Page 1

JORNAL

www.jornalinformante.com.br

@PaperInformante

INFORMANTE

Farroupilha Ano V - Edição 247 26 de outubro de 2012 R$ 2,00

COMPROMISSO COM A CIDADE

Matéria Especial

Uma mistura de estudo com diversão na Chácara Pasqual Páginas 2 e 3

7ª Seleção de Vinhos

Troca de reinado

Caderno Especial

Música

Fize lança seu primeiro EP no The Cavern nesta sexta Inside, capa

Política

Pelos números, PP auxiliou Claiton no pleito municipal Página 10

Como diz a camiseta da dupla, “keep calm cause you are the queen”: Renata Rostirolla recebe, neste sábado à noite, a coroa de rainha do Clube do Comércio de Amanda Feltrin, na 60ª edição do tradicional evento, que apresenta nove meninas à sociedade farroupilhense – Caderno Especial

Vitória Lovat

A expectativa das vinícolas para nova edição do evento

Baile do Perfume


2 | Sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Compromisso com a cidade

Matéria EspEcial

Viagem pelo mundo animal

Fotos: Elisa Rossi Kemmer

Chácara Pasqual é um espaço que possibilita o contato direto com a realidade da natureza e as crianças que passaram por lá, na quarta, saíram surpreendidas Elisa Rossi Kemmer elisa@jornalinformante.com.br

P

eixes, macacos, araras, caturritas, emas, coelhos e até um pônei e uma mini vaca fizeram parte da tarde de quarta das cerca de 70 crianças do 1º ano do Colégio Murialdo, de Caxias do Sul. Eles realizaram uma vista à Chácara Pasqual para conhecer os animais que estão no local. A Chácara é credenciada junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para receber animais silvestres que são apreendidos do tráfico. O espaço, de propriedade de Hélio Pasqual, é aberto para visitação e é mantido pela Associação Guardiões do Meio Ambiente, que é presidida por Elisete Pasqual. As crianças não continham a alegria e a euforia de conhecer tantos animais diferentes. Era preciso chamar muitas vezes a atenção para que elas se contivessem e escutassem as monitoras, que conduzem a visita. O trajeto é uma verdadeira aula de Ciências. Os pequenos aprenderam sobre o tráfico de animais, puderam alimentar os peixes e viram as emas se exibindo para eles. Eles ficaram sabendo da importância e de como denunciar a compra e

venda ilegal de animais silvestres. Os estudantes também conheceram como os perus, os coelhos e a ovelha. Depois, os alunos passearam em uma trilha, com os obstáculos impostos pela natureza e finalizaram a visita com um passeio de carreta. A monitora e estudante de Biologia Carla Raquel Rossi conta que acha muito interessante o trabalho desenvolvido no local, pois a grande maioria das crianças não tem contato com essa realidade. Ela afirma que algumas não sabem como é produzido o leite e pensam que é feito artificialmente, então a Chácara possibilita o contato da teoria que elas têm na sala de aula com a prática. “Eu não conhecia este lugar. Tudo que os alunos viram aqui vem ao encontro do que é trabalhado na escola, com imagens. Aqui eles realmente entraram na realidade da natureza que, infelizmente, ainda é muito distante deles”, afirma a professora Fernanda de Lemos. Relato que é compartilhado na opinião dos pequenos. A educanda Alice Carminatti Scussiato, de 6 anos, diz que gostou muito do passeio e o que mais chamou a sua atenção foram os coelhos. Já seu colega, Eduardo Brunetto, de 7 anos, conta que antes da visita ele apenas conhecia os macacos.

Aula ao ar livre: de forma lúdica, monitora Carla explica às crianças como nascem flores e frutos

Entre os animais estava uma pequena ovelha, que despertou o interesse dos estudantes


Compromisso com a cidade

Sexta-feira, 26 de outubro de 2012 | 3

Matéria EspEcial

Contribua com a manutenção da estrutura da Chácara Pasqual Elisa Rossi Kemmer

Mesmo que a causa seja nobre, há dificuldades. Para manter todos esses animais no local é preciso de verba, pois há custos com estrutura, alimentação, veterinário e recursos humanos. Atualmente, todo esse valor sai do bolso do proprietário do espaço, Hélio Pasqual. Os monitores são, em sua maioria, estudantes de Biologia da Universidade de Caxias do Sul, que realizam estágio sem remuneração. Para arrecadar fundos, o local também possui campo para jogar futebol, espaço fechado para festas e realiza passeios guiados. Pasqual afirma que a Chácara ainda não é muito conhecida e que parte da pessoas da região vão visitar lugares mais distantes por não saber dessa opção. “O espaço foi reformulado para atender o público. Somando todos os gastos, o valor desembolsado para a manutenção dos animais ultrapassa R$ 3 mil mensais”, ressalta o proprietário, salientando que parcerias são bem-vindas. As visitas devem ser agendadas pelos fones 8123-7908 ou 8132-2924. Os valores variam conforme o pacote escolhido (confira os preços ao lado) e ainda há a opção de almoço ou lanches.

Para acolher os animais é preciso de alimentação especial, veterinário e recursos humanos, depesas que chegam a R$ 3 mil mensais

Os valores dos pacotes para um passeio pelo local Pacote 1: inclui visita a animais, pomares, trilha ecológica, espaço de antiguidades e espaço de lazer. O valor é R$ 8,00. Pacote 2: inclui visita a animais, pomares, trilha ecológica, espaço de antiguidades, passeio de carreta, conscientização ecológica e espaço de lazer. O investimento é de R$ 15,00.


4 | Sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Editoriais

ExpEdiEntE rEdação - redacao@jornalinformante.com.br Elisa rossi kEmmEr elisa@jornalinformante.com.br ramon cardoso ramon@jornalinformante.com.br Vitória loVat vitoria@jornalinformante.com.br comErcial - comercial@jornalinformante.com.br faBiano gaspErin gasperin@jornalinformante.com.br marcEla kuHn marcela@jornalinformante.com.br VandErlEi BortoncEllo vande@jornalinformante.com.br artEs - artes@jornalinformante.com.br Bruno gaspErin bruno@jornalinformante.com.br marcElo Bortagaray mEllo marcelo@jornalinformante.com.br assinaturas - assinaturas@jornalinformante.com.br JociélE mota dos santos jociele@jornalinformante.com.br assinatura anual: r$ 95,00 assinatura sEmEstral: r$ 50,00 financEiro - financeiro@jornalinformante.com.br kEli dE almEida maciEl keli@jornalinformante.com.br logística - logistica@jornalinformante.com.br luiz carlos dE andradE luiz@jornalinformante.com.br Editorias Economia: economia@jornalinformante.com.br cidadE: cidade@jornalinformante.com.br política: politica@jornalinformante.com.br Educação: educacao@jornalinformante.com.br sEgurança: seguranca@jornalinformante.com.br EsportE: esporte@jornalinformante.com.br insidE: inside@jornalinformante.com.br social: social@jornalinformante.com.br sEçõEs EspEciais Boca-dE-urna: bocadeurna@jornalinformante.com.br prEliminar: preliminar@jornalinformante.com.br sétima artE: setimaarte@jornalinformante.com.br tElEfonEs (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203 EndErEço rua dr. JaimE romEu rösslEr, 348, Bairro planalto colunistas armando WartHa crônicas da rEdação fláVio lopEs lauro Edson da cás

BEnami spilki faBrício oliBoni laura cristina nardi callEgari

fEcHamEnto comErcial Quarta, às 12H tiragEm 4.000 ExEmplarEs

ÍndicE

edItorIal

matéria EspEcial .................................páginas 2 E 3 Editoriais E opinião..............................página 4 Economia .............................................páginas 6 E 7 cidadE .................................................página 8 política ...............................................páginas 9 E 10 Educação.............................................página 11 sEgurança ...........................................página 12 EsportE ...............................................páginas 13 a 15

InsIde

Compromisso com a cidade

EspEcial...............................................capa crônicas da rEdação ..........................página 2 gastronomia ........................................página 2 cinEmas ...............................................página 2 VariEdadEs...........................................páginas 3 E 7 BEnami spilki .......................................página 3 social..................................................páginas 4 E 5 laura cristina nardi callEgari ..........página 6 primEiro parágrafo .............................página 6 faBrício oliBoni ...................................página 7 Horóscopo ..........................................página 7 sétima artE .........................................contracapa saúdE, BElEza & Estética ....................4 páginas BailE do pErfumE .................................4 páginas cadErno digital ...................................4 páginas 7ª sElEção dE VinHos dE farroupilHa ......8 páginas classificados ......................................12 páginas

Educação ambiental prática O trabalho de interação com estudantes, desenvolvido na Chácara Pasqual, na Linha Julieta, que serve de abrigo para animais silvestres que acabaram apreendidos pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), é uma aula de Ciências ao ar livre. O local recebe animais que foram apreendidos pelo órgão ambiental impedindo que o tráfico se consumasse e acaba por proporcionar aos jovens uma experiência inusitada e fascinante. Ao longo desta semana, acompanhamos a visita de uma escola à Chá-

cara e foi possível perceber, não somente nos jovens, mas também em monitores e professores, a satisfação em interagir com o ambiente, proporcionando aos alunos uma aula prática sobre o tema (confira na Matéria Especial, páginas 2 e 3). Muito mais do que educar, a visita também tem o propósito de despertar nos presentes a consciência sobre a importância de coibir a prática do tráfico de animais, que ainda vigora em larga escala no País. Quem sabe, a partir do contato permanente de jovens, seja possível vislumbrar uma nova realidade no futuro.

Benefício para o consumidor Foi inaugurada nesta quinta, no município, a rede de supermercados o Dia. O grupo espanhol, que tem uma presença forte no mercado brasileiro, resolveu apostar na cidade e quem sai ganhando, sem dúvida, é o consumidor farroupilhense. Até bem pouco tempo, o município tinha uma carência de opções no setor, e o mesmo se verificava em outros segmentos, como o de restaurantes e de hotéis. Aos poucos, essas demandas foram supridas, o que gera um benefício para toda a comunidade (veja matéria na Editoria de Economia, página 6).

Se a intenção é realmente fazer com que Farroupilha cresca no segmento de turismo, uma promessa antiga e que, governo após governo, teve poucos incentivos para sair do papel, é fundamental que se crie uma cadeia de serviços que proporcione comodidades aos eventuais visitantes. Por ora, quem tem a chance de aproveitar a vantagem são os farroupilhenses. Quanto maior a oferta em determinado setor, em tese, melhor será o preço. Que outros setores também sejam beneficiados com a incursão de novos investimentos.

opinião

Vivendo e aprendendo Kassiane Custódio de Carvalho * Tudo mudou, e muitas coisas só restaram na minha memória... Quando eu era pequena, aos domingos, nos reuníamos com amigos em São Marcos, interior da cidade de Farroupilha, Rio Grande do Sul. Brincávamos de amarelinha, futebol. Subíamos em árvores. Meu forte era o campo de futebol. Me achava a zagueira, apesar de me adaptar a qualquer brincadeira. Parecia atleta. Amava ver e fazer teatro. Diziam que era pecado, algo proibido. Eu fazia o papel de Carmem Miranda. Naquela época não havia carro. Usávamos carroça. Ia ao Centro da cidade com meu pai. De lá partíamos a Caxias do Sul, cidade vizinha, de trem. Me sentia gente grande. Minha alegria era comer pão d’água e tomar gasosa, uma espécie de refrigerante. Chegávamos em casa à noite. O dia passava tão depressa. Dava a sensação de que a noite parecia haver engolido o dia. Energia elétrica não existia, então os temas eram feitos à luz de um lampião. O cheiro daquilo era muito forte e impregnava no ambiente. Meu lar era bem grande, dois andares. Ele representava um palácio para mim. Era a princesa em busca do príncipe encantado. Quando dava um temporal muito forte, na parte superior, tinha a imagem da Santa Bárbara. Íamos até lá e rezávamos para a chuva cessar. Ao redor da casa, havia cinamomos e camélias, o forno e o tanque de ensaboar. Típica paisagem de interior. Eu amava morar ali. Sentia o frescor do mato, o vento das árvores, a beleza da natureza. O ar do local tornava tudo mágico. Acho que até meus medos e tristezas se iam quando soprava o vento serrano. Em dia de colégio íamos de avental branco. Eu ficava literalmente ensacada. Era até engraçado. Nos pés calçávamos tamancos. Parecíamos médicas. Mas nem

tudo era perfeito. No inverno meus dedos sangravam e faziam calos. Não me queixava. Aquela era minha vida. Eu era feliz assim. Por sorte tinha a Pinhona, uma égua de estimação. Aquele bichinho era meu amor. Com ela ia ao Centro vender milho e retornava para casa trazendo farinha. Quando meu pai a vendeu, juntamente com a casa, não fiquei triste. Uma família conhecida ia ficar com ela. Gente do bem. Naquele tempo não havia perigo de sair na rua como hoje. Íamos ao parquinho onde havia balanços, meu brinquedo preferido. Eu sempre dizia a quem me empurrava: “Me manda pro céu”. Quanto mais alto, melhor. A sensação era de voar. Asas pareciam fazer parte do meu corpo. Um tempo inesquecível. Quando saí do interior, meu pai começou a beber. Eu rezava para ele melhorar. Ele chorava quando bebia. Era um vício. Sempre acreditei na sua recuperação, pois ele era meu herói. Continuei meus estudos em um colégio do Centro chamado Nossa Senhora de Lourdes. Lá estudavam pessoas muito preconceituosas. Diziam que quem vinha da colônia era burro. Além disso, tinha muita dificuldade em Matemática. Acho que foi por esse motivo que decidi ser professora, ajudar os outros a pensar. Hoje não sou mais aquela menina ingênua e sonhadora. Ainda carrego traços dela, mas vivo o agora. Agradeço por tudo que passei. Me serviu de lição. Não guardo rancor de ninguém, de nada. Aprendi a ter muita fé em Deus, confiar em mim e acreditar que tudo é maravilhoso, basta entender e aceitar os fatos da vida como uma escola de oportunidades. Agradeço à garotinha que fui. Ela me permitiu ser a mulher guerreira que sou. Tenho muito orgulho das minhas memórias... * Estudante da 6ª série da Escola Estadual Farroupilha, na Memória Literária baseada na história de Riciene Peccin Fagherazzi, 66 anos, de Farroupilha

Texto selecionado entre os 125 melhores do Brasil no gênero e que está habilitado à semifinal da Olimpíada de Língua Portuguesa, que acontece em Belo Horizonte no mês que vem. Na próxima semana, confira o “Gre-Nal é Gre-Nal e não tem jeito”, da estudante Patrícia da Silva, semifinalista na categoria Crônica.


Sexta-feira, 26 de outubro de 2012 | 5

Compromisso com a cidade

Dissolução de sociedade: quanto vale a participação do sócio que quer se retirar da empresa? Maurício Bianchi *

N

o direito societário e empresarial, uma das discussões que geram grande dúvida e controvérsia, tanto para os sócios que permanecem na sociedade como para o sócio que quer se retirar do quadro societário, é a seguinte: quanto vale a participação do sócio que quer se retirar da sociedade? Os demais sócios são obrigados a adquirir a participação do sócio que se retira? A dúvida em responder esta questão decorre do fato de que uma sociedade não se constitui unicamente de bens móveis e imóveis. Se assim fosse, a solução seria mais simples. Além destes bens, existem os denominados ativos intangíveis ou imateriais (também conhecidos por fundo de comércio ou goodwill), os quais integram o patrimônio líquido da sociedade, tais como: marcas, carteira de clientes, perspectiva de rentabilidade futura, etc. É o que Direito Italiano denomina como Azienda e os franceses qualificam como Fond de Commerce. E é justamente em função destes ativos intangíveis que a questão ganha controvérsia, pois, em função da subjetividade em se avaliar este conjunto de ativos imateriais, torna-se árida esta seara. Mas, diante destes fatores, como podemos, então, saber quanto vale a participação do sócio ou da sociedade? Segundo prevê o Código Civil em seu artigo 1.031, nos casos de retirada de um sócio, sua participação no capital social será avaliada com base na situação patrimonial da sociedade. Mas como avaliar a situação patrimonial da sociedade? Inúmeros são os métodos científicos amplamente utilizados hoje para tal finalidade (possivelmente mais de 10), dentre os quais destacamos alguns abaixo. a) Contábil ou Patrimonial: este método considera a avaliação pelo valor contábil, sendo o método mais simples, pois tem por base as informações disponíveis nas demonstrações financeiras, incluindo o balanço patrimonial. A limitação de tal metodologia reside no fato de o valor dos ativos e passivos ser baseado em custos históricos, os quais normalmente divergem dos valores de mercado, além de não incluírem os ativos intangíveis; b) Valor de Liquidação: tal metodologia de avaliação é indicada apenas para os casos em que os sócios resolvem liquidar a empresa como um todo (extingui-la), ou nas situações em que os ativos a serem liquidados tenham mais valor do que o valor presente dos rendimentos futuros da empresa; c) Múltiplos: este critério tem sido um

dos mais utilizado, pois a avaliação por múltiplos é relativamente objetiva e necessita de poucas informações, sendo rápida a sua precificação por ser lastreada em dados como: vendas e lucratividade por período e análise comparativa do setor. Dentre os múltiplos em destaque encontramos também: P/L (preço x lucro) e Ebitda (lucro antes dos encargos de depreciação e amortização); d) Fluxo de Caixa Descontado: a avaliação por este método, também denominado como cash flow, é também um dos métodos mais utilizados, e está fundamentada no conceito de que o valor da empresa está intrinsecamente relacionado com os montantes e períodos nos quais os fluxos de caixa estão disponíveis para distribuição. Tal critério leva em consideração a projeção de receitas, margens e investimentos, e o cálculo do valor da empresa demanda a estimação de uma adequada taxa de desconto para o cálculo do custo do capital. Vale observar que, independentemente do método a ser adotado, quanto mais detalhada for a previsão do critério de avaliação das quotas no contrato social, menores são as chances de discussão entre os sócios quanto ao critério de mensuração. Não obstante a importância da clareza do contrato social quanto ao método, importa salientar que se a questão for submetida a discussão judicial, a mesma ficará a cargo da análise de um perito judicial de confiança do Poder Judiciário o que, devido a alta carga de subjetividade da questão, poderá demandar surpresas para ambas as partes, podendo inclusive, em alguns casos, comprometer a continuidade da sociedade ou, de outro, lesar o quotista que se retira da empresa. Vale lembrar que, se algum sócio pretender se retirar da sociedade, os demais terão como alternativa, dependendo das circunstâncias, optar pela aquisição das quotas do sócio dissidente ou, em última hipótese, deliberar pela dissolução total da empresa. Por fim, cumpre destacar que tais avaliações devem ser realizadas por profissional habilitado, com ampla experiência na área financeira, sob a supervisão de contador e advogado, visando garantir a correta mensuração do patrimônio empresarial. * Advogado (OAB/RS 39.314), mestre em Direito pela UCS, especialista em Direito Empresarial pela Unisinos e professor do Curso de Formação e Aperfeiçoamento de Profissionais para o Mercado de Capitais (Apimec/UFRGS)


6 | Sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Economia

Compromisso com a cidade economia@jornalinformante.com.br

Nasce um novo Dia

Rede de supermercados inaugura filial em Farroupilha e aposta nos preços baixos Vitória Lovat

Farroupilhenses movimentaram o local já nas primeiras horas de atividade do grupo espanhol

M

ais um empreendimento em Farroupilha e, desta vez, é internacional. A rede de supermercados Dia inaugurou a sua filial na cidade, nesta quinta. Como a 15ª unidade no Rio Grande do Sul, a filial do município investiu em um sortimento de aproximadamente três mil produtos com preços até 12% mais baixos do queos valores praticados no mercado. Fundado na Espanha, em 1979, o Dia tinha o objetivo de se tornar um mercado prático com preços acessíveis e estar sempre perto da casa dos clientes. Atualmente, a rede conta com mais de 6,8 mil estabelecimentos, distribuídos em sete países: além da Espanha e do Brasil, conta com unidades na Argentina, China, França, Portugal e Turquia. Estabelecido no País desde 2001, o Dia conta com mais de 500 filiais em território nacional. O prédio, localizado na 14 de Julho, 276, antiga Cortiana Plásticos, possui uma área de vendas de 940 m², oito caixas e estacionamento no subsolo com capacidade para 54 veículos. O horário de atendimento é de segunda a sábado, das 8h às 21h, e aos domingos e feriados das 9h às 14h. Seguindo o

conceito da rede, a loja tem design moderno e estrutura enxuta para permitir que o cliente encontre os produtos que deseja o mais rápido possível. O Dia oferece também uma vasta linha de produtos próprios, atendendo a todas as necessidades dos clientes. Da cesta básica, aos industrializados e produtos de higiene, as mercadorias são elaboradas por fornecedores selecionados e estão sujeitos a um rigoroso controle de qualidade. Totalizando em torno de 400 produtos, os preços seguem ainda mais baixos, com a redução de 20% dos valores oferecidos no mercado regular. Além de supermercado, rede o Dia oferece qualidade em marca própria Como garantia, o selo “Se Não Gostar, Pode Trocar” está presente nestes produtos, que podem ser trocados até quatro dias após a compra com a apresentação do cupom fiscal, caso o cliente não goste do que comprou. Uma pesquisa interna revelou que mais de 85% das mercadorias são aprovados pelos consumidores. Agora, a expectativa é de alcançar 800 produtos da marca própria dentro de dois anos.


