Issuu on Google+

EVIDENCE

1


2

2

EVIDENCE EVIDENCE

EVIDENCE

3


4

EVIDENCE

4

EVIDENCE

EVIDENCE

5


Índice

37

10

14 6

EVIDENCE

Deputado Estadual Daniel Messac apresenta projeto de lei contra às drogas

Os Direitors dos Idosos do Brasil

50

60

ING

SESI ARTE

Instituto Neurologico de Goiania uma história de sáude e sucesso!

A criatividade e o talento do povo goiano mostrado mais uma vez pelo concurso SESI Arte e Criatividade

62

67

CIDADES E ESTADOS

DECOR

São Paulo e Rio de Janeiro em busca da melhoria da qualidade de vida

O mundo da decoração passa por aqui

40

56

SAÚDE E BELEZA os cuidados com a sua pele

MODA as tendências do mundo fashion

16

Gastronomia Dicas dos melhores lugares para se alimentar

74

BATALHA NO SENADO Senador Demóstenes Torres fala sobre o assunto

48

UFC em goiânia e a revista esteve por lá

Turismo O Estado do Mato Grosso e suas belezas

10 Irene Queiroz 14 Daniel Messac 16 Gastronomia 37 Saúde e Beleza 40 Moda 48 Coluna Social 50 ING 56 Senador Demostenes Torres 60 SESI Arte e Criatividade 62 Cidades e Estados 67 Art Déco 74 Turismo 80 Gesmar Rodrigues 82 Cultura e Lazer 84 Colunistas EVIDENCE

7


Editorial

Revista

e x pediente Publicação mensal da Empresa Canta Goiânia® Produções Edições e Eventos Ltda. Diretora PRESIDENTE / Editora Sheyla Rodrigues de Queiroz Diretor Jurídico Dr. Gesmar Rodrigues da Silva - OAB-7598 Gesmar.rs@bol.com.br JORNALISTA RESPONSÁVEL

.......Espera pelo Senhor, tem bom ânimo, e fortifiquese o teu coração; espera, pois, pelo Senhor.......... Salmos 27:14

Iara lourenço - DRT/GO - 2586 JORNALISTA COLABORADOR Lorena Matuziro projeto Gráfico Canta Goiânia® Produções

Centro Fotografico Haroldo Cardoso

Diretor de produção DESIGNER Gráfico R Design Ruiter Abadia ruiterdesign@gmail.com diretora de marketing e publicidade Mariana Morais Monteiro

Crescimento e reconhecimento: os novos desafios da Revista Evidence

N

ossa ação no mercado goiano sempre foi algo realizado com muito carinho e prazer por toda a equipe da Revista Evidence, sempre trabalhamos com muita honestidade e seriedade e exatamente por isso hoje somos reconhecidos e conseguimos construir um nome forte dentro do segmento que atuamos. Na mesma medida que sempre buscamos melhorar a revista e trazer mais conteúdo de qualidade e informação para nossos leitores e parceiros, novas portas foram se abrindo e novas oportunidade de atuação foram surgindo. Uma das mais recentes novidades e que temos o maior prazer em compartilhar com vocês é quanto à distribuição da revista, agora atuamos em 12 estados brasileiros e as portas não param de se abrir. Novas seções foram adicionadas e estamos cada vez mais, ampliando os assuntos que são discutidos e o espaço que é dedicado aos colaboradores, colunistas e aos nossos leitores que juntamente conosco ajudam a construir e oferecer uma publicação de extrema qualidade e que chama a atenção de todos. Outras novidades estão chegando e serão aplicadas com o passar do tempo, estamos muito animados e motivamos em enfrentar os novos desafios e sabemos que o futuro nos reserva ainda mais conquistas, grandes realizações, crescimento e muito aprendizado e tudo isso será compartilhado com vocês, fiéis leitores e grandes amigos.

Fotografias Centro Fotografico Haroldo Cardoso Conselho Editorial Bpo. Ulysses B. de Oliveira Profª Irene Queiroz Rua 231 Qd. 09 Lt. 81 Nº 751 Setor Coimbra - Goiânia - Goiás Cep.: 74.535-220 - 62 3293 5548 www.revistaevidence.com Facebook/evidencejornalismo ATENÇÃO Ninguém está autorizado a solicitar produtos ou verbas em nome desta revista. As matérias e artigos não representam necessariamente a opinião da revista. Também créditos e direito de uso das imagens “fotos” de anúncios que não forem feitos pela Revista não são de responsabilidade da mesma. A reprodução das matérias é autorizada desde que citada a fonte. Todos os direitos são reservados à Revista Evidence. Distribuição Em todo o estado de Goiás, Minas Gerais, Tocantins, São Paulo, Rio de Janeiro e

Sheyla Queiroz

Diretora Presidente 8

EVIDENCE

Distrito Federal, Espirito Santo, Maranhão, Bahia, Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul .

EVIDENCE EVIDENCE

9

9


‘‘O Brasil é um país com 8,6% de sua população envelhecida. O processo de envelhecimento no Brasil é muito bem amparado pelas leis, que preconizam uma velhice com gozo de todos os seu direitos fundamentais preservados, sem prejuízo da proteção integral assegurando todas as oportunidades para preservação da sua saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral, intelectual, espiritual e social em condições de liberdade e dignidade.”

Os direitos dos Idosos no Brasil Irene Queiroz

O

s desafios trazidos pelo envelhecimento da população têm várias dimensões e dificuldades, mas nada é mais justo do que assegurar ao idoso a sua integração na comunidade a que pertence. O envelhecimento da população causa influências nos impostos, pensões, planos de saúde, na assistência médica e social, no mercado de trabalho, na composição e organização da família. O envelhecimento é um processo normal, inevitável, irreversível, e não uma doença. Deve ser tratado por intervenções sociais, econômicas e ambientais. A constituição da república Federativa do Brasil – 1988, no artigo 203, diz que a assistência social será prestada a quem dela necessitar, independentemente da contribuição à seguridade social, e tem por objetivos: No Brasil, ainda é comum ver pessoas tratando o idoso como coitadinho, com ar de inutilidade, preconceito e desprezo. Viu-se que em todas as leis são atribuídos à família

10

EVIDENCE

do idoso o dever e responsabilidade de cuidar dele, assegurando-lhe todos os direitos garantidos por lei. Não há por parte dos mais jovens o respeito devido à pessoa idosa. Não há no ensino Fundamental, Secundário e Universitário uma matéria de conscientização e incentivo ao respeito, à atenção e valorização da pessoa idosa como verdadeiro guardião da história de um povo. Se fizer uma análise dos Governantes de países desenvolvidos e em desenvolvimento, obsevar-se-á que 60% deles são maiores de 60 anos, portanto, são idosos. São pessoas capazes de sentar à mesa com autoridades internacionais e discutirem o destino dos países que representam com sabedoria, segurança e dignidade. É muito relativo ver pessoas com 80 anos com espírito de 40, 45 anos e outras com 45 anos já são literalmente velhas. O mundo caminha para ter uma população de idosos. O Brasil em 2025 será o sexto país do mundo em número de idosos, dispõe de leis com conteúdo, mas que nunca saíram do papel.

Capítulo I, artigo 1º

a grata satisfação de como Delegada, representar o Conselho Municipal do Idoso de Goiânia.

A política Nacional do Idoso tem por objetivos assegurar os direitos sociais do idoso, criando condições para promover sua autonomia, integração e participação efetiva na sociedade. Artigo 2º Considera-se idoso, para os efeitos desta lei, a pessoa maior de sessenta anos de idade. O Conselho Nacional dos Direitos do Idoso (CNDI) é um orgão superior de natureza e deliberação colegiada, permanente, paritário, integrante da estrutura regimental da secretária de Direitos Humanos da Presidência da Republica - SDH/PR. Irene e a Presidente do Conselho Nacional do Idoso O Conselho Nacional dos direitos da Pessoa Idosa Karla Cristina giacomin. tem por finalidade elaborar as diretrizes para a formulação e implementação da Política Nacional do Idoso, observadas as linhas de ação e as diretrizes. O Governo Federal criou a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos Humanos da Previdência da República para coordenar a política Nacional do Idoso nos Estados , Municípios e Distrito Federal, mas faltam nestes um Órgão independente e capaz de gerenciar esta política. Nos dias 23,24 e 25 de Novembro de 2011, Foi realizada em Brasília a III Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, sob a Direção da Ministra de Estado Chefe da Secretária de Direitos Humanos da Presidência da República Drª Maria do Rosário Nunes, Secretário Executivo da Secretária de Direitos Humanos da Presidência da República Drº Ramaís de Castro Silveira, Secretária Nacional de Promoção dos Direitos Humanos Drª Nadine Borges e Conselho Nacional dos Direitos do Idoso. Participaram desta Conferencia, 715 Delegados de todos os Estados Brasileiros. Foram discutidos e debatidos os problemas relativos aos direitos e promoção da pessoa idosa em todas as regiões do Brasil. Como resultado desse trabalho foram aprovados e deliberados 26 prioridades para a política Nacional do Idoso, como resultado e avanço da III Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa. A delegação de Goiás participou e deu sua colaboração, na elaboração da Carta dos Direitos da Pessoa Idosa da Região Centro-Oeste. Que entraram nas 26 prioridades da III Conferência tivemos a grata

Irene , a Dep. Federal Flavia Morais do PDT e a frente Parlamentar do Idoso.

