Page 1

9 872234 505474

00006

00006/2013


index

70

20

38

52

58

106

124

128

Lampa 2013 Great names

Latin American Ives Gandra da Silva Martins

Health Michel Temer

Manoel David (Tiete-SP)

Case Luiza Helena Trajano

IBEF PR Prêmio Equilibrista 2013

Testimonial Chieko Aoki

Wonderful World Adriana Salles

14

26

42

114

IBEMA Investimento Social

Caribbean Silvia Simone Anspach

28

64

118

Worldwide Honorary President GCSM Mario Garnero

Corporate Vision Acacio Queiroz

GCSM Networking: NAT

Special place Vines of Mendoza

18

30

94

122

Arquitetura Humana Elmano Nigri

Technology Daniel Alves

Special Graber

Israeli Prime-Minister Benjamin Netanjahu

22

32

100

126

Board of Trustees GCSM José De Podestá

Entrepreneurship João Kepler Braga

Hotels & resorts Adriana Salles

The Winners Notes

24

36

112

127

Perfil Stan Braz

EBM - Executive Board Meeting Curaçao/Brasil

São Paulo Convention & Visitors Bureau

Editorial Agostinho Turbian

Curacao Stanley Palm

16

GCSM happens

130 SPWINENERS ECIA TH

L BRAND S

President & CEO: Agostinho Turbian Worldwide Honorary President GCSM: Mario Garnero Publisher Senior: Agostinho Turbian Principal Executive Editor: Jorge Pinheiro Machado Executive Editor: Antonio Carlos Romanoski Board Executive Editor: Marilia Ramachotti, Adriana Salles, Rogério Callamari Macadura, Jose de Podestá, Mário Negrão, Thiago Turbian e Agostinho Turbian Designer: Rogério Callamari Macadura Contributors: Arison Souza, Antonio Carlos Franchini, Joao Batista Oliveira, Armando Ruivo, Fabio Racy, Mario Ernesto Humberg, Tathiana Hardt Souto Turbian, Joao Soares, Alexis Pagliarini, Celso Pelosi, Virgilio Nelson da Silva Carvalho, Janaina Araujo, Alexandre Siqueira, Mário Negrão, José De Podestá, Marcelo Ramos, Adenias Gonçalves, Carlos Shinoda, Pedro Geraldo Bianco Junior, Malu França, Bruno Bomeny, Josmar Arrais, Marcos Troyjo, Rasso Von Reininghaus, Lourenço Bustani, Elmano Nigri, Antonio Prates, Francesco Viganó, Diego D’Ermoggine, Fabio Porta, Francesca Chiala, Antonio Olivieri, LesslyCastillo, Sérgio Frota, Celso Pelosi, Valentim Sola, Milton Longobardi, Marcelo Schulman, Armando Facio, João Batista Oliveira, Marcelo Santos Neto, Herculano Castilho Passos Junior, Janaina Araujo, Alexis Pagliarini, Bruno Bomeny, Adenias Gonçalves, Jorge Pinheiro Machado, Plinio Marcelo Florence Fernandes, Erika Horigoshi e Carla Assis

Marketing Director: Thiago Turbian Special Editor: Adriana Maria Poli Salles Executive Assistants: Carla Assis e Ana Paula Turbian Finance/Adminstration Manager: A.M.P. Machado Administradora Promotion Manager: BM & Associados LTDA. / BPS Comunicação LTDA. Vice-President, Italia: Francesco Viganó Vice-President TI: Antônio José De Podestá Vice-President USA e America Latina: Milton Longobardi Vice-President Africa/Portugal: Mário Negrão Vice-President Região Norte - Brasil: Marcos Aurelio Lopes de Oliveira Vice-President Venezuela: Jose Francisco Marcondes Filho Vice-President Caribe: Hugo Clarinda Vice-President Africa: Carlos Simbine Directors: Agostinho Turbian, Mario Negrao, Jose De Podesta e Antonio Carlos Romanoski Concierge Advisory Board: Blue Tree Resorts and Hotels, Sheraton WTC, Rubayat Alameda Santos, Rubayat Faria Lima, Rubayat Porto (Amauri), Figueira Rubayat Trindade, Café Otavio, Rodeio (Haddock Lobo), Sete Molinos (Lorena), One Iguatemi, Grand Hyatt, Principe di Savoia (Milan-Italy), Villa Principe Leopoldo (Lugano-Suiça), Eden Hotel (ROMA-Italy), Principe di Piemonti (Viareggio-Italy), Renaissance SP, Biltmore Hotel Coral Gables (Miami-FL - USA), Barbacoa - Itaim - SP/SP-Brasil Special thanks: Sanchat Tour Operadora (Roberto Silva – presidente) e Paulo Assumpção - Projeto PA GCSM - Global Council of Sales MArketing Is a Proud Sponsor of The Winners Prime Leaders Magazine. Avenida Angélica, 688 - 01228-000 - S.Paulo - SP – BRASIL Photos: Shutterstock and contributors

ASSINATURAS: Consulte a nossa área de relacionamento para conhecer a tabela de preços da The Winners. Faca a sua assinatura agora mesmo e receba a The Winners já no próximo mês. CARTAS E SUGESTÕES: Discuta as reportagens publicadas, de sua opinião sobre temas da The Winners. Envie suas criticas e sugestões para thewinners@globalgcsm.com. Ou caixa postal: Av. Angelica, 688, conj. 1001, Higienopolis, Sao Paulo-SP, Brasil. Cep: 01228-000. PARA ANUNCIAR: Ganhe visibilidade para sua marca e opinião. Entre em contato com nosso departamento comercial através: marketing@globalgcsm.com ou +55 11 3663.2242.

Innsbruck Publications, a division of The Winners Prime Leaders Magazine and Advisor of the GCSM - Global Council of Sales Marketing Avenida Angelica, 688 - cj 1001 - 01228-000 - S.Paulo - SP – Brasil In The Winners Prime Leaders Magazine, number 003/13–Marc/13, is published quarterly by GCSM - Global Council of Sales Marketing. Copyright 2012 ALL RIGHTS RESERVED. REPRODUTION WITHOUT permission is stricty prohibited. The Winners Prime Leaders Magazine is not responsible for the return or loss of unsolicited manuscripts or artwork. By submitting original art, photographs, transparencies, slides or digital images for editorial consideration in The Winners Prime Leaders Magazine (or website) and/or the magazine unimited usage of these images in all editorial products, materials anda website pages generated by The Winners Prime Leaders Magazine makes no garanted that submitted materials will be reproduced in the magazine or on the website. Any submission of manuscripts or art requires return must be accompanied by a written request and a SASE. GCSM audited. Circulation: 10,000 copies Audited by: ADJORI-SP

facebook.com/GlobalGCSM

Disponível na

twitter.com/globalgcsm

www.globalgcsm.com

SUBSCRIPTIONS: See our relationship area to know the price list of “The Winners”. Subscribe now and receive the “The Winners” next month. LETTERS AND SUGGESTIONS: Discuss the stories published and give us your opinion on the articles of “The Winners”. Submit your thoughts and suggestions for thewinners@globalgcsm.com. Or PO Box: Av Angelica, 688, conj. 1001, Higienopolis, São Paulo-SP, Brazil. Cep: 01228-000. TO ADVERTISE: Gain visibility for your brand and opinion. Please contact our sales department via: marketing@ globalgcsm.com or +55 11 3663.2242.

PRIME LEADERS MAGAZINE 13


editorial

By Agostinho Turbian*

Everything has a good side!

* Publisher The Winners Prime Leaders Magazine. University Professor, entrepreneur CEO GEESE, World President Global Council of Sales Marketing, Chairman’s Advisory FENADVB - National Federation of Associations of Sales Managers and Marketing in Brazil

14 THE WINNERS

Tudo tem seu lado bom! A presente edição de The Winners é a ultima de 2013, ano em que ficou consolidada como mídia e, orgão oficial de comunicação do Global Council of Sales Marketing. Mais do que o sucesso e, a alegria de ter feito; de ter pensado; de ter criado; de ter acreditado; de ter (tido)bons e presentes amigos, parceiros, conselheiros, Diretores, fornecedores engajados e colaboradores envolvidos, estamos felizes por que o realizado foi um sonho um dia. Hoje, a realidade nos remete a um futuro amplo, plural, moderno, avisado e, neste sentido, mais do que celebrar, nosso desejo é de manifestar a nossa alegria e crença de que é “possível sim”, fazer mais e melhor. Por isso, reafirmar o nosso compromisso com você, de fazer e continuar se esmerando e evoluindo, esteja seguro disso. 2014 chega com muita garra. Feito antes, nao será um ano fácil. Copas, eleições e os preparativos para as Olimpíadas em franco andamento e, mais os eventos do calendário nacional. Ufa! Temos muito trabalho pela frente. Podemos fazer a diferença, dentro dos nossos lares e trabalho. Que tal uma palavra de ordem: Temperança. Segundo André Comte-Sponville, “ a temperança nao é uma questão de aproveitar menos as coisas, mas de aproveita-las melhor. é o gosto esclarecido, domado e cultivado. é o tipo de moderação que permite sermos os mestres de nosso prazer, e nao os seus escravos. é também a combinação do prazer com a liberdade, um gozo que se compraz com o próprio fato de ser livre.” Obrigado a todos que nos ajudaram nessa importante etapa. Feliz ano novo.

* Publisher The Winners Prime Leaders Magazine, professor Universitário, empresário CEO do GEESE, World President Global Council of Sales Marketing e Presidente do Conselho Consultivo da FENADVB - Federação Nacional das Associações de Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil 任何事物都有它好的一面。 的得獎者2013這版是在其被合併為媒體和全球銷售營銷理事會的正式溝通器官的最後一年。 多成功,並且成就了喜悅,有思想,有創造,你相信;禮品,並具有很好的朋友,合夥人,董事,管理人員,從事經營 的員工和供應商(有) ,我們很樂意為這是實現的一天一個夢想。 今天,現實讓我想起一個廣泛的,多元的,現代的,警告未來,在這個意義上,而不是慶祝我們,我們的願望是要表達我們的喜 悅和信念,這是可能的“是” ,做得更多,更好。因此重申我們對您的承諾,並繼續完善和不斷發展的,是肯定的了。 2014到達與很多活力。以前做過,不會是一個容易的一年。杯,選舉和奧運籌辦工作正在進行中,坦率地說,大多數國家活動 日曆。哎呀!我們有超前很多工作。我們可以在我們的家庭和工作中有所作為。怎麼樣一個口號:節制。據安德烈•孔德 - Sponville , “一個節制是不是一個問題拿更少的東西,但需要他們更好。味道澄清,馴服和培養。的那種約束,使他們能夠成為我們 快樂的主人,沒有他們的奴隸。的同時愉悅與自由,一種享受就是高興的是自由本身的事實相結合。 “ 感謝大家誰幫助我們在這重要的一步。 新年快樂。 奧古斯丁Turbian

JONATHAN JONCKHEER � JAD PHOTOGRAPHY

T

his edition of The Winners 2013 is the last of this year. Year in which it was consolidated as media and official communication organ of the Global Council of Sales Marketing. More than the success, and the joy of having done, having thought, created, believed; having good and present friends, partners, directors, employees and suppliers engaged and involved partners, we are happy because the realized today was a dream one day. Today, the reality reminds us of a broad, pluralistic, modern, warned future and, in this sense, more than celebrating, our desire is to express our joy and belief that “yes”, it is possible do more and better. Therefore, we reaffirm our commitment to you, to continue to be perfecting and evolving, be sure of that. 2014 arrives with much vigor. As it happened before, it will not be an easy year. World Cup, elections and preparations for the Olympics underway, plus national events. Whew! We have much work ahead. We can make a difference within our homes and work. How about a word of order: Temperance. According to André Comte-Sponville, “temperance is not a matter to enjoy fewer things, but enjoy them better. It is the taste clarified, tamed and cultivated. It is the kind of restraint that allows us to be masters of our pleasure, and not slaves of it. It is also the combination of pleasure with freedom, an enjoyment that suffices with the fact of being free itself.” Thank you all who supported us during this important step. Happy new year.


Worldwide Honorary President GCSM

By Mario Garnero*

BRICS: consolidating positions

B

razil has been tottering in terms of economic development for more than 35 years now. Our competitors have been overtaking us – from left and from right. We are lagging behind. In the 1980s Brazil, together with Japan, was one of the nations that had most developed in all 20th century. Brazil, however, is now one of the worst ranked in economic growth. In the context of the BRICS (Brazil, Russia, India, China, and South Africa), we are the country with the worst performance. Last year, for instance, Brazil’s growth of only 0.9% - the smallest one in three years – was the lowest among the BRICS. China grew 7.8%, followed by India (5%), Russia (3.4%), and South Africa (2.5%). And the year before that was not very different: in 2011 Brazil was the last but one in growth among the BRICS.

* President of ANUBRA, Brasilinvest, Fórum das Américas and Worldwide Honorary President GCSM

16 THE WINNERS

The forecast for 2014 is quite discouraging. According to recent data revealed by IMF, Brazil will fall behind all BRICS countries again, with a weak growth rate of 2.5%. The prospects are that China will lead the rank with 7.3%, followed by India (5.1%), Russia (3%), and South Africa (2.9%). As you can see, in the game board of the BRICS, past, present, and future condemn us. We lack – and this is more consensual – the infra-structure to unlock growth and new takeoffs, to put Brazil’s development up to what our society needs and deserves. And the challenge of expansion and modernization of Brazil’s infrastructure includes two fundamental questions. On one hand, it is important to promote a more efficient interaction of the private sector and the government for an investment pact that can be effectively applied. On the other, it is crucial to plan growth with an emphasis on strategic and multiplying sectors. These are some of the themes that will be discussed in a seminar about the BRICS that Fórum das Américas will hold in New

York in the beginning of December, which will gather the point of view of high level personalities of the corporate, political, and academic worlds. Our goal is to gather new thoughts that might help and enlighten strategies and mechanisms that can positively influence the development of the BRICS and of Brazil. In the globalization game, the BRICS countries have today an immense power of negotiation. Together, they correspond to 19% of the world’s GDP and the group’s population represents about 42% of the world’s population. The group is so strong that, according to The Economist, the five countries were responsible for 55% of the global growth in the past three years. As a whole, the club is a solid power. In a closer look, though, there are many internal contradictions and the need of a continuous process of consolidation of positions and realities. Brasil, in particular, has given signs of weakness and fragility; however, it is important to reorient our route in order to allow Brazil to gain positions and become in the head of the group.

BRICS: consolidando posições Há mais de 35 anos, o Brasil tem patinado em seu desenvolvimento econômico. Nossos concorrentes estão nos ultrapassando – pela esquerda e pela direita. Estamos ficando para trás. Até o fim dos anos 80, o Brasil, juntamente com o Japão, foi uma das nações que mais se desenvolveu em todo o século XX. O Brasil, no entanto, tem situado na lanterna do crescimento econômico. No contexto dos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) somo o país de desempenho mais acanhado. No ano passado, por exemplo, o crescimento de apenas 0,9% - o menor em três anos - observado no Brasil foi o menor deles. A China evoluiu 7,8%, seguida por Índia (5%), Rússia (3,4%) e África do Sul (2,5%). No ano anterior não foi muito diferente. Em 2011, o Brasil situou-se na penúltima posição dentre os membros dos BRICS.A previsão para 2014 é também desanimadora. De acordo com dados recentes revelados pelo FMI mostram que o Brasil ficará novamente atrás de todos com um fraco crescimento de 2,5%. A projeção é que a China lidere a lista com 7,3%, seguida por Índia (5,1%), Rússia (3%) e África do Sul (2,9%). Como se vê, no tabuleiro dos BRICS, passado, presente e futuro nos condenam. Falta-nos, e isso é mais que consensual, a infra-estrutura pra destravar o crescimento, alçar novos vôos e colocar o desenvolvimento do Brasil à altura do que precisa e merece a nossa sociedade. E o desafio da expansão e modernização da infraestrutura no Brasil passa por duas questões fundamentais. De um lado, a interação mais eficiente do setor privado e do governo para um pacto de investimentos que saia do papel efetivamente. De outro, o planejamento do crescimento mediante ênfase em setores estratégicos e multiplicadores. Estes são alguns dos temas que serão examinados em seminário sobre os BRICS que o Fórum das Américas realizará em Nova York, no início de dezembro, reunindo figuras de destaque do mundo empresarial, político e acadêmico de todo o mundo. O objetivo é que as novas reflexões possam auxiliar e lançar luzes sobre estratégias e mecanismos que influenciem positivamente o desenvolvimento dos BRICS e do Brasil. No jogo da globalização, os países dos BRICS têm hoje um imenso poder de negociação. Juntos, correspondem a 19% do PIB do mundo e a população do grupo representa cerca de 42% da população mundial. Para se ter uma idéia da força do bloco, de acordo com a “The Economist”, os cinco países foram responsáveis por 55% do crescimento global nos últimos três anos. Como se observa, no todo, o clube mostra-se como uma sólida potência. Num olhar mais atento, no entanto, há ainda muitas contradições internas e a necessidade de um contínuo processo de consolidação de posições e realidades. O Brasil, em particular, dá sinais de timidez e fragilidade ao conjunto. É necessário, portanto, reorientar a nossa rota de modo a permitir que o Brasil se posicione na vanguarda deste clube.

* Presidente da ANUBRA, Brasilinvest, Fórum das Américas e Worldwide Honorary President GCSM


Arquitetura Humana

By Elmano Nigri*

Profiles that work

I

f someone, who is used to follow up on the world economy, had hibernated for the past ten years and have just awaken up at this exact moment they would have believe they had returned to the wrong world. Stable and solid economies such as the North American and the main European nations present weaknesses never before imagined causing many international leaders to lose their sleep. To mention one strong example only: some of the most powerful banks in the world had broken and had to become nationalized in order to survive and to be able to resume operations avoiding being swallowed up by competitors. On the other hand, economies, traditionally seen as problematic, to say the least, as the countries in Latin America, show an amazing ability to survive reasonably well to international bumps, despite the distortions caused by structural defects (such as the excessive dependence on commodity exports), clumsy interventions and the heavy usage of the relationship with the private sector, by the state in some countries. The results obtained by the largest companies in Latin America, exposed by AMERICA ECONOMY, suggests that business leaders in the region have been proven quite resilient, the ability to adapt to changing circumstances, during the increasing pressure for regulation and internal discrepancies in each national economy. Significantly, this capacity to adapt and great flexibility are shown more in these leaders than in the ones who direct the destiny of the organizations before viewed as solid and stable. This achievement highlights a common subject, which is the need for increasing human capital in large corporations. This can be seen, among the more successful Latin American corporations, a growing ability to attract and

* President of Arquitetura Humana Planejamento Estratégico Humano. (elmano.nigri@arquiteturahumana.com.br)

18 THE WINNERS

retain talents who will help them to grow and to become also a good place to work – not only because they offer good compensation and benefits, but also because they offer and comply with effective professional development possibilities. After all, the bigger the company, the bigger the disconnected relationships are in it - and that requires a creating, sustaining and formal mechanism able to keep this wheel spinning and promoting good fruit. Besides offering the things mentioned above, the main leaders’ actions must make people to believe that the organization deserves the dedication and trust of all. One of the factors that attract people who will make the difference in corporate life is the ability demonstrated by board of directors, CEO’s and other executive officers to permanently add competitiveness and to keep an adequate strategic management for human capital. When the personnel are placed well in the

equation, other points of attention - technology, market knowledge, logistics etc. - come as a result. When assembling and evaluating their teams, CEO’s should always have in mind the characteristics of each person and the chairs they occupy. They should also ask themselves whether they are near or far from the strategic demands. They also need to analyze all their positions, which requires a balance between profiles. It is like preparing a barbecue sauce. There must be balance between salt, oil, pepper and other ingredients. Without this balance, the mix falls apart and the barbecue sauce becomes a failure. Successful companies are like this delicious sauce.

Perfis que dão certo Quem porventura, acostumado a acompanhar o teatro de operações da economia mundial, tivesse entrado em hibernação dez anos atrás, ao retornar neste exato momento, acreditaria que reingressou no mundo errado. Economias estáveis e sólidas, como a dos Estados Unidos e as das principais nações europeias, apresentam debilidades antes inimagináveis, ao ponto de se tornarem razão para que muitas lideranças internacionais percam o sono. Para ficar apenas em um exemplo muito forte: alguns dos mais poderosos bancos do mundo quebraram, tiveram de ser estatizados para sobreviver e poder retomar as operações, ou foram engolidos por concorrentes. Paradoxalmente, economias tradicionalmente encaradas como problemáticas, para dizer o mínimo, como a da América Latina, mostram uma incrível capacidade de sobreviver razoavelmente bem aos solavancos internacionais, a despeito das distorções causadas por defeitos estruturais (a exemplo da excessiva dependência da exportação de commodities), por intervenções desastradas e o uso de mão pesada na relação com o setor privado, por parte do Estado, em alguns países. Os resultados obtidos pelas maiores empresas da América Latina, expostos pela AMÉRICA ECONOMIA, sugerem que os líderes empresariais da região têm mostrado bastante resiliência, ou seja, capacidade de adaptação às mudanças de conjuntura, às crescentes pressões regulatórias e aos desequilíbrios internos de cada uma das economias nacionais. Sintomaticamente, essa capacidade de adaptação se mostra maior que a maleabilidade das lideranças que dirigem o destino das organizações nas economias antes tidas como sólidas e estáveis. Essa conquista põe em pauta um assunto recorrente, que é a necessidade de valorização do capital humano nas grandes corporações. Já se pode constatar, entre as corporações latino-americanas mais bem sucedidas, a crescente capacidade de atrair e reter os talentos que as ajudam a crescer e se transformar também em um bom lugar para se trabalhar – seja porque oferecem boa compensação financeira e benefícios, seja porque acenam e cumprem com efetivas possibilidades de desenvolvimento profissional. Afinal, quanto maior a empresa, mais impessoal se torna a relação – e isso exige criar e sustentar mecanismos formais capazes de manter essa roda girando e promovendo bons frutos. Fala-se aqui de, além de manter os atrativos mencionados logo acima, a partir da ação adequada das principais lideranças, fazer crer às pessoas que aquela organização merece a aposta e a confiança de todos. Um dos fatores que mais atraem pessoas que vão fazer diferença na vida das empresas é a capacidade demonstrada pelo conselho de administração, pelo CEO e demais diretores executivos de, permanentemente, agregar competitividade e manter de pé uma adequada gestão estratégica do capital humano. Equacionadas as pessoas, os demais pontos que interessam – tecnologia, conhecimento dos mercados, logística etc. – vêm como decorrência. Ao montar e ao avaliar suas equipes, os CEOs devem ter sempre em mente as características das pessoas e das cadeiras que ocupam. Devem se perguntar se elas estão próximas ou distantes das demandas estratégicas. Precisam também analisar o conjunto das cadeiras, o que exige equilíbrio entre os perfis. É como preparar molho de churrasco (há de haver equilíbrio entre sal, azeite, pimenta e outros componentes). Se não houver esse equilíbrio, a mistura desanda e não chega a ser um molho de churrasco. As empresas são como esses deliciosos molhos.

* Presidente da Arquitetura Humana - Planejamento Estratégico Humano. (elmano.nigri@arquiteturahumana.com.br) 简介 如果某人曾经关注国际金融舞台的经济趋势,他会感觉犹如从十年冬眠状态中苏醒进入了一个奇异的世界。以往经济 稳定、巩固的大国如美国及各欧洲等大国,他们无法想像现在其经济情况如此薄弱,造成全世界的各领导人失眠。最 明显的例子,几个曾经是庞大的金融机构,如今面临了破产、被收购的局面,或者依靠政府机关支持渡过难关。讽刺地 一向被视为经济不稳定动荡的国家如南美等国纵使其国家经济结构运作不健全,或靠政府干预(单方面依靠生产基本商品出口贸 易支持政策等)都能从容渡过世界经济危机的威胁。 依AMÉRICA ECONOMIA杂志统计南美洲各大企业的领导层,更能适应世界经济整体情况的转变,更能调整外来压力及国内金 融的动荡。南美洲企业领导层的适应能力比起以往制度健全、稳定及巩固的企业, 更能有效适应现今的经济状况。 这个结果引出重要的问题:大企业如何吸引及留住人力资源。南美洲最大企业越来越注重在如何吸引及留住专业人才,并帮助企 业发展及制造良好的工作环境;换句话说,即是提供良好的薪酬和福利、提供职业生涯规划、承诺帮助人才继续进修,或加强其 职位晋升等来吸引及留住专业人才。总结,当公司規模越大,在人事上就越客观-因此企业必须寻求对策来确保并维持人事上的 优点,以保障企业未来有更良好的成绩。除上述所提及之重点,公司领导阶层应从行动上证明其公司有其之潜力及发展价值,以 赢取有关人士对公司的目标及发展价值之认同。 公司的最高行政总管和董事们可以有足够能力作出适当的策略,以确保有效留住人才--这点是最能吸引相关人士注意到公司是有 条件提供与众不同的工作环境的。有了完整及有效的人事制度后,其他重点如技术、市场专业知识、物流运作及其他问题等也会 顺其自然迎刃而解。最高行政总管在成立团队之前, 应该经常衡量团员里成员们的特质和职位之需求。时常关注其团员是否远 离策略之要求。同时需要分析团队之特性作到人盡其才、物盡其用的境界,犹如准备烧烤酱料,如欠缺适当的比例,将只是制作 成一份香料的混合品而已,而并非是完美的烧烤酱料,其实一个成功的团队就等于一份完美酱料的组合。


Latin America

By Ives Gandra da Silva Martins*

25 years of Latin American

constitution in context

O

ver the past 30 years, Latin America experienced marked alteration of its constitutional foundations and modified almost all existing texts and the adoption of new constitutions. Even Argentina, who lived with model coming from the nineteenth century, revamped its larger text. Countries such as Venezuela, Bolivia and Ecuador preferred mold itself according to teachings from a Spanish center of social studies. Created model, based on a large appreciation of the Executive, directly linked to the people, and through ongoing consultation convened by the Executive, through the Legislature and Judiciary, and prosecutors to pursue secondary functions. Honduras , like Brazil , amend its Constitution in the 80s, and, between the entrenchment clauses, the impossibility of re-election. Paraguay enacted, in the 90s, its constitution with parliamentary systems like device that allows the removal of the president for poor performance. Rigorous, almost all other Latin American countries changed their texts in this period.

* Emeritus Teacher of Mackenzie University, UNIP, UNIFIEO, UNIFMU, CIEE/ STATE OF SÃO PAULO, Schools Command and General Staff Army - ECEME and Superior de Guerra – ESG; Honorary Professor of the University Austral (Argentina), San Martin de Porres (Peru) and Vasili Goldis (Romania), Honorary Doctor of the University of Craiova (Romania) and Teacher at the University of Minho (Portugal), Chairman of the Board of Law FECOMERCIO - SP; Founder and Honorary Chairman of the Center University Extension.

20 THE WINNERS

The Brazilian model deserves reflection. Your text is smaller than the Venezuelan, Bolivian and Ecuadorian, however, much larger than that of Argentina. Has the text, however, a huge amount of provisions that could be conveyed by complementary legislation, ordinary or even by regulatory acts of the Executive. The constitution promulgated on 10/05/88 was widely criticized by extension (245 articles and 70 permanent standards of transitional provisions). Today there are 250 and 97, with 81 amendments. Despite this constant mutation, had an undisputed merit: establish definitely the democratic state that Brazil wanted since the Constitu-

tion of 1891 and the earlier texts (1934, 37, 46 and 67) failed. I attribute this result to the fact that it was prepared to adopt a parliamentary system of government. Only at the eleventh hour, now in plenary adopted the presidential system , no time to change many of the devices that have considerable strength to the Congress and the Judiciary. Strengthened, too, the role of the Court of Auditors. The framework can be outlined as follows: A strong legislature , as in parliamentary systems , a judiciary authentic, with greater force than in previous constitutions , a Court of Auditors , with greater powers to hold and inspect the power , and not an Executive was weakened because you were granted two legislative instruments . Can today say that the democratic state is definitive in Brazil , thanks to the 1988 Constitution .

�� anos da constituição no contexto Latinoamericano Nos últimos 30 anos, a América Latina conheceu sensível alteração de seus fundamentos constitucionais, com modificação de quase todos os textos vigentes e adoção de novas Constituições. Até mesmo Argentina, que convivia com modelo vindo do século XIX, reformulou seu texto maior. Países como Venezuela, Bolívia e Equador preferiram moldar-se de acordo com ensinamentos provenientes de um centro espanhol de estudos sociais. Criaram modelo, alicerçado em grande valorização do Poder Executivo, diretamente vinculado ao povo, mediante consultas constantes e convocadas pelo próprio Executivo, passando o Poder Legislativo e Judiciário, assim como o Ministério Público a exercer funções secundárias. Honduras, como o Brasil, alterou sua Constituição na década de 80, tendo, entre as cláusulas pétreas, a impossibilidade de reeleição. O Paraguai promulgou, na década de 90, sua constituição, com dispositivo semelhante aos sistemas parlamentares que permite o afastamento do presidente por mau desempenho. De rigor, quase todos os outros países da América Latina alteraram seus textos neste período. O modelo brasileiro merece reflexão à parte. Seu texto é menor do que os venezuelano, boliviano ou equatoriano, porém, muito maior que o da Argentina. Tem o texto, todavia, uma quantidade enorme de disposições que poderiam ser veiculadas por legislação complementar, ordinária ou até mesmo por atos regulamentares do Executivo. A Constituição promulgada em 05/10/88 foi muito criticada por extensão (245 artigos de normas permanentes e 70 de disposições transitórias). Hoje, são 250 e 97, com 81 emendas. Apesar desta constante mutação, teve um mérito indiscutível: firmar definitivamente o Estado Democrático de Direito que o Brasil desejava desde a Constituição de 1891 e que os textos anteriores (1934, 37, 46 e 67) não conseguiram. Atribuo esse resultado, ao fato de ter sido elaborada para adoção de um regime parlamentar de governo. Apenas na undécima hora, já em plenário, adotou-se o sistema presidencial, sem tempo de alterar muitos dos dispositivos que deram força considerável ao Congresso e ao Poder Judiciário. Fortaleceu-se, também, o papel do Tribunal de Contas. O quadro pode ser delineado da forma seguinte: um Legislativo forte, como nos sistemas parlamentares; um Judiciário autêntico, com força maior que nas Constituições anteriores; um Tribunal de Contas, com poderes maiores para responsabilizar e fiscalizar o Poder; e um Executivo que não ficou fragilizado, pois lhe foram outorgados dois instrumentos legislativos. Pode-se, hoje, dizer que o Estado Democrático de Direito é uma realidade definitiva no Brasil, graças à Constituição de 1988.

*Professor Emérito das Universidades Mackenzie, UNIP, UNIFIEO, UNIFMU, do CIEE/O ESTADO DE SÃO PAULO, das Escolas de Comando e Estado-Maior do Exército - ECEME e Superior de Guerra - ESG; Professor Honorário das Universidades Austral (Argentina), San Martin de Porres (Peru) e Vasili Goldis (Romênia); Doutor Honoris Causa da Universidade de Craiova (Romênia) e Catedrático da Universidade do Minho (Portugal); Presidente do Conselho Superior de Direito da FECOMERCIO - SP; Fundador e Presidente Honorário do Centro de Extensão Universitária.


Board of trustees GCSM

By José De Podestá*

GCSM achieving its international status

O

riginated from some entrepreneurs and businessmen’s ambitious idea GCSM (Global Council of Sales Marketing) has been designed and created in order to develop and recognize marketing and sales innovative activities in Latin America. As a private non-profit organization, the GCSM is building its history through events of high content to selected audiences. Aiming to promote and disseminate the best practices of business management in the areas of sales and marketing, GCSM activities encourage the use of new media communication as social networks and advertising trends. Last September GCSM achieved an International Status accomplishing LAMPA (Latin American Marketing Personality Award) celebration in Curacao. LAMPA has been designed by GSCM to recognize and incentive companies and executives that demonstrated special use of marketing techniques to provide relevant service to economy in Latin America The choice of Curacao could not have been better, converging with the innovative GCSM mission. It is a small island with paradisiacal nature, unknown by the majority of Brazilians and with a population of less than 150,000 people, but with a huge potential to develop business with Brazil. The prestigious audience with more than a hundred Brazilians who travelled to attend the event together with fifty local authorities and businessmen have made the event remarkable. The wonderful diner celebration at Santa Barbara hotel, hosted by the Minister of Economic Development, will be kept in the memory of all who had the opportunity to be present. Brazilians and Curacao businessmen have had the opportunity to better learn

* Chairman of the Board of Trustees GCSM, engineer, managing partner of Integra Global and Vice President of ADVB.

22 THE WINNERS

from each other how to do business in both countries. Surely it is a starting point for successful business in the near future. The LAMPA award has just been born and has already became an outstanding and desired international prize. The winners have enriched the party and they differentiate LAMPA from any other awards they have already received or will surely receive. Our other awards LAPSA (Latin America Sales Personality Award) and WCA (World Company Award) are following the same path of success and they will contribute to

make GCSM an outstanding organization. Now the challenge is on – to make the upcoming events even better and more memorable. As difficult as it may seems it will be a nice challenge to pursue. Thank you all for the continuous support and for honoring our events and our The Winners magazine.

GCSM atinge seu status internacional Originado pela ambiciosa ideia de empresários e empreendedores, o GCSM (Global Council of Sales Marketing) foi idealizado e criado, com intuito de desenvolver e reconhecer atividades inovadoras em Marketing e Vendas na América Latina. Como uma entidade privada e sem fins lucrativos, o GCSM está construindo sua história através de eventos de alto conteúdo para seletas audiências. Com o objetivo de fomentar e disseminar as melhores práticas empresariais de management nas áreas de vendas e marketing, as atividades do GCSM incentivam o uso de novas mídias de comunicação como as redes sociais e novas tendências de publicidade. Em setembro passado, o GCSM alcançou seu Status internacional ao realizar a cerimonia de entrega do LAMPA (Latin American Marketing Personality Award) em Curaçao. O LAMPA foi idealizado pelo GCSM para reconhecer o trabalho de empresas e empresários que demonstraram ter utilizado novas técnicas de marketing para prestar relevantes serviços para economia da América Latina. A escolha da ilha de Curaçao não poderia ter sido mais acertada e convergente com a missão inovadora do GCSM. Uma pequena ilha do caribe, com uma natureza paradisíaca, desconhecida da maioria dos brasileiros e com menos de 150.000 habitantes mas com um grande potencial de negócios com o Brasil. A prestigiosa audiência com mais de uma centena de brasileiros, que para lá viajaram para participarem do evento e cinquenta autoridades e executivos locais fizeram do evento um grande marco. O jantar no maravilhoso hotel Santa Barbara, comandado pelo ministro do Desenvolvimento Econômico de Curaçao, ficará guardado na memória de todos que tiveram a oportunidade de estarem presentes. Empresários brasileiros e curaçaoenses tiveram a oportunidade de melhor entender suas culturas e de como realizar negócios em ambos países. Certamente isto foi o ponto inicial para negócios de sucesso em um próximo futuro. O prêmio LAMPA acabou de nascer e já se tornou um concorrido e desejado prêmio internacional. O vencedores enriqueceram a festa e eles diferenciarão o LAMPA de outros prêmios que já receberam e que com certeza ainda irão receber. Os outros prêmios oferecidos pelo GCSM, o LAPSA (Latin American Sales Personality Award) e o WCA (World Company Award) seguem o mesmo sucesso e irão contribuir para o GCSM ser reconhecido como uma organização diferenciada. Agora um desafio está sobre a mesa – realizar os próximos eventos ainda melhores e mais inesquecíveis. Por mais difícil que pareça, é um desafio que nos agrada perseguir. Obrigado a todos pelo apoio continuo e por prestigiarem nossos eventos e nossa revista The Winners.

