Page 1

São José do Rio Pardo

19 de outubro de 2013

Ano 105

R$ 2,00

2.672

Mulher perde R$ 8 mil no golpe do bilhete REPORTAGEM

Já começaram as obras das 212 novas casas Na manhã do dia 12, a Prefeitura Municipal, a Secretaria de Estado da Habitação, a Caixa Econômica Federal e a construtora Quebec Engenharia realizaram o lançamento oficial das

obras de construção de 212 unidades habitacionais, referentes ao Condomínio Chico Xavier. A empresa já deu início aos serviços de terraplanagem do terreno. Página A-8 DIVULGAÇÃO

Polícia apreende revólver e drogas Foi preso na manhã do dia 17, na Vila Formosa, um homem de 34 anos acusado de tráfico de drogas e porte ilegal

de arma. Na ocasião foram apreendidos um Taurus calibre 38 com duas balas, balança de precisão para pesar dro-

gas, 947 pinos vazios, joias, chip de celular, bilhetes manuscritos, alguns gramas de crack e cocaína. Página A-7

DEC divulga classificação da prova prática Página A-19

Palhaça Rubra estará Justiça arquiva inquérito contra pastor na Casa de Cultura A Casa de Cultura e Cidadania de São José do Rio Pardo promoverá, no dia 22, às 15h30, o espetáculo da Palhaça Rubra,

com classificação livre. O evento, que é destinado a todas as idades, promete um show de alegria e gargalhadas. Página A-9

Em decisão datada do dia 28 de setembro, o juiz André Carlos de Oliveira, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Americana (SP), acolheu a manifestação do 3º promotor de Justiça daque-

la cidade, Sérgio Claro Buonamici, e determinou o arquivamento dos autos de inquérito policial instaurado contra Cláudio Fernando de Almeida (pastor Almeida). O juiz também determina

que continuem as investigações relativas ao inquérito policial aberto contra quatros indiciados, dentre eles Paulo Sérgio de Almeida (filho do pastor). Página A-3

Manjado, mas quase sempre eficiente, o golpe do bilhete premiado continua sendo aplicado em São José do Rio Pardo e, apesar dos avisos e notícias já divulgados, faz sempre novas vítimas. Uma senhora de 62 anos foi abordada no bairro Santo Antônio por uma mulher que dizia ter um bilhete de loteria premiado, mas precisava da ajuda de alguém para receber o dinheiro (R$ 100 milhões) porque, segundo ela, era analfabeta. A vítima ainda falava com a mulher quando um homem entrou na conversa com um papo bem convincente, e o golpe ganhou ares de “coisa séria”. Página A-7

DEC promove Unirock Rio Pardo na praça No dia 20 de outubro, a Prefeitura Municipal e o DEC promoverão a primeira edição do Unirock Rio Pardo, na Praça XV de Novembro, a partir das 15 horas. O evento é gratuito e aberto à população. Confira matéria sobre bandas que incentivam e mantêm viva a cultura do rock na cidade. Páginas A-10 e A-11


A-2 - 19 de outubro de 2013

Violência tem cor? A violência urbana continua fazendo com que negros sejam os mais expostos a assassinatos no Brasil. De acordo com dados do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), divulgados na manhã desta quinta-feira (17), a cada três assassinatos, dois são de negros. Com a soma da população das 226 cidades com mais de 100 mil habitantes, a possibilidade de um adolescente negro ser vítima de homicídio é 3,7 vezes maior em comparação com os brancos. Os dados fazem parte do artigo Segurança Pública e Racismo Institucional, feito por Almir de Oliveira Júnior e Verônica Couto de Araújo Lima, respectivamente pesquisador do Instituto e acadêmica da área de Direitos Humanos da UnB (Universidade de Brasília). Ao analisar o racismo institucional dentro das polícias, os autores conceituam o termo como sendo “o fracasso coletivo das instituições em promover um serviço profissional e adequado às pessoas por causa da sua cor.” A pesquisa ainda aponta que negros são maiores vítimas de agressão por parte de policiais do que brancos. A Pesquisa Nacional de Vitimização mostra que 6,5% dos negros que sofreram uma agressão no ano anterior à coleta dos dados pelo

IBGE, em 2010, tiveram como agressores policiais ou seguranças privados, na maioria dos casos, policiais trabalhando em horários de folga, contra 3,7% dos brancos. Na apresentação do trabalho, em entrevista coletiva na sede do Ipea em Brasília, o diretor da de Estudos e Políticas do Estado das Instituições e da Democracia (Diest), Daniel Cerqueira, apresentou outros dados que ratificam as conclusões da pesquisa sobre o racismo institucional. Segundo ele, mais de 60 mil pessoas são assassinadas a cada ano no Brasil, e “há um forte viés de cor/ raça nessas mortes”, pois “o negro é discriminado duas vezes: pela condição social e pela cor da pele”. Por isso, questionou Cerqueira, “como falar em preservação dos direitos fundamentais e democracia” diante desta situação? Para comprovar as afirmações, Cerqueira apresentou estatística demonstrando que as maiores vítimas de homicídios no Brasil são homens jovens e negros, “numa proporção 135% maior do que os não negros: enquanto a taxa de homicídios de negros é de 36,5 por 100 mil habitantes. No caso de brancos, a relação é de 15,5 por 100 mil habitantes”. A cor negra ou parda faz aumentar em cerca de 8 pontos percentuais a probabilidade de um indivíduo ser vítima de homicídio, indicam os dados

apresentados pelo diretor do Diest. Isso tem como consequência, segundo Daniel Cerqueira, uma perda de expectativa de vida devido à violência letal 114% maior para negros, em relação aos homicídios: “Enquanto o homem negro perde 1,73 ano de expectativa de vida (20 meses e meio) ao nascer, a perda do branco é de 0,71 ano, o que equivale a oito meses e meio.” O estudo revela que a segurança pública é uma das esferas da ação estatal em que a seletividade racial se torna mais patente. Para especialistas, o Estado deveria fornecer aos cidadãos, independente de sexo, idade, classe social ou raça, uma ampla estrutura de proteção contra a possibilidade de virem a se tornar vítimas de violência. Deveria. Contudo, a exemplo de tantas áreas neste País que necessitam de medidas urgentes e realmente efetivas, que provoquem uma mudança profunda no modo de pensar e de agir por parte dos Poderes Públicos e da própria população, a solução ainda está longe de ser encontrada. Enquanto isso não acontece, vamos assistindo a cenas de preconceito e de racismo num País que se autointitula o exemplo da democracia. Até quando? (Informações extraídas da página do Ipea)

coletti.imprensa@yahoo.com.br

Cadeia já para mensaleiros Os 13 condenados no processo do mensalão sem direito a um novo julgamento poderão ser presos ainda este ano, antes do recesso do Supremo Tribunal Federal, previsto para iniciar em 20 de dezembro. O presidente da Corte, ministro Joaquim Barbosa, anunciou que vai colocar em pauta ainda este mês os chamados ‘’embargos dos embargos de declaração’’, que servem apenas para esclarecer possíveis pontos dúbios do julgamento. Após esta etapa, as possibilidades de recursos estarão esgotadas para esses 13 réus e as penas já poderão ser aplicadas. A consequência normal é a expedição do mandato de captura, que será pedido pelo procurador–geral da República, Rodrigo Janot. Enquadram-se neste caso réus como o ex–deputado Roberto Jefferson (PTB –RJ) e os deputados Pedro Henry (PP –MT ) e Valdemar Costa Neto (PR –SP). Já os outros 12 réus, que receberam o benefício dos recursos infringentes, terão prazo até 10 de novembro para apresentarem seus recursos. Depois, a Procura-

doria–Geral da República terá prazo de trinta dias para manifestação sobre eles. O novo relator do mensalão, ministro Luis Fux, escolhido por sorteio, afirmou que o julgamento desses 12 réus estará concluido em abril ou maio do próximo ano. O ministro Marco Aurélio Mello defende a tese de que, além dos 13 réus sem direito a novo julgamento, os 12 réus condenados, que podem apresentar os recursos infringentes, devem também começar cumprir imediatamente parte das penas antes da análise dos próximos recursos. Isso porque eles foram condenados por diferentes crimes e não têm direito de recorrer a alguns dos atos lícitos. Ou seja, em relação às penas que não podem mais ser modificadas, os condenados podem cumpri-las já. Prevalecendo a opinião do ministro Marco Aurélio, os réus José Dirceu, deputados João Paulo Cunha e José Genoino e o ex–tesoureiro petista Delúbio Soares poderão passar o Natal encarcerados.

Feira Cultural A Escola Estadual Dr. Cândido Rodrigues promoveu nesta sexta-feira, 18, a Feira Cultural 2013 com o tema “Valores no Dia a Dia”. Da programação constaram apresentações dos alunos, minipalestras e exposições. Confira matéria completa na próxima edição de Gazeta. Agilidade, apesar da calamidade Durante o lançamento oficial das obras de 212 casas em São José do Rio Pardo, o secretário de Estado da Habitação, Silvio Torres, disse que está surpreendendo com a atuação da equipe do prefeito Santurbano. “Muito mais ágil do que poderia se esperar, levando em consideração a situação que a Prefeitura se encontrava em 31 de dezembro, praticamente uma calamidade pública. Mas o Santurbano, com sua equipe, perseverança, seriedade, honestidade e muito trabalho está fazendo com que o município esteja voltando ao ritmo normal, de pagar as contas em dia, receber novos investimentos, terminar obras inacabadas, tudo aquilo que o desenvolvimento de uma cidade prevê”, disse. ETE na Ilha Está em fase de testes, na Ilha São Pedro, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) que a Secretaria Municipal de Obras construiu, atendendo solicitação da Secretaria Estadual de Meio Ambiente. A obra, esteticamente ainda inacabada, foi praticamente a última solicitação feita no sentido de adequar o zoológico rio-pardense às normas do Ibama e da legislação ambiental em vigor. Antes dessa ETE os resíduos orgânicos produzidos na Ilha eram jogados diretamente no rio Pardo porque lá não existe rede pública, como ocorre no restante da cidade. O biólogo Carlos Eduardo Pinto é o responsável pelo zoo. Medição na ponte A Claro está realizando uma medição na ponte Adhemar de Barros (Ponte Nova), para saber quais os locais adequados para a passagem dos cabos de telefonia da empresa. Segundo o secretário de obras da Prefeitura Municipal, Cristiano Barella, como a ponte foi construída há muitos anos, não há mais registro de sua planta original e por este motivo é necessário realizar o trabalho de medição para saber os locais que podem ser cortados para a colocação de cabos ou canos. Barella informou também que a empresa irá ceder gratuitamente o resultado da medição para que a Prefeitura possa saber com segurança os locais por onde vão passar as tubulações do tratamento de esgoto do município. Interrupção de água O Departamento de Água e Esgoto de São José do Rio Pardo informa que, na próxima segunda-feira, dia 21, será interrompido o fornecimento de água das 7h às 11h nos seguintes bairros: Vila Pereira - Jardim Santa Tereza - Jardim Luciana - Jardim Margarida - Vila Brasil - Jardim Aeroporto. Será realizada uma intervenção elétrica na estação de tratamento de água central, para melhorias na rede elétrica e também para a realização de manutenção preventiva nos cabos, de alta tensão que alimentam os motores que abastecem estas regiões. Fórum Nacional Adriano Ribeiro da Silva está participando do 15° Fórum Nacional de Conselhos de Consumidores de Energia Elétrica, em Florianópolis (SC), como presidente do Conselho de Consumidores da CPFL e Presidente da ONG Grupo Amigos da Cidade. Na foto, Adriano com o empresário e velejador Vilfredo Schurmann.

Informações políticas DILMA X MARINA - Esta semana foi marcada por troca de farpas entre a presidente Dilma Rousseff e a ex–senadora Marina Silva. A presidente deu sinais que escolheu Marina como antagonista por reconhecer o estrago que ela poderá fazer nos seus planos de reeleição. Marina tem afirmado que é preciso acabar com a polarização entre PT e PSDB. O Brasil está cansado de ouvir falar de Lula e FHC. E que Dilma vem sendo chantageada pelo Congresso há quatro anos. SOLIDARIEDADE NA MIRA - A Policia Federal entrou em ação para apurar fraude em assinaturas na criação do Solidariedade, legenda articulada pelo deputado Paulinho da Força. Muitas pessoas foram ouvidas e parte delas negou ter assinado ficha de apoio apresentada à Justiça Eleitoral. Já se fala na abertura de processo para reavaliar a criação do Solidariedade. CLIMA ELEVADO – PMDB e PT continuam se estranhando na Câmara dos Deputados. Nesta semana a temperatura entre eles se elevou. O líder pemedebis-

ta Eduardo Cunha (RJ) acusou o líder petista Antonio Guimarães (CE) de traidor, de não cumprir acordos. Tudo por conta da decisão do PT de recusar votar a minirreforma política articulada pelo PMDB. Com mediação da presidente Dilma Rousseff, os pemedebistas votariam pela aprovação do Programa Mais Médicos – o que aconteceu na semana passada – e o PT aprovaria as mudanças políticas, o que não aconteceu esta semana. Daí as acusações do PMDB ao líder do PT. MAIS MUNICÍPIOS – O Senado aprovou o projeto que vai permitir a criação de pelo menos mais 188 municípios em todo o país. O projeto estabelece que, para se emanciparem, os distritos precisam ter uma população mínima de 6 mil habitantes nas regiões Norte e Centro –Oeste, 8 mil na Região Nordeste, e 12 mil nas regiões Sul e Sudeste. Será necessária também a realização de plebiscito, com a participação das populações envolvidas. O projeto agora vai à sanção da presidente da República.

Deixando o PT (I) O ex-candidato a vereador, professor Rafael Kocian, deixou o Partido dos Trabalhadores. Em mensagem enviada à Gazeta, ele explica que “esses 13 anos valeram a pena, porém, nem tudo sai como gostaríamos. No plano macro, o PT já não é mais o mesmo. Se antes o partido tinha sonhos e propostas, hoje parece ter mais desculpas e respostas prontas. O que era inaceitável passou a ser normal”. Deixando o PT (II) Kocian diz, ainda, que “no plano municipal, infelizmente alguns companheiros (agora ex) optaram por não ajudar o próprio partido nas eleições passadas. Não se trata de um fato isolado, mas sim de uma repetição de fatos que nos fazem pensar: esse é o caminho?”. E termina, dizendo que integrará outro partido político: “Desejo sucesso aos verdadeiros companheiros que ficam! A luta continua!”.

Destaques GASOLINA – Os consumidores poderão preparar o bolso. Ainda neste mês o preço da gasolina deverá ter um reajuste de 8%. A Petrobrás queria aumento de 13 %. PREVISÕES – O FMI reduziu a projeção de crescimento do Brasil em 2014 para 2,5 %. Será o menor crescimento entre os países emergentes – China, Rússia, África do Sul e Índia. Para 2013, a previsão foi mantida em 2 %. O Banco Central elevou a Selic em 0,5 ponto percentual para 9,5 % ao ano. Para novembro, a previsão é que a Selic chegue a 9,75 %. O Brasil, assim, volta a ter maior taxa de juros do mundo. FIM DE SUPERSALÁRIOS - A Câmara dos Deputados e o Senado decidiram agir para colocar fim à farra dos supersalários. Juntos, suspenderam, a partir deste mês, o pagamento da diferença que exceder o teto do funcionalismo público, que é de R$ 28 mil por mês. Serão atingidos pela medida 1.366 servidores da Câmara e 540 do Senado. A economia para

os cofres públicos será de R$ 87 milhões por ano. LEILÃO DE LIBRA - A maior licitação da história do Brasil ocorrerá semana que vem, quando será testado pela primeira vez o regime da partilha na exploração de petróleo e gás no país. A mais extensa reserva de petróleo e gás já descoberta no país - no Campo de Libra, na camada do pré-sal da Bacia de Santos - será disputada por consórcios formados por 11 empresas. PODER DA MÃE – O Senado aprovou projeto que autoriza mãe a registrar filho, mesmo se o pai estiver ausente ou não assumir a criança. MEU TABLET... – O governo incluiu forno microondas, moveis de cozinha, estante, rack e até tablet na lista de produtos que podem ser comprados pelos beneficiados do programa Minha Casa Melhor. Uma decisão com olhos nas eleições de 2014. HORÁRIO DE VERÃO – Logo mais, à meia noite deste sábado, adiante o seu relógio em uma hora. É o inicio do horário de verão, que irá até fevereiro.

GAZETA DO RIO PARDO é uma publicação semanal de GAZETA DO RIO PARDO LTDA, editada à Avenida Olinda Ralston, 411- Vila Formosa - Fone: (19) 3682-8879 - CEP 13.720-000 - São José do Rio Pardo - SP. Editor: Giselle Torres Biaco Redação: Giselle Torres Biaco e Eduardo Eron Colaboração: Fagner Nasser. Diagramação: Marco Antônio Cassucci. Departamento Comercial: Elisete Paduelli GAZETA na INTERNET: e-mail: redacao@gazetadoriopardo.com.br e-mail: publicidade@gazetadoriopardo.com.br e-mail: diagrama@gazetadoriopardo.com.br e-mail: reportagem@gazetadoriopardo.com.br e-mail: assinante@gazetadoriopardo.com.br http://www.gazetadoriopardo.com.br Circulação Aguaí, Caconde, Casa Branca, Divinolândia, Itobi, Mococa, São José do Rio Pardo, São Sebastião da Grama, São João da Boa Vista, Tapiratiba, Vargem Grande do Sul Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal e são de responsabilidade de seus autores.


19 de outubro de 2013 - A-3

Vereador pede Vila Dignidade para cidade Programa de moradias assistidas em vilas é destinado a idosos com baixa renda Durante a sessão ordinária de terça-feira, 15, na Câmara Municipal, constaram da pauta da Ordem do Dia vários projetos de Lei do Executivo, todos com requerimentos de urgência apresentados por vereadores e aprovados por unanimidade. “O prefeito solicitou desta casa créditos adicionais, mudanças de verba de uma pasta para outra”, explica o presidente da Casa, Reinaldo Milan. Vila Dignidade Dentre as várias indicações dos vereadores, uma delas foi um pedido do vereador Marco Antonio Gumieri Valério ao secretário de Estado da Habitação, Silvio Torres, para a instalação do programa Vila Dignidade em São José do Rio Pardo. “Temos totais condições de receber a Vila Dignidade, que é um conjunto habitacional específico para a Terceira Idade. São vilas pequenas, de 20 a 25 residências, especialmente voltadas a este público. Temos outros programas habitacionais para atender a população de maneira geral e em breve teremos outros anunciados para nossa cidade. Muitas

vezes a gente fala sobre direitos dos idosos e a gente fica muito no campo do discurso. É um projeto do governo do Estado que queremos trazer para beneficiar nossa população”, explica Caco. Aquário na Ilha Também de autoria do vereador Caco Gumieri, foi feita uma indicação ao secretário Estadual do Meio Ambiente solicitando a implantação de um aquário com espécies do rio Pardo, na Ilha São Pedro, como também um Museu de História Natural. “Temos um pessoal altamente competente coordenando os trabalhos lá. Conversando com o biólogo Carlos Eduardo Pinto ele comentou projetos que ele gostaria de ver implantados na ilha, com relação à presença de um aquário com espécies do rio Pardo e também um Museu de História Natural, que já existe até uma parceria com a Feuc. Então fizemos esses pedidos ao secretário de Estado do Meio Ambiente Bruno Covas, para que venham recursos para nossa cidade neste sentido”, informa o vereador.

Recapeamento O vereador Reinaldo Milan enviou requerimento ao Secretário de Estado dos Negócios Metropolitanos, solicitando providências para incluir trechos da SP207 nas obras globais do DER, que estão em processo de licitação. “Estou solicitando do secretário de Transportes, pedindo apoio do Silvio Torres e do prefeito Santurbano, para que seja incluído no projeto o trecho que vai até a usina Limoeiro. Ali tem um movimento grande de moradores e precisa de recapeamento”, diz. Pavimentação O vereador Marcelo Nogueira Rocha fez indicação ao prefeito solicitando a pavimentação da continuação da rua Paulo de Tarso, que tem início na rotatória ‘Bernardino Lopes’ e segue até a empresa Nestlé. “A quantidade de caminhões que a gente vê andando nas vias públicas centrais e no viaduto Moacyr de Ávila Ribeiro é grande, causando transtornos. Precisamos trabalhar para asfaltar e melhorar o acesso à Nestlé, acho que todos ganharão com isso”, justifica.

