Page 1

13 ANOS

Jornalismo, Ética, Liberdade, Compromisso e Democracia. www.gazetacrateus.com.br • e-mail: gazetaco@yahoo.com.br

Crateús-Ce. Terça-feira, 24 de agosto de 2010 - Ano XIV - No 303 - R$ 2,50

Dilma 47% - Serra 30% Pesquisa Datafolha divulgada na madrugada do sábado (21) aponta que a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, tem 47% das intenções de voto, contra 30% do candidato do PSDB, José Serra.

PREFEITO CUMPRE PROMESSA E REASFALTA CIDADE Máquinas trabalham diariamente no reasfaltamento da cidade e no asfaltamento de novas ruas

O governo municipal de Crateús reafirma compromisso de reasfaltar Crateús, bem como de fazer entrega de 64 casas na comunidade Frei Damião, às vítimas das enchentes do rio Poti. Pág. 04

TAMBORIL

INAUGURADA PRIMEIRA ESCOLA PROFISSIONAL PADRÃO MEC Com estrutura de 4,5 mil metros quadrados, a Unidade vai atender 480 estudantes. O investimento contou com recursos no valor de R$ 5,6 milhões, provenientes do Tesouro Estadual e do MEC. Esta é a primeira escola profissional do Brasil construída no padrão MEC. Pág. 05

Leia nesta edição: Rangel Cavalcante: Racismo iluminado. Pág. 09 Elio Gaspari: As viúvas dos militares do Haiti vão à luta. Pág. 08 Leonardo Boff: Qual o legado da crise. Pág. 09 Plínio Bortolotti: Ficha limpa, ficha suja. Pág. 08 Antônio Mourão Cavalcante: Cara limpa. Pág. 08

NOVA RUSSAS

Festa de agosto superou tradição Colégio Vale do Curtume completa 25 anos Matéria na página 06

CRIME AMBIENTAL PRATICADO NO CENTRO DA CIDADE

Crime ambiental dos mais danosos foi praticado na Rua Coronel Zezé, na confluência com a Rua Dr. José Coriolano, no Centro da cidade, quando duas velhas árvores sofreram o corte total de suas copas, ficando as duas completamente desfolhadas e sem nenhum galho. Pág. 11

Independência festeja 76 anos de emancipação e inaugura centro administrativo deputado Alceu Vieira Coutinho Pág. 06


Página

2

Crateús - terça-feira, 24 de agosto de 2010

Editorial

Carências perenes

Crateús vive tempo de grandes realizações por parte dos poderes públicos municipal, estadual e federal, cujas obras executadas ou em andamento, trouxeram inúmeros benefícios, a partir do IFCE, da Policlínica, do CEO (em construção), da praça recém-inaugurada no largo da estação e do Parque da Cidade, que lhe dará continuidade, e ainda o asfaltamento de inúmeras ruas, tão reclamado pela população. Detenhamo-nos apenas nessas obras que, apesar da grande importância, a cidade, tão somente, experimenta com elas uma pequena melhoria diante das suas carências que são muitas e perenes. Cidade pólo da região Crateús não possui um mercado, uma central de abastecimento, um matadouro, uma feira-livre que seja espaçosa e organizada, um parque

de exposição de animais. Não possui indústrias nem produz matéria prima como fazia no passado. É uma cidade de muitas carências, mas que, ainda assim, segue em frente apegada com o que tem. Também, ela é carente de organização e de fiscalização. A cidade acostumou-se a tolerar irregularidades, e tudo o que venha a ser contrário à lei, prospera e corre em frouxidão. Nosso povo se acostumou a péssimos costumes e privilégios que se sobrepõem às leis e aos códigos, e nossos gestores, ao longo do tempo, foram sempre tolerantes e complacentes. Vários tipos de comércio são montados sobre estruturas públicas, sobre praças e calçadas e sobre ruas até. Construções são erguidas invadindo espaços que alteram o alinhamento de ruas; rampas são construídas sobre as

Cartilha de Vida

Laços de amizade e amor

calçadas, dificultando a vida de muitos e beneficiando a poucos. É preciso ação firme por parte do poder público para combater essas pragas urbanas que mantém a cidade no provincianismo. Prefeitos deixam de tomar medidas saneadoras e mantêm privilégios para não perderem votos. Isso é uma idéia absurda. No caso das praças Dom Fragoso, Gentil Cardoso e Antônio Arcelino, quantos votos ganhará o prefeito que limpou a imundície e a feiúra dos dogões? Quantos, quando retirar os mesmos dogões da Praça Luiza Passos, e lá reconstruir o nobre espaço? Tudo o que nos falta é a coragem de prefeitos para tomar certas decisões que julgam melindrosas. Com isso, a cidade não avança para o progresso e o desenvolvimento.

“Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem amor maior do que aquele que dá a vida por seus amigos”. (João, 15, 12-3). Laços de amizade são provas que superam o crepúsculo do tempo e o desgaste das provas cotidianas de resiliência e de superação dos atritos, pois vamos polindo a nossa superfície imperfeita à medida que respeitemos e passemos, não apenas a admirar, mas também a aprender a amar pessoas que não estão ligadas por nós pelo sangue, mas pelo laço do afeto, da reciprocidade e até mesmo da dívida passada. É pela cooperação e dedicação a este próximo que podemos ter certeza de que nossa vida será lembrada e que nossa memória guardará boas e salutares recordações quando o tempo for escasso, quando a noite cair sobre o dia e o sono da morte nos

“Usar o governo para fins privados atingiu o ponto mais elevado da história com o PT, que sempre foi o arauto da moral e da ética”

Do candidato tucano José Serra aumentando o tom de críticas ao PT para atingir Dilma.

acordar. Como bem nos adverte Sêneca, filósofo romano antes da era cristã, “o passado não está apenas no futuro, pois parte dele já se encontra no passado”. Quem não olha para trás com nostalgia de que aquela infância, aquele tempo de criança era o tempo paradisíaco antes da expulsão do jardim do Éden? Entretanto, não guardo a impressão de um mando intempestivo de um Deus temeroso e violento, mas a recordação de um Pai que incentiva o crescimento do seu filho para que ele consiga ganhar a maioridade intelectual e espiritual voltando para casa, não pela comiseração do sangue parentesco, mas pelo mérito que eleva e não deixa dúvidas de sua filiação. Quão feliz será o dia em que o filho se reunir ao Pai novamente! Quão feliz é perceber que, durante toda a trajetória de crescimento

Concurso reprova todos os candidatos

São Paulo. Um concurso para promotor do Ministério Público da Paraíba teve resultado inusitado: nenhum dos candidatos ao cargo foi aprovado. Dos 3.733 inscritos, 2.034 fizeram a prova no último dia 1° de agosto. O índice de ausência foi alto, de 45,5%. Na disputa estavam 20 vagas de promotor substi-

tuto – o cargo de início de carreira no MP – cujo salário é de R$ 15.823,00. Ao longo da carreira, o promotor pode ser promovido, alcançando salários de R$ 17.581 (primeira entrância), R$ 19.535 (segunda) e R$ 21.705 (terceira) até disputar o cargo máximo, de procurador da Justiça, cujo salário é de R$ 24.117. O resultado foi publicado

no Diário da Justiça do último sábado, onde a comissão do concurso informa que nenhum dos concorrentes obteve nota mínima para a aprovação. A prova teve 100 quesitos. O motivo pelo qual o concurso não aprovou nenhum candidato pode ser a regra de correção da prova. Para cada dois quesitos errados, uma

questão certa era anulada. O promotor José Arlindo Correa Neto, presidente da Associação Paraibana do Ministério Público, que também é professor de direito penal e processo penal, é um dos que atribui a reprovação de 100% dos candidatos à forma de correção da prova. “Sou professor, conheço muitos candidatos que fizeram a pro-

va e eles estavam preparados. Na minha experiência de magistério eu não tenho medo de dizer que o que ocorreu foi exatamente a forma de correção da prova”, afirma. O procurador de Justiça Marcos Navarro, presidente da Comissão do Concurso rebate a crítica. “Para cada quesito que nós formulamos, a resposta está na página do

Paulo Hayashi Jr. Doutorando em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

e progresso de educação da mente e do livre arbítrio o Pai zelava pelo filho por meio de seus amigos! Quão feliz será perceber que o Pai nunca esteve distante do filho! Por isso, agradeça pelos amigos que encontrou e encontrará durante a sua vida e mesmos aqueles que só tiveram a missão de levar certas mensagens em circunstâncias bem específicas de sua vida. Todos eles eram mensageiros de Deus. E se algum destes estiver passado por necessidades, não esqueça de não apenas estender a mão, mas também o coração, pois assim como você, ele também é Filho de Deus.

livro indicado, da lei ou então da jurisprudência dominante dos Tribunais Superiores. Um detalhe importante é que, tanto na parte doutrinária quanto na parte jurisprudência, nós tivemos o cuidado para que não houvesse controvérsia, não houvesse divergência, não houvesse discrepância entre a doutrina e a jurisprudência aplicada”, diz.

CRATEÚS: Rua Cel. Lúcio, 511 - Centro Fone/Fax: (88) 3691.1717 NOVA RUSSAS: Rua Pe. Francisco Rosa, 1311 - Centro Fone: (88) 3672.0308 SANTA QUITÉRIA: Rua Cel. Manoel Alves, 157 - Centro Fone: (88) 3628.0374 ARARENDÁ: Rua Francisco Mourão Lima, s/n- Centro vizinho ao mercadinho Manoel Dinho Fone: (88) 3633.1203 FORTALEZA: Rua Pe. Luiz Filgueiras, 550 - Aldeota Fone: (85) 3221.4355

Projeto Gráfico e Diagramação: Fabrício Pereira bricio.apereira@gmail.com Coordenação e Digitação: Miliane Silva

Assessor para assuntos especiais: Francisco Oton Falcão Jucá Tel.: (85) 3254.5353 / (85)99812637 Fax: (85) 3254.8000

M. Duarte da Silva CNPJ: 06.327.640/0001-97 Rua Cel. Lúcio, 569 - CEP 63700-000, Crateús-Ce - Fone/Fax: (088) 3692.3810

Conselho Editorial: Eduardo Aragão Albuquerque Jr. José Bonfim de Almeida Júnior Sebastião Cesar Aguiar Vale

Importante: As opiniões assinadas não refletem obrigatoriamente o pensamento do jornal.

Sebastião César Aguiar Vale Editor-Geral e jornalista responsável Mat. nº: 01227JP - CE FENAJ rasecvale@yahoo.com.br

Assessoria Jurídica: Dr. José de Almeida Bonfim Júnior, OAB 15545 CE

Assinaturas ou renovações: Através do E-mail: gazetaco@ yahoo.com.br ou pelo telefone (88)

Fundada em 30 de maio de 1997

[ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

3692.3810. Assinante de qualquer localidade enviar comprovante de depósito bancário por fax ou e-mail: Bradesco M. Duarte da Silva - ME Agência: 997-0 - Conta: 16165-9

Tiragem por edição: 2.000 exemplares. Crateús: Assinatura anual R$ 60,00 Outras localiadades Assinatura anual R$ 100,00 Assinatura semestral R$ 60,00

Banco do Brasil M. Duarte da Silva - ME Agência: 0237-2 - Conta: 28.765-2 Impressão: Gráfica e Editora Premius

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Crateús - terça-feira, 24 de agosto de 2010 Página

3

Política [CrônicadaCidade]

www.juniorbonfim.blogspot.com

Francisco Carlos Mourão 20 de agosto é o Dia do Maçom. Maçom, Maçonaria... Assunto que ainda suscita interrogações, mercê da aura folclórica, do véu de mistério e da cerca de curiosidade que sempre revestiu a Instituição e seus integrantes. Dada sua característica discreta – que muita gente confunde com secreta – a Maçonaria, principalmente depois do lançamento de Best Sellers sobre o tema (como os livros de Dan Brown), tem despertado enorme interesse na juventude investigativa, nos amantes da sabedoria humana e nos estudiosos de todos os matizes. Afinal, o que é ser Maçom no mundo contemporâneo? Qual o segredo que alimenta os Maçons e que tem perpassado os séculos aguçando a massa encefálica da humanidade? Em verdade, o segredo da Maçonaria é simples. É o mesmo que impulsionou os maiores luminares da História. Não se encontra em um manual, mas no universo espiritual. É um tufão que sacode o âmago do ser e o retira da escuridão da consciência para colocá-lo sob a luz da profundidade. Ser Maçom é consagrarse à firmeza de caráter. Sem frouxidão, ser manso e humilde de coração. É libertar-se das baixas contingências gregárias. Subjugar a influência das ilusões. É combater o despotismo, os preconceitos e os erros. É promover o bem-estar da Pátria e da Humanidade. É hastear a bandeira da Fraternidade, da Igualdade e da Liberdade. Ao redor desses ideais e postulados progressistas, homens livres e de bons costumes - sem distinção de raça, religião, ideário político ou posição so-

Marguê Freire

gem. Disseram que era o Guaraná Cassino, orgulho dos crateuenses nos idos de 60 e 70, fruto da aura empreendedora de Chico Carlos Mourão. Tempos depois, tive a oportunidade de conhecê-lo pessoalmente quando apadrinhou meu irmão caçula. Sua postura reta, altiva e vertical, sempre me impressionou. Aprendi que o homem maduro é aquele que enfrenta com a mesma serenidade tanto um terremoto de tristeza como uma explosão de alegria. Posso afirmar que, sem embargo, Carlos Mourão pisou os prados da maturidade. Descobriu o verdadeiro Segredo Maçônico. Naquele sentido que esposou um dos mais emblemáticos maçons de Portugal, o iluminado poeta Fernando Pessoa: “O verdadeiro Segredo Maçônico... É um segredo de vida e não de ritual e do que se lhe relaciona. Os Graus Maçônicos comunicam àqueles que os recebem, sabendo como recebê-los, um certo espírito, uma certa aceleração da vida do entendimento e da intuição, que atua como uma espécie de chave mágica dos próprios símbolos, e dos símbolos e rituais não maçônicos, e da própria vida. É um espírito, um sopro posto na Alma, e, por conseguinte, pela sua natureza, ...incomunicável”

SaboresCaseiros

Empadão de Frango

Ingredientes:

04 xícaras de farinha de trigo, 02 ovos, 04 colheres (sopa) de margarina, 01 xícara de gordura vegetal, Sal a gosto e 01 gema para pincelar

Recheio:

cial – têm se reunido para erigir templos à virtude e contribuir para o engrandecimento do edifício social da civilização humana. Esse é, em apertada síntese, o papel do Maçom na quadra atual. Em Crateús, há dois prédios maçônicos. Um deles está localizado na rua que leva o nome do grande jurista que Viçosa do Ceará ofereceu ao mundo, Clóvis Beviláqua, o festejado autor do Código Civil de 1916. Ao lado desse templo, reside um dos seus fundadores, o mais antigo maçom em atividade na urbe e a principal coluna daquela oficina: Francisco Carlos Mourão. Embora nascido, como o poeta do século XX, Gerardo Mello Mourão, na heróica Ipueiras, Francisco Carlos Mourão se fez crateuense. Passou por todas as provas da vida: do ar, do fogo, da água e da terra. Sagrou-se vitorioso. Virou um patriarca dos pedreiros livres da encosta do Poty. Instrutor dos que lapidam a esmeralda humana, desbastando a pedra bruta e a transformando em pedra cúbica, como um profeta que guia os seguidores na excelsa missão de espalhar a luz e reunir o que está esparso. O rebento que o casal Aristides de Pinho e Raimunda Soares Mourão entregou ao universo no dia 13 de maio de 1933 é um modelo de pai, uma referência de dignidade, um farol de luta. Sabendo que a família é um dos principais alicerces da harmonia interior, casou-se com Jacira Mourão Lima, com quem procriou Rosângela, Janete e Gilson. Ouvi falar dele a primeira vez ainda menino. Após ingerir um delicioso refrigerante, perquiri a ori-

01 peito de frango, 02 colheres (sopa) de óleo, 01 cebola picada, 02 dentes de alho amassados, 1/2 xícara de azeitonas picadas, 01 lata de milho verde, 01 tomate picado e Cheiro verde, sal e pimenta a gosto

Modo de fazer:

Misture os ingredientes da massa muito bem. Embrulhe em papel filme e leve à geladeira por uns 20 minutos. Prepare o recheio. Cozinhe o peito de frango e desfie. Reserve. Aqueça o azeite e frite o alho e a cebola. Coloque o tomate, sal e pimenta. Refogue. Junte peito de frango desfiado, milho verde, azeitonas e cheiro-verde. Deixe no fogo por uns 5 minutos. Retire a massa da geladeira e forre o fundo e os lados de uma forma

[ Opinião ]

[ Política ]

redonda média (não precisa untar). Deixe uma parte para cobrir. Coloque o recheio frio, cubra com o restante da massa. Pincele a gema e leve ao forno, deixando até dourar.

