Page 1


Publicação editada na íntegra ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

SUMÁRIO FILOXENIA A Nossa Experiência Leonardo da Vinci

3

ERASMUS IN VISEU Spring 2012

5

INFORPOLIS Tomada de Posse da NOVA VICE-PRESIDENTE DA ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE VISEU

7

Empossada Presidente do CONSELHO PEDAGÓGICO da escola Superior de Educação de Viseu

8

SUMMER SCHOOL

9

Escola Superior Agrária levou 40 Participantes a OBSERVAR e DESENHAR a BIODIVERSIDADE do FONTELO

10

ANIMAÇÃO SOLIDÁRIA III EDIÇÃO

11

EM FOCO

2

PROTOCOLO Instituto Politécnico de Viseu Celebra protocolo de Cooperação com a Universidade Eduardo Mondlane (Moçambique)

12

Colégio da Via Sacra na Escola Superior Agrária de Viseu “UMA SEMANA DE FÉRIAS – UM DIA NA ESAV”

14

AUXILIAR DE MEMÓRIA

16


FILOXENIA

A Cooperação Internacional no IPV Ana Cordeiro Ex-aluna do curso de Educação de Infância - ESEV anammcordeiro@hotmail.com Sónia Pereira Ex-aluna do curso de Secretariado de Administração - ESTGL sonia.pereira@ul.ie

Sete meses passaram desde o dia em que recebemos o email que iria mudar as nossas vidas: fomos selecionadas para a realização de um período de formação profissional na Irlanda durante seis meses. Já pressentíamos que a nossa vida estava prestes a mudar e que uma grande oportunidade nos tinha sido dada. Decidimos rumar a terras irlandesas com as malas carregadas de sonhos, espírito aberto e alguns medos, claro! As três primeiras semanas foram vividas em Bandon, uma pequena vila com poucos atrativos. As manhãs eram passadas no curso de Inglês e as tardes eram uma indecisão entre irmos à biblioteca…ou à biblioteca, uma vez que pouco mais havia para fazer. Apesar de tudo, foi indubitavelmente a melhor forma de nos adaptarmos a uma nova vida, uma outra língua e a uma cultura distinta. A simpatia dos irlandeses evidenciou-se desde cedo e como na Irlanda sê irlandês, o ritual de iniciação da cerveja teve de acontecer. Conhecemos pessoas de diferentes nacionalidades, algumas das quais podemos chamar de amigas e apesar daquela chuva que insistia em não desaparecer, nunca deixámos nada por ver ou fazer e vivemos cada minuto intensamente! Chegado o momento de fazermos as entrevistas nas potenciais instituições onde iríamos estagiar, os nervos apoderaram-se de todos. Estava muito em jogo, o medo de falhar estava também presente e o facto de não ser na nossa língua materna fazia com que a situação não fosse muito confortável. Ultrapassado isto, ficámos finalmente a saber onde iria ser o nosso local de estágio e qual seria a cidade onde iríamos ficar nos meses seguintes.

A Nossa Experiência Leonardo da Vinci

3


Fomos colocadas em locais diferentes. A Ana em Cork e a Sónia em Limerick, e tivemos de enfrentar mais uma mudança assustadora num curto espaço de tempo. Não sabíamos o que nos esperava, tudo era uma novidade e pela primeira vez estava cada uma por si. A cidade desconhecida, a casa onde iríamos viver, a família que nos iria acolher e principalmente o nosso local de estágio. Tendo sempre presente que o que estávamos a viver era algo especial e pelo qual ansiámos durante muito tempo, não conseguimos deixar de sentir aquele friozinho na barriga nem impedir as lágrimas de correr. A sabedoria popular diz que “O que não nos mata torna-nos mais forte”. Esta experiência é a prova viva desse mesmo ensinamento. Sentimo-nos perdidas, sozinhas, desamparadas e com a total consciência que a nossa família, os nossos amigos, o nosso país, a nossa língua, tudo aquilo que mais precisávamos não poderia estar presente. Mas sem dúvida que a experiência nos fortaleceu enquanto seres humanos.

