Page 1


Identidade Visual é o conjunto de elementos e formas que representa ‘’Indivíduos, comunidades e organizações expressam a individualidade por ‘Praticamente tudo o que os nossos olhos vêem é comunicação visual, uma visualmente e de forma sistematizada, um nome, ideia, produto, empresa ou meio da sua identidade (...) Enquanto as marcas falam de modo virtual para a nuvem, uma flor, um sapato, um cartaz, uma libélula, um telegrama, uma serviço. mente e para o coração, a identidade da marca é tangível e apela aos bandeira.’ sentimentos. A identidade é a expressão visual e verbal de uma marca. A Bruno Munari identidade dá apoio, expressão, comunicação, sintetiza e visualiza a marca. ‘’Conjunto integrado de elementos visuais que distingue de modo Você pode vê-la, tocá-la, agarrá-la, ouvi-la, observá-la se mover. Ela começa com um nome e um símbolo e evolui parar tornar-se uma matriz de prontamente identificável determinada instituição. produto etc.’’ instrumentos e de comunicação (...) Os melhores sistemas de identidade de marca são memoráveis, autênticos, significativos, diferenciados, Houaiss sustentáveis, flexiveis e agregam valores.’’ Wheeler (2008. pag. 10,12,14)

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

002


Alfabética

100% Design

DM9DDB

6B

Gad

A3

Haus

ADD

Keenwork

Ag2

Komm

Agência Box

M2 Design

Ana Couto Branding & Design

Meta Design

Bold

MiniagênciaStudioBah

Brander

Verdi

Crama

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

003


Grandes Empresas

Médias Empresas:

Pequenas Empresas:

DM9DDB

Meta Design

Crama

100% Design

Ana Couto Branding & Design

StudioBah

Komm

6B

A3

Miniagência

Bold

Agência Box

Keenwork

Haus

Brander

M2 Design

Gad

Contínua

ADD DCS Verdi

As empresas foram classificadas de acordo com o critério CLIENTE, sendo as maiores empresas aquelas que atendiam clientes de maior porte e importância.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

004


Temporal

Século XXI:

Século XX:

Agência Box

Dm9

100% Design

6B

StudioBah

Verdi

ADD

Crama Ana Couto Branding & Design Ag2 A3

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

005


Rio Grande do Sul:

São Paulo:

Rio de Janeiro:

DCS

DCS

Ana Couto Branding & Design

Ag2

Ag2

Bold

StudioBah

DM9DDB

Crama

Miniagência

A3

Verdi

6B

ADD

Komm

Gad

Ana Couto Branding & Design

Locacional

100% Design Agência Box Bold Meta Design

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

006


Agências:

Escritórios:

Studio:

Ag2

Gad

6B

DM9DDB

Verdi

A3

Miniagência

Meta Design

Agência Box

ADD

Categorial

Haus Bold 100% Design Ana Couto Branding & Design Komm StudioBah DCS

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

007


A empresa Nome: GD Escritório de Design. Definição: Empresa de prestação de serviços de design gráfico. Fundada em: Setembro/ 2010 Local de Fundação: Centro Universitário UniRitter - Porto Alegre. Segmento de Mercado: Prestação de Serviços. Mercados Regionais onde está presente: Porto Alegre e interior do Rio Grande do Sul

Os produtos Descrição dos produtos/servços: Criação e redesenho de projetos gráficos, identidades visuais, projetos editoriais e de sinalização e embalagens. Voltado para quais mercados? Voltado para o mercado nacional de produção industrial, em todos os ramos de produtos de consumo. Dinâmica de qualidade? ISO? Atualização tecnológica? Constantemente em atualização tecnológica. Diferenciais: Qualidade, criatividade, metodologia, inovação e teconologia.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

008


O Mercado Em qual mercado atua? Mercado de design/desenho industrial As empresas/pessoas que utilizam seus produtos/serviços como consumidores finais? Empresários de pequeno à grande porte. Perspectivas a curto, médio e longo prazo? As perspectivas a curto prazo são conquistar a confiança do cliente e um lugar no mercado para a longo prazo estar atendendo as maiores empresas do país Como está o nível de exigência do mercado? O nível de exigência do mercado é alto e competitivo.

Quais seus pontos fortes e fracos? Pontos fortes: agilidade e qualidade, pontos fracos: preços altos. Quais atitudes já foram tomadas pela empresa em função da atuação da concorrência? Ampliação de suas áreas de atuação.

Os fornecedores Quem são os fornecedores/representantes? Gráficas, fornecedores e empresas que trabalham com papéis, plásticos e aplicação de materiais.

A Concorrência Quais são os concorrentes da empresa? Gad, Verdi, dcs, ADD. Quais os diferenciais dos concorrentes em relação à empresa em termos de: Produtos: O GAD se diferencia por ter uma equipe muito grande que atuam em diversas áreas como design arquitetura e publicidade. Serviços: Design de ambientes, embalagens, web design, leiaute de impressos, arquitetura. Atendimento: Personalizado, visando às necessidades de cada cliente. Quais as estratégias já identificadas dos concorrentes? Propaganda em rádios e jornais.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

009


A comunicação

O público final

Como tem ocorrido a comunicação da empresa com: Público consumidor Quais são os usuários finais dos produtos/serviçoes? consumidores final; Público fornecedor: Público interno (funcionários, vendedores); diversos (alimentícios, vestuários, automobilísticos e etc.) É pessoa física ou jurídica que adquire os produtos/serviços? Ambas. Formadores de opinião no mercado. Que tipo de informação a empresa tem passado? Há algum canal específico e definido de contato com algum público? A empresa realizou algum evento junto a algum público? (convenção de vendedores/representantes, por exemplo?) Se sim, como o planejamento e quais os resultado? Não. A empresa participou de alguma feira de negócios ou evento ligado à sua área de atuação? Se sim, como foi feito o planejamento e quais os resultados? Não. A empresa tem feito algum tipo de propaganda: técnica, comercial? Em que meios/veículos? Quais os resultados? Não