Irene e Secretária Nacional de Promoção dos Direitos Humanos Nadine Borges. EVIDENCE

11


Profª Irene Moreira queiroz .Lic.Plena em História- U.E.G .Bel.Teologia-F.G.T Membro do comitê de gestores de Idosos de Goiás Diretora da FIEGO- Federação dos Idosos no Estado de Goiás Conselheira titular do Conselho municipal do Idoso de Goiânia CMIG

Irene , a Ministra Chefe da Secretária de Direitos Humanos da Presidência da República Maria do Rosário Nunes e outros.

12

EVIDENCE

‘‘O compromisso de todos por um envelhecimento digno no Brasil’’

EVIDENCE EVIDENCE

13 15


Goiás contra as drogas Deputado Estadual Daniel Messac cria projeto de lei para criação de Credqs que é aprovado pela Assembléia Legislativa Lorena Matuziro

D

ependência química é um problema social. Dados do Fiocruz apontam que existem um milhão de dependentes químicos em crack no Brasil. Considerada por especialistas a pior droga ilícita, muitas vezes de danos irreparáveis, o crack faz vítimas em 98% dos municípios brasileiros. Em Goiás, estima-se que existam de 30 a 50 mil dependentes químicos em crack. Segundo dados do Ministério da Saúde, os dependentes químicos representam 1% da população brasileira. Os números são alarmantes, pois a droga é responsável pela desintegração de famílias e mortes, além de financiar e motivar uma série de crimes. Atento à situação, o deputado estadual Daniel Messac (PSDB) conseguiu aprovação no projeto de lei que altera a Lei nº 16.140, de 02 de outubro de 2007. A emenda acrescenta dispositivos que beneficiam os dependentes químicos. “Fizemos uma diferenciação, estabelecendo que o traficante é um problema de segurança, de polícia; já o dependente químico é vítima no processo e, portanto, é um problema de saúde pública”, afirma. A proposta dispõe sobre o Sistema Único de Saúde (SUS) e sobre as condições para promoção, proteção e recuperação da Saúde no Estado, além da organização, regulamentação, fiscalização e controle de serviços correspondentes. Aprovado com grande parte dos votos, a emenda já está em vigor. Discute-se, agora, a implantação do Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeq). A intenção é que o estado de Goiás disponha de cinco unidades para os centros. A concepção arquitetônica já foi, inclusive, apresentada e aprovada pelo governador Marconi Perillo (PSDB). 14

EVIDENCE

Cada unidade do Credeq deve custar aos cofres públicos aproximadamente 15 milhões de reais. Para o governador, é preciso enfrentar o problema social da dependência química de forma rápida, eficiente e pragmática. Marconi Perillo ressaltou que o Credeq é mais que um compromisso do governo, é um compromisso do Estado. A construção das unidades deve começar no próximo ano. O Secretário Estadual de Saúde do governo, Antônio Faleiros Filho, um dos responsáveis pela elaboração do projeto do Credeq, afirma que foi feito um longo trabalho até chegar ao modelo ideal da concepção arquitetônica e de como funcionará o tratamento. “Nossa equipe foi a vários Estados e presenciou, em vários estabelecimentos, tratamentos diferenciados. E nós conseguimos conciliar todos esses tratamentos no projeto do Credeq, atendendo grande parcela das divergências que pairam sobre o tratamento de dependentes químicos. Fizemos inúmeras discussões com segmentos representativos da sociedade e tivemos a grata satisfação de termos a aprovação, quase unânime, do nosso projeto”, explicou o Deputado Daniel Messac. “Hoje, muitos dependentes químicos são tratados em clínicas de recuperação mantidas por igrejas e instituições de filantropia. Por que o estado também não pode fornecer um tratamento de qualidade? Essas pessoas serão direcionadas para o tratamento no estado, sem custo nenhum”, justifica o deputado Daniel Messac, autor da lei. Por dentro da dependência química A Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece as dependências químicas como doenças.

Uma alteração da estrutura e funcionamento normal de uma pessoa, que lhe seja prejudicial, é considerada uma doença. A OMS entende que a dependência química enquanto doença não é culpa do paciente, assim como o diabetes e pressão alta. A dependência é diferente do vício, em que o usuário faz uso abusivo e compulsivo das drogas. Quando se torna um dependente, o usuário necessita de um tratamento urgente e eficaz. Muitas vezes, o dependente não aceita o tratamento, o que pode leva-lo à morte. Por isso a necessidade da internação involuntária. Um quadro de dependência pode ser reconhecido através da observação de diversos sintomas, entre eles a ampliação da dose habitual a fim de conquistar o efeito de prazer proporcionado pelas drogas. Dentre os sintomas também estão ansiedade, irritação, insônia, tremedeira, entre outros. Os casos de dependência química vêm crescendo velozmente, sendo hoje uma das enfermidades

psíquicas mais constantes. Embora a ingestão de cocaína tenha decaído na última década, o número de dependentes do crack tornou-se mais amplo, uma vez que chega mais rapidamente e de forma mais impactante ao Sistema Nervoso Central. As consequências são também mais drásticas e a dependência mais séria e difícil de sanar. Tratar a dependência química é uma tarefa árdua. O número de casos de reincidências é alto, e praticamente metade dos usuários tem uma recaída nos primeiros seis meses e 90% no primeiro ano. Entretanto, quando o paciente está estimulado e determinado com o tratamento, é possível abandonar completamente as drogas. Durante o tratamento de dependência química, é necessária a utilização de medicamentos para suprir a retirada repentina da droga. Os trabalhos com psicoterapia também são fundamentais na recuperação do paciente

“Hoje, muitos dependentes químicos são tratados em clínicas de recuperação mantidas por igrejas e instituições de filantropia. Por que o estado também não pode fornecer um tratamento de qualidade? Essas pessoas serão direcionadas para o tratamento no estado, sem custo nenhum”. (Daniel Messac)

EVIDENCE

15


16

EVIDENCE

EVIDENCE

17


18

EVIDENCE

EVIDENCE

19


20

EVIDENCE

EVIDENCE

21


22

EVIDENCE

EVIDENCE

23


24

EVIDENCE

EVIDENCE

25


26

EVIDENCE

EVIDENCE

27


28

EVIDENCE

EVIDENCE

29


30

EVIDENCE

70

EVIDENCE

EVIDENCE

31


32 EVIDENCE 30 EVIDENCE

EVIDENCE EVIDENCE

33 31


34

EVIDENCE

EVIDENCE

35


Rosana Halterbeck

O

verão está aí e juntamente com ele temos as férias escolares e do trabalho, viagens em família, diversas idas para parques e clubes e consequentemente passamos vários momentos mais expostos aos raios solares do que nos demais dias do ano. Hoje em dia é de conhecimento da maioria das pessoas os perigos causados pela exposição excessiva e sem proteção ao sol: manchas no corpo, desidratação e o temido câncer de pele estão entre os principais

36

EVIDENCE

EVIDENCE

19

vilões do prolongado contato com raios UVA e UVB. Alguns cuidados importantes devem ser tomados para evitar problemas futuros e manter sempre a saúde da pele em dia: fazer uso de um protetor solar de qualidade e com fator adequado para o tipo de pele, usar chapéus e bonés para proteção do rosto e sair ao sol somente nos horários adequados; antes das 10h00 da manhã e após as 16h00 da tarde

EVIDENCE

37


Mariana Monteiro

O

verão está aí e junto com os planos para curtir uma viagem na praia ou passar os dias ensolarados com a família em um clube surgem também uma série de cuidados e precauções que precisamos ter com nosso corpo: cuidados com a pele, uso de protetor solar, alimentação leve e saudável e a tão conhecida depilação fazem parte dessa importante lista. Antes de desfilar pelas piscinas ou curtir o mar usando o biquíni da estação, é importante estar em dia com a depilação. Várias técnicas são conhecidas pelas mulheres e cada uma tem sua preferência: existe a depilação tradicional que é feita em casa com o uso de aparelhos descartáveis, a depilação com cera quente, o uso da cera fria ou até mesmo as depilações conhecidas por seu caráter mais definitivo que são realizadas através do uso de lasers. Hoje em dia além de atingir a maioria das mulheres

38

EVIDENCE

a depilação tem atraído muitos olhares masculinos, isso devido ao fato de atualmente os homens se preocuparem muito com a aparência e com detalhes que antigamente eram práticas apenas femininas. É comum encontrar homens em salas de estética procurando depilação a laser ou fazendo uso da tradicional cera quente para manter o corpo mais bonito e atraente. Independente da maneira escolhida para realizar a depilação ou se a mesma é feita para o público feminino ou masculino, é importante tomar alguns cuidados: escolher um profissional capacitado para realizar o procedimento, evitar a exposição prolongada ao sol nos dias posteriores à depilação e verificar se não houve irritação da pele. Ficando alerta com todos esses cuidados e fazendo a escolha certa na hora de se depilar vai ser fácil arrasar na praia ou no clube durante esse verão!