4

No dia 5 de março iniciou-se o estágio, em sítios bastante distintos. A Ana, enquanto licenciada em Educação de Infância, estagiou na Montessori School e a Sónia, enquanto licenciada em Secretariado de Administração, estagiou na University of Limerick. Naturalmente que os primeiros dias, até semanas, foram de adaptação a uma nova realidade, novos colegas de trabalho e uma maneira de trabalhar diferente da que estávamos habituadas. No entanto, estivemos sempre de espírito aberto, dispostas a aprender e a tirar o máximo partido do que nos estava a ser transmitido. Cientes que estávamos a representar o nosso país e o Instituto Politécnico de Viseu, tentámos sempre ter uma atitude humilde e de aprendizagem. A poucas semanas de terminar esta experiência que mudou para sempre as nossas vidas numa proporção que nem nós mesmas estaríamos à espera, o balanço final é amplamente positivo. Para nós, o Programa Leonardo da Vinci termina em agosto e da melhor forma. Foi-nos proposto um contrato anual de trabalho nos nossos locais de estágio. Sentimos que o nosso esforço foi recompensado e é com grande alegria que em setembro rumaremos novamente a terras irlandesas. Existem mensagens que marcam um momento e queremos partilhar uma oração irlandesa que sempre nos acompanhou nesta caminhada.

May God give you. For every storm, a rainbow For every tear, a smile For every care, a promise And a blessing in each trial. For every problem life sends, A faithful friend to share. For every sigh, a sweet song, And an answer for each prayer.


ERASMUS IN VISEU Spring 2012 My name is Ewelina Czykieta and I am from Poland. I study in Wroclaw, in the south-western part of the country. This is a city with over 600 thousand citizens. It has 8 public universities and even more private schools so it is called a typical, student friendly and young town. Without regret, I can say that Wroclaw never sleeps. The Market Square is full of restaurants and cafes; there is also a quarter only with bars and discos, perfect for young people. During whole day and evening we can admire the biggest multimedia fountain in Poland and use free bikes. Wroclaw is situated on the Odra River, the second-longest river in Poland so we can rent canoes, take cruises and admire more than 100 bridges! It was also one of the host cities of the UEFA EURO 2012 so, the stadium, an impressive and modern airport, a renovated main train station are new recognizable places. Wroclaw is also the seat of a huge amount of international companies like HP, Google or LG. After such big city I reached Viseu. It seemed to be a calm town. Palms, oranges threes, beautiful views – these were my first observations by which I immediately fell in love with Portugal. Also life style was totally different. People were not in hurry; everybody has time to drink a coffee,

talk a bit with a neighbour or stop the car on the zebra crossing to let the walkers cross the street. Porto Wine, CR7, Fatima, Euro 2004 – these were my first thoughts about Portugal before choosing it as my Erasmus destination. Deciding on my Erasmus I tried to deepen my knowledge from the Poland furthest away country in Europe. So I got more information about Lisbon, Guimarães (European Capital of Culture 2012), Coimbra (the student city), and Algarve (the centre of holidays). Now, when I am sitting at home in my living room trying to resume my trip, I raise many memories of the great people I met, magnificent places I visited, delicious food I tried and new life style I lived during 5 months. I left Poland in the middle of winter. Outside temperature reached -15 degrees and at my home I felt like in movie close to the fireplace with a cup of hot tea. When I and my friend Agata left the plane in Porto there was a beautiful sun and +15 during the day. The situation changed at the night because Portuguese do not use to have heating at homes so we even did not have to turn on our fridge – we lived in such cold flat that we had to go out to warm up! We took only few sweaters which we thought not to use in “hot Portugal”! In fact, our swim suits had to wait till May.

