Issuu on Google+

1º a 30 de novembro de 2016 | Página 1

QR CODE EM SEU CELULAR JORNAL ELETRÔNICO

EDIÇÃO 39 | CURITBA, JUNHO DE 2016

CURITIBA, NOVEMBRO DE 2016 | EDIÇÃO 44

ADEUS FIDEL!! Fidel Castro morreu em Havana na noite de 25 de novembro de 2016, aos 90 anos. A morte do líder cubano foi anunciada pela TV estatal cubana. Castro morreu às 22h29 e o corpo do ex-presidente de Cuba será cremado, “atendendo a seus pedidos”, informou Raúl Castro, na TV estatal. O governo de Cuba decretou nove dias de luto nacional pela morte do líder da Revolução Cubana. Em 2005 a revista Forbes especulou que o patrimônio de Fidel Castro atingiria aproximadamente 550 milhões de dólares. A Forbes chegou a esse número pela soma do patrimônio das empresas estatais do governo de Cuba. Com essa fortuna acumulada, especulou a revista, ele teria alcançado o décimo lugar na categoria “governantes e membros da realeza mais ricos do mundo”. Página 12 e 13

Prefeitura quer parcelar dívida de R$ 30 milhões com consórcio do lixo Página 3.

Por que as crianças se divertem tanto em repetir um palavrão? Página 10.

Heineken Campeão em abre doações do Nota Paraná, inscrições Instituto Ícaro para estágio já recebeu R$ 134,3 mil Página 04.

Há vagas para estudantes de administração, engenharias, economia, direito e outros cursos. Página 7.


NOVEMBRO AZUL

1º a 30 de novembro de 2016 | Página 2

Novembro Azul conscientiza sobre câncer de próstata Estudo realizado este ano pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU)1 apontou que 51% dos homens nunca consultaram um urologista. Doença mais prevalente nos homens, o câncer de próstata tem estimativa de 69 mil novos casos2 ao ano, ou seja, 7,8 novos casos a cada hora. A doença não tem prevenção, no entanto, seu diagnóstico precoce é essencial para o tratamento curativo. Hoje em dia, é possível até mesmo não retirar o tumor, quando ele é classificado de baixo risco, apenas acompanhar sua evolução, o que é chamado de vigilância ativa. Para conscientizar a população da importância dos exames anuais a partir dos 50 anos, a Sociedade Brasileira de Urologia e o Instituto Lado a Lado pela Vida realizam o Novembro Azul. A campanha, idealizada pelo Instituto Lado a Lado Pela Vida, tem foco na conscientização do câncer de próstata no Brasil. Ao longo do mês serão realizadas ações em todos os Estados brasileiros, que contemplam a iluminação de pontos turísticos e monumentos, palestras informativas para leigos, intervenções em locais de grande circulação, além do VIII Fórum de Políticas Públicas e Saúde do Homem, que será realizado no dia 17 de novembro – Dia Nacional de Combate ao Câncer de Próstata – na Câmara dos Deputados, em Brasília. “Pessoas da raça negra e quem tem familiares de primeiro grau que tiveram a doença devem procurar um urologista para avaliar a necessidade de iniciar seus exames a partir dos 45 anos”, alerta o presidente da SBU, Carlos Corradi. O exame da próstata consiste no toque retal e na dosagem sérica do PSA no sangue. A realização de exames nessa

faixa etária está relacionada à diminuição de cerca de 21% na mortalidade pela doença em estudos de grande porte e longo seguimento. “O urologista é o profissional médico capaz de diagnosticar e tratar a doença. Por vezes, o auxílio do oncologista e do radioterapeuta é necessário. Na maioria dos casos iniciais, o paciente não tem sintomas e só a avaliação rotineira com o exame de PSA e o toque retal permitem estabelecer a suspeita e prosseguir na investigação”, afirma o diretor de Comunicação da SBU, Carlos Sacomani. NOVIDADES Atualmente, ao descobrir-se o câncer de próstata, é possível avaliar sua agressividade. “Nos últimos anos, estudos de imagem realizados em biópsias dos tumores possibilitam individualizar a doença e determinar o melhor tratamento para aquele caso”, afirma Corradi. Ao ser classificado como de baixo risco, pode ser indicado o tratamento de vigilância ativa, metodologia baseada na observação da evolução do quadro sem intervenções terapêuticas quando o câncer é classificado como indolente e o paciente se enquadra em uma série de requisitos. Até 2010, ao descobrir-se um câncer de próstata em estágio avançado, o tratamento era paliativo. A partir de então começaram a surgir diversos medicamentos que proporcionam sobrevida e uma melhor qualidade de vida ao paciente. “Recentemente chegaram ao Brasil quatro medicamentos que podem prolongar a vida em média de 4 a 6 meses cada um deles. Eles atuam retardando a progressão do tumor”, afirma o coordenador do Departamento de Urooncologia da SBU, Lucas Nogueira. O objetivo do Novembro Azul, no entanto, é diagnosticar casos no início, quando as chances de curam beiram 90%. FATORES DE RISCO: - Idade (cerca de 62% dos casos são de homens a partir dos 65 anos) - Histórico familiar - Raça (maior incidência entre os negros) - Alimentação inadequada, à base de gordura animal e deficiente em frutas, verduras,

legumes e grãos -Sedentarismo - Obesidade - Sintomas (só aparecem nos casos avançados): - Vontade de urinar com urgência - Dificuldade para urinar - Levantar-se várias vezes à noite para ir ao banheiro - Dor óssea - Queda do estado geral - Insuficiência renal Dores fortes no corpo 1 Estudo realizado em parceria com a Bayer com 3.200 homens, com mais de 35 anos, em oito cidades brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Curitiba) em julho de 2015. 2 Estimativas para o câncer de

EXPEDIENTE Razão Social GCC de Comunicação e Publicidade LTDA ME Veículo: GAZETA DO CAMPO COMPRIDO Rua José Pereira dos Anjos 220 Bloco 05 Apto 03 Bairro Campo Comprido – Curitiba/PR – CEP 81270-260 Telefone: (041) 3373-9744 – 9672-68-84 e-mail – gazetacampocomprido@terra.com.br

Jorge Luis Schmekel – Diretor geral Diego Thiebes Duarte – Diagramador

próstata 2014 do Instituto Nacional do Câncer (Inca) Sobre a Sociedade Brasileira de Urologia A Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) é uma associação científica sem fins lucrativos, representativa dos médicos brasileiros especializados em urologia, especialidade clínica e cirúrgica responsável pelo diagnóstico e pelo tratamento das enfermidades do sistema urinário de ambos os sexos e do sistema genital masculino. Realiza campanhas anuais de conscientização do câncer de próstata desde 2004. O urologista é o médico responsável pelo exame da próstata. A SBU congrega cerca de 5 mil profissionais.

GAZETA DO CAMPO COMPRIDO IMPRESSO NA GRÁFICA PRESS ALTERNATIVA E-mail: ctp@pressalternativa.com.br www.pressalternativa.com.br Distribuição gratuita Jornal terá uma circulação em bairro e vilas da região e vai atingir mais de 30.000 habitantes. FALE COM A REDAÇÃO / COMERCIAL e-mail – gazetacampocomprido@terra.com.br Comercial: 3373-97-44 – 9672-68-84


1º a 30 de novembro de 2016 | Página 3

Prefeitura quer parcelar dívida de R$ 30 milhões com consórcio do lixo A Prefeitura de Curitiba solicitou autorização à Câmara Municipal para parcelar, em 36 vezes, uma dívida de R$ 30.282.264,44 com o Consórcio Intermunicipal de Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos (Conresol). Curitiba é um dos 23 municípios que integram o consórcio responsável por gerir a coleta e destinação do lixo gerado nessas cidades – aproximadamente 2,7 mil toneladas/dia. Protocolado nesta quarta-feira (23), o Executivo solicitou que o projeto tramite em regime de urgência (005.00128.2016). Segundo a justificativa da proposição, a “Secretaria Municipal do Meio Ambiente apresentou ao Conresol proposta de parcelamento dos valores pendentes, no total de R$ 30.282.264,44, sendo que o

principal é de R$ 28.768.042,47, com correção monetária de R$ 1.514.221,97. A proposta tem o objetivo de quitar os débitos pendentes, referentes a atrasos ocorridos por problemas financeiros pelos quais passou o Município. A quitação do débito será feita em 36 vezes de R$ 841.174,01”. Já lido no pequeno expediente, o projeto segue para a instrução técnica da Procuradoria Jurídica e depois para as comissões temáticas do Legislativo. Durante a análise dos colegiados, podem ser solicitados estudos adicionais, juntada de documentos faltantes, revisões no texto ou o posicionamento de outros órgãos públicos afetados pelo teor do projeto. Depois de passar pelas comissões, o projeto segue para o plenário e, se aprovado, para

Consórcio responsável por gerir a destinação do lixo gerado em 23 cidades coleta cerca de 2,7 mil toneladas/ dia. (Foto: Chico Camago/CMC)

sanção do prefeito para virar lei. Regime de urgência No projeto, o Executivo pede tramitação com urgência, que não precisa ser ratificado pelos vereadores, e dá para a Câmara Municipal 45 dias para a análise

nas comissões. Depois disso, a matéria é incluída na ordem do dia. A questão é que, como o Regimento Interno da Câmara Municipal indica o início do recesso parlamentar no dia 20 de dezembro, esse prazo pode ser

insuficiente para garantir a votação em plenário. Em outro projeto da prefeitura, que reabre o prazo do Refic 2015 (leia mais), o Executivo também havia solicitado tramitação com urgência. Só que para acelerar a votação, uma vez que a previsão era reabrir o prazo ainda em novembro, adotou-se também o pedido de urgência do Legislativo, cujo prazo é mais curto: apenas três dias para manifestação das comissões, seguida por votação em plenário. Podem solicitar essa urgência especial Mesa Executiva, Comissões Permanentes ou por requerimento assinado por um terço dos vereadores. Texto: José Lazaro Jr. Revisão: Filipi Oliveira Reprodução do texto Câmara Municipal de Curitiba.

