Voz de Nazaré

Page 1

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

www.fundacaonazare.com.br belém, De 3 a 9 de fevereiro de 2017

D o jornal católico da família D

Pe. Florence Dubois Fundador

ANO CIII - Nº 761 - PREÇO AVULSO: R$1,00

Campanha da Fraternidade Arquidiocese de Belém lançou a Campanha na quarta-feira, 1. O Arcebispo Dom Alberto divulgou a mensagem do Papa Francisco e também carta à população pedindo o fim da violência. CAD. 1, Pág. 3; cad. 2, págs. 1, 3 e 5. divulgação

luiz estumano

w Coletiva Dom Alberto, ladeado pelo padre Bruno Sechi e monsenhor Raimundo Possidônio, na entrevista para a Imprensa na Cúria Metropolitana. Papa Francisco afirma: "O Criador foi pródigo com o Brasil".

QUARESMA

espiritualidade

MELHOR IDADE

celebração

No Vaticano e nas dioceses de todo o mundo, Igreja dá início à preparação dos fiéis para a Páscoa. cad. 2, pág. 10.

Na região metropolitana de Belém e também no interior os retiros com Jesus.

Projeto de assistência social juntou idosos e seus familiares em confraternização.

Sexta-feira, 3, na capela da Fundação Nazaré, pelos benfeitores da instituição.

Missa e cinzas abrem tempo de conversão

Retiros: louvor Basílica Missa pela a Deus em promove baile Família comunidade para idosos Nazaré caderno 2, páginas 6 e 7.

caderno 2, página 9.

caderno 1, página 11.


2

belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

Igreja Privilégio de ser católico João Carlos Pereira

charge do andré abreu

Jornalista e professor jcparis@orm.com.br

A expulsão e a volta dos Jesuítas - II

Comente esta charge:

A

voz@fundacaonazare.com.br

Panorama José Pereira Ramos (joseulina1@gmail.com)

“Não só de pão vive o homem”

N

Economista e escritor

este primeiro Domingo da Quaresma a Igreja nos colocou para meditar o Evangelho de Mateus (4,1-11) quando Jesus estava com fome, após 40 dias de jejum o maligno o desafiou a transformar pedras em pães. E ofereceu-Lhe grandes cidades e todos os prazeres do mundo se “te prostrares e me adorares”. Ainda hoje muitos têm a ousadia de desafiar a Deus com propostas mirabolantes. O Mestre, porém, respondeu com pequenas frases que contêm grandes verdades: “Não só de pão vive o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus” (Dt 8,3); “Não tentarás o Senhor teu Deus e só a Ele servirás” (Dt 6,16).

Encontro Fraterno ivens Coimbra Brandão

ivenscb@gmail.com

Tudo é obra da Criação

J

Engenheiro civil e escritor

á se passaram muitos anos, mas ficou gravado em minha memória o que observei quando fazíamos uma visita, eu e minha esposa, a um casal amigo. Os compartimentos térreos da casa eram ocupados pela mãe do esposo, já viúva. Ao final da visita fomos levados ao encontro daquela senhora, idosa e com mal de Alzheimer. E lá estava ela, sentada em uma cadeira de balanço, de frente para uma janela. Seu olhar parecia distante, explicando-nos o filho que eram momentos de encantamento para sua mãe aqueles em que observava uma frondosa mangueira que ela mesma havia plantado em frente à sua casa. Recuemos mais no tempo, idos dos anos 40, quando ainda não havia edifícios altos em Belém. As casas residenciais tinham como padrão a

Fun­da­do em 5 de ju­lho de 1913 fundador Pe. Flo­ren­ce Du­bois, bar­na­bi­ta

arquidiocese de belém-pará

presidente Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Be­lém do Pa­rá vice-presidente Monsenhor Marcelino Ferreira Vigário-geral da Arquidiocese de Belém do Pa­rá

Isso nos leva a refletir que a Palavra de Jesus nos alimenta o espírito muito mais do que aquilo que comemos para manter nosso pobre corpo. A Palavra é o alimento que fortifica as nossas boas ações: a fé, a fidelidade, a honestidade, a generosidade, o verdadeiro amor a Deus e aos irmãos... A Palavra nos lembra que a Deus Pai, Criador de todas as coisas, devemos dedicar, com toda fidelidade, louvor e reconhecimento de tudo o que recebemos a cada dia de nossa vida terrena. Só Deus Pai merece o nosso verdadeiro ato de adoração e agradecimento por nos ter enviado Seu Filho Jesus para nos resgatar. O demônio nos apresenta tantas oportunidades de cairmos em pecado! Este é o motivo pelo qual devemos alimentar nossa alma com a Palavra e a Eucaristia. Obedecendo ao que Jesus nos ensinou na oração do Pai Nosso, “Não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal” e participando ativamente da Eucaristia, o alimento espiritual que Jesus perenizou e que só encontramos na Igreja por Ele fundada. janela e a porta dos quartos voltadas para uma ‘varandinha’ e o casal geralmente ocupava a alcova, situada entre as salas de visita e de jantar, ou seja, os dormitórios não tinham ventilação e iluminação natural diretas. Ar condicionado nem pensar, também não se fazendo uso de ventiladores. No entanto, não se ouviam queixumes por causa de calor, isto porque avenidas e ruas eram pavimentadas com paralelepípedos de pedra, que concentravam e, portanto, irradiavam muito menos calor do que o asfalto. As casas tinham, no máximo, três pavimentos, a maioria dispondo de quintais arborizados que sombreavam os ambientes, o que permitia a circulação do ar e minimizava o efeito da canícula. A Campanha da Fraternidade deste ano traz como tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”, fazendo-nos refletir sobre o compromisso que temos com nossas origens físicas, biológicas e climáticas. Belém, por exemplo, está edificada no bioma amazônico, não se devendo desprezar nossas raízes ecológicas, sob pena de pagarmos caro por nossa desobediência à harmonia da natureza.

DIRETOR GERAL Padre Roberto Emílio Cavalli Junior diretor administrativo e financeiro ­Marcos Aurélio de Oliveira diretor de comunicação Mário Jorge Alves da Silva diretor de captação de recursos ­Arnaldo Pinheiro

política do Marquês de Pombal para Portugal e suas colônias ia de encontro aos princípios da Companhia de Jesus. Ele realizava uma reforma político-econômica e seu meio-irmão, Francisco Xavier de Mendonça Furtado, então governador do Grão Pará e Maranhão, precisava implantá-la aqui. Entre outras medidas, desejava a Lei da Liberdade dos Índios; a Lei da Abolição do Governo Temporal das aldeias administradas pelos religiosos; a instituição da Companhia Geral de Comércio do Grão-Pará e Maranhão (que cerceou o comércio dos missionários), e o redimensionamento da presença dos religiosos na região. Os interesses da coroa conflitavam com os dos padres. Pombal, que fez Portugal avançar em vários sentidos, não dividiria o poder com ninguém. No território que hoje corresponde ao Pará e ao Maranhão, 155 jesuítas, espalhados por 17 aldeias, dois colégios e um seminário, administravam mais de 100 mil cabeças de gado no Marajó, 25 fazendas de cultivo agrícola e criação de gado, 3 engenhos produtores de açúcar, uma olaria, além da atividade de extração das “drogas do sertão”. O prejuízo que a expulsão acarretou para a economia e, sobretudo, para a educação dos paraenses foi enorme. De uma hora para outra, faltaram professores e comida na mesa, além, é claro, de orientação espiritual, missas e tudo que conduzisse a um tipo de vida que a Companhia pregava. Com a vitória pombalina, os jesuítas tiveram que ir embora às pressas, como se fossem malfeitores, e o projeto acabou. Há um século, porém, eles voltaram. Mas aquela lacuna jamais seria preenchida. Em Portugal, Sebastião José de Carvalho e Melo, o Marquês de Pombal, é tido como um magnífico reformador do Estado e da vida nacional. Entre nós, além desse reconhecimento histórico, há a grande mágoa pelo que fez aos jesuítas e ao Pará. O retorno da Ordem fica para a próxima semana.

Assim na terra como no céu ... Pe. Helio Fronczak

heliofronczak@gmail.com

Mudança de direção

Q

uaresma. Tempo de preparação para a Páscoa de Jesus Cristo. Tempo for te de conversão. Mas conversão de que, para que e por quê? Pensando no título desta coluna tento uma possível resposta a essas perguntas. Viver a Palavra de Deus – melhor dizendo: deixar a Palavra de Deus viver em nós – é uma meta. Sabemos que para alcançar uma meta é preciso percorrer um caminho. E como sempre age em nós a força do “homem velho” contra a do “homem novo”, e como nos deixamos levar mais facilmente pelo homem velho, é justamente nesta tensão que temos necessidade de conversão, de mudança de direção, pois só alcançamos o estilo de vida de “homens novos”, isto é, de pessoas guiadas pelo Espírito de Deus em nós, na medida em que acolhemos com docilidade a Palavra de Deus. Atitude fundamental de conversão é deixar-nos modelar pelo Evangelho que é um livro não comparável com nenhum outro porque nele é o próprio Deus quem fala. “Aquele que vem do alto está acima de todos – diz S. João – aquele, no entanto, que vem da terra, à terra pertence e fala conforme a terra” (Jo 3,31). Eis a diferença entre o que nós dizemos e o que diz Jesus: ele vem do alto; nós, da terra. As suas palavras são únicas, eternas: “A erva seca, a flor murcha, mas a palavra de nosso Deus permanece perene” (Is 40,68). Nesta quaresma rezemos assim: “Convertei-nos, Senhor; e ajudai-nos a construir nossa vida na rocha da vossa Palavra”. Amém.

coordenação Bernadete Costa (DRT/PA 1326) conselho de programação e editoração Padre Agostinho Filho de Souza Cruz Cônego Cláudio de Souza Barradas Edwaldo Lobo Monteiro editoração eletrônica Sérgio Santos (DRT/PA 579) As­si­na­tu­ras, dis­tri­bui­ção, ad­mi­nis­tra­ção e re­da­ção Av. Go­v. Jo­sé Mal­cher, Ed. Pau­lo VI, 915 CEP: 66055-260

- Na­za­ré, Be­lém - PA Te­l.: (91) 4006-9200/ 4006-9209. Fax: (91) 4006-9227 Re­da­ção: (91) 4006-9200/ 4006-9238/ 4006-9239/ 4006-9244/ 4006-9245 Site: www.fundacaonazare.com.br E-mail: voz@fundacaonazare.com.br Um veí­cu­lo da Fun­da­ção Na­za­ré de Co­mu­ni­ca­ção ­CNPJ nº 83.369.470/0001-54 Im­pres­so no par­que grá­fi­co de O Li­be­ral

fundação nazaré de comunicação


belém, De 3 a 9 de março de 2017

Conversa com meu povo

3

Arcebispo

Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará

T

A Quaresma e a Fraternidade

odos os anos, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) apresenta a Campanha da Fraternidade como caminho de conversão quaresmal, como itinerário do cultivo e do cuidado comunitário e social. “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” é o tema da Campanha para a Quaresma de 2017. O lema é inspirado no texto do Livro do Gênesis 2,15: “Cultivar e guardar a criação”. A Campanha tem como objetivo geral “Cuidar da criação, de modo especial dos biomas brasileiros, dons de Deus, e promover relações fraternas com a vida e a cultura dos povos, à luz do Evangelho”. A partir do textobase preparado pela CNBB, aqui estão algumas indicações para nossa vivência da Campanha da Fraternidade, uma forma de praticar a Caridade a que nos chama o tempo quaresmal. Bioma quer dizer a vida que se manifesta em um conjunto semelhante de vegetação, água, superfície e animais. Uma “paisagem” que mostra uma unidade entre os diversos elementos da natureza. Um bioma é formado por todos os seres vivos de uma determinada região, cuja vegetação é similar e contínua, cujo clima é mais ou menos uniforme, e cuja formação tem uma história comum. Como são extraordinárias a beleza e a diversidade da natureza do Brasil! Ao abordarmos os biomas brasileiros e lembrarmos dos povos originários que neles habitam, trazemos à meditação a obra benfazeja de Deus. Admirar a diversidade de cada bioma e criar relações respeitosas com a vida e a cultura dos povos que neles vivem! Cultivar e guardar nasce da admiração! A beleza que toma o coração faz com que nos inclinemos com reverência diante da criação. A campanha deseja, antes de tudo, levar à admiração, para que todo cristão seja um cultivador e guardador da obra criada. Tocados pela magnanimidade e bondade dos biomas, seremos conduzidos à conversão, isto é, a cultivar e a guardar. Desejamos aprofundar o conhecimento de cada bioma, de suas belezas, de seus significados e importância para a vida no planeta, particularmente para o povo brasileiro. É importante conhecer melhor e nos comprometer com as populações originárias, reconhecer seus direitos, sua pertença ao povo brasileiro, respeitando sua história, suas culturas, seus territórios e seu modo específico de viver. Para nós, vale de modo especial o Bioma Amazônico. É também gesto de fraternidade reforçar o compromisso com a biodiversidade, os solos, as águas, nossas paisagens e o clima variado e rico que abrange o

divulgação

w bioma vida que se manifesta em um conjunto semelhante de vegetação, água, superfície e animais

Cultivar e guardar nasce da admiração! Como é extraordinária a beleza da natureza do Brasil. território brasileiro. E podemos ampliar o horizonte, buscando compreender o impacto das grandes concentrações populacionais sobre o bioma em que se insere. Podemos ainda manter a articulação com outras igrejas, organizações da sociedade civil, centros de pesquisa e todas as pessoas de boa vontade que querem a preservação das riquezas naturais e o bem-estar do povo brasileiro. Nosso olhar se volta ainda para as autoridades públicas, que desejamos comprometer para assumir a responsabilidade sobre o meio ambiente e a defesa de nossos povos. Assim, poderemos contribuir para a construção de

um novo paradigma econômico ecológico que atenda às necessidades de todas as pessoas e famílias, respeitando a natureza. Mas tudo isso pode conduzir-nos a compreender o desafio da conversão ecológica a que nos chama o nosso Papa Francisco na carta encíclica Laudato Si’ e sua relação com o espírito quaresmal. Nós recebemos o dom da fé! Seguir Jesus Cristo, viver das palavras, da vida, morte e ressurreição de Cristo, é graça. Cultivar a fé, exercitar-se, é deixar-se cuidar pelo dom do seguimento de Jesus que transforma e amadurece na busca da plenitude da vida. Cultivar a fé e ser guardado pela fé

nos abre para o cuidado dos irmãos e de toda a obra criada. A Quaresma nos provoca e convoca à conversão, mudança de vida: cultivar o caminho do seguimento de Jesus Cristo. Os exercícios do cultivo que a Igreja nos propõe, no tempo da Quaresma, são aqueles que abrem nossa pessoa à graça do encontro: jejum, oração e esmola. Jejum: esvaziamento, expropriação, libertação e não privação. O jejum abre nossa pessoa para a receptividade da vida em Cristo. Oração: súplica na busca de ser atingido pela misericórdia. Esmola é partilha, o amor partilhado, deixar-se tocar pela presença do mendigo que cuida do doador, com sua presença provocante. A Quaresma começou com a Quarta-feira de Cinzas, quando reconhecemos que sem a conversão a Jesus Cristo nossa vida vira pó da terra! Não desejamos o aniquilamento das pessoas e da natureza, mas é nosso o sonho expresso por São Paulo: “De fato, toda a criação espera ansiosamente a revelação dos filhos de Deus; pois a criação foi sujeita ao que é vão e ilusório, não por seu querer, mas por dependência daquele que a sujeitou. Também a própria criação espera ser libertada da escravidão da corrupção, em vista da liberdade que é a glória dos filhos de Deus” (Rm 8, 19-21). No primeiro Domingo da Quaresma, ao contemplar Jesus que venceu as tentações do poder, do ter e do prazer, queremos comprometer-nos primeiro a acolher a graça de uma vida nova que Ele nos concedeu pelo Batismo e, ao mesmo tempo, dar todos os passos para exercitá-la na fraternidade, olhando ao nosso redor e fazendo o que estiver ao nosso alcance para que seja cada dia mais bela a criação que nos foi entregue como responsabilidade. E na criação, mais ainda o cuidado com as pessoas, irmãos e irmãs concedidos por Deus para ser amados!


4

belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

Arquidiocese agenda de dom alberto corrêa

agenda de dom irineu roman

n De 3 a 9 de março de 2017

n De 3 a 9 de março de 2017

w SEXTA, 3 DE MARÇO 8h - Gravações 10h - Audiências 18h30 - Missa - Paróquia Nossa Senhora de Fátima – Icoaraci w SÁBADO, 4 DE MARÇO 7h30 - Missa e abertura da Campanha da Fraternidade Cotijuba - Praia do Farol 16h - Visita e missa - Paróquia de São Benedito w DOMINGO, 5 DE MARÇO 7h - Missa - Paróquia de Nossa Senhora do Livramento 18h - Missa - Seminário Dom Tadeu Prost - Ananindeua – CCFC w SEGUNDA, 6 DE MARÇO 8h - Gravações 18h - Missa e reunião (Seminário Maior – CCFC) w TERÇA, 7 A QUINTA, 9 DE MARÇO II Retiro do Presbitério (Casa de Retiros Monte Tabor) - Icoaraci

w SEXTA, 3 DE MARÇO

8h30 - Audiências 19h - Missa - Paróquia do Sagrado Coração de Jesus (Distrito Industrial) w SÁBADO, 4 DE MARÇO Abertura da Campanha da Fraternidade w DOMINGO, 5 DE MARÇO 9h - Missa – Catedral de Belém 18h - Missa - Paróquia Santa Edwiges (Mangueirão) w SEGUNDA, 6 A QUINTA, 9 DE MARÇO II Retiro do clero (Casa de Retiros Monte Tabor) - Icoaraci

Os compromissos de Dom Irineu Roman podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Os compromissos de Dom Alberto Taveira podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Abertura da Campanha da Fraternidade A agenda de compromissos do Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, e seu auxiliar, Dom Irineu Roman inclui celebrações da Santa Missa em paróquias como de costume, entretanto, um significativo momento será a cerimônia de abertura da Campanha da Fraternidade 2017 no sábado próximo, dia 4, na praia do Farol, ilha de Cotijuba. O lançamento da Campanha deu-se na quarta-feira

de Cinzas, dia 1º, durante entrevista coletiva à Imprensa, realizada pela Arquidiocese de Belém, na Cúria Metropolitana. Ainda no sábado, 4, Dom Alberto visitará a Paróquia São Benedito, no Telégrafo, e depois celebrará a Missa com aquela comunidade. Domingo, 5, ele celebrará missa às 7h na Paróquia Nossa Senhora do Livramento, no Paracuri, distrito de Icoaraci. Às 18h, o Arcebispo presidirá Missa no Seminário Dom Tadeu Prost, em Ananindeua. A partir de terça-

feira, 7, ele estará participando do II Retiro do clero, na casa de retiros Tabor, em Icoaraci. O Bispo Auxiliar, Dom Irineu Roman, presidirá Missa no sábado, às 19h, na Paróquia do Sagrado Coração de Jesus no Distrito Industrial de Ananindeua. Domingo pela manhã, o Bispo celebrará Missa às 9h na Catedral de Belém e à noite, celebrará a Santa Missa com a comunidade da Paróquia Santa Edwiges e também estará participando do II Retiro do clero.