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

010


Leitura de Fatores

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

1

8

8

8

1. Antropológico 2. Ecológico 3. Econômico 4. Ergonômico 5. Filosófico 6. Geométrico 7. Mercadológico 8. Psicológico 9. Tecnológico

9

9

9 1

1

2 3

7 6

2 7 6

7 3

5

4

2 3

5

4

4

6 5

011


? Problematização

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

Si + Sf

O que desenvolver como projeto? Um sistema de identidade gráfico-visual Situação Inicial: Desenhar uma identidade visual para um escritório de próprio, que sirva de identidade visual de um escritório de design e/ou design que ficará localizado em Porto Alegre - RS, atendendo à diversas também como marca para grife. empresas de pequeno à grande porte da região. Por que? Para construir uma identidade forte e criativa que represente e Situação Final: Os materiais para o produto serão papelaria (cartões de identifique a pessoa/instituição, além da construção de um portfólio sólido. visita, folders, folha timbrada, ect.) e mídia digital (website, banners, e-mails etc.) Como? Através do Processo Criativo (Gomes, 2001), com ênfase nas fases de Preparação e Esquentação.

012


Denotação

desenho s.m 1 representação de seres, objetos, ideias, sensações, feita sobre uma superfície, por meios gráficos, com instrumentos apropriados 2 p.met. conjunto de procedimentos relativos a essa arte 3 p.met. arte que utiliza e ensina essa técnica de representação 4 qualquer obra de arte executada por meios gráficos 5 p.ext. configuração de um (conjunto); contorno delineamento, recorte 6 fig. desenho da situação 7 a forma considerada dos pontos de vista estético e utilitário, esp. o contorno quando apreciado pelas suas qualidades plásticas 8 figura ou conjunto de figuras de efeito decorativo 9 representação de objetos executada para fins científicos, técnicos, industriais, ornamentais; planta, risco, traçado.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

ilustração s.f 1 ato ou efeito de ilustrar(-se) 2 p.met. pessoa ilustre por seu conhecimento 3 ato de esclarecer, de ilustrar por meio de explicações; esclarecimento, comentário 4 adorno ou elucidação de texto por meio de estampa, figura 5 p.met. EDIT publicação que contém estampas, gravuras, desenhos etc. 6 p.met. GRÁF desenho, gravura, imagem que acompanha um texto.

identidade visual PUB conjunto integrado de elementos visuais (p.ex., logotipo, embalagens, uniforme, cores, etc.) que distingue de modo prontamente identificável determinada instituição, produto, promoção.

design [ing] s.m DES.IND 1 a concepção de um produto (máquina, utensílio mobiliário, embalagem, publicação etc.), esp. no que se refere à sua forma industrial adj.2g. 1 relativo à indústria 2 produzido pela indústria, física e funcionalidade 2 p.met. o produto desta concepção 3 p.ext. m.q industrializado 3 em que as indústrias estão desenvolvidas ou disseminadas. DESENHO INDUSTRIAL 4 p.ext. m.q. DESENHO-DE-PRODUTO 5 p.ext. m.q. PROGRAMAÇÃO VISUAL 6 p.ext. m.q. DESENHO 7 comunicação s.f. ato ou efeito de comunicar(-se) 1 ato de transmitir uma mensagem e, eventualmente, receber outra mensagem como resposta 1.1 gráfico adj. 1 relativo a grafia ou a gráfica 2 impresso em gráfica 3 relativo ou COMN processo que envolve a transmissão e a recepção de mensagens destinado à representação da linguagem por sinais visuais desenhados ou entra uma fonte emissora e um destinatário receptor, no qual as informações, gravados 4 relativo a qualquer tipo de grafismo produzido pela mão humana transmitidas por intermédio de recursos físicos (fala, audição, visão etc.) ou sobre uma superfície (pedra, barro, madeira, papiro, casca de árvore, de aparelhos e dispositivos técnicos, são codificadas na fonte e pergaminho, papel, parede etc.) decodificadas no destino com o uso de sistemas convencionados de signos ou símbolos sonoros, escritos, iconográficos, gestuais, etc. 2 p.met. a design gráfico DES.IND GRÁF conjunto de técnicas e de concepções informação transmitida; seu conteúdo 3 p.met atividade profissional estéticas aplicadas à representação visual de uma ideia ou mensagem, relacionada ao estudo ou à aplicação desses conhecimentos, técnicas e criação de logotipos, ícones, sistemas de identidade visua, vinhetas para procedimentos 4 PED conjunto de conhecimentos, técnicas e procedimentos televisão, projeto gráfico de publicações impressas etc. relativos ao processo de comunicação e ministrado como disciplina em faculdades, cursos, etc.

013


Conotação

Comunicação Visual É possível definir o que se entende por “comunicação visual? praticamente tudo o que nossos olhos vêem é comunicação visual, um nuvem, uma flor, um desenho técnico, um sapato, um cartaz, uma libélula, um telegrama (excluindo seu conteúdo), uma bandeira. Imagens que como todas as outras, têm um valor diferente segundo o contexto em que estão inseridas, dando informações diferentes. No entanto, entre todas as mensagens que passam através dos nossos olhos é possível fazer, pelo menos, duas distinções: a comunicação pode ser casual ou intencional. Comunicação visual casual é a nuvem que passa no céu não, certamente com a intenção de advertir que está a chegar um temporal. Comunicação intencional é, pelo contrário, a série de nuvenzinhas de fumo que os índios faziam para comunicar, através de um código preciso, uma informação precisa. ” MUBARI, Bruno. Design e Comunicação Visual