Mais de sete toneladas de lixo eletrônico foram entregues no Parque Barigui A E-lixo, ação de recolhimento de lixo eletrônico, reuniu no último sábado (19) mais de sete toneladas de material eletroeletrônico no Parque Barigui. O material foi entregue pela população e por empresas para o descarte correto. No total, três caminhões precisaram ser usados no transporte do material. O primeiro deles com 480 quilos, o segundo com 2.800 quilos e o terceiro com 4.700 quilos, totalizando 7.980 quilos. A E-Lixo é uma iniciativa do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas do Paraná (SESCAP-PR), Prefeitura de Curitiba e Instituto Pró-Cidadania. Tudo o que foi recolhido foi encaminhado para a Unidade de Valorização de Recicláveis (UVR), administrada pelo Instituto Pró-Cidadania. “O sucesso da E-Lixo mostra a

Sindicato, grandes geradoras deste tipo de material. E, com a forte adesão, foi aberta à população em vários municípios”, disse. Essa foi a última ação de recolhimento de lixo eletrônico do ano em Curitiba. Desde 2014, foram realizados 15 eventos como esse. No total, foram coletadas mais de 85 toneladas de materiais.

consciência dos moradores de Curitiba. É legal ver o engajamento de quem vem entregar o material, já que muitos se organizam antecipadamente em suas empresas e bairros. Na UVR, o material será triado e encaminhado para empresas especializadas”, explica o coordenador da unidade, João Vitor Rosset. O presidente do SESCAP-PR, Mario Kalinke, explica como a campanha surgiu. “A ideia inicial era atender à demanda das empresas representadas pelo

7.980 “O sucesso da E-Lixo mostra a consciência dos moradores de Curitiba.”


NOTA PARANÁ

1º a 30 de novembro de 2016 | Página 4

Campeão em doações do Nota Paraná, Instituto Ícaro já recebeu R$ 134,3 mil Criado em 2003 para proporcionar aulas de tênis a crianças e adolescentes da rede pública de ensino, o Instituto Ícaro, de Curitiba, é o campeão de recebimento de recursos do programa Nota Paraná entre as entidades esportivas e uma das primeiras colocadas entre todas as instituições autorizadas e receber doações. Nesta quarta-feira (23), o secretário de Estado do Esporte e do Turismo, Douglas Fabrício, entregou um cheque simbólico de R$ 134,3 mil, em nome do Governo do Estado, ao coordenador geral do projeto, Eduardo Marcolin. “Quando o programa foi criado pelo governador Beto Richa as pessoas foram incentivadas a pedir nota fiscal. Depois, quando foi proposta a transferência de parte desse valor para instituições sem fins lucrativos, entidades organizadas como o Instituto Ícaro, que faz um maravilhoso trabalho com as crianças, muitas em vulnerabilidade social, passaram a se dedicar e se beneficiar do programa”, disse o secretário. “O instituto está dando o exemplo, mas queremos que outras entidades se cadastrem, façam esse tipo de trabalho e possam se beneficiar”, comentou Douglas Fabrício. MUITO TRABALHO Eduardo Marcolin lembra que os valores que chegam ao Instituto hoje são resultado de muito trabalho. “Agora a gente tem visto urnas por todo o comércio. Mas, no começo, em abril, maio, junho, tinha muita resistência. A maioria dos empresários desconhecia a lei e ficava insegura diante da nossa proposta. Mas já temos 15 anos de estrada, muita gente nos

Programa já distribuiu R$ 5,6 milhões e a 770 entidades

Criado em 2003 para proporcionar aulas de tênis a crianças e adolescentes da rede pública de ensino, o Instituto Ícaro, de Curitiba, é o campeão de recebimento de recursos do programa Nota Paraná entre as entidades esportivas e uma das primeiras colocadas entre todas as instituições autorizadas e receber doações. Foto: Paulo Galvez da Silva

conhece e isso abriu muitas portas para as primeiras parcerias. Hoje até recebemos ligações de empresários solicitando urnas”, comemora. A instituição tem cerca de 200 urnas espalhadas pelo comércio de quatro municípios. Só em Curitiba, há urnas em mais de 80 bairros. E uma equipe de exatletas do Ícaro que se reveza na digitalização dos cupons doados, num pequeno escritório montado na sede do instituto. SONHO REALIZADO – Além do trabalho social e recreativo, o Instituto Ícaro trabalha também para a profissionalização dos atletas. Entre as 120 crianças atendidas na sede da instituição e outras 300 em escolas públicas da região, estão grandes apostas do esporte. Ex-adepto do futebol,

Emanuel Ben-Hur Amorim de Lima, hoje com 17 anos, é uma delas. Estudando inglês também pelo projeto, o jovem se prepara para se transferir para uma universidade nos Estados Unidos para jogar e estudar. ”Eu jogava futebol e meus dois irmãos jogavam aqui. Comecei mesmo um pouco mais velho, treinando como as crianças iniciantes, com várias pessoas na mesma quadra. Passei a jogar bem, me dedicar e agora estou treinando bastante, estudando inglês e tentado uma bolsa nos Estados Unidos. Estou dando o máximo, espero que dê certo”, diz. O projeto já chegou também a três municípios do interior: Jacarezinho, Bandeirantes e Campo Mourão. “Em Campo Mourão estamos em parceria com a Associação Comercial e com as

Faculdades Integrado, tanto na coleta de notas quanto no projeto dentro das escolas. Já demos cursos de capacitação para os professores das escolas municipais e o projeto já está em andamento. Em Jacarezinho e Bandeirantes temos uma parceria com a Uenp (Universidade Estadual do Norte do Paraná), que também já abraçou a ideia”, explica Eduardo Marcolin. ”Além do Instituto Ícaro, outros projetos esestão se cadastrando na Secretaria do Esporte para atender vários outros municípios. É uma alegria ver as pessoas envolvidas com o esporte. Quando se preocupa com o esporte, está se preocupando com as crianças, naquilo que é mais importante para a sociedade, que é a sua formação”, conclui o secretário Douglas Fabrício.

De junho, quando os créditos começaram a ser distribuídos às instituições, até o mês de outubro, o Nota Paraná já destinou mais de R$ 5,6 milhões a 770 entidades cadastradas. Há duas maneiras de doar notas para as instituições cadastradas. A primeira, o contribuinte solicita o documento fiscal, sem informar o CPF. Posteriormente, faz a doação da nota para a respectiva entidade beneficiária no site ou no aplicativo do programa. Outra opção �� o contribuinte, após pedir nota e não informar o CPF, depositar o documento em urnas disponibilizadas pelas entidades, que recolhem os documentos e fazem o registro no sistema. As instituições que quiserem fazer parte do Nota Paraná devem enviar requerimentos para as secretarias estaduais da Família e Desenvolvimento Social, da Saúde, do Esporte e Turismo, do Meio Ambiente e da Cultura. Elas precisam ter certificado ou título de utilidade pública e ter registro de CNPJ como fundação privada, associação privada ou organização social.


OUTUBRO ROSA

1º a 30 de novembro de 2016 | Página 5

Operação Lava Jato: entenda o que é a delação premiada Com a investigação de um grupo de doleiros envolvidos com desvio de dinheiro no âmbito da Petrobras, hoje já se configura como uma das principais ações contra corrupção e lavagem de dinheiro realizada no país. Mas, afinal, você sabe o que significa a delação premiada? A delação premiada é um acordo firmado com o Ministério Público e a Polícia Federal no qual o réu ou suspeito de cometer crimes se compromete a colaborar com as investigações e denunciar outros integrantes da organização criminosa em troca de benefícios. A delação premiada é termo generalizante pois existem vários tipos de delação e ocorreno Brasil desde os anos 90. O acordo tem sido um dos principais meios de obter provas utilizado pela força-tarefa responsável pela Operação Lava Jato. Até agora, a investigação conta com cerca de 30 colaboradores. De acordo com o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, os acordos de colaboração

premiada podem ser utilizados em maior escala com o objetivo de rastrear e repatriar ativos (bens e direitos que a empresa tem num determinado momento), o que acelera o ressarcimento de danos patrimoniais, pois não depende da espera de uma sentença judicial. “Até agosto de 2015, mais de R$ 1,8 bilhão estão sendo restituídos, no caso da Lava Jato, […] graças a acordos de colaboração premiada”, explicou Janot em entrevista para a Agência Brasil. O Juiz responsável pela Lava jato, Sérgio Moro, defendeu os acordos de delação premiada firmados. Em um dos despachos da operação, Moro disse que “crimes não são cometidos no céu e, em muitos casos, as únicas pessoas que podem servir como testemunhas são igualmente criminosas.” A presidenta Dilma Rousseff também se manifestou sobre o tema. Em junho do ano passado, durante visita aos Estados Unidos, a presidenta disse que “não respeita”

delatores e citou sua experiência no período da ditadura. Previsão legal A primeira lei a prever essa colaboração premiada no Brasil foi a Lei de Crimes Hediondos. Posteriormente, passou-se a prever a delação premiada também para crimes contra o Sistema Financeiro Nacional, contra a ordem tributária e aqueles praticados por organização criminosa. No entanto, a delação somente foi reforçada e ganhou aplicabilidade prática com a Lei 9.613/ 1998, de combate à lavagem de dinheiro. No mesmo sentido, caminharam outras leis que tratam da proteção de testemunhas ( L e i 9 . 8 0 7 / 1 9 9 9) , d a colaboração premiada para crimes de tráfico de drogas (Lei 11.343/2006); e a Lei 12.529/2011, que denominou a colaboração premiada de “acordo de leniência”, prevendo aplicabilidade para infrações contra a ordem econômica. Contudo, procedimento em todo seu conjunto foi previsto apenas pela Lei 12.850/2013, que prevê medidas de combate às organizações criminosas. Como funciona e benefícios A delação pode ser proposta pelo Ministério

