Page 1

FARROUPILHA

|

ANO XI

| EDIÇÃO 540

| 1º DE JUNHO DE 2018 |

R$ 3,00

ECONOMIA

INSIDE

Nono Giuseppe aniversaria Moinho como protagonista Nova gestão do Restaurante celebra os resultados de um ano de trabalho

Página 8

Associação pretende utilizar histórico prédio em ações culturais e turísticas

Capa

Greve dos caminhoneiros mudou rotina da cidade e situação deve estar normalizada somente na próxima segunda Matéria Especial, páginas 2 e 3, Editoria de Educação, página 12, Editorial e Opinião

Juliana Inês Casa Barbieri

Reflexos de uma semana atípica


2

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

MANIFESTAÇÕES

Semana freada pela greve Desabastecimento de combustível, falta de itens alimentícios e escolas fechadas provocaram dias atípicos

A

força da greve dos caminhoneiros, que ocasionou paralisações de inúmeras atividades nos últimos dias, comprometeu também o andamento de diversos serviços em Farroupilha. Escolas da rede municipal e estadual cancelaram as aulas, assim como as universidades (acompanhe detalhes na página 12), empresas de transporte coletivo reduziram os horários de operação e apenas serviços essenciais, como saúde e segurança, foram prestados na integralidade. A população mostrou seu apoio à causa em manifestação ainda no domingo pelas ruas centrais, que reuniu cerca de 1,3 mil participantes. Na manhã de segunda, caminhões e tratores passaram pelo Centro com protesto e buzinaço. Nos dois momentos as ações foram totalmente

pacíficas, sem registro de ocorrências e com escolta da Polícia Rodoviária Estadual e Brigada Militar (BM). O comércio também se mobilizou e na manhã de terça cerca de 2 mil manifestantes se concentraram na Praça da Matriz e percorreram as ruas centrais. Ao som do hino rio-grandense, portando bandeiras, os pedidos eram por um Brasil sem corrupção e com manifestação de apoio aos caminhoneiros. O encerramento foi na Praça da Bandeira, com carro de som e escolta da BM. As portas do comércio permaneceram fechadas até às 11h. A movimentação pelo Centro e rodovias também foi consideravelmente reduzida em função do racionamento de combustível. Serviços básicos continuaram operando normalmente e a secretária municipal de Saúde, Rosane da Rosa, confirmou que todos os atendimentos foram prestados normalmente nas Unidades Básicas de Saúde e no Hospital Beneficente São Car-

Juliana Inês Casa Barbieri

Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br

Manifestação reuniu 2 mil Reflexos da crise: comerciários tomaram as ruas centrais da cidade na manhã de terça

los, assim como o transporte dos pacientes para tratamentos em Caxias do Sul e Porto Alegre. Os procedimentos eletivos agendados para a semana em hospitais da

região estavam sendo remarcados, mantendo apenas cirurgias em caráter emergencial. A previsão é de que haja normalização dos procedimentos a partir da próxima segunda.


3

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

DESABASTECIMENTO

Os serviços mais afetados

Coleta de lixo Foi cancelada no último dia 25, mas seguiu normalmente nesta semana, conforme cronograma. De acordo com Flávio Lopes, diretor da Ecofar, em caso do não recebimento de combustível será implantado um plano de racionamento, com supressão de alguns horários.

Escolas Educandários municipais e estaduais estavam sem atendimento. As particulares funcionaram normalmente. Centros universitários também se mantiveram paralisados. A retomada deve ser na segunda. Supermercados Alguns itens seguem em falta nas prateleiras, mas de acordo com o Sindicato dos Gêneros Alimentícios (Sindigêneros) os supermercados da cidade mantiveram suas portas abertas. A entidade garante que os estabelecimentos possuem estoque de alimentos não-perecíveis, com itens que compõem a cesta básica. Produtos perecíveis como carne, frutas e hortifruti estão reduzidos. Pede ainda cautela aos consumidores na compra dos alimentos para que todos possam ser abastecidos. Agências bancárias Mantiveram atendimento normalizado, com restrições em algumas agências com relação ao saque de valores em caixas eletrônicos.

Yasmin Signori Andrade

O

clima foi de insegurança e resguardo por parte da população, principalmente com relação à falta de combustível, que ocasionou racionamento e uma queda significativa da frota que circulou pelas rodovias. Com as bombas vazias, alguns postos mantiveram as portas fechadas até terça. O reabastecimento foi retomado parcialmete no município na tarde de quarta. No Posto Benvenutti, no Centro, a fila de veículos chegava a seis quadras, da Júlio de Castilhos seguindo pela rua Jaime Romeu Rössler, no bairro Planalto, até a RSC-453.

Abastecimento Combustível, que chegou ao postos de Farroupilha na quarta à tarde, provocou enormes filas: Brigada Militar acompanhou ação nos estabelecimentos

Correios O atendimento está normal na agência, mas sem a circulação dos caminhões as correspondências e entregas estão comprometidas. As postagens de Farroupilha para o município estão acontecendo com normalidade.

Transporte coletivo A empresa Bento, responsável pelo transporte coletivo municipal, operou com horários reduzidos, mesma prática que foi adotada pela Ozelame, empresa que atua em toda a região.


4

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

Uma breve reflexão e a tipificação do Edison Carlos Fernandes *

R

ecentemente, há bastante discussão sobre o tratamento dado ao chamado imposto sindical pela reforma trabalhista, qual seja, a sua propalada extinção. Existe, inclusive, medida judicial, até no Supremo Tribunal Federal, sobre a matéria. Essa discussão pode ser resumida na seguinte questão: é possível que haja um “imposto” facultativo, como prevê a lei trabalhista atual? Em primeiro lugar, é preciso esclarecer que o chamado “imposto sindical” tem, sim, natureza tributária, ou seja, trata-se de um verdadeiro tributo. A única correção a ser feita é que, na verdade, estamos diante de uma contribuição social destinada aos sindicatos (empregador e patronal). Como contribuição, esse tributo é vinculado, isto é, seus recursos têm uma destinação específica. A contribuição sindical é um tributo de competência da União, o que implica que ele deve ser instituído e disciplinado por lei federal – como atualmente o é. Apesar disso, quem tem o direito de cobrar esse tributo são os próprios sindicatos diretamente, e não algum órgão da União, como, por exemplo, a Receita Federal (por isso, diz-se que se trata de parafiscalidade). Conquanto o conceito de tributo estabeleça que ele é compulsório,

não há impedimento constitucional ou legal para que haja um tributo facultativo. Já existem tributos com características peculiares, a saber: empréstimo compulsório, que, apesar de ser obrigatório, deve ser devolvido ao contribuinte; contribuição previdenciária que prevê o


5

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

sobre a validade Imposto Sindical Divulgação

contribuinte voluntário; e o Imposto sobre Grandes Fortunas (IGF), que sequer foi instituído. Portanto, a contribuição sindical pode ser, e efetivamente é, um tributo facultativo, sendo que sua cobrança depende da aprovação do próprio contribuinte, ou seja, o

trabalhador ou a empresa – assim, não cabe à assembleia de trabalhadores deliberar sobre isso. * Advogado, doutor em Direito das Relações Econômicas Internacionais e professor de Direito Tributário do CEU Law School


6

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

Um protesto egoísta e de bandeira única A mobilização dos caminhoneiros, que foi deflagrada a partir dos abusivos reajustes no preço dos combustíveis, foi uma bandeira encampada por toda a sociedade. Os manifestantes puseram o governo na lona em poucos dias e tiveram parte expressiva de suas reivindicações atendidas. No entanto, não recuaram e continuaram protestando, gerando uma série de transtornos e prejuízos incalculáveis para todos, fato que fez com que perdessem totalmente o apoio popular. Nenhuma outra classe de trabalhadores tem o poder que a classe dos caminhoneiros tem, pelo fato do Brasil ser um País que depende, quase que exclusivamente, do transporte rodoviário. No entanto, ter feito o governo baixar a guarda e não ter aproveitado o momento para a defesa de outras bandeiras da sociedade foi uma medida egoísta. Não ter voltado ao trabalho foi uma atitude criminosa. Não é de hoje que categorias e corpora-

ções olham para o próprio umbigo. A falta de compromisso social é um reflexo direto de um País subdesenvolvido, que pensa apenas no hoje, e de classes que se preocupam apenas com seus interesses corporativos. O protesto dos últimos dias não tem valor algum caso os votos nas eleições continuem sendo direcionados a políticos corruptos e desonestos. O protesto não tem sentido algum caso ele não venha acompanhado da bandeira da privatização dessa criminosa estatal chamada Petrobras, maior responsável pela trágica realidade do País e uma espécie de caixa único do governo, que usa o aumento dos combustíveis para manter regalias surreais dos três Poderes, fora o fato da estatal ser o maior cabide de emprego político do Brasil. Não resolve nada protestar se a manifestação não vier acompanhada da exigência de diminuição drástica e urgente do tamanho do Estado brasileiro, a menos que o

protesto seja tão somente para atender ao pedido exclusivo de baixa no preço do óleo diesel. Parece que foi justamente para isso que o protesto foi orquestrado. Uma manifestação de bandeira única, curta, que extrapolou todos os limites do tolerável e que não consegue enxergar dois palmos adiante do nariz. Os caminhoneiros usaram a sociedade de massa de manobra para atender seus interesses. Essa mesma sociedade, que foi facilmente manipulada pelo movimento, agora pagará a conta da conquista obtida pelos caminhoneiros. Dizer que o protesto deles era um protesto de toda sociedade se mostrou uma avaliação altamente equivocada. Defenderam apenas suas bandeiras, sem dar a mínima para a sociedade. Ninguém é ingênuo a ponto de imaginar que os pedidos de enxugamento da máquina pública ou privatização de estatais iria ser feito da noite para o dia, mas colocar o

tema em pauta, neste momento, seria muito oportuno, já que estamos às vésperas de um pleito federal e o tema, tivesse a mobilização necessária, fatalmente ingressaria na agenda dos presidenciáveis. O mais difícil aconteceu: o precedente foi aberto. Era a hora ideal para propor essa agenda. Também neste sentido a greve dos caminhoneiros falhou miseravelmente. Jogou no lixo uma oportunidade ímpar de defender plataformas que são mais do que bandeiras, mas exigências de uma sociedade de bem, cansada de sustentar um Estado criminoso, inchado, ineficiente e oneroso ao extremo. Como foi deprimente ver um protesto pra lá de legítimo se transformar em um protesto birrento e que agravou ainda mais a crise. Quanto ao fraco governo Temer, que se curvou à questão, escancarando sua covardia e fraqueza, só resta esperar uma chuva de greves. Foi o que o Estado plantou.