Sexta-feira, 26 de outubro de 2012 | 7

Compromisso com a cidade

Economia

economia@jornalinformante.com.br

Gervásio é reconhecido nacionalmente O empresário farroupilhense recebeu honraria pelos serviços prestado à fruticultura nacional, em congresso que acontece no Parque de Eventos de Bento Gonçalves a noite de segunda, o engenheiro agrônomo e diretor técnico da Silvestrin Frutas, Gervásio Silvestrin, foi surpreendido na abertura do 22º Congresso Brasileiro de Fruticultura, ao receber das mãos do presidente da Sociedade Brasileira de Fruticultura, Abel Rebouças São José, uma medalha pelos serviços prestados ao setor. Outras 21 pessoas também receberam a honraria. O evento, que acontece a cada dois anos, termina nesta sexta. Gervásio foi um dos pioneiros da cultura do kiwi no Estado. Ele conheceu a fruta ainda em 1987, em uma viagem ao Chile. Depois, passou a produzir, em sociedade com seus irmãos, mudas dessa espécie. Anos depois, a Silvestrin Frutas foi fundada. O engenheiro agrônomo sempre buscou novas variedades, plantando-as em seu pomar e observando o seu desenvolvimento e adaptação ao solo e clima. Além disso, ele incentivou os produtores da região a investir na nova cultura e buscou soluções para os problemas encontrados. Gervásio também participou de congressos nacionais e internacionais para conhecer melhor a exótica fruta. O diretor sempre abriu as portas da sua empresa para pesquisadores de universidades de todo o País. E é a esse fator que ele atribui a premiação.

“A empresa sempre está disponível para os estudantes, tanto a nível de graduação como de pós-graduação. Ninguém explicou os motivos de o prêmio ter sido concedido a mim, porém eu acredito que é por eu ter contribuído e colaborado bastante com pesquisas sobre fruticultura”, destaca. Ele relata a emoção de receber a medalha. “Ne sinto lisongeado, honrado e emociado pelo ganho da distinção. Eu não esperava que fosse reconhecido em um congresso nacional. Sempre trabalhei sem esperar recompensas”, enfatizou o empresário. A outorga também foi concedida a pesquisadores de diversos órgãos como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Emprapa), Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão (Epagri), Secretária Estadual da Agricultura, além de diversas universidades e instituições privadas que atuam no setor.

O engenheiro agrônomo farroupilhense se emociona ao mostrar a medalha que ganhou no dia de abertura do evento: justo reconhecimento aos mais de 25 anos dedicados à fruticultura

Elisa Rossi Kemmer

N


8 | Sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Cidade

Compromisso com a cidade cidade@jornalinformante.com.br

Auxilio entregue à Amafa As soberanas da Fenakiwi se uniram em prol de uma causa solidária, realizaram um chá que teve a adesão de mais de 250 farroupilhenses e que arrecadou R$ 6.630,00 Elisa Rossi Kemmer

Lutz, Marli e Kovaleski, Flach, Scheila, Elaine, Gabriela e Gabrieli na entrega do cheque na sede da entidade

A

primeira edição do Chá das Soberanas, organizado em parceria com as mulheres rotarianas e o Restaurante Parque dos Pinheiros, aconteceu no último dia 30 e, segundo as organizadoras, foi um sucesso. O valor arrecadado foi de R$ 6.630,00 e foi doado, na tarde de quarta, para a Associação de Pais e Amigos do Autista de Farroupilha (Amafa). A entega do cheque contou com a presença do governador do distrito 4.700 do Rotary Internacional, Adalécio Kovaleski e de sua esposa Marli, que estavam em visita oficial aos clubes da cidade. Além deles, participaram da entrega o presidente do Rotary

Club Farroupilha Gustavo Flach e sua esposa Scheila, o presidente de administração de clubes do Rotary Club Farroupilha Gedeão Lutz, a presidente da Amafa Elaine Zanelle Bartelle e as soberanas da Fenakiwi, rainha Gabriela Anghinoni e princesa Gabriele Brollo. A cerimônia ocorreu na sede da Amafa. Scheila afirma que o Clube abraçou a iniciativa e foi muito gratificante poder ajudar. Gabrieli diz que ficou muito feliz de poder contribuir com os autistas e que a proposta que surgiu de uma ideia simples, mas que atendeu mais de 250 pessoas. A presidente da Amafa destaca que foi uma grata

Esse cachorrinho precisa de um lar. Ele é macho, tem cruza com pastor alemão, é preto com caramelo de pelagem longa e tem aproximadamente 10 meses. Interessados devem entrar em contato com Carla, pelo fone 9103.2232.

Divulgação

Alguém quer me adotar?

surpresa, por parte das soberanas, de pensar no social e doar o valor para a entidade. “Ver as esposas dos rotarianos participando e colaborando com a comunidade enaltece o Rotary pela dedicação. Uma casa de autistas faz um trabalho importante e nem sempre o governo pode dar o apoio necessário a ela”, salienta Kovaleski. Ele comenta que na cidade existem dois clubes extremamente fortes e que interagem com os empresários. “Através da entidade se consegue uma aplicação de recursos da empresas de forma diferenciada. A confiança dada aos integrantes é muito importante”, finaliza.


Sexta-feira, 26 de outubro de 2012 | 9

Compromisso com a cidade

Política

politica@jornalinformante.com.br

Contatos pré-posse Juliana Thomaz

Claiton estreita laços com parlamentares que integram partidos de sua base

Deputado federal Fontana recebeu visita de Pedrozo e Claiton em seu escritório em Porto Alegre

E

importância, tenha mais alcance, obtenha mais verbas, tenha mais visibilidade”, ressaltou o parlamentar pedetista, citando como temas de relevância em discussão no Congresso Nacional a questão dos royalties do petróleo e da Emenda 29, que exige uma aplicação mínima de recursos para a área da saúde. No momento, as atenções também estão voltadas à transição de governo, realizada de forma documental. Ou seja, pedidos de informação são feitos para Arielson Arsego, secretário de Obras, designado pela atual administração para ser o interlocutor no trabalho. A forma não é a mais adequada, mas conforme o futuro governo, foi a única disponibilizada pela gestão que comanda o Executivo até 31 de dezembro. “Gostaríamos de uma transição presencial, mas ela não foi possível. Tentaremos, dentro da limitação imposta, fazer o melhor trabalho”, ressaltou Claiton. Jorge Fantinel, que foi coordenador de Comunicação da coligação, é quem está realizando o meio campo com a administração, na transição que está sendo coordenada por Ansélio Brustolin, um nome que possivelmente será incorporado à equipe de trabalho do novo prefeito a partir de 1º de janeiro.

Ramon Cardoso

nquanto as reuniões com os presidentes de partidos para a obtenção de nomes que venham a compor o primeiro escalão seguem (uma geral deve acontecer na próxima semana), o prefeito eleito Claiton Gonçalves acelera, junto com seu vice Pedro Pedrozo, o trabalho junto às bases. Contato com parlamentares têm ocorrido de forma sistemática e uma visita à Capital Federal já está agendada para o início do mês. “Pretendo ir a Brasília no dia 5 e retornar no dia 7. A ideia é manter contato com os deputados que integram nossa base e com a senadora Ana Amélia Lemos (PP) e o ministro Mendes Ribeiro Filho (Agricultura)”, adiantou Claiton. Na última sexta, o novo chefe do Executivo esteve, acompanhado de Pedrozo, visitando o deputado federal Henrique Fontana (PT) em seu escritório em Porto Alegre. Na segunda, o deputado federal Giovani Cherini (PDT) veio a Farroupilha e almoçou com integrantes da Farroupilha Quer, Pode e Merece, coligação vencedora do pleito municipal. “Minha visita é para parabenizar o Claiton pela eleição e também para abrir caminho para busca de espaços perdidos em relação aos recursos federais. Queremos que Farroupilha, até mesmo pela sua

Fernando Fanton (vice do PDT), Deivid Argenta (concorreu a vereador), Pedrozo, Cherini, Claiton e Luiz Ferdinando Nunes de Aguiar (Iano), que integra o gabinete do deputado na frente do cooperativismo


10 | Sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Compromisso com a cidade

Política

politica@jornalinformante.com.br

PP, o fiel da balança?

Boca de Urna

bocadeurna@jornalinformante.com.br

Rescaldo do pleito

Não resta a menor dúvida que a grande incógnita sobre o futuro eleitoral dos partidos farroupilhenses recai sobre o PP. Havia um acerto, ainda que informal, para que o partido fosse cabeça-de-chapa em 2016 caso Baretta chegasse à reeleição. Com a derrota, o futuro para a sigla é incerto.

Entre os quatro PPs

O partido está rachado, isso é fato. Os números ao lado falam por si só. O PP teve os que apoiaram a eleição majoritária, os que jogaram as fichas na proporcional e majoritária, os que somente apoiaram a proporcional e os que não apostaram em nenhuma das frentes. Claro que isso pode ter ocorrido em todas as siglas, mas em nenhuma seu grau de implicação foi tão sentido quanto no PP. Dirigentes históricos atestam o ocorrido.

Um novo partido

Força emergente no cenário político nacional, graças especialmente a liderança de Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo, o Partido Social Democrático (PSD) pode ser a 15ª sigla a ser registrada na política farroupilhense. Por ora são apenas boatos, mas existe a possibilidade da sigla passar a engordar o número de partidos da cidade a partir de dissidências do PP. Quem aposta contra?

Escusas ao secretário O tucano Jonas Tomazini fez uma votação expressiva ao Legislativo. Mesmo concorrendo pelo PSDB, um partido ainda médio no cenário político farroupilhense, o secretário de Finanças computou 683 votos, mas não pela conta do Jornal Informante. Zeramos os obtidos por Jonas nas seções 1, 2 e 3 no Caderno Especial de voto urna a urna da última edição. O tucano fez, respectivamente, 3, 4 e 31 votos nas três primeiras urnas. Pedimos desculpas públicas ao peessedebista e lamentamos o ocorrido.

Falta de apoio do partido à coligação Farroupilha Mais pode ter sido um dos fatores da conquista de Claiton Gonçalves

O

Partido Progressista (PP) tem um encontro marcado para a próxima quinta, reunião onde avaliará sua participação na eleição municipal. Uma análise prévia, no entanto, pode ser feita a partir do resultado verificado nas urnas: faltou apoio do partido à Farroupilha Mais. “Os líderes mais tradicionais do PP não concordaram com a coligação, isso é fato, não há contestação, assim como faltou apoio da própria comunidade”, observou Sedenir Bampi, ex-Secretário de Obras em duas gestões de Avelino Maggioni e ex-vereador do partido. “Não posso falar por todos, mas por contatos com a ala antiga do PP, é notório que houve dissidência e que esse acordo com o PMDB nunca foi bem aceito. Isso, aliado a vontade de mudança, gerou este resultado”, avaliou Bampi. Para ele, o PP passará por momentos de dificuldade, mas ele também fez questão de destacar que a consciência da população também teve peso determinante. Comentou que a diferença na disputa da eleição majoritária foi grande e que se Claiton Gonçalves não fizer um bom governo, certamente não será reeleito. Presidente do PP, Nestor Zanonato destacou que a sigla foi bem no pleito. “Tivemos a segunda maior votação para o Legislativo e contamos com a segunda maior bancada. A avaliação para a prefeitura será analisada no dia 1º”, se limitou a comentar Zanonato. Fato é que os votos somados da coligação Farroupilha Mais (PMDB/PP/PSDB/PTB/PRB/PR/ PPS/PSL) ao Legislativo atingiram 24.593 (47,68%) ao passo que para o Executivo chegaram a 17.539 (34,01%). Se forem computados os votos da coligação Farroupilha Quer, Pode e Merece (PDT/PSB/PT/PCdoB/DEM) na proporcional, eles atingiram 17.992 (34,88%) e os de Claiton na majoritária chegaram a 25.507 (49,46%). Ou seja, os percentuais, analisados sobre o total de eleitores aptos a votar (51.572), mostram que houve um cruza-

PP no pleito municipal

Queda na votação

O percentual de votos do Partido Progressista na eleição proporcional (Legislativo, nominal e legenda) em 2008, chegou a 18,13%. Neste ano, somou 14,66%, sobre o total de eleitores aptos, que foram 47.254 há quatro anos e 51.572 em 2012.

Números cruzados

A coligação Farroupilha Mais, que era integrada pelo PP, somados os votos nominais e na legenda, atingiu 24.593 (47,68%). Já para o Executivo totalizou 17.539 (34,01%). A coligação da oposição, a Farroupilha Quer, Pode e Merece (PDT/PSB/PT/PCdoB/DEM) computou 17.992 (34,88%) na eleição proporcional, mas chegou a 25.507 (49,46%) na majoritária. Ou seja, percentuais muito próximos para eleições diferentes.

Racha progressista? É improvável que a maioria dos votos do PMDB, que totalizaram 14.327 para a proporcional, não tenham sido direcionados a Ademir Baretta na majoritária. Somados, os outros partidos que integravam a coligação (PSDB/PTB/PRB/PR/ PPS/PSL) totalizaram 2.703 votos. Os votos isolados do PP chegaram a 7.563.

mento de dados entre as duas votações para as duas frentes. Candidato a vice, Nilton Bozzetti, o Bobi, rechaçou a possibilidade de falta de apoio progressista. “Isso não passa de coincidência. Não quer dizer que os votos do PP foram para o Claiton. Se eu não estivesse concorrendo, certamente votaria nele. Seu programa de governo conquistou o eleitorado. É um sonho o que prometeu. O povo gosta de ouvir isso. Tomara que cumpra com o prometido”, comentou Bobi, que fez questão de parabenizar o eleito pela conquista. Ele comentou que o PP fez mais votos nesta eleição que em 2008, mas na verdade não fez. Foram 8.568 há quatro anos (nominais e na legenda na proporcional) contra 7.563 neste ano. Presidente do PMDB, Victor Hugo Busetti acha prematura qualquer avaliação sobre o caso. “Os partidos ainda estão se reunindo e acho precoce adiantar qualquer questão. Nosso objetivo é entregar o governo da melhor forma possível e depois avaliar com calma a eleição. Ela também passa pelo pleito de 2014. A política é muito dinâmica, não é recomendável fazer qualquer avaliação a médio prazo”, comentou o líder peemedebista. Vice-prefeito na primeira gestão em que a parceria com o PMDB foi firmada e ex-presidente da Câmara de Vereadores, Carlos Mário Paese acha que os motivos que levaram Claiton ao Executivo são outros. “O atual governo foi muito infeliz na escolha dos primeiros escalões. Acredito que o PP não teve interferência direta neste processo. A rejeição da administração que concorria à reeleição era muito alta, havia o desgaste, o desejo de mudança. Tudo isso pesou”, observou Paese. No entanto, ele não esconde o descontentamento com os rumos do partido e destacou que pretende encaminhar sua desfiliação junto ao PP, por discordar das políticas adotadas pela sigla, tanto no município, como no Estado e na União.


Sexta-feira, 26 de outubro de 2012 | 11

Compromisso com a cidade

Educação

educacao@jornalinformante.com.br

Feira do Livro inicia na quarta 27ª edição do evento municipal está em contagem regressiva, com os últimos ajustes na programação e com foco voltado para a Literatura e o Teatro om o tema “Ler: Conhecer, Imaginar, Acreditar!” é que a 27ª Feira do Livro é montada na rua Angelo Antonello e Praça da Bandeira. A partir da próxima quarta, a cidade vai entrar no mundo da Literatura com as bancas das livrarias, exposições e as atrações que vão compor a programação de 2012. Seguindo até o dia 11 de novembro, o evento é promovido pela prefeitura através da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Despostos (SMECD). O lançamento oficial será às 19h da quarta com a palestra “Ampliando Horizontes, Confirmando Esperança”, do patrono, o frei Jaime Bettega. O capuchinho é mestre em Administração Empresarial, especializado em Recursos Humanos e docente na Universidade de Caxias do Sul (UCS). Indicado pelos estudantes como um dos 20 melhores professores de toda a instituição de ensino caxiense, ele também recebeu o título de “Cidadão Emérito de Caxias do Sul”, em 2008, e a medalha da 52ª Legislatura, entregue pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, em 2010. Outros autores de renome também já confirmaram presença no município. Vocalista da banda Detonautas e escritor, Tico Santa Cruz vai estar presente no dia 5, às 20h. Já no dia seguinte, o eterno Engenheiro do Hawaii, vocalista da Pouca Vogal e escritor, Humberto Gessinger palestrará também às 20h. Haverá a presença de diversos escritores com sessões de autógrafos, contação de histórias, troca-troca de livros, feira de artesanato, exposições e apresentações teatrais. “As expectativas são as melhores. Nesta edição, haverá muitas participações especiais, o que valoriza ainda mais o evento. O nosso objetivo não é atingir um número extraordinário de pessoas, mas sim incentivar o hábito da leitura e o fortalecimento da Literatura. Aí sim, teremos cumprido a nossa meta”, afirma o secretário de Educação, Cultura e Desportos, Bolivar Pas-

Arquivo Jornal Informante

C

Para repetir o sucesso verificado na edição de 2011: atrações diversificadas garantiram um bom público no evento no ano passado

qual. A programação ainda não está completamente fechada, mas em poucos dias estará disponível no site www.feiradolivrodefarroupilha.com.br. Segunda etapa do Encanta Farroupilha, prevista para ocorrer durante a Feira do Livro, é cancelada A má notícia é que nova etapa do Encanta Farroupilha, que teve a inaugural ocorrida em 22 e 23 de setembro, evento promovido pela prefeitura, foi temporariamente cancelada. A 2ª etapa do encontro musical dos jovens da cidade estava prevista para ocorrer

junto à Feira. O secretário Pasqual afirma que o foco deste ano é apenas a Literatura e o Teatro, por isso ocorreu o cancelamento. Ele enfatiza que ela ainda tem a possibilidade de ocorrer, mas isso é uma decisão que ainda está em análise.

