Page 1

ATITUDE Das sete casas vistoriadas ontem, apenas Parador Griffe está 100% regular Resultado da força-tarefa formada por bombeiros e órgãos públicos para fiscalizar casas noturnas e salões de eventos foi de três empreendimentos interditados e outros três notificados

Página 17

www.jornalfolhadosul.com.br

Gaúcho

FOLHA SUL

R$ 2,50

BAGÉ, SÁBADO E DOMINGO, 2 e 3 DE FEVEREIRO DE 2013 - Ano 3 - N° 839

Bagé se solidariza com a dor do Rio Grande do Sul

Passeata relembra jovens vítimas de Santa Maria

Fotos Antonio Rocha

ATAQUES Imprensa regional aponta jovem de Bagé como vítima de incêndio em ônibus de Florianópolis

Página 18

JUSTIÇA Familiares do jovem, assassinado por grupo, promovem passeata para agilizar identificação de culpados

Página 15

ESPECIAL Reportagem descreve 30 dias de governo das prefeituras de Candiota, Pinheiro Machado e Lavras do Sul

Página 8

TRANSPORTES Mototaxistas reúnem força em mobilização para a regulamentação municipal da categoria

Página 14

Amigo do jovem João Paulo Pozzobon, uma das vítimas fatais da tragédia de Santa Maria que morava em Bagé, o estudante de Direito Iago Dias Solto organizou pelas redes sociais de Internet uma passeata para homenagear o colega e outros estudantes mortos no incêndio da Boate Kiss. De acordo com as informações da Brigada Militar (até o fechamento da edição) a mobilização reuniu quase três mil simpatizantes e serviu como uma manifestação pública com inúmeros tipos diferentes de mensagens de apoio às famílias das vítimas. Houve ainda grupos de estudantes que levaram cartazes de força para jovens amigos que ainda estão internados. Página 15

O TEMPO HOJE Bagé - RS Sol com muitas nuvens. Períodos de céu nublado com chuva. À noite o tempo fica firme.

17º

27º


2

SÁBADO E DOMINGO 2 e 3 de fevereiro de 2013

OPINIÃO

A promoção relâmpago é prorrogada e o leitor que assina qualquer outro jornal ganha desconto de 50%

No FOLHA do SUL novos assinantes pagam a metade do preço Antonio Rocha

Equipe comemorou a marca de 309 novos assinantes

O Jornal FOLHA do SUL começou uma Promoção Relâmpago no último dia 10. A campanha teve tanto sucesso, que o jornal resolveu estendê-la, para que aquelas pessoas que não estavam na cidade, no mês passado, possam aproveitar o desconto de 50% no valor da assinatura. A promoção vale para o leitor que seja assinante de qualquer outro jornal impresso, sem exceções. O gerente de circulação, Daniel Guasque, explica que a campanha foi pensada como forma de alavancar o número de assinaturas em um período que

costuma ser de baixa procura, pois as pessoas estão em férias. Porém, a quantidade de novos assinantes surpreendeu, chegando a 309, só no mês de janeiro, número nunca antes visto pelo gerente que trabalha há 17 anos nesse ramo. “Em tantos anos de trabalho, eu nunca tinha visto um jornal crescer tanto numa época de férias”. Como muitos leitores não foram encontrados, pois estavam em viagem, a direção da FOLHA do SUL optou por estender a promoção. Além do contato por telefone, o cliente interessado pode vir na sede do jornal, localizado

CNPJ. 11.381.681/0001-00 Endereço: Rua Bento Gonçalves, 49-E/ Fones: Assinaturas: (53) 3242-1020 Redação: (53) 3311-3915 jornalismo.folhadosul@gmail.com anunciosfs@gmail.com www.jornalfolhadosul.com.br Impressão Correio do Povo

na rua Bento Gonçalves, 49-E, ou ligar para o setor de circulação através do número 3242-1020. O gerente afirma que o sucesso da campanha só foi possível pela qualificação da equipe, composta por quatro vendedores, são eles: Ana Paula Cardoso, Rose Pereira, Alamir Barreto Borges e Júlio Machado. Para a comodidade dos leitores, os vendedores vão estar de plantão hoje e atendem o público das 9h ao meio-dia. As assinaturas, com 50% de desconto, custam R$ 102, anual e R$ 55 a semestral.

Bispo diocesano

Nota de Solidariedade às famílias das vítimas e ao povo de Santa Maria A presidência da CNBB (Conferência dos Bispos do Brasil), diante do incêndio trágico que colheu a vida de centenas de jovens, emitiu, segunda-feira, 28 de janeiro, Nota Oficial de solidariedade às famílias e ao povo de Santa Maria. “Acompanhamos com dor e solidariedade, desde a madrugada do domingo, o momento de profundo sofrimento vivido pelos feridos e pelas famílias dos que perderam centenas de filhos na tragédia do incêndio em Santa Maria (RS). O Brasil está de luto e as comunidades de fé estão unidas em oração. Deus conduza a todos, nesta hora, para oferecer, aos mortos, dignidade e ambiente de reverência, aos pais e familiares, amparo e assistência, e aos feridos, todo o apoio e tratamento ágil e eficiente. Unimo-nos ao arcebispo, dom Hélio Adelar Rupert, ao clero e ao povo da arquidiocese de Santa Maria. A Palavra de Deus nos oferece luz para esse momento: “somos afligidos de todos os lados, mas não vencidos pela angústia; postos em apuros, mas não desesperançados; perseguidos, mas não desamparados; derrubados, mas não aniquilados; por toda parte e sempre levamos em nosso corpo o morrer de Jesus, para que também a vida de Jesus se manifeste em nossa existência mortal (2 Cor 4, 8-9). A consciência cristã nos leva a manifestar também nosso apoio aos homens e mulheres de boa vontade que estão oferecendo ajuda junto às famílias e aos feridos e aos responsáveis pelo poder público que estão tomando as providências para o encaminhamento e solução dos problemas desse momento de aflição. É momento de união e de solidariedade! A concreta participação de colaboração, o respeitoso silêncio e a oração movida pela fé nos faz reconhecer, mais uma vez, que somos todos membros de uma única família que sofre pela perda de tantos jovens, filhas e filhos queridos. Cardeal Raymundo Damasceno Assis Arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da CNBB José Belisário da Silva Arcebispo de São Luis (MA) e vice-presidente da CNBB Leonardo Ulrich Steiner Bispo auxiliar de Brasília e secretário geral da CNBB

Direção Administrativa: Jônio Tavares Ferreira de Salles Neto Comercial: Leisa Soria Marketing e eventos: Fabiano Marimon Circulação: Aceguá, Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra, Lavras do Sul e Pinheiro Machado

AfonsoPereira HammChefes - Domde Gílio Felício REDAÇÃO - Editor Geral: Glauber Pereira Subeditor Geral: Felipe Valduga Colunistas REDAÇÃO -Colaboradores: Editor Geral: Glauber Redação: - Josias Borges - Léo Vieira - Luiz Fernando Mainardi - Chefe de Redação: Marcelo Pimenta Coordenadora Comercial: Camila -Edgar MarceloMuza Pimenta e Silva e Emanuel Müller Coordenadora Comer- Luís Lara - Gerente Sérgio Meth - Waldir Alves Ramos Soares Gerente de Circulação: Daniel Guasque Comercial: Fabiana cial: Augusto Lídia Munhos de Circulação: Daniel Guasque Rodrigues Revisão: Lorena Robaina Reportagem: Gilmar de Quadros - Estagiárias: Revisão: Lorena Robaina Reportagem: Gilmar de Quadros Juliana Andina – Jéssica Pacheco Rochele Barbosa - José Higino Gonçalves - Marcos Pintos - Murilo Dotto Arte Rochele Barbosa - José GonçalvesCristiano - MarcosLameira Pintos - Murilo Final: Quélen LealHigino Diagramação: Niela Bittencourt Repórter Fotográfico: Antonio Rocha eDotto Wilson Cesar Alpoim Leite


EMPRESARIAL

Indicadores econômicos INDICADORES Salário Mínimo Salário Regional Global 40 TR CDI SELIC IPCA IPC IGP-M INPC

Valor R$ 678,00 R$ 700,00 128,310% 0,000% 6,890% 7,25% 0,60% 0,687% -0,03% 0,54%

Atualização 2013 2013 10 de janeiro 2013 10 de janeiro 2013 10 de janeiro 2013 10 de janeiro 2013 nov.12 nov.12 nov.12 nov.12

MOEDAS Dólar Comercial

Venda

2,0315

2,0330 2,1000

Euro (em R$)

2,6857

2,6866

Libra (em R$)

3,27687

Pesos arg.(em R$)

0,4114

0,4116

Pesos Ur.(em R$)

0,1058

0,1048

A La Gitana há doze anos vem realizando eventos em Bagé e em outras partes do estado. Primando sempre pela segurança, a empresa construiu credibilidade ao longo de sua trajetória, tendo como conceito principal a qualidade. Para fazer o carnaval 2013, a produtora realizou parcerias com a Nyx, Eventual e bloco Os Fora da

Casinha no Cassino e com a Ocean Club em Punta del Este. A festa de Carnaval é uma das mais esperadas do ano no Brasil. Na Rainha da Fronteira a realidade não é diferente, por acontecer sempre nas férias, os bageenses procuram festejar em outras cidades, principalmente nas praias. Foi pensando nisso que a La Gita-

na organizou dois carnavais em cidades diferentes. Para quem quer festejar a Recuerdos no estilo uruguaio, o sábado de carnaval acontece em Punta del Este. Quem optar pelo Cassino vai curtir os quatro dias nas boates Nyx e Eventual. A La Gitana conta com o patrocínio da cerveja Devassa e apoio do Jornal FOLHA do SUL.

Pelo oitavo ano consecutivo, a La Gitana vai até a praia vizinha para festejar o Carnaval. Conhecida como o ponto de férias dos bageenses, o Cassino recebe a parceria realizada entre a produtora com a Eventual, Nyx e bloco os Fora da Casinha. A festa La Gitana acontece nos quatro dias de carnaval, sendo que nos dias 8 e 10 de fevereiro o ponto de encontro é a boate Nyx, a casa noturna mais badalada do verão 2013.

Já no Centro de Eventos Eventual, o baile animado com show de cinco horas pelo Som da Cor, acontece nos dias 9 e 11 de fevereiro e é uma realização que conta com a parceria do bloco Os Fora da Casinha. Na festa também terá espaço eletrônico, movimentado pelo projeto FR 2 – Djs Flavinho Rodrigues e Felipe Ratto. Além da pista, para os maiores de 18 anos será comercializado o espaço Mezanino Vip Open Bar, com whisky, vodka, espumante, cerveja,

água e refrigerante liberados a noite toda. Os ingressos antecipados, em Bagé, estão sendo vendidos na Agafarma da Sete e com o bloco Os Fora da Casinha, na Retífica Bageense. Vale lembrar que na compra do abada o acesso é livre nas festas da Eventual, quem optar pelo open bar e possuir o Abada ganha desconto na compra. Mais informações podem ser consultadas através dos telefones (53) 9996-2266 e 9948-3586.