EM DIA COM O LEGISLATIVO Requerimentos Solicita ao Prefeito informações sobre: Gastos com combustível em veículos particulares a serviço do Banco do Povo; a ETA do Bairro João de Souza quanto à atuação da Cetesb; poços artesianos em nossa cidade; estudos para reformar cobrança de taxa de ambulante; especificações técnicas relativas à qualidade de pavimentação asfáltica; a Casa Abrigo. Solicita ao Prefeito encaminhar: Classificação de candidatos em concurso de 2011. Solicita ao Secretário de Estado dos Negócios Metropolitanos: Providências para incluir trechos da SP-207 em processo de licitação. Indicações Sugere ao Prefeito: Incluir no Orçamento de 2014 verba para a Associação dos Amigos da Orquestra Sinfônica de São José do Rio Pardo; implantar ponto de circular na Rua Joaquim Apolinário; instalar redutores de velocidade na Rua Hermenegildo Landini, no Bairro Santo Antonio; limpeza completa de córrego ao longo da Rua São Bernarado, no Jardim São Roque; a notificação de proprietário de terreno na Rua Carlos Botelho para a sua limpeza; pavimentar a continuação da Rua Paulo de Tarso, que tem início na rotatória ‘Bernardino Lopes’ e segue até a empresa Nestlé; a limpeza de bueiro localizado na Rua Coronel Alípio Dias; providências quanto à troca de lâmpada em ruas da cidade; rever o sistema do trânsito nas imediações da Avenida Perimetral, mais precisamente no acesso com semáforo ao Bairro Vila Verde, em virtude da interdição da ponte metálica; serviço de tapa-buraco na entrada da estrada que demanda à empresa Sinovo (SRP-20). Sugere ao Secretário Estadual do Meio Ambiente: A destinação de recursos para a implantação de um Museu de História Natural na Ilha São Pedro; a destinação de recursos para a implantação, na Ilha São Pedro, de um aquário com peixes originários do rio Pardo. Sugere ao Secretário Estadual de Habitação: A implantação do Programa Vila Dignidade, em nossa cidade.

Obra do esgoto O vereador Marcelo Rocha também encaminhou requerimento ao prefeito, solicitando informações sobre a obra do esgoto, se está ou não paralisada. “Na resposta, o prefeito diz que as obras não estão paradas, que os projetos es-

tão sendo executados e enviados. Portanto, sob a ótica do convênio a obra está em andamento, e o projeto executivo é parte da obra, então não existe risco de perdermos os recursos que estão disponibilizados para a construção da obra. O que existe é

que está em fase final de aprovação junto à Caixa Econômica Federal e ao Ministério das Cidades. Depois será aberta uma nova licitação para que seja realizada e terminada essa obra tão importante para São José do Rio Pardo”, explica o vereador.

DIVULGAÇÃO CDHU

Vila Dignidade: local é totalmente adaptado à Terceira Idade

Modificação do perímetro urbano terá audiência A alteração do perímetro urbano do município, proposta em projeto de lei em tramitação na Câmara, será discutida em audiência pública marcada pelo Legislativo no dia 29 de outubro, terça-feira, às 20 horas. É o projeto de lei nº 172, de 10/10/2013, que “Altera o perímetro urbano do município de São José do Rio Pardo”. Consta da mensagem do Executivo que o objetivo é incluir novas áreas, o que fica demonstrado na descrição e nos mapas que foram encaminhados em anexo, documentos que serão apresentados no encontro do dia 29. Após a discussão em audiência, poderão ser feitas emendas ao projeto, que entrará em deliberação após essa fase. A apreciação pública de projetos desse porte consta da legislação sobre o Plano Diretor, que prevê audiências e consultas públicas para avaliação das políticas urbanas.

Audiência pública sobre o PPA A Câmara marcou para o dia 5 de novembro, às 20 horas, audiência pública para tratar do PPA – Plano Plurianual de Investimentos, referente ao quadriênio 2014-2017. O PPA é instrumento de planejamento governamental de médio prazo, previsto na Constituição Federal para elaboração e execução pelo Poder Executivo. Por ele, a Administração Pública estabelece suas diretrizes, objetivos e metas para um período de quatro anos – no caso presente, de 2014 a 2017, e “organiza as ações de governo em programas que resultem em bens e serviços para a população”, conforme mensagem do Executivo anexa ao referido projeto. O texto está no Projeto de Lei nº 145, de 30 de agosto, que deu entrada na Secretaria da Câmara dia 30 de agosto e recebido em sessão a

3 de setembro. Os vereadores terão até dezembro para analisar o texto e submetê-lo à deliberação em sessão plenária (artigo 247 da Lei Orgânica do Município). Cumprindo a legislação, a Câmara está publicando na imprensa local convite à população para que participe da audiência para conhecer o documento e avaliar suas propostas. Contas da Prefeitura Encontra-se à disposição da população, na Secretaria da Câmara Municipal, a prestação das contas da Administração Municipal referente ao exercício de 2012. Qualquer interessado poderá compulsar a documentação, de segunda a sexta-feira em horário de expediente, solicitando-a à Secretaria, nos termos da Lei da Responsabilidade Fiscal. (Fonte: Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal)

Justiça arquiva inquérito contra pastor Em decisão datada do dia 28 de setembro, o juiz André Carlos de Oliveira, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Americana (SP), acolheu a manifestação do 3º promotor de Justiça daquela cidade, Sérgio Claro Buonamici, e determinou o arquivamento dos autos de inquérito policial instaurado contra Cláudio Fernando de Almeida (pastor Almeida). No documento, o Promotor menciona que Cláudio, “no momento da prisão estava na cidade de São José do Rio Pardo, nada de comprometedor, em especial parte do produto do roubo contra a L.C. Metais Reciclados Ltda., foi apreendida consigo”.

Diz, ainda, o promotor, que “o veículo F4000 de sua propriedade, usado no roubo, estava sob a responsabilidade de Benedito Damião de Freitas Neto, para quem emprestou, e não há nos autos indícios de que tenha participação do descarregamento de mercadorias na chácara da sogra desse último, sendo relevante mencionar que a vítima não reconheceu como de sua propriedade os bags de metais (cobre) apreendidos com Cláudio, inexistindo elementos que possam implicar na participação do crime descrito na denúncia (...).” Investigação continua Embora tenha arquivado

o processo contra o pastor, o juiz determina que continuem as investigações relativas ao inquérito policial aberto contra os indiciados Dorival da Silva, Mauro Celso da Silva, Paulo Sérgio de Almeida (filho do pastor Almeida) e Benedito Damião de Freitas Neto. De acordo com o juiz André Carlos de Oliveira, “a denúncia está amparada em inquérito policial, do qual se colhem elementos probatórios indiciários de ocorrência inequívoca do crime e de sua materialidade. Os indícios de autoria são fortes e nada existe que recomende a rejeição liminar da denúncia.”


A-4 - 19 de outubro de 2013

Cebola cai para R$ 8 o saco, na lavoura Esse é o valor pago na roça no dia 18, preço muito abaixo do custo de produção A maior parte dos produtores de cebola de São José do Rio Pardo e região deve ter tido prejuízo este ano. Ainda com um percentual significativo da safra atual por ser vendido, a cebola estava sendo negociada na roça a R$ 8,00 o saco de 45 quilos na sexta-feira, dia

Rotary Clube São José do Rio Pardo “Oeste” Fundado em 19/12/1971

18, preço muito aquém do necessário para dar lucro. Estima-se que o custo médio de produção este ano tenha ficado em R$ 11 ou R$ 12 sem a corta, ou seja, sem o gasto com mão de obra para cortar o produto e deixá-lo pronto para ser transportado pelos compradores. Com

Ano Rotário 2013/2014 Presidente: Luiz Ricardo Muradi Reuniões às quartas-feiras às 20h00

ROTARY “OESTE” e ROTARACT PROMOVEM ATIVIDADES NO DIA DAS CRIANÇAS Cerca de 120 crianças de um bairro popular de nossa cidade, ganharam festa no sábado (12/10), em comemoração ao Dia das Crianças. A atividade foi promovida pelo Rotary Club “Oeste” São José do Rio Pardo, que tem na presidência o companheiro, Luiz Ricardo Muradi. As crianças foram recebidas por monitores do Rotaract e voluntários (as) do próprio bairro, que comandaram as brincadeiras no pula-pula, tobogã inflável, passeios de trenzinho da alegria, entre outras atividades. Além das brincadeiras, as crianças receberam lanches, refrigerantes, saquinhos surpresas e muito carinho. O presidente do nosso Rotary “Oeste”, Luiz Ricardo Muradi, ressaltou o objetivo da atividade. “O Rotary é uma instituição reconhecida mundialmente pela prestação de serviços, sobretudo às comunidades carentes. Por isso, nosso objetivo neste sábado (Dia das Crianças) foi plenamente cumprido. Além de divulgarmos a campanha para a eliminação da Paralisia Infantil no mundo, proporcionamos momentos de recreação para que elas sentissem verdadeiramente a alegria de ser criança”, declarou. Confira, através das fotos, alguns momentos da nossa ação rotária!

esse adicional, o custo final pula para R$ 14 ou R$ 16 por saco. Alexandre Machitte, comerciante com barracão no Distrito Industrial, que compra cebola no município e em outras regiões, lamentou a cotação do produto na safra deste ano. Explicou que se ele está desvalorizado junto ao produtor, para os comerciantes também é muito ruim porque não conseguem preço de revenda e a margem de lucro, quando ocorre, é bem pequena e muitas vezes insuficiente para

quitar todos os gastos com empregados e viagens. Revendendo cebola basicamente para São Paulo e Rio de Janeiro, Alexandre comenta que houve outro fator que comprometeu bastante este período da safra atual: as chuvas. “A cebola nesta fase acaba ficando ‘cascuda’ quando recebe muita chuva, porque fica com muita terra grudada nela no momento da colheita”, explicou, afirmando ter sabido de uns quatro ou cinco agricultores que preferiram passar o trator por cima a arrancar a cebola da terra.

Para o comerciante, quem negociou sua safra até a segunda semana de setembro conseguiu uma margem muito pequena de lucro ou, no mínimo, empatou o valor gasto. “Mas depois disso, todos os produtores perderam dinheiro com a queda constante de preço, que caiu para 10 reais o saco, subiu alguma coisa após alguns dias e voltou a cair, estando em 8 reais agora”, detalhou. Alexandre apontou ainda, por fim, dois outros fatores que considera terem influenciado muito a

colheita: a mão de obra cara e nem sempre qualificada e a fiscalização feita pelo Ministério do Trabalho. “Há produtores que preferiram trazer mão de obra de Itobi ou de outros lugares próximos do que dar serviço aos daqui, por causa da qualidade do trabalho”, prosseguiu. “E a fiscalização rigorosa demais em alguns detalhes, como local coberto e confortavel para almoço ou itens de segurança nem sempre necessários para a atividade, assustou e desestimulou muitos produtores de cebola”.

Consórcio rural teve uma nova reunião Houve um novo encontro de agricultores rio-pardenses na noite de quarta-feira, 16, para a discussão da proposta de implantação de um consórcio de empregadores rurais em São José do Rio Pardo. Um dos objetivos do consórcio é que seus integrantes não incorram mais em multas quando da colheita de suas safras, como ocorreu este ano no município e em algumas cidades da região. O advogado Marcelo Nogueira Rocha, que está cuidando da parte jurídica para os interessados no consórcio, lembrou que há poucos dias uma comitiva local esteve em São Carlos para um contato com o Ministério Público do Trabalho e o Ministério do Trabalho. Os participantes da comitiva, que incluiu o secretário municipal da agricultura Nelson Vedovatto, voltaram otimistas quanto ao futuro consór-

cio ou condomínio, como também é chamado este instrumento jurídico. No encontro da última quarta-feira foi levantada a hipótese desse consórcio englobar também produtores de beterraba, cenoura e produtos congêneres, uma vez que a proposta inicial era apenas de um condomínio de cebolicultores. Houve um bom comparecimento de produtores e a grande maioria foi favorável à proposta do condomínio, como forma de racionalizar custos e de ter condições de fazer tudo segundo o previsto na legislação. Um dos pontos reiterados no encontro de quarta-feira foi novamente a questão de não mais utilizar mão de obra de menores de 16 anos. Outro ponto lembrado foi em relação à segurança e medicina do trabalho, envolvendo questões como E.P.I., local para almoço dos tra-

balhadores braçais, banheiros químicos, botas, chapéus, luvas, lugar para a guarda de veneno e outros itens obrigatórios ao serviço na roça, independente do tipo de produto que esteja sendo colhido. Marcelo Rocha lembrou também que os turmeiros ou trabalhadores braçais que estejam recebendo seguro-desemprego não podem trabalhar em qualquer colheita, assim como os aposentados por invalidez. “Se a pessoa é inválida, como é que está trabalhando? Caso seja flagrada pela fiscalização, ela poderá perder sua aposentadoria”, advertiu o advogado. “Também as grávidas não pod e m t ra b a l h a r, a s s i m como os menores de 16 anos”. Uma das vantagens do condomínio ou consórcio de empregadores rurais, nesse sentido, é que, quando do registro dos

trabalhadores braçais para início de alguma atividade na lavoura, a condição real de cada um será avaliada, evitando-se assim problemas como os que vêm acontecendo na esfera trabalhista. Marcelo frisou na reunião do dia 16 a necessidade de união e fidelização dos integrantes do condomínio, o qual, em sendo de fato implantado, requererá um contador e um gerente para cuidar de tudo. Para os trabalhadores braçais o consórcio também será uma boa iniciativa, segundo lembrou o advogado, explicando que dessa forma eles terão registro em carteira e, com isso, passarão a ter todos os direitos e deveres trabalhistas previstos na legislação em vigor. O próximo em encontro para dar prosseguimento no consórcio já deverá ter a documentação de todos os participantes. PUBLICIDADE

GRAÇAS À POPULAÇÃO DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO, NOSSA CIDADE TEM UM “CLUBE CAMPEÃO” Rotary “Oeste” é citado em matéria especial na revista Brasil Rotário A frase “Clube Campeão” está entre aspas porque não somos nós (do Rotary Oeste) que estamos dizendo isto; esta frase está escrita EM NEGRITO na Revista Brasil Rotário deste mês, referindo-se ao Rotary São José do Rio Pardo “Oeste”, presidido por Luiz Ricardo Muradi, devido a sua ação na campanha “O Maior Comercial do Mundo”, promovida pelo Rotary Internacional. É que o nosso “Oeste” de São José do Rio Pardo foi o clube do distrito 4590 que mais enviou fotos para a campanha END POLIO NOW (ou seja) ELIMINE A PÓLIO AGORA. Só para se ter ideia, das mais de 12 mil fotos enviadas para esta campanha pelo Brasil, 4.803 foram enviadas só pelo grupo de companheiros do “Oeste”. A REVISTA BRASIL ROTÁRIO (a principal publicação de Rotary no Brasil) com uma tiragem mensal de 59.000 exemplares se referiu ao nosso clube na reportagem intitulada “Brasil no Topo do Maior Comercial do Mundo” conforme transcrevemos a seguir: “CLUBE CAMPEÃO: É preciso destacar também o trabalho de um Rotary Club: o São José do Rio Pardo-Oeste, que sozinho tirou 4.500 fotos (atualmente 4.803) e enviou-as a Roberta (rotariana responsável pela Imagem Pública do Distrito 4590), contribuindo com praticamente metade das imagens que levaram nosso país ao topo do ranking”. E continua a matéria (agora com destaque em tarja vermelha): “Faça como o Rotary Club de São José do Rio Pardo-Oeste, vá para as ruas, explique às pessoas a importância de erradicarmos mundialmente a poliomielite e peça para que elas se deixem fotografar para o comercial”. É assim que se vive Rotary! Com trabalho, dedicação, empenho e, sobretudo, UNIÃO DE TODOS OS COMPANHEIROS! Rotary é companheirismo, Rotary é prestação de serviços à comunidade, Rotary é doação do tempo, do talento e do trabalho de cada companheiro em prol dos mais necessitados! Ser Rotariano é viver intensamente e todos os dias a “Prova Quádrupla”: 1 º) É A VERDADE?; 2º) É JUSTO PARA TODOS OS INTERESSADOS?; 3º) CRIARÁ BOA VONTADE E MAIORES AMIZADES?; 4º) SERÁ BENÉFICO PARA TODOS OS INTERESSADOS?. POR: COMPANHEIRO LUIS HENRIQUE ARTIOLI TOBIAS VIVER ROTARY! TRANSFORMAR VIDAS!


19 de outubro de 2013 - A-5

Casas foram invadidas no fim de semana Pessoas correm o risco de serem impedidas de participar de outros programas As pessoas que invadiram algumas casas do programa Minha Casa, Minha Vida (conjuntos habitacionais Rio Pardo e São José), no último fim de semana, correm o risco de serem impedidas de participar de qualquer outro programa habitacional. A informação é da secretária de Assistência e Inclusão Social, Rosângela Tinti Lopes. “Quem invadiu a casa e for identificado corre o risco de não ser mais contemplado em programas habitacionais, porque se entende que ele tomou uma decisão individual de resolver um problema de forma errada. A invasão é uma saída individual, nós estamos aqui para garantir um direito habitacional de

uma forma democrática. Temos mais dois programas que estão para acontecer, queremos realmente garantir o direito habitacional a todas as famílias que precisam, só que de uma forma organizada. A invasão é uma coisa que fere os princípios democráticos”, diz. Ela explica que a casa é do proprietário que assinou contrato com a Caixa Econômica Federal e, inclusive, já recebeu as chaves. “Como qualquer casa, se alguém invadir, ele deve elaborar um Boletim de Ocorrência e procurar o Ministério Público para ter a reintegração da sua casa. Este é o caminho.” As 262 famílias contempladas neste programa ha-

bitacional participam de um projeto social. “O contrato social junto ao condomínio tem uma duração de 12 meses. Já tivemos três reuniões e teremos outras para organizar o condomínio. A gente tem orientado que se por alguma razão a pessoa que pegou a casa entende que não é um lugar que ela gostaria de morar, que não é a casa que gostaria de ter, que tenha a honestidade de vir e devolver a casa, porque temos uma lista de suplentes. Temos gente desesperada precisando”, comenta Rosângela. Ela diz que, desde o início, as famílias foram orientadas a ocupar rapidamente suas casas. “As pessoas estavam se organizando, alguns vêm

da zona rural. A gente não consegue compreender essa posição de quem invade.” Segundo a secretária, foi informado às famílias que até 10 de outubro seria o prazo para alienação do imóvel no cartório, razão pela qual elas podem ter entendido que a data seria o prazo para a mudança. “Houve esse entendimento que se até 10 de outubro os proprietários não mudassem, haveria esse movimento de invasão.” Venda ou aluguel Sobre as informações que chegaram à redação de Gazeta, de que algu-

mas pessoas contempladas já colocaram sua casa à venda, ou para alugar, Rosângela diz que tudo será encaminhado à Caixa. “Se isso for comprovado, essas pessoas correm o risco de perder as casas. Para nós, da equipe, que estamos aqui para garantir um direito habitacional, é extremamente desgastante, porque essas casas são feitas com subsídio do governo federal, então houve toda uma parceria do Estado, do município, e governo federal para que essas prestações ficassem tão baixas. Vender ou alugar significa que

a pessoa quer usar de um programa habitacional para baixíssima renda e fazer uma especulação imobiliária em cima. É um equívoco muito grande, porque as casas são para famílias terem dignidade, um lugar para morar. É inadmissível a venda, o aluguel ou a permuta. A denúncia será encaminhada à Caixa para que seja feita a reintegração de posse, porque é proibido vender, permutar, alugar, está no contrato. A casa é da pessoa a partir do momento em que ela quitar todo seu financiamento.”

