Page 1

2ª quinzena de julho de 2015

Ano 9 – Edição Nº 149

®

EDIÇÃO QUINZENAL

CIRCULAÇÃO

EXEMPLAR

HAUER BOQUEIRÃO ALTO BOQUEIRÃO XAXIM UBERABA GUABIROTUBA

Foto: Ricardo Dias

GRÁTIS

Foto: Ricardo Dias

Entre pai e filho

As histórias de empresas que deram certo sendo administradas por pais e filhos

Pág. 19

Foto: Ricardo Dias

Exemplo

No mês dos pais, conheça o garoto que aos 13 anos já empreende para alcançar seus objetivos com ajuda do “paitrocinador”

Pág. 18

Foto: Ricardo Dias

Picadeiro

Pedir nota fiscal vai render dinheiro ao consumidor

Circo da Cidade Zé Preguiça retoma as atividades de cara nova no Alto Boqueirão

Pág. 06

Programa Nota Paraná vai devolver ao contribuinte 30% do ICMS pago na compra e pretende combater a sonegação fiscal e aumentar a arrecadação do Estado Pág. 17


2

Edição quinzenal

EDITORIAL

STF, seletividade penal e Lava Jato Pense no maior absurdo, no Brasil existe precedente. Cotidianamente recebemos através o noticiário jornalístico, informações de acontecimentos delituosos envolvendo fatos e personagens coroadas. Alguém já disse que o Brasil não é para principiantes. Quem tiver dúvidas, consulte o excelente livro “Brasil: uma biografia”, das historiadoras Lilia Schwarcz e Heloisa Starling. Nele está fundamentada, com grande competência, a formação nacional ao longo de 500 anos, onde as origens ibéricas na manutenção dos privilégios de classe social são intocáveis. Quando, por exemplo, D.João VI, em 1808, desembarcou com sua comitiva real no Rio de Janeiro, imediatamente instalou o principal órgão da Justiça Nacional: a Casa de Suplicação do Brasil. Em Portugal, a corte suprema tinha o nome de Casa da Suplicação. Esta é a origem histórica do STF (Supremo Tribunal Federal). No Império e na República o Supremo Tribunal Federal (STF) sempre foi o guardião da Constituição, mas nos períodos dos governos autoritários, o perfil da Corte sofreu reveses. Mais recentemente, em 1968, com o AI-5, foram cassados os ministros Hermes Lima, Victor Nunes Leal e Evandro Lins e Silva. Em reação à violência, os ministros Gonçalves de Oliveira, presidente do STF e Antonio Carlos Lafayette de Andrada, futuro presidente, renunciaram em solidariedade aos ministros vítimas da violência do Estado autoritário. Anos antes, no governo Castelo Branco, o ministro Ribeiro da Costa, presidente do STF, adver-

tia: “Se pretende atualmente fazer com que o supremo dê a impressão de ser composto por onze carneiros que expressam debilidade moral, fraqueza e submissão”. O admirável exemplo desses inesquecíveis integrantes da Suprema Corte, torna-se lembrado neste momento da vida nacional, quando a “Operação Lava Jato”, com competência e segurança jurídica, radiografa realidade de corrupção levando à indignação os brasileiros decentes. Na publicação semanal (revista Veja), o procurador federal Diogo Castor de Mattos, integrante do Ministério Público e membro da força tarefa das investigações, adverte que os tribunais superiores incorrem em “seletividade penal”, quando julga a legalidade processual envolvendo corruptos e corruptores poderosos. Nominando o STJ (Superior Tribunal de Justiça), anulando por diferentes razões as Operações: 1)“Banestado-2006”; 2) “Boi Barrica/Faktor”; 3)”Satiagraha”; e, 4) “Castelo de Areia”. No caso da última, os corruptos continuaram no Castelo e o Ministério Público e a Polícia Federal ficaram com a areia. Ultimamente vozes cavernosas e de um passado triste já começam a desavergonhadamente se manifestar. O notório José Sarney, em “Veja” acusa: “O Moro sequestrou a Constituição e o país. O Supremo Tribunal Federal não pode se apequenar”, com plena concordância do ex -presidente Lula da Silva, de acordo com a publicação. Já a advogada de empreiteira investigada ameaça levar o juiz Sérgio Moro a cortes internacionais por violação dos

direitos humanos dos seus clientes. Em artigo ele responde: “Quem, em geral, vem criticando a colaboração premiada é aparentemente favorável à regra do silêncio, a omertà das organizações criminosas.” O STF e o STJ irão, em futuro próximo, julgar o maior caso jurídico de corrupção da vida republicana. É fundamental que não encontre amparo naquelas cortes o princípio da “seletividade penal” ou até as conhecidas em Brasília, “sentenças auriculares”. O trabalho rigoroso do Ministério Público e da Polícia Federal, nas várias fases da “Lava Jato”, vem reunindo documentos e depoimentos, destacadamente com as delações premiadas, de fazer frade corar de vergonha. E a firmeza e competência no respeito à Lei, exercida pela Justiça Federal através o magistrado Sérgio Moro, anexa página inovadora no direito penal brasileiro. Muito bem analisado pelo advogado baiano Almir Passo, no seu livro “Corrupção e os novos juízes do Brasil”, recentemente lançado. Em julgamento estará, também, a cultura política brasileira e a composição do mecanismo de nomeação de membros dos tribunais superiores. A rigor, no Brasil, os ministros desses tribunais tem mandato vitalício. Diferentemente do que ocorre em outros países. Na Alemanha, no Tribunal Constitucional, os ministros tem mandato de 12 anos. Na França, o mandato é de nove anos. Na Itália, mandato de nove anos, o mesmo ocorrendo na Espanha, onde o tempo é constitucionalmente fixado em 9 anos. Em vários outros países, à exceção dos EUA e outros

poucos, não existe mandato vitalício. A vanguarda do atraso vem conspirando para derrubar nos tribunais a “Operação Lava Jato”, acreditando que a vitaliciedade poderá ser um aliado na impunidade geral e irrestrita dos delinquentes. O STF irá julgar se os tempos mudaram no Brasil. Foto: Ângelo Rigon

*Hélio Duque é doutor em Ciências, área econômica, pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Foi Deputado Federal (1978-1991). É autor de vários livros sobre a economia brasileira.

Diretor geral e redator chefe: Ricardo A. Dias (DRT-PR 5504) | Departamento financeiro: Thays de Freitas Dias Comercial: Leticia Richter | Marketing: Thaline Bastos | Reportagem: Raphaella Caçapava Diagramação: Rodrigo A. Romani (DRT-PR 7756) | Assessoria jurídica: Ricardo Vinhas Villanueva | Logística: Rapidex Entregas Rápidas Av. Marechal Floriano Peixoto, 5261 – Sala 2 – Hauer – CEP 80.010-130 – Curitiba PR Fone: 41 3039.2986 | pauta@jornaldocomerciohauer.com.br | www.jornaldocomerciohauer.com.br

Por Hélio Duque*

9

ANOS

As matérias assinadas não expressam, necessariamente, a opinião deste jornal. Proibida a reprodução total ou parcial de textos ou imagens, produzidas por esta editora, sem autorização prévia e citação completa da fonte, sob pena de sanções legais.


Edição quinzenal

EU ANUNCIO! Aqui, você encontra a opinião do empresariado local sobre as vantagens de anunciar no Jornal do Comércio Hauer. Pelo fato do Curso Dynâmico estar localizado no Centro de Curitiba e abranger toda a cidade, é essencial levarmos nossa mensagem para todos os bairros. Optamos por anunciar então no Jornal do Comércio do Hauer pois sabíamos que estaríamos bem representados e logo começamos a perceber o retorno positivo vindo deste investimento.

