Issuu on Google+

JORNAL

www.jornalinformante.com.br

@PaperInformante

INFORMANTE

Farroupilha Ano V - Edição 251 23 de novembro de 2012 R$ 2,00

COMPROMISSO COM A CIDADE

Matéria Especial

Inside

Festival de Arte Livre de Farroupilha inicia quarta Capa

Fabiano Gasperin

Política

Novo primeiro escalão

CPI deve ser instalada no Legislativo no próximo ano Página 10

Política

MP e Judiciário suspendem decisões do Plano Diretor Página 11

Educação

Plásticos Itália e Tecnovidro formam turmas do Pescar Página 13

Prefeito eleito, Claiton Gonçalves anuncia secretariado, chefias de Gabinete e de Coordenadoria de Comunicação e destaca que Conselho Político realizou um ótimo trabalho ao conciliar a experiência política com o conhecimento técnico, uma meta traçada desde sua criação – Páginas 2 e 3


2 | Sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Compromisso com a cidade

Matéria EspEcial Fotos: Fabiano Gasperin

O primeiro escalão do governo Claiton Definição do time de secretários é primeira ação a moldar futuro governo e revela cumprimento de uma promessa do novo prefeito logo após o resultado das urnas

U

ma mescla entre conhecimento técnico e político, sem privilegiar nem um ou outro aspecto mas, se possível, prezando os dois. Foi com essa diretriz que nasceu o Conselho Político instituído pelo prefeito eleito Claiton Gonçalves, para definir o novo secretariado. Criado no final do mês passado, com coordenação de Ansélio Brustolin e assessoramento de Jorge Fantinel, e com dois representantes de cada um dos cinco partidos que integraram a vencedora coligação Farroupilha Quer, Pode e Merece (PDT, PSB, PT, PCdoB e DEM), sendo um deles o presidente de cada sigla, o Conselho foi responsável por costurar o entendimento entre as legendas para a composição do primeiro escalão. Na quinta à tarde, na Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton, a linha de frente de Claiton e do vice Pedro Pedrozo foi apresentada. O prefeito eleito reforçou o discurso que pautou a sua campanha exitosa ao Executivo, frisou que fará um governo para todos e teceu elogios aos novos secretários. “Não tenho a menor dúvida que este time será reconhecido como grande construtor de um novo modelo de gestão que pretendemos implementar. Voltado para o social, mas também focado no desenvol-

vimento do município”, declarou Claiton, ressaltando que a composição ficou além de sua expectativa inicial. A celeridade na definição também foi alvo de análise. “Isso mostra que o entendimento, uma de nossas marcas na campanha, também fez parte deste trabalho e, por isso, chegamos a este resultado antes mesmo do prazo esperado”, destacou o futuro prefeito. Coordenador do Conselho, Ansélio Brustolin fez questão de enaltecer o diálogo honesto e transparente entre as siglas. “Foi uma discussão altamente qualificada, que facilitou todo o processo”, revelou Ansélio, que teve auxílio de Jorge Fantinel, que chefiará a Coordenadoria de Comunicação da futura gestão. O trabalho agora consiste em definir os novos escalões, que obedecerá a um critério de transversalidade, ou seja, via de regra, a pasta ocupada por um partido terá outras siglas em cargos imediatamente abaixo do secretário. Na divisão das Secretarias (confira na página ao lado), o PDT e o PT ficaram com três pastas, o PSB com duas, o DEM com uma e a titular da Educação, Cultura e Desportos, Mara Sandra Parlow, não possui filiação partidária, assim como Fantinel. A Chefia de Gabinete será ocupada pelo petista Ansélio.

Claiton anunciou secretariado ao lado de seu vice Pedrozo: ação marca início da nova gestão

Responsáveis pelo entendimento: Ansélio e Fantinel atuaram na coordenação do Conselho Político


Sexta-feira, 23 de novembro de 2012 | 3

Compromisso com a cidade

Matéria EspEcial

A nova linha de frente do Executivo Assistência Social e Cidadania

Desenvolvimento Econômico e Turismo

Educação, Cultura e Desportos

Finanças

Fernando Silvestrin (PSB)

Rogir Centa (PT)

Fabiano André Piccoli (PT)

Mara Sandra Parlow (sem partido)

José Henrique Machado dos Santos (PDT)

Gestão e Governo

Habitação

Meio Ambiente

Obras, Serviços Públicos e Trânsito

Saúde

Francis Casali (PDT)

Luiz Ferdinando Nunes de Aguiar, o Iano (PDT)

Sílvio Marchetto (DEM)

Roque Severgnini (PSB)

Luís Geraldo Melo (PT)

Fotos: Fabiano Gasperin

Agricultura e Abastecimento


4 | Sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Editorial

ExpEdiEntE rEdação - redacao@jornalinformante.com.br Elisa rossi kEMMEr elisa@jornalinformante.com.br raMon cardoso ramon@jornalinformante.com.br Vitória loVat vitoria@jornalinformante.com.br coMErcial - comercial@jornalinformante.com.br FaBiano gaspErin gasperin@jornalinformante.com.br MarcEla kuHn marcela@jornalinformante.com.br VandErlEi BortoncEllo vande@jornalinformante.com.br artEs - artes@jornalinformante.com.br Bruno gaspErin bruno@jornalinformante.com.br MarcElo Bortagaray MEllo marcelo@jornalinformante.com.br assinaturas - assinaturas@jornalinformante.com.br JociélE Mota dos santos jociele@jornalinformante.com.br assinatura anual: r$ 95,00 assinatura sEMEstral: r$ 50,00 FinancEiro - financeiro@jornalinformante.com.br kEli dE alMEida MaciEl keli@jornalinformante.com.br logística - logistica@jornalinformante.com.br luiz carlos dE andradE luiz@jornalinformante.com.br Editorias EconoMia: economia@jornalinformante.com.br cidadE: cidade@jornalinformante.com.br política: politica@jornalinformante.com.br Educação: educacao@jornalinformante.com.br sEgurança: seguranca@jornalinformante.com.br EsportE: esporte@jornalinformante.com.br insidE: inside@jornalinformante.com.br social: social@jornalinformante.com.br sEçõEs EspEciais Boca-dE-urna: bocadeurna@jornalinformante.com.br prEliMinar: preliminar@jornalinformante.com.br sétiMa artE: setimaarte@jornalinformante.com.br tElEFonEs (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203 EndErEço rua dr. JaiME roMEu rösslEr, 348, Bairro planalto colunistas arMando WartHa crônicas da rEdação FláVio lopEs lauro Edson da cás

BEnaMi spilki FaBrício oliBoni laura cristina nardi callEgari

FEcHaMEnto coMErcial Quarta, às 12H tiragEM 4.000 ExEMplarEs

ÍndicE

edItorIal

Matéria EspEcial .................................páginas 2 E 3 Editorial E opinião ..............................página 4 EconoMia .............................................páginas 6 E 7 cidadE .................................................página 8 política ...............................................páginas 10 E 11 Educação.............................................páginas 12 E 13 sEgurança ...........................................página 14 EsportE ...............................................página 15

InsIde

Compromisso com a cidade

EspEcial...............................................capa crônicas da rEdação ..........................página 2 Música .................................................página 2 cinEMas ...............................................página 2 VariEdadEs...........................................páginas 3 E 7 BEnaMi spilki .......................................página 3 social..................................................páginas 4 E 5 laura cristina nardi callEgari ..........página 6 tEatro .................................................página 6 Horóscopo ..........................................página 7 FaBrício oliBoni ...................................página 7 sétiMa artE .........................................contracapa saúdE, BElEza & Estética ....................4 páginas FarroupilHão 2012 ..............................4 páginas soBEranas dE FarroupilHa...................8 páginas classiFicados ......................................12 páginas

Corretores do Plano Diretor Ao longo da última semana, duas liminares concedidas pela Justiça farroupilhense, a partir de ações do Ministério Público (MP), reforçaram na comunidade o entendimento de que o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano e Ambiental (PDDUA) de Farroupilha necessita, de forma urgente, de uma profunda revisão. Quem sabe, de uma revogação completa do futuro governo. A mobilização fez com que o MP remetesse, à Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), informação diversa da recebida pelo órgão do Executivo, que poderia autorizar a licença para a instalação de um abatedouro

de aves nas proximidades do Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio. Em outro caso, um mandado de segurança impediu que uma alteração no Plano Diretor fosse processada sem a devida discussão com a comunidade (veja mais na Editoria de Política, página 11). Se levarmos em consideração as inúmeras emendas ao Plano, propostas no Legislativo, não resta dúvida que ele foi concebido de forma equivocada. Não são raras as manifestações, inclusive de profissionais da área, de que o PDDUA engessa o desenvolvimento da cidade. Aspecto que, por si só, já enseja uma profunda análise.

opinião

O impressionante crescimento do PSB Roque Severgnini * Finalizado o segundo turno das eleições municipais, é hora de fazer as contas e obter os resultados dos que ganharam e perderam neste pleito. Vem aí 2014, e vem baseado nos resultados obtidos por cada sigla partidária. É certo que todos já fizeram seus cálculos e seus desenhos geográficos da política de aliança vindoura. Ficarei apenas na avaliação de meu partido. O PSB obteve 8,6 milhões de votos. Foi a legenda que mais cresceu no País em número de prefeitos eleitos, pois saiu de 310 em 2008 para 442 em 2012. O Partido Socialista Brasileiro, comandado por seu presidente, Eduardo Campos, é o que mais elegeu prefeitos em Capitais. Venceu em duas no primeiro turno, Belo Horizonte e Recife. No segundo turno disputou a eleição em três Capitais: Porto Velho, Cuiabá e Fortaleza. Venceu em todas. Portanto, administrará cinco. Em Farroupilha, conquistamos nossa primeira bancada e com dois vereadores, Vandré Fardin e Rudmar Elbio da Silva. Também elegemos o vice-prefeito Pedro Pedrozo. No Rio Grande do Sul, o partido aumentou em 50% o número de prefeituras, passando de 12 para 18 prefei-

tos eleitos. Chama a atenção a reeleição do prefeito de Cachoeirinha, Vicente Pires da Silva, que obteve o maior percentual no Estado, com 71,87% dos votos. Obtivemos também êxitos em nossas alianças, onde participamos com a indicação do vice. Em 2008, elegemos 11 vices e agora, em 2012, passamos a ter 30 vice-prefeitos. Em relação aos vereadores, saímos de um patamar de 115 eleitos em 2008 para 205 nesta eleição. O PSB vem alcançando um protagonismo nacional. Nas eleições de 2010, conquistou o governo de seis Estados. Fortaleceu sua musculatura política e deverá influenciar nas eleições de 2014. A tendência de Eduardo Campos ser candidato a presidente da República é cada vez mais real. Não tenho dúvidas que, pela coerência política do PSB, ficaremos na base de apoio do governo Dilma e governo Tarso, mas não há dúvidas também que o Partido Socialista Brasileiro tem um objetivo e, a cada eleição, vamos sedimentando ainda mais as bases para que este sonho torne-se realidade. * Membro da direção municipal e estadual do PSB, chefe de gabinete do deputado federal José Stédile e futuro secretário de Obras, Serviços Públicos e Trânsito

Por que não se ouve os professores? Graziela Rossetto Giron * Apesar de várias experiências positivas estarem sendo desenvolvidas por diferentes educadores, infelizmente prevalecem notícias desanimadoras quando se fala na educação brasileira, principalmente se levarmos em consideração os índices e rankings internacionais. No entanto, vale refletir: é adequado utilizar parâmetros de aferição de qualidade de um sistema educativo, definidos por instituições alheias à realidade nacional e que utilizam critérios iguais para Países com realidades sociais, econômicas e políticas diferentes? Apesar de vivermos num mundo globalizado, temos culturas, saberes, interesses econômicos, políticos e realidades sociais muito diferenciadas do resto do mundo, que precisam ser respeitadas se quisermos formar cidadãos aptos a contribuir com o desenvolvimento do Brasil. Outra questão que merece destaque é por que os professores e os alunos, sujeitos diretamente envolvidos no processo de ensino e aprendizagem, estão sendo muito pouco ouvidos e consultados quanto à solução dos problemas educacionais brasileiros? Lógico que sempre é apropriado considerar a opinião de especialistas no assunto. Porém, quem está diretamente envolvido no processo educativo tem tido pouco

espaço para manifestar suas ideias com relação às inúmeras dificuldades que enfrenta, todos os dias, em sala de aula. A universalização da educação (desacompanhada da qualidade), a inclusão/exclusão de todos na escola (sem o devido respeito às diferenças), a progressão continuada (sem, muitas vezes, o aluno ter aprendido), a deficitária formação de professores (às vezes desconectada da realidade), são políticas educacionais que têm contribuído para desqualificar a importante função de educar. Neste sentido, eu pergunto: por que não se ouve as considerações daqueles que realmente efetivam a educação em nosso País? Se não acreditamos em nossos professores, por que colocamos sobre eles a responsabilidade de garantir o futuro da nação? E mais: é a educação a única responsável pelas mazelas do Brasil? Penso que enquanto não soubermos valorizar as ideais e os anseios da comunidade escolar brasileira, procurando “lá fora” propostas educacionais adequadas para nosso País, nunca teremos aqui “dentro” as condições necessárias para construir uma educação qualificada e, nem tão pouco, uma nação soberana. * Professora do curso de Pedagogia do CESF e mestre em Educação


Sexta-feira, 23 de novembro de 2012 | 5

Compromisso com a cidade

Quem deve julgar: os juízes ou o povo? Carlos Alberto Sandoval* pelo Tribunal do Júri O julgamento Popular do caso Bruno. goleiro do Flamengo, em Contagem (MG), reacendeu uma velha e quase já bem mofada discussão: quem realmente deve ter mesmo o direito de julgar: os juízes togados ou o povo? Para ajudar nos vossos raciocínios é preciso que façamos um exercício de memória: o goleiro Bruno do Flamengo, acusado de ter sequestrado, matado e ocultado o corpo de sua ex-namorada Eliza Samudio e agora estar sendo julgado pelo Tribunal do Júri Popular, juntamente com seu amigo Macarrão, traz para o debate a velha questão do julgamento ser ou não ser feito por pessoas comuns, ou seja, o povo julgando o povo. Por ser definido e referendado pela Constituição Federal de 1988 que “todos os crimes doloso contra à vida - homicídio doloso (tentado ou consumado), sequestro seguido de morte e aborto - devem ser julgados pelo Tribunal do Júri Popular”, o legislador apenas manteve uma “tradição” da legislação penal que vem em prática desde 1822 no Brasil. Nos Estados Unidos, por exemplo, não são apenas os crimes dolosos contra a vida que são julgados pelo Tribunal do Povo, mas também outros tipos de processos que são definidos nas leis daquele País. Mas a grande polêmica que está em debate nos bares, restaurantes e demais reuniões civilizadas pelo País afora, neste momento, não é a pena de morte, mas sim quem deve mesmo julgar os assassinos - o povo ou os juízes de capa preta? Nas mais diferentes correntes filosóficas e até nos mais humildes redutos populares por todo Brasil, todos se fazem a mesma pergunta: por que o goleiro Bruno do Flamengo e seus “amigos” serão julgados por seis mulheres e um homem do povo, e os políticos corruptos do Mensalão foram julgados no Supremo Tribunal Federal por juízes de toga (aquela capa preta até os pés)? Se fôssemos neste momento fazer apenas a aplicação do que determina o

conjunto das leis, teríamos tão somente que dizer que as pessoas comuns são julgadas por pessoas comuns e as pessoas especiais são julgadas por pessoas especiais; ou seja: os homens – e as mulheres – que cometerem crimes dolosos contra a vida e não ocuparem cargos públicos eletivos e/ou similares, serão julgados pelo Tribunal do Júri Popular, enquanto os políticos entre aspas - serão julgados por juízes nos tribunais especiais. Desta forma, não estamos defendendo este ou aquele modelo, mas apenas registrando a grande diferença que existe. Afinal de contas, segundo a mesma Constituição Federal de 1988, “todos são iguais perante a lei”. Mas esta velha e já bem surrada discussão de que “todos são iguais perante a lei”, nos levaria, sem sombra de dúvida, ao tempo de Jesus Cristo, por exemplo, pois Ele acabou sendo vítima de um grande complô político-religioso, não foi sequer julgado com a instrução do devido processo legal, não teve direito a mais ampla e irrestrita defesa e tampouco ao contraditório, e simplesmente foi sentenciado sumariamente à pena de morte por pregação na cruz. Discussões à parte, o que importa nesse momento é deixarmos bem claro que, mesmo que venha a ser condenado a uma pena de mais de 30 ou 40 anos de cadeia, como se está esperando, pelos crimes cometidos, o goleiro Bruno do Flamengo teve a chance de ser defendido com grandes méritos por parte dos seus bem pagos advogados. Se bem que, na minha humilde opinião, ele já foi condenado no momento do sorteio dos jurados: seis mulheres e um homem estão julgando um homem negro acusado de matar uma mulher... Ninguém disse que é um jogo de cartas marcadas. E a Bíblia nos ensina que matar é pecado e que ninguém deve e não tem o direito de julgar ninguém. Será mesmo? Pensem nisso... *Advogado criminalista (OAB/RS 41.342)


6 | Sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Economia

Compromisso com a cidade economia@jornalinformante.com.br

Nota Farroupilha, em pouco tempo, ampliada e solidária Benefício fiscal também passará a ser extensivo ao Setor Primário e entidades sociais Daniel Rufatto

Secretário Jonas esteve no Legislativo, na segunda, explicando novas medidas do programa

R

econhecida na última semana como melhor iniciativa no âmbito tributário do Rio Grande do Sul, na 11ª edição do Prêmio Gestor Público, o programa Nota Farroupilha deve ter, a partir da próxima segunda, seu alcance ampliado. Nesta semana um novo projeto de lei ingressou na Câmara de Vereadores estendendo os benefícios do programa de concessão de crédito fiscal. O projeto de lei 069/2012 altera a lei municipal 3.749 ao permitir que os valores obtidos a partir da solicitação de nota fiscal, junto ao setor de serviços, sejam revertidos, por produtores rurais, para pagamento de suas dívidas junto ao Programa de Incentivo Agrário ou ainda que estes valores sejam destinados a entidades sociais, que prestam serviços de interesse público.