Ewelina Czykieta Erasmus Student from Wroclaw University of Economics, Poland ewelinaczykieta@gmail.com

5


We met lots of Portuguese’s who told us that in this country it was raining almost nonstop. We could not have believed them. Unfortunately we did not have to wait long because on April we forgot how it is to have dry shoes! On my Erasmus I attended the Entrepreneurship International Semester at the Polytechnic Institute of Viseu, School of Technology and Management (Instituto Politécnico de Viseu, ESTGV). From the beginning to the end, I could have counted unlimited support from ladies who work at the international office. It made my stay a stress and hassle-free. I attended lots of subject. Some of the classes I had with Portuguese students helped in deepening international integration. Most of professors tried to teach us in an interesting way, motivating us to creative individual work or in groups. Moreover, we also had Portuguese classes, 6 hours a week, so we can call it intensive language course. It helped us with the basic conversation on everyday situation in shops, bars and restaurants. Any Erasmus student had problems because, luckily, everybody had their own mentor who was a support but, first of all, a good friend. I would like to take this opportunity to say “muito obrigada” to some of my biggest friends, especially to my mentor Tiago Duarte Gonçalves, Nuno Santos and David Teixeira – without them my Erasmus would be totally different and boring. I will recall my short Erasmus period as the one of the best moments of my life. I will never regret my decision of studying in Viseu and I am sure that I will visit this city in the future. Moreover, I will encourage my friends to come to this place because of the amazing atmosphere, friendships for life and a feeling of being at home. * Texto editado por Sandra Familiar – Serviço de Relações Externas do IPV

6


INFORPOLIS Joaquim Amaral Gabinete de Comunicação e Relações Públicas - IPV jamaral@pres.ipv.pt

Os Serviços Centrais do Instituto Politécnico de Viseu (IPV) acolheram em 19 de Julho a cerimónia de tomada de posse da nova Vice-Presidente da Escola Superior de Educação de Viseu (ESEV). Este ato público surge no seguimento do despacho de designação proferido pela Presidente da ESEV, datado de 18 de julho e homologado no dia 19 do mesmo mês pelo Presidente do Instituto. Na presença da comunidade académica da instituição, o Presidente do IPV, Engenheiro Fernando Sebastião, conferiu posse à Professora Doutora Maria Isabel Rola Rodrigues Abrantes, Professora Coordenadora, que passa a partir desta data a exercer funções como VicePresidente da Escola Superior de Educação de Viseu. Na sua breve alocução, a nova Vice-Presidente da ESEV agora empossada, que substitui no cargo o Prof. Doutor Belmiro Tavares da Silva Rego, agradeceu e cumprimentou os presentes e relevou a honra que sente em “integrar uma equipa com a excelência do trabalho que tem desenvolvido”. Uma última palavra para referir o seu empenho total em continuar o legado do seu antecessor e a forte convicção de que “tudo farei para bem servir a nossa instituição”. O Presidente do Instituto, na sua intervenção, relembrou a fase particularmente complexa que atravessamos, com os constrangimentos de ordem financeira por todos conhecidos, ressalvando, no entanto, a existência de alguns indicadores portadores de esperança. Concluiu a sua intervenção exortando os presentes e toda a comunidade do Instituto “a um espírito de colaboração permanente entre todos, de forte empenho e compromisso, porque só dessa forma conseguiremos aguentar e superar este contexto de grandes dificuldades e transformações em que vivemos”.

Tomada de Posse da NOVA VICE-PRESIDENTE DA ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE VISEU

7


Empossada Presidente do CONSELHO PEDAGÓGICO da Escola Superior de Educação de Viseu

Joaquim Amaral Gabinete de Comunicação e Relações Públicas - IPV jamaral@pres.ipv.pt