Sérgio Garcia Júnior

Coordenador do Curso Dynâmico

Já conhece a nossa fanpage?

Acesse e conheça nosso conteúdo virtual: facebook.com/jornaldocomerciohauer

GERAL

3

Soluções para transformar a crise em oportunidades Essa é a proposta do ciclo de palestras que será realizado em Curitiba, em agosto, na Fiep Apresentar oportunidades e novas estratégias para vender, especialmente em tempos de crise, é a proposta do ciclo de palestras que ocorrerá durante todo o dia 10 de agosto (segunda-feira), em Curitiba. O evento traz para a capital paranaense renomados palestrantes, como Alexandre Bernardo, empresário e ator, Erik Penna, um dos 25 Gigantes da Motivação no Brasil, e Silvio Igor, mais conhecido como o borracheiro palestrante. Promovido pela Palestrando Eventos Corporativos o ciclo será na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), das 7h45 às 17h30. No total, o evento trará sete palestras com temas direcionados à busca de soluções para ampliar vendas e fidelizar clientes. Vai mostrar também os problemas e consequências que as empresas enfrentam ao

infringir o Código de Defesa do Consumidor (CDC) com apresentação de falsas promessas.

SERVIÇO O Ciclo de Palestras “Show de Vendas” será realizado na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) Data: 10 de agosto (segunda-feira) Rua: Comendador Franco, 1341, Jardim Botânico - Auditório Mario de Mari. Horário: das 7h45 às 17h30. Mais informações pelo telefone (41) 3319-3647 www.palestrando.wix.com/ evencorps Ingressos estão à venda pelo Disk Ingressos: 41 3315-0808 ou www. diskingressos.com.br


4

Edição quinzenal

BAIRRO

Vereador Geovane Fernandes marca presença nas Audiências Públicas Como vereador atuante, Geovane Fernandes participa das reuniões para a LOA 2016 Por Camila Moreira | jornalista

O vereador Geovane Fernandes participará até o dia 20 de agosto das nove consultas públicas realizadas nas administrações regionais de Curitiba, sempre com início às 16h, nas quais serão discutidas e apresentadas sugestões para a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2016. A primeira reunião aconteceu no dia 4 de agosto, na Regional de Santa Felicidade, no Clube de Pesca Vêneto. Geovane Fernandes é um vereador atuante em toda região de Curitiba, marcou presença e participou ao

longo das duas horas de consulta, juntamente com o prefeito e os secretários municipais. O objetivo principal da LOA é abrir o diálogo entre a população e a prefeitura, assim as pessoas podem dar suas sugestões para a cidade. Durante essas reuniões é apresentada a população a proposta detalhada do orçamento que será executado pela prefeitura no ano de 2016. Logo após a realização destas consultas públicas, o documento será apresentado em uma audiência pública final, no dia 28 de setembro, em seguida encaminhada para a Câmara Municipal de Curitiba. Por esse motivo, a importância da participação da população e dos vereadores, como é o caso do vereador Geovane Fernandes, que tem marcado presença nessas audiências num diálogo constante com os curitibanos. Confira ao lado onde e quando serão as próximas consultas:

Foto: Divulgação

Vereador Geovane Fernandes participa das audiências públicas realizadas nas Regionais de Curitiba.

REGIONAL

DATAS

LOCAL

Pinheirinho

05/08

Paróquia São José

Matriz

06/08

Igreja Santa Luzia e São Nicolau

Boa Vista

11/08

Clube Duque de Caxias

Boqueirão

12/08

Paróquia Nossa Senhora das Vitórias

CIC

13/08

Auditório da Regional da CIC

Cajuru

18/08

Paróquia São Paulo Apóstolo

Bairro Novo

19/08

Ginásio de Esportes do Portal do Futuro Bairro Novo

Portão

20/08

Paróquia Santa Izabel


Edição quinzenal

5


6

Edição quinzenal

DIVERSÃO

Circo da Cidade Zé Preguiça retoma atividades no Alto Boqueirão Aproximadamente 100 crianças assistiram ao espetáculo Kitinete da Companhia Coutinho e Gabardo na reabertura do Circo da Cidade Zé Preguiça, que ficou fechado por 20 dias para reforma. Foram investidos pela Fundação Cultural de Curitiba R$ 96 mil em estrutura como nova lona, tenda de apoio e portal de entrada. Para o prefeito da capital, Gustavo Fruet, o local é um espaço de incentivo à cultura. “Aqui temos um espaço de convívio, um ponto de encontro, com uma linguagem diferente da linguagem tradicional e formal. O circo, apesar de todas as mudanças que ocorreram ao longo dos anos, gera um encanto excepcional”, comentou o prefeito. Para apresentarem-se no circo as companhias teatrais e circenses são selecionadas por editais da Prefeitura. Durante um ano serão pro-

Foto: Maurilio Cheli

Disciplina, força, alongamento, educação e respeito, são alguns dos aprendizados que as crianças vão levar para casa após participarem das atividades circenses Há mais de 30 anos em funcionamento, o Circo da Cidade Zé Preguiça, está desde 2011 no Jardim Paranaense, no bairro Alto Boqueirão, mas o circo é itinerante e costuma ficar dois anos em cada regional. Crianças de todos os bairros podem participar das oficinas.

SERVIÇO

O Circo da Cidade Zé Preguiça está de cara nova para atender crianças e artistas de Curitiba.

movidos 150 espetáculos gratuitos para a comunidade, além de 550 horas anuais de oficinas de circo para as crianças.

Circo da Cidade Zé Preguiça Endereço: Rua Benedicto Siqueira Branco, s/nº - Alto Boqueirão Telefone: (41) 3213-7577 E-mail: albmoura@fcc.curitiba.pr.gov.br Horário de funcionamento: 8h30 às 12h e 13h30 às 18h (2ª a 6ªfeira) Sábados: conforme grade de apresentações


Edição quinzenal

TRÂNSITO

7

A nova Marechal Floriano Trecho que vai da Rua Pádua Fleury até Waldemar Kost, no bairro Hauer, teve o estacionamento alterado de lado para criação de mais vagas de estacionamento Foto: Raphaella Caçapava

De um lado os comerciantes. Do outro os ciclistas. No meio a Prefeitura de Curitiba conciliando os interesses de ambos. Em 2012, a ciclofaixa foi instalada na Avenida Marechal Floriano para dar mais segurança a quem utiliza a bicicleta como transporte. Mas, para a adequação na avenida, diversas vagas de estacionamento foram sacrificadas. Foi aí que começou a reivindicação dos comerciantes da região que alegavam que o movimento nas lojas caiu cerca de 35% desde então. “Nosso pedido inicial era de que a ciclofaixa fosse retirada da Marechal Floriano e instalada em uma rua paralela com menos tráfego de veículos”, explica Cyda Villa Nova, presidente da Associação dos Empresários do Grande Boqueirão (Emgrab). Depois de três anos de estudos e muita negociação a Secretária Municipal de Trânsito (Setran), encontrou uma solução: mudar o estacionamento de lado e com isso abrir 63 novas vagas. Cyda ainda reforça

Comerciantes comemoram a criação de novas vagas na principal avenida da região. Apesar da reclamação de alguns ciclistas, Setran garante que ciclofaixa continua segura. que além do benefício da criação de mais vagas, as vitrines também foram favorecidas com a mudança. “Vale ressaltar que antigamente o estacionamento na Marechal era exatamente assim, só que sem a ciclofaixa. Agora ganhamos mais des-

taque para as vitrines que ficaram em evidência e que são a alma dos comerciantes de rua”, completa ela. Comerciantes satisfeitos e ciclistas nem tanto. Eles alegam que a alteração coloca em risco a segurança de quem transita no espaço já que

agora os motoristas tem que abrir a porta para a ciclofaixa. Mas, o Departamento de Engenharia da Setran garante que a área de transição entre o estacionamento e ciclo faixa é segura. “Protegemos o espaço com uma área zebrada, que é uma área de inter mudança entre a pista de rolagem da bicicleta, em torno de 60 cm, e a área da porta do carro”, detalha Mauricio Razera, diretor de engenharia da Setran. Ele reforça que o cuidado na hora de descer do carro sempre se faz necessário, seja quando voltado para ciclofaixa, seja voltado para a pista. “Todo o cuidado é preciso em ambos os casos. Destacamos que o estacionamento do lado esquerdo acontece em todas as outras canaletas da cidade, pedimos a prudência dos pedestres e motoristas. Nós também buscamos o compartilhamento para que todos possam conviver no mesmo ambiente obedecendo às regras de trânsito e assim alinhar a satisfação de todos” finaliza o diretor.