OPINIÃO

A “greve” e a lógica do quanto pior melhor Rodrigo Augusto Prando * No campo semântico encontra-se, em esforço, “greve dos caminhoneiros”, “paralisação dos caminhoneiros”, “crise de desabastecimento”, “lockout do setor empresarial”. Independente da semântica, a situação que a sociedade brasileira vivencia é assaz grave. Estruturalmente, somos “rododependentes”, dependemos do modal rodoviário em detrimento das ferrovias e hidrovias. Em termos de conjuntura política, cabe, sem titubear, questionar a quem interessa a lógica do quanto pior melhor. A quem interessa? Sabidamente, o governo Temer é fraco, impopular, com uma equipe aquém do que se esperaria, tanto no campo da comunicação institucional quanto da prática política. As denúncias da Procuradoria Geral da República fizeram com que Temer gastasse seu pouco capital político para não ser investigado e, possivelmente, afastado da Presidência. Com isso, sua visão,

obnubilada, não teve a necessária compreensão da gravidade da crise que se avizinhava, tendo como ponto fulcral os caminhoneiros. As condições laborais e nas estradas brasileiras são, sem dúvida, cruéis aos caminhoneiros. Mas, nem de longe são, de todos os trabalhadores, os mais precários ou explorados. Com isso, pode-se, peremptoriamente, afirmar que uma paralisação ou uma greve seria justa e legal, mas o que vemos já passou da legitimidade e dos interesses de trabalhadores. Não bastasse as claras digitais da classe patronal num lockout, veio à tona que, no momento, os interesses estão, entre outros, na demissão de Pedro Parente da Petrobras (com anúncio de greve dos petroleiros, cujo sindicado tem ligações conhecidas com partido político), a mudança dos critérios do preço dos combustíveis e, pasmem, a retomada do “Fora Temer”. Assim, novamente, a quem interessa com pouco mais de quatro meses

Índice

Editorial

Matéria Especial....................................... Páginas 2 e 3 Editorial e Opinião.................................. Página 6 Economia ..................................................... Página 8 Cidade .......................................................... Páginas 9 e 10 Política ....................................................... Página 11 Educação..................................................... Página 12 Esporte........................................................ Páginas 13 a 15

Inside

Especial ....................................................... Capa Cinemas ........................................................ Página 2 Música .......................................................... Páginas 3 e 5 Crônicas da Redação............................... Página 4 Agenda ......................................................... Página 4 Paulo Roque Gasparetto ....................... Página 5 Social ........................................................... Páginas 6 e 7 Fabrício Oliboni ....................................... Página 8 Gastronomia .............................................. Página 8 Lazer............................................................. Página 9 Dolores Maggioni .................................... Página 9 Sétima Arte................................................. Páginas 10 e 11 Horóscopo ................................................. Contracapa Clube Santa Rita 90 Anos .................... 4 páginas Saúde, Beleza & Estética...................... 4 páginas Classificados .......................................... 12 páginas

para as eleições, retirar Temer do poder? Temer é fraco, ruim, isso é fato público; mas, nem de longe, pode ser comparado, por exemplo, ao governo Dilma, muito, muitíssimo pior. Sem pudores em ter se transformado numa “fábrica de narrativas” e não mais num partido político, petistas, agora, chegam a afirmar que a gasolina e diesel estão mais caros com Temer do que eram com Dilma. Querem apagar, como regimes autoritários, a recente realidade de incapacidade de gestão, populismo e corrupção que arrebentou a Petrobras na era “lulopetista”. Há muito, alhures, já se afirmou que o brasileiro não gosta de capitalismo, gosta de um Estado hipertrofiado e benevolente com uns à custa de todos. Não nos enganemos, pois! Derrubar Temer e apostar na lógica do quanto pior melhor não está no horizonte dos democratas, dos liberais, da esquerda democrática, dos sociais-democratas. Não. O quanto pior melhor está mais próximo das posturas autocráticas, à esquer-

Redação - redacao@jornalinformante.com.br Juliana Inês Casa Barbieri juliana@jornalinformante.com.br Ramon Cardoso ramon@jornalinformante.com.br Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

Comercial-comercial@jornalinformante.com.br Camila de Lima Alves camila@jornalinformante.com.br Fabiano Luiz Gasperin gasperin@jornalinformante.com.br Maria da Graça Potricos Leite maria@jornalinformante.com.br

Anúncios-anuncios@jornalinformante.com.br Marcelo Bortagaray Mello marcelo@jornalinformante.com.br Tiago Rodrigues da Silva tiago@jornalinformante.com.br

Financeiro-financeiro@jornalinformante.com.br Keli de Almeida Maciel keli@jornalinformante.com.br

da e à direita. E, nesse caso, pode-se imaginar uma ferradura em que os extremos estão nas pontas mais próximos do que distantes, numa visão anacrônica, num Estado intervencionista, no discurso da ordem, da força, da hierarquia. A quem, caro leitor, interessa essa situação: Petrobrás derretendo na bolsa de valores, os agentes do mercado elevando os riscos políticos no Brasil, a melhoria da economia que era lenta já está perdida neste ano, alimentos estragados, milhões animais mortos, preços de produtos exorbitantes? Os caminhoneiros autônomos, certamente, tinham demandas, mas foram instrumentalizados por interesses bem distantes dos seus. Há um desencontro da história, da realidade, com a consciências social de indivíduos e grupos. Perdemos, todos, sempre, pois o custo chegará. * Cientista Político e professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie

Assinaturas-assinaturas@jornalinformante.com.br Assinatura Bienal: R$ 240,00 Assinatura Anual: R$ 140,00

Telefones (54) 3401-3200 / (54) 3401-3201 (54) 3401-3202 / (54) 3401-3203

Endereço Rua Dr. Jaime Romeu Rössler, 348, Bairro Planalto

Colunistas Crônicas da Redação Dolores Maggioni Egui Baldasso Fabrício Oliboni

Guilherme Macalossi Gustavo Pimentel Lauro Edson Da Cás Paulo Roque Gasparetto

A manifestação dos colunistas é livre e independente e não necessariamente reflete a opinião do Tabloide sobre os temas abordados nas colunas

@PaperInformante www.jornalinformante.com.br

/jornalinformante


8

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

Gastronomia

Celebrando um ano de nova gestão Restaurante Nono Giuseppe superou expectativas das novas administradoras e recebeu melhorias durante o período Yasmin Signori Andrade

L

ocalizado na Júlio de Castilhos, 1.554, o Nono Giuseppe muda o cardápio todos os dias, com ampla variedade de saladas e diversos pratos quentes. A sobremesa, café e chá são cortesia da casa, e o foco é a comida caseira, saborosa e um ótimo atendimento. Durante este ano, muitas mudanças ocorreram e as principais foram em relação ao ambiente. Mesas e buffet novos fazem parte da política da nova administração. A ideia é sempre melhorar, tanto no local, como no atendimento. Daiane Pontes Magnaguagno e Daysi Laismann, que assumiram a gestão no ano passado, agradecem principalmente aos clientes e a equipe. “Os nossos clientes foram nossos maiores apoiadores e divulgadores, foram fiéis, mesmo com todas as reformas e nos deram sugestões para melhoramentos. A nossa equipe está desde o início sempre unida e nos apoiando em tudo”, afirma Daiane, que cuida da parte administrativa e garante que sempre haverá mudanças e melhorias para poder agradar a todos os clientes. As gestoras também garantiram que o Restaurante superou as expectativas, sendo muito melhor do que imaginavam. O horário de atendimento é de segunda a sábado, das 11h15min às 13h30min.

Equipe sempre unida Comida caseira, bom atendimento e localização para atender aos clientes com excelência: pilares do Nono Giuseppe


9

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

DEBATE

139ª ROMARIA

Eduardo Schmitz palestra em Conferência na próxima quarta

C

om o tema “Os desafios de envelhecer no século XXI e o papel das políticas públicas” é que Eduardo Danilo Schmitz palestra na quarta, às 13h, na Conferência Municipal da Pessoa Idosa. O encontro será no Centro de Convivência Idosos São José. “O envelhecimento é uma grande conquista. Graças ao desenvolvimento tecnológico nos diversos campos, entre eles a saúde, além das melhorias nas condições gerais de vida da população, hoje vivemos mais”, pontua o educador físico, pós-graduado em Fisiologia, mestre em Envelhecimento Humano e doutorando em Educação.

Divulgação

Visão de especialista Palestra é aberta à população

Um dado apresentado pelo estudioso é que a partir do ano que vem terá mais população com idade superior a 65 anos do que crianças com menos de 5 anos em todo o mundo, representando uma

mudança no perfil da força de trabalho. Numa análise geral, o especialista salienta que esse fato pode ser olhado com pessimismo se analisada a diminuição do potencial produtivo, por outro lado, contudo, há a experiência para qualificar a produtividade. “O desafio é nos prepararmos para essa situação enquanto sociedade. O caminho não é uma única medida, mas um conjunto de ações feitas de modo consciente”, reforça. Os desafios incluem ações de educação sobre o processo de envelhecimento e ampliação do acesso à saúde. A Conferência é promovida pelo Conselho Municipal do Idoso e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação.

Visitas a Caravaggio Esplanada recebeu grande público no fim de semana de Romaria

O

bom tempo realmente ajudou. Embora a greve dos caminhoneiros não tenha encorajado parte da população, muitos foram motivados pela fé e se dirigiram ao Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio no último sábado e domingo, durante a 139ª Romaria. A organização divulgou que 145 mil fiéis estiveram em Caravaggio. Somente no sábado, mais de 100 mil participaram

da festa religiosa, público esperado para os dois dias. Pelas plataformas digitais 700 mil acompanharam as celebrações e a cobertura da Romaria. Foram realizadas 10 missas diárias e cerca de 45 sacerdotes atenderam os fiéis com confissões e celebrações. Serviços de saúde, segurança, alimentação, trânsito, comércio ambulante e transporte atenderam os peregrinos durante o final de semana. Nenhuma ocorrência foi registrada pela Brigada Militar.