No ato público que decorreu no dia 5 de julho na sala do Conselho Geral, perante a comunidade académica da instituição, o Presidente do Instituto Politécnico de Viseu, Engenheiro Fernando Sebastião, conferiu posse à Presidente do Conselho Pedagógico da Escola Superior de Educação de Viseu (ESEV). A Prof.ª Doutora Esperança do Rosário Jales Ribeiro, Professora Coordenadora da ESEV, foi reeleita para o segundo mandato consecutivo. Na sua alocução, a empossada cumprimentou os presentes e agradeceu a confiança nela depositada uma vez mais para o exercício deste cargo. Concluiu a sua breve intervenção com um sentido pensamento “a instituição para mim está acima de tudo, e é pela instituição que prometo dar o meu melhor”. O Presidente do IPV, num breve discurso, felicitou a empossada pelo trabalho desenvolvido e endossou votos de continuação de um trabalho de excelência, deixando ainda “uma palavra de reconhecimento pelo espírito de missão revelado pelas pessoas que se disponibilizam para desempenhar estes cargos na conjuntura atual”. Este ato público surge no seguimento da eleição ocorrida no dia 29 de junho no seio do Conselho Pedagógico da ESEV e do despacho de homologação do Presidente do IPV com data do dia 3 do presente mês.

http://www.facebook.com/pages/Instituto-Polit%C3%A9cnico-deo IPV no FACEBOOK Viseu/112046315476577?ref=ts

8


SUMMER SCHOOL O evento Summer School é dirigido aos alunos do ensino básico e secundário, com o objetivo de propiciar aos mesmos uma perceção sobre o IPV-ESTGV e em simultâneo a participação em múltiplas experiências na área da eletrotecnia. O dia é preenchido com atividades lúdicas, tais como jogos (mini-golfe, malha, entre outros), a condução de protótipos de veículos elétricos (a moto 4, o trator corta relva) e por atividades experimentais, tais como construir um rádio, uma buzina alimentada a energia solar, ou mesmo um sensor de rega para plantas. O evento, criado há três anos pelo Departamento de Engenharia Eletrotécnica, sob a orientação do Eng. Paulo Correia, decorre no início das férias de verão, tendo o número de participantes aumentado exponencialmente. Deste modo, cada ano o objetivo é aumentar e diversificar as atividades e as experiências, trazendo cada vez mais a comunidade visiense até à instituição.

Departamento de Engenharia Eletrotécnica - ESTGV - IPV elect@estv.ipv.pt

9


Escola Superior Agrária levou 40 Participantes a OBSERVAR e DESENHAR a BIODIVERSIDADE do FONTELO

10

Ester Araújo Gabinete de Comunicação e Relações Públicas - IPV earaujo@pres.ipv.pt

“Observar e Desenhar a Biodiversidade do Parque do Fontelo” foi o nome da atividade promovida no dia 17 de julho pela Escola Superior Agrária (ESAV) do Instituto Politécnico de Viseu, enquadrada no programa Biologia no Verão 2012 da Ciência Viva. Tratou-se de um percurso interpretativo pela biodiversidade arbórea e arbustiva do maior “pulmão verde” da cidade de Viseu, guiado pela docente Leónia Nunes e que envolveu cerca de quatro dezenas de participantes, entre jovens e adultos. A recebê-los estiveram a Presidente da Escola Superior Agrária de Viseu, Professora Paula Correia, e a Vice-Presidente, Engª Helena Esteves Correia. A sessão de boas-vindas decorreu junto ao emblemático portão do Fontelo. A ação, toda ela desenvolvida em contacto íntimo com a natureza, teve como ponto de partida o “Guia de Identificação das Espécies Vegetais do Fontelo”, resultante das atividades pedagógicas dos cursos de Engenharia Florestal e Agronómica da ESAV. O principal objetivo foi a elaboração de um diário de campo com base nas observações realizadas ao longo do percurso, do seu registo e material vegetal recolhido, de modo a permitir um melhor conhecimento da biodiversidade existente naquela mata. Um tarde inesquecível através de um percurso conhecido dos viseenses, mas que desta feita foi saboreado de forma diferente, com a observação e aquisição de conhecimentos que permitiram uma experiência única aos seus participantes.