*José De Podestá, Presidente do Conselho do GCSM, é engenheiro, sócio-diretor da Integra Global e Vice-Presidente da ADVB.


Três perguntas

By Stan Braz*

Funcionários terceirizados

T

he Winners – Muito se fala sobre a terceirização, o que vem a ser e como funciona? Stan Braz – O emprego da terceirização é datada da década de 80 e tem por finalidade passar para terceiros a execução de atividades que não são as atividades fim da empresa. O processo iniciou-se basicamente nas atividades de serviços gerais e limpeza. No decorrer do tempo surgiu o outsourcing que foi uma evolução no conceito de terceirização aonde a empresa contratada gerenciava as atividades.

que define o piso salarial. Se ele presta serviço a um banco o seu piso salarial e benefícios é diferente da categoria dos bancários pois a essência do seu trabalho é diferente. O terceirizado não executa atividades relacionadas aos serviços oferecidos por um banco.

TW - Há algum prejuizo para o trabalhador contratado como terceirizado? SB - Com a expansão da modalidade de terceirização foram criadas diversas categorias profissionais e com elas os sindicatos dos empregados e os patronais. Dessa forma assegurou-se as garantias trabalhistas e as negociações se dão de forma a garantir os direitos dos trabalhadores. TW - É comum falar que o empregado terceirizado ganha menos. porque? SB - Na realidade os funcionários terceirizados possuem pisos salarias definidos para sua categoria profissional. Exemplificando um auxiliar de limpeza é filiado a um sindicato

* Diretor Executivo da ABRAREC e do SINTELMARK, sendo o responsável pela divulgação do setor de relacionamento juntos aos poderes, colocando o setor como interlocutor para discussão das políticas públicas e como Presidente do IBCD (Instituto Brasil para Convergência Digital) foi um dos responsáveis pelos programa “PC para todos”,Fórum da TV Digital e incentivador da Lei de Inovação;foi Diretor Executivo da Alanac (Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Nacionais). Foi também Diretor de RH e Marketingda Souza Cruz, Citibank, Grupo SHARP e Credicard.

24 THE WINNERS

外包员工 获奖者 - 大部分是说,大约外包上,它要和它是如何工作的? 斯坦BRAZ - 使用外包的日期是80 ,目的是传递给第三方不属于公司的核心业务活动的表现。该过程主要发起一般服 务和清洁活动。随着时间的推移,这是在外包在承包管理活动的概念演进的外包出现了。 台湾 - 是否有任何伤害的员工聘为外包? SB - 外包各职业类别的模式的扩展,并与他们建立了员工的工会和雇主。因此,放心,如果劳资担保和谈判发生,以确保工人 的权利。 台湾 - 这是常见谈话的外包员工的收入少。为什么? SB - 其实外包员工定义Salarias地板为您的职业。来凤县辅助清洗隶属于工会的设定工资下限。如果他提供一个银行的基本工资 和福利是从银行的类别为他们工作的本质不同是不同的。第三方不履行由银行活动所提供的相关服务。 斯坦BRAZ是ABRAREC 和SINTELMARK的执行董事,负责的关系在一起的权力部门的披露,把部门作为公共政策讨论的合作伙伴和IBCD(巴西研究所 数位汇流)的主席是一个负责“的PC为人人”,论坛数字电视和支持创新行动计划;为Alanac的(药厂的全国协会)执行董事。他 也是人力资源总监和Marketingda苏萨·克鲁兹,花旗银行,Credicard和夏普集团。 斯坦BRAZ是ABRAREC和SINTELMARK的执行董事,负责的关系在一起的权力部门的披露,把部门作为公共政策讨论的合作伙 伴和IBCD(巴西研究所数位汇流)的主席是一个负责“的PC为人人”,论坛数字电视和支持创新行动计划;为Alanac的(药厂的全 国协会)执行董事。他也是人力资源总监和Marketingda苏萨·克鲁兹,花旗银行,Credicard和夏普集团。


Curacao

By Stanley Palm*

Discurso del Ministro de Desarrollo Economico, Sr. Stanley Palm en ocasión del encuentro empresarial Brasil – Curacao Camara de Comercio de Curazao 13 de Septiembre del 2013

S

r. Ministro de Desarrollo Economico de Curazao, sr. Jose Jardim Sr. Agostinho Turbian, director de “Global Council of Sales Marketing�. Sr. Jorge Lehm Muller, presidente de la Camara de Comercio e Industria de Brasil – Curazao Sr. Billy Jonckheer, presidente de la Camara de Comercio e Industria de Curazao, Empresarios de Brasil i Curazao Damas y Caballeros,

Bom dia. É um prazer para mim ter a oportunidade de dirigir algumas palavras para vocês. En los últimos tres anos hemos realizados varios viajes de negocios a Brasil, especialmente a la ciudad de Sao Paulo, con el objetivo primordial de dar a conocer las múltiples oportunidades y potenciales que ofrece Curazao a los empresarios Brasileros que desean expandir sus horizontes comerciales hacia el Caribe y Europa. Estos viajes se realizaron con un equipo de profesionales representantes del sector publico, comercial y financiero de Curazao. Brasil, en los últimos anos se ha consolidado como un país de gran potencial económico en Latino AmÊrica. En los últimos aùos Brasil conoció un fuerte crecimiento gracias a la expansión del gasto gubernamental y las políticas para estimular el consumo. Pero los ciclos económicos tambiÊn traen grandes retos. Para enfrentar estos desafiantes retos es imprescindible tener buenos y confiables aliados estratÊgicos. Curazao tiene un gran potencial para ser su aliado estratÊgico en el Caribe. Y le explico por que. ä8QRGHORVDUJXPHQWRVPDVV¾OLGRVSDUD decidirse a hacer negocios en Curazao es la estabilidad política. Ademås Curazao forma parte del Reino de los Países Bajos. Por ende Curazao ofrece conveniente acceso D PHUFDGRV GH OD 8QL¾Q (XURSHD (VWDGRV * Minister of Economic Development of Curacao

26 THE WINNERS

8QLGRV$PÂŤULFD/DWLQD\HO&DULEH ä /D HFRQRPÂŻD GH &XUD]DR JLUD HQ JUDQ parte en las actividades de puertos. Con varios puertos profundos y naturales, las autoridades de puertos opera varios puertos comerciales de la isla. Curazao tambiĂŠn es una jurisdicciĂłn para inscribir embarcaciones de todo tipo a nombre del Reino de los PaĂ­ses Bajos. Entre las diferentes ventajas que Curazao le brinda a la industria de embarques y transportes estĂĄn sus sencillos procedimientos de inscripciĂłn, asĂ­ como las oportunidades de empleo y las regulaciones de impuestos favorables para las tripulaciones. ä(ODVWLOOHUR&XUDŠDR'U\GRFN&RPSDQ\VH dedica a la reparaciĂłn de barcos de cruceros, buques de la marina y embarcaciones de apoyo a lo largo de las costas. La refinerĂ­a de Curazao, tiene varios muelles muy bien equipados donde los buques tanqueros pueden cargar y descargar. TambiĂŠn se realizan reparaciones y limpieza de tanqueros. ä&XUD]DRHVXQFHQWURILQDQFLHURFRQILDEOH desde la segunda guerra mundial. Hoy en dĂ­a es uno de los centros financieros mas sĂłlidos y consagrados en el Caribe. Las organizaciones del “Curacao Internacional Services Association/ CIFA cuenta con mas de 100 miembros locales incluyendo bancos, notarios, abogados, oficinas y expertos de impuesto, aseguradores etc. que estĂĄn a su disposiciĂłn. ä&RQHOLQLFLRGHDFWLYLGDGHVGHODFRPSD-

ùía CTEX, uno de los premiados de LAMPA, Curazao se posiciĂłn como la Ăşnica empresa de almacenamientos de datos electrĂłnicos en el hemisferio sur con 4 “top Tierâ€? centros de almacenamiento de datos. De la misma manera Curazao cuenta con una moderna infraestructura de telecomunicaciones. ä(OGHVDUUROORGHELHQHVUDÂŻFHVKDFRQRFLGR un gran ascenso en los Ăşltimos aĂąos. Varios agentes de bienes raĂ­ces ofrecen un sinfĂ­n de proyectos de urbanizaciĂłn, comerciales y de centros turĂ­sticos en pleno proceso de construcciĂłn. Curazao les ofrece precios realmente competitivos a los interesados en comprar propiedad privada o comercial. ä $GHPÂŁV &XUD]DR FRPSDUWH XQ SDVDGR con lazos histĂłricos y culturales con Brasil. ä 1R HVWD GHPÂŁV PHQFLRQDU QXHVWUR SHUsonal calificado de alto educaciĂłn y multi lingual muy motivados a hacer el intercambio comercia, financiero y econĂłmico con Brasil una realidad. Damas y caballeros, Curacao es su puente logĂ­stico hacia nuevos mercados con grandes potenciales. Como ministro de Desarrollo EconĂłmico les extendiendo una mano a los empresarios brasileros. Vamos a hacer negocios juntos para continuar el proceso de globalizar nuestros paĂ­ses. Marcamos el inicio de una nueva etapa en las relaciones econĂłmicas con Brasil Se abre un mundo de oportunidades en donde todos seremos campeones. Por su atenciĂłn, muito obrigado.


Corporate Vision

By Acacio Queiroz*

The quest for balance

among generations

W

e live in a new era, in which the leader requires technical expertise and emotional skills to face risks, to have persistence, to reach challenging results, and to be self-reliant and self-motivating, in addition to being a developer of people and a source of power for his group. Today, the leader is the one who understands diversity, causes his employees and partners to grow and guides individual talents toward team success. However, dealing with professionals from diverse generations and their respective peculiari-

28 THE WINNERS

ties can still be a challenge for modern managers. The current labor market encompasses professionals from a wide age range (from 17 to 70 years-old), who fit into different profiles — traditional, postwar, X and Y generations. The Z and Alpha (symbol) generations are already on their way, and soon many others. Faced with this reality, emotional balance is a crucial and indispensable factor to the leader. Leadership is not a technical issue, but of attitudes and stances before others and himself. Being a leader implies knowing how to manage your own emotions, impulses and deficiencies — that can be complemented through people from the team or partners in personal life. This requires a high dose of self-knowledge and of course experience. This balance is

achieved through the well-being, quality of life and good family relations, which are reflected in a daily basis and serve as an example for everyone in the team. Fluent communication and interactivity among employees are important tools for obtaining the real perception of the potential of the team that is being led. It is essential to a company’s success for communication to be exercised at all levels, vertically and horizontally. As a result, today’s leader needs to be flexible and to be close to his employees. Ideally, there should be no distance among the different hierarchical levels, which allows sharing of views, experiences, challenges, achievements and, consequently, to celebrate together the achieved goals. To achieve the state of prosperity we seek, some phases and steps should be followed: emphasize that we must always work to achieve something; admit mistakes and study them so as not to repeat them; trace goals with priorities; adopt planning habits; Learn to say no; be open to whatever is new; turn away from relationships that do not generate results; improve the quality of consumption, managing time and money spent. Other important tips are simplified, shorten processes, use personal contact whenever it’s possible and make objectives clear. Indeed, because there will always be problems, and leadership will only be valued – or not – in times of crisis. For this reason, during these difficult phases, adopting some rules and stances helps the leader to deal with the scenario. The manager who anticipates the next phases and identifies forthcoming challenges finds more and better resources. With a team motivated by


emphasis on positive results and recognition of everyone’s efforts, it becomes easier to go through periods of turbulence. Knowing the team, in turn, is essential for leading, successfully, employees with different characteristics. The traditional generation, for instance, that includes people between 65 and 85 years old, is an embittered generation, calloused by deprivations and wars, which eventually produced practical and dedicated professionals, who usually stay for decades in the same company. Now the postwar generation, the babyboomers (between 46 and 64 years-old), is optimistic, focused on personal values and acts by consensus. The X generation demonstrates greater concern for quality of life and is formed by individuals between 33 and 45 years old, who are familiar with communication technologies and are focused on seeking balance between professional and personal life. These professionals have faced major crises; they are skeptical, overprotective and preach freedom at work and in relationships. Now the Y generation, which was born in the digital age and uses with ease the internet and tools like social networks, is today one of the main challenges of leadership. It is important for companies to get acquainted with the culture of this

Faced with this reality, emotional balance is a crucial and indispensable factor to the leader. Leadership is not a technical issue, but of attitudes and stances before others and himself

new generation, since they are new citizens and new consumers that have as main characteristics impatience, high self-esteem, the ability to perform several tasks at the same time, the interest in building a better world and habit of treating their superiors as classmates. The leader of this new generation must understand the young professional’s objective, his plans and if these are in accordance with the company’s values. To engage these young people, who yearn for instant ascent on the professional ladder, it is important to offer opportunities of living new experiences, offering time for them to meet new fields and activities and constantly recognizing the results achieved by them. This generation, which accepts and even prefers to be led by more than one person, is what demands more professionals who know how to position them and extract their full potential.

* Recognized as one of the top leaders and experts of the Brazilian insurance market, Acacio is an Economics graduate and has a postgraduate course in Finance. He finished a specialization course in Business at the United States and has a certification from the Dom Cabral Foundation’s Advisors Development Program, besides having taken several courses in the fields of insurance and business management in Brazil and abroad. The executive is also a management advisor certified by the IBGC – Brazilian Institute of Corporate Governance. He assumed positions as chairman, CEO and COO locally and for Latin America in several insurance companies. In 2005, he took over the leadership of Chubb do Brasil Cia. de Seguros, one of Chubb Corporation’s major operations outside the U.S. and the largest in Latin America. Currently he is the chairman of the Board of Directors, chairman and CEO of Chubb Brazil and chairman of Resseguradora da Chubb, Federal S.A. Acacio Queiroz is a source of the most respected business and economics magazines, as well as the electronic media. He writes articles for some of the most respected newspapers in the country and is a specialist in business management and generation gap.

A busca pelo equilíbrio entre as gerações Vivemos um novo tempo, no qual o líder necessita de competências técnicas e habilidades emocionais para enfrentar riscos, ter persistência, alcançar resultados desafiadores, ser autoconfiante e automotivador, além de ser desenvolvedor de pessoas e fonte de energia para seu grupo. Hoje, o líder é aquele que entende a diversidade, faz com que seus colaboradores e parceiros cresçam e direciona os talentos individuais para o sucesso do time. Entretanto, lidar com profissionais de várias gerações e suas respectivas particularidades pode ainda ser um desafio para os gestores modernos. O mercado de trabalho atual engloba profissionais de uma larga faixa etária (dos 17 aos 70 anos), que se encaixam em diversos perfis — gerações tradicional, pós-guerra, X e Y. Já estão chegando as gerações Z e Alfa (símbolo), e em breve muitas outras. Diante dessa realidade, o equilíbrio emocional é fator decisivo e imprescindível ao líder. Liderança não é uma questão técnica, mas de atitudes e posturas perante outros e perante si mesmo. Ser um líder implica saber administrar suas próprias emoções, ímpetos e deficiências — que podem ser suplementadas por meio de pessoas da equipe ou parceiros na vida pessoal. Isso requer elevada dose de autoconhecimento e, claro, experiência. Esse equilíbrio é conquistado através do bem-estar, da qualidade de vida e das boas relações familiares, que se refletem no dia a dia e servem como exemplo para todos da equipe. A comunicação fluente e a interatividade entre os colaboradores são importantes ferramentas para obter a real percepção do potencial da equipe liderada. É fundamental para o sucesso de uma empresa que a comunicação seja praticada em todos os níveis, no sentido vertical e horizontal. Para tanto, o líder de hoje precisa ser flexível e estar próximo dos seus funcionários. O ideal é que não haja distância entre os diferentes níveis hierárquicos, o que permite compartilhar visões, experiências, desafios, conquistas e, consequentemente, comemorar juntos os objetivos atingidos. Para alcançar o estado de prosperidade que buscamos, algumas etapas e passos devem ser seguidos: enfatizar que precisamos sempre trabalhar para conquistar algo; admitir os erros e estudá-los para não repeti-los; traçar metas com prioridades; adotar hábitos de planejamento; aprender a dizer não; abrir-se para o novo; sair de relacionamentos que não geram resultados; melhorar a qualidade de consumo, direcionando o tempo e dinheiro gastos. Outras dicas importantes são descomplicar, encurtar processos, usar o contato pessoal sempre que possível e tornar os objetivos claros. Sim, porque problemas sempre existirão, e a liderança somente será valorizada – ou não – em momentos de crise. Por isso, durante essas etapas de dificuldade, adotar algumas regras e posturas ajuda o líder a lidar com o cenário. O gestor que se antecipa às próximas fases e identifica os desafios seguintes encontra mais e melhores recursos. Com uma equipe motivada pela ênfase dos acertos e o reconhecimento do esforço de todos, fica mais fácil passar por períodos conturbados. Conhecer a equipe, por sua vez, é fundamental para liderar, com sucesso, colaboradores com características diversas. A geração tradicional, por exemplo, que engloba pessoas entre 65 e 85 anos, é uma geração sofrida, calejada por privações e guerras, o que acabou produzindo profissionais práticos e dedicados, que costumam permanecer por décadas na mesma empresa. Já a geração pós-guerra, os babyboomers (com idades entre 46 e 64 anos), é otimista, focada nos valores pessoais e age pelo consenso. A geração X demonstra uma preocupação maior pela qualidade de vida e é formada por pessoas entre 33 e 45 anos, que já estão familiarizadas com as tecnologias de comunicação e têm como foco a busca pelo equilíbrio entre vida profissional e pessoal. Estes profissionais enfrentaram grandes crises, são céticos, superprotetores e pregam a liberdade no trabalho e nas relações. Já a geração Y, que nasceu na era digital e utiliza com desenvoltura a internet e ferramentas como as redes sociais, constitui hoje um dos principais desafios da liderança. É importante que as empresas conheçam a cultura dessa nova geração, uma vez que são novos cidadãos e novos consumidores que têm como principais características a impaciência, a elevada autoestima, a capacidade de realizar diversas tarefas ao mesmo tempo, o interesse em construir um mundo melhor e o costume de tratar seus superiores como colegas de turma. O líder desta nova geração deve entender qual o objetivo do jovem profissional, quais são seus planos e se estes estão de acordo com os valores da empresa. Para engajar estes jovens, que almejam a rápida ascensão, é importante oferecer oportunidades de vivenciar novas experiências, oferecer tempo para que eles conheçam novas áreas e atividades e reconhecer constantemente resultados por eles alcançados. Esta geração, que aceita e até prefere ser liderada por mais de uma pessoa, é a que mais demanda profissionais que saibam posicioná-la e extrair dela todo seu potencial.

*Presidente & CEO da Chubb Seguros

PRIME LEADERS MAGAZINE 29


Technology

By Daniel Alves*

Evolving, our destination

through echnology

F

or better or for worse, technology has always caused a revolution in mankind. Since man invented the first tool, he realized that using instruments in his routine made activities easier to be performed and optimized his time. However, he was not always able to fully understand the potential of these inventions and even less how to control them. Maybe that is why every time some-

30 THE WINNERS

thing new is created or some idea is put into action and becomes a reality, it evokes suspicion, fear, anxiety and concern in human beings. Then, it is easy to understand why themes such as Cognitive Computing, Neurolinguistics, Cybernetics and everything else that promotes the interaction between man/machine are always involved in controversies and lead to ferocious discussions between science and society.

However, there is an aggravation: the speed and strength according to which changes and innovations are occurring. That makes us more anxious and it makes events and facts harder to be understood. Nevertheless, we need to carefully reflect on these issues, observe and pay attention to all sides, all consequences and then discuss upon them. My suggestion is that everybody reflects


and understands about what Cognitive Computing is, how it influences people’s lives and what it will represent in the near future. After all, Cognition encompasses how we interpret facts, life and ourselves. Subjective, it is also related to interpretation, perception, memory, imagination and action, making this characteristic one of the defining elements of our existence. However, we must not fear and dread, we need to understand the facts in order to benefit from everything technology has to offer us, we have to make innovation our eternal ally; we must question what is it that really threatens us. After all, automobiles and bicycles have not rendered our legs useless; both have made us faster. Innovations that the future presents to us may and should favor our talent and well-being. This movement has marked the end of the period in which programmatic computing prevailed, when data were added and interpreted according to parameters defined by man. For scientists, this changes everything we know about information management. Intelligent computers are being elaborated to reproduce the dynamics of the mind. Thus, machines may make sophisticated associations between data, similarly to the ones made by our network of neurons. Instead of transforming data into information, we extract something that is more elaborate – knowledge – and the possibilities are endless from this point on. Have you ever imagined that you will soon be able to touch a smartphone’s screen and feel the fabric of a piece of clothing you intend to buy at an online store? A device will be able to choose its owner’s preferred flavors, evaluating the molecular composition of foods. Then, it will simulate the feeling of eating delicious things without causing risks to those with blood pressure problems, diabetes or overweight. Attached to microsensors that detect smells, computers will also be able to prevent accidents,

* Graduated in Marketing by Unisa, University of Santo Amaro. MBA in Retail and CPG by FIA. Working at IBM as Client Executive

such as gas leakage. Have you ever imagined a machine that is able to interpret sounds so deeply that it will be able to establish parameters and identify exactly why a baby is crying, for example? If we have all these methods to simulate human senses in different situations, it will not be long until everything is condensed into a single intelligent system – the first android with feelings in the world. We must all think about something new and different. How about you, any new ideas today?

Have you ever imagined that you will soon be able to touch a smartphone’s screen and feel the fabric of a piece of clothing you intend to buy at an online store?

Evoluir, o Destino com a Tecnologia Para o bem ou para o mal, a tecnologia sempre revolucionou a vida do homem. Desde que ele inventou a primeira ferramenta, percebeu que instrumentalizar a rotina facilitava o exercicio das atividades e otimizava o seu tempo. Porém nem sempre foi capaz de entender plenamente o potencial dessas invenções e muito menos controlá -las. Talves por isso, todas as vezes que algo novo surge ou alguma idéia sai do papel e se torna realidade, desperta nos seres humanos a desconfiança, temor, ansiedade e preocupação. Então fica fácil compreender por que temas como Computação Cognitiva, Neurolingüística, Cibernética e tudo mais que promova a interação homem/máquina, sejam sempre envolvidos em polêmicas e acarretem discussões vorazes entre a ciência e a sociedade. Mas existe um agravante: a velocidade e a força com a qual as mudanças e inovações estão ocorrendo. Isso aumenta nossa ansiedade e torna mais difícil compreender os acontecimentos e fatos. Entretanto, precisamos refletir atentamente sobre essas questões, observar e ficar atento a todos os lados, todas as consequências e partir para a discussão. Eu proponho que seja feito por todos uma reflexão e compreensão sobre o que é a Computação Cognitiva, como ela influência a vida das pessoas e o que vai representar num futuro próximo. Afinal a Cognição compreende a forma de interpretar os fatos, a vida e a si mesmo. Subjetiva, também esta ligada a interpretação, percepção, memória, imaginação e ação, fazendo dessa grandeza um dos elementos definidores da nossa existência. Porém não podemos ter medo e receio, precisamos entender os fatos para usufruir de tudo o que a tecnologia tem a nos oferecer, temos que fazer das inovações nossa eterna aliada, devemos questionar o que realmente nos ameace. Afinal o automóvel e a bicicleta não inutilizaram nossas pernas, ambos nos tornaram mais rápidos, as inovações que o futuro nos apresenta podem e devem, estar a favor de nosso talento e bem-estar. O movimento que marcou o fim do período de predominância da computação progamática, quando os dados eram adicionados e interpretados segundo parâmetros definidos pelo homem. O que para os cientistas muda tudo o que sabemos sobre gestão da informação. Os computadores inteligentes estão sendo elaborados para agir reproduzindo a dinâmica da mente. Desta forma, as máquinas podem fazer associações sofisticadas entre os dados, semelhante as que fazem nossa rede de neurônios. Ao invés de transformar o dado em informação, extraimos algo mais elaborado, o conhecimento e partir dai as possibilidades são infinitas. Você ja imaginou em breve poder encostar o dedo na tela do smartphone e sentir o tecido de uma roupa que pretende comprar em uma loja virtual. Um aparelho podera selecionar os sabores preferidos do dono avaliando a composição molecular dos alimentos. Assim ele vai simular a sensação de comer coisas deliciosas sem causar riscos a quem tem problemas de presão, diabetes ou excesso de peso. Acoplado a microssensores que detectam odores, o computador também sera capaz de prevenir acidentes, como um vazamento de gaz. Ja imaginou um maquina que pode interpretar sons de maneira tão profunda que sera possivel traçar parâmetros e identificar exatamente qual o motivo do choro de um bebê, por exemplo. Se teremos essas maneiras de simular os sentidos humanos em diversas situações, não levará muito tempo para que tudo isso seja condensado em um único sistema inteligente, o pirmeiro androide com sensações do mundo. Todos nos devemos pensar em algo novo e diferente, E você, já teve alguma nova idéia hoje?

*Formado em Marketing pela Unisa Universidade de Santo Amaro. MBA em Retail e CPG pela FIA Atua como Executivo de Clientes em uma grande multinacional de TI.

一直以来无论好坏,科技总是起了可以改变人类的生活的作用。 自从发明了第一个工具,我们便意识到将例程工具化能在作业上更方便,同时优化了时间。然而,我们并不总是能够 充分理解这些发明的潜力,更不用说懂得去控制它们 也许是因为这样,每当有人新的发明一些东西或者有人将一些天马行空的想法付诸实践并且成功时,总是会唤起人类 心中的不信任,恐惧,焦虑和担忧。所以很容易理解为什么像认知计算,神经语言学,控制论以及其他促进人类/机器互动的一 切,这些话题总是沦为论战,然后延伸涉及科学与社会之间激烈的讨论。 但是一个严重的问题:因为以正在发生变革和创新的速度和力量,毫无疑问的这会增加我们的焦虑,而使得事件和事实变得更难理解。 然而,我们需要仔细思考这些问题,观察和了解各方面的一切后果,然后进行讨论。 在此我建议大家作一个深刻的省思并且去了解什么是认知计算,它是如何影响人们的生活,以及不久的将来会如何。毕竟,认知 可理解可作为如何解释一件事实的方式,我们的生命和我们自己 它是主观的,而同时和解释,知觉,记忆,想象和行动联系着,它可决定我们生存因素。然而,我们不能生活在害怕和恐惧中, 我们需要了解事实,享受一切科技提供的优势,我们必须使创新成为我们永恒的盟友,我们必须质疑究竟什么才是我们的威胁。 就如同汽车和自行车并不是为了使我们的腿失去其功能,而是为了使我们更加快速。未来可呈现给我们的创新技术能够并且应该 是有利于我们的才能和生活的舒适。 当添加的数据优势的周期的结束,此举标志着编程计算,并根据由人设定的参数解释。这些对于科学家来说改变了我们所知道所 有一切关于信息管理。现在的智能电脑正在为如何反映出人类心灵的动态创造着。 因此,机器可以在复杂的数据之间作关联,如同我们的神经元网络所能做的。 与其单纯的将数据转换为信息,我们去提取一些更复杂的知识,并从那里发展出无穷无尽的可能。 你有没有想过当你将手指放在在智能手机屏幕上,就能感觉你在一家商店想买的那一件衣服的布料质感。又或者一个可以根据食 物的组合物来挑选主人最喜爱味道的程式,然后,它会模拟主人吃那些好吃东西时的感受,而不会对那些有高血压,糖尿病或体 重过重的人带来风险。一部气味检测微传感器,其电脑将能够防止如煤气泄漏等意外的发生。 您能想象一台可以去解释任何声音的机器,这将有可能追踪某种参数并确定例如婴儿哭声代表着什么原因。 如果我们有这些方式来模拟人类感官下的各种情况,则不需要很长的时间,将这一切都汇集成一个智能系统,变成第一款有着我 们世界感官的安卓系统。这些是我们必须想到的一些新的和不同的想法。 你呢,今天有了一些什么不同创新的想法吗? 毕业于Universidade de Santo Amaro市场营销系 FIA 的CPG和Retail 的MBA学位 目前担任IBM客戶经理

PRIME LEADERS MAGAZINE 31


Entrepreneurship

By João Kepler Braga*

Hire an Entrepreneur

as an Advisor

I

t is common in the market, older people advise younger, more experienced professionals are hired to compose the boards of the companies, career executives assume command positions in businesses, family groups or public departments hire consultants to find solutions to various problems. Not only in big business, Entrepreneurs in StartUps also has pursued this path counseling and mentoring in search of additional experience for can learn methods, techniques, management and shorten the time of things. Many entrepreneurs invest in the possibility of accelerated and part of one environment training and knowledge, including many try to sell part of its business to a group of investors who can add also know-how and knowledge different from his. Well , it ‘s all worth it and it really is the way to achieve cooperation, collaborative intelligence, experience and find the balance that many companies need to conduct business and processes. I call it a healthy exchange! What I bring novelty is that few realize and a great opportunity. As every entrepre-

* Anjo investor, member of “Anjos do Brasil”; Spark Awards Finalist Prize as “Angel Investor of the Yea”r; Associate and Mentor in Seed Investments and Holdings; Mentor and Shareholder in the Accelerated Start You Up; Advisor at GCSM - Global Council of Sales Marketing, investing in more than 10 startups, CEO at B2B Internet Ticketing Platform @ ShowDeIngressos, Blogger and Columnist of several portals in Brazil, international speaker, Serial Entrepreneur, Specialist in Commerce, Digital Marketing, Entrepreneurship and Digital Sales, writer and author of books and DVD ‘s, such as: “Sales 3.0”, “the seller in the Digital Age” and “Sales & Service”; Encourager of the entrepreneurial ecosystem in Brazil; spreader Digital Ideas and Best Practices in Business.

32 THE WINNERS

neur has a different way of seeing life, to work, to realize the obvious, seeing ahead of its time to face the unpredictable, claw, to be bold, to supply the plane in midair, relaxed way of living, not having the money guaranteed monthly, to face failures in a positive way, to be free and to overcome barriers to entry , his knowledge becomes essential. That, though misunderstood by ignorance of many in society, is invaluable skill and is a style of life and work, we can only find in Entrepreneurs. One way to Entrepreunership, often intuitively and empirical, makes these two attributes discovered in small Entrepreneurs, conquer unknown course and not found in most Executives, Directors and Officers of medium and large businesses, to see out-

side the box, creativity and detachment. Especially because when it is directly involved in the day -to-day management or a problem, you can not look or feel certain things or opportunities. “ Ahh but a Consultant or consulting can solve this in my company,” yes of course, but I’m not talking about output technical, legal, HR or administrative, i ‘m talking about sensitivity and vision . It is also obvious that I do not want to compare the capacity of a consultant or an experienced manager, career and formed , postgraduate or MBA in XPTO university, with a simple entrepreneur who may not have completed the third grade school, i’m talking about experience, having the foot often detached from the ground having gone through all kind of troubles and have


faced everything and everyone to hold his own dream, often without a penny in his pocket and no time to study formally to hold his own , often without a penny in his pocket and no time to study formally . These entrepreneurs with creativity and thinking very different from traditional teaching and technical, can make a big difference and be a counterpoint in any organization, especially those who go through moments of crisis, by image problems that cross financial difficulties and need take urgent decisions. Yes , listen to the advice of an entrepreneur , to help you find a new path. But you may be wondering, “But João, most of these kids have no training, does not understand anything management of my company and my business!” It’s partly true, but it does not matter at this point, they have what you need: Attitude and Practice like reference. Try an experiment, hire provisionally at least for a brainstorming session, sign a confidentiality agreement and put the Entrepreneur on the wheel to think and help you solve any problem in any area of your company. The generalist knowledge and experience directly with the ratio of day to day of instability scenario in which the entrepreneur is inserted and has used, I’m sure that can bring great ideas and ways not even perceived and thought, even if they seem absurd or at the point technically or business. I wonder , for example , how the participation of an entrepreneur being invited as a “scout, observer or tipster” for a meeting to discuss problem that one big company with a phase of low sales, negative cash flow, financial leverage and important decisions to restructure the operations to be taken. Imagine with me, how would the ego of the old Managers? Would be a general scare! A completely unknown person and unaware of the details of the operations , collaborating and giving suggestions on how it should be done , in his view , as IF he were the master of the pen ! A show! I have seen on the market, entrepreneurs and contractors to the commercial enterprises for their commercial vein and have seized alone to sell their fish, boosting sales and profits, but what I want to pass this ar-

ticle, is much more than that, it is use all the attributes that life taught Entrepreneur in favor of management and senior management of any company. But beware, if you want to hire an Entrepreneur by regular law, to have a table in your office, it accept only for the need, as well as have the benefits of hiring an entrepreneur, also has another side, which is the risk of restlessness, gypsy way, not having much focus, ie, do not think that will be forever, even if he swears on the cross . In addition , it can accommodate and lose “eye of the tiger”.

