Page 1

Crateús-Ce. Quinta-feira, 30 de maio de 2013 - Ano XVII - No 360 - R$ 2,50 Acesse nosso site: www.gazetacrateus.com.br | E-mail: gazetaco@yahoo.com.br

ÁGUA DO FLOR DO CAMPO, SEM ADUTORA, É DESPERDÍCIO Findou-se o mês de maio e as chuvas não favoreceram Crateús. Já estamos raspando e coando a lama do volume morto do açude Carnaubal, que abastece a nossa cidade. Não temos mais água. Racionamos as últimas gotas do precioso líquido com a população. Enfrentamos uma calamidade. Estamos diante de uma operação de guerra que deve ser comandada pelo Estado. O açude Flor do Campo, em Novo Oriente, que abastece aquela cidade e a cidade de Quiterianópolis, se encontra atualmente com cerca de 20% de sua capacidade hídrica. De acordo com os planos da COGEHR - Companhia de Gerenciamento dos Recursos Hídricos, a água daquele açude viria para Crateús pelo leito seco do rio, até cair no açude Carnaubal, que abastece Crateús, fazendo um percurso de mais de 40 quilômetros. Uma temeridade! Um risco de perdermos toda a água por desperdício. Há uma opinião apontando que uma descarga de 9 milhões de m³ de água pelo caminho do rio, despejaria 3 milhões de m³dentro do açude Carnaubal. Cálculos pessimistas, porém não tão pessimistas, sinalizam que toda esta água poderia se perder durante a sua trajetória até a chegada a Crateús. Seria como nadar, nadar e morrer na praia. Assiste razão ao povo de Novo Oriente, ao se manifestar contrário a esta aventura hídrica, a esta brincadeira de mau gosto patrocinada pela irresponsabilidade da COGEHR, em fazer escoar quase metade da reserva hídrica do açude Flor do Campo, com a água correndo pelo leito do rio, servindo apenas para encharcar o solo, tornando Novo Oriente e Quiterianópolis tão vulneráveis quanto Crateús, que já enfrenta racionamento e iminente colapso de água. A água do açude Flor do Campo não pode ser sonegada, mas também não pode ser desperdiçada. Ou ela chega a Crateús através de uma adutora construída pelo Estado, construída ou montada como numa operação de guerra, em regime emergencial, ou chegará através da operação carro-pipa. Além do mais, necessitamos de outra adutora de vital importância, entre o açude Carnaubal e a barragem do Batalhão, que também seria construída no mesmo regime de operação de guerra, pois, o pouco de água que nos resta do volume morto daquele açude está chegando à barragem do Batalhão correndo pelo chão sequioso, perdendo-se em grande quantidade pela infiltração, pela evaporação e pelo seu uso em propriedades rurais. O descaso e a imprevisibilidade da COGEHR ao longo de muitos anos, colocou Crateús neste doloroso impasse. Antes, falou-se na possibilidade de se trazer água do açude Jaburu, de Independência, que estaria com 18% de sua capacidade hídrica; depois, desistiu-se, ao se verificar que o manancial se encontrava quase seco. Falou-se também na garantia hídrica para Crateús, até janeiro de 2014, utilizando-se as águas do Jaburu e do Flor do Campo, simultaneamente, e nenhuma dessas ideias prosperou, o que demonstra a incapacidade técnica da empresa para prevenir uma calamidade. Agora, ou se constroem as duas adutoras em regime de urgência urgentíssima, ou Crateús se verá, lamentavelmente, em poucos dias, ostentando a maior frota já vista de caminhões-pipa cortando as estradas de Novo Oriente e de Varjota, onde está situado o açude Araras. Esta é a triste realidade que nos espera, e que decorre da imprevisibilidade crônica da COGEHR. Por enquanto, tenhamos uma certeza: água para Crateús é ainda uma meia certeza.

SECA

BNB apresenta novas medidas para regularização de dívidas Cliente enquadrado no pacote de medidas para regularização de dívidas pode ter o saldo devedor dividido em 10 parcelas anuais. Página 05

EMANCIPAÇÕES

Domingos Filho comemora avanços na emancipação de distritos Autor de projetos e articulador dos movimentos em defesa da criação de novos municípios, o vice-governador Domingos Filho destaca avanços na Câmara Federal. Página 04 Vice-governador Domingos Filho acompanha a tramitação de seu projeto na Câmara Federal

Câmara Municipal Empresário do transporte escolar se explica mal na Câmara e a bancada de oposição, com apenas quatro vereadores e sem a presença do seu líder, mostrou incompetência até para indagar o verdadeiro endereço da empresa em Fortaleza. Página 11

Falácias sindicais Com este título, Deoclides Machado(foto) destaca em longa e importante matéria o momento único ora vivido pelo município de Crateús, em toda a sua história políticoadministrativa, quando o Executivo Municipal elabora projeto de lei para mudança de regime previdenciário do funcionalismo municipal. Página 12

A Gazeta do Centro-Oeste, ao completar 16 anos de sua fundação, hoje, 30 de maio, e se tornar o melhor jornal do interior do Ceará, saúda o Banco do Brasil que, ontem, 29/5/2013 completou, em festa, 70 anos de profícuas atividades no município de Crateús, acompanhando de perto o progresso e o desenvolvimento desta terra desde 1943.

Gazeta Saúde Cirurgião plástico Isaac Furtado fala de cátedra sobre o recente episódio em que a atriz internacional Angelina Jolie foi submetida a uma mastectomia bilateral e, em outra etapa fez a reconstrução mamária com próteses de silicone. Página 08


GAZETA DO CENTRO-OESTE Crateús - Quinta-feira, 30 de maio de 2013

Página - 2

EDITORIAL Gazeta 16 anos O tempo passa muito rápido. Aos 16 anos, ainda parece recente o dia em que era fundado este jornal, que veio constituir-se o maior noticioso de Crateús nos 100 anos de sua existência como município. Veio para abrir as portas do conhecimento sintonizando o cidadão na cadeia evolutiva dos avanços do tempo, educando-o e criando margens a um mundo de oportunidades compartilhadas. Nestas páginas foi rememorada a história, documentário maior do tempo, através de relatos e de imagens do ontem, denotando a certeza que o bom trabalho e as boas ações conduzem ao êxito. Êxito dos que através de seus valores agregados serviram à comunidade, compartilharam a vida. Exercitaram o bem viver, fizeram sua parte, incentivando e criando oportunidades. Ao longo de quase duas décadas tratou dos mais diversos temas de interesse de todos, retratando a notícia como ela é, divulgando de forma descomprometida o certo e o errado, tudo com o único objetivo de enaltecer a trilha do bem, e criticar ações incorretas chamando atenção para suas devidas correções. Concebemos ser este o papel e o dever da boa imprensa: noticiar e enaltecer o que está correto, motivando e energizando seus atores ao crescimento e abominando o erro em todas as suas instâncias - doa a quem doer. A Gazeta tem desempenhado papel importante no que tange ao desenvolvimento humano, social, econômico, cultural e sustentável, desenvolvendo com zelo e dignidade o papel da informação, contribuindo, assim,

para a superação de inúmeros problemas sociais da sociedade contemporânea. É neste contexto que emergiu tudo aquilo até hoje veiculado neste noticioso. Tivemos a preocupação de considerar as possibilidades de o capital social e cultural contribuírem para o desenvolvimento social e econômico, como elemento central desta relação, a cultura e o desenvolvimento, entendida como um fator de coesão social onde os indivíduos podem se reconhecer mutuamente, cultivarem-se, crescer em conjunto e desenvolver a autoestima coletiva. A Gazeta do Centro-Oeste dá hoje mostras de solidez e maturidade, atuando na formação do bem informar, trilhando na informação de excelência, pesquisando o que acontece no mundo contemporâneo, acompanhando as inovações, ancorada na força de sua trajetória e em seu diferencial: a vocação para o jornalismo limpo e transparente, cuja semente estava em seu nascedouro há dezesseis anos. Tratou da cultura, educação, saúde, política, economia e mercado, religião, sociedade, ecologia, esporte; do cotidiano - das coisas simples às mais complexas; da ciência. Abordou Crateús, Ceará, Brasil e o Mundo, levando aos leitores uma visão geral desse universo globalizado e confuso, com vistas a educar através da leitura, tendo como pilastra maior o conhecimento, que leva o homem ao crescimento, vislumbrando o alcance de uma melhor qualidade de vida. Afinal, a educação e o conhecimento fazem o mundo. Nestes 16 anos, tratou com destaque de temas re-

ARTIGO levantes ligados à Natureza, neste tempo em que o mundo inteiro pede clemência, preocupado com a degradação do Meio Ambiente. Portanto, criou um espaço exclusivo neste jornal: GAZETA NO CAMPO. Não esqueceu a saúde, com espaço especial para recomendações e alertas ao nosso cotidiano. Na página REGIONAL, faz a cobertura de todo o Centro-Oeste do Estado, enaltecendo e criticando fatos e feitos. Na área da Cultura não esqueceu o sentimento e a nostalgia inerente aos nossos patrícios interioranos e aos que viveram as últimas décadas. Criou o espaço: CRATEÚS DE ONTEM, onde é revivida a história de Crateús e da Região, principalmente, na última metade do século passado, mormente do cotidiano, dos fatos e feitos e daqueles que de uma forma ou de outra fizeram a história da Princesa do Oeste e dos Sertões de Crateús. Também não esqueceu um canto à Poesia e à rememoração dos costumes dos últimos cem anos:Flash do Passado (sou daquele tempo). Reservou uma coluna-opinião - onde leitores, articulistas e intelectuais puderam expressar suas ideias e seus sentimentos através de artigos, crônicas e cartas. Por fim, este jornal se caracterizou por todos estes anos por uma posição editorial renovadora, atualizada, independente, alternativa e polêmica, dando larga cobertura aos fatos escabrosos e anomalias sociais de toda ordem. Foi assim a GAZETA DO CENTRO-OESTE, será assim este noticioso enquanto durar.

Projeto Gráfico e Diagramação: Fabrício Pereira fabriciopereiramkt@gmail.com

Katherine Cavalcante de Azevedo Historiadora e Pedagoga

Sem Educação pobreza jamais será vencida Muito se tem falado em educação. O discurso dos políticos é um só: a educação é prioritária, o município, o estado e o país não vão para frente sem educação. Todos defendem alocação de recursos para esse fim. Tramita no Congresso o Plano Nacional de Educação para a próxima década. Estão até defendendo com entusiasmo que os recursos do pré-sal sejam aplicados com exclusividade na educação brasileira. Lamentavelmente, compromissos assumidos muitas vezes não se traduzem em realidade. Para que as promessas não caiam no vazio e sejam seguramente efetivadas, o Plano Nacional de Educação precisa estar ancorado em Lei capaz de transformar uma carta de boas intenções em direitos e deveres a serem cumpridos pelas diferentes instâncias de governo, contemplando instituições privadas e a comunidade escolar. Há de se viabilizar um gigantesco esforço a ser empreendido não só pelo poder público, mas também pela sociedade. Há de se convir que o único e seguro caminho para o futuro do Brasil será através da educação, transformando em prioridade do Estado, com a participação ampla da sociedade. Foi assim que aconteceu com todos os países que deram o grande

Coordenação e Digitação: Leila Leitão

Assessor para assuntos especiais: Francisco Oton Falcão Jucá Tel.: (85) 3254.5353 / (85)99812637 Fax: (85) 3254.8000

M. Duarte da Silva CNPJ: 06.327.640/0001-97 Rua Cel. Lúcio, 503 - CEP 63700-000, Crateús-Ce - Fone/Fax: (088) 3692.3810

Conselho Editorial: Eduardo Aragão Albuquerque Jr. José Bonfim de Almeida Júnior Sebastião Cesar Aguiar Vale

Importante: As opiniões assinadas não refletem obrigatoriamente o pensamento do jornal.

Sebastião César Aguiar Vale Editor-Geral e jornalista responsável Mat. nº: 01227JP - CE FENAJ rasecvale@yahoo.com.br

Assessoria Jurídica: Dr. José de Almeida Bonfim Júnior, OAB 15545 CE

Assinaturas ou renovações: Através do E-mail: gazetaco@ yahoo.com.br ou pelo telefone (88)

Fundada em 30 de maio de 1997

[ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

salto no desenvolvimento. Em todos, sem exceção, ocorreram maciços investimentos em educação, bem como na qualificação profissional. Acreditamos que o Brasil dá passos certos na busca da estabilidade econômica e nos ganhos de renda, fruto da operacionalização dos programas sociais. Apesar desses avanços, só isto não basta. As carências sociais ainda são inúmeras frente à pobreza que nos constrange, envergonha e nos desafia. É uma divida social que há de se resgatar com urgência e persistência. E esse premente cuidado passa indiscutivelmente pela educação. O Brasil desponta no campo da educação com a terceira pior taxa de evasão escolar entre 100 países com maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). É lamentável que em cada quatro alunos que iniciam o ensino fundamental, um abandona a escola antes de completar a última série. Outro fato triste, é que 50% dos brasileiros não têm sequer o ensino médio completo. O resultado do censo de 2011 aponta melhorias animadoras, ainda não contabilizadas pelos organismos internacionais. Por exemplo, o Índice de Desenvolvimento da Escola Básica (IDEB) para as Séries Iniciais aumentou

3692.3810. Assinante de qualquer localidade enviar comprovante de depósito bancário por fax ou e-mail: Bradesco M. Duarte da Silva - ME Agência: 997-0 - Conta: 16165-9

nos estados das regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste e mais o Ceará, no Nordeste, e Acre, Tocantins e Roraima no Norte. Para as Séries Finais, repetiu-se essa melhoria nesses estados, sendo que no Nordeste agregou-se o Piauí e no Norte, Roraima não alcançou o índice. Para o Ensino Médio, o Sul, Sudeste e Centro Oeste apresentaram melhorias à exceção do Espírito Santo e Mato Grosso. Do Nordeste, apenas o Ceará e no Norte, o Estado de Rondônia, melhoraram. O positivo é o incremento continuado em todos os estados. Com o ensino em tempo integral, a tendência é uma melhoria generalizada. O acesso à Universidade está se universalizando e se democratizando, pois o Enem a cada ano bate recordes de participação, enquanto cem mil jovens estão se credenciando em cursos de pós-graduação nas melhores universidades do mundo. Atualmente, quarenta mil já estudam no exterior. O governo e a sociedade hão de convir que para vencer a pobreza e a desigualdade social há de se investir prioritariamente em educação, e qualificação profissional. Assim, o salto para o desenvolvimento certamente acontecerá e a pobreza terá um alento.

