Issuu on Google+

BOBADELA

Ana Correia na apresentação de Maria Elisa e Ana Bernardo

MARIA ELISA na 1ª sessão pública do “Clube de Leitura” epois de Ana Correia enquadrar o tema da 1ª sessão pública do “Clube de Leitura” e fazer uma breve apresentação das duas personalidades convidadas, foi com grande eloquência que a Drª Ana Bernardo, como primeira oradora, iniciou a sua intervenção, abordando a competência e a prestação humanizada que devem estar sempre associadas a quem pratica cuidados paliativos. Referindo que o profissional de saúde tem como objectivo fulcral garantir o controle da dor, aliviando o sofrimento, quer dos doentes, quer dos familiares, principalmente dos cuidadores, também defendeu que o apoio psicológico, social e espiritual, são respostas que devem promover o conforto, a dignidade e a qualidade de vida das pessoas que são surpreendidas por doenças crónicas.

D Inserida no Programa de Responsabilidade Social da Junta de Freguesia de Bobadela, no final da tarde do dia 7 de Dezembro de 2012, realizou-se a 1ª sessão pública do “Clube de Leitura”, com a apresentação do livro “Amar e Cuidar. A minha viagem pelo mundo do cancro”, com a presença da sua autora, a Jornalista Maria Elisa Domingues. A sessão, que decorreu na Sala da Assembleia de Freguesia de Bobadela, foi mediada por Ana Correia (em representação do Executivo da Junta de Freguesia de Bobadela) e contou, também, com a participação de Ana Bernardo (Médica Coordenadora da Unidade de Cuidados Paliativos e Demências do Hospital do Mar, localizado no Bairro da Petrogal – Bobadela).

04 LOURES Magazine

Maria Elisa: o relato de uma cuidadora O livro “Amar e Cuidar. A minha viagem pelo mundo do cancro” nasce da vivência humana de Maria Elisa, quando confrontada com a doença de sua mãe, Maria Elisete, vítima de cancro da mama. «Quando um cancro se instala sem ser convidado e se senta no sofá, de bra-


ços cruzados, para ficar, ele não vai afectar apenas o doente que padece do mesmo, mas toda a família que, com frequência, se sente impotente, porque enfrenta também o desconhecido, incluindo a possibilidade da perda do seu familiar, um marido, uma mãe, um filho, uma irmã que se adora.» Com o seu talento ímpar, enquanto jornalista, Maria Elisa incluíu na sua obra um incomensurável trabalho de pesquisa científica e social, baseado não apenas no estudo da doença oncológica e em diálogos estabelecidos com médicos, enfermeiros, técnicos, voluntários e doentes, mas também a sua própria experiência enquanto cuidadora, com os diversos e muito intensos desafios potenciados pela doença. Com prefácio de Bagão Felix e António Arnaut, a viagem de Maria Elisa pelo mundo do cancro apresenta-se dividida em 9 capítulos, «escritos com a inteligência do coração e a preocupação pela simplicidade de transmitir e a acessibilidade de dizer». E foi isto que Maria Elisa trouxe à Bobadela, a sua experiência pessoal que podemos folhear desde “quando chega a pior notícia”, “o que muda nas relações sociais”, “a relação com os médicos”,

“o medo dos tratamentos e dos seus efeitos secundários”, “quando a cirurgia é necessária”, “usar as nossas defesas naturais para prevenir e combater o cancro”, “cuidados paliativos”, “a vida depois do cancro” e “as novas questões da oncologia”. Perante um público genuíno, com sede de se informar e de conviver, Maria Elisa deu, na Bobadela, uma lição de amor e coragem. Aliás, como diz Bagão Félix, “Amar e Cuidar” “... é uma obra de partilha ...”, um livro que, sem esconder algumas situações de insucesso, revela muitos êxitos da medicina e mostra, sobretudo, que há sempre lugar para a ESPERANÇA. E foi neste registo que Maria Elisa terminou o seu “diálogo” com uma plateia que escutou, com serenidade, a sua voz emotiva. Depois foram as muitas questões colocadas a Maria Elisa, as quais permitiram o debate, a troca de experiências e muitos conselhos. No final da sessão, a jornalista conversou com o público presente e autografou cada livro que lhe foi apresentado, mostrando o seu lado afável e terno, apenas possível com o contacto humano, não captável através das câmaras televisivas.

Clube de Leitura

O “Clube de Le itura” da freg uesia de Boba tende unir pess dela preoas que partilh em o gosto pe quecimento cu lo enriltural através dos livros. Abr agendamento ange o de encontros pú blicos para leitu grupo, organi ra em zado por temas ou por autores; de convívio e fóruns de discussão e a criação de um de Livros, pa Banco ra promover a sua troca, de que a leitura nã modo a o seja impedida por razões de económica. índole A receptividad e e colaboraçã o dos Leitores, ras, Escritore Editos/Autores e In tervenientes na de Civil são de Sociedaterminantes pa ra o sucesso do “C de Leitura”. Es lube ta 1ª sessão pú blica contou co ticipação do H m a parospital do Mar , representado pe Ana Bernardo la Drª ; a Editora “A Esfera dos Livr a jornalista/au os”; e tora Maria El isa . O público ench eu a sala.

LOURES Magazine

05


Revista Loures/Magazine, Ed.Janeiro 2013