[ Cidade ]

[Observatório] Passei o final de semana passado em Crateús. Um imenso tapete preto está sendo lançado pelas principais vias da urbe. É o tão esperado asfalto. Viva! Embora pondere que o asfalto pode aumentar a taxa de calor (o ideal seria uma boa pavimentação à base de paralelepípedo), reconheço que, para uma cidade cujas ruas mais pareciam uma vasta exposição de depressões e buracos, o efeito desse reasfaltamento é impactante. Segundo o vice-prefeito Mauro Soares, trata-se do pagamento de uma dívida/compromisso que as forças políticas tinham com a cidade. A viabilização dessa obra contou com o empenho e colaboração de representantes da situação e da oposição.

AVALIAÇÃO

Desde o inicio do ano passado, temos formulado, nesta moldura analítica, avaliações sobre a gestão municipal. Externamos que uma Administração se mensura por seu patrimônio, que é material e imaterial. O primeiro estaria ligado ao arcabouço de realizações físicas, palpáveis, concretas; o segundo, ao conjunto de intervenções simbólicas, gestos, idéias, posturas e falas. Em abril de 2009 afirmamos que, considerando o amplo leque de ações previstas para o município pelos Governos Federal e Estadual, em especial com a proximidade do pleito eleitoral de 2010, certamente a cidade tenderia a virar um canteiro de obras. Tudo levava a crer que o governo local, nesse particular, obteria êxito. O seu maior desafio seria no campo impalpável, imaterial.

O IMATERIAL

Disse mais: era hora do Prefeito protagonizar uma autoavaliação séria e dialogar francamente com a população, colocando em pauta um debate de alto nível, discutindo um arrojado Programa Para o Município, com a audiência de todas as forças vivas e organizadas da sociedade. Em outra oportunidade, comentei a imperiosa necessidade do Poder Executivo encetar uma assepsia moral em todos os cômodos da Administração, a fim de por em prática a principal bandeira de campanha: o combate à corrupção. Jovem e trabalhador, o Pre-

FILME. O filme brasileiro “Hotel Atlântico”, de Suzana Amaral, foi premiado como Melhor Filme do XIV Encontro LatinoAmericano de Cinema, o Festival de Lima, anunciaram os organizadores. A produção foi escolhida na categoria Ficção, con-

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

feito tem retirado do papel muitas idéias. No entanto, precisa demonstrar que são limpas as folhas que utiliza na consecução dos projetos. O seu dissabor reside no fato de que o cidadão livre de Crateús acreditou que Carlos Felipe comandaria um governo de conduta irreprochável, livre das pressões de grupos, da influência nepotista, dos achaques politiqueiros. É essa decepção que angustia muita gente.

CANDIDATOS

Há três candidatos a deputado estadual que disputam a preferência do eleitorado crateuense: Hermínio Resende, Pierre e Nenen Coelho. Os dois primeiros já colocaram ostensivamente o exército no campo de batalha. Apenas Nenen Coelho ainda se arma para lançar sua avalanche de propaganda. E se explica: um processo equivocado no TCM serviu de pedra no seu caminho. Porém, a tempo conseguiu que o Sodalício de Contas Municipais reconhecesse a falha e anulasse o feito.

EX-PREFEITOS

A sabedoria popular ensina que, quando uma porta se fecha, muitas outras se abrem. A chamada Lei da Ficha Limpa expôs uma enorme quantidade de exgestores. No entanto, os exprefeitos tiveram um alento. Confirmando um preceito constitucional e, também, sua tranqüila jurisprudência, o Supremo Tribunal Federal assentou que Chefe de Poder Executivo só pode ser julgado pelo Poder Legislativo. Ou seja, Presidente da República é julgado pelo Congresso (e não pelo TCU); Governador, pela Assembléia (jamais pelo TCE); Prefeito, pela Câmara Municipal (nunca pelo TCM). Em relação a Prefeito, o TCM emite Parecer, sem cunho decisório, pois quem decide é a Câmara. Na esteira desse julgado da Suprema Corte, os ex-prefeitos Nenzé Bezerra e Paulo Nazareno podem requerer a suspensão dos efeitos de processos do TCM em que figuram como parte. E, por conseqüência, ficam à vontade para, no futuro, voltarem a pleitear qualquer candidatura.

CEJA

correndo com cerca de 20 filmes. Suzana Amaral, diretora de “Hotel Atlântico”, recebeu ainda o prêmio de Melhor Direção, e levou US$ 5 mil do júri. A cineasta Claudia Llosa, diretora da premiada “La Teta Asustada” (2009), encabeçou o júri.

[ www.gazetacrateus.com.br ]

Júnior Bonfim

O CEJA Professor Luiz Bezerra, que hoje funciona no prédio da antiga escola Virgílio Távora, no bairro da Ilha, realizará nos próximos dias 26 e 27 de agosto (quinta-feira e sexta-feira) um importante evento sobre as raízes da nossa cidade. Intitulado “Resgate Histórico – de Piranhas a Crateús”, o acontecimento exibirá uma exposição sobre Crateús, além de uma série de apresentações protagonizadas por artistas da terra. O ponto alto da programação será o “Café Literário”, uma homenagem à Academia de Letras de Crateús. Compensa conferir.

ALC

Por falar em Academia, o grêmio de letras crateuense esteve reunido no último sábado (dia 21 de agosto). Dentre outros assuntos, discutiu-se o ingresso de novos acadêmicos e a edição da I Antologia da Academia de Letras de Crateús. Em breve, a diretoria da ALC estará publicando Edital abrindo inscrições para as dezoito vagas remanescentes. Quanto à Antologia, é meta que saia do prelo até o final deste ano. Desde sua fundação, em junho de 2009, seis Acadêmicos publicaram novos livros e três receberam premiação em âmbito estadual. Amanhã, dia 25, haverá uma reunião entre integrantes da Academia e representantes da Prefeitura a fim de discutir a cessão de um imóvel para servir de sede própria para a Arcádia. Espera-se que o Poder Municipal demonstre sensibilidade com o caso. Trata-se de questão de interesse público. Os governos são sempre benevolentes – e com razão – na hora de ceder galpões e terrenos para indústrias. Devem ser também abertos à concessão de espaços para a mais importante das fábricas: a fábrica de cultura! Fiat Lux (faça-se a luz) para a Academia de Letras!

PARA REFLETIR

“Não sou dos que rebaixam o debate, convertendo-o em pugilato. Elevo-o à região das idéias: não o arrasto pela das personalidades.” (Rui Barbosa)


Página

4

Crateús - terça-feira, 24 de agosto de 2010

Cidade

“Não vamos fazer nenhuma estrutura de empreguismo para empregar companheiros” José Serra sobre a criação de dois ministérios – Segurança e de Deficientes – que surgirão com a extinção de outras pastas.

Prefeito cumpre promessa Projeto Qualidade de Vida de reasfaltar a cidade na secretaria de educação O governo municipal de Crateús reafirmando o compromisso feito desde o início de sua gestão, de dotar Crateús de maior infra-estrutura e de revitalizar a cidade com a construção de praças e obras de asfaltamento, para o bem-estar da comunidade, realizou a primeira etapa da pavimentação asfáltica em ruas que possuem maior fluxo como as Ruas D. Pe-

dro II, Moreira da Rocha, Dr.Moura Fé (trecho II ) e Francisco Sá. No momento, estão sendo recuperadas as Ruas João Tomé, Padre Macedo, Dr. Almir Sabino, Barão do Rio Branco, Santos Dumont e Padre Juvêncio, totalizando 30 mil metros quadrados de asfalto. Em mais uma etapa, em parceria com o Governo do Estado, serão beneficiadas as Ruas

Coronel Zezé, Frei Vidal da Penha, Dr. Moura Fé (trecho I ) Coronel Lúcio, José Sabóia Livreiro, Ubaldino Souto Maior, Antonio Flávio Lima, Barão do Rio Branco e Coronel Totó, totalizando 60 mil metros quadrados, com as obras iniciadas no último dia 17 de agosto.

Vitimas das enchentes recebem 64 casas O sonho de todo cidadão é o de possuir sua casa própria. Dia 1º de julho passado este sonho tornou-se realidade para 64 famílias da comunidade Frei Damião, vítimas das enchentes do Rio Poti. As 64 casas fo-

ram entregues e o evento assinalou um dos momentos que mais marcaram a atual Gestão Vida Nova. O prefeito Carlos Felipe fez questão de entregar a chave na mão de cada membro das famílias contempladas, num

momento histórico em que os beneficiários externavam a satisfação pelo sonho realizado. A construção das 64 casas ficou a cargo da Secretária de Assistência Social em parceria com a Cáritas Diocesana.

O ser humano é feito de movimento e precisamos dele para a nossa sobrevivência, mas nos últimos anos, percebe-se uma grande diminuição no número de pessoas que praticam uma atividade física regularmente e bem orientada. O Projeto Qualidade de Vida, na Secretaria de Educação de Crateús, vem ao encontro da necessidade de contribuir para uma melhoria na qualidade de vida de todos os funcionários da Secretaria. Busca-se com o mesmo realizar atividades físicas e Ginásticas Laborais para que o organismo melhore seu funcionamento, diminuindo as lesões por esforço repetitivo e despertando o gosto pela prática de atividades físicas. Hoje, a carga de traba-

Projeto Recreare

64 casas populares foram construídas para abrigar vítimas das últimas enchentes do rio Poti

III CRAS será inaugurado no bairro São José Depois de implementar os CRAS I (no Bairro de Fátima I) e o CRAS II (no Bairro dos Venâncios), o Governo Vida Nova, entregará brevemente à comunidade o CRAS III, situado no Bairro São José. O CRAS

é um órgão implementado em parceria com o Governo Federal, para levar assistência preventiva às famílias da nossa cidade, realizando a inclusão social e tornando realidade programas de auxílio às camadas mais

carentes. Este projeto será composto por uma qualificada equipe de profissionais que realizarão a missão de prevenção e assistência às famílias crateuenses.

O Projeto Recreare foi elaborado no sentido de mostrar a importância da prática de atividades recreativas e lúdicas, pretendendo, assim, tratar das questões relacionadas ao mundo das crianças e melhorar o desenvolvimento motor, afetivo, cognitivo e social dos alunos, utilizando para isso as atividades lúdicas, recreativas e de expressões rítmicas. Os benefícios que a prática de atividades que trabalhem com a cultura corporal, de movimento humano, através da interdisciplinaridade e da criatividade, dentre outras, trabalhada nas aulas de recreação, e que podem proporcionar a esses alunos, são inúmeros, e podemos citar alguns, como: a melhoria da auto-estima, o combate ao analfabetismo motor, o melhor funcionamento do corpo e da mente, a

lho muitas vezes leva o indivíduo a afastar-se das atividades físicas por falta de tempo ou desconhecimento de como realizá-las em benefício próprio. A orientação dessas atividades por um profissional capacitado proporciona maior segurança e objetividade no alcance de metas, fazendo com que realmente se atinja uma melhoria significativa na qualidade de vida. Pensando nisso a professora de Educação Física Thaidys Lima, está desenvolvendo o Projeto Qualidade de Vida na Secretaria de Educação do Município, tendo como objetivo principal despertar o interesse dos funcionários da Secretaria pela prática orientada de atividades físicas e a melhoria

da qualidade de vida através de exercícios de alongamento, flexibilidade, dinâmica e ginástica laboral. A prática dessas atividades é realizada duas vezes por semana no auditório da Secretaria de Educação e promove momentos de alegria, bem – estar físico e mental e integração, melhorando o convívio e o trabalho de todos. O Projeto Qualidade de Vida na Secretaria de Educação utiliza metodologias diferenciadas para a sua realização, buscando diversificar e tornar o projeto bem mais atrativo, para que o mesmo possa, de fato, ser incorporado na vida dos sujeitos participantes do mesmo.

ampliação da capacidade de criação, melhor desenvolvimento cognitivo, motor, social e afetivo. Afora isto, o aumento de seu repertório motor no ambiente escolar e fora dele, além de inserir o mesmo no mundo da cultura, do conhecimento e do lazer. O objetivo principal desse projeto é dar oportunidade de acesso às atividades lúdicas e recreativas, de forma a promover maior integração entre alunos e melhorar sua qualidade de vida. Tem, ainda, o objetivo de contribuir para a melhoria da capacidade criativa, desenvolvendo valores sociais, culturais e educacionais através de aulas de Educação Física voltadas para a Educação Infantil e Ensino Fundamental I, para a diminuição do analfabetismo motor na escola. As aulas de recreação na

escola têm uma metodologia voltada para a ludicidade e a prática de atividades voltadas para elementos importantes da conduta motora. O Recreare foi lançado em Junho deste ano e terá seu início efetivado em agosto, com a contribuição de parceiros para a sua realização, entre eles alunos do Curso de Educação Física da Universidade Estadual do Vale do Acaraú. As escolas contempladas com o projeto Recreare são: Escolas de Cidadania Benone Machado, Antônio Anísio da Frota, José Freire Filho, Furtado Leite, Maria José Bezerra de Melo, Olavo Bilac, Padre Bonfim l6/06 (9hs); Crehces José Bezerra de Lima, José de Oliveira Camerino, Menino Jesus de Praga; Associação Pestalozzi 16/06 (14:30).

Fachada do CRAS (III) construído na comunidade do bairro São José

IGUATU. O Tribunal Regional Eleitoral no Ceará (TRE-CE) determinou a retirada, no prazo de 48 horas, de um outdoor contendo a imagem do deputado federal e candidato Aníbal Ferreira Gomes (PMDB) com dizeres de agradecimento pela suposta ajuda

do mesmo ao resgate da cultura no município de Iguatu. O Tribunal atendeu representação da Procuradoria Regional Eleitoral, que considerou o outdoor uma forma de propaganda eleitoral subliminar antecipada. A infração foi atribuída, segundo decisão do

TRE-CE, ao parlamentar e ao prefeito do município, Agenor Neto (PMDB). Caso os dois não cumpram o determinado pelo TRE-CE, eles serão obrigados a pagar multa de R$ 35 mil. (Colaborou Amaury Alencar)

SERRA. Em visita à Bienal do Livro em São Paulo, o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, prometeu que, se eleito, cada aluno da rede pública ganhará três livros por ano. “Eu tenho um programa para o Brasil que é a distribuição de três livros por

aluno a partir da quarta série. Livro gratuito. Serão cem milhões de livros por ano para incentivar a leitura”, afirmou Serra. Ele defendeu que “a primeira condição para a garotada ler livro é ter o livro”. O tucano disse que os livros serão distribuídos também

para professores. Na caminhada, Serra comprou três livros, todos do médico Drauzio Varela: “Borboletas da Alma”, “A Teoria das Janelas Quebradas” e “O Médico Doente”.

[ Opinião ]

[ Política ]

Secretaria de Educação e Cultura no lançamento do Projeto Recreare na Creche José Bezerra de Lima pretigiado pelo prefeito Carlos Felipe e a secretaria de Educação Aurineide Aguiar

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Crateús - terça-feira, 24 de agosto de 2010 Página

5

Regional Informe Publicitário Tamboril

Tamboril inaugura primeira escola profissional padrão MEC

Getúlio Marques Ferreira representou o ministro da Educação Fernando Haddad

Secretaria da Educação Isolda Cela representou o governador Cid Gomes

Unidade vai atender 480 estudantes. O investimento contou com recursos no valor de R$ 5,6 milhões, provenientes do Tesouro Estadual e do MEC. Esta é a primeira escola profissional do Brasil construída no padrão MEC. O município de Tamboril fez grande festa cívica na última quinta-feira, 19, para inaugurar primeira Escola Profissional do Brasil, construída no padrão MEC. O evento aconteceu no ginásio poliesportivo da unidade que terá o nome de Escola Estadual de Educação Profissional Antonio Mota Filho. A unidade vai atender 480 estudantes. O investimento contou com recursos no valor de R$ 5,6 milhões, provenientes do Tesouro Estadual e do MEC.