Homilia Dominical Padre Romeu Ferreira romeufsilva@gmail.com

A) Texto: Mt 4,1-11

Formado em Exegese pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma

1O Espírito conduziu Jesus ao deserto, para ser tentado pelo diabo. 2Jesus jejuou durante quarenta dias e quarenta noites e, depois disso, teve fome. 3Então, o tentador aproximouse e disse a Jesus: “Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães!” 4Mas Jesus respondeu: “Está escrito: ‘Não só de pão vive o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus’”. 5Então o diabo levou Jesus à cidade santa, colocou-o sobre a parte mais alta do templo 6e lhe disse: “Se é Filho de Deus, lança-te daqui abaixo! Porque está escrito: ‘Deus dará ordens aos seus anjos a teu respeito, e eles te levarão nas mãos, para que não tropeces em alguma pedra”. 7Jesus lhe respondeu: “Também

está escrito: ‘Não tentarás o Senhor teu Deus!” 8Novamente, o diabo levou Jesus para um monte muito alto. Mostrou-lhe todos os reinos do mundo e sua glória 9e lhe disse: “Eu te darei tudo isso se te ajoelhares diante de mim, para me adorar”. 10Jesus lhe disse: “Vaite embora, satanás, porque está escrito: ‘Adorarás ao Senhor teu Deus e somente a ele prestarás culto’”. 11Então o diabo o deixou. E os anjos se aproximaram e serviram a Jesus. B) Comentário Tempopenitêncial. A tentação marca o itinerário da vida humana. Ninguém se livra dela; o próprio Filho de Deus teve tal impacto. O que se requer é pedir a ajuda do Pai, como nos ensina o mestre, para não “cair na tentação” (Pai-nosso/ Lc 11,4). O tentador tem o nome de ‘diabo’, que significa ‘aquele que divide’. Jesus está unido

ao Pai (Jo 10,30), e roga pela unidade (Jo 17,20-23). Quem fomenta a discórdia, alimenta a ação diabólica. O diabo tenta usando as necessidades naturais das pessoas: para o frio a tentação é o cobertor; para a sede é a água; e para a fome é a comida. Após uma quaresma de jejum (v 2), o inimigo desafia: “Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães” (v 3). Ele afronta Jesus em três tentações: a do poder; a do ter; e a do ser. São três tentações, como as três investidas ao profeta Balaão no Antigo Testamento (Nm 22-24). Ao p o d e r m i r a c u l o s o d e t ra n s f o r m a r s i t u a ç õ e s (pedra=pão), Jesus responde: ‘Não só de pão vive o homem’; e completa: “mas de toda palavra que sai da boca de Deus’(v 4). Há pessoas que dizem não participarem da missa por não poderem comungar (o pão

eucarístico); é uma tentação já que (o pão da palavra) o cristão se nutre da palavra vivificante na liturgia: “Tens palavras de vida eterna” (Jo 6, 68). É melhor nutrirse por uma das vias ofertadas pelo Senhor, do que falir por inanição. A tentação do ter, está contra os valores da virtude da pobreza. E o pobre é rico na partilha: “quanto menos temos, mais podemos dar” (Teresa de Calcutá). E o “querer ser o tal” é a tentação do orgulho e da autossuficiência, rebatida por Jesus, com veemência (v 10), pois Jesus sabe que o diabo pretende desviar da meta da vida com Deus. Estamos expostos às tentações. Nem todo o que cita a bíblia está com Jesus; pode ser a tentação simulando o caminho do bem, pois até o diabo cita a Escritura. Estejamos atentos com as tentações que nos vêm no dia a dia com aparência da verdade.

Liturgia da Semana w 03/03, SEXTA-FEIRA Cor (Roxo) Primeira Leitura (Is 58,1-9a) Responsório (Sl 50) Evangelho (Mt 9,14-15)

w 03/03, SÁBADO Cor (Roxo)

Primeira Leitura (Is 58,9b-14) Responsório (Sl 85) Evangelho (Lc 5,27-32)

w 04/03, DOMINGO

Cor (roxo) Primeira Leitura (Gn 2,7-9; 3,1-7) Responsório (Sl 50)

Segunda Leitura (Rm 5,12.17-19) Evangelho (Mt 4,1-11)

w 06/03, SEGUNDA-FEIRA Cor (roxo) Primeira Leitura (Lv 19,1-2.11-18) Responsório (Sl 18) Evangelho (Mt 25,31-46)

w 07/03, TERÇA-FEIRA

Cor (roxo) Primeira Leitura (Is 55,10-11) Responsório (Sl 33) Evangelho (Mt 6,7-15)

w 08/03, QUARTA-FEIRA

Cor (roxo) Primeira Leitura (Jn 3,1-10)

Responsório (Sl 50) Evangelho (Lc 11,29-32)

w 09/03, QUINTA-FEIRA

Cor (roxo) Primeira Leitura (Est 4,17n.p-r.aa-bb.gg-hh) Responsório (Sl 137) Evangelho (Mt 7,7-12)


belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

5

Vaticano ANGELUS

Colocar a confiança em Deus

“Ele não resolve magicamente os problemas, mas permite enfrentá-los com o espírito correto"

C

om informações da Rádio Vaticano. Diante das tantas preocupações que tiram a nossa serenidade e equilíbrio, devemos confiar-nos a Deus. “Ele não resolve magicamente os problemas, mas permite enfrentá-los com o espírito correto”. Palavras do Papa Francisco na alocução que precedeu a Oração mariana do Angelus, no domingo, 26, inspirada na leitura do Evangelho de Mateus - proposta pela Liturgia do dia - onde somos chamados a fazer uma escolha por Deus e pelo seu Reino, uma escolha “que nem sempre mostra imediatamente seus frutos” e que é feita na esperança. Deus cuida dos seres da criação, “provê de alimento a todos os animais, preocupa-se pelos lírios e pela erva do campo; o seu olhar benéfico e solícito vigia cotidianamente a nossa vida”. O Papa recorda que “a angústia” causada pelas preocupações “é muitas vezes inútil”, pois “não consegue mudar o curso dos acontecimentos”. Neste sentido, a insistente exortação de Jesus “a não nos preocupar-nos com o amanhã”, “existe um Pai amoroso que não se esquece nunca de seus filhos. Entregar-se a Ele não resolve magicamente os problemas, mas permite enfrentá-los com o espírito correto, corajosamente”: “Deus não é um ser distante e anônimo: é o nosso refúgio, a fonte de nossa serenidade e de nossa paz. É a rocha da nossa salvação, a quem podemos agarrar-nos na certeza de não cair. Quem se agarra a Deus não cai, quem se agarra a Deus, não cai nunca! É a nossa defesa do mal,

fotos: divulgação

w PAPA Francisco durante o Angelus, no domingo, 26 de fevereiro

sempre à espreita. Deus é para nós o grande amigo, o aliado, o pai, mas nem sempre nos damos conta disto”. Não nos damos conta disto, e “preferimos nos apoiar em bens imediatos que podemos tocar, bens contingentes - constata Francisco - esquecendo, e às vezes rejeitando, o bem supremo, isto é, o amor paterno de Deus”: “Senti-lo Pai, nesta época de orfandade é tão importante! Neste mundo órfão, senti-lo Pai. Nós nos afastamos do amor de Deus quando vamos em busca obsessiva dos bens terrenos e das riquezas, manifestando assim um amor exagerado por estas realidades”. Busca incansável

“Jesus – recordou o Santo Padre

- nos diz que esta busca incansável é ilusória e motivo de infelicidade. E dá aos seus discípulos uma regra de vida fundamental: “Buscai, pelo contrário, o reino de Deus””: “Trata-se de realizar o projeto que Jesus anunciou no Sermão da Montanha, confiando em Deus que não desilude - tantos amigos ou tantos que acreditávamos amigos, nos desiludiram; Deus nunca desilude - agir como administradores fieis dos bens que Ele nos deu, também os terrenos, mas sem “exagerar”, como se tudo, também a nossa salvação, dependesse somente de nós”. “Esta atitude evangélica requer uma escolha clara, que a passagem de hoje indica com precisão: “Não podeis servir a Deus e à riqueza”. Ou o Senhor, ou os ídolos fascinantes,

mas ilusórios”: “Esta escolha que somos chamados a f a z e r, re p e rc u t e d e p o i s e m tantos de nossos atos, programas e compromissos. É uma escolha que deve ser feita de modo claro e renovada continuamente, porque as tentações de reduzir tudo a dinheiro, prazer e poder, estão sempre presentes. Existem tantas tentações neste sentido”. “Enquanto honrar estes ídolos leva a resultados tangíveis, mesmo se fugazes, fazer a escolha por Deus e pelo seu Reino nem sempre mostra imediatamente os seus frutos”: “É uma decisão que se toma na esperança e que deixa a Deus a plena realização. A esperança cristã é voltada ao cumprimento futuro da promessa de Deus e não se rende diante de alguma dificuldade, porque é fundada na fidelidade de Deus, que nunca falta. É fiel, é um pai fiel, é um amigo fiel, é um aliado fiel”. A confiança no amor e na bondade do Pai celeste – concluiu o Papa – “é o pressuposto para superar os tormentos e as adversidades da vida, e também as perseguições, como nos mostra o testemunho de tantos nossos irmãos e irmãs”. Ao saudar os inúmeros grupos e cerca de 30 mil fiéis presentes na Praça São Pedro, o Papa recordou que na terça-feira, 28 de fevereiro, recorre o “Dia das doenças raras”. Neste sentido, “fez votos de que os pacientes e as suas famílias sejam adequadamente apoiados no difícil percurso, quer a nível médico como legislativo”.

Visita histórica de Francisco à Igreja Anglicana de Todos os Santos Com informações da Rádio Vaticano. Visita histórica do Papa Francisco, na tarde do domingo, 26 de fevereiro, à Igreja Anglicana de Todos os Santos, em Roma: nunca um Pontífice tinha ido a essa comunidade que festeja este ano o bicentenário de sua presença na capital italiana. Uma nova etapa significativa nos 50 anos do início do diálogo ecumênico entre católicos e anglicanos. Durante a visita, Francisco abençoou o novo ícone de Cristo Salvador, e foi oficializada a parceria entre essa paróquia e a paróquia católica de Todos os Santos. Nesta ocasião, o Papa anunciou que está estudando uma viagem ao martirizado Sudão do Sul. Depois de receber as boas-vindas do Rev. Jonathan Boardman e do bispo Robert Innes, o Papa agradeceu o convite e entrou imediatamente no coração da visita: o desejo de

A Q

caminhar juntos agora longe da suspeita, da desconfiança e das hostilidades recíprocas do passado. E a sua reflexão começa com o ícone de Cristo Salvador, que ele abençoou: “Cristo nos olha, e o seu olhar sobre nós é um olhar de salvação, de amor e de compaixão. É o mesmo olhar misericordioso que atravessou o coração dos Apóstolos, que iniciaram um caminho de vida nova para seguir e anunciar o Mestre. Nesta santa imagem, Jesus, olhando-nos, parece dirigir também a nós um chamado, um apelo: “Estás pronto a deixar alguma coisa do teu passado por mim? Queres ser mensageiro de meu coração, de minha misericórdia?”. E é precisamente a necessidade da misericórdia divina, unida à humildade, seguindo o exemplo de São Paulo, que a comunidade de Corinto foi capaz de superar os mal-

oração é a chave que abre o coração misericordioso de Deus. (28 de fevereiro) uando o nosso caminho é marcado pela precariedade e quedas, Deus rico em misericórdia estende a mão para nos levantar. (27 de fevereiro)

w francisco na Paróquia anglicana de Todos os Santos

entendidos surgidos, a chave para compreender o caminho ecumênico de hoje. Católicos e Anglicanos – disse ainda Francisco -, são chamados a caminhar juntos, através do testemunho concorde da caridade, com o qual se torna visível o rosto misericordioso de Jesus: “Agradecemos ao Senhor porque entre os cristãos cresceu o desejo de uma maior proximidade, que se manifesta no rezar juntos e no comum testemunho ao Evangelho”. Falando como melhorar as relações à luz de quanto de bom fazem as igreja no Sul do mundo o Papa disse: “As Igrejas jovens têm uma vitalidade diferente, porque são jovens. Por exemplo, eu estou estudando a possibilidade de uma viagem ao Sudão do Sul, porque vieram os bispos, o anglicano, o presbiteriano e o católico, os três

juntos a me dizer: “por favor, venha ao Sudão do Sul, apenas um dia, mas não venha sozinho, venha com Justin Welby, o Arcebispo de Cantuária. Deles, Igreja jovem, veio essa criatividade. E estamos pensando se isso pode ser feito, apesar da situação estar muito ruim lá ... Mas devemos fazê-lo, porque eles, os três juntos, eles querem a paz e eles trabalham juntos pela paz”. Portanto, continua viva a intenção da Declaração Conjunta assinada em outubro passado entre o Papa Francisco e o primaz da Comunhão Anglicana, Justin Welby: a vontade de ir além dos obstáculos em direção da plena unidade e o desejo de um caminho ecumênico, que não seja apenas teológico, mas nas ações concretas sobre questões comuns, tais como o cuidado da criação, a caridade e a paz.


6

belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

Igreja no Brasil romaria Terço dos Homens

Mais de 70 mil participantes este ano fotos: divulgação

O número de fiéis presentes ao evento tem crescido a cada edição

C

om informações agência Gaudium Press. Centenas de grupos de Terço dos Homens de todo o Brasil participaram nos dias 17 e 18 de fevereiro da 9ª edição da Romaria Nacional do Terço dos Homens, que teve lugar no Santuário Nacional de Aparecida. A programação, inspirada no lema “É preciso lançar as redes”, teve início com uma Santa Missa, seguida de procissão luminosa, vigília e Adoração ao Santíssimo Sacramento. Durante o evento, uma multidão de cerca de 70 mil homens reuniu-se em frente à Tribuna Bento XVI para rezar e entoar cânticos em honra a Padroeira do Brasil. O Arcebispo de Juiz de Fora e bispo referencial da CNBB para o Terço dos Homens, Dom Gil Antônio Moreira, presidiu a missa solene da romaria. Em sua homilia, proferiu uma catequese sobre a importância da oração em nossas vidas e como Nossa Senhora nos garante o auxílio e a força na caminhada diária. Em seguida, houve a recitação do Santo Terço, com a participação do Padre Antonio Maria e do reitor do Santuário de Aparecida, Padre João

Batista de Almeida. Nessa ocasião, o Padre João Batista aconselhou os devotos marianos a “contagiarem” outros homens a mudarem suas vidas através da oração para, assim, transformar a nossa sociedade. O s m i s t é r i o s g l o r i o s o s f o ra m meditados a partir da reflexão de sacerdotes que acompanhavam os romeiros. Ao longo da oração, os fiéis colocavam suas intenções e testemunhos de graças alcançadas por meio da intercessão de Maria Santíssima. O reitor do Santuário Nacional aproveitou o momento para convocar o movimento dos homens de fé a marcar presença na Santa Missa de abertura da celebração dos 300 anos do encontro de Nossa Senhora de Aparecida, em 12 de outubro próximo. Ao final da recitação do terço e da Consagração a Nossa Senhora, foi anunciada a data da próxima romaria, que acontecerá entre 16 e 17 de fevereiro de 2018. De acordo com o Santuário, o número de fiéis presentes ao evento tem crescido a cada edição. Na primeira, cerca de 600 acompanharam as atividades.

w fiéis de todo o Brasil compareceram à 9ª edição da Romaria

w multidão de homens de fé comparece a Basílica Santuário

Instalado terceiro Instituto Superior de Direito Canônico no Brasil Com informações da agência Gaudium Press. O Provincialado das Irmãs da Divina Providência, em Florianópolis, acolheu no início de fevereiro a i n s t a l a ç ã o d o t e rc e i ro Instituto Superior de Direito Canônico no Brasil. Na ocasião, houve cerimônia presidida pelo Arcebispo Dom Wilson Tadeu Jönck, que agora, passa a ser o moderador do Instituto Superior de Direito Canônico Santa Catarina (ISDCSC). Ainda na celebração, estiveram presentes o Bispo de Blumenau, Dom Rafael Biernaski, o Administrador Diocesano de Joinville, Padre Adenir Ronchi, e demais representantes do clero, religiosos e leigos do Regional Sul 4 da CNBB. O ISDCSC é uma

w instituição eclesiástica, uma necessidade da Igreja

instituição eclesiástica voltada para o cultivo, ensino e pesquisa da ciência canônica, em processo de agregação à Pontifícia Universidade Lateranense, de Roma. Re s p o n d e n d o a u m a g ra n d e n e c e s s i d a d e d a Igreja, a instituição de ensino religioso necessita de especialistas em

D i re i t o C a n ô n i c o n ã o apenas para o serviço nos Tribunais Eclesiásticos, c o m o t a m b é m p a ra o s serviços administrativos e de consultoria nas cúrias diocesanas e religiosas, para a assessoria em outros setores da vida da Igreja e para o magistério, a fim de contribuir de

m o d o s i g n i f i c a t i vo n o desenvolvimento da ciência jurídica e canônica. Frei Moacyr Malaquias Júnior, da Diocese de Cuiabá (MT), será o professor na primeira semana letiva do curso. Formado em Direito Canônico em Roma, onde trabalhou por 12 anos no Vaticano e também deu aulas na Pontifícia Universidade Antonianum, em Roma, ministrará no ISDCSC as aulas de Filosofia do Direito, História das Instituições do Direito Canônico e Direito Patrimonial Canônico. “ E s s a i n i c i a t i va d a Arquidiocese de Florianópolis de abrir este instituto tem uma grande importância para a região; sem dúvida alguma vai trazer uma grande contribuição para o Direito Canônico no Brasil”, destacou o Frei Moacyr.

Para o diretor do curso de Direito Canônico, Padre Tarcísio Pedro Vieira, a ordenação dos estudos acerca do tema é constituída de três ciclos. “O Primeiro Ciclo, de caráter propedêutico, é destinado aos alunos que não têm Filosofia e Teologia. O Segundo Ciclo, o Mestrado Eclesiástico propriamente dito, é para quem já tem Filosofia e Teologia. O Terceiro Ciclo é o Doutorado. O ISDCSC oferece o Primeiro e o Segundo Ciclos, e está aberto tanto aos clérigos, religiosos e religiosas, leigos e leigas”, explicou. As aulas do Mestrado Eclesiástico são presenciais e realizadas de modo intensivo na primeira semana de cada mês. Nas demais semanas, os alunos são acompanhados pela Sala de Aula Virtual.