Jefferson Rueda é eleito Emeb fez palestra sobre o Chef do Ano em SP prevenção contra drogas

A Escola Estadual Sylvia Portugal, do Sitio Novo, realizou uma palestra sobre drogas lícitas e ilícitas aos alunos, no mês passado. O palestrante foi Norival Missura, também conhecido por Amendoim, que trabalha com recuperação de dependentes químicos em uma clínica de São José do Rio Pardo. O evento teve o apoio da diretora Elizabete P. Zanata, sendo uma iniciativa interdisciplinar que envolveu Rita Luciana Zane e os professores das áreas de Linguagens e Ciências da Natureza. Norival Missura relatou suas experiências negativas com o uso das drogas, o prejuízo para com a saúde e a perda da dignidade que o vício de entorpecentes provoca. Mostrou aos alunos que existem várias opções que trazem alegria e felicidade sem passar pelas drogas, que ele lembrou ser um caminho sem volta. O palestrante relatou que, depois de muita luta, dor e tristeza, conseguiu deixar o vício e passou a dedicar sua vida a Deus e ao trabalho comunitário em prol do próximo.

Norival Missura (Amendoim) falou sobre sua experiência com drogas aos alunos e como se recuperou do vício

Hoje Missura tem uma família e faz parte de uma igreja na qual procura levar palavras de incentivo e conforto para as pessoas, compartilhando ainda as suas experiências em escolas e comunidades, nas quais seu objetivo maior é a conscientização de todos, principalmente os mais jovens, quanto aos malefícios causados pelo vício. Foi lembrado no evento que a escola tem um papel fundamental no desenvolvimento sadio dos jovens, pois contribui desde cedo para a formação de uma sociedade mais consciente. Também foi citado que a prevenção ao uso de dro-

gas é uma atitude a ser adquirida desde a infância e promovida durante toda a vida. Assim, o papel da escola na prevenção é educar crianças e jovens a buscarem e desenvolverem sua identidade e subjetividade, promovendo e integrando a educação intelectual e emocional, incentivando a cidadania e a responsabilidade social, bem como garantindo que eles incorporem hábitos saudáveis ao seu cotidiano. Segundo a escola, houve grande envolvimento e participação por parte dos alunos e professores e o projeto foi finalizado, tendo alcançado seu objetivo.

TRABALHE CONOSCO!!! ASSESSOR(A) COMERCIAL Segundo Grau Completo; l Disponibilidade de horários;

l

OFECEMOS: l l l

Salário Fixo + Comissão + Ajuda de Custo Treinamento; Ascensão Profissional;

Os interessados deverão comparecer pessoalmente para a entrega de currículo de Segunda(21/10) à Sexta(25/10), das 09:00 as 18:00 horas, à Rua Ananias Barbosa, 334 Centro São José do Rio Pardo

O chef (rio-pardense) Jefferson Rueda foi eleito, na noite de quinta-feira, 17, o Melhor Chef do ano durante a premiação Comer & Beber 2013, realizada pela revista Veja São Paulo na capital paulista. Jefferson é proprietário do restaurante Attimo. A edição especial “Comer & Beber” de Veja São Paulo premia há dezessete anos os melhores estabelecimentos paulistanos. Na oportunidade, foram revelados os restaurantes, bares e endereços de comidinhas e vinhos que se destacaram nos últimos meses na cidade. Cinco jornalistas especializados da revista escolheram os vencedores em 42 categorias, entre elas, as de melhor chef, chef revelação, barman do ano, sommelier e restaurateur. A premiação, conduzida pela atriz Marisa Orth, teve início às 21h30 e contou com participações da cantora Fafá de Belém, de Maurício de Sousa (apresentado por Marisa como “o pai da Magali”), do ex-

jogador de basquete Oscar Schmidt, da modelo Fernanda Motta, do cantor Jair Oliveira e de outras personalidades. O chef espanhol Joan Roca, do El Celler de Can Roca, eleito o melhor restaurante do mundo no ranking da revista inglesa Restaurant, foi convidado ao palco para abrir a cerimônia. O guia gastronômico mais aguardado da capital, que chega às bancas neste sábado (19), vem com 596 páginas e exibe uma relação de mil endereços espalhados pela cidade: 450 restaurantes, 300 estabelecimentos de comidinhas, 200 bares e 50 casas de

vinhos. O ano foi marcado por um índice alto de renovação entre os vencedores, o que rendeu boas surpresas durante a festa. Em cinco meses de apuração, os jornalistas circularam por 1.268 casas, não se identificaram e tiveram todas as refeições pagas por Veja São Paulo (a conta ficou em exatos 154.229 reais), o que garantiu a total confiabilidade do resultado. Os leitores também participaram: desde julho, escolheram seus preferidos nas mesmas 42 categorias da crítica especializada, em votação no site da revista. No total, foram somados perto de 600.000 votos.

Grupo de Tabagismo do no Vale do Redentor foi iniciado Teve início neste mês o Grupo de Tabagismo da Estratégia de Saúde da Família (ESF), do Vale do Redentor, formado inicialmente por 10 integrantes e conduzido pelo médico Romano Cassole e pela psicóloga Arlete Ferrari. A proposta do Grupo é fazer encontros semanais, nos quais a troca de experiência torna a abordagem mais eficiente, com os fumantes recebendo informações sobre os riscos do tabagismo e os benefícios

de se parar de fumar. Além disso, os integrantes são estimulados ao autocontrole para que aprendam a escapar do ciclo da dependência do tabaco, tornando-se agentes de mudanças de seu próprio comportamento. Romano Cassole explicou que, em alguns casos, o fumante que deseja parar de fumar poderá ter apoio medicamentoso. “Estamos muito felizes com a adesão de pessoas que querem parar de fumar e temos uma

lista de espera de cerca 50 pessoas interessadas em participar dos próximos grupos”, informou. Para a formação do Grupo de Tabagismo da Estratégia de Saúde da Família os condutores do programa receberam capacitação no Cratod – Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas – um serviço da Secretaria de Estado de São Paulo. Em breve o programa será iniciado também no ESF do Carlos Cassucci.


A-8 - 19 de outubro de 2013

Já começaram as obras de 212 novas casas Lançamento oficial aconteceu no último sábado e a terraplanagem já foi iniciada

REPORTAGEM

Na manhã do dia 12, a Prefeitura Municipal, a Secretaria de Estado da Habitação, a Caixa Econômica Federal e a construtora Quebec Engenharia realizaram o lançamento oficial das obras de construção de 212 unidades habitacionais, referentes ao Condomínio Chico Xavier. “É um momento importante, principalmente para as pessoas que pagam aluguel, vivem de favores, e até em situações de risco. É uma das etapas do nosso governo que é atender o máximo possível, até o final dos quatro anos, a população carente de moradia própria. Quero parabenizar o secretário de Estado da Habitação, Silvio Torres, que tem dado um apoio muito grande para essas conquistas e já temos outras pela frente, já bem adiantadas, que nós vamos informar a população no momento exato. São mais casas que vão de encontro à necessidade da população”, disse na ocasião o prefeito João Santurbano. Segundo ele, as obras terão a fiscalização da Prefeitura. “Vamos fiscalizar para que as obras saiam a contento e que tenhamos um conjunto habitacional muito bem feito e que tra-

ga segurança para a população. Não adianta fazer casas sem segurança.” Santurbano explicou que as obras serão iniciadas pela construção de um reservatório de água. “Você tem que começar daquilo que é fundamental, a água. Não adianta construir casas se não tem água, se não tem acesso. O que ocorreu nos dois conjuntos entregues há pouco tempo é que não foi feita estrutura nenhuma, tivemos que correr e graças ao secretário Silvio Torres conseguimos o recurso de quase R$ 2 milhões para colocar água naquela região”, disse. Presente ao lançamento, o secretário Silvio Torres disse que São José do Rio Pardo é um município que cresce e que o problema de moradia é sério. “Praticamente toda a população mora na zona urbana, as famílias querem continuar na cidade. Agora a moradia acessível é um problema seríssimo. Recurso para moradia existe por meio de financiamentos nos bancos, mas isso é para quem tem capacidade de pagar um financiamento, uma prestação maior. O governo do Estado de São Paulo destina R$ 2 bilhões por ano para

construir moradia popular e ajudar a população que mais precisa. São os que não conseguem por si só ter a sua moradia, e do padrão que a CDHU constrói. Um exemplo é o Dionysio Guedes Barreto.” Parceria O secretário Silvio Torres lembrou que, além da CDHU, existe uma importante parceria com o programa Minha Casa Minha Vida. “O governo de São Paulo, para ajudar a viabilizar alguns programas para quem ganha até R$ 1.600 de renda, entra com um dinheiro extra para poder fazer acontecer o programa. Porque ele tem uma verba que muitas vezes não interessa para os empreendedores da iniciativa privada. Então o governo de São Paulo coloca esse dinheiro e, com isso, viabiliza fazer uma casa do padrão CDHU. É o que vai acontecer aqui, nesse empreendimento de 212 casas.” Para o novo condomínio, o governo de São Paulo está aportando recursos orçamentários de cerca de R$ 3 milhões sem nenhuma contrapartida. “O João Santurbano está atrás de outras parcerias de empresas e estamos

Planta do condomínio é analisada no local

de portas abertas para atender São José do Rio Pardo, assim como atendemos toda região e todo estado. Fico feliz por participar de um empreendimento na minha área”, conclui o secretário. Início das obras Cirilo Sauggi, um dos proprietários da Quebec Engenharia, que está à frente do empreendimento, disse que a empresa está começando com a terraplanagem da área. “Temos um reservatório elevado na parte superior da área que é o ponto de partida da obra e uma estação de tra-

tamento de esgoto, para suprir as necessidades do conjunto habitacional e da região.” Ele classificou o projeto como “espetacular”. “Teremos um projeto popular espetacular, com recursos do programa Casa Paulista, trazidos com muito esforço pelo secretário Silvio Torres. Temos que enaltecer também o empenho do prefeito para efetivação do conjunto. São casas de mais de 50 metros quadrados com esquadrias de alumínio. Casas bem acabadas, com aquecimento solar. A expectativa é de que o conjunto valorize muito

a região da cidade e quem for contemplado com essas casas ficará muito satisfeito também.” De acordo com Sauggi, o cronograma, a partir de 1º de novembro, é de 15 meses. “Estamos fazendo um esforço tremendo, a pedido do prefeito, para concentrar a mão de obra na cidade, mas há trabalhos específicos para os quais teremos que trazer a mão de obra. Fomos muito bem recebidos em Rio Pardo, o que aumenta nossa responsabilidade em fazer uma obra ainda melhor”, concluiu.

Agricultura continua recuperando estradas rurais A Prefeitura Municipal, através da Secretaria da Agricultura, está dando continuidade à recuperação e manutenção das estradas rurais do município. Segundo o secretário de agricultura Nelson Vedovato, algumas dessas estradas ficaram os quatro anos da administração anterior sem receber manutenção adequada por parte da Prefeitura, resultando em problemas mais difíceis e demorados para serem solucionados agora. Vedovato lembrou que São José do Rio Pardo possui 600 quilômetros de estradas rurais e a Secretaria da Agricultura tem procurado refazer todos os pontos e retornar aos locais por onde já havia feito obras de recuperação e manutenção. “Esta semana estamos com três frentes de trabalhos na região do Barreirinho, sendo uma nas estradas próximas à Fazenda Santa Marta, descendo para o rio do Peixe, outra na Região da Barca e ainda na estrada da Fazenda Fortaleza”, comentou. “Na estrada da Fazenda Fortaleza fizemos também a recuperação de uma ponte que havia caído”. A região do Barreirinho, segundo ele, é muito grande e por este motivo os trabalhos levam mais tempo para ser concluídos. Se o tempo ajudar, na próxima semana ele acredita que a equipe da Prefeitura fará a região da Santa Maria das Torres e uma ponte na Fazenda São José da Barra, na divisa de Itobi,

em parceria entre as prefeituras das duas cidades. Ponte Metálica A empresa responsável pela restauração e reforma da Ponte Euclides da Cunha já deu início aos trabalhos. Para a próxima etapa, segundo o secretário de Obras Cristiano Barella, a empresa aguarda a liberação dos equipamentos necessários e especiais à elaboração dos serviços, com as devidas qualidade e segurança que o serviço exige. Como estes equipamentos são locados, a construtora está esperando eles serem desocupados para utilizá-los na restauração. Conforme já foi divulgado pelo jornal, o prazo para a conclusão dos serviços é de seis meses, mas a empresa está muito empenhada em terminar a restauração antes disso. “É importante lembrar que o tráfego está interrompido somente para veículos, mas liberado para ciclistas e pedestres”, concluiu Barella. Reforma da Emeb Nesta semana foram iniciadas as reformas da Emeb N.S.Loreto. A empresa responsável pela obra está fazendo o serviço de terraplenagem para a construção das duas novas salas de aula. Segundo o prefeito João Santurbano, a Prefeitura vai utilizar recursos próprios para a ampliação e reforma da escola. Atualmente o salão da igreja do Loreto está sen-

REPORTAGEM

do usado, de forma improvisada, como sala de aula. “Com a construção das novas salas de aula vamos poder atender cerca de 50 crianças, já para 2014. Também faremos a cobertura da quadra para que os alunos possam fazer atividades extraclasse com mais conforto”, disse o prefeito, informando ainda que a empresa responsável pela obra comprometeu-se a concluí-la até o final de dezembro. Reservatório As obras do novo reservatório que está sendo construído no morro do Cristo, no Vale do Redentor, estão em pleno andamento. Iniciadas há 50 dias, aproximadamente, estão agora na fase da colocação de laje e esta etapa deve ser concluída em três meses. Santurbano lembra que a região do Vale do Redentor cresceu muito nos últimos anos, fazendo com que o abastecimento de água ficasse comprometido, com a falta da água. “Conseguimos, através do

Caminhão e trator trabalham na Emeb: duas novas salas de aula serão construídas no local

secretário de habitação Silvio Torres, a liberação de cerca de R$ 1,6 milhão para a construção do reservatório, com capacidade de um milhão de litros de água tratada e também duas adutoras. Uma adutora está quase pronta e a outra está aguardando a chegada do material para que a empresa responsável dê início à obra. Foi uma grande conquista a liberação desta verba pelo Governo do Estado para esta importante obra, que vai resolver o proble-

ma de abastecimento de água em toda aquela região por muitos anos”, afirmou João Santurbano. ESF do Vale As obras do ESF do Vale do Redentor foram retomadas nesta semana. Santurbano lembrou que o posto foi inaugurado em 2012 sem estar concluído e com dívida a ser quitada junto à construtora. Originalmente a obra seria para um Centro de Múltiplo Uso, mas foi direcionada para ser utilizada como ESF.

Para que isso fosse possível foram feitas alterações e adaptações no projeto de acordo com as exigências da Vigilância Sanitária, que somente aprovou o projeto este ano. “Com a aprovação do projeto pela Vigilância Sanitária, de São João da Boa Vista, efetuamos o pagamento de parte da dívida deixada pela administração passada e negociamos o restante com a construtora, que se comprometeu a finalizá-la até o final de novembro”, concluiu o prefeito.

REPORTAGEM

O reservatório entra agora na fase de colocação de laje, etapa que deve demorar três meses

Obras do ESF Vale do Redentor foram retomadas nesta semana

REPORTAGEM


19 de outubro de 2013 - A-9

Palhaça Rubra estará na Casa de Cultura A Casa de Cultura e Cidadania de São José do Rio Pardo, projeto sociocultural viabilizado pela Lei Rouanet, do Ministério da Cultura, patrocinado pela AES Tietê e realizado pelo Instituto Agires, promoverá, no dia 22, às 15h30, o espetáculo da Palhaça Rubra, com classificação livre. Rubra é a personagem principal da apresentação de improviso e música, que utiliza a linguagem cênica e da palhaçaria. O show busca inspiração na plateia para as composições musicais e coreografias. Além da palhaça, o baterista Chico Valle – conhecido como Gorila – e o guitarrista Álvaro Lages – também chamado de

Pelanca, o Mágico Charlatão – trarão um show de alegria e muitas risadas para os espectadores. A cumplicidade entre o público e a banda trará o tom às canções e ao improviso das coreografias neste espetáculo voltado para todas as idades e gostos.

A Faculdade Euclides da Cunha – Feuc, de São José do Rio Pardo, recebeu na semana passada alguns dos integrantes do projeto Circuito Cultural 2013 para uma palestra, que foi ministrada pelo articulador Marco Edson e pelo arteeducador de São Paulo Felipe Melillo. Foi a primeira vez que a equipe apresentou uma mostra de curtas e explicou um pouco mais do projeto para alunos do ensino superior. A palestra começou com a introdução de Marco Edson, explicando os detalhes do projeto Circuito Cultural,

seguido por Felipe Melillo, que realizou uma oficina focada para os alunos das turmas de administração, educação física e pedagogia. Ao final, foram mostrados alguns curtas do projeto, e três alunos da faculdade também apresentaram um curta produzido por eles. Na ocasião, a equipe convidou os presentes para participação na exibição final de São José do Rio Pardo, que acontecerá no dia 14 de novembro, às 19h30, no Epidauro. “Agradecemos a todos da Feuc, que nos receberam

Em Caconde A Casa de Cultura de Caconde realizará a Mostra de Teatro com o espetáculo “Até o Sol Raiá”, no dia 23 de outubro, às 19h. A peça é um conto de fantasia e de celebração ao imaginário nordestino. A trama conta a história de personagens criados por artesãos, a partir do

barro, que ganham vida e agitam uma vila de sertanejos em uma noite de festa. A apresentação fará referências aos principais ícones culturais do Nordeste brasileiro: cangaço, literatura de cordel, forró e artesanato. Toda a concepção do espetáculo partiu dos alunos do curso de teatro da unidade de Caconde. Aruanã A Cia. Cênica Aruanã, viabilizada pela Lei Rouanet, do Ministério da Cultura, patrocinada pela AES Tietê e realizada pelo Instituto Agires, com apoio da Casa de Cultura e Cidadania, apresentará o espetáculo “Sabe, aquele dia...”, também em Caconde, dia 24, às

15h. Por meio do diálogo entre o circo, o teatro e a dança, a apresentação traz cenas do cotidiano contadas de forma lúdica e criativa e busca chamar a atenção para situações e personagens muitas vezes ignorados no dia a dia. Nessa perspectiva, a Cia. Cênica Aruanã optou por criar os espaços de encenação com cadeiras e objetos que também são invisíveis pela obviedade do uso. Formada por jovens alunos da Casa de Cultura e Cidadania da cidade, a Cia. Cênica Aruanã trabalha as linguagens de circo, teatro e dança e promove aulas de conhecimento geral e cultura para os artistas selecionados.

DIVULGAÇÃO

Espetáculo para todas as idades promete show de alegria e muitas gargalhadas

Cena do espetáculo “Até o Sol Raiá”

Unimed fará a Feira da Feuc recebe palestra do projeto Circuito Cultural Saúde neste sábado DIVULGAÇÃO

Palestra do Circuito Cultural 2013, na Feuc

muito bem, principalmente a diretora Liliana Magalhães Nogueira Bello e a professora Eliana, que contribuí-

ram para que a palestra fosse sensacional”, disseram Marco Edson e Felipe Melillo.

Com o lema “Gerando saúde prevenindo doenças”, o Departamento de Medicina Preventiva da Unimed Rio Pardo estará realizando neste sábado, 19 de outubro, na Praça XV de Novembro, a já tradicional Feira da Saúde. O evento é gratuito e destinado a toda população. Uma equipe da Unimed composta por enfermeiros e nutricionistas estará aferindo a pressão arterial das pessoas que lá comparecerem, medindo a glicemia capilar e também o índice de massa corpórea (IMC).

“Cuide da sua saúde, compareça na praça da Matriz e leve sua família para realizar gratuitamente os procedimentos disponíveis”, diz um comunicado da Unimed sobre o evento, que terá início às 9 horas e terminará às 13 horas. E no dia 26 de outubro acontecerá a Caminhada da Saúde Unimed, que será orientada por educador físico, em evento também aberto a toda a população. O horário e o local de saída e de chegada serão divulgados na próxima edição.