ANIMAÇÃO SOLIDÁRIA III EDIÇÃO

No passado dia 7 de julho, no âmbito da Unidade Curricular de Técnicas de Animação Sociocultural inserida na licenciatura em Serviço Social, realizou-se a III edição do evento de solidariedade intitulado “Animação Solidária”, no auditório do Centro Social de Almacave, em Lamego. Este evento trata-se de um instrumento de avaliação da unidade curricular referida, com vista a dotar os alunos de competências a nível de planificação de atividades de acordo com o diagnóstico do público a intervir e a sua execução, permitindo trabalhar com vários públicos, desde a infância, sénior, portadores de deficiência, toxicodependentes, sem-abrigo, entre outros. Esta edição contou com cerca de 20 instituições provenientes de várias localidades, designadamente Lamego, Santa Marta de Penaguião, Peso da Régua, Ervedosa do Douro, Marco de Canavezes, Cumieira, Tábua, Viseu, Vila Real, Tarouca, Mesão Frio, Moimenta da Beira, entre outras, às quais a organização deste evento agradece o empenho e envolvimento com os alunos do 2º ano. Demonstrou-se, assim neste dia os frutos de um trabalho entre os alunos e os clientes das instituições parceiras ao longo do semestre. A “Animação Solidária” tem como missão unir instituições sociais de várias localidades, partilhando experiências,

Sílvia Machado Docente da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego - IPV smachado@estgl.ipv.pt

executando atividades socioculturais, inserindo alunos do serviço social na sua rotina, de modo a incutir-lhes competências in loco, no terreno com os clientes, planificando atividades de acordo com o diagnóstico individual e em grupo, demonstrando todo este trabalho num dia de solidariedade, promovendo uma iniciativa animada, de atuações partilhadas entre alunos e clientes, desde peças de teatro, atuações musicais, recreações, atividades físicas, entre outras. Este evento teve como objetivo realçar a capacidade pedagógica, interpessoal, expressão motora e inteletual, criatividade e originalidade, intervenção individual e em grupo, provocando uma quebra de rotina institucional com um dia em que o sorriso, alegria e animação foram os ingredientes. A ESTGL pretende envolver outras instituições em projetos, atividades e dias como este, na medida em que só através da cooperação e parcerias, é possível aliar a teoria à prática, preparando os alunos para a realidade e inserindo-os no seu público-alvo futuro, promovendo atividades animadas de solidariedade. A organização do evento agradece todo o empenho das instituições parceiras: Câmara Municipal de Lamego, Centro Social de Almacave, bem como à comunidade e amigos que se uniram para a organização e logística deste evento. A todos, um sincero agradecimento e para o ano há mais!

11


José dos Santos Costa Vice-Presidente do Instituto Politécnico de Viseu jscosta@pres.ipv.pt

PROTOCOLO Instituto Politécnico de Viseu Celebra Protocolo de Cooperação com a Universidade Eduardo Mondlane (Moçambique)

12

em FOCO


Assinatura do protocolo IPV/UEM

Nos dias 18, 19 e 20 de junho de 2012, realizou-se em Maputo, Moçambique, o “XXII Encontro das Universidades e Institutos de Língua Portuguesa”, cujas temáticas desenvolvidas foram a Acreditação e Qualidade, Pós-Graduação, Mobilidade e Internacionalização. O Instituto Politécnico de Viseu participou no referido Encontro, tendo ainda sido assinado, pelo Engenheiro Fernando Sebastião e pelo Professor Orlando Quilambo, um protocolo de cooperação com a Universidade Eduardo Mondlane (Moçambique), o qual consubstancia a mobilidade docente, discente e não docente entre as duas instituições e a possibilidade da elaboração de projetos comuns no âmbito da investigação. O IPV participou, ainda, na reunião da ASSESCA-PLP (Associação de Ensino Superior em Ciências Agrárias dos Países de Língua Portuguesa), cujos objetivos são promover a agricultura por meio de trocas de experiências e estudos em realidades distintas, possibilitar a participação dos estudantes em outros territórios e ampliar a formação e os horizontes dos futuros profissionais no mercado globalizado. No âmbito das temáticas desenvolvidas houve, também, a participação de um docente do IPV numa conferência alusiva à “Avaliação do Ensino Superior na ótica do estudantes”.