Is that, hear or hire an Entrepreneur (preferably senior) as his adviser, even if only provisionally and participate in a different way of seeing things and the world, put innovation into their strategic decisions and the way you manage your business . Or if you prefer, and if possible, invest your time, money and knowledge in the Entrepreneur´s business and, in turn, bring him to close to give you hints on your business . This exchange on both sides , can save any business. Think about it @JoaoKepler

Contrate um Empreendedor como Conselheiro É comum no mercado pessoas mais velhas aconselharem os mais novos, profissionais mais experientes serem contratados para compor os conselhos de administração, executivos de carreira assumirem posições de comando em empresas, de grupos familiares ou companhias de sociedades abertas e consultores de gestão sendo contratados para encontrar soluções para diversos problemas dentro das empresas. Não somente nas empresas, os Empreendedores também tem buscado esse caminho de aconselhamento e da mentoria em busca de uma experiência adicional que possa ensinar métodos, técnicas, gestão e encurtar o tempo das coisas, muitos empreendedores investem na possibilidade de serem acelerados e fazerem parte de uma ambiente de capacitação e conhecimento, inclusive muitos tentam vender parte dos seus negócios a grupo de investidores que possam agregar também know-how e conhecimento diferente do dele. Pois bem, isso tudo vale a pena e realmente é o caminho para conseguir cooperação, inteligência colaborativa, experiência e encontrar o equilíbrio que muitas empresas precisam na condução de negócios e processos. Eu chamo isso de uma troca saudável! O que trago de novidade é o que poucos percebem e uma grande oportunidade. Como todo Empreendedor tem uma forma diferente de enxergar a vida, de trabalhar, de perceber o óbvio, de ver a frente do seu tempo, de enfrentar o imprevisível, de garra, de ser arrojado, de abastecer o avião em pleno ar, de viver descontraidamente, de não ter o dinheiro mensal garantido, de encarar fracassos de forma positiva, de ser livre e de ultrapassar barreiras de entrada, o conhecimento dele passa a ser generalista. Isso tudo, apesar de mal interpretado por desconhecimento de muitos na sociedade, tem um valor inestimável e é um estilo de viver e de trabalhar, que só conseguimos encontrar nos Empreendedores. Uma forma de empresariar arrojada, muitas vezes sem estudo e de forma intuitiva e empirica, faz com que esses Empreendedores conquistem naturalmente três atributos desconhecidos e não encontrados na maioria dos Executivos, Conselheiros e Diretores de médias e grandes empresas, o de enxergar fora da caixa, da criatividade e do desapego. Até porque quando se está envolvido diretamente no dia a dia da Gestão ou de um problema, não se consegue olhar ou perceber algumas coisas ou oportunidades. “Ahh mas um Consultor ou uma consultoria pode resolver isso na minha empresa“, sim claro, mas não estou falando de saídas técnicas, jurídicas, de RH ou administrativas, estou falando de sensibilidade e de visão. É óbvio também que não quero comparar a capacidade de um Consultor ou de um Gestor experiente, de carreira e formado, pós graduado ou com 5 MBA´s na universidades XPTO com um simples Empreendedor que pode nem ter o terceiro grau escolar completo (até porque são questionadores da maneira “em série” e “antiga” de Educação no Brasil de ensinar a trabalhar para os outros e não para você mesmo … mas isso é papo para outro artigo!), estou falando de vivência, de ter o pé muitas vezes descolado do chão, de ter passado por todos os perrengues e ter enfrentado tudo e a todos para conquistar seu espaço, muitas vezes sem nenhum centavo no bolso e sem tempo para estudar formalmente. Esses Empreendedores com criatividade e pensamento muito diferente do ensinamento técnico e tradicional, podem fazer uma grande diferença e ser um contraponto em qualquer organização e empresas, principalmente aquelas que passam por momentos de crise, por problemas de imagem, que atravessam dificuldades financeiras e que precisam tomar decisões urgentes. SIM, ouça o aconselhamento de um Empreendedor, para te ajudar a encontrar um novo caminho. Mas você pode estar se perguntando, “mas João, a maioria desses garotos não tem formação, não entende de nada de gestão, da minha empresa e do meu negócio!” É verdade em parte, mas não importa neste momento, eles tem o que você precisa: Atitude, Ousadia e a Prática como referência. Faça uma experiência, contrate provisoriamente pelo menos para uma sessão de brainstorming, assine um termo de confidencialidade e bote o Empreendedor na roda para pensar e te ajudar a resolver qualquer problema de qualquer área de sua empresa. O conhecimento generalista e de vivência diretamente com a relação do dia a dia no cenário de instabilidade em que o Empreendedor está inserido e acostumado, tenho certeza que pode trazer grandes ideias e caminhos ainda nem percebidos e pensados, mesmo que sejam ou pareçam absurdos no ponto de vista técnico ou empresarial. Fico imaginando, por exemplo, como seria a participação de um Empreendedor sendo convidado como “palpiteiro” para uma reunião de discussão estratégica de um Grupo Empresarial que passa por uma fase de baixa de vendas, fluxo de caixa negativo, alavancagem financeira e de importantes decisões para reestruturação das operações a serem tomadas. Imagine comigo, como ficaria o ego dos Gerentes? Seria um susto geral! uma pessoa completamente desconhecida e desconhecedora dos detalhes das operações, colaborando e dando sugestões de como deveria ser feito, na visão dele, como SE fosse ele, o dono da caneta! Um show!! Já tenho visto no mercado, Empreendedores sendo contratados para a área comercial das empresas pela sua veia comercial e por ter apreendido sozinho a vender seu peixe, alavancando vendas e resultados, mas o que quero passar neste artigo, é muito mais do que isso, é usar todos os atributos que a vida ensinou ao Empreendedor, a favor da Gestão e da alta gerência de qualquer empresa. Mas atenção, se você quiser contratar um Empreendedor via CLT para sentar em uma mesa fixa, ele pode aceitar apenas pela necessidade, ou seja, cuidado, pois assim como tem benefícios em contratar um Empreendedor, tem também o outro lado, que é o risco da inquietude, de ser cigano de não ter muito foco, ou seja, não pense que será para sempre, mesmo que ele jure na cruz. Além disso, ele pode se acomodar e perder o “olho de tigre”. É isso, ouça ou contrate um Empreendedor (de preferência sênior) como seu conselheiro, mesmo que provisoriamente e participe de uma maneira diferente de ver as coisas e o mundo, coloque inovação em suas decisões estratégicas e na maneira de gerenciar seu negócio. Ou então se possível e se preferir, invista seu tempo, dinheiro e conhecimento no negócio do Empreendedor, em troca, traga ele para perto para dar palpites no seu negócio. Esse “pitaco” de ambas as partes, pode salvar qualquer negócio.

* Investidor Anjo, membro da Anjos do Brasil; Finalista do prêmio Spark Awards como Investidor Anjo do Ano; Associado e Mentor na Seed Investimentos e Participações; Mentor e Cotista na Aceleradora Start You Up; Conhelheiro da GCSM Global Council of Sales Marketing; Investindo em mais de 10 StartUps; CEO na Plataforma B2B de Internet Ticketing @ShowDeIngressos; Blogueiro e Colunista de diversos Portais no Brasil,; Palestrante internacional; Empreendedor Serial; Especialista em Comércio Eletrônico, Marketing Digital, Empreendedorismo Digital e Vendas; Escritor e autor de Livros e DVD´s, como: “Vendas 3.0”, “O vendedor na Era Digital” e “Vendas & Atendimento”; Incentivador do ecossistema empreendedor no Brasil; Espalhador de Ideias Digitais e Melhores Práticas em Negócios.

PRIME LEADERS MAGAZINE 33


EBM - Executive Board Meeting

By The Winners

No dia 13/09/13, o Global Council of Sales Marketing e a Camara de Industria e Comercio de Curaçao, realizaram o “ Forum Economico, Negocios & Oportunidades LAMPA 2013 Curaçao/Brasil “. A mesa diretora foi presidida pelo Senhor Ministro Stanley Palm , da Industria e Comercio. Demais membros da mesa, Sr. Agostinho Turbian, Presidente do GCSM, Sr. Willem Jonckeer, presidente da Camara de Industria e Comercio e pelo Sr. Ministro das Finanças de Curaçao Sr. Jose Jardim O Forum foi prestigiado por diversos empresarios do Brasil e de Curaçao. Pela comitiva do Brasil, estiveram presentes: Herculano Passos, ex-prefeito de Itu, Levi Rodrigues Vieira Prefeito de Porto Feliz-SP, Daniel de Oliveira Costa Prefeito de São Roque-SP, Antonio Carlos Rios Corral, Elmano Nigri Presidente Arquitetura Humana, Ten. Brig. do Ar Aprigio Eduardo de Moura Azevedo, Tathiana Turbian, Paulo Assumpçao, Eduardo Setton, Ney Prado, Givaldo Santos Feitoza, Hugo Dupré, Domingos Barchetta, Bruno Ferreira, Renata e Antonio Housska, Marcelo Ramos, Thais Alves. O Sr. Jose Roberto Maluf foi convidado a falar pelos empresarios brasileiros, seguido pelos Srs. Elmano Nigri e Ney Prado.

36 THE WINNERS


PRIME LEADERS MAGAZINE 37


Health

By Ney Prado*

Health crisis

in debate

T

he International Academy of Law and Economy in collaboration with Fecomercio’s Superior Law Council of the Study Group for Health Issues recently hosted a conference on the health crisis which is currently being faced in Brazil. During the opening ceremony of the event, Vice President of the Brazilian Republic, Michel Temer, was appointed as full member of the International Academy of Law and Economy. Honorary chairman, Ives Gandra Martins, who was also present at the opening ceremony, greeted Temer’s appointment to the position with enthusiasm. Members of the public who attended the opening ceremony, treated the new member of the Academy to effusive applause, following his acceptance speech and taking of the oath. According to the president of the Academy, Superior Court Judge Ney Prado, the mega-event was inspired by the recent demonstrations that have taken place all over the Brazilian territory, which express the population’s unequivocal demand for easier access to and better quality of both public and private health services. Aiming at responding to this up-todate and extremely relevant concern, the given objective of the event was to foster an academic debate of a multidisciplinary and nonpartisan nature. Participants in this debate were selected from amongst the most prominent national figures in Brazil. Leading and well-known professionals from the public and private sectors were called upon, to provide a realistic as-

* Ney Prado, President of the International Academy of Law and Economics and Health Study Group of the Superior Council of Law Fecomercio

38 THE WINNERS

sessment of cases in which they had been actively engaged throughout their professional experience. Based on their assessments, they were asked to present viable proposals capable of effectively contributing to the immediate improvement of the

Brazilian health system. The conference fulfilled all of its objectives: It encouraged the debate among prominent lecturers, attracted a significant number of attendees, and its results were widely disseminated by the mass media.

A crise da saúde em discussão Academia Internacional de Direito e Economia e o Grupo de Estudos da Saúde do Conselho Superior de Direito da Fecomercio realizaram, nos dias 14 e 15 de outubro, um Congresso sobre a crise por que passa a saúde no Brasil. Merece especial destaque a solenidade de Abertura do Evento. Na oportunidade, o Vice-Presidente da República Michel Temer foi empossado como membro titular da Academia Internacional de Direito e Economia. Saudou-o, efusivamente, o presidente de Honra Ives Gandra Martins. Após proferir seu discurso de agradecimento e prestar o protocolar juramento, o empossado foi entusiasticamente aplaudido pelo grande público presente à cerimônia. Nas palavras do Desembargador Ney Prado, presidente da Academia, o mega evento teve como justificativa as recentes manifestações sociais em todo o Brasil, bem assim, o inequívoco desejo da Sociedade em geral de ver melhorado o acesso e a qualidade dos serviços relativos à saúde pública e privada. Sensível a esses reclamos, o objetivo do Evento foi oferecer um debate acadêmico, multidisciplinar e apartidário, reunindo nomes de primeira grandeza, dentro e fora dos seus quadros, como contribuição ao atualíssimo debate nacional sobre tão relevante tema. Destacados interlocutores públicos e privados foram convocados a prestar um diagnóstico realista sobre casos vividos no âmbito de suas respectivas especialidades, bem assim, a oferecer propostas possíveis que sirvam como subsidio ao inadiável aprimoramento de sistema de saúde brasileira. O Congresso foi exitoso em todos os seus propósitos: estimulou o debate entre notáveis expositores, reuniu grande afluência de público e abundante divulgação na mídia.

* Presidente da Academia Internacional de Direito e Economia e o Grupo de Estudos da Saúde do Conselho Superior de Direito da Fecomercio


1

2

4

3

5

6

1 - Michel Temer – Vice-Presidente da República, Ney Prado – Desembargador Federal, Presidente da Academia Internacional de Direito e Economia e Coordenador do Evento, Desembargadora Maria Doralice Novaes – Presidente do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, Dr. Marcos da Costa – Presidente da OAB/SP, Dr. Fábio de Salles Meirelles – Presidente da FAESP/SENAR e Dr. Edvaldo Pereira Brito – Secretário da Academia Internacional de Direito e Economia e Coordenador do Evento | 2 - Dr. José Erivalder G. de Oliveira – Advogado Constitucionalista, José Fernando Casquel Monti – Vice-Presidente do Cons. Nac. da Secretária Municipal da Saúde – CONASEMS e Dr. Ruy Altenfelder – Presidente da Academia Paulista de Letras Jurídicas | 3 - Álvaro Ferreira Mortari – Diretor do Centro do Comércio do Estado de São Paulo, Dr. Cássio Mesquita de Barros – Vice Presidente da Academia internacional de Direito e Economia, Ivete Senise Ferreira – Vice-Presidente da OAB/SP e Ney Prado – Desembargador Federal, Presidente da Academia Internacional de Direito e Economia e Coordenador do Evento | 4 - Antônio Jorge Kropf - Diretor de Assuntos Institucionais da Amil e Dr. Adib Jatene – Médico/Cirurgião e Ex-Ministro da Saúde | 5 - Michel Temer – Vice-Presidente da República | 6 - Dr. Fábio de Salles Meirelles – Presidente da FAESP/SENAR e Dr. Paulo Rabello de Castro – Economista e Acadêmico da Academia Internacional de Direito e Economia.

PRIME LEADERS MAGAZINE 39


Health

7

8

9 10

11

7 - Kalil Rocha Abdalla- Provedor da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia, Reynaldo Mappelli Júnior – Coordenador do Núcleo de Assuntos Jurídicos da Secretária do Estado da Saúde, Agostinho Turbian – Presidente e CEO da Global Council of Sales / The Winners, Aguinaldo Goes – Empresário, Dr. Ives Gandra Martins – Presidente de Honra da Academia Internacional de Direito e Economia e Coordenador do Evento e Ney Prado – Desembargador Federal, Presidente da Academia Internacional de Direito e Economia e Coordenador do Evento | 8 - José Cechin - Diretor Executivo da FENASAÙDE, Dra. Renata Vilhena Silva – Advogada Especializada na Área de Planos de Saúde, Ney Prado – Desembargador Federal, Presidente da Academia Internacional de Direito e Economia e Coordenador do Evento e Fernando Lobo D’Eça – Membro do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais – CARF | 9 - Eleuses Vieira de Paiva – Vice-Presidente da Gente Parlamentar de Saúde, Luiz Gonzaga Bertelli – Presidente Executivo do CIEE, Vera Lúcia R. S. Jucovsky – Desembargadora Federal e Giovanni Guido Cerri – Ex-Secretário da Saúde de São Paulo | 10 - Dr. Paulo Romano – Médico, Ney Prado – Desembargador Federal, Presidente da Academia Internacional de Direito e Economia e Coordenador do Evento, Paulo Oliver – Coordenador da Comissão de Saúde da Fecomercio, José Cechin - Diretor Executivo da FENASAÙDE, Dra. Renata Vilhena Silva – Advogada Especializada na Área de Planos de Saúde, Mônica Prado – Empresária e Dr. Ives Gandra Martins – Presidente de Honra da Academia Internacional de Direito e Economia e Coordenador do Evento | 11 - Luiz Gonzaga Bertelli – Presidente Executivo do CIEE, Vera Lúcia R. S. Jucovsky – Desembargadora Federal e Ney Prado – Desembargador Federal, Presidente da Academia Internacional de Direito e Economia e Coordenador do Evento

40 THE WINNERS


14

12

16

15

13

17

18

12 - Parte do Público, Dr. Adib Jatene – Médico/Cirurgião e Ex-Ministro da Saúde, Paulo Oliver – Coordenador da Comissão de Saúde da Fecomercio e Ney Prado – Desembargador Federal, Presidente da Academia Internacional de Direito e Economia e Coordenador do Evento | 13 - Agostinho Turbian – Presidente e CEO da Global Council of Sales / The Winners e Reynaldo Mappelli Júnior – Coordenador do Núcleo de Assuntos Jurídicos da Secretária do Estado da Saúde | 14 - Dr. Ives Gandra Martins – Presidente de Honra da Academia Internacional de Direito e Economia e Coordenador do Evento | 15 - Parte do Público | 16 - Ney Prado – Desembargador Federal, Presidente da Academia Internacional de Direito e Economia e Coordenador do Evento e Fernando Lobo D’Eça – Membro do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais – CARF | 17 - Ney Prado – Desembargador Federal, Presidente da Academia Internacional de Direito e Economia e Coordenador do Evento, Dora Sílvia B. Cunha Bueno – Presidente da Associação Paulista de Fundações APF, Kalil Rocha Abdalla- Provedor da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia e Antônio Jorge Kropf - Diretor de Assuntos Institucionais da Amil | 18 - Samantha Ribeiro Meyer-Pflug – Constitucionalista, Adilson Abreu Dallari – Advogado Administrativista, Cláudio Antônio Soares Levada – Desembargador do TJ/SP e Antônio Carlos Rodrigues do Amaral – Professor de Direito do Mackenzie

PRIME LEADERS MAGAZINE 41


IBEMA

By The Winners

42 THE WINNERS


A

cada ano que passa a Ibema investe mais no desenvolvimento da comunidade onde está inserida. Desde o início de suas atividades, a empresa trabalha de forma integrada com a natureza, utilizando os recursos naturais de forma equilibrada e consciente. Da mesma forma a Ibema sabe que a viabilidade do nosso futuro não depende apenas do comprometimento com o meio ambiente, mas de um forte comprometimento com os aspectos sociais que englobam a empresa. A comunidade a qual a Ibema pertence é diretamente beneficiada por sua atuação sendo ativa no que tange a ofertas de emprego, na geração de tributos para o município, que são revertidos em assistência médica, infraestrutura, educação e segurança da população. Desta forma a Ibema tendo conhecimento de que a comunidade em que está inserida possui um dos IDHs (IDH-M de 0,672) mais baixos do Brasil, desenvolve diversas frentes de trabalho junto a seus colaboradores e a comunidade em geral com o objetivo de criar oportunidades de desenvolvimento, onde cada colaborador e cada família que depende da Ibema têm ao seu alcance diversos benefícios que só uma gestão cooperativa e socialmente responsável poderia garantir. Da mesma forma, a localização da Ibema bem como os tributos pagos por ela representam uma interferência clara no IDH e na manutenção das atividades do município Vale ressaltar que todo este investimento feito pela Ibema aos seus colaboradores e comunidade onde está inserida só foi possível devido ao apoio recebido pelo BNDESPAR. Este apoio foi fundamental para que muitas ações pudessem ser consolidadas trazendo melhorias na qualidade de vida de todos os moradores da comunidade do município de Turvo. A gente se importa com o amanhã. É preocupados com este amanhã que a Ibema espera manter a parceria existente com o BNDESPAR para dar continuidade a todo trabalho desenvolvido em prol de seus colaboradores e da comunidade onde está inserida.

Compromisso com os Direitos das Crianças

Compromisso com os Direitos das Crianças A IBEMA confirma a sua preocupação com o bem-estar das crianças e das mães que trabalham. Em maio foi entregue para a comunidade a Creche Semente do Amanhã (Berçário, Maternal I e II) com capacidade para até 50 crianças e a Educação Infantil (Jardim I, II e III) com capacidade para até 65 crianças, em Turvo. Sob a administração da Prefeitura Municipal a Creche atende das 6:00 as 18:00 horas, e encerrou o ano com sua capacidade total de atendimento (115 crianças). Programa de contratação de Aprendizes Atualmente a Ibema conta com 22 aprendizes em seu quadro de colaboradores. Em Turvo estão 20 aprendizes, sendo muitos deles moradores da comunidade local e/ou parentes de colaboradores. Todos os aprendizes seguem um programa específico do SENAI, que visa à formação profissional e a prática monitorada de atividades. Em Curitiba a Ibema conta com dois aprendizes, estes integrantes do Programa “Guarda Mirim”, projeto assistencial mantido pela Polícia Militar do Paraná, que muitas vezes integra jovens em situação de risco à sociedade, através da formação profissional. O Programa também divide-se em formação profissional e prática, sendo que os aprendizes seguem as aulas na própria Guarda Mirim e as atividades práticas realizam na Ibema.

Todos os aprendizes são acompanhados de maneira sistemática e o crescimento profissional é nítido. E como forma de incentivo, ao final das atividades da turma 2012/2013, os aprendizes poderão concorrer a vagas para atuar na Ibema como colaborador efetivo. Combate ao Trabalho forçado ou análogo ao Escravo Assim como o combate a exploração do trabalho infantil, este tema também se encontra na Certificação FSC. Mais uma vez a IBEMA reitera sua rejeição a toda e qualquer exploração de mão de obra e opera com extremo rigor essas abordagens em sua cadeia produtiva. Transporte para colaboradores Preocupada com a qualidade de vida dos colaboradores que moravam na Vila Residencial da IBEMA, mas que tinham suas famílias em Guarapuava, a empresa decidiu, desde julho de 2011, disponibilizar transporte para que eles se deslocassem diariamente, possibilitando a estes colaboradores a ampliação de seu convívio familiar. Incentivo a Educação Como forma de incentivo à educação, a empresa também disponibiliza dois ônibus diariamente para transporte de estudantes colaboradores até as instituições de ensino em Guarapuava. PRIME LEADERS MAGAZINE 43


IBEMA RESUMO PROJETOS SOCIAIS IBEMA 2012 – INVESTIMENTO SOCIAL NA COMUNIDADE Fotos dos cursos e eventos realizados dos através do Centro Comunitário

Arvore de Natal com Garrafa Pet

Campanha do agasalho

Palestra para as Gestantes na Pastoral da Criança Faxinal

Oficina Pintura Iniciantes

Maratona Ecológica com Crianças da Escola Municipal

Voluntária mais participativa na Montagem da Arvore de Natal

Oficina de Bordado Natal Correio

Instalação de Coletor Seletivo para Lixo

Oficina de Pintura Avançado Formação Grupo Podemos Faxinal

Projovem participando no Almoço da 3ª Idade

Informática básica

Feira do produtor rural 3ª Feira de Profissões

44 THE WINNERS

Presente de Aniversário com Fita IBS


Treinamento Professores para Uso do Bosque

Aula de Violão

Palestra 3ª Idade Segurança no Lar

Campanha de Coleta Seletiva na Escola

Oficina com Fita IBS para Terceira Idade

Oficina de Fita IBS para o CEDIA – Centro de Desenvolvimento da Infância e Adolescência

Oficina de Puf com Fita IBS para o ProJovem Faxinal

Cantata de Natal com as crianças na Praça

Pro jovem

Inauguração do Bosque Josafat Potereico para atividades de Meio Ambiente da Escola

Oficina de embalagem de presentes

Jardim na Praça Oficina flores em EVA

Outubro Rosa (Mulheres acima de 40 anos)

Oficina de chinelo decorado

PRIME LEADERS MAGAZINE 45


IBEMA

Área de Atuação

Nome do Projeto

Valor total investido em 2012

Educação

Caminhos da Profissão –

R$ 100,00

Observação

Auxiliar de Informática Feira de Profissões

R$ 400,00

Feira do Produtor

R$ 5.750,00

3ª edição

Oficinas Educativas (Pintura em Tecido, Pintura Avançado, Crochê, Flores em EVA, Almofada em Captone, Porta objetos em CD, Bordado, Embalagens para Presente, Chinelo decorado) ProJovem Faxinal

Em parceria com a Prefeitura

Municipal TOTAL em projetos

5

R$ 6.200,00

Educação Ambiental na Escola

R$ 100,00

de educação Meio Ambiente

e Comunidade Local (2ª etapa) Árvore de Natal na Praça

R$ 603,00

(feita com garrafas PET) TOTAL em projetos

2

R$ 703,00

de meio ambiente Saúde

Campanha Prevenção Câncer de Mama para Funcionárias acima de 40 anos

Total em projetos

1

de Saúde Cultura

Cultura e Arte da Capoeira

R$ 947,00

Presente de Aniversário Colaborador

R$ 2.649,00

Aula de Violão Total em projetos

3

R$ 3.596,00

Desenvolvimento

Nós Podemos Faxinal

R$ 1.130,00

comunitário

CRAS – Volante

Total em projetos

2

R$ 1.130,00

Esporte

Associação Recreativa Soripel

R$ 37.181,68

Total em projetos

1

R$ 37.181,68

de Cultura Cessão de sala em comodato de Desenvolvimento comunitário

de Esporte Ações Sociais e

Bazar

de Voluntariado

Campanha do Agasalho para Faxinal Jardim na Praça Papai Noel Correio Turvo

R$ 106,00

Entrega da Creche para a Comunidade

Custo inauguração

Atividades iniciadas em

09/05/12 Total em projetos outras áreas de atuação

46 THE WINNERS

Vila Residencial

R$ 374.367,00

6

R$ 374.447,73


PRIME LEADERS MAGAZINE 47


IBEMA

Indicadores de Desempenho Ambiental Desde o início de suas atividades, quando o conceito de desenvolvimento sustentável ainda nem existia, a Ibema já trabalhava de forma integrada com a natureza, utilizando os recursos naturais de forma equilibrada e consciente.Com uma base florestal de 8 mil hectares, dos quais 2.900 de reserva legal de preservação permanente e 4.000 de floresta plantada, com 100% do gênero pinus, que dá a base de sua matéria-prima, a Ibema utiliza madeira unicamente de reflorestamento para o fornecimento de pasta mecânica e biomassa. A sustentabilidade é o nosso compromisso. A nossa meta é produzir sem agredir o meio ambiente, minimizando os impactos ambientais e visando o desenvolvimento sustentável. Para tal, a empresa tem a preocupação em substituir a energia convencional por energias renováveis. Na unidade de Turvo, a Ibema produz sua própria energia consumida, utilizando-se dos recursos hídricos e topografia local. Na Ibema existe também a geração de vapor, utilizado no final do processo produtivo do papel. A geração de vapor também representa uma forma de energia renovável, através da recuperação de resíduos florestais disponibilizados na região, que são transformados em biomassa que alimenta as caldeiras. A Ibema trabalha também sedimentada no princípio de manejo sustentável, que caracteriza-se por uma atividade ambientalmente correta, preservando as áreas de rios e lagos, nascentes e matas nativas. Engajada, a Ibema participa do grupo de sustentabilidade do SINPACEL, bem como dos Grupos de Trabalho da Bracelpa. Conquistas sustentáveis: äNo ano de 2012 a Ibema mandou para reciclagem 7 mil toneladas de resíduos, reduzindo resíduos no aterro e assim au48 THE WINNERS

mentando a vida útil. Em comparação ao ano anterior a Ibema aumentou em 470% a reciclagem de resíduos do processo fabril e reduziu em 162% a quantidade de resíduos enviados ao aterro controlado. ä A Ibema possui uma única fonte de emissão atmosférica proveniente da chaminé da caldeira que gera vapor para a produção do papel. Seu combustível é proveniente de cavaco de madeira, advinda de florestas plantadas, que durante a fase do crescimento sequestram CO2 da atmosfera. Para o controle de material particulado a empresa possui um multiciclone; ä Semestralmente é feito o monitoramento das emissões atmosféricas conforme Resolução SEMA 054/2006. Os resultados obtidos sempre atendem aos padrões de emissão. No final de 2012 iniciamos o processo da Certificação da ISO 14001 e o desafio é conquistar esta certificação em 2013. A Ibema possui a ISO 9001:2008, uma certificação de qualidade, e ainda a Certificação FSC desde 2009, importante selo verde que atesta que 100% da matéria-prima utilizada para a fabricação dos produtos da Ibemaadvém de material recuperado, de florestas certi-

ficadas e outras fontes controladas que apresentam origem ambientalmente corretas, socialmente justas e economicamente viáveis. Educação e Conscientização Ambiental Qualidade ambiental é um fator fundamental para a competitividade e o crescimento sustentado no mercado global, sendo que uma das ferramentas para se conquistar esta qualidade é a conscientização. Pensando desta forma, em 2012 a Ibema treinou 154 colaboradores em educação ambiental. A meta para 2013 é chegar a 95% dos funcionários treinados nessa temática. Além disso, em parceria com o Centro Comunitário, a Ibema realiza atividades de reciclagem, artesanato e reaproveitamento de material e palestras de conscientização ambiental aos alunos das oficinas de reciclagem na comunidade do Faxinal da Boa Vista. A Ibema também distribuiu mais de 5.000 cartilhas e caixas de giz de cera, para as escolas municipais do município de Turvo, sobre a importância da reciclagem e coleta seletiva e reaproveitamento do material através das atividades educativas e pedagógicas.


PRIME LEADERS MAGAZINE 49


The Winners golden page

By The Winners

Aerial view

City Hall Tietê-SP

W

hen I got the task to interview the mayor of Tietê, city 142 Km distant from the State capital, São Paulo, with about 40 thousand inhabitants, I couldn’t imagine that I’d ever see such a charming town, with hospitable people. Upon entering the city, drew my attention the cleanness of the streets and the beauty from the historical houses built along 172 years contrasting with modern buildings that adorn the central square garden, which named Tietê the Garden City. I was even more surprised to get to the City Hall. An old building that hosted the State Judiciary during decades and today is the main headquarter of a city that holds its HDI (Human Development Index) at 0,778 and it is the 8th place at the longevity State ranking, proving that it is one of the most prosperous cities of the State of São Paulo in terms of life quality. Under the command of a young mayor with just 28 years old, graduated in law and

52 THE WINNERS

post graduated in City Manager by FAAP - Armando Alvares Penteado Foundation, Tietê, in just a few months, has came out ahead many cities by being contemplated with numerous benefits. For example, the Digital City Program that will help citizens and the public administration by cabling the entire perimeter of the city with optical fiber. It was also implemented the CJUSQ (Judiciary Citizenship and Solution Center from Tietê) that will simplify judicial proceedings and will easily solve problems that affect people´s life’s and their families through conciliating processes. But my main goal by interviewing the mayor, was what got my attention the most. Young, idealist, and full of vigor, Manoel David Korn de Carvalho is clearly a politician by vocation who has received me in his office with humor and sympathy, demonstrating a huge enthusiasm to talk about Tietê and his trajectory. Talking to him, hearing his opinions while he received calls and attended his assessors, I got the

conclusion that I was in front of a young man about to follow the steps of another Tietê citizen that became the Vice President of Brazil, Michel Temer. The Winners - How was born the political spirit in you, since you are so young and already the mayor of Tietê? Manoel David – Politics is vocation. I was lucky to identify this willingness to do well to others in my youth. When I was 13 years old I started as a volunteer at Golda Meier Home, a nursing home from São Paulo. At age 15, due to that work, I got an award of Youth Volunteer of the Year 2001 – “International year of Volunteering” and I was invited to be the Coordinator of the Youth Volunteering of the State of São Paulo. During this activity I could see the importance of the third sector in people´s life quality, for those that receive the support and for those who donate their time to build a better world. Unfortunately, the third sector is a palliative way to enhance people´s life, the real change will only happen if we have


Prefeito de Tietê Manoel David

serious public policies that actually attend the needs of population. Since then, I have been rising at the public management sector going through internships in government agencies, the City Council and the Legislative Assembly of São Paulo. In 2008, I decided to run for councilman and with 23 years old, I was elected the youngest councilman in the history of Tietê. As a councilman I got to know deeply the problems of the city and got disappointed with the administrators back then. Since that, I began a new political group formed by young idealists like me, that believe it is possible to make public administration based in ethic,

Prefeitura Tietê-SP Quando recebi a tarefa de entrevistar o prefeito do município de Tietê, cidade distante 142 km da capital de São Paulo, não poderia imaginar que conheceria uma cidade encantadora, com um povo hospitaleiro, tendo aproximadamente 40 mil habitantes. Ao entrar na cidade me chamou a atenção a limpeza das ruas e a beleza de seus casarões construídos ao longo dos seus quase 172 anos, contrastando com modernos edifícios que ajudam a enfeitar sua praça que deu o apelido a Tietê de Cidade Jardim. Surpresa maior tive ao chegar ao Paço Municipal. Um prédio já antigo, que abrigou o Poder Judiciário durante décadas e hoje é a sede principal de uma cidade que tem em seu IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) a marca de 0,778 e 8º em longevidade, prova de que é um dos municípios mais prósperos do Estado de São Paulo. Sob o comando de um jovem prefeito com apenas 28 anos de idade, formado em direito e pós-graduando no curso Gerente de Cidade pela FAAP, Tietê, em apenas alguns meses, saiu à frente da grande maioria dos municípios paulistas ao ser contemplada com inúmeros recursos e benefícios como o Programa Cidade Digital, que facilitará a vida do cidadão e da própria municipalidade com o cabeamento de todo o perímetro da cidade com fibra ótica. Também foi implantado o CJUSC (Centro Judiciário de Solução e Cidadania da Comarca de Tietê-sp) que aliviará os trâmites judiciários morosos para resolver rapidamente problemas que afetam a vida dos cidadãos e das famílias através de conciliações. Mas o meu objetivo maior, o de entrevistar o prefeito, foi o que me chamou mais a atenção. Jovem, idealista e cheio de vigor, Manoel David Korn de Carvalho, nitidamente um político por vocação, me recebeu em seu gabinete com humor e simpatia, demonstrando um enorme entusiasmo ao falar de Tietê e de sua trajetória. Conversando com o prefeito, ouvindo suas opiniões ao mesmo tempo em que ele atendia telefonemas e assessores, cheguei à conclusão que estava à frente de um jovem que pode seguir os passos de outro tieteense, o vice-presidente da República do Brasil, Michel Temer. The Winners - Como nasceu o espírito político em você, uma vez que tão jovem, já é prefeito de Tietê? Manoel David – A política é uma vocação. Tive a sorte de identificar esta vontade de querer fazer o bem a outras pessoas ainda muito jovem. Com 13 anos de idade iniciei como voluntário no Lar Golda Meier, um asilo de São Paulo. Aos 15, devido a esse trabalho, recebi o prêmio Voluntário Jovem do Ano 2001 – “Ano Internacional do Voluntariado” e fui convidado para ser o Coordenador do Voluntariado Jovem do Estado de São Paulo. Nessa atividade pude ver a importância do terceiro setor para a qualidade de vida das pessoas, tanto para aquelas que recebem apoio, quanto para as que doam seu tempo e tem a sensação de construir um mundo melhor, mas infelizmente o terceiro setor é uma maneira paliativa que temos para melhorar a vida das pessoas. Só conseguiremos realmente fazer isso se tivermos políticas públicas sérias e que se preocupam em atender as necessidades da população. Desde então venho galgando degraus na área da gestão pública passando por estágios em órgãos governamentais e experiências na Câmara Municipal e Assembleia Legislativa em São Paulo. Em 2008 decidi me candidatar a vereador sendo eleito aos 23 anos o vereador mais jovem e um dos mais votados da história de Tietê. Como vereador conheci os problemas da cidade a fundo e me decepcionei com os então administradores. Desde então iniciei um novo grupo político formado por jovens idealistas como eu, que acreditaram ser possível realizar uma administração pública municipal pautada pela ética, profissionalismo e focada exclusivamente nos interesses do município. Valeu a pena. Hoje estamos nessa grande missão de gerir uma das mais tradicionais cidades do Estado de São Paulo e tendo apoio do mais ilustre filho desta terra, o vice-presidente da República do Brasil, Michel Temer, que não tem medido esforços em apoiar sua cidade natal. TW - Quais suas aspirações políticas? MD - Acredito que a política é feita de oportunidades, mas acredito também que cautela é algo muito importante para que se possa manter a coerência na trajetória política. Hoje meu objetivo é ser o melhor prefeito que puder e oferecer a melhor qualidade vida possível para nossa população, buscando um crescimento qualitativo de Tietê e a eficiência máxima nos serviços públicos. Acredito que não existem coincidências, apenas a vontade de Deus e tudo que acontece é por seu mando. Minha família e meus pais sempre me ensinaram que quanto mais corretos formos, mais longe chegaremos. Eu busco esse caminho. TW - E o que seria um crescimento qualitativo para Tietê? MD - Crescer com qualidade significa dar novas oportunidades a população que já vive no município e por isso não existe forma mais eficiente que a qualificação profissional. Temos investido muito na ampliação e oportunidade para nossa população através de cursos técnicos e profissionais em parceria com o Centro Paula Souza – ETEC “Nelson Vianna”, sediada em nosso município, SENAI de Piracicaba e em breve teremos uma escola técnica voltada para a área de alimentação e nutrição em parceria com o SENAC, onde pretendemos realizar os mais variados cursos, mas principalmente o do aprendizado para produzir a goiabada, doce tradicional do município. Tendo mão de obra qualificada para oferecer, Tietê sairá na frente para receber investimentos na área de tecnologia e investimento que deem retorno fiscal ao município, sem que haja prejuízo à qualidade de vida da população. TW - Falando em goiabada, esse tradicional doce da cidade, como surgiu a ideia de presentear a Presidente do Brasil, Dilma Roussef, com o produto, fato tão divulgado pela mídia no país? MD - Como disse anteriormente a política é feita de oportunidades. Para quem me conhece sabe que a todo lugar que vou levo o mais típico produto tieteense, a nossa goiabada. Fui convidado para participar de um evento em São Bernardo do Campo, onde a presidente Dilma entregou retroescavadeiras para 100 municípios paulistas lá representados. Vi que seria uma grande oportunidade de poder presenteá-la com nosso patrimônio. Deu certo.

