Issuu on Google+

Contamos com uma frota de motoqueiros para entregas mais rápidas, todos uniformizados para sua total segurança.

SÃO PAULO, JANEIRO / 2014 ANO III - Nº 47 - GRATUITO

Férias deliciosas no SP Market

Pág. 03

Cães e gatos precisam usar filtro solar Pág. 04 Hopi Hari traz “A Magia dos Dinossauros” Pág. 06 Desidratação é comum durante o verão Pág. 09 Exagerou nas festas? Dicas para desintoxicar o organismo Pág. 11 Prevenção de formigas na cozinha Pág. 12 Criança e férias: como brincar de maneira saudável

Pág. 14


2

ACESSE: www.portalje.com.br

SÃO PAULO, JANEIRO / 2014 - ANO III - ED. nº 47

Brasil, sempre atrasado........ O presidente da FIFA Joseph Blatter, falando à imprensa suíça, disse que o Brasil começou as obras da Copa com muito atraso e desde que ele está na entidade, é a pior situação. Nenhuma novidade para nós brasileiros que sabemos como as coisas se processam nesta república tupiniquim. Temos o

DNA da corrupção, da bandalheira, da ladroagem. E bem que o Romário, sendo mais honesto, já advertia: “A Copa no Brasil vai ser a maior roubalheira!”. Ninguém ouviu. Os brasileiros conseguiram trazer o know how da África do Sul, outra terra de safados, pilantras e picaretas de todo

tipo. Joseph Blatter deve estar arrependido até o fundo de sua alma de ter trazido a Copa para cá. Está morrendo de medo de protestos populares como aqueles que ocorreram na Copa das Confederações. Existem bilhões em jogo, rolando por debaixo dos panos para os mais diversos bolsos.

Em ano de eleição........

DISTRIBUIÇÃO DO JORNAL JE NOTÍCIAS (displays próprios*)

Agradecemos pela graça alcançada todos os dias! SF/HDBM DEUS SEJA SEMPRE LOUVADO!

- Sonda Cidade Dutra (24 horas) Av. Sen. Teotônio Vilela, 1433 - Ricoy Supermercados - Av. Nossa Sra. do Sabará, 4.563 - Próx. Zike Tuma - Ricoy Alvarenga - Estrada do Alvarenga, 1.694 - Mar Paulista/Pedreira - Sacolão Campo Grande - Av. N. Sra. Sabará, 2.031 - Próx. Banco do Brasil *Reposição a cada 2 dias, assim o JE circula o mês todo.

CONDOMÍNIOS - Terrara - Av. Interlagos, 4.455 - Residencial dos Lagos 1 - Av. Miguel Yunes - Marajoara Park - Av. João Peixoto Viegas - Mund - Av. N. Sra. Sabará, 500 - Lumina - Av. Sgto. Geraldo Santana - Bosque do Sul - Av. Sgto. Geraldo Santana - Sabará - Av. N. Sra. Sabará, 4.350

* Distribuição porta a porta garantida: seu anúncio não fica parado na portaria!

PARA ANUNCIAR LIGUE AGORA! (11) 2826.1082 (24h) (11) 97495.0743 (VIVO) (11) 95422-2040 (TIM) Tamanhos Disponíveis

Página Inteira (24cm x 28cm) Meia Página (24 cm x 14 cm) 1/4 página (12cm x 14 cm) Padrão (12cm x 7cm) Outros formatos - consultar.

EXPEDIENTE EDIÇÃO 047 - JANEIRO/2014

15.000 exemplares

Uma publicação:

Distribuição Gratuita FALE COM A REDAÇÃO R. Antonio do Campo, 651 - 1º andar Jd. Piratininga - 04459-000 São Paulo/SP E-mail: redacao@portalje.com.br Site: www.portalje.com.br Editor-Chefe: Hans Misfeldt (MTB 74.353/SP)

H. D. BROCHNER MISFELDT COMUNICAÇÃO - ME CNPJ 11.280.212/0001-96 - CCM: 3.997.960-1 RUA ANTONIO DO CAMPO, 651, 1º ANDAR CAMPO GRANDE - 04459-000 - SÃO PAULO/SP

www.misfeldtcomunicacao.com.br Os artigos opinativos, o conteúdo dos anúncios e a índole dos participantes da coluna Correio Sentimental são de responsabilidade de seus autores. De acordo com a Lei Federal 5250 de 09/02/1967, Artigo 2º: “É livre a publicação e circulação no território nacional de livros, JORNAIS e outros periódicos, salva se clandestino, ou quando atentem contra a moral e os bons costumes”; e Lei Federal 6015 de 31/12/1973. Regulamentação Específica e Federal.


SÃO PAULO, JANEIRO / 2014 - ANO III - ED. nº 47

ANUNCIE (11) 2826-1082 / 97495-0743 (VIVO) / 95422-2040 (TIM)

Férias deliciosas do Shopping SP Market O Shopping SP Market vai preparar uma atração especial para o período de férias escolares. As crianças que visitarem o centro de compras entre os dias 08 de janeiro e 02 de fevereiro vão poder se deliciar com a oficina de doces “Chef Junior SP Market”. Montado no Atrium do shopping, o evento é gratuito e traz a culinária como uma forma de diversão em que as crianças podem aprender o prazer de cozinhar criando guloseimas. Os pequenos terão a oportunidade de colocar a mão na massa e preparar brigadeiros, cones de chocolate e coberturas para biscoitos amanteigados. Todas essas gostosuras serão preparadas com a ajuda de monitores em um espaço desenhado especialmente para que todos possam receber orientações. A oficina de doces “Chef Junior SP Market” receberá até 20 crianças por vez em sessões culinárias de 30 minutos. Os papais e mamães podem ficar tranquilos com a sujeira, já que cada um dos pequenos chefs receberá luvas, avental e touca descartáveis.