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

Desenho de Comunicação Seriam aqueles tipos de desenho que apresentam detalhes técnicos para o planejamento e o projeto desenvolvido pelo desenhador, no sentido de melhor comunicar informações fonográficas, pictográficas, ideográficas, logográficas, fotográficas etc, e que demonstram preocupações com a qualidad, objetividade, legibilidade, clareza e estética das mensagens sonoras, táteis e, principalmente visuais, impressas ou televisivas, como por exemplo, o desenho publicitário, o desenho de sinalização, o desenho de humor etc. Desenho Industrial O Desenho Industrial (...) se caracteriza por: (i) todo desenho de projetos e planos que revela destreza, técnica, perícia, aptidão do desenhador ao conceber produtos voltados para a produção industrial, seja ela de base manual ou mecânica, seja para produção em série limitada ou ilimitada; (ii) todo o desenho que é feito com o objetivo de ser vendido para servir de base, de guia, de padrão para qualquer produção industrial de produtos de capital, de consumo ou de serviços; (iii) todo desenho que é desenvolvido em sociedades cuja atividade econômica está alicerçada no setor secundário da indústria; (iv) todo desenho que através da conjugação de trabalho e do capital, auxilia na transformação de matérias-primas ou materiais em bens industriais. GOMES, Luiz Vidal. Desenhismo

Desenho Idustrial (Design) é o quacionamento simultâneo de fatores ergonômicos, perceptivos, antropológicos, tecnológicos, econômicos e ecológicos, no projeto de elementos e estruturas físicas necessárias à vida, ao bem estar, e/ou a cultura do homem. ERGONOMIA: homem, usuário, necessidades, sociedade. Satisfação de necessidades, materiais primárias, equilíbrio social. PERCEPÇÃO: forma, percepção visual, estética, informação. Cultura material e iconográfica, identidade cultural. ANTROPOLOGIA: utilidade, funcionalidade, uso, comunicação. Seleção das funções úteis, equilíbrio produção/necessidades. TECNOLOGIA: indústria, seriação, máquina, tecnologia. Acesso a toda população, uso de mão de obra, criação de tecnologia. ECONOMIA: custo, racionalização, produtividade, economia. Redução do custo do produto, atendimento à demanda interna. ECOLOGIA: ambiente, sistema, harmonia, recursos naturais. Uso de recursos locais. REDIG, Joaquim. Sobre Desenho Industrial. Identidade Visual O sistema de identidade visual (SIV) – também conhecido como Programa de Identidade Visual (PIV) – é como se configura objetivamente a identidade. Formam o sistema todos os veículos que veicule os elementos básicos da identidade visual: o logotipo, o símbolo, a marca, as cores institucionais e o alfabeto institucional, alem de outros eventuais elementos acessórios, que são aplicado em itens específicos (material de papelaria, letreiros, uniformes, sinalização, embalagens, gráfica ambiental etc). Esse veículos são chamados de aplicações. O SIV é então formado por todas essas aplicações porque elas veiculam aqueles elementos de identidade visual que estão normatizados por ele. PEÓN, Maria Luisa. Sistemas de Identidade Visual.

014


Conotação

Identidade Indivíduos, comunidades e organizações expressam a individualidade por meio de sua identidade. Em um desenrolar contínuo do que começou nas pinturas das cavernas de Lauscaux e vem até as mensagens digitais transmitidas via satélites, a humanidade está sempre criando uma paleta sensorial de expressão visual e verbal que é infinita. Marca A marca é a promessa, a grande idéia e as expectativas que residem na mente de cada consumidor a respeito de um produto, de um serviço ou uma empresa. As pessoas se apaixonam pelas marcas, confiam nelas, são fiéis a elas, compram e acreditam na sua superioridade. A marca é como a escrita manual. Ela representa alguma coisa.

Identidade Visual Enquanto as marcas falam de modo virtual para a mente e para o coração, a identidade da marca é tangível e apela aos sentidos. A identidade é a expressão visual e verbal de uma marca. A identidade dá apoio, expressão, comunicação, sintetiza e visualiza a marca. Você pode vê-la, tocá-la, agarrála, ouvi-la, observá-la se mover. Ela começa com um nome e um símbolo e evolui para tornar-se uma matriz de instrumentos e de comunicação. A identidade de marca aumenta a conscientização e constrói empresas. (…)Os melhores sistemas de identidade de marca são memoráveis, autênticos, significativos, diferenciados, sustentáveis, flexíveis e agregam valores. Logotipos É uma palavra ou palavras independentes. Pode ser o nome de uma empresa ou um acrônimo. Os melhores logotipos impregnam uma palavra legível (ou palavras) com as características distintivas de uma fonte tipográfica e podem integrar elementos abstratos ou pictóricos. Tipografia É parte essencial em um programa de identidade eficaz. Uma imagem unificada e coerente de uma empresa não é possível sem uma tipografia que tenha uma personalidade especial e uma legibilidade inerente. A tipografia deve dar apoio à estratégia de posicionamento e à hierarquia da informação. A tipografia de um programa de identidade precisa ser sustentável e não simplesmente flutuar na curva de uma onda.