Erramos

Na última Edição, a de número 246, foi destacado erroneamente, na matéria da Editoria de Educação, que a Escola Municipal Presidente Dutra não participou das Olimpíadas de Língua Portuguesa em 2012. Na verdade a instituição de ensino esteve presente no projeto.


12 | Sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Compromisso com a cidade

Segurança 190

Ex-presidiario é morto a tiros

Operação conjunta prende dois Na tarde de sexta, em uma operação integrada entre Polícia Civil e Pelotão de Operações Especiais (POE), dois indivíduos foram presos. Ambos foram detidos após assaltarem um mercado, localizado no bairro Industrial. Eles foram encontrados em seu esconderijo. Quando os policiais cercaram o local ordenaram que os homens saíssem da casa, mas como a ordem não foi atendida, a residência foi invadida e os assaltantes presos. Parte do material roubado foi apreendido.

Obituário 19 de outubro Roque Nunes de Andrade, 68 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Adão Bonifácio da Silva de Andrade, 41 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Rincão do Meio (São Borja); Pedro Frá, 93 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 20 de outubro Gabriel Gonçalves de Almeida, 21 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal; Dalvino Possa, 81 anos. Sepultamento no cemitério da comunidade de Linha 30; Cláudio Brum Ferreira, 46 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal. 21 de outubro Cecília Krindges Viero, 83 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 24 de outubro Martins Carlos Paulo Nitshke, 84 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza; Lucio Bosing, 75 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza.

Índice de incêndios é alto Segundo dados do Corpo de Bombeiros, Farroupilha já registra 93 casos da ocorrência apenas neste ano

M

oradores da rua Ambrósio Crippa, no bairro América, acordaram assustados na madrugada de domingo com o barulho proveniente da casa de um vizinho. Ao verificar que o local estava em chamas, o Corpo de Bombeiros foi chamado. Segundo o órgão, a comunicação foi feita por volta das 3h15min. Eles demoraram pouco mais de 5 minutos para chegar ao local. Para controlar o fogo foi necessário cerca de 25 minutos. A residência de madeira teve queima total. Conforme o comandante do Corpo de Bombeiros de Farroupilha, tenente Ivan Martins da Rosa, a cidade já registra 93 casos de incêndio neste ano. Martins afirma que o número é muito alto para um município com a estrutura e o número de habitantes de Farroupilha. De acordo com o comandante, boa parte do registro de incêndios é em vegetação, que foram 38 casos até a tarde de quarta. Os bairros que mais apresentam a ocorrência são Monte Pasqual, Industrial, 1º de Maio e Bela Vista. “Em casas, o que mais acontece é curto circuito, pois as pessoas vão adquirindo

Fotos: Elisa Rossi Kemmer

Por volta das 5h30min de sábado, no bairro São José, um homem encapuzado e armado invadiu uma residência e solicitou que o morador ficasse de joelhos e que sua esposa cobrisse o rosto. Neste momento, o invasor efetuou um disparo de arma de fogo, atingindo a cabeça da vítima, de 45 anos, que possuía diversos antecedentes criminais, entre eles tráfico de drogas, violência doméstica e homicídio. Ele estava em liberdade há cerca de um mês. O atirador fugiu e ninguém foi preso. A Polícia Civil investiga o crime.

seguranca@jornalinformante.com.br

A residência, localizada no bairro América, foi totalmente consumida pelas chamas

cada vez mais aparelhos eletrônicos e os ligam em tomadas, mas não fazem a revisão com um profissional para readequar a rede elétrica”, comenta Martins. Ele deixa dicas de segurança para a população. “Para prevenir, uma revisão anual deve ser feita na rede elétrica da casa.

O botijão de gás deve ser colocado do lado de fora da residência e o P13 não pode ser utilizado em fogareiros, pois ele atinge a válvula de segurança. Crianças também não devem ficar sozinhas em casa, para evitar incidentes”, alerta o comandante.

Os números da ocorrência na cidade

Das 93 ocorrências registradas neste ano, 21 foram em veículos, sete em casa de alvenaria, cinco em residências de madeira, três em indústrias, uma na Usina de Reciclagem do Lixo, uma em loja, 38 em vegetação, seis em mercados e depósitos e 11 em lixos.

Cidade Segura em Nova Milano Mais um encontro do Cidade Segura aconteceu na noite de terça. A comunidade de Nova Milano serviu como sede para o encontro. Quem iniciou as palestras foi o capitão do 36º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Farroupilha, Márcio Leandro Silva da Silva. Ele salientou que a segurança pública é responsabilidade do Estado, mas o dever de mantê-la é de todos. Márcio Leandro destacou a importância da prevenção ainda na infância para diminuir a criminalidade. Ele deu dicas de primeiros socorros. O capitão também respondeu questões dos participantes sobre o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), o sistema de GPS que está instalado nas viaturas e foi parabenizado pelos líderes comunitários sobre a atuação da tropa farroupilhense. Na oportunidade, também foram apresentados os trabalhos e estatísticas do policiamento comunitário. Após, o capitão

O capitão Márcio Leandro abordou a importância da prevenção da criminalidade, ainda na infância

se despediu, pois na segunda ele troca de comando com o capitão Juliano Amaral, que virá para Farroupilha. Márcio Leandro irá comandar os policiais das outras seis cidades que integram o 36º BPM e têm sua sede de comando em Flores da Cunha. Cerca de 40 pessoas participaram da reunião, que foi encerrada pelo pre-

sidente da Associação de Moradores da Comunidade de Nova Milano, Leandro Adamatti, que falou sobre a necessidade de uma câmera de monitoramento na localidade. O próximo encontro do programa ficou marcado pra o dia 27 do próximo mês, às 19h30min, no salão comunitário do bairro Imigrante.


Sexta-feira, 26 de outubro de 2012 | 13

Compromisso com a cidade

EsportE

esporte@jornalinformante.com.br

Três times emplacam dupla

Vasco da Gama, São Paulo e Monte Pasqual mostram força e conquistam vaga na semifinal do Farroupilhão, que inicia neste domingo, nos dois quadros em disputa Fotos: Ramon Cardoso

O Monte Pasqual (de branco) passou trabalho, mas venceu o Canarinho e avançou na disputa

tarde, também selou a liderança entre os titulares ao vencer por 4 a 2. Ou seja, obteve a classificação nas duas divisões e ainda não sabe o que é perder nos titulares nem nos suplentes. Quem fez companhia ao time de Nova Milano é o Penharol, no 1º quadro, que segurou a pressão do mandante Industrial e ficou no 0 a 0, e o time do bairro nos suplentes. A exemplo do Vasco, o Industrial também aplicou 7 a 0 no time de

Liga de Futebol de Campo

C

lassificado no 2º quadro, o Vasco da Gama confirmou a melhor campanha entre os suplentes ao aplicar, em Nova Milano, 7 a 0 no Nova Vicenza. Mais

O Penharol (de branco) segurou a pressão do Industrial e recebe o São Paulo neste domingo

Linha Caravaggeto. A vantagem na fase é do Vasco, que decide a passagem à final em seus domínios. Já pela Chave B, o São Paulo encarou o eliminado Santos, no bairro São José, e conquistou um duplo triunfo: 3 a 2 nos suplentes e 4 a 1 nos titulares, também obtendo a vaga nos dois quadros, assim como o Monte Pasqual. Atuando em casa, venceu por WO o eliminado Canarinho no 2º quadro e também por 1 a 0 nos titulares.

Mandante na primeira semifinal, por ter ficado em vice na B, o Monte Pasqual faz sua partida no estádio Vicente Farinon, do Serrano, na Linha Julieta, tendo em vista que uma festa mobiliza a comunidade no final de semana e o salão, que também serve de vestiário aos times, estará indisponível. Confira abaixo a campanha final dos classificados e os primeiros jogos da semifinal, lembrando que o duelo do 2º quadro acompanha o do 1º.

Os oito times habilitados à semifinal do Farroupilhão Chave A – 1º quadro Equipe

P

Chave B – 1º quadro

J

V

E

D

GM GS SG

Equipe

P

J

V

E

D

GM GS SG

1)

Vasco da Gama 14

6

4

2

0

15

5

10

1)

São Paulo

11

6

3

2

1

8

3

5

2)

Penharol

6

3

1

2

12

9

3

2)

Monte Pasqual 10

6

3

1

2

10

9

1

10

Chave A – 2º quadro Equipe

P

Chave B – 2º quadro

J

V

E

D

GM GS SG

Equipe

P

J

V

E

D

GM GS SG

1)

Vasco da Gama 16

6

5

1

0

19

5

12

1)

Monte Pasqual 15

6

5

0

1

11

6

5

2) I

ndustrial

6

3

2

1

15

5

10

2)

São Paulo

6

4

1

1

14

7

7

11

13

Legenda: P (pontos), J (jogos), V(vitórias), E (empates), D (derrotas), GM (gols marcados), GS (gols sofridos) e SG (saldo de gols)

As quatro partidas de ida da fase semifinal da disputa

X Monte Pasqual

2º quadro Domingo, a partir das 14h30min Em Linha Caravaggeto

X Industrial

Monte Pasqual

Vasco

São Paulo

1º quadro Domingo, a partir das 16h30min Estádio Vicente Farinon (Linha Julieta)

X

2º quadro Domingo, a partir das 14h30min Estádio Vicente Farinon (Linha Julieta)

Vasco

X Penharol

1º quadro Domingo, a partir das 16h30min Em Linha Caravaggeto

São Paulo


14 | Sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Compromisso com a cidade

EsportE

Preliminar

preliminar@jornalinformante.com.br

Chance dupla

Regional da Serra

Neste final de semana, o Kartódromo Municipal César Francischini (Avenida São Vicente, 375) volta a sediar o Regional da Serra de Kart. A disputa deve reunir 70 pilotos em oito categorias: Tag, Super Tag, Graduados, Sênior, Speed Kart, Sprinter, Master e Cadete. Esta será a 4ª das cinco etapas previstas da competição que, atualmente, é a maior do Rio Grande do Sul.

Entrega de faixas

Campeão do Sênior, a Sociedade Esportiva, Recreativa e Cultural (SERC) Farrapos promove neste sábado um jogo festivo para celebrar a conquista. A partida acontece contra o time de veteranos de São Vendelino, a partir das 16h, no estádio Ângelo Venzon Neto, no bairro Farrapos. Após o duelo, haverá um jantar de confraternização entre as equipes.

Esperança contra os últimos Sub-17 do Brasil sofre goleada para o Tamoio e encerra sua participação no Juvenil B duelando com os três piores Arquivo Jornal Informante

Vasco da Gama, São Paulo e Monte Pasqual sobraram na fase classificatória do Farroupilhão. Colocaram seus dois times na semifinal, mas a vantagem é das equipes de Nova Milano e Nova Sardenha. Um evento no salão da comunidade do bairro, obrigou o Monte Pasqual a mandar a partida de ida no campo do Serrano, na Linha Julieta. Ficou no prejuízo.

esporte@jornalinformante.com.br

Brasil

E

m sua pior atuação no Juvenil B, o Sub-17 do Brasil foi goleado em Viamão no domingo. Os 5 a 0 impostos pelo Tamoio derrubaram o time farroupilhense da faixa de habilitados às quartas de final. Agora, o Brasil ocupa a 9ª colocação e restam apenas três jogos para o encerramento da fase classificatória. “Foi nossa pior partida. Levamos um gol no início, outro até o intervalo e, na etapa final, tivemos dois expulsos. Faltou ter mais atitude. Treinamos bem, mas na hora do jogo as coisas não estão acontecendo”, destacou o técnico Renato Teixeira. A semana contou inclusive com dispensas de alguns atletas. “Vamos tentar a classificação. Se não conseguirmos, o trabalho segue para o ano que vem”, comentou o técnico em tom de resignação.

No último duelo nas Castanheiras, Brasil acabou derrotado pelo Americano

O que pode auxiliar a equipe nesta reta final são os adversários. Atualmente, o Grêmio, adversário deste sábado, ocupa a 7ª colocação, com 4 pontos. Na sequência, o Brasil enfrenta o Guarany, em Espumoso, 8º com 4 pontos e, por fim, encerra a participação em casa contra o Aimoré, que no momento ocupa a lanterna, com 2 pontos, ao lado dos farroupilhenses.

Partidas finais do Sub-17 do Brasil na classificatória do Juvenil B

X

X

X

Brasil Grêmio Sábado, às 17h Castanheiras (Farroupilha)

Guarany Brasil Dia 2, às 15h30min Ângelo Macalós (Espumoso)

Brasil Aimoré Dia 11, às 15h30min Castanheiras (Farroupilha)


Sexta-feira, 26 de outubro de 2012 | 15

Compromisso com a cidade

EsportE

esporte@jornalinformante.com.br

Para encaminhar o bicampeonato

Correndo em ‘casa’, João e Márcio Campos têm chance de se aproximar de nova conquista no Velopark, circuito que traz ótimas lembranças para a dupla farroupilhense oi em Nova Santa Rita, há quase um ano, que João e Márcio Campos tornaram-se os primeiros campeões da Mercedes-Benz Grand Challenge (MBGC), a nova categoria do automobilismo brasileiro. Neste final de semana, a dupla volta ao Velopark, com o intuito de encaminhar a conquista do bicampeonato. A competição retorna com a 5ª etapa, que abre a metade final da temporada, após um longo período sem provas. A 4ª foi disputada há mais de três meses, nos dias 21 e 22 de julho, em Jacarepaguá, última do tradicional circuito. Para João, a longa parada traz prejuízo não somente para os pilotos, mas para toda competição. “O evento sai perdendo como um todo, mas por outro lado, por não haver prova da GT3 (categoria que acompanha o MBGC e que não teve liberação dos veículos importados junto à Receita Federal para a disputa), as atenções maiores estão voltadas à nossa disputa”, ressaltou João. A dupla treinou no Velopark há duas semanas e os trabalhos foram proveitosos. Devem, de alguma forma, amenizar o longo período sem provas. A vantagem na pontuação também é considerável, mas ela não é supervalorizada. “A nossa folga é relativamente boa, mas todo cuidado é pouco, estamos ainda no meio da competição”, lembra João. O planejamento da temporada deve ser mantido. Ou seja, ele realiza a tomada de tempo no sábado e participa da primeira bateria e

Márcio finaliza a etapa disputando a prova dominical. Correr no circuito que garantiu aos farroupilhenses o primeiro título da categoria de estreia é um bom presságio. “Conquistamos o campeonato ano passado no Velopark. É sempre bom correr perto de casa, com a presença da família e de amigos, me motiva ainda mais a fazer uma boa prova. Conseguimos um bom ajuste do carro no treino e isso é importante. O circuito é bastante travado e o peso que carregamos (30 quilos, o chamado lastro de campeão) terá que ser compensado”, comentou Márcio. Treino realizado há duas semanas permitiu ajuste necessário no carro Após a etapa em solo gaúcho restarão mais três para o final da temporada. A 6ª acontece em 18 de novembro, no autódromo Orlando Moura, em Campo Grande (MS); a 7ª ocorre no dia 2 de dezembro, no autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR); e a temporada é encerrada com a 8ª etapa, disputada no José Carlos Pace (Interlagos), em São Paulo. Os farroupilhenses, que competem pela Sicredi Racing, que tem o apoio das seguradoras parceiras da Corretora de Seguros Sicredi, a Icatu e Mapfre, lideram o MBGC com 36 pontos de vantagem. Com nova dobradinha, praticamente encaminham o bicampeonato da categoria.

Arquivo Jornal Informante

F

Ótima recordação e boa perspectiva para o final de semana: no último dia 13 de novembro, Márcio e João conquistaram, no Velopark, o título da temporada inaugural do Mercedes-Benz Grand Challenge

Classificação do MBGC

1º) João Campos e Márcio Campos: 137 pontos 2º) Fernando Júnior e Rodrigo Miguel: 101 pontos 3º) Neto de Nigris: 94 pontos 4º) Cesare Marrucci: 89 pontos 5º) Léo de Nigris: 75 pontos

Serviço

O que: 5ª etapa do MBGC Onde: Velopark, em Nova Santa Rita (circuito com extensão de 2.262 metros e sentido anti-horário) Treinos livres: nesta sexta, às 12h e às 14h25min, e sábado, às 9h Treino classificatório: sábado, às 10h55min Provas: sábado, às 13h30min, e domingo, às 12h Na TV: prova dominical ao vivo pela RedeTV! (Sky e parabólica) Na internet: pelo www.PortalGT.com.br

No Farra, Voleio aguarda Elástico ou Firula na final A 4ª e penúltima rodada do Farra da Bola foi disputada no último sábado e o Voleio manteve os 100% de aproveitamento e, de quebra, garantiu antecipadamente vaga na grande decisão ao vencer, por 1 a 0, o Elástico que, até então, também vinha de três vitórias e dividia a liderança. Quem se beneficiou com o resultado foi o Firula que, após duas derrotas, venceu duas em sequência. Aplicou uma goleada de 3 a 0 no Finta, eliminou o oponente e encara o Chaleira abrindo a 5ª e última rodada neste sábado, precisando de uma vitória e de derrota do Elástico para assegurar lugar na final contra o já garantido Voleio. Por fim, o Chaleira, que até então não

tinha conquistado um ponto sequer, chegou ao primeiro triunfo ao derrotar o Carrinho por 3 a 2. Com o resultado, a dupla não tem mais possibilidade de avançar na disputa, mas estão diretamente envolvidos com oponentes que dependem de resultado na rodada decisiva. O Voleio só necessita de um empate diante do Carrinho para garantir a vantagem da igualdade na grande final na segunda partida da tarde. Por fim, a fase classificatória é encerrada com o Elástico, que encara o Finta, também precisando de apenas um empate para se garantir matematicamente na decisão da 14ª edição do torneio, que acontece no domingo, a partir das 10h.