A Festa Recuerdos, que possui a assinatura do Dj Favorino Collares, chega em sua quarta edição no balneário Punta del Este. A festa organizada pela La Gitana em parceria com a Ocean Club, localizada na parada 12 da praia Brava, promete badalar o carnaval uruguaio. Conhecida como a melhor casa noturna e, por sua vez, a mais badalada da América Latina, a boate escolhida pela

La Gitana vem acrescentar ao sucesso que é conquistado a cada ano. “A festa já é tradicional em Punta e estamos sempre buscando melhorá-la. Com toda certeza, quando optamos pela Ocean Club, acrescentamos pontos positivos para que em 2013 a balada seja ainda melhor”, explica Fabiano Marimon, produtor de eventos. A estrutura da festa que acontece em data nobre, 9 de fevereiro, conta com

o Camarote Vip da coluna Paralelo MP do jornal FOLHA do SUL. “Além do jornalista social Marcos Pintos estar presente para registrar os melhores momentos, quem participar do Camarote ganha uma bebida”, relata Marimon ao destacar que esta será uma das festas mais comentadas do Uruguai. Mais informações pelo telefone (53) 8403-1618.

Evento bem realizado é aquele que possui uma estrutura que comporte o número de presentes e preserve a segurança de todos, e por isso, a produtora escolheu na praia do Cassino, as casas Eventual e Nyx. A Eventual, além de ampla e totalmente climatizada, é con-

siderada um dos locais mais seguros em todo Rio Grande do Sul, contando com sete saídas de emergência, hidrantes nas áreas interna e externa e praça de alimentação. Na cidade Uruguaia a estratégia foi a mesma. Atualmente a Ocean Club

é um dos pontos mais frequentados da América Latina, recebendo diversos estrangeiros. Com cinco saídas de emergência e vista para o mar, a boate prima pelo bem-estar dos presentes. O carnaval em Punta recebe a La Gitana pelo quarto ano.

Estrutura

Compra

1,9600

La Gitana convida para carnaval em Punta del Este e na praia do Cassino por Jéssica Pacheco

Carnaval em Punta del Este

3

2 e 3 de fevereiro de 2013

Dólar turismo (em R$)

Com histórico de 12 anos, produtora leva qualidade e segurança para todas festas que realiza

Carnaval no Cassino

SÁBADO e DOMINGO

3,2782

Felipe Ratto/Especial Folha do Sul

Fabiano Marimon conta que festa na Ocen Club terá Camarote Vip Paralelo MP Flavinho Rodrigues/Especial Folha do Sul

Eventual fechou parceria com bloco Os Fora da Casinha e La Gitana


4

SÁBADO E DOMINGO 2 e 3 de fevereiro de 2013

Emanuel Müller

POLÍTICA

emamuller@gmail.com

Parera quer Parque Estadual na região das Palmas O presidente da Câmara de Vereadores, Paulinho Parera (PT), manifestou o desejo de transformar a localidade das Palmas em um Parque Estadual. “A localidade tem um ecossistema próprio, com uma série de atrativos que podem favorecer o turismo”, ressaltou. Da mesma forma, Parera quer garantir a manutenção do homem do campo, já que a agropecuária é a principal atividade na região. O vereador cita como exemplos para potencializar o turismo lugares como a Casa de Pedra, Rincão do Inferno, Rio Camaquã e os pontos da região

procurados por alpinistas de todo o Brasil para a realização de escaladas. Parera destacou, ainda, a preocupação com a segurança e saídas de emergência no prédio do legislativo. Em sua avaliação, ressaltou que o Plano de Prevenção contra Incêndio está correto e os equipamentos necessários na Câmara estão em condições. Mas que uma empresa especializada irá realizar uma visita ao local para verificar se alguma outra providência deverá ser tomada. Além disso, o presidente informou que irá providenciar uma nova saída de emergência.

Por que o Executivo e o Legislativo devem ter Assessoria de Imprensa? As prefeituras e câmaras de vereadores que assumiram na região no dia 1º de janeiro, sejam elas eleitas ou reeleitas, têm a necessidade de saber para que serve uma Assessoria de Imprensa. Aliás, têm obrigação. Existem muitos profissionais competentes na área. Entretanto, a impressão que se tem é que os políticos ainda não descobriram as funções de ter um jornalista como integrante de suas equipes. Isso porque existem funções específicas, na qual jornalistas são jornalistas, publicitários são publicitários e relações públicas são relações públicas. O que parece óbvio não é entendido. Se não pelos gestores principais, pelos componentes em segundo e terceiro escalões. E isso fica evidente em uma análise geral de fim de governo. Em Bagé, por exemplo. Cada vereador, devido à iniciativa da então presidente Adriana Lara, em 2010, tem direito a um assessor de imprensa - jornalista formado ou estudante de Comunicação. E aí começa o equívoco. Primeiro porque nem todos os parlamentares tem à disposição serviços de jornalistas, mas sim de publicitários ou relações públicas. Segundo porque para responder pela função de assessor de imprensa, legalmente, existe a necessidade de haver um jornalista responsável. Colocar estudantes sozinhos na função é um risco. O que impede, por exemplo, um cidadão se matricular na faculdade, apresentar a documentação necessária, passar a atuar como assessor de um parlamentar e simplesmente desistir das aulas? Nada. Até o final do semestre, absolutamente nada. Estará lá, matriculado. Pode até pagar as mensalidades e não comparecer. Um profissional diplomado, por mais tempo que tenha levado para a formação profissional, terá preenchido essas etapas. Parece mais uma alternativa a colocar um “cupincha” ligado a um partido político na função do

que divulgar para a comunidade a importância de um trabalho tão importante como o de vereador. E não é só isso. O profissional de Jornalismo tem que assumir erros. Afinal, é formado e foi remunerado para isso. Por mais responsabilidade que tenha um estagiário nunca será a mesma coisa. Não por falta de competência. Mas por falta de experiência. Nas redações, a primeira função de um estagiário é acompanhar os profissionais. A partir daí vem a rádio-escuta. E começa o molde profissional. Cabe à pessoa saber que é preciso vender seu produto (no caso, a matéria ou reportagem) para o leitor da melhor forma. E isso só vem com o tempo. Mas as dificuldades não param por aí. A Câmara de Vereadores conta com uma estrutura de fazer inveja a muitos legislativos do interior gaúcho. Conta com uma emissora de TV, hoje dirigida por uma jornalista - no caso, Munique Monteiro. Mas o Legislativo, em si, não conta com um assessor de imprensa. Na hora de buscar informações sobre um projeto, sobre o encaminhamento das proposições do Executivo ou mesmo de como acontecem as tramitações dentro da Casa, é um suplício. Até mesmo questões simples, sobre o Regimento Interno, acabam consumindo um tempo precioso pela mais absoluta falta de informações. E não é só isso. O que acontece nas sessões é de deixar jornalistas com o cabelo em pé. Afinal, o que adianta informar que será votada a mudança na Lei X, capítulo Y, do artigo Z, inciso W? Pois é exatamente assim que os textos chegam aos veículos de comunicação. Sem explicação didática alguma, embora tecnicamente até estejam perfeitos. Só que projetos para alterar a estrutura administrativa ou mesmo a vida das pessoas precisam de tradução. Precisam ser entendidos. E hoje não o são.

A outra parte Outro problema para os assessores de imprensa é o relacionamento com seus comandantes. É preciso convencer prefeito, secretários, coordenadores, presidente do Legislativo e vereadores que se eles estão exercendo funções públicas são obrigados a dar uma pronta resposta à comunidade. Com rapidez e agilidade. Não esperar dois dias para responder a um profissional de rádio, televisão, jornal ou internet. Não ficar cheio de “nó pelas costas” porque é o repórter fulano ou a jornalista beltrana. Nenhuma pessoa pública gosta de ser criticada. Mas é preciso ter noção da função ocupada. É preciso saber que com as tecnologias de hoje se não há divulgação da marca (sejam elas as ações da Prefeitura, as iniciativas da Câmara ou mesmo as

atitudes dos gestores ou legisladores) a impressão que fica é de que “ninguém faz nada”. E isso é a pior condição que pode ser imposta a um político. Ao assessor vale a mesma recomendação. Deixar de atualizar sites, ter o mailing desatualizado e maus contatos com os veículos de comunicação joga o trabalho de toda a equipe fora. Não adianta produzir se não há divulgação. Assessor de imprensa tem a obrigação de elaborar materiais de interesse da sociedade - seja ela abrangente, no caso dos políticos, ou de interesse de uma classe, no setor privado. Mas não pode faltar informação. E por motivos diferenciados isso faltou nos últimos quatro anos, em diferentes segmentos.

Muza Visão Geral Edgar Abip Muza

Seleção de ‘craques’ defende Renan Antes mesmo de ir a votação já se tinha certeza na vitória de Renan. Quando conclui este espaço, havia ultrapassado 300 mil votos pela internet a reação popular de repúdio ao candidato Renan Calheiros. Pelos discursos da manhã, onde muitos usaram a tribuna do Senado, ficou claro que nada abalaria os defensores de sua candidatura. Pelos menos a oposição se fez ouvir. É claro que, em alguns casos, muito light. Pelo menos deu sua opinião. O candidato do PSOL Randolfe Rodrigues, retirou sua candidatura para centralizar os votos no candidato do PDT. Segundo informações da imprensa, a oposição poderá contar com no máximo 27 votos. Se algum dos autênticos do PT resolvesse votar em branco ou contra, a coisa poderia melhorar. Até o momento da conclusão desta coluna isso não era vislumbrado pelos senadores. Pois bem vou transcrever parte de alguns discursos chamando atenção para as manchetes: “Fernando Collor ofendeu o procurador geral da República. Lobão Filho disse que o Senado não tem condições de apontar o dedo a Renan. Eduardo Braga afirmou que PMDB “não se envergonha”. Os discursos de senadores em apoio à candidatura de Renan Calheiros à presidência do Senado transformaram a sessão desta sexta-feira em uma triste demonstração de cinismo. Pouco antes de confirmar a eleição do peemedebista para comandar a Casa pelos próximos dois anos, aliados de Renan deram novas provas de que são indiferentes à opinião pública. Renan, que renunciou à presidência do Senado, em 2007, para fugir da cassação, retomará o comando da Casa no mesmo momento em que a Procuradoria Geral da República pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de inquérito para apurar exatamente as denúncias que derrubaram o peemedebista da presidência na primeira vez: ele é acusado de peculato, falsidade ideológica e falsificação de documentos. A pensão que o senador deveria pagar à jornalista Mônica Veloso, com quem tem uma filha fora do casamento, era bancada pela empreiteira Mendes Júnior. Para esconder a irregularidade, Renan apresentou notas fiscais frias. Mas isso não constrangeu os peemedebistas. Lobão Filho (PMDB-MA), que não teve votos e só chegou ao Senado na vaga deixada pelo pai, o ministro de Minas e Energia Edison Lobão, deu uma demonstração explícita do cinismo que abriu caminho para a candidatura de Renan: “Nesta casa não há nenhuma vestal. O último que tentou ser vestal nesta Casa foi desossado pela imprensa: o senador Demóstenes Torres – inclusive, acredito, até injustamente. Não há ninguém para apontar o dedo ao senador Renan Calheiros”. O discurso de Fernando Collor (PTB-AL) resumiu a inversão de papéis representada pela eleição de Renan. O único presidente da história cassado por corrupção disse que a vitória do colega representará “a afirmação do Legislativo”. E atacou o procurador geral da República, Roberto Gurgel, que pediu a abertura de inquérito contra Renan na semana passada: “O senhor procurador é um chantagista, é um prevaricador e que cometeu crime de responsabilidade”. Sérgio Souza (PMDB-PR), suplente da ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e um dos mais ardorosos apoiadores de Renan, disse que as acusações contra o colega decorrem de fatos pessoais: “Sabemos do que fala a mídia e que o senhor não falta à responsabilidade para responder às perguntas da imprensa e do poder Judiciário. Sabemos que existe um processo que iniciou há poucos dias no STF e sei que o senador não foge à responsabilidade. São fatos mais ligados à vida particular do que à vida pública.” Líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM) afirmou com todas as letras: seu partido não tem vergonha. “O PMDB não prejulga, o PMDB faz pelo país. O PMDB não se envergonha, o PMDB trabalha”.