Cartão de visitas O cartão de visitas é uma ferramenta de marketing pequena e portátil. A qualidade e inteligência da informação são reflexos do portador do cartão e de sua empresa. Os cartões de visitas digitais estão ganhando popularidade. Esses mini-CDs têm a capacidade de conter uma apresentação em multimídia no tamanho de um cartão de crédito. No futuro, um cartão de visitas em high-tech poderá funcionar também como cartão de identidade e incluir impressão digital do portador ou outros dados biométricos. Embalagem O design de embalagens é uma especialidade que envolve a colaboração com designers industriais, engenheiros e fabricantes. Nas indústrias da alimentação e farmacêutica, ele é regulamentado pelo governo. O design de embalagem é somente uma parte do quebra-cabeças que envolve o lançamento de um produto. Os cronogramas de prazos incluem a aprovação das embalagens com os setores de vendas, fabricação e distribuição, bem como a propaganda. Sinalização A comunicação ambiental é uma outra oportunidade de construção da marca. Nas ruas e arranha-céus da cidade, em museus e aeroportos, a sinalização funciona como identificação, informação e propaganda. Há provas de que a sinalização eficaz nas lojas aumenta as vendas e de que sistemas inteligentes dão apoio e acentuam a experiência de uma marca, seja de uma cidade, uma universidade ou um distrito industrial. Website Um conteúdo atraente, som, movimento e cor criam uma experiência dinâmica, dialética e interativa da empresa, dando vida à personalidade da marca. Um website é a melhor coisa depois da realidade, e em alguns casos é mais eficiente, mais amigável e mais rápido para o usuário. Quem está no comando é o usuário. WHEELER, Alina. Design de Identidade da Marca.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

015


Diacronia

Peter Behrens (1868 - 1940)

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

016


Diacronia

Henry van de Velde

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

017


Diacronia

Will Bradley

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

018


Diacronia

Eric Gill

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

019


Diacronia

Wiener Werkstätte

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

020


Diacronia

Charles Rennie Mackintosh

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

021


Diacronia

Italian Futurism

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

022


Diacronia

A.M. Cassandre

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

023


Diacronia

De Stijl

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

024


Diacronia

El Lissitzky

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

025


Diacronia

Bauhaus

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

026


Diacronia

László Moholy-Nagy

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

027


Diacronia

Herbert Bayer

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

028


Diacronia

Jan Tschichold

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

029


Diacronia

Alexey Brodovitch

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

030


Diacronia

Art Decó

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

031


Diacronia

Studio Boggeri

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

032


Diacronia

Hermann Zapf

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

033


Diacronia

Max Bill

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

034


Diacronia

Herbert Matter

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

035


Diacronia

Saul Bass

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

036


Diacronia

Paul Rand

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

037


Diacronia

Josef Muller-Brockmann

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

038


Diacronia

Otl Aicher

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

039


Diacronia

Yusaku Kamekura

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

040


Diacronia

Push Pin Studio

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

041


Diacronia

Herb Lubalin

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

042


Diacronia

Grapus

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

043


Diacronia

Jan van Toorn

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

044


Diacronia

Bruno Monguzzi

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

045


Diacronia

Ikko Tanaka

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

046


Diacronia

April Greiman

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

047


Diacronia

Neville Brody

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

048


Diacronia

Jonathan Barnbrook

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

049


Diacronia

David Carson

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

050


Sincronia

www.anacouto.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

051


Sincronia

www.gad.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

052


Sincronia

www.studioasterisk.com

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

053


Sincronia

www.andy-potts.com

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

054


Sincronia

www.atelierworks.co.uk

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

055


Sincronia

www.bluesource.com

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

056


Sincronia

www.frostdesign.com.au

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

057


Sincronia

www.dcsnet.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

058


Sincronia

www.dm9.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

059


Sincronia

www.a3.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

060


Sincronia

www.6bestudio.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

061


Sincronia

www.studiobah.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

062


Sincronia

www.kommdesign.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

063


Sincronia

www.bolddesign.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

064


Sincronia

www.crama.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

065


Sincronia

www.100porcento.net

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

066


Sincronia

www.keenwork.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

067


Sincronia

www.brander.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

068


Sincronia

www.metadesign.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

069


Sincronia

www.miniagencia.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

070


Sincronia

www.verdi.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

071


Sincronia

www.add-digital.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

072


Sincronia

www.add-digital.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

073


Sincronia

www.agenciabox.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

074


Artefato Assinatura Visual Análise Estrutral

Partes Símbolo Logotipo

Componentes Padrão Cromático Padrão Tipográfico

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

075


Artefato Assinatura Visual Análise Estrutral

Partes Símbolo Logotipo

Componentes Padrão Cromático Padrão Tipográfico

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

076


Análise Funcional Em Relação ao Uso

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

077


Análise Funcional Em Relação ao Uso

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

078


Análise Morfológica

Equilíbrio Estático

Padrão Cromático Hierarquia Cromática

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

079


Análise Morfológica

Equilíbrio Estático

Padrão Cromático Hierarquia Cromática

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

080


1. Requerimentos de Uso 2. Requerimentos de Função 3. Requerimentos Estruturais Lista de Requerimentos

4. Requerimentos Técnico-produtivos 5. Requerimentos econômicos ou de mercado 6. Requerimentos formais 7. Requerimentos de identicação 8. Requerimentos legais

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

081


1. Requerimentos de Uso

Lista de Requerimentos

Praticidade: Simples e coerente, contribuindo para o bom entendimento de quem a vê. Conveniência: Produto com funções estabelecidas Segurança: Realizar corretamente, utilizando sempre o conhecimento de projetação. Manutenção: Devemos ter um cuidado especial, respeitando às normas do Manual de de Identidade Visual, mantendo-a moderna e atrativa. Reparo: Sempre modificá-la quando preciso, para assim envolver um grande público. Manipulação: Bons resultados na relação entre o público e a identidade visual. Antropometria: Deve-se levar em consideração se os tamanhos, principalmente dos materiais de papelaria são adequados ao usuário.

