Page 1

informe-se rme-se Morte de Steve Jobs Apple perde seu comandante

Apple no Brasil

SAMSUMG Novo GALAXY X impressiona.

SOPA/PIPA Entenda o que é a SOPA e PIPA.

Ano 01 - Nº 01 - R$ 7,00

Fábrica da apple deve ser constuida em SP.

Saiba porque o MEGAUPLOAD foi “FECHADO” a i r é t a M iva

exclus e a PIXAR sobr


Sumário

Edição 01 - ANO 1 - Nº 1

Aconteceu Apple em Luto, morre Steves Jobs.

Editorial

Homem-zeitgeist p.08

Novidades

Por Leonardo Gomes.

Do LSD ao Mac p.09

Apple no Brasil

04

06

12

24

12

18

20

Eventos

Capa

Campus Party 2012 Quem estiver circulando pelos corredores da Arena pode dar uma paradinha para travar disputas alucinantes.

Megaupload fora do ar pelo FBI e seus donos presos.

12


16 06 Tecnologia Samsung Galaxy X conferimos de pertoas funcionalidades do primeiro aparelho com Android 4.0

16 22 Fique Sabendo O que é o Anonymous Ativismo e muito barulho na internet p.23

24

28

Fique Sabendo

Saiba Tudo

Entenda o que é SOPA / PIPA

PIXAR, Pixar e a reinvenção da computação gráfica.

SOPA é uma lei de velhos, diz Wikipédia p.25

O surgimento de um monstro p.30 Poucos projetos, muito sucesso! p.31

20

Processo de animação p.32 Storyboard e dublagem p.33 Próximos Lançamentos p.35


4

Editorial

Leonardo Gomes

Ureptus magnis nusandist, sunduciis es volupta quae. Nam ea volupta in ra quias aut exerestium quam is secest abo. Ficid escit volore nos volor rerspiti consequae corem quam corero blam, qui sitis dolupiendi quasim aut et quatet ipsum nestionsed quae corecto rehenim iliqui comnim voloreped quiatur aut et aboreped modi corro torpores nobit mo dolumet am et autatur sumquas explit ullatus aeceped quo ipsumqui andeserum inci blatem quam, id etur, si doloriaerem eum voluptatur. Verchillenis min nonet quia quature sequatet, voluptas evernate lis cullest ionecerum que la am es ero ilitatatis expelestis venis sin necto tem landuci issunt asperiat rescipsam fugitat emolestiori vendigniet, et, to quodita ecumet, sitatem. Piciumqui quam nem id ut volupta porum quamendios elias is quibus magnis il est atium fugit. Boa Leitura e um forte abraço, Leonardo Gomes

Direção Executiva Leonardo Gomes

Direção de Arte Tiago Sousa Daniel Lima

Criação e Diagramação Hugo Silva

Fotografia

Tiago Cotrim

Redação

Willian Rocha Daniel Lima Marcos Almeida

Jornalista Responsável Ana Gouveia JP 22458RJ

Site Leonardo Gomes

Comercial Tiago Sousa Daniel Lima

Tráfego

Victor Rocha, Willian Gomes, Vanessa SIlva, Carlos Cotrim, Luciano Santos, Ana Machado, Tiago Cotrim, Rafael Azevedo, Bruna Mattos.


6

Aconteceu

Apple de LUTO

Morre Steve Jobs, fundador da Apple Criador da Apple impôs visão de simplicidade no mercado da tecnologia. Da experiência com drogas às brigas, conheça a trajetória doempresário.

Morreu nesta quarta-feira (5) aos 56 anos o empresário Steven Paul Jobs, criador da Apple, maior empresa de capital aberto do mundo, do estúdio de animação Pixar e pai de produtos como o Macintosh, o iPod, o iPhone e o iPad. Idolatrado pelos consumidores de seus produtos e por boa parte dos funcionários da empresa que fundou em uma garagem no Vale do Silício, na Califórnia, e ajudou a transformar na maior companhia de capital aberto do mundo em valor de mercado, Jobs foi um dos maiores defensores da popularização da tecnologia. Acreditava que computadores e gadgets deveriam ser fáceis o suficiente para ser operados por qualquer pessoa, como gostava de repetir em um de seus bordões prediletos, que era “simplesmente funciona” (em inglês, “it just works”). O impacto desta visão foi além de sua companhia e ajudou a puxar a evolução de produtos como o Windows, da Microsoft.