Dioceses recebem texto-base do Congresso Missionário Nacional Com informações da agência Gaudium Press. Em março deste ano, as dioceses brasileiras receberão o texto-base da 4ª edição Congresso Missionário Nacional. O evento terá lugar na Arquidiocese de Olinda e Recife entre os dias 7 e 10 de setembro. O documento será enviado aos regionais da CNBB a fim de que seja feita a distribuição para suas dioceses. Pa r a s e r t r a b a l h a d o n a s comunidades, o material traz diretrizes gerais para impulsionar as Igrejas particulares a um dinamismo de saída, fazendo com que caminhem juntos no testemunho da alegria do Evangelho, da comunhão

e do profetismo. O tema do Congresso deste ano, “A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída”, será abordado a partir de três eixos: a Alegria do Evangelho; Sinodalidade e c o m u n h ã o ; Te s t e m u n h o e profetismo. Há também um eixo transversal que percorre todo o documento, intitulado “Igreja em saída na perspectiva ad gentes”. Além disso, o texto-base traz análises de estudos que fazem referência para todos os processos de preparação de congressos missionários, como, por exemplo, congressos diocesanos e regionais, simpósios, assembleias e encontros nas comunidades.

Vale ressaltar que todo o material foi preparado por uma equipe de missiólogos membros da Rede Latino-americana de Missiólogos e Missiólogas (Relami) através do documento enviado pela Comissão teológica da Bolívia. Durante o 4º Congresso Missionário Nacional, a metodologia do evento será guiada por quatro palavras inspiradoras, uma para cada dia: encontrar, contemplar, discernir e propor. O processo de preparação, iniciado em junho de 2016, está em conformidade com a realização do 5º Congresso Americano Missionário (CAM 5), marcado para julho de 2018, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia.


belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

7

Igreja no Mundo fotos: divulgação

aos pés da Santíssima Virgem

Jornada cultural mariana na Bolívia Reuniu poetas e escritores de países latino-americanos

C

w A homenagem a Nossa Senhora de Socavón

om informações da agência Gaudium Press. O Santuário de Nossa Senhora do Socavón em Oruro, Bolívia, recebeu, no dia 17 de fevereiro, os autores convocados pela União Nacional de Poetas e Escritores (UNPE), para um encontro de letras em honra à Santíssima Virgem. A festa reuniu poetas e escritores da Bolívia e outros países latino-americanos. A jornada cultural mariana chegou à sua 15ª edição, e é um dos eventos destacados das celebrações patronais, na qual os autores leem seus poemas e relatos aos pés da Santíssima

Virgem. Alguns dos escritos contêm testemunhos de agradecimento e recordações impressionantes da devoção mariana e o fervor popular. Em meio das leituras, se representou a história da devoção própria das minas locais, a cargo do Ballet Municipal de Oruro. Os autores participantes, foram: Víctor Paz de Santa Cruz, Bolivia; Néstor Cheb Terrab de Buenos Aires, Argentina; Roberto Reséndiz do México; Humberto Quino de La Paz, Bolívia; , Andreina Herrera de Potosí, Bolívia; Ana María Dipp Mukled de Sucre, Bolívia y Edgar

Andoval, Marlene Durán, Ruth Ancalle, Milena Montaño, Paulino Figueroa de Tarija Raúl Escobar e Aníbal Alarcón, oriundos de Oruro. A homenagem dos poetas e escritores a Nossa Senhora de Socavón foi criado por iniciativa de dois membros da União, Jorge Encinas Cladera e Marlene Durán Zuleta, e vem crescendo a cada ano. As festas de Oruro em honra à Santíssima Virgem, caracterizadas por sua riqueza cultural, são reconhecidas como Obra Mestra do Patrimônio Oral e Intangível da Humanidade desde 2001.

Portugal: Páscoa centrada no centenário das aparições de Fátima Com informações da agência Gaudium Press. As dioceses de Leiria-Fátima, Lisboa, PortalegreCastelo Branco, Santarém e Setúbal estimularão jovens e adolescentes a fazerem uma preparação da Páscoa centrada em Maria e no centenário das aparições de Fátima. É o que informam os secretariados diocesanos de Catequese dessas dioceses localizadas no centro de Portugal. ...iluminados pelas Aparições de Nossa Senhora De acordo com o Secretariado Nacional da Educação Cristã a ideia dessa iniciativa é de que os mais novos “vivam a Quaresma e a Páscoa ao ritmo da liturgia dominical e iluminados pelas Aparições de Nossa Senhora”. Será um caminho em que eles terão oportunidade de “aprofundar o conhecimento” a propósito das aparições da Virgem

Maria na Cova da Iria, e ainda conhecer o significado do fenômeno Fátima 100 anos depois. Com Maria, caminho para Deus

Intitulada “Com Maria caminho para Deus”, essa iniciativa une as dioceses do centro do país com o intuito de transportar os mais novos para as memórias da Irmã Lúcia, uma das três pastorinhas de Fátima que, junto com Francisco e Jacinta, presenciou as aparições de Nossa Senhora na Cova da Iria. No caminhar desta campanha de Quaresma e Páscoa, estão diversos “desafios” pessoais que os jovens serão chamados a realizar, sempre tendo como base as Mensagem de Fátima e as memórias da Irmã Lúcia. A cada semana haverá uma proposta, centrada no diálogo de

w centrada no diálogo de Nossa Senhora com os pastorzinhos

Nossa Senhora com os pastorzinhos. Como se sabe, a irmã Lúcia de Jesus, que faleceu em 2005, dedicou toda sua vida à propagação da Mensagem de Fátima e das interpelações deixadas por Nossa

Senhora em 1917. Na ocasião das aparições que ela presenciou, ela tinha dez anos e foi quem, mais tarde, escreveu as “Memórias” daquele que é considerado o maior evento religioso do século XX.

Biblioteca Nacional Francesa publica, on line Bíblia original de Gutenberg Com informações da agência Gaudium Press. A Biblioteca Nacional da França (BNF) acaba de publicar, on line, a Bíblia de Gutenberg. Dos quatro exemplares existentes na França e até hoje conservados, a BNF possui dois deles. Uma das cópias está impressa em pergaminho e outra em papel. A Bíblia elaborada pelo tipógrafo Johannes Gutenberg foi o primeiro livro impresso no Ocidente com a técnica denominada como “de caracteres móveis”. Os chineses já dominavam essa técnica desde o século IV e a primeira bíblia de Gutemberg foi elaborada, montada e impressa em Magonza, bem mais tarde, por volta do ano de 1455. Obra de importância capital

A i m p re s s ã o d e s t a o b ra d e Gutemberg tem importância capital para a Europa na história moderna. Dela existem apenas 50 exemplares espalhados pelo mundo. Dois desses exemplares ainda

BNF foi impressa em papel, mas adquire uma grande importância história por ser a única que traz uma nota manuscrita que certifica como a impressão tenha sido concluída em 1456, fornecendo, portanto, uma das poucas informações cronológicas sobre o período em questão. Cada página: original e irrepetível

w verdadeiros tesouros de arte e cultura disponíveis no site Gallica

existentes fazem parte da coleção de livros raros da Biblioteca Nacional d a Fra n ç a , u m a d a s m a i o re s instituições literárias no mundo. Estima-se que seu acervo seja de mais de 30 milhões de volumes.

Um dos exemplares da BNF é uma cópia da Bíblia totalmente impressa em pergaminho, que preserva ainda hoje uma luminosidade e uma nitidez excepcionais. A outra cópia pertencente à

A cópia on line foi tirada da Bíblia impressa em pergaminho. As partes da Bíblia que aparecem nas cores vermelha ou azul (os títulos dos capítulos, a abertura e a conclusão dos livros bíblicos, as referências, os números romanos dos capítulos) foram todos coloridos após o processo d e i m p re s s ã o , t o r n a n d o c a d a exemplar original e irrepetível. Estes verdadeiros tesouros de arte e cultura passam, a partir de agora, a estar disponíveis para consulta gratuita no site Gallica que recheou a edição on line com comentários, imagens, notas.


8

belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

Nazaré Repórter

rádio nazaré

J MÚSICA A Paróquia Nossa Senhora Mãe do Perpétuo Socorro e o Instituto Estadual Carlos Gomes firmaram parceria para promover cursos de música voltados para a comunidade do bairro do Telégrafo e redondeza. As inscrições devem ser feitas na secretaria paroquial até quanta-feira, 15, mediante RG do candidato. Se menor de idade, deve apresentar o RG da mãe ou de outro responsável. São ofertados cursos de violão, teclado, musicalização & flauta e de musicalização & flauta

l Retiro popular 2017: “Um coração para amar”

respectivamente, entre 7 e 21 anos. Informações: (91) 3233-1797.

doce. Ao todo serão 480 vagas para crianças e adolescentes,

J ADORAÇÃO Todas as quintas-feiras, na Paróquia Santa Maria Goretti, no bairro do Guamá, acontece a Adoração ao Santíssimo Sacramento. O ato de adoração ao Santíssimo Sacramento consiste em permanecer alguns minutos diante de Jesus presente na Divina Eucaristia. O momento de agradecer, pedir e refletir tem início às 19h. A paróquia fica localizada à rua Silva Castro, passagem São Cristóvão, 23, no Guamá. Informações: (91) 3283-6023.

fotos: divulgação

Segunda-feira, 6, a partir das 8h, a Rádio Nazaré FM iniciará a reflexão do “Retiro Popular 2017 - Um coração para amar”, roteiro quaresmal proposto por Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém, na 26ª edição do livro de sua autoria sobre o tema. A apresentação do programa especial será conduzida por sacerdotes da Arquidiocese de Belém, sendo eles padre Nilton Cezar Reis, cônego Sebastião Fialho, padre Ivan Conceição e padre Roberto Cavalli. É uma oportunidade que

a emissora propicia aos seus ouvintes para refletir nesse tempo da quaresma. Sintonize 91,3 MHz e viva com a Rádio Nazaré FM esse momento de oração e partilha do evangelho.

Rádio Nazaré FM - 91,3. A serviço da vida. nossa missão é evangelizar!

rede nazaré de televisão

al can

30

D

omingo, 19, na Paróquia de Jesus Ressuscitado aconteceu mais uma edição da Adoração Jovem. Com muito louvor e animação, a CoJuvent, força viva responsável, realizou um trabalho de evangelização com jovens da paróquia, com o objetivo de resgatar os jovens de suas transgressões e colocá-los no caminho da Verdade e do Amor. As próximas edições serão anunciadas pela CoJuvent.

J FORMAÇÃO

J Imposto de renda 2017

A Paróquia Nossa Senhora de Fátima promove formação com o tema “Aspectos litúrgicos e espiritualidade da Quaresma e Páscoa”. O evento será no domingo, 5, às 8h, no auditório do Centro de Evangelização de Fátima (Cefat), localizado na travessa Antônio Baena, 155, bairro do Marco. Na ocasião, os interessados devem dirigir-se ao auditório.

O período de entrega do Imposto de Renda 2017 começou no dia 2 de março e terminará no último minuto do dia 28 de abril, prazo menor em relação ao ano passado. A Receita Federal espera receber 28,3 milhões de declarações que só podem ser feitas de forma eletrônica via internet. Já está disponível para download o programa gerador do Imposto de Renda 2017, referente ao ano-base 2016.

J PASCOA Na Paróquia São José de Queluz estão abertas as inscrições para a Páscoa Jovem 2017, cujo tema “Nossas cruzes em tua Cruz”. Jovens e adultos de 15 a 30 anos podem participar do evento que será de 13 a 16 de abril, no Sítio Tagaste. Inscrições: na secretaria paroquial no horário comercial. Informações: 32262151 / 3226-2612.

Assim, os contribuintes já podem preencher suas declarações conforme as orientações no site do órgão (www.receita. fazenda.gov.br). Quem recebeu rendimentos tributáveis cuja soma foi superior a R$ 28.559,70, está obrigado a declarar.

J FESTIVIDADE A Paróquia de São José de Queluz homenageia o padroeiro dos carpinteiros, São José. A festividade como o tema “Salve São José, esposo fiel da Virgem Maria” e o lema “Não temas receber Maria por tua esposa” (Mt 1, 21), acontece no período de 10 a 19, com novenas, missas, jantar, procissão e programação cultural. A paróquia fica localizada na avenida Cipriano Santos, 311, bairro de Canudos.

l Mudança na programação da TV Nazaré A Fundação Nazaré de Comunicação divulga novidades na programação da TV Nazaré. Dentre elas, o programa “De mãos dadas”, apresentado pelo Côn. Sebastião Fialho. As reflexões do sacerdote agora são exibidas ao vivo nas segundas, quartas e sextas-feiras, sempre às 15h. A programação

portal nazaré

J Febre amarela Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, investiga suspeita de febre amarela devido à morte de um macaco no dia 24 de fevereiro. A Secretaria Municipal de Saúde informa que o Instituto Evandro Chagas ainda não informou a causa da morte do animal e que nenhum caso de febre amarela foi confirmado no município. O resultado do exame, que acusará a causa da morte do macaco, será sexta-feira, 3. Já confirmados no Pará três casos de febre amarela em macacos, um em Belém e dois em Rurópolis.

fm

z mh 3 . 91

começará com o Terço da Misericórdia, seguido de um momento de adoração ao Santíssimo Sacramento, finalizando com a reflexão do evangelho do dia. Interaja enviando mensagens e pedidos de oração através do WhatsApp (91) 988023444. Sintonize o canal 30, ou na sintonia de sua cidade, e participe! w. ww re. aza on m.br a c co da fun

l Família Nazaré: Cadastro no portal

Café da manhã caro A alta no preço do Kg do café consumido pelos paraenses nos últimos 12 meses foi a seguinte: Em janeiro/16 o Kg do produto foi comercializado em média em padarias, mercearias e supermercados da capital a R$ 17,75. Em dez/2016 custou em média R$ 22,22 e no mês passado (jan/2017) saiu em média a R$ 21,44. Tudo isso elevou o preço do kg do café em Belém a uma alta acumulada de quase 120% nos últimos 12 meses (jan/16-jan/17) de quase 21%, contra uma inflação de 5,44% (INPC/IBGE) calculada para o mesmo período.

Através do site da Fundação Nazaré de Comunicação (www. fundacaonazare. com.br) as pessoas de boa vontade que queiram colaborar com a obra de evangelização da Arquidiocese de Belém por meio dos veículos de comunicação podem fazer o seu cadastro on-line. Quem já fazem parte da Família

Nazaré pode também solicitar seu boleto on-line. Mais informações, ligue para ( 91) 4006-9211.


belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

9

Fundação Nazaré Escute na Rádio Nazaré FM 91.3 SEXTA - FEIRA 05h00 - Abertura da Emissora 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R.C.R 09h00 - Nazaré em revista 09h30 - Informe Noticias 09h55 - Plantão R .C.R 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Segurança e cidadania 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 15h55 - Plantão R.C.R 16h00 - Varanda Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Saudade em Versos e Canções 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

SÁBADO 05h00 - Abertura da Emissora 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 06h00 - A Voz do Pastor 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Musical Mensagem 08h00 - Conhecendo Jesus 10h00 - Maria de Todos os Povos

11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Musical Nazaré 15h00 - Criança Evangelizando Criança 16h00 - Evangelizando Através do Dizimo 17h00 - A vida e o tempo 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h15 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Musical Nazaré 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Domínio jovem 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat

DOMINGO 05h00 - Abertura da Emissora 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 07h00 - Santa Missa 08h00 - Vem e Segue-me 10h00 - Domingo Alegre 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - As Mais Tocadas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 19h00 - Clássico Nazaré 20h00 - Circuito M.P.B 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Especial PE. Zezinho 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

SEGUNDA - FEIRA 05h00 - Abertura da Emissora 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé

Ligue: (91) 4006-9251 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R.C.R 09h30 - Informe Notícia 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão R.C.R 10h30 - Informe Notícia 11h50 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h20 - Cardápio Instrumental 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R.C.R 16h00 - Saúde e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Crescendo na Fé 21h00 - Orando com Você - Com. Maíra 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

TERÇA - FEIRA 05h00 - Abertura da Emissora 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - laudes 05h30 - Oração do Terço – Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R.C.R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão R.C.R 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental

14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R.C.R 16h00 - Direito e cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h25 - Informe Notícia 17h30 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 17h45 - Voz do Pastor 18h00 - Novena Nossa Senhora Perpétuo Socorro 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Família em Ação 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

QUARTA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R.C.R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão R.C.R 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticia 15h55 - Plantão R.C.R 16h00 - Educação e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos

18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você - Com. Mar adentro. 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

QUINTA - FEIRA 05h00 - Abertura da Emissora 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - laudes 05h30 - Oração do terço - Mistérios Luminosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R.C.R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão R.C.R 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Entre nós 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h15 - Musical Nazaré 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R.C.R 16h00 - Varanda Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do terço - Mistérios Luminosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você 22h00 - A voz do Pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio

Assista na TV Nazaré - Canal 30 SEXTA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com 02h30 - Caminhando Na Fé 02h45 - Mãe Maria 02h55 - Palavra de Vida Eterna 03h00 - Evangeliza Show 03h55 - Palavra de Vida Eterna 04h00 - Diálogo Aberto 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Doloroso 06h30 - Caminhando Na Fé 06h45 - Meu Pensamento 06h55 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Sobre Todas as Coisas 10h30 - De Mãos Dadas 10h55 - Palavra de Vida Eterna 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Mãe Maria 11h45 - Desenho 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Fazendo Esperança 13h30 - Caminhando Na Fé 13h45 - Meu Pensamento 13h50 - Mãe Maria 14h00 - Igreja Que Sofre 14h30 - Despertai Para o Amor 15h00 - De Coração 15h30 - De Mãos Dadas 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Fazendo Esperança 17h00 - Caminhando Na Fé 17h15 - Sobre Todas as Coisas 17h30 - Terço Doloroso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h45 - Caminhando Na Fé 20h00 - Clip Show 21h00 - Meu Pensamento 21h05 - Mãe Maria 21h15 - Terra Santa News 21h40 - Palavra de Vida Eterna 21h45 - Nazaré Notícias 22h30 - Espaço Cultural 23h58 - Encerramento da Programação da TV

SÁBADO 00h00 - Música Mensagem 02h00 - De Coração 02h30 - Conversa com Meu Povo 03h00 - Clip Show 04h00 - Espaço Cultural 05h00 - Evangeliza Show 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Gozoso 06h30 - Conversa com Meu Povo 06h55 - Palavra de Vida Eterna 07h00 - Notícias Pastorais 07h45 - Eu Creio

07h50 - Maria de Todos os Povos 08h00 - Missa no Rio de Janeiro-RJ 09h00 - Viola Brasil 09h30 - Conversa com Meu Povo 10h00 -Diálogo Aberto 11h00 - Pesca Amazônia 12h00 - Notícias Pastorais 12h45 - Eu Creio 12h50 - Maria de Todos os Povos 13h00 -Viagem pela Amazônia 13h30 - Conversa com Meu Povo 14h00 - Santa Missa e Adoração em São Paulo-SP 15h45 - Pensando Bem 16h45 - Notícias Pastorais 17h30 - Terço Gozoso 18h00 - Especial Musical 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Encantos da Amazônia 20h00 - Conversa com Meu Povo 20h30 - Música Mensagem 22h30 - Conversa com Meu Povo 23h00 - Palavra de Vida Eterna 23h05 - Espaço Cultural 23h59 - Encerramento da Programação da TV