A solenidade contou a presença de mais de 5000 pessoas e 15 prefeitos da região. O governador Cid Gomes foi representado pela secretária de educação do Ceará, Izolda Cela. O diretor de desenvolvimento tecnológico da rede federal, Getúlio Marques Ferreira, representou o ministro Fernando Haddad. A secretária Isolda Cela afirmou que o investimento será de utilidade não apenas para o município de Tamboril, mas como para toda a região. “Estamos muito orgulhosos deste investimento porque ele vai gerar oportunidades para a juventude e faz parte de uma estratégia de uma revolução silenciosa que está acontecendo na educação do Ceará”. Getúlio Ferreira disse que

a construção de escolas de educação profissional foi um pedido do próprio presidente Lula e que ficou muito feliz que a primeira tenha sido construída numa cidade como Tamboril. “A gente fica lá em Brasília e é importante vir aqui para a base e ver como os recursos estão sendo aplicados. Estamos felizes porque a escola de Tamboril tem o perfil técnico que todos nós sonhávamos”. Tanto Getúlio quanto Isolda destacaram o empenho do prefeito de Tamboril, Jeová Mota, em trazer a obra para a região. Jeová ressaltou o apoio que recebeu do governo do Estado e dos vereadores de Tamboril, que não mediram esforços na aprovação da leis necessárias para o investimento.

e Matemática; laboratórios especiais (02 oficinas); bloco administrativo de vivência (cantina, cozinha, vestiários de funcionários, grêmio, refeitório, vivência, oficina de manutenção), quadra poliesportiva, depósito de material esportivo, coordenação de educação física, vestiários para alunos, sala multiuso, teatro de arena e estacionamento (40 vagas). Além de Tamboril, o espaço vai beneficiar alunos dos municípios de Catunda, Monsenhor Tabosa, Ararendá, Independência, Ipaporanga, Ipueiras, Nova

Russas, Novo Oriente e Poranga que, para ter acesso a um ensino de qualidade, tinham que viajar para a Capital ou para a região sudeste do País. Inicialmente, a escola oferecerá cursos rápidos para a comunidade, reforço para o ensino médio, além da implantação dos Projetos e-Jovem e Condomínio Digital. No próximo ano, começam as atividades escolares com cursos técnicos voltados à área da construção civil (edificações, design gráfico, topografia).

PADRÃO MEC

Dentro da nova concepção de qualidade estabelecida pelo Ministério da Educação para escolas de educação profissional, é considerada a primeira do Brasil a entrar em funcionamento. Além de 12 salas de aula, a estrutura de mais de 4,5 mil metros quadrados terá os seguintes espaços: hall/ foyer, auditório para 201 lugares; biblioteca; bloco pedagógico-administrativo; secretaria, diretoria, reprografia, coordenações, salas de professores; laboratórios de Línguas, Informática, Química, Física, Biologia

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

Tem como objetivo vincular a educação básica à educação profissional, dando oportunidade aos jovens de complementarem seus estudos, além de promover a formação para o mundo do trabalho. O projeto teve início em 2008 com a implantação de 26 escolas na

capital e no interior. No ano seguinte, mais 25 unidades entraram em funcionamento e no início de 2010, outras oito escolas passaram a ofertar esse nível de ensino onde estão matriculados mais de 19 mil jovens. No momento, são ofertados 18 cursos técnicos (Informáti-

Prefeito Jeová Mota - discurso de inauguração

ca, Enfermagem, Turismo, Segurança do Trabalho, Comércio, Edificações, Estética, Finanças, Produção de Moda, Massoterapia, Agroindústria, Meio Ambiente, Aquicultura, Contabilidade, Secretariado, Administração, Hospedagem e Vestuário).

Vista parcial da Escola Profissional Antônio Mota Filho

[ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

Quem foi Antonio Mota Filho

Coube a Dra. Maria Vaudelice Mota, professora da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará, fazer um discurso em nome da família de Antonio Mota Filho. “Falar de Antonio Mota Filho, como o próprio nome diz, é falar de Antonio Mota, nosso pai, que hoje aos 93 anos, nos ensinou valores que Motinha tão bem soube cultivar: educação, justiça e trabalho. Confesso que não foi uma tarefa muito tranqüila organizar esta minha fala. Fui envolvida por vários sentimentos que se alternavam ou se somavam: saudade, orgulho, admiração, assim, foi preciso um esforço de superação para conseguir elaborar e sistematizar o pensamento. Afinal não seria uma tarefa fácil, através de palavras, conseguir fazer com que, aqueles que não tiveram o privilégio de conhecer Antônio Mota Filho, compreenderem o porquê desta homenagem, porque ele nomina esta Escola de tão grande importância e magnitude. Temi não dar conta de fazer uma síntese do trabalho de Antônio Mota Filho como um ser político e humano na sua grande dimensão. Conclui que, para falar do Mota, somente um texto elaborado de forma coletiva e, busquei então, ajuda da Ana, sua companheira, dos irmãos e colegas de trabalho. O Mota formou-se em Engenharia na Universidade de Fortaleza no ano de 1978 destacando-se na segunda turma formada por aquela Instituição de Ensino Superior. Com o título de engenheiro civil iniciou sua carreira profissional como secretário de Obras do município de Pimenta Bueno no Estado de Rondônia, também ministrando aulas no Colégio Estadual local, onde fundou o Grêmio Estudantil e recebeu comendas por sua brilhante atuação durante 3 anos de 1979 a 1981. Neste ano retornou a Fortaleza para implantar o Serviço de Controle Hidrosanitário, na Secretaria de Saúde do Município de Fortaleza. Este serviço era responsável pelo controle, fiscalização e emissão de “HABITE-SE” relacionada às instalações hidráulicas e sanitárias de edificações em Fortaleza. Depois de 7 anos neste cargo, Mota transferiu-se para a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, onde desenvolveu trabalhos relacionados a questões ambiental, particularmente ao saneamento básico. No início dos anos 1990 assumiu o cargo de secretário de Obras do recém criado município de Icapuí, na gestão do prefeito José Airton Cirilo. Paralelo as atividades de engenheiro sanitarista, Mota também desempenhou o magistério por mais de 15 anos como professor de Matemática e Física da rede estadual de ensino, particularmente nos Colégio Estadual Adauto Bezerra e Escola de Ensino Fundamental Paulo Airton. Esta paixão pelo magistério o fez buscar um aprofundamen[ Sociedade ]

to sobre o assunto, cursando Pedagogia na UNIFOR, não concluindo devido a dificuldades de conciliar os estudos com outras atividades. No início do primeiro governo LULA foi convidado a assumir a Diretoria do Departamento Nacional de Infra Estrutura de Transporte – DNIT. Exerceu o cargo de 2.003 a 2.005 quando se transferiu para Tamboril, atendendo convite de seu irmão Jeová Mota, prefeito eleito, para assumir a Secretaria Municipal de Educação, permanecendo no cargo até 23 de dezembro de 2006, quando faleceu em acidente automobilístico. A preocupação inicial do Mota, como todos o chamavam, ao assumir a Secretaria de Educação de Tamboril, foi potencializar o trabalho dos profissionais do município com foco na aprendizagem da leitura e da escrita. Cuidou então de fazer uma gestão inter-setorial, envolvendo todas as secretarias municipais e especialmente os setores organizados da sociedade tamborilense. Assim, ele investiu na Democratização da gestão educacional, elaborando de forma coletiva o Plano Estratégico da Secretaria (PES), reestruturando os conselhos do FUNDEF e merenda escolar e implantando Conselhos Escolares em todas as escolas com mais de 50 alunos. Reformou parte da rede física das escolas e ampliou o prédio da Secretaria Municipal de Educação. Construiu a escola Antonio Batista Fragoso no assentamento Floresta, investiu na valorização dos profissionais da educação, através da realização de concurso público, formação inicial e continuada para todos os professores do município. Implantou a educação contextualizada para a convivência com o semi-árido além de implantar políticas e programas de apoio ao estudante. Implantou também 25 bibliotecas Arcas das letras, concretizando parcerias com os governo federal através de diferentes Ministérios e governo estadual além de ONG’s. Para o Mota, a Educação era o melhor instrumento de transformação, ele acreditava que as grandes transformações sociais ocorreriam se fossem pensadas dentro de um projeto de sociedade construído coletivamente e articulado com todos os setores da sociedade civil e política. Desta forma ele focou sua atenção na organização dos trabalhadores e na construção coletiva de planos. Assim, destacamos o Plano de Desenvolvimento Local Sustentável - PDLIS que foi elaborado com a participação de múltiplos protagonistas locais com o objetivo de firmar um pacto de desenvolvimento local, onde nada deveria estar dissociado da dimensão coletiva, com o propósito de construção do projeto social de emancipação dos trabalhadores. O Mota foi, além de engenheiro civil, um educador popular freiriano, e nós que tão

[ www.gazetacrateus.com.br ]

Professora da UFC Maria Vaudelice Mota discorreu sobre a vida e a obra de seu irmão Motinha

bem o conhecemos o relembramos por sua relação com a família, os trabalhadores, e seu partido político. Mota tecia artesanalmente a paz, a vida política, sem pressa, coletivamente. Sabia de uma maneira muito especial, agregar as pessoas, incorporá-las, aproveitar o máximo suas iniciativas para estar sempre fazendo deste, um mundo melhor para se viver. Conduzia-se na vida como educador e educando, como ser em processo; sempre aberto a partilhar o que vida lhe ensinara e a acolher o que poderia aprender com outros. Sentia-se com Deus no grupo, ouvindo pessoas, desafiando suas possibilidades, sua criatividade. Buscava acolher, em todos, o melhor de cada um. Os trabalhadores que conviveram com ele, saudosamente o recordam como parceiro, companheiro, amigo sincero e comprometido com suas reais necessidades. Lembrar o Mota é renovar a coragem para gostar da vida, das pessoas. Para vivê-la com paciência, bom humor e bondade, é ter certeza que somos muito em nós mesmos, e muito mais com outros. Sua bondade foi reconhecida por Deus que permitiu que ele ficasse até o momento em que pudéssemos compreender a necessária bondade, paciência e parceria para lidar com a vida. A vida do Mota foi pautada pela seriedade profissional, pela ética, e mansuetude no lidar com as pessoas e a crença num serviço público eficiente e comprometido com a população, particularmente com os mais necessitados. Estas características deste ser humano se destacavam em todas suas atividades quando buscava sempre o bem estar do ser humano em sua plenitude, em todas as dimensões. Mota acreditava que o Homem somente alcançaria sua plenitude através do desenvolvimento de suas potencialidades, e isto somente seria conseguido através da educação em tempo integral. Daí sua luta, e por que não dizer seu sonho em trazer para Tamboril esta escola em tempo integral que agora recebe seu nome, numa justa homenagem. Guimarães Rosa afirmou que o mundo é mágico: as pessoas boas não morrem, ficam encantadas. É assim, encantado, que permanece o Mota. Seus gestos, seu riso e seu ideal estão encantados e podem ser vistos em cada criança que aprende a ler, em cada Escola que se construa, em cada injustiça social que se vença.


Página

6

Área 1212 - 8802 5066 OU 190 Área 1211 - 8802 3535 OU 190 Área 1213 - 8802 5067 OU 190

Crateús - terça-feira, 24 de agosto de 2010

Regional Informe Publicitário Nova Russas

Informe Publicitário Independência

Festa de agosto repetiu a tradição

Nova Russas voltou à normalidade depois do período das festas religiosas. A Festa de Agosto ponto mais alto da tradição religiosa do município, superou a tradição de todos os anos. A devoção a Nossa Senhora das Graças sempre levou milhares de fiéis à Igreja e à Praça da Igreja Matriz, e nos últimos dois anos, a Festa de Agosto vem se transformando numa referência cultural do Interior do Ceará. O prefeito Marcos Alberto, através de parceria com a Paróquia de Nova Russas, tem feito investimentos de peso, no sentido de atrair os filhos da terra que se encontram distantes, bem como, para atrair a presença de visitantes das cidades vizinhas. A prefeitura, neste ano de 2010, além da infra-estrutura montada, colocou grandes atrações artísticas no Parque da Cidade, para alegrar as noites dos milhares de novarussenses e visitantes que lotaram as dependências do Parque. No dia 12 de Agosto, a alegria foi comandada pela banda Aviões do Forró, que pela primeira vez fez um show em praça pública

em Nova Russas. No dia 13, o forró Novo Balancear agitou o público com um repertório diferenciado. No dia 14, foi a vez de Tony Guerra colocar Nova Russas pra dançar ao som do Forró Sacode e, no dia 15, O cantor e sanfoneiro Waldonys comandou o encerramento da festa e arrancou aplausos de milhares de pessoas na praça da Igreja Matriz, com a sua sanfona de ouro e principalmente pela capacidade criativa e inteligente de lidar com o público. O sanfoneiro foi o responsável maior pelo êxito do encerramento das festas de

Agosto de Nova Russas. Padre Messias e o prefeito Marcos Alberto agradeceram ao público que indiretamente colaborou para a realização do grande evento religioso. Marcos Alberto assumiu o compromisso de transformar as Festas de Agosto no maior evento religioso, festivo e Cultural do interior do estado. As festas de agosto de 2010 foram um sucesso em termos de organização, de público e de shows. A Festa de agosto de 2010 fez jus ao slogan da administração municipal: A nossa maior felicidade é ver você feliz.

Independência festeja 76 anos de emancipação e inaugura centro administrativo

Na data em que o município de Independência comemorou 76 anos de emancipação política, dia 20 de agosto, o prefeito José Valdi Coutinho inaugurou e entregou à comunidade o novo Centro Administrativo Municipal, denominado de Deputado Alceu Vieira Coutinho, numa homenagem ao grande líder político

da terra. A obra de construção do novo Centro Administrativo levou dois anos para ser concluída e consumiu recursos próprios da ordem de R$ 720 mil, afora a aquisição de móveis e equipamentos e instalação de sistemas. A obra recém-inaugurada, segundo o secretário de Administração e Finanças,

Coutinho Neto, está entre as melhores no gênero na Região e deixa a população de Independência feliz por poder usufruir de conforto na hora do atendimento. O Centro Administrativo foi inaugurado com a presença de autoridades do município, de muitos convidados e do povo da cidade.

Novo Centro Administrativo do município de Independência construído na gestão do prefeito Valdi Coutinho

Prefeito Marcos Alberto ao lado do sanfoneiro Waldonys atração musical maior da Festa de Agosto

Colégio Vale do Curtume completa 25 anos O Colégio Vale do Curtu- alvorada e desfile pelas prinme festejou, no último dia cipais ruas da cidade com 05 de agosto, 25 anos de participação da comunidade profícua existência, aliando escolar. À noite, foi realizada tradição e modernidade. solenidade com professores, Os festejos tiveram uma ex-professores, ex-alunos e programação bastante di- autoridades locais. Na ocaversificada e contou com sião, a proprietária da tradi-

cional instituição, Cremilda Braga Tavares, foi agraciada com a medalha Monsenhor Leitão. Os convidados foram recepcionados com um baile temático alusivo aos anos 80.

CALÇAMENTO A Prefeitura de Independência está concluindo calçamento em paralelepípedo na Rua Cícero Justino e adjacências, e já se encontra praticamente concluída a pavimentação dos bairros Liberdade e Setenta, onde também foi terminado o saneamento básico. Afora a pavimentação em pedra, a Prefeitura não tem se descuidado dos reparos em calçamentos de outras ruas. PRAÇA A administração do prefeito Valdi Coutinho vem se dedicando ao embelezamento da cidade com a construção de uma praça no bairro Santa Rita, com recursos próprios do município, e, em parceria com o Estado, uma Quadra Poli-esportiva no mesmo bairro, estando esta com a construção bastante adiantada. A obra vai atender ainda, na área esportiva e cultural, a demanda do bairro Pelo Sinal e adjacências. A conclusão da obra é esperada para o fim deste ano. Na área social, está sendo construído o Centro de Referência da

Fotomontagem do Colégio Vale do Curtume que completou 25 anos

“Aprovamos o Plano Real e, mais que isso, levamos à frente e utilizamos de forma adequada”.

DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL Para melhorar a segurança pública no município, a Prefeitura fez doação de um terreno para nele ser construída a Delegacia de Polícia Civil, obra do Estado que se encontra com a construção em avançado andamento, e que vai contribuir para a permanência de um delegado na cidade, facilitando as investigações criminais e outras demandas. ESTRADAS Em parceria com o Estado, através do DER, e com a colaboração de deputados representantes do município e colaboradores do prefeito Valdi Coutinho, está sendo patrolada a estrada que liga Tamboril a Independência, bem como está sendo feito o piçarramento da estrada que liga Independência ao distrito de Iapi. Da margem da BR-226 ao distrito de Tranqueiras foram cons-

truídos aterros, bueiros e feito o piçarramento onde existiam dificuldades de acesso. Também estão sendo recuperados cerca de mil quilômetros de estradas vicinais com máquinas Patrol, para melhoria do tráfego e do transporte de alunos.

MELHORIA HABITACIONAL Em parceria com a FUNASA, o município está construindo 64 casas de alvenaria em substituição às casas de taipa, dentro do Programa de Combate à Doença de Chagas. No interior do município estão sendo realizados trabalhos de combate ao barbeiro, inseto transmissor da Doença de Chagas, com ações que vão da captura do inseto à borrifação de casas, feitas pela equipe de endemias. Este trabalho está sendo orientado pela equipe do PESMS - Programa de Educação em Saúde Mobilização Social SMS/Assistência Social, que irá beneficiar diretamente em torno de 300 pessoas. (Colaboraram F. Sousa e Gaspar de Sousa)

“Não está faltando dinheiro na campanha de Serra. O que acontece é que está sobrando na campanha do PT”. Senador Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB, ironizando e denunciando os recursos à disposição da campanha petista.

Dilma Rousseff Candidata do PT a Presidente

[ Opinião ]

Assistência Social – CRAS, no bairro Cohab, que atenderá a demanda da sede e do entorno do PSF sede III – Cohab.