Criado em 4 de outubro do ano passado, o Nota Farroupilha é um programa que incentiva a solicitação de nota fiscal junto a empresas prestadoras de serviços. O tomador de serviços que receber a nota, identificado com seu Cadastro das Pessoas Físicas (CPF) ou Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), terá direito a converter parte do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), gerado na nota, em crédito fiscal. Esse valor pode ser utilizado na redução do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) próprio ou de terceiro, que pode chegar a 50% por tomadores de serviços (pessoa física) e a 30% por tomadores (pessoa jurídica). A habilitação dos créditos deve ser feita na prefeitura, de 1º a 20 de dezembro.

Finanças

Orçamento será enviado ao Legislativo até o dia 30 e pode chegar a R$ 170 milhões Como de costume, o Executivo solicitou na segunda, na Câmara de Vereadores, uma prorrogação do prazo para envio do orçamento para 2013. A peça, que contempla as despesas e receitas para o próximo ano e que também é responsável por fechar o Plano Plurianual (que contempla os orçamentos de 2010 a 2013), deve ser entregue ao Legislativo até o dia 30. O secretário de Finanças Jonas Tomazini destacou que a estimativa feita para este ano era na ordem de R$ 153,5 milhões. A expectativa, com suplementações de verbas e outras receitas adicionais, era de fechar 2012 com R$ 161 milhões, porém, a prorrogação, por parte do governo federal, da isenção ou redução das alíquotas do IPI sobre automóveis, uma das principais fontes de renda dos municípios e que impacta diretamente no Fundo de Participação dos Municípios (FPM), deve provocar uma redução para R$ 156 ou 157 milhões. O incremento no orçamento de 2013 deve ficar entre 8 e 11%, ou seja, de R$ 165 a 170 milhões.


Sexta-feira, 23 de novembro de 2012 | 7

Compromisso com a cidade

Economia

economia@jornalinformante.com.br

Novo shopping aposta no verão Empreendimento comercial de atacado do Grupo Tonin é lançado nesta sexta Imagem: Reprodução

A rua coberta é uma das novidades na infraestrutura do shopping, que tem conclusão prevista para 2014

C

om aposta na moda verão e intuito de quebrar paradigmas da venda de malha em Farroupilha, um novo shopping é lançado na cidade. Nesta sexta, o Grupo Tonin Imóveis e a arquiteta Lisana Maggioni, do escritório Projeto com Estilo, apresentam o projeto para o novo empreendimento. Ainda sem um nome revelado, a direção do Grupo promoveu um concurso no qual premiará com uma Doblò Xingu Adventure 2013 o que sugerisse o melhor nome para o shopping. A festa de lançamento, nesta sexta, às 11h, que acontece no Premier, ainda vai contar com show da dupla Claus & Vanessa que tem uma música com estilo de verão. Os diretores Mário e Rodrigo Tonin realizaram pesquisas durante três anos para verificar as possibilidades de inserção do complexo na Serra Gaúcha como uma opção inovadora no mercado têxtil. Após o estudo, se estabeleceu o objetivo de auxiliar o segmento a se fortalecer na cidade e suprir a carência de mercado da área. “Devido ao interesse e procura de fabricantes em estabelecer-se no município para a comercialização de produtos leves, percebemos que o lojista gostaria de adquirir este tipo de confecção na Serra Gaúcha”, coloca a gerente do local, Sabrina Peretti Miranda. Ela sustenta ainda que o shopping foi criado com o objetivo de quebrar alguns paradigmas existentes, uma vez que os visitantes de Farroupilha têm em mente que aqui só é viável a aquisição de malha ou tricô. “Temos previsão de gerar mais de 1,5 mil empregos diretos e indiretos. Ainda é

cedo para citar o faturamento, mas com certeza será de considerável para a economia de nossa cidade. Ficamos esperançosos também de que os empreendedores vejam essa mudança de paradigma, iniciando uma nova fase para a economia farroupilhense”, espera. Ela destaca que os lojistas locais que viajavam para outros Estados, em busca destes produtos, poderão encontrá-los aqui. Antes de ser inaugurado, o complexo comercial já conta com 2,5 mil metros quadrados locados pela rede paulista Alpelo, uma das lojas âncoras do empreendimento. A diretoria do shopping prevê para o próximo ano a inauguração da primeira fase, que compreende a rua coberta e a praça de alimentação. Já a etapa final consiste na inauguração em 2014. Infraestrutura moderna também é aposta para atrair clientes Com várias grifes de moda verão, o complexo contará com moderna infraestrutura, cujo projeto arquitetônico é assinado pela arquiteta Lisana Maggioni. Com uma área de mais de 22 mil metros quadrados, serão 190 espaços com áreas a partir de 50 metros quadrados. O projeto inovador conta com piso de porcelanato, teto com gesso rebaixado, possibilidade de construção de mezanino, climatização, estacionamento, internet sem fio, hotel, serviço de limpeza e lavagem de ônibus. Outra novidade é a construção de uma rua coberta com praça de alimentação, café exclusivo para guias e lojistas e sala de jogos.

Finanças

Aumento na tarifa do transporte coletivo

Andar de ônibus ficou mais caro em Farroupilha. O decreto de aumento da passagem dos urbanos da cidade foi aprovado pelo Conselho Municipal de Trânsito, assinado na última semana, e entrou em vigor na quarta. O reajuste de 14% vale para os ônibus que fazem as linhas de interbairros. A nova tarifa ficou em R$ 2,85. A justificativa para o aumento é a melhoria da qualidade dos serviços oferecidos. Os táxis também tiveram as bandeiras aumentadas em 10% e os prazos para aplicação dos novos valores são de 20 dias a partir da validação da lei.


8 | Sexta-feira, 23 de novembro de 2012 cidade@jornalinformante.com.br

Premiados no Enart Dois CTG’s de Farroupilha foram agraciados com prêmios no evento que aconteceu em Santa Cruz a classificação geral de Danças Tradicionais – Força A, o Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Ronda Charrua ficou em 6º lugar no Encontro de Arte e Tradição (Enart) 2012, que foi realizado no último final de semana em Santa Cruz do Sul. Mas, além disso, o Ronda trouxe para Farroupilha mais três troféus (confira a lista abaixo). A grande comemoração dos tradicionalistas é terem sido classificados em 1º lugar na categoria de Melhor Saída. Conforme o jovem patrão Rafael Tronco, de apenas 24 anos, essa foi a melhor edição do Enart. Ele conta a emoção que sentiu quando foram aplaudidos de pé pela saída que realizaram. “Foi muito gratificante sermos classificados na Encontro. É bastante importante para nós, principalmente para o CTG, ser mais conhecido”, afirma Tronco. Outro CTG farroupilhense também foi premiado. O Rancho de Gaudérios ficou em 3º lugar na categoria de Poesia. “Isso repercute em todo o Es-

Divulgação

N

O CTG farroupilhense Ronda Charrua foi o grande vencedor da Melhor Saída

tado. Trabalhamos durante meses nos preparando para o Enart. É uma grande alegria sermos premiados. Agradeço a todos que co-

laboraram conosco e para o próximo ano pretendemos melhorar ainda mais”, diz o patrão do Rancho, Valdemar José Busetti.

Resultados dos farroupilhenses

Gaita de Botão (com mais de oito baixos) 2º lugar: Nicolas Moro Muller (CTG Ronda Charrua) Gaita de boca 3º lugar: Renor Luiz Peccin (CTG Ronda Charrua) Poesia 3º lugar: Inês Teresinha Busetti (CTG Rancho de Gaudérios) Melhor saída 1º lugar: CTG Ronda Charrua Danças Tradicionais (Força A) 6º lugar: CTG Ronda Charrua 13º lugar: CTG Rancho de Gaudérios

Esquina

Felipão vem para inauguração da pintura do Santuário

Luiz Felipe Scolari, o Felipão, é presença confirmada na inauguração da pintura externa do Santuário de Caravaggio. Na missa das 11h de domingo, o padrinho da campanha “Tudo de Cor pra Você”, viabilizada pela Coral Tintas, vai acompanhar, juntamente com a esposa, a missa que também contará com a participação do proprietário da Pró-Cor Tintas, Mauri Demarch, o gerente regional da Coral, Vilson Trintinaglio, e o gerente regional, Odilon Pattel. A campanha iniciou em janeiro deste ano e a entrega oficial será na missa presidida pelo bispo Dom Alessandro Ruffinoni. No mesmo dia haverá uma programação especial alusiva aos 50 anos do Movimento de Cursilho da Cristandade Nacional e 40 anos de abertura do Cursilho na Diocese de Caxias do Sul.

Alguém quer me adotar? Esta é a Mel. Ela é uma fêmea adulta, de cor caramelo, porte médio e pelagem longa. Se houver interesse, a ARCCA entrega ela castrada. Quem quiser adotá-la pode entrar em contato com LuÍs pelo fone 9950-5671.

Divulgação

Cidade

Compromisso com a cidade


10 | Sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Política

Boca de Urna

bocadeurna@jornalinformante.com.br

PDDUA retalhado

Dentro do esperado

Não chegou a surpreender o anúncio do novo secretariado do prefeito eleito Claiton Gonçalves. Dentro do possível, ele cumpriu com a determinação de realizar uma mescla entre a esfera política e a técnica e soube valorizar a equipe que o ajudou na eleição. Não houve excesso em nenhuma área. Chama a atenção, no entanto, a opção por dois nomes: o do pedetista Francis Casali, na Gestão e Governo, e do petista Fabiano Piccoli, no Desenvolvimento Econômico e Turismo. A escolha mostra a intenção de revitalizar um primeiro escalão que, nas últimas gestões, foi condicionado à vasta experiência política. Confira Matéria Especial nas páginas 2 e 3.

PMDB em reunião

A coordenadoria do PMDB Vinhedos realiza encontro neste sábado, a partir das 9h, na Câmara de Vereadores de Flores da Cunha. Em discussão, a avaliação das eleições municipais, a eleição do Diretório Estadual da sigla e o planejamento para o pleito de 2014. O grupo é coordenado por Antônio Feldmann, vice-prefeito caxiense, e tem como vice a vereadora Maristela Pessin, a Tetella.

politica@jornalinformante.com.br

CPI proposta na Câmara Objetivo é investigar funcionários fantasmas, mas fim da legislatura deve deixar instauração de herança para 2013

N

a sessão de terça, Sedinei Catafesta entregou a presidência a José Mário Bellaver e utilizou a tribuna em nome do Partido Progressista (PP). O vereador defendeu a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os casos de funcionários fantasmas da Secretaria de Obras. Após sua manifestação, a vereadora Maria da Glória Menegotto (PDT) também utilizou o espaço e foi favorável à CPI. Um requerimento foi repassado aos vereadores, assinado por Catafesta e pela oposição (além de Glória, o pedetista Lino Troes e o petista Márcio Güilden), o que já seria suficiente para a instauração da Comissão, já que o regimento interno da Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton determina, em seu artigo 60, a assinatura de pelo menos 1/3 dos vereadores. Contudo, pelo fato da atual legislatura estar prestes a encerrar, não haveria tempo hábil para realização dos trabalhos. Além disso, há vereadores suplentes e que não concorreram ou não estarão presentes na próxima legislatura, o que comprometeria o andamento da Comissão. Catafesta e Glória destacaram que pretendem protocolar o pedido para instalação na primeira sessão ordinária de 2013. Por ora foi feito um requerimento, pela bancada oposicionista, solicitando a presença dos secretários de Obras, Serviços Públicos e Trânsito, Arielson Arsego, e de Gestão e Governo, Daniel Maccari, para prestarem esclarecimentos sobre o fato no Legislativo.

Fotos: Daniel Rufatto

Se o futuro governo municipal projeta desenvolvimento e expansão do município, necessita tomar uma providência urgente. Talvez a primeira, a ser feita já no dia 2 de janeiro: revogar o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano e Ambiental (PDDUA) de Farroupilha por inteiro. Além de engessar o crescimento da cidade e impor restrições que beiram o surrealismo, deve ter mais emendas do que artigos. E olha que em termos de artigos ele chega a impressionantes 214. Isso sem falar nos absurdos como os verificados ao longo dos últimos dias, que não preservam nem mesmo o patrimônio cultural, histórico e paisagístico da cidade e tem suas modificações barradas judicialmente por conta da falta de preenchimento de requisitos legais para as alterações (veja na página ao lado).

Compromisso com a cidade

Vereadores Catafesta e Glória encabeçam movimento no Legislativo para instalação de uma CPI

Legenda

Catafesta lança pré-candidatura à Assembleia

Em um encontro ocorrido na última sexta, em Bento Gonçalves, o presidente da Câmara e vereador reeleito Sedinei Catafesta teve, ao lado do vereador caxiense eleito Guila Sebben, um evento de lançamento de sua pré-candidatura a deputado estadual. Ela foi apadrinhada pelos deputados federais Jerônimo Goergen (PP/RS) e Arthur Lira (PP/AL), líder progressista na Câmara dos Deputados. O anfitrião do evento, como não poderia deixar de ser, foi o futuro prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin.

Contratos assinados

O prefeito Ademir Baretta assinou, com a Caixa Econômica Federal, contratos para repasse de verbas provenientes de emendas parlamentares. Os recursos serão utilizados para obras de infraestrutura e pavimentação de ruas.


Sexta-feira, 23 de novembro de 2012 | 11

Compromisso com a cidade

Política

politica@jornalinformante.com.br

MP e Justiça barram abatedouro

Liminar da 3ª Vara declara nulo ato administrativo do Executivo e impede instalação da Granja Caravajio nas imediações do Santuário de Nossa Senhora do Caravaggio Arquivo Jornal Informante

U

m abaixo-assinado, que hoje já conta com mais de mil assinaturas, chegou ao Ministério Público (MP) no dia 7. Nele, centenas de moradores de Caravaggio, localidades lindeiras e comunidade farroupilhense em geral solicitavam o impedimento de instalação da Granja Caravajio, nas imediações do Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio. Uma petição online, que pode ser acessada pelo site http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoListaSignatarios. aspx?pi=P2012N31470, já contabiliza mais de 500 assinaturas. A partir da verificação do MP, foi constatado que o município havia concedido uma certidão de zoneamento para a empresa em uma macrozona diversa da que está localizada. A certidão expedida é para a macrozona 3, que fica próxima a Garibaldi, e não para a macrozona 1, que corresponde à sede urbana e área rural das localidades de Caravaggio e São Marcos, que integram o 1º Distrito, locais que apenas permitem agroindústrias, ou seja, empresas com baixo potencial poluidor e vinculadas à produção familiar. “A certidão é incompatível com as determinações do Plano Diretor que, no local, não comporta este tipo de empreendimento”, explicou a promotora Jeanine Mocellin. Suas justificativas foram aceitas pela juíza Claudia Bampi, da 3ª Vara, que concedeu liminar suspendendo a validade da certidão de zoneamento. A ação declaratória de nulidade de ato

seria através de uma mudança no Plano Diretor, porém, mesmo assim, seria improvável que obtivesse autorização, sob pena de comprometer o patrimônio cultural, histórico e paisagístico que Caravaggio representa. Estudo pode solicitar tombamento da área como patrimônio histórico

Claudia acolheu alegações do MP: magistrada concede liminar suspendendo validade da certidão

administrativo também foi encaminhada à Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), que exige o documento para o licenciamento ambiental, e onde tramita a questão no momento. “Como a Fepam possui uma certidão dizendo que o local estaria apto a

receber a instalação deste tipo de indústria, solicitei o encaminhamento de cópia da decisão ao órgão, relatando que o documento expedido pelo Executivo não tem valor”, relatou Jeanine. A única forma da Granja Caravajio se estabelecer na área próxima ao Santuário

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do Rio Grande do Sul (IPHAE/ RS) estão desenvolvendo um estudo no local que objetiva o tombamento da localidade e da estrada de Linha Palmeiro, que leva a Caravaggio. A partir desta análise, a promotora Jeanine adiantou que deve ingressar com uma nova ação, que impeça qualquer alteração no Plano Diretor que venha a permitir a instalação de indústrias na região. Secretário de Obras, Serviços Públicos e Trânsito, Arielson Arsego destacou que ocorreu apenas um erro de digitação na questão referente à macrozona e que uma retificação foi solicitada. Ele comentou que um Plano Setorial está em estudo dentro do Plano Diretor e que será responsável por novas definições. Arielson também disse que a prefeitura não tinha conhecimento do tipo de indústria que seria instalada no local e que a Fepam é o órgão que possui autoridade para liberar ou não o empreendimento.