Prof. José Costa e o estudante Daniel Tembe (UEM)

Eng.º Fernando Sebastião, Prof. Veiga Simão, Profª Gizelda Barreto, Profª Rosa Martins e Eng.º. Pedro Rodrigues

13


Colégio da Via Sacra na Escola Superior Agrária de Viseu

“UMA SEMANA DE FÉRIAS – UM DIA NA ESAV” A Escola Superior Agrária de Viseu (ESAV) recebeu no dia 5 de julho, pelo segundo ano consecutivo, a visita dos estudantes do Colégio da Via Sacra, iniciativa inserida na política institucional de abrir as portas à comunidade onde está inserida. A visita de 35 crianças, do 1º ao 4º ano de escolaridade, no âmbito da Semana de Férias do Colégio da Via Sacra “Um Dia na ESAV”, contou com um programa diversificado e apelativo. Após a receção a alunos e professores, seguiu-se a visita guiada ao parque zootécnico, no qual foi possível o contacto com várias espécies animais (cabras, ovelhas, vacas, coelhos, entre outras). Ainda da parte da manhã, tempo para a visita

14

Joaquim Amaral Gabinete de Comunicação e Relações Públicas - IPV jamaral@pres.ipv.pt Escola Superior Agrária de Viseu - IPV esav@esav.ipv.pt


ao Centro de Enfermagem Veterinária – consulta do “Soneca”, medicação e cirurgia do “Fofinho”, onde os jovens “assistentes de veterinária” se prepararam a rigor com máscaras e toucas cirúrgicas. Depois de uma manhã intensa, pausa para o merecido almoço, degustado com o horizonte magnífico do pomar e da lagoa da quinta. A parte da tarde começou com uma ação de sensibilização sobre o papel da equipa veterinária (as principais dificuldades e os riscos profissionais), seguida das observações macroscópica e microscópica de exemplares de parasitas comuns e da visualização de peças anatómicas de várias espécies animais. Mas o programa ainda reservava mais algumas surpresas. Como o debate sobre temas relacionados com os nossos animais de estimação – o que devem comer, quais as principais causas de doença nos nossos animais de companhia e as vantagens e desvantagens da desparasitação e vacinação nos animais. O grande final foi preenchido com a execução de um jardim com plantas aromáticas e medicinais, o “Jardim Portátil” e com a visita à lagoa. Um dia em cheio, a repetir no próximo ano!

15


CONCURSO NACIONAL ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2012 CALENDÁRIO FASES 1ª 2ª 3ª

DATAS 16 julho – 10 agosto 10 – 21 setembro 27 setembro – 5 outubro

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS Ficha ENES 2012 (documento comprovativo da titularidade do curso do ensino secundário e da respetiva classificação e das classificações obtidas nos exames nacionais do ensino secundário correspondentes às provas de ingresso exigidas para ingresso nos pares estabelecimento/curso a que concorre); Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão; Senha de Acesso (obtida www.dges.mctes.pt);

através

do

site

da

DGES

-

Ficha de Pré-Requisitos 2012 (documento comprovativo da satisfação dos pré-requisitos que exigem a realização de provas de aptidão física, funcional ou vocacional, se necessários para os pares estabelecimento/curso a que concorre).

HORÁRIO DE ATENDIMENTO MANHÃ 09 – 12 Horas

TARDE 14 – 17 Horas


Web: www.essv.ipv.pt email: essvgeral@essv.ipv.pt

Telef 232 419 100 Telm 961 011 800 Fax 232 428 343

Escola Superior de Saúde de Viseu Rua D. João Crisóstomo Gomes de Almeida, N.º 102 3500-843 Viseu

- Propina – 1000 € por semestre ou 200€ em 20 mensalidades

- Seguro Escolar – 3,74 €

- Matrícula – 100 €

- Candidatura – 20 €

Emolumentos

Prof. Doutora Manuela Ferreira

Prof. Doutor Carlos Pereira

Coordenação do Curso

2) Os docentes de outras áreas poderão solicitar o reconhecimento da formação à posteriori

- Matemática e Ciências da Natureza (230)

- 1º. Ciclo do Ensino Básico (110)

- Educação Pré-Escolar (100)

1) A Direcção-Geral dos Recursos Humanos da Educação reconheceu o Mestrado para os seguintes domínios e áreas científicas:

Notas:

A elaboração e discussão de uma dissertação de natureza científica (1 Ano - 60 ECTS) confere o grau de Mestre em Educação para a Saúde (2º ciclo de acordo com Bolonha).