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Crateús - terça-feira, 24 de agosto de 2010 Página

Regional

“Ele não pode estar na garupa do presidente Fernando Henrique Cardoso, porque aí é até uma covardia”. Dilma Rousseff Candidata do PT a presidente

Informe Publicitário Ararendá

Informe Publicitário Novo Oriente

600 atletas disputam campeonato de futsal

No domingo, 15 de agosto, realizou-se a final do Campeonato Novorientense de Futsal Masculino. O certame teve início no dia 30 de junho. Todos os jogos foram disputados no Ginásio Poliesportivo José Airton Ximenes Coutinho. Divididas em quatro categorias, 34 equipes participaram do campeonato: equipe principal, sub-17, sub-15 e sub-12. O campeonato reuniu cerca de 600 atletas e foi um dos

maiores já realizados em Novo Oriente. A premiação geral foi de R$ 2.100,00 e ainda a distribuição de troféus e medalhas para o campeão e vice de cada categoria. A população de Novo Oriente prestigiou com a sua presença a todos os jogos realizados no Ginásio, onde cada um pode torcer por seu time favorito. O grande campeonato foi realizado numa parceria en-

tre a Secretaria Municipal de Educação, que tem à frente a Professora Maria Coelho, e a Secretaria de Cultura, Turismo e Desporto, comandada pelo Professor Jaime Alexandre e o subsecretário Borborema. A administração municipal foi fundamental para a realização desse importante evento, que teve a participação da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar.

O certame teve como vencedores as equipes:

Secretaria cumpre calendário de vacinação A Secretaria de Saúde de Ararendá realizou, entre os dias 10 e 18 de agosto, vacinação em crianças menores de 05 anos de idade, contra a Pólio, nas localidades de

Olho D’água, Lagoa do Peixe, Bonfim, Barriguda, Cabelo do Negro, Lagoa Grande, Pedra Branca, Saramanta, Vila Nova, Veremos, Baixio, Ribeiro, Angola,

Seriema e Fazenda Nova. Dia 14 último foi o dia “D” da Campanha Contra a Paralisia Infantil nos Postos de Saúde da sede municipal.

EDUCAÇÃO A Secretaria de Educação realizou o pagamento de 1/3 de férias para todos os servidores da Educação, neste mês de agosto, em que homenageou a classe estudantil pela passagem do Dia do Estudante, ocorrido no dia 11 em curso.

data consagrada como o Dia do Advogado, prestou homenagem a todos os advogados e membros do Judiciário e do Ministério Público, na pessoa do douto juiz Daniel Carvalho Carneiro, do promotor de Justiça Aulo Sílvio Braz Peixoto da Silva, bem como dos advogados: José Adriano Paiva de Aguiar, prefeito de Ararendá, Luciano Veloso, Mayara Mota, Márcio Nascimento, e Dr. Eugênio, que muito contribuíram em prol da sociedade de Ararendá. A homenagem prestada à nobre classe partiu da Assessoria Jurídica do Município, na pessoa de Solon Dias e de Euvânia Lopes. (colaborou Inácio Vieira) Informa que já iniciou os trabalhos pelo Banco do

Brasil no sentido de colocar terminais de auto-atendimento, assim contribuirá para populações locais e comerciantes, onde o mesmo será instalado na Rua. Henrique Soares, próximo a Farmácia Nossa Senhora do Rosário, neste Município. Também neste segundo semestre iniciou os trabalhos pela Câmara Municipal de Ararendá, com seção e discutindo de projetos e aprovação daqueles importantes para o crescimento da população de Ararendá, presidida pelo Presidente João Targino e vereadores.

OBRAS A Secretaria de Obras continua realizando calçamento nas ruas do Conjunto Habitacional Maria Carlos Mourão, nas Ruas 1, 2, 3 e 4 e nas Ruas Francisco Edvar Soares Torres, Francisco Ferraz, Francisco Mourão Lima e Henrique Soares. Categoria sub-12: União Jovem, com o vice campeão, Atletas de Cristo

Categoria sub-15: Estudiantes e vice campeão, Galáticos

DIA DO ADVOGADO A Assessoria Jurídica do Município de Ararendá, na

Inácio Vieira – Assessor de Comunicação Prefeitura Municipal de Ararendá

Artigo

Gilson Barbosa Jornalista

Lucidez catalã

Categoria sub-17: Real Betis e vice campeão Real, Madhenos

Categoria Principal: Tupy-Guarani e vice campeão, Cruzeiro

Lazer na fazenda

A Prefeitura de Novo Oriente através da Secretaria de Assistência Social e em parceria com o Centro de Referência da Assistência Social – CRAS realizaram com os 14 coletivos do Projovem Adolescente do município, um momento de lazer na fazenda Várzea do Morro. O projeto tem como objetivo principal desenvolver um trabalho sócio educativo com adolescente de 15 à 17 anos, orientando-os para o melhor desenvolvimento de suas potencialidades, criando mecanismos para garantir a convivência familiar e comunitária e prepará-los para o mundo do trabalho.

Fio de esperança

Integrantes do Projovem Adolescente num dia de lazer na fazenda

Em acompanhamento às famílias beneficiadas com o programa Bolsa Família do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, do Governo Federal, o município de Novo Oriente, através do Centro de Referência da Assistência Social – CRAS, está desenvolvendo com as famílias em descumprimento com as condicionalidades do PBF, o projeto Fio de Esperança, que tem por objetivo orientação familiar, oficinas e acompanhamento psicossocial, psicopedagógico, fonoaudiológico, etc. para as crianças e adolescentes com freqüência e rendimento escolar reduzidos. O Centro de Referência da Assistência Social – CRAS do município de Novo Oriente vem desenvolvendo com as famílias do Conjunto Otávio Leite trabalhos sócioeducativas através de oficinas produtivas, orientação nutricional, sócio-assistencial e [ Opinião ]

7

promoção de saúde. A satisfação das famílias participantes é notória, o que leva os profissionais que desenvolvem o trabalho a acreditarem que famílias orientadas e acompanhadas poderão mudar a realidade do nosso País.

O parlamento da região da Catalunha, em recente votação, decidiu banir, a partir de 2012, a prática polêmica das touradas naquela parte do território espanhol. A decisão, por 68 votos a favor e 55 contra, além de nove abstenções, foi um exemplo de lucidez e racionalidade do povo catalão, repetindo o que já acontecera em 1991, nas ilhas Canárias, outra parte da Espanha, quando igualmente foi proibida a realização de tais eventos. A tauromaquia, originária da Antiguidade e objeto de famosas pinturas de Goya, além de obras de Hemingway, é, na verdade, um combate sangrento onde o touro enfrenta, de maneira desigual, o seu algoz e geralmente, no final, morre atravessado por lanças. O animal é jogado numa enorme arena

onde o público delira vendo o balé do toureiro diante de sua presa, geralmente morta de modo violento, cruel e sanguinário. Houve quem defendesse a idéia de que a proibição das touradas na Catalunha não se baseou apenas na defesa dos animais, pois de há muito aquela região luta por sua própria separação política da Espanha. A medida seria, assim, um recado direto a Madri, abolindo uma tradição espanhola de seu território. À parte qualquer sentido político, o importante é que mais um passo foi dado para suprimir uma atividade que, para uns, é a mais forte tradição espanhola; para outros, um espetáculo; e para outros ainda, um esporte. Para mim, um crime absurdo, em que um animal, armado apenas

com seu instinto de defesa, é espicaçado covardemente por seu algoz até a completa exaustão e morte, para o delírio de uma platéia sedenta de sangue, a aplaudir a barbárie. Que, com o tempo, o exemplo catalão seja seguido por países que ainda valorizam essa atividade odiosa, muitas vezes tida como a representação da “supremacia” do toureiro sobre o touro. E que, olhando agora para o nosso próprio país e nossos “esportes” igualmente cruéis – como a rinha de galo, os rodeios, as vaquejadas e as “farras do boi”, entre outras aberrações -, se adotem providências para abolir estes costumes, em que animais são judiados muitas vezes à custa do próprio sangue!

Aos assinantes A Gazeta do Centro-Oeste comunica aos seus assinantes que, a partir do mês de setembro/2010, a cobrança de renovação de assinatura do jornal será feita mediante expedição de boleto bancário pelo Banco do Brasil, que chegará a cada endereço em todos os estados e cidades do País. Agradecemos a presteza de cada assinante na liquidação do seu boleto bancário. A Direção.

No artesanato um Fio de Esperança

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Página

8

Crateús - terça-feira, 24 de agosto de 2010

Cidade Artigo

Artigo

Cara limpa

As viúvas dos militares do Haiti vão à luta

A campanha eleitoral está em pleno andamento. Os candidatos, os mesmos de sempre, que repetem promessas e velhos chavões. Ninguém mais acredita. Há um hábito de repeti-las à exaustão. Dizem: “Vamos dar toda a prioridade à educação”, “A saúde é um bem de todos”, “Vamos construir e inaugurar isso e aquilo“, “A segurança terá mais homens armados“, “Políticas públicas para os menores de rua, os drogados e os idosos”. Será que esse discurso ainda convence o povo? Doutra parte, os famigerados bandeiraços em esquinas de grande movimentação constituem um exemplo de uma campanha totalmente fora de moda. Aqueles jovens, miseravelmente pagos, agitam bandeiras sem passar qualquer emoção. Dá-me

a impressão de que alguns estão com fome, de que naquele dia ainda não comeram nada. Ridícula propaganda, pobres jovens! Estão ali, unicamente, para ganhar uns “trocadim”. Registre-se ainda a dança de letras, legalmente conhecida como siglas partidárias. Mais parece o samba do crioulo doido. As alianças configuram o que existe de mais contraditório. Não dá para entender. Uma colcha de retalhos. As consequências vão se manifestar na montagem do governo: será repartido em pedaços sem articulação. Diante desse quadro, é natural que a sociedade brasileira mostre uma total diferença pelo processo eleitoral. Não se observa engajamento ou participação. Mesmo os partidos de maior apelo popular foram

Antonio Mourão Cavalcante Médico, antropólogo e professor universitário

cooptados e agem com igual desenvoltura. Impossível distingui-los pelo exercício de práticas diferenciadas. Curioso que a sociedade brasileira amadureceu. Porém, a classe política parou no tempo. Há uma distância em relação ao Brasil real. Afinal, para quem falam estes homens tão sorridentes, com tanto gel nos cabelos? Seguramente frutos de marketing e simulacros. Queria vê-los mais ao natural. Cara limpa.

Elio Gaspari

Se o companheiro Obama fizer com as viúvas e os filhos dos soldados mortos nas suas guerras o que o governo de Nosso Guia está fazendo com as famílias dos 18 militares que morreram no terremoto do Haiti, sua carreira política estará encerrada. Diante da catástrofe que matou 230 mil pessoas, os hierarcas de Brasília foram marqueteiramente impecáveis. Lula chorou durante a cerimônia da chegada dos primeiros esquifes, foi ao Haiti, percorreu ruínas e deu uma ajuda de US$ 15 milhões aos desabrigados. Além disso, anunciou que indenizaria com R$ 500 mil cada família de militar morto, mais um auxílio de 510 mensais por filho em idade escolar. A iniciativa foi votada no Congresso e sancionada em junho. Passaram-se sete meses da chegada dos mortos ao Brasil e dois da sanção. Cadê? Nenhuma viúva ou órfão recebeu um só centavo. Nem previsão há. Cada militar tinha direito a uma indenização de US$ 50 mil das Nações Unidas, sob cuja bandeira também ser-

viam. Receberam no início de abril. O Exército deu às viúvas o amparo devido e elas recebem pontualmente as pensões a que têm direito. Apesar disso, elas tinham mais a sofrer. Seus maridos pagaram regularmente por uma apólice de seguro de grupo vendida pelo Bradesco, por intermédio da Poupex, vinculada à Fundação Habitacional do Exército. Instituição privada, presidida por um general (da reserva), utiliza dependências militares para atender sua clientela. Confunde-se indevidamente com a instituição. Na hora de receber o seguro, as viúvas foram informadas de que o contrato não previa pagamento em caso de terremoto. Por deferência do Bradesco, cada família receberia ente R$ 100 mil e R$ 250 mil, como se os maridos tivessem sofrido morte natural. Algo como um enfarte na praia. Elas sustentam que eles morreram num acidente, a serviço do país. Nesse caso, o valor do seguro dobra. “Meu marido morreu fardado”, diz uma senhora. O Comando do Exército e o Bradesco (lucro de R$

4,5 bilhões no primeiro semestre) estão diante de uma encrenca. Primeiro, porque surgiram quatro viúvas valentes que resolveram lutar pelos seus interesses. Até aí, jogo jogado, pois a seguradora sustenta que seu direito é melhor que o delas e, se não estão satisfeitas, recorram à Justiça. Elas informam que pretendem fazer exatamente isso, até porque o caso foi enriquecido por uma curiosidade: dois militares mortos tinham apólices individuais das seguradoras do Itaú e da Amil. Nenhuma das duas opera dentro de quartéis, nem associa seu nome ao Exército. Ambas entenderam que seus clientes tiveram morte acidental, pagaram o que julgaram devido e não há queixas em relação a elas. No governo do companheiro Obama, nada disso aconteceria, porque nenhum presidente dos Estados Unidos é maluco a ponto de permitir que se vendam ilusões financeiras em quartéis. Uma das coisas que melhor funcionam na burocracia americana é o seu Departamento de Veteranos, que não se mete com seguradoras privadas.

Artigo

Plínio Bortolotti Jornalista

Ficha limpa, ficha suja

O projeto chamado “Ficha Limpa“, sem dúvida nenhuma, foi algo positivo para o cenário político. A sua aprovação no Congresso Nacional deu-se pela enorme pressão popular e pela força de mais de um milhão de assinaturas, colhidas em todo o País, que o fez tramitar como um projeto de iniciativa popular. Seria muito difícil imaginar que tal medida vingaria dependesse apenas da vontade dos políticos. É um mecanismo que ajudará a sanear os costumes políticos do país, pois é inadmissível que um político, adepto do mau hábito de – digamos assim – maltratar os recursos públicos, continue gerindo uma cidade, um es-

tado ou mesmo que venha a ser um legislador. Se para uma função pública de menor monta – um concurso, por exemplo – exige – se atestado de bons antecedentes, por que isso seria dispensável para representar os cidadãos no governo e no parlamento, funções nobres da democracia? Posto isso, é preciso dizer o seguinte. É hábito da imprensa criar “selos” ou rótulos para assuntos que estão na ordem do dia ou de muita repercussão. Assim, o caso da suposta compra de votos de parlamentares envolvendo o PT (em 2005) ganhou o carimbo de “mensalão”. E “mensaleiro” virou todo parlamentar que visitou

determinado banco onde supostamente se faziam os pagamentos, tendo ele culpa ou não no malfeito. Poderia citar dezenas de outros casos do mesmo teor. Algo parecido, talvez pior, está acontecendo com a Lei da Ficha Limpa. Por oposição, a imprensa passou a batizar de “ficha suja” todos aqueles que têm a candidatura questionada, independentemente se cometeu um equívoco contábil ou praticou uma grande ilicitude. Creio que a responsabilidade de separar uma coisa da outra cabe aos procuradores e à Justiça. E, também, à imprensa, pois a ela cabe informar seu leitor com clareza e precisão.

“Minha campanha está e continuará sendo pautada pelo debate de programas e projetos que interessam ao Ceará e aos cearenses”.

Governador Cid ao responder sobre críticas e acusações dos adversários.

[ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Crateús - terça-feira, 24 de agosto de 2010 Página

Cidade

“Foi a reeleição que conduziu para uma relação promíscua com o Congresso”. Luiz Inácio Lula da Silva – Presidente

Artigo

9

Leonardo Boff lboff@leonardoboff.com

Qual o legado da crise com os pedófilos da igreja? No século XVI no auge do poder dos papas renascentistas em Roma envoltos em escândalos de toda ordem, surgiu um clamor em toda a Igreja de “reforma na cabeça e nos membros”. Esse clamor vinha dos leigos, do baixo clero e dos teólogos como Lutero, Zwinglio e outros. Em resposta veio a Contra-Reforma que transformou a Igreja Católica num baluarte contra o movimento dos Reformadores, enrijecendo ainda mais suas estruturas de poder. Agora o escândalo dos padres pedófilos em vários países católicos fez com que surgisse também um vigoroso clamor por reformas estruturais da Igreja. Ele não vem apenas de baixo como no tempo da Reforma, mas principalmente de cima, de cardeais e bispos. Primeiramente, este pecado e este crime gerou uma desastrosa gestão do Vaticano. Tentouse desqualificar os fatos como “fofocas mediáticas”, depois procurou-se ocultá-los, usando até o “sigilo pontifício” a pretexto de salvaguardar a presumida santidade intrínseca da Igreja, em seguida, minimizaram-se os fatos, ou criou-se o factóide de um complô de obscuras forças laicistas contra a Igreja e por fim, face à impossibilidade de qualquer via de desculpa e de fuga, a verdade incômoda veio à tona. O papa tomou medidas severas contra os pedófilos, consideradas insuficiente por muitos da própria Igreja. Pois, não basta a “tolerância erro” e as punições canônicas e civis. Tudo isso vem a posteriori, depois de come-

tido o delito. Nada se diz como evitar que tais escândalos se repitam e que reformas introduzir na vivência do celibato e na educação dos candidatos ao sacerdócio. Não se coloca como prioritária a salvaguarda das vítimas inocentes, muitas delas revelando um tenebroso vazio espiritual, fruto da traição que sentiram da Igreja, num misto de culpa e de vergonha. As altas autoridades fizeram-se mutuamente graves acusações. O Card. Cristoph Schönborn de Viena acusou o Cardeal Angelo Sodano, quando era secretário de Estado (o primeiro posto depois do papa) de ter ocultado a pedofilia de seu antecessor na sede, o Card. Hans Herrman Groër. Bispos alemães criticaram a conferência episcopal de não ter sido suficientemente vigilante face aos notórios abusos sexuais do bispo de Ausgburg Walter Mixa, obrigado a renunciar. O mesmo refere-se ao bispo de Bruges da Bélgica que abusou por 8 anos de um sobrinho. Impactante é a autocrítica feita pelo arcebispo de Camberra Mark Coleridge, reconhecendo que a moral da Igreja concernente ao corpo e à sexualidade é rígida e de estilo jansenista, criando nos seminaristas uma “imaturidade institucionalizada”, além da tendência à discresão e ao segredo face aos delitos, para manter o bom humor da Igreja, fruto de um hipócrita triunfalismo. O primaz da Irlanda Diarmuid Martin se perguntou sinceramente pelo futuro da Igreja em seu país, tal o número de

pedófilos nas instituições e por muitos e longos anos. Reconhece que reformas são urgentes, pois, a Igreja “não pode ficar aprisionada em seu passado”, mas deve introduzir mudanças fundamentais em sua estrutura que impeçam tais desvios. Talvez o documento mais lúcido e corajoso veio do bispo auxiliar de Camberra, Pat Power. Este cobra “uma necessária reforma sistêmica e total das estruturas da Igreja”. Afirma que “na condução da Igreja, toda masculina, não reside toda a sabedoria, mas que ela deve ouvir a voz dos fiéis“. Com coragem reconhece que “se as mulheres tivessem mais poder de decisão, não chegaríamos à crise atual”. Poderíamos aduzir outras vozes de altas autoridades eclesiásticas. Mas o importante é constatar que este escândalo que afetou o capital de ética e de confiança da Igreja- institucional, paradoxalmente deixou um legado positivo: suscitou a questão das reformas de base, aprovadas pelo Concílio Vaticano II. Estas, porém, foram boicotadas pela Cúria vaticana e pelos dois últimos papas que se alinharam à uma visão conservadora e contrária à toda modernidade. Os que amam a Igreja com suas luzes e sombras, queremos entender a atual crise como uma oportunidade suscitada pelo Espírito para que a Igreja-instituição, encontre a forma melhor de transmitir a boa-nova de Jesus e ajude a humanidade a enfrentar uma crise ainda maior, aquela do sistema– vida e do sistema -Terra, terrivelmente ameaçados.

OPINIÃO POLÍTICA

Tarcísio Holanda

Razões do favoritismo de Dilma

Já se tornou lugar comum afirmar que a pior coisa que pode acontecer na campana de um candidato majoritário é ser dominado pelo sentimento do já-ganhou. É impossível recusar a Dilma Rousseff a condição de favoritismo, que ela ganhou desde que colocou vantagem sobre José Serra, o candidato da oposição. As pesquisas do Datafolha e do Ibope dão a Dilma, respectivamente, 8 e 11 pontos de vantagem sobre Serra, com todas as condições para vencer a disputa eleitoral no primeiro turno. A candidata de Lula e do PT chega ao horário eleitoral gratuito como favo-

rita e isso tem importância singular, que todos os analistas têm destacado. Desde a redemocratização, em 1989, tivemos cinco eleições presidenciais. Em quatro delas, quem chegou ao horário eleitoral gratuito em vantagem, ganhou a disputa eleitoral. Esse fenômeno ocorreu em 1989, com a eleição de Fernando Collor, em 1998 com a vitória de Fernando Henrique Cardoso e, em 2002 e 2006, com o presidente Lula. A exceção ficou por conta da eleição de 1994, mas isso merece uma explicação. Fernando Henrique não se reelegeria senador em São

[ Opinião ]

[ Política ]

Paulo e se duvidava até sua eleição como deputado federal. A exceção ficou por conta da eleição de 1994, mas isso merece uma explicação. Fernando Henrique não se reelegeria senador em São Paulo e se duvidava até sua eleição como deputado federal. Com o “impeachment” de Collor, em 1993, ele foi convidado pelo presidente Itamar Franco a assumir o Ministério das Relações Exteriores, de onde saiu para ser ministro da Fazenda, reunindo brilhantes economistas que criaram o Plano Real, com o qual o País conquistou a estabilidade econômica.

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

Artigo

Rangel Cavalcante rangelcavalcante@uol.com.br

Racismo iluminado

O país em que “todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza”, como reza textualmente a Constituição, que nem o presidente da República cuida de cumprir, é o único no planeta que decidiu institucionalizar o racismo. O odioso preconceito já varrido por todas as demais civilizações do globo, a cada dia divide os brasileiros e os distingue pela cor da pele, fingindo não saber que não existem raças humanas, mas apenas a raça humana. E essa explosão racista dos companheiros que nos governam instalou aqui um dos maiores complexos de picaretagem, roubalheira e oportunismo político de que já se ouviu falar na história deste País. Bilhões de reais escorrem dos cofres públicos para o ralo do financiamento de ONGs picaretas surgidas a pretexto de defender os direitos das minorias, especialmente as chamadas raciais. Tem gente inventando índio e quilombola por todo canto, abocanhando grandes extensões de terras em nome deles. Até projeto de criação de nações independentes na [ Sociedade ]

Amazônia já existem. E tudo financiado com os nossos dinheiros. Os negros ficam felizes quando entram na faculdade ou no emprego substituindo o saber pela pigmentação de pele. Os aproveitadores faturam as verbas do governo. Mas a última novidade inventada nessa área é a criação de uma tarifa social para dar energia elétrica de graça a índios e quilombolas. Ela se soma aos descontos de até 60% já dados a 18,5 milhões de famílias de baixa renda. É o racismo iluminado, pelo qual índio e negro não vão mais pagar a conta de luz. Podem gastar até 50 quilowats por mês, na base do zero oitocentos. Se passar disso, pagam a diferença com um grande desconto. Tudo está bem regulado numa recente resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica. Levando-se em conta que para ser considerado afrodescendente – a maneira charmosa de chamar o negro, assim como é charmoso chamar de menor infrator o bandido mirim – basta o sujeito se declarar como tal,

[ www.gazetacrateus.com.br ]

pode se avaliar o tamanho da fatura, que, como não existe almoço grátis, vai para o cidadão, que trabalha e paga os impostos mais escorchantes do mundo, pagar. O mais grave de tudo isso é que essa escalada da desigualdade entre brasileiros não apenas vem sendo tolerada como tem sido estimulada pelos poderes legislativo e judiciário. Saiu do Congresso Nacional o recente estatuto da igualdade racial, nada mais do que a institucionalização das desigualdades entre os nossos cidadãos. E no Supremo Tribunal já se viu ministro defendendo as cotas para negros nas universidades, sob o argumento de que é preciso tratar desigualmente os desiguais. E essa prática se espalha de forma endêmica por todo canto. Basta ver que nesta semana a Secretaria do Trabalho em Brasília abriu inscrições para preencher 1.740 vagas em cursos profissionalizantes de empreendedorismo, caixa, recepcionista, gerente, borracheiro e outros. Branco ou amarelo não entra. Só aceitam afro-descendentes.


10

Geral

Página

Crateús - terça-feira, 24 de agosto de 2010

“O otimismo é exageradamente grande. É uma coisa extraordinária”. Presidente Lula, sobre a descoberta de “meia Bolívia” de gás no Maranhão.

Colégio Vitória visita Brasília 40º BI participa da Operação Jangada 2010 Crateús - (CE) O 40º Batalhão de Infantaria participou, com um pelotão, da Operação Jangada, realizada na região litorânea de Acaraú-CE, de 29 de julho a 05 de agosto de 2010. A finalidade foi a de

adestrar o Batalhão Verdes Mares e o Destacamento Logístico da 10ª Região Militar para atuarem em Operações de Garantia da Votação e Apuração de Eleições e Garantia da Lei e da Ordem. O

40º Batalhão de Infantaria, “Guardião do Berço de Sampaio”, esteve presente como FOROP – Força Oponente. O exercício militar atingiu os objetivos previstos.

Curso de Mergulho Autônomo no 40º BI O 40º Batalhão de Infantaria realizou, de 09 a 13 de agosto de 2010, curso de mergulho autônomo para militares do Batalhão. A finalidade foi a de capacitar um pelotão para operações de resgate em rios e açudes da

região. Concluíram o curso 12 militares do Batalhão e 03 da 3ª Seção do 2º Grupo de Bombeiros do Estado do Ceará, sediado em Crateús. O curso foi ministrado pelo Cap BM José Humberto Silva Carvalho e sua equipe, do Nú-

cleo de Busca e Salvamento do Corpo de Bombeiros do Estado do Ceará. Assim, o Batalhão qualifica-se para apoiar ações de busca, salvamento e resgate de pessoas, corpos e objetos.

Alunos do Colégio Vitória fotografados em frente à Catedral de Brasilía

Ponte Juscelino Kubistchek, Praça dos Três Poderes, Palácio da Alvorada, Museu Nacional, Catetinho, Catedral, Congresso Nacional, Santuário Dom Bosco, Setor de Embaixadas e restaurantes tradicionais de Brasília foram pontos famosos que fizeram parte do roteiro de 33 estudantes do Colégio Vitória que visitaram Brasília no finalzinho das férias escolares de julho através do projeto “O Brasil Visita Brasília”. O projeto promove a aproximação entre a atividade turística e a educação brasileira direcionando o olhar dos estudantes à Capital Federal, buscando trabalhar neste público o sentimento cívico-patriótico e uma atitude política responsável com o seu país. Além da visita a monumentos históricos, o passeio teve muita diversão, com realização de gincanas e muitas brincadeiras. Os alunos na faixa etária de 11 a 17 anos chamaram a atenção dos bra-

silienses por ser a única escola do estado do Ceará presente ao passeio. Para a diretora do Colégio, Lúcia de Fátima Menezes de Oliveira, a viagem foi muito significativa. O Colégio já é conhecido na cidade por realizar viagens com os seus alunos, procurando agregar mais conhecimento aos estudos em sala de aula: “viajando, indo ao encontro da história e pondo o pé na estrada se aprende mais e de maneira mais consistente”, diz a diretora. O professor de História, Bosco Januário, acompanhou a caravana e diz que “cada espaço visitado proporcionou a todos os participantes momentos de interação, reflexão e aprendizagem”, e acrescentou: “assim tornamo-nos cúmplices da genialidade de Juscelino Kubitschek, Lúcio Costa, Niemeyer e tantos outros que sonharam, idealizaram e construíram Brasília”. “Adquiri mais conhecimentos sobre a história do Brasil

PARADA GAY. Os organizadores da 13ª Parada do Orgulho LGBTS (Gays, Lésbicas, Travestis e Transexuais) de Brasília estão frustrados com os candidatos que garantiram apoio às causas do movimento nas eleições de 2006, mas ignoram a promessa ao longo do mandato. Por isso, apresentaram como tema do evento, que ocorreu no Plano Piloto, o voto consciente, sob o lema “Pela Igualdade, a força do nosso voto”. O lema é o mesmo da parada 2006, ano em que também houve eleições.

e da nossa capital, gostei de ter conhecido o Congresso Nacional, obtive informações sobre o seu funcionamento e a atuação dos senadores”, refletiu o estudante do primeiro ano do ensino médio, José Mário Cezar, que participou da viagem e diz ter tirado bastante proveito: “é muito importante a gente ver pessoalmente o que aprendeu nos livros e na sala”. O estudante Destacou seu encantamento com a beleza do Santuário Dom Bosco, seus vidros e cristais azuis e com o Catetinho”. “O Museu da Moeda e a Igreja da Boa Vontade chamaram muito a minha atenção em Brasília. “Foi muito bom o passeio”, disse Catherine Marques, estudante do 7° ano. “Foi interessante conhecer a Capital do nosso país, fiquei impressionado com a Praça dos Três Poderes”, afirmou Saulo de Castro, estudante do 7° ano.

SENADORES. No mês de julho, quando a campanha eleitoral começou a esquentar nas ruas e o Congresso já trabalhava em ritmo letárgico, dez dos 53 senadores candidatos apresentaram aumento de gastos das verbas indenizatórias em relação a junho. Outros 10 informaram que suspenderam o uso da verba no exercício de 2010 ou pelo menos durante os meses de julho a outubro. Alguns fizeram promessas de suspendê-lo a partir deste mês.

Participantes do curso com equipamentos de mergulho

Correios podem ter aviões O novo presidente da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT), David José de Matos, disse que os Correios estudam, entre outras alternativas, ter aviões próprios para fazer a entrega de encomendas. No início do ano, a empresa teve problema com três rotas aéreas terceirizadas que acabaram atrapalhando a entrega do Sedex 10, um dos principais produtos dos Correios. “Quando você faz um estudo econômico, você apresenta

todas as alternativas e esta da compra de aviões foi uma alternativa estudada”, disse, explicando a possibilidade de os Correios criarem sua subsidiária de logística para dar conta das entregas das encomendas. A criação da subsidiária, bem como a transformação dos Correios em uma sociedade anônima de capital fechado, constaria de uma Medida Provisória a ser editada pelo governo, mas conforme o

ministro das Comunicações, José Artur Filardi, essa aventura MP será uma decisão do próximo governo. Filardi descartou ter havido motivação política para a nomeação de Matos para os Correios. “O fato dele conhecer o deputado Tadeu Filippelli não significa que tenha sido indicado“, disse referindo-se ao deputado peemedebista que concorre ao cargo de vice-governador do Distrito Federal.

“Não entro em leilão. O motivo mesmo é bala. Acabou a munição. A eleição é muito cara”. Deputado Manoel de Castro (PMDB) de tradicional família política na região Jaguaribana, ao justificar porque não tentará a reeleição.

Dr. André Landim

Drª. Maria de Jesus Soares

Doenças da Pele e Alegria

Ginecologia e Obstetrícia

Dr. Gustavo Henrique Bezerra

Dr. Waetan

Otorrinolaringologia - Videolaringoscopia

Ultrassonografia

Dr. Kevin Carneiro

Dr. Gerardo Jr

Bioquímico

Ortopedia e Traumatologia

Dr. Nenzé Bezerra

Drª. Déborath Lúcia de O. Diniz

Urologia e Cirurgia Laparoscópica

Neurologista - CRM 5041 - E-mail: deborath@gmail.com

Drª. Christianne Taumaturgo D. Soares Endocrinologia

Dr. Paulo Nazareno

Endoscopia e Cirurgia Laparoscópica

Rua Cel. Lúcio, 221 - Centro - TeleFax: (88) 3691.1476 - Crateús-Ce [ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Crateús - terça-feira, 24 de agosto de 2010 Página

11

Cidade

Crime ambiental praticado no centro da cidade Crime ambiental dos mais danosos foi praticado na Rua Coronel Zezé, na confluência com a Rua Dr. José Coriolano, no Centro da cidade, quando duas velhas árvores sofreram o corte total de suas copas, ficando as duas completamente desfolhadas e sem nenhum galho. No local, antes, havia uma terceira árvore, que foi abatida para dar visibilidade a uma placa comercial. Crimes desta natureza são praticados, com freqüência, à luz do dia, sob o olhar de revolta da população impotente, por toda a cidade de Crateús. A Secretaria do Meio Ambiente, que já conta com alguns meses de criada, embora seu titular tenha amplo conhecimento desses crimes ambientais, ainda não se sensibilizou ao ponto de dar combate aos mesmos. E, para agravar ainda mais a situação, sequer, notifica os responsáveis para que, pelo menos, retirem a sujeira por eles deixada ao pé da calçada. Enquanto isso, nós contribuintes somos todos parceiros desses crimes, uma vez que, a Prefeitura, que se mantém à custa dos tributos que pagamos, é que vai fazer a limpeza do local.