Público, pela polícia ou pela defesa do investigado. Os benefícios variam de perdão judicial, redução da pena em até 2/3 e substituição por penas restritivas de direitos (art. 4º). Porém, isso depende da efetividade da colaboração e seu resultado. O juiz não deve participar das negociações para formalização dos acordos de colaboração. Apenas o colaborador, seu advogado, o delegado de polícia e o representante do Ministério Público participam. Só então, o termo resultante do acordo é então encaminhado ao juiz para homologação com cópia da investigação e das declarações do c o l a b o r a d o r. A p ó s a homologação, iniciam-se propriamente as medidas de colaboração. Não há prazo determinado para a coleta de depoimentos, uma vez que o término da delação depende do volume das informações fornecidas. Nos acordos de delação premiada, o colaborador renuncia ao seu direito ao silêncio e fica compromissado a dizer a verdade. A eficiência do acordo é julgada pelo juiz, durante a sentença. Mas a mesma deve apontar provas concretas e não somente a delação em si. *Com informações da Agência Brasil

Comunidade

Serviço 156 oferece atendimento automatizado para usuário O serviço 156 de Curitiba está disponibilizando uma nova modalidade de atendimento ao cidadão curitibano dentro do portal do sistema (www.central156.org.br), um chat automatizado, no qual as demandas de serviços são direcionadas diretamente às secretarias responsáveis, sem passar por atendentes. As solicitações de serviços de antipó, coleta de resíduos vegetais, iluminação pública e informações de horário de ônibus são as podem ser feitas diretamente na nova modalidade, pelo chat. Os temas são os que têm mais procura da população da cidade – novos serão adicionados regularmente à ferramenta. “O serviço 156 é um dos principais canais de comunicação do curitibano com a Prefeitura de Curitiba, por isso buscamos sempre a inovação e ampliação dos sistemas de atendimento”, destaca o secretário do Governo Municipal, Ricardo Mac Donald Ghisi. Segundo o coordenador de atendimento ao cidadão do serviço 156, Ozires de Oliveira, já existem serviços semelhantes na iniciativa privada de atendimento automatizado, porém, apenas para prestar informações. “O diferencial do chat do serviço 156 de Curitiba é que ele atende serviços, com registro de protocolo, tudo sem interação humana”, confirma. A ferramenta pode ser acessada pelo endereço www.central156.org.br/chat, no qual o usuário pode escolher a opção do chat automatizado, que apresenta assuntos definidos, ou o chat convencional, com atendimento pessoal. Em junho deste ano, foi lançada uma nova versão do portal 156, com mais funcionalidades, como área exclusiva do cidadão e possibilidade do envio de fotos no registro dos chamados. As melhorias no serviço 156 fazem parte do esforço da Prefeitura, em conjunto com o Instituto das Cidades Inteligentes (ICI), para garantir ao cidadão curitibano mais e melhores opções para manter contato com o poder público – uma interação que também ajuda a aperfeiçoar os serviços prestados. A Central 156 opera 24 horas, todos os dias da semana. Outro canal de contato da população curitibana com a Prefeitura é o aplicativo Colab (www.colab.re/ BR/PR/Curitiba).


DICAS DE VERรƒO

1ยบ a 30 de novembro de 2016 | Pรกgina 6


CARREIRA

1º a 30 de novembro de 2016 | Página 7

Heineken abre inscrições para estágio Há vagas para estudantes de administração, engenharias, economia, direito e outros cursos. A Heineken abriu nesta terça-feira, 22, as inscrições para o seu Programa de Estágio. A empresa vai contratar 37 novos estagiários em 13 cidades. As inscrições podem ser feitas até o dia 9 de janeiro de 2017. Universitários com previsão de formatura para o período entre julho de 2018 e março de 2019, podem ser inscrever para o estágio. As oportunidades são para estudantes dos cursos de administração, economia, engenharias, ciências contábeis, direito, química, farmácia e biologia. A Heineken pede inglês avançado

e domínio do Pacote Office. As vagas de estágio são para as áreas de finanças, jurídico, recursos humanos, supplychain e vendas. O programa oferece vagas para as cidades de Araraquara (SP), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Gravataí (RS), Jacareí (SP), Pacatuba (CE), Ponta Grossa (PR), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e São Paulo (SP). Carla Sauer, vicepresidente de RH da Heineken Brasil, afirma que o estágio tem o objetivo de estimular o protagonismo de carreira e reforçar a marca da Heineken como empregadora atraente para jovens. O processo seletivo terá etapa online com testes de adequação à cultura da empresa, de lógica e também de inglês. Os selecionados nestas etapas serão convidados para dinâmicas e

entrevistas. Os escolhidos iniciarão o estágio em março de 2017. A Heineken atua em mais de 70 países, com 140 cervejarias, mais de 75 mil funcionários e mais de 200

marcas. É a cervejaria mais internacional do mundo. Foi criada em 1864, em Amsterdã. No Brasil são produzidas e comercializadas as cervejas Kaiser, Heineken, Bavaria, Bavaria Premium, Summer,

Kaiser Bock, Gold, Bavaria sem álcool, Sol, Sol Premium, Xingu e Santa Cerva. A companhia importa e distribui as cervejas Dos Equis, do México, Amstel Pulse, da Holanda, Birra Moretti, da Itália, Edelweiss, da Áustria, Murphy’sIrishStout e Murphy’sIrishRed, ambas da Irlanda. BENEFÍCIOS · Bolsa-auxílio; · Assistência Médica; · Seguro de vida; · Ticket refeição ou refeitório, de acordo com a localidade; ·Estacionamento para o escritório em São Paulo ou transporte fretado para as cervejarias; · Vale cerveja (24 unidades por mês); · Cesta de Natal. Saiba mais sobre o Programa de Estágio e inscreva-se neste sitewww.99jobs.com/heineken/ jobs/9590-programa-de-estagioheineken

CFESS Concurso Público para níveis médio e superior O Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) torna pública a realização do Concurso Público para provimento de quatro vagas e formação de cadastro reserva em cargos efetivos dos grupos ocupacionais de Atividades de Nível Superior e Apoio Administrativo.

São disponibilizadas oportunidades nas funções de Analista (2), e Assistente Técnico Administrativo (2). Os aprovados neste certame farão jus a salários de R$ 5.951,14 e R$ 2.609,19, ambas com jornada de 30h semanais. Inscrições até o dia 15 de dezembro

de 2016, no site da Consulplan www.consulplan.net. Como forma de classificar os inscritos serão realizadas Provas Objetivas de Múltipla Escolha, Provas Discursivas e de Títulos de acordo com o cargo pretendido.

TRF da 2ª Região Concurso salários de até R$ 10 mil O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF) divulgou edital destinado a formação de cadastro reserva, das Seções Judiciárias do Rio de Janeiro e Espírito Santo. Para profissionais de nível médio as oportunidades são para Técnico Judiciário das áreas Administrativas nas Especialidades de Segurança do Trabalho, Sem Especialidade, Telecomunicações e Eletricidade e Apoio Especializado nas áreas de Enfermagem e Informática. Já para os candidatos com formação superior, podem se inscrever ao cargo de Analista Judiciário da área Judiciária nas Especialidades de Oficial de

Justiça Avaliador Federal e Sem Especialidade, nas áreas Administrativas e de Apoio Especializado nas especialidades de Arquitetura, Arquivologia, Biblioteconomia, Contadoria, Enfermagem, Enfermagem do Trabalho, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia, Mecânica, Estatística, Informática/ Desenvolvimento, Informática/ Infraestrutura, Medicina Clínica, Medicina do Trabalho, Medicina Psiquiatria, Odontologia, Psicologia e Serviço Social. A remuneração inicial para cargo de nível médio é de R$ 6.167,99, já para nível superior é

de R$ 10.119,93, as jornadas de trabalho são de 40h semanais. Além de adicionais como: Gratificação de Atividades Externas (GAE), Gratificação de

Atividades de Segurança (GAS), Adicional de Qualificação por Curso de Pós-Graduação, Adicional de Qualificação por Ações de Treinamento,

Participação nas despesas com assistência médica e hospitalar, Auxílio pré-escolar, Auxílioalimentação e Auxílio-transporte. Inscrições até o dia 21 de dezembro de 2016 pelo site www.consulplan.net, taxas nos valores de R$ 60,00 nível médio e R$ 70,00 para cargos de nível superior. Todos os inscritos serão classificados mediante aplicação de Provas Objetivas, Prova de Redação, Prova de Estudo de Casos, previstas para serem realizadas nos dias 5 e 12 de março de 2017, haverá também a realização de Prova Prática e Prova de Capacidade Física, para alguns cargos especificados no edital.