Edição quinzenal

EDUCAÇÃO

9

Neuromarketing Como capturar, convencer e fechar mais negócio cientificamente Programa de treinamento Nos últimos 10 anos, muito se descobriu sobre o cérebro e como ele toma decisão, surgindo a disciplina denominada de Neuromarketing e Neurovendas. Este nome é fruto da fusão da neurociência com o marketing, vendas e já vem varrendo o mercado como uma eficaz disciplina que pode melhorar significativamente os seus resultados comerciais, auxiliando você alcançar a parte do cérebro do seu cliente responsável por suas decisões: o cérebro reptiliano. Esta nova ciência ajudará você a criar mensagens notáveis, diferenciadas, fáceis de entender e de serem lembradas pelos seus clientes, permitindo a você atingir patamares superiores de vendas. Objetivos: Conceitos de neuromarketing; abordar tópicos de liderança; gestão de conflitos; marketing e vendas estratégico. Público alvo: Profissionais de marketing, comunicação, gestores com foco em liderança e gestão de equipes. Gerentes comerciais, vendedores e profissionais com interesse em aumentar seu poder de persuasão e relacionamento interpessoal por meio de técnicas científicas. Conteúdo Dia 1 Passo 1: Os PAINs dos seus clientes: cave, cave e continue cavando. Passo 2: Seus CLAIMS: Destaque-se.

Dia 2 Passo 3: O GAIN dos seus clientes: Prove o seu caso. Passo 4: Entregue para o Cérebro Reptiliano: Acerte seu target. Professor: Renato Sneider Com mais de 20 anos exercendo atividades de marketing e desenvolvimento de negócios, incluindo cinco anos de experiência internacional, na Inglaterra, a paixão de Renato é trabalhar com marketing de precisão, inovação, desenvolvimento de pessoas para ajudar empresas a gerar mais negócios, mais clientes e mais resultados. É sócio da SalesBrain, a primeira agência mundial de neuromarketing. Antes de juntar-se a SalesBrain, Renato fundou e dirigiu por 9 anos a Direto Marketing, empresa especializada em CRM, Database Marketing e Comunicação Dirigida. Já coordenou centenas de projetos para empresas de vários portes e segmentos. Renato atua também como professor em cursos de Pós-Graduação nas disciplinas de Marketing e Neuromarketing para universidades nacionais e internacionais, além de ser também especialista em desenvolvimento de treinamentos para equipes comerciais, já tendo capacitado mais de 1500 profissionais nos últimos 3 anos. É graduado em Administração de Empresas, possui Pós-graduações em Marketing Direto e E-marketing, feitas na Imperial College em Londres e credenciadas pelo Institute of Direct Marketing e possui Master em Neuromarketing e Neuroestratégia pela Escuela Europea de Negocios em Madrid.

É Coach formado em Professional & Self coaching pelo Instituto Brasileiro de Coach (IBC) com certificação internacional pelo ECA – European Coaching Association, GCC – Global Coaching Community, BCI (Behavioral Coaching Institute) e pela IAC (International Association of Coaching).

SERVIÇO Datas: 27 e 28 de agosto 2015 Horário: 08h às 12h e das 14h às 18h Carga horária: 16 horas Local: Esic Business Marketing School Informações: (41) 3284-3739 Valores do curso À vista ou parcelado em 3 vezes no cartão de crédito. À vista – R$ 795,00 2x – R$ 397,50 3x – R$ 295,00


10

DECORAÇÃO

Edição quinzenal

Pintura da parede completa decoração da casa Uma opção econômica, prática e rápida são as texturas que estão caindo nas graças de quem quer dar mais vida aos ambientes Na hora de decorar sua casa a pintura tem papel fundamental. Além de dar vida aos ambientes ela é parte integrante da decoração. Uma boa opção para acabar com a mesmice da casa é apostar nas texturas de paredes. “Escolher a textura para alguns ambientes, por exemplo, além de proporcionar beleza, é uma ótima opção para esconder imperfeições”, explica Sérgio Wicher proprietário da empresa Fachadas e Revestimentos, no Hauer. Ele reforça que as texturas escondem as imperfeições porque são impermeabilizantes. “Os profissionais que trabalham com acabamentos sabem que essas aplicações ocultam fissuras ou algumas irregularidades”, orienta. Práticas, econômicas e rápidas de se aplicar, as texturas não só harmonizam o espaço como dão a ele

Foto: Ricardo Dias

uma personalidade. Sérgio afirma que elas são capazes de inovar a decoração e proporcionar novas experiências aos moradores. “Para isso é necessário que tanto a escolha da textura quanto da cor sejam feitas com critérios”, alerta. No mercado é possível encontrar diversas opções que caem bem em qualquer espaço: desde um quarto até um escritório. “O interessante é que as texturas podem ser feitas por qualquer pessoa. Se o morador não tem condições de arcar com as despesas de um profissional, ele mesmo pode colocar a mão na massa”, finaliza.

SERVIÇO Os alunos fizeram o resgate de clássicos da Literatura Infanto-Juvenil através de apresentações de dança, teatro e música, além de exposição de trabalhos manuais confeccionados por eles.

Fachadas e Revestimentos Acrílicos Telefone: (41) 3376-3917 Rua: Bom Jesus do Iguape, 2327. Vila Hauer. Curitiba – PR. www.fachadasrevestimentos.com.br


Edição quinzenal

11


12

Edição quinzenal

POLÍTICA

Ducci se posiciona contra a prorrogação dos contratos de pedágio Foto: Divulgação

O deputado federal Luciano Ducci (PSB) é contrário à prorrogação dos contratos de pedágio das 1,8 mil quilômetros de rodovias paranaenses repassadas em 1997 pela União ao Paraná. Os acordos estão vigentes desde 1998 e expiram em novembro de 2021. “O contrato atual, com mais de 16 anos, não trouxe benefícios para a sociedade paranaense, pelo contrário se mostrou caro e com poucas obras em efetivo. O modelo feito não permite uma fiscalização e transparência sobre as concessionárias. Sequer há controle independente do fluxo de veículos nas praças. Hoje as informações são fornecidas pelas próprias concessionárias”, afirma Ducci. As mudanças feitas no pacote de obras, nos anos de 2000 a 2007, retiraram metade das duplicações e interseções. São mais de 400 quilômetros de duplicações perdidos. E cada obra que

foi incluída, o contrato obrigado reajustes acima da inflação (degraus) que oneram mais o setor produtivo.Ainda para o socialista, o melhor é esperar acabar o contrato em 2021 e licitar com um novo pacote de obras, mais robusto. A arrecadação das seis empresas de pedágio no Paraná saltou de R$ 355 milhões para R$ 1,2 bilhão em nove anos, resultado do aumento do preço da tarifa e da frota de veículos do Estado. Em contrapartida, os investimentos foram menores. “Prorrogar os contratos de pedágio, da forma que se estão propondo, será apenas um remendo, que não vai solucionar os problemas causados desta concessão. Por isto apoio entidades, como a Ocepar e Fiep, que são contrárias a prorrogação. É preciso cautela acima de tudo”.