Square Dr. Elias Garcia

PRIME LEADERS MAGAZINE 53


The Winners golden page

Prefeito Manoel David entregando goiabada, produto original da região, para a presidente da República Dilma Roussef

professionalism and exclusively focused at the city´s interests. It was all worth it! Now I am in this big mission to manage one of the most traditional cities of the state of São Paulo, having the support of an illustrious son of this earth, the Vice President of Brazil, Michel Temer, that is not measuring efforts to support his hometown. The Winners - What are your political aspirations? Manoel David - I believe that politics is made of opportunities, but I also believe that being cautious is very important so I can keep my political trajectory coherent. Today my goal is to be the best mayor I can and offer the best life quality as possible to our population, pursuing a qualitative growth and maximum efficiency at public services. I believe there are no coincidences, just God´s will and everything will happen as He wishes. My family and parent always taught me that the more correct we are the further we reach. I seek this path. 54 THE WINNERS

TW - And what do you think is it a qualitative growth for Tietê? MD - Growing with quality means giving new opportunities to the populations that already live in the city and there´s no better way to do that then qualifying them professionally. We are heavily investing in giving opportunities for the population through technical and professional courses. In partnership with Paula Souza Center, we have an ETEC “Nelson Viana” (Technical school) based on our city. Piracicaba´s SENAI is other technical school partner and soon we will have a technical school focused in food and nutrition, in partnership with SENAC widely recognized by its excellence. Together we intend to offer many courses mainly focusing in teaching techniques to produce the “goiabada” or the homemade guava sweet, a city´s traditional sweet. TW - It was widely released by the press that you presented President of Brazil, Dilma Roussef, with this traditional

sweet of Tietê, homemade guava sweet. How did you come about with the idea of giving it to her? MD - Everywhere I go I take with me this typical product of my city. I was invited to attend an event in Sao Bernardo do Campo, city close to Sao Paulo capital, where President Dilma was handing backhoes for 100 cities present there. I realized that that would be a great opportunity to present her with our gastronomic heritage. As I said, politics is made of opportunities. It Worked! TW - What are your expectations for city growth? MD - We are currently preparing a development plan for the city so this growth would be planned and strategic. Thus, we are looking for new investments and structuring the city to receive them in an organized manner. It is expected a significant revenue increase and qualification of manpower in the next two years.


TW - What Tietê can offer to businessmen for investment opportunities in the city? MD - Tietê is a strategic location of the State, very close to major cities and commercial centers like Piracicaba (46km), Campinas (81 km), Sorocaba (60 km) and Sao Paulo (147km) without, however, presenting the problems of these great centers. Our location favors the transport of goods, products and people in an agile and efficient way since we’re in the center of fast routes to ports and airports. As I said, qualification of manpower is also a strong point of the municipality. In addition to the existing offer, we have agreements with the major State technical schools, facilitating the provision of courses according to the needs of the investor. We also offer personalized advice to all companies wishing to settle in Tietê. In other words, the city gives all the support that a consultant would do for companies. The Winners - In terms of region, how is it prepared to the demands of economic growth? MD - The region have an association of municipalities - AMIMT ( Association of In-

tegrated Townships Middle Tietê ) formed by 13 cities that meet monthly to discuss various topics, to find solutions to common problems and to seek together with State and Federal governments greater public investments . Our region is strategically located because we are at the crossroads of major state highways and close to airports and major centers. Tietê went ahead being the only city in the region to be contemplated by the federal government with the Digital

City Program. Soon, the fiber optic cabling will be in all regions of the city connecting buildings and public squares that will enable the breakthrough of the city. Furthermore, we have achieved the release of R$ 12 million from FUNASA ( National Health Foundation) to invest in sanitation , aiming to reach 100 % of treated sewage in the city until 2016 . Tietê is a historical, cultural, but mostly, environmental heritage. All the city is an Environmental Protected Area (APA),

TW - Qual sua expectativa de crescimento do município que você administra? MD - Atualmente estamos elaborando um plano de desenvolvimento da cidade para que este crescimento seja planejado e estratégico. Desta forma, estamos em busca de novos investimentos e estruturando a cidade para recebê-los de forma organizada. Espera-se um incremento significativo em recebimento de tributos e de qualificação de mão de obra nos próximos dois anos. TW - O que o município de Tietê pode oferecer para empresários que esperam por oportunidades de investimentos na cidade? MD - Tietê se encontra em um ponto estratégico do Estado, bem próximo de grandes cidades e centros comerciais como Piracicaba (46km), Campinas (81km), Sorocaba (40km) e São Paulo (147km) sem, contudo, apresentar os problemas desses grande centros. Nossa localidade favorece ainda o transporte de mercadorias, produtos e pessoas de forma ágil e eficiente já que estamos no centro de rotas rápidas para portos e aeroportos. Como já afirmei, a qualificação de mão de obra também é um ponto forte do município. Além da oferta já existente, temos convênios com as grandes escolas de ensino técnico do estado, facilitando a oferta de cursos de acordo com a necessidade do investidor. Oferecemos toda a assessoria personalizada às empresas que queiram se instalar em Tietê de maneira a agilizar os processos municipais, mas também os estaduais e eventualmente os federais; negociar acordos; pesquisa de terrenos e facilidades etc. Ou seja, a prefeitura dá todo suporte que uma consultoria faria pelas empresas. TW - Em termos de região, como ela está se preparando para atender a demanda do crescimento econômico? MD - Hoje temos uma associação dos municípios da região – AMIMT (Associação do Municípios Integrados do Médio Tietê) formada por 13 cidades que se reúnem mensalmente para discutir vários temas. Juntos buscamos com o governo investimento públicos de maior vultuosidade. Nossa região está localizada estrategicamente, pois estamos no cruzamento das mais importantes rodovias estaduais, como a Castelo Branco, Marechal Rondon, SP 127, temos aeroportos e grandes centros ao nosso entorno. Tietê saiu na frente ao ser a única cidade da região ao ser contemplada pelo governo federal com o programa Cidade Digital, tendo em breve o cabeamento de fibra ótica em todas as regiões do município, interligando os prédios e praças públicas que possibilitará o grande avanço da cidade. Além disso já conseguimos liberação de R$ 12 milhões da FUNASA (Fundação Nacional da Saúde), para investir em saneamento, visando atingir até 2016, 100% de esgoto tratado na cidade.. Tietê é um patrimônio cultural histórico, mas principalmente ambiental, com 55 km do rio Tietê dentro do perímetro do município e queremos dar exemplo em sua despoluição. Somos uma cidade que tem preocupação ambiental nata e acreditamos que o futuro é o desenvolvimento sustentável.

Prefeito de Tietê com o vice-presidente da República, Michel Temer

PRIME LEADERS MAGAZINE 55


The Winners golden page

Our taxes are still an obstacle to greater growth and I believe that, if there is no reform in this area, it will be more and more difficult to compete with countries like China and India. We have had great advances in recent years and I am a enthusiastic of the social policies that have been transforming our country. They are responsible for the great expansion of the consumer market and are improving the lives of population in general. But now we need the conditions to enable investors to expand their operations and have a tax policy that seeks its development. Em pé: vereador de Rafard, Marcelo Puf; vice-prefeito de Rafard, Carlos Roberto Bueno; prefeito de Capivari, Rodrigo Proença; prefeito de Iperó, Vanderlei Polizelli; prefeito de Boituva, Edson Marcusso; vice-presidente Michel Temer; vereador de Rafard, Alexandre Juliano; prefeito de Tietê, Manoel David; prefeito de Porto Feliz, Levi Rodrigues Vieira; Sentados: prefeito de Laranjal Paulista, Heitor camarin; prefeito de Cerquilho, Antonio Del Bem; prefeito de Quadra, Carlos Vieira de Andrade; prefeito de Elias Fausto, Laercio Betareli e o prefeito de Rafard, Cesar Moreira.

besides, in its boundaries, Tietê River flows through 55 km. We want to set an example in its decontamination! We are a city that has a genuine environmental concern and believes that future is all about the sustainable development . TW - What are the next steps and challenges of your administration? MD - We are preparing the administration for a major management restructuring. Throughout 2013, it was made a wide study to create The Statute of the Public Employee and an organization chart that is consistent with the demands of the municipality. I understand that for an efficient public administration we need technical

staff ready and willing to work with determination. Our Government is guided by professionalism to achieve the results that it is needed, contrary to what is common in politics when public administration is used to benefit friends. Our great challenge is to put all our plans into practice, combating immoral practices that corrupt public bodies. Our goal is to transform Tietê a reference among all cities in Brazil. TW - What are your political perspectives for Brazil? MD - Brazil has been increasingly standing out on the world stage with its strong economy and large consumer market.

TW - How did you like the LAMPA awarding that you participated in the Congress of Curaçau? MD - It was a great pleasure to be part of LAMPA award ceremony (Latin American Marketing Personality Awards) which was so well organized by GCSM. Besides, meeting great personalities of the Brazilian business sector, I could see the influence that this important organization has and the great service that it’s done for strengthening Brazil’s foreign trade. Curaçau is a splendid place! There we could talk a bit about Tietê and the international standard products produced here like the wooden floor of INDUSPARQUET, a business 100% from Tietê that operates in more than 20 countries and is the leader of its segment in Brazil. This type of relationship is fundamental to the development we seek for Tietê. Thank you GCSM.

TW - Quais são os próximos passos e desafios da sua gestão? MD - Estamos nos preparando para uma grande reestruturação administrativa. Ao longo de 2013 foi feito um grande estudo para se criar o Estatuto do Funcionário Público e um organograma coerente com as demandas do município. Entendo que para termos eficiência na administração precisamos de corpo técnico preparado e disposto a trabalhar com determinação. Ao contrário do que é comum na política, quando se utiliza da administração pública para beneficiar amigos, nosso governo é pautado pelo profissionalismo, só assim atingiremos os resultados necessários. Nosso grande desafio é colocar todos nossos planos em prática justamente pelos vícios que a política tem e combater as práticas imorais que corrompem os órgãos públicos. Nossa meta é transformar Tietê em referência entre todas as cidades do Brasil. TW - Qual perspectiva política você traça para o Brasil? MD - O Brasil vem se destacando cada vez mais no cenário mundial com sua economia forte e com grande população cada vez mais disposta a aumentar seu consumo. Infelizmente nossa carga tributária inviabiliza um crescimento ainda maior e vejo que se não houver reforma nesta área, cada vez mais será difícil concorrermos com países como a China e India. Tivemos grandes avanços nos últimos anos e sou grande entusiasta das políticas sociais que vem transformando nosso pais, responsável por termos grande ampliação do mercado consumidor e pela melhoria na vida da população de maneira geral. Mas precisamos agora das condições para que os investidores possam ampliar sua atuação e termos uma política tributária que busque seu desenvolvimento. TW - O que achou da premiação LAMPA onde participou do Congresso em Curaçau? MD - Foi um grande prazer participar da entrega do prêmio LAMPA (Latin American Marketing Personality Awards), tão bem organizado pela GCSM. Além de conhecer grandes personalidades do setor empresarial brasileiro, pude constatar a força que essa importante organização possui e o grande serviço que faz para o fortalecimento do comércio exterior brasileiro. Curaçau é um lugar esplendoroso e lá pudemos falar um pouco da nossa cidade e de oferecer produtos produzidos em Tietê, de padrão internacional, como é o caso dos pisos e madeira da INDUSPARQUET, empresa 100% tieteense que atua em mais de 20 países e é líder de seu segmento no Brasil. Esse tipo de relacionamento é fundamental para o desenvolvimento que buscamos para Tietê. OBRIGADO GCSM.

56 THE WINNERS


GCSM: “a remarkable case of hard work, determination and success: Magazine Luiza”

58 THE WINNERS

By The Winners


Magazine Luiza se consolida como uma das

maiores redes brasileiras de varejo

A

história de sucesso do Magazine Luiza começou em novembro de 1957, quando seus fundadores, Pelegrino José Donato e Luiza Trajano Donato, adquiriram uma pequena loja de presentes, chamada ‘A Cristaleira’, em Franca, interior de São Paulo. O crescimento da rede ganhou mais impulso em 1991, quando a diretoria da empresa criou uma holding, e Luiza Helena Trajano, sobrinha dos fundadores, passou a ocupar o cargo de superintendente. Com a expansão da rede, Luiza Helena se tornou presidente da empresa, que até 30 de setembro de 2013 possuía 740 lojas e oito centros de distribuição, estrategicamente localizados em 16 Estados (São Paulo – sede –, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão), cujas economias correspondem a 75% do PIB nacional. O crescimento da empresa está alicerçado com uma diretoria inovadora e atitudes ousadas. A aquisição de grandes redes é um dos trunfos para a multiplicação do número de lojas. O passo inicial foi dado com

Primeira loja da rede

a compra das Casas Filipe (1996), com sede no Paraná e unidades no Mato Grasso do Sul. Em 2003, o Magazine Luiza adquiriu as lojas Líder, de Campinas (SP). Na sequência foi a vez da rede Wanel, na também cidade paulista de Sorocaba, passar para o comando do Magazine Luiza. Em 2007, o Magazine Luiza ganhou mais força e chegou até Belo Horizonte, uma das mais importantes capitais brasileiras. A rede alcançou naquele ano um faturamento de R$ 2,6 bilhões. No dia 22 de setembro de 2008, o Magazine Luiza movimentou o mercado varejista do país ao entrar na Grande São Paulo, com a inauguração simultânea de 44 lojas. Na época, muitos consultores e especialistas vislumbravam as mudanças que a entrada da rede causaria, tanto para os concorrentes quanto para os consumidores. Hoje, a empresa se consolidou na região e comemora os excelentes resultados obtidos após o grande evento de abertura. Com isso, em 2009, o valor do faturamento triplicou, passando de R$ 175 milhões para R$ 560 milhões. Em 2010, a empresa aumentou o número de seus pontos de venda na capital paulista, incluindo a

megaloja inaugurada na marginal Tietê, trazendo um lucro de R$ 800 milhões. A arrojada estratégia de expansão da rede também contemplou o Nordeste, em setembro de 2010, com a compra das Lojas Maia, com 141 filiais espalhadas pelos Estados da Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte, Sergipe, Alagoas, Bahia, Pernambuco, Piauí e Maranhão. Com mais essa empreitada, o Magazine Luiza aumentou seu ponto de venda em 30%. Em agosto de 2011, o Magazine Luiza assinou contrato para a compra das Lojas do Baú, pertencentes ao grupo do empresário Silvio Santos. As 121 unidades da rede estão localizadas nos Estados de São Paulo e Paraná. Esta foi a primeira aquisição da empresa após a abertura de capital, realizada no início de maio. Parte do dinheiro foi obtida com a venda de ações ao mercado será destinada aos projetos de expansão. Conhecida por manter uma relação diferenciada e humanizada com seus colaboradores e clientes, o Magazine Luiza está fazendo a transição das lojas no Nordeste, disseminando os valores da empresa e o Jeito Luiza de ser, no qual os laços consumidor/loja são construídos com atenção e respeito.

Loja matriz, em Franca (SP)

PRIME LEADERS MAGAZINE 59


GCSM: “a remarkable case of hard work, determination and success: Magazine Luiza”

Start da empresa na Bolsa de Valores

Serviços financeiros Para oferecer ainda mais comodidade aos seus clientes, o Magazine Luiza criou a LuizaCred, em conjunto com o Unibanco, e a LuizaSeg, em parceria com a seguradora Cardif, empresa do Grupo BNP Paribas. O primeiro serviço, implantado em 2001, surgiu como um novo modelo de negócio para o mercado varejista, oferecendo produtos de crédito e financiamento. Oferece aos seus clientes produtos como o CDC (Crédito Direto ao Consumidor), Empréstimo Pessoal (Grana Extra), cartão de crédito para o ramo da construção, cartão de crédito com a bandeira MasterCard e Crédito Consignado para aposentados e pensionistas. A LuizaCred é, hoje, uma das maiores financeiras do País, podendo contar com a sólida estrutura de financiamento do Unibanco, fortalecida pela fusão com o Itaú. “Trabalhar com cartão de crédito é muito cômodo. Mas, no Brasil, ainda há um público grande que teme o seu uso. Um de nossos objetivos é justamente desmistificar esse medo e mostrar que ter um cartão de crédito é muito vantajoso”, diz Luiza Helena. Além dos benefícios que um cartão de crédito oferece, o do Magazine Luiza conta com preços e taxas de juros diferenciados e promoções específicas para pagamento via cartão. Além disso, os clientes podem pagar conta de água, luz, gás, telefone e outras com o cartão. Desta forma, o débito será descontado na própria fatura, em até 40 dias, e o cartão também facilita o acesso ao crédito em milhares de estabelecimentos. 60 THE WINNERS

Inauguração de loja da rede no Nordeste

A Luizaseg foi criada em 2006 e distribui garantia estendida, atuando em um promissor nicho de mercado do setor de serviços. Os primeiros produtos comercializados com garantia estendida foram eletroeletrônicos e móveis. Depois, ela passou a ser oferecida para a linha de portáteis, como liquidificadores e sanduicheiras, por exemplo. O portfólio de produtos também inclui o CredSeguro, nome dado ao seguro de proteção financeira, e o seguro de vida. Aporte estrangeiro No final de 2005, os resultados do Magazine Luiza chamaram a atenção do Fundo Internacional Capital Group, que escolheu a empresa como um dos três negócios promissores, em todos os países em desenvolvimento, a rece-

Luiza Helena, em seu escritório de negócios em São Paulo

ber um aporte financeiro para potencializar seus negócios. Com este aporte, a rede pôde concretizar seu plano de expansão, consolidando, assim, seu posicionamento como uma das maiores do mercado brasileiro. Investimento em recursos humanos Esse constante desenvolvimento tem sido fundamentado no espírito da honestidade, no bom trato ao cliente e na valorização de seus maiores incentivadores, os 23 mil funcionários do Magazine Luiza. A empresa investe constantemente em programas e ações em benefício a eles e adota uma política de contratação de pessoas com deficiência. Essa cultura de valorização aos recursos humanos já rendeu inúmeros prêmios à rede que, há 16 anos consecutivos, figura entre as melhores para se trabalhar, segundo o guia do Instituto Great Place to Work. Em 2003, foi classificada em primeiro lugar. Em 2007, foi escolhida como a melhor empresa para mulheres trabalharem. Já em 2008, foi eleita a melhor empresa do Brasil para o executivo trabalhar. Além disso, desde 2004, data em que o Instituto começou a classificar as melhores empresas da América Latina, o Magazine Luiza foi a única empresa do setor varejista que sempre esteve presente no guia. Em 2010, foi considerada a melhor na Prática de Falar com seus funcionários. Em 2011, integrou a lista das 20 melhores na edição da América Latina, sendo a terceira brasileira mais bem colocada. Na edição brasileira de 2012, foi considerada a melhor na Prática de Escutar, além de ter sido eleita


Sempre à frente A inovação é, sem dúvida, uma das características mais marcantes do Magazine Luiza. Em 2005, quando a concorrência no varejo se tornou ainda mais acirrada, o Magazine Luiza reformulou sua marca e lançou o slogan ‘Vem ser Feliz’, provando que, além de bons preços e atendimento diferenciado, um cliente bem tratado precisa se sentir feliz. Seguindo essa tendência, até os produtos ganharam novas denominações. Geladeira, por exemplo, passou a ser chamada de porta-gostosura, e sofá, de sossego. Na sequência, a empresa criou o conceito ‘Felicidade Já’. Com ele, encerrou a fórmula cansativa usada pelo varejo, de se fixar apenas em preço e produto. O objetivo era apresentar as ofertas mostrando a felicidade que a aquisição de cada item poderia levar ao cliente. Em 1994, seguindo a linha da novidade, o Magazine Luiza criou a Liquidação Fantástica, que atrai milhares de pessoas a todas as lojas da empresa, no início de janeiro, para aproveitar uma verdadeira avalanche de ofertas. Outro lançamento de sucesso, em

1992, foram as lojas virtuais. Nelas, as vendas são feitas por funcionários da rede, mas não há exposição dos produtos. As mercadorias são apresentadas por meio de um terminal multimídia. Outro sucesso em vendas

é o site www.magazineluiza.com.br, que é a loja líder em vendas da empresa. Para ajudar os internautas a fazer suas escolhas, a rede criou a Tia Luiza, uma vendedora virtual que tira dúvidas e dá conselhos aos clientes. ALBERTO GONZAGA

uma das dez melhores para se trabalhar no Brasil. Todo esse reconhecimento se deve a atitudes inovadoras. No Magazine Luiza, o empenho dos funcionários é reconhecido por meio de bolsas de estudos, ajuda às mães, auxílio à educação dos filhos de funcionários, participação nos lucros e campanhas que já renderam viagens nacionais e internacionais aos melhores vendedores. O acesso direto à superintendência é outro fator fundamental para que o clima na empresa seja de alegria e descontração. O alinhamento da equipe é feito por meio de modernas técnicas de comunicação interna, que incluem uma TV, uma rádio, um portal na internet e jornais impressos. Tudo isso, sem esquecer, é claro, do calor humano. Todos os funcionários da empresa se reúnem às segundas-feiras para conferir as metas de vendas, conhecer as novidades e integrar a equipe. O rito de comunhão, como é chamado, é uma forma de reunir todos os colaboradores em um momento de descontração.

Fila da Liquidação Fantástica deste ano, em São Paulo

Luiza Helena durante palestra

PRIME LEADERS MAGAZINE 61


GCSM: “a remarkable case of hard work, determination and success: Magazine Luiza” 1995 (Luiza Helena) – Prêmio “Empresária do Ano”, concedido pela Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) e a Associação Comercial de São Paulo (ACSP). 1996 (Luiza Helena) – Primeira mulher entre os dez finalistas do Prêmio “Personalidade de Vendas do Ano”, da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB). 1998 (Magazine Luiza) – Associa-se ao Instituto Ethos, uma organização da sociedade civil que ajuda as empresas a gerirem seus negócios de forma socialmente responsável, tornando-as parceiras na construção de um mundo mais justo e sustentável.

Referência internacional Todas essas conquistas tornaram o Magazine Luiza uma das principais referências quando se fala em varejo no Brasil. Prova disso é que a rede foi, em 2006, tema de estudo da universidade de Harvard, nos EUA, uma das mais importantes instituições de ensino do mundo. Para concluir o estudo, um pesquisador acompanhou a rotina dos principais executivos e de alguns funcionários da empresa. Mais de 50 anos de trabalho contínuo para fazer do varejo um setor de destaque nacional Luiza Helena Trajano é presidente da rede Magazine Luiza. Francana, viúva, mãe de três filhos, iniciou suas atividades profissionais na empresa aos 12 anos quando resolveu abdicar das férias escolares para trabalhar na loja. A experiência foi tão gratificante que passou a repeti-la nos anos seguintes. Em pouco tempo ingressou na rede, passando por todos os departamentos do grupo: da cobrança à gerência, das vendas à direção comercial. Em 1991, quando houve a criação da holding do grupo, tornou-se superintendente e, posteriormente, assumiu a presidência, cargo que ocupa desde 2008. Formada em Direito e Administração de Empresas, é responsável pelo desenvolvimento do grupo, criando, em conjunto com a equipe, as Lojas Eletrônicas Luiza, um projeto pioneiro no varejo nacional,

Em 2008, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer a história do Magazine Luiza com mais profundidade, quando o hoje diretor executivo de operações da empresa, Frederico Trajano, visitou a universidade. Este modelo inovador criado pelo Magazine Luiza tornou-se uma das disciplinas fixas dos alunos que, um dia, administrarão as maiores empresas do mundo. Essa é a principal marca do Magazine Luiza: surpreender e se destacar. hoje chamado de Lojas Virtuais, unidades da rede com um vasto catálogo de produtos que são demonstrados na tela de um computador. Outra ação importante foi a criação da ousada campanha Liquidação Fantástica. A executiva fortaleceu a comunicação olho no olho com a equipe e descentralizou o poder, transformando os gerentes de lojas em empreendedores, o que conferiu agilidade na tomada de decisões. Um dos valores mais presentes na empresa, a força, vitalidade e diferença que as pessoas fazem, é fruto do investimento e crença de Luiza Helena. Desde 1993 os colaboradores também participam dos lucros da empresa. Luiza também é vice-presidente do IDV (Instituto para Desenvolvimento do Varejo) e ocupa uma das cinco vice-presidências do Conselho Diretor do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016™.

1998 (Magazine Luiza) Pela primeira vez, compõe a lista das “50 Melhores Empresas para se Trabalhar no Brasil”, em pesquisa do Instituto Great Place to Work, publicada pela Revista Exame (Editora Abril). 1999 (Luiza Helena) – Indicada para o “II Prix Veuve Clicquot de la Femme D’Affaires”, premiação para as grandes mulheres de negócios de todo o mundo. 1999 (Magazine Luiza) Novamente é indicada como uma das “50 Melhores Empresas para se Trabalhar no Brasil”, em pesquisa do Instituto Great Place to Work. 2000 (Luiza Helena) – Primeira mulher e única empresa do varejo de capital fechado a receber homenagem na premiação “Os BemSucedidos”, da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). 2000 (Luiza Helena) – Indicada como “As 100 mulheres do século”, pela revista IstoÉ Gente (Editora Três). 2000 (Magazine Luiza) Pelo terceiro ano consecutivo, integra o ranking das “100 Melhores Empresas para se Trabalhar no Brasil”, em pesquisa do Instituto Great Place to Work. 2001 (Luiza Helena) – Primeira mulher a receber o Prêmio “Antônio Proost Rodovalho” concebido pela Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo. 2001 (Magazine Luiza) – “Prêmio Info 2001”, da Revista Info Exame (Editora Abril). 2001 (Magazine Luiza) - 3º lugar na lista das “Melhores Empresas para se Trabalhar no Brasil”, em pesquisa do Instituto Great Place to Work. 2002 (Luiza Helena) – “Prêmio Empreendedor do Ano”, concedido pela Ernst & Young, na categoria Comércio. 2002 (Magazine Luiza) 10º lugar no ranking das “Melhores Empresas para se Trabalhar no Brasil”, em pesquisa do Instituto Great Place to Work. 2003 (Magazine Luiza) - Eleita a “Melhor Empresa para se Trabalhar no Brasil”, pelo Instituto Great Place to Work, em pesquisa publicada nas revistas Exame e Você S.A (Editora Abril). A avaliação leva em conta a opinião dos próprios colaboradores das empresas e, pela primeira vez na história brasileira e no mundo, uma empresa de varejo ganhou o prêmio. 2003 (Magazine Luiza) – “Prêmio A Empresa Mais Admirada do País”, no setor de eletroeletrônicos, pela Revista Carta Capital (Editora Confiança). 2003 (Luiza Helena) – “Prêmio Executivo de Valor”, do Jornal Valor Econômico, que reconhece os executivos que comandaram com sucesso suas companhias e obtiveram o melhor desempenho em seus setores de atuação. 2003 (Luiza Helena) – “Prêmio Cláudia na categoria Negócios”, da Revista Cláudia (Editora Abril). 2003 (Luiza Helena) – “Prêmio Líder Empresarial Setorial”, concedido no Fórum de Líderes da Gazeta Mercantil. 2003 (Magazine Luiza) – “Prêmio Excelência em Qualidade do Comércio Eletrônico B2C”, concedido pela e-bit Confiança na Compra Online, para o site www.magazineluiza.com, sendo a única loja no segmento a obter o conceito “ouro” em 10 itens avaliados. 2004 (Luiza Helena) – Homenagem no Dia Internacional da Mulher, pela Câmara Municipal de Franca, com o título de Cidadã Emérita. 2004 (Luiza Helena) – “Prêmio de Administrador Emérito”, do Conselho Regional de Administração (CRA). Primeira mulher a receber o prêmio, criado em 1982 com a finalidade de reconhecer publicamente o profissional que, pelo sucesso, reconhecido comportamento ético e capacidade de liderança, contribuiu para o engrandecimento da profissão de Administrador. 2004 (Luiza Helena) – Destaque como “Lojista do Ano”, em Brasília/ DF, com o prêmio “Mérito Lojista 2004”, considerado o “Oscar” do varejo brasileiro. 2004 (Magazine Luiza) – O site www.magazineluiza.com classificouse no TOP-3 do Prêmio iBest. 2004 (Luiza Helena) – “Prêmio As mulheres mais influentes do Brasil”, na categoria Indústria e Varejo, honraria criada pelo jornal Gazeta Mercantil e pela Revista Forbes Brasil (Editora Peixes). 2004 (Luiza Helena) – Prêmio “Empreendedora do Ano”, pela Revista IstoÉ (Editora Três). 2004 (Magazine Luiza) - Finalista na categoria “Grande Empresa”, no Programa FGV – EAESP (Fundação Getúlio Vargas – Escola de Administração de Empresas de São Paulo) de Responsabilidade Social no Varejo, com o tema “As pessoas em primeiro lugar”.

Prêmio LAMPA 2013

62 THE WINNERS

2004 (Magazine Luiza) – 4º lugar na lista das “Melhores Empresa para se Trabalhar no Brasil”, pelo Instituto Great Place to Work, em pesquisa publicada nas revistas Exame e Você S.A (Editora Abril).


2005 (Magazine Luiza) - Por sua ousadia e inovação, torna-se case de sucesso estudado na Universidade de Harvard, nos EUA, uma das mais conceituadas escolas de ensino superior do mundo. Atributos como Agilidade nas decisões, Liderança pujante, Fidelidade dos funcionários e Manutenção dos valores da empresa são destacados pelos norteamericanos como diferenciais da rede. 2005 (Luiza Helena) - Homenagem entre os 12 líderes mais destacados nos negócios latino-americanos, escolhidos pela revista América Economia (Spring Editora), em Santiago, no Chile. 2005 (Magazine Luiza) - 3º lugar no Guia das “Melhores Empresas para Mulheres Trabalharem”, pelo Instituto Great Place to Work, publicada na Revista Exame (Editora Abril). 2005 (Magazine Luiza) - Classificada entre as empresas que melhor praticam a Responsabilidade Social, de acordo com a Escala do Instituto Akatu pelo Consumo Consciente, obtendo a nota máxima AAA. 2005 (Magazine Luiza) – Prêmio “10 Melhores Empresas para Executivos Trabalharem no País”, segundo a Revista Você S.A. (Editora Abril). 2005 (Magazine Luiza) – 8º lugar entre as “10 Melhores Empresas para se Trabalhar”, pelo Guia Exame da Revista Exame (Editora Abril). 2005 (Magazine Luiza) –1º lugar em Gestão de Pessoas, para empresas com quatro mil a dez mil funcionários, pela Revista Valor Carreira – publicação do Jornal Valor Econômico. 2005 (Magazine Luiza) – Pelo quarto ano consecutivo, o site www.magazineluiza.com foi eleito um dos melhores da web, de acordo com pesquisa da e-bit: Confiança na Compra Online, que avaliou a opinião dos consumidores em relação a 400 sites, nos requisitos: facilidade de comprar, seleção de produtos, preços, navegação, entrega no prazo, qualidade no atendimento a clientes e política de privacidade, entre outros.

Jose Americo presidente Câmara Municipal SP, Luiza e vereadora Noemi Nonato 17 de junho de 2013 Luiza Helena recebendo o título de cidadã paulistana 2008 (Luiza Helena) - Nomeada membro do Conselho Nacional da Gestão Pública (gestão 2007-2010). 2008 (Luiza Helena) - Escolhida como membro da sociedade civil no Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES). 2008 (Magazine Luiza) – Integra novamente a lista das “100 Melhores Empresas para Trabalhar na América Latina”, 7º lugar, em pesquisa do Instituto Great Place to Work. 2008 (Magazine Luiza) – Integra o ranking dos “200 maiores Grupos do Valor Grandes Grupos”, em 111º lugar, classificação do jornal Valor Econômico S.A. e da Revista Exame (Editora Abril). Na categoria “Os que mais cresceram por receita bruta”, obtém o 9º lugar; na categoria “Os 20 maiores da área de comércio”, o 17º lugar; e na categoria “Os melhores em rentabilidade patrimonial”, o 16º lugar.

2010 (Magazine Luiza) – O magazineluiza.com foi o vencedor da categoria web e-commerce no 23º Prêmio Veículos de Comunicação, promovido pela Academia Brasileira de Marketing (ABM). A escolha foi feita mediante os votos de 300 profissionais de mídia das maiores agências de propaganda de todo o País. 2011 (Luiza Helena) – Recebeu o “Prêmio Brasileiros e Valor PNBE 2011 – Por um País Ético e Eficiente”. Premiação aconteceu em 4 de julho. 2011 (Magazine Luiza) – Integra o ranking das 500 maiores empresas da América Latina, elaborado pela América Economia Intelligence e publicado na revista América Economia. 2011 (Magazine Luiza) – Eleita a melhor empresa brasileira na Prática de Escutar seus funcionários, de acordo com pesquisa realizada pelo Great Place to Work, em parceria com a revista Época

2006 (Luiza Helena) – Prêmio “O Mercador” como destaque do comércio pelo Sindilojas (Sindicato do Comércio Varejista de Caxias do Sul) e o Sindigêneros (Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios), em Caxias do Sul/RS.

2009 (Magazine Luiza) – Integra ranking das “50 Melhores Empresas Psicologicamente Saudáveis”, em pesquisa da Gestão & RH, que teve como objetivo analisar o atual estágio em que se encontram as empresas brasileiras em termos de qualidade de vida no trabalho.

2011 (Magazine Luiza) – Sexta posição no ranking das 100 Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil, na categoria Grandes e Multinacionais, de acordo com pesquisa realizada pelo Great Place to Work, em parceria com a revista Época

2006 (Magazine Luiza) - 7º lugar no ranking geral das “Melhores Empresas para se Trabalhar”, e a 5ª colocação entre as “10 Melhores Empresas para as Mulheres Trabalharem”, na pesquisa feita pelo Instituto Great Place to Work. Os resultados foram publicados na revista Época (Editora Globo).

2009 (Luiza Helena) – Assume a presidência do IDV (Instituto para Desenvolvimento do Varejo).

2006 (Magazine Luiza) - 7º lugar entre as “Melhores Empresas para a Mulher Trabalhar”, em pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Administração (FIA) da Universidade de São Paulo (USP), além de figurar na lista das 150 melhores empresas do País.

2009 (Luiza Helena) – Nomeada, novamente, como membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES).