A aprovação na parte curricular (1 Ano - 60 ECTS) confere o direito a um diploma de Pós-Graduação e especialização em Educação para a Saúde.

Pós-graduação em Educação para a Saúde: 60 ECTS

Mestrado em Educação para a Saúde: 120 ECTS

Professores (Ensino Pré-Escolar, Básico, Secundário e Superior), Médicos, Enfermeiros, Psicólogos, Sociólogos, Assistentes Sociais e titulares de outras licenciaturas cujo currículo académico e profissional demonstre uma adequada preparação para a frequência do curso.

Destinatários

Período de Candidatura: até 27 de Agosto de 2012

2012/2014

Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde


para

a

integração

em

equipas

a

apropriação,

produção

e

O curso tem a duração de 2 anos e está organizado em 4 semestres. A obtenção do grau de mestre implica a realização de 120 ECTS e inclui a elaboração e defesa pública de uma dissertação.

educação e saúde decorrente das problemáticas associadas ao desenvolvimento humano.

 Capacitar para a consecução de ganhos em

disseminação do conhecimento contribuindo para o desenvolvimento da investigação;

 Incentivar

multidisciplinares no sentido de contribuírem para o desenvolvimento humano integral;

 Habilitar

liderança ajustadas aos desafios das organizações promotoras do desenvolvimento humano e saúde;

 Desenvolver capacidades de comunicação e

área do curso em situações de especial complexidade e nas interligações entre várias áreas;

 Desenvolver consciência crítica de questões na

dos estudantes de modo auto-orientado e/ou autónomo;

 Facilitar o desenvolvimento pessoal e profissional

área do curso, que sustentam a capacidade de reflexão original e ou investigação;

 Desenvolver conhecimentos especializados, na

O mestrado dá relevância ao desenvolvimento humano e problemáticas relacionadas com a saúde ao longo do ciclo vital. Visa:

Mestrado em Desenvolvimento Humano e Saúde

Web: www.essv.ipv.pt

Telefone: 232 419 100 E-mail: essvgeral@essv.ipv.pt

CONTACTOS

Rua D. João Crisóstomo Gomes de Almeida Nº 102 3500-843 VISEU

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DE VISEU

520 — Biologia e Geologia

230 — Matemática e Ciências da Natureza

este curso para o grupos de recrutamento

co e Secundário (ECD), a DGAE reconhece

Para efeitos do previsto no nº1 do artigo 54º do Estatuto de Carreira dos Educadores de Infância e dos Professores dos Ensinos Bási-

INICIO

- OUTUBRO 2012

Período de candidaturas: até 14 setembro 2012

2012/2014

HUMANO E SAÚDE

MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO

Escola Superior de Saúde

Instituto Politécnico de Viseu


INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu

ÉS BACHAREL OU LICENCIADO E PRETENDES UM CERTIFICADO DE APTIDÃO PROFISSIONAL? INSCREVE-TE NO CURSO DE

PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO DO AMBIENTE, QUALIDADE E SEGURANÇA (Com acesso ao CAP de Técnico Superior de Segurança e Higiene do Trabalho, nível 6)

ATÉ 28 DE SETEMBRO DE 2012

Mais informações em www.adiv.pt

Organização:

Contactos: ADIV – Associação para o Desenvolvimento e Investigação de Viseu Campus Politécnico, Repeses 3504 – 510 Viseu Telef. 232 480 662 Email. adiv@adiv.pt


Curso: Actualização Científica e Técnica de Segurança e Higiene do Trabalho (curso reconhecido pela ACT para renovação do CAP de TSSHT)