Ergonomia: Levar em conta os aspectos de visibilidade e leiturabilidade. Percepção: Ser compreensível pelo público-alvo. Transporte: Pastas e assemelhados com sua respectiva identidade, para um transporte facilitado.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

082


2. Requerimentos de Função

Lista de Requerimentos

Mecanismos: Extensões de arquivos diferenciadas para orientar o projeto. Confiabilidade: Fundamentação do projeto em um método para garantir seu resultado. Versatilidade: Formas e métodos para aplicação funcional da identidade visual. Resistência: Ênfase nos aspectos de legibilidade, percepção e compreensão do mesmo. Acabamento: Alta ordem formal, buscando refinamento e um nível alto de acabamento.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

083


3. Requerimentos Estruturais

Lista de Requerimentos

Número de Componentes: Símbolo, logotipo, padrão cromático e padrão tipográfico. Carcaça: O meio de projeção dos mecanismos da identidade visual. União: Relação correta de proporção entre as partes. Centro de Gravidade: Emprego da simetria dinâmica e seu equilíbrio. Estruturabilidade: Uso dos componentes de forma harmônica e estrutural.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

084


4. Requerimentos Técnico-produtivos

Lista de Requerimentos

Bens de Capital: Informatização e matérias primas de qualidade para uma produção eficaz.. Mão-de-Obra: Serão mantidos os contatos com os fornecedores e equipes de programação. Modo de Produção: Organização é o fator primordial com a utilização de tecnologias e programas. Normatização: Otimizar a produção, buscando matérias-primas com qualidade e coerência. Estandartização:Compreender que o formato adequado do papel e cortes padrão tornam as aplicações mais viáveis. Pré-Fabricação: Considerar que os arquivos enviados para a produção que já estejam arte finalizados reduzem os custos de impressão.

Linha de Produção: Criação e produção ligadas ao método. Matérias-Primas: Matérias-primas sustentáveis. Tolerância: Tolerância ao numero de projetos desenvolvidos ao mesmo tempo. Controle de qualidade: Solicitar provas contratuais de todos os materiais impressos. Processo Produtivo: Digitalmente. Embalagem: Cuidado com todas as peças gráficas, em especial as utilizadas no momento de desenvolvimento, guardando-as devidamente.

Custo de Produção: Entender que quanto maior a complexidade das peças, maior será o custo de fabricação das mesmas.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

085


5. Requerimentos Econômicos ou de Mercado

Lista de Requerimentos

Demanda: Quantidade de produtos solicitados. Oferta: Oferta de produtos impressos racionalizados. Propaganda: Divulgação através de impressos promocionais, adesivos, sites da internet. Preferência: Cores, tipografia, materiais sustentáveis e qualidade profissional. Ciclo de vida: Duração de um produto no mercado a partir de princípios ecológicos.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

086


6. Requerimentos Formais

Lista de Requerimentos

Estilo: Coerente, simples e moderno. Unidade: Simplicidade e repetição na forma harmônica dos elementos de identidade visual. Interesse: Instigar o interesse através de tratamentos formais como contraste, ritmo e tipografia. Equilíbrio: Estabilidade e simetria.. Superfície: Valorizar texturas e a cor.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

087


7. Requerimentos de Identificação

Lista de Requerimentos

Impressão: Maneira peculiar em que se pretende criar a representação no produto desenhado. Situação: A posição que terá a representação na identidade visual.

8. Requerimentos Legais

Patentes: Certificação através de um documento jurídico que outorga o Estado por condução do presidente da República aos inventores e onde se descreve um invento industrial, cuja titularidade não pode ser violada.

Norma: Os atributos dispostos nas características dos produtos.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

088


Arrolamento de Atributos

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

089


Arrolamento de Atributos

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

090


Arrolamento de Atributos

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

091


Arrolamento de Atributos

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

092


Arrolamento de Atributos

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

093


Arrolamento de Atributos

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

094


Arrolamento de Atributos

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

095


Arrolamento de Atributos

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

096


Arrolamento de Atributos

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

097


Praticidade Criatividade Arrolamento de Atributos GRAFORRIVOS FONOGRÁFICOS

Equilíbrio Poder Segurança Confiança Funcionalidade Ecologia Geometria

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

098


Arrolamento de Atributos GRAFORRIVOS ICONOGRテ:ICOS

Gabriele Brum da Costa Dias Introduテァテ」o ao Projeto Grテ。fico Faculdade de Design UniRitter

099


Arrolamento de Atributos GRAFORRIVOS ICONOGRÁFICOS

6

5

5

1

1

1

4

1

2

1

1

2

1

1

3

3

1

1

5

2

3

3

3

1

1

3

1

3

1

2

3

1

2

3

Praticidade Criatividade Equilíbrio Poder Segurança Confiança Funcionalidade Ecologia Geometria

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

100


Praticidade Arrolamento de Atributos GRAFORRIVOS ICONOGRÁFICOS

Criatividade Equilíbrio Poder Segurança Confiança Funcionalidade Ecologia Geometria

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

101


Arrolamento de Atributos GRAFORRIVOS ICONOGRテ:ICOS

Gabriele Brum da Costa Dias Introduテァテ」o ao Projeto Grテ。fico Faculdade de Design UniRitter

102


Arrolamento de Atributos GRAFORRIVOS ICONOGRテ:ICOS

Gabriele Brum da Costa Dias Introduテァテ」o ao Projeto Grテ。fico Faculdade de Design UniRitter

103


Arrolamento de Atributos GRAFORRIVOS ICONOGRテ:ICOS

Gabriele Brum da Costa Dias Introduテァテ」o ao Projeto Grテ。fico Faculdade de Design UniRitter