Classificação do 14º Farra da Bola Equipe 1) Voleio * 2) Elástico 3) Firula 4) Finta 4) Carrinho 6) Chaleira

P 8 6 4 2 2 2

J 4 4 4 4 4 4

V 4 3 2 1 1 1

E 0 0 0 0 0 0

D 0 1 2 3 3 3

GM 12 10 9 6 8 4

GS 4 5 4 9 13 14

SG 8 5 5 -3 -5 -10

Legenda: P (pontos), J (jogos), V (vitórias), E (empates), D (derrotas), GM (gols marcados), GS (gols sofridos) e SG (saldo de gols) / * Finalista

Farra da Bola – 5ª e última rodada (neste sábado)

14h – Chaleira x Firula / 15h20min – Voleio x Carrinho / 16h40min – Finta x Elástico

Farra da Bola – decisão (neste domingo)

10h – Voleio x Elástico ou Firula


Esporte

Futebol como mera fachada

Arquivo Jornal Informante

Divulgação

Excelentes lembranças

Primeiro Parágrafo

Há quase um ano, João e Márcio Campos garantiam, no Velopark, o título da temporada inaugural do Mercedes-Benz Grand Challenge. Neste final de semana, no mesmo circuito, dupla pode ficar mais próxima da conquista do bicampeonato - Página 15

La 12, a maior facção organizada do Boca Juniors e da Argentina, desfralda enorme bandeirão, um misto de ironia e provocação aos rivais, em partida na Bombonera. No polêmico livro “La Doce”, jornalista Gustavo Grabia revela o que de fato é a mais violenta barra xeneize: uma máfia travestida de torcida - Inside, página 6


Farroupilha, 26 de outubro de 2012

Discutindo o cenário da saúde no Brasil 2º Congresso em Saúde Coletiva FSG começou na quinta e vai até este sábado, as palestras ocorrem no auditório da unidade e inscrições podem ser feitas pelo site esde o ano passado, a Faculdade da Serra Gaúcha (FSG) realiza o Congresso em Saúde Coletiva. Neste ano, as conferências iniciaram na quinta, com o tema “A Tranversalidade de Gênero na Saúde”. A organização do evento é feita pela coordenadora do curso de Enfermagem da unidade, Maria Angélica Gazzana, que destaca o fato de que o evento abrange todas as áreas de formação. “O objetivo do Congresso é manter sempre a atualização na área da saúde, com temas que são discutidos nacionalmente, mas sempre respeitando as demandas locais”, afirma Maria Angélica. Ela salienta que é necessário observar o que está acontecendo para definir os assuntos e palestrantes de forma que beneficie os alunos. A coordenadora destaca que serão tratadas questões que vão da saúde do homem à violência. A primeira conferência foi ministrada pela doutora em Ciências Ambientais pela Faculdade de Medicina de Granada (Espanha), Carmen Warden. Ela falou sobre “Saúde Materna e Exposições Ambientais: possíveis desfechos neurocomportamentais em crianças”. Nesta sexta, é a vez do mestre em Cirurgia e Traumatologia Buco-Facial pela Universidade Luterana do Brasil (Ulbra),

Janaína Silva

D

A primeira edição do evento reuniu mais de 120 pessoas na faculdade e contou com a participação de acadêmicos de diversos cursos

José Carlo Bertotto, falar sobre “Semiologia do Câncer de Boca e Anexos: medidas de prevenção”. O debate acontece às 14h30min. Já o doutor em Urologia, pela Universidade de São Paulo (USP), Fábio Pasqualotto, palestra sobre “Saúde Reprodutiva e Sexual do Homem e Mitos Associados”, às 19h30min. No sábado, às 8h30min, “A Violência na Contemporaneidade” vai ser abordada pelo psicólogo Lucas Neiva Silva e pelo filósofo,

teólogo e padre Gilnei Fronza. Mesmo que o evento já tenha começado, as inscrições ainda podem ser feitas pelo site www.fsg.br. O investimento é de R$ 120,00 para estudantes da FSG e de R$ 140,00 para a comunidade em geral. O pagamento pode ser feito por meio de boleto bancário ou cartão de crédito. Todas as palestras ocorrem no auditório da FSG (Os Dezoito do Forte, 2366, prédio C, em Caxias do Sul). Informações pelo fone (54) 2101-6000.

Serviço

O que: 2º Congresso em Saúde Coletiva da FSG Quando: até este sábado Onde: Faculdade da Serra Gaúcha (Os Dezoito do Forte, 2366, prédio C, em Caxias do Sul) Quanto: R$ 120,00 para estudantes da FSG e R$ 140,00 para a comunidade em geral


Farroupilha, 26 de outubro de 2012

Ultrassom Focalizado Cavitacional: indolor, não invasivo e com resultados surpreendentes Adalgisa Bassotto *

A

pouco menos de três meses do verão, muita gente já está preocupada em perder algumas gordurinhas adquiridas durante o inverno e colocar o corpo em forma para uma estação que tem tudo a ver com o movimento e com a saúde. O Lipofocus é um moderno equipamento de Ultrassom Focalizado de Alta Intensidade (HIFU) que permite a ruptura dos adipócitos (lipólise) e sua posterior drenagem, visando à redução de medida corporal de maneira segura e não invasiva. Uma técnica moderna, alcança diretamente os adipócitos (camada hipodérmica) em três profundidades diferentes (1, 2 e 3 centímetros) com eficácia, sem causar danos a tecidos vizinhos, protegendo a integridade dos vasos sanguíneos, nervos e tecidos adjacentes. A aplicação do ultrassom é realizada através de um disparo de onda sonora nos pontos onde existe gordura localizada, causando uma destruição mecânica das membranas das células gordurosas. O método focalizado permite a seletividade do tecido, ou seja, somente as células adiposas dentro da área tratada são destruídas enquanto os tecidos adjacentes, incluindo vasos sanguíneos, nervos e tecidos conectivos permanecem inalterados. O tratamento é não invasivo. A lipocavitação ajuda a reduzir a gordura localizada que se acumulou em certas partes do corpo ao longo do tempo, sendo indicadas para pessoas que se sentem insatisfeitas com uma ou mais áreas do seu corpo, na qual se acumulou

gordura, mas não pretendem submeter-se a um tratamento de remoção de gordura invasivo. Combinado com o módulo de drenagem linfática, os resultados são visíveis em poucas sessões. A primeira fase do tratamento visa romper os adipócitos mecanicamente na profundidade da região focal, eliminando a gordura. A segunda fase destina-se a realização de uma drenagem estereodinâmica que estimula a eliminação dos resíduos de gordura pelo próprio organismo. O tratamento pode ser realizado praticamente no corpo todo, mas as áreas mais procuradas são abdômen, costas, braços, flancos e coxas. Atua também no combate à celulite. Vale ressaltar que o tratamento é 100% seguro, não há riscos de deformidades, infecções, tromboses, fibrose, cicatrizes, queloide, aderências entre outras complicações que podem ocorrer em um procedimento cirúrgico. O número de sessões indicadas varia individualmente, de acordo com a quantidade de gordura na região e resposta ao tratamento. Lembramos que há necessidade de realizar uma avaliação com o profissional biomédico habilitado, pois como qualquer tratamento estético existem contraindicações. Venha conhecer o que há de mais atual no tratamento da gordura localizada e celulite na Clínica Zarho e fique de bem com seu corpo! * Biomédica Esteta Habilitada (CRBM 14029), responsável técnica da Clínica Zarho Fone 3401-1231 / Site www.zarhocorpoeface.com.br

Novo método promete benefícios em


Farroupilha, 26 de outubro de 2012 Divulgação

tempo recorde: ideal para eliminação das gorduras adquiridas ao longo do inverno e para entrar o verão em forma


Farroupilha, 26 de outubro de 2012

Rompendo com o tabu da cirurgia plástica masculina H

á tempos a cirurgia plástica deixou de ser uma exclusividade feminina. Com o passar do tempo, a maior exigência do mercado por uma boa aparência, e até mesmo a diminuição do preconceito a respeito da vaidade masculina, faz com que cada vez mais homens procurem os procedimentos de cirurgia plástica. É fato que os homens têm aumentado muito o consumo de cosméticos, cuidados com o corpo e, inclusive, a preocupação na forma de se vestir, fator que até pouco tempo atrás eram impensáveis para aqueles que queriam viver na alcunha do macho. As cirurgias mais procuradas pelos homens variam muito quanto ao local e quanto a faixa etária. Pacientes mais jovens, na terceira e quarta décadas de vida (20 a 30 anos), procuram mais frequentemente rinoplastias (cirurgia do nariz) e correção de orelhas em abano. Vale ressalvar a procura pela correção de ginecomastia (excesso de glândula mamária) e lipoaspiração é muito maior em locais de clima quente, onde os corpos são mais expostos. Já na quinta e sexta décadas de vida (40-60 anos), a busca passa a ser maior na correção das bolsas ao redor dos olhos, correção da papada, cirurgia de calvície e cirurgia de face. Existem cirurgias que, embora já reali-

zadas com segurança há muito tempo, só agora têm sua procura aumentada, como é o caso de implantes de silicone masculino. Os implantes mais procurados pelos homens são, de longe, os de panturrilha, implantes peitorais e de bíceps. O homem, de uma maneira geral, sempre é mais temeroso a intervenções cirúrgicas que a mulher. Embora essa cultura esteja enraizada, é importante salientar que a segurança dos procedimentos é muito alta, e a volta às atividades, tanto físicas quanto laborais, depende de cada caso. A cirurgia plástica hoje é muito mais acessível que no passado, porém é imprescindível a procura por um cirurgião plástico especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, garantindo sua idoneidade e a segurança do paciente. * Formado em Medicina pela Ulbra, especializado pelo Instituto Ivo Pitanguy e integrante da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da Associação dos Ex-alunos do Professor Ivo Pitanguy Para Tiago, avanço das técnicas, disseminação de informação e diminuição do preconceito são fatores que acabam por permitir que cada vez mais homens optem pela cirurgia plástica

Daniela Xu

Tiago Refosco *


Inside

inside@jornalinformante.com.br

Farroupilha, 26 de outubro de 2012

Fize lança EP no The Cavern Após divulgar seus shows e conquistar a cidade, banda farroupilhense apostou na gravação de três singles e lança oficialmente “Oceano” neste sábado à noite Divulgação

Vitória Lovat vitoria@jornalinformante.com.br

“N

ão sabemos definir nosso estilo, não foi escolhido, aconteceu. O resultado do que somos é devido a tudo que absorvemos ao nosso redor”, explica Matues Kurmann, baterista e vocalista da Fize. A banda, que vem ganhando espaço no cenário musical de Farroupilha, chega com uma atitude diferente e propõe um repertório com artistas que não costumam ser vistos nos set list dos grupos da cidade. Investindo em reproduções de músicas do Blink 182, Green Day, Red Hot Chili Peppers ou For Fun, os três integrantes tocam também as suas composições nos shows. O que já é uma prévia do que vai rolar no The Cavern, na noite desta sexta. A Fize toca no bar e aproveita a oportunidade para lançar o seu primeiro EP: “Oceano”. Após dois anos de estrada, o grupo começa nova fase. “Começamos a banda um ano após o fim do Ensino Médio. A formação era outra, mas já tínhamos uma canção própria, chamada ‘Passos’. Desde então, passamos por vários palcos, gravamos uma demo, e hoje lançamos o EP virtual e físico”, relembra Kurmann. A banda tem dois anos de estrada, mas a atual formação foi definida há pouco tempo. O baterista completa o trio com Gabriel Parisotto na guitarra e vocal e João Filipe Piccoli no baixo. O EP foi divulgado na página do Facebook dos garotos no dia 11 deste mês e, a partir daí, é possível conferir as faixas fazendo o download no site www.fize. com.br. Contando com três músicas, é um mini CD com apenas algumas gravações da banda, normalmente utilizado pelas bandas independentes, para que seja possível divulgar seu trabalho sem os custos de uma gravadora. “A margem de downloads tem sido muito boa, nos surpreendeu. Com isso, vamos conseguir passar toda a vibe nos shows, que nos fez construir esse trabalho”, destaca o baterista. Energia resultante do trabalho intenso em setembro e início de outubro. E eles não pretendem parar por aqui. Já planejam gravar outro EP no próximo ano. “Agora, queremos explorar esse trabalho, fazer shows, conhecer lugares e levar nossa música a diferentes pessoas, além do que o destino ainda nos reserva”, ressalta. Começando já nesta semana, quando sobem ao placo da Caverna para animar o público e mostrar, para quem ainda não conhece, quem é a Fize. “Esperamos todos nossos amigos, familiares e pessoas que curtem a Fize na cidade”, finaliza Kurmann. Os ingressos antecipados podem ser encontrados na Autunno, Akústica Muscial, DM Escola de Música, Hermelu Esportes e Livraria Niquetti. Haverá ingressos no local e um shot de Jägermeister de brinde.

Serviço

O que: show de lançamento do EP da Fize Quando: sexta, a partir das 23h Onde: The Cavern (13 de Maio, 351) Quanto: R$ 10,00 antecipado e R$ 15,00 na hora

Piccoli, Kurmann e Parisotto: trio aproveita a fase da banda, investe na divulgação das composições e garante que não vai parar por aqui

Nas ondas do mar

Com a ideia de remeter as boas energias que a praia proporciona, o EP Oceano leva um ritmo leve com letras românticas, mas sem perder a pegada Rock and Roll. Mateus Kurmann conta que as três composições foram trabalhadas por eles e que conseguiram representar nelas a personalidade dos três rapazes. O baterista explica que a faixa “Sereia” é romântica, e que foi escrita com a ideia de descrição mais sincera possível de uma pessoa. O músico revela que a canção “Âncora” é sombria, servindo como um balde de água fria na superficialidade das pessoas. E, por fim, ele conta também que a música “Carrossel” é uma poesia que passa tranquilidade através de uma história com aquela pessoa especial, que sempre vai estar ao seu lado, independente do que aconteça.

Imagem: Reprodução


2 | Sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Inside

Crônicas da Redação

Gastronomia

Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

Coitado do Comando Vermelho, do Terceiro Comando e do Primeiro Comando da Capital

Guerra e Trombini com cardápio assinado por Charlie Tecchio V

encedor da 3ª edição do Super Chef, reality show gastronômico do programa Ana Maria Braga, da TV Globo, o caxiense Charlie Tecchio passa a integrar a equipe da Express Restaurantes Empresariais. Especializada na administração de restaurantes corporativos, com atuação nas regiões Sul e Sudeste do País, em Farroupilha a Express atende as empresas Guerra e Trombini. Tecchio passa a compor o Comitê do Sabor Express, único entre empresas do segmento de refeições empresariais, e que conta com chefs de cozinha, instrutores técnicos e representantes do departamento de qualidade das empresas. A partir de uma pesquisa realizada junto aos clientes, são realizadas melhorias até se chegar ao resultado esperado. As melhorias implementadas pelo Comitê do Sabor Express são divulgadas aos colaboradores da empresa por meio de workshops mensais. Os investimentos da Express têm o objetivo de alavancá-la a um outro patamar. A empresa pretende estar entre as 150 melhores para se trabalhar em 2014. Para isso, investe em todas as áreas, trazendo profissionais qualificados para comporem suas equipes de mão de obra, incrementando tecnologias e equipamentos alimentícios e qualificando, de forma permanente, seus colaboradores.

Rogério Mottin

O ministro Celso de Mello é meio exagerado. Tem um baita conhecimento jurídico, isso está fora de questionamento, mas suas historinhas da tradição jurídica romana são um pé no saco. Isso sem falar que ele deve ter sido coroinha, seminarista ou coisa que o valha, pois sua fala é muito pontuada e parece um padre preguiçoso rezando missa. Até onde eu me lembro de uma missa, né, porque sou ateu e não acredito nessas baboseiras de fé, religião, céu e inferno. Bom, voltando ao tema, na sessão final de Julgamento do Mensalão, concordei com o voto dele que condenou 11 dos 13 réus envolvidos no pior e mais orquestrado esquema de corrupção da história republicana do Brasil por formação de quadrilha, entre eles, o ex-chefe da Casa Civil José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoíno, o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares e o publicitário Marcos Valério. Mas Mello se excedeu em seu voto e fez uma ilação absurda. Não citou nomes, mas disse que a formação quadrilheira se equiparava às do Rio de Janeiro (Comando Vermelho e Terceiro Comando) e a de São Paulo (Primeiro Comando da Capital). Imagino que os integrantes dos três grupos tenham jurado o ministro de morte. Nunca as três organizações criminosas foram tão vilanizadas quanto no pronunciamento da última segunda no Supremo. Acho que caberia aos líderes do CV, do TC e do PCC um pedido de retratação a Mello. Por mais de dois anos, de janeiro de 2003 a junho de 2005, o esquema do Mensalão funcionou. Mesmo ao longo desse período, quatro ministros não concordaram com a acusação de formação de quadrilha. Como qualificariam, então, os marginais que se organizaram para cometer diversos crimes contra o sistema financeiro nacional para compra de apoio político na Câmara dos Deputados? Não me surpreendeu a absolvição por parte do revisor Ricardo Lewandowski nem de Dias Toffoli, um ex-advogado do PT, que certamente absolveriam Osama bin Laden pela prática de terrorismo internacional, mas Cármen Lúcia e Rosa Weber terem votado pela absolvição dos réus foi uma decepção completa. A dupla levou uma mijada pública de Marco Aurélio Mello e até mesmo do relator Joaquim Barbosa (que aliás, mijou todo mundo), que certamente ganhará uma úlcera nervosa por indignação com o voto de boa parte dos colegas após o encerramento dos trabalhos. É muito triste ver posicionamentos que ainda inocentem os chamados crimes do colarinho branco que, via de regra, são muito mais danosos à sociedade que os praticados pelas organizações criminosas citadas pelo ministro Mello. Só fico na torcida para o CV, o TC e o PCC não recrutarem os quadrilheiros da Ação Penal 470 para comporem seus quadros criminais. Se fizerem, me mudo para a Síria.

Compromisso com a cidade

Chef Tecchio é a mais nova contratação da Express Restaurantes

Cinemas GNC Caxias (Shopping Iguatemi, RST-453, quilômetro 3,5) GNC 1: Até que a Sorte nos Separe – às 14h, 16h30min, 19h e 21h20min GNC 2: Os Candidatos – às 14h40min GNC 2: Os Infratores – às 16h40min, 19h10min e 21h30min GNC 3: Intocáveis – às 14h30min e 19h20min GNC 3: Ted – às 17h e 21h50min GNC 4: 007: Operação Skyfall – às 13h10min e 16h (dublado) e às 18h50min e 21h40min (legendado) GNC 5: Atividade Paranormal 4 – às 15h45min, 18h, 20h e 22h GNC 5: Hotel Transilvânia (dublado e em 3d) – às 13h45min GNC 6: 007: Operação Skyfall – às 15h, 18h20min e 21h10min Ingressos: sexta, sábado, domingo e feriados: R$ 14,00; meia entrada, menores de 12 anos e sênior (a partir dos 60 anos): R$ 7,00; Movie Club Preferencial: R$ 12,00 e Clube do Assinante RBS R$ 10,50. Segunda, quarta e quinta (exceto feriados): R$ 12,00; meia entrada, menores de 12 anos, sênior e Clube do Assinante RBS: R$ 6,00 e Movie Club Preferencial: R$ 10,00. Terças (exceto feriados): ingresso único: R$ 7,00.

Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho (Luiz Antunes, 312) Tomboy – quinta e sexta às 19h30min e sábado e domingo às 20h Cine Halloween: nesta sexta, a partir das 23h59min, com A Invasora, Battle Royale e um filme surpresa Ingressos: R$ 5,00 e R$ 2,00 (estudante e sênior)

Alterações na programação ou nos valores dos ingressos são de responsabilidade das salas


Variedades

Do virtual ao real

O Facebook é espaço para que as pessoas possam conversar virtualmente e, no sábado à noite, alguns farroupilhenses que participam do Grupo da cidade puderem se conhecer Elisa Rossi Kemmer

O jantar teve a adesão de mais de 30 integrantes, que tiveram a oportunidade de trocar ideias pessoalmente

F

oi em clima de descontração que aconteceu o 2º Facecontro. No jantar que ocorreu no sábado, no Hotel e Restaurante Bem-Te-Vi, muitos farroupilhenses que conversavam somente através do Grupo Farroupilha – RS – Brasil no Facebook tiveram a oportunidade de trocar ideias pessoalmente. Já que a sede do evento foi em Caravaggio, não poderiam faltar bergamotas, que foram o destaque da noite, assim como o espumante servido pelo restaurante. Apesar das eleições terem terminado, o cenário político da cidade foi o assunto que pautou as conversas da maior parte dos presentes. Desde que a Festa de Dia das Crianças foi cancelada,

Sexta-feira, 26 de outubro de 2012 |

Inside

Compromisso com a cidade

pela Secretaria de Assistência Social e Cidadania, criou-se uma polêmica que gerou muita discussão na internet, então surgiu a ideia de fazer algo para garantir o Natal dos pequenos farroupilhenses. No encontro o projeto tomou forma. Uma comissão organizadora foi definida para organizar a iniciativa. A primeira ideia é de reunir 500 cestas básicas para doar às pessoas carentes, em dezembro. O criador do espaço, Joel De Bortoli, destaca que é muito importante e gratificante ajudar o próximo, principalmente quando se trata das crianças, ato que certamente contribuirá para um mundo melhor. “A comunidade virtual está disponível para todos que ti-

verem interesse em participar, compartilhar suas ideias e expor seu ponto de vista”, destaca De Bortoli. O supervisor de suporte Diego Taschin esteve presente no encontro e afirma que o jantar foi muito importante para a confraternização e para conhecer as pessoas que discutiam online os assuntos. “Acho sempre válido e importante que um grupo que visa o bem da cidade resolva se unir em prol de campanhas fora do virtual. Outra ação bacana que vem sendo feita é o acompanhamento das sessões do Legislativo. Muita coisa pode e vai sair dessa força que o grupo tem”, avalia a advogada Claudia Butelli, que também confraternizou no sábado à noite.

3

Benami Spilki benami@sjassessoria.com.br

O jurista justo Com este título pretendo homenagear o Dr. Carlos Alberto Sandoval, um advogado de primeira linha que opera em Farroupilha, que faz do seu conhecimento e modo de agir uma ferramenta em busca da Justiça. Na edição do dia 11 de outubro de 2012, no Informe Jurídico, na página 6, o Dr. Sandoval fez uma justa e competente defesa de alguns candidatos que, a seu ver, foram injustiçados pela atual legislação eleitoral. Por exemplo, um candidato que fora preso em flagrante “só por estar dando carona a quatro eleitores” e, assim sendo, teria cometido crime eleitoral. E, também, se insurge o excelente causídico contra o quociente eleitoral, que alijou a possibilidade de conquista da vaga três candidatos mais votados que outros que foram eleitos. Infelizmente não consigo concordar com o mestre, tendo em vista que, no artigo citado, analisou o resultado ou a consequência de um sistema que é torto, esquisito e, logicamente, confuso. Em vários textos denunciei que o sistema eleitoral brasileiro tem origem numa Constituição que até agora não sabe se é parlamentarista ou presidencialista. Calma, eu sei que o regime de governo é presidencialista. Porém, é um equívoco, pois a legislação maior está contaminada por ferramentas parlamentaristas. Não vou me aprofundar muito neste item, pois o foco é o regime eleitoral e, humildemente discordar do Dr. Sandoval. Além de denunciar a esquizofrenia da nossa Lei Maior, o mesmo acontece, e não poderia deixar de ser, em relação ao sistema eleitoral. Para facilitar o entendimento, vamos focar no seguinte: o mandato é do partido? Quem é responsável? É o partido. Quem indica o candidato? É o partido. Portanto, o quociente se justifica infelizmente só no sistema. Começo por criticar as coligações, por simples ou espúrias, não servem de modo ideológico, mas simplesmente de modo a “ganhar” a eleição e dividir as pastas que tenham o maior orçamento. As coligações, sem dúvida nenhuma, são uma ótima opção para a governança, desde que fundamentadas nos programas de governo de cada partido e, desde que os candidatos, deste ou daquele partidos, sigam as diretrizes partidárias. Do contrário, teremos a continuidade deste sistema injusto, complexo, desigual e burocrático. Neste sentido, o exemplo mais esclarecedor é o da senadora Ana Amélia Lemos, eleita pelo Partido Progressista e que no último pleito resolveu, individualmente, apoiar uma candidata do Partido Comunista para a prefeitura de Porto Alegre. Levada a questão ao partido, este rejeitou a coligação. Então o que fez a senadora? Disse que não seguira a decisão do partido e sim suas próprias convicções. Ora, ela rasgou o programa do partido pela qual fora eleita. Até aí já é uma tragédia, mas ainda fica pior. O que fez o partido? Nada, não fez nada. O que se esperaria seria a expulsão da agremiação daquele que eleito pelo partido deixa de defender o programa do mesmo. O mestre Sandoval tem parcial razão. Porém, o caso é muito pior do que o quociente eleitoral. Quanto à carona, discordo totalmente do mestre, pois a prisão em flagrante foi corretamente aplicada e rigorosamente dentro da lei. Do contrário, as “caronas” se farão normais, o que deixaria os candidatos sem as mesmas condições econômicas a uma desvantagem natural. * Consultor de Empresas


Valéria Vettorazzi valeria@jornalinformante.com.br

Nicolas Dalzochio

Noite Dupla

N

esta sexta, a festa é dupla no Boteco do Chá. O pagode do grupo Nova Virtude e o Sertanejo da dupla Bruno&Renan agitam a noite dos presentes. Antes e após, o DJ Fran

Azevedo comanda a pick-up. O bar também oferece promoção de destilados, a dose é dupla até a 1h. Os ingressos custam R$ 10,00 para elas e R$ 20,00 para eles.

Moda A Casual Mix apresenta sua coleção Alto Verão 2013 e comemoração do 1º aniversário da loja nesta sexta e sábado. A loja estará aberta sem fechar ao meio dia. Todas estão convidadas a conhecer e comemorar junto!

Casamento

As amigas Tatiane Moraes, Patrícia Bresolin, Daiane Zabot e Gilvana da Costa esbanjaram beleza e simpatia no Boteco do Chá, na sexta

No último sábado uniram-se em matrimônio Viviane Lazzari e Rodrigo Baggio. A cerimônia aconteceu em Nova Milano sob a voz do piaDiego Frigo

nista Rodrigo Soltton. Os convidados foram recepcionados no salão da mesma comunidade. A belíssima decoração e o jantar servido à inglesa por Buffet Aristocrata encantou a todos. As convidadas ganharam um chinelo personalizado para aproveitar a festa até o fim. A organização esteve a cargo de Denise Balbinot Colombo, da D&C Cerimoniais.

A bela Mariana Carame ao lado dos pais Car irmão Arthur, seus 15 a reunindo amigos, col Associação Atlétic

Eletrônica O Muinho (Mal. Floriano Peixoto esquina Independência) promove, para este sábado, a festa Muinho Sounds. No set os já tradicionais DJ’s Cris D., Luciano R. e Fer Oliveira. Como atração da noite o DJ Henrique Casanova, que assina Apoena e comanda a pick-up. Os ingressos antecipados custam R$ 15,00 e podem ser encontrados na Pizzaria Di Roma, na Kings, Hermelu Esportes, Copifar e Akústica Musical. Na hora a entrada custa R$ 20,00.

Para Aprender O Boteco do Chá promove o Workshop de Arrocha, modalidade de música sertaneja. A oficina ocorre no sábado, dia 10 de novembro, das 14h às 17h30min, com intervalo de meia hora. O valor é R$ 30,00 para cada participante. Os interessados podem se inscrever pelo fone 3261-6128 ou enviando e-mail para botecodocha@hotmail.com.

República A música eletrônica invade o República Beer nesta sexta. Acontece mais uma edição da festa The Basement. No line-up os DJ’s Fer Oliveira, Jhonny F. e Caio Busetti. A tequila é liberada para as mulheres das 23h à 0h. A entrada custa R$ 15,00 para eles e R$ 10,00 para elas.

No dia 20, a bela Gabriella Lobo comemorou seus 15 anos e os festejos aconteceram no República Beer

Roberto Brentano Júnior, Bo Lutz e Carlos Eduardo Pian festa Warung Tur, na All Ne


Michele Heinen Lima/Foto Pavan

Cristian Guzzo

A pequena Sofia, filha de Silvia Mara Heineck e Luciano Ribeiro dos Santos, comemorou seu primeiro aninho no último final de semana

Bisol Fotografias

ez Cardoso comemorou, roline e Samuel e do anos no último sábado, legas e familiares na ca Banco do Brasil

Thay Andrade

olivar Garbin Filho, Rodrigo no marcaram presença na eed Master Hall, no sábado

Rodrigo Baggio e Viviane Lazzari, que trocaram alianças no sábado: parabéns aos noivos!


6 | Sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Laura Cristina Nardi Callegari lauracnardi@yahoo.com.br

Primeiros anos de vida: sinais de alerta Como é bom poder acompanhar o desenvolvimento de uma criança que, aos poucos, vai conquistando novos aprendizados e encantando seus familiares com suas proezas desde muito cedo. O início do engatinhar, as brincadeiras, as primeiras palavras, os primeiros passos. Porém, algumas crianças podem apresentar alguns atrasos em seu desenvolvimento que merecem uma atenção especial. Por exemplo: com 1 ano de idade a criança ainda não caminha, não pronuncia nenhuma palavra, apresenta um choro excessivo, pouco interage com brinquedos e demonstra-se agitada ou muito apática. Sinal de que algo não vai bem e de que a mesma está precisando de ajuda para poder se apropriar dos mesmos aprendizados que as outras crianças da sua idade. O mais indicado para esses casos de atrasos no desenvolvimento é que a família procure o quanto antes o auxílio de um especialista e que não se conforme com a ideia de que é cedo e que com o tempo a criança irá aprender. Se ela não está progredindo é porque precisa de ajuda e não porque é preguiçosa. E com 1 ano de idade já é possível, sim, buscar um atendimento clínico. O trabalho realizado em clínica com bebês e crianças pequenas (até 3 anos de idade) que apresentam atrasos no desenvolvimento, denominado estimulação precoce, tem como objetivo favorecer o desenvolvimento dos aspectos instrumentais (a linguagem, a psicomotricidade, o brincar, a socialização, a aprendizagem, os hábitos da vida diária) e estruturais (o orgânico, o psíquico e cognitivo). Ou seja, a criança é atendida como um todo, por um único profissional. As sessões de atendimento acontecem com o terapeuta, a criança e a mãe e é através do brincar que a criança terá a possibilidade de se descobrir como um sujeito capaz de superar suas primeiras dificuldades, enquanto a mãe terá também um lugar de escuta, amparo e orientação com relação as suas dúvidas e angústias. Quando uma criança pequena tem a possibilidade de receber ajuda, o mais precocemente possível, terá menos chances de apresentar dificuldades de aprendizagem no período escolar (momento em que as exigências serão maiores em decorrência da aquisição da leitura e escrita), pois os obstáculos que dificultam o progresso do seu aprendizado poderão ser superados ou então atenuados. Mas quando se trata de crianças pequenas, muitas vezes as famílias esperam que as dificuldades desapareçam com o passar do tempo e em muitos casos o que acontece é que os problemas acabam agravando-se. O que poderia ser solucionado precocemente ou amenizado se transforma em dificuldade permanente. Então, quando alguns sinais de alerta surgirem no desenvolvimento de uma criança, que possamos estar atentos e levar a sério o que está se apresentando. E antes de julgar que seja apenas uma dificuldade passageira, que se busque uma avaliação com um profissional capacitado a fim de assegurar essa condição ou, se for o caso, trabalhar com o que não está bem e assim permitir que a criança siga seu percurso de forma mais saudável e feliz. * Psicopedagoga

Inside

Compromisso com a cidade

xxxxxxx Parágrafo Primeiro

Nas entranhas de La 12

Gustavo Grabia revela o submundo da barra brava do Boca Juniors, seu culto e estreita relação com a violência e suas espúrias ligações com a justiça, a polícia e, especialmente, a política argentina Imagem: Reprodução

Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br

A

função primordial de uma torcida é o apoio incondicional ao time em campo. É, dentro de suas limitações, atemorizar os adversários e servir como um instrumento de pressão que ajuda a levar a equipe à vitória. Isso, a La 12, a maior barra brava do Boca Juniors e da Argentina, faz como poucas. O anel intermediário do estádio Alberto J. Armando (La Bombonera), atrás da goleira que fica à esquerda da imprensa, é um território proibido. É de lá que a torcida incendeia as partidas. É de lá que surgiu o termo mundialmente consagrado de que “La Bombonera pulsa”. Mas a história de La 12 vai além da arquibancada e do amor ao Boca. É uma história forjada em outras frentes. No livro “La Doce”, o jornalista argentino Gustavo Grabia revela o que de fato é a principal barra do País: uma verdadeira máfia travestida de torcida. Foi a partir dos anos 60 que as coisas começaram a mudar. As barras surgiam na Argentina e o Boca já era, à época, o clube de maior torcida. Foi com Enrique Ocampo, conhecido como Quique, El Carnicero, que a La 12 se tornou um braço armado do clube. Respaldado pelo presidente Alberto Armando, que buscava apoio político nas arquibancadas, ele passou a conseguir ingressos para a barra, almoços nos dias de jogos, custeio para acompanhar o Boca nas viagens pela Argentina e pela América do Sul nos confrontos pela Taça Libertadores da América e liberou a La 12 para a cobrança de uma espécie de pedágio, uma parcela dos lucros dos comerciantes que vendiam produtos na Bombonera. Ocampo não dividia os benefícios com as novas lideranças e acabou derrubado do poder por José Barritta. Conhecido como El Abuelo, ele se tornou o novo líder. Ingressou em 1975 e em 1981 chefiou a torcida. Estendeu a força do grupo. Passou a cobrar também pelo estacionamento nas ruas próximas a

Ficha Técnica

La Doce

Autor: Gustavo Grabia Gênero: Sociologia Literatura Argentina Ano de publicação: 2012 Editora: Panda Books Páginas: 192 Preço médio: R$ 35,00 Bombonera, exigiu uma carga maior de ingressos para revenda e extorquiu atletas e dirigentes. Também teve início a imposição da La 12 pela violência, com brigas frequentes, especialmente com a rival Los Borrachos del Tablón, do River Plate; a La Guardia Imperial, a alucinada barra brava do Racing; e com a Los Diablos Rojos, do Independiente. A violência só era freada às vésperas da Copa do Mundo, para que os integrantes pudessem deixar o País para acompanhar a Seleção, época que a La 12 se tornou a torcida oficial da Argentina nos Mundiais de 86 e 90. A queda de Abuelo começou quando a Fundação Jogador Número 12, criada para lavar dinheiro das operações ilegais da barra, foi fechada em 1994, três anos após sua abertura. O fim aconteceu quando Abuelo acabou preso após uma emboscada a torcedores do River, que resultou em duas mortes após um superclássico disputado na Bombonera. Rafael Di Zeo, uma cria de Abuelo, assumiu e incrementou os laços com a justiça, a polícia e, especial-

mente, a política argentina. Ele percebeu que as ligações eram essenciais à manutenção de seu poder na barra. Sua rede de contatos permitia o retardo de processos e uma impunidade surreal. No entanto, uma emboscada a torcedores do Chacarita, em 1999, que foi transmitia ao vivo, antes de um amistoso na Bombonera, e novos atos de violência o levaram à prisão. Atual líder, Mauro Martín teve e ainda tem trabalho para se manter à frente da torcida, rachada em vários grupos, interessados no dinheiro gerado pelo comando de La 12, que desvirtuou sua função original. “Quando eu era criança, o plano de ir ao estádio era muito mais que ir a um jogo de futebol. Era um lugar de conexão para pais e filhos, para amigos do bairro, um mundo cheio de sensações confortáveis que excediam, e muito, o que acontecia no gramado. Esse mundo foi quebrado a partir da violência das barras bravas. E a La Doce é o símbolo mais generalizado dessa violência”, esclarece Grabia na orelha de sua obra. A perspectiva de uma mudança do cenário atual é inviabilizada logo na introdução, nas palavras de Di Zeo. Líder da La 12 na época mais gloriosa do Boca, ele sintetiza o espírito que norteia o sentimento, não somente das barra bravas argentinas, como de qualquer torcida organizada brasileira, ultras como são conhecidas na Europa Latina e Mediterrânea ou firmas no Reino Unido. “Vocês acham que se colocarem todos nós em uma praça e nos matarem a violência vai acabar? Não, não vai acabar nunca. Você sabe por quê? Porque esta é uma escola. É herança, herança e herança. Vem desde 1931, quando os do River já partiam para cima da La Doce. E continuará para sempre. Porque o futebol é assim. A violência não é gerada por nós, apenas acontece. Está aí, no futebol. A polícia monta uma operação de segurança para que nada aconteça. Mas quando ela falha e as duas barras se encontram, isso acontece. E nunca vai acabar”.


Inside

Compromisso com a cidade

Sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Variedades

Crianças com festa garantida

Divulgação

P

ara animar a tarde das crianças do Industrial, a 4ª edição da festa Criança + Feliz acontece neste sábado, no salão comunitário do bairro. A promoção do evento é do Rotary Club Farroupilha Nova Vicenza e Rotary Club Farroupilha, em parceria com o Rotaract e Interact Club. O evento deve atingir cerca de 700 moradores locais. Durante a festa haverá brinquedos gigantes (com orientação de monitores), distribuição de comidas e bebidas, atividades lúdicas, ações de Educação e Saúde, como teste oftalmológico e limpeza bucal, e distribuição de brinquedos, além de mateada para os pais. Conforme presidente do Rotary Club Farroupilha Nova Vicenza, Flori Peccin, um dos critérios para a escolha do local foi que o bairro não tivesse uma festa específica para comemorar o Dia das Crianças.