Tiragem por edição: 2.000 exemplares. Crateús: Assinatura anual R$ 70,00 Outras localiadades Assinatura anual R$ 120,00

Banco do Brasil M. Duarte da Silva - ME Agência: 0237-2 - Conta: 28.765-2 Impressão: Gráfica e Editora Premius

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


GAZETA DO CENTRO-OESTE Crateús - Quinta-feira, 30 de maio de 2013

Página - 3

política Crônica da Cidade

Observatório

www.juniorbonfim.blogspot.com

16 ANOS DA GAZETA O biógrafo Lira Neto, na acurada pesquisa que realizou sobre o escritor e político cearense José de Alencar, relata com detalhes a intimidade dos jornais com a produção literária no período imperial. Os periódicos de uma maneira geral se constituíam no principal estuário da efervescência cultural daquelas distantes eras. O estilo literário do cearense de Messejana, também conhecido como romance de costumes, em que se destacam livros como Diva, Lucíola e A Viuvinha, passando pelos romances regionalistas tipo O Sertanejo e O Tronco do Ipê, incursionando pelos históricos As Minas de Prata e A Guerra dos Mascates, até chegar ao mundo indianista por meio de Iracema e O Guarani, foi sempre inicialmente festejado na imprensa. Os jornais da época publicavam, em primeiríssima mão, capítulos de suas obras. Mais do que pergaminhos noticiosos, os jornais cumpriram ao longo da história a solene missão de fornecer aos apreciadores da leitura a porção estrelada dos fonemas, o delicado perfume da crônica, o fermento sedutor da poesia. Nesta edição o Jornal Gazeta do Centro Oeste finca o mourão dos dezesseis anos de existência, saúda a alegria vital e estende à retina de todos a faixa de feliz aniversário! Há dezesseis anos João Aguiar idealizou este quinzenário. Convidou amigos e autoridades, preparou uma grande festa e exibiu o recém nascido à luneta da comunidade sob paternal emoção.

[ Opinião ]

Depois de algum tempo passou a tocha para César Vale, que o pôs no topo do console: é o mais longevo forno de formação e informação escrita da nossa centenária cidade. Poucos sabem ou imaginam ou têm ciência ou se dão conta de quão meticulosa ou árdua ou exigente é a tarefa de organizar um Jornal. Hercúlea função. Sei que o seu editor às vezes encetou campanhas em que recebeu pedradas de incompreensão. Polemista arrojado, já levantou bandeiras fulgurantes, como aquelas bordadas com as cores da nossa flora, exibindo as palavras de ordem de defesa do meio ambiente. Em outros momentos, esposou posicionamentos políticos que geraram reações adversas. Não quero aqui entrar nesse terreno. Não quero por na mesa de hoje o cálice amargo ou derramar o líquido ácido, apesar de sabê-los indispensáveis ao ofício jornalístico. Quero, em especial, reconhecer o contributo saudável. Valorizar o mérito prazeroso. Enaltecer a dignificante edificação. O Jornal Gazeta do Centro Oeste é responsável por grande parte do banquete cultural que a cidade de Crateús hoje experimenta. Como o periodismo dos tempos do Império, aqui tivemos a oportunidade de conhecer em primeira mão a fluência literária de bons mestres das letras. Algumas pessoas se revelaram luminares da escrita, talentosos manejadores das palavras através da incubadora deste periódico. A cidade hoje festeja nomes que se revelaram exímios cronistas pelas colunas da

[ Política ]

[ Cidade ]

Júnior Bonfim | juniorbonfim@msn.com

Gazeta. Flávio Machado é um exemplo desse movimento de fecundidade literária. O nosso Silogeu, a Academia de Letras de Crateús, teve seu primeiro estalo levado aos tímpanos da população por estas páginas. Quantos e quantos movimentos outros de emoção e sensibilidade, de alegria e cidadania emergiram do leito deste Jornal? Aqui se ouviu o primeiro grito contra a algazarra, o barulho ensurdecedor, a perturbação do sossego alheio. Daqui explodiu uma luta renhida contra a poluição e em favor do equilíbrio sonoro. Só para citar outro exemplo: quem não lembra de ter lido as garrafais letras que denunciavam a crueldade ante o tombamento injustificado de árvores centenárias? Foi por estas páginas que escorreram as primeiras lágrimas oriundas daquelas caudalosas raízes... Por dever de justiça impõe-se que reconheçamos a dedicação obstinada, a tenacidade guerreira do editor destas páginas. Este tem sido um Jornal forjado por múltiplos colaboradores, mas que se sustenta em uma só coluna: César Vale. Sei que não raro o concreto do tempo o açoita. Espero que não o desestimule. Nesta edição desejo, de coração, que o único veículo de comunicação local com capilaridade nacional continue a ser um elo integrador da conterraneidade. Mas que, sobretudo, sobre tudo, continue sendo um semeador de letras que fortaleçam o espírito, animem a esperança e alimentem o altruísmo humano.

[ Geral ]

Esmerino Arruda, o mais longevo político cearense da atualidade e testemunha viva de momentos significativos da vida política brasileira nos últimos sessenta anos, aniversariou na quinta-feira passada, dia 29 de maio. Estava internado no hospital há vários dias. Sabendo que iria receber alta no dia do aniversário, disparou telefonemas para os amigos convidando-os para comemorar. Saiu do hospital pela manhã e, à noite, estava tomando uísque com os amigos. Na hora dos parabéns, resolveu discursar. Após os agradecimentos, disse que precisava daquela energia que emanava dos seus familiares, amigos e correligionários.

IVAN Política é isso: troca de calor humano, circulação energética. Mesmo com todos os recursos tecnológicos disponíveis, o contato pessoal, pele na pele, continua sendo essencial na manutenção da sustentabilidade política entre candidato e eleitor, entre representante e representado. Talvez isso explique o empenho das lideranças oposicionistas de Crateús para viabilizar a nomeação de Ivan Monte Claudino para um cargo federal de relevo. Com isso, o candidato a prefeito que obteve surpreendente votação poderá ficar mais próximo das bases e animar a militância. Ivan estará na próxima semana, em Brasília, tomando posse em estratégica diretoria do DNOCS e fixará residência em Fortaleza. Assim, estará legal e funcionalmente inserido na vanguarda dos projetos do órgão, como é o caso do Lago de Fronteiras, em Crateús.

ARTICULAÇÃO Para emplacar o nome de Ivan em uma diretoria importante e de visibilidade houve uma intensa articulação das oposições, sobretudo do triunvirato de líderes Nenen Coelho, Domingos Filho e Domingos Neto. Esse movimento contou com o beneplácito do Governador Cid Gomes, que pessoalmente formalizou o pedido junto à ministra Gleisi Hoffmann, chefe da Casa Civil. O vice-governador Domingos Filho foi o responsável pela sensibilização do Chefe do Executivo Cearense, convencendo-o de que a região de Crateús precisava ter um

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

nome em posição de destaque político-administrativo, fosse no âmbito federal, fosse na esfera estadual. Político com rico currículo técnico, Ivan terá agora a enorme responsabilidade de corresponder à expectativa. À cidade cumpre comemorar esse tento.

GARANTIA O Governo Federal, por meio da Secretaria de Relações Institucionais, promoveu na sexta-feira (24/5), no Centro de Eventos do Ceará, a 10ª edição do Encontro Estadual com Novos Prefeitos e Prefeitas. A conferência reuniu gestores federais, estaduais e municipais com objetivo de aproximar as instâncias governamentais, orientando questões relativas a programas, ações e financiamentos. Quatro ministros se fizeram presentes: Ideli Salvatti, ministra da Secretaria de Relações Institucionais; Fernando Bezerra, ministro da Integração Nacional; Pepe Vargas, ministro do Desenvolvimento Agrário e Leônidas Cristino, ministro dos Portos. Ao usar a palavra, diante de um auditório superlotado, o Governador Cid Gomes mirou o Prefeito Carlos Felipe, referiu-se especificamente ao problema de fornecimento de água potável em Crateús e garantiu – em alto e bom som - que a cidade não entraria em colapso por falta de água, pois já dispunha de uma solução.

CANDIDATURA No intervalo do encontro, o Prefeito Carlos Felipe procurou este escriba e, sem ser indagado, afirmou que não será candidato no próximo ano. Disse que estava empenhado em deixar um legado para a cidade, sobretudo na área de educação, com a possibilidade de três campus universitários.

BALHMANN O site Crateús Notícias divulgou: “Deputado Balhmann Anuncia Uma Siderúrgica Para Crateús”. Outros órgãos de imprensa local repercutiram. A notícia é auspiciosa, alvissareira, extraordinária. Merece os aplausos de todo crateuense de bom senso. Mas isso não significa que seja consistente. Ou que se concretizará no curto prazo. Perguntamos a fontes governamentais sobre o assunto. Recebemos um leve,

discreto e irônico sorriso como resposta... Para que tenhamos uma ideia do quanto demanda de tempo e dedicação para se viabilizar uma Siderúrgica, há muitos anos que o Estado luta para instalar a Siderúrgica do Pecém. Só em 2010 conseguiu o Licenciamento Ambiental. Com obras em andamento, há uma previsão de início de operação e funcionamento para 2015.

BALHMANN II Certo mesmo é que o Deputado Antonio Balhmann está formando um grupo político em Crateús e região visando às eleições do ano que vem. Esteve em Crateús, Poranga e Ipaporanga. Em Crateús possivelmente terá o apoio de empresários da AJE e de Zé Vagno Mota e Luizinho Sales. Também conversou com o exprefeito Nenzé. Na Poranga, conseguiu apoio do grupo político liderado pelo Prefeito Carlisson Emerson, que realiza uma organizada e profícua gestão.

ACADEMIA A Academia de Letras de Crateús - ALC, por seu Presidente Elias de França, convocou os seus 30 membros efetivos para uma Assembléia Geral Ordinária que se realizará hoje, dia 1º de junho de 2013, às 14:00h, em sua Sede à Rua do Instituto Santa Inês, n° 231, nesta Cidade de Crateús, para discutir e deliberar sobre eleição da nova diretoria da Arcádia, mandato 2013 a 2015.

PARA REFLETIR Feliz aniversário! Esta GAZETA está completando dezesseis anos de existência. Conforme já registramos, é seguramente o periódico com mais tempo de vida na história do nosso município. Ao longo desse período, tem sido uma arena escancarada para o pugilato de idéias, um púlpito exposto à pregação cidadã, um palanque portátil para a difusão da queixa popular, um microfone invisível recepcionando o brado comunitário, um altar erigido em honra à deusa da Liberdade. Merece um brinde literário, uma efusiva salva de palmas, uma desassombrada aclamação pública, uma rajada de fogos sem artifícios, um grito ardente de Parabéns!

[ www.gazetacrateus.com.br ]


GAZETA DO CENTRO-OESTE Crateús - Quinta-feira, 30 de maio de 2013

Página - 4

Dr. Francisco Soares Costa-CRM 1926

cidade

Atendimento particular e pelos convênios: Unimed, Cassi, Cafaz, Camed, Correios, Capesaúde e Fusex Horário: Diariamente a partir das 15 horas Consultório: Pronto Atendimento da Unimed – Rua Ubaldino Souto Maior, nº 1221 - Crateús-Ce.

Guarda Municipal comemora 13 anos A Guarda Civil Municipal de Crateús, hoje sob a direção do inspetor Severino Gomes, comemorou 13 anos de profícua existência, prestando homenagem a todos os que passaram pela sua direção, a partir do dia 23 de maio de 2000, ano da sua fundação. À solenidade, compareceram ou se fizeram representar todos os ex-diretores que, por ocasião do evento, receberam uma placa comemorativa alusiva aos 13 anos da instituição. O prefeito Carlos Felipe

não pôde comparecer ao evento, mas foi representado pelo vice-prefeito Mauro Soares. O evento registrou a presença do ten. cel. Wagner Neres, comandante do 40º Batalhão de Infantaria; do comandante da Unidade do Corpo de Bombeiros Militar, maj. Sousa Júnior, do chefe de Gabinete do Prefeito, Elder Leitão, do secretário de Infraestrutura, Romildo Marçal, do subsecretário Deoclides Beserra Machado, do secretário de Esportes Arquimedes Moreira e do chefe do Departamento de

Vice-prefeito Mauro Soares acenou com a possibilidade de concurso para aumentar o efetivo da GCMC

Comunicação da Prefeitura de Crateús, Enivaldo Sampaio, entre outros. Durante os últimos 13 anos a Guarda Municipal foi dirigida por Luiz Melo, Olímpio Bonfim, Francisco Betrônio da Frota Neto, major Eucir de Castro, Romildo Marçal, Lourival Silva, Agileu Nunes, pela advogada Leydiane, pelo cel. PM Francisco Bezerra e, atualmente, pelo inspetor da corporação, Severino Gomes. Diversos oradores usuram da palavra, sendo o inspetor Gomes para exaltar aquele

Ex-diretor da GCMC Chico Frota, recebe placa comemorativa alusiva aos 13 anos da Guarda

momento; Lourival Silva, para recordar seu tempo recorde de permanência e as funções que exerceu

memorar mais uma etapa vitoriosa nessa luta em defesa da emancipação, da autonomia administrativa para muitos distritos do Ceará. São mais de 30 distritos que atendem aos critérios da lei e podem ser transformados em municípios”, expõe Domingos Filho, ao destacar que as regras estabelecidas pela Assembleia Legislativa estão entre as mais rigorosas do País. Quando deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Domingos Filho apresentou projeto de lei definindo critérios e exigências para novos municípios serem criados. Com base nesses critérios, a Assembleia Legislativa analisou mais de 100 pedidos de emancipações. Desse total, apenas 30 distritos estavam em condições de emancipação. Definidos os distritos que se enquadravam na legislação, a Assembleia aprovou

[ Opinião ]

[ Política ]

projeto de decreto legislativo com pedido ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para realização de plebiscitos nos municípios que tinham distritos para serem emancipados. O TRE considerou os pedidos inconstitucionais por considerar que a criação dos municípios dependia de legislação federal. A Assembleia Legislativa recorreu dessa decisão e, simultâneo a esse embate jurídico, Domingos Filho se mobilizou com lideranças políticas e

na GCM, e o vice-prefeito Mauro Soares que, em meio às suas palavras acenou com a possibilidade de se fazer

um concurso para aumentar o efetivo da Guarda.

Guarda Municipal perfilado presta continência durante o hastiamento da Bandeira Nacional

Sargento Lourival Silva, ex-diretor da GCMC, recebe placa comemorativa das mãos do exemplar sargento PM Moacir Torres

Domingos Filho comemora avanços na emancipação de distritos O vice-governador Domingos Filho (PMDB), que esteve na Europa como representante do Governo do Estado em articulações para atrair investimentos na área de energias alternativas, comemorou a aprovação de requerimento, com pedido de urgência, para votação da Lei Complementar que disciplina critérios para criação de novos municípios. O projeto de lei passou pelo Senado, mas, para se transformar em lei, depende de aprovação na Câmara dos Deputados. O projeto deverá ser votado pelos deputados federais na próxima semana. Após essa etapa, a lei será apreciada pela presidente Dilma Rousseff que poderá sancioná-la ou vetá-la. Se sancionada a lei, a criação de novos municípios passará pelas Assembleias Legislativas. E, nesse aspecto, o Ceará terá avançado. “Temos motivos para co-

Fone: 3691.2214

Ginecologia e Obstetrícia – Clínica Médica

partidárias de outros estados para a Câmara Federal apreciar o projeto de lei complementar que trata das emancipações. “Agora, é esperar a votação do projeto. Avançamos em mais uma etapa e vamos aguardar a votação porque a emancipação é uma vitória do povo, dos moradores que residem nos distritos que apresentam todas as condições para serem elevados à categoria de municípios”, disse o vice-governador.