104


Procedimento para Criação Controlada da Forma

Elemento Gráfico

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

105


Procedimento para Criação Controlada da Forma

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

106


Procedimento para Criação Controlada da Forma

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

107


Procedimento para Criação Controlada da Forma

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

108


Procedimento para Criação Controlada da Forma

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

109


Procedimento para Criação Controlada da Forma

Elemento Gráfico

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

110


Procedimento para Criação Controlada da Forma

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

111


Procedimento para Criação Controlada da Forma

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

112


Procedimento para Criação Controlada da Forma

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

113


Procedimento para Criação Controlada da Forma

Elemento Gráfico

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

114


Procedimento para Criação Controlada da Forma

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

115


Procedimento para Criação Controlada da Forma

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

116


Procedimento para Criação Controlada da Forma

Elemento Gráfico

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

117


Procedimento para Criação Controlada da Forma

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

118


Procedimento para Criação Controlada da Forma

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

119


Alternativas Sub-grupos

A1

A2

Tahoma Escritório de Design

Freehand521 BT Escritório de Design

A3

A4

A5

Magneto

Gill Sans MT Escritório de Design

Calibri Escritório de Design

Símbolo

Logotipo

Escritório de Design

Padrão Cromático Arial

Padrão Tipográfico

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

abcdefghijklmnopqrstuv wyz ç 0123456789 `´’~^.,;:<>\/[](){}*=-+_

Tahoma abcdefghijklmnopqrstuv wyz ç 0123456789 `´’~^.,;:<>\/[](){}*=+_

Georgia abcdefghijklmnopqrstuv wyz ç 0123456789 `´’~^.,;:<>\/[](){}*=-+_

Verdana abcdefghijklmnopqrst uvwyz ç 0123456789 `´’~^.,;:<>\/[](){}* =-+_

Calibri

abcdefghijklmnopqrstuvwy z ç 0123456789 `´’~^.,;:<>\/[](){}*=-+_

120


Gabriele Brum da Costa Dias Introduรงรฃo ao Projeto Grรกfico Faculdade de Design UniRitter

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

121


Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

122


Gabriele Brum da Costa Dias Introduรงรฃo ao Projeto Grรกfico Faculdade de Design UniRitter

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

123


Gabriele Brum da Costa Dias Introduรงรฃo ao Projeto Grรกfico Faculdade de Design UniRitter

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

124


Gabriele Brum da Costa Dias Introduรงรฃo ao Projeto Grรกfico Faculdade de Design UniRitter

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

125


Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

126


Gabriele Brum da Costa Dias Introduรงรฃo ao Projeto Grรกfico Faculdade de Design UniRitter

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

127


Gabriele Brum da Costa Dias Introduรงรฃo ao Projeto Grรกfico Faculdade de Design UniRitter

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

gabrieledias escritรณrio de design

128


Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

gabrieledias escritório de design

129


Símbolo

A ideia inicial era a união de duas iniciais (G e D) que formasse um símbolo simples para a representação da empresa. No entanto, após algumas tentativas, a ideia já não parecia mais inovadora e criativa, tendo como conseqüência diversas percepções diferentes. Portanto o símbolo foi repensado e com o intuito de representar apenas o sobrenome, foi utilizado uma forma bem simples e geométrica (o círculo) para representar o sol, e por sua vez, o dia. Referindo-se à Dias.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

130


Logotipo

O logotipo foi desenvolvido a partir do espacejamento controlado na fonte Tahoma e Tahoma Bold.

s a d i esc rit ó ri o d e d esign

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

131


Padrão Cromático

O padrão cromático foi definido a partir da ideia de representação do dia (ou do sol), portanto o amarelo será a cor representativa da empresa, com o foco dela no símbolo. Além do significado do amarelo, que transmite calor, luz e descontração e simbolicamente está associado à prosperidade, sendo também uma cor energética, ativa e que transmite otimismo.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

132


Padrão Tipográfico

O padrão tipográfico tem a mesma fonte do logotipo (Tahoma). Será utilizada para todos os tipos de papelaria.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWYZ Ç abcdefghijklmnopqrstuvxwyz ç 0123456789 ! ? @ # $ % & * () _ + - = . , ; ~ ^ ´ ` ’’ [] {} <> \/

133


Teste de Resistência TAMANHO

s a di escrit ó rio

--------- 100%

de d esign

s a di escrit ó rio

----------- 75%

s a di escrit ó rio

----------- 50%

as di escrit ó rio

----------- 25%

de design

de design

de design

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

134


Teste de Resistência NEGATIVO/POSITIVO

s a di escrit ó rio de d esign

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

s a di escrit ó rio de d esign

135


Teste de Resistência SOBRE CORES

s a di escrit ó rio de design

C:0 M:100 Y:100 K:0

s a di escrit ó rio de design

C:20 M:80 Y:0 K:20

de design

C:0 M:60 Y:100 K:0

s a di escrit ó rio de design

C:40 M:0 Y:0 K:0

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

C:0 M:50 Y:60 K:40

C:40 M:0 Y:100 K:0

de design

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

s a di escrit ó rio

de design

s a di escrit ó rio de design

C:100 M:100 Y:0 K:0

s a di escrit ó rio de design

C:60 M:0 Y:60 K:20

s a di escrit ó rio de design

C:0 M:0 Y:60 K:0

136


Teste de Resistência SOBRE TONS DE CINZA

s a di escrit ó rio de design

10%

s a di escrit ó rio de design

40%

s a di escrit ó rio de design

70%

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

s a di escrit ó rio de design

20%

s a di escrit ó rio de design

50%

s a di escrit ó rio de design

80%

s a di escrit ó rio de design

30%

s a di escrit ó rio de design

60%

s a di escrit ó rio de design

90%

137


Teste de Resistência SOBRE FOTOS

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

de design

de design

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

de design

de design

de design

de design

138


Teste de Resistência VELOCIDADE

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

Distance 10

Distance 25

Distance 50

Distance 75

139


de design

s a di escrit ó rio

d e i

s a di escrit ó rio

de scr d e it ó sig ri o n

as

Teste de Resistência INCLINAÇÃO

de design

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

45º

90º

140


s a d i esc rit ó ri o d e d esign Retângulo Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