DOMINGO 00h00 - Música Mensagem 02h00 - Vida Consagrada 03h00 - Clip Show 04h00 - Igreja que Sofre 04h30 - Música Arte e Vida 05h30 - Igreja no Brasil 05h45 - Maria de Todos os Povos 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Glorioso 06h30 - Conversa com Meu Povo 06h55 - Palavra de Vida Eterna 07h00 - Santa Missa Dominical 08h00 - Notícias Pastorais 08h45 - Eu Creio 08h50 - Maria de Todos os Povos 09h00 - Desenho 09h30 - Viagem pela Amazônia 10h00 - Diálogo Aberto 11h00 - Pesca Amazônia 12h00 - Notícias Pastorais 12h45 - Clip Show 13h40 - Encantos da Amazônia 14h40 - Ângelus 14h55 - Palavra de Vida Eterna 15h00 - Vida Consagrada 16h00 - Palavra de Vida Eterna 16h05 - Dedo de Prosa 17h00 - Missa Santuário Nacional de Aparecida 18h00 - Desenho 18h30 - Terço Glorioso 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Instrumental SESC Brasil 20h00 - Janela Aberta 21h00 - Espaço Cultural 22h30 - Palavra de Vida Eterna 22h35 - Questão de Fé 23h35 - Terço Glorioso 23h58 - Encerramento da Programação da TV

SEGUNDA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com

02h30 - Caminhando Na Fé 02h45 - Mãe Maria 02h55 - Palavra de Vida Eterna 03h00 - Encantos da Amazônia 04h00 - Clip Show 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Gozoso 06h30 - Caminhando Na Fé 06h45 - Meu Pensamento 06h55 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Sobre Todas as Coisas 10h30 - De Mãos Dadas 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Mãe Maria 11h45 - Desenho 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Fazendo Esperança 13h30 - Caminhando Na Fé 13h45 - Meu Pensamento 13h50 - Mãe Maria 14h00 - Igreja Que Sofre 14h30 - Sobre Todas as Coisas 14h45 - Igreja No Brasil 15h00 - Diálogo Aberto 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Fazendo Esperança 17h00 - Caminhando Na Fé 17h15 - Sobre Todas as Coisas 17h30 - Terço Gozoso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h45 - Caminhando Na Fé 20h00 - Despertai Para o Amor 20h30 - Terra Santa News 20h50 - Palavra de Vida Eterna 20h55 - Meu Pensamento 21h00 - Janela Aberta 22h00 - Nazaré Notícias 22h45 - Sobre Todas as Coisas 22h55 - Palavra de Vida Eterna 23h00 - Caminhando Na Fé 23h20 - Mãe Maria 23h30 - Religare 23h58 - Encerramento da Programação da TV

TERÇA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com 02h30 - Conversa com Meu Povo 03h00 - Janela Aberta 03h55 - Palavra de Vida Eterna 04h00 - Diálogo Aberto 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Doloroso 06h30 - Conversa com Meu Povo 06h55 - Preparando a Festa

07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Desenho 10h30 - De Mãos Dadas 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Igreja no Brasil 11h45 - Sobre Todas as Coisas 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Igreja que Sofre 13h30 - Conversa com Meu Povo 14h00 - Mãe Maria 14h10 - Desenho 15h00 - Novena do Perpétuo Socorro 15h40 - Sobre Todas as Coisas 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Conversa com Meu Povo 17h00 - Mãe Maria 17h10 - Palavra de Vida Eterna 17h15 - Desenho 17h30 - Terço Doloroso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h45 - Sobre Todas as Coisas 20h00 - Conversa com Meu Povo 20h30 - Igreja que Sofre 21h00 - Questão de Fé 22h00 - Nazaré Notícias 22h45 - Sobre Todas as Coisas 23h00 - Conversa com Meu Povo 23h30 - Religare 23h58 - Encerramento da Programação da TV

QUARTA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com 02h30 - Caminhando Na Fé 02h45 - Mãe Maria 02h55 - Palavra de Vida Eterna 03h00 - Novena do Perpétuo Socorro 03h40 - Mãe Maria 03h55 - Palavra de Vida Eterna 04h00 - Questão de Fé 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Glorioso 06h30 - Caminhando Na Fé 06h45 - Meu Pensamento 06h55 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Sobre Todas as Coisas 10h30 - De Mãos Dadas 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Mãe Maria 11h45 - Sal da Terra 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Fazendo Esperança 13h30 - Caminhando Na Fé 13h45 - Meu Pensamento 13h50 - Mãe Maria 14h00 I- greja que Sofre

14h30 - Religare 15h00 - Pensando Bem 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Fazendo Esperança 17h00 - Caminhando Na Fé 17h15 - Sobre Todas as Coisas 17h30 - Terço Glorioso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 Nazaré Notícias 19h30 - Adoração ao Santíssimo 21h00 - Meu Pensamento 21h05 - Encantos da Amazônia 22h00 - Nazaré Notícias 22h45 - Caminhando Na Fé 23h00 - De Coração 23h30 - Religare 23h58 - Encerramento da Programação da TV

QUINTA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com 02h30 - Conversa com Meu Povo 03h00 - Pensando Bem 03h55 - Palavra de Vida Eterna 04h00 - Encantos da Amazônia 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Luminoso 06h30 - Conversa com Meu Povo 06h55 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Desenho 10h30 - De Mãos Dadas 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Igreja no Brasil 11h45 - Sobre Todas as Coisas 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Igreja que Sofre 13h30 - Conversa com Meu Povo 14h00 - Mãe Maria 14h10 - Desenho 15h00 - Diálogo Aberto 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Conversa com Meu Povo 17h00 - Mãe Maria 17h10 - Palavra de Vida Eterna 17h15 - Desenho 17h30 - Terço Luminoso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h45 - Sobre Todas as Coisas 20h00 - Conversa com Meu Povo 20h30 - Terra Santa News 20h55 - Palavra de Vida Eterna 21h00 - Evangeliza Show 22h00 - Nazaré Notícias 22h45 - Sobre Todas as Coisas 23h00 - Conversa com Meu Povo 23h30 - Religare 23h58 - Encerramento da Programação da TV


10

belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

Santa Missa Horários de Missas nas paróquias da Arquidiocese de Belém Região Episcopal de Sant’Ana N. Sra da Graça (Catedral) Cidade Velha - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 2121-3723/ 2121-3724 N. Sra. das Mercês (Reitoria) Comércio - Belém Sábado: 12h e 17h Domingo: 12h e 17h Sant'Ana da Campina Comércio - Belém Sábado: 12h (Igreja Matriz) Domingo: 7h (Col. D. Bosco) 9h (Igreja Matriz) Telefone: 3230-3734 São Judas Tadeu Condor - Belém Sábado: 19h. Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3115-6020 Sta. Teresinha do Menino Jesus Jurunas - Belém Sábado: 6h30 e 18h30 Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3272-2251 Santo Antônio de Lisboa Batista Campos - Belém Sábado: 6h30, 12h, 17h e 18h30 Domingo: 8h, 11h, 17h, 18h30 e 20h Telefone: 3215-7004/ 3222-0097 Santíssima Trindade Campina - Belém Sábado: 16h Domingo: 7h, 10h, 11h30, 17h30 e 19h Telefone: 3215-7007/ 3242-4917

Telefone: 3266-1392/3226-0503 Santa Maria Goretti Guamá - Belém Domingo: 9h30 e 18h Telefone: 3283-6023

Região Episcopal São João Batista

N. Sra de Nazaré (Basílica Santuário) Nazaré - Belém Sábado: 7h, 8h30,12h,17h Domingo: 6h30, 8h, 10h, 16h30, 18h e 20h Telefone: 4009-8400

São João Batista e N. Sra das Graças Icoaraci - Belém Terça a sexta: 6h30 Sábado: 6h30, 17h, 20h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3297-7250

São Francisco de Assis (Capuchinhos) São Brás - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 6h, 7h30, 9h30,18h, 20h Telefone: 3073-1500

São Francisco de Assis Tapanã - Belém Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3258-8036

Santo Antônio do Tucunduba Guamá - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3274 -9001 Região Episcopal Santa Cruz Imaculada Conceição Castanheira - Belém Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3277-4642/98111-8110 São Sebastião Sacramenta - Belém Sábado e domingo: 7h, 17h e 19h Telefone: 3264-9060/3254-7354 Jesus Ressuscitado Marambaia - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: 3277-4643

N. Sra. da Conceição Cidade Velha - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3215-7006

São Geraldo Magela Val de Cans - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h30, 10h30 e 18h Telefone: 3257-7950

São José Umarizal - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 11h e 19h Telefone: 3230-1633

N. Sra do Perpétuo Socorro Segunda a sábado: missa - 19h Domingo: missa: 7h, 8h30, 17h30 e 19 h - Telefone: 3233 1797

Santa Luzia Jurunas - Belém De terça a sexta-feira: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h; 9h; 18h30 Telefone: 3271-2146 N. Sra de Lourdes Nazaré - Belém Seg a Sáb: 6h30 e 18h Domingo: 7h, 9h, 17h30 e 19h30 Telefone: 3223-5728 N. Sra do Carmo Cidade Velha Sábado: 18h - Domingo: 7h Região Episcopal Santa Maria Goretti Santa Maria de Belém Terra Firme - Belém Terça: 19h Sábado: 19h - Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3253-5422 São Pedro e São Paulo Guamá - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3283-6021/3259-0413 São José de Queluz Canudos - Belém Segunda a sábado: 6h30 e 19h Domingo: 7h, 8h30, 17h e 19h Telefone: 3226-2612 São Domingos de Gusmão Terra Firme - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h30 Telefone: 3253-2656/3274-4746 São Miguel Arcanjo Cremação - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h30, 11h e 18h30 Telefone: 3283-6022 N. Sra de Fátima Fátima - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 6h45, 8h30, 17h30 e 19h30

Terça a sexta-feira - 19h Sábado - 8h (missa com crianças) Domingos - 7h30 e 18h30

São Jorge Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 17h e19h Telefone: 3277-4641 São Raimundo Nonato Umarizal - Belém Sábado: 6h30 e 18h Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3277-4644 Santa Cruz Marco - Belém Sábado: 7h e 18h30 Domingo: 7h, 9h, 11h30 e 18h30 Telefone: 3277-4640/3276-0941 N. Sra da Conceição Aparecida Pedreira - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3233-4224/3276-9573 São Francisco Xavier Marco - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3352-8845 N. Sra Mãe da Divina Providência Val de Cans - Belém Sábado:19h - Domingo: 7h e 19h Telefone: 3257-2388 Sagrada Família Curió Utinga - Belém. Sábado: 7h e 19h30 Domingo: 7h, 9h e 19h30 São João Paulo II Souza - Belém De terça a sábado: 18h Domingos: 8h e 18h Telefone: 3277-4062 N. Sra de Loreto Marco - Belém Telefone: (91) 3355-6302 Sábado: 18h Domingo: 7h, 9h, 11h, 17h e 19h São Benedito Rua São Benedito, Barreiro

N. Sra de Fátima Icoaraci - Belém Terça, quinta e sexta: 18h30 Sábado: 19h - Domingo: 19h Telefone: 3297-7251

N. Sra de Lourdes Coqueiro - Ananindeua Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3275-2391 Santo Antônio de Pádua Coqueiro - Ananindeua Sábado: 19h. Domingo: 7h e 18h Telefone: 3237-8350

Pedro Pescador Baía do Sol - Mosqueiro Ter a sexta: 19h (Igreja S. Sebastião) Quarta: Matriz - 19h Sábado:19h (Igreja São Sebastião) Domingo: 8h (Ig. S. Sebastião); 10h30 (Ig. Div. Esp. Santo); 19h ( Matriz) Telefone: 99919-4153

Arcanjo São Miguel Una - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30. 9h30 e 19h Telefone: 3234-4674

Área Missionária São Paulo, Apóstolo Rodovia BR-316 Domingo: 9h e 11h Telefone: 98292-9199

Região Episcopal Menino Deus

Região Episcopal São Vicente de Paulo

N. Sra. Auxiliadora Anita Gerosa (Aurá) - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefones: 3255-3828

Cristo Rei Guanabara - Ananindeua Domingo: 7h, 9h30 e 19h Telefone: 3235-1405

Jesus Bom Samaritano Tapanã - Belém Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 3033-2004

N. Sra. das Vitórias Almir Gabriel - Marituba Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3256-7655

São Francisco das Ilhas Cotijuba - Belém Terça e quinta: 19h30 Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3247-1438

Sagrado Coração de Jesus Júlia Seffer - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30, 9h e18h Telefone: 3265-5413

N. S. da Imaculada Conceição Outeiro - Belém Terça e quinta: 19h Sábado: 9h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3267-1174 Nossa Senhora do Livramento Icoraci - Belém Terça, quinta, sexta e sábado:19h Domingo: 7h e18h Telefone: 3288-4250 Divina Misericórdia Águas Negras - Icoaraci Terça a sexta: 18h30 Sábado: 17h e 19h30 (comunidade) Domingo: 7h e 19h 30 Santo Afonso de Ligório Pratinha - Belém Sábado: 19h Domingo: 8h30 e19h Telefone: 3258-1554/3274-8281 São Francisco de Assis Campina - Icoaraci Domingo: 7h, 9h e 18h30 De terça-feira a sexta-feira: 19h Telefone: 3297-0765 Região Episcopal Coração eucarístico de jesus Coração Eucarístico de Jesus Catalina - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: (91) 3285-1433 Santa Edwiges Mangueirão - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30 e18h Telefone: 3279-1654 N. S. Rainha da Paz Bengui - Belém Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3277-4645 N. S. do Bom Remédio Conjunto Satélite - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3289-5355/3248-1136 Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo Conjunto Sideral - Belém Domingo: 7h, 9h e18h Telefone: 3067-2017 Santa Luzia do Bom Futuro Cabanagem - Belém Sábado: 17h - Domingo: 7h e 19h Santa Teresinha do Menino Jesus Tenoné - Belém Domingo: 7h e 18h Telefone: 3289-5368

Sagrado Coração de Jesus Distrito Industrial - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30 e 17h30 Telefone: (91) 98855 - 2232 Menino Deus Centro - Marituba Domingo: 6h, 8h30 e 18h Telefone: 3237-8351 N. Sra. de Nazaré Quarta - feira Horário de Missa: às 19h Domingos: às 8h30 Telefone: 98040-5117 /98102 - 7344 N. Sra. das Graças Centro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3255-2654 N. Sra. do Ó Vila - Mosqueiro Sábado: 19h30 Domingo: 6h30, 9h30 e 19h30 Telefone: (91) 3771-1278 São Pio X Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 32155-2583 Santa Rosa de Lima Independente - Benevides Terça a Sexta:18h Sábado:17h, 19h Domingo: 07h30 e 19h Telefone: (91)3724- 1135

Divino Espírito Santo Cidade Nova - Ananindeua Sábado: 7h. Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3263-0603 Santo Inácio de Loyola Icui Guajará - Ananindeua Domingo: 7h e18h Telefone: 991541971 São Lucas Evangelista Guajará - Ananindeua Sábado: 19h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3279-2621 Santa Maria Mãe de Deus Maguari - Ananindeua Terça, quarta, sexta e sábado: 7h Quinta: 19h Domingo: 7h e 19h Fone: (91) 3255-5284 Santa Teresinha Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 18h Telefone: 9916-4548/99169-3443 N. Sra. de Guadalupe Coqueiro - Ananindeua Terça a sexta: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h ,9h e18h Telefone: 3245-7440 Cristo Peregrino Jaderlândia - Ananindeua De Segunda a Sábado: 19h Domingo: 7h,17h e19h Telefone: 3237-9891 Santa Paula Frassinetti Cidade Nova VI - Ananindeua Segunda e quarta: 18h30 Terça e quinta: 19h30 Sexta: 7h. Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3279-2620 Transfiguração do Senhor Curuçambá - Ananindeua Sábado: 18h30 e 20h Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3286-8570

Bom Pastor Nova Marituba - Marituba Segunda a Sexta: 18h Sábado: 6h, 9h30 e 19h Domingo: 6h, 9h30 e 19h Telefone: 4106-0202

Santa Rita de Cássia Cidade Nova V - Ananindeua. Sábado: 6h30 e 17h30 Domingo: 6h30, 8h30, 7h30 e 19h30. Telefone: 3273-3191/ 3273-3310

N. Sra da Conceição Praça Matriz - Benfica Domingo: 6h15 e 19h30 Telefone: 3450-8147

São Vicente de Paulo Paar - Ananindeua Domingo: 7h, 8h30 e 19h

N. Sra da Conceição Carananduba - Mosqueiro Ter a Sex: 18h30 Sábado: 18h30 - Domingo: 7h e 19h Telefone: 3772-1183 Santa Bárbara Centro - Santa Bárbara Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3776-1529 São Marcos Uriboca - Marituba Terça: 19h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3237-8351

São José Operário Conj. Carnaúba, Icuí - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefone: 3295-3545/3031-1172 N. Sra do Amparo Cidade Nova 8 - Ananindeua Terça a Sexta: 19h30 Sábado: 19h30 Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3287-2418 Santo André Apostolo Coqueiro - Ananindeua Terça a sexta - 19h Sábado: 19h - Domingo: 8h e 19h Telefone: (91) 3235-1658

Não encontrou o horário da sua paróquia aqui? Entre em contato com seu pároco ou com a secretaria da sua paróquia e solicite que nos informem para podermos publicar.


belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

11

Fundação Nazaré divulgação

celebração

Missa em intenção dos benfeitores da Família Nazaré

w NA CAPELA membros da Família Nazaré durante a celebração

Serviço

Transmissão ao vivo pela TV Nazaré, canal 30

N

esta sexta-feira, 3, acontece celebração eucarística na capela da Fundação Nazaré em intenção dos benfeitores da Família Nazaré que contribuem para a manutenção dos veículos de comunicação da Igreja de Belém. Às 14h30, terá início a oração do Terço Mariano e às 15h a Missa, ambos transmitidos pela Rede Nazaré de Televisão, Canal 30, ou pela sintonia da sua cidade. Este ano, toda primeira sexta-feira do mês será em intenção dos benfeitores da Família Nazaré. No mês de fevereiro o momento de espiritualidade aconteceu no dia 3, com Missa presidida pelo Padre Carlos Augusto Azevedo, pároco da Paróquia de São José, no Umarizal. Em abril será no dia 7. Do momento de Ação de Graças participam o Movimento do Terço

3 de março, sexta-feira: 15h Missa 14h30 (Santo Terço) Local: capela da Fundação Nazaré de Comunicação, Avenida Governador José Malcher, Edifício Paulo VI, 915, Bairro de Nazaré.

dos Homens e, como convidados, os membros do Apostolado da O ra ç ã o e t o d a a c o m u n i d a d e para acolher o Ano Mariano, em unidade com a Igreja. Em comemoração aos 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, nas águas do rio Paraíba do Sul, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) instituiu o Ano Nacional Mariano, iniciado em 12 de outubro de 2016, data da solenidade de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, concluindo-se em 11 de outubro de 2017, para celebrar, fazer memória e agradecer à padroeira do Brasil. Para bem viver este ano a Fundação Nazaré de Comunicação realiza, sempre, na primeira sextafeira de cada mês, a recitação do oração do Terço Mariano e, em seguida, celebração eucarística.