Brinquedos gigantes estão entre as atrações para os pequenos no evento

“Um dos objetivos do Rotary é auxiliar a comunidade, criando bem estar e mostrando o caminho às pessoas. O evento possibilita o desenvolvimento de uma série de valores pessoais”, afirma Peccin. O presidente salienta que os brinquedos, alimentos e recursos humanos para trabalhar na festa são provenientes de doa-

ções, parte de empresas e da comunidade e outra parte dos próprios rotarianos.

Serviço

O que: festa Criança + Feliz Quando: neste sábado, a partir das 13h Onde: salão comunitário do bairro Industrial Quanto: entrada franca

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Leão - 21/07 a 20/08

Responsabilidade na construção do próprio destino, mas também na aceitação do inevitável. Vá além do medo do desconhecido e das mudanças. É necessário que se transforme, ariano. O que precisa morrer em você? Intenso processo de mudanças. Negócios importantes.

Responsabilize-se por situações desafiadoras em família, fazendo a sua parte. Pode estar se sentindo sozinho ou desamparado. Mas isso ensina sobre maturidade. Foco em questões vinculadas ao lar, à família, à imóveis e a investimentos, nativo de Leão.

Touro - 21/04 a 20/05

Vírgem - 21/08 a 20/09

Conscientize-se dos medos, inadequações e bloqueios nos relacionamentos. Momento de assumir a responsabilidade pela evolução e amadurecimento nas relações. O que você resiste, persiste. Hora de eliminar velhos padrões emocionais.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Importante momento para o trabalho, que pede profissionalismo e excelência. Percepção do que precisa ser aprimorado. Emoções interferem no trabalho e na saúde. Consciência dos hábitos nocivos à saúde e do que precisa ser eliminado e modificado.

Câncer - 21/06 a 20/07

Poderoso momento de amadurecimento emocional. E das limitações que precisa vencer. Não tenha medo dos intensos sentimentos que está percebendo em si agora. Tabus a confrontar. Força criativa e afetiva. Grandes transformações emocionais.

Consciência é a resposta, virginiano. Conscientização que leva à mudança. Possibilidade de situações restritivas que envolvem irmãos ou parentes próximos. Percepção das responsabilidades envolvidas no que você aprende, expressa e comunica.

Líbra - 21/09 a 20/10

Restrição material temporária pode levar a uma mudança importante de valores. Você não é o que possui, libriano. Desapegue-se, para abrir espaço a coisas novas. Dê forma e estrutura aos talentos que está redescobrindo. Aja com maturidade nas finanças.

Escorpião - 21/10 a 20/11

Sol e Saturno estão conjuntos em seu signo. Amadurecimento, responsabilidades. Tendência a se sentir restringido ou oprimido. Sobriedade e solidão. Voz da experiência. Perceba os medos e inadequações que dificultam as iniciativas agora necessárias.

Sagitário - 21/11 a 20/12

Não há realização mais importante do que a evolução espiritual, sagitariano. Dê forma ao que estava inconsciente, latente. Sensibilidade e maturidade. Perceba que as restrições são internas. O que está acontecendo externamente apenas reflete isso.

Capricórnio - 21/12 a 20/01

Saturno, planeta regente capricorniano, está conjunto ao Sol em Escorpião. Um momento muito importante relacionado à realizações com amigos, empresas e equipes. Percepção das responsabilidades implicadas no que você almeja realizar, capricorniano.

Aquário - 21/01 a 20/02

Percepção de que realização envolve muito mais do que um status ou situação financeira. Momento em que podem aumentar as responsabilidades na carreira, aquariano. Avanço profissional dependerá de se reciclar e de estar consciente de seu poder de transformar.

Peixes - 21/02 a 20/03

Momento que estimula a consciência espiritual, a ética, os valores transcendentes. Importância de objetivos relacionados a viagens, conhecimentos, cursos ou concursos. Percepção das responsabilidades implicadas no uso de seu poder pessoal, nativo de Peixes.

|7

Fabrício Oliboni fabrioliboni@gmail.com

Novelas: modo de usar “Bah, larguei de mão dessas novelas aí! Que finalzinho bem sem vergonha, hein?! Fiquei quase um ano acompanhando dia sim e outro também, para... isso! Não acompanho mais novela nenhuma a partir de hoje! Chega!” Mais certo que a morte e a lei de Murphy é que você já ouviu falar ou presenciou uma situação dessas, de alguém em um momento de fúria pós-final de novela. Na grande maioria das vezes, esse tipo de reação vem de uma raça imune à extinção, a dos escravos de novelas. Das 18h, 21h, 13h47min, etc. Tem uma galera que não perde uma novela sequer. Até reprise de novela entra na conta, pasmem. Mas nem todos são contaminados pelo “vírus noveleiro”. Alguns sabem dosar bem e encaram uma que outra novela como entretenimento esporádico, sem que seja iniciado um processo de “zumbificação voluntária”, em que o intervalo comercial age como uma quebra do transe que uma alta exposição à TV provoca em alguns viciados. Eu, por exemplo, não gosto de novelas. Acho que a única novela que acompanhei até hoje foi “Carrossel”. Sim, aquela da professora Helena, do nego Cirilo e do gordinho do Jaime Palilo, que foi transmitida pelo SBT em meados dos anos 90. Não sei dizer certo o ano, mas eu devia ter uns 6,7 anos na época que assisti, então deve ter sido em uma das trocentas reprises que a emissora do senhor Abravanel faz de todos os seus programas. Enfim, meu histórico noveleiro acaba por aqui. Até acompanhei alguns capítulos de algumas novelas, até ficando momentaneamente interessado por algumas delas, tipo: “A Próxima Vítima”, em que rolou até bolão na sala de aula para saber quem era o assassino da trama; “O Rei do Gado”, mas só lembro que era a novela dos Mezenga e dos Berdinazzi. Só; “Chiquititas” porque... tipo, quem era sub-15 na época e não assistia? Hein?; a novela do Caderudo, que não lembro o nome e “A Usurpadora”, claro, pois de tantas vezes que foi reprisada, eu já devo ter assistido quase toda a novela só no tempo de trocar de um canal para outro. Mas, como eu disse, vi alguns capítulos de cada uma dessas e não era um fiel seguidor não, obrigado. Ah, resolvi escrever sobre novelas devido à grande repercussão que “Avenida Brasil” teve durante todo seu tempo de exibição (quanto foi mesmo? Tenho a impressão que essa novela durou uns três anos). E, devido ao alto falatório envolvendo o final da novela, foi possível notar a aparição de um pessoal que adora dar o ar da graça na época do BBB, os “pseudo intelectuais com nojo de novelas e BBB” (confesso que queria bolar um nome melhor, mas o prazo para entregar esse texto em tempo falou mais alto e limou uma criação mais criativa e melhor). Esse pessoal adora falar que novela é coisa de gente burra, que falta cultura e bons programas na TV e que todos deveriam ler um livro ao invés de assistir esses “atentados à inteligência”, tipo novelas e BBB. Depois de desabafos como esse, que geralmente ocorrem na internet, um desses defensores de um QI saudável optam por assistir a um filme dublado do Rob Schneider ou ler uma edição da revista Contigo!. Aí sim, um viva à hipocrisia! Não gostou? Troca de canal, poh! Simples. P.S: Nego Cirilo era o cara! * Estudante de Relações Internacionais e consultor de vendas de intercâmbio


Sétima Arte

O Exótico Hotel Marigold

Ficha Técnica Título original: The Best Exotic Marigold Hotel Título traduzido: O Exótico Hotel Marigold

Direção: John Madden Roteiro: Ol Parker Gênero: Drama Duração: 123 minutos País: Inglaterra/Índia Ano de produção: 2012 Estúdio: Participant Media, Imagenation Abu Dhabi e Blueprint Pictures Distribuição: Fox Searchlight Pictures Nota: 7

Nunca é tarde pra recomeçar Com um veterano e renomado elenco, “O Exótico Hotel Marigold” mostra que sempre é possível se livrar das amarras do passado e viver a vida de forma intensa Divulgação

O

Hotel Marigold, em Jaipur, na Índia, é um sonho para o jovem Sonny Kapoor (Dev Patel), que quer provar para sua mãe e irmãos que tem condição de tocar o próprio negócio, uma herança de família e que foi conduzida por seu pai nos últimos anos de vida. Para isso, no entanto, ele precisa de hóspedes. Nem que sejam inusitados hóspedes. Sete britânicos, a viúva Evelyn Greenslade (Judi Dench), o juiz aposentado do Supremo Graham Dashwood (Tom Wilkinson), o casal de funcionários públicos Douglas (Bill Nighy) e Jean Ainslie (Penelope Wilton), a ex-governanta e sempre rabugenta Muriel Donnelly (Maggie Smith) e os solitários Madge Hardcastle (Celia Imrie) e Norman Cousins (Ronald Pickup) escolhem, por motivos diversos, passar uma temporada no Marigold. Eles não sabem, no entanto, que estão prestes a ingressar na maior aventura de suas vidas. A Índia, como diz Evelyn em seu blog, uma narradora onipresente na trama, é uma cons-

Evelyn Greenslade (Judi Dench), Graham Dashwood (Tom Wilkinson) e Douglas Ainslie (Bill Nighy) integram o trio que encarou a incursão à Índia como uma grande aventura e passou a ver a vida sob uma nova perspectiva

tante agressão aos sentidos. Seja em forma de cores, formas ou sons. Por conta disso, a adaptação é tranquila para ela, que foi para o local com a mente aberta, assim como

acontece com Norman, Douglas e Graham, que viveu a infância na ex-colônia britânica. Já para os demais, a situação não será das mais tranquilas. Afinal de contas, Jaipur conta com um

trânsito organizado, um comércio regular e é bem silenciosa. Sonny faz de tudo para agradar os turistas e também Sunaina Shantanu Palawar, sua bela namorada, mas que tem a

relação desaprovada pela mãe por não descender de uma clássica família indiana. Mesmo de forma atabalhoada, ele tenta tornar seu estabelecimento um local agradável e garantir uma estada prazerosa aos seus ilustres visitantes. E como o próprio diz, “no fim, tudo dará certo, se ainda não está, é porque não chegou ao fim”. “Aos poucos percebemos que (a Índia) é como uma onda. Resista e você será derrubado. Mergulhe e você sairá nadando do outro lado”, comenta Evelyn em suas primeiras impressões sobre o exótico País em seu blog. No fim, todos compreendem o real sentido da expressão. Baseado na obra “The Foolish Things” (As Coisas Tolas, em uma tradução livre), da escritora inglesa Deborah Moggach, que também roteirizou “Orgulho e Preconceito”. “O Exótico Hotel Marigold” é um drama leve, com um consagrado e veterano elenco, e que mostra que nunca é tarde demais para abrir a mente, deixar o passado para trás e investir em novas perspectivas de vida.


Blazer DLX compl. + GNV preta 98 Corsa Hatch 1.4 2P branco 96 Corsa Hatch 1.0 AQ/DES/LIM/VIDR/TRAV branco 01 Celta 1.0 VHC 4P branco 05 Celta 1.0 2P Azul 01 Pick-up Corsa 1.6 branca 01 Fiorino Furgão branca 03 Fiorino Pick Up 1.5 branca 94 Ducatto maxx furgão 2.8 completa branca 04 Escort SW completo prata 97 RAV 4 completa altomatica prata 05 Gol 1.0 4P bordô bolinha 99 Gol G3 power 1.6 4p prata 03 Gol G3 1.0 4p vermelho 00 Gol G3 1.0 4p 8V prata 04 Gol G4 1.0 4P c/Direção Hidráulica prata 06 Kombi passageiro teto alto branca 95/00 Fox 1.0 completo branco 10/11 Honda Civic SI completo vermelho 08 Fiesta Hatch 1.0 completo vermelho/prata 03/08 Fiesta Sedan 1.6 completo prata 07 Ka 1.0 image completo -ar azul 01 Parati Cl 1.8 branco 95 Parati 1.6 G4 completa -AR branca 07 Palio fire 1.0 4P c/ ar cinza 04 Palio Fire 1.0 4p c/direção branco 03 Palio Weekend 1.5 Vermelha 97 Palio Weekend 1.3 ELX completa prata 03 Palio 1.6 2p completo -AR 96 Kadett GL completo -AR cinza 95/96 Kangoo passageiro prata 04 Mini van towner 7 passageiros prata 10 Gran Besta GS azul Motor novo 16 lug 00 R$ 36.000 Montana 1.4 c/ Dir branca 10 R$ 26.500 r$ 13.900 Corsa sedan 1.0 prata 00 r$ 14.000 Gol G3 1.0 4p preto Completo 00 r$ 12.500 Gol 1.6 mI 2p Completo verde 97 r$ 12.000 BuGGy BranCo r$ 11.500 Ka 1.0 ImaGe Completo menos ar preto 99 r$ 10.000 uno ex 1.0 4p CInza r$ 9.500 esCort Gl 1.8 Completo - ar vermelho 94 r$ 8.000 loGus GlI verde 95


para: resilves@terra.com.br ou Rua Coronel Pena de Moraes, 118 centro Farroupilha-RS. Faça a arte de seu Folder, Cartão de Visita, Cartaz, Banner, Encarte, Adesivo, Rótulo, Pasta, Outdoor, catálogos e muitos outros. Contatos E-mail: gasperindesigner@hotmail.com ou Fone: (54) 9924-5559.

Procura-se Manicure e Cabeleireira. Interessadas entrar em contato (54) 8408.3555 ou (54) 2628.4044.

Vendo corsa ano 97/98 placa IHA.4206 cor preta, rodas de liga, Contrata-se atendente de loja, AQ/Des tras/trav/alar/rádio. Baisexo masculino, preferencialmen- xa quilometragem, ótimo estado, te com vivência na área agríco- valor R$ 10.000,00. contato fone la. Interessados enviar currículo (54) 9128-4133. Alcino.


Vendo Vectra CD 1997 2.0 completo. Valor R$ 18.000,00, interessados ligar (54) 9268-4307. Vende-se Palio 1.8R com vidros Vendo Fusca verde ano 81, em elÊtricos, interface, rodas de liga leve, computador de bordo, ar con- bom estado e com motor revisado. dicionado e quente, limpador tra- Entrar em contato fone: (54) 8414seiro, desembaçador traseiro, ano 3591. 2007. Interessados ligar fone (54) Barbada: vendo Marajó ano 83, 9194.9192. com motor, estofamento e pintura Vende-se Rodas de Kadett nova. Valor R$ 3.000,00 e Corcel 1 GSI GS, aro 14 liga leve. Inte- ano 76, valor R$ 2.000,00. Interessaressados entrar em contato dos entrar em contato pelo fone (54) 9990.6124 ou na rua vêneto, 257. Fone (54) 9924-5559.


Vendo palio ELX, ano 99, cor cinza, 4 portas, 85.000km e IPVA pago. DH/AQ/TRAV/VIDR/LIM/ DES/ALARME ANTIFURTO. Valor R$ 11.000,00. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9964.2592. Falar com Kleber. Vende-se Peugeot 307 Presence Pack, 2011/2012, cor vermelho, completo com 21.000km, novo valor R$ 42.000,00. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9977-9372, com Ademir. Oportunidade para vendedor (a) na área da saúde. Interessados enviar curriculo para Email-oportunidadesfarroupilha@gmail.com. Vendo Scenic 2000 completa, cinza chumbo. Valor R$ 17.000,00. Interessados ligar para o fone (54) 3268-4171 Vendo casa de 2 pisos de alvenaria com 1 sala comercial de 250m² e terreno de 549m² próximo do centro. Valor R$ 1.500.000,00. Entrar em contato pelos fones (54) 9135.1622 e (54) 9146.0203.


Vende-se Uno 1.0, 2008, IPVA 2012 pago. Valor R$ 18.000,00. Interessados ligar no fone (54) 9908.5104. Vendo caminhão Ford Cargo, 1521, ano 2003, acompanha baú de 9 metros, com chapa de ferro no assoalho, climatizado, com marcha reduzida e direção hidráulica. IPVA 2012 pago. Interessado entrar em contato pelo fone (54) 3268.1062 ou (54) 9951.3583. Impecável: vende-se Stilo Sporting completo, vermelho, 2007, valor R$ 39.000,00. Interessados ligar para o fone (54) 3268.6504. BARBADA: sem troca, Voyage 2009, 26.000km, roda de liga, DH. Interessados ligar para o fone (54) 9189.2404. Vendo uma cadela poodle micro, preta, 3 anos, valor R$ 250,00. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 9666.5055, com Claudete.


Remuneração compatível + vale transporte. Interessados entregar curriculum pessoalEstamos recrutando divul- mente, na rua Cel. Pena de gadores (as) para divulga- Moraes, 680, sala 2, na Clínição externa em Farroupilha. ca Odontológica.


Vendo cadeira de Ginástica, semi nova. Interessados ligar para (54) 9994-5939, falar com Cassiano.

