaram e viveram felizes para sempre... Este podia ser o final feliz de uma qualquer história de vida mas não aplicada à realidade actual. O casamento, contrariamente às histórias de príncipes e princesas, já não é o sonho de muitos jovens e está a ser deixado para segundo plano numa vida a dois. Nos últimos anos, registaram-se perto de dois mil casamentos por ano no distrito de Leiria e concelho de Ourém, número que tem vindo a diminuir a uma média de 84 por ano. São as celebrações religiosas as que mais têm diminuído e estão, tendencialmente, a ser substituídas por cerimónias civis. Os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística revelam que, entre 2004 e 2008, os concelhos menos casamenteiros são Castanheira de Pera (45), Pedrógão Grande (63) e Figueiró dos Vinhos (103). Por outro lado, o número de divórcios tem aumentado. Os últimos dados conhecidos remontam a 2007 e indicam que 1.201 casais da região colocaram um ponto final na relação. Um aumento de quase 25 por cento face a 2006.

casamentos & divórcios

Amor verdadeiro. Nos últimos seis anos casaram na região mais de 25 mil pessoas, um quinto das quais no concelho de Leiria. Pombal (1148), Ourém (1055) e Alcobaça (1008) também estão na linha da frente. Gracinda e José António Pinto não integram estes números mas são um exemplo de uma estória de sucesso a dois. Casaram há 50 anos e festejaram, juntamente com outros doze casais, as bodas de prata e ouro na paróquia de Marrazes, Leiria. O segredo para a união está, segundo o casal, no “amor verdadeiro”, na compreensão, na garra para enfrentar as dificuldades e na capacidade de perdoar. “São 50 anos de felicidade e fazia tudo igual outra vez”, diz, com um sorriso nos lábios, Gracinda Pinto. Já José Augusto Pedrosa e Emília Pedrosa, outro casal que celebrou meio século de união, recordam o local onde se conheceram. “Era hábito irmos aos bailes e foi lá que arranjámos o namoro”, contam. Aos jovens casais de agora deixam o conselho: “As vidas são muito diferentes do que eram quando nos casámos. Mas agora, como naquela altura, é preciso muito amor e compreensão de parte a parte”, afirma José Augusto Pedrosa.


CASAMENTOS & DIVÓRCIOS | ABERTURA 7

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

A José e Emília Pedrosa e José e Gracinda Pinto completaram 50 anos de casados. Já José Fonseca e Lucília Ferreira celebraram as bodas de prata.

os nós & os laços José & Emília, José & Gracinda, José & Lucília A data foi celebrada com pompa e circunstância por todos, ao longo do ano, mas a poucos dias do final do ano de 2009, ninguém quis deixar de lembrar as bodas de prata (25 anos) e as bodas de ouro (50 anos) de treze casais da freguesia de Marrazes, Leiria. Integrado nas comemorações da Sagrada Família, o convívio foi organizado pela equipa da Pastoral Familiar da paróquia e juntou familiares e amigos dos “noivos”. Estórias com 25 e 50 anos. José Augusto Pedrosa co-

nheceu Emília, a sua actual esposa, num “bailarico”. Foi em 1955 e apesar de não saberem se era um amor para toda a vida, acabaram por casar. “Apaixonámo-nos”, diz Emília Pedrosa ao nosso jornal. Carinhosamente, José Pedrosa recorda que foi “buscar a velhinha à terra”, no concelho da Figueira da Foz, e vieram viver para Leiria, onde trabalhou como motorista de Governador Civil de Leiria durante 27 anos. Hoje, com dois filhos e dois netos, afirma que “as

Nº de casamentos 2004 2005 2006 Concelhos Alcobaça Alvaiázere Ansião Batalha Bombarral Caldas da Rainha Castanheira de Pera Figueiró dos Vinhos Leiria Marinha Grande Nazaré Óbidos Pedrógão Grande Peniche Pombal Porto de Mós Ourém TOTAL

vidas são muito diferentes do que eram na altura”, mas recomenda compreensão e amor para todos os casais. Opi n ião ig ua l têm Gracinda e José António Pinto. “Não basta dizer “Amo-te”. Mesmo que se namore dez anos, nunca se conhece bem a outra pessoa e depois de casado tem que se ultrapassar muita coisa, para saber perdoar, desculpar e saber pedir perdão. O casamento é uma carta fechada, nunca sabemos o que vem lá dentro”, salienta Gracinda Pinto. Em meio século de união,

2007

2008

206 31 75 101 61 206 11 26 595 167 95 55 18 128 226 108 224

224 30 63 77 52 191 9 23 584 175 87 47 14 137 253 83 229

212 27 47 71 64 181 9 24 580 156 79 52 13 140 272 79 192

196 28 51 69 40 195 5 18 587 162 86 47 9 113 209 71 206

170 27 55 73 52 190 11 12 532 165 83 31 9 121 188 75 204

2333

2278

2198

2092

1998

Fonte: Instituto Nacional de Estatística

Total 1008 143 291 391 269 963 45 103 2878 825 430 232 63 639 1148 416 1055 10899

o casal lembra que “nem tudo foram maravilhas”. E José António acrescenta: “No dia do meu casamento, eu levei aquilo a sério. Éramos duas pessoas e ficamos só uma. E tenho sido muito feliz”.

À primeira vista. O primeiro capítulo desta história aconteceu na procissão do Senhor dos Passos, em Milagres. Ambos foram com amigos e José António ficou encantado com Gracinda. “Comecei a andar de volta dela e gostei dela logo à primeira vis-

ta, mas respeitei-a sempre”, confessa. Da união surgiram dois filhos e quatro netos e 50 anos de casamento. “Fazia tudo igual outra vez”, confessa Gracinda Pinto. No passado dia 26 de Dezembro, José António e Gracinda, José e Emília Pedrosa fizeram parte dos nove casais que celebraram as bodas de ouro na paróquia. Outros quatro casais celebraram as bodas de prata – o equivalente a 25 anos de casamento. José Fonseca e Lucília Ferreira já se conheciam em criança mas foi em 1984 que sen-

tiram “a paixão” um pelo outro e decidiram oficializar o compromisso. Hoje em dia, dizem, “o amor é mais sereno”. “É um amor para prolongar por mais 25 anos”, esclarece Lucília Ferreira. Para o casal, a receita para manter o amor ligado à corrente está no “saber ouvir e saber perdoar”. “Passamos muitas dificuldades. Casámos jovens, tivemos que construir casa e a vida a dois não é fácil. Tem altos e baixos mas com vontade supera-se tudo”, adianta José Fonseca.

Número de casamentos em queda nos últimos anos Os números não enganam. O casamento é um acto que está a cair em desuso e é nos concelhos do interior Norte do distrito de Leiria que se realizam menos celebrações. E m 2 0 0 8 , Ped rógão Grande foi o concelho que assinalou menos casamentos – nove –, logo seguido de Castanheira de Pera, com 11, e Figueiró dos Vinhos com 12 enlaces. Todavia, é a capital de distrito quem tem a maior quebra no número de matrimónios. Em 2008, face

ao período homólogo anterior, a diferença cifra-se nos 55 casamentos. Por outro lado, Leiria é o único município que consegue ultrapassar a fasquia dos dois mil matrimónios, no período analisado. A lcobaça , Pomba l e Ourém seguem-lhe as pisadas com mais de mil enlaces nos últimos cinco anos. Dados do Ministério da Justiça revelam que, em 2009, nas 17 Conservatórias de Registo Civil da região realizaram-se 1.913 casa-

mentos, 897 dos quais católicos. Este é o segundo ano consecutivo em que o número de casamentos efectuado na região se situa abaixo das duas mil uniões. A tendência de descida tem sido constante, nos últimos anos, a uma média de 84 casamentos/ano, e o sentido deverá continuar a ser o mesmo.


8 ABERTURA | CASAMENTOS & DIVÓRCIOS Forma de celebração Civil Católica Total 2004 Concelhos Alcobaça Alvaiázere Ansião Batalha Bombarral Caldas da Rainha Castanheira de Pera Figueiró dos Vinhos Leiria Marinha Grande Nazaré Óbidos Pedrógão Grande Peniche Pombal Porto de Mós Ourém Total

64 13 21 31 28 99 6 11 226 75 53 31 10 58 77 27 73 903

142 18 54 70 33 107 5 15 369 92 42 24 8 70 149 81 151 1430

206 31 75 101 61 206 11 26 595 167 95 55 18 128 226 108 224 2333

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

Forma de celebração Civil Católica Total 2005 72 7 20 25 26 97 4 9 214 77 46 23 7 72 92 24 93 908

152 23 43 52 26 94 5 14 370 98 41 24 7 65 161 59 136 1370

224 30 63 77 52 191 9 23 584 175 87 47 14 137 253 83 229 2278

Forma de celebração Civil Católica Total 2006 100 7 21 21 22 100 1 8 269 76 45 27 6 74 98 28 60 963

112 20 26 50 42 81 8 16 311 80 34 25 7 66 174 51 132 1235

212 27 47 71 64 181 9 24 580 156 79 52 13 140 272 79 192 2198

Forma de celebração Civil Católica Total 2007

Forma de celebração Civil Católica Total 2008

80 6 27 24 23 109 1 10 297 92 48 32 3 70 91 28 75 1016

79 13 25 22 35 127 6 9 286 94 54 21 5 79 86 24 79 1044

116 22 24 45 17 86 4 8 290 70 38 15 6 43 118 43 131 1076

196 28 51 69 40 195 5 18 587 162 86 47 9 113 209 71 206 2092

91 14 30 51 17 62 5 3 246 71 29 10 4 42 102 51 125 953

170 27 55 73 52 190 11 12 532 165 83 31 9 121 188 75 204 1998

(*) registo de um casamento celebrado por outra forma, que não, católico ou civil

Fonte: Instituto Nacional de Estatística

tradição está a mudar celebrações católicas perdem terreno para as civis Os casamentos civis estão a ganhar terreno aos católicos. A tradição de casar pela Igreja Católica, seguida na maior parte dos casos pelos nossos pais e avós não está a ser o caminho percorrido pelos casais mais jovens. Agora, a preferência recai pelo casamento civil ou

Concelhos Alcobaça Alvaiázere Ansião Batalha Bombarral Caldas da Rainha Castanheira de Pera Figueiró dos Vinhos Leiria Marinha Grande Nazaré Óbidos Pedrógão Grande Peniche Pombal Porto de Mós Ourém Total

mesmo pela união de facto. Em 2008, 2.088 cidadãos escolheram casar pela via civil. Mais 56 do que em 2007 e 162 que em 2006. Os indicadores sociais do Instituto Nacional de Estatística, divulgados em Dezembro passado, revelam que, pela primeira vez, nos últimos cinco anos na região, o

número de casamentos civis ultrapassou o de celebrações católicas – 1.044 contra 953. A mudança registou-se em dez concelhos. Contudo, se viajarmos até ao ano de 2004, os dados mostram um cenário bastante diferente: 1.430 casais decidiram dar o nó pela igreja e 903 pelo civil.

2004

Nº de divórcios 2005 2006

2007

114 10 13 18 39 162 5 11 272 115 27 18 5 75 77 37 76 1074

93 9 14 27 25 121 5 12 270 114 46 27 5 51 81 55 59 1014

119 8 26 23 26 125 5 9 395 106 39 51 5 50 93 43 78 1201

Fonte: Instituto Nacional de Estatística

96 15 27 22 30 128 4 16 163 100 32 9 7 57 79 50 86 921

E são concelhos como Alcobaça, Alvaiázere, Batalha, Pombal, Porto de Mós e Ourém que mantêm mais vincadas as suas ligações religiosas. No período em análise (2004-2008), o número de casamentos católicos é sempre superior ao das celebrações civis e tal mantêmse até à actualidade.

Taxa bruta de divórcio (%o) 2004 2005 2006 2007 2,10 1,20 1 1,20 2,90 3,20 1,40 1,50 2,20 3 1,80 1,60 1,20 2,80 1,30 1,50 1,60

1,70 1,10 1 1,70 1,80 2,30 1,50 1,70 2,20 3 3,10 2,40 1,20 1,80 1,40 2,20 1,20

1,70 1,90 2 1,40 2,20 2,50 1,20 2,30 1,30 2,60 2,20 0,80 1,70 2 1,30 2 1,70

2,10 1 1,90 1,50 1,90 2,40 1,50 1,30 3,10 2,80 2,70 4,50 1,20 1,80 1,60 1,70 1,50

Quando a chama perde a força Problemas económicos, familiares ou o simples encontrar de um novo amor são algumas das razões que podem justificar o fim de um casamento. A chama que levou à união entre duas pessoas apaga e o matrimónio chegou ao fim. Os últimos dados conhecidos sobre o número de divórcios são de 2007 e é o concelho de Óbidos quem apresenta a taxa bruta mais elevada: 4,5 por cada mil. Se em 2006 o município registou o fim de nove casamentos, em 2007, este valor ultrapassou os 50 casos.

O lado positivo desta análise indica que em 2007, nove concelhos da região registaram uma quebra no número de divórcios. Destaque para Alvaiázere, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande, onde os números são inferiores a uma dezena. Entre os concelhos com dados mais elevados, encontra-se Leiria, que registou mais do dobro em 2007, face ao período homólogo anterior: 395. Em 2007, o número de divórcios aumentou perto de 25 por cento (280 casos).


10

Região de Leiria 18 | Dezembro | 2009

leiria

A D. António Marto, acompanhado do director executivo, no momento em que se elaborava a primeira página desta edição

Bispo/director pede “um olhar de esperança para o mundo” Desafio ∑ D. António Marto pede aos jornalistas do REGIÃO DE LEIRIA uma perspectiva optimista sobre a actualidade “Um olhar de esperança para o mundo”. O bispo da Diocese Leiria-Fátima respondeu ao desafio do REGIÃO DE LEIRIA com outro desafio. Depois de aceitar assumir o papel de director do jornal na primeira edição do ano, D. António Marto convidou a Redacção a preparar uma edição que

A

vá além do relato da actualidade e lance um olhar de esperança sobre o mundo. “É o primeiro número do ano e gostaria que sobressaísse, na primeira página e nas notícias, um outro olhar para este mundo”, disse aos jornalistas o bispo, numa reunião de redacção de preparação

D. António Marto, director por uma edição, encontra-se com director do Região de Leiria

da edição, que decorreu no passado dia 30 de Dezembro, nas instalações do jornal. O desejo de D. António Marto é o de que as notícias transmitam “um olhar de confiança e esperança a este mundo no meio da crise”. A ideia é fazer da informação uma “espiral de confiança”, para lançar

com bases optimistas o ano que agora começa. Foi com base nesse pedido que os jornalistas que participaram na reunião propuseram os temas que dão corpo a este jornal, como uma reportagem sobre a família, o primeiro bebé do ano, a preparação da visita do Papa a Fátima ou a atribuição de

A Reunião com jornalistas realizou-se na quartafeira, na ante-véspera da passagem de ano

habitação social a famílias carenciadas. Além da escolha de noticiário, D. António Marto teve ainda oportunidade de participar no fecho de edição e no acompanhamento dos trabalhos realizados durante a semana, o primeiro número de 2010, em que o REGIÃO DE LEIRIA completa 75 anos,

A

umas das razões que levou D. António Marto a aceitar o nosso convite. Durante o encontro com os jornalistas e visita às instalações do jornal, o bispo assumiu a sua postura de aprendiz na área do jornalismo, confessando-se leitor da imprensa regional.

Bispo confessa-se leitor da imprensa regional e assume ser um “aprendiz” na área do jornalismo

JPS


LEIRIA 11

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

Bispo pede consciência ecológica

Nasceram menos 129 bebés em 2009 Dados ∑ Meninos são em maior número O relógio indicava 7h34 quando a pequena Rafaela contactou pela primeira vez com o mundo. O primeiro bebé do ano a nascer no Hospital de Santo André (HSA), em Leiria, pesava 2,830 quilogramas Os pais residem em Pisões, freguesia de Pataias. A criança foi a primeira de quatro meninas a nascer, no primeiro dia de Janeiro, naquela unidade. E quem sabe se estes quatro nascimentos possam ser um presságio para 2010, já que têm sido os meninos a dominar o número de nascimentos na região. Em 2009, nasceram 2.231 bebés, 1.156 dos quais do

Já em 2006, nasceram 2.460 crianças (1.237 rapazes e 1.223 raparigas), mais 57 crianças do que em 2007 (1.253 do sexo masculino e 1.150 do sexo feminino).

A Rafaela foi a primeira bebé do ano em 2010 sexo masculino e 1.073 do sexo feminino. Nos últimos quatro anos, as meninas só conseguiram ultrapassar os rapazes em 2008, com mais 24 nascimentos (1.191 contra 1.167).

Menos bebés. Os da-

dos divulgados pelo Gabinete de Estatística do HSA indicam que o número de crianças a nascer na região tem diminuído todos os anos e a maior quebra registou-se, entre 2008 e 2009, com menos 129 nascimentos.

Distrito candidata 30 maravilhas a concurso nacional São 30 as maravilhas do distrito, distribuídas por dez concelhos, candidatas ao concurso 7 Maravilhas Naturais de Portugal. A primeira fase do concurso terminou ontem, dia 7, com a divulgação da lista final de todas as candidaturas pela New 7 Wonders Portugal. Até 7 de Fevereiro, 77 especialistas irão eleger 77 pré-finalistas, onze por cada uma das sete categorias a concurso (Grutas e Cavernas; Florestas e Matas; Grandes Relevos; Zonas Marinhas; Praias e Falésias; Zonas Aquáticas não Marinhas; Áreas Protegidas). A fase seguinte decorre até 7 de Março, cabendo a 21 especialistas escolher 21 finalistas. A lista incluirá três nomeações por cada categoria e pelo menos uma de cada uma das sete regiões de turismo do país. A última palavra caberá ao público que poderá votar até 7 de Setembro.

A A Lagoa da Ervideira é candidata a Maravilha Natural ∑ Alcobaça - Praias de Pataias; Baía de S. Martinho do Porto; Mata do Vimeiro/Gaio; Vale da Ribeira do Mogo; Serra dos Candeeiros; e Lagoa de Pataias. ∑ Batalha - Grutas da Moeda e maciço calcário estremenho. ∑ Caldas da Rainha - Lagoa de Óbidos. ∑ Figueiró dos Vinhos - Praia das Fragas de S. Simão e Praia Ana de Aviz. ∑ Leiria - Nascente do Lis; Vale do Lapedo; Lagoa da Ervideira; e Praia do Pedrógão. ∑ Marinha Grande - Pinhal do Rei/Mata Nacional de Leiria; Praia Velha; Praia da Concha; e Praia de São Pedro de Moel. ∑ Nazaré - Promontório da Nazaré. ∑ Pedrógão Grande - Ribeira de Pêra; Penedo do Granada; e Vale do Zêzere. ∑ Peniche - Ilha da Berlenga; Praia/Onda dos Supertubos; e Península de Peniche (Cabo Carvoeiro e Ponta do Trovão). ∑ Porto de Mós - Grutas de Mira de Aire; Grutas de Santo António; Grutas de Alvados; e Fórnea.

Nados-mortos. Pelas mais diversas razões, os avanços da medicina nem sempre são suficientes para conseguir alcançar o pleno e no que toca à maternidade, entram nesta contagem os números de nados-mortos. Em 2009, o HSA registou 12 casos e esta foi a taxa mais elevada registada nos últimos anos. Foi, inclusive, o triplo do registado em 2008. MG

O bispo da Diocese de Leiria-Fátima, D. António Marto, lançou um alerta ecológico, na celebração eucarística do Dia da Paz, no primeiro dia do ano, na Sé de Leiria. Na celebração, D. António Marto deu eco às palavras do Papa Bento XVI, para quem os “atentados ao ambiente são tão preocupantes como as guerras, os actos terroristas e as violações dos direitos humanos”. O prelado apontou alguns dos problemas ambientais da actualidade - ar viciado, águas poluídas, solo explorado e degradado, desertificação, alterações climáticas, recursos naturais e matérias primas a esgotarem-se, novas doenças que surgem – para alertar para “uma verdadeira crise ecológica, de dimensão planetária, que põe em causa o presente e o futuro da cria-

ção e da humanidade”. Por isso, acrescentou, somos obrigados a “repensar a relação íntima do homem com a natureza”, que não pode ser vista como um mero depósito de matériasprimas, a usar e consumir sem limites e sem regras.

Responsabilidade. Na celebração, D. António Marto exortou à criação de uma nova cultura ecológica. “A ciência e a técnica, por si sós, não resolvem a crise ecológica. Ela tem raízes culturais e éticas profundas”, alertou, considerando que “a falta de respeito pela natureza mostra que o homem não desenvolveu plenamente a sua própria humanidade”. Por essa razão, defendeu que a humanidade tem necessidade de uma profunda renovação cultural e ética. JPS


12 LEIRIA

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

Tem a palavra

∑ O combate à pobreza e à exclusão social passa também pela luta contra a discriminação e os preconceitos. E deve envolver toda a sociedade, defende a Rede Anti-Pobreza

r A pobreza é muito mais do que fome” “A pobreza é ausência de liberdade”

1

às instituições de solidariedade social para pedir apoio.

Como caracteriza a pobreza no distrito de Leiria?

Não é uma resposta fácil porque a pobreza é multidimensional e é complexa. Mas podemos falar em três grandes problemáticas: a pobreza nos idosos e nas crianças, a falta de qualificações escolares e profissionais e a discriminação das pessoas com deficiência e das minorias étnicas. Nestes últimos dois, três anos, tem surgido também uma nova problemática que é a questão do desemprego, que está a crescer a olhos vistos. Este tem sido um problema ao qual também nos temos dedicado, no sentido de poder criar respostas alternativas de combate.

Sérgio Aires sociólogo, consultor e director do Observatório de Luta Contra a Pobreza na Cidade de Lisboa

Reflectir para combater O ano de 2010 foi instituído Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social. O fenómeno acentua-se de dia para dia e não poupa nenhuma região. Sensibilizar e mobilizar a opinião pública para as questões da pobreza e de que todos podem contribuir para combater os efeitos de uma crise que parece não ter fim é um dos objectivos da Rede Europeia Anti-Pobreza/ Portugal (REAPN) que inicia esta semana, em parceria com o REGIÃO DE LEIRIA, uma reflexão em torno desta problemática. Até 17 de Outubro, Dia Internacional da Erradicação da Pobreza, o Núcleo de Leiria da REAPN convidará semanalmente uma individualidade para ilustrar, numa frase e numa fotografia, o que é a pobreza. E os leitores a debruçarem-se sobre o assunto. A REAPN é uma organização não governamental e uma associação de solidariedade social que desenvolve as suas acções em parceria com instituições particulares de solidariedade social (IPSS) e entidades públicas, nomeadamente autarquias, Centro Distrital da Segurança Social e Instituto de Emprego e Formação Profissional. São três os seus principais eixos de actuação: informação – promove acções de reflexão para aumentar o conhecimento sobre os fenómenos da pobreza e da exclusão social -; formação - de dirigentes e técnicos de IPSS e de pessoas em situação de pobreza -; e investigação desenvolve projectos e produz relatórios de modo a contribuir para a melhoria das políticas sociais.

Patrícia Grilo socióloga e técnica do Núcleo de Leiria da Rede Europeia Anti-Pobreza/Portugal

2

4

O que é que a sociedade pode fazer para ajudar neste combate?

As pessoas podem doar géneros e alimentos, ser voluntárias numa instituição particular de solidariedade social, e tentar combater os preconceitos e os estereótipos que existem. É comum ouvirmos frases como “as pessoas são pobres porque não querem trabalhar”. Muitas vezes estes estereótipos e estes preconceitos não contribuem para combater a pobreza. Daí as campanhas de sensibilização e de consciencialização serem importantes. Se as pessoas são pobres, temos que tentar perceber porquê. Não são pobres porque querem. Muitas vezes as pessoas lutam à primeira, lutam à segunda, lutam à terceira e depois desistem e resignam-se. É necessário ter a noção de que qualquer um de nós pode cair numa situação de pobreza, basta perdermos o nosso emprego.

É do senso-comum associar a pobreza à fome. É um

Não é um erro mas é redutor. A pobreza é muito mais do que isso. É evidente que se não tivermos as necessidades mínimas satisfeitas, muito provavelmente não teremos energia suficiente para ir à procura de um trabalho, ou frequentar um curso de formação profissional, etc. A pobreza tem a ver com muitas outras dimensões que são o acesso à saúde, à educação, a uma habitação digna, ao mercado de trabalho. Quando se fala na fome, estamos a falar na pobreza extrema, mas temos que ter em conta que há outras dimensões associadas à pobreza que interessa analisar e abarcar.

A pobreza escondida é uma realidade?

Ninguém gosta de dizer que é pobre. Mais facilmente as pessoas dizem “eu sou rico” mas ninguém diz “eu sou pobre”. Tem a ver com um sentimento negativo, de inferioridade, de humilhação. E isto não nos permite dizer qual é a dimensão deste fenómeno. Existem contudo movimentações pontuais que nos permitem dizer que a pobreza está a aumentar, nomeadamente pelo facto de haver mais pessoas a recorrerem

As estatísticas e os dados que temos, quer ao nível do desemprego quer ao nível dos beneficiários do Rendimento Social de Inserção - que são públicos - é que vai aumentar.

5

erro?

3

A pobreza vai agravar-se?

6

Quais são os concelhos mais problemáticos no distrito?

Cada concelho tem a suas problemáticas. Os do Pinhal Interior Norte têm problemáticas específicas como a desertificação, que é consequência de não existir emprego. As pessoas não têm trabalho e saem daqueles concelhos, eminentemente rurais, e aos quais está também associada a questão do alcoolismo. Se olharmos para os concelhos do Centro e Sul, temos mais concentração de pessoas, fábricas a fechar e o desemprego a crescer.

Três famílias recebem casas novas na Barosa O ano de 2010 já sorriu a três famílias da freguesia da Barosa, que receberam cada uma, das mãos de Raul Casto, presidente da Câmara de Leiria, as chaves de uma nova casa. A cerimónia decorreu no passado dia 30 de Dezembro, tendo a autarquia atribuído dois T3 e um a famílias em situação de grave carência habitacional e de baixos recursos eco-

nómicos. Três meninas vão ocupar com a mãe e o companheiro um dos T3, deixando para trás uma casa arrendada de tipo abarracada, sem condições de habitabilidade e de conforto. O segundo T3 irá acolher uma família constituída por três adultos e duas crianças, que residem também numa casa arrendada, de construção antiga e com deficiên-

cias de conservação ao nível da cobertura, deixando passar a água para o seu interior. Constata-se que as duas menores têm diversos problemas de saúde, designadamente relacionados com alergias ao nível respiratório. Já a terceira casa, foi entregue a uma mulher com dois filhos menores, cuja situação é considerada vulnerável dado os seus baixos ren-

dimentos e a sua incapacidade em suportar, sem ajuda, uma renda no mercado normal de arrendamento. Em alguns dos casos, a situação é agravada devido a problemas de saúde de algumas crianças. Segundo a autarquia, os novos inquilinos irão pagar, respectivamente, rendas mensais no valor de 59,91 euros, 171,28 euros e 60,04 euros.

A São sete as crianças beneficiadas com a medida


LEIRIA 13

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

Um pé no público e outro no privado Risco ∑ Técnicos da Câmara actuam no sector privado e no público Com um pé na câmara e outro no sector privado. São técnicos da Divisão de Obras Particulares da Câmara de Leiria intervenientes nos processos de autorização e licenciamento de operações urbanísticas, que acumulam funções públicas e privadas. O conflito de interesses parece evidente, uma situação de risco “muito frequente”, identificada no Plano de Prevenção de Riscos de Corrupção aprovado pela autarquia. Como realça uma fonte da autarquia, a situação, por si, não é ilegal, mas potencia o risco. O mesmo elemento admite que existem técnicos que actuam no sector privado e é por essa razão que a situação é transposta para o plano de prevenção, por não ha-

ver um instrumento que blinde a actuação desses técnicos. O que a câmara pretende é garantir que não tenham intervenção nos processos em que são parte interessada. Para controlar a situação, o plano propõe a criação de mecanismos de controlo acrescido do exercício de funções privadas, e o agilizar da comunicação das infracções às respectivas ordens profissionais. O documento, aprovado

na última reunião de Câmara, identifica as áreas da autarquia onde existe risco, mas tal não significa que estejam a ocorrer situações de corrupção. Por exemplo, no Departamento de Obras Municipais são apontadas situações de risco muito frequente, como o excesso de recurso ao ajuste directo, com insuficiente fundamentação, deficiências na elaboração de projectos, falhas na elaboração de estimativas de custos e má

O que é o plano?

∑ Os Planos de Prevenção e Riscos de Corrupção e Infracções Conexas, impostos pelo Conselho de Prevenção da Corrupção, terão de ser colocados em prática em todas as entidades públicas, gestoras de dinheiros, valores ou património. O prazo para conclusão dos planos terminou dia 31 de Dezembro, mas a maioria das câmaras ainda não os finalizou.

programação de obras. Nos departamentos da Cultura, Educação e Apoio Social, e da Acção Social e da Família, aponta-se o risco muito frequente de violação, das normas de controlo interno no que respeita à atribuição de apoios e pagamentos. O documento avalia a actuação dos diversos departamentos da câmara e identifica as situações em que se podem registar falhas. Segundo a Câmara, as áreas mais sensíveis são as do Ordenamento do Território, contratação pública, gestão de recursos humanos e gestão financeira, mas adverte que a probabilidade de ocorrência de riscos de gestão é transversal a todos os serviços. Após a implementação

A Plano identifica riscos de corrupção do plano, a autarquia deverá adoptar medidas no sentido de prevenir situações de ilegalidade, fraude, erro e favorecimento,

garantindo o cumprimento da lei. João Paulo Silva joão.silva@regiaodeleiria.pt


14 LEIRIA

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

OPERAÇÃO ANO NOVO TERMINA SEM VÍTIMAS MORTAIS Saldo positivo. A Operação Ano Novo da Guarda Nacional Republicana (GNR) não registou qualquer vítima mortal nas estradas da região, entre os dias 30 de Dezembro de 2009 e 3 de Janeiro de 2010. À semelhança do que aconteceu no mesmo período do ano passado, a região volta a não registar vítimas mortais. Todavia e tal como aconteceu a nível nacional, o número de acidentes (81 contra os 59 registados em igual período do ano passado) e de feridos ligeiros (40, mais do dobro dos de 2008) aumentou. Entre as ocorrências verificaram-se ainda três feridos graves.

SAÚDE E DEPENDÊNCIAS EM DEBATE NA ESSL A Caixa de Pandora é o tema das VII Jornadas de Saúde e Toxicodependência, organizadas pela Comunidade Vida e Paz, na próxima sexta-feira, dia 15, na Escola Superior de Saúde de Leiria. Garcia Pereira (mestre em Ciências Jurídicas), Marino Tralhão (médico) e Luís Anselmo (psicólogo clínico) são alguns dos oradores convidados. As actividades decorrem durante todo o dia e as inscrições variam entre os 10 e os 25 euros.

PROJECTO FÉ E DESENVOLVIMENTO NO SEMINÁRIO Depois de Braga e de Évora, a diocese Leiria-Fátima organiza o colóquio “Missão: Proposta da Igreja para o Desenvolvimento”, no Seminário Diocesano de Leiria, pelas 21 horas, com entrada livre. A jornalista Laurinda Alves, o Grupo Missionário Ondjoyetu e os Leigos Missionários da Consolata são alguns dos participantes na iniciativa.

Camião com vacas despista-se na A17

A Das 29 vacas que seguiam no veículo, 15 morreram

A Junta da Bidoeira de Cima promete intervir já na próxima semana

Chuva de buracos na Bidoeira de Cima Buracos ∑ Más condições da estrada danificam os carros Na freguesia da Bidoeira de Cima, há uma estrada onde circular a mais de 10 km/hora é uma aventura que pode acabar mal. Motivo? O mau estado do pavimento. “Todos os dias há pneus rebentados e jantes amolgadas”, assegura António Fernandes, um dos condutores que por ali costumam passar. O problema arrasta-se há anos, na estrada 1038, que liga os lugares de Barracão (Leiria) e Guia (concelho de Pombal), e que serve também de ponte entre o IC2 e a nacional 109. António Fernandes assegura: “é um calvário para quem precisa de passar por ali todos os dias”. O presidente da Junta da Bidoeira de Cima, Jorge Crespo, dá razão à população. “A via está de facto em muitíssimo mau esta-

do; é do pior que conheço”, admite. E acrescenta: “há zonas em que não se consegue andar a mais de 10km/hora e quem não tiver cuidado fica com a viatura em mau estado”. De qualquer forma, o autarca deixa a promessa de que o problema será atenuado “o mais rápido possível” – em princípio já na próxima semana com a colocação de asfaltamento a quente. Até aqui, o município de Leiria tem, sem sucesso, colocado areia na via. “A Câmara tapa os buracos várias vezes por semana, mas volta tudo ao mesmo no dia seguinte, devido à chuva e à circulação de automóveis”, conta António Fernandes.

que a Câmara tenciona colocar na estrada deverá melhorar as condições de circulação, mas não é a solução definitiva. Junta e autarquia planeiam fazer “obras de fundo” naquela zona, criando uma estrada nova, já com passeios. De acordo com Jorge Crespo, os trabalhos iriam arrancar no início da primavera mas deverão sofrer um atraso. Isto porque o projecto inicial não previa a colocação de saneamento básico na zona. “Não faz sentido fazer uma estrada nova sem termos ainda o saneamento, pelo que é preferível atrasar um pouco a obra e reformular o projecto”, nota o presidente da Junta.

“Obra de fundo” a caminho. A massa quente

Sandra Mesquita Ferreira

Terra na rotunda da Azóia

∑ A terra espalhada na rotunda da Azóia, Leiria, já ocupa mais de metade da faixa de rodagem. A situação mantémse há meses e, apesar dos remendos de plástico e pedras, repete-se sempre que chove. A solução poderia passar pela colocação de um suporte de terras.

sandra.ferreira@regiaodeleiria.pt

O despiste e o capotamento de um veículo de transporte de animais na A17, em Leiria, terminou, no dia 30 de Dezembro, na morte de 15 vacas, oito das quais tiveram de ser abatidas. O despiste aconteceu cerca das 6h30 e o pesado com reboque capotou para o talude da A17, saindo da estrada, enquanto a viatura ficou junto à berma. Sete vacas tiveram morte imediata e oito foram abatidas no local por ordem de uma veterinária, acabando por ser transportadas para o mata-

douro de Leiria. O dono dos animais, Luís Costa, proprietário de uma exploração em Cantanhede, avaliou o total dos animais transportados em cerca de 20 mil euros e adiantou que as vacas iam para o matadouro de Famalicão, de onde as suas carcaças seriam exportadas para a Bélgica. O trânsito chegou a estar condicionado várias horas até se proceder à retirada dos animais do local, informou o tenente Hugo Moita, da GNR à agência Lusa.

Chuva provoca inundações em Leiria

A Bairro de Sá Carneiro, nos Marrazes, foi atingido O mau tempo que se registou durante a madrugada e manhã de quarta-feira, dia 30, deixou marcas em algumas ruas e zonas habitacionais da cidade e freguesia de Marrazes. Na rotunda da Almoínha Grande, a saída para a Estrada da Estação esteve condicionada e o trânsito foi desviado. Já no Bairro Sá Carneiro, nos Marrazes, registou-se a água das chuvas a atingir 15 centímetros de altura e entrar em alguns prédios. Apesar da precipitação dos últimos dias, as situações ficaram resolvidas no final dessa manhã.


LEIRIA 15

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

ANA ELISA SANTOS DEIXA CENTRO DE FORMAÇÃO

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE LEIRIA DESCENTRALIZADA A primeira reunião ordinária de 2010 da Assembleia de Freguesia de Leiria vai decorrer na próxima quarta-feira, dia 13 de Janeiro, em moldes diferentes dos que até agora norteavam as reuniões daquele órgão. Será a primeira de várias descentralizadas e orientada por temas. De acordo com António Lacerda Sales, presidente da mesa da Assembleia, a reunião vai debater a temática da Educação, e decorrerá na Escola Secundária Domingos Sequeira, a partir das 20h30.