Mandado de segurança impede debate e suspende alterações no Plano Diretor O projeto de lei 068/2012, que ingressou no Legislativo na segunda, teve impedida sua discussão por um mandado de segurança impetrado pelo Ministério Público (MP). O juiz Mário Maggioni, em decisão liminar, acolheu a argumentação do MP, que destacou que ocorreu descumprimento da legis-

lação no caso. O projeto tinha por objetivo alterar o zoneamento ambiental de diversas áreas. “Não houve a divulgação necessária do edital para a audiência pública e no mesmo não estava contido especificamente o assunto de mudança de zoneamento, que aparece na ata”, es-

clareceu a promotora Jeanine. Para ela, não aconteceu a discussão necessária da questão com a comunidade. Entre as alterações propostas pelo Executivo, estava a ampliação da área industrial de Linha Palmeiro. “Apenas não fizemos a publicação do edital em jornal, mas ele estava no site

da prefeitura e afixado no Executivo e no Legislativo. Não houve descumprimento à lei. Vamos recorrer. Até mesmo porque não haveria tempo hábil para realização de um novo procedimento antes do final do atual mandato”, ressaltou Arielson Arsego, secretário de Obras, Serviços Públicos e Trânsito.


12 | Sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Educação

Compromisso com a cidade educacao@jornalinformante.com.br

As Ciências da Natureza em livro Os estudantes do Ensno Médio do Colégio Estadual Farroupilha receberam a tarefa de inserir conceitos de Biologia, Física e Química no meio de uma narrativa criada por eles Divulgação

Desafio dobrado: além da elaboração da obra, ela também precisou ser apresentada de forma criativa para o público

U

nir os elementos e conceitos das disciplinas de Biologia, Física e Química em uma narrativa. Esse foi o desafio dado aos alunos do Ensino Médio do Colégio Estadual Farroupilha. A ideia partiu das professoras Araceli Klein, Delenice Waechter e Joice Colbeich. O projeto foi proposto em setembro. A partir de então, os alunos tiveram dois meses para criarem a história, elaborarem o livro e esboçarem os desenhos seguindo critérios que foram estipulados pelas professoras. Os estudantes expuseram e lançaram suas obras na Feira do Livro no dia 8. Na terça, os educandos tiveram a oportu-

nidade de mostrar suas obras para toda a comunidade farroupilhense, nas dependências do Estadual. Eles precisaram montar uma apresentação para contar a sua história. Para entrar no clima, muitos alunos até se fantasiaram e encenaram a obra. As criadoras do projeto afirmam que, no início, os alunos acharam o tema difícil, mas logo superaram o desafio. Elas relatam que a ideia surgiu para que eles tivessem um interesse maior pelas Ciências Naturais. No desenvolvimento dos trabalhos, a criatividade dos adolescentes foi posta à prova. “A sugestão era levar o con-

teúdo da sala de aula para o livro, mas resolvemos fazer uma coisa mais legal e narrar uma história que tem uma evolução. Nos baseamos em conhecimentos de vida e no final tem uma moral”, conta o aluno Gabriel Rigatti. Na apresentação, ele também distribui um flyer contendo um link, onde a obra está armazenada na internet, para que todos possam acessá-la. “Fizemos uma mistura dos Contos de Fadas clássicos com o conteúdo ministrado em sala de aula”, relata o educando Dailton Bianchi. Exemplificando que o conteúdo de Física é usado na hora em que aparece uma situação de movimento.


Sexta-feira, 23 de novembro de 2012 | 13

Compromisso com a cidade

Educação

educacao@jornalinformante.com.br

Qualificação na menoridade

Projeto Pescar forma 25 alunos em Farroupilha, através da Tecnovidro e Plásticos Itália, com objetivo de transformação pessoal e inserção profissional objetivo é contribuir para a melhora da qualidade de vida de jovens em vulnerabilidade social, mas o resultado vai além disso. As empresas Tecnovidro e Plásticos Itália adotaram a iniciativa do Projeto Pescar e oferecem alternativas para que estes melhorem de vida e obtenham qualificação no currículo. A Tecnovrido adere ao projeto há quatro anos e a Plásticos Itália há dois, fazendo uma seleção de jovens que tenham de 16 a 18 anos e estejam, no mínimo, na 7ª série. Disponibilizando 15 e 12 vagas respectivamente, elas fazem a escolha analisando as inscrições, aplicando testes e realizando visitas nas casas dos selecionados para verificar se a situação se enquadra nos quesitos exigidos pelo projeto. Os estudantes precisam comprovar vulnerabilidade social e matrícula na escola no turno contrário ao das aulas do Pescar. “Queremos que eles saiam daqui melhores do que entraram. Com o passar do tempo, as mu-

danças tanto de comportamento, quanto de interesse, são visíveis. Realizamos palestras, conversas, debates de conscientização, além de ensinar a manter em ordem o ambiente de trabalho. Podemos dizer que 60% do tempo é direcionando para o aprendizado técnico de beneficiamento do vidro, e 40% para a formação pessoal”, explica a coordenadora e orientadora pedagógica da iniciativa da Tecnovrido, Silvana Araldi. Ela enfatiza ainda que toda a empresa se envolve com os jovens, já que são os funcionários que os ensinam sobre cada setor e os processos de trabalho. As aulas são diárias e têm a duração de 10 meses. As indústrias disponibilizam café da manhã, almoço, uniforme e material didático. Como estímulo, cestas básicas são oferecidas para o aluno que não faltar aulas durante um mês. De acordo com Silvana, dos 15 que começaram, apenas 13 vão concluir o curso, pois os outros dois desistiram. Aqueles que não completam 18 anos antes de se desligar do

programa, saem com um currículo melhor para encontrar boas oportunidades mais tarde. Já os de maioridade têm a possibilidade de ingressar nas instituições madrinhas. “A sensação é de dever cumprido com os alunos e com a sociedade. Vê-los finalizando este ciclo e levando o que ensinamos com eles é uma satisfação enorme”, declara a orientadora da iniciativa da Plásticos Itália, Caroline Hoffmaister. Na empresa, a técnica é sobre processos industriais. As inscrições para a próxima edição começam em janeiro nas duas unidades.

Divulgação

O

Serviço

O que: Formatura da 4ª turma do Projeto Pescar da Tecnovidro Quando: nesta sexta, às 19h Onde: Refeitório da Tecnovidro (RS-122, quilômetro 63, s/n°)

Serviço

O que: Formatura da 2ª turma do Projeto Pescar da Plásticos Itália Quando: quinta, às 19h Onde: Plásticos Itália (Itália, 600)

Formandos da Tecnovrido: jovens aptos a ingressar no mercado de trabalho


14 | Sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Compromisso com a cidade

Segurança Obituário

Segurança reforçada Os 30 novos alunos do 36º Batalhão de Polícia Militar já podem ser vistos trabalhando nas ruas de Farroupilha

Os futuros soldados estão sendo deslocados para as principais vias da cidade, em parques e praças

U

nir a teoria com a prática. É com este objetivo que os novos alunos do 36º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Farroupilha estão sendo deslocados para as ruas. Eles trabalham com a supervisão de um sargento ou de um soldado mais antigo na corporação. Segundo o comandante do 36º BPM, tenente-coronel Haroldo Edison Knebel, os futuros soldados estão conhecendo melhor a comunidade e a rotina da cidade. “Eles estão recebendo orientações sobre operações feitas nas ruas, como abordagens e identificação de criminosos. Os alunos, da mesma forma, estão trabalhando na sala de operações, onde eles aprendem a atender os chamados do 190 e fazer o despacho de viaturas para o atendimento de ocorrências. Eles também ficam na sala de vídeo monitoramento e fazem a guarda do quartel”, enumera Knebel. O comandante explica como é composto o curso.

“As lições são divididas em três ciclos. Quando a segunda etapa iniciou, eles iniciaram atividades mais práticas. Eles começaram a ser empregados nas principais vias da cidade, nos parques e praças”, diz Knebel. Na última etapa, os futuros soldados começam a realizar estágios. Mas somente depois da formatura eles podem efetivamente fazer o reforço da segurança da cidade. As aulas teóricas acontecem de segunda a sexta e o trabalho nas ruas é feito nos finais de semana, pois precisam ser conciliados com a sala de aula. Dos 30 novos concursados, apenas um é farroupilhense, mas o tenente-coronel diz que todos estão se adaptando bem ao município e pretendem continuar trabalhando aqui. Por lei, os formandos devem permanecer no Batalhão onde estudaram por, no mínimo, dois anos. A conclusão do curso está prevista para o final de abril.

Fotos: Divulgação

9 de novembro Zélia Borges da Silva, 67 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza; Maria Leondina De Bona, 76 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Linha 80; Mariza Vettorazzi Lehr, 48 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 10 de novembro Augusto Arcaro, 78 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Forqueta; Clementino João Spinelli, 67 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Nova Milano. 13 de novembro Joana Meneguel, 88 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade do Santuário de Caravaggio; Fredolino de Borba Filho, 75 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 14 de novembro Paulo Osmar Liel, 87 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 16 de novembro Jurema Anna Damiani Pistore, 67 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 17 de novembro Luiza Brandalise Nicola, 76 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza; Vitorino Antônio Loss, 83 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade Linha Ely. 18 de novembro Ângelo Afonso Boiani, 69 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 19 de novembro Zélia Maria Grapiglia Loss, 72 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Monte Bérico. 20 de novembro Severino Bellaver, 89 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de São Marcos.

seguranca@jornalinformante.com.br


Sexta-feira, 23 de novembro de 2012 | 15

Compromisso com a cidade

EsportE

esporte@jornalinformante.com.br

Com uma mão na taça

Bom desempenho, aliado a resultados ruins de concorrentes diretos, deixa João e Márcio Campos com chances reais de serem bicampeões do Mercedes-Benz Grand Challenge com uma simples vitória na etapa de Cascavel Fernanda Freixosa

A

sensação é a clássica de “já vi esse filme antes”. Assim como no ano passado, a antepenúltima etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge (MBGC) foi disputada no autódromo Orlando Moura, em Campo Grande (MS). Também como em 2011, a dupla João e Márcio Campos obteve um 3º e um 1º lugar. Há pouco mais de um ano, os farroupilhenses abriram, como no último final de semana, uma vantagem considerável que encaminhou o título na penúltima etapa da temporada. Para as semelhanças continuarem, só resta a conquista do bicampeonato em Cascavel, nos dias 1º e 2. “É um bom sinal, mas não sou supersticioso. Mas não resta dúvida que abrimos uma vantagem ainda mais expressiva”, avaliou João. Em 2011, a dupla abriu 32 pontos de frente para o 2º colocado. Neste ano, a margem é ainda maior, chega a 54 pontos. Como aconteceu durante toda a temporada, João disputou a prova de sábado. Fez o 4º melhor tempo e finalizou a prova em 3º. Quando tentava um ataque aos líderes, recuou pensando no campeonato. “O carro sofreu com o superaquecimento, um problema que afetou muitos pilotos durante o final de semana. Resolvi administrar e manter a 3ª posição. A temperatura dentro do carro estava em 57ºC”, revelou João. Os farroupilhenses também foram beneficiados pela má performance do vice-líder Fernando Júnior,

Márcio conquistou sua quinta vitória em seis corridas e ajudou a equipe Sicredi Racing a aumentar a diferença na liderança do MBGC

que chegou em 10º. Neto De Nigris venceu a prova de sábado e assumiu o 2º lugar na classificação. Para a prova dominical, Márcio largou em 4º pela inversão do grid, mas já na primeira curva assumiu a liderança. Teve trabalho, mas defendeu a posição até o final da prova, chegando à quinta vitória em seis provas. “Fui beneficiado no início, com um acidente envolvendo dois carros e um que

saiu da pista”, comentou Márcio. Pelos cálculos do piloto, uma vitória, independente do resultado dos oponentes, basta para o bicampeonato, levando em consideração também a prova de descarte. No domingo, De Nigris, que ocupava o 2º lugar geral, chegou apenas em 5º, manteve a posição, mas é ameaçado por Fernando Júnior, que finalizou em 4º. A disputa entre os dois tem sido acirrada, com um piloto tirando ponto do outro, o que abre caminho para que João e Márcio Campos trilhem um caminho tranquilo em busca do bicampeonato do MBGC. Apesar da posição confortável na classificação, o discurso segue sendo de cautela e prudência para a reta final da disputa. “Nosso pensamento é de que ainda não conquistamos nada. Precisamos manter o foco. Demos um grande passo para o título, mas mantemos os pés no chão para evitarmos problemas e encaminharmos uma nova conquista”, salientou João. A próxima e penúltima etapa, que pode garantir o bicampeonato aos farroupilhenses, acontece no autódromo Zilmar Beux, em Cascavel, nos dias 1º e 2. Confira abaixo a classificação dos cinco primeiros.

Classificação do MBGC

1º) João e Márcio Campos: 203 pontos 2º) Neto De Nigris: 149 pontos 3º) Fernando Júnior: 147 pontos 4º) Cesare Marrucci: 134 pontos 5º) Rubens Tilkian: 108 pontos

Bate-Pronto

O farroupilhense Rudinei Marques conquistou a 1ª colocação na corrida da Olimpíada do Trabalhador de 2012, em Erechim. Após vencer a edição de 2011, o corredor se destacou também neste ano, na competição que ocorreu na manhã de sábado. O evento anual é organizado pela Federação dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação (FTIA), com atletas convidados de todo o Rio Grande do Sul. Sindicatos dos municípios gaúchos podem inscrever competidores nas diversas modalidades. Marques representou Caxias do Sul pela empresa Moinho Tondo.

Vitória Lovat

Rudinei Marques é bicampeão na Olimpíada do Trabalhador, disputada sábado, em Erechim

Nova conquista no norte do Estado: assim como em 2011, Marques venceu disputa que reúne os trabalhadores

Preliminar

preliminar@jornalinformante.com.br

Espumante gelando

Após a antepenúltima etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge, João e Márcio Campos se aproximaram ainda mais da conquista do bicampeonato da categoria. Para a dupla basta uma simples vitória nas quatro últimas corridas. Como até o momento, nas 12 provas, os pilotos venceram oito, somente uma hecatombe é capaz de impedir um novo triunfo, que tem tudo para ser ainda mais tranquilo do que o do ano passado, tendo em vista que os adversários mais próximos estão brigando entre si. Dezembro tem tudo para iniciar com festa farroupilhense em Cascavel.

Volta com título

As campanhas de Penharol, no 1º quadro, e São Paulo, no 2º, não foram irrepreensíveis, mas os dois times tiveram um desempenho regular na fase classificatória e, na semifinal e final, souberam fazer bom uso do regulamento e do fator local. Como estavam retornando à disputa, a equipe de Linha Caravaggeto após anos de afastamento e a de Nova Sardenha voltando de suspensão, a conquista se torna ainda mais expressiva. O Penharol só perdeu em seus duelos contra o Vasco da Gama e o São Paulo tropeçou somente na estreia. Festa nesta sexta à noite, na casa do anfitrião do quadro principal.

Cultura resgatada

Uma grande conquista, talvez tão significativa quanto a de Penharol e São Paulo, foi a da Liga Farroupilhense de Futebol de Campo (LFFC). Depois de anos de disputa de um Farroupilhão sem muito interesse e insosso, a competição deste ano parece ter resgatado, ainda que em parte, uma cultura que vigorava no passado, com muito equilíbrio entre os times, rivalidade e mobilização das comunidades.

Regional da Serra

A 5ª etapa do Regional da Serra de Kart movimenta o Kartódromo César Francischini neste final de semana, em cinco categorias: Cadete, Fórmula, Speed Kart, Fireball e Tag. No sábado pela manhã acontecem os treinos livres e à tarde os por categoria. No domingo pela manhã o warm-up, a tomada dos tempos e a 1ª bateria do Cadete e Fórmula. As provas seguem à tarde com o complemento das baterias iniciais e as finais.