Secretaria de Segurança Pública

Envelhecimento e as Com 145 mil políticas públicas


10

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

RELIGIÃO

Comunidade de Nova Vicenza embeleza bairro na celebração com os tradicionais tapetes

A

manhã de quinta teve um colorido muito especial no bairro Nova Vicenza. Ao longo de toda semana, a Associação de Moradores se mobilizou para a confecção dos tradicionais tapetes de Corpus Christi, que estavam finalizados e expostos antes mesmo do sol nascer. Foram 41 ao todo. Vinte e dois ao longo da Avenida Vêneto, 18 na rua Domênico Fin e mais um com a bandeira brasileira na escadaria da Igreja São Vicente Mártir. Uma missa campal ocorreu na manhã de quinta e reuniu grande público em frente ao templo religioso em mais um ano da clássica celebração. Bem-vindos Bairro foi adornado com os tapetes, uma tradição que é reforçada a cada novo ano da data religiosa

Alguém quer me adotar? ONG dos Peludos

Corpus Christi colorido

Ramon Cardoso

Diversos filhotes de porte grande estão aguardando adoção. São lindas fêmeas e o contato para adoção é pelos fones 999.515.440 e 981.663.349. Importante: a ONG dos Peludos informa que não serão doados cães para ficarem presos em correntes.

Obituário 25 de maio * Pedro Poloni, 69 anos. Sepultamento no cemitério do bairro Nova Vicenza. 26 de maio * Olivo Lorenço, 105 anos. Sepultamento no Cemitério Público Municipal (CPM); * Adão Ferreira Pinto, 73 anos. Sepultamento no CPM.


11

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

Segurança

Implantação do monitoramento, assinado no princípio desta semana, traz para o município segurança e controle

N

a segunda pela manhã, a Prefeitura Municipal e o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER), assinaram o convênio para o cercamento eletrônico da cidade. A ideia é controlar os veículos que entram e saem a partir da placa, por meio dos Registradores Eletrônicos de Velocidade. Após estudo, foi concluído que 18 pontos são essenciais para o cercamento de quase 100% das principais vias de acesso e circula-

ção de veículos. Com isto, é possível dar melhor suporte à segurança pública, ajudando a identificar veículos em situações irregulares. Após a elaboração do projeto técnico e estudos, que deverá ser concluído dentro de um mês, a prefeitura vai abrir licitação para aquisição ou aluguel dos equipamentos. As câmeras estarão ligadas com uma central em Porto Alegre, que avisará para Farroupilha qualquer irregularidade. Do valor das multas, 50% volta para o município. O cercamento vai comtemplar os principais pontos

das rodovias RST-453, VRS-813, RS122 e RS-448. Estavam presentes na reunião o prefeito Claiton Gonçalves, o secretário de Gestão e Desenvolvimento Humano, Vandré Fardin, o deputado Álvaro Boéssio, além de vereadores e secretários municipais.

Cidade vigiada Vandré e o prefeito Claiton na reunião que selou a parceria do Executivo municipal com o DAER

Yasmin Signori Andrade

Cercamento eletrônico oficializado


12

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

GREVE DOS CAMINHONEIROS

Semana de bancos escolares vazios Sem aulas nas universidades, redes de ensino municipal e estadual, somente as particulares mantiveram atendimento dos na rede pública. As instituições particulares, os colégios Nossa Senhora de Lourdes e o CNEC Farroupilha Angelo Antonello, mantiveram o atendimento normalmente. Diversas escolas de Educação Infantil, também da rede privada, optaram por fechar as portas, tendo em vista o momento delicado do cenário nacional. Pela dificuldade de mobilidade de professores e alunos, a Escola Pública de Música de Farroupilha cancelou as aulas na semana. O Campus Farroupilha da Universidade de Caxias do Sul (UCS) esteve sem funcionamento, bem como a Faculdade CNEC Farroupilha. O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRS), Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e Associação de Pais e Amigos do Autista de Farroupilha (Amafa) também paralisaram as atividades na terça e quarta. Nesta sexta os atendimentos foram suspensos em praticamente todos os educandários, o que já estava programado anteriormente, prolongando o feriado de quinta. A previsão é de que tudo esteja normalizado a partir de segunda. Manifestação Estudantes do Colégio São Tiago se mobilizaram na segunda

Divulgação

O

s corredores das instituições de ensino de Farroupilha estavam silenciosos nesta semana. Em função da greve dos caminhoneiros que paralisou o País, as escolas mantiveram suas portas fechadas pela impossibilidade de transporte dos alunos e professores. A rede municipal de ensino atendeu apenas na segunda, cancelou as atividades na terça e quarta, da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Também as Escolinhas Desportivas entraram em recesso. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, a medida foi tomada tendo em vista a falta de combustível na frota que realiza o transporte escolar, tanto os contratados pelo município, quanto as vans particulares. Também pela dificuldade de locomoção de professores e funcionários e por afetar o transporte realizado em convênio com o Estado. A rede estadual também manteve as portas fechadas e, na segunda, alguns alunos do Colégio São Tiago realizaram inclusive uma manifestação em frente ao educandário em apoio aos caminhoneiros e com pedidos de um Brasil mais justo e melhor. Esses dois dias serão recupera-


13

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

Divulgação

Cross Country do Batom

Campeões do Handebol

As amigas Patrícia Peroni e Manuela Onzi, do grupo de corrida Hermelu Runners, participaram, no último domingo, do 1º Cross Country do Batom, corrida só para mulheres, que aconteceu em Caxias do Sul. A dupla chegou em 1º lugar nos 10 quilômetros na categoria revezamento, com percurso dividido entre a dupla.

Os Jogos Estudantis de Farroupilha (JEF) no Handebol encerraram na última sexta, mobilizando mais de mil alunos de 22 instituições de ensino farroupilhenses. O destaque ficou para a Escola Municipal Santa Cruz, que venceu na modalidade. Com três times nos quatro quadrangulares finais, o educandário de Nova Milano ficou com os canecos na categoria Infantil. Veja abaixo como ficou a classificação final da disputa.

Batom na medalha Não teve pra ninguém: Patrícia e Manuela venceram prova disputada no município vizinho

Infantil Feminino

Bochas 48 nas quartas

A última rodada da fase classificatória do Torneio Zeno Pessin de Bochas 48 aconteceu no sábado. Pela Chave A, os seguintes resultados: Nik’s Bar 0x3 Bar do André, Amigos da Bocha 3x0 Bar do Alemão e Bar Belvedere 3x0 Bar do Galo. Com os resultados, o Bar do André ficou em 1º, Belvedere em 2º, Alemão em 3º e Amigos em 4º. Pela B, Turchetto’s Bar 0x3 Bar do Muth e Vetera’s Bar 3x0 Nossa Senhora de Fátima, com folga do Bar do Radinho. A classificação final ficou com o Muth em 1º, Vetera’s em 2º, Fátima em 3º e Radinho em 4º. Os confrontos de ida das quartas de final ocorrem neste sábado, a partir das 16h: Amigos da Bocha x Bar do Muth, Bar do Alemão x Vetera’s Bar, Bar do Radinho x Bar do André e Nossa Senhora de Fátima x Bar Belvedere.

1º) Santa Cruz 2º) Nova Sardenha 3º) Zelinda Pessin 4º) Ângelo Chiele

Infantil Masculino 1º) Santa Cruz 2º) Carlos Fetter 3º) CNSL 4º) Ângelo Chiele

Mirim Feminino

Tiro e Ponto finaliza classificatória com jogo isolado

A fase classificatória do Torneio Roque Líris Ornaghi (em memória) encerra neste sábado, às 13h30min, com uma partida isolada. O Rancho de Gaudérios recebe o Vinhedos. No último sábado, o Veteranos do Rancho aplicou 3 a 1 no Aldeia Farroupilha. Vinhedos, Rancho de Gaudérios, Aldeia Farroupilha e Veteranos do Rancho já estão garantidos na fase semifinal da disputa.

1º) Oscar Bertholdo 2º) Antônio Minella 3º) João Grendene 4º) Presidente Dutra

Mirim Masculino 1º) CNSL 2º) Zelinda Pessin 3º) Cinquentenário 4º) Santa Cruz


14

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

#

Bolão da Copa Regulamento: preencha os resultados de todas as partidas da 1ª fase do Mundial abaixo e os dados de identificação ao lado. Cada placar exato vale 10 pontos e cada resultado correto (acerto do vencedor ou empate) vale 5 pontos. Recorte a página (só serão aceitas originais) e deposite na urna do Bolão na sede do Jornal Informante (Dr. Jaime R. Rössler, 348, bairro Planalto) ou Hermelu Esportes (Independência, 566), até às 18h do dia 13 de junho, véspera da abertura da Copa. Os 20 que tiverem maior pontuação ao final da

Grupo A

Rússia

Arábia

Dados de identificação

classificatória seguem na disputa para as fases eliminatórias: oitavas, quartas, semifinal, decisão de 3º lugar e final, quando será mantido contato para a coleta dos novos palpites antes do início de cada etapa. O vencedor leva um vale compras de R$ 250,00 da Hermelu Esportes, além de outros prêmios, como assinaturas do Informante. Eles serão definidos nas próximas semanas, com os parceiros de nosso Caderno Especial da Copa do Mundo da Rússia, e informados pelo Facebook e site do Tabloide. Participe da brincadeira. Bons chutes, prezados leitores.