13

Edição quinzenal

Condições exclusivas neste final de semana

de agosto

TIR R A P A S TAXA % DE 0,99

PARCELAS DECRESCENTES

PRIMEIRA PARCE LA PARA 60 DIAS

Crédito aprovado na hora Preços abaixo da tabela Fipe Entrada parcelada sem juros Os melhores seminovos Garantia de procedência

*Consulte condições no local.

14, 15 e 16


14

Edição quinzenal

GERAL

Jacomar inaugura sua nova loja Mais de cem mil habitantes do Sítio Cercado contam com uma loja moderna e produtos de qualidade Fotos: Divulgação

FATOS MARCANTES NA HISTÓRIA

17 JUL

Tetracampeonato Mundial Fotos: Divulgação

Em 17 de julho de 1994, a Seleção brasileira conquistou o quarto título mundial na Copa do Mundo realizada nos Estados Unidos. Os destaques foram a dupla Bebeto e Romário, o capitão Dunga e o goleiro Taffarel. O Brasil empatou em 0 a 0 com a Itália na final, mas venceu nos pênaltis, quando Roberto Baggio chutou para fora.

18 JUL

Morre Gilberto Freyre Em 18 de julho de 1987, morre Gilberto Freyre, escritor brasileiro que mais homenagens recebeu de universidades da Europa e dos EUA. Nascido em 1900, Freyre escreveu 67 livros, sendo Casa Grande & Senzala, de 1933, a sua maior obra. O livro se tornou um clássico sobre a formação da sociedade brasileira.

Jacomar inagura nona loja da rede no bairro Sítio Cercado

No último dia 3 de agosto a Rede de Supermercados Jacomar inaugurou sua nona loja, localizada no bairro Sítio Cercado. Depois de seis meses de reforma no local, os moradores da região podem contar, a partir de agora, com uma loja moderna e que oferece mais de 15 mil itens para comercialização. A inauguração contou com a presença de representantes da APRAS, Associação Paranaense de Supermercados, da Administração Regional do Bairro Novo, da Guarda Municipal e fornecedores. As 10 horas, as portas foram abertas aos clientes, que foram conhecer a loja e aproveitaram as ofertas de inauguração. A nova loja Mais de 100 mil habitantes da região tem agora um supermercado diferente de tudo o que já existe. Com 1000m² de área de venda e 2500 m² de área construída, a loja conta com açougue, panificadora e confeitaria, bazar e eletro, frutas, legumes e verduras de qualidade e produtos com bons preços. As prateleiras foram feitas em tamanho especial, para que o cliente visualize e alcance os produtos com mais facilidade. A iluminação é toda em led e a preocupação foi de aproveitar a luz

natural. Por isso, o espaço possui um projeto arquitetônico que prevalece a iluminação e ajuda a reduzir o consumo de energia. Além disso, um sistema de captação de água foi implantado para economizar água. “Nosso grande objetivo é levar ao cliente tudo o que ele precisa, de um jeito único. E a nossa missão é perceber as necessidades de cada família e levar o alimento, algo sagrado, para o almoço de todos os dias, para um encontro com os amigos, para uma festa de aniversário ou para o almoço do domingo”, comentou Harri Pankratz, representando a diretoria do Jacomar, durante a inauguração. Neste ano a rede completa 49 anos de história de qualidade, confiança e respeito aos clientes, que estão em Curitiba, São José dos Pinhais e Piraquara.

SERVIÇO A nova loja do Jacomar está localizada na Rua Tijucas do Sul, 1501, bairro Sítio Cercado, próximo a Rua da Cidadania do Bairro Novo.

20 JUL

Homem pisa na Lua

Em 20 de julho de 1969, o homem pisa pela primeira vez na Lua, com os tripulantes da Apollo 11. Neil Armstrong e Edwin Aldrin desceram ao solo lunar num módulo de pouso, enquanto Michael Collins ficou girando em torno da Lua. Eles ficaram duas horas, trouxeram amostras do solo e informações científicas.

24 JUL

O Libertador Em 24 de julho de 1783, nasce o militar e político venezuelano Simón Bolivar. Desde 1813, ele se torna o condutor da revolução que culmina com a independência da América do Sul, motivo pelo qual é conhecido como o Libertador. Bolívar viaja por diversos países da Europa e, em 1819, cria a República da Colômbia.


Edição quinzenal

Como participar - Ao fazer qualquer compra ou utilizar serviços, como o de estacionamentos, academias, escolas particulares, peça a nota fiscal e informe o número do seu CPF. - Você terá uma senha individual para acessar o sistema e checar seus créditos. Para isso é preciso se cadastrar no portal www. notaparana.pr.gov.br - Não é necessário guardar a nota fiscal. Depois de cadastrado, o consumidor pode conferir no site suas notas. - Os créditos serão liberados no terceiro mês após a compra e poderão ser usados no prazo de 12 meses. - O consumidor escolhe de que forma deseja receber os créditos. Pode ser em depósito em conta corrente ou poupança, para abater do valor do IPVA ou para a compra de créditos em planos pré-pagos de celulares. - Os valores mínimos são 25 para depósito bancário, 5 para créditos em celulares qualquer valor para abater IPVA.

R$ R$ ou no

- A cada R$ 1 de crédito no programa Nota Paraná, o consumidor pode trocar por R$ 2 em crédito para celulares. - Ao solicitar o CPF na nota, o consumidor ganhará um cupom eletrônico pela primeira compra e mais um cupom a cada R$ 50,00, cumulativamente. - Pelo portal, o consumidor poderá verificar suas notas. Caso haja irregularidades, ele pode reclamar pelo site ou pelos telefones (41) 3200-5004 e (41) 3200-5004 (Curitiba e região) ou 0800 644 09340800 644 0934 (para outras regiões). - O comerciante está sujeito a uma multa de R$ 1.000 a cada nota fiscal que não for emitida. Os estabelecimentos com mais de dez reclamações serão mostrados no site do programa. - O programa é válido para compras no varejo, no atacado (os chamados atacarejos) ou em compras pela internet em empresas paranaenses.

CAPA

17

Nota Paraná vai devolver ao contribuinte 30% do ICMS pago na compra Programa que já está em vigor deve combater a sonegação fiscal e arrecadar R$ 770 milhões em dois anos e meio para os cofres do Governo O programa Nota Paraná, lançado pelo Governo do Estado, vai diminuir a carga tributária paga pelos paranaenses, combater a sonegação fiscal e aumentar a arrecadação no Estado. O programa devolverá para o consumidor 30% do ICMS pago em estabelecimentos comerciais. O valor será depositado em conta corrente ou poupança ou poderá ser usado para a compra de créditos para celular pré-pago. Também é possível usar os créditos para abater do valor do IPVA. Quem escolhe é o consumidor. Para isso, é preciso pedir a nota fiscal ao comerciante e informar o número do CPF. “Este é um programa testado e aprovado em outros estados brasileiros que, além compensar os contribuintes, irá aumentar a arrecadação no Paraná sem acréscimos de impostos e garantir mais recursos para obras, combater a sonegação fiscal e a concorrência desleal no comércio”, avaliou Richa. O governador explicou que o programa faz parte de um conjunto de medidas de ajuste fiscal que o Estado tem tomado para enfrentar esse período de crise econômica nacional. Richa lembrou ainda que as prefeituras serão beneficiadas com aumento da arrecadação com o Nota Paraná. Com o ajuste fiscal, aumentou em 20% os repasses de IPVA e ICMS aos municípios. Solidário O programa, aperfeiçoado e desenvolvido com base no Nota Fiscal Paulista, tem outra importante característica. O consumidor poderá abrir mão de informar o CPF e repassar o valor da nota para uma entidade social e filantrópica de sua escolha. “Esse programa tem um importante caráter social. A expectativa nossa é que as entidades filantrópicas aumentem as receitas com mais essa fonte de doação”, disse Richa.