Cel. Wagner Neres, cmte. do 40º BI, entrega placa comemorativa dos 13 anos da GCMC ao atual diretor, inspetor Severino Gomes

Momento

O SEBRAE viabiliza serviços de consultoria prestados por uma rede de instituições/empresas, detentoras de conhecimento tecnológico. Através dessa iniciativa, as pequenas empresas podem incorporar a inovação e o progresso tecnológico para aumento da competitividade de seus negócios. A partir desse foco, o SEBRAE criou o programa SEBRAETEC, que permite às micro e pequenas empresas o acesso aos conhecimentos tecnológicos existentes na infraestrutura de ciência, tecnologia e inovação, por meio de subsídio aos custos dos serviços de consultoria tecnológica. O programa tem como principal obje-

tivo auxiliar as empresas a buscar soluções inovadoras e tecnológicas de modo a melhorar o desempenho e a eficiência dos processos, a proporcionar aumento da produtividade, e melhorar a qualidade de seus produtos e serviços. O SEBRAETEC é destinado às empresas de segmentos da indústria, comércio, serviço, agronegócio e produtores rurais formalizados. Para solicitar uma consultoria através do SEBRAETEC, procure uma unidade do SEBRAE e faça seu cadastro. Após a análise do mesmo, será designado um consultor especializado que elaborará uma proposta direcionada para suas necessidades.

Vice-governador Domingos Filho acompanha a tramitação de seu projeto na Câmara Federal

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


“Não há dúvida de que cabe ao STF o controle da constitucionalidade das leis, mas quando a lei vem à luz. O que não pode haver é o controle preventivo”

GAZETA DO CENTRO-OESTE Crateús - Quinta-feira, 30 de maio de 2013

Renan Calheiros (PMDB-AL) Presidente do Senado, sobre as interferências do Supremo Tribunal Federal nas funções do Legislativo.

Página - 5

cidade

Patrono da Infantaria recebe homenagem em Tamboril No dia 18 de maio de 2013, no Município de TAMBORIL-CE, cidade natal do Patrono da Infantaria Brasileira, o 40º Batalhão de Infantaria realizou a formatura comemorativa dos 203 anos do nascimento do Brigadeiro Antônio de Sampaio. Após a formatura, foi realizado no Museu Brigadeiro Antônio de Sampaio descerramento da placa em homenagem aos 200 anos de nascimento de Sampaio. Inicialmente foi realizada, na Fazenda Vitôr, Tamboril – CE, local de nascimento do Brigadeiro Sampaio, a colocação de Corbélia de flores no monumento e acendida

a Chama Viva da Infantaria Brasileira, que se deslocou até o Parque Histórico Brigadeiro Sampaio. A tropa, constituída pelo 40º Batalhão de Infantaria de Crateús, um pelotão de fuzileiros e banda de música do 25º Batalhão de Caçadores, (Teresina-PI) e atiradores do Tiro de Guerra de Tamboril (TG 10 - 022), realizou vibrante formatura em homenagem ao Patrono da Infantaria, que contou com a presença do Gen.Div. Carlos César Araújo Lima, comandante da 10ª Região Militar, do Gen.Div. Júlio Lima Verde Campos de Oliveira, presidente da Legião da In-

fantaria do Ceará, de Félix Sampaio Farias e Francisco Antônio Farias, bisneto e trineto do brigadeiro Sampaio,

respectivamente, do prefeito de Tamboril, José Ramiro Júnior, oficiais do Estado-Maior e comandantes de

de vários militares que serviram naquela corporação e de um avultado número de familiares dos soldados que receberam a boina. A formatura ocorreu no último dia 24, Dia da Infantaria, data de aniversário do patrono da Infantaria, brigadeiro Antônio de Sampaio, nascido a 24 de maio de 1810, na fazenda Vitôr, em Tamboril. Sampaio foi ferido

por três vezes na Batalha de Tuiuti, travada na Guerra

contra o Paraguai, e faleceu aos 56 anos. Ele ocupou to-

Madrinha faz a entrega da Boina ao seu afilhado

dos os postos da hierarquia do Exército, de soldado a

no próximo, de operações ADIMPLENTES em 31/12/2011. De acordo com o enquadramento, o cliente pode obter descontos ou dividir o saldo devedor em 10 parcelas anuais. O plano tem como base a Medida Provisória 610

e as resoluções 4.211 e 4.212, do Conselho Monetário Nacional, publicadas recentemente. Por meio das resoluções, agricultores familiares localizados em municípios com situação de emergência decretada poderão renegociar o saldo devedor

brigadeiro (general).

Cel. Wagner Neres entre Elder Leitão, chefe de Gabinete do prefeito de Crateús e Enivaldo Sampaio, chefe do Departamento de Comunicação da Prefeitura de Crateús

BNB apresenta novas medidas para regularização de dívidas

O Banco do Nordeste acaba de lançar um pacote de medidas para regularização de dívidas de agricultores afetados pela seca. A iniciativa oferece uma série de benefícios a clientes que possuem dívidas vencidas em 2012, ou a vencer neste ano e

realizados. Após as cerimônias foi oferecido um almoço a todos os presentes.

Na homenagem a Sampaio, da esquerda para a direita: gen. Div. Júlio Lima Verde da Legião da Infantaria, prefeito de Tamboril Ramiro Júnior, gen. Div. Araújo Lima, cmte. 10ª RM, cel. Wagner Neres cmte. do 40º BI, Francisco Antônio Farias, tri-neto de Sampaio e dois oficiais não identificados

40º BI promove cerimônia de entrega da Boina O 40º Batalhão de Infantaria de Crateús promoveu a tradicional formatura de entrega da “Boina” aos soldados incorporados este ano ao 40º BI, todos habilitados pelos exercícios rotineiros e pelas manobras exigidas para a formação do soldado do Exército Brasileiro. O evento contou com a participação de autoridades civis e militares convidadas,

Organizações Militares da 10ª Região Militar, além de autoridades civis e militares, que prestigiaram os eventos

em dez parcelas anuais, com o primeiro vencimento em 2016. Cada parcela paga até o vencimento terá bônus de adimplência de 80%, mesmo percentual de desconto aplicado em caso de liquidação da dívida. P razo p ara ad e s ã o : 30/12/2013, e o banco para

formalizar até 30/06/2014. Os produtores rurais não classificados como agricultores familiares também poderão parcelar suas dívidas em dez vezes, com o primeiro vencimento programado para 2015.

“Isso aqui é a extinção do Dnocs. Esse bolo, de tão enfeitado, dá para desconfiar” Deputado Antônio Balhmann ao reagir, na Comissão do Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara Federal, reunida para discutir sobre a proposta elaborada pelo Ministério da Integração Nacional de reformulação do Dnocs.

MP concede descontos de até 85% Outra possibilidade é a renegociação utilizando as condições especiais estabelecidas pela MP 610. Agricultores familiares que tiveram perdas comprovadas decorrentes da seca poderão quitar seus débitos junto ao BNB com até 85% de desconto. O benefício é válido para mutuários de operações do Pronaf (exceto os do grupo

[ Opinião ]

B do Programa). Previstas na Lei 12.249, as condições que agora foram estendidas na MP 610 variam de acordo com o valor financiado e a localização do empreendimento. Os rebates situam-se entre 45% e 85%, dependendo do local do empreendimento e do valor da operação. Os maiores percentuais de des-

[ Política ]

[ Cidade ]

contos serão aplicados em operações com valor original de até R$ 15 mil pertencentes a empreendimentos localizados no semiárido. A Área de Recuperação de Crédito do BNB informa que, neste caso, o cliente pode optar por uma nova operação de empréstimo para liquidar o financiamento, caso esteja dentro das con-

[ Geral ]

dições exigidas. Para obter mais informações sobre regularização de dívidas, o cliente deve dirigir-se à sua agência de relacionamento com o Banco do Nordeste, ou buscar orientações na Central de Relacionamento com o Cliente – 0800 728 3030 (ligação gratuita).

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

50 ANOS CFM delimita idade de reprodução assistida

O Conselho Federal de Medicina (CFM) atualizou as regras para a prática de reprodução assistida. Uma das principais mudanças é que, a partir de agora, a idade máxima para uma mulher engravidar usando esse tipo de técnica, passa a ser 50 anos. Antes não havia limite de idade determinado.

[ www.gazetacrateus.com.br ]


GAZETA DO CENTRO-OESTE Crateús - Quinta-feira, 30 de maio de 2013

“Qualquer movimento que houver de indisciplina, de promover insegurança no Estado, terá reações fortes, dentro da lei”

Página - 6

regional Independência

Novo Oriente

CREAS se mobiliza contra abuso e exploração sexual Durante os dias 20 a 23 de maio, a Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência Social e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) realizaram uma mobilização divulgando a Campanha Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes. O que levou centenas de pessoas em Independência a participarem de forma ativa nas atividades produzidas. Essas atividades buscaram sempre estimular e incentivar a população a denunciar o abuso sexual contra as crianças e os adolescentes. Alunos da rede privada, municipal e estadual, integrantes da Banda Municipal, da ONG História Viva, do grupo de jovens de teatro, pais e mães participaram do evento, que foi divido em quatro etapas: visitas do CREAS aos colégios, o CINE Debate com o filme Sonhos Roubados, a Caravana que andou por várias ruas e, por fim, a solenidade que contou com a presença do prefeito, vereadores, diretores escolares e outras autoridades. Entre os dias 20 e 22, a equipe do CREAS levou uma peça de teatro para as escolas e fizeram discussões sobre o tema, fazendo dos intervalos recreativos destes algo diferente. Na quarta-feira (22), às 18h30, teve o CINE Debate com o filme Sonhos Roubados, que contou com uma mesa de debate com psicóloga e a assistente social do CREAS. Já no último dia (23), às 8h, todos estiveram concentrados na Praça da Matriz e fizeram a Caravana do Bem, animada com carro de

som e com muitas fantasias. Finalizando a Caravana, por volta das 9h, no REC, teve a solenidade de encerramento que foi iniciada com o Hino Nacional, cantado pela Banda Municipal, apresentações dos palhaços e as falas das autoridades da mesa. O REC estava modulado como um parque de diversão, fazendo com que todos presentes produzisse a reflexão e a conscientização da proteção das crianças e adolescentes a partir do entendimento de como tem que ser o mundo deles. A secretária do trabalho e assistência social, Ana Glaucia, fez a abertura da solenidade de encerramento. Em sua fala, agradeceu aos oitos colégios por terem acolhido a equipe do CREAS. Como, também, agradeceu os alunos por ficarem tão atenciosos e participativos nas atividades levadas às escolas. Dando continuidade, apresentou vários projetos socioassestenciais que a Secretaria do Trabalho e Assistência Social junto ao CRAS e ao CREAS vem desenvolvendo e operando no município. E, finalizou, ressaltando o sucesso que campanha fez em Independência. O Prefeito Valterlin fez o encerramento do evento e falou sobre a importância da participação da população no sentido de que não se omitam e falem para os órgãos competentes sobre os casos que acontecem, porque assim estarão coibindo e de agindo preventivamente para que o problema não aconteça. Falou também do trabalho que a Secretaria do Esporte com os colégios do município. Encerrou sua fala

Governador Cid Gomes (PSB) Dando aviso a quem aposta na reedição de motins na Polícia Militar.

agradecendo a participação das pessoas. O objetivo desta campanha foi mobilizar a opinião pública em torno do grave problema da violência praticada contra crianças e adolescentes, com ênfase para prevenção e o enfrentamento dos casos de abuso e de exploração sexual. Com a campanha, o CREAS conseguiu informações que não chegavam até ele sobre a demanda existente no município de Independência. A psicóloga do CREAS, Anísia Alcanfor, falou sobre o engano que as pessoas da cidade têm em pensar que em Independência não existe casos de abusos e exploração sexual. “Quando passávamos nos colégios promovendo a campanha, sempre tinham crianças que relatavam casos de vizinhos ou de pessoas próximas a elas que sofreram com abuso ou exploração. E nós do CREAS não tínhamos conhecimento desses casos. Praticamente não existia denuncias assim”, disse. Assim, de posse de informações soltas, como foi o caso dos depoimentos dos alunos, o CREAS vai tentando aperfeiçoar e articular maneiras para dar continuidade nos fios de uma “rede de proteção” aos direitos infanto-juvenis capaz de fazer frente aos desafios e aos perigos a que crianças e adolescentes estão cada vez mais vulneráveis em seu dia a dia. De forma que, o Centro de Referência Especializado de Assistência cria planos estratégicos com uma maneira de que os técnicos assistenciais tomem conhecimentos dos casos no município e faça alguma intervenção junto a outros órgãos do Estado.

Prefeito investe na qualificação de funcionários Desde que assumiu a Prefeitura de Novo Oriente, em janeiro, o prefeito Godofredo Vieira fala de seu compromisso para com a qualificação do funcionalismo público. Sua meta é qualificar o servidor e levá-lo a prestar um atendimento de qualidade à população do município em todos os

Parcerias

Passados os primeiros meses de administração e com um planejamento montado para os quatro anos de gestão, Godofredo busca na sua equipe de secretários, parceria e trabalho em conjunto. Estão em jogo projetos de-

Deputado

O deputado Neném Coelho tem tomado parte do trabalho desenvolvido inicialmente pela gestão municipal. Juntamente com o Executivo local, participou do Encontro Estadual com Novos Prefeitos e Prefeitas, evento de iniciativa do Governo Federal, por meio da Secretaria de Relações

setores. “Quero que o atendimento seja humano e respeitoso. Precisamos cuidar do que é nosso, nossa população merece uma resposta para toda e qualquer dúvida”, exige Godofredo. Segundo o prefeito, o carro-chefe da gestão “Um Tempo Novo” é a Saúde. “Vou continuar com as vi-

sitas ao hospital, acompanhando de perto o trabalho que está sendo desenvolvido; quero almoçar com os pacientes, estar com eles sempre que puder e até saber deles, se o atendimento está acontecendo da forma correta”, explica.

senvolvidos para beneficiar desde alunos carentes das escolas municipais, até famílias inteiras, castigadas pela estiagem. Entre os projetos desenvolvidos, está o projeto Escola Sorridente, elaborado pelas pastas da Saúde e

Educação. Além desses, o Projeto São José 3, e “Água para Todos,” gerenciados pelo secretário de Trabalho e Desenvolvimento Rural, Pedro Braz.

Institucionais, em parceria com o Governo do Estado do Ceará e a Associação dos Municípios do Estado do Ceará. O objetivo do Encontro foi intensificar as orientações aos novos gestores sobre programas, as ações e linhas de financiamento disponíveis para as cidades. Entre os dias 27 e 29 o par-

lamentar esteve em Brasília participando de reuniões no Ministério da Integração Nacional, para tratar sobre a drenagem da Lagoa do Riacho do Tigre, e no INCRA, para discutir a situação da comunidade quilombola de Minador, no município.

Nota de felecimento - Teresinha Coelho A cidade de Novo Oriente acaba de perder uma de suas filhas mais queridas – Terezinha Coelho, ex-primeira dama do município. Seu passamento ocorreu no dia 15 de maio, aos 72 anos. Terezinha, aparentemente frágil, possuía uma fortaleza dentro de si. Convivendo no meio político do seu município, tendo o marido e o filho como prefeitos da cidade em diferentes épocas, depois, o filho como deputado, e a

liderança política exercida pela família ao longo de muitos anos, sempre soube separar a política da simplicidade de sua vida. Terezinha era casada com Rodrigo Coelho Sampaio, que deixa viúvo, e com quem teve oito filhos que lhe deram 25 netos e seis bisnetos. Em vida, foi exemplo de esposa dedicada, mãe, avó e bisavó amorosa, e de sogra estimada. Consternada a cidade de Novo Oriente, em

peso, seguiu o cortejo de seu corpo até a sua última morada, num adeus simbólico para sempre.