SERVIÇO: Oficina de doces “Chef Junior SP Market” Dia: 08 de janeiro a 02 de fevereiro Horário: diariamente, das 14h às 20h Local: Atrium Classificação indicativa: De 03 a 10 anos. GRÁTIS! ENDEREÇO: Av. das Nações Unidas, 22.540 – São Paulo/SP ESTACIONAMENTO: R$ 6,00 por 2 horas e R$ 2,00 por hora adicional/ manobrista: R$ 8,00 e R$ 2,00 por hora adicional (carro). Moto: primeira hora R$ 3,00 e R$ 1,00 por hora adicional INFORMAÇÕES: (11) 5682.3666 www.shoppingspmarket. com.br

www.tutube.com.br

3


4

SÃO PAULO, JANEIRO / 2014 - ANO III - ED. nº 47

ACESSE: www.portalje.com.br

CARTÕES DE VISITA, BANNERS, Cães e gatos precisam PASTAS, CALENDÁRIOS 2014... usar filtro solar para LIGUE (11) 2826-1082 prevenir doenças Assim como seus donos, cães e gatos precisam de banhos de sol para a síntese da vitamina D. Pode até parecer frescura, mas também têm de usar protetor solar porque são vulneráveis a queimaduras e câncer de pele. “A pele deles é mais sensível à radiação do que a nossa”, disse o veterinário Luiz Henrique de Araújo Machado, do Departamento de Clínica Veterinária da Faculdade de Medicina Veterinária da Unesp, Câmpus de Botucatu. O produto deve ser aplicado em regiões com menos pelo ou sem pelo, como ponta do focinho, focinho, lado interior das orelhas, barriga e patas. É necessário maior cuidado com os amigos de quatro patas de pelo curto (da raça ou tosado) e pelo

e mucosas claras. Há protetores próprios para eles, mas se pode usar os para humanos, preferindo os indicados para peles sensíveis ou infantis sem zinco, segundo a veterinária Carolina Rocha. Não pense que, só porque está com protetor solar, pode deixá-los expostos ao sol o dia todo. Coloque-os na sombra entre 10h e 15h, como indica Machado. “Excesso de calor pode levar à insolação/hipertermia. Pode apresentar convulsões e até morrer. Isso acontece muito mais do que se pensa, especialmente no verão, em locais sem sombra para o animal e quando o animal é deixado dentro do carro”, alertou a veterinária Carolina. Fonte: Unesp/Portal Terra


SÃO PAULO, JANEIRO / 2014 - ANO III - ED. nº 47

ANUNCIE (11) 2826-1082 / 97495-0743 (VIVO) / 95422-2040 (TIM)

Teste do coraçãozinho Inadimplência atinge mais da metade dos microempreendedores do país pode salvar vida de muitos bebês Passadas 24 horas do nascimento, já é possível realizar o teste do coraçãozinho para saber se o bebê tem algum problema de saúde. É um exame gratuito que até pouco tempo muita gente desconhecia. Isso porque só algumas maternidades faziam o procedimento que, assim, não estaria disponível para todas as pessoas. No ConsultaClick, portal de agendamento de consultas, é possível ver a importância deste teste, já que as doenças cardíacas graves se manifestam de forma silenciosa nos primeiros 15 dias de vida e, quando não são diagnosticadas rapidamente, podem até levar o bebê à morte. Trata-se de um procedimento tão importante quanto o teste do pezinho e da orelhinha. Como o teste é feito? A Oximetria de Pulso, nome científico do Teste do Coraçãozinho, consiste em uma pulseira que mede a quantidade de oxigênio no sangue. O exame é feito no membro superior direito e em um dos membros inferiores. Trata-se de um exame simples, rápido e indolor que deve fazer parte da triagem de rotina de todos os recém-nascidos. Quais doenças podem ser diagnosticadas com o Teste do pezinho? Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, o exame auxilia no diagnóstico precoce de doenças genéti-

cas graves que atingem o coração (cardiopatia congênita crítica). Estas doenças são manifestadas por meio do fechamento ou restrição do canal arterial, que por sua vez não permitem que o sangue oxigene adequadamente. Há muitas crianças que nascem com doenças cardíacas? Você sabia que cerca de um a dois de cada 1000 recém-nascidos vivos apresentam cardiopatia congênita crítica? De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, 30% dos recém-nascidos que têm problemas cardíacos graves recebem alta das maternidades sem o diagnóstico. O resultado da falta de diagnóstico precoce e de tratamento adequado pode ser o choque cardiogênico (incapacidade do coração de bombear uma quantidade adequada de sangue), a hipóxia (baixa oxigenação para o cérebro) ou óbito precoce. O teste do Coraçãozinho é oferecido no SUS? Nem todas as maternidades do país oferecem o Teste do Coraçãozinho, já que ainda não há uma lei que garanta o benefício. Falta apenas a aprovação da Secretaria de Atenção Básica para que o exame passe a ser obrigatório em toda a rede pública de saúde. Vale lembrar que o pré-natal é de importância fundamental para o bom desenvolvimento do bebê.

Todas as edições online

www.portalje.com.br

Mais da metade dos cerca de 3,4 milhões de microempreendedores individuais registrados no país no mês de outubro de 2013 estava inadimplente com os pagamentos de seus tributos ao governo (INSS), estados e municípios, segundo dados do secretário-executivo do Comitê Gestor

do Simples Nacional, Silas Santiago. Com isso, os microempreendedores que estão inadimplentes, entre eles doceiros, borracheiros, camelôs, manicures, cabeleireiros e eletricistas, também não estão podendo contar com o principal benefício do programa – que é o acesso à chamada “rede

5

de proteção social”. Caso você seja microempreendedor e queira saber informações sobre sua situação perante os órgãos públicos e como regularizar a situação, caso esteja inadimplente, envie um email para aexo.contabil@gmail.com ou ligue (11) 3804-3764.