141

5


Espacejamento

O espacejamento dos caracteres foi desenvolvido em cima da medida de 35 partes da letra ‘’a’’ em minúsculo.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

a 142


Espacejamento

s a di esc rit ó ri o d e d esign

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

143


Assinatura Visual Padrão

Assinatura Visual Vertical

s a di escrit ó rio de de sign

s a di escrit ó rio de de sign

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

144


Versões Cromáticas Positivo/Negativo

s a di escrit ó rio de de sign

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

s a di escrit ó rio de de sign

145


Versões Cromáticas Tons de Cinza

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

de de sign

de de sign

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

de de sign

de de sign

146


Versões Cromáticas Fundo em outras cores

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

de de sign

de de sign

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

de de sign

de de sign

147


Versões Cromáticas Fundo na Cor Padrão

s a di escrit ó ri o de d esign

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

148


Versões Cromáticas Fundo fotográficos

as di escrit ó rio

as di escrit ó rio

as di escrit ó rio

as di escrit ó rio

as di escrit ó rio

as di escrit ó rio

de design

de design

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

de design

de design

de design

de design

149


Versões Cromáticas Fundo em tons de preto

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

s a di escrit ó rio

de design

de design

de design

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

de design

de design

de design

de design

de design

de design

150


Reduções Máximas

A redução máxima da identidade padrão (horizontal) não deve exceder menos de 20mm de altura e em sua versão vertical 40mm de altura. Podendo acarretar problemas de legibilidade.

as di escrit ó rio de design

as di escrit ó rio de design

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

151


X Formas incorretas de Uso

X

É proibido qualquer tipo de distorção, desobedecendo as proporções originais da identidade visual.

s a di escrit ó rio de design

s a di escrit ó rio de design

X dias

escrit ório de design

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

X dias escrit ó rio de design

152


Formas incorretas de Uso

As cores utilizadas na identidade visual devem seguir o padrão tipográfico já estipulado, sendo proibido qualquer tipo de alteração das cores, podendo assim, perder sua lógica.

X dias

X dias

X dias

X dias

X dias

X dias

escrit ó rio de design

escrit ó rio de design

escrit ó rio de design

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

escrit ó rio de design

escrit ó rio de design

escrit ó rio de design

153


as di escrit ó rio

as di escrit ó rio

de design

de design

Sistemas de Aplicação Papel Correspondência Papel Correspondência: 210x297mm Bloco de Endereço: Tahoma, corpo 6pt

Rua Ramiro Barcelos, 1819 sala 203 Bairro Bom Fim Telefone: (51) 30245293 www.diasescritoriodedesign.com.br contato@diasescritoriodedesign.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

Rua Ramiro Barcelos, 1819 sala 203 Bairro Bom Fim Telefone: (51) 30245293 www.diasescritoriodedesign.com.br contato@diasescritoriodedesign.com.br

154


Frente

Verso

Sistemas de Aplicação Envelope Saco Envelope: 240x340mm Bloco de Endereço: Tahoma, corpo 6pt

s a di escrit ó rio de design

as di escrit ó rio de design

Rua Ramiro Barcelos, 1819 sala 203 Bairro Bom Fim Telefone: (51) 30245293 www.diasescritoriodedesign.com.br contato@diasescritoriodedesign.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

155


Frente

Verso

Sistemas de Aplicação Envelope Saco Envelope: 240x340mm Bloco de Endereço: Tahoma, corpo 6pt

s a di escrit ó rio de design

as di escrit ó rio de design

Rua Ramiro Barcelos, 1819 sala 203 Bairro Bom Fim Telefone: (51) 30245293 www.diasescritoriodedesign.com.br contato@diasescritoriodedesign.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

156


Sistemas de Aplicação Envelope Saco Envelope: 240x130mm Bloco de Endereço: Tahoma, corpo 6pt

s a di escrit ó rio de design

as di escrit ó rio de design

Rua Ramiro Barcelos, 1819 sala 203 Bairro Bom Fim Telefone: (51) 30245293 www.diasescritoriodedesign.com.br contato@diasescritoriodedesign.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

157


Sistemas de Aplicação Envelope Saco Envelope: 240x130mm Bloco de Endereço: Tahoma, corpo 6pt

s a di escrit ó rio de design

as di escrit ó rio de design

Rua Ramiro Barcelos, 1819 sala 203 Bairro Bom Fim Telefone: (51) 30245293 www.diasescritoriodedesign.com.br contato@diasescritoriodedesign.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

158


Sistemas de Aplicação Pasta Pasta Proposta: 460x320mm Bloco de Endereço: Tahoma, corpo 6pt

s a di escrit ó rio

as di escrit ó rio

de design

de design

Rua Ramiro Barcelos, 1819 sala 203 Bairro Bom Fim Telefone: (51) 30245293 www.diasescritoriodedesign.com.br contato@diasescritoriodedesign.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

159


Sistemas de Aplicação Pasta Pasta Proposta: 460x320mm Bloco de Endereço: Tahoma, corpo 6pt

s a di escrit ó rio

as di escrit ó rio

de design

de design

Rua Ramiro Barcelos, 1819 sala 203 Bairro Bom Fim Telefone: (51) 30245293 www.diasescritoriodedesign.com.br contato@diasescritoriodedesign.com.br

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

160


Sistemas de Aplicação Cabeçalho para e-mail

s a di escrit ó rio

Rua Ramiro Barcelos, 1819 sala 203 Bairro Bom Fim Telefone: (51) 30245293 www.diasescritoriodedesign.com.br contato@diasescritoriodedesign.com.br

s a di escrit ó rio

Rua Ramiro Barcelos, 1819 sala 203 Bairro Bom Fim Telefone: (51) 30245293 www.diasescritoriodedesign.com.br contato@diasescritoriodedesign.com.br

de design

de design

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

161


Sistemas de Aplicação Cabeçalho para fax

s a di escrit ó rio

Rua Ramiro Barcelos, 1819 sala 203 Bairro Bom Fim Telefone: (51) 30245293 www.diasescritoriodedesign.com.br contato@diasescritoriodedesign.com.br

s a di escrit ó rio

Rua Ramiro Barcelos, 1819 sala 203 Bairro Bom Fim Telefone: (51) 30245293 www.diasescritoriodedesign.com.br contato@diasescritoriodedesign.com.br

de design

de design

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

162


Sistemas de Aplicação Cartão de Visitas

Frente

Verso

Gabriele Dias

Cartão de Visita: 90x50mm Bloco de Endereço: Tahoma, corpo 6pt Nome: Tahoma, corpo 10pt Título: Tahoma, corpo 7pt

desenhista industrial

s a di escrit ó rio de design

Rua Ramiro Barcelos, 1819 sala 203 Bairro Bom Fim Telefone: (51) 30245293 www.diasescritoriodedesign.com.br contato@diasescritoriodedesign.com.br

Gabriele Dias desenhista industrial

as di escrit ó rio de design

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

Rua Ramiro Barcelos, 1819 sala 203 Bairro Bom Fim Telefone: (51) 30245293 www.diasescritoriodedesign.com.br contato@diasescritoriodedesign.com.br

163


Sistemas de Aplicação Etiqueta para CD

s a di escrit ó rio de design

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

s a di escrit ó rio de design

164


Ficha Técnica

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

Projeto desenvolvido pela aluna Gabriele Brum da Costa Dias na disciplina de Introdução ao Projeto Gráfico no segundo semestre de 2010 sob a orientação dos professores da faculdade de Design do Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter) André Giron Bernaud e Marcos Brod Júnior.

165


Bibliografia

RIBEIRO, Milton. Planejamento visual gráfico. 10. ed. Brasília: LGE, 2007. 497 p. ISBN 85-7238-037-X STRUNCK. Como criar identidades visuais para marcas de sucesso. 3. ed. Rio de Janeiro: Rio Books, 2007. 160 p. ISBN 85-88482-01-0 WHEELER, Alina. Design de identidade da marca: um guia completo para a criação, construção e manutenção de marcas fortes. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2008. 288 p. ISBN 978-85-7780-232-6 ELAM, Kimberly. Geometry of design: studies in proportion and composition. New York: Princeton Architectural Press, 2001. 107 p. (Design briefs : Essential texts on design) ISBN 1-56898-249-6 GOMES, Luiz Antônio Vidal de Negreiros. Desenhismo. Santa Maria: Ed. UFSM, 1996. 119 p. (Artes do desenho ;) GOMES, Luiz Antônio Vidal de Negreiros. Criatividade: projeto, desenho, produto. Santa Maria: Schds, 2004. 122 p. ISBN 85-88961-03-2 GOMES, Luiz Antonio Vidal de Negreiros; MACHADO, Clarice Gonçalves da Silva. Design: experimentos em desenho : técnicas de representação gráfica apoiadas por princípios e movimentos de simetria úteis à criatividade na prática do projeto. 2. ed. Porto Alegre: Ed. UniRitter, 2010. 173 p. (Coleção experiência acadêmica ; 10) ISBN 978-85-60100-400-8 WONG, Wucius. Fundamentos del diseño. Barcelona: G. Gili, 1995. 348 p. (Colección GG Diseño) ISBN 84252-1643-5

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

166


Bibliografia

GOMES, Luiz Antônio Vidal de Negreiros; MEDEIROS, Ligia Maria Sampaio de. Ordem e arranjo em desenhos industriais : malhas e grelas, revisão e retomada. Expressão Gráfica & Formação Humanística, Pernambuco2005. . GOMES, Luiz Vidal de Negreiros; BROD JÚNIOR, Marcos; MEDEIROS, Ligia Sampaio de. Sobre Metódicas, Metodologia e Métodos para Projeto e Desenho de Produto Industrial. 9º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design. Porto Alegre, 2009. GOMES, Luiz Vidal de Negreiros; BROD JÚNIOR, Marcos; MEDEIROS, Ligia Sampaio de. Educação do Design: ensino de Projeto de Produto à moda clássica. 9º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design. Porto Alegre, 2009. GOMES, Luiz Vidal de Negreiros; BROD JÚNIOR, Marcos; MEDEIROS, Ligia Sampaio de. Os Logogramas na prática da Educação Projetual. 9º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design. Porto Alegre, 2009. MÜLLER-BROCKMANN, Josef. Sistemas de retículas/sistemas de grelhas: Un manual para diseñadores gráficos/Um manual para desenhistas gráficos. Barcelona: Gustavo Gili, 1982. 180 p. MEDEIROS, Ligia Maria Sampaio de. Desenhística: a ciência da arte de projetar desenhando. Santa Maria: sCHDs, 2004. 143 p. ISBN 85-88961-05-9 CLAIR, Kate; BUSIC-SNYDER, Cynthia. Manual de tipografia: a história, a técnica e a arte. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2009. 399 p. ISBN 978-85-7780-371-2

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

167


Bibliografia

NIEMEYER, Lucy. Tipografia: uma apresentação. 3. ed. Rio de Janeiro: 2AB, 2003. 94 p. ISBN 85-86695-18-1 GOMES, Luiz Antônio Vidal de Negreiros; MEDEIROS, Ligia. Retículas, grelhas e malhas: noções fundamentais e aplicações. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON GRAPHICS ENGINEERING FOR ARTS AND DESIGN. (6.. 2005. RECIFE, PE) Expressão gráfica & formação humanística. Pernambuco2005.

Gabriele Brum da Costa Dias Introdução ao Projeto Gráfico Faculdade de Design UniRitter

168

Identidade Visual  

Trabalho acadêmico da cadeira de Introdução ao Projeto Gráfico, referente à construção de uma identidade visual para um escritório de design...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you