A-10 - 19 de outubro de 2013

DEC promove Unirock Rio Pardo na praça GISELLE TORRES BIACO No dia 20 de outubro, a Prefeitura Municipal e o DEC promoverão a primeira edição do Unirock Rio Pardo, na Praça XV de Novembro (em frente à fonte luminosa), a partir das 15 horas. O evento é gratuito e aberto a toda população. O Unirock é um minifestival com três bandas locais que se apresentarão

Quatremeio A banda Quatremeio, com este nome, existe há cinco anos, mas já está há mais de 10 na ativa. “Já foi Entropia, Tilt, Os Certões e outros”, informa o guitarrista Kleber Gargitter. Os quatro integrantes do grupo, segundo ele, não vivem da música. “A banda é hobby, mas os cachês ajudam a financiar a estrutura que precisamos para ensaios e shows. É um hobby que levamos muito a sério. A ideia é semiprofissionalizar”, diz. A atual formação da Quatremeio conta com o advogado Fernando Cônsolo na bateria, o publicitário Kleber Gargitter na guitarra solo, o empresário de TI Guto Carrato, no baixo e no vocal, e o fotógrafo Adriano Mansano na guitarra base e no

ao vivo com repertório variado, que vai desde o pop rock nacional até os clássicos do rock mundial. A ordem e os horários de entrada das bandas serão os seguintes: das 15h00 às 16h30 - Banda Statuss (pop rock nacional); das 16h50 às 18h20 - Banda Tertúlia (pop rock internacional); das 18h40 às 20h10 - Banda Quatremeio (rock clássico).

“Fomos procurados pelo Kleber Gargitter para fazer o Unirock, que era um projeto que ele já tinha há algum tempo. Não tem palco, é bem underground, fora dos padrões comuns. Você que gosta de um bom rock está convidado a ver estas três bandas que irão se apresentar. Temos aqui na cidade várias bandas. A Todas as Tribus começou todo um

vocal. O estilo musical da banda sempre foi rock clássico, como Cazuza, David Bowie, Paralamas, Pink Floyd, Red Hot Chilli Pepers, Capital Inicial, Creedence e outros. O grupo ensaia todas as terças-feiras em estúdio de propriedade do baterista Fernando. “Durante a semana tiramos as músicas

ou algum detalhe que falta para, no ensaio, estarmos prontos para tocar”, complementa Kleber. Para ele, aos poucos o cenário de rock está voltando no município. “O esforço da banda é justamente neste sentido. Com o apoio do DEC e de bares como a Taberna do Rock, a gente vai conquistando nosso espaço.” DIVULGAÇÃO

Rock clássico é a especialidade da banda Quatremeio

projeto do Luau, junto com o João Dimas, que é um garoto sensacional, e agora estão aparecendo outras bandas. Com certeza surgirão outras parcerias”, comenta Lúcia Vitto.

Pratas da casa São José do Rio Pardo é uma cidade privilegiada em termos de talentos musicais. Além dos grupos de variados estilos que já se mantêm

profissionalmente, o município conta com inúmeras “bandas de garagem”, especialmente aquelas especializadas em rock e suas variações.

Maverick A banda Maverick foi fundada em novembro de 2011 pelo vocalista e guitarrista Gabriel Sernaglia, juntamente com o baterista Gustavo Polississo, baseando seu som “Thrash” e nome no motor do lendário carro da Ford, o Maverick. A banda tem participado e se destacado nos principais eventos da região Sudeste/SP e Sul/ MG e já tocou ao lado de bandas renomadas como Project46, Matanza e Torture Squad. Atualmente está gravando o seu primeiro CD Demo intitulado “Shadows Inc”. O lançamento está previsto para o final de novembro deste ano e contará com cinco faixas. A Maverick é composta dos músicos Gabriel Sernaglia (guitarra e vocais), Caio Henrique (guitarra), Lucas Silva (baixo e backing vocais) e Gustavo Polississo (bateria). O grupo explica que os integrantes da banda têm outras profissões. “Ainda não podemos considerar a banda como

A Maverick está gravando o seu primeiro CD Demo, o “Shadows Inc”

uma fonte de renda, porém ela não é apenas um hobby, na verdade, nós a consideramos como um investimento.” Os ensaios acontecem semanalmente aos sábados, mas podem ocorrer durante a semana, dependendo da agenda de shows. Segundo eles, o estúdio próprio está em construção, e atualmente os ensaios são feitos no bar Taberna do Rock. O grupo afirma que, apesar de o rock não figurar

entre os três estilos musicais mais ouvidos no Brasil, é o que reúne o público mais seleto dentre todos eles. “Quem curte é porque realmente gosta do som, aprecia as letras, segue uma ideologia de ser diferente da maioria. E o que nos alegra muito é ver que após muitos anos ‘apagada’ a cena do rock/metal tem consolidado uma união muito forte na nossa região, e no que depender da Maverick essa união crescerá cada vez mais!”


19 de outubro de 2013 - A-11

a e bandas locais revelam estilos diversos Todas As Tribus João Dimas Zerbini, que também integra a banda ‘Todas as Tribus’, explica que a ideia surgiu quando chamou o Jairo (baterista) pra montar uma banda de tributo à Legião Urbana, em novembro de 2012. “Chamamos o Diego Sapateiro (baixo) pra fazer o som com a gente e a banda acabou tomando um caminho legal, de fazer show em bares da região, em festas e eventos de rock. Chegou um momento em que as ideias do Diego não estavam mais casando com a ban-

da, então foi a vez do Ski (baixo) vir fazer parte do bando. Nessa formação, tivemos a ideia de fazer o Luau do Cristo, deu tão certo que acabou rolando três edições, onde também pudemos contar com a participação de vários amigos músicos da cidade, entre eles Digo Policiano e o percussionista Paulo Gardin, que ajudaram muito com esse projeto”, diz. Atualmente, a banda tem em sua formação João Dimas (guitarra e voz), Jairo (bateria) e Thiago Ski (baixo), e segue o estilo rock nacional, especialmente em forma de tributo à

Legião Urbana. Para João, o rock é, além de gênero musical, um estilo de vida. “As canções costumam girar em torno da conscientização do ser humano, quanto ao cultivo do amor, a liberdade e

A Dimitrex toca o melhor do hard rock

Dimitrex Todas as Tribus é um tributo à banda Legião Urbana

Statuss

O Feliz Amor do Felino: “A banda é coisa seríssima”

O Feliz Amor do Felino A banda foi fundada no começo dos anos 2000, por Arthur Santo (baixo) e Flávio Tinti (bateria), com o nome de Anomalia. “Anos depois, fui convidado a entrar para banda. No começo de 2010 decidimos mudar o nome para O Feliz Amor do Felino Ferido, gravamos nosso primeiro demo com duas músicas e fomos morar juntos no mesmo apartamento no centro de São Paulo. Depois de alguns ferimentos,

Tertúlia A banda Tertúlia se formou em 2006. “Logo no primeiro ensaio fomos convidados a nos apresentar em uma boate da cidade, e daí pra frente foram várias apresentações”, informa o baterista Eduardo Pozzati Cerbone. O grupo passou por algumas mudanças em sua formação e, atualmente, é composta de Gabriela Blazzi Parisi no vocal, seu irmão Leonardo Blazzi Parisi no vocal, guitarra e violão, Gabriel Biagiotti na guitarra, Rafael Poli no contrabaixo e Eduardo Pozzati Cerbone na bateria. A Tertúlia toca rock pop internacional, as chamadas músicas de balada.

uma intensa convivência entre os integrantes e duas turnês pelo nordeste e centro-oeste brasileiro decidimos que o nome deveria ser O Feliz Amor do Felino, sem ferimentos”, explica João Dimas Zerbini. Atualmente, a banda é composta dos músicos João Dimas (guitarra e voz), Arthur Santo (baixo e voz) e Flávio Tinti (bateria), e segue o estilo ‘prépunk psicodélico pós-contemporâneo’. “A banda é coisa seríssima, mas o músico acaba tendo que dar os seus pulos, né!”, brinca o vocalista. “Tocamos por hobby, pela paixão à música”, diz Eduardo. Gabriela é bancária e dona de loja, Leonardo é estudante de engenharia civil, Gabriel é proprietário de vidraçaria, Rafael é estudante de segurança do trabalho e empresário no ramo de lingerie, e Eduardo é empresário no ramo de escapamentos de moto, além de trabalhar como gerente em uma boate. Os ensaios são mensais e realizados na casa dos próprios integrantes. “Acho que o rock tem um público fiel, pois quem gosta de rock ou boa música está sempre aberto a novos conhecimentos musicais. Mas rock é rock, não enjoa, não é moda, é simplesmente rock’n roll”, conclui Eduardo.

Tertúlia e o melhor do rock pop internacional

a luta por suas vontades e direitos, é a expressão do ser. Assim sendo, temos um público muito bom, uma galera que respeita e cuida das pessoas e do ambiente ao seu redor.”

A banda Statuss foi fundada no ano de 2000. “Após um período estudando música em Ribeirão Preto, eu e o Wellington voltamos a Rio Pardo e formamos a banda”, diz Marcelo Assumpção Fernandes. Ele explica que o grupo está em “stand-by” por um tempo, mas que durante o Unirock estará composta dos músicos Marcelo

(vocal e guitarra), Alex (guitarra), Wellington (bateria), Gledson (teclados) e Pedro (baixo), no melhor estilo pop nacional. “A banda pra nós sempre foi um hobby, apesar de a levarmos bem a sério por muitos anos. Todos temos outras profissões, mas, nos finais de semana, é a banda que recarrega nossas baterias para a semana que virá”, diz Marcelo.

Em período de “stand by”, a Statuss participará do Unirock

A banda Dimitrex foi formada no fim de 2011 com o nome NCR, e somente depois de um tempo, com algumas mudanças de integrantes, recebeu o nome Dimitrex, devido a um vídeo que era veiculado na internet do Dimitri. Atualmente, é composta de quatro integrantes: Danilo Ballarin (vocal e guitarra), Leonardo Mantovani (bateria), Gabriel Castoldi (contrabaixo) e José Sergio Breda Jr. – (guitarra solo). “Desde sua formação, a ideia da banda sempre foi a de tocar o rock’n roll que gostamos e que mesmo quem não tem muita afinidade com o estilo, com certeza já escutou alguma música do repertório”, explica o vocalista Danilo. Baseado no hard rock, a banda realiza suas apresentações com músicas nacionais e internacionais como Raimundos, Nirvana, Bon Jovi, Foo Fighters, Guns n’ Roses, Led Zeppelin, Detonautas e outras. O grupo também já prepara músicas próprias. Danilo diz que os integrantes não vivem da música. “Tocamos em bares, fes-

tivais, Motofests, mas nem sempre se ganha algo pelo trabalho. Fazemos isso por puro prazer à música, pois para nós é muito gratificante saber que a cada evento a galera reconhece nosso esforço. Agrademos demais pela força que todo mundo nos dá, principalmente nossos amigos e também outras bandas da cidade que se ajudam bastante.” Danilo trabalha em uma empresa de informática, Gabriel é agenciador de passagens, Léo e Juninho são universitários em Poços de Caldas. O grupo se encontra todos os sábados para os ensaios, em estúdio montado na casa do baterista Leonardo. “Foi o único lugar que os vizinhos ainda não reclamaram da barulheira”, brinca Danilo. Para a banda Dimitrex, “o rock é eterno, sempre foi e sempre será”. “Hoje em dia, existem muitas ‘modinhas’ e várias pessoas se influenciam muito pelo o que está na mídia, defasando não só o rock, mas vários outros estilos de música. No Brasil, o rock’n roll já possuiu proporções maiores.”

Dinorock em sete notas: banda chegou ao fim “Tudo começou e terminou em sete anos. Mas tínhamos a sensação de estarmos nos preparando a vida toda pra vivermos aqueles momentos. Cada corda estourada, cada baqueta desgastada. Tudo fazia sentido, e um sentido diferente a cada evento. Em dias bons tocávamos por puro prazer. Era como se prolongássemos nossos dias. Outras vezes uns por protesto, outros por raiva daquele dia tenso, ou mesmo por conta do pneu que tinha furado transtornando tudo no dia anterior. Tocamos, produzíamos, ou melhor, reproduzíamos músicas. Elas não eram nossas, mas era como as tomássemos emprestadas para sentir o mesmo prazer de seus autores. As segundas-feiras se tornavam mais amenas. Cada acorde, cada compasso, a sensação que tínhamos era de que todos sabiam exatamente o que o outro sentia, e qual era o seu próximo passo. Prevíamos os movimentos uns dos outros dos erros aos acertos tudo por conta de muito ensaio. Ali havia um corretor, um metalúrgico, um mestre de obras, um empresário,

uma mãe e um músico. Mas se era uma banda não fazia sentido haver somente um músico. O incrível é que isso fazia todo sentido. Como se todas aquelas outras profissões existissem apenas para preencher o vazio da semana até o final de semana. Aquele estilo musical que imprimiu marcas na personalidade de cada integrante da nossa banda aflorava no momento certo. Para o corretor uma oportunidade, para o metalúrgico uma conquista, para o mestre de obras uma edificação, para o empresário a sua recompensa, para a mãe um momento só dela, e

para o músico o seu objetivo, mas que todos ali definiam aquilo com nome e sobrenome. O que estava acontecendo ali se chamava rock, hardrock. Após um período o tempo foi reduzindo nossas conquistas. O que causava tanta emoção, já não servia mais para alguns. As oportunidades para não seguir fazendo aquilo que vinha dando certo foram surgindo. Uns motivados, outros menos, já sabíamos que aqueles passos ora combinados não surtiriam mais o efeito desejado. Aquele sentimento ativado pelo encontro de pessoas diferentes, mas que tinham

algo tão em comum já se distanciava. Sexto ano e mais a metade do caminho já não sabíamos mais se aquilo tudo vivido de maneira tão emocionante e tão gratificante seria possível ser reproduzido novamente. Mas, como estávamos mergulhados em um assunto que não se esgota, um tema que é passado de geração para geração sabíamos que alguns ali alçariam novos voos, mas que entre outros como diria uma grande amiga e inspiradora nossa, poderia ser não o fim, mas um recomeço.” João Biondo

Dinorock: Fernanda Biondo (vocal), João Biondo (bateria), Edson Fructo (baixo), Matheus Leite (Guitarra), Junior Silva (Teclados)


A-12- 19 de outubro de 2013

Homenagem a N. Senhora reúne centenas Celebração no Recanto Euclidiano foi momento de reflexão e agradecimento

FOTOS REPORTAGEM

Chegada da imagem de Nossa Senhora Aparecida pelo rio Pardo

Participação da escola do campo da Água Fria

Na manhã de sábado, dia 12, centenas de pessoas acompanharam a cerimônia em homenagem a Nossa Senhora Aparecida, que incluiu a chegada da imagem de barco pelo rio Pardo e celebração realizada pelo Cônego João Darcie. “A gente fica emocionado pelo dia e também pelo evento que acontece no Recanto Euclidiano. Tudo é feito com grande prazer para a população, que hoje veio aqui de forma maciça. Pode ter certeza de que a cada ano este evento será melhor. Pedimos a nossa Mãe que olhe por nós, que nos dê essa alegria e paz para o mundo que estamos precisando”, comentou o presidente do DEC, José Carlos Zanetti. Para a diretora de Cultu-

ra Lúcia Vitto, o evento representa um momento de comunhão com a comunidade e também de agradecimento. “É um momento de reflexão para que a gente possa agradecer Nossa Senhora pelas bênçãos. A Mãe, aquela que cuida, aquela que carrega. É o que a gente faz todo ano, pede que ela possa nos dar consciência e iluminação para que façamos um bom trabalho. Neste ano estamos com mais gente do que no ano passado e acho que a tendência é aumentar mais. Eles entenderam que é um momento de agradecimento e isso é maravilhoso”, disse. Para o prefeito João Santurbano, o momento foi uma oportunidade de reflexão. “Refletir e saber que Nossa Senhora Apa-

recida está sempre ao nosso lado, nos ajudando a encontrar o caminho certo e a trabalhar corretamente por São José do Rio Pardo. Temos certeza de que nossa terra é abençoada por Deus, e que temos ao nosso lado a Nossa Senhora.” O evento contou com a participação de cerca de 120 alunos da escola municipal do campo da Água Fria. “Pensando no tema da doação, nada mais que o homem do campo que doa o seu trabalho, o alimento que não alimenta somente o corpo, mas a alma também. Foi maravilhoso, um momento muito emocionante. Quem esteve aqui sentiu a força dessas crianças e a importância do trabalho dessas professoras, desses coordenadores. Agradeço tam-

bém o Cônego João Darcie, a comunidade Deus Proverá, o Tiro de Guerra, o Felipe Quessada e os filhos que sempre vêm com os barcos para trazer a Nossa Senhora gentilmente”, falou Lúcia.

Para o Cônego João Darcie, a celebração provoca emoção e consegue atingir seu objetivo. “Percebo que a celebração de Nossa Senhora Aparecida às margens do rio Pardo, além de trazer emoção,

atinge o seu objetivo, que é que as pessoas se aproximem mais de Cristo. E pelos comentários que eu ouço as pessoas, além de se emocionarem, aprendem coisas práticas para viver no seu dia-a-dia.”

Fieis realizam Caminhadas da Fé DIVULGAÇÃO

Na madrugada de sábado, 12, grupos de fieis católicos saíram de várias localidades do município em caminhada à igreja de Nossa Senhora Aparecida. O objetivo comum foi acompanhar a missa campal das 6h30, celebrada pelo Padre Paulo Celso Demartini, e aproveitar o momento para pedir bênçãos e agradecer a Nossa Senhora. Durante todo o dia, milhares de pessoas visitaram a imagem da santa no

Parte do grupo que saiu do Cassucci: Claudinei, Adilson, Marcos, João, Daércio, Carlinho, Osmar, Nilton e Ailton

altar da igreja, que permaneceu exposta durante

todo o dia. Várias missas foram celebradas.


A-13 - 19 de outubro de 2013

Muitas atividades marcam Dia da Criança Escolas e entidades comemoraram, com muito entretenimento, a data festiva Centro de Convivência da Criança Emeb “São Judas Tadeu” Nesta quinta-feira, 17, os participantes do Centro de Convivência da Criança e do Adolescente do Cassucci comemoraram o Dia das Crianças, no Buffet Paraíso das Crianças. Além de participarem de várias atrações, cada criança recebeu um brinquedo. Com a participação de 80 crianças e adolescentes, o programa é promovido pela Secretaria de Assistência e Inclusão Social, com o objetivo de fortalecer o vínculo familiar. Segundo a secretária de Assistência e Inclusão social, Rosângela Tinti Lopes, são realizadas periodicamente oficinas para as crianças e adolescentes, sendo algumas com a participação também das mães. Para a realização do atendi-

mento, o Centro de Convivência da Criança e do Adolescente conta com o

trabalho da pedagoga Amábile Pizzoli e da psicóloga Tatiana Feltran.

A escola realizou uma série de eventos em comemoração à Semana da Criança. Alunos, pais, professores e funcionários em geral puderam participar de atividades como show de talentos, apresentação do teatro das professoras, gincana com apoio do Tiro de Guerra, piquenique, desfile de moda e fantasia, pescaria e boca do palhaço, apresentação de danças, coroação da miss/mister Primavera, dentre outros. “Tudo aconteceu da melhor maneira, pois houve a participação e envolvimento de toda equipe escolar”, assegurou a diretora Nilza Piovesan Giovaneli. As atividades tiveram o empenho de todos os professores e também da vice-diretora Ana Valeriano, e da coordenadora Izabel Pinheiro Barbizan.

Desfile de modas e fantasias

Coroação da miss e do mister Primavera

Alunos deram um show de talentos

O teatro das professoras animou a garotada

Alunos de Emeb ganham bolsas de estudo Dois alunos do 5º ano da Emeb “Profª Zélia Maria Zanetti”, no bairr o V i l a Ve r d e , fo ra m gentilmente agraciados pela direção do Colégio Lumen com bolsas de estudo, a partir do 6º

ano (2014). São alunos com excelentes notas que se destacaram pelo empenho e dedicação aos estudos. “Acreditamos que tudo farão para merecer este prêmio. Parabéns!”, disse a dire-

ção da Emeb. Dia do Professor Para comemorar o “Dia do Professor”, antes da Hora Atividade do dia 16, foram servidos salgadinhos, bolo salgado, bolo doce e refrigerante.

Cada profissional foi presenteado com uma lembrança especialmente confeccionada pela artista plástica Carla Russo, como mimo pelo bom trabalho desenvolvido em nossa Escola.

Emeb “Profª Zélia Maria Zanetti” Os alunos da Educação Infantil estiveram no Viverão, onde foram carinhosamente recebidos com um lanche pela funcionária Solange, e depois visitaram as estufas para observar o que estudaram em sala de aula.