6

ACESSE: www.portalje.com.br

SÃO PAULO, JANEIRO / 2014 - ANO III - ED. nº 47

Hopi Hari traz “A Magia dos Dinossauros” Quem visitar o Hopi Hari até o dia 23 de fevereiro, nas férias de verão, vai se sentir voltando no tempo. O maior parque temático da América Latina está invadido pela “A Magia dos Dinossauros”, uma temporada onde estes gigantes que fascinam gerações estão espalhados pelo parque. São 20 réplicas de vários tamanhos com tecnologia que simulam os movimentos de cabeça, patas e respiração dos dinossauros, além de emitir sons, tudo com um realismo surpreendente. Ir ao Hopi Hari nessa temporada é como viver uma aventura no safári pré-histórico! Todas as espécies replicam com perfeição a anatomia destes animais, transformando um dia perfeito de lazer tam-

bém em aprendizado sobre cada espécie. Os dinossauros são extremamente reais e ficam dispostos nas regiões do Pernalonga e sua Turma, Misteri e Wild West como se estivessem em seu habitat original há milhões de anos. Em “A Magia dos Dinossauros”, os visitantes experimentam como é viver em um mundo jurássico e se deparam com criaturas incríveis como o Braquiossauro Um dos maiores animais que já povoaram a Terra está pela primeira vez em Hopi Hari, em uma réplica que mede 7 metros de altura e 15 de comprimento. Com o mesmo tamanho e ainda mais assustador, o Tiranossauro Rex também está em Hopi Hari. Famoso nas telas de cinema, ele marca presença para o

delírio dos apaixonados por dinossauros. REX SOLTO NO PARQUE Outro grande sucesso entre as crianças é o Brutamontis, exclusivo em Hopi Hari. Com tecnologia única no Brasil, este Tiranossauro Rex anda solto pelas ruas do parque acompanhado de seu treinador, interagindo com os visitantes e impressionando a todos com o realismo dos movimentos. No período, o parque funcionará das 11h às 19h. O passaporte antecipado para curtir o Hopi Hari o dia inteiro custa R$ 79,00 e pode ser comprado pelo site www.hopihari.com.br ou pelo telefone 4007-1134 (custo de ligação local). Na bilheteria, o passaporte custa R$ 89,00.


SÃO PAULO, JANEIRO / 2014 - ANO III - ED. nº 47

ANUNCIE (11) 2826-1082 / 97495-0743 (VIVO) / 95422-2040 (TIM)

7

Homens são mais ousados na busca por emprego do que as mulheres O PageGroup - empresa líder mundial de recrutamento especializado - realizou um levantamento em dezembro de 2014 mostrando o comportamento dos profissionais brasileiros no momento de buscar emprego. O estudo mostrou que, homens e mulheres se comportam de forma diferenciada em relação a suas carreiras e na busca por um emprego. “O momento profissional em que cada um se encontra faz toda a diferença na hora de tomar a decisão”, afirma Sergio Sabino, diretor de marketing do PageGroup. O estudo questionou os profissionais sobre quais canais eles utilizam com maior frequência na busca por oportunidades. Veja os resultados:

JOVENS BUSCAM VAGAS EM REDES SOCIAIS E CANAIS DE EMPREGO Profissionais de 18 a 35 anos apontam uma preferência maior pelas redes sociais (especialmente LinkedIn) e os sites de empregos. Conforme vão ganhando mais experiência, estes profissionais passam a utilizar com maior frequência as consultorias de recrutamento e a sua própria rede de contatos para encontrar novas oportunidades. Entre os mais jovens (18 a 25 anos), os jornais e revistas ainda são uma forma de busca interessante de oportunidades para 20% dos entrevistados.

PROFISSIONAIS MAIS EXPERIENTES, ALÉM DAS REDES SOCIAIS, RECORREM A CONSULTORIAS DE RECRUTAMENTO PARA ENCONTRAR OPORTUNIDADES As consultorias aparecem em segundo lugar na lista de prioridades para a busca de oportunidades nos profissionais de 36 a mais de 45 anos, antes dos job boards – sites que publicam oportunidades de diferentes empresas, mas não se responsabilizam pelo processo seletivo. O uso da rede de contatos (networking) também aumento bastante entre os profissionais mais experien-

tes. Dentre todas as respostas dos que se encontram em uma faixa etária entre 36 a mais de 45 anos, uma média de 58% utiliza sua rede pessoal na busca por oportunidades. Na faixa acima dos 45 anos, esse número aumenta para 65%. Os jornais e revistas ainda são muito utilizados por profissionais com mais de 41 anos. HOMENS SÃO MAIS OUSADOS NA BUSCA POR EMPREGO DO QUE AS MULHERES

pelas redes sociais, mesmo sem conhecê-lo ou sem ter tido nenhum tipo de contato prévio com o mesmo. Mas as mulheres não ficam atrás – 29% afirmam ter abordado um headhunter quando procuravam por novas oportunidades. Além disso, os homens também utilizam mais sua rede de contatos na busca por uma oportunidade profissional do que as mulheres. (56% x 51%) Eles preferem, além das redes sociais, as consultorias de recrutamento. Elas optam pelos sites de emprego.

