Page 152

GovInt

suscetível de aumentar a probabilidade da pessoa vir a ficar nesta condição. O termo traduz, então, não um determinismo redutor do fenómeno a problemas rigorosamente definidos, mas pretende assinalar a diversidade de combinações de problemáticas (possíveis em cada caso) que encontramos presentes, com maior ou menor incidência, no fenómeno. Os casos particulares compõem “arranjos” diferentes e não é possível prever-se, apenas a partir da presença de problemáticas, quais serão as consequências (efeitos) para a vida da pessoa no que respeita ao seu acesso à habitação: se em alguns casos bastará o impacto de um único problema para que a pessoa passe a enquadrar-se no conceito de PSA, noutros casos, a presença de vários problemas poderá implicar, inevitavelmente, que a pessoa fique sem abrigo.

Objetivos e Metodologia A diversidade de problemáticas que incidem sobre a população em causa, torna este um fenómeno que atravessa fronteiras, tanto institucionais como administrativas, uma vez que os modelos organizacionais das instituições obedecem, tradicionalmente, a esquemas hierárquicos verticalizados e a procedimentos predefinidos de forma fixa (burocratizados), enquanto que os problemas complexos assumem forma diversificadas e em permanente transformação. No presente contexto impõe-se o desenvolvimento de novas lógicas de ação que permitam agenciar recursos e serviços ao longo de redes de parceria de maneira a tornar possível integrar, sob uma lógica comum de intervenção, as diversas (porém parciais) soluções oferecidas por cada ator social que intervém, ou que poderá vir a intervir, sobre o fenómeno. A constituição do grupo de trabalho de onde resulta esta reflexão revela a preocupação de convocar para o exercício prático do mapeamento do problema, diferentes visões sobre o fenómeno. Houve, então, o cuidado de integrar as perspetivas quer de profissionais de instituições públicas quer de instituições privadas, mas também de quem desenvolve a sua atividade tanto no âmbito técnico como no do voluntariado. Por outro lado, dispôs-se ainda da visão de elementos com diferentes níveis de responsabilidade: dois dirigentes, uma coordenadora de projeto, uma diretora de equipamento e técnicos. Os imperativos de se direcionarem os trabalhos para a dimensão prática e de se procurar o desenvolvimento de propostas mais centradas na obtenção de resultados do que propriamente no estabelecimento de novos procedimentos ou rotinas institucionais, levou a que se suspendesse momentaneamente os edifícios conceptuais disciplinares e que se começasse por enquadrar os problemas concretos, já não em áreas de problemáticas (Saúde; Emprego e Formação; Justiça; Adições; Indocumentação; etc.), mas nos campos práticos em que encontram expressão: Sociedade Civil; Poder Político Nacional/Local; Instituições Públicas; Emprego/Empregadores; Mecenato e Financiamento; Família; e Pessoa Sem Abrigo. Após concluída a definição destes campos, procedeu-se ao mapeamento dos aspetos/problemas sentidos como relevantes no contacto com a população, serviços que se lhe destinam e instituições sociais, recorrendo-se à técnica de brainstorming. Este mapeamento prolongou-se, posteriormente, 150

Profile for Instituto Padre António Vieira

Governação integrada: a experiência internacional e os desafios para Portugal  

Atas da conferências Internacional GovInt 15 a 16 de outubro de 2016

Governação integrada: a experiência internacional e os desafios para Portugal  

Atas da conferências Internacional GovInt 15 a 16 de outubro de 2016

Profile for ipav
Advertisement