Testemunho de Fé divulgação

P

elo fato da minha mãe e do meu pai serem diabéticos, fui fazer o exame de glicose em dezembro e o resultado acusou mais de 180 o nível de glicose. E eu pedi muito para Deus e para a Mãe do Perpétuo Socorro um auxílio, pois eu não queria isso na minha vida. Eu ficava calada dentro de casa, pensativa, mas não falava para ninguém sobre a minha preocu-

pação em ser diabética. O resultado, no dia 16 de fevereiro deste ano, é que minha glicose diminuiu. Então, o exame deu negativo, não sou diabética. Agradeci tanto a Deus e à Mãe do Perpétuo Socorro por esse milagre em minha vida. Débora Liane Santos Silva, 32 anos, do lar

Parabéns para você! divulgação

A

gradecemos e louvamos a Deus pelo dom da vida, pela família e amigos que Deus nos presenteou ao longo desses 60 anos, por tudo que temos e somos. Que o Espírito Santo continue nos iluminando sempre juntas nessa caminhada sob a proteção de Nossa Senhora de Nazaré. Ana Maria Dantas de Carvalho, 59 anos, administradora Márcia Maria Dantas de Carvalho, 59 anos, aposentada 03/03

03/03 Ana Maria Dantas de Carvalho Cleonice Fernandes Oliveira

Francisca Fortunata Favacho dos Santos José Pantoja dos Prazeres Luciane Solon de Souza Márcia Maria Dantas de Carvalho Maria da Conceição Barros Lobato Maria do Céu Mendonça Raimunda de Castro Alvarenga Raimunda de Lima Pinheiro Raimunda do Vale Lucas 04/03 Giorge Simonet Junior Leonilde dos Santos Rosa Maria Cilda Moreira Maués Maria de Belém Andrade Veloso Maria Helena Duarte Brito Pedro Armando Barrau da Mota Filho Rita de Cássia Guerreiro Martins Zuleide Nascimento de Souza 05/03 Albélia Evanovich dos Santos Emelina de Lima Ribeiro Magnólia da Silva Souza Neuza Santiago da Silva Raimunda Rita Canuto Coelho de Melo Rosilene da Conceição Ribeiro de Lima e Silva 06/03 Alexandre da Costa Linhares Ana Marta Costa Elarrat Antônio Raiol Ferreira Antônio Silva de Souza Edna Maria Fonseca da Cruz

Gilson Rufino Gonçalves Filho João Roberto Pinheiro dos Santos Maria Franciscleuma Coutinho de Araujo Maria Izabel de Souza Melo Maria Lucia Lopes Barreto Maria Raimunda da Costa Renilda das Graças Bezerra Falcão Rosa de Oliveira Lobato 07/03 Alda Maria de Pinho Couto Alyssangela Souza Palmerim Casal João Marcelo Oliveira Ferreira e Márcia Cristina Valente Edinalva Barroso da Silva Nery Maria José Simões Maria Rosa Silva de Medeiros Yolanda Moreira de Oliveira w

08/03 Amélia Cassiano Bezerra André Guerreiro Milhomem de Sousa Antônia de Deus Rodrigues Carneiro Francisco Nelson Belarmino Janiovaldo Alves Barbosa Maria de Jesus Benjamim da Silva Maria Iolanda Leão Pimentel Rosa Maria de Deus S. Monteiro 09/03 Cleide Conceição Gonçalves Jennings Francisca Menezes da Silva Heliana Maria Silva Brasil Jandira Oliveira Aragão Marluce Guerreiro Milhomem de Souza Raimundo Francisco Soares Gregório Sandra Helena Magalhães de Oliveira

Aniversário natalício de padres e diáconos diocesanos 04/03 - Côn. José Luiz Alves Fernandes 05/03 - Diác. Manoel Arthur Siqueira Monteiro 06/03 - Diác. Gilson Rufino Gonçalves Filho 08/03 - Diác. Ubiratan de Souza Dias

w

Aniversário de ordenação dos padres e diáconos diocesanos 08/03 - Pe. Benedito Lopes de Campos

Ajude a manter a Fundação Nazaré de Comunicação. Ligue para 4006-9200 e seja sócio da Família Nazaré.


12

belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

Arquidiocese formação

Pascom arquidiocesana promove curso A oficina será realizada na Paróquia Cristo Peregrino

E

stão abertas as inscrições para o curso de expressão verbal e oratória, destinado a agentes da Pascom, professores, empreendedores, formadores e profissionais que almejam a retórica como meio de se expressar em público, promoção da Pastoral da Comunicação Arquidiocesana de Belém. O workshop será nos dias 4 e 5, no centro paroquial da Matriz da Paróquia de Cristo Peregrino, bairro do Atalaia, Ananindeua . Padre Nilton Cezar, coordenador da Pascom Arquidiocesana, será o palestrante. A oficina irá explorar técnicas de postura, dicção,

gesticulação e empostação da voz. “É importante compreender que o ser humano essencialmente é um ser em comunicação. Utilizar a boa comunicação é facilitar a mensagem de forma adequada ao seu ouvinte”, frisa o sacerdote. "Importância do curso: fazer com que o profissional responsável, que leva a sério sua missão, se aprimore na tradução ou na produção da mensagem para atingir seu interlocutor de forma clara, sem ruídos. O curso vem possibilitar à mensagem alcançar seu objetivo de forma eficiente”, destacou padre Nilton.

A formação de dois dias terá conteúdo teórico sobre a importância da expressão verbal e oral, história da oratória, organização e expressão, e, ao mesmo tempo, prático, com a correção de possíveis vícios. As vagas são ilimitadas, podendo as inscrições ser efetuadas até sextafeira, 3, pela página da Pastoral da Comunicação Arquidiocesana no Facebook (@BelemPASCOM), pelos telefones (91) 98188-7381/982471481 ou, pessoalmente, na Fundação Nazaré de Comunicação, avenida Governador José Malcher, 915 - edifício Paulo VI, no bairro de Nazaré, com Padre Nilton. Para

concluir a inscrição é necessário efetuar antes o pagamento de taxa pela participação.

Serviço Curso de expressão verbal e oratória Dia/horário: 4, de 13h às 18h, e 5 de 8h até às 13h, no Centro paroquial, Paróquia Cristo Peregrino, conjunto Jaderlândia 1, Rua União, 21, Bairro Atalaia, Ananindeua.

ANEC-Pa promove evento sobre temática da CF 2017 A Associação Nacional de Educação Católica do Brasil, regional Pará (ANEC-Pa), realiza encontro de Professores de Ensino Religioso e Equipes de Pastoral, no sábado, dia 4. A formação objetiva favorecer uma reflexão sobre a temática da Campanha da Fraternidade 2017 à luz da questão religiosa e sua diversidade na contemporaneidade: valores, desafios e propostas. As inscrições podem ser feitas através do site www.anec.org. br/eventos. O evento acontece das 8h30 às 12h, no Colégio Gentil Bittencourt, localizado na Avenida Governador Magalhães Barata, 137, no Bairro de Nazaré. Com o tema “Os biomas humanos e religiosos à luz da CF 2017”, o evento se propõe a refletir sobre a diversidade religiosa dentro das escolas. O público alvo: professores de ensino religioso e equipes de pastoral das escolas associadas à ANEC. No Estado do Pará existem 32 escolas associadas por congregações religiosas ou por dioceses. Espera-se a presença participativa de todas elas. O coordenador do conselho consultivo regional, Padre João Mendonça, sdb, será o

responsável pela formação. Segundo ele, com a abertura da Campanha da Fraternidade 2017, que deixa em relevo os biomas, percebe-se a necessidade de abordar a temática dentro do ensino religioso, uma vez que as escolas apresentam uma diversidade em vários âmbitos. “Com a nossa identidade e com a nossa proposta educativa e evangelizadora não podemos também claudicar no anúncio do Evangelho. Então, aqui se instala o diálogo enfatizado pelo Papa Francisco, ao falar da cultura do encontro. É preciso ir ao encontro das pessoas que são diferentes de nós, que pensam diferente de nós, mas são seres humanos. Então, aproveitando esse tema, biomas, eu quero trazer estes biomas religiosos, estas experiências religiosas, para dentro do tema do ensino religioso. Que possamos saber viver de maneira pacifica, ecumênica, o diálogo inter-religioso. Isto não é fácil, é muito complexa a situação e precisa que os professores de ensino religioso e também as equipes de pastoral tenham essa preparação continuada e se abram a esse diálogo que deve ser evangelizador.”

quadrinhos andré abreu

Serviço Inscrições e informação através do site www. anec.org.br/eventos. O evento acontece das 8h30 às 12h, no Colégio Gentil Bittencourt, localizado na Avenida Governador Magalhães Barata, 137, Bairro de Nazaré.

BOA DICA

livros e cd's

n Um mês com Maria - Maio de 2017 - Livro (Paulus, R$ 6,00)

N

este Ano Mariano, a obra oferece aos fiéis a oportunidade de vivenciar com intensa devoção o mês dedicado à Mãe de Deus. É dirigido, sobretudo, às comunidades que, durante o mês de maio, se reúnem para rezar o Santo Terço. Mas pode também ser utilizado para oração diária pessoal ou em família. O subsídio traz, para cada dia, um roteiro de oração do Santo Terço, com comentários, cantos e contemplação dos mistérios.

eu indico divulgação

P

ara amar a Igreja é preciso conhecê-la e este livro de maneira clara, objetiva e profunda traz as razões da fé católica. Bruno Dias Ramos, Contador, 27 anos

n Maria, a mãe de Jesus - DVD (Paulinas, R$ 39,90)

U

ma superprodução de Giacomo Campiotti tem por objetivo retratar a vida de Maria de Nazaré, a mãe de Jesus, o filho de Deus feito homem. O filme se desenrola a partir de duas figuras femininas, que entrecruzam suas vidas, com escolhas radicalmente diferentes: Herodíades, a mulher fechada em seu mundo egoísta; Maria Madalena, a pecadora que, fascinada por Jesus, torna-se sua discípula. “Mas o centro é Maria de Nazaré, a mãe de Jesus. Nela encontra-se a riqueza de uma vida que foi um “Eis-me” a Deus.


belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

cf 2017

2º C aderno

Coletiva de imprensa sobre a Campanha da Fraternidade em Belém

luiz estumano

Lançamento será na Ilha de Cotijuba no sábado, 4

C

om o tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” e o lema “Cultivar e guardar a criação” a Campanha da Fraternidade 2017 (CF2017), sublinha a urgência do despertar de cada pessoa para uma consciência ambiental e uma conversão pessoal e comunitária. Em Belém, na quarta-feira, 1º de março, houve coletiva de imprensa sobre a campanha proferida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa, na Cúria Metropolitana, acompanhado do Vigário Geral para a Pastoral, Monsenhor Raimundo Possidônio (Cid) e do Padre Bruno Sechi, da Comissão Arquidiocesana de Justiça e Paz. O tema da campanha deste ano, inspirado na passagem do Livro de Gênesis (cf. Gn 2, 15), ressalta o cuidado com a criação, de modo especial, os biomas brasileiros e a promoção das relações fraternas com a vida e a cultura dos povos, à luz do Evangelho. “A Campanha da Fraternidade destina-se à sociedade e é a nossa contribuição com a sociedade para gerar um ambiente de maior respeito, de maior e melhor convivência. Para um mundo mais justo e fraterno, este é o nosso objetivo dentro da Campanha da Fraternidade”, enfatizou o Arcebispo Metropolitano durante a coletiva. Dom Alberto explicou também que a CF2017 tem sua essência destacada da encíclica do Papa Francisco “Laudato Si” (Louvado Seja, em português) que aborda o cuidado com a Criação. “Nós queremos ajudar as pessoas a descobrirem a dignidade da criação de Deus. O Papa nos diz que devemos guardar e cultivar a criação, logo, não podemos ser irresponsáveis quanto aos biomas brasileiros e, no nosso caso, o bioma amazônico. Na nossa arquidiocese temos a questão das ilhas e esse será o nosso objetivo durante a campanha”. Após a fala de Dom Alberto, o Vigário Geral da Arquidiocese, Monsenhor Cid, destacou as semanas

w DOM Alberto acompanhado do Monsenhor Raimundo Possidônio e do Padre Bruno Sechi durante coletiva

de estudo do tema referenciadas pelo texto-base e realizadas entre os meses de janeiro e fevereiro nas regiões episcopais e ilhas. Com a participação de especialistas, estudiosos e teólogos as formações t i ve ra m o e n vo l v i m e n t o d a população das ilhas que têm o maior contato com o bioma amazônico.

“A partir da vivência e convivência dos ribeirinhos trouxemos uma postura para esta problemática que será repercutida depois no gesto concreto da nossa arquidiocese. Dessa forma, se faz um grande convite para repensarmos o nosso papel para o cuidado do bem comum”, destacou Monsenhor Cid.

Ainda durante a coletiva o Padre Bruno leu a carta aberta sobre a defesa da vida e da dignidade humana, elaborada pela Comissão de Justiça e Paz em resposta a questão da segurança pública que se encontra debilitada no Pará. A carta pode ser conferida nesta edição do Jornal Voz de Nazaré, à página 5, deste caderno.

Lançamento em Cotijuba A Campanha da Fraternidade se rá aberta na Arquidiocese de Belém neste sábado, 4, na Ilha de Cotijuba, a partir das 9h. A escolha pelo local de lançamento da CF2017 foi feita por melhor representar o bioma amazônico. Cada região episcopal organiza-se para a ida até a região insular que será feita por meio de embarcações. Por volta das 9h do sábado, as embarcações serão recebidas no trapiche de Cotijuba, para em seguida ser feita uma caminhada até a praia do Farol, local da celebração eucarística. Durante o trajeto serão apresentados os

divulgação

w cotijuba local onde será feito o lançamento da Campanha deste ano

temas ligados à campanha. À chegada será celebrada a Missa, presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa, acompanhado do clero arquidiocesano e participação

dos paroquianos e público em geral. Os interessados devem procurar a paróquia de sua região para o deslocamento até a ilha de Cotijuba (confira quadro nesta página).

roteiro de deslocamento para cotijuba n CORAÇÃO EUCARÍSTICO DE JESUS Saída: 6h Local: Porto de Icoaraci Obs: Lancha para 100 pessoas Informações: Paróquia Nossa do Bom Remédio – 3248-1136 n REGIÃO EPISCOPAL SANT’ANA Saída: 6h Local: Praça Princesa Izabel (Cremação), ao lado do Palácio dos Bares Ingresso: Para aquisição, necessário contato Paróquia da Santíssima Trindade Informações: Paróquia Santíssima Trindade – 3215-7007 / 3242-4917 n SÃO VICENTE DE PAULO

Saída: 6h30 l Porto do Curuçambá - 1 embarcação l Trapiche de Icoaraci – 2 embarcações Informações: Paróquia Mistério da Transfiguração

do Senhor - 3286-8570 n BASÍLICA SANTUÁRIO Saída: 7h Local: Terminal Fluvial da Estação das Docas – Porto de uma agência de turismo Ingresso: Para aquisição, necessário contato com a Basílica Informações: 98043-2692 (Janes) – pasturbasilicadenazare@gmail.com n REGIÃO SÃO JOÃO BATISTA Saída: 7h

Local: Trapiche de Icoaraci Obs: 3 embarcações – total de 250 vagas Informações: Paróquia São João Batista e Nossa

Senhora das Graças 3297-7250/3227-5973 n REGIÃO MENINO DEUS Informações: Paróquia Nossa Senha do Carmo (Benevides) - 3724-1098 n REGIÃO SANTA CRUZ Informações: Paróquia São Geraldo Magela (Valde-Cans) - 3257-7950 n REGIÃO SANTA MARIA GORETTI Informações: Paróquia São Pedro e São Paulo (Guamá) - 3283-6021


2

5

belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

Igreja

2º Caderno Miscelânea

Côn. Cláudio Barradas (claudiobarradaspe@gmail.com)

H

oje, como prometi em nossa edição passada, continuaremos a ver, lógico que até onde der, o que o povo hebreu do AT considerava impuro. Os países estrangeiros, já o vimos, eram-no, pelo fato de adorarem outros deuses e não o seu, que o único verdadeiro. Prosseguindo, vejamos alguns exemplos. No livro de Tobias, Tobit relata que, no exílio, em Nínive, textualmente, “todos os meus parentes e companheiros comiam alimentos dos pagãos (dos estrangeiros), mas eu evitei fazê-lo.” (Tb 1, 1s). Na corte do rei da Babilônia, Daniel, um dos jovens israelitas selecionados para servir no palácio real, fez o firme propósito de não se contaminar com os manjares e o vinho da mesa real e pediu ao chefe dos eunucos que o dispensasse dessa contaminação. Como o homem se mostrasse receioso, - “tenho medo do rei, meu senhor, que vos destinou a ração de comida e bebida.” (a ele, Daniel, e a seus três outros companheiros Ananias, Misael e Azarias). “Se vos vê mais magros que vossos companheiros (os outros jovens selecionados para o serviço real), arrisco minha cabeça” – Daniel lhe faz a seguinte proposta: durante

Lições de Jesus durante a longa viagem a Jerusalém (VI) dez dias, ele dar-lhes-á apenas legumes e água. Findo esse prazo, ele comparará o aspecto dos quatro com o dos demais e os tratará de acordo com o resultado. Compadecido, o homem aceita a proposta. Ao final dos dez dias, todos quatro tinham melhor aspecto e estavam mais gordos que os demais e assim ficaram livres da tal ração destinada pelo rei, podendo alimentar-se permanentemente só de legumes (Dn 1, 8-16). Em Esdras, (6, 19 – 21), lê-se que, depois de cinquenta anos de exílio na Babilônia, “os repatriados celebraram a Páscoa no dia catorze do primeiro mês. Os levitas se haviam purificado em conjunto; por isso estavam puros. Então imolaram a Páscoa para todos os repatriados, para seus irmãos sacerdotes e para si mesmos. Comeram a Páscoa os israelitas que tinham voltado do exílio e todos os que tinham evitado contaminar-se e se uniram aos israelitas para aderir a Javé, o Deus de Israel.” Mais tarde, chegou-se até a evitar

qualquer contato com estrangeiros. Isto, por serem incircuncisos e, consequentemente, tidos como causadores de impureza. Três exemplos comprobatórios: Em At 10, 25-29, ao entrar na residência de certo pagão de nome Cornélio, capitão da coorte Itálica em Cesaréia, a seu convite, Pedro lhe diz: - “Sabeis que é proibido a qualquer

A mim Deus ensinou que eu não considere profano ou impuro nenhum homem

judeu juntar-se a pessoas de outra raça ou visitá-las. Mas a mim Deus ensinou que eu não considere profano ou impuro nenhum homem. Por isso, quando me chamastes, vim sem resistir.” Mais adiante (At 11, 3), ao subir o mesmo Pedro a Jerusalém, judeus convertidos discutem com ele, recriminando-o por ter entrado em casa de incircuncisos e comer com eles. Enfim, para não me alongar: relata-nos João em seu Evangelho (18,28) que os aprisionadores de Jesus, ao levarem-no a Pilatos, não entraram em seu palácio, para evitar contaminar-se e poderem comer a Páscoa, pelo que ele, apesar de autoridade, quero crer que em respeito às suas leis, saiu de lá e foi até onde eles estavam. Mas, afinal, o que e quem eram impuros para esse povo e em que consistiam, para ele, a pureza e a impureza? É o que veremos na semana vindoura. Shalom!