31% afirmam já ter aborado um headhunter em busca de uma oportunidade

ASSISTA NO www.youtube.com/programatutube UMA ENTREVISTA COM A DUPLA JORGE & MATEUS


8

SÃO PAULO, JANEIRO / 2014 - ANO III - ED. nº 47

CLASSIFICADOS COLORIDO - R$ 40,00 PRETO & BRANCO - R$ 15,00 LIGUE (11) 2826-1082

GRÁFICA RÁPIDA CARTÃO DE VISITA PANFLETOS E BANNERS LIGUE (11) 2826-1082

LIMPEZA PÓS-OBRA E TRATAMENTO DE PISO (11) 2779-4218

PREPARE-SE PARA O IRPF2014 aexo.contabil@gmail.com (11) 3804-3764

ACESSE: www.portalje.com.br

Telhanorte apresenta dicas para a melhor escolha entre ventiladores, climatizadores e aparelhos de ar-condicionado A estação mais quente do ano está se aproximando, quando grande parte das cidades brasileiras marcam temperaturas acima de 30ºC. Para amenizar a sensação quente e desconfortável, as pessoas recorrem a diversas soluções, como ventiladores, climatizadores ou aparelhos de ar-condicionado. Cada uma das opções, no entanto, é indicada para casos diferentes e, dependendo do tipo de ambiente, pode não suprir o calor, de forma que o investimento pode ser ineficaz. Por conta disso, a Telhanorte, rede multiespecialista em construção e reforma, apresenta dicas sobre a escolha correta pelo produto mais indicado para cada necessidade. Aparelhos de ar-condicionado. Com precisão, o aparelho possibilita ao usuário controlar a temperatura do ambiente e refrigerá-lo rapidamente, tendo em vista que a sua potência e capacidade de resfriamento diminuem a temperatura em até 16 graus. O funcionamento consiste na retirada do ar quente do local, que é refrigerado e devolvido ao ambiente, tornando o clima ameno ou frio. “Quem optar por essa solução, deve levar em consideração alguns critérios antes da instalação, ou seja, verificar se há incidência direta do sol no local que acomodará o aparelho, além de calcular a área do ambiente e quantas pessoas costumam frequentá-lo”, explica o coordenador de materiais elétricos da Telhanorte Rinaldo Machado dos Santos. O cálculo pode ser facilmente obtido por meio de uma visita técnica ou utilizando a calculadora de BTUS (Unidade Térmica Britânica), disponibilizada no site da Telhanorte www.telhanorte. com.br. O ponto desfavorável do produto é o alto índice de consumo de energia elétrica. Ventiladores. Para ambientes com temperaturas elevadas e onde não há incidência direta

do sol, o ventilador é a solução mais indicada ao permitir a circulação da massa de ar quente, diminuindo em cerca de três graus a temperatura do lugar. Com diversos modelos, podendo ser de parede, de mesa, de chão, fixos ao teto ou aparelhos circuladores, os ventiladores conseguem refrescar ambientes de até 20m² com até cinco pessoas. A diferença entre as três opções está no alcance do vento, uma vez que os modelos de teto distribuem o ar de modo uniforme, enquanto os de parede e de chão produzem mais ventilação, enviando o ar frio para distâncias maiores, assim como os de mesa e os circuladores, que cumprem o mesmo papel, porém com alcance menor. O consumo médio de energia chega a 127 watts. “Quanto mais hélices ou pás, maior será o volume de ventilação, que está diretamente ligado à rotação do motor. Portanto, a escolha pelo ventilador deve levar em conta o design e o motor, sendo este último fator é elementar para determinar a potência de alcance de ar fresco, o gasto com a energia elétrica e o som emitido pelo aparelho que, dependendo da área empregada, como salas de estudo, por exemplo, pode ser ponto desfavorável”, aconselha Santos.

Climatizadores. Para quem possui problemas respiratórios, os climatizadores de ambientes podem ser boa alternativa para amenizar o calor. Capazes de diminuir até 8ºC na temperatura, os climatizadores utilizam água em seu funcionamento, fazendo com que o ar circule sobre a água, forçando sua evaporação e, consequentemente, baixando a temperatura. Com relação ao gasto de energia, o consumo pode ser comparado ao de uma lâmpada de 100 watts. “Outro fator importante é que, além de possuir a função de refrescar ambientes menores, alguns aparelhos podem ser usados para aquecer o ambiente durante o inverno, tornando o seu uso apropriado o ano inteiro”, complementa Rinaldo. Além de todos esses fatores, é muito importante observar o selo de classificação de eficiência energética do Inmetro, que indica os índices de produção de energia de cada produto, classificando-os entre “mais eficiente” até “menos eficiente”. Levando em consideração todas as dicas, é só escolher o modelo mais indicado. A Telhanorte apresenta diversas soluções em suas 36 lojas, localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Paraná.


SÃO PAULO, JANEIRO / 2014 - ANO III - ED. nº 47

Dicico faz promoção até 15 de janeiro A Dicico, rede de materiais para construção com o maior número de lojas do país, realiza até o dia 15 de janeiro, o “Especial Verão Dicico”. No período mais quente do ano, a empresa comercializará diversos itens relacionados à estação, como piscina inflável, cadeiras de praia, ventiladores e aparelhos de ar condicionado com preços promocionais, além de promoções especiais para quem pretende renovar a casa em 2014. As compras poderão ser pagas em até 10 vezes sem juros em todos os cartões. As ofertas são válidas para as 58 lojas da Dicico no Estado de São Paulo. Entre os itens, destacam-se: o Porcelanato Elizabeth Bianco, Bege, 62x62 comercializado por 39,90 m²; o ven-

tilador de mesa Wap comercializado por R$ 99,00 e o Ar Condicionado Elgin Split, de 7000 BTUs - frio comercializado por R$ 849,00. Segundo Ana Freitas, gerente de Marketing, a promoção não é apenas para o verão, já que diversos itens do segmento para a renovação da casa também entraram na liquidação. “Essa é uma grande oportunidade não só para os consumidores adquirirem produtos para essa época, mas também itens para renovar a casa no início do ano”, comenta Ana. Além dos preços baixos, o cliente também pode contar com o atendimento personalizado oferecido pela rede Dicico, além da entrega mais rápida do mercado.