Também foram passear na chácara de uma coleguinha, próxima ao Sítio Novo, sendo recebidos com lanches e brinquedos, organizados pela mãe do aluno. Todas as classes, tanto do Ensino Fundamental quanto da Educação Infantil fize-

ram piquenique no entorno da Escola, com lanche comunitário enviado pela família, participaram de jogos, gincana, filme com pipoca, teatro, apresentação na Casa de Cultura e Cidadania. A Prefeitura, através da

Secretaria Municipal da Educação e da Merenda Escolar, ofereceu sorvetes e lanche com suco natural de laranja. A Escola ofereceu pipoca e algodão doce, além de presentear cada criança com dois brinquedos.


A-14 - 19 de outubro de 2013

TAÇA SÃO JOSÉ

Definidos os finalistas da 2ª Divisão Os aspirantes do Dalbon e Atlético Paulista e os titulares das fazendas São Paulo e Santa Luzia do Galego vão decidir o título da Taça São José de Futebol 2ª Divisão. As vagas para a final foram conquistadas no último domingo, dia 13, nos estádios do Bonsucesso e Grêmio Municipal. No campo do Bonsucesso o aspirante do Dalbon goleou a equipe do Bocainas por 5 a 0, gols de Kut (3), Clebinho e André Paieta. Na categoria titular, a equipe da fazenda São Paulo surpreendeu e ficou com a vaga para a final ao derrotar o time do Dalbon por 1 a 0, gols de Lucas. No estádio do Grêmio Municipal, na categoria aspirante, as equipes do Atlético Paulista e Santa Luzia do Galego empataram em 1 a 1, gols de Marquinhos para o Atlético e Branco para o Galego. Com o resultado o Atlético ficou com a vaga para a final por ter melhor campanha que o adversário. Entre titulares, a equipe da Santa Luzia do

Galego foi melhor e venceu o Atlético Paulista por 2 a 0, gols de Tuim e Xande. A final será realizada neste domingo, dia 20, no campo do Vasco FC. 1ª Divisão – A equipe da Ponte Preta perdeu sua invencibilidade nas duas categorias para o time do Grêmio Nestlé. Jogando no último domingo, dia 13, no estádio do Vale Redentor, a equipe da “macaca” perdeu por 2 a 1 nos dois jogos. Os gols da categoria aspirante foram marcados por Mateus para a Ponte Preta e David e Má para o Grêmio Nestlé. Na categoria titular, os gols foram marcados por Japão para a Ponte Preta e Lisardo (2) para o Grêmio Nestlé. No estádio da avenida “Euclides da Cunha”, o time aspirante do Vasco venceu o Botafogo por 2 a 1, gols de Ignácio e Dhu Dhu para o Vasco, com Dim descontando para o Botafogo. Entre titulares, o Botafogo foi melhor e derrotou o Vas-

Titular do Galego precisava da vitória pra chegar a final

Aspirante do Grêmio Nestlé quebrou invencibilidade da Ponte Preta

Aspirante do Dalbon goleou equipe do Bocainas e vai brigar pelo título

co por 2 a 0, com dois gols de Rogério Russo. No estádio do Botafogo, o aspirante do Brasão venceu o Unidos da Vila por 2 a 0, com dois gols de Dí. Entre titulares, as duas equipes empataram em 2 a 2, gols de Bimbo (2) para

TAÇA SÃO JOSÉ 1ª DIVISÃO - TITULARES - 2013 Time TP J V E D GC SG 1º A.A.Ponte Preta 22 9 7 1 1 8 19 2º Vasco FC 15 9 4 3 2 6 4 3º Botafogo F.C. 14 8 4 2 2 7 12 4º Grêmio Nestlé 9 7 3 0 4 8 4 5º Unidos da Vila. 7 9 2 1 6 32 -21 6º Brazão F.C 3 8 0 3 5 22 -18

Titular do Botafogo obteve importante vitória diante do Vasco FC

o Brasão e Laercio e Gui para o Unidos. A competição está sendo organizada pela Liga Riopardense de Futebol (LRF) com apoio do DEC, e, em disputa, está o troféu transitório “Roque Gervásio”.

PRÓXIMA RODADA: 1ª DIVISÃO Botafogo: Botafogo x Grêmio Nestlé FINAL DA 2ª DIVISÃO Vasco: Dalbon x Atlético Paulista (aspirantes) Vasco: Santa Luzia do Galego x São Paulo (titulares)

TAÇA SÃO JOSÉ 1ª DIVISÃO - ASPIRANTES - 2013 GP 27 10 19 12 11 4

Time 1º A.A.Ponte Preta 2º Brazão F.C 3º Botafogo F.C 4º Vasco FC 5º Grêmio Nestlé 6º Unidos da Vila

Artilheiros – Joe 2, Ray 3, Japão 8, Marquinhos 3, Du Cabeça 4, Diol 2, Luquinha 2, Lucas, Ronaldo, Evandro (Ponte), Luis Gustavo, Rafael, André Balão, Léo, Gabriel, Timbó, Edson 2, João Marcos, Edson (Vasco), Miquéias (3), Neno 2, Mafra 2, Zoião, Juliano, Má, Lisardo (2), (Nestlé), Rogério Russo (10), Marco Raimundo (2), Pitomba, Dodo 3, Dim, Renan, Neto (Botafogo), Everton, Contra, Bimbo 2 (Brasão), Guilherme Braga 6, Anderson, Laércio (3) (Unidos da Vila).

TP 22 14 11 11 10 3

J 9 8 8 7 7 9

V 7 4 3 3 3 1

E 1 2 2 2 1 0

D 1 2 3 1 3 8

GC 10 11 12 16 9 28

SG 13 1 -1 -2 6 -17

GP 23 12 11 14 15 11

Artilheiros – Diol 2, Mateusinho (9), Juninho, Brito 2, Claudinho Zavatiero (2), Juninho (3), Josué, Edgard, João Bosco, Luan (P. Preta), Di 5, Marcelinho, Leozinho, Baby (3), Guina, Kikão (Brasão), Daniel Mafra, Rodrigo, Dim 3, Satti, Felipe Jareta 2, Bazinho, Mixirica, Duzinho (Botafogo), João Marcos 2, Balão (5), Coelho, Dhudu 2, João (2), Gabriel, Ignácio (Vasco), Esquerdinha 2, David 3, Mafra 7, Rafael 2 , Má (Nestlé), Gui Braga 3, Guilherme, João Batista 4, Diork, Gui, Contra (Unidos da Vila)

DOMINGÃO

Muito equilíbrio no Botafogo e no Grêmio O Campeonato Domingão de Futebol, organizado pela Liga Riopardense de Futebol (LRF), prosseguiu domingo, dia 13, com mais quatro jogos nos estádios do Botafogo e Grêmio Municipal. Foi a quinta rodada e houve muito equilíbrio, com placares apertados. No estádio do Botafogo, no primeiro jogo, o time do Botafogo perdeu para a equipe da AAR T3 por 2 a 1, gols de Tozinha para o Botafogo e Bruno Ocanha e Gustavinho para o time da AAR. No segundo jogo, EQUIPES

o time do Bonde do Juventus manteve 100% de aproveitamento no campeonato ao derrotar a equipe da Cargill por 3 a 2, gols de Ferreira, Dilsinho e Hudson para o Bonde e Jaime (2) para o Cargill. Nesta partida, aconteceu uma fatalidade: o jogador Gazão (Bonde do Juventus) recebeu uma entrada dura de

um jogador adversário e acabou fraturando a perna. No estádio do Grêmio Municipal, no primeiro jogo, as equipes do Chaveiro Mello e Coffee the Morning empataram em 2 a 2, gols de Jansley e Pedro para o Chaveiro Melo e Robinho e João para o Coffee. No segundo jogo, a equipe do

PRÓXIMOS JOGOS: BOTAFOGO 08h00 - Coffee the Morning x União São José 10h00 - Cargill x Chaveiro Melo

União São José venceu a equipe do Escritório São Lucas por 4 a 2, gols de Luís André, Leandro, Michel e Cocão para o União e Gabiru e Mateus Piriá para o Escritório São Lucas. A competição prossegue neste domingo, dia 20, com mais quatro jogos nos estádios do Grêmio Municipal e Botafogo FC. Em disputa está o troféu “Paulo Sergio Rodrigues” (Paulão da Rádio). Jogador Gazão fraturou sua perna durante partida diante da Cargill

GRÊMIO MUNICIPAL 08h00 Botafogo x Bonde do Juventus 10h00 Paulista Bel Salgados x AAR T3 TP

J

V

E

D

GC

SG

GP

1º Bonde do Juventus

15

5

5

0

0

6

7

14

2º A.A.R T3

11

5

3

2

0

5

6

10

3º União São José

7

4

2

1

1

6

6

12

4º Cargill

6

4

2

0

2

9

5

14

5º Coffe The Morning

5

5

1

2

2

9

-3

6

6º Escritório S Lucas

5

5

1

2

2

10

-3

7

7º Paulista Bel Salgados

4

4

1

1

2

9

1

10

8º Botafogo F.C

1

4

0

1

3

13

-10

3

9º Chaveiro Mello

1

4

0

1

3

13

-9

4

Lance da partida entre Botafogo e AAR T3


19 de outubro de 2013 - A-15

TÊNIS

Gustavo Zanitti é campeão Sul Americano BOLETIM ESPORTIVO

Campeonato Rural/DEC irá homenagear Hélio Escudero As oito equipes classificadas para o Campeonato Rural/DEC de Futebol, cujos campeões receberão também o troféu que valerá pelo Campeonato Boletim Esportivo, confirmaram suas presenças em reunião realizada na noite da última quarta-feira, dia 16, na Rádio Difusora. A primeira rodada da competição está prevista para ocorrer no dia 27 de outubro, valendo pelas quartas de final. Ficou definido que o campeonato prestará uma homenagem ao esportista e presidente da LRF, Hélio Escudero, pelos importantes serviços prestados ao esporte rio-pardense. “Desde que assumiu a presidência da LRF em 2004, o Hélio Escudero procurou realizar todas as competi-

ções possíveis em diversas categorias, que eu me lembre isso nunca tinha acontecido”, disse Paulo Sérgio Rodrigues, um dos organizadores da competição. Ele informou que ficou decidido também que o Campeonato Boletim Esportivo, referente ao ano de 2012, prestará uma homenagem ao ex-esportista Antonio Anequini, falecido em julho deste ano, pela sua importância ao futebol rural, principalmente na fazenda Santa Lucia. Cada equipe poderá substituir sua atual relação de jogadores da Taça São José 2ª Divisão. Na reunião ocorrida na Difusora os diretores das equipes receberam e levaram para suas casas o regulamento e tabela da primeira rodada da competição.

Hélio Escudero será o homenageado da competição

O tenista Gustavo Zanitti Moreira venceu a 5ª Copa Santa Catarina de Tênis, realizada no Itamirim Clube de Campo, em Itajaí (SC). A competição foi disputada entre os dias 7 a 12 de outubro, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis e Confederação Sul Americana de Tênis (COSAT). O evento teve a participação de mais de 200 tenistas brasileiros e estrangeiros nas categorias sub12, sub-14, sub-16 e sub18, masculino e feminino. No primeiro jogo Gustavo Zanitti venceu o argentino Danilo Molesini por 2 sets a 0, parciais de 6x3 e 6x3. No segundo o rio-pardense venceu o paulista Rodri-

go Carvalho por 2 sets a 0, parciais de 6x3 e 6x4. No terceiro jogo Gustavo enfrentou o cabeça de chave número 1, Thiago Hyudi (Paraná), vencendo por 2 sets a 0, parciais de 7x5 e 7x6. Na semifinal o rio-pardense venceu Luís Fernando dos Santos (Santos) por duplo 6x3. Na final Gustavo Zanitti venceu João Vitor Ceolin (Porto Alegre) por 2 sets a 0, parciais de 6x2 e 6x3, conquistando assim o título de campeão Sul Americano de Tênis. O rio-pardense está agradecendo aos patrocinadores DEC , Construmax e os advogados Marcelo Gaino e sua esposa Heloisa Gaino. COPA VERÃO

Vasco e AAR 300 fecham a 8ª rodada A oitava rodada da VII Copa Verão Master de Futebol foi concluida na noite desta sexta-feira, dia 18, com o jogo entre Vasco e AAR 300, no campo do Vasco FC. Os detalhes serão publicados na próxima semana. A rodada começou a ser realizada na noite da última terça-feira, dia 15, com o jogo Cruzeirinho (São João da Boa Vista) 0 x 0 Sítio Novo. Na quarta-feira, dia 16, a equipe da Vila Mariana (Mococa) venceu a Divinolandense por 2 a 1, gols

de Dunga e Valter para a Vila Mariana e Deir para a Divinolandense. Na quinta-feira, dia 17, a equipe do Vila Gomes (Grama) goleou o time da Serralheria Zanetti por 5 a 1, gols de Caconde (3) e Italiano (2) para o Vila Gomes e Cebola descontou para o Serralheria. Na próxima semana, mais quatro jogos serão realizados, todos a partir das 19h30, no campo do Vasco. A competição está sendo organizada pelo esportista Marcio Aparecido dos Santos (Coquinho).

REGIONAIS DE FUTSAL

LRFS realizou diversos jogos no final de semana A Liga Rio-pardense de Futsal (LRFS) realizou no último final de semana diversos jogos pelos Campeonatos Regionais (masculino e feminino) e Taça TVD de Futsal. As rodadas foram reali-

zadas em São José do Rio Pardo, Divinolândia, Casa Branca, Mogi Mirim e Itapira. O Campeonato Regional categoria de base tem apoio da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo.

CATEGORIAS MENORES Sub-09: DE/Divinolândia 3 x 2 Prefeitura/ACCPE/Casa Branca Sub-11: DE/Divinolândia 3 x 2 Tênis Clube/Vargem Grande Sub-13: DE/Divinolândia 7 x 3 DE/Tapiratiba Sub-15: DE/Divinolândia 6 x 2 Derla/Igaraí Sub-09: DE/Divinolândia 11 x 1 Derel/Aguaí

Gustavo Zanitti durante a competição realizada em Santa Catarina

TAÇA TVD Novo Milenio/Scp 9 x 5 Delj/Caconde Decet/Casa Branca 3 x 1 Lado Leste/Palmeiras CME/Grama 1 x 2 Decet/Casa Branca Cruzeirinho 3 x 3 Lado Leste/Palmeiras FEMININO Sub-19: Derel/Mogi Mirim 6 x 3 São Sebastião do Paraíso Sub-15: Derel/Aguaí 6 x 1 Derla/Igaraí Adulto: Derel/Mogi Mirim 5 x 1 Derel/Aguaí Sub-15: DEC/São José 0 x 5 CA Ferreirense Sub-19: DEC/São José 0 x 5 Derel/Mogi Mirim Adulto: Derel/Mogi Mirim 4 x 6 CA Ferreirense Sub-15: ACCPE/Prefeitura/Casa Branca 1 x 1 SE Sanjoanense Sub-19: Sel/Itapira 3 x 1 ACCPE/Prefeitura/Casa Branca

Vasco e AAR 300 fizeram o jogo de encerramento da oitava rodada da Copa Verão


A-16- 19 de outubro de 2013

12 DE OUTUBRO

Crianças fizeram a festa no Botafogo A diretoria do Botafogo FC realizou na manhã do último sábado, dia 12, a sua tradicional festa em comemoração ao dia das Crianças e de Nossa Senhora Aparecida. Foi a 25ª edição e, como nos anos anteriores, centenas de crianças, adolescentes e adultos compareceram às dependências do clube para festejar. Na oportunidade, muitas guloseimas, lanches, pipocas, sorvetes, algodão doce e refrigerantes foram distribuídos para o público presente. As crianças também puderam se divertir com os brinquedos infláveis que o DEC levou ao local, bem

como com o tradicional ‘pau de sebo’ e “pega do leitão Pingo”, um dos pontos marcantes da festa. Além da diretoria do Botafogo, o evento contou com apoio do DEC e de empresas de São José do Rio Pardo. “Estou muito feliz, mais uma vez conseguimos realizar uma belíssima festa para todos que compareceram ao Botafogo”, disse Ivandir Modica (Goteira), um dos organizadores do evento, informando que no próximo ano espera realizar uma festa ainda maior, com mais diversões e farta distribuição de guloseimas e refrigerantes.

Público lotou as dependências do Botafogo FC

Pau de sebo também foi destaque durante a festa

DOIS TOQUES BASQUETE - A equipe sub 12 da AAR/DEC/RPFC/ ABS massacrou o time de Itapira por 73 a 8, em jogo válido pelo Campeonato Regional de Basquete da Associação Regional de Iracemápolis. A partida foi realizada no domingo, dia 13, no ginásio da AAR. Os destaques da equipe rio-pardense foram o pivô Rafael Mantovani, que anotou 18 pontos, e o ala/armador José Vitor, com 17 pontos. Com o resultado o time da AAR/DEC/RPFC/ABS garantiu sua vaga para o play off, aguardando apenas quem será seu adversário. A equipe rio-pardense venceu a partida com José Vitor, Lucas Brás, Luizinho, Henrique, Diogo, Teteu, Eduardo, Raduan, André, Rafael Mantovani e Tales. Técnico Henrique Prevital e assistentes Filipe Lopes e Bruno Cabral.

JOGOS ABERTOS - O árbitro rio-pardense Rinaldo Farah Ortega foi convocado pela Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo para trabalhar como árbitro de voleibol nos 77º Jogos Abertos do Interior “Horácio Baby Barioni”. A competição começou no último dia 15 e vai até o próximo dia 23 de outubro, na cidade de Mogi das Cruzes. Os Jogos Abertos do Interior foram criados em 1936 em Monte Alto, estado de São Paulo, por Baby Barioni, tendo assim grande tradição esportiva, para incentivar o surgimento de atletas em geral. Estão participando da competição aproximadamente 14 mil pessoas entre atletas, membros de comissões técnicas, dirigentes e árbitros, de 202 cidades. O evento é considerado o maior da América Latina, com a participação de renomados e consagrados atletas de seleção brasileira e de outros países. AMISTOSO – A equipe sub-11 da AAR goleou o time de Tapiratiba em jogo amistoso realizado na última quinta-feira, dia 10, no estádio do Bonsucesso FC. Destaque para o jogador Pedro Burgos que, além de marcar um gol, deu passes importantes para que seus companheiros pudessem fazer vários gols. Os artilheiros foram: Diogo Orrico (3), João Rovani (2), Paulinho (2), Pedro Burgos, Luizinho, João Olavo e Diogo Trevisan. O time da AAR venceu com Miguel Moraes, João Vitor Dias Meneghetti, Luã, Kaio Viana, João Rovani, Luís Gustavo Araújo, Breno Boaro, Matheus Rossetto, Pedro Burgos, Diogo Orricco, Paulo Boldrin Jr., Riva Lucia Leo Oliveira, Pedro Vinícius, Diogo Trevisan, Adiel e João Olavo. Técnico professor Djalma Fernando, auxiliar Meio Kilo.