Santos da semana Diác. Benedito Otávio (artpresent@superig.com.br)

07/03 - Terça-feira Santa Perpétua e Santa Felicidade - Mártires

03/03 - Sexta-feira Santa Catarina Drexel - Fundadora

Perpétua era uma nobre cartaginesa, ou seja, nascida em Cartago, norte da África. Tinha 22 anos, e Felicidade era uma escrava, também jovem. Por serem cristãs, foram aprisionadas devido à perseguição do Imperador Severo. As duas sofreram a prisão juntas, na fé e na solidariedade sem nunca negar a Cristo. Felicidade estava grávida e deu à luz na prisão, pelas graças de Deus, dois dias antes de serem martirizadas. Foram degoladas no dia 07 de março de 203. Perpétua está entre as grandes mártires: Inês, Lúcia e Cecília.

Norte-americana da Filadélfia, que viveu entre 1858 à 1955. Mas não teve uma infância tão cercada de fé como Ângela, perdeu a mãe ao nascer e foi criada pela tia, nos pensamentos de hoje, tudo para dar errado, ter vida sem orientação, engravidar cedo. Mas, Deus quando chama é irresistível para o coração contrito. Teve então grande compaixão para com as crianças indígenas e africanas, filhas de escravos, e fundou a Congregação do Santíssimo Sacramento, com aprovação do papa Leão XIII. João Paulo II em sua canonização em 2000 disse que ela é a luz do farol da esperança, ao amor aos mais carente.

08/03 - Quarta-feira São João de Deus - Religioso

04/03 - Sábado Beata Plácida Viel - Virgem Desde a tenra idade; e um exemplo de vida machucada, mas virtuosa, agora temos um exemplo de uma francesa que veio de uma família grande, simples, e, contrariando os pensamentos modernos, uma família de fé e estudiosa. Não havia confusões entre irmãos. Eram organizados. Formando bons cristãos. No caso de Plácida, ou Eulália, nome de batismo, se encantou com o método de educação dos pobres dos irmãos La Salle e ingressou na Cong. das Escolas Cristãs da Misericórdia. E além do ensino, atuou no orfanato e no hospital da congregação. Faleceu em 1877. 05/03 - 1º Domingo da Quaresma São Teófilo de Cesaréia da Palestina - Bispo O bispo Eusébio de Cesaréia, em sua obra: “História Eclesiástica V”, é quem nos informa a seu respeito. Era a época do papa Vitor I, 189 à 199. E para chegar à data definitiva da comemoração da Ressurreição do Senhor, nossa Páscoa Cristã, foram necessários muitos estudos e sínodos. Um dos responsáveis para que tão importante data não se confundisse com a “Pessach” judaica foi Teófilo. Seu nome vem do grego, que significa: “Amigo de Deus”. Destacou-se pelo amor que demonstrou na defesa das tradições apostólicas. Faleceu na Palestina em 195. É venerado nas igrejas Católicas, Ortodoxa e Oriental.

06/03 - Segunda-feira Beato Guglielmo Girald - Mercedário Traduzido como Guilherme Girald, começou sua vida religiosa no convento de Barcelona. Seu zelo na oração e tarefas do convento chamou a atenção dos superiores, que chamaram-no para a missão em terras distantes como: África, Marrocos e Argélia. Lutou pela libertação de escravos, grande carisma da ordem mercedária, acorrentados pelos muçulmanos desde 453, por isso sua imagem traz nas mãos uma corrente. Após tantas batalhas pela liberdade do próximo, morreu santamente em Barcelona.

Nasceu em Montemor-o-Novo, Portugal, 1495. Saiu de casa aos 8 anos para ser pastor de ovelhas. Mais tarde, alistou-se e participou da conquista de fuenterabia, ocupada pela França. Depois voltou a ser pastor em Oropesa, Sevilha, Ceuta e Granada. Tenta então voltar para casa, ao saber que seus pais morreram volta a partir. Desta vez seu coração clamava por algo que ele não sabia explicar. Ao ouvir os sermões de S. João de Ávila se converteu. Se mortificou e foi visto como louco, até recobrar a consciência e finalmente fazer a vontade de Deus, construindo um hospital em 1539. E os Irmãos Hospitaleiros são hoje conhecidos. 09/03 - Quinta-feira Santa Francisca Romana - Religiosa Francisca nasceu em 1384, de uma nobre família romana cristã. Desde jovem, manifestou a vocação para uma vida de piedade e penitência. Casou-se com um jovem nobre e desta santa união teve seis filhos. Dedicaram seu tempo à caridade aos pobres e necessitados. Quando a Roma de sua época padecia de fome, miséria, doenças e guerras, perdeu três de seus filhos. Após a morte do marido, reuniu algumas de suas amigas, também viúvas, e fundou a Ordem das Irmãs Oblatas Olivetanas de Santa Maria Nova. Morreu, no dia 09 de março de 1440.


belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

3

Especial

2º Caderno em unidade

CF 2017 - “O criador foi pródigo com o Brasil”

Mapa dos Biomas da Campanha da Fraternidade 2017

Vaticano divulgou mensagem do Papa Francisco à campanha no Brasil

O

Vaticano apresentou na Quarta-feira de Cinzas, 1º de março, a mensagem do Papa Francisco sobre a Campanha da Fraternidade 2017, que tem como tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” e o lema “Cultivar e guardar a criação” (Gn 2,15). Conforme o Santo Padre em sua mensagem, “essa Campanha convida a contemplar, admirar, agradecer e

w vgghgg Igghghghghghghghghghghghghghghghghghghghghghgh

respeitar a diversidade natural que se manifesta nos diversos biomas do Brasil – um verdadeiro dom de Deus - através da promoção de relações respeitosas com a vida e a cultura dos povos que neles vivem”. De acordo com o papa Francisco, “este é, precisamente, um dos maiores desafios em todas as partes da terra, até porque as degradações do ambiente são sempre acompanhadas pelas injustiças sociais”.

Leia a mensagem do Papa Francisco dedicada à Campanha da Fraternidade 2017 divulgação

Queridos irmãos e irmãs do Brasil! Desejo me unir a vocês na Campanha da Fraternidade que, neste ano de 2017, tem como tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”, lhes animando a ampliar a consciência de que o desafio global, pelo qual toda a humanidade passa, exige o envolvimento de cada pessoa juntamente com a atuação de cada comunidade local, como aliás enfatizei em diversos pontos na Encíclica Laudato Si’, sobre o cuidado de nossa casa comum. O criador foi pródigo com o Brasil. Concedeu-lhe uma diversidade de biomas que lhe confere extraordinária beleza. Mas, infelizmente, os sinais da agressão à criação e da degradação da natureza também estão presentes. Entre vocês, a Igreja tem sido uma voz profética no respeito e no cuidado com o meio ambiente e com os pobres. Não apenas tem chamado a atenção para os desafios e problemas ecológicos, como tem apontado suas causas e, principalmente, tem apontado caminhos para a sua superação. Entre tantas iniciativas e ações, me apraz recordar que já em 1979, a Campanha da Fraternidade que teve por tema “Por um mundo mais humano” assumiu o lema: “Preserve o que é de todos”. Assim, já naquele ano a CNBB apresentava à sociedade brasileira sua preocupação com as questões ambientais e com o comportamento humano com relação aos dons da criação. O objetivo da Campanha da Fraternidade deste ano, inspirado na passagem do Livro do Gênesis (cf. Gn 2,15), é cuidar da criação, de modo especial dos biomas brasileiros, dons de Deus, e promover relações fraternas com a vida e a cultura dos povos, à luz do Evangelho. Como “não podemos deixar de considerar os efeitos da degradação ambiental, do modelo atual de desenvolvimento e da cultura do descarte sobre a vida das pessoas” (LS, 43), esta Campanha

w sintonia "Desejo me unir a vocês na Campanha da Fraternidade que, neste ano de 2017, tem como tema "Fraternidade: Biomas brasileiros"

convida a contemplar, admirar, agradecer e respeitar a diversidade natural que se manifesta nos diversos biomas do Brasil – um verdadeiro dom de Deus - através da promoção de relações respeitosas com a vida e a cultura dos povos que neles vivem. Este é, precisamente, um dos maiores desafios em todas as partes da terra, até porque as degradações do ambiente são sempre acompanhadas pelas injustiças sociais. Os povos originários de cada bioma ou que tradicionalmente neles vivem nos oferecem um exemplo claro de como a convivência com a criação pode ser respeitosa, portadora de plenitude e misericordiosa. Por isso, é necessário conhecer e aprender com esses povos e suas relações com a natureza. Assim, será possível encontrar um modelo de sustentabilidade que possa ser uma alternativa ao afã desenfreado pelo lucro que exaure os recursos naturais e agride a dignidade dos pobres. Todos os anos, a Campanha da Fraternidade acontece no tempo forte da Quaresma. Tratase de um convite a viver com mais consciência

e determinação a espiritualidade pascal. A comunhão na Páscoa de Jesus Cristo é capaz de suscitar a conversão permanente e integral, que é, ao mesmo tempo, pessoal, comunitária, social e ecológica. Reafirmo, assim, o que recordei por ocasião do Ano santo Extraordinário: a misericórdia exige “restituir dignidade àqueles que dela se viram privados” (Misericordia vultus, 16). Uma pessoa de fé que celebra na Páscoa a vitória da vida sobre a morte, ao tomar consciência da situação de agressão à criação de Deus em cada um dos biomas brasileiros, não poderá ficar indiferente. Desejo a todos uma fecunda caminhada quaresmal e peço a Deus que a Campanha da Fraternidade 2017 atinja seus objetivos. Invocando a companhia e a proteção de Nossa Senhora Aparecida sobre todo o povo brasileiro, particularmente neste Ano mariano, concedo uma especial Bênção Apostólica e peço que não deixem de rezar por mim. Vaticano, 15 de fevereiro de 2017


4

5

belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

Igreja

2º Caderno

representação

Padre Valdir Silveira na Comissão Mundial de Pastoral Carcerária O sacerdote foi escolhido o representante da América Latina durante eleição no Panamá

P

adre Valdir João Silveira, coordenador nacional da Pastoral Carcerária, foi escolhido como representante da Comissão Mundial de Pastoral Penitenciária Católica (ICCPPC) na América Latina na assembleia eletiva, realizada de 7 a 11 de fevereiro, no Panamá. A assembleia da ICCPPC reelegeu padre Brian Gowans, da Escócia, para o cargo de presidente da ICCPPC, para um mandato de quatro anos. O vice-presidente é padre Jorge Garcia Cuerva, da Argentina, até então representante da Comissão na América Latina. Na eleição, os representantes dos países indicaram os nomes daqueles que os representam em âmbito continental. “Indicamos o teu nome pelo testemunho de compromisso que dás, pelo teu poder de articulação, liderança, comunicação, por seres uma autoridade moral no assunto carcerário e porque vives uma situação emblemática. É uma oportunidade de somar forças e matizar o que está acontecendo no Brasil agora”, consta no comunicado e n v i a d o p e l a p re s i d ê n c i a d a ICCPPC ao Padre Valdir.

divulgação

Atual composição da ICCPPC - Realizada a eleição, fica assim composta a atual representação da ICCPPC: Presidente, Pe. Brian Gowans (Escócia); Vice-Presidente, Pe. Jorge Garcia, Cuerva (Argentina); representante da América Latina, Pe. Valdir João Silveira, (Brasil); representante da América do Norte, Diác. Edgardo Farias (Estados Unidos); representante da África, Pe. Peter Kimani Ndungu (Quênia); representante da Ásia, Padre Elie Nasr (Líbano); representante da Europa,

Mr. Martin Schmitz, (Alemanha); representante da Oceania, Pe. Peter Carroll (Austrália). ICCPPC - Com o propósito de que a Igreja em todo o mundo tenha uma maior consciência e sensibilidade para os problemas das pessoas nas prisões, a Comissão Mundial de Pastoral Penitenciária Católica (ICCPPC) estimula a criação e incentiva o crescimento da Pastoral Carcerária nos diversos países, juntamente com a respectiva conferência episcopal em cada nação e com o bispo local, que oferece o apoio necessário. A ICCPPC está vinculada à Congregação para o Clero da Igreja Católica Apostólica Romana, que aprova os nomes dos indicados a presidente e vice-presidente da Comissão e dá respaldo às ações dos representantes continentais. O estatuto da ICCPPC também é aprovado pelo Vaticano. Além disso, por ser uma ONG com “status consultivo especial”, a ICCPPC envia representantes para as Nações Unidas. Há também contatos com outros movimentos e organizações que administram as pessoas nas prisões.

à rádio Vaticana o padre Gianfranco Graziola, vice-coordenador nacional da Pastoral Carcerária. Segundo ele, participar da missa com o Papa Francisco “foi um momento muito intenso, singelo, momento de uma simplicidade muito grande, de uma compenetração muito grande e também de oração por todos que têm de algum modo as vidas atreladas às prisões. Foi um momento em que eu levei um

pouco todos os presos e as presas, todos os agentes que fazem o nosso dia a dia, que entram diariamente nos cárceres”, detalhou. Padre Gianfranco relatou ainda à R á d i o Va t i c a n o c o m o f o i o diálogo com o Papa ao entregar os documentos da Pastoral Carcerária: “Eu disse a ele que o cárcere não redime ninguém e que é uma máquina de morte. Ele respondeu: “Eu estou próximo a vocês, eu rezo e envio a minha bênção”.

w padre Valdir Silveira: "testemunho e compromisso"

Sem desligar-se das atuais funções de coordenador nacional da Pastoral Carcerária, padre Valdir representará a América Latina em reuniões ordinárias e extraordinárias da ICCPPC pelos próximos quatro anos. Padre Valdir afirma que sua principal meta na nova função é “levar a Pastoral Carcerária da América do Sul a ter uma posição mais profética diante do desafio prisional e assumir as urgentes pautas para combater o grande encarceramento vigente”.

Papa Francisco recebe relatório da realidade prisional no Brasil C i d a d e d o Va t i c a n o - O Papa Francisco recebeu da Pastoral Carcerária Nacional no dia 24 de fevereiro um relatório sobre a condição das prisões brasileiras, casos praticados de torturas e a proposta para um mundo sem prisões. O vice-coordenador da Pastoral Carcerária Nacional, padre Gianfranco Graziola, concelebrou a missa com o Papa na capela da Casa Santa Marta. Após a celebração, Pe . G i a n f r a n c o e n t r e g o u a o Pontífice a Agenda Nacional pelo Desencarceramento, o Relatório

sobre os 102 casos de tortura, dados da realidade carcerária e a mensagem que a Pastoral divulgou sobre as chacinas em Roraima, Amazonas e Rio Grande do Norte. “Entreguei a ele uma série de documentos: a Agenda Nacional pelo Desencarceramento, outros documentos, como as posições que nós tomamos, notas que fizemos como Pastoral (especialmente sobre as recentes chacinas em Roraima, Amazonas e Rio Grande do Norte), e também nosso recente relatório sobre torturas nas prisões”, detalhou

Compêndio do Catecismo da Igreja Católica O Jornal Voz de Nazaré continua as reflexões iniciadas em 2013, Ano da Fé, com a publicação do Compêndio do Catecismo da Igreja Católica. De maneira concisa, a publicação apresenta, numa visão de conjunto, todo o panorama da fé católica, com seus elementos fundamentais.

III Parte (A Vida em Cristo) CAPÍTULO SEGUNDO “Amarás o teu próximo como a ti mesmo” O QUARTO MANDAMENTO: HONRAR TEU PAI E TUA MÃE

455

456

Ordena honrar e respeitar os nossos pais e aqueles que Deus, para o nosso bem, revestiu da sua autoridade. 21962200 2247-2248

Um homem e uma mulher unidos em matrimônio formam juntamente com seus filhos uma família. Deus instituiu a família e dotou-a da sua constituição fundamental. 0 matrimônio e a família são ordenados para o bem dos esposos, para a procriação e para

. O que ordena o quarto mandamento?

. Qual é a natureza da família no plano de Deus? a educação dos filhos. Entre os membros de uma mesma família estabelecem-se relações pessoais e responsabilidades primárias. Em Cristo, a família se torna igreja doméstica, porque é comunidade de fé, de esperança e de amor. 2201-2205 2249


belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

5

Arquidiocese

2º Caderno

ARQUIDIOCESE DE BELÉM MINISTÉRIO DA CARIDADE COMISSÃO JUSTIÇA E PAZ

CARTA ABERTA À POPULAÇÃO

Em defesa da vida e da dignidade humana

R

ecentemente a sociedade foi sacudida pelo assassinato de policiais que provocou, com claro motivo de retaliação por parte de grupos de extermínio, a execução de dezenas de supostos bandidos. Profunda tristeza, dor e indignação invadem o coração toda vez que vidas são ceifadas pela violência que infelizmente m a rc a o n o s s o q u o t i d i a n o ! Entretanto, o discurso “bandido bom é bandido morto” tem se tornado tão freqüente ao ponto de, lamentavelmente, já fazer parte do imaginário popular! Estamos voltando ao tempo do “olho por olho, dente por dente”. O que infelizmente vivemos hoje pode ser traduzido para a máxima: “uma vida por uma vida!”, ou, pior ainda, “muitas vidas por uma vida”! A perda do valor desse dom fundamental, dado por Deus, traz de volta a barbárie a entranhar-se nas relações de uma sociedade doente! Não se exigem, com igual indignação, de um Estado omisso, políticas sociais inclusivas e universais, educação de qualidade, centros esportivos para juventude e praças nas periferias, que poderiam abrir novas perspectivas a gerações inteiras de crianças e jovens! Hoje e no futuro! Demonizam-se os “direitos humanos” porque “defendem bandido”, quando, na verdade, primam pela defesa da vida e da dignidade humana, sempre que vitimadas pela injustiça e pelo abuso do poder, da força e do dinheiro. P re c i s a m o s re d e s c o b r i r e reafirmar a força transformadora de Jesus com seu Evangelho! Vividos no anúncio e testemunho de um mundo novo! P re c i s a m o s re d e s c o b r i r e reafirmar as forças, também transformadoras, que, pautadas no Cristianismo ou em outras religiões ou humanismos, sonham por um mundo de Justiça, Paz e Harmonia

divulgação

w dom alberto Esperança na força transformadora de Jesus luiz estumano

w PE. bRUNO Sechi lê a carta. "Reafirmar forças por justiça e paz!"

universal. Forças que hoje mais do que nunca precisam assumir conjuntamente o desafio de ser uma voz diferente, se contrapondo à predominância de uma visão distorcida dos rumos a serem

YOUCAT

trilhados. O desafio é gigantesco. E é de todos. Construção de escolas e saneamento básico, em contraposição à construção de mais presídios. E se temos presídios, que eles sejam de

humanização e resgate da dignidade perdida, em contraposição aos presídios-depósitos, cheios de seres brutalizados. Estímulo e expansão das políticas de penas alternativas com benefício para a comunidade, como contraponto a uma política centrada quase que exclusivamente no aprisionamento. Rigoroso combate à impunidade em todas as dimensões, marcado pela competência e trabalho de inteligência no sistema de segurança pública. Integração entre as polícias, militar e judiciária, na superação de todo tipo de competição e corporativismo. Combate efetivo aos grupos de extermínio, justiceiros fardados ou não, que teimam em decidir quem vive ou quem morre nas periferias das cidades. Agilidade nos processos judiciais, diminuindo decididamente o índice alarmante de prisões provisórias no sistema penitenciário. Precisam os ser pautados pelo conceito de punição pedagógica, eliminando de vez o rastro da vingança ou do mero castigo. E, finalmente, orçamento público que demonstre de fato o quanto as políticas sociais estejam sendo privilegiadas. O s d ra m a s c o m p l e xo s d a sociedade exigem, pelas mulheres e homens de boa vontade, religiosos ou não, compromisso concreto de participação, pensamento crítico, interesse coletivo e discussões pautadas no diálogo e no respeito. P re c i s a m o s f a l a r e o u v i r. Fazer com que a voz dos que têm menos oportunidades possa ser escutada, para, finalmente, incorporarmos e vivermos na plenitude a Cultura da Paz. Belém, fevereiro de 2017 Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de Belém.

