Page 1

Brunna Ayres

VOLTA ÀS AULAS Mais de 3,5 mil estudantes de escolas particulares movimentam a cidade e determinam o início do ano em Bagé

Página 7

Página 15

www.jornalfolhadosul.com.br

Gaúcho

FOLHA SUL

R$ 1,50

BAGÉ, TERÇA-FEIRA, 19 DE FEVEREIRO DE 2013 - Ano 3 - N° 851

Projeto de um parque internacional de cultura e turismo dá sinais de viabilidade

Cenógrafo de Santa Fé angaria apoio de Luís Fernando Veríssimo

CARNAVAL Município não vai repassar verba pública para entidade carnavalesca que não tiver registro

Arquivo pessoal

Página 4

SAÚDE Posto médico Mathilde Fayad prestará serviços de neurologia infantil pelo SUS

Página 7

MOTOCICLETA Comércio acusa falta de entregas porque motofretistas têm dúvidas sobre nova legislação

Página 9

Encarregado pela manutenção e elaboração de um completo projeto de exploração turística para a cidade cenográfica de Santa Fé, o cenógrafo Mauro Moreira comemora o resultado de uma visita que pode determinar o futuro do empreendimento. Durante a semana passada, Moreira esteve em visita ao escritor e jornalista Luís Fernando Veríssimo, que como todos sabem, é filho do autor da obra O tempo e o Vento – cujo argumento é adaptado para o filme de Jayme Monjardim. Luís Fernando chegou a autografar uma cópia dos manuscritos do livro escrito pelo pai Erico Verissimo como prova de seu apoio ao projeto e compromisso de oferecer seu empenho e o de sua família para que o memorial e o parque se tornem uma realidade. Página 16

COMUNIDADE Constituição formal de associações de bairros de Bagé depende de prorrogação de prazo Página 16

VOLUNTARIADO Narcóticos Anônimos mantém alternativa de tratamento e recuperação contra drogas

Página 17

O TEMPO HOJE Bagé - RS Chuvoso durante o dia e a noite

17º

23º


TERÇA-FEIRA

2

19 de fevereiro de 2013

OPINIÃO

Editorial

A vontade e a força A teoria que estuda as ideologias antecipa um discurso no mínimo retórico. A força de vontade, que justificaria todo o sucesso individual, estaria enfraquecida em uma espécie de antídoto social gerado de sua mesma substância: a vontade sem força. Assim, de nada irá adiantar a vontade solícita, voluntariosa e diligente se o indivíduo não tiver uma força motriz capaz de concretizar seus objetivos – numa análise marxista, esta relação corresponderia ao capital. Mas é bom lembrar que até para o capital será necessária uma oportunidade. É isso o que transparece no projeto de transformar a cidade cenográfica de Santa Fé em um centro internacional de cultura e turismo. Fruto da vontade, já há uma série de projetos onde estão resguardados espaços para o cinema, literatura, arte e para a exploração comercial. O plano geral prevê um pouco de todas as possibilidades: contexto social com a proximidade e pleno entendimento da identidade cultural da região da Campanha, ingredientes

reconhecidos tanto na obra literária de Erico Verissimo quanto no filme de Jayme Monjardim; contexto econômico onde são relacionadas oportunidades de renda e empregos a partir da visitação do próprio parque e do ambiente de free shops já instalado na vizinha cidade de Aceguá; uma noção de interação constante a partir de atividades que vão além da simples exploração do cenário já existente, mas com a produção de eventos e espaços para integração comunitária regional. Eis uma grande vontade. Mas e a força? Com R$ 8 milhões, o projeto estaria levantado e operante. Mas diferente do exclusivo pensamento monetário, a força que interessa nesta fase do projeto guarda mais relação com as lideranças envolvidas do que com a capacidade de investimento do município. Se a cidade não tem orçamento que possibilite esta nova realidade, é preciso buscar de forças externas. Dessa maneira, a notícia de que o filho de Erico, Luís Fernando

Glauber Pereira

glauber.pereira@hotmail.com

Veríssimo, aceitou ser um apoiador incondicional do projeto de Santa Fé, equivale a afirmar que o cenário de Santa Fé está prestes a ser eternizado nas coxilhas de Bagé. Da mesma Bagé que já foi morada do “analista”, um filho pródigo que avançou os limites de todas as fronteiras, chegou a todos os lugares, mas sempre será daqui. Com tal notícia estreitam-se os laços da família Verissimo com o horizonte da Rainha da Fronteira. Antes mesmo do cinema, Erico já havia manifestado em sua obra, aspectos históricos que se desenrolaram pelas ruas de uma bicentenária Bagé – afinal, é só observar as semelhanças entre as batalhas da literária Santa Fé e o cerco Maragato a Bagé para perceber o quanto esta história presta homenagens ao tempo e ao vento. Oficializado o apoio de Luís Fernando Veríssimo ao projeto de Santa Fé, fica a certeza de que, assegurada uma força sem igual, surge um projeto de futuro.

Foto do Dia

Na ponta da caneta

Divulgação/FS

Pode até parecer simples, mas uma mensagem empunhada pelas mãos de um dos mais importantes escritores gaúchos pode alterar destinos. É isto que espera-se das palavras de Luís Fernando Veríssimo ao projeto do Centro Cultural e Turístico Internacional Cidade de Santa Fé: iniciativa grandiosa, com capacidade de trazer um novo rumo ao futuro de Bagé.

CNPJ. 11.381.681/0001-00 Endereço: Rua Bento Gonçalves, 49-E/ Fones: Assinaturas: (53) 3242-1020 Redação: (53) 3311-3915 jornalismo.folhadosul@gmail.com anunciosfs@gmail.com www.jornalfolhadosul.com.br Impressão Correio do Povo

Coluna do Lara

Luiz Augusto Lara

O Estado da qualificação O Rio Grande do Sul conquistou, em 2012, o posto de Estado que mais qualificou pessoas em situação de pobreza no país, tendo matriculado quase 40 mil, mais do que o dobro de Pernambuco, que ficou na segunda colocação no ranking do Pronatec Brasil Sem Miséria. A confirmação veio na apresentação de dados feita pela ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, durante encontro que reuniu mais de 350 prefeitos e vice-prefeitos gaúchos ligados à Famurs. Em sua fala, a ministra ressaltou que essa marca foi alcançada porque a nossa Secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Social conseguiu operar esses cursos profissionalizantes gratuitos. Em uma consonância com as prefeituras municipais e entidades de classe de trabalhadores e empresários. Alcançar esse bom resultado depende de um bom planejamento estratégico e, para dar sequência a essa busca, estamos fechando os dados relativos a 2013, que vai contar com mais de 100 mil vagas no Pronatec. Nosso trabalho, na verda-

de, foi o de captar essas vagas, distribuí-las entre as prefeituras e fiscalizar. Por essa razão, mais uma vez queremos contar com o auxílio das nossas secretarias municipais de Assistência Social, que foram imprescindíveis para que conseguíssemos matricular mais alunos do que Minas Gerais e Pernambuco juntos. Através dos CRAS, chegamos com as inscrições a muitas pessoas que necessitam de qualificação para uma real inclusão produtiva. O desempenho gaúcho foi importante e pode servir de modelo. A ministra enfatizou que pretende conhecer mais de perto a fórmula utilizada no RS. Prova desse “case de sucesso” é que, no dia 28 de fevereiro, será apresentada pela STDS uma prestação de contas detalhada do Plano Estadual de Qualificação Profissional, que é formado por vários programas como o Pronatec, o ProJovem Trabalhador e o Plano Territorial de Qualificação (Planteq). Também será lançada a programação desse mesmo Plano para 2013, em um evento que contará com a presença da ministra do MDS, Tereza Campello, e, possivelmente, da presidente da República, Dilma Rousseff.

Direção Administrativa: Jônio Tavares Ferreira de Salles Neto Comercial: Leisa Soria Marketing e eventos: Fabiano Marimon Circulação: Aceguá, Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra, Lavras do Sul e Pinheiro Machado REDAÇÃO - Editor Geral: Glauber Pereira Subeditor Geral: Felipe Valduga - Chefe de Redação: Marcelo Pimenta Editoria de Política: Emanuel Müller Coordenadora Comercial: Camila Soares Gerente de Circulação: Daniel Guasque Comercial: Fabiana Rodrigues Revisão: Taisa Soares Reportagem: Gilmar de Quadros - Rochele Barbosa - José Higino Gonçalves - Marcos Pintos - Murilo Dotto - Juliana Andina - Niela Bittencourt

Repórter Fotográfico: Antonio Rocha Colunistas Colaboradores: Afonso Hamm - Dom Gílio Felício -Edgar Muza - Josias Borges Léo Vieira - Luiz Fernando Mainardi - Luís Augusto Lara - Sérgio Meth - Waldir Alves Ramos Estagiária: Jéssica Pacheco Arte Final: Quélen Leal Diagramação: Cristiano Lameira Wilson Cesar Alpoim Leite - Daniel Ferreira


EMPRESARIAL

Indicadores econômicos INDICADORES Salário Mínimo Salário Regional Global 40 TR CDI SELIC IPCA IPC IGP-M INPC

Valor R$ 678,00 R$ 700,00 128,31% 0,000% 6,860% 7,25% 0,41 0,27 1,43 0,45

Atualização 2013 2013 21 janeiro 2013 21 janeiro 2013 21 janeiro 2013 21 janeiro 2013 10 out 2012 10 out 2012 10 out 2012 10 out 2012

MOEDAS Dólar Comercial

3

TERÇA-FEIRA 19 de fevereiro de 2013

Compra

Venda

2,0410

2,0425

Dólar turismo (em R$)

1,9600

2,1000

Euro (em R$)

2,7178

2,7188

Libra (em R$)

2,2279

Pesos arg.(em R$)

0,4121

0,4124

Pesos Ur.(em R$)

0,1086

0,1085

ASM Esportes lança promoções para volta às aulas por Brunna Ayres

3,2287

Josias Borges Espaço do Investimento

Vem mudança na previdência por aí O Jornal O Estado de São Paulo publicou uma notícia no mínimo curiosa. Segundo o diário, estaria sendo avaliado projeto que prevê alterações na previdência pública. A nova lei substituiria o fator previdenciário, sendo necessário para aposentadoria, atingir o total de 95 anos com a soma do tempo de contribuição e a idade, para mulheres, para os homens esta soma deveria atingir 105 anos. Vamos ficar de olho.

100%, o número mágico

Especializada em material esportivo, a loja ASM Esporte é referência em bom atendimento e qualidade. Tal preocupação está clara na oferta dos equipamentos para educação física até o tênis que é o item mais usado nas atividades desportivas. Apostando nas promoções de volta às aulas, na ASM há três campanhas criadas para aliviar o bolso do cliente. A promoção da etiqueta colorida dá desconto para quem comprar à vista ou em até 5 vezes no prazo. São três cores de etiqueta. Na etiqueta azul,

o desconto é de 30% à vista ou 15% em 5 vezes, já a etiqueta amarela tem desconto de 35% à vista ou 20% em 5 vezes e há também a etiqueta vermelha, em que o desconto é de 45% à vista ou 25% em até 5 vezes. Pensando no conforto dos clientes, a ASM Esporte também tem a seguinte promoção: para os produtos sem etiquetas coloridas, toda loja com até 40% de desconto à vista, exceto lançamentos. Já para quem está querendo começar as atividades físicas, há descontos de 50% em corsários, bermudas e regatas.

Para facilitar ainda mais o pagamento das suas compras, a ASM disponibiliza os cartões Visa, Master, Banricompras e Hipercard e o parcelamento pode ser feito em até 6 vezes. Para quem tem o cartão de crédito da ASM, o parcelamento é ainda maior, até 8 vezes. Para adquirir o cartão basta apresentar em uma das lojas ASM o RG, CPF, comprovante de residência e renda. A ASM Esportes está localizada na rua Bento Gonçalves, 65 E. Contado pelo telefone 3242-8271.

Quem gosta do mundo dos investimentos certamente já ouviu falar em um produto financeiro chamado Certificado de Depósito Bancário – CDB. O que nem todo mundo sabe é que diferente da poupança, os CDBs não têm rentabilidade igual em todos os bancos. Quando você coloca recursos na poupança, independente do banco em que este recurso está alocado, a rentabilidade será igual. Pela regra atual, 70% da Taxa Selic mais a Taxa Referencial – TR. Os CDBs não contam com esta padronização. São negociados diretamente entre banco e cliente. Outra informação que nem todo mundo sabe é que a maioria dos CDBs remuneram o capital do cliente através de um percentual do Certificado de Depósito Interbancário – CDI. O CDI, como já vimos, é como se fosse o custo do dinheiro para o banco. Quem pretende investir em CDB deve buscar remuneração pelo menos próxima a 100% do CDI.

Garantia

Outra dica importante é quanto a segurança deste investimento. O Fundo Garantidor de Crédito – FGC, assim como na poupança, garante os CDBs de qualquer banco até o limite de R$ 70 mil por CPF, por conglomerado financeiro. Veja que investir valores superiores a R$ 70 mil em apenas uma instituição financeira significa correr riscos desnecessários. É muito importante diversificar investimentos superiores a este valor. josias.borges@gbinvestimentos.com.br

Antenor Teixeira discute criação das secretarias municipais na Aciba Na tarde de ontem, o vereador Antenor Teixeira esteve reunido com o presidente da Aciba, Valmor Coradini Junior, e o vice Cleo Coelho, na sede da entidade. O objetivo do encontro foi a apresentação do projeto da criação das secretarias de Governo, Turismo e Segurança. Coradini informou que a entidade vai analisar os projetos para após se pronunciar.

Durante o encontro, o vereador também questionou sobre as atividades do Escritório da Junta Comercial de Bagé, órgão que funciona na entidade, já que ouviu inúmeras revindicações de empresários e contadores sobre a demora nos serviços prestados pelo mesmo. A Junta Comercial é um serviço oferecido através do convênio com

o Governo do Estado do RS e com a Prefeitura Municipal. O presidente da Aciba informou ao vereador que reconhece que o escritório não está atendendo a demanda necessária e já solicitou à Prefeitura um profissional da área do Direito para que o atendimento volte ao normal, sendo que ainda não obteve resposta do Poder Público.

Divulgação/FS

Diretores recebem vereador


4

TERÇA-FEIRA 19 de fevereiro de 2013

Emanuel Müller

POLÍTICA emamuller@gmail.com

Carmem Vargas dirige Fundo Municipal de Saúde

Divulgação/FS

A partir desta semana, a direção do Fundo Municipal de Saúde vai estar a cargo da ex-vereadora Carmem Vargas. Ela assume o posto no lugar de Cláudia Salim, que vai atuar junto ao Centro de Referência da Saúde da

Mulher. Vale lembrar que na legislatura passada Carmem atuou ao lado da atual secretária de Saúde, Téia Pereira, em diversas ações voltadas à pasta. Entre elas o projeto de revitalização da Santa Casa.

Carmem Vargas

Elogios para o trabalho de Téia na Saúde A informação vem de dentro da Prefeitura. E de fontes junto à própria Secretaria Municipal de Saúde. O trabalho de Téia Pereira vem surpreendendo muita gente. De maneira positiva. O entendimento é que a secretária está enfrentando os problemas que surgem de maneira a resolvê-los de forma imediata. E com o perfil de buscar a resolução em curtos prazos. E não é só isso. Em muitos casos a própria Téia resolve pessoalmente as dificuldades que surgem na pasta. Mesmo que a atual secretária tenha se caracterizado por uma postura combativa em seu primeiro mandato, muitas vezes discordando

das posições do governo Dudu Colombo, o reconhecimento ao estilo proativo e atuante de Téia vem recebendo elogios dentro da administração municipal. E um dos mais satisfeitos é justamente o prefeito Dudu. Aliás, a secretária está com uma meta de trabalho. Quer inaugurar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Getúlio Vargas, até maio. “Ela está movendo céus e terra para que isso aconteça”, revela uma fonte do Executivo. O projeto teve que ser alterado porque havia alguns problemas de infraestrutura. Ao tomar conhecimento, Téia não perdeu tempo e determinou à equipe da

Secretaria que fizesse as readequações necessárias o quanto antes. E assim foi feito. Outro destaque interessante é a organização de um setor de gestão de pessoas dentro da Secretaria. O objetivo é realizar uma atuação em conjunto com uma Assessoria de Imprensa (responsável pela comunicação interna e externa), a Ouvidoria (de onde partem muitas demandas da comunidade) e o setor de Recursos Humanos. A responsável pelo setor de gestão de pessoas estará a cargo da psicóloga Marília Bastianello, funcionária lotada na Secretaria Municipal de Educação e que será cedida à Secretaria Municipal de Saúde para a realização do trabalho.

Sapiran Brito enfatiza que carnaval em Bagé vai obedecer rigor da lei

Os ânimos já estão mais calmos. Mas a discussão sobre o carnaval em Bagé não terminou. E o assunto tem nome: prestação de contas das entidades. Os episódios referentes à ajuda de custo concedida pela Prefeitura às entidades em 2012 e que não tiveram prestação de contas, fizeram o município mudar a postura. A começar que os repasses não serão direcionados mais às entidades-mães - no caso, a Associação Bageense de Entidades Carnavalescas (ABEC) e Associação Cultural das Escolas de Samba de Bagé (Acesb). O secretário de Cultura de Bagé, Sapiran Brito, destaca que toda a organização do carnaval cabe ao Executivo. Apenas jurados e a relação dos desfile

Divulgação/FS

Secretário enfatiza papel da Prefeitura na organização do evento

está a cargo das entidades. Por isso se justifica a preocupação do município quanto à prestação de contas. E o martelo já está batido.

“Só vamos nos relacionar com as entidades, entenda-se blocos burlescos e carnavalescos, além das escolas de samba, que estiverem devidamente regularizadas. Devem ter personalidade jurídica, estatuto e conta bancária para receberem os valores que serão destinados pela Prefeitura”, ressalta Brito. O secretário é taxativo quanto às demais. “Se não estiverem legalmente constituídas nós não vamos repassar um centavo. Isso é dinheiro público, não é brincadeira. Tudo o que se refere ao carnaval, seja recurso ou institucional, cabe à Prefeitura decidir. Quem não se organizar está fora”, adverte Brito. A decisão está avalizada pela Procuradoria Jurídica da Prefeitura e pela Secretaria Municipal da Fazenda.

Edgar Abip Muza Muza Visão Geral

Tento voltar à vida normal Após um longo e tenebroso inverno, começo a retornar à vida normal. Como se isso fosse possível. O dia a dia já é uma guerra, imaginem acumulado com o carnaval. Embora pela metade, deu o seu trabalho. Quem corre por prazer não cansa. Os concursos de beleza e ginga estiveram dentro do padrão de sempre. No de Bagé, já me referi em outra coluna. O do Estado, a imprensa deu a ênfase que o evento merecia. É exatamente fundamentado no noticiário de meus colegas, que a festa teve o sucesso de público. A tranquilidade e beleza dos eventos todos já abordaram. Quanto ao aspecto financeiro vai depender da rifa que está sendo oferecida pelos carnavalescos da cidade. Como a data do sorteio será no próximo sábado, dá tempo de colocarmos o restante dos números à disposição da população. O Clube Caixeiral viveu um momento ímpar com a presença de seus associados e público em geral. É claro que o trabalho ainda não terminou. Dizem que o pior da festa é depois da festa. E é verdade. Já começamos a projetar o próximo ano. Com calma e organização chegaremos lá. Um dos motivos que levaram à criação da ABEC, em 1987, foi exatamente o slogan criado: “O carnaval precisa de todos. Não pode depender de ninguém”. Com este objetivo que, após a semana santa, estaremos nos reunindo para estudarmos propostas de parcerias. Apenas queremos afirmar: foi mais um carnaval que passou. Completei 46 anos participando da maior festa popular brasileira. O concurso Rainha do Estado completou 36 anos. Sem interrupção, o que é considerado um recorde. Missão cumprida. A partir de agora depende apenas das entidades carnavalescas de Bagé. A união que existiu para que o evento deste ano fosse realizado, deve permanecer. É a força que vem da periferia. É a sociedade ao ar livre. É a paixão pelo carnaval. Que a chama não apague.

Somos exemplo de democracia Pelo menos é o que deixou transparecer a blogueira cubana ao descer no Brasil. Os leitores já leram e/ou escutaram notícias sobre uma jornalista cubana que dentro de seu país fazia oposição à ditadura dos Castros. Durante dois anos tentou um visto de saída para vir ao Brasil e não conseguiu. Os movimentos democráticos internacionais, mesmo fazendo pressão, não demoveram os “democratas” que dirigem Cuba. Ela continuava exilada dentro de seu próprio país. Como não tinha acesso à internet, buscava um local escondido para mandar suas mensagens ao mundo. Ficou famosa e muito elogiada pela imprensa internacional. Era uma autêntica guerrilheira sem armas. Aliás, usava a arma mais moderna e poderosa do momento, a internet. O que ela defende é algo importante, a democracia. Importante para muitos. Outros não querem nem saber. Pois bem, ela conseguiu o visto de saída devido a uma tal “reforma migratória”, que começou a vigorar em janeiro deste ano. Na sua chegada, foi recebida por um grupo que não gosta de democracia. Foi hostilizada e está sendo seguida por membros do governo Cubano, comandado pelo Embaixador daquele país aqui no Brasil. Perguntada sobre o que achava da “recepção”, “deu nos dedos” dos pseudos democratas brasileiros: “Isso é a democracia. Queria que em meu país pudéssemos expressar opiniões e propostas diferentes com esta liberdade”. Ou seja, não se abalou com a manifestação contrária a sua presença. A chamaram de representante da Cia. Que ela estava a mando dos Estados Unidos, prestando um serviço contrário a seu país. Certos grupos não aceitam que se fale mal de Cuba, cuja ditadura foi, não sei se ainda é, terrível e matou muita gente. A liberdade de expressão, um dos esteios da democracia, só serve enquanto certos grupos não estão no governo. Aí a imprensa é defendida com unhas e dentes. Depois, “bueno” depois, são outros quinhentos. É o que acontece com os movimentos orquestrados da velha e rançosa esquerda brasileira. Alguém há de dizer: “a direita é a mesma coisa”. É verdade. Por este motivo que anos atrás considerei a esquerda e direita semelhante a uma ferradura, quando os extremos se aproximam. É só olhar o exemplo brasileiro com a união entre Lula, Sarney, Maluf e Cia. Ltda. Pois bem, ela, Yoane Sánchez, está no Brasil, hostilizada ou não, devemos lhe dar as boas vindas. Concordam?


TERÇA-FEIRA 19 de fevereiro de 2013

5


6

TERÇA-FEIRA 19 de fevereiro de 2013

RURAL

Mercado agrícola Produtos

Acompanhamento de preços recebidos pelos produtores do Rio Grande do Sul Unidade Mínimo Médio Valores em reais

Arroz em Casca Feijão Milho Soja Sorgo Granífero Trigo Boi para Abate Cordeiro para Abate Suíno Tipo Carne Vaca para Abate Leite (valor líq. recebido)

50 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg Kg vivo Kg vivo Kg vivo Kg vivo Litro

31,00 90,00 26,00 55,50 22,00 30,00 3,20 3,10 2,10 2,85 0,70

Dilma destaca possibilidade de safra histórica de grãos Durante o programa “Café com a Presidenta”, de ontem, Dilma Rousseff disse que vai garantir o apoio necessário para aumentar o crédito para a agricultura brasileira. Na entrevista, ela lembrou que a produção brasileira de grãos estimada para a safra deste ano é de 185 milhões de toneladas. Se a meta for atingida, esta será a maior

colheita da história. Segundo Dilma, esta possibilidade é reflexo dos R$ 115 bilhões disponibilizados pelo governo para o agronegócio e os R$ 18 bilhões destinados à agricultura familiar. Ela apontou que o Governo Federal deu, ainda, apoio à produção de alimentos, ampliando o crédito e reduzindo o custo dos financiamentos.

A tendência pelos incentivos, conforme a presidente, condiz à forte demanda pelo crédito. “Só nesta safra, que ainda está pela metade, o agronegócio já tomou emprestado R$ 13,5 bilhões para a modernização das suas propriedades. Apenas os empréstimos do BNDES para compra de equipamentos agrícolas cresceram 24% em relação à safra passada”, citou.

Máximo

33,61 118,17 28,18 57,51 22,57 32,54 3,29 3,70 2,59 2,94 0,75

11.02.2013 a 15.02.2013

36,00 132,00 31,00 64,00 23,20 42,00 3,40 4,30 2,80 3,15 0,83

Fonte: EMATER/RS-ASCAR

Parceria vai desenvolver capacitação em ovinocultura A Secretaria Municipal de Agricultura e a Associação dos Criadores de Ovinos de Dom Pedrito (Acodope) comunicam aos produtores e trabalhadores rurais interessados, que o projeto de capacitação técnica em ovinocultura está com inscrições abertas. A iniciativa é gratuita e visa proporcionar capacitação em manejo, sanidade, reprodução, avaliação gerencial e análise de custos, avaliação de escore corporal e demais necessidades para aumentar a lucratividade com a

produção. Qualquer produtor pode participar. Serão desenvolvidas atividades nas propriedades rurais, individualmente, e disponibilizados serviços técnicos como análises para controle de verminose, exames andrológicos e orientações gerais. Para participar, o interessado deve se inscrever na Secretaria ou pelos telefones (53) 3243-4971 ou 3243-1459, das 07h30min às 13h30min. O prazo encerra dia 25.

Antonio Rocha

Iniciativa prevê elevação de lucros para o setor


e -

s e

) s o

a

GERAL

TERÇA-FEIRA

7

19 de fevereiro de 2013

Município lança projeto SMS retoma atendimento especializado em neurologia IDEB Melhor infantil por Niela BIttencourt

por Rochele Barbosa Com a demanda crescente e o trabalho tendo que ser realizado com tratamentos fora de domicílio, a Secretaria Municipal de Saúde está novamente com um médico especialista na área de neurologia infantil. O serviço é oferecido pelo sistema único de saúde, SUS, no Centro Municipal de Apoio Educacional Mathilde Fayad, que atende pacientes com deficiência intelectual; deficiência física; deficiência auditiva; surdez; deficiência múltipla; paralisado cerebral; condutas típicas; altas habilidades/superdotação. Os tipos de atendimentos são: clínico-terapêutico; estimulação precoce; fonoaudiologia; psicopedagogia; pedagogia; psicologia; neurologia pediátrica; psiquiatria; pediatria; fisioterapia; serviço social e psicomotricidade. O médico que irá atuar no centro é o neurologista, José Brasil Teixeira, que explica que o atendimento é para crianças e adolescentes até 18 anos com problemas neurológicos. “O atendimento é físico ou intelectual, doenças como epilepsias, déficits de atenção e doenças ligadas ao cérebro”, garante. Brasil destaca que o encaminha-

mento pode ser por clínicos, pediatras, mas, principalmente, pela família e também escolas. “O serviço tem uma grande demanda e estou retornando às atividades para tentar suprir este trabalho”, acrescenta. A neurologia infantil é a especialidade clínica que avalia o sistema nervoso central, cérebro, cerebelo, tronco encefálico e periférico, os nervos das crianças. É o médico especialista em neurologia infantil que avalia todo o de-

senvolvimento da criança, do ponto de vista das suas aquisições motoras, cognitivas e de linguagem, desde o nascimento até a adolescência. As patologias mais frequentes nos consultórios de neurologia infantil são: dificuldade escolar; dores de cabeça/cefaleia; hiperatividade e déficit de atenção; epilepsia; paralisia cerebral; doenças musculares; erros inatos do metabolismo e doenças degenerativas do sistema nervoso central e periférico.

Médico do Mathilde Fayad, José Brasil Teixeira

Arquivo/FS

O município lançou na manhã de ontem, na escola Téo Vaz Obino, o projeto IDEB Melhor: qualidade é a nossa meta. A atividade integra uma programação alusiva ao início do ano letivo na rede. A secretária de Educação, Janise Collares, argumentou que hoje as escolas possuem “ótima estrutura e equipamentos em boas condições”, ao mesmo tempo em que os professores contam com o piso da categoria e com um plano de carreira. Isso para enfatizar que todo esse trabalho precisa repercutir, ou seja, se tornar sinônimo de qualidade. É claro que isso também é medido por avaliações, como a do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. O projeto, então, busca garantir a efetiva aprendizagem dos alunos, o que, por conseguinte, gerará um melhor IDEB municipal. Para isso, dez escolas, que ainda não alcançaram as metas do IDEB, participarão de um conjunto de ações: trata-se da formação das equipes gestoras e dos professores, além de monitoramento e análise das práticas pedagógicas por parte da Secretaria. A partir disso, ocorrerá o estabelecimento de novas diretrizes curriculares que venham a sanar as necessidades dos alunos. Um calendário de encontros já foi divulgado: neste mês, um já está

Brunna Ayres

Janise Collares

previsto, será no dia 28; já em março três datas foram anunciadas: 9,23 e 26, outros três ocorrerão em abril, nos dias 6,11 e 12. Isso até o final do ano, com pelo menos um encontro por mês. A secretária garante que o projeto será expandido para outras instituições, mas, pelo menos por enquanto, o foco será nestas dez: Antônio Fued Kalil, Antenor Gonçalves Pereira, Darcy Azambuja, Nicanor Peña, Fundação Bidart, Kalil A. Kalil, Peri Coronel, Maria de Lourdes Machado Molina, Creusa Brito Giorgis e Carlos Mário Mércio Silveira. A secretária foi enfática quando falou sobre a responsabilidade que os educadores devem assumir no que diz respeito aos resultados do IDEB. “Não podemos jogar para os outros a culpa da não educação dos nossos alunos”, manifestou.


8

TERÇA-FEIRA 19 de fevereiro de 2013

REGIÃO

Município conta com cerca de 30 alunos beneficiados

Candiota terá continuidade do Proesc

O Programa de Ensino Superior Comunitário (Proesc) terá continuidade em Candiota. A afirmação é da secretária de Educação, Nazionélia Ferreira. Segundo ela, o município e a Universidade da Região da Campanha renegociaram os valores do convênio e os alunos candiotenses beneficiados com a parceria já podem efetuar suas matrículas normalmente. A oficialização, porém, ainda aguarda a assinatura dos documentos entre as partes. “Isto deve ocorrer nos próximos dias. Nós retomamos este tema, renegociamos os valores e a primeira

Arquivo/FS

parcela será depositada em março”, garantiu. De acordo com ela, um levantamento dos valores foi realizado nos últimos dias e, agora, o pagamento ocorrerá de forma mensal. “O governo está fazendo todo o esforço necessário para a continuidade deste importante convênio, que tem em sua primazia fomentar o ensino superior aos jovens oriundos do ensino público”, ressaltou. O município aderiu à iniciativa em duas oportunidades e conta, atualmente, com cerca de 30 estudantes beneficiados.

Secretária diz que novo convênio será assinado em breve

escolares. Em contrapartida, as prefeituras garantem e adquirem bolsas de estudos para jovens de seus municípios. A Universidade utiliza os recursos oriundos desta transação na quitação de compromissos com a União (dívidas de

FGTS, por exemplo). Os alunos, por sua vez, cumprem estágio junto aos Executivos ou órgãos vinculados. Desde sua criação, em 2007, cerca de dois mil estudantes já foram beneficiados com a medida.

Dom Pedrito

Telefonia celular deve ser ativada em Torquato Severo O subprefeito responsável pela região de Torquato Severo, distrito de Dom Pedrito, Gilson Menuzzi, informou por meio da assessoria de imprensa do Executivo que o município trabalha para viabilizar serviços de telefonia celular junto à localidade.

Segundo o informe, a demanda é antiga. Em contato com a operadora Vivo, Menuzzi foi informado que o sinal depende de uma interligação entre as torres Bagé/ Dom Pedrito. O boletim afirma que “o prazo (previsto) para ativação do serviço é de 30 a 60 dias”.

O Proesc Na iniciativa o Governo Federal repassa recursos para as cidades de abrangência da Urcamp para a aquisição de equipamentos. Até hoje, estes recursos já foram destinados para a compra de maquinário agrícola e veículos

Sinal depende de interligação de torres

Arquivo/FS


GERAL

TERÇA-FEIRA

9

19 de fevereiro de 2013

Serviço está sendo feito por poucos profissionais devido à indefinição das exigências

Falta de lei municipal diminui número de tele-entregas na cidade

a A falta de normas para regulaa /rizar o trabalho dos motofretistas de eBagé está causando transtornos tanto opara os profissionais quanto para as empresas que utilizam serviços de S tele-entrega e para os clientes, que perdem a comodidade de receber alimentos e medicamentos em casa com um baixo custo. O problema já havia sido abordado na matéria publicada na edição da última sexta-feira. A questão foi levantada na audiência pública realizada na Câmara de Vereadores, no dia 14. Na ocasião, profissionais relataram que muitos motociclistas que trabalhavam fazendo entregas, tinham passado a carregar passageiros, trabalhando como mototaxistas. Já que a falta de definições para o transporte de encomendas causa receio nos motofretistas e medo de receber uma multa. Como o preço das entregas é baixo, não vale a pena correr o risco. O proprietário de um restaurante da cidade, Rodrigo Grandini, diz que as vendas de alimentos estão sendo prejudicadas, pois a empresa terceirizada, contratada para fazer as entregas, não está trabalhando. “No

momento, não estamos fazendo entrega. Isso está prejudicando as vendas”, afirma. Ele diz que, por enquanto, não existe solução para o problema, pois os motoboys não querem fazer a entrega. “Eles alegam que as regras estão indefinidas. E que é caro fazer as adequações”, salienta. Já o dono de uma empresa de motoboys da cidade, Leonardo Garcia Noda, relata que chegou a perder a metade dos seus funcionários pela confusão que as exigência causaram. A baixa só não foi maior porque ele fornece o baú aos seus trabalhadores, exigido para fazer o transporte das encomendas. Porém, constata que a atividade começou a voltar ao normal após a audiência pública, já que muitas das dúvidas da classe foram sanadas pelo presidente do Sindimoto-RS, Vagner Ferreira. “Depois da audiência, muita gente voltou ao trabalho. Hoje, as entregas estão voltando ao ritmo anterior”, pondera. Mas ele salienta que o trabalho só deve ser de fato normalizado após a promulgação da lei municipal. Apesar dos transtornos e do gasto dos motoboys, R$ 1,1 mil

para se adequar às exigências da lei, Noda diz que o esforço vale a pena, pois vai haver a valorização do profissional e uma desmarginalização da classe. “Agora quem quer trabalhar vai ter que estar dentro da lei, e o marginal não vai se adequar. O retorno está garantido”, conclui. Atualmente, um motofretista ganha entre R$ 900 e R$ 1,6 mil por mês.

Empresário diz que número de tele-entrega deve voltar ao normal

Fotos: Brunna Ayres

Quantidade de motofretistas diminui por indecisão da lei


10

TERÇA-FEIRA

19 de fevereiro 2013

SOCIAL

COMO sempre diz minha colega e amiga Tela Tomazeli: “Nem tudo é Facebook, onde a vida é só sorriso e a foto publicada é aquela escolhida depois de 50 tiradas. Onde atrás do sorriso existe uma tristeza, uma solidão, uma angustia e, algumas vezes, uma felicidade. A vida é tarja preta, é relaxante muscular, é placa de acrílico furada de tanto bruxismo. A vida é correr atrás do pão de cada dia”. Pois meus queridos, a Tomazeli tem razão. A vida não tira férias, estou de volta a este espaço após 10 dias, oba! Preciso que todos vocês colaborem comigo enviando o combustível para esta social: as notícias boas que chovem, ventam, penetram pelas frestas, correm atrás de mim – incrível, eu nem preciso correr atrás delas o ano inteiro, oba!

Na formatura (Medicina) dos manos Débora e Jean Pierre, eles com os pais Pierre Youssef e Saada, que ofereceram big festa na Sociedade Germânia, POA

NESTE ESPAÇO as pessoas borbulham: as viagens, os eventos, os romances, a vida social como ela é. E não é mais necessário apenas champagne para brindar; hoje, existem as suas variantes faiscantes, cintilantes e por aí vai! Mas, é claro, que toda social que se preza sempre tem seu foco naqueles momentos de convites restritíssimos. Mas restritos meeeesmo. Onde os “escolhidos” sabem apreciar uma decoração bem elaborada, sobriedade e bom gosto, agradável aos olhos de gente educada, bonita, elegante, sem exageros, nem gritinhos, nem desmaios, nem exibicionismos, nem chiliques, enfim ... E NÃO venham me dizer que sobrenome de tradição está fora de moda, pois quando ele implica em boa educação, isso nunca está fora de moda! Em coluna social, sobrenome tem importância sim meus queridos! Num grande evento, os circulantes precisam ser de alto nível. ENTÃO, vamos a eles... Em Punta del Este, Adriana Meneghini e Elias Kalil recepcionaram os amigos na bela casa de veraneio para festejar o aniversário do filho Romeo, o mano do Raul. Todos saíram encantados com o bom gosto de Adriana que pode ser observado em cada um dos muitos detalhes que decoram a residência; eles são vizinhos de Clementino Molina e Teresinha que, quando não estão em Punta, nesta época, é porque se encontram no apartamento da avenida Atlântica, Rio. Mas, eles estavam na festa de Romeo Meneghini Kalil. Voltando à recepção, o branco predomina no décor que mistura o super moderno ao requinte das peças antigas trazidas de Montevidéu e Buenos Aires. Adriana fechou e abafou, capotantemente linda, com um caftan, azul, bem fluido, e rasteirinhas ...PARA COMEÇAR, badejas de canapés variadíssimos. Depois, a paella espanhola preparada pelo próprio Elias, que não economizou na receita que leva camarão, lagostim... Ah, de sobremesa, trufas da Léslie que voltou de Gramado para ficar e, a partir de março, promete intensificar os sabores de suas trufas famosas, hummmmmm... Entre quem lá estava: Deborah e Auro Acevedo, Laura e Michel Kaé, César Lucas e Cibele, Luis Eduardo Silva e Guida Collares, sempre roubando a cena, ela dizia estar encantada com a novidade da linha francesa de cosméticos Sisley, esse produto que deixa a pele com ar de molhada, como se ela tivesse acabado de sair do mar; uma sereia, uau!

Jean Pierre Youssef entre os amigos Paulo Kalil, Jerônimo Barzeque, Felipe Nicoloso Lucas, Caco Pilon, Gustavo Ceolin

Jean Pierre, Maurício Perez Zeni, na festa de formatura de Jean, Medicina

NO CARNAVAL em Punta del Este: Jorge Kaé e Miriam com os filhos Júlia e Jorge; Carlos e Lúcia Wolf Acevedo que levaram grupo de amigos de Pelotas para passear na lancha Wolf; Silvia e Luis Antônio Bulcão com os filhos Lucas e Helena; Acauan Pereira Fernandes e Glauce com a filha Isabela; Mário Mezzomo, Antônio Fernandes que em abril segue com destino a Dubai. Aplausos!

NA MARQUÊS DE SAPUCAÍ, Tati Mattos, Diego Sacco e a namorada, atriz Susana Alves... NO DESFILE da Portela, Neca Rosa Andrade... ANTES do carnaval, na quadra de ensaios da Salgueiro, Beth Infantini e Oraides Silva...QUEM está passeando por Dubai, Margareth e Jorge Eduardo Malafaia Marques. Depois, vão a Paris e Londres... CARNAVAL em Floripa e Camboriú, Fabiana e Fábio Lucas, Vera Silveira Lucas... EM SÃO LOURENÇO, Maria Francisca e Alfredo Rodrigues. Aplausos!

OS GUIDOUX KALIL, Sérgio e Marcelo, estão na comissão que organiza o 2º Fórum Mundial da Bicicleta que se realizará em Porto Alegre, agora, em fevereiro. É um super evento, independente, que pretende incentivar as pessoas a usarem mais a bicicleta e menos o carro. Até palestrantes estrangeiros foram convidados. Aplausos!

Jean Pierre Youssef e Vanessa Grings


SOCIAL

Rafaela e Lídia Anselmo dos Santos, filha e mãe, lindas, clic Gleider Ayres

Stefânia Martins Teixeira e Manuel Vieira, na festa de casamento de Rafaela Anselmo dos Santos e Leonardo Costa Estrela

João Eduardo Costa da Silva Tavares e Sônia, no casamento de Rafaela Anselmo dos Santos, clic Gleyder Ayres

Em Punta del Este, anfitriã Adriana Meneghini entre as amigas Cibele Lucas, Laura Kaé, Guida Nocchi Collares, Debora Wolf Acevedo, Teresinha Rizardo

TERÇA-FEIRA 19 de fevereiro de 2013

11

EM GRAMADO, muito se fala na temporada que Renan Calheiros e Srª fazem no Kurotel, que vive assim ó de gente famosa. O Kur é o passeio preferido de Ione Malafaia Obino, uma vez ao ano ela dá uma chegadinha lá, sabida hein! Mas, além de Calheiros, estiveram no Kur, neste fevereiro: a senadora Ana Amélia Lemos, o senador Francisco Dornelles com Cecília e a filha Mariana. Agora, é esperar o próximo número da revista do hotel, distribuída nacionalmente, para ver as fotos de todos que buscam tratamento de revitalização com a equipe multidisciplinar do Dr. Luis Carlos Silveira e de Neusa. Aplausos! NO CARNAVAL, Isadora Capiotti Obino foi passear aquele seu jeito todo gracinha, todo risonho e amoroso em Floripa, aliás, mamãe Neca Capiotti viajou também... SEGUNDA-FEIRA (11), foi Dia de Nossa Senhora de Lurdes. Quem passou em frente à Igreja Nossa Senhora Auxiliadora pode ver o pároco, Juarez Testoni, escovando o chão, aparando as plantas, pois, à noite, houve procissão no entorno da igreja. Esse padre é o máximo! QUEM está outra vez em Londres é Beth e Édison Fagundes, que aproveitam e vão a Roma. Com certeza eles querem estar, dia 28, na solenidade de despedia do Papa Bento XVI. Na capital da Inglaterra, o casal Fagundes faz uma visitinha ao Palácio de Kensington para conferir uma exposição permanente, inaugurada no ano passado, que revela a vida pessoal e o reinado de uma de suas mais ilustres residentes, a rainha Victória! A expo “Victória Revealed” é guiada por trechos de diários e cartas escritas pela própria rainha e conta com mais de 300 itens, incluindo objetos pessoais e obras de arte exibidos nos vários cômodos do palácio, que teve papel importantíssimo na vida de Victória. Lá, nasceu e passou sua infância. Lá, também, foi informada na manhã de 20 de junho de 1837 sobre a morte de seu tio, rei William IV, assumindo a responsabilidade de se tornar rainha com apenas 18 anos de idade. No mesmo Palácio de Kensington, Victória avistou pela primeira vez seu amado e futuro marido, príncipe Albert. Na exposição: pinturas a óleo originais da época, brinquedos, joias, roupas e muitos outros objetos históricos combinados com áudios e projeções digitais, convidam o público a interagir e conhecer mais a fundo a vida de uma das principais monarcas da história, cujo período de reinado, a famosa Era Vitoriana, foi o mais longo do Reino Unido. Os visitantes podem conhecer o salão vermelho, onde Victoria participou de seu primeiro conselho privado. Lá, estão expostos o vestido que ela usou na ocasião e o primeiro documento que aprovou, no dia em que se tornou rainha, assinando como Victória R. Para quem gosta de história como Beth, é um programa imperdível! POIS neste espaço não se fala tão somente amenidades, belezas, coisas aprazíveis, delícias. Fala-se, também, em situações de pesar como o falecimento de ERNESTO LIMA, que desempenhou importantes papéis na comunicação em Bagé. Muito recorrente a gente se perguntar: afinal, para ser um bom publicitário é preciso fazer faculdade? Ela é tão essencial para ser dar bem em publicidade? Falar da atuação de Ernesto Lima na mídia local me reporta a disciplinas das faculdades (...) e temas como discurso, relações de poder e forças; isso me lembra autores como Foucault (fundador de conceitos basilares de AD) e da problemática da analítica do poder, e Patrick Charaudeau que tão bem elucida questões da mídia atual, do poder e das ideologias. Ainda me lembro bem, anos 70 e 80, nos concurso de Miss ou nos de Rainhas do Carnaval que E. Lima tão bem apresentava. Notava-se que era um profissional que sabia a diferença entre RELATAR (construir o acontecimento) e COMENTAR (uma atividade discursiva complementar ao relato); poucos sabem isso! A improvisação era a praia de Lima que tinha bagagem de sobra para se arriscar, ir além da pauta escrita e informar. Aliás, ele podia discorrer a noite toda sobre o tema que estava comentando e/ou simplesmente apresentando. Ele se dava muito bem nos diferentes suportes midiáticos: rádio, jornal, televisão, assessoria de imprensa. No mundo midiático da cidade e região, Ernesto Lima será sempre muito bem lembrado.


TERÇA-FEIRA 19 de fevereiro de 2013

13


14

TERÇA-FEIRA 19 de fevereiro de 2013

GERAL

Curso de gestão capacita diretores estaduais por Rochele Barbosa

Fotos: Rochele Barbosa

Palestras buscam capacitar diretores e substitutos

Diretores de escola, eleitos em outubro, participam de palestras organizadas pela Secretaria Estadual de Educação. O objetivo é capacitar os diretores para uma gestão qualificada e moderna na educação. Segundo a coordenadora adjunta da 13ª Coordenadoria Regional de Educação, Luciane de Freitas, este curso é uma complementação e uma forma de dar uma atualização para os gestores de escolas. “Cerca de 70 diretores e seus substitutos participaram, ontem, do curso de gestão, conforme a nova lei de gestão do Estado”, explica. Luciane destaca que o curso tem 20 horas de duração e foi feita uma convocação para os diretores participarem. “A intenção é de ampliar os conhecimentos sobre a legislação, além de terem uma atualização do conteúdo”, enfatiza. A coordenadora também ressalta que a palestra principal da manhã foi orientada pela assessora do Gabinete da Secretaria de Edu-

Coordenadora adjunta Luciane de Freitas

cação, Rosa Mosna. “A intenção do governo é dar uma completa assessoria e qualificação para os diretores”, relata. Pela tarde, as palestras ficaram a cargo do setor de Recursos Humanos e Pedagógico da 13ª CRE. “A lei complementar ainda é muito recente e, então, a Secretaria resolveu apresentar de maneira que todos fiquem a par da nova legislação de gestão”, orienta.

A Lei Complementar nº 13.990 de 15/05/2012, introduz modificações na Lei nº 10.576 de 14 de novembro de 1995, que dispõe sobre a gestão democrática do ensino público e dá outras providências. Pela nova lei, a comunidade terá ampliada a sua participação na gestão das escolas estaduais; eleição direta por chapa com unidade de propostas e lista de apoiadores; plano de ação que contemple, no mínimo, os aspectos administrativos, financeiros e pedagógicos respaldados pela comunidade; redefine as eleições para os cargos de diretor e vice-diretor; define em três anos os mandatos de diretor e vice-diretor; os candidatos poderão concorrer apenas uma vez à reeleição sucessiva; - proporcionalidade entre os votos dos pais e alunos aos dos professores e funcionários; participação em curso de qualificação para a função; ter ficha limpa eleitoralmente, criminalmente e administrativamente; conselho escolar como unidade executora e a eleição acontece em novembro.


GERAL

TERÇA-FEIRA 19 de fevereiro de 2013

15

Aulas iniciam para mais de 3,5 mil estudantes por Niela Bittencourt

O ano letivo já começou para mais de 3,5 mil estudantes. Isso ontem. Mais de 900 só na Fundação Bradesco. Para a diretora da instituição, Rosele Torrescasana, o primeiro dia de aula pode ser considerado tranquilo. Ela comemorou a frequência dos jovens. Para 2013, as expectativas são as melhores: a busca é por resultados. No Ensino Médio, por exemplo, o Exame Nacional do Ensino Médio é uma preocupação e um desafio, tanto para os alunos quanto para os educadores. Além da fundação, cujo ensino é gratuito, as aulas também foram retomadas na rede particular de ensino. No Colégio Espírito Santo, por exemplo, mais de 1,2 mil estudantes ini-

Fotos: Brunna Ayres

ciaram as atividades escolares. Entre eles Ana Helena Jardim, de 11 anos. Cursando o sexto ano, revela que a volta às aulas é um dia de expectativa, já que é o momento de conhecer novos colegas e professores, o que é comemorado por ela. Já Luisa Malafaia de Barros, também de 11 anos, o melhor do retorno é a oportunidade de rever os amigos. “Também de poder estudar”, diz. É claro que a jovem pensa nos momentos de intervalo das aulas, quando ela e os colegas poderão brincar. Victória Silveira Souza, também do sexto ano, conta que além de estudar está entusiasmada por voltar a conviver com amigos, dos quais esteve distante nas férias. Mais de 1,2 mil voltaram no Espírito Santo

Rotina que recomeça

Tatiana Bezerra

Taís Bom

Para a mãe de dois estudantes, a advogada Tatiana Bezerra, 33 anos, estão entre os aspectos positivos do retorno escolar o recomeço de uma rotina. “Algo que é tão necessário”, pondera. Outro argumento é pessoal: “posso voltar a fazer as minhas

coisas ao mesmo tempo em que estou tranquila, já que eles estão na escola”, destaca. Também é o que defende a mãe de outro jovem, Taís Bom, de 28 anos, fala que o filho retoma, com o início do ano letivo, atividades saudáveis como a prática

de educação física e da leitura. Nas férias, comentou, ele estava mais preocupado com a televisão e com o videogame. “É importante voltar a ter uma rotina”, defende ela, também comemorando o fato de poder ter, a partir de agora, mais tempo para suas atividades.


16

TERÇA-FEIRA 19 de fevereiro de 2013

GERAL

Iniciativa foi apresentada ao escritor na semana passada

Centro Cultural e Turístico de Santa Fé ganha adesão de Luís Fernando Veríssimo por Felipe Valduga

Divulgação/FS

O projeto que pretende transformar a cidade cenográfica de Santa Fé, criada para as gravações do filme “O Tempo e O Vento”, ganhou um reforço de peso nos últimos dias. A iniciativa foi apresentada ao escritor gaúcho Luís Fernando Veríssimo pelo responsável da manutenção do espaço, Mauro Moreira, na última quinta-feira. Uma das ideias para o local é a criação de um memorial dedicado ao autor do livro “O Continente”, Erico Verissimo, que deu origem ao filme. Em função disto, Moreira esteve em Porto Alegre na semana passada para apresentar o projeto ao filho Luís Fernando. “O objetivo foi apresentar a ideia, fazer com que ele conhecesse a cidade cenográfica e ter o seu aval para a instalação do memorial”, comentou Moreira, que também foi coordenador de arte e cenografia do longa-metragem. Moreira relata que além da autorização, Luís Fernando se comprometeu em buscar a viabilidade da iniciativa junto ao Governo do

Estado, bem como doar itens do acervo pessoal de Erico Verissimo para serem expostos junto ao memorial. “Uma das primeiras coisas que ele me perguntou foi o que estava faltando. Disse que estava tudo pronto. O projeto. Enfim. Que apenas restava o encaminhamento ao Governo Federal, por parte das autoridades, para a obtenção dos recursos necessários”, contou ao afirmar que o momento é de urgência. “O filme deve estrear este ano. Temos que estar com o Centro pronto até lá. O ibope que trará para a cidade será gigantesco”, disse. Porém, argumenta Moreira, as pessoas têm que acreditar na proposta. “Bagé tem que assumir este Centro, assumir esse gancho do filme e acreditar. Já apresentamos e divulgamos na cidade. Agora vamos trabalhar de fora para dentro”, explicou. Segundo ele, a iniciativa tem tudo para dar certo. “Como o cenário é cenográfico ele tem duração limitada. A proposta é transformar os espaços em alvenaria e, assim, de-

senvolver um grande Centro Cultural e Turístico de Bagé. Isto vai gerar empregos, fortalecer a economia da cidade por meio do turismo e garantir

a preservação da cultura”, ressaltou. Um resultado apontado como promissor é o número de visitantes registrados entre setembro e novem-

bro do ano passado. “Ao todo, foram mais de dez mil pessoas que vieram conhecer Santa Fé”, disse ao mostrar os gráficos de registros.

Em entrevista ao FOLHA do SUL, Moreira apresentou alguns detalhes do projeto. Em síntese, o Centro Cultural e Turístico Internacional de Santa Fé pretende apropriar-se de cada espaço existente. A iniciativa visa à criação, além do memorial, de uma área com praça de alimentação, estacionamento para visitantes, banheiros, posto de saúde, espaços para comércio e muito mais, próprios

para o recebimento de turistas. “O Complexo Administrativo, por exemplo, será destinado para ser o cérebro do Centro, podendo abrigar Secretaria de Cultura e Secretaria de Turismo. Já a Bilheteria tem como objetivo viabilizar a proposta de um local auto-sustentável financeiramente, a partir de seu funcionamento”, completou o responsável pela manutenção de Santa Fé.

Entre os diferenciais, estão a transformação da Igreja em um espaço para a realização de cerimônias religiosas oficiais e utilização da Câmara como um local para exposições de artistas bageenses, fomentando a cultura na cidade. Já nas inovações, o destaque fica por conta da Intendência. O prédio, segundo Moreira, será transformado em uma sala de projeção para a exibição de um making

off do filme, além de garantir a exposição de itens e peças exclusivas do longa-metragem. “Será onde o visitante poderá vivenciar toda a produção desenvolvida”, pontuou Moreira. Fora a estrutura já existente, o projeto também prevê a importação de outros cenários utilizados ao longo do filme. “Um exemplo é o rancho de Ana Terra. O telespectador, após assistir o filme, poderá

identificar os detalhes de uma das cenas mais fortes do longa. Assim como a casa do índio Pedro, a meta é trazê-los, também, para o Centro”, salientou. Por fim, Moreira destacou que o projeto busca se apropriar de um momento único. “Esse filme é a maior produção cinematográfica da história do Brasil. Nunca existiu um espaço como este. Temos que eternizar Santa Fé”, concluiu.

Qual a proposta?

Moreira e Veríssimo

Objetivo é regularizar situação jurídica de entidades

UBAM se reúne com associações de bairros A União Bageense de Associação de Moradores (UBAM) se reuniu, ontem, na Prefeitura Municipal, com os representantes dos bairros Ibajé, Passo das Pedras, Olhos D’Água, entre outros, que desejam fazer a regularização da sua associação ou atualizar os seus dados. Durante o encontro, a UBAM disponibilizou a sua assessoria jurídica para que os interessados sanassem as suas dúvidas. De acordo com o presidente da união, Emílio Caetano Lunes Martins, o prazo para a entrega da documentação à Federação Riograndense de Associações Comunitárias e Moradores de Bairros (Fracab) para regularizar as entidades que seria no dia 21, deve ser estendido, já que o período foi curto. “Os bairros estão interessados em se organizar. Mais de 20 representantes já nos procuraram”, diz.

Em relação à questão, o advogado, responsável pelo setor jurídico da UBAM, Émerson Rodrigues da Silva, acrescentou que as associações vão poder se regularizar, mesmo fora do prazo pré-determinado, porém não vão participar, neste ano, da Fracab. O presidente esclarece que um dos benefícios de constituir as entidades de bairro é angariar fundos, através de projetos para os bairros da cidade. “Depois de estar organizado, poderemos requerer recursos financeiros para a melhoria dos bairros da cidade.” Porém, o processo muitas vezes, mesmo daqueles que estão interessados, é o valor para a regularização, já que além do pagamento do registro da ata é preciso também registrar o estatuto. O advogado acrescenta que o processo de regularização é divido em três fases, sendo a primeira de registro,

que demora entre 45 e 60 dias, a segunda de inscrição na Receita Federal e a última de instituição de caráter de utilidade pública, nos três âmbitos, municipal, estadual e federal. A inscrição permite que a entidade possa recebe recursos financeiros oriundos das três esferas. O mais novo presidente eleito pelo bairro Ibajé, Bertoldo Soares, diz que a associação está encaminhando os documentos necessários para fazer o registro. “Temos que registrar a ata que custa R$ 75. O dirigente do bairro Passo das Pedras, Júlio Adalberto Costa Barbosa, afirma a importância da constituição e registro das associações, pois atribui à organização algumas das conquistas do bairro. “Todos devem ter uma associação ou um líder. Na hora de reivindicar alguma melhora para a Prefeitura o acesso é facilitado”,

destaca. Ele ainda acrescenta que o presidente serve de intermediário entre o bairro e o poder municipal. Martins finalizou informando que as eleições para escolha da

diretoria das associações devem ser feitas no mês de março e maio, já que em abril a Receita Federal faz o levantamento das intuições já existentes.

Encontro sanou dúvidas dos participantes

Brunna Ayres


GERAL

TERÇA-FEIRA

17

19 de fevereiro de 2013

É preciso aceitar a dependência para procurar ajuda

Narcóticos Anônimos usa consciência contra as drogas

por Fernanda Mendonça

O Narcóticos Anônimos (NA) é um grupo de apoio aos dependentes de drogas que une os participantes pelo problema em comum, a doença da adicção. O principal objetivo é levar a mensagem para quem ainda sofre com a dependência. O único quesito para procurar a irmandade é o desejo de parar de usar droga. O programa do NA é um conjunto de princípios escritos de uma maneira simples que pode ser seguida no dia a dia. Em Bagé, a irmandade faz reuniões duas vezes por semana, sexta-feira e domingo, às 19h30min, os encontros são fechados e recebem a todos que são adictos ou têm dúvida sobre a dependência. Já a reunião aberta, para quem quer conhecer o grupo, acontece todo último domingo de cada mês. A sede do NA está localizada na avenida Marechal Floriano, 1439.

Só por hoje Para elucidar a questão da dependência, a reportagem do Jornal FOLHA do SUL conversou com duas fontes que estão em recuperação, já que essa é uma condição permanente, visando um dos princípios do NA, “Só por hoje”. Os depoimentos são independentes da instituição e de inteira responsabilidade dos entrevistados. “Eu tive que perder muitas coisas pra identificar que a droga estava me fazendo mal. Eu não tinha mais nenhuma perspectiva de vida. Eu achava que ninguém iria mais acreditar em mim”. Assim começa a fala de uma de nossas fontes, que foi usuário de substâncias ilícitas e de álcool, por mais de 30 anos. Hoje, com 52, ele está há três anos “limpo”, termo usado para se referir ao tempo que está sem fazer uso de entorpecentes. “Nós perdemos o controle das nossas vidas. As pessoas

O amor é o melhor que temos aqui que pedem ajuda têm que aceitar a dependência”, afirma. A fonte explica que a irmandade acolhe os adictos e que todos falam a mesma língua, pois tem o mesmo problema. “Quem quer qualidade de vida tem que querer parar de usar a droga”, destaca. O depoente diz que começou a beber aos 17 anos, depois passou a experimentar outras substâncias e foi da droga mais leve a mais pesada. “Eu usava tudo, fazia uma miscelânea. Usava uma para amenizar o efeito da outra e depois começava tudo de novo”, explica. O participante conta que chegou até o NA por incentivo de amigos e da sua esposa, que também era usuária, mas que ficou limpa depois de começar a frequentar as reuniões. “Ela veio com a intenção de me trazer, mas eu demorei muito para conseguir vir. Depois que eu vim, a minha vida mudou completamente”, pondera.

“Eu era filhinho de papai. Sexta-feira era a minha noite de sair. Eu pegava o carro e rodava, às vezes, mais de 600 km, sem saber onde estava indo”, relata outro dependente que está “limpo” há 9 anos e quatro meses. Para ele, a vivência dos passos são inconscientes. E o amor encontrado no NA é o melhor remédio para vencer a dependência. Ao contrário, do outro entrevistado, ele vê no apoio de medicamentos, que recebe no tratamento psiquiátrico, um alento para se livrar das drogas. Além dos remédios, ele também tem na religião uma forma de proteção. “Quando eu quero pedir alguma coisa importante, eu me ajoelho e oro”, diz. As medalhas, como chama as marcas espalhadas pelo corpo, foram causadas pelas mais de três

décadas de uso de diversas substâncias. O descontrole fez com que ele ateasse fogo na casa dos pais, fato que conta com pesar. Embora quase uma década sem se drogar, além do cigarro, que ele também vê como droga, a fonte lembra que pra quem já foi usuário por tanto tempo, 9 anos não é nada. “Eu ainda tenho muita coisa para mudar em mim”, afirma. O depoente revela que quando esteve em uso de droga só queria saber daquilo e quando o dinheiro chegava ao fim, a solução era vender tudo. “Infeliz daquele que usa droga”, conclui. Em relação à dinâmica do grupo, ele comenta que a partilha faz com que os novos se identifiquem, mas também é uma forma de estímulo, pois é falado de como eles estão hoje, em recuperação. “Somos vitoriosos”, finaliza.

Posto de saúde da Damé fica sem médico durante três dias por Rochele Barbosa Os serviços mais básicos para a comunidade são os de saúde. Em Bagé há 23 postos com o serviço de Estratégia Saúde da Família, com médico e equipe completa de funcionários para assistir a comunidade. Na manhã de ontem, a reportagem do Jornal FOLHA do SUL recebeu uma ligação de um leitor informando que o posto de saúde do bairro Damé estava sem médico no atendimento clínico geral. Na averiguação da informação, a reportagem foi até o posto onde foi confirmada a versão do leitor e, informado por pacientes e funcionários, que a médica Alice Weykamp da Cruz Fernandes não estava indo desde quinta-feira, dia 14. A médica Alice confirmou a informação e disse que não foi

porque já estava com atraso de uma semana no pagamento. “Sabemos que há alguns trâmites para o pagamento, mas acho injusto trabalhar sem receber, foi um mal-entendido interno pelo que sei”, explica. Alice também explica que tentou contato com a Prefeitura para saber do seu pagamento e que não houve resposta. “Liguei diversas vezes para saber se teria acontecido algo, mas na realidade não me atenderam e não explicaram o real motivo”, garante. A médica salienta que trabalha para a Secretaria de Saúde do município desde 2009 e, que em 2011, se desligou e retornou em setembro de 2012. “Tenho um bom relacionamento com a comunidade, mas quem trabalha quer seu pagamento, quer receber”, relatou.

Brunna Ayres

PSF ficou sem médico e deixou comunidade preocupada

Administração A secretária municipal de Saúde, Aura Stela Centeno Pereira, Téia, informou que não sabia que o posto estava desassistido pela médica. “Não fui informada em nenhum momento que ela não estaria indo ao posto, eu assinei a ordem de pagamento no dia 5 de fevereiro”, informa. Téia salienta que este tipo de atitude não é correta e que a

Secretaria não estava sabendo desta situação. “Procurei deixar todas as ordens e empenhos no dia cinco de fevereiro já assinadas para não haver problemas com pagamentos, mas ela é uma funcionária autônoma e passase o empenho para a Procuradoria Jurídica, onde é emitido o Recibo de Pagamento Autônomo, RPA”, esclarece.

Conforme explica o procurador jurídico da Prefeitura, Luiz Fernando Meira, o problema foi atípico. “Sabemos que a demanda para a Saúde é muito grande, então temos médicos do quadro, convênio pela Unimed e pela Urcamp e também temos os médicos autônomos que são contratados em regime de recibo de pagamento autônomo, o que é o caso da clínica Alice”, acrescenta.

Meira também enfatiza que na última semana, com o período de carnaval, e também que esteve em viagem na última quinta e sextafeira, não conseguiu despachar as ordens de pagamento. “Já havia recebido o empenho assinado pela secretária Aura Stela no dia 5, mas não tinha conseguido despachar, na verdade tenho até o dia 10 para

efetuar estes pagamentos por RPA, pois realizamos uma análise e, então com o feriadão, somente consegui despachar segunda pela manhã”, encerra. O pagamento foi efetuado no dia de ontem e a médica retornará às atividades hoje no posto de saúde da Damé, finalizou a secretária de Saúde, Aura Stela Centeno Pereira.


18

TERÇA-FEIRA 19 de fevereiro de 2013

SEGURANÇA

PRF apreende arma Projeto de lei visa proibição e projéteis trazidos do uso de fogos e shows do Uruguai pirotécnicos no Estado Após fazer uma abordagem de rotina, a Polícia Rodoviária Federal fez a apreensão de uma arma calibre 22 e mais 400 munições, durante a manhã desta segunda-feira. O material estava dentro de um Classic, de Caçapava do Sul, que vinha de Aceguá, e foi encaminhado para a Receita Federal de Bagé.

Mulher é assaltada perto da rodoviária Uma pedestre foi assaltada, por volta das 22h30min, do último domingo, quando caminhava para a rodoviária. De acordo com o registro policial, dois homens morenos, sendo um deles de estatura baixa com boné e o outro alto e magro, abordaram a vítima e furtaram dela um cartão de ônibus, a carteira de identidade e R$ 4,00. Antes de fugirem, um deles deu um tapa no rosto da mulher.

Motorista suspeita que placa do carro foi clonada No começo do mês, Paulo Roberto Ajala da Silva, de 56 anos, recebeu uma multa de trânsito de uma infração ocorrida no dia 25 de dezembro do ano passado, às 16h15min, na BR-392, km 290, em São Sepé. Ele é proprietário de um Kadett, de placas JEK-4134, e contou na delegacia que acha que foi vítima de clonagem de placas, já que não esteve na cidade do centro do Estado.

De autoria do deputado Adão Villaverde, do PT, o primeiro projeto de lei do ano apresentado na Assembleia Legislativa quer proibir, em todo o Rio Grande do Sul, a utilização, o manuseio, a instalação, a montagem, a queima de fogos de artifício e a realização de shows pirotécnicos em ambientes fechados. O texto seria acrescentado na Lei nº 10.987/97, que estabelece

normas sobre sistema de prevenção e proteção contra incêndio, dispõe sobre a destinação e taxa de serviços especiais não emergenciais do Corpo de Bombeiros e dá outras providências. Em sua justificativa, o deputado explica que a medida visa evitar que o uso destes artefatos sejam motivadores de acidentes, incêndios, tragédias e episódios similares. “É

notório que a utilização destes dispositivos tem sido provocadora de recorrentes incidentes de grandes proporções. Como as legislações específicas, que regram tais situações, têm sido descumpridas de forma sistemática enquanto não tivermos total fiscalização, controle e segurança sobre estas condições de uso, por medida de precaução, a opção é proibi-los”, finaliza.

Pitbulls matam linguicinha no centro da cidade Como era de costume, Dalva Juraci da Fonseca Gonçalves, de 56 anos, soltava seu cachorro da raça Dachshund, popularmente conhecido como linguicinha, para passear pelas manhãs. Porém, segundo o registro policial, na manhã desta segunda-feira,

o cachorro teria sido atacado por cães da raça Pitbull no momento que teria passado em frente a uma agropecuária, localizada na rua do Acampamento. Três vizinhas da dona do cachorro teriam presenciado o fato, sendo que os animais que fizeram o

ataque seriam do dono do comércio. Dalva registrou que conversou com o proprietário da casa agropecuária, porém, ele teria dito que não viu a situação, somente escutou o barulho dos cachorros e teria recolhido o linguicinha já sem vida.

Cachorro invade pátio e mata galinhas no bairro Popular Eram quase 12h desta segunda-feira, quando Carlos Fabian Silveira Silveira, de 32 anos, procurou a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) para registrar que teve prejuízo na criação de galinhas. Segundo o boletim de ocorrência, no

último domingo, ele foi informado pela esposa que um cachorro da raça Pitbull entrou no pátio da casa, localizada na rua Maurício Carneiro de Campos, nº 252, no bairro Popular, e matou duas aves. A vítima contou aos policiais

que o cão já entrou na residência outras vezes e desde o mês de dezembro já teria matado aproximadamente 14 galinhas. Ele inclusive já teria conversado com o dono do cachorro, porém, até agora, nada foi feito.

Uma casa que fica na estrada do Quebracho, em Hulha Negra, foi arrombada na tarde do último sábado. Conforme o registro policial feito por Trajano Jorge Garcia, de 60 anos, proprietário

do local, foram levados diversos objetos, como por exemplo: uma televisão de 21 polegadas, um jogo de panelas, um botijão de gás P13, um ventilador, um jogo de talheres, um kit de chimar-

rão, um basto com cordas, um laço e um freio, um poncho, um rebenque, três buçais, gêneros alimentícios, uma cafeteira, uma jarra elétrica, um liquidificador e um aspirador de pó.

Ladrões arrombam casa no interior de Hulha Negra e levam quase tudo


ESPORTES

Bangu e Malafaia fazem a festa A vantagem que Bangu e Malafaia conquistaram para a finalíssima do campeonato citadino de futebol amador, primeira e segunda divisão, acabou sendo mantida e ambos fizeram festa na tarde/noite de domingo. Na segunda divisão, o Malafaia havia ganho o jogo de ida por 4x1 e podia perder por diferença de até dois gols. O aguerrido time do Porto esforçou-se muito, ganhou por 3x2, mas o escore foi insuficiente para reverter a situação. Ambos estão garantidos na primeira divisão em 2013. O Malafaia tem como presidente o desportista Tarrã, sendo treinador Dedé, assessorado por Betinho. Os jogadores campeões: Rogério, Miroca, Jéferson, Machadinho, Diabinho, Elton, Fernandinho, Fábio, Galgo, Nanico,

Anderson, William, Dadá, Motor, Marcelinho, Leandro, Antônio, Gaspar, Maicon, Polaco e Ademar. Na decisão da primeira divisão, outro grande confronto. O Pedra Branca, jogando pelo bicampeonato e precisando de vitória simples, abriu o escore no primeiro tempo por Deivid. Mas o Bangu, depois de exigir duas grandes defesas pelo goleiro Sandro Islabão (que disse à reportagem da Rádio Clube pretender voltar ao futebol profissional neste ano), acabou empatando, a sete minutos da etapa final, pelo zagueiro Arilson Schio, ex-dupla Ba-Gua e Novo Hamburgo, Depois, jogo muito truncado, até o apito final do árbitro Anderson Lima Veiga (Son). A festa começou no Militão e se estendeu com carreata pelas principais ruas da cidade, até cul-

minar na sede do Bangu, no bairro Morgado Rosa, na zona Leste da cidade. A SER Bangu, fundada em 5 de dezembro de 1985, é presidida por Olívio Fagundes. Seu treinador é Cristiano Nogueira Lopes (Titã) e os jogadores vencedores foram Michel, Luciano, Arilson Schio, Aldo, Silas, Diego, Giovani, Bruno, Mateus, Lucian, Dida, Sapinho, Cledenir, Raí, Titi, Chorinha, Valdo, Thak, Sanderlei, Renato Saraçol, Machadinho e Éverton. O secretário municipal da Juventude, Esporte e Turismo, Sidenir Ferreira (Bagé), o coordenador de Futebol Amador, Paulo Roberto Chaves Cardoso, e assessores, entre os quais Carlos Alberto (Chita) e José Adilson Dutra, estiveram presentes na solenidade de premiação aos destaques da competição.

Temporada de atrações no tênis citadino O tradicional Bagé Tênis Clube tem proposta arrojada para 2013 em termos da atividade tenística. Os diretores Bruno Pichler e Maurício Gomes enfatizam o objetivo de promover uma série de eventos capazes de concorrer para uma massificação ainda maior da modalidade esportiva em Bagé. No fim de semana, o clube sediou jogos de confraternização, como, por exemplo, uma dupla formada por Ramiro Passos e Igor Blois, ambos do BTC; outra, pelos professores Leandro Ávila, do próprio clube, e Fernando Azambuja, do Recreio da Juventude de Caxias do Sul.

Divulgação

TERÇA-FEIRA

19

19 de fevereiro de 2013

Resumo esportivo higinobage@yahoo.com.br

HIRAN NO GUARANY? – O goleiro Hiran Spagnol nasceu em Linhares (ES), em 29 de outubro de 1971. Jogou em clubes como Clube do Remo, Internacional de Porto Alegre, Guarani de Campinas, Ponte Preta, Atlético Mineiro. Atualmente, aos 42 anos, está em plena atividade no Aracruz, que disputa a primeira divisão do Espírito Santo. A estreia de Hiran com a camisa do Internacional aconteceu em 2002, quando jogou amistoso contra o Bagé, no Pedra Moura, com os colorados vencendo por 4x1. Por que tudo isso? Ontem, o sempre atualizado site esportivo Peleia FC destacou que Hiran, atualmente com 42 anos de idade, poderá jogar em 2013 pelo Guarany de nossa cidade e que diretores alvirrubros seriam simpáticos à ideia. GAUCHÃO – Jogos da última rodada da primeira fase da Taça Piratini: Grêmio 1x0 Veranópolis, Cruzeiro 1x1 Internacional, Caxias 0x0 Juventude, Passo Fundo 0x2 São Luiz, Pelotas 1x0 Canoas, Novo Hamburgo 1x2 Esportivo, Cerâmica 2x0 Juventude, Lajeadense 3x0 Santa Cruz. GAUCHÃO (II) – Domingo, dia 24, quartas de final, jogos únicos: Lajeadense (equipe de melhor campanha e a única invicta) x Esportivo, Internacional x Grêmio (em Caxias do Sul), Caxias x São José, São Luiz x Cerâmica. GAUCHÃO (III) – O Veranópolis estreou na divisão especial gaúcha em 1994 (foi campeão do Acesso no ano anterior, tendo o Bagé como vice) e até hoje se mantém na Série A. Mas, agora, corre seriamente o risco de rebaixamento e, no returno, precisará, no mínimo, de 11 pontos em 24 possíveis para não cair. BAGEENSIDADE – Em Goiás, o Aparecidense, do lateral Anderson Paim de Rodrigues (Son), ganhou por 2x1 do Grêmio Anápolis, enquanto o Crac, do zagueiro Ben-Hur Peres, perdeu por 1x0 para o Rio Verde. BAGEENSIDADE (II) – Dos treinadores, o Guarani de Campinas, de Cláudio Ibraim Vaz Leal (Branco), ganhou por 3x2 do 15 de Novembro de Piracicaba, pelo campeonato paulista. No pernambucano, o Serra Talhada, de Ronaldo Rangel (Bagé), ficou no 0x0 com o Porto. FUTSAL – Abdo Moussa (telefones 3312.5446/9973.7116) está disponibilizando informações complementares a respeito da 5ª Copa Tramautto 35 Anos, a ser realizada no Militão. Poderão participar atletas que completarem 35 anos ao longo de 2013. LIBERTADORES – Tabela correta dos jogos desta semana: hoje, Toluca x Nacional de Montevidéu, Penharol x Emelec, Olímpia x Universidad do Chile, Deportivo Lara x Newell`s Old Boys. Na quarta-feira, Fluminense x Grêmio, Huachipato x Caracas.

Torneio abriu temporada no BTC FEDERAL Nº 04737 1º 01.107 2º 75.201 3º 10.196 4º 81.114 5º 63.924 MEGA-SENA Nº 1469

16/2/13

04 13 35 54 56 58 LOTOMANIA Nº 1324 10 20 22 29 41 43 46 48 49 56 63 65 66 67 69 83 84 88 91 94

LOTOFÁCIL Nº 868 01 02 03 08 09 10 12 13 14 16 17 19 21 22 24 QUINA 3121 01 05 41 57 78 DUPLA-SENA Nº 1151 Primeiro sorteio 09 10 13 18 21 44 Segundo sorteio 04 22 28 35 41 47


www.jornalfolhadosul.com.br

BAGÉ, TERÇA-FEIRA, 19 DE FEVEREIRO DE 2013

Gaúcho

FOLHA SUL


12

TERÇA-FEIRA

19 de fevereiro de 2013

Fase para assinar documentos importantes. A Lua Crescente em Touro vai movimentar suas finanças e dar andamento a contatos, contratos e projetos de trabalho que começaram há alguns dias.

ENTRETENIMENTO

Lua Crescente em Touro vai movimentar suas emoções mais profundas e trazer à tona questões de relacionamento. Caso esteja em uma sociedade de negócios, pode esperar pelo andamento de um projeto que envolve dinheiro.

Dia de alegria, expansão e crescimento. A Lua Crescente em seu signo dá andamento a questões relacionadas à sua carreira. Seus relacionamentos também serão mobilizados.

Lua Crescente em Touro vai movimentar seus relacionamentos pessoais e sociedades comerciais. Algo que começou recentemente ganha um novo movimento. Um romance pode começar a dar certo.

Lua Crescente em Touro vai deixá-lo mais focado em suas emoções. Um novo alento pode ser dado com um acontecimento importante relacionado ao seu passado. Um projeto executado individualmente começa a dar resultados.

Saturno, Plutão e alguns planetas em Peixes mostram algumas necessidades de mudanças em sua vida doméstica e familiar. Caso esteja vendendo ou comprando um imóvel, é possível que isso aconteça nos próximos dias.

Momento em que as amizades e vida social estão em alta. A Lua Crescente em Touro vai movimentar contatos e possíveis contratos feitos há alguns dias. O momento é ótimo para iniciar ou dar andamento a um trabalho em equipe.

A Lua Crescente em Touro vai movimentar seu coração e um romance pode começar a pegar fogo. A fase é ótima para a vida social e para conhecer pessoas novas, especialmente para capricornianos solitários.

Lua Crescente em Touro vai movimentar sua carreira e projetos de trabalho. Tudo o que começou há poucos dias terá continuidade de maneira mais rápida. Um plano de negócios pode começar a dar certo.

A fase é indicada para mudanças. A Lua Crescente em Touro vai movimentar sua vida familiar. Caso um de seus pais esteja com problemas, o momento é de melhora.

Lua Crescente em Touro vai movimentar seus projetos e planos de negócios, especialmente os relacionados a estudos, viagens e contatos com pessoas e empresas estrangeiras. Fase de fé e esperanças renovadas.

A Lua Crescente em Touro vai movimentar sua vida social e suas amizades. A comunicação melhora sensivelmente e um acordo profissional pode ser firmado. É hora de assinar documentos importantes.

Cine 7 está exibindo três produções de alto nível, duas animações e uma comédia nacional “Paranorman” é a animação da Universal que conta a história de um garoto com poderes paranormais, de ver e falar com os mortos, é diversão na medida sobrenatural certa! A outra animação se chama “Detona Ralph”, e narra as aventuras de um vilão de videogame que de tanto ser excluído nas rodas dos outros personagens, resolve mostrar seu valor participando de outros jogos. Esta

animação custou 165 milhões de dólares e é o grande sucesso da Disney no momento. Por último e não menos importante, a deliciosa comédia “Os Penetras” traz o impagável Marcelo Adnet na pele do vigarista Marco Polo, que descobre uma grande chance de dar um golpe quando encontra Beto (Eduardo Sterblitch), um rapaz ingênuo que se parece muito com um ator famoso.

Fernando diz a Edgar que ele não tem provas para incriminá-lo. Albertinho pede à mãe que decida entre o casamento com Esther ou o convívio com Elias. Bonifácio fica furioso ao saber por Edgar que Fernando lhe deu um golpe na compra das ações da fábrica. Albertinho visita Elias. Margarida exige que Fernando devolva as ações para Bonifácio, e ele resolve transferi-las para o nome da mãe. Albertinho propõe a Esther que eles se casem e morem em São Paulo. Isabel resolve desmanchar o noivado com Zé Maria. Mario pede Diva em casamento. Edgar avisa a Catarina que Melissa vai morar com ele.

Charlô acredita que o mapa é mais um plano de Otávio e decide não sair de casa. Roberta se recusa a aceitar a comida que Nando furtou. Nando pede carona na estrada. Vânia tenta convencer Ulisses de que Nando e Juliana podem ficar juntos. Fábio leva Ciça para um piquenique. Nieta descobre que Carolina viajou sozinha com Felipe. Carolina diz a Felipe que manterá silêncio sobre o que aconteceu entre eles. Roberta e Nando encontram Carolina e Felipe na recepção do hotel. Juliana e Fábio conversam como amigos no parque. Roberta descobre que sua reserva foi cancelada por causa de Felipe. Théo e Lívia discutem e Áurea fica assustada. Lurdinha conta para a delegada que conheceu Santiago, que lhe foi apresentado como sobrinho de Wanda. Mustafa pede para Zyah ir à boate falar com Russo sobre Morena. Lurdinha vai até a delegacia e reconhece a foto de Santiago. Raissa se revolta contra Antonia. Lívia procura Stenio. Helô suspeita que Morena tenha sido traficada. Morena teme que Mustafa queira contar sua proposta para Russo. Lívia decide processar Théo. Zyah vai falar com Russo. Tamar conta para Ayla que seu marido foi a uma boate. Russo negocia o preço de Morena com Zyah.

ANIVERSÁRIOS

- Alana Ernesto Leite - Antônio Machado - Thiago Molins Borba - Vera Regina Leite Munhoz - Abner Guedes - Carla Patrícia Ibañez

01:20 Jornal da Globo 01:50 Programete Fórmula 1 01:55 Jean Charles 03:30 1408 05:50 Sagrado 05:55 Telecurso Educação Básica 06:10 Telecurso Profissionalizante 06:25 Telecurso Ensino Médio 06:40 Telecurso Ensino Fundamental 06:55 Globo Rural 07:30 Bom Dia Rio Grande 08:30 Bom Dia Brasil 09:30 Mais Você 11:00 Bem Estar 11:35 Encontro 13:00 Jornal do Almoço 13:50 Globo Esporte 14:20 Jornal Hoje 14:55 Vídeo Show 15:30 Da Cor do Pecado 17:00 Garota Veneno 18:50 Malhação 19:20 Lado a Lado 20:10 RBS Notícias 20:30 Guerra dos Sexos 21:30 Jornal Nacional 22:10 Salve Jorge 23:25 Big Brother Brasil 13 01:00 A Programar 02:15 Jornal da Noite 02:45 A Programar 05:00 Igreja Mundial 07:00 Igreja Mundial 07:50 1º Jornal 08:30 Local 09:00 Dia Dia 10:10 Fanboy e Chum Chum 10:35 Danny Phantom 11:00 True Jackson 11:25 Kenan & Kel 11:50 I-Carly 12:10 Jogo Aberto 13:30 Local 16:00 Futurama 16:50 I-Carly 17:50 Brasil Urgente 19:50 Local 20:20 Jornal da Band 21:25 Show da Fé 22:20 Zoo 22:30 Os Simpsons 23:30 The Walking Dead 01:00 SBT Repórter 02:15 Jornal do SBT 03:00 Dois Homens e Meio 03:30 The Big Bang Theory 04:00 Gossip Girl 04:30 De Saia Justa 05:00 Jornal do SBT 06:00 Jornal do SBT 08:00 SBT Rio Grande 08:30 Carrossel Animado 10:00 Bom Dia & Cia 13:15 SBT Rio Grande 13:45 Três é Demais 14:15 Chapolin 14:45 Chaves 15:30 Rosalinda 16:15 Gotinha de Amor 16:45 Jamais te Esquecerei 17:15 A Usurpadora 18:15 Quem Convence Ganha Mais 19:15 Um Maluco no Pedaço 19:45 As Visões da Raven 20:20 Eu, A Patroa e as Crianças 20:45 SBT Brasil 21:30 Carrossel 22:15 Programa do Ratinho 23:45 Premonição 2 00:15 Grimm 01:00 Roberto Justus + 02:15 Programação IURD 07:30 Direto da Redação 08:20 Rio Grande No Ar 09:40 Fala Brasil 11:00 Hoje em Dia 13:00 Record Kids 13:45 Balanço Geral 15:45 Programa da Tarde 18:30 Cidade Alerta 20:45 Rio Grande Record 21:30 Jornal da Record 22:15 C.S.I. NY 23:15 Balacobaco


FOLHASAÚDE

BAGÉ, TERÇA- FEIRA, 19 DE FEVEREIRO DE 2013 - Ano 1 - N° 26

Neuropsicopedagogia: academia do cérebro

Com o cuidado com o corpo em alta, agora está também na hora da comunidade começar a exercitar o cérebro. A neuropsicopedagoga, Maria da Graça Cunha Neves, criou em Bagé, há 10 anos, o Centro de Estudos e Estimulação ao Desenvolvimento Cognitivo (CEEDEC) e hoje amplia e inova a sua atuação clínica através da Academia do Cérebro. O trabalho serve para diagnosticar, intervir, estimular e mediar, com o objetivo de melhorar a performance dos que querem resultados mais eficientes nos campos profissional, pessoal e intelectual, descreve a professora e cientista.


2

TERÇA-FEIRA 19 de fevereiro de 2013

SAÚDE

O que é feito na Academia do Cérebro?

O

atendimento no local é para todas as idades, serve como um meio de auxílio nas dificuldades de aprendizagem e também no entendimento de alguns esquecimentos, brancos e ações que não tem explicações, define a pedagoga. “No local, trabalho com a psicopedagogia clínica, neuropsicopedagogia, neurociência cognitiva, neuroaprendizagem, neurocognição, neuropsicologia e neurolinguística”, explica Maria da Graça. O objetivo do trabalho é a melhoria na performance e na qualidade de vida dos que querem resultados mais eficientes nos campos profissional, pessoal e intelectual, informa a neuropsicopedagoga. “Atendo idosos, adultos, crianças e adolescentes, hoje a academia do cérebro veio para ajudar nas dificuldades de aprendizagem, na redução da memória, para pacientes que sofreram AVC, que têm Alzheimer, Parkinson, e o que pretendemos aqui é prolongar a qualidade de vida de todos”, garante. Maria da Graça também explica que a mente é poderosa e exige também exercícios. “Não podemos apenas cuidar do corpo, a mente deve ser exercitada, o cérebro dá sinais de cansaço e como sempre estamos recebendo informações devemos deixar a nossa mente aberta e exercitá-la”, relata.

A psicopedagoga, que tem diversas especializações, também atende pacientes com dislexia, autistas e pessoas com temperamentos diferenciados, além de daqueles com “cacoetes”. “Os pacientes com déficit de atenção, com idade cronológica diferente da idade mental, problemas emocionais e trabalhos estressantes também exercitando-se ficarão mais dispostos e observaram melhorias na qualidade de vida, como uma academia para o corpo deixa a pessoa com mais saúde física, a academia do cérebro deixa a mente mais disposta e também mais eficiente”, destaca. Os problemas mais frequentes encontrados pela neuropsicopedagoga são os de memória, esquecimento, concentração, cansaço e esgotamento mental, distúrbios neurocognitivos como Alzheimer, Parkinson, Epilepsias e AVC, baixo desempenho escolar ou profissional, necessidades especiais, dificuldades, problemas emocionais, distúrbios e transtornos de aprendizagem. “É um trabalho clínico, nas sessões identifico qual o problema do paciente e então começo com os programas específicos para cada situação, o trabalho é de ajudar na concentração e exercitar o cérebro, para todos é muito relevante, mas as pessoas que têm algumas dificuldades são as que mais necessitam deste auxílio e é importante trabalhar a mente”, acrescenta.

Expediente:

Reportagens: Rochele Barbosa

Editor-geral: Glauber Pereira Arte Final: Quélen Leal Esta edição semanal é encartada no E-mail: rochelebarbosa@gmail.com Diagramação: Cristiano Lameira Jornal FOLHA DO SUL GAÚCHO Revisão: Taisa Soares e não pode ser vendida separadamente. Fotos: Antonio Rocha


SAÚDE

TERÇA-FEIRA 19 de fevereiro de 2013

3

O que é Neuropsicopedagogia?

O

neuropsicopedagogo é o profissional que vai integrar à sua formação psicopedagógica o conhecimento adequado do funcionamento do cérebro, para melhor entender a forma como esse cérebro recebe, seleciona, transforma, memoriza, arquiva, processa e elabora todas as sensações captadas pelos diversos elementos sensores para, a partir desse entendimento, poder adaptar às metodologias e técnicas educacionais a todas as pessoas e, principalmente, aquelas com características cognitivas e emocionais diferenciadas. Esse profissional terá que estar em busca constante dos necessários conhecimentos sobre as anomalias neurológicas, psiquiátricas e distúrbios existentes, para desenvolver um trabalho de acompanhamento pedagógico, cognitivo e emocional das pessoas que apresentem essas sintomatologias. O profissional de neuropsicopedagogia, portanto, é um dos elementos mais importantes para desenvolver e estimular novas “sinapses”, para um verdadeiro processo de ensino aprendizagem. Maria da Graça Cunha Neves explica

que é uma ciência que trabalha com o cérebro e auxilia no tratamento de vários problemas. “Todos conhecem a história do músico do Paralamas do Sucesso, Herbert Vianna, ele até hoje faz tratamento com uma neuropsicopedagoga para melhorar a memorização, conseguir cantar e seguir trabalhando, é exercício puro junto ao trabalho do médico que auxilia com medicamentos”, relata. Apenas médicos podem prescrever medicamentos aos pacientes, a neuropsicopedagoga trabalha apenas com exercícios de estímulos. “Há pacientes de todos os tipos, com medo de dirigir, com idade cronológica diferente da idade da mente, investigo a raiz do problema, trabalho com muito estudo e informação, depressões, síndromes podem ser trabalhadas com a neurociência”, declara. A Neuropsicopedagogia Clínica aos poucos vem conquistando espaço no território brasileiro surgindo como uma nova área do conhecimento e pesquisa na atuação interdisciplinar, abarcando conhecimentos neurocientíficos e tendo seu foco nos processos de ensino aprendizagem, comenta a profissional especialista Maria da Graça. “O trabalho é

com atividades que avaliam e intervêm nos processos de aprendizagem procurando obter informações de todas as ciências, tenho diversas especializações para que possam contribuir para formar o entendimento mais detalhado da aprendizagem de cada indivíduo”, enumera. Assim sendo, a Neuropsicopedagogia,

que agrega conhecimentos da neurociência, psicologia e pedagogia realiza um trabalho de prevenção, pois avalia e auxilia nos processos didático-metodológicos e na dinâmica institucional para que ocorra um melhor processo de ensino aprendizagem, finaliza a neuropsicopedagoga.


FALA DOUTOR

TERÇA-FEIRA 19 de janeiro de 2013

O Pilates na infância

Q

uanto mais cedo a prática de Pilates estiver no dia a dia de uma criança, como atividade física, maiores serão os benefícios de saúde, principalmente uma melhor postura. Se ensinarmos na fase de crescimento a cuidar do seu corpo corretamente, mais de 60% dos problemas que causam lesões nos músculos esqueléticos seria erradicada. De fato, muitos dos exercícios são baseados em movimentos naturais e comum às crianças. O problema surge com os anos, porque os hábitos saudáveis são substituídos por posturas erradas, degenerando e ferindo o corpo. A prática de Pilates, desde a infância, é ideal para manter a evolução natural do mesmo, ajuda o desen-

Cármem Regina Schimidt Barbosa - Fisioterapeuta

volvimento motor do corpo por meio da flexibilidade melhorando o alongamento e crescimento do aparelho músculo esquelético, estimulando o corpo e a mente das crianças. Hoje em dia muitas crianças não têm espaço para suas brincadeiras, suas atividades naturais são pequenas e defasadas, o que compromete o desenvolvimento psicomotor, isto mais tarde irá prejudicar sua postura e fará com que o hábito de exercitar-se seja esquecido ou deixado de lado em detrimento do conforto, que levará consequentemente a problemas ósseos e articulares, devido a vícios posturais. O exercício contínuo no método de Contrologia ocasiona progresso na força, resistência, flexibilidade, coordenação e equilíbrio.

Benefícios do Pilates na infância Ensina a trabalhar o controle com precisão e fluidez, e, assim, tornar-se consciente do seu corpo. Faz com que aprenda a manter a postura correta em diversas situações cotidianas da vida (sentar, andar, dobrar, etc). O Pilates introduz as crianças ao mundo da saúde e fitness, incentivando-as a praticar outras disciplinas, como dança, ginástica, artes marciais e esportes em geral, ajudando-as na prática. Realizar os exercícios com a intenção de criar a consciência do corpo em cada movimento. Aprender a importância das questões de transição entre cada exercício e do sistema total.

Compreender o valor da exalação para estimular a respiração, proporcionando potência suporte e intensificar o movimento. São os detalhes que devem ter atenção especial para o alinhamento ideal do corpo como um todo, fazendo os exercícios necessários conscientemente. Com os exercícios do Pilates adaptado, pode-se, ludicamente, trabalhar em todos os sentidos, melhorando a concentração e o equilíbrio dessas crianças, independentemente da limitação e das dificuldades, sempre estimulando o tônus muscular. Mentalmente, perceber suas limitações e habilidades, formando uma personalidade reflexiva e conceitual sobre o corpo humano.

Folha do Sul Gaúcho Ed. 851 (19/02/2013)  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you