2011 (Magazine Luiza) – Eleita uma das Empresas que Melhor se Comunicam com Jornalistas, concedido pela Revista Negócios da Comunicação. Fomos um dos ganhadores na categoria “Varejo”. 2011 (Magazine Luiza) – Melhor Atendimento com o Cliente na categoria Varejo. A premiação fez parte da pesquisa Exame/IBRC. No ranking geral, a empresa conquistou o 5° Lugar. 2011 (Luiza Helena) – Eleita uma das 14 principais executivas brasileiras, em pesquisa inédita promovida pelo jornal Valor Econômico, em parceria com a consultoria Egon Zehnder. A escolha se baseou em critérios como tempo no cargo, complexidade da gestão, mudanças de impacto promovidas no negócio, desempenho financeiro, grau de inovação e volume de investimentos em expansão.

2006 (Magazine Luiza) – “Prêmio Empresa Mais Admirada” do segmento Varejo de Eletroeletrônico, na 9ª edição da pesquisa realizada pela Carta Capital/TNS InterScience, junto a 1.224 executivos de companhias de 49 segmentos. 2006 (Magazine Luiza) – “Prêmio O Equilibrista” de Destaque do Comércio, concedido pelo Instituto Brasileiro dos Executivos de Finanças, de Campinas/SP. 2006 (Magazine Luiza) – Integra o ranking dos “200 maiores Grupos do Valor Grandes Grupos”, em 124º lugar, classificação do jornal Valor Econômico S.A. e da Revista Exame (Editora Abril). 2007 (Magazine Luiza) - Por suas atitudes inovadoras e voltadas ao público feminino, recebe o título de “A Melhor Empresa para a Mulher Trabalhar no Brasil”, em pesquisa do Instituto Great Place to Work, publicada pela Revista Época (Editora Globo). O prêmio é um reconhecimento à política de Recursos Humanos baseada na valorização do trabalho da mulher e na crença de sua evolução na empresa. Classifica-se novamente em 7º lugar no ranking geral da mesma pesquisa. 2007 (Magazine Luiza) – 11º lugar na pesquisa “Melhor Empresa para Executivos Trabalharem no Brasil”, segundo a Revista Você S.A. (Editora Abril). 2007 (Magazine Luiza) – “Prêmio Destaques do Ano”, do Jornal do Comércio, do Rio Grande do Sul. 2007 (Luiza Helena) – 4ª executiva mais importante da América Latina, em eleição realizada pela Revista América Economia (Spring Editora). 2007 (Magazine Luiza) – Integra lista das “100 Melhores Empresas para Trabalhar na América Latina”, em pesquisa do Instituto Great Place to Work. 2007 (Magazine Luiza) – Integra o ranking dos “200 maiores Grupos do Valor Grandes Grupos”, em 114º lugar, classificação do jornal Valor Econômico S.A. e da Revista Exame (Editora Abril). Na categoria “Os que mais cresceram por receita bruta”, obtém o 3º lugar, e na categoria “Os 20 maiores da área de comércio”, o 18º lugar. 2008 (Magazine Luiza) – Eleita a “Melhor Empresa para Executivos Trabalharem no Brasil”, em pesquisa do Instituto Great Place to Work. 2008 (Luiza Helena) – “Prêmio ANEFAC Mulher 2008”, homenagem concedida pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade. 2008 (Magazine Luiza) – Eleita em primeiro lugar na categoria varejo no “Prêmio Intangíveis Brasil”, que avaliou as companhias que melhor gerenciam seus ativos intangíveis e investem na geração de valor para todos os seus públicos, pela Revista Consumidor Moderno (Editora Padrão). 2008 (Luiza Helena) - Nomeada Conselheira do Conselho Superior Estratégico da FIESP. 2008 (Magazine Luiza) - Eleita a empresa mais admirada do varejo de eletrônicos pelo ranking promovido pela revista Carta Capital, em sua 11º edição.

2009 (Luiza Helena) – Eleita Empresária do Ano no Fórum Empresarial 2009, realizado em Comandatuba (BA).

2009 (Magazine Luiza) – Pelo 12º ano consecutivo, o Magazine Luiza está entre as 25 melhores empresas para se trabalhar no Brasil, 17º lugar, pela pesquisa Great Place To Work. 2009 (Luiza Helena) – Homenageada pela Ordem dos Economistas do Brasil. 2009 (Luiza Helena) – Recebe a Homenagem dos Bem Sucedidos 2009, na categoria Comércio, promovida pela revista Banco Hoje.

2011 (Luiza Helena) – Em levantamento do portal Exame (Editora Abril), foi indicada como uma das sete mulheres no mundo que fazem sucesso nos negócios.

2009 (Magazine Luiza) – O magazineluiza.com conquistou o troféu O Comunicador na categoria WEB E-Commerce, na 23ª edição do Prêmio Veículos de Comunicação, realizado pela revista Propaganda.

2011 (Luiza Helena) – Foi eleita a 6ª líder empresarial mais admirada no Brasil, segundo ranking elaborado pela Officina Sophia em parceria com a revista Carta Capital.

2009 (Magazine Luiza) – Integra o ranking dos “200 maiores Grupos do Valor Grandes Grupos”, em 109º lugar, classificação do jornal Valor Econômico S.A. e da Revista Exame (Editora Abril). Na categoria “Os que mais cresceram por receita bruta”, obtém o 5º lugar e na categoria “Os 20 maiores da área de comércio”, o 17º lugar.

2011 (Magazine Luiza) – Foi vencedor na categoria web e-commerce no 23º prêmio Veículos de Comunicação, promovido pela Academia Brasileira de Marketing (ABM). A escolha foi feita mediante os votos de 300 profissionais de mídia das maiores agências de propaganda do país.

2010 (Magazine Luiza) - Há treze anos consecutivos, está entre as “10 Melhores Empresas para se Trabalhar no País”, em 7º lugar, em pesquisa do Instituto Great Place to Work.

2011 (Magazine Luiza) – A empresa foi conquistou, pela 8ª vez, o troféu diamante no premio Excelência em Qualidade – Comércio Eletrônico B2C (e-bit), o que comprova suas boas práticas de e-commerce.

2010 (Magazine Luiza) – Eleita a “Empresa que Melhor se Comunica com seus Colaboradores” (Prática do Falar), entre mais de 750 empresas participantes da pesquisa realizada pelo Instituto Great Place to Work.

2011 (Magazine Luiza) – Eleita uma das “20 Empresas Mais Admiradas do País” por profissionais de Recursos Humanos, na cerimônia dos RHs Mais Admirados do Brasil 2011, em pesquisa pela Gestão & RH Editora.

2010 (Luiza Helena) –2º lugar na eleição “Os 10 Gestores que mais Personificam e Qualificam a Marca”, obtendo destaque nos requisitos Carisma, Afinidade e Identidade e Inspira Equipes, em pesquisa realizada pela HSM e Grupo Troiano.

2011 (Magazine Luiza) – Integra pela 14ª vez o Guia das “150 Melhores Empresas para Trabalhar” das revistas Você S/A e Exame em parceria com a Fundação Instituto de Administração (FIA) da Universidade de São Paulo.

2010 (Luiza Helena) – Uma das três finalistas máster do Prêmio Empreendedor do Ano 2010, promovido pela consultoria internacional Ernst&Young.

2011 (Magazine Luiza) – Recebeu o prêmio Empregador do Ano, durante o Brazilian Retail Week, maior evento do setor varejista do país. A premiação “os mais importantes no varejo 2001” é uma iniciativa da revista Novarejo, em parceria com a consultoria Accenture Global.

2010 (Luiza Helena) – Recebe o Troféu Mérito Lojista nacional na 18ª Convenção Lojista do Piauí, realizada em Teresina no mês de abril. 2010 (Luiza Helena) – Reconhecida pela segunda vez consecutiva como Líder Empresarial Feminina no 9º Fórum Empresarial, realizado em Comandatuba (BA) em abril. 2010 (Magazine Luiza) - Integra lista das “100 Melhores Empresas para Trabalhar na América Latina”, em pesquisa do Instituto Great Place to Work. 2010 (Magazine Luiza) - 2ª melhor empresa em Atendimento ao Cliente no setor de varejo, de acordo com o Ranking Exame/IBRC (Instituto Ibero-brasileiro de Relacionamento com o Cliente), e a 18º do Brasil na classificação geral. 2010 (Magazine Luiza) – Integra o ranking dos “200 maiores Grupos do Valor Grandes Grupos”, em 95º lugar, classificação do jornal Valor Econômico S.A. e da Revista Exame (Editora Abril). Na categoria “Os que mais cresceram por receita bruta”, obtém o 4º lugar; na categoria “Os melhores em rentabilidade patrimonial”, 5º lugar; na categoria “Os 20 maiores da área de comércio”, 14º lugar; na categoria “Os 20 maiores em lucro líquido”, 18º lugar; e na categoria “Os 20 maiores em patrimônio líquido”, 19º lugar.

2012 (Magazine Luiza) – Premiado no “III Ranking das Maiores Contribuintes do ICMS do Paraná – 2012”, promovido pela Federação do Comércio do Estado do Paraná e Jornal Indústria & Comércio. A empresa integrou o ranking dos 100 Maiores Contribuintes do ICMS. 2012 (Magazine Luiza) – A rede é a quarta brasileira na lista das 25 melhores empresas com mais de 500 colaboradores para trabalhar na América Latina, segundo pesquisa elaborada pelo Instituto Great Place to Work. No ranking geral, ficou com a 19ª colocação. 2012 (Luiza Helena) – Única mulher a figurar na lista dos 24 presidentes de companhias premiados no “Executivo de Valor”, do jornal Valor Econômico. 2013 (Luiza Helena) – Integra a terceira colocação no ranking das dez mulheres de negócios mais poderosas do Brasil, segundo a revista americana Forbes. 2013 (Luiza Helena) – Figura na oitava colocação na pesquisa que lista os empresários com melhor reputação no Brasil, elaborada pela revista Exame. 2013 (Luiza Helena) – Recebe o título de cidadã paulistana.

PRIME LEADERS MAGAZINE 63


GCSM Networking: NAT

By The Winners

NAT: o Brasil em perspectiva

Governador do Estado de Pernambuco, Eduardo Campos

Q

uando esteve na sede do Secovi-SP, em 21/8, o virtual candidato à Presidência da República e Governador do Estado de Pernambuco, Eduardo Campos, era aprovado por 58% do eleitorado de seu estado. Experimentávamos, então, um cenário em que manifestações varriam as ruas do País, reivindicando melhorias nos serviços públicos e exigindo mais moralidade por parte dos governantes. Na ocasião, o presidente do Secovi-SP, Claudio Bernardes, elencou os muitos aspectos que catapultaram a popularidade de Campos. “Dentre os estados do Nordeste, Pernambuco lidera o ranking de geração de empregos. Em junho, Recife bateu, pela primeira vez, os índices da cidade de São Paulo e sua Região Metropolitana, que foi de 11,2%”, disse. Mais:

Participated in this article: Texts/image editing: Leandro Vieira e Silvia Carneiro Cooperation: Claudia Verona e Andreia Araújo Silva Photos: José Carlos T. Jorge

64 THE WINNERS

uma comitiva do Banco Mundial (BIRD) foi ao estado para tratar do Programa de Desenvolvimento das Políticas Públicas de Pernambuco II (DPL II). A meta é obter empréstimo para diminuir a pobreza e melhorar prestação de serviços públicos, a exemplo do que foi feito na primeira edição dessa iniciativa, que também contou com a parceria do BIRD. “Hoje, Pernambuco é um canteiro de obras”, disse Bernardes. A apresentação de Eduardo Campos aos empresários traçou um histórico das diversas conquistas do País ao longo dos últimos anos. “Nos últimos 30 anos construímos uma democracia que vem se consolidando e se aperfeiçoando”, afirmou. Listou o controle da inflação e a responsabilidade fiscal, duas importantes bandeiras da gestão Fernando Henrique Cardoso, e a equidade social promovida no governo Lula. Também destacou a relevância internacional angariada pelo Brasil nos últimos anos. “Mesmo assim, não conseguimos crescer [economicamente] como nos anos 70”, complementou. Rememorou os percalços de alcance mundial acarretados pela crise econômica de 2008 e falou sobre os caminhos encon-

trados por diferentes países para superá-los. Na avaliação de Campos, a China apostou no seu contumaz planejamento, os países europeus optaram por um maior rigor fiscal, como medida controladora de gastos, e os Estados Unidos, onde uma miríade de dispositivos financeiros foi implementada, constituíram “blocos econômicos” eficientes de enfrentamento do desfavorável ambiente oriundo da crise. Para ele, o País carece de um debate qualificado sobre as necessidades dos brasileiros. As reformas que há anos esperam para serem feitas – tributária, fiscal, política e previdenciária –, e tudo o que possa impulsionar nossa economia precisam ser focos de discussões que passem longe da “eleitoralização”. Campos chamou a atenção, ainda, para a necessidade de se fazer mais e melhor, e lembrou que, desde 2010, o Brasil cresce menos. “Estamos abaixo do crescimento global e perdemos na América Latina”. O governador adicionou que, para vencer os atuais obstáculos, é necessário construir um “pacto social” e apostar no trabalho conjunto. “Não se faz essa construção sem a capacidade de ouvir e juntar argumentos”.


Outras reuniões havidas neste ano 29/1: Octávio de Barros, economista chefe do Bradesco – O especialista posicionou-se contra a corrente do “catastrofismo” econômico presente em grande parte do noticiário e nos comentários sobre o futuro da economia brasileira. “O crescimento mais baixo do PIB não terá implicações relevantes sobre a leitura dos agentes econômicos em relação ao futuro do Brasil”, disse. Lembrando que ainda há deficiências a serem superadas, afirmou que o País não tem nenhum “defeito congênito” que o condene a não vencer seus desafios. 27/2: Guilherme Afif Domingos, vicegovernador do Estado de São Paulo Para catapultar a capacidade brasileira de atrair investimentos estrangeiros e arrefecer o custo logístico, Afif propôs a Parceria Público-Privada turbinada, que, dentre seu leque de iniciativas, prevê o regime de tributação especial para obras de infraestrutura. “Não adianta baixar impostos só da geladeira e do carro”, disse Afif, traçando um liame às políticas pontuais de incentivo econômico do governo em tempos de PIB esquálido. Também integram a proposta: nova regulamentação de contabilização de despesas, mobilização de bancos de investimentos e fundos e garantias para contratos de PPP, tudo com vistas à melhora da infraestrutura. 22/3: Paulo Bernardo, ministro das Comunicações – O ministro enumerou a série de investimentos realizados até agora nos campos abrangidos pela atuação do ministério. Na última década, foram despejados R$ 17 bilhões por ano em recursos no setor. Nesse período, destacam-se os anos de 2011 e 2012, quando as cifras investidas foram de R$ 21,7 bilhões e R$ 25,3 bilhões, respectivamente. Assim como os investimentos, o número de linhas habilitadas de aparelhos celulares impressiona. Hoje, são 260 milhões ativas – ou seja, cerca de 1,5 linha por habitante. Sessenta e cinco milhões de celulares têm acesso à internet móvel. O Ministério estima que, até o fim do próximo ano, esse número dobrará, chegando à marca de 130 milhões.

Claudio Bernardes - Presidente do Secovi-SP, Otávio de Barros - economista chefe do Bradesco e Romeu Chap Chap - Coordenador do NAT

Guilherme Afif Domingos, vice-governador do Estado de São Paulo

Paulo Bernardo, ministro das Comunicações

PRIME LEADERS MAGAZINE 65


GCSM Networking: NAT Romeu Chap Chap, Claudio Bernardes, Eliana Calmon e Des. Renato Nalini

17/6: Eliana Calmon, ministra do STJ – Depois de expor seus feitos para combater aqueles que ela classificou como “bandidos togados”, a ministra discorreu sobre sua esperança de um novo Judiciário. Mais precisamente, ela espera que uma nova mentalidade floresça na Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), dirigida por ela desde novembro do ano passado. A proposta da escola é dar aos juízes conhecimento sobre a estrutura dos demais poderes da República e do País como um todo. Os participantes são conscientizados das implicações de suas decisões e entendem como podem impactar a sociedade – que, aliás, está cada vez mais perto desses novos juízes. “Não se pode mais conceber a ideia de magistrados se comportando como me66 THE WINNERS

ros fazedores de processos, sem chefes e limites, gozando apenas de um emprego maravilhoso, repleto de privilégios”, afirmou a ministra. 29/7: Aldo Rebelo, ministro do Esporte - “Temos todas as condições de receber a Copa do Mundo e as Olímpiadas”, disse o ministro do Esporte. Dentre os muitos legados que a Copa do Mundo deixará, ele citou o crescimento do parque hoteleiro de algumas cidadessede. “Uma rede de hotéis francesa está investindo R$ 1,5 bilhão no Brasil”, disse. Para o ministro, isso pode ser atribuído ao bom momento do País e aos investimentos que vêm sendo feitos. “O BNDES montou uma linha de crédito de R$ 1 bilhão para obras de infraestrutura, e já está praticamente esgotada”.

Aldo Rebelo

De acordo com Rebelo, para cada real aplicado pelo setor público na Copa, estima-se que 3,4 reais sejam investidos pela iniciativa privada.


NAT - PERMANENT GUESTS ABRAM BERLAND (Sócio Gerente da Newpart Participações e Investimentos Ltda.) ABRAM SZAJMAN (Presidente da Federação do Comercio, Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo - FECOMERCIO) ADILSON ABREU DALLARI (Advogado e Professor Titular de Direito Administrativo da PUC-SP) ADRIANA CARLA COLLOCA GUERNELLI (Superintendente da Asbea – Associação Brasileira de Shopping Center) ADOLPHO LINDEMBERG (Conselheiro do Secovi-SP) AGOSTINHO TURBIAN (Presidente do Conselho Consultivo da FENADVB) AGUSTIN MOLINA ARAMBARRI (Cônsul Geral da República Argentina em São Paulo) ALBERTO J. ALZUETA (Presidente da Câmara de Comércio Argentino Brasileira de São Paulo e Presidente Multiport Telecom) ALBERTO LUIZ DU PLESSIS FILHO (Vice-Presidente e Conselheiro do Secovi-SP) ALENCAR BURTI (Presidente do Sebrae-SP) ALEX PERISCINOTO (Publicitário, ex- secretário de Publicidade Institucional do Governo Federal/ Secretaria de Comunicação) ALEXANDRE DA MATA (Presidente Gladtur Turismo Ltda.) ALEXANDRE MARQUES TIRELLI (Presidente do Sciesp – Sindicato dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo) ALFREDO RIZKALLAJ JR. (A.J. Pacífico Advogados Associados) ALUIZIO DE BARROS FAGUNDES (Presidente do Instituto de Engenharia) ÁLVARO ANTONIO ALFREDO COELHO DA FONSECA (Conselheiro do Secovi-SP) ANGELO TADEU DERENZE (Presidente da Casa Cor Promoções e Comercial Ltda.) ANTONIO CARLOS RIOS CORRAL (Conselheiro GCSM – Global Council of Sales Marketing) ANTONIO CLÁUDIO MARIZ DE OLIVEIRA (Advocacia Mariz de Oliveira) ANTONIO EVARISTO FRANCESCONI (Conselheiro do Secovi-SP) ANTONIO MACHADO DE BARROS FILHO (Presidente do Instituto Talento Brasil) ANTONIO MARMO TREVISAN (Trevisan Gestão, Consultoria e educação) ANTONIO MILITO PAGLIARA ( Advogado - Advocacia Eduardo Milreu) ANTONINO FREIRE DA SILVA (Sócio Diretor da Régia Consultoria Ltda.) ARLINDO VIRGÍLIO MACHADO MOURA (Presidente do Conselho Deliberativo da APEOP) ARMANDO CONDE (Conde Desenvolvimento Imobiliário) ARMANDO MESQUITA NETTO (Diretor de Desenvolvimento de Negócios da Método Engenharia) ARNALDO CURIATI (Conselheiro do Secovi-SP) ARTHUR MOTTA PARKINSON (Conselheiro do Secovi-SP) ARTUR RODRIGUES QUARESMA FILHO (Conselheiro do Secovi-SP) BASILIO CHEDID JAFET (Presidente da Fiabci/Brasil e Vice-Presidente do Secovi-SP) BEATRIZ ELVIRA FABREGUES (BEA Construtora e Incorporadora Ltda.) BERTRANDO MOLINARI (Diretor do MAM – Museu de Arte Moderna de São Paulo) CAIO CARMONA CESAR PORTUGAL (Vice-Presidente do Secovi-SP) CAIO SERGIO CALFAT JACOB (Vice-Presidente do Secovi-SP) CARLOS ALBERTO CAMPILONGO CAMARGO (Diretor Presidente da Praia Grande Construtora Ltda.) CARLOS ALBERTO DE MORAES BORGES (Vice-Presidente do Secovi-SP) CARLOS JEREISSATI (Conselheiro do Secovi-SP) CARLOS PINTO DEL MAR (Del Mar Associados Advocacia) CARLOS ROBERTO PINTO MONTEIRO (Sócio/Diretor Multihab Engª e Serviços Ltda.) CAMIL EID (Presidente do Instituto de Engenharia) CELSO ALVES FEITOSA (Advogado – Alves Feitosa Advogados Associados) CELSO LUIZ PETRUCCI (Economista Chefe do Secovi – SP) CEZAR ROBERTO LEÃO GRANIERI (Presidente do Sindicato dos Clubes do Estado de São Paulo) CHIEKO AOKI (Presidente Blue Tree Hotels) CIRO GALHA BERGSTROM LOURENÇO (CW Empreendimentos e Participações Ltda.) CIRO PEREIRA SCOPEL (Vice-Presidente e Conselheiro do Secovi-SP) CLAUDIO BERNARDES (Presidente do Secovi-SP) CLÁUDIO ELIAS CONZ (Presidente da Anamaco) CLÁUDIO SALVADOR LEMBO (Advogado, Claudio Lembo Sociedade de Advogados) CLAUDIO LUIZ LOTTENBERG (Presidente da Sociedade Beneficente Israelita Albert Einstein) CLAUDIO NABIH SALLUM (Diretor da Lumine Soluções em Shopping Centers) CLÓVIS CESAR DA ROCHA (Presidente do Conselho Consultivo do Sciesp ) DANIEL CHEQUER FILHO (Diretor – Exemplar Construções Ltda.) DANILO TALANKAS (Diretor da Fernandez Mera Negócios Imobiliários S/C Ltda) DÁRCIO ALEXANDRE ROSSINI CRESPI (Sócio Heidrick & Struggles) DALVA JORGE PIMENTEL (Advogada - Ivone Evelyn Zeger Advocacia ) DALCIDES BISCALQUIN (Apresentador de TV – emissora Rede Vida) DORIVAL DOURADO (CEO Boa Vista Serviços SA) DORA LUCIA BRENNER (Vice-Presidente da CIP – Congregação Israelita Paulista) DÉCIO TENERELLO (Geo Incorporadora Ltda., ex-presidente da Abecip) DENIS LERRER ROSENFIELD (Professor de Filosofia da UFRGS) EDEMAR DE SOUZA AMORIM – (Vice-Presidente da FEBRAE – Federação Brasileira de Associações de Engenheiros) EDUARDO FERREIRA LAFRAIA (Sebel Engenharia e Construções) EDUARDO PESSOA NAUFAL (Ciasa Administradora de Bens Ltda.) ELBIO FERNÁNDEZ MERA (Vice-Presidente do Secovi-SP) ELCIO ANIBAL DE LUCCA (Presidente do Conselho Curador do MBC – Movimento Brasil Competitivo) ELCIO DANIEL FONSECA (Sócio – Diretor Adress Comunicação Eficiente Ltda.) ELIE HORN (Conselheiro do Secovi-SP) ELY FLÁVIO WERTHEIM (Conselheiro do Secovi-SP) EMÍLIO HUMBERTO CARAZZAI SOBRINHO (Sócio Dir. Pres. da Habitasec Securitizadora, ex-pres. da Caixa Econômica Federal) EMILIO RACHED ESPER KALLAS (Vice-Presidente do Secovi-SP) EUCLIDES BENEDITO DE OLIVEIRA (Presidente do IBDFAM SP – Instituto Brasileiro de Direito da Família) FÁBIO DE SALLES MEIRELLES (Presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo) FABIO LUIZ FERRAMENTA ROSSI (Conselheiro do Secovi-SP) FÁBIO MAZZEO (Diretor Presidente da METRUS – Instituto Seguridade Social) FÁBIO TEIXEIRA OZI (Sócio da Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados) FERNANDO ANTONIO NEVES BAPTISTA (Advogado da Neves Baptista Advogados Associados) FERNANDO VIEIRA DE MELLO (Diretor de Relações Institucionais das Organizações Globo) FIRMIN ANTONIO (Ex-presidente do grupo Accor Brasil e Consultor) FLAVIO AUGUSTO AYRES AMARY (Vice-Presidente do Secovi-SP) FLÁVIO DOMINGOS PRANDO (Vice-Presidente do Secovi-SP) FLÁVIO A. CORRÊA (Presidente da Brandmotion Consultoria de Marcas e Publicidade Ltda.) FRANCISCO FABRINI DE AUGUSTINIS (Gerente Executivo da Fundação- CESP) GUILHERME F. MATTAR (Diretor da Câmara de Comércio Brasil-Líbano) GUILHERME AIDAR ABOUCHAR (Diretor da Enfil Controle Ambiental) GABRIEL JORGE FERREIRA (Advogado – Gabriel Jorge Ferreira Sociedade de Advogados) GEORGE HEGEDUS (Fleischhacker do Brasil) GEORGE SCHAHIN (Presidente Hospital Santa Paula) GEORGE LEGMANN (Assessor - Instituto Fernando Henrique Cardoso) GILBERTO BOUSQUET BOMENY (Presidente da WTC e da Servlease) GUILHERME CARDOSO DE LUCCA (Vice-Presidente do Secovi-SP) HERMANN WEVER (Membro do Conselho Consultivo da Embraer e ex- Presidente da Siemens) HUBERT GEBARA (Vice-Presidente do Secovi-SP) ISRAEL GRYTZ (Sócio - Performa Investimentos Ltda.) IVES GANDRA MARTINS (Advogado, Advocacia Gandra Martins) IVETTE RIZKALLAH (Diretora Honorária da Sociedade Beneficente de Senhoras do Hospital Sírio Libanês) IVONE EVELYN ZEGER (Advogada, Ivone Evelyn Zeger Advocacia) JAIME PEDRO VALDIVIA ALMANZA (Cônsul Geral da Bolívia em São Paulo) JAYME BLAY (Diretor da Sybla Participações e Empreendimentos Ltda.) JAIRO SAMPAIO SADDI (Advogado- Saddi Advogados Associados) JAQUES BUSHATSKY (Advocacia Bushatsky) JOÃO BATISTA CRESTANA (Presidente do Conselho Consultivo do Secovi-SP e Pró-Reitor da Universidade Secovi) JOÃO CARLOS FARAH (Diretor da Citycon Engenharia e Construções Ltda.) JOÃO CARLOS DE SOUZA MEIRELLES (Fronteira Norte Eng. e Des. Ltda., ex-Secr. Estadual da Agricultura e de Desenvolvimento) JOÃO COX (Presidente da Cox Investments & Advisory) JOÃO LEONARDO MELE (Diretor Presidente do ISSA – Istituto de Segurança Socioambiental) JOÃO RODARTE (CDN Comunicação Corporativa Ltda.) JOÃO ROSSI CUPPOLONI (Conselheiro do Secovi-SP) JOHN DODDRELL (Cônsul Geral Britânico) JORGE GERDAU JOHANNPETER (Presidente do Conselho do Grupo Gerdau) JORGE GONÇALVES FILHO (Executivo e Consultor do Varejo e Indústria e Conselheiro de Administração certificado pelo IBGC) JORGE MOFARREJ NICOLAU (Pronto Administradora de Bens e Condomínios) JOSÉ CARLOS PELLEGRINO (Conselheiro do Secovi-SP) JOSÉ MARIA CHAPINA ALCAZAR (Conselheiro do Sescon e Aescon- SP) JOSEPH SAYAD (Embaixador do Líbano) JOSÉ PEREIRA MONTEIRO (Conselheiro do Secovi-SP) JOSÉ RENATO CAROLLO (Tempre Investimentos) JOSÉ RENATO NALINI (Corregedor Geral da Justiça e Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo) JOSÉ ROBERTO BERNASCONI (Presidente do Sinaenco-Regional São Paulo) JOSÉ ROBERTO HACHICH MALUF (Spring Editora-Produtora Ltda.) JOSÉ ROBERTO SALDANHA FEDERIGHI (Conselheiro do Secovi-SP) JOSÉ YUNES (Advocacia José Yunes e Associados) JUAN QUIRÓS (Presidente do Grupo Advento) JÚLIO ANTONIO D’OLIVEIRA SAMPAIO (Presidente da Associação Alumni)

JULIO JOSÉ FRANCO NEVES (Conselheiro do Secovi-SP) JÚLIO SERGIO GOMES DE ALMEIDA (Diretor Executivo do IEDI) KABALAN FRANGIEH (Cônsul Geral do Líbano em São Paulo) KATY CHOUERI CORBAN (Diretora do Comitê de Responsabilidade Social da FIESP) KARINE BRUNO D’ALESSIO (Advogada, Rahcrol Comercialização de Energia Elétrica Ltda.) LAIR ALBERTO SOARES KRÄHENBÜHL (Conselheiro do Secovi-SP) LATIF ABRÃO JUNIOR (Presidente da ADVB – Associação de Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil) LEANDRO D’ALESSIO (Advogado, Zeger e Bifulco Advogados Associados) LEANDRO PIQUET CARNEIRO (Professor da Universidade de São Paulo) LEON ALEXANDR (Conselheiro do Secovi-SP) LEÔNCIO DE SOUZA BRITO FILHO (Agropecuarista) LIVIO ANTONIO GIOSA (Presidente do Instituto ADVB de Responsabilidade Socioambiental) LUCIANO WERTHEIM (Conselheiro do Secovi-SP) LUCIO COLANGELO (Diretor Agropecuária São Maurício) LUIZ ALBERTO ATHAYDE (Diretor de Infraestrutura e Empreendimento da UNIESP) LUIZ AUGUSTO PEREIRA DE ALMEIDA (Conselheiro do Secovi-SP) LUIZ CARLOS PEREIRA DE ALMEIDA (Conselheiro do Secovi-SP) LUIZ FELIPE CAVALCANTE DE MELO LIMA (Presidente da Adit Brasil) LUIZ FERNANDO PINTO VEIGA (Presidente Abrasce – Associação Brasileira de Shopping Centers) LUIZ FLÁVIO BORGES D’URSO (Conselheiro Federal da OAB e Diretor de Relações Institucionais da OAB/SP) LUÍS GERALDO SANT’ANA LANFREDI (Juiz de Direito – Poder Judiciário) LUIZ GONZAGA ALVES PEREIRA (Diretor Presidente da Logística Ambiental de São Paulo S/A – LOGA) LUIZ HENRIQUE MAKSOUD ( Diretor da Imóveis e Administração Omar Maksoud S/A) LUIZ SEBASTIÃO SANDOVAL(Sócio Diretor da Sandoval advogados Associados) MANOEL GIACOMO BIFULCO (Sócio da Advocacia Bifulco) MARCEL ZANIN MAURO (Conselheiro do Secovi-SP) MARCELO MARIZ DE OLIVEIRA YUNES (Conselheiro do Secovi-SP) MARCELO NABIH SALLUM (PRESIDENTE CÂMARA DE COMÉRCIO ÁRABE BRASILEIRA) MARCELO RODRIGUES FERREIRA DIAS (Consultor Jurídico da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC) MARCELO TERRA (Conselheiro do Secovi-SP) MARCELO VESPOLI TAKAOKA (Takaoka Desenvolvimento Imobiliário S.A) MARCELO ZETUNE (Superintendente Sescon e Aescon-SP) MARCIA DIRANUHI MANISSADJIAN (Artista Plástica e Programadora Visual) MÁRCIO JEHA CHÉDE (Conselheiro do Secovi-SP) MARCO ANTONIO MARTINS RIBEIRO DE CAMPOS (Assessor Especial da Pres. da APAMAGIS - Ass. Paulista de Magistrados) MARCOS ARBAITMAN (Pres. da Maringá Passagens e Turismo, ex-secr. de Esporte de Turismo do Estado de São Paulo) MARCOS BULLE LOPES (Conselheiro do Secovi-SP) MARCOS ERNESTO ZARZUR (Diretor de Vendas e Marketing - EzTec) MÁRIO DÚLIO NEGRÃO (Independente Advisor Economist) MARIA HELENA BARBOSA DE ALMEIDA MAUAD (Presidente do Ampliar, do FASC/CBIC e Conselheira do Secovi-SP) MARIA LUIZA DIAS BIFULCO (Advogada, Zeger e Bifulco Advogados Associados) MÁRCIA MARTINI FERRARI (Country Manager, Royal Institution Of Chartered Surveyors/RICS) MANUEL PUIG (Diretor de Varejo da Jones Lang LaSalle Brasil) MIGUEL ETHEL SOBRINHO (Dir. da Participa Empreendimentos Imobiliários e Participações, ex-pres. da Caixa Econômica Federal) MIGUEL GUSTAVO FABREGUES (Sócio BEA Construtora e Incorporadora Ltda.) MIGUEL IGNATIOS (Presidente da FENADVB – Federação Nacional das ADVB’s) MIGUEL SERGIO MAUAD (Conselheiro e ex-Presidente do Secovi-SP) MILTON BIGUCCI (Conselheiro do Secovi-SP e Presidente da ACIGABC) MIRIANA MARQUES (Vice-Presidente do Instituto de Engenharia) NABIL SAHYOUN (Presidente da Alshop) NEY CASTRO ALVES ( Diretor Presidente da Theca Empreendimentos e Participações Ltda.) NEY PRADO (Presidente da AIDE – Academia Internacional de Direito e Economia) NEWTON DO AMARAL FIGUEIREDO (Presidente do Grupo Sustentax ) NELSON DE ABREU PINTO (Pres. da FHORESP – Federação de Hotéis, Restaurante, Bares e Similares do Estado de São Paulo) NICHOLAS VINCENT READE (Conselheiro do Secovi-SP) OCTÁVIO DE BARROS (Economista Chefe do Banco Bradesco S/A) OMAR LAINO (Conselheiro do Secovi-SP) ORLANDO DE ALMEIDA FILHO (Conselheiro do Secovi-SP) ORLANDO DE ALMEIDA NETO (Diretor Comercial da Triumpho Negócios Imobiliários) OZIRES SILVA (Reitor Unimont – Universidade Mont Serrat,) PAULO ANDRÉ JORGE GERMANOS (Conselheiro e ex-Presidente do Secovi-SP) PAULO ARIDAN SOARES MINGIONE (Diretor Regional – Odebrecht Realizações) PAULO BASTOS CRUZ FILHO (Sócio Diretor Ikotema Soluções Ecológicas Ltda) PAULO CHAPCHAP (Superintendente de Estratégia Corporativa do Hospital Sírio Libanês) PAULO DENIZ MARQUES DA COSTA (Diretor Presidente da Marques Construtora e Incorporadora Ltda.) PAULO EDUARDO PEREIRA DE SOUZA (B.A.M. & A. Corporate Finance) PAULO FERNANDO C. SALLES DE TOLEDO (Sócio Adm. - Paulo Salles de Toledo Adv. e Prof. da Fac. de Direito da Univer. de SP) PAULO NATHANAEL PEREIRA DE SOUZA (Reitor da UNISciesp) PAULO NIGRO (Presidente Tetrapak) PAULO RICARDO BAQUEIRO DE MELO (Conselheiro do Secovi-SP) PAULO SAFADY SIMÃO (Presidente da CBIC) PAULO SKAF (Presidente do FIESP e CIESP) PAULO SÉRGIO BARROS BARBANTI (Presidente do Grupo Notre Dame – Intermédica) PEDRO AUGUSTO MACHADO CORTEZ (Koury Lopes Advogados) PEDRO HERZ (Diretor da Livraria Cultura) PEDRO JOSÉ MARIA FERNANDES WAHMANN (Presidente do Secovi-Rio) PEDRO MAHLER ( Diretor da Construtora Pedro Mahler Ltda.) RAMSEY TADROS ( Pres. do Conselho RICS – Brasil, Dir. de Desenvolvimento da Westfield Almeida Junior Shopping Centers) RAUL LEITE LUNA (Conselheiro do Secovi-SP) RENATO JOÃO FARAH (Engenheiro Civil, proprietário da Citycon Engenharia e Construções Ltda.) RENATO TASTARDI PORTELLA (Sócio da Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados) RICARDO ENRIQUE BETANCOURT (Conselheiro do Secovi-SP) RICARDO LACAZ MARTINS (Lacaz M.H.P.N.G. & Schoueri Advogados e Consultoria) RICARDO NACIM SAAD (Advocacia Ricardo Nacim Saad) RICARDO MARTINS MANARINI ( Diretor de Desenvolvimento Intercontinental Hotels Groups – IHG) RICARDO RUBEIZ (R.J.M.N. Participações Ltda.) RICARDO RUBEIZ JR. (R.J.M.N. Participações Ltda.) RICARDO VIVEIROS DE PAULA (Diretor Superintendente da Ricardo Viveiros & Associados – Oficina de Comunicação) RICARDO YAZBEK (Conselheiro e ex-Presidente do Secovi-SP e da FIABCI/Brasil) ROBERT W. REINBACH (Drive Planejamento e Consultoria Imobiliária) ROBERTO FALDINI (Presidente da Faldini Participações, Administração e Investimentos Ltda.) ROBERTO BRAS MATOS MACEDO (Sócio Dir. da WEB Setorial Cons. Econômica Ltda., Vice-Pres. ACSP e Assessor da Dir. da FAAP) ROBERTO MUYLAERT (RMC Editora Ltda.) ROBERTO ATAYDE CARDONA FILHO (Sócio Diretor da Pró-humana – Desenvolvimento de Liderança) RODRIGO CURY BICALHO (Bicalho e Mollica Advogados) ROGÉRIO PINTO COELHO AMATO (Presidente da ACSP - Associação Comercial de São Paulo) ROMEU CHAP CHAP (Coordenador do NAT e ex-Presidente do Secovi-SP) RONALD ERIC MIGUEL YAZBEK DUMANI (Conselheiro do Secovi-SP) RONALD NOSSIG (Diretor Executivo IBEVAR – Instituto Brasileiro de Executivos do Mercado de Varejo) RUBENS JOSÉ NOVAKOSKI FERNANDES VELLOZA (Sócio da Velloza & Girotto Advogados Associados) SAMIR ABDENOUR (Conselheiro do Secovi-SP) SERGIO APPROBATO MACHADO JR. (Presidente do Sescon e Aescon-SP) SERGIO VIEIRA FERRAZ (Sergio Ferraz Consultoria Jurídica S/C) SÉRGIO GUIMARÃES PEREIRA JÚNIOR (Diretor da Vallor Urbano Ltda) SERGIO LUIZ DOS SANTOS VIEIRA (Conselheiro do Secovi-SP) SÉRGIO TIAKI WATANABE (Presidente do Sinduscon-SP) SERGIO TAVARES FERRADOR (Diretor Presidente da Sergio Ferrador Desenvolvimento Imobiliário) SERGIO WAIB (Diretor da SW Comunicação, Produção e Comercialização) SILVIO JOSÉ GENESINI JR.(ex-diretor presidente - O Estado de São Paulo) STEPHEN KANITZ (Kanitz & Associados S/C Ltda.) TOMMASO LEONETTI (B.A.M. & Corporate Finance) TONI SANDO DE OLIVEIRA (Presidente Executivo da São Paulo Convention & Visitors Bureau) VALÉRIA MARTINEZ (Gerente Comercial – Consulado Geral Britânico em São Paulo) VIRGÍLIO NELSON DA SILVA CARVALHO (Diretor de Planejamento e Gestão CNTur) WAGNER AUGUSTO FERRARI (VNW Construtora Ltda.) WALTER COVER (Presidente da ABRAMAT – Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção) WALTER FRANCISCO LAFEMINA (Conselheiro e ex-Presidente do Secovi-SP) WALTER LUIZ MONTEIRO CARDOSO (Presidente da CB Richard Ellis) WALTER LUIZ TEIXEIRA (Participa Empreendimentos Imobiliários e Participações) WALTER TOMMASI (Diretor e Editor da Revista Free Time Magazine) WANDER SOARES ( Presidente da M.W. Soares Consultoria S/C Ltda.) WILSON TALARICO (Diretor de Planejamento da Lindencorp Participações e Investimentos S/A) WOLNEY MARQUES FERES(Diretor de Novos Negócios da Address Comunicação Inteligente) YVES MIFANO (Conselheiro do Secovi-SP)