Grupo B

Egito

Uruguai

1ª Rodada

Portugal Espanha

Grupo C

Irã

Marrocos

1ª Rodada

X

Arábia

Marrocos

X

Irã

Egito

X

Uruguai

Portugal

X

Espanha

2ª Rodada

Rússia

X

Egito

Uruguai

X

Arábia

3ª Rodada

X

Marrocos

Irã

X

Espanha

3ª Rodada

X

Uruguai

Portugal

X

Irã

Arábia

X

Egito

Espanha

X

Marrocos

1ª Rodada

Alemanha C. do Sul

X

Austrália

México

Suécia

X

Sérvia

Brasil

X

Suíça

2ª Rodada

Peru

X

Dinamarca

Brasil

X

Costa Rica

Sérvia

X

Suíça

3ª Rodada

Dinamarca

X

Austrália

França

X

Peru

X

Sérvia

Suíça

X

Costa Rica

Islândia

Croácia

X

Nigéria

Argentina

X

Croácia

Nigéria

X

Islândia

Argentina

X

Nigéria

Islândia

X

Croácia

3ª Rodada

França

X

Dinamarca

Austrália

X

Peru

Bélgica Inglaterra Panamá

Grupo H

Tunísia

X

México

Bélgica

X

Panamá

Suécia

X

C. do Sul

Tunísia

X

Inglaterra

2ª Rodada

X

México

Bélgica

X

Tunísia

Alemanha

X

Suécia

Inglaterra

X

Panamá

3ª Rodada

X

C. do Sul

México

X

Suécia

Japão

Senegal

Colômbia

X

Japão

Polônia

X

Senegal

Japão

X

Senegal

Polônia

X

Colômbia

2ª Rodada

C. do Sul

Alemanha

Polônia Colômbia 1ª Rodada

Alemanha

3ª Rodada

Brasil

X

2ª Rodada

1ª Rodada

2ª Rodada

Nigéria

Argentina

Grupo G

1ª Rodada

Costa Rica

Argentina Croácia Islândia 1ª Rodada

França

Grupo F

Suíça

Peru

3ª Rodada

Rússia

Brasil Costa Rica Sérvia

França Austrália Dinamarca

2ª Rodada

Portugal

Grupo E

Grupo D

1ª Rodada

Rússia

2ª Rodada

Nome completo --------------------------------------------------Idade --------------------------------------------------Endereço --------------------------------------------------Telefone --------------------------------------------------E-mail ---------------------------------------------------

3ª Rodada

Bélgica

X

Inglaterra

Polônia

X

Japão

Panamá

X

Tunísia

Senegal

X

Colômbia


15

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

ATLETISMO

Correria farroupilhense no maior Circuito do Trilhas e Montanhas A pequena Sério, no Vale do Rio Pardo, recebeu os competidores da Hermelu Runners e da BTR Trail Runners

Hermelu Runners

6 quilômetros Manuela Onzi: 1ª colocada na categoria 23 a 27 anos Viane Moscone: 5ª colocada na categoria 53 a 57 anos Samir Dores: 5º colocado na categoria 38 a 42 anos Rafael Dal Igna: 6º colocado na categoria 33 a 37 anos Viviane Vedovelli: 7ª colocada na categoria 38 a 42 anos José Nascimento: 7º colocado na categoria 43 a 47 anos 14 quilômetros Roque Graff: 1º colocado na categoria 63 a 67 anos Gabriel Rossi: 2º colocado na categoria 33 a 37 anos Ronaldo Spinelli: 4º colocado na categoria 33 a 37 anos André Bisol: 6º colocado na categoria 38 a 42 anos Adriano Vianini: 7º colocado na categoria 28 a 32 anos Daniel Rossi: 9º colocado na categoria 28 a 32 anos Alexandre Holuigue: 12º colocado na categoria 43 a 47 anos Daniel Zaballa: 16º colocado na categoria 33 a 37 anos 28 quilômetros Adilson Meert: 1º colocado na categoria 43 a 47 anos José de Souza: 1º colocado na categoria 53 a 57 anos Maria Rosane de Jesus: 5ª colocada na categoria 48 a 52 anos Cleonir Simonetti: 9º colocado na categoria 38 a 42 anos

Divulgação

C

entenas de corredores estiveram no pequeno município de Sério, no sábado, na 3ª etapa do Circuito de Trilhas e Montanhas. Entre os competidores, muitos farroupilhenses, que integram os grupos Hermelu Runners e BTR Trail Runners. A prova foi disputada em três distâncias: de 6, 14 e 28 quilômetros e exigiu muito dos atletas, por trajetos em montanhas, cachoeiras, estradas de terra e muitas trilhas em meio ao verde. Para compensar, os competidores puderam desfrutar de exuberantes paisagens. Confira resultados dos farroupilhenses ao lado.

Presença de peso Equipe Hermelu Runners levou muitos corredores para a disputa

BTR Trail Runners

14 quilômetros Josemar Gomes Nunes: 3º colocado na categoria 33 a 37 anos 28 quilômetros Vanessa Borsoi: 3ª colocada no Geral Feminino Samuel Maikel Polli: 2º colocado na categoria 33 a 37 anos

#

Bolão da Copa Regulamento: escreva ao lado quem você acha que serão os quatro primeiros colocados da Copa do Mundo da Rússia, o melhor jogador, o artilheiro, o melhor goleiro e a equipe mais disciplinada. Faça sua aposta, recorte a página (só serão aceitas originais), preencha os dados de identificação (abaixo) e deposite na urna do Bolão dos Campeões na sede do Jornal Informante (Dr. Jaime R. Rössler, 348, bairro Planalto) ou Hermelu Esportes (Independência, 566, Centro) até às 18h do dia 13 de junho, véspera da abertura do Mundial. Ao final da competição, quem somar mais pontos ganha um vale compras de R$ 250,00 da Hermelu, além de outros prêmios, como assinaturas do Informante. Eles serão definidos nas próximas semanas, com os parceiros de nosso Caderno Especial da Copa, e informados pelo Facebook e site do Tabloide. Participe e boa sorte.

Dados de identificação Nome completo: .................................................................................................. Idade:..................................................................................................................... Endereço:.............................................................................................................. Telefone:............................................................................................................... E-mail:...................................................................................................................

Bolão dos Campeões

Campeão: ........................................................................... (100 pontos) Vice: .................................................................................... (50 pontos) 3º lugar: ............................................................................. (50 pontos) 4º lugar: ............................................................................. (50 pontos) Bola de Ouro (melhor jogador) ............................................................................................. (100 pontos) Chuteira de Ouro (artilheiro) * ............................................................................................. (100 pontos) Prêmio Lev Yashin (melhor goleiro) ............................................................................................. (100 pontos) Prêmio Fair Play (equipe mais disciplinada) ............................................................................................. (100 pontos) * No caso de mais de um jogador terminar como artilheiro, a pontuação é igual para todos


CIDADE

Tradição de fé em todas as cores Fotos: Ramon Cardoso

Como de costume, a comunidade de Nova Vicenza fez bonito no Corpus Christi. O feriado religioso contou com a clássica confecção dos tapetes, que foram responsáveis por dar um colorido especial à Avenida Vêneto e rua Domênico Fin Página 10


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

PARCERIA HOSPITALAR

Unidade para tratamento do câncer Dando nova destinação ao prédio da Unidade de Pronto Atendimento, Farroupilha deve ganhar centro de saúde

de e aguarda liberação, tendo em vista o decreto assinado pelo presidente na última semana, permitindo o uso das UPAs. O Hospital de Amor também encaminhará nos próximos dias o projeto técnico e executivo apontando as adequações necessárias a fim de receber os serviços.

Aposta em novo centro de diagnóstico Projeto foi apresentado na terça, durante encontro com prefeitos da Amesne, dando destinação ao prédio da UPA e possibilitando que a região se beneficie com unidade de tratamento de câncer

Adroir da Silva

timento inicial seria de R$ 7 milhões, que poderiam ser bancados pela entidade paulista para instalação e começo das atividades. Posteriormente, o custeio poderá ser por meio de credenciamento do Sistema Único de Saúde (SUS), além de complementos em doações e de parte do Imposto de Renda de empresas e pessoas físicas. “Nossas atividades se devem à solidariedade, parceria e doações. Todo mês corremos atrás do custeio das operações e tem dado certo”, considerou o médico. Os prefeitos dos municípios da Amesne se mostraram favoráveis à iniciativa e declararam apoio para colocar em prática o projeto. O prefeito Claiton Gonçalves considerou ainda que a intenção é contar com uma unidade móvel equipada para o diagnóstico itinerante nas comunidades da região. Outra possibilidade é a utilização de novas tecnologias como a telemedicina. A secretária de Saúde, Rosane da Rosa, afirmou que a documentação já foi encaminhada ao Ministério da Saú-

Divulgação

O

município deve abrigar em breve um centro referência de saúde, numa parceria com o Hospital de Amor, de Barretos, do Estado de São Paulo. Será um centro de diagnóstico de câncer implantado na estrutura que deveria abrigar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), inaugurada, mas sem nenhum tipo de serviço à população. O projeto passará por chamada pública para implantação e foi apresentado na tarde de terça, junto à reunião da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne). O hospital parceiro é a maior instituição oncológica filantrópica do Brasil, com unidades nas regiões Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Norte. O médico Cleyton Dias Souza, do Hospital de Barretos, apresentou os detalhes do projeto e a intenção é possibilitar um diagnóstico precoce e oferecer aos pacientes um tratamento mais adequado. Em Farroupilha, o inves-


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

Massagem com pedra combate a dor nas co Equipe Espaço da Beleza *

M

massagem com pedras quentes é uma massagem feita com pedras de basalto quentes em todo o corpo, inclusive rosto e cabeça, que ajuda a relaxar e a aliviar o estresse acumulado durante as tarefas diárias. Inicialmente é feita uma massagem em todo o corpo com óleo e a seguir o terapeuta realiza também uma suave massagem com a pedra aquecida, deixando-a pousada durante alguns minutos, em alguns pontos específicos do corpo, chamados de pontos-chave de acupressão. Esta ginástica vascular do sistema circulatório ajuda o organismo a recompor-se e as temperaturas contidas nas pedras, somadas aos movimentos do profissional, provocam alternadamente respostas sedativas e energizantes no corpo. Quando o calor chega até os tecidos mais profundos, promovendo a vaso dilatação, passa a auxiliar na liberação de toxinas, que são destinadas aos órgãos de eliminação (pele, rins, pulmão e intestino grosso). Os benefícios da massagem com pedras quentes incluem os citados abaixo. 1) Aumento da circulação sanguínea local devido ao calor das pedras; 2) Relaxamento profundo porque o calor alcança as fibras mais profundas da musculatura; 3) Aumento da drenagem linfática; 4) Alívio de dores musculares; 5) Diminuição do estresse e tensões;

6) Aumento do bem-estar, po o corpo devido ao aquecimen A compreensão do corpo p massagem com pedras quente dicina Natural.


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

ras quentes: ostas e o etresse

ois traz prazer para nto. pelo toque. Venha conhecer a es. Uma técnica milenar de Me-

Divulgação

* Espaço da Beleza Centro Estético Independência, 555 – Centro de Farroupilha Fone (54) 3268-5511 WhatsApp: 981.195.645 Fan Page: Espaço da Beleza


Compromisso com a Cidade. Compromisso com você.