L200 TRITON V6 FLEX 2010 PRETA ......................77.000,00

HONDA CBR 450 1992 AZUL ....................................... 9.800,00 HONDA CBX 250 TWISTER 2004 VERMELHA ............. 5.900,00 YAMAHA FACTOR YBR 125K 2011 VERMELHA .......... 5.500,00 HONDA CG 150 TITAN 2008 PRETA ............................. 4.800,00 HONDA CG 150 TITAN 2007 VERMELHA ...................... 4.800,00 KASINSKI CRUISE 125 2003 PRETA ............................ 4.500,00 YAMAHA XTZ 125 E 2005 BRANCA.............................. 4.500,00 YAMAHA YBR 125 2008 PRETA .................................... 4.300,00 YAMAHA YBR 125K 2008 PRETA ................................. 4.300,00 YAMAHA YBR 125K 2007 VERMELHA ......................... 4.000,00 YAMAHA NEO 115 2008 AMARELA .............................. 3.900,00 HONDA CG150 TITAN ES 2005 AZUL ........................... 3.800,00 SUNDOWN SUNDOWM STX 200 2008 PRETA ............. 3.800,00 HONDA CG 125 FAN 2007 PRETA ................................. 3.500,00 YAMAHA YBR 125 ED 2003 VERMELHA ...................... 3.500,00 YAMAHA YBR 125 ED 2004 PRETA .............................. 3.500,00 YAMAHA YBR 125K 2004 PRATA ................................ 3.500,00 YAMAHA YBR/125 E 2004 ROXA ................................ 3.200,00 SUNDOWN WEB 100 2007 PRATA ............................... 2.900,00 SUNDOWN SUNDOWN MAX 125 SE 2007 PRATA ...... 2.800,00 HONDA CG 125 TITAN 1998 AZUL ............................... 2.700,00 HONDA CG 125 TITAN KS 2001 PRATA ....................... 2.700,00 HONDA XL 250 1985 PRETA ........................................ 2.700,00 HONDA CG 125 TITAN 1998 AZUL ............................... 2.300,00 SUNDOWN/HUNTER 125E 2007 VERMELHA .............. 2.200,00

MASTER COM SERVIÇO 2007 BRANCA ...............78.000,00 KIA MOTORS BESTA GS 16P 2001 AZUL .............35.900,00 PEUGEOT 307 1.6 UNICO DO 2009 PRATA .........35.500,00 ASTRA GSI LEGALIZADO XENON 2005 ................29.900,00 VOLKSWAGEN GOLF SPORT 1.6 2003 PRATA ...25.900,00 MONTANA SPORT SUSP AR R17 2005 PRATA .....25.900,00 CLIO 1.6 PRIV. R17 REBAIX 2006 CINZA ...............24.900,00 BORA 2.0 IMPECAVEL 2001 PRETO ......................23.900,00 SIENA 1.0 FIRE FLEX UNICA DONA 2008 ..............20.900,00 PALIO CELEB FIRE FLEX COMPL 2008 .................20.500,00 GM BLAZER DLX 4.3 GNV 1998 BRANCA ............18.900,00 CORSA WEGON 1.6 8V RODAS 16 1998 CINZA ...18.900,00 FORD CORCEL 4 P 1969 VERDE ..........................18.000,00 GOL 1.0 8V REBAIX RODAS 15 2001 PRATA ........16.500,00 CLASSE A 160 RODAS DA 190 1999 CINZA ..........15.900,00 GOL 1.0 POWER COMPLETO 2002 CINZA ............15.900,00 UNO FIRE FLEX 1.0 OFERTA 2008 BRANCO ........15.900,00 PEUGEOT 206 1.0 PORTAS 2002 AZUL ................14.900,00 GOL GT 2.0 ASPIRADO 1986 VERMELHO ..............14.900,00 GM VECTRA GLS 2.0 1997 PRATA ........................14.900,00 FIAT UNO MILLE FIRE 4P 2004 AZUL ...................13.900,00 CORSA WIND 1.0 IMPECAVEL 2001 BRANCO ......13.500,00 GOL GTS LACRADO 1993 PRATA ..........................12.900,00 VERSAILES GUIA COMPLETO 1992 BORDO .........12.900,00 FIAT PALIO EX 1.0 2000 VERMELHO .................... 11.800,00 GM CORSA 1.0 RARIDADE 1996 ROXO .............. 10.900,00 GM VECTRA CD 2.0 1994 BRANCO ....................... 9.900,00 GOL CL 1.8 AP RODAS ORBITAL 1994 BRANCO ... 8.900,00 VOLKSWAGEN GOL GL 1.6 GNV 1987 PRATA ...... 6.900,00 GM KADETT 1.8 OFERTA 1991 VERMELHO ......... 6.900,00 VOLKSWAGEN VOYAGE CL 1988 VERDE ............ 6.900,00 FIAT UNO MILLE OFERTA 1992 PRATA ................. 5.900,00 FORD ESCORT 1.6 OFERTA 1987 DOURADO ...... 4.900,00 VOLKSWAGEN FUSCA 1300 1980 VERDE ............ 4.900,00 GM CHEVETTE SL 1982 VERDE ............................ 3.900,00 TRCICLO BIZ C-100 C/PARTIDA 2002 PRETA ........ 3.500,00 RENAULT SCENIC RT 2000 AZUL .......................A consultar

FORD FOCUS GHIA 2.0 2009 PRETA ...................44.900,00 GM SILVERADO D20 2001 VERMELHA ................41.500,00 FORD ECOSPORT XLS 1.6 FLEX 2008 PRATA ....34.000,00 AUDI A3 1.8 2003 PRETA .......................................32.000,00 MITSUBISHI PAJERO TR4 2005 VERMELHO .......32.000,00 VOLKSWAGEN SAVEIRO1.6 CS 2010 PRETA ......28.500,00

Taxas de juros a parTir de 0,89%. Na compra de um carro usado, TaNque cheio, TraNsferêNcia e ipVa pago. NOVA ECOSPORT FREESTYLE 0KM ....................A CONSULTAR MEGANE 2.0 COMPLETO 2009 PRETO ...................38.000,00 COROLLA XEI AUTOMATICO VERDE 2000 ................18.900.00

MITSUBISHI PAJERO GLS V6 1999 BRANCA ......28.000,00

STILO SPORTING COMPLETO 2007 VERMELHO ......39.000,00

PEUGEOT 207 HB XR 2010 BRANCA ...................27.900,00

UNO ELX 2P 1995 AZUL .............................................. 7.400,00

FORD FOCUS 1.6 FLEX 2008 PRATA ...................27.900,00

DOBLO ADVENTURE 2009 PRATA .......................A CONSULTAR

FIAT PALIO ELX FLEX 2008 PRETA ......................25.000,00

PALIO EDX 4P 1999 VERDE ......................................13.000,00

VOLKSWAGEN SAVEIRO 1.6 2008 BRANCA ........25.000,00 KIA MOTORS SPORTAGE 2.0 2001 ......................23.800,00 VOLKSWAGEN GOLF 2000 VERDE ......................22.500,00 FIAT SIENA 1.0 ELX FLEX 2006 PRATA ................19.800,00 VOLKSWAGEN SAVEIRO 1.8 2001 PRATA ...........18.800,00 GM CELTA SPIRIT 2005 PRATA .............................18.000,00

FIESTA SEDAN 2005 PRATA .......................................23.500,00 FOCUS 1.6 2004 PRATA ............................................24.800,00 CHEROKEE LIMITED 5.8 4X4 1997 BORDO ............25.300,00 VECTRA GT 2009 CHUMBO .................................A CONSULTAR ASTRA SEDAN GL 2000 BRANCO .............................19.800,00

HONDA CRF 450 X 2007 VERMELHA ...................18.000,00

MONTANA SPORT COMPLETA PRETA 2004 ........A CONSULTAR

FIAT UNO MILLE FIRE FLEX 2008 BRANCA .........17.800,00

PAJERO TR4 4X4 GASOLINA 2007 PRATA ................42.500,00

FORD FIESTA 2003 PRATA ....................................17.000,00

FOX 1.0 2P 04 COMP. -VIDRO FLEX DOURADO ........19.800,00

VOLKSWAGEN GOLF GLX 2.0 MI 1997 PRETA ....15.900,00

KOMBI BRANCA 1995 ..........................................A CONSULTAR

FORD FIESTA STREET 2005 BRANCA ................ 15.000,00 FORD KA GL 2003 BRANCA ................................. 14.500,00 GM VECTRA GLS 1996 BRANCA ......................... 12.500,00 GM CORSA SUPER 1997 VERDE ........................ 10.800,00 FIAT UNO ELECTRONIC 1995 AZUL ...................... 9.900,00

KOMBI BRANCA 2005 .........................................A CONSULTAR GOL 2003 1.0 8V 4P BRANCO ..................................18.800,00 GOL CLI 1.6 96 PRATA .................................................8.300,00 GOL 1.0 G5 2009 VERMELHO .................................23.800,00

VOLKSWAGEN GOL 1000 1994 BRANCA .............. 9.800,00

GOL 1.0 16V 4P 1998 BRANCO ...............................12.300,00

GM CORSA WIND 1996 CINZA ............................... 9.500,00

PARATI 1.6 COMPLETA AZUL 2002 ..........................21.000,00

VOLKSWAGEN SANTANA GLS 1992 PRATA ......... 8.500,00

HONDA CBR 600 S 1999 PRETA...............................24.900,00

GM D20 CUSTOM S 1995 BRANCA ........................Consultar

SAVEIRO SUPER SURF 1.8 GNV 2007 PRATA ..........30.800,00

FORD MONDEO GUIA V 6 1999 AZUL ..................Consultar FIAT PALIO 1.4 ATTRACTIV 2012 PRETA ..............Consultar

HONDA TITAN 150 2005 PRETA ..................................4.300,00 HONDA CBX 200 2002 PRETA ...................................3.500,00


Procuro casa de 2 dormitórios para alugar, direto com o proprietário. Pago até R$ 550,00. Fone (54) 8401.2091 ou (54) 9698.3442. Vendo casa de alvenaria, 230m², a 100m do posto Modelo. Recebo apartamento de menor valor no negócio. Fone (54) 9949.3234. Vendo apartamento no bairro Imigrante com piso laminado nos dormitórios, área social, sacada fechada integrada, porcelanato nos pisos e paredes da cozinha, WC e lavanderia. Interessados ligar (54) 3261-2553 com os corretores da Serrana Imobiliária. Vendo prédio antigo, central e com terreno de esquina, medindo 20x40. Pode-se construir até 12 andares. Aceito sala comercial de 400m² como parte do pagamento. Entrar em contato pelos fones (54) 9135.1622 e (54) 9146.0203.


Compro terreno de cooperativa, mesmo que esteja em atraso. Entrar em contato pelo fone (54) 9925.2068. Vende-se um excelente pavilhão no bairro São Luiz, com 250m² construídos e terreno de 442m², já esta pronto para subir mais um andar, vale a pena conferir. Interessados ligar fone (54) 9916.5672. Vendo 2 hectares de terra no bairro Industrial. Vendo 2 hectares com casa, na linha Jansen à 1.800m do asfalto a partir de R$ 70,000.00. Entrar em contato pelos fones (54) 9135.1622 e (54) 9146.0203. Vendo 10 hectares de terra plana com harras e baias para 26 cavalos a 400m da RSC 453 próximo da cidade. Vendo terrenos a partir de R$ 65.000,00. Lot. Monte Verde. Entrar em contato pelos fones (54) 9135.1622 e (54) 9146.0203.


www.jornalinformante.com.br

JORNAL

INFORMANTE

7ª Seleção de Vinhos

Novo conceito da Seleção de Vinhos de Farroupilha enaltece a excelência da produção vitivinícola local

Plenamente consolidada, a Seleção de Vinhos de Farroupilha mudou seu layout. O novo conceito tem por objetivo destacar de forma ainda mais evidente a qualidade da produção vitivinícola da cidade. Como bem destacou Paulo Tesser, vice-presidente da Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin), no lançamento da 7ª Seleção de Vinhos, no dia 4 de setembro, o município já é considerado a “Terra do Moscatel”. Por conta do destaque na produção na área, serão premiadas duas categorias em especial, a do Vinho Fino Seco Tranquilo e do Espumante Moscatel, que tem por objetivo reconhecer a condição particular de Farroupilha, de maior produtor de uvas moscatéis do Brasil (confira neste Caderno Especial um perfil das vinícolas associadas à Afavin que participam desta edição). Ao todo serão 12 categorias premiadas, no concurso que teve inscrição e coleta das amostras realizado até o dia 14 de setembro, a análise sensorial ocorrida de 25 a 27 de setembro e encerra com a premiação e o jantar-baile que acontecem nesta sexta, no Clube Santa Rita (Avenida Vêneto, 233). O baile será animado com o Quarteto Gato Preto. Ainda há ingressos à venda. Compareça, desfrute dos melhores produtos da Terra do Moscatel e prestigie um setor que representa uma das grifes de maior destaque do município.

Serviço

O que: jantar-baile de premiação da 7ª Seleção de Vinhos de Farroupilha Quando: nesta sexta, às 19h30min Onde: Clube Santa Rita Ingressos: R$ 70,00 com direito a jantar e vinhos, espumantes, sucos e frisantes à vontade Informações: pelos fones 3261-6931 ou 8115.5612

26 de outubro de 2012 Imagem: Reprodução

Nem o céu é o limite

COMPROMISSO COM A CIDADE

Parte integrante da Edição 247 do Jornal Informante. Não pode ser vendido separadamente


Ano de fundação: 1960 Nome dos proprietários: irmãos Augusto, Leonelo, Hilário, Antônio, Wilmar, Ambrósio, Egídio e Alcino Chesini Principais produtos: Vinhos Finos e de Mesa, Espumantes, Sucos de Uva e Graspa Marcas registradas: Adega Chesini e Cave Del Vêneto Principais prêmios: Medalhas de Ouro em Suco de Uva Integral (2008 e 2011) e Chesini Gran Vin (2008), Espumante Moscatel Cave Del Vêneto (2011) e Medalhas de Prata em Espumante Brut Champenoise Case Del Vêneto (2010), Vinho Tinto Fino Seco Cabernet Sauvignon Chesini Gran Vin (2010) e Vinho Vinho Tinto de Mesa Seco Bordô Adega Chesini (2011) Número de participações: em todas as edições O que espera da 7ª Seleção de Vinhos: “Esperamos que o jantar de premiação seja tão grandioso como nos anos anteriores e que possamos conquistar prêmios nas categorias que participamos”, comenta Ricardo Chesini, diretor da vinícola.

Ano de fundação: 1931 Nome dos proprietários: Valderiz Pozza (presidente) e Waldeni Mangoni (vice) Principais produtos: Vinhos Finos e de Mesa Marcas registradas: Castellamare e San Diego Área dos parreirais: mil hectares Principais prêmios: Medalhas de Ouro em Vinho Tinto Fino Seco Tannat Castellamare (2010), Vinho Branco Fino Seco Chardonnay Castellamare (2010) e Vinho Branco de Mesa Seco Niágara San Diego 2010 (2011); Medalhas de Prata em Espumante Moscatel Castellamare 2011 (2011), Vinho Tinto Fino Seco Cabernet Sauvignon Castellamare 2010 (2011), Vinho Branco Fino Seco Chardonnay Castellamare 2011 e Riesling Castellamare 2011 (2011) Número de participações: em todas as edições O que espera da 7ª Seleção de Vinhos: “Esperamos que os resultados se concretizem nas vendas. Esse ano a safra foi boa e o número de amostras cresceu”, afirma Paulo Adolfo Tesser, engenheiro agrônomo da São João.

Fotos: Arquivo Jornal Informante

Fotos: Arquivo Jornal Informante

Adega Chesini

Cooperativa Vinícola São João

An No Pr M Ár Pr Vin (2 Fin Tin Nú O im me


oal Friannte 9e

Irmãos Benacchio Arquivo Jornal Informante

so Uva

Ano de fundação: 1995 Nome dos proprietários: Agostinho Francisco Benacchio Principais produtos: Suco de Uva Marcas registradas: Sucos Benacchio Área dos parreirais: 8 hectares Principais prêmios: Medalhas de Ouro em Suco de Uva Tinto Integral (2008, 2009 e 2011) e Medalha de Prata em Suco de Uva Adoçado (2006) Número de participações: em todas as edições O que espera da 7ª Seleção de Vinhos: “Espero que essa edição seja melhor do que a anterior. A publicidade deve aumentar, para que as pessoas conheçam mais os produtos locais e, assim, eles tenham mais consumo”, afirma Agostinho Francisco Benacchio, proprietário da empresa.

fra rosa

Vinhos Don Giusepp Divulgação

Ano de fundação: 1930 Nome dos proprietários: Anselmo Peliccioli Sembrani e Cícero Peliccioli Sembrani Principais produtos: Vinhos Finos, Vinhos de Mesa, Sucos e Espumantes Marcas registradas: Don Giusepp Área dos parreirais: 10 hectares Principais prêmios: Medalha de Prata em Vinho Branco de Mesa Seco Lorena Don Giusepp (2011) e Medalha de Bronze em Vinho Tinto Fino Seco Tannat Don Giusepp (2011) Número de participações: quatro (2009 a 2012) O que espera da 7ª Seleção de Vinhos: “O evento é muito importante para incentivar o setor e melhorar cada vez mais a qualidade dos produtos”, afirma Edson Sembrani, administrador da vinícola.


Fotos: Arquivo Jornal Informante

Vinhos Finos Velha Cantina

Ano de fundação: 1997 Nome dos proprietários: João Carlos Taffarel e Renato Makaya Principais produtos: Vinhos Finos e Espumantes Marcas registradas: Cave Antiga, Il Vino Venerabile, Cordignano Área dos parreirais: 5,5 hectares Principais prêmios: Medalhas de Ouro em Espumante Moscatel (2006, 2008, 2009, 2010) e Medalhas de Prata em Vinho Tinto Fino Seco (2010), Espumante Brut Champenoise Cave Antiga 2009 (2011), Vinho Tinto Fino Seco Assemblage Cave Antiga e Marselan Cave Antiga 2007 (2011) Número de participações: em todas as edições O que espera da 7ª Seleção de Vinhos: “Sempre participamos da Seleção. O intuito é mostrar a produção e divulgar os produtos, para ter repercussão posteriormente. É muito importante participar, uma vez que os vinhos avaliados são todos comerciais e as pessoas podem adquiri-los depois”, avalia João Carlos Taffarel, proprietário da Velha Cantina.

Vinhos Nossa Senhora de Caravaggio Ano de fundação: 1967 Nome dos proprietários: Marilite e Nelson Pergher Principais produtos: Vinhos Finos e de Mesa Marca registrada: N. S. de Caravaggio Área dos parreirais: 3,5 hectares Principais prêmios: Medalhas de Ouro em Vinho Tinto de Mesa Seco Bordô (2006 a 2010) e Medalhas de Prata em Vinho Branco de Mesa Seco (2008) e Vinho Tinto de Mesa Suave (2011) Número de participações: em todas as edições O que espera da 7ª Seleção de Vinhos: “Nesse ano não me envolvi muito, então não tenho uma projeção do que esperar. A Seleção é uma incógnita”, relata Nelson Pergher, proprietário da vinícola.


Fotos: Arquivo Jornal Informante

Vinícola Cappelletti Ano de fundação: 2006 Nome dos proprietários: Daniel Cappelletti e Marcos Cappelletti Principais produtos: Vinho de Mesa Tinto e Branco e Suco de Uva Tinto Marca registrada: Cappelletti Área dos parreirais: 30 hectares Principais prêmios: Medalha de Ouro em Bordo seco (2009), Medalhas de Prata em Vinho Bordô Suave (2010 e 2011) e Vinho Branco Suave (2010) Número de participações: cinco (2008 a 2012) O que espera da 7ª Seleção de Vinhos: “A Seleção está bem encaminhada. A participação é importante para divulgar o nome da vinícola”, afirma Daniel Capeletti, proprietário da empresa.

Vinícola Colombo Ano de fundação: 2001 Nome do proprietário: Antônio Augusto Colombo Principais produtos: Vinhos, Espumantes e Sucos Marcas registradas: Don Guilherme e Antônio Augusto Colombo Área dos parreirais: 6 hectares Principais prêmios: Medalhas de Ouro em Vinho Tinto de Mesa Seco (2006 e 2010), Suco de Uva Integral (2010) e Espumante Moscatel Antônio Augusto Colombo (2010), e Medalhas de Prata em Vinho Branco de Mesa Seco Niágara (2007 e 2008) e em Vinho Tinto de Mesa Seco (2011) Número de participações: em todas as edições O que espera da 7ª Seleção de Vinhos: “Esperamos que a Seleção possa aumentar a visibilidade dos produtos locais, melhorando assim a procura por eles”, diz Antônio Augusto Colombo, proprietário da vinícola.


Ano de fundação: 1942 Nome dos proprietários: Moacir Basso, Simão Basso, Rui Basso e Rudimar Basso Principais produtos: Vinhos Finos e de Mesa, Espumantes, Frisantes e Sucos de Uva Marcas registradas: Del Grano e Monte Paschoal Área dos parreirais: 6 hectares Principais prêmios: Medalhas de Ouro em Espumante Moscatel Monte Paschoal (2009 e 2010), Suco de Uva Tinto Integral Del Grano (2009 e 2011) e Vinho Frisante Moscatel Rosé Monte Paschoal (2010), Vinho Branco Fino Moscatel Tranquilo Moscato Del Grano 2011 (2011), Vinho Frisante Moscatel Branco Monte Paschoal (2011) e Vinho Tinto Fino Seco Cabernet Sauvignon Del Grano 2009 e Monte Paschoal 2009 (2011) Número de participações: em todas as edições O que espera da 6ª Seleção de Vinhos: “A expectativa é muito boa, pois a safra desse ano foi ótima, as vinícolas também melhoraram a qualidade de seus produtos e estão em busca de novos mercados. Acredito que os destaques dessa edição vão surpreender”, projeta Magnos Basso, enólogo da vinícola.