Desidratação é comum durante o início do verão Algumas doenças tornam-se mais presentes nos meses que antecedem o início do verão, devido as mudanças bruscas de temperatura e as próprias características da estação. O calor excessivo provoca a ocorrência de doenças sazonais, como desidratação, insolação e até intoxicação alimentar. A desidratação é causada pela perda de líquidos e sais minerais do corpo, podendo ser agravada por diversos fatores inerentes ao verão, como o aumento da própria

transpiração. De acordo com o infectologista Marco Aurélio Sáfadi, normalmente perdemos 2,5 litros de água por dia, seja pela urina, suor ou até mesmo pela respiração. Com a desidratação, a pessoa pode passar a apresentar diarreia, vômito e febre alta persistente. O tratamento pode ser feito através de dosagens de soro caseiro, mas não dispensa acompanhamento médico. Em casos mais graves, a internação do paciente é necessária.

Saúde abre 34 oportunidades de trabalho para fábrica de remédios em Guarulhos A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo abriu concurso público para 34 vagas de trabalho na fábrica da Furp (Fundação para o Remédio Popular) de Guarulhos, na região metropolitana da Grande São Paulo.

Os salários variam de R$ 1,62 mil a R$ 5,85 mil, e as inscrições podem ser feitas pelo site www.caipimes.com.br, que traz também o edital do concurso. As vagas são para cargos de nível médio e superior.

Atualmente, a Furp dispensa mais de 70 produtos, entre antibióticos, antiretrovirais, anti-hipertensivos, dermatológicos, diuréticos e medicamentos para transplantados e controle da diabetes, entre outros.

ANUNCIE (11) 2826-1082 / 97495-0743 (VIVO) / 95422-2040 (TIM)

9


10

ACESSE: www.portalje.com.br

SÃO PAULO, JANEIRO / 2014 - ANO III - ED. nº 47

Flores que necessitam de muita luz e pouca água são as ideais para o verão No verão, as pessoas querem tornar os ambientes mais agradáveis, principalmente quando tratam de suas casas. Com isso, as flores se tornam itens indispensáveis para colorir, perfumar e deixar o interior ou o quintal de uma residência muito mais atraente e aconchegante. Para quem planeja dar um toque especial no ambiente familiar, o ideal é optar por flores que necessitem de muita luz e pouca água. “Se o objetivo é tornar o ambiente mais leve, relaxante e bonito, a lavanda é uma boa pedida. É uma planta que se desenvolve melhor em solos

9

arenosos, requer muita luz e água, pelo menos três vezes por semana”, sugere Bruno José Esperança, gerente geral da Esalflores. “Uma flor perfeita para o verão é tagetes. Além de necessitar de muito sol, pode suportar altas temperaturas”, completa Esperança. No entanto, ele lembra que existem exceções. A orquídea, uma flor que chama a atenção pela sua beleza, é ideal para dar um toque elegante ao lar, mas exige cuidados diferenciados. “A recomendação é colocá-la próxima de uma janela orientada para sul, distante das radiações de

sol durante os dias de calor, pois pode prejudicar a planta”, orienta o gerente geral da Esalflores. Por outro lado, se a ideia é colorir o ambiente, a açucena tem uma variedade de cores e podem chegar a ser tão diferentes entre si que três espécies distintas já garantem uma bela decoração. No entanto, o gerente geral da EsalFlores alerta que a terra deve estar fresca e não deve receber sol diretamente. “Outras boas opções para o verão são o jacinto e a bromélia”, finaliza.

Lavanda: boa opção


SÃO PAULO, JANEIRO / 2014 - ANO III - ED. nº 47

Exagerou nas festas? Dicas para desintoxicar o organismo Para muitas pessoas, as festas de fim de ano são sinônimos de confraternização com entes queridos e também o período em que a dieta fica em último plano e a “comilança” é liberada. É a época que todos ficam muito expostos as tentações e sentem-se livres para cometer alguns excessos. Porém o resultado indesejável pode surgir não só no ganho rápido de peso, ele também vem através de uma intoxicação, gerada pelo acúmulo de toxinas, gorduras, açúcares, conservantes entre outros componentes, que sobrecarregam o fígado e inflamam o tecido adiposo. Em resposta a esse exagero, nosso organismo pode apresentar sintomas como: intestino preso ou diarreia, gosto amargo na boca ao acordar, baixa resistência imunológica, dores de cabeça, inchaço, alergias e indisposição. Se você faz parte do grupo que não conseguiu resistir aos panetones, pernis, rabanadas e afins não desanime, a nutricionista do Hospital e Maternidade São Cristóvão Cynthia Bassi orienta a como correr atrás do prejuízo e recuperar rapidamente o equilíbrio do seu organismo. A dieta desintoxicante – Detox - não deve ser feita com a intenção de reduzir peso, embora isso possa acontecer. O intuito é beneficiar o organismo com a inclusão de alimentos de fácil digestão e com propriedades depurativas, agindo especialmente no fígado e intestino, responsáveis pela metabolização e excreção de até 80% dos nutrientes e toxinas. “Após cometer os excessos, é importante retomar a rotina de alimentação adequada no intuito de eliminar os exageros cometidos, purificar e dar energia ao corpo, além de melhorar a digestão e absorção de nutrientes, acelerando o metabolismo e diminuindo a sensação de mal estar”, explica a profissional. “A dieta detox quase sempre é hipocalórica e pode não atingir todas as necessidades de vitaminas e minerais, por isso deve ter tempo determinado e não ser adotada de forma permanente”, orienta a nu-