HOMENAGEM Dentista queimada dará nome à clínica

O Conselho Regional de Odontologia de São Paulo quer homenagear a dentista Cinthya Magaly Moutinho de Souza, assassinada no dia 25 de abril durante um assalto à clínica dela, em São Bernardo do Campo (Grande São Paulo). O próximo Centro de Especialidades Odontológicas terá o nome de Cinthya.

ALZHEIMER Casos devem mais que dobrar até 2030

A OMS prevê que o número de casos de demência entre os idosos irá mais que dobrar até 2050. Na América Latina, o crescente envelhecimento da população pode fazer esse aumento ultrapassar os 500%. Entre as doenças que provocam demência na população idosa, o Alzheimer é a mais comum. Secretária Ana Glaucia e equipe do CREAS-Campanha FAÇA BONITO 2013

[ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


GAZETA DO CENTRO-OESTE Crateús - Quinta-feira, 30 de maio de 2013

ALCÓOLICOS ANÔNIMOS

Página - 7

Se você quer beber o problema é seu. Se seu caso é parar de beber o problema é nosso; Alcóolicos anônimos. Central de Trabalho: (88) 3691 2378

regional Nova Russas

Poranga

Prefeito busca novos projetos para Poranga “O prefeito de Poranga, Cárlisson Assunção, acompanhado da primeira dama Isadora e do secretário de Administração e Finanças, Rocha Junior, estiveram em Brasília nos dias 15, 16, e 17 deste mês, em busca de projetos para a melhoria do município de Poranga. Entre as conquistas almejadas, que o prefeito conseguiu com o apoio do deputado federal Antônio Balhmann, está a pavimentação e qualificação de vias urbanas e de calçadas, com acessibilidade para os pedestres, sinalização de vias, terraplenagem, drenagem de águas pluviais e recapeamento, que se refletirão na mudança da paisagem urbana da Cidade, beneficiando diretamente 12 mil habitantes. O investimento está orçado em R$ 6, 348

milhões que serão aplicados na melhoria das condições de vida da população. Na área educacional o FNDE garante que muitas obras de Infraestrutura irão se instalar no município de Poranga, caso da Creche Pró-Infância que irá atender 1.200 crianças na sede do município; construção de uma Escola com 08 salas de aula na sede municipal, e outra com 06 salas de aula na Zona Rural do Município. Prefeito Cárlisson também reivindicou projetos direcionados ao combate à seca e à escassez de água. Muitos projetos virão através do Ministério da Integração Nacional, como PACTO DAS ÁGUAS E ÁGUA PARA TODOS, que liberam a construção de barragens e a perfuração de poços profun-

Prefeito faz administração sem rumo Problemas se acumulam na saúde, que está há três meses sem realizar atendimento básico em exames como VDRL, hemograma, fezes, urina, TB, Hansen, e, a ultrassonografia foi cortada pela metade. Hospital Municipal atende em condições subumanas. E o prefeito Gonçalo Diogo só cuida dos empregos da parentela. A grande façanha do atual governo municipal é a de conseguir se nivelar às duas últimas de seus antecessores.

Prefeito de Poranga, Carlisson Assunção

dos, programas desenvolvidos pelo Governo Federal que foram garantidos pelo deputado Balhmann. No Ministério da Saúde, onde o prefeito Cárlisson e sua comitiva foram recebidos pelo secretário do ministro da Saúde, Dr. Odorico. Na ocasião, foram entregues para análise, dados referentes aos indicadores da Saúde no município, objetivando melhorias nos indicadores.

Monsenhor Tabosa

Obra do PSF do Bairro Carrapicho será retomada O prefeito de Monsenhor Tabosa, Francisco Jeová Sousa Cavalcante (Jeová Madeiro), anunciou no último dia 24/5, que o município se encontra totalmente adimplente perante os órgãos governamentais. Ao assumir a gestão municipal em janeiro deste ano, constatou-se que a Prefeitura acumulava várias inadimplências que impediam o município de receber verbas federais e estaduais e de celebrar convênios,

bem como dar andamento a obras paralisadas. Para tanto, fazia-se necessário a total regularização das pendências, o que só agora foi possível, graças ao empenho do prefeito e de sua equipe. A primeira obra a ser retomada, já na próxima semana, será a do término da construção do Posto de Saúde do bairro Carrapicho. Esta obra foi iniciada há cerca de dois anos, e com 85% executada, foi paralisada por falta de pa-

gamento junto à construtora. A obra está orçada em torno de R$ 200 mil. De acordo com o responsável pela construtora, ela será concluída dentro de no máximo, 60 dias. Outras obras, como a construção do CRAS (Centro de Referencia de Assistência Social) e de uma quadra esportiva também no bairro Carrapicho, devem ser retomadas em breve.

A história da eleição de Gonçalo Diogo à Prefeitura de Nova Russas é emblemática a exemplo dos dois últimos prefeitos; o primeiro, Marcos Alberto, foi preso e depois cassado e se encontra

Prefeito de Nova Russas, Gonçalo Diogo

imerso em processos. Seu vice e sucessor, Paulo Evangelista, fez uma administração desastrosa, quando tinha tudo na mão para se reeleger. Foram tantos os desmandos no final de seu governo, que

motivaram o TCM e a PROCAP a fazer uma Tomada de Contas Especial. Ele quase mata de fome o funcionalismo municipal. Foi tão ruim quanto péssimo.

sucessivas administrações municipais que só levaram a cidade a amargar consequências devastadoras. Num universo de 23.482 eleitores, Gonçalo Diogo se elegeu com apenas 5.147 votos que selaram a sua

eleição, e também a sua própria rejeição, pois, 18 mil eleitores deixaram de votar nele. Mesmo assim, ele se constituía uma chama de uma esperança para o povo de Nova Russas.

pelo seu marketing político; para a Secretaria de Trabalho e Ação Social nomeou Dalva Abreu, forte militante de sua campanha, juntamente com sua família. A pomposa pasta que cuida do Desenvolvimento Institucional e Articulação foi entregue ao seu irmão Dioguinho. A Secretaria de Cultura foi destinada a Ana Mendes, cujo pai, o ex-vereador Costinha, foi de vital importância no distrito de Canindezinho, para a eleição de Gonçalo Diogo. A Secretaria de Educação premiou Silvana Mendes, cunhada de seu irmão Dioguinho, e a pasta da Saúde o Dr. Daniel Belém, genro de seu irmão Dioguinho. A Prefeitura cuida muito bem da família e dos amigos.

Eleito com 30% dos votos válidos, e com uma maioria de apenas 48 votos, o novo prefeito de Nova Russas acumula hoje quatro ações de impugnação de mandato e abuso de poder econômico tramitando na Justiça Eleitoral, movidas pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) e pela sua concorrente, Dra. Daniela. Após cinco meses de mandato, o prefeito Gonçalo Diogo nada de positivo conseguiu fazer por Nova Russas. É lamentável a sina desse município, que não consegue emplacar um prefeito, cuja administração não seja voltada para o nepotismo e para o retrocesso da cidade.

A eleição A eleição de 2012 sinalizava que a má sorte de Nova Russas para com seus prefeitos seria espantada, iria se acabar, pois, não mais seria possível àquele município de gente tão boa e hospitaleira, continuar suportando

A administração Na câmara Municipal Diogo formou sua base com 10 vereadores. Aos seis meses, ele conta apenas com cinco vereadores e ainda não conseguiu emplacar um líder na Câmara. Isto é sinal de inabilidade política em alto grau. Nenhum vereador ousa assumir a função de defendê-lo. O nepotismo e o empreguismo dominam a administração de Gonçalo Diogo. Senão, vejamos: para secretário de infraestrutura ele escolheu o nome do ex-secretário de Agricultura de Paulo Evangelista, que aderiu, de última hora à sua candidatura; na Secretaria de Juventude, Turismo e Desporto, emplacou o professor Reginaldo Silva, responsável

Ipaporanga

Projeto jovem bombeiro voluntário chega a Ipaporanga O projeto Jovem Bombeiro Voluntário (JBV) chega à Ipaporanga. O JBV é formulado pelo Núcleo de Defesa Civil (NDC) para contribuir com ações de incentivos à participação da comunidade, por meio do trabalho voluntário em campanhas educativas para prevenção de sinistros e acidentes domésticos. Em Ipaporanga, o JBV vai capacitar, inicialmente,

[ Opinião ]

60 adolescentes da região, com idades entre 14 e 18 anos incompletos. Os pais destes adolescentes estiveram reunidos com a coordenação do projeto, com o objetivo de conhecerem sua metodologia e a finalidade das aulas de capacitação, além de informações sobre dias e horários de funcionamento do curso que tem duração de seis meses.

[ Política ]

[ Cidade ]

Durante o curso, os alunos do JBV receberão capacitação profissional de prevenção e combate a incêndios, atendimento pré-hospitalar, salvamento, além de noções de cidadania, hierarquia, disciplina e educação, bem como atividade física desportiva e lúdica. Os alunos participarão, também, de campanhas de prevenção junto à comunida-

[ Geral ]

de, sendo que a primeira a ser implementada no município será a de combate à dengue. A solenidade ocorreu no dia 03/05, no Colégio Waldemar de Alcântara, e contou com a presença do prefeito de Ipaporanga, Antônio Alves Melo (Toinho Contábil), de secretários municipais, vereadores e oficiais do Corpo de Bombeiros de Crateús, entre outros.

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

Prefeito Toinho Contábil implanta projeto Jovem Bombeiro Voluntário em Ipaporanga

[ www.gazetacrateus.com.br ]


GAZETA DO CENTRO-OESTE Crateús - Quinta-feira, 30 de maio de 2013

Página - 8

cidade Deputado apresenta estudos para instalação de complexo siderúrgico

E

m mais uma visita técnica para aprofundar o debate sobre a criação de novos investimentos no interior do Estado do Ceará, o deputado federal Antonio Balhmann (PSB) esteve no último dia 04/05, nos municípios de Crateús, Poranga e Ipaporanga. Na primeira parada, no escritório do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em Crateús, o deputado Balhmann conversou com membros da Associação dos Jovens

Empresários – AJE e lideranças políticas e enfatizou a prospecção por parte de investidores espanhóis para investimento no Ceará e a possibilidade de fabricar o tarugo para lâminas de aço. De acordo com o parlamentar, uma parte da siderúrgica ficaria instalada no Pecém, enquanto a outra, justamente a produção de matéria-prima, ficaria na região dos Inhamuns. “Como Crateús conta com um modal ferroviário, a produção de minério de ferro poderia ficar em Quiterianópolis e

a produção escoaria perto de Crateús. A probabilidade de uma cadeia siderúrgica em Crateús, hoje, é real”, afirmou Balhmann. Os empresários ficaram entusiasmados com a apresentação do parlamentar e já cobram prazos para estes investimentos. Também se queixaram de problemas como o abastecimento d’agua em obras da construção civil em Crateús e reivindicaram maior aproximação com o parlamentar para atender as demandas da região.

Deputado Antonio Balhmann: “A probabilidade de uma cadeia siderúrgica em Crateús, hoje, é real”

Gazeta Saúde)

O câncer de mama Recentemente, a famosa atriz Angelina Jolie foi submetida a uma mastectomia bilateral, e em outra etapa foi feita a reconstrução mamária com próteses de silicone. Tal atitude, a princípio, chocou muitas pessoas, alguns disseram ser uma atitude radical, coisa de quem tem muito dinheiro, outros, ou melhor, outras ficaram preocupadas, pensando se teriam que fazer também uma cirurgia de tal porte. A verdade é que seria muito bom se todas as mulheres tivessem a oportunidade de fazer os exames que chegaram à indicação desta cirurgia da Angelina. Todo exame complementar deve seguir uma ordem de complexidade. Na mulher, a prevenção do câncer de mama inicia-se, em casos de história familiar de ca. de mama, aos trinta e cinco anos, e nos casos normais deve ser feito um ultra-som e uma mamografia aos quarenta anos. Outros exames, como a tomografia computadorizada e a ressonância magnética devem ser feitos na presença de alguma imagem suspeita na mama. Todos esses exames são importantes, e um auxilia na interpretação do outro. E na presença de algum nódulo, pode ser feita uma punção aspirativa para a realização de uma biópsia, no intuito de dar o diagnóstico da lesão,

se é benigna ou maligna. Se for benigna é retirada completamente e feito o histopatológico para confirmar, e a paciente está tratada. Se for maligno, conforme o estadiamento e o tipo de câncer pode ser necessária a retirada de um segmento da mama, de um quadrante, ou da mama toda, além da retirada de um linfonodo na axila (o linfonodo sentinela), e se esse der positivo (já

to completo do corpo por Tomografia por Emissão de Pósitrons. O passo seguinte é a reconstrução da mama. Quando é feito apenas a retirada de um segmento, a reconstrução já pode ser feita no ato pelo cirurgião plástico, com a realização de retalhos da própria mama, preenchendo o espaço vazio. E normalmente é feita a mamoplastia contra-lateral para uma melhor simetria

comprometido com o câncer) é feito o esvaziamento dos linfonodos da axila. Estes procedimentos são feitos pelo Mastologista. Também é necessário, conforme o estadiamento, de Quimioterapia e Radioterapia da região do tórax, para eliminar possíveis metástases. E finalmente, para avaliação completa da paciente pode ser feito um PET Scan, um rastreamen-

das mamas. Nos casos de mastectomia radical, onde é retirada toda a mama, pelo aspecto psicológico para a paciente não se sentir mutilada, pode ser colocado um expansor de pele, que é uma bolsa de silicone inflada com soro fisiológico no pós-operatório até atingir o volume desejado. Algumas vezes são necessários retalhos para proteger melhor

[ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

“Não podemos mais falar de seca como emergência. Precisamos de atitudes concretas para convivência com a estiagem” Isaac Furtado cirurgião plástico

a prótese. Hoje já existem expansores definitivos, que não precisam ser trocados por próteses. Finalmente, numa outra cirurgia, nos casos onde foi retirado o CAP (complexo areolo-papilar) é feito um retalho local para dar volume da papila (bico) e um enxerto de pele ou micropigmentação (tatuagem) para formação da aréola. Mas, voltando para Angelina, porque ela retirou as duas mamas sem a presença de lesões? Nesse caso, a indicação foi por dois motivos. O primeiro por sua história familiar, onde sua mãe faleceu aos cinqüenta e seis anos com um câncer de ovário, e sua tia morreu no dia 26 de maio, agora, com Ca de mama. E segundo, pela presença de um gene relacionado ao câncer (BRCA1), um exame caro (em torno de sete mil reais) que indicou 87% de chances dela vir a ter um câncer de mama. Então, sua atitude foi extremamente acertada, e foi um exemplo para aquelas mulheres que não fazem a prevenção, ou ainda desconheciam a sua necessidade. Angelina Jolie continuará linda, uma musa da beleza, e agora um exemplo de coragem.

[ Geral ]

[ Cultura ]

Deputado Antônio Balhmann, ao levantar da tribuna da Câmara Federal sobre o grave problema da seca que realmente precisa com a adoção de medidas emergenciais, como até aqui vem ocorrendo.

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


“A devolução simbólica dos mandatos é um resgate da história. Embora tardiamente, a justiça foi feita”

Deputado Vasques Landim, sobre oi projeto de iniciativa do senador Inácio Arruda, através do qual o Senado devolveu a Luiz Carlos Prestes o mandato que, embora eleito democraticamente pelo povo brasileiro, foi cassado arbitrariamente.