Arquivo Jornal Informante

Fotos: Arquivo Jornal Informante

Vinícola Irmãos Basso

Vinícola Marco Geremia Ano de fundação: 2007 Nome das proprietárias: Giovana Geremia e Bibiana Geremia Principais produtos: Vinhos de Mesa, Fino e Espumantes Marcas registradas: Marco Geremia e Nono Marco Área dos parreirais: 2 hectares Principais prêmios: Medalhas de Ouro em Vinho Branco (2010) e Espumante Moscatel (2010) e Medalhas de Prata em Vinho de Mesa Branco (2009 e 2010) e Vinho de Mesa Branco Seco Lorena Nono Marco (2011) Número de participações: cinco (2008 a 2012) O que espera da 7ª Seleção de Vinhos: “Espero conseguir premiação e divulgar a empresa. A Seleção é um bom indicativo para aprimorar a qualidade dos produtos e também ter um comparativo com outras vinícolas”, salienta a proprietária Giovana Geremia.

An No Pri Ma Áre Pri Do Giu Nú Oq tiva Se


)e daho nto

Fotos: Arquivo Jornal Informante

pa

Vinícola Perini

ão os a.

Ano de fundação: 1970 Nome dos proprietários: Maria do Carmo e Benildo Perini Principais produtos: Vinhos Finos, de Mesa, Espumantes e Suco de Uva Marcas registradas: Casa Perini, Jota Pe, Perini e Arbo Área dos parreirais: 92 hectares Principais prêmios: Distinção Especial em Moscatel Premium Vinho Branco Fino Seco Moscato 2011 e Espumante Moscatel Casa Perini (2011), Medalhas de Ouro em Suco de Uva Tinto Integral Perini (2007 a 2009 e 2011), Espumante Brut Rosé Charmat Casa Perini (2011), Vinho Branco Fino Seco Moscatel Tranquilo Moscato Jota Pe e Moscato 2011 (2011), Espumante Moscatel Casa Perini (2011), Vinho Tinto Fino Seco Tannat Casa Perini 2008 (2011) e Vinho Tinto de Mesa Seco 100% Bordô Jota Pe (2011) Número de participações: em todas as edições O que espera da 7ª Seleção de Vinhos: “As vinícolas têm melhorado a qualidade e esse evento ajuda a mensurar se o esforço está valendo a pena. A expectativa é ótima, pois a avaliação é consistente e a safra de 2012 foi boa”, diz Leandro Santini, enólogo da Perini.

Vinícola Tonini Ano de fundação: 1980 Nome dos proprietários: Natalino Tonini e Pedro Tonini Principais produtos: Vinhos de Mesa, Finos, Espumantes Moscatel e Suco de Uva Marca registrada: Tonini Área dos parreirais: 16 hectares Principais prêmios: Medalhas de Ouro em Vinho Moscatel Espumante (2006), Vinho Branco Fino Moscatel Tranquilo (2008), Vinho Tinto de Mesa Suave (2008), Suco de Uva Tinto Integral (2009), Medalhas de Prata em Vinho Tinto Fino Seco (2010), Suco de Uva (2010), Vinho Tinto de Mesa Seco (2010), Vinho Tinto de Mesa Suave (2010) e Vinho Branco Fino Seco Moscatel Tranquilo (2011) Número de participações: em todas as edições O que espera da Seleção de Vinhos: “A expectativa é ótima. A Seleção é muito importante para que as vinícolas melhorem cada vez mais seus produtos”, comenta Natalino Tonini, proprietário da Tonini.


7

N ĂŠ

Nov en

P Farr por qua C da A Esp to d mun cont das Tran jetiv de m nest das A so q atĂŠ de 2 eo San com Com do M das

S

O 7 Q O I e I


s

Lovat

no

www.jornalinformante.com.br

JORNAL

INFORMANTE Digital - 4º Edição

COMPROMISSO COM A CIDADE

Parte integrante da Edição 247 do Jornal Informante. Não pode ser vendido separadamente 26 de outubro de 2012

Mercado, segurança e manutenção Confira dicas para melhorar sua qualificação profissional, utilizar a tecnologia contra a criminalidade e manter seu computador em bom estado de uso


Por um currículo mais atraente

O

desenvolvimento tecnológico passou a exigir o mínimo de conhecimento em informática em praticamente qualquer setor que uma pessoa for trabalhar. A demanda de profissionais qualificadas restringe cada vez mais as vagas nas empresas, o que estimula aqueles que desejam crescer a buscar outros meios de aprendizado além da escola ou da faculdade. Os cursos de informática estão entre os mais procurados e possibilitam conhecimento para facilitar o ingresso em diversas áreas do mercado. “Os cursos não garantem a vaga no mercado, eles são complementos para que possam ser agregados a outros conhecimentos para tornar o currículo da pessoa interessante”, destaca Luiz Oscar Rauber Filho, diretor da Datamais. Ele comenta ainda que os cursos, quando trabalhados individualmente, têm maior resultado, suprindo as suas necessidades e respeitando o tempo de aprendizagem de cada um. “Buscamos atender os alunos desta forma, fazendo com que eles sejam sempre bem atendidos e sintam-se à vontade no ambiente da escola. O resultado é a satisfação dos estudantes, que saem preparados, de acordo com o que vieram buscar na Datamais”, destaca. A escola oferece opções de aprendizado para todas as idades, possibilitando também que crianças, donas de casa ou ainda senhoras e senhores de idade possam realizar o curso, como crescimento pessoal.

Vitória Lovat

Os cursos de informática estão entre os mais procurados e possibilitam melhor qualificação para quem inicia no mercado de trabalho


prevenção é uma grande aliada na hora de combater a criminalidade. Mas o que acaba acontecendo é que muitas pessoas procuram sistemas de segurança somente após terem sido vítimas. É isso que afirma Rosicler Pozzer, gerente comercial da Stel Sistemas de Segurança, Telecomunicação e Eletrônica. “Hoje em dia a violência na cidade aumentou consideravelmente e, com isso, as pessoas tiveram que proteger suas casas e seu comércio. A procura por equipamentos de segurança vem crescendo, devido à insegurança e ao medo”, diz Rosicler. Segundo ela, os artigos mais procurados são sistemas de alarme e câmeras de monitoramento. A venda desses equipamentos cresce mais no final do ano, pois como é época de férias, os moradores acabam deixando suas casas para viajar e querem garantir a segurança. A gerente relata que, geralmente, o sistema de alarme é o primeiro a ser instalado. “Ao disparar, o alarme avisa o proprietário da residência. E quando isso ocorre, o morador quer saber o que está acontecendo, então acaba colocando câmeras, pois elas podem ser monitoras à distância, pela internet”, salienta. Ela diz que o cliente deve levar em conta o custo-benefício que existe na instalação de um sistema para a sua segurança e a de sua família, quer seja em um sistema de alarme, câmeras ou cerca elétrica.

Elisa Rossi Kemmer

A

Previna-se dos criminosos

Conforme a gerente comercial, quando o assunto é segurança, sistemas de alarme e câmeras são os campeões de venda na Stel


Seu computador longe de problemas A

s pessoas normalmente tratam seu computador como uma ferramenta indispensável, armazenando trabalho, estudos e lembranças. Mas será que você oferece todo o cuidado necessário para que este se mantenha em bom estado e não ocorram panes comprometendo o conteúdo armazenado? O bom cuidado do equipamento é um dos principais fatores que prolongam a vida das peças e garantem o melhor funcionamento. Dionei Piroli, diretor regional da Mega System Informática, afirma que a conservação dos computadores deve ser feita para evitar que a poeira, umidade a gases possam danificar a máquina. Ele explica que a poeira pode reduzir o fluxo de ar, provocando um superaquecimento, que acaba afetando o desempenho. Os respingos de comida e bebida podem entrar nas frestas, danificar circuitos e as partes móveis. Os principais afetados, nesses casos são os teclados e mouse, que podem ter menos tempo de uso. “Mesmo que a máquina seja mantida em bom estado, ela permanece em locais com circulação de pessoas e componentes danosos. O que deve ser feito é uma manutenção preventiva a cada seis meses se o computador estiver em escritórios ou locais que possam o comprometer. Se ele for mantido em casa, por exemplo, a manutenção pode ser feita a cada ano”, explica Piroli. Além da manutenção, a limpeza no ambiente de trabalho e a exclusão dos arquivos que não são utilizados são importantes para manter a organização e obter mais espaço no disco rígido, o que permite também um melhor trabalho no sistema.

Vitória Lovat

M

Co

Para manter as máquinas conservadas é recomendável agendar uma manutenção a cada seis meses ou um ano


mília

a não

e em soas

JORNAL

INFORMANTE

Baile do Perfume - Debutantes 2012

COMPROMISSO COM A CIDADE

Parte integrante da Edição 247 do Jornal Informante. Não pode ser vendido separadamente 26 de outubro de 2012

De menina para mulher

Mais do que uma tradição, o Baile do Perfume é um dos eventos mais esperados pelas meninas que desejam representar a sociedade farroupilhense. Neste ano são nove. Elas têm de 13 a 16 anos e falam da data como a realização de um sonho. Na 60ª edição do baile de gala, quem comanda é a rainha do Clube do Comércio, Amanda Feltrin, que traçou um reinado com responsabilidade e agora passa a coroa para Renata Rostirolla. “O debut não é apenas a festa. Todo o processo de transformação que ocorre antes é o que realmente faz a grande noite valer a pena”, destaca Amanda. Processo este que envolveu palestras com nutricionistas, cirurgiãs plásticas, oficinas de expressão corporal e culinária, passeios, coquetéis e, o mais importante, a consolidação de amizades que devem permanecer por muito tempo. Amanda ressalta que o trabalho da rainha não é apenas representar o Clube. Neste ano, a jovem inovou nas atividades do pré-debut e afirma deixar o reinado sabendo que ofereceu o seu melhor, mas que se pudesse, faria ainda mais. A responsabilidade agora é de Renata, que recebe a coroa e o título com ansiedade e planos para dar sequência ao que Amanda já traçou. “Estou mais ansiosa do que quando eu debutei e também mais feliz, já que estou passando por isso com Amanda, que é minha amiga de longa data”, revela Renata. Agora, ela pretende seguir com as tradições do Clube em seu reinado, que está prestes a ser iniciado.

Vitória Lovat

ntude

www.jornalinformante.com.br

Serviço

O que: Baile do Perfume Onde: Clube do Comércio (Cel. Pena de Moraes, 500) Quando: sábado, às 23h Quanto: Mesa com quatro lugares a R$ 250,00. Ingresso somente para a festa ao custo de R$ 40,00 o masculino e R$ 30,00 o feminino Renata assume o posto de Amanda como rainha do Clube do Comércio e representa entidade e a sociedade farroupilhense no próximo ano


Camila Werner Menegotto

Diana Beltran

Idade: 15 anos Naturalidade: Porto Alegre Filiação: Carlos Valério Ferreira dos Santos e Sirlei Vargas Clube que representa: Clube do Comércio Onde estuda: Escola Estadual Landell de Moura Signo: Peixes Um livro: O Código da Vinci (Dan Brown) Um filme: Anjos e Demônios Uma música: Gangnam Style (Psy) Uma banda ou cantor(a): Slipknot Time do coração: Internacional Comida preferida: Lasanha Ator ou atriz preferido: Caio Castro Viagem dos sonhos: Disney Final de semana perfeito: Na praia Hobby: Desenhar Frase ou pensamento: “Você é responsável por aquilo que cativas”, de Antoine de Saint-Exupéry O que representa para você debutar: Um sonho.

Idade: 14 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Rogério Antonio Menegotto e Andréia Werner Clube que representa: Clube do Comércio Onde estuda: Instituto Cenecista Ângelo Antonello Signo: Aquário Um livro: Blue Bloods (Melissa de La Cruz) Um filme: O Turista Uma música: Your Love is a Lie (Simple Plan) Uma banda ou cantor(a): Simple Plan Time do coração: Grêmio Comida preferida: Lasanha Ator ou atriz preferido: Johnny Depp Viagem dos sonhos: Fernando de Noronha Final de semana perfeito: Com os amigos Hobby: Dançar Frase ou pensamento: “Tudo o que somos nasce com nossos pensamentos. Em nossos pensamentos fazemos o nosso mundo”, de Buda O que representa para você debutar: Passar a fase de menina para mulher.

Idade: 15 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Diego Manolo Beltran e Débora Baldazar Fontana Clube que representa: Clube do Comércio Onde estuda: Escola Carlindo Reis (São Paulo, SP) Signo: Câncer Um livro: A Saga Crepúsculo Um filme: Amanhecer Uma música: Só Loucos Sabem (Charlie Brown) Uma banda ou cantor(a): Charlie Brown Time do coração: Corinthians Comida preferida: Lasanha Ator ou atriz preferido: Taylor Lautner Viagem dos sonhos: Nova Iorque Final de semana perfeito: Tarde com amigos Hobby: dançar Frase ou pensamento: “Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida”, provérbio chinês) O que representa para você debutar: A alegria de estar com a minha família e amigos em mais uma etapa importante da minha vida.

Fotos: Candida Photo Art

Bhrenda Vargas dos Santos


Letícia Sartori Carrer

Manoela Schafer

Idade: 14 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: André Basotti e Karen Letti Clube que representa: Clube do Comércio Onde estuda: Colégio Nossa Senhora de Lourdes Signo: Capricórnio Um livro: A Última Música (Nicholas Sparks) Um filme: O Menino do Pijama Listrado Uma música: Quelqu’un m’a dit (Carla Bruni) Uma banda ou cantor(a): Nenhum em especial Time do coração: Grêmio Comida preferida: Massa Carbonara Ator ou atriz preferido: Marilyn Monroe Viagem dos sonhos: França Final de semana perfeito: Ajudando crianças carentes Hobby: Dançar Frase ou pensamento: “A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina feche e a peça termine sem aplausos”, de Charles Chaplin O que representa para você debutar: É uma nova etapa da minha vida, um sonho realizado que segue as tradições da família.

Idade: 16 anos Naturalidade: Bento Gonçalves Filiação: Pedro Carrer e Rosemeri Sartori Carrer Clube que representa: Clube do Comércio Onde estuda: Colégio Marista Aparecida (Bento Gonçalves) Signo: Leão Um livro: A Última Música (Nicholas Sparks) Um filme: Pretty Little Liars (Pequenas Mentirosas) Uma música: Wild Ones (Flo Rida) Uma banda ou cantor(a): Armandinho Time do coração: Boca Juniors Comida preferida: Pizza Ator ou atriz preferido: Blake Lively Viagem dos sonhos: China Final de semana perfeito: Planeta Atlântida Hobby: Sair com os amigos Frase ou pensamento: “A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina feche e a peça termine sem aplausos”, de Charles Chaplin O que representa para você debutar: É uma experiência que me faz experimentar a alegria e o glamour que essa passagem pode oferecer. É um encanto que proporciona grandes momentos e novas amizades.

Idade: 14 anos Naturalidade: Pelotas Filiação: Stefano Schafer e Helen Oliveira Clube que representa: Clube do Comércio Onde estuda: Colégio Nossa Senhora de Lourdes Signo: Sagitário Um livro: Harry Potter (J.K. Rowling) Um filme: Os Vingadores Uma música: High (Lighthouse Family) Uma banda ou cantor(a): Katy Perry Time do coração: Grêmio Comida preferida: Lasanha Ator ou atriz preferido: Jennifer Aniston Viagem dos sonhos: Londres Final de semana perfeito: Praia com os amigos Hobby: Ouvir música Frase ou pensamento: “Deixa de lado toda a culpa, a má recordação, e nos transforma nos heróis da nossa imaginação”, de Cidadão Quem O que representa para você debutar: Tornar-me uma mulher, além de representar a cidade que eu tanto admiro.

Fotos: Candida Photo Art

Larissa Letti


Amanda Lappe Guasso

Giulia Bampi

Fotos: Candida Photo Art

Valéria Eduarda Miranda

Ba

D

do P pera repr Nes ano de u gala do C um ra p

Idade: 14 anos Naturalidade: Farroupilha Filiação: Cipriano Miranda e Vanderléia Miranda Clube que representa: Clube do Comércio Onde estuda: Escola Edificare Signo: Aquário Um livro: Fallen (Lauren Kate) Um filme: De Volta para o Passado Uma música: Lucy (Squash) Uma banda ou cantor(a): Squash Time do coração: Internacional Comida preferida: Yakisoba Ator ou atriz preferido: Sidney Sampaio Viagem dos sonhos: Disney Final de semana perfeito: Com a família feliz Hobby: Tocar violino Frase ou pensamento: “Nunca desista antes de tentar” (provérbio) O que representa para você debutar: É muito legal ver todas as pessoas que amo reunidas na noite de sábado, que será muito especial.

Idade: 15 anos Naturalidade: Santo Ângelo Filiação: Marcos Adriano Guasso e Letícia Lappe Guasso Clube que representa: Clube Juvenil (Caxias do Sul) Onde estuda: Colégio São José Signo: Leão Um livro: A Última Música (Nicholas Sparks) Um filme: Um Amor para Recordar Uma música: The Scientist (Coldplay) Uma banda ou cantor(a): Justin Bieber Time do coração: Internacional Comida preferida: Lasanha Ator ou atriz preferido: Blake Lively Viagem dos sonhos: Paris Final de semana perfeito: Sair com os amigos Hobby: Jogar vôlei Frase ou pensamento: “Renda-se como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento”, de Clarice Lispector O que representa para você debutar: Fazer novas amizades, representar o Clube Juvenil e a sociedade caxiense.

Idade: 15 anos Naturalidade: Caxias do Sul Filiação: Gilmar Pedro Bampi e Isabel Cristina Bazzo Bampi Clube que representa: Clube Recreio da Juventude (Caxias do Sul) Onde estuda: Escola São José Signo: Leão Um livro: Um Amor para Recordar Um filme: A Última Música Uma música: Favorite Girl (Justin Bieber) Uma banda ou cantor(a): Justin Bieber Time do coração: Juventude Comida preferida: Purê de batata Ator ou atriz preferido: Taylor Lautner Viagem dos sonhos: Disney Final de semana perfeito: Com as amigas e família Hobby: Balé Frase ou pensamento: “Você não pode voar, a não ser que se deixe cair”, de Justin Bieber O que representa para você debutar: Felicidade em passar um momento especial junto com as pessoas que amo.

o pr re a noit Proc com ofic ria, tant dev

da r Club ativ xar seu aind é de tulo seq

eu d esto que vela com do,


edicao 247  

edicao 247

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you