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

PREVENÇÃO

Luta contra o tabaco Cigarro é responsável por 90% dos casos de câncer de pulmão, tendo a Medicina Nuclear como aliada na detecção precoce Divulgação

Q

uinta foi o Dia Mundial sem Tabaco, uma data em que a Organização Mundial de Saúde (OMS) reforça as campanhas preventivas e de conscientização para alertar a população sobre os malefícios do cigarro. O tabaco é apontado como causa em 90% dos casos de câncer de boca e de pulmão, que é o tipo mais comum entre os tumores malignos, e apresenta aumento de 2% ao ano em sua incidência mundial, conforme dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca). O tumor pode ser diagnosticado por meio da Medicina Nuclear que conta com exames que podem auxiliar de forma precisa a detecção da doença, antes mesmo de provocar alterações anatômicas. Estruturas com aspecto normal, mas acometidas pela doença, também podem ser identificadas durante o exame. Considerada uma doença agressiva, o câncer de pulmão é frequente em pessoas com mais de 55 anos, fumantes e ex-fumantes e exige diagnóstico precoce para garantir maior chance cura e qualidade de vida. Entre os principais fatores de risco, além do tabagismo, estão hereditariedade, hábitos alimentares, sobrepeso e obesida-

Dia Mundial sem Tabaco Diagnóstico precoce nos casos de câncer de pulmão é fundamental para um adequado tratamento

de, diabetes e envelhecimento. De acordo com o médico nuclear e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear, George Barberio Coura Filho, a localização precisa das lesões auxilia na escolha do melhor tratamento, garantindo ao paciente condições de utilização de técnicas e métodos mais eficazes.

“Quando se descobre o foco do câncer é possível tratar com métodos mais precisos, como cirurgia guiada e radioterapia. Sem esta localização exata, o tratamento poder ser apenas local, o que diminui sua eficácia e aumenta os efeitos colaterais, resultando em subtratamentos”, explica o especialista.


Gastronomia

Vivere na próxima sexta e 1º Ato de Vinhos em Cena no fim do mês: opções de junho que apenas inicia Páginas 8 e 9

Inside

Sétima Arte

Winston Churchill reencarna, em atuação soberba de Gary Oldman, no drama de guerra “O Destino de uma Nação” Páginas 10 e 11

História

Por mais cultura na cidade Associação Cultural Moinho Covolan pretende ser opção de turismo em Farroupilha e também de integração comunitária Fotos: Yasmin Signori Andrade

Memorial A Associação Cultural preserva peças utilizadas no Moinho desde sua formação

Yasmin Signori Andrade yasmin@jornalinformante.com.br

R

eviver e resgatar o passado por meio da história do Moinho, que teve extrema importância na formação de Farroupilha, é o objetivo da Associação Cultural Moinho Covolan. Preservando o antigo prédio como patrimônio histórico e o transformando em um espaço de cultura, troca de experiências, manifestações artísticas e diversão. São 10 pessoas envolvidas, sendo a presidente Carolina Czarnobai Benvenutti e o

Em cartaz O prédio está recebendo a “Invernada do Negros”, com fotografias e vídeo, exposição que recebeu o Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afro-Brasileiras

Lazer Há um espaço para cursos, trocas de ideais e colaborações de todas as formas, além de uma pequena biblioteca

vice-presidente Gabriel Parisotto. Foi Antônio Covolan, filho do italiano Giovanni Covolan, que iniciou as atividades do Moinho por volta de 1920. Era de madeira e gerava energia por máquina a vapor. A construção do prédio em alvenaria teve início em 1932 com as duas primeiras partes finalizadas em 1937. A terceira parte da construção iniciou em 1940 e toda obra foi concluída em 1942, com estilo arquitetônico único. Já está em funcionamento o museu em homenagem à história, aberto para visitação às terças, das 15h às 17h30min. É possível também agendar visitas pelo fone 991.997.676. No memorial

há peças originais usadas no Moinho, banners com explicação além de representações das sacas de farinhas produzidas na época. Segundo Natália Malfatti, do Departamento Administrativo, entre os projetos da Associação está a criação de um café, para integrar ao museu, um parquinho para crianças na parte externa, e ampliação da biblioteca já existente no local. Além disso, o prédio conta com uma sala para cursos, workshops, exposições e eventos. O objetivo é amplo: buscar integrar ainda mais a histórica edificação à comunidade, por meio de ações educativas, criativas e colaborativas.


Inside

2

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

Cinemas Imagens: Reprodução

Shopping Iguatemi (RST-453, quilômetro 3,5) Cinemas GNC 1: Não se Aceitam Devoluções - às 13h40min (com legenda descritiva), 16h10min, 18h45min e 21h GNC 2: Deadpool 2 - às 13h50min e 19h (dublado), 16h20min e 21h45min (legendado) GNC 3: Teu Mundo não Cabe nos meus Olhos - às 14h15min e 16h30min GNC 3: Vingadores: Guerra Infinita - às 18h40min (dublado) e 21h40min (legendado) GNC 4: Han Solo: Uma História Star Wars - às 13h20min e 18h50min (dublado e em 3d), 16h e 21h30min (em 3d) GNC 5: Gnomeu e Julieta: O Mistério do Jardim (dublado e em 3d) - às 13h10min, 15h10min e 20h GNC 5: Han Solo: Uma História Star Wars - às 17h10min (dublado) e 21h50min (legendado) GNC 6: Eu Só Posso Imaginar - às 14h e 19h20min (dublado), 16h45min e 22h (legendado) Ingressos: segunda e quinta (exceto feriado e Carnaval) a R$ 22,00 e R$ 28,00 (salas 3d); terça e quartas (exceto feriado e Carnaval) todos pagam meia entrada; sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 32,00 (salas 3d). Meia entrada todos os dias para menores de 18 anos e maiores de 60 (mediante apresentação de identidade), estudantes (mediante apresentação de Carteira de Identificação Estudantil), pessoas com deficiência (com documento que a comprove) e para o Movie Club Preferencial.

Shopping San Pelegrino (Avenida Rio Branco, 425) * Obs: o site do Cinépolis traz apenas os horários dos filmes, mas não informa em qual sala serão exibidos Deadpool 2 - às 15h45min, 18h30min e 21h15min Deadpool 2 (dublado) - às 13h45min, 16h30min, 19h15min e 22h10min Eu Só Posso Imaginar - às 14h45min, 17h15min e 19h45min (dublado), 22h (legendado) Gnomeu e Julieta: O Mistério do Jardim (dublado) - às 13h30min, 16h e 18h15min Han Solo: Uma História Star Wars - às 15h30min e 21h50min (legendado e em 3d), 19h (dublado e em 3d) Não se Aceitam Devoluções - às 14h, 16h15min, 18h45min e 21h Vingadores: Guerra Infinita - às 20h30min Ingressos: nas salas tradicionais, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 23,00 e R$ 11,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 25,00 e R$ 11,50 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia). Nas salas 3d, segunda a quarta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 14,50 (meia); quinta (exceto feriado) a R$ 29,00 e R$ 15,00 (meia); sexta a domingo e feriado a R$ 32,00 e R$ 16,00 (meia).

Sala de Cinema Ulysses Geremia (Luiz Antunes, 312) Severina - sexta a domingo, às 19h30min Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (estudantes e sênior)

As estreias do fim de semana O nacional “Não se Aceitam Devoluções” e a animação “Gnomeu e Julieta: O Mistério do Jardim”, entram em cartaz nas salas de cinema


Inside

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

3

Música

Domingo, dia de pagode no Boteco Grupo Sem Razão movimenta as domingueiras do Antonielle com o projeto “Me Leva” Divulgação

O

projeto nomeado “Me Leva”, está esquentando os domingos em Farroupilha. Não tendo data para acabar, as noitadas trazem os maiores sucessos do pagode com o Grupo Sem Razão. A roda de samba começa às 19h. É importante fazer reserva de mesa com antecedência. O grupo tem nove anos de estrada e neste ano lançou o EP intitulado “#diferenciados”, gravado em São Paulo, na maior gravadora do segmento de samba e pagode, a Gravodisc. Formado por Gregory, no vocal, Iuri no vocal, cavaco e sax, Vini na percussão e Eddy na percussão e vocal, a banda iniciou com uma apresentação para um projeto de escola que deu muito certo e então começaram a encarar a música como trabalho. “Farroupilha sempre foi uma das nossas cidades preferidas para tocar, pois sempre somos bem recebidos e o pessoal canta e dança de verdade. Podemos mostrar nosso repertório inteiro que o astral está sempre 100%”, comenta Eddy, que também conta que o grupo está trabalhando com a direção da casa para criar um conceito exclusivo de festas.

Programe-se O que: Me Leva, com Grupo Sem Razão Quando: todo domingo, às 19h Onde: Boteco Antonielle (14 de Julho, 741) Quanto: feminino R$ 10,00 e masculino R$ 15,00

Diferenciada A música, que faz parte do EP lançado neste ano, já tem vídeo clipe e está tocando em diversas rádios pelo Brasil