Clássico setentão

Cadernos Especiais da semana Imagens: Reprodução

Um dos maiores filmes de todos os tempos, “Casablanca” completa sete décadas de lançamento na próxima segunda Sétima Arte, contracapa do Inside

Moda verão, uma aposta ousada na Capital Brasileira da Malha Novo shopping, que será lançado nesta sexta, no Premier, tem foco voltado para as estações quentes e promete garantir uma nova clientela no já consagrado turismo de compras da cidade Economia, página 7


Farroupilha, 23 de novembro de 2012

Centro Ocupacional é premiado Localizada no bairro Industrial, a instituição de ensino farroupilhense participou da Gincana Estadual Sorrindo para o Futuro, do Sesc, e foi a vice-campeã oncorrendo com 107 escolas de 39 municípios do Estado, o Centro Ocupacional Senador Teotônio Vilela foi o vice-campeão da Gincana Estadual Sorrindo para o Futuro. A atividade é realizada pelo Serviço Social do Comércio (Sesc). A instituição foi a única da cidade a participar da ação. O tema que moveu a Gincana, que foi realizada durante todo o mês de outubro, foi sustentabilidade. A partir disso, todas as tarefas foram produzidas pelos alunos com materiais recicláveis. A coordenadora do local, Sônia Beatriz Gasperin Mancalossi, diz que é a segunda vez que eles participam da atividade e que essa é uma forma de praticar o conteúdo trabalho em sala de aula. “No ano passado ficamos em 3º lugar. Nesta edição, os alunos se empenharam para atingir uma melhor colocação em virtude da premiação, que é passar o dia se divertindo em brinquedos infláveis”, conta a coordenadora. Ela diz que entre as tarefas estava a separação correta do lixo, a construção de uma horta suspensa e de um jardim com materiais recicláveis, o que foi feito com garrafas pet e pneus. Os materiais utilizados foram de ma-

Divulgação

C

O local atende 280 crianças e adolescentes no contraturno escolar, e todas ficaram muito satisfeitas com a colocação atingida

deiras a rolhas e pneus. Durante as atividades, as crianças precisaram achar pessoas idosas que pudessem contar as alterações que o meio ambiente vem sofrendo. Sônia relata que ficou muito surpresa com o resultado, pois o número de concorrentes era grande.

A coordenadora conta que os estudantes gostam de participar, pois as atividades são voltadas para todas as idades atendidas pelas instituições. Atualmente, o Centro Ocupacional Senador Teotônio Vilela atende 280 crianças no contraturno escolar com idades que variam entre 5 e 15 anos.

O projeto do Sesc

O Sorrindo para o Futuro é um projeto de saúde bucal do Sesc, que visa atender crianças carentes de insituições de ensino públicas. Elas são visitadas periodicamente por um dentista para verificar como está a sua saúde bucal.


Farroupilha, 23 de novembro de 2012

Só é feliz quem te Equipe Espaço da Beleza *

D

isciplina, ética e a certeza de que se está agindo de acordo com valores pessoais são atitudes essenciais para desenvolver o amor-próprio

O que é autoestima?

É um juízo, um julgamento que eu faço a meu respeito. É quando acho que sou uma pessoal legal, quando estou satisfeito com a minha conduta. A autoestima ficará em baixa se eu agir em desacordo com os meus próprios valores.

Um exemplo?

Se eu me propuser, por exemplo, a parar de fumar e não parar, isso baixa minha autoestima. Se decidir fazer ginástica todos os dias e honrar o que combinei comigo mesmo, isso me deixa com boa autoestima. Quando minha razão se opõe às vontades e a disciplina ganha, minha autoestima cresce.

A autoestima não tem nada a ver com beleza, vaidade, espelho...

Nem com se embelezar, nem com cirurgia plástica. Uma mulher pode ficar envaidecida por estar mais bonita, mas efeito de cirurgia plástica não melhora a autoestima, porque a pessoa não se empenhou, não se sacrificou para ter aquilo, não é mérito dela. A autoestima tem a ver com mérito próprio. Olhe para você, veja suas qualidades, seus defeitos, veja em que pode melhorar, ame a si mesmo pois só você pode!

Quais são os valores fundamentais?

Você executar as tarefas que se dispôs, ter disciplina, capacidade de se colocar no lugar do outro, ser justo nas trocas com as pessoas, não ser egoísta nem querer mais do que dá. Ser esforçado, comedido nas pretensões individuais, não ser exageradamente ambicioso nem preguiçoso. E aí depende da cultura – a nossa é ambígua, estimula mais a competitividade que a lealdade.

Como melhorar a auto

Primeiro, construindo um siste acordo com esses valores e dese que a razão vença as vontades, a p vidade. É o controle racional acion a autoestima e está ligado à discip

Como desenvolver a di

A disciplina é o fruto de toda um acordos possíveis consigo mesma que não está pronta para mudar. metas que possam ser atingidas.


Farroupilha, 23 de novembro de 2012

em boa autoestima Imagem: Reprodução

oestima?

ema de valores. Depois, agindo de envolvendo a disciplina. É preciso preguiça, a gula, o vício, a agressinado sobre si mesmo que equilibra plina.

isciplina?

ma evolução. A pessoa deve fazer a e ter humildade de reconhecer . Nesse caso, é melhor se propor

Divulgação

Acredite na mágica que há dentro de você. Toda pessoa é um ser mágico. Sua concepção e nascimento foi uma grande magia da natureza. Acredite, existe um grande poder dentro de você, um poder que é capaz de mudar suas atitudes, influenciar o meio em que você vive. A escolha é sua! Você pode decidir entre realmente fazer a diferença ou ser mais um no meio da multidão. Mas, saiba que como todo bom mágico é preciso muito trabalho e perseverança para estar entres os melhores. Acreditar nos seus dons, nos seus sonhos, no seu talento é a base para construir uma carreira de sucesso e atingir seus objetivos.

Dica

O verão está chegando e com ele corpo à mostra. Não cometa loucuras de verão. Emagreça, defina seu corpo, trate sua gordura localizada e celulite, preservando sempre sua saúde. Pois o verão se vai e as agressões cometidas com seu corpo e rosto ficam e nem o tempo pode apagar estas marcas. * Espaço da Beleza Centro Estético Fone (54) 3268-5511 Site: www.spabeleza.com.br E-mail: spabeleza@spabeleza.com.br


Farroupilha, 23 de novembro de 2012

Fratura dentária: qual a melhor solução de tratamento? Fotos: Divulgação

Thais Piazza *

E

m decorrência de um trauma é comum ocorrer a fratura de um ou mais dentes. O traumatismo dentário, em mais da metade dos casos, ocorre nos incisivos centrais permanentes, sendo a fratura coronária a ocorrência mais comum. Na atualidade, a Odontologia proporciona a execução de tratamentos estéticos mais conservadores, onde o objetivo é a preservação da estrutura do dente. Com a evolução da Odontologia Estética/Restauradora, já é possível a “colagem” do fragmento perdido, pois além de ser uma opção conservadora, devolve a própria estrutura dental ao seu sítio, com influência significativa no estado psicológico do paciente, onde a sensação de perda praticamente inexiste (confira nas fotos ao lado). Portanto, sempre que possível o paciente deve localizar a porção fraturada do dente para levar ao profissional. Quando não existir o fragmento dentário para a realização da colagem, a alternativa de tratamento é a execução de um procedimento restaurador.

Caso de fratura em que o fragmento está sendo reposicionado

Prejuízo: evidência das fraturas

Combinação de tratamento: colagem + restaurações com resina

Atenção

* Se houver possibilidade localize o dente ou fragmento(s); * Limpe o fragmento apenas com jatos de soro ou água; * Acondicione o dente ou fragmento em meio líquido, que pode ser a saliva do paciente, água limpa, soro fisiológico ou leite e procure um cirurgião-dentista.

Como prevenir as fraturas dentais

* Para quem pratica esportes, como skate, basquete, vôlei, futebol, patinação, esportes aquáticos, andar de bicicleta e outros esportes de contato, é importante o uso de protetores bucais; * Evite ingerir bebidas no bico da garrafa em lugares muito movimentados. * Evite consumir bebidas em copo de vidro, principalmente para os jovens frequentadores de boates, shows e festas que envolvem um aglomerado de pessoas, no qual o toque entre elas é inevitável; * Em lugares muito movimentados e agitados, sempre dê preferência para a utilização de copos plásticos. * Dentista (CRO 18374)


Inside

inside@jornalinformante.com.br

Farroupilha, 23 de novembro de 2012

A arte e a liberdade de expressão Iniciativa de alguns jovens da cidade, o Festival de Arte Livre de Farroupilha vai fazer com que a música e a cultura invadam as ruas do Centro mais uma vez pós o sucesso do projeto Rock on the Ground, o Festival de Arte Livre de Farroupilha (FALF) vai movimentar a cidade, a partir da próxima quarta. O evento cultural segue até sábado com bandas da cidade, palestras com profissionais dos mais diversos assuntos e manifestações culturais na Praça da Matriz. “O objetivo é fazer com que mais pessoas saibam que em Farroupilha existe uma cena cultural acontecendo, artistas com muito talento e que todos os envolvidos interajam de uma maneira que possibilite a troca de ideias. Aproximar as pessoas e fazer algo em conjunto, hoje é a melhor saída”, explica Mateus Brites, um dos organizadores da iniciativa. Ele completa a comissão organizadora com Alexandre Grazziotin, Giovani Comin, Marcelo Fabro e Vinícius Biazzus, os mesmos nomes que realizaram a primeira etapa do Encanta Farroupilha. No intuito de aproximar os artistas da cidade, eles contam com apoiadores que também querem fazer o projeto acontecer. Cada membro contribui com o que está ao seu alcance e a prefeitura entendeu a ideia e disponibilizou a Praça da Matriz para as bandas tocarem e o Salão Paroquial para as palestras. O Grupo Feltrin é patrocinador, mas eles ainda buscam outras empresas que queiram participar. “Essa edição do FALF está sendo finalizada em um curtíssimo período. De qualquer forma, a vontade de fazer esse festival é maior do que apenas falar que não tínhamos como viabilizar a ideia”, ressalta Brites. Ele enfatiza que esta será apenas a primeira edição e que as próximas serão ainda maiores. “Tínhamos duas opções: cruzar os braços e falar, principalmente pela internet, que não há mobilização, ou trabalhar e fazer parte dessa ideia. Optamos por fazer parte”, declara.

E essa não é a única manifestação cultural na cidade nestes dias. Na quinta e sexta, a II Mostra de Teatro de Farroupilha do projeto Fábrica de Sonhos acontece no Auditório da UCS Farroupilha (Rodovia dos Romeiros, 567), a partir das 20h. Confira mais informações na página 6 do Inside.

Imagem: Reprodução

A

Programação do Festival deve ser finalizada no início da próxima semana

E quem quiser participar do FALF?

Não haverá restrição apenas para artistas da cidade. Brites revela que logo ao expor a ideia, muitas pessoas já quiseram participar. Lembrando que as apresentações não se restringem apenas a bandas. Ele garante que irão fazer o possível para colocar todos os interessados na programação. Quem tiver o interesse é só entrar em contato com a organização pelo site www.falf.com.br ou pela página do Facebook www.facebook.com/falf.farroupilha.

Serviço

O que: Festival de Arte Livre de Farroupilha (FALF) Quando: da próxima quarta até sábado, dia 1º, a partir das 18h Onde: Praça da Matriz e Salão Paroquial Quanto: gratuito, mas quem quiser pode doar brinquedos ou alimento não perecível

Nos três primeiros dias, as bandas vão tocar na Praça da Matriz, a partir das 18h. De acordo com o organizador, os grupos ainda não estão definidos, e os últimos detalhes estão sendo decididos. As palestras acontecem no Salão Paroquial, ao lado da Praça, a partir das 20h. Na quarta, haverá um bate-papo com o diretor da Revista Noize, Rafa Rocha, e o produtor da Opinião Produtora Tiago Piccoli. Eles virão de Porto Alegre e vão apresentar o tema “A indústria fonográfica hoje em dia: quais caminhos os artistas musicais podem tomar e os cuidados que devem ter”. A Noize já lançou um material chamado “As Regras do Jogo”, com entrevistas de diversos produtores e músicos conhecidos e dicas para quem está na luta com seu trabalho autoral. Na quinta, a palestra fica por conta do Projeto CCOMA, de Caxias do Sul. Eles vão apresentar um documentário que fizeram percorrendo o mundo e registrando a vida de músicos profissionais e músicos de rua em vários Países. O documentário será exibido no encontro. Na sexta, dia 30, é a vez do produtor musical do estúdio farroupilhense Jardim Elétrico, Marcos Mangoni. Ele tem experiência de trabalho com muitas bandas e irá falar sobre como é feita a produção dentro do estúdio. Um assunto mais técnico. No sábado, dia 1º, as bandas seguem tocando na Praça.


2 | Sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

Uma CPI oportunista, necessária ou partidária?

Compromisso com a cidade

Música

Comemore um ano do República Beer A

banda Só Creedence embala a noite do aniversário do República Beer. A comemoração desta sexta é em dose dupla, já que os músicos também estão completando 10 anos de formação. Durante todo esse tempo, eles realizam o tributo ao Creedence Clearwater Revival. O guitarrista do grupo, Rafael Cony, conta que na época que eles se uniram a banda original tinha deixado de existir, mas foi reformulada logo depois. “Talvez Creedence seja mais popular que Led Zeppelin, pela sua diversidade de estilos”, compara Cony. E foi isso que os motivou a dedicar suas músicas à banda, que eles a definem como uma sonoridade única, resultante da mistura entre a energia juvenil do Rock and Roll em seus primórdios nos anos 50, a alegria da música country e o sentimento do blues e das baladas folk com pitadas da típica psicodelia do final dos anos 60. O músico relata que nunca tocou em Farroupilha, mas a expectativa é ótima, pois cada show é único e especial. Eles também levarão ao bar alguns exemplares

Divulgação

O requerimento para a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Casa Legislativa Lidovino Antônio Fanton, para investigar o caso dos funcionários fantasmas da Secretaria de Obras, formalizado durante a sessão de terça, merece algumas considerações. Em primeiro lugar, o momento para a proposição de uma CPI era no final de setembro, quando o Jornal Informante e outros poucos veículos noticiaram o fato. Concedendo o desconto do período eleitoral, no máximo sua instauração deveria ter ocorrido nos dias seguintes à eleição municipal. Contudo, parece que o caso das horas extras passou a ganhar importância apenas depois da divulgação feita pela RBS, diga-se de passagem, bem em tempo, só com dois meses de atraso. Respondendo ao questionamento que dá título à crônica, não tenho condições de avaliar se ela é oportunista, tendo em vista que seu desencadeamento é uma questão de foro íntimo. O que posso garantir é que ela certamente é necessária, mas não hoje, era necessária há dois meses, quando os fatos vieram à tona (ou alguém duvidou da veracidade da notícia pelo fato de não ter sido noticiada pela RBS?), e que, infelizmente, pelo que vi, será 100% partidária. Não sei se a próxima legislatura terá condições, mas esta certamente não apresenta as mínimas para conduzir uma CPI. A sessão de terça é a prova definitiva de que falta maturidade para o trabalho. As manifestações deixaram bem claro de que o sentimento é de que essa é uma CPI da oposição. A Câmara de Vereadores mostra, lamentavelmente, não estar madura para isso. Mas o problema não é pontual, mas sim uma herança recente. Temos um Legislativo com uma situação mal acostumada, que fez, ao longo dos últimos anos, impor sua vontade pela maioria. Uma situação que, muitas vezes, não dava um passo antes de ligar para o prefeito, atrelada ao extremo às ordens do Executivo (e a perda de autonomia e respeito do Poder vem muito daí, não de algum fator externo, como por diversas vezes insinuado). Uma situação que entrava na sessão cabrestada e com discurso de gaveta, pronto, decorado e ensaiado. Por outro lado, tivemos uma oposição resignada. Uma oposição que era convencida com promessas insossas. Uma oposição complacente, condescendente, incapaz de manifestar sua vontade porque era minoria, fato que, na verdade, deveria ser um argumento extra para justificar seus posicionamentos com ainda mais afinco e decisão. Todos sabem, não foi isso que aconteceu. O Legislativo farroupilhense se apequenou. A disparidade de forças entre situação e oposição pode ter contribuído para isso, mas os vereadores têm sua parcela, e grande, de responsabilidade. Uma nova legislatura está a caminho, com mais cadeiras, com renovações no quadro e, especialmente, com paridade de representação. Não sei se a CPI será instalada. Se ela cumprirá seu papel. Se contribuirá com o trabalho do Ministério Público. Sei que os fatos são muito graves, merecem ser investigados e os responsáveis punidos de forma exemplar. E como muitos apostaram que o Julgamento do Mensalão acabaria em pizza, só espero que essa pizzaria, que perdeu clientela em Brasília, não venha tentar conquistar uma nova em Farroupilha. Já estamos parecidos demais com a Capital federal. É bom parar por aqui.