Objectivos: Este curso tem como finalidade dotar os formandos de competências que lhes permitam: Desenvolver conhecimentos sobre a interpretação e aplicação dos requisitos legais; Conhecer os novos requisitos legais de segurança, higiene e saúde no trabalho; Identificar as obrigatoriedades associadas a requisitos legais e respectivas evidências de cumprimento; Estabelecer uma base de conhecimento do novo Regulamento Geral de Segurança Contra Incêndios em Edifícios (RGSCIE) e as alterações introduzidas por este relativamente aos anteriores regulamentos que permita a sua eficaz aplicação, no desenvolvimento de projectos de edifícios; Interpretar e compreender a estrutura do Regime Jurídico e do Regulamento; Identificar as exigências preconizadas pelo Regime Jurídico e do Regulamento; Reconhecer as alterações mais significativas em relação à legislação anterior.

Destinatários:

O curso de Actualização Científica e Técnica de Segurança e Higiene do Trabalho é destinado a Técnicos Superiores de Segurança e Higiene do Trabalho que tenham exercido funções pelo menos 2 anos na área de Segurança e Higiene do Trabalho e que pretendam proceder à renovação do CAP de Técnico Superior de Segurança e Saúde no Trabalho.

Data de início prevista: 28 de Setembro de 2012 – 26 de Outubro 2012 Horário: Horário: Sexta-feira: das 19h00m às 23h e Sábados das 9h às 13h e das 14h às 18h Mais informações em www.adiv.pt


 

Curso em

EMPREENDEDORISMO Objectivos: Na actual conjuntura de mercado e de perspectivas profissionais, esta iniciativa destina-se a ajudar os participantes no sentido de, a partir de uma ideia de negócio, saber avaliar a oportunidade e a viabilidade económica do investimento a ela associada, bem assim como analisar alternativas de financiamento a esse projecto. Pretende-se, deste modo, dar a conhecer os conceitos básicos de análise económica e financeira a potenciais empreendedores que não dominem esta área do conhecimento, abrindo caminho para que os possam compreender, aplicar e elaborar um projecto empreendedor. Destinatários: • Alunos em anos terminais de licenciaturas ou de mestrados. •

Pessoas recentemente licenciadas ou mestradas.

Pessoas que, ainda que sem formação académica especial, se encontrem disponíveis para encarar alternativas profissionais, por conta própria.

Pessoas que, encontrando-se actualmente no mercado de trabalho, encarem a hipótese de um projecto pessoal e para o qual pretendam adquirir ferramentas de análise de oportunidade e de viabilidade dessa ideia.

Outros profissionais ligados ao investimento e ao financiamento de projectos.

Data de início prevista: 02 de Outubro – 31 de Outubro 2012 (10 dias de sessões duplas) Horário: Terças e Quintas-feiras: das 19h30m às 22h45m Mais informações em www.adiv.pt


QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 9001

SGS ACADEMY TRANSFORMING PEOPLE AND BUSINESSES


comunicação IPV

andamos por aí . . .

www.ipv.pt

Polistécnica - Informação IPV julho 2012 Proprietário e Editor Instituto Politécnico de Viseu Av. José Maria Vale de Andrade Campus Politécnico 3504-510 Viseu email ipv@pres.ipv.pt Tel. 232480700 Fax. 232480750/232480780 Diretor Fernando Sebastião Coordenação Maria de Jesus Fonseca, Joaquim Amaral Corpo Redatorial Joaquim Amaral, Ester Araújo Conceção Gráfica Paulo Medeiros Fotografia João Ferreira, Arquivo IPV, Colaboradores Edição on-line João Rodrigues ISSN 1647-6638

A Coordenação de Polistécnica agradece o envio de informação sobre atividades realizadas, eventos a ocorrer, ou outra julgada relevante, bem como comentários e/ou sugestões que visem uma melhor informação institucional. Os conteúdos devem ser enviados para:

polistecnica@ipv.pt

Polistécnica  

Boletim Informativo do Instituto Politécnico de Viseu

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you