Papa pede que freiras não sejam ‘solteironas’ O papa Francisco pediu, que as freiras de todo o mundo evitem a “mentalidade das solteironas” e as convidou a cultivar o sentido de maternidade através de “filhos espirituais”. O pedido do Papa, que continua surpreendendo os católicos com seu discurso, foi feito numa audiência concedida a uma delegação de 800 freiras de diferentes

ordens e que acompanham uma assembléia-geral da União Internacional de Madres Superioras Gerais. “Desculpem-me se falo assim, mas é importante esta maternidade da vida consagrada, esta fecundidade... A consagrada é mãe, deve ser mãe, mas não uma ‘solteirona’, afirmou. O pontífice também recordou as religiosas o voto

GAZETA DO CENTRO-OESTE Crateús - Quinta-feira, 30 de maio de 2013

Página - 9

cidade

ARTIGO Cheyla Mota psicopedagoga

Pompéia: Uma cidade em cinzas

de “obediência, pobreza e castidade”, uma alusão aos problemas registrados nos últimos anos em relação às freiras rebeldes dos EUA. Prestes a visitar o Brasil, o papa fez suas primeiras nomeações de bispos. José Aparecido Gonçalves de Almeida será bispo auxiliar de Brasília (DF) e Luiz Antônio Cipolini será o novo bispo de Marília (SP).

O Monte Vesúvio, na Itália, segundo testemunha Plínio, o Jovem, entrou em erupção, vomitando lava e cinzas sobre as cidades de Pompéia e Herculano, às 13 horas de um dia de verão. Um cogumelo de nuvem negra se elevou por cerca de 20 quilômetros de altura. Ao final do dia seguinte, uma camada de seis metros de cinza e pedra-pomes cobria as duas cidades e os seus habitantes. Esquecidos ficaram por 1.700 anos, preservando uma quantidade expressiva de artefatos, mosaicos e murais praticamente intactos. Pompéia era uma cidade plena de requintes, com uma população de 25 mil habitan-

tes. Em meados do século XIX, escavações científicas, revelaram além de objetos triviais como fatias de pão, ovos, peixe e nozes (de uma refeição abandonada por um sacerdote), mas também residências inteiras com pinturas de naturezas-mortas e paisagens realistas em todas as paredes. As casas não tinham janelas, mas se abriam para um pátio central, onde os antigos romanos pintavam janelas de faz-de-conta “se abrindo” para cenas requintadas. Essas pinturas em paredes iam de singelas imitações de mármore colorido até cenas de trompe l’oeil de complexas cenas urbanas, como se fossem

Maioridade penal não pode mudar

A data para implantação da medida não foi divulgada.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse que qualquer tentativa de alteração da maioridade penal é inconstitucional. Segundo ele, esta é uma cláusula pétrea da Constituição Federal e, portanto, não pode ser alterada. “Mesmo que a questão jurídica fosse superada, você colocar um adolescente preso com adultos só vai agravar o problema. Só vai servir para organizações criminosas captarem gente”, disse. Como alternativa, o ministro defendeu a discussão de outras medidas como, por exemplo, o agravamento da pena para quem usar menores em ações criminosas. Durante audiência pública

O secretário nacional de Defesa Civil, Humberto Viana, afirmou na última semana, que o número de carros-pipa destinados a combater a estiagem na Região Nordeste poderá passar de 4,9 mil para até 6 mil. De acordo com o secretário, a presidente Dilma Rousseff não definiu um período específico para a implantação do pacote, mas alertou que é necessário organização por parte das prefeituras no momento da solicitação. “O que a gente precisa é ter demanda. Às vezes, a informação que é repassada não confere com a realidade. Há falta de oferta de água? Não. O que, na verdade, precisa existir é uma demanda segura, para que a gente

[ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

Nordeste poderá receber até 6 mil carros-pipa

res”. As cláusulas pétreas são limitações ao poder de reforma da Constituição. No caso brasileiro, o Artigo 60 diz que “A Constituição poderá ser emendada mediante proposta”, mas “não será objeto de deliberação a proposta de emenda tendente a abolir: a forma federativa de Estado; o voto direto, secreto, universal e Periódico; a separação dos Poderes e os direitos e garantias individuais”.

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

possa saber onde é que está precisando levar essa água”, explicou. Humberto Viana afirmou que o detalhamento das necessidades é necessário para garantir a efetividade de outras ações na região, como a oferta de milho para ração animal e a implantação de cisternas. “Todos esses programas

estão sendo acompanhados e estão chegando à ponta. Essa rede de proteção que foi montada pelo governo nos dá a garantia de que estamos no caminho certo. Necessidade de ampliar e melhorar vai haver sempre, porque isso não é história que começou ontem. Temos um acúmulo histórico de problemas”, declarou.

Foto meramente ilustrativa

na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, o ministro fez críticas ao sistema penitenciário. “As condições do sistema prisional brasileiro são péssimas. As organizações criminosas nascem dentro dos presídios”, disse. O ministro defendeu a aplicação de penas alternativas para crimes menores. “O modelo atual não só não recupera como deixa a pessoa pronta para praticar delitos ainda maio-

vistos através das janelas imaginárias emolduradas por colunas imaginárias. As técnicas da perspectiva e dos efeitos de luz e sombra eram dominadas por artistas que desconheciam o mundo das artes visuais. As paredes davam vidas aos painéis em verde, ocre e vermelho. Mosaicos montados com pequenos pedaços de pedras coloridas, vidro ou conchas (chamadas tésseras) revestiam paredes, tetos e chão. Muitos deles eram figuras bastante confusas. Era comum ver-se mosaico de um cachorro na entrada das casas, com a inscrição Cave Canem (Cuidado com o cão).

[ www.gazetacrateus.com.br ]


GAZETA DO CENTRO-OESTE Crateús - Quinta-feira, 30 de maio de 2013

Página - 10

Área 1212 - 8802 5066 OU 190 Área 1211 - 8802 3535 OU 190 Área 1213 - 8802 5067 OU 190

artigo Gazeta no Campo Eduardo Aragãos | Eng.º Agrônomo e Economista com mestrado em Economia Rural

O sertão ainda está vivo

Encantou-nos a “peça ambientalista” escrita no site da Academia de Letras de Crateús pelo escritor e poeta Raimundo Cândido, com o título “Buritizinho – Um Ninho de Beija-Flor”, inspirado em um passeio que o articulista fez com o também escritor e poeta Edmilson Providência pelas plagas dos Sertões de Crateús. Depois de tantas agressões à natureza, é salutar tomar conhecimento que ainda existem pessoas sensíveis à preservação do nosso patri-

mônio natural. Para muitos “visionários” esta dupla visitou um tesouro – verdadeiro santuário ecológico, em cuja vegetação podem ser vistas árvores como sabiás, aroeiras, jatobás, juremas, marmeleiros, figueiras, gameleiras, angicos, paus d’arco, mandacarus, xiquexiques, coroas-de-frade etc. Chamou-nos a atenção e nos sensibilizou quando o poeta externou: “Uma visão esplêndida, no meio de uma floresta intacta, tínhamos uma pincelada da obra de

Deus à nossa frente. Imensos blocos de pedra inacreditavelmente equilibrados sobre um dedo pétreo, como um jogo de malabares que se fixou no espaço e no tempo. A Casa de Pedra do Buritizinho é o lar dos Duendes e dos magos, que nos vigiavam com os seus olhares de espanto. Chegávamos a ouvir seus silêncios perscrutadores no rico santuário repleto de liberdade e paz!” Continuou o poeta: “Descemos pela mesma trilha que havíamos subido e uma serenidade nos

acompanhou; diria até uma completude de existência que faltava em nossas vidas: a saciedade do belo e do esplendido na obra de Deus”. Lindíssimo! Parabéns! Raimundo Cândido. Estes seus escritos são saídos de pessoas em cujos corações correm sangue de “visionários” poetas. Você falou com o coração e Edmilson Providência não o fez por menos, acompanhando-o nesta linda e admirável caminhada. Agora, volto no tempo, nos

idos da década de cinqüenta e relembro minha querida e inesquecível Dona Delite, minha mestra maior, de saudosa memória. Vejo-me, agora, lá no Externato de Nossa Senhora de Fátima, na Rua Frei Vidal, em Crateús, onde você e eu estudamos. Esta sua fluência às letras, sem dúvida, é fruto do legado deixado por sua valorosa genitora. Com sabedoria hoje você defende a natureza inspirado na rica ecologia dos Sertões Nordestinos; nas matas ainda virgens e intoca-

das do nosso Crateús. Assim, fizeram outros valorosos próceres: Euclides da Cunha, Padre Antônio Vieira, José Coriolano, José de Alencar, Raquel de Queiroz, Rodolfo Teófilo, José Lins do Rego, Graciliano Ramos, Antônio Conselheiro, Ariano Suassuna e muitos outros. Vai aqui uma homenagem deste espaço “Gazeta no Campo” a você que brilha na Academia de Letras de Crateús.

Homenagem póstuma Senado: Serviço tem segurador de placa e a Darcy Bonfim carregador

Darcy: O Pai Celeste chamou-te para ocupar a morada que preparou para ti junto a ele. Por isso, este dia é para nós teus familiares e amigos, um misto de tristeza infinita pela perda do teu convívio, mas também de satisfação por teres completado com resignação, alegria e amor, a missão que ele te designou. Conforta-nos saber que te encontras face a face com o Senhor, motivo maior da nossa existência terrena. Quando, há 82 anos, chegastes a este mundo, trouxestes em teu âmago um forte sentimento de amor, alegria de viver, o poder de cativar e espalhar o bem para os que te circundavam. Fostes excelente filha, irmã amiga, fiel e carinhosa, uma tia meio mãe, querida, delicada eamorosa, para os amigos e familiares, sempre te doastes e olhastes o outro mais que a ti mesma, cumprindo assim, o ensinamento do Pai: “que tua mão direita não saiba o que a esquerda faz”. Com tua peculiar independência, nem sempre sabíamosa quem fazias o bem. Um grande exemplo de solidariedade e humildade, que só os altruístas têm.Esco-

lhestes a profissão certa - ser professora - poder passar aos outros o conhecimento que adquiristes nos livros e na vida. Educar é o bem maior que podemos oferecer para o outro, sem distinção de cor, raça, religião e status social. Isto tu fizeste com maestria, disposição e amor.Recebeste inúmeras pedras preciosas, não lapidadas, de pais que aspiravam o melhor para os seus filhos, e as devolvestes às famílias e à Pátria, cidadãos e cidadãs honrados, sérios e competentes. Atualmente, encontramos muitos destes teus alunos que nos dão depoimentos de tua dedicação, carinho e amizade, e o bom trabalho que lhes oferecestes. Isto nos deixa mais felizes pela convivência que tivemos contigo e o quanto aprendemos destes momentos. Não foi por acaso que Deus te colocou neste rincão árido, distante, mas foi para com teu exemplo, tua maneira despojada de ser e obediência aos seus mandamentos, que transformastes a maneira de viver de muitas pessoas. Ao olhar de agora em diante para esta casa amarela, onde nascestes, cres-

[ Opinião ]

[ Política ]

cestes, animastes a vida dos que contigo compartilhavam bons e maus momentos, com os bons quitutes que fazias, quando querias ou alguém pedia, com as loucuras que dizias, e como sorríamos, e estas, se tornaram tão familiares, que até hoje, são repetidas em muitas reuniões da família, só nos restará à saudade, a lembrança de alguém que soube ser feliz e fez muitas pessoas felizes. O Senhor chamou-te e deu-te o prêmio prometido por Ele aos que O amaram e dignificaram - a morada celeste. Vai Dercy! E lá de cima, olha para aqueles que aqui ficaram com tuas boas lembranças. Que o Senhor te receba com infinito amor. Nossas saudades eternas: Elci, Joatan, Symone, Anna Izabel, Carlos Silvio, Ricardo, Renata, Gabriela, André e Felipe.

[ Cidade ]

[ Geral ]

A sala de pouco mais de 20 metros quadrados mantida pelo Senado na área de embarque do Aeroporto Internacional de Brasília, num corredor com outras quatro salas, é a única protegida por vidro espelhado, impedindo a visão do que acontece lá dentro. Situada entre a seção de achados e perdidos e um posto do BB Turismo, a sala não tem janela nem ar-condicionado. Conta apenas com um ventilador simples para espantar o calor dos funcionários engravatados do Senado que lá trabalham e que não ganham menos de R$ 15 mil mensais. Conhecidos como carregadores de mala de senadores, os servidores também atuam como seguradores de placas. No fundo da sala, atrás de uma divisória, uma espécie de área VIP não tão VIP: um sofá velho de couro preto de três lugares. Em vez de senadores, quem usa o espaço são funcionárias de companhias aéreas que trabalham nos balcões e usam o espaço para esticar as pernas. A sala também serve de refeitório

[ Cultura ]

para elas, que esquentam suas marmitas e comem lá mesmo.

Sem gratificação

Nove funcionários, com salários entre R$ 15 mil e R$ 20 mil, trabalham na sala, divididos em turnos. São lotados na Coordenação de Apoio Aeroportuário. O Senado, que defende o serviço de “receptivo de autoridades”, informou, em nota oficial, que suprimiu funções gratificadas e vedou o pagamento de horas extras a esses funcionários.

[ Sociedade ]

“O que dizemos é que os insetos são só um dos recursos brindados pelas florestas, e que se encontra praticamente inexplorado seu potencial como alimento, e, sobretudo, como ração” Eva Muller – Diretora da FAO

[ www.gazetacrateus.com.br ]


“Partidos são de mentirinha e o Congresso Nacional é ineficiente e inteiramente dominado pelo Poder Executivo”

Ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, ainda sob os efeitos das recentes rusgas entre o Judiciário e o Legislativo.

ARTIGO Rangel Cavalcante

O mesmo erro Errar é humano, mas insistir no erro é mesmo uma tremenda imbecilidade. É o que se vê nessa história de transferência do Dnocs para Brasília. O pessoal do governo parece que não conhece nem um pouco a recente história do besteirol nacional. Pouca gente lembra que, em 1961, o então presidente Jânio Quadros transferiu o Dnocs para Brasília. O resultado foi um tremendo fracasso, que custou milhões de cruzeiros – o dinheiro de então – aos cofres públicos, gastos na transferência de pessoal, equipamentos, móveis, na construção de prédios e até na compra de casa de luxo na região do Lago Sul, a mais nobre da capital, para residência dos chefões. O resultado foi pífio. Não melhorou em nada o desempenho do órgão. Pelo contrário, burocratizou ainda mais e tornou mais lento o seu trabalho. A impetuosidade irresponsável de

GAZETA DO CENTRO-OESTE Crateús - Quinta-feira, 30 de maio de 2013

Jânio deixou sua marca, que ainda hoje dá dores de cabeça ao governo aqui em Brasília. Tudo o que a temporada brasiliense do Dnocs produziu mesmo aqui foi uma favela a mais no Distrito Federal, com casas de alvenaria, incrustada em área nobre do Plano Piloto, onde, ainda hoje, o governo enfrenta invasões de lotes, construções clandestinas, conflitos de terras e outras dores de cabeça, como violência, tráfico de drogas, falta de saneamento, saúde pública, escolas e outras mazelas. É a Vila Dnocs um dos problemas urbanos e sociais grandes da capital da República. Há mais de 50 anos, a Vila é um sorvedouro do dinheiro público, com os seus problemas insolúveis. Os defensores da nova transferência deviam vir até aqui para uma visita à memória viva da aventura janista. Depois, já na ditadura militar, o marechal Cas-

tello Branco também tentou transferir o Dnocs, desta feita para o Recife e levando ainda de lambuja o Banco do Nordeste. Felizmente, o bom senso prevaleceu e ele desistiu da aventura. Depois de passar por uma extinção, o mais importante e competente instrumento de defesa da população nordestina contra os efeitos das secas está novamente ameaçado. Na verdade, por trás de tudo isso, o que se esconde é uma tentativa de acabar, lenta e gradualmente, com o Departamento que, ao longo da ditadura militar, e mesmo depois dela, vem sendo esvaziado pouco a pouco, drenado em suas funções mais importantes, transformado hoje em mais um gerenciador de contratos com empreiteiras do que no grande executor de obras que deram ao Nordeste milhares de açudes, barragens, rodovias e outros instrumentos de combate aos efeitos da secas.