PROPOSTAS DE EDUCAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA

1º a 30 de novembro de 2016 | Página 8


PROPOSTAS DE EDUCAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA

1º a 30 de novembro de 2016 | Página 9


EDUCAÇÃO

1º a 30 de novembro de 2016 | Página 10

Por que as crianças se divertem tanto em repetir um palavrão? Em algumas famílias os palavrões fazem parte do vocabulário cotidiano, o que não surpreende em nada seu uso pelas crianças. Em outras, eles assustam porque soam como o estrondo de um trovão, uma ameaça à sobrevivência das palavras da boa educação – por favor, com licença, desculpa e obrigado. Os palavrões, assim como estas palavrinhas, fazem parte do mundo mágico das palavras, o que torna impossível tentar evitar ou impedir qualquer ser humano de pronunciá-los em algum momento da vida. Por volta dos 2–3 anos, a criança aprende as palavras relacionadas ao controle esfincteriano e repetem-nas com certa frequência. Aos 4 anos, com a percepção das diferenças sexuais, ela tem prazer em repetir palavras ligadas não apenas à excreção, mas também aos genitais. Esta repetição encanta pela sonoridade e pelo mergulho nas novas descobertas. No entanto, o grande fascínio pelas palavras com conotação sexual (ou existe palavrão com outra conotação?!) chega ao ápice na infância entre os 5–6 anos, quando a criança começa a perceber o efeito que elas causam entre amigos, na família e em si própria. Da mesma maneira que ocorre com os adultos, o palavrão (ou mesmo a gíria) funciona como ingresso a um grupo, como contestação ou provocação, e como forma de

comunicação ou manifestação de sentimentos que muitas vezes não encontram outra via de expressão. A diferença entre o palavrão sair da boca de uma criança ou de um adulto é que a criança, inicialmente, ainda não sabe o significado original da palavra. Ao adulto cabe ensinarlhe o que cada palavra, dita com tanto gosto, significa. Muitas crianças, ao perceberem a desconexão entre o emprego da palavra e seu significado ficam desapontadas com a falta de sentido; assim, logo ignoram aquele vocabulário. Outras, porém, continuam se “divertindo” em pronunciá-las. Neste caso, é importante reconhecer a serviço de quem ou do quê tais palavras estão sendo utilizadas.

1) O palavrão é apenas experimentação de sons divertidos? Se for momento de brincadeira, por quê não deixar a criança brincar? 2) Falar palavrão é passaporte para o mundo dos grandes, fortes e corajosos? Se for esse o caso, pode-se propor à criança construir uma lista com todos os palavrões que ela conhece. Ao legitimar seu saber, ela fica mais tranquila e, portanto, menos interessada no assunto (ela aprende que os outros já sabem o quanto ela sabe!). Ou então, ajude-a a encontrar outros termos ou a desenvolver outros meios, para além dos palavrões, que a faça se sentir grande, corajosa e forte. 3) O palavrão funciona como

descarga de raiva, agressividade? Se assim for, a criança pode se “descarregar”, falar tudo o que tem vontade, desde que ela não esteja com pessoas que não desejam gratuitamente ouvir o que não estão interessadas (uma alternativa é a criança se isolar num canto onde possa ficar temporariamente sozinha falando o que quiser). Aliás, é muito importante que a criança aprenda desde cedo que nem todas as pessoas gostam de ouvir tais palavras, e que isto deve ser respeitado. 4) O palavrão é reforçado em seu ambiente? Ora, não adianta querer que a criança não fale determinadas palavras se os adultos de seu meio as pronunciam com frequência e/

ou indiscriminadamente. Para valer para as crianças, tem que valer primeiramente para seus adultos de referência. 5) Você se surpreende que a criança que está com você, na presença de outra criança, ri ou repete o que ouve do colega: “bunda” “peido”, “cocô mole”, “bosta” e “xoxota”? Se isto incomoda, não é preciso dar uma lição de moral nas crianças; apenas não se acanhe em fazer valer suas regras, nem conclua que a criança que começou a falar palavrão é uma “má companhia”. Às vezes a criança só está brincando ou testando sua permissividade, seu limite. 6) Alguém contou-lhe que na roda de amigos seu filho ou a criança por quem você é responsável adora um palavrão? Ótimo. Entre iguais o palavrão é permitido como forma de experimentação, oposição e identificação. O que não pode é seu uso enquanto ofensa e desrespeito ao outro. Como qualquer palavra, os palavrões são uma forma de expressão. Portanto, antes de repreender uma criança porque fala palavrão, tente entender o sentido que seu uso tem naquele momento. Quando possível, ajude a criança a encontrar outras palavras, gestos ou ações capazes de expressar o que deseja, pensa e sente, deixando as palavras, às vezes pequenas, mas de força enorme, para os momentos de dor, susto, espanto e, por que não, extrema alegria. Por Patrícia L. Paione Grinfeld Fonte:Ninguém Cresce Sozinho

Abertas as inscrições para a última etapa dos Exames da EJA Online 2016 Estão abertas até o dia 30 de novembro as inscrições para os Exames da EJA Online. Nesta etapa, a última do ano, as provas serão para certificação no ensino médio, nas disciplinas de Língua Portuguesa e Redação, Língua Estrangeira Moderna (Inglês ou Espanhol), Matemática, Educação Física, Arte e História. Interessados devem se inscrever nas escolas da rede estadual credenciadas, apresentando original e fotocópia de documento de identidade. Para esta etapa o inscrito deve ter 18 anos ou mais. Tanto a inscrição quanto as provas são totalmente gratuitas, e a certificação é da própria

Secretaria de Estado da Educação do Paraná. Na página www.educacao.pr.gov.br/eja está disponível o edital com as regras dos exames, uma lista de todas as escolas credenciadas por município, o conteúdo de cada prova e material de apoio. CONCLUSÃO - Cada etapa do exame é composta por seis disciplinas com provas contendo 15 questões objetivas e com duração entre uma e duas horas. O candidato que tirar nota maior ou igual a 6 em todas as disciplinas e na redação é aprovado e pode solicitar o certificado de conclusão do Ensino Médio. A Coordenadora da Educação

para Jovens e Adultos da Secretaria da Educação, Márcia Dudeque, explica que as provas online são uma boa oportunidade para os candidatos continuarem estudando. “A educação de jovens e adultos possibilita que os candidatos a oportunidade de concluir as disciplinas ofertadas e com isso ampliarem novas e melhores possibilidades de trabalho, em especial aos que conseguirem concluir o Ensino Médio”, afirma. Os resultados também podem ser aproveitados para outras oportunidades de certificação, como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Caso o candidato não consiga a nota mínima em

todas as disciplinas ou na redação, ele não recebe a certificação, mas elimina as

disciplinas que obteve nota acima ou igual a 6,0 para futuros exames da EJA Online.


GERAL

1º a 30 de novembro de 2016 | Página 11

Feira de Natal começa nesta quarta nas praças Osório e Santos Andrade tradicional Feira Especial de Natal inicia nesta quarta-feira (23), nas praças Osório e Santos Andrade, região central de Curitiba. São mais de 100 expositores oferecendo grande variedade de produtos com preços atraentes, variando entre R$ 5 e R$ 300. O evento é organizado pelo Instituto Municipal de Turismo (Ctur) e se estenderá até 23 de dezembro. “As feiras são tradicionais em Curitiba e têm se tornado bastante concorridas porque é uma grande oportunidade para os artesãos mostrarem o trabalho que desenvolvem”, explica a coordenadora de feiras de arte e artesanato do Ctur, Marily Pires Lesnau. Com a proximidade das festas de fim de ano, as feiras atraem curitibanos e visitantes para adquirirem brinquedos, produtos artesanais e de decoração (como guirlandas, arranjos e presépios) para presentear ou para decoração. Também é um espaço de confraternização para famílias já que barracas de alimentação serão montadas nas duas praças.

A tradicional Feira Especial de Natal inicia nesta quarta-feira (23), nas praças Osório e Santos Andrade, região central de Curitiba. Foto: Jaelson Lucas/SMCS A Feira Especial de Natal tem horário diferente nos dois locais. Na Praça Osório, funciona de segunda a sábado, das 10h às 22 horas, e aos domingos, das 14h às 19 horas. Na Praça Santos Andrade, das 10h às 20h, de segunda à sábado, e domingo, das 10h às 18 horas. Na Praça Osório serão montadas 60 barracas, das

quais 22 são destinadas à gastronomia. As demais vão comercializar produtos natalinos, inclusive artesanato culinário (chocolates, panetones), e opções de presentes. Programas da Prefeitura como Vitrine Social, Comunidade Escola e Empório Metropolitano também terão espaço. Os frequentadores poderão

acompanhar e aprender um pouquinho sobre o trabalho dos artesãos e suas técnicas durante a realização de oficinas de tear, produtos feitos em EVA (emborrachados) e madeira, bijuterias, calçados em couro e pinturas em gesso. A Casa do Papai Noel - local onde as crianças poderão conversar e tirar fotos com o bom velhinho - está garantida.

