Page 1


Com a evolução e o desenvolvimento da profissão de Enfermagem ao longo das últimas décadas surgiu a necessidade duma constante mudança imposta pela sociedade. A partir dos anos 80, conhecida como década do Cuidar, devido “ao prolongamento da vida em doentes incuráveis e o aumento dos idosos constituem um desafio para as enfermeiras” (Meyer,1991; cit. Ribeiro, L. 1995). A partir desta década verificou-se que o tratar não satisfazia as necessidades destes doentes, era essencial algo mais para que o doente alcançasse um bem estar, não só físico, mas também moral, psicológico e social. Assim, surgiu uma perspectiva orientada para o cuidar.


Diretor Geral Diretor Acadêmico Reitor Vice- Reitor Secretária Acadêmica Coordenador do Curso Pr. Gilberto Damasceno da Silva

Prof. Alexander dos Santos Dutra Prof. Valdir José dos Santos

Pr. Gilberto Damasceno da Silva Prof. Valdir José dos Santos Prof. Valdir José dos Santos


E os Formandos de Enfermagem 20011.1, sentem-se honrados em convidar V. Sa e Ilma. família para as solenidades de sua formatura.

Missa

12 de Dezembro de 2011, às 20h Nossa Senhora da Luz

Colação de Grau

13 de dezembro de 2011,às 9h

Baile

13 de dezembro de 2011,às 9h

Centro de Conveções

Centro de Conveções

Patrono Paraninfo Mestre de Cerimônia Oradores Juramentista Professores Homenageados Funcionária Homenageada Prof. André Gustavo de Araújo Barbosa

Adonias Magdiel Silva Ferreira

Flávia Cristina Silva Pereira

Edval da Cruz Ferreira Márcia Elisabete Sampaio Costa Flávia Cristina Silva Pereira

Adonias Magdiel Silva Ferreira Alexander dos Santos Dutra

Cláudia Mara de Almeida Zadra


Um dia a maioria de nós irá se separar. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos. Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, das vésperas de finais de semana, de finais de ano, enfim... Do companheirismo vivido. Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre. Hoje não tenho mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai pra seu lado, seja pelo destino ou por algum desentendimento, segue a sua vida, talvez continuemos a nos encontrar... Quem sabe nos e-mails trocados.


Um dia a maioria de nós irá se separar. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos. Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, das vésperas de finais de semana, de finais de ano, enfim... Do companheirismo vivido. Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre. Hoje não tenho mais tanta certeza


Um dia a maioria de nós irá se separar. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos. Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, das vésperas de finais de semana, de finais de ano, enfim... Do companheirismo vivido. Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre. Hoje não tenho mais tanta certeza


Um dia a maioria de nós irá se separar. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos. Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, das vésperas de finais de semana, de finais de ano, enfim... Do companheirismo vivido. Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre. Hoje não tenho mais tanta certeza


Um dia a maioria de nós irá se separar. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos. Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, das vésperas de finais de semana, de finais de ano, enfim... Do companheirismo vivido. Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre. Hoje não tenho mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai pra seu lado, seja


Um dia a maioria de nós irá se separar. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos. Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, das vésperas de finais de semana, de finais de ano, enfim... Do companheirismo vivido. Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre. Hoje não tenho mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai pra seu lado, seja

Maria Maria Maria Maria

Eduarda Eduarda Eduarda Eduarda

Figueira Figueira Figueira Figueira


Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza


Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza


Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza


Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza


Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza

Maria Eduarda Figueira Moraes Edmilson Leal de Souza Matilde Maria V. de Souza


Maria Eduarda Figueira Moraes Um dia a maioria de nós irá se separar. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos. Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, das vésperas de finais de semana, de finais de ano, enfim... Do companheirismo vivido. Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre. Hoje não tenho mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai pra seu lado. mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai pra seu lado, seja


Enfermagem  

Convite de enfemagem da turma ftc