EVIDENCE

39


40

EVIDENCE

EVIDENCE

41


42

EVIDENCE

EVIDENCE

43


44

EVIDENCE

EVIDENCE

45


46

EVIDENCE

EVIDENCE

47


48

EVIDENCE

EVIDENCE

49


SILICONE Feito para você Escolha a prótese ideal a seu biótipo

E Saúde e Bem Estar

A beleza é para todos, tudo que fazemos em nossas vidas é baseado em nossa busca incansável de experimentar e vivenciar emoções. Não há forma de negar que somos feitos de emoções, tudo o que escolhemos fazer é ´para poder experimentá-las em suas diferentes formas.

xistem muitos tipos de próteses, que variam em termos de forma, tamanho, textura e marcas. A revista Evidence preparou um especial Próteses para que você possa identificar qual é a prótese ideal para você, a fim de obter um resultado harmônico e natural.

Perfil das próteses

Alto: possuem base menor e são mais altas, portanto são indicadas quando se deseja maior projeção para frente sem tanta necessidade de preenchimento do colo mamário. Duas próteses podem ter o mesmo volume (tamanho), porém com perfis diferentes, por isso, é importante que se saiba que perfil foi utilizado e que marca, pois existe uma diferença significativa entre uma prótese de 200 cc de perfil baixo para uma prótese de 200cc de perfil alto, bem como existem diferenças de dimensões entre uma marca e outra. Para que você tenha uma noção melhor, imagine uma lata de atum e uma lata de cerveja (claro que isso seria um exagero). Ambas teriam 300ml, porem uma é mais alta e estreita enquanto a outra é mais baixa e larga.

Superfícies das próteses: lisas: maiores índices de contratura capsular (5 a 6%). EVIDENCE

que tem como objetivo “quebrar” a formação da cápsula. Apresenta índices menores de contratura capsular que as lisas (2 a 3%). São as mais utilizadas.

poliuretano: superfície revestida de espuma

de poliuretano. Apresenta os menores índices de contratura capsular (0,5%), porém é mais sensível à Baixo: possuem base mais larga e são mais baixas, palpação e com maiores chances de dobras. Utilizada portanto são mais indicadas quando se deseja maior geralmente após contratura capsular intensa com projeção do colo mamário e pouca projeção para prótese texturizada. frente.

Perfil Anatômico: têm um perfil “em gota” e são indicadas para aquelas pacientes que têm mamas com formas e contornos estéticos e se deseja um aumento proporcional das mesmas. A escolha do tipo de perfil ideal para cada caso é tão importante quanto a escolha do tamanho, pois ele é que dará o formato das novas mamas. Uma intercorrência muito comum é a evidencia dos contornos da prótese nos colos, principalmente no meio (“próteses marcadas”).

50

texturizadas: superfície com microrrugosidades

Tamanho das próteses Talvez a dúvida mais frequente, tanto do paciente quanto do médico, seja qual o tamanho e forma ideais de prótese que se deve colocar. Esse realmente é o ponto mais delicado da cirurgia. Primeiramente, deve-se ter uma conversa com seu cirurgião, que deverá tirar todas as suas dúvidas, avaliar seu perfil físico, psicológico, padrão de cicatrização e principalmente a proporcionalidade de suas formas. Ele também realizará várias fotos préoperatórias e lhe mostrará diversos resultados antes/ depois para melhor orientá-la nessa difícil escolha. Por fim, deve-se respeitar o desejo da paciente, ou seja, a decisão deve ser de certa forma democrática, porém com limitações, tentando sempre evitar exageros.

Preenchimento das próteses: Solução salina: colocam-se as próteses vazias (apenas os invólucros) e depois, com uma seringa e soro vai se preenchendo até chegar ao tamanho desejado. Utilizada mais nos EUA e Canadá pois nesses países ainda é proibido o uso de silicone gel. Tem o inconveniente de se notar esse liquido quando em movimento, ser mais dura ao toque e ter risco de vazamento. Gel de silicone: o mais utilizado em todo mundo. As próteses mais modernas utilizam gel de silicone coesivo e não mais líquido. Sendo assim, mesmo que ocorra uma ruptura traumática da prótese, esse silicone não vazará EVIDENCE

51


“LUGAR DE CORRUPTO,

PEDÓFILO E TRAFICANTE

É A CADEIA”

Denuncie Disque

100 BATALHA NO SENADO

“O governo acha mais fácil soltar bandidos do que criar presídios”

Senador Demóstenes Torres

D

esde que chegou ao Senado em 2003, Demóstenes Torres (DEM) participou de mais de dois mil projetos. Entre eles estão propostas que combatem e endurecem as penas para autores dos crimes de pedofilia, exploração sexual, trafico de drogas e corrupção. O parlamentar é considerado por jornalistas especializados na cobertura política do Congresso Nacional um dos melhores senadores do Brasil. O senador goiano também Demóstenes Torres ostenta o título de parlamentar que mais combate a corrupção no País. “São um reconhecimento ao meu trabalho, que assume responsabilidade ainda maior, sobretudo porque trata do futuro das pessoas que represento”, avalia Demóstenes, sobre o os títulos concedidos pelo site Congresso em Foco, com o votos de pofissionais da imprensa nacional. Procurador de Justiça licenciado e ex-secretário de Segurança Pública, Demóstenes Torres usa no Senado toda essa bagagem para propor, avaliar e discutir projetos de lei que tornem o País mais justo e seguro ao cidadão e mais severo com os criminosos. Ex-presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a mais importante do Senado, Demóstenes foi também relator da CPI da Pedofilia, que produziu leis rigorosas para o combate aos crimes de violência sexual contra criança e adolescente. “Trabalho sempre para aprovar medidas que agravem às

52

EVIDENCE

penas de quem comete crimes hediondos e impeçam que saiam da cadeia bandidos com histórico de abusos sexuais”, disse Demóstenes. O trabalho do senador no combate a pedofilia soma importantes vitórias, como a abertura dos arquivos digitais do site de relacionamento Orkut e You Tube que tenham conteúdo pornográfico com crianças e adolescentes. De posse desses dados, é possível à polícia identificar internautas que praticam o crime. “A partir da assinatura de Termo de Ajuste de Conduta (TAC), começamos a luta para impedir a veiculação de imagens de pedofilia na internet”, comemorou. PROJETOS PODERIAM TER EVITADO TRAGÉDIA EM LUZIÂNIA Propostas apresentadas pelo senador Demóstenes Torres no Parlamento poderiam ter evitado tragédias como o assassinato de seis garotos de Luziânia, caso tivessem sido aprovadas. Uma delas, ainda em tramitação, torna obrigatório o laudo criminológico, com avaliação psiquiátrica, para que o juiz evite soltar um psicopata, por exemplo. Hoje, o laudo é facultativo. Foi com base nessa brecha legal que a Justiça do Distrito Federal soltou o maníaco Ademar de Jesus, de Luziânia, autor dos crimes que ficaram conhecidos em todo o país. EVIDENCE

53


Demóstenes também propôs leis para dificultar a saída de autores de crimes hediondos, como a progressão de penas. Nesse rol entrariam, por exemplo, traficantes de drogas. Pela proposta, os criminosos deveriam permanecer mais tempo na cadeia, não podendo passar para o regime semi-aberto antes de cumprir dois quintos da pena. O senador reclama que a medida não entrou em vigor porque o governo federal foi contra. “A União prefere soltar presos em vez de investir na construção de presídios”, criticou. Relator da lei que implantou as tornozeleiras e pulseiras eletrônicas, que dão mais segurança à sociedade, Demóstenes Torres disse que a lei impede que bandidos perigosos recebam progressão para o regime semi-aberto. Dessa forma, explica Demóstenes, o reeducando é monitorado e não pode sair de um perímetro delimitado pela Justiça. Em outro flanco, Demóstenes tenta ampliar o tempo máximo de prisão no Brasil. Hoje, o Código Penal estabelece que condenados não podem cumprir mais de 30 anos de cadeia. Mesmo que receba mais de cem anos de prisão, fica no máximo 30 anos. Com o benefício da progressão de pena, dependendo do caso, esse tempo pode ser reduzido para até um sexto para crimes nãohediondos, e dois quintos para crimes hediondos – se o réu não for reincidente – e três quintos, se for reincidente. Por isso, Demóstenes pretende que o prazo máximo seja ampliado para 40 anos.