A luta de Jobs contra o câncer desde 2004

o deixou fisicamente debilitado nos anos de maior sucesso comercial da Apple, que escapou da falência no final da década de 90 para se transformar na maior empresa de tecnologia do planeta. Desde então, passou por um transplante de fígado e viu seu obituário publicado acidentalmente em veículos importantes como a Bloomberg. Há 42 dias, deixou o comando da empresa. Foi obrigado a lidar com a morte, que temia, como a maioria dos americanos de sua geração, desde os dias de outubro de 1962 que marcaram o ápice da crise dos mísseis cubanos. “Fiquei sem dormir por três ou quatro noites porque temia que se eu fosse dormir não iria acordar”, contou, em 1995, ao museu de história oral do Instituto Smithsonian.


7

Eu quero colocar uma marca no universo


8

Aconteceu

Apple de LUTO

Homem-zeitgeist

Eu sou a única pessoa que conheço que perdeu um quarto de bilhão de dólares em um ano... É muito bom para a construção do caráter

A melhor invenção da vida, nas palavras do zen-budista Jobs, deixa a indústria da tecnologia órfã de seu “homem-zeitgeist”, ou seja, o empresário que talvez melhor tenha capturado a essência de seu tempo. Jobs apostou na música digital armazenada em memória flash quando o mercado ainda debatia se não seria mais interessante proteger os CDs para fugir da pirataria. Ele acreditou que era preciso gastar poder computacional para criar ambientes gráficos de fácil utilização enquanto as gigantes do setor ainda ensinavam usuários a editar o arquivo “AUTOEXEC.BAT” para configurar suas máquinas. Ele viu a oportunidade de criar smartphones para pessoas comuns ao mesmo tempo em que o foco das principais fabricantes era repetir o sucesso corporativo do BlackBerry. Sob o comando de Jobs, a Apple dizia depender muito pouco de pesquisas de mercado. “Não dá para sair perguntando às pessoas qual é a próxima grande coisa que elas querem. Henry Ford disse que, se tivesse questionado seus clientes sobre o que queriam, a resposta seria um

cavalo mais rápido”, afirmou, em entrevista à revista “Fortune” em 2008. Em 2010, quando perguntado sobre quanto a Apple havia gasto com pesquisa com consumidores havia sido feito para a criação do iPad, Jobs respondeu que “não faz parte do trabalho do consumidor descobrir o que ele quer. Não gastamos um dólar com isso.” Nem sempre esta habilidade garantiu o sucesso da Apple, como na primeira versão da Apple TV, computador adaptado para trabalhar com central multimídia que não conseguiu um volume de vendas relevantes. Mas Jobs conseguia minimizar os fracassos: no caso da Apple TV, ele dizia que se tratava de um “hobby”, um projeto pessoal que não fazia tanta diferença nos planos da empresa. Perfeccionista e workaholic, Jobs gostava de controlar todos os pontos da produção da Apple, resistindo, inclusive, à decisão de terceirizar gradativamente a fabricação dos produtos da companhia para fabricantes chineses - plano proposto e executado pelo agora novo comandante da companhia, Tim Cook, e que se mostrou acertado.


9

Do LSD ao Mac O sucesso empresarial de Jobs é ainda um dos principais resquícios da transformação da contracultura dos anos 60 e 70 em mainstream nas décadas seguintes. A companhia que hoje briga para ser a maior do mundo foi fundada após Jobs ir à Índia em 1973 em busca do guru Neem Karoli Baba. O Maharaji morreu antes da chegada de Jobs, mas o americano dizia que havia encontrado a iluminação no LSD. “Minhas experiências com LSD foram uma das duas ou três coisas mais importantes que fiz em minha vida”, disse, em entrevista ao “New York Times”. Depois, afirmou que seu rival, Bill Gates,

seria “uma pessoa (com visão) mais ampla se tomasse ácido uma vez”. O LSD foi a mesma droga que fascinara o inventor do mouse e precursor do ambiente gráfico, Douglas Englebart, cerca de dez anos antes de Jobs. Coincidentemente foram o mouse e o ambiente gráfico os inventos que chamaram a atenção de Jobs na fatídica visita ao laboratório da Xerox em Palo Alto, em 1979. É uma das histórias mais contadas e recontadas do Vale do Silício, e as versões variam entre acusações de espionagem industrial à simples troca pela Apple de patentes que a Xerox não teria interesse em desenvolver.

Sigilo na vida pessoal A mesma discrição que Jobs impunha na vida profissional - os lançamentos da Apple sempre foram tratados como segredo, aumentando a gerar um movimento de especulação que acabava servindo como publicidade gratuita - foi adotada em sua vida pessoal. Por isso, a luta do executivo contra o câncer no pâncreas foi tratada com muito sigilo, dando margem a uma infinidade de boatos. Em 2004, Jobs fez tratamento após descobrir um tipo raro da doença. Durante o ano de 2008, Jobs foi aparecendo cada vez mais magro e os boatos aumentaram, até que ele

anunciou em janeiro de 2009 seu afastamento da diretoria da empresa para cuidar da saúde. No início de 2011, novo afastamento, até que, em agosto, Jobs deixou de vez o comando da Apple. “Eu sempre afirmei que se chegasse o dia em que eu não fosse mais capaz de cumprir minhas obrigações e expectativas como CEO da Apple, eu seria o primeiro a informá-los disso. Infelizmente, este dia chegou”, afirmou, em comunicado. A vida reservada fez, por exemplo, que Jobs não tivesse contato direto com sua família biológica. Nascido em 24 de fevereiro de 1955 em San Francisco, filho dos então estudantes

universitários Abdulfattah John Jandali, imigrante sírio e seguidor do islamismo, e Joanne Simpson, foi entregue à adoção quando sua mãe viajou de Wisconsin até a Califórnia para dar à luz. Segundo o pai biológico, os sogros não aprovavam que sua filha se casasse com um imigrante muçulmano. Lá, ele foi adotado por Justin e Clara Jobs, que moravam em Mountain View. Seus pais biológicos depois se casaram e tiveram uma filha, a escritora Mona Simpson, que só descobriu a existência do irmão depois de adulta. Do pai adotivo, herdou a paixão de montar e desmontar objetos. Assim como Paul, Steve não chegou a ser um especialista em eletrônicos, mas ao aprender os conceitos básicos conseguiu se aproximar das pessoas certas no lugar certo. Vivendo no Vale do Silício, conheceu Steve Wozniak, gênio criador do primeiro computador da Apple. Trabalhou na Atari até decidir criar, com Woz, sua própria empresa.


12

Novidades

Apple no Brasil

Fábrica da Apple no Brasil deverá ser construída em São Paulo Cidades localizadas no interior do estado são as preferidas pela empresa. A fábrica da Apple no Brasil deve ser abrigada no interior do estado de São Paulo. Com previsão de investimento de 12 bilhões de dólares em cinco anos, a Foxconn, fornecedora da Apple, deve anunciar até maio o nome da cidade escolhida para a instalação da fábrica. A empresa espera iniciar a produção em solo nacional em novembro deste ano. Nesta terça-feira, a Foxconn confirmou a construção de uma nova fábrica no Brasil. O anúncio foi feito pela presidente Dilma Rousseff em visita a China, onde teve um encontro a portas fechadas com representantes da empresa. A nova unidade brasileira começará a produzir o iPad – o cobiçado tablet da Apple - no país. O anúncio confirma a notí-

cia de que a gigante americana teria plano de iniciar o quanto antes a produção de tablets no país, a tempo de aproveitar os benefícios fiscais que o governo estudar conceder ao setor. Existe uma proposta do Ministério das Comunicações que prevê a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) como forma de diminuir o preço final dos tablets em mais de 30%. O site de VEJA adiantou ainda que a Apple estaria preocupada em ganhar terreno antes que a Positivo Informática – fabricante nacional tradicionalmente bem-sucedida em licitações governamentais – lançasse um produto equivalente com o programa para terminais móveis do Google, o Android.


13

Nova unidade brasileira comeรงarรก a produzir o iPad.


16

Tecnologia

Samsung Galaxy X

Primeiras impressões:

Samsung Galaxy X Conferimos de perto as funcionalidades do primeiro aparelho com Android 4.0

Sem alarde, os visitantes da Campus Party Brasil 2012 tiveram uma grata surpresa ao visitar o estande da Vivo, na área de Exposições do evento. Entre os mais diversos aparelhos disponíveis para o público conferir as funcionalidades dos serviços da companhia estava o Samsung Galaxy X, modelo ainda inédito do país. O aparelho é o primeiro com Android 4.0, tem tela Super AMOLED de 4,65 polegadas, processador Dual Core de 1,2 GHz, além de ser extremamente fino, leve e elegante. Embora não tenha sido possível conferir todos os detalhes do produto, já dá para se ter uma boa ideia do que a nova versão do SO da Google é capaz de fazer.

Leve e intuitivo Se comparada com as versões anteriores, o Ice Cream Sandwich mostra claramente a sua evolução, com menus mais refinados e visualização de itens muito mais dinâmica. No modo histórico, por exemplo, é possível conferir miniaturas de telas de todos os tipos de conteúdo acessados, desde páginas da web até aplicativos. O Face Unlock também é um recurso bastante prático. O sistema reconhece a imagem do seu rosto e, somente netão, libera o acesso ao smartphone. Em caso de erro, é possível tentar desbloqueá-lo

pelo método tradicional. A performance e o desempenho em aplicações cotidianas também impressiona pela suavidade de execução. Outro funcionalidade atraente é o modo de edição de imagens, que pode ser aberto já na interface de fotografia do aparelho. Cortar, ajustar tamanhos, aplicar filtros e compartilhar fotos, tiradas com uma câmera de 5 MP de resolução, se torna uma tarefa intuitiva e prazerosa. Não é nenhum exagero afirmar que essa é, sem sombra de dúvidas, a melhor interface já feita para uma versão do Android. O desempenho é de encher os olhos e o aparelho é sem dúvida um dos mais interessantes disponíveis no mercado.


17

Com processador Dual Core de 1,2 GHz, além de ser extremamente fino, leve e elegante, o Galaxy X é a combinação perfeita para quem gosta do melhor


18

Eventos

Campus Party

Os consoles e games mais irados estão na...

Quem estiver circulando pelos corredores da Arena pode dar uma paradinha para travar disputas alucinantes.

Os campuseiros que estão participando da quinta edição da Campus Party Brasil 2012 podem passar um tempinho jogando os últimos lançamentos no mundo dos games. Vários consoles de Playstation 3 e Xbox 360 estão disponíveis para disputar partidas de graça e sem limite de tempo. É só chegar e se divertir o quanto puder. O local fica ao lado do palco “Jogos” e basta você se identificar e deixar o crachá no balcão. Entre os títulos, é pos-

sível jogar Super Street Fighter IV: Arcade Edition, Brunswick Pro Bowling, Mortal Kombat e PES 2012. Procure um controle livre e boa diversão! Os consoles ficam à disposição dos jogadores das 10h às 21h, quando a área precisa ser liberada para as partidas do campeonato de games. Se você não for campuseiro, também há como aproveitar os games que estão disponíveis gratuitamente no estande do Submarino da Área Expo.


19

Os melhores jogos vocĂŞ encontra no Campus Party 2012


20

Capa

Megaupload

Megaupload fora do ar MegaUpload fechado pelo FBI e donos presos. No início da noite desta quinta-feira o site Megaupload foi tirado do ar por agentes do FBI em ordem do governo americano, justificando que o site compartilhava pirataria e já tinha prejudicado gravadoras e distribuidoras de filmes em mais de US$ 500 milhões. Até ai não é novidade pra ninguém e a gente já sabia que um dia a casa ia cair, mas com essa SOPA* rolando solta e ainda sem aprovação todos se desesperam, sem saber se serão submetidos a viver na desatualização brasileira da TV e do cinema, principalmente. O que aconteceu em seguida foi o seguinte: O site saiu do ar e foi assim que começou de fato A Primeira Guerra Mundial Web, 15 minutos após o anúncio, sites do governo começaram a sair do ar, assim como a do próprio FBI, da Universal Music, da Motion

Picture Association of America e da Associação da Indústria de Gravação da América. Os serviços já foram normalizados, porém o grupo de hackers Anonymous** (@anonops) assinou a onda de ataques e prometeu continuar caso os sites de compartilhamento de arquivos continuem caindo. Coincidentemente no mesmo dia em que o maior site de compartilhamento de arquivos do mundo saiu do ar, o presidente americano Barack Obama anunciou que ficará mais fácil para os Brasileiros e Chineses entrarem na terrinha do Tio Sam. Um dos pontos principais na hora de tirar o visto serão a agilidade na resposta, que deverá ser em no máximo três semanas e não será mais necessário fazer a entrevista o que reprovava a maioria dos negados ao visto.

Eu achei muito estranho e acredito que tenha uma conexão por trás disso tudo, Obama não dá ponto sem nó, se ele tirou o Megaupload onde a grande maioria dos downloas eram de brasileiros, logo depois ele dá uma colher de chá dizendo que nós somos bemvindos ao país. Uma coisa não abafou a outra, tanto que a maioria das pessoas nem prestaram atenção no noticiário de hoje, todos estavam na internet preocupados em como vão acompanhar suas séries e filmes favoritos. A TV não mostrou o início desta guerra e deixou vários perdidos sedentos de informação.


21

Reflitam, enquanto vocês pensam que só por que isso se passa no Estados Unidos não pode lhe afetar.


22

Fique sabendo Anonymous

O que é o Anonymous? Entenda as ideias do grupo que inaugurou uma nova etapa no ativismo online, unindo hackers e causas que beneficiem a sociedade. O anonimato nunca esteve tão em voga. Atualmente, um movimento de hackers tem se manifestado mundialmente em prol de causas que beneficiam a sociedade, sem medo de peitar o FBI ou qualquer governo. Assim é o Anonymous, que ganhou ainda mais destaque dentro (e fora) da web após os protestos contra o fechamento do Megaupload em janeiro de 2012. O grupo surgiu em 2003 em fóruns e sites de compartilhamento de imagem, como o 4Chan. Seu nome faz referência à cultura de internet, principalmente a sites que permitem publicações de usuários - aliás, quem nunca postou alguma coisa como “anônimo”? De fato, sob uma alcunha dessas, qualquer um pode fazer parte do grupo. Qualquer um mesmo, já que não é difícil se inscrever (basta mostrar conhecimento técnico para contribuir ao grupo). Portanto, você pode estar convivendo diariamente com alguns Anonymous sem saber. Isso revela o senso de humor do movimento, que rapidamente ganha novos integrantes e se espalha, como um verdadeiro meme da internet.

V, Guy Flawkes e Alan Moore A maioria dos heavy users já se acostumou a ver as máscaras de Guy Flawkes, egressas da graphic novel V de Vingança (cujo roteiro é de Alan Moore e o desenho, de David Lloyd). O verdadeiro Flawkes foi peça-chave na Conspiração da Pólvora, um atentado para matar o rei Jaime I da Inglaterra, em 1605. Por mais que nada tenha dado certo naquele 5 de novembro, o personagem tornou-se um ícone do espírito anárquico, e a personificação do Anonymous. Sem uma liderança definida, os participantes do movi-

mento se organizam nas redes sociais e fóruns, estabelecendo os objetivos de suas ações, além das maneiras de executar seus planos. Todos os membros trabalham impulsionados por ideias libertárias, sem qualquer desejo de reconhecimento (uma das razões para o anonimato, além da segurança - é claro). Foi em 2006 que o grupo realizou sua primeira atividade em conjunto, quando uma criança de 2 anos, portadora do HIV, foi proibida de usar a piscina de um parque de diversões no Alabama, EUA. Em protesto, o Anonymous invadiu uma área no Habbo (aquela rede social meio cartunesca que imita um hotel). Todos os membros usaram o mesmo avatar: de um homem negro com cabelo black power, bloqueando o acesso à piscina, com o aviso de “Fechada devido a AIDS”. Quando esses usuários foram banidos da rede, eles alegaram racismo.


23

Ativismo e muito barulho na internet Anos depois, em 2011, o Anonymous já alçava voos mais altos (e fazia muito mais barulho). Em setembro deste mesmo ano, o grupo apoiou o movimento Occupy Wall Street, nos EUA. Tratava-se de um protesto contra a influência das grandes corporações no governo. Quando a polícia retirou os ativistas do local da manifestação, o Anonymous revidou, ao expor dados pessoais dos policiais envolvidos na ação. Um mês depois, mais de 1500 usuários do site Lolita City tiveram seus dados expostos, sob a acusação de tráfico de 100 gigabytes de imagens com pornografia infantil. Mas a luta pela qual o Anonymous tem se tornado mais conhecido é a da liberdade na

internet. Ela começou em 2006, quando o radialista norte-americano Hal Turner processou (e perdeu) os fóruns que serviam de casa para o movimento. Logo depois, em 2008, a Igreja da Cientologia pediu para que um vídeo de Tom Cruise, promovendo a religião, fosse retirado do YouTube. Os anônimos consideraram o episódio um ato de censura. Então, atacou sites relacionados e passou trotes (por telefone) para a Igreja. Quando instituições tentaram desativar as páginas de torrent, como o Pirate Bay, foi criada a Operation Payback (“Operação Vingança”, em tradução livre), que derrubou, por 30 horas, os sites de organizações que coordenam a distribuição de produtos

com direitos autorais. Foram alvo, também, empresas de advocacia envolvidas nos processos - além do compartilhamento de e-mails de uma dessas empresas, que continham informações sobre milhares de usuários envolvidos com a livre distribuição de conteúdo na web. Meses depois, essa operação seconcentrou em apoiar o WikiLeaks, atacando o site do PayPal, Mastercard e Visa, entre outros, depois que essas empresas retiraram as opções dos usuários contribuírem, por meio desses sistemas, com o site de Julian Assange.


24

Fique sabendo SOPA / PIPA

Entenda o que é SOPA e PIPA Lei obrigaria aos sites de busca, provedores de domínios e empresas de publicidade americanas a bloquear os serviços de qualquer site que esteja sob investigação por ter publicado material violando os direitos de PI O Stop Online Piracy Act (SOPA, da sigla em inglês) é uma proposta que tramita no Congresso dos EUA e que propõe significativas alterações na forma de combate a pirataria no ambiente da internet. A justificativa da lei informa que o PL moderniza as leis americanas na esfera Penal e Civil para atender aos novos desafios e proteger os empregos americanos. Por seu lado o projeto de lei permitiria ao Departamento de Justiça dos EUA investigar, perseguir e desconectar qualquer pessoa ou empresa acusada de disponibilizar na rede sem permissão material sujeito a direitos autorais dentro e fora do país afetando inclusive empresas brasileiras. A lei obrigaria aos sites de busca, provedores de domínios e empresas de publicidade americanas a bloquear os serviços de qualquer site que esteja sob

investigação do Departamento de Justiça por ter publicado material violando os direitos de propriedade intelectual. Em um segundo momento, estes provedores, que estão todos nos EUA, teriam que cumprir os pedidos do Departamento de Justiça para evitar serem eles os afetados pela regulação. Outro projeto semelhante tramita no Senado americano. Chamado de Protect Intellectual Property Act (PIPA), o projeto propõem penas de até cinco anos de cadeia para pessoas condenadas por compartilhar material pirateado 10 ou mais vezes ao longo de seis meses. Suas propostas também preveem punições para sites acusados de “permitir ou facilitar” a pirataria. Em tese, um site pode ser fechado apenas por manter laços com algum outro site suspeito de pirataria.

Tema não é novidade Na Espanha, o governo já aprovou uma lei do mesmo segmento, e que entrará em vigor nos próximos meses. A lei prevê o fechamento de sites que possibilitem o compartilhamento de arquivos protegidos por direitos autorais na internet. A punição não afeta usuários, somente prestadores do serviço irregular. A lei foi batizada como “Sinde”, que vem ser o nome da ministra da cultura que inventou o projeto. Uma lei semelhante ao SOPA também já existe na Chinategrantes e se espalha, como um verdadeiro meme da internet.


25

SOPA é uma lei de velhos, diz Wikipédia Porta-voz da Wikimedia Foundation respondeu às perguntas da imprensa e disse que a sociedade precisa se transformar para evoluir.

Kul Wadhwa é DiretorGerente da Wikimedia Foundation, a empresa por trás da Wikipédia e vários outras ferramentas colaborativas. Hoje, aqui na Campus Party Brasil 2012, ele subiu ao palco principal para falar sobre as motivações que o levaram até um dos maiores serviços online de colaboração do mundo. Mas o que todos queriam saber era sobre as leis SOPA, PIPA e ACTA, que têm sido foco de discussão há vários meses. Por essa razão, os assentos disponíveis em sua coletiva de imprensa foram bastante dis-

putados. Felizmente, a equipe do Tecmundo chegou cedo na sala Campus Business e conseguiu um lugar para conversar com Wadhwa. Disposto a responder todas as perguntas dos repórteres, ele foi enfático em suas colocações. Quando perguntado sobre as leis de direitos autorais, respondeu: “SOPA é uma lei de velhos”. Para ele, SOPA, PIPA e ACTA são leis que “representam ideias velhas de pessoas velhas que ainda pensam em coisas velhas”. Wadhwa afirma que o mundo está mudando muito e que, em breve, as empresas vão

precisar entender que pessoas valem mais do que conteúdos para sobreviverem no mercado. Wadhwa também lembrou do blackout que alguns websites realizaram para protestar contra as leis que seriam votadas. A Wikipédia realizou o “apagão” e os seus usuários acompanharam o processo. Já outros sites fizeram o caminho inverso, só agiram porque as pessoas exigiram isso. O diretor da Wikimedia acha isso bom, pois “as pessoas tem que agir”, não apenas esperar que “coisas boas aconteçam”.


28

Saiba Tudo PIXAR

PIXAR E A REINVENÇÃO DA COMPUTAÇÃO GRÁFICA De heróis de brinquedo a monstros no armário. Conheça um pouco mais da empresa que revolucionou a computação gráfica.

Não há como dizer que existe empresa de animações cinematográficas tão influente quanto a Pixar. A produtora que surgiu para o grande público em 1995, com “Toy Story”, aumentou o valor de suas ações de maneira exponencial e a cada novo lançamento, conquista mais fãs e arranca suspiros por todas as salas de cinema em que seus filmes são exibidos. O grau de detalhes e realismo utilizados em seus longas e curtas-metragens pode ser considerado uma revolução. Pode-se dizer

também que a Pixar é base para as diretrizes das outras empresas, como DreamWorks e Fox. Mas você sabe como tudo isso surgiu? Acompanhe este artigo para entender o segredo de tamanho sucesso.


29

A história de uma contadora de histórias Iniciando suas atividades como uma empresa filiada à LucasFilm (de George Lucas), a empresa chamava-se Graphic Group e era dedicada à pesquisa e ao desenvolvimento de softwares de computação gráfica que seriam utilizados em outros filmes de Lucas. Alguns dos principais são “Star Trek II” e “Young Sherlock Holmes”.

Um pouco de Maçã: Steve Jobs entra na história Em 1986, esta empresa foi vendida para Steve Jobs (da Apple) por apenas 10 milhões de dólares. Foi então que a Pixar ganhou este nome, em homenagem ao ato de criar pixels, mas ainda nesta época, a especialidade era a criação de hardware específico para computação gráfica, como o Pixar Image Computer. Para incentivar as vendas do produto, John Lassetter (funcionário da empresa) passou a criar pequenas animações e demonstrar como era eficiente o material apresentado. Depois de algum tempo, uma reestruturação na Pixar fez com que ela passasse a utilizar o material produzido, não mais tentar vender. Após firmar um contrato

com a Disney, começou a luta para a montagem de três filmes que analisariam a força dos produtos Pixar, somados ao nome Disney. Assim, em 1995 surgiu o

longa-metragem que revolucionou o cinema e levou a computação gráfica para patamares jamais imaginados: “Toy Story”. O segundo filme da parceria era “Vida de Inseto”, lançado em 1998 e concorrente de “FormiguinhaZ” da DreamWorks, ficando atrás do rival em bilheteria e arrecadação. O último filme da parceria foi a segunda parte de “Toy Story”. Assim como aconteceu com o primeiro, foi sucesso de bilheteria, arrecadando 485 milhões de dólares.


30

Saiba Tudo PIXAR

O surgimento de um monstro Em 2001 chegou às telas “Monstros S.A”, que além de conquistar mais de 500 milhões de dólares, também levou o primeiro Oscar para a casa da Pixar. Depois disso, só vieram sucessos arrasadores: “Procurando Nemo”, “Os Incríveis”, “Carros”, ”Ratatouille”, “Wall-E’, “Up” e a terceira parte de “Toy Story”. Você se lembra que, no começo deste artigo, dissemos que Steve Jobs comprou a Pixar em 1986 por míseros 10 milhões de dólares? Vinte anos depois, a Disney adquiriu a empresa por um valor um pouco mais alto: 7,4 bilhões. Isso transformou Steve Jobs em maior acionista individual da Disney.

Poucos projetos, É importante notar que a Pixar não é uma empresa com muitos filmes de sucesso, são apenas 11 sucessos de bilheteria (de “Toy Story” 1 ao 3). Mas é ainda mais importante perceber que isso representa 100% de aproveitamento. O segredo é a dedicação a projetos isolados. Os filmes são criados por equipes direcionadas a fazer obras de arte. Apenas um longa-metragem


31

muito sucesso! pode ser lançado por ano e também há anos em que nada é lançado. A Pixar não faz apenas filmes, a Pixar faz dinheiro. Todos os filmes são estendidos às prateleiras de lojas de brinquedos por anos e rendem lucros para a produtora por muito tempo, além das bilheterias. Por isso a dedicação. Cada personagem deve ser pensado da maneira mais carismática possível, pois

deve agradar às crianças e também aos pais. Correndo por fora também estão os vários curtas-metragens da empresa, estes mais frequentes do que os longas. Difícil encontrar um verdadeiro fã de animações que não se apaixone pelas pequenas histórias. Apenas um longa-metragem pode ser lançado por ano e também há anos em que nada é lançado. A Pixar não

faz apenas filmes, a Pixar faz dinheiro. Todos os filmes são estendidos às prateleiras de lojas de brinquedos por anos e rendem lucros para a produtora por muito tempo, além das bilheterias. Por isso a dedicação. Cada personagem deve ser pensado da maneira mais carismática possível, pois deve agradar às crianças e também aos pais.


32

Saiba Tudo PIXAR

O processo de animação Para se criar uma animação, não basta possuir um computador com softwares avançados e uma ideia na cabeça. São vários os passos realizados antes de os roteiros começarem a tomar forma. Confira quais são esses passos e entenda a complexidade que envolve a montagem de uma animação com a qualidade que só a Pixar oferece.

Nasce uma ideia Algum funcionário da empresa tem uma ideia para um filme (seja de longa ou curta-metragem). Essa ideia é levada ao conselho da empresa para que sejam avaliadas as possibilidades comerciais (merchandising é um ponto muito importante para a Pixar) e artísticas da ideia. Caso seja aprovada, a ideia é levada às equipes de pro-

jetos da produtora para que sejam elaborados roteiros mais complexos do que os esboços aprovados. Importante lembrar que a Pixar trabalha com, no máximo, dois projetos ao mesmo tempo. Por isso as equipes ficam realmente dedicadas aos filmes. Há casos em que um mesmo trecho da história é criado de várias maneiras diferentes. Todas elas são estudadas e analisadas profundamente, visando encontrar um modo de encaixar as cenas perfeitamente. Além de fazer sentido com o que já ocorreu, é de suma importância que sejam pensadas maneiras de ater a atenção do público para acontecimentos posteriores.


33

Storyboards e dublagem Antes de qualquer desenho trabalhado e animação em computadores, os personagens e cenas são esboçados em storyboards. Desenhados à mão, são como histórias em quadrinhos que realizam o papel de transição entre roteiro escrito e animação gráfica. Mesmo sendo apenas esboços, os storyboards não são nada pobres artisticamente. A razão disso é que são os storyboards que

darão as instruções mais importantes para os animadores. Diferenças no humor e na expressão corporal ou facial, movimentos e até mesmo trejeitos de cada um são representados nesses storyboards. Algumas empresas são conhecidas por utilizarem atores consagrados em suas dublagens, o que faz com que o público identifiquese e seja conquistada pelos personagens mais facil-

mente. A Pixar até faz isso em alguns filmes, mas não utiliza os nomes dos dubladores como carros-chefes das obras. Todos os atores envolvidos gravam várias vezes as mesmas linhas de voz, de maneira livre e com várias entonações. Depois são escolhidas as que ficarem melhores para fazer parte dos filmes, garantindo ainda mais qualidade e chances de sucesso para as películas.


34

Saiba Tudo PIXAR

Modelagem e texturização Com os desenhos coloridos, começam a ser criados os modelos para a animação. As movimentações são todas feitas com modelos “aramados”, antes de as texturas serem aplicadas da maneira que vemos nos cinemas. Segundo a Pixar,

há personagens que chegam a possuir centenas de “dobradiças” para movimentação e expressão. Modelos prontos e história definida. Chega a hora de cobrir os seres de arame com texturas. Os designers obedecem às ordens dos di-

retores, que dão suas opiniões acerca das localizações mais indicadas para cada objeto e também para os personagens, sempre buscando criar ambientes mais agradáveis e condizentes com as situações.

Simulando um estúdio Dentro dos softwares de animação, são criados estúdios virtuais. É isso que faz com que os filmes da Pixar não sejam apenas animações com plano estático. Os filmes são feitos como se fossem criados com atores reais, utilizando closes, angulações e efeitos que simulam a produção de uma obra hollywoodiana. É por isso que o papel dos animadores é tão importante. Eles trabalham como se fossem atores e devem coreografar as cenas para deixar evidentes as expressões e pensamentos dos personagens. Exemplos clássicos são as expressões corporais do cowboy Woody, nos filmes “Toy Story”. Um detalhe importante das animações da Pixar está relacionado à iluminação individual dos objetos. Todos os personagens possuem detalhes de luz e sombras individuais, garantindo mais fidelidade aos cenários e mais realismo às histórias.


35

Renderização e finalização Renderizar um filme não é uma tarefa fácil e é nesse ponto que surgem os principais computadores da Pixar. Mesmo com uma enorme ilha de máquinas dedicadas para apenas essa função, há frames (sim, quadros de 1/24 segundos) que levam até 90 horas para serem renderizados por completo. A grande maioria dos frames é mais simples e leva cerca de “apenas” seis horas para

isso. Por fim, os editores adicionam as vozes, os efeitos e as trilhas sonoras ao filme. Assim, chega ao fim o processo de animação da Pixar. Pode não parecer, mas aquelas duas horas em que estamos nos cinemas representam muitas horas de trabalho de uma equipe competentíssima.

Próximos lançamentos Ainda em 2011, chega às salas de cinema de todo o mundo a continuação do aclamado “Carros”. Assim como aconteceu com as sequências de “Toy Story”, é bem provável que os fãs notem melhorias significativas nos gráficos (que já eram excelentes). Mater e McQueen voltam às telas para mais aventuras. Para o ano que vem, outra continuação. Ainda sem in-

formações concretas sobre o roteiro, “Monstros S.A 2” deve voltar a apresentar Sulley e Mike em aventuras surpreendentes com a pequena (que talvez tenha crescido) Boo.


informe-se rme-se www.revistainformese.com.br

revista projeto final  

revista projeto final

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you