PRIME LEADERS MAGAZINE 67


EBM - Executive Board Meeting

By The Winners

Troféu do LAMPA - Chichi

T

he Latin American Marketing Personality Award was an award created and designed by the Global Council of Sales Marketing (GCSM), which aims to recognize the work of companies and Latin American entrepreneurs that, over the years, pioneered and developed their business in this promising continent. Furthermore, those who had ideas and projects leveraged for several other parts of the world, concerned with sustainability, quality of life and economic responsibility. In this event will be honored some prominent personalities and companies for their vari-

70 THE WINNERS

ous sectoral performances. According to its organizers, the award aims to enhance the performance of Latin America with a celebration of value to entrepreneurs that in the last ten years, contributed to the global economic scenario, granting this award for their enormous contribution to their companies by social and economic development of the continent. The award ceremony of the Latin American Marketing Personality Award was held in Curaçao on September 12th at the Santa Barbara Hotel in Willemstad, Curaçao. The country is one of the main scenarios for corporate events worldwide.

LAMPA O Latin American Marketing Personality Award foi um prêmio criado e idealizado pelo Global Council of Sales Marketing (GCSM) que teve o objetivo de reconhecer o trabalho de empresas e empresários latino-americanos que, ao longo dos anos, desbravaram e desenvolveram seus negócios neste continente promissor, além disso que tiveram ideias e projetos potencializados para diversas outras partes do mundo, preocupados com sustentabilidade, qualidade de vida e responsabilidade econômica. Na ocasião foram homenageadas algumas personalidades de destaque e diversas empresas por seus desempenhos setoriais. Segundo seus organizadores, o prêmio visou valorizar a performance da América Latina com uma celebração de valor aos empresários que, nos últimos dez anos, contribuíram para o cenário econômico global, lhes outorgando esse prêmio pela enorme contribuição de suas empresas pelo desenvolvimento social e econômico do continente. A cerimônia de premiação do Latin American Marketing Personality Award foi realizado em Curaçao, no dia 12 de setembro, no Santa Barbara Hotel, em Willemstad, Curaçao. O país é um dos principais cenários para eventos empresariais em todo o mundo.


2

3

4

5

6

1 - Coquetel Santa Barbara Resort - Curaçao | 2 - Agostinho Turbian, Adriana Salles, Delma Oliveira e Marcos Aurelio Oliveira | 3 - Clecio Chiamulera e Sabine Altena e Wybe H. Bruinsma | 4 - Willem Jonckeer, Ten.Brig. Aprigio Eduardo de Moura Azevedo e Paulo Assumpçao | 5 - Ney Prado, Joao Crestana, Luiza Helena Trajano, Marcelo Ramos e Sra. e Agostinho Turbian | 6 - Adriana Salles, Chieko Aoki e Luiza Helena Trajano

PRIME LEADERS MAGAZINE 71

PHOTOS JONATHAN JONCKHEER � JAD PHOTOGRAPHY

1


EBM - Executive Board Meeting

7

8

9 12

10

11

13 7- Luiza Helena Trajano, Marcelo Ramos e Sra | 8 - Dr. Ney Prado(AIDE) e Sra e Dr. Joao Crestana (SECOVI) e Sra. | 9 - Marcelo Ramos, Chieko Aoki, Agostinho Turbin / Luiza Helena Trajano/Jose Roberto Maluf/ Bruno Ferreira | 10 - Chieko Aoki, Bruno Ferreira e Luiza Helena Trajano | 11 - Adriana Salles e Laura Salles | 12 - Tarzeno Cirkens e Sra | 13 - Marcos Aurelio Oliveira e Delma Oliveira, Agostinho Turbian, Ten.Brig. Aprigio Eduardo de Moura Azevedo, Ministro Stanley Palm e Sra.

72 THE WINNERS


14

15

16

17

18

19

20

14 - Deputada Rita Passos, Herculano Castilho Passos Jr., Ministro Stanley Palm e Sra., Vereador Givaldo Santos Feitoza e Agostinho Turbian | 15 - Agostinho Turbian, Tarzeno Cirkens e Sra. | 16 - Clecio Chiamulera e Sra./ Ney Martins e Sra. | 17 - Pedro Ribeiro Azevedo e Luciana Maluf/Silvia Meili e Stephan Meili | 18 - Chieko Aoki, Agostinho Turbian, Tathiana Hardt Souto Turbian | 19 - Bibiana Paranhos e Deputada Rita Passos | 20 - Mesa Diretora

PRIME LEADERS MAGAZINE 73


EBM - Executive Board Meeting

21

22

23

24

25

26

27

28

29

21- Membros da mesa diretora brindando | 22 - Cecilia Puig entrevistando Elias Selman | 23 - Stanley Palm | 24 - Jose De Podesta | 25 - Agostinho Turbian | 26 - Lizanne Dindial 27 - Willem Jonckeer | 28 - Ten. Brig. do Ar Aprigio Eduardo de Moura Azevedo | 29 - Herculano Castilho Passos Jr

74 THE WINNERS


30

31

32

33

36

34

37

35

38

30 - Elmano Nigri | 31 - Netos do homenageado Jose Roberto Maluf | 32 - Ministro Stanley Palm | 33 - Anthony Lima | 34 - Deputada Rita Passos | 35 - Bibiana Paranhos e Luiza Helena Trajano | 36 - Gustavo Stupp | 37 - Marcelo Ramos | 38 - Eduardo Setton

PRIME LEADERS MAGAZINE 75


EBM - Executive Board Meeting

39

40

41

42

43

39- Chieko Aoki, presidente do Blue Tree Hotels e Laura Salles | 40 - Ivan Moreno Jr. ( Vice Presidente da Camara do Comercio e Industrias Curacao), Monica Woodford (Gerente do marketing e vendas do CTEX), Sra. Haseth e o Sr. Rudolph Haseth ( Membro da junta diretiva da Camara do Comercio e Industrias Curacao) | 41 - Jose Roberto Maluf 42 - Agostinho Turbian | 43 - Bibiana Paranhos e Irene Podesta

76 THE WINNERS


44

45

46

44 - Agostinho Turbian /Ministro Stanley Palm/Jose Roberto Maluf e netos/Elias Selman e Jennifer Price | 45 - Thiago Umberto Hardt Souto Turbian, Tathiana Hardt Souto Turbian, Agostinho Turbian e Laura Salles | 46- Diplomados

PRIME LEADERS MAGAZINE 77


EBM - Executive Board Meeting

47

48

47 - Paulo Assumpรงao/Ministro Stanley Palm/Luiza Helena Trajano/Willem Jonckeer/Lizanne Dindial | 48 - Deputada Rita Passos/eduardo setton e Elmano Nigri

78 THE WINNERS


49 51

50

52

53

49 - Diplomados | 50 - Ministro Stanley Palm/Chieko Aoki/Willem Jonckeer e Herculano Castilho Passos Jr. | 51- Anthony Lima/ Eduardo Setton/ Steven Martina/Tarzeno Cirkens | 52- Ten. Brig do Ar Aprigio Eduardo de Moura Azevedo e Ministro Stanley Palm | 53 - Steven Martina/eduardo setton/tarzeno Cirkens e Willem Jonckeer

PRIME LEADERS MAGAZINE 79


EBM - Executive Board Meeting

54

55

56

54 - Tarzeno Cirkens, willem Jonkeer, Herculano Passos e Hugo Clarinda | 55 - Elmano Nigri, Herculano Passos - Cortar o ultimo da direita | 56 - Herculano PAssos, Paulo Assumpรงao e Stanley Palm

80 THE WINNERS


57

62

58

59

60

61

63

64

65

66

57 - Lizanne Dindial e Stephan Meili | 58 - Steven Damiana | 59 - Elmano nigri e Ney Prado | 60 - Lizanne Dindial e Clecio Chiamulera | 61 - Marcelo Ramos e Elmano Nigri | 62 - Lizanne Dindial e Antonio Cruz | 63 - Paulo assumpรงao e Marcos Aurelio de Oliveira | 64 - Lizanne Dindial e Domingos Barchetta | 65 - Elmano nigri e Lizanne Dindial | 66 - Gustavo Stupp e Paulo Assumpรงao

PRIME LEADERS MAGAZINE 81


EBM - Executive Board Meeting

67

68

69

70

71

67 - Diplomados | 68 - Eduardo Setto e Paulo assumpçao | 69 - Anthony Lima e Givaldo Santos Feitoza | 70 - Hugo Duppré e Paulo Assumpçao | 71 - Anthony lima, Renata e Antonio Housska

82 THE WINNERS


PRIME LEADERS MAGAZINE 83


By The Winners

PICTURES RELEASE

Special

Coffee with the specialist Arnaldo Jabor addresses political and economical aspects of contemporary Brazil in an event promoted by Graber

Erik Christensen (Vice-Presidente da Graber), Arnaldo Jabor (Jornalista, Cineasta e Escritor) e Luciano Caruso (Gerente de Marketing e Operaçþes da Graber)

94 THE WINNERS

Arnaldo Jabor e Antonio Cruz (Presidente da Graber)


C

ontemporary Brazil: political and economical aspects. This was the central issue addressed by journalist, filmmaker and writer Arnaldo Jabor, special guest of Graber, for an event held with clients and companies. It took place on 17 October, at the Renaissance São Paulo Hotel, a breakfast with the participation of around 300 people. Brazilian politics were the subject of the tenth edition of the event, promoted periodically by Graber. With words of acknowledgement, the president of the institution, Antonio Cruz, started the event, with the participation also of the Graber Coral, singing great MPB classics, and the Brazilian National Anthem. “It’s important to bring the company closer to the national context, that’s why we believe in events like this one”, said the executive. Jabor presented his expectations in regard to the nation’s future, showing concern with how economical policies are been guided and the need of a leap towards private initiative. “I’d like to see the country with a more liberal political attitude, trusting more in society instead of only trusting in the State, with private investments being stimulated by the government. And I’d like an economy

moving towards the creation of infrastructure. A great challenge nowadays is reducing bottlenecks in Brazil”, he said in an exclusive interview to Graber’s journalism team. Musical experience The breakfast marked the 50th presentation of the Graber Coral, a corporate project in its third year. The financial administrative director, Heitor Minotto, reminded that, among singers and musicians, the group with around 20 people started its activities in 2011 and today is scheduled for 25 to 30 presentations every year. “The maestro and professor

Floriano Villaça is ahead of the group, that holds presentation in institutional and corporate events, as well as in philanthropic entities”, says Minotto, who is also a musician. “We’ve observed a very motivated initiative, that produces in the organization’s employees cultural and social effects”, added the executive. For Floriano Villaça, this has been an unique tool for the social integration of its participants. “By investing in cultural activities, the company values its collaborators. In the same way, the participation of employees brings a new ‘institutional atmosphere’ as a way of rediscovering the ambient outside of work”, he completes.

Café com o especialista Arnaldo Jabor aborda aspectos políticos e econômicos do Brasil contemporâneo em encontro promovido pela Graber Brasil contemporâneo: aspectos políticos e sociais. Esse foi o tema central abordado pelo jornalista, cineasta e escritor Arnaldo Jabor, convidado especial da Graber, para um encontro com clientes e empresas. Aconteceu em 17 de outubro, no Renaissance São Paulo Hotel, o café da manhã que contou com a participação de cerca de 300 pessoas. A política brasileira foi o assunto da décima edição do evento, promovido periodicamente pela Graber. Com palavras de agradecimento, o presidente da instituição, Antonio Cruz, abriu o evento, que também contou com a participação do Coral Graber, trazendo grandes clássicos da MPB além do Hino Nacional Brasileiro. “É importante aproximar a empresa da realidade nacional, por isso, apostamos em encontros como esse”, pontuou o executivo. Jabor apresentou suas expectativas em relação ao futuro da nação, demonstrando preocupação com a condução da política econômica e a necessidade de um salto em direção à iniciativa privada. “Gostaria de ver o país com uma atitude política mais liberal, confiando mais na sociedade em vez de confiar só no Estado, com investimentos privados sendo estimulados pelo governo. E gostaria que a economia caminhasse no sentido de criar infraestrutura. Um grande desafio atual é diminuir os gargalos do Brasil”, informou em entrevista exclusiva à equipe de jornalismo da Graber. Experiência musical O café da manhã marcou a 50ª apresentação do Coral Graber, projeto corporativo já em seu terceiro ano. O diretor administrativo financeiro, Heitor Minotto, lembrou que, entre cantores e músicos, o grupo com cerca de 20 pessoas iniciou as atividades em 2011 e hoje mantém uma agenda de 25 a 30 apresentações por ano. “O maestro e professor Floriano Villaça está à frente do grupo, que se apresenta em eventos institucionais, empresariais e em entidades filantrópicas”, informa Minotto, que também é músico. “Observamos uma iniciativa bastante motivadora e que gera um efeito de disseminação cultural e social aos colaboradores na organização”, acrescentou o executivo. Para Floriano Villaça, essa tem sido uma ferramenta única de integração social dos participantes. “Ao investir em atividades culturais, a empresa valoriza seus colaboradores. Da mesma forma, a participação dos funcionários traz um novo ‘clima institucional’ como uma forma de redescobrir o ambiente externo de trabalho”, concluiu.

“To understand that results are achieved gradually is one of the most important aspects for the coral’s success, which today, I can assure, has had an outstanding musical growth, in other words, has presented a much positive result” Floriano Villaça, maestro of Graber Coral. PRIME LEADERS MAGAZINE 95


PICTURE RELEASE

Special

PEDRO RUBENS

VOICE TO THE COLLABORATOR For the marketing and operations manager of the Graber Group, Luciano Caruso, to value their workers is also a growth strategy for the business. “One of the most important works is the development of professionals, not only in their field of work, but also as individuals”, he remarked. Being the only company with its own university, e-learning, besides a corporate coral, Graber stands out ever so more in specialize services in security. “We can say we are a company that believes in innovation in our field. All investments can be felt during the day-to-day of our organization, reflecting directly in quality, exceeding all customers’ expectations”, Caruso completes.

“This event was a true lesson of Brazil’s political history, going through the sociological and anthropological aspects. It was really interesting!” Peter Graber, shareholder of Graber. Voz ao colaborador Para o gerente de marketing e operações do Grupo Graber, Luciano Caruso, valorizar os colaboradores é também uma estratégia de crescimento do negócio. “Um dos trabalhos mais importantes é o desenvolvimento dos profissionais, não só em sua área de atuação, mas também como indivíduos”, ressaltou. Única empresa a ter uma universidade própria, e-learning, além de um coral corporativo, a Graber destaca-se cada vez mais na prestação de serviços especializados em segurança. “Podemos dizer que somos uma empresa que aposta na inovação do nosso setor. Todo este investimento pode ser sentido no dia a dia de nossa organização, refletindo diretamente na qualidade, superando as expectativas dos clientes”, completou Caruso. “Compreender que os resultados são atingidos gradativamente é um dos aspectos mais importantes para o êxito do coral, que, hoje, posso assegurar, teve um crescimento musical surpreendente, ou seja, apresenta um saldo muito positivo”, Floriano Villaça, maestro do Coral Graber “Esse encontro foi uma verdadeira lição sobre a história política do Brasil, passando pelos aspectos sociológicos e antropológicos. Foi realmente muito interessante!”, Peter Graber, acionista da Graber

96 THE WINNERS


Hotels & resorts

By Adriana Salles

JEAN�MARC BERNARD

Hall

Dorchester Collection to manage

Rome’s iconic Hotel Eden

D

orchester Group Limited has acquired the 121-room Hotel Eden from Starman Hotels. Effective from 18 September 2013, Dorchester Collection will manage the hotel and continue to work closely together with the previous management company, Starwood Hotels & Resorts, to ensure a smooth transition for hotel guests, partners and employees. Commenting on the transaction, Christopher Cowdray, chief executive officer of Dorchester Collection, said: ‘Hotel Eden is an exciting addition to our portfolio as it is one of the world’s most majestic and iconic hotels in a truly superb setting. Its landmark status, heritage and individuality comple-

100 THE WINNERS

ment the style and locations of our other nine hotels in the UK, France, Switzerland, Italy and the US. A presence in Rome, one of the epicentres of classicism, additionally creates synergies with our hotel in Milan, Hotel Principe di Savoia. We are delighted to welcome Hotel Eden’s employees into the Dorchester Collection family.’ Originally built in 1834 and converted to a hotel in 1889, Hotel Eden is one of Rome’s most celebrated hotels and popular amongst royalty, heads of states and celebrities, as well as international travellers. It will undergo a careful restoration to enhance the heritage of the building and to reposition the hotel at the forefront of the luxury hotel market in keeping with

Dorchester Collection’s portfolio. The timing and scale of this major restoration are currently being established. Overlooking the seven hills of Rome in the Eternal City, Hotel Eden is ideally located between the Spanish Steps and Via Veneto. It is surrounded by green parks and yet close to the Vatican, St. Peter’s Cathedral and Piazza Navona, whilst the Colosseum is only ten minutes away by taxi. The main shopping streets of Via Condotti, Via Borgognona and Via Frattina are conveniently located nearby. The hotel’s restaurant, La Terrazza dell’Eden, the bar and Terrace Garden on the sixth floor have some of Rome’s most spectacular views spanning from St. Pe-


Entrance

ter’s Dome to the Vittoriano Monument and beyond, and is an observation point for the city. The restaurant was awarded a Michelin star in November 2012 under the helm of executive chef Fabio Ciervo. This Michelin star will complement those at Dorchester Collection’s other hotels, which include three stars at The Dorchester, three stars at Hotel Plaza Athénée and three stars at Le Meurice. The advisors to Dorchester Group were Beacon Hospitality Partners, Dentons, Carnelutti, and PwC

Dorchester Collection adquire icônico Hotel Eden, em Roma Dorchester Group Ltd adquiriu o luxuoso Hotel Eden, de Starman Hotels, com 121 apartamentos. À partir de 18 de setembro de 2013, Dorchester Collection dirigirá o histórico hotel e continuará trabalhando juntamente com a Starwood Hotels & resorts, garantindo a transição junto aos hóspedes, funcionários e parceiros. Christopher Cowdray, CEO da Dorchester Collection disse: “Hotel Eden é uma grande aquisição ao nosso portfolio e um dos mais icônicos e majestosos hotéis do mundo, com uma excelente localização. É um marco, um grande ponto de referência, uma herança e complementa o estilo e localização de nossos outros nove hotéis na Inglaterra, França, Suíça, Itália e Estados Unidos. A presença em Roma, um dos epicentros do classicismo, adiciona sinergia com o nosso hotel em Milão, o hotel Príncipe di Savoia. Estamos felizes em receber a equipe de funcionários do Hotel Eden na família Dorchester Collection”. Construído em 1834 e transformado em hotel em 1889, o hotel Eden é um dos mais celebrados hotéis de Roma, conhecido entre a realeza, chefes de Estado, celebridades, bem como viajantes internacionais. Será realizada uma delicada restauração, garantindo a herança histórica do edifício e sua entrada no portfolio da Dorchester Collection. O timing e a dimensão dessa grande restauração estão sendo estabelecidos. Com vista para as sete colinas de Roma, na Cidade Eterna, o hotel Eden é estrategicamente localizado entre a Praça de Espanha e Via Veneto, cercado por verdes parques e bem perto do Vaticano, Catedral de São Pedro, Praça Navona, enquanto o Coliseu está apenas a dez minutos de táxi. As grandes lojas da Via Condotti, Via Borgognona e Via Frattina estão localizadas bem perto. O restaurante do hotel, La Terrazza dell´Eden, o bar e Terrace Garden no sexto andar, com uma vista espetacular de Roma, do Duomo de São Pedro até o Monumento Vittoriano e além, é um ponto observatório da cidade. O restaurante ganhou uma estrela Michelin em Novembro de 2012 sob a direção do chef executivo Fabio Ciervo. Essa estrela Michelin complementará as demais dos outros estrelados hotéis da Dorchester Collection, que incluem as três estrelas no The Dorchester, em Londres, as três estrelas no Plaza Athénée Paris e as três estrelas no Le Meurice, também em Paris. Os consultores de Dorchester Group foram Beacon Hospitality Partners, Dentons, Carnelutti and PwC. Dorchester Collection - Dorchester Collection é um portfólio dos mais luxuosos hotéis do mundo, atuando principalmente na Europa e nos EUA, onde as propriedade refletem a distinta cultura de cada destino. Ao aplicar a sua incomparável experiência e capacidade de possuir e de operar alguns dos maiores hotéis-ícones mundiais, a missão da empresa é desenvolver um portfólio impecável dos melhores hotéis através da aquisição, bem como gestão subsidiária integral e parcial, e de celebrar contratos de gestão. O portfólio atual inclui os seguintes hotéis (em ordem de adição ao grupo): The Dorchester, em Londres; The Beverly Hills Hotel, em Beverly Hills; Le Meurice, em Paris; Hotel Plaza Athénée, em Paris; Hotel Principe di Savoia, em Milão; Hotel Bel-Air, em Los Angeles, Coworth Park, em Ascot, Reino Unido; 45 Park Lane, em Londres; Le Richemond, em Genebra; e Hotel Eden, em Roma dorchestercollection.com Beacon Hospitality Partners - Beacon Hospitality Partners é uma gestão de ativos, prática de consultoria e transacionais dedicada exclusivamente à indústria da hospitalidade, com escritórios em Nova York, Londres e Paris. Os diretores seniores da Beacon tem mais de 150 anos de experiência como gestores, consultores, proprietários, operadores, compradores, vendedores, corretores, financiadores, promotores e franqueadores. http://www.beaconhp.com/ Dentons - Dentons é uma empresa global orientada para fornecer uma vantagem competitiva em um mercado cada vez mais complexo e interligado. Ela foi formada em março de 2013, pela combinação do escritório internacional de advocacia Salans LLP, escritório de advocacia canadense Fraser Milner Casgrain LLP (FMC) e o escritório internacional de advocacia SNR Denton. Os clientes da Dentons agora beneficiam-se de cerca de 2.600 advogados e profissionais em mais de 75 localidades, abrangendo 50 países, além de toda a África, Ásia-Pacífico, Canadá, Ásia Central, Europa, Oriente Médio, Rússia e na CEI, o Reino Unido e os EUA. Os hotéis e práticas de lazer da Dentons compreende um núcleo de advogados respeitados internacionalmente focados exclusivamente no fornecimento de perícia de classe mundial para a indústria hoteleira e de lazer. www.dentons.com Carnelutti - Carnelutti Studio Legale Associato Milano é o mais antigo e um dos escritórios de advocacia independentes de negócios mais renomado na Itália, com mais de 100 anos de história e uma forte orientação internacional. A empresa representa um número de grupos multinacionais, incluindo bancos, instituições financeiras, companhias de seguros e os grupos industriais. A prática, apoiada por cerca de 100 profissionais, opera a partir de Milão e Roma. O departamento imobiliário da Carnelutti tem uma excelente reputação no mercado italiano e recebeu muitos prêmios como uma das práticas imobiliárias líderes na Itália. www.carnelutti.com PwC - A indústria hoteleira e de lazer da PwC abrange um espectro de setores e empresas além de hotéis, bares e restaurantes, viagens e turismo, esporte e lazer e jogos. A empresa oferece uma gama de soluções integradas, especialistas em garantia, fiscal, jurídica e serviço de consultoria para ajudar seus clientes a lidar eficazmente com as suas necessidades de hotelaria - por exemplo, imposto de estruturação de fundos eficiente, ajuda com as finanças e execução de transações, lidando com questões de regulamentação e requisitos para elaboração de relatórios. www.pwc.com

Studio room

PRIME LEADERS MAGAZINE 101


Hotels & resorts

Dorchester Collection Dorchester Collection is a portfolio of the world’s foremost luxury hotels in Europe and the USA, each of which reflects the distinctive culture of its destination. By applying its unrivalled experience and capability in owning and operating some of the greatest individual hotels, the company’s mission is to develop an impeccable group of the finest landmark hotels through acquisition as well as management of wholly-owned and part-owned hotels, and to enter into management agreements. The current portfolio includes the following hotels (in order of them joining the group): The Dorchester, London; The Beverly Hills Hotel, Beverly Hills; Le Meurice, Paris; Hôtel Plaza Athénée, Paris; Hotel Principe di Savoia, Milan; Hotel Bel-Air, Los Angeles; Coworth Park, Ascot, UK; 45 Park Lane, London; Le Richemond, Geneva; and Hotel Eden, Rome. dorchestercollection.com Beacon Hospitality Partners Beacon Hospitality Partners is an asset management, advisory and transactional practice dedicated exclusively to the hospitality industry, with offices in New York, London and Paris. Beacon’s senior principals have more than 150 years of experience as asset managers, advisors, owners, operators, buyers, sellers, brokers, lenders, developers and franchisors. www.beaconhp.com About Dentons Dentons is a global firm driven to provide a competitive edge in an increasingly complex and interconnected marketplace. It was formed in March 2013 by the combination of international law firm Salans LLP, Canadian law firm Fraser Milner Casgrain LLP (FMC) and international law firm SNR Denton. Dentons’ clients now benefit from approximately 2,600 lawyers and professionals in more than 75 locations spanning 50-plus countries across Africa, Asia Pacific, Canada, Central Asia, Europe, the Middle East, Russia and the CIS, the UK and the US. Dentons’ Hotels and Leisure practice comprises a core team of internationally respected lawyers focused exclusively on providing world class expertise to the hotel and leisure industry. www.dentons.com

Our Story In October 1889 Francesco Nistelweck’s dream finally came true: the Hotel Eden at the corner of Via Porta Pinciana and Via Ludovisi – still unsurfaced in those days – was finally ready to welcome its first guests. While visiting the new, affluent Ludovisi district, the Munich-born hotelier – he already managed the Hotel d’Inghilterra and the Hotel de Russie in Rome – had fallen in love with the three-storey house. He turned it into a hotel with sixty-three bedrooms furnished with great taste and care by his wife Berta Hassler, daughter of the owner of the Hassler Hotel which in those days was located in Via Mario de’ Fiori and only later moved to its present location at the top of the Spanish Steps. At the turn of the century Rome’s thriving hotel industry began to move towards the new pole of attraction of the city: the Termini railway station, which in Pope Pius IX, had found a strong advocate. Nineteenth-century European visitors began to desert horse-drawn carriages, which for centuries had carried them to Italy, in favour of a new, modern companion of adventure: the train. This burgeoning technological revolution transferred the barycenter of Roman hospitality to the Ludovisi district which, since the 16th century, had gravitated

About Carnelutti Carnelutti Studio Legale Associato Milano is the oldest and one of the most renowned independent business law firms in Italy, with more than 100 years of history and a strong international orientation. The firm represents a number of primary multinational groups including banks, financial institutions, insurance companies and industrial groups. The practice, supported by approximately 100 professionals, operates from both Milan and Rome. Carnelutti’s real estate department has an excellent reputation in the Italian market and it has received many awards as one of Italy’s leading real estate practices. www.carnelutti.com About PwC PwC’s hospitality and leisure industry embraces a spectrum of sectors and businesses across hotels, pubs and restaurants, travel and tourism, sport and leisure and gaming. The company provides a range of integrated, specialist assurance, tax, legal and advisory services to help their clients deal effectively with their hospitality requirements - for example, by tax efficient fund structuring, assistance with finance and transaction execution, dealing with regulatory issues and reporting requirements. www.pwc.com Mr Cowdray outside Hotel Eden Rome

102 THE WINNERS


La Terrazza dell’Eden

around the Spanish Steps (Via del Babuino, Via del Corso, Piazza Venezia and the Pantheon) thanks to the proximity of the Porta del Popolo Gate, the main entrance to the city for carriages arriving from the Via Cassia and the Via Flaminia. Niestelweck was the first to realise that the new era of Roman hotellerie was linked to the development of this new means of transport and the rapidity with which it adapted to the needs of the growing number of rail travellers. As a result, his Eden was an immediate success. As apartments went up for sale in the building he snapped them up to add new rooms and public areas. He also installed a lift, electricity, heating and running water. The hotel quickly made a name for itself, becoming a favourite with foreign visitors wintering in Rome. In 1902 another floor was added to the building and the terrace, which was destined to become the feather in the hotel’s cap, was originally used to hang out the Eden’s linen sheets and towels and finely embroidered table cloths. Since then the Eden has always been at the centre of Roman hospitality and its Golden Book records many of its most

A nossa história Em outubro de 1889, o sonho de Francesco Nistelweck finalmente se realizou: o Hotel Eden, na esquina da Via Porta Pinciana e Via Ludovisi – locais ainda desconhecidos naquela época - estava pronto para receber os seus primeiros hóspedes. Enquanto visitava o novo distrito Ludovisi, um diretor de hotéis originário de Munique (já diretor do Hotel d’Inghilterra e o Hotel de Russie em Roma) se apaixonou pela casa de três andares. Ele a transformou em um hotel com sessenta e três quartos, decorados com grande elegância e cuidado pela sua esposa Berta Hassler, filha do proprietário do Hassler Hotel, até então localizado na Via Mario de’ Fiori (só algum tempo depois mudou para seu lugar atual, no topo das Escadas da Piazza Spagna). No final do século, a indústria dos hotéis de Roma começou a mudar para o novo pólo de atrações da cidade: a estação de trem Termini, que tinha um forte defensor na figura do Papa Pio IX. Os turistas europeus do século dezenove começaram a deixar para trás as carruagens, que por séculos os transportaram na Itália, em favor do novo e moderno companheiro de aventuras: o trem. A revolução tecnológica mudou o centro da hospitalidade Romana que, desde o século XVI, estava centralizado na área das Escadas da Piazza Spagna (Via del Babuino, Via del Corso, Piazza Venezia e il Pantheon) para o distrito Ludovisi devido à proximidade da Porta del Popolo, a entrada principal da cidade para quem chegava das Vias Cassia e Flaminia. Niestelweck foi o primeiro a concluir que a nova era dos hotéis de Roma estava diretamente relacionada ao desenvolvimento deste novo meio de transporte e a velocidade de sua adaptação às necessidades do número crescente de viajantes. Como resultado, o “seu” Eden foi um sucesso imediato. Enquanto os apartamentos do prédio eram colocados a venda, ele os comprava para aumentar o número de quartos e áreas públicas. Ele também incluiu elevador, eletricidade, calefação e água corrente. O hotel tornou-se rapidamente conhecido, se tornando um dos favoritos perante os viajantes de Inverno em Roma. Como o Eden sempre esteve no centro da hospitalidade de Roma, o seu Livro Dourado tem os registros de muitos momentos memoráveis. Nomes e imagens enchem as páginas que, agora, estão amarelas por causa do tempo. As assinaturas da Grande Duquesa Olga de Russia, a Princesa Teresa de Bavaria, Rei Alfonso XIII de Espanha, o Príncipe Paolo de Serbia, a Rainha Amelia de Portugal e Umberto de Savoia estão escritas com tinta indiana em suas páginas. A assinatura de toda a família dos Príncipes Galitzine e os nomes de Gabriele D’Annunzio e Elenora Duse também. Fotografias da época como um retrato de Carlo de Bourbon e a sua família, a Infanta Luisa e outras damas de companhia usando “mantillas” pretas; ou ainda o retrato da Princesa Maria de Bourbon com o seu vestido de noiva no momento que sai do Hotel Eden no dia do seu casamento com o Príncipe João de Astúrias também podem ser encontradas no hotel. Os anos de guerra também deixaram a sua marca no Livro Dourado do Eden. Depois da liberação, o hotel virou o quartel geral do Comando Inglês e as assinaturas de Von Papen, (vice Chanceler de Reich) e Dino Grandi (ministro de Mussolini) também entraram para o livro, assim como as assinaturas de dois grandes rivais: Rommel, que assinou o livro em 1941 e Montgomery em 1955, ambas na mesma página. Durante a guerra Francesco Nistelweck compartilhou a direção do hotel com Oscar Wirth que, como acionista, foi diretor dos hotéis Eden e Hassler, junto com a família Nistelweck. Posteriormente os hotéis foram separados: o Hassler sob a direção da família Wirth e o Eden sob a direção de Giuseppe e Gianfrancesco Ciaceri, netos do fundador deste histórico hotel, reconhecido pelo empenho na modernização, mantendo ao mesmo tempo seus tradicionais padrões de qualidade e serviço. Até hoje não existe em Roma uma vista que seja mais privilegiada que a do famoso terraço do Eden. Não é uma coincidência que o grande maestro da tela, Federico Fellini, um Romano por adoção, sempre escolheu La Terrazza para fazer as suas entrevistas. Fechado em Abril de 1992 para uma reforma completa que durou pouco mais de dois anos e teve um custo aproximado de € 15 milhões, o hotel foi oficialmente reaberto dia 1° de setembro de 1994 pela então Premier Britânica, a Baronesa Thatcher. As maiores estrelas do show business deram a sua preferência para o Hotel Eden graças ao seu renomado sucesso. Tom Cruise e Nicole Kidman, Emma Thompson, Liam Neeson, Robin Williams, Naomi Campbell, Cindy Crawford, Isabella Rossellini, Mel Gibson, Kevin Kline, Michelle Pfeiffer, Rupert Everett, Fanny Ardant, Tina Turner, Peter Ustinov, Richard Gere, Cher, Wynona Rider, Matt Damon, Gwyneth Paltrow, Anthony Hopkins, Bruce Willis, Antonio Banderas, Ralph Fiennes, Harrison Ford, Leonardo Di Caprio, Martin Scorsese, Cameron Diaz, Daniel Day-Lewis, John Malkovich, Dido, Simon and Garfunkel, William Dafoe, Bill Murray, Keanu Reeves, Jeremy Irons, Lucy Liu, Drew Barrymore, Monica Bellucci, Jane Fonda, Sidney Pollack, são apenas alguns dos hóspedes especiais que escolheram o Eden como sua residência em Roma. O Hotel Eden é membro da Dorchester Collection, da The Leading Hotels of the World, e da Virtuoso.