54

EVIDENCE

O senador argumenta que o Código Penal entrou em vigor em 1940, quando a expectativa de vida do brasileiro era de 45,9 anos. Hoje, saltou para 72,59. “Pensando nisso, e para mantermos a proporcionalidade da gravidade da pena, precisamos adequar o tempo máximo à realidade atual”, justificou

Demóstenes Torres é procurador de justiça. Foi professor concursado em escola pública, revisor de jornal e advogado. Passou em concursos públicos de Delegado de Polícia e Promotor de Justiça. Optou pelo Ministério Público. Foi duas vezes eleito procurador-geral de justiça e presidente do Conselho Nacional dos ProcuradoresGerais de Justiça. Como secretário de Segurança Pública e Justiça, reduziu a criminalidade e foi premiado pela ONU.

EVIDENCE

55


56

EVIDENCE

EVIDENCE

57


Rio de Janeiro - estado Bondes serão revitalizados em dois anos Lorena Matuziro

T

radicionais no Rio de Janeiro, os bondes de Santa Teresa pararam de funcionar há dois meses após um acidente. O governo estadual está trabalhando para que o sistema volte a operar com a máxima segurança e qualidade, o que deve acontecer em um período máximo de dois anos e meio. Esteve no Brasil, a fim de estudar a região onde os bondes devem ser implantados e fazer um levantamento dos principais problemas, profissionais da empresa de transportes públicos de Lisboa Carris. O diagnóstico fornecido pelos profissionais propiciará uma reforma eficaz. Segundo Eduardo Macedo, presidente da Central (Companhia Estadual de Engenharia de Transportes e Logística), o objetivo é modernizar os bondes, tornando-os um meio de transporte seguro, sem, no entanto, perder a identidade. “Queremos implantar tecnologia sem perder a tradição, como foi feito pela Empresa Carris, em Lisboa. Daí a nossa intenção em formalizar um acordo de cooperação. A segurança é uma das prioridades do nosso plano de direção”, diz. A Carris é uma empresa pública de Portugal que conta com um sistema operante em Lisboa bem semelhante ao da topografia de Santa Teresa, com inclinações acentuadas e curvas. Lá, trabalham com três tipos de bonde: tradicionais, modernos e tradicionais modernizados. Esta cooperação técnica com o governo do Rio de Janeiro, segundo Eduardo Macedo, é parte das ações que vêm sendo implementadas pelo governo estadual visando recuperar todo o sistema de bondes de Santa Teresa. A equipe portuguesa formada pelos engenheiros Antônio Martins Marques, diretor da Carris, Felipe Fraga, responsável pela manutenção dos bondes em Lisboa, e Sardinha Gomes, da área 58

EVIDENCE

de via permanente (trilhos), iniciou a visita pela sala de controle da Estação Carioca. No local, acompanhados pelo presidente da Central, Eduardo Macedo, pela diretora de Planejamento e diretora interina de Engenharia, Ana Carolina Vasconcelos, e equipe de engenheiros e técnicos da empresa, puderam analisar os precários procedimentos usados pelos profissionais durante uma operação. Trilhos irregulares, muretas inacabadas, curvas apertadas, ruas estreitas, altura inadequada da via aérea em alguns trechos e problemas nas garagens foram alguns dos problemas encontrados pelos três engenheiros da Carris. “Escolhemos a Carris para esta avaliação porque eles possuem competência técnica e prática, já que possuem um sistema público em pleno funcionamento com responsabilidade e segurança aos usuários, comunidade e funcionários”, explicou a diretora Ana Carolina, ao ressaltar que o papel da Carris não é o de execução e/ou projeto e sim o de colaborar na elaboração dos mesmos. Durante o trajeto, os engenheiros avaliaram as condições nas vias permanentes e constataram muitas irregularidades. “Observei trilhos que deveriam estar fixados, muitos com infiltrações e com erosão à sua volta”, destacou Antônio Martins. O tráfego nas vias também foi muito criticado pelos engenheiros. “Para um futuro diagnóstico, deve-se considerar que existe um grande fluxo de veículos pesados no percurso, disputando espaço com os bondes. É preciso um melhor ordenamento”, diagnosticou, lembrando que a via aérea também apresenta muitos remendos e vários outros problemas, como altura inadequada em alguns trechos.

O presidente da Central, Eduardo Macedo, informou aos portugueses que já possui esboço de um projeto a ser discutido com eles, que contempla toda a reforma do sistema, onde participam vários segmentos ligados ao sistema. Ele enfatizou que não há condições dos bondes voltarem a funcionar neste momento. É preciso ter cautela, não podemos mais viver de remendos. Os bondes só voltarão a operar quando oferecerem um serviço de qualidade e com total segurança e eficiência aos usuários”, disse. Segundo Eduardo Macedo, a reforma geral do sistema deve levar de dois anos a dois anos e meio, já que está condenado. “Os trilhos (vias permanentes) terão que ser trocados, teremos que ter uma licitação internacional, pois os trilhos que deverão ser usados são bilabiados e no Brasil não se fabrica. Essa licitação deve levar, no mínimo, seis meses. Com relação aos bondes, há o processo de confecção e protótipo, o que necessita de mais uma licitação”, explica. O custo total da obra deve ser de R$ 70 milhões. O trajeto dos bondes será rigorosamente o mesmo, com possibilidade de pequena mudança no traçado em função de curvas acentuadas. Será adotada tecnologia para preservar a segurança e qualidade do serviço sem, contudo, descaracterizar a história.

Tradição no Rio de Janeiro Os bondes surgiram no Brasil em 1859. Um dos primeiros sistemas movidos a vapor e especiais para rodar em ruas surgiram por aqui. Também era brasileira a maior frota de bondes abertos do mundo. Nos anos de 1940, havia 30 mil empregados nessas companhias, que transportavam 1,5 bilhão de passageiros por ano. Com o passar dos anos e o avanço da modernidade, o sistema foi se sucateando. Hoje, na cidade do Rio de Janeiro, primeira cidade do mundo a ter bondes movidos a bateria, o sistema parou de funcionar para uma reforma. No início da década de 1940, havia bondes em 100 cidades. No final da década de 1950, o sistema operava em apenas 20, e, na segunda metade da década de 1960, a maioria dos sistemas de bondes encerrou suas atividades. O sistema de Santa Teresa no Rio de Janeiro é o único do país que operava tanto como meio de transporte público e turístico, daí a importância de sua revitalização, para manter viva essa parte da cultura já citada nas obras de Carlos Drummond de Andrade, Clarice Lispector e Vinícius de Moraes

Projeto propõe recuperação e modernização dos bondes mantendo a tradição e identidade dos mesmos.

EVIDENCE

59


SÃO PAULO – ESTADO

Educação para todos e com todos!

Projeto do Governo do Estado de São Paulo pretende trazer melhoria e novidades para a educação Lorena Maturizo

O

governo do estado de São Paulo lançou o programa “Educação – Compromisso de São Paulo” com um amplo leque de ações voltadas à melhoria da Educação no Estado de São Paulo. A medida visa à valorização da carreira do magistério, buscando torná-la uma das mais procuradas pelos jovens, além da integração de toda a sociedade no processo educacional. A iniciativa, que estabelece diretrizes estratégicas para vários projetos já implantados, prevê novas frentes de atuação para posicionar entre os melhores sistemas de educação do mundo a rede estadual de ensino, que possui cerca de 4,3 milhões de alunos. São Paulo conta com cerca de 5.400 escolas. Hoje, 65 novas unidades estão sendo construídas com previsão de conclusão até 2014. O total de investimento para as obras é de cerca de R$ 427 milhões. Outras 68 novas unidades estão previstas. Entretanto, não é somente de infraestrutura que é composto um bom sistema educacional. Por isso, a importância deste programa, que estudada a implantação do novo modelo de escola de Ensino Médio, e do esforço concentrado nas escolas mais vulneráveis, além do foco na mobilização de famílias, associações, sindicatos, empresas e da sociedade em geral não só no acompanhamento das iniciativas, mas também na conscientização de que a melhoria do ensino não é responsabilidade exclusiva do Poder Público. Segundo o secretário da Educação Herman Voorwald, “todas as grandes ações do Governo do Estado desencadeadas neste ano para a melhoria da qualidade do ensino não foram iniciativas isoladas. Cada uma delas integra um empreendimento muito mais amplo, que prevê novas medidas, com objetivos e metas de curto, médio e longo prazo, para se tornar, muito mais que um programa de governo, um programa de Estado.” O programa,