Arrecadação Com base do programa em São Paulo, a expectativa do secretário Mauro Ricardo é que o Nota Paraná aumente a receita em R$ 770 milhões em dois anos e meio. Tirando os gastos com o programa, seriam (devem ser) arrecadados R$ 455 milhões a mais no período. “Não basta aumentar alíquotas de impostos. É preciso combater a sonegação fiscal. O Nota Paraná prevê incremento de 15% de receitas”, disse ele. Para os empresários, o programa ajuda a reduzir a concorrência desleal e estimula o relacionamento com os consumidores. Antonio Miguel Espolador Neto, presidente da Associação Comercial do Paraná (ACP), elogiou o programa e disse que o Nota Paraná irá beneficiar o bom empresário que cumpre com suas obrigações. “Para os empresários, principalmente comerciantes,

esse projeto é muito importante para garantir uma competitividade mais leal e equalizar os deveres de todo mundo. A sonegação prejudica o bom empresário e por isso precisa ser combatida”, defendeu. Sorteios e premiações Haverá sorteios com a distribuição de 250 mil prêmios em dinheiro todos os meses. Na primeira nota emitida em cada mês, independentemente do valor, o consumidor receberá um bilhete eletrônico para concorrer a prêmios em dinheiro e a cada R$ 50 em notas fiscais registradas será atribuído um bilhete eletrônico para participação no sorteio. Mensalmente serão sorteados prêmios de R$ 50 mil, R$ 30 mil e R$ 10 mil e milhares de outros prêmios de valores menores. O valor do prêmio será creditado no extrato do cliente no portal da Nota Paraná.


18

Edição quinzenal

INCENTIVO

Sonhos de criança, vontade de gente grande Foto: Raphaella Caçapava

Menino que quer viajar o mundo conta com apoio incondicional do pai e tem seu esforço reconhecido por escola de inglês

Aos 13 anos Daniel Ferreira de Almeida tem muitos sonhos: ser jogador de futebol, engenheiro civil e falar inglês para viajar o mundo são alguns deles. Poderia ser apenas mais um punhado de desejos de uma criança, senão fosse à história de vida do garoto. Daniel perdeu a mãe aos sete anos, seu pai, Antônio Ferreira de Almeida – servente de pedreiro – passou a criar todos os seis filhos sozinho. Tempos depois durante uma brincadeira de criança com uma colega, Daniel teve seu olho perfurado com uma chave e ficou cego do olho direito. Mas, a confiança e vontade de conquistar seus objetivos não aquietaram o garoto. Depois de ouvir uma conversa do pai na qual ele comentava sobre o que irmãos de Daniel faziam para ganhar um dinheiro extra o menino começou a planejar. “Eu ouvi meu pai dizendo que eles vendiam amendoim para ter uma renda a mais, então eu pentelhei muito meu pai para que nos deixasse vender amendoim novamente”, explica rindo o pequeno. Na ocasião Daniel queria muito comprar uma mini moto de Rally. Como o pai acorda muito cedo para trabalhar e o garoto tem outros afazeres, como o futebol e a escola, Antônio permite que o filho faça as vendas apenas como passa tempo e no período da manhã para não atrapalhar suas atividades. “Ele estava levando isso muito a sério, então tive que começar a controlar ele”, disse o pai. Daniel entende que o estudo tem que ser prioridade. “Meu pai sempre diz que se eu não tirar nota boa na escola eu não posso vender meus amendoins. Como quero ser engenheiro e realizar meus sonhos preciso me dedicar”, disse o

Microcamp ajuda Daniel a realizar um de seus sonhos: aprender a falar inglês. Curso terá duração de 24 meses e não terá custo ao garato.

menino. Antônio reforça. “Eu atendi a vontade dele porque ele sempre foi muito determinado. Ele queria a moto, eu disse que poderia dar, mas não naquele momento. Então ele encontrou uma solução criativa para conseguir o que queria”, explica o pai do jovem. Que completa. “Achei que seria uma boa forma dele valorizar o dinheiro”. As vendas deram tão certo que Daniel, além de comprar a mini moto, guarda dinheiro para pagar sua faculdade. “Claro que meu pai me deu uma ajuda para comprar a moto e também na compra da primeira leva de ingredientes. Agora eu mesmo já consigo comprar os materiais e meu próximo passo é comprar um mini fusca”, comenta. Antônio explica que todas essas ideias saem da cabeça do pequeno empreendedor. “Ele é muito esperto e dado, sabe o que quer, faz metas, planeja a vida. Eu tenho muito orgulho da sua dedicação. Na verdade, graças a Deus, todos os meus filhos são assim”, comemora. E o pai de Daniel tem razão, o garoto é muito organizado. Quando questionado sobre seu futuro veja a

resposta do menino. “Aos 20 anos eu quero morar no Rio de Janeiro. Aos 25 eu quero morar em Nova York ou Las Vegas, quero ir pros Estados Unidos. Vou levar meu pai junto”, explica de maneira firme Daniel. Uma oportunidade Os profissionais que trabalham na Microcamp do Hauer são clientes assíduos de Daniel. Entre uma conversa e outra conheceram a história do menino. “Ele é muito comunicativo e envolvente, conhecendo sua trajetória nos vimos o seu empenho e ficamos sabendo do sonho que ele tinha de aprender a falar inglês”, explica Murilo Haddad diretor da Microcamp Hauer. Sensibilizados com a determinação do jovem a direção da empresa não hesitou e vai ajudar Daniel a realizar parte dos seus sonhos. “Nós demos uma bolsa integral, além dos materiais, para que ele possa estudar inglês.”, comenta Murilo. O curso terá duração de dois anos e Daniel reconhece a oportunidade e disse que o inglês será parte fundamental no seu planejamen-

to de vida. “Se quero viajar o mundo preciso estar com o inglês afiado. E também vai me ajudar muito na minha futura carreira”, completa o pequeno. Murilo comenta que a juventude precisa desses exemplos. “É preciso entender que não há mal nenhum em você estudar e trabalhar de maneira digna. Não existe problema de você ter uma história de esforço e de luta desde cedo. Essa também é uma maneira de reconhecer a trajetória de Daniel”, comenta. Sobre a iniciativa de presentear Daniel, o diretor da Microcamp disse que apenas reforçou a missão da empresa que está escrita logo na entrada. “Nossa missão é ajudar você a melhorar sempre. Este é um esforço pequeno para contribuir com algo tão importante. Acredito que se cada um puder fazer essa rede do bem, todos podem inspirar os outros a fazerem mais. Tem coisas que valem mais que o dinheiro, ver uma vida mudando e fortalecer o futuro de uma criança por meio de uma atitude relativamente pequena é uma delas”, finaliza Murilo.


