Page 1

Hist贸ria do Design [B谩sico]

Hist贸ria do Design [B谩sico] Profa. Marcela Bezerra, Ma.


Ementa:

Estudo dos principais movimentos históricos do design, com foco no final do século XIX até os dias atuais, observando seus aspectos estéticos, tecnológicos, sociais, culturais e econômicos. •


Objetivos (gerais):

Desenvolver no aluno o entendimento dos principais movimentos que influenciaram o Design, bem como estimular o entendimento crítico sobre a história e a construção do design. •


Objetivos (específicos):

- Operacionalizar os conceitos semióticos estudados através de exercícios de decodificação das linguagens desenvolvidas pelos designers de forma cronológica;

- Visualizar a integração do design e demais expressões culturais que utilizam largamente a imagem (cinema, televisão, propaganda, internet, etc).


Conteúdo:

O que é a atividade e o qual o objeto do design;

Imprensa e revolução dos tipos móveis;

Revolução Industrial e industrialização;

As escolas [Bauhaus, ULM];

Os movimentos artísticos / vanguardas modernistas;


Design pós-guerra / pós moderninsmo

Design no Brasil;

Design contemporâneo;

Expoentes do design contemporâneo.


Metodologia:

Aulas teóricas e práticas com material de apoio visual, exibição de filmes e documentários, discussão de textos, análise de imagens, trabalhos práticos, seminários e orientações de projetos. •


Avaliação:

Os alunos serão avaliados semestralmente através de uma prova individual. •

O também será solicitado aos alunos a realização de trabalhos práticos e apresentações orais para compor a nota da unidade. •


:: Lembretes importantes ::

1/4. Horários Início das aulas •8h – 12h •


2/4. Freqüência/faltas •

Cada dia corresponde a 4 faltas;

Um encontro semanal - terças-feiras.

Chamadas feitas respeitando alunos de cidades circunvizinhas e possíveis atrasos/ausências;

Cada aluno pode ter até 15 faltas [corresponde a 25% das aulas, 4 dias].


Por ordem do MEC, faltas só serão abonadas em caso de doença infecto-contagiosa, recrutamento militar ou morte de familiares devidamente comprovados; Aluno matriculado, mesmo não estando na ata, deve vir para aula.

100% frequência = 1 ponto somado à segunda nota


3/4. Avaliação •

Disciplina com duas notas semestrais, com possibilidade de trabalhos diversos para compor as notas ao longo das aulas; Avaliação 1 - teórica, porém com aplicações práticas para contextualização dos conteúdos. Nota atribuída - de 0 a 10, podendo ter atividades para somar e dividir resultando na média;


• •

Avaliação 2 – prática. Atividade que mescla os conteúdos vistos ao longo do semestre e finaliza com a aplicação prática de um projeto de design. Nota atribuída - de 0 a 10. As etapas desenvolvidas durante a confecção do projeto formarão a nota final.


Metodologia de avaliação •

Conceitual – corresponde ao domínio e manejo dos conceitos básicos vistos em sala de aula; Atitudinal – corresponde ao processo de produção individual e coletivo dos alunos. Possivelmente serão propostas atividades para contemplar o conteúdo visto em sala de aula.


Quando aplicadas, as atividades terão pontuação gradual para compor a nota final. Quanto mais participação nas atividades, maior o percentual oferecido na nota. As notas serão atribuídas aos conteúdos apresentados e à participação do aluno nas atividades.

Só é permitido realizar uma segunda chamada por disciplina, e, quando houver falta pelos motivos de possível abono já citados no item 2/4.


4/4. Material de estudo •

Além das aulas, textos de livros, monografias/dissertações/teses e artigos estarão também disponíveis para aprofundamento dos conteúdos.


:: Encontros


Bibliografia: AZEVEDO, Wilton. O que é Design. •São Paulo: Brasiliense, 1988. •

BÜRDEK, de produtos. SP: Edgard Blücher, 1º edição, 2006. Bernhard. Design: história, teoria e prática do design •

CARDOSO, Rafael. Uma introdução à história do design. SP: Edgard Blücher, 1999. •

CARDOSO, Rafael. O design brasileiro antes do design. SP: Edgard Blücher, 2005. •


Bibliografia:

FIELL, Charlotte; FIELL, Peter (eds). Design for the 21st century. Köln: Taschen, 2003. •

HESKETT, John. Desenho industrial. Rio de Janeiro: José Olympio, 2006. •

HOLLIS, Richard. Design Gráfico: uma história concisa. São Paulo: Martins Fontes, 1994. •

LIMA, Guilherme Cunha. O Gráfico Amador: as origens da moderna tipografia brasileira. Rio de Janeiro: UFRJ, 1997. •


Bibliografia:

NIEMEYER, Lucy. Design no Brasil: origens e instalação. Rio de Janeiro: 2AB, 1998. •

MEGGS, Phillip. A History of Graphic Design. Nova York: Van Nostrand Reinhold Company, 1983. •

PEVSNER, Nikolaus. Os pioneiros do desenho moderno: de William Morris a Walter Gropius. São Paulo: Martins Fontes, 2002. •

SOUZA, Pedro Luiz Pereira de. Notas para uma história do design. Rio de Janeiro: 2AB, 2000. •

TAMBINI, Michael. O design do século. São Paulo: Ática, 2000.


Hist贸ria do Design [B谩sico]

Aula 01  

Aula 1 - Básico História do Design - Manhã Prof. Marcela Bezerra

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you