60

EVIDENCE

que conta com a liderança e o empenho do governador Geraldo Alckmin já está em curso e foi elaborado com base em importantes contribuições de entidades não governamentais parceiras. Novas linhas de ação Novo modelo de escola de Ensino Médio. A iniciativa propõe a consolidação, em unidades que oferecem exclusivamente Ensino Médio, de um novo modelo de escola, com ampliação não só da jornada (de 6 para 8 horas diárias), mas também do currículo, de modo a responder às necessidades dos alunos do século 21, atendendo gradativamente um número maior de estudantes. O modelo prevê disciplinas eletivas, laboratórios, salas temáticas e três refeições por dia, e a diferença dele para as já existentes escolas de tempo integral está na integração das disciplinas do currículo e no novo regime de trabalho de seus professores. Para 2012, a mudança acontecerá em 19 unidades em diversas regiões do Estado. Novo regime de trabalho docente. Para os professores das escolas em que será implantado o novo modelo, será criado um regime de dedicação plena e integral, que não permitirá atuar no quadro docente de outras unidades no período diurno. Haverá gratificação, que será incorporada para fins de aposentadoria. Não será uma carreira diferente, mas um regime diferenciado. Escolas Prioritárias. Para reduzir a desigualdade de aprendizado no Estado, o programa Educação — Compromisso de São Paulo prevê intervenção e monitoramento permanentes em 1.206 unidades de ensino consideradas de maior vulnerabilidade, tanto no aspecto socioeconômico, como nos de infraestrutura e de aprendizagem, entre eles o desempenho no Saresp 2010 EVIDENCE

61


“Há grandes homens que fazem com que todos se sintam pequenos. Mas o verdadeiro grande homem é aquele que faz com que todos se sintam grandes.”

As obras do programa envolveram desde a pintura dos prédios, projetos paisagísticos e pequenos reparos até a higienização das unidades. Cada escola, de acordo com seu tamanho, ganhou kits de pintura compostos por tinta esmalte para ferros, alambrados e barrados; tinta acrílica Modernização e reformas para alvenaria, piso de quadra e quadro negro; tinta para azulejo; massa corrida e aguarrás. O Plano de Modernização das Escolas foi O investimento nos kits foi de R$ 33,5 implantado entre 2008 e 2010 e inclui obras, milhões para atender 4.069 escolas. Também foram reformas e manutenção nas unidades escolares instaladas cortinas nas salas de aula de 2.008 escolas, do Estado de São Paulo. A fim de acelerar as para diminuir a claridade excessiva dos ambientes, e obras de reparos necessárias nas cerca de 86.783 ventiladores em 4.699 unidades de ensino. 5.400 escolas, foi adotado um processo de Juntas, as ações tiveram custo de R$ 52,5 milhões. contratação por meio de ata de registro de preços. O governou ainda repassou em dezembro de 2010 Também para o trabalho de revitalização, foi o valor de R$ 7.900 a cada uma das Associações de lançado o projeto Trato na Escola, em 2008. No Pais e Mestres (APMs), que ficaram encarregadas início do ano, todas as escolas da rede estadual de contratar serviços de pintura interna, externa, de ensino receberam verba do governo do Estado de quadra e de lousa, podendo também adquirir para preparar as unidades para a volta às aulas. materiais adicionais necessários para realização O investimento de R$ 127,3 milhões possibilitou das obras. O repasse total chegou a R$ 41,3 que os estudantes começassem o ano letivo em milhões em todas as 5.217 escolas do Estado ambientes organizados, limpos e revitalizados.

A originalidade do artesanato brasileiro na sua decoracao

Para essas unidades, haverá prioridade na formação continuada de professores, investimentos em infraestrutura, implantação do programa de professores-mediadores, salas de leituras e projetos especiais de recuperação do aprendizado dos alunos.

Rua 49 Qd. C 2 Lt. 03 - Jardim Goiás - Goiânia - Goiás (próximo ao Estádio Serra Dourada) emporiosapucaia@gmail.com | (62) 3245-1191

www.sapucaiaweb.com.br 62

EVIDENCE

EVIDENCE

63


64

EVIDENCE

EVIDENCE

65


Mariana Monteiro

66

EVIDENCE

EVIDENCE

67


68

EVIDENCE

EVIDENCE

69


70

EVIDENCE

EVIDENCE

71


Cultural

Teares, cipós e madeiras

Situado no coração da América do Sul, Mato Grosso orgulha-se de ter uma identidade cultural construída pela integração da tradição de povos ancestrais, índios sul-americanos, os afro e euro-descendentes e migrantes oriundos de cada canto deste imenso Brasil. Na capital, Cuiabá, e em outras cidades centenárias como Cáceres, Poconé e Diamantino o patrimônio arquitetônico traz parte da História de Mato Grosso em espaços que estão se transformando em centros culturais e museus. Igrejas como Bom Despacho, Rosário e São Benedito em Cuiabá, de Santana, em Chapada dos Guimarães, as ruínas da matriz da Santíssima Trindade, em Vila Bela, e o Marco de Jauru, em Cáceres, são monumentos tombados pelo Patrimônio Nacional. Há ainda sítios arqueológicos espalhados pelo Pantanal, chapadões no Cerrado e na Floresta Amazônica.

As artes visuais são traduzidas nas cerâmicas dos ribeirinhos, nos teares das redeiras e nas grandes telas que retratam de cotidianos a expressões abstratas. Sementes, cipós e madeiras transformam-se em ornamentos singulares nas mãos dos artesãos matogrossenses. A literatura regional expande fronteiras em prosa e verso contando com renomados escritores. A Cultura Mato-grossense é expressa também por obras contemporâneas. Balé, cinema e vídeo, peças teatrais, orquestras e bandas executam e interpretam manifestações eruditas e populares. Oficinas e escolas de artes cênicas, musicais, visuais e literárias capacitam crianças e jovens, contribuindo para a sua plena formação como cidadãos, gerando respeito à pluralidade que permanentemente constrói a identidade do mato-grossense.

Esportes de aventura Rafting Conhecimentos Milenares

Praticar o Rafting é o mesmo que desbravar belas corredeiras descendo a bordo de um bote. Um esporte As mais de 40 etnias indígenas que mistura adrenalina com segurança e que pode ser que vivem em solo mato-grossense detêm praticado por qualquer pessoa. Existem vários graus conhecimentos milenares trazidos em ritos, de dificuldade, para todos os gostos, por isso qualquer pinturas, artefatos cerâmicos e plumários, um pode se arriscar de acordo com sua vontade. músicas, danças, na linguagem e na gastronomia. Nos espaços coletivos mais populares acontecem Como iniciar neste esporte manifestações de ritmos, danças e folguedos como o siriri, o cururu e o rasqueado, as congadas, o chorado, Primeiramente, deve-se ficar atento na escolha a cavalhada, a dança dos mascarados, o boi à serra, o da empresa que oferece este serviço. Ela deve estar curussé, as caretas e também o chote, o vanerão, a catira, filiada a CBCa - Confederação Brasileira de Canoagem o fandango, o bugio, o cateretê e as modas de viola. - que trabalha dentro das normas estabelecidas. A gastronomia é rica em doces como o de caju, de Verificando se possui guias, profissionais licenciados banana e o furrundu. A paçoca de pilão, maria-izabel pela Confederação e se oferece à segurança básica e farofa de banana fazem tanto sucesso quanto para a prática deste esporte. Para praticar rafting um bom churrasco e uma variedade imensa de não precisa ter experiência, basta ter espírito peixes fritos e assados, como o pacu e o matrinchã. de equipe, gostar de emoções fortes e de água. 72

EVIDENCE

Deve-se ter a consciência de que pode-se cair na água ou o bote virar. Por isso é aconselhável saber nadar e ter no mínimo 12 anos. Todas as descidas devem ser acompanhadas por um instrutor e/ou um segurança pela margem.

pois, o rapel visa uma perda de energia potencial gravitacional de maneira controlada, na passagem de um corpo na vertical (entre dois níveis de altura), em outras palavras, podemos dizer que seria uma descida vertical em corda, onde a não gravidade é superada e controlada pela técnica e pelo prazer.

Equipamentos Todo participante deve receber; remo, colete salva-vidas e capacete. A recomendação para quem for fazer rafting que leve shorts e camiseta sobre uma roupa de banho. O calçado mais recomendável é um tênis que possa ficar molhado ou sandália fechada. Recomenda-se, também, levar protetor solar. O tempo chuvoso não atrapalha de forma alguma as descidas de rafting. No caso de tempo frio, usa-se roupas de neoprene.

Onde praticar

Místico • Localização: Pólo Cerrado e Araguaia • Segmento: Ecoturismo; Cultural; Aventura; Negócios e eventos • Municípios envolvidos: Cuiabá, Várzea Grande, Chapada dos Guimarães, Nova Xavantina, Barra do Garças e Cocalinho. Chapada dos Guimarães e a Serra do Roncador são considerados um dos chacras do planeta. O cerrado é uma ótima opção para quem quer recarregar as energias em meios a paisagens belíssimas com cachoeiras, sítios arqueológicos e cavernas. Lendas e mistérios marcam o Araguaia mato-grossensse, atraindo turistas e estudiosos na área de arqueologia e ufologia. Imperdível: Morro de São Jerônimo, Parque Nacional de Chapada dos Guimarães e Serra do Roncador.