Já na Praça Santos Andrade serão montadas 14 barracas, sete destinadas à gastronomia, uma para artesanato culinário e seis para artesanato em geral. A Feira Especial dá início à programação de Natal em Curitiba, que neste ano contará com extensa programação de eventos promovidos por entidades privadas. Alguns destaques são o Coral Infantil no Palácio Avenida, a Árvore Encantada do Hotel Radysson, o Natal no Paço Municipal, entre outras apresentações. Caberá a Prefeitura de Curitiba apenas a organização e divulgação da programação em parceria com Curitiba Convention & Visitors Bureau (CCVB).

Feiras Especiais de Natal Período: 23 de novembro a 23 de dezembro Local: Praças Osório e Santos Andrade Horário: Praça Osório de segunda a sábado, das 10h às 22 horas, e aos domingos, das 14h às 19 horas. Praça Santos Andrade das 10h às 20h de segunda a sábado e domingos das 10h às 18 horas.


Diversos

1º a 30 de novembro de 2016 | Página 12

ADEUS FIDEL!! Castro nasceu fora do casamento na fazenda de seu pai em 13 de agosto de 1926. Seu pai, Ángel Castro y Argiz, foi um migrante de Cuba a partir da Galiza, noroeste da Espanha. Ele tinha se tornado um bem sucedido produtor de cana-deaçúcar na fazenda de Las Manacas, em Birán, Província do Oriente, e depois do colapso do seu primeiro casamento, ele tomou sua serva doméstica, Lina Ruz González, como sua amante e mais tarde sua segunda esposa; juntos eles tiveram sete filhos, entre eles Fidel. Com 6 anos de idade, Castro foi enviado para viver com seu professor, em Santiago de Cuba, antes de ser batizado na Igreja Católica Romana aos 8 anos. Ser batizado habilitou Fidel a estudar no colégio La Salle, em Santiago, onde regularmente se comportava mal, e por isso foi enviado ao financiamento privado, a escola jesuíta Dolores, em Santiago. Em 1945 transferiu-se para o colégio

jesuíta mais prestigiado, El Colegio de Belén, em Havana. Embora ele tivesse um interesse em história, geografia e debatido em Belén, ele não se destacou academicamente, em vez disso dedicou boa parte de seu tempo a praticar esportes. Em 1945, Castro começou a estudar Direito na Universidade

Início da carreira política

Fidel Castro preso em 1953 após o assalto ao Quartel Moncada.

Bandeira do Movimento 26 de Julho criado em 1955 por um grupo de nacionalistas cubanos entre os quais Fidel Castro.

Depois de graduado, dedicou-se de modo especial à defesa dos opositores ao governo, trabalhadores e sindicatos, denunciou as corrupções e atos ilegais do governo de Carlos Prío através do diário Alerta e das emissoras Radio Álvarez e COCO e se vinculou estreitamente ao Partido do Povo Cubano (Ortodoxo) que era liderado por Eduardo Chibás, partido pelo qual seria candidato a Representante nas eleições de 1952. O golpe de estado em 10 de março de 1952 por Fulgencio Batista, ao qual Fidel condenou no diário La Palabra e pretendeu levar aos tribunais, o convenceu da necessidade de buscar novas formas de ação para transformar a sociedade cubana. Nos dias que se seguiram ao golpe, imprimiu em

de Havana.[24] Admitindo que ele era “politicamente analfabeto”, se envolveu em ativismo estudantil, e a violenta cultura gangsterista dentro da universidade. Apaixonado por anti-imperialismo e opondo-se a intervenção dos Estados Unidos no Caribe, ele, sem sucesso, fez campanha para a presidência da Federação de

Estudantes Universitários (Federación Estudiantíl Universitaria - FEU) com uma plataforma de “honestidade, decência e justiça”. Tornou-se crítico da corrupção e violência do governo do presidente Ramón Grau, com um discurso público sobre o assunto em novembro de 1946, que lhe valeu um lugar na

mimeógrafo e distribuiu clandestinamente sua denúncia. Uniu-se a jovens que editavam o periódico mimeografado clandestino, Son los Mismos, sugeriu a troca de seu nome pelo de El Acusador e foi coeditor desse novo órgão, onde assinou seus trabalhos apenas com seu segundo nome, Alejandro. Este mesmo pseudônimo utilizaria mais tarde em suas correspondências e mensagens. Daquele grupo sairia o núcleo inicial de jovens que sob seu comando atacariam de assalto ao Quartel Moncada em Santiago de Cuba e de Céspedes, (Bayamo) em 26 de julho de 1953 e fundaria depois o Movimento Revolucionário 26 de Julho (M-26-7).

primeira página de vários jornais. Em 1947, Castro entrou para o Partido Socialista do Povo Cubano (Partido Ortodoxo), fundado pelo político veterano Eduardo Chibás. Uma figura carismática, Chibás defendeu a justiça social, o governo honesto, e liberdade política, enquanto que o seu partido estava exposto a corrupção e exigia reformas. Apesar de Chibás perder a eleição, Castro permaneceu empenhado em trabalhar em seu nome. A violência estudantil em Grau logo se intensificou empregando líderes de gangues como policiais, e Castro logo recebeu uma ameaça de morte instando-o a deixar a universidade; recusando-se, começou a carregar uma arma e a cercar-se de amigos armados. Nos anos posteriores dissidentes anti-Castro o acusaram de cometer assassinatos relacionados com gangues na época, mas isto permanecem sem comprovação.

acompanhariam em seu intento de iniciar a luta insurrecional em Cuba, participou em atividades políticas, escreveu o Manifesto número um do Movimento 26 de Julho ao povo de Cuba que circulou clandestinamente na Ilha e firmou, com José Antonio Echeverría, presidente da FEU, o Pacto do México a favor da unidade das forças que se opunham à ditadura de Fulgencio Batista.

Preparação da revolução

A história me absolverá No julgamento que se seguiu pelas ações, assumiu sua própria defesa e defendeu o direito dos povos de lutarem contra a tirania. Condenado a quinze anos de prisão, começou a cumprir a pena na prisão de Boniato (Santiago de Cuba) e depois foi transferido ao Presídio Modelo (Isla de Pinos), onde reelaborou sua auto-defesa que levou o nome de A História me Absolverá, e teve sua primeira publicação e distribuição clandestinas em 1954 e desde então foi editada numerosas vezes em Cuba, como em muitos outros países e traduzido nos mais diversos idiomas.

Anistia Após ser anistiado em maio de 1955 graças a um amplo movimento popular, ocorreu uma intensa tarefa periodística de caráter político através do diário La Calle e do semanário Bohemia e em aparições radio-auditivas e televisivas enquanto estruturava o movimento 26 de julho em escala nacional e internacional.

Novo exílio no México Porém, ao começarem a censurar seus artigos e cerrar as vias e meios legais de expressão de suas ideias, decidiu seguir, apenas dois meses depois ao seu exílio no México onde trabalhou na preparação dos homens que o

O irmão de Fidel, Raúl Castro, junto com Che Guevara na Serra Maestraem 1958.

Em 1955 viajou aos Estados Unidos em busca de apoio dos emigrados cubanos neste país. Pronunciou discursos em Nova York e Miami. Ao fim de novembro de 1956, partiu do porto mexicano de Tuxpan, a bordo do Iate Granma, com várias dezenas de combatentes e em 2 de dezembro desembarcaram na praia Las Coloradas, próxima a Niquero (Oriente), e se abrigaram em Sierra Maestra onde permaneceu por mais de dois anos à frente do Exército Rebelde Cubano, do qual era comandante-em-chefe. Neste ínterim, desenhou e guiou a tática e a estratégia da luta contra a ditadura batistiana, financiada e apoiada pela unidade de ação das forças opositoras revolucionárias. Comandou diversos combates que culminaram em vitórias de suas tropas, orientou a criação de novas frentes guerrilheiras em Oriente e Las Villas, trabalhou na preparação de leis fundamentais que deveriam promulgar-


1º a 30 de novembro de 2016 | Página 13 se uma vez alcançada a vitória e divulgou suas ideias nacional e internacionalmente, através de meios improvisados na própria Sierra Maestra como o periódico El Cubano Libre, a emissora Radio Rebelde - ainda atuante - e mediante entrevistas realizadas por periodistas cubanos e estrangeiros.

Pós-revolução

Fidel Castro assina o termo de posse como primeiro Ministro de Cuba em 16 de fevereiro de 1959.