“Não te mete nessa” Senadores de vários partidos foram à tribuna para questionar a candidatura de Renan. A maioria evitou fazer críticas diretas ao peemedebista. Pedro Simon (PMDB-RS) até elogiou o colega, mas fez um apelo: “Eu não tenho intimidade com o Renan, o nosso estilo é diferente. Mas, se tivesse, eu diria: ‘Não te mete nessa’. É muito mais importante ficar na liderança que na presidência do Senado, com a presidência do Supremo contestando”. Foi em resposta a Simon que o senador Lobão Filho apresentou seu agressivo discurso. Sem citar Renan, o senador Álvaro Dias (PSDB-PR) foi incisivo e lembrou que a imagem do Senado tem piorado nos últimos anos: “Nós oferecemos razões de sobra para o achincalhe permanente. Essa era a hora, na esteira de novos parâmetros comportamentais éticos impostos pelo Supremo Tribunal Federal, de determinarmos um novo rumo para esta instituição em respeito às aspirações nacionais”. Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), que também chegou a lançar candidatura contra Renan mas acabou recuando, pediu responsabilidade aos colegas: “O grande inimigo da República é o uso privado da coisa pública”, disse ele. Os quatro senadores do PSB também discursaram, num esforço para marcar posição e afirmar a postura de independência da sigla do governador Eduardo Campos, possível candidato à presidência da República em 2014: “Permanecer indiferente ao clamor da população brasileira em nada ajuda a renovar a credibilidade”, disse o senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF). Eis o resumo da Ópera. Tem gente, sim, que não se envergonha de tomar certas decisões. Ou não?


Sテ。ADO e DOMINGO 12 e 13 de janeiro de 2013

5


6

SÁBADO E DOMINGO 2 e 3 de fevereiro de 2013

RURAL

Mercado agrícola Produtos

Acompanhamento de preços recebidos pelos produtores do Rio Grande do Sul Unidade Mínimo Médio Valores em reais

Arroz em Casca Feijão Milho Soja Sorgo Granífero Trigo Boi para Abate Cordeiro para Abate Suíno Tipo Carne Vaca para Abate Leite (valor líq recebido)

50 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg Kg vivo Kg vivo Kg vivo Kg vivo Litro

32,00 90,00 26,00 56,50 21,60 30,00 3,20 3,00 2,10 2,85 0,66

Máximo

33,96 116,08 27,77 58,06 22,43 32,92 3,29 3,59 2,59 2,93 0,75

28.1.2013 a 1.2.2013

36,00 130,00 31,00 64,00 23,20 42,00 3,40 4,00 2,80 3,15 0,84

Fonte: EMATER/RS-ASCAR

Primeiras unidades de projeto silvipastoril começam a ser implantadas em março por Marcelo Pimenta e Silva Estão previstas para serem impla-ntadas no mês de março, as primeiras mudas de árvores e pastagens do projeto denominado “Projeto Silvipastoril da Região da Campanha/RS”. O estudo envolve Emater, Embrapa Pecuária Sul, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Secretaria Estadual do Meio Ambiente, Prefeitura de Bagé e Urcamp e visa estabelecer um consórcio de árvores de eucalipto com pastagens, proporcionando sombra para o gado e produção de madeira para uso na propriedade. O engenheiro florestal e extensionista rural do escritório municipal da Emater, Rodolfo Perske,

conta que o projeto nasceu das discussões de um grupo de estudos de sistemas silvipastoris que havia surgido no período em que começaram as plantações de eucalipto na região. “Era um grupo de discussão sobre aspectos como espaçamento entre as árvores, espécies de pastagens que se adaptam ao ambiente de sombra, manejo dos animais. Aí surgiu a possibilidade de encaminharmos o projeto em 2012 para o Ministério da Agricultura. Ainda no ano passado, realizamos como primeira etapa, um diagnóstico de cada propriedade onde, no interior delas, fizemos a escolha de áreas para serem instaladas as unidades

do projeto”, conta Perske. No total 20 propriedades participam do projeto, todas de Bagé, e que em um primeiro momento terão cinco unidades implantadas no período de outono. As outras 15 serão instaladas na primavera. Uma unidade será na Embrapa e outra na Urcamp. “Iremos cercar a área e depois começará a implantação das mudas de árvores e das pastagens. É um projeto de longo prazo que calculamos em média um estudo de 12 anos”, aponta o engenheiro agrônomo que atua na área de transferência de tecnologia, Marco Antônio Karam Lucas.

neira que vai ser destinado o projeto é voltada tanto para o consumo do

produtor quanto para ele poder comercializar”, afirma.

Alternativa de renda Rodolfo Perske acredita que o projeto por envolver instituições de pesquisa, reunirá um conjunto de informações que futuramente irá auxiliar os interessados nessa alternativa de renda, podendo consorciar duas atividades como a produção de madeira e a produção de pastagem. “Um dos principais objetivos que desejamos é analisar o quanto de bem-estar animal a floresta oferece, analisando também o quanto de contribuição ela oferta para a produção de carne”, afirma Perske. O engenheiro agrônomo Marco Antônio Karam Lucas salienta que o projeto é voltado para a implantação de bosques pequenos, semelhantes aos que já existem nas fazendas da região. “Não é um plantio de grande escala. Essa ma-

Divulgação FS

Projeto visa consórcio do eucalipto com pastagens


Chuva pode tornar final de semana mais agradável

O primeiro dia de fevereiro foi de temperaturas altas, sol forte e temperaturas próximas aos 40°. Porém a previsão de chuva para o final de semana promete amenizar o forte calor, e tornar a sensação térmica mais amena. Conforme boletim do Instituto Nacional de Meteorilogia (InMet) a festa de Iemanjá contará com chuva.

RURAL

Antonio Rocha

Mês de fevereiro chega com a cara do verão

Assim o sol aparece com muitas nuvens durante o dia, alternado com períodos nublados, com chuva a qualquer hora. As temperaturas ainda se mantêm elevadas, podendo a máxima atingir os 32° e a mínima 23°. Existe ainda alerta para temporal, e segundo o InMet devem chover 20mm. Já no domingo, o sol perma-

nece entre muitas nuvens durante o dia com períodos de céu fechado. Na noite o céu contará com muitas nuvens. As temperaturas ficam na faixa dos 17° e 25°. Não há previsão de chuva, e o vento pode atingir os 14km/h. Mesmo com o sol entre nuvens, é importante o uso do protetor solar, pois os raios ultravioleta (UV) estarão entre o nível alto e moderado.

SÁBADO e DOMINGO 2 e 3 de fevereiro de 2013

7


8

SÁBADO E DOMINGO 2 e 3 de fevereiro de 2013

REGIÃO

Prefeitos da região avaliam primeiros trabalhos e projetam futuro

Um mês de Gestão – Parte 2 por Felipe Valduga

Na edição de hoje, o jornal FOLHA do SUL dá sequência à retros-

pectiva desenvolvida junto aos prefeitos eleitos ou reeleitos no processo

eleitoral de 2012, que completaram, oficialmente, um mês de gestão junto

ao executivo de suas cidades. Para este sábado, apresentamos as avaliações

dos gestores de Candiota, Pinheiro Machado e Lavras do Sul.

“Nosso trabalho vai consistir, no momento, em efetivar as contrapartidas junto aos cerca de 50

convênios em vigor e garantir a execução dos serviços já contratados”, ponderou.

à Caixa Econômica Federal para a construção de 207 novas unidades habitacionais populares. “A empresa responsável já está definida e, agora, aguardamos este último encaminhamento. A perspectiva é que os trabalhos iniciem já em março. Serão R$ 12 milhões investidos”, relatou. As moradias serão viabilizadas pelo programa Minha Casa, Minha Vida. Um dos critérios de seleção dos beneficiados será de famílias que habitam áreas de risco. Outra iniciativa prevista será a qualificação de 200 candiotenses através de cursos profissionalizantes. “Serão 12 capacitações desenvolvidas, orçados em R$ 300 mil, garantidos por meio de convênio fir-

mado com a Eletrobras”, informou. Para o meio rural, uma das metas será executar a construção de cem novos açudes. “Este é um projeto que está em andamento. Pretendemos efetivá-lo no decorrer do ano. Os recursos na ordem de R$ 700 mil já estão confirmados”, concluiu. O prefeito ressalva que a possibilidade de continuar na função proporciona a continuidade do projeto iniciado em 2009. “Acredito que asseguramos a viabilização da primeira parte das demandas que o município necessitava, mas ainda temos questões a serem sanadas. Vamos trabalhar para isso”, concluiu.

Candiota Folador destaca projetos aprovados e futuros investimentos Reeleito para mais quatro anos à prefeitura de Candiota, Luiz Carlos Folador iniciou seu novo mandato, segundo ele próprio, com uma significativa conquista. “Acredito que nossa principal ação em janeiro foi a aprovação de 47 projetos de lei para a liberação de crédito, de verbas federais e estaduais, na ordem de R$ 8 milhões. São iniciativas que irão atender todos os segmentos do município”, apontou ao explicar que as medidas irão permear o trabalho durante o ano.

Arquivo FS

Situação Sobre a situação da Administração, Folador afirma que o município está em estado regular.