Inside

Iwers, Cony, Borges, Abreu e Sasquatt aniversariam junto com o República e trazem toda a diversidade de Creedence para o público

de uma edição especial de uma cerveja artesanal fabricada em Porto Alegre, com rótulo comemorativo. O grupo é formado por Álvaro Borges no vocal, Christian Iwers na guitarra solo e lap steel, Júlio Sasquatt na bateria, Marcelo Abreu no contrabaixo e Cony na guitarra base e violão. O proprietário do República, Charles Nixon Brambilla, o Pena, afirma que a história do bar é

muito mais longa do que esse um ano que está sendo comemorado no novo endereço. Ele afirma que, em 2013, pretende levar ao local atrações nacionais. Os ingressos antecipado custam R$ 15,00 e estão disponíveis no República, na Akústica Musical e na Di Roma Pizzas e Saladas. Na hora eles estarão sujeitos à disponibilidade e a alteração de valor, que ainda não foi divulgado.

Serviço

O que: aniversário do República Beer Quando: nesta sexta, a partir das 23h Onde: República Beer (República, 455, subsolo) Quanto: antecipados a R$ 15,00

Cinemas GNC Caxias (Shopping Iguatemi, RST-453, quilômetro 3,5) GNC 1: Até que a Sorte nos Separe – às 14h15min, 16h50min, 18h50min e 21h GNC 2: Saga Crepúsculo: Amanhecer – às 14h, 16h40min, 19h20min e 22h GNC 3: Argo – às 13h50min GNC 3: Intocáveis – às 16h10min GNC 3: 007: Operação Skyfall – às 18h30min e 21h20min GNC 4: Saga Crepúsculo: Amanhecer – às 13h30min e 16h20min (dublado) e às 19h e 21h40min (legendado) GNC 5: Frankenweenie (dublado e em 3d) – às 13h20min e 15h20min GNC 5: Atividade Paranormal 4 – às 17h20min e 22h10min GNC 5: 007: Operação Skyfall (dublado) – às 19h30min GNC 6: Saga Crepúsculo: Amanhecer (dublado) – às 13h40min, 16h30min, 19h10min e 21h50min Ingressos: sexta, sábado, domingo e feriados: R$ 14,00; meia entrada, menores de 12 anos e sênior (a partir dos 60 anos): R$ 7,00; Movie Club Preferencial: R$ 12,00 e Clube do Assinante RBS R$ 10,50. Segunda, quarta e quinta (exceto feriados): R$ 12,00; meia entrada, menores de 12 anos, sênior e Clube do Assinante RBS: R$ 6,00 e Movie Club Preferencial: R$ 10,00. Terças (exceto feriados): ingresso único: R$ 7,00. Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho (Luiz Antunes, 312) A Vida de Outra Mulher – sexta às 19h30min e sábado e domingo às 20h Ingressos: R$ 5,00 e R$ 2,00 (estudante e sênior)

Alterações na programação ou nos valores dos ingressos são de responsabilidade das salas


Inside

Compromisso com a cidade

Variedades

Natal nas redes sociais Duas campanhas, formadas pelo Facebook, buscam tornar final de ano de famílias carentes mais feliz

O

s farroupilhenses vêm demonstrando a sua solidariedade por meio do Facebook. No espaço virtual, foi criada uma Fan Page e um Grupo com o objetivo de reunir pessoas que queiram colaborar com doações para fazer o final de ano de pessoas carentes mais feliz. A página Carinho Conectado foi criada para reunir 500 cestas básicas que serão doadas às famílias necessitadas, na véspera do Natal. A campanha leva o nome “500 cestas básicas, 500 provas de carinho”. Para colaborar, as pessoas podem adquirir, em seis pontos de venda (confira abaixo), tickets de R$ 20,00 ou R$ 50,00 de puro carinho. De acordo com um dos organizadores da campanha Aléferson de Menez, os farroupilhenses estão aceitando bem a ideia e quase metade dos tickets já foram comercializados. “Aproveitaremos a mesma rota que faz o caminhão do Natal da Zuera, que distribui brinquedos para crianças destas comunidades. Vamos atrás deles. Eles com brinquedos e nós com as ‘500 provas de carinho’”, diz Aléferson. Mais informações podem ser adquiridas pela Fan Page facebook.

Imagem: Reprodução

Voluntários estão realizando doações para serem distribuídas nos locais onde o Papai Noel não passa

com/carinho conectado. Outra movimentação começou pelo farroupilhense Alceu Viegas Pires Machado. Ele ainda é calouro no Facebook, pois passou a integrar a rede há apenas alguns meses.

Quando percebeu as ferramentas disponíveis na rede social, ele criou o Grupo “Farroupilha – levando o Natal para onde o Papai Noel se esquece de passar”, que pode ser acessado pelo link www.facebook.com/ groups/480830645290409/. Machado contou com o apoio de muitos amigos e disse que se surpreendeu com a quantidade de gente querendo ingressar na causa. Mais de 30 pontos de coleta foram estabelecidos por voluntários (veja alguns abaixo). Ele marcou os pontos em um mapa do Google para que as pessoas deixem suas doações, que podem ser de roupas, brinquedos, alimentos e até eletrodomésticos. A arte para a divulgação e os cartazes também foram confeccionados por voluntários que aderiram à nobre causa.

Locais para adquirir os tickets

Pulsar Suprimentos, Polli Materiais de Construção, Sérgio Rossi Materiais de Construção, Mercado São Luiz, Restaurante Bem-Te-Vi e Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção de Farroupilha.

Alguns pontos de coleta de doações

Feito Bicho, New Service, Escola Antonio Minella, Escola Santa Cruz, Clas’sport, Centro de Formação de Condutores (CFC) de Farroupilha, BioKyds Espaço Infantil, Escola Dei Bambini, Vipê Noivas e Festas, Silvestrin Frutas e Esporte Clube Penharol.

Sexta-feira, 23 de novembro de 2012 |

3

Benami Spilki benami@sjassessoria.com.br

Frase terrorista Semana passada, para meu espanto, o ministro da Justiça declarou que “preferia morrer a cumprir pena num presídio brasileiro”. A estranheza pela declaração surge ao interpretá-la por alguns prismas. Disserto a seguir sobre alguns. A grande imprensa, parece guiada por cabresto. Logo de pronto começou a mostrar as barbaridades que existem nos presídios, provavelmente tentando mostrar a razão do ministro em fazer aquela improvável opção. Primariamente rebato este enfoque, ou seja, não creio que o ministro desenvolveu sua opção em face da qualidade dos presídios, pela simples razão de que quem tem o poder de modificar esta situação é o próprio governante e o mesmo ou seu partido nada fizeram para modificar esse quadro nos últimos 10 anos. Assim sendo, para melhor analisarmos a declaração em foco, devemos considerar o contexto em que a mesma foi proposta. A infeliz declaração originou-se de uma entrevista em que o ministro comentava o tamanho das penas impostas aos quadrilheiros do seu partido, em julgados e condenados pelo Supremo Tribunal Federal. O Partido dos Trabalhadores está, em minha opinião, realizando mais um péssimo ato, pois está defendendo, de forma sorrateira, os réus do Mensalão, na medida em que tenta desacreditar a qualidade técnica dos ministros da mais alta corte do País, sugerindo que os mesmos tenham julgado de forma parcial e política os apenados. O elemento subversivo do fato está em negar a plena validade do julgamento, pois assim sendo gera uma dúvida razoável na militância cega e apaixonada, criando uma insegurança jurídica que só beneficia os marginais. Outro argumento que os new-terroristas estão tentando colar é sobre as histórias pessoais de cada condenado, membro da quadrilha e do Partido dos Trabalhadores. Falam das façanhas de cada na luta contra a ditadura, tentando com isto subverter a lógica de que quem age contra a lei deve ser punido. Sendo assim, surgem aqui ou acolá explicações para o fato de que membros do PT e da quadrilha, que assaltou os cofres públicos, de maneira e volume nunca antes neste País vivida. Essas explicações tentam, de forma transversa e subvertida, dar validade ao fato. Não há o que fazer, simplesmente temos que seguir a lei, só isto. Quanto ao fato de que próceres de um partido político ou de um governo que não seguem a legislação são julgados e condenados pela mais alta corte da nação, tendo usufruído por sete longos anos do mais amplo direito ao contraditório a ao devido processo legal foram condenados, estes devem, em nome da cidadania e da governabilidade, dar o exemplo e cumprirem suas penas com um pouco de honra que ainda tenham. Quanto ao ministro bravateiro, a este resta ou a demissão ou a realização das obras necessárias, pois é uma das suas atribuições, seja nos presídios existentes ou nos novos que venham a ser construídos. * Consultor de Empresas


Valéria Vettorazzi social@jornalinformante.com.br

A

Casamentos

Diego Frigo

Nicolas Dalzochio

noite do último sábado foi cheia de emoção para Andressa Gervasoni e Márcio de Abreu Arruda. O casal radicado

em Florianópolis escolheu a Igreja Santa Cruz de Nova Milano para oficializar sua união. Após a cerimônia os convidados, vindos de diversas cidades, foram recepcionados no salão da mesma comunidade. O cerimonial esteve a cargo de Denise Balbinot Colombo da D&C Cerimoniais. Os noivos Daiana Tonin Nunes e Vanderlei de Souza Nunes festejaram seu enlace também no último sábado. A cerimônia ocorreu na Igreja Matriz e os convidados foram recepcionados no CTG Ronda Charrua. Também trocaram alianças no último final de semana a farroupilhense Daiana Garbin, que atualmente vive em São Paulo, e o apresentador do Globo Esporte Tiago Leifert. A cerimônia ocorreu na Capital paulista e contou com aproximadamente 700 convidados.

Feliz Aniversário Na segunda, Mateus de Carli, Amandalisa Salamão e Janaina Medim Couto sopraram as velhinhas. Na terça foi a vez do querido Junior Toso e da Ana Paula Schmitz receberem as felicitações. Na quarta, Cassio Battisti, Daiane dos Reis, Doris Menti Chedid e Felipe Serafin completaram mais um ano de vida. Na quinta o professor Gilberto Broilo e Francyelle Bonaci festejaram. Nesta sexta a minha

Daiana Tonin Nunes e Vanderlei de Souza, que trocaram alianças no sábado

Os namorados Juliano Favero e Rochele Arossi marcaram presença no pagode que agitou o Boteco do Chá

Adroir Fotógrafo

querida amiga Marcela Kuhn completou mais um ano de idade juntamente com Mateus Lazzari e Luiza Schinestzki. No domingo Leonardo Baumgartem, Cristian Douglas Castello Branco e Charles Nixon Brambilla, o Pena, comemoram a nova idade.

Eletrônica Neste domingo, o Desvio Blauth será palco de um grande agito, acontece a festa de música eletrônica Movement. O evento tem por objetivo proporcionar uma festa agradável e diferente para os fãs do estilo. No line-up estão os DJ’s Caio Busetti, Ander Oliveira e Fran Bortolossi. Os ingressos podem ser adquiridos por R$ 15,00 na Feel Versatile em Farroupilha, na Hip em Caxias do Sul e na academia Body in Shape em Bento Gonçalves.

Feliz Natal No dia 2 dezembro acontece a tradicional Chegada do Papai Noel. O evento ocorre na Praça da Matriz de Farroupilha, a partir das 20h. A promoção é do Sindilojas e do Sindigêneros em parceria com a prefeitura. Neste dia haverá distribuição de brinquedos e show Fabiano Feltrin, encarnando Elvis Presley. Todos estão convidados!

Os padrinhos Marcelo Vezentin e Gabriela Anghinoni com o pequeno João Miguel De Oliveira Jakovas em seu batizado, ocorrido na igreja do bairro Medianeira, no último domingo


Candida Photo Art

Márcio de Abreu Arruda e Andressa Gervasoni, que se uniram em matrimônio no último sábado

Divulgação

André Rotta, Leozir Parisotto e José Kaiser, parceiros no novo empreendimento República da Cerveja, que terá franquia em breve. Hoje com sede em Gramado, oferece mais de 500 marcas de cerveja de mais de 30 Países Júlio Dal Monte/Studio Dal Monte

Zilmar Silvestrin, comemorou seu aniversário de 50 anos no último dia 19, e recebeu os parabéns dos amigos e familiares


6 | Sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Laura Cristina Nardi Callegari lauracnardi@yahoo.com.br

Estava pensando o quanto o envolvimento positivo de uma família pode fazer toda diferença na vida de um sujeito, principalmente daquele que nasce com uma deficiência. Conheço inúmeros casos de pais que, mesmo após terem recebido um diagnóstico muito desfavorável em relação ao desenvolvimento de seus filhos com deficiência, investiram com todas as forças nas possibilidades. Para ilustrar melhor, relatarei a história de um rapaz americano que nasceu com paralisia cerebral (disfunção na parte motora do corpo), que já teve sua história divulgada na mídia. Rick nasceu em 1962 e o pai relata que logo depois de seu nascimento foi informado sobre a deficiência do filho. Disseram-lhe que Rick passaria toda sua vida em uma cama, em estado vegetativo, e que não haveria muito a ser feito com ele. A família decide recusar tal informação e, desde muito cedo, estimula, conversa, interage, oportuniza vivências das mais diversas com outras pessoas e outras crianças. Com a intenção de dar ao filho todas as oportunidades que uma criança “normal” tem, incluíram Rick em tudo o que faziam. Em função da sua deficiência, Rick não conseguia falar e nem se movimentar sozinho e fazia uso de uma cadeira de rodas. Aos poucos a família começou a observar que Rick respondia aos estímulos e que compreendia o que se passava ao seu redor, sorrindo quando algo lhe agradava. De fato Rick tinha muitas limitações físicas que lhe foram impostas pela paralisia cerebral e precisava constantemente do auxílio de outras pessoas. Porém, o que para algumas famílias poderia ser “mais um peso a ser carregado em vida”, para a família de Rick era uma oportunidade de superação para todos. Como Rick era apaixonado por esportes, seu pai decidiu levá-lo, quando já adulto, em uma competição esportiva. Entre tantos eventos, os dois participaram do Iron Man, que é considerada a prova mais difícil do mundo, tendo conseguido completá-la nadando 3,8 quilômetros e carregando seu filho em um bote, pedalando 180 quilômetros e levando seu filho junto à bicicleta, e correndo 42 quilômetros empurrando a cadeira de rodas de Rick. É inacreditável a força desse pai e mais inacreditável ainda é a capacidade de não se prender ao que está falho, ao que não vai bem, à deficiência. E nós, pessoas consideradas normais, quantas vezes em situações um pouco difíceis pensamos em desistir, em deixar para trás um sonho, em não investir mais em algo que parece tão custoso? Penso que devemos nos inspirar em histórias como essas e seguir a vida com mais entusiasmo e otimismo, pois assim também estaremos abrindo as portas para a felicidade. Para quem ficou mais interessado em conhecer essa história de superação fica a dica da leitura do livro “Devoção”, de Dick Hoyt e Don Yaeger. Na internet é possível visualizar um vídeo mostrando o percurso percorrido por Rick e seu pai no Iron Man: http:// www.youtube.com/watch?v=lCVBAI28a34. Não deixem de assistir. É uma história incrível! * Psicopedagoga

Compromisso com a cidade

xxxxxxx Teatro

Hora de abrir as cortinas Mostra de Teatro de Farroupilha movimenta os artistas da cidade do projeto Fábrica de Sonhos

H

á muito tempo eles se preparam, ensaiam, testam figurinos. Chegou a hora dos alunos do projeto de teatro educação da Fábrica de Sonhos mostrarem o seu talento. A II Mostra de Teatro de Farroupilha acontece nesta quinta e sexta à noite e vai contar com seis grupos que se apresentam. Destes, três são estudantis, um de melhoridade, um convidado, da cidade de Dois Irmãos, e o Grupo Farroupilha de Artes Cênicas (GFAC). Realizado pela Marca Produções, a Fábrica de Sonhos está presente em outras quatro cidades do Rio Grande do Sul: Dois Irmãos, Pareci Novo, Salvador do Sul e São José do Sul. Contando com aproximadamente 500 alunos, os diretores das peças e idealizadores da iniciativa são Cássio Azeredo e Marcos Cardoso. “A mostra é parte importante da metodologia do projeto Fábrica de Sonhos e acontece em todas as cidades que o projeto está inserido. É o momento onde o aluno expõe parte do trabalho produzido durante o ano para a comunidade que, por sua vez, pode apreciar um pouco do teatro que é produzido aqui”, ressalta Cássio. Ele enfatiza que o evento é realizado de todas as formas para tornar esse um momento especial tanto para quem faz e está nos bastidores, quando para quem assiste. A Fábrica disponibiliza toda a estrutura de iluminação, som, maquiagem, figurino e outros elementos para que os pequenos atores se sintam verdadeiros artistas. De acordo com o diretor, o teatro educação é aplicado com o principal objetivo de desenvolvimento do ser humano através da arte e maior inserção na comunidade, mais do que apenas formar um artista. Apesar disso, ele lembra que sempre há aqueles que de se destacam na área, avançam no grupo e optam por seguir a carreira, mais tarde. “Acredito que a qualidade dos trabalhos é o principal fator de destaque. Isso porque muitos grupos estão há dois anos com a mesma peça, o que possibilitou aprofundar o entendimento dos alunos sobre o fazer teatral”, observa. E o encontro vai contar com duas novidades. Um grupo convidado de Dois Irmãos que encena a peça “Fica Ficando” e o grupo Talentos da Maturidade, onde 13 senhoras sobem ao palco para mostrar que teatro não tem idade. “Quem for à Mostra vai encontrar uma equipe com muita vontade de trabalhar e fazer o seu melhor, e também alunos ansiosos por subir ao palco, alguns com experiência, outros subindo pela primeira vez. Na mesma noite o público poderá se emocionar e rir e, com certeza, vai dividir conosco bons momentos de teatro”, assegura Cássio.