Depois do desmonte do regime ditatorial pela fuga de Batista em 1 de janeiro de 1959, convocou generais para consolidar a vitória da Revolução e marchou até Havana, onde entrou em 8 de janeiro. O Governo revolucionário instaurado o designou primeiramente Comandante em Chefe de todas as forças armadas e depois, em meados de fevereiro, Primeiro Ministro. Fidel Castro visitou, após a vitória, os Estados Unidos.[33] A URSS deu apoio econômico e militar ao novo governo de Castro, comprando a maioria do açúcar cubano. A partir de então, Cuba passou a sofrer um embargo econômico por parte dos Estados Unidos. A este respeito Fidel Castro disse: Nuestro pueblo heroico ha luchado 44 años desde una pequeña isla del Caribe a pocas millas de la más poderosa potencia imperial que ha conocido la humanidad. Con ello ha escrito una página sin precedentes en la historia. Nunca el mundo vio tan desigual lucha. Nosso povo heróico lutou 44 anos desde uma pequena ilha do Caribe, a poucas milhas da mais poderosa potência imperial que a humanidade já conheceu. Com ele escreveu uma página sem precedentes na história. Nunca o mundo viu uma luta tão desigual. —Discurso de 1 de maio de 2003, em Havana.

Che Guevara e Fidel fotografados por Alberto Korda em 1961 Imediatamente começou a impulsionar a criação de um novo aparato estatal, escreveu leis a favor dos setores mais desfavorecidos, entre essas leis encontra-se a lei de Reforma Agrária, que firmou ainda em Sierra Maestra em 17 de maio. Também fundou órgãos de novo tipo como o Instituto Nacional de Reforma Agrária (INRA, do qual foi seu primeiro presidente) e instituições culturais como a Imprensa Nacional de Cuba e o Instituto Cubano de Arte e Indústria Cinematográfica (ICAIC). O anúncio de sua renúncia ao cargo de primeiro-ministro em meados de julho de 1959 pelos obstáculos colocados pelo presidente Manuel Urrutia às leis e medidas revolucionárias, motivou uma massiva exigência popular para que se reincorporasse ao mesmo e forçou a renúncia do presidente. Em 26 de julho retomou o cargo. A partir de então pode levar adiante, desde os primeiros anos posteriores ao triunfo da Revolução, medidas e atividades de grande envergadura para o desenvolvimento ulterior do pais em todas as ordens, como a nacionalização de empresas estrangeiras, a Reforma Urbana, o desenvolvimento da indústria nacional e a diversificação agrícola, a campanha de alfabetização, a nacionalização e gratuitidade do ensino em todos os níveis, a eliminação da saúde pública privada e do desporte profissional, a melhoria das condições de vida dos setores mais populares, o estabelecimento de vínculos com nações de todo o mundo e todos os sistemas sociais de governo, a incorporação de Cuba ao Movimento de Países Não Alinhados, a definição de uma política exterior independente, e a declaração do caráter

socialista da revolução em abril de 1961. Conseguiu, ademais, a unidade das forças revolucionárias e anti-imperialistas do país em organizações massivas como a Associação de Jovens Rebeldes (ARJ), os Comitês de Defesa da Revolução (CDR), as Milícias Nacionais Revolucionárias (MRN), a União de Pioneiros de Cuba (UCP), a Federação de Mulheres Cubanas (FMC) e outras de caráter mais seletivo e político. Escreveu textos fundamentais da história contemporânea de Cuba e da América Latina como os da Primeira (1960) e Segunda (1962) Declaração de Havana. Em abril de 1961 dirigiu pessoalmente as tropas que derrotaram a invasão mercenária em Playa Girón, financiada e organizada pelos Estados Unidos. Sua intervenção em uma reunião com escritores e artistas na Biblioteca Nacional José Martí em junho de 1961, publicada depois sob o título Palavras aos Intelectuais, definiu aspectos da política cultural da Revolução ainda vigentes e facilitou a realização, em agosto deste mesmo ano, do Primeiro Congresso Nacional de Escritores e Artistas de Cuba. Foi membro do conselho de direção de Cuba Socialista (1961-1967). Desde outubro de 1965, quando o PURCS tomou o nome de Partido Comunista de Cuba, (PCC), têm sido membro de seu Comitê Central e seu Primeiro Ministro. Assim mesmo, ao constituir-se a Assembleia Nacional do Poder Popular em 1977, esta o elegeu Presidente dos Conselhos de Estado e Ministros, cargos nos quais tem sido ratificado desde então. Por suas responsabilidades a frente do PCC, o Estado e o Governo cubanos tem sido o principal orientador e impulsor das estratégias de desenvolvimento do país em todos os sentidos, assim como o arquiteto da política internacional da Revolução Cubana. Assim mesmo, ao constituir-se a Assembleia Nacional do Poder Popular em 1977, esta o elegeu Presidente dos Conselhos de Estado e Ministros, cargos nos quais tem sido ratificado desde então. Por suas responsabilidades a frente do PCC, o Estado e o Governo cubanos tem sido o principal orientador e impulsor das estratégias de desenvolvimento do país em todos os sentidos, assim como o arquiteto da política internacional da Revolução Cubana.

Relações mundiais A partir de 1959 viajou a uma infinidade de países da América Latina, Europa, África e América do Norte, para representar Cuba em congressos e conferências dos mais diversos tipos e organizações, assim como em outras atividades oficiais e visitas amistosas. Em 1959 foi ao Brasil, onde foi recebido pelo presidente Juscelino Kubitschek. Anteriormente já havia se encontrado com o deputado Jânio Quadros (que depois viria a ser presidente do Brasil). Foi durante a era Castro que houve oferecimento de tratamento gratuito de mais de 124 mil vítimas do acidente nuclear de Chernobil[34], participação direta na luta pelo fim do Apartheid na África do Sul[35], treinamento de médicos do Timor-Leste[36], entre outros. Em 2012, o jornal alemão Die Welt noticiou que, no contexto na Crise dos Mísseis de Cuba, diante dos riscos de uma possível invasão à ilha, Fidel Castro teria contratado antigos soldados nazis das SS para treinar os militares cubanos. A partir da repercussão da matéria, o Jornal de Noticias informa que os serviços secretos alemães teriam como certa a presença em Cuba de pelo menos dois dos quatro membros das SS convidados pelo regime de Fidel Castro, que teriam ido para Cuba ganhar salários quatro vezes superiores ao que um alemão médio auferia naquela época[37]. Ainda, segundo a mesma fonte, no mesmo ano Fidel Castro teria tentado comprar armamento belga através de intermediários da extrema-direita alemã. Em 13 de março de 1995, Fidel faz sua primeira visita à França, a uma potência ocidental desde a revolução de 1959. Na ocasião, Fidel declarou que a visita significava o fim do apartheid imposto a Cuba pelo Ocidente e atacou o bloqueio comercial imposto pelos Estados Unidos há mais de três décadas.[38] De especial significado foi sua presença nas cúpulas do

Movimento de Países Não-Alinhados. Documentos políticos, discursos, intervenções, artigos e entrevistas suas têm sido difundidos em livros próprios ou compilações, em filmes e nos mais importantes órgãos de imprensa escrita e emissoras de rádio e televisão de Cuba e de todo o mundo. Em 1961 foi-lhe atribuído o Prêmio Lênin da Paz. Várias universidades da Europa e América Latina lhe conferiram o título de Doctor Honoris Causa. Recebeu também múltiplas condecorações por seu labor em prol das relações com outros países, assim como o Prêmio Mijail Sholojov outorgado pela União de Escritores da Rússia em 1995. Fidel esteve Portugal, pela primeira vez, em outubro de 1998 durante a VIII Cimeira Ibero-Americana, realizada no Porto, e rapidamente se tornaria a personagem central do encontro. Em Matosinhos, num comício-festa de solidariedade com o povo cubano, Fidel terá feito “o mais longo discurso político algumas vez proferido” em terras portuguesas: foi um improviso que durou duas horas e meia. E ouviu de José Saramago, que acabava de ser galardoado com o Prémio Nobel da Literatura, as seguintes palavras: “Cuba dá-nos todos os dias uma lição de coragem. Cuba vive mais firme do que uma rocha, porque uma rocha desgasta-se, mas, até agora, a vontade do povo cubano não se desgastou.” A presença de Fidel no Porto daria mais força ao protesto de rua contra o bloqueio norte-americano à ilha, num dos dias da cimeira. À frente da manifestação seguiam, entre outros, Vasco Gonçalves, Rosa Coutinho e Mário Tomé. Em maio de 2001, o presidente cubano voltou a Portugal, mas a visita resume-se a uma passagem discreta por Lisboa