Demandas

Prefeito quer aprimorar ações

De acordo com Folador, porém, a principal meta para o ano é a melhoria do sistema de abastecimento de água na cidade. “Penso que nossa demanda prioritária, agora, é a construção de uma nova estação de tratamento (ETA) na Vila Operária. A existente é muito antiga”, argumentou. A ETA em questão é responsável pelo abastecimento das comunidades da Vila Operária, São Simão, João Emílio e, também, atinge a localidade de Seival. Dentre os trabalhos em andamento e que devem ser efetivados para o ano, o prefeito informa que estão sendo executados os últimos trâmites para que, em fevereiro, possa ser assinado convênio junto


REGIÃO Negociação de dívidas e foco na saúde são prioridades Outra solução apontada pelo gestor é relativa à negociação com o Programa de Ensino Superior Comunitário, o Proesc. Mesmo sem apontar o valor exato, ele afirmou que “havia uma dívida com a Urcamp (Universidade da Região da Campanha), sobre a qual propomos o parcelamento em 14 vezes. Se não fizéssemos isto, os 26 alunos do município beneficiados não poderiam se rematricular para o próximo semestre letivo”, explicou.

Melhoria nos atendimentos Além de sanar as contas, da Feira relatou que os primeiros esforços estão sendo destinados ao setor de saúde. “Assumimos um compromisso de melhorarmos a situação nesta área. E já programamos algumas ações”, garantiu. Entre as iniciativas destacadas está o novo método de atendimento junto aos postos. “Quando alguém

chegar em uma unidade de saúde e não houver mais fichas será possível agendar para o dia seguinte. A meta é diminuir as filas e o tempo de espera”, argumentou. O gestor lembrou, também, sobre outras etapas estipuladas, tais como: a implantação de um novo posto na zona Leste da cidade em abril – que vai garantir 100% de

Metas Para as demais áreas, os trabalhos iniciais, conforme o prefeito, serão concentrados na construção de moradias populares, na manutenção do maquinário para a conservação das vias, bem como assistência mecânica ao transporte escolar antes do início do período letivo. “É uma série de ações em que temos que atuar. Ainda

9

Lavras do Sul

Pinheiro Machado

Após completar um mês sob o comando da prefeitura de Pinheiro Machado, José Felipe da Feira apontou que o momento é de cuidado. “Encontramos algumas situações difíceis, principalmente na questão de pendências. Havia uma dívida de cerca de R$ 5,4 milhões com o Fundo de Pensão. Elaboramos uma proposta de parcelamento destes valores e encaminhamos ao legislativo para aprovação”, informou.

SÁBADO e DOMINGO 12 e 13 de janeiro de 2013

em janeiro, fizemos a contratação emergencial de operários para atuar na limpeza e reparos dos espaços urbanos da cidade e, em breve, passaremos a atender também a zona rural”, afirmou. Antes de encerrar a entrevista, o prefeito pinheirense destacou que um dos principais projetos em sua

Prefeito quer reduzir gastos e ampliar arrecadação

Alfredo Maurício Barbosa Borges assumiu o comando do Executivo de Lavras do Sul e já definiu uma prioridade: reduzir gastos com a folha de pagamento. “Acredito que havia excesso de pessoal. Por este motivo, até o momento, nomeamos apenas 15 dos 36 CCs (Cargos em Comissão) que existiam. Além disto, somente seis das dez secretarias contam com titular”, relatou ao argumentar que será preciso “racionalizar as coisas”. “Precisamos mudar a cara da cidade”, Outro ponto avaliado como esdiz gestor sencial é desenvolver mecanismos que potencializem a arrecadação. “Assim como todos os municípios do país, fomos significativamente afetados pela abrangência no atendimento em redução do repasse do FPM (Fundo de saúde –; a licitação para compra de Incentivos serviços na área médica e de exaPara o gestor municipal, o setor mes; a aquisição de um ônibus para agropecuário merecerá atenção e suporte. transporte até Rio Grande e Pelotas, “É a nossa economia e por isso precisa destinado a pacientes de média e alta sempre ser incentivado”, apontou. Por complexidade; a inauguração, em outro lado, Borges enumera novas possibimarço, do posto da Inspetoria Vetelidades, como a mineração: “sabemos que rinária na localidade de Torrinhas; Lavras nasceu deste setor. Existem pesquidentre outras. sas e mais pesquisas que comprovam essa viabilidade. Nosso papel, neste momento, é atuar de forma a estimular que empresas gestão será viabilizar a pavimentação desenvolvam suas atividades aqui no dos bairros “Pró-Morar”. “Hoje temos município”. Ele relata que já iniciaram os apenas o projeto. Nosso trabalho será primeiros contatos com representantes da gestionar o financiamento”, comunicou. Os custos previstos para a obra Urgência Por fim, Borges cobrou mais são de R$ 6 milhões. agilidade no asfaltamento do trecho Ele finalizou ressaltando que, Bagé/Lavras – atualmente em obras “precisamos mudar a cara da cidade. – e que, segundo ele, está com exeParece que paramos no tempo”.

Borges cobrou agilidade no asfalto Bagé/Lavras

Participação dos Municípios). Ou seja, mesmo cumprindo nossas tarefas como garantir o salário base do magistério (...) é acima do piso nacional em nossa cidade, vemos os recursos que vinham ao município serem diminuídos. Isso afeta e, assim sendo, nos exige planejamento”, avaliou.

área de fosfato, ouro e calcário calcítico para gestionar estes investimentos. O prefeito instigou, ainda, uma nova abordagem. “Somos uma cidade conhecida por possuir o Bioma Pampa mais preservado do Estado. Porém, para garantir esta preservação, é preciso cuidados e recursos. Temos que fazer com que estas verbas cheguem ao município para, por exemplo, construir uma estação de tratamento de água que proporcione segurança ao rio Camaquã, que tem sua nascente aqui em Lavras”, resumiu. cução “lenta”. Ele finalizou afirmando que Lavras do Sul “ficou muito tempo isolada”, e que isto precisa mudar.


10

SÁBADO E DOMINGO

2 e 3 de fevereiro de 2013

SOCIAL

O ANIVERSÁRIO de Márcia Nadya Resende Duro Mello está sendo comemorado em diversas ocasiões. Na verdade, o niver foi quinta-feira (31), mas ela começou a receber pequenos grupos em casa para happy hour com direito a bolo e tudo mais. Num fim de tarde, Adriana Caminha Tutis, Cibele Lucas. Em outro, Heloisa Beckman, Rejane Karam Osório, Taís Brasil Tavares. Na noite do niver, aí sim foi grande grupo. E pelo que sei outros encontros ainda virão. Parabéns! POR FALAR em encontros, Heloisa Beckman e Heloísa Crocco se encontraram numa exposição de arte em Porto Alegre. Ambas artistas plásticas, a Heloisa de Bagé é fã de carteirinha da Crocco que até já expôs aqui no Espaço Cultural Da Maya, lembram? Heloísa Crocco é uma das raras designers brasileiras que é contratada com regularidade para expor no exterior. Sua obra é um marco entre o design e o artesanato brasileiro. Os grafismos dela misturam tramas, texturas e cores e lembram pinturas indígenas. Inclusive, ela assina coleção de móveis e de roupa também: seda, algodão e linho. Ah, tem um artesão aqui de Bagé que faz assessora direta ao trabalho da Crocco. Aplausos! POIS é, meus queridos, o mar não está mesmo pra peixe. Não são apenas os donos de boates que se preocupam e revisam suas medidas de segurança, depois do acidente terrível em Santa Maria. Também os de restaurante devem colocar as barbas de molho e o pé atrás. Estou sabendo que Eduardo Sonza (churrascaria Mário) mandou revisar tudo outra vez. Ele está muito certo! No meu entender, os restaurantes também não poderiam ter porta única. Fui claro?

Gleider Ayres e Emília Rosa com a filha Bruna que se formou em Jornalismo, Urcamp. Formatura em gabinete. Aplausos!

MUITO SENSATO, os diretores do Centro Histórico Vila de Santa Thereza resolveram não promover o baile, hoje, “No Tempo da Marchinha”, e no lugar dele será celebrada uma missa às 16h lá na capela de Santo Antônio. Que ideia bacana!... MUITO GENTIL, simpática e educada, Lúcia Lopes Hofman, sobrinha de Mário Lopes, casada com Edilton Hofman, administrador do City Hotel. Aliás, ele é um dos mais experientes profissionais dessa área; o casal merece nossos aplausos!

Os médicos Alex (cirurgião oncológico) e Indira Dini (ginecologista) vão montar clínica em Santa Cruz do Sul

AGORA resta saber se o bloco OS FORA DA CASINHA vai se posicionar, literalmente, fora também desse contexto que tomou conta de tudo e de todos – o Rio Grande, o Brasil e o mundo – e vão insistir no carnaval na praia do Cassino. Alô Carlos Cansio... QUE janeiro, hein! Agora se foi Breno Gasparri, um médico amigo fiel de seus pacientes, presente nos bons e nos maus momentos de todos eles. E um diletante excepcional na cozinha que chegou a influenciar um dos dois filhos que seguiu carreira da gastronomia internacional... ELEGANTE além de muito talentoso, o fotógrafo Eurico Salis acaba de lançar outro livro que olha Porto Alegre em cenas urbanas; ele esteve no programa Tudo + TVCOM... EM MARÇO, Eurico vai autografar aquele livro “Rio Grande do Sul, o solo e o homem” com prefácio de Luís Fernando Veríssimo, dia 20 de março no Teatro São Pedro. Show! ONTEM, no programa Aplausos Antena 1, entrevistei a doutora Lia Rejane Mendes Barcellos, musicoterapeuta, pesquisadora da UFRJ, que entre muitas curiosidades a respeito dos estudos que realiza há décadas em clínicas e hospitais cariocas quis saber dos ouvintes se eles PARAM PARA OUVIR MÚSICA. No estúdio, todos os colegas afirmaram que escutam música enquanto realizam as tarefas cotidianas, ninguém se permite apenas curtir música. A especialista Lia Rejane disse ser essa a tendência geral. Ela é o máximo como pessoa e como profissional; após a entrevista choveram elogios de quem a escutou. Aplausos!

Os belos Henry Ritta e Carolina Gheres são presenças bonitas nas festas jovens da city, uau!


SOCIAL

Caroline, Bruna Ayres, Fernando Risch, clic Gleider Ayres

Márcia de Lima Gaffrée tem no belo sorriso uma de suas características pessoais, clic Jorge Elias

SÁBADO E DOMINGO

2 e 3 de fevereiro de 2013

11

Bruna Ayres confraternizando a formatura em Jornalismo com as amigas, clic Gleider Ayres Os filhos Nei, Eliezer e Filipe Soares Flores comemoram as bodas de prata de Mariza e Ildefonso Flores. A data festiva é dia 3 de fevereiro, e esta coluna se associa à felicidade da família, afinal uma união de 25 anos merece APLAUSOS.