PS REÚNE SEGUNDA-FEIRA “Análise da situação política” é o único ponto que consta da ordem de trabalhos da Distrital do PS/Leiria, que reúne na próxima segunda-feira.

A partir de agora, semana a semana iremos relembrando aqui, em pequenas notas, curiosidades e personalidades que, há 100 anos em Leiria, estiveram entre a agonia do regime monárquico e a implantação do novo regime, em 5 de Outubro.

Arquivo / Joaquim Dâmaso

Ana Elisa Santos deixou no final de Dezembro a direcção do Centro de Formação Profissional de Leiria, e já tomou posse das novas funções, em Lisboa: é desde o início do ano directora do Centro de Emprego do Conde Redondo, em Lisboa. A notícia foi confirmada ao nosso jornal pela própria. Para a subsituir no cargo em Leiria foi designada Paula Gonçalves, até agora chefe de serviço no Centro de Formação.

Há 100 anos: Leiria no advento da República

A

José A. Silva e João Cunha podem voltar a defrontar-se nas urnas internas

PSD: João pondera, José confirma candidatura Candidatos ∑ O actual presidente vai, afinal, recandidatar-se à concelhia do PSD. João Cunha ainda pondera avançar “Porque é que me candidato outra vez? Para limpar aquilo que os outros sujaram! Para ver se voltamos a ganhar a Câmara de Leiria, que agora perdemos”. Com esta justificação, o actual líder da comissão política concelhia do PSD parece querer emendar as declarações prestadas na semana passada, em que anunciava uma retirada dessa corrida, marcada para 16 de Janeiro próximo. Na quarta-feira, dia de fecho desta edição. o polémico diririgente partidário confirmou ao REGIÃO DE LEIRIA a sua recandidatura à liderança da comissão política concelhia. Deverão acompanhá-lo os mesmos nomes que actualmente o secundam naquele orgão partidário. “Em equipa que ganha nunca se mexe”, justifica José António Silva, que poderá enfrentar nas urnas um “velho conhecido”: João Cunha. “Estou sempre em reflexão e o prazo para apresenta-

ção de candidaturas ainda não acabou”[termina 48 horas antes das eleições]. Foi o que respondeu João Cunha ao quando confrontado com a possibilidade de estar a ponderar uma candidatura à concelhia do PSD de Leiria. João Cunha, que já foi candidato à presidência daquela estrutura, considera que o PSD precisa de uma fase mais activa e participativa na vida pública. “Acho que a Comissão Política que cessou

funções foi politicamente inexistente, excepto no que se refere à manifestação de posições contra a candidatura [à Câmara] que a Comissão Política Nacional do PSD entendeu por bem apresentar”, disse, acusando a estrutura liderada por José António Silva de nada ter dito sobre questões importantes para o desenvolvimento do concelho.

Lista única coloca Fernando Costa na Distrital

∑ O presidente da Câmara de Caldas da Rainha, Fernando Costa, encabeça a única lista conhecida para a comissão política distrital do PSD. À excepção de Óbidos e Bombarral, a lista conta com apoiantes de todas as outras concelhias. José António Silva terá ponderado candidatar-se, mas perante essa resposta massificada de quase todo o distrito acabou por recuar.

Paula Sofia Luz paula.sofia@regiaodeleiria.pt

Acácio Sousa estudioso da República em Leiria afsousa.sousa@netcabo.pt

Em 1910, Leiria era uma cidade com pouco mais de 4000 habitantes dos quais, cerca de metade letrados. A Comissão Municipal Republicana era liderada por Inácio Veríssimo de Azevedo, João Miranda e José Carlos Afonso, com fortes ligações à influente Associação Comercial e à Loja Maçónica Gomes Freire, instalada em 1907, onde viriam a pontificar, entre outros: Gaudêncio Pires de Campos, António Maria Barreto, Tito Larcher, Ernesto Korrodi, João Correia Mateus, Carlos Varela, Honorato Estrela, ou Teófilo da Costa Santos . Sendo gente com boas ligações ao núcleo central do Partido Republicano Português através de várias personalidades, como João Soares ou até pela forte amizade entre, o ainda monárquico, Correia Mateus e Bernardino Machado, no entanto, estes homens não tinham tarefa fácil, pois a influência conservadora no mundo rural era esmagadora. Nas últimas eleições municipais ganhara o Partido Regenerador liderado precisamente pelo ex-sacerdote Correia Mateus, tendo os republicanos obtido na cidade, apenas, 113 votos. A polémica política, assim como as críticas à Câmara, chegavam a ser violentas, mas nas relações pessoais todos se respeitavam. Muitos eram aparentados e todos pisavam os mesmos palcos sociais. A imprensa, muito engajada partidariamente, tivera no Leiria Ilustrada a representação democrática, mas as dificuldades levaram a que encerrasse na última semana de 1909. Este era o ambiente vivido no advento da República. Na 1ª semana de Janeiro de 1910, o semanário conservador, O Distrito de Leiria, abria o ano, a 5 de Janeiro, lamentando o encerramento do colega e adversário político, preocupado ainda com nova e imprudente prisão de Afonso Costa e Bernardino Machado e as vinganças conspirativas. Não só insinuava que poderiam estar bombas em Leiria, como sugeria que a passagem do cometa Halley prevista para Maio, seria um prenúncio assustador relacionado com a desordem geral ! Leiria, mais serena que Lisboa, não deixava de ser um espelho do que se passava no País. 1

Arquivo do Grémio Lusitano, Grande Oriente Lusitano Unido, proc. Loja Gomes Freire a Oriente de Leiria:1907, (inf. Prof. António Ventura) 2

O Distrito de Leiria, 5 Jan.1910


16

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2009

Desafio aos leitores

textos ∑ João Paulo Silva text e Sandra Ferreira fotografia ∑ Joaquim Dâmaso

A Desporto, saúde, trânsito, obras espaços verdes e segurança são preocupações centrais em Ourém

Ourém exige, o presidente responde

Nós desafiámos. Os leitores responderam. Durante semanas fomos recebendo mensagens, cartas e telefonemas dos muitos leitores que disseram sim repto do REGIÃO DE LEIRIA. A missão era clara: ajudar os presidentes das câmaras da região onde houve mudança de poder – Ourém, Marinha Grande e Leiria – a estabelecer prioridades de acção. Começamos por Ourém. Maria da Silva e Célia Dias pedem jardins, Manuel Borges pergunta pelo saneamento. Já Ruben Nunes reclama estacionamento gratuito. Saúde, espaços verdes, animação, trânsito… a lista continua. Definidas as prioridades pelos munícipes, a bola passou para o lado do novo presidente da Câmara Municipal de Ourém que liderou a viragem à esquerda (PS) de um concelho historicamente liderado por autarcas social-democratas. O novo autarca recebeu a lista da obra que os munícipes querem feita e dá resposta. Mais estacionamento, revitalização da cidade, apoio social, melhor saúde. São alguns dos compromissos de Paulo Fonseca, apostado em construir um concelho mais atractivo, de excelência social, cheio de vida.

Palavra de presidente

Os compromissos de Paulo Fonseca ∑ Urbanismo “É preciso arranjar mais estacionamentos no centro da cidade. Há muita dificuldade em estacionar e a polícia passa logo multa. Há um parque subterrâneo mas as pessoas não usam. As ruas estão todas a pagar e os moradores onde deixam os carros?”

Paulo Fonseca presidente da Câmara Municipal de Ourém

Há, de facto, alguns constrangimentos relativos ao estacionamento no centro da Cidade de Ourém. Existe como refere a possibilidade de os cidadãos utilizarem o parque do edifício dos Paços do Concelho, gratuito até final de Fevereiro, altura em que

se prevê estar renegociado o contrato dos parquímetros. Estamos atentos a esta questão e será prioridade a reestruturação dos lugares de estacionamento na cidade. Aliás estão já tomadas algumas decisões que permitirão maior acessibilidade e mais lugares de estacionamento.

“A Rodoviária não deveria mudar de lugar. Somos velhotas, não temos como ir para lá”. A requalificação do Edifício da Rodoviária é uma necessidade. Quanto à localização da mesma, o local do futuro terminal definido integra uma es-

tratégia de maior fluidez de trânsito e maior centralidade face à cidade.

∑ Revitalização do centro da cidade “É preciso atrair pessoas para o centro da cidade”. É fundamental revitalizarmos e darmos vida à nossa cidade. Essa revitalização passa não só pela requalificação urbana e paisagística, mas também pelo desenvolvimento de actividades culturais e sociais que sejam atractivas para a população. É do conhecimento geral a situação financeira complicada em que se encontra


DESAFIOS AOS LEITORES 17

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2009

Leitores desafiam presidente da Câmara de Ourém Maria Emília Lemos

Maria Eugénia Tomás

Natércia Taxa

M. das Neves

Tiraram o estacionamento de pé da igreja e puseram pedra. Deviam abrir mais estacionamento, para puxar o povo para o centro. As ruas aqui são todas a pagar. E os moradores, onde é que vão deixar os carros?

Não há aqui nada para manter os jovens. E falta mobilidade para pessoas com idade e para deficientes. Também é preciso atrair pessoas para o centro histórico.

O cruzamento onde moro (junto ao restaurante Retiro dos Caçadores) não tem sinais luminosos, o que faz bastante falta, pois já assisti a vários acidentes. Estes dão-se devido à falta de civismo das pessoas, o que é certo é que se existissem sinais talvez a situação se resolvesse. A Rua São João Eudes não tem passeios e é utilizada todos os dias por muitos estudantes. Fátima deveria ter um hospital ou um atendimento permanente, quer de semana quer ao fim de semana, pois é um local onde vivem muitas pessoas. Fátima já não é só o Santuário. Fátima deveria ser independente de Ourém, vamos lutar por isso. Não sou natural de Fátima, mas devido à minha profissão já vivo em Fátima desde o ano de 2000.

Até final de 2010 reduzir para metade o tempo de aprovação de um projecto. Nos serviços camarários criar atendimento prioritário para os processos que têm por objectivo a reabilitação de imóveis. As câ ma ras devem contactar os promotores de imóveis inacabados, cuja licença de construção tenha terminado, no sentido de encontrar solução para a obra com o objectivo de incluir estes processos no atendimento prioritário referido antes. Em Fátima, na Av. D. José Alves Correia da Silva, até ser feita a reabilitação da avenida, melhorar condições para a mobilidade dos peões: Substituir terra batida das bermas por outro pavimento económico próprio para automóveis e peões. Ao longo de toda a avenida delimitar no pavimento faixa para peões em ambos os sentidos. Substituir sistema de iluminação por outro próprio para ruas arborizadas.

Luís Sousa

Para que a boa gestão da Câmara Municipal de Ourém não seja condicionada pelas fraquezas do ser humano, implementar uma rede de serviços na internet para clientes e fornecedores. Esta rede funcionaria como concurso permanente para a aquisição e venda, em que os interessados que cumpram os requisitos para fornecedores ou/ e clientes, formalizem os actos. Este método é o garante de total transparência, eficácia e baixo custo.

Célia Dias

Queremos que tirem a calçada da baixa e voltem a por jardins, como estava antes. O comércio morreu desde que puseram calçada, até porque não há estacionamento. Maria José Branco Comerciante

O comércio tradicional não consegue competir com os shoppings. Abrir mais estacionamentos gratuitos podia ser uma ajuda para os lojistas. Actualmente o estacionamento no miolo da cidade é todo a pagar.

Maria Augusta da Silva

Tiraram tudo o que era jardins, e os que há ainda por cima estão às escuras.

autarquia, contudo estamos empenhados na promoção de acções, que, com alguma criatividade e com os recursos que temos disponíveis, permitirão uma maior projecção do nosso concelho e o envolvimento de todos os oureenses.

∑ Mobilidade para todos “Falta mobilidade para pessoas com idade e deficientes” Um dos eixos prioritários apresentados no programa focava, precisamente, a criação de um concelho de Excelência Social. Queremos que todos sejam parte integrante do novo concelho de Ourém. Queremos

implementar uma dinâmica de inclusão, onde todos tenham os mesmos direitos e onde todos sintam que são acolhidos sem preconceito e sem receio. Para isso é fundamental criarmos estruturas que permitam integrar os mais fragilizados. E estes são, obviamente, os oureenses que por diversas contingências se encontram limitados nas suas acções, no dia-a-dia. Queremos eliminar barreiras arquitectónicas em locais públicos: passeios e acessos a edifícios públicos.

∑ Fátima “A rua Jacinta Marto precisa de árvo-

res e bancos. Há zonas em Fátima com passeios em péssimo estado. Falta iluminação da avenida das árvores” Fátima tem de ser olhada de modo especial. É, como temos dito várias vezes, a jóia da coroa do nosso concelho. No âmbito das competências da SRU está a ser elaborada a requalificação urbana de Fátima. Há uma lista grande de obras a realizar, mas há também a necessidade de se estudar muito bem todos os processos, pois a situação financeira encontrada não é a melhor. A planificação das obras está a ser realizada de forma cautelosa pois a contingência financeira assim o obriga. No entanto, o ano que se aproxima é de suprema importância, nomeadamente com

Instalar iluminação exclusiva para passadeiras principalmente nas de maior fluxo junto à Igreja da ST. Instalar semáforos para peões nestas passadeiras de maior fluxo. Realizar para a cidade de Fátima um plano de reabilitação urbana no que toca a circulação de pessoas e tráfego com o objectivo de preparar o centenário das aparições em 2017. Devem ser incluídos neste plano: passeios, limites de propriedades, sinalética, mobiliário urbano, pavimentos mal reparados... As câmaras devem aplicar a lei quando existe ocupação indevida do espaço público, principalmente em Fátima, com a exposição dos denominados artigos religiosos As câmaras devem, com a periodicidade correcta, fazer manutenção das zonas verdes que são construídas pelos promotores dos imóveis e que são cedidos ao domínio público quando é terminada a obra.

a vinda do Papa, em Maio próximo. Fátima será a sala de visitas do nosso país e queremos que o seja dignamente, por isso estamos a trabalhar afincadamente na preparação deste grandiosos evento, fazendo o levantamento das obras mais urgentes que necessitamos efectuar para recebermos todos os que nos visitarem com as melhores condições possíveis.

∑ Saneamento: “O saneamento dentro da cidade ainda não está pronto. Espero que fique entretanto” É, de facto, uma prioridade a questão


18 DESAFIOS AOS LEITORES

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2009

Leitores desafiam presidente da Câmara de Ourém

Belmira Reis

Bruno Príncipe

Emanuel Henriques

Manuela Ribeiro

Diogo Veríssimo

É preciso arranjar mais estacionamentos no centro da cidade. Há muita dificuldade em estacionar e a polícia muta mal passa um minuto. Há um parque subterrâneo mas as pessoas não usam.

É preciso trazer mais vida para a cidade, a nível social, nomeadamente para os jovens. Ourém está morto, não há sítios para os jovens socializarem.

Em Ourém está tudo muito concentrado no centro. Devia desenvolver-se a periferia. Mas não pode ser só com supermercados, como tem sido até aqui.

Precisávamos aqui de um hospital. Quando há casos mais graves temos de ir para Tomar ou Abrantes. É longe. A rodoviária também está em péssimo estado, mas penso que vão fazer outra.

Falta um parque de campismo e piscinas municipais em Fátima. Tiraram daqui o cinema, mas acho que devia abrir novamente.

Maria Angélica Nobre

Ruben Nunes

Manuel Borges

Marco Gonçalves

Orlando Luís

Os estacionamentos na cidade deviam ser gratuitos.

O saneamento dentro da cidade ainda não está completamente feito. Espero que fique pronto entretanto. E o estacionamento é outra das promessas.

Faz imensa falta um jardim público em Fátima. Não há nada, até para os idosos por exemplo.

A rua Francisco Marto (rua de comércio em Fátima) precisa de árvores e bancos. E há zonas de Fátima com passeios em péssimo estado. Depois, há pouco espaços verdes; se não fosse o santuário não havia nada. Falta também iluminação na avenida das árvores.

comerciante

comerciante

Não deviam abrir mais grandes superfícies em Ourém. Os grandes centros estão fora da cidade e tiraram-nos a clientela toda. Podiam fechar o último e abrir um jardim-de-infância naquele sítio. As crianças estão todo o dia fechadas numa sala, não têm onde brincar. Ali sempre tinham mais espaço. Também não estou de acordo que a rodoviária mude de lugar. Somos velhotas, não temos com o ir para lá. Palavra de presidente

do saneamento básico no nosso concelho. É nossa intenção promover a ligação das habitações à rede de saneamento rentabilizando o investimento feito nas ETAR.

∑ Juventude “Não há nada para os jovens em Ourém”. “É preciso trazer mais vida para a cidade, nomeadamente para os jovens…” Um lema prioritário da campanha sublinhava a necessida-

de de construirmos um concelho mais atractivo para os nossos filhos. Temos de criar infra-estruturas e eventos que interessem aos nossos jovens. Mas queremos ir mais longe. Queremos que os nossos filhos, após terminarem a sua formação académica, sintam o desejo de se fixarem na nossa terra e tenham cá oportunidades de emprego e carreira profissional atractivos. É fundamental criarmos dinâmicas empresariais de sucesso que nos projectem e desenvolvam o nosso concelho, com ambição e sustentabilidade.

De entre os vários projectos que gostaríamos de ver implementados sublinhamos os seguintes: implementar o Conselho Municipal da Juventude; Criar a semana da Juventude; Dar continuidade ao Fórum Estudante, alargando a oferta de actividades; Definir descontos de Cartão Jovem nos equipamentos municipais; Estimular a participação dos jovens na vida cívica, incentivando formas de associativismo e voluntariado. Construção da Casa da Cultura e Juventude no local onde actualmente está instalada a Rodoviária.

∑ Saúde “Precisávamos aqui de um Hospital. Quando há casos mais graves temos de ir para Tomar ou Abrantes. É longe.” Como todos sabem, a construção de hospitais e a composição orgânica do sector é da exclusiva responsabilidade do Ministério da Saúde. Ourém tem um problema muito sério de falta de médicos de família e esta será a nossa batalha. A colocação de médicos depende, obviamente, também do Ministério da Saúde, mas

pressionaremos o necessário para, em primeiro lugar, resolvermos este problema que é a base do sistema de saúde. Quanto à necessidade de um hospital no concelho, uma nota só para sublinhar a qualidade da rede de hospitais que servem o concelho de Ourém que são dos melhor apetrechados do país. Lembramos que o nosso concelho está servido por 4 hospitais, 3 deles a 20Km de distância - Torres Novas, Tomar e Leiria.


OURÉM 19

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

região

Mulher morre em incêndio

Santuário prepara visita de Bento XVI Viagem ∑ Helicóptero de Lisboa até estádio municipal e depois em “papamóvel” para a Capelinha O Papa Bento XVI vai ficar alojado na Casa Nossa Senhora do Carmo enquanto estiver em Fátima, de 12 a 14 de Maio, disse ao REGIÃO DE LEIRIA o reitor do Santuário de Fátima, Virgílio Antunes. “Tal como aconteceu com João Paulo II, o alojamento e as refeições do Santo Padre e da comitiva papal serão na Casa de Nossa Senhora do Carmo”, informou Virgílio Antunes. O pe. Virgílio Antunes afirmou que “o grupo do Vaticano responsável pela organização das viagens do Papa não deu até ao momento quaisquer indicações especiais quanto a refeições, mas o santuário pretende perguntar sobre as preferências gastronómicas do Papa”. “Queremos estar atentos para responder também a estes pormenores, normais para quem recebe uma visita”, justificou, assegurando que o santuário quer que Bento XVI “se sinta confortável e ‘em casa’”. O reitor do santuário frisou que os preparativos para o acolhimento do Papa “estão a ser programados com a mesma alegria e com o rigor necessário a uma visita/peregrinação como esta”, lembrando que “o Santuário está acostumado a grandes multidões, em especial nos dias 12 e 13 de Maio e Outubro, e mesmo em outras datas como o dia 13 de Agosto ou o dia 10 de Junho, em que se realiza a Peregrinação Nacional das Crianças”. “A instituição possui, portanto, uma larga experiência de acolhimento aos peregrinos em geral nos vários espaços do santu-

A Fogo em habitação, na freguesia do Olival Foi a sepultar terça-feira a mulher de 83 que morreu no dia anterior na sequência de um incêndio na casa onde morava em Casais de Carcavelos, freguesia do Olival. De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém, o

A Papa vai fical alojado na Casa Nossa Senhora do Carmo ário”, adiantou, acrescentando que “nestas grandes datas de Fátima há sempre um reforço no que respeita ao trabalho dos funcionários e ao apoio prestado pelos grupos de voluntários com que o Santuário pode contar”. No entanto, o responsável reconheceu que “esta peregrinação tem um cariz especial, porque quem a preside é o responsável máximo da Igreja Católica”. O sacerdote explicou que “desde o anúncio da visita papal que os prepa-

rativos se iniciaram no santuário”, tendo em Novembro uma “equipa do Vaticano responsável pela preparação das visitas do Papa” feito uma primeira visita ao Santuário de Fátima. “Na ocasião foram averiguadas no terreno as questões programáticas e logísticas, em termos de percursos, de alojamento do séquito papal, segurança, liturgia e outras”, explicou o reitor do santuário. O pe. Virgílio Antunes adiantou que “a viagem de Lisboa para Fátima será

Visita num momento difícil

∑ “O Papa vem a Portugal num momento difícil para os católicos portugueses e para a sociedade portuguesa, que está com problemas a muitos níveis, que têm que ver com o desânimo causado por uma conjuntura social e económica nada favorável”, considerou o reitor do santuário. Para o pe. Virgílio Antunes a visita de Bento XVI ocorre “num momento crucial, em que o país precisa de entusiasmo, ânimo e esperança, para se reencontrar com aqueles que são os nossos verdadeiros valores e a nossa fé”.

feita de helicóptero e que a aterragem será junto ao Estádio Municipal de Fátima”, deslocando-se no “papamóvel” directamente para a capelinha. Desconhecendo ainda o número de pessoas que integra a comitiva que acompanhará Bento XVI em Portugal, o santuário revelou que o grupo de jornalistas que habitualmente acompanha o Papa nas suas viagens inclui entre 60 a 70 profissionais da comunicação social, que ficarão alojados na Casa de Nossa Senhora das Dores.

alerta para o fogo foi dado pouco depois das 07h30, tendo sido enviados para o local quatro viaturas e 10 elementos dos Bombeiros Voluntários de Ourém. A idosa morava sozinha. A Polícia Judiciária de Leiria está a investigar.

Nova campanha para retirar artigos dos passeios A Câmara Municipal de Ourém anunciou que serão feitas visitas pedagógicas a todos os comerciantes de Fátima até ao final do mês para que retirem das ruas e passeios os artigos religiosos. “Existe uma postura municipal que urge cumprir”, sustenta a Câmara Municipal numa nota de imprensa na qual se refere que a visita do Papa em Maio vai tornar a cidade-santuário “o cen-

tro do mundo”. Para a autarquia, “2010 será mais um ano marcante para Fátima”, defendendo a necessidade de “dignificar Fátima aos olhos de quem” a visita e de quem a vê. “Apelamos a todos os comerciantes da Cova da Iria para que, em conjunto connosco, potenciem uma imagem de Fátima digna dos acontecimentos que se aproximam”, pede o município.

SRU com novos representantes Os deputados António Gameiro (PS) e Carina Oliveira (PSD) foram empossados como presidente e vicepresidente respectivamente da assembleia-geral da Sociedade de Reabilitação Urbana (SRU) de Fátima.

O presidente da Câmara de Ourém, Paulo Fonseca, justificou a escolha como uma “uma forma de envolver os deputados do concelho na vida da SRU e do município”.


20 REGIÃO | MARINHA GRANDE

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

Juntas somam dois séculos de vida Marinha Grande ∑ Duas mulheres, ambas com o nome Maria da Luz, ultrapassaram os 100 anos Duas mulheres, residentes no concelho da Marinha Grande, ultrapassaram a barreira dos 100 anos de vida. Em comum, o nome: Maria da Luz. Uma vive entre ondas e dedais, em S. Pedro de Moel, tendo completado 102 anos de uma vida dedicada à costura e à família. Nasceu a 15 de Novembro de 1907, em Água de Madeiros, mas vive em São Pedro há várias décadas. Afilhada de casamento de Afonso Lopes Vieira, casou na capela da casa do poeta, actualmente transformada em Casa-Museu. Do casamento resultou uma descendência numerosa: cinco filhos, 16 netos, 19 bisnetos e uma trineta. A outra é apenas um ano mais nova (101). Natural do concelho de Soure, nasceu

A Presidente e vereadores da autarquia, foram pessoalmente, desejar bom ano às duas aniversariantes no longínquo dia 9 de Fevereiro de 1908. A residir no concelho marinhense há várias décadas, tem para contar histórias de uma vida de trabalhar no campo, na apanha de arroz, na azeitona

ou nas vindimas. A sua descendência conta uma filha, dez netos, 13 bisnetos, 11 trinetos e um quadrineto. Por serem as mais idosas do concelho da Marinha Grande, receberam este

ano visitas de uma comitiva da Câmara da Marinha Grande, que foram ‘adorar as meninas’, na véspera de Natal e de Ano Novo. Álvaro Pereira, presidente, Paulo Vicente, vice-presidente, e Cidália Ferreira,

vereadora, deixaram votos: “que o ano novo traga saúde e a possibilidade de concretização de todos os pequenos sonhos”. João Paulo Silva joao.silva@regiaodeleiria.pt

OBRAS NA ARALA PINTO SUSPENSAS As alterações na circulação do trânsito e a supressão de 40 lugares de estacionamento na Avenida Arala Pinto, na Marinha Grande, foram suspensas. A Câmara chegou a acordo com a vidreira Barbosa & Almeida – responsável pela construção de armazéns no terreno da antiga fábrica IVIMA – para parar temporariamente a obra. O projecto actual obrigaria à destruição de um grande número de lugares de parqueamento para fazer face ao aumento de tráfego de veículos pesados, facto que revoltou parte dos habitantes da zona, uma vez que parte da área foi cedida por particulares. Paulo Vicente, vereador responsável pelas Obras Públicas, adianta que os responsáveis estão receptivos a novas propostas.


PORTO DE MÓS | REGIÃO 21

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

TEATRO É TEMA DE TERTÚLIA NO JUNCAL O Teatro do Juncal é o tema de mais uma tertúlia, a terceira, realizada no âmbito das comemorações dos 450 anos da freguesia do Juncal. Júlio Martins é o convidado da tertúlia de Janeiro que decorre hoje, sexta-feira, pelas 21 horas, na Biblioteca local.

BANCO PROCURA LOGÓTIPO O objectivo é a criação de um logótipo. Até dia 29 deste mês, a Câmara de Porto de Mós promove o concurso para a criação de um logótipo para o Banco Local de Voluntariado. Destinado às turmas do ensino secundário do concelho, a iniciativa aposta em chamar a atenção e incentivar o envolvimento dos jovens para as questões sociais.

Gravura antiga ressuscita cruzeiro desaparecido Réplica ∑ Monumento regressa pela mão de escultor Um desenho de 1830 do pintor L. Holland. Alguns, poucos, escritos sobre um cruzeiro que se julga ser contemporâneo da construção do Mosteiro da Batalha e que em tempos estava localizado na vila de Porto de Mós. Estes são os dados que estão a servir de base para a construção de uma réplica do antigo cruzeiro que “morou” no centro histórico da vila. A Câmara local promoveu a construção da réplica que está a ser elaborada em pedra calcária pelo escultor David Vazão, de Pedreiras. Há mais dúvidas que certezas sobre o cruzeiro. Julga-se nunca tenha desem-

Salgueiro dá por encerrada discussão sobre Casa de Velar “Enquanto eu for presidente de Câmara, está encerrado o assunto”. Quem o garante é João Salgueiro, presidente da Câmara de Porto de Mós, e refere-se à localização da Casa de Velar de Porto de Mós. Na última reunião da Assembleia Municipal, confrontado com a existência de uma petição online que contesta a localização da Casa de Velar, o autarca lembrou que o assunto foi amplamente discutido com vários elementos da comunidade. “Já andamos a discutir a questão há dois ou três anos e debatemos o assunto com toda a gente sem que nunca se tenha chegado a nenhuma conclusão”, referiu. Finalmente, a Câmara decidiu instalar a infra-estrutura junto ao morro de Santo António. No entanto, a contestação à obra não deverá ter-

minar por aqui. Ana Narciso, deputada municipal do PSD e uma das impulsionadoras da petição – que continua a decorrer e reúne quase 170 signatários –, garante que o assunto será retomado em breve. “Vamos reunir em breve porque a resposta do executivo não foi convincente”, afirma. Admite que não será viável impedir a implementação da infra-estrutura, mas acredita ser exequível alterar o uso a que está destinada. Algo que será viável caso seja possível reunir um número significativo de cidadãos. Também a estrutura local do PSD deverá debater em breve o assunto, visando definir acções de âmbito político que possam ser levadas a cabo para travar a instalação daquele equipamento no local.

penhado a função de pelourinho e não se sabe ao certo onde esteja a versão original. “Consta que chegou a estar na igreja de São Pedro mas nunca o encontrámos e falou-se que poderia estar nalguma propriedade privada, misturado com outras pedras, mas não se sabe”, atesta Jorge Cardoso, ex-vereador da Câmara de Porto de Mós. Durante algum tempo, o arquitecto investigou o rasto deste monumento desaparecido, visando promover a construção da réplica. É uma gravura semelhante à que acompanha este artigo – publicada pelo jornal “Panorama” em 1839 – que ajuda o escultor a

A Desenho de L. Holland publicado em 1839 realizar a réplica que se encontra em fase final. Com cerca de 3,5 metros de altura, conta com a reprodução dos apóstolos, tal como no

Mosteiro da Batalha. Em breve o cruzeiro deve regressar à vila. Carlos S. Almeida carlos.almeida@regiaodeleiria.pt

PRESIDENTE DE CÂMARA DEFENDE REFERENDO O presidente da Câmara de Porto de Mós, João Salgueiro, eleito pelo PS, conta-se entre os mais de 90 mil subscritores de uma petição apresentada esta semana na Assembleia da República, pedindo a realização de um referendo sobre o casamento de pessoas do mesmo sexo. A petição foi promovida pela Plataforma para a Cidadania e Casamento conseguiu recolher 90. 785 assinaturas. Entre os signatários estão 21 presidentes de câmara. Cinco são do PS. Entre eles figura João Salgueiro. Apesar das diversas tentativas, não foi possível ao REGIÃO DE LEIRIA ouvir o autarca sobre esta sua iniciativa. A petição deverá ser hoje, sexta-feira, discutida na Assembleia da República, em conjunto com as propostas partidárias para esta matéria.


22 REGIÃO | BATALHA COLECTIVIDADES COM APOIO As associações que efectuaram candidaturas ao Programa Municipal de Apoio ao Associativismo nas tipologias de investimento e actividades regulares vão contar com um apoio de 217 mil euros, decidiu recentemente o executivo camarário. O montante atribuído refere-se a 62 candidaturas efectuadas pelas associações desportivas, culturais, recreativas e humanitárias, compreendendo projectos de beneficiação e remodelação de instalações, criação de acessibilidades e apoio na organização de várias iniciativas. Entretanto, o município anunciou a criação de um seguro de responsabilidade civil para os dirigentes associativos e voluntários que fazem parte do Banco de Voluntariado do concelho.

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

Junta de São Mamede reclama mais policiamento O presidente da Junta de Freguesia de São Mamede continua a reclamar um policiamento mais eficiente na freguesia, não descurando a possível criação de um posto da Guarda Nacional Republicana (GNR). Silvestre Carvalhana admite que se nota “um pouco mais de presença policial na freguesia, mas mesmo assim ainda não é suficiente”. Até porque, afirma, “os efectivos cada vez são menos e os problemas cada vez são maiores”. Outra dificuldade que se nota, é a distância existente entre a freguesia e a localização do posto da GNR. O autarca explica: “havendo uma ocorrência aqui na freguesia e chamando os agentes da autoridade, quando eles chegarem já não encontram nada, a não ser vestígios”.

Essa é a razão pela qual Silvestre Carvalhana continua a salientar que se “deve instalar um posto da GNR na freguesia”. Caso esta opção se revele inviável, a alternativa passa pela “permanência por mais tempo de alguns efectivos na freguesia”. Para que tal seja possível, o presidente da Junta de São Mamede assegura que a autarquia está disponvel para assegurar um “espaço para que ali permaneçam os agentes”. No seu entender, basta a presença de elementos da GNR para transmitir maior segurança à população. E afirma: “só a sua presença é já por si dissuasora” de eventuais actividades ilegais. Armindo Vieira Delegação da Batalha

A Previsto para a primavera, o Centro Educativo da Batalha só abre em 2011

Crise atrasa obras de 2,7 milhões Falências ∑ Empresas insolventes abandonam projectos A crise, que trouxe consigo a falta de liquidez das empresas e as dificuldades de recurso ao crédito, está a atrasar a conclusão de várias obras públicas na Batalha. O mais recente exemplo é o Centro Educativo da Batalha, cuja construção está parada. Razão? A empresa responsável entrou em processo de insolvência. Adjudicada por mais de 1,5 milhões de euros, a construção da nova escola deveria estar concluída na próxima primavera. Contudo, é praticamente inevitável que tal só aconteça em 2011. António Lucas, presidente da Câmara da Batalha, explica que a autarquia nada podia fazer para evitar este desfecho. Afinal, a intervenção foi adjudicada por concurso público, com visto prévio do Tribunal de Contas. E a empresa vencedora foi “devidamente e correctamente seleccionada”. Mas, no decurso da obra, entrou em processo de insolvência. Antes mesmo que a in-

solvência da empresa fosse formalmente conhecida, já os técnicos da autarquia faziam o ponto de situação da obra. O objectivo era acelerar todo o procedimento visando que a construção seja retomada. Mas, antes que tal aconteça, há um complexo processo burocrático a cumprir. Entre outros requisitos, a obra tem de regressar à posse do município sendo mesmo necessária a intervenção do governo civil. “Há que sublinhar que o governo civil tem sido extremamente célere”, salienta António Lucas. Entretanto, o executivo municipal já aprovou novo concur-

so, desta feita por convite, dirigido a empresas com indicadores de solidez financeira. “Queremos evitar que volte a acontecer o mesmo”, explica o autarca que reforça o facto de serem convidadas seis empresas, apesar da lei apenas obrigar que três sejam contactadas. Ao atraso neste processo, acrescenta-se a necessidade de rever o projecto atendendo a novas exigências de eficiência energética entretanto consignadas na lei. Carlos S. Almeida carlos.almeida@regiaodeleiria.pt

Saneamento com um ano de atraso

∑ Há quase um ano que a instalação da rede de saneamento na zona de Pinheiros, Casal do Marra, Casal do Arqueiro e Casal dos Ledos aguarda que o processo burocrático seja ultrapassado para que a obra possa ser concluída. O cenário é idêntico: a empresa chegou a avançar para o terreno mas abandonou a obra, deixando por concluir uma empreitada orçada em cerca de 1,2 milhões de euros. Agora, o novo concurso público está a aguardar o visto do Tribunal de Contas.


POMBAL E NORTE DO DISTRITO | REGIÃO 23

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

POMBAL ASSINA PROTOCOLO

Homicídio vai a julgamento

O secretário de Estado da Administração Local, José Junqueiro, está hoje na Câmara de Pombal, para assinar o contrato de financiamento da reabilitação das infraestruturas danificadas pelas cheias. Recorde-se que, ainda na semana passada, Narciso Mota tinha lembrado que, três anos depois das inundações, o municipio continuava à espera do subsídio.

JOÃO ALVIM DESFILIA-SE DO PS O ex-candidato socialista à presidência da Junta de Pombal, João Alvim, abandonou o partido. O advogado prefere não entrar em pormenores sobre os motivos que o conduziram à desfiliação, afirmando apenas que não se revê na actual actuação do PS. De qualquer forma, Alvim frisa que a sua decisão foi discutida com a concelhia do partido e que vai continuar o mandato na Assembleia de Freguesia, “honrando os compromissos assumidos em campanha”.

JS ELEGE NOVOS DIRIGENTES Tiago Galvão - que também é deputado na Assembleia Municipal - foi reeleito secretáriocoordenador da Juventude Socialista de Pombal. O novo corpo de dirigentes foi eleito por uninimidade e é, ainda, constituído por Ricardo Mesquita e Bruno Loureiro.