Em Jaciara, o praticante pode desfrutar de muitas cachoeiras, entre elas, a famosa Cachoeira da Fumaça. Em Rondonópolis, mais precisamente numa região chamada Ferraz Egreja, encontramse canyons maravilhosos com veias de águas que desembocam no Rio Vermelho. A beleza cênica convida os amantes deste esporte a um desafio de Indígena coragem e persistência em espetaculares corredeiras. Em todo o Brasil vivem em 546 áreas, aproximadamente 330 mil cidadãos brasileiros Rapel indígenas, que falam 170 línguas. Em 1500, ano do É uma técnica aplicada em descida vertical com “Descobrimento”, estima-se que havia em torno corda. Praticada por grupos de Operações de Forças de 3 milhões de pessoas. Em Mato Grosso residem Especiais do mundo inteiro incluindo a escalada mais de 28 mil índios de 38 etnias diferentes, em 58 em rocha e geleira. As técnicas são aplicadas territórios: 12,8% do Estado são áreas indígenas. Há em várias situações como: o retorno de uma indícios de outros 9 povos ainda não contratados e escalada, cachoeiras, prédios, paredões, abismos, não identificados oficialmente. Encontram-se ainda penhascos, pontes e outros tipos de descidas. A hoje os quatros troncos lingüísticos falados (tupi, descida vertical em corda consiste em uma série macro-jê, arwák e mais um tronco não intitulado, de procedimentos, dentre os quais está preparado objeto ainda em estudo) e mais línguas isoladas. psicologicamente e fisicamente é fundamental, EVIDENCE

73


Negócios • Localização: Pólo Cerrado e Amazônia • Segmentos: Negócios e Eventos; Cultural • Municípios envolvidos: Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Água Boa, Sinop e Campo Verde Mato Grosso oferece diversas opções de qualidade para bons negócios e eventos. Visitas técnicas às fazendas Modelo do Estado fortalece o Agronegócio para o mundo. A excelência na hotelaria e a proximidade com os principais destinos turísticos do Estado são os grandes diferenciais deste roteiro com destaque para gastronomia e o artesanato.

Atrações: Cerrado e Amazônia A cultura e história de Mato Grosso nas construções e tradições dos povos locais, especialmente em Cuiabá, Várzea Grande; a animada noite Cuiabana e seus deliciosos restaurantes (os sabores de Mato Grosso); visita a locais de exposição e comercialização de artesanatos e shows culturais; ótimos centros de eventos e locais para encontros; hotelaria e serviços de apoio da melhor qualidade; proximidade com os principais roteiros turísticos do Estado; Fazendas Modelo para o Mundo: de soja, algodão, pecuária e outros-visitas técnicas. Imperdível: Noite Cuiabana; Gastronomia à base de peixe; o artesanato local; Fazendas Modelo. Nas proximidade desses municípios muitos locais de lazer e turismo: Pantanal, Cerrado, Araguaia e Amazônia.

ambiental da atividade, o progresso das populações ribeirinhas cuja sobrevivência está intimamente ligada à pesca e o fortalecimento da cadeia produtiva do turismo, o Governo do Estado, via Secretaria de Desenvolvimento do Turismo, incentiva a atividade. Ministério do Turismo, Embratur, PNDPA (Programa Nacional de Desenvolvimento da Pesca Amadora) e CEPTA (Centro de Pesquisa e Gestão de Recursos Pesqueiros), Secretarias de Esporte e Lazer e Cultura de Mato Grosso e Fundação Estadual do Meio Ambiente (FEMA) apóiam a iniciativa que promove ações de educação ambiental, divulga técnicas, conscientiza e institui o pesque-e-solte, possibilitando que os peixes fisgados sejam devolvidos com vida ao rio. Piracema - Nos rios mato-grossenses a pesca esportiva é liberada a partir de março. Entre novembro e fevereiro é proibida em função da Piracema, época da desova e reprodução dos peixes.

treinamentos, concursos, palestras, seminários, debates, espetáculos artístico-culturais, depoimentos de experiências profissionais, programas sociais, PCMI, que antecede a política do idoso, desde 1986, filantrópicos, coral, danças folclóricas e outras formas insere-se perfeitamente no espírito da Lei e tem de culturas. Existem 05 Clubes da Melhor Idade: Recordar é Viver, Cuiabá - MT como objetivo principal, melhorar a qualidade de • Flor do Pantanal, Poconé - MT vida das pessoas acima de 50 anos, facilitando seu • De Bem com a Vida, Cuiabá - MT acesso ao uso proveitoso do tempo livre, bem como, • congraçamento e o incentivo dos seus associados • Amigos para Sempre, Cáceres - MT Renascer, Sinop - MT a participarem e atuarem nas diversas atividades • ocupacionais, como: viagens, passeios, cursos,

O PROGRAMA DOS CLUBES DA MELHOR IDADE

A História de Mato Grosso está viva no centro urbano de Cuiabá, como é o caso do Seminário da Conceição e da Igreja de Nossa Senhora do Bom Despacho.

Rural

Poconé, Alta Floresta, Barra do Bugres, Primavera do Leste e Cáceres são alguns dos municípios onde o turismo rural já se encontra consolidado ou em processo de implantação. Cavalgadas, manejo de gado, ordenha, produção artesanal dos derivados do leite, cultivo de pomares e hortaliças, caminhadas ecológicas e observação de fauna e flora compõem roteiros que possibilitam a crianças e adultos vivenciar experiências no mais autêntico meio rural. Nas fazendas e pousadas rurais de Mato Grosso, o dia começa quando o galo canta anunciando a chegada Pesca de uma nova temporada de emoções e momentos Banhado pelas Bacias do Prata e Amazônica, inesquecíveis. Mato Grosso é destino consolidado nacional e internacionalmente para os amantes da pesca Melhor Idade esportiva. Os peixes mais cobiçados do mundo - Dourado, Jaú, Pintado, Cachara, Matrinchã e Programa dos Clubes da Melhor Idade - Mato Grosso Pacu, entre outros - são abundantes nos rios do Em 1994, o Governo Federal cria a Política Pantanal, Amazônia e Vale do Araguaia. Registrado Nacional do Idoso, por meio da Lei N° 8.842 de no Guinness Book, o Festival Internacional de Pesca 04/01/1994, objetivando assegurar os Direitos de Cáceres é referência nacional, entrando para Sociais do Idoso, gerar condições para sua o livro dos recordes como o maior evento mundial autonomia, mantê-lo ativo e integrado na sociedade. na categoria pesca em água doce. Poconé, Barão Com Aprovação do Estatuto do Idoso - Lei N° 10.741 de Melgaço, Barra do Garças e Alta Floresta são de 03 de outubro de 2003, a Política Nacional foi também reconhecidos destinos de pesca esportiva. solidificada e ampliada, conquistada por milhões de Visando a sustentabilidade econômica, social e brasileiros que sonharam e lutaram pelos seus direitos. 74

EVIDENCE

EVIDENCE

75


Como se Organiza o

Judiciário

Tribunais poder para modificá-las ou mantê-las. •

Divisão Hierárquica

No Brasil, o Poder Judiciário obedece uma ordem hierárquica de instâncias em 3 graus, isto significa que um mesmo caso pode ser julgado e passar por 3 degraus do Poder Judiciário até que uma decisão final, à qual não cabe recurso, seja tomada. A primeira instância é aquela que primeiro analisa e julga um caso apresentado ao Judiciário, geralmente representada pelos Juízes. Quando um Juiz toma uma decisão a respeito de uma ação, diz-se que existiu uma sentença de 1ª instância, já que caso uma das partes interessadas do processo (autor ou réu) não concordem com a decisão pronunciada pelo Juiz, ambas pode apelar para que o caso seja analisado em 2ª instância, isto é, pode pedir para que a decisão seja reavaliada.

Gesmar Rodrigues

A

palavra judiciário está ligada à expressão latina juris+dictio, que significa dizer o direito, ou seja, interpretar as leis para solucionar os casos que lhe são trazidos. Por meio de seus juízes e tribunais, o judiciário media as disputas entre as pessoas e decide quem tem ou não direito a alguma coisa, quem deve cumprir uma obrigação ou se uma pessoa é culpada ou inocente. A função do Judiciário é, portanto, garantir o direito das pessoas e promover a Justiça, aplicando as leis nas mais variadas questões.

Casos controversos podem ainda ser enviados à uma 3º instância de poder, os Tribunais Superiores nos quais os Ministros tomam uma decisão final, à qual não cabe mais recurso. A função dos Tribunais Superiores é garantir que a lei seja interpretada da mesma forma em todo o país. O país possui ainda um último Tribunal, considerado a mais alta instância do Judiciário brasileiro, o Supremo Tribunal Federal STF. A função deste órgão é proteger nossa Constituição Federal, garantindo que ela não seja desrespeitada por novas leis nacionais ou estaduais, além de ser responsável por julgar os políticos de atuação federal, como o presidente, os senadores e os deputados federais. •

Organograma do Judiciário

A segunda instância é representada pelos Tribunais de Justiça, é para lá que vão os Veja no esquema abaixo como se organiza o casos que sofrem apelação para que sejam sistema judiciário brasileiro, de acordo com as examinadas as decisões tomadas na primeira instâncias e competências instância, tendo os desembargadores dos

Organização

• Justiça Federal [Comum]: julga casos que forem de interesse da União, das autarquias ou Para facilitar o trabalho dos juízes e o andamento das empresas públicas; dos processos, o judiciário tem divisões que • Justiça do Trabalho [Especializada]: busca resolver conflitos entre trabalhadores e organizam o seu funcionamento: empregadores; • Divisão de Competências • Justiça Eleitoral [Especializada]: existe para • Justiça Estadual (Civil e Penal) [Comum]: garantir que o processo eleitoral seja honesto; busca solucionar conflitos que possam surgir entre pessoas, empresas, instituições e impõe • Justiça Militar [Especializada]: processa e julga os crimes militares. penas àqueles que cometem algum crime; 76

EVIDENCE

EVIDENCE

77


78

EVIDENCE

EVIDENCE

79


80

EVIDENCE

EVIDENCE

81


Editorial

Revista

e x pediente Publicação mensal da Empresa Canta Goiânia® Produções Edições e Eventos Ltda. Diretora PRESIDENTE / Editora

.......Confia os teus cuidados ao Senhor, e Ele te susterá; jamais permitirá que o justo seja abalado..........

Salmos 55:22

Sheyla Rodrigues de Queiroz Diretor Jurídico Dr. Gesmar Rodrigues da Silva - OAB-7598 Gesmar.rs@bol.com.br JORNALISTA RESPONSÁVEL Iara lourenço - DRT/GO - 2586 JORNALISTA COLABORADOR Lorena Matuziro projeto Gráfico

A importância dos primeiros passos escolares

Canta Goiânia® Produções Diretor de produção DESIGNER Gráfico R Design Ruiter Abadia ruiterdesign@gmail.com diretora de marketing e publicidade Mariana Morais Monteiro

Q

uando paramos para pensar no começo da nossa infância e retiramos da memória as situações mais marcantes que vivemos quando ainda éramos pequeninas criaturas totalmente dependentes de nossos pais, com certeza nos lembraremos dos primeiros dias na escola, da calorosa recepção dos colegas depois das férias escolares e das divertidas aulas com aquela professora favorita. Momentos como esses representam uma agradável nostalgia em nossas lembranças, mas o que muitas vezes não reconhecemos e não nos damos conta é da real importância que o começo da vida escolar representa para uma futura formação. É exatamente nos primeiros aprendizados que começamos a moldar nosso conhecimento, começamos a definir que tipo de alunos seremos e fazemos nossas preferências iniciais. A escolha de uma boa instituição de ensino para os primeiros anos escolares e um adequado acompanhamento dos pais nessa fase inicial, pode fazer a grande diferença no futuro profissional e na carreira de seus respectivos filhos. Todo conhecimento adquirido ao longo do tempo e principalmente a maneira como esse conhecimento é absorvido, entendido e aproveitado tem total ligação com uma base inicial de ensinamento que tivemos quando ainda éramos crianças. Outro fator importante e que deve ser levado em consideração, é que quanto mais cedo começamos a desenvolver determinadas habilidades, maior será a chance de nos aprofundarmos em áreas específicas, mais simples será a compreensão e o domínio de um novo idioma e a probabilidade de nos tornarmos profissionais mais completos e preparados para o tão competitivo mercado de trabalho.

Fotografias Centro Fotografico Haroldo Cardoso Conselho Editorial Bpo. Ulysses B. de Oliveira Profª Irene Queiroz Rua 231 Qd. 09 Lt. 81 Nº 751 Setor Coimbra - Goiânia - Goiás Cep.: 74.535-220 - 62 3293 5548 www.revistaevidence.com Facebook/evidencejornalismo ATENÇÃO Ninguém está autorizado a solicitar produtos ou verbas em nome desta revista. As matérias e artigos não representam necessariamente a opinião da revista. Também créditos e direito de uso das imagens “fotos” de anúncios que não forem feitos pela Revista não são de responsabilidade da mesma. A reprodução das matérias é autorizada desde que citada a fonte. Todos os direitos são reservados

Feliz volta às aulas criançada!

à Revista Evidence. Distribuição Em todo o estado de Goiás, Minas Gerais,

Sheyla Queiroz

Diretora Presidente

Tocantins, São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal, Espirito Santo, Maranhão, Bahia, Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul .

82

EVIDENCE

EVIDENCE

83


84

EVIDENCE

EVIDENCE

85


Bruna Macedo

E

m um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e globalizado, o domínio sobre um segundo idioma se torna um requisito de sobrevivência profissional. Uma das grandes escolas de idiomas que tem destaque no Brasil e em Goiânia é a Skill, a empresa tem programas especializados para grupos empresariais e fecha pacotes completos que auxiliam os profissionais a aprenderem uma nova língua e obterem maior destaque em suas respectivas funções. Uma pessoa bilíngue significa crescimento, desenvolvimento e acima de tudo, melhores condições de acompanhar as rápidas mudanças que vêm ocorrendo nesse novo e tecnológico século.

Aprender um idioma não é uma tarefa penosa. É claro que nem sempre é confortável para um profissional adulto, às vezes com cargo de chefia, viver novamente uma situação de aprendiz. Pensando assim pais com uma visão ampla do futuro de seus filhos, vêem colocando ainda pequenos, suas crianças nas escolas especializadas em idiomas, quanto menor, maior a facilidade em absorver outras línguas e culturas. Essa dimensão está ligada às estratégias de aprendizagem do sujeito, lidando com crianças a tática de estudos é mais dinâmica e é reconhecida como conhecimento esquemático tornando possível a melhor interação no processo discursivo: tanto no diálogo quanto na escrita.

O aumento do desemprego intelectual é uma das grandes preocupações de profissionais graduados das grandes empresas e uma instituição de ensino de idiomas torna-se essencial para um futuro promissor em sua carreira. O segundo idioma já não é mais um diferencial e sim um requisito exigido nas empresas. O executivo moderno deve ter plena consciência de que precisa investir no seu aprimoramento tanto profissional quanto pessoal e compreender que necessita comunicar-se com o mundo. A qualidade do seu futuro depende da qualidade das ações de todos os dias da sua vida e quanto mais cedo melhor.

Crianças que já tiveram contato com outras culturas e aprenderam outros idiomas, certamente se tornaram grandes profissionais de sucesso devido ao maior tempo e melhor perspicaz. No entanto, é totalmente possível que pessoas com idade mais avançada aprendam, com excelência, outro idioma. O maior benefício de se aprender outra língua na infância está mais focado na pronúncia. Mas pode-se aprender um idioma e se tornar proficiente mesmo não tendo um sotaque nativo e isso independe da idade, tornando-se profissionais capacitados para esse mercado de trabalho cada vez mais concorrido

86

EVIDENCE

EVIDENCE

87


88

EVIDENCE

EVIDENCE

89


Rosana Halterbeck

O

fator de proteção 30 é o mais indicado para as crianças, mas vai depender também do tipo de pele, e a regra é simples: quanto mais clara, mais alto deve ser o filtro solar. “Isso vale para bebês com mais de 6 meses de idade. Antes disso, não é recomendado o uso de protetores, e os pais devem evitar a exposição prolongada, mantendo-os na sombra, com camisetas e chapéus”, afirma o dermatologista Mario Grinblat.

90

EVIDENCE

O cuidado com a pele das crianças neste verão O protetor ideal deve proteger as crianças dos raios UVA e UVB, além de conter substâncias que hidratem a pele. Prefira marcas conhecidas e especializadas em linha infantil, com composição própria para pele mais delicada. Jamais utilize seu filtro solar no seu filho. Ele contém substâncias que podem irritar a pele dos pequenos. Se a criança for alérgica, é preciso procurar orientação com o pediatra ou um dermatologista sobre o produto ideal para ela

EVIDENCE

91


Bruna Macedo

A

Enquanto eu tiver perguntas e não houver respostas… continuarei a escrever...

Clarice Lispector

92

EVIDENCE

“ Volta às aulas, volta à vida, rumo aos sonhos.”

no Novo, vida nova! É isso que todos os estudantes esperam que seja o ano que começa agora, que junto dele traz a volta às aulas, o reencontro de amigos, a possibilidade de fazer novas amizades, a nova sala de aula e os novos professores. A real expectativa é a de que tudo seja mais leve e novo, todos esperam que os planos de melhor organização e aumento das notas sejam reais e que não falte paciência e diversão durante os semestres. Nem sempre é fácil ter disposição ao voltar para a rotina de antigamente, isto acaba ocorrendo, devido a alguns excessos como: assistir televisão e acessar redes sociais até tarde, dormir e acordar fora do horário, deixar de realizar atividades do colégio e outros, ou seja, tanto as crianças quanto os adolescentes acabam mudando os hábitos durante o período das férias. Para alguns, voltar para a antiga rotina pode não ser uma coisa muito agradável no inicio, mas em contrapartida, continuar na mesma escola e na mesma sala de aula são fatores que motivam esse recomeço, imaginar que as mesmas bagunças, conversas e atividades em grupo podem voltar a acontecer e juntar a expectativa de novidades para o ano de 2012 tornam qualquer volta às aulas muito mais interessante e divertida. Para outras pessoas a mudança pode ser mais drástica, há quem não goste que as coisas se renovem, talvez alguns vivam a situação de um novo emprego do pai, a mudança para uma nova cidade, nova sala de aula, novos amigos e professores e uma diferente técnica de ensino a ser aprendida rapidamente, mas é preciso que as coisas se movam e aconteçam pois só assim novidades leves e boas poderão surgir. Esse novo começo também pode ser o primeiro passo para trilhar um novo final, é normal sentir uma certa insegurança nesse período, afinal serão várias pessoas cobrando um bom desempenho e ainda existe a maior das cobranças que é aquela que fazemos de nós mesmos. Nesse momento é importante parar de pensar um pouco em “farras”,

o carnaval está chegando, mas você terá ele todos os anos para festejar, esse ano vamos focar nas notas, nem que o foco seja somente na médias das matérias mais chatas e que você separe um tempo para se divertir viajando nas obras de literatura ou, se ao seu gosto, multiplicando as áreas do triângulo – retângulo. Mas comece fazendo pelo lado certo, sair, conversar com os amigos e dançar nas boates é uma coisa ótima, mas passar em todas as matérias da forma correta e não se sentir sufocado no final do ano é melhor ainda. Como disse o escritor norte americano, Norman Vincent: “mude seus pensamentos e estará mudando o seu mundo.” Levando todo esse processo mais a sério e se dedicando com exclusividade às principais matérias, vai ser mais fácil conseguir uma boa base para o tão famoso vestibular. Não é preciso imaginá-lo como um bicho de sete cabeças, só é preciso ter garra no ensino médio todo para que esses três longos anos, que mais parecem 3 séculos, passem rápido e que o final de tudo valha a pena. É muito bom pensar que o próximo passo será a faculdade, que as matérias estudadas serão mais parecidas com as preferidas da época do colégio e que a sonhada ideia da liberdade de ser um acadêmico será mais real. Mesmo que você não tenha passado de primeira na faculdade dos seus sonhos, relaxe! Uma boa opção e um mais profundo aprendizado são os famosos cursinhos, além de terem mais um tempo para escolher a profissão do seu futuro, algo que além de trazer riqueza material e espiritual para você, some algo bom e construtivo para a sociedade. Você tem mais um tempo para se dedicar ao curso escolhido. Não se preocupe tanto em se matar de estudar para uma federal ou estadual, elas são realmente muito boas, mas o governo por um todo vem fazendo melhorias e qualificando com mestres e doutores as universidades particulares também, afinal só iremos construir um país melhor se todos tiverem uma educação de qualidade EVIDENCE

93


Programa Escola de Inteligência A Revista Evidence entrevistou um dos fundadores do Ávila, a instituição foi fundada em 1989 pelos irmãos Krishnaaor e Talma Ávila. O nome é uma homenagem ao pai, Antônio Castelo Branco Ávila. RE: Em que se baseia o projeto pedagógico do colégio Ávila? Resposta: Desde o início ficou muito bem definido que o nosso projeto pedagógico utilizaria os temas transversais buscando a formação do ser humano como um todo. Neste sentido buscamos uma aproximação constante com a família, pois consideramos que a escola é, realmente, a extensão da família. Este fato se tornou o grande diferencial do colégio, pois para se trabalhar com família é necessário, acima de tudo, que se tenha uma experiência de trabalho com famílias, experiência que adquirimos com mais de 25 anos de trabalho em encontros de casai e encontros de jovens. É necessário, também, que se seja exemplo de atitudes, pois não há nada pior que um bom conselho seguido de um mau exemplo.

Por este motivo o Ávila inseriu, desde o ano de 2011, aulas curriculares de inteligência emocional, desenvolvidas, com materiais próprios, pelo Dr. Augusto Cury.

RE: Trabalhar valores não atrapalharia uma educação mais rígida que tanto os pais cobram hoje em dia? Resposta: Este é o grande engano que algumas famílias estão cometendo atualmente. Quando se acredita que uma direção rígida vai mudar a postura de um aluno estamos decretando a falência total da instituição familiar. Os valores básicos da personalidade são e serão sempre de responsabilidade intransferível da família. É claro que a disciplina é fundamental e desta não abrimos mão. Não podemos nos iludir, também, acreditando que o excesso de trabalhos diários ocupando todo o tempo da criança é a forma correta de se exigir. A quantidade de informações, o volume RE: O que significa Escola da Inteligência? e a forma de repassá-las passa por um processo Resposta: A escola da inteligência é um programa científico que vem com a formação de nossos de desenvolvimento da inteligência multifocal, da profissionais. Todos são devidamente graduados e saúde emocional e das relações sociais saudáveis. preparados para a função que exercem. Quando se Segundo pesquisas, estamos diante da geração tem preparo para se trabalhar com a família e escutar mais deprimida de todos os tempos. A depressão os anseios das crianças o resultado é muito melhor. tem se tornado a doença mais comum do mundo (OMS), e, segundo Harward, estamos diante RE: O que motivou a desativação do ensino médio? da geração mais frágil e ansiosa de todos os Resposta: O motivo principal foi a impossibilidade de tempos. 80 % dos casos de demissão de cargos de renegociação do aluguel daquela unidade. O nosso supervisão de uma empresa advém de problemas emocional sentiu bastante, pois temos consciência comportamentais. É preciso expandir inúmeras que as famílias que buscavam o nosso ensino funções da inteligência para desenvolvermos médio acreditavam em nosso projeto pedagógico capacidades para se brilhar nas relações sociais, no diferenciado, onde o aluno além de ser preparado mercado de trabalho, e ter saúde emocional em para qualquer vestibular era, também, acompanhado uma sociedade que adoece rápido e coletivamente. como um ser humano e preparado para a vida. Preparar nossas crianças e jovens para tais desafios Muito me preocupa a idéia disseminada em é o que objetiva a escola da inteligência. Uma Goiânia de que o aluno de ensino médio deve ser educação que prepara para a vida, trabalhando massacrado e transformado em um troféu das a mudança do pensamento para a mudança de escolas e dos pais por ter passado em um curso comportamento e assim estimular a formação de de medicina. Está acontecendo uma discriminação pensadores em uma sociedade mais justa e saudável. 94

EVIDENCE

EVIDENCE

95


dos jovens advindos das escolas públicas e dos jovens que necessitam de um acompanhamento especial. O ENEM agravou ainda mais este problema quando divulga um ranking de melhores escolas. As melhores escolas estão sendo aquelas que selecionam os melhores alunos e excluem os alunos que necessitam de acompanhamentos especiais. Isto para mim não é ser educador.

Já está em funcionamento, a partir de 2012, lousas eletrônicas em todas as salas de aula da segunda fase do ensino fundamental. Nestas salas não existe mais quadro negro e giz. Os alunos da primeira fase já trabalham desde 2009 com class made em sala de aula pesquisando, de forma orientada, conteúdos planejados via internet. Fomos a primeira escola em Goiás a implantar um laboratório de informática que é mantido até hoje totalmente atualizado

RE: Quais as expectativas para o ensino fundamental? Resposta: O nosso ensino fundamental, que já se tornou uma referência nacional de ensino, contará agora com todas as nossas energias voltadas para o mesmo. Escola é uma empresa diferente, que necessita da presença e do olhar constante da direção. Estou muito feliz em poder, novamente, receber os alunos na porta todas as manhãs, examinando os seus olhares e alegrando as suas chegadas. Por outro lado, estamos desenvolvendo um processo de coaching visando uma melhora significativa em nossas relações profissionais e planejamento estratégico de crescimento saudável desta unidade. RE: O que dizer sobre a tecnologia no colégio Ávila? Resposta: Posso afirmar que o Ávila se encontra entre os mais atualizados do país em termos de tecnologia. Desenvolvemos, há mais de dez anos, um projeto chamado Projeto Multimídia e já temos atualmente mais de 1.000 aulas desenvolvidas em multimídia.

96

EVIDENCE

Sr. Talma Ávila ao lado da foto do pai Antônio Castelo Branco Ávila

EVIDENCE

97


98

EVIDENCE

EVIDENCE

99


100

EVIDENCE


Edição 20