tricionista. Nesse momento, é fundamental lembrar das fibras, que são carboidratos não digeridos pelo organismo e que auxiliam o seu bom funcionamento, especialmente na limpeza e regulação do intestino, “Elas são encontradas em alimentos integrais como biscoito, arroz, pães, aveia, açúcar mascavo, linhaça e cereais em geral”, esclarece a nutricionista Cynthia. Frutas, verduras e legumes, também devem compor o cardápio, por conterem poucas calorias e serem ricas em nutrientes. “A melancia que além de refrescante é diurética, o abacaxi que auxilia na eliminação de impurezas, o gengibre melhora a digestão, fortalece o sistema imunológico e combate a constipação intestinal; a berinjela tem ação digestiva e laxante e a couve que estimula a produção de enzimas, ajuda na eliminação de toxinas e é fonte de vitamina B que facilita o metabolismo dos macronutrientes” diz a profissional. “Frutas cítricas, como o limão, laranja, kiwi e acerola possuem substâncias antioxidantes e fortalecem a imunidade. Os peixes e chás, também devem estar presentes no período pós-páscoa”. A hidratação deve ser reforçada, por isso a nutricionista indica o consumo de oito a dez copos de água ao dia, para auxiliar na eliminação de toxinas. Para obter um resultado mais eficiente na desintoxicação, alguns cuidados são recomendados para melhorar a resposta do organismo às mudanças, “Cerca de três dias antes, retire o café da dieta, para que a cafeína não atrapalhe a ação da enzima citocromo, responsável pela eliminação de toxinas e nesse período prefira alimentos orgânicos, que são livres de agrotóxicos”, ensina a nutricionista. Além disso, alguns alimentos devem ser consumidos com moderação nessa fase, é o caso do leite, pães e massas, que devido à presença de lactose e glúten, tem digestão lenta e ação inflamatória,

ANUNCIE (11) 2826-1082 / 97495-0743 (VIVO) / 95422-2040 (TIM)

11

JE IMÓVEIS

e das carnes vermelhas que tem maior quantidade de toxinas. Evite também os seguintes alimentos: Açúcar e mel Refrigerantes e bebidas alcoólicas Alimentos industrializados Embutidos, manteiga e margarina Frituras e guloseimas A reintrodução desses alimentos deve ocorrer de forma lenta e em quantidade controlada, após o período da dieta, que dura em média de 3 a 7 dias, é indicado também que um nutricionista auxilie o paciente a explorar os alimentos funcionais e individualizar seus hábitos e necessidades. Em resumo, é importante lembrar, que uma dieta balanceada e saudável, pode sim conter alimentos típicos de fim de ano, basta prestar atenção na quantidade consumida.

ANUNCIE NO JE NOTÍCIAS (11) 2826-1082/3804-3764


12

SÃO PAULO, JANEIRO / 2014 - ANO III - ED. nº 47

ACESSE: www.portalje.com.br

Prevenção de formigas na cozinha: ‘Como fazer arroz’ é o especialista dá algumas dicas termo mais buscado no Google em 2013 Muitos pensam que formigas que circulam na cozinha são inofensivas, acreditando que somente ratos e baratas trazem risco a saúde. Em depoimento ao site Globo Ciência, o biomédico Roberto Martins Figueiredo, mais conhecido como Dr. Bactéria, esclareceu os principais riscos trazidos por formigas e outras pragas, além de como preveni-las. Segundo ele, as principais causas de pragas na cozinha são o armazenamento inadequado de alimentos, descuidos na limpeza e no descarte: “Formigas, baratas, moscas e roedores são atraídos por restos de alimentos ou por um sacos de farinha mal acondicionado no armário, por exemplo. Um simples grão de arroz caído embaixo do fogão pode atrair todos esses animais”, diz. Para evitar pragas, é fundamental tomar cuidado com o armazenamento dos alimentos.

“Limpe todas as embalagens após chegar do mercado. Se estiverem rompidas, elas devem ser trocadas. Depois de abertos, alimentos que ficam em armários devem ir para potes hermeticamente fechados, protegidos. É fundamental também que o indivíduo analise seu estoque periodicamente, siga o prazo de validade e não guarde alimentos por excesso de tempo.”, ensina. Dicas para evitar formigas: - Depois de abertos, coloque os alimentos que ficam no armário em potes hermeticamente fechados; - Tape buracos existentes entre os azulejos. Use silicone,

cimento branco, poliuretano expansivo ou palha de aço; - Solução caseira: Coloque um punhado de cravos-da-índia em um litro de álcool, deixe em repouso por uma semana. Depois, molhe um pano na solução e passe na pia, em rastros de formigas ou em buracos entre os azulejos. Em caso de dúvidas sobre como eliminar corretamente as pragas, contate a Oriental Desentupidora (11) 5566.3894.

Como fazer arroz. Essa foi a principal dúvida pesquisada pelos internautas no Google em 2013 na categoria “como fazer”, aponta ranking da Google Zeitgeist, empresa que faz a retrospectiva dos termos mais buscados no ano. Atualmente já existem utensílios que facilitam o preparo do alimento, como a Panela Elétrica ECC10 da Electrolux, que possui capacidade de 1,8 L, tampa de vidro removível para limpeza e função “manter aquecido” de até 8 horas. Além disso, conta com função sopa, timer de até 12 horas, desligamento automático, suporte de cozimento de verduras e legumes no vapor, e um copo medidor. Vantagens da panela elétrica. O alimento fica pronto em menos tempo, aproximadamente 20 minutos, enquanto a panela convencional leva em média 30 minutos. Outra vantagem: o arroz ainda fica soltinho. E o mais importante: não

precisa perder tempo acompanhando o processo. quando o arroz estiver pronto, a panela desligará sozinha e ainda manterá o alimento quentinho. Além do arroz, a panela prepara sobremesas, peixes, estrogonofe, legumes no vapor, entre outras delicias. Preparo na panela elétrica. A cada duas colheres (sopa) de arroz, coloque um copo de água. Acrescente sal, alho e cebola a gosto. Se quiser, refogue os temperos e depois acrescente o arroz e a água. Todos esses ingredientes devem ficar na cuba da panela. Tampe-a e selecione a opção “cozinhar”. Quando estiver pronto, a panela desligará automaticamente e entra na função “manter aquecido” para deixar o arroz quentinho.