TERCEIRA PARTE

A VIDA EM CRISTO PRIMEIRO CAPÍTULO

A dignidade do ser humano

280- Como fundamentam os cristãos a dignidade humana?

O

Jornal Voz de Nazaré segue os estudos sobre o YOUCAT - Catecismo da Igreja Católica escrito para JOVENS que querem saber em que acreditam. Este projeto iniciou-se por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, Rio, 2013.

Cada ser humano tem, desde o primeiro instante, no seio materno, uma dignidade intocável, porque desde toda a eternidade Deus o desejou, amou, criou, remiu e destinou para a eterna felicidade e salvação. [1699-1715]

Se a importância de um ser humano proviesse apenas dos seus sucessos e prestações que ele individualmente

realiza, não teriam qualquer importância, os que são fracos, doentes e débeis. Os cristãos crêem que a importância do ser humano provém, primeiramente, da importância de Deus. Ele repara em cada pessoa e amaa como se fosse a única criatura do mundo. Porque Deus tem o Seu olhar sobre o menor dos seres humanos, este possui uma dignidade infinita que não pode ser destruída por ninguém. 5655

gh

g

gh


6

5

belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

Retiros com Cristo 2017

2º Caderno

fotos: luiz estumano

w adoração Momento sublime durante os retiros espirituais

w emoção marcou os diversos encontros dos fiéis nos retiros

povo de deus em oração

Famílias aproveitam os retiro Cristo na Região Metropolita

w louvor, constante demonstração de fé observada nos encontros das comunidades

w apresentações fizeram parte das di

Durante quatro dias foram várias programações realizadas

E

nquanto muitos optam por balneários, municípios e até mesmo outros estados durante o período do Carnaval, outros decidem permanecer na capital paraense e participar dos “Retiros com Cristo” buscando se aproximar de Deus e aprofundar sua espiritualidade. Programações que envolvem meditação da Palavra, pregações, louvor e muita música foram realizadas durante quatro dias nas regiões episcopais da Arquidiocese de Belém. Os retiros tiveram início no dia 25 de fevereiro e, tanto em Belém como em outras paróquias situadas na Região Metropolitana de Belém, os retiros registraram a grande presença dos fiéis. Famílias permaneceram juntas neste que foi um encontro pessoal com Cristo. Para Josué Feitosa, 38 anos, que estava presente com a esposa Fancineti Cardoso, 28 anos, e o pequeno Heitor Joaquim, de dois anos, a família se fortalece ainda mais participando de atividades como as proporcionadas nos retiros. “Já participamos há alguns anos desses retiros, sempre juntos. Os temas escolhidos sempre estão em sintonia do que necessitamos daquele momento.

w Mãos elevadas e no coração a gratidão por tão importante graça: a de estar perto de Deus

A programação ampla atinge todas as idades, do pequeno até o mais adulto, são verdadeiros momentos de evangelização e partilha. E como há tranquilidade, trago minha família sem preocupação”, acentuou José. Mesmo com mais idade, os idosos não buscaram desculpas e não perderam a oportunidade de participar também dos retiros. Segundo a aposentada, Regina Souza, de 69 anos, paroquiana de Nossa Senhora do Livramento, em

Icoaraci, a oportunidade de louvar a Deus não deve ser desperdiçada. “Eu me sinto mais jovem em estar aqui cantando, dançando e orando. Todos os anos eu procuro participar de alguma atividade de retiro. Sempre trago também outras pessoas para conhecer este momento com Cristo e poderem viver um pouco disso”, afirmou a aposentada. Em quatro dias, ela não deixa se abater pelo cansaço. “Chego bem cedo para não

perder nenhum momento e só saio no final mesmo. Chego em casa me sentindo ótima”. O Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa e seu Auxiliar também estiveram nos retiros. O Arcebispo e Dom Irineu presidiram missas em alguns dos encontros, entre eles o “Renovai-vos”, “Vinde e Alegrai-vos”, “Cristo Alegria”, “Encheivos”, “Vinde e vede”, “CarnaJostc”, “Renascer” e “Rebanhão”.


belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

2º Caderno

7

Retiros com Cristo 2017

w alegria acompanhou os participantes nas programações

w alegria de Cristo sob a intercessão da Mãe Maria

os com ana de Belém w disponilibildade para ouvir o que Deus tem para cada um

inâmicas para animar os particpantes nos locais dos eventos w histórico encontro divino merececu o registro fotográfico

w concentração contribuiu para a escuta da mensagem nas pregações

w contagiante efeito: salão lotado para rezar e agradecer

w união fortalecida pela oração em conjunto, especial ocasião

w intercessão Felicidade em cuidar e doar-se pelo outro


8

5

belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

Igreja

2º Caderno Servindo à Verdade Prof. Ricardino Lassadier

O

lá, meu irmão e minha irmã. Existe em toda pessoa humana um desejo de infinitude que criatura nenhuma pode saciar. Essa abertura ao infinito manifesta-se mediante uma ânsia espiritual. Não é por acaso que cresce o “mercado” de ocultismo, de autoajuda, de Nova Era. Tudo isso configura o que, de modo bem geral, poderíamos reconhecer como espiritualidade. A espiritualidade deve ser cultivada, exercitada. Por isso a Igreja exorta-nos a, ao menos uma vez ao ano, realizarmos um retiro, de modo a descansar o corpo e exercitar a alma. É por isso que os religiosos, padres e diáconos dedicam alguns dias do ano para realizar retiro espiritual. Também muitos leigos ligados a algum Movimento ou Nova Comunidade realizam um tempo de retiro. Por outro lado, muitos católicos, que por motivos diversos não fazem um retiro espiritual. A correria da vida cotidiana praticamente nos afoga e isso pode resultar em raquitismo espiritual, pode resultar em perda de meta, de foco acerca daquilo que é mais essencial e que dá sentido à existência: Deus. Sem Ele, tudo se torna nada, a vida se torna morte. Sem Deus, crise de qualquer natureza faz-nos perder o caminho, cometer idolatrias, promover rixas e infidelidades. Faz poucos dias iniciamos a Quaresma recebendo as cinzas que são um sinal de compromisso espiritual. Não é, como pensa muita gente, um modo de “apagar os pecados” cometidos no carnaval. Quando a pessoa recebe as cinzas, ela está simbolicamente dizendo: eu me comprometo a fazer penitência para viver de acordo com a vontade de Deus. Em outras palavras, com a

Retiro

divulgação

w também jesus viveu uma quaresma, retira-se paro o deserto antes de iniciar sua vida pública

Quaresma entramos num período de retiro espiritual que culmina com a Páscoa. A Quaresma é o grande retiro, que todo católico é chamado a, dedicando-se à oração mais intensa, ao jejum, à esmola. No período quaresmal, devemos meditar sobre o que em nós nos afasta de maior intimidade com Deus. Posso testemunhar que o “Retiro Popular” de Dom Alberto Taveira é um instrumento valioso que pode nos ajudar muito. A palavra “Quaresma” quer significar 40 (neste caso quarenta dias). A Igreja, que é o novo Israel, sabe que o número 40 é muito significativo na tradição de Israel e na Bíblia. O número 40 normalmente indica

um tempo especial: por vezes de purificação e preparação. Já no A.T. o povo de Israel passou por algumas “quaresmas”: No tempo de Noé o mundo estava afundado no pecado e Deus mandou um dilúvio que durou 40 dias (Gn 7,17). Moisés recebeu de Deus as Tábuas da Lei, porém precedido de um tempo de preparação (Ex 34,27-28). Depois de serem libertados da escravidão, os israelitas pecaram gravemente. Então, Deus viu que essas pessoas que Ele havia salvo da escravidão não estavam preparadas para entrar na Terra Prometida. O Senhor determinou que eles passassem 40 anos no deserto, até que nascesse outra geração que fosse

temente a Deus e estivesse pronta para entrar na Terra Prometida (Nm 14,34). O profeta Elias, que estava correndo o risco de ser assassinado, caminha no deserto durante quarenta dias até encontrar Deus e ser salvo (1Rs 19,8). Também Jesus viveu uma quaresma quando se fez batizar por João e depois, conduzido pelo Espírito Santo, retira-se paro o deserto antes de iniciar sua vida pública (Mt 4, 111/ Mc 1, 19-12/ Lc 4, 1-13). A Igreja, em seus primórdios, viveu uma quaresma conduzida pelo próprio Ressuscitado em preparação à vinda do Paráclito (At 1,3). A missão da Igreja é continuar a missão de Jesus. Por isso ela, todos os anos, nos presenteia com a Quaresma. Tenha uma boa Quaresma. Sigamos em frente buscando pensar com a Igreja no serviço da Verdade. Fique com Nossa Senhora e São José.

Palavra de vida Chiara Lubich Palavra de Vida - Março de 2017 “Reconciliai-vos com Deus.” (2Cor 5,20)

Em muitos lugares do planeta ocorrem guerras sangrentas, que parecem intermináveis, atingindo as famílias, os grupos étnicos e os povos. Glória, de vinte anos, conta: “Recebemos a notícia de que um povoado tinha sido incendiado e muitas pessoas tinham ficado sem nada. Com os meus amigos comecei uma campanha para juntar coisas úteis: colchões, roupas, mantimentos. Partimos para lá e depois de oito horas de viagem encontramos as pessoas na maior desolação. Escutamos as suas histórias, enxugamos lágrimas, abraçamos, confortamos… Uma família nos confiou: “Eles queimaram a nossa casa onde estávamos com a nossa filhinha; tivemos a sensação de morrer com ela. Agora, no amor de vocês, encontramos a força para perdoar os homens que provocaram isso!”. Também o apóstolo Paulo fez uma experiência: justamente ele, o perseguidor dos cristãos1, encontrou o seu caminho de um modo totalmente inesperado: deparou

com o amor gratuito de Deus que depois o enviou como embaixador de reconciliação em seu nome2. Tornou-se assim testemunha apaixonada e confiável do mistério de Jesus morto e ressuscitado, esse Jesus que reconciliou consigo o mundo para que todos pudessem conhecer e experimentar a vida de comunhão com Ele e com os irmãos.3 E por meio de Paulo a mensagem do Evangelho atingiu e fascinou até mesmo os pagãos, considerados os mais distanciados da salvação: reconciliai-vos com Deus! Apesar dos erros que nos desencorajam ou das falsas certezas que nos iludem, convencendo-nos de que não precisamos disso, também nós podemos permitir que a misericórdia de Deus –que é um excesso de amor!–cure o nosso coração e nos torne finalmente livres para partilhar esse tesouro com os outros. Assim nós poderemos dar a nossa contribuição ao projeto de paz que Deus tem para com a humanidade inteira e toda a criação e que supera as contradições da história, como sugere Chiara Lubich em um escrito seu: “(…) Com a morte de seu Filho na cruz, Deus nos deu a prova suprema

de seu amor. Por meio da cruz de Cristo, Ele nos reconciliou consigo. Essa verdade fundamental da nossa fé conserva ainda hoje toda a sua atualidade. É a revelação que toda a humanidade espera: Deus está próximo de todos com o seu amor e ama apaixonadamente a cada um. O nosso mundo tem necessidade desse anúncio, mas só poderemos fazê-lo se antes o anunciarmos e voltarmos a anunciá-lo a nós mesmos, até nos sentirmos envolvidos por esse amor, mesmo quando tudo nos poderia levar a pensar o contrário. (…) Todo

Assim nós poderemos dar a nossa contribuição ao projeto de paz que Deus tem para com a humanidade inteira

o nosso comportamento deveria dar credibilidade a essa verdade que anunciamos. Jesus disse claramente que, antes de levarmos a nossa oferta ao altar, deveríamos nos reconciliar com nosso irmão ou irmã, se eles tiverem algo contra nós (cf. Mt 5,2324). (…) Amemo-nos como Ele nos amou, sem nos fecharmos, sem alimentarmos preconceitos, estando dispostos a reconhecer e a apreciar os valores positivos do nosso próximo, prontos a dar a vida uns pelos outros. Este é o mandamento por excelência de Jesus, o distintivo dos cristãos, tão válido hoje quanto nos tempos dos primeiros seguidores de Cristo. Viver esta Palavra significa nos tornarmos reconciliadores”.4 Se vivermos dessa forma, nossos dias serão enriquecidos por gestos de amizade e reconciliação na nossa família e entre as famílias, na nossa Igreja e entre as Igrejas, em todas as comunidades civis e religiosas das quais fazemos parte. Letizia Magri 1 Cf. At 22,4ss. 2 Cf. 2Cor 5,20. 3 Cf. Ef 2,13s 4 Cf. versão integral em Cidade Nova, janeiro de 1997.


belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

9

Em Nazaré

2º Caderno

fotos: divulgação

socialização

Projeto de assistência social promove baile para idosos

Fomentar a expressão individual e coletiva

U

ma oportunidade de confraternização foi a realização do baile para idosos e seus familiares no Centro Social de Nazaré no dia 23. Com o título “Idosos na folia, abençoados por Jesus e Maria!”, o evento teve o objetivo de fomentar a expressão individual e coletiva que a dança proporciona, bem como o relaxamento, a socialização, a felicidade e a descontração. Foi a primeira iniciativa nesse sentido, organizada pelo serviço de Assistência Social da Basílica Santuário de Nazaré.

Marília Amorim, Assistente Social da Basílica Santuário, junto com Conceição Rodrigues, afirma que o projeto é uma forma de resgatar a autoestima e alegria dos idosos: “Esse projeto foi pensado principalmente para resgatar a autoestima e alegria na vida dos idosos. Essa atividade é parte do Planejamento das Ações na área da Assistência Social, coordenadas e executadas pelo setor de Serviço Social da OSPAN. Para a realização das nossas ações contamos com o apoio da Administração, através da

w o grupo de idosos realiza anualmente diversas atividades

Sra. Filomena Paz, e da equipe do Centro Social de Nazaré, através do Sr. Ronaldo”, explicou Marília. Fundado em 27 de setembro de 2017, o Grupo de Idosos da Basílica Santuário de Nazaré reúne-se às terças e quintas-feiras, de 15h às 16h30. Ele utiliza a metodologia de grupo de convivência, cujo objetivo principal é fortalecer os vínculos familiares, a autoestima

e o pertencimento social através de atividades socioeducativas, lúdicas e recreativas. Tem como público alvo idosos em situação de vulnerabilidade social e procura resgatar-lhes a valorização também no contexto familiar. O grupo é composto por 30 idosos que realizam as atividades de forma planejada e continuada durante o ano todo.

ECC da Basílica Santuário realiza encontro em maio No dia 23 de fevereiro aconteceu na Comunidade Santo Antônio Maria Zaccaria, que pertence à Paróquia de Nazaré, em Belém, a reunião mensal do Encontro de Casais com Cristo (ECC) do Santuário. Durante o evento, Fátima Fonseca, representante da Cúria Metropolitana, palestrou sobre a Campanha da Fraternidade deste ano. Na oportunidade foi lançado o tema do 74° encontro de Casais com Cristo da Basílica Santuário, a acontecer nos dias 26, 27 e 28 de maio. Com o tema “Maria, estrela de evangelização dos casais”, o encontro

evangelizará sobre o matrimônio em Cristo e também remete ao Ano Mariano, no qual a igreja católica celebra os 300 anos do achado, no rio Paraíba do Sul, da imagem milagrosa de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. O ECC é um serviço da Igreja, que tem como objetivo a evangelização das famílias, contribuindo para que elas se constituam em igrejas domésticas, formadoras de pessoas, educadoras na fé e promotoras do desenvolvimento humano. As fichas de inscrição serão distribuídas, a seu tempo, nas comunidades.

Guarda Mirim prorroga inscrições O Movimento da Guarda Mirim de Nazaré prorrogou o período de inscrição para novos integrantes. O grupo tem como missão proporcionar a crianças e adolescentes os ensinamentos da Igreja. O coordenador da Guarda Mirim de Nazaré, Fábio Santos, explicou que a principal missão do movimento é instruir as crianças: “É uma missão, acima de tudo, de evangelização. Entra uma criança e sai um jovem, com formação

e postura cristãs. Além disso, fazemos também a apresentação dos atos litúrgicos, dos objetos e dos paramentos”. O Movimento da Guarda Mirim existe há mais de 10 anos na Basílica Santuário, formado por jovens na faixa etária de 7 a 17 anos. As inscrições para a Guarda Mirim ainda poderão ser realizadas nos dias 4 e 18 de março, no Centro Social de Nazaré. Para realizar o cadastro, basta levar duas fotos 3x4 da criança

w o evento aconteceu na Comunidade Santo Antônio Maria Zaccaria

Pastur prepara-se para o lançamento da CF 2017 A Campanha da Fraternidade 2017 será lançada dia 4. Para esse dia a Arquidiocese de Belém está preparando uma programação especial que ocorrerá na ilha de Cotijuba, em Belém. Para levar o fiel a vivenciar o evento de evangelização e fé, a Pastoral do Turismo da Basílica Santuário de Nazaré (Pastur) está organizando um passeio fluvial cheio de animação, louvor, emoção e oração. O passeio será a bordo do barco Tribo dos Kayapós e, segundo a coordenadora do projeto, Janes Cleia, será uma forma de aproximar o fiel dos eventos da

Igreja: “Nossa missão é evangelizar, é levar as pessoas para mais perto desse lindo evento, com segurança, conforto e preparação espiritual”. O barco sairá às 7h do terminal fluvial da Estação das Docas, porto da Vale-Verde. Para participar, é necessário adquirir ingresso que dará direito a um kit de café da manhã e possibilitará, durante o trajeto, momentos de louvor e adoração. Os ingressos estão disponíveis no Espaço Memória de Nazaré, de 9h às 12h e das 14h às 18h. Mais informações: (91) 98043-2692/ pasturbasilicadenazare@gmail.com

Barnabitas realizam encontro em Varsóvia Começou segunda-feira, 20, em Varsóvia, na Polônia, o encontro anual de todos os Provinciais e Reitores de colégios da Ordem dos Clérigos Regulares de São Paulo Barnabitas. O evento conta com a presença de 30 representantes dos continentes onde os Barnabitas trabalham. Do Brasil participam os Superiores das duas Províncias, Pe. Paulo de Tarso Rodrigues

e Pe. José Ramos Mercês. Na programação, os 30 representantes da Ordem visitaram o Santuário da Divina Misericórdia, em Cracóvia e celebraram a Santa Missa no Santuário antigo, onde é venerado o corpo de Santa Faustina. O evento tem como tema “Passos para a reestruturação da Ordem no atual contexto mundial”. O encontro encerrou-se sábado, 25 de fevereiro.