Página - 11

artigo União homoafetiva: Primeiro casamento é realizado O primeiro casamento homoafetivo no Ceará ocorreu na manhã do dia 19 de maio no Cartório Jereissati, em Fortaleza. A união acorreu por conta de uma decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Depois de três tentativas, a cearense Maria Meirilene Custódio oficializou o matrimônio com a equatoriana Alexandra Lorena Macias Moran. “Demorou, mas agora duas mulheres podem se casar. Só me resta viver com ela e celebrar o amor”, afirmou a costureira Meirilene. As duas estão juntas há quatro anos.

De acordo com a advogada especializada em Direito de Família e ouvidoria da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Ceará (OAB-CE), Wanda Rocha, responsável pela assessoria e consultoria para a realização do matrimônio, a decisão do CNJ representa uma adequação do Direito às mudanças sociais. “É preciso que a Justiça acompanhe a evolução natural da sociedade”, diz. Esse foi o primeiro caso defendido por Wanda Rocha, que ficou muito emocionada por ter ajudado a realizar o sonho das duas. “É gratificante, e espero que elas

com o péssimo serviço de transporte escolar que a sua empresa presta a Crateús. Infelizmente, não é concedido à plateia o direito de manifestar-se. Caso fosse permitido, o Sr. Júnior Timbó teria que explicar também porque transporta tão mal os nossos estudantes, conduzidos em carrocerias de D-20 e de caminhões pau-de-arara, misturados a passageiros e cargas, simulando “terceirização”de um serviço pelo qual é regiamente pago. Nossos alunos são, em sua maior parte, transportados como bichos por essa empresa que, não mantém em Crateús, veículos suficientes para fazer o transporte escolar. Talvez não possua, sequer, qualquer veículo de transporte escolar em nossa cidade, mas o dinheiro

do FUNDEB tilinta mensalmente em sua conta bancária. Há algo de errado nessa prestação de serviço, que precisa ser investigado. Não apenas vereadores de oposição, mas, sobremodo, os vereadores de situação, devem ir a fundo à investigação do transporte escolar em Crateús. É obrigação e dever de todos eles, já que todos foram eleitos pelo povo, para legislar e fiscalizar o funcionamento do município. Todos eles são fiscais do município e estão a dever ao povo que os elegeu uma resposta à prepotência da empresa J. P. Locação de Máquinas e Serviços, através de seu representante, Júnior Timbó, que compareceu à Câmara Municipal para prestar esclarecimentos sobre o endereço da empresa e nada

fiquem juntas para sempre”, torce. Os casamentos homoafetivos passaram a ter vigor desde a última quinta-feira (16), a partir da Resolução 175 do CNJ. Caso algum cartório não cumpra a determinação do CNJ o casal interessado poderá levar o caso ao juiz corregedor daquela comarca para que ele determine o cumprimento da medida. Além disso, poderá ser aberto processo administrativo contra o oficial que se negou a celebrar ou reverter a união estável em casamento. (Fonte: Diário do Nordeste)

Câmara Municipal

Oposição incompetente Na última sessão da Câmara, realizada no dia 23/5, compareceu o empresário Júnior Timbó, para explicar-se sobre a possível falta de endereço de sua empresa em Fortaleza – J. P. Locação de Máquinas e Serviços – constatada pela funcionária do FUNDEB, Elisabete. Faltou competência à bancada de oposição para encurralar aquele empresário, cuja empresa faz o transporte escolar de Crateús. Elisabete foi à Fortaleza e saiu à procura do endereço da J. P. Locação de Máquinas e Serviços, e o que encontrou no endereço da mesma foi um depósito de óleos lubrificantes, o que gerou uma denúncia por parte da funcionária. Convidado pela Câmara a dar explicações sobre a falta

[ Opinião ]

de endereço de sua empresa, o empresário Júnior Timbó saiu-se com a justificativa de que naquele depósito de óleos lubrificantes existia uma sala que era o endereço da J. P. Locação de Máquinas e Serviços, que Elisabete não observou, nem tampouco detectou ambulâncias que estavam no citado endereço. Ora! Uma empresa que existe com a finalidade de locar veículos e máquinas, ou qualquer outra empresa, tem por obrigação possuir seu próprio endereço e não esconder-se no interior de outra empresa, no caso, um depósito de óleos, ainda que o referido depósito seja de propriedade do mesmo empresário. É vedada por lei a existência de duas empresas no mesmo endereço. Cada

[ Política ]

[ Cidade ]

uma existe de modo individual e é obrigada a ter o seu próprio endereço comercial, sob pena de negar a própria existência e passar a ser considerada clandestina, pelos órgãos de fiscalização. Naquela sessão da Câmara, o Sr. Júnior Timbó, para impressionar os vereadores e a plateia, declarou-se importador de óleos da França e de pneus, do Japão, tendo seus negócios, juntamente com um irmão, ramificações no Estado do Rio Grande do Norte, e expandidos por várias cidades do Ceará. Que temos nós a ver com os negócios da família Timbó, se o objeto de sua presença na Câmara era o de dar explicações e informações corretas sobre o endereço de sua empresa?Temos a ver

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

Vereador Aldairton Carvalho presidente do Legislativo Municipal

explicou, nem tampouco convenceu a ninguém. A oposição, na ocasião, com apenas quatro vereadores, foi carregada pelo vereador Arnaldo Minelvino e pelo silêncio de seus companheiros. Até mesmo o vereador Bibi Apolônio, conhecedor das mazelas do transporte escolar, omitiu-se a qualquer pergunta ao empresário, que deixou a Câmara com ares de vitória.

[ www.gazetacrateus.com.br ]


GAZETA DO CENTRO-OESTE Crateús - Quinta-feira, 30 de maio de 2013

Área 1212 - 8802 5066 OU 190 Área 1211 - 8802 3535 OU 190 Área 1213 - 8802 5067 OU 190

Página - 12

geral ARTIGO Deoclides Machado

Falácias sindicais O Município de Crateús vive um momento único em sua história político-administrativa. A gestão municipal elabora, para em breve enviar à Câmara Municipal, para votação, projeto de mudança de regime previdenciário para os servidores públicos municipais. Maldosa e insistentemente alguns sindicalistas tentam criar na mente dos servidores uma expectativa de que o Regime Estatutário não é melhor do que o Celetista, e isto é um absurdo! O melhor e mais seguro regime empregatício do Brasil é o estatutário. Tanto é que, esse regime prevalece nos quadros funcionais da União e dos Estados e não pode ser diferente para os municípios. No estado do Ceará somente três municípios não são estatutários e Crateús é um deles. Ultimamente, o Sindicato dos Servidores e o “Sindicato dos Professores” distribuíram panfletos apontando 10 motivos para dizerem Não à mudança de regime. Um contrassenso, desde que partindo de entidades que deveriam defender e buscar consolidar e ampliar os direitos dos servidores. ►Vamos ao 1º motivo: perda do FGTS – os servidores já sabem que o FGTS que era depositado todos os meses ser-lhe-á restituído, decorridos três anos de mudança de regime ou até antes se ingressarem com ação na Justiça. O FGTS é um fundo instituído para os empregados da iniciativa privada, que não possuem a chamada “estabilidade” no emprego nem direito à aposentadoria integral. Este benefício tem o fim de subsidiar o trabalhador com uma garantia pecuniária por ocasião de sua demissão sem justa causa, para que ele possa suportar o tempo necessário até conseguir se recolocar no mercado de trabalho. Não existe nenhum servidor do Estado ou da União que receba FGTS. ►O 2º motivo é: insegurança jurídica – com esse argumento, os ditos Sindicatos chamam toda a população de Crateús de burra. Paciência!

Esta é a maior possibilidade de criar ou alargar direitos, já que os beneficiários (servidores) estão próximos aos legisladores e podem cobrar as mudanças necessárias; esta é exatamente uma das vantagens do Regime Estatutário. Ainda que se questionasse a confiança no Poder Legislativo, é preciso esclarecer que o Estatuto será instituído por Lei Complementar que exige quórum qualificado para a sua aprovação, ou seja, ainda que se queira retirar todos os direitos previstos na nova lei, terá que haver quase que consenso entre os vereadores de situação e oposição para a aprovação da mudança, já que uma lei complementar só pode ser alterada por outra lei complementar. ►O 3º ponto questionado é: aumento no valor da contribuição previdenciária – No regime geral, que é o aplicado atualmente em Crateús, o percentual de contribuição é variável, 8%, 9% ou 11%, conforme a remuneração do servidor. No regime próprio será de 11%. Portanto, para alguns servidores, sequer, haverá alteração no percentual da contribuição. É importante que se esclareça que o que aparenta uma desvantagem, se torna insignificante diante dos benefícios, como mostraremos adiante nos demais questionamentos dos ditos Sindicatos. ►O 4º ponto apontado é: contribuição mesmo depois da aposentadoria – aqui se deve observar que muito embora o servidor inativo continue a contribuir, os ditos Sindicatos se “esqueceram” de dizer que o servidor estará recebendo na aposentadoria o valor do último salário de contribuição, sem a limitação imposta pelo teto máximo remuneratório adotado pelo INSS, e sem a utilização do fator previdenciário. Já citamos em outro artigo que temos servidores e professores que, apesar do avançar da idade, não optam pela aposentadoria, em decorrência do baixo salário que iriam receber, pois, no regime celetista, o trabalhador recebe ao se aposentar

[ Opinião ]

[ Política ]

um valor que é a média dos salários multiplicada pelo fator de aposentadoria, o que normalmente reduz seu rendimento a quase a metade do que recebia na ativa. Aposentado pelo Regime Estatutário, o servidor está a salvo da aplicação desse temido fator previdenciário. Mas, sobre isso, os ditos Sindicatos não falaram. Porque? ►O 5º argumento é: foro na Justiça Comum – aqui os ditos Sindicatos fazem crer que todos os servidores costumam entrar na Justiça contra o Poder Público e, pior, põem em total descrédito a Justiça Comum. Também estamos nos questionando até agora, porque o Sindicato não disse que, há mais de um ano os juízes do Trabalho de Crateús estão encaminhando os processos para a Justiça Comum, por se considerarem incompetentes para julgar as causas entre servidor e Prefeitura. Será que os ditos Sindicatos não foram avisados por seus advogados? Pois bem, o STF decidiu na Ação Direta de Inconstitucionalidade - ADI 3395, que as ações entre o Poder Público e seus servidores devem ser julgadas pela Justiça Comum. Aliás, recentemente, dia 24 de abril de 2013, essa decisão foi novamente reafirmada pelo STF, mas os ditos Sindicatos estranhamente não tomaram conhecimento. Será que não tomaram! ►O 6º motivo é: demora na concessão do benefício – juramos não ter acreditado quando lemos isso! Quem escreveu isso não vive no Brasil? Será que nunca ouviram falar nas dificuldades intermináveis para a concessão de benefícios pelo INSS? Qualquer servidor que tenha precisado de auxílio-doença, por exemplo, sabe perfeitamente disso. Todos sabem que há uma indústria do indeferimento de benefícios, tanto que o ex-ministro da Previdência, Luiz Marinho, admitiu pouco antes de sua exoneração, que o INSS indefere benefícios indevidamente e sobrecarrega o Poder Judiciário. E isso foi publicamente desmascarado

[ Cidade ]

em 2011, quando o INSS tornou-se o maior litigante nacional, segundo pesquisa realizada pelo Conselho Nacional de Justiça – CNJ. Mas, os ditos Sindicatos também não sabem disso! ►O 7º argumento é: falta de transparência – é uma piada, e nesse ponto nos causou risos. Indagamos aos presidentes dos ditos Sindicatos, se eles contribuíram para a confecção de alguma norma regulamentadora, portaria interna, ordem de serviço ou qualquer instrução normativa do INSS. Já sabemos a resposta... É uma falácia, servidores! O Regime Próprio contém representantes dos servidores em seus colegiados. É exatamente a influência dos servidores na gestão de seu regime que garante maior transparência e responsabilidade das ações dos gestores previdenciários. Em relação ao INSS, os servidores não têm a quem recorrer, a não ser aos postos de atendimento com a lentidão e ineficiência que todos sabemos, além das greves frequentes. Aliás, sequer os servidores têm acesso à diretoria e aos conselhos do INSS para poder averiguar sua correta administração ou para sugerir melhorias. A Lei Federal nº 9.717/98, no inciso IV, do art. 1º, impõe de maneira clara o pleno acesso dos servidores às informações relativas ao Regime Próprio e à participação nos colegiados e instâncias de decisão. Portanto, esse é mais um completo e falso argumento! ►O 8º apontamento é: experiências fracassadas – senhores servidores, vocês já questionaram aos ditos Sindicatos se há alguma experiência com êxito nos lugares onde o regime foi alterado? Se não, indaguem! Porque existem vários municípios que vem conseguindo gerir o regime com pleno êxito. Mas porque Crateús só pode se espelhar em experiência que não deu certo? Será que alguém sabe a resposta? Outra coisa que precisa ser dita, Crateús é o único município do Brasil que irá instituir o repasse das contribuições

[ Geral ]

[ Cultura ]

através de débito em conta, ou seja, caiu o FPM na conta, o repasse é automático, sem a mínima possibilidade de desvio. Isso só virá a ocorrer em Crateús e foi uma iniciativa única e de extrema responsabilidade do Prefeito Municipal. Essa garantia não há em nenhum outro município. Os servidores precisam saber que para um Município instituir o seu próprio regime de previdência deve atender não apenas às disposições da Lei Federal nº 9.717/98, como também a extensa disciplina imposta pelo Ministério da Previdência Social, sob pena de o município não poder obter o Certificado de Regularidade de Situação e, com isso, ficar impedido de conseguir inúmeros benefícios concedidos pelo Governo Federal, dentre os quais a obtenção de empréstimos junto a estabelecimentos oficiais e a transferência de recursos voluntários. ►O 9º ponto é: favorecimento à ocorrência de corrupção – atenção, servidores! Esse argumento é absurdo! Como foi dito antes, o prefeito, numa atitude inovadora e louvável, garantirá em Crateús o repasse dos recursos através de débito na conta do FPM, ou seja, os recursos sequer ficarão disponíveis, estes depósitos serão automáticos por conta de lei, assim como é feito com o repasse do duodécimo para a Câmara Municipal. No mais, como já foi dito, transparência agora é uma exigência legal. Ora, aqui devemos perceber que os ditos Sindicatos estão chamando os próprios servidores de corruptos, já que servidores (que serão eleitos pelo voto de todos os servidores) farão a gestão do fundo. Outra coisa: atualmente, o INSS não sequestra valor nenhum. O sequestro de valores depende de decisão judicial. Na realidade, quando não há o repasse, o INSS abre procedimento administrativo e aplica multa. Normalmente, os Municípios parcelam os débitos até porque, como disse antes, com as contas irregulares ficam impedidos de obter empréstimos, re-

[ Sociedade ]

passes etc. ►Por fim, os ditos Sindicatos tentam fechar a enganação dizendo que a gestão do fundo será feita por uma diretoria nomeada pelo prefeito. Se os membros dos ditos Sindicatos tivessem participado de modo democrático dos debates no Teatro Rosa Morais e não ficassem apenas fazendo um alvoroço politiqueiro, teriam percebido que se propõe que o Conselho Administrativo seja formado por dois representantes do Poder Executivo, um representante do Poder Legislativo por três representantes dos segurados (servidores), todos com mandatos de dois anos. Aliás, será que o Sindicato ignora que o ministro da Previdência e o presidente do INSS são indicados pelo Presidente da República? Enfim, os servidores precisam se questionar: será que a mudança não traz nenhuma vantagem? Por que os ditos Sindicatos só falam em desvantagens? Aliás, derrubamos todas. Reflitam servidores! Tenham ciência de que o Estatuto trará, dentre outros, o direito de promoção, de reversão, de reintegração, de recondução, de readaptação, de licenças para tratamento de saúde, por acidente em serviço, por motivo de doença em pessoa da família, por motivo de afastamento do cônjuge ou companheiro, para o serviço militar, para atividades políticas, para tratar de interesses particulares, paternidade, gestante, adotante e para capacitação profissional. O prefeito ainda quer assegurar no Estatuto um adicional por tempo de serviço de 1% sobre o vencimento básico do cargo a cada ano de serviço prestado ao município e garantir outro reajuste anual a cada 1º de maio, que será a data base dos servidores para a revisão geral anual da remuneração. Tudo isso sem falar que pretende instituir Plano de Cargos, Carreiras e Salários para todos os servidores. Só o Sindicato é contra, mas se nós contarmos, ninguém acredita!