Serra, o expoente da direita - Lustosa da Costa – Jornalista O pior radical é o que mudou de lado. Taí o caso de José Serra que, de esquerdista, passou a expoente da direita brasileira e promete, se eleito presidente, guerra, sem quartel, aos presidentes da Venezuela, do Equador e da Bolívia, simplesmente por-

Amedrontar - Tarcísio Holanda – Jornalista José Serra tenta a estratégia de amedrontar a sociedade brasileira com a ascensão de Dilma Rousseff, tal qual fez a atriz Regina Duarte quando, regiamente paga, foi à televisão dizer que temia a eleição de Lula, que se revelou o grande presidente da República, respeitado pelo mundo.

Azares

A maioria do povão associa a imagem de FHC aos azares do fim de seu segundo mandato, (de 1992 a 2002), quando houve a crise que só não sepultou a estabilidade econômica porque o Brasil foi socorrido por grande empréstimo do FMI, graças à intervenção do ex-presidente Bill Clinton, amigo de FHC. Concluem as pesquisas que o ponto forte de Serra é a sua trajetória política, cujo destaque é o Ministério da Saúde e a adoção dos remédios genéricos.

Elitismo e garupa

Duas frondosas árvores foram sacrificadas na rua do Instituto Santa Inês

CGU: 12 empresas estão envolvidas no esquema de desvio de dinheiro De acordo com Israel Reis Carvalho, coordenadorgeral de operações especiais da Controladoria Geral da União (CGU), 12 empresas cearenses ou que operam no Ceará estão envolvidas no esquema de desvio de verba do Dnit-CE. Juntas elas são responsáveis por 36 contratos para implementação de obras. Entretanto, Carvalho afirma que, durante as investigações realizadas pela PF e CGU, apenas uma amostragem

desses contratos foi checada e que, “provavelmente, os valores (desviados) vão aumentar”. A CGU informa que, dos 36 contratos a cargo do conjunto de empresas, oito foram estudados. Somados, eles totalizam R$ 120 milhões. Ainda segundo o coordenador-geral, se forem tomados todos os contratos executados pelas empresas investigadas, esse valor chega a R$ 340 milhões.

Para Carvalho, os R$ 5 milhões que teriam sido desviados não representam “um valor pequeno. Tem que ver a proporcionalidade. O processo de investigação ainda está em evolução. Seria imaturo fazer uma projeção do total. E novas empresas envolvidas vão surgir”. O coordenador explica que apenas uma fração dos contratos foi averiguada. “A controladoria não fiscalizou 100% das obras. Analisamos um pedacinho

dos contratos.” O superintendente regional da PF-CE, Aldair da Rocha, alerta para outro ponto. As investigações, ele esclarece, apuraram o uso de material de má qualidade nas obras periciadas. “Temos ainda o risco social apresentados pelas obras, visto que são construções de pontes, por exemplo, com baixa qualidade do material”.

Assume novo superintendente do DNIT Tomou posse nesta sextafeira (20) o novo superintendente do Departamento Nacional de Infra-Estrutura e Transportes (Dnit) no Ceará. O engenheiro cearense

que eles não obedecem, cegamente, às ordens do governo dos Estados Unidos, como seu chefe FHC e Carlos Menem. Este chegava a falar de relação carnal com Washington para mostrar o quão feliz se sentia com aquela amigação desigual.

José Abner de Oliveira, que trabalha no DNIT desde 2003, fica no lugar de Guedes Neto, afastado do cargo após ser acusado de participar de um esquema de

desvio de recursos federais em obras do departamento no estado. Por causa da Operação Mão Dupla, os trabalhos de restauração da BR-116 fo-

ram suspensos e o tráfego de veículos, no trecho, está complicado. Mas o serviço já deve ser retomado, segundo a Controladoria Geral do Estado.

COMUNICADO SEMACE

COMUNICADO SEMACE

A. LUCINEIDE LEITÃO MACHADO Torna público que requereu à Superintendência Estadual do Meio Ambiente – SEMACE a regularização da Licença de Operação para comércio varejista de gás (GLP) na cidade de Independência, na AV. Jornalista Maria Inês Pires Sabóia, n° 522 no Bairro Liberdade. Foi determinado o cumprimento das exigências contidas nas Normas e Instruções de Licenciamento da SEMACE.

POSTOS IRMÃOS LEITÃO – FILIAL Torna público que requereu à Superintendência Estadual do Meio Ambiente – SEMACE a regularização da Licença de Operação para comércio varejista de gás (GLP) na cidade de Crateús na Av. Sargento Hermínio, n° 1169 Bairro são Vicente. Foi determinado o cumprimento das exigências contidas nas Normas e Instruções de Licenciamento da SEMACE.

Revela, ainda, esse levantamento que o PSDB é encarado com reservas e desconfianças pelo eleitor, cuja imagem é associada à elite. A grande maioria vê a legenda como mais preocupada com os ricos do que com os pobres. Quanto à adversária de Serra, Dilma Rousseff, o seu eleitorado a admira porque ela é a candidata de Lula. Contudo, uma parcela do eleitorado ignora o seu passado e ainda cultiva dúvidas quanto à sua capacidade e competência para resolver os problemas do Brasil.

Foco no futuro

Sabedor dessa dúvida que envolve sua adversária, Serra fez questão de dizer ao JN: “Não há presidente que possa governar na garupa, ouvindo terceiros ou sendo monitorados por terceiros”. Quanto a FHC, Serra foge de sua companhia e insiste em que está “focado no futuro”. E fez questão de ponderar que FHC e Lula “governaram em períodos diferentes, em circunstâncias diferentes”.

Merece - Rangel Cavalcante – Jornalista A Universidade Federal de São João Del-Rei, de Minas, inaugurou um novo campus em Divinópolis, no interior do estado. Deu-lhe o nome de “Dona Lidu”, numa homenagem à mãe do presidente Lula, que deve

chorar na solenidade inaugural. Uma merecida homenagem a uma mulher que mesmo tendo nascido analfabeta, conseguiu ser mãe de um presidente da República.

Pau geral

legislação da República. No mesmo dia em que eram anunciados os resultados, o Ministério da Educação reconhecia mais uma faculdade de direito, desta feita em Guaramirim, município catarinense de 30 mil habitantes que só tem 4 mil alunos no ensino fundamental.

Na Paraíba, houve concurso para promotor de Justiça. Inscreveram-se 3.733 candidatos. Só compareceram às provas 2.074 deles. Pois bem. Todos levaram pau. E as respostas aos quesitos estavam no livro recomendado pelos organizadores e na

Bolsa Ditadura - Elio Gaspari O Tribunal de Contas da União resolveu rever a farra do Bolsa Ditadura, que já comprometeu R$ 4 bilhões do cofre da viúva. Uma dessas bolsas rende cerca de R$ 5 mil mensais para Nosso Guia. Virá o dia em que alguém comparará a maneira como o Estado mimou um lote de aproveitadores do andar de cima, com o tratamento recebido por vítimas da ditadura que estavam ( e estão) no andar de baixo. Entre 1972 e 1974 o Exército humilhou, prendeu e espan-

O modelo Serra emborcou ...Serra lançou-se candidato com um discurso de unidade nacional, por um Brasil que “pode mais”, apimentado com um toque moralista (“meu governo nunca cultivou roubalheira”). Em poucos dias arquivou a proposta de unidade e serviu pimenta. Tentando ser o que nunca foi, deixou

cou centenas de lavradores miseráveis da região do Araguaia. Ao contrário do que sucedeu nas cidades, destruíram-lhes o patrimônio de casebres, roças e animais. Perderam tudo. Enquanto as famílias dos guerrilheiros assassinados foram indenizadas, 44 camponeses enfeitaram um evento do ministro Tarso Genro, mas até hoje não receberam coisa alguma, pois o pagamento foi bloqueado na Justiça. De lá pra cá, cinco já morreram.

de informar quem pretende ser como presidente da República. O coroamento desse galope em direção ao nada poderá se cristalizar numa tentativa de metamorfose num hipotético “Zé”, eco aziago da transformação de Alckmin no “Geraldo” da campanha de 2006.

Nota política - Regina Marshall – Jornalista Devagar ou não, pouca gente ou não, o certo é que a lei da Ficha Limpa vem riscando do mapa alguns nomes indignos de integrarem o Congresso Nacional, em razão de ilegalidades por todos os lados. Gente que se elege, não faz nada pelo bem-estar

[ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]

de ninguém e fica rica da noite para o dia, em razão do uso imoral e em benefício próprio do cargo que o eleitor lhe confiou. Se a lei prevalecer, como todos esperamos, o povo brasileiro poderá votar sem o lenço no nariz.


Página

12

Área 1212 - 8802 5066 OU 190 Área 1211 - 8802 3535 OU 190 Área 1213 - 8802 5067 OU 190

Crateús - terça-feira, 24 de agosto de 2010

Política

Vanderley Pedrosa participa de eventos religiosos em Guaraciaba e Nova Russas A primeira quinzena de agosto foi marcada por grandes atrações religiosas nas cidades de Nova Russas e Guaraciaba do Norte que celebram, paralelamente, as festas de padroeiro. Durante as festas de Nova Russas, lideranças políticas se fizeram presentes, dentre elas deputado Vanderley Pedrosa que, em sua terra natal, esteve ao lado do prefeito Marcos Alberto, no seu camarote. O deputado fez questão de ressaltar a iniciativa do padre Messias, pároco da cidade, e do prefeito Marcos Alberto. Em Nova Russas, as festas acontecem anualmente entre os dias 06 e 15 de agosto e

Cartas

FICHA LIMPA

Felizmente agora quem tiver condenação na Justiça e envolvimento ilegal com o dinheiro público poderá ficar impossibilitado de concorrer a cargos efetivos. A Lei da “Ficha Limpa” deve impedir que continuem impunes políticos viciados em usarem os cargos que dispõe para praticar todo tipo de falcatrua e de ilicitude. Certamente a Justiça Eleitoral, no exercício de sua independência e imparcialidade, fará prevalecer a dureza e o rigor da lei, para que assim os eleitores tenham melhores condições de escolher os seus candidatos, livres das insinuações demagógicas dos corruptos. A imprensa tem

celebram a padroeira Nossa Senhora das Graças. Neste ano, o tema das festas foi: “A EXEMPLO DE MARIA, VALORIZEMOS A VIDA CONSTRUINDO A PAZ”. No Parque da Cidade, uma das principais atrações foi a banda Aviões do Forró, que arrastou milhares de pessoas residentes do município e de cidades circunvizinhas. O festejo ainda teve a música da banda Forró Sacode e foi encerrada com apresentação do sanfoneiro Valdonys na praça da Igreja Matriz. Paralelamente às festas de Nova Russas, aconteceram em Guaraciaba do Norte os festejos da padroeira Nossa

cumprido o seu papel de bem informar com muita responsabilidade e correção, contribuindo de maneira decisiva e proveitosa para que nosso país e o seu povo possam comemorar, num futuro próximo, a erradicação desse “cancro maldito” que dizima os cofres públicos, enfraquece a confiança dos brasileiros e desestabiliza a credibilidade da nossa nação. Pedro Edson Lourinho Jr. – Fortaleza – Ce

FICHA LIMPA

Reafirmada pelos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no último dia 17, por cinco votos a dois, a Lei da Ficha Limpa será aplicada já nas eleições deste ano; e

Dep. Vanderley Pedrosa

Senhora dos Prazeres, que também reuniu milhares de pessoas durante os festejos religiosos. O deputado Vanderley Pedrosa prestigiou o evento com sua presença, fazendo questão de revezar seu tempo entre as duas cidades.

isto sem violar o princípio constitucional da anualidade ou anterioridade conforme prescrito na Constituição Federal. Ótimo! Ótimo! Desde já alijamos do processo esses políticos que desrespeitaram as leis e os eleitores que lhes confiaram o mandato. Sabemos que o expurgo foi providenciável, mas apenas o primeiro passo. Cabe-nos afastar alguns mais valendonos do voto consciente do qual não cabem recursos e, assim, aos poucos, depuraremos o Congresso. Congresso que o povo, de tanto ver os desmandos, afirma sem sentido a sua permanência. Hildeberto Auino – Russas - CE

SUPREMO

Licença de Ministro causa polêmica Ministros do Supremo Tri“Que se defina a situação”, Barbosa no STF consideram bunal Federal (STF) e advogados cobraram explicações do ministro do STF Joaquim Barbosa, que está de licença médica desde abril por causa de um problema crônico na coluna, mas foi visto em uma festa e em um bar em Brasília no fim de semana. De acordo com eles, Barbosa tem de resolver se fica no tribunal, trabalhando, ou se pede afastamento definitivo da Corte.

afirmou o ministro do STF Marco Aurélio Mello. “Eu acho que seria o mínimo de consideração com a sociedade, com o erário, com os seus pares, com o Supremo, que o ministro Joaquim Barbosa viesse a público dar uma explicação”, disse o presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante Júnior. Assim como Marco Aurélio, outros colegas de Joaquim

que ele tem de resolver logo sua situação para que o tribunal encontre uma solução para os mais de 13 mil processos que estão em seu gabinete. Um dos ministros defendeu que o Supremo se reúna para tomar uma decisão institucional sobre o problema, que poderia ser a volta definitiva de Barbosa para o STF ou a sua aposentadoria. (das agências)

Ceará ainda tem 36% de professores sem qualificação O deputado Professor Teodoro (PSDB) retomou suas atividades parlamentares depois do recesso e usou a tribuna na terça-feira 3, para lamentar o fato de 36% dos professores cearenses não terem diploma, conforme publicado no jornal O Povo. Ele explicou que quase 60% dos professores da educação infantil não têm formação adequada para ensinar e em muitos casos ensinam sem diploma de curso superior. “O curso superior deveria ser uma obrigação para o início de sua carreira no Magistério. A falta de prestígio dos mestres da educação contribui para o subdesenvolvimento. Perdemos paulatinamente nossa independência à medida que não avançamos na qualidade educacional”, disse. Teodoro defende a universalização do ensino superior. Segundo ele, “Todos teriam possibilidade de participar do banquete do conhecimento”. Com relação à pré-escola, ele destacou projeto de indicação de sua autoria que sugere a criação, por parte do Governo estadual, do curso de formação específica para professores da educação infantil nas universidades do sistema de ensino superior do Ceará. “Os primeiros anos da escola são os mais decisivos na formação do intelecto, por isso é maior a responsabilidade do educador da pré-escola”, afirmou. Para ele, um novo impulso deveria ser dado na formação de professores não só no ensino infantil e fundamental, mas também para o ensino médio, que segundo ele, é outra preocupação.

“48% de estudantes que entram nesse nível conseguem terminar”, relata.

Professor Teodoro na luta por educação de qualidade

Um dia de comemoração, mas também de reflexão. Para o deputado Professor Teodoro (PSDB), assim é o Dia do Estudante, comemorado na quarta-feira, 11 de agosto. Sempre preocupado com o tema educação, o parlamentar ressaltou que a data em que se comemora o Dia do Estudante foi escolhida porque em 1827 foram criados os dois primeiros cursos de Direito do Brasil, em São Paulo (SP) e Olinda (PE), por D. Pedro II. Os estudantes de Ciências Jurídicas formaram por muitos anos a maioria do alunato de ensino superior do País. Segundo ele o País deve seguir os exemplos dos países desenvolvidos na área da educação. “O Brasil deve seguir a experiência daqueles que hoje estão mais avançados. Ainda temos 10% da população analfabeta no Nordeste e 20% no Ceará, isso sem falar do analfabetismo funcional, aquelas pessoas que estão na escola há mais de dois anos, mas não sabem ler nem escrever”, destaca. Teodoro lembra que a ciência e a tecnologia são irreversíveis no mundo de hoje onde novos atores entram em ação: a escola, o educador e o estudante. “A nossa sociedade ainda não tomou consciência suficiente, com decisão política, de investir para valer na educação. Houve, no entanto, uma evolução. Há 15 anos o

Dep. Professor Teodoro

Brasil vem mudando para melhor, tomando consciência da importância da educação com leis como o Fundef e o Fundeb. São avanços, mas ainda insuficientes”, afirmou. Ele defendeu a destinação de mais recursos aos estados e municípios para recuperar o “tempo perdido” e acompanhar o que gastam os países desenvolvidos como Finlândia e Estados Unidos com educação. Ele comentou que em várias conferências da área foi sugerida a aplicação de pelo menos 10% do Produto Interno Bruto (PIB) em educação. Citando o educador e político Cristovam Buarque, Professor Teodoro defendeu que uma escola bem construída e aparelhada, com professores qualificados, dá igualdade de condições aos jovens, sejam pobres sejam ricos. “Mas comparando as escolas do Sul e as do Nordeste observamos muitas disparidades. Seria muito bom seguir a política de nossos bancos, iguais em todo o Brasil. A sociedade tem que tomar consciência de que só a escola vai permitir ao jovem progredir”, disse. Segundo o parlamentar, apesar de o tema educação estar em vários programas de partidos e candidatos não há uma luta para se investir mais na área, não há continuidade de ações.

Teodoro apresenta livro compromisso cristão O deputado Professor Teodoro (PSDB) apresentou durante a sessão plenária da Assembléia Legislativa o livro “Compromisso Cristão”, uma coletânea de seus artigos publicados em jornais sobre o trabalho dos cristãos. O livro é fruto de uma avaliação do homem como ser social e político e também “voltado para Deus, numa busca incessante da transcendência”, informou. Teodoro lembra que estas são duas dimensões,

uma voltada para o social e a outra tem uma relação com o infinito e o divino. “Está inata na sua consciência humana. Todo homem acredita em Deus. Mesmo os ateus têm dentro de si esta contradição”, avaliou. O Compromisso Cristão retrata também, segundo Teodoro, a idéia do papa Bento XVI, de aproximar a igreja do mundo. “O laicado também tem o seu papel, 50 anos após o concílio Vaticano

II”, frisou. Ele salientou que a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) vem realizando trabalho em defesa de coisas do interesse de nossa comunidade, e está atenta ao dia-a-dia da sociedade brasileira, nordestina e cearense. “Destaco no livro o papel dos bispos que moldaram a CNBB, principalmente na gestão do secretário executivo dom Helder Câmara”, disse.

Implante Dentário Rua Firmino Rosa, 1088 - Tel.: 3691.0700 / 3691.3057 Crateús - Ce [ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Crateús - terça-feira, 24 de agosto de 2010 Página

Geral

“Vocês sabem agora porque José Serra é hipocondríaco. Ele só fala de saúde.” Plínio de Arruda, candidato de PSOL à Presidência

OPINIÃO POLÍTICA

Fábio Campos fabiocampos@opovo.com.br

José Serra, somente en passant A política é pragmática. As campanhas eleitorais são duas vezes mais pragmáticas. Os candidatos ao Governo do Ceará e ao Senado abriram seus palanques eletrônicos com os programas de rádio e televisão. Nos programas de Marcos Cals e Tasso Jereissati, o candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, não deu o ar de sua graça. Nem sequer foi citado. Nenhuma imagem. No site dos dois candidatos cearen-

ses, há apenas um link para o site de Serra, nada mais. São os efeitos das pesquisas. Do outro lado, os candidatos a senador (Pimentel e Eunício) e a governador (Cid Gomes) bebem com sofreguidão na fonte de Lula. É como se Lula fosse o candidato a presidente. Porém, Dilma nunca é esquecida. Nos sites da internet, aparecem as fotos de todos em bloco. Lula, Dilma e Ciro juntos dos três candidatos locais. Nas ruas, Cid e os seus

dois companheiros iniciam a conversa com os eleitores se apresentando como candidatos de Lula. Na sequência, pedem votos para eles e para Dilma. Nos sites tucanos, as fotos em bloco resumem-se aos candidatos locais: Tasso, Marcos Cals e Pedro Fiúza, o vice. Nas ruas e palanques, Serra, quando citado, a menção é tímida, en passant, quase envergonhada.

nesta quarta-feira, 18, o horário eleitoral na TV. Enquanto Mercadante procurou trazer Lula para seu programa, Alckmin escondeu Serra. Marina Silva apareceu no programa de Fábio Feldmann (PV). Em seu primeiro programa, o candidato do PSDB ao governo de SP escondeu o candidato tucano à Presidência, José serra. O nome do presidenciável só foi citado 3 vezes: uma vez na boca do próprio Alckmin, outra no testemunho de um

É cada um por si Do jeito que caminha o processo eleitoral, José Serra será dolorosamente esvaziado por seus próprios correligionários. Terá que sustentar sua campanha em cima do palanque eletrônico da TV. Na ponta, junto aos eleitores, não há tucanos disponíveis para carregá-lo nas costas. Nos estados, os tucanos têm suas próprias preocupações.

Eles estão mergulhados nos embates eleitorais e estão colocando suas trajetórias e mandatos em jogo. Até certo ponto, Serra passa a ser um estorvo. Entre nós, procurase com uma lupa pelos menos adesivo de Serra. Uma bandeirola. Um adereço, que seja. Não há. Curiosamente, contra Dilma, ocorre aqui o mesmo que se deu com Serra em

personagem e ainda uma vez na voz do narrador. Alckmin também não mencionou que participou do secretariado de Serra no governo de SP. Do lado petista, Mercadante destacou bem o nome do governo Lula, citando várias vezes, e pegou carona em suas realizações, como os 13 milhões de empregos criados durante os últimos oito anos. Ao final, o próprio Lula apareceu no programa” (Jair Stangler, do Estadão).

2002. Naquela disputa, não havia uma só força política no Ceará fazendo campanha para o candidato tucano. Nem Tasso, que havia optado por Ciro Gomes. Agora, Tasso tende a se dedicar a si mesmo. É o pragmatismo político definindo o rumo dos acontecimentos.

Em cinco anos tarifa de energia deve “explodir” São Paulo. Apontado como um dos maiores pensadores do setor de energia elétrica brasileira, o consultor Mário Veiga, da PSR Consultoria, projetou uma explosão tarifária no País nos próximos cinco anos, apesar de o Brasil estar com folga na geração de energia. Segundo Veiga, que proferiu palestra no VI Encontro de Negócios da Light, no Rio de Janeiro, a tarifa de energia elétrica deve pular dos R$ 115 o MW/h em 2010 para R$ 147 em 2015. Um dos principais motivos apontados por ele para o aumento vem das termelétricas, que elevam o custo de energia. “A boa notícia é que tem muita energia. A má notícia é que vai ser cara à beça“, afirmou. “Nunca antes foi contratada tanta energia termelétrica. A conta cresceu sem crescer a demanda”. O incidente ocorrido na hidrelétrica de Itaipu em novembro do ano passado,

quando o País sofreu uma mega apagão em vários Estados, aumentou o temor de falhas e resultou na redução da quantidade de energia transmitida pela usina, mais barata que a térmica. Até 2013, quase 10 mil MW médios de energia termelétrica entram no sistema. O montante foi contratado em 2008 em dois leilões, A-3 e A-5, com preço médio de R$ 130 e R$ 145 o MW/h, respectivamente. “Isso (10 mil MW) é equivalente (à produção) de uma usina de Santo Antônio, uma Jirau, uma Angra e uma Belo Monte juntas”, quantificou. Além disso, Veiga diz que o governo subestimou no momento do leilão a frequência com que as usinas térmicas seriam operadas. O cálculo malfeito, segundo ele, contribuiu para um estouro dos Encargos de Serviço do Sistema (ESS), taxa criada para compensar custos não previstos no setor.

[ Opinião ]

[ Política ]

Polícia prende filha de ex-ministro do TSE Brasília. A polícia prendeu cinco pessoas suspeitas de obstruírem as investigações das mortes do ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral, José Guilherme Villela, da sua mulher e da empregada do casal. Eles foram assassinados a facadas em agosto do ano passado dentro do próprio apartamento, em Brasília. Entre os detidos está a filha do casal, Adriana

Villela. A polícia também prendeu uma ex-empregada, Guiomar Barbosa da Cunha, a vidente Rosa Maria Jaques, o marido dela, João de Oliveira, e o agente de polícia José Augusto Alves, braço direito da primeira delegada que investigou o caso. De acordo com o TJDFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios), o principal elemento que

INDÍCIOS PODEM INCRIMINAR FILHA

Até Alckmin esconde Serra O que os tucanos do Ceará dedicam a Serra não se reproduz apenas entre nós. Em Minas Gerais, a preocupação de Aécio Neves (PSDB) é local. O ex-governador faz uma campanha, digamos mineira. Em política, Minas se comporta como um país separado do resto. Em São Paulo, estado que até um dia desses era governado por Serra, o problema se repete. Vejam: “Os candidatos ao governo de São Paulo abriram

13

A ESS passou de uma estimativa inicial de R$ 17 milhões para, agora, uma previsão de R$ 600 milhões neste ano.

[ Cidade ]

Brasília. Há indícios do envolvimento de Adriana Villela na morte dos pais, o ex-ministro do TSE Guilherme Villela e Maria Carvalho Villela, e da empregada do casal, Francisca Nascimento da Silva, segundo consta na decisão que decretou a prisão temporária de cinco pessoas, entre elas a própria jovem. A prisão aconteceu sob alegação de que eles estariam atrapalhando as investigações. Esses indícios “assentamse em provas testemunhais que atestam os conflitos por

VIDENTE DEPÕE SOBRE MORTE DE MINISTRO A Polícia Civil do Distrito Federal toma hoje o depoimento da suposta vidente Rosa Maria Jaques, presa sob a acusação de participar de uma farsa para atrapalhar a investigação do assassinato do ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) José Guilherme Villela, de sua mulher, Maria, e da empregada do casal, Francisca Nascimento, mortos com 73 facadas dentro de casa em agosto de 2009. Procedentes de Porto Alegre (RS), onde residem, Rosa e o Marido, João Tocchetto, também preso, che-

[ Cultura ]

garam ontem a Brasília, onde permanecerão à disposição da Justiça. Por ordem judicial, a Polícia prendeu anteontem a filha mais velha do casal, Adriana Villela, e mais quatro pessoas acusadas de obstruir as investigações sobre o triplo homicídio. Ela e o irmão, Augusto Villela, são os herdeiros da fortuna em imóveis, ações e investimentos do pai. Os outros dois presos são o policial José Augusto Alves, suspeito de ter plantado uma prova falsa para incriminar supostos autores do crime, e

A participação de Adriana nos crimes representa, hoje, a principal linha de investigação da polícia. O casal Villela e Silva foi morto com dezenas de facadas em agosto de 2009, no apartamento em que morava o casal. O advogado Eduardo Alkmin, do escritório que defende Adriana, diz que os conflitos entre ela e os pais estavam num contexto de normalidade. “É uma desumanidade acusar o filho de ter matado o próprio pai sem certeza absoluta”, diz. a faxineira do casal, Guiomar Barbosa. Adriana e Guiomar conheciam a vidente que, segundo a polícia, teria sido instruída a incriminar os falsos autores, como se fosse fruto de uma revelação paranormal. A delegada Martha Vargas, que comandava o inquérito, aceitou a falsa imputação da vidente e prendeu três suspeitos, que depois foram soltos por falta de provas. Chefe de Alves á época, Martha corre o risco de ser indiciada no inquérito. (das agências)

BNB anuncia elevação no volume financiado O Banco do Nordeste fechou o período de julho de 2009 a junho de 2010 com um volume de financiamentos na ordem de R$ 19,872 bilhões, anunciou o presidente do banco, Roberto Smith. O montante de contratações mostra um aumento de 15,7% em relação ao mesmo período de julho de 2008 a junho 2009. Smith enfatizou que, “pela primeira vez” na história do BNB, o Ceará assumiu o topo do volume de contratações, deixando a Bahia para trás. O estado representou 25,2% de todo o montante, contra 24,5% da Bahia. O percentual de Pernambuco foi de 12,5%. “A nossa superintendência (no Ceará) é danada”, elogia o presidente. Foram R$ 500 milhões financiados somente

[ Geral ]

dinheiro entre ela e os pais, mas precisamente a mãe, que era a administradora das finanças do casal, aí residindo a motivação. Há provas materiais, impressões digitais no apartamento das vítimas, local que pouco freqüentava, além de sua extrema mobilização no dia do crime, a fim de criar um álibi”, diz o juiz Fábio Esteves. “Mesmo sendo descartada a possibilidade de esta ser autora do crime, ela é um dos sujeitos que vêm embaraçando as investigações“, continua.

embasou o pedido de prisão foi uma prova que a polícia alega ter sido “plantada” para incriminar dois suspeitos do assassinato. Agora, a polícia suspeita que os presos agiam de forma coordenada para atrapalhar as investigações. José Guilherme Villela advogou para o ex-presidente Fernando Collor de melo durante o processo de impeachment, em 1992.

[ Sociedade ]

para a exploração das minas de Itataia, em Santa Quitéria, no Norte do Ceará, a 220 quilômetros de Fortaleza. Smith exemplificou ainda financiamentos para parques de energia eólica. A expectativa de Smith é de um novo crescimento até o fim do ano e, ainda, para o período até junho do próximo ano. “As nossas atividades no segundo semestre são mais fortes que no primeiro“, detalha o presidente. “O segundo semestre deverá ser mais movimentado, mesmo porque nós estamos com um volume já de financiamento na carteira para aprovar muito forte”, reitera. De acordo ainda com o presidente, há aproximadamente R$ 10 bilhões em fase de aprovação, contratação ou

[ www.gazetacrateus.com.br ]

já contratados. Do atual período até o fim do ano a previsão de Smith é de um financiamento total da ordem de R$ 12 a 14 bilhões. Já para o período até junho do próximo ano a expectativa é de chegar a um patamar de R$ 22 a 24 bilhões. Os financiamentos feitos pelo BNB representam ainda mais investimentos no Ceará. Roberto Smith exemplifica que a exploração em Itataia puxa também a indústria do setor químico do Estado. No caso das usinas eólicas, por exemplo, o setor de construção também é puxado. “A gente já superou os problemas da crise. Já estamos avançando. A taxa de investimento já passa a ser crescente”, completa Roberto Smith.


Página

14

Dr Eliézio Torres Martins ORTODONTIA - CRO-CE: 2491

Crateús - terça-feira, 24 de agosto de 2010

Dr Bruno Cavalcanti Martins

Cultura

PRÓTESE E CLÍNICA GERAL - CRO-CE: 4875

Dr Breno Cavalcanti Martins

CIRURGIÃO DENTISTA - CRO-CE: 6028

Drª Lia Barroso Brandão Aragão PERIODONTIA - CRO-CE: 4874

CRATEÚS: Rua Cel. Lúcio, 495 - Centro - Fone: (88) 3691.8050 NOVO ORIENTE: Rua Cazuza Rocha, 56 - Centro - Fone: (88) 3629.1477 E-mail: clinicanimo@hotmail.com

Crateús de Ontem

As bicicletas do seu Laerte

Retroagindo ao passado de Crateús, lembro-me de um dos costumes vividos por aqui, na década de 1950 até início o dos anos 60, quando no estabelecimento do seu Laerte Melo encontrávamos as conhecidas bicicletas de aluguel. O local ficava na Rua Firmino Rosa, em frente ao antigo Hotel Rubim, depois, Hotel dos Viajantes. Lá, encontrávamos bicicletas das marcas Bristol, Philips, Wander, NSU e outras marcas estrangeiras. As cores eram variadas e elas eram carinhosamente conhecidas pelo diminutivo (pretinha, vermelhinha, etc). Eram bicicletas de varão, próprias para homens, e outras de tamanho médio para adolescentes. Algumas tinham freio no pedal e outras com freio à mão. Poucas delas

possuíam dínamo, pequena máquina que, em contacto com o pneu traseiro, gerava energia e acendia o farol. O contacto do dínamo com o pneu deixava o transporte pesado e exigia um esforço maior do condutor. As bicicletas eram alugadas para passeios pela cidade, uma diversão para os jovens. O aluguel era cobrado por hora de utilização e pago no ato da entrega da bicicleta ao usuário e, nesta ocasião, era inspecionada, constatando-se seu perfeito estado. Geralmente o aluguel acontecia durante o dia. Seu Laerte era um homem simples, humilde, generoso e de fala mansa. Muitas vezes não cobrava cinco ou dez minutos utilizados além do tempo acordado. Na devolução, a bicicleta era novamente

CantinhodaPoesia

Flávio Machado

inspecionada contra possíveis defeitos. O remendo de algum pneu furado durante a utilização era pago pelo usuário, e o conserto era feito no local. Era comum, na época, três ou quatro rapazes saírem de bicicleta com o objetivo de passear pelos bairros da cidade ou para passar em frente à casa de uma pretensa namorada. Via-se o sorriso e o orgulho de cada jovem que aprendia a andar de bicicleta. Era também motivo para pedir ao pai o tão cobiçado transporte como presente pela aprovação nas provas finais do ano. A bicicleta era um transporte considerado caro e usado principalmente na cidade, uma vez que, no interior, o costume era vencer distâncias em animais de montaria. Apesar do alto

Terra do Brasil

torná-la confusa”; que pérola! “Informação é faca de gumes, cuidado ao ‘lhe dar’ com ela”, pois na minha infância quando criança (na infância infantil) eu tinha medo de fantasmas e de disco voador. O sub-letrado escriba refere-se também a uma cidadezinha do mais periférico estado brasileiro. Eu não sei o que significa estado periférico brasileiro, pois, apenas julgo saber sobre periferia nos termos da Botânica e da Geometria. Sobre caminho, ‘cujo mesmo’ não gera fruto, não sei onde o travestido filósofo quis chegar com sua retórica de botequim e filosofia de estrada vicinal, ‘cujas mesmas’ eu não compreendo. Quanto ao abestalhado da Nova Russas, o filósofo da beira do Curtume, alcunhado professô Tin, acho que ele deve vir a Crateús para receber honraria de familiares do padre Bonfim, pelo enaltecimento do honrado sacerdote que se destacou, não pelas letras ou pelo pensamento, como asseverou o outro sub-letrado, mas pelo trabalho social que exerceu em sua cidade. Since-

[ Opinião ]

ramente, para quem conviveu com o virtuoso religioso, foi surpresa sabê-lo dos maiores intelectuais do Brasil. Masss, a propósito de honraria, o professô Tin vai ter que se rebolar para ajudar seu ídolo Francisco das Chagas, a pagar R$ 5 mil em multa que lhe impôs o TRE. Vai ter que fabricar diplomas e certificados e sair por aí a vendê-los pelas feiras da região e na periferia de cidadezinhas do mais periférico estado brasileiro – o Ceará. É coisa que uma andorinha só não faz; verão. Acho mesmo que a mulher do Cagazuma Sal é que vai pagar o pato por quem se afogou com o ganso fora da água. Mais cedo ou mais tarde os R$ 5 mil sairão mesmo do cofre da Quinquinha ou da pesada mala dos Inhamuns. Bem dizia meu professor de latim clássico: Cum faba florescit, stultorum copa crescit. Quando floresce a fava, cresce o número dos idiotas. Ademã que vou em frente. A cachorrada late, mas a caravana passa.