QUEREM saber qual a melhor dica para este carnaval? Corram, meninas, corram à LEB e escolham bons livros e leiam muito. Gilmarzinho quer vê-las beeeem lidinhas! UM LANÇAMENTO da editora Nova Fronteira, chama-se “O discurso do amor rasgado, poemas, cenas e fragmentos de William Shakespeare”, tradução de Geraldo Carneiro... UM OUTRO título bem bacana? “Senhora dos ares – Superando as perdas” der Pedro Siqueira, da Prata Editora, um autor jovem que é advogado, escritor e professor universitário. Ele profere palestras pelo Brasil todo. O primeiro livro dele, “Senhora das águas”, esgotou várias edições. Ele é um campeão de vendas, autor de romances sobre espiritualidade que propõe uma reflexão sobre a própria existência e a compreensão de que nada é impossível. O livro expõe também o embate coração x razão, uau!

Olga Machado Silva aprovada em três exames vestibular: Filosofia, Direito e Psicologia - UFGRS e PUCRS, ela vai cursar os dois primeiros, uau!

VAI AO RIO neste carnaval e quer uma dica muito especial? O Museu de Arte Moderna vai trepidar na quinta-feira (7) de pré-carnaval com uma grande festa momesca: Baile Oficial da Cidade do Rio de Janeiro, direção de Haroldo Costa. Presenças confirmadas do Rei Momo e as princesas do carnaval, além de uma delegação da Unidos da Tijuca, escola campeã do ano passado, com bateria, passistas, mestre-sala e porta-bandeira e baianas e show de Moisés Marques e Orquestra Fina Flor…Na sexta de carnaval, o Baile Devassa, com Seu Jorge como a grande atração. A temporada esquentando, o sangue subindo e, no sábado de carnaval, o cantor Latino faz borbulhar a Feijoada do Amaral. Na terça, último dia da folia no MAM, o Baile Encontro dos Blocos reunirá os blocos Sargento Pimenta e Simpatia é Quase Amor. Precisa mais?


12

SÁBADO E DOMINGO 2 e 3 de fevereiro de 2013

ENTRETENIMENTO

Sol, Mercúrio e Marte unidos em Aquário movimentam sua vida social e suas amizades, além de colocar em andamento rápido seus contatos com empresas, clubes e instituições. Um novo contrato pode ser assinado.

Sol, Mercúrio e Marte unidos em Aquário movimentam assuntos relacionados ao seu coração. Um namoro que vem sendo desenhado pelo Universo nos últimos meses pode entrar em uma fase de concretizações.

Sol, Mercúrio e Marte unidos em Aquário colocam você em evidência, trazendo sucesso na carreira e maior visibilidade. O momento é ótimo para apresentação de projetos, especialmente os que trarão melhora nas finanças.

Sol, Mercúrio e Marte unidos em Aquário mexem com questões emocionais antigas que devem ser varridas de sua alma. Problemas com um de seus pais pode surgir. Ótimo momento para reformas e mudança de residência.

Sol, Mercúrio e Marte unidos em Aquário movimentam seus projetos de médio e longo prazo e melhoram seu humor. Sua fé e seu otimismo estão mais fortalecidos e há uma melhora efetiva das energias em seu entorno.

Sol, Mercúrio e Marte unidos em Aquário movimentam sua rotina e trazem novidades a tudo o que envolve a comunicação. As viagens, os estudos, as reuniões e acordos de negócios podem estar mais presentes durante os próximos dias.

Sol, Mercúrio e Marte unidos em Aquário movimentam suas emoções e tornam você mais sensível. Caso esteja envolvido em uma sociedade esta fase é bastante positiva para composições e acertos.

Sol, Mercúrio e Marte Unidos em Aquário movimentam questões que envolvem o crescimento financeiro. Vida material passa por um momento de melhora efetiva. Ótimo momento para novos investimentos.

Zé Maria ajuda Laura e Melissa. Praxedes convida Luciano para trabalhar como escrivão da delegacia. Zé Maria promete para Sandra, Isabel e Laura que vai ajudá-las a reerguer a escola. Constância tenta a reconciliação com Assunção. Guerra desconfia da reação de Catarina ao informar a ela e Fernando de que Melissa está bem com Edgar. Chico treina futebol com Albertinho. Praxedes tenta prender Zé Maria por ter lutado capoeira contra um lutador estrangeiro, mas não consegue. Olegário avisa a Edgar que a madre vai tirar Melissa do colégio. Elias diz a Isabel que deseja que Zé Maria seja seu pai.

Nieta expulsa Felipe de sua casa, e Carolina fica furiosa. Vânia aconselha Juliana a investir em Nando enquanto ele não se casa com Roberta. Roberta chama Charlô para ser sua madrinha de casamento. Charlô flagra Nando e Juliana juntos e repreende a neta. Veruska tenta falar com Nenê. Charlô fica animada com os resultados das vendas da loja. Felipe se desespera com suas fantasias sobre Roberta. Carolina humilha Nieta. Felipe paquera uma mulher na loja e ela tenta seduzi-lo. Veruska sugere que Nenê conte a verdade para Roberta. Nando e Charlô descobrem que Otávio sumiu. Wanda manda Irina preparar Rosângela. Barros fala para Helô que Jéssica e Morena não foram reconhecidas na casa noturna. Helô ouve Lurdinha e Rayane falando sobre o bebê que estava no carro de Wanda e desconfia. Delzuite se esconde na laje de Vanúbia. Mustafa exige que Stenio pague o dinheiro que Pepeu roubou de Berna. Helô manda Barros investigar Wanda. Russo chega com Morena a Istambul. Celso tenta mostrar as fotos de Antonia e Carlos para Raissa. Helô assiste à fita de segurança do hotel de Lívia. Celso mostra a Antonia as fotos que tirou dela com Carlos. Helô orienta Barros a tentar reconhecer o homem que está com Lívia no carro.

FILMES EM CARTAZ As Aventuras de PI (leg) 19:00 Os Penetras 21:15 Sol, Mercúrio e Marte unidos em Aquário movimentam seus relacionamentos, tanto os comerciais quanto os pessoais. Sua vida social ganha um novo ritmo e um novo colorido através das novas amizades que surgem.

Sol, Mercúrio e Marte unidos em Aquário podem trazer boas mudanças ao seu dia a dia, especialmente a tudo o que diz respeito ao seu trabalho. O momento é ótimo para apresentação de novos projetos.

Sol, Mercúrio e Marte em seu signo movimentam todos os setores de sua vida trazendo boas energias e boas novidades. A fase é ótima para investir em novos projetos e se envolver em questões que envolvam a sociedade.

Sol, Mercúrio e Marte unidos em Aquário pedem reclusão e introspecção. O momento é ótimo para estar entre os seus em ambientes tranquilos e equilibrados. Energia vital baixa pede exercícios moderados e boa alimentação.

ANIVERSÁRIOS 02/02 Patricia Hann Antônia Machado Delfin Loren Medeiros Borges Dilermando Dias Carlos Vinícius Bittencourt Completa 84 anos, Maria Artigas Pereira

03/02

Eliezer Soares Flores Paulo de Jesus Prates Filho Terezinha Costa Batista Norberto de Souza Cimirro

Lorena Robaina, integrante da equipe do jornal FOLHA do SUL Herecy Morales Torres Luís Mariano Niederauer Mazzini

00:25 Prova do Crime 01:05 Corujão do Esporte 01:50 Força Aérea 1 04:00 Ela é Demais 06:05 Globo Educação 06:25 Globo Ciência 06:50 Globo Ecologia 07:15 Globo Universidade 07:40 Ação 08:00 Vida e Saúde 08:30 Anonymus Gourmet 09:00 RBS Esporte 09:30 Sítio do Picapau Amarelo 09:45 A Turma da Mônica 10:00 TV Globinho 11:30 Patrola 12:00 Jornal do Almoço 12:30 Curtas Gaúchos: Borghetti na Estrada - Música Sem Fronteiras 12:50 Globo Esporte 13:20 Jornal Hoje 13:50 Estrelas 14:45 TV Xuxa 16:05 Caldeirão do Huck 18:25 Lado a Lado 19:10 RBS Notícias 19:30 Guerra dos Sexos 20:30 Jornal Nacional 21:10 Salve Jorge 22:15 Big Brother Brasil 13 22:45 Zorra Total 23:50 Carga Explosiva 3 00:15 The Walking Dead 01:10 Jornal da Noite 01:55 Claquete 02:55 Show de Desenhos 04:00 Igreja Mundial 06:00 Igreja Mundial 06:50 1º Jornal 07:30 AgroBand 08:00 Dia Dia 09:10 Fanboy e Chum Chum 09:35 Danny Phantom 10:00 True Jackson 10:25 Kenan & Kel 10:50 I-Carly 11:10 Jogo Aberto 12:30 Jogo Aberto RS 13:20 Brasil Urgente RS - 1ª Edição 14:00 Ponto de Luz 15:00 Futurama 15:50 I-Carly 16:50 Brasil Urgente 17:50 Brasil Urgente 18:50 Band Cidade 19:20 Jornal da Band 20:25 Momento da Sorte 20:28 Show da Fé 21:20 Zoo 21:30 Os Simpsons 22:30 Mulheres Ricas 23:45 O Mundo Segundo Brasileiros 00:45 Jornal do SBT 01:30 Dois Homens e Meio 02:15 The Big Bang Theory 02:45 Tele Seriados 06:00 Chaves 07:00 Sábado Animado 12:15 Masbah 12:45 Um Maluco no Pedaço 13:15 As Visões da Raven 13:45 Eu, A Patroa e as Crianças 14:15 Programa Raul Gil 18:30 Aventura Selvagem 19:15 Chaves 19:40 SBT Brasil 20:30 Esquadrão da Moda 21:30 SuperNanny 22:15 Showtime 00:15 Monk 01:15 Programação IURD 07:00 Nosso Tempo 08:00 Fala Brasil Especial 10:00 Esporte Fantástico 12:00 The Love School 13:00 Balanço Geral Especial 14:30 Record Kids - Pica Pau 15:30 De Volta para o Futuro 2 18:00 O Melhor do Brasil 20:00 Jornal da Record 20:30 O Melhor do Brasil 23:15 The Cape


GERAL Alistamento militar deverá contar com mais de 700 novos jovens Com data limite até o dia 28 de junho, o alistamento militar já está aberto. Deve comparecer à Junta Militar do município todos os jovens que já possuem, ou irão completar, 18 anos até o dia 31 dezembro de 2013. A previsão do Exército Brasileiro é de que sejam incorporados entre 700 a 900 jovens às fileiras do serviço militar. Bagé conta com cinco regimentos - 3º Regimento de Cavalaria Mecanizado, 25º Grupo de Artilharia de campanha, 3º Batalhão Logístico, Esquadrão de Comando, 3º Pelotão de Polícia do Exército e Hospital da Guarnição de Bagé -, e segundo o Major de Cavalaria Alexandre Santos Bezerra, atual Comandante do Esquadrão de Comando da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, o Exército pode prorrogar o tempo de serviço dos soldados por mais um ano, até um período máximo de sete anos. “O processo para a seleção é o

Divulgação FS

Prazo vai até mês de junho

seu desempenho profissional durante o ano, pois a cada ano o militar terá seu contrato de trabalho renovado ou não, dependendo do seu rendimento e da disponibilidade de vagas”, explica. Segundo fala o comandante, em 2012, só no Esquadrão de Comando – localizado dentro Quartel

General, dos 60 soldados do efetivo variável, dez contratos foram renovados. “Estas vagas variam de ano para ano, dependendo do número de soldados e cabos que vão embora por vontade própria ou porque chegaram ao limite dos sete anos, mas isso depende de ano para ano e de quartel para quartel”, declara.

Coordenadoria de Relações Internacionais

Cláudia Moraes assume como titular Antonio Rocha

Bageense tem graduação específica para o setor

Desde a última quinta-feira, a Coordenadoria de Relações Internacionais de Bagé conta com um novo titular. Trata-se da bageense Cláudia Moraes, de 24 anos. Ontem, ela visitou a equipe do jornal FOLHA do SUL para apresentar algumas das iniciativas que devem ser adotadas pela pasta. Graduada em relações Internacionais pela Unisul (Universidade do

Sul de Santa Catarina), a profissional conta com experiência junto à empresas de importação do estado vizinho e na Cruz Vermelha, quando atuou em Lisboa, Portugal. “Queremos garantir a continuidade do que já vinha sendo desenvolvido, como o projeto de resgate e valorização histórico-cultural fronteiriço, o qual deve retornar à pauta em

breve. Ainda, pretendemos concluir a reabertura do Consulado Uruguaio (ainda não inaugurado)”, comentou. Sobre as próximas iniciativas, ela cita três metas. “Um dos projetos que daremos início é o de cooperação transfronteiriça para a região da Serrilhada. O objetivo será fomentar a integração regional através da construção de habitações rurais sustentáveis”, informou. A segunda proposta visa a implantação de uma cooperativa binacional. Já a terceira trata-se da pavimentação asfáltica do trecho de ligação entre Brasil e o Uruguai, na região da Serrilhada – tema muito debatido e defendido pela comunidade da região. A Coordenadoria de Relações Internacionais de Bagé foi instituída em 2009, na primeira gestão do prefeito Dudu Colombo. Até ano passado, a pasta contava com o comando de Glécio Rodrigues, atualmente secretário de Desenvolvimento Econômico de Aceguá.

SÁBADO e DOMINGO 2 e 3 de fevereiro de 2013

13


14

SÁBADO E DOMINGO 2 e 3 de fevereiro de 2013

GERAL Em defesa da categoria

Mototaxistas realizam manifestação pedindo lei que ampare a profissão Divulgação

Após conversas com autoridades, perspectiva para adequação é de 60 dias

Mais de 300 mototaxistas se locomoveram até frente ao Centro Administrativo da prefeitura de Bagé, na manhã de ontem, para fazer uma manifestação. O objetivo foi solicitar lei que ampare e regulamente a profissão. De acordo com um dos manifestantes, Vladimir Farias Costa, os mototaxistas precisam de uma lei municipal para ter um alvará para trabalhar. “Hoje recebemos apenas o alvará para motofretista, mas cerca de 80% do nosso trabalho é de mototáxi. Pedimos o alvará para trabalhar neste serviço”, destaca. O mototaxista também participou de uma reunião com o secretário municipal de transporte

e circulação, Antônio Luiz Arla Silva, e informou que o município está comprometido a desenvolver a lei para a categoria. “Até o momento sei que a lei já está sendo estudada e feita. Queremos poder trabalhar na legalidade”, argumenta. O secretário municipal de transporte e circulação, em conversa com a reportagem do jornal FOLHA DO SUL, explicou que o procurador jurídico da prefeitura já está elaborando a lei. “A situação de motofrete já está legalizada. Agora os mototaxistas estarão sendo fiscalizados, a partir de hoje, pela lei federal número 12.009”, explica. A lei em questão exige antena corta pipa, mata cachorro, colete

luminoso, capacete, motorista com CNH (Carteira Nacional de Habilitação) com dois anos e que exerce função remunerada, moto com vistoria de seis meses, joelheira e cotoveleiras. “Os mototaxistas, por enquanto, não terão a placa vermelha, que é uma regulamentação municipal”, esclarece o secretário. Em reunião com o Ministério Público (MP), Silva garantiu também que em dois meses os mototaxistas poderão se adequar e atuar dentro da nova lei municipal da classe. “Acreditamos que em menos de 60 dias teremos esta lei que tramitará para o beneficio da categoria e segurança da comunidade”, finaliza.


GERAL

SÁBADO e DOMINGO 2 e 3 de fevereiro de 2013

15

Solidariedade da população fez com que praça ficasse completamente vestida de branco

Caminhada da Paz relembra vítimas de Santa Maria por Fernanda Mendonça Depois de acontecer em diversas cidades do Estado, ontem, às 21h, foi a vez da Caminhada da Paz acontecer em Bagé. Por todos os lados da praça Silveira Martins, chegavam pessoas trajando branco. A passeata teve a intenção de prestar solidariedade às famílias das vítimas e feridos na tragédia de Santa Maria, que ocorreu no último domingo, dia 27, na Boate Kiss. Até o momento já são 236 mortos e mais de 120 feridos internados em hospitais da cidade onde

ocorreu o incêndio e em Porto Alegre. Durante o dia, através da rede social Facebook, em que se disseminou o convite para o evento, internautas postavam fotos da preparação de cartazes e de apoio à Caminhada. Idealizada pelo estudante Iago Dias Souto, um dos melhores amigos do bageense vitimado no incêndio, João Paulo Pozzobon e de Matheus Lacerda, que também faleceu na tragédia. Souto quis homenagear as vítimas, familiares,

amigos, irmãos e namoradas de todos que perderam a vida no incidente. “Não me interessa o número de pessoas que vieram, o que me interessa é que estejam bem intencionadas”, disse o estudante. A passeata teve saída da Igreja Conceição e percorreu a avenida Sete de Setembro até a Catedral de São Sebastião. Com a presença de mais de duas mil pessoas, o evento também contou com o comparecimento dos religiosos, o bispo Dom Gílio Felício e

Mais de dois mil bageenses lotaram a praça Silveira Martins

Passeata pede justiça para jovem assassinado no início do mês por Rochele Barbosa No mês de janeiro, um crime brutal chocou a comunidade bageense. Na madrugada do dia 20, o jovem Felipe Teles Nunes foi assassinado em uma briga ocorrida na rua Gomes Carneiro, próximo aos fundos do colégio Justino Costa Quintana. Na tarde de ontem, dia 1º, familiares e amigos da vítima pediram justiça em uma caminhada, iniciando na praça de Esportes em direção ao local onde foi cometido o crime.

Segundo a mãe do jovem, Tatiane Teles, a ideia da manifestação é pedir justiça e achar os culpados pelo crime. “Até agora não culparam ninguém, queremos justiça, queremos que os responsáveis sejam punidos”, explica. Tatiane também conta que cerca de 40 pessoas participaram da caminhada contra a violência e agradeceu o apoio do coordenador de Direitos Humanos do município,

Márcio Garcia, e do secretário de Turismo, Jean Carlos Vieira de Oliveira. “Este ano foi o meu filho, mas quantas brigas acontecem, quantos pais têm que passar por este sofrimento, queremos justiça?”,indaga a mãe. No final da manifestação aconteceu uma cerimônia em frente ao local onde o jovem foi agredido e morto. “Rezamos, homenageamos e protestamos”, finaliza Tatiane. Fotos: Antonio Rocha

Familiares e amigos foram prestar homenagens

do frei Álvaro. Que comentou o gesto de todos que foram até o evento. “Essa é uma manifestação de solidariedade para com as famílias que ficaram sem os seus filhos. Também é uma forma de dizer que não concordamos com o que aconteceu e de pedirmos que a justiça seja feita”, observou o Frei. Muitos dos participantes consideraram o pedido de Souto e foram à Caminhada da Paz munidas da cartazes com o nome das vítimas, mensagens de força e coragem e flores brancas, simbolizando a paz. Foi o caso de Marines Caetano Fontes Peres e da sua filha Jovana Fontes Peres, que apesar de não ter nenhum parente envolvido na tragédia, foi à caminhada para orar por todos que perderam os seus filhos. Jovana comenta que está receosa de entrar nas boates da cidade e que da próxima vez que sair vai observar se existem saídas de emergência e extintores de incêndio.

Para acompanhar a caminhada e mostrar o apoio, um grupo de ciclistas participou do evento com as suas bicicletas. O presidente da Associação Bageense de Ciclismo, Heron Regert, diz que a tragédia envolveu pessoas muito próximas e que ouviu vários relatos de estudantes que moram em Santa Maria, e frequentavam a boate Kiss. “Podia ser qualquer um de nós, por isso precisamos ir lá para orar pelos mortos e pelos que estão lutando pela vida.” O presidente acrescenta que é um momento de união e que muitas coisas erradas acontecem e ninguém protesta, mas dessa vez vai ser diferente. “Queremos mostrar que os ciclistas se importam com todos os problemas da sociedade e que estamos apoiando a causa.” Ele complementa que os faróis das bicicletas vão servir de guia para a passeata, já que foi solicitado que não leve vela.


16

SÁBADO E DOMINGO 2 e 3 de fevereiro de 2013

GERAL

Coordenadores médicos ajudam Bagé terá projeto para resgatar a memória no planejamento da saúde da ditadura militar por Rochele Barbosa Anunciado no dia 31 de janeiro pelo Prefeito Dudu Colombo, juntamente com a secretária de Saúde, Aura Stella Centeno, em uma reunião com médicos de

Bagé a coordenação técnica da Secretaria de Saúde, composta pelos médicos Manif Curi Jorge, Mário Mansur Filho e Ronaldo Carvalho.

Ronaldo Carvalho – Clínico Geral O médico clínico geral e especialista em dependência química, Ronaldo Carvalho descreve que a sua atuação junto com os seus colegas será no planejamento das ações de saúde. Segundo Carvalho a parte técnica é importante para ajudar na gestão técnica administrativa da Secretaria Municipal de Saúde. “Já tive experiência, fui secretário de saúde duas vezes e sempre estive envolvido, o nosso objetivo é fazer o diagnóstico da saúde, primeiro avaliando, e depois começando trabalhos a curto, médio e longo prazo”, explica. O especialista ainda garante que

há metas para serem cumpridas e que há subdivisões dentro da coordenação. “Conversaremos juntos e tomaremos decisões em conjunto, mas cada um irá avaliar um setor, eu irei ver a situação dos postos e do programa Estratégia Saúde da Família, laboratórios e tratamento fora do domicílio, mas todos seremos responsáveis e iremos avaliar todos os pontos, organizando”, explica. Carvalho garante que há necessidade de estudos em todos setores, mas primeiramente é necessário uma ampla pesquisa. “Iremos avaliar e começar a organização, precisamos fazer uma gestão em saúde, trabalhar em prol,

A reportagem do jornal FOLHA do SUL conversou com os novos responsáveis técnicos, onde os médicos explicaram que o trabalho será de gestão e planejamento. Glauber Pereira

Ronaldo Carvalho ficará responsável pelos ESFs, TFD e Laboratórios

pois estamos com uma situação boa na saúde, temos 22 postos de ESF, temos serviços de urgência e emergência e também temos especialistas, exames e grandes serviços, como o SAIS. A necessidade é de organizar”, finaliza. Glauber Pereira

Mário Mansur Filho – Pediatra

O médico pediatra Mário Mansur Filho irá assessorar e fazer parte da coordenação de responsabilidade técnica da Secretaria Municipal de Saúde com o objetivo de auxiliar na gestão em conjunto com os outros médicos. Segundo Mansur, as reuniões irão acontecer todas as terças-feiras e mais dois dias de contatos, com os médicos e a secretária de saúde, Aura Stela Centeno Pereira. “Iremos discutir e avaliar os assuntos de saúde, todos os programas são do Ministério da Saúde, eles fornecem programas e projetos, iremos discutir e tentar achar onde

encaixar e resolver problemas”, salienta. O pediatra também destaca que sua parte ficará por conta de fazer um elo institucional e assuntos maternos infantis. “Sempre com a supervisão e comando da Secretaria de Saúde, a nossa coordenação tem o papel de manter o elo entre várias instituições e a secretaria, como a Santa Casa, a Urcamp, Unimed e outras instituições”, garante. Como a saúde é muito ampla e complexa o serviço dos coordenadores será ter um bom e variado atendimento pelo SUS, explica Mansur. “Estamos na fase de coleta de informações, coisas

Mário Mansur Filho fará a ligação institucional e também assuntos ligados ao materno infantil

pontuais que necessitam de resoluções, o principal tema é o tomógrafo do Hospital Universitário que já deveria estar atuando, vamos focar neste assunto em primeiro lugar ”, finaliza.

por Fernanda Mendonça A Organização não Governamental (ONG) Ação pela Moradia Sustentável e a Coordenação Municipal de Relações Internacionais deram início ao projeto que visa resgatar a memória da ditadura militar (1964-1985) no Brasil e nos demais países da América Latina. A ideia é antiga, porém nunca tinha sido, de fato, colocada em prática, com a criação da Comissão da Verdade, o projeto foi revigorado. Para resgatar a memória desse período histórico, o Projeto vai entrevistar pessoas que sofreram ou que viveram durante a ditadura. Os depoimentos serão transformados em um documentário gravado em vídeo e que, posteriormente, será veiculado em instituições de ensino, além de servir de material de pesquisa histórica. “Nós queremos mostrar a história para os mais jovens, para que eles não esqueçam do que aconteceu e para que os fatos nunca mais se repitam.” Mais que apresentar o documentário, o grupo pretende aplicar um questionário antes e outro depois da exibição para constatar o que os alunos sabem sobre esse tema. Até o momento, o Projeto está acontecendo com recursos próprios dos integrantes, pois está focado nos entrevistados bageenses, porém quando as entrevistas tiverem que ser feitas fora da cidade e do Brasil, os participantes esperam poder contar com o apoio de verbas governamentais e outras parcerias. Para isso, eles estão elaborando, por escrito, um documento com o formato da ideia

para entregar ao Fundo de Convergência Estrutural do Mercosul, que costuma apoiar esse tipo de ideia. Já tinham sido ouvidas duas testemunhas bageense, que relataram ter sofrido tortura física e psicológica, e já indicaram mais gente que também passou por essas situações. Ao total, o Projeto pretende entrevistar 12 pessoas. Um dos precursores da ideia, Roberto Marimon, foi militar em 1977, época em que o regime não democrático estava na ativa. Ele conta que viu presos políticos após sessão de tortura. “Uma vez nós vimos dois presos sendo torturados com pingos d’água na cabeça”. Marimon se refere a um tipo de tortura usada na época da Ditadura em que se mantinha um pingo d’água gelada na cabeça da vítima por vários dias. Para comprovar a legalidade do trabalho, Marimon falou sobre a Lei nº 9.140 de 4 de dezembro de 1995, que reconheceu como mortas, as pessoas desaparecidas em decorrência de participação ou acusação de participação, em atividades políticas no período de setembro de 1961 a 15 de agosto de 1979. Componentes do Projeto: Roberto Marimon, presidente da ONG; Ricardo Romeiro Correia, assistente político da Coordenação Municipal de Relações Internacionais; Carlos Dias, estagiário da Coordenadoria; Cláudia Morais, titular da pasta de Relações Internacionais; e Elenara Dutra de Lima, integrante da ONG. Antonio Rocha

Arquivo/FS

Manif Curi Jorge – Nefrologista O médico nefrologista e exsecretário de saúde de Bagé, Manif Curi Jorge, entra nessa coordenação para ajudar na questão de urgência e emergência e também na reorganização das redes básicas de saúde. Jorge garante que há assuntos pontuais que devem ser os primeiros passos dos coordenadores com a secretaria de saúde. “Estamos em constante conversa, iremos fazer reuniões para determinar nossas ações, todas sob a supervisão da secretária Aura Stela Centeno Pereira, o primeiro passo é em relação ao tomógrafo do Hospital

Universitário”, determina. O médico também comenta que estão em fase de primeiras informações e visitas. “Estamos com questões que devem ser feitas, como o tomógrafo, colocar a Unidade de Pronto Atendimento em funcionamento e fazer uma ampla parceria com a Santa Casa de Caridade que é o hospital regional”, declara. Exames e protocolos serão feitos pela coordenação e a secretária, relata o nefrologista. “Encaminhamentos para tratamentos fora do município serão estudados e realizados conforme

Manif Curi Jorge será responsável pelos setores de urgência e emergência

a necessidade, eu irei fiscalizar a UPA, o SAMU, o posto Eduardo Sá Monmany e o SAIS, mas todo o trabalho será em conjunto, somos uma equipe técnica administrativa”, encerra.

Integrantes já começaram a fazer entrevistas

A Comissão Nacional da Verdade A Comissão foi instalada em maio de 2012 no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília. E tem por finalidade averiguar, no prazo de

dois anos, graves violações de Direitos Humanos, praticadas por agentes públicos, ocorridas entre 18 de setembro de 1946 e 5 de outubro de 1988.


GERAL

SÁBADO e DOMINGO

17

2 e 3 de fevereiro de 2013

Outros três foram notificados e um estava regular

Autoridades interditam três locais de festa da cidade Nem mesmo o sol forte e o calor de 35ºC alteraram o cronograma de fiscalização em clubes e casas noturnas de Bagé, que ocorreu em sete locais, durante a tarde desta sexta-feira. No total, Griffe Bar, Clube Comercial e Clube Caixeiral foram interditados pelos bombeiros e só poderão reabrir quando estiverem regularizados. Já o Tertulha, Gabana e Viva Noite receberam notificação, mas, de acordo com as autoridades, podem funcionar por 30

dias até se adequarem. Por outro lado, o Parador Griffe foi o único local que estava habilitado a funcionar. A atividade contou com a participação de representantes das Secretarias da Fazenda (Sefaz), Coordenação e Planejamento (Scoplan), Meio Ambiente (SMAM), Saúde, com apoio do Pelotão de Operações Especiais (POE) e a Polícia Ambiental da Brigada Militar, além do Corpo de Bombeiros. De acordo com a capitã dos Bombeiros,

Sulenir Abreu da Rosa, a ação foi positiva, pois mais de 10% dos 60 locais da cidade foram averiguados. “Eles foram escolhidos primeiramente por terem, em sua maioria, festa de carnaval e também para poderem se regularizar para os eventos”, afirma. Segundo o levantamento feito pelas autoridades, o Parador Griffe é o único dos locais visitados que estava com toda a documentação em dia e preenchia todos os requisitos legais.

que tinha área para fumantes. Entretanto, Marimon sugeriu que o Corpo de Bombeiros enviasse por escrito quais seriam as alterações que devem ser feitas. “É para evitar que fossem feitas adequações desnecessárias”, diz. A Scoplan também emitiu uma notificação para que seja apresentado o projeto com as adequações, mesmo assim, Fabiano argumentou que tal documento já estaria na secretaria. O Clube Comercial também não vai poder realizar nenhuma festa devido a interdição. De acordo com

o Corpo de Bombeiros, a escada que fica na parte de trás do prédio está em más condições. Além disso, a barra antipânico da porta que dá acesso para a rua Marechal Floriano não estava funcionando. Segundo as autoridades, no local não havia iluminação e sinalização de emergência, sendo que os extintores estavam em processo de recarga. “Não apresentava os itens mínimos”, apontou a capitã. O vice-presidente do clube, Roberto Bandeira, explicou que a entidade sempre atendeu as adequações exigi-

Fotos: Antonio Rocha

Parador Griffe está regular

Interditados O primeiro local que teve as atividades suspensas foi a Griffe Bar. Segundo a capitã Sulenir, o bar não tinha barra antipânico nem iluminação adequada, sendo que a saída de emergência estava obstruída. O empresário Fabiano Marimon de pronto falou que vai solucionar os problemas. “Vou quebrar a parede para identificar a segunda saída da casa, se for necessário. Até porque, neste local vai funcionar um bar com mesas e música ao vivo”, explica. O proprietário lembrou que aquele era um dos poucos estabelecimentos da cidade

Interdição atingiu Clube Comercial

das, tanto é que o alvará emitido pelos bombeiros é válido até o segundo semestre do ano. “Vamos fazer tudo que for necessário para nos adequarmos. A gente tem maior interesse de oferecer segurança para os sócios e para a população”, completou. Conforme a capitã Sulenir, o Clube Caixeiral era o que apresentava o maior número de irregularidades, por isso também foi interditado. Foram detectados problemas na barra antipânico, os extintores de incêndio não estavam no local e a iluminação de

Clube Caixeiral foi lacrado e só funciona a secretaria

emergência em determinados locais era inadequada. Além disso, a Secretaria da Fazenda também determinou a interdição, pois o local estava sem alvará de funcionamento desde 2009. Somente a secretaria do clube foi liberada para funcionar. A Secretaria de Saúde emitiu uma notificação em função de que não havia alvará sanitário. A Secretaria do Meio Ambiente também notificou o local, já que a licença não estava visível ao público. A reportagem tentou contato com os representantes do clube, mas não obteve sucesso.

Griffe Bar foi uma das casas interditadas

Notificados O salão Tertulha foi notificado pelo Corpo de Bombeiros, pois, segundo a capitã Sulenir, o local apresentava falha em um item mínimo do Plano de Prevenção e Combate a Incêndio. O proprietário Éverson de Oliveira fala que achou válida a visita das autoridades. “Eu venho me adequando há anos, inclusive tenho gerador de energia

elétrica” afirma. O bar Gabana recebeu uma notificação do Corpo de Bombeiros para apresentar o laudo da fiação elétrica. A capitã fala que foi feita a solicitação em função de que o teto do local é coberto de palha. O mesmo pedido foi feito pela Secretaria de Coordenação e Planejamento. Além disso, a Secretaria da Fazenda

apontou irregularidades na documentação. O empresário Antônio Ricardo Brião Soares explica que o local não estava nem funcionando, mas vai resolver os problemas. “Já estou providenciando e, inclusive, passando os cabos de energia elétrica por dentro da tubulação”, conclui. Já a casa de festas Viva Noite foi notificada pelo fato de ter a saída de emergência para os fundos do local. “O correto seria que fosse para a rua”, falou a capitã. A Secretaria de Coordenação e Planejamento solicitou o projeto de adequações do prédio. A reportagem não obteve contato para falar com o proprietário.

Tertulha recebeu notificação dos bombeiros

Próximas visitas

Bar Gabana foi notificado por bombeiros e secretarias

Na próxima segunda-feira acontece uma reunião de avaliação entre as autoridades. Na ocasião será definida uma nova data para que mais locais sejam fiscalizados.

Viva Noite foi notificado por secretarias


18

SÁBADO E DOMINGO 2 e 3 de fevereiro de 2013

SEGURANÇA

Comunidade se despede do Dr. Breno Gasparri

Bageense sofre queimaduras durante atentado a ônibus em Santa Catarina

Com um clima de tristeza e muita emoção, quase 80 pessoas acompanharam o enterro do dermatologista Breno Ramos Gasparri. A cerimônia, que contou com a bênção do frei Álvaro Bordignon, aconteceu às 14h desta sexta-feira, no cemitério da Santa Casa de Caridade. Na ocasião, amigos e familiares deram o último adeus ao médico. Uma das mais emocionadas

O bageense Eron Melo, de 19 anos, acabou sofrendo queimaduras durante atentado ocorrido a ônibus na estrada Dário Manoel Cardoso, no bairro Ingleses, em Florianópolis, na madrugada de ontem. O veículo foi roubado e incendiado. O jovem, atingido pelas chamas na altura do queixo e do pescoço, foi atendido na UPA Norte

da Ilha, tendo que ser socorrido com emergência e transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Celso Ramos, onde ficou até o final do dia em observação. De acordo com informações obtidas junto ao Hospital, o estado de saúde exigia cuidados, mas ele estava consciente e até conversou

com os médicos. Após estabilizar o quadro, ele foi encaminhado, por volta das 20h, à UTI do Hospital Universitário de Florianópolis. A redação da FOLHA do SUL tentou contato com a família do rapaz, mas não obteve sucesso. A família da namorada, uma jovem de 15 anos, é quem está cuidando dele.

Melo havia saído de sua casa e estava indo para o lugar onde mora, na Praia dos Ingleses. Pegou o último ônibus (da meia-noite) e quando faltavam duas paradas antes de casa, viu

o incêndio começando. Ele estava na parte de trás e como a porta não abriu, precisou pular a catraca e sair pela frente. Como o fogo tinha começado da frente para trás,

atravessou as chamas. No momento, só estava ele de passageiro no coletivo. Até o fechamento desta edição, não haviam sido identificados os responsáveis.

era Orfelina Ricardo, integrante do Grupo de Apoio e Auto-ajuda Superando Câncer – Unindo Vidas. Ela conta que o médico era um dos fundadores do grupo e atual coordenador. De acordo com Orfelina, Dr. Breno era um figura muito atuante na hora de ajudar pessoas que tiveram câncer, justamente por ter vencido duas vezes a doença. “Ele vai fazer uma falta irreparável”, finaliza. Antonio Rocha

O fato

OBITUÁRIO

Amigos e familiares foram prestar última homenagem

Paulo Renato Silveira Lafortune, 51 anos, vigilante. Residia na rua vereador Pampílio Nunes, nº 671. Osnei Dutra Martins, 64 anos, arte finalista. Residia na rua Favorino Luís Mércio, nº 134. Era casado com Sônia Costa Martins. Deixa o filho Ubijara. Maria Gelsi Morales Pereira, 62 anos, auxiliar de pessoa inativa. Residia na rua Lourenço Anversa, nº 497. Deixa a filha Ana Cláudia. Albano Porto da Silva, 71 anos, ferroviário inativo. Residia na avenida General Osório, nº 2.319. Era casado com Cleiva Ximendes da Silva. Deixa os filhos Carlos Alberto, Carlos Roberto, Albano Jéferson e Amaro. Breno Ramos Gasparri, 65 anos, médico aposentado. Residia na rua Marechal Deodoro, nº 161. Deixa os filhos Márcio e Gustavo. João Carlos Antunes, 65 anos. Residia na rua João Telles nº 1.715. Deixa os filhos Magda Mara, Bianca e Maria Cristina, além do já falecido João Carlos.


ESPORTES

19

SÁBADO E DOMINGO 2 e 3 de fevereiro de 2013

Leco é nome preferencial A atenção especial da nova direção do Guarany, sob o comando de Heráclito Tato Moreira e Mário Medina Dorneles, está voltada ao fortalecimento das categorias de base. Desta forma, as ações do departamento de futebol devem começar em meados de março, com as equipes dirigidas pelo treinador Jesus Antônio Munhoz Padilha, o Totonho. Aliás, o Guarany mantém parceria com o projeto Descobrindo Talentos, coordenado pela professora Maísa Tolledo e mantido pela Secretaria Municipal da Juventude, Esporte e Lazer. Num segundo momento, o futebol profissional. Para comandar o time, um nome praticamente consensual é o de Paulo Afonso Coelho, o Leco. O seu histórico no Guarany é respeitabilíssimo. Foi campeão da Divisão de Acesso em 2006, bicampeão da cidade, em 2010 e 2012.

Retrospecto pelo Guarany: 156 jogos, 63 vitórias, 39 empates e 54 derrotas. Dentro das particularidades de cada dirigente, o meia João Luís (aposta pessoal do diretor Cléo Coelho no ano passado),

deve continuar no Guarany em 2013. Principalmente por se tornar um símbolo da recente conquista, ao marcar o gol do título dos 200 anos de Bagé no Ba-Gua de 16 de dezembro do ano passado, no “Pedra Moura”. Arquivo/FS

GAUCHÃO – Anteontem, São Luiz de Ijuí 4x0 Grêmio-B, Canoas 0x1 Passo Fundo, São José 2x0 Cruzeiro.

GAUCHÃO (II) – Neste sábado, às 20h30min, Esportivo x Lajeadense. No domingo, às 17h, em Erechim, Internacional x Grêmio; 18h, Canoas x Cruzeiro, São José (o líder da classificação geral, nos dois grupos, com 100% de aproveitamento) x Passo Fundo, Veranópolis x Cerâmica; 19h30min, Santa Cruz x Pelotas, Juventude x Caxias; 20h, São Luiz x Novo Hamburgo.

SAUDOSISMO – Flamengo x Vasco da Gama, historicamente, era o “clássico dos milhões”, pelas multidões que o confronto levava ao Maracanã. Agora, a realidade é bem diferente. Anteontem, pela Taça Guanabara, apenas 12.423 torcedores pagaram ingresso no “Engenhão”, o estádio arrendado pelo Botafogo por 30 anos, para assistir à vitória flamenguista diante dos vascaínos por 4x2.

TEM MUITO O QUE FAZER – O bageense Cláudio Ibraim Vaz Leal (Branco) estreou como treinador do Guarani de Campinas na derrota de 3x1 para o Bragantino. Sem dúvida, um forte desafio a ser enfrentado. Paulo Afonso Coelho é o treinador favorito

Skate e tênis são atrações Nem só de futebol, quer amador ou profissional, vive a comunidade bageense. Muito pelo contrário, amplas são as suas manifestações esportivas. O tênis, por exemplo, reserva para o fim de semana as atrações do torneio promovido pela Clínica Pau-

higinobage@yahoo.com.br

lo Alves, em sua sede. Neste sábado, o naipe feminino estará em quadra. No domingo, os atrativos da competição de duplas mistas, culminando com churrasco de confraternização. O skate, em que a juventude demonstra capacidade e perícia em seus desafios, movimentará a sede

FUTEBOL SETE – Última rodada do primeiro turno do Torneio Integração dos Haras de Bagé e Aceguá, neste sábado, a partir das 17h30min, no Instituto de Menores: Doce Vale x Mondesir, TNT x Bagé do Sul, Santa Maria de Araras x Anderson, folgando a Cabanha da Maya.

campestre do Caixeiral, a partir das 16h de domingo. Cerca de 60 atletas de Bagé, Dom Pedrito, Candiota, Pelotas, Rio Grande, Livramento e Porto Alegre participarão da terceira edição do evento Skate Summer, uma iniciativa do vereador e skatista Lelinho e seus parceiros.

Coroas bons de bola em campo O Torneio de Verão AP Esportes/Jornal FOLHA do SUL, promovido pela Liga Bageense de Futebol de Veteranos, em disputa do troféu “Joaquim Ferreira dos Santos”, está em pleno andamento no Complexo Esportivo “Presi-

dente Médici”. O sábado reserva os destaques dos 50 anos, com os jogos Nacional x Hulha Negra, o clássico dos líderes, campo 3; São Luiz x Três Corações, 4; Arvorezinha x Palmeiras, 5; Brasil x União Ferro-

viário, 6; Grêmio dos Subtenentes e Sargentos x São Pedro, campo 7. Domingo pela manhã, os 40 anos, a última rodada da primeira fase, com São Simão x Stand, campo 3; Nápoli x Aimoré, 7, folgando o Caieira. Caçapava/Especial FS

30/1/13

FEDERAL 1º 48.667 2º 25.917 3º 06.971 4º 69.614 5º 62.183

MEGA-SENA Nº 1464 02 24 32 50 54 59 LOTOMANIA

Arvorezinha tem uma vitória e uma derrota nos 50 anos

Nº 1319 03 12 19 20 31 32 33 39 45 49 57 61 74 79 82 88 89 90 96 99

LOTOFÁCIL Nº 862 01 02 03 04 05 10 13 14 15 17 18 19 20 23 24 QUINA 3108 04 08 10 34 54 DUPLA-SENA Nº 1146 Primeiro sorteio 02 10 18 25 35 40 Segundo sorteio 02 05 11 36 48 49


www.jornalfolhadosul.com.br

Gaúcho

FOLHA SUL

BAGÉ, SÁBADO E DOMINGO, 12 E 13 DE JANEIRO DE 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013

BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013


BagĂŠ, 2 e 3 de fevereiro de 2013

Folha do Sul Gaúcho Ed. 839 (02/02/2013)  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you