Inside

4

Crônicas da Redação Ramon Cardoso

ramon@jornalinformante.com.br

Com aumentos sucessivos dos combustíveis, era praticamente impossível não ficar ao lado dos caminhoneiros na reivindicação de suas demandas, por demais justas, mas o protesto foi, dia após dia, perdendo sua legitimidade rumo a um caminho inevitável de marginalização. Ao entrar na segunda semana de protestos, a agenda não saiu do lugar, o benefício ficou restrito à classe e a conta ficou para todos nós pagarmos. Os envolvidos merecem uma medalha. Enfiaram o Brasil em um buraco ainda mais fundo. Parte considerável dos pedidos dos caminhoneiros foi atendida pelo, convém destacar, atrapalhado e incompetente governo, o comparsa criminal do anterior, de quem era vice, mas o protesto seguiu sem que outra bandeira fosse levantada. Seguiu por seguir. Tipo assim: “vamos continuar protestando por continuar protestando”. Ao mesmo tempo em que perdia, progressivamente, apoio popular, os caminhoneiros não conseguiram avançar minimamente na agenda, o que mostra que o protesto, de fato, só reivindicava benefícios para a classe. Os prejuízos são incalculáveis, assim como a perda de empregos, justamente em um momento em que eles são tão necessários. Nenhuma outra categoria teve o poder de jogar um governo na lona em tão pouco tempo. Era o momento de exigir que ele cortasse na própria carne e que retirasse parte considerável de suas regalias. Isso não foi feito. Qualquer um, por mais despolitizado que fosse, solicitaria isso e buscaria, no apoio e respaldo popular, que o movimento inicialmente tinha, a defesa de tais bandeiras. Vocês podem dizer que não ia dar em nada. É provável, mas o pedido sequer foi cogitado e a questão não diz respeito ao momento. Pessoal, não sejamos ingênuos. Essa é uma pauta que, se fosse levada às últimas consequências, certamente ingressaria na plataforma de campanha presidencial. A eleição é logo ali. Mas enfim, vimos apenas o protesto se inflamar pelo simples fato de protestar. Como uma criança birrenta que não quer tomar banho, a manifestação aos poucos perdeu fôlego e trouxe enormes danos ao País que já vive um dos períodos mais delicados e tristes de sua história. Mais incrível que não pressionar o governo a cortar suas perfumarias foi não ter visto, nos protestos, pedidos para a privatização da criminosa Petrobras. Essa é uma demanda urgente e, pasmem, diretamente vinculada às reivindicações dos caminhoneiros. Ou eles acham que o preço do combustível está alto por culpa do Temer? Não ter a mínima noção de como funciona o Estado e de como chegamos a esta situação é tão triste quanto pagar uma exorbitância para abastecer. Se o Brasil não privatizar suas estatais, e não é uma nem outra, mas todas, e não for feita uma profunda reforma nos três Poderes, que corte regalias abomináveis e surreais, não adianta nada protestar. Se o voto em outubro for direcionado a políticos que não defendam um Estado mínimo, com ampla privatização e corte de privilégios, da mesma forma, qualquer tipo de protesto será completamente inócuo. Agora resta esperar as próximas categorias que entrarão em greve e ridicularizarão ainda mais o já completamente ridículo e patético governo Temer.

Agenda SEXTA

505, festa com We Are Revolution (WAR), Reiká e DJ Wes Ferrovia Live, Bento Gonçalves, às 23h

SÁBADO Muinho Residents Muinho Club, às 23h Mau Mau Eterno, homenagem República Beer, às 23h Lights Off Neon Party Level Cult, Caxias do Sul, às 23h

DOMINGO Zero800, Campanha do Agasalho Zero54, Caxias do Sul, às 18h30min

Fotos: Divulgação

Um guia de como transformar um protesto legítimo em marginal

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018


FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

Inside

Música

Casa de Cultura vai receber artistas no Uruguai e Argentina no dia dedicado à tradição Divulgação

Arte primitiva Obra do artista Anilto Caureo, que pintará uma tela à carvão durante o espetáculo

O

Paulo Roque Gasparetto prgasparetto@terra.com.br

Presenças internacionais na Quinta Gaúcha

recital Canta Sudamérica, de Alberto Gonzalez e Miguel Vega, promete agitar a próxima quinta. Com o violão do estilo bandoneon e instrumentos andinos, os artistas farão um duo com músicas do folclore da América Platina e Andina na nova edição do Quinta Gaúcha, que acontece na Casa da Cultura. O argentino Miguel Vega começou sua carreira artística nos anos 70 como grupo “Los Changos Del Norte”. Miguel foi reconhecido com Disco de Ouro e participou em um dos maiores festivais folclóricos da Argentina, o Festival de Cosquín. Chegou no Brasil em 1991 com o grupo “Los Atipak”, atuando em festivais do Rio Grande do Sul e outros Estados. Luis Alberto dos Santos Gonzalez é músico, poeta, compositor e arranjador instrumentista. Em 1991 chegou ao Brasil para uma série de shows de tangos, folclores e ritmos latinos. Representou seu País em di-

5

versos festivais e, em 2005, gravou seu primeiro CD intitulado “Moldurando Anhelos”. Em 2010 lançou outro CD, “Vamos Juntos”, e até hoje continua atuando com show latino em eventos de todas as regiões. Uma atração especial para a noite será o pintor Anilto dos Santos Caureo, que fará uma tela com carvão durante o recital. Em um rodeio, pediram que o artista gaúcho desenhasse um quadro, e Anilto sem tinta nem lápis pegou um carvão e o fez. O resultado ficou surpreendente e original, portanto continuou a ilustrar suas obras desta maneira. A tela ficará em exposição até dia 2 de julho.

Programe-se O que: Recital de Alberto Gonzalez e Miguel Vega Quando: próxima quinta, às 19h30min Onde: Casa de Cultura (República, 172) Quanto: entrada franca

Corpus Christi: o Dom da Eucaristia A festa de Corpus Christi acontece 60 dias depois do Domingo da Páscoa, ou na quinta seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, em alusão à Quinta-Feira Santa, quando Jesus instituiu o sacramento da Eucaristia. Assim, proclamamos pelas ruas: Ele veio fazer de nós uma comunidade de pessoas solidárias, eucarísticas, que se amam, se ajudam e vivem em união e na partilha, capazes de vencer as divisões, brigas, competições e exclusão. Sim, saímos pelas ruas para cantar o que somos chamados a realizar na sociedade e nas nossas famílias. Que a Eucaristia nos leve sempre à missão, à solidariedade e à vida, onde a verdadeira paz começa no nosso coração. Na Eucaristia, Jesus Cristo é a comida que se parte. Por isso, a melhor maneira de demonstrar o que a Eucaristia significa para nós é repartir hoje seu gesto de amor nas nossas celebrações, que renova sua presença e alimenta nosso compromisso, mas também no nosso dia a dia, para que o que recordamos na Eucaristia tenha significado no nosso modo de ser e agir. Nesta direção, o Corpo de Deus nos remete ao corpo dos irmãos, que deve ter vida em abundância e estar integrado. Nessa festa, o tabernáculo se estende, é o mundo, que precisa ser alimentado pelo amor, que nas ruas clama por justiça e perdão. Nossas vias marcadas pelos descompassos dos passantes, pode ter outro ritmo, outro rumo: o da construção da convivência dos Filhos de Deus, a fraternidade. Corpus Christi anuncia essa possibilidade e será realidade se ruas e corações estiverem preparados para receber o Senhor que caminha conosco. Iniciamos o mês das festas juninas. É um mês significativo. Desperta muita emoção. E porque não dizer, fé e devoção! Nas comunidades, é dedicado ao Sagrado Coração de Jesus, que é sempre celebrada na primeira sexta após a oitava de Corpus Christi, é uma das memórias mais antigas, senão como celebração litúrgica, cara à devoção cristã. É a festa do amor, a festa daquele órgão vital que, no Deus humano, tornou-se símbolo da grandeza de um sentimento capaz de tudo por todos nós. Assim, celebramos esta festa que traz para nós esse sentimento tão profundo de confiança em Deus, confiança no seu amor misericordioso por nós, esse amor que vai até o fim como diz o evangelista Mateus: “Tendo amado os seus que estavam no mundo amou-os até o fim”. * Pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus e doutor em Comunicação


Leonardo Anjos

R

Rumo ao Louvre

osamaria Feltrin está exultante. A artista plástica farroupilhense foi selecionada, por meio da Curadoria do Museu do Louvre, a apresentar dois trabalhos no Salão de Arte Contemporânea de Paris. A 21ª edição do consagrado evento da Cidade Luz tem início em 18 de outubro.

Transferido

O Dia do Desafio, liderado na cidade pelo Sesc Farroupilha, teve sua data adiada para 27 de junho. Inicialmente, ele estava previsto para ocorrer na última quarta. A decisão foi tomada pela questão das paralisações que afetaram o País nos últimos dias. Até a data, a entidade promove a campanha de doação de calçados esportivos, que podem ser entregues na sede.

Lançamento

Na semana passada, a marca de bolsas e sapatos em couro exótico B.Bag, comandada por Camila Vieira, celebrou 3 anos em um coquetel especial para convidados. Como novidade foi apresentada a coleção Inverno que conta com 10 modelos exclusivos em pele de Python e Pirarucu. Na data também foram reveladas as novas madrinhas da grife.

Ana Maria Dal Santo Fabro, Rodrigo, Mário e Lisiane Tonin ladeiam o idealizador da Revista L’amour, Luis Gustavo Portinho, que lançou a edição 2018 em parceria com espaço Golden Garden, na quarta passada

Cristiano de Oliveira

D P

Juliano Vicenzi

Fique por E-music

Para o sábado o Muinh te de música eletrônica c Nas pick-ups, os DJ’s resid setti, Cris D. e Mau Maioli recepcionam a nova DJ, Lo

Wine

A Vinícola Peterlongo, d Wine Movie Peterlongo nes ta edição será exibido o film ris”, num espaço especialm receber o público. Os ingre dos no varejo do local, onli

Free

O prefeito Claiton Gonçalves e a primeira dama Francis Somensi prestigiam a inauguração do primeiro showroom da Nova Marcenaria Brasileira, do diretor Eron Rodrigues, em Caxias do Sul

Maiara Bartaioli em noite de comemoração do seu aniversário, na sexta, no Boteco do Chá

O Zero54, de Caxias d 0800 – Campanha do A O evento já é tradiciona um apelo solidário, pois um agasalho em bom est free até à 0h30min. Nas melhor do funk, hip-hop e


Abraão Correa/OFar

Cristiano de Oliveira

Daiane Dal Bem e o namorado Guilherme Possa no Boteco do Chá, na última sexta

r Dentro

ho Club prepara uma noicom a festa Residents. dentes da casa: Caio Bui comandam o line-up e olô Bortholacci.

No sábado, o tradicional Santa Rita realizou o Baile de 90 anos do Clube, que contou com a coroação das novas soberanas. Ao centro, a rainha Júlia de Almeida Bertoletti, com as princesas Luana Unghero e Larissa Campeol Priscila Arsego

de Garibaldi, promove o ste sábado, às 18h. Nesme “O Julgamento de Pamente ambientado para essos podem ser adquiriine ou na hora.

do Sul, prepara a festa gasalho neste sábado. al da casa, mas ganha nesta vez quem doar tado ganha sua entrada pistas os DJ’s trazem o e pop.