[ www.gazetacrateus.com.br ]


“Aos senhores pastores que intercedam com suas orações em favor do Ministério Público e contra a corrupção”

Ricardo Machado, procurador-geral de Justiça, durante o encontro quando promotores, procuradores de Justiça pediam o apoio das Igrejas Evangélicas na derrubada da PEC da Impunidade.

VARIEDADES Muito em breve, Crateús contará com uma grande e moderníssima empresa de cargas, operando com inusitada rapidez na cidade de Crateús e nas regiões dos Inhamuns e Sertão Central do Ceará. A Rápido Cargas, que está construindo sua sede própria à Rua Antônio Catunda, pertence a dois grandes e acreditados empresários que se uniram nessa empreitada e a cidade vai contar com os benefícios dessa união. É o progresso que bate à nossa porta.

noso. Mas recebi da Justiça o mandato de defendê-lo. Desde quase menino eu cumpro meu mandato na Justiça. Eleito deputado, passei a cumprir o mandato parlamentar. Agora, vejo-me obrigado a optar entre os dois. Prefiro a Justiça. Porque é com ele que se faz cumprir a lei. Desceu, foi à secretaria, renunciou ao mandato e foi para o fórum defender o bandido ‘Circuncisão’. Só voltou à Assembleia três anos depois. Conclusão: não se faz político como antigamente”

Ser ou não ser

Ratos e insetos

Empresa de cargas

Essa é do jornalista Sebastião Nery. “José Marcelino era governador da Bahia (1904 – 1908). Cosme de Farias, o famoso major Cosme, rábula genial que advogou de graça para os pobres durante 80 anos e morreu com 99 anos (1875-1974), deputado do MDB, era amigo de Marcelino. Uma tarde, em frente à central da polícia, o bandido ‘Circuncisão’ deu um tiro na cabeça do governador José Marcelino. A bala resvalou na testa, todos ficaram indignados e nenhum advogado quis defender o meliante. No fórum, o juiz de plantão chamou o major Cosme e o nomeou defensor público do réu. O major saiu de lá, foi à tribuna da Assembleia: - Senhores deputados, sou do partido do governador, e sou seu amigo. Nem pessoalmente nem politicamente posso ficar a favor do crimi-

GAZETA DO CENTRO-OESTE Crateús - Quinta-feira, 30 de maio de 2013

Ao tempo em que foi secretário de Saúde de Fortaleza, por ocasião de uma grande seca no Ceará, o médico Pedro Timbó, hoje conselheiro do TCE recomendou à população o consumo de ratos, dado o seu alto valor proteico. A coisa agora está se repetindo. A FAO, organização da ONU para o combate à fome está recomendando o consumo de insetos – gafanhotos, mané-magro, besouro rola-bosta, abelhas e até formigas, que existem em quantidades inimagináveis nas florestas espalhadas pelo Planeta. Só uma coisa: Será que este novo tipo de alimentação já vem com as receitas prontas?

Contraste da COGEHR Quem lê, pensa que está lendo algo escrito com seriedade. Eis aqui o que diz um

Página - 13

GERAL

ESCRACHANDO ilustrado folder distribuído pela COGERH – Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos, Gerência Regional de Crateús, Comissão Gestora do Açude Carnaubal: Caro amigo: É importante lembrar que a água é um recurso limitado, pois seu uso sem limites, o desmatamento e a poluição podem levar à sua escassez. Sem água não há vida. E para cuidar da água é muito simples: basta cada um de nós ter consciência, usando-a racionalmente, sem desperdícios. Esse é um direito de todos e o dever de cada um de nós. Entre na luta contra o desperdício! Este é o país da piada pronta. O açude Carnaubal tem lá seus 20 anos que abastece a cidade de Crateús de forma irracional, sem limites e com o máximo de desperdício de água. Em todo esse tempo, a COGERH não construiu uma simples adutora ligando o açude à barragem do Batalhão. A água do Carnaubal foi mais utilizada na agricultura, na irrigação de plantações de capim e outras culturas, do que mesmo no abastecimento da cidade. Agora, quando a água que a Companhia desperdiçou durante anos se tornou escassa, ela vem com o apelo para que entremos na luta contra o desperdício. Que desperdício, se não temos água? E, para ilustrar o folder, a figura de uma mangueira circundando o açude e soltando uma gota de água. Imagine o custo para a elaboração desse folder.

Derrota anunciada Quem quer que seja o melhor candidato para enfrentar Dilma em 2014, ainda que consiga se virar, morrerá emborcado. O esquema em montagem por ela e Lula é um muro de Berlim. Derrubá-lo, só numa guerra ou num acordo bem diferente dos moldes europeus (o muro, de quase 70 km de gradeamento metálico, durou 28 anos). Dilma está convencida de que será reeleita, e que ninguém duvide da candidatura de Lula em 2018, se a saúde, (que não vai boa) permitir. Ainda assim, que ninguém subestime Lula, que continua “o filho do Brasil”. Reparem: Dilma não faz nada fora da rotina presidencial, a não ser gritar com seus 39 ministros, 90% dos quais ela nem conhece nem sabe o que fazem (sobretudo os que nada fazem). Não existe um único nome na oposição capaz de fazê-la descer a rampa. Lula desconversa e corre o mundo a dar palestras em tons mitológicos, à base de salvador da pátria. O mais é abanar carvão. (Regina Marshall – Jornalista)

E aí Feliciano? O líder da Assembleia de Deus dos Últimos Dias, pastor Marcos Pereira, foi preso em São Paulo com uma vasta lista de crimes nada condizentes com a

postura assumida por seu amigo e agora defensor, o polêmico deputado Marcos Feliciano. Entre as acusações, a de estupro e abuso de menores. Depois dessa, fica a dúvida perante o presidente da Comissão de Direitos Humanos e seus partidários se quem precisa de cura são realmente os gays. (Regina Marshall – Jornalista)

Racismo Agiganta-se a escalada do racismo no Brasil, hoje o único país do mundo que impõe por lei as diferenças entre os cidadãos pela cor da pele. A última novidade: com o apoio decidido do governador Jacques Wagner e do prefeito ACM Neto, Salvador vai ter um “Afródomo”, uma área reservada exclusivamente para os negros brincarem o Carnaval. O nosso Afonso Arinos deve estar se revirando no túmulo. Tudo com Carlinhos Brown à frente, enaltecendo a genialidade dos governantes. ( Rangel Cavalcante – Jornalista)

Cara de pau O senador Gim Argello torra dinheiro do contribuinte em aparições na televisão para, com a maior cara de pau, agradecer os votos dos eleitores brasilienses. Só que o dito cujo chegou ao senado sem receber um só voto, herdando o mandato, na qualidade de

suplente do ex-governador Joaquim Roriz, que renunciou para não ser cassado por corrupção. Os cidadãos do DF dispensam os agradecimentos, pois nenhum votou nele e não têm culpa de sua presença no Congresso. (Rangel Cavalcante – Jornalista)

De volta Recuperado de uma operação cirúrgica, o aspone-mór e chanceler genérico do governo, Marco Aurélio Garcia, volta a dar pitaco na política internacional. Iniciou o mês na Argentina, representando o Brasil num seminário sobre “Desafios das Crises Internacionais de 2007 e 2009 – Respostas dos Países Emergentes Centrais”. (Rangel Cavalcante – Jornalista)

Lambuzando Um assistente de ex-presidente, dois assessores de ex-presidente, e um assistente técnico foram mandados pela Presidência da República à Argentina na última semana, com passagens, diárias e todas as despesas pagas pelo contribuinte. Sabem o que eles foram fazer lá? Passar cinco dias preparando uma viagem particular do ex-presidente Lula a Buenos Aires. A companheirada não abre mão de se lambuzar com o dinheiro público. (Rangel Cavalcante – Jornalista)

Você encontra todas as matérias da Gazeta no site. Acesse e poste seu comentário.

CRATEÚS: Rua Cel. Lúcio, 511 - Centro Fone/Fax: (88) 3691.1717 NOVA RUSSAS: Rua Pe. Francisco Rosa, 1311 - Centro Fone: (88) 3672.0308 SANTA QUITÉRIA: Rua Cel. Manoel Alves, 157 - Centro Fone: (88) 3628.0374 ARARENDÁ: Rua Francisco de Paula, s/n - Centro Fone: (88) 9412.2362 e 9410.9370

[ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

MOSENHOR TABOSA: Av. Honório Melo, 25 - Centro Fone: (88) 3696.2164 NOVO ORIENTE: Rua Elpídio Rodrigues, 266 - Centro Fone: (88) 3629.1794 QUITERIANÓPOLIS: Rua Acard Deusdete Pedrosa, 247 Fone: (88) 3557.1346 / 9992.1379 FORTALEZA: Rua Pe. Luiz Filgueiras, 550 - Aldeota Fone: (85) 3221.4355

[ www.gazetacrateus.com.br ]


GAZETA DO CENTRO-OESTE Crateús - Quinta-feira, 30 de maio de 2013

Dr Eliézio Torres Martins ORTODONTIA - CRO-CE: 2491

Dr Bruno Cavalcanti Martins

Página - 14

PRÓTESE E CLÍNICA GERAL - CRO-CE: 4875

Dr Breno Cavalcanti Martins

CIRURGIÃO DENTISTA - CRO-CE: 6028

cultura

Drª Blenda Camerino F. C. Mourão

ODONTOPEDIATRIA/PERIODONTIA - CRO-CE: 5567

CRATEÚS: Rua Cel. Lúcio, 495 - Centro - Fone: (88) 3691.8050 NOVO ORIENTE: Rua Cazuza Rocha, 56 - Centro - Fone: (88) 3629.1477 E-mail: clinicanimo@hotmail.com

Crateús de Ontem

Flávio Machado

Luizito, padre e professor doutor Conterrâneo Joatan Bonfim, atualmente morando em Brasília, é um dos crateuenses que mais ama a família, os amigos e o seu torrão natal - Crateús. Pediu-me para relembrar o padre Luizito, conterrâneo e professor com quem muito aprendi no Seminário de Sobral, e que vive longe de Crateús, há muitos anos. Luiz Dias Rodrigues, carinhosamente conhecido por Luizito, nasceu no dia 18 de março de 1934, em Crateús, na Rua Coronel Lúcio, filho do professor e dentista prático Antônio Lisboa Rodrigues e de Maria Soares Dias Rodrigues. Teve uma alegre e feliz infância em Crateús, deleitando-se com as inolvidáveis brincadeiras de criança, participando dos alegres banhos no Rio Poti e participando de inesquecíveis passeios à Fazenda Bela Vista, do avô Luiz Severino Dias.

Cresceu e viveu no aconchego da religião católica. Fez o curso primário no Grupo Escolar Lourenço Filho e, em 1946, ingressou no seminário São José, de Sobral, onde se destacou pela sua inteligência. Seguiu, depois, para o Seminário da Prainha, onde concluiu os cursos de Filosofia e Teologia. Ordenou-se padre na Catedral de Sobral, em 08 de dezembro de 1958, em cerimônia oficiada por Dom José Bezerra Coutinho, então bispo auxiliar da Diocese de Sobral, seguindo para Crateús, onde celebrou sua primeira missa e cantou o Te Deum em Ação de Graça, na Igreja Matriz do Senhor do Bonfim. Estavam presentes 14 sacerdotes, 20 seminaristas, familiares e uma multidão que lotaram os espaços do templo. No decorrer da vida, notabilizou-se como uma das

mentes mais iluminadas que Crateús conheceu. Suas atividades sacerdotais tiveram início com a sua nomeação, por Dom José Tupinambá da Frota, como professor no Seminário de Sobral, em 1959, bem como nos Colégios Santana e Sobralense. Todos fundados por Dom José. No Seminário, atuava uma equipe de professores dinâmicos e competentes, mas, padre Luizito se destacava, pelo conhecimento em diversas disciplinas. Era dono de vasta cultura, além de possuir destacados conhecimentos de eletricidade, mecânica, física, química, hipnose e outras matérias. Preparou grandes profissionais que, ao deixarem o Seminário, passaram a brilhar em diversas atividades. Peça por peça, instalou a Rádio Itamaraty, serviço de rádio nas dependências internas do Seminário, onde o saudoso Menezes de Carvalho iniciou

suas atividades como radialista. Menezes de Carvalho se destacou nas emissoras de Sobral, depois na Rádio Assunção, e em outras emissoras de Fortaleza. Em Sobral, onde recebeu o título de Cônego, padre Luizito foi diretor da Rádio Educadora e, na década de 1960, firmou-se como defensor da democracia brasileira, contrapondo-se à política defendida pelo governo. Além de Filosofia e Teologia, concluiu Licenciatura Plena em Letras pela UFC, Filosofia pela Faculdade Dom José, e concluiu Psicologia em Recife-Pe, onde obteve o Mestrado. Luizito é poliglota e escritor, com várias obras publicadas. Mudou-se para João Pessoa em 1969, onde se destacou como professor de Física e de Química, no Liceu e nos Colégios Pio X, Pio XII e João XXIII. Depois ingressou como professor

na Universidade Federal da Paraíba, de onde foi enviado para a Universidade Francesa de Sorbonne em 1978, residindo em Paris por quatro anos, de onde voltou com doutorado em Psicologia. Defendeu sua tese no idioma francês, ocasião em que foi aplaudido de pé, por unanimidade, pela mesa julgadora, que lhe atribuiu a nota máxima, fato raro de acontecer na Sorbonne. Retornando a João Pessoa, sempre foi representante da Universidade Federal da Paraíba em frequentes intercâmbios entre Universidades Brasileiras, para ministrar cursos, palestras e debates. Em 2004, o então professor Luizito se aposentou pela Universidade Federal da Paraíba. Mora atualmente em João Pessoa e, quando solicitado, colabora com pessoas do seu convívio na orientação sobre monografias e trabalhos que

Cantinho da Poesia

Afrouxando o Riso

Flash do Passado

A guitarra

Bêbado sabido

Sou daquele tempo

Luís Guimarães Júnior

Cantei, oh bela, os dotes teus: a lira Fiel e meiga a voz me acompanhava, E a Lua, erguendo o manto de safira, Parecia escutar o que eu cantava. Cantei-te o seio lânguido e alvejante -Pomba aninhada em flocos de cambraia – E pareceu-me ouvir naquele instante Zelosa a vaga estremecer na praia Cantei depois a juvenil fragrância Dos nossos velhos e gentis folguedos Na mais sonora e feiticeira estância; Cantei o nosso amor e os seus segredos; Mas quando ia cantar a tua constância... Quebrou-se a lira e me caiu dos dedos.