Edição quinzenal

EMPREENDEDORISMO

De pai para filho No mês em que é celebrado o dia dos pais, conheça as histórias de sucesso nos negócios que passaram de geração para geração

Quatro mesas, 20 cadeiras, uma cozinheira e um garçom. Essa era a estrutura da Churrascaria Braseiro quando foi criada, há 26 anos, ainda sob o nome Restaurante e Assados Braseiro. De 1989 pra cá muita coisa mudou. A começar pelo envolvimento do filho mais velho do empresário. “Quando Júnior tinha 11 anos começou a ajudar. Sua primeira atividade foi lavar copos”, comenta Norberto Lorenzi, mais conhecido como Beto. Muitas outras funções se sucederam e o Norberto Júnior – hoje com 24 anos - distribuiu panfletos, foi garçom, metri, trabalhou no caixa e hoje ajuda a gerenciar os restaurantes da família: o Braseiro – a maior churrascaria da região sul da capital – e o Braseirinho especializado em frutos do mar. O empreendimento deu tão certo que hoje a Churrascaria Braseiro, por exemplo, se destaca na capital paranaense, não só estrutura do local que chega a receber 360 pessoas – e conta com um amplo salão para eventos, auditório, salas multimídias, adega de vinhos e uma equipe formada por 44 funcionários – mas pela criatividade do proprietário que traz inúmeras opções para atender bem o cliente, desde buffet por quilo, um serviço difícil de se encontrar em churrascarias, até noites temáticas. E a relação pai e filho fez toda a diferença. “A participação do meu filho é essencial. Juntos, dividimos a responsabilidade. Apesar de jovem ele questiona, se preocupa com os negócios e é muito querido pelos nossos clientes”, explica Beto. Se existe algum problema em trabalhar com o filho? Para Norberto – o pai – não. “Nós temos que ajustar quando pensamos diferente, mas os posicionamentos contrários faz com que encontremos sempre a melhor solução, nos ajuda a crescer”, completa. Três gerações A Berko também é sinônimo de sucesso quando o assunto é a administração que passa de pai

para filho. Bernardo Kosters tinha 15 anos quando desembarcou no Brasil vindo da Alemanha. Antes de escolher Curitiba como sua casa, o alemão teve uma breve estada em São Paulo. Em 1949, já na capital paranaense, Bernardo abriu uma oficina mecânica na Praça Osório, no centro da cidade. Mas, foi em 1967 que o Hauer foi escolhido para o negócio da família e as coisas foram tomando forma. “Nessa época meu pai (Edmundo) já tinha 18 anos e começou a ajudar na empresa do meu avô”, lembra Evaldo Kosters, neto de Bernardo. O negócio cresceu e hoje Evaldo é a terceira geração a frente do empreendimento. “Eu cresci na empresa. Assumir a Berko foi um caminho natural”, conta ele. Seu pai, Edmundo Koster, hoje tem 83 anos – já foi membro do Conselho Superior da Associação Comercial do Paraná (ACP) e pertence ao Conselho de Administração do Hospital Erasto Gaetner – continua ativo na empresa. “Ele entra às 8 da manhã e sai as 18 e tem atividades bem definidas. É um exemplo de disposição e dedicação no trabalho e na vida”, explica Evaldo. A Berko atua em duas frentes, além do tradicional centro automotivo – referência na cidade – também conta com uma estruturada venda de autopeças.

19 Foto: Divulgação

Pai e filho: sucesso nos negócios. Juntos eles tocam dois dos maiores restaurantes da região sul de Curitiba.

Foto: Ricardo Dias

De geração para geração: Há 66 anos a empresa que passa de pai para filho é referência no ramo automotivo.


Edição quinzenal

COMÉRCIO

21

Abrir uma loja fica mais fácil e barato com a NFC-e Empresário do comércio precisará investir menos em equipamentos e sistemas com obrigatoriedade do novo documento fiscal Com a chegada da obrigatoriedade da Nota Fiscal do Consumidor eletrônica (NFC-e) em vários estados brasileiros, fica mais fácil e barato para os empresários do comércio abrirem novas lojas. Com o novo documento fiscal eletrônico do varejo são necessários menos investimentos em equipamentos, sistemas e até mesmo em papel, o que traz redução de gastos para os negócios. O gerente executivo da Associação Comercial do Paraná (ACP), Esdras Marinzeck Leon, estado onde a NFC-e entrou em obrigatoriedade em julho, explica que antes da im-

plantação da nota fiscal eletrônica, para abrir uma loja, era fundamental que o empresário comprasse uma impressora fiscal (Emissor de Cupom Fiscal – ECF) e ainda um sistema que se integrasse a essa impressora. Somente o custo do equipamento já ficava em cerca de R$ 2,5 mil para o lojista. No novo modelo é necessária apenas uma impressora não fiscal, que custa em torno de R$ 500,00. “O investimento passa a ser muito menor e pode ser praticamente zero se contar que o lojista normalmente já tem uma impressora que poderá ser usada na NFC-e”, afirma Leon. Neste modelo, além da possibilidade de usar qualquer impressora para imprimir o comprovante de venda, ele também pode ser enviado por e-mail, sem necessidade de impressão e consequente redução de custos com papel. Sistema gratuito Outro fator que gerava custos pa-

ra o lojista era o sistema de informação, que custava uma média de R$ 3 mil por ponto de venda, para licença e implantação do sistema. “Agora o empresário não precisa mais se preocupar com isso, pois a ACP disponibiliza o sistema myrp gratuito, e passa a ser necessário somente um certificado digital e um computador com acesso à Internet”, diz o gerente executivo da ACP. Ele salienta ainda que o sistema oferecido pela ACP vai operar, a partir de setembro, em uma versão mais completa no modelo de Cloud Computing, na Nuvem, e por conta disso, o varejista terá como grande benefício a garantia da informação, pois não precisará investir em servidores, estruturas de backup e rede. “Outra vantagem é que o sistema já vem pronto para a Nota Paranaense, um modelo onde o contribuinte, ao informar seu CPF na nota, receberá futuros descontos em tributos. Isso será uma revolução no varejo, não

só do Paraná, mas também em outros estados do Brasil que estão aderindo a este novo modelo”, finaliza Leon. Conheça o myrp varejo oferecido pela ACP em: www.acpr.com.br/varejo

Antes: Compra de impressora fiscal: R$ 2.500,00 + Gastos com papel + Sistema para integrar e armazenar informações R$ 3.000,00 + Mensalidade do Sistema.

Depois: Sistema gratuito myrp disponível. Sem custos de licença e implantação sistema. Sem custos com impressão de papel. Custo de impressora reduzido para R$ 500,00 (pode-se usar qualquer impressora laser ou térmica).


22

Edição quinzenal

LEGISLAÇÃO

Extravio ou atraso de bagagem gera dano material e moral ao passageiro Um problema recorrente presente entre os consumidores que costumam viajar mediante serviço oferecido por determinada empresa aérea é o extravio de bagagem. Quem já vivenciou isso sabe o tamanho da dor de cabeça que uma mala extraviada traz. Neste cenário, o consumidor que não tem conhecimento dos seus direitos acaba suportando o prejuízo ou aceitando a barganha de pequenos valores oferecidos pelas empresas aéreas em “compensação” pelos itens que foram perdidos. As empresas aéreas têm conhecimento de que a responsabilidade por este dano é integralmente delas que devem responder civilmente pela extensão do dano causado ao consumidor, entretanto não é o que sempre demonstram. Nos casos de extravio de bagagem, o dano ao consumidor é presumido e a mera ocorrência do seu extravio basta a ensejar o dever de indenizar. Logo, as empresas aéreas devem ser coibidas a praticar esta conduta por meio de indenização que deve ter cunho punitivo, educativo e compensatório. Em demanda julgada em 2015 patrocinada por Villanueva Advogados em que determinada companhia aérea foi condenada a pagar R$ 15.000,00 em favor de consumidor que teve a sua mala extraviada na volta de viagem em um mês pela Europa, o Desembargador do TJPR e Relator da causa Des. Fagundes Cunha, acertadamente destacou: “A indenização por danos morais deve traduzir-se em montante que re-

presente advertência ao lesante e à sociedade de que não se aceita o comportamento assumido, ou evento lesivo advindo.” Nesta linha de raciocínio, deve o magistrado se ater ao caso concreto para poder sopesar a conduta lesiva e a extensão do dano que resultarão no valor da indenização em favor do consumidor. Além disso, em havendo comprovação dos danos materiais experimentados que se traduzem em notas fiscais, comprovantes ou outras provas que tenham o condão de demonstrar o que sumiu junto da bagagem, deve a empresa aérea também ser condenada ao ressarcimento destes itens em dinheiro. Logo, diante de uma situação semelhante, torna-se muito importante buscar um advogado especializado o qual poderá assessorar juridicamente o consumidor para que este seja ressarcido e compensado pelos danos sofridos.