A pequena Isadora comemorou sua nova idade com o carinho dos pais Flávio Zucatti e Cassiane Debiasi, e do mano Vicente, na Pilim Pim Pim, no dia 17


Inside

8

Fabrício Oliboni fabrioliboni@gmail.com

O pior dia da vida de Karius

* Agente de intercâmbio e bacharel em Relações Internacionais

Gastronomia

Vinho como protagonista Nicoletti Empório promove degustação de vinhos de diversas nacionalidades no dia 26 Arquivo Jornal Informante

No último sábado rolou a final da Champions League, em Kiev, na Ucrânia. O jogo foi entre Real Madrid e Liverpool, com vitória dos espanhóis, por 3x1. Para quem não sabe, Champions League é o equivalente da Libertadores, com a diferença de que lá não tem a altitude da Bolívia, tudo é muito chique e nenhum cachorro invade o campo. Pode se dizer que os jogos são mais... vistosos. Isso porque os caras têm grana e levam todos os melhores sul-americanos, mas na real é bem mais sem graça. Parabéns pro Real! Nos vemos na revanche gremista no final do ano. Agora sim, começa o texto com o assunto principal, que tem esse jogo citado acima como pano de fundo. O enfoque aqui é o goleiro do Liverpool, o alemão Loris Karius. Ele foi o protagonista da final, mas de forma negativa, tendo participação decisiva nos 3 gols do Real. Particularmente falando, nunca vi falhas tão marcantes de um jogador de futebol em uma final de campeonato. E tudo toma uma dimensão ainda maior, por ser o jogo com mais visibilidade do ano no futebol de clubes. Ao final da partida as câmeras buscavam a festa dos jogadores do Real, ao mesmo tempo que buscava a figura de Karius, que parecia desolado. Sozinho em campo. Quando parece que um pouco de vida retomou ao seu corpo, foi em direção à torcida do Liverpool, chorando com as mãos juntas em sinal de clemência, pedindo perdão pela noite infeliz. Independente de lados, se gosta de futebol ou não, era uma cena de cortar o coração. O mundo todo o estava julgando por suas falhas e muitos atribuíam toda a culpa pela derrota na conta dele. Para não ser hipócrita, digo que é compreensível a torcida do Liverpool estar bem contrariada com o Karius, pois foram falhas bizarras e que entregaram o jogo, principalmente após o baque que foi a saída do Salah por lesão, que é o grande destaque atual da equipe nessa temporada. Após o jogo fiquei um tempo pensando na situação do Karius. Acho bem difícil que ele tenha dormido nesse dia. Falando por mim, em situações normais do dia a dia, se algo não dá certo no trabalho, tomei alguma decisão errada, prejudiquei alguém de certa forma, etc, seguidamente a cabeça fica girando e não consigo nem dormir. Preocupação, ansiedade, problemas... aí tem esse cidadão que foi assistido por milhões de pessoas, e sai de lá sendo taxado de principal culpado por uma boa parte delas. Imagino que a grande maioria não conhecia Karius, mesmo quem acompanha futebol com frequência, e agora ele possivelmente será taxado como o alemão que errou tudo em uma final de Champions League. Baggio perdendo o pênalti decisivo na final da Copa de 1994; Júlio César, goleiro do Brasil no histórico 1x7; Barbosa, goleiro da Seleção em 1950, na outra vez que perdemos uma Copa em casa, tendo o gol decisivo sendo atribuído por alguns como uma falha dele e até o 1x7 tido como a maior decepção do Brasil no futebol disse certa vez: “No Brasil, a pena máxima (de prisão) é de 30 anos, mas pago há 40 por um crime que não cometi”. Dificilmente Karius será marcado de tal maneira, pois na questão de Seleções o peso é diferente, ainda mais em uma Copa do Mundo, mas como mencionei antes, nunca vi algo similar e certamente ficará para a história esse jogo, como o mais infeliz do goleiro Karius. Como se lida com algo assim? Ok, é esporte, ele não fez nenhum mal a ninguém, acontece, é do jogo e ele pode se recuperar. O mundo esportivo está repleto dessas histórias de volta por cima e recuperações, como ocorreu com Ronaldo em 2002, após o que rolou na final de 1998 e suas duas cirurgias no joelho. Em um dia se é herói e no outro vilão. Vice versa também, claro. Mas e se no caso ele ficar para sempre como o vilão? Vide o exemplo de Barbosa. Espero sinceramente que não. O pior dia já passou, Karius. Que o melhor esteja por vir.

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

Para saborear A degustação será harmonizada com cardápio especial, e parte do ingresso dá direito a consumação para compras no Nicoletti Empório

L

ocalizada na conveniência do Posto Nicoletti (Rua Barão do Rio Branco, 551, Centro), a Nicoletti Empório vai proporcionar o 1º Ato de Vinhos em Cena, degustação de vinhos nacionais e importados. Serão 27 vinícolas e mais de 50 rótulos disponíveis. O evento acontece na terça, dia 26 de junho, das 19h30min até 22h, no Restaurante Parque dos Pinheiros (Independência, s/nº). São 150 ingressos disponibilizados pelo valor de R$ 65,00. O ingresso dá direito a degustação e harmonização com um

cardápio composto por massas, pães e tábuas de frios. Parte do valor, R$ 15,00, serão convertidos na compra de vinhos e espumantes no Empório, mediante a apresentação do convite.

Programe-se O que: 1º Ato de Vinhos em Cena, degustação harmonizada de vinhos Quando: dia 26 de junho, às 19h30min Onde: Restaurante Parque dos Pinheiros Quanto: R$ 65,00


FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

Inside

Lazer

A 3ª edição da festa vai acontecer na próxima sexta, dia 8 de junho Prefeitura Municipal de Farroupilha

É neve na cidade Cerca de 5 mil pessoas foram à Júlio no ano passado para curtir o evento

O

Dolores Maggioni doloresmaggioni@terra.com.br

Vivere de volta ao Calçadão

Vivere é um convite para os farroupilhenses saírem de suas casas para prestigiar a gastronomia, a música e as lojas que farão parte do evento, mesmo com o frio. Ano passado foram em média 5 mil pessoas reunidas no Calçadão, para prestigiar o evento. Estima-se que mais de mil taças e canecas foram servidos, totalizando cerca de 900 litros de bebida entre vinhos, espumantes e cervejas. Também foram servidas mais de mil refeições. Este ano o Vivere terá 10 máquinas de neve artificial para alegrar os visitantes. Diversas lojas da região ficarão abertas para atender ao público até as

9

20h, além de 20 barracas com opções de comida e bebida, entre restaurantes, cervejarias e vinícolas. A atração também conta com música ao vivo e DJs. O evento é uma realização da Prefeitura de Farroupilha por meio da Secretaria de Turismo e Cultura. E conta com o patrocínio da Grendene e Silvestrin Frutas. A produção cultural é da AM9 Produções.

Programe-se O que: Vivere Quando: próxima sexta, 8 de junho, às 18h Onde: Calçadão da Júlio de Castilhos Quanto: entrada franca

Pelas cavernas da alma Curiosa, fui procurar meus rastros, nas cavernas de mim mesma. Vi paisagens de um verde cristalino, por cujos interstícios pude escutar uma cantiga doce... cantiga que não quer falar... que revela a mansuetude do não dito, por onde nasce o poema. Depois, meio assustada, descortinei um rubro intenso... rubro escarlate a denunciar as urgências do amor... a esperar o retorno dos que se perderam, dos que eu perdi. A alma é um emaranhado de cavernas, iluminadas por uma luz que se insinua por frestas estreitas; cavernas que vão ficando cada vez mais fundas e escuras. Nelas, os espaços modelados pela vida pedem poucas palavras. As vozes se transformam em sussurros... sussurros que só os olhos revelam. Bem no fundo das cavernas da alma, nos descobrimos sozinhos. Há solidão e silêncio. A verdade da alma está além das palavras; não pode ser dita; mergulha singela em um lago de águas infinitamente azuis. O lago é encantado; nele as palavras cessam e os olhos as traduzem. As coisas que amamos, as guardamos em um lugar da alma que chamamos de saudade. Ela é o bolso da alma; assim como um rosto de eternidade, refletido no rio do tempo. Encontrei, no bolso da saudade, pedaços de um coração, navegando nas águas cantantes, por entre estalactites abissais. Espelhos de água clara, com seus matizes deslumbrantes, encheram meus olhos. Vislumbrei imagens de olhar azul celeste, como que marcando um tempo de apaziguamento, de beleza quase insuportável... azul de uma tristeza doce... que não pode e nem deseja ser curada. De repente uma montanha de luz se assentou sobre meu peito. Nas minhas cavernas abissais encontrei fragmentos delicados... solidão e uma saudade nem sempre mansa. Um pôr do sol embrulhado num amor todo possível... uma margarida amarela brilhando ao sol nascente... um cheiro de jasmim... um olhar de nostalgia... os plátanos de outono... o trem cortando a neblina... as aves cunhando o espaço... a casa cor de rosa... o nascedouro de um sonho lindo. Momentos efêmeros de um tempo sem fim. E eternidade não é o tempo sem fim... eternidade é quando o longe fica perto. Outra vez, desci à caverna de mim mesma. Vi grutas cinzentas... morada das tristezas, com suas figuras redobradas pelo espelho d’água, como a doer em almas gêmeas... que fazem chorar sem sentir vergonha... que mentem suportar as tolices dos insensíveis. Surgiu, então, o ouro ensolarado... mandando olhar o mundo com olhos coloridos, iguais aos do arco-íris. E os espelhos encheram-me de assombros... o mundo todo ali... com seus delírios, suas árvores frondosas com brinquedos de sonhar pendurados em seus galhos, uns cheios de contradições, alguns de impaciências, outros de ternuras gigantescas... de ousadias surpreendentes... de tristezas invencíveis... de saudades invasivas despertando sensações embrionárias, inquietando sentimentos... acordando emoções insossegadas, porém, com raízes plantadas na eternidade. * Escritora


Inside

10

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

Sétima Arte

Gary Winston

Oldman Churchill Ator tem atuação soberba em “O Destino de uma Nação”, como o estadista britânico nos turbulentos dias em que assumiu como primeiro ministro com uma tarefa das mais difíceis: conter o avanço do nazismo sobre a Europa