ABERTURA, ENCERRAMENTO E REGULARIZAÇÃO DE EMPRESAS CONTABILIDADE EM GERAL E PARCELAMENTO DE DÍVIDAS (11) 3804-3764 AEXO.CONTABIL@GMAIL.COM


SÃO PAULO, JANEIRO / 2014 - ANO III - ED. nº 47

ANUNCIE (11) 2826-1082 / 97495-0743 (VIVO) / 95422-2040 (TIM)

Saiba quando procurar um oftamologista pela primeira vez O diagnóstico de doenças oculares na infância é muito difícil, pois é preciso que pais e professores observem qualquer queixa da criança. Para evitar que doenças graves se desenvolvam o ideal é realizar a primeira consulta até os três anos de idade e a segunda visita, entre cinco e seis anos. De acordo com Erika Silvino Rodrigues, oftalmologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, a avaliação inicial é feita logo após o nascimento, o chamado ‘teste do olhinho’. Com ele, é possível ver se há algum obstáculo ou alguma opacidade que impeça a entrada de luz no olho. O teste do olhinho pode identificar problemas como catarata congênita, cicatriz na córnea e até mesmo tumores. “Crianças prematuras com peso inferior a 1500g ou que

necessitaram de oxigênio após o nascimento e filhos de mães que tiveram problemas de infecção durante a gestação, precisam fazer exame detalhado da retina – mapeamento de retina – pois há risco de comprometimento da visão durante a formação”, explica a especialista. Como identificar os problemas nos pequenos? Até os seis meses, é comum o olhinho da criança tremer esporadicamente, assim como entortar. Isso porque, nessa idade, a criança não tem a musculatura do olho bem desenvolvida. “No entanto, se o tremor for constante ou olhinho ficar sempre torto, os pais devem procurar um especialista.” Além disso, dores de cabeça, vermelhidão nos olhos e o

ato de franzir a testa podem ser outros sintomas para sinalizar anormalidades na visão de crianças. Cerca de 10% delas com menos de quatro anos necessitam de óculos. De acordo com dados recentes do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, o número chega a 20% entre crianças até 10 anos e 30% para o grupo de adolescentes. Ainda de acordo com a oftalmologista, a falta de interesse dos pequenos por algumas atividades pode ser sinal de algum distúrbio visual. Ao detectar esses sintomas, é possível evitar problemas no desempenho escolar da criança. As soluções mais indicadas A redução da visão em um dos olhos dificilmente é notada por pais ou professores. Esta precisa ser diagnosticada pre-

cocemente para que possa ser feito estímulo na visão fraca. “Essa estimulação é realizada por meio da oclusão (tampão) do olho saudável, para que a criança force a outra visão, estimulando a área responsável pela formação da imagem.” Entretanto, crianças acima de cinco anos já apresentam a área responsável pela imagem desenvolvida e por isso é preciso consultar um médico antes dessa idade. Pais e professores devem ficar atentos. Os principais problemas visuais em idade escolar são a miopia, hipermetropia e astigmatismo, conhecidos como erros de refração que podem ser corrigidos com o uso de óculos. Caso o pequeno necessite do uso de óculos, as visitas ao oftalmologista devem ser feitas entre seis e 12 meses, seguindo sempre a orientação médica.

13

Passeio Ciclístico de Verão 25 de janeiro (sábado de feriado) aniversário de São Paulo. Concentração na esquina da Represa de Guarapiranga (Pq. da Barragem), Altura do 1.000 da Av.Atlantica Se você adquirir a camiseta do Passeio (R$20,00), vai concorrer a uma linda Bicicleta, além de acessórios para a sua Bike e camisas de Ciclismo da ASCIBIKERS. No final do Passeio um suco geladinho para repôr as energias. Circuito pela região na distância de 14 km em ritmo de passeio. Realização e organização: ASCIBIKERS - Associação de Ciclismo da Gde. S.Paulo Participação da Subprefeitura Capela do Socorro e da Guarda Civil Metropolitana. Apoio/Divulgação: JE Noticias


14

SÃO PAULO, JANEIRO / 2014 - ANO III - ED. nº 47

ACESSE: www.portalje.com.br

Crianças e férias: como brincar de maneira saudável Época de férias, tempo de relaxar, descansar, recarregar as energias e brincar. No entanto, quem tem criança em casa sabe que os cuidados com os pequenos não param nunca. E nesta época de atividades e brincadeiras, a atenção deve ser redobrada. O mesmo vale para a saúde, que mesmo no verão requer cuidados específicos. É o caso das doenças respiratórias crônicas, como asma, que mesmo apresentando menos exacerbações no verão, não deve ser esquecida. Os cerca de 20% das crianças e 7% dos adultos portadores da doença devem manter a rotina de tratamento, bem como as

visitas periódicas ao pneumologista. “Nesta época do ano, podem ser indicados medicamentos preventivos, que serão utilizados mesmo sem a ocorrência de crises. Estes cuidados são importantes para que esta criança tenha uma vida normal, podendo brincar ou correr como qualquer outra. Somente se estiver em crise é que orientamos não fazer esforço físico e procurar o médico”, explica a doutora. Feito isso, de acordo com a dra. Daniela Wickbold Gancz, membro do Departamento de Pediatria da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT),