Pega do leitão foi um dos principais eventos no Botafogo

Criançada se divertiu muito nos brinquedos do DEC

AMISTOSO

Flamengo/Rondinelli fez excursão no Rio de Janeiro A Escolinha Flamengo/ Rondinelli realizou mais uma vez a sua excursão para o Rio de Janeiro, levando 90 pessoas entre alunos, pais e professores para conhecerem a cidade maravilhosa. A excursão aconteceu no último final de semana e a viagem teve sua parte esportiva e cultural, onde todos os participantes puderam trazer muitas recordações e momentos únicos de lá. Na manhã da penúltima sexta-feira, dia 11, logo na entrada do hotel Royal Palace, em Copacabana, os alunos foram presenteados com uma regata oficial do Flamengo. Depois das acomodações e café, a delegação rio-pardense passeou pela Gavea para conhecer as dependências e um pouco da história do Flamengo. Na oportunidade, nas dependências do Ginásio do Flamengo, a equipe do Chicago Bulls, time de basque-

te dos EUA, estava treinando para a partida contra o Washington Wizards. Entre muitas estrelas do basquete americano, estavam presente o principal jogador e astro Nenê e o principal destaque do Chicago, o ala Derrick Rose, além do pivô Joakim Noah. Após o almoço, ainda na Gavea, os atletas da Escolinha Flamengo/Rondinelli partiram para o campo de futebol society do ex-ídolo do Flamengo, Renato Carioca, para a disputa de três amistosos nas categorias sub-13, sub-15 e sub17, com os seguintes resultados: sub-17: Escolinha Flamengo/Rondinelli 7 x 3 Escolinha Renato Carioca, gols de Guilherme Ramos, Bruno, Vini, Josué e Robertinho 2 para o time riopardense; sub-15: Escolinha Flamengo/Rondinelli 4 x 3 Escolinha Renato Carioca, gols de Alexssandro, João Aquino e Thiago Braz 2 para o time rio-parden-

Dentro do Maracanã assistindo Flamengo e Botafogo

se; sub-13: Escolinha Flamengo/Rondinelli 3 x 6 Escolinha Renato Carioca, gols de Guilherme Zavatiero , Marco Antônio e Eduardo (Dudu) para a equipe riopardense. No sábado a delegação rio-pardense seguiu para a cidade de Nova Iguaçu, onde enfrentou a forte equipe da casa em quatro categorias: sub-10: Escolinha Flamengo/Rondinelli 0 x 2 Nova Iguaçu FC; sub12: Escolinha Flamengo/ Rondinelli 1 x 0 Nova Iguaçu FC; sub-14: Escolinha Flamengo/Rondinelli 4 x 1 Nova Iguaçu FC, gols de Ronaldo, Alexssandro, João Aquino e Serginho para o Flamengo/Rondinelli; sub-17: Escolinha Flamengo/Rondinelli 0 x 3 Nova Iguaçu FC. “Sete dos nossos jogadores foram selecionados para futuro retorno”, disse Fábio Perri, professor da Escolinha Flamengo/Rondinelli. Após os jogos, os alunos

puderam desfrutar das belezas da cidade maravilhosa, como praias, ponte Rio/ Niterói, Cristo Redentor e Corcovado. No domingo, dia 13, eles curtiram mais praia pela manhã e no período da tarde foram assistir o clássico carioca entre Botafogo x Flamengo, no estádio do Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. “Todos os alunos, até 12 anos, entraram de mãos dadas com os jogadores do Flamengo na apresentação das equipes, foi muito emocionante”, finalizou Fábio Perri, agradecendo a todos que ajudaram direto e indiretamente na organização e realização da viagem, além de todos os alunos e seus familiares pela confiança depositada no trabalho. A excursão foi organizada por Fábio Perri, Rondinelli , Junior Rondinelli, João Duva Neto e Evandro Zeferino.

Alunos da escolinha na entrada do Maracanã

AGRADECIMENTO O Centro de Convivência Infantil Santa Virginia (Educandário São José) vem através deste, carinhosamente agradecer primeiramente ao Prof.Fabio L.Perri e ao Rondinelli pela oportunidade de levar cinco de nossas crianças ao Rio de Janeiro para visita ao clube do Flamengo, estádio do Maracanã dentre outros passeios e aos amigos e parceiros que contribuíram financeiramente para que o sonho desses meninos pudesse ser realizado.

Escolinha jogou na Gávea contra a escolinha do Renato


19 DE OUTUBRO DE 2013 - Pág. A- 17

Citröen 2CV Charleston, um charme de carro FOTOS DIVULGAÇÃO

Em uma viagem a Buenos Aires, quando tinha 11 anos de idade, o agora publicitário Ênio Vergeiro se encantou com algo além da Casa Rosada e do Caminito, pontos turísticos da capital argentina. “Fiquei admirado com os modelos da Citroën que vi por lá. O que mais me chamou a atenção foi o 2CV, que na Argentina se chamava 3CV. Mas, como eu não podia comprar um no tamanho original, levei uma miniatura mesmo”, diz. Em 2000, Vergeiro viu o anúncio de um 2CV Charleston 1990 à venda na Bahia. Aficionado, resolveu comprar o carro no

mesmo dia. “Assumi o risco de só vê-lo pessoalmente quando ele chegasse a São Paulo.” Para alegria do publicitário, o carrinho estava em ótimo estado, como aparecia nas fotos, e havia rodado apenas 11 mil quilômetros – agora o hodômetro marca 15 mil km. O 2CV passou apenas por uma revisão antes de sair às ruas paulistanas. Com 3,83 metros de comprimento, 1,60 m de altura e 1,48 m de largura, o modelo francês tem dimensões parecidas com as de um Fiat Palio Fire 1.0. Pesando apenas 560 quilos, o 2CV tem motor

Traseira do Citroën: carro pesa 560 quilos e faz 25 quilômetros com um litro de gasolina

dois-cilindros de 29 cv de potência. O câmbio é manual de quatro marchas e a tração é dianteira. Sua velocidade máxima é de 110 km/h. Vergeiro conta que usa o Citroën frequentemente para ir ao trabalho. “Ele é muito econômico. Faz até 25 quilômetros com um litro de gasolina”, diz. De acordo com ele, as ofertas de interessados em comprar o francesinho pintado de grená e preto são frequentes. Mas, pelo menos até agora, nenhuma amoleceu seu coração. “Este será para sempre meu”, garante. (FONTE: JORNAL DO CARRO)

Dianteira do Citroën: motor de 2 cilindros tem 29 cavalos de potência; carro chega a 110km/h

Volante e painel típico do antigo veículo francês: modelo da foto foi feito em 1990

Alavanca de câmbio do carro: veículo foi produzido com câmbio de quatro marchas

Honda produz jato executivo e quer ter ‘Civic dos céus’ A montadora japonesa de veículos Honda começou a produzir seu pequeno jato executivo nos Estados Unidos, com o objetivo de criar um “Civic dos céus” que poderia tornar a empresa uma importante competidora entre os maiores fabricantes de aviões do mundo. A Honda anunciou que sua unidade de aviões baseada nos EUA está fabricando um pequeno jato para cinco passageiros, que se destaca por ter dois motores montados sobre as asas. A produção é feita em Greensboro, no estado norteamericano da Carolina do Norte.

“A certificação federal dos EUA para o motor do jato deve vir antes do fim deste ano e para a aeronave no próximo ano”, disse a porta-voz da Honda Fumika Ishioka, em Tóquio. Entre os aviões similares ao HondaJet estão o Phenom 100, da fabricante brasileira Embraer, e o Citation CJ1+, da norteamericana Cessna. Alguns executivos apostam que o projeto da Honda, que analistas afirmam ter atrasado, poderá renovar o espírito de inovação que muitos dentro e fora da Honda acreditam que foi perdido pela companhia. Segundo a porta-voz da

empresa, bem mais de 100 clientes fizeram encomendas pelo HondaJet. A companhia está planejando aumentar a capacidade de produção da unidade norte-americana, Honda Aircraft, para que seja capaz de montar 100 jatos por ano dentro de dois a três anos, disse ela. Mas a Honda enfrenta grandes obstáculos para entrar no mercado, especialmente diante do design incomum do avião e da falta de histórico da empresa em serviços e manutenção de aeronaves. “Toda essa novidade assusta muitas pessoas”, disse o analista Jeffrey Lowe, da consultoria Asi-

an Sky Group. “Algumas pessoas podem assumir uma atitude de esperar para ver.” Lowe disse que o programa da Honda está com atraso de cerca de dois anos, já que a certificação do jato executivo era esperada para agosto do ano passado. Mas ele duvida que isso possa representar uma desvantagem, uma vez que o mercado de aviação executiva global tem desacelerado. O projeto da Honda começou no fim da década dos anos 1980 e naquela época parecia pouco realista: transformar a Honda de uma entre várias montadoras de veículos japone-

sas na primeira fabricante de aviões bem-sucedida do Japão desde a Segunda Guerra Mundial. Executivos da Honda afirmam esperar que o HondaJet agite o mercado de jatos executivos com a mesma eficiência no consumo de combustível, design inteligente e baixo preço que permitiu a primeira geração do Honda Civic combater as gigantes automotivas de Detroit três décadas atrás. O design do jato de US$ 4,5 milhões, com os motores estranhamente montados sobre as asas, é parte da razão que permitiu maior espaço interno e eficiência no consu-

mo de combustível, disse o engenheiro-chefe, Michimasa Fujino, agora presidente das unidades de aviação da Honda em Greensboro. Comparado com jatos similares no mercado atualmente, o HondaJet é projetado para voar cerca de 10% mais rápido e pousar e decolar em pistas mais curtas. Segundo Fujino, o modelo precisa de cerca de 20% menos combustível e oferece aproximadamente 20% mais espaço de cabine — tendo um bagageiro “grande o suficiente para a Paris Hilton”.

FONTE: G1/AUTO ESPORTE


A-18 - 19 de outubro de 2013

EDITAIS DE CASAMENTOS Belª. Rosa Helena Marin Foiadelli, Oficial de Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo. Faço saber que pretendem se casar e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1525 do Código Civil Brasileiro: EDITAL Nº 11298 - GABRIEL BICALHO NICOLAS e MARÍLIA DE PAULI MANSANO, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia dezessete de março de um mil e novecentos e oitenta e dois (17/03/1982), de nacionalidade brasileira, empresário, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de RICARDO NICOLAS e de CARMEN LUÍSA BICALHO NICOLAS; e a pretendente: solteira, nascida no dia vinte e três de dezembro de um mil e novecentos e oitenta e cinco (23/12/1985), de nacionalidade brasileira, empresária, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de ANTÔNIO JOSÉ MANSANO e de MARIA CAMILA DE PAULI MANSANO. EDITAL Nº 11299 - RAFAEL DUARTE CARDOSO e TATIANE FERREIRA MONTEIRO, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia nove de junho de um mil e novecentos e noventa e três (09/06/1993), de nacionalidade brasileira, Auxiliar geral, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de DORIVALDO CARDOSO e de SÍLVIA HELENA DUARTE CARDOSO; e a pretendente: solteira, nascida no dia vinte e nove de maio de um mil e novecentos e noventa e quatro (29/05/1994), de nacionalidade brasileira, atendente, natural de SÃO PAULO-CAPITAL NO 29º SUBD. SANTO AMARO - SP, filha de REGINALDO MONTEIRO e de MARIA LÚCIA FERREIRA MONTEIRO. EDITAL Nº 11300 - RODRIGO RAIMUNDO e FLÁVIA LUCIANA GUNDES DE OLIVEIRA, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia vinte e um de março de um mil e novecentos e oitenta e seis (21/03/1986), de nacionalidade brasileira, ajudante de motorista, natural de GUAXUPÉ - MG, filho de APARECIDO RAIMUNDO e de JOVELINA ANTONIA RAIMUNDO; e a pretendente: solteira, nascida no dia cinco de janeiro de um mil e novecentos e oitenta e sete (05/01/1987), de nacionalidade brasileira, do lar, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de BALBINO DE OLIVEIRA NETO e de JOANA ANTÔNIA GUNDES DE OLIVEIRA. EDITAL Nº 11301 - DAVID EDUARDO BOJORNE SILVA e NATÁLIA BOLDRIN DUARTE, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia vinte e quatro de dezembro de um mil e novecentos e oitenta e oito (24/12/1988), de nacionalidade brasileira, marceneiro, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de MARCIAL EDUARDO SILVA e de MARIA DE LOURDES BOJORNE SILVA; e a pretendente: solteira, nascida no dia quatro de setembro de um mil e novecentos e noventa (04/09/1990), de nacionalidade brasileira, auxiliar de produção, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de FRANCISCO CARLOS DUARTE e de SÍLVIA HELENA BOLDRIN. EDITAL Nº 11302 - DIOGO GAINO DE MORAES e CLARISSA NAVARRO FERREIRA, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia vinte e oito de setembro de um mil e novecentos e oitenta e seis (28/09/1986), de nacionalidade brasileira, instrumentista industrial, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de DJALMA DE MORAES e de MARIA ROSELI GAINO DE MORAES; e a pretendente: solteira, nascida no dia dezessete de março de um mil e novecentos e setenta e oito (17/03/ 1978), de nacionalidade brasileira, Fisioterapeuta, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de VALDIR FERREIRA e de MÁRCIA CRISTINA NAVARRO FERREIRA. EDITAL Nº 11303 - LUÍS AUGUSTO MAQUIM BATISTA e RAFAELA ROMANA CATALANO DESSIMONI, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia vinte e um de setembro de um mil e novecentos e noventa e um (21/09/1991), de nacionalidade brasileira, técnico eletromecânico, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de LUIZ ANTONIO BATISTA e de MARLI APARECIDA MAQUIM BATISTA; e a pretendente: solteira, nascida no dia quatro de junho de um mil e novecentos e noventa e um (04/06/ 1991), de nacionalidade brasileira, atendente, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO SP, filha de LUÍS FERNANDO DESSIMONI e de MARIA ROSANA CATALANO. EDITAL Nº 1130 4 - EDSON FANTUCCI CARVALHO e JAQUELINE MARCELINO DA SILVA, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia vinte de setembro de um mil e novecentos e oitenta (20/09/1980), de nacionalidade brasileira, auxiliar de produção, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de PEDRO CARVALHO e de LOURDES FANTUCCI CARVALHO; e a pretendente: solteira, nascida no dia dezenove de agosto de um mil e novecentos e oitenta e três (19/08/1983), de nacionalidade brasileira, vendedora, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de JOÃO BENEDITO DA SILVA e de MARIA ZÉLIA MARCELINO DA SILVA. EDITAL Nº 11305 - ROBSON KLEYTON DOS SANTOS e NAIARA ISIS MARCELINO, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia quinze de março de um mil e novecentos e noventa e um (15/03/1991), de nacionalidade brasileira, Auxiliar de corte, natural de JUAZEIRO DO NORTE - CE, filho de FRANCISCO MANOEL DOS SANTOS FILHO e de MARIA GORETE DOS SANTOS; e a pretendente: solteira, nascida no dia vinte e quatro de outubro de um mil e novecentos e noventa e seis (24/10/1996), de nacionalidade brasileira, auxiliar geral, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de DIRCEU APARECIDO MARCELINO e de CLÁUDIA HELOÍSA DA SILVA MARCELINO.

Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei. Lavro o presente, que afixo no lugar de costume e publico pelo jornal local. São José do Rio Pardo 18 de outubro de 2013. O Oficial: Belª. Rosa Helena Marin Foiadelli

FALECIMENTOS ANTONIA FIRMINO BARBOZA – Dia 13 de outubro, aos 84 anos de idade. Filha de Antonio Firmino Barboza e Francisca Manoel de Macedo. MANOELA DE JESUS CORNÉLIO – Dia 12 de outubro, aos 82 anos de idade, casada com Francisco Cornélio. Filha de José Bernardes de Assis e Dalila Cândida de Jesus. CELESTE JACOM - Dia 6 de outubro, aos 92 anos de idade. Filha de Ângelo Jacom e Maria Zanini. LOURDES CEMENSATTO TOESCA – Dia 11 de outubro, aos 69 anos de idade, casada com José Toesca. Filha de João Cemensatto e Joaquina Farias. PEDRO MARCELINO – Dia 10 de outubro, aos 61 anos de idade, casado com Sabastiana da Silva. Filho de Geraldo Marcelino e Geralda Ana. JOSEPHA BELMONTE FERNANDES – Dia 15 de outubro, aos 88 anos de idade, casada com João Serafim Fernandes. Filha de Ramon Belmonte e Adélia Sanchez. IRACEMA DE LIMA – Dia 13 de outubro, aos 89 anos de idade. Filha de Domingas Maria de Lima. GUSTAVO SIMÕES – Dia 15 de outubro, aos 78 anos de idade, casado com Tereza Dias Simões. Filho de José Simões e Jovina Pinto Simões. BENEDITA ALEXANDRE SOARES DA SILVA – Dia 14 de outubro, aos 81 anos de idade, casada com Zoroastro Cândido da Silva. Filha de Waldemar Alexandre Soares e Antonia da Silva Soares.

Funerária São José “Rioli” Oferece o que de melhor existe no ramo funerário, aos particulares e também do seu conhecido PLANO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO FUNERÁRIO, dando total segurança e tranquilidade a todos. Adquira o seu!

60 ANOS DESDE 1950 - ESTA É A SUA GARANTIA

Avenida 9 de Julho, 103 - Fone: 3608-5095 KROMAQ INDUSTRIA E COMERCIO DE MAQUINAS LTDA ME torna público que recebeu da CETESB a Renovação da Licença de Operação Simplificada N° 63000065 , válida até 07/10/2017, para Produtos de serralharia (exceto esquadrias) sem tratamento superficial à AVENIDA JOSE PEREIRA LIMA FILHO, 227, JARDIM JOSE JUSTI, MOCOCA.

TRANSPORTADORA CAMPINAS Admite

MOTORISTA DE CARRETA, com exp/. Mínima de 2 anos comprovada na função. Salário atrativo + benefícios. Os interessados ligar no RH – Fone (19) 3227-7722 ou enviar CV por email: rhs@samexpress.com.br VENDE-SE CASA VILA FORMOSA Com 3 quartos, 1 suíte, 2 banheiros, sala, cozinha, edícula com quarto e banheiro, garagem para 2 carros. 152 m2 de construção. Tratar pelo fone – 99118-6973 ou (19) 3608-3351

VENDO casa c/ sala, copa, cozinha, 1 suíte, 2 quartos, 2 banheiros e edícula R$ 400.000,00 Rua Elisa Mielsen de Camargo, 50 – Jardim Santa Tereza Tratar (19) 3608-3251

IMPRESSOS SÃO SEBASTIAO EDITORA E GRÁFICA LTDA torna público que recebeu da CETESB a Renovação da Licença de Operação Simplificada N° 63000068 , válida até 14/10/2016, para Produtos gráficos; edição e impressão sito à RUA VEREADOR JOSÉ VASCONCELOS DOS REIS, 622, DISTRITO INDUSTRIAL, SÃO SEBASTIÃO DA GRAMA-SP LUMARA COMÉRCIO DE BLOCOS E ARTEFATOS DE CIMENTO LTDA – ME torna público que requereu na CETESB a Renovação de Licença de Operação para fabricação e comercialização de artefatos de cimento. À Rua Siqueira Campos, 699 – Bonsucesso – São José do Rio Pardo, SP. “TOP LINE INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE PLÁSTICOS LTDA - EPP torna público que recebeu da CETESB a Licença de Operação N° 63000625 , válida até 11/10/2017, para SACOLAS DE MATERIAL PLÁSTICO, FABRICAÇÃO DE à RUA VENDRAMIN SEMENSATO, 50, DIST. INDUSTRIAL, SÃO JOSÉ DO RIO PARDO.” - SP UBIRAJARA A F DE CARVALHO TORREFAÇÃO ME torna público que recebeu da CETESB a Licença de Operação N° 63000578 , válida até 16/ 10/2017, para CAFÉ TORRADO E MOÍDO, PRODUÇÃO DE à RUA MOCOCA, 379, SANTA DEOLINDA, TAPIRATIBA.

PROJETOS, PUBLICAÇÕES E LICENCIAMENTO-CAMPOS E ASSOCIADOS SÃO JOÃO DA BOA VISTA (19)3622-3494 - SÃO JOSÉ DO RIO PARDO (19) 3681-3371

MISSA DE 1 ANO DE FALECIMENTO A família de

JOSÉ ROBERTO XAVIER convida amigos e familiares para a missa de 1 ano de falecimento, que será celebrada no dia 26 de outubro, no Santuário de Santo Antônio, às 19 horas.

MISSA DE 30º DIA

A família de

APARECIDA MOLFI ROLLEIRA Convida parentes e amigos para participarem da Missa de 30º Dia, que será celebrada por intenção de sua alma, dia 19 de outubro, sábado, às 19h30, na Igreja Matriz São José.

ORAÇÃO A SANTO EXPEDITO Meu Santo expedito das causas justas e urgentes, socorreime nesta hora de aflição e desespero, intercedei por mim junto ao Nosso Senhor Jesus Cristo. Vós que sois o Santo guerreiro, Vós que sois o Santo dos Aflitos, Vós que sois o Santo dos desesperados. Vós que sois o Santo das causas urgentes, protegei-me, ajudai-me, daí-me força, coragem e serenidade. Atendei ao meu pedido: (Fazer o pedido). Ajudai-me a superar estas horas difíceis, protegei-me de todos os que possam me prejudicar, protegei minha família, atendei ao meu pedido com urgência. Devolve-me a paz e a tranqüilidade. Serei grato pelo resto de minha vida e levarei seu nome a todos que tem fé. Muito obrigado, meu santo Expedido! Rezar 1 Pai Nosso, 1 Ave Maria e fazer o Sinal da Cruz. M.E.