Patrimônio Em julho de 2014 foi publicado o livro “A vida Secreta de Fidel”, escrito por Juan Reinaldo Sanchez um ex-guarda-costas de Fidel. Sanchez, que fora preso em Cuba e acusado de traição exilou-se nos Estados Unidos em 2008, onde conheceu o jornalista francês Axel Gyldén que o ajudaria a escrever o livro. O autor afirma que Fidel nunca abandonou o capitalismo e cita entre seus bens algumas extravagâncias como a posse de uma ilha particular, uma reserva pessoal de caça, uma marina com quatro iates de alto luxo, um barco de pesca e pelo menos 20 residências igualmente recheadas de conforto. O livro ainda afirma que Fidel teria um enorme aquário cheio de golfinhos e tartarugas, que gosta de exibir a familiares e a amigos mais próximos. FIDEL CASTRO EM 2009 Em 2005 a revista Forbes especulou que o patrimônio de Fidel Castro atingiria aproximadamente 550 milhões de dólares. A Forbes chegou a esse número pela soma do patrimônio das empresas estatais do governo de Cuba. Com essa fortuna acumulada, especulou a revista, ele teria alcançado o décimo lugar na categoria “governantes e membros da realeza mais ricos do mundo”. A Forbes disse à BBC que, para estimar a presumível fortuna de Fidel, calculou o valor de mercado de várias empresas estatais cubanas, e atribuiu um percentual do valor assim obtido ao patrimônio pessoal de Fidel Castro. Um porta voz da revista confirmou à BBC que a revista não tem nenhuma prova de que Fidel Castro tenha contas bancárias no exterior, embora a revista mantenha que Fidel teria “uma fortuna”. Tais dados foram negados por Fidel no ano seguinte, ao considerar a notícia como uma infâmia com o objetivo de desprestigiar a revolução cubana “anular Cuba e pintar Castro como um ladrão”. Na oportunidade, Fidel Castro desafiou: “Se eles provarem que tenho um conta no exterior de 900 milhões, de um milhão, de 500 mil, de 100 mil ou de um dólar, eu renuncio a meu cargo e às funções que desempenho.” Fidel ainda alegou que a revista estaria ligada aos serviços de inteligência dos Estados Unidos, e afirmou que o próprio presidente Ronald Reagan teria nomeado o editor da revista para o cargo de coordenador das transmissões de rádio da Voz da América dirigidas à União Soviética durante a Guerra Fria. Ainda, segundo Fidel, muitos meios de comunicação, por todo o mundo, estariam buscando, “de maneira suja e baixa, desprestigiar a Revolução, anular Cuba e pintar Castro como um ladrão”.

Morte

Fidel Castro morreu em Havana na noite de 25 de novembro de 2016, aos 90 anos. A morte do líder cubano foi anunciada pela TV estatal cubana. Castro morreu às 22h29 e o corpo do ex-presidente de Cuba será cremado, “atendendo a seus pedidos”, informou Raúl Castro, na TV estatal. A última vez que Fidel havia sido visto publicamente foi em 15 de novembro, quando recebeu o presidente do Vietnã, Tran Dai Quang. O governo de Cuba decretou nove dias de luto nacional pela morte do líder da Revolução Cubana e anunciou que o funeral de Fidel ocorrerá no dia 4 de dezembro, no cemitério Santa Ifigenia, na cidade de Santiago de Cuba.


1º a 30 de novembro de 2016 | Página 14

HORÓSCOPO ÁRIES (21 MARÇO A 21 DE ABRIL ) Força interior, a energia espontânea, autoconfiança Em dezembro, o Carneiro estará em grande novamente nas suas relações sociais. As estrelas dizem-nos que amizades feitas neste período serão de longo prazo. As pessoas vão enriquecêlo com novos pensamentos assim como com as experiências que vai desfrutar com elas. No trabalho tenha cuidado com a negligência e erros aparentemente insignificantes. Com um pouco de paciência tudo será mais fácil. A sua paixão não lhe prestou muita atenção até agora, mas não desespere. As estrelas estão a chegar à posição correta e é extremamente atraente para o género oposto. Se os seus colegas de trabalho são irritantes, pague-lhes da mesma forma. Não seja submisso e não deixe que lhe tratem mal. Um concerto de música clássica é a forma correta de relaxar nesta noite.

TOURO

SAGITÁRIO LEÃO (22 JULHO A 22 AGOSTO) Corajoso, auto-confiante, assertivo e aberto assim é o Leão Em dezembro, não tenha medo se mimar. Após este ano difícil você definitivamente merece. Mime-se com uma experiência extraordinária, por exemplo. O seu estado de espírito vai estar melhor e não pode ser estragado mesmo pela pessoa que provavelmente irá aparecer à sua volta e que tem más intenções para consigo. Você vai lidar com ela facilmente. Na sua mente aparecerá uma ideia interessante, mas agora não é o momento certo para a confiar a ninguém. Deixe isso para mais tarde. Mantenha as suas ideias para si, haverá uma altura melhor para as aplicar. Visite a sua família. Talvez tenha evitado os seus entes queridos durante demasiado tempo, mas o seu interesse irá definitivamente fazê-los felizes.

VIRGEM (23 AGOSTO A 22 SETEMBRO)

(21 ABRIL A 20 MAIO) Dezembro é um mês muito estável. Agora é o melhor momento para planos de longo prazo, particularmente quando se trata de finanças. Por outro lado, o Touro deve ser cauteloso com problemas familiares. Você deve ganhar a confiança da pessoa atingida a fim de ajudá-lo nas suas dificuldades. Agora não é uma boa altura para investimentos. Pode receber uma batida forte. As obrigações e qualquer tipo de processo decorrerão realmente rapidamente. As estrelas favorecem-no. Deve acalmar-se. E nestes dias, paga o dobro. Tenha cuidado para não apanhar uma constipação.

GÊMEOS (21 MAIO A 20 JUNHO) Caráter comunicativo e cortês com senso de humor e criatividade Dezembro, para a Gêmeos, estará sob o signo da harmonia nos relacionamentos bem como na família. Vai apreciar isto mais durante o Natal. Neste período você também pode esperar muitas experiências novas. Você vai encontrar uma pessoa que irá enriquecer a sua personalidade com novas informações. Você vai perceber várias coisas e ganhar uma personalidade muito madura. A sua cara metade talvez não seja tão sonhadora. Mas isto definitivamente não tem de ser um problema se estiver disposta a fazer compromissos. Se reparar num erro efetuado pelo seu patrão, não o diga diante de todos, diga-lhe posteriormente em privacidade. Este dia é adequado para a reconstrução. Limpe ou pinte a propriedade, deite fora peças antigas de mobiliário e procure por novas.

CÂNCER

Virgem é cuidadoso e atencioso, mas inteligente e meticuloso Em dezembro, a oportunidade de fazer uma mudança na sua carreira vai finalmente chegar. As estrelas estão em posição estável e positiva, e agora o Virgem sair-se-á muito bem no campo de trabalho. O tempo vai passar muito mais rápido e sem grande esforço você irá facilmente gerir todas as tarefas e encontrar soluções para os problemas urgentes. Você vai gostar de trabalhar novamente. Entre si e os seus colegas de trabalho pode haver atrito. Tente descobrir onde está o problema e fale sobre ele. Visite um museu ou uma exibição. Irá divertirse e talvez aprender algo de novo. Deve tentar fortalecer a sua imunidade. Hoje em dia está vulnerável. Mas não confie em produtos artificiais.

LIBRA (23 SETEMBRO A 22 OUTUBRO) Justiça, simpatia, harmonia e intelecto Apesar de todas as dificuldades que teve que superar este ano, em dezembro, você vai descobrir que está feliz e que a vida é bela, independentemente de todos os seus problemas e questões. Este ano realmente enriqueceu os Balanças. Todas as experiências negativas não tem que ter consequências más. Graças a estas situações, você aprende. Tente manter um ritmo razoável. Não se aprece, mas também não fique para trás dos demais. Não se esqueça dos seus amigos. Preste-lhes atenção. Encontre-se com um amigo, por exemplo, para um café. Paz na alma impedirá uma visita a um médico ou terapeuta.

ESCORPIÃO (23 OUTUBRO A 21 NOVEMBRO)

(21 JUNHO A 21 JULHO) Emotivo, mas de caráter receptivo, temperamental e reservado O Caranguejo irá rever o ano neste mês de dezembro. Você teve grande sucesso e pode orgulhar-se de si mesmo. Só não torne demasiado óbvio. Em qualquer lugar pode conhecer pessoas invejosas que vão tentar abusar de si e roubar pelo menos parte de seu sucesso. Quando algumas reuniões se alonga não fique frustrado. Pode acontecer de vez em quando. A posição das estrelas diz que agora é a altura certa para desportos energéticos e para ganhar músculos. Visite um centro de fitness ou um ginásio. Ultimamente pode estar mal-humorado, mas isso vai mudar. Neste momento, a posição das estrelas está mudando

Lutador, observador, clarividente e empático com os outros Com o último mês deste ano - Dezembro, você é incentivado a investir toda a sua energia na sua carreira. Pode ser recompensado numa progressão na carreira ou um bônus especial para os mais diligentes. Também começar a olhar ao seu redor mais cuidadosamente. O Escorpião não deve recusar convites para sair. Agrade o seu querido e surpreenda-o com algo que ele gosta. Pode ser um pequeno presente, um alimento delicioso ou relaxamento – algo que o faça feliz. Ainda não teve a oportunidade para conhecer toda a sua família há já algum tempo. Mostre alguma iniciativa e organize uma reunião. O humor reflete-se na condição física. Coloque as suas preocupações longe quando faz desporto.

(22 NOVEMBRO A 21 DEZEMBRO)

Intencional,

AQUÁRIO (21 JANEIRO A 19 FEVEREIRO)

enérgico e cheio de desejo e es-

forço Dezembro vai finalmente trazer-lhe paz e harmonia. Você terá tempo para relaxar um pouco, respirar fundo e rever o ano que passou. O Sagitário fez grandes progressos na sua personalidade. Agora você está mais equilibrado e é mais fácil lidar com o stresse. Agora nada pode estragar o seu Natal. As estrelas afetam-no forte e positivamente por ser paciente neste período. É por isso que pode facilmente superar os pequenos problemas com o seu parceiro e ajudá-lo a sentir novamente a harmonia. Pode iniciar a sua tentativa para uma posição superior no trabalho. O seu caminho está totalmente aberto. Deve acalmar-se. E nestes dias, paga o dobro. Tenha cuidado para não apanhar uma constipação.

Cheios de alma e românticos com um sentido de experimentação O final do ano vai trazer um período estável quando se trata da carreira para o Aquário. Só não deixe que os dias curtos e os eventos chatos o façam diminuir o ritmo de trabalho. Muita passividade nunca é uma boa ideia. Em dezembro, você também deve pensar na sua saúde e prevenção. Você não vai querer adoecer durante o Natal. Agora não é uma boa altura para investimentos. Pode receber uma batida forte. Nem todos os dias são o melhor dia. Não desespere se as coisas não funcionam como tinha planeado de vez em quando. Ultimamente pode estar mal-humorado, mas isso vai mudar. Neste momento, a posição das estrelas está mudando.

CAPRICÓRNIO

PEIXES

(22 DEZEMBRO A 20 JANEIRO)

(20 FEVEREIRO A 20 MARÇO)

Os signos conservadores são práticos, cautelosos, persistentes e sérios Último mês deste ano - dezembro, você pode desfrutar plenamente e sem segundas intenções. Você também vai encontrar tempo para olhar para trás para eventos anteriores e revê-los. O que foi bom e que você quer melhorar. Você vai amadurecer pessoalmente durante este período e definir suas prioridades. Os Capricornianos têm um ano de sucesso atrás deles. Tem de ter outros pensamentos, por isso socializar com amigos durante a noite irá definitivamente adequar-se a si. Faça uma viajem. Se o tempo estiver demasiado mau, pelo menos faça alguns planos. Não precisa de se preocupar. Os médicos não irão fazer-lhe mal, pelo contrário eles podem ajudar.

Signo modesto e sensível, que têm forte percepção interna e inspiração O Peixes que não tenha encontrado o seu par ainda, pode desfrutar de muita diversão, enquanto socializa e flertar em dezembro. Mesmo sem saber, você vai atrair o sexo oposto e vai ser muito fácil para si fazer novas amizades. De acordo com este horóscopo, você poderá desfrutar mais do Natal no círculo da sua família. Não tente desperdiçar a sua energia com pessoas que não valem a pena. Tente, ao invés, olhar à sua volta e verá quem são os seus verdadeiros amigos e quem não o é. Mantenha as suas ideias para si, haverá uma altura melhor para as aplicar. O teatro pode ser divertido, depende da escolha de género. Dê uma vista de olhos.


POLICIAL

1º a 30 de novembro de 2016 | Página 15

Operação Impacto resulta na redução dos roubos de veículos em Curitiba A Operação Impacto, deflagrada pela Secretaria Estadual da Segurança Pública e Administração Penitenciária, reduziu o número de roubos de veículos em Curitiba. Durante os 30 dias de operação (de 14 de setembro a 14 de outubro), o registro de roubo de carros na capital caiu 3,49% quando comparado com o mesmo período de 2015. Em Curitiba, 850 pessoas foram conduzidas para a delegacia. Em todo o Paraná, foram 6.890 nos 30 dias da operação. A Impacto conseguiu, ainda, frear o aumento dos crimes de furtos e roubos – que vêm assolando praticamente todos os estados do País. ”Verificamos que as ações ostensivas da Polícia Militar e o trabalho da Polícia Civil com foco em quadrilhas específicas da área de crime patrimonial, além da aplicação do efetivo policial utilizando viaturas locadas, tiveram um resultado muito efetivo e positivo”, disse o secretário Wagner Mesquita. “Houve diminuição dos roubos e furtos de veículos. Houve, também, um decréscimo no caso de roubos, que vinha numa escalada”, explicou. “Vamos agora prorrogar este planejamento para utilização destas viaturas também na Operação Verão. Estamos finalizando os estudos para aplicação desta modalidade de patrulhamento nos demais grandes centros urbanos do nosso Estado”, completou. PATRIMONIAIS - A Operação Impacto foi estruturada ainda no primeiro semestre, após análise dos dados feita pela Coordenadoria de Análise e Planejamento Estratégico (Cape), órgão da Secretaria da Segurança,

que apontava para uma maior incidência de crimes patrimoniais (furtos e roubos). A Impacto reuniu todas as forças de segurança do Estado: polícias Militar, Civil e Científica, além do Departamento de Inteligência do Estado do Paraná (Diep) e do Departamento Penitenciário (Depen). O planejamento para coibir estas atividades criminosas consistiu no reforço do policiamento ostensivo e preventivo feito pela Polícia Militar, aliado ao trabalho estratégico do Diep e da Polícia Civil com operações pontuais para desarticular quadrilhas que operavam em Curitiba. HOMENS E VIATURAS -Além do reforço humano, de quase 800 policiais militares para atuar na capital (que estão na fase final do curso de formação), a Secretaria da Segurança Pública alugou 200 viaturas para a PM atender as ocorrências. A estratégia foi posicionar policiais e viaturas nos locais e horários com maior incidência criminal. Equipes do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), unidades de elite das polícias Civil e Militar, fizeram rondas noturnas especializadas para evitar ações de quadrilhas de explosão de caixas eletrônicos. ”Além deste planejamento operacional, envolvendo todas as forças de segurança do Paraná, é necessário mudanças na legislação. Só em 2016, um rapaz chamado Douglas foi preso 13 vezes. Mais de uma vez por mês. E outro, menor de 18 anos, foi detido 11 vezes”, explicitou Mesquita.

OPERAÇÕES – No primeiro dia da operação Impacto, a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Curitiba deflagrou a operação Face Norte, que resultou na prisão de 13 integrantes de uma quadrilha suspeita de roubar e furtar mais de 100 veículos na capital só este ano – dos mais variados modelos, desde carros populares até automóveis de luxo, como BMW. Em outra operação, a Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) prendeu 26 pessoas suspeitas de tráfico de drogas em Curitiba. Onze delas faziam parte de uma quadrilha que chefiava o tráfico nos bairros Boqueirão e Hauer. As outras 15 pessoas foram detidas em flagrante quando vendiam drogas em ruas do Centro, em Curitiba. As operações da Denarc aconteceram nas ruas Trajano Reis, Cruz Machado e São Francisco. ”Durante o período da operação buscamos ações de polícia judiciária no sentido de identificar quadrilhas que atuavam nos crimes contra o patrimônio. Tivemos êxito em dezenas de prisões de pessoas que foram investigadas pela Polícia Civil, colaborando dessa forma com a inversão da curva que era ascendente na estatística criminal”, avaliou o delegadogeral da Polícia Civil, Júlio Cezar dos Reis. D E PA R TA M E N T O PENITENCIÁRIO – Com a deflagração da Operação Impacto, o Depen intensificou as ações de revistas – conhecidas como “bategrade” – nas unidades prisionais do Paraná. Foram apreendidos 171 aparelhos celulares, 121 carregadores, 53 buchas de

maconha, 27 de cocaína, 24 comprimidos de LSD, dois de ecstasy, além de serras e pacotes de fumo caiçara. As ações de revista foram feitas pelas equipes SOE (Serviço de Operações Especiais) do Depen, com apoio da PM. ”Tivemos também a realização de mutirões carcerários, destacando-se o mutirão das penitenciárias femininas com a liberação de cerca de 320 mulheres, o que teve um resultado prático bastante interessante, porque nos trouxe a possibilidade de esvaziarmos uma das penitenciárias exclusivas para o público feminino. Isso gerou espaço suficiente para a unidade de segurança mínima que vai constituir a porta de saída do sistema penitenciário, um projeto inovador, dentro do contexto do Conselho Nacional de Justiça, na proposta do projeto Cidadania nos Presídios”, explicou o diretor do Depen, Luiz Alberto Cartaxo. REGIÃO METROPOLITANA – Além de Curitiba, a Impacto foi deflagrada em dez municípios da região metropolitana. Ao final dos 30 dias, observou-se que o número de furtos caiu 9,20%, o furto de veículo reduziu 17,61%, no entanto, os registros de roubo aumentaram em 9,19%, em comparação com o mesmo período do ano passado. “Tivemos índices que foram reduzidos, no entanto, o crime de roubo de veículos ainda merece nossa total atenção. Vamos intensificar agora o trabalho na região metropolitana. O último lote com as viaturas locadas será entregue nos próximos dias e elas serão aplicadas especificamente na Região Metropolitana.

A Operação Impacto, deflagrada pela Secretaria Estadual da Segurança Pública e Administração Penitenciária, reduziu o número de roubos de veículos em Curitiba. Durante os 30 dias de operação (de 14 de setembro a 14 de outubro), o registro de roubo de carros na capital caiu 3,49% quando comparado com o mesmo período de 2015. Em Curitiba, 850 pessoas foram conduzidas para a delegacia. Em todo o Paraná, foram 6.890 nos 30 dias da operação. A Impacto conseguiu, ainda, frear o aumento dos crimes de furtos e roubos ? que vêm assolando praticamente todos os estados do País. Curitiba, 28/11/2016. Foto: Divulgação SESP


1ยบ a 30 de novembro de 2016 | Pรกgina 16


Edição novembro 2016