PRIME LEADERS MAGAZINE 103


Hotels & resorts

Panoramica Terrazza Presidential Suite

memorable moments. Names and images cram the pages which are now yellowed with time. The signatures of the Grand Duchess Olga of Russia, Princess Teresa of Bavaria, King Alfonso XIII of Spain, Prince Paolo of Serbia, Queen Amelia of Portugal and Umberto of Savoy are all written in Indian ink on its pages. The signature of the entire family of Galitzine Princes and the names of Gabriele D’Annunzio and Elenora Duse are all on one page. One period photograph is the blurred portrait of Carlo of Bourbon with his family, the Infanta Luisa and other ladies wearing black mantillas. Then, there is the portrait of Princess Maria of Bourbon in her wedding dress as she leaves the Hotel Eden on the day of her marriage to Prince Giovanni of Asturias. The war years left their mark on the story of the Eden’s Golden Book. After the Liberation the hotel became the headquarters of the English Command and the signatures 104 THE WINNERS

Presidential Suite

Informações Gerais Nome: Hotel Eden | Endereço: Via Ludovisi, 49 - 00187 Roma | Telefone: ++39 06478 121 | Fax: ++39 06482 1584 | Web: www.edenroma.com | Data de Construção: 1889 | Última Reforma: 2010/2012 | Direção: Ezio Indiani – Director Geral | Propriedade de: Dorchester Collection | Quartos: 121 quartos: - 1 Suite Penthouse - 1 Suite Presidencial - 1 Suite Real - 1 Suite Villa Medici - 9 Suites - 12 Studio Rooms - 49 Quartos Duplos De Luxe - 36 Quartos Duplos Superior - 9 Quartos Singles De Luxe - 2 Quartos Singles Superior Equipamentos: Telefone com ligação directa ao exterior, 2 linhas telefónicas, acesso à internet (high speed internet), Wi FI, ligação para fax e computador, mini-bar, ar condicionado, televisão a cores via satélite, filmes a pagamento, rádio, secador de cabelo, cofre, tomada para barbeador elétrico, eletricidade de 220w, fechadura de porta automática, fechadura dupla, mira na porta. Restaurantes: “La Terrazza dell’Eden” – para aproximadamente 70 pessoas. Horários: café da manhã 07:00 - 10:30 almoço 12:30 14:30 jantar 19:30 - 22:30 “Il Giardino” – para aproximadamente 60 pessoas. Horários: almoço 12:00 – 15:00 jantar 19:30 - 23:00 Bares: “La Terrazza” 10:30 - 01:00 Piano bar 20:00 - 01:00 “Il Salotto” 09:00 - 18:30 | Salas de Reunião: Sala Borghese até 90 pessoas | Sala Ludovisi até 25 pessoas | Serviços aos Hóspedes: Sala de Ginástica. Sauna. | Relações Públicas. Concierge, assistência de secretária, serviço de câmbios, reservas aéreas, reservas para teatro e ópera, aluguel de carros com ou sem motorista, cofres centrais. Serviço de Valet. Serviço de quartos, camas extras, berços, cadeiras para crianças. Serviço de lavanderia. Assistência médica. Garagem perto do Hotel. WI-FI nas áreas públicas. | Instalações para deficientes físicos: Portas amplas nos elevadores e nos quartos, cadeira de rodas disponivel. | Compras: Via Veneto, Via Condotti, Via Frattina, Via del Corso, Piazza di Spagna. | Desporto & Lazer: Jogging - Villa Borghese 200mt - Golfe - Olgiata Golf Club, 18 buracos 25Km - Equitação – Centro de Equitação 1Km - Piscina e campo de tênis 1Km - Sala de ginástica equipada no Hotel, sem cobrança para os hóspedes | Informação Geral: A maioria dos cartões de crédito é aceita Horário do Check-in 14:00 Horário do Check-out 12:00 | Distância do aeroporto de Fiumicino - 30Km - Distância da Estação do Trem Termini - 2Km - Distância da Estação do Metro Barberini - 500Mt | Sistemas de Reservas: Apollo, Galileo - Sabre - Worldspan/Abacus - Amadeus.


Presidential Suite

of Von Papen, vice chancellor of the Reich and Dino Grandi, Mussolini’s minister, are also in the Golden Book while those of two arch rivals, Rommel, who signed the book in 1941 and Montgomery who signed it in 1955, are on the same page. During the War Francesco Nistelweck shared the management of the hotel with Oscar Wirth who, as a shareholder, managed the Eden and then the Hassler Hotel, together with the Nistelwecks. The two hotels then separated: the Hassler being run by the Wirth family and the Eden by Giuseppe and Gianfrancesco Ciaceri, grandsons of the founder of the historic hotel, renowned for its quest for modernisation while maintaining the highest traditional standards. Even today there is no view in Rome to rival the breath-taking spectacle from the famed roof garden. It is no mere coincidence that the great maestro of the screen, Federico Fellini, a Roman by adoption, always chose La Terrazza for his interviews. Closed in April 1992 for a total renovation that lasted two and a half years and cost 30 billions lire (€30 millions), the hotel was officially re-opened on 1st September 1994 by the former British Prime Minister Baroness Thatcher. The greatest show business stars have given their preference to the Hotel Eden thanks to its renewed success. Tom Cruise and Nicole Kidman, Emma Thompson, Liam Neeson, Robin Williams, Naomi Campbell, Cindy Crawford, Isabella Rossellini, Mel Gibson, Kevin Kline, Michelle Pfeiffer, Rupert Everett, Fanny Ardant, Tina Turner, Peter Ustinov, Richard Gere, Cher, Wynona Rider, Matt Damon, Gwyneth Paltrow, Anthony Hopkins, Bruce Willis, Antonio Banderas, Ralph Fiennes, Harrison Ford, Leonardo Di Caprio, Martin Scorsese, Cameron Diaz, Daniel Day-Lewis, John Malkovich, Dido, Simon and Garfunkel, William Dafoe, Bill Murray, Keanu Reeves, Jeremy Irons, Lucy Liu, Drew Barrymore, Monica Bellucci, Jane Fonda, Sidney Pollack, are only some of the very special guests who have chosen the Eden as their residence in Rome The Hotel Eden is part of Dorchester Collection and a member of the Leading Hotels of the World and Virtuoso.

FACT SHEET Name: Hotel Eden Address: Via Ludovisi, 49 - 00187 Rome Telephone: +39 06478 121 Facsimile: +39 06482 1584 E-mail: Info.HER@dorchestercollection.com Web site: www.edenroma.com Construction Date: 1889 Last renovation: 2010-2012 Management: Ezio Indiani – Interim General Manager Owned and Managed by: Dorchester Collection Bedrooms: 121 bedrooms - 1 Penthouse Suite - 1 Royal Suite - 1 Presidential Suite - 1 Villa Medici Suite - 9 One-bedroom Suites - 12 Studio Suites - 49 Deluxe double rooms - 36 Superior double rooms - 09 Single deluxe rooms - 2 Single superior rooms Bedroom facilities: Direct dial telephone, refreshment centre, air conditioning, wide screen LED TV, IPTV, digital video-on-demand with DVD functionality, radio, facsimile and PC connections, Wi-FI and cabled high speed internet access, three telephone lines in each room, hairdryer, 220 volts power outlets in bathroom also, private safe deposit box, automatic door close, double locking, fish eye in door, emergency lighting. Restaurants: “La Terrazza dell’Eden” - for approx.70 diners opening hours: breakfast 07.00 – 10.30 lunch 12:30 - 14:30 dinner 19:30 - 22:30 “Il Giardino”- for approx. 60 diners, smoking area, available for private use and as a banqueting venue opening hours lunch 12:00 – 15:00 dinner 19:30 - 23:00 Bars: “La Terrazza” 10:00 – 01:00 Piano bar from 20.00 – 01:00

“Il Salotto” 09:00 – 18:30 Meeting rooms: Sala Borghese up to 90 persons Sala Ludovisi up to 25 persons Guest services: “Wellness Corner”: gymnasium & steam bath Guest Relations. Concierge, secretarial assistance, money exchange, airline reservations, theatre and opera reservations, car rental with and without chauffeur, main safe deposit boxes. Valet/maid service. Room service, extra beds, cots, high chairs. Laundry and dry cleaning. Medical assistance. Garage facilities nearby. WI-FI in public areas and meeting rooms. Disabled facilities: Braille numbering in elevators, wheelchairs available, wide bedrooms and elevators doors, one room fitted with handle bars in bathroom; some rooms with walk-in showers. Shopping: Via Veneto, Via Condotti, Via Frattina, Via del Corso, Piazza di Spagna all within walking distance. Sports & Leisure: Jogging - Villa Borghese 300mt Golf - Olgiata Golf Club, 18 holes 25Km Horse riding - Riding Centre 1Km Swimming pool and tennis courts 1Km Fully equipped gymnasium in the Hotel, free of charge for guests General Information: All major credit cards are accepted Check-in time 14:00 Check-out time 12:00 Distance from Fiumicino Airport - 30Km (approximately cost for one-way transfer by taxi Euro 50) Distance from Termini Railway Station - 2Km (approximately cost for one-way transfer by taxi Euro 10) Distance from Barberini Underground Station - 500Mt

PRIME LEADERS MAGAZINE 105


Prêmio Equilibrista 2013

By Antonio Carlos Romanoski

INSTITUTO BRASILEIRO DE EXECUTIVOS DE FINANÇAS IBEF PARANÁ

prêmio

2013

O

Instituto Brasileiro de Executivos em Finanças, foi fundado em São Paulo por um grupo de profissionais da área com o objetivo de criar um forum para debater temas relacionados a area

Alva e Clecio Luiz Chiamulera, Presidente do IBEF Paraná

106 THE WINNERS

financeira das empresas. Vale lembrar que o Brasil passou por um grande periodo de inflação alta. o que obrigou os profissionais da area financeira buscar alternativas de proteção dos bens e capital. Executivos financeiros bem informados eram considerados dentro das empresas, como verdadeiros “salvadores da pátria”. Tornaram-se por muito tempo profissional mais valorizado dentro das organizações. O IBEF�SP se transformou num centro atração de executivos de finanças de todo país, logo nasceu a ideia de criar o “Conselho Nacional do IBEF” e abrir seccionais em outros estados. foi assim que um grupo de executivos, liderados por Antonio Carlos Romanoski, fundaram o IBEF�PR. A partir dai o IBEF�PR transformou-se no mais eficaz forum de debates e estudos sobre questões financeiras no estado. A criação do “Troféu Equilibrista” foi a forma que a alta direção do IBEF encontrou para premiar os profissionais da área que mais se destacaram no ano, estimulando – desta forma – os associados seguirem as melhores práticas para serem reconhecidos com o cobiçado troféu. O IBEF�PR destacou-se no cenário nacional pela intensa contribuição para os asso-

ciados, trazendo para o paraná autoridades da area economica e financeira e ilustres palestrantes, como, Karlos Rischbieter, Mario Henrique Simonsem, Roberto Campos, Mailson da Nobrega, Dilson Funaro, entre outros. Este desempenho permitiu que o fundador (socio n. 1) e primeiro presidente do IBEF�PR para sr. Antonio Carlos Romanoski, assumi-se o “Conselho Nacional do IBEF”. O controle da inflação e as mudanças no mundo dos negocios (globalização) permitiu que o executivo financeiro perdesse espaço para os profissionais da area de “marketing”, porém, continua sendo a “peça chave” para as organizações. varios exemplos de empresas bem suscedidas na valorização da sua “marca e produto” que acabaram sucimbindo pela falta de um bom planejamento e controle das finanças. O IBEF�PR continua sendo referência a nivel nacional, em especial neste momento, onde “executivos financeiros” ligados importantes empresas do paraná comandam a entidade. Cumprimentos ao atual presidente, senhor Clecio Luiz Chiamurela e seus companheiros de diretoria pela forma profissional e ética como dirigem o Instituto, da mesma forma, aos executivos premiados neste ano com o cobiçado “Trofeu Equilibrista”.


1

2

3

4

5

6

7

8

1 - Antonio Carlos Romanoski e Esposa | 2 - Clecio Chiamulera e Edinéia Martins | 3 - Agostinho Turbian e Adriana Salles | 4 - Joelson Oliveira Lopes, Charles Mazutti e Esposa 5 - José Écio Pereira, Ovaldir Nardin, Pedro Galego Carmona, Gina Palladino | 6 - Lourenço Fregonese e esposa | 7 - Wilson Soler e Henrique Gaede | 8 - Moacir Gomes, Claudio Lubascher, Rodrigo Chiamulera , Rodrigo, Marcos Perillo, Henrique Gaede e Clecio Chiamulera

PRIME LEADERS MAGAZINE 107


PrĂŞmio Equilibrista 2013

By Antonio Carlos Romanoski

9

10

11

12

13

14

15

9 - Antonio Carlos Romanoski e Clecio Chiamulera | 10 - Carol Zani e Clecio Chiamulera | 11 - Luiz Cezar Teixeira e Renato Issatugo | 12 - Marcos Perillo e Clecio Chiamulera | 13 - Clecio Chiamulera, Joelson de Oliveira Lopes e Jorge Barbosa | 14 - Joelson de Oliveira Lopeso | 15 - Renato Issatugo (Bovespa) e Sra. e Carol Zani e Esposo

108 THE WINNERS


16

17

18

19

20

21

22

23

16 - Morais e Rebeca, Joana Pacheco, Cintia Domingues, Flavio Dumont, Nereu Domingues e Antonio Pacheco | 17 - Clecio Chiamulera, Mauricio Nascimento e João Alves da Rocha Loures | 18 - Henrique Gaede e Edinéia Martins | 19 - Edinéia Martins e Clecio Chiamuleras | 20 - Edinéia Martins | 21 - Clecio Chiamulera, Edinéia Martins, Alva Chiamulera e Henrique Gaede | 22 - Suzana Fukumoto e Edinéia Martins | 23 - Marcos Perillo, Sandro Westphal, Gerson Alberti, Carol Zani, Luiz Cezar Teixeira , Nilva Pasetto e Antonio Carlos Romanoski

PRIME LEADERS MAGAZINE 109


PrĂŞmio Equilibrista 2013

By Antonio Carlos Romanoski

24

25

26

27

28

29

30

24 - Adriana Pompermaier e Sandra Comodaro | 25 - Ana Paula Carvalho, Aldo Ribeiro, Reinaldo Bessa (Jet Set), Adriana Pompermaier e Henrique Gaede | 26 - Sr. Agostinho e Reinaldo Bessa (jet Set) | 27 - Clecio Chiamulera, Adriana Pompermaier e Henrique Gaede | 28 - Lourenço Fregonesse, Deyse Buba, Sandra Comodaro e Nelson Willians | 29 - Joelson Lopes, Edineia Martins, Mauricio Nascimento e Clecio Chiamulera | 30 - Carol Zanni, Edineia Martins e Nilva Pasetto

110 THE WINNERS


The Castle of Batel The Castle of Batel is an architectural relic located in noblest area of Curitiba since 1928. A true treasure from the most rich and glorious time, been part of the city history since its construction. Representing what Curitiba has of more luxurious. Materializing the dream of the coffee farmer Luiz Guimarães, influenced by the French castles of Loire region. Receiving big parties and important guests. For Mr. Luiz Guimarães: “On my frequents trips to Europe since 1912, makes appreciate everything that is beautiful in the world. Makes me dream in having a house similar with these that I saw, but with my perfection and inspiration. My friend and architect Eduardo Fernandes Chaves made the project and directed the construction of this Castle, at the time a residential home.” About 80 years latter, restored and extended, at the moment the Castle of Batel shelters a convention center. The project developed by the architect Humberto Fogassa have a construction of a 1005 square meters hall to receive big events, and the project brought back the original construction. This transformation of a History Castle in one of the most beautiful and fine convention center started at January of 2004. The Castle of Batel became a reference point for Curitiba and Brazil. After this restoration, approved by the Historical Patrimony, the Castle of Batel enters for a noble space for events. The restoration of all painting and sculptures it’s a rare and unique, making the Castle a place for all types of events and parties. The building has a Classic Corporative Center, a perfect place for business and corporative meetings. The second floor its share in four halls with the capacity to hold 60 people. Together with “Classic Image and Sound”, the renter of the space has all assistance for the success of the event. Your event and business deserves the best. The Castle has 10 rooms with capacity to hold 1.200 people at the same time. The total area is 10.300 square meters more all the special atmosphere that our Castle can give to your event. Make you event unforgettable in the Castle of Batel! A noble place for noble events!

Castelo do Batel O Castelo do Batel é uma relíquia arquitetônica que se impõe na mais nobre região de Curitiba. Verdadeiro tesouro de uma época gloriosa, inspirado nos castelos franceses da região do Loire. Sendo cenário de grandes festas e hóspedes ilustres. Concretização do sonho do cafeicultor Luís Guimarães, inspirado nos castelos franceses da região do Loire. No início do século passado, acolheu grandes festas e hóspedes ilustres. Segundo relato do Sr. Luiz Guimarães: “Minhas freqüentes viagens para a Europa desde 1912, avivaram a minha predileção latente por tudo que é belo. Isso me fez acalentar a idéia de algum dia possuir uma residência parecida com algumas das que entendeu com perfeição a minha aspiração; foi o meu amigo e inteligente arquiteto Eduardo Fernandes Chaves, quem projetou e dirigiu a construção daquela mansão que na época foi casa residencial- “sem paralelo no Brasil” - só algum tempo depois famílias poderosas do Rio, de Recife e São Paulo realizaram construções grandiosas, mas nenhuma de estilo tão puro e aprimorado”. Em 1947, o castelo passou a ser residência da família do então governador do Estado do Paraná, Moysés Lupion. Recebeu nomes ilustres como Assis Chateaubriand, Juscelino Kubitschek, Eurico Gaspar Dutra, Jânio Quadros, João Goulart, príncipe Oshio do Japão, David e Nelson Rockefeler, príncipe Bernard da Holanda, entre tantos outros. Em 1950, a convite do governador Moysés Lupion, Miguel Bakun, considerado um dos maiores pintores do Paraná e muitas vezes chamado de Van Gogh paranaense, decora com pinturas o Salão dos Papagaios, no ático e torreão do Castelo do Batel. Durante meses executa um excepcional trabalho de muralismo, cobrindo com pinturas uma área superior a 640 m². Em 1974, o Castelo do Batel foi tombado pelo patrimônio histórico do Estado do Paraná. Após oito décadas de sua concepção, restaurado e ampliado, o Castelo do Batel abriga agora um exuberante centro de eventos. O projeto recuperou a edificação original e deu origem a um palácio de vidro e metal de 1.005m². O minucioso restauro, aprovado pelo Patrimônio Histórico, reuniu o requinte da arquitetura e de importantes obras de arte a um impecável projeto que conta com o que há de mais moderno em estrutura para eventos sociais e empresariais. Construído com a mais alta tecnologia em isolamento termo-acústico, onde reúne os mais avançados materiais acústicos. Para evitar possíveis ruídos provenientes dos aparelhos de climatização, os ambientes que abrigam as máquinas de ar-condicionado receberam tratamento acústico para minimizar os ruídos, proporcionando uma sensação de conforto acústico e térmico. Seus eventos e negócios merecem acontecer aqui. São 10 salas que comportam até 1.500 pessoas em um único espaço, em uma área total de 10.300m², além de todas as vantagens que só um singular espaço de eventos oferece. No segundo andar do imóvel, o Castelo do Batel oferece uma sala executiva, para reuniões empresariais, com mesa única para até 12 pessoas, com uma secretaria totalmente equipada e exclusiva. Também neste mesmo pavimento, encontra-se uma sala de 60m² que pode, perfeitamente, ser utilizada para reuniões de até 30 pessoas ou até mesmo como camarim para as noivas. O Castelo do Batel é um empreendimento preparado para ser referência de requinte, sofisticação e excelência em serviços para eventos sociais e empresariais. Localizado na região mais nobre de Curitiba, destinado a um público disposto a investir num espaço diferenciado para realizar seu evento. É o que existe de melhor na cidade em tradição, modernidade e profissionalismo. É nesse cenário de histórias e glamour que os mais exclusivos eventos vêm deixando registrada a sua própria história. Torne seu evento inesquecível fazendo parte da história do Castelo do Batel!

PRIME LEADERS MAGAZINE 111


São Paulo Convention & Visitors Bureau

By The Winners

30 anos e estamos

apenas começando!

D

iz o senso comum que a maturidade começa aos 30 anos. Mas ao completar três décadas de trabalho, a sensação que temos é de que estamos apenas começando. A Fundação 25 de Janeiro – São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB) foi instituída por um grupo de empresários, no Salão Bandeirantes do antigo Hotel Hilton, então instalado na Avenida Ipiranga, no dia 11 de novembro de 1983. Hoje, o SPCVB com uma equipe de 30 profissionais congrega mais de 700 associados-mantenedores, representando todos os 61 segmentos do trade turístico paulista. Desde o início, realizou extenso repertório de atividades visando sempre a ampliação do número de visitantes e o aumento de sua estadia por meio da promoção e divulgação do destino, captação e apoio a eventos e programas de capacitação.

Almoço de 30 anos SPCVB

112 THE WINNERS

Agostinho Turbian, Toni Sando, presidente SPCVB e Salomão Swarztman


Agora, aos 30 anos, continua com o mesmo ímpeto no desenvolvimento de ações e implantando mais inovações. As linhas da maturidade já são visíveis nas marcas que o SPCVB imprimiu na cidade. Foram muitas as ações consolidadas em benefício da atividade turística da metrópole. Três anos depois de sua criação, o SPCVB já colocava em prática seus objetivos com sua primeira campanha: “São Paulo Halley Festival”. Com obstinação, batalhou pela abertura do comércio aos domingos, o que aconteceu em 1997, transformando os shoppings em áreas de compras, lazer e diversão. Da mesma maneira, foi à luta para trazer de volta ao pódio de Interlagos a Fórmula 1. Com a consolidação vieram campanhas vitoriosas como “São Paulo, onde tudo de bom acontece”, em 1993; “São Paulo – Tudo acontecendo Agora”, em 2003, e “São Paulo é Tudo de Bom”, em 2006, além da ação com a Mocidade Alegre no Carnaval de 2008. Mas é com um incansável ímpeto juvenil que a entidade continua a desenvolver suas ações, estimulando nos visitantes um novo olhar para a cidade, despertando a sensação de aconchego, hospitalidade e a vontade de retornar, além de ressaltar as oportunidades de negócios que São Paulo oferece. Iniciativas que resultam numa inquestionável contribuição ao desenvolvimento econômico da capital paulista e das cidades associadas. Mas sabemos que o sucesso só é possível graças ao ritmo constante de inovação que imprimimos a nossos processos, serviços, comunicação e tudo o que fazemos. E ao completar 30 anos, estamos implantando mais inovações. A Fundação 25 de Janeiro passa ter, a partir deste ano de 2013, duas marcas: a já consagrada São Paulo Convention & Visitors Bureau e a nova Visite São Paulo. A primeira trabalha para o Estado de São Paulo na ampliação das cidades e dos estabelecimentos associados. E para destacar o que há de melhor nas regiões mais movimentadas da capital e facilitar as atividades dos associados, foi criado o Destinos São Paulo, segmentando a cidade em seis

regiões diferentes: Destino Berrini, Destino Paulista & Jardins, Destino Centro, Anhembi & Center Norte, Destino Ibirapuera & Moema, Destino Faria Lima & Itaim e também Cidades Associadas. A marca Visite São Paulo, por sua vez, tem o intuito de promover ações em benefício do visitante, dando condições a todos os profissionais de atendimento para melhor recebê-lo. Para isso, implantamos a Academia Visite São Paulo, com treinamentos, cursos, palestras e workshops. O visitante conta, também, com o BenefícioSP, que proporciona dicas e ofertas em diversos estabelecimentos

culturais, de lazer e diversão. É gratificante constatar que nestes 30 anos se consolidou uma interação perfeita e harmoniosa entre o São Paulo Convention & Visitors Bureau, seus associados e os destinos. As ações da entidade já estão entranhadas no metabolismo da metrópole. Mas não estamos sossegados, pois há ainda muito por fazer. Toda a equipe de profissionais do SPCVB, amparada pelos poderes constituídos da entidade - Conselho de Administração, Conselho Consultivo e Conselho Curador – está pronta para novos desafios. Afinal, estamos apenas começando!

PRIME LEADERS MAGAZINE 113


By Silvia Simone Anspach*

IMAGES SILVIA ANSPACH

Special

The Caribbean Mosaic: an emotional experience

C

rystal-clear sea water, aquamarine pools, stretches of soft white and pink sand – ideal for snorkeling, scuba-diving, windsurfing or simply relaxing - coral reefs and caves, rainforests, exciting nightlife, catchy rhythms and music, folk art, and exotic cuisine: These are some of the aspects for which the Caribbean is well-known and praised. However, beyond the overwhelming beauty of this heavenly natural environment, one should make out a rich and complex culture, in which oppression, exploitation and exile on one hand and a productive dialogue among Europe, Africa and local cultures on the other left their mark. The sun that brings out the colors of its unique scenery is the same sun that scorched

114 THE WINNERS

slaves’ skin during the colonial period, making their labor harder, heavier and more painful. Nevertheless, the obstacles and challenges faced and overcome by the populations in the Caribbean were gradually changed into the fabric out of which a rich multicultural texture has emerged. Creativity, excitement, resilience, organization, discipline, coexisting with artistic and economic development as well as social and political awareness – all this enters this texture, assigning it with a multifarious nature which always allures and surprises visitors and researchers from all over the world. The Caribbean as seen from far away: Brazil Ironically enough, my first contact with the Caribbean took place very far from its

geographic limits. As a former research scholar and Professor at the Catholic University of São Paulo, Brazil, I worked on Commonwealth / Postcolonial Literature for many years. Right from the beginning of my career at that institution in the early 80’s, I got in touch with texts produced by authors from St. Lucia, British Guyana, Trinidad, Antigua and Barbados. Writers like Derek Walcott, Wilson Harris, Naipaul, Jamaica Kincaid and George Lamming introduced me to the Caribbean culture and environment, gradually unveiling to me its secrets and mysteries. What was particularly intriguing was the fact that, in spite of the fact that most authors left their homelands and had to experience exile so


as to gain a broader education or seek for better professional and financial conditions, their literature was always one where highly emotional memories played a full part. Naipaul’s book Miguel Street, Harris’s The Infinite Rehearsal and Lamming’s In the Castle of My Skin, for instance, are poignant and moving autobiographies which vividly depict typical Caribbean characters and setting within the framework of an affection and a nostalgia which transfigure their culture of origin into a mythical Paradise. Even as exiles, Caribbean authors remain fully Caribbean on emotional grounds, and the myth of origin and that of a homecoming to a lost Eden consistently permeates their creation. The Caribbean still far away but in flesh and blood: U.S.A. and England Much later, in 2007, I was invited to lecture and read my poems at the Sandhills Writers Conference held at Augusta State University (now Georgia Regents University). The organizer of the conference was Barbadian Prof. Anthony Kellman, one of the most important representatives of contemporary Caribbean Literature. A friendship developed since that event, and I then had the chance to read Kellman’s poetry and fiction. I was particularly fascinated by his novel The Coral Rooms, an adventure through the sea and limestone caves of Barbados in which fiction and autobiography merge, unveiling not only the local colors of the island but also the universal dimension of human * Entrepreneur – owner and director of “Beletristas Produções Editoriais Ltda.” PhD in Semiotics (São Paulo – Brazil and Chapel Hill - USA). MA in Applied Linguistics (Reading, Berks. – UK). Specialist in Analytical Psychology; BA - Brazilian / Portuguese Literature; Psychoanalyst (Brazil). Full Professor of Literature and Psychoanalysis of Art / Literature. Former Fulbright Scholar (USA). Author of theoretical books: Entre Babel e o Éden: Criação, Mito e Cultura (Between Babel and Eden: Creation, Myth and Culture); Arte, Cura, Loucura (Art, Healing and Madness); A Religião e a Psique (Religion and Psyche) and Poetry Collections: Melosofia (Melosophy) and Patches and Sketches / Cacos e Trapos – Poems in English and Portuguese. Theoretical articles, poems and short stories published in journals and books in Canada, Germany, Italy, USA, England, Argentina and Brazil. Several literary awards and a Fulbright grant.

experience at large. Like many of his fellow Caribbean writers, Kellman is an expatriate (he lives and teaches in the U.S.A.), but still cherishing his original cultural and identity and fighting to preserve them, document them and make them known to the rest of the world. After reading Kellman’s book Limestone – the first epic poem of Barbados – I apprehended a much broader dimension of the Caribbean. Multiculturalism, exile, longing for a homecoming, historical facts referring to the conflict between the colonizer and the colonized, graphic description of the atrocities committed against slaves, reference to music (Tuk and Calypso) and other cultural manifestations,

Creativity, excitement, resilience, organization, discipline, coexisting with artistic and economic development as well as social and political awareness – all this enters this texture, assigning it with a multifarious nature which always allures and surprises visitors and researchers from all over the world

Mosaico Caribenho: uma experiência emocional Águas puras e cristalinas, piscinas naturais de um azul-turquesa transparente onde se vêem cardumes de peixes, praias de areia alva ou rosada – condições ideais para snorkeling, mergulho, windsurfing ou simplesmente para relaxar e fugir às tensões do cotidiano. Recifes de coral, cavernas, florestas exuberantes, vida noturna agitada, ritmos contagiantes, música, folclore, culinária exótica: estes são alguns dos aspectos pelos quais o Caribe é conhecido e admirado. No entanto, para além da estonteante beleza deste ambiente paradisíaco, persiste uma cultura altamente complexa, na qual a opressão, a exploração e o exílio de um lado, e um prolífico diálogo entre a Europa, a África e uma infinidade de outras culturas, de outro, deixaram sua marca. O mesmo sol que acentua as cores deste cenário único é aquele que fustigou a pele dos escravos durante o período colonial, tornando seu trabalho mais árduo e doloroso. Assim mesmo, os obstáculos e desafios enfrentados e superados pelas populações do Caribe gradualmente se transfiguraram numa rede cultural de uma riqueza impactante. Criatividade, entusiasmo, perseverança, organização, disciplina justapõem-se a um claro desenvolvimento artístico e econômico-político-social, tudo isso contribuindo para criar um tecido cultural multifário, que sempre seduz e surpreende a visitantes e pesquisadores de todas as partes do mundo. O Caribe Visto de Longe: Brasil Ironicamente, meu primeiro contato com o Caribe teve lugar para além de seus limites geográficos. Quando fui Professora Titular na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil, trabalhei com Commonwealth Literature / Literatura Pós-Colonial por muitos anos. Desde o início de minha carreira naquela instituição no início dos anos 80, fui seduzida pela escritura de autores da ilha de St. Lucia, da Guiana inglesa, de Trinidad, Antígua e Barbados. Escritores como Derek Walcott, Wilson Harris, Naipaul, Jamaica Kincaid e George Lamming me apresentaram à cultura e ao meio-ambiente caribenhos, gradualmente desvelando-me seus segredos e mistérios. O que me parecia particularmente curioso era que, apesar do fato de a maioria dos autores haver deixado sua terra natal em busca de melhores condições educacionais, profissionais e financeiras, sua criação literária apresentava um alto teor de emotividade, revelando um forte e indelével apelo à memória afetiva. Livros tais como Miguel Street (de Naipaul), The Infinite Rehearsal (de Harris) e In the Castle of My Skin (de Lamming), por exemplo, são autobiografias pungentes e tocantes, as quais apresentam, de maneira vívida, personagens e cenários locais como um sistema de correlações no qual a afetividade e a nostalgia permanecem profunda e verdadeiramente caribenhos. O mito da Origem e o do retorno ao lar primevo, associando o Caribe ao Paraíso perdido, persistentemente permeia estas obras, conferindo-lhes poeticidade e alcance universal. O Caribe ainda de longe, mas em carne e osso: EUA e Inglaterra Anos mais tarde, em 2007, foi convidada a dar uma palestra e a ler meus poemas na Sandhills Writers Conference na Augusta State University (atual Georgia Regents University) nos EUA. O organizador do encontro era o Prof. Anthony Kellman, um dos mais notáveis representantes da Literatura caribenha contemporânea. Desde aquele evento, desenvolvemos uma amizade e uma interação epistolar, que me proporcionaram a oportunidade de conhecer a produção poética e ficcional daquele autor. Particularmente fascinante foi a leitura de seu romance The Coral Rooms, uma aventura pelos mares e cavernas de calcário de Barbados, aventura esta na qual ficção e autobiografia se entrelaçam, desvelando não apenas as cores locais da ilha, mas também a dimensão universal da experiência humana como um todo. Como muito de seus conterrâneos e companheiros de escrita, Kellman é um “expatriado” (vive há mais de 25 anos nos EUA, onde leciona) que ainda afirma enfaticamente sua identidade cultural caribenha, lutando ferrenhamente por preservá-la, documentá-la e divulgá-la amplamente por todo o planeta. Após a leitura de seu livro Limestone – o primeiro poema épico de Barbados – pude apreender uma dimensão mais abrangente da civilização caribenha. Multiculturalismo, exílio, nostalgia de um estado original, fatos históricos referentes aos conflitos entre colonizador e colonizado, descrições hiper-realistas das atrocidades cometidas contra os escravos, referência à música (Tuk e Calipso) e outras manifestações culturais, alusão a heróis e personagens típicos e estereotípicos, hibridismo e choque cultural (entre Barbados e Europa / EUA), questões raciais, enfim, uma variedade de tópicos configuram uma textura altamente polifônica, a qual aponta para a complexidade da experiência caribenha. Apresentei os resultados de minha pesquisa acerca da criação literária de A. Kellman num congresso realizado pela Universidade de Cambridge, Inglaterra, em outubro de 2012. Neste evento, pude também encontrar muitos escritores contemporâneos da região, tais como Dorothea Smartt, Christian Campbell, Mervyn Morris e Olive Senior. Finalmente, na minha vivência pessoal, o esqueleto caribenho começava a adquirir carne e sangue. No entanto, apesar de eu agora saber mais a respeito da literatura, da música, da história e da cultura da região e de conhecer seus autores em pessoa, eu seguia sem conhecer o Caribe geográfico. Ainda assim, o amor por aquela localidade, parecendo ser contagioso, se irradiava de seus escritores para minhas emoções, levando-me a viver uma sensação intensa de familiaridade para com seu espaço, tempo e cultura. Finalmente, o Caribe em si! 2013 foi o ano mágico que possibilitou finalmente meu encontro físico com o Caribe. O sonho se realizou, inicialmente, quando obtive uma passagem aérea para Barbados, para onde voei em março. Este país, antiga possessão britânica, também conhecida como Little England, exibe praias esplendorosas, grutas de calcário, parques, o iate clube, ao mesmo tempo abrigando uma população amigável e disciplinada, sempre pronta a receber calorosamente turistas das mais diversas partes do planeta. Ao longo de minha estadia na ilha, por um período de uma semana, tive a sensação de que a avaliação expressa por um dos personagens criados por George Lamming – a de que o nível educacional na ilha é bastante alto – me pareceu bastante justa e precisa: “They

PRIME LEADERS MAGAZINE 115


Special

By Silvia Simone Anspach*

heroes and typical characters, cultural hybridity and cultural clash (between Barbados and Europe / America), racial issues, make up an incredibly polyphonic texture that points to the complexity of the Caribbean experience. I presented the results of my research on Kellman’s literature at a conference held at the University of Cambridge, U.K., in October 2012. There, I also met many contemporary writers, like Dorothea Smartt, Christian Campbell, Mervyn Morris and Olive Senior. The Caribbean skeleton was at last gaining flesh and blood in my personal experience. However, although I then knew more about Caribbean literature, music, history and culture as well as many writers from that region in flesh and blood, I had never actually been to the Caribbean itself. Nevertheless, the pangs of love for that place seem to be contagious: I myself was being gradually overcome with an intense feeling for that location full of mystery and beauty. The Caribbean itself – at last! 2013 has been the magical year when my encounter with the geographical Caribbean gained form as a full blown experience. The dream first came true when I got a ticket to Barbados, and flew to the island in March. This former British territory, also known as “Little England”, displays gorgeous beaches, limestone caves, parks, a yacht club, at the same time harboring a disciplined and friendly population, always ready to warmly welcome tourists from all over the world. During my one-week visit to that beautiful island, I had a feeling that one of Lamming’s characters’ assessment was absolutely accurate, when he pointed to the high education standards in Barbados: “They give Little England the best education. … I don’t think there’s any part of this god’s world barring English sheself where education is to such a high pitch.” The University of West Indies, The Barbados Museum and Historical Society and artistic associations such as “ArtsEtc” evidence these standards. The service at hotels and restaurants is highly professional and efficient, rendered by kind, helpful and smiling local people. The environment is colorful, the music 116 THE WINNERS


and its rhythms are original, the food is exquisite and homey, and its flavors are delicately spicy. Trying fly fish, fish cakes or curried chicken, goat and oxtail is an indescribable delight. The tang of ginger beer is refreshing and surprising. On the beaches, up the hills or downtown a variety of sceneries is unveiled, where local colors imprint a unique effect. Underneath the British discipline, one can feel the heart of the truly regional culture beating, an undercurrent of feverish and inventive impulses which can change the traveler’s journey into an unforgettable experience. The people in this country, so African, so British and more than everything else, so fully Barbadian, have conquered my heart. The environment with which they are one still dwells in my sweetest memories: The image of the coconut trees, the casuarinas, the bougainvilleas, the mahogany and flamboyant trees, the peaceful waters of the West Coast contrasting with the wild East Coast, the cloudless blue sky, melancholy sunsets and exuberant dawns linger on my mind. I have also become one with the land and share the poet’s craving and longing to go back to this mysterious world with its appealing call. Like him, I can hear the “limestone island calling.” (Kellman, Limestone) Destiny brought me back to the Caribbean in September, this time to is Dutch side, in order to attend the “Lampa – Latin American Personality Awards” in Curacao. My ancestry, rooted in the Netherlands, was evoked not only by the language but also by the architecture of the stores and restaurants in Willemstad as well as their close contact with the canal. However, the most striking feature in this heavenly island is its multifaceted configuration which is evidenced by the complex linguistic system adopted by the local population. Dutch, English, Spanish and Papiamento (a hybrid variety including even the Portuguese language) are interchangeably spoken wherever one goes. In fact, Curacao is one of the most evident examples of interculturality, miscegenation and hybridity. Not only do its languages but also its exotic cuisine with its rich flavors and its creative art reveal a whole universe of cultural possibilities.

I was filled with awe before the incredible diversity which is concentrated in such a small country and produced by a population of just (approximately) 150,000 people! Curacao, its complexity, its flavors, its beautiful beaches, oil refineries, amazing engineering projects (especially, its bridges), its art (of which sculptor Serena Israel’s round and plump black feminine figures are a blueprint) are images which will always be on my mind and dwell in my heart. Brief Conclusion: The Caribbean Mosaic The Caribbean is a universe which offers endless possibilities of discovery and surprise. Far from being a unity, it is a multifaceted geographical area where African, Spanish, English, Dutch, French and other cultures interact so as to make up a texture presenting a heterogeneous, still harmonious nature. The Caribbean is a weaving together of nationalities and expressive possibilities, a mosaic, a kaleidoscope which far surpasses

the limits of a single all-encompassing national myth. If faced with this mosaic, Shakespeare would probably repeat what one of his characters asks in A Midsummer Night’s Dream: “Where shall I find the concord of this discord?” The Caribbean is in itself the answer to this dilemma: Harmony, dissonance, consonance. Disagreement and compromise among races, cultures, languages. Concord stemming out of discord.

The Caribbean is a weaving together of nationalities and expressive possibilities, a mosaic, a kaleidoscope which far surpasses the limits of a single all-encompassing national myth.

give Little England the best education. … I don’t think there’s any part of this god’s world barring English sheself where education is to such a high pitch.” A University of West Indies, a Barbados Museum and Historical Society e associações artísticas tais como “ArtsEtc” atestam pelos altos padrões educacionais na ilha. O serviço em hotéis e restaurantes é extremamente profissional e eficiente, prestado por nativos da ilha, cuja cortesia, disponibilidade e simpatia são cativantes e dignas de admiração. A natureza é cheia de cores; a música e os ritmos, originais; a comida, excelente e caseira, com sabores delicadamente picantes. Provar o fly fish – peixe típico daquelas águas – os fish cakes ou o frango, o cabrito ou a rabada ao curry se constitui numa delícia indescritível. O sabor exótico da ginger beer é incomparável a qualquer outro que conhecemos. Nas praias, colinas ou no centro da capital, Bridgetown, uma variedade de paisagens é descortinada. Em todas elas, as cores locais imprimem um efeito raro. Por trás da férrea disciplina britânica, sente-se o pulsar de um coração que pertence a uma cultura verdadeiramente regional, e a presença surda de uma vibrante e calorosa corrente subterrânea, de onde brotam impulsos criativos e inventivos. A população deste país, tão africana, tão britânica e, acima de tudo, tão plenamente “barbadiana”, conquistaram meu coração. O cenário com suas imagens impactantes habitará para sempre entre minhas mais ternas evocações: a imagem dos coqueiros, das casuarinas, bougainvillias ou primaveras, dos flamboyants e do mogno, as águas calmas da Costa Oeste, contrastando com as da selvagem Costa Leste, o céu azul sem nuvens, os melancólicos por-de-sol e os exuberantes raiares-do-dia permanecem vívidos em minha mente. Também me tornei totalmente integrada à ilha e compartilho o desejo do poeta de voltar a este mundo misterioso com seu apelo sedutor. Como ele, desejo ouvir a voz da “ilha de calcário chamando” (“the limestone island calling” – Kellman, Limestone). O destino me levou de volta ao Caribe em setembro, desta vez para seu lado holandês. A finalidade de minha visita foi participar do evento “Lampa – Latin American Personality Awards”, realizado em Curaçao. Minha ascendência holandesa foi evocada ao longo desta viagem não apenas em função da língua, mas também devido à arquitetura das lojas e restaurantes da capital, Willemstad, bem como da proximidade destes ao canal diante do qual se situam. No entanto, a mais impactante das características desta ilha paradisíaca foi, para mim, sua configuração mutifacetada, a qual se evidencia de início no complexo sistema linguístico adotado pela população local. Holandês, inglês, espanhol e papiamento (uma variedade linguística híbrida, que inclui até mesmo elementos da língua portuguesa) são falados, alternadamente, onde quer que se vá. De fato, Curaçao é um dos exemplos mais evidentes de “interculturalidade”, miscigenação e hibridismo. Não apenas as diferentes línguas, mas também a culinária exótica, com seus ricos sabores, e a arte local, revelam um universo inesgotável de possibilidades culturais. O que me surpreendeu particularmente foi o fato de que esta incrível diversidade se concentre em um país tão pequeno, sendo produzida por uma população de apenas (aproximadamente) 150,000 pessoas! Curaçao, sua complexidade, seus sabores, suas belas praias, refinarias de petróleo, incríveis projetos de engenharia (especialmente suas pontes), sua arte (da qual as figuras femininas negras com suas formas arredondadas, criadas pela escultora Serena Israel são marca registrada) são imagens que sempre estarão em minhas memórias e ocuparão um lugar especial em meu coração. Breve Conclusão: O Mosaico Caribenho Enfim, O Caribe é um universo que oferece infinitas possibilidades de descoberta e surpresa. Muito longe de ser uma unidade, é uma área geográfica multifacetada na qual culturas africanas, espanhola, inglesa, holandesa, francesa e muitas outras interagem de maneira a configurar uma tessitura heterogênea e ao mesmo tempo agradavelmente harmoniosa. O Caribe é um entrelaçamento de nacionalidades e alternativas expressivas, um mosaico, um caleidoscópio que ultrapassa em muito os limites de qualquer mito nacional unitário e uniforme. Diante deste entrelaçamento contraditório, Shakespeare provavelmente repetiria o que diz um de seus personagens em Sonho de Uma Noite de Verão: “Como encontrar o acordo entre tantos desacordos?”. O Caribe é uma resposta a esta questão: Harmonia, dissonância e consonância. Desacordo e pacto pacífico entre raças, culturas, línguas. Acordo que nasce de desacordos.

* Empresária – proprietária e diretora da “Beletristas Produções Editoriais Ltda.” Doutora em Comunicação e Semiótica, (PUC/ SP e University of North Carolina), Mestre em Lingüística Aplicada (University of Reading), Especialista em Psicologia Analítica (USF) e Psicanalista. Foi Visiting Scholar (Fulbright) na UNC – EUA. Autora dos livros Entre Babel e o Éden: Criação, Mito e Cultura (AnnaBlume / FAPESP); Arte, cura, loucura (AnnaBlume), Melosofia (Mulheres Emergentes); A psique e a religião (co-autoria e organização - M. E.) e Patches and Sketches / Cacos e Trapos (M. E.), além de vários artigos publicados em periódicos e livros no Brasil e no exterior (Argentina, Canadá, Itália, Alemanha, EUA, Inglaterra). Além da Bolsa Fulbright, recebeu vários prêmios literários no Brasil e no exterior

PRIME LEADERS MAGAZINE 117


Special place

By The Winners

Muchas novedades llegan desde The Vines of Mendoza estos días, desde la apertura de Siete Fuegos de Francis Mallmann y la incorporación de 60 personas a nuestro equipo del resort, hasta una nueva temporada de Winemaker’s Night. Salud!

Un día en the Vines of Mendoza:

Wayne y Carol Tamarelli

W

ayne y Carol Tamarelli son unas de las personas más interesantes, cariñosas y divertidas que puedas alguna vez conocer. Ellos comparten un amor por la aventura y la exploración, y gracias a la profesión de Wayne y la mutua fascinación por viajar, han recorrido más 125 países. Tienen su Private Vineyard hace casi 4 años, y también han comprado una Villa en The Vines Resort & Spa. Con una casa entre las viñas, pronto van a poder compartir unos de sus lugares favoritos en el mundo con su familia: sus 2 hijos y 10 nietos. Entremedio de viajes a las remotas islas de Indonesia Oriental y una próxima aventura en canoa a los territorios del noroeste de Canadá, pudimos hablar con Wayne y Carol sobre los viajes, vinos y, por supuesto, la apertura del resort. Sabemos que les encanta viajar y explorar nuevos lugares, y que siempre están planeando su próxima aventura. ¡Que ambos decidan volver a un mismo destino más de una vez dice mucho sobre ese lugar! ¿Qué es lo hace especial a Mendoza? Mendoza, y el Valle de Uco en especial, son maravillosos. Visitamos la zona por primera vez en el 2007 y supimos que íbamos a volver por la calidez de su gente, sus her-

118 THE WINNERS

mosos paisajes y exquisita comida y vino. ¿Qué los hizo tomar la decisión de invertir en The Vines of Mendoza, primero en un Private Vineyard y luego en una Villa en The Vines Resort & Spa? The Vines ha logrado juntar lo mejor de región, creando un blend único de relajación, aventura, paisajes impresionantes, gente amistosa, comida deliciosa y vinos increíbles. Supimos que volveríamos a menudo y queríamos compartir todo esto con nuestros amigos y familia. Nos encanta el vino, y tener la oportunidad de crear y beber nuestro propio vino con las personas que amamos es sueño para nosotros. El equipo de The Vines es una gran familia

– una familia de la que nos sentimos parte de inmediato – y apreciamos mucho su trabajo y pasión por la región y este tipo de proyectos. Cuéntennos un poco sobre sus viñedos. ¿Qué han plantado y qué tipo de vinos están elaborando? Tenemos 1,8 hectáreas con uvas Malbec, Cabernet Franc, Merlot y Syrah. En el 2012, contamos con una producción de 600 botellas de Malbec y 600 de nuestro blend, el cual logramos en conjunto con el equipo de enología. Este año vamos a elaborar 300 botellas de Rosé, Malbec y nuestro propio blend. Por el momento, esta cantidad de vino nos mantiene bastante ocupados, de modo que vendemos una gran parte de nuestra producción de uva a The Vines así otros dueños de viñedos que las necesitan pueden comprarlas. Tenemos también una tienda online donde vendemos nuestros vinos a casi todo Estados Unidos. ¿Cómo es un día típico durante su visita a sus viñedos en The Vines? Depende de la época del año. Podría ser durante la cosecha, el fraccionamiento o cuando estamos creando un nuevo blend en el laboratorio. No importa en qué época vengamos, siempre pasamos mucho tiempo consultando al equipo de enología que


está a nuestra disposición para ayudarnos a hacer el tipo de vino que nos gusta y que deseamos crear. Nos divertimos mucho haciéndolo. Además, siempre salimos a pasear; visitamos otras bodegas, comemos en los varios restaurantes gourmet de la zona, hacemos turismo – siempre hay algo nuevo para ver o algo para volver a visitar. The Vines Resort & Spa está por abrir. ¿Qué es lo que más los emociona ver y disfrutar una vez que esté completo el proyecto? ¡Nuestra Villa, por supuesto! Ha sido muy emocionante ver el progreso desde su inicio. Estamos muy entusiasmados con la piscina en nuestro patio y no podemos esperar a ver la vista de los viñedos y la cordillera de los Andes desde el deck de nuestra terraza. Sin duda, lo mejor para nosotros va a ser recibir a nuestros amigos y familia y hacerlos parte de la elaboración – ¡y disfrute!- de nuestros vinos. Más allá de la Villa, estamos deseando relajarnos en el Spa. ¿Qué es lo más interesante, sorprendente o útil que has aprendido del equipo de enología de The Vines? Cuando nos convertimos en dueños un Private Vineyard sabíamos un poco sobre la elaboración de vinos ya que somos socios de una bodega y viñedos en California. Después de largas horas de trabajo con Francisco, Gerente de viñedos en The Vines, Mariana, Directora de vinos, y el resto del equipo, hemos profundizado en el porqué el Valle de Uco es una región óptima para la elaboración de vinos de alta gama. Descubrimos que las variedades de uvas se expresan de forma ideal en la región, y estamos trabajando con el equipo para perfeccionar el arte del procesamiento y el assamblage. Todos estos factores nos han permitido producir vinos excelentes. ¿Cuál es esa única cosa para la que se hacen tiempo cuando están en Mendoza? Una visita a Mendoza no está completa sin un asado. Esta tradicional barbacoa es lo esencial de la cultura argentina y hemos tenido la suerte de compartir la mesa con persona de todas partes del mundo. Al equipo de The Vines le encanta organizar asados, y siempre podemos contar con ellos para hacer uno cuando estamos en la ciudad.

Vines Resort & Spa: crece nuestro equipo En septiembre organizamos una serie de eventos de reclutamiento y más de 600 personas se acercaron con el fin de formar parte del equipo de The Vines. Ya hemos contratado a algunas personas asombrosas que los sumergirán en los placeres de la cultura argentina, su rústica belleza natural y cálida hospitalidad. Dos de nuestros elegidos son Lucas y Juan David: Lucas Paracha, Director de Operaciones Como Director de Operaciones, Lucas cumple un rol crucial al encaminar el equipo de The Vines Resort & Spa hacia un servicio de primera categoría. Previamente, Lucas fue Director de Ventas y Marketing en Park Hyatt Mendoza. Nacido en Buenos Aires, hoy vive en Maipú con su esposa Verónica (también parte The Vines) y sus dos hijos (quienes aún son muy jóvenes para trabajar con nosotros). Lucas tiene un gran sentido del humor y le encantan los tatuajes. Es fánatico de Pearl Jam y tiene una forma de ser relajada, de tomarse las cosas con calma, que todos apreciamos.

Juan David Baires Ortega, Servicio al Huésped Juan David se sumó al equipo durante la cosecha 2013 y cumplirá un rol clave en la creación de nuestra oferta de servicios y en la capacitación del equipo de servicio al huésped. Originario de El Salvador, Juan adquirió experiencia en este campo en cadenas de hoteles de lujo como Shangri La, Park Hyatt y Sheraton en lugares asombrosos tales como París, Tailandia, Dubái y Argentina. Su personalidad extrovertida, actitud positiva y curiosidad le han permitido llegar al éxito en todo el mundo.

Siete Fuegos: �En nuestra cocina y en la Tuya! Francis Mallmann está de regreso en nuestros viñedos con su nueva propuesta en The Vines Resort & Spa. Luego del aclamado Siete Fuegos Asado ofrecido durante la última temporada de cosecha, lo invitamos a la presentación en sociedad del almuerzo de Siete Fuegos, donde podrá disfrutar de los sabores rústicos del fuego en el Valle de Uco y de excepcionales vinos argentinos. Al abrir las puertas de nuestro restaurante, y teniendo por delante la gran inauguración del hotel, ya estamos en condiciones de dar a los mendocinos y visitantes un adelanto de la experiencia completa de Siete Fuegos y de anticiparse a conocer The Vines Resort & Spa antes de nuestra gran apertura al público, en enero de 2014. Ya estamos recibiendo reservas para el almuerzo de martes a domingo, de 12:30 a 17:00 hs. Si desea realizar una reserva, escríbanos a 7fuegos@vinesresortandspa.com

PRIME LEADERS MAGAZINE 119


Conversando com quem faz a diferenรงa

CONVERSANDO

By Ana Paula Turbian

COM QUEM

A

DIFERENร‡A

Foi realizado mais um encontro, em 27/11/2013 do Programa de Educaรงao Continuada do GCSM Classe: Conversando com quem faz a diferenรงa com palestrantes: Deputada Rita Passos e Levi Rodrigues, Prefeito de Porto Feliz-SP. Cerca de cem convidados participaram do encontro.

120 THE WINNERS

FAZ


PRIME LEADERS MAGAZINE 121


Worldwide Honnorary President GCSM

By Mario Garnero

Garnero invited by Israeli Prime-Minister to be a speaker at major biofuel conference

M

ario Garnero, founder and Chairman of Brasilinvest, Brazil´s foremost merchant bank, and one of the key people on the launching of ethanol mass production project in Brazil was invited by the PrimeMinister of Israel Benjamin Netanyahu to be a speaker at the Bloomberg Fuel Choices that will happen in Tel Aviv from November 12 to 13. Israel is on the forefront of research in biofuel and clean energy researches since it has established the world’s most ambitious target: to change its transportation system by replacing 60% of its oil consumption with new technologies by 2025. Garnero, who still today is called the father of the ethanol car, will attend the first panel of the event: “Setting the Agenda for Israel and the World” joining Robert McFarlane, president of the Institute for the Analysis of Global Security and Co-Founder of US Energy Security Council; Professor Eugene Kandell, director of National Economic Council of Israel and Bill Richardson, former Governor of New Mexico. “I hope Brazil’s experience with ethanol encourages and inspires other countries to start mass production of biofuels. It is productive, possible and, nowadays, a necessity for a better future”, says Garnero. 122 THE WINNERS

Benjamin Netanjahu

Garnero convidado por Primeiro-Ministro israelense para falar em conferência sobre biocombustíveis Mario Garnero, fundador e presidente do Brasilinvest, primeiro merchant bank brasileiro, é um dos principais personagens por trás do lançamento da produção em massa do etanol no Brasil e foi convidado pelo Primeiro-Ministro de Israel Benjamin Netanyahu para ser um palestrante na conferência Bloomberg Fuel Choices, que será realizadaem Tel Aviv nos dias 12 e 13 de novembro. Israel vem liderando as pesquisas em biocombustíveis e energia limpa desde que estabeleceu o objetivo mais ambicioso do mundo: modificar seu sistema de transporte de modo que 60% do seu consumo de combustível provenham de novas tecnologias até 2025. Garnero, que ainda hoje é chamado de “pai do etanol”, falará no primeiro painel do evento – “Estabelecendo uma agenda para Israel e para o mundo” – juntando-se a Robert McFarlane, presidente do Instituto para Análise de Segurança Global e co-fundador do Conselho de Segurança em Energia dos Estados Unidos; Professor Eugene Kandell, diretor da Comissão Nacional de Economial de Israel; e Bill Richardson, ex-Governador do Novo México. “Espero que a experiência brasileira com etanol estimule e inspire outros países a começar uma produção em massa de biocombustíveis. É produtivo, é possível e, atualmente, é uma necessidade para um futuro melhor”, disse Garnero.


Testimonial

By Chieko Aoki*

Curacao

I

have had the opportunity to visit and to manage hotels in the Caribbean for many years, but I could not pass the opportunity to mention about my pleasant surprise to know the island of Curacao. Undoubtedly, natural beauty is the great calling card of the country, but kindness, joy and friendliness of its people tagged me deeply. I was flattered to be honored with an important Award as LAMPA in a carefully organized event by Professor Agostinho Turbian. Another fantastic experience was discover and share fellowship with Minister of Economic Development, Stanley Palm and his wife. As a woman, I was touched with the care of Mrs. Stanley watching her husband explain the wonderful work that he is developing in Curacao. A sincere statement of partnership and patriotism. I hope to return one day to the island, my sincere vote prosperity and growth to all Curaçao people. Cordially.

* President of Blue Tree Hotels

Curaçao Já tive a oportunidade de visitar e, durante muitos anos, administrar hotéis no Caribe, mas não posso deixar de contar minha agradável surpresa ao conhecer a Ilha de Curaçao. Incontestavelmente, a beleza natural é o grande cartão de visitas do País, mas a gentileza, a alegria e simpatia de seu povo me marcaram profundamente. Senti-me lisonjeada em ser homenageada com o importante Prêmio LAMPA em um evento tão cuidadosamente organizado pelo Professor Agostinho Turbian. Outra experiência fantástica foi conhecer e compartilhar o convívio com o Ministro do Desenvolvimento Econômico, Stanley Palm, e sua esposa. Como mulher, fiquei contagiada com o carinho da Sra. Stanley ao ver seu marido explicar o trabalho maravilhoso que está desenvolvendo em Curaçao. Uma demonstração sincera de parceria e patriotismo. Espero poder retornar um dia à ilha, e deixo votos de muita prosperidade e crescimento ao seu povo. Cordialmente.

*President of Blue Tree Hotels

134 THE WINNERS


the Winners Notes

By The Winners

Luiz Sales - Contribuição Histórica GCSM em visita

GCSM em visita

Visita a Entidades

CTEX em Curaçao

ASCOM/FIEPA

Agostinho Turbian, Albert Hammond (CTEX) e Jose De Podesta - visita a sede administrativa da CTEX em Curaçao, Dutch Caribbean.

Empresario José Conrado Azevedo Santos, Presidente do Sistema FIEPA, no Belém do Para. Pauta: Business Personality Award 2014 a ser realizado no Teatro da Paz.

Ministro da Economia e Turismo de Curaçao

CTB em Curaçao

Visita ao Ministro da Economia e Turismo de Curaçao, Mr. Stanley Palm (Agostinho Turbian, Jose De Podesta Stanley Palm e Jamila Romero

Adriana Salles, Hugo Clarinda, Irene e Jose De Podesta - visita ao CTB em Curaçao.

126 THE WINNERS

Prefeitura do Município de São Roque - SP

Prefeito Daniel de Oliveira Costa Prefeitura do Município de Porto Feliz - SP

ASCOM�FIEPA

Luiz Sales recebeu na última segundafeira, 21, o troféu Garra do Galo e foi homenageado com o prêmio especial Contribuição Histórica pela APP - Associação dos Profissionais de Propaganda. Por duas décadas Luiz foi presidente da Salles Interamericana de Publicidade (hoje Publicis), e é reconhecido por sua extraordinária habilidade em lidar com situações de crise. Foi consultor da Febraban, do Bradesco, diretor da TV Manchete, membro

Visita a Prefeituras

do Conselho Cultural da BR-Petrobrás e do Grupo Pão de Açúcar. É vice-presidente do Conselho da Escola Superior de Propaganda e Marketing e sócio-fundador da SPGA Consultoria de Comunicação. Primeiro a subir ao palco na 17ª edição do Prêmio, Luiz foi recepcionado pelo presidente da APP, Ênio Vergeiro e, como é de sua personalidade brincou: “Acho que, com contribuição histórica, vocês estão me chamando de velho”. E ao declarar sua afetividade pelos colegas de profissão foi ovacionado pelos cerca de 700 convidados. Trata-se de um reconhecimento por seu mérito, ao longo de uma carreira evidentemente brilhante e, o mais importante, cercada de grandes amigos por todos os lados. Para nós da SPGA é um imenso orgulho, ter Luiz Sales ao nosso lado, no dia a dia da operação.

Prefeito Levi Rodrigues Vieira Prefeitura do Município de Tietê - SP

Prefeito Manoel Korn


GCSM happens

3 Forum Mercosul - Belém-PA

80 anos Romeu Chap Chap

Adriana Salles e Lenita Tavares

Amalia e Giulio Salomone (ALMAVIVA) jantar GCSM

Seminario GCSM x CTEX Santa Barbara, Curaçao

Laura Salles e Sara Turbian

Passeio pela Ilha de Curaçao, oferecimento da Camara de Industria e Comercio de Curaçao

Palestra Faculdade Mauricio de Nassau - Belém-PA

Reunião almoço com a Diretoria da ADVB PA - Belém-PA

Sonia Sahao e Adriana Salles

visita a Africa - Moçambique, Maputo

Visita ao Centro Tecnologico da CTEX, Curaçao.

Visita ao SIMINERAL Belém-PA

Visita ao Teatro da Paz-Belém-PA

Em visita a Embaixada do Mexico, Embaixadora Beatriz Paredes

F1 Brasil

PRIME LEADERS MAGAZINE 127


Wonderful World

By Adriana Salles

Clinique La Prairie rebuilds its Spa Clinique La Prairie in Montreux, has just rebuild their spa and remodel their rooms. The Spa has a new look and several elite equipments: sensory showers, bubble beds and whirlpool advanced. The spa earned 11 individual treatment rooms, VIP and junior suites and 3 Thai massage rooms. In addition to a spectacular view, the new fitness center has an outdoors training room. A Spa Café with terrace and a Swiss Perfection Lounge integrate the new concept, where one can experience the exclusive brand products developed in collaboration with the laboratories of Clinique La Prairie. Clinique La Prairie renova seu Spa A Clinique La Prairie, em Montreux, acaba de reconstruir seu spa e remodelar seus quartos. O Spa ganhou um novo visual e vários equipamentos de elite: chuveiros sensoriais, camas de borbulhas e hidromassagem avançada. Ganhou 11 salas individuais de tratamento, suítes VIP e júnior e 3 salas de massagem tailandesa. No novo centro de fitness, além da vista espetacular, há uma sala de treinamento ao ar livre. Um café spa com terraço e um Lounge da Swiss Perfection integram o novo conceito, onde pode-se experimentar os produtos da marca exclusiva desenvolvida em colaboração com os laboratórios da Clinique La Prairie.

Dorchester Collection Fashion Prize 2013 the winner is Huishan Zhang It took place in London, at The Dorchester the ceremony that chose the winner of Dorchester Christopher Cowdray Collection Fashion Prize 2013: and Huishan Zhan HUISHAN ZHANG. Born in China, the fashion designer lives in London and has graduated at Central Saint Martin, creating a luxurious brand where the oriental heritage meets Western influence. Christopher Cowdray, CEO of DORCHESTER COLLECTION handed the prize of 25000 pounds to ZHANG and a Baccarat crystal engraved trophy and a stay in a luxurious Dorchester Collection hotel. The award ceremony was followed by a reception in the Ballroom of The Dorchester. Dorchester Collection Fashion Prize 2013 anuncia vencedor: Huishan Zhang Aconteceu em Londres, no The Dorchester a cerimônia que escolheu o vencedor do Dorchester Collection Fashion Prize 2013: HUISHAN ZHANG. Nascido na China, o fashion designer vive em Londres e é formado pela Central Saint Martin, criando uma luxuosa marca onde a herança oriental encontra a influência ocidental. Christopher Cowdray, CEO da DORCHESTER COLLECTION entregou o prêmio no valor de 25000 libras à ZHANG e um troféu gravado em cristal Baccarat, bem como estadia nos hotéis da luxuosa Dorchester Collection. A premiação foi seguida de recepção no Ballroom do The Dorchester.

128 THE WINNERS

Monte-Carlo SBM presents “La Bûche De Noel 150 Ans” limited edition in Hotel Hermitage To celebrate the holiday season and the 150th anniversary of the Monte-Carlo SBM Group, Hotel Hermitage Monte-Carlo’s Chef Patissier Nicolas Baygourry , supported by starring Chef Joel Garault, created the Christmas cake “La Bûche 150 Ans Monte Carlo SBM” limited edition, available from December 08th to 31st 2013, at Hotel Hermitage Monte-Carlo, by 48 hours reservation in advance (Tel (00377) 98 06 40 00), at a price of 85 euros (serves 6 people). It also comes in individual size to find locally. Grupo Monte-Carlo SBM apresenta “La Bûche De Nöel 150 Ans” edição limitada no Hotel Hermitage Para comemorar a época natalina e os 150 anos do grupo Monte-Carlo SBM, o Chef Pâtissier Nicolas Baygourry do Hotel Hermitage Monte-Carlo, apoiado pelo estrelado Chef Joel Garault, criaram o bolo natalino “La Bûche 150 Ans Monte Carlo SBM” em edição limitada, disponível de 08 a 31 de dezembro de 2013, no Hotel Hermitage Monte-Carlo, mediante reserva com 48 horas de antecedência (Tel (00377) 98 06 40 00), a um preço de 85 euros (servindo 6 pessoas). Ele também vem em tamanho indivídual a descobrir no local.

Hotel Principe Di Savoia’s Club 10 Spa & Fitness highlight inspired treatments in different nationalities At Hotel Principe di Savoia’s Club 10 Spa & Fitness in Milan, Dorchester Collection’s jewelry, you will find treatments for face and body inspired by different nationalities every month. The Polynesian inspired the month of November using Kanebo product that improves the texture and brightness of the face, and a white sand and apricot scrub for the body. End the year in Hawaii in December and try a facial wrinkle hyaluronic acid-rich and nourishing body that stimulates hydration and improves skin complexion. Each treatment costs 144-252 euros and lasts 1:35 a.m. to 2:25 a.m.. For details email club10.hps @ dorchestercollection.com. Club 10 Spa & Fitness do Hotel Principe Di Savoia destaca tratamentos inspirados em diferentes nacionalidades No Club 10 Spa & Fitness do Hotel Principe di Savoia em Milão, jóia da Dorchester Collection, você encontrará tratamentos para rosto e corpo inspirados em nacionalidades diferentes a cada mês. A Polinésia inspirou o mês de novembro com o uso de produto Kanebo que melhora a textura e brilho do rosto, e uma esfoliação com areia branca e damasco para o corpo. Termine o ano no Havaí e experimente em dezembro um tratamento facial antirrugas rico em ácido hialurônico e um corporal nutritivo que estimula a hidratação e melhora a cútis da pele. Cada tratamento custa de 144 a 252 Euros e tem duração de 1h35 a 2h25. Para detalhes email club10.hps@dorchestercollection.com.


The Winners special brands

CONVERSANDO

COM QUEM

FAZ

A

DIFERENÇA

130 THE WINNERS


facebook.com/GlobalGCSM twitter.com/globalgcsm

www.globalgcsm.com


Winners  

Sexta Edição

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you