a ideia de que crianças portadoras de asma devem ficar restritas de certas atividades é puro mito. “Muitas famílias têm medo que as crianças asmáticas tenham contato com areia, brinquem na piscina, andem descalças ou até mesmo tomem sorvete. É muito importante frisar que tudo isso é mito popular. A criança que tem um vírus incubado em seu organismo, pode manifestá-lo justo no dia em que coincidentemente entrou na piscina.” Embora o inverno ainda seja o grande vilão destes pequenos pacientes, pois facilita a propagação dos vírus, facilitando as infecções e a

piora dos sintomas de rinite e asma, no verão o atendimento médico pode ser necessário. “As crises de asma podem ser desencadeadas por vários motivos, cada criança tem um fator desencadeante. A variação brusca de temperatura não é o único. Contato com alérgenos como o pó, cigarro ou odores fortes também podem desencadear os sintomas”, explica a especialista.

a casa devem ser deixados de lado. Especialmente no caso de famílias com membros asmáticos, vassouras e espanadores devem ser substituídos pelo pano úmido, evitando os produtos de limpeza perfumados e com cheiro forte. Desta maneira, a sujeira e o pó serão retirados sem levantá-los, para não prejudicar os doentes. Outro problema muito frequente dentro de casa é o fumo. O tabagismo está hoje entre os maiores agravantes Cuidados dentro e fora de do ambiente. casa “Uma mãe que fuma Verão é tempo de brincar na gestação aumenta em fora de casa, longe da televi- 50% da chance de ter um são ou do videogame. Nem filho asmático”, relata a dra. por isso os cuidados com Daniela.


ANUNCIE (11) 2826-1082 / 97495-0743 (VIVO) / 95422-2040 (TIM)

SÃO PAULO, JANEIRO / 2014 - ANO III - ED. nº 47

15

PROCURE O SEU AMOR NESTA COLUNA

SÓ TEXTO: GRÁTIS COM DESTAQUE OU FOTO R$ 10,00 LIGUE (11) 2826.1082/3804.3764

SEJA UM PATROCINADOR DESTA COLUNA! ANUNCIE.

...NOVOS CORAÇÕES.

ANUNCIE

(11) 2826.1082 (11) 3804-3764 (11) 9.7495.0743 (VIVO) (11) 9.5422-2040 (TIM)

Fabio, interesse em conhecer moças entre 18 a 29 anos. Fone: (11) 95820-2246 Tim

Professora universitária Vani, 48 anos, gostaria de conhecer homens para amizade ou futuro relacionamento com idade superior a 48 anos. (11) 5666-5686

Maria Zilda, 49 anos, procura relacionamento sério na zona sul. F: 96809-2497 Oi.

Loira, procura pessoas para amizade, tenho 1,67m, 65 anos. F: 98302-9555 (TIM) F: 98897-9413 (Claro)

NOTÍCIAS DOS FAMOSOS www.tutube.com.br

Homem procura mulheres para relacionamento sério, de 25 a 45 anos, que resida na zona sul. Nei Santana, F: 9.6359-1855 (TIM)

Ane, 55 anos, gostaria de conhecer homens para amizade ou futuro relacionamento, com situação definida, que goste de se divertir e de animais. Se você se encaixa me ligue: 9.80209590 (Oi) ou 9.5489-2427 (TIM)

Jefferson 28 anos gostaria de conhecer mulheres de 22 a 32 anos. Relac. Sério ou Amizade. TIM 95834-5280 / vivo 97108-1007

Simone, 21 anos, procura homem a partir de 30 anos. Fone: 9.6680-8204 (Oi)

Morena, 1,61m, 55 kg, gostaria de rapazes de 30 a 38, trabalhador, honesto e sincero. Oi - 9.5758-6494 / Vivo 9.7440-4643

Elcio, 65 anos, gostaria de conhecer mulheres acima de 55 anos que morem em Santo Amaro. 94645.5739 Oi 98158-8844 TIM

Willians, oriental, 44 anos, procura moças orientais ou não com idade entre 32 a 40 anos para relacionamento sério sem vícios. Fone: 95347-8474 TIM

Jaime, 28 anos gostaria de conhecer mulheres de 22 a 35. Telefone 95368-5229

Lucio, 35 anos, procura mulheres de 35 a 37 anos, para relacionamento sério ou amizade. Fone: 98763-0383 TIM

Harry, 28 anos, moreno de olhos verdes, quer conhecer mulheres a partir de 18. F: 98216-6072 TIM / 99244-1042 Claro.

Kamilla procura homens honestos para relacionamento, acima de 50 anos. F: 96241.5310 (Oi)

Eu, mulher, procuro uma mulher. Você que está sozinha, me ligue. Maria Helena, 51. Fone: 95841-6763 TIM

Rogério, 23 anos, gostaria de conhecer mulheres de 19 a 23 anos, para relacionamento ou futura amizade. F: 94625-5175 Oi

Elisa, 40 anos, gostaria de conhecer homens acima de 35 anos. Fone: 9.6607-5220 (Claro)

Paloma, 19 anos, gostaria de conhecer homens de 20 a 24 anos, responsáveis, p/ relac. sério. Fone: 99321.7380

Franklin 31 anos, moreno claro, procura mulheres acima de 30 anos para relacionamento sério. 95291.6670

Homem 51 anos grau superior procura mulher evangélica ou espiríta para amizade ou algo mais. (11) 96642.8455

Fátima, 47 anos, gost. de conhecer homens, idade entre 47 a 59 anos, p/ relac. sério. Fone: 98702-4590


16

Sテグ PAULO, JANEIRO / 2014 - ANO III - ED. nツコ 47

ACESSE: www.portalje.com.br


JE Notícias - Ed. 47 - Janeiro/2014