FIGUEIRÓ DOS VINHOS APROVA ORÇAMENTO DE 18 MILHÕES A Assembleia Municipal de Figueiró dos Vinhos aprovou um orçamento de 18,9 milhões de euros para 2010. A ampliação do Parque Empresarial do Carameleiro, a recuperação do Casulo e a reconstrução de 20 fogos na zona histórica da vila estão entre os projectos do próximo ano.

A Freguesia não encontrou espaço para o funcionamento da unidade de saúde

Doentes de Almagreira vão para Pombal Encerramento ∑ Extensão de Saúde entra em obras No meio dos rumores que circulam em Almagreira, concelho de Pombal, há, pelo menos, uma certeza: a extensão de saúde da freguesia vai mesmo encerrar para obras. Quando? Ainda não se sabe. Mas, para já, tudo indica que, durante seis meses, os utentes sejam acompanhados no Centro de Saúde de Pombal. A Junta de Freguesia tentou encontrar um espaço na aldeia onde a extensão de saúde pudesse funcionar provisoriamente, mas não conseguiu encontrar um local que reunisse as condições necessárias. “Não se pode instalar este serviço em qualquer parte”, justifica o presidente da Junta, Fernando Matias. Por outro lado, o autarca lembra que, em época de crise, seria muito dispendioso manter a unidade em funcionamento durante as obras.

Fernando Matias admite que deslocar os utentes não é opção ideal, principalmente para os idosos. Contudo, afirma que “qualquer solução acabaria por trazer incómodo para a população”. A directora executiva do Agrupamento de Centros de Saúde Pinhal Litoral I (ACES), Alexandra Borges, confirma que a hipótese de deslocar os utentes será a mais viável. No entanto, salienta que o assunto ainda está em discussão, até porque é preciso organizar a logística Centro de Saúde de Pombal, de forma a preparálo para receber os 1400 utentes de Almagreira.

Unidade não encerra hoje. Em declarações ao REGIÃO DE LEIRIA, a directora executiva do ACES desmentiu que alguma vez tivesse havido intenção de encerrar a

unidade de saúde já hoje. Na reunião de Câmara de terça-feira passada, a vereadora Marlene Matias (que substituía Adelino Mendes) disse ter conhecimento de que a extensão de saúde fecharia dia 8, apesar de a população ainda não ter sido avisada. No entanto, Alexandra Borges garantiu que a data de encerramento só seria acertada numa reunião marcada pa ra ontem. “Va mos agendar o fecho com algumas semanas de antecedência, para termos tempo de avisar a população”, assegura. O presidente da Junta também diz estar para breve uma reunião com os habitantes, em que vão ser explicados todos os pormenores acerca das obras. Sandra Mesquita Ferreira sandra.ferreira@regiaodeleiria.pt

O julgamento do homem que, alegadamente, matou o companheiro em Abril passado, na aldeia de Carriço, vai iniciar-se a 2 de Abril. O arguido, Paulo F., é acusado de homicídio qualificado e detenção de arma proibida. De acordo com o despacho da acusação, a que a Lusa teve acesso, Paulo F., de 43 anos, vivia há oito meses em união de facto com José Carmo, que tinha um filho menor. A certa altura, o homem entendeu que “a convivência com o filho era incompatível com a permanência do arguido na sua residência”, mas Paulo F. não aceitou a decisão, refere o Ministério Público (MP). No dia 21 de Abril, o arguido terá aguardado na garagem que a vítima regressasse a casa. Fez, então, “um disparo a curta distância, que o

atingiu na mão esquerda”. Depois, colocou fita adesiva na boca do companheiro e transportou-o para o quintal. Aí, “encostou a arma à cabeça da vítima e efectuou um segundo disparo”. Ainda segundo o MP que considera que o arguido agiu com intenção de tirar a vida ao companheiro - o suspeito “encenou um cenário compatível com um assalto”, atando as mãos da vítima atrás das costas com um cordel e escondeu a arma num pinhal das imediações. Os pais da vítima reclamam uma indemnização não inferior a 125.967,50 euros, enquanto a representante legal da criança exige 95 mil euros mais 15.120 euros relativos a prestações de alimentos, acrescidos de juros.

Carriço contra encerramento de passagens de nível

O presidente da Junta de Carriço (Pombal), Leovigildo Fernandes, está preocupado com o encerramento das passagens de nível da freguesia. Das nove que existiam, já só restam quatro que, se fecharem, vão “causar grande transtorno para a população”, garante. Por isso, o autarca aproveitou a Assembleia Municipal para pedir a ajuda à autarquia nas negociações com a REFER. Sem as passagens de nível, os habitantes da freguesia terão de percorrer mais quilómetros para se deslocarem. “As pessoas que residem a nascente têm propriedades a poente” e, por isso, atravessem frequen-

temente as linhas de comboio, nota o presidente da Junta. Leovigildo Fernandes queixa-se também da forma como a REFER está a conduzir o processo. “As informações que recebemos são distorcidas”, lamenta. Num primeiro contacto, há seis anos, a Junta de Freguesia foi informada de que o objectivo era recuperar a linha do Oeste e construir passagens superiores. Contudo, agora, tudo indica que a opção passa apenas por encerrar as passagens. “Se quiserem fechar por fechar, sem fazer requalificação da linha, não terão a nossa autorização”, avisa o autarca.


24 REGIÃO | OESTE

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

LADRÕES ‘PERFUMARAM-SE’ EM ALCOBAÇA

O ano começou mal para uma perfumaria em Alcobaça. Logo no dia 2 de Janeiro, pelas 3h30, desconhecidos forçaram a fechadura e arrombaram a porta o estabelecimento comercial de onde furtam diversos produtos. Segundo queixa apresentada pela proprietária na PSP, “foram furtados cerca de 500 produtos” avaliados entre cinco mil e 10 mil euros. Além do prejuízo no furto dos perfumes, não foram ainda avaliados os prejuízos causados pelo arrombamento e outros danos na loja. A PSP Alcobaça fez deslocar àquele estabelecimento uma Unidade Técnica para a recolha de eventuais vestígios deixados no local. Na véspera, dia 1, a PSP de Alcobaça deteve um homem de 36 anos, apanhado a roubar no interior de uma residência. Alertada para a eventualidade de estar a decorrer um assalto, a PSP surpreendeu na cave de uma residência um indivíduo na posse de diverso material utilizado no assalto, nomeadamente doze brocas de diversos tamanhos, duas tesouras, sendo uma delas de poda, uma lanterna, duas chaves de fendas, uma serra manual, duas lâminas, uma de cortar ferro e outra madeira, e um machado. O suspeito terá arrombado a porta com o auxílio do machado. O prejuízo foi calculado em 900 euros. Segundo a PSP, o indivíduo era de nacionalidade estrangeira e encontrava-se em situação ilegal no país.

Caldas da Rainha quer intervenção na Lagoa de Óbidos

A Preços do Elevador mais altos desde dia 1

Serviços públicos mais caros na Nazaré Diferenciação ∑ Aumentos são maiores para não residentes O executivo municipal da Nazaré aprovou no passado dia 30 de Dezembro, em sessão extraordinária, o aumento dos preços dos transportes, da água e das tarifas de saneamento e recolha dos resíduos sólidos, com os votos do PSD. As novas tarifas entraram em vigor a 1 de Janeiro e contaram com os votos contra da oposição. “Absolutamente desproporcionais”, disseram os vereadores socialistas, frisando que “estes aumentos contrariam todos os princípios sociais elementares”. Para o PSD, “os novos valores cumprem “a exigência de equilíbrio entre custos e receitas estabelecido na Lei das Finanças

Locais”, “os princípios de utilizador pagador, e os princípios de ordem social e redistribuição de riqueza”. Segundo Jorge Barroso, os aumentos eram obrigatórios face aos “prejuízos acumulados nos respectivos sectores, à necessidade de efectuar diversos investimentos, e à manutenção dos apoios na área social”. “No saneamento há aumentos na ordem dos 56 por cento”, acentua a oposição que acusou o PSD de aprovar a subida de preços “à revelia do PS”. A título de exemplo, o preço da água sobe cinco cêntimos no primeiro escalão (passa de 0,38 para 0,43 euros o metro cúbico), 13 cêntimos no segun-

do e 12 cêntimos no terceiro escalão. No Elevador, mantêmse os preços dos passes, a série de seis viagens sobe para 2,90 euros, e a série de 10 viagens passa a custar 4,80 euros. Os maiores aumentos verificam-se na recolha do lixo, em que para os residentes a tarifa passa dos actuais 50 cêntimos para os dois euros, enquanto os não residentes vão pagar nove euros. No entanto, as famílias numerosas – desde três filhos – pagam um euro, e as famílias com baixos rendimentos podem pagar 50 cêntimos ou até ficar isentas. Artur Ledesma artur.ledesma@regiaodeleiria.pt

A Assembleia Municipal das Caldas Rainha aprovou no passado dia 30 de Dezembro uma moção apelando ao primeiro-ministro, José Sócrates, que “ordene” uma intervenção urgente na Lagoa de Óbidos, mas o INAG, autoridade nacional da água, assegura que a situação está controlada. “O emissário de águas residuais (esgotos) que atravessa a praia da Foz do Arelho ficou a descoberto, havendo perigo sério e actual de ruptura”, dizem os deputados na moção subscrita por todos os partidos com assento na assembleia (PSD, PS, CDU, PP e BE). Os deputados municipais apelaram ainda ao primeiro-ministro que “ordene aos órgãos competentes a necessária, urgente e imediata intervenção na Lagoa de Óbidos, de modo a impedir o iminente desastre ambiental”. A questão foi levantada

pelo presidente da Junta de Freguesia da Foz do Arelho, que voltou a pedir “a solidariedade da assembleia para que faça pressão junto do INAG”, por considerar que “há perigo grave de um desastre ambiental”.

Medidas

∑ O avanço do mar obrigou terça-feira as autoridades a retirarem um equipamento de diversão infantil do areal, montado há vários anos na praia da Foz do Arelho, Caldas da Rainha. O avanço do mar verificado nos últimos dias levou o presidente da Junta de Freguesia da Foz do Arelho, Fernando Horta, a solicitar ao Governador Civil de Leiria, Paiva de Carvalho, que a Comissão de Acompanhamento da Lagoa “reúna com carácter de urgência”.

Começou corrida à Comissão Política do PS na Nazaré Walter Chicharro apresentou já a sua candidatura à Comissão Política Concelhia do PS da Nazaré, nas eleições marcadas para 10 de Abril. “Estruturar e solidificar o PS para os grandes desafios que se avizinham” são, segundo uma nota de imprensa, os “dois grandes objectivos” da candidatura de Walter Chicharro. Na mesma nota, o candidato apresenta ainda o que considera ser as “cinco grandes linhas”: abrir o Partido à Sociedade Civil; preparar o futuro do Partido; debater, analisar e tomar posição nas grandes questões locais e nacionais; promover a inovação no Partido e no concelho; e alargar as bases de apoio do PS”. No debate a promover na sociedade, Walter Chichar-

A Walter Chicharro ro quer introduzir as questões ligadas ao desenvolvimento económico e social, à regionalização, pescas, turismo e desporto. Walter Chicharro é candidato pela segunda vez à Comissão Política, depois de há dois anos ter perdido as eleições para Vítor Esgaio, num acto eleitoral em que participou também a então deputada Isabel Vigia. AL


25

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

negócios

A Sónia Matos criou a Duas de Mão no centro histórico, em Abril do ano passado

Lojas de segunda mão a crescer em Leiria Vestuário ∑ Quatro aberturas em menos de um ano Crise ∑ Necessidade de poupar ajuda negócio Para uns é uma solução de poupança, para outros uma alternativa de consumo responsável. Ajudadas pela crise, as lojas de roupa em segunda mão estão a ganhar mercado em Leiria. Na tarde da última segunda-feira, a Paradoxo realizou a venda mais avultada desde a abertura. A cliente veio propositadamente de Lisboa: 400 euros por um casaco de vison, que novo custaria três mil. “O segredo disto é preço de arrasar e qualidade”, diz um dos sócios da Paradoxo, Júlio Sérvulo.

Seguindo a onda que há anos percorre várias cidades europeias, Júlio e a mulher, Joana Sérvulo, instalaram-se no Shopping 2000 em Julho. Nos próximos dias, esperam inaugurar no mesmo centro comercial um segundo espaço com vestuário para homem. Estão convencidos que o preconceito em relação ao usado tende a desaparecer. E o contexto económico também ajuda: “Tem desencadeado uma mudança nos hábitos de consumo”, abrindo caminho a “uma atitu-

de mais responsável”, por oposição ao “consumo desenfreado”, afirmam. A Duas de Mão abriu há dez meses no centro histórico, diante da Igreja da Misericórdia, com vestutário, calçado e acessórios. Sónia Matos encontrou assim uma forma de criar o próprio emprego. “Faço as coisas com paixão e acredito numa atitude responsável sob os princípios reutilizar, renovar e reciclar”, explica, notando que a indústria têxtil é das mais poluentes. A Duas de Mão mantém, entretanto, o projecto so-

cial “A última gaveta”. Os clientes entregam roupa e o valor das vendas reverte a favor da associação Ade. Ser, na Marinha Grande. O balanço “é positivo”. A empresária acredita que os lei-

A Joana Sérvulo

rienses começam a aderir, principalmente depois de conhecerem o espaço. As lojas de segunda mão recebem artigos de particulares, normalmente colocados à consignação. Quem mais contribui são as mulheres, sobretudo aquelas “com um guardaroupa extenso e elevados consumos”, explica Joana Sérvulo. Os preços médios oscilam entre os cinco e os 15 euros. É frequente encontrar marcas como Ana Sousa, Armani, Calvin Klein, Dolce Gabbana, Pied’Poule.

Para Cláudia Sousa, da Trocas e Baldrocas, não há, no entanto, um cliente-tipo. “Não existe um perfil, tanto encontra o pobre como o rico”, garante. Com forte aposta na oferta para criança, a loja abriu esta semana na Sismaria, mas já existe na Parede, Lisboa, há seis anos. “Recebo 700 a mil peças por dia”, diz Cláudia Sousa. “São lojas das pessoas espertas. É preciso ser inteligente para aderir a este conceito”, aponta. Cláudio Garcia claudio.garcia@regiaodeleiria.pt

Comerciantes contra início antecipado da época de saldos “Não tem sentido”, afirma David Narciso sobre a nova época de saldos, que determina o arranque dos descontos a 28 de Dezembro. Logo a seguir ao Natal e quando o Inverno mal acabou de começar. Para o proprietário das lojas ADN Space, Tiffosi Kids, Lion Of Porches, David Jeans e David Homem, todas em Leiria, as datas em

vigor desde 2007 prejudicam os comerciantes, ao anteciparem uma semana. “Estamos a chegar aos saldos com os stocks quase virgens porque as pessoas não compram antes do Natal”, explica. No mesmo sentido, também Bruno Carreira, sócio das lojas Five, Lacoste e Hugo Boss, considera péssimo o novo enquadra-

mento. No entanto, frisa, “os saldos nunca são uma solução” e “uma loja que viva dos saldos não tem rentabilidade suficiente”. Pedro Olaio, da IN, classifica como “um disparate” o início antecipado dos descontos. As vendas “estão a correr mal” e há uma quebra em relação ao ano passado porque “as pessoas têm pouquíssimo di-

nheiro”, acrescenta. David Narciso, pelo contrário, afirma que “houve movimento na primeira semana” e Bruno Carreira dá igualmente conta de uma “afluência muito grande”, que permitiu “escoar artigos não vendidos durante a estação”. Os três comerciantes defendem que meados de Janeiro, ou mesmo Feverei-

ro, seriam as datas ideais para começar a época de saldos, que nos moldes actuais se prolonga até 28 de Fevereiro. De um modo geral, as casas de roupa, calçado e acessórios são as mais procuradas neste período, destinado às colecções de Inverno. Em Leiria, as baixas de preços chegam aos 70 por cento.

A Até 28 de Fevereiro


26 NEGÓCIOS | INVESTIR & AGIR

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

NOVA EMPRESA QUER INOVAR NA EDIÇÃO

Lei dos carrosséis ameaça dois mil postos de trabalho Empresários de equipamentos de diversão manifestaram-se esta semana em Lisboa, exigindo mudanças no decreto-lei que estabelece o regime de licenciamento dos recintos itinerantes e as normas de segurança dos carrosséis. Em causa estão 250 operadores, maioritariamente dos concelhos de Pedrógão Grande e Pampilhosa da Serra. De acordo com a Associação Portuguesa de Empresas de Diversão (APED), há dois mil postos de trabalho ameaçados. O portavoz Luís Paulo Fernandes alega que o decreto-lei, em vigor desde Outubro, “paralisou tudo”. Os empresários são obrigados e requisitar e a pagar a inspecção. E sem inspecção as autarquias não podem licenciar. Entretanto, há feiras a decorrer. “Nunca fomos ouvidos”, la-

menta, exigindo um prazo de adaptação de três anos. Um dos problemas são os equipamentos anteriores a 2004, 90 por cento dos que funcionam em Portugal, aos quais a legislação pode não ser aplicável. Anteontem, Luís Paulo Fernandes saiu “com esperança” do encontro com o chefe de gabinete do ministro da Economia. Tinha a promessa de nova reunião, segunda-feira. No entanto, o Governo não parece querer recuar. No dia anterior, os feitantes protestaram em frente ao Instituto Português de Acreditação (IPA), a entidade responsável pela inspecção, no Monte da Caparica, Almada. Houve confrontos e dois militares da GNR saíram feridos. Fizeram-se ouvir também diante da Assembleia da República.

Pousada de Peniche pode duplicar A Pousada de Portugal prevista para a Fortaleza de Peniche deverá ter 70 quartos, em vez dos 30 inicialmente previstos, uma reformulação que tem em vista a rentabilidade do investimento. Tendo como promotores o Grupo Pestana e a Enatur, a ideia é conhecida desde 2005, existindo já, inclusive, um projecto da autoria do arquitecto Siza Vieira.

Recentemente, a Enatur manifestou interesse em duplicar a dimensão do empreendimento, afirmou esta semana António José Correia, presidente da autarquia, citado pela agência Lusa. Nas últimas semanas, o presidente da Câmara Municipal de Leiria, Raul Castro, manifestou a intenção de transformar a actual esquadra da PSP numa Pousada de Portugal.

SPAL recebe dois prémios de design A fábrica de porcelana SPAL finalizou 2009 recebendo dois prémios de design. Um dos trabalhos, da autoria de Alda Tomás, mereceu menção honrosa no Prémio Sena da Silva, atribuído pelo Centro Português de Design de dois em dois anos. Em Dezembro, o

Design Plus Award, concurso internacional promovido pela Messe Frankfurt, contemplou a SPAL entre 28 vencedores, graças à criação Blue Rain da designer Diana Borges. Ambas as colecções da empresa de Alcobaça se destinam ao segmento mesa.

A Carlos Martins, antigo quadro da Crisal

Multinacional contrata vidreiros na Marinha Grande Angola ∑ Embalagem abre novo canal de emigração O saber dos vidreiros marinhenses está a ser requisitado por uma multinacional de origem francesa com interesses em Angola. O grupo Castel já contratou cinco especialistas na Marinha Grande e pretende seleccionar mais dois, para as posições de director de produção e chefe de secção de moldes. Em troca, oferece remunerações muito acima da média em Portugal. A entidade empregadora é a vidreira de embalagem Vidrul, situada no Cacuaco, a 12 quilómetros da capital Luanda. Desde Maio, um dos quadros da empresa é Carlos Martins, antigo director-geral da Crisal Libbey (na Marinha Grande) e presidente da Associação Industrial de Cristalaria. A “qualidade dos vidreiros de embalagem”, segundo Carlos Martins, é a principal explicação para o recrutamento na Mari-

nha Grande. Trata-se de uma boa oportunidade do ponto de vista financeiro, com salários três ou quatro vezes superiores, podendo ser o início de uma nova tendência de emigração. Apesar de as cervejeiras portuguesas não encherem, para já, em Angola, Carlos Martins considera que mais tarde ou mais cedo “vai haver um pólo de vidro de embalagem” naquele país. Para já, a Vidrul emprega 300 pessoas, opera um

forno de cem toneladas e prepara-se para arrancar em Fevereiro um segundo forno com capacidade para 150 toneladas, fruto de um investimento de 60 milhões de dólares. A quase totalidade da produção da Vidrul - actualmente 100 milhões de garrafas por ano - destina-se às oito cervejeiras da Castel em Angola. Cláudio Garcia claudio.garcia@regiaodeleiria.pt

Emprego em todos os sectores

∑ Eram 20 mil em 2004, serão aproximadamente 100 mil os portugueses a trabalhar em Angola. Carlos Monteiro, 42 anos, chegou há seis meses. Está ao serviço da Gestinfor no escritório de Luanda. É responsável pela formação profissional em informática e todos os dias gasta cinco horas no trânsito. Mas sentese recompensado. “Há oportunidades por explorar” e “um mercado em crescimento”, afirma. Disposto a ficar, vê possibilidades para os portugueses em inúmeras áreas. “Mas a pessoa tem que estar preparada para viver para o trabalho”, avisa.

Tiragens reduzidas, à medida das necessidades, a preços imbatíveis. É a proposta da Várzea da Rainha Impressores – VRI, uma nova empresa de print on demand que utiliza a internet para apoiar a edição de livros e outros materiais. O negócio da VRI baseia-se no recebimento de pedidos online, os quais satisfaz com recurso a tecnologia de impressão e produção digital. Com este conceito, a empresa propõe-se combater stocks e desperdício, poupar papel, acabar com as tiragens mínimas, anular investimentos desnecessários e recuperar bons livros esgotados. A apresentação da VRI, em parceria com a Xerox Portugal, decorre na próxima quarta-feira, às 14 horas, no Parque Tecnológico de Óbidos. A empresa ficará instalada no lote 17 e tem Zita Seabra na presidência do conselho de administração.

SEMINÁRIO EXPLICA APOIOS AO TURISMO Dois concursos para acesso a fundos comunitários no turismo vão ser explicados aos empresários do sector, em Monte Real, no Hotel Palace, na próxima segunda-feira. A sessão, com início às 14h30, é promovida pelo Turismo de Portugal, que iniciou a 6 de Janeiro um conjunto de apresentações públicas. As candidaturas a ambos os concursos, lançados no âmbito do Pólo de Competitividade e Tecnologia do Turismo – Turismo 2015, terminam a 1 de Fevereiro. São elegíveis investimentos em alojamento turístico, em empreendimentos e actividades de animação turística e na restauração. A dotação total é de 31,5 milhões de euros.


MOTORES | NEGÓCIOS 27

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

Sacel cresce em 2009 e mantém-se nos melhores concessionários Citroën Expectativa ∑ 2010 traz novos modelos DS3 e C3, além do primeiro veículo eléctrico C-Zero Numa conjuntura de retracção da procura, e sem novidades relevantes no catálogo Citroën, a Sacel fecha 2009 com crescimentos nas matrículas efectuadas e no serviço de após-venda. Com as vendas de ligeiros de passageiros a caírem 25 por cento até Novembro em Portugal, enquanto a Citroën recua 30% no mesmo período, o balanço tem de ser positivo. “Para nós, felizmente, foi um ano bom, porque conseguimos contrariar a tendência de descida do sector e da marca”, refere Francisco Alves, director-geral da Sacel, atribuindo o desempenho à forma de estar no mercado e à abertura em Torres Vedras. O balanço de 2009

NOVO ASTRA MAIS AMIGO DO AMBIENTE A Opel lança este mês o novo Astra, a pensar no segmento dos automóveis familiares compactos, que representa actualmente 27 por cento do mercado na Europa. Representada em Leiria pela Auto-Industrial, a marca reuniu neste modelo uma gama alargada de motores mais potentes e amigos do ambiente. Os preços começam nos 20.500 euros para a entrada de gama a gasolina (1.4 de 100 cv). Na versão de equipamento Enjoy, o novo Astra já integra ar condicionado, quatro vidros eléctricos, fecho centralizado de portas com comando à distância, computador de bordo, rádio-leitor de CD com MP3, programador de velocidade e espelhos de regulação eléctrica.

supera um milhar de unidades vendidas, considerando novos e usados. Fundado há 48 anos, o concessionário possui em Leiria instalações na Avenida Heróis de Angola e na Azóia, que em conjunto asseguram a venda de automóveis, oficina, após-venda e peças. Está também em Pombal, Caldas da Rainha e desde há meses em Torres Vedras.

Novidades. Em 2010, Francisco Alves espera manter o trajecto de crescimento, expectativa apoiada nos novos DS3 e C3, que chegam no primeiro trimestre. O primeiro inaugura o conceito DS, uma linha Premium com showroom próprio, falando para clientes de

topo numa lógica de grande liberdade de personalização dos veículos. O segundo substitui o citadino com milhões de unidades vendidas. No último trimestre, é esperado o C-Zero: cem por cento eléctrico, caixa automática, velocidades até 130 km/hora e autonomia de 220 quilómetros. A Sacel é actualmente o terceiro concessionário Citroën em Portugal em volume de viaturas vendidas e está a actualizar a certificação do sistema de gestão pela norma ISO9001:2008. Prepara-se, entretanto, para investir 200 mil euros na remodelação das instalações de Leiria, Caldas da Rainha e Torres Vedras, de modo

Bomcar garante BMW em Coimbra

O início de 2010 marca o arranque da operação da Bomcar em Coimbra, onde no final do ano passado adquiriu à Baviera a concessão BMW e Mini. Paulo Pires, responsável pela Bomcar Coimbra, dá conta do objectivo de melhorar o atendimento e alcançar “a total satisfação do cliente”. Para tanto, a aposta recai no contacto personalizado e maior agilidade na forma de trabalhar da organização. “Sentimos que podemos trazer muito da nossa experiência no ramo automóvel para a concessão de Coimbra, melhorando processos internos”, afirma o administrador. As instalações em Trouxemil ocupam três mil metros quadros de área cober-

ta, um terço dos quais para exposição. No total, são nove mil metros quadrados, incluindo um parque exterior com capacidade para cem viaturas. A concessão emprega 30 pessoas, distribuídas por administração, secretariado, vendas e oficinas. Além dos automóveis novos, a empresa vai apostar nos usados BMW Premium Selection e multimarcas, além das motos BMW Motorrad. A Bomcar já detinha em Leiria, onde está sediada, a concessão das marcas BMW e Mini. A empresa tornou-se recentemente cliente da Pinto Loureiro Comunicação, agência de Leiria que em Novembro foi responsável pelo gabinete de imprensa da Baja 500 Portalegre.

A Francisco Alves, director-geral da Sacel a adequá-las à nova imagem da marca francesa. Por tudo isto, não é surpresa ver a empresa no gru-

po de concessionários a nível nacional que vão iniciar o projecto Business. Tratase de um conceito dirigido

ao segmento empresarial, que passará a ser trabalhado de acordo com uma filosofia própria.


Publireportagem

Imobicard aposta na inovação Qualidade e rigor na construção são as grandes apostas da Imobicard. Especializados na promoção imobiliária e na elaboração e desenvolvimento de projectos de Arquitectura e Engenharia Civil, estudam e personalizam cada acção que realizam, com inovação garantida QUANDO É QUE SURGIU A IMOBICARD? É uma empresa recente, surgiu em 2007, apesar de um dos sócios já ter empresas há 25 anos no estrangeiro, do mesmo ramo. É uma empresa nova neste país, mas inovadora no conceito de oferta dos seus produtos. Destaca-se claramente pelo empenho e dedicação em cada intervenção. PORQUÊ A NECESSIDADE DE ABRIR UM ESCRITÓRIO DE PROJECTOS DE CONSTRUÇÃO? Temos sido contactados por várias pessoas de diversos pontos do país que gostam dos trabalhos que temos desenvolvido e têm-nos pedido para realizar projectos. Encaramos isto com muito orgulho e como um novo desafio para a empresa e que pretendemos aproveitar para ganharmos o nosso espaço no mercado. COMO É QUE VAI FUNCIONAR O NOVO ESCRITÓRIO? Funcionará, para já, com quatro pessoas, entre engenheiros e arquitectos, que se dedicam exclusivamente à elaboração de projectos de Arquitectura e Engenharia e acompanhamento de obras. Oferecemos serviços desde os levantamentos topográficos, aos pro-

jectos de arquitectura, projectos de todas as especialidades das engenharias, até aos certificados energéticos. EM TERMOS DA PROMOÇÃO IMOBILIÁRIA EM QUE PROJECTOS ESTÃO A TRABALHAR NESTE MOMENTO? Estamos a comercializar 33 fracções de apartamentos e lojas que estão em fase final de acabamentos na Vila da Guia, Pombal, local onde temos as nossas instalações. Apartamentos com classe energética A e com acabamentos de excelente qualidade, que para o mercado na região em termos de relação qualidade/preço são praticamente imbatíveis. Apostamos muito na inovação com novos materiais de isolamentos térmicos e

Empreendimento inaugurado na Guia A empresa Imobicard inaugurou, no passado dia 29 de Dezembro, na Guia, um novo escritório de projectos, com almoço de convívio que juntou amigos e colaboradores, além dos responsáveis pela empresa. A festa coincide com a conclusão de mais um empreendimento - o edifício Cardetrac - com a chancela da Imobicard, uma empresa que envolve diversas especialidades, vão do desenvolvimento de projectos à promoção imobiliária. Trata-se como destaca a empresa, de edifício multifuncional, com calculada sintonia com a envolvente, localizado em pleno centro da vila da Guia, servido de excelentes acessos aos concelhos de Pombal, Leiria e Figueira da Foz

acústicos e das energias alternativas, e que têm um grande custo de investimento da nossa parte, mas que nos distanciam claramente do restante mercado e elevaram a confiança do mercado nos nossos imóveis. Posso garantir que actualmente estamos no mercado de uma maneira muito tranquila e séria. No entanto, já iniciámos mais alguns imóveis na mesma zona, e em outros locais do país, que pretendemos terminar durante ainda este ano. E PROJECTOS FUTUROS? Temos vários projectos aprovados para vários imóveis, um pouco por todo o país, e posso garantir que durante este ano serão ainda alguns os imóveis a serem iniciados.

TÊM RECEBIDO PEDIDOS DE TRABALHOS? Até ao momento muitos têm sido os pedidos de trabalhos. Pretendemos, no entanto, alargar o nosso mercado em termos da elaboração de projectos para terceiros e, por isso, a abertura deste novo escritório no centro da Vila da Guia. SE O CLIENTE OPTAR PELA REALIZAÇÃO DE PROJECTOS PELA VOSSA EMPRESA, QUAIS SERÃO AS VANTAGENS? Garantimos para já o máximo empenhamento no projecto de todos os membros da equipa. Depois, o cliente saberá que encontrará uma equipa especializada e que em conjunto com o cliente es-

tudará a melhor solução. Encontrará da nossa parte toda a ajuda e aconselhamento de modo a que o seu objectivo seja sempre cumprido e, durante o decorrer das obras, poderá contar sempre com o nosso acompanhamento e ajuda. O OBJECTIVO É ALARGAR A OUTRAS ZONAS? Temos aqui os nossos escritórios porque, para além de termos uma ligação forte a esta zona, temos a nosso favor a localização. Estando aqui, conseguimos fazer trabalhos tanto em Pombal, como na Figueira da Foz, como em Coimbra, Leiria, Lisboa. O nosso objectivo é desenvolvermos trabalhos a nível nacional, não só aqui.


30

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

desporto

Nuno Oliveira

A Depois do 1-1 com o Trofense, a União recebe o Sporting na Taça da Liga

III divisão: Sp. Pombal de novo segundo

Marinhense marca passo na luta pela manutenção Aquece a luta pela fuga aos últimos lugares da série C da II divisão, com diversas equipas a procurarem o oxigénio da manutenção. O Marinhense marcou passo nesse particular na jornada passada, empatando em casa com o Eléctrico, outro dos interessados em trepar na

classificação. A jornada foi mesmo de empates para as equipas da região, pois também a União da Serra trouxe um ponto da deslocação a Oliveira do Bairro, um resultado que não sendo negativo, poderia ser melhor - o adversário é o penúltimo classificado. Neste fim-de-semana, a

Uma vitória clara (3-0) sobre o Anadia permitiu ao Sporting de Pombal regressar ao segundo lugar na série D da III divisão nacional. O conjunto de Fernando Mateus aproveitou ainda para reduzir a distância para o líder Sourense que cedeu um empate. Três pontos separam agora os dois primeiros. Domingo, o Sp. Pombal visita o Tocha, actual sexto classificado. Na série E do escalão terciário, o Portomosense falhou a aproximação à concorrência na luta pela manu-

equipa de Ricardo Moura tem teste importante, recebendo em Santa Catarina da Serra o líder Tourizense. Também o Marinhense tem à espera este fim-desemana uma tarefa dura de roer: joga em casa do segundo, o Esmoriz.

II DIVISÃO - SÉRIE C Ac. Viseu Arouca Pampilhosa Monsanto Tourizense O. Bairro Allan, 90 Praiense Marinhense

Classificação 2 0 2 2 1 1

V. Pico Operário Tondela Sertanense Esmoriz U. Serra

1 Mafra 0 Eléctrico

0 2 1 2 2 1 0 0

1.Tourizense 2.Esmoriz 3. Tondela 4.Operário 5.Pampilhosa 6.Arouca 7.Monsanto 8.Praiense 9.Mafra 10.U. Serra 11.Ac. Viseu 12.Eléctrico 13.Sertanense 14.Marinhense 15.O. Bairro 16.V. Pico

14ª jornada

12 12 12 12 12 12 12 12 12 11 13 12 12 12 12 12

7 7 7 6 5 5 4 4 4 4 4 3 3 3 2 2

4 2 2 3 4 3 5 4 4 3 2 4 3 3 4 2

1 3 3 3 3 4 3 4 4 4 7 5 6 6 6 8

20-10 25 14-8 23 21-9 23 14-10 21 18-14 19 12-13 18 11-12 17 11-11 16 10-11 16 11-8 15 16-19 14 11-14 13 11-14 12 10-17 12 11-18 10 8-21 8

União Serra Esmoriz Eléctrico V. Pico Tondela Sertanense O.Bairro Mafra

Tourizense Marinhense Ac. Viseu Pampilhosa Monsanto Praiense Operário Arouca

Arquivo

13ª jornada

GOLOS

Após o interregno de duas semanas, os campeonatos distritais de Santarém estão de volta. Na série C da Divisão Secundária o Atlético Ouriense, que lidera ainda invicto na prova, recebe o Tramagal, actual terceiro classificado, mas a onze pontos dos ourienses. Relativamente às outras equipas de Ourém nesta série, o Cercal recebe os Lagartos do Sardoal e o Caxarias desloca-se ao campo da Linhaceira. Os jogos estão agendados para domingo às 15 horas.

consistente fora do que no Municipal de Leiria (três vitórias e dois empates em sete jogos). Em casa é que as coisas continuam mais complicadas para a União de Leiria e domingo, frente ao Trofense, a equipa voltou a sofrer muito para evitar a derrota. No arranque da terceira fase da Taça da Liga, a equipa da Trofa esteve a vencer do segundo ao 81º minuto, quando Tiago Luís conseguiu o empate num encontro muito complicado. A competição regressa a Leiria na quarta-feira, com a visita do Sporting ao Municipal. O jogo começa às 21h15.

PONTOS

OURIENSE REGRESSA FRENTE AO TRAMAGAL

À 16ª será de vez? A União de Leiria nunca venceu em casa do FC Porto, mas volta a tentar nesta jornada, com um aliciante extra: o de poder ultrapassar o Sporting e chegar ao quinto lugar. Depois da vitória no Alvalade XXI, a equipa de Lito Vidigal vai ao Estádio do Dragão tentar surpreender o campeão nacional. Não será fácil, porque o FC Porto ainda não perdeu em casa esta época (só cedeu um empate em sete jogos) e porque a história é desfavorável à União: um empate em 15 jogos para o campeonato/Liga. Mas a favor dos leirienses há uma carreira mais

EMPATES

A segunda eliminatória da Taça Distrito de Leiria deixou de fora as equipas da I divisão distrital ainda em prova. Resultados: Avelarense 0 - Outeirense 5, Vidreiros 0 - Nazarenos 2, Turquel 0 - Bombarralense 3, Pataiense 1 - SL Marinha 0, Castanheira de Pêra 2 - Ginásio de Alcobaça 3 (após prolongamento), Caranguejeira 1 - Pilado 2 (após prolongamento), Fig. Vinhos 1 - Guiense 5. Em jogo em atraso, o Marrazes foi à Bidoeira vencer por 1-2 e defronta o Valcovense a 14 de Fevereiro.