O

maio de 1940 foi um dos momentos mais chaves da história da Inglaterra. As tropas nazistas já dominavam o Leste e o Norte Europeu e não encontravam dificuldades em conquistar Polônia, Tchecoslováquia, Dinamarca e Noruega. O avanço da muito bem preparada máquina de guerra de Adolf Hitler não encontrava resistência e, um a um, os Estados capitulavam diante do poderoso Exército Alemão. O Parlamento Britânico tinha, como primeiro ministro, uma figura incompatível com o delicado momento. De fala tranquila e jeito sóbrio, Neville Chamberlain (Ronald Pickup) tinha o perfil exato do político inadequado para enfrentar a complexa situação. No fundo, até ele mesmo sabia disso. A oposição pede sua renúncia e indica um nome para ocupar o posto: Winston Churchill (Gary Oldman). Até aí, tudo bem. O grande problema é que Churchill encontrava resistência até mesmo dentro de sua legenda, o Partido Conservador. Algumas incur-

sões militares desastradas durante o período em que serviu o Exército Britânico criavam um óbice a mais para que o Rei George VI (Ben Mendelsohn) abonasse seu nome para ocupar o histórico número 10 de Downing Street, a residência oficial do premier. A preferência do rei, como da esmagadora maioria, era pelo visconde Edward Halifax (Stephen Dillane). Porém, diante da recusa deste, não restou outra alternativa a não ser ofertar o prestigiado cargo a Churchill. Hábil desde o primeiro momento e conhecedor da realidade que estava prestes a encarar, criou um Gabinete de Guerra com políticos de todas as correntes, inclusive por Chamberlain e Halifax. Sua postura, contudo, sempre irascível e, via de regra, grosseira (sua secretária Elizabeth Layton, interpretada por Lily James que o diga), necessitava ser levemente maleada, já que teria que impor sua agenda ao Parlamento e dele conquistar o apoio necessário para conduzir o Reino Unido no conflito. E nisso, sua esposa Clemmie (Kristin Scott Thomas)

teve um papel decisivo, que foi muito bem retratado no filme. Nesta altura, a Holanda e a Bélgica já haviam sido invadidas e o avanço das tropas nazistas, com seus 3 milhões de soldados pelo território francês, deixava a Inglaterra como último bastião de resistência ao imperialismo alemão. Seu intento inicial era de reprimir qualquer tentativa de dominação e combater o mal nazista que se alastrava pela Europa como uma

praga difícil de ser disseminada, mas as sucessivas derrotas militares jogavam sobre ele uma pressão por uma saída negociada, pacífica. Churchill abominava a ideia, pois sabia que a simples menção a um armistício com Hitler deixaria para o tirano a certeza de quem ditava as regras do jogo. Nem mesmo um apoio dos Estados Unidos, com o presidente Franklin Roosevelt foi possível. Para os americanos, o avanço nazista no Velho


Inside

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

11

Sétima Arte Divulgação

Continente era uma guerra distante e que não ofereceria maiores consequências. Um conflito que não valia, até o momento, a pena se envolver. O filme de Joe Wright reconstitui as primeiras semanas de Churchill como premier e as decisões difíceis que teve que tomar, como propor uma alternativa ao cerco às tropas britânicas na praia francesa de Dunquerque, onde 300 mil soldados estavam isolados, à espera de serem dizimados

Imagem: Reprodução

Vale o brinde Clemmie (Kristin Scott Thomas), um pilar de sustentação que entendia como poucos o inquieto Winston Churchill (Gary Oldman): papel de destaque da esposa suaviza e humaniza obra de Wright

pelas tropas alemãs. A ação de evacuação, a Operação Dínamo, foi um dos momentos mais simbólicos para a retomada da autoestima britânica. Outro momento foi bem simples: uma conversa franca com o rei. “Fale com o povo. Deixe que o guiem”, recomendou George VI. Um conselho seguido à risca por Churchill, que conseguia manter um foco, objetividade e um senso de humor, por vezes, inapropriado para a época. Tudo isso em meio a um consumo exagerado de álcool e charutos e de toda tensão e risco que envolvia ocupar o estratégico posto em um período de convulsão, com a Europa prestes a mergulhar no conflito mais devastador e sangrento de todos os tempos. É muito difícil imaginar o que teria acontecido caso Churchill cedesse às pressões. Claro que o nazismo foi derrotado muito por conta do ataque japonês à base naval de Pearl Harbor, no Havaí, que deflagrou o ingresso americano no conflito, e pelo avanço do Exército Vermelho no front oriental europeu, depois que as tropas alemãs invadiram o território soviético. Contudo, certamente o nazismo demoraria mais para ser debelado caso a Inglaterra não tivesse resistido. A obra é um retrato fiel da história. Os ambientes são claustrofóbicos e os debates por demais tensos. No material de apoio, em poucos mas ricos minutos, os bastidores das filmagens e a metamorfose pela qual passou o lendário Gary Oldman para encarnar o estrategista militar, o notável orador e o gigante estadista que mudou os rumos da história graças à sua fé inabalável em seus ideais. “O sucesso não é definitivo. O fracasso não é fatal. O que conta é a coragem de continuar”. Está é apenas uma das citações de Churchill que aparece no filme e que muito bem sintetiza suas convicções. Seus históricos discursos no Parlamento foram reproduzidos. Pelo papel, Oldman venceu o Oscar e Globo de Ouro de Ator em uma das maiores barbadas da história.

Título original Darkest Hour Título traduzido O Destino de uma Nação Direção Joe Wright Roteiro Anthony McCarten Gênero Drama Duração 125 minutos País Inglaterra Estados Unidos Ano de produção 2017 Estúdio Focus Features Perfect World Pictures Working Title Distribuição Universal Pictures


12

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Temos Lua e Saturno transitando o setor de carreira dos arianos. Você precisa agir com responsabilidade, foco e disciplina para realizar os seus objetivos. Possibilidade de conflitos envolvendo poder, hierarquia e autoridade.

Touro - 21/04 a 20/05

Percepção de que há um projeto mental que você precisa focar e que trará importantes realizações. É preciso ter maturidade, disciplina e determinação para realizar os seus objetivos. Temas ligados aos estudos, cursos, concursos e viagens estão em pauta.

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Um momento em que é importante resolver pendências emocionais e materiais. Percepção dos padrões, situações e estruturas que já não fazem mais sentido em sua vida. Aja com prudência e cautela, mas isso não significa medo!

Câncer - 21/06 a 20/07

Temos a Lua conjunta a Saturno no setor de relacionamentos cancerianos. Um excelente semana para contatos profissionais e para firmar parcerias. Grandes lições de amadurecimento no âmbito dos relacionamentos.

Leão - 21/07 a 22/08

É preciso cuidar com mais profundidade da saúde e do aprimoramento profissional. Antigos hábitos ou posturas inadequadas podem acabar se cristalizando como dificuldades de saúde. É preciso ter disciplina para realizar os seus objetivos.

Vírgem - 23/08 a 22/09

Amadurecimento emocional é o grande desafio dos virginianos. É preciso olhar para as experiências do passado sem ficar preso a elas. Um hobby pode ser transformado em algo produtivo e profissionalizado.

Libra - 23/09 a 22/10

Momento de importantes reflexões e decisões no âmbito de imóveis, lar, casa e família. Percepção de que você não pode contar com outras pessoas e precisa agir mais de acordo com a própria cabeça. Perceba onde você está sendo defensivo emocionalmente.

Escorpião - 23/10 a 21/11

Uma semana em que precisa agir com profissionalismo e excelência. Conhecimentos, contratos e contatos podem ter grande importância na esfera profissional. Procure abrir a mente, não se fixando em velhos conceitos e paradigmas.

Sagitário - 22/11 a 21/12

Aja com prudência em relação às finanças. O momento pede muito profissionalismo e maestria na forma como você expressa as suas habilidades. Você tende a se cobrar uma postura mais realista.

Capricórnio - 22/12 a 20/01

Temos Lua conjunta a Saturno em seu signo. É um momento em que você precisa agir de forma responsável e madura. Momentos de solidão podem ser importantes para repensar em suas prioridades.

Aquário - 21/01 a 19/02

Percepção de que certas coisas não dependem de sua vontade ou controle. Saiba se entregar aos projetos que tocam na alma. Importância do que ocorre nos bastidores e do que precisa ser eliminado ou findado.

Peixes - 20/02 a 20/03

Uma semana importante para os propósitos envolvendo grupos, empresas e organizações. O futuro depende de suas ações no presente, aja com maturidade. Disciplina, foco e persistência são as chaves.

Inside

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018


FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

ALUGA-SE APARTAMENTO de 2 e 3 dormitórios em ITAPEMA / MEIA PRAIA, Santa Catarina. 150 metros do mar. A partir de 15/01. Tratar. F. (54) 9 9118 1642. COMPRO TERRENO em Farroupilha. Interessados contatar através do fone: (54) 9 9707.3990 / WhatsApp. IMPERDÍVEL! 2 TERRENOS PELO PREÇO DE 1! 613m² em rua toda asfaltada no Monte Verde. Apenas R$ 140.000,00! Confira! (54) 9 9925-2068. VENDO 4 terrenos de Cooperativa já com área comprada. F.: 9 9118.1642.


2

FARROUPILHA, 1ยบ DE JUNHO DE 2018


FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018

3

PROCURA-SE EMPREGO - Auxiliar de cozinha, cozinheiro ou cuidador de idosos, Interessados entrar em contato (54) 99163.4065 e (51) 99547.6993 Vendo Lenha inteira ou em metro, para lareira, fogão residencial ou campeiro. Interessados entrar em contato pelo fone (54) 3261-9697 com Rogério e Lóris em horário comercial OPORTUNIDADE DE EMPREGO Empresa Farroupilhense contrata vendedores externos para antendimento a empresas para venda de publicidade. Ganho fixo, comissão e ajuda de custo compatíveis com a função. Interessados mandar currículo para: comercial@jornalinformante.com.br


4

VEJA, QUE EXCELENTE OPORTUNIDADE! Estamos VENDENDO, nas imediações de NOVA SARDENHA, em lugar plano, uma CHÁCARA com 10.000m² de área, disponível com água e luz. Já está escriturada! Somente R$ 175.000,00. Ligue agora! (54) 9 9925-2068. VENDO TERRENO de esquina com 1.377m² a uma quadra da rodoviária e do Shopping Centro de compras. F. 9 9118.1642. VENDO TERRENO, localização central em Arroio do Sal a duas quadras do mar F. 9 9118.1642. ALUGUEL: direto com a proprietária de uma SALA COMERCIAL, na Independência, com 168m² no Bairro São Luiz. Fones: 9 9951.3583 / 3268-1062. VENDO CASA MISTA localizada no Bairro Pio X, ao lado da Igreja. (A mesma já está alugada através de imobiliária pelos valores de R$ 1.000,00 por mês). Tratar: (54) 9 9118 1642.

FARROUPILHA, 1º DE JUNHO DE 2018


6

FARROUPILHA, 1ยบ DE JUNHO DE 2018


FARROUPILHA, 1ยบ DE JUNHO DE 2018

7


Edição 540  
Edição 540  
Advertisement