Lorenzo B. Scripes Advogado do escritório Villanueva Advogados


Edição quinzenal

23


24

Edição quinzenal

TECNOLOGIA

Marketing digital

Nunca as empresas tiveram a oportunidade de estarem tão conectadas com seus clientes quanto agora. As possibilidades são inúmeras, tanto para informá-los quanto para criar e manter uma relação. E isso é uma ferramenta poderosa quando usada da forma correta, pois permite a obtenção de novos clientes e a fidelização dos mesmos. Algumas das ferramentas sociais utilizadas são o Facebook, Waze, Pinterest, Twitter, Foursquare, Instagram e LinkedIn. Por meio dessas e de outras mídias disponíveis, podemos alcançar o público correto para seu negócio, fazendo com que o Retorno Sobre Investimento (ROI) aumente significativamente.

Com o Marketing Digital, temos acesso a uma infinidade de ferramentas que permitem que seja realizado uma análise apurada do que ocorreu durante a campanha e principalmente, o retorno que a mesma trouxe. Outras informações importantes também são fornecidas, como idade do público envolvido, regiões em destaque, interesses, etc. É nesse momento que nós podemos dizer que o futuro já chegou, e já não é mais possível visar o crescimento de um negócio deixando a Internet de lado, ainda mais em um momento que a economia passa por dificuldades, os investimentos corretos se tornam uma grande oportunidade.

Massas para:

lasanha, caneloni, rondelli, pastel, empadão, nhoque, macarrão, pirogue e panqueca “Disse Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai se não por mim”. João 14:6

Rua Anne Frank, 1659 - Hauer Fone: (41) 3076-5079 | massasictus@uol.com.br


Edição quinzenal

PREVENÇÃO

25

Um agosto mais azul pela saúde do homem Para alertar população masculina sobre os cuidados com a saúde, Sesi Paraná cria campanha especial para os trabalhadores Atualmente no Paraná, as mulheres vivem em média sete anos a mais que os homens. Entre os motivos para a diferença está à violência e o alto índice de mortes masculinas ligadas às doenças cardiovasculares, cujo risco de aparecimento é maior em pessoas sedentárias ou que se alimentam de forma inadequada. Para prevenir doenças e estimular os homens a cuidarem da saúde, o Sesi Paraná já realizou mais de dois mil exames de PSA (exame para constatação de câncer de próstata) no Estado, com a unidade móvel do programa Cuide-se +. Além disso, a entidade criou uma campanha para colaborar com

as ações de prevenção e promoção da saúde do homem no Estado. Cerca de 2,6 mil empresas receberão um kit contendo adesivos – para serem colados nas portas dos banheiros – e folders com informações sobre câncer de próstata para serem distribuídos para 220 mil trabalhadores. A campanha, que se estenderá para a comunidade com mídia em jornal e spots em rádio, chama a atenção para que as pessoas não fiquem na dúvida em relação à doença. Dados sobre o homem: • Tem medo de descobrir doenças; • Acham que nunca vão adoecer e por isso não se cuidam; • Não procuram os serviços de saúde e não seguem tratamentos recomendados; • Estão mais expostos aos acidentes de trânsito e de trabalho; • Utilizam álcool e outras drogas em maior quantidade; Fonte: Ministério da Saúde

Campanha Criada em 2012 pelo Governo do Paraná o objetivo principal é motivar uma mudança cultural para que homens procurem atendimento médico e verifiquem sua condição de saúde com mais frequência, antes que doenças se manifestem de forma mais grave. Exames simples como testes para diabetes, hipertensão, Aids e hepatite estão disponíveis na rede pública de saúde e podem identificar enfermidades ainda em estágios iniciais.


26

Edição quinzenal

relles i e M tor R. Vic

r

Haue

Imagens do Bairro - HAUER

HISTÓRIA DA MINHA RUA Victor Meirelles de Lima nasceu em Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis (SC) no dia 18 de agosto de 1832 e faleceu no Rio de Janeiro em 22 de fevereiro de 1903. Foi admitido como aluno da Academia Imperial de Belas Artes. Especializou-se no gênero da pintura histórica, e ao ganhar o Prêmio e Viagem da Academia, passo vários anos em aperfeiçoamento na Europa. Lá pintou uma de suas obras mais conhecidas, A Primeira Missa no Brasil.

Voltando ao Brasil se tornou um dos pintores preferidos de Dom Pedro II, inserindo-se no programa de mecenato do monarca e alinhando-se à sua proposta de renovação da imagem do Brasil através da criação de símbolos visuais de sua história. Tornou-se professor da Academia. Com o advento da República, por estar demasiado vinculado ao Império, caiu no ostracismo, e acabou a vida em precárias condições financeiras, já esquecido por todos. Foto: Divulgação

BURAQUEIRA NO BINÁRIO

Foto: Ricardo Dias

O excesso de buracos nas três quadras da Rua Salvador Ferrante, que compõe o binário no Boqueirão é motivo de inúmeras reclamações por parte dos motorista e moradores da região. Quem passa pela trecho nota com facilidade o péssimo estado de conservação da via. Falta sinalização e pintura das faixas que dividem a rua, não tem calçamento no espaço de passeio, além de iluminação insuficiente, fator que prejudica a visibilidade dos motoristas e consequentemente aumenta o risco de acidentes.

Participe dessa coluna você também. Envie imagens de situações curiosas de seu bairro para pauta@jornaldocomerciohauer.com.br e nos conte sua história.

Obra “Primeira Missa no Brasil”, de Victor Meirelles, retrata a primeira missa celebrada por Frei Henrique de Coimbra em terras tupiniquins.


Edição quinzenal

SAÚDE

27

Tratamentos ortodônticos crescem entre adultos Além da estética, a informação, o preço e a funcionalidade ajudam a tornar a técnica mais acessível

Num passado não muito distante era bastante incomum encontrar pacientes adultos utilizando aparelhos ortodônticos. “Antigamente, você não via ninguém com mais de trinta anos usando aparelho, fazendo tratamento ortodôntico. Hoje é normal”, comenta a Dra. Patrícia Schloegl. Segundo Patrícia, o aumento da procura de pacientes adultos ao tratamento ortodôntico se dá pela busca da estética, da correção de espaços perdidos para substituir por implantes os espaços ausentes e alívio de dores e desconforto durante a mastigação. Ela ainda destaca que o acesso à informação contribuiu para este processo. “A facilidade do paciente adulto em saber que o tratamento ortodôntico é uma realidade acessível e que pode ser utilizado para melhorar a aparência facial e dentária, faz toda diferença”, explica. A técnica para um paciente adulto é a mesma de um paciente adolescente, mas Patrícia destaca que cada caso e planejamento devem ser avaliados individualmente. “Durante a avaliação são considerados vários fatores para um completo e perfeito planejamento. Além da ausência de crescimento, existem outras diferenças entre o paciente adulto e o jovem, que são as condi-

ções periodontais, psicossomáticas, presença de interferências oclusais e alterações na articulação dotêmporo mandibular”, detalha. Os principais fatores limitantes no tratamento adulto são as alterações dos tecidos que acompanham o envelhecimento, entre elas a redução da vascularização, a alteração na mineralização óssea e o aumento da rigidez do colágeno, destaca a dentista. “O paciente adulto apresenta a vitalidade do ligamento reduzida. Consequentemente a velocidade de remodelação de fibras e osso alveolar também será mais lenta”, explica. Implantes Em sua avaliação, já foram quebrados muitos paradigmas relacionados ao uso de aparelhos ortodônticos por adultos. Outra vantagem destaca pela doutora é a possibilidade de conciliar o tratamento ortodôntico com implantes. “O aparelho irá corrigir os espaços para que seja possível reabilitar os dentes perdidos com implantes ósseos. Na atualidade é considerada a melhor forma de repor os dentes, pois é fixo, esteticamente e funcionalmente adequado”, finaliza Patrícia.