Maurício Belarmino

Uma vida de possibilidades...

Inside

Grupo Farroupilhense de Artes Cênicas (GFAC) encerra apresentações do primeiro dia com sua nova montagem

Programação da II Mostra de Teatro Quinta Talentos da Maturidade com a peça A História de Bepo Formágio (Farroupilha) Cine Teatro com a peça Fica Ficando (Dois Irmãos) GFAC com a peça A Vida Fora da Gangue (Farroupilha) Sexta, dia 30 Os Famosos com a peça Meninos e Meninas (Centro Ocupacional – Farroupilha) Juntou Deu Nisso com a peça A História do Homem que Conseguiu Enganar a Morte (Centro Ocupacional – Farroupilha) Speta un Poqtin com a peça Tesouro de Pano (Escola Antônio Minella – Farroupilha)

Serviço

O que: Mostra de Teatro da Fábrica de Sonhos Quando: quinta e sexta, a partir das 20h Onde: Auditório da UCS Farroupilha (Rodovia dos Romeiros, 567) Quanto: entrada franca


Inside

Compromisso com a cidade

Variedades

História sobre rodas J

á foram 40,4 mil quilômetros percorridos sobre duas rodas e nenhum motor. O paraense José Nilton Brito, de 55 anos, está desde 16 de junho de 2009 realizando um sonho. Ele, em 1976, assistiu a um documentário que fez despertar o desejo de percorrer todo o Brasil de bicicleta à procura de histórias. Após percorrer 1.068 cidades do País, ele passou por Farroupilha, na quinta, conhecendo a cidade e dando continuidade à jornada. “Estou procurando singularidades entre os municípios”, afirma. José lembra de sua história relembrando que, após ver o documentário, esperou que os três filhos se tornassem independentes e, com R$ 15 mil, deu início à peregrinação. O viajante registra o que encontra em cada cidade em um caderno. Ele cola cartões de visita e pede para que pesso-

Vitória Lovat

José Nilton Brito está na reta final para atingir os 50 mil quilômetros

as com que conversa deixem o seu registo no diário. “Entrei no Rio Grande do Sul no dia 20 de julho deste ano e estou no fim da minha rota. Com mais 1,6 mil quilômetros chego

ao Chuí, onde é a minha parada final”, revela. De acordo com a sua experiência, em todos os Estados do País ele pôde descrever as diferenças culturais de cada um e garante que as Unidades Federativas que melhor o acolheram foram o Rio Grande do Sul e Minas Gerais. “Vi um Brasil lindo. Enquanto belezas naturais superaram as minhas expectativas, a desigualdade social, presente principalmente no Norte e Nordeste, é um ponto negativo que me deixou triste”, relata. Após o término, ele espera publicar um livro. Unindo todos os relatos dos diários, José ainda precisa dar o último passo, que é contar para os brasileiros a experiência de conhecer literalmente todo o Brasil e mostrar uma realidade diferente e, muitas vezes, esquecida.

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Leão - 21/07 a 20/08

O amor e os relacionamentos, simbolizados por Vênus, passam por grandes transformações. Vênus está em Escorpião e feridas emocionais podem ser curadas com uma profunda intimidade. Mudanças afetivas e na expressão da sexualidade podem ocorrer. Negócios estimulados.

Favorecimento familiar e em questões domésticas e vinculadas ao lar, nativo de Leão. Este é um momento que enfatiza tudo o que está ocorrendo subjetiva e emocionalmente. O amor-próprio é a base de qualquer relacionamento satisfatório. Fortes experiências com familiares.

Touro - 21/04 a 20/05

Vírgem - 21/08 a 20/09

O seu planeta regente, Vênus, passa a atuar no intenso signo de Escorpião, taurino. As relações ganham um tom mais intenso, profundo e transformador a partir de agora. Cuidado com sentimentos de posse, ciúme, controle. Transforme as suas relações.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

O ingresso de Vênus em Escorpião indica que o foco se volta à saúde e ao trabalho. Cultive relações de trabalho positivas e perceba o que precisa ser curado na relação amorosa. Poderosa influência das emoções sobre o corpo. Aprimoramento da intimidade e sexualidade.

Câncer - 21/06 a 20/07

O planeta do amor passa a atuar no setor afetivo dos cancerianos, estimulando a paixão. Os cancerianos vivenciam um poderoso, transformador e curativo momento emocional. Um tudo ou nada emocional, com forte impacto sobre os sentimentos e a sexualidade.

O amor se demonstra em gestos, mais do que em palavras, nativo de Virgem. O momento aproxima você de algumas pessoas, se houver uma forte sintonia emocional e espiritual. É favorável compartilhar sentimentos e pensamentos, pois isso tem um poder curativo e transformador.

Líbra - 21/09 a 20/10

Vênus, regente libriano, passa a transitar Escorpião. Transformação de valores. Tesouros preciosos, na forma de talentos e habilidades, podem representar uma nova prosperidade. Perceba que não há nada mais importante do que o amor e a evolução nos relacionamentos.

Escorpião - 21/10 a 20/11

Em seu signo passa a atuar o planeta do amor e dos relacionamentos, Vênus. Muitos planetas transitando Escorpião revelam a importância peculiar deste momento. Vênus pede o cultivo de novos valores emocionais e de novas atitudes amorosas.

Sagitário - 21/11 a 20/12

Percepção dos ensinamentos espirituais associados as suas relações e afeições. Hora de trazer à tona sentimentos esquecidos, reprimidos, abandonados à inconsciência. Poderá vivenciar um sentimento que tem a conotação sigilosa ou que represente um tabu.

Capricórnio - 21/12 a 20/01

Importantes contatos envolvendo amigos, empresas e grupos, capricorniano. Da amizade pode surgir um sentimento mais intenso, que cultivado, represente amor. Momento interessante para renovar as atitudes emocionais, dando outro dinamismo às relações.

Aquário - 21/01 a 20/02

Vênus ocupa agora o ponto mais alto do céu aquariano. Vênus é amor e relacionamento. Perceba que o ponto mais alto da sua vida está associado à evolução emocional. Voltam a tona fortes sentimentos e desejos que transformam o coração e a sexualidade dos aquarianos.

Peixes - 21/02 a 20/03

O planeta que simboliza afeto, relações e valores emocionais, Vênus, atua em Escorpião, pisciano. Ênfase no contato com pessoas distantes, mas que de seu coração nunca se afastaram. Questionamentos sobre valores emocionais e espirituais nos relacionamentos e na vida afetiva.

Sexta-feira, 23 de novembro de 2012

|7

Fabrício Oliboni fabrioliboni@gmail.com

Elevadores Vou avisando logo de início: não sou adepto de elevadores. Prefiro as escadas mesmo. Só em casos óbvios, como do 6° andar em diante, pois tenho um certo apreço pelos meus joelhos e não tenho o intuito de chegar ofegante e suado nos lugares que tenho de ir. Trabalho no 2° andar, então fica bem de boa subir e descer dois lances de escada diariamente. Logo, não sou um grande usuário de elevadores não. Mesmo assim, vez que outra faço uso desse curioso meio de transporte vertical. Em razão disso, resolvi escrever sobre elevadores hoje. Antropólogos deveriam usar mais os elevadores, pois há muito que se aprender sobre o ser humano quando ele se encontra embalado em um cubículo de metal, cercado por desconhecidos durante um breve período de tempo, mas que dá a impressão de durar mais tempo que as propagandas que antecedem os vídeos do YouTube. Puxar papo no elevador é uma arte. O leque de opções de 81,4% dos homo sapiens gira em torno de três opções de assuntos: a) Clima: “Tá abafado hoje, né?!”; b) Coincidências: “Você também vai para o 3° andar? Poxa, quem diria, hein? Mundo pequeno esse. Pequeníssimo”; c) Jogar na Mega-Sena: “Tu jogou na Mega essa semana? Eu fiz minha ‘fezinha’, como sempre. Agora vai! Agora vai!” (comentário seguido por uma cotovelada de leve no pâncreas e uma risadinha infame). Deve-se levar em consideração o tempo de permanência no elevador também, porque se você tiver de passar do 7° andar, terá de bolar um papo bem mais elaborado, ou saber todas as manhas de meteorologia. Caso o cenário seja o elevador de seu condomínio, temos algumas mudanças importantes aí. Ao invés de puxar papo sobre clima, coincidências e Mega-Sena, é possível falar mal do síndico do prédio ou fazer alguma fofoca sobre os vizinhos, tipo: “Tu viu o que aquela vadia do 304 fez ontem? Nem te conto, Judite! Nem te conto”. Segurar o riso é outro problema recorrente quando se está em um elevador. Não são raras às vezes em que tive crises de riso em um elevador. Motivo? Boa pergunta, mas acredito que seja pela simples observação das pessoas em volta, suas atitudes (ou falta de) que, na maioria das ocasiões, não estão à vontade e tentam disfarçar isso. Aí que fica engraçado. Assobiar no elevador também é massa, mas exige muita cara de pau, principalmente se o mesmo está cheio. Mãos no bolso e olhar fixo no teto do elevador são táticas deveras comuns, que muitas pessoas adotam, mas que só funciona de fato com o auxílio de um ray-ban. Olhar para o espelho é um gatilho para o riso desenfreado, portanto evite ao máximo tal movimento. Em tempos de Instagram, é importante ter paciência, pois é cada vez mais frequente dividir o elevador com uma gurizada tirando fotos em frente ao espelho para compartilhar com os amigos no Facebook e Twitter. Para finalizar, nada melhor do que estar no andar térreo e ouvir alguém pedir “sobe?”. Aí o negócio é ir de escadas mesmo, não tem jeito. * Estudante de Relações Internacionais e consultor de vendas de intercâmbio


Sétima Arte

Casablanca

Ficha Técnica Casablanca Direção: Michael Curtiz Roteiro: Julius J. Epstein, Philip G. Epstein e Howard Koch Gênero: Drama Duração: 102 minutos País: Estados Unidos Ano de produção: 1942 Estúdio e distribuição: Warner Bros Pictures Nota: 10

Clássico desde seu lançamento Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br

D

iferentemente do contemporâneo “Cidadão Kane”, de Orson Welles, que obteve glória e reconhecimento tardios na Sétima Arte, “Casablanca”, foi aclamado desde o momento de seu lançamento. Na segunda, o clássico de Michael Curtiz completa 70 anos e segue cultuado como uma das grandes obras da história do Cinema. Assim como Kane, clássico de 1941, as inovações do filme foram muitas. Claro que o sucesso também é mérito de um consagrado elenco e de uma trama muito bem costurada, mas as grandes atrações de Casablanca são mesmo seu texto, pautado em um diálogo rápido e vigoroso e, especialmente, o tema em questão, o êxodo de nativos europeus com a II Guerra Mundial em pleno curso. Com o avanço nazista se alastrando pela Europa Ocidental, uma fuga para a América era uma alternativa viável. Os mais abastados conseguiam uma conexão direta com Lisboa e, a partir daí, embarcavam para o Continente Americano. Porém, em um momento de dificuldade e penúria, nem todos tinham condição de acessar facilmente a Capital portuguesa. Os franceses, especialmen-

te, iniciaram um processo de diáspora tão logo o Terceiro Reich tomou Paris de assalto. Para chegar a Lisboa, muitos passavam antes pelo Marrocos, um protetorado francês no norte africano que não estava sob o jugo nazista. No entanto, tudo muda quando dois mensageiros alemães são mortos a caminho de Casablanca quando levavam dois salvo-condutos assinados pelo general francês Charles de Gaulle. A situação leva o Terceiro Reich a deslocar um grupo de oficiais a Casablanca, comandado pelo major Heinrich Strasser (Conrad Veidt), a fim de investigar a ocorrência, recuperar os documentos e prender os responsáveis. O caso torna-se ainda mais sério quando há notícias de que o tcheco Victor Laszlo (Paul Henried), um fugitivo de um dos campos de concentração nazistas e líder da Resistência, também está a caminho da cidade marroquina. Nela, que mais parece um campo de refugiados, funciona o American Café, de propriedade de Rick Blaine (Humphrey Bogart), um americano que, no passado, se envolveu em conflitos na Europa mas que, no momento e fundamentalmente por conta de um grande fracasso amoroso, não dá mais a mínima para questões políticas desde

que deixou Paris rumo a Casablanca. Seu ceticismo parece totalmente alheio à guerra. Contudo, por mais indiferente que possa estar à questão, tudo muda a partir do ponto que reencontra Ilsa Lund (Ingrid Bergman), o grande amor de sua vida e com quem viveu um tórrido romance na Cidade Luz, ao lado de Victor. Imediatamente, a dupla volta a reviver os bons momentos vividos na Capital francesa antes da invasão nazista. O contato também servirá para preencher alguns pontos obscuros do passado de Rick e Ilsa. Como um mercado negro de vistos de saída do Marrocos se processava dentro de seu estabelecimento, embora não fosse Rick que operava o esquema, o chefe da polícia local, capitão Louis Renault (Claude Rains), aperta o cerco sobre o empresário, que o obrigará a tomar uma decisão que envolve não somente uma questão pessoal, mas a própria sobrevivência de uma causa. Considerado por muitos como o melhor filme de todos os tempos, Casablanca foi, sobretudo, ousado ao tratar de um tema delicado com a II Guerra no exato instante em que o conflito estava sendo desencadeado. Uma mistura bem acabada de drama com romance, de policial com suspense, que o consolidou como um clássico em todos os aspectos.

Divulgação

“Casablanca” chega aos 70 anos e mantém condição de um dos maiores filmes de todos os tempos

“Nós sempre teremos Paris”: dupla Rick Blaine (Humphrey Bogart) e Ilsa Lund (Ingrid Bergman), no improvável reencontro em Casablanca, no Marrocos, eternizaram a frase que marcou a história do Cinema

Oscar

Venceu Filme Direção (Michael Curtiz) Roteiro Original (Julius J. Epstein, Philip G. Epstein e Howard Koch) Concorreu Ator (Humphrey Bogart) Ator Codajuvante (Claude Rains) Fotografia Edição Trilha Sonora

Unanimidade na crítica especializada

Casablanca é uma obra que dispensa maiores considerações. Mesmo assim, vale destacar seu posto em dois sites especializados na Sétima Arte. O 70 Anos de Cinema (www.70anosdecinema.pro.br) considera o filme como o melhor de todos os tempos, único a receber nota 10 na avaliação. Na página do Instituto Americano de Cinema (www.afi.com/100years/movies10.aspx), ocupa a 3ª posição, atrás apenas de Cidadão Kane (1941) e O Poderoso Chefão (1972).


L200 TRITON V6 FLEX 2010 PRETA ......................77.000,00 FORD ECOSPORT XLS 1.6 FLEX 2008 PRATA ....34.000,00 GM ASTRA HB 4P ADVANTAGE 2009 CINZA .......33.900,00 AUDI A3 1.8 2003 PRETA .......................................32.000,00 MITSUBISHI PAJERO TR4 2005 VERMELHO ......32.000,00 MITSUBISHI PAJERO GLS V6 1999 BRANCA ......28.000,00 PEUGEOT 207 HB XR 2010 BRANCA ...................27.900,00 FORD FOCUS 1.6 FLEX 2008 PRATA ...................27.900,00 GM ASTRA HATCH 5P CD 2004 BEGE .................25.800,00 FIAT PALIO ELX FLEX 2008 PRETA ......................25.000,00 VOLKSWAGEN SAVEIRO 1.6 2008 BRANCA ........25.000,00 KIA MOTORS SPORTAGE 2.0 2001 ......................23.800,00 VOLKSWAGEN GOLF 2000 VERDE ......................22.500,00 FIAT SIENA 1.0 ELX FLEX 2006 PRATA ................19.800,00 VOLKSWAGEN SAVEIRO 1.8 2001 PRATA ...........18.800,00 GM CELTA SPIRIT 2005 PRATA .............................18.000,00 HONDA CRF 450 X 2007 VERMELHA ...................18.000,00 FIAT UNO MILLE FIRE FLEX 2008 BRANCA .........17.800,00 FORD FIESTA 2003 PRATA ....................................17.000,00 VOLKSWAGEN GOLF GLX 2.0 MI 1997 PRETA ... 15.900,00 FORD KA GL 2003 BRANCA ................................. 14.500,00 GM CORSA SUPER 1997 VERDE ........................ 10.800,00 FIAT UNO ELECTRONIC 1995 AZUL ...................... 9.900,00 VOLKSWAGEN GOL 1000 1994 BRANCA .............. 9.800,00 GM CORSA WIND 1996 CINZA ............................... 9.500,00 VOLKSWAGEN SANTANA GLS 1992 PRATA ......... 8.500,00 GM D20 CUSTOM S 1995 BRANCA .................... Aconsultar FORD MONDEO GUIA V 6 1999 AZUL ................ Aconsultar GM ZAFIRA ELEGANCE 2005 PRATA ................. Aconsultar

HB20 Hyundai ok Blazer DLX compl. + GNV preta 98 Corsa Hatch 1.4 2P branco 96 Corsa Hatch 1.0 AQ/DES/LIM/VIDR/TRAV branco 01 Corsa Hatch 1.0 vermelho 05 Celta 1.0 VHC 4P branco 05 Vectra Elite completo prata 06 Pick-up Corsa 1.6 branca 01 Fiorino Furgão branca 03 Fiorino Pick Up 1.5 branca 94 Ducatto maxx furgão 2.8 completa branca 04 Escort SW completo prata 97 RAV 4 completa altomatica prata 05 Sportage completa prata 08 Gol 1.0 4P bordô bolinha 99 Gol G3 power 1.6 4p prata 03 Gol G3 1.0 4p vermelho 00 Gol G4 1.0 4P c/Direção Hidráulica prata 06 Kombi passageiro teto alto branca 95/00 Fox 1.0 completo branco 10/11 Honda Civic SI completo vermelho 08 Ecosport 1.6 completa vermelha 05 Fiesta Hatch 1.0 completo vermelho 03 Fiesta Sedan 1.6 completo prata 07 Ka 1.0 image completo -ar azul 01 ka 1.0 vermelho 03 Parati Cl 1.8 branco 95 Parati 1.6 G4 completa -AR branca 07 Palio fire 1.0 4P c/ ar cinza 04 Palio Fire 1.0 4p c/direção branco 03 Palio Weekend 1.5 Vermelha 97 Palio Weekend 1.3 ELX completa prata 03 Palio 1.6 2p completo -AR 96 Kadett GL completo -AR cinza 95 Kangoo passageiro prata 04 Mini van towner 5 passageiros azul 97 Gran Besta GS azul Motor novo 16 lug 00 R$ 36.000 Montana 1.4 c/ Dir branca 10 R$ 26.500 r$ 13.900 Corsa sedan 1.0 prata 00 r$ 14.500 Gol G3 1.0 4p preto Completo 00 r$ 12.000 Gol 1.6 mI 2p Completo verde 97 r$ 12.000 BuGGy BranCo r$ 10.000 uno ex 1.0 4p CInza r$ 9.500 esCort Gl 1.8 Completo - ar vermelho 94 r$ 8.000 loGus GlI verde 95 r$ 6.500 Gol GlI 1.8 azul 95 BolInha r$ 2.900 yBr 125k preta 06


Oportunidade para vendedor(a) na área da saúde. Interessados enviar curriculo para Email-oportunidadesfarroupilha@gmail.com. Vendo casa de 2 pisos de alvenaria com 1 sala comercial de 250m² e terreno de 549m² próximo do centro. Valor R$ 1.500.000,00. Entrar em contato pelos fones (54) 9135.1622 e (54) 9146.0203.


Vende-se Uno 1.0, 2008, IPVA 2012 pago. Valor R$ 18.000,00. Interessados ligar no fone (54) 9908.5104. Vendo caminhão Ford Cargo, 1521, ano 2003, acompanha baú de 9 metros, com chapa de ferro no assoalho, climatizado, com marcha reduzida e direção hidráulica. IPVA 2012 pago. Interessado entrar em contato pelo fone (54) 3268.1062 ou (54) 9951.3583. Impecável: vende-se Stilo Sporting completo, vermelho, 2007, valor R$ 39.000,00. Interessados ligar para o fone (54) 3268.6504. BARBADA: sem troca, Voyage 2009, 26.000km, roda de liga, DH. Interessados ligar para o fone (54) 9189.2404.

HONDA CBR 450 1992 AZUL ....................................... 9.800,00 KASINSKI CRUISE 125 2003 PRETA ........................... 4.500,00 YAMAHA XTZ 125 E 2005 BRANCA ............................. 4.500,00 YAMAHA YBR 125 2008 PRETA ................................... 4.300,00 YAMAHA YBR 125K 2008 PRETA ................................. 4.300,00 YAMAHA YBR 125K 2007 VERMELHA ......................... 4.000,00 YAMAHA NEO 115 2006 AMARELA .............................. 3.900,00 HONDA CG 125 FAN 2008 PRETA ................................ 3.800,00 HONDA BIZ 125 KS 2006 PRETA .................................. 3.500,00 HONDA BIZ C 100 2005 PRETA .................................... 3.500,00 HONDA CG 125 FAN 2007 PRETA ................................. 3.500,00 YAMAHA YBR 125 ED 2004 PRETA .............................. 3.500,00 YAMAHA YBR 125 ED 2003 VERMELHA ...................... 3.500,00

Estamos recrutando divulgadores(as) para divulgação externa em Farroupilha. Remuneração compatível + vale transporte. Interessados entregar curriculum pessoalmente, na rua Cel. Pena de Moraes, 680, sala 2, na Clínica Odontológica. Vendo: chácara na Linha Burati de Farroupilha a 1800m do asfalto com luz, água, terra semi plana e córrego de água. Iteressados ligar (54) 9135-1622. Cuida-se de crianças: Somos profissionais com habilitação pedagógica, cuidamos de crianças de 5 mese a 12 anos em turmo integral ou meio com atividades didáticas e socias.Int.ligar para (54) 8424-6998.

YAMAHA YBR 125K 2006 VERDE ................................. 3.500,00 YAMAHA YBR 125K 2004 PRATA ................................ 3.500,00 YAMAHA YBR/125 E 2004 ROXA ................................ 3.200,00 SUNDOWN SUNDOWN MAX 125 SE 2007 PRATA ...... 2.800,00 HONDA XLX 250 1987 VERMELHA .............................. 2.800,00 HONDA XL 250 1985 PRETA ........................................ 2.700,00 HONDA HONDA CBX 150 AERO 1992 VERMELHA ..... 2.500,00 HONDA CG 125 TITAN 1998 AZUL ............................... 2.300,00 SUNDOWN SUNDOWN STX 200 2008 PRETA ............. 2.000,00

MASTER COM SERVIÇO 2007 BRANCA ...............78.000,00 KIA MOTORS BESTA GS 16P 2001 AZUL .............35.900,00 PEUGEOT 307 1.6 UNICO DO 2009 PRATA .........35.500,00 ASTRA GSI LEGALIZADO XENON 2005 ................29.900,00 VOLKSWAGEN GOLF SPORT 1.6 2003 PRATA ...25.900,00 MONTANA SPORT SUSP AR R17 2005 PRATA .....25.900,00 CLIO 1.6 PRIV. R17 REBAIX 2006 CINZA ...............24.900,00 BORA 2.0 IMPECAVEL 2001 PRETO ......................23.900,00 SIENA 1.0 FIRE FLEX UNICA DONA 2008 ..............20.900,00 PALIO CELEB FIRE FLEX COMPL 2008 .................20.500,00 GM BLAZER DLX 4.3 GNV 1998 BRANCA ............18.900,00 CORSA WEGON 1.6 8V RODAS 16 1998 CINZA ...18.900,00 FORD CORCEL 4 P 1969 VERDE ..........................18.000,00 GOL 1.0 8V REBAIX RODAS 15 2001 PRATA ........16.500,00 CLASSE A 160 RODAS DA 190 1999 CINZA ..........15.900,00 GOL 1.0 POWER COMPLETO 2002 CINZA ............15.900,00 UNO FIRE FLEX 1.0 OFERTA 2008 BRANCO ........15.900,00 PEUGEOT 206 1.0 PORTAS 2002 AZUL ................14.900,00 GOL GT 2.0 ASPIRADO 1986 VERMELHO ..............14.900,00 GM VECTRA GLS 2.0 1997 PRATA ........................14.900,00 FIAT UNO MILLE FIRE 4P 2004 AZUL ...................13.900,00 CORSA WIND 1.0 IMPECAVEL 2001 BRANCO ......13.500,00 GOL GTS LACRADO 1993 PRATA ..........................12.900,00 VERSAILES GUIA COMPLETO 1992 BORDO .........12.900,00 FIAT PALIO EX 1.0 2000 VERMELHO .................... 11.800,00 GM CORSA 1.0 RARIDADE 1996 ROXO .............. 10.900,00 GM VECTRA CD 2.0 1994 BRANCO ....................... 9.900,00 GOL CL 1.8 AP RODAS ORBITAL 1994 BRANCO ... 8.900,00 VOLKSWAGEN GOL GL 1.6 GNV 1987 PRATA ...... 6.900,00 GM KADETT 1.8 OFERTA 1991 VERMELHO ......... 6.900,00 VOLKSWAGEN VOYAGE CL 1988 VERDE ............ 6.900,00 FIAT UNO MILLE OFERTA 1992 PRATA ................. 5.900,00 FORD ESCORT 1.6 OFERTA 1987 DOURADO ...... 4.900,00 VOLKSWAGEN FUSCA 1300 1980 VERDE ............ 4.900,00 GM CHEVETTE SL 1982 VERDE ............................ 3.900,00 TRCICLO BIZ C-100 C/PARTIDA 2002 PRETA ........ 3.500,00 RENAULT SCENIC RT 2000 AZUL .......................A consultar

Taxas de juros a parTir de 0,89%. Na compra de um carro usado, TaNque cheio, TraNsferêNcia e ipVa pago. NOVA ECOSPORT FREESTYLE 0KM ....................A CONSULTAR COROLLA XEI AUTOMATICO VERDE 2000 ................18.900.00 STILO SPORTING COMPLETO 2007 VERMELHO ......39.000,00 DOBLO ADVENTURE 2009 PRATA .......................A CONSULTAR PALIO EDX 4P 1999 VERDE ......................................13.000,00 FIESTA SEDAN 2005 PRATA .......................................23.500,00 FIESTA SEDAN COMPLETO 1.6 PRATA..................A CONSULTAR FOCUS 1.6 2001 PRATA ............................................20.800,00 KA GL 2006 BRANCO ...............................................16.800,00 CHEROKEE LIMITED 5.8 4X4 1997 BORDO ............25.300,00 VECTRA GT 2009 CHUMBO .................................A CONSULTAR VECTRA CD 1997 CHUMBO ......................................16.800,00 ASTRA SEDAN GL 2000 BRANCO .............................19.800,00 MONTANA SPORT COMPLETA PRETA 2004 ........A CONSULTAR PAJERO TR4 4X4 GASOLINA 2007 PRATA ................42.500,00 FOX 1.0 2P 04 COMP. -VIDRO FLEX DOURADO ........19.800,00 KOMBI 1.4 BRANCA 2008 ...................................A CONSULTAR KOMBI BRANCA 2005 .........................................A CONSULTAR GOL 2003 1.0 8V 4P BRANCO ..................................18.800,00 GOL 1.0 G5 2009 VERMELHO .................................23.800,00 GOL 1.0 16V 4P 1998 BRANCO ...............................12.300,00 HONDA CBR 600 S 1999 PRETA...............................24.900,00 HONDA CBX 200 2002 PRETA ...................................3.500,00


Procura-se Manicure e Cabeleireira. Interessadas entrar em contato (54) 8408.3555 ou (54) 2628.4044. Vendo Fiesta Spirit ano 2003, com manual do proprietário e chave reserva, veículo em excelente estado.aceito moto no negócio. Interessados ligar para (54) 9944-0122. Oportunidade de negócio! Vendo caminhão 608E, com baú, ano 86. Valor R$35.000,00, Besta GS, ano 99, valor R$ 20.000,00 e Van ano 95 valor R$ 10.000,00. Interessados Ligar para (54) 8100-6840 ou (54) 9952-5606. Vendo Vectra CD 1997 2.0 completo. Valor R$ 18.000,00, interessados ligar (54) 9268-4307.

Vendo Fusca verde ano 81, em bom estado e com motor revisado Valor R$ 3.500,00. Entrar em contato fone: (54) 8414-3591. Vende-se Rodas de Kadett GSI GS, aro 14 liga leve. Interessados entrar em contato Fone (54) 9924-5559. Contrata-se atendente de loja, sexo masculino, preferencialmente com vivência na área agrícola. Interessados enviar currículo para: resilves@terra.com.br ou Rua Coronel Pena de Moraes, 118 centro Farroupilha-RS. Faça a arte de seu Folder, Cartão de Visita, Cartaz, Banner, Encarte, Adesivo, Rótulo, Pasta, Outdoor, catálogos e muitos outros. Contatos E-mail: gasperindesigner@hotmail.com ou Fone: (54) 99245559.


Vendo cadeira de Ginástica, semi nova. Interessados ligar para (54) 9994-5939, falar com Cassiano. Barbada! Vendo apartamento, 2 dormitórios, mobília mais eletro (completo). Com 80m², 2 box de caragem, valor a consultar. Interessados ligar para (54) 8148-4041. Alugo: Apto. novo, 2 dormitórios, sala, cozinha, área de serviço, tanque arejado e ensolarado, piso decorflex, salão de festas, 1 box de caragem, playground e quiosque. Res. Valle Verde, próximo a Polícia Rodoviária. Valor R$ 450,00 e Condomino em torno de R$ 50,00. Int. ligar para (54) 9100-9946. Aluga-se: Casa no Bairro Alvorada, com 3 dormitórios, garagem e pátio cercado. Valor R$ 500,00. Interessados ligar para Fone (54) 8100-6840 ou (54) 9952-5606.


Procuro casa de 2 dormitórios para alugar, direto com o proprietário. Pago até R$ 550,00. Fone (54) 8401.2091 ou (54) 9698.3442. Vendo casa de alvenaria, 230m², a 100m do posto Modelo. Recebo apartamento de menor valor no negócio. Fone (54) 9949.3234. Vendo apartamento no bairro Imigrante com piso laminado nos dormitórios, área social, sacada fechada integrada, porcelanato nos pisos e paredes da cozinha, WC e lavanderia. Interessados ligar (54) 3261-2553 com os corretores da Serrana Imobiliária. Vendo prédio antigo, central e com terreno de esquina, medindo 20x40. Pode-se construir até 12 andares. Aceito sala comercial de 400m² como parte do pagamento. Entrar em contato pelos fones (54) 9135.1622 e (54) 9146.0203.


Compro terreno de cooperativa, mesmo que esteja em atraso. Entrar em contato pelo fone (54) 9925.2068. Vendo 2 hectares de terra no bairro Industrial. Vendo 2 hectares com casa, na linha Jansen à 1.800m do asfalto a partir de R$ 70,000.00. Entrar em contato pelos fones (54) 9135.1622 e (54) 9146.0203. Vendo 10 hectares de terra plana com harras e baias para 26 cavalos a 400m da RSC 453 próximo da cidade. Vendo terrenos a partir de R$ 65.000,00. Lot. Monte Verde. Entrar em contato pelos fones (54) 9135.1622 e (54) 9146.0203.


www.jornalinformante.com.br

JORNAL

Farroupilhão

INFORMANTE COMPROMISSO COM A CIDADE

Parte integrante da Edição 251 do Jornal Informante. Não pode ser vendido separadamente 23 de novembro de 2012

Penharol e São Paulo: retornos triunfais Equipes de Linha Caravaggeto e Nova Sardenha, que regressaram neste ano ao Campeonato Municipal de Futebol, o Farroupilhão, faturam o caneco Fotos: Fabiano Gasperin

Liga de Futebol de Campo

U

Disciplina

4º lugar

3º lugar

Campeão

Vice Monte Pasqual

Vasco

São Paulo

Nova Vicenza

São Paulo

Vasco

Monte Pasqual

4º lugar

3º lugar

Artilheiros: Ulian Manfrói (São Paulo) e Jonatas Alves Lucas (Vasco da Gama), com 5 gols Ataque mais positivo: Vasco da Gama, com 20 gols em oito jogos Defesa menos vazada: São Paulo, com 5 gols sofridos em oito jogos Dados gerais: Foram marcados 94 gols em 30 partidas, média de 3,13 por jogo Disciplina

Nesta sexta, às 20h30min, acontece a cerimônia de premiação do Farroupilhão, na sede social do Esporte Clube Penharol, em Linha Caravaggeto. Confira ao lado como ficou a classificação final e os prêmios individuais.