10

belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

Arquidiocese

2º Caderno

quaresma

Papa presidiu celebração da Quarta-feira de Cinzas no Aventino Em todo o mundo, a Igreja observou a celebração tradicional para as comunidades

C

idade do Vaticano (RV) – O Papa Francisco celebrou no Aventino dia 1º de março, a tradicional celebração da Quarta-feira de Cinzas, informou a Sala de Imprensa da Santa Sé. A Liturgia própria para a ocasião teve início às 16h30min na Igreja de Santo Anselmo, seguida pela procissão até a Basílica de Santa Sabina na presença do Papa, cardeais, arcebispos, bispos, monges beneditinos de Santo Anselmo, os Padres dominicanos de Santa Sabina e alguns fiéis. Ao final da procissão, na Basílica de Santa Sabina, teve lugar a celebração da Santa Missa com o rito da bênção e da imposição das cinzas. Também o Papa recebeu as cinzas, como um simples fiel. Em 2016, no âmbito do Jubileu da Misericórdia, Fra n c i s c o p re s i d i u a celebração de início da Quaresma na Basílica de São Pedro, durante a qual enviou os missionários da misericórdia com a missão de pregar e confessar. B E L É M N a Arquidiocese de Belém houve missas ao longo do dia nas comunidades paroquiais a fim de oportunizar ao povo de Deus tomar parte na celebração, cujo rito litúrgico inclui o gesto da imposição das cinzas. Pela manhã e à noite, houve missas na Basílica Santuário de Nazaré. O Bispo Auxiliar de Belém, Dom Irineu Roman, presidiu pela manhã a celebração da Quarta-feira de Cinzas com a equipe da Pastoral das Ilhas,

luiz estumano

w cinzas - Na Fundação Nazaré, côn. Sebastião Fialho, presidiu a celebração divulgação

w fRANCISCO recebeu as cinzas como um simples fiel, durante o rito da Santa Missa

na área do Baixo Acará e à noite ele celebrou missa em comunidade da Paróquia Mãe da Divina Providência, em Belém. O A r c e b i s p o

Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, presidiu a celebração da Quarta-feira de Cinzas, na Catedral Metropolitana de Belém, às 19h.

Naquela ocasião, o Arcebispo convidou a todos a "vivermos juntos essa caminhada que iniciamos hoje, no início da Quaresma, buscando sempre as forças

de Nosso Senhor, para alcançamos a conversão dos nosso pecados, nos esforçarmos nessa trajetória para sermos cada dia melhores, olhando primeiro para o que precisamos melhorar em nós. Aproveitar a oportunidade para viver a prática do perdão, de viver mais a caridade, de irmos ao encontro de nossos irmãos que tanto precisam de Nosso Senhor, como nós também", e insistiu: "Vamos juntos buscar essa conversão!". Dom Alberto desejou a todos "uma abençoada Quaresma". QUARESMA - Quartafeira, 1º, iniciou-se o Tempo Litúrgico da Quaresma. Pe r í o d o d e c o n ve r s ã o , penitência, reflexão. A Igreja convida e prepara os cristãos para a grande festa da Ressurreição de Jesus Cristo: a Páscoa. São 40 dias de doação, arrependimento, transformação pessoal e espiritual, período em que os fiéis se propõem a mudar de vida, a viver junto a Jesus e seguir a Palavra de Deus. D e a c o r d o c o m o Catecismo da Igreja Católica (CIC), o homem recebe a n ova v i d a d e C r i s t o . “Estamos ainda em nossa morada terrestre, sujeitos ao sofrimento, à doença e à morte. Esta nova vida de filhos de Deus pode tornar-se debilitada e até perdida pelo pecado”, (CIC, 1420). Por isso, Jesus Cristo, como médico das almas, propõe a mudança. A partir da Igreja, Ele quis levar as obras de cura e salvação.

Ibem promove formação para missionários e ministros

N

os dias 11 e 12 de março a coordenação de Pastoral da Arquidiocese, por meio do Projeto Igreja de Belém em Missão (Ibem), promove formação para ministros da Palavra e leigos missionários das áreas missionárias de Belém e região metropolitana. A formação objetiva instruir colaboradores para auxiliar os presbíteros em celebrações dominicais e semanais nas comunidades e setores missionários das paróquias da Arquidiocese de Belém. Iniciada no ano passado, a formação permanente é realizada sempre duas vezes ao ano, sendo esta a primeira deste ano. As próximas estão previstas para o segundo semestre, durante o mês de setembro. A formação integrada é destinada aos ministros da Palavra enviados no ano passado e aos leigos missionários do Projeto Arquidiocesano Igreja de Belém em Missão que desempenham atividades nas paróquias e comunidades das áreas missionárias. A formação bíblica tem como

luiz estumano

w Monsenhor Raimundo Possidônio, vigário geral para a Pastoral

base o Evangelho do Ano, este ano Mateus. O estudo será conduzido pelo Padre Luiz Anzalone. O estudo é um aprofundamento, voltado, sobretudo, para os ministros da Palavra que atuam diretamente nas

comunidades durante a liturgia da Palavra, devido à falta da celebração eucarística presidida pela padre responsável pela comunidade. O vigário geral para a Pastoral, Monsenhor Raimundo Possidônio

da Mata (Cid), destaca a importância dos ministros da Palavra: “Aqueles que não têm acesso à missa, tem acesso à Palavra. É de fundamental importância que o ministro da Palavra seja essa ponte, que faz com que o católico não fique sem a escuta, sem a reflexão da Palavra, no dia de domingo. É missão da paróquia ir ao encontro dessas pessoas e o ministro da Palavra seria essa pessoa, a figura mais próxima para isso. Consideramos importante a manutenção, a criação e a multiplicação desses ministros.” Cerca de 200 missionários são aguardados a cada dia de formação. Cada um dos participantes receberá material para dar suporte à formação. No sábado, 11, ela será para os da área missionária Belém, das 14 às 19h, e no domingo, 12, da área missionária metropolitana, das 8h às 13h. Constam da programação abertura, apresentação, acolhimento das pessoas e, ponto forte, a formação.


belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

Arquidiocese

2º Caderno jornada vocacional

Despertar da vocação se faz necessário Jornada Vocacional acontece no próximo dia 12

N

o próximo dia 12 a Arquidiocese de Belém realiza no Centro de Cultura e Formação Cristã (CCFC), na BR-316, no Complexo do Seminário São Pio X, a sua programação repleta de atividades voltadas para a animação vocacional. A Jornada Vocacional, que já acontece há alguns anos na arquidiocese, tem sido um grande incentivador de novas vocações para a Igreja. A palavra vocação tem sua origem no verbo latino vocare, que significa chamar. Dessa forma, é possível compreender que as vocações são o chamado de Deus para a vida de cada um, uma escolha pessoal que vem de Deus. É preciso despertar para a importância do chamado e assim ter a consciência do

papel e do compromisso com a Igreja e a sociedade. Segundo o Papa Francisco, esse chamado a servir à Igreja e aos irmãos é um antídoto contra a indiferença e o individualismo sustentados pela sociedade, pois a vocação exige que saiamos de nós mesmos, colocando nossa existência a serviço de Deus. “Ninguém é chamado exclusivamente para uma determinada região, nem para um grupo ou movimento eclesial, mas para a Igreja e para o mundo.” O Santo Padre exortou ainda, em sua mensagem para 54ª Dia Mundial de Oração pelas Vocações que se celebrará em 7 de maio, no Quarto Domingo da Páscoa, que os cristãos devem seguir o exemplo de Maria, modelo de servidão e prontidão. “Maria Santíssima, Mãe do nosso Salvador, teve a coragem de abraçar este sonho de Deus, pondo a sua juventude e o seu entusiasmo nas mãos d’Ele. Que a sua intercessão nos obtenha a mesma abertura de coração,

a prontidão em dizer o nosso «Eis-me aqui» à chamada do Senhor e a alegria de nos pormos a caminho, a seu exemplo (cf. Lc 1, 39), para anunciá-lo ao mundo inteiro”, disse o papa. Jornada Vocacional - Eis me aqui

Este ano celebramos, no Brasil inteiro, o Ano Jubilar Mariano. O sim incondicional de Maria a Deus norteará aJornada Vocacional, organizada na Arquidiocese pelo Serviço de Animação Vocacional (Sav), com o tema “Eis me aqui” e o lema “Faça-se em mim segundo tua Palavra” (Lc 1, 38). “Maria aceitou a missão de bom grado. Ela é modelo de prontidão e a vocação é servir sem pensar nas consequências. Deus é quem conceder o dom a cada um e lhe dá as ferramentas e forças para esta vocação”, destacou Padre Lindomar Pinheiro, coordenador do evento. Dessa forma sentiuse chamada a aspirante Maria Carolina, 22 anos, da Congregação Angélicas de São Paulo, e que no momento está na primeira etapa de formação. Para ela, eventos como a jornada são de grande importância para o despertar vocacional, principalmente entre a juventude. “São muitos os jovens que assim como eu aos 18 anos, tinham uma caminhada, mas não sabiam exatamente o que fazer mais à frente. Foi então que soube de um evento

semelhante à jornada que me fez conhecer as vocações sacerdotais, leigas, religiosas e matrimoniais. Então conheci as irmãs e me senti chamada a fazer a vontade de Deus. Deve haver mais um incentivo para os jovens e divulgação para esses importantes eventos”. Programação

A Arquidiocese de Belém convida a comunidade para o evento que contará com vasta programação, iniciando às 8h e se estendendo até às 17h. Acolhida e animação marcarão

Retiro do clero arquidiocesano No Centro de Espiritualidade da Arquidiocese de Belém, Monte Tabor, localizado no distrito de Icoaraci, de 6 a 9 acontece o retiro do clero arquidiocesano para a segunda turma de presbíteros, com a presença dos bispos de Belém. O retiro, cujo pregador será o arcebispo emérito da Arquidiocese de São Paulo (SP), Cardeal Dom Cláudio Humme, possibilitará aos presbíteros participantes momentos de meditação, oração e aprofundamento pessoal. Previsto no calendário oficial da Arquidiocese de Belé, o Retiro Anual do Clero este ano foi estruturado em duas etapas, a primeira das quais realizada de 13 e 16 de fevereiro, igualmente no

11

Tabor, com a presença de cerca de 60 presbíteros, parte do clero da Diocese de Ponta de Pedras, do arquipélago do Marajó e de seu bispo titular, bem como de ambos os Bispos de Belém e a pregação do Cardeal Dom Cláudio Hummes. A programação da segunda etapa do retiro, como a da primeira, inclui, além dos momentos fortes da pregação, momentos de deserto, momento mariano, meditação, oração, adoração ao santíssimo sacramento, santas missas e confissões. Além dos sacerdotes da Arquidiocese de Belém estarão em retiro os padres da Prelazia do Marajó, assim como o bispo da Prelazia do Marajó, Dom Evaristo Pascoal Spengler e Dom José Luiz Azcona Hermoso,

a recepção aos participantes. Às 8h30, a oração inicial e um momento mariano com auxílio do teatro e, às 9h, Adoração ao Santíssimo Sacramento. Após o intervalo, às 10h30, palestra sobre o tema, às 11h30 Santa Missa e, às 12h30, almoço. À tarde, sorteio de brindes e, às 14h, retomada da palestra sobre o tema da jornada. Às 15h30, intervalo, com animação e lanche. Às 16h15, apresentação teatral,mini show às 16h45 e, às 17h, encerramento da jornada. fotos: divulgação

w monte Tabor, Centro de Espiritualidade da Arquidiocese de Belém, local do retiro

Bispo Emérito Prelado do Marajó. O Arcebispo Emérito de São Paulo (SP), C a rd e a l D o m C l a ú d i o Hummes, recebeu o convite de Dom Alberto Taveira Corrêa, para ser o pregador de ambas as etapas, antes mesmo de ser nomeado como Legado Pontifício no XVII Congresso Eucarístico Nacional (CEN2016).

Para o responsável pela organização do retiro, Padre Roberto Cavalli Junior, o retiro é um momento de renovação para a caminhada de Igreja: “O retiro é de muita importância para a vida cristã, de maneira especial para os presbíteros, pois é um momento d e re n ova ç ã o i n t e r i o r, buscando refazer as forças

para continuar a missão. A p re s e n ç a d e D o m Cláudio é de muita relevância pois ele é também presidente da Comissão Episcopal para a Amazônia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), fato que enrique ainda mais o retiro e ele poderá conhecer melhor a realidade do presbíteros na Amazônia".

Paróquia promove campanha do cimento w material doado vai para o salão

A Pa r ó q u i a d e J e s u s Ressuscitado, localizada travessa Ourém, no bairro da Marambaia, está promovendo a campanha de doação de sacos de cimentos

para ajudar na construção da reforma do salão paroquial em preparação para festividade 2017. Aqueles que queiram doar ou uma saca ou dinheiro podem

deixar diretamente na secretaria paroquial, a campanha seguirá até o dia 15 de março. Mais informações pelo telefone: (91) 3277-4643


12

belém, De 3 a 9 de MARÇO de 2017

Igreja

2º Caderno

300 anos de aparecida

Arquidiocese de Belém participa do Ano Mariano a partir de março E

m 2017 a Igreja do Brasil vivencia os 300 anos de achado da imagem milagrosa de Nossa Senhora Aparecida no rio Paraíba do Sul no ano de 1717. Em comemoração à data, o Santuário Nacional de Aparecida promove desde 12 de outubro de 2016 o Jubileu “300 anos de bênçãos”, com uma programação devocional e obras de fé para a vivência do grandioso tricentenário. Neste mês de março, inicia a participação da Arquidiocese de Belém no jubileu com uma vasta programação. Neste Ano Mariano promovido pelo Santuário Nacional Nossa Senhora Aparecida a programação inclui o envio de réplicas da imagem de Nossa Senhora Aparecida para as dioceses e prelazias de todo o Brasil. Iniciadas em 2014, as visitas são uma forma de retribuir as que os romeiros realizam ao Santuário Nacional, que hoje recebe um número superior a 10 milhões de peregrinos ao ano. É também uma maneira de ir ao encontro daqueles que ainda não tiveram condições de visitar a Casa da Mãe Aparecida.

Réplica da imagem de Nossa Senhora Aparecida chega à capital no dia 17 de lá segue para o Seminário São Pio X, onde irá permanecer em uma vigília de oração. No dia 18, a programação será movimentada com carreata iniciando no seminário às 7h, até a Catedral de Belém, com chegada prevista para às 9h com Santa Missa para o começo da peregrinação da imagem nas sete regiões episcopais. Para a logística no trajeto, a organização da carreta conta com o apoio da Diretoria da Festa de Nazaré que possui grande experiência com o Círio. De 20 a 25 de março, a imagem visitará cada uma das sete regiões episcopais, permanecendo em paróquia que possua devoção mariana em sua denominação. Estes momentos envolverão acolhimento da imagem, oração e Santa Missa e serão acompanhados pelo Arcebispo e seu Auxiliar. Após as peregrinações, a imagem

segue no dia 26 para a Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, na Pedreira. E, durante o ano todo, as paróquias da arquidiocese farão as chamadas semanas marianas e a imagem percorrerá cada uma das 86 paróquias em sinal de devoção mariana. Ainda para o mês de setembro está previsto o Simpósio Mariológico Arquidiocesano que terá a participação do clero, diáconos, seminaristas e de leigos e leigas. Pa r a D o m A l b e r t o Taveira, a participação da Arquidiocese de Belém no Ano Mariano reforça a g ra n d e d evo ç ã o mariana, marca do povo paraense. “A experiência de fé cristã do paraense

tem essa conotação mariana de grande importância e significado. As várias devoções, o título de Nossa Senhora Aparecida ou de Nossa Senhora de Nazaré ou qualquer outro título mariano, tudo isso sempre reforça a experiência da devoção a Nossa Senhora e o carinho que temos para com ela porque é a primeira na escuta e na vivência da Palavra de Deus. Portanto, nós queremos durante este ano, que é o Ano Mariano Nacional, reforçar a participação do nosso povo nas várias devoções e práticas em torno de Nossa Senhora”.

Visita da imagem

No Pará, as dioceses de Óbidos, Cametá, Abaetetuba e Itaituba já receberam a imagem de Nossa Senhora. A Arquidiocese de Belém será a quinta a receber a imagem que terá seu envio no dia 17 de março, após celebração eucarística no Santuário Nacional, presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa. Ainda no dia 17, a imagem chega a Belém por volta das 23h, no Aeroporto Internacional de Belém,

Diretrizes da Arquidiocese de Belém para viver o Ano Mariano l Em todas as Missas: canto mariano no encerramento; l Valorizar as grandes celebrações marianas: Os Círios, Festa de Nossa Senhora de Fátima e outras festas paroquiais. l Organizar algumas atividades de formação a respeito da Marialogia e da Devoção a Nossa Senhora. lUm Simpósio Mariológico Arquidiocesano, nos dias 19, 20 e 21 de setembro:

- Manhã: para o Clero, Diáconos, seminaristas e religiosos/as - c - Noite: para os leigos e leigas 17 de março - Sexta-Feira - 9h Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo de Belém, presidirá Missa no Santuário de Aparecida, SP. Nesse dia, à noite, ele retornará a Belém. A imagem Peregrina seguirá para o Seminário Arquidiocesano para vigília mariana.

DE 18 A 26 DE MARÇO Visitas da Imagem de Nossa Senhora Aparecida com Missas nas Regiões Episcopais celebradas nas Matrizes Marianas de cada Região:

18 de março Sábado - 9h Região Episcopal Sant’Ana – Catedral Metropolitana de Belém. Missa de início da peregrinação pelas Regiões Episcopais, com presidência de Dom Alberto Taveira Corrêa e transmissão ao vivo. 20 de março Segunda-feira - horário a definir Região Episcopal Santa Maria Gorettti – Missa na Igreja Nossa Senhora de Fátima. 21 de março Terça-feira - horário a definir Região Episcopal Coração Eucarístico de Jesus - Missa na Igreja Nossa Senhora do Bom Remédio. 22 de março Quarta-feira - horário a definir Região Episcopal São João Batista – Missa na Igreja de São João Batista e Nossa Senhora das Graças. 23 de março Quinta-feira - horário a definir Região Episcopal Santa Cruz – Missa na Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. 24 de março Sexta-feira - horário a definir Região Episcopal São Vicente - Missa na Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe (Cidade Nova). 25 de março Sábado - horário a definir

Região Episcopal Menino Deus - Missa na Igreja Nossa Senhora do Ó. 26 de março Domingo - 18h Paróquia Nossa Senhora Aparecida luiz estumano

w participação Dom Alberto celebrará missa em Aparecida no dia 17 de março. As Regiões Episcopais receberão em Belém a visita da imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida