Issuu on Google+

ano IV nº 121 - SCS, 01 de Setembro de 2012

Auxílio aluguel, eu

também quero! População a ser beneficiada pela proposta do candidato do PMDB - Paulo Pinheiro, serão moradores de áreas carentes das cidades vizinhas que achariam um meio de morar de graça em São Caetano e se beneficiar de toda infra-estrutura da cidade que através de seus impostos mantém a qualidade de vida dos munícipes. Esse auxílio pode chegar a R$ 1.500,00 por família, visto que na cidade não tem moradia popular. Página 3

Casa do Olhar recebe workshop sobre polêmico publicitário italiano Trabalhos de OIiviero Toscani serão debatidos sob condução de Luiz Giope. Encontros gratuitos serão realizados em quatro sábados de setembro. Página 8

Proposta congela preços de alimentos durante situação de calamidade e desastres A Câmara analisa projeto de lei do deputado João Pizzolatti (PP-SC), que proíbe o aumento de preços dos produtos de primeira necessidade em municípios atingidos por desastres naturais que estejam sob situação de emergência ou estado de calamidade pública.

Paranapiacaba recebe o 3º Encontro de Cinema

Página 6

São Caetano acerta com técnico Leão

Programação gratuita, com mostra de filmes, palestras e intervenções artísticas será no Clube União Lyra-Serrano. Página 8

Projeto A Letra e a Língua homenageia Tom Jobim e Vinicius de Moraes A Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Caetano do Sul, por meio do Departamento de Cultura, dá continuidade ao projeto A Letra e a Língua, uma ação que traz a força literária contida nas canções de grandes compositores da música brasileira. Página 8

1ª Mostra Vou Casar no ABC começa em São Caetano Página 8

O Ginásio Vitório Zanon, o ‘Baetão’, sediou ontem, (31), a abertura da 46ª edição dos Jogos Escolares de São Bernardo. Página 6

Laboratório para tratamento de doenças raras é inaugurado A Faculdade de Medicina do ABC inaugurou quarta-feira (29), o Centro Especializado em Doenças Inatas do Metabolis-

mo. Inédito no Grande ABC, o nóstico, normalmente identifilocal será responsável pelo cadas no nascimento pelo teste atendimento de crianças com do pezinho. Página 2 doenças raras e de difícil diag-

Após a saída do técnico Sérgio Guedes (demitido na última quarta-feira), a diretoria do São Caetano ágil rápido e já confirmou oficialmente a chegada de um novo treinador. O multicampeão, Émerson Leão retorna ao clube após uma rápida passagem em 2006. Página 7

Chineses visitam estrutura esportiva de São Caetano visando os Jogos de 2016 Página 6

Cai a ficha: PT de Paulo Pinheiro é o adversário de Regina Maura Demorou mas caiu a ficha da realidade prática na cúpula dos gestores da candidatura de Regina Maura Zetone à Prefeitura de São

Caetano: o peemedebista Paulo Pinheiro é a trincheira petista de Luiz Marinho, titular do Paço de São Bernardo, na tentativa de colecionar a

mais preciosa joia da coroa da classe média tradicional da Província do Grande ABC. Demorou para a candidatura situacionista ser tocada pela

realidade dos fatos: o PT não a dinheirama da campanha está para brincadeiras na petista na região. cidade e tampouco na região, Leia na página 3 este porque o sonho de Luiz Mariinteressante artigo nho virar governador embala


Jornal Imprensa ABC

Página 2

OPINIÕES

São Caetano do Sul, Trombeta? Comunismo? Não sei se é um prazer ou um desprazer conhecer este senhor chamado Eder Xavier, companheiro de Paulo Pinheiro, de São Caetano do Sul. Mas confesso que fico com a segunda opção, por não comungar com gente que, em vez de apresentar propostas e ajudar no desenvolvimento da cidade, prefere ir na sua contramão e subestimar a inteligência do seu povo com falácias retrógadas. Isso é próprio de gente sem história política, sem chão. Como pode, em pleno século XXI, falar em Partido Comunista e, justamente, numa cidade como São Caetano do Sul? Dr. Eder gostaria de lhe fazer algumas perguntas: No seu “Trombeta”, com seu “puro moralismo” e “combate à corrupção”, nada ainda foi divulgado a respeito do recente escândalo no SEMASA em Santo André, envolvendo diretamente os senhores Ângelo Pavin e Eugênio Voltarelli (PMDB), membros, do grupo político do Dr. Paulo Pinheiro, denunciados por ‘extorquirem’ empresários com licença ambiental para, suposto, caixa dois de campanha eleitoral. Isso é porque o senhor é coligado político e apoia o Dr. Paulo (PMDB)? O senhor já imaginou este tipo de gente no comando da nossa cidade? Meu Deus! E sobre o Dr. Paulo Pinheiro que durante toda a sua vida política, 16 anos como vereador, se fez usando do serviço público? Serviços que hoje ele os critica; serviços que ele mesmo aprovou quando vereador, dentre tantos: cidade limpa, municipalização dos clubes esportivos, verticalização, reajustes do IPTU etc.? Que tinha, até ontem, o Prefeito Aurícchio como o melhor prefeito de todos os tempos, e hoje não presta mais? Por que o que ele “promete” hoje, não o fez quando vereador? Só agora ele passou a conhecer as necessidades do nosso povo? Que hoje, o mesmo Dr. Paulo, vomita no “prato farto” que sempre comeu? Que, incrivelmente, critica a Segurança Pública, andando a tiracolo, com seus ex-comandantes e até coronel e que, por questões partidárias mesquinhas, deixaram o povo a mercê dos bandidos boicotando a segurança dos cidadãos? Que agora fala em revitalização do nosso bairro? Revitalizar o quê? MENTIRA! Que homem Ético, não? E, num descaramento sem igual, os que sempre comandaram a PM na cidade, vêm agora dizer que tem propostas para melhorar a Segurança Pública? Durma com um barulho destes! Isso só pode ser brincadeira, não é possível! E mais Dr. Eder, e quanto ao homem da ‘mala preta’, do PT, considerado por Lula um dos “aloprados”, denunciado e pego com uma mala contendo R$ 1,7 milhão para comprar documentos falsos contra José Serra e que agora volta rindo da nossa cara, com o seu dedinho levantado como se fosse o número um, número um em quê? Vamos lá, Dr. Eder Xavier, prove, mostre ao povo que o senhor é tudo o que prega. Viu quantas notícias boas para o seu Trombeta? Queremos vê-las na sua próxima edição. Ah! O senhor também foi contra a construção do Park Shopping São Caetano, não foi? Por que não aparece por lá e diz isso aos milhares de trabalhadores que ali se empregaram e aos investidores e empresários lá estabelecidos e que pagam seus impostos? Por que o senhor, com a sua ‘expertise jurídica’ não vêm nos ajudar para que as Indústrias Matarazzo, no nosso bairro, consigam sua licença ambiental junto à CETESB e sejam liberadas para ser mais um novo pólo econômico em nossa cidade? Por que o senhor não nos mostra, em vez de só criticar tudo e todos, as suas realizações, seus feitos e as suas contribuições, que ajudaram a fazer São Caetano chegar aonde chegou como a melhor cidade do País para se viver? Que administração ruim, quanto a criticar, não é Dr. Eder Xavier? Aos leitores, o meu recado, cuidado! Não se calem. Gritem, verbalizem, escrevam, infernizem todo mau político. Nós temos o direito da liberdade de expressão, de pensamento. Expressem a sua indignação! Não tenham medo de repressão. Somos pessoas do bem. Vivemos num Estado democrático de direito e não de comunismo. Não se deixem levar por mentiras, vaidades pessoais, por pessoas vazias e por críticas apelativas e iradas. Saibam os porquês de tantas apelações e conheçam as pessoas que as fazem. Eu estou fazendo a minha parte e quisera eu conseguir a façanha de permanecer impassível diante de tanta hipocrisia e cinismo, mas não consigo. Eu desejo um País melhor para os nossos filhos e netos. Eu ainda acredito nisso! Assim como eu, creio que a nossa população saberá dar a resposta a esta gente em 07 de outubro. E, você, cidadã e cidadão do BEM, podem fazer uso desta matéria e divulgá-la em todas as redes sociais da internet, repasse aos seus amigos. E que fique claro, não sou candidato a nada. Ética e moralização na Política, JÁ! LUIZ ANTONIO DE CARVALHO, la.rh@ig.com.br

“Grandes mudanças aconteceram” Deveria ser do conhecimento dos cidadãos a história política de uma nação que se mede em ciclos. Eles são definidos pela geração que exerceu o poder naquele tempo. Nesse sentido, a história do Brasil é dividida em sete ciclos: colônia (portuguesa), império (casa real), república velha (oligarquias paulistas e mineiras), estado novo (Vargas), república de 46 (PSD, UDN e PTB), ditadura (militares) e nova república. Na nova república foi inaugurada com a constituição de 1988 e teve como momento decisivo as eleições de 1989. A abertura trouxe uma nova elite, eleita e mantida no poder democraticamente. Os principais nomes foram Lula, Collor, Fernando Henrique (FHC), Quércia, Sarney, e Mário Covas, entre outros. E, mais uma vez a história promove a mudança. Saem os velhos estadistas da democracia e entra novas gerações de políticos com perfil administrativo voltado para a gestão e a busca de resultados. Dilma Rousseff expressa essa mudança, assim como os vários dos novos candidatos a prefeito e a vereador em todo país. O importante é estar atento as mudanças para não ficar pelo caminho, reconhecendo a contribuição dos antigos e investindo no ímpeto dos novos. É assim que se faz política de resultado em tempo de democracia, tendo em mente que, para nosso bem, o novo sempre representa mudanças. Porém, os eleitores devem ficar atentos as falsas promessas. Um exemplo é de um certo candidato a prefeito por São Paulo, que se intitula ser uma pessoa honesta, como se isso não fosse uma obrigação de todo o cidadão, “intitulando-se como uma virtude”, ou seja, todos temos que ser honestos independente do cargo que ocupa. O voto quando se vive em plena democracia não tem preço, o voto tem consequência devastadora se você depositar na pessoa errada, nos pregadores de falsas promessas! Pense, reflita antes de decidir em quem votar, lembrando que faltam menos de 40 dias para as eleições. Melhor pesquisar antes de depositar seu voto no candidato, cara bonita e bem falante não é sinônimo de honestidade !!! TURÍBIO LIBERATTO

Laboratório para tratamento de doenças raras é inaugurado Inédito no Grande ABC, local atenderá crianças até então encaminhadas para a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), na Capital A Faculdade de Medicina do ABC inaugurou quarta-feira (29), o Centro Especializado em Doenças Inatas do Metabolismo. Inédito no Grande ABC, o local será responsável pelo atendimento de crianças com doenças raras e de difícil diagnóstico, normalmente identificadas no nascimento pelo teste do pezinho. Os sintomas geralmente aparecem no primeiro ano de vida e até pouco tempo a ciência não tinha muitas alternativas para tratar o problema. A mucopolissacaridose, por exemplo, é doença que promove o acúmulo de açúcar no sangue por defeito no metabolismo. Sem opções terapêuticas, os portadores não passavam dos 10 anos de idade. “Nos últimos 5 anos a ciência avançou muito no campo das doenças raras do metabolismo. Hoje temos tratamentos para boa parte dessas patologias, possibilitando desenvolvimento normal dessas crianças. As medicações são fornecidas gratuita-

mente pelo governo, pois têm custo extremamente elevado. O tratamento mensal pode chegar a R$ 50 mil”, exemplifica Dr. Rubens Wajnsztejn, professor da disciplina de Neurologia da Faculdade de Medicina do ABC, cadeira que comandará o novo centro de referência. Para viabilizar os trabalhos, a FMABC deu início em abril ao Ambulatório Especializado em Erros Inatos do Metabolismo, sob comando do neurologista Dr. Paulo Breinis. O local recebe encaminhamentos de diversos serviços de saúde do Grande ABC e tem por objetivo realizar diagnóstico das doenças a fim de determinar o melhor tratamento. “Após as avaliações clínicas, acompanhamento e realização de diversos exames, chegamos ao diagnóstico. Porém, o tratamento era feito somente em São Paulo, na Unifesp, pois o procedimento requer espaço adequado e profissional capacitado até então

Dr. Rubens Wajnsztejn indisponíveis no ABC. O procedimento exige infusão periódica de enzimas via intravenosa”, detalha Dr. Rubens Wajnsztejn.

Jeitinho brasileiro A corrupção na política sempre existiu, faz parte do jogo de interesse e poder desde o nascimento da vida em sociedade. No Império Romano por exemplo, existia até uma tabela paralela de corrupção feita pelo próprio senado para burlar as leis. A corrupção não é privilegio brasileiro, ela sempre existiu nas democracias liberais, no socialismo real, no fascismo, no nazismo, na social democracia, no populismo, nas ditaduras militares, na teocracia entre tantas outras formas de governo. O famoso jeitinho brasileiro pode ser abordado de duas maneiras principais: como característica psicossocial do povo e dos governantes. No primeiro caso ele tem sentido pejorativo, pois diz que o povo brasileiro arranja sempre um modo de viver sem trabalhar, de não estudar, de não pagar impostos, fugir dos compromissos e responsabilidade, corrompendo. Quando se refere aos governantes e outros poderosos, o jeitinho tem um sentido de criatividade e de esperteza, qualidades que valorizam os seus autores. É a capacidade de improvisar soluções acauteladoras quando tudo parece estar perdido. É a presença de espírito que dá respostas imediatas para situações embaraçosas, sobretudo são respostas de efeito mais vazias de significado. Em resumo, o jeitinho é o instru-

mento mais usado para “deixar como está pra ver como fica”. Essa questão pode ser estudada e explicada de tantas formas diferentes, incluindo a história, a psicanálise e outras disciplinas. A procura das raízes profundas desse fenômeno poderia levar-nos a lugares e épocas tão afastadas da realidade atual, que perderíamos o interesse no encaminhamento das questões que estamos enfrentando atualmente. O espírito conservador que caracteriza a política brasileira e toda sua sociedade tem um ponto de origem no tempo e nos fatos: a estrutura colonial mantida por mais de três séculos. Os vícios do colonialismo e da escravidão poderiam ser desfeitos ao impulso das grandes transformações ocorridas no mundo que repercutiram aqui, como foi o caso da Independência dos Estados Unidos e da Revolução Francesa. As lutas entre o que já era velho e o que se desejava fosse novo concretizaram-se na oposição ao absolutismo de D. Pedro I, sobretudo nos anos do final do Primeiro Reinado, quando as crises internas foram agravadas pelas disputas do poder na Europa, desviando a atenção do monarca para seus interesses pessoais em relação ao trono português. Nesse momento o Brasil teve muito perto de realizar um grande salto quali-

tativo abolindo a monarquia e seus vícios de corrupção. Durante muitos séculos, só um número reduzido de frequentadores da Corte e do Parlamento conheciam na intimidade os problemas nacionais e suas causas, e mesmo esses tendiam a explicar os fatos e critérios subjetivos para soluciona-los. As soluções para tais problemas foram elaboradas aqui mesmo, e esse fato permanece até os dias atuais. Está claro que a estrutura e a organização social criadas no colonialismo e no Primeiro Reinado forneceram as condições objetivas favoráveis ao projeto do jeitinho e corrupção inerentes nos dias atuais, pois no alto da pirâmide social ainda mantem-se uma pequena elite detentora de todo poder político e econômico, na base ainda permanece a massa enorme de seres que ignoram ou são incapazes de qualquer ação de mudanças, enquanto as resistências intermediarias, mais esclarecidas, ainda não são fortes o bastante para transformar a estrutura e os acontecimentos. José Odair da Silva - Dr. em Ciência da Religião PUC/SP

Brasil “conquista” a menor taxa Selic da história Quarta passada (29/08) o Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu a taxa básica de juros em 0,50 pontos percentual, deixando a Selic em 7,5% ao ano. Esta redução faz com que tenhamos a menor taxa da história. Quem diria que um dia estaria presenciando isso, sendo que há pouco tempo atrás estávamos com uma taxa de dois algarismos antes da vírgula. Com essa redução, nosso país conquista a quinta maior taxa do mundo, parece ruim, mas já estivemos em situação bem pior. Vale lembrar que aqueles países que se dizem “desenvolvidos”, possuem taxa próximo a zero ponto percentual. Mas afinal, o que muda em nossas vidas uma Selic baixa? A taxa alta, que sempre assombrou a população brasileira, agora está caindo e de acordo com muitos analistas, desta vez cairá definitivamente. Uma Selic baixa muda tudo na economia, muda sua forma de investir, negociar dívidas, empreender, entre outros. Quanto menor a Selic, mais barato fica o dinheiro, ou seja, ao tomar

empréstimos pagamos menos juros pelo dinheiro que pegamos. Para empreendedores de plantão essa notícia é uma das melhores, pois eles podem construir seus negócios pagando menos juros. Isso é bom para a economia em geral que terá mais empreendimentos, gerando mais empregos. Para os investidores, a renda fixa atrelada à Selic não fica atraente quando a taxa cai, pois diminui ainda mais a rentabilidade. Outro problema para os investidores e poupadores é que, com a Selic em queda, a famosa poupança tende a render menos ainda. Para aqueles que não empreendem e também não investem, o que resta é aproveitar da melhor maneira possível a queda da taxa de juros. Antes de mais nada, devemos estar preparados para esse grande momento da economia, não adianta nada fazer dezenas de empréstimos só porque o juros está baixo e no fim não conseguir pagar a parcela. O que podemos fazer neste momento é aproveitar para trocar as

dívidas caras que já estão sendo pagas, por dívidas mais em conta. Por exemplo, se estiver pagando uma dívida com 3% ao mês, por que não refinanciar seu carro por 0,99% ao mês e quitar o outro empréstimo? Existem várias alternativas, as oportunidades estão ai, basta apenas pararmos para analisar. E tem mais, muitos não gostam da palavra dívida, mas existem dois tipos de dívida, a dívida ruim e a dívida boa. Já pensou em ter uma dívida boa? Parece até piada, mas isso pode ajudar e muito para seu sucesso financeiro. Caso queira conhecer melhor essa dica de educação financeira, basta acompanhar o próximo artigo. www.facebook.com/ BrunoasChacon Bruno Chacon


Jornal Imprensa ABC

Página 3

Projeto de Paulo Pinheiro provoca pânico na cidade Plano de governo do candidato Paulo Pinheiro quer a migração de moradores vizinhos à São Caetano, garantindo o pagamento de aluguel para quem não tem imóvel na cidade. Em 1980 o prefeito Raimundo da Cunha Leite, também PMDB, permitiu que o então buracão da Cerâmica se tornasse a primeira favela da cidade. Difícil foi removê-la depois. Samuel Oliveira munícipes que não tem onde morar. É doido, ou não sabe o que está falando. Não tem plano de governo. Usa os projetos do atual prefeito José Auricchio como se ainda estivesse na base da administração petebista. Esquece totalmente que está do lado oposto, agora é PMDB, e não PTB. Tenta confundir o eleitor deixando entender que é candidato da situação e não da oposição. Usa e abusa das obras realizadas nos últimos 8 anos da administração Auricchio, como se ele fosse o responsável por tudo, e ninguém tivesse feito nada.. Age como se fosse o dono real de todas as obras e projetos pioneiros da administração municipal. Mas, nunca apresentou um único projeto para a área de saúde, infra-estrutura, esportes, educação, obras, assistência social, transportes, mobilidade urbana e todas as outras áreas de abrangência municipal. Diz que faz e desfaz, principalmente na área de saúde, onde fala que nunca cobrou nada por cirurgias e consultas, mas é claro que não cobra, porque recebe pelas mesmas cirurgias, salários da prefeitura que superam seus subsídios como vereador. Esquece também o vereador que nunca teve consultório na cidade, e que nos primeiros mandatos morava na cidade vizinha de Santo André. O Dr. Paulo Pinheiro acha que pode enganar a todos com seu discurso de bonzinho e sorridente, onde a terceira idade do município segundo a última pesquisa publicada pelo Jornal Diário do ABC, já descobriu que ele não é bonzinho, e muito menos papai noel, todos nós já sabemos que ele recebe para isso. Por isso na última pesquisa do Diário, a dra. Regina Maura está na frente. A principal ideia colocada em prática nos últimos dias pelo candidato peemedebista, é o Auxílio Aluguel. Que beleza, dr. Paulo. Muito boa esta ideia do sr., que já avisou aos quatro cantos da cidade através de panfletos, que vai pagar aluguel para quem não tem condições de pagá-los. Como se fosse uma pequena ajudinha dos munícipes, comércios e empresas, que com sacrifício pagam seus impostos mês a mês sem pestanejar, esta mordomia do prefeito bonzinho que o senhor tenta impor, aos

Esta ajuda em São Caetano para aluguel tem que ser no mínimo de R$ 1.000,00, é o que custa um aluguel em média em São Caetano, moradia popular. Esta situação a que o senhor está tentando impor a sociedade sancaetanense, pode ter duplo sentido: Incentivar ainda mais a verticalização da cidade, a qual o sr. a combate atualmente (mas votou a favor, antes de ser candidato a prefeito na oposição), e/ou a invasão de moradores das cidades vizinhas (àqueles mais humildes que moram nas favelas ribeirinhas). Não queremos em São Caetano moradores que venham do Heliópolis, da Palmares e de outros lugares morar em nossa cidade pensando que vamos dar cartão aluguel porque a Lei Federal não “Candidata Regina Maura não precisa explicar “Enquanto que o candidato Paulo Pinheiro, tem permite. Segundo, não temos nem nada do que foi aprovado na Câmara Municipal” e bastante a explicar, e poderia começar agora.” lugar para colocar tanta gente; terceiro, muito menos dinheiro para bancar um projeto tão absurdo quanto este. Sr. Dr. Paulo Pinheiro, nosso povo não é bobo, nós não acreditamos em Papai Noel e não queremos candidato mentindo para nós como esse projeto absurdo de quem não sabe o que está fazendo e muito menos do que está falando. * Na única vez em que foi presidente da Câmara Municipal, o sr., foi condenado por (quadro ao lado) Algumas respostas que o improbidade administrativa, mas nunca falou sobre o assunto - leia-se processo 1599/ candidato Paulo Pinheiro, se cala 026/2003. quando perguntado, é porque não * O que eram as Guias Cor de Rosa e para que elas serviam, e eram recebidas por tem resposta, não sabe o que dizer porque foi também o responsável e quem? quer jogar a culpa a seus pares da OBS: estas guias foram usadas para receber da prefeitura por serviços prestados e o sr. Câmara. ficava com os valores - estas guias foram usadas depois do fechamento do Hospital Nova A última tacada do candidato peemedebista, foi uma carta Gerti cujo sócio proprietário era o senhor. pedindo para que a candidata * Porque o prefeito Luiz Marinho - PT São Bernardo está bancando sua campanha Regina Maura, não divulgue inverdades sobre ele, e sim somente eleitoral (alguns milhões de reais devem ser dos cofres da prefeitura de São Bernardo do debater ideias. Mas, quem começou Campo) e é seu principal cabo eleitoral? a guerra de injúrias, inverdades e * O que o senhor vai dar em troca ao prefeito Luiz Marinho se vencer as eleições em difamação grotesta e animalesca, São Caetano? foi o sr. e sua equipe de trabalho junto com seus amigos mais * Vai pagar o Marinho (PT) com dinheiro público de São Caetano do Sul com juros? próximos, inclusive vindo também Ou tem outros propósitos... de partido da sua coligação como o * Quanto o sr. recebe da prefeitura pelas cirurgias e consultas, que o senhor fala que PC do B, partido comunista. O candidato oposicionista diz o são de graça? seguinte, quando a coisa é boa, foi * Qual o valor do seu mensalinho na Câmara Municipal, afinal o sr. também é vereador. ele quem fez, e quando a coisa é * Quantos foram os projetos aprovados e apresentados pelo sr. e constam em seu ‘plano ruim, foi a dra. Regina Maura. Ele pensa que o povo não se lembra de governo’ genérico? que ele é vereador à 16 anos e que * Dr. Paulo, o senhor foi um dos que aprovou a cidade limpa, porque agora é contra? disse várias vezes que o prefeito * Dr. Paulo, trazendo moradores de Santo André, São Bernardo (favelas) você estará Auricchio era o melhor prefeito do Brasil, e também em 16 anos nunca fazendo o pagamento indiretamente um favor (pagamento) a Luiz Marinho? apresentou nenhum projeto de lei * Por que o sr. esquiva de todas as perguntas sobre seu plano de governo, e quando que beneficiasse o povo e a cidade apresenta alguma coisa é cópia genérica de sua adversária? e nunca fez um discurso na tribuna, sempre entrou mudo e saiu calado, * Porque o sr. não fala que foi a favor da privatização do DAE, aumento da carga e votou em todos os projetos horária das APIs, a favor da verticalização e aumento dos impostos (IPTU) e agora vem favoravelmente nos oito anos do falar que é contra e não vai aumentar. 16 anos aprovando tudo, sem nenhuma ressalva. Governo Tortorello e nos oito anos do Governo Auricchio.

Alguns assuntos pendentes dos 16 anos em que Paulo Pinheiro foi vereador e que agora podem ser explicados ou não:

Projeto de Paulo Pinheiro se for eleito, trará para São Caetano cerca de 350 mil novos moradores carentes de cidades vizinhas.

Você quer isso para São Caetano?


Jornal Imprensa ABC

Página 4

Professor Jander SBC consegue US$ 20,8 garante que vai retirar mi do Banco Mundial para a porta do gabinete recuperação da Billings O candidato a vereador pelo PMDB de São Caetano do Sul Professor Jander Lira do Alcina Dantas Feijão, tradicional escola de São Caetano, continua apresentando ideias revolucionárias. Depois de defender a proposta de obrigar os filhos de políticos a se matricularem em escolas públicas, e os mesmos a utilizarem o serviço público de saúde como qualquer cidadão comum. Agora o Professor apre-

senta a ideia da transparência máxima com a retirada da porta de seu gabinete caso eleito “Nosso gabinete não terá porta! Será aberto ao povo, ao coletivo que luta por melhorias na cidade e região. Não teremos segredos, nosso mandato vai ser o exercício da democracia participativa!” diz Jander. Diante dos últimos acontecimentos envolvendo políticos da cidade em negoci-

ações nada republicanas, a ideia do professor se mostra bastante conveniente e bem necessária para a transparência da relação entre os poderes executivo e legislativo. O Professor ainda declara que “Não é um ato demagógico e sim um ato de afirmação de nossos compromissos com a construção de um novo modelo da prática política na Câmara de Vereadores de São Caetano”.

Operação de crédito internacional foi aprovada na quarta-feira (29) pelo Senado O Programa Mananciais de São Bernardo do Campo receberá investimentos de US$ 41,4 milhões, sendo US$ 20,8 milhões financiados pelo Banco Mundial e US$ 20,6 milhões de contrapartida do Município. A conclusão da contratação de operação de crédito com o Banco Mundial foi autorizada pelo Senado Federal durante esta quarta-feira (29). O programa beneficiará diretamente cerca de três mil famílias por meio de urbanização de favelas em áreas de mananciais, incluindo a pro-

dução de 1,2 mil novas unidades habitacionais. Os recursos também permitirão a elaboração e a implementação do Plano de Desenvolvimento e Proteção Ambiental Local da Bacia Hidrográfica da Represa Billings, criando diretrizes para o uso sustentável do solo em atividades compatíveis com a proteção ambiental e a promoção da recuperação da área da Billings. As ações vão beneficiar cerca de 200 mil habitantes. Para o prefeito Luiz Marinho, além de contribuir para a recuperação ambiental da área

NOTINHAS Infidelidade Petista em São Bernardo Cadê a moral sr. Prefeito Luiz Marinho e sr. Lula da Silva, que apoia na surdina o candidato do PMDB de São Caetano e coloca em xeque a campanha do candidato Edgar Nóbrega. Banca campanha peemedebista na cidade vizinha e esquece o candidato de seu partido. Pede votos em empresas de SBCampo para o Paulo Pinheiro. Infidelidade partidária é o lema para eleger Marinho, Pinheiro e Grana, tudo com dinheiro da prefeitura de São Bernardo. Que beleza heim!!! Que beleza heim... O candidato que acredita que já ganhou em São caetano, isso a mais de quarenta dia do pleito municipal, também recebe o mensalinho da Câmara Municipal. Tem como explicar isso? Ou vai se calar. Plano de governo sr. Paulo, mostre o seu, todos já estão cansados do sr. atrelar sua campanha a da dra. Regina. O sr. agora é oposição e o plano de governo não é o seu que esta sendo divulgado por sua campanha. É copia, e copia é genérico. Tá na hora de apresentar o seu; ou voce não tem? Você não tem? O candidato a PT de Santo André o Grana, também está recebendo dinheiro do PT de Luiz Marinho e Lula de São Bernardo. É de se estranhar que o candidato Marinho em Santo André é do mesmo par-

CNPJ: 15.903.009/0001-80 - Vl. R$ 300,00

PARA ANUNCIAR LIGUE:

4221-1667 - 4221-1892

de mananciais, o programa mudará as condições de vida das famílias que moram em assentamentos irregulares. “Com a intervenção e urbanização de favelas, recuperaremos áreas de risco e degradadas pela ocupação irregular, garantindo moradia digna com sustentabilidade ambiental”, destacou. Com a autorização do Senado, após trâmites formais junto a órgãos do governo federal, a previsão é de que até o fim do ano seja assinado o contrato de empréstimo com o Banco Mundial. por Samuel Oliveira

tido, enquanto que em São Caetano é do PMDB. Tudo indica que Marinho quer montar sua base eleitoral aqui, para disputar as próximas eleições por São Caetano, ou, em outra hipótese sair candidato a governo do Estado e já ter uma base na cidade. Mas, sem o Edgar Nóbrega. Sem o Edgar Nóbrega... O diretório municipal do PT de São Caetano atráves de seu presidente interino Marcio Della Bella, em conjunto com o diretório estadual do partido, apoiou a decisão do vereador e candidato petista a eleição municipal, professor Edgar Nóbrega a abandonar as eleições devido aos acontecimentos denunciados dias atrás pelo candidato a vereador Eder Xavier do Partido Comunista do Brasil, que disse que o video postado na internet foi dado como perdido dias antes. Conta outra... Conta outra... O dr. Paulo Pinheiro confeccionou uma carta pedindo que a candidata Regina Maura atenha-se a campanha eleitoral e apresente propostas para a cidade e não ofensas a sua pessoa e a seus candidatos coligados. Irônica a proposta do vereador, porque quem começou com ofensas diretas foi sua coordenação, com seu total aval. Não me diga que “não sabe de nada”, pois é a mesma resposta que o Lula dava quando era pego em mentiras quando era presidente. O Sr. é só candidato ainda.

Candidato não mais... depois do vídeo Edgar Nóbrega já abandonou a sua candidatura, tudo bem, a justiça vai investigar acreditamos até o fim se houve ou não uso de dinheiro público, agora a justiça tem de saber também qual o envolvimento dos candidatos Eder Xavier e Paulo Pinheiro na divulgação do vídeo. Como o video apareceu justamente na mão da oposição, se houve ou não transação financeira na compra do mesmo, e quem o pagou. Porque em vez de divulgar na internet, o sr. Eder, o impoluto advogado não mandou-o a justiça, bem, como o dr. Paulo, o certinho, não o orientou a fazer o correto. O dr. Paulo, não disse em sua carta a Regina, que quer uma campanha limpa e descente? Onde e quando? Falam um coisa a população e fazem outra... Isso mesmo. A campanha do dr. Paulo Pinheiro, lança uma carta a população dizendo que quer uma eleição limpa e descente, mas nos bastidores, longe da população faz diferente. Será que a população é tão burra e não vê o que está acontecendo? Será que o dr. Paulo, é tão certinho como se apresenta na rua aos eleitores? E o mensalinho, ele vai ter que ir na justiça depor também. Não leva a resposta escrita não, as perguntas não vão ser enviadas antecipadamente pela justiça para decoreba e escrever a resposta para lê-las diante da promotoria.


Página 5

Jornal Imprensa ABC

Cai a ficha: PT de Paulo Pinheiro é o adversário de Regina Maura DANIEL LIMA Demorou mas caiu a ficha da realidade prática na cúpula dos gestores da candidatura de Regina Maura Zetone à Prefeitura de São Caetano: o peemedebista Paulo Pinheiro é a trincheira petista de Luiz Marinho, titular do Paço de São Bernardo, na tentativa de colecionar a mais preciosa joia da coroa da classe média tradicional da Província do Grande ABC. Demorou para a candidatura situacionista ser tocada pela realidade dos fatos: o PT não está para brincadeiras na cidade e tampouco na região, porque o sonho de Luiz Marinho virar governador embala a dinheirama da campanha petista na região. Finalmente o prefeito José Auricchio Júnior veio a público para insinuar (poderia ter dito com todas as palavras e letras, mas o cargo e as relações diplomáticas prevaleceram) que o PT de Luiz Marinho e a ala supostamente mais encrenqueira do PMDB dão suporte a que Paulo Pinheiro usufrua, como cavalheiro de elegância, dos benefícios de baixarias de bastidores (comuns em campanhas eleitorais, é bom que se escreva) e sobretudo do golpe aplicado com contundência e que culminou na queda do secretário de governo de José Auricchio. Tite Campanella foi flagrado num vídeo de 2009 a flertar com aquele que seria candidato do PT em São Caetano (Edgar Nóbrega)

em busca de uma política de boa vizinhança. Enquanto o vídeo em questão evidencia a preocupação do então secretário de governo em manter relações menos tempestuosas com o PT de São Caetano (esse talvez seja o melhor resumo daquele diálogo), três anos depois, numa evolução maquiavélica, eis que o material é colocado na disputa eleitoral por obra de aliados de Paulo Pinheiro e com o suporte da gestão política regional de Luiz Marinho. Acertaram-se dois coelhos com apenas uma cajadada. Ou seja, enquanto o golpe derrubava um dirigente ligado ao Paço de São Caetano, destruíam-se de vez as pretensões de Edgar Nóbrega sustentar uma candidatura à Prefeitura que já fazia água, porque o próprio grupo do PT que não o queria a atrapalhar Paulo Pinheiro tratou de defenestrá-lo. Como se pode observar, parece que o ingênuo PT do mensalão aprendeu a jogar o jogo eleitoral sem deixar rastros. Pelo menos na Província do Grande ABC, porque, ao leitor comum, crédulo, tudo que se passou com o episódio da gravação comprometedora de Tite Campanella foi obra apenas dos oposicionistas diretamente ligados a Paulo Pinheiro, ou seja, os peemedebistas, quando se sabe que há relações umbilicais entre eles e o grupo de Luiz Marinho, comandado pelos advogados Luiz Fernando Teixeira e Edson Asarias,

especialistas em financiamentos eleitorais. Contragolpe antipetista A pouco mais de um mês do embate em São Caetano, provavelmente o mais sangrento em atingimento de reputações que se viu nas últimas décadas, tem-se informações de que os contragolpes virão. Até porque não restaria outra saída. A participação do PT de Luiz Marinho, ou seja, do PT sindicalista tão temido e tão execrado pelos núcleos menos populares da Província do Grande ABC, será o mote da linguagem de campanha. Acreditam os gestores da campanha de Regina Maura Zetone que a artilharia pesada utilizada pelos opositores forasteiros de São Caetano já não teria mais efeitos deletérios porque chegaram a um nível insuperável. O melhor agora, acreditam, é sedimentar na população o que não deixa de ser uma verdade nua e crua: o eleitorado teria a oportunidade de aceitar majoritariamente o cavalo de Troia escolhido pelos petistas de São Bernardo, colocando-se São Caetano sob nova administração pública que, certamente, perderia a autonomia municipal porque seria submetida aos ditames eleitorais de Luiz Marinho,

ou reagiria para salvaguardar a história. Embora ainda não haja resultados de pesquisas elaboradas para detectar eventuais estragos da divulgação do vídeo que derrubou os interlocutores Tite Campanella e Edgar Nóbrega, especialistas em São Caetano não teriam dúvidas de que a ameaça petista dispensaria uma visão supostamente mais moralista e ética dos supostos desvios condensados naquela gravação. Já os organizadores petistas (clandestinos, é claro) da campanha de Paulo Pinheiro, estão a comemorar as consequências do vídeo disponibilizado na Internet a ponto de acreditarem que nada mais evitaria um arrastão de votos em favor do peemedebista. Muitas emoções Tudo indica que muito há de acontecer na disputa eleitoral em São Caetano. As investidas, principalmente em redes sociais, contra a honra e a moral da candidata Regina Maura Zetone, também estão sendo assimilada pelos organizadores da campanha, após um período de perplexidade seguido de estupefação. Pretende-se transformar as lanças que

violaram a imagem de Regina Maura Zetone em contra-ataque para instalála num patamar de desrespeito, preconceito, irresponsabilidade e, por que não, de bandidagem eleitoral orquestrada por financiadores da campanha de Paulo Pinheiro. Em suma, os adeptos de Regina Maura Zetone parece que, finalmente, decidiram engrossar o tom de voz ante a artilharia pesada. O contraponto com suavidade parece que não fez os efeitos desejados. O alvo prioritário, agora, é simplesmente enfatizar os vínculos entre peemedebistas e petistas, os quais se acentuaram com a renúncia do então candidato Edgar Nóbrega. O petista foi vitimado por fogo amigo, entre outros motivos porque resistia a aceitar o refluxo de uma campanha que já vinha sendo sabotada por militantes petistas doutrinados a seguir os interesses regionais da agremiação. Mal sabia Edgar Nóbrega que, enquanto quase que isoladamente distribuía críticas a Regina Maura Zetone e Paulo Pinheiro, companheiros de jornada preparavam seu cadafalso. Tudo em nome de uma coalizão publicamente envergonhada, porque autofágica, entre peemedebistas e petistas.

Para anunciar no

É só ligar

4221-1667 4221-1892 95201-7241


Jornal Imprensa ABC

Página 6

Jogos Escolares de SBC reúnem 8 mil atletas disputando 16 modalidades Abertura da 46ª edição da competição foi realizada no Ginásio Vitório Zanon, o Baetão O Ginásio Vitório Zanon, o ‘Baetão’, sediou ontem, (31), a abertura da 46ª edição dos Jogos Escolares de São Bernardo do Campo. Com 58 escolas inscritas, sendo 24 da rede estadual, 33 da rede particular e uma da rede municipal, a competição deste ano contará com a participação de cerca de 8 mil atletas. A tocha olímpica que marcou o início do torneio foi conduzida pela jogadora central de vôlei do São Bernardo Renata Colombo, a Renatinha. O torneio, que terminará em 28 de setembro, inclui disputas no basquete, vôlei de quadra e de areia, handebol, futebol society, futsal, judô, natação, atletismo, dama, xadrez e tênis de mesa (individual e em equipe), ginástica artística e rítmica e bad minton. “É importante difundir os esportes dentro das escolas que passam a ser um núcleo de transformação cultural e, por meio desta prática, é possível proporcionar uma integração social entre os alunos e difundir valores como o respeito mutuo, o espírito

esportivo e a educação. Acredito ainda que uma competição como esta pode se tornar a porta de entrada para o esporte profissional para estes alunos”, disse o secretário de Esportes, Eduardo Tadeu Costa. Os palcos das disputas serão o Ginásio Poliesportivo, os centros recreativos e esportivos (CRE) do Jerusalém, do Alves Dias, da Paulicéia e do Planalto, Campo de Futebol do Baetão, Ginásio do Baetinha, Campo de Futebol do Nova Petrópolis (quadra de vôlei de areia), Estádio 1º de Maio, Associação do Funcionário Público de SBC, Acrepa, Camp SBC, Ginásio da Emeb Neusa Basseto, Pista de Atletismo da FEI, Golden Ball, Meninos F.C. e Mesc. História – Durante os festejos do 412º aniversário de São Bernardo do Campo, realizados entre 14 e 28 de agosto de 1965, o esportista Otávio Edgar de Oliveira, o Darzinho, propôs a realização do I Torneio Colegial, que teve seu início com a participação de 416 atletas. A partir da década de 80, a competição passou a se chamar Jogos Escolares.

Proposta congela preços de alimentos durante situação de calamidade A Câmara analisa projeto de lei do deputado João Pizzolatti (PPSC), que proíbe o aumento de preços dos produtos de primeira necessidade em municípios atingidos por desastres naturais que estejam sob situação de emergência ou estado de calamidade pública. O desrespeito à regra poderá ser considerado crime contra a economia popular (Lei 1.521/51), que pode gerar detenção de até dois anos, ou crime contra as relações de consumo (Lei 8.137/90), cuja penalidade pode chegar aos cinco anos de detenção. Em ambos os casos, ainda há a possibilidade de aplicação de multa. São considerados produtos de primeira necessidade, entre outros, açúcar, arroz, café, farinha de trigo, feijão, gás, leite, macarrão, margarina, óleo de soja, sal, água mineral, produtos de higiene pessoal, produtos de limpeza. “No estado de Santa Catarina, tão sofrido por inúmeras enchentes ao longo do tempo, bem como em outros estados brasileiros que são atingidos por catástrofes naturais, é comum a ocorrência de aumento

Pizzolatti: em estados atingidos por catástrofes é comum a ocorrência de aumento indiscriminado nos preços. indiscriminado nos preços desses produtos”, argumenta o deputado. “O mais grave é que temos tido notícias de que esses aumentos chegam a ultrapassar 100% em muitos casos”, acrescentou.

Gersio Sartori homenageia comerciante com Título de Cidadão Emérito

O Comerciante Marcio Pastorelli e o Vereador Gersio Sartori Em discussão e votação únicas, e formando diversos profissionais. a Câmara Municipal aprovou Pro- Com isso, a vontade de ter o seu jeto de Decreto Legislativo de au- próprio negócio, o fez impulsionar toria do vereador Gersio Sartori, que o início de atividades como Microconcede título de Cidadão Emérito empresário, no estabelecimento ao Senhor Marcio Pastorelli. situado na rua Amazonas, área cenMarcio Pastorelli nasceu no hos- tral da cidade. Neste segmento onde pital São Caetano, sua veia atua com dedicação, competência profissional começou no curso de e respeito, conquistou a confiança chaveiro profissionalizante da e amizade de clientes, amigos e escola “CUCA LEGAL”, em que autoridades de todos os segmentos fora professor ensinando a técnica da nossa cidade.

Ginastas se apresentam na abertura dos Jogos Escolares

Chineses visitam estrutura esportiva de São Caetano visando os Jogos de 2016 Uma comissão de representantes do esporte chinês realizou uma visita a Secretaria de Esportes e Turismo de São Caetano com o objetivo de conhecer as instalações esportivas da cidade com vista nos Jogos Olímpicos e na Copa do Mundo de Futebol, que serão realizados no Brasil nos próximos anos. O grupo, formado pelo Secretário de Esportes Cen Hankang, pelo Secretário Adjunto Huang Shiping, além de assessores e ex-atletas, visitou o Centro Poliesportivo Lauro Gomes e os recém inaugurados centros de treinamento de Tênis de Mesa e Taekwondo. “Gostaria de parabenizar a cidade de São Caetano pela excelente estrutura esportiva que pudemos visitar hoje. Tenho certeza que o Brasil vai realizar uma boa Olímpíadas e uma boa Copa do Mundo, equivalentes ao poder esportivo do país”, disse o secretário Hankang ao final da visita.

Visita visou edição das Olimpíadas 2018

Comitê eleitoral do Bill da Construtora é inaugurado Com a presença da candidata a prefeita de São Caetano do Sul, dra. Regina Maura, de seu vice Luiz Cicaroni e do Chefe de Gabinete, Gilberto Costa, foi inaugurado na última sextafeira, o Comite Eleitoral da campanha do candidato a vereador Bill da Construtora do PP, na rua Piaui, 274 no bairro Santa Paula. Cerca de 100 pessoas foram convidadas para prestigiar a inauguração que marcou mais uma vez a vitoriosa candidatura do empresário da construção civil Bill da Construtora.

Bill da Construtora, dra. Regina Maura e Gilberto Costa

Simpatizantes e amigos do Bill compareceram a inauguração do comitê


Jornal Imprensa ABC

Página 7

Émerson Leão é o novo treinador do São Caetano O São Caetano anunciou na última quinta-feira o substituto de Sérgio Guedes para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B, Émerson Leão. Esta é a segunda passagem do treinador pela equipe, a qual esteve a frente por um pequeno período em 2006, e depois se transferiu para o Corinthians. A missão principal do novo treinador é levar a equipe do ABC de volta a série A do Campeonato Brasileiro. Atualmente a equipe é a quinta colocada na competição, com 34 pontos. Leão, se mostrou satisfeito em ter retornado a região após seis temporadas: “Tive uma passagem rápida e muito boa pelo São Caetano. Deixei as portas abertas e disse à diretoria que um dia voltaria. Agora é trabalhar para conquistar nossos objetivos”, disse. O primeiro desafio do treinador no comando do Azulão será neste sábado diante do Avaí, às 16h no Estádio Anacleto Campanella, pela 21º partida da competição. Émerson Leão, já comandou primeiro treino do Azulão. (Foto: Divulgação)

Principais nomes do Motocross FMX disputam etapa em São Bernardo Primeira etapa do Campeonato Brasileiro de FMX aconteceu em agosto, em Jacareí

São Bernardo do Campo sediará pelo quarto ano consecutivo a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de FMX, que acontece entre os dias

7 e 9 de setembro. As provas serão disputadas em uma Arena montada de forma itinerante na área externa do Ginásio

Poliesportivo Municipal Adib Moyses Dib e contará com a participação dos melhores pilotos profissionais do país do Motocross, modalidade Freestyle. “A cidade de São Bernardo do Campo sempre recebeu de braços abertos a CBER, não só na modalidade FMX, mas também nos outros esportes que a entidade fomenta desde sua fundação, em 2002. Receber pelo quarto ano seguido o Circuito Brasileiro de FMX é só uma demonstração de como o Município faz por merecer o apelido de Berço dos Esportes Radicais no Brasil”, declarou Leonardo Rodrigues, presidente da Confederação Brasileira de Esportes Radicais (CBER). As competições terão início no dia 7 de setembro, feriado da Independência, quando acontecerão os treinos de reconhecimento da pista. As provas classificatórias serão disputadas no sábado. No domingo, acontecem os treinos pela manhã e depois as dinais da competição.

Campeonato de Xadrez de São Caetano é sucesso de público Os organizadores do campeonato de São Caetano de Xadrez, realizado no ultimo sábado, no Clube Alvi Celeste, comemoram o sucesso de público do evento. Ao todo foram mais de 160 inscritos, entre adultos e crian-

ças, mais um grande número de público presente. De todas as equipes participantes, os destaques foram para o Colégio Eduardo Gomes e para o Clube Alvi Celeste, que são os alunos do Programa de treinamento de

São Caetano do Sul. A atleta de destaque foi Isadora Carmo, que venceu a categoria Absoluto de forma invicta, sendo a única participante feminina e a mais jovem desta categoria, com 14 anos.

29º JOGOS ESCOLARES DE SÃO CAETANO PROMOVE SEMANA DE ARTES E CULTURA

A atual edição dos Jogos Escolares de São Caetano do Sul, que iniciou a segunda fase da competição segunda-feira (27), promove uma semana com atividades culturais e artísticas, que assim como as disputas esportivas, conta com a participação das escolas do município. Durante toda semana, na escola Elvira Paolilo Braido, no bairro Oswaldo Cruz, acontece o Quem Sabe Sabe, jogo de conhecimentos gerais que também inclui atividades esportivas e de coordenação motora. Já a Fundação das Artes é o palco

Adriano Rosa, estatístico, comemora o bom resultado nas Olimpíadas de Londres Devido ao equilíbrio nas diversas modalidades do esporte atual, cada vez mais as ferramentas tecnológicas podem significar o diferencial entre a derrota e a vitória. Dedicado ao lado informatizado do esporte, o sancaetanense Adriano Rosa está comemorando o bom resultado alcançado com a dupla de vôlei de praia Alison e Emanuel nas Olimpíadas de Londres, que conquistaram a medalha de prata. Adriano, que trabalhou durante 13 anos nas equipes de vôlei de São Caetano, atualmente é o responsável pela parte de vídeo e gráfico das duplas da seleção brasileira de vôlei de praia. “Meu trabalho consiste em gravar todos os movimentos dos jogos e depois transformar todos os fundamentos em números, em gráficos, para depois passar para os treinadores. Isso permite uma analise mais precisa do que precisa ser melhorado e de que forma”, explicou. Contente com a prata olímpica, o sancaetanense falou sobre o sentimento de representar o Brasil em

CANTINHO DO ZEZÉ Nostalgia dos campos de terra batidana homenagem aos esportistas Esportistas amigos, o Cantinho do Zezé ilustra a matéria esportiva dessa semana, num tributo de saudades reverenciando os amigos para sempre, que foram sustentáculo nas grandes conquistas obtidas. Para vocês matarem saudades, hoje figuram para a posteridade amigos que muito contribuiram no amadorismo sulcaetanense. Da esquerda para a direita: Bruno, Orlandim, Oswaldo Lavrado, Agenor, Astolpho, José Deusdedito da Silva, José Geraldo, Odair Antonio Paineli, Durival Sartorelli, massar Tazitu. Agachados: Pezão, Luiz Laurindo, Marcelino, Luiz Herminio Sartorelli, Jair Felipe, Ezaquiel M. dos Santos. No amarelo que representa nossa riqueza, no verde que representa as nossas matas, no azul do infinito e no branco da paz, no “Tangozão” irmanados pelo mesmo ideal de um amor contido em seus corações um momento de muitas saudades, com a camisa do São José Futebol Clube. Essa foi a maneira que achamos para reverenciar a memória de Felix que nos deixou na última semana. Louvados os que choram sem testemunhas, pois neles em verdade as lágrimas são sinceras. Todos os esportistas do Bairro São José. No fantástico futebol show, Jamaica goleia a equipe amarela Na última semana no Distrital do Bairro Fundação, com direito ao irreverente adágio “andorinha que acompanha morcego, ama-

nhece de cabeça para baixo, a Jamaica com gols de Adriano, Juninho, Nena e Ratinho virou sensacionalmente goleando por 4x1, já que Clayton tinha abrido o escore para os amarelos. Com alguns senões, credo, a arbitragem do Sr. Maya, teve que manterse firme, distribuindo cartões amarelos. Vencedores formaram assim: Gustavo, Joãozinho, Augusto, Adilson, Marcelo (Juninho), Adriano (Barba Filho), Fellippe II, Nena, epa Augusto outra vez, Dinho e Ratinho, já nos derrotados: João Gomes, Djalma, Rodrigo, Zelão (foi a loucura com as marcações de s.s.o. árbitro), Airton, Lucas II, Clayton, Barbosa, Roberto (Otávio), Luis Carlos, Zé Eduardo, Helinho. Hoje os ex-astros do passado voltam a campo para mais um jornada do futebolshow, quem sabe o suco de maracujá faça bem para os nervosos e eles voltem “calminhos” para mostrar a saga e amor ao futebol. Um conselho de amigo: “É por caminhos estreitos, que se chega aos resultados sublimes”. O popular Babá desfilou no fim de semana com a camisa 11 de Pepe / Santos FC o 2º artilheiro dos santistas. Neymar mais uma vez foi as redes para delírio do mestre Jajá. Falei dos meus considerados “Brothers” do U.I.A. Numa cortesia toda especial de Luiz Laurindo Marcelino, homenagem S. José Conforme o prometido na semana anterior, na semana finda foram agraciados: José Pires Maia “Zezé” 513 partidas pelo

das oficinas de artes visuais, enquanto no Teatro Paulo Machado de Carvalho acontece os espetáculos de dança e música. No período de 3 à 20 de setembro serão realizados os eventos das modalidades esportivas coletivas: Voleibol, Basquete, Futsal, Jogo de Taco, Queimada e Handebol, e nas modalidades individuais, a Ginástica Rítmica e o Atletismo. Ao todo, serão utilizadas 11 estruturas esportivas da cidade, além dos locais que receberão os eventos educacionais e artísticos.

Londres. “Infelizmente o segundo lugar é pouco valorizado no Brasil, mas estamos muito satisfeitos com o resultado e principalmente por ter chegado na final. Sabemos que agora temos que aperfeiçoar o trabalho, mas já é um resultado muito significativo”, disse.

José Pires Maia “Zezé”

clube canarinho, José Henrique Marques “Cheche” 438 partidas, Antonio Colla goleirão do XV de Novembro FC e São José FC, mais o ponteiro Esquerdinha (Benedito Colla Filho), que muito representaram para o bairro, os irmãos Gumercindo Zanirato Maia “Yustrich” e Jairzinho (699 gols pelos clubes do Bairro São José), Edmilson P. Cavalcante “Mijolinha”, Luiz Carlos Munari que formou ao lado de José Carlos Molina nos campeonatos de 1969/1970 pelo São José FC, Carlos Braz Alexandre que além de belíssimas performances pelo juvenil Carâmica FC, também

marcou época ao lado do saudoso Aparecido Brasilino, que inclusive fez o hino, do São José Futebol Clube. O Jornal Imprensa ABC parabeniza os agradeciados nesse reconhecimento ao São José Futebol Clube que somará seu 59º ano em 2013, grandes novidades pintarão no próximo domingo para os atletas. Pelo Campeonato de Veteraníssimos no Distrital Pedro Furlan deu empate Colaborando com nossa reportagem na semana finda, o folclórico Bola, torcedor fanático do São Paulo Futebol Clube e Sport Club

do Recife fez a gentilesa de informar o resultado da partida entre as equipes do Tamoyo e Unidos Futebol Clube do Bairro São José, para gaudio dos apostadores deu a coluna do meio, explico pintou o oxo. Chiadeira geral no pedaço, esportistas estavam mais perdidos do que o cachorro que cai do caminhão de mudança. Alo... alo... vamos colaborar com o simpatizantes do futebol, comunicação é a palavra chave. Aproveito a oportunidade de agradecer ao grande amigo de Recife que nos presenteou com a camisa do clube 39 vezes campeão e ao presidente Gustavo Dubeux, com muito carinho desfilarei em São Caetano do Sul, lembrando que o Sport Club do Recife me traz grandes recordações, fundado em 13 de Maio de 1905 tradição do futebol brasileiro, lembrando o União Vila São José “Força Jovem” foi bom te conhecer, difícil será te esquecer. Gerson Barbosa “Tobi” é um dos recordistas da AD. São Caetano onde atuou em 104 partidas. Cantinho do Zezé na informação. A propósito se ligue nessas: séries invictas do azulão, um ano invicto no Estádio Municipal “Anacleto Campanella” 28 partidas com Luiz C. Ferreira 20 com Jair Picerni (o maior recordista dos técnicos) e agora com 16 quebradas pelo clube campineiro com Sergio Guedes. Lá onde vento faz a curva, Cantinho do Zezé e Jornal Imprensa ABC ligadinhos nas asas da emoção, todo nosso carinho a família Segatin. Que curtem semanalmente as novidades do futebol nas páginas vibrantes.


Jornal Imprensa ABC

Página 8

Casa do Olhar recebe workshop sobre polêmico publicitário italiano Trabalhos de Toscani serão debatidos sob condução de Luiz Giope. Encontros gratuitos serão realizados em quatro sábados de setembro

Paranapiacaba recebe o 3º Encontro de Cinema Programação gratuita, com mostra de filmes, palestras e intervenções artísticas será no Clube União Lyra-Serrano O Clube União Lyra-Serrano receberá neste fim de semana, a 3ª edição do Encontro de Cinema de Paranapiacaba. Neste ano o tema do evento é “Documentário: ficção da realidade”. A programação hoje (1) e domingo (2) será realizada a partir das 9h, com exibição de filmes, palestras e intervenções artísticas. Haverá ainda quatro oficinas, cujas inscrições já foram encerradas. Todas as atividades são gratuitas. O endereço do Clube ULS é Av. Antonio Olyntho, s/n, na Parte Baixa de Paranapiacaba. As atividades de hoje tem início previsto para as 9h, com exibição de curtas metragens documentais Aurora, Parachacal e Tereza, dirigidos por Kiko Goifman, que participa em seguida de um bate papo com o público acompanhado por Claudia Priscilla. A partir das 11h, as artistas Laura Tamiana e Tatiana Devos também participam de uma conversa com o público e mostram a intervenção artística “Retrato – substantivo feminino”, composta de retratos de mulheres de comunidades ligadas a diferentes tradições culturais brasileiras, como o Cavalo Marinho (PE), o Congado e o Reinado (MG) e o Batuque de Umbigada (SP). Às 12h30 será apresentado “Cinema Provisório”, intervenção do Grupo Caixa Mágica, que revive o início do cinema. Hoje tarde serão realizadas as oficinas “Argumento para documentário”, com Ana Paula, “Interpretação em documentários?”, com Luciana Canton, “Documentando Paranapiacaba”, com Bruno Carneiro, e “Fotografia documen-

tal – narrativas e poéticas”, com Christian Piana. No início da noite, às 19h30, o público poderá conferir o longa metragem “Leite e ferro”, dirigido por Claudia Priscilla. O filme registra com delicadeza a maternidade na prisão e tem como cenário o Centro de Atendimento à Mulher Presa, em São Paulo. As oficinas do encontro tem prosseguimento no domingo pela manhã. Também serão reapresentadas as intervenções “Retrato – substantivo feminino”, às 11h30, e “Cinema Provisório”, ao meio-dia. O documentário “Bom Retiro de Muitos Povos”, de Marcelo Spomberg, que registra o bairro do Bom Retiro, em SP, como patrimônio cultural imaterial do Brasil, será a atração das 18h. Em seguida haverá um bate-papo com o diretor. Para finalizar o encontro haverá uma mesa redonda sobre “Documentário e Paranapiacaba”, com a exibição de produções “Parábola da Ladeira”, “Trilhas”, e “Café”, realizadas por alunos da Escola Livre de Cinema e Vídeo, além dos trabalhos produzidos nas oficinas do 3º Encontro. Após a exibição os participantes poderão participar de bate-papo sobre estas produções. O 3º Encontro de Cinema de Paranapiacaba é uma realização da Escola Livre de Cinema Vídeo em parceria com o SESC Santo André. A programação é indicada para maiores de 18 anos. Mais informações podem ser obtidas no blog: escolalivredecinema.wordpress.com, ou no Centro de Informações Turísticas de Paranapiacaba, no Largo dos Padeiros, s/n, tel. 11 4439-0237.

Exposição de Trabalhos de Alunos do curso de Educação Artística da FAINC Até o dia 5. Fundação das Artes. Gratuito. Livre. A exposição é resultado da pesquisa plástica desenvolvida pelos formandos do Curso de Educação Artística da FAINC. Nessa mostra, teremos trabalhos na linguagem do Desenho, Pintura, Fotografia, Objeto e Instalação.

Polêmico, Toscani é tema de workshop na Casa do Olhar

Preconceito racial, moralismo religioso, homossexualidade e graves doenças como a AIDS parecem ser delicados temas para se trabalhar na publicidade. O desafio de tornar tais assuntos vendáveis foi superado com criatividade e ousadia pelo polêmico fotógrafo e publicitário italiano Oliviero Toscani, 70 anos, especialmente quando trabalhou para a grife Benneton, na década de 1990. Com o intuito de resgatar o trabalho deste profissional e os efeitos de sua diferenciada atuação no mercado publicitário e nos meios de comunicação, a Casa do Olhar Luiz Sacilotto recebe, hoje (01) e nos dias 15, 22 e 29 de setembro (sábados), o workshop Imagem, arte ou ruptura?, conduzido pelo também fotógrafo Luiz Antonio Giope. Os encontros ocorrem sempre das 14h às 17h. O público em geral está convidado a participar da atividade gratuita. O local dispõe de 25 lugares, ocupados em ordem de chegada. O diálogo mostra a trajetória e a importância do trabalho de Toscani no cenário mundial e o compara a outros profissionais da área. “Quando eu estava me formando em Publicidade na década de 90, ele estava no auge de suas campanhas. Isso me motivou a produzir esse workshop”, conta Giope. Serão utilizadas publicações em revistas, catálogos, livros e fotos como material de estudo. Para a conclusão da oficina, os participantes deverão elaborar e apresentar cinco fotografias, sob a temática ‘ruptura e quebra de preconceitos’, constantemente presente na obra de Toscani. “A intenção é fazer com que as pessoas se sintam motivadas a produzir. É pra atividade ‘ter graça’”, explica o palestrante.

Projeto A Letra e a Língua homenageia Tom Jobim e Vinicius de Moraes A Secretaria Municipal de Cultura (Secult) da Prefeitura de São Caetano do Sul, por meio do Departamento de Cultura, dá continuidade ao Projeto A Letra e a Língua, uma ação que traz a força literária contida nas canções de grandes compositores da música brasileira. Os homenageados da vez são Tom Jobim e Vinicius de Moraes, no show intitulado A real poesia com Tom e Vinicius. Serão três apresentações ao

longo do mês de setembro. Nos dias 5/9 (quarta) e 24/9 (segunda), as apresentações serão no Teatro Santos Dumont (Avenida Goiás, 1111 – Bairro Santa Paula), a partir das 20h. No dia 14/9 (sexta), o show será no Universo Cultural da Matilde (Rua Senador Vergueiro, 551 – Centro), com início às 21h. Participam dos shows os cantores Ivany Barreto e Gil Marques, a contadora de histórias Daniela Fraga e a banda Sereno

nas Costas, formada por Ivo Alencar (violão), Wilson (guitarra), Canavese (baixo), Lenilson (bateria) e Roque Gomes (sax e flauta). A classificação etária é livre e todas as apresentações são gratuitas. A duração é de 60 minutos. Mais informações no Departamento de Cultura, pelos telefones 4232-1237 e 4232-1294 ou pelo portal www.saocaetanodosul.sp.gov.br/ secult.


Jornal Imprensa do ABC - Edição 121