AF 1719A .indd 1

26/06/15 12:18


Edição quinzenal

SAÚDE

Cheesecake Quer deixar o chocolate de lado? Uma ótima opção é a cheesecake. Para dar liga à receita, use a fécula de batata, substituto ideal para farinhas e amidos.

Ingredientes • 400g de ricota fresca • 1 colher de sopa de fécula de batata • 200 ml de iogurte desnatado • 1 colher de sopa de mel • 2 ovos • Geleia light de morango para a cobertura

Modo de preparo No liquidificador, bata o iogurte, os ovos, o mel e a fécula. Depois de bater, acrescente, aos poucos, a ricota. Coloque a mistura em uma forma untada com azeite e leve para assar por 50 minutos. Leve à geladeira para esfriar e sirva com a geleia de morangos.

29


30

Edição quinzenal

2

3

4

5

6

LEGENDA

1

1. 2. 3. 4. 5. 6.

As super amigas Isabelle, Alice, Sophia e Gabrielle durante o animado final de semana. Felicitações ao carismático Anderson Baloti, diretor da Academia Evolution que comemorou aniversário nesta quinzena. Nossas boas vindas a princesinha Giulia, a recém nascida é filha do instrutor de musculação Allison Martinelli. Ricardo Dias, diretor do Jornal do Comércio, Toninho gerente da Andaraki Hauer e o Oliver, motociclista e morador tradicional da região. O maratonista Wagner Lino completou idade no início do mês. Desejamos saúde e paz ao atleta. Destaque para a competente jornalista Simone Bello, diretora da Bello Comunicação. Assessoria de imprensa é a especialidade da empresária.


sileiro

Ésse

Edição quinzenal

Última ação da lavagem de roupas na máquina Local do pênalti, no futebol

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

Grande apetite ou vontade

De (?): grátis

Verde, em inglês Sorte; destino (pl.)

Canto para duas vozes

Polícia (abrev.) Consoantes de "gelo"

Bebida dos piratas (Lit.)

Daniel Azulay, desenhista

"Rico (?) à toa" (dito) Organização das Américas (sigla)

ciados para acelerar metas, mas cuide para não sobrecarregar suas energias com mais afazeres do que deve.

OrganizaMentiroTouro: Momento de criatividade na solução so; falso ção das de desafios profissionais. Cuide para que Américas Decalitro (sigla) (símbolo) cismas e receios do passado não impeçam 2.100, de curtir novas situações na vida em afetiva. romanos Mau, em Gêmeos: Período propícioinglês para organizar Período Nascida o lar ou tratar assuntos importantes que de 30 dias na Bahia envolvam sua família. Objeto do Duplas; detetive casais DesproviCâncer: Este é um momento importante do de para tratar temas associados a documenacento tos, escritos e burocracias, tanto na tônico área

financeira e profissional.

Parte é positivo para Escorpião: Momento longa do retomar amizadesfuzil e vivenciar grupos que amenizarão desgastes do dia a dia.

Cecília Meireles, poetisa Sagitário: Será essencial um cuidado brasileira

para não exagerar em expectativas ou mesmo em cobranças diante de suas O "(?) mundo": relações. o além

Membros das aves Acre (sigla)

Cecília Meireles, poetisa brasileira

fissionais como nas convivências informais.

Nascida na Bahia Duplas; casais

O "(?) mundo": o além

BANCO

Capricórnio: A vida amorosa trará boas oportunidades para declarações em paquera e boas surpresas. (?) Guedes, apre-

sentador Aquário: Momento determinante da TV para esclarecer assuntos que envolvam Letra tê parcerias, relações profissionais e mais Antigo momentos sociais. Testamento (abrev.)

Flor comum em Virgem: Mediação de relações e aproxibuquês (pl.) mação de pessoas, tanto em assuntos pro-

Desprovido de acento tônico

"O (?) da Compadecida", filme

Peixes: Momento importante para estabelecer contatos e ter uma certa estratégia antes de decisões, tanto de trabalho como em negócios.

30

Solução

3/bad — oea. 4/gana — lupa — sapê. 5/green.

30

Solução

T R

"O (?) da Compadecida", filme

S I N A S

G A R L A Ç D A U O R U C M A N O O U T A R T O

Flor comum em buquês (pl.)

R U G B A E N O A L A D E A C A N T O A P E R D A U

Letra tê Antigo Testamento (abrev.)

Cobertura de casebre

O

(?) Guedes, apresentador da TV

F R I F E A G R E C E P O G A N L O M M B A I A A D A S A S A C A S

Membros das aves Acre (sigla)

S C EN A D J O R E D M E P L U A T A D R O

P A R E S S I N A S T R

F R I F E A G R E E C P O G A N L O M M B A I A A D A S A S A C A S

R U G B A E N O A L A D E A C A N T O A P E R D A U

O

G A R L A Ç D A U O R U C M A N O O U T A R T O

BANCO

Bebida Daniel dos Azulay, piratas deseLibra: nhista Alguns sacrifícios serão (Lit.)viven-

Presano com foco para realizar metas a longo prazo, Cobertucordão ra de ou em sejam elas profissionais, materiais casebre algum projeto familiar. Desmaiar

Parte longa do fuzil

2.100, em romanos Mau, em inglês

Desmaiar

Polícia Louro (?), (abrev.) mascote do "Mais Consoantes Áries: Envolvimento com novos costuVocê" de "gelo"

Leão: Momento especial para decisões

Mentiroso; falso Decalitro (símbolo)

Presa com cordão

Passada por filtro

mes marcará sua rotina, especialmente in-

Passada por filtro

Período de 30 dias Objeto do detetive

HORÓSCOPO QUINZENAL "Ricofluenciando (?) no tempo e na dedicação para à toa" tratar outros assuntos que já vivencia. (dito)

Munição de armas Hábito de poupar

Louro (?), mascote do "Mais Você"

Canto para duas vozes

P A R E S

Local do pênalti, no futebol

Duas doenças causadas por vírus

Verde, em inglês Sorte; destino (pl.)

ENTRETENIMENTO

S C EN A D J O R E D M E P L U A T A D R O

Última ação da lavagem de roupas na máquina

© Revistas COQUETEL

Vender a Tony Ramos, crédito ator bra- Dirige (a sileiro orquestra)

31

Munição de armas Hábito de poupar

3/bad — oea. 4/gana — lupa — sapê. 5/green.

Cargos do Legislativo federal Ésse

por vírus

orquestra)


Jornal do Comércio Hauer - Edição nº 149  
Jornal do Comércio Hauer - Edição nº 149  
Advertisement