MISSA DE 7º DIA E AGRADECIMENTO A família de

ALZIRA FRANCISCA MARTINS BOLDRIN Agradece os enfermeiros e médicos do Hospital São Vicente, em especial os doutores Adalberto Cezar Corrêa e Francisco Caputo Lancelote, a dedicação, o carinho e o profissionalismo durante sua internação. A todos o nosso muito obrigado! E convida amigos e familiares para a MISSA DE 7º DIA, que será celebrada por intenção de sua alma em duas datas: no sábado, dia 19, às 19h30, na Igreja de Nossa Senhora Aparecida; e no domingo, dia 20, às 19h30, na Igreja de Nossa Senhora do Rosário da Pompéia.


A-19 - 19 de outubro de 2013

DECLARAÇÃO DE EXTRAVIO DE DOCUMENTO Eu, JOSE ROBERTO JACOVETO, portador do RG nº 12.398.528 e do CPF nº 120.496.288-03, profissão EMPRESARIO, residente e domiciliado à RUA CUIABA, n°. 665, cidade RIBEIRÃO PRETO, Estado SÃO PAULO declaro ter extraviado os seguintes documentos: TODOS OS DOCUMENTOS DA EMPRESA JOSÉ ROBERTO JACOVETO, INSCRITA NO CNPJ/MF Nº. 00.565.733/0001-73, ESTABELECIDA NA AVENIDA BELMONTE, Nº. 333, JD. N BELMONT, SÃO JOSÉ DO RIO PARDO, ESTADO DE SÃO PAULO, AS 3 VIAS ORIGINAIS DO REQUERIMENTO DE EMPRESARIO, REGISTRADO NA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO SOB O NIRE Nº. 35.113.769.252 EM 17/04/1.995. Assumo inteira responsabilidade civil e criminal por esta declaração, estando ciente das penas do crime de Falsidade Ideológica (art. 299 do Código Penal Brasileiro) e sua eventual subsunção ao crime contra a (19/26/2/11) ordem tributária (arts. 1º e 2º da Lei nº 8137/90).

PROJETO RENASCER (Grupo de Apoio e Combate ao Câncer de Mama)

Venham passar uma tarde agradável ouvindo uma boa música e saboreando...

Porco à Paraguai Em Prol ao Projeto Renascer Dia 24/11/2013 á partir das 12:30 hs Local: Circuito 18 Com Maria Tessari e Cia Valor R$ 30,00 Bebidas á parte Elaborado pelos amigos do Bar do Demá Prestigiem!

Departamento de Esportes e Cultura de São José do Rio Pardo/SP P O R T A R I A 612, DE 18 DE OUTUBRO DE 2013 Dispõe sobre a concessão de licença sem remuneração para tratar de assuntos de interesse particular à servidora Thaise Vicente Mantovani, a partir de 18/10/2013 O Diretor Presidente do DEC – Departamento de Esportes e Cultura de São José do Rio Pardo/SP, usando das atribuições que lhe são conferidas pelas Leis Municipais nº.´s 2.646 e 2.647, de 01 de agosto de 2003, pela Lei Municipal nº. 2.888, de 10 de novembro de 2006 e alterações posteriores, RESOLVE: Artigo 1º - Conceder, a pedido, licença sem remuneração por um período de até dois anos à Sra. THAISE VICENTE MANTOVANI, servidora desta Autarquia Municipal (de acordo com o Artigo 81 e parágrafos da Lei Municipal nº. 2.712, de 16 de março de 2004), a partir de 18/10/2013. Artigo 2º - Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. São José do Rio Pardo/SP, 18 de outubro de 2013 JOSÉ CARLOS ZANETTI DIRETOR PRESIDENTE Publicado por afixação no quadro próprio de editais, na sede desta Autarquia, na mesma data

Departamento de Esportes e Cultura de São José do Rio Pardo/SP DEC – DEPARTAMENTO DE ESPORTES E CULTURA DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO COMISSÃO DOS CONCURSOS PÚBLICOS CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 001/2013 EDITAL Nº DE ORDEM 05/13 - PUBLICAÇÃO DA APROVAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DA PROVA PRÁTICA A Comissão, TORNA PÚBLICO, aos candidatos do Concurso Público, Edital Nº 001/2013, do DEC, e resolve o que segue: I – HOMOLOGAR, a lista de Aprovação e Classificação da Prova Prática: Para os Cargos de Motorista, Prof. Dança I - Dança Livre, Prof. Educação Física I - (Futsal, Handebol, Judô, Natação e Voleibol), Prof. Música I - canto e coral, Prof. Música I - violino e viola clássica, Prof. Música I - violoncelo e contrabaixo acústico, Professor de Pintura e Desenho I e Professor de Teatro I, foram considerados APROVADOS na Prova Prática, os candidatos que obtiveram 50% (cinqüenta por cento) ou mais nesta prova como previstos pelo Edital Nº 001/ 2013. II – INFORMAR que a lista dos aprovados e a lista com o número de inscrição dos reprovados e ausentes consta no ANEXO I deste Edital. III – DETERMINAR o prazo de 2 (dois) dias úteis para eventuais Recursos referentes as notas atribuídas, devendo os mesmos serem protocolados no horário das 9h às 11h e 13h às 17h, no DEC, à Av. Euclides da Cunha, 145, Centro, São José do Rio Pardo/SP. IV – INFORMAR que: 1 - A Classificação Final será publicada dia 26/10/13 no jornal “Gazeta do Rio Pardo” e afixados no DEC, à Av. Euclides da Cunha, 145, Centro, São José do Rio Pardo/SP. Também em caráter meramente informativo na internet, pelo “site” www.sigmarh.com.br. 2 - Para os Cargos de Motorista, Prof. Dança I - Dança Livre, Prof. Educação Física I - (Futsal, Handebol, Judô, Natação e Voleibol), Prof. Música I - canto e coral, Prof. Música I - violino e viola clássica, Prof. Música I - violoncelo e contrabaixo acústico, Professor de Pintura e Desenho I e Professor de Teatro I, a nota final será igual à nota obtida na Prova Objetiva somada com a nota da Prova Prática. 3 - Para os Cargos de Agente Cultural, Auxiliar Administrativo, Contador, Servente, Zelador de Praça Esportiva e Zelador Servente, a nota final será igual à nota obtida na Prova Objetiva. 4 - Para os Cargos de Curador da Casa de Cultura “Euclides da Cunha” e Curador do Museu Riopardense, a nota final será igual à nota obtida na Prova Objetiva somada com a nota da Prova Discursiva. Faz publicar o presente Edital, para conhecimento dos interessados. São José do Rio Pardo, 18 de outubro de 2013. José Carlos Zanetti Diretor Presidente do DEC

São José do Rio Pardo, 18 de outubro de 2013. José Carlos Zanetti Diretor Presidente do DEC


A-20 - 19 de outubro de 2013

Conselho do Patrimônio Histórico está vago Prefeitura deve nomear, por esses dias, os novos integrantes para mais 4 anos

Alunos da Unip no 55º Enaf Poços REPORTAGEM REPORTAGEM

Alunos do curso de Educação Física da Unip de São José do Rio Pardo participaram mais uma vez de um evento científico da área: o Congresso Científico do 55º Enaf (Congresso Internacional de Sport, Fitness e Saúde), realizado na cidade de Poços de Caldas. Durante o evento os alunos apresentaram diversas pesquisas, as quais são resultado de trabalhos de iniciação científica desenvolvidos em conjunto com os professores do curso de Educação Física: Luís Antônio Souza Júnior, Luciano Antonio da Silva e Marcelo Callegari Zanetti. A qualidade dos trabalhos também pode ser percebida na clareza e maturidade na apresentação dos mesmos, bem como sua relevância acadêmico-científica, o que também os colocou como destaques no evento. “Parabéns a todos os alunos e professores do Curso de Educação Física da Unip Rio Pardo”, afirmou a direção da escola, em texto remetido ao jornal. Bancas examinadoras Os professores Sérgio Henrique Braz (coordena-

Professores Sérgio Henrique Braz e Luciano Antonio da Silva

Professor Marcelo Callegari Zanetti e alunos da Unip

dor), Luciano Antonio da Silva e Marcelo Callegari Zanetti, do curso de Educação Física da Unip Rio Pardo, participaram como coordenadores do 55º Enaf (Congresso Internacional de Sport, Fitness e Saúde). Eles atuaram como pareceristas dos trabalhos científicos submetidos ao evento, bem como das avaliações dos mes-

mos durante as apresentações. O evento contou com 32 instituições de ensino superior do país e do exterior, algumas de renome internacional, e teve 53 trabalhos científicos, submetidos no formato de artigos e resumos e que, posteriormente, serão publicados na Revista Enaf Science. Marcelo Callegari Zanetti

foi convidado para participar como presidente da Banca Examinadora: “Psicologia do Esporte, Sociologia e Antropologia do Esporte”, do Concurso para Magistério Superior da Escola de Educação Física do Exército, de 04 a 09 de novembro de 2013, na Escola de Educação Física do Exército, Urca – RJ. O ofício convite foi assinado pelo Tenente Coronel Luís Cláudio Romaguera Pontes, que é o Comandante da Escola de Educação Física do Exército, instituição que se confunde com a própria história da Educação Física no Brasil, já que foi a primeira de ensino superior da área no país e também abriga um dos mais importantes centros de excelência esportiva e olímpica do Brasil. “As participações dos referidos professores demonstra mais uma vez a qualidade do corpo docente do Curso de Educação Física da Unip São José do Rio Pardo, que vem participando de maneira efetiva em eventos de grande relevância na área, além de envolver os alunos da instituição”, concluiu a direção da escola.

O Conselho de Defesa e Estudos do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural de São José do Rio Pardo está sem integrantes, no momento. Os 12 membros do Conselho tiveram seus mandatos expirados no último dia 21 de junho, incluindo o então presidente Carlos Alberto Gonzalez, que é advogado. A Prefeitura ficou de divulgar, por esses dias, a nomeação dos novos integrantes do órgão. Gonzalez informou ao jornal, esta semana, que o mandato dos ocupantes do Conselho é de quatro anos. Sem remuneração, eles são responsáveis pelo estudo e indicação dos prédios públicos ou particulares que sejam de interesse do município em torná-los Patrimônio Histórico. Do trabalho efetuado pela gestão do Conselho que expirou em junho, pelo menos dois locais ficaram pendentes e sem solução por parte da Prefeitura: a Estação de Paula Lima e o prédio da Matriz. “Faltou até agora um maior comprometimento da administração municipal em relação aos bens públicos indicados como sendo de interesse para que se tornem Patrimônio Histórico”, reiterou Gonzalez. “Muitos deles não estão sendo protegidos como

deveriam, como é o caso da Estação de Paula Lima, que já foi tombada e, até o momento, nada foi feito”. Quanto a Igreja Matriz, o ex-presidente do Conselho de Defesa e Estudo do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural lembrou que foram dois os problemas que impediram o tombamento do prédio. “Houve recusa por parte da Igreja (Diocese de São João da Boa Vista) em aceitar a recomendação do Conselho no sentido de que o prédio fosse tombado e faltou também empenho político para que isso ocorresse”, opinou. Gonzalez e os demais integrantes do Conselho cujo mandato terminou em junho haviam sido nomeados pela administração municipal passada, mediante a Portaria 9.258, de 22 de junho de 2009. No dia 18 de abril de 2013 ele, como presidente, enviou um ofício ao atual prefeito João Santurbano, protocolado sob número 3.327, comunicando a aproximação do término do mandato e pedindo providências no sentido de nomear. No dia 24 de julho ele remeteu outro ofício, com protocolo número 5.282, avisando que os integrantes daquela gestão já não faziam mais parte do órgão.


C-1 - GAZETA DO RIO PARDO - 19 de outubro de 2013 e-mail: trecenelladiciorani@gazetadoriopardo.com.br

Honra ao Mérito A artista plástica Carla Adriana Aparecida Russo Risso foi distinguida com o Certificado de Honra ao Mérito por Relevantes Serviços Prestados a Comunidade, outorgado pelo Pacto Regional da União de Lojas Maçônicas dos Estados de Minas Gerais e São Paulo, uma relevante e justa homenagem, fruto de legítimo reconhecimento tendo em vista que o referido Pacto Regional agrega 14 lojas maçônicas. A solenidade aconteceu domingo, 6 de outubro, durante concorridíssima Jornada prestigiada por aproximadamente 300 convidados, sediada na AABB da cidade de Muzambinho-MG. À valorosa Carla, minhas mais efusivas congratulações!

Carla e Elide ao centro, mais o casal amigo Karina – André Luís de Brito, ele, próximo presidente do Pacto Regional das Lojas Maçônicas

En Passant Em tempo de inversão de valores, aquilo que deveria ser natural passa a ser visto com admiração... Noite dessas, ao cruzarmos casualmente com casal amigo, notamos quando ele abriu a porta do carro para ela entrar - Confesso que não via essa “cena” já há algum tempo! O cavalheirismo e a boa educação são atemporais e estão acima de qualquer novo conceito vigente... Quem é o casal?! Ieda e João Luiz Cobra Monteiro. Me desculpem os pós-modernos, mas educação de berço é fundamental em qualquer relacionamento, quer familiar, de trabalho, entre amigos, etc.

Entre Nós A homenageada após receber o Diploma, ladeada pelos pais, Ivone – Dr. Luiz Russo, esse, um dos fundadores do Pacto Maçônico, mais o irmão Alexandre e a amiga Dra. Elide de Pauli Rocha Moraes

O pai da homenageada, ao discursar durante a cerimônia

Posse A Dra. Andréa Caram Fernandes tomou posse do cargo de Guardiã da IIª Gestão Administrativa do Bethel Jurisdicional de São Paulo, durante cerimônia realizada sábado, 12, na cidade de São José do Rio Preto, prestigiada por autoridades maçônicas de vários Estados da nação, autoridades paramaçônicas estaduais, além de autoridades civis. O Bethel Jurisdicional é formado por Filhas de Jó de todos os Bethéis de São Paulo. Na foto que ilustra, a Guardiã Jurisdicional Andréa ladeada por Milena Couto, Past Honorável Rainha do BJ e por Bruno Covas, Secretário de Estado da pasta do Meio Ambiente. Votos de profícua gestão!

Mesa de Pista 4 No Dia do Professor, 15 de outubro, numa feliz coincidência, Maura Bassi Nabuco comemorou idade nova. Após longos anos de permanência na capital paulista, Maura e o marido, Dr. Célio Nabuco, retornam à boa terrinha, adotando um estilo de vida mais interiorano - O bom filho a casa torna... Parabéns, Maura! 4 Também no dia 15, em Rio Pardo, Cristina Pe-

Parágrafo Único

3608-6677

“Seja na vida como o sândalo, que perfuma o machado que o fere”. (Buda)

No último fim de semana, esteve entre nós o empresário carioca Gilson Bittencourt, residente no município de Miguel Pereira-RJ, guest do casal Cristina e Marcelo Barretto Ferreira da Silva, amigos de long, long time! O simpático Gilson é casado com a jornalista Belisa Ribeiro, atualmente na Itália a trabalho, mãe de Gabriel o Pensador, que dispensa apresentações! No registro fotográfico, Marcelo ciceroneando Gilson no feriado da padroeira do Brasil.

reira de Lima recebia abraços carinhosos de familiares e amigos, quando mudava de idade. À noitinha, a família reuniu-se na Capela do Educandário São José, para a Missa em Ação de Graças pelo Centenário do nascimento do

saudoso Dr. João Baptista Ribeiro de Lima. 4 Em mina agenda, no dia 16 de outubro, os nats das amigas Cecita Susanna e Eliana Barsotini Barbosa - Parabéns em dose dupla!


C-2 - GAZETA DO RIO PARDO - 19 de outubro de 2013 e-mail: trecenelladiciorani@gazetadoriopardo.com.br

Ula-Ula A Associação Atlética Riopardense, presidida por José Augusto Gonzaga Barretto, promoveu concorrido Baile Hawaiano na noite de sexta-feira, 11 de outubro, no poliesportivo do clube, abrilhantado pelas bandas Lemon e Tradisamba, contando ainda com apresentações acrobáticas, além de ilhas de drinks tropicais – Um su!

Enlace Às 20:30 do dia 5 de outubro, na Igreja Matriz de Tapiratiba, aconteceu o enlace matrimonial de Daniela e Rafael, unindo as famílias Célio Melo de Rezende-Antônia Maria de Oliveira Rezende e José do Carmo de PauliVera Lúcia Siqueira de Pauli. Após a cerimônia religiosa, os noivos recepcionaram os convidados no Salão FOTO METRO Paroquial Dom Tomaz Vaqueiro.

Os noivos durante a recepção Em noite hawaiana, o presidente José Augusto ladeado por Carminha Gertrudes e Zezinho Garcia

O empresário Mito Buffoni com a esposa Flávia prestigiaram o concorrido evento tricolor

Em Festa l Matheus, filho de Talita Perillo de Almeida e Marcos César de Almeida, festejou 2 aninhos dia 28 de setembro, no Buffet Terra do Nunca. MARIA LUISA PHOTOS

Daniela e Rafael com os respectivos pais

l Gláucia Gaino Furlan Perillo e Marcelo Cálipo Perillo festejaram o 1º Ano de Sapequice do primogênito Luca dia 8 de outubro, no Buffet Ponto Kids, lindamente decorado com brinquedos antigos: iô-iô, petecas, carrinhos e aviões de madeira, cubo mágico, etc. FOTO METRO


C-3 - GAZETA DO RIO PARDO - 19 de outubro de 2013 e-mail: trecenelladiciorani@gazetadoriopardo.com.br

Em Sociedade Entre longas temporadas nos Estados Unidos e breves estadas entre nós Jandira Silva Ferrari, aniversariante do dia 13 de outubro, festejou antecipadamente o seu nat abrindo as portas da colhedora residência da família na noite de sexta-feira, 11, recebendo numeroso grupo de bons amigos em torno de Jantar grifado pela anfitriã, devidamente coadjuvada pela amiga Cecília Helena Dias Yasbeck, ambas, quituteiras de mão cheia – Parabéns, Jandira!

Os anfitriões da noite, Jandira com o marido Oswaldo Ferrari Jr., ladeados pelo filho Oswaldo Ferrari Neto, pela nora Adriana, pelos netos Netinho, Gabriela e Guilherme, mais o cunhado da aniversariante, Pedro Armando Ferrari

Sentados: Cecília Helena, Ângela e João. Atrás: Mariângela, Regina, Jandira, Izonel e Carlinhos.

Sentadas: Bel, Marina e Cilu. Em segundo plano: Sandra, Jandira, Cidinha e Anita Jandira, Naziha, Vera, Maria Luiza e Nina.

A Nova Arpa No dia 11 p.p. foi inaugurada a “Casa do Professor”, nova sede da Associação Rio-Pardense dos Professores Aposentados. Foi uma cerimônia singela que contou apenas com as presenças de diretores, conselheiros e ex-presidentes da entidade. O Abade D.Paulo Celso Demartini abençoou as novas instalações. Na foto, D.Paulo e o grupo de arpistas. O Presidente Francisco Brahetta clicou o encontro. Dia 13 houve Missa em Ação de Graças na Matriz São José.

Em primeiro plano: Giovana, Cleide, Marilda e Elza. Em pé: Belita e Jandira

No dia 15, data maior dos professores, a nova sede da Arpa foi festejada com um encontro que contou com a presença de uma centena de professores. Nesta ocasião os mais cumprimentados foram o presidente Francisco Braghetta e o Engenheiro Mário Gusmão, responsável pela reformulação do prédio na Rua Silva Jardim. Sem receber honorários, Mário ofereceu esta obra a quem lhe proporcionou uma carreira de sucesso – Os Professores.

Francisco e Mário

Alto Verão ARA A ARA – Ação Rio-Pardense de Amigos, presidida por Sônia Bertero Stocco, abriu o corrente mês com chave de ouro, promovendo alegre Encontro Confraternização dos conterrâneos ausentes, na capital paulista (foto).

A Hering lançou a Coleção Alto Verão ao cair da tarde de quarta-feira, 16 de outubro, durante badalado desfile apresentado na loja da Cap. Vicente Dias, reunindo os descolados da city. As novas tendências estão de arrasar! Confira! A coluna cumprimenta o empresário de modas Fábio Vaz de Lima, que sabe das coisas!