Liga ∑ Conjunto de Lito Vidigal defronta FC Porto no domingo a pensar no quinto lugar

DERROTAS

TAÇA DISTRITO SEM EQUIPAS DA I DIVISÃO

União testa campeão com Sporting à vista

JOGOS

O extremo Miguel Paixão é reforço do Fátima até final da época, por empréstimo da União de Leiria. O jogador vai ajudar o Fátima a manter a excelente performance que tem evidenciado na Liga de Honra. Paixão já se integrou nos trabalhos da equipa de Rui Vitória e participou no triunfo (21) frente ao Benfica, em jogo particular realizado no início da semana no Seixal.

VITÓRIAS

UNIÃO EMPRESTA MIGUEL PAIXÃO AO FÁTIMA

A Portomosense empatou

tenção. A equipa de Porto de Mós está em décimo lugar e não foi além de um empate a uma bola no confronto com o nono, o Oeiras. De resto, a jornada foi positiva para as equipas da região na série E: o Caldas venceu o Gavionenses por 2-0 e ultrapassou o Oeiras, estando agora no oitavo lugar; o Peniche visitou o Olivais e Moscavide, que ocupa o penúltimo posto, e triunfou por 0-2. Domingo há derby entre Peniche e Portomosense, enquanto o Caldas visita o 1º Dezembro.


MODALIDADES | DESPORTO 31

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

SKATE Campeonato solidário em Caldas da Rainha a favor da Cruz Vermelha Manobras acrobáticas solidárias têm lugar amanhã, sábado, em Caldas da Rainha, onde o campeonato de skate “Best Trick” tem lugar a favor da Cruz Vermelha. Alguns dos mais cotados praticantes nacionais participam nesta iniciativa que visa angariar bens alimentares para aquela instituição. As inscrições custam 2 euros e um bem alimentar, que reverte para o projecto “Mão Mão Amiga Amiga”,, da Cruz Vermelha. Vermelh O campeonato decorre no Skate Park de Caldas da Rainha, a partir das 12 horas. Inscrições no local a partir das 11 horas.

MONTANHISMO Passeio à Fórnea

VOLEIBOL ACJ perde em Paços de Ferreira

Um percurso desafiante é a proposta da Aventura 100Limites para 17 de Janeiro. A espectacular paisagem da Fórnea, formação geológica única no país, é palco da iniciativa que terá uma duração de cerca de três horas, em regime de percurso circular, numa distância de 8,6 quilómetros. O passeio é exigente e nesta altura do ano promete dificuldades acrescidas, com lama e quedas de água. Inscrições pelo número 961 452 317 (depois das 20h30).

A Associação Cultura e Juventude (ACJ) voltou a perder no fim-de-semana, somando a 11ª derrota em outros tantos jogos na A2 feminina. Na deslocação a Paços de Ferreira, a equipa de Leiria perdeu por 3-0. Domingo, a equipa joga fora, com o Arcozelo. O ACJ ocupa o último lugar da classificação da A2. A 17 de Janeiro, a equipa de Leiria recebe às 15 horas a Académica, no Pavilhão dos Pousos.

Atletismo

Todas as provas vão dar a Pombal O frio aperta e Pombal agradece: o Inverno faz com que Pombal seja a capital nacional do atletismo em Janeiro, levando a que um conjunto de provas de peso no âmbito da modalidade tenham lugar na pista coberta instalada no Expocentro. No primeiro mês de 2010, várias provas do calendário nacional vão passar por Pombal, onde será possível apreciar alguns dos melhores valores do atletismo português. Já neste fim-de-semana,

a pista coberta acolhe amanhã, sábado, a Taça FPA de Provas Combinadas e a Taça FPA Velocidade/ Barreiras, organizações da Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) e da Associação Distrital de Atletismo de Leiria (ADAL). Até ao final do mês, Pombal é palco do campeonato nacional de juniores em pista coberta, organizado também pela FPA e pela ADAL. No dia 30 de Janeiro, é a vez de se disputar o apuramento feminino para o campeonato nacional de

clubes em pista coberta, iniciativa da da FPA, ADAL e Associação de Atletismo de Aveiro. A 13 de Fevereiro, as I e II diviões do nacional de clubes também passam pela pista coberta instalada no Expocentro. Entretanto, amanhã, sábado, Montemor-o-Velho recebe o campeonato distrital de marcha atlética para atletas das associações de Leiria, Coimbra, Santarem e Lisboa.

Sérgio Claro/Arquivo

Actividade ∑ Janeiro enche pista coberta do Expocentro

A Quatro provas agendadas para Pombal nas próximas semanas

Hóquei em patins

Andebol

Segunda divisão de volta

“Derby” feminino Instituto vence na Gândara Alpendorada

Depois do interregno do fim do ano, está de volta a competição aos campeonatos nacionais da II divisão. Na zona sul, a Juventude Ouriense procura aproximar-se dos três da frente, recebendo o Nafarros, actual nono classificado. Noutros jogos, o Stella Maris recebe o Ourique e a Biblioteca de Valado dos Frades

Com os campeonatos masculinos ainda parados, o destaque da próxima jornada vai para o encontro já clássico entre a Juve Lis e o Colégio João de Barros na I divisão feminina. O “derby” tem lugar amanhã, sábado, às 17 horas, no Pavilhão da

joga na Amadora. Na III divisão centro, os jogos de amanhã de equipas da região são o Sporting Marinhense - Vialonga e o Leiria e Marrazes - Oliveira do Hospital. O Marrazes é actualmente sétimo e o Sp. Marinhense ocupa o nono posto.

Futsal

Gândara dos Olivais, e promete: na zona sul, um ponto apenas separa as duas equipas, com as juvistas em terceiro lugar e o João de Barros em quarto. Nos dois primeiros lugares, com mais três pontos (e menos dois jogos) que a Juve Lis estão Madeira SAD e Gil Eanes.

O Instituto D. João V continua a sua sólida presença na I divisão nacional de futsal. O conjunto do Louriçal somou nova vitória no fim-de-semana passado, derrotando fora de portas o Alpendorada por 6-8. O Instituto está em quarto lugar, atrás de Belenenses, Benfica e Sporting. Na II divisão, o Amaren-

se regressa à competição amanhã, sábado, visitando o AM Portela para tentar aumentar a distância para os lugares de descida. Entretanto está confirmada a participação da União de Leiria na 1ª Taça ABW, a 17 de Janeiro, no Pavilhão de Colmeias. O adversário é o Freixieiro, uma das melhores equipas nacionais.


32

Daniel Bernardes na Casa da Música

culturas leiria David Fonseca, Tindersticks e Nouvelle Vague no início de 2010

8 | Janeiro | 2010

O pianista de Alcobaça actua com o seu trio na próxima terça-feira na Casa da Música do Porto, num concerto integrado no Ciclo Jazz Galp. O espectáculo tem início às 19h30.

“O Nariz” está mesmo constipado

Os primeiros meses do ano trazem à região um conjunto de artistas de top, nacionais e internacionais. Já em Janeiro, David Fonseca mostra a Leiria “Beetween waves”, o novo disco que sobe ao Incógnita ∑ Grupo de teatro de Leiria em risco palco do Teatro José Lúcio da Silva dia 22, comemorando o terceiro aniversário da de ficar sem a casa onde está há 15 anos reabertura da sala. No início de Fevereiro, Caldas da Rai“‘O Nariz’ está constipado”. O desabafo de Francisco Vieira nha recebe o início da digressão mundial tem algumas semanas mas os sintomas persistem: o grupo de teados Tindersticks. “Falling down a mountro de Leiria está em risco de ficar sem casa - o histórico Orfeão tain” é o novo trabalho da banda, que acVelho de Leiria. O antigo presidente da Região de Turismo lançou tua no Centro Cultural no dia 3. o alerta em artigo de opinião no “Jornal de Leiria”, tornando públiNo final de Março, Leiria volta a entrar ca a ameaça que recai sobre um dos agentes culturais mais antigos na rota dos grandes concertos: os Noue com maior actividade na cidade. “O Nariz” tem 15 anos, tantos velle Vague mostram as suas versões de quantos está instalado no Orfeão Velho, ao abrigo de um acordo luxo no José Lúcio da Silva no dia 28. com o inquilino do espaço, o Orfeão de Leiria/Conservatório das Mas há mais propostas aliciantes: no Artes (OL/CA). Mas agora o inquilino quer ocupar parte do espaJosé Lúcio da Silva actuam a 17 de Janeiro ço. E “O Nariz” teme pelo futuro. os pianistas Victorino d’Almeida e Luiz “Esta situação pode comprometer as nossas actividades”, recoAvellar; no Miguel Franco, canta Janinhece Vitória Condeço, do grupo de teatro, que já sabe da intenção ta Salomé a 30 de Janeiro. Em Alcobaça, do OL/CA voltar a realizar actividades no Orfeão Velho, “mas não José Cid dá concerto no Cine-Teatro a 20 exactamente quais nem como se vão processar”. de Janeiro, e Ana Free A direcção do OL/CA “coloca a hipótese de vai ao Centro Cultureutilizar o edifício para criar mais salas de aural Gonçalves Sapilas para os alunos”, não avançando com “previnho, na Benedita, a 23 são para a execução deste projecto”. CUSTO ZERO de Janeiro. Fevereiro As áreas reclamadas são o actual escritório e sugestões culturais com entrada livre chega com os italiazona de entretenimento/bar, admitindo o OL/ ∑ Raquel Gaspar apresennos Anónima NovuCA que “O Nariz” fique nos restantes espaços. ta amanhã, sábado, o livro “Os lari a mostrarem-se Só que esses necessitam de intervenção - no amigos da menina do mar”, no Teatro José Lúcio auditório, por exemplo, além do frio intenso, na livraria Arquivo, em Leiria. É da Silva no dia 4, ana chuva cai sobre o público. “É evidente que às 16h30 e contempla um jogo é possível partilhar o espaço, desde que haja tes de Rita Guerra, a sobre os segredos do fundo do diálogo e as pessoas se entendam e conver14 de Fevereiro. Em mar e atelier de ilustração com sem. O que ainda não aconteceu”, nota VitóCaldas, José James aguarela. ria Condeço. é estrela no CCC a ∑ Os coros do Orfeão de LeiDa parte do OL/CA há “todo o interesse em 25 de Fevereiro. No ria e Polifónico de Almada vão manter a colaboração”, que considera “impresTea-tro José Lúcio estar juntos em concerto no docindível para o desenvolvimento das artes na da Silva, em Março, mingo, na Igreja de S. Francisco região de Leiria e para o que é fundamental a há concerto dos And em Leiria. Início às 17 horas. existência de um grupo de teatro activo e diAlso the Trees dia 6 nâmico como o ‘O Nariz’”. e fado de Carminho Mas o grupo está céptico. Vitória Condeço dia 11.

roteiro bares & discotecas

LEIRIA Alinhavar 2010 Este ano, o bar abre também durante o dia, no horário 10-17h. À noite, 21-02h. Beat Club Sábado, 9 Super Fury Djs animam mais uma noite independente no club de Leiria. Os Filipes Sexta, 8 N.I.P ao vivo. Terça, 12 Noite académica com dj Pe. Quarta, 13 Karaoke. Quinta, 14 Noite académica com dj Gil.

Região de Leiria

Puzzle Sexta, 8 Dj Oliver N. Sábado, 9 Dj Oliver N. Segunda, 11 Karaoke. Sushi&Sushi Electrónica Sábado, 9 Ren & Stimpy Project animam a noite no piso electrónico da discoteca.

MARINHA GRANDE Caffé do Centro Sábado, 9 Dj Lothar LK.

Império Romano Sábado, 9 Festa do Staff na discoteca da Garcia e Banda Nice. ALCOBAÇA Beco Sexta, 8 Dj Rita Pedrosa. Sábado, 9 Dj GI. POMBAL Heaven Sent Club Sábado, 9 White Party. I-Sounds Sábado, 9 Dj NS. Kiay Sábado, 9 Festa na discoteca de Meirinhas com dj convidado Groove

Joaquim Dâmaso

lembra que ao longo dos anos o espaço “foi transformado num mini-centro cultural” e se isso acabar “perde ‘O Nariz’ e perde também a cidade de Leiria. Ao transformar-se numa escola, deixa de ser um espaço para o público”. E deixará de ser o palco “onde se têm revelado projectos e artistas emergentes, que não têm apoios para mostrarem os seus trabalhos. Fazemos as funções que deveriam ser de outras entidades, como por exemplo, da Câmara de Leiria...”. O REGIÃO DE LEIRIA procurou uma reacção do vereador da Cultura sobre a situação, mas até ao fecho desta edição não a obteve. Em risco de “entupir” devido a esta “constipação”, “O Nariz” admite alternativas. “No máximo, podemos de ter de ir para outro espaço”. “Mas tudo o que temos aqui demorou tempo a ser construído. Será como um recomeço. Ao perdermos este sítio ou ao ser-nos limitada a utilização, vai ser difícil continuarmos com o tipo de actividades que temos...”. Fora do Orfeão Velho, “O Nariz” corre risco de vida? “Quem é o OL/CA para comprometer o futuro de ‘O Nariz’?”, reage Vitória Condeço. “É evidente que se deixarmos de ter acesso àquele espaço onde ‘O Nariz’ se fortificou, vamos ter dificuldades. Mas não, ‘O Nariz’ não vai deixar de existir por causa disso”.

Addiction. Nos outros espaços, também ainda dj Steryoo, Angel.Dj, Godinho e banda Meidin. La Vida Loka Sexta, 8 Noite “Power Ladies”. Sábado, 9 $P’laguita actuam ao vivo. OURÉM Kayene Sexta, 8 Party Time e dj Banana. Sábado, 9 Kayene Session, com djs Banana e Bruno P. The Happy House Sábado, 9 Dj Onurby é o convidado

Manuel Leiria manuel.leiria@regiaodeleiria.pt

na discoteca da Urqueira. CALDAS DA RAINHA Greenhill Sexta, 8 Queen’s Night. Sábado, 9 A discoteca da Foz do Arelho acolhe o novo ano com a festa “Welcome 2010”. Maratona Sábado, 9 Dj Stuart.


Região de Leiria

33

Sons graves para bebés

leiria

8 | Janeiro | 2010

Mais um desafio lançado pelos Concertos para Bebés: “A doçura dos sons graves” é a proposta para este domingo, no Teatro Miguel Franco em Leiria. Saxofones, clarinetes, acordeão e vozes são protagonistas em sessões às 10h30 e 11h45.

Nazaré com nova estrela da canção

exposições

Guilherme Azevedo, de 13 anos, venceu o primeiro prémio do programa “Uma canção para ti”, da TVI, e é o mais recente sucesso da nova associação “Amigos para Sempre – Nova Geração” que apoia jovens artistas da Nazaré. “Fiquei feliz”, disse o jovem cantor ao REGIÃO DE LEIRIA, referindo-se à vitória que fez dele a nova estrela da Nazaré e da escola que frequenta. Guilherme Azevedo não

∑F  ormas. Exposição colectiva na galeria Pedra do Guilhim, Nazaré. Até 10 de Janeiro. ∑D  esbundixie e dança do ventre. Exposição de fotografias de Daniela Sousa, no bar Opra Prima, Marinha Grande. Até 11 de Janeiro. ∑N  ó a nó.

esquece o apoio dos colegas nem a mobilização da população do concelho da Nazaré que contribuiu para alcançar o primeiro prémio. “Agora só com o tempo”, responde quando questionado sobre o futuro. Para já, espera vir a ingressar na escola de música de Luís Jardim, membro do júri do concurso, colocando a carreira de cantor em primeiro lugar. A de técnico de informática surge como alternativa. Para a vitória foi também importante, adiantou, o apoio da mãe, Maria Filomena Tavares Silva, e de Porfírio Laborinho, o músico responsável pelo lançamento e sucesso de dezenas de jovens nazarenos no mundo da canção. AL

breves ∑ Concurso de Presépios de Porto de Mós. Vencedores da edição 2009: Manuel de Jesus, Escola Secundária de Mira de Aire, Escola Básica 1 de Mira de Aire (turma do 2º e 3º ano) e Componente de Apoio à Família nº2 Mira de Aire. ∑ Espectáculo solidário em Alcobaça. No jardim em frente ao Tribunal apresentamse amanhã, sábado, o Coro de São Bernardo, Coro e Grupo de Cavaquinhos da Universidade Sénior de Alcobaça, Grupo Suão e Rancho Folclórico e Etnográfico Papoilas do Campo. Os espectadores são convidados a contribuir com mobiliário, electrodomésticos, produtos de higiene e de papelaria. ∑ SA Marionetas no Mosteiro de Alcobaça. “A Ver Navios” é o espectáculo que a companhia apresenta no monumento amanhã, sábado, às 15 horas. ∑ Gradiva mecenas do Moinho de Papel. A editora Gradiva doou cerca 62 mil euros à Câmara de Leiria para o projecto de equipamento multimédia do Museu do Moinho de Papel. A verba vai permitir equipar o espaço de modo a permitir uma visita interactiva ao museu. ∑B  alanço da Óbidos Vila Natal. Mais de cem mil visitantes passaram pelo evento temático organizado em Óbidos. Mesmo prejudicado pela tempestade que afectou o Oeste, o evento teve balanço positivo.

O segundo disco dos Desbundixie chega com convidados A voz de Maria João e o piano de Filipe Melo são convidados a regressar à festa do jazz do início do século XX de Nova Orleães pelos Desbundixie. O projecto formado por músicos da região apresenta amanhã, sábado, o seu segundo disco, “Up 2 Nine”, num espectáculo marcado para o Teatro Miguel Franco (21h30), onde os dois convidados vão marcar presença. Depois do sucesso de “Kick’n blow”, que levou os Desbundixie a inúmeras actuações pelo país, a banda volta para celebrar o dixieland, um jazz caracterizado pelo ritmo, energia e boa disposição. “Up 2 Nine” é composto por 14 temas, dois deles referência do dixieland, da autoria de Louis Armonstrong. Os bilhetes para o concerto no Teatro Miguel Franco custam 5 euros.

Exposição de Rita Gaspar Vieira, na sede da Associação Célula e Membrana, Leiria. Até 13 de Janeiro.

 lha mas é para a frente! E ∑O fogueirinhas. Pintura, desenho e um começo de desculpa, de João dos Santos, na Livraria Arquivo, Leiria. Até 14 de Janeiro.  olectiva. A associação O.D.A. ∑C organiza uma exposição de jovens pintores da região no Pin’s Bar, na Marinha Grande. Até 16 de Janeiro de 2010. ∑M  áscaras da Ásia. Exposição do Museu do Oriente - Fundação Oriente, no Edifício Banco de Portugal. Até 25 de Janeiro. ∑C  astles and monuments of Portugal. Exposição de Ricardina Silva, na Biblioteca de Porto de Mós. Até 30 de Janeiro. ∑E  ssa paixão proibida. Pintura de Sílvia Patrício na galeria Ensaios - Arte e Design, no Terreiro, Leiria. Até 31 de Janeiro. ∑N  otas de um percurso. Exposição de Sandrine Cordeiro no Teatro-Cine de Pombal. Até 17 de Fevereiro. ∑“  1944-2009”. O Cine-Teatro de Alcobaça comemora 65 anos de actividade com uma retrospectiva. Até 22 de Março. ∑K  orrodi e o restauro do Castelo de Leiria. Exposição na Casa Museu João Soares, Cortes, Leiria. Até 15 de Abril.

A arte que o maçarico faz do vidro O trabalho de uma dezena de mestres e artesãos a partir do vidro e das potencialidades da matéria-prima quando trabalhada a maçarico estão em destaque numa exposição que o Museu do Vidro apresenta até 30 de Maio. “Mestres da Marinha Grande Artesanato de Maçarico” revela o resultado do percurso profissional e artístico de quem se tem dedicado à actividade vidreira numa vertente criativa. Miniaturas e pequenas peças saem das mãos destes artesãos com intuito decorativo ou utilitário, revelando as potencialidades desta actividade. Na exposição estão representados os maçariqueiros Adriano Mesquita, Almiro Morgado, Álvaro Cruz, Armindo Martins, Jack, José Leonel, Manuel Craveiro, Mário Macatrão, Vítor Rodrigues e Vítor Salgueiro. Para visitar de terça a domingo, das 10 às 18 horas.

roteiro cinemas

LEIRIA TEATRO JOSÉ LÚCIO DA SILVA. Telefone: 244 823 600. Sexta 8 a terça 12 · 21h30. 2012 Realizado por Roland Emmerich, com John Cusack e Woody Harrelson. (M/12 anos)

TEATRO MIGUEL FRANCO. Telefone: 244 860 480. Sexta 8 · 21h30. Circo dos Horrores Realizado por Paul Weitz, com John C. Reilly e Josh Hutcherson. (M/12 anos) Domingo 10 a terça 12 · 21h30 e quarta 13 · 18h30 e 21h30. O Solista Realizado por Joe Wright, com Jamie Foxx, Robert Downey Jr e Catherine Keener. (M/12 anos)

Quinta 14 · 21h30. IL Divo - A Vida Espectacular de Giulio Andreotti Realizado por Paolo Sorrentino, com Toni Servillo, Anna Bonaiuto e Giulio Bosetti. (M/16 anos) CINEMACITY. Telefone: 244 845 071. Sala 1 D. Sexta 8 a quarta 13 · 13h30, 16h45, 21h00 e 00h15(3). Avatar Sala 2 - K. Sexta 8 a quarta 13 · 11h35(1), 13h35, 15h35(2), 17h35 e 19h35. (Versão portuguesa). Alvin e os Esquilos 2 Sala 2 - K. Sexta 8 a quarta 13 · 21h35. 2012 Sala 2 - K. Sexta 8 a quarta 13 · 00h30(3). Twilight: Lua Nova Sala 3. Sexta 8 a quarta 13 · 11h30(4), 14h05, 16h40, 19h15, 21h50 e 00h25(3). Sherlock Holmes

Sala 4 - V. Sexta 8 a quarta 13 · 11h50(4), 14h00,

16h10, 18h20, 21h30 e 23h45(3). Ouviste Falar dos Morgan? Sala 5 - L. Sexta 8 a quarta 13 · 21h55. 11h45(1), 13h45 e 15h45(2). (Versão portuguesa). Artur e a Vingança de Maltazard Sala 5 - L. Sexta 8 a quarta 13 · 21h55. Terapia para Casais Sala 5 - L. Sexta 8 a quarta 13 · 17h45, 19h45 e 00h20(3). Actividade Paranormal Sala 6 - S. Sexta 8 a quarta 13 · 11h40(4), 14h15, 16h20, 18h30, 21h40 e 00h00(3). 2 Amas de Gravata Sala 7. Sexta 8 a quarta 13 · 11h55(1), 13h55 e 15h55(2). (Versão portuguesa). Planeta 51 Sala 7. Sexta 8 a quarta 13 · 17h55. (Digital). Avatar

Sala 7. Sexta 8 a quarta 13 · 21h45. (3D). Avatar Sala Dynamic. Sessões de meia em meia hora, das 15h00 às 22h00. Sextas, sábados e vésperas de feriado das 15h00 às 24h00. Sábados, domingos e feriados as sessões iniciam às 11h30. Dynamic 3D e Crazy Day (1) Preço Reduzido - Sábados e Domingos; (2) Preço Reduzido - Todos os Dias; (3) Só Sextas, Sábados e vésperas de feriado; (4) Só Sábados, Domingos e Feriados; a) Não exibe Sábados, Domingos e Feriados.

MONTE REAL CINE-TEATRO. Telefone: 244 616 245. Sexta 8 e sábado 9 · 21h30 e domingo 10 · 15h30. Avatar (M/12 anos)

VIEIRA DE LEIRIA CINE-TEATRO ACTOR ÁLVARO. Telefone: 244 697 570. Domingo 10 · 21h00. 2012 (M/12 anos) NAZARÉ CINE-TEATRO. Sexta 8 a domingo 10 · 21h45. Julie & Julia (M/12 anos) Quinta 14 · 21h45. Bem-Vindos à Zombieland (M/12 anos) CALDAS DA RAINHA VIVACINE CINEMAS. Telefone 262 840 197. Sala 1. Sexta 8 a quarta 13 · 14h00, 17h00, 21h10 e 00h10. Sherlock Holmes (M/12 anos) Sala 2. Sexta 8 a quarta 13 · 13h40, 16h20, 18h30,


34

Região de Leiria

Poesia e livro no Orfeão Velho

8 | Janeiro | 2010

Uma tertúlia de poesia e o lançamento de “Hierofonia dos dedos”, de Jorge Vicente, é a proposta d’“O Nariz” para a tarde de sábado (16 horas) no Orfeão Velho. “Para onde vai a minha poesia?” é o tema em debate, numa sessão com participação especial de Patrícia Domingues (voz) e Inês Condeço (piano).

é sexta-feira foge comigo

O caminhar À noite o país era bonito com aquelas luzes brancas que até pareciam meter uma certa ordem no caos urbanístico. Visto de cima, um país atrasado, mal iluminado, mal servido, mal vestido, mal penteado, mas que também parecia uma criança reguila, a dormir, que apesar dos disparates feitos durante o dia, à noite apetecia beijar antes de apagar a luz. Os edifícios estavam lá, grandes e estáticos, a fazer lembrar aquele Buda de loiça que durante anos esteve ao lado da televisão da avó Júlia. Nas ruas, as estradas eram esburacadas, estreitas e os Mercedes tinham prioridade nos cruzamentos, fruto de um país ainda a aprender a ser cosmopolita.

cutir nomes de bandas, de discos e de canções em frente ao Centro Comercial. Uns tinham um Inglês mais apurado que outros, e por vezes geravam-se confusões quanto à denominação de determinada obra. A novidade tinha destas coisas, e punha as pessoas como que a caminhar sem sensibilidade nos pés. Mas a cumplicidade estava lá, como nas sociedades secretas, o brilho nos olhos, o sorriso mal disfarçado apesar da pose de uma certa dureza. Anos mais tarde a voz calou-se. Os dias de caminhar sem sensibilidade nos pés instalou-se de novo por momentos. Ele morreu, mas a memória ficou. Viva ele.

Eram poucos, mas em casa de alguns, as cassetes estavam sempre prontas para gravar aquele programa de rádio. A voz grave e inconfundível fazia parte do ritual, como um verdadeiro mestre de cerimónias a conferir-lhe uma certa legitimidade. O momento em que o locutor dizia o nome da banda era de máxima importância. Uma lança em África, é certo, mas esta era certeira, bem entre os cornos do animal sedento. Cada anúncio tinha direito a uma exclamação do outro lado. Cada descoberta era uma vitória, um remar por entre aquelas noites de culto, escuras, num país cinzento por tradição, ainda com a boca aberta de espanto nos anos oitenta.

Pedro Miguel editor do blogue www. orelhadoano.blogspot. com, escreve ficção quinzenalmente no REGIÃO DE LEIRIA

Versão multimédia em regiaodeleiria.pt ∑ “O caminhar” é um texto de Pedro Miguel. Na página do REGIÃO DE LEIRIA na internet pode consultar uma versão multimédia, com locução de Pedro Sazabra, música de Sérgio Bota e vídeo de Liliana Gomes Silva.

roteiro cinemas

ALCOBAÇA CINE-TEATRO. Telefone 262 580 890. Domingo 10 · 11h00, 17h00 e 21h30 e segunda 11 · 21h30. Avatar (M/12 anos)

OURÉM CINE-TEATRO. Telefone 249 543 666/249 544 315. Sábado 9 · 21h30. Circo dos Horrores (M/12 anos)

PEDRÓGÃO GRANDE AUDITÓRIO DA ETPZP. Sábado 9 · 21h30. Artur e a Vingança de Maltazard (M/6 anos) FIGUEIRÓ DOS VINHOS CASA DA CULTURA. Sexta 8 e sábado 9 · 21h30. Circo dos Horrores (M/12 anos)

Nanu, um filhote de urso polar, e Seela, o pequeno leão-marinho, são os protagonistas de “Aventura no Ártico”, uma história real passada na neve, que é mostrada hoje, sexta-feira, em Leiria, numa anteestreia no Teatro Miguel Franco. Dos mesmos criadores do sucesso “A Marcha dos Pinguins”, o documentário descreve a luta pela sobrevivência de Seela. Os dois animais enfrentam inúmeros percalços num belo e gelado mundo, em que tudo está rapidamente a derreter em torno deles. Esta é uma produção da National Geographic em formato inclusivo - ou seja, pensada para pessoas cegas e surdas. O documentário “Aventura no Ártico” é dobrado em Português com áudio-descrição e legendagem. Hoje, pode ser visto em anteestreia nacional no Miguel Franco às 16 horas, com entrada gratuita.

A www.casadamusica.tv Concertos ao vivo, entrevistas, lançamento de programação, apresentação de espectáculos. A casadamusica.tv é uma excelente forma de entrar virtualmente na actividade da Casa da Música do Porto, através de um conjunto de conteúdos multimédia de acesso livre e gratuito. Disponível está um calendário de transmissões para que os visitantes programem a sua visita à casadamusica.tv conforme as preferências de cada um. Durante as transmissões, a Casa da Música disponibiliza informações sobre o programa do concerto, as obras, biografias dos músicos e maestros.

livros

Ao fim-de-semana, a conversa era posta em dia, sem pré-marcação, a dis-

21h40 e 23h50. Pandemia (M/16 anos) Sala 3. Sexta 8 a quarta 13 · 13h50, 17h30, 21h00 e 00h20. Avatar (M/6 anos) Sala 4. Sexta 8 a quarta 13 · 13h20, 16h00, 18h20, 21h20 e 00h15. 2 Amas de Gravata (M/12 anos) Sala 5. Sexta 8 a quarta 13 · 13h30, 16h10, 18h40, 21h30 e 00h00. New York, I Love You (M/12 anos)

Leiria mostra documentário inclusivo em anteestreia

www’s

ANSIÃO CENTRO CULTURAL DE ANSIÃO. Sexta 8 e sábado 9 · 21h00 e domingo 10 · 17h30. Planeta 51 (M/4 anos) Quinta 14 · 21h00. Avatar (M/12 anos) POMBAL POMBALCINE. Telefone 236 218 801 / 969 861 330. Sexta 8, sábado 9, segunda 11 e quarta 13 · 16h00 e 21h00. Domingo 10 · 15h00, 17h30 e 21h00 e terça 12 · 21h00. Avatar (M/12 anos)

Franco MICHAEL STREETER Texto Editores PVP: 13,90€ Francisco Franco é uma das figuras políticas mais controversas da história do séc. XX. A sua implacável sede de vitória na sangrenta Guerra Civil Espanhola, os mais de 40 anos em que governou Espanha, a corte feita por liberais e fascistas marcaram a história do último século.

Memórias Vivas do Jornalismo FERNANDO CORREIA, CARLA BAPTISTA Caminho PVP: 25€ Este livro encerra um manancial muito grande de informação, revelando aspectos pouco habituais na investigação sobre o jornalismo em Portugal. É ainda uma homenagem a todos os que sabem guardar e partilhar as suas histórias de vida...

Cordilheira DANIEL GALERA Caminho PVP: 12€ “Cordilheira” conta a história de uma jovem escritora brasileira, Anita Vianna, que, tendo publicado um primeiro livro que obteve um estrondoso sucesso no seu país, se sente ameaçada pelo êxito e pela fama e quer abandonar aquilo que promete ser uma brilhante carreira literária e seguir uma existência pacata...

Lavínia ÚRSULA K. LE GUIN Editorial Presença PVP: 15,90€ Como leitora da Eneida, de Virgílio, Ursula Le Guin escolheu esta figura silenciosa, a segunda mulher de Eneias, para protagonizar este romance. Lavínia passa a narradora, contando-nos a sua infância e juventude idílicas. Um romance de uma rara qualidade poética que tem tanto de histórico como de mítico.

Mitos da Medicina que nos podem matar NANCY L. SYNDERMAN Editorial Presença PVP: 15,90€ Nancy L. Synderman traz até si os factos que os médicos desejam mesmo que tenha sempre presentes. E uma lista completa dos exames considerados indispensáveis e mais de 100 verdades que aumentarão a sua qualidade de vida e longevidade.

A Tapeçaria – O Guardião de Rowan HENRY H. NEFF Editorial Presença PVP: 17,90€ Neste romance de estreia, o autor e ilustrador Henry H. Neff combina elementos de fantasia, ficção científica e mitologia para criar uma história emocionante que nos conquista do início ao fim.

Top Americana 1º Novas Crónicas da Boca do Inferno Ricardo Araújo Pereira - Tinta da China 2º Amanhecer – Saga Luz e Escuridão Stephenie Meyer - Gailivro 3º Símbolo Perdido Dan Brown - Bertrand

4º Eclipse – Saga Luz e Escuridão Stephenie Meyer - Gailivro 5º Aniversário de Asterix & Obelix Albert Uderzo - Asa 6º Caim José Saramago - Editorial Caminho


REGIÃO

Região de Leiria 24 | Dezembro | 2009

35

O la m i u d os! Bem-vindos a 2010! Estamos na primeira de 52 semanas e temos ainda 357 dias para gastar, uns aborrecidos outros muito divertidos. Às sextas, já sabem, é dia de Bruxinha no REGIÃO DE LEIRIA. No resto da semana a gente “lê-se” por aí. Bom Ano para todos, meus queridos leitores. Beijinhos da Bruxinha. PS. Não se esqueçam de mandar notícias, fotos ou desenhos.

AGE N DI N H A de Janeiro na Biblioteca da Marinha Gran

Conto

“Elsa de cabelos em pé”.

Shane McG. Edição Nova Gaia lo “Sou a Elsa. Mais um dia com o cabe rdespenteado! E depois? Quem se impoas ta? Há muitos sítios para onde ir, muit é coisas a fazer. E pentear o cabelo não uma delas!”. Para grupos, por marcação.

Filmes

“O grilo feliz” Dia 6.15h30.M/4. “A máquina humana”. Dia 13. 15h30. M/6. . M/4 “Piglet e os seus amigos”. Dia 20.15h30 “Os mamíferos”. Dia 27.15h30. M/6

Visitas

para Bibliotour: visitas guiadas à Biblioteca (actividade

grupos com

marcação prévia)

bi b lio

O Ano Novo

Joaninha não quer A mudar de ano! Gosta deste, já o conhe-

ce, é um amigo simpático com um grande casaco azul cheio de bolsos onde ela guarda: migalhas do bolo de anos, uma roda partida de skate, asas de borboletas e coisas que já nem se lembra ter guardado. O Ano Novo é um rapaz de nariz empinado sem casaco, nem bolsos. -Onde guardarei as minhas coisas? - O Ano Velho tem a roupa pintada com tinta dos seus desenhos. O Ano Novo usa roupa branca. - Se calhar nem me deixa fazer desenhos para eu não o sujar... - O Ano Velho conhece os seus pesadelos e ajuda-a a enfrentálos. O Ano Novo nada sabe desses medos, é bem capaz de se rir deles! Quando a meia-noite se aproxi-

ma vê o Ano Velho afastarse. - Não vás embora! - O Ano Velho faz-lhe festas no cabelo e diz-lhe baixinho: Não vou... fico arrumado dentro de ti. Aparecerei sempre que te lembrares dos bons momentos que passámos. Dorme... bons sonhos! - Quando a Joaninha acorda a casa está em silêncio, acabaram as comemorações. Aos pés da cama o Ano Novo dorme, tapado com um casaco azul cheio de bolsos. Vai ter onde guardar todas as suas coisas. O Ano Novo tem um ar um pouco parvo, o casaco vai ficar-lhe um pouco grande e deve ter muito para aprender mas vai com certeza ser um Bom Ano! E voltou a adormecer... - Joaninha! – chama a professora. Sílvia Alves

No Jardim de Infância de Caldelas o Natal foi uma Festa!

tec a

co r re i o ENVIA AS TUAS CARTAS DESENHOS E FOTOS PARA:

Região da Bruxinha

Rua D. Carlos I, 2-4 – 2415-405 LEIRIA-GARE regiãodaBruxinha@regiaodeleiria.pt

UM PAPÁ À MEDIDA

P rocura-se! Para uma mamã grande e forte que sabe muitas coisas até andar de patins, um papá grande e forte, como os outros papás, e que saiba muitas coisas. Depois da busca a mamã diferente das outras mamãs, escolheu um papá diferente: não é muito forte, nem alto, nem sabe algumas coisas como... andar de patins. Mas, é muito simpático, gosta de cozinhar e conta histórias... “É o meu papá”.

Chegaram ao meu mail notícias da festa de Natal do Jardim de Infância de Caldelas. O jantar contou com a boa disposição das crianças, professora, auxiliares, pais e irmãos dos meninos da escola. Houve canções, danças e tiveram a visita do Pai Natal que trouxe presentes para todos. No próximo Natal também quero lá estar!

a foto te espaço um Envia para es or amigo/o elh m a do teu/tu

AUTOR: David Cali ILUSTRAÇÃO: Ana Laura Cantone EDITORA: Ambar

P E R G U N TA D O R

Barack Obama

Nasceu em Honululu a 4 de Agosto de 1961. Estudou Ciências Políticas e Direito e foi senador do estado do Illinois. A 20 de Janeiro de 2009 foi eleito 44º presidente dos EUA e é o primeiro negro a ocupar esse cargo. Em 2009 recebeu o Prémio Nobel da Paz.

.. ..

.. .. .

O que gostavas de ver acontecer em 2010?

1- Na tua vida? 3- Na tua cidade? a) Um aumento na semanada. a) Uma ciclovia por toda a cidade. b) Ter um irmão. b) Mais piscinas. c) Que aquele/a miúdo/a gira da c) Um concerto dos Tokio Hotel escola fosse morar na minha rua... 4- No teu país? 2- Na tua escola a) Portugal voltar a ser uma a) Ter melhores notas. Monarquia. b) Ter aulas em casa por videob) Descobrirem petróleo na conferência nossa costa. c) Ver um ciclone levar a escola, c) Portugal inteiro ser “movido” inteirinha, para longe... a Energia Solar e Eólica.

.. .. .

COORDENAÇÃO EDITORIAL: SÍLVIA ALVES

5- No Futebol? a) Ver a União de Leiria ganhar o campeonato. b) Mourinho ser contratado para treinar o meu clube. c) Portugal ganhar o Mundial. 6- No Mundo a) Um travão no aquecimento global. b) Menos guerras. c) Sermos visitados por seres extra-terrestes.


36

em foco

Seminário no ISLA

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

O ISLA de Leiria promoveu na passada terça-feira um seminário sobre “Acolhimento nas empresas em matéria de Segurança, Saúde e Higiene no trabalho”, organizado pelos formandos do curso EFA – Técnico de Segurança e Higiene no Trabalho.

Milhares celebraram entrada no novo decénio na Nazaré Nem o tempo instável que se fez sentir na noite de despedida a 2009 intimidou os muitos milhares de foliões que encheram a Marginal e as principais praças da vila da Nazaré. A entrada na nova década foi saudada com um espectáculo pirotécnico sobre a enseada da Nazaré, uma iniciativa da autarquia local.

Kiay festejou aniversário

A discoteca Palace Kiay, em Meirinhas, Pombal, celebrou o seu 27º Aniversário, numa festa que durou até ao nascer do sol. A Kiay é um espaço nocturno composto por 4 espaços diversos, entre os quais 3 pistas de dança: “Main room”, “Deja-vú Room” e “Le cabaret”.

Jogadores em acção de solidariedade O presidente da União de Leiria, Mário Cruz, os jogadores Carlão e Cássio, o presidente da secção de Futsal, Carlos Serra, e jogadores, uma representante do A.T.L. da Barosa, Patrícia Vinagreiro, o presidente do Gabinete Académico, Fábio Joaquim, um membro da Direcção do Gabinete Académico, Rui Quinta, e o presidente e vice-presidente da Associação Cultural O.D.A., participaram numa acção de solidariedade organizada pelo Gabinete Académico O.D.A., com entrega de equipamentos aos utentes do Orfanato.


CONFISSÕES

Região de Leiria

vida & tv

8 | Janeiro | 2010

Sexta

Robin dos Bosques Domingo, 15h15.

Robin dos Bosques” regressa com novas aventuras.O sempre galante “principe dos ladrões” e o seu bando de talentosos “fora-da-lei” continuam determinados em ajudar os pobres e oprimidos, subjugados pelo cruel xerife de Nottingham... Uma fabulosa série épica, com o selo de qualidade da BBC, que revive o mítico “Robin dos Bosques”. Superiormente interpretada alia o drama e a acção com o humor, a aventura e o romance!

06:30 Bom Dia Portugal 09:05 O Preço Certo 10:00 Praça Da Alegria 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:20 Chamas Da Vida 15:20 Sangue Do Meu Sangue 16:00 Portugal No Coração 18:00 Portugal Em Directo 19:05 O Preço Certo 20:00 Telejornal Inclui: O Tempo 21:00 Antes Pelo Contrário 21:20 Pai À Força 22:15 Jogo Duplo 23:15 Filme A Designar 01:15 Programa A Designar 02:00 Filme A Designar 03:45 Amor E Intrigas 04:30 Televendas

Sexta

E A Tua Mãe Também Sábado, 22h40.

Julio e Tenoch são dois amigos de 17 anos que embarcam juntamente com uma mulher mais velha numa viagem pelo México, em busca de umas férias paradisíacas. Com o decorrer da viagem os confrontos são inevitáveis pois ambos sentem-se apaixonados pela mesma mulher. Mas o que nenhum deles imagina são as experiências que vão aprender com esta nova etapa das suas vidas.br> “E a Tua Mãe Também” é um filme irreverente e comovente que explora o valor das relações, da amizade, do auto-conhecimento, do sexo e da essência da vida.

07:15 Zig Zag 14:00 Smallville Epºs (15), (16) E (17) 16:00 National Geographic (R/) Contrair Cancro 16:50 Zig Zag A Porquinha Peppa / Bob, O Construtor / As Aventuras De Hello Kitty E Os Amigos / Pascoal, O Pequeno Raposo / Amigos Da Floresta / Bruno E Bill / Liga Da Justiça 18:30 A Fé Dos Homens 19:00 A Alma E A Gente (R/) 19:30 Zig Zag Vamos Ouvir / A Avó Detective / Canção Para Dormir “Chegou O Soninho” 20:45 Dois Homens E Meio 21:05 National Geographic When Weather Changed 22:00 Jornal 2 Inclui: Cartaz 2 22:40 Mad Men 23:30 5 Para A Meia-Noite 00:30 A Evolução Do Homem 01:30 Palcos Paul Mccartney - Boa Noite Nova Iorque 03:00 Bastidores (R/) 03:30 Euronews

Sexta

Episódio Especial Sábado, 14h20.

Semanalmente o início das tardes de sábado é recheado de histórias inéditas contadas e vividas pelos protagonistas das novelas e séries exibidas pela SIC. Este é um magazine que cruzará a vida real com a vida de fantasia, desvendando o mundo de sonho das produções da TV Globo e da produção nacional.

06:00 SIC Notícias 07:00 Edição Da Manhã 10:00 Companhia Das Manhãs 13:00 Primeiro Jornal 14:15 Mulheres Apaixonadas 15:30 Vida Nova 18:00 Paraíso 19:00 Nós Por Cá 20:00 Jornal Da Noite Vencer O Cancro 22:00 Perfeito Coração 23:15 Viver A Vida 00:30 Cinema - Filme a definir 02:30 Quando O Telefone Toca 04:30 Ciranda De Pedra

Sexta

Golpe de Mestre Sábado, 00h30.

Um grupo de ladrões rouba uma pintura de El Greco, de valor incalculável. O proprietário, pede ajuda a Sandra Walker, uma especialista em arte renascentista espanhola. Ela vive actualmente em New Jersey e viaja para Barcelona de modo a aprofundar a investigação. Entre os suspeitos encontra-se Maximov, um coleccionador de arte com estreitas ligações às máfias organizadas da Europa de Leste.

Sábado

Domingo

Segunda-Feira

Terça-Feira

06:30 Espaço Infantil No País Dos Ozie Boo! / Calendário Do Pai Natal / Milo / Bob, O Construtor / Abram Alas Para O Noddy 07:06 Brinca Comigo Bonar / Calendário Do Pai Natal / Little People / Harry E O Balde De Dinossauros / Bob, O Construtor / Gawayn 08:00 Bom Dia Portugal Fim-De-Semana 10:10 Eucaristia Dominical 11:30 Filme A Designar 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:15 Só Visto! 15:15 Robin Dos Bosques Epºs (1) E (2) 17:30 Família , Família 20:00 Telejornal Inclui: O Tempo 21:00 As Escolhas De Marcelo Rebelo De Sousa 21:30 Programa A Designar 22:30 Filme A Designar 00:15 Hora Da Sorte: Sorteio Do Joker 00:30 Futebol: Liga Sagresresumos 01:00 Filme A Designar 03:00 Só Visto! 03:45 Televendas 06:04 Nós

06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça Da Alegria 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:26 Chamas Da Vida 15:20 Sangue Do Meu Sangue 16:00 Portugal No Coração 18:00 Portugal Em Directo 19:05 O Preço Certo 20:00 Telejornal Inclui: O Tempo 21:00 Notas Soltas 21:20 Salvador 21:50 Jogo Duplo 22:50 Prós E Contras 01:00 Apocalipse Da Segunda Guerra Mundial 02:15 Amor E Intrigas Epºs. (191) E (192) 04:00 Televendas 06:05 Nós

06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça Da Alegria 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:15 Chamas Da Vida 15:15 Sangue Do Meu Sangue 16:00 Portugal No Coração 18:00 Portugal Em Directo 19:05 O Preço Certo 20:00 Telejornal Inclui O Tempo 21:00 30 Minutos 21:30 Jogo Duplo 22:30 Contra Informação 23:00 Telerural 23:30 Serviço De Saúde (Último) 01:00 Sangue Fresco 01:45 Liga Dos Últimos 02:30 Amor E Intrigas Epºs (193) E (194) 04:15 Televendas 06:05 Nós

Sábado

Domingo

Segunda-Feira

Terça-Feira

07:00 08:03 08:32 09:02 12:00

07:00 07:35 08:00 09:00 09:30 09:50 10:45 11:35 12:00 12:25 13:00

07:15 14:00 15:30 16:00

07:15 14:00 15:30 16:00

13:15 15:00

19:00 19:30 20:00 20:30 21:00 21:50 22:00 22:40 00:30 02:30 06:30

14:45 15:00

19:05 19:35 20:20 21:00 22:00 22:30 01:30 02:30 06:15

Euronews Áfric@Global Músicas De África Caminhos 70x7 Nós Biosfera (R/) Consigo Vida Por Vida Olhar O Mundo Smallville Ep.os (21) E (22) (Último) A Voz Do Cidadão Desporto 2: Desporto Adaptado / Notícias / Canoagem / Motonáutica / Notícias / Motociclismo / Ciclismo / Lutas Amadoras / Kyte Surf / Notícias Couto & Coutadas A Alma E A Gente Os Simpsons Epºs. (15) E (16) Joanna Lumley: Catwoman (Último) Jornal 2 - Inclui: Cartaz 2 A Fuga Epºs (1) E (2) Onda-Curta: Uma Grande Sombra / Engenhocas Explosivas / O Barbeiro De Bagdade Desporto 2 (R/) Euronews

16:50

18:30 19:00 19:45 20:30 20:50 21:45 22:00 22:40 23:30 00:30 01:30

02:00 02:45 05:15

Zig Zag Sociedade Civil Da Terra Ao Mar (R/) National Geographic (R/) When Weather Changed Zig Zag A Porquinha Peppa / Bob, O Construtor / As Aventuras De Hello Kitty E Os Amigos / Pascoal, O Pequeno Raposo / Amigos Da Floresta / Bruno E Bill / Liga Da Justiça A Fé Dos Homens Eurodeputados Zig Zag Dois Homens E Meio National Geographic When Weather Changed A Hora Da Sorte Jornal 2 Inclui: Cartaz 2 O Mentalista Dexter 5 Para A Meia-Noite Universidades Escola Das Artes Da Universidade Católica Do Porto - “Não Linear” Eurodeputados (R/) Euronews Sociedade Civil (R/)

16:50

18:30 19:00 19:45

20:45 21:15 22:00 22:40 23:30 00:30 01:30 02:00 05:15

Zig Zag Sociedade Civil Da Terra Ao Mar (R/) National Geographic (R/) When Weather Changed Zig Zag A Porquinha Peppa / Bob, O Construtor / As Aventuras De Hello Kitty E Os Amigos / Pascoal, O Pequeno Raposo / Amigos Da Floresta / Bruno E Bill / Liga Da Justiça A Fé Dos Homens Arquitectarte Zig Zag Bichos, Bichinhos E Bicharocos / Bonar / Canção Para Dormir “Chegou O Soninho” Dois Homens E Meio (Último) National Geographic O Lago Dos Mil Caimões Jornal 2 Inclui: Cartaz 2 Anatomia De Grey Bairro Alto 5 Para A Meia-Noite Universidades E:2 - Escola Superior De Comunicação Social Euronews Sociedade Civil (R/)

Sábado

Domingo

Segunda-Feira

Terça-Feira

06:00 06:45 08:45 10:30 12:00 13:00

06:30 08:45 10:30 12:00

06:00 SIC Notícias 07:00 Edição Da Manhã 10:00 Companhia Das Manhãs 13:00 Primeiro Jornal 14:15 Mulheres Apaixonadas 15:30 Vida Nova 18:00 Paraíso 19:00 Nós Por Cá 20:00 Jornal Da Noite 21:30 Grande Reportagem SIC 22:00 Perfeito Coração 23:15 Viver A Vida 00:30 CSI Miami 01:30 Mentes Criminosas 02:30 Quando O Telefone Toca 04:30 Ciranda De Pedra

06:00 SIC Notícias 07:00 Edição Da Manhã 10:00 Companhia Das Manhãs 13:00 Primeiro Jornal 14:15 Mulheres Apaixonadas 15:30 Vida Nova 18:00 Paraíso 19:00 Nós Por Cá 20:00 Jornal Da Noite Perdidos E Achados 22:00 Perfeito Coração 23:15 Viver A Vida 00:30 CSI Miami 01:30 Mentes Criminosas 02:30 Quando O Telefone Toca 04:30 Ciranda De Pedra

14:00 14:30 15:00 16:30 18:00 20:00 21:30 22:45 00:00 02:15 04:30

07:00 Diário Da Manhã 10:15 Você Na TV! 13:00 Jornal Da Uma 14:00 As Tardes Da Júlia 17:00 Quem Quer Ganha 18:15 Morangos Com Açúcar 19:00 Morangos Com Açúcar 20:00 Jornal Nacional 21:30 Euromilhões 21:45 Meu Amor 22:45 Deixa Que Te Leve 23:45 Sentimentos 00:30 Um Treinador Genial (Filme) 02:30 Sempre A Somar 04:00 Máfia De Saltos Altos 05:30 Televendas

Marta Cardoso jornalista, in revista “TV Guia”

06:30 Espaço Infantil No País Dos Ozie Boo! Alex No Pomar Mágico Milo Bob, O Construtor Abram Alas Para O Noddy 07:08 Brinca Comigo Bonar / Calendário Do Pai Natal / Little People / Harry E O Balde De Dinossauros / Bob, O Construtor / Gawayn 08:00 Bom Dia Portugal Fim-De-Semana 11:00 Portugal Sem Fronteiras 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:10 Top + 15:30 Diários Do Vampiro 16:27 Programa Das Festas 19:11 O Preço Certo 20:00 Telejornal Inclui: O Tempo 21:00 A Voz Do Cidadão 21:15 Futebol: Liga Sagres Rio Ave Vs Benfica 23:15 O Último Passageiro 01:00 Carga Pesada 01:45 Filme A Designar 03:30 Top + 04:45 Televendas

Euronews África 7 Dias Notícias De Portugal Zig Zag Felix All Around The World (Filme) Smallville Epºs (18), (19) E (20) Desporto 2: Triatlo (15:15/15:40) Ciclismo (15:40/16:05) Notícias (16:05/16:15) Remo (16:15/16:40) Atletismo (16:40/17:10) Notícias (17:10/17:20) Hipismo (17:20/17:45) Motociclismo (17:45/18:20) Surf (18:20/18:45) Notícias (18:45/19:00) Artes De Rua Gente Da Cidade 2009 Istambul Bastidores (R/) Bombordo: O Naufrágio Do “ L´ Ocean” Joanna Lumley: Catwoman Estreia A Hora Da Sorte Jornal 2 Inclui: Cartaz 2 E A Tua Mãe Também (Filme) Educação Das Fadas (Filme) Desporto 2 (R/) Euronews

Etnias SIC Kids Disney Kids O Mundo De Patty O Nosso Mundo Primeiro Jornal Alta Definição Episódio Especial Cinema - Filme a definir Cinema - Filme a definir Ídolos (Gala) Jornal da Noite Perfeito Coração Não Há Crise! Cinema: Filme A Definir Quando O Telefone Toca Ciranda De Pedra

13:00 14:00 14:45 15:45 18:00 20:00 21:15 22:15 00:30 02:15

37

“Vou escrever um livro que retrata a vida dos concorrentes do BB1, e não só”.

SIC Kids Disney Kids O Mundo De Patty BBC Vida Selvagem Primeiro Jornal Fama Show Investigação Criminal: Los Angeles Cinema - Filme a definir Cinema - Filme a definir Jornal Da Noite Perfeito Coração Ídolos (Gala) Cinema - Filme a definir Quando O Telefone Toca

Sábado

Domingo

Segunda-Feira

Terça-Feira

07:00 Auto B Good / Winx / Dinosaur King / Bakugan 09:30 Campeões E Detectives 10:30 Hannah Montana 11:15 Inspector Max 12:15 Deluxe 13:00 Jornal Da Uma 14:00 Matiné A Designar (Filme) 16:15 Matiné A Designar (Filme) 18:15 Matiné A Designar (Filme) 20:00 Jornal Nacional 21:15 Meu amor 22:00 Deixa Que Te Leve 23:30 Ele É Ela 00:30 Golpe De Mestre (Filme) 02:30 Sempre A Somar 04:00 De Mal A Pior 04:30 Máfia De Saltos Altos 05:30 Televendas

07:00 Curious George / Winx / Dinosaur King / Bakugan 09:00 Smackdown Wrestling 10:15 Inspector Max 11:15 Missa (Amarante) 12:30 Oitavo Dia 13:00 Jornal Da Uma 14:00 Matiné A Designar (Filme) 16:15 Matiné A Designar (Filme) 18:15 Matiné A Designar (Filme) 20:00 Jornal Nacional 21:15 Meu amor 22:00 Deixa Que Te Leve 23:30 Ele É Ela 00:30 Stallone O Prisioneiro (Filme) 02:30 Sempre A Somar 04:00 Máfia De Saltos Altos 05:00 Televendas 06:30 Todos Iguais

07:00 Diário Da Manhã 10:15 Você Na TV! 13:00 Jornal Da Uma 14:00 As Tardes Da Júlia 17:00 Quem Quer Ganha 18:15 Morangos Com Açúcar 19:00 Morangos Com Açúcar 20:00 Jornal Nacional 21:30 Meu Amor 22:30 Deixa Que Te Leve 23:30 Sentimentos 00:15 Azul Escuro (Filme) 02:30 Sempre A Somar 04:00 O Protector 05:30 Televendas

07:00 Diário Da Manhã 10:15 Você Na TV! 13:00 Jornal Da Uma 14:00 As Tardes Da Júlia 17:00 Quem Quer Ganha 18:15 Morangos Com Açúcar 19:00 Morangos Com Açúcar 20:00 Jornal Nacional 21:30 Meu Amor 22:30 Deixa Que Te Leve 23:30 Sentimentos 00:15 Completamente Desconhecidos (Filme) 02:15 Sempre A Somar 04:00 O Protector 05:30 Televendas

Quarta-Feira 06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça Da Alegria 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:20 Chamas Da Vida 15:15 Sangue Do Meu Sangue 16:00 Portugal No Coração 18:00 Portugal Em Directo 19:05 O Preço Certo 20:00 Telejornal Inclui: O Tempo 21:00 Linha Da Frente 21:30 O Que Se Passou Foi Isto 22:00 Jogo Duplo 23:00 Filme A Designar 01:00 Sangue Fresco 01:45 Filme A Designar 03:30 Amor E Intrigas 04:30 Televendas 06:05 Nós

Quarta-Feira 07:15 14:00 15:30 16:00 16:50

18:30 19:00 19:45

20:45 21:15 22:00 22:40 00:30 01:30 02:00 02:30 03:30 05:15

Zig Zag Sociedade Civil Da Terra Ao Mar (R/) National Geographic (R/) O Lago Dos Mil Caimões Zig Zag A Porquinha Peppa / Bob, O Construtor / As Aventuras De Hello Kitty E Os Amigos / Pascoal, O Pequeno Raposo / The Miniavengers Estreia / Bruno E Bill / Liga Da Justiça A Fé Dos Homens Biosfera Zig Zag Bichos, Bichinhos E Bicharocos / Martim Manhã / Canção Para Dormir “Chegou O Soninho” Dois Homens E Meio National Geographic Life At The Ends Of The Earth Jornal 2 Inclui: Cartaz 2 Chuck Epºs (15) E (16) 5 Para A Meia-Noite Universidades ESEC-TV Bastidores Biosfera (R/) Euronews Sociedade Civil (R/)

Quarta-Feira 06:00 SIC Notícias 07:00 Edição Da Manhã 10:00 Companhia Das Manhãs 13:00 Primeiro Jornal 14:15 Mulheres Apaixonadas 15:30 Vida Nova 18:00 Paraíso 19:00 Jornal Da Noite 20:15 Futebol - Carlsberg Cup: Guimarães X Benfica 22:15 Perfeito Coração 23:15 Viver A Vida 00:30 CSI Miami 01:30 Mentes Criminosas 02:30 Quando O Telefone Toca 04:30 Ciranda De Pedra

Quarta-Feira 07:00 Diário Da Manhã 10:15 Você Na TV! 13:00 Jornal Da Uma 14:00 As Tardes Da Júlia 17:00 Quem Quer Ganha 18:15 Morangos Com Açúcar 19:00 Morangos Com Açúcar 20:00 Jornal Nacional 21:30 Meu Amor 22:30 Deixa Que Te Leve 23:30 Sentimentos 00:15 Sleepers - Sentimento De Revolta (Filme) 02:45 Sempre A Somar 04:15 O Protector 05:30 Televendas

Quinta-Feira 06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça Da Alegria 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:20 Chamas Da Vida 15:15 Sangue Do Meu Sangue 16:00 Portugal No Coração 18:00 Portugal Em Directo 19:05 O Preço Certo 20:00 Telejornal Inclui: O Tempo 21:00 Grande Entrevista 21:30 Liberdade 21 22:30 Jogo Duplo 23:30 Corredor Do Poder 00:45 Quarto Crescente 01:45 Sangue Fresco 02:30 Amor E Intrigas Epºs. (196) A (197) 04:00 Televendas 06:05 Nós

Quinta-Feira 07:15 14:00 15:30 16:00 16:50

18:30 19:00 19:45

20:45 21:15 22:00 22:40 23:30 00:30 02:00 02:50 05:15

Zig Zag Sociedade Civil Da Terra Ao Mar (R/) National Geographic (R/) Life At The Ends Of The Earth Zig Zag A Porquinha Peppa / Bob, O Construtor / As Aventuras De Hello Kitty E Os Amigos / Pascoal, O Pequeno Raposo / Bruno E Bill / The Miniavengers / Liga Da Justiça A Fé Dos Homens Iniciativa Zig Zag Bichos, Bichinhos E Bicharocos / Henrique, O Terrível / Canção Para Dormir “Chegou O Soninho” Dois Homens E Meio National Geographic Operação Loch Ness Jornal 2 Inclui: Cartaz 2 Fringe Eco-Crimes Assassinos Do Ozono 5 Para A Meia-Noite Iniciativa (R/) Euronews Sociedade Civil

Quinta-Feira 06:00 SIC Notícias 07:00 Edição Da Manhã 10:00 Companhia Das Manhãs 13:00 Primeiro Jornal 14:15 Mulheres Apaixonadas 15:30 Vida Nova 18:00 Paraíso 19:00 Nós Por Cá 20:00 Jornal Da Noite Especial Informação 22:00 Perfeito Coração 23:15 Viver A Vida 00:30 CSI Miami 01:30 Mentes Criminosas 02:15 Cartaz Cultural 02:45 Quando O Telefone Toca 04:30 Ciranda De Pedra

Quinta-Feira 07:00 Diário Da Manhã 10:15 Você Na TV! 13:00 Jornal Da Uma 14:00 As Tardes Da Júlia 17:00 Quem Quer Ganha 18:15 Morangos Com Açúcar 19:00 Morangos Com Açúcar 20:00 Jornal Nacional 21:30 Meu Amor 22:30 Deixa Que Te Leve 23:30 Sentimentos 00:15 A Ex 01:30 Cartaz Das Artes 02:15 Sempre A Somar 03:30 O Escritório 04:00 O Protector 05:30 Televendas


38

Região de Leiria

guia de restaurantes

D

8 | Janeiro | 2010 A página semanal “Guia de Restaurantes” é uma montra útil da variedade dos restaurantes da região. Esta página está também disponível em www.regiaodeleiria.pt, convidando os leitores a descobrirem sabores e iguarias em ambientes variados. Para a inclusão de novos restaurantes neste guia, consulte-nos através do telefone 244 819 950.

Alcobaça

Restaurante Típico Taberna D’Adélia

Especialidades Cataplana Marisco, Medalhões

Especialidades Peixe Fresco da Nossa Costa no carvão; Cataplanas; Massa de Robalo; Ensopado de Robalo Folga Não tem Tel. 262552134 Web Page www.taberna-da-adelia.com

Castelo Cervejaria/Marisqueira

Especialidades (Peixe): Açorda de marisco, Camarão à Duque, Feijoada de camarão, Espetadas de lulas c/ gambas e Espetadas de tamboril c/ gambas. (Carne): Porco preto e Bife à Duque. Sobremesas Todas caseiras Folga 3 ª fª Tel. 262577277

Restaurante Ouro sobre Azul (Albergaria Pedra do Ouro)

Novilho c/ molho moscatel, Arroz Tamboril c/ marisco, Açordas... Sobremesas: Pudim de Requeijão, Doce Raquel Horário Inverno de 3ª/6fª (só jantares), sábado (almoços/jantares) e domingos (só almoços) Obs. Vista Mar, estacionamento Tel. 244590020

Restaurante O Duque

Especialidades Cataplana de Robalo à Castelo, Lulas à Castelo, Mariscada à Castelo, Feijoada Búzios, Feijoada Marisco, Arroz Marisco e Bife à Castelo. Sobremesas Doces caseiros Obs. Peixe fresco do mar e mariscos frescos. Aberto todos os dias Tel. 244 599 219

Marinha Grande

Pecado da Carne (Rodízio)

Especialidades 14 tipos de carne, Buffet de Saladas, Prato comida Mineira, Massas, Peixes, etc... (Diárias 2ª a 6 fª 6.50€, e inclui Prato/Bebida e Sobremesa) Tel. 969489597 / 244567211 E.mail pecadodacarnept@hotmail.com Obs. Preços especiais p/ grupos.4 fªs, sábados e domingos

Batalha

Mosteiro do Leitão Restaurante

Especialidades Leitão, Polvo à Laranjeiro, Cabrito, Bife à Mosteiro Folga Não tem Tel 244767853/919006666 E-mail mosteirodoleitao@ gmail.com Web Page www.mosteirodoleitao.com Obs. Junto à Expo Salão Batalha

Ourém

Boi Preto Rodízio

Especialidades13variedadesdecarneseleccionadas, 15 tipo de saladas, polvo, mexilhões, queijos e presunto + 10 pratos quentes. Obs. O verdadeiro rodízio, tudo por um único preço! Caipirinhas de frutas! Aniversários (grupos acima de 7 pessoas, aniversariante grátis). Tel. 249591900/919809158 Web Page www.boipreto.com

Restaurante Esplanada Dom Duarte

Especialidades Tornedó à Chefe; Bacalhau Recheado (fim-de-semana); Arroz de Tamboril Tel. 244766326

Pérola do Fétal

Especialidades Arroz de Pato Escondido; Polvo à Lagareiro; Lombinhos de Cherne c/ Açorda de Marisco Folga Domingo ao Jantar e 2ª fª Tel. 244705689

Restaurante Piadussa

Especialidades Chanfana (ao fim-de-semana); Naco

na Pedra; Secretos de Porco Preto Ibérico; Feijoada de Gambas; Sopas de Bacalhau Tel. 244703219

Restaurante To Santo

Sabores do Museu

Especialidades Bacalhau Museu, Supremo de Dourada c/ Abacaxi, Medalhões de Porco Ibérico, Posta de Vitela c/ Queijo da Serra. Entradas Camarão c/Molho de Manga, Folhado de Queijo sobre Alface e Nozes. Sobremesa Fofo de Chocolate Quente e Gelado. Folga 4fª e Domingo à Noite. Tel.913418080. Obs. Ed. Museu Vida de Cristo. E-mail saboresdomuseu@sapo.pt.

Especialidades Cozido à Portuguesa, Bacalhau Cozido c/ grão, Ensopado de Borrego e Pato no Forno. Sobremesa Doce de Bolacha. Folga Domingo. Tel 244765324 - Santo Antão.

Petisqueira o Crispim

Bombarral

Especialidades Pizzas, Lasanhas, Bife de Cavalo, Picanha, Bifinhos de Veado, Cabrito Assado, Peixe Fresco. Folga 4ª fª Tel 244741740 Loureira

Mãe d’água

Especialidades Lasanha de Cherne; Medalhões de

Especialidades Carnes e Peixes grelhados na brasa Folga 2ª fª Tel. 249532781

O Ti Miguel - Restaurante Pizzaria

Garoupa; Filetes de Peixe Espada Preto; Arroz de Lingueirão Sobremesas Gelado à Casa; Petit Gâteau Folga Domingo ao jantar e 2ª-fª Tel. 262605408

Figueiró dos Vinhos

Caldas da Rainha

Especialidades Bacalhau à Toca; Arroz de Carqueja; Tarte de Requeijão; Arroz de Substância Folga 3ª fª Tel. 236553038 Obs. Pratos feitos na hora

Cais da Praia

Especialidades Polvo à Lagareiro; Bife de Ervas Finas; Lulas à Cais da Praia; Polvo à Atlântico, Ameijoas à Bulhão Pato Folga 2ª fª (Excepto Verão) Tel. 966528533 Obs. Pratos do dia ao Almoço E-mail geral@caisdapraia.com Web Page www.caisdapraia. com

Restaurante Incógnito

Especialidades Cozinha Francesa: Escalope de Foe Ggras c/ Porto; Vieiras salteadas; bacalhau fresco c/ brandade. Menu Incógnito a 25 €. Almoços c/ pratos a partir de 8 €. Sobremesas Creme de ginjas caramelizadas. Tarte de Tatin. Web Page www.restauranteincognito.com. Folga Domingo e 2ª fª. Tel. 262841258.

Castanheira de Pêra Albergaria Lagar do Lago

Especialidades Bacalhau à Lagareiro; Cabrito à Serrano; Polvo à Lagareiro; Bacalhau à Praia da Roca Folga Não tem Tel. 236430120 Obs. Praia Fluvial das Rocas; Salão de Festas (Casamentos, Baptizados, Excursões) Web Page www.lagardolago. com

Fátima

Pensão Restaurante Davi

Especialidades Sopa da Pedra, Sopa de Ossos, Chicharo com Bacalhau assado na Brasa, Leitão assado no forno e Grelhados Mistos. Tel. 916171314 Obs. Rotunda Norte.

A Cabana

Especialidades Arroz de Tamboril; Polvo à Lagareiro; Bacalhau à Casa; Peixe Fresco; Borrego à Casa; Costeleta de Vitela; Grelhados na Brasa. Tef. 249 531 511

Retiro dos Caçadores

Especialidades Coelho à Caçador Bravo e Manso, Carnes de Porco Preto, Grelhados na Brasa Folga 4ª fª Tel. 249531323 E-mail retirodoscacadores@ sapo.pt Site www.retirodoscacadores.pt

Restaurante Toca do Mocho

Leiria

Restaurante “O Mário”

Especialidade Bacalhau Real; Espetadas de Robalo; Medalhão de vaca c/gambas; Espetada de lombinho c/gambas Folga 3ª fª Tel. 244872238 Obs Brogal - Parceiros

Restaurante Assuka Leiria (Japonês)

Puttanesca

Assador Espanhol em Forno de Lenha Especialidades Assados: Borrego de leite, Cabrito de leite, Galo...Estufados: Rabo de Touro, Caça, Porco Preto, Carnes Argentinas.TAPAS: “Presunto Pata Negra”, Queijos. Tel. 244856180 - 966578792 E-mail restauranteputtanesca@gmail.com. GPS N39.75751º W - 8.78980º

Restaurante Churrasqueira “O Marreta”

Especialidades Polvo à lagareiro, Arroz de Pato, Franguito Churrasco, Cabrito no Forno, Leitão Assado, Obs. Serviço de Take Away. Folga 2ª fª. Tel. 244 724 661 / 962 448 458.

Ristorante Italiano Babbo Santi

Especialidades Fab. próprio de massas. Pratos em forno a lenha:Lasagne, Ravioli de mariscos al cartoccio, etc... Rodízio de massas p/ grupos de 10 pessoas no mínimo. Sobremesas Doçaria tradicional Italiana (caseira), Tiramisu e Panna Cotta de chocolate, etc... Folga 4fª e domingo ao almoço Tel. 244811276 Obs. Ambiente calmo e acolhedor.

Especialidades Cozido à portuguesa, Bacalhau à Transmontana, Escalopes à Cordon Bleu, Bacalhau à Casa Obs. Refeições rápidas, entregas ao domicílio. Tel. 244 882077

Restaurante O Casarão (Azoia)

Especialidades Migas Bacalhau na Côdea; Massinha Robalo; Naco Vitela Mirandesa à Lagareiro; Lombo Pata Negra c/ Cilercas (Cogumelos Silvestres) e Migas à Alentejana Folga 2ª fª Tel. 244871080 E-mail info@ocasarao.pt; Web Page www.ocasarao. pt Preço médio refeição 22,50 €

Especialidades Excelência do Serviço e da Cozinha Tradicional Folga Não tem Tel. 244613438 E-mail info@quintadopaul.com Web Page www.quintadopaul.com Preço médio refeição Rest. Saloon: 20 a 30 € - Rest. Atrium: 2ª a 6ª fª ao almoço 8,5 €; 6ª fª ao jantar, 14,50€; Domingo ao almoço, 17,50€

Especialidades Grelhados Piso 2 - Buffet diário (de 2ª

a 6ª fª - 8.50 € / Sábado 10,50 € / Domingo 11.50 €. Piso 1 - preço de menu a partir de 10.50 € Piso 0 Ementa diária a partir de 4.00 € n/encerra, Tel. 244828781 E.mail info@restaurantegrelha.com Especialidades Massa de Robalo; Peixe Frito; Cabrito à Selva; Bife à Casa Folga 3ª fª Tel. 244827708

Restaurante O Sobreiro

Churrasqueira D.Duarte

Especialidades Frango e pato no churrasco Sobremesas Bolo de bolacha, entre outros. Folga 5ª fª. Obs. Serviço Take Away Tel. 244824695 Web Page

www.dduarte.com

Papadoc

Especialidades Pizzas; Massas; Saltiboca à La Ro-

mana com Risotto; Bife da Vazia c/ vários molhos Tel. 244837701 Web Page www.papadoccaffe.com

Matilde Noca

Especialidades Rosbife Grelhado c/ Camarões Salteados, Bacalhau na Telha, Bacalhau c/ Natas Especial Sobremesas Farófias à moda da Noca; Delícia de Café ( 2º Prémio Chivas Regal Sobremesas Inéditas) Folga Domingo Tel. 244856073

Restaurante Muralhas

Especialidades Migas de Bacalhau na Broa; Peixe

Fresco do Mar; Bifinhos de Javali c/Migas de Espargos; Polvo à Lagareiro Folga Domingo ao Jantar e 3ª fª Tel. 244892090 Preço médio refeição 18 €

Peniche

Tasca do Joel 1982

Especialidades Peixe Fresco da Nossa Costa; Bacalhau; Carnes Certificadas, Mirandesa e Barrosã; Carnes de Porco Preto Folga Domingo ao Jantar e 2ª fª Tel. 262782945 Obs. Vinho a Copo; Loja Gourmet Web Page www.tascadojoel.pt

Pombal

Restaurante A Forja

Especialidades Bacalhau Forjado no Fole; Polvo à Maneira do Ferreiro; Naco de Vitela Barrosã no Fole; Assadura de porco preto Sobremesas16 Doces Tradicionais Folga 2ª fª. (Excepto Agosto) Tel. 236211800 Obs. Participante no Festival de Gastronomia de Leiria E-mail restaurante@aforja.com Web Page www.restaurante.aforja.com

Restaurante Ferreira (Ranha de Baixo)

Restaurante Chinês Zun Roa

Especialidades Cherne Grelhado,Cous-Cous à Marroquino e Cabrito à Padeiro ao Domingo. Cozido à Portuguesa à 3ª fª. Restantes dias, Bacalhau à Ferreira, Borrego à Pombalense e Cherne Gratinado entre outros.Obs Aberto todos os dias. Tel. 236947172 .

966010898

Porto de Mós

Restaurante Lagar do Avô

Especialidades Cabrito e borrego no forno, arroz de pato, feijoada de chocos, arroz de peixe, carne de porco à Alentejana, cozido à Portuguesa, etc... Sobremesas várias/caseiras. Folga Domingo, sábados ao jantar Tel. 244824388

Restaurante O Cozinheiro

Restaurante Saloon- Quinta do Paúl

A Grelha Restaurante

Especilidades Cabrito Assado no Forno, Cozido à Portuguesa, Bacalhau com Migas, Grelhados Mistos. Folga 5ª fª. Tel. 244 827 935

Cantinho de Minas

Especialidades Frango na cesta, Pratos fitness, Bacalhau à Gaspar e Grelhados “Especiais” de avestruz, cavalo, vaca, porco, Posta Mirandesa e Cozinha Nac./Internac.Obs. Esp. infantil c/menus+brinde. Almoço semanal económico. Folga 2ª ao jantar/3ª todo o dia. Tel. 244815331/918853416 Web Page www.codea.com; GPS:Nº 39º 48.283.W 8º 52.802.

Especialidades Degustação de mais de 150 sabores à descrição, em que o rei é o Bacalhau assado na brasa c/ batata a murro e migas Folga Domingo e feriados ao jantar; 2ª fª todo o dia Tel. 244852277/ 244855072 Web Page:www.trombarija.com Preço médio refeição De semana, excepto 6ª feira ao jantar 29,50 €; 6ª feira ao jantar, fins-de-semana e feriados 32,50 €

Restaurante Bentaviso

Selva do Lena

Restaurante O Côdea

Tromba Rija

Especialidades Camarão c/ alho na chapa, Pato c/ molho de marisco na chapa Entradas especiais Crepe de gambas Sobremesas Gelado frito e outras típicas chinesas Obs. Agora tb c/serviço de Buffet perto Estádio Municipal. Tel. 244835070 /

Especialidade Sushi to Sashimi, Tempuras, Chaahan, Yakisoba. Obs. Serviço Take away. Especial almoço semanal a 6,00€/prato. Folga 2ª fª. Tel. 244041885 Especialidade Feijoada à Brasileira (aos sábados), Menu Diário: Sopa, Prato do Dia, Bebida, Sobremesa e café 7,00€. Folga Domingo.Obs Ao jantar pratos criativos.Pç Nova - Nova Leiria 1º andar. Tel. 918084846.

Restaurante Mega Hambúrguer

Especialidades Hambúrgueres/Francesinhas/Bifes Horário das11 às 22h30 Tel 244815727

Especialidades Bacalhau c/ carne, Bacalhau dos netos, Telha de sabores e Galo na abóbora Folga 2ª e 3ª fª Obs. (Espaço aprazível em meio rural e calmo),

preço médio por refeição 13€, durante a semana almoço económico Tel. 244614744

Restaurante Ângulo Real

Especialidade Robalo e Arroz malandrinho à Ângulo Real, Real Açorda e Arroz de mariscos, Enguias fritas de ensopado e grelhadas, Cabidelas do Avô Júnior e Cabrito à Monte Real. Dose económica: 4.50€. Dose de requinte: 5.80€ a 8.50€ Folga Não tem. Tel. 244611145.

Restaurante Vale da Pedra

Especiadades Bacalhau à casa; Arroz de Cabidela; Grelhados mistos. Sobremesas Doces da casa; Natas do Céu; Bolo de bolacha Folga Não tem Tel. 244 616 468 Obs. Diárias de 2ª fª a sábado 6,5€ ; Aceitamos grupos - Monte Real

Restaurante Vitor Padeiro

(Serra de Porto Urso-Monte Real) Especialidades Leitão Assado à 3fª, Arroz de Cabidela à 4ªfª, Cozido à Portuguesa à 5ªfª. Ao Domingo Leitão Assado e Bacalhau Variado. Folga Não tem. Obs Preços especiais, totalmente remodelado. Tel. 244613263

Nazaré

Meu Jardim Restaurante-Pizzaria

Especialidades Foie gras c/maçã e Porto, Confit

de canard no forno, Camarão c/ caril e vegetais, Pizzas e Massas. Sobremesas Crepes c/ gelado e chocolate e Tiramisú Folga 3ª fª (excepto Julho/ Agosto e feriados) Horário de 2ª a 6ª fª (só jantares), sábados/domingos (almoços e jantares) Tel. 262551667/969034817. email meujardim@hotmail.com

Restaurante Rosa

Especialidades Bacalhau assado c/ migas à moda da Serra, Cabrito assado no forno e Bacalhau à casa. Obs. Estacionamento, área verde, Capela, Esplanada e Loja de Artesanato Tel. 249841443 Fax 249841194 E-mail restaurantearosa@iol.pt

Restaurante Pizzeria Vieira

Especialidades Pizzas e Lasanha à Bolonhesa Pratos Tradicionais Cozinha Portuguesa: Cabrito assado, Bacalhau à Lagareiro, Feijoada de Marisco e diversidade de Grelhados Folga 4ª fª Tel. 249841280/ 249841520

Adega do Luís

Especialidades Pão caseiro em forno a lenha, morcela/chouriça caseiras, cabrito à Serrana (por encomenda), grelhados: porco preto, picanha...bacalhau c/ batata a murro e migas. Sobremesas (Caseiras) tarte de requeijão, tarte de pêra, etc... Folga 3ª fª Horário das 12 às 15 e das 19 às 22h Tel. 244401196

A Gralha

Especialidades Bacalhau à Gralha, Feijoada de Marisco, Cabrito assado no forno e Polvo à Serrana Horário Semanal: 9 às 24h/ F. de Semana: 09 às 02h Folga 3ª fª. Tel. 249841456/913466962 E-mail restaurant_agralha@hotmail.com Obs. Estacionamento, espaço infantil e zonas de lazer.

Restaurante O Paladar

Especialidades Polvo à Lagareiro, Arroz de Tamboril , Mariscada, Picanha, Posta Mirandesa,Porco Preto, Churrascão, Naco de Vitela na Pedra Folga 2ª fª Tel/Fax 244482444/ 966018138


39

Região de Leiria

saúde

8 | Janeiro | 2010

2.900 à espera de cirurgia Leiria ∑ No ano passado foram operados mais de 13 mil pessoas Os 2.926 doentes em espera para cirurgia no Hospital de Santo André, em Leiria, já podem consultar na Internet a sua posição na lista e saber quanto tempo falta para serem operados. O Sistema Integrado de Gestão de Inscritos para Cirurgia (e-SIGIC) possibilita “conhecer a posição que ocupa na lista, bem como o tempo dentro do qual será realizada a intervenção cirúrgica” e pode ser consultado em

www.portaldasaude.pt. Para tal é preciso registarse no portal com o número de utente, que dá direito a uma palavra-passe que permite consultar o processo. Em Leiria, segundo dados facultados pelo Hospital, neste momento, a Cirurgia Geral é a especialidade com mais doentes em espera (905), seguido pela oftalmologia (563), otorrinolaringologia (445), ortopedia (411), ginecologia (310), urologia

(235), neurocirurgia (30) e dermatologia (27). Nos primeiros onze meses do ano passado foram realizadas 13.470 cirurgias naquela unidade de saúde, tendo o serviço de oftalmologia sido o que mais intervenções fez: 4.606, o que corresponde a uma média mensal de 419. Em média, nas diferentes especialidades do hospital foram efectuadas 1.225 operações por mês, o que contribuiu para uma redução do número de doentes

em espera. Os 2.926 inscritos para cirurgia actualmente correspondem a apenas 20 % do total realizado por ano. Segundo os responsáveis pelo Hospital, do total de doentes em espera 90% correspondem a entradas recentes na lista. “A grande maioria destes doentes encontra-se dentro do tempo de espera clinicamente aceitável”, destacam. JPS


40 SAÚDE

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

Maria do Rosário Moreira

Dr. Fernando Lopes

Médica Dentista lic. F.M.U. Coimbra

Doenças do Coração

Médico Especialista

Av. Marquês de Pombal,

Largo 5 de Outubro, 40 - 1º - Dtº

Ed. Arcadas - Escritório 2 Leiria

(frente ao jardim)

Tel. 244 814 116

Telefone 244 832 276 - Leiria

Rua Acácio Paiva, nº 3, 1º andar, Sala 4 2400-076 Leiria (Largo do Gato Preto)

Centro de Assistência Médica Clínica Geral e Enfermagem Dias úteis, Sábados e Feriados

Especialidades - Obstetrícia, Ginecologia, Urologia, O.R.L., Neurologia, Dermatologia, Pneumologia, Oftalmologia, Psicologia, Reumatologia, Cardiologia, Cirurgia, Ortopedia, Medicina Interna e Psiquiatria Rua Dr. Américo Cortez Pinto (Junto ao Rio, atrás do Cinema) Telefone 244 825 758 - LEIRIA

Laboratório de Análises Clínicas - Susana Pereira Rosas -

Laboratório Central: - Av. Combatentes da Grande Guerra, 43 - 2.º A-2400-123 Leiria Telefs. 244 815 444 / 244 815 492 - Fax 244 815 690 - 8h às 18horas Unidades de Colheita: - Arcadas D. João III-1.º Piso-39- 2400-164 Leiria • Telefs. 244 815 444/244 815 492 - 2ªs, 4ªs, 6ªs,-8h30-10horas/3ªs e 5ªs-8h-10h Urb. Vale da Fonte, Lote 10 - Marinheiros - 2400-492 Leiria Tel. 244 856 001 2.ª a 6.ª das 8h30 às 10h30

-

Urb. Quinta São Bartolomeu Lt. 6 - nº 3 R/C - 2410-172 Leiria Tel. 244 841 999 2.ª a 6.ª das 8h30 às 10h00 - Rua da Mãe de Água, 14 r/c - Loja A 2430-201 Marinha Grande • Telefs. 244 553 609 2ªs, 3ªs, 5ªs e 6ªs - 8h30 - 10h00 às 4ªs das 8h00 - 10h00 -

ABERTO TAMBÉM AOS SÁBADOS das 8 às 11 horas

Freitas Martins MÉDICO OFTALMOLOGISTA

E SPECIALISTA PELOS H OSPITAIS DA U NIVERSIDADE DE C OIMBRA E O RDEM DOS M ÉDICOS

DOENÇAS E CIRURGIA DOS OLHOS - LENTES DE CONTACTO Consultas: Todos os dias de 2ª a 6ª feira Rua Cap. Mouzinho de Albuquerque, 88 - 1º E. - Leiria TEL. 244 837 080 Convenções com: PT, CTT, CGD, SAMS

F. Costa Pereira

Médico Especialista - Doenças da boca e dentes Consultas com hora marcada - Horário das consultas: Seg. Quartas e Quintas das 11 às 13 horas e das 15 às 19 horas Terças das 10 às 13 horas e das 15 às 19 horas

Telefone 244 832 406 - Rua João de Deus, 25 - 1º Dtº - Leiria

Serafim Rosas

MÉDICO ESPECIALISTA ENDOCRINOLOGIA MEDICINA INTERNA

(Doenças das Glândulas, Diabetes, Obesidade) Rua Mouzinho de Albuquerque nº7-2ºE Telef. 244 828 037 Consultas a partir das 15 horas

Dr. Rui Castela

Médico Especialista Doenças dos Olhos Operações - Contactologia Consultas às Terças e Quintas-feiras por marcação Telefone 244 832 288 Consultório - Rua João de Deus, 17 - 1.º Esq.º - Leiria Telefone 244 870 500

Diagnóstico, Tratamento e Prevenção de Patologias do Pé

Carlos Pereira Médico Especialista/Cirurgia Geral

Dr.ª Simone Gaspar

Varizes, Hemorróidas, Doenças do Aparelho Digestivo

Diplomada em Podologia

Consultas por marcação

Estrada dos Marinheiros,n°100 Lj1 Marinheiros 2415-380 Leiria Tel. 244 098 240

Consultório: Edifício Nossa Senhora do Amparo, Estº dos Marrazes, 1-A -1º Esq.º

Raul Fernandes Médico Especialista

Doenças de Crianças Consultas todos os dias úteis A partir das 17 horas Polidiagnóstico Rua Capitão Mouzinho de Albuquerque, 94 - 1º - Leiria

Telefone 244 828 455

Telefone: 244 819 010

Berta Galvão Médica Especialista de Ginecologia e Obstetrícia Assistente no HDL Doenças de Senhora - Gravidez e Partos Av. Nª Srª de Fátima,60-1D-A - Leiria Telef. 244 811 694 Marcação: Todos os dias a partir das 14h30


SAÚDE 41

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

F A R M Á C I A S Leiria Sexta Sábado Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta

Higiene R: Tenente Valadim, 29 Antunes (antiga Lino) Largo Pais Guterres, 11 Lis R: Rego d’Água, 29, Gândara Oliveira Av. 22 de Maio, 14 Sanches Av. Marquês Pombal, 420 Tomaz R: Prof. Alves Brito, Pousos Avenida Av. Heróis de Angola,63 Batista Lg. 5 Outubro, 33/4

244 833 140 244 832 465 244 882 609 244 822 757 244 892 500 244 801 332 244 833 168 244 832 320

08 09 10 11 12 13 14 15

Moderna Duarte Santa Isabel Guardiano Central Roldão Moderna Duarte

Bello Marques Epifânio Magalhães Campeão Bello Marques Epifânio Magalhães Campeão

Av. Victor Gallo, 19 Rua das Portas Verdes,76 Trav. do Salgueiro Praceta Luís de Camões, 1 Largo 5 de Outubro,5 R: Alexandre Herculano Av. Victor Gallo, 19 Rua das Portas Verdes,76

244 502 834 244 503 024 244 575 349 244 502 678 244 502 208 244 502 641 244 502 834 244 503 024

R. Alexandre Herculano, 23/25 Lg. 5 de Outubro, 4 R. Dr. Brilhante, 18A R. Alexandre Herculano, 4/6 R. Alexandre Herculano, 23/25 Lg. 5 de Outubro, 4 R. Dr. Brilhante, 18A R. Alexandre Herculano, 4/6

262 582 115 262 582 124 262 582 455 262 582 156 262 582 115 262 582 124 262 582 455 262 582 156

Fátima Sexta Sábado Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta

08 09 10 11 12 13 14 15

08 09 10 11 12 13 14 15

Pombal

Hipodérmia Miguel Miguel Hipodérmia Franca Miguel Hipodérmia Franca

Rua Luís de Camões, 38 Rua do Comércio, 48 Rua do Comércio, 48 Rua Luís de Camões, 38 Rua do Comércio, 29/33 Rua do Comércio, 48 Rua Luís de Camões, 38 Rua do Comércio, 29/33

262 605 242 262 605 115 262 605 115 262 605 242 262 609 290 262 605 115 262 605 242 262 609 290

Fátima Rua Santo Agostinho, 6 249 531 114 Iriense Rua Santa Isabel, Cova da Iria 249 539 070 Iriense Rua Santa Isabel, Cova da Iria 249 539 070 Iriense Rua Santa Isabel, Cova da Iria 249 539 070 Beato Nuno Av. Beato Nuno, 360 Cova da Iria Fátima Rua Santo Agostinho, 6 249 531 114 Iriense Rua Santa Isabel, Cova da Iria 249 539 070 Beato Nuno Av. Beato Nuno, 360 Cova da Iria

Sexta a Domingo 08 a 10 Segunda a Sexta 11 a 15

Torres

Av. Heróis Ultramar, 22

236 212 487

Vilhena

Rua do Louriçal, 1

236 212 067

Padrão

R.D.Filipa de Lencastre

244 765 449

Ferraz

Largo P. Paulo VI, 1

244 765 124

Batalha Ourém

Alcobaça 08 09 10 11 12 13 14 15

Sexta Sábado Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta

244 882 609

Marinha Grande

Sexta Sábado Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta

S E R V I Ç O

Bombarral 08 09 10 11 12 13 14 15

Das 9 às 24 horas - Lis - Gândara dos Olivais - Rêgo D’Água,29

Sexta Sábado Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta

D E

Sexta Sábado Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta

08 09 10 11 12 13 14 15

Verdasca Moderna Moderna Moderna Leitão Verdasca Moderna Leitão

Praça da República, 26 Rua Alexandre Herculano, 8 Rua Alexandre Herculano, 8 Rua Alexandre Herculano, 8 Pç. Dr. Agostinho Alb. Almeida, 4 Praça da República, 26 Rua Alexandre Herculano, 8 Pç. Dr. Agostinho Alb. Almeida, 4

249 542 228 249 542 212 249 542 212 249 542 212 249 542 120 249 542 228 249 542 212 249 542 120

Sexta a Domingo 08 a 10 Segunda a Sexta 11 a 15

Mira de Aire Sexta 08 Sábado a Sexta 09 a 15

Mirense R.G.Trindade-Inf.Henriq.- Gaveto

244 440 213

Central R: Gen. Humberto Delgado, 268

244 440 237

Caldas da Rainha Sexta Sábado Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta

08 09 10 11 12 13 14 15

Maldonado Perdigão Branco Freitas Caldense Central Maldonado Rosa

Rua Ten. Sangreman Henriques,12 R. Dr. Augusto S. Silva, 15 R. Almirante C. Reis, 25 R: da Liberdade, 12 Praça 5 de Outubro, 7, r/c Praça da República, 15/16 Rua Ten. Sangreman Henriques,12 Av. 1º de Maio, 12, r/c A

262 831 484 262 840 580 262 832 324 262 840 030 262 832 256 262 831 471 262 831 484 262 831 996

Nazaré Sexta a Domingo 08 a 10 Segunda a Quinta 11 a 14 Sexta 15

Albergaria dos Doze Sexta a Domingo 08 a 10 Segunda a Sexta 11 a 15

Santa Maria

Rua Nova

Albergariense P. Igreja Velha

236 931 280 236 931 186

Figueiró dos Vinhos Sousa

R. Mouz. Albuquerque, 22/30

262 561 221

Silvério Ascenso

Rua Adrião Batalha, 43 Rua Sub-Vila, 48

262 552 394 262 551 106

Sexta a Domingo 08 a 10 Serra Segunda a Sexta 11 a 15 Correia

R: Dr. Manuel S. Barreiros, 41

236 552 339

R: Dr. José M. Simões, 2 e 4

236 552 312


42

emprego & formação Portugueses têm medo de perder emprego Três mil quilómetros separam Portugal e Hungria, mas estes dois países estão bem mais próximos quando o tema é o medo de perder o emprego. Um artigo publicado pelo Instituto para o Estudo do Trabalho alemão (IZA), dos economistas David Bell e David Blanchf lower, conclui que portugueses e húngaros são os povos da União Europeia (UE) que dizem ter mais medo do desemprego. Os resultados referem-se ao período de Janeiro de 2008 a Agosto de 2009. Este indicador, semelhante aos índices de

con fiança clássicos e construído com base nos resultados de entrevistas a milhares de pessoas de cada país, mostra que os húngaros (62%) são, em média, os europeus mais descrentes relativamente ao futuro próximo do mercado de trabalho. Logo a seguir vêm os portugueses (58,3%), os gregos (56,8%) e os irlandeses (51,4%). No mesmo inquérito, os mais optimistas moram na Polónia (12,8%), Malta (14,4%), Finlândia (21,7%) e Eslováquia (24,2%). No estudo publicado pelo IZA, os economistas constatam que a crise

Restaurante de prestígio na zona da Batalha, pretende admitir um COZINHEIRO 2.ª (m/f) c/ formação profissional em regime de full time. Contactar tel.: 919583032 / 919410474

financeira - que depois assumiu a forma de crise económica - arrasou com os mercados de trabalho da maioria dos países desenvolvidos e colocou milhares de jovens numa situação muito difícil, à qual são completamente alheios. Os autores defendem que os políticos perceberam, genericamente, que eram necessários estímulos às economias, mas não assumiram de forma evidente a prioridade: resolver o problema dos jovens que não têm trabalho ou que vivem na precariedade. Luís Reis Ribeiro e Kátia Catulo/i Empresa no ramo de ventilação, admite para os seus quadros pessoa M/F, com o objectivo de realizar tarefas de Orçamentação e Mediação. Os interessados deverão enviar curriculum vitae para: MR/0101 deste jornal

Pretende admitir um(a)

ELEC TRICIS TA

PRINCIPAIS RESPONSABILIDADES: Realizar operações de manutenção industrial. REQUISITOS: Formação ao nível do 12º Ano, preferencialmente técnico- profissional; Experiência profissional, mínimo de 3 anos na área da Produção ( factor preferencial); Conhecimentos de instrumentação, automação e controlo, distribuição de potência e média tensão; Conhecimentos de inglês. LOCAL: Leiria Os candidatos interessados deverão enviar o Curriculum Vitae detalhado, até 18 JANEIRO 2010, para o e-mail: recrutamento@valorlis.pt (indicar a referência ELEC 01/2010) As candidaturas consideradas, serão contactadas no prazo máximo de 15 dias.

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010


EMPREGO & FORMAÇÃO 43

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

Empresa na região de Leiria admite para entrada imediata

CONTABILISTA Com experiência (preferência TOC)

(m/f)

Contactar tel.: 917 221 795 Enviar curriculum para: tecnocanto@tecnocanto.pt

m/f


44

Região de Leiria

imobiliário

8 | Janeiro | 2010

LIGA DOS COMBATENTES - NÚCLEO DE LEIRIA

CONVOCATÓRIA

ASSEMBLEIA-GERAL ORDINÁRIA

Nos termos do Artº 13º e do Nº 5 do Artº 12º dos Estatutos e Regulamento Geral de Funcionamento da Liga dos Combatentes convocam-se todos os associados do Núcleo de Leira para a Assembleia-Geral Ordinária a realizar-se na Sede do Núcleo, no dia 3 de Fevereiro de 2010 às 17h00. Se à hora prevista não estiverem a maioria dos sócios a Assembleia iniciar-se-á às 17h30 com quaisquer do nº de sócios presentes. Ordem de Trabalhos: 1. Ponto de Situação de 2009 2. Apreciação e votação do Relatório de contas de 2009. 3. Reconstituição da Direcção 4. Apresentação e aprovação do Plano de Actividades para 2010 5. Diversos Leiria, 27 de Dezembro de 2009 O Presidente da Assembleia-Geral Acácio Rui Marques Lopes

1º ANÚNCIO

MUNICIPIO DE PORTO DE MÓS CÂMARA MUNICIPAL GABINETE DE APOIO JURÍDICO 2480-851 PORTO DE MÓS (TEL. 244 - 499600-FAX 244 - 499601)

AVISO JOÃO SALGUEIRO, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DO CONCELHO SUPRA, TORNA PUBLICO QUE: 1- A Câmara Municipal em reunião ordinária realizada em 17 de Dezembro de 2009, deliberou proceder à alienação de lotes da Zona Industrial do Juncal, nos termos do Regulamento de Aquisição de Lotes Industriais. 2- O Prazo de candidatura é de trinta dias, a contar da presente publicação, sendo o preço por metro quadrado de doze euros e cinquenta cêntimos. 3- O Regulamento atrás mencionado, poderá ser solicitado no Gabinete de Apoio Jurídico desta Câmara Municipal, dentro do horário normal de expediente. Porto de Mós, 4 de Janeiro de 2010. O PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL João Salgueiro

Tribunal da execução: Tribunal Judicial de Leiria; 4º Juizo Civel Processo n.º 4149/07.0TBLRA; PE-242/2007 Data da Penhora 14 de Abril de 2008 Exequente(s): Banco BPI SA. Executado(s): Jaime de Jesus Romeiro; Agostinho de Jesus Romeiro Faz-se saber que nos autos acima identificados, encontra-se designado o dia 9 de Fevereiro de 2010, pelas 14.00h no Tribunal Judicial da Comarca de Leiria, para a abertura de propostas, que sejam entregues até esse momento, na secretaria do Tribunal, pelos interessados na compra(s) seguinte(s) bem/bens: Imóveis Prédio Rústico, sito em Amieira, freguesia de Caranguejeira e Concelho de Leiria, inscrito na matriz sob o artigo 7399 e descrito na Conservatória sob o nº 5866/Caranguejeira Valor Base: 6.670,00 € 70%: 4.669,00 € Prédio Rústico, sito em Amieira, freguesia de Caranguejeira e Concelho de Leiria, inscrito na matriz sob o artigo 7398 e descrito na Conservatória sob o nº 559/Caranguejeira Valor Base: 6.670,00 € 70%: 4.669,00 € Prédio Rústico, sito em Amieira, freguesia de Caranguejeira e Concelho de Leiria, inscrito na matriz sob o artigo 7396 e descrito na Conservatória sob o nº 2480/Caranguejeira Valor Base: 6.670,00 € 70%: 4.669,00 € Os bens Imóveis pertence ao executado Agostinho de Jesus Romeiro, residente em Rua da Indústrias, nº80, Caranguejeira. Será aceite a proposta de melhor preço acima de 70% do valor base dos respectivos bens. Nota: No caso de venda mediante proposta em carta fechada em Execução Comum os proponentes devem juntar à sua proposta, como caução, um cheque visado, à ordem do Solicitador de Execução, ou, na sua falta, da Secretaria, no montante correspondente a 20% do valor base dos bens (nº1 ao Artº 897º do CPC). Das propostas a apresentar deverão os proponentes: Identificar-se convenientemente, encerrar a proposta num subscrito branco devidamente selado e dirigi-lo ao processo e Tribunal indicado nos presentes Editais/ Publicações. O Agente de Execução, Elisabete Guilhermino Região de Leiria, Edição nº 3799 de 8 de Janeiro de 2010


PUBLICIDADE 45

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

JUSTIÇA TRIBUTÁRIA

JUSTIÇA TRIBUTÁRIA

JUSTIÇA TRIBUTÁRIA

Serviço de Finanças de LEIRIA-2.-3603

1º ANÚNCIO IDENTIFICAÇÃO DO(S) BEM(NS)

Identificação do bem: Prédio em Prop. Total sem Andares nem Div. Susc. de Utiliz. Independente, CARACTERÍSTICAS: Afectação: Habitação, Tipologia/Divisões: 6, Nº de pisos: 3, Área total do terreno: 603m2, Área de implantação do edifício: 169,5m2, Área bruta de construção: 423,16m2. Área bruta privativa: 218,03m2, Área bruta dependente: 205,13m2, Inscrição na matriz: 2003,sob o nº5364,Localizado no distrito de LEIRIA Concelho de LEIRIA Freguesia de POUSOS Lugar de Casal dos Matos.

TEOR DO ANÚNCIO

José Luís Pinto da Silva Matos , Chefe de Finanças do Serviço de Finanças LEIRIA-2.-3603, faz saber que no dia 2010-02-17, pelas 10:00 horas, neste Serviço de Finanças, sito em R. DE S. FRANCISCO 3 - 1., LEIRIA, se há-de proceder à abertura das propostas em carta fechada, para venda judicial, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), do bem acima designado, penhorado ao Executado infra indicado, para pagamento da dívida no valor de 1.928,46€, sendo 1.489,94€ de quantia exequenda e 438,52€ de acréscimos legais. Mais, correm anúncios e éditos de 20 dias (239.º/2 CPPT), contados da 2.ª publicação, citando os credores desconhecidos e os sucessores dos credores preferentes para reclamarem, no prazo de 15 dias, contados da data da citação, o pagamento dos seus créditos que gozem de garantia real, sobre o bem penhorado acima indicado. (240º/CPPT) O valor base da venda é de 160.486,72€, calculado nos termos do artigo 250.º do CPPT. É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) ANA MARGARIDA CARNIDE CARVALHO, residente em R DO PINHEIRO BRAVO LT 8 - CURVACHIA, o(a) qual deverá mostrar o bem acima identificado a qualquer potencial interessado, entre as 10:00 horas do dia 2010- 01-04 e as 16:00 horas do dia 2010-02-16 (249º/6 CPPT). Todas as propostas deverão ser entregues no Serviço de Finanças, até às 16:00 horas do dia 2010-02-16, em carta fechada dirigida ao Chefe do Serviço de Finanças, devendo identificar o proponente (nome, morada e número fiscal), bem como o nome do Executado e o n.º de venda 3603.2009.185. As propostas serão abertas no dia e hora designados para a venda (dia 2010-02-17 às 10:00h), na presença do Chefe do Serviço de Finanças (253.º CPPT). Não serão consideradas as propostas de valor inferior ao valor base de venda atribuído a cada verba (250º Nº4 CPPT). No acto da venda deverá ser depositada a importância mínima de 1/3 do valor da venda, na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças e pago o Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis e o Imposto do Selo que se mostrem devidos. Os restantes 2/3 deverão ser depositados na mesma entidade, no prazo de 15 dias (256.º CPPT). Se o preço oferecido mais elevado for proposto por dois ou mais proponentes, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço, pode esse cobrir a proposta dos outros, caso contrário proceder-se-á a sorteio para apurar a proposta que deve prevalecer (253.º CPPT).

IDENTIFICAÇÃO DO EXECUTADO

Nome: LUIS MANUEL DEIRA DE SOUSA. Morada: URB DAS TRIGUEIRAS LT 25 - CASAL DOS MATOS - POUSOS. Data: 30-12-2009 O Chefe de Finanças José Luís Pinto da Silva Matos Região de Leiria, edição nº 3799 de 8 de Janeiro de 2010

JUSTIÇA TRIBUTÁRIA

Serviço de Finanças de LEIRIA-2.-3603

2º ANÚNCIO IDENTIFICAÇÃO DO(S) BEM(NS) Serv. Finanças LEIRIA-2. - [3603] Freguesia de Colmeias , Prédio Urbano Artigo 363 Fracçao Prédio em propriedade total, sito da estrada da Bouça destinado a armazens e actividade industrial, com 3 divisões, a área total do terreno 108,0000 m2 e 72,0000 m2 de área bruta de construção.

TEOR DO ANÚNCIO

José Luís Pinto da Silva Matos , Chefe de Finanças do Serviço de Finanças LEIRIA-2.-3603, faz saber que no dia 2010-02-02, pelas 10:00 horas, neste Serviço de Finanças, sito em R. DE S. FRANCISCO 3 - 1., LEIRIA, se há-de proceder à abertura das propostas em carta fechada, para venda judicial, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), do bem acima designado, penhorado ao Executado infra indicado, para pagamento da dívida no valor de 51.201,88€, sendo 40.354,27€ de quantia exequenda e 10.847,61€ de acréscimos legais. Mais, correm anúncios e éditos de 20 dias (239.º/2 CPPT), contados da 2.ª publicação, citando os credores desconhecidos e os sucessores dos credores preferentes para reclamarem, no prazo de 15 dias, contados da data da citação, o pagamento dos seus créditos que gozem de garantia real, sobre o bem penhorado acima indicado. (240º/CPPT) O valor base da venda é de 4.921€, calculado nos termos do artigo 250.º do CPPT. É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) ARMINDO MANUEL DA SILVA SOUSA, residente em - CARRIÇO, o(a) qual deverá mostrar o bem acima identificado a qualquer potencial interessado, entre as 09:00 horas do dia 2010-01-02 e as 16:00 horas do dia 2010-02-01 (249º/6 CPPT). Todas as propostas deverão ser entregues no Serviço de Finanças, até às 10:00 horas do dia 2010-02-02, em carta fechada dirigida ao Chefe do Serviço de Finanças, devendo identificar o proponente (nome, morada e número fiscal), bem como o nome do Executado e o n.º de venda 3603.2007.62. As propostas serão abertas no dia e hora designados para a venda (dia 2010-02-02 às 10:00h), na presença do Chefe do Serviço de Finanças (253.º CPPT). Não serão consideradas as propostas de valor inferior ao valor base de venda atribuído a cada verba (250º Nº4 CPPT). No acto da venda deverá ser depositada a importância mínima de 1/3 do valor da venda, na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças e pago o Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis e o Imposto do Selo que se mostrem devidos. Os restantes 2/3 deverão ser depositados na mesma entidade, no prazo de 15 dias (256.º CPPT). Se o preço oferecido mais elevado for proposto por dois ou mais proponentes, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço, pode esse cobrir a proposta dos outros, caso contrário proceder-se-á a sorteio para apurar a proposta que deve prevalecer (253.º CPPT).

IDENTIFICAÇÃO DO EXECUTADO Nome: TRANSJANAS TRANSPORTES DE ALUGUER LDA. Morada: R PRINCIPAL 995 - CARRICO. Data: 29-12-2009 O Chefe de Finanças José Luís Pinto da Silva Matos Região de Leiria, edição 3799 de 8 de Janeiro de 2009

1º ANÚNCIO IDENTIFICAÇÃO DO(S) BEM(NS)

Identificação do bem: Sub-cave e cave,fracção autónoma designada pela letra A, composta a sub-cave de uma arrecadação e a cave de loja com uma casa de banho. Inscrito na matriz com o nº 1597 Fracção A -Afectação: Comércio. Aréa Bruta Privativa: 181,8000 m2. Inscrito na matriz: 1983. Localizado no Distrito de Lisboa, Concelho de Oeiras, Freguesia de Oeirase S. Julião da Barra, Lugar: Rua Porto Alegre, nº 11 - Oeiras

TEOR DO ANÚNCIO

José Luís Pinto da Silva Matos , Chefe de Finanças do Serviço de Finanças LEIRIA-2.-3603, faz saber que no dia 2010-02-05, pelas 10:00 horas, neste Serviço de Finanças, sito em R. DE S. FRANCISCO 3 - 1., LEIRIA, se há-de proceder à abertura das propostas em carta fechada, para venda judicial, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), do bem acima designado, penhorado ao Executado infra indicado, para pagamento da dívida no valor de 545.959€, sendo 457.127,84€ de quantia exequenda e 88.831,16€ de acréscimos legais. Mais, correm anúncios e éditos de 20 dias (239.º/2 CPPT), contados da 2.ª publicação, citando os credores desconhecidos e os sucessores dos credores preferentes para reclamarem, no prazo de 15 dias, contados da data da citação, o pagamento dos seus créditos que gozem de garantia real, sobre o bem penhorado acima indicado. (240º/CPPT) O valor base da venda é de 155.673€, calculado nos termos do artigo 250.º do CPPT. É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) A M MOTA CAMIÕES LDA, residente em ESTR NACIONAL 109 54 / 56 - MONTIJOS, o(a) qual deverá mostrar o bem acima identificado a qualquer potencial interessado, entre as 09:00 horas do dia 2010-01-05 e as 16:00 horas do dia 2010-02-04 (249º/6 CPPT). Todas as propostas deverão ser entregues no Serviço de Finanças, até às 16:00 horas do dia 2010-02-04, em carta fechada dirigida ao Chefe do Serviço de Finanças, devendo identificar o proponente (nome, morada e número fiscal), bem como o nome do Executado e o n.º de venda 3603.2008.216. As propostas serão abertas no dia e hora designados para a venda (dia 2010-02-05 às 10:00h), na presença do Chefe do Serviço de Finanças (253.º CPPT). Não serão consideradas as propostas de valor inferior ao valor base de venda atribuído a cada verba (250º Nº4 CPPT). No acto da venda deverá ser depositada a importância mínima de 1/3 do valor da venda, na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças e pago o Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis e o Imposto do Selo que se mostrem devidos. Os restantes 2/3 deverão ser depositados na mesma entidade, no prazo de 15 dias (256.º CPPT). Se o preço oferecido mais elevado for proposto por dois ou mais proponentes, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço, pode esse cobrir a proposta dos outros, caso contrário proceder-se-á a sorteio para apurar a proposta que deve prevalecer (253.º CPPT).

IDENTIFICAÇÃO DO EXECUTADO

Nome: A M MOTA CAMIÕES LDA. Morada: ESTR NACIONAL 109 54 / 56 - MONTIJOS. Data: 04-01-2010 O Chefe de Finanças José Luís Pinto da Silva Matos Região de Leiria, edição nº 3799 de 8 de Janeiro de 2010

2º ANÚNCIO IDENTIFICAÇÃO DO(S) BEM(NS)

Identificação do bem: Prédio em Prop. Total sem Andares nem Div. Susc. de Utiliz. Independente, CARACTERÍSTICAS: Afectação: Armazéns e actividade industrial, Tipologia/Divisões: 2, Nº de pisos: 2, Área total do terreno: 64m2, Área de implantação do edifício: 64m2, Área bruta de construção: 128m2. Área bruta privativa: 64m2, Área bruta dependente: 64m2, Inscrição na matriz: 2039, Localizado no distrito de LEIRIA Concelho de LEIRIA Freguesia de COLMEIAS Lugar de Estrada da Bouça.

TEOR DO ANÚNCIO

José Luís Pinto da Silva Matos , Chefe de Finanças do Serviço de Finanças LEIRIA-2.-3603, faz saber que no dia 2010-02-02, pelas 10:00 horas, neste Serviço de Finanças, sito em R. DE S. FRANCISCO 3 - 1., LEIRIA, se há-de proceder à abertura das propostas em carta fechada, para venda judicial, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), do bem acima designado, penhorado ao Executado infra indicado, para pagamento da dívida no valor de 51.201,88€, sendo 40.354,27€ de quantia exequenda e 10.847,61€ de acréscimos legais. Mais, correm anúncios e éditos de 20 dias (239.º/2 CPPT), contados da 2.ª publicação, citando os credores desconhecidos e os sucessores dos credores preferentes para reclamarem, no prazo de 15 dias, contados da data da citação, o pagamento dos seus créditos que gozem de garantia real, sobre o bem penhorado acima indicado. (240º/CPPT) O valor base da venda é de 6.636€, calculado nos termos do artigo 250.º do CPPT. É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) ARMINDO MANUEL DA SILVA SOUSA, residente em - CARRIÇO, o(a) qual deverá mostrar o bem acima identificado a qualquer potencial interessado, entre as 09:00 horas do dia 2010-01-02 e as 16:00 horas do dia 2010-02-01 (249º/6 CPPT). Todas as propostas deverão ser entregues no Serviço de Finanças, até às 10:00 horas do dia 2010-02-02, em carta fechada dirigida ao Chefe do Serviço de Finanças, devendo identificar o proponente (nome, morada e número fiscal), bem como o nome do Executado e o n.º de venda 3603.2007.66. As propostas serão abertas no dia e hora designados para a venda (dia 2010-02-02 às 10:00h), na presença do Chefe do Serviço de Finanças (253.º CPPT). Não serão consideradas as propostas de valor inferior ao valor base de venda atribuído a cada verba (250º Nº4 CPPT). No acto da venda deverá ser depositada a importância mínima de 1/3 do valor da venda, na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças e pago o Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis e o Imposto do Selo que se mostrem devidos. Os restantes 2/3 deverão ser depositados na mesma entidade, no prazo de 15 dias (256.º CPPT). Se o preço oferecido mais elevado for proposto por dois ou mais proponentes, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço, pode esse cobrir a proposta dos outros, caso contrário proceder-se-á a sorteio para apurar a proposta que deve prevalecer (253.º CPPT).

IDENTIFICAÇÃO DO EXECUTADO Nome: TRANSJANAS TRANSPORTES DE ALUGUER LDA. Morada: R PRINCIPAL 995 - CARRICO. Data: 29-12-2009 O Chefe de Finanças José Luís Pinto da Silva Matos Região de Leiria, edição 3799 de 8 de Janeiro de 2009

JUSTIÇA TRIBUTÁRIA

JUSTIÇA TRIBUTÁRIA

Serviço de Finanças de LEIRIA-2.-3603

Serviço de Finanças de LEIRIA-2.-3603

Serviço de Finanças de LEIRIA-2.-3603

2º ANÚNCIO IDENTIFICAÇÃO DO(S) BEM(NS)

Serviço de Finanças de LEIRIA-2.-3603

1º ANÚNCIO IDENTIFICAÇÃO DO(S) BEM(NS)

Identificação do bem: 2º andar esquerdo para habitação composto por 1 quarto, sala com kitchnet, 1 casa de banho e 2 varandas. Inscrito na matriz com o nº 1601 Fracção E. Afectação: Habitação. Aréa bruta privativa: 43,000m2. Inscrito na matriz: 1990. Localizado no Distrito de Leiria, Concelho de Leiria, Freguesia Coimbrão, Lugar: Casal Ventoso

Serv. Finanças LEIRIA-2. - [3603] Freguesia de Marrazes , Prédio Urbano Artigo 5407 Fracçao H 3.º andar direito para habitação composto de três quartos, sala, cozinha, despensa, 2 casas de banho, 2 varandas e garagem privada na sub-cave. Sito na Quinta do Bispo, Pcta de Lisboa, n.º37, lote 47 A, Marrazes. Ano de inscrição na matriz:1992. Área bruta privativa - 102 m2; área bruta dependente - 35 m2

TEOR DO ANÚNCIO

TEOR DO ANÚNCIO

José Luís Pinto da Silva Matos , Chefe de Finanças do Serviço de Finanças LEIRIA-2.-3603, faz saber que no dia 2010-02-05, pelas 10:00 horas, neste Serviço de Finanças, sito em R. DE S. FRANCISCO 3 - 1., LEIRIA, se há-de proceder à abertura das propostas em carta fechada, para venda judicial, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), do bem acima designado, penhorado ao Executado infra indicado, para pagamento da dívida no valor de 77.686,98€, sendo 66.726,91€ de quantia exequenda e 10.960,07€ de acréscimos legais. Mais, correm anúncios e éditos de 20 dias (239.º/2 CPPT), contados da 2.ª publicação, citando os credores desconhecidos e os sucessores dos credores preferentes para reclamarem, no prazo de 15 dias, contados da data da citação, o pagamento dos seus créditos que gozem de garantia real, sobre o bem penhorado acima indicado. (240º/CPPT) O valor base da venda é de 14.812€, calculado nos termos do artigo 250.º do CPPT. É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) ALBANO MANUEL DE CARVALHO DA MOTA, residente em ESTR NACIONAL N 109 54 - MONTE REDONDO, o(a) qual deverá mostrar o bem acima identificado a qualquer potencial interessado, entre as 09:00 horas do dia 2010-01-05 e as 16:00 horas do dia 2010-02-04 (249º/6 CPPT). Todas as propostas deverão ser entregues no Serviço de Finanças, até às 16:00 horas do dia 2010-02-04, em carta fechada dirigida ao Chefe do Serviço de Finanças, devendo identificar o proponente (nome, morada e número fiscal), bem como o nome do Executado e o n.º de venda 3603.2007.98. As propostas serão abertas no dia e hora designados para a venda (dia 2010-02-05 às 10:00h), na presença do Chefe do Serviço de Finanças (253.º CPPT). Não serão consideradas as propostas de valor inferior ao valor base de venda atribuído a cada verba (250º Nº4 CPPT). No acto da venda deverá ser depositada a importância mínima de 1/3 do valor da venda, na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças e pago o Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis e o Imposto do Selo que se mostrem devidos. Os restantes 2/3 deverão ser depositados na mesma entidade, no prazo de 15 dias (256.º CPPT). Se o preço oferecido mais elevado for proposto por dois ou mais proponentes, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço, pode esse cobrir a proposta dos outros, caso contrário proceder-se-á a sorteio para apurar a proposta que deve prevalecer (253.º CPPT).

IDENTIFICAÇÃO DO EXECUTADO

Nome: ALBANO MANUEL DE CARVALHO DA MOTA. Morada: ESTR NACIONAL N 109 54 - MONTE REDONDO. Data: 28-12-2009 O Chefe de Finanças José Luís Pinto da Silva Matos Região de Leiria, edição nº 3799 de 8 de Janeiro de 2010

José Luís Pinto da Silva Matos , Chefe de Finanças do Serviço de Finanças LEIRIA-2.-3603, faz saber que no dia 2010-03-09, pelas 10:00 horas, neste Serviço de Finanças, sito em R. DE S. FRANCISCO 3 - 1., LEIRIA, se há-de proceder à abertura das propostas em carta fechada, para venda judicial, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), do bem acima designado, penhorado ao Executado infra indicado, para pagamento da dívida no valor de 1.279,35€, sendo 945,57€ de quantia exequenda e 333,78€ de acréscimos legais. O valor base da venda é de 43.407€, calculado nos termos do artigo 250.º do CPPT. É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) ANABELA DE JESUS COELHO, residente em PCT DE LISBOA N.º 37 LOTE 47 - A - 3 DT - QUINTA DO BISPO - MARRAZES, o(a) qual deverá mostrar o bem acima identificado a qualquer potencial interessado, entre as 09:00 horas do dia 2010-02-09 e as 17:00 horas do dia 2010-03-08 (249º/6 CPPT). Todas as propostas deverão ser entregues no Serviço de Finanças, até às 09:00 horas do dia 2010-03-09, em carta fechada dirigida ao Chefe do Serviço de Finanças, devendo identificar o proponente (nome, morada e número fiscal), bem como o nome do Executado e o n.º de venda 3603.2009.503. As propostas serão abertas no dia e hora designados para a venda (dia 2010-03-09 às 10:00h), na presença do Chefe do Serviço de Finanças (253.º CPPT). Não serão consideradas as propostas de valor inferior ao valor base de venda atribuído a cada verba (250º Nº4 CPPT). No acto da venda deverá ser depositada a importância mínima de 1/3 do valor da venda, na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças e pago o Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis e o Imposto do Selo que se mostrem devidos. Os restantes 2/3 deverão ser depositados na mesma entidade, no prazo de 15 dias (256.º CPPT). Se o preço oferecido mais elevado for proposto por dois ou mais proponentes, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço, pode esse cobrir a proposta dos outros, caso contrário proceder-se-á a sorteio para apurar a proposta que deve prevalecer (253.º CPPT).

IDENTIFICAÇÃO DO EXECUTADO Nome: ANABELA DE JESUS COELHO. Morada: PCT DE LISBOA N.º 37 LOTE 47 - A - 3 DT - QUINTA DO BISPO - MARRAZES. Data: 04-01-2010 O Chefe de Finanças José Luís Pinto da Silva Matos Região de Leiria, edição nº 3799 de 8 de Janeiro de 2010


46 PUBLICIDADE

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

D.F. da Leiria Serviço de Finanças de LEIRIA-2.-3603

JUSTIÇA TRIBUTÁRIA

1º ANÚNCIO IDENTIFICAÇÃO DO(S) BEM(NS)

Identificação do bem: Prédio em Prop. Total sem Andares nem Div. Susc. de Utiliz. Independente, CARACTERÍSTICAS: Afectação: Comércio e serviços em construção tipo industrial, Tipologia/Divisões: 1, Nº de pisos: 1, Área total do terreno: 388m2, Área de implantação do edifício: 332m2, Área bruta de construção: 332m2. Área bruta privativa: 332m2, Área bruta dependente: 0m2, Inscrição na matriz: 2001, Localizado no distrito de LEIRIA Concelho de LEIRIA Freguesia de MONTE REDONDO(Bajouca) Lugar de Cavadas da Bouça, inscrito sob o artigo 3691 na matriz predial urbana da freguesia de Monte Redondo

TEOR DO ANÚNCIO

José Luís Pinto da Silva Matos , Chefe de Finanças do Serviço de Finanças LEIRIA-2.-3603, faz saber que no dia 2010-02-12, pelas 10:00 horas, neste Serviço de Finanças, sito em R. DE S. FRANCISCO 3 - 1., LEIRIA, se há-de proceder à abertura das propostas em carta fechada, para venda judicial, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), do bem acima designado, penhorado ao Executado infra indicado, para pagamento da dívida no valor de 40.996,39€, sendo 33.760,36€ de quantia exequenda e 7.236,03€ de acréscimos legais. O valor base da venda é de 58.800€, calculado nos termos do artigo 250.º do CPPT. É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) ANIBAL DUARTE DA MOTA, residente em CAVADAS DA BOUÇA - CAVADAS DA BOUÇA, o(a) qual deverá mostrar o bem acima identificado a qualquer potencial interessado, entre as 09:00 horas do dia 2010-01-11 e as 17:00 horas do dia 2010-0211 (249º/6 CPPT). Todas as propostas deverão ser entregues no Serviço de Finanças, até às 09:00 horas do dia 2010-02-12, em carta fechada dirigida ao Chefe do Serviço de Finanças, devendo identificar o proponente (nome, morada e número fiscal), bem como o nome do Executado e o n.º de venda 3603.2009.377. As propostas serão abertas no dia e hora designados para a venda (dia 2010-02-12 às 10:00h), na presença do Chefe do Serviço de Finanças (253.º CPPT). Não serão consideradas as propostas de valor inferior ao valor base de venda atribuído a cada verba (250º Nº4 CPPT). No acto da venda deverá ser depositada a importância mínima de 1/3 do valor da venda, na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças e pago o Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis e o Imposto do Selo que se mostrem devidos. Os restantes 2/3 deverão ser depositados na mesma entidade, no prazo de 15 dias (256.º CPPT). Se o preço oferecido mais elevado for proposto por dois ou mais proponentes, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço, pode esse cobrir a proposta dos outros, caso contrário proceder-se-á a sorteio para apurar a proposta que deve prevalecer (253.º CPPT).

IDENTIFICAÇÃO DO EXECUTADO

Nome: ANIBAL DUARTE DA MOTA. Morada: CAVADAS DA BOUÇA - CAVADAS DA BOUÇA. Data: 04-01-2010 O Chefe de Finanças José Luís Pinto da Silva Matos Região de Leiria, edição nº 3799 de 8 de Janeiro de 2010

D.F. da Leiria Serviço de Finanças de Leiria 1

ANÚNCIO

José Manuel F. Agostinho, Chefe do Serviço de Finanças de Leiria 1 Anuncia e faz saber que se vai proceder à venda por Negociação Particular nos termos dos art. 248.º a 256.º do Código de Procedimento e Processo Tributário conjugado com o art.º 886.º, n.º 1 al.9 d) do Código de Processo Civil, do bem adiante designado, penhorado a JOSE JOÃO AUGUSTO - CABEÇA DE CASAL DA HERANÇA DE, NIF – 704 675 099, com domicilio fiscal em R DE SÃO MIGUEL N 150 3 ESQ - 2410-170 LEIRIA, no processo de execução fiscal n.º 1384200601063650 para pagamento da dívida de: 29.754,88 e acrescido, referente a IRS. Para levar a efeito a referida venda, em cumprimento de Despacho n.797/2004-XV de 23 de Março, do Exmo. Sr. Secretario de Estado dos Assuntos Fiscais foi nomeado, mediante celebração de contrato de Mediação Imobiliária, a empresa Prova Geral, Mediação Imobiliária, Lda., com sede, em Rua Dr. José Henriques Vareda, n.º 57 - Leiria, telemóvel 919584707. A venda está sujeita a Imposto Municipal sobre Transmissões Onerosas de Imóveis, bem como a Imposto de Selo. O prazo de apresentação de propostas termina no dia 13 de Janeiro de 2010. As propostas deverão ser apresentadas no local da sede da entidade Mediadora da presente venda, no horário das 9H às 18H30M. O bem objecto de venda é o abaixo indicado:

DESCRIÇÃO DOS BENS PENHORADOS VERBA ÚNICA

Apartamento tipo T3 correspondente ao 4º direito, sito em Rua Bordalo Pinheiro, n.º 35 – Leiria. Tem a área bruta privativa de 112 m2 e a área bruta dependente de 31,22m2. Está inscrito na matriz predial urbana n.º 2206 Fracção J da Freguesia de Leiria e descrito na 1ª Conservatória do Registo Predial de Leiria sob a descrição n.º 1168/J. VALOR DE VENDA - € 64.190,00 Leiria, 05 de Janeiro de 2010

O Chefe de Serviço de Finanças José Manuel F. Agostinho

Região de Leiria, edição nº 3799 de 8 de Janeiro de 2010

CENTRO DE APOIO SOCIAL DE AZOIA

1º ANÚNCIO IDENTIFICAÇÃO DO(S) BEM(NS)

Serv. Finanças MARINHA GRANDE - [1392] Freguesia de Vieira De Leiria , Prédio Urbano Artigo 5323 Fracçao B. T3 destinado a habitação, sito na Rua Outeiros do Mar, n.º 24 dt, fracção M-B, Outeiros, Vieira de Leiria, com área bruta privativa de 132,18 m2, área bruta dependente de 37,50 m2, área do terreno integrante de 211,84 m2. Ano de inscrição da matriz: 2007. Valor Patrimonial: 69.740,00

TEOR DO ANÚNCIO

José Luís Pinto da Silva Matos , Chefe de Finanças do Serviço de Finanças LEIRIA-2.-3603, faz saber que no dia 2010-03-10, pelas 10:00 horas, neste Serviço de Finanças, sito em R. DE S. FRANCISCO 3 - 1., LEIRIA, se há-de proceder à abertura das propostas em carta fechada, para venda judicial, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), do bem acima designado, penhorado ao Executado infra indicado, para pagamento da dívida no valor de 2.307,61€, sendo 1.940,51€ de quantia exequenda e 367,1€ de acréscimos legais. O valor base da venda é de 48.818€, calculado nos termos do artigo 250.º do CPPT. É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) ANDREIA MARGARIDA DA SILVA SOARES, residente em R DA AREIA VERMELHA - VIEIRA DE LEIRIA, o(a) qual deverá mostrar o bem acima identificado a qualquer potencial interessado, entre as 09:00 horas do dia 2010-02-10 e as 17:00 horas do dia 2010-03-09 (249º/6 CPPT). Todas as propostas deverão ser entregues no Serviço de Finanças, até às 09:00 horas do dia 2010-03-10, em carta fechada dirigida ao Chefe do Serviço de Finanças, devendo identificar o proponente (nome, morada e número fiscal), bem como o nome do Executado e o n.º de venda 3603.2009.37. As propostas serão abertas no dia e hora designados para a venda (dia 2010-03-10 às 10:00h), na presença do Chefe do Serviço de Finanças (253.º CPPT). Não serão consideradas as propostas de valor inferior ao valor base de venda atribuído a cada verba (250º Nº4 CPPT). No acto da venda deverá ser depositada a importância mínima de 1/3 do valor da venda, na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças e pago o Imposto Municipal Sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis e o Imposto do Selo que se mostrem devidos. Os restantes 2/3 deverão ser depositados na mesma entidade, no prazo de 15 dias (256.º CPPT). Se o preço oferecido mais elevado for proposto por dois ou mais proponentes, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço, pode esse cobrir a proposta dos outros, caso contrário proceder-se-á a sorteio para apurar a proposta que deve prevalecer (253.º CPPT).

IDENTIFICAÇÃO DO EXECUTADO

Nome: ANDREIA MARGARIDA DA SILVA SOARES. Morada: R DA AREIA VERMELHA - VIEIRA DE LEIRIA. Data: 04-01-2010 O Chefe de Finanças José Luís Pinto da Silva Matos Região de Leiria, edição nº 3799 de 8 de Janeiro de 2010

CARTÓRIO NOTARIAL DE MANUEL FONTOURA CARNEIRO

Rua Francisco Serra Frazão, lote B, 4° r/c dto - 2480-337 Porto de Mós Telf: 244401 344 * Fax: 244401 385 PORTO DE MÓS Certifico para fins de publicação, que por escritura de justificação celebrada neste Cartório Notarial, no dia quatro de Janeiro de dois mil e dez, exarada a folhas cento e cinco do Livro de Notas para “Escrituras Diversas” Cento e Noventa e Cinco-A, deste Cartório: MARIA DE LURDES PEDROSA MARQUES GIRÓ e marido JOSÉ MARIA PEDROSA GIRÓ, casados sob o regime da comunhão de adquiridos, naturais da freguesia de Coimbrão, concelho de Leiria, lá, residentes na Rua da Valeira, 75, declararam: Que são donos e legítimos possuidores, com ,exclusão de outrem, do prédio rústico, sito na Rua da Valeira, em Janêgra, freguesia de Coimbrão, concelho de Leiria, composto de terra de cultura, com a área de novecentos e treze metros quadrados, a confrontar do norte e nascente com José Marques Pedrosa, do sul com Manuel Leal Rolo e do poente com Rua da Valeira, não descrito na Segunda Conservatória do Registo Predial de Leiria, inscrito matriz em nome de Maria Pedrosa Petronilho sob o artigo 4.276 com o valor patrimonial IMT de 88,42, a que atribuem igual valor. Que o prédio veio à sua posse por doação verbal de José Pedrosa Marques e esposa Maria Pedrosa Petronilho ou Maria Duarte Pedrosa, pais dela mulher residentes na Rua Elias Garcia, Cacém, doação essa que teve lugar no ano de mil novecentos e oitenta, já no estado de casados. Não obstante não terem título formal de aquisição do referido prédio, foram eles que sempre o possuíram, desde aquela data até hoje, logo há mais de vinte anos, em nome próprio, defenderam a sua posse, pagaram os respectivos impostos, gozaram todas as utilidades por ele proporcionadas, amanharam-no, colheram os seus frutos sempre com o ânimo de quem exerce direito próprio, sendo reconhecidos como seus donos por toda a gente, fazendo-o ostensivamente, e sem oposição de quem quer que seja, posse essa de boa-fé, por ignorarem lesar direito alheio, pacífica, porque sem violência, contínua e pública, por ser exercida sem interrupção e de modo a ser conhecida pelos interessados : Tais factos integram. a figura jurídica da usucapião, que os justificantes invocam como causa da aquisição do referido prédio, por não poderem comprovar a sua aquis,i.ç.ão pelos meios extrajudiciais normais. Conferida está conforme. Cartório Notarial de Manuel Fontoura Carneiro, Quatro de Janeiro de dois mil e dez A colaboradora com delegação de poderes

CONVOCATÓRIA

Nos termos do nº 1 do artº 34º dos Estatutos, convoco a Assembleia Geral da CASA – Centro de Apoio Social de Azoia, para o próximo dia 29 de Janeiro de 2010, pelas 19:00 horas, a ter lugar nas instalações da Associação, sitas na Rua de Santa Catarina, nº 726, Azoia com a seguinte ordem de trabalhos: Ponto Número Um – Eleição dos Corpos Sociais da Associação para o triénio 2010 a 2012. Ponto Número Dois – Discussão, apreciação, ratificação e votação do orçamento e programa de acção para o ano de 2010. Ponto Número Três - Discussão apreciação e votação de outros assuntos de interesse geral. Nos termos do nº 2 do artº 35º dos Estatutos, a Assembleia reunirá à hora marcada se estiverem presentes ou representados pelo menos metade dos associados com direito a voto ou uma hora depois (20:00Horas) com qualquer número de associados presentes. A apresentação de candidaturas deverá ser feita até 48 (quarenta e oito) horas antes do início da Assembleia Geral, só sendo aceites e submetidas a votação listas completas para cada um dos órgãos sociais. Nos termos do nº 1 do artº 23º dos Estatutos, a Assembleia poderá ainda deliberar, instrumentalmente, a aceitação e eleição, em qualquer lista, de membros para os corpos sociais que excedam dois mandatos consecutivos. Azoia, 04 de Janeiro de 2010 O Primeiro Secretário, em substituição do Presidente da Mesa

Serviço de Finanças de Leiria 1

Serviço de Finanças de LEIRIA-2.-3603

JUSTIÇA TRIBUTÁRIA

Sítio das Belgas

Nova Leiria

O N S U LT E - N O S CC O N S U LT E - N O S

Serviços rápidos auto Mudas de óleo, filtro, pastillhas, etc.. Lavagens e Limpezas auto Serviços de pneumáticos (multi-marcas)

TEL. 244 812 072

FAX. 244 812 823

ANUNCIO

José Manuel F. Agostinho, Chefe do Serviço de Finanças de Leiria 1 Anuncia e faz saber que se vai proceder à venda por Negociação Particular nos termos dos art. 248.º a 256.º do Código de Procedimento e Processo Tributário conjugado com o art.º 886.º, n.º 1 al.9 d) do Código de Processo Civil, do bem adiante designado, penhorado a JOAQUIM DA SILVA BARROS, NIF - 100760112, com domicilio fiscal em R DAS FONTAINHAS FONTE DOS MARCOS 2480 -160 PORTO DE MOS, no processo de execução fiscal n.º 1384199801004182 e OUTROS para pagamento da dívida de: 161,68 e acrescido, referente a IRS e C.A. Para levar a efeito a referida venda, em cumprimento de Despacho n.797/2004-XV de 23 de Março, do Ex. Mo. Sr. Secretario de Estado dos Assuntos Fiscais foi nomeado, mediante celebração de contrato de Mediação Imobiliária, a empresa IBEROMAGNIS - MEDIAÇÃO IMOBILIARIA LDA, com sede, em RUA DE SÃO F. N 8 CENTRO COMERCIAL SÃO FRANCISCO LOJA N 18, 2400-230 LEIRIA, telefone 244856471/59. A venda está sujeita a Imposto Municipal sobre Transmissões Onerosas de Imóveis, bem como a Imposto de Selo. O prazo de apresentação de propostas termina no dia 21 de Janeiro de 2010. As propostas deverão ser apresentadas no local da sede da entidade Mediadora da presente venda, no horário das 9H às 18H30M. O bem objecto de venda é o abaixo indicado:

DESCRIÇÃO DOS BENS PENHORADOS VERBA UNICA

Casa de habitação, com 1 piso e 1 divisão, sito em Pernelhas – Parceiros - Leiria. Área total do terreno 40m2, área de implantação do edifício 30m2. Está inscrito na matriz predial urbana da freguesia de Parceiros com o n.º 1069 e na 2.ª Conservatória do Registo Predial de Leiria sob a descrição 1867/Parceiros. VALOR DE VENDA -€ 8.869,00 Leiria , 4 de Janeiro de 2010.

O Chefe de Serviço de Finanças José Manuel F. Agostinho

Região de Leiria, edição nº 3799 de 8 de Janeiro de 2010

1º ANÚNCIO EDITAL PARA CITAÇÃO DE AUSENTE EM PARTE INCERTA

Tribunal da execução: Tribunal Judicial de Leiria Processo nº 1407/08.0TBLRA PE/73/2008; 4º Juizo Cível Exequente(s): Fundagesso - Construções & Transportes, Lda. Executado(s): Mário Vieira de Oliveira; Oliveiestuques - Estuques e Acabamentos, Lda. Nos termos e para efeitos do disposto no art. 248º e ss. do Código do Processo Civil (CPC), correm éditos de 30 (trinta) dias, contados da data da segunda e última publicação do anúncio, citando o(s), ausente(s) Mário Vieira de Oliveira, com última residência conhecida em Rua do Pomar nº 300 -A, Padrão, Leiria para o prazo de 20(vinte) dias decorrido que seja o dos éditos, para pagar ou opor-se à execução supra referenciada, nos termos do art. 812º nº 6 e 813º nº 1 ambos do CPC. Poderá efectuar o pagamento da quantia exequanda (21.215,71€), acrescida das despesas previsíveis da Execução (nº3 do artigo 821º do CPC) e dos juros. Os honorários e despesas devidos ao Agente de Execução ascendem no momento a 2.121,57€ sem prejuízo de posterior revisão. O pagamento poderá ser feito no escritório do Agente de Execução signatário. Nos termos do disposto no artigo 60º do CPC, é obrigatória a constituição de Advogado quando o valor da execução seja superior à alçada do Tribunal da primeira instância (3.740,99€). O Agente de Execução Região de Leiria, edição nº 3799 de 8 de Janeiro de 2010


47

Região de Leiria

classificados

8 | Janeiro | 2010

IMOBILIÁRIO arrenda-se A APARTAMENTO na Rua das Flores, Guimarota. Tel. 962776623/966404189. A APARTAMENTOS T1, T2, T3 a partir de 220 €/mês. Tel. 915511362. A ARMAZÉM c/ 280 m2, zona Industrial do Vale Sepal, Leiria. Tel. 918041566. A ARMAZÉM c/ 400 m2, c/ gabinetes. EN1, km 177 (junto ao cruzamento da Golpilheira. Tel. 244841360/ 966033270/244820551. A BARRACÃO 220 m2 em Pousos, Leiria. Tel. 934408195/933431125. A CASA 1ºandar c/ 3 ass.e anexo. Outeiros, Gândara Olivais. Tel. 244841647/933569231. A CASA T3, c/ terreno, 265 €/ mês. Rosahabit. Ami 8258. Tel. 919335472. A DUPLEX T3, escritórios e lojas centro Leiria. Tel. 966878961/244724443.

A POUSOS armazém c/ 240 m2, arrenda-se. Local seguro. Tel. 966063286.

A LOTE p/ moradia no centro cidade Leiria. Trata o próprio Tel. 244801940/916097633.

A POUSOS T3 c/ lareira e sótão. Tel. 966063286.

A MORADIA T3+1, aquec. central, gar. semi-nova, 125.000€. 2 min. Leiria. Tel. 918920673.

A RESTAURANTE e bar arrendo na zona de Leiria. Tel. 915511362. A RESTAURANTE todo equipado c/ 3 salas, forno de assar leitões e parque privado. Tel. 918757345. A T1 gar. /sótão , total. mobilado, lareira,grandes áreas, Qt.Alçada Leiria, Tel.969356400. A T1 mobilado, c/ varanda e parq. Sobral, Barreira. Tel. 918508259. A T1 s/ mobília, c/ varanda e parq. Sobral, Barreira. Tel. 918508259. A T2 com mobília e electrodomésticos. Tel. 919671208. A T2 semi-novo, coz. equipada, c/ garagem, Telheiro, Leiria, 360€. Tel. 916069377. A T4 Centro de Leiria, junto ao parque da cidade, habitação, consultórios, prédio remodelado, aquecimento central, 420€. Tel. 962678060.

A GARAGEM ind. , c/ espaço p/ 3 carros, em S. Romão. Leiria. Tel. 919152519.

A ESCRITÓRIO c/ 2 salas, em frente ao tribunal e Câmara Municipal, www.novilei.pt, AMI2895. Tel. 244830340/ 919518864.

A MORADIA 4 ass, c/ gar., jardim, Outeiro Fonte, Carvide. 300€. Tel. 918917615.

A T2 no 4ª andar c/ elevador, lareira, roupeiros e varanda 300€/mês, www.novilei.pt, AMI2895. Tel. 244830340/ 919518864.

QUARTOS arrenda-se

A PERMUTA-SE T3 Renovado, em Leiria por apartamento ou moradia para recuperar, www.novilei.pt , AMI2895. Tel. 244830340/ 919518864.

A QUARTO c/wc priv. a menina ou sra., centro Leiria. Tel. 244828205/962889137

A ÓPTIMO investimento T3 usado, coz. equip, gar., bom estado jt. Liceu/ Esel. Leiria. Tel. 962637894.

A QUARTO ind.Casa particular c/ tudo incluído. Leiria.Tel. 918686580. dep.18h.

A OU ARRENDO novos/ usados T1,T2,T3, Lojas, Moradias, B. áreas/acab. Tel. 244855524/919856659.

A QUARTO mobilado c/ serv. cozinha, apartamento novo a rapaz. Tel. 938334268.

A T2 em bom estado no Vidigal. Ocasião. Particular. 45000€. Tel. 965098055.

A QUARTO ou 2 quartos preciso de alugar em Leiria, preferência jt. Câmara Municipal. Tel. 913186474.

A T4 remodelado c/ 135 m2, Bairro dos Capuchos. 85.000 €. Tel. 937415133.

A QUARTOS c/ coz. e wc,mobil., estud./ trabalhadores. Parceiros. Tel. 916152964.

A CAFÉ na zona de Leiria, trespassa-se. Tel. 916199262. A CAFÉ Snack-bar nos Jardins do Lis. Urgente. Tel. 913270526. A CAFETARIA Pastelaria nova, boa clientela Z. Turismo Batalha. Tel. 917504655.

A TERRENO c/ 1600 m2 Leiria, com regadio e arvores, com viabilidade para construção de uma moradia,www.novilei.pt , AMI2895. Tel. 244830340/ 919518864. A PERMUTA-SE Moradia Nova por qualquer outro imóvel na zona de Leiria, www.novilei. pt , AMI2895. Tel. 244830340/ 919518864.

A TERRENOS florestais, div. áreas a partir 4.000€; Terreno construção 1000 m2 p/1ou 2 moradias, 8 KM Leiria. 35.0000€. Tel. 917201618.

A QUARTO, só a meninas estud. casa indep, Av. N. Sra. Fátima. Tel. 966040731.

IMOBILIÁRIO trespassase

A T3 recuperado Gândara, cozinha nova, 52.500€ www. novilei.pt, AMI2895. Tel. 244830340 / 919518864

A MORADIA Preparada para energia solar, com aquecimento chão radiante, estores eléctricos, sala c/ 53 m2 c/ lareira cozinha c/ electrodomésticos tectos falsos com iluminação louças suspensas portões eléctricos, terreno c/ churrasqueira.150.000€, www. novilei.pt , AMI2895. Tel. 244830340/ 919518864. A CASA habitável, c/ terreno, perto Leiria. 45.000€. Tel. 918920673.

A CAFETARIA pastelaria nova, boa clientela, z.Turismo Batalha. Tel. 917504655. A MORISON Rock Bar, totalmente equipado. Av. M. Pombal, Leiria. Tel. 914643495.

IMOBILIÁRIO vende-se A APART. T3 semi-novo, cozinha equip., gar.2 carros, 95.000€. Leiria. Tel. 916940096.

A EDF. LABÉRIA urgente vendo escritório. 40 m2. 1 lugar de estacionamento. Tel. 910554764. A LOTE terreno 780 m2, boa localização, zona urbana, virado zona verde. Leiria. Tel. 917257765.

A T3 recuperado Planalto, 1º andar c/ 2 Terraços, garagem e sótão, 79.000€, www.novilei.pt, AMI2895. Tel. 244830340/ 919518864 A MORADIA individual. R/C, Leiria, linhas direitas, 200 m2 de habitação e 200 m2 de cave, 700m2 terreno, Tectos falsos c/ iluminação, estores eléctricos, www.novilei.pt , AMI2895.Tel. 244830340/ 919518864.

TVQFSDMBTTJGJDBEPT!EB!SFHJÍP b!nbjps!f!nfmips!bvej‘odjb

OFERECE-SE A ADMINISTRATIVO c/ exp., conhe. contabilidade, informática e gestão procura trabalho, full/part-time. Tel. 918821634. A RAPAZ polivalente, operador de máquinas c/exp. Motorista cat. B C D E. Fala 3 línguas Aceita outros. Tel. 914806512. A SENIORES senhora cuida em s/ casa pessoas seniores(casais ou senhoras) independentes. Tel. 919739381. A SRA. c/ expe. oferece-se p/ cuidar de idosa/o. Dia/ noite, semana.Tel. 967324576/244040467/ 913592356.

b!nfmips!pqŽŒp DPN! EFTUBRVF

DPNP!BOVODJBS

€ 21-11 € 24-11 € 27-11 € 2:-11

2!Ftdsfwfs!p!boodjp!op!dvqŒp!rvbesjdvmbep/!Dbeb!mfusb!efwf pdvqbs!vn!t˜!rvbesbep/!Efjybs!vn!ftqbŽp!mjwsf!fousf!dbeb qbmbwsb/

3!P!dvqŒp!rvbesjdvmbep!efwfsˆ!tfs!sfdpsubep!f!fowjbep!fn dbsub-!pv!fousfhvf!qfttpbmnfouf-!dpn!pt!sftqfdujwpt!wbmpsftjojdjboep.tf!b!qvcmjdbŽŒp!ob!fejŽŒp!jnfejbubnfouf!b!tfhvjs ‰!tvb!sfdfqŽŒp/ 4 Nfotbhfot Boodjpt!tvkfjupt!b!dpogjsnbŽŒp!ep!onfsp!ef!ufmfgpof

Svb!E/!Dbsmpt!J-!3.5 3526.516!Mfjsjb.Hbsf Bqbsubep!213-!3512.:82!Mfjsjb Ufm/!355!92:!:61

€27-11 €2:-11 €33-11 €36-11

DPN! EFTUBRVF

€ 26-11 € 2:-61 € 35-11 € 39-61

O½!DPOUSJCVJOUF

)FVSP*

USBOTGFSçODJB!CBODèSJB!OJC!CQJ!O½!1121!1111!1349:891112!51!!)BOFYBS!DPNQSPWBUJWP*

€ 35-11 € 39-61 € 44-11 € 48-61


48 CLASSIFICADOS

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

A TÉCNICO de farmácia procura trabalho. Distrito de Leiria. Tel. 962428724.

A PULVERIZADOR usado, 300l p/ tractor, compro. Tel. 917077684.

A ADMINISTRATIVO c/ exp. contabilidade, informática e polivalente p/ part/full-time. Tel. 962793970.

A RESTAURAÇÃO casas, assentamento ladrilhos, tijolo, rebouco. Bom preço. Tel. 960032771.

A TORNEIRO c/ exp. procura trabalho, tempo inteiro ou horas. Tel. 919387236.

PRECISA-SE A ABASTECEDOR de combustíveis (m/f). Soutocico. Tel. 244744389.

DIVERSOS explicações A TIVESTE insucesso escolar? Temos a solução Centro Explicações Meus Saberes, todos os anos, todas as disciplinas. Gândara, Guimarota, Meirinhas e Caranguejeira. Tel. 963193547. A CENTRO de Explicações Fórum Activo - temos a solução para si! Tel. 244854607/967294201.

A AJUDANTE cozinha c/ experiência, restaurante em Parceiros. Tel. 919274747(ligar entre as 15 h e18 h). A EMPREGADA balcão/copa e cozinheira c/experiência p/ restaurante Leiria. (m/f) Tel. 918560017/914628982.

A EMPREGADA/0 c/ experiência p/ cozinha e limpeza, 30/45 anos.Folga Domingo. Casa dos Salgadinhos. Tel. 244836990/962485270.

A COMPRO grade de discos usada, p/ tractor. 1.70 m largura. Tel. 917077684.

A EMPREGADOS/as mesa e ajud. cozinha, Rest. Adega Pisão, Leiria, folga Domingo. Tel. 963963868. A MONTADOR de pneus c/ experiência - alinhamento de direcção. Tel. 963936317. A EMPREGADA doméstica interna. Marcar entrevista pelo Tel. 966089778. A VENDEDOR/A imobiliário, 50% comissão. 1 vaga Leiria. Tel. 919335472. A A PESSOA p/ área admnistrativa/ comercial. C/ carta condução. Tel. 964571020.

DIVERSOS mensagens A CAVALHEIRO procura senhora dos 60 aos 65 anos. Assunto sério. Tel. 915045303

A SE não tens 50 anos, és culta , apresentável e carente, liga. Guardo sigilo. Tel. 963134440. A WWW.desire-sexshop. com; sexshop online, afrodisíacos, dvdx, lubrificantes, óleo massagem, lingerie, vibradores, anéis.

DIVERSOS geral A ARTE marcial Taekwondo a partir dos 5 anos. www. taekwondoleiria.wordpress. com. Tel. 962678242.

A EMPREGADA/o mesa, ou de cozinha c/ experiência. Marrazes, Leiria. Urgente. Tel. 244003580/964235168

A RAPAZ 36 anos casado mas carente procura menina ou senhora carente para amizade colorida, máximo sigilo. Tel. 962768241.

VEÍCULOS compra-se A COMPRO Toyota Pickup 4x4, usado. Tel. 917077684.

A MITSUBISHI Canter. Óptimo estado. Pb 6600kg. Particular. Tel. 917077684. A PUNTO 1.2 de 02, 5 p, dacity, cr, pm, ve, fc, ar, insp. 2010, c. novo, 2850€. Particular. Tel. 963173413.

Dispomos, gratuitamente, de um serviço após funeral, onde tratamos de toda a documentação técnica/administrativa que engloba a obtenção dos benefícios sociais (subsídio de funeral, subsídio por morte, reembolso de despesas de funeral…) a que estão sujeitos os familiares do falecido(a) ou a pessoa que suporta as despesas com o funeral, e acompanhamos o cliente até à finalização do processo.

Sede: Leiria| Tel.: 244 834 826 Fax: 244 836 564 Tlm: 966 040 046 | 969 847 384 | 969 847 319

Agência Funerária Nogueira & Pina, Lda Rua Barão Viamonte, 24 - A - 2400 - Leiria Tel:. 244 832723 - Fax.: 244 832509 Telemóvel - 917100914 / 919930511 Auto Fúnebre com ar condicionado

A LEIRIA, novo centro, massagens terapêuticas, relaxantes, prostáticas, outros. Alto nível. Tel. 916357974. A MESTRE de Reiki dá sessões ao Sábado na zona de Leiria. Tel. 962428724. A MUDANÇAS de todo o tipo, nacional/internacional. Tel. 965609348/913689878. A MUDANÇAS, 24h, todos dias, transporte, desmontagem/montagem. Tel. 960032771/910148270. A MUDANÇAS, todo o tipo, montagem/desmontagem. www.mudabom.com Tel. 918237891/932847370/ 963023206. A PROCURO restaurante p/ arrendar em Leiria. Tel. 915959711.

Recepção de publicidade: publicidade@regiaodeleiria.pt Tel.: 244 819 960 / Fax: 244 828 905

Ao Divino Espírito Santo, ao Menino Jesus e Sua Santíssima Mãe e Santo António. Ó Jesus que disseste: Pede e receberás, procura e acharás, bate e a porta se abrirá. Por intermédio de Maria Vossa Mãe Santíssima eu bato, procuro e vos rogo que minha prece seja atendida. (Menciona-se o pedido); Oh! Jesus que disseste: Tudo o que pedires ao Pai em Meu nome Ele atenderá. Com Maria, Vossa Santa Mãe, humildemente rogo ao Pai, em Vosso nome, que a minha prece seja seja ouvida. Menciona-se o pedido. Oh! Jesus que disseste: O céu e a terra passarão mas a minha palavra não passará. Com Maria, Vossa Mãe bendita, eu confio que a minha oração seja ouvida. Menciona-se o pedido. Rezar 3 Avé-Marias e uma Salvé-Rainha. Em casos urgentes esta novena deverá ser feita em 9 horas seguidas. Publicar a Oração assim que receber a graça. Agradeço a graça recebida. C.S.

VEÍCULOS vende-se

Filial: Montijos | Monte Redondo Tel|Fax: 244 686 322 Tlm: 969 847 356

A INFORMÁTICA p/ crianças, aulas particulares. Mensalidade económica. Marinha Grande. Tel. 933151282.

NOVENA INFALÍVEL

www.funerariaseco.com funerária.seco@sapo.pt

A RAPAZ procura senhora até 50 anos, p/ assunto muito sério e honesto. Tel. 968636183.

A CAVALHEIRO procura sra. solteira, viúva ou div.40/50 anos. Tel. 915182592.

A EMPREGADA/ o para balcão p/ pastelaria em Telheiro, Leiria. Tel. 918516969.

A EMPREGADA/O mesa e balcão c/ experiência. Tel. 244825609.

A VENDO motor Opel Corsa Izuso, ano 2000, bom preço. Tel. 968636183.

A CAVALHEIRO viúvo procura Sra. livre, simples, honesta e elegante, 60/65 anos. Tel. 244872536.

Agência Funerária Jaime, Lda R. Machado Santos, 33 - 2400 - Leiria Tel. 244 828 450 Telemóvel - 917511889 Barreiros - Tel. 244 840677 Juncal - Tel. 244 470610


PUBLICIDADE 49

Região de Leiria

necrologia

8 | Janeiro | 2010

> Ludovina Pereira Costa Pinto faleceu no dia 28/12 com 51 anos, era casada com Henrique dos Santos da Costa Pinto, residia em Colmeias Leiria. > Amilcar Anacleto dos Santos faleceu no dia 30/12 com 87 anos, era viúvo de Clarinda da Silva Santos, residia em Leiria (Rua Miguel Torga) era pai dos Srs. Lizete Maria da Silva Santos Fidalgo, e Luisa Maria da Silva Santos Carvalho. > Maria da Assunção Carreira Bernardino faleceu no dia 31/12 com 75 anos era casada com José Maria de Carvalho Pereira, residia em Guimarota, Leiria, era mãe dos Srs. Maria Manuela Bernardino Pereira Santos, Maria de Fátima Bernardino Pereira Leitão. > Joaquim dos Santos faleceu no dia 1/01 com 87 anos, era casado com Maria de Jesus Antunes, residia em Valongo - Colmeias, era pai dos Srs. Manuel Antunes dos Santos, Armindo Antunes dos Santos, Henrique Antunes dos Santos, Lurdes Antunes dos Santos, Isolete Antunes dos Santos, Irene Antunes dos Santos e Idalina Antunes dos Santos. > João Ferreira faleceu no dia 3/01 com 88 anos era casado com Joaquina Custódia Fernandes, residia em Gândara dos Olivais era pai da Sra. Dalila Fernandes Ferreira Antunes. Agência Funerária São Romão e Bombeiro Tel. 244 832 069, 244 840 113 Telm. 969 072 834 ou 967 009 796 Fax 244 861 520 > Conceição Pereira faleceu no dia 03/01 com 81 anos, era viúva de Marcelino Alves, residia em Coucinheira - Amor, era mãe de José Pereira Alves, Marcelino Pereira Alves, Jacinto Pereira Alves, Conceição Pereira Alves, Maria de Fátima Pereira Alves e Gracinda Pereira Alves Ferreira. > Manuel da Silva Augusto faleceu no dia 31/12 com 68 anos, era casado com Maria Preciosa da Silva Cordeiro, residia em Casal Novo - Amor, era pai de Clarinda Duarte da Silva, Luis Manuel Duarte Silva, Adilia Maria Duarte Silva, Nuno Miguel Duarte Silva. > José Domingues faleceu no dia 29/12 com 92 anos, era viúvo de Joaquina Inês, residia em Casal dos Claros - Amor, era pai de Maria Cesaltina Inês Domingues, Silvino Inês Domingues, Albertino Inês Domingues, Celestino Inês Domingues e Carlos Manuel Inês Domingues.

Agência Funerária Jaime, Lda R. Machado Santos, 33 - 2400 - Leiria -Tel. 244 828 450 -Telemóvel - 917511889 > Vitorino Alves Andrade faleceu no dia 30/12 com 87 anos, era viúvo de Ermelinda Felix Garrido, residia em Leiria, era pai de Vladimiro Garrido

Andrade, Elsa Maria Garrido Andrade e de Vitorino Manuel Garrido Andrade. > Maria Inácia de Sousa Reis faleceu no dia 31/12, com 95 anos era solteira e residia em Convento de Santa Clara - Cruz d’Areia - Leiria. > Hirondino Marcelino faleceu no dia 03/01 com 89 anos, era viúvo de Cremilde Martins da Silva, residia em Marinha Grande.

Agência Funerária Nogueira & Pina, Lda Tel. 244 832723, 244 502696 Telm. 917 100 914 ou 917591496

> Manuel Augusto Paixão Marques faleceu no dia 29/12 com 87 anos, residia em Leiria, era viúvo de Marta da Silva Queijeiro Paixão Marques e era pai de Feliciano Júlio Madeira Paixão Marques, Pedro Manuel Madeira Paixão Marques e Fernando Manuel Silva Paixão Marques. > Bernardino Fernandes Quintanilha faleceu no dia 29/12 com 77 anos, residia em Leiria, era casado com Maria Vieira Fonseca e era pai de Vítor Manuel da Fonseca Quintanilha, Carlos Fernando da Fonseca Quintanilha, Maria Helena da Fonseca Quintanilha Carvalheira, Maria Isabel da Fonseca Quintanilha Simões, Sandra Cristina Costa Fernandes, Paula Irene Costa Fernandes Vasconcelos e Ana Margarida Costa Fernandes Alves.

> Augusto Gonçalves faleceu no dia 8/12, com 85 anos, residia em Pombal.

> Luísa da Conceição Pinto faleceu no dia 30/12 com 85 anos, residia em Monte Real, era viúva de José Pereira e era mãe de José Pinto Pereira (já falecido), Maria Isabel Esteves Neto (já falecida) e Maria Fernanda Pinto Pereira da Silva Diamantino.

> José Francisco Machado faleceu no dia 9/12, com 94 anos , residia em Pousos, Leiria.

> Maria Júlia do Rosário Pereira Valsumo faleceu no dia 31/12 com 68 anos, residia em Cortes, Leiria.

> Lucinda Rodrigues faleceu no dia 10/12, com 77 anos, residia em Garriapa.

> Deolinda Martins Fonseca Gaspar faleceu no dia 03/01 com 93 anos, residia em Tomar, era viúva de António Gaspar.

> Manuel Maya Gonzalvez faleceu no dia 6/11, com 54 anos, residia em Carnide.

> Maria Clara de Oliveira faleceu no dia 13/12, com 90 anos, residia em Rua dos Chorincos. > Maria Estrela faleceu no dia 20/12, com 91 anos, residia em Barrocal, Pombal. > Manuel Gonçalves faleceu no dia 27/12, com 85 anos, residia na Rua Caracoleira, Souto. > Nuno Miguel Nunes Gonçalves faleceu no dia 28/12, com 29 anos, residia em Pombal. > José Gonçalves da Mota faleceu no dia 30/12, com 79 anos, residia em Charneca, Pombal.

Agência Funerária A Pombalense, Lda Tel. 236 218753, Email: a.pombalense@sapo.pt

> Maria Manuela Ribeiro da Silva faleceu no dia 3/01 com 52 anos, residia em Leiria e era mãe de Carlos Luís Manuel da Silva Castro, Vítor Manuel da Silva Castro, Marco António da Silva Castro e Ana Cristina da Silva Castro. > Cesário Duarte Andrade faleceu no dia 3/01 com 69 anos, residia em Leiria, era casado com Maria Arlete de Mendonça Rodrigues Estanqueiro Andrade e era pai de João Filipe Mendonça Estanqueiro Andrade, Nuno Henrique Mendonça Estanqueiro Andrade e Ana Catarina Mendonça Estanqueiro Andrade. > Fernando da Encarnação Maneta faleceu no dia 5/01 com 61 anos, residia em Arrabal, Leiria, era casado com Rosa Maria Dinis Faustino e era pai de José Carlos Faustino Maneta, Fernando Manuel Faustino Maneta, João Paulo Faustino Maneta e Sérgio Manuel Faustino Maneta. > Emília de Jesus Paiva faleceu no dia 6/01 com 88 anos, residia em Marrazes, Leiria, era viúva de Joaquim Carvalho Lourenço e era mãe de José de Paiva Carvalho Lourenço, Maria do Rosário Paiva Lourenço, Otília Maria Paiva Lourenço e Manuel Paiva Carvalho Lourenço.

> Maria Helena Pereira faleceu no 3/01 eraviúva de António Emiliano dos Santos, era mãe de Adelino Pereira dos Santos, Maria Celeste Pereira dos Santos Encarnação, Isaura Pereira dos Santos Casalinho, Otília Maria dos Santos Lourenço, Olinda Pereira dos Santos Jorge

> António José faleceu no dia 6/01, com 75 anos, residia em Quinta da Matinha, Leiria. Era pai de Maria da Glória do Carmo António, Vítor Manuel do Carmo José, Rosa Maria do Carmo José.

Agência Funerária Bombeiro Filhos

Agência Funerária Seco, Lda

Boavista 244724274/910 816 347 - Ilha 913 466 325

Tel. 244 834 826 / 244 855 949 / 966 040 046

Maria Manuela Ribeiro da Silva

Emília de Jesus Paiva 01.12.1921 - 06.01.2010

Bernardino Fernandes Quintanilha

30.01.1957 - 03.01.2010

Marrazes - Leiria

05.06.1932 - 29.12.2009 Leiria

Leiria

Agradecimento

Agradecimento

Agradecimento

Seus filhos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que se incorporaram no seu funeral ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

Seus filhos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que se incorporaram no seu funeral ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

Sua esposa filhos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que se incorporaram no seu funeral ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

Tratou Agência Funerária Seco

Tratou Agência Funerária Seco

Tratou Agência Funerária Seco

13.11.1934 - 06.01.2010

Fernando da Encarnação Maneta

Manuel Augusto Paixão Marques

Qtª da Marinha - Leiria

09.09.1948 - 05.01.2010

07.08.1922 - 29.12.2009

Arrabal - Leiria

Leiria

António José

Agradecimento

Agradecimento

Agradecimento

Seus filhos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que se incorporaram no seu funeral ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

Sua esposa, filhos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que se incorporaram no seu funeral ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

Seus filhos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que se incorporaram no seu funeral ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

Tratou Agência Funerária Seco

Tratou Agência Funerária Seco

Tratou Agência Funerária Seco


50 PUBLICIDADE

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

Manuel da Silva Augusto 68 Anos 09.06.1941 - 31.12.2009 Casal Novo - Amor

Agradecimento

ANTÓNIO RIBEIRO BARROCA

ANTÓNIO RIBEIRO BARROCA

58 Anos 10.03.1951 - 01.01.2010

10.03.1951 - 01.01.2010

Sua esposa, filhos, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas amigas que se incorporaram no seu funeral ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

Agradecimento

Tratou Agência Funerária Jaime, Lda

Sua esposa, filha, neta, família Vieira Rodrigues e

Agradecimento

restante família, na impossibilidade de o fazerem

José Domingues

pessoalmente como era seu desejo, vêm muito reconhecidos agradecer a todas as pessoas que, ao

Os colaboradores da Lena Construções Imobiliária

longo da sua doença, se interessaram pelo seu estado

agradecem os bons momentos vividos ao lado do

de saúde, bem como, a todos quantos incorporaram o

querido amigo, António Ribeiro Barroca e por tudo aquilo

cortejo fúnebre ou manifestaram o seu pesar.

que nos ensinou, ao nível pessoal e profissional.

92 Anos 13.12.1917 - 29.12.2009 Amor - Leiria

Agradecimento

A todos o nosso muito obrigado. O nosso eterno agradecimento. Agradecemos todo o empenho, dedicação e carinho demonstrado ao nosso ente querido pelos médicos,

Seus filhos, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas amigas que se incorporaram no seu funeral ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

equipa de enfermagem e auxiliares do Centro Hospitalar Tratou Agência Funerária Jaime, Lda

São Francisco.

Maria Júlia do Rosário Pereira Valsumo

Ana da Ascensão Ferreira

Conceição Pereira

03.12.1919 - 02.01.2010

85 Anos

06.12.1941 - 31.12.2009

Vale da Gunha - Maceira

06.02.1924 - 03.01.2010

Cortes - Leiria

Coucinheira - Amor

Agradecimento

Agradecimento

Agradecimento

Sua família na impossibilidade de o fazer pessoalmente como era seu desejo, vem por este meio agradecer a todas as pessoas que se incorporaram no seu funeral ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

Sua família agradece aos proprietários de Idosos em Família - Lar Nª Srª da Conceição, D. Fernanda e filhos, às suas colaboradoras, todo o carinho e profissionalismo nos cuidados prestados ao seu ente querido. Agradecem também a todas as pessoas que a acompanharam à sua última morada ou que de algum modo manifestaram o seu pesar.

Seus filhos, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas amigas que se incorporaram no seu funeral ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar. Tratou Agência Funerária Jaime, Lda

Tratou Agência Funerária Seco

Cesário Duarte Andrade

Luciano Gonçalves

Joaquim dos Santos

15.10.1940 - 03.01.2010

08.03.1932 - 28.12.2009

17.08.1922 - 01.01.2010

Qtª Stº António - Leiria

Casal da Estortiga - Stª Catarina da Serra

Valongo - Colmeias

Agradecimento

Agradecimento

Agradecimento

Sua esposa, filhos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que se incorporaram no seu funeral ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

Sua esposa, filhos, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que se incorporaram no seu funeral, bem como a todas as que se interessaram pelo seu estado de saúde ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

Sua esposa, filhos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas amigas que se incorporaram no seu funeral bem como a todos aqueles que se interessaram pelo seu estado de saúde ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

Tratou Agência Funerária Seco

Dr. José Francisco Guiomar

Maria Helena Pereira

25.07.1934 - 03.01.2010

06.09.1929 - 03.01.2010

Ludovina Pereira Costa Pinto

Cividade - Golpilheira

Bregieira - Santa Eufémia

11.03.1958 - 28.12.2009 Feijão, Colmeias - Leiria

Agradecimento Sua esposa Maria Goreti Pinheiro Capela Domingues, filhos e restantes familiares, na impossibilidade de o fazerem pessoalmente, como era seu desejo, vêm de forma reconhecida agradecer a todas as pessoas que se interessaram pelo seu estado de saúde ao longo da doença e que agora, na hora da sua morte, o acompanharam até à sua última morada, ou que de outra forma lhe prestaram homenagem. Agradecem ainda a forma como se sentiram confortados neste momento de profunda dor e sentimento de perda. Por fim, um agradecimento especial ao pessoal médico, enfermeiros e auxiliares do serviço de Cirurgia do Hospital de Santo André - Leiria por todo o profissionalismo e carinho com que trataram o Dr. Guiomar. Por tudo a todos, bem-hajam. Tratou Agência Funerária Santos & Matias, Lda - Batalha

Agradecimento

Agradecimento

Seus filhos, genros, netos e restante família impossibilitados de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas amigas que se incorporaram no seu funeral ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

Seu marido e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas amigas que se incorporaram no seu funeral bem como a todos aqueles que se interessaram pelo seu estado de saúde ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

Tratou Agência Funerária Bombeiro Filhos Tratou Agência Funerária São Romão e Bombeiro


PUBLICIDADE 51

Região de Leiria 8 | Janeiro | 2010

João Ferreira

António da Silva

Maria Teresa

11.11.1921 - 03.01.2010

87 Anos

84 anos

Gândara dos Olivais

27.01.1922 - 19.12.2009

15.12.1925 - 20.12.2009

Meia Légua - Parceiros

Cavalinhos - Maceira

Agradecimento

Agradecimento

Agradecimento

Sua esposa, filha, genro, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas amigas que se incorporaram no seu funeral bem como a todos aqueles que se interessaram pelo seu estado de saúde ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

Sua esposa, filhos, netos e restante família na impossibilidade de o fazer pessoalmente como era seu desejo vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que os acarinharam neste momento de dor e tristeza ou que de outra forma manifestaram o seu pesar. A família reconhecida agradece todas as demonstrações de solidariedade, pela perda do seu ente querido. A todos, muito obrigado.

Seus filhos, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que os acarinharam neste momento de dor e tristeza ou que de outra forma manifestaram o seu pesar. A família reconhecida agradece todas as demonstrações de solidariedade, pela perda do seu ente querido. A todos, muito obrigado.

Tratou Agência Funerária Nacional - Cerfuni Lda

Tratou Funerária Nacional - Cerfuni Lda

Tratou Agência Funerária São Romão e Bombeiro

Maria da Assunção Carreira Bernardino

Carlos Vieira Mafra

Ana Assunção Neto

79 Anos

81 Anos

06.08.1934 - 31.12.2009

27.12.1929 - 23.12.2009

11.04.1928 - 22.12.2009

Guimarota e Arrabal - Leiria

Natural de Cortes - Leiria

Pernelhas - Parceiros

Ruivaqueira - Ortigosa Agradecimento

Agradecimento

Agradecimento

Seu marido, filhas e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas amigas que se incorporaram no seu funeral bem como a todos aqueles que se interessaram pelo seu estado de saúde ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

Sua esposa, filhos, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que os acarinharam neste momento de dor e tristeza ou que de outra forma manifestaram o seu pesar. A família reconhecida agradece todas as demonstrações de solidariedade, pela perda do seu ente querido. A todos, muito obrigado.

Seus filhos, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que os acarinharam neste momento de dor e tristeza ou que de outra forma manifestaram o seu pesar. A família reconhecida agradece todas as demonstrações de solidariedade, pela perda do seu ente querido. A todos, muito obrigado.

Tratou Funerária Nacional - Cerfuni Lda

Tratou Funerária Nacional - Cerfuni Lda

Tratou Agência Funerária São Romão e Bombeiro

Amílcar Anacleto dos Santos

Lucinda Peixoto dos Santos 78 Anos

Rosária de Oliveira Vieira Pedroso

19.12.1922 - 30.12.2009

09.02.1931 - 22.12.2009

78 Anos

Leiria

Natural de Tondela

25.02.1931 - 29.12.2009

Maceira - Leiria

Pernelhas - Parceiros

Agradecimento

Agradecimento

Agradecimento

Suas filhas, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas amigas que se incorporaram no seu funeral bem como a todos aqueles que se interessaram pelo seu estado de saúde ou que de qualquer forma manifestaram o seu pesar.

Seu marido, filhos, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que os acarinharam neste momento de dor e tristeza ou que de outra forma manifestaram o seu pesar. A família reconhecida agradece todas as demonstrações de solidariedade, pela perda do seu ente querido. A todos, muito obrigado.

Seu marido, irmãos, sobrinhos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que os acarinharam neste momento de dor e tristeza ou que de outra forma manifestaram o seu pesar. A família reconhecida agradece todas as demonstrações de solidariedade, pela perda do seu ente querido. A todos, muito obrigado.

Tratou Funerária Nacional - Cerfuni Lda

Tratou Funerária Nacional - Cerfuni Lda

Tratou Agência Funerária São Romão e Bombeiro

Amadeu Tavares 76 Anos 10.09.1933 - 27.12.2009 Moinho de Vento - Maceira

Emília Marques Vitorino dos Santos

Maria da Luz Antunes

79 anos 27.03.1930 - 27.12.2009 Natural de Maceira Picassinos - Marinha Grande

04.11.1919 - 30.12.2009

90 Anos Natural de Soure Maceira Lis

Agradecimento

Agradecimento

Agradecimento

Sua esposa, filho, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que os acarinharam neste momento de dor e tristeza ou que de outra forma manifestaram o seu pesar. A família reconhecida agradece todas as demonstrações de solidariedade, pela perda do seu ente querido. A todos, muito obrigado.

Sua sobrinha e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que os acarinharam neste momento de dor e tristeza ou que de outra forma manifestaram o seu pesar. A família reconhecida agradece todas as demonstrações de solidariedade, pela perda do seu ente querido. A todos, muito obrigado.

Seus filhos, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que os acarinharam neste momento de dor e tristeza ou que de outra forma manifestaram o seu pesar. A família reconhecida agradece todas as demonstrações de solidariedade, pela perda do seu ente querido. A todos, muito obrigado.

Tratou Funerária Nacional - Cerfuni Lda

Tratou Funerária Nacional - Cerfuni Lda

Tratou Funerária Nacional - Cerfuni Lda

Manuel Henriques da Silva

Delmira da Silva Lourenço

José Domingos Pereira

82 Anos

82 Anos

84 Anos

09.10.1927 - 18.12.2009

24.02.1927 - 25.12.2009

23.05.1925 - 27.12.2009

Pernelhas - Parceiros

Natural de Vieira de Leiria

Natural de Cavalinhos - Maceira

Guarda Nova - Marinha Grande

Alcogulhe de Cima - Maceira

Agradecimento

Agradecimento

Agradecimento

Sua esposa, filhos, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que os acarinharam neste momento de dor e tristeza ou que de outra forma manifestaram o seu pesar. A família reconhecida agradece todas as demonstrações de solidariedade, pela perda do seu ente querido. A todos, muito obrigado.

Seu marido, filhos, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que os acarinharam neste momento de dor e tristeza ou que de outra forma manifestaram o seu pesar. A família reconhecida agradece todas as demonstrações de solidariedade, pela perda do seu ente querido. A todos, muito obrigado.

Sua esposa, filhos, netos e restante família na impossibilidade de o fazerem pessoalmente como era seu desejo vêm por este meio agradecer a todas as pessoas que os acarinharam neste momento de dor e tristeza ou que de outra forma manifestaram o seu pesar. A família reconhecida agradece todas as demonstrações de solidariedade, pela perda do seu ente querido. A todos, muito obrigado.

Tratou Funerária Nacional - Cerfuni Lda

Tratou Funerária Nacional - Cerfuni Lda

Tratou Funerária Nacional - Cerfuni Lda


tempo: aguaceiros

REGIÃO DE LEIRIA 8 | JANEIRO | 2010 Impresso em papel que incorpora 30 por cento de fibra reciclada, com tinta ecológica de base vegetal

Períodos de chuva fraca a moderada vão marcar as condições meteorológicas durante o fim de semana. As temperaturas mínimas e máximas vão diminuir até próximo dos zero graus centígrados, podendo verificar-se temperaturas negativas. O vento deverá soprar forte.

| redaccao@regiaodeleiria.pt · marketing@regiaodeleiria.pt · assinaturas@regiaodeleiria.pt · publicidade@regiaodeleiria.pt |

Sexta-feira Óbidos ∑ Integrado nas comemorações do feriado municipal, no dia 11, a autarquia realiza o balanço das actividades de 2009 do Centro de Intervenção Social.

Sábado Leiria ∑ A empresa Lena Turismo e Serviços organiza uma colheita de sangue no Hotel Eurosol Leiria, entre as 9 e as 13 horas, com a colaboração da delegação de Coimbra do Instituto Português do Sangue. Pombal ∑ O sarau do Núcleo de Desporto Amador de Pombal decorre até domingo, no Teatro Cine. Nos dois dias, entre as 14 e as 23 horas. Nazaré ∑ O pavilhão gimnodesportivo da Nazaré recebe o 12º ano Torneiro Amizade em Taekwondo. As provas têm início às 9 horas.

Domingo

Leiria ∑ A Bomcar promove o 11º Passeio BTT. O encontro está marcado para as 8h30, na sede da Bomcar, na Barosa. As inscrições são gratuitas e podem ser efectuadas no local. O uso do capacete é obrigatório.

Terça-feira Leiria

∑ A revista Invest e a JLM Consultores organizam a conferência “A importância da introdução do Sistema de Normalização Contabilística na gestão das empresas”. No auditório da Associação Empresarial da Região de Leiria (Nerlei) a partir das 9h30.

Quarta-feira Leiria

∑ Uma acção de angariação de potenciais dadores de medula óssea decorre entre as 10h30 e as 15 horas, na Clínica Persona. Para ficar inscrito no Registo Nacional de Potenciais Dadores, basta ter mais de 18 anos, ser saudável, pesar pelo menos 50 kgs, nunca ter recebido uma transfusão sanguíneo e submeter-se a uma colheita de sangue para análise.

“Governo Presente” chega este fim-de-semana a todo o distrito Programa ∑ Inaugurações, assinaturas de contratos-programa, visitas, reuniões e almoços. O Governo vai andar por aí José Sócrates e todos os seus ministros mudam-se este fim-de-semana para Leiria. É a iniciativa “Governo Presente” que chega agora ao distrito, em dois dias de um programa intensivo que vai abranger os concelhos de Óbidos, Peniche, Batalha, Leiria, Pombal e Ansião, em áreas tão diversas como a Educação, a Agricultura, a Economia ou os Equipamentos Sociais. O programa (que estava a ser ultimado ao final de quarta-feira, dia de fecho desta edição) começa na manhã de sábado em Óbidos, às 10h30, com a inauguração da creche da Santa Casa da Misericórdia local. O dia estará por conta da Agricultura, Economia e Equipamentos Sociais, e por isso a comitiva segue para Peniche, onde às 11h30 será inaugurada outra creche, seguindo-se uma visita às obras do Lar de Idosos e Centro de Dia. O almoço está marcado para as 14 horas no Hotel Vila Batalha, onde de resto a comitiva ficará alojada. Trata-se de um almoço de trabalho com a presença de todos os autarcas do distri-

Arquivo / Joaquim Dâmaso

agenda

A Sócrates traz com ele quase todos os ministros e alguns secretários de Estado to de Leiria. À tarde, o programa volta-se para a Economia, seguindo para Pombal. Depois de uma visita à empresa Derovo – que soma êxitos no panorama da inovação industrial – José Sócrates e o ministro António Serrano vão proceder à assinatura de diversos contratos no âmbito do programa PRODER ( Programa de Desenvolvimento Rural). O Governo retorna a Leiria às 19 horas, para uma sessão destinada a empresários, no auditório da Escola Superior de Tecnologia e Gestão. O debate há-de centrar-se no tema da internacionaliza-

ção da economia. De resto, é sob a tutela do ministro Vieira da Silva (ele próprio natural do distrito, concelho da Marinha Grande) que decorre um jantar com empresários, à noite, a partir das 20h30, no Nerlei. O domingo será dedicado às áreas da Educação, Obras Públicas e Investimento, com uma sessão agendada para as 12 horas, em Avelar, no concelho de Ansião. É aí que o Governo vai adjudicar a subconcessão do Pinhal Interior, que prevê um conjunto de intervenções ao nível da construção e requalificação de vias rodoviárias consideradas fundamen-

tais para o desenvolvimento de todo o norte do distrito de Leiria. O Governo de Sócrates regressa a Leiria para um almoço no restaurante Pontuel. E quando forem 15h30 a ministra da Educação vai mostrar aos restantes membros do executivo as obras que decorrem nas escolas Francisco Rodrigues Lobo e Domingues Sequeira. O encerramento da visita está previsto para as 17 horas, terminando assim um fim-de-semana intensivo para vários concelhos do distrito. Paula Sofia Luz Paula.sofia@regiaodeleiria.pt

IPL ABRE CANDIDATURAS PARA MESTRADO Entre 18 de Janeiro e 01 de Fevereiro, o Instituo Politécnico de Leiria tem aberta a segunda fase de candidaturas a mestrados, a realizar em Leiria e Peniche. Os mestrados começam a ser leccionados a partir do dia 1 de Março.

Poder e Sociedade

Feliciano Barreiras Duarte professor universitário e consultor jurídico bdcassociados@sapo.pt

O PSD e a mudança Os portugueses vivem uma espécie de compasso de espera. Se cada vez menos acreditam no Governo, no seu modelo de governação e no partido político que o suporta, por outro lado estão divorciados e zangados com o “poder” instituído. E nesse “poder” incluem o PSD. Que para eles é um dos responsáveis pela actual situação de impasse. Porque é um partido fechado, cheio de vinganças e ajustes de contas, sem estratégia e laqueado pelas lógicas aparelhisticas de vários protagonistas do lado pimba e cartel. Infelizmente, os eleitores em 2009 deram sinais claros quanto a isso. Têm saudades do PSD que tinha um projecto moderno e mobilizador para o país, era protagonizado pelos melhores (do PSD e independentes) e era um partido político confiável. Hoje isso cada vez acontece menos. Mas o país precisa de mudar. E só mudará quando o PSD mudar. É por isso que também nos 16 concelhos do distrito de Leiria apesar do controle aparelhistico obsessivo de votos dos que sustentam Ferreira Leite e seus apoiantes, justifica-se que o sentimento de mudança seja forte. Porque alguns dos que fizeram o PSD ter no distrito os piores resultados da sua história eleitoral em 2009 persistem em não debater quase nada. O PSD Distrital infelizmente não se vê, nem se ouve, nem se projecta há muito. É pobre. Muito pobre persistir numa estratégia tão generalista, vazia, divisionista e assente exclusivamente, na rede tentacular semi-formal.(...)


Região de Leiria, edição de 8 de Janeiro de 2010