Numa viagem de trem, um casalzinho de namorados se entregava aos beijos, aos dengues e ao amor e, na cadeira da frente (antigamente, as cadeiras do trem eram duas a duas de frente uma para a outra) um bêbado resmungava coisas ininteligíveis. O rapaz muito apaixonado e a moça muito dengosa, mais pareciam um casal de pombinhos. Conversa vai, conversa vem e em dado momento, a namorada disse para o namorado: estou sentindo dor na testa, meu amor. _ Deixe-me dar um beijinho, que passará imediatamente. Dado o beijo, perguntou à namorada: - passou? Ela se desmanchando em meiguice: - passou, mas agora está doendo em minhas “alfaces”, meu querido. Outro beijo na amada, no local da dor. _ Passou, minha bonequinha? _Por incrível que pareça, meu docinho de coco, agora me dói o cangote. Outro beijo e a dor se foi. Nestas alturas, o bêbado levantou-se aos tombos e disse pro galã: - Olha aqui, ô boca santa, teu beijo cura hemorroida?

contribuam com a promoção científica de outras pessoas. Dinâmico, sozinho aprendeu a tocar flauta, violão e sanfona e, em ocasiões propícias, diverte-se, executando músicas de sua preferência. Seu passatempo predileto é o cuidado com as árvores que circundam a sua residência. Nelas coloca água e alimento para os pássaros que nela vêm pousar. Muito mais poderíamos dizer sobre nosso ilustre conterrâneo, que é irmão das professoras Maria Estela Dias Rodrigues e Antonia Lisboa de Oliveira (Dona Totoinha), a quem agradeço pela solicitude e presteza, ao me enviar matéria que complementou o meu conhecimento sobre o grande padre e professor doutor Luiz Dias Rodrigues, Luizito.

César Vale

Estou de volta trazendo um matulão de saudades das coisas que o tempo levou e que não voltam mais, para dizer que sou daquele tempo em que a energia elétrica era fornecida pelo locomóvel de Firmino Aguiar; sou do tempo da farda cáqui do Grupo Escolar Lourenço Filho e do tempo em que tínhamos uma banda de música que animava as retretas das quintas-feiras e domingos, do coreto da Avenida. Uma banda que animava as festas do padroeiro e os leilões; banda composta por bons instrumentistas, quase todos eles sapateiros (Cireneu, Sebastião do Padre, Joaquim do trombone, Benedito alfaiate no pistão, maestro Cordeiro também no pistão, etc.) Da banda de música saíam os tocadores das inesquecíveis festas do Crateús Clube, cujas músicas eram cantadas por Zé Foba e Gerardo Venâncio. Quase esquecia Zé Estêvão e a sua tuba inconfundível. Zé Estêvão era o primeiro da formação da banda vestida de farda cáqui e usando quepe, como usavam também os ferroviários. Soprava sua tuba, o contrabaixo da banda, como ninguém o fazia. Desse pessoal não há mais ninguém vivo. Mas, na minha lembrança, vejo o Zé Estêvão com uma perna da calça arregaçada para proteger as perebas, e sempre com um pé no sapato e outro na chinela. Hoje, temos uma bandinha de música roufenha, composta por jovens adolescentes que, por falta de um bom instrutor, muito pouco aprenderam de música, e têm nos causado vexame quando se apresentam em público, além de ser dispendiosa ao município.

Dr. José Wellington Rodrigues Clínica Médica - Ultrassonografia CREMEC- 3465 Dr. Francisco Janildo Leal Clínica Médica - Cirurgia Geral Gineco - Obstetrícia - CREMEC- 3235

Rua Ubaldino Souto Maior, 1230 - São Vicente, Crateús-CE - Fones: (88) 3691.1080 / 3691.5777

[ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


“Não estamos trabalhando com hipótese de prisão. À luz dos embargos, haverá nova apreciação dos processos”

GAZETA DO CENTRO-OESTE Crateús - Quinta-feira, 30 de maio de 2013

Rui Falcão Presidente do PT, ignorando as sentenças aplicadas pelo plenário do Supremo Tribunal Federal.

Página - 15

geral

Comunicando O Estado e as drogas O Governo do Estado se mobiliza através da 1ª Jornada de Políticas Públicas sobre Drogas, que recentemente esteve em Crateús, tendo à frente a ex-procuradora-geral de Justiça, Socorro França, que vem realizando ações concretas contra as drogas em nossa região. Nessa jornada são mobilizados prefeitos, secretários municipais, vereadores, empresários, entidades religiosas, escolas, conselhos tutelares, juízes de Direito, promotores, defensores públicos, delegados e instituições de apoio aos usuários de drogas. Todo isso é muito interessante e necessário que seja adotado, acompanhado

e cumprido, sob pena de assistirmos diariamente nossos jovens perdendo a vida, logo no seu começo, para a ilusão das drogas e pela prática do crime. Por outro lado, o Estado não adota uma política diferenciada, uma lei específica e rigorosa contra o traficante de drogas, considerado o maior de todos os criminosos e de todos os bandidos. O Governo destina R$ 4 bilhões para combater as drogas e este dinheiro todo vai se evaporar porque o número de traficantes e de viciados será sempre crescente e os crimes motivados pelas drogas, as execuções sumárias e a crueldade com que são praticados estará

COMUNICADO SEMAM

sempre a nos aterrorizar pela frequência com que estão ocorrendo. O combate às drogas requer uma política diferenciada, uma polícia inteligente, uma justiça direcionada a este tipo de crime, e um castigo severo a ser imposto ao traficante, porque, com a brandura das nossas leis e com a maioridade penal só após os 18 anos, não sairemos nem do lugar no combate às drogas. Claro que é preciso tratar o dependente químico, o jovem que foi seduzido pela droga. Mas, se não houver uma repressão à altura contra os traficantes, repetimos, não sairemos do lugar. Esses bandidos precisam ser cas-

sados sem trégua e tratados mesmo com desumanidade, presos a ferros e tratados a pão e água, com confisco de bens, destruição e salga de suas casas. À época do golpe militar de 1964, o simples fato de alguém ser comunista, ter uma ideologia, criou-se o famigerado CCC - Comando de Caça aos Comunistas, e muitos pagaram com o sofrimento da tortura e da própria vida nas masmorras. Por que não criar o CCT, Comando de Caça aos Traficantes e dar a eles o destino que as ditaduras deram a tantos inocentes? Para traficante, até a pena de morte é pouco.

Manchetes que nos envergonham O Governo do Estado se mobiliza através da 1ª Jornada de Políticas Públicas sobre Drogas, que recentemente esteve em Crateús, tendo à frente a ex-procuradora-geral de Justiça, Socorro França, que vem realizando ações concretas contra as drogas em nossa região. Nessa jornada são mobilizados prefeitos, secretários municipais, vereadores, empresários, entidades religiosas, escolas, conselhos tutelares, juízes de Direito, promotores, defensores públicos, delegados e instituições de apoio aos usuários de drogas. Todo isso é muito interessante e necessário que seja adotado, acompanhado

e cumprido, sob pena de assistirmos diariamente nossos jovens perdendo a vida, logo no seu começo, para a ilusão das drogas e pela prática do crime. Por outro lado, o Estado não adota uma política diferenciada, uma lei específica e rigorosa contra o traficante de drogas, considerado o maior de todos os criminosos e de todos os bandidos. O Governo destina R$ 4 bilhões para combater as drogas e este dinheiro todo vai se evaporar porque o número de traficantes e de viciados será sempre crescente e os crimes motivados pelas drogas, as execuções sumárias e a crueldade com que são praticados estará

sempre a nos aterrorizar pela frequência com que estão ocorrendo. O combate às drogas requer uma política diferenciada, uma polícia inteligente, uma justiça direcionada a este tipo de crime, e um castigo severo a ser imposto ao traficante, porque, com a brandura das nossas leis e com a maioridade penal só após os 18 anos, não sairemos nem do lugar no combate às drogas. Claro que é preciso tratar o dependente químico, o jovem que foi seduzido pela droga. Mas, se não houver uma repressão à altura contra os traficantes, repetimos, não sairemos do lugar. Esses bandidos precisam ser cas-

sados sem trégua e tratados mesmo com desumanidade, presos a ferros e tratados a pão e água, com confisco de bens, destruição e salga de suas casas. À época do golpe militar de 1964, o simples fato de alguém ser comunista, ter uma ideologia, criou-se o famigerado CCC - Comando de Caça aos Comunistas, e muitos pagaram com o sofrimento da tortura e da própria vida nas masmorras. Por que não criar o CCT, Comando de Caça aos Traficantes e dar a eles o destino que as ditaduras deram a tantos inocentes? Para traficante, até a pena de morte é pouco.

CONSTRUTORA E IMOBILIÁRIA DELTA BRASIL LTDA CNPJ: 13.301.289/0001-20 Torna público que requereu à Secretaria de Meio Ambiente de Crateús - SEMAM, a Regularização do Loteamento Delta Park, situado à Rua Gustavo Barroso, S/N – Bairro Santa Luzia, CEP: 63700-000 Crateús-CE. Foi determinado o cumprimento das exigências contidas nas Normas e Instruções de Licenciamento da SEMAM.

COMUNICADO SEMAM A PREFEITURA MUNICIPAL DE CRATEÚS-CE CNPJ: 07.982.036/0001-67 Torna público que requereu à Secretaria de Meio Ambiente de Crateús - SEMAM, a Licença Prévia para: 1ª Etapa da Reforma e Ampliação do Estádio Municipal Juvenal Melo (PT-0365624-59) 2ª Etapa da Reforma e Ampliação do Estádio Municipal Juvenal Melo (PT-0370483-55) 3ª Etapa da Reforma e Ampliação do Estádio Municipal Juvenal Melo (PT-0369686-80) Localizado na Rua: Luiz Chaves de Melo, S/N, Bairro Cidade Nova, Crateús-CE. Foi determinado o cumprimento das exigências contidas nas Normas e Instruções de Licenciamento da SEMAM.

NOTA DE FALECIMENTO Após longos anos de prostração causada pelo Mal de Alzheimer, faleceu, no último dia 24, em sua residência, a professora Maria Darcy Leitão Bonfim, 82 anos, solteira e natural de Crateús. Darcy tinha um espírito alegre e acolhedor e sempre foi benquista por muitos amigos, inúmeros familiares e por uma legião de ex-alunos. Seu corpo, após ser encomendado na

Catedral do Senhor do Bonfim, foi sepultado, com grande acompanhamento, no Cemitério São Miguel.

ALEMANHA Prostitutas deverão pagar imposto MÉDICOS NO INTERIOR Entidades criticam medida do governo

As estratégias defendidas pelo governo federal para reduzir a falta de médicos em regiões com menos recursos não vão resolver a questão e ainda podem agravar problemas associados á oferta de saúde pública no País. A avaliação é dos representantes das entidades médicas que participam de audiência.

[ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

A Justiça alemã determinou que as pessoas que exercem de maneira independente o ofício da prostituição deverão pagar um imposto profissional. Há vários anos os centros de arrecadação de impostos e as prostitutas discutem sobre o tipo de imposto a pagar.

[ www.gazetacrateus.com.br ]


César Vale

www.gazetacrateus.com.br

A sociedade de Crateús compareceu, de forma expressiva, à requintada e inesquecível festa de 15 anos de Bárbara Vilani, filha do casal Rosângela e Wilson Cláudio Gomes, realizada no Espaço Ouro Verde, dia 18 último. Festa temática lembrou rei, rainha e princesas, pajens, cavaleiros, etc. com muitos convidados trajando fantasias temáticas. Bárbara Vilani, sempre linda, esteve impecável e deslumbrante, bem como sua mãe e sua irmã Débora. Wilson Cláudio, compenetrado rei, apresentou a debutante à sociedade e com ela dançou a primeira valsa. Festa encantadora e indescritível. Bárbara Vilani na exuberância dos seus 15 anos

Wilson Cláudio e Rosângela(rei e rainha), ladeados pelas princesas Bárbara e Débora

Bárbara, na passarela, rumo ao cerimonial da sua festa Rei Wilson Cláudio dança a primeira valsa com a princesa Bárbara Vilani

Família Real brindando os 15 anos de Bárbara, vendo- Betinha Machado e os filhos Fernandes Neto, Luana e se o lindo novo de aniversário Maria Fernanda

Elma e José Wellington Rodrigues

Priscila e Gustavo Bezerra

Geraldina e Joaquim Augusto Bezerra

Kátia e Janildo Leal

Aline e Moacir Júnior

Júnior Bonfim, brilhante como poeta e não menos como advogado, fundador da Academia de Letras de Crateús e vice-presidente da Academia Municipal de Letras de Fortaleza, excepcional orador e dono de vasto círculo de amizades em Crateús e Fortaleza, recebeu incontáveis abraços por sua passagem pelo calendário da vida, dia 20 último.

Larissa Carvalho Machado, filha do casal Lindalva e Flávio Machado, aluna do Colégio Vitória de Crateús, participou do Programa de Experiência Internacional da SSU International Education em Buenos Aires (Argentina), com seus colegas do Colégio Vitória e alunos do Colégio Internacional Vocacional Radial e Colégio Internacional EMECE de São Paulo. Em Buenos Aires tiveram aulas na Islands International School, Northen International School e Southen International School, onde desenvolveram diversas atividades envolvendo artes, música, dança, esportes e culinária, e participaram de passeios pelos principais pontos turísticos da capital portenha.

Valéria e Nenzé Bezerra

Valdira Lima, de inconfundível beleza, elegância e glamour, celebrou, ao lado do noivo, Adilson Pinho, mais um ano de sua preciosa existência, ocorrido dia 23/5. Valdira, que é acadêmica de Direito, é filha do jornalista Valdir Lima, e, Adilson, filho do querido e inesquecível deputado Eufrasino Neto.

Luiza Margarina e Kevin Camerino

Marta Bezerra – Dirigiu o cerimonial

Estenio Campelo expede convites para o coquetel de aniversário da empresa Campelo Bezerra Advogados Associados, da qual é o fundador. O evento está marcado para o dia 06 de junho, ocasião em que o mundo jurídico dos tribunais superiores do Distrito Federal se reunirá em torno da significativa data.

Larissa com várias companheiras de jornada cultural na Argentina

Edição Nº 360