Pevi O PEVI – Projeto Esperança e Vida, comunidade terapêutica para tratamento de dependentes químicos “está debutando” e comemora os 15 Anos de sua fundação com ciclo de palestra: Dia 7 de novembro, às 20 horas, a Psicanalista Dra. Roberta Ecleide de Oliveira Gomes Kelly abordará o tema “ A droga, a dependência química e o sujeito da adição: o que a psicanálise tem a dizer?” Dia 8, às 20 horas, o Promotor de Justiça Dr. Cláudio Zan discorrerá sobre “Como funcionam as internações compulsórias e involuntárias sob a visão da lei”. Também no dia 8, às 21 horas, o Psiquiatra Dr. Gilson Antônio de Bello Vieira explanará sobre “ A importância da psiquiatria no tratamento da dependência química”. No dia 9, sábado, às 20 horas, no salão do Rotary Club local, sede da comemoração do PEVI, Jantar Beneficente com música ao vivo por Capitelli & Jaqueline. Reserva de convites com a presidente do Projeto, Terezinha Presti, pelos tels. 3681-3031 – 99429-4818 ou 98182-5305 – Participe da “coroação” dessa importante conquista, não só de nossa cidade como da região! Parabéns, Terezinha!


GAZETA DO RIO PARDO - 19 de Outubro de 2013 - C- 4


Página C-5 - 19 de outubro de 2013 - GAZETA DO RIO PARDO

rjdg@terra.com.br

A dança dos leques e saudosismo A velha amiga telefonoume, com emoção à flor da pele, como se um remoinho de recordações a tivesse sugado a um passado distante, fazendo-a retroagir 59 anos, parando em novembro de 1937. Viu-se menina, 8 anos, no palco do Cine Colombo, dançando e cantando no grande festival em benefício da Caixa Escolar do Grupo Cândido Rodrigues. E ela me dizia: — Aquele programa do festival, na sua coluna de domingo passado, que tenta preservar a memória da cidade, me trouxe uma alegria indescritível, Rodolpho... Chorei. Eu estava lá, sem nome, na dança dos leques: o Colombo cheio; a enorme e pesada cortina pintada pelo Giudici se abrindo; as meninas e meninos com lanternas acesas entrando no palco escuro iniciando o espetáculo... Eu esperava, excitada, a minha vez de subir ao palco. Dona Jacira Rodrigues, uma das organizadoras da festa, já tinha examinado as fantasias e adereços de todos os participantes. An-

siosa, eu segurava a fantasia cor-de-rosa de papel crepom. Nós seríamos parte de um grande leque, que se abriria, segurando fitas, que imitavam suas varetas, convergindo para as mãos de uma menina, que faria o solo da canção... O número era muito bonito... Silêncio. Percebi que minha amiga chorava... Interessado na história, eu a incentivava a continuar seu relato de quase 60 anos. — Eu era mais pobre do que as outras meninas... Quando, dois meses antes do festival, D. Jacira e outras professoras foram às classes selecionar os alunos, eu me apresentei, movida por uma inexplicável tendência artística. E fui uma das escolhidas... O difícil para mim era pagar os dois mil-réis do vestido e das flores de crepom... Pausa de emoção... — A dança do leque!... Ele se abria e se fechava, num movimento sincrônico, harmonioso, acompanhando a canção de amor... Esperávamos a nossa vez. As professoras retocavam nossa maqui-

agem com ruge e batom, arrumando a tiara de flores... No palco, Jandira Beber, com sua voz privilegiada, cantava. A professora tesoureira , sem citar nome, foi verificar se a única menina que não havia pago a fantasia trouxera os dois mil réis... Era eu a devedora, mas fiz coro com as demais: “Eu já paguei!”... No palco, eu me senti a Shirley Temple, cantando, abrindo e fechando o leque... No final, todas saíram do camarim, levando suas roupas de papel. Eu esperei e fui a última a sair, com mãos vazias, mas feliz... Novo silêncio e, retomando a retrospecção, falamos das dificuldades da vida naquele passado, num Brasil não industrializado, pouco inflacionado, com dinheiro pouco, valorizado, contado e poupado... Lembramo-nos do dinheiro guardado em casa, das compras feitas com caderneta e, depois de um mês, no pagamento, ainda se ganhava, como brinde, sabonetes, latas de doces,

balas... — A gente não era miserável, Rodolpho, mas pobres, como a maioria da população. O que se ganhava com muito trabalho era consumido na alimentação... Roupas e sapatos eram supérfluos: ganhavase, usados, de parentes mais abonados, ou, quando possível, eram comprados no Natal... O riso aflorou quando nos recordamos dos lenços amarrados no rosto inchado, escondendo e aquecendo a infecção, que provocava a terrível dor de dente... Rimos com um dos pés dos alunos amarrado com pano, escondendo ferimento, mijacão, bicho-de-pé, ou esperando que o sapato no conserto ficasse pronto... Tempos depois, seria o outro pé o machucado... Fazíamos um retrato de um país rural, sem indústrias, afastado do mundo adiantado... — Você se lembra do frango, Rodolpho, que entrava no cardápio só no Natal, ou nas grandes festas religiosas? O coitado era estrangula-

do no quintal!... Só nas festas apareciam a gasosa, o vinho, a cerveja, o cobiçado pudim... Balas, bombons e bolachas, nem pensar!... Comentamos que, com o pouco, todos tínhamos refeições sadias, hoje recomendadas, graças à criatividade dos mais velhos, que aproveitavam sobras e legumes e frutos do quintal... Falamos dos sabores e odores inesquecíveis, das verduras enriquecidas com a carne da sopa, o barato bacalhau; o macarrão e a polenta temperados com a massa de tomate feita em casa; a polenta quente com óleo e queijo...; de vez em quando, a goiabada, também feita em casa, como sobremesa e levada dentro do pão, como lanche... Éramos pobres, mas não miseráveis... Tínhamos o que comer, mas não os dois mil réis para a fantasia do teatro... Ela me dizia que precisava desligar, porque o feijão estava queimando...— Hoje, Rodolpho, com a industrialização e a assistência social, o pobre da nos-

sa região perdeu a criatividade... Em dificuldades, ele tem a sopa quente e a cesta básica das entidades assistenciais... Com pouco dinheiro, ele encontra o frango congelado, as massas e os doces em pacotes, em latas e vidros... Ele nem imagina como se matava um frango, como se planta o tomate, como se faz a goiabada, como se acende um fogão à lenha... São novos tempos... Ela estava preocupada com seu feijão no fogo a gás, mas estava ligada nas coisas dos anos 30 e 40. — Ninguém ganhava nada de ninguém, a não ser as roupas e os sapatos já usados de parentes... Pedir era coisa dos mendigos, que saíam aos sábados, com placas numeradas nas lapelas... Nosso orgulho camuflava a pobreza... Meu Deus, a panela de pressão!... Tchau, Rodolpho, obrigado pelas boas recordações que a sua coluna me propiciou... Obrigado!... Eu volto a lhe telefonar para recordar o passado... Tchau!

Baile das debutantes, realizado em 21 de outubro de 1972, na sede social da AAR. Da esquerda para a direita: Maria Teresa Osmak, Cristina Tranquilini, Kátia Rondinelli, Maria Carmem Censi, Vera Maria Gonçalves, Nádia Meireles Basili, Regina Vasconcelos, Carmen Cecília Suzana, Ruth Cristina Montanheiro, Maria Lígia Cagnoni Cobra, Adriano Reis, Ana Lúcia Polachini, Ana Maria Madeira, Nilce F. de Araújo Silva, Lígia Teixeira Lopes, Nádia Frigo, n.i., Beatriz Vitali Consolo. n.i., Maria de Lourdes Vigorito e Liliana Cabrera.

Na inauguração da 3ª Frapic, em 8 de agosto de 1976, o prefeito Azael da Costa Figo e as recepcionistas. Da esquerda para a direita: Rosa Lega, Ana Lúcia Maschietto Simões, Maria Amélia Alcântara Virgili, o prefeito Azael, Rose Della Torre, Maria Cristina Fiorante e Leda Rondinelli Assumpção. Atrás, Dante Artese.

Funcionários da “Leco”, em 1962, da esquerda para a direita: Joaquim, Benedito Lima, Mário Bento, Jordão, Barbisan, Amâncio Cruz, Orlando Fiorante, Benedito Trento, Domingos Guerra, Joaquim Hipólito, Arlindo Rossi e o gerente Assis

Funcionários do Banespa. Da esquerda para a direita, agachados: Oswaldo, Newton Batista de Oliveira, Pedro Tadeu Guimarães, Édson Zampar (na frente). Waldemar Feltran (atrás), Marcelo De Pietro e Walter Franzé. Em pé, atrás: Lourdes Aparecida Gomes, Miguel Folchetti (atrás), Jorge Tadeu Pereira, Walter Bagodi (atrás), José Luiz Spessotto, Fernando Páscoa, Luísa Smarieri, Célia Malagute Feijó (atrás), Regina Célia Dias e Eurípedes B. Silveira.


C-6 - GAZETA DO RIO PARDO - 19 de Outubro de 2013

Mogly existe de verdade, mas é menina O nome dela é Tippy DeGraw, nasceu na África em uma família de fotógrafos franceses e sua infância absolutamente incomum. Ela cresceu no deserto africano onde desenvolveu relações calo-

rosas com muitos animais selvagens, incluindo um elefante africano chamado Abu, de 28 anos de idade, assim como leões, girafas, avestruzes, crocodilos, chitas, sapos gigantes e até mesmo co-

Aisha, de Fábio Amato Angelini

bras. “Eu não tenho amigos porque convivi muitos anos sem ver crianças, só animais. Assim, os animais viraram os meus amigos”, disse Tippy a repórteres da Time, que

foram à África entrevistála. Os pais da menina, que ficou conhecida como Menina Mogly após a publicação da reportagem, escreveram um livro contando sobre a infância dela na África. O livro foi

Pipoca, de Amanda Chiconello

publicado em 1998 e as fotos republicadas nesta página são dele. A África tem sido a casa de Tippy por muitos anos e, naquele continente, ela não só pegou amizade com os animais ferozes,

mas também com as tribos da Namíbia. Veja nas fotos desta página como é a relação de Tippy, a Menina Mogly, com seus amigos selvagens. FONTE: SITE ANIMAIS PERIGOSOS

Mel, de Silvio José

Betina, de Leticia França

Kiara e Meg, de Diva Ap. Maida Paduelli Akira, de Rogério Luis S. Fernandes

Chay, de Alexia Larissa

Dolly, de Guilherme Luvizaro

Miura, de Priscila da Silva Rodrigues (Américo Brasiliense)


C-7 - 19 de Outubro de 2013

Empresas de fast food defendem comida saudável, mas especialistas criticam REPRODUÇÃO

AIANA FREITAS/DO UOL A rede de lanchonetes McDonald’s incluiu, num kit destinado às crianças, pedaços de maçã para a sobremesa. A Unilever quer cortar, da maionese Hellmann’s e dos sorvetes Kibon, uma grande quantidade de açúcar e sódio. Com iniciativas assim, gigantes do setor de alimentos e bebidas entraram na luta contra a obesidade, problema que já atinge metade da população brasileira, segundo dados do Ministério da Saúde. Essas empresas têm feito grandes campanhas de marketing sobre alimentação saudável e usado a mesma justificativa para suas iniciativas. Elas afirmam que não se sentem culpadas pela obesidade, que seria causada muito mais pelo estilo de vida sedentário da população do que por alimentos e bebidas. Mas, como líderes de mercado, afirmam que têm a obrigação de tomar a frente de campanhas que possam ajudar a solucionar o problema. Especialistas em direitos do consumidor e nutrição não tiram o mérito das iniciativas, mas fazem ressalvas e dizem que elas têm muito mais de marketing do que de benefícios reais. “Isso nada mais é do que marketing nutricional e alimentar. A indústria tem ido pelo caminho de dar um banho de saudabilidade nos seus produtos e na sua marca. Ao fazerem esse exercício e discutirem esse tema, elas tentam evitar ser responsabilizadas pelo problema da obesidade”, afirma a coordenadora do programa Alimentação e Nutrição nas Diferentes Mídias - PropagaNUT, Renata Monteiro. As empresas, no entanto, dizem que suas ações têm resultados efetivos e não são só propaganda. Evitando o aperto da legislação Para o Carlos Thadeu de Oliveira, gerente técnico do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), as

Não vai faltar sensualidade na relação amorosa, mas também será importante os pequenos cuidados e atenções a seu par. No trabalho, vai ter proteção e terá aquele empurrão básico em tudo que quer realizar. Mas controle sua impulsividade se quiser prosperar. Em família, resolva os problemas através do diálogo.

Poderá surgir um monte de paqueras, mas você não estará muito a fim de se envolver pra valer e sim, se divertir. No trabalho, arregace as mangas e vá em busca do que deseja. Sua força é poderosa quando você resolve progredir. O convívio com familiares está favorecido. Aproveite os bons momentos ao lado deles. Você vai querer tomar uma decisão mais séria no romance. Na paquera, poderá se envolver com alguém do trabalho. No serviço, cuide da sua imagem, pois ela pode abrir caminhos na carreira. Terá sorte nos investimentos com seu dinheiro. Bom momento para promover encontros com familiares que não vê há algum tempo.

Sair da rotina será essencial para renovar a relação amorosa. Surpreenda seu paquera tomando a iniciativa. No trabalho, novos caminhos podem surgir. Este é um momento para seguir sua intuição. Tudo tranquilo nas finanças. Poderá viajar para rever parentes distantes e fortalecer os laços com eles.

Momento de acertar o relacionamento e tomar decisões de longo prazo no plano afetivo. No serviço, oscilações e desafios vão acontecer, mas você terá capacidade para solucionar as questões mais difíceis. Faça uma reserva financeira. Em família, algo inesperado vai exigir mudanças e adaptação de sua parte.

ações têm um lado positivo, mas escondem outra intenção. Para ele, ao tomar esse tipo de medida voluntariamente, as empresas também tentam evitar que leis mais rígidas restrinjam sua atuação em pontos de venda e na publicidade, como aconteceu com o cigarro e as bebidas alcoólicas. “Ainda assim, não deixa de ser positiva qualquer atitude das empresas nessa direção, apesar de isso estar acontecendo com bastante atraso no Brasil”, diz. O que é um produto saudável? Para os especialistas, muitas mudanças ainda serão feitas pelas empresas daqui para a frente. “Elas perceberam que mão dá mais para esconder o problema da obesidade embaixo do tapete. Nenhuma empresa quer ficar fora do debate, porque ninguém quer ver sua imagem manchada”, diz. Oliveira afirma, no entanto, que o assunto ainda precisa ser tratado com moderação. Ele diz que a própria definição de produto saudável ainda precisa ser aperfeiçoada. Para ele, cabe também, ao consumidor, fazer sua parte. “O consumidor tem um papel importante na redução do consumo desses alimentos, mas é preciso que haja informação na embalagem e no rótulo dos produtos”, afirma.

Semana ideal para sentar com seu amado e resolver com diálogo sincero os pontos complicados do romance. Astral ótimo na paquera. No trabalho, o clima é de certa tensão, portanto, muito cuidado ao tomar decisões. Será preciso administrar melhor suas finanças. Em família, conversando é que vocês vão acertar algumas divergências. Período de ajustes na relação amorosa. Encare as diferenças, evite o ciúme e procurem chegar a um acordo. No trabalho, está na hora de mostrar seu potencial. Outras pessoas poderão ajudar você. Pode receber aumento de salário. Em família, mostre seu amor através das suas ações e atitudes. Boa semana para dar uma chacoalhada na vida afetiva e torna-la mais divertida e estimulante. Poderá se envolver com alguém do trabalho se estiver só. Invista em algo que lhe dá prazer e que ainda possa lhe dar um dinheiro extra. A família pode precisar mais de sua atenção, carinho e apoio.

É necessário muito diálogo para conseguir deixar a relação amorosa do jeito que deseja, mas curta o amor sem cobranças. Sua sensualidade ajudará a conquistar. No trabalho, organize-se e não misture assuntos pessoais com os profissionais. O setor financeiro melhora nesta semana. Em família, busque a harmonia. O romance vai precisar de diálogo e parceria, sem isso, tudo vai ficar chato e você pode pensar até em terminar a relação. No trabalho, procure mostrar suas ideias. Viagens e descolamentos poderão render bons contatos. Relacionamentos com irmãos e parentes próximos podem ser mais satisfatórios. Aproveite! Aproxime-se mais da pessoa amada, converse, mostre o que sente, assim, vocês vão criar mais intimidade. Poderá conquistar quem deseja se estiver só. No trabalho, mostre que tem responsabilidade e use as suas qualidades a seu favor. Mantenha seu dinheiro sobre controle. Um familiar poderá lhe ajudar a tomar decisões importantes. Seu romance vai pegar fogo, curta a intimidade com seu amado. Alguém interessante vai mexer com seu coração se estiver só. Trabalho protegido — concentre sua atenção no que quer ver dar resultados. Não gaste mais do que ganha. Um parente pode causar preocupação, fique de olho e ajude no que for preciso.

Bolo de granola com maçã e banana DIVULGAÇÃO

Ingredientes 4 ovos 1 xícara de açúcar mascavo 100 g de creme vegetal 1 xícara de granola qualquer sabor 1 e 1/2 de farinha de trigo 1 colher de sopa de fermento em pó 2 maçãs 3 bananas picadas Modo de preparo Misture todos os ingredientes, menos as frutas. Bata bem, adicione as frutas e o fermento. Coloque em uma forma untada. Polvilhe por cimas uma farofa com 1/2 colher de creme vegetal, 1/2 xícara de açúcar, 1/2 xícara de farinha de trigo e canela a gosto. Pré-aquecer o forno. Asse em 30 minutos.

HOJE - Marcos Henrique Sales Scali, Maria Betânia Scarcella Teixeira, Fernanda Vecchiati Beato, Moacyr Teodoro de Carvalho. AMANHÃ – Luiz Felipe Rodrigues Moura, Leonardo Mantovani Batista, Carlos A. Ribeiro Miolli, Vinício Modesto, Maria Rosa Ávila Farah de Souza, Donizete Aparecido Agostinelli, Gabriel Silva Bernardo, Laís Fernanda Rosado, Gisele Perissinatto Andreata, Diego Andreata Martins. DIA 21 - Luiz Armando Cândido, Murilo César Torres, Túlio Curi Neto, Luciano Nogueira Grassi, Luciana Maria De Sordi Rocha, Luiz Eduardo De Sordi Rocha, Sueli Mazzer Remberg, Daniela Pizani, Vanessa Santurbano Folchetti, Isabela Luzio, Maria Carolina Gervásio Junqueira, Mariane César Francisco, Júlia Bertocco Jurado. DIA 22 - Marisa Rodrigues de Oliveira Zanchetta, Josefina Gil Capelari, Rosângela Aparecida Gomes, Maria Fernanda Marinelli Salvadori, Antônio Teixeira da Silva Neto, Carmen Lúcia Nogueira Serigatto Braghetta, José Roberto de Paiva Verrone, Carla Pi-

zani Baldassim, Daniele Nogueira Grassi, Nivaldo Sernáglia, Lucinda da Veiga Ferreira, Luís Eduardo Ferreira Bertocco, Leonardo Ferreira Bertocco, Márcia Dutra Gesualdo, Bruna Dutra Gesualdo, Rita Helena Perissinatto Andreatta. DIA 23 - Conceição Aparecida Tempesta Feltran, Antônio Carlos Cremasco, Valci Dias Batista, Paulo Sérgio Pereira, Bruno Borges Pizani, Aroldo Mazzotti, Marielle Cristina Rioli, Kátia Rondinelli Rodrigues, Caio César Frozoni, Allan Miyazawa, Eduardo Henrique Blaschi Escoqui, Tânia Aparecida da Silva Callegari, Marcela Vieira Ferreira. DIA 24 - Roberto Carlos Garçon, Catarina da Costa Moreira, Mário Aparecido Barbosa, Maria Esther Cassucci Vieira, Rosana L. Sernáglia, Odete Simara de Brito, Nelson Tadeu Danilo Spalato, Edvaldo Veríssimo, Rodrigo Scali Rippi, Judite Frozoni Antum. DIA 25 - Eduardo Ferreira dos Santos Neto, João Batista Dessimoni, Diego Pizani Baldassim, Guilherme Felice Garcia, Lelia Scali G. Abichabki.

Gazeta do Rio Pardo 2672  

Gazeta do Rio Pardo 2672