São Paulo construiu sólida vantagem na primeira partida e administrou vantagem para o título

Vice

Festa dos campeões

Penharol

Campeão

O visitante partiu para cima e ofereceu espaços. Novamente Felipe, aos 18 minutos, transformou a vitória em goleada. A partir daí, a competição estava decidida. O Penharol tratou de administrar o jogo e o Monte Pasqual sequer teve forças para esboçar uma reação. Descontou com Maicon, aos 40 minutos, mas não impediu o título do anfitrião, que fez a festa em seus domínios, marcando de forma gloriosa o seu retorno à disputa citadina.

1º quadro

Festa em casa: Penharol faz bom uso do fator local e conquista Farroupilhão em Caravaggeto

2º quadro

ma equipe retornou após anos fora da disputa municipal, outra de suspensão. Ambas finalizaram o Campeonato Municipal de Futebol, o Farroupilhão, com o título. O Penharol, que regressou à competição após seis anos, faturou a disputa no 1º quadro. O São Paulo, que cumpriu uma penalização de dois anos, triunfou no 2º. As finais foram disputadas no último domingo, em Linha Caravaggeto, no 4º Distrito. Na preliminar, o São Paulo, que havia vencido o Vasco da Gama por 4 a 2 no primeiro duelo da final, segurou o time de Nova Milano e com o 0 a 0 sagrouse campeão nos suplentes, para a festa da torcida de Nova Sardenha, que compareceu em bom número à partida. No jogo de fundo, Penharol e Monte Pasqual realizaram um duelo equilibrado até o final do 1º tempo, quando o atacante Felipe abriu o marcador para os mandantes aos 44 minutos. Logo no primeiro minuto do 2º tempo, Róbson ampliou.

Industrial

Canarinho

Artilheiro: Bruno Zanella Valmórbida (Vasco da Gama), com 11 gols Ataque mais positivo: Vasco da Gama, com 23 gols em 10 jogos Defesas menos vazadas: São Paulo, com 10 gols em 10 jogos, e Monte Pasqual, com 8 gols em oito jogos Dados gerais: Foram marcados 96 gols em 30 partidas, média de 3,2 por jogo


evedo

delo va e

algo mene redual, e ser

JORNAL

INFORMANTE

Soberanas de Farroupilha

COMPROMISSO COM A CIDADE

Parte integrante da Edição 251 do Jornal Informante. Não pode ser vendido separadamente 23 de novembro de 2012

Uma rainha e duas princesas Candidatas a Soberanas de Farroupilha e da Fenakiwi para o biênio 2013/2014 serão eleitas neste sábado à noite, no Clube Santa Rita Ramon Cardoso

aliki

www.jornalinformante.com.br


A preparação para o grande dia O

Elisa Rossi Kemmer

evento que irá definir as próximas soberanas do município acontece neste sábado. Organizar os festejos não é uma tarefa fácil e quem a assumiu, desde 1992, é Lúcia Cristina Portolan Lorandi. Neste ano, 19 garotas concorrem ao título de soberanas da Festa Nacional do Kiwi (Fenakiwi) e do município. As vencedoras ganham uma joia de ouro personalizada. Mas não é só o prêmio que conta para as meninas. “O que acontece em muitos concursos é que algumas meninas participam para adquirir experiência. Fato que não ocorreu esse ano. Todas as candidatas estão a fim de ganhar para fazer algo mais pelo município”, salienta Lúcia. Para ela, isso também demonstra um amadurecimento maior das concorrentes em relação aos outros anos. “Independente de quem ficar com os postos, as embaixatrizes já decidiram que irão se unir em prol da cidade. Elas desejam fazer um trabalho Lúcia afirma que as candidatas deste ano estão mais maduras e prevê uma disputa equilibrada voluntário juntamente com o poder Serviço público e a Câmara da Indústria, CoO que: Escolha das Soberanas de Farroupilha mércio e Serviços (CICS) de FarroupiQuando: neste sábado, a partir das 20h30min lha para contribuir de alguma forma Onde: Clube Santa Rita (Vêneto, 233) com Farroupilha”, revela a organiza-

dora. A preparação para o grande dia incluiu muito diálogo. Lúcia conta que, durante as duas semanas de preparação, ela trabalhou com as garotas a valorização do ser e não somente do ter, o que as fez refletirem sobre a importância do cargo para o qual estão concorrendo. Ela diz que sempre foi difícil encontrar candidatas, porém, nos últimos concursos, a procura cresceu bastante, o que demonstra que a festa vem sendo um sucesso. “Para concorrer, elas precisam demonstrar um conhecimento geral e serem comunicativas. Tem que mostrar que sabem agora para poder representarem Farroupilha depois. Após eleitas, elas aprendem mais sobre a história do município e se dedicam a isso”, observa Lúcia. Para os convidados, o evento vai começar às 20h30min, mas para as concorrentes o momento de tensão começa antes. Elas precisam estar com os jurados às 18h para o início das entrevistas. Além do desfile das candidatas, a noite vai contar com jantar e show de Elvis in Concert e Jéferson Breda.

Ma

Idad Nat Filia Estu Colé esta Emp Porq opo ofer valo dad te d


Chegou a hora da despedida

ssoal

la

que rso. o a vida r”.

A

s atuais soberanas da Fenakiwi estão vivendo seus últimos dias do reinado. A rainha Gabriela Anghinoni diz que, além do aprendizado que tiveram com a experiência, foi muito bom poder representar a cidade. Ela afirma que os dois anos valeram a pena e deixa algumas dicas para as que concorrem ao seu posto. “Acredito que a nova soberana precisa ser humilde e receber a todos de braços abertos”, recomenda Gabriela. A princesa Gabrieli Brollo acredita que o trio teve muita sorte de poder vivenciar essa experiência. Ela relata que o foco não ficou somente no trabalho de divulgação da cidade, mas sim em ajudar e beneficiar a comunidade farroupilhense. Com essa ideia, foi criado o Chá das Soberanas, que reverteu mais de R$ 6 mil para a Associação de Pais e Amigos do Autista de Farroupilha (Amafa). “Por ser o primeiro evento

Arquivo Jornal Informante

Gabrieli, Gabriela e Graciele passam coroas e faixas para as novas soberanas neste sábado, no Clube Santa Rita

desse tipo dentro da cidade foi rança para as próximas sobera- para causas sociais”, comentou um sucesso. Levantamos essa nas a necessidade de também Gabrieli. Ela acredita que as rebandeira, e deixamos como he- se engajar em eventos voltados presentantes da cidade podem

fazer muito mais pelo município. A princesa Graciele Gazzola conta que o aprendizado e o amadurecimento foram muito grandes. “Conhecemos muitas comunidades e a realidade de cada uma. Mesmo quando estávamos cansadas não tirávamos o sorriso do rosto. Hoje sinto como se esses dois anos tivessem passado em seis meses”, salienta Graciele. A princesa diz que os contatos feitos durante o reinado foram muito importantes e abriram muitas portas para o trio. Ela aponta o fato de ter vencido a timidez como uma das vitórias que vieram junto com o título. Gabriela, Grabrieli e Graciele não lamentam ter que deixar os seus postos, mas comemoram o fato de os terem conquistado e cumprido um bom papel durante o reinado. O trio deseja boa sorte para as concorrentes e futuras soberanas e destacam a necessidade de compromisso e envolvimento pelos próximos dois anos.


Conheça as candidatas a Soberana de Farroupilha 2013/2014 A partir das 20h30min deste sábado, o Clube Santa Rita ficará mais bonito. Farroupilha vai conhecer as três soberanas que vão representar a cidade e a Fenakiwi nos próximos dois anos. São 19 meninas disputando um posto de rainha e dois de princesas para o biênio 2013/2014. Elas apostam na beleza e no conhecimento da história e cultura da cidade para conquistar o título. Nas próximas páginas conheça um pouco de cada uma e o desejo de serem representantes do município.

Foto Pavan

Studio 7

Angelita Cristiane Pintarelli Camila Bernart Idade: 27 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Maria Inês Brollo e José Irineu Pintarelli Estudo/trabalho: Estudante de Informática na Datamais Empresa que representa: Mercosul Porque deseja ser soberana: “Sempre participei de desfiles. Conquistar este título é um sonho, uma experiência inesquecível, algo que vou levar para a vida toda”.

Idade: 20 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Maria Larci Steffens Bernart e Noemar Ângelo Bernat Estudo/trabalho: Estudante de Nutrição na UCS e Secretária no Departamento Municipal de Desportos (DMD) Empresa que representa: Têxtil Mix Porque deseja ser soberana: “Amo a nossa cidade. Acredito que posso ser uma boa representante porque sou comunicativa e quero conversar com as pessoas para que elas conheçam tanto Farroupilha quanto a nossa festa”.

Studio Dal Monte

Camylla Thâmys Masson

Idade: 15 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Valéria e Célio Masson Estudo/trabalho: Estudante do Colégio Nossa Senhora de Lourdes Empresa que representa: Thermas Clube Parque das Águas Porque deseja ser soberana: “Quero ser uma das soberanas de Farroupilha para poder representar o meu município da melhor forma possível”.


Candida Photo Art

Fernanda Choinacki de Aguiar

Idade: 18 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Verônica Madalena Choinacki e Angelino Francisco de Aguiar Filho Estudo/trabalho: Recepcionista e atendente de Marketing da clínica Top Estética Bucal Empresa que representa: Top Estética Bucal Porque deseja ser soberana: “Por ser um orgulho representar a minha cidade”.

Divulgação

Francielli Maffei

Idade: 23 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Ana Regina e Valdecir Maffei Estudo/trabalho: Estudante de Administração do CNEC de Bento Gonçalves e vendedora da Sul Center Empresa que representa: Andritur Transportes e Turismo Porque deseja ser soberana: “É uma vontade antiga porque gosto muito da minha cidade. É um lugar maravilhoso de se viver. Gostaria de levar o que ela tem de melhor para outras regiões e mostrar sua importância no cenário estadual e até nacional”.

Foto Pavan

Katia Betina Seidel

Idade: 18 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Lourdes e José Antônio Seidel Estudo/trabalho: Estudante de Administração do CESF Empresa que representa: Loja Cacriska Porque deseja ser soberana: “Pelo conhecimento cultural que posso adquirir com essa experiência. Gosto muito da cultura da nossa cidade e quero ajudar a divulgá-la”.

Foto Pavan

Láisa Cristina Gehlen

Idade: 15 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Salete da Rocha Gehlen e Paulo César Gehlen Estudo/trabalho: Estudante do Colégio Estadual São Tiago Empresa que representa: Sindiseg Corretora de Seguros Porque deseja ser soberana: “É um orgulho e uma honra ter a oportunidade de representar Farroupilha, além de ser um momento lindo e importante”.


Foto Pavan

Divulgação

Divulgação

Arquivo Pessoal

A

Letícia Barea

Idade: 20 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Lurdes Barea e Daniel de Oliveira Estudo/trabalho: Estudante de Jornalismo da UCS, repórter da TV Farroupilha e estagiária da Assessoria de Imprensa da prefeitura Empresa que representa: Clínica Integrada Letti e Farseg Porque deseja ser soberana: “Ser soberana é um sonho, uma oportunidade de valorizar a cultura e a colonização. Gostaria de representar o que a cidade tem de melhor, além de ser uma experiência de vida.”

Lisandra Toso

Idade: 21 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Marivalda e Gilberto Toso Estudo/trabalho: Estudante de Processos Gerenciais na Uniasselvi (Bento Gonçalves), vendedora do Shopping Farroupilha’s Center e modelo Empresa que representa: Selavy Feminine Fashion Porque deseja ser soberana: “Porque o concurso vai além de uma escolha pela beleza. É um aprendizado ser representante do município”.

Luana Malinverno

Idade: 16 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Rejane e Milton Malinverno Estudo/trabalho: Estudante do Colégio Estadual São Tiago Empresa que representa: Centro Estético Cleusa Porque deseja ser soberana: “É gratificante representar a bela cidade onde nasci e seus pontos turísticos, que a transforma em uma das belezas da Serra Gaúcha”.

Mainara da Silva Lopes

Idade: 14 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Elizandra Machado da Silva Lopes e Vanderlei Lopes Estudo/trabalho: Estudante da Escola Senador Teotônio Vilela Empresa que representa: Escola Senador Teotônio Vilela Porque deseja ser soberana: “Porque gosto da minha cidade e do concurso. Desejo ser modelo do futuro, então a participação é uma experiência de vida a mais e um incentivo para continuar”.

seu A ra que tive mui cida ano algu corr “ bera e r abe A pr dita de p ênc fico divu em mun ess Sob de R de P Farr “


a

Foto Pavan

Studio Dal Monte

Divulgação

Divulgação

dia

uas abado as do ndo. trar cone, o ndo

desetrar sentas, ória ob-

coconmeos tretas, w de

Mariana Mânica

Idade: 17 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Ilva Inês e Mauri Mânica Estudo/trabalho: Estudante do Colégio Estadual São Tiago e estagiária na Delegacia de Polícia Empresa que representa: Hotel Di Capri Porque deseja ser soberana: “É uma oportunidade que nos abre portas e nos oferece uma nova visão de vida, além de valorizar as potencialidades da nossa cidade. Seria um orgulho ser representante de Farroupilha”.

Morgana Fontanella

Idade: 23 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Edaci e Gilmar Fontanella Estudo/trabalho: Estudante de Arquitetura e Urbanismo na FSG e proprietária da Casual Mix Empresa que representa: Palácio das Cortinas e Decorações Porque deseja ser soberana: “É um objetivo que tenho e acredito estar bem preparada. É muito bonito o trabalho que é realizado de divulgação da Fenakiwi para outras cidades”.

Morgana Lovato

Idade: 22 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Geni Maria Frare Lovato e José Antônio Lovato Estudo/trabalho: Estudante de Design na FSG e auxiliar de Administração do CPE Atacado Empresa que representa: Pilim Pim Pim Festas e Diego Frigo Fotografia Porque deseja ser soberana: “Porque quero representar a cidade mostrando a nossa maior festa para todo o Rio Grande do Sul”.

Ritielle Dal Pizzol

Idade: 18 anos Naturalidade: Novo Hamburgo Filiação: Jandyra e Luiz Dal Pizzol Estudo/trabalho: Estudante de Design de Moda da UCS e estilista na Dominator Empresa que representa: Dominator e L’Hombre Calçados Porque deseja ser soberana: “Gosto muito de desafios e, além de ser uma experiência nova para mim, é um orgulho poder representar a cidade”.


Foto Pavan

Candida Photo Art

Studio Dal Monte

Jankiel Azevedo

C

Saádila Nascimento de Almeida

Idade: 22 anos Naturalidade: Ibirapitanga (BA) Filiação: Rosenilda e Edgar de Oliveira e Silva Estudo/trabalho: Estudante de Educação Física da UCS e instrutora na Academia Biophysical Empresa que representa: Biophysical e Bello Bagno Porque deseja ser soberana: “Porque estou preparada para representar a cidade e divulgar a Fenakiwi para quem ainda não conhece nossa festa”.

Taíni Franceschet

Idade: 21 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Neiva e Tarsísio Franceschet Estudo/trabalho: Estudante de Enfermagem da FSG e assistente de direção no Hospital São Carlos Empresa que representa: Padaria e Confeitaria De Conto e Trato Fino Clínica Estética Porque deseja ser soberana: “Quero divulgar a festa e fazer com que mais pessoas visitem a cidade para movimentar o turismo. Pretendo ter uma participação ativa, ajudando com ideias para deixar a Fenakiwi ainda mais bonita e atraente”.

Thaíse Benacchio

Idade: 19 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Mirian de Gasperi e Renato Benacchio Estudo/trabalho: vendedora no Premiere Empresa que representa: Akústica Musical e Sucos e Vinhos Benacchio Porque deseja ser soberana: “É uma honra e um sonho levar o nome do município e da festa para todos os lugares”.

Wendy Graliki

Idade: 18 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Carmen Lúcia e Arlindo Graliki Estudo/trabalho: Estudante de Arquitetura e Urbanismo da UCS e modelo Empresa que representa: Multinova e União das Associações de Bairros Porque deseja ser soberana: “É algo que almejo há dois anos. Principalmente após participar do Garota Verão e representar a cidade em nível estadual, sei o quando é gratificante, além de ser um sonho para mim”.


edicao 251