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

Espavorida agita-se a criança, De noturnos fantasmas com receio. Mas se abrigo lhe dá materno seio, Fecha os doridos olhos e descansa, Perdida é para mim toda a esperança De volver ao Brasil; de lá me veio Um pugilo de terra, e nesta creio, Brando será meu sono e sem tardança. Qual o infante a dormir em peito amigo Tristes sombras varrendo da memória, Ó doce Pátria, sonharei contigo! E entre visões de paz, de luz, de glória, Sereno, aguardarei no meu jazigo, A justiça de Deus, na voz da História! (Soneto escrito no exílio)

FlashdoPassado As bicicletas

Da mala ou do cofre, os R$ 5 mil do TRE? Hermenegildo, urgente! Sarcástico e irreverente, irônico, mordaz e inteligente, fazendo um mô pra vocês. Na cálida manhã de segunda-feira, li esta sentença do mestre japonês Cagazuma Sal: “Ganha-se e perde-se eleição é na urna”. Eis aí o descobrimento da pólvora. Eu pensava que se perdia e ganhava eleição num surrão de palha. E, segundo o japonês Cagazuma Sal, o relatório da CGU começa logo na primeira página, a de número 35. Masss, o que mais nos interessa, depois da suruba filosofal entre os intelectuais patrioteiros da ribeira do Curtume, da Lagoa do Tigre e da Várzea dos Angicos, é a suruba propriamente dita que está se desenhando para acontecer na estrada que liga Sucesso a Tamboril, à margem dos tórridos campos refrescados pelas águas do Carão. Masss, a suruba literária se concretiza na polêmica discussão sobre o marxismo, o lenilismo e o comunismo de Fidel Castro, mantida pelo professô Tin e o militante advogado petista da Lagoa do Tigre, Airtinho cor de rosa, que se traveste de Patriota Crateuense. A suruba é comentada pelo Cagazuma Sal, mediador dos indefectíveis debates. Airtinho cor de rosa escreveu o texto “Informação e Manipulação” em que assume um estilo vesgo e despistador, ou seja, debate a filosofia de Marx, com escrita de analfabeto. Num texto ele diz que “Informação demais pode instruir e deixar uma pessoa mais sábia ou pode

Dom Pedro II

preço, de vez em quando se ouvia falar de algum pai mais abastado dando ao filho uma bicicleta de presente. Seu Laerte possuía quase uma dúzia de bicicletas. Não eram novas, mas foram muito bem aproveitadas por quem as utilizou, com elas se divertiu, ou nelas fazia pequenas viagens. Laerte Melo, nasceu em Crateús em 14 de outubro de 1911, casou-se com Jacinta de Souza Lima (Dona Nena) e faleceu em janeiro de 1993. Era filho Ignácio de Melo Lima e Benvinda Brasil de Mesquita. O nome da Rua Laerte Melo, no Bairro Cajás, nesta cidade, lembra este filho que também fez história em Crateús.

Aos assinantes A Gazeta do CentroOeste comunica aos seus assinantes que, a partir do mês de setembro/2010, a cobrança de renovação de assinatura do jornal será feita mediante expedição de boleto bancário pelo Banco do Brasil, que chegará a cada endereço em todos os estados e cidades do País. Agradecemos a presteza de cada assinante na liquidação do seu boleto bancário. A Direção.

[ Cultura ]

Alcancei a bicicleta como artigo de luxo, em Crateús. Poucas pessoas a possuíam. Ganhar uma de presente era preciso ter pai rico ou remediado. Quando menino, conheci Laerte Melo, cujo ramo de negócio era o aluguel de bicicleta e a venda de peças para as ditas cujas. Havia diversas marcas, todas estrangeiras, umas com freio no pedal, outras com freio acionado à mão. Também conheci o Loiola, que alugava e concertava bicicleta na sua oficina na Praça da Matriz. Foi no Loiola que aprendi a pilotar bicicleta, pagando CR$ 0,50 ou quinhentos réis a hora. Não faltava instrutor para esse aprendizado. A meninada estava ali do lado, segurando o guidon, o selim, apontando o freio, mandando olhar pra frente e se equilibrar.

César Vale

Algumas bicicletas daquele tempo ficaram em minha memória. A primeira delas pertencia a Antônio Ricardo, nosso vizinho na Rua Cel. Lúcio. Era uma bicicleta Wander com freio no pedal. Duas outras pertenciam a duas filhas de Tobias Rezende, e eram bicicletas apropriadas para mulher. Outra, uma Philips, de meu irmão Gerardo, com farol, dínamo no pneu, duplo varão, fonfon e campainha. Outra, ainda, pertenceu ao Zé Frota, filho de Anísio Frota. Era uma NSU com pneu balão. Porém, a primeira bicicleta de marcha que chegou a Crateús em fins da década de 1940, pertenceu a Odolino Coutinho, filho de Bento Coutinho de Macedo. Não lembro a marca, mas a meninada parava para ver de perto aquele cobiçado objeto.

AfrouxandooRiso Antônia Chaminé Com este, é o terceiro caso acontecido na Casa BeijaFlor, de João Melo Cavalcante, que me conta a amiga Betsabeth Viana, (Betinha) ex-funcionária da antiga loja de Crateús. Certa feita chegou uma moça para trabalhar na Casa. João Melo pediu que Beth fosse até o fim do balcão perguntar o nome dela. Beth foi aonde a moça se encontrava e perguntou qual o nome dela. Ela, falando baixo, deu a entender que seu nome era Antônia Chaminé. Foi assim que Beth entendeu e passou o esquisito nome da moça. Daí, João Melo passou a gritar: Dona Antônia Chaminé, uma, duas, três vezes, sem que ela lhe desse ouvido ao chamado. João Melo chamou Beth e perguntou se a moça

[ Sociedade ]

César Vale

era surda. Beth, então, foi até onde se encontrava à moça e disse-lhe: “Olhe, seu João tá falando com você”! Daí a Antônia falou pra Beth: “ele está chamando uma tal de Antônia Chaminé. Beth retrucou-lhe: “e não é você?”Antônia foi até ao futuro patrão e disse-lhe: “meu nome é Antônia, mas me chamam de Nenen”. João Melo, engolindo o riso, falou: “Betinha, o nome da moça é outro, é Antônia, mas é conhecida por Nenen. “Mas foi o que eu entendi”, disse-lhe ela. Contou-me Beth que Antônia passou muitos dias com a cara fechada pra ela. Depois, se tornaram as melhores amigas trabalhando no mesmo local.

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Crateús - terça-feira, 24 de agosto de 2010 Página

Geral

“Deus me diz uma coisa e eu vou obedecer com todo o rigor, mesmo que custe o meu cargo, mesmo que custe minha vida”. Marta Covella Juíza argentina, ao se negar a casar pessoas do mesmo sexo

LANÇAMENTOS CULTURAIS

Comunicando Alô secretário!!!

O secretário do Meio Ambiente precisa mostrar que está vivo para cumprir as atribuições de sua pasta. Criada há alguns meses, esta secretaria não soltou ainda o primeiro passo. No momento em que enfrentamos a pior seca dos últimos 100 anos, nossas árvores de sombreamento continuam sucumbindo a golpes de foice e de machado, sem dó nem piedade. O secretário precisa fazer o mínimo para evitar que nossas árvores sejam dizimadas por podas radicais que as mesmas vêm sofrendo. Por onde quer que andemos nesta cidade, constatamos estragos causados pelas podas radicais que alteram e enfeiam a paisagem urbana de nossa cidade e se constituem verdadeiros crimes ambientais.

Cadastrar podadores

Podadores de árvores precisam ser cadastrados junto à Secretaria do Meio Ambiente para obter conhecimento e receber capacitação sobre como cuidar de árvores, como lidar com elas durante o período de floração, etc. Muitas de nossas árvores estão morrendo vítimas de podas radicais feitas por pessoas incompetentes, sem o menor conhecimento do mal que estão praticando. A população também precisa ser orientada sobre como plantar árvores à porta de suas casas, como acompanhar seu crescimento e dela cuidar para que, em pouco tempo, esteja produzindo sombra e amenizando o calor. Também, a população precisa se indignar com as barbaridades cometidas por podadores que estão a serviço de pessoas desinformadas e que se julgam dona das árvores, quando elas pertencem à Natureza e ao patrimônio da cidade.

15

Quem limpa a sujeira

É comum em Crateús constatarmos estragos feitos nas árvores e a sujeira de galhos e folhas ficar ao pé destas. Pois bem, esta sujeira que se origina do crime ambiental, da tortura e da morte de nossas árvores, (insuficientes para amenizar o excessivo calor da cidade) é levada por caminhões da limpeza pública e depositada nos lixões. Ora! Isto é um incentivo ao crime ambiental, por parte do poder público. O dono da casa onde se encontra a árvore chama o podador; este executa o serviço de poda, e a Prefeitura se encarrega de retirar a sujeira deixada. Quer dizer: o contribuinte financia o crime ambiental. Se a Prefeitura se negasse a retirar a sujeira, esta ficaria por longo tempo incomodando o dono da casa e a vizinhança, até que ele mesmo se decidisse por mandar retirá-la. A prática desses crimes ambientais se repete por causa da tolerância do poder público, que tem uma secretaria para dar combate aos mesmos, mas que, de fato, não funciona.

A nova praça

A nova praça que ocupa toda a extensão do largo da Estação Ferroviária tem causado inusitada satisfação no povo de Crateús que, com a sua inauguração, passou a ter um ambiente sadio para o seu lazer. A nova praça ainda está sendo descoberta em suas inúmeras finalidades. Repleta de bancos, pode acomodar exagerado número de pessoas em sua grande extensão, umas se entregando ao prazer de uma boa conversa entre amigos, outras aproveitando o espaço para caminhadas e exercícios físicos, enquanto que, as crianças vão gastando suas energias em inúmeros brinquedos ali existentes. Que essas finalidades sejam

prioritárias e que a praça seja sempre vigiada pela Guarda Municipal para evitar a ação de predadores.

Após o lançamento de Rastros de uma caminhada, padre José Helênio, lança agora seu auto-retrato no livro MOMENTOS, contando sua trajetória de vida desde a infância na pequena cidade de Cariré, aos anos vividos nos Seminários de Sobral e da Prainha em Fortaleza onde cursou Filosofia e Teologia, formação que o levou a ordenar-se sacerdote em 1953. Daí até hoje, padre Helênio também conta seus melhores momentos como operário da igreja que serve até os dias atuais.

Contrastes

Boas notícias como a conclusão do IFCE Campus de Crateús e o início das obras de construção do tão sonhado Parque das Cidades contrastam com a presença negativa de Crateús figurando na grande imprensa do Ceará como a capital da máfia do DPVAT, na qual estão atuando alguns causídicos locais. Esta notícia obteve ampla repercussão, vez que 141 inquéritos policiais terão de ser desarquivados para desmascarar as fraudes cometidas por uma quadrilha especializada em fraudar o seguro DPVAT. Para se ter uma idéia da gravidade dessa notícia, o Juizado Especial de Crateús julgou, entre julho e setembro de 2008, 1.154 processos referentes à liberação de benefícios. Quando as conseqüências do estouro dessa bomba começarem a aparecer, a população de Crateús irá saber quem é quem no meio jurídico local.

A quem apelar?

Na Rua Coronel Lúcio, entre a Barão do Rio Branco e a Coronel Zezé, existe um trailer com um gerador de energia que, há oito anos, se encontra abandonado e ocupando a vaga de estacionamento de carros que pagam licenciamento e outras obrigações, sem que nenhuma providência seja tomada por parte do órgão de trânsito de nossa cidade, no sentido de remover o trambolho de onde ele se encontra. O fato constitui-se um desafio, vez que o órgão competente tem pleno conhecimento desta irregularidade e vem protelando indefinidamente a solução.

Professora Ana Cristina do Vale Gomes, pedagoga das mais dedicadas à causa da Educação, lançou sua mais recente obra – PERTINHO DE VOCÊ – Mix de Aprendizagem - na qual mostra sua vasta experiência como educadora. O lançamento teve lugar na Casa de Cultura João Batista, com significativa presença de público, principalmente, de pessoas ligadas ao tema de seu livro.

Chico Anysio passa por nova cirurgia intestinal Rio de Janeiro. O humorista cearense Chico Anysio, de 79 anos, precisou passar por uma nova cirurgia no intestino na manhã do dia 18 último e está em observação no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Samaritano, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro. Segundo o clínico geral Luiz Cesar Cossenza Rodrigues, a operação foi necessária para reparar uma obstrução intestinal ocorrida após a retirada de parte do intestino grosso, realizado no sábado passado (14). Os médicos informaram que o humorista se recupera bem e esperam que ele seja transferido para um quarto nesta quinta-feira (19), mas ainda não há previsão de alta. Segundo boletim médico, o problema aconteceu por conta de uma reação após a primeira operação, realizada

no último sábado (14). Segundo o médico que acompanha o comediante, o trânsito intestinal foi normalizado e “o doente evolui satisfatoriamente no período pós-operatório imediato”. Chico Anysio foi levado ao hospital na semana passada com hemorragia digestiva e precisou ser operado. A assessoria informou que, segundo os médicos, a hemorragia provavelmente foi causada por uma infecção no intestino grosso. Na manhã da segunda–feira (16), ele foi diagnosticado com uma pneumonia. No ano passado, Chico também esteve internado - no mesmo hospital onde fez a cirurgia – para curar-se

de uma outra pneumonia. Atualmente trabalhando no programa “Zorra total, da TV Globo, o humorista cearense, natural de Maranguape, tem uma apresentação ao lado do também humorista cearense Tom Cavalcante. O espetáculo está agendado para o próximo dia 4 de setembro no Citibank Hall, no Rio de Janeiro. De acordo com a assessoria de imprensa do espetáculo, chamado “Chico. Tom”, a data do show continua inalterada.

Rua Ubaldino Souto Maior, 1230 - São Vicente, Crateús-CE - Fones: (88) 3691.1080 / 3691.5777 [ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Após sessenta anos ausente de sua terra natal, Raimundo Aguiar Vale retornou, em viagem sentimental de três dias, abismou-se ao comparar o Crateús de hoje com a cidadezinha de ontem. Encantou-se com a catedral reformada e ainda mais com a Igreja da Conceição no bairro da Ilha e com as praças recém inauguradas no largo da Estação Ferroviária.

José Felício, coordenador pedagógico da Secretaria de Educação de Ararendá, receberá amigos e familiares na Churrascaria Corrupião, dia 28 de agosto, quando comemorará seu aniversário.

Danila Ferreira, bela jovem que integra a equipe da Farmácia Popular em Crateús, passa pelo calendário hoje, 24, e irá brindar a nova idade ao lado de amigos e familiares.

Ângela Calixto, laboriosa professora do CAIC e integrante da Pastoral da Criança, estará, amanhã, 25, comemorando sua nova idade ao lado de muitas pessoas amigas.

Nota Social

Aos assinantes A Gazeta do Centro-Oeste comunica aos seus assinantes que, a partir do mês de setembro/2010, a cobrança de renovação de assinatura do jornal será feita mediante expedição de boleto bancário pelo Banco do Brasil, que chegará a cada endereço em todos os estados e cidades do País. Agradecemos a presteza de cada assinante na liquidação do seu boleto bancário. A Direção.

Defesa do deputado Nenen Coelho junto ao TRE foi patrocinada pelo conterrâneo advogado Júnior Bonfim, que está brilhando entre os medalhões do Direito Eleitoral no Ceará. Em sustentação oral naquela corte, em favor de seu cliente, Júnior Bonfim foi aplaudido por uma plêiade do Direito Eleitoral que atua na Capital Fortaleza, como a melhor já feita naquele tribunal na atual temporada.

Edição Nº 303  

